HAPPy MELLy BRAZIL LEARNING CANVAS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "HAPPy MELLy BRAZIL LEARNING CANVAS"

Transcrição

1 HAPPy MELLy BRAZIL LEARNING CANVAS

2 O que é Learning 3.0? O mundo está mudando em um ritmo mais rápido do que nunca. Novos conceitos e técnicas para todos os tipos de trabalho estão continuamente surgindo, e tudo isso precisa ser aprendido rapidamente. O problema é que, se temos visto uma (r)evolução em diversas áreas, como Management, Marketing, Business e Software Development, o mesmo não pode ser dito para o campo de Learning. Novas idéias estão sendo ensinadas por meio de métodos antigos de aprendizagem, e assim os profissionais que deveriam praticá-las não conseguem leva-las ao 'mundo real'. Nessa nova realidade, a aprendizagem deve acontecer de forma contínua, incorporada ao trabalho e à vida, e não apenas em salas de aula. Precisamos mudar a nossa forma de aprender, e para isso precisamos de novos conceitos, novas técnicas e uma nova forma de pensar sobre a aprendizagem. Learning 3.0 atualiza conceitos, apresenta histórias e discute cenários que nos farão refletir sobre o papel que a aprendizagem exerce em nossas vidas. Suas ferramentas nos ajudarão a aprender de forma rápida e contínua tudo o que precisamos para sermos bem sucedidos como profissionais criativos no Século 21. PROFISSIONAIS CRIATIVOS REAPRENDERAM A APRENDER EQUIPE ÁGEIS REAPRENDERAM A APRENDER EMPRESAS ADMIRÁVEIS REAPRENDERAM A APRENDER Learning 3.0 é mais que um número, para nós é uma revolução. É reaprender a aprender! JUNTE-SE A NÓS!

3 Aprendizagem Emergente Aprendizagem emergente significa mais do que adquirir conhecimento ao longo de um período; significa que nós criamos conhecimento continuamente assim que encontramos novas condições e desafios. (Taylor, Emergent Learning for Wisdom) Sabendo que a realidade dos dias atuais é a de que nós estamos frequentemente encontrando novas condições e desafios, poderíamos deduzir que aprendizado está constantemente emergindo no nosso trabalho, mas infelizmente a verdade é que isto não está acontecendo. Há tantas restrições nos ambientes de trabalho que mesmo em situações tão propícias para o aprendizado acontecer, isto não emerge. Na verdade, muitas pessoas pensam que uma empresa é o local que você trabalha, e não o local onde você aprende. Muitos acreditam que trabalho é execução de algo que já foi aprendido, normalmente em treinamentos. Mas eles estão errados, o ambiente de trabalho é o mais adequado para a aprendizagem, e não as salas de aula. Se empresas quiserem de verdade lidar com a complexidade do Século 21, precisarão criar ambientes de trabalho onde conhecimento seja construído não apenas acidentalmente, mas também intencionalmente, e elas precisarão de processos e práticas para isto. As práticas do Learning 3.0 reúnem os elementos críticos que um processo deve possuir para promover a aprendizagem emergente. São eles: Diálogo Igualitarismo Múltiplas perspectivas Não guiada por especialistas

4 Não há saber mais ou saber menos. Há saberes diferentes. Paulo Freire

5 A EXPERIÊNCIA De consultor a guia Depois de algum tempo trabalhando como consultor em métodos ágeis, percebi que havia algo mais valioso para os clientes do que simplesmente ouvir a minha opinião ou de algum outro especialista no assunto: ver tais métodos funcionando em empresas do mundo real. De lá pra cá encaixei em quase todos os meus serviços o hábito de levar clientes para visitar e conversar com outras empresas que estavam aplicando métodos ágeis. Eles conversavam de forma igualitária, sem influência. Aprendizado emergia. Praticamente deixei de ser consultor e virei um guia interorganizacional, e o resultado foi surpreendente. Pensei então: Por que só com métodos ágeis? Por que não envolver mais que duas empresas? Decidi então organizar um grupo com representantes de dez diferentes empresas que se reuniriam com um único propósito: praticar aprendizagem emergente através do compartilhamento de experiências e ideias dentro de um assunto específico. A PRIMEIRA REUNIÃO Participantes: 10 empresas de diferentes seguimentos Temas selecionados: - Customer Service - Plano de Cargos e Salários - Logística no Brasil - Redes Sociais nas empresas Duração: 04 horas Resultado Positivo: O Net Promoter Score da reunião obteve nota máxima (100), e os feedbacks envolveram depoimentos como Aprendi coisas mais úteis sobre Customer Service nestas 4 horas do que em 01 ano de MBA especializada. A quantidade de aprendizagem emergente que surgiu aqui foi surpreendente, mesmo para mim que idealizei a reunião. Resultado Negativo: Em discussão deliberada a perda de foco é constante, e foi muito difícil facilitar a reunião. Apenas o primeiro dos quatro tópicos foi discutido. Para a reunião seguinte eu precisaria de algo que gerasse uma dinâmica ágil e disciplinada.

6 LEARNING CANVAS: ORIGEM A ideia de criar um canvas que me ajudasse na promoção do aprendizado emergente veio pela simplicidade característica deste conceito, e da necessidade de disciplina e foco durante estas reuniões. A versão que apresento aqui é resultado de um processo empírico que envolveu muita experimentação. É uma versão que considero madura e que recomendo para uso em eventos onde a resolução de um problema deva ser feita através da aprendizagem compartilhada, tais como: - Reuniões de trabalho; - Reuniões de grupos intra ou interorganizacionais; - Open-spaces, World Cafés e Dojos; - Corredores de conferências; - Discussões em grupos de usuários; - Reuniões de condomínio :-) - Onde mais possa imaginar.

7 Learning Canvas É uma ferramenta para a promoção da aprendizagem emergente. Foi criada com o propósito de organizar ideias e experiências sobre um tema problematizado durante uma discussão facilitada. Ajuda um grupo a manter foco e disciplina.

8

9 OS 3 PAPÉIS DO LEARNING CANVAS asker SHARERS FACILITATOR é o dono do canvas. aquele que propôs o tema e trouxe seus problemas e sintomas para serem discutidos. SÃO PESSOAS COM INTERESSE NO TEMA. POSSUEM HISTÓRIAS E/ OU IDEIAS PARA COMPARTILHAR. É O CONHECEDOR DO LEARNING 3.0 E DAS TÉCNICAS PARA FACILITAR UMA BOA SESSÃO DE APRENDIZAGEM EMERGENTE.

10 No cabeçalho do Learning Canvas devem ser colocadas as informações da sessão que se inicia.

11 Alexandre Mag<o André Faria, Ester Lima, Matheus Haddad, Leo Campos, ValérEa CarFalho - Tudo começa com a identificação do Tema a ser discutido. Além disso, como o canvas poderá ser consultado no futuro, é importante que ele contenha informações de local, data e participantes.

12 Alexandre Mag<o André Faria, André Ester Faria, Lima, Ester Matheus Lima, Matheus Haddad, Haddad, Leo Campos, Leo Campos, ValérEa ValérEa CarFalho CarFalho - Nesta área do canvas serão tratados fatos reais, já testados, observados e constatados.

13 Alexandre Mag<o André Faria, André Ester Faria, Lima, Ester Matheus Lima, Matheus Haddad, Haddad, Leo Campos, Leo Campos, ValérEa ValérEa CarFalho CarFalho - Nesta área do canvas será discutido como se sugere lidar com os problemas do passado e quais os resultados esperados.

14 Alexandre Mag<o André Faria, André Ester Faria, Lima, Ester Matheus Lima, Matheus Haddad, Haddad, Leo Campos, Leo Campos, ValérEa ValérEa CarFalho CarFalho - Na seqüência, o Asker deverá expor quais são seus problemas - e sintomas - dentro deste contexto. Ele deve adicionar isto na coluna reservada aos Problemas e Sintomas e contar um pouco da história de cada citação. Sharers podem fazer perguntas sobre cada um dos pontos, mas ainda sem compartilhar ideias ou experiências.

15 Alexandre Mag<o André Faria, André Ester Faria, Lima, Ester Matheus Lima, Matheus Haddad, Haddad, Leo Campos, Leo Campos, ValérEa ValérEa CarFalho CarFalho - Me interesso por diversos livros, compro diversos livros, inicio diversos livros...teriino poucos livros. Após a leitura, não consigo encontvar- exrvair com facilidade o que capturei de cada livro. Começo a escrever, acho que já fiz o suficiente "por hoje". Quanto mais dias demoro para retor<ar ao texro, menos motivação tenho para voltar a escrever.

