INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº de março de 2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 040 04 de março de 2015"

Transcrição

1 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº de março de 2015

2 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 040 Ano 09 Brasília, 04 de março de 2015 Sumário 1. SERVIÇOS MEIOS DE PAGAMENTO... 3 Elavon e Vindi criam parceria para pagamentos recorrentes no Brasil SERVIÇOS SOFTWARE E TI... 4 IBM tem apps para varejo, bancos e companhias aéreas SERVIÇOS - TELECOMUNICAÇÕES... 5 Redes 4G vão atender até 76% da população da América Latina em COMÉRCIO ELETRÔNICO... 6 C&A volta ao comércio eletrônico após 12 anos... 6 Preços no e-commerce têm deflação de 2,06% em janeiro em pesquisa Provar/FIA MERCADO IMOBILIÁRIO... 9 Preço do imóvel tem menor alta desde LOGÍSTICA PORTOS E NAVEGAÇÃO Movimentação de cargas em portos brasileiros cresce 4,3% em 2014, aponta Antaq LOGÍSTICA TRANSPORTE AÉREO Eficiência operacional será o maior desafio do setor se a demanda dobrar LOGÍSTICA TRANSPORTE FERROVIÁRIO Ferrovia Norte-Sul entra em operação comercial CURTAS FEIRAS... 16

3 1. Serviços Meios de Pagamento Elavon e Vindi criam parceria para pagamentos recorrentes no Brasil 03 de março de 2015 Fonte: E-commerce News A Elavon, empresa do setor de pagamentos eletrônicos, e a Vindi, plataforma de pagamentos em cobrança recorrente, se uniram visando desenvolver o mercado de assinaturas, software as a service (SaaS) e serviços recorrentes no Brasil. Com a parceria, as companhias planejam aumentar a utilização do cartão de crédito e, consequentemente, a segurança e confiabilidade nesse tipo de operação. Inicialmente utilizado por condomínios, planos de saúde e seguros, a metodologia de cobrança recorrente, que tem por denominação a coleta periódica de pagamento de planos, mensalidades e assinaturas, vem crescendo continuamente no país e está conquistando novas áreas de atuação. Liderada no mundo por fortes players que conduzem o mercado de assinaturas, o setor movimenta uma alta quantia de dinheiro no Brasil que é hoje um dos mercados com maior potencial de crescimento, considerando que grande parte dos brasileiros ainda realiza esse tipo de pagamento por cheques e boletos. Identificando esse cenário, a Elavon e a Vindi buscam mudar o comportamento do consumidor, por meio da utilização cada vez maior do cartão de crédito. É um meio que facilita tanto a vida do cliente, pois a quitação dos valores devidos é feita de forma automática com autorização prévia e oferecendo conveniência e tranquilidade, quanto do estabelecimento, que implanta o sistema, garantindo que as cobranças sejam realizadas na data determinada e evitando atrasos afirma Horst Muller, vice-presidente de Negócios da Elavon. O objetivo da credenciadora e do gateway é desenvolver os mercados inexplorados do ponto de vista tecnológico. Algumas redes de academia, como o Grupo Bio Ritmo e a academia Smart Fit, são cases de sucesso que, com acesso a softwares de gestão e gateway de pagamento, ao invés de usar o parcelado tradicional que compromete o limite do aluno, conseguem debitar somente o valor da parcela mensal. No mesmo caminho, os softwares, e-commerces e até serviços off-line também aderem rapidamente a essa metodologia, principalmente as empresas cujo modelo está baseado em vendas mensais. É o caso de aplicativos web que cobram pelo uso (SaaS software as a service), serviços de entrega de kits mensais de produtos e até escolas profissionalizantes. 3

