NOVAS TECNOLOGIAS NO ENSINO A DISTÂNCIA DE PROCESSAMENTO DE IMAGENS UTILIZANDO O SPRING E IMAGENS CBERS.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NOVAS TECNOLOGIAS NO ENSINO A DISTÂNCIA DE PROCESSAMENTO DE IMAGENS UTILIZANDO O SPRING E IMAGENS CBERS."

Transcrição

1 NOVAS TECNOLOGIAS NO ENSINO A DISTÂNCIA DE PROCESSAMENTO DE IMAGENS UTILIZANDO O SPRING E IMAGENS CBERS

2 Utilizam-se softwares e imagens disponíveis na rede, com acesso totalmente gratuito, e o Ambiente de Suporte para Ensino-aprendizagem a distância TelEduc (

3

4

5

6 SWISH Programa que usa a tecnologia Adobe Flash para criar apresentações multimídia ( Ferramenta que permite criar com extrema habilidade animações em flash, acrescenta efeitos a imagens importadas, nos formatos GIF, JPEG e PNG, e executa efeitos sonoros em resposta ao clique do mouse

7 CamStudio Ferramenta para gravar a atividade da tela do computador como arquivo de vídeo AVI ( Os vídeos foram gerados demonstrando passo a passo a aplicação das técnicas em Geoprocessamento e Processamento de Imagens CBERS dentro do SPRING

8 Os alunos são orientados nas atividades de capturar e georreferenciar imagens CBERS, aplicar técnicas de processamento de imagens e gerar mapas temáticos SPRING (Sistema para Processamento de Informações Georeferenciadas) (

9 O módulo PROCESSAMENTO DE IMAGENS dos nossos cursos é composto pelas seguintes Rotinas:

10 Rotina 1. Como criar um banco de dados ; Rotina 2. Como criar as categorias: imagem, carta temática e classes temáticas ; Rotina 3. Como criar um projeto ; Rotina 4. Como importar o mosaico da NASA ; Rotina 5. Como capturar as imagens CBERS. Rotina 6. Como realizar o registro das Imagens CBERS no SPRING ; Rotina 7. Contraste linear. Rotina 8. Como aplicar as técnicas de segmentação e classificação Rotina 9. Edição matricial

11

12

13 CBERS-SATÉLITE SINO-BRASILEIRO DE RECURSOS TERRESTRES PRODUTOS

14 Três câmeras para observação da superfície terrestre em diferentes regiões de espectro eletromagnético compõem a carga útil dos satélites CBERS

15 CÂMERA IMAGEADORA DE AMPLO CAMPO DE VISADA WFI Imagens de extensas faixas da superfície do Globo Visão integrada de formações geográficas de grande extensão CBERS-1, CBERS-2 e CBERS-2B imagens de uma faixa com 890 km de largura e resolução de 260 m CBERS 3 e 4 imagens de uma faixa com 866 km e resolução de 73 m

16 PRODUTOS UTILIZADOS NO CURSO CÂMERA DE ALTA RESOLUÇÃO CCD Acompanhamento de fenômenos com maior detalhamento: desmatamentos e mapeamentos agrícolas e visada lateral para imagens estereoscópicas (leste-oeste até 32 graus) CBERS-1,CBERS-2 e CBERS-2B imagens de uma faixa com 113 km de largura e resolução de 20 m CBERS-3 e CBERS-4 CCD (PANMUX) imagens com 5m de resolução

17 IMAGEADOR POR VARREDURA DE MÉDIA RESOLUÇÃO IRMSS CBERS-1 e CBERS-2 imagens de uma faixa de 120 Km de largura com resolução de 80 m CBERS-2B X CBERS-3 e CBERS-4 imagens com até 40 m de resolução

18 CÂMERA PANCROMÁTICA DE ALTA RESOLUÇÃO HRC CBERS-2B Imagens de uma faixa de 27 km de largura e resolução espacial de 2,7 m (região espectral pancromática)

19 QUALIDADE GEOMÉTRICA DE IMAGENS CBERS-2 Nível 2 de processamento_imagem com correção radiométrica e correção geométrica de sistema

20 IMAGENS DISPONÍVEIS PARA DOWNLOAD ATRAVÉS DO CATÁLOGO É importante que elas passem por um processo de registro para que o erro de posicionamento seja eliminado e o erro interno seja refinado

21 EXATIDÃO DE POSICIONAMENTO DAS IMAGENS CBERS-2 As imagens CBERS-2 podem apresentar um erro de posicionamento de até 10km, o registro das imagens elimina o erro de posicionamento

22 EXATIDÃO INTERNA DAS IMAGENS CBERS-2 90m para as imagens CCD 250m para as imagens IRMSS e 700m para as imagens WFI O registro das imagens por uma transformação de afinidade (polinômio do primeiro grau) permite o refinamento do erro interno 24 m para as imagens CCD 112 m para as imagens IRMSS 416 m para as imagens WFI CCD na escala 1: , IRMSS na escala 1: e WFI na escala 1:

23 QUALIDADE GEOMÉTRICA DE IMAGENS CBERS-2 Nível 3 de processamento Imagem com correções radiométrica e geométrica refinada pelo uso de pontos de controle, obtidos automaticamente de uma base de dados ou selecionados manualmente CCD_Nível 3_produto em fase de teste

24 QUALIDADE GEOMÉTRICA DE IMAGENS CBERS-2 Nível 4 de processamento Imagem com correções radiométrica e geométrica refinada pelo uso de pontos de controle e de um Modelo Numérico de Elevação (MNET), obtidos automaticamente de uma base de dados ou selecionados manualmente. DEM-> SRTM: Nível 4_produto em fase de planejamento

25 MARLIN. Programa com distribuição gratuita pelo INPE, destinado à visualização e à avaliação de imagens digitais, como por exemplo, imagens CCD_ CBERS

26 MEDIDAS DE QUALIDADE GEOMÉTRICA DA IMAGEM CCD_Nível 3_produto em fase de teste

27 CBERS_CCD_Nível 3 podem ser importadas para o SPRING sem registro prévio usando a ferramenta WIZARD CBERS O projeto é criado, automaticamente, com os parâmetros de projeção e datum definidos no arquivo GeoTiff, e retângulo envolvente contendo toda a imagem

28 RESULTADOS Com o advento de novas tecnologias, que tornou possível aos formadores acrescentarem mais recursos tecnológicos, para exemplificar ou demonstrar a operação das atividades propostas em Processamento de Imagens, com o uso de Imagens CBERS e do SPRING, o índice de aprovação subiu de 79, 41 %, correspondente ao curso ministrado no final de 2006, para 90% no curso ministrado no início de 2007.