16 Alexandre Mag<o André Faria, André Ester Faria, Lima, Ester Matheus Lima, Matheus Haddad, Haddad, Leo Campos, Leo Campos, ValérEa ValérEa CarFalho CarFalho - Me interesso por diversos livros, compro diversos livros, inicio diversos livros...teriino poucos livros. Após a leitura, não consigo encontvar- exrvair com facilidade o que capturei de cada livro. Começo a escrever, acho que já fiz o suficiente "por hoje". Quanto mais dias demoro para retor<ar ao texro, menos motivação tenho para voltar a escrever.

17 Alexandre Mag<o André Faria, André Ester Faria, Lima, Ester Matheus Lima, Matheus Haddad, Haddad, Leo Campos, Leo Campos, ValérEa ValérEa CarFalho CarFalho - Me interesso por diversos livros, compro diversos livros, inicio diversos livros...teriino poucos livros. Começo a escrever, acho que já fiz o suficiente "por hoje". Quanto mais dias demoro para retor<ar ao texro, menos motivação tenho para voltar a escrever. Aqui devem ser mostradas situações desejadas para o futuro. Estas situações servirão de validação do plano de ação elaborado pelo Asker. Após a leitura, não consigo encontvar- exrvair com facilidade o que capturei de cada livro. Evite trabalhar com números e métricas. Toda a estrutura do Learning Canvas é baseada em narrativas, e aqui não teremos uma exceção. Narre aqui situações esperadas para o futuro que representem a resolução dos problemas citados, ou pelo menos de parte deles.

18 Alexandre Mag<o André Faria, André Ester Faria, Lima, Ester Matheus Lima, Matheus Haddad, Haddad, Leo Campos, Leo Campos, ValérEa ValérEa CarFalho CarFalho - Me interesso por diversos livros, compro diversos livros, inicio diversos livros...teriino poucos livros. Adquiri um ritio contínuo de leitura. Consigo ler vários livros seqüencialmente. Após a leitura, não consigo encontvar- exrvair com facilidade o que capturei de cada livro. Começo a escrever, acho que já fiz o suficiente "por hoje". Quanto mais dias demoro para retor<ar ao texro, menos motivação tenho para voltar a escrever. Consigo organizar o que capturei de cada livro, Linkar isso com outvas pesquisas e exyeriências, e tvansforiar em novo conteúdo. Tenho conseguido cumprir os compromissos com o Editor

19 Alexandre Mag<o André Faria, André Ester Faria, Lima, Ester Matheus Lima, Matheus Haddad, Haddad, Leo Campos, Leo Campos, ValérEa ValérEa CarFalho CarFalho - Me interesso por diversos livros, compro diversos livros, inicio diversos livros...teriino poucos livros. Após a leitura, não consigo encontvar- exrvair com facilidade o que capturei de cada livro. Consigo organizar o que capturei de cada livro. Linkar isso com outvas pesquisas e exyeriências e tvansforiar em novo conteúdo. Adquiri um ritio contínuo de leitura. Consigo ler vários livros seqüencialmente. Tenho conseguido cumprir os compromissos com o Editor Começo a escrever, acho que já fiz o suficiente "por hoje". Quanto mais dias demoro para retor<ar ao texro, menos motivação tenho para voltar a escrever.

20 Disciplina para Leitores e Escritores Google+ Out- 13 Alexandre Mag<o André Faria, Ester Lima, Matheus Haddad, Leo Campos, ValérEa CarFalho - Me interesso por diversos livros, compro diversos livros, inicio diversos livros...teriino poucos livros. Começo a escrever, acho que já fiz o suficiente "por hoje". Quanto mais dias demoro para retor<ar ao texro, menos motivação tenho para voltar a escrever. Após a leitura, não consigo encontvar- exrvair com facilidade o que capturei de cada livro. Consigo organizar o que capturei de cada livro. Linkar isso com outvas pesquisas e exyeriências e tvansforiar em novo conteúdo. Adquiri um ritio contínuo de leitura. Consigo ler vários livros seqüencialmente. Neste passo Sharers poderão expor experiências relacionadas ao tema que, de algum forma, ajudem na construção de novo conhecimento. Tenho conseguido cumprir os compromissos com o Editor Para cada experiência compartilhada, deve ser contada a história em volta da mesma e deve ser apresentado pelo menos um resultado observado, seja ele positivo ou negativo.

21 Alexandre Mag<o André Faria, Ester Lima, Matheus Haddad, Leo Campos, ValérEa CarFalho - Me interesso por diversos livros, compro diversos livros, inicio diversos livros...teriino poucos livros. André: [ AUDIBLE.com ] Muitos Após a leitura, livros não consigo eu não encontvar- exrvair com leio, eu OUÇO. Tenho mais facilidade de o que 200 capturei livros de cada no livro. Audible.com - eu sincronizo com o ipad e ipod e ouço no carvo. Começo a escrever, acho que já fiz o suficiente "por hoje". Quanto mais dias demoro para retor<ar ao texro, menos motivação tenho para voltar a escrever. Leo: Sprints de 30 minutos de leitura (ou escrita), para não perder o foco. conteúdo. André: Manhãs de Sábado e Agenda Diária - O imporrante é saber quando e cumprir ao máximo - mesmo quando com menos inspiração. Consigo organizar o que capturei de cada livro. Linkar isso com outvas pesquisas e exyeriências e tvansforiar em novo conteúdo. Adquiri um ritio contínuo de leitura. Consigo ler vários livros seqüencialmente. Matheus: Procuro sempre um propósito muito forre para puxar todas as ações que levam ao comporramento desejado (Driving Force). Tenho conseguido cumprir os compromissos com o Editor ValérEa: Utilizei WIP para tipos de livro (Técnico, Romance, etc.), fazendo revezamento entve eles. André: Eu sempre faço uma lista de ações e tenho uma ENTREGA para cada livro, geralmente é um post ou uma palestva em vídeo sobre o livro. Ester: Comprar um livro novo apenas quando finalizar o que está sendo lido.

22 Alexandre Mag<o André Faria, Ester Lima, Matheus Haddad, Leo Campos, ValérEa CarFalho - Me interesso por diversos livros, compro diversos livros, inicio diversos livros...teriino poucos livros. Após a leitura, não consigo encontvar- exrvair com facilidade o que capturei de cada livro. André: Manhãs de Sábado e Agenda Diária - O imporrante é saber quando e cumprir ao máximo - mesmo quando com menos inspiração. Leo: Sprints de 30 minutos de leitura (ou escrita), para não perder o foco. conteúdo. Consigo organizar o que capturei de cada livro. Linkar isso com outvas pesquisas e exyeriências e tvansforiar em novo conteúdo. Adquiri um ritio contínuo de leitura. Consigo ler vários livros seqüencialmente. Começo a escrever, acho que já fiz o suficiente "por hoje". Quanto mais dias demoro para retor<ar ao texro, menos motivação tenho para voltar a escrever. André: [ AUDIBLE.com ] Muitos livros eu não leio, eu OUÇO. Tenho mais de 200 livros no Audible.com - eu sincronizo com o ipad e ipod e ouço no CarVo. ValérEa: Utilizei WIP para tipos de livro (Técnico, Romance, etc.), fazendo revezamento entve eles. Tenho conseguido cumprir os compromissos com o Editor Ester: Comprar um livro novo apenas quando finalizar o que está sendo lido. Matheus: Procuro sempre um propósito muito forre para puxar todas as ações que levam ao comporramento desejado (Driving Force). André: Eu sempre faço uma lista de ações e tenho uma ENTREGA para cada livro, geralmente é um post ou uma palestva em vídeo sobre o livro.

23 Alexandre Mag<o André Faria, Ester Lima, Matheus Haddad, Leo Campos, ValérEa CarFalho - Me interesso por diversos livros, compro diversos livros, inicio diversos livros...teriino poucos livros. André: Manhãs de Sábado e Agenda Diária - O imporrante é saber quando e cumprir ao máximo - mesmo quando com menos inspiração. Adquiri um ritio contínuo de leitura. Consigo ler vários livros seqüencialmente. Neste passo Sharers Após a leitura, não consigo poderão abrir a imaginação para encontvar- exrvair com listar qualquer facilidade ideia o que capturei interessante de cada que possa ajudar a livro. alcançar os Resultados Esperados. Não é necessário experiência anterior, e não há garantias André: [ AUDIBLE.com de ] Muitos que livros aquilo eu seja realmente aplicável. Pode ser apresentado não leio, eu OUÇO. Tenho mais algo de 200 que livros ouviu no Audible.com - eu sincronizo com o ipad e ou Começo leu a escrever, sobre, acho que já fiz algo o que sempre teve vontade ipod e ouço no CarVo. de fazer mas suficiente "por hoje". Quanto mais dias nunca demoro tentou, para enfim, cabeça aberta para a imaginação, mas retor<ar ao texro, menos motivação lógico, tenho para focando voltar a escrever. no tratamento dos sintomas apresentados pelo Asker. Leo: Sprints de 30 minutos de leitura (ou escrita), para não perder o foco. conteúdo. ValérEa: Utilizei WIP para tipos de livro (Técnico, Romance, etc.), fazendo revezamento entve eles. Consigo organizar o que capturei de cada livro. Linkar isso com outvas pesquisas e exyeriências e tvansforiar em novo conteúdo. Tenho conseguido cumprir os compromissos com o Editor O Asker deve ser silenciosamente crítico a cada ideia, confrontando-as com os detalhes Ester: da Comprar realidade um livro novo que só ele apenas quando conhece. Este é o caminho finalizar para o que a está aprendizagem sendo lido. emergente: conhecimento confrontado com a realidade. Matheus: Procuro sempre um propósito muito forre para puxar todas as ações que levam ao comporramento desejado (Driving Force). André: Eu sempre faço uma lista de ações e tenho uma ENTREGA para cada livro, geralmente é um post ou uma palestva em vídeo sobre o livro.

