PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: TECNOLOGIA EM LOGISTICA Nivel: Superior

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: TECNOLOGIA EM LOGISTICA Nivel: Superior"

Transcrição

1 PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: TECNOLOGIA EM LOGISTICA Nivel: Superior Area Profissional: GESTAO DA ADMINISTRACAO Area de Atuacao: LOGISTICA/GESTAO Planejar, implantar ou implementar novas estrategias, de modo a garantir qualidade tanto no processo de producao quanto no processo final. Analisar cronogramas, projetar operacoes de controle de qualidade, elaborar estatisticas e fluxogramas, visando maximizar receitas e minimizar custos. Implantar os processos logisticos de normas tecnicas de producao, administracao, vendas, recursos humanos e movimentacao de cargas. (1) Auxiliar no acompanhamento do processo logistico de veiculos (1) Auxiliar na elaboracao de normas tecnicas (1) Auxiliar na execucao de tarefas de analise socio economica, de garantias e riscos, alcadas e limites (1) Auxiliar no controle de armazenamento de materiais (1) Auxiliar no controle de estoques, compras e selecao de fornecedores (1) Auxiliar no controle logistico (1) Auxiliar no monitoramento do fluxo logistico (1) Auxiliar no planejamento de projetos (2) Elaborar controle de armazenamento de materiais (2) Analisar cronogramas de transporte (2) Elaborar estatisticas e fluxogramas, visando maximizar receitas e minimizar custos (2) Analisar programas de financiamento (3) Coordenar juntamente com a supervisao equipe de transporte (3) Planejar novas estrategias de logistica (3) Avaliar juntamente com a supervisao, a qualidade do processo de producao

2 Area Profissional: TRANSPORTES Area de Atuacao: GESTAO/TRANSPORTES Acompanhar a operacao rotineira e os trabalhos diarios das areas ligadas ao transporte. Pesquisar, planejar e avaliar projetos na area transportadora. Gerenciar recursos materiais e humanos, inclusive recursos tecnologicos e veiculos. Analisar, avaliar e propor novos processos de circulacao de veiculos e pedestres. (1) Auxiliar na administracao da logistica de transporte (1) Auxiliar na apresentacao de projetos para logistica (1) Auxiliar na apresentacao de projetos sobre a viabilidade tecnica, economica, financeira e os custos de implantacao (1) Auxiliar na elaboracao de relatorios de suporte das operacoes em situacao irregular (1) Auxiliar na formalizacao de operacoes junto a agencias e departamentos (1) Auxiliar na elaboracao de contratos administrativos (2) Analisar fontes de despesas (2) Analisar os processos de reclamacao dos clientes (2) Elaborar documentos, relatorios, planilhas ou formularios diversos (2) Elaborar relatorios de analise gerenciais (3) Planejar e operar e transporte de passageiros (3) Avaliar novos processos de circulacao de veiculos e pedestre (3) Avaliar projetos na area transportadora

3 Area de Atuacao: LOGISTICA/TRANSPORTES Otimizar os sistemas de transporte de cargas, definindo a logistica na estrutura organizacional da empresa. Calcular custos logisticos e implementar qualidade no servico logistico e a satisfacao dos clientes. (1) Alimentar e atualizar dados processuais no cadastro de banco de dados (1) Auxiliar na administracao da logistica de transporte (1) Auxiliar na apresentacao de projetos para logistica (1) Auxiliar na apresentacao de projetos sobre a viabilidade tecnica, economica, financeira e os custos de implantacao (1) Auxiliar na elaboracao de normas tecnicas (1) Auxiliar na fiscalizacao e controle das despesas e manuntencao dos veiculos (1) Auxiliar na implantacao de programas de desenvolvimento organizacional e planejamento estrategico (1) Auxiliar na pesquisa de precos e dados de mercado/ concorrencia (1) Auxiliar na verificacao do cumprimento de normas administrativas e operacionais (1) Auxiliar nas rotinas de expedicao (1) Auxiliar no acompanhamento da tramitacao de documentos (1) Auxiliar no controle da distribuicao de veiculos (1) Auxiliar no controle de armazenamento de materiais (1) Auxiliar no controle de estoques, compras e selecao de fornecedores (1) Auxiliar no controle e arquivo da documentacao pertinente ao setor de transporte e manuntencao (1) Auxiliar no planejamento a area de producao (1) Auxiliar no planejamento de pagamentos e recebimentos (1) Auxiliar no planejamento e operacao de transporte de passageiros (1) Auxiliar nos programas de controle de qualidade (2) Analisar situacao de clientes e orienta- los sobre servicos e procedimentos (2) Conferir entregas ou despachos de materiais e mercadorias (2) Verificar o processo logistico de veiculos (3) Planejar os sistemas de transportes de carga (3) Planejar a movimentacao de cargas e logistica (3) Avaliar os sistemas de transportes de cargas

4 Area de Atuacao: DISTRIBUICAO/TRANSPORTES Identificar e reduzir custos, gerenciando as operacoes de transporte, trafego e rota, alem de distribuicao de bens, suprimentos e mercadorias. (1) Auxiliar no controle logistico (2) Fazer a programacao de entregas de materiais (2) Fazer o controle de distribuicao de transportes (2) Fazer o controle de reentregas e devolucoes dos produtos (2) Monitorar o fluxo logistico (2) Realizar acompanhamento e gerenciamento de veiculos de transporte (2) Assessorar o processo logistico de veiculos (2) Assessorar o coordenador quanto a informacoes de pedidos, meios de transporte e entrega (2) Acompanhar tramitacao de documentos (3) Programar entregas de materiais (3) Desenvolver o monitoramento do fluxo logistico (3) Conduzir o controle de distribuicao de transportes

