DIREITO CONSTITUCIONAL CRISTINA LUNA. Direitos e Garantias Fundamentais Sociais (Arts. 6º ao 11)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DIREITO CONSTITUCIONAL CRISTINA LUNA. Direitos e Garantias Fundamentais Sociais (Arts. 6º ao 11)"

Transcrição

1 Direitos e Garantias Fundamentais Sociais (Arts. 6º ao 11) (1) Art. 6º - São direitos sociais a educação a saúde a alimentação EC 64/2010 o trabalho a moradia EC 26/2000 o lazer a segurança a previdência social a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados na forma desta Constituição. (2) O direito a segurança é prerrogativa constitucional indisponível, garantido mediante a implementação de políticas públicas, impondo ao Estado a obrigação de criar condições objetivas que possibilitem o efetivo acesso a tal serviço. É possível ao Poder Judiciário determinar a implementação pelo Estado, quando inadimplente, de políticas públicas constitucionalmente previstas, sem que haja ingerência em questão que envolve o poder discricionário do Poder Executivo. (RE AgR, Rel. Min. Ellen Gracie, julgamento em , Segunda Turma, DJE de ) Página 1 de 13

2 (3) CESPE A CF, ao garantir o direito social à alimentação adequada, impõe que o poder público implemente políticas e ações que se façam necessárias para promover e garantir a segurança alimentar e nutricional da população. (4) Art. 7º - São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à melhoria de sua condição social: XXXIV - igualdade de direitos entre o trabalhador com vínculo empregatício permanente e o trabalhador avulso. (5) Trabalhadores urbanos e rurais domésticos servidores públicos Deve-se mencionar que o rol de garantias do art. 7º da Constituição não exaure a proteção aos direitos sociais. (ADI 639, voto do Rel. Min. Joaquim Barbosa, julgamento em , Plenário, DJ de ) Página 2 de 13

3 (6) Art. 7º, parágrafo único - São assegurados à categoria dos trabalhadores domésticos os direitos previstos nos incisos IV, VI, VII, VIII, X, XIII, XV, XVI, XVII, XVIII, XIX, XXI, XXII, XXIV, XXVI, XXX, XXXI e XXXIII e, atendidas as condições estabelecidas em lei e observada a simplificação do cumprimento das obrigações tributárias, principais e acessórias, decorrentes da relação de trabalho e suas peculiaridades, os previstos nos incisos I, II, III, IX, XII, XXV e XXVIII, bem como a sua integração à previdência social. Art. 39, 3º - Aplica-se aos servidores ocupantes de cargo público o disposto no art. 7º, IV, VII, VIII, IX, XII, XIII, XV, XVI, XVII, XVIII, XIX, XX, XXII e XXX, podendo a lei estabelecer requisitos diferenciados de admissão quando a natureza do cargo o exigir. (7) Despedida arbitrária Seguro-desemprego FGTS Salário mínimo Piso salarial Irredutibilidade Salário Remuneração variável Décimo terceiro Apropriação indébita (8) : Súmula 675 Os intervalos fixados para descanso e alimentação durante a jornada de seis horas não descaracterizam o sistema de turnos ininterruptos de revezamento previsto no texto constitucional. Página 3 de 13

4 (9) SÚMULA VINCULANTE Nº 6 Não viola a Constituição o estabelecimento de remuneração inferior ao salário mínimo para as praças prestadoras de serviço militar inicial. (10) SÚMULA VINCULANTE Nº 4 Salvo nos casos previstos na Constituição, o salário mínimo não pode ser usado como indexador de base de cálculo de vantagem de servidor público ou de empregado, nem ser substituído por decisão judicial. (11) Morte de preso no interior de estabelecimento prisional. Indenização por danos morais e materiais. Cabimento. Responsabilidade objetiva do Estado (...) pensão fixada. Hipótese excepcional em que se permite a vinculação ao salário mínimo. Precedentes. (AI AgR, Rel. Min. Gilmar Mendes, julgamento em , Segunda Turma, DJE de ) Página 4 de 13

5 (12) Participação nos lucros e na gestão da empresa Mercado de trabalho da mulher Serv.Públ. Redução dos riscos Atividades penosas, insalubres ou perigosas Aposentadoria Assistência aos filhos e dependentes Convenções e acordos coletivos (13) : O Supremo Tribunal Federal fixou jurisprudência no sentido de que a legislação superveniente que altera a política salarial fixada em norma coletiva de trabalho não viola o direito adquirido, o ato jurídico perfeito e a coisa julgada. (RE AgR, Rel. Min. Eros Grau, julgamento em , Segunda Turma) (14) "A celebração de convenções e acordos coletivos de trabalho constitui direito reservado exclusivamente aos trabalhadores da iniciativa privada. A negociação coletiva demanda a existência de partes detentoras de ampla autonomia negocial, o que não se realiza no plano da relação estatutária. A administração pública é vinculada pelo princípio da legalidade." (ADI 559, Rel. Min. Eros Grau, julgamento em , Plenário, DJ de ) Página 5 de 13

6 (15) A fim de manter-se o incentivo à negociação coletiva (art. 7º, XXVI, CF/1988), os pisos salariais regionais somente serão estabelecidos por lei naqueles casos em que não haja convenção ou acordo coletivo de trabalho. As entidades sindicais continuarão podendo atuar nas negociações coletivas, desde que respeitado o patamar mínimo legalmente assegurado. (ADI 4.364, Rel. Min. Dias Toffoli, julgamento em , Plenário, DJE de ) (16) Aviso prévio Licença paternidade Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT): Art. 10, 1º - Até que a lei venha a disciplinar o disposto no art. 7º, XIX, da Constituição, o prazo da licença-paternidade a que se refere o inciso é de cinco dias. (17) Licença maternidade Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT): Art. 10, II - fica vedada a dispensa arbitrária ou sem justa causa: b) da empregada gestante, desde a confirmação da gravidez até cinco meses após o parto. Página 6 de 13

7 (18) As servidoras públicas e empregadas gestantes, inclusive as contratadas a título precário, independentemente do regime jurídico de trabalho, têm direito à licença maternidade de cento e vinte dias e à estabilidade provisória desde a confirmação da gravidez até cinco meses após o parto, nos termos do art. 7º, XVIII, da CF e do art. 10, II, b, do ADCT. Precedentes. (RE AgR, Rel. Min. Celso de Mello, julgamento em , Segunda Turma, DJE de ) (19) Seguro e indenização : Súmula 229 A indenização acidentária não exclui a do direito comum, em caso de dolo ou culpa grave do empregador. Automação (20) Prescrição Ex: 13º sal 2010 Vigência 5 anos presc. presc. 2 anos 2012 extinção Página 7 de 13