4 2. Serviços Software e TI IBM tem apps para varejo, bancos e companhias aéreas 03 de março de 2015 Fonte: Kioskea Net Recentemente, a IBM anunciou uma leva de três aplicativos durante a feira de tecnologia em Barcelona, a MWC As ferramentas operam através do sistema móvel ios, da Apple, e são fruto de uma parceria entre as duas companhias efetivada ano passado. Os softwares são voltados para os setores de varejo, bancos e companhias aéreas. As novidades vão se somar às outras dez plataformas liberadas em dezembro do último ano pela IBM. Disponíveis para ipad e iphones, os aplicativos funcionam em ambiente seguro. Além disto, todos incorporaram processos corporativos, bem como as ferramentas de analytics. Os programas também podem ser customizados utilizando os serviços de cloud para dispositivos ios. Um deles é o app Advisor Alerts, desenvolvido para os segmentos bancário e financeiro e buscam auxiliar os especialistas destes setores a das prioridade às atividades que lidam com relacionamento com os clientes da organização quando estes estiverem trabalhando de forma remota. Outra ferramenta anunciada durante o evento é o Dynamic Buy. Com foco no varejo, o aplicativo é direcionado para os compradores de produtos para empresas da área, no intuito de ajudá-los a efetuar melhores compras a partir de dados em tempo real sobre o desempenho das vendas e análises da temporada. O último é o Passenger Care, que disponibiliza recursos aos agentes de serviços das companhias aéreas, a fim de que consigam atender passageiros de qualquer lugar, além de facilitar procedimentos como check-in e outros processos em casos de aeroportos que já estejam congestionados. 4

5 3. Serviços - Telecomunicações Redes 4G vão atender até 76% da população da América Latina em de março de 2015 Fonte: IDG Now Dados são de estudo da GSMA divulgado esta semana no MWC 2015, em Barcelona, avaliando status dos investimentos de operadoras As Redes 4G LTE cobrirão mais de três quartos da América Latina em 2020, de acordo com estudo da GSMA Intelligence divulgado nesta terça-feira, 03/03, no Mobile World Congress (MWC). Os novos dados calculam que a cobertura 4G estará disponível para 76% da população latinoamericana até o final de 2020, bem acima dos 35% previstos no final de 2014, por conta de implantações 4G aceleradas em toda a região.. A tecnologia 4G responde atualmente por menos de 10% das conexões móveis na América Latina, mas a GSMA Intelligence acredita que o 4G deverá responder por 28% (245 milhões de conexões) em A previsão é de que o total de conexões móveis na América Latina alcance 709 milhões no final de 2014 e 889 milhões em A tecnologia móvel é considerada o principal meio de acesso à Internet para grande parte da população latinoamericana, especialmente em áreas rurais. O número de conexões de banda larga móvel ultrapassou as conexões de banda larga fixa na região em Este é o caso dos cinco maiores mercados da América Latina, inclusive do Brasil, onde há mais de cinco vezes mais conexões de banda larga móvel do que de banda larga fixa. Investimentos - As despesas de capital (Capex) por operadoras de telefonia móvel na América Latina estão aumentando significativamente, e a previsão é de que se chegue a um total acumulado de US$ 193 bilhões no período de sete anos entre 2014 e As operadoras latinoamericanas investiram quase US$ 8 bilhões em licenças de espectro entre 2012 e 2015, principalmente para apoiar implantações 4G. A quantidade total de espectro atribuído a serviços móveis desde 2012 foi de 1472MHz, nas faixas de 700MHz, 850MHz, 1800MHz, 1900MHz, AWS (serviços avançados sem fio: MHz) e 2,6GHz. Assim como a expansão do alcance da cobertura 3G/4G, a migração para redes de banda larga móvel de maior velocidade também está sendo impulsionada pela crescente adoção de smartphones. Os smartphones foram responsáveis por 32% das conexões da América Latina em 2014 e espera-se que sejam responsáveis por 68% do total em A essa altura, a América Latina terá a segunda maior base instalada de smartphones no mundo, atrás apenas da região Ásia-Pacífico. 5

