ALERTA SERVIDOR. SINDSERV Há 20 anos servindo você e sua família! Quem Somos? Confira o perfil de cada funcionário PÁG. 3. Orçamento do SINDSERV

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ALERTA SERVIDOR. SINDSERV Há 20 anos servindo você e sua família! Quem Somos? Confira o perfil de cada funcionário PÁG. 3. Orçamento do SINDSERV"

Transcrição

1 Informativo do SINDSERV - Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião Edição Especial 20 anos de SINDSERV 28 de Dezembro de 2009 Ano VII Edição 75 Distribuição Dirigida SindServ SINDSERV Há 20 anos servindo você e sua família! Os servidores municipais de São Sebastião começaram a se organizar inicialmente no ano de Nessa época a situação do país era caracterizada pela postura rígida da ditadura militar ainda em vigor. Período marcado por poucas manifestações dos trabalhadores, já que era proibida a organização de sindicatos. Foi neste contexto que nasceu a Associação dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião. PÁG. 5 Paulo Antunes e Afonso da Silva Vale, ex-presidentes do SINDSERV, falam ao Alerta Servidor e lembram momentos marcantes desta trajetória PÁG. 4 Quem Somos? Confira o perfil de cada funcionário PÁG. 3 Espaço do Servidor: Confira as Orçamento do SINDSERV mensagens de Natal deixadas por trabalhadores para Fique por dentro! PÁG. 6 PÁG. 7

2 2 Edição Especial 20 anos de SINDSERV É com grande orgulho que concluímos a 12ª edição de 2009 do Jornal Alerta Servidor e comemoramos 20 anos de Instituição. A todos os nossos leitores, patrocinadores e apoiadores deixamos o nosso MUITO OBRIGADO e desejamos a todos UM PRÓSPERO ANO NOVO! Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião Há 20 Anos com você e sua Família E X P E D I E N T E Informativo do SINDSERV - Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião O jornal Alerta Servidor é um informativo mensal e gratuito do Sindicato dos Servidores Públicos de São Sebastião Rua José David do Vale, 33 - Centro - São Sebastião Fone: (12) Fax: (12) As opiniões e sugestões para as próximas edições poderão ser enviadas pelo Jornalista Responsável Talita Fernanda MTB Diagramador Genilson Júnior Tiragem exemplares Impressão JAC Editora (12) Distribuição interna e dirigida WWW. SINDSERV.COM D I R E T O R I A Presidente: Ivan Moreira Silva Vice-Presidente Secretário Geral: Carlos Alberto de Sant anna Gilbertinho 1º Secretário: Isabel Cristina C.P.S. Aguilera 2º Secretário: Adilson Ferreira de Moraes 1º Tesoureiro: Francisco Ferreira Bonfim 2º Tesoureiro: Aldo Pedro Conelian Junior Suplentes: João Luiz de Souza; Caio da Silva Braz; Marcia Fernanda S. Andrade; Luiz Teixeira da Silveira; Belmiro dos Santos Rodrigues; Hipólito Carvalho Santana; Luiz Carlos da Costa Pereira Conselho Fiscal: Osvaldo Gonçalves Leite; Orlando Eduardo de Moraes Filho Suplentes: Francisco Donizete da Silva; Elias Cecílio Neto; Jessé de Matos Borges Conselho de Representantes: Simei da Silva Ferreira; Carlos Henrique de Campos Suplentes: José Roberto Bonafé; Silvio de Angelis Júnior

3 Edição Especial 20 anos de SINDSERV 3 SINDSERV Há 20 anos servindo você e sua família! Fotos: SindServ Maura Cândida de Paula, 58 anos; auxilia nos serviços gerais há seis anos Gláucia Cristina Marques Silva, 34 anos; há sete anos trabalha como assistente administrativo Elaine Cristina Santana, 30 anos; escriturária há dois anos Tomás A. R. de Jesus, 19 anos; há três anos é aux. de serviços gerais Tatiane Ledo Sant Anna, 22 anos; recepcionista há um mês Talita Fernanda Santana de Lima, 28 anos; jornalista há um ano Willian Eduardo Silva, 23 anos; escriturário há três anos Aparecida P. de Oliveira, 24 anos; escriturária há mais de um ano Departamento Jurídico Advogados: Dr. Ricardo Harada e Dr. Marcelo Galvão

4 4 Edição Especial 20 anos de SINDSERV Entrevista com os presidentes Para enriquecer esta edição, procuramos os cinco presidentes do Sindserv que passaram pela gestão da instituição durante estes vinte anos. Abaixo você confere as entrevistas concedidas e fica sabendo um pouco mais sobre as duas décadas de história do Sindicato! Boa leitura! Fotos: SindServ Ângela Couto 5ª presidente do Sindserv Gestão: 2006 a julho de 2009 Entramos em contato com a professora Ângela Couto, mas por razões pessoais ela não quis falar a esta edição. Michel da Ressurreição 3º presidente do Sindserv Gestão: Tentamos o contato com Michel, mas também por motivos pessoais, o ex-presidente optou por não conceder entrevistas a esta edição. Paulo Antunes 1º presidente do Sindserv Gestão: Prefeito da época: Paulo Julião Função atual: técnico em agrimensura (topógrafo) aposentado da PMSS Afonso da Silva Vale 4º presidente do Sindserv Gestão: Prefeitos da época: João Siqueira; Paulo Julião e Juan Garcia Função atual: Chefe de divisão de Encargos Gerais da Adm. da PMSS Ivan Moreira Silva Em gestão desde agosto de 2009 Vicente de P. Gonçalves 2º presidente do Sindserv Gestão: Não foi possível localizá-lo através do telefone e endereço cadastrados no Sindicato Jornal Alerta Servidor (A.S): Quais foram suas maiores lutas? Paulo Antunes (P.A.): A transformação da Associação em Sindicato e lutas salariais. Chegamos a fazer uma passeata da frente Prefeitura até a Câmara com paneladas por reajuste salarial. Mas, na época, a inflação era muito grande e, logo, comia tudo. Estruturamos o Sindicato como entidade, compramos o terreno do Centro e um lote no Itatinga, que recentemente foi trocado pelo da Enseada. Mas, em termos de ganhos salariais, os ganhos que tivemos não cobriam a inflação que na época chegava a 100, 200% ao mês. Afonso da Silva Vale (A.S.V.): Trazer o maior número possível de sócios; mas conseguimos: começamos com 700 e terminamos com 2000 sócios. Isto se deu pelas reivindicações; lutas e convênios também. Como não temos o imposto sindical, tínhamos que trazer o sócio para custear os gastos que temos. Tudo isto, visando a entrega de outros benefícios aos trabalhadores. Em seis anos, conquistamos o vale-refeição, o Plan-Vale de hoje na época, lutamos e alcançamos este benefício e conseguimos atingir, somando todas as conquistas salarias destes seis anos, um reajuste total de 50% ao servidor público municipal. A.S.: Ponto forte de sua gestão no Sindserv? P.A.: Estruturação demos um lar ao Sindicato. A.S.V.: União da diretoria A.S.: Ponto fraco? P.A.: Reivindicações salariais - isto porque nestas negociações, na verdade quem ganhava era o patrão; porque fazíamos assembléias e apareciam em torno de seis servidores. A.S.V.: Não encontrou pontos fracos A.S.: Em uma palavra, qual é a importância do Sindserv? P.A.: Representação é importante para qualquer categoria ter um representante. Por pior que seja esta representação, ela é sempre um meio de discutir com o prefeito. O problema é que os órgãos públicos não têm lucro, no qual possamos nos basear para pedir aumentos por isso o Sindicato tem uma importância ainda maior pelas negociações. A.S.V.: Base muito importante para qualquer trabalhador; ninguém deve viver sem o Sindicato. Muitos morreram no passado por conquistas que desfrutamos até hoje. A.S.: Sindicato é sinônimo de... P.A.: Luta nunca se pode parar de lutar; mas sabendo que as coisas são bem mais difíceis do que em uma empresa privada. A.S.V.: Defesa - temos o poder de defender o servidor através da carta sindical; mas muitos não sabem disto A.S.: Uma lembrança marcante? P.A.: Fiz os primeiros jornaizinhos. Escrevíamos o texto e pegávamos figurinhas do Laerte para ilustrar. O resultado eram três folhas que xerocávamos e distribuíamos. Outro ponto é que, os presidentes que foram assumindo criaram cursos; mas, na minha época, participei de três ou quatro congressos de servidores públicos. Isso vejo como algo importante que não tenho observado muito hoje em dia. A.S.V.: Mobilizamos mais de 500 servidores na gestão do prefeito João Siqueira, durante a votação do Estatuto do Servidor em Na época, tínhamos 15 vereadores e o resultado foi sete a sete No desempate, o vereador Eduardo Simões Valente, presidente da Câmara neste período, votou a favor do servidor. Vejo por esta mobilização que o mais importante de tudo isso é constatar que, quando o servidor quer e se une, ele pode derrubar qualquer base!