8 (21) Igualdade sexo, idade, cor ou estado civil portador de deficiência trabalho manual, técnico e intelectual ou profissionais respectivos vínculo empregatício permanente e avulso (22) + 18 anos qualquer trabalho - 18 anos +16 anos - 16 anos +14 anos diurno, salubre e seguro aprendiz (23) FUNRIO Com relação aos direitos devidos aos empregados domésticos, nos termos da Constituição Federal, assinale a alternativa correta. A) Piso salarial proporcional à extensão e à complexidade do trabalho. B) Adicional de remuneração para as atividades penosas, insalubres ou perigosas, na forma da lei. Página 8 de 13

9 C) Jornada de sete horas para o trabalho realizado em turnos ininterruptos de revezamento. D) Proteção em face da automação, na forma da lei. E) Redução dos riscos inerentes ao trabalho, por meio de normas de saúde, higiene e segurança. (24) Liberdade Sindical sindicatos urbanos, sindicatos rurais e colônias de pescadores inadmitida autorização interferência intervenção princípio da unicidade sindical princípio da pluralidade sindical (25) CESPE É livre a associação sindical das categoriais profissionais, sendo vedado ao poder público exigir, para a fundação de um sindicato, que haja seu registro prévio em órgão competente. Página 9 de 13

10 (26) Liberdade substituição processos judiciais administrativos Sindical processual interesses individuais coletivos (27) Esta Corte firmou o entendimento segundo o qual o sindicato tem legitimidade para atuar como substituto processual na defesa de direitos e interesses coletivos ou individuais homogêneos da categoria que representa. (...) Quanto à violação ao art. 5º, LXX e XXI, da Carta Magna, esta Corte firmou entendimento de que é desnecessária a expressa autorização dos sindicalizados para a substituição processual. (RE AgR, Rel. Min. Marco Aurélio, julgamento em , Primeira Turma, DJE de ) (28) "O art. 8º, III, da CF estabelece a legitimidade extraordinária dos sindicatos para defender em juízo os direitos e interesses coletivos ou individuais dos integrantes da categoria que representam. Essa legitimidade extraordinária é ampla, abrangendo a liquidação e a execução dos créditos reconhecidos aos trabalhadores. Por se tratar de típica hipótese de substituição processual, é desnecessária qualquer autorização dos substituídos. (RE AgR, Rel. Min. Marco Aurélio, julgamento em , Primeira Turma, DJE de ) Página 10 de 13

11 (29) Liberdade Sindical contribuição confederativa - sindicalizados legal - toda a categoria (natureza tributária) (30) : SÚMULA 666 A contribuição confederativa de que trata o art. 8º, IV, da Constituição, só é exigível dos filiados ao sindicato respectivo. (31) - "A recepção pela ordem constitucional vigente da contribuição sindical compulsória, prevista no art. 578, CLT, e exigível de todos os integrantes da categoria, independentemente de sua filiação ao sindicato, resulta do art. 8º, IV, in fine, da Constituição; não obsta à recepção a proclamação, no caput do art. 8º, do princípio da liberdade sindical, que há de ser compreendido a partir dos termos em que a Lei Fundamental a positivou, nos quais a unicidade (art. 8º, II) e a própria contribuição sindical de natureza tributária (art. 8º, IV) marcas características do modelo corporativista resistente, dão a medida da sua relatividade." (RE , Rel. Min. Sepúlveda Pertence, julgamento em , Primeira Turma, DJ de ) Página 11 de 13

12 (32) Liberdade Sindical negociação coletiva - participação do sindicato direito do aposentado filiado estabilidade candidatura até 1 ano após o mandato presidente e suplente falta grave (33) Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT): Art. 10, II, a - fica vedada a dispensa arbitrária ou sem justa causa a do empregado eleito para cargo de direção de comissões internas de prevenção de acidentes, desde o registro de sua candidatura até um ano após o final de seu mandato (34) : Súmula 197 O empregado com representação sindical só pode ser despedido mediante inquérito em que se apure falta grave. Página 12 de 13

13 (35) FCC Mateus, trabalhador operário aposentado, é filiado à determinada organização sindical. Em meados de 2014, realizar-se-á eleição na citada organização sindical. Nos termos da Constituição Federal, é correto afirmar que Mateus tem direito apenas de voto. (36) Liberdade de Greve oportunidade interesses atividades essenciais restrição necessidades inadiáveis da comunidade abuso de direito : SÚMULA Nº 316 A simples adesão a greve não constitui falta grave. (37) Democratização colegiado órgãos públicos trabalhadores empregadores Delegado de Fábrica + de 200 empregados Página 13 de 13

Direito Constitucional. Professor Marcelo Miranda professormiranda@live.com facebook.com/professormarcelomiranda

Direito Constitucional. Professor Marcelo Miranda professormiranda@live.com facebook.com/professormarcelomiranda Direito Constitucional Professor Marcelo Miranda professormiranda@live.com facebook.com/professormarcelomiranda Direitos fundamentais de segunda geração Surgimento: necessidade de intervenção estatal em

Leia mais

AS MUDANÇAS NO ESTATUTO JURÍDICO DOS DOMÉSTICOS EC 72/13 Gáudio R. de Paula e José Gervásio Meireles

AS MUDANÇAS NO ESTATUTO JURÍDICO DOS DOMÉSTICOS EC 72/13 Gáudio R. de Paula e José Gervásio Meireles AS MUDANÇAS NO ESTATUTO JURÍDICO DOS DOMÉSTICOS EC 72/13 Gáudio R. de Paula e José Gervásio Meireles A aprovação do projeto de Emenda Constitucional 66/2012, e a subsequente edição da EC 72/13, relativo

Leia mais

DOS DIREITOS DOS TRABALHADORES URBANOS E RURAIS. art. 7º da Constituição Federal

DOS DIREITOS DOS TRABALHADORES URBANOS E RURAIS. art. 7º da Constituição Federal DOS DIREITOS DOS TRABALHADORES URBANOS E RURAIS art. 7º da Constituição Federal ASPECTOS GERAIS 1) Os direitos trabalhistas previstos no art. 7º da CF, abrangem os trabalhadores urbanos e rurais; 2) A

Leia mais

Professor André Vieira. Direitos Sociais. Curso de Oficial de Justiça de 1º Instância 1

Professor André Vieira. Direitos Sociais. Curso de Oficial de Justiça de 1º Instância 1 Direitos Sociais 01. NÃO é considerado um direito social, expressamente previsto na Constituição Federal Brasileira de 1988, a: a) Segurança; b) Educação; c) Livre concorrência; d) Saúde. 02. Os que percebem

Leia mais

Trabalho Doméstico: as mudanças e os impactos da nova lei. Zilma Aparecida da Silva Ribeiro Abril de 2013

Trabalho Doméstico: as mudanças e os impactos da nova lei. Zilma Aparecida da Silva Ribeiro Abril de 2013 Trabalho Doméstico: as mudanças e os impactos da nova lei Zilma Aparecida da Silva Ribeiro Abril de 2013 Legislação Aplicável * LEI Nº 5.859, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1972 * CONSTITUIÇÃO FEDERAL ART. 7º, PARÁGRAFO