24 Alexandre Mag<o André Faria, Ester Lima, Matheus Haddad, Leo Campos, ValérEa CarFalho - Me interesso por diversos livros, compro diversos livros, inicio diversos livros...teriino poucos livros. André: Manhãs de Sábado e Agenda Diária - O imporrante é saber quando e cumprir ao máximo - mesmo quando com menos inspiração. Matheus: Usar alguma dinâmica iterativa e incremental para dar ritio à escrita do livro. Adquiri um ritio contínuo de leitura. Consigo ler vários livros seqüencialmente. Após a leitura, não consigo encontvar- exrvair com facilidade o que capturei de cada livro. Leo: Sprints de 30 minutos de leitura (ou escrita), para não perder o foco. conteúdo. Consigo organizar o que capturei de cada livro. Linkar isso com outvas pesquisas e exyeriências e tvansforiar em novo conteúdo. Leo: Criar um blog para validar as ideias atvavés de feedback dos leitores. Começo a escrever, acho que já fiz o suficiente "por hoje". Quanto mais dias demoro para retor<ar ao texro, menos motivação tenho para voltar a escrever. André: [ AUDIBLE.com ] Muitos livros eu não leio, eu OUÇO. Tenho mais de 200 livros no Audible.com - eu sincronizo com o ipad e ipod e ouço no CarVo. Leo: Criar uma Product Vision Box e ou um Value Propositon para o livro. ValérEa: Utilizei WIP para tipos de livro (Técnico, Romance, etc.), fazendo revezamento entve eles. Tenho conseguido cumprir os compromissos com o Editor Comprar um livro novo Ester: Trabalhar apenas quando em par pode ajudar a criar o finalizar o que está sendo lido. compromisso em atender as tarefas planejadas com o outvo. E com o tempo acaba surgindo Matheus: Procuro a motivação sempre um propósito e a muito forre para puxar todas as ações que levam ao disciplina comporramento necessária. desejado (Driving Force). Matheus: Estabelecer hábitos que favoreçam a escrita do livro e que diminuam a imporrância de outvas coisas que competem com isso. André: Eu sempre faço uma lista de ações e tenho uma ENTREGA para cada livro, geralmente é um post ou uma palestva em vídeo sobre o livro.

25 Alexandre Mag<o André Faria, Ester Lima, Matheus Haddad, Leo Campos, ValérEa CarFalho - Me interesso por diversos livros, compro diversos livros, inicio diversos livros...teriino poucos livros. André: Manhãs de Sábado e Agenda Diária - O imporrante é saber quando e cumprir ao máximo - mesmo quando com menos inspiração. Matheus: Usar alguma dinâmica iterativa e incremental para dar ritio à escrita do livro. Adquiri um ritio contínuo de leitura. Consigo ler vários livros seqüencialmente. Após a leitura, não consigo encontvar- exrvair com facilidade o que capturei de cada livro. Leo: Sprints de 30 minutos de leitura (ou escrita), para não perder o foco. conteúdo. Leo: Criar um blog para validar as ideias atvavés de feedback dos leitores. Consigo organizar o que capturei de cada livro. Linkar isso com outvas pesquisas e exyeriências e tvansforiar em novo conteúdo. Começo a escrever, acho que já fiz o suficiente "por hoje". Quanto mais dias demoro para retor<ar ao texro, menos motivação tenho para voltar a escrever. André: [ AUDIBLE.com ] Muitos livros eu não leio, eu OUÇO. Tenho mais de 200 livros no Audible.com - eu sincronizo com o ipad e ipod e ouço no CarVo. Ester: Comprar um livro novo apenas quando finalizar o que está sendo lido. ValérEa: Utilizei WIP para tipos de livro (Técnico, Romance, etc.), fazendo revezamento entve eles. Ester: Trabalhar em par pode ajudar a criar o compromisso em atender as tarefas planejadas com o outvo. E com o tempo acaba surgindo a motivação e a disciplina necessária. Leo: Criar uma Product Vision Box e ou um Value Propositon para o livro. Tenho conseguido cumprir os compromissos com o Editor Matheus: Procuro sempre um propósito muito forre para puxar todas as ações que levam ao comporramento desejado (Driving Force). Matheus: Estabelecer hábitos que favoreçam a escrita do livro e que diminuam a imporrância de outvas coisas que competem com isso. André: Eu sempre faço uma lista de ações e tenho uma ENTREGA para cada livro, geralmente é um post ou uma palestva em vídeo sobre o livro.

26 Alexandre Mag<o André Faria, Ester Lima, Matheus Haddad, Leo Campos, ValérEa CarFalho - Me interesso por diversos livros, compro diversos livros, inicio diversos livros...teriino poucos livros. André: Manhãs de Sábado e Agenda Diária - O imporrante é saber quando e cumprir ao máximo - mesmo quando com menos inspiração. Matheus: Usar alguma dinâmica iterativa e incremental para dar ritio à escrita do livro. Adquiri um ritio contínuo de leitura. Consigo ler vários livros seqüencialmente. Começo a escrever, acho que já fiz o suficiente "por hoje". Quanto mais dias demoro para retor<ar ao texro, menos motivação tenho para voltar a escrever. Após a leitura, não consigo encontvar- exrvair com facilidade o que capturei de cada livro. No ato final de nossa Leo: Sprints dinâmica, de 30 minutos de leitura o Asker irá montar seu Plano de Ação compartilhando (ou escrita), para não perder o o que levará daqui como foco. conteúdo. práticas emergentes a serem validadas em busca dos Resultados Esperados. Tais práticas podem vir de André: [ AUDIBLE.com ] Muitos livros eu experiências não leio, eu OUÇO. narradas, Tenho mais de 200 livros ideias apresentadas, ou de nova no Audible.com - eu sincronizo com o ipad e ideias que surgiram, ipod e ouço no CarVo. a partir do cruzamento das histórias apresentadas aqui com a realidade. Matheus: Procuro sempre um propósito muito forre para puxar todas as ações que levam ao comporramento desejado (Driving Force). Leo: Criar um blog para validar as ideias atvavés de feedback dos leitores. ValérEa: Utilizei WIP para tipos de livro O Asker deve ser franco (Técnico, Romance, ao etc.), avaliar fazendo se com este Plano de Ação ele realmente revezamento acredita entve eles. ser possível Leo: alcançar Criar uma Product Vision os Box Resultados Esperados. Caso não seja, e por e ou um mais Value Propositon que para o livro. tenha existido Ester: Comprar algum livro novo aprendizado emergente, ele deveria apenas quando tentar finalizar aplicar o que está sendo novamente lido. o Learning Canvas com um outro grupo. Ester: Trabalhar em par pode ajudar a criar o compromisso em atender as tarefas planejadas com o outvo. E com o tempo acaba surgindo a motivação e a disciplina necessária. Matheus: Estabelecer hábitos que favoreçam a escrita do livro e que diminuam a imporrância de outvas coisas que competem com isso. Consigo organizar o que capturei de cada livro. Linkar isso com outvas pesquisas e exyeriências e tvansforiar em novo conteúdo. Tenho conseguido cumprir os compromissos com o Editor André: Eu sempre faço uma lista de ações e tenho uma ENTREGA para cada livro, geralmente é um post ou uma palestva em vídeo sobre o livro.