5 Area de Atuacao: CARGAS/TRANSPORTES Participar do planejamento e operacao do transporte de cargas, elaborando planos para areas urbanas e rurais. (1) Auxiliar nas rotinas de expedicao (1) Auxiliar no controle e arquivo da documentacao pertinente ao setor de transporte e manuntencao (2) Elaborar adiantamentos e relatorios de viagem dos motoristas (2) Fazer a conferencia de fatura dos fretes (2) Organizar e realizar conferencia de notas fiscais (2) Realizar acompanhamento e gerenciamento de veiculos de transporte (2) Realizar o processo logistico de veiculos (3) Operacionalizar a fiscalizacao e controle das despesas e manuntencao dos veiculos (3) Desenvolver procedimento referente armazenagem de produtos/ materiais (3) Avaliar graficos mensais dos valores pagos aos parceiros de transporte (3) Desenvolver o controle de reentregas e devolucoes dos produtos

D. (49) N, 2º

D. (49) N, 2º CONTROLLER (CÓDIGO 1896) Para empresa de médio porte Atividades a serem desenvolvidas: - Análise de produtividade da fábrica; - Elaborar e apresentar as análises de indicadores de resultados; - Análise

Leia mais

Matriz de Especificação de Prova da Habilitação Técnica de Nível Médio. Habilitação Técnica de Nível Médio: Técnico em Logística

Matriz de Especificação de Prova da Habilitação Técnica de Nível Médio. Habilitação Técnica de Nível Médio: Técnico em Logística : Técnico em Logística Descrição do Perfil Profissional: Planejar, programar e controlar o fluxo de materiais e informações correlatas desde a origem dos insumos até o cliente final, abrangendo as atividades

Leia mais

Planejar, coordenar e orientar as atividades relacionadas às áreas: Financeira

Planejar, coordenar e orientar as atividades relacionadas às áreas: Financeira Diretoria Administrativo-Financeira Planejar, coordenar e orientar as atividades relacionadas às áreas: Administrativa Gestão de pessoas Financeira Planejar, coordenar e orientar as atividades relacionadas

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº 01/201 7 CRESCER CONSULTORIAS

PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº 01/201 7 CRESCER CONSULTORIAS ANEXO VI DAS ATRIBUIÇÕES GERAIS DOS CARGOS PERFIL DE COMPETÊNCIAS E DESEMPENHO CARGO ANALISTA / FUNÇÃO ANALISTA DE COOPERATIVISMO E MONITORAMENTO Missão do Cargo: Desenvolver atividades técnicas e prestar

Leia mais

Apenas os cargos com vagas que constam no Anexo I do respectivo Edital devem ser considerados.

Apenas os cargos com vagas que constam no Anexo I do respectivo Edital devem ser considerados. ATENÇÃO: No item das descrições de cargo que se refere à experiência, desconsiderar o tempo indicado nestas descrições, em virtude da LEI Nº 11.644, DE 10 DE MARÇO DE 2008. A UTFPR optou por não solicitar

Leia mais

1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1 Quadro de vagas:

1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1 Quadro de vagas: 1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1 Quadro de vagas: Empregos de nível médio Valor da Remuneração Ampla concorrência Pessoas com Deficiência - PCD TÉCNICO ADMINISTRATIVO R$ 7.951,13 2 90 0 T.A. TÉCNICO

Leia mais

DECRETO RIO Nº DE 30 DE JUNHO DE 2017 (PUBLICADO NO DO DE 03/07/2017) O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais,

DECRETO RIO Nº DE 30 DE JUNHO DE 2017 (PUBLICADO NO DO DE 03/07/2017) O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, DECRETO RIO Nº 43378 DE 30 DE JUNHO DE 2017 (PUBLICADO NO DO DE 03/07/2017) Dispõe sobre a estrutura organizacional da Empresa Pública de Saúde do Rio de Janeiro S.A. - RIOSAÚDE. O PREFEITO DA CIDADE DO

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico. Componente Curricular: LOGÍSTICA EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico. Componente Curricular: LOGÍSTICA EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC MONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: GARÇA Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGÓCIOS Habilitação Profissional:

Leia mais

II.2 GESTÃO AMBIENTAL Função: Estudos e Pesquisas

II.2 GESTÃO AMBIENTAL Função: Estudos e Pesquisas II.1 ADMINISTRAÇÃO JURÍDICA 1. Diferenciar nos processos administrativos: pessoa física e/ou pessoa jurídica. 2. Interpretar formas de contrato e compreender suas características. 3. Identificar as características

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: ESTATISTICA Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: ESTATISTICA Nivel: Superior Atividades de Estagio (1) Auxiliar na elaboracao de relatorios contabeis (1) Consultar bancos sobre taxas de importacao, exportacao ou financeiras (1) Consultar manuais tecnicos (1) Emitir cartas ou relatorios

Leia mais

Por José Luís Carneiro

Por José Luís Carneiro Organização, Sistemas e Métodos Introdução Por José Luís Carneiro - www.jlcarneiro.com - Algumas definições Organização Associação ou instituição com objetivos definidos. Sistema Disposição das partes

Leia mais

Organizações públicas, privadas, mistas, e do terceiro setor ou como autônomos e consultores.

