Governança de Tecnologia da Informação Setor Público

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Governança de Tecnologia da Informação Setor Público"

Transcrição

1 Governança de Tecnologia da Informação Setor Público Abril de 2015

2 Índice Planejamento para o Evento Governança Corporativa 03 Governança Corporativa aplicada à TI 09 Metodologia Deloitte 24 Tendências de Mercado 28 Materiais adicionais e Contatos 37

3 3 Governança Corporativa

4 Governança Corporativa Dimensões da Governança Corporativa Acordo de acionistas Estatuto social Conselho e seus comitês Relação com os investidores Missão, visão e valores Código de ética e conduta Regimentos e políticas corporativas Estrutura e Organização Diretrizes Estratégicas Gestão de Desempenho Mandato, competências e nomeação Retribuição dos executivos - chave Planos de desenvolvimento Planos de sucessão Protocolo de gestão de riscos Papéis e responsabilidades Mapa de riscos e indicadores Estratégia de mitigação Gestão de Riscos Dimensões da Governança Corporativa Supervisão e Controle Conselho Fiscal Comitê de Auditoria Auditoria interna e externa Programa de aderência regulatória Formulário de referência Divulgação tempestiva Informação financeira Eventos corporativos Comunicação e Informação Plano de Negócios Processos e Sistemas Mandato, competências e nomeação Retribuição dos executivos - chave Planos de desenvolvimento Planos de sucessão Desenvolvimento e acompanhamento da estratégia Projeção dos resultados

5 Governança Corporativa GRC Governança, Risco e Compliance Originado por prepostos regulatórios, as disciplinas de Governança, Risco e Compliance se tornaram fundamentais para enfatizar a transparência e responsabilidade corporativa dentro das empresas. Direcionamento e Execução Gestão dos Processos; Resposta às definições SOX; Reportes Regulatórios. Reporte aos Comitês executivos; Estratégia; Políticas corporativas. GRC Mensuração e Refinamento Riscos Identificação dos fatores de risco; Análise dos Riscos; Respostas coordenadas. Planejamento e Gestão de Portfólio

6 Governança Corporativa Inteligência de Risco Inteligência em Riscos é uma poderosa ferramenta para identificação e resposta às grandes oportunidades e aos riscos chave de uma empresa, auxiliando na manutenção do devido balanço entre risco e retorno.. Mapeamento e entendimento dos riscos Definição de padrões e metodologias Estabelecimento de papéis e responsabilidades Envolvimento da Alta Administração Governança em Riscos Cultura Grupo Diretivo Alta Administração Responsabilidades da Alta Administração Infraestrutura para gestão de riscos Infraestrutura e Gestão Infraestutura de Riscos Executivos Avaliação periódica do processo Pessoas Processos Sistemas Responsabilidades das áreas de negócio Suporte de funções intrínsecas Propriedade do Risco Identificar Riscos Processo de Gestão de Riscos Avaliatr e Testar Riscos Integrar Riscos Responder aos Riscos Grupo de Riscos Desenhar e Implantar Controles Monitorar, Assegurar e Reportar Estratégicos Financeiros Operacionais Regulamentares Áreas de negócio e Suporte

7 Governança Corporativa Lei anticorrupção A Lei n (Lei Anticorrupção) confere às organizações brasileiras a demanda por reforçar suas práticas de governança, assegurando que as relações com os públicos de interesse, incluindo o governo, sejam os mais adequados à tomada de decisão. Maior parte das empresas não tem um programa completo de compliance, que garanta o cumprimento das normas e da legislação 49% Abrangente, com atuação em assuntos de maior relevância e risco para estratégia 30% Limitado, com restrição em processos como gestão de riscos 21% Completo, englobando todas as áreas e estratégias da empresa Fonte: Estudo da Deloitte Lei Anticorrupção Um retrato das práticas de compliance na era da empresa limpa Círculo Virtuoso O passo a passo para implementação de um programa integrado de anticorrupção Avaliação de riscos de corrupção Desenvolvimento de um ambiente de ética empresarial Implantação de atividades de controle de anticorrupção Comunicação e compartilhamento de informações Atividades de monitoramento

8 Governança Corporativa Dimensões Governança Corporativa abrange diferentes dimensões com princípios básicos em comum. Governança de Tecnologia Governança de Negócios Ferramentas GRC COBIT 5.0 Information Management Governança Corporativa Lei Anticorrupção Inteligência em Riscos Tendências de Mercado Princípios Básicos de Governança Corporativa Transparência Equidade Prestação de Contas Responsabilidade Corporativa

9 9 Governança Corporativa aplicada à TI

10 Governança Corporativa aplicada à TI Conceitos associados à Disciplina É uma estrutura de relacionamentos e processos para dirigir e controlar a organização aos seus objetivos, adicionando valor, ao mesmo tempo que equilibra os riscos em relação ao retorno da TI e seus processos. Governança Corporativa aplicada à TI Define condições para o exercício eficaz da gestão com base em conceitos consolidados de qualidade. Gestão GC Ferramentas de Suporte Objetivos Estratégicos Definição de estruturas e processos visando a garantir que a área de TI suporte e maximize os objetivos e estratégias da organização. Implementação de ferramentas que permitem controlar medir, auditar a execução e a qualidade dos serviços

11 Governança Corporativa aplicada à TI Áreas Foco da Governança de TI Área Foco Alinhamento Estratégico Mensuração de Desempenho Gestão de Recursos Gestão de Riscos Entrega de Valor Objetivo Garantir a integração do negócio com os planos de TI, bem como na definição, manutenção e validação das proposições de valor para TI, e no alinhamento das operações de TI com as operações corporativas. Monitorar a implementação da estratégia, conclusão de projetos, uso de recursos, desempenho de processos e entrega de serviços, usando um BSC (Balanced Scorecard) para traduzir estratégias em ações, visando atingir aos objetivos. Otimizar investimentos e gerenciar os recursos críticos de TI, aplicações, informações, infraestrutura e pessoas. O ponto chave está relacionado com a otimização do conhecimento e de infraestrutura. Gerenciar riscos é função dos Executivos Sêniores da organização, a partir do claro entendimento do apetite de risco da corporação, do entendimento da conformidade requerida, da transparência sobre o significado do risco para a corporação e da estrutura de gestão de riscos. Executar a proposição de valor através do ciclo de entrega, garantindo que os entregáveis de TI cumpram os benefícios estabelecidos na estratégia, concentrando-se nos custos ótimos fixados e provendo valor intrínseco de TI.

12 Governança Corporativa aplicada à TI Partes Interessadas na Governança de TI Parte Interessada Conselho e Executivos Atividade Determina o direcionamento para a TI, e monitora os resultados e medidas corretivas. Gestores de Negócio Determina os requisitos de negócio para a TI, e assegura que o respectivo valor seja entregue e os riscos sejam gerenciados. Gestores de TI Entrega e aperfeiçoa os serviços de TI conforme solicitado pelo negócio. Auditores de TI Fornece asseguração de forma independente, com o intuito de demonstrar que a TI entrega o que é necessário. Risco e Conformidade Mede a conformidade com as políticas e concentra-se em novos riscos.