29 Você já tinha realizado um curso totalmente a distância? 12% 88% SIM NÃO

30 Qual a sua opinião sobre o ambiente TelEduc utilizado neste curso? 38% 62% Ótimo Bom Regular

31 Qual é a sua opinião sobre o software SPRING utilizado neste curso? 3% 24% 73% Ótimo Bom Regular

32 Como você avalia o material didático do curso: material didático on-line Aulas em Flash? 6% 38% 56% Ótimo Bom Regular

33 Como você avalia o material didático do curso: Vídeos com demonstração dos passos seguidos dentro do SPRING? 3% 6% 9% 23% 59% Ótimo Bom Regular Ruim Não Resp.

34 CONCLUSÃO Os resultados obtidos neste trabalho mostram que é viável ensinar PROCESSAMENTO DE IMAGENS em CURSOS A DISTANCIA, desde que sejam exploradas as ferramentas interativas do ambiente utilizado, como por exemplo, o DIÁRIO DE BORDO

35 INFORMAÇÕES E SOLICITAÇÃO O site CBERS ( foi reformulado, sua nova versão contém um novo sistema de menu: Biblioteca Digital (com Teses, Artigos, Documentos Oficiais), Galeria de Imagens do CBERS-2B, Vídeos, Mapa do Site, além da área de Links Úteis com os tópicos mais procurados pelos usuários como: Softwares Livres, ProjetosRelacionados, Cursos/Eventos e a Lista das Empresas e Instituições que utilizam imagens CBERS

36 Solicitamos o favor de nos enviar cópias de apresentações, relatórios, trabalhos, links, descrições, relatos, etc., que mostrem o uso e a importância do CBERS nas suas atividades Atualmente o CBERS-2B está num modo de operação chamado de Comissionamento, que é uma fase de testes de todos os subsistemas, e durará cerca de 45 dias Particularmente no caso da HRC, haverá um retardo no início do processamento e distribuição das imagens, que poderá ser superior a 90 dias

37 Agradecemos o seu apoio ao Programa CBERS e desejamos que você avalie as imagens e sugira melhorias; desenvolva pesquisa e aplicações com o CBERS Obrigada pela sua participação na Pesquisa sobre o Perfil dos Usuários CBERS : participantes (27% dos usuários cadastrados)

38 Obrigada! {kalil, {hilcea,

PROCESSAMENTO DIGITAL DE IMAGENS CBERS

PROCESSAMENTO DIGITAL DE IMAGENS CBERS PROCESSAMENTO DIGITAL DE IMAGENS CBERS Esta aula apresenta a metodologia do Módulo Processamento Digital de Imagens, utilizando dados do CBERS, do Curso ministrado totalmente a Distância, desenvolvido

Leia mais

SER-330: INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO

SER-330: INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO SER-330: INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO Ulisses Denache Vieira Souza RELATÓRIO DE ATIVIDADES LABORATÓRIO: MODELO NUMERICO DE TERRENO INPE São José dos Campos 2010 1 1 APRESENTAÇÃO Disciplina: Introdução

Leia mais

Novas tecnologias no ensino a distância de processamento de imagens utilizando o SPRING e imagens CBERS. Área temática: Recursos didáticos

Novas tecnologias no ensino a distância de processamento de imagens utilizando o SPRING e imagens CBERS. Área temática: Recursos didáticos Novas tecnologias no ensino a distância de processamento de imagens utilizando o SPRING e imagens CBERS Área temática: Recursos didáticos Eliana Maria Kalil Mello José Carlos Moreira Hilcéa Santos Ferreira

Leia mais

TUTORIAL. Imagens CBERS-4 5m: conheça este sensor e aprenda a realizar o download dessas imagens no site do INPE QGIS.

TUTORIAL. Imagens CBERS-4 5m: conheça este sensor e aprenda a realizar o download dessas imagens no site do INPE QGIS. TUTORIAL Imagens CBERS-4 5m: conheça este sensor e aprenda a realizar o download dessas imagens no site do INPE QGIS www.processamentodigital.com.br O Processamento Digital é um Canal de Conteúdo GEO oferecido

Leia mais

C A P Í T U L O 1 8 D I V I S Ã O D E G E R A Ç Ã O D E I M A G E N S

C A P Í T U L O 1 8 D I V I S Ã O D E G E R A Ç Ã O D E I M A G E N S C A P Í T U L O 1 8 D I V I S Ã O D E G E R A Ç Ã O D E I M A G E N S L u i z G e r a l d o F e r r e i r a 1 I n s t i t u t o N a c i o n a l d e P e s q u i s a s E s p a c i a i s 1 e-mail: lgeraldo@dgi.inpe.br

Leia mais

O resultado é uma série de "fatias" da superfície, que juntas produzem a imagem final. (Exemplo: o radiômetro dos satélites NOAA gira a uma

O resultado é uma série de fatias da superfície, que juntas produzem a imagem final. (Exemplo: o radiômetro dos satélites NOAA gira a uma Sensores e Satélites Para que um sensor possa coletar e registrar a energia refletida ou emitida por um objeto ou superfície, ele tem que estar instalado em uma plataforma estável à distância do objeto

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SENSORIAMENTO REMOTO. SER-300 Introdução ao Geoprocessamento. Relatório do Laboratório 3 ANA CAROLINA MOREIRA PESSÔA

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SENSORIAMENTO REMOTO. SER-300 Introdução ao Geoprocessamento. Relatório do Laboratório 3 ANA CAROLINA MOREIRA PESSÔA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SENSORIAMENTO REMOTO SER-300 Introdução ao Geoprocessamento Relatório do Laboratório 3 ANA CAROLINA MOREIRA PESSÔA INPE São José dos Campos 2014 Sumário 1 INTRODUÇÃO... 2 2 DESENVOLVIMENTO...