27 Alexandre Mag<o André Faria, Ester Lima, Matheus Haddad, Leo Campos, ValérEa CarFalho - Me interesso por diversos livros, compro diversos livros, inicio diversos livros...teriino poucos livros. Começo a escrever, acho que já fiz o suficiente "por hoje". Quanto mais dias demoro para retor<ar ao texro, menos motivação tenho para voltar a escrever. Após a leitura, não consigo encontvar- exrvair com facilidade o que capturei de cada livro. André: Manhãs de Sábado e Agenda Diária - O imporrante é saber quando e cumprir ao máximo - mesmo quando com menos inspiração. Para escrita: Descobrir as perguntas a serem respondidas pelo o livro que estou escrevendo. EncontVar o real propósito atvavés de conversa com o público- alvo, e com isso ter a motivação que me levará à disciplina. André: [ AUDIBLE.com ] Muitos livros eu não leio, eu OUÇO. Tenho mais de 200 livros no Audible.com - eu sincronizo com o ipad e ipod e ouço no CarVo. Ester: Comprar um livro novo apenas quando finalizar o que está sendo lido. Leo: Sprints de 30 minutos de leitura (ou escrita), para não perder o foco. conteúdo. Para escrita: Acordar 1 hora mais cedo e ter um período fixo de escrita pela manhã, que é o período que considero ser mais produtivo. ValérEa: Utilizei WIP para tipos de livro (Técnico, Romance, etc.), fazendo revezamento entve eles. Matheus: Usar alguma dinâmica iterativa e incremental para dar ritio à escrita do livro. Leo: Criar um blog para validar as ideias atvavés de feedback dos leitores. Para leitura: Ter sempre o material de leitura comigo para que eu possa ler em qualquer interfalo do dia, em qualquer lugar. Ester: Trabalhar em par pode ajudar a criar o compromisso em atender as tarefas planejadas com o outvo. E com o tempo acaba surgindo a motivação e a disciplina necessária. Leo: Criar uma Product Vision Box e ou um Value Propositon para o livro. Consigo organizar o que capturei de cada livro. Linkar isso com outvas pesquisas e exyeriências e tvansforiar em novo conteúdo. Adquiri um ritio contínuo de leitura. Consigo ler vários livros seqüencialmente. Tenho conseguido cumprir os compromissos com o Editor Matheus: Procuro sempre um propósito muito forre para puxar todas as ações que levam ao comporramento desejado (Driving Force). Para leitura: Pensar em algum mecanismo para comparrilhar o que aprendi em cada livro lido (blog, video, slides, hangout, etc.). Matheus: Estabelecer hábitos que favoreçam a escrita do livro e que diminuam a imporrância de outvas coisas que competem com isso. André: Eu sempre faço uma lista de ações e tenho uma ENTREGA para cada livro, geralmente é um post ou uma palestva em vídeo sobre o livro.

28 Alexandre Mag<o André Faria, Ester Lima, Matheus Haddad, Leo Campos, ValérEa CarFalho - Me interesso por diversos livros, compro diversos livros, inicio diversos livros...teriino poucos livros. André: Manhãs de Sábado e Agenda Diária - O imporrante é saber quando e cumprir ao máximo - mesmo quando com menos inspiração. Matheus: Usar alguma dinâmica iterativa e incremental para dar ritio à escrita do livro. Adquiri um ritio contínuo de leitura. Consigo ler vários livros seqüencialmente. Após a leitura, não consigo encontvar- exrvair com facilidade o que capturei de cada livro. Leo: Sprints de 30 minutos de leitura (ou escrita), para não perder o foco. conteúdo. Leo: Criar um blog para validar as ideias atvavés de feedback dos leitores. Consigo organizar o que capturei de cada livro. Linkar isso com outvas pesquisas e exyeriências e tvansforiar em novo conteúdo. Começo a escrever, acho que já fiz o suficiente "por hoje". Quanto mais dias demoro para retor<ar ao texro, menos motivação tenho para voltar a escrever. André: [ AUDIBLE.com ] Muitos livros eu não leio, eu OUÇO. Tenho mais de 200 livros no Audible.com - eu sincronizo com o ipad e ipod e ouço no CarVo. Ester: Comprar um livro novo apenas quando finalizar o que está sendo lido. André: Eu sempre faço uma lista de ações e tenho uma ENTREGA para cada livro, geralmente é um post ou uma palestva em vídeo sobre o livro. ValérEa: Utilizei WIP para tipos de livro (Técnico, Romance, etc.), fazendo revezamento entve eles. Matheus: Procuro sempre um propósito muito forre para puxar todas as ações que levam ao comporramento desejado (Driving Force). Ester: Trabalhar em par pode ajudar a criar o compromisso em atender as tarefas planejadas com o outvo. E com o tempo acaba surgindo a motivação e a disciplina necessária. Leo: Criar uma Product Vision Box e ou um Value Propositon para o livro. Matheus: Estabelecer hábitos que favoreçam a escrita do livro e que diminuam a imporrância de outvas coisas que competem com isso. Para leitura: Ter sempre o material de leitura comigo para que eu possa ler em qualquer interfalo do dia, em qualquer lugar. Para escrita: Acordar 1 hora mais cedo e ter um período fixo de escrita pela manhã, que é o período que considero ser mais produtivo. Tenho conseguido cumprir os compromissos com o Editor Para escrita: Descobrir as perguntas a serem respondidas pelo o livro que estou escrevendo. EncontVar o real propósito atvavés de conversa com o público- alvo, e com isso ter a motivação que me levará à disciplina. Para leitura: Pensar em algum mecanismo para comparrilhar o que aprendi em cada livro lido (blog, video, slides, hangout, etc.).

29 Alexandre Mag<o André Faria, Ester Lima, Matheus Haddad, Leo Campos, ValérEa CarFalho - Me atvaio por diversos livros, compro diversos livros, inicio diversos livros...teriino poucos livros. André: Manhãs de Sábado e Agenda Diária - O imporrante é saber quando e cumprir ao máximo - mesmo quando com menos inspiração. Matheus: Usar alguma dinâmica iterativa e incremental para dar ritio à escrita do livro. Adquiri um ritio contínuo de leitura. Consigo ler vários livros seqüencialmente. Após a leitura, não consigo encontvar- exrvair com facilidade o que capturei de cada livro. Leo: Sprints de 30 minutos de leitura (ou escrita), para não perder o foco. conteúdo. Leo: Criar um blog para validar as ideias atvavés de feedback dos leitores. Consigo organizar o que capturei de cada livro. Linkar isso com outvas pesquisas e exyeriências e tvansforiar em novo conteúdo. Começo a escrever, acho que já fiz o suficiente "por hoje". Quanto mais dias demoro para retor<ar ao texro, menos motivação tenho para voltar a escrever. André: [ AUDIBLE.com ] Muitos livros eu não leio, eu OUÇO. Tenho mais de 200 livros no Audible.com - eu sincronizo com o ipad e ipod e ouço no CarVo. Ester: Comprar um livro novo apenas quando finalizar o que está sendo lido. André: Eu sempre faço uma lista de ações e tenho uma ENTREGA para cada livro, geralmente é um post ou uma palestva em vídeo sobre o livro. ValérEa: Utilizei WIP para tipos de livro (Técnico, Romance, etc.), fazendo revezamento entve eles. Matheus: Procuro sempre um propósito muito forre para puxar todas as ações que levam ao comporramento desejado (Driving Force). Ester: Trabalhar em par pode ajudar a criar o compromisso em atender as tarefas planejadas com o outvo. E com o tempo acaba surgindo a motivação e a disciplina necessária. Leo: Criar uma Product Vision Box e ou um Value Propositon para o livro. Matheus: Estabelecer hábitos que favoreçam a escrita do livro e que diminuam a imporrância de outvas coisas que competem com isso. Para leitura: Ter sempre o material de leitura comigo para que eu possa ler em qualquer interfalo do dia, em qualquer lugar. Para escrita: Acordar 1 hora mais cedo e ter um período fixo de escrita pela manhã, que é o período que considero ser mais produtivo. Tenho conseguido cumprir os compromissos com o Editor Para escrita: Descobrir as perguntas a serem respondidas pelo o livro que estou escrevendo. EncontVar o real propósito atvavés de conversa com o público- alvo, e com isso ter a motivação que me levará à disciplina. Para leitura: Pensar em algum mecanismo para comparrilhar o que aprendi em cada livro lido (blog, video, slides, hangout, etc.).

a importância do para pessoas empreendedoras

a importância do para pessoas empreendedoras a importância do para pessoas empreendedoras HAPPY MELLY Mas afinal, o que é Learning 3.0? O CONCEITO Learning 3.0 defende que a aprendizagem do profissional do conhecimento não deva mais ser centrada

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

O modelo CORD de produtividade

O modelo CORD de produtividade Data do documento 16. 12. 2014 Este ano eu li Como ser um Ninja em Produtividade, em uma tentativa de me tornar mais produtivo. O autor, Graham Allcott, compartilha algumas estratégias para tirar o máximo

Leia mais

Capítulo 1. Extreme Programming: visão geral

Capítulo 1. Extreme Programming: visão geral Capítulo 1 Extreme Programming: visão geral Extreme Programming, ou XP, é um processo de desenvolvimento de software voltado para: Projetos cujos requisitos são vagos e mudam com freqüência; Desenvolvimento

Leia mais

Primeiro Email#1: Rota Problema Solução

Primeiro Email#1: Rota Problema Solução Esta segunda sequência respeita a estrutura da sequência do Eben que analisamos.o template é adequado aos profissionais que podem (e querem) trabalhar com os três mosqueteiros, ou seja, apresentar uma

Leia mais

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br Realização e Organização www.vamaislonge.com.br Quem somos... Leonardo Alvarenga, tenho 23 anos, sou criador do Não Tenho Ideia e do #VáMaisLonge. Sou formado em Educação Física mas larguei tudo logo após

Leia mais

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais!