13 Governança Corporativa aplicada à TI Situação da Governança de TI nas Organizações 56,6% 38,4% Fonte: Global Status Report on the Governance of Enterprise IT (ISACA 2011)

14 Governança Corporativa aplicada à TI Situação da Governança de TI nas Organizações Fonte: Global Status Report on the Governance of Enterprise IT (ISACA 2011)

15 Governança Corporativa aplicada à TI Situação da Governança de TI nas Organizações Fonte: Global Status Report on the Governance of Enterprise IT (ISACA 2011)

16 Governança Corporativa aplicada à TI Situação da Governança de TI nas Organizações Fonte: Global Status Report on the Governance of Enterprise IT (ISACA 2011)

17 Governança Corporativa aplicada à TI O COBIT Proporciona boas práticas através de 5 domínios (conjuntos) de processos afins, apresentando atividades, artefatos (entradas e saídas), papéis e responsabilidades, assim como objetivos de controle, em uma estrutura lógica e gerenciável. Fortemente orientado a negócios, consistindo no (a).estabelecimento de links entre os objetivos de negócio e objetivos de TI, (b).fornecimento de métricas e modelos de maturidade para mensurar o alcance a estes objetivos e (c).identificação das responsabilidades de negócio e TI. Modelo de governança de TI mais aceito no mercado e fortemente orientado a controle internos

18 Governança Corporativa aplicada à TI O COBIT

19 Governança Corporativa aplicada à TI Governança x Gestão de TI Um dos principais princípios do COBIT 5 é a distinção entre governança e gestão de TI e as áreas de atuação de cada grupo. Necessidades de Negócio Governança de TI Monitorar Avaliar Dirigir Definição dos pontos de decisão, normas de alinhamento estratégico, mecanismos de controle e implementação de processos. Feedback da Administração Gestão de TI Monitorar Executar Construir Planejar Atividades de execução da TI em constante alinhamento com a estratégias definidas pela governança de TI.

20 Governança Corporativa aplicada à TI COBIT 5 Um dos mais completos frameworks voltados para governança de TI, mantido pela ISACA, o COBIT proporciona uma visão de negócios de ponta a ponta e reflete o papel central da informação e da tecnologia na criação de valor para as corporações. Objetivos Orientado a um conjunto de processos e não apenas a um processo de negócio ou departamento específico. O framework foca no resultado final gerado pela TI e tem como propósito fornecer aos executivos um modelo de governança que auxilie na entrega de valor de TI, por meio do entendimento e do gerenciamento dos riscos associados. Atualmente a versão do framework é a COBIT 5, que incorpora técnicas de gestão e governança de TI e viabiliza a gestão de riscos associados à TI. Principais alterações COBIT Mudança de abordagem: foco em princípios e facilitadores; - Mudanças em 4 domínios existentes e adição de novo domínio: Governance of Enterprise IT (GEIT): Avaliar, Direcionar e Monitorar ; - Mudança nas responsabilidades da tabela RACI: mais abrangente, com lista maior de agentes de governança.

21 Governança Corporativa aplicada à TI Princípios do COBIT COBIT 5 é a evolução da postura e da visão na administração da informação corporativa, e eleva o assunto de TI para um patamar além do alinhamento estratégico de negócio. Atender às necessidades dos stakeholders, transformando-as em estratégias corporativas. Compreensão de toda a empresa pela integração da governança de TI com a governança corporativa. 5 Princípios do COBIT 5 Implantação de framework único e integrado alinhado com COSO, ITIL, ISO 27001, TOGAF, Prince 2, Six Sigma. Abordagem holística incluindo seus componentes e suas inter-relações, definida por 7 facilitadores; Distinção entre governança e gestão: diferentes estruturas organizacionais e servem a propósitos diversos

22 Governança Corporativa aplicada à TI Processos do COBIT O COBIT possui 37 processos divididos em 5 domínios, sendo um específico para implantação de Governança de TI e os demais para Gestão de TI, conforme figura abaixo:

23 Governança Corporativa aplicada à TI King Report on Corporate Governance África do Sul O King Report on Corporate Governance é um código de governança corporativo pioneiro na África do Sul, preparado pelo King Committee on Corporate Governance. A conformidade com os King Reports é um requisito para companhias listadas na Bolsa de Valores de Johanesburgo. Três relatórios foram emitidos, sendo o King I em 1994, o King II em 2002 e o King III em Já foi citado como sendo o mais efetivo sumário de boas práticas Internacionais em Governança Corporativa O King III fornece diretrizes para as organizações em diversos aspectos de governança, incluindo: a) Liderança ética e cidadania corporativa b) Conselhos e Diretoria Executiva c) Comitês de Auditoria d) Governança de Riscos e) Governança de Tecnologia da Informação (TI) f) Conformidade com leis, regulamentações, padrões e códigos g) Auditoria Interna h) Relacionamento com partes interessadas i) Relatórios integrados e divulgação

24 24 Metodologias Deloitte

25 Visão Deloitte As principais pilares da governança de TI A governança de TI está inserida em um contexto amplo de capacidades que precisam ser desenvolvidas na empresa: Governança e controle Estratégia e alinhamento Portfólio e finanças Arquitetura empresarial Organização e entrega Diretrizes, responsabilidades, transparência e controles propriamente ditos requeridos para gerenciar a área de TI, a fim de se garantir o cumprimento dos seus objetivos estratégicos. A estratégia de TI deve ser desenvolvida como parte integral dos objetivos da corporação e também deve influenciar o cumprimento desses objetivos. A dimensão do portfólio considera as iniciativas de tecnologia que suportam a estratégia de TI. A dimensão de finanças considera os investimentos e os recursos financeiros requeridos. Níveis que suportam o negócio, como estrutura de dados, aplicações e infraestrutura tecnológica de suporte incluindo hardware, conectividade e sistemas de software. Estrutura, papéis e competências internas de TI, além de funções terceirizadas e fornecedores que determinam a maneira como a área de TI suporta o negócio

26 Metodologia Deloitte A TI na Estratégia A Deloitte provê serviços relacionados à implementação e otimização do modelo de governança da organização, por meio de uma abordagem completa em diversas frentes. Criação de Valor Desenvolver estratégia de TI Reduzir custos Otimizar a performance do negócio Percepção de Valor Gerenciar operações de negócios complexas e mudanças tecnológicas Transformar o suporte de TI em negócio Gestão Aprimorar a governança de TI Conduzir processos de compliance Identificar e gerenciar os riscos

27 Soluções Deloitte Principais serviços Diagnóstico de gestão de demanda e portfólio de projetos Otimização de custos de TI Reestruturação organizacional de TI Due Dilligence de TI no processo de aquisição de empresas Diagnóstico Cobit e ITIL Implementação Cobit, ITIL, SDLC

28 28 Tendências de Mercado

29 Tendências de Mercado Tecnologia direcionada aos negócios Decisões de investimento em TI são dúvidas constantes quando o objetivo é maximizar o valor do negócio. Os tópicos apresentados abaixo tem sido foco de debate entre os executivos das empresas e priorizados para implantação em função de seus resultados ESTRATÉGIA EM TI ANALYTICS CYBER RISK OTIMIZAÇÃO DE TI SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS INTEGRADAS INFORMATION MANAGEMENT (BIG DATA) CLOUD COMPUTING