Leia mais

PROCESSAMENTO DIGITAL DE IMAGENS. Thales Sehn Körting

PROCESSAMENTO DIGITAL DE IMAGENS. Thales Sehn Körting PROCESSAMENTO DIGITAL DE IMAGENS Thales Sehn Körting 2 Por que processar as imagens? Objetivo Identificar e extrair informações da imagem Transformar a imagem (aumentar o contraste, realçar bordas) de

Leia mais

Curso de Extensão: Noções de Sensoriamento

Curso de Extensão: Noções de Sensoriamento UFBA Curso de Extensão: Noções de Sensoriamento IPF Institut für Photogrammetrie und Fernerkundung Mauro Alixandrini Universität Karlsruhe (TH) www.kit.edu 04.08 Noções de Sensoriamento Remoto Aula 2 Comportamento

Leia mais

Laboratório 2. Disciplina. Introdução ao Geoprocessamento SER 300. Prof. Dr. Antonio Miguel Vieira Monteiro

Laboratório 2. Disciplina. Introdução ao Geoprocessamento SER 300. Prof. Dr. Antonio Miguel Vieira Monteiro Laboratório 2 Disciplina Introdução ao Geoprocessamento SER 300 Prof. Dr. Antonio Miguel Vieira Monteiro Aluno: Isaque Daniel Rocha Eberhardt INPE, São José dos Campos. Abril, 2013. Introdução O curso

Leia mais

SER Introdução ao Geoprocessamento. Laboratório 3 LABORATÓRIO DE MNT

SER Introdução ao Geoprocessamento. Laboratório 3 LABORATÓRIO DE MNT SER-300 - Introdução ao Geoprocessamento Laboratório 3 LABORATÓRIO DE MNT Thiago Sousa Teles Relatório do Laboratório 03 apresentada a disciplina de Introdução ao Geoprocessamento (Ser-300) do Mestrado

Leia mais

Ensino Aprendizagem de Processamento de Imagens CBERS na modalidade a Distância

Ensino Aprendizagem de Processamento de Imagens CBERS na modalidade a Distância 1. Introdução. I Jornada de Educación em Percepción Remota en el ámbito de Centro América y el Caribe Título da Palestra: Ensino Aprendizagem de Processamento de Imagens CBERS na modalidade a Distância

Leia mais

Tutorial para uso de Geotecnologias no estudo de Bacias Hidrográficas para Professores da Educação Básica

Tutorial para uso de Geotecnologias no estudo de Bacias Hidrográficas para Professores da Educação Básica Tutorial para uso de Geotecnologias no estudo de Bacias Hidrográficas para Professores da Educação Básica Suely Franco Siqueira Lima1 Eliana Maria Kalil Mello 2 Teresa Gallotti Florenzano2 XIX Curso Internacional

Leia mais

Processamento Digital de Imagens SER Prática de Laboratório

Processamento Digital de Imagens SER Prática de Laboratório Processamento Digital de Imagens SER 413-4 - Prática de Laboratório Bruna Virginia Neves João Arthur Pompeu Pavanelli Vanessa Camphora Relatório Parcial da prática de laboratório da disciplina de Processamento

Leia mais

Aquisição e Integração de Dados

Aquisição e Integração de Dados Aquisição e Integração de Dados - Noções de cartografia - Transformações geométricas - Generalização cartográfica - Edição vetorial INPE - Divisão de Processamento de Imagens INPE BANCO DE DADOS GEOGRÁFICOS

Leia mais

Tecnologias de sensoriamento remoto para a identificação e monitoramento das mudanças no uso e ocupação dos solos urbanos

Tecnologias de sensoriamento remoto para a identificação e monitoramento das mudanças no uso e ocupação dos solos urbanos Tecnologias de sensoriamento remoto para a identificação e monitoramento das mudanças no uso e ocupação dos solos urbanos associadas às vias de transportes terrestres. José A. Quintanilha C láudia A. S.

Leia mais

Ecologia de Paisagem Conceitos e métodos de pesquisa 2012

Ecologia de Paisagem Conceitos e métodos de pesquisa 2012 Ecologia de Paisagem Conceitos e métodos de pesquisa 2012 Bases de sensoriamento remoto Cálculo de métricas com Fragstats Leandro Reverberi Tambosi letambosi@yahoo.com.br Sensoriamento Remoto Conjunto

Leia mais

O resultado é uma série de "fatias" da superfície, que juntas produzem a imagem final. (Exemplo: o radiômetro dos satélites NOAA gira a uma

O resultado é uma série de fatias da superfície, que juntas produzem a imagem final. (Exemplo: o radiômetro dos satélites NOAA gira a uma Sensores e Satélites Para que um sensor possa coletar e registrar a energia refletida ou emitida por um objeto ou superfície, ele tem que estar instalado em uma plataforma estável à distância do objeto

Leia mais

Sensoriamento Remoto. Prof. Enoque Pereira da Silva

Sensoriamento Remoto. Prof. Enoque Pereira da Silva Sensoriamento Remoto Prof. Enoque Pereira da Silva Radiação Eletromagnética (REM) Radiação Eletromagnética (REM) REM pode se deslocar no vácuo, ou seja, não precisa de um material (corda) Todo corpo acima

Leia mais

Geoprocessamento. Laboratório 1: Modelagem e Criação de Bancos de Dados

Geoprocessamento. Laboratório 1: Modelagem e Criação de Bancos de Dados Geoprocessamento Laboratório 1: Modelagem e Criação de Bancos de Dados Tássia Alves Costa São José dos Campos Abril, 2014 Sumário 1. Objetivo... 3 2. Exercício 1 - Modelagem do Banco OMT-G p/ SPRING...

Leia mais

LABORATÓRIO 1 MODELAGEM DA BASE DE DADOS

LABORATÓRIO 1 MODELAGEM DA BASE DE DADOS LABORATÓRIO 1 MODELAGEM DA BASE DE DADOS João Bosco Coura dos Reis Registro nº: 130.362 Exercícios para avaliação parcial na disciplina de Introdução ao Geoprocessamento (SER-300) do Curso de Pós-Graduação

Leia mais

Sensoriamento remoto x uso do solo x transportes

Sensoriamento remoto x uso do solo x transportes Sensoriamento remoto x uso do Introdução e justificativas Objetivos da aula Sensoriamento Remoto: introdução; conceitos básicos. Processamento digital de imagens: conceito de imagem digital e de processamentos

Leia mais

Geoprocessamento - Geomática

Geoprocessamento - Geomática Geoprocessamento - Geomática Ciência que lida com a aquisição, tratamento, análise e comunicação de informações geográficas por meio de métodos numéricos ou quantitativos OBJETIVO Modelo do mundo real

Leia mais

Criação de um Relevo Sombreado (Shaded Relief)

Criação de um Relevo Sombreado (Shaded Relief) Criação de um Relevo Sombreado (Shaded Relief) 1 Objetivo: transformar um raster de elevação em Relevo Sombreado. SRTM Topodata Relevo Sombreado 2 DOWNLOAD do SRTM Topodata Sobre o SRTM Topodata O projeto

