UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular"

Transcrição

1 PERÍODO: 1º IF663- COMPUTACAO L OBRIG SF451- FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO OBRIG INTRODUÇÃO À ANÁLISE E DISCUSSÃO DO FENÔMENO EDUCATUVO, CONSIDERANDO AS RELAÇÕES ENTRE EDUCAÇÃO E SOCIEDADE A PARTIR DE UMA REFLEXÃO TEÓRICA, INSTRUMENTANDO O ALUNO PARA A COMPREENSÃO DE SUA FORMAÇÃO E PRÁTICA COMO EDUCADOR E PARA O ENFRENTAMENTO TEÓRICO-PRÁTICO DAS PRINCIPAIS QUESTÕES RELATIVAS À EDUCAÇÃO BRASILEIRA NUMA PERSPECTIVA CRITICA E TRANSFORMADORA. MA054- GEOMETRIA ANALITICA L1 OBRIG Fórmula: MA036 MA036- GEOMETRIA ANALITICA 1 MA053- MATEMATICA L1A OBRIG PROPRIEDADES E OPERAÇÕES COM NÚMEROS NATURAIS, INTEIROS, RACIONAIS E REAIS. FUNÇÕES LINEAR, LINEAR AFIM, QUADRÁTICA, EXPONENCIAL, LOGARITMO E TRIGONOMÉTRICAS. SISTEMA DE EQUAÇÕES LINEARES: MÉTODO DE ELIMINAÇÃO DE GAUSS. MATRIZES E DETERMINANTES. MA1058- PRINCÍPIOS DE CONTAGEM OBRIG Fórmula: MA055 MA055- PRINCIPIO DE CONTAGEM L TÉCNICAS E TEOREMAS DE CONTAGEM; FUNDAMENTOS DA TEORIA DAS PROBABILIDADES; INTRODUÇÃO A TEORIA DOS GRAFOS. PERÍODO: 2º MA045- ALGEBRA LINEAR L1 OBRIG Fórmula: MA054 MA054- GEOMETRIA ANALITICA L1 Fórmula: MA046 MA046- ALGEBRA LINEAR 1 MA016- CALCULO L1A OBRIG Fórmula: MA053 MA053- MATEMATICA L1A Fórmula: MA026 MA026- CALCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL 1 LIMITES E CONTINUIDADE DE FUNÇÕES. DERIVADAS. APLICAÇÕES DA DERIVADA.TEOREMA DE ROLLE, TEOREMA DO VALOR MÉDIO E TEOREMA DO VALOR MÉDIO GENERALIZADO. INTEGRAIS DEFINIDAS. INTEGRAIS INDEFINIDAS. TÉCNICAS DE INTEGRAÇÃO. FI202- FISICA L1 OBRIG MECÂNICA: CINEMÁTICA E DINÂMICA. EG258- GEOMETRIA GRAFICA OBRIG INT0021- METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA 1 OBRIG DISCUSSÃO DAS CONCEPÇÕES DA MATEMÁTICA COMO CIÊNCIA E COMO DISCIPLINA ESCOLAR. ANÁLISE DA MATEMÁTICA NO SISTEMA EDUCACIONAL BRASILEIRO. ESTUDO DOS FUNDAMENTOS TEÓRICOS QUE DÃO SUPORTE À PRÁTICA DE ENSINO E APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA. DISCUSSÃO DA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA COMO CAMPO DE SABER. ESTUDO DA AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA. - Sistema de Informação e Gestão Acadêmica Página 1/5

2 PERÍODO: 3º MA017- CALCULO L2A OBRIG Fórmula: MA016 MA016- CALCULO L1A Fórmula: MA027 MA027- CALCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL 2 TEOREMA DE L#HÔPITAL E FORMAS INDETERMINADAS. INTEGRAIS IMPRÓPRIAS. FÓRMULA DE TAYLOR. APLICAÇÕES DE INTEGRAIS DEFINIDAS. COORDENADAS POLARES E EQUAÇÕES PARAMÉTRICAS. FUNÇÕES VETORIAIS. FUNÇÕES DE DUAS OU MAIS VARIÁVEIS. INTEGRAIS MÚLTIPLAS. FI203- FISICA L2 OBRIG Fórmula: FI202 FI202- FISICA L1 FLUIDOS, TERMODINÂMICA, ONDAS E ÓTICA. MA1056- FUNDAMENTOS DE MATEMÁTICA L OBRIG Fórmula: MA301 MA301- FUNDAMENTOS DA MATEMATICA LÓGICA E PARADOXOS. AXIOMATIZAÇÃO DA TEORIA DOS CONJUNTOS (ZERMELO-FRAENKEL). CONSTRUÇÃO DOS CONJUNTOS NUMÉRICOS. MA1057- GEOMETRIA PLANA L OBRIG Fórmula: MA042 MA042- GEOMETRIA PLANA AXIOMATIZAÇÃO DE HILBERT-EUCLIDES DA GEOMETRIA PLANA. INT0022- METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA 2 OBRIG ESTUDO DOS FUNDAMENTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA. ANÁLISE CRÍTICA DE ABORDAGENS DE ENSINO-APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA. REFLEXÕES SOBRE MATEMÁTICA E CIDADANIA. ANÁLISE DE RECURSOS DIDÁTICOS NO ENSINO-APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA. PERÍODO: 4º MA018- CALCULO L3A OBRIG Fórmula: MA017 MA017- CALCULO L2A Fórmula: MA128 MA128- CALCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL 3 INTEGRAIS MÚLTIPLAS. ANÁLISE VETORIAL. SÉRIES INFINITAS. SÉRIES DE POTÊNCIAS. SÉRIES DE TAYLOR. SÉRIES DE FOURIER. NÚMEROS COMPLEXOS E FUNÇÕES. EQUAÇÕES DIFERENCIAIS. EQUAÇÕES LINEARES DE SEGUNDA ORDEM. TE707- DIDÁTICA OBRIG FUNDAMENTOS EPISTEMOLÓGICOS, SOCIOCULTURAIS, PSICOLÓGICOS E ÉTICO-POLÍTICOS DA PRÁTICA PEDAGÓGICA DOCENTE E A SUA VINCULAÇÃO COM A PRÁTICA SOCIAL MAIS AMPLA; ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO DOCENTE CENTRADO NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM, NA INVESTIGAÇÃO, NOS SUJEITOS DA PRÁTICA, E NA RELAÇÃO COM UM DADO PROJETO EDUCATIVO E UMA DETERMINADA REALIDADE CONCRETA. MA1055- GEOMETRIA ESPACIAL OBRIG Fórmula: MA1057 MA1057- GEOMETRIA PLANA L Fórmula: MA056 MA056- GEOMETRIA ESPACIAL L AXIOMATIZAÇÃO DA GEOMETRIA EUCLIDIANA DO ESPAÇO. INT0024- METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA 3 OBRIG Fórmula: INT0022 INT0022- METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA 2 ANÁLISE CONCEITUAL, SÓCIO-COGNITIVA E DIDÁTICA RELATIVA AOS CAMPOS DAS GRANDEZAS E MEDIDAS, DA GEOMETRIA, DA ARITIMÉTICA E DA ÁLGEBRA. - Sistema de Informação e Gestão Acadêmica Página 2/5