30 Tendências de Mercado Estratégia em TI Com os desafios impostos por um ambiente de negócios cada vez mais complexo e interconectado e clientes demandando informações precisas em tempo real, faz-se necessário um alinhamento entre as estratégias da área TI e as estratégias da organização. 1. Alinhamento com o Negócio ESTRATÉGIA EM TI ANALYTICS Promover o alinhamento da estratégia de TI com o negócio, garante integridade às melhores práticas de governança 2. Estruturação Organizacional CYBER RISK OTIMIZAÇÃO DE TI SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS INTEGRADAS O redesenho da estrutura garante visibilidade e transparência sobre metas e diretrizes para a TI INFORMATION MANAGEMENT (BIG DATA) CLOUD COMPUTING 3. Desempenho O modelo de governança permite gerenciar a evolução do desempenho das iniciativas de TI e ganhos obtidos

31 Tendências de Mercado Analytics A proposta de um trabalho de Analytics é garantir que as pessoas corretas tenham acesso à informação no momento certo para tomar as decisões mais assertivas. ESTRATÉGICA EM TI ANALYTICS A explosão de dados no mundo atual não permite que as informações sejam gerenciadas utilizando as metodologias tradicionais de auditoria interna e técnicas manuais. 1. Governança de Riscos CYBER RISK OTIMIZAÇÃO DE TI SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS INTEGRADAS Pode auxiliar mais efetivamente no planejamento dos processos, determinando quais áreas tem maior exposição ao risco e devem receber mais atenção. 2. Analytics para Auditoria Interna INFORMATION MANAGEMENT (BIG DATA) CLOUD COMPUTING Utilização de analytics para seleção de amostra e transformação dos dados em algo tangível e quantificável na produção de visões diferenciadas para os controles da operação.

32 Tendências de Mercado Soluções Tecnológicas Integradas Envolve a integração de dispositivos como smart phones, tablets, laptops, desktops, PCs e outros. Esta constante conectividade amplia o volume de informações disponíveis e altera a infraestrutura de TI anterior, exigindo interatividade entre os hardwares. CYBER RISK ESTRATÉGICA EM TI OTIMIZAÇÃO DE TI ANALYTICS SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS INTEGRADAS Dispositivos tecnológicos estão sendo ligadas a diversas áreas, da cadeia de fornecimento a intranet. 1. Propriedade X Privacidade Utilizando o equipamento pessoal é necessário definir de quem é a responsabilidade pelas informações coorporativas, pelo acesso a conteúdo impróprio ou por danos aos dispositivos. INFORMATION MANAGEMENT (BIG DATA) CLOUD COMPUTING 2. Riscos Tecnológicos Uso indevido de informações, incluindo o risco ao sigilo, acesso indevido e confidencialidade de dados. Aumento da fragilidade do processo de autenticação e controle de acesso.

33 Tendências de Mercado Cloud Computing Cloud Computing é a maior mudança na forma como os serviços de informações são entregues, abrangendo também mudanças na arquitetura de tecnologia e fornecimento de dados de maneira flexível e instantânea. ESTRATÉGICA EM TI ANALYTICS A adoção de Cloud Computing, contudo, propicia a criação de novos riscos que devem ser considerados no modelo de governança: 1. Segurança da informação; 2. Regulação; CYBER RISK OTIMIZAÇÃO DE TI SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS INTEGRADAS 3. Privacidade; 4. Integração de dados; 5. Clareza contratual; INFORMATION MANAGEMENT (BIG DATA) CLOUD COMPUTING 6. Continuidade do negócio.

34 Tendências de Mercado Information Management (Big Data) Armazenamento de grandes volumes de dados, dividido em dados estruturados e não estruturados, disponíveis para serem acessados a uma maior velocidade e que não podem ser adequadamente analisados utilizando-se ferramentas tradicionais. CYBER RISK ESTRATÉGICA EM TI INFORMATION MANAGEMENT (BIG DATA) OTIMIZAÇÃO DE TI ANALYTICS CLOUD COMPUTING SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS INTEGRADAS A organização precisa analisar quanto ela é capaz de criar políticas internas para direcionar as ações de big data. 3 Vs Determinantes na integração e análise dos dados: Velocidade: Frequência de geração dos dados; Volume: Crescimento dos dados no mundo Variedade: Diversidade de informações, ados estruturados e não estruturados Velocidade + Volume + Variedade = Valor

35 Tendências de Mercado Cyber Risk A disciplina de Cyber Risk tem o objetivo de reduzir a exposição à ataques as informações financeiras e pessoais, reduzindo os riscos de exposição de dados. ESTRATÉGICA EM TI ANALYTICS 1. Governança e Segurança Privacidade, segurança a crimes cibernéticos, exigem supervisão ativa de conselhos e executivos, não podendo ser administrados apenas pela equipe de TI. 2. Competitividade CYBER RISK OTIMIZAÇÃO DE TI SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS INTEGRADAS Empresas que transmitem a prevenção de riscos cibernéticos bem definidas possuem vantagem em suas posições no mercado INFORMATION MANAGEMENT (BIG DATA) CLOUD COMPUTING 3. Compliance Revisão das práticas de gerenciamento de risco cibernéticos e exigências regulatórias garantem redução do impacto financeiro

36 Tendências de Mercado Otimização de TI Otimização de TI é um conjunto de iniciativas que a companhia deve desenvolver para atingir seus objetivos de negócio através do gerenciamento e capacitação tecnológica, trazendo vantagem competitiva em relação ao mercado 1. Análises ESTRATÉGICA EM TI ANALYTICS A avaliação dos sistemas, permite medir a eficácia, e definir os serviços necessários para otimização do serviço de TI 2. Capacitação Tecnológica CYBER RISK OTIMIZAÇÃO DE TI SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS INTEGRADAS Ativar e melhorar a eficácia tecnológica da TI, contribuem para o crescimento, lucratividade e vantagem competitiva INFORMATION MANAGEMENT (BIG DATA) CLOUD COMPUTING 3. Controles Os serviços concentram-se na racionalização dos controles, reduzindo os riscos na infraestrutura e camada de dados

37 37 Materiais adicionais e Contatos

38 Publicações e Fontes de Conteúdo Conteúdos para Geração de Valor Folder Transparência em movimento: O atual estágio da Governança Corporativa no Brasil Hotsite Centro de Governança Corporativa Folder Rumo à Excelência em Tecnologia da Informação: Integrando Estratégias de Negócio e Soluções Hotsite Center for Corporate Governance

39 Agradecimentos e Contatos Executivos especialistas André Gargaro Sócio Líder de Cyber Risk e Gestão de Crises Deloitte Touche Tohmatsu Rua Henri Dunant, 1.383, 8º. andar, São Paulo, Brasil Celular: Rodrigo Mendes Sócio Líder de Business Risk Deloitte Touche Tohmatsu Rua Henri Dunant, 1.383, 7º. andar, São Paulo, Brasil Celular: Elias Zoghbi Sócio Líder da Indústria de Seguros do Brasil Deloitte Touche Tohmatsu Av. Presidente Wilson 231, Rio de Janeiro, , Brasil Celular:

40 About Deloitte A Deloitte refere-se a uma ou mais entidades da Deloitte Touche Tohmatsu Limited, uma sociedade privada, de responsabilidade limitada, estabelecida no Reino Unido ("DTTL ), sua rede de firmas-membro, e entidades a ela relacionadas. A DTTL e cada uma de suas firmas-membro constituem entidades legalmente separadas e independentes. A DTTL (também chamada Deloitte Global ) não presta serviços a clientes. Consulte para obter uma descrição mais detalhada da DTTL e suas firmasmembro. Deloitte refers to one or more of Deloitte Touche Tohmatsu Limited, a UK private company limited by guarantee ( DTTL ), its network of member firms, and their related entities. DTTL and each of its member firms are legally separate and independent entities. DTTL (also referred to as Deloitte Global ) does not provide services to clients. Please see for a more detailed description of DTTL and its member firms.

A Importância do Compliance para a Garantia da Ética e da Governança Corporativa Seminário de Controles Internos e Compliance

A Importância do Compliance para a Garantia da Ética e da Governança Corporativa Seminário de Controles Internos e Compliance A Importância do Compliance para a Garantia da Ética e da Governança Corporativa Seminário de Controles Internos e Compliance 7º CONSEGURO Setembro de 2015 Índice Planejamento para o Evento Painel de Notícias

Leia mais

Por que conhecer o COBIT 5

Por que conhecer o COBIT 5 10Minutos Tecnologia da Informação Saiba quais são as novidades da versão 5 do COBIT Por que conhecer o COBIT 5 Destaques A utilização do COBIT 5 como guia de melhores práticas permite alinhar de modo

Leia mais

COBIT. Governança de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br

COBIT. Governança de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br COBIT Governança de TI Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br Sobre mim Juvenal Santana Gerente de Projetos PMP; Cobit Certified; ITIL Certified; OOAD Certified; 9+ anos de experiência em TI; Especialista

Leia mais

Soluções completas em tecnologia Convergência natural entre negócios e TI

Soluções completas em tecnologia Convergência natural entre negócios e TI Soluções completas em tecnologia Convergência natural entre negócios e TI Abordagem multidisciplinar e equipe especializada em integração tecnológica A dinâmica e as mudanças dos negócios têm tornado a

Leia mais

Transparência em movimento O atual estágio da Governança Corporativa no Brasil

Transparência em movimento O atual estágio da Governança Corporativa no Brasil Transparência em movimento O atual estágio da Governança Corporativa no Brasil Pesquisa 013 A caminho da maturidade A Governança Corporativa é um tema que está cada vez mais presente nas empresas que pretendem

Leia mais

COBIT FOUNDATION - APOSTILA DE RESUMO

COBIT FOUNDATION - APOSTILA DE RESUMO COBIT FOUNDATION - APOSTILA DE RESUMO GOVERNANÇA DE TI O QUE É GOVERNANÇA DE TI É um conjunto de estruturas e processos que visa garantir que a TI suporte e maximize adequadamente os objetivos e estratégias

Leia mais

MBA em Gestão de Tecnologia da Informação. Governança de TI. Lincoln Herbert Teixeira lincolnherbert@gmail.com

MBA em Gestão de Tecnologia da Informação. Governança de TI. Lincoln Herbert Teixeira lincolnherbert@gmail.com MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Governança de TI Lincoln Herbert Teixeira lincolnherbert@gmail.com Governança de TI Ementa: Relacionar a governança de TI com a governança corporativa. Boas práticas

Leia mais

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar.

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar. C O B I T Evolução Estratégica A) Provedor de Tecnologia Gerenciamento de Infra-estrutura de TI (ITIM) B) Provedor de Serviços Gerenciamento de Serviços de TI (ITSM) C) Parceiro Estratégico Governança

Leia mais

Governança de TI com melhores práticas COBIT, ITIL e BSC

Governança de TI com melhores práticas COBIT, ITIL e BSC {aula #1} com melhores práticas COBIT, ITIL e BSC www.etcnologia.com.br Rildo F Santos rildo.santos@etecnologia.com.br twitter: @rildosan (11) 9123-5358 skype: rildo.f.santos (11) 9962-4260 http://rildosan.blogspot.com/

Leia mais

Governança de TIC. CobiT 4.1

Governança de TIC. CobiT 4.1 Governança de TIC CobiT 4.1 Conceitos Governança: A expressão governar tem origem na expressão navegar... E o que quem navega faz? Ele faz um mapa, dá a direção, faz as regras de convivência. Tomáz de

Leia mais

Governança de TI com COBIT, ITIL e BSC

Governança de TI com COBIT, ITIL e BSC {aula #2} Parte 1 Governança de TI com melhores práticas COBIT, ITIL e BSC www.etcnologia.com.br Rildo F Santos rildo.santos@etecnologia.com.br twitter: @rildosan (11) 9123-5358 skype: rildo.f.santos (11)

Leia mais

O futuro da área de finanças Uma visão a ser compartilhada. CFO Program

O futuro da área de finanças Uma visão a ser compartilhada. CFO Program O futuro da área de finanças Uma visão a ser compartilhada CFO Program O futuro da área de finanças Temos o orgulho de compartilhar com vocês nossa visão de como será a área de finanças no futuro. Esta

Leia mais

Lista de Exercícios - COBIT 5

Lista de Exercícios - COBIT 5 Lista de Exercícios - COBIT 5 1. O COBIT 5 possui: a) 3 volumes, 7 habilitadores, 5 princípios b) 3 volumes, 5 habilitadores, 7 princípios c) 5 volumes, 7 habilitadores, 5 princípios d) 5 volumes, 5 habilitadores,

Leia mais

CobiT: Visão Geral e domínio Monitorar e Avaliar. Daniel Baptista Dias Ernando Eduardo da Silva Leandro Kaoru Sakamoto Paolo Victor Leite e Posso

CobiT: Visão Geral e domínio Monitorar e Avaliar. Daniel Baptista Dias Ernando Eduardo da Silva Leandro Kaoru Sakamoto Paolo Victor Leite e Posso CobiT: Visão Geral e domínio Monitorar e Avaliar Daniel Baptista Dias Ernando Eduardo da Silva Leandro Kaoru Sakamoto Paolo Victor Leite e Posso CobiT O que é? Um framework contendo boas práticas para

Leia mais

COBIT (CONTROL OBJECTIVES FOR INFORMATION AND RELATED TECHNOLOGY)

COBIT (CONTROL OBJECTIVES FOR INFORMATION AND RELATED TECHNOLOGY) Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Informática e Estatística INE Curso: Sistemas de Informação Disciplina: Projetos I Professor: Renato Cislaghi Aluno: Fausto Vetter Orientadora: Maria

Leia mais

Wesley Vaz, MSc., CISA

Wesley Vaz, MSc., CISA Wesley Vaz, MSc., CISA Objetivos Ao final da palestra, os participantes deverão ser capazes de: Identificar e compreender os princípios do Cobit 5; Identificar e conhecer as características dos elementos