Leia mais

Questões fundamentadas Art. 6º ao 11 da CF

Questões fundamentadas Art. 6º ao 11 da CF 1 Para adquirir a apostila de 200 Questões Fundamentadas Dos Direitos Sociais Art. 6º a 11 da CF acesse o site: www.odiferencialconcursos.com.br ESSA APOSTILA SERÁ ATUALIZADA ATÉ A DATA DO ENVIO. S U M

Leia mais

Relações do Direito do Trabalho com outros Ramos do Direito. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Relações do Direito do Trabalho com outros Ramos do Direito. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Relações do Direito do Trabalho com outros Ramos do Direito Introdução Para fins didáticos o estudo do Direito deve ser feito de forma fragmentada, pois tal separação não existe. "O Direito é único e não

Leia mais

RELAÇÃO DE EMPREGO DOMÉSTICO

RELAÇÃO DE EMPREGO DOMÉSTICO RELAÇÃO DE EMPREGO DOMÉSTICO FELIPE VASCONCELLOS CAVALCANTE Universidade Federal de Goiás UFG Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional e Recursos Humanos Departamento de Desenvolvimento de Recursos

Leia mais

PROFESSORA: Déborah Paiva. Prova: (FCC TST Analista Judiciário 2012)

PROFESSORA: Déborah Paiva. Prova: (FCC TST Analista Judiciário 2012) Direito do Trabalho: 41. A descaracterização de uma pactuada relação civil de prestação de serviços, desde que no cumprimento do contrato se verifiquem os elementos fáticos e jurídicos da relação de emprego,

Leia mais

INQUÉRITO PARA APURAÇÃO DE FALTA GRAVE

INQUÉRITO PARA APURAÇÃO DE FALTA GRAVE ESTABILIDADE ESTABILIDADE DEFINITIVA X ESTABILIDADE PROVISÓRIA (GARANTIA DE EMPREGO) DIRIGENTE SINDICAL Art. 8, VIII CF + Art. 543, 3º CLT + Súmula 369 TST Tanto titulares como SUPLENTES (dirigentes sindicais)

Leia mais

VOTO EM SEPARADO DA DEPUTADA ANDRÉIA ZITO

VOTO EM SEPARADO DA DEPUTADA ANDRÉIA ZITO COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PROJETO DE LEI Nº 6.708, DE 2009. Acrescenta Capítulo III-A ao Título V da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), aprovada pelo Decreto-Lei nº

Leia mais

Dispensa Sem Justa Causa. Dispensa com Justa Causa. (**) Culpa Recíproca ou Força Maior. Rescisão Indireta. Pedido de Demissão

Dispensa Sem Justa Causa. Dispensa com Justa Causa. (**) Culpa Recíproca ou Força Maior. Rescisão Indireta. Pedido de Demissão RESCISÃO DE CONTRATO DE TRABALHO VERBAS RESCISÓRIAS (Antes de qualquer procedimento rescisório, importante ler os cuidados especiais ao final Verbas adicionais) Dispensa Sem Justa Causa AvisoPrévio Dispensa

Leia mais

Temas com repercussão geral reconhecida, pendentes de análise do mérito no STF

Temas com repercussão geral reconhecida, pendentes de análise do mérito no STF Temas com repercussão geral reconhecida, pendentes de análise do mérito no STF Número e descrição do tema no STF Paradigma Relator 246 - Responsabilidade subsidiária da Administração Pública por encargos

Leia mais

Aula 2 - Princípios de Direito do Trabalho: da proteção, da

Aula 2 - Princípios de Direito do Trabalho: da proteção, da Aula 2 - Princípios de Direito do Trabalho: da proteção, da irrenunciabilidade dos direitos trabalhistas, da primazia da realidade, da continuidade da relação empregatícia e outros A História do Direito

Leia mais

INFORMATIVO AS ALTERAÇÕES NA LEGISLAÇÃO APLICÁVEL A EMPREGADOS DOMÉSTICOS. Flavio Aldred Ramacciotti W W W. M F R A. C O M. B R

INFORMATIVO AS ALTERAÇÕES NA LEGISLAÇÃO APLICÁVEL A EMPREGADOS DOMÉSTICOS. Flavio Aldred Ramacciotti W W W. M F R A. C O M. B R INFORMATIVO AS ALTERAÇÕES NA LEGISLAÇÃO APLICÁVEL A EMPREGADOS DOMÉSTICOS Flavio Aldred Ramacciotti W W W. M F R A. C O M. B R ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 OS NOVOS DIREITOS... 4 DIREITOS DE EFICÁCIA IMEDIATA...

Leia mais

2.2 Natureza jurídica do contrato de trabalho 2.2.1 Teoria acontratualista 2.2.2 Teoria institucionalista 2.2.3 Teoria neocontratualista 2.

2.2 Natureza jurídica do contrato de trabalho 2.2.1 Teoria acontratualista 2.2.2 Teoria institucionalista 2.2.3 Teoria neocontratualista 2. Sumário 1. Direito individual do trabalho - introdução 1.1 Conceito e denominação do direito individual do trabalho 1.2 Divisão do direito do trabalho 1.3 Características 1.4 Natureza jurídica 1.5 Autonomia

Leia mais

Atualizações Jurisprudenciais 2012 Professoras Ana Paula Alvares e Simone Belfort

Atualizações Jurisprudenciais 2012 Professoras Ana Paula Alvares e Simone Belfort Na 2ª Semana do TST realizada no início do mês de setembro de 2012, algumas súmulas e orientações jurisprudências sofreram alterações e cancelamentos. Abaixo as alterações separadas por assunto em direito

Leia mais

Sumário LISTA DE ABREVIATURAS... 17 CAPÍTULO 1 DIREITO INDIVIDUAL DO TRABALHO INTRODUÇÃO... 19

Sumário LISTA DE ABREVIATURAS... 17 CAPÍTULO 1 DIREITO INDIVIDUAL DO TRABALHO INTRODUÇÃO... 19 Sumário LISTA DE ABREVIATURAS... 17 CAPÍTULO 1 DIREITO INDIVIDUAL DO TRABALHO INTRODUÇÃO... 19 1.1 NATUREZA JURÍDICA DO DIREITO DO TRABALHO... 19 1.1.1 Teoria do Direito Público... 19 1.1.2 Teoria do Direito

Leia mais

REMÉDIOS CONSTITUCIONAIS REMÉDIOS CONSTITUCIONAIS JUDICIAIS

REMÉDIOS CONSTITUCIONAIS REMÉDIOS CONSTITUCIONAIS JUDICIAIS REMÉDIOS CONSTITUCIONAIS ADMINISTRATIVOS E JUDICIAIS Remédios constitucionais administrativos São a todos assegurados, independentemente do pagamento de taxas: Direito de petição: o direito de petição

Leia mais

15 - BASES DE INCIDÊNCIA E NÃO INCIDÊNCIA

15 - BASES DE INCIDÊNCIA E NÃO INCIDÊNCIA 15 - BASES DE INCIDÊNCIA E NÃO INCIDÊNCIA 15.1 - Integram a remuneração para fins de cálculos dos valores devidos à Previdência Social e a serem recolhidos para o FGTS, dentre outras, as seguintes parcelas:

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO TRT 2ª REGIÃO 2008 ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA JUDICIÁRIA PARTE I

CONCURSO PÚBLICO TRT 2ª REGIÃO 2008 ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA JUDICIÁRIA PARTE I CONCURSO PÚBLICO TRT 2ª REGIÃO 2008 ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA JUDICIÁRIA PARTE I No dia 16 de novembro de 2008, 94.808 candidatos prestaram o concorrido concurso público para os cargos de analista judiciário

Leia mais

NOTA À DÉCIMA PRIMEIRA EDIÇÃO

NOTA À DÉCIMA PRIMEIRA EDIÇÃO NOTA À DÉCIMA PRIMEIRA EDIÇÃO A elaboração desta edição fez-se necessária, essencialmente, em razão de duas mudanças havidas em nosso ordenamento constitucional, as quais, embora pontuais, são bastante

Leia mais

CARTILHA DO SUBSÍDIO

CARTILHA DO SUBSÍDIO CARTILHA DO SUBSÍDIO Cléa da Rosa Pinheiro Vera Mirna Schmorantz A Direção do SINAL atenta às questões que dizem com a possibilidade de alteração da estrutura remuneratória das carreiras de Especialista

Leia mais

ATUALIZAÇÃO DE DIREITO CONSTITUCIONAL EMENDA CONSTITUCIONAL N. 72/2013 DOS DIREITOS SOCIAIS 1. INTRODUÇÃO 2. ENUMERAÇÃO DOS DIREITOS SOCIAIS

ATUALIZAÇÃO DE DIREITO CONSTITUCIONAL EMENDA CONSTITUCIONAL N. 72/2013 DOS DIREITOS SOCIAIS 1. INTRODUÇÃO 2. ENUMERAÇÃO DOS DIREITOS SOCIAIS Atualização - 1 ATUALIZAÇÃO DE DIREITO CONSTITUCIONAL EMENDA CONSTITUCIONAL N. 72/2013 DOS DIREITOS SOCIAIS 1. INTRODUÇÃO Os direitos sociais são direitos coletivos, passíveis de supressão ou alteração

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988 TÍTULO II DOS DIREITOS E GARANTIAS FUNDAMENTAIS CAPÍTULO II DOS DIREITOS SOCIAIS Art. 7º São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros

Leia mais

DIREITO PREVIDENCIÁRIO

DIREITO PREVIDENCIÁRIO 1. Da Previdência Social DIREITO PREVIDENCIÁRIO Art. 201. A previdência social será organizada sob a forma de regime geral, de caráter contributivo e de filiação obrigatória, observados critérios que preservem

Leia mais

DADOS DAS DISCIPLINAS CÓDIGO NOME CH GLOBAL PERÍODO HORÁRIO. 80h 6º

DADOS DAS DISCIPLINAS CÓDIGO NOME CH GLOBAL PERÍODO HORÁRIO. 80h 6º DADOS DAS DISCIPLINAS CÓDIGO NOME CH GLOBAL PERÍODO HORÁRIO 0258 Direito do Trabalho II PROFESSOR(A) Profa.Esp. Denise de Fátima G.F.S. Farias 80h 6º Terça-feira 20h50min às 22h30min Sexta-feira 20h50min

Leia mais

PONTO CERTO OAB por ISADORA ATHAYDE E THIAGO ATHAYDE

PONTO CERTO OAB por ISADORA ATHAYDE E THIAGO ATHAYDE PONTO CERTO OAB por ISADORA ATHAYDE E THIAGO ATHAYDE O nosso item do edital de hoje será: EMPREGADO DOMÉSTICO Algo que devemos atentar de início é ao fato de não aplicarmos a CLT ao empregado doméstico,

Leia mais

DO ESTADO CORPORATIVO E SUA ORGANIZAÇÃO

DO ESTADO CORPORATIVO E SUA ORGANIZAÇÃO CARTA DEL LAVORO (Aprovada no Grande Conselho Fascista, de 21 de abril de 1927) DO ESTADO CORPORATIVO E SUA ORGANIZAÇÃO I - A Nação italiana é um organismo com finalidades, vida, meios, de ação superior,

Leia mais

CONSTITUCIONALIZAÇÃO DOS DIREITOS TRABALHISTAS: O PRINCÍPIO DA PROTEÇÃO AO TRABALHADOR

CONSTITUCIONALIZAÇÃO DOS DIREITOS TRABALHISTAS: O PRINCÍPIO DA PROTEÇÃO AO TRABALHADOR CONSTITUCIONALIZAÇÃO DOS DIREITOS TRABALHISTAS: O PRINCÍPIO DA PROTEÇÃO AO TRABALHADOR Luciana Santos Trindade Capelari Advogada trabalhista e empresarial, Especialista em Direito Processual, e em Direito

Leia mais

Súmula 194 É COMPETENTE O MINISTRO DO TRABALHO PARA A ESPECIFICAÇÃO DAS ATIVIDADES INSALUBRES.

Súmula 194 É COMPETENTE O MINISTRO DO TRABALHO PARA A ESPECIFICAÇÃO DAS ATIVIDADES INSALUBRES. SÚMULAS VINCULANTES DE DIREITO DO TRABALHO DO STF Súmula Vinculante 4 SALVO NOS CASOS PREVISTOS NA CONSTITUIÇÃO, O SALÁRIO MÍNIMO NÃO PODE SER USADO COMO INDEXADOR DE BASE DE CÁLCULO DE VANTAGEM DE SERVIDOR

Leia mais

Parte I - Direito do trabalho - parte geral, 1. 1 Evolução histórica, 3 1 Evolução mundial, 3 2 Evolução no Brasil, 4.

Parte I - Direito do trabalho - parte geral, 1. 1 Evolução histórica, 3 1 Evolução mundial, 3 2 Evolução no Brasil, 4. Parte I - Direito do trabalho - parte geral, 1 1 Evolução histórica, 3 1 Evolução mundial, 3 2 Evolução no Brasil, 4 2 Denominação, 6 3 Conceito e divisão da matéria, 8 4 Posição enciclopédica, 9 5 Fontes,

Leia mais

X SUSPENSÃO CONTRATUAL E INTERRUPÇÃO DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

X SUSPENSÃO CONTRATUAL E INTERRUPÇÃO DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS X SUSPENSÃO CONTRATUAL E INTERRUPÇÃO DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS I. DIFERENÇA DOS INSTITUTOS II. HIPÓTESE A: COMO TEMPO EFETIVO III. HIPÓTESE B: COMO TEMPO EFETIVO E SALÁRIO IV. HIPÓTESE C: COMO PARALISAÇÃO

Leia mais

categorias, em questões judiciais ou administrativas, e o direito de o aposentado filiado votar e ser votado nas organizações sindicais.