Leia mais

SER 300 INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO

SER 300 INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO SER 300 INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO LABORATÓRIO 1- Elementos para o Projeto de Aplicações Geográficas SPRING Básico para Principiantes ÉRIKA AKEMI SAITO {érika@dpi.inpe.br} São José dos Campos 2008

Leia mais

Correção geométrica de imagens de sensoriamento remoto REGISTRO. Profa. Ligia Flávia Antunes Batista

Correção geométrica de imagens de sensoriamento remoto REGISTRO. Profa. Ligia Flávia Antunes Batista Correção geométrica de imagens de sensoriamento remoto REGISTRO Profa. Ligia Flávia Antunes Batista Importância eliminação de distorções sistemáticas estudos multi-temporais integração de dados em SIG

Leia mais

SER-300 INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO: MODELAGEM E CRIAÇÃO DA BASE DE DADOS

SER-300 INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO: MODELAGEM E CRIAÇÃO DA BASE DE DADOS SER-300 INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO: MODELAGEM E CRIAÇÃO DA BASE DE DADOS Omar Felipe Chaparro Saavedra Relatório de atividades sobre o laboratório 3, referente a disciplina SER - 300 - Introdução ao

Leia mais

3 - AQUISIÇÃO DE IMAGENS DE SATÉLITE

3 - AQUISIÇÃO DE IMAGENS DE SATÉLITE 3 - AQUISIÇÃO DE IMAGENS DE SATÉLITE A Figura 1 ilustra o espectro eletromagnético e as respectivas bandas espectrais do sensor TM e ETM do satélite Landsat. O Quadro 1 indica os intervalos espectrais

Leia mais

Laboratório 3 MNT. Disciplina. Introdução ao Geoprocessamento SER 300. Prof. Antonio Miguel Vieira Monteiro

Laboratório 3 MNT. Disciplina. Introdução ao Geoprocessamento SER 300. Prof. Antonio Miguel Vieira Monteiro Laboratório 3 MNT Disciplina Introdução ao Geoprocessamento SER 300 Prof. Antonio Miguel Vieira Monteiro Aluno: Matheus Caetano Rocha de Andrade INPE, São José dos Campos. Maio, 2013. Introdução Este relatório

Leia mais

Módulo Processamento de Imagens

Módulo Processamento de Imagens Módulo Processamento de Imagens Objetivo Conteúdo 1. Acesso a Imagens no Catálogo Selecionar Imagens CBERS de Brasília CBERS2B Brasília Executar Selecionar Município Brasília Selecionar Cena Órbita 157

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Faculdade de Ciências e Tecnologia Campus de Presidente Prudente

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Faculdade de Ciências e Tecnologia Campus de Presidente Prudente UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Faculdade de Ciências e Tecnologia Campus de Presidente Prudente Minicurso de SPRING 5.2 https://sites.google.com/site/arletemeneguettepdf/spring Profa. Adj. Arlete Meneguette

Leia mais

Laboratório 01 Modelagem e Criação de Bancos de Dados

Laboratório 01 Modelagem e Criação de Bancos de Dados INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO (SER - 300) Laboratório 01 Modelagem e Criação de Bancos de Dados Docente: Antonio Miguel Vieira Monteiro Discente: Andeise Cerqueira Dutra São José dos Campos Maio, 2017

Leia mais

Dr. Carlos A Felgueiras Gerente de Desenvolvimento do SPRING

Dr. Carlos A Felgueiras Gerente de Desenvolvimento do SPRING O SIG SPRING Dr. Carlos A Felgueiras Gerente de Desenvolvimento do SPRING 1 SPRING Sistema de PRocessamento de INformações Georeferenciadas Introdução Processamento de Imagens Manipulação de Mapas Temáticos

Leia mais

PARTE 2 INTRODUÇÃO AO SIG/GIS. Mundo Real. Curso de Geoprocessamento: Prof. Alzir Felippe B. Antunes

PARTE 2 INTRODUÇÃO AO SIG/GIS. Mundo Real. Curso de Geoprocessamento: Prof. Alzir Felippe B. Antunes PARTE 2 INTRODUÇÃO AO SIG/GIS Mundo Real Camadas de Informações Estrutura dos Dados Geográficos Organização lógica dos dados para preservar sua integridade e facilitar o seu uso. Vetorial Raster ou Matricial

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS ESPACIAIS. Divisão de Sensoriamento Remoto. Geoprocessamento

INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS ESPACIAIS. Divisão de Sensoriamento Remoto. Geoprocessamento INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS ESPACIAIS Divisão de Sensoriamento Remoto Geoprocessamento Relatório do Laboratório 3: Modelo Numérico do Terreno (MNT) Fátima Lorena Benítez Ramírez Professores Responsáveis:

Leia mais

TUTORIAL WEBGIS ROSANA SP Versão 1

TUTORIAL WEBGIS ROSANA SP Versão 1 TUTORIAL WEBGIS ROSANA SP Versão 1 1 APRESENTAÇÃO O WebGIS é um instrumento que visa por meio da tecnologia de softwares e aplicativos melhorar a gestão de diversos setores da área pública, como controle

Leia mais

Endnote. Flávia Cassin

Endnote. Flávia Cassin Endnote Flávia Cassin Nov. 2014 1 Características Versão gratuita; Thomson Reuters; Aceita até 50 mil referências; 2GB de armazenamento de arquivos; Pesquisa nas 6 bases de dados mais importantes; Gera

Leia mais

USO DE CARTA IMAGEM COMO FERRAMENTA DE GESTÃO DE MUNÍCIPIOS BRASILEIROS: APLICAÇÃO EM TERESINA-PI

USO DE CARTA IMAGEM COMO FERRAMENTA DE GESTÃO DE MUNÍCIPIOS BRASILEIROS: APLICAÇÃO EM TERESINA-PI USO DE CARTA IMAGEM COMO FERRAMENTA DE GESTÃO DE MUNÍCIPIOS BRASILEIROS: APLICAÇÃO EM TERESINA-PI Leandro Italo Barbosa de Medeiros¹, Danilo José da Silva Lira², Flavio Augusto Lima Sa de Moraes Lopes³,

Leia mais

Sistemas de Informações Geográficas

Sistemas de Informações Geográficas Sistemas de Informações Geográficas Aula 2 Assuntos: # Revisão em estatística # Revisão em informática # Revisão em sensoriamento remoto # # Histórico do SIG Geotecnologias Sensoriamento Remoto Geoprocessamento