5 Edição Especial 20 anos de SINDSERV 5 Os servidores municipais de São Sebastião começaram a se organizar inicialmente no ano de Nessa época a situação do país era caracterizada pela postura rígida da ditadura militar ainda em vigor. Período marcado por poucas manifestações dos trabalhadores, já que era proibida a organização de sindicatos. Foi neste contexto que nasceu a Associação dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião. Como conta Carlos Eupídio, o primeiro presidente da Associação e na época motorista da prefeitura, em função da ditadura os funcionários passavam muitas dificuldades. Neste período, nós não podíamos participar de sindicatos, apenas de associações. Era uma lei federal, explicou. A falta de um estatuto próprio, da garantia de um concurso de segurança no trabalho também eram algumas das limitações que enfrentavam os servidores públicos e que motivaram a organização da Associação. Outro intuito da Associação foi levar ao servidor algum benefício, fosse em SINDSERV 20 anos de história forma de convênios médicos ou proporcionando diversão nos finais de semana. Juntamente com Carlos Eupídio, um grupo de servidores passou a reunir-se no Clube Recreativo e Esportivo Sebastianense (CRESS) e em casas de associados. O clube também era o local onde a Associação promovia bailes e festas para arrecadar o dinheiro para ser utilizado como pagamento dos convênios que eles começavam a firmar. Os sucessores Os presidentes da Associação que sucederam Carlos Eupídio foram: Angelin Nonato, Cleto Mello de Carvalho e Paulo Antunes. Com a promulgação da Constituição, em 1988, o sindicalismo passou a ser um direito dos servidores públicos e no dia 28 de dezembro de 1989 a Associação dos Servidores foi transformada no SINDSERV. Uma junta governativa, presidida pelo técnico em agrimensura, Paulo Antunes, assumiu o sindicato até a realização das eleições. O primeiro presidente do SINDSERV eleito pelos servidores foi o próprio Paulo Antunes, no final de Em seguida veio Vicente de Paula Gonçalves, que assumiu em 1994, o terceiro presidente foi Michel da Ressurreição, que assumiu em 1997, depois veio Afonso da Silva Vale, que presidiu o sindicato entre 2000 e 2005 (sendo duas vezes eleito). Em 09 de dezembro de 2005 assumiu a atual presidente do SINDSERV, Angela Couto. Atualmente, o sindicato é presidido pelo presidente Ivan Moreira Silva, que assumiu o cargo em agosto de fonte: Atribuições Só o Sindicato da categoria é que possui legalmente algumas prerrogativas (atribuições exclusivas): Representar os interesses da categoria perante autoridades administrativas e judiciárias; Celebrar convenções coletivas de trabalho; Buscar a melhoria das condições de vida e trabalho dos servidores; Promover diretamente ou em parcerias, a constante atualização profissional dos servidores; Estimular a participação dos servidores nas atividades do Sindicato e na luta pela manutenção de seus direitos e conquistas; Eleger representantes dos diversos segmentos, para gerenciamento setorial; Promover a constante sindicalização dos servidores; Estabelecer contribuições a todos aqueles que participam do sindicato, de acordo com as decisões tomadas em assembléias gerais convocadas especificamente para esse fim; Providenciar formas de atendimento nas regiões abrangidas pelo Sindicato, de acordo com suas necessidades; Filiar-se à federação de grupo e outras organizações sindicais, inclusive de âmbito internacional, de interesse dos trabalhadores, mediante a aprovação em assembléia geral dos associados; Estabelecer negociações com a representação da categoria econômica, visando à obtenção de melhorias para a categoria profissional; Promover atividades culturais, profissionais e de comunicação; Estabelecer convênios e parcerias para melhor qualidade de vida do servidor e família.

6 6 Espaço do Servidor Edição Especial 20 anos de SINDSERV Fotos: SindServ Marco Aurélio, 46 anos; braçal: Quero mandar uma mensagem para minha esposa, Ivete: Desejo um Próspero Ano Novo para ela e para os filhos dela. Cristiano Procópio, 32 anos; braçal: Que 2010 seja um ano de muita luz, conquistas e vitórias. Ricardo Bianco, 42 anos; motorista: Desejo a todos um Próspero Ano Novo. Que Deus abençoe e realize o desejo de todos. Francisco de Oliveira, 45 anos; pedreiro: Muita paz e felicidade aos meus colegas de serviço e que Deus abençoe a todos. Orlando Alves, 53 anos; braçal: Feliz Ano Novo para minha família, esposa, filhos e amigos de serviço; principalmente para todos do Sindicato e família. Benedita Aparecida da Silva Oliveira, 49 anos; servente: Desejo a todos paz, saúde e um ano novo cheio de alegria e prosperidade para os patrões e funcionários da Prefeitura. Antônio Rodrigues dos Santos, 63 anos; pedreiro: Um Próspero Ano Novo a minha esposa e para os meus filhos. Francisco Valdeci de Paula, 43 anos; braçal: Desejo um Feliz Ano Novo para todos, paz e união. Sebastião Pereira Pardin, 48 anos; braçal: Desejo um Feliz Ano Novo para os meus filhos e companheiros de serviço. David Nunes, 59 anos; operador de máquinas: Desejo a todos, amigos, familiares e, principalmente a minha esposa, filhos e colegas de trabalho da Regional Costa Norte, um Ano Novo cheio da graça de Deus.