3 PERÍODO: 4º AP493- POLÍTICAS EDUCACIONAIS- ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DA ESCOLA BÁSICA OBRIG ESTUDO CRÍTICO DO SISTEMA EDUCACIONAL BRASILEIRO E SEUS DETERMINANTES HISTÓRICO-POLÍTICO E SOCIAIS.PRINCÍPIOS, OBJETIVOS E CARACTERÍSTICAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA E SUAS MODALIDADES, PROBLEMATIZADA COMO DIREITO FUNDAMENTAL DA PESSOA HUMANA ENQUNATO LELMENTO DE REFLEXÃO E INTERVENÇÃO NO CONTEXTO DA FORMAÇÃO DOCENTE. PERÍODO: 5º ET199- ESTATISTICA E PROBABILIDADES OBRIG Fórmula: MA1058 MA1058- PRINCÍPIOS DE CONTAGEM INT0023- ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM MATEMÁTICA 1 OBRIG DISCUSSÃO SOBRE A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA E A CONSTRUÇÃO DE SUA IDENTIDADE PROFISSIONAL. OBSERVAÇÃO DO PROCESSO DE ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA E DA SALA DE AULA ENQUANTO ESPAÇOS EDUCATIVOS: PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO DA ESCOLA, FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLA, CORPO DOCENTE E CORPO DISCENTE, RELAÇÕES SOCIAIS NA ESCOLA, CONDIÇÕES DE EXERCÍCIO PROFISSIONAL, RESULTADOS ESCOLARES. ANÁLISE CRÍTICA DA PRÁTICA DO ENSINO DE MATEMÁTICA A PARTIR DA OBSERVAÇÃO EM DIVERSOS CONTEXTOS, TAIS COMO: ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO, TÉCNICO, E SUPLETIVO E EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS. PO494- FUNDAMENTOS DA LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS - LIBRAS OBRIG REFLEXÃO SOBRE OS ASPECTOS HISTÓRICOS DA INCLUSÃO DAS PESSOAS SURDAS NA SOCIEDADE EM GERAL E NA ESCOLA; A LIBRAS COMO LÍNGUA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL EM CONTEXTO DE COMUNICAÇÃO ENTRE PESSOAS SURDAS E COMO SEGUNDA LÍNGUA. ESTRUTURA LINGÜÍSTICA E GRAMATICAL DA LIBRAS. ESPECIFICIDADES DA ESCRITA DO ALUNO SURDO, NA PRODUÇÃO DE TEXTO EM LÍNGUA PORTUGUESA. O INTÉRPRETE E A INTERPRETAÇÃO COMO FATOR DE INCLUSÃO E ACESSO EDUCACIONAL PARA OS ALUNOS SURDOS OU COM BAIXA AUDIÇÃO. PO492- FUNDAMENTOS PSICOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO OBRIG ESTUDO DE TEORIAS PSICOLÓGICAS SOBRE O DESENVOLVIMENTO SÓCIO-AFETIVO E COGNITIVO E OS PROCESSOS DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM NA INFÂNCIA, ADOLESCÊNCIA E VIDA ADULTA.PROBLEMATIZAÇÃO SOBRE AS RELAÇÕES ENTRE PSICOLOGIA E EDUCAÇÃO. INT0025- METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA 4 OBRIG Fórmula: INT0022 INT0022- METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA 2 ANÁLISE CONCEITUAL, SÓCIO-COGNITIVA E DIDÁTICA RELATIVA AOS CAMPOS DA MATEMÁTICA DISCRETA, ESTATÍSTICA, PROBABILIDADES, NÚMEROS REAIS E COMPLEXOS, FUNÇÕES. PERÍODO: 6º PO493- AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM OBRIG ESTUDO DA AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM ENQUANTO OBJETO DE REFLEXÃO DO CAMPO DA AVALIAÇÃO EDUCAIONAL. A CONSTITUIÇÃO DE SEU CAMPO CONCEITUAL E PRAXIOLÓGICO, OS DIFERENTES ATRIBUTOS E MODOS DE CONCEBER E PRATICAR A AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS DOS ALUNOS. IF664- COMPUTACAO L2 OBRIG Fórmula: IF663 IF663- COMPUTACAO L OBRIG Fórmula: MA045 MA045- ALGEBRA LINEAR L1 INT0026- ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM MATEMÁTICA 2 OBRIG Fórmula: INT0023 INT0023- ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM MATEMÁTICA 1 - Sistema de Informação e Gestão Acadêmica Página 3/5

4 PERÍODO: 6º MAPEAMENTO E ANÁLISE CRÍTICA DAS CONDIÇÕES DE EXERCÍCIO DA PRÁTICA DOCENTE EM MATEMÁTICA, A PARTIR DA OBSERVAÇÃO EM PROJETOS PEDAGÓGICOS DE UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO NAS SÉRIES FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL E NO ENSINO MÉDIO. ANÁLISE DA ORGANIZAÇÃO E DO FUNCIONAMENTO DA ESCOLA E DA SALA DE AULA. ESTUDO DA AULA DE MATEMÁTICA EM SUA ESPECIFICIDADE: PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO. AP492- GESTÃO EDUCACIONAL E GESTÃO ESCOLAR OBRIG DISCUSSÃO E ANÁLISE DAS CONCEPÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR, NUMA COMPREENSÃO MAIS GERAL DA CULTURA ORGANIZACIONAL NO QUE SE REFERE AO CONJUNTO DE FATORES SOCIAIS, CULTURAIS E PSICOLÓGICOS QUE INFLUENCIAM OS MODOS DE AGIR DA ORGANIZAÇÃO COMO UM TODO E DO COMPORTAMENTO DAS PESSOAS EM PARTICULAR. PERÍODO: 7º MA218- ANALISE MATEMATICA L1A OBRIG Fórmula: MA016 MA016- CALCULO L1A MA249- ESTRUTURAS ALGEBRICAS L2A OBRIG INT0027- ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM MATEMÁTICA 3 OBRIG Fórmula: INT0026 INT0026- ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM MATEMÁTICA 2 CONSTRUÇÃO, ANÁLISE TEÓRICA, EXPERIMENTAÇÃO E ANÁLISE DE RESULTADOS E SITUAÇÕES DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE CONTEÚDOS MATEMÁTICOS A PARTIR DE ESTUDOS INTEGRANDO AS DIMENSÕES EPISTEMOLÓGICA, SÓCIO-COGNITIVA E DIDÁTICA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL. VIVÊNCIA DA DOCÊNCIA EM SITUAÇÃO DE AULA EM DIFERENTES FORMATOS (COLETIVO, DE GRUPO, ATENDIMENTO INDIVIDUAL E ATIVIDADE DE CAMPO). PARTICIPAÇÃO EM ATIVIDADES PEDAGÓGICAS. MA1060- TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 1 OBRIG ESTRUTURAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE PROJETO DE PESQUISA COM FIM DE ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIA. PERÍODO: 8º MA219- ANALISE MATEMATICA L2A OBRIG Fórmula: MA218 MA218- ANALISE MATEMATICA L1A INT0028- ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM MATEMÁTICA 4 OBRIG Fórmula: INT0027 INT0027- ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM MATEMÁTICA 3 CONSTRUÇÃO, ANÁLISE TEÓRICA, EXPERIMENTAÇÃO E ANÁLISE A POSTERIORI DE SITUAÇÕES DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE CONTEÚDOS MATEMÁTICOS A PARTIR DE ESTUDOS INTEGRANDO AS DIMENSÕES EPISTEMOLÓGICA, SÓCIO-COGNITIVA E DIDÁTICA PARA O ENSINO MÉDIO. VIVÊNCIA DA DOCÊNCIA EM SITUAÇÃO DE AULA EM DIFERENTES FORMATOS (COLETIVO, DE GRUPO, ATENDIMENTO INDIVIDUAL E ATIVIDADE DE CAMPO). PARTICIPAÇÃO EM ATIVIDADES PEDAGÓGICAS COMPLEMENTARES À ATIVIDADE DOCENTE ( ESTUDOS, REUNIÕES, CONSELHOS DE CLASSE...ETC). MA1059- TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 2 OBRIG Fórmula: MA1060 MA1060- TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 1 ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIA BASEADA EM PROJETO PREVIAMENTE APROVADO. SEM PERIODIZAÇÃO MA305- CURVAS ALGEBRICAS PLANAS L ELETIVO Sistema de Informação e Gestão Acadêmica Página 4/5