6 4. Comércio Eletrônico C&A volta ao comércio eletrônico após 12 anos 03 de março de 2015 Fonte: Estadão Após doze anos, a C&A, maior rede varejista de moda do País, volta ao comércio eletrônico. O site entra no ar a partir das 12 horas de hoje, com o mesmo portfólio de produtos comercializados nas 290 lojas físicas da rede. O retorno da varejista ao mundo online atende à demanda do consumidor, especialmente do público jovem, que é o alvo da empresa. Relacionadas - Em 2003, quando a companhia encerrou a operação de comércio eletrônico, o cenário era muito diferente do atual. "Naquela época, o mercado era incipiente e o varejo de moda não era tão interessante na internet", lembra o vice-presidente comercial da C&A, Paulo Correa. Pesquisas de mercado indicam que o varejo de moda é o segmento que mais cresce hoje no comércio online. Além disso, concorrentes da varejista, como Renner e Marisa, já atuam nesse segmento, sem contar o avanço de sites internacionais, como os chineses. A empresa não revela as cifras investidas e muito menos a expectativa de vendas. "Rapidamente, o faturamento do nosso comércio eletrônico será equivalente ao das primeiras lojas da rede física, quem sabe (a loja online) não será a primeira." Desde abril de 2014, a empresa vem desenhando o projeto da loja virtual. "Testamos o site com associados, com o nosso conselho fashion e com empresas parceiras", conta Correa. Ele explica que a loja virtual não só venderá produtos, como também dará dicas de moda, serviço que já vinha sendo prestado nos últimos dois anos no blog da rede, que tem um milhão de acesso por mês, sem comercializar nada. Ele acredita que o site deve superar essa marca de acessos. Nas lojas espalhadas por quase todos os Estados - só falta o Tocantins- circulam 30 milhões de pessoas por mês. Integração. O modelo de negócio escolhido pela C&A em sua loja virtual é integrado à operação da rede de lojas físicas. O vice-presidente comercial da empresa explica que tanto as compras como os centros de distribuição são os mesmos para a operação da loja virtual e do varejo tradicional. O que muda é a distribuição: para a loja são entregues lotes de produtos e para o comércio online unidades. "O resto será tudo junto e misturado", diz Correa. Essa integração da operação física com a loja virtual vai permitir, por exemplo, que o consumidor que compra o produto pela internet possa trocá-lo na loja física. Na opinião do consultor de varejo da Mixxer Desenvolvimento Empresarial, Eugênio Foganholo, esse é um dos pulos do gato da operação. "A possibilidade de troca pode acabar gerando outra venda na loja física", observa o consultor. Guardadas as devidas proporções, essa estratégia pode ser comparada a de Samuel Klein, fundador da Casas Bahia. Os produtos vendidos no carnê 6

7 tinham de ser pagos todo mês na loja, o que inevitavelmente resultava em outra venda. Na opinião de Foganholo, a entrada da C&A no comércio eletrônico era imperativa porque o público da rede é predominantemente jovem. E esse consumidor está super conectado a redes sociais, ao mundo virtual e não tem medo de comprar roupas em lojas online. Correa destaca que a loja online vai vender coleções assinadas por estilistas, estratégia adotada no Brasil desde No ano passado, uma das coleções foi assinada por Stella McCartney. Esses itens, no entanto, não estavam disponíveis em todas as lojas da rede. A intenção da C&A é vender pela internet entregando em 4 dias úteis em São Paulo e em até 9 dias em Estados mais distantes, como o Amazonas. 7