7 Edição Especial 20 anos de SINDSERV 7 Proposta Orçamentária para o ano de 2010 Em Assembléia Ordinária realizada no dia 27 de dezembro de 2009, a Diretoria do Sindserv apresentou aos servidores presentes a Proposta Orçamentária para o ano de 2010 delibe- rada por maioria de votos. Abaixo, confira os valores expostos e veja também uma possível reavaliação desta proposta indicada pelo presidente do Sindserv, Ivan Moreira Silva. SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE SÃO SEBASTIÃO PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA PARA O EXERCÍCIO DE 2010 Com o novo perfil do atual Presidente do Sindserv e também com apoio da maior parte da Diretora que tem contribuído para as mudanças com base na economia e nas contas da instituição agora reestruturadas de forma coerente - ainda diante dos índices da receita e despesa da instituição, já é possível comunicar aos servidores associados que a Contribuição Sindical, que é hoje 2% poderá, em breve, ser reduzida para 1,5%. O que há tempos é um beneficio esperado por muitos servidores em breve poderá ser concluído. Lembrando que desde 1997, ficou decidido em assembléia o aumento para 2% que visava o término da Construção da Sede Social do Sindicato (já concluída há anos), de acordo com a ata do Dia 08 de Julho de1997, desde então não foi mais reduzido. Nos próximos meses será convocada uma assembléia extraordinária para o tão esperado passo e a redução em 0,5%, que trará mais confiabilidade a nossa instituição, pois a redução da contribuição sindical será o primeiro passo de uma nova proposta social desta instituição. A planilha abaixo mostra a evolução da economia e a projeção para que em breve... PAGAMENTO DO REFLEXO DAS HORAS EXTRAS PREZADO SERVIDOR! Resumo da Proposta Orçamentária para o Exercício de 2010 MEDIANTE A DELIBERAÇÃO DO PREFEITO ERNANE PRIMAZZI SOBRE O PAGAMENTO DO RE- FLEXO DAS HORAS EXTRAS EM REUNIÃO COM A DIRETORIA DO SINDSERV, O JORNAL ALERTA SERVIDOR DIVULGOU QUE O PAGAMENTO DAS MESMAS SERIA REALIZADO AINDA ESTE ANO. DIANTE DESTE CONTEXTO, RECENTEMENTE, OBTIVEMOS POR PARTE DA PREFEITURA A GARANTIA DE QUE, EM BREVE, A ADMINISTRAÇÃO SE PRONUNCIARÁ A RESPEITO DESTE AS- SUNTO, DEFININDO NOVA DATA PARA O PAGAMENTO. ATENCIOSAMENTE, IVAN MOREIRA SILVA - PRESIDENTE DO SINDSERV/SS

8 Edição Especial 20 anos de SINDSERV Edição Especial 28 de Dezembro de 2009 A Diretoria do SINDSERV deseja a todos os servidores públicos municipais um ano novo cheio de realizações e conquistas por parte da categoria! Tenham todos um Feliz 2010! Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião - Há 20 Anos com você e sua Família Fotos: SindServ 8

ERNANE DESPREZA SERVIDORES E IMPÕE baixo índice de reajuste salarial sem negociação

ERNANE DESPREZA SERVIDORES E IMPÕE baixo índice de reajuste salarial sem negociação Ano IX Edição 92 Distribuição Dirigida Intransigência ERNANE DESPREZA SERVIDORES E IMPÕE baixo índice de reajuste salarial sem negociação Ivan Moreira Silva, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos

Leia mais

Janeiro de 2012 Ano IX Edição 99 Distribuição Dirigida

Janeiro de 2012 Ano IX Edição 99 Distribuição Dirigida Ano IX Edição 99 Distribuição Dirigida Festas de final de ano encerram trabalhos do Sindserv em 2011 Neste novo ano de 2012, o Sindicato dos Servidores Públicos de São Sebastião (Sindserv) espera alcançar

Leia mais

Meta dos servidores para 2011 é aprovar PCS

Meta dos servidores para 2011 é aprovar PCS Jornal Sintrajuf-PE Recife, Janeiro 2011 1 Recife, janeiro de 2011 Meta dos servidores para 2011 é aprovar PCS Os servidores do Judiciário Federal lutaram em 2010 para conseguir a aprovação o Plano de

Leia mais

4. Intensificar as visitas e reuniões com os colegas das unidades descentralizadas, nas capitais e no interior.

4. Intensificar as visitas e reuniões com os colegas das unidades descentralizadas, nas capitais e no interior. APRESENTAÇÃO A chapa Experiência e trabalho: a luta continua" tem como marca principal a soma. Policiais e dirigentes sindicais experientes juntam esforços com os colegas mais novos, para trabalhar por

Leia mais

Em 2014, o reajuste salarial será duplo para os administrativos

Em 2014, o reajuste salarial será duplo para os administrativos fetems.federacao www.fetems.org.br 56 EDIÇÃO JUNHO/2013 Em 2014, o reajuste salarial será duplo para os administrativos Edição Especial ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO Página 3 Após negociação com o governo

Leia mais

ALERTA SERVIDOR. Presidente do Sindserv reúne-se com servidores da Costa Sul e Costa Norte. Imposto de Renda. Assembleia Geral Extraordinária

ALERTA SERVIDOR. Presidente do Sindserv reúne-se com servidores da Costa Sul e Costa Norte. Imposto de Renda. Assembleia Geral Extraordinária Informativo do SINDSERV - Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião Março de 2011 Ano IX Edição 89 Distribuição Dirigida Presidente do Sindserv reúne-se com servidores da Costa Sul

Leia mais

ALERTA SERVIDOR. Assembleia: Servidores decidem pela retomada de benefícios em estatuto e compra de imóvel. Festa: Dia do Trabalho

ALERTA SERVIDOR. Assembleia: Servidores decidem pela retomada de benefícios em estatuto e compra de imóvel. Festa: Dia do Trabalho Informativo do SINDSERV - Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião Abril de 2011 Ano IX Edição 90 Distribuição Dirigida Assembleia: Servidores decidem pela retomada de benefícios em

Leia mais

SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE PARANATINGA SISEMP SISEMP

SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE PARANATINGA SISEMP SISEMP SISEMP ESTATUTO ESTATUTO CAPÍTULO I Da denominação, constituição, sede e foro, natureza, jurisdição, duração e fins. Art. 1º - O Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Paranatinga MT - SISEMP,

Leia mais

ALERTA SERVIDOR. Sindserv alerta sobre contrato entre Faps e empresa de consultoria financeira. Retrospectiva 2010

ALERTA SERVIDOR. Sindserv alerta sobre contrato entre Faps e empresa de consultoria financeira. Retrospectiva 2010 Informativo do SINDSERV - Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião Pelos princípios da moralidade, legalidade e transparência consideramos que deva ser suspensa qualquer tipo de atividade

Leia mais

As lutas que vencemos em 2013

As lutas que vencemos em 2013 Original Órgão de divulgação do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Editoras de Livros, Publicações Culturais e Categorias Afins do Estado de São Paulo www.seel-sp.org.br seel@seel-sp.org.br Livro

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE ACOMPANHAMENTO E CONTROLE SOCIAL DO FUNDO DE MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO FUNDAMENTAL E DE VALORIZÃO DO MAGISTÉRIO.

CONSELHO MUNICIPAL DE ACOMPANHAMENTO E CONTROLE SOCIAL DO FUNDO DE MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO FUNDAMENTAL E DE VALORIZÃO DO MAGISTÉRIO. Estado do Rio Grande do Norte Município de Mossoró CONSELHO MUNICIPAL DE ACOMPANHAMENTO E CONTROLE SOCIAL DO FUNDO DE MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO FUNDAMENTAL E DE VALORIZÃO DO MAGISTÉRIO. REGIMENTO

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO DA FESSP/MT

BOLETIM INFORMATIVO DA FESSP/MT BOLETIM INFORMATIVO DA FESSP/MT Ano 2015 abril/maio edição 1 INAUGURAÇÃO DO COMPER CPA E INÍCIO DAS OBRAS DA NOVA SEDE No dia 25 de fevereiro de 2015 foi inaugurada o supermercado COMPER no terreno da

Leia mais

ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DA ADUFG SINDICATO, REALIZADA EM 05/08/2015.

ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DA ADUFG SINDICATO, REALIZADA EM 05/08/2015. ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DA ADUFG, REALIZADA EM 05/08/2015. Aos dias oito do mês de agosto de dois mil e quinze, no Centro de Cultura e Eventos Prof. Ricardo Freua Bufaiçal, localizado no Campus Samambaia,

Leia mais

ATA DE REUNIÃO. Ata da Sessão Plenária nº 3409 Data: 19/02/2013 Folha: 01/02

ATA DE REUNIÃO. Ata da Sessão Plenária nº 3409 Data: 19/02/2013 Folha: 01/02 Ata da Sessão Plenária nº 3409 Data: 19/02/2013 Folha: 01/02 1. PRESENÇAS: 1.1. Conselheiros Titulares: Adm. Wagner Siqueira Presidente Adm. Jorge Humberto Moreira Sampaio V.P. de Planej. e Desenvolv.