Organizações públicas, privadas, mistas, e do terceiro setor ou como autônomos e consultores. TÉCNICO EM RECURSOS HUMANOS (RH) Perfil Profissional O TÉCNICO EM RECURSOS HUMANOS é o profissional que executa rotinas administrativas de pessoal com base na Legislação Trabalhista e Previdenciária. Auxilia

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Habilitação Profissional:Técnico de Nível Médio de Técnico em Logística

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Habilitação Profissional:Técnico de Nível Médio de Técnico em Logística Plano de Trabalho Docente 03 Ensino Técnico ETEC Paulino Botelho Código: 09.0 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional:Técnico de Nível Médio de Técnico em Logística

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº 246 aprovado pela portaria Cetec nº 181 de 26/09/2013 Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº 246 aprovado pela portaria Cetec nº 181 de 26/09/2013 Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios

Leia mais

OBJETIVOS. Roteirizarão de Veículos e Administração de Tráfego. Me. Edvin Kalil Freitas Granville agosto de 2010

OBJETIVOS. Roteirizarão de Veículos e Administração de Tráfego. Me. Edvin Kalil Freitas Granville agosto de 2010 Roteirizarão de Veículos e Administração de Tráfego Me. Edvin Kalil Freitas Granville agosto de 2010 OBJETIVOS Conhecer e observar as decisões e cuidados peculiares enfrentadas pela área de transporte

Leia mais

TABELA DE CARGOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO VENCIMENTO BASE CARGA HORÁRIA SINTESE DAS ATIVIDADES TOTAL DE VAGAS REQUISITO

TABELA DE CARGOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO VENCIMENTO BASE CARGA HORÁRIA SINTESE DAS ATIVIDADES TOTAL DE VAGAS REQUISITO TABELA DE CARGOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO CARGO Assistente Operacional Assistente Administrativo PRÉ- REQUISITO completo completo TOTAL DE VAGAS VENCIMENTO BASE CARGA HORÁRIA 01 R$ 1.813,45 40 horas 02 R$

Leia mais

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais Pró-Reitoria de Administração PROAD CASOS DE SUCESSO

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais Pró-Reitoria de Administração PROAD CASOS DE SUCESSO PROAD CASOS DE SUCESSO Fórum Mineiro da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica Estrutura Organizacional ATUAL Diretoria de Administração CASE 1 CASE 2 Implementação do planejamento

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº38 aprovado pela portaria Cetec nº 6 de 06/01/2009 Etec Paulino Botelho - EE Esterina Placo (Extensão) Código: 091-01 Município: São Carlos

Leia mais

Função em Confiança ANALISTA TÉCNICO

Função em Confiança ANALISTA TÉCNICO Função em Confiança ANALISTA TÉCNICO Nível Anterior 15 Nível Atual 19 Requisitos: Diploma de Graduação reconhecido pelo MEC e inscrição no Conselho da Profissão, Descrição da Função: Prestar orientações

Leia mais

ARTIGOS TÉCNICOS. 2 - Controle de custo variável

ARTIGOS TÉCNICOS. 2 - Controle de custo variável 2 - Controle de custo variável No artigo anterior iniciamos o assunto Planejamento Operacional conceituando-o como a aplicação de uma série de rotinas administrativas para permitir ao empresário planejar

Leia mais

ANEXO I DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES NÍVEL INTERMEDIÁRIO D DENOMINAÇÃO DO CARGO: ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO

ANEXO I DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES NÍVEL INTERMEDIÁRIO D DENOMINAÇÃO DO CARGO: ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO ANEXO I DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES NÍVEL INTERMEDIÁRIO D DENOMINAÇÃO DO CARGO: ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO Dar suporte administrativo e técnico nas áreas de recursos humanos, administração, finanças

Leia mais

Estabelecer as orientações básicas relativas à operação do processo de Avaliação de Desempenho Individual no Instituto Estadual do Ambiente (INEA).

Estabelecer as orientações básicas relativas à operação do processo de Avaliação de Desempenho Individual no Instituto Estadual do Ambiente (INEA). INDIVIDUAL (MANUAL DA GERÊNCIA DE GESTÃO DE PESSOAS) Proposto por: ASPRES Analisado por: PRESIDENTE Aprovado por: PRESIDENTE 1 OBJETIVO Estabelecer as orientações básicas relativas à operação do processo

Leia mais

DECRETO RIO Nº DE 4 DE ABRIL DE 2017(PUBLICADO NO DO DE 05/04/2017) O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, e

DECRETO RIO Nº DE 4 DE ABRIL DE 2017(PUBLICADO NO DO DE 05/04/2017) O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, e DECRETO RIO Nº 42995 DE 4 DE ABRIL DE 2017(PUBLICADO NO DO DE 05/04/2017) Dispõe sobre a estrutura organizacional da Secretaria Municipal de Cultura - SMC. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso Superior de Tecnologia em Logística Campus: Nova Iguaçu Missão O Curso Superior de Tecnologia em Logística da Universidade Estácio de Sá tem por missão a formação de gestores

Leia mais

QUADRO III ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES

QUADRO III ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES QUADRO III ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES ESTAGIÁRIO - ANALISTA DE RECURSOS HUMANOS Executar tarefas ligadas à área de Recursos Humanos de empresa. Participar do levantamento e análise de necessidade, executar

Leia mais

PROCESSO DE COMPRAS Revisão: 01 Página 1 de 8

PROCESSO DE COMPRAS Revisão: 01 Página 1 de 8 PROCEDIMENTO PR 7.02 PROCESSO DE COMPRAS Revisão: 01 Página 1 de 8 1. HISTÓRICO DE REVISÕES DATA REVISÃO RESUMO DE ALTERAÇÕES 20/08/2013 00 Emissão inicial 24/09/2014 01 Adequação da sistemática do processo