categorias, em questões judiciais ou administrativas, e o direito de o aposentado filiado votar e ser votado nas organizações sindicais. De continuação... (237) Na nova ordem jurídica brasileira: a) O direito de greve alcance todos os trabalhadores e servidores públicos, dependendo, quanto a estes de regulamentação; b) São permitidos a

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO ATIVIDADE PENOSA (INSALUBRE OU PERIGOSA):

DIREITO DO TRABALHO ATIVIDADE PENOSA (INSALUBRE OU PERIGOSA): DIREITO DO TRABALHO ATIVIDADE PENOSA (INSALUBRE OU PERIGOSA): É aquela que causa ou provoca incômodo ou sacrifício. A princípio, toda e qualquer atividade industrial é insalubre e perigosa. Serão consideradas

Leia mais

Cuida das relações coletivas de trabalho, onde os interesses cuidados são os de um grupo social. São instituições do direito coletivo do trabalho:

Cuida das relações coletivas de trabalho, onde os interesses cuidados são os de um grupo social. São instituições do direito coletivo do trabalho: Legislação Social Profª Mestre Ideli Raimundo Di Tizio p 38 DIREITO COLETIVO DO TRABALHO Cuida das relações coletivas de trabalho, onde os interesses cuidados são os de um grupo social. São instituições

Leia mais

Disciplina: Direito e Processo do Trabalho 4º Semestre - 2011 Professor Donizete Aparecido Gaeta Resumo de Aula. 15º Ponto Aviso Prévio.

Disciplina: Direito e Processo do Trabalho 4º Semestre - 2011 Professor Donizete Aparecido Gaeta Resumo de Aula. 15º Ponto Aviso Prévio. Aviso Prévio 1. Conceito 2. Cabimento 3. Prazo 4. Início da contagem do prazo 5. Ausência do aviso prévio 6. Anotação na CTPS da data do encerramento do contrato de trabalho 7. Renúncia do período de aviso

Leia mais

ÉTICA E LEGISLAÇÃO PROFISSIONAL

ÉTICA E LEGISLAÇÃO PROFISSIONAL ÉTICA E LEGISLAÇÃO PROFISSIONAL Centro de Ensino Superior do Amapá-CEAP Curso: Arquitetura e Urbanismo Disciplina: Ética e Legislação Profissional Assunto: Legislação Trabalhista/Construção Civil Prof.

Leia mais

META 4. LEITURA OBRIGATÓRIA Legislação: CRFB/88, arts. 6 o 17; Doutrina: Direitos sociais; Nacionalidade; Direitos Políticos e Partidos Políticos.

META 4. LEITURA OBRIGATÓRIA Legislação: CRFB/88, arts. 6 o 17; Doutrina: Direitos sociais; Nacionalidade; Direitos Políticos e Partidos Políticos. META 4 LEITURA OBRIGATÓRIA Legislação: CRFB/88, arts. 6 o 17; Doutrina: Direitos sociais; Nacionalidade; Direitos Políticos e Partidos Políticos. EXERCÍCIO 1. (FGV - 2008 - Senado Federal - Policial Legislativo

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Diário da Justiça de 05/05/2006 28/03/2006 SEGUNDA TURMA RELATOR : MIN. EROS GRAU AGRAVANTE(S) : SINDICATO DOS TRABALHADORES EM HOTÉIS, APART-HOTÉIS, MOTÉIS, FLATS, PENSÕES, HOSPEDARIAS, POUSADAS, RESTAURANTES,

Leia mais

SÚMULAS VÍNCULANTES DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL SÚMULA Nº 01 SÚMULA Nº 02 SÚMULA Nº 03

SÚMULAS VÍNCULANTES DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL SÚMULA Nº 01 SÚMULA Nº 02 SÚMULA Nº 03 SÚMULAS VÍNCULANTES DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL SÚMULA Nº 01 Ofende a garantia constitucional do ato jurídico perfeito a decisão que, sem ponderar as circunstâncias do caso concreto, desconsidera a validez

Leia mais

Atualizações Trabalhistas

Atualizações Trabalhistas Atualizações Trabalhistas Aviso-prévio não pode ser suprimido por norma coletiva, suplente de Conselho Fiscal tem estabilidade sindical e empregado pago para não trabalhar deve ser indenizado por assédio

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP008079/2009 DATA DE REGISTRO NO MTE: 22/09/2009 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR044195/2009 NÚMERO DO PROCESSO: 46261.004278/2009-22 DATA

Leia mais

A Constituição Federal de 1988 estabeleceu:

A Constituição Federal de 1988 estabeleceu: A Constituição Federal de 1988 estabeleceu: Art. 8º É livre a associação profissional ou sindical, observado o seguinte: Art. 37º... VI - é garantido ao servidor público civil o direito à livre associação

Leia mais

Súmario. Súmario 5 APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO REVISAÇO... 11 CAPÍTULO II SUJEITOS DA RELAÇÃO DE TRABALHO... 77 QUESTÕES... 77

Súmario. Súmario 5 APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO REVISAÇO... 11 CAPÍTULO II SUJEITOS DA RELAÇÃO DE TRABALHO... 77 QUESTÕES... 77 Súmario 5 Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO REVISAÇO... 11 APRESENTAÇÃO À 2ª EDIÇÃO... 13 CAPÍTULO I INTRODUÇÃO AO DIREITO DO TRABALHO... 15 QUESTÕES... 15 1. Parte histórica... 15 2. Interpretação e integração...

Leia mais

1. Em relação ao trabalho da mulher, assinale a alternativa correta:

1. Em relação ao trabalho da mulher, assinale a alternativa correta: P á g i n a 1 PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO DO TRABALHO 1. Em relação ao trabalho da mulher, assinale a alternativa correta: a) A licença maternidade da empregada contratada por uma empresa

Leia mais

SEESS - SINDICATO DOS EMPREGADOS EM ESTABELECIMENTOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE DE CONTAGEM, BETIM E REGIÃO. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015

SEESS - SINDICATO DOS EMPREGADOS EM ESTABELECIMENTOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE DE CONTAGEM, BETIM E REGIÃO. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 SEESS - SINDICATO DOS EMPREGADOS EM ESTABELECIMENTOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE DE CONTAGEM, BETIM E REGIÃO. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 Entre o SEES - SINDICATO DOS EMPREGADOS EM ESTABELECIMENTOS

Leia mais

Seguro Desemprego : art. 7º, II da CRFB

Seguro Desemprego : art. 7º, II da CRFB AULA 10: Seguro Desemprego : art. 7º, II da CRFB Amparo legal: art. 7º, II da CRFB. * urbanos e rurais: Lei nº 7.998/90, Lei nº 8.900/94 e Resolução do CODEFAT 467/05. * domésticos: artigo 6º-A da Lei

Leia mais

Faço saber, que a Câmara Municipal de Mangueirinha, Estado do Paraná aprovou e eu, ALBARI GUIMORVAM FONSECA DOS SANTOS, sanciono a seguinte lei:

Faço saber, que a Câmara Municipal de Mangueirinha, Estado do Paraná aprovou e eu, ALBARI GUIMORVAM FONSECA DOS SANTOS, sanciono a seguinte lei: LEI Nº 1512/2009 SÚMULA: Cria o Conselho Municipal da Educação. Faço saber, que a Câmara Municipal de Mangueirinha, Estado do Paraná aprovou e eu, ALBARI GUIMORVAM FONSECA DOS SANTOS, sanciono a seguinte

Leia mais

Trataremos nesta aula das contribuições destinadas ao custeio da seguridade social

Trataremos nesta aula das contribuições destinadas ao custeio da seguridade social 1.4.7.3. Contribuições do art.195 CF Trataremos nesta aula das contribuições destinadas ao custeio da seguridade social (previdência, saúde e assistência social), espécies de contribuições sociais, como

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. O Art. 8º da CLT autoriza expressamente a aplicação dos princípios: 1.3. Presentação da condição mais benéfica: Súmula 51 TST

DIREITO DO TRABALHO. O Art. 8º da CLT autoriza expressamente a aplicação dos princípios: 1.3. Presentação da condição mais benéfica: Súmula 51 TST 1 DIREITO DO TRABALHO PONTO 1: Princípios de Direito do Trabalho PONTO 2: Relação de Emprego e Relação de Trabalho PONTO 3: Litisconsórcio passivo facultativo 1. PRINCÍPIOS DE 1. Proteção: Esse princípio

Leia mais

Pós-Graduação Direito e Processo do Trabalho Conteúdo Programático

Pós-Graduação Direito e Processo do Trabalho Conteúdo Programático MÓDULO I - Direito do Trabalho I - Evolução Histórica do Direito do Trabalho - Princípios Constitucionais e Infraconstitucionais do Direito Individual do Trabalho - Fontes e Hermenêutica do Direito do

Leia mais

Novas Súmulas do TST e os Reflexos para o SFN. Estêvão Mallet

Novas Súmulas do TST e os Reflexos para o SFN. Estêvão Mallet Novas Súmulas do TST e os Reflexos para o SFN Estêvão Mallet CLT: 922 artigos. Súmulas TST: 444 OJs SDI I: 420 OJs SDI II: 158 OJs SDC: 38 (OJs TP/OE e OJs SDI Transitórias) Total: 1060 Texto atual I O

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO REVISAÇO... 17 CAPÍTULO I INTRODUÇÃO AO DIREITO DO TRABALHO... 19 QUESTÕES...

APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO REVISAÇO... 17 CAPÍTULO I INTRODUÇÃO AO DIREITO DO TRABALHO... 19 QUESTÕES... Sumário 7 Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO REVISAÇO... 17 CAPÍTULO I INTRODUÇÃO AO DIREITO DO TRABALHO... 19 QUESTÕES... 19 1. Parte Histórica... 19 2. Interpretação e Integração... 29 3. Fontes... 36 4.

Leia mais

IV, VII, VIII, IX, XII, XIII, XV, XVI, XVII, XVIII, XIX, XX, XXII

IV, VII, VIII, IX, XII, XIII, XV, XVI, XVII, XVIII, XIX, XX, XXII Parecer Coletivo Prefeito. Agente Político. Férias. Direito. Exercício. Impossibilidade de Gozo. Indenização. TCE. Entendimento. Reversão. Legalidade no Pagamento. A presente orientação aos agentes políticos

Leia mais

LEGISLAÇÃO DE INTERESSE DA DEFESA CIVIL / CBMERJ CONSTITUIÇÃO FEDERAL

LEGISLAÇÃO DE INTERESSE DA DEFESA CIVIL / CBMERJ CONSTITUIÇÃO FEDERAL LEGISLAÇÃO DE INTERESSE DA DEFESA CIVIL / CBMERJ CONSTITUIÇÃO FEDERAL Art.5º Todos são iguais perante a lei.. XI a casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem consentimento

Leia mais

ORIGEM: Consultoria Legislativa TIPO DE TRABALHO: INFORMAÇÃO FIQUE POR DENTRO ASSUNTO: Trabalho Doméstico

ORIGEM: Consultoria Legislativa TIPO DE TRABALHO: INFORMAÇÃO FIQUE POR DENTRO ASSUNTO: Trabalho Doméstico DIRETORIA LEGISLATIVA CONSULTORIA LEGISLATIVA ORIGEM: Consultoria Legislativa TIPO DE TRABALHO: INFORMAÇÃO FIQUE POR DENTRO ASSUNTO: Trabalho Doméstico CONSULTORA: Beatriz Rezende Marques Costa DATA: abril

Leia mais

Direito do Trabalho CARACTERÍSTICAS. Empregados urbanos e rurais contratados a partir de 1988 inserem-se automaticamente no sistema do FGTS.

Direito do Trabalho CARACTERÍSTICAS. Empregados urbanos e rurais contratados a partir de 1988 inserem-se automaticamente no sistema do FGTS. CARACTERÍSTICAS Empregados urbanos e rurais contratados a partir de 1988 inserem-se automaticamente no sistema do FGTS. O FGTS consiste em recolhimentos pecuniários mensais feitos pelo empregador em uma

Leia mais

DÚVIDAS FREQÜENTES SOBRE A NOVA LEI DE ESTÁGIO (LEI 11.788/2008)

DÚVIDAS FREQÜENTES SOBRE A NOVA LEI DE ESTÁGIO (LEI 11.788/2008) DÚVIDAS FREQÜENTES SOBRE A NOVA LEI DE ESTÁGIO (LEI 11.788/2008) 1. O que é o estágio? Resposta: Estágio é ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação

Leia mais

Contratos de trabalho por tempo determinado, previstos na CLT

Contratos de trabalho por tempo determinado, previstos na CLT Contratos de trabalho por tempo determinado, previstos na CLT O contrato de trabalho por prazo determinado é aquele cuja duração dependa de termo prefixado ou da execução de serviços específicos ou ainda

Leia mais

Procedimentos Especiais No Processo do Trabalho. Por Luiz Cesar K. Ayub luiz@ayubeanzzulin.com.br

Procedimentos Especiais No Processo do Trabalho. Por Luiz Cesar K. Ayub luiz@ayubeanzzulin.com.br Procedimentos Especiais No Processo do Trabalho Por Luiz Cesar K. Ayub luiz@ayubeanzzulin.com.br Consignação em Pagamento: A ação de consignação, na Justiça do Trabalho, é substitutiva ao pagamento, para

Leia mais

RECOMENDAÇÃO PR/RJ/CG Nº 07/2014

RECOMENDAÇÃO PR/RJ/CG Nº 07/2014 Procedimento Administrativo MPF/PR/RJ nº 1.30.001.001245/2013-82 RECOMENDAÇÃO PR/RJ/CG Nº 07/2014 O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, por meio do Procurador da República in fine assinado, com fundamento nos