5 SEM PERIODIZAÇÃO FI425- ELETROMAGNETISMO L1 ELETIVO FI204- FISICA L3 ELETIVO ELETRICIDADE. MA306- GEOMETRIA DIFERENCIAL L ELETIVO Fórmula: MA018 MA018- CALCULO L3A MA303- MATEMATICA DISCRETA ELETIVO Fórmula: MA1058 MA1058- PRINCÍPIOS DE CONTAGEM FI206- MECANICA L1 ELETIVO FI584- MÉTODOS MATEMÁTICOS DA FÍSICA L1 ELETIVO VETORES E SISTEMAS DE COORDENADAS; DIFERENCIAÇÃO E INTEGRAÇÃO EM COORDENADAS CURVILÍNEAS; ESPAÇOS VETORIAIS E ÁLGEBRA LINEAR. SEQUÊNCIAS E SÉRIES. CÁLCULO VETORIAL. EQUAÇÕES DIFERENCIAIS ORDINÁRIAS DE PRIMEIRA ORDEM E APLICAÇÕES; EQUAÇÕES DIFERENCIAIS ORDINÁRIAS DE SEGUNDA ORDEM E APLICAÇÕES. MA304- TEORIA DOS NUMEROS L ELETIVO MA302- TOPICOS DE GEOMETRIA ELEMENTAR ELETIVO Fórmula: MA1055 MA1055- GEOMETRIA ESPACIAL MA1061- TÉCNICAS DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS ELETIVO RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE NÍVEL FUNDAMENTAL E MÉDIO, NO NÍVEL DE OLIMPÍADAS DE MATEMÁTICA, ENVOLVENDO MATEMÁTICA DISCRETA, TEORIA DOS NÚMEROS E GEOMETRIA. OBSERVAÇÃO PERFIL: CARGA HORÁRIA TOTAL DO CURSO É HORAS DISTRIBUÍDA DA SEGUINTE FORMA: O ALUNO CURSARÁ HORAS EM COMPONENTES OBRIGATÓRIOS E 180 HORAS COMPONENTES ELETIVOS NO PRÓPRIO CURSO. DEVERÁ O ALUNO CURSAR ATÉ 210 HORAS EM ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE MONITORIA, EXTENSÃO, INICIAÇÃO CIENTÍFICA OU ELETIVAS LIVRES EM QUALQUER CURSO NO ÂMBITO DA UFPE OU EM OUTRAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR COM A APROVAÇÃO DO COLEGIADO DO CURSO. - Sistema de Informação e Gestão Acadêmica Página 5/5

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º LE733- COMPREENSÃO E PRODUÇÃO DE TEXTO EM LÍNGUA PORTUGUESA OBRIG 60 0 60 4.0 Fórmula: LE003 LE003- LINGUA PORTUGUESA 3 LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS. ANÁLISE DE ESTRUTURAS BÁSICAS DA LÍNGUA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º FISC0005- INTRODUÇÃO À FÍSICA OBRIG 60 0 60 4.0 QUIM0003- INTRODUÇÃO À QUÍMICA OBRIG 60 0 60 4.0 MATM0020- MATEMÁTICA BÁSICA OBRIG 60 0 60 4.0 EDUC0157- METODOLOGIA DO ESTUDO OBRIG 60 0 60

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º AR539- CONSCIÊNCIA CORPORAL E EXPRESSÃO ARTÍSTICA OBRIG 30 30 60 3.0 Fórmula: AR421 AR421- EXPRESSAO CORPORAL 1A VIVÊNCIA DE ESTRATÉGIAS DE IMPROVISAÇÃO COM BASE EM NOÇÕES COMO DANÇA CRAITIVA,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º FISC0005- INTRODUÇÃO À FÍSICA OBRIG 60 0 60 4.0 QUIM0003- INTRODUÇÃO À QUÍMICA OBRIG 60 0 60 4.0 MATM0020- MATEMÁTICA BÁSICA OBRIG 60 0 60 4.0 EDUC0157- METODOLOGIA DO ESTUDO OBRIG 60 0 60

Leia mais

PROGRAMA DE APRENDIZAGEM

PROGRAMA DE APRENDIZAGEM CURSO DE MATEMÁTICA LICENCIATURA 1º PERÍODO: DISCIPLINA: Metodologia Científica H111900 04 1 80 EMENTA Finalidade da metodologia científica. Importância da metodologia no âmbito das ciências. Metodologia

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º AR626- ARGILA OBRIG 30 30 60 3.0 Fórmula: AR315 AR315- PESQUISA E CRIACAO COM ARGILA EXPERIMENTAÇÃO, CONCEITUAÇÃO E CRIAÇÃO DA FORMA TENDO A ARGILA COMO SUPORTE. AR614- DESENHO 1 OBRIG 30 30

Leia mais

Matemática. 1 Semestre. Matemática I 75h. Ementa: Estuda as noções de conjuntos e de funções polinomial, modular, racional, exponencial e logarítmica.

Matemática. 1 Semestre. Matemática I 75h. Ementa: Estuda as noções de conjuntos e de funções polinomial, modular, racional, exponencial e logarítmica. Matemática 1 Semestre Matemática I 75h Ementa: Estuda as noções de conjuntos e de funções polinomial, modular, racional, exponencial e logarítmica. Lógica 60h Ementa: Estuda proposições, análise e discussões

Leia mais

Matemática. EMENTA: Estuda as noções de conjuntos e de funções polinomial, modular, racional, exponencial e logarítmica.