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO ESPECIALIDADE: AMBIENTE OPERACIONAL Requisitos: Graduação de nível superior na área de Informática ou graduado com ênfase na área de informática, com registro no conselho de classe, com diploma fornecido

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: MATEMATICA Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: MATEMATICA Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000069 - MATEMATICA Nivel: Superior Area Profissional: CONTABILIDADE Area de Atuacao: HOME BANK/CONTABILIDADE Acompanhar transacoes realizadas

Leia mais

Logística Empresarial

Logística Empresarial Logística Empresarial Profª Esp. Mônica Suely Guimarães de Araujo Conceito Logística são os processos da cadeia de suprimentos (supply chain) que planejam, estruturam e controlam, de forma eficiente e

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000571 - TECNOL.GESTAO FINANCEIRA Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000571 - TECNOL.GESTAO FINANCEIRA Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000571 - TECNOL.GESTAO FINANCEIRA Nivel: Superior Area Profissional: ECONOMIA Area de Atuacao: GESTAO FINANCEIRA/ECONOMIA Administrar os

Leia mais

OFERTAS DE TRABALHO - CHAPECÓ

OFERTAS DE TRABALHO - CHAPECÓ OFERTAS DE TRABALHO - CHAPECÓ Espaço destinado a divulgação de oportunidades de estágio e trabalho a estudantes e diplomados. OBS. As ofertas ficarão publicadas pelo período de 1 (um) mês, após este período

Leia mais

PORTARIA CAU/SP Nº 88, DE 28 DE MARÇO DE 2016

PORTARIA CAU/SP Nº 88, DE 28 DE MARÇO DE 2016 Amplia o número de cargos efetivos e comissionados, no âmbito do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo CAU/SP, e dá outras providencias. O Presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de

Leia mais

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica e inovadora. O que são

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº009/2013, de 02 de maio de 2013.

RESOLUÇÃO Nº009/2013, de 02 de maio de 2013. RESOLUÇÃO Nº009/2013, de 02 de maio de 2013. Estabelece atribuições administrativas, hierarquia, avaliação de eficiência, lotação e jornada de trabalho dos cargos do quadro de pessoal do CONSISA-VRT. SÉRGIO

Leia mais

PPP integral Regulação e fiscalização. Comissão de Monitoramento das Concessões e Permissões CMCP

PPP integral Regulação e fiscalização. Comissão de Monitoramento das Concessões e Permissões CMCP PPP integral Regulação e fiscalização Comissão de Monitoramento das Concessões e Permissões CMCP Linha 4: primeira linha de metrô implantada em modelo de PPP. Poder concedente responsável por: Obras civis

Leia mais

adequadas ao contexto econômico-financeiro e institucional das empresas;

adequadas ao contexto econômico-financeiro e institucional das empresas; 1. Objetivo Aumentar a eficiência e competitividade das empresas do Sistema Eletrobrás, através da integração da logística de suprimento de bens e serviços, visando o fortalecimento de seu poder de compra

Leia mais

PROAD. Pró-Reitoria de Administração

PROAD. Pró-Reitoria de Administração PROAD Pró-Reitoria de Administração QUEM SOMOS E O FAZEMOS A Pró-Reitoria de Administração (PROAD) é o setor da Reitoria que avalia, propõe e controla as políticas de administração orçamentária, financeira

Leia mais

PO - Procedimento Operacional Revisão: 02 Folha: 1 de 6

PO - Procedimento Operacional Revisão: 02 Folha: 1 de 6 PO - Procedimento Operacional Revisão: 02 Folha: 1 de 6 1. OBJETIVO Orientar a condução dos processos de de forma a garantir a uniformidade e eficiência dos procedimentos, ferramentas e técnicas utilizadas,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EXTERNO

PROCESSO SELETIVO EXTERNO ANEXO I EDITAL N /26, DE 19 DE MAIO DE 26 UNIDADE TERESINA CÓDIGO CARGO (PROFISSIONAL) A- Assessor Técnico III Coordenador/Supervisor Pedagógico Saúde A-02 Assessor Técnico III Planejamento PRÉ-REQUISITOS

Leia mais

Prof.Msc.Ricardo Lozano PUCGOIAS 2014

Prof.Msc.Ricardo Lozano PUCGOIAS 2014 Prof.Msc.Ricardo Lozano PUCGOIAS 2014 FLUXOGRAMA DE EXPORTAÇÃO 1 - PLANEJAMENTO Novos mercados Mais lucros Mais empregos Maior escala de produção e vendas Separar uma parte da produção para o mercado interno

Leia mais

Administração de Projetos

Administração de Projetos Administração de Projetos gerenciamento da integração Prof. Robson Almeida Antes, uma breve revisão Processos de Iniciação Iniciação Iniciação Escopo do Projeto Planejamento Iniciação Processos de Planejamento

Leia mais

Auxiliar empresários dos mais variados segmentos a encontrar soluções para gerir seus negócios nas áreas administrativa, financeira e de custos.