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição Estadual,

O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição Estadual, Institui o Conselho de Controle das Empresas Estaduais - CCEE e dá providências correlatas O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição

Leia mais

PLANO DE AÇÃO 2016 Gestão 2014/2017

PLANO DE AÇÃO 2016 Gestão 2014/2017 INTRODUÇÃO O Plano de Ação do Sindicato-Apase adota como referencial de elaboração as Teses aprovadas no XI Fórum Sindical/2015, referendadas na Assembleia Geral Extraordinária Deliberativa de 11/12/2015.

Leia mais

MENSAGEM Nº, de 2008.

MENSAGEM Nº, de 2008. MENSAGEM Nº, de 2008. = Tenho a honra de submeter à elevada consideração de Vossas Excelências o projeto de Lei anexo, que objetiva criar o Conselho Municipal Antidrogas COMAD. Um dos mais graves problemas

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS DOCENTES DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO

ASSOCIAÇÃO DOS DOCENTES DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO ASSOCIAÇÃO DOS DOCENTES DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO SEÇÃO SINDICAL DO SINDICATO NACIONAL DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR (ADUFES S.SIND) REGIMENTO TITULO I - DA ORGANIZAÇÃO, SEDE E FINS

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA FEPISA

REGIMENTO INTERNO DA FEPISA REGIMENTO INTERNO DA FEPISA Artigo 1º. - A FUNDAÇÃO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DE ILHA SOLTEIRA - FEPISA, além das disposições constantes de seu Estatuto, fica sujeita às determinações deste Regimento

Leia mais

REGIMENTO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA DIRETORIA RIO GRANDE DO NORTE CAPITULO I. Da Caracterização, Sede, Foro e Objetivos

REGIMENTO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA DIRETORIA RIO GRANDE DO NORTE CAPITULO I. Da Caracterização, Sede, Foro e Objetivos REGIMENTO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA DIRETORIA RIO GRANDE DO NORTE CAPITULO I Da Caracterização, Sede, Foro e Objetivos Art.1º A Diretoria Regional (DR) da SBEM-RN é órgão executivo

Leia mais

Manual da Assembleia Geral Ordinária 25 de março de 2014 às 10h30 Tívoli São Paulo - Mofarrej

Manual da Assembleia Geral Ordinária 25 de março de 2014 às 10h30 Tívoli São Paulo - Mofarrej Manual da Assembleia Geral Ordinária 25 de março de 2014 às 10h30 Tívoli São Paulo - Mofarrej CNPJ: 01.082.331/0001-80 Atualizado em 25.02.2014 Legenda da Barra Inferior Voltar ao Slide Inicial Voltar

Leia mais

ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E ADQUIRENTES DO CONDOMÍNIO ALTO DA BOA VISTA CAPÍTULO I - FINALIDADES

ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E ADQUIRENTES DO CONDOMÍNIO ALTO DA BOA VISTA CAPÍTULO I - FINALIDADES ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E ADQUIRENTES DO CONDOMÍNIO ALTO DA BOA VISTA CAPÍTULO I - FINALIDADES Art. 1º A Associação dos Moradores e Adquirentes do Condomínio Alto da Boa Vista é uma sociedade

Leia mais

ESTATUTO ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO (ANPARQ)

ESTATUTO ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO (ANPARQ) ESTATUTO ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO (ANPARQ) CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, REGIME JURÍDICO, DURAÇÃO, SEDE E FORO Art. 1 - A Associação Nacional de Pesquisa

Leia mais

Estatuto da Associação de Pais e Professores do

Estatuto da Associação de Pais e Professores do CNPJ: 82.898.404/0001-09 Estatuto da Associação de Pais e Professores do CENTRO EDUCACIONAL MENINO JESUS Fundada em 1973, Florianópolis/SC C A P Í T U L O I Da Associação e seus fins Art. 1º. - A Associação

Leia mais

FORUM PERMANENTE DA AGENDA 21 LOCAL DE SAQUAREMA REGIMENTO INTERNO. CAPITULO 1-Da natureza, sede, finalidade, princípios e atribuições:

FORUM PERMANENTE DA AGENDA 21 LOCAL DE SAQUAREMA REGIMENTO INTERNO. CAPITULO 1-Da natureza, sede, finalidade, princípios e atribuições: FORUM PERMANENTE DA AGENDA 21 LOCAL DE SAQUAREMA REGIMENTO INTERNO CAPITULO 1-Da natureza, sede, finalidade, princípios e atribuições: Artigo I: O Fórum Permanente da Agenda 21 de Saquarema, criado pelo

Leia mais

ATA DA FUNDAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FLAUTISTAS

ATA DA FUNDAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FLAUTISTAS ATA DA FUNDAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FLAUTISTAS No dia dez de agosto de mil novecentos e noventa e quatro, às dezoito horas, à Rua Bulhões de Carvalho, 285/901, reuniram-se Celso P. Woltzenlogel,

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DA VILA BASEVI ESTATUTO TÍTULO I DA ASSOCIAÇÃO CAPITULO I DA NATUREZA E OBJETIVOS

ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DA VILA BASEVI ESTATUTO TÍTULO I DA ASSOCIAÇÃO CAPITULO I DA NATUREZA E OBJETIVOS ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DA VILA BASEVI ESTATUTO TÍTULO I DA ASSOCIAÇÃO CAPITULO I DA NATUREZA E OBJETIVOS Art. 1º A Associação Comunitária dos Moradores da Vila Basevi é uma ONG Organização Não Governamental,

Leia mais

DO ORGANOGRAMA DAS DIRETORIAS DA ABA DA SUBSEÇÃO NACIONAL As diretorias Executivas da ABA, Nacional, Estadual e Regional, dividem-se em dois grupos,

DO ORGANOGRAMA DAS DIRETORIAS DA ABA DA SUBSEÇÃO NACIONAL As diretorias Executivas da ABA, Nacional, Estadual e Regional, dividem-se em dois grupos, DO ORGANOGRAMA DAS DIRETORIAS DA ABA DA SUBSEÇÃO NACIONAL As diretorias Executivas da ABA, Nacional, Estadual e Regional, dividem-se em dois grupos, sendo um grupo de Diretores Administrativos e um grupo

Leia mais

ESPECIAL SERVIÇOS PÚBLICOS

ESPECIAL SERVIÇOS PÚBLICOS PREFEITURA FAZ INFORMATIVO DA PREFEITURA DE CONTAGEM CONTAGEM - Nº 23 - JUNHO - 2010 ESPECIAL SERVIÇOS PÚBLICOS Prefeitura valoriza servidores para melhorar qualidade dos serviços Nos últimos cinco anos,

Leia mais

O surgimento de associações de agricultores ocorre em função de três movimentos sociais importante:

O surgimento de associações de agricultores ocorre em função de três movimentos sociais importante: 1. ASSOCIATIVISMO 1.1. Introdução As formas associativas de trabalho no campo já eram encontradas há muito tempo atrás entre os primitivos povos indígenas da América. As grandes culturas précolombianas

Leia mais

ATA DA 5ª REUNIÃO DA COMISSÃO ELEITORAL GERAL DA AMB ELEIÇÕES 2011/2013. Brasília/DF, 25 de outubro de 2010

ATA DA 5ª REUNIÃO DA COMISSÃO ELEITORAL GERAL DA AMB ELEIÇÕES 2011/2013. Brasília/DF, 25 de outubro de 2010 ATA DA 5ª REUNIÃO DA COMISSÃO ELEITORAL GERAL DA AMB ELEIÇÕES 2011/2013 Brasília/DF, 25 de outubro de 2010 Aos 25 (vinte e cinco) dias do mês de outubro de 2010, às 17h, teve início a quinta reunião da

Leia mais

O que é Conselho Deliberativo da Comunidade Escolar?