Leia mais

Mapeamento do uso do solo para manejo de propriedades rurais

Mapeamento do uso do solo para manejo de propriedades rurais 1/45 Mapeamento do uso do solo para manejo de propriedades rurais Teoria Eng. Allan Saddi Arnesen Eng. Frederico Genofre Eng. Marcelo Pedroso Curtarelli 2/45 Conteúdo programático: Capitulo 1: Conceitos

Leia mais

Análise de pares estereoscópicos obtidos pelo CBERS II Primeiros testes utilizando fotogrametria digital

Análise de pares estereoscópicos obtidos pelo CBERS II Primeiros testes utilizando fotogrametria digital Análise de pares estereoscópicos obtidos pelo CBERS II Primeiros testes utilizando fotogrametria digital Marcelo Rodrigues de Albuquerque Maranhão, Eng. Cartógrafo¹ ² João Paulo Carvalho Raivel, Eng. Cartógrafo²

Leia mais

MODELO DIGITAL DE TERRENO I

MODELO DIGITAL DE TERRENO I Geoprocessamento Graduação em Geografia 4º ano / 1º Semestre Profa. Dra. Fernanda Sayuri Yoshino Watanabe Departamento de Cartografia fernanda.watanabe@unesp.br 2019 MODELO DIGITAL DE TERRENO I MODELO

Leia mais

Sensoriamento Remoto Engenharia Ambiental Prática #1

Sensoriamento Remoto Engenharia Ambiental Prática #1 Sensoriamento Remoto Engenharia Ambiental Prática #1 Prof. Enner Alcântara Departamento de Cartografia Universidade Estadual Paulista Presidente Prudente 2016 Sobre os relatórios Instruções! 1) Crie uma

Leia mais

Georeferenciamento e Mosaico de

Georeferenciamento e Mosaico de Georeferenciamento e Mosaico de imagens Emiliano F. Castejon Workshop em Processamento de Imagens para Aplicações em VANTs Julho de 2012 Divisão de Processamento de Imagens http://www.dpi.inpe.br/ Emiliano

Leia mais

Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul Núcleo de Tecnologia Educacional/Ijuí

Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul Núcleo de Tecnologia Educacional/Ijuí Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul Núcleo de Tecnologia Educacional/Ijuí NTE/Ijuí Curso: Materiais Virtuais Interativos para o Ensino da Matemática na Educação Básica O Uso

Leia mais

Atividade prática orientada: delimitação de bacias hidrográficas usando o QGIS

Atividade prática orientada: delimitação de bacias hidrográficas usando o QGIS Relatório Técnico GPDEN No. 06. Atividade prática orientada: delimitação de bacias hidrográficas usando o QGIS Fernando Mainardi Fan www.ufrgs.br/gpden 1 1. Introdução Agora que já estudamos a teoria,

Leia mais

RELATÓRIO LABORATÓRIO

RELATÓRIO LABORATÓRIO Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais Programa de Pós Graduação em Sensoriamento Remoto Disciplina: SER 300 - Introdução ao Geoprocessamento Professores: Antônio Miguel Vieira Monteiro, Cláudio Barbosa

Leia mais

PLANO DE ENSINO EXPORTAÇÃO DE MATERIAIS DO EUREKA E IMPORTAÇÃO PARA O BLACKBOARD

PLANO DE ENSINO EXPORTAÇÃO DE MATERIAIS DO EUREKA E IMPORTAÇÃO PARA O BLACKBOARD PLANO DE ENSINO EXPORTAÇÃO DE MATERIAIS DO EUREKA E IMPORTAÇÃO PARA O BLACKBOARD Você sabia que é possível exportar alguns arquivos do Eureka para uma sala de disciplina no ambiente Blackboard? Neste tutorial,

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO EM SAÚDE. FAQ - Perguntas. e Respostas Frequentes

CURSO DE FORMAÇÃO EM SAÚDE. FAQ - Perguntas. e Respostas Frequentes CURSO DE FORMAÇÃO EM SAÚDE FAQ - Perguntas e Respostas Frequentes 2016 1 APRESENTAÇÃO Caro aluno, Elaboramos este FAQ para que você possa esclarecer suas dúvidas imediatamente. Nos baseamos nos principais

Leia mais

SER-300 Introdução ao Geoprocessamento

SER-300 Introdução ao Geoprocessamento SER-300 Introdução ao Geoprocessamento Laboratório 03 MNT Prof. Antonio Miguel Vieira Monteiro Aluno: Édipo Henrique Cremon INPE, São José dos Campos. Maio, 2013. Introdução Neste laboratório são utilizados

Leia mais

Exportação/Importação de Planos Celulares. Talita Oliveira Assis

Exportação/Importação de Planos Celulares. Talita Oliveira Assis Exportação/Importação de Planos Celulares Talita Oliveira Assis Motivação Necessidade de maior mobilidade de espaços celulares tanto em ambiente terralib quanto em outros sistemas de georreferenciamento.

Leia mais

Processamento digital de imagens

Processamento digital de imagens Processamento digital de imagens 1. Empilhamento de bandas Durante o processamento de dados derivados do imageamento orbital é necessário, muitas vezes, unir em um único arquivo diferentes bandas ou canais

Leia mais

SATÉLITES DE OBSERVAÇÃO DA TERRA

SATÉLITES DE OBSERVAÇÃO DA TERRA SATÉLITES DE OBSERVAÇÃO DA TERRA Tecnologias, Aplicações e Perspectivas Futuras Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais INPE Julio C. L. Dalge SNCT Outubro, 2015 INPE: estrutura, missão, objetivos Ciências

Leia mais

Soluções inovadoras para o ensino de empreendedorismo.

Soluções inovadoras para o ensino de empreendedorismo. Soluções inovadoras para o ensino de empreendedorismo www.empreende.com.br emp@empreende.com.br O que estamos oferecendo nesta parceria Pacote com solução multimídia para complementar o seu curso de empreendedorismo

Leia mais

Relatório do Laboratório 3

Relatório do Laboratório 3 Relatório do Laboratório 3 MNT Daniela de Azeredo França Trabalho da disciplina Introdução ao Geoprocessamento SER-300, ministrada pelo Dr. Antônio Miguel Vieira Monteiro INPE São José dos Campos 2008

Leia mais

Sistemas de Informações Geográficas

Sistemas de Informações Geográficas Sistemas de Informações Geográficas Aula 3 Assuntos: # Revisão em geodésia # Georreferenciamento # Representação do mundo real no computador # Formatos vetorial e matricial # Modelo conceitual de banco

Leia mais

Catálogo de Imagens do INPE (novo)

Catálogo de Imagens do INPE (novo) Catálogo de Imagens do INPE (novo) 1. Introdução O Banco de Imagens da DGI/INPE possui imagens dos satélites Landsat-1, Landsat-2, Landsat-3, Landsat-5, Landsat-7, Landsat-8, CBERS-2, CBERS-2B, CBERS-4,

Leia mais

Mapas e suas representações computacionais

Mapas e suas representações computacionais Mapas e suas representações computacionais Atributos não espaciais É qualquer informação descritiva relacionada a um único objeto ou um conjunto deles. Os SIGs armazenam estes dados em um Sistema de

Leia mais

T R E I N A M E N T O.