Auxiliar empresários dos mais variados segmentos a encontrar soluções para gerir seus negócios nas áreas administrativa, financeira e de custos. NOSSO OBJETIVO Auxiliar empresários dos mais variados segmentos a encontrar soluções para gerir seus negócios nas áreas administrativa, financeira e de custos. CONSULTORIA EMPRESARIAL Assessoria Quando

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - UFPR UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA - UNILA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - UFPR UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA - UNILA DENOMINAÇÃO DO CARGO: ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO CÓDIGO CBO - 4110-10 ESCOLARIDADE: Médio Profissionalizante ou Médio Completo + experiência OUTROS: Experiência de 12 meses HABILITAÇÃO PROFISSIONAL: Dar

Leia mais

Sistemas de Informação na Empresa

Sistemas de Informação na Empresa Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 04 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

PESQUISA INFORMATIVO SENAI 5.5. Sua participação é importante para o SENAI continuar elevando o nível de qualidade da Educação Profissional

PESQUISA INFORMATIVO SENAI 5.5. Sua participação é importante para o SENAI continuar elevando o nível de qualidade da Educação Profissional INFORMATIVO SENAI 5.5 TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O MUNDO SENAI PESQUISA INSTITUCIONAL S E N A I - R O. 2 01 5 MOSTRAR SEU SORRISO DE SATISFAÇÃO Sua participação é importante para o SENAI continuar

Leia mais

III.2 GESTÃO DE LOGÍSTICA Função: Pesquisas e Estudos

III.2 GESTÃO DE LOGÍSTICA Função: Pesquisas e Estudos III.1 ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO Função: Planejamento Organizacional 1. Contextualizar conceitos e estrutura da administração da 2. Identificar e caracterizar os sistemas de 3. Planejar, monitora e avaliar

Leia mais

Objetivos do curso. Objetivo Geral

Objetivos do curso. Objetivo Geral Objetivos do curso O Projeto Pedagógico, sempre em consonância com as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs), define objetivos geral e específicos, visando propiciar o processo de tomada de decisão e

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho EE Esterina Placo (Extensão) Código: 091.01 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional:

Leia mais

As rotinas do Contas a Receber envolvem todas as atividades de venda das empresas.

As rotinas do Contas a Receber envolvem todas as atividades de venda das empresas. CONTAS A RECEBER As rotinas do Contas a Receber envolvem todas as atividades de venda das empresas. É importante relembrar que o contas a receber está relacionado com outros setores da empresa da mesma

Leia mais

2. Capacidade de discernimento RESOLUÇÃO Nº 5804/2008 SEAP CARGO: AGENTE DE EXECUÇÃO - AE. CARGA HORÁRIA: 40 horas FUNÇÃO: TÉCNICO ADMINISTRATIVO

2. Capacidade de discernimento RESOLUÇÃO Nº 5804/2008 SEAP CARGO: AGENTE DE EXECUÇÃO - AE. CARGA HORÁRIA: 40 horas FUNÇÃO: TÉCNICO ADMINISTRATIVO RESOLUÇÃO Nº 5804/2008 SEAP CARGO: AGENTE DE EXECUÇÃO - AE FUNÇÃO: TÉCNICO ADMINISTRATIVO CÓDIGO DA FUNÇÃO: AETA CBO: 4110-10 Ensino médio completo, fixado na forma do Anexo II da Lei Estadual N 13.666,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº CONSU, DE 07 DE AGOSTO DE 2009.

RESOLUÇÃO Nº CONSU, DE 07 DE AGOSTO DE 2009. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI CONSU RESOLUÇÃO Nº. 16 - CONSU, DE 07 DE AGOSTO DE 2009. Aprova o Regimento interno da Diretoria de Relações Internacionais

Leia mais

OPORTUNIDADES DE ESTÁGIO

OPORTUNIDADES DE ESTÁGIO da Vaga Nº da 2003 Curso(s): Administração Auxiliar na preparação de documentos administrativos; Auxiliar na elaboração de relatórios em geral, relativos a informações não protegidas por sigilo fiscal;

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS Prof. Marcelo Mello Unidade IV GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS Gerenciamento de serviços Nas aulas anteriores estudamos: 1) Importância dos serviços; 2) Diferença entre produtos x serviços; 3) Composto de Marketing

Leia mais

Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Departamento de Contabilidade e Atuária EAC FEA - USP

Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Departamento de Contabilidade e Atuária EAC FEA - USP Universidade de São Paulo Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Departamento de Contabilidade e Atuária EAC FEA - USP AULA 10 Supply Chain Management (SCM) Prof. Dr. Joshua Onome Imoniana

Leia mais

Resolução CFF nº 406, de : Regula as atividades do farmacêutico na Indústria Cosmética, respeitadas as atividades afins com outras profissões.

Resolução CFF nº 406, de : Regula as atividades do farmacêutico na Indústria Cosmética, respeitadas as atividades afins com outras profissões. CONTINUAÇÃO ASPECTOS DESCRITOS NA: Resolução CFF nº 406, de 15.12.03: Regula as atividades do farmacêutico na Indústria Cosmética, respeitadas as atividades afins com outras profissões. Atividades do Farmacêutico

Leia mais

Atendente - Chapecó/SC Tipo de contrato: Remuneração: Benefícios: Descrição: Turno: Requisitos:

Atendente - Chapecó/SC Tipo de contrato: Remuneração: Benefícios: Descrição: Turno: Requisitos: Atendente - Chapecó/SC Descrição: Atendimento a clientes via call center; Anotar e digitalizar pedidos de clientes; Encaminhar pedidos de clientes para estoque e monitorar quando necessário Fazer o processo

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSU Nº. 41/2013 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2013

RESOLUÇÃO CONSU Nº. 41/2013 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2013 RESOLUÇÃO CONSU Nº. 41/2013 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2013 A Presidente do Conselho Superior Universitário da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas, no uso de suas atribuições regimentais, considerando

Leia mais

Não Conformidade, Ação Corretiva e Ação Preventiva

Não Conformidade, Ação Corretiva e Ação Preventiva 1. HISTÓRICO DE REVISÕES Revisão: 02 Página 1 de 6 DATA REVISÃO RESUMO DE ALTERAÇÕES 20/08/2013 00 Emissão inicial 21/08/2014 01 03/12/2015 02 Definição mais clara da sistemática de tratativa de cargas