Leia mais

AULA 02 ROTEIRO CONSTITUIÇÃO FEDERAL ART. 5º; 37-41; 205 214; 227 229 LEI 8.069 DE 13/07/1990 ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE E C A PARTE 02

AULA 02 ROTEIRO CONSTITUIÇÃO FEDERAL ART. 5º; 37-41; 205 214; 227 229 LEI 8.069 DE 13/07/1990 ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE E C A PARTE 02 AULA 02 ROTEIRO CONSTITUIÇÃO FEDERAL ART. 5º; 37-41; 205 214; 227 229 LEI 8.069 DE 13/07/1990 ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE E C A PARTE 02 CAPÍTULO VII DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA SEÇÃO I DISPOSIÇÕES

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE GUANHÃES, Estado de Minas Gerais, no uso de suas atribuições legais;

O PREFEITO MUNICIPAL DE GUANHÃES, Estado de Minas Gerais, no uso de suas atribuições legais; LEI Nº 2451 DE 24 DE NOVEMBRO DE 2011 Dispõe sobre o estágio de estudantes junto ao poder público Municipal, suas autarquias e fundações e dá outras providencias. O PREFEITO MUNICIPAL DE GUANHÃES, Estado

Leia mais

012 - A indenização substitutiva da garantia de emprego da gestante detém clara natureza indenizatória, porquanto não visa a remunerar o dispêndio da

012 - A indenização substitutiva da garantia de emprego da gestante detém clara natureza indenizatória, porquanto não visa a remunerar o dispêndio da EMPREGADA GESTANTE Trabalho elaborado por IVALDO KUCZKOWSKI, advogado especialista em Direito Administrativo e Consultor de Tributos da Empresa AUDICONT Multisoluções. 001 A garantia de emprego à gestante

Leia mais

APOSENTADORIA POR INVALIDEZ APOSENTADORIA ESPECIAL APOSENTADORIA DOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA. São Bernardo do Campo, setembro de 2013

APOSENTADORIA POR INVALIDEZ APOSENTADORIA ESPECIAL APOSENTADORIA DOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA. São Bernardo do Campo, setembro de 2013 APOSENTADORIA POR INVALIDEZ APOSENTADORIA ESPECIAL APOSENTADORIA DOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA São Bernardo do Campo, setembro de 2013 As regras constitucionais sobre aposentadoria por invalidez EC 41/2003:

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 611, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013

LEI COMPLEMENTAR Nº 611, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013 LEI COMPLEMENTAR Nº 611, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013 Procedência: Governamental Natureza: PLC/0046.0/2013 DO: 19.729, de 31/12/2013 Fonte: ALESC/Coord. Documentação Fixa o subsídio mensal dos integrantes

Leia mais

PREÂMBULO DAS DISPOSIÇÕES LEGAIS

PREÂMBULO DAS DISPOSIÇÕES LEGAIS Acordo Coletivo de Trabalho, de âmbito nacional, celebrado entre o BANCO DO BRASIL S.A. e a CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS TRABALHADORES DO RAMO FINANCEIRO CONTRAFI, as FEDERAÇÕES e os SINDICATOS DOS EMPREGADOS

Leia mais

PARECER Nº, DE 2009. RELATOR: Senador EDUARDO AZEREDO RELATOR ad hoc: Senador TASSO JEREISSATI I RELATÓRIO

PARECER Nº, DE 2009. RELATOR: Senador EDUARDO AZEREDO RELATOR ad hoc: Senador TASSO JEREISSATI I RELATÓRIO PARECER Nº, DE 2009 Da COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, em caráter terminativo, sobre o Projeto de Lei do Senado nº 147, de 2006, que altera a Lei nº 4.950-A, de 22 de abril de 1966, que

Leia mais

Júlio M. de Oliveira Mestre e doutor PUC/SP

Júlio M. de Oliveira Mestre e doutor PUC/SP PLR: pressupostos para caracterização conforme jurisprudência do CARF e a tributação dos planos de stock option Júlio M. de Oliveira Mestre e doutor PUC/SP A TRIBUTAÇÃO DOS PLANOS DE STOCK OPTION Hipótese

Leia mais

Faltas Justificadas e Licenças na Aprendizagem Profissional

Faltas Justificadas e Licenças na Aprendizagem Profissional Faltas Justificadas e Licenças na Aprendizagem Profissional Matheus Florencio Rodrigues Assessor Jurídico do INAMARE www.inamare.org.br Fone: (44) 3026-4233 Juliana Patricia Sato Assessora Jurídico do

Leia mais

(67$%,/,'$'((*$5$17,$'((035(*2 &RQFHLWR

(67$%,/,'$'((*$5$17,$'((035(*2 &RQFHLWR (67$%,/,'$'((*$5$17,$'((035(*2 5RGULJR&RLPEUD $GYRJDGRHP3RUWR$OHJUH56 &RQFHLWR "Estabilidade é o direito do trabalhador de permanecer no emprego, mesmo contra a vontade do empregador, enquanto existir

Leia mais

Data-Base 1º de maio de 2015

Data-Base 1º de maio de 2015 PRÉ-PAUTA DE REIVINDICAÇÕES 2015 Data-Base 1º de maio de 2015 Pré-Pauta de Reivindicações 2015 Agroindústrias do setor de carnes e leite, Cooperativas Agropecuárias, Clinicas Veterinárias, Laboratórios

Leia mais

Trabalhador Domestico

Trabalhador Domestico Trabalhador Domestico Trabalhador Domestico 3 Brasília/DF - 2013 Trabalhador Domestico Considera-se trabalhador doméstico aquele maior de 18 anos que presta serviços de natureza contínua (frequente,

Leia mais

APOSENTADORIA ESPECIAL DO SERVIDOR PÚBLICO

APOSENTADORIA ESPECIAL DO SERVIDOR PÚBLICO Direito Previdenciário APOSENTADORIA ESPECIAL DO SERVIDOR PÚBLICO Rafael Gabarra www.gabarra.adv.br ROTEIRO I. RGPS x RPPS II. Aposentadoria Especial III. Servidor Público - RPPS IV. Omissão MI s Súmula

Leia mais

ESTABILIDADE PROVISÓRIA DA GESTANTE

ESTABILIDADE PROVISÓRIA DA GESTANTE ESTABILIDADE PROVISÓRIA DA GESTANTE Weliton José da Silva Balduino 1 Rafaella Gil Almeida 2 INTRODUÇÃO Historicamente, a mulher sempre desempenhou atividades, seja, no lar, nas atividades agrícolas familiares

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO. PROGRAMA DE PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS E RESULTADOS - PLR EXERCÍCIOS 2014 e 2015

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO. PROGRAMA DE PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS E RESULTADOS - PLR EXERCÍCIOS 2014 e 2015 1 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO PROGRAMA DE PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS E RESULTADOS - PLR EXERCÍCIOS 2014 e 2015 Pelo presente instrumento particular, de um lado: VALE S/A, inscrita no CNPJ (MF) sob o n.º 33.592.510/0001-54,