T R E I N A M E N T O. T R E I N A M E N T O www.bluemarblegeo.com Treinamento do Global Mapper Sinopse O treinamento de dois dias do Global Mapper oferece aos usuários novos e experientes uma oportunidade de conhecer e utilizar

Leia mais

Sensoriamento Remoto

Sensoriamento Remoto LABORATÓRIOS DIDÁTICOS DE GEOPROCESSAMENTO Sensoriamento Remoto Análise de Componentes Principais Operações Aritméticas (NDVI) Manipulação de Contraste Leitura de Pixels Elaboração: Cláudia Soares Machado

Leia mais

Laboratório 3 Modelagem Numérica de Terreno

Laboratório 3 Modelagem Numérica de Terreno Introdução ao Geoprocessamento (SER-300) Docentes responsáveis: Antônio Miguel Vieira Monteiro e Claudio Barbosa Laboratório 3 Modelagem Numérica de Terreno Professor Responsável pelo Laboratório: Carlos

Leia mais

PROCESSAMENTO DIGITAL DE IMAGENS

PROCESSAMENTO DIGITAL DE IMAGENS UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE BIOSSISTEMAS DISCIPLINA: LEB450 TOPOGRAFIA E GEOPROCESSAMENTO II PROF. DR. CARLOS ALBERTO VETTORAZZI

Leia mais

TUTORIAL Gerenciamento de Arquivos Raster no Banco de Dados Espacial ArcGIS

TUTORIAL Gerenciamento de Arquivos Raster no Banco de Dados Espacial ArcGIS www.processamentodigital.com.br TUTORIAL Gerenciamento de Arquivos Raster no Banco de Dados Espacial ArcGIS 1 O Processamento Digital é um Canal de Conteúdo GEO oferecido pela HEX Tecnologias Geoespaciais,

Leia mais

Acesso. Caro Professor,

Acesso. Caro Professor, Caro Professor, Bem-vindo à Plataforma Sophia, uma plataforma de ensino adaptativo da CNEC. Nela, alunos e professores terão acesso a conteúdos exclusivos, como Material Didático com recursos multimídia,

Leia mais

Dados Vetoriais Dados Matriciais Dados Cadastrais. Representação contínua de fenômenos do espaço geográfico

Dados Vetoriais Dados Matriciais Dados Cadastrais. Representação contínua de fenômenos do espaço geográfico Um pouco sobre a NOSSA MISSÃO Processamento Digital é um endereço da Web criado pelo geógrafo Jorge Santos com objetivo de compartilhar dicas sobre Geoprocessamento e Software Livre. O conteúdo do site

Leia mais

Avaliação de métodos de classificação para o mapeamento de remanescentes florestais a partir de imagens HRC/CBERS

Avaliação de métodos de classificação para o mapeamento de remanescentes florestais a partir de imagens HRC/CBERS http://dx.doi.org/10.12702/viii.simposfloresta.2014.131-592-1 Avaliação de métodos de classificação para o mapeamento de remanescentes florestais a partir de imagens HRC/CBERS Juliana Tramontina 1, Elisiane

Leia mais

Cursos de Geoprocessamento com o Software Livre QGIS

Cursos de Geoprocessamento com o Software Livre QGIS Cursos de Geoprocessamento com o Software Livre QGIS EMENTAS Níveis Básico e Avançado CURSOS DE GEOPROCESSAMENTO COM O SOFTWARE LIVRE QGIS O QGIS é um dos mais robustos softwares gratuitos para Sistemas

Leia mais

O PAPEL DAS GEOTECNOLOGIAS NA GEOGRAFIA FÍSICA

O PAPEL DAS GEOTECNOLOGIAS NA GEOGRAFIA FÍSICA , volume 1 fevereiro Revista Eletrônica de Diálogo e Divulgação em Geografia http://www.geografia.blog.br/geodialogos O PAPEL DAS GEOTECNOLOGIAS NA GEOGRAFIA FÍSICA Bruna Cavalcanti Gautério * As inovações

Leia mais

MULTIMÍDIA E CARTOGRAFIA

MULTIMÍDIA E CARTOGRAFIA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL DE MINAS GERAIS Câmpus Inconfidentes MULTIMÍDIA E CARTOGRAFIA Aula 04 INTRODUÇÃO De acordo com Nogueira (2009) o computador propiciou, num primeiro

Leia mais

Sensoriamento Remoto I Engenharia Cartográfica. Prof. Enner Alcântara Departamento de Cartografia Universidade Estadual Paulista

Sensoriamento Remoto I Engenharia Cartográfica. Prof. Enner Alcântara Departamento de Cartografia Universidade Estadual Paulista Sensoriamento Remoto I Engenharia Cartográfica Prof. Enner Alcântara Departamento de Cartografia Universidade Estadual Paulista 2016 Coleta de dados de sensoriamento remoto A quantidade de radiação eletromagnética,

Leia mais

INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO

INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO Carina Regina de Macedo RELATÓRIO DE ATIVIDADES LABORATÓRIO Nº 1: MODELAGEM DA BASE DE DADOS Base de Dados Georeferenciados para Estudos Urbanos no Plano Piloto de Brasília.