Leia mais

MUNICÍPIO DE CAMPO MOURÃO PLANO DE TRABALHO (JUN-DEZ/2017)

MUNICÍPIO DE CAMPO MOURÃO PLANO DE TRABALHO (JUN-DEZ/2017) MUNICÍPIO DE CAMPO MOURÃO UCI-Unidade Central de Controle Interno PLANO DE TRABALHO (JUN-DEZ/2017) MUNICÍPIO DE CAMPO MOURÃO MAIO-2017 Sumário 1 DA UCI UNIDADE CENTRAL DE CONTROLE INTERNO... 2 2 DO PLANO

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO EM QUALIDADE NA MODALIDADE A DISTÂNCIA

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO EM QUALIDADE NA MODALIDADE A DISTÂNCIA ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO EM QUALIDADE NA MODALIDADE A DISTÂNCIA DC 4020 04/10/2013 Rev. 01 1. Dados Legais Autorizado pelo Parecer 277 de 18/09/2007, Decreto 748 Publicado D.O 18.236 de 26/10/07.

Leia mais

ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ORGANOGRAMA

ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ORGANOGRAMA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ORGANOGRAMA ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DAS ATIVIDADES ESTÁGIOSUPERVISIONADO INTEGRADO AO TRABALHO DE CURSO Colegiado: -Validar o

Leia mais

1. Esta Política Institucional de Comunicação e Marketing do Sicoob:

1. Esta Política Institucional de Comunicação e Marketing do Sicoob: 1. Esta Política Institucional de Comunicação e Marketing do Sicoob: a) visa estabelecer diretrizes sistêmicas aplicáveis à execução do Planejamento Estratégico em vigência, no que se refere às ações de

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Setembro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Conclusão do Domínio de Processos PO (PO7 e PO8)

Leia mais

Relatório da Rede Nacional de Treinamento de Atletismo RNTA Set-Nov 2016

Relatório da Rede Nacional de Treinamento de Atletismo RNTA Set-Nov 2016 Relatório da Rede Nacional de Treinamento de Atletismo RNTA Set-Nov 2016 1. Apresentação Geral 2. Plano de Trabalho 3. Atividades Desenvolvidas 1. Apresentação Geral O Atletismo brasileiro na busca pela

Leia mais

DECRETO 44533, DE 25/05/ TEXTO ORIGINAL

DECRETO 44533, DE 25/05/ TEXTO ORIGINAL DECRETO 44533, DE 25/05/2007 - TEXTO ORIGINAL Fixa as atribuições específicas dos cargos das carreiras do Grupo de Atividades de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Poder Executivo, de que trata

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2013

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2013 Etec Paulino Botelho Código: 091.06 Município: São Carlos EE: Professor Arlindo Bittencourt Eixo Tecnológico: Gestão

Leia mais

FAMEBLU Engenharia Civil

FAMEBLU Engenharia Civil Disciplina LOGÍSTICA EMPRESARIAL FAMEBLU Engenharia Civil Aula 3: Logística Integrada Atividades da Logística Professor: Eng. Daniel Funchal, Esp. Logística Integrada Logística Integrada LOGÍSTICA DE ABASTECIMENTO

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: ENGENHARIA ELETRICA Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: ENGENHARIA ELETRICA Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000045 - ENGENHARIA ELETRICA Nivel: Superior Area Profissional: 0007 - CONSTRUCAO CIVIL Area de Atuacao: 0052 - OBRAS ELETRICAS/CONSTR.CIVIL

Leia mais

LOGÍSTICA DE DISTRIBUIÇÃO GESTÃO DE LOGÍSTICA

LOGÍSTICA DE DISTRIBUIÇÃO GESTÃO DE LOGÍSTICA LOGÍSTICA DE DISTRIBUIÇÃO GESTÃO DE LOGÍSTICA PERGUNTA O que entendo por Logística? E qual sua importância para as empresas no cenário atual? Porque estudar Logística? EVOLUÇÃO Logística Uma função essencial

Leia mais

PROCEDIMENTO DE FRETES SOBRE VENDAS

PROCEDIMENTO DE FRETES SOBRE VENDAS Ref. - Assunto Página: 1 / 9 de Publicação: : PROCEDIMENTO DE FRETES SOBRE VENDA 1.0 PROCEDIMENTO DE FRETES SOBRE VENDAS Responsáveis: ATIVIDADE NOME CARGO Elaboração Controles Internos Revisores Carlos

Leia mais

Estrutura Organizacional da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

Estrutura Organizacional da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo Estrutura Organizacional da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo Estrutura Básica - SEE GABINETE DO SECRETÁRIO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO - CEE FUNDAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO -

Leia mais

ATO DA ASSEMBLÉIA DO CONSÓRCIO Resolução nº 06/2017 de 09 de março de 2017

ATO DA ASSEMBLÉIA DO CONSÓRCIO Resolução nº 06/2017 de 09 de março de 2017 ATO DA ASSEMBLÉIA DO CONSÓRCIO Resolução nº 06/2017 de 09 de março de 2017 INSERE ALTERAÇÕES NO PLANO DE EMPREGOS E SALÁRIOS ESTABELECIDO PELA RESOLUÇÃO Nº 06/2015, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS A Assembleia

Leia mais

7 Conselho Regional de Economia da 9 a Região (Pará) Cidade de lotação: Belém/PA QUADRO DE VAGAS, SALÁRIOS, BENEFÍCIOS E JORNADA DE TRABALHO