8 Preços no e-commerce têm deflação de 2,06% em janeiro em pesquisa Provar/FIA 03 de março de 2015 Fonte: Agência Estado Enquanto o País vive um ciclo inflacionário, os preços praticados no e- commerce brasileiro vivem uma trajetória de queda desde setembro do ano passado e em janeiro registraram a maior redução desde abril de 2014, segundo o índice E-flation, produzido pelo Programa de Administração do Varejo (Provar), da Fundação Instituto de Administração (FIA). De acordo com a pesquisa, em janeiro, os valores de produtos comercializados via internet caíram 2,06% na comparação com dezembro. No último mês do ano passado, os preços já haviam caído 0,83%. De acordo com o levantamento, das dez categorias avaliadas, sete apresentaram deflação mensal em janeiro: CDs e DVDs (-5,32%), Eletrodomésticos (-2,61%), Eletroeletrônicos (-0,62%), Livros (-10,18%), Medicamentos (-0,24%), Perfumes e Cosméticos (-0,8%) e Telefonia e Celulares (-1,62%). Já os itens Brinquedos (3,23%), Cine e Foto (2,01%), Informática (0,69%) tiveram aumento de preço no primeiro mês do ano. Os itens das categorias analisadas são os mais anunciados e procurados nos sites de comércio online. A explicação para a deflação registrada no ambiente online, segundo o presidente do conselho do Provar/FIA Claudio Felisoni de Angelo, vai além dos efeitos sazonais e promoção e é resultado da concorrência cada vez mais acirrada no varejo virtual e de uma maior pesquisa por parte dos consumidores. "Com o momento atual da economia, o consumidor mais cauteloso e a expectativa de inflação, a concorrência entre as empresas se torna muito mais forte, afinal, este comprador pesquisa mais antes da compra e, no ambiente virtual, essa prática é mais efetiva, o que acentua ainda mais esse resultado", explicou, em nota. 705/precos-no-e-commerce-tem-deflacao-de-2-06-em-janeiro-em-pesquisaprovar-fia.shtml 8

9 5. Mercado Imobiliário Preço do imóvel tem menor alta desde de março de 2015 Fonte: Estadão Conteúdo O preço médio do metro quadrado dos apartamentos prontos, a maioria usados, anunciados para venda em 20 cidades brasileiras pesquisadas pelo índice FipeZap aumentou apenas 0,17% em fevereiro. Foi o menor avanço mensal do indicador, que começou a ser apurado em meados de 2010 para as 20 cidades. Além de ser a menor taxa de variação registrada para todos os meses da pesquisa, o resultado ficou a baixo da inflação pelo segundo mês seguido. A inflação esperada para este mês, de acordo com as projeções feitas pelo mercado e captadas pelo boletim Focus do Banco Central (BC), é de 1,17%. "Pelo segundo mês seguido, a variação do preço médio do metro quadrado acumulada em 12 meses perdeu para a inflação", ressalta o economista da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), Bruno Oliva. Isso significa que a desaceleração dos preços dos imóveis é cada vez mais robusta e se trata de uma tendência, avalia. No bimestre janeiro/ fevereiro, o preço médio do metro quadrado dos imóveis anunciados subiu 0,55% e a inflação acumulada no período foi de 2,32%, de acordo com as projeções do BC. Outro fato inédito do desempenho de fevereiro foi que em todas as cidades pesquisadas a variação dos preços do metro quadrado dos imóveis perdeu para a inflação do período. Quase a metade das cidades pesquisadas tiveram queda nominal de preços. A maior retração ocorreu em Florianópolis (- 1,27%), seguida por Vitória (-1,12%) e Niterói (-0,82%). Para Oliva, a perspectiva é de que a queda de preços continue. "Eu não me espantaria se o ano fechasse com queda nominal de preços, na média." O economista diz que é "natural" que, de pois de um período de alta exuberante de preço, ocorra uma desaceleração. Entre os motivos dessa forte desaceleração de preços dos imóveis, o economista aponta o enfraquecimento do mercado de trabalho, o fato de os preços estarem em patamares já elevados e não caberem mais no orçamento das famílias. Além disso, as expectativas para o desempenho da economia neste ano e no próximo não são favoráveis, o que inibe o fechamento de negócios de compra e venda e breca a escalada das cotações. id html 9