Matemática. EMENTA: Estuda as noções de conjuntos e de funções polinomial, modular, racional, exponencial e logarítmica. Matemática 1º SEMESTRE MATEMÁTICA I, 75H EMENTA: Estuda as noções de conjuntos e de funções polinomial, modular, racional, exponencial e logarítmica. LÓGICA, 60H EMENTA: Estuda proposições, análise e discussões

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular EG453- ANÁLISE E PRODUÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO EM EXPRESSÃO GRÁFICA OBRIGATÓRIO 7 30 30 60 3.0 Fórmula: EG450 Fórmula: EG416 EG416- METODOLOGIA DE EXPRESSÃO GRÁFICA 4 ABORDAGEM INSTRUMENTAL - NOÇÃO DE

Leia mais

DISCIPLINA CRED CH PRÉ-REQUISITOS 1 a FASE Matemática Básica

DISCIPLINA CRED CH PRÉ-REQUISITOS 1 a FASE Matemática Básica CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA AUTORIZAÇÃO: Resolução nº 74/2007 CONSUNI RECONHECIMENTO: Decreto Estadual nº 3758/2010 renovado pelo Decreto Estadual nº 101/2015 PERÍODO DE CONCLUSÃO: Mínimo: 3,5

Leia mais

Matemática. 1 Semestre. Matemática I 75h. Ementa: Estuda as noções de conjuntos e de funções polinomial, modular, racional, exponencial e logarítmica.

Matemática. 1 Semestre. Matemática I 75h. Ementa: Estuda as noções de conjuntos e de funções polinomial, modular, racional, exponencial e logarítmica. Matemática 1 Semestre Matemática I 75h Ementa: Estuda as noções de conjuntos e de funções polinomial, modular, racional, exponencial e logarítmica. Lógica 60h Ementa: Estuda proposições, análise e discussões

Leia mais

Equivalências entre as disciplinas da CNeM nos dois regimes acadêmicos: Tronco Comum

Equivalências entre as disciplinas da CNeM nos dois regimes acadêmicos: Tronco Comum Equivalências entre as disciplinas da CNeM nos dois regimes acadêmicos: Tronco Comum 1º. Semestre Inserção à Vida Universitária 40h Inserção à Vida Universitária 15h Iniciação ao Pensamento Científico

Leia mais

RESOLUÇÃO 04/2016. I Tipo de alteração: INCLUSÃO DE DISCIPLINAS NOME CRÉDITOS 4 SÚMULA ETAPA ACONSELHADA NOME CRÉDITOS 3 SÚMULA ETAPA ACONSELHADA NOME

RESOLUÇÃO 04/2016. I Tipo de alteração: INCLUSÃO DE DISCIPLINAS NOME CRÉDITOS 4 SÚMULA ETAPA ACONSELHADA NOME CRÉDITOS 3 SÚMULA ETAPA ACONSELHADA NOME UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA COMISSÃO DE GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA Av. Bento Gonçalves 9500 - Agronomia - 91509-900 Porto Alegre - RS - BRASIL Tel: (051)3308-6189/3308-6186

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º SF451- FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO OBRIG 60 0 60 4.0 INTRODUÇÃO À ANÁLISE E DISCUSSÃO DO FENÔMENO EDUCATUVO, CONSIDERANDO AS RELAÇÕES ENTRE EDUCAÇÃO E SOCIEDADE A PARTIR DE UMA REFLEXÃO TEÓRICA,

Leia mais

DIURNO I SEMESTRE 480 HORAS CÓDIGO ATIVIDADES/COMPONENTES CURRICULARES C.H.

DIURNO I SEMESTRE 480 HORAS CÓDIGO ATIVIDADES/COMPONENTES CURRICULARES C.H. Universidade Estadual da Paraíba UEPB Campus VII - Patos Curso de Graduação em Ciências Exatas - Licenciatura Plena Resolução de Aprovação do Projeto Pedagógico UEPB/CONSEPE/019/2008 Carga horária alterada

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS EXATAS HABILITAÇÃO: BACHARELADO EM CIÊNCIAS EXATAS INGRESSANTES 2009

CURSO DE CIÊNCIAS EXATAS HABILITAÇÃO: BACHARELADO EM CIÊNCIAS EXATAS INGRESSANTES 2009 CURSO DE CIÊNCIAS EXATAS HABILITAÇÃO: BACHARELADO EM CIÊNCIAS EXATAS INGRESSANTES 2009 Período Atividade Acadêmica Caráter Cr CH Pré-requisito Código Denominação 1º MAT154 Cálculo I Disciplina de Formação

Leia mais

LISTA DAS DISCIPLINAS QUE COMPÕEM A GRADE CURRICULAR

LISTA DAS DISCIPLINAS QUE COMPÕEM A GRADE CURRICULAR Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira Instituto de Ciências Exatas e da Natureza Coordenação de Física Palmares, bloco 3, 1º andar, sala 113 Contato: 3332 6294 Michel Lopes

Leia mais

Pré-requisito Coreq Disciplina EXPRESSÃO GRÁFICA - Ativa desde: 01/01/2011. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 36 TEÓRICA 18

Pré-requisito Coreq Disciplina EXPRESSÃO GRÁFICA - Ativa desde: 01/01/2011. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 36 TEÓRICA 18 1 de 5 01 - - 131101 - EXPRESSÃO GRÁFICA - Ativa TEÓRICA 18 131102 - FILOSOFIA - Ativa desde: Natureza - OBRIGATÓRIA 131103 - FÍSICA: CINEMÁTICA E DINÂMICA - Ativa 131104 - INFORMÁTICA E ALGORITIMOS -

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º CINF0012- FUNDAMENTOS DA GESTÃO DA INFORMAÇÃO OBRIG 60 0 60 4.0 CONCEITOS FUNDAMENTAIS EM GESTÃO DA INFORMAÇÃO. CINF0013- INTRODUÇÃO À ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO OBRIG 60 0 60 4.0 FUNDAMENTOS

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Álgebra Linear 02 0 02 40 Cálculo Diferencial e Integral I 04 0 04 80 Cálculo Vetorial e Geometria Analítica

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º QF564- ELEMENTOS DE QUÍMICA OBRIG 60 0 60 4.0 Fórmula: QF100 E QF537 QF100 - QUIMICA L1 QF537- ELEMENTOS DE QUÍMICA NOTAÇÃO CIENTÍFICA E ALGARISMOS SIGNIFICATIVOS; SISTEMA INTERNACIONAL DE

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA - Curso: 7 currículo: 3 Resolução UNESP nº 91, de 25/11/2006 Ingressantes a partir de 2015

CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA - Curso: 7 currículo: 3 Resolução UNESP nº 91, de 25/11/2006 Ingressantes a partir de 2015 CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA - Curso: 7 currículo: 3 Resolução UNESP nº 91, de 25/11/2006 Ingressantes a partir de 2015 LM-01-Álgebra Elementar. Ementa: Progressões aritméticas e geométricas. Números

Leia mais

1 o Semestre. MATEMÁTICA Descrições das disciplinas. Didática para o Ensino de Números e Operações. Tecnologias para matemática

1 o Semestre. MATEMÁTICA Descrições das disciplinas. Didática para o Ensino de Números e Operações. Tecnologias para matemática Números e Operações 1 o Semestre Nesta disciplina os licenciandos dominarão a resolução de problemas com números naturais, inteiros e racionais envolvendo as quatro operações fundamentais, utilizando estratégias