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Por Rafael Piva Guia 33 Prático Passos para criar Ideias de Negócio Vencedores! Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Que bom que você já deu um dos

Leia mais

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões 8 Passos para o Recrutamento Eficaz Por Tiago Simões Uma das coisas que aprendi na indústria de marketing de rede é que se você não tem um sistema de trabalho que comprovadamente funcione, muito provavelmente

Leia mais

A alma da liderança Por Paulo Alvarenga

A alma da liderança Por Paulo Alvarenga A alma da liderança Por Paulo Alvarenga A palavra liderança é uma palavra grávida, tem vários significados. Desde os primórdios dos tempos a humanidade vivenciou exemplos de grandes líderes. Verdadeiros

Leia mais

XP extreme Programming, uma metodologia ágil para desenvolvimento de software. Equipe WEB Cercomp web@cercomp.ufg.br

XP extreme Programming, uma metodologia ágil para desenvolvimento de software. Equipe WEB Cercomp web@cercomp.ufg.br XP extreme Programming, uma metodologia ágil para desenvolvimento de software. Equipe WEB Cercomp web@cercomp.ufg.br Introdução Criada por Kent Baeck em 1996 durante o projeto Daimler Chrysler. O sucesso

Leia mais

Como escrever melhor em 5 passos simples

Como escrever melhor em 5 passos simples Como escrever melhor em 5 passos simples Escrever um artigo para seu blog pode ser um processo estressante e tomar bastante tempo, especialmente se você não é um escritor. Mas quando você está determinado

Leia mais

Scrum. Introdução UFRPE-DEINFO BSI-FÁBRICA DE SOFTWARE

Scrum. Introdução UFRPE-DEINFO BSI-FÁBRICA DE SOFTWARE Scrum Introdução UFRPE-DEINFO BSI-FÁBRICA DE SOFTWARE scrum Ken Schwaber - Jeff Sutherland http://www.scrumalliance.org/ Scrum Uma forma ágil de gerenciar projetos. Uma abordagem baseada em equipes autoorganizadas.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 06 PROFª BRUNO CALEGARO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 06 PROFª BRUNO CALEGARO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 06 PROFª BRUNO CALEGARO Santa Maria, 27 de Setembro de 2013. Revisão aula anterior Desenvolvimento Ágil de Software Desenvolvimento e entrega

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas CMP1141 Processo e qualidade de software I Prof. Me. Elias Ferreira Sala: 210 F Quarta-Feira:

Leia mais

UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS

UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS www.empreende.com.br emp@empreende.com.br FAZENDO ACONTECER Programa de ensino de empreendedorismo inovador em nível mundial, desenvolvido

Leia mais

Andragogia, uma estratégia em T&D.

Andragogia, uma estratégia em T&D. Andragogia, uma estratégia em T&D. Por PAULA FRANCO Ensinar exige o reconhecimento de ser condicionado Gosto de gente porque, inacabado, sei que sou um ser condicionado, mas, consciente do inacabamento,

Leia mais

coleção Conversas #14 - outubro 2014 - e r r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #14 - outubro 2014 - e r r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. não Eu Não r que o f existe coleção Conversas #14 - outubro 2014 - a z fu e r tu r uma fa o para c ul m d im ad? e. Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção

Leia mais

Casa do Código Livros para o programador Rua Vergueiro, 3185-8º andar 04101-300 Vila Mariana São Paulo SP Brasil

Casa do Código Livros para o programador Rua Vergueiro, 3185-8º andar 04101-300 Vila Mariana São Paulo SP Brasil Casa do Código Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei nº9.610, de 10/02/1998. Nenhuma parte deste livro poderá ser reproduzida, nem transmitida, sem autorização prévia por escrito da editora,

Leia mais

Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Desenvolvendo o Plano de Gerenciamento do Projeto. Coletando Requisitos. Declarando

Leia mais

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO Por que ler este livro? Você já escutou histórias de pessoas que ganharam muito dinheiro investindo, seja em imóveis ou na Bolsa de Valores? Após ter escutado todas essas

Leia mais

COMO CRIAR UMA ESTRATÉGIA DE E-MAIL MARKETING

COMO CRIAR UMA ESTRATÉGIA DE E-MAIL MARKETING COMO CRIAR UMA ESTRATÉGIA DE E-MAIL MARKETING A palavra estratégia, segundo o dicionário Informal 1, é a ação ou caminho mais adequado a ser executado para alcançar um objetivo ou meta. Para se traçar

Leia mais

Resumo do mês de março Quer mais resumos? Todo mês em: http://www.thiagocompan.com.br

Resumo do mês de março Quer mais resumos? Todo mês em: http://www.thiagocompan.com.br Resumo do mês de março Quer mais resumos? Todo mês em: http://www.thiagocompan.com.br Jeff Sutherland criou um método para fazer mais em menos tempo com o máximo de qualidade! Usado por diversas empresas

Leia mais

Autor: Marcelo Maia http://infoempreendedorismo.com

Autor: Marcelo Maia http://infoempreendedorismo.com Nesse ebook você irá aprender como gerar uma renda mesmo que do zero rapidamente na internet, se você já tem um produto irá aprender como aumentar suas vendas agora mesmo de forma garantida. Crie um sistema

Leia mais

UnP. fazendo e compartilhando a gente aprende mais

UnP. fazendo e compartilhando a gente aprende mais DIRETRIZES DO ALUNO Olá, você está fazendo parte de um projeto de melhoria acadêmicoaction! Neste material você encontrará todas as pedagógica: o Edu Action informações necessárias para entender como esse

Leia mais

Frederico Aranha, Instrutor. Scrum 100 Lero Lero. Um curso objetivo!

Frederico Aranha, Instrutor. Scrum 100 Lero Lero. Um curso objetivo! Scrum 100 Lero Lero Um curso objetivo! Napoleãããõ blah blah blah Whiskas Sachê Sim, sou eu! Frederico de Azevedo Aranha MBA, PMP, ITIL Expert Por que 100 Lero Lero? Porque o lero lero está documentado.

Leia mais

Um de seus principais objetivos como professor(a) da Escola Dominical é incentivar os jovens a aprender como estudar

Um de seus principais objetivos como professor(a) da Escola Dominical é incentivar os jovens a aprender como estudar Atividades de Aprendizado Atividades para as aulas da Escola Dominical APRENDIZADO do EVANGELHO Um de seus principais objetivos como professor(a) da Escola Dominical é incentivar os jovens a aprender como

Leia mais

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas?

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? 2 Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? É SOBRE ISSO QUE VOU FALAR NESTE TEXTO. A maioria das empresas e profissionais

Leia mais

Orientação Profissional e de Carreira

Orientação Profissional e de Carreira Orientação Profissional e de Carreira Um processo para a vida toda Powered by: S U A C ARREIRA N A D IRE Ç Ã O CER T A Sponsored by: INTRODUÇÃO 25 anos de experiência 4.000 jovens contratados por ano Quem

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Cristina Soares. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Cristina Soares. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Cristina Soares Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Quando decidi realizar meu processo de coaching, eu estava passando por um momento de busca na minha vida.