O que é Conselho Deliberativo da Comunidade Escolar? O Conselho Deliberativo da Comunidade Escolar CDCE tem amparo legal? Sim. A Lei 7.040/98 que estabeleceu a gestão democrática no Sistema de Ensino, instituiu o CDCE, na forma, composição e outros providências

Leia mais

MODELO DE ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO

MODELO DE ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO MODELO DE ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE E FINS Art.1 o - A (o) também designada (o) pela sigla, (se usar sigla), fundada (o) em de de é uma associação, sem

Leia mais

A Constituição Federal de 1988 estabeleceu:

A Constituição Federal de 1988 estabeleceu: A Constituição Federal de 1988 estabeleceu: Art. 8º É livre a associação profissional ou sindical, observado o seguinte: Art. 37º... VI - é garantido ao servidor público civil o direito à livre associação

Leia mais

Do 6º. Congresso Estatutário dos Funcionários da USP

Do 6º. Congresso Estatutário dos Funcionários da USP REGIMENTO DO 6º CONGRESSO ESTATUTÁRIO DOS FUNCIONÁRIOS DA USP SINDICATO DOS TRABALHADORES DA USP DATA: 27, 28, 29 E 30 DE ABRIL DE 2015. LOCAIS: ABERTURA DIA 27, ÀS 18H00 E INSTALAÇÃO DA PLENÁRIA PARA

Leia mais

Informativo do Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Instituições Federais de Ensino Superior de Uberlândia (SINTET-UFU)

Informativo do Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Instituições Federais de Ensino Superior de Uberlândia (SINTET-UFU) LIGEIRINHO Gestão 2014/2016 TRABALHADOR, JUNTOS SOMOS FORTES! Edição nº 475 Informativo do Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Instituições Federais de Ensino Superior de Uberlândia

Leia mais

SERVIDORES DO CCA. Alberto Luis da Silva Pinto Cargo: Assistente em Administração e-mail: alspinto@ufpi.edu.br Setor: Secretaria Administrativa

SERVIDORES DO CCA. Alberto Luis da Silva Pinto Cargo: Assistente em Administração e-mail: alspinto@ufpi.edu.br Setor: Secretaria Administrativa SERVIDORES DO CCA Alberto Luis da Silva Pinto e-mail: alspinto@ufpi.edu.br Setor: Secretaria Administrativa Amilton Gonçalves da Silva Cargo: Auxiliar Operacional Aminthas Floriano Filho Cargo: Técnico

Leia mais

LEI Nº 562/93 - DE, 22 DE NOVEMBRO 1.993. MÁRCIO CASSIANO DA SILVA, Prefeito Municipal de Jaciara, no uso de suas atribuições legais,

LEI Nº 562/93 - DE, 22 DE NOVEMBRO 1.993. MÁRCIO CASSIANO DA SILVA, Prefeito Municipal de Jaciara, no uso de suas atribuições legais, LEI Nº 562/93 - DE, 22 DE NOVEMBRO 1.993. DISPÕE SOBRE A CONSTITUIÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DO BEM ESTAR SOCIAL E CRIAÇÃO DO FUNDO MUNICIPAL A ELE VINCULADO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. MÁRCIO CASSIANO DA

Leia mais

PRIMEIRA ALTERAÇÃO DO ESTATUTO DA UNIÃO GARCENSE DE AEROMODELISMO

PRIMEIRA ALTERAÇÃO DO ESTATUTO DA UNIÃO GARCENSE DE AEROMODELISMO PRIMEIRA ALTERAÇÃO DO ESTATUTO DA UNIÃO GARCENSE DE AEROMODELISMO CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, DA SEDE E FINS Art. 1 A União Garcense de Aeromodelismo (UGA) é uma pessoa jurídica de direito privado, entidade

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DA COMISSÃO ESTADUAL DE RESIDÊNCIA MÉDICA DO ESTADO DO PARANÁ

ESTATUTO SOCIAL DA COMISSÃO ESTADUAL DE RESIDÊNCIA MÉDICA DO ESTADO DO PARANÁ ESTATUTO SOCIAL DA COMISSÃO ESTADUAL DE RESIDÊNCIA MÉDICA DO ESTADO DO PARANÁ CAPÍTULO I DA SOCIEDADE, DENOMINAÇÃO, NATUREZA, SEDE, PRAZO E FINALIDADES Artigo 1 - A Comissão Estadual de Residência Médica

Leia mais

ALERTA SERVIDOR. Saúde: Protetor Solar Mais do que um acessório. Funcionários do Viveiro Municipal ficam ilhados com as chuvas SindServ

ALERTA SERVIDOR. Saúde: Protetor Solar Mais do que um acessório. Funcionários do Viveiro Municipal ficam ilhados com as chuvas SindServ Informativo do SINDSERV - Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião Janeiro de 2009 Ano VII Edição 76 Distribuição Dirigida Funcionários reclamam da falta de EPIs SindServ Faltam uniformes,

Leia mais

PLANO DE AÇÕES SINDICAIS 2012 anexo ata de 03 de fevereiro de 2012 DEMANDA AÇÃO QUANDO FAZER COMO FAZER

PLANO DE AÇÕES SINDICAIS 2012 anexo ata de 03 de fevereiro de 2012 DEMANDA AÇÃO QUANDO FAZER COMO FAZER PLANO DE AÇÕES SINDICAIS 2012 anexo ata de 03 de fevereiro de 2012 DEMANDA AÇÃO QUANDO FAZER COMO FAZER 1.1-Reunião com a diretoria 1.1.1 03/02 ( sexta feira ) 17h 1.1.1.1 Convocar membros da diretoria

Leia mais

REGIMENTO INTERNO ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MANUTENÇÃO

REGIMENTO INTERNO ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MANUTENÇÃO REGIMENTO INTERNO ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MANUTENÇÃO Capítulo I da Finalidade Art. 1o. - Este Regimento Interno complementa e disciplina disposições do Estatuto da Associação Brasileira de Manutenção

Leia mais

DIRETÓRIO ACADÊMICO FUNDAÇÃO EDUCACIONAL ALÉM PARAÍBA Faculdade de Ciências Jurídicas e Gerenciais Alves Fortes ESTATUTO

DIRETÓRIO ACADÊMICO FUNDAÇÃO EDUCACIONAL ALÉM PARAÍBA Faculdade de Ciências Jurídicas e Gerenciais Alves Fortes ESTATUTO ESTATUTO Capítulo I: Da Denominação Artigo 1º - O Diretório Acadêmico da, FACE ALFOR, é entidade máxima de representação dos estudantes dos cursos de Direito, Administração de Empresas e Engenharia Civil

Leia mais

2.037/GS/2013 - DA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE - Enviando a este Poder, resposta ao ofício nº 2.723/2013-DCO, o qual encaminhou pleito desta Casa.

2.037/GS/2013 - DA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE - Enviando a este Poder, resposta ao ofício nº 2.723/2013-DCO, o qual encaminhou pleito desta Casa. ESTADO DA PARAÍBA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA CASA DE EPITÁCIO PESSOA 17ª Legislatura 3ª Sessão Legislativa 64ª SESSÃO ORDINÁRIA E X P E D I E N T E (28.08.2013) MEMORANDO Nº: 51/2013 - DO GABINETE DA DEPUTADA

Leia mais

EDITAL Nº001, DE 13 DE JANEIRO DE 2015.