7 Conselho Regional de Economia da 9 a Região (Pará) Cidade de lotação: Belém/PA QUADRO DE VAGAS, SALÁRIOS, BENEFÍCIOS E JORNADA DE TRABALHO 7 Conselho Regional de Economia da 9 a Região (Pará) Cidade de lotação: Belém/PA 103 Profissional Técnico Especializado PTE - Contador(a) (NS) R$ 1.550,71 1 20 106 Fiscal da Profissão do Economista FPE

Leia mais

HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM LOGÍSTICA MÓDULO I SEM CERTIFICAÇÃO TÉCNICA

HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM LOGÍSTICA MÓDULO I SEM CERTIFICAÇÃO TÉCNICA I. 1 PLANEJAMENTO EMPRESARIAL E EMPREENDEDORISMO Função: Planejamento 1. Correlacionar os principais conceitos fundamentais da administração e os processos produtivos. 2. Distinguir os diversos tipos de

Leia mais

GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 03: Logística Empresarial e Competitividade - Evolução da Supply Chain

GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 03: Logística Empresarial e Competitividade - Evolução da Supply Chain GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 03: Logística Empresarial e Competitividade - Evolução da Supply Chain Conflito Marketing X Logística O aluno deverá ser capaz de: Conhecer os níveis de serviço

Leia mais

Mapa de Pessoal dos Serviços Centrais do INEM Ano 2014

Mapa de Pessoal dos Serviços Centrais do INEM Ano 2014 Mapa de Pessoal dos Serviços Centrais do IN Ano 2014 Unidade orgânica Atividades/Procedimentos N.º de PT Carreira/Cargo Área Funcional Conselho Diretivo Proceder à gestão, disponibilização e controlo dos

Leia mais

Guia de Orientações sobre as Atividades dos Técnicos em Assuntos Educacionais (TAEs) da UNIRIO

Guia de Orientações sobre as Atividades dos Técnicos em Assuntos Educacionais (TAEs) da UNIRIO Guia de Orientações sobre as Atividades dos Técnicos em Assuntos Educacionais (TAEs) da UNIRIO Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas Diretoria de Desenvolvimento

Leia mais

16h. Um curso de Gestão de Projetos dinâmico e multidisciplinar, para quem está iniciando na área. Gerenciamento de Projetos - Fundamentos

16h. Um curso de Gestão de Projetos dinâmico e multidisciplinar, para quem está iniciando na área. Gerenciamento de Projetos - Fundamentos Um curso de Gestão de Projetos dinâmico e multidisciplinar, para quem está iniciando na área. Aqui você aprende de forma totalmente prática como planejar, executar e controlar projetos de acordo com as

Leia mais

PESQUISA SALARIAL 2015

PESQUISA SALARIAL 2015 PESQUISA SALARIAL 2015 DESCRIÇÃO SUMÁRIA DOS CARGOS Administrativo 1 Auxiliar 2 Assistente Desenvolver tarefas diversas de apoio operacional na área administrativa. Controlar entrada, saída e realizar

Leia mais

ANEXO I SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM DO COOPERATIVISMO NO ESTADO DE GOIÁS SESCOOP/GO

ANEXO I SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM DO COOPERATIVISMO NO ESTADO DE GOIÁS SESCOOP/GO ANEXO I SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM DO COOPERATIVISMO NO ESTADO DE GOIÁS SESCOOP/GO PROCESSO SELETIVO 00/0 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PERFIL DO CARGO Cargo: Coordenador

Leia mais

ANEXO I CARGO: PROFESSOR ATRIBUIÇÕES:

ANEXO I CARGO: PROFESSOR ATRIBUIÇÕES: ANEXO I CARGO: PROFESSOR ATRIBUIÇÕES: a) Descrição Sintética: Orientar a aprendizagem do aluno; participar no processo de planejamento das atividades da escola; organizar as operações inerentes ao processo

Leia mais

Gestão da cadeia de suprimentos. GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 13: Estratégias Logísticas de Transporte

Gestão da cadeia de suprimentos. GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 13: Estratégias Logísticas de Transporte GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 13: Estratégias Logísticas de Transporte Estratégias Logísticas de Transporte Ao final desta aula o aluno deverá ser capaz de: Compreender o papel e as estratégias

Leia mais

AULA 2 GERENCIAMENTO DE PROJETOS

AULA 2 GERENCIAMENTO DE PROJETOS AULA 2 GERENCIAMENTO DE PROJETOS Gestão de Projetos O que é um Projeto? O que é Gerência de Projeto? O que é um Projeto? Um empreendimento único e não-repetitivo, de duração determinada, formalmente organizado

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº aprovado pela portaria Cetec nº de / / Etec Professora Maria Cristina Medeiros Código: 141 Município: Ribeirão Pires Eixo Tecnológico: GESTÃO

Leia mais

- REGIMENTO INTERNO. Secretaria de Comunicação. Leis Nº 6.529/05 e Nº 6.551/06, Decretos Nº /06 e Nº

- REGIMENTO INTERNO. Secretaria de Comunicação. Leis Nº 6.529/05 e Nº 6.551/06, Decretos Nº /06 e Nº - REGIMENTO INTERNO Secretaria de Comunicação Leis Nº 6.529/05 e Nº 6.551/06, Decretos Nº 12.659/06 e Nº 15.052 I - Secretaria Executiva: - assessorar o Secretário Municipal no exercício de suas atribuições;

Leia mais

Portfólio Nacional de Cursos em Educação a Distância - EaD. Cursos Livres: 166 Cursos Regulamentados: 2 Provas Eletrônicas: 2