Leia mais

ACTION LEARNING. O que é Action Learning? FUN D A MEN T OS D O

ACTION LEARNING. O que é Action Learning? FUN D A MEN T OS D O C L E O W O L F F O que é Action Learning? Um processo que envolve um pequeno grupo/equipe refletindo e trabalhando em problemas reais, agindo e aprendendo enquanto atuam. FUN D A MEN T OS D O ACTION LEARNING

Leia mais

análise da sequência de

análise da sequência de Laila Vanetti - Setembro de 2014 Laila Vanetti - Setembro de 2014 último encontro análise da sequência de vendas de Conrado adolpho 1º E-mail Conrado adolpho Assunto: O que fizemos aqui na Webliv... Oi,

Leia mais

Manifesto Ágil e as Metodologias Ágeis (XP e SCRUM)

Manifesto Ágil e as Metodologias Ágeis (XP e SCRUM) Programação Extrema Manifesto Ágil e as Metodologias Ágeis (XP e SCRUM) Prof. Mauro Lopes Programação Extrema Prof. Mauro Lopes 1-31 45 Manifesto Ágil Formação da Aliança Ágil Manifesto Ágil: Propósito

Leia mais

Social Media em 5 etapas

Social Media em 5 etapas Como estruturar seu sistema de Social Media em 5 etapas O que é este guia? O Guia de inicialização em social media foi criado pela G&P como uma forma de ajudar e incentivar as mais diversas empresas do

Leia mais

GUIa Prático para enfrentar a concorrência no e-commerce

GUIa Prático para enfrentar a concorrência no e-commerce GUIa Prático para enfrentar a concorrência no e-commerce Você é do tipo que quer arrancar os cabelos toda vez que um concorrente diminui o preço? Então você precisa ler este guia rápido agora mesmo. Aqui

Leia mais

AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE

AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE Mesmo não acreditando na Educação Criativa, o professor pode fazer uma experiência para ver o resultado. É o caso da professora deste relato. Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br

Leia mais

Minha lista de sonhos

Minha lista de sonhos Licença No: # 122314/LS Fone: +55-11 5539-4719 E mail: vagner@programavirandoojogo.com.br Web: www.programavirandoojogo.com.br 2015 Minha lista de sonhos Com visão 2025 PREPARADO POR VAGNER MOLINA Rua

Leia mais

1» A revolução educacional e a educação em valores 11

1» A revolução educacional e a educação em valores 11 Sumário Introdução 9 1» A revolução educacional e a educação em valores 11 Introdução 12 As causas da revolução educacional 12 O triplo desafio pedagógico 14 Da transmissão à educação 15 O que pretende

Leia mais

A Jornada do Cliente Digital

A Jornada do Cliente Digital A Jornada do Cliente Digital 1 Você já ouviu o termo A jornada do Cliente Digital? Já? Ainda não? Pois então prepare-se. Se já ouviu nunca é demais rever o conceito e agregar alguns valores, discutir,

Leia mais

BEM-VINDA!! WWW.BOLSADEIDEASDENEGOCIO.COM

BEM-VINDA!! WWW.BOLSADEIDEASDENEGOCIO.COM BEM-VINDA!! Meu nome é Ives Lopes e eu sou a autora deste guia 22 ideias de negócios para começar já. Vê essa foto? Sou eu em minha Esmalteria, a Eva Nail Club. Foi um sucesso enquanto durou, mas infelizmente

Leia mais

Curso de canvas FazINOVA. www.fazinova.com.br

Curso de canvas FazINOVA. www.fazinova.com.br Curso de canvas FazINOVA O que é um Canvas? Business Model Canvas é uma ferramenta de modelagem de negócios ou projetos: novos, inovadores ou já existentes. Canvas vs. Plano de Negócio Não exclui um plano

Leia mais

Como criar. um artigo. em 1h ou menos. Por Natanael Oliveira

Como criar. um artigo. em 1h ou menos. Por Natanael Oliveira Como criar um artigo em 1h ou menos Por Natanael Oliveira 1 Como escrever um artigo em 1h ou menos Primeira parte do Texto: Gancho Inicie o texto com perguntas ou promessas, algo que prenda atenção do

Leia mais

DISCIPLINA ENGENHARIA DE SOFTWARE Aula 03 Processo Unificado e Desenvolvimento Ágil. Profª Esp.: Maysa de Moura Gonzaga

DISCIPLINA ENGENHARIA DE SOFTWARE Aula 03 Processo Unificado e Desenvolvimento Ágil. Profª Esp.: Maysa de Moura Gonzaga DISCIPLINA ENGENHARIA DE SOFTWARE Aula 03 Processo Unificado e Desenvolvimento Ágil Profª Esp.: Maysa de Moura Gonzaga 2º Semestre / 2011 O Processo Unificado dos autores Ivar Jacobson, Grady Booch e James

Leia mais

www.poderdocoachingemgrupos.com.br

www.poderdocoachingemgrupos.com.br Pesquisa de Mercado A condução de pesquisas de mercado é uma das atividades mais eficazes e importantes que você pode fazer quando você estiver projetando seu coaching em grupo. Você vai se surpreender

Leia mais

Sete Motivos Importantes Para Usar Áudio Para Melhorar As Suas Habilidades Em Inglês

Sete Motivos Importantes Para Usar Áudio Para Melhorar As Suas Habilidades Em Inglês Sete Motivos Importantes Para Usar Áudio Para Melhorar As Suas Habilidades Em Inglês Oi! Meu nome é David. Atualmente estou em Imperatriz, Maranhão ajudando pessoas como você aprenderem inglês. Já faz

Leia mais

Entrevista da Professora Rosa Trombetta à rádio Jovem Pan.

Entrevista da Professora Rosa Trombetta à rádio Jovem Pan. Entrevista da Professora Rosa Trombetta à rádio Jovem Pan. A Professora Rosa Trombetta, Coordenadora de Cursos da FIPECAFI aborda o assunto elearning para os ouvintes da Jovem Pan Online. Você sabe o que

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

Como entendemos a Gestão por Processos?

Como entendemos a Gestão por Processos? RIO DE JANEIRO SÃO PAULO BRASÍLIA BELO HORIZONTE Como entendemos a Gestão por Processos? Mobilizando pessoas para promover melhorias e inovações a partir de processos André Macieira & Leandro Jesus Alguns

Leia mais

Como Estudar a Bíblia

Como Estudar a Bíblia Como Estudar a Bíblia Caderno de Estudos Por David Batty Estudos em Grupo Para Novos Cristãos 2 Direitos Reservados 2003 Comitê Acadêmico do Teen Challenge Internacional, EUA. Todos os direitos, incluindo

Leia mais

CONHEÇA. nosso. processo. Para você lançar sua Startup. Semana de descoberta. Semana de desenvolvimento. E depois de tudo pronto?

CONHEÇA. nosso. processo. Para você lançar sua Startup. Semana de descoberta. Semana de desenvolvimento. E depois de tudo pronto? CONHEÇA nosso processo Para você lançar sua Startup Semana de descoberta Semana de desenvolvimento E depois de tudo pronto? Acreditamos em uma melhor maneira de começar sua startup De forma Colaborativa,

Leia mais

SCRUM Gerência de Projetos Ágil. Prof. Elias Ferreira

SCRUM Gerência de Projetos Ágil. Prof. Elias Ferreira SCRUM Gerência de Projetos Ágil Prof. Elias Ferreira Métodos Ágeis + SCRUM + Introdução ao extreme Programming (XP) Manifesto Ágil Estamos descobrindo maneiras melhores de desenvolver software fazendo-o

Leia mais

Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 1

Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 1 Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 1 Se não pode subir a montanha, torne-se uma. Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 2 ISSO ESTÁ ME GERANDO R$7.278,05 - R$10.588,38 POR SEMANA E VOCÊ PODE FAZER

Leia mais

O papel do CRM no sucesso comercial

O papel do CRM no sucesso comercial O papel do CRM no sucesso comercial Escrito por Gustavo Paulillo Você sabia que o relacionamento com clientes pode ajudar sua empresa a ter mais sucesso nas vendas? Ter uma equipe de vendas eficaz é o

Leia mais

ABCEducatio entrevista Sílvio Bock

ABCEducatio entrevista Sílvio Bock ABCEducatio entrevista Sílvio Bock Escolher uma profissão é fazer um projeto de futuro A entrada do segundo semestre sempre é marcada por uma grande preocupação para todos os alunos que estão terminando

Leia mais

UNIDADE VI ESCREVENDO E-MAILS QUE GERAM RESULTADOS

UNIDADE VI ESCREVENDO E-MAILS QUE GERAM RESULTADOS UNIDADE VI ESCREVENDO E-MAILS QUE GERAM RESULTADOS Nessa unidade vou mostrar para você como escrever e-mails que geram resultados. Mas que resultados são esses? Quando você escreve um e-mail tem que saber

Leia mais

Aprenda a Tirar Vantagem da 2º Maior Ferramenta de Buscas do Mundo!

Aprenda a Tirar Vantagem da 2º Maior Ferramenta de Buscas do Mundo! Aprenda a Tirar Vantagem da 2º Maior Ferramenta de Buscas do Mundo! Usar o Youtube profissionalmente é o upgrade que o seu negócio precisa para alavancar e obter muito mais vendas, contatos e visitas!