Leia mais

Governança e Qualidade em Serviços de TI COBIT Governança de TI

Governança e Qualidade em Serviços de TI COBIT Governança de TI Governança e Qualidade em Serviços de TI COBIT Governança de TI COBIT Processos de TI Aplicativos Informações Infraestrutura Pessoas O que é o CObIT? CObIT = Control Objectives for Information and Related

Leia mais

GESTÃO DE T.I. COBIT. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com

GESTÃO DE T.I. COBIT. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com GESTÃO DE T.I. COBIT José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com COBIT Control Objectives for Information and Related Technology Copyright 1996, 1998, 2000 Information Systems Audit and Control Foundation. Information

Leia mais

24/09/2013. COBIT5: Novas perspectivas e desafios para a Auditoria Interna

24/09/2013. COBIT5: Novas perspectivas e desafios para a Auditoria Interna 24/09/2013 COBIT5: Novas perspectivas e desafios para a Auditoria Interna Luiz Claudio Diogo Reis, MTech, CISA, CRISC, COBIT (F), MCSO Luiz.reis@caixa.gov.br Auditor Sênior Caixa Econômica Federal Currículo

Leia mais

Governança de TI. Importância para as áreas de Auditoria e Compliance. Maio de 2011. IT Governance Discussion

Governança de TI. Importância para as áreas de Auditoria e Compliance. Maio de 2011. IT Governance Discussion Governança de TI Importância para as áreas de Auditoria e Compliance Maio de 2011 Page 1 É esperado de TI mais do que deixar o sistema no ar. Page 2 O que mudou o Papel de TI? Aumento de riscos e de expectativas

Leia mais

18/08/2015. Governança Corporativa e Regulamentações de Compliance. Gestão e Governança de TI. Governança Corporativa. Governança Corporativa

18/08/2015. Governança Corporativa e Regulamentações de Compliance. Gestão e Governança de TI. Governança Corporativa. Governança Corporativa Gestão e Governança de TI e Regulamentações de Compliance Prof. Marcel Santos Silva A consiste: No sistema pelo qual as sociedades são dirigidas, monitoradas e incentivadas, envolvendo o relacionamento

Leia mais

CobIT. Eduardo Mayer Fagundes. Um framework para a eficiência das organizações de Tecnologia da Informação e Telecomunicações

CobIT. Eduardo Mayer Fagundes. Um framework para a eficiência das organizações de Tecnologia da Informação e Telecomunicações CobIT Um framework para a eficiência das organizações de Tecnologia da Informação e Telecomunicações Eduardo Mayer Fagundes Copyright(c)2008 por Eduardo Mayer Fagundes 1 Agenda 1. Princípio de Gestão Empresarial

Leia mais

Atividade: COBIT : Entendendo seus principais fundamentos

Atividade: COBIT : Entendendo seus principais fundamentos SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO PIAUÍ CAMPUS FLORIANO EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO CURSO: TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PERÍODO

Leia mais

Melhores Práticas em TI

Melhores Práticas em TI Melhores Práticas em TI Referências Implantando a Governança de TI - Da Estratégia à Gestão de Processos e Serviços - 2ª Edição Edição - AGUINALDO ARAGON FERNANDES, VLADIMIR FERRAZ DE ABREU. An Introductory

Leia mais

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS METODOLOGIA DE AUDITORIA PARA AVALIAÇÃO DE CONTROLES E CUMPRIMENTO DE PROCESSOS DE TI NARDON, NASI AUDITORES E CONSULTORES CobiT

Leia mais

Gestão de Sistemas de Informação II Introdução ao COBIT

Gestão de Sistemas de Informação II Introdução ao COBIT Gestão de Sistemas de Informação II Introdução ao COBIT Professor Samuel Graeff prof.samuel@uniuv.edu.br COBIT O que e? COBIT significa Control Objectives for Information and related Technology - Objetivos

Leia mais

Governança. Sistemas de Informação 8º Período Prof: Mafran Oliveira

Governança. Sistemas de Informação 8º Período Prof: Mafran Oliveira Governança Sistemas de Informação 8º Período Prof: Mafran Oliveira 1 Definição de Governança Governança Corporativa: É a Estrutura que identifica os objetivos de uma organização e de que forma pode-se

Leia mais

Resolução 3.721 e Default Management. Setembro de 2010

Resolução 3.721 e Default Management. Setembro de 2010 Resolução 3.721 e Default Management. Setembro de 2010 1 Agenda Parte I Risco de Crédito Parte II Estrutura de Cobrança 2 I. Risco de Crédito Visão Geral de Basiléia II Regulamentação Adequação à Resolução

Leia mais

Evolução e perspectivas da governança corporativa no Brasil

Evolução e perspectivas da governança corporativa no Brasil Evolução e perspectivas da governança corporativa no Brasil José Écio Pereira da Costa Júnior Membro dos Comitês de Auditoria da Gafisa e Votorantim Dezembro de 2014 Tendências e Perspectivas Motivadores

Leia mais

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit.

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 2 Regras e Instruções: Antes de começar a fazer a avaliação leia as instruções

Leia mais

Introdução A GOVERNANÇA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Introdução A GOVERNANÇA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Introdução A GOVERNANÇA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Referências Gerenciamento Estratégico da Informação. Aumente a Competitividade e a eficiência de sua empresa utilizando a informação como ferramenta

Leia mais

14º Congresso de Auditoria Interna e Compliance

14º Congresso de Auditoria Interna e Compliance O Compliance e as metodologias para monitorar riscos de não conformidade 14º Congresso de Auditoria Interna e Compliance 11 de novembro 2014 14 horas Agenda Os principais objetivos do nosso encontro 1.

Leia mais

SENAC GO. Gestão da Tecnologia da Informação. Tópicos especiais em administração. Professor Itair Pereira da Silva. Alunos: Eduardo Vaz

SENAC GO. Gestão da Tecnologia da Informação. Tópicos especiais em administração. Professor Itair Pereira da Silva. Alunos: Eduardo Vaz SENAC GO Gestão da Tecnologia da Informação Tópicos especiais em administração Professor Itair Pereira da Silva Alunos: Eduardo Vaz Jalles Gonçalves COBIT COBIT (CONTROL OBJETIVES FOR INFORMATION AND RELATED

Leia mais

Conhecimento em Tecnologia da Informação. CobiT 5. Apresentação do novo framework da ISACA. 2013 Bridge Consulting All rights reserved

Conhecimento em Tecnologia da Informação. CobiT 5. Apresentação do novo framework da ISACA. 2013 Bridge Consulting All rights reserved Conhecimento em Tecnologia da Informação CobiT 5 Apresentação do novo framework da ISACA Apresentação Este artigo tem como objetivo apresentar a nova versão do modelo de governança de TI, CobiT 5, lançado

Leia mais

Governança de TI UNICAMP 13/10/2014. Edson Roberto Gaseta

Governança de TI UNICAMP 13/10/2014. Edson Roberto Gaseta Governança de TI UNICAMP 13/10/2014 Edson Roberto Gaseta Fundação CPqD Instituição brasileira focada em inovação Experiência em projetos de TI e de negócios Desenvolvimento de tecnologia nacional Modelo