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE ENSINO A DISTÂNCIA (EAD) MATEMÁTICA LICENCIATURA

EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE ENSINO A DISTÂNCIA (EAD) MATEMÁTICA LICENCIATURA EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE ENSINO A DISTÂNCIA (EAD) MATEMÁTICA LICENCIATURA COMUNICAÇÃO PARA O PLANEJAMENTO PROFISSIONAL Estudo e aplicação dos recursos linguísticos para a compreensão de textos

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : FISICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 200 Optativos: 0. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : FISICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 200 Optativos: 0. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:15:09 Curso : FISICA VAGAS

Leia mais

A Câmara Superior de Ensino do Conselho Universitário da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições;

A Câmara Superior de Ensino do Conselho Universitário da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições; RESOLUÇÃO Nº 02/2013 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO Aprova a estrutura curricular contida no Projeto Pedagógico do Curso

Leia mais

LICENCIATURA EM FÍSICA (INTEGRAL)

LICENCIATURA EM FÍSICA (INTEGRAL) 1 LICENCIATURA EM FÍSICA (INTEGRAL) CURRÍCULO 2008/1 PRIMEIRO PERÍODO 08.111-6 Geometria Analítica Não tem 04 08.221-0 Cálculo Diferencial e Integral 1 Não tem 09.110-3 Física Experimental A Não tem 04

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º ET585- ANALISE EXPLORATORIA DE DADOS OBRIG 60 0 60 4.0 Fórmula: ET309 ET309- ESTATISTICA DESC/DOCUMENTARIA ORIGENS E TENDÊNCIAS DA ESTATÍSTICA, SÉRIES ESTATÍSTICAS. MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA.

Leia mais

A Câmara Superior de Ensino da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições,

A Câmara Superior de Ensino da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições, RESOLUÇÃO Nº 04/2017 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO Aprova a estrutura curricular do Curso de Física, modalidade Licenciatura,

Leia mais

2MAT054 FUNDAMENTOS DE MATEMÁTICA Lógica e método dedutivo. Teoria dos conjuntos. Relações e funções.

2MAT054 FUNDAMENTOS DE MATEMÁTICA Lógica e método dedutivo. Teoria dos conjuntos. Relações e funções. HABILITAÇÃO: BACHARELADO 1ª Série 2MAT052 CÁLCULO I Diferenciação de funções reais e aplicações. Regra de L'Hôpital. Integrais de funções de uma variável. Aplicações de integrais. Técnicas de integração

Leia mais

FACULDADE ASSIS GURGACZ SAGRES ACADÊMICO GRADE CURRICULAR. Emissão: 05/03/ :54 Página: 1 de 5. Colegiado: COLEGIADO DE ENGENHARIA CIVIL Curso:

FACULDADE ASSIS GURGACZ SAGRES ACADÊMICO GRADE CURRICULAR. Emissão: 05/03/ :54 Página: 1 de 5. Colegiado: COLEGIADO DE ENGENHARIA CIVIL Curso: 1 de 5 01 ENL101 - Introdução ao Cálculo - Ativa desde: Natureza - OBRIGATÓRIA ENL102 - Expressão Gráfica - Ativa desde: ENL103 - Desenho Técnico - Ativa desde: ENL104 - Geometria Analítica e Algebra Linear

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE DE PRODUÇÃO DE PRODUÇÃO - GRADUAÇÃO - 215 1º PERÍODO Carga Horária CLASSIFICAÇÃO CARGA HORÁRIA MODALIDADE NÚCLEO LÍNGUA PORTUGUESA PLANEJAMENTO DE CARREIRA E SUCESSO PROFISSIONAL

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV. MATEMÁTICA Bacharelado e Licenciatura. COORDENADORA Rosane Soares Moreira Viana

Currículos dos Cursos UFV. MATEMÁTICA Bacharelado e Licenciatura. COORDENADORA Rosane Soares Moreira Viana 194 MATEMÁTICA Bacharelado e Licenciatura COORDENADORA Rosane Soares Moreira Viana rsmviana@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2012 195 Bacharelado ATUAÇÃO O bacharel em Matemática está apto para o exercício

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 278/2014

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 278/2014 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 278/2014 Altera a Deliberação CONSEP Nº 187/2012, que altera o Currículo do Curso de Física (Licenciatura), para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade

Leia mais

Pré-requisito Coreq Disciplina EMC101 - Expressão Gráfica - Ativa desde: 01/01/2008. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 36 TEÓRICA 18

Pré-requisito Coreq Disciplina EMC101 - Expressão Gráfica - Ativa desde: 01/01/2008. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 36 TEÓRICA 18 1 de 5 Nível:BACHARELADO Início: 20081 01 - - EMC101 - Expressão Gráfica - Ativa desde: 01/01/2008 EMC102 - Filosofia - Ativa desde: Natureza - OBRIGATÓRIA EMC103 - Física: Cinemática e Dinâmica - Ativa

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Licenciatura em Matemática Missão O Curso de Licenciatura em Matemática tem por missão a formação de docentes com um novo perfil fundamentado na conexão de dois eixos,

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Álgebra Linear 02 0 02 40 Cálculo Diferencial e Integral I 04 0 04 80 Cálculo Vetorial e Geometria

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. 1º Fase-Sugestão

CURRÍCULO DO CURSO. 1º Fase-Sugestão Documentação: Curso Reconhecido pela Portaria nº 651 de 29/06/2017 e Publicado no DOU em 30/06/2017. Objetivo: Titulação: Diplomado em: Licenciado em Matemática Matemática Período de Conclusão do Curso:

Leia mais

SUMÁRIO VOLUME II 8 MODELAGEM MATEMÁTICA COM EQUAÇÕES DIFERENCIAIS SÉRIES INFINITAS CURVAS PARAMÉTRICAS E POLARES; SEÇÕES CÔNICAS 692

SUMÁRIO VOLUME II 8 MODELAGEM MATEMÁTICA COM EQUAÇÕES DIFERENCIAIS SÉRIES INFINITAS CURVAS PARAMÉTRICAS E POLARES; SEÇÕES CÔNICAS 692 SUMÁRIO VOLUME II 8 MODELAGEM MATEMÁTICA COM EQUAÇÕES DIFERENCIAIS 561 8.1 Modelagem com equações diferenciais 561 8.2 Separação de variáveis 568 8.3 Campos de direções; método de Euler 579 8.4 Equações

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular CICLO GERAL OU CICLO BÁSICO MA046- ALGEBRA LINEAR 1 OBRIGATÓRIO 2 60 0 60 4.0 Fórmula: MA036 MATRIZES E SISTEMAS LINEARES. NOÇÃO DE ESPAÇO VETORIAL; SUBESPAÇOS; BASES; DIMENSÃO. TRANSFORMAÇÕES LINEARES;

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO 28/2009 Aprova a estrutura curricular do Curso de Licenciatura em, do Centro de

Leia mais

RESOLUÇÃO N 046, DE 22 DE AGOSTO DE 2016

RESOLUÇÃO N 046, DE 22 DE AGOSTO DE 2016 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO N 046, DE 22 DE AGOSTO DE 2016 Aprova o alinhamento da matriz do curso de Licenciatura em.