Leia mais

CONSTITUCIONALISMO SOCIAL NO MERCOSUL

CONSTITUCIONALISMO SOCIAL NO MERCOSUL ELIANNE MARIA MEIRA ROSA Professora Titular de Direito Internacional Público da Faculdade de Direito da Universidade Braz Cubas. Mogi das Cruzes-SP. Professora de Ética Geral e Profissional da Faculdade

Leia mais

Da Abrangência. Da Vigência. Formas de Pagamento do Salário. Da Redução de Carga Horária

Da Abrangência. Da Vigência. Formas de Pagamento do Salário. Da Redução de Carga Horária CONVENÇÃO COLETIVA DE CONDIÇÕES DE TRABALHO E REAJUSTAMENTO SALARIAL, que celebram entre o SINPROR - SINDICATO DOS PROFESSORES EM ESTABELECIMENTOS PRIVADOS DE ENSINO DE ANÁPOLIS E REGIÃO Rua Arinesto de

Leia mais

Dispõe sobre o contrato de prestação de serviços e as relações de trabalho dele decorrentes.

Dispõe sobre o contrato de prestação de serviços e as relações de trabalho dele decorrentes. COMISSÃO ESPECIAL DESTINADA A PROMOVER ESTUDOS E PROPOSIÇÕES VOLTADAS À REGULAMENTAÇÃO DO TRABALHO TERCEIRIZADO NO BRASIL SUGESTÃO DE SUBSTITUTIVO AO PROJETO DE LEI Nº 4.330, DE 2004 Dispõe sobre o contrato

Leia mais

1- CONTRATO DE TRABALHO

1- CONTRATO DE TRABALHO 1- CONTRATO DE TRABALHO 1.1 - ANOTAÇÕES NA CARTEIRA DE TRABALHO Quando o empregado é admitido - mesmo em contrato de experiência -, a empresa tem obrigatoriamente que fazer as anotações na carteira de

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO - 2009/2011

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO - 2009/2011 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO - 2009/2011 Que entre si celebram, de um lado, E de outro lado, SINDICATO DOS AEROVIÁRIOS DE PORTO ALEGRE, com sede na Rua Augusto Severo, 82 - Porto Alegre RS, CEP 90.240-480,

Leia mais

Os novos direitos dos empregados domésticos: análise da Emenda Constitucional n o 72/2013

Os novos direitos dos empregados domésticos: análise da Emenda Constitucional n o 72/2013 Os novos direitos dos empregados domésticos: análise da Emenda Constitucional n o 72/2013 SériE Atualização Legislativa Os novos direitos dos empregados domésticos: análise da Emenda Constitucional n

Leia mais

LEI Nº 21.710, DE 30 DE JUNHO DE

LEI Nº 21.710, DE 30 DE JUNHO DE LEI Nº 21.710, DE 30 DE JUNHO DE 2015. Dispõe sobre a política remuneratória das carreiras do Grupo de Atividades de Educação Básica do Poder Executivo, altera a estrutura da carreira de Professor de Educação

Leia mais

GRATIFICAÇÕES, ADICIONAIS, AUXÍLIOS E OUTROS

GRATIFICAÇÕES, ADICIONAIS, AUXÍLIOS E OUTROS ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG001902/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 03/05/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR019390/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46236.000751/2012-13 DATA DO

Leia mais

NOME: MATRÍCULA: CURSO: SEMESTRE: UNIDADE: ENTREGA / / - PRAZO LIMITE AV1. 1ª ATIVIDADE:

NOME: MATRÍCULA: CURSO: SEMESTRE: UNIDADE: ENTREGA / / - PRAZO LIMITE AV1. 1ª ATIVIDADE: MATRÍCULA: CURSO: SEMESTRE: UNIDADE: ENTREGA / / - PRAZO LIMITE AV1. 1ª ATIVIDADE: Pesquisar um tema referente a matéria na biblioteca e redigir um artigo nos termos da ABNT. Obs.: tema livre; obrigatória

Leia mais

CARTILHA TRABALHADOR DOMÉSTICO. Perguntas e Respostas TRABALHADOR DOMÉSTICO. 1 - Quem pode ser considerado trabalhador doméstico?

CARTILHA TRABALHADOR DOMÉSTICO. Perguntas e Respostas TRABALHADOR DOMÉSTICO. 1 - Quem pode ser considerado trabalhador doméstico? FICHA CATALOGRÁFICA CARTILHA TRABALHADOR DOMÉSTICO - Considera-se trabalhador doméstico aquele maior de 18 anos que presta serviços de natureza contínua (frequente, constante) e de finalidade não-lucrativa

Leia mais

1. Do conjunto normativo que disciplina a criação de sindicatos e a filiação dos servidores públicos

1. Do conjunto normativo que disciplina a criação de sindicatos e a filiação dos servidores públicos Nota Técnica nº 07/2008 SINASEFE. Dispositivo do Estatuto que permite a incorporação de outros sindicatos à entidade, na condição de seções sindicais. Análise da legalidade da disposição à luz da Constituição

Leia mais

Lei: Art. 8º É dever dos pais ou responsáveis efetuar a matrícula dos menores, a partir dos 6 (seis) anos de idade, no ensino fundamental.

Lei: Art. 8º É dever dos pais ou responsáveis efetuar a matrícula dos menores, a partir dos 6 (seis) anos de idade, no ensino fundamental. Lei: Art. 5º. I - educação básica, nas etapas da educação infantil e ensino fundamental, obrigatória e gratuita a partir dos 4 (quatro) anos de idade, assegurada inclusive a sua oferta gratuita para todos

Leia mais

ILAESE INSTITUTO LATINO-AMERICANO DE ESTUDOS SÓCIO-ECONÔMICOS

ILAESE INSTITUTO LATINO-AMERICANO DE ESTUDOS SÓCIO-ECONÔMICOS SEMINÁRIO: INTRODUÇÃO AO DIREITO INDIVIDUAL E COLETIVO DO TRABALHO E NEGOCIAÇÃO COLETIVA Dinâmica do Seminário 9 horas abertura e apresentação dos participantes 9h.30min. Palestra introdutória 10h.30min

Leia mais

Curso Resultado Um novo conceito em preparação para concursos! CRFB/88. Atualizada em 02 de dezembro de 2015.

Curso Resultado Um novo conceito em preparação para concursos! CRFB/88. Atualizada em 02 de dezembro de 2015. Um novo conceito em preparação para concursos! CRFB/88 Atualizada em 02 de dezembro de 2015. CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988 Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia

Leia mais

Empregados domésticos. Mudanças decorrentes da Emenda Constitucional nº 72.

Empregados domésticos. Mudanças decorrentes da Emenda Constitucional nº 72. Empregados domésticos. Mudanças decorrentes da Emenda Constitucional nº 72. Empregado doméstico, como bem conceitua Volia Bomfim Cassar, 1 é toda pessoa física que trabalha de forma pessoal, subordinada,

Leia mais