Leia mais

Indicadores de Risco. Monitoramento e Avaliação dos Indicadores de Risco em Instituições Financeiras

Indicadores de Risco. Monitoramento e Avaliação dos Indicadores de Risco em Instituições Financeiras Indicadores de Risco Monitoramento e Avaliação dos Indicadores de Risco em Instituições Financeiras Agenda Ambiente Atual de Negócios Indicadores de Risco Inteligência em Riscos Abordagem de Implementação

Leia mais

Secretaria de Gestão Pública de São Paulo. Guia de Avaliação de Maturidade dos Processos de Gestão de TI

Secretaria de Gestão Pública de São Paulo. Guia de Avaliação de Maturidade dos Processos de Gestão de TI Secretaria de Gestão Pública de São Paulo Guia de Avaliação de Maturidade dos Processos de Gestão de TI Objetivos As empresas e seus executivos se esforçam para: Manter informações de qualidade para subsidiar

Leia mais

Convergência TIC e Projetos TIC

Convergência TIC e Projetos TIC TLCne-051027-P1 Convergência TIC e Projetos TIC 1 Introdução Você responde essas perguntas com facilidade? Quais os Projetos TIC mais frequentes? Qual a importância de BI para a venda de soluções TIC (TI

Leia mais

Risco na medida certa

Risco na medida certa Risco na medida certa O mercado sinaliza a necessidade de estruturas mais robustas de gerenciamento dos fatores que André Coutinho, sócio da KPMG no Brasil na área de Risk & Compliance podem ameaçar a

Leia mais

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Módulo 4 Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Estruturas e Metodologias de controle adotadas na Sarbanes COBIT

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação (PETI) Secretaria de Tecnologia da Informação Florianópolis, março de 2010. Apresentação A informatização crescente vem impactando diretamente

Leia mais

Western Asset Management Company Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Limitada. Política de Gerenciamento de Risco Operacional

Western Asset Management Company Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Limitada. Política de Gerenciamento de Risco Operacional Western Asset Management Company Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Limitada Política de Gerenciamento de Risco Operacional Ratificada pela Reunião de Diretoria de 29 de abril de 2014 1 Introdução

Leia mais

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc PMP, PMI-RMP, PMI-ACP, CSM, CSPO, ITIL & CobiT Certified Carlos Henrique Santos da Silva, MSc, PMP Especializações Certificações Mestre em Informática

Leia mais

MBA Gestão da Tecnologia de Informação

MBA Gestão da Tecnologia de Informação MBA Gestão da Tecnologia de Informação Informações: Dias e horários das aulas: Segundas e Terças-feiras das 18h00 às 22h00 aulas semanais; Sábados das 08h00 às 12h00 aulas quinzenais. Carga horária: 600

Leia mais

MBA: Master in Project Management

MBA: Master in Project Management Desde 1968 MBA: Master in Project Management Projetos e Tecnologia da Informação FMU Professor: Marcos A.Cabral Projetos e Tecnologia da Informação Professor Marcos A. Cabral 2 Conceito É um conjunto de

Leia mais

Gerenciamento de TI. Paulo César Rodrigues

Gerenciamento de TI. Paulo César Rodrigues Gerenciamento de TI Paulo César Rodrigues *Analista de Sistemas; *Tutor do curso de graduação em Tecnologia em Sistemas de Computação (UFF/Cederj); * Professor do curso Técnico em Informática da Prefeitura

Leia mais

CobiT 5. Como avaliar a maturidade dos processos de acordo com o novo modelo? Conhecimento em Tecnologia da Informação

CobiT 5. Como avaliar a maturidade dos processos de acordo com o novo modelo? Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação CobiT 5 Como avaliar a maturidade dos processos de acordo com o novo modelo? 2013 Bridge Consulting All rights reserved Apresentação Sabemos que a Tecnologia da

Leia mais

Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI. Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios

Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI. Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios Garanta a eficiência e a competitividade da sua empresa Análise de Maturidade de Governança

Leia mais

Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil

Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil Inovar-Auto Aspectos relevantes Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica e Adensamento da Cadeia Produtiva de Veículos Automotores 22 Janeiro de 2015

Leia mais

Governança de TI: O que é COBIT?

Governança de TI: O que é COBIT? Governança de TI: O que é COBIT? Agenda Governança de TI Metodologia COBIT Relacionamento do COBIT com os modelos de melhores práticas Governança de TI em 2006 Estudo de Caso Referências Governança de

Leia mais

Implementação de Ferramentas de Gestão SOX ISO 20000 ISO 27001. Susana Carias Lisboa, 24 de Outubro de 2008

Implementação de Ferramentas de Gestão SOX ISO 20000 ISO 27001. Susana Carias Lisboa, 24 de Outubro de 2008 Implementação de Ferramentas de Gestão SOX ISO 20000 ISO 27001 Susana Carias Lisboa, 24 de Outubro de 2008 Agenda Introdução Desafio 1º passo Problemática ISO 27001 ISO 20000 Conclusões 2 Agenda Introdução

Leia mais

Diretoria de Informática TCE/RN 2012 PDTI PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Brivaldo Marinho - Consultor. Versão 1.0

Diretoria de Informática TCE/RN 2012 PDTI PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Brivaldo Marinho - Consultor. Versão 1.0 TCE/RN 2012 PDTI PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Brivaldo Marinho - Consultor Versão 1.0 CONTROLE DA DOCUMENTAÇÃO Elaboração Consultor Aprovação Diretoria de Informática Referência do Produto

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

IT Governance. Alinhar as Tecnologias de Informação (TI s) com o negócio! www.pwc.pt/academy

IT Governance. Alinhar as Tecnologias de Informação (TI s) com o negócio! www.pwc.pt/academy www.pwc.pt/academy IT Governance Alinhar as Tecnologias de Informação (TI s) com o negócio! PwC s Academy Formação de profissionais para profissionais IT Governance Alinhar as TI s com o negócio Os projetos

Leia mais

Consultoria Estratégica. PMSolution Consultoria

Consultoria Estratégica. PMSolution Consultoria PMSolution Consultoria Nossa Atuação Cliente Governança Corporativa Governança de TI Áreas de Conhecimento Consultoria Estratégica Gerenciamento de Projetos e Portfólio Tecnologia Capacitação Confidencial

Leia mais

Governança de TI. 1. Contexto da TI 2. Desafios da TI / CIOs 3. A evolução do CobiT 4. Estrutura do CobiT 5. Governança de TI utilizando o CobiT

Governança de TI. 1. Contexto da TI 2. Desafios da TI / CIOs 3. A evolução do CobiT 4. Estrutura do CobiT 5. Governança de TI utilizando o CobiT Governança de TI Governança de TI 1. Contexto da TI 2. Desafios da TI / CIOs 3. A evolução do CobiT 4. Estrutura do CobiT 5. Governança de TI utilizando o CobiT TI precisa de Governança? 3 Dia-a-dia da

Leia mais

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio?