Leia mais

Laboratório 1. Disciplina. Introdução ao Geoprocessamento SER 300. Prof. Antonio Miguel Vieira Monteiro

Laboratório 1. Disciplina. Introdução ao Geoprocessamento SER 300. Prof. Antonio Miguel Vieira Monteiro Laboratório 1 Disciplina Introdução ao Geoprocessamento SER 300 Prof. Antonio Miguel Vieira Monteiro Aluno: Matheus Caetano Rocha de Andrade INPE, São José dos Campos. Abril, 2013. Introdução Este relatório

Leia mais

Desenvolvendo um Projeto. Caso de Estudo:

Desenvolvendo um Projeto. Caso de Estudo: Desenvolvendo um Projeto Caso de Estudo: Introdução TerraAmazon é uma Ferramenta Computacional para Monitoramento de Florestas Tropicais por Satélite, projetada para ser um Editor Multiusuário de Dados

Leia mais

3 años. Programa CBERS (Satélite Sino-Brasileiro de Recursos Terrestres) Luis Geraldo Ferreira Paulo Roberto Martini INPE/OBT

3 años. Programa CBERS (Satélite Sino-Brasileiro de Recursos Terrestres) Luis Geraldo Ferreira Paulo Roberto Martini INPE/OBT Programa CBERS (Satélite Sino-Brasileiro de Recursos Terrestres) Luis Geraldo Ferreira Paulo Roberto Martini INPE/OBT SOCIEDAD LATINOAMERICANA DE PERCEPCIÓN REMOTA Y SISTEMAS DE INFORMACIÓN ESPACIAL SELPER

Leia mais

Laboratório 1. Disciplina. Introdução ao Geoprocessamento SER 300. Prof. Dr. Antonio Miguel Vieira Monteiro

Laboratório 1. Disciplina. Introdução ao Geoprocessamento SER 300. Prof. Dr. Antonio Miguel Vieira Monteiro Laboratório 1 Disciplina Introdução ao Geoprocessamento SER 300 Prof. Dr. Antonio Miguel Vieira Monteiro Aluno: Isaque Daniel Rocha Eberhardt INPE, São José dos Campos Abril, 2013 Introdução Dentre as

Leia mais

Tutorial QGIS Modelagem Numérica de Terreno

Tutorial QGIS Modelagem Numérica de Terreno Tutorial QGIS Modelagem Numérica de Terreno Sistemas de Informações Geográficas Engenharia de Agrimensura e Cartográfica 7º Período Alunos: Valter Antônio da Silva Thomas Lucas Ricardo Professor: Ângelo

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Faculdade de Ciências e Tecnologia Campus de Presidente Prudente

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Faculdade de Ciências e Tecnologia Campus de Presidente Prudente Exportação de dados matriciais UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Faculdade de Ciências e Tecnologia Campus de Presidente Prudente Minicurso de SPRING 5.2 https://sites.google.com/site/arletemeneguettepdf/spring

Leia mais

III Simpósio Brasileiro de Geomática. Antonio Machado e Silva Marco Aurélio O. Silva Presidente Prudente, SP.

III Simpósio Brasileiro de Geomática. Antonio Machado e Silva Marco Aurélio O. Silva  Presidente Prudente, SP. III Simpósio Brasileiro de Geomática Presidente Prudente, SP Julho 2012 Antonio Machado e Silva Marco Aurélio O. Silva www.amskepler.com 26/07/2012 1 Quem Somos Empresa há 16 anos no mercado, atuando fortemente

Leia mais

José Alberto Quintanilha Mariana Giannotti

José Alberto Quintanilha Mariana Giannotti José Alberto Quintanilha jaquinta@usp.br Mariana Giannotti mariana.giannotti@usp.br Estrutura da Aula Momento Satélite (Apresentação de um novo satélite a cada aula) O que é uma imagem de satélite? O histograma

Leia mais

Geoprocessamento e sensoriamento remoto como ferramentas para o estudo da cobertura vegetal. Iêdo Bezerra Sá

Geoprocessamento e sensoriamento remoto como ferramentas para o estudo da cobertura vegetal. Iêdo Bezerra Sá Geoprocessamento e sensoriamento remoto como ferramentas para o estudo da cobertura vegetal. Iêdo Bezerra Sá Engº Florestal, D.Sc. Sensoriamento Remoto/Geoprocessamento, Pesquisador Embrapa Semi-Árido

Leia mais

Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE Divisão de Sensoriamento Remoto

Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE Divisão de Sensoriamento Remoto Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE Divisão de Sensoriamento Remoto Fonte: INPE Lançamento CBERS 2B Órbita Polar Fonte: NASA Órbita Polar Fonte: NASA Órbita Geoestacionária Órbita Geoestacionária

Leia mais

Manual do Usuário Envio de Documentos

Manual do Usuário Envio de Documentos Manual do Usuário Envio de Documentos Empro - Tecnologia & Informação São José do Rio Preto, São Paulo Sumário Introdução... 3 Acesso... 4 Envio de documentos para protocolos... 6 Envio de documentos para

Leia mais

Manual do Professor. Conferência Web

Manual do Professor. Conferência Web Manual do Professor Conferência Web SUMÁRIO 1. Acesso ao serviço de Conferência Web... 2 Página principal do serviço... 3 Login Conferência Web... 5 2. Ativando o microfone (caso seja Professor)... 7 3.

Leia mais

AULA 2 Planos Vistas e Temas

AULA 2 Planos Vistas e Temas 2.1 AULA 2 Planos Vistas e Temas Nesta aula serão apresentados os conceitos de Planos de Informação, Vista e Tema e sua manipulação no TerraView. Para isso será usado o banco de dados criado na AULA 1,

Leia mais

Geomática INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SC CAMPUS FLORIANÓPOLIS DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE CONSTRUÇÃO CIVIL CURSO TÉCNICO DE AGRIMENSURA

Geomática INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SC CAMPUS FLORIANÓPOLIS DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE CONSTRUÇÃO CIVIL CURSO TÉCNICO DE AGRIMENSURA INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SC CAMPUS FLORIANÓPOLIS DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE CONSTRUÇÃO CIVIL CURSO TÉCNICO DE AGRIMENSURA Geomática 1ª aula - Apresentação Prof. Angelo Martins Fraga

Leia mais

Dam It! 2012_v.1.0. Programa para identificação de reservatórios e levantamento de relações cota-area-volume MANUAL DO USUÁRIO

Dam It! 2012_v.1.0. Programa para identificação de reservatórios e levantamento de relações cota-area-volume MANUAL DO USUÁRIO Dam It! 2012_v.1.0 Programa para identificação de reservatórios e levantamento de relações cota-area-volume MANUAL DO USUÁRIO Eng. Dante Gama Larentis Porto Alegre, julho de 2013. 1 ÍNDICE 1. Introdução...3

Leia mais

MANUAL DO ALUNO INSTITUTO BÍBLICO DA IGREJA CRISTÃ MARANATA

MANUAL DO ALUNO INSTITUTO BÍBLICO DA IGREJA CRISTÃ MARANATA MANUAL DO ALUNO INSTITUTO BÍBLICO DA IGREJA CRISTÃ MARANATA 2017 Seja bem-vindo ao Instituto Bíblico da Igreja Cristã Maranata! Este manual tem a finalidade de manter o aluno informado sobre suas diretrizes