Leia mais

Teórica Prática Teóricos Práticos Metodologia Científica Introdução à Engenharia de Produção

Teórica Prática Teóricos Práticos Metodologia Científica Introdução à Engenharia de Produção 1º SEMESTRE CARGA Metodologia Científica - 60-3 - Introdução à Engenharia de Produção - 80-4 - Português Instrumental - 60-3 - Informática Aplicada - 20 40 1 2 Fundamentos de Matemática - 60-3 - Relações

Leia mais

Universidade Estadual do Paraná Credenciada pelo Decreto Estadual nº 9538, de 05/12/2013. Campus de União da Vitória

Universidade Estadual do Paraná Credenciada pelo Decreto Estadual nº 9538, de 05/12/2013. Campus de União da Vitória EDITAL Nº 01/2016 COLEGIADO DE MATEMÁTICA O Colegiado de Matemática informa, por meio deste edital, as datas, salas, horários e conteúdos dos Exames Finais. Segunda 29/02 Prof. Gabriele Terça 01/03 Prof.

Leia mais

Relatório de Versão Curricular - UFF

Relatório de Versão Curricular - UFF Curso: FÍSICA Desdobramento: Código: 2 - T: LICENCIATURA Currículo: 25.02.006 Versão: 1 Criada em 25/05/2010 por Sistema Última modificação em 17/11/2011 por SORAYA REZENDE HIPPERTT Versão finalizada:

Leia mais

LICENCIATURA EM MATEMÁTICA

LICENCIATURA EM MATEMÁTICA LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DISCIPLINA CARGA HORÁRIA 1 SEMESTRE (1º BIMESTRE) Cultura Brasileira 40 Inglês Ia 20 Leitura e Produção de Textos 80 Letramento Digital 80 Carga horária total: 220 1 SEMESTRE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA Currículo Cursos

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA Currículo Cursos CH Total: 4050 Cred. Total: ideal: 10 mín.: 10 máx.: Situação da Versão.: CORRENTE Ano do Curriculo.: 2010 1 BA010901 - FISICA I 1 BA010902 - LABORATORIO DE FISICA I Obrigatória ATIVA 2 Total: 1 BA011004

Leia mais

*** Relatório de Ementas ***

*** Relatório de Ementas *** Pág. 0001 / 0005 1 2FIS016 - ESTRUTURA DA MATÉRIA A física dos raios catódicos. Eletricidade, magnetismo e a criação da teoria de campos. Átomos: A estrutura granular da matéria, os átomos de Thomson,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º GE489- FUND. DA GEOLOGIA E PETROGRAFIA OBRIG 30 30 60 3.0 SF451- FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO OBRIG 60 0 60 4.0 Fórmula: SF200 SF200- INTRODUCAO A EDUCACAO INTRODUÇÃO À ANÁLISE E DISCUSSÃO DO FENÔMENO

Leia mais

PLANO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA/ 5º ANO. Ano Letivo

PLANO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA/ 5º ANO. Ano Letivo DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS PLANO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA/ 5º ANO Ano Letivo 207-208 TEMAS/ CONTEÚDOS Aulas Previstas (* ) º PERÍODO APRESENTAÇÃO/TESTE DIAGNÓSTICO/REVISÕES

Leia mais

CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS º PERÍODO

CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS º PERÍODO CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO Estudo da história geral da Educação e da Pedagogia, enfatizando a educação brasileira. Políticas ao longo da história engendradas

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação FÍSICA Bacharelado e Licenciatura. COORDENADOR Alexandre Tadeu Gomes de Carvalho

UFV Catálogo de Graduação FÍSICA Bacharelado e Licenciatura. COORDENADOR Alexandre Tadeu Gomes de Carvalho UFV Catálogo de Graduação 2012 163 FÍSICA Bacharelado e Licenciatura COORDENADOR Alexandre Tadeu Gomes de Carvalho atadeu@ufv.br 164 Currículos dos Cursos UFV Bacharelado ATUAÇÃO O curso de graduação em

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR MATUTINO Fase N.

CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR MATUTINO Fase N. CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR MATUTINO Fase N. Ordem Código COMPONENTE CURRICULAR Créditos Horas Prérequisitos 01 Introdução à informática 04 60 02 Matemática instrumental

Leia mais

ANEXO: ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DA UFCG

ANEXO: ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DA UFCG ANEXO: ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DA UFCG I. CONTEÚDOS BÁSICOS (Carga horária de 1740 horas) 1.1 - FORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA (Carga horária: 1425 horas) 1.1.1 - MATEMÁTICA

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Cálculo Diferencial 06 0 06 120 Desenho Técnico 0 02 02 40 Física I Mecânica da Partícula 04 02 06 120 Projeto

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 9 semestres. Prof. Dr. André Vanderlinde da Silva

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 9 semestres. Prof. Dr. André Vanderlinde da Silva Documentação: Objetivo: Titulação: Diplomado em: Resolução 04/2015/CGRAD/2015 de 24/06/2015 Portaria Normativa nº 24 Decreto nº 8.142, art 2º, de 21 de novembro de 2015 Curso Reconhecido pela Portaria

Leia mais

CIÊNCIAS EXATAS JANDAIA DO SUL

CIÊNCIAS EXATAS JANDAIA DO SUL CIÊNCIAS EXATAS JANDAIA DO SUL 1) Área: MATEMÁTICA 1) Conjuntos; frações; representação decimal; potenciação; radiciação; produtos notáveis; equações e inequações; definição de função (aplicação), tipos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ANEXO 1 - Plano de Ensino MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo 2016 02 1. Identificação Código 1.1 Disciplina: Modelos Matemáticos

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA

CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA Currículo Novo 2009/01 Reconhecido pela Portaria Ministerial Nº 1.193, de 08/04/2005. Duração: 3.720 h - 248 créditos, acrescidas de 120 horas de atividades complementares

Leia mais

1º PERÍODO. Carga Horária e Creditação. Total (50') Física I 80 66, Laboratório de Física I 40 33,

1º PERÍODO. Carga Horária e Creditação. Total (50') Física I 80 66, Laboratório de Física I 40 33, 1º PERÍODO Física I 80 66,67 4 4 0 Laboratório de Física I 40 33,33 2 1 1 Laboratório de Computação 40 33,33 2 0 2 Introdução a Engenharia de Produção 60 50 3 3 0 Geometria Analítica 60 50 3 3 0 Química

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCE UFV MATEMÁTICA. COORDENADORA DO CURSO DE MATEMÁTICA Marinês Guerreiro

Currículos dos Cursos do CCE UFV MATEMÁTICA. COORDENADORA DO CURSO DE MATEMÁTICA Marinês Guerreiro 132 MATEMÁTICA COORDENADORA DO CURSO DE MATEMÁTICA Marinês Guerreiro marines@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2002 133 Bacharelado ATUAÇÃO O curso de Matemática forma bacharéis e, ou, licenciados. O Bacharel

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 151/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 151/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 151/2012 Altera o Currículo do Curso de Engenharia de Computação para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº INF- 105/2012, aprovou

Leia mais

https://www1.ufrgs.br/portalensino/graduacaocurriculos/ajax/relatori...

https://www1.ufrgs.br/portalensino/graduacaocurriculos/ajax/relatori... Período Letivo: 2016/1 Curso: ESTATÍSTICA Habilitação: BACHARELADO EM ESTATÍSTICA Currículo: BACHARELADO EM ESTATÍSTICA Créditos Obrigatórios: 134 Créditos Eletivos: 48 Créditos Complementares: 10 Total:

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA - EAD (Currículo iniciado em 2016)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA - EAD (Currículo iniciado em 2016) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA - EAD (Currículo iniciado em 2016) ANATOMIA HUMANA APLICADA À EDUCAÇÃO FÍSICA D0041/I 68 H Introdução ao estudo da anatomia humana.