10 6. Logística Portos e Navegação Movimentação de cargas em portos brasileiros cresce 4,3% em 2014, aponta Antaq 27 de fevereiro de 2015 Fonte: Portal Fator Brasil Dados da Antaq indicam que 970 milhões de toneladas de produtos passaram pelos terminais no ano passado. Em 2014, os portos brasileiros movimentaram 970 milhões de toneladas de produtos, o que representa um crescimento de 4,3% frente a 2013, segundo dados divulgados no Anuário 2014 da Antaq (Agência Nacional de Transporte Aquaviário). Os resultados foram apresentados no dia 25 de fevereiro(quartafeira), em Brasília (DF). No ano passado, a movimentação foi de 931 milhões de toneladas. Os portos organizados lideraram, com 621 milhões de toneladas. Já os TUPs (Terminais de Uso Privado) responderam por 349 milhões/t de produtos transportados. Entre as cargas, os destaques foram o carvão mineral (+ 26,6%), produtos siderúrgicos (+ 17,5%) e celulose (+ 15,2%). Entre as cargas que registraram queda estão o milho (- 17%), o açúcar (-9 %) e o trigo (- 3,5%). Ressalta-se, também, a navegação de longo curso, que movimentou, ao todo, 714 milhões de toneladas, sendo 552 milhões em produtos exportados e 162 milhões em importações. A Antaq evidencia, ainda, o crescimento da carga em contêineres, de 5,4%. Forma 9,3 milhões de toneladas. Essa modalidade de transporte aumentou, principalmente, na cabotagem. A alta foi de 11%. No último ano, os portos que mais movimentaram produtos foram os de Santos (SP), Itaguaí (RJ), Paranaguá (PR), Rio Grande (RS) e Itaqui (MA), que respondem, juntos, por 68% de todo trânsito de cargas em portos públicos. Novos investimentos em portos organizados - Conforme o diretor-geral da Antaq, Mario Povia, o crescimento da movimentação de cargas ficou acima da média mundial. Ele diz que a operação dos portos respondeu bem ao incremento na demanda. Apesar disso, afirma que é necessário disponibilizar novos berços de atracação, especialmente nos portos organizados. A Antaq aguarda que o TCU (Tribunal de Contas da União) aprove estudos sobre 29 arrendamentos de portos do Paraná e de Santos para realizar a licitação das áreas e viabilizar investimentos que devem somar R$ 17 bilhões. Crise hídrica: paralisação na hidrovia Tietê-Paraná - A estiagem na região Sudeste do Brasil prejudica a navegação na hidrovia Tietê-Paraná há dez meses. Se as chuvas não melhorarem as condições, em abril completará um ano de suspensão do transporte aquaviário no trecho. 10

11 A hidrovia é importante, principalmente, para o escoamento da produção agrícola nos estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Rondônia, Tocantins e Minas Gerais. O prejuízo pela interrupção nas atividades está estimado em sete milhões de toneladas de produtos que deixaram de ser movimentados em embarcações. Para a Antaq, o problema é que esta situação impacta em outros modais: o uso de trens passa a ser preterido, já que as linhas férreas levam, essencialmente, aos terminais portuários; e, com a ausência de navios para o transporte, a alternativa é utilizar os caminhões, sobrecarregando o fluxo nas rodovias brasileiras. De acordo com a Agência, além de contar com a melhoria no regime de chuvas, também são necessárias obras que permitem o aumento da capacidade da hidrovia. Ao todo, R$ 1,5 bilhão estão autorizados (R$ 900 mi da União e R$ 600 mi do estado de São Paulo) para investimentos no trecho. Para se ter uma ideia, em razão da paralisação, o transporte de soja pela hidrovia caiu 53% e, o de milho, 73% pela Tietê-Paraná, em