Portfólio Nacional de Cursos em Educação a Distância - EaD. Cursos Livres: 166 Cursos Regulamentados: 2 Provas Eletrônicas: 2 Portfólio Nacional de Cursos em Educação a Distância - EaD Cursos Livres: 166 Cursos Regulamentados: 2 Provas Eletrônicas: 2 TEMA CURSO CH Educação 1 Educação Português 40 2 Educação Redação Técnica 60

Leia mais

SÍNTESE DO PERFIL E DAS ATRIBUIÇÕES DOS COORDENADORES DAS UNIDADES SOCIOASSISTENCIAIS. Perfil e principais atribuições do Coordenador do CREAS

SÍNTESE DO PERFIL E DAS ATRIBUIÇÕES DOS COORDENADORES DAS UNIDADES SOCIOASSISTENCIAIS. Perfil e principais atribuições do Coordenador do CREAS SÍNTESE DO PERFIL E DAS ATRIBUIÇÕES DOS COORDENADORES DAS UNIDADES SOCIOASSISTENCIAIS Perfil e principais atribuições do Coordenador do CREAS Escolaridade de nível superior de acordo com a NOB/RH/2006

Leia mais

SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO PORTARIA Nº 416, DE 22 DE JANEIRO DE 2014

SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO PORTARIA Nº 416, DE 22 DE JANEIRO DE 2014 SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO PORTARIA Nº 416, DE 22 DE JANEIRO DE 2014 Institui o Grupo Especial de Fiscalização do Trabalho em Transportes - GETRAC. O SECRETÁRIO DE INSPEÇÃO DO TRABALHO, no uso

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas Departamento de Gestão de Pessoas

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas Departamento de Gestão de Pessoas Quantidade Setor Local de Trabalho Horário de Trabalho 1 Programa de Pós-graduação em Biotecnologia - CCS Secretaria do Programa de Pósgraduação em Biotecnologia 8:00-12:00h 13:00-17:00h NÍVEL DE CLASSIFICAÇÃO:

Leia mais

QUESTIONÁRIO SISTEMAS DE APOIO E LOGÍSTICOS DAS RAS

QUESTIONÁRIO SISTEMAS DE APOIO E LOGÍSTICOS DAS RAS Diagnóstico e Avaliação do Atual Estágio de Desenvolvimento das Redes Regionais da Atenção à Saúde nas regiões priorizadas pelo Projeto de Fortalecimento da Gestão Estadual da Saúde 2016 QUESTIONÁRIO SISTEMAS

Leia mais

PROJETO INTEGRADO AULA 3 INTRODUÇÃO AO GERENCIAMENTO DE PROJETOS PROF.: KAIO DUTRA

PROJETO INTEGRADO AULA 3 INTRODUÇÃO AO GERENCIAMENTO DE PROJETOS PROF.: KAIO DUTRA PROJETO INTEGRADO AULA 3 INTRODUÇÃO AO GERENCIAMENTO DE PROJETOS PROF.: KAIO DUTRA O que é um Projeto? Um projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo.

Leia mais

SOFTWARES DE GESTÃO SEGMENTO

SOFTWARES DE GESTÃO SEGMENTO SOFTWARES DE SEGMENTO ALIMENTÍCIO CSW ALIMENTÍCIO Empresas que atuam neste segmento necessitam de planejamento e gerenciamento com especial atenção na produção para o controle, redução de custo e melhoria

Leia mais

_mais de empreendimentos entregues

_mais de empreendimentos entregues _+16 milhões de m² construídos _mais de 1.000 empreendimentos entregues _mais de 1 milhão de moradores _5,3 BI de VGV lançado nos últimos 5 anos _Consolidação Estratégica SP+ RJ Inovação É quando uma ideia

Leia mais

Padrões de avaliação de abastecimento de pedidos

Padrões de avaliação de abastecimento de pedidos Padrões de avaliação de abastecimento de pedidos Comece com as três métricas principais e melhore seu desempenho de abastecimento de pedidos automação 1 Padrões que de avaliação traz resultados de abastecimento

Leia mais

PORTARIA Nº 2.164, 30 de Setembro de Aprova o Regimento Interno da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos.

PORTARIA Nº 2.164, 30 de Setembro de Aprova o Regimento Interno da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos. PORTARIA Nº 2.164, 30 de Setembro de 2011 Aprova o Regimento Interno da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos. O MINISTRO DE ESTADO DA JUSTIÇA, no uso de suas atribuições que lhes

Leia mais

SISTAFE SISTAFE SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DO ESTADO. Criação: Lei 09/2002 Regulamentação: Decreto 23/2004

SISTAFE SISTAFE SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DO ESTADO. Criação: Lei 09/2002 Regulamentação: Decreto 23/2004 SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DO ESTADO Criação: Lei 09/2002 Regulamentação: Decreto 23/2004 1 Objectivos Estabelecer e harmonizar regras e procedimentos de programação, gestão, execução, controlo

Leia mais

Administração de Materiais e Recursos Patrimoniais

Administração de Materiais e Recursos Patrimoniais Administração de Materiais e Recursos Patrimoniais Empresa Deve: Ser organizada: padronização administrativa (planejamento e controle) Ter qualidade: atender a necessidade dos consumidores (prazo, preço,

Leia mais

Administração Logística

Administração Logística INTRODUÇÃO A LOGÍSTICA AULA PARA A TURMA DE ADMINISTRAÇÃO 2º SEMESTRE DE 2010 2 Administração Logística Processo de planejar, implementar e controlar o fluxo e armazenamento eficiente e eficaz em termos

Leia mais