Leia mais

COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DATAS DAS AVALIAÇÕES DO PERÍODO LETIVO 2017/1

COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DATAS DAS AVALIAÇÕES DO PERÍODO LETIVO 2017/1 I 1 PERÍODO Química Geral I 05/04/2017 07/06/2017 21/06/2017 28/06/2017 Cálculo I 06/04/2017 08/06/2017 22/06/2017 29/06/2017 Vetores e Geometria Analítica 11/04/2017 13/06/2017 20/06/2017 27/06/2017 Sociologia

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Configuração Curricular Relatório de percurso curricular Curso: MATEMATICA COMPUTACIONAL Versão curricular: D-20131 Identificador: 01-01 Situação: Vigente Nome: MATEMATICA

Leia mais

161-1 LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA Regime Regular NÚMERO MÍNIMO DE PERÍODOS 1 DISCIPLINA CARGA HORÁRIA TIPO

161-1 LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA Regime Regular NÚMERO MÍNIMO DE PERÍODOS 1 DISCIPLINA CARGA HORÁRIA TIPO PÁGINA: 1 INGRESSOS DE 20041 161-1 LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA Regime Regular NÚMERO MÍNIMO DE PERÍODOS 1 NÚMERO MÁXIMO DE PERÍODOS 9 CARGA HORÁRIA 3640 1 132 FUNDAMENTOS ÉTICOS DE EDUCAÇÃO 30 OBRIGATORIA

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Campus Medianeira PLANO DE ENSINO CURSO ENGENHARIA AMBIENTAL MATRIZ 519

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Campus Medianeira PLANO DE ENSINO CURSO ENGENHARIA AMBIENTAL MATRIZ 519 Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Medianeira PLANO DE ENSINO CURSO ENGENHARIA AMBIENTAL MATRIZ 519 FUNDAMENTAÇÃO LEGAL -- Abertura e aprovação do projeto do curso:

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE FÍSICA (Currículo iniciado em 2009)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE FÍSICA (Currículo iniciado em 2009) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE FÍSICA (Currículo iniciado em 2009) ÁLGEBRA LINEAR 0127 C/H 68 Matrizes. Sistemas Lineares. Determinantes. Espaços Vetoriais. Transformações Lineares. Autovalores

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 6 semestres. Profª Drª Silvia Martini de Holanda Janesch

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 6 semestres. Profª Drª Silvia Martini de Holanda Janesch Documentação: Objetivo: Titulação: Diplomado em: Renovação Atual de Reconhecimento - Port. nº286/mec de 21/12/12-DOU 27/12/12.Curso Reconhecido pelo Decr. Federal n 75590 de 10/04/1975, publicado no DOU

Leia mais

CURRICULUM SIMPLIFICADO

CURRICULUM SIMPLIFICADO Série: 1-1º SEMESTRE 1CO100 CÁLCULO I 6.0 108 0 108 1CO105 EXPRESSÃO GRÁFICA I 2.0 0 1CO101 FÍSICA I 6.0 72 108 1CO103 GEOMETRIA ANALÍTICA E ÁLGEBRA LINEAR 4.0 72 0 72 1CO106 INTRODUÇÃO À ENGENHARIA 2.0

Leia mais

Natureza - OBRIGTEÓRICA

Natureza - OBRIGTEÓRICA 1 de 5 01 CON101 - Algorítmos e Programação - Ativa desde: CON102 - Cálculo I - Ativa desde: 16/11/2007 CON103 - Comunicação e Produção Técnico-Científica - Ativa desde: 16/11/2007 CON104 - Expressão Gráfica

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO 10 SEMESTRES

CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO 10 SEMESTRES CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO 10 SEMESTRES Situação Legal: Reconhecido Integralização: Mínimo 5 anos / Máximo 8 anos Carga Horária: 2.820h (188 créditos)

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Engenharia Civil Cabo Frio SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Civil da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólidos conhecimentos tecnológicos

Leia mais

Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada Atualizado em 16/06/2011. Resumo Geral dos Vídeos do PAPMEM por ASSUNTO

Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada Atualizado em 16/06/2011. Resumo Geral dos Vídeos do PAPMEM por ASSUNTO Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada Atualizado em 16/06/2011 Resumo Geral dos Vídeos do PAPMEM por ASSUNTO ANO MÊS DIA PROFESSOR ASSUNTO 2008 JULHO 22 Prof. Eduardo Wagner Aplicações da Geometria

Leia mais

Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada Atualizado em 16/06/2011. Resumo Geral dos Vídeos do PAPMEM por PROFESSOR

Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada Atualizado em 16/06/2011. Resumo Geral dos Vídeos do PAPMEM por PROFESSOR Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada Atualizado em 16/06/2011 Resumo Geral dos Vídeos do PAPMEM por PROFESSOR ANO MÊS DIA PROFESSOR ASSUNTO 2007 JANEIRO 25 Homenagem ao Prof. Morgado Matemática

Leia mais

PONTOS DE ESTUDO. 1. Meios de pagamentos e atuação do Banco Central no mercado brasileiro;

PONTOS DE ESTUDO. 1. Meios de pagamentos e atuação do Banco Central no mercado brasileiro; CRATO DEPARTAMENTO: CIÊNCIAS ECONÔMICAS Setor de Estudo: MACROECONOMIA 1. Meios de pagamentos e atuação do Banco Central no mercado brasileiro; 2. Modelos de determinação de renda: caso clássico; 3. Modelos

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA

CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA Currículo Novo 200901 Reconhecido pela Portaria Ministerial Nº 1.193, de 08/04/2005 Duração: 3.720 h - 248 créditos, acrescidas de 120 horas de atividades complementares

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Álgebra Linear 02 0 02 40 Cálculo Diferencial e Integral I 04 0 04 80 Cálculo Vetorial e Geometria Analítica

Leia mais

1º ano. Capítulo 2 - Itens: todos (2º ano) Modelos matemáticos relacionados com a função logarítmica

1º ano. Capítulo 2 - Itens: todos (2º ano) Modelos matemáticos relacionados com a função logarítmica 1º ano Conjuntos Símbolos lógicos Operações com conjuntos Conjuntos numéricos Os Números Naturais Propriedades dos racionais Operações com naturais Os números Inteiros Propriedades dos inteiros Operações

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CONSELHO DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CONSELHO DE GRADUAÇÃO DISCIPLINA: CÁLCULO I CÓDIGO: 2DB003 VALIDADE: Início: 01/2013 Término: Eixo: Matemática Carga Horária: Total: 75 horas/ 90 horas-aula Semanal: 6 aulas Créditos: 6 Modalidade: Teórica Integralização: Classificação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º MA026- CALCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL 1 OBRIG 60 0 60 4.0 Fórmula: MA021 MA021- CALCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL 1 LIMITES E CONTINUIDADE DE FUNÇÕES. DERIVADAS. APLICAÇÕES DA DERIVADA. TEOREMA