12 7. Logística Transporte Aéreo Eficiência operacional será o maior desafio do setor se a demanda dobrar 04 de março de 2015 Fonte: DCI Enquanto grandes aeroportos têm dificuldade de encontrar espaço para crescer, os regionais ainda sofrem com gestões pouco experientes. Para aumentar a oferta, estrutura será essencial Eficiência operacional é o foco de administradoras aeroportuárias. De acordo com especialistas, a operação racional é a chave para conseguir atender a demanda crescente no País com mais qualidade e agilidade. Mesmo com crescimento menor em 2015, a previsão é de que com uma recuperação na economia o número de aviões dobre em 20 anos. "O setor de aviação cresce duas vezes mais que o PIB do País", afirma o professor da divisão de engenharia civil do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), Anderson Correia. Para ele, o serviço de tráfego aéreo brasileiro é estruturado e dimensionado, mas precisa se preparar mais. Há várias formas de aumentar a capacidade nos aeroportos, no entanto, os gargalos se referem a operação no ar, que leva em consideração pátios, pistas, a interface com o tráfego e a navegação aérea. Além de melhorar a eficiência, ações operacionais reduzem o tempo da aeronave na pista e o gasto com combustível. "Alguns aeroportos ainda podem aumentar o número de pistas para atender a demanda futura. Se não for possível, novas saídas nas pistas podem ajudar". Outro desafio é a capacitação, já que a tecnologia abraça todos os setores. Apenas com treinamento o sistema de tráfego aéreo (de alta complexidade) pode ser gerido com segurança e eficiência. "Não se tem um técnico de espaço aéreo em curto tempo. Por isso, a parceria com instituições é essencial", ressalta. Se treinados os pilotos também podem ajudar na produtividade, já que devem ser habilitados a liberar as pistas rapidamente e ocupar as posições de pátio de maneira ágil. Aviação regional - No caso de aeroportos regionais, os desafios são a gestão e a infraestrutura do terminal de passageiros. "Para melhorar, a Agência Nacional de Aviação Civil [Anac] deve estimular novas aéreas regionais", diz. Para Correia, nos últimos anos houve muitas fusões e algumas aéreas perderam a característica regional. "É necessário que o Plano de Aviação Regional saia do papel e seja implementado", ressalta. E afirma que para os problemas de infraestrutura, uma solução pode ser a de parcerias públicoprivadas (PPPs). "Essas empresas vêm fazendo bom trabalho em alguns aeroportos e apresentam resultado." Para o especialista, companhias têm mais flexibilidade e capital de investimento, o que permite solução rápida. Além disso, alguns aeroportos 12

13 regionais não são lucrativos e para que a concessão não ser onerosa, a saída pode ser a PPP com contrapartida do governo. Outro estímulo seria das grandes administradoras aeroportuárias serem convidadas a participar dos empreendimentos de médio porte. "Trazer a expertise para estados e prefeituras pode melhorar muito o serviço e a demanda", conclui. Navegação Um dos fatores diretamente ligados à eficiência operacional é a navegação aérea. "O sistema de controle aéreo está em linha com a demanda, mas sempre pode ser revisto e melhorado", diz o superintendente de recursos operacionais e de infraestrutura de navegação aérea da Infraero, Marcus Amaral Gurgel. Para o especialista, o uso racional do espaço aéreo deve considerado para qualquer mudança na operação. "Sempre levando em consideração o aeroporto, a capacidade da pista e do pátio." Conforme ele, o órgão responsável pelo setor é o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), subordinado ao Comando da Aeronáutica. "Mantermos comunicação com o órgão e se necessário fazemos e discutimos determinadas soluções." Procurando a melhoria operacional, outras ideias da Infraero para projetos futuros são: o sistema de escala automática, que leva em consideração todos os dados da legislação trabalhista e as normas operacionais do Decea na hora de montar um escalonamento de funcionários. Outra dica é ter uma nova forma de planejar o cronograma de manutenção preventiva com dados meteorológicos para escolher datas. "Estamos sempre estudando como podemos contribuir com o setor". 13