Leia mais

Cartografia Digital. Cartografia Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia

Cartografia Digital. Cartografia Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia Digital Cartografia Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia Cartografia Digital Entende-se por cartografia como uma ciência que se ocupa com os estudos e intervenções técnicas e científicas, e até mesmo artísticas

Leia mais

LABORATÓRIOS DIDÁTICOS DE GEOPROCESSAMENTO

LABORATÓRIOS DIDÁTICOS DE GEOPROCESSAMENTO LABORATÓRIOS DIDÁTICOS DE GEOPROCESSAMENTO Correção Geométrica Elaboração: Cláudia Soares Machado Eduardo Jun Shinohara Mariana Giannotti Colaboração: André Luiz da Silva Daniel Ayres Nunes de Castro e

Leia mais

MOODLE 3.2 MÓDULO BÁSICO EM CONSTRUÇÃO

MOODLE 3.2 MÓDULO BÁSICO EM CONSTRUÇÃO MANUAL PASSO A PASSO DO MOODLE 3.2 MÓDULO BÁSICO EM CONSTRUÇÃO SETEMBRO/2017 1 ACESSE O SISTEMA MOODLE Para acessar o Moodle você deverá ter um computador ou dispositivo com acesso à internet. E deverá

Leia mais

RA.Geo. Programa de Pós-Graduação em Educação para Ciências e Matemática VINICIUS GOUVEIA DE ANDRADE

RA.Geo. Programa de Pós-Graduação em Educação para Ciências e Matemática VINICIUS GOUVEIA DE ANDRADE Programa de Pós-Graduação em Educação para Ciências e Matemática VINICIUS GOUVEIA DE ANDRADE RA.Geo Produto Educacional vinculado à dissertação O desenvolvimento do aplicativo RA.Geo: contribuições da

Leia mais

TUTORIAL. Satélite DEIMOS-2: Alta Resolução para projetos de Sensoriamento Remoto DEIMOS-2.

TUTORIAL. Satélite DEIMOS-2: Alta Resolução para projetos de Sensoriamento Remoto DEIMOS-2. TUTORIAL Alta Resolução para projetos de Sensoriamento Remoto DEIMOS-2 www.processamentodigital.com.br O Processamento Digital é um Canal de Conteúdo GEO oferecido pela HEX Tecnologias Geoespaciais Inovadoras,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CAMPUS DE PRESIDENTE PRUDENTE FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA PROGRAMA DE ENSINO

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CAMPUS DE PRESIDENTE PRUDENTE FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA PROGRAMA DE ENSINO PROGRAMA DE ENSINO Disciplina Sensoriamento Remoto e Geoprocessamento Aplicados a Estudos Geoambientais Semestre Código Ano Letivo Área de Concentração PRODUÇÃO DO ESPAÇO GEOGRÁFICO CURSO: MESTRADO (X)

Leia mais

Introdução. A quem se destina este livro. Sobre o que este livro é (e não é)

Introdução. A quem se destina este livro. Sobre o que este livro é (e não é) Bem-vindo ao maravilhoso mundo do Windows 10! Este livro da série Passo a Passo foi feito para que você possa usá-lo da maneira que preferir. Ao lê-lo do início ao fim, seguindo a ordem dos capítulos,

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SENSORIAMENTO REMOTO. SER-300 Introdução ao Geoprocessamento. Relatório do Laboratório 1 ANA CAROLINA MOREIRA PESSÔA

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SENSORIAMENTO REMOTO. SER-300 Introdução ao Geoprocessamento. Relatório do Laboratório 1 ANA CAROLINA MOREIRA PESSÔA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SENSORIAMENTO REMOTO SER-300 Introdução ao Geoprocessamento Relatório do Laboratório 1 ANA CAROLINA MOREIRA PESSÔA INPE São José dos Campos 2014 Sumário 1 INTRODUÇÃO... 2 2 DESENVOLVIMENTO...

Leia mais

O uso de imagens CBERS no monitoramento do desflorestamento da Amazônia Brasileira

O uso de imagens CBERS no monitoramento do desflorestamento da Amazônia Brasileira O uso de imagens CBERS no monitoramento do desflorestamento da Amazônia Brasileira Eliana Maria Kalil Mello, José Carlos Moreira, Teresa Gallotti Florenzano, Íris de Marcelhas e Souza Instituto Nacional

Leia mais

SISTEMAS MULTIMÍDIA PROF MOZART DE MELO

SISTEMAS MULTIMÍDIA PROF MOZART DE MELO SISTEMAS MULTIMÍDIA PROF MOZART DE MELO Programa da Disciplina Multimídia conceitos, comunicação homemmáquina. Autoria produção de diversos tipos de aplicativos multimídia, examinando-se as alternativas

Leia mais

TUTORIAL. Imagens ASTER 15 m: Leitura de Arquivos HDF no ENVI 5 ASTER.

TUTORIAL. Imagens ASTER 15 m: Leitura de Arquivos HDF no ENVI 5 ASTER. TUTORIAL Imagens ASTER 15 m: Leitura de Arquivos HDF no ENVI 5 ASTER www.processamentodigital.com.br O Processamento Digital é um Canal de Conteúdo GEO oferecido pela HEX Tecnologias Geoespaciais Inovadoras,

Leia mais

Laboratório 01. Modelagem da Base de Dados: Base de Dados Georeferenciados para Estudos Urbanos no Plano Piloto de Brasília

Laboratório 01. Modelagem da Base de Dados: Base de Dados Georeferenciados para Estudos Urbanos no Plano Piloto de Brasília SER-300 Introdução ao Geoprocessamento Laboratório 01 Modelagem da Base de Dados: Base de Dados Georeferenciados para Estudos Urbanos no Plano Piloto de Brasília Sacha Maruã Ortiz Siani 1 INTRODUÇÃO Este

Leia mais

eeoprocessamento APLICADO AO MANEJO DE SOLO E ÁGUA

eeoprocessamento APLICADO AO MANEJO DE SOLO E ÁGUA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇAO EM MANEJO DE SOLO E ÁGUA PROGRAMA ANALÍTICO DE DISCIPLINA IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA CÓDIGO NOME NATUREZA PMS0013 eeoprocessamento APLICADO AO MANEJO DE SOLO E ÁGUA PROFESSOR(ES):

Leia mais