Leia mais

Considerando o disposto na Resolução CNE/CES nº 9, de 11 de março de 2002 que institui as Diretrizes Nacionais Curriculares para o Curso de Física;

Considerando o disposto na Resolução CNE/CES nº 9, de 11 de março de 2002 que institui as Diretrizes Nacionais Curriculares para o Curso de Física; 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE COLEGIADO PLENO DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 15/2011 Aprova a estrutura curricular do Curso de Física,

Leia mais

FACAL - CALENDÁRIO DE PROVAS

FACAL - CALENDÁRIO DE PROVAS CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO 1º PERÍODO Disciplinas 1º EX 2º EX 2ª CH Final Teoria Geral da Administração I 03/04 29/05 05/06 12/06 Leitura e Produção textual 30/03 18/05 25/05 01/06 Métodos Quantitativos

Leia mais

Grade Curricular 10/04/ :56:36

Grade Curricular 10/04/ :56:36 Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARGDRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 10/04/2013-13:56:36 Curso : FISICA CÓD.

Leia mais

LICENCIATURA EM FÍSICA

LICENCIATURA EM FÍSICA LICENCIATURA EM FÍSICA DISCIPLINA CARGA HORÁRIA 1 SEMESTRE (1º BIMESTRE) Cultura Brasileira 40 Inglês Ia 20 Leitura e Produção de Textos 80 Letramento Digital 80 Carga horária total: 220 1 SEMESTRE (2º

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA PRODUÇÃO

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA PRODUÇÃO 1º TERMO Aulas Teóricas Práticas Total Comunicação e Expressão 36-36 Direito 36-36 Cálculo Diferencial e Integral I 72-72 Fundamentos da Administração

Leia mais

Grade do curso de Engenharia Química - UNIPAMPA (a partir de abril de 2015) Período Disciplina Código CH C CT CP CSP PR

Grade do curso de Engenharia Química - UNIPAMPA (a partir de abril de 2015) Período Disciplina Código CH C CT CP CSP PR Grade do curso de Engenharia Química - UNIPAMPA (a partir de abril de 2015) Período Disciplina Código CH C CT CP CSP PR Cálculo I BA011004 60 4 4 0 0 - Física I BA010901 60 4 4 0 0 - Geometria Analítica

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 001/2009 CONSEPE (Revogada pela Resolução 3/2010 CONSEPE)

RESOLUÇÃO Nº 001/2009 CONSEPE (Revogada pela Resolução 3/2010 CONSEPE) RESOLUÇÃO Nº 001/2009 CONSEPE (Revogada pela Resolução 3/2010 CONSEPE) Aprova alteração de ementas e nomenclatura de disciplinas do Curso de Licenciatura em, do Centro de Ciências Tecnológicas - CCT, da

Leia mais

DADO S DA ESTRUTURA C URRIC UL AR

DADO S DA ESTRUTURA C URRIC UL AR UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO DE ACADÊMICAS Portal do Coordenador EMITIDO EM 24/09/2015 14:48 DADO S DA ESTRUTURA C URRIC UL AR Código: 15 Matriz Curricular: LICENCIATURA

Leia mais

Organização Curricular do curso de Licenciatura em Física modalidade a distância

Organização Curricular do curso de Licenciatura em Física modalidade a distância Organização Curricular do curso de Licenciatura em Física modalidade a distância A organização Curricular do curso de Licenciatura em Física modalidade a distância, tem duração de oito períodos. É apresentada

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 CAPÍTULO 2

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 CAPÍTULO 2 SUMÁRIO CAPÍTULO 1 NÚMEROS COMPLEXOS 1 Somas e produtos 1 Propriedades algébricas básicas 3 Mais propriedades algébricas 5 Vetores e módulo 8 Desigualdade triangular 11 Complexos conjugados 14 Forma exponencial

Leia mais

FÍSICA. COORDENADOR Helder Soares Moreira

FÍSICA. COORDENADOR Helder Soares Moreira FÍSICA COORDENADOR Helder Soares Moreira hmoreira@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2009 235 Bacharelado ATUAÇÃO O curso de graduação em Física oferece ao estudante a oportunidade de obter ampla formação

Leia mais

Resolução nº 069, de 31 de agosto de 2011.

Resolução nº 069, de 31 de agosto de 2011. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Ministério da Secretaria de Profissional e Tecnológica Instituto Federal de, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Conselho Superior Resolução nº 069, de 31 de agosto de 2011.

Leia mais

PEDAGOGIA NORMAL SUPERIOR E COMPLEMENTAÇÃO DE ESTUDOS/ MÓDULO II OFERTA ESPECIAL DE DISCIPLINAS DISCIPLINAS EQUIVALENTES POR TURMA E CURSO

PEDAGOGIA NORMAL SUPERIOR E COMPLEMENTAÇÃO DE ESTUDOS/ MÓDULO II OFERTA ESPECIAL DE DISCIPLINAS DISCIPLINAS EQUIVALENTES POR TURMA E CURSO DISCIPLINAS PEDAGOGIA NORMAL SUPERIOR E COMPLEMENTAÇÃO DE ESTUDOS/ MÓDULO II OFERTA ESPECIAL DE DISCIPLINAS DISCIPLINAS EQUIVALENTES POR TURMA E CURSO PEDAGOGIA 2004 PEDAGOGIA 2006 PEDAGOGIA 2007 PEDAGOGIA

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: ENGENHARIA DE PETRÓLEO Campus: NITERÓI Missão O Curso de Engenharia de Petróleo da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólida formação técnica

Leia mais

Fundação Presidente Antônio Carlos FUPAC Unidade de Barão de Cocais MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

Fundação Presidente Antônio Carlos FUPAC Unidade de Barão de Cocais MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 2012 1º PERÍODO Pré Geometria Analítica e Cálculo Vetorial 4 Introdução ao Cálculo 4 Introdução à Engenharia de Produção Introdução à Programação para Engenharia

Leia mais

CURSO À DISTÂNCIA DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA Currículo nº 1

CURSO À DISTÂNCIA DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA Currículo nº 1 CURSO À DISTÂNCIA DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA Turno: INTEGRAL Currículo nº 1 Autorizado pela Resolução CEPE n. 095 de 19 de maio 2009. Para completar o currículo pleno do curso superior de graduação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular CICLO GERAL OU CICLO BÁSICO DE011- DESENHO A MAO LIVRE 1 OBRIGATÓRIO 1 0 60 60 2 DESENVOLVIMENTO DO TRAÇADO INDIVIDUAL, SEM UTILIZAÇÃO DE INSTRUMENTO DE DESENHO, EM PRÁTICAS EXECUTADAS A LÁPIS NO PAPEL

Leia mais

Currículo do Curso de Engenharia de Produção

Currículo do Curso de Engenharia de Produção Currículo do Curso de Engenharia de Engenheiro de ATUAÇÃO O Curso de Engenharia de da UFV visa preparar profissionais que, integrando equipes interdisciplinares e articulando fatores de diferentes naturezas

Leia mais