Leia mais

ÍNDICE... 1 DICAS DE INSTAGRAM... 4 QUEM É ANA TEX?... 5 CONTEÚDO DE ALTA QUALIDADE... 6 CONSISTÊNCIA NAS POSTAGENS... 7

ÍNDICE... 1 DICAS DE INSTAGRAM... 4 QUEM É ANA TEX?... 5 CONTEÚDO DE ALTA QUALIDADE... 6 CONSISTÊNCIA NAS POSTAGENS... 7 1 Índice ÍNDICE... 1 DICAS DE INSTAGRAM... 4 QUEM É ANA TEX?... 5 CONTEÚDO DE ALTA QUALIDADE... 6 QUAL É O VALOR QUE VOCÊ PODE OFERECER PARA A SUA AUDIÊNCIA?... 6 CONSISTÊNCIA NAS POSTAGENS... 7 VOCÊ PRECISA

Leia mais

#10 PRODUZIR CONTEÚDO SUPER DICAS ATRATIVO DE PARA COMEÇAR A

#10 PRODUZIR CONTEÚDO SUPER DICAS ATRATIVO DE PARA COMEÇAR A #10 SUPER DICAS PARA COMEÇAR A Pantone 715 C 100% Black 80% Black C: 0 M: 55 Y: 95 K: 0 C: 0 M: 0 Y: 0 K: 100 C: 0 M: 0 Y: 0 K: 80 PRODUZIR CONTEÚDO ATRATIVO DE Confira estas super dicas para você produzir

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. PALESTRANTE Thiago Concer. Especialista em Vendas e Atendimento

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. PALESTRANTE Thiago Concer. Especialista em Vendas e Atendimento APRESENTAÇÃO COMERCIAL PALESTRANTE Thiago Concer Especialista em Vendas e Atendimento SOBRE - THIAGO CONCER Thiago Concer é Bacharel em Relações Públicas com estudos em Comunicação pela Universidade de

Leia mais

Mas como você gera sua lista de e-mail? Listei abaixo algumas das formas de construir uma lista de email marketing eficaz;

Mas como você gera sua lista de e-mail? Listei abaixo algumas das formas de construir uma lista de email marketing eficaz; E-mail marketing, muitas vezes considerada uma forma de marketing pessoal, é uma das mais valiosas ferramentas de web marketing, uma das mais visadas e mais focada pelos marqueteiros. Vamos nos concentrar

Leia mais

ROI COMO SABER DEFINITIVAMENTE O RESULTADO DAS AÇÕES DE MARKETING DO SEU E- COMMERCE. Por: Alexandre Maldonado

ROI COMO SABER DEFINITIVAMENTE O RESULTADO DAS AÇÕES DE MARKETING DO SEU E- COMMERCE. Por: Alexandre Maldonado ROI COMO SABER DEFINITIVAMENTE O RESULTADO DAS AÇÕES DE MARKETING DO SEU E- COMMERCE Por: Alexandre Maldonado Autor do site Marketing para E- commerce www.marketingparaecommerce.com.br TERMOS DE RESPONSABILIDADE

Leia mais

Cinco principais qualidades dos melhores professores de Escolas de Negócios

Cinco principais qualidades dos melhores professores de Escolas de Negócios Cinco principais qualidades dos melhores professores de Escolas de Negócios Autor: Dominique Turpin Presidente do IMD - International Institute for Management Development www.imd.org Lausanne, Suíça Tradução:

Leia mais

COMO TER TEMPO PARA COMEÇAR MINHA TRANSIÇÃO DE CARREIRA?

COMO TER TEMPO PARA COMEÇAR MINHA TRANSIÇÃO DE CARREIRA? COMO TER TEMPO PARA COMEÇAR MINHA TRANSIÇÃO DE CARREIRA? Um guia de exercícios para você organizar sua vida atual e começar a construir sua vida dos sonhos Existem muitas pessoas que gostariam de fazer

Leia mais

8 Erros Que Podem Acabar Com Seu Negócio de Marketing Digital

8 Erros Que Podem Acabar Com Seu Negócio de Marketing Digital 8 Erros Que Podem Acabar Com Seu Negócio de Marketing Digital Empreender em negócios de marketing digital seguramente foi uma das melhores decisões que tomei em minha vida. Além de eu hoje poder ter minha

Leia mais

segundo ENCONTRO análise da sequência de vendas de Conrado adolpho

segundo ENCONTRO análise da sequência de vendas de Conrado adolpho segundo ENCONTRO análise da sequência de vendas de Conrado adolpho Laila Vane) - Setembro de 2014 Eben conrado Eben conrado Eben conrado Vamos nos preparar para analisar? 1- Headlines do conrado Headlines

Leia mais

RESUMO PARA O EXAME PSM I

RESUMO PARA O EXAME PSM I RESUMO PARA O EXAME PSM I Escrito por: Larah Vidotti Blog técnico: Linkedin: http://br.linkedin.com/in/larahvidotti MSN: larah_bit@hotmail.com Referências:... 2 O Scrum... 2 Papéis... 3 Product Owner (PO)...

Leia mais

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PROPOSTA DE AÇÃO Criar um fórum permanente onde representantes dos vários segmentos do poder público e da sociedade civil atuem juntos em busca de uma educação

Leia mais

História e Atividades de Aprendizagem do Ciclo 4

História e Atividades de Aprendizagem do Ciclo 4 História e Atividades de Aprendizagem do Ciclo 4 História e Atividades de Aprendizagem para o Ciclo 4 de pilotagens, a iniciar em fevereiro de 2013. Instruções Histórias de Aprendizagem do Ciclo 4 Contar

Leia mais

Pesquisa Etnográfica

Pesquisa Etnográfica Pesquisa Etnográfica Pesquisa etnográfica Frequentemente, as fontes de dados têm dificuldade em dar informações realmente significativas sobre a vida das pessoas. A pesquisa etnográfica é um processo pelo

Leia mais

Metodologias Ágeis. Aécio Costa

Metodologias Ágeis. Aécio Costa Metodologias Ágeis Aécio Costa Metodologias Ágeis Problema: Processo de desenvolvimento de Software Imprevisível e complicado. Empírico: Aceita imprevisibilidade, porém tem mecanismos de ação corretiva.

Leia mais

Buscamos compreender como ocorrem os processos de desenvolvimento humano, organizacional e social

Buscamos compreender como ocorrem os processos de desenvolvimento humano, organizacional e social instituto fonte... Buscamos compreender como ocorrem os processos de desenvolvimento humano, organizacional e social e a arte de neles intervir. Buscamos potencializar a atuação de iniciativas sociais,

Leia mais

1. Introdução ao Campus Virtual 1.1. Introdução

1. Introdução ao Campus Virtual 1.1. Introdução 1. Introdução ao Campus Virtual 1.1. Introdução Este tutorial tem a finalidade de guiar o aluno, dando orientações necessárias para o acesso, navegação e utilização das ferramentas principais. Um ambiente

Leia mais

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LI ESTAMOS PASSANDO PELA MAIOR TRANSFORMAÇÃO NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE. VALORIZAR PESSOAS

Leia mais

Engenharia de Software II: SCRUM na prática. Ricardo de Sousa Britto rbritto@ufpi.edu.br

Engenharia de Software II: SCRUM na prática. Ricardo de Sousa Britto rbritto@ufpi.edu.br Engenharia de Software II: SCRUM na prática Ricardo de Sousa Britto rbritto@ufpi.edu.br Construindo Product Backlog } O product backlog é o coração do Scrum. } É basicamente uma lista de requisitos, estórias,

Leia mais

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os melhores resultados. 2 ÍNDICE SOBRE O SIENGE INTRODUÇÃO 01

Leia mais

DISCIPLINA ENGENHARIA DE SOFTWARE Aula 03 Desenvolvimento Ágil Modelos Ágeis. Profª Esp.: Maysa de Moura Gonzaga

DISCIPLINA ENGENHARIA DE SOFTWARE Aula 03 Desenvolvimento Ágil Modelos Ágeis. Profª Esp.: Maysa de Moura Gonzaga DISCIPLINA ENGENHARIA DE SOFTWARE Aula 03 Desenvolvimento Ágil Modelos Ágeis Profª Esp.: Maysa de Moura Gonzaga 2º Semestre / 2011 Extreme Programming (XP); DAS (Desenvolvimento Adaptativo de Software)

Leia mais

COMO ESCREVER UM LIVRO INFANTIL. Emanuel Carvalho

COMO ESCREVER UM LIVRO INFANTIL. Emanuel Carvalho COMO ESCREVER UM LIVRO INFANTIL Emanuel Carvalho 2 Prefácio * Edivan Silva Recebi o convite para prefaciar uma obra singular, cujo título despertou e muita minha atenção: Como escrever um livro infantil,

Leia mais

Quando era menor de idade ficava pedindo aos meus pais para trabalhar, porém menor na época não tinha nada e precisei esperar mais alguns anos.