EDITAL Nº001, DE 13 DE JANEIRO DE 2015. EDITAL Nº001, DE 13 DE JANEIRO DE 2015. A Presidente do no uso de suas atribuições legais e regulamentadas pela Lei Nº 2.750 de 31 de Dezembro publica as normas para o processo eleitoral das entidades

Leia mais

PRIMEIRA ALTERAÇÃO DO ESTATUTO DA ARESMUM- ASSOCIAÇÃO RECREATIVA E ESPORTIVA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MAMBORÊ PARANÁ CAPÍTULO I

PRIMEIRA ALTERAÇÃO DO ESTATUTO DA ARESMUM- ASSOCIAÇÃO RECREATIVA E ESPORTIVA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MAMBORÊ PARANÁ CAPÍTULO I PRIMEIRA ALTERAÇÃO DO ESTATUTO DA ARESMUM- ASSOCIAÇÃO RECREATIVA E ESPORTIVA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MAMBORÊ PARANÁ CAPÍTULO I DA FUNDAÇÃO, DENOMINAÇÃO E FINALIDADES Artigo 1º - A Associação Recreativa

Leia mais

CAPÍTULO I - DA INSTITUIÇÃO E SEUS FINS

CAPÍTULO I - DA INSTITUIÇÃO E SEUS FINS ESTATUTO ASSOCIAÇÃO DAS CÂMARAS MUNICIPAIS DO OESTE DE SANTA CATARINA. TERCEIRA ALTERAÇÃO ESTATUTÁRIA CAPÍTULO I - DA INSTITUIÇÃO E SEUS FINS Art. 1º. A Associação das Câmaras Municipais do Oeste de Santa

Leia mais

EDP ENERGIAS DO BRASIL S.A.

EDP ENERGIAS DO BRASIL S.A. EDP ENERGIAS DO BRASIL S.A. ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA 29.04.2014 Manual de Participação em Assembléias Gerais de Acionistas 1 Sumário Pag. Mensagem da Administração ( 3 ) Estatuto Social

Leia mais

ATA DE REUNIÃO. Ata da Sessão Plenária nº 3474 Data: 15/10/2013 Folha: 01/02

ATA DE REUNIÃO. Ata da Sessão Plenária nº 3474 Data: 15/10/2013 Folha: 01/02 Ata da Sessão Plenária nº 3474 Data: 15/10/2013 Folha: 01/02 1. PRESENÇAS: 1.1. Conselheiros Titulares: Adm. Wagner Siqueira Presidente Adm. Antonio Rodrigues de Andrade V.P. de Educação, Estudos e Pesquisas

Leia mais

Câmara Municipal de Cubatão

Câmara Municipal de Cubatão 2 ATA DA 1ª SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DO 2º ANO LEGISLATIVO DA 16ª LEGISLATURA REALIZADA EM 27 DE MAIO DE 2014 PRESIDÊNCIA - Sr. César da Silva Nascimento. SECRETARIAS - Sr. Fábio Alves Moreira e Sr. Ricardo

Leia mais

Ata N.º 3 /16 Página 1 de 8 Reunião da CMF realizada em 21/01

Ata N.º 3 /16 Página 1 de 8 Reunião da CMF realizada em 21/01 -----------------------------ATA NÚMERO 3/2016------------------------------------- REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DO FUNCHAL, REALIZADA EM VINTE E UM DE JANEIRO DO ANO DOIS MIL E DEZASSEIS.------------------------------------------------------------------

Leia mais

ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO DE PAIS E MESTRES DOS ESTUDANTES DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA. CAPITULO I - DENOMINAÇÃO E SEDE

ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO DE PAIS E MESTRES DOS ESTUDANTES DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA. CAPITULO I - DENOMINAÇÃO E SEDE * Observação: O texto que não tem qualquer formatação especial é o que foi mantido ou proposto. O texto que está sublinhado é a proposta do que deve ser retirado e o que esta entre parêntesis e em itálico

Leia mais

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários ESTATUTO DA LIGA ACADÊMICA DE ESPORTES E SAÚDE - LIES Capítulo I - Da Natureza e Finalidade ART. 1º - A Liga Acadêmica de Esportes e Saúde é uma entidade sem fins lucrativos, com duração ilimitada, sob

Leia mais

Setembro de 2009 Ano VII Edição 72 Distribuição Dirigida. Confira a pauta da primeira reunião do presidente do Sindserv com o prefeito Ernane Primazzi

Setembro de 2009 Ano VII Edição 72 Distribuição Dirigida. Confira a pauta da primeira reunião do presidente do Sindserv com o prefeito Ernane Primazzi Informativo do SINDSERV - Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião Ano VII Edição 72 Distribuição Dirigida 1 Acesse ao site www.sindserv.com e fique por dentro de mais notícias diariamente!

Leia mais

Press Release Nº 138 ANO I Santarém - Pará, 28 de outubro de 2015.

Press Release Nº 138 ANO I Santarém - Pará, 28 de outubro de 2015. Press Release Nº 138 ANO I Santarém - Pará, 28 de outubro de 2015. Servidores públicos recebem parabéns da Câmara de Santarém 28 de outubro é um dia para celebrar, reconhecer, valorizar e continuarmos

Leia mais

MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS. Gabinete do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas

MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS. Gabinete do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS Gabinete do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas Aviso n.º 6326/2003 (2.ª série). O Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas faz publicar por círculos

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE FISIOLOGIA VEGETAL SBFV

ESTATUTO SOCIAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE FISIOLOGIA VEGETAL SBFV Estatuto ESTATUTO SOCIAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE FISIOLOGIA VEGETAL SBFV CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, OS FINS E A SEDE DA ASSOCIAÇÃO. Art. 1º - A associação é denominada Sociedade Brasileira de Fisiologia

Leia mais

Supermercado Comper. Greve do Supermercado Comper

Supermercado Comper. Greve do Supermercado Comper Logotipo convertido em curvas XX X X X XX X Logotipo com fonte Abadi MT Condensed Extra Bold Greve dos Supermercados X X XX X Sindicato dos Empregados no Comércio de Florianópolis Fundado em 10 de janeiro

Leia mais

Conselho Nacional de Controle Interno

Conselho Nacional de Controle Interno Veículo: Site Congresso em Foco Data: 13/07/2012 Editoria: Lei de Acesso Coluna: - Página: - Só 12% das prefeituras dão atenção a transparência Uma mesma pergunta foi feita às administrações de 133 cidades

Leia mais

Manual de Defesa Pessoal do Jovem Arquiteto e Urbanista

Manual de Defesa Pessoal do Jovem Arquiteto e Urbanista Manual de Defesa Pessoal do Jovem Arquiteto e Urbanista 1 Exija formalização da relação de trabalho 1 Se você for trabalhar em empresa ou escritório, desconfie se o seu empregador não quiser formalizar

Leia mais

Foram eleitos os seguintes pontos relevantes: 1. Delegacias Sindicais, 2. Diretoria, 3. Diretoria Provisória, 4. Questões patrimoniais,

Foram eleitos os seguintes pontos relevantes: 1. Delegacias Sindicais, 2. Diretoria, 3. Diretoria Provisória, 4. Questões patrimoniais, Registro da segunda reunião Ordinária da Comissão de Sistematização e Elaboração de Propostas de Estatuto para a entidade resultante da unificação da FENAFISP E Unafisco Sindical. Presentes pela FENAFISP:

Leia mais

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE SALTO VELOSO IPRESVEL RELATÓRIO DE GESTÃO EXERCÍCIO 2014.