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? A Tecnologia da Informação vem evoluindo constantemente, e as empresas seja qual for seu porte estão cada

Leia mais

COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com

COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com Introdução Atualmente, é impossível imaginar uma empresa sem uma forte área de sistemas

Leia mais

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc PMP, PMI-RMP, PMI-ACP, CSM, CSPO, ITIL & CobiT Certified Carlos Henrique Santos da Silva, MSc, PMP Especializações Certificações Mestre em Informática

Leia mais

POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS Versão 2.0 30/10/2014 Sumário 1 Objetivo... 3 2 Conceitos... 3 3 Referências... 4 4 Princípios... 4 5 Diretrizes... 5 5.1 Identificação dos riscos...

Leia mais

GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS. Realização:

GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS. Realização: GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS Realização: Ademar Luccio Albertin Mais de 10 anos de experiência em Governança e Gestão de TI, atuando em projetos nacionais e internacionais

Leia mais

Manual de Gestão de Crises para Relações com Investidores Comunicação e estratégia para a preservação de valor

Manual de Gestão de Crises para Relações com Investidores Comunicação e estratégia para a preservação de valor Manual de Gestão de Crises para Relações com Investidores Comunicação e estratégia para a preservação de valor Sumário 1. Introdução... 2 2. Operação padrão (dia a dia) versus cenários de crise... 2 3.

Leia mais

Unidade I PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof. Daniel Arthur Gennari Junior

Unidade I PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof. Daniel Arthur Gennari Junior Unidade I PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prof. Daniel Arthur Gennari Junior A disciplina Nossa disciplina se divide em 4 unidades de aprendizagem: 1. Conceitos e contexto empresarial

Leia mais

Nossa atuação no setor financeiro

Nossa atuação no setor financeiro Nossa atuação no setor financeiro No mundo No Brasil O porte da equipe de Global Financial Services Industry (GFSI) da Deloitte A força da equipe do GFSI da Deloitte no Brasil 9.300 profissionais;.850

Leia mais

Arquivo original em Inglês: http://www.isaca.org/knowledge-center/risk-it-it-risk- Management/Documents/Risk-IT-Brochure.pdf

Arquivo original em Inglês: http://www.isaca.org/knowledge-center/risk-it-it-risk- Management/Documents/Risk-IT-Brochure.pdf Arquivo original em Inglês: http://www.isaca.org/knowledge-center/risk-it-it-risk- Management/Documents/Risk-IT-Brochure.pdf Risk IT - Um conjunto de princípios orientadores e o primeiro framework que

Leia mais

Sistemas de Informação Gerenciais

Sistemas de Informação Gerenciais Faculdade Pitágoras de Uberlândia Pós-graduação Sistemas de Informação Gerenciais Terceira aula Prof. Me. Walteno Martins Parreira Júnior www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo.com Maio -2013 Governança

Leia mais

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Maio de 2010 Conteúdo Introdução...4 Principais conclusões...5 Dados adicionais da pesquisa...14 Nossas ofertas de serviços em mídias sociais...21

Leia mais

Guia de Estudo para Exame de Certificação do Cobit Foundation

Guia de Estudo para Exame de Certificação do Cobit Foundation Guia de Estudo para o Exame Certificação do Cobit Foundation 4.1 autor: Rildo Santos rildo.santos@etecnologia.com.br rildo.santos@companyweb.comb.r www.companyweb.com.br www.rildosan.blogspot.com Todos

Leia mais

Manual de Gestão de Crises para Relações com Investidores Comunicação e estratégia para a preservação de valor

Manual de Gestão de Crises para Relações com Investidores Comunicação e estratégia para a preservação de valor Manual de Gestão de Crises para Relações com Investidores Comunicação e estratégia para a preservação de valor Sumário Introdução... 02 Operação padrão (dia a dia) versus cenários de crise... 03 A relevância

Leia mais

Estratégia de TI. Posicionamento Estratégico da TI: como atingir o alinhamento com o negócio. Conhecimento em Tecnologia da Informação

Estratégia de TI. Posicionamento Estratégico da TI: como atingir o alinhamento com o negócio. Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação Estratégia de TI Posicionamento Estratégico da TI: como atingir o alinhamento com o negócio 2011 Bridge Consulting Apresentação

Leia mais

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

INFORMAÇÕES ADICIONAIS APRENDA SOBRE GOVERNANÇA DE TI Programa de Qualificação COBIT 5 Presencial ou EAD O COBIT 5 define as necessidades das partes interessadas da empresa como ponto de partida das atividades de governança

Leia mais

Governo societário de Sistemas de Informação

Governo societário de Sistemas de Informação Governo societário de Sistemas de Proposta de princípios e recomendações para o governo societário de Sistemas de «Governo do Sistema de : O conjunto de práticas relativas à tomada de decisões políticas

Leia mais

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MODELOS DE MELHORES PRÁTICAS DA GOVERNANÇA DE T.I. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MELHORES PRÁTICAS PARA T.I. MODELO DE MELHORES PRÁTICAS COBIT Control Objectives for Information

Leia mais

Como integrar a estrutura de Controles Internos à gestão de Risco Operacional

Como integrar a estrutura de Controles Internos à gestão de Risco Operacional Como integrar a estrutura de Controles Internos à gestão de Risco Operacional Wagner S. Almeida Departamento de Supervisão de Bancos e Conglomerados Bancários Divisão de Equipes Especializadas I Comissão

Leia mais

Sistemas de Informação Empresarial

Sistemas de Informação Empresarial Sistemas de Informação Empresarial Governança de Tecnologia da Informação parte 2 Fonte: Mônica C. Rodrigues Padrões e Gestão de TI ISO,COBIT, ITIL 3 International Organization for Standardization d -

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Tecnologia da Informação tem por fornecer conhecimento

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015

PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015 PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015 Líderes : Autores do Futuro Ser líder de um movimento de transformação organizacional é um projeto pessoal. Cada um de nós pode escolher ser... Espectador,

Leia mais

Resiliência...dos desafios às oportunidades

Resiliência...dos desafios às oportunidades Resiliência...dos desafios às oportunidades Seminário FEBRABAN sobre Gestão de Continuidade de Negócios Abril de 2010 Agenda... Contextualização Desafios Tratamento abrangente Oportunidades Aprimoramento

Leia mais

A relação da Governança de TI (COBIT), Gerenciamento de Serviços (ITIL) e Gerenciamento de Projetos (PMI)

A relação da Governança de TI (COBIT), Gerenciamento de Serviços (ITIL) e Gerenciamento de Projetos (PMI) A relação da Governança de TI (COBIT), Gerenciamento de Serviços (ITIL) e Gerenciamento de Projetos (PMI) Os principais modelos de melhores práticas em TI Carlos Henrique Santos da Silva, MSc, PMP, ITIL

Leia mais

10º Estudo da Gestão de TI no Brasil

10º Estudo da Gestão de TI no Brasil www.pwc.com/br 10º Estudo da Gestão de TI no Brasil Sumário executivo Maio de 2011 PwC Índice Introdução Resultados Conclusão 3 5 11 1 1. Introdução A 10º edição do Estudo da Gestão de Tecnologia da