Quando era menor de idade ficava pedindo aos meus pais para trabalhar, porém menor na época não tinha nada e precisei esperar mais alguns anos. Como eu ganho dinheiro com o meu blog Como eu ganho dinheiro com o meu blog? Conheça agora as dicas e as formas que uso para ganhar dinheiro online. Como eu ganho dinheiro com o meu blog? Antes de começar

Leia mais

Pesquisa com Professores de Escolas e com Alunos da Graduação em Matemática

Pesquisa com Professores de Escolas e com Alunos da Graduação em Matemática Pesquisa com Professores de Escolas e com Alunos da Graduação em Matemática Rene Baltazar Introdução Serão abordados, neste trabalho, significados e características de Professor Pesquisador e as conseqüências,

Leia mais

O sucesso de hoje não garante o sucesso de amanhã

O sucesso de hoje não garante o sucesso de amanhã Com certeza, esse final de século XX e começo de século XXI mudarão nossas vidas mais do que elas mudaram há 30-40 anos atrás. É muito difícil avaliar como será essa mudança, mas é certo que ela virá e

Leia mais

CONSTRUINDO A IDENTIDADE DE UMA EQUIPE Por: Veronica Ahrens

CONSTRUINDO A IDENTIDADE DE UMA EQUIPE Por: Veronica Ahrens CONSTRUINDO A IDENTIDADE DE UMA EQUIPE Por: Veronica Ahrens Uma das definições mais simples e de fácil compreensão sobre equipes é: um conjunto de pessoas com um objetivo em comum. Esse objetivo também

Leia mais

Prof. Dr. José Dornelas www.josedornelas.com. Manual do Professor

Prof. Dr. José Dornelas www.josedornelas.com. Manual do Professor Prof. Dr. José Dornelas www.josedornelas.com Manual do Professor Manual do professor Este manual deve ser usado em conjunto com o vídeo do autor disponível no site da editora: www.campus.com.br Maiores

Leia mais

08 Capital de giro e fluxo de caixa

08 Capital de giro e fluxo de caixa 08 Capital de giro e fluxo de caixa Qual o capital que sua empresa precisa para funcionar antes de receber o pagamento dos clientes? Como calcular os gastos, as entradas de dinheiro, e as variações de

Leia mais

Como Eu Começo meu A3?

Como Eu Começo meu A3? Como Eu Começo meu A3? David Verble O pensamento A3 é um pensamento lento. Você está tendo problemas para começar seu A3? Quando ministro treinamentos sobre o pensamento, criação e uso do A3, este assunto

Leia mais

Como escrever um estudo de caso que é um estudo de caso? Um estudo so é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a

Como escrever um estudo de caso que é um estudo de caso? Um estudo so é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a Página 1 1 Como escrever um Estudo de Caso O que é um estudo de caso? Um estudo de caso é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a lembre-se de escrever um estudo de caso é que o caso

Leia mais

Princípios de Liderança

Princípios de Liderança Princípios de Liderança LIDERANÇA E COACH www.liderancaecoach.com.br / liderancaecoach ÍNDICE Liderança Chefe x Líder O que um líder não deve fazer Dicas para ser um líder de sucesso Para liderar uma equipe

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

GUIA DE SUGESTÕES DE AÇÕES PARA IMPLEMENTAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DO PROGRAMA DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA

GUIA DE SUGESTÕES DE AÇÕES PARA IMPLEMENTAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DO PROGRAMA DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA GUIA DE SUGESTÕES DE AÇÕES PARA IMPLEMENTAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DO PROGRAMA DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA ALFABETIZAÇÃO NO TEMPO CERTO NAs REDES MUNICIPAIS DE ENSINO SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS

Leia mais

5 Passos para vender mais com o Instagram

5 Passos para vender mais com o Instagram 5 Passos para vender mais com o Instagram Guia para iniciantes melhorarem suas estratégias ÍNDICE 1. Introdução 2. O Comportamento das pessoas na internet 3. Passo 1: Tenha um objetivo 4. Passo 2: Defina

Leia mais

9 DICAS INFÁLIVEIS E 4 LEMBRETES PARA COMEÇAR SEU BLOG

9 DICAS INFÁLIVEIS E 4 LEMBRETES PARA COMEÇAR SEU BLOG WWW.CRIARBLOGSDELITE.COM 9 DICAS INFÁLIVEIS E 4 LEMBRETES PARA COMEÇAR SEU BLOG Conteúdo 9 DICAS INFÁLIVEIS E 4 LEMBRETES PARA COMEÇAR SEU BLOG... 3 # 1 Planejamento... 4 # 2 Faça uma Pesquisa Criteriosa...

Leia mais

CONSELHO DE CLASSE DICIONÁRIO

CONSELHO DE CLASSE DICIONÁRIO CONSELHO DE CLASSE O Conselho de Classe é um órgão colegiado, de cunho decisório, presente no interior da organização escolar, responsável pelo processo de avaliação do desempenho pedagógico do aluno.

Leia mais

3 Truques Para Obter Fluência no Inglês

3 Truques Para Obter Fluência no Inglês 3 Truques Para Obter Fluência no Inglês by: Fabiana Lara Atenção! O ministério da saúde adverte: Os hábitos aqui expostos correm o sério risco de te colocar a frente de todos seus colegas, atingindo a

Leia mais

ISO 14001:2015 Revisão Perguntas Frequentes

ISO 14001:2015 Revisão Perguntas Frequentes Latest update New and revised ISO 14001:2015 Revisão Perguntas Frequentes Introdução A ISO 14001 Sistemas de Gestão Ambiental, a primeira norma ambiental internacional do mundo tem ajudado milhares de

Leia mais

NOS@EUROPE. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Nome da Equipa GMR2012

NOS@EUROPE. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Nome da Equipa GMR2012 NOS@EUROPE O Desafio da Recuperação Económica e Financeira Prova de Texto Nome da Equipa GMR2012 Alexandre Sousa Diogo Vicente José Silva Diana Almeida Dezembro de 2011 1 A crise vista pelos nossos avós

Leia mais

RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS

RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS BRASÍLIA ECHARDT VIEIRA (CENTRO DE ATIVIDADES COMUNITÁRIAS DE SÃO JOÃO DE MERITI - CAC). Resumo Na Baixada Fluminense, uma professora que não está atuando no magistério,

Leia mais

3 Dicas MATADORAS Para Escrever Emails Que VENDEM Imóveis

3 Dicas MATADORAS Para Escrever Emails Que VENDEM Imóveis 3 Dicas MATADORAS Para Escrever Emails Que VENDEM Imóveis O que é um e- mail bem sucedido? É aquele e- mail que você recebe o contato, envia o e- mail para o cliente e ele te responde. Nós não estamos

Leia mais

Novell Vibe 4.0. Março de 2015. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos

Novell Vibe 4.0. Março de 2015. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos Novell Vibe 4.0 Março de 2015 Inicialização Rápida Quando você começa a usar o Novell Vibe, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho de equipe.

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD TUTORIAL MOODLE VERSÃO ALUNO Machado/MG 2013 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 2. EDITANDO O PERFIL... 5 2.1 Como editar o perfil?... 5 2.2 Como mudar a senha?... 5 2.3

Leia mais

FORMAÇÃO CONTINUADA: MUDANÇAS NA PRÁTICA PEDAGÓGICA NA VIVÊNCIA DE UM PROGRAMA.

FORMAÇÃO CONTINUADA: MUDANÇAS NA PRÁTICA PEDAGÓGICA NA VIVÊNCIA DE UM PROGRAMA. FORMAÇÃO CONTINUADA: MUDANÇAS NA PRÁTICA PEDAGÓGICA NA VIVÊNCIA DE UM PROGRAMA. Rosângela de Fátima Cavalcante França* Universidade Federal de Mato Grosso do Sul RESUMO Este texto apresenta de forma resumida

Leia mais

NIVEL PRATICANTE. Consultas de Registros Akáshicos PARTE 3. Tranformações e Prosperidade

NIVEL PRATICANTE. Consultas de Registros Akáshicos PARTE 3. Tranformações e Prosperidade NIVEL PRATICANTE Consultas de Registros Akáshicos PARTE 3 Tranformações e Prosperidade 1 MÓDULO 1 Sua Consulta : Legacia Financeira Esta parte do nível dos profissional é uma sessão de 3 partes que vai

Leia mais

5 Dicas de E-mail marketing para iniciantes

5 Dicas de E-mail marketing para iniciantes 5 Dicas de E-mail marketing para iniciantes Meu nome é Gustavo Montanari, sou autor do blog rendaextrasemsegredos.com e um dos motivos pelo qual resolvi disponibilizar esse e-book na forma totalmente gratuita

Leia mais