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE SALTO VELOSO IPRESVEL RELATÓRIO DE GESTÃO EXERCÍCIO 2014. INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE SALTO VELOSO IPRESVEL RELATÓRIO DE GESTÃO EXERCÍCIO 2014 Salto Veloso, SC O IPRESVEL O Instituto de Previdência Social dos Servidores

Leia mais

SEGUNDA ALTERAÇÃO DO ESTATUTO DOS TRABALHADORES EM ESTABELECIMENTOS DE ENSINO SUPERIOR DO OESTE DO PARANÁ - SINTEOESTE

SEGUNDA ALTERAÇÃO DO ESTATUTO DOS TRABALHADORES EM ESTABELECIMENTOS DE ENSINO SUPERIOR DO OESTE DO PARANÁ - SINTEOESTE SEGUNDA ALTERAÇÃO DO ESTATUTO DOS TRABALHADORES EM ESTABELECIMENTOS DE ENSINO SUPERIOR DO OESTE DO PARANÁ - SINTEOESTE CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO E FINALIDADES DO SINDICATO ARTIGO 1º O Sindicato dos Trabalhadores

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE A CONTRIBUIÇÃO SINDICAL URBANA (IMPOSTO SINDICAL) ATUALIZADAS

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE A CONTRIBUIÇÃO SINDICAL URBANA (IMPOSTO SINDICAL) ATUALIZADAS PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE A CONTRIBUIÇÃO SINDICAL URBANA (IMPOSTO SINDICAL) ATUALIZADAS 1ª pergunta: Quem paga a Contribuição Sindical Urbana CSU (imposto sindical)? a) Os profissionais liberais, entre

Leia mais

Poder Executivo. Lei. Aviso. Criado pela Lei Complementar Nº 15 de 02/07/2004 Ponta Porã-MS, 19 de Agosto de 2013 Edição 1823 R$ 1,00

Poder Executivo. Lei. Aviso. Criado pela Lei Complementar Nº 15 de 02/07/2004 Ponta Porã-MS, 19 de Agosto de 2013 Edição 1823 R$ 1,00 Criado pela Lei Complementar Nº 15 de 02/07/2004 Ponta Porã-MS, 19 de Agosto de 2013 Edição 1823 R$ 1,00 Poder Executivo Aviso Lei Republicar por incorreção Lei nº 3.947, de 28 de Junho de 2013. PREFEITURA

Leia mais

HISTÓRICO: O referido Sindicato solicitou emissão de parecer jurídica para responder aos seguintes questionamentos:

HISTÓRICO: O referido Sindicato solicitou emissão de parecer jurídica para responder aos seguintes questionamentos: HISTÓRICO: O SINDSFEPA - SINDICATO DOS SERVIDORES FAZENDÁRIOSDO ESTADO DO PARÁ solicitou que esta Assessoria Jurídica promova apreciação jurídica relativa à legalidade dos atos praticados pela JUNTA GOVERNATIVA

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE

CÂMARA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE FL 01, CÂMARA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE PROJETO DE LEI N 3.4/1 t Dispõe sobre a 'participação de representante dos empregados nos conselhos de administração elou fiscal das empresas públicas e sociedades

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DO HOSPITAL MATERNO INFANTIL PRESIDENTE VARGAS. Capítulo I Da denominação e sede

REGIMENTO INTERNO DA ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DO HOSPITAL MATERNO INFANTIL PRESIDENTE VARGAS. Capítulo I Da denominação e sede REGIMENTO INTERNO DA ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DO HOSPITAL MATERNO INFANTIL PRESIDENTE VARGAS Capítulo I Da denominação e sede Art. 1º A Associação dos Amigos do Hospital Materno-Infantil Presidente Vargas,

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL ATA DA XII REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DA GERÊNCIA-EXECUTIVA DO INSS EM DIAMANTINA/MG

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL ATA DA XII REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DA GERÊNCIA-EXECUTIVA DO INSS EM DIAMANTINA/MG INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL ATA DA XII REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DA GERÊNCIA-EXECUTIVA DO INSS EM DIAMANTINA/MG Data: 18/06/2015 Horário: 10h às 12h. Local: Gerência Executiva

Leia mais

Cuida das relações coletivas de trabalho, onde os interesses cuidados são os de um grupo social. São instituições do direito coletivo do trabalho:

Cuida das relações coletivas de trabalho, onde os interesses cuidados são os de um grupo social. São instituições do direito coletivo do trabalho: Legislação Social Profª Mestre Ideli Raimundo Di Tizio p 38 DIREITO COLETIVO DO TRABALHO Cuida das relações coletivas de trabalho, onde os interesses cuidados são os de um grupo social. São instituições

Leia mais

CONSELHO TÉCNICO-CIENTÍFICO ATA Nº 106

CONSELHO TÉCNICO-CIENTÍFICO ATA Nº 106 CONSELHO TÉCNICO-CIENTÍFICO ATA Nº 106 (4ª Reunião Extraordinária 03/ Março / 2015) De acordo com a deliberação nº2 do Conselho de Gestão, de 28 de outubro de 2010, o Conselho Técnico-Científico da ESSA

Leia mais

Criação da Associação

Criação da Associação Primeira Edição 02/08/2013 ASPREVIC ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES DA PREVIC BOLETIM INFORMATIVO Nesta edição: Associe-se 2 Prestação de Contas 2 CNPJ 3 Desconto em Folha 3 Festa de final de ano 3 Site em Construção

Leia mais

Estatuto do GRÊMIO ESTUDANTIL

Estatuto do GRÊMIO ESTUDANTIL Modelo de Estatuto Estatuto do GRÊMIO ESTUDANTIL Capítulo I Da denominação, Sede, fins e duração Art.1º - O Grêmio estudantil da Escola funcionará no referido estabelecimento de ensino com duração ilimitada.

Leia mais

ATA DA 105ª ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA (AGE) DA ASSOCIAÇÃO DE DOCENTES DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA

ATA DA 105ª ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA (AGE) DA ASSOCIAÇÃO DE DOCENTES DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA A D C E F E T - R J ASSOCIAÇÃO DE DOCENTES DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA SEÇÃO SINDICAL DA A N D E S - SINDICATO NACIONAL Av. Maracanã 229 - Rio de Janeiro - RJ - CEP

Leia mais

ATA DE REUNIÃO. Ata da Sessão Plenária nº 3320 Data: 13/03/2012 Folha: 01/03

ATA DE REUNIÃO. Ata da Sessão Plenária nº 3320 Data: 13/03/2012 Folha: 01/03 Ata da Sessão Plenária nº 3320 Data: 13/03/2012 Folha: 01/03 1. PRESENÇAS: 1.1. Conselheiros Titulares: Adm. Wagner Siqueira Presidente Adm. Antonio Rodrigues de Andrade V.P. de Educação, Estudos e Pesquisas

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DO NOROESTE DE SANTA CATARINA AMNOROESTE ESTATUTO TÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, CONSTITUIÇÃO, SEDE E OBJETIVOS CAPÍTULO I

ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DO NOROESTE DE SANTA CATARINA AMNOROESTE ESTATUTO TÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, CONSTITUIÇÃO, SEDE E OBJETIVOS CAPÍTULO I ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DO NOROESTE DE SANTA CATARINA AMNOROESTE ESTATUTO TÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, CONSTITUIÇÃO, SEDE E OBJETIVOS CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO Art. 1º A Associação de Municípios do Noroeste

Leia mais

ESTATUTOS SOCIAIS DA ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DO JARDIM FLORENÇA

ESTATUTOS SOCIAIS DA ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DO JARDIM FLORENÇA CAPÍTULO I Da Denominação, Sede, Foro, Prazo de Duração e Área de Atuação Artigo 1º - Sob a denominação de Associação de Moradores do Jardim Florença, fica constituída, nos termos da legislação em vigor,

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO CAMARA MUNICIPAL DE RONDONÓPOLIS Gabinete do Vereador Rodrigo da Zaeli

ESTADO DE MATO GROSSO CAMARA MUNICIPAL DE RONDONÓPOLIS Gabinete do Vereador Rodrigo da Zaeli Autoria: VEREADOR RODRIGO DA ZAELI PROJETO DE LEI Nº. 08, DE 28 DE MAIO DE 2013. EMENTA: Dispõe sobre conceder autorização ao poder executivo para a instituição o Programa de VALORIZAÇÃO DE INICIATIVAS