Leia mais

Visão global, especialização local Consultoria para a indústria financeira

Visão global, especialização local Consultoria para a indústria financeira Visão global, especialização local Consultoria para a indústria financeira Como uma das empresas líderes em serviços profissionais no Brasil, a Deloitte entende de maneira única os desafios enfrentados

Leia mais

Unidade V GOVERNANÇA DE TI

Unidade V GOVERNANÇA DE TI GOVERNANÇA DE TI Unidade V CONTROL OBJECTIVES FOR INFORMATION AND RELATED TECHNOLOGY (COBIT) 1 O CobiT é um guia para a gestão de TI recomendado pelo Information Systems Audit and Control Foundation (ISACF)

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE GOVERNANÇA DE TI

IMPLANTAÇÃO DE GOVERNANÇA DE TI 1 IMPLANTAÇÃO DE GOVERNANÇA DE TI André Luiz Guimarães dos Reis 1 1 João Souza Neto 2 1 Tomas Roberto C. Orlandi 3 1 andrer@correios.com.br szneto@correios.com.br tomasroberto@correios.com.br 1 Empresa

Leia mais

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL GOVERNANÇA CORPORATIVA

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL GOVERNANÇA CORPORATIVA 1. INTRODUÇÃO 1.1 A CAIXA A Caixa Econômica Federal é uma instituição financeira sob a forma de empresa pública, vinculada ao Ministério da Fazenda. Instituição integrante do Sistema Financeiro Nacional

Leia mais

Alinhamento Estratégico da TI com o Modelo de Negócios da Empresa: um estudo sobre as melhores práticas da biblioteca ITIL

Alinhamento Estratégico da TI com o Modelo de Negócios da Empresa: um estudo sobre as melhores práticas da biblioteca ITIL Alinhamento Estratégico da TI com o Modelo de Negócios da Empresa: um estudo sobre as melhores práticas da biblioteca ITIL Fernando Riquelme i Resumo. A necessidade por criar processos mais eficientes,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO Controle de Versões Autor da Solicitação: Subseção de Governança de TIC Email:dtic.governanca@trt3.jus.br Ramal: 7966 Versão Data Notas da Revisão 1 03.02.2015 Versão atualizada de acordo com os novos

Leia mais

Pessoas no centro da estratégia Soluções para desafios em RH

Pessoas no centro da estratégia Soluções para desafios em RH Pessoas no centro da estratégia Soluções para desafios em RH Os papéis do executivo de RH Pessoas são os principais ativos de uma empresa e o executivo de Recursos Humanos (RH), como responsável por administrar

Leia mais

Metodologia de Auditoria com Foco em Riscos.

Metodologia de Auditoria com Foco em Riscos. Metodologia de Auditoria com Foco em Riscos. 28 de Novembro de 2003 Dados do Projeto Colaboradores: Bancos ABN Amro Real Banco Ficsa Banco Itaú Banco Nossa Caixa Bradesco Caixa Econômica Federal HSBC Febraban

Leia mais

Alinhamento Estratégico. A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1

Alinhamento Estratégico. A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1 Conhecimento em Tecnologia da Informação Alinhamento Estratégico A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1 2010 Bridge Consulting Apresentação

Leia mais

Carlos Henrique Santos da Silva

Carlos Henrique Santos da Silva GOVERNANÇA DE TI Carlos Henrique Santos da Silva Mestre em Informática em Sistemas de Informação UFRJ/IM Certificado em Project Management Professional (PMP) PMI Certificado em IT Services Management ITIL

Leia mais

Curso preparatório para a certificação COBIT 4.1 Fundation

Curso preparatório para a certificação COBIT 4.1 Fundation Curso preparatório para a certificação COBIT 4.1 Fundation Dentro do enfoque geral em conhecer e discutir os fundamentos, conceitos e as definições de Governança de TI - tecnologia da informação, bem como

Leia mais

O Valor da TI. Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação. Conhecimento em Tecnologia da Informação

O Valor da TI. Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação. Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação O Valor da TI Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação 2010 Bridge Consulting

Leia mais

Qualidade de Software no Contexto Organizacional: Arquitetura Corporativa. Atila Belloquim Gnosis IT Knowledge Solutions

Qualidade de Software no Contexto Organizacional: Arquitetura Corporativa. Atila Belloquim Gnosis IT Knowledge Solutions Qualidade de Software no Contexto Organizacional: Arquitetura Corporativa Atila Belloquim Gnosis IT Knowledge Solutions TI e Negócio 10 entre 10 CIOs hoje estão preocupados com: Alinhar TI ao Negócio;

Leia mais

Estratégias para avaliação da segurança da computação em nuvens

Estratégias para avaliação da segurança da computação em nuvens Academia de Tecnologia da IBM White paper de liderança de pensamento Novembro de 2010 Estratégias para avaliação da segurança da computação em nuvens 2 Proteção da nuvem: do desenvolvimento da estratégia

Leia mais

Sustentabilidade nas instituições financeiras Os novos horizontes da responsabilidade socioambiental

Sustentabilidade nas instituições financeiras Os novos horizontes da responsabilidade socioambiental Sustentabilidade nas instituições financeiras Os novos horizontes da responsabilidade socioambiental O momento certo para incorporar as mudanças A resolução 4.327 do Banco Central dispõe que as instituições

Leia mais

O futuro da área de finanças Simplificação, eficiência e produtividade. Othon de Almeida 1 de julho de 2015

O futuro da área de finanças Simplificação, eficiência e produtividade. Othon de Almeida 1 de julho de 2015 O futuro da área de finanças Simplificação, eficiência e produtividade Othon de Almeida 1 de julho de 2015 Os desafios da área de finanças Os desafios da área de finanças em um ambiente competitivo Acompanhamento

Leia mais

Indicadores para Auditoria Contínua

Indicadores para Auditoria Contínua Indicadores para Auditoria Contínua Ronaldo Fragoso Sócio. Deloitte. Agenda Objetivo da auditoria contínua Contexto e evolução da auditoria interna Tendências em auditoria contínua Implementação metodologia

Leia mais

Alinhamento entre Estratégia e Processos

Alinhamento entre Estratégia e Processos Fabíola Azevedo Grijó Superintendente Estratégia e Governança São Paulo, 05/06/13 Alinhamento entre Estratégia e Processos Agenda Seguros Unimed Modelo de Gestão Integrada Kaplan & Norton Sistema de Gestão

Leia mais

MBA: Master in Project Management

MBA: Master in Project Management Desde 1968 MBA: Master in Project Management Projetos e Tecnologia da Informação FMU Professor: Marcos A.Cabral Agenda 1 Objetivos 2 Metodologia 3 4 Avaliação Dicas gerais 5 Conteúdo Projetos e Tecnologia

Leia mais

Política de Segurança da Informação

Política de Segurança da Informação Política de Segurança da Informação 29 de janeiro 2014 Define, em nível estratégico, diretivas do Programa de Gestão de Segurança da Informação. ÍNDICE 1 OBJETIVO... 3 2 PÚBLICO ALVO... 3 3 RESPONSABILIDADES

Leia mais