Leia mais

A alegria do circo contagiou a entrega de brinquedos

A alegria do circo contagiou a entrega de brinquedos ANO XXXIX Nº 452 JANEIRO DE 2010 ::empresa:: Safra 2009 Veja os resultados da safra no grupo ::empresa:: Relógio de Ouro 31 funcionários foram homenageados ::ação social :: Entrega de Brinquedos Instituições

Leia mais

Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs

Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs O plenário da Câmara Municipal do Rio de Janeiro ficou lotado durante

Leia mais

ANER - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE EDITORES DE REVISTAS ESTATUTO SOCIAL ÍNDICE

ANER - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE EDITORES DE REVISTAS ESTATUTO SOCIAL ÍNDICE ANER - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE EDITORES DE REVISTAS ESTATUTO SOCIAL ÍNDICE CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE E FINALIDADE CAPÍTULO II DOS ASSOCIADOS, DIREITOS E DEVERES CAPÍTULO III DA CATEGORIA DE ASSOCIADOS

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO DELIBERATIVO

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO DELIBERATIVO REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO DELIBERATIVO Art. 1º - O presente Regimento tem por finalidade estabelecer normas para o funcionamento do Conselho Deliberativo da Associação Atlética Banco do Brasil São

Leia mais

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários ESTATUTO DA LIGA GERIATRIA E GERONTOLOGIA - LIG Capítulo I - Da Natureza e Finalidade ART. 1º - A LIGA DE GERIATRIA E GERONTOLOGIA é uma entidade sem fins lucrativos, com duração ilimitada, sob a supervisão

Leia mais

COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO CNPJ/MF nº 47.508.411/0001-56

COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO CNPJ/MF nº 47.508.411/0001-56 COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO CNPJ/MF nº 47.508.411/0001-56 ATA DE REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO, REALIZADA EM 28 DE FEVEREIRO 2003 Aos vinte e oito dias do mês de fevereiro

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE POLÍTICAS CULTURAIS REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CONSELHO MUNICIPAL DE POLÍTICAS CULTURAIS REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CONSELHO MUNICIPAL DE POLÍTICAS CULTURAIS REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - Este regimento interno disciplina o funcionamento do Conselho Municipal de Políticas Culturais,

Leia mais

ESTATUTO. CAPÍTULO I Da Associação,sede, foro e suas finalidades pág. 02. CAPÍTULO II Dos Sócios,suas categorias, direitos e deveres

ESTATUTO. CAPÍTULO I Da Associação,sede, foro e suas finalidades pág. 02. CAPÍTULO II Dos Sócios,suas categorias, direitos e deveres ESTATUTO CAPÍTULO I Da Associação,sede, foro e suas finalidades pág. 02 CAPÍTULO II Dos Sócios,suas categorias, direitos e deveres pág.03 CAPÍTULO III Dos órgãos da Associação e sua administração pág.06

Leia mais

IATE CLUBE PETROLINA IATE: ANO 10

IATE CLUBE PETROLINA IATE: ANO 10 IATE CLUBE PETROLINA IATE: ANO 10 Corria o ano de 1966 e um grupo de freqüentadores mais assíduos da chácara de Dr. Balbino Oliveira, em Juazeiro próximo a Faculdade de Agronomia, se reuniam a beira de

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO CAMPUS VIRTUAL DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DO CEARÁ

REGULAMENTO GERAL DO CAMPUS VIRTUAL DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DO CEARÁ REGULAMENTO GERAL DO CAMPUS VIRTUAL DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DO CEARÁ TÍTULO I DA FINALIDADE E DA COMPETÊNCIA DO CAMPUS VIRTUAL DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DO CEARÁ CVSP Art. 1º O Campus Virtual

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I DO CONSELHO, ATRIBUIÇÕES E SUA COMPOSIÇÃO Art. 1.º- O Conselho Municipal de Educação de Carlos Barbosa, criado pela Lei Municipal nº1.176 de

Leia mais

Estatutos da Associação Cecília e João (ACJ)

Estatutos da Associação Cecília e João (ACJ) Estatutos da Associação Cecília e João (ACJ) Capítulo I Da Associação Art. 1º - A Associação Cecília e João (ACJ), entidade de personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, com sede em

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS SERVIDORES DA AGRICULTURA - ANSA TÍTULO DA DENOMINAÇÃO, SEDE E FINALIDADES

REGIMENTO INTERNO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS SERVIDORES DA AGRICULTURA - ANSA TÍTULO DA DENOMINAÇÃO, SEDE E FINALIDADES REGIMENTO INTERNO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS SERVIDORES DA AGRICULTURA - ANSA TÍTULO DA DENOMINAÇÃO, SEDE E FINALIDADES Art. 1 - A Associação Nacional dos Servidores da Agricultura - ANSA - fundada em

Leia mais

Lição 13. Direito Coletivo do Trabalho

Lição 13. Direito Coletivo do Trabalho Lição 13. Direito Coletivo do Trabalho Organização sindical: Contribuições, Convenções e Acordos Coletivos do Trabalho, Dissídio Coletivo, Direito de Greve (Lei nº 7.783, de 28/6/89). Comissões de Conciliação

Leia mais

EXECUTIVO/ADMINISTRAÇÃO

EXECUTIVO/ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO DO EXCELENTÍSSIMO SR. PREFEITO JAIME CALADO PEREIRA DOS SANTOS ANO IX SÃO GONÇALO DO AMARANTE, 06 DE JULHO DE 2015 Nº 122 EXECUTIVO/ADMINISTRAÇÃO Portaria nº 1270/2015-GP. Nomear em caráter

Leia mais

INSTITUTO DARWIN INSTITUTO DE APOIO À EVOLUÇÃO DA CIDADANIA REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS DO REGIMENTO INTERNO

INSTITUTO DARWIN INSTITUTO DE APOIO À EVOLUÇÃO DA CIDADANIA REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS DO REGIMENTO INTERNO INSTITUTO DARWIN INSTITUTO DE APOIO À EVOLUÇÃO DA CIDADANIA REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS DO REGIMENTO INTERNO Artigo 1º - O presente Regimento Interno visa disciplinar os trabalhos Administrativos,

Leia mais

Contribuições sindicais

Contribuições sindicais Contribuições sindicais 1. Aspectos gerais A contribuição sindical é uma receita que tem como fundamento, precípuo, viabilizar a atividade da entidade sindical para fins de defesa dos interesses de determinada

Leia mais

ASSOCIAÇÃO AÇÃO BRASILEIRA DE CIDADANIA PELA DEMOCRACIA - ABCD ATA DE ASSEMBLEIA GERAL DE CONSTITUIÇÃO

ASSOCIAÇÃO AÇÃO BRASILEIRA DE CIDADANIA PELA DEMOCRACIA - ABCD ATA DE ASSEMBLEIA GERAL DE CONSTITUIÇÃO ASSOCIAÇÃO AÇÃO BRASILEIRA DE CIDADANIA PELA DEMOCRACIA - ABCD ATA DE ASSEMBLEIA GERAL DE CONSTITUIÇÃO Às vinte horas e trinta minutos do dia vinte e quatro do mês de março do ano de dois mil e quinze,

Leia mais

ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO GREMIO 8 DE ABRIL TÌTULO - I DENOMINAÇÃO, SEDE, DEFINIÇÃO, FINALIDADE E OBJETIVO

ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO GREMIO 8 DE ABRIL TÌTULO - I DENOMINAÇÃO, SEDE, DEFINIÇÃO, FINALIDADE E OBJETIVO ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO GREMIO 8 DE ABRIL TÌTULO - I DENOMINAÇÃO, SEDE, DEFINIÇÃO, FINALIDADE E OBJETIVO Art. 1º - A ASSOCIAÇÃO GRÊMIO 08 DE ABRIL, fundada no dia 16 de fevereiro de 1990, com o CNPJ nº

Leia mais