14 8. Logística Transporte Ferroviário Ferrovia Norte-Sul entra em operação comercial 04 de março de 2015 Fonte: Portal Brasil Após fase de testes, duas locomotivas saíram de Anápolis (GO) e seguiram até Imperatriz (MA). Trecho é uma das principais obras do Programa de Aceleração do Crescimento O trecho entre Anápolis (GO) e Palmas (TO) da Ferrovia Norte-Sul (FNS), uma das principais obras ferroviárias do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), entrou em operação comercial. Após a fase de testes de operação, duas locomotivas saíram do Pátio de Anápolis na semana passada com destino à Imperatriz (MA). O trecho começou a ser utilizado pela iniciativa privada já no novo modelo de venda de capacidade, marcando o início do livre acesso à infraestrutura ferroviária (open access). O percurso Anápolis-Palmas, com 855 quilômetros, é o primeiro do País a operar sob as novas regras que promovem a quebra do monopólio das atuais concessionárias e permite que todas as empresas que cumpram requisitos técnicos e operacionais, estabelecidos em lei, tenham acesso à infraestrutura ferroviária em condições objetivas, transparentes e não discriminatórias. Pelo modelo anterior, as cargas transportadas nas ferrovias eram comercializadas pelas próprias concessionárias que estabeleciam seus preços. Nesta primeira fase de operação, a velocidade máxima permitida será de 40 km/h. Todo o trajeto é acompanhado pelo Centro de Controle Operacional (CCO) da Valec e da FNS S.A. No mês passado, a Valec recebeu a última autorização da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) necessária para a operação comercial entre Palmas e Anápolis. Com isso, todo o trecho passa a estar apto e seguro para a operação das composições ferroviárias. Nos próximos dias, a Valec espera realizar, no Pátio de Anápolis, o primeiro carregamento de farelo de soja. A carga seguirá com destino ao Porto de Itaqui (MA), interligando os modais. Para isso, é necessário que a empresa proprietária da carga conclua a construção da tulha de embarque, sob sua responsabilidade. Ferrovia Norte-Sul - Concebida há 27 anos sob o propósito de interligar a malha ferroviária e diminuir custos de transporte, a FNS, que conectará quatro regiões e nove estados brasileiros, foi viabilizada após entrar no PAC. Dos mais de 4 mil quilômetros previstos, quilômetros já estão em operação. O investimento é de R$ 25,8 bilhões. 14

15 9. Curtas 28 de fevereiro de 2015 Fonte: Sua Franquia Setor de turismo cresce cerca de 20% no número de marcas no franchising O setor de turismo obteve o segundo maior crescimento no número de novas redes de franquias no Brasil, obtendo um aumento de 19,5%, e 33,6% em número de unidades, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF). Prova disso, é a TZ Viagens - rede de agências de viagens multifuncional do Grupo Schultz - que faturou RS 19 milhões de reais em 2014 e conta, atualmente, com 23 unidades e pretende chegar a 50 lojas até o final deste ano. Esperamos crescer ainda mais em 2015 e marcar presença em todo o Brasil, consolidando-se como a melhor agência de viagens e também aprimorando as unidades existentes, afirma Paulo Manuel, CEO da marca. De acordo com dados divulgados pela ABF, o setor de franquias cresceu 7,7% e faturou R$ 127,331 bilhões em A entidade prevê para 2015 uma alta de 7,5% a 9% no faturamento do segmento. Tam solicita à Anac voos em três aeroportos regionais 03 de março de 2015 Fonte: Panrotas Seguindo a estratégia de desenvolver sua malha regional, a Tam solicitou à Anac autorizações para operar em Bauru e São José dos Campos, ambas no interior paulista, e em Juazeiro do Norte (CE). Paralelo a isso, a empresa se prepara para iniciar as operações em Jaguaruna (SC). A aérea planeja realizar voos entre São José dos Campos e Brasília e também entre Bauru e Brasília. No caso de Juazeiro do Norte, estão previstos voos entre a cidade cearense e Brasília, e também entre Juazeiro e Recife. Em Jaguaruna, a previsão é de voos entre a cidade catarinense e São Paulo (Congonhas). Estamos firmes em nossa estratégia de oferecer a melhor cobertura e conectividade entre os diversos Estados brasileiros, mantendo a disciplina de capacidade e com alto aproveitamento das aeronaves, afirmou a presidente da empresa, Cláudia Sender. 15

16 10. Feiras 04/03/2015 até 06/03/ BIJOIAS Setor: Joias, Bijuterias, Pedras e Metais Preciosos Local: Centro de Convenções Frei Caneca Cidade: São Paulo - SP 05/03/2015 até 15/03/ EXPO-UMUARAMA Setor: Agronegócio Local: Parque de Exposições Dario Pimenta Nobrega Cidade: Umuarama - PR 09/03/2015 até 13/03/ EXPODIRETO COTRIJAL Setor: Agronegócio Local: Parque da Expodireto Cotrijal Cidade: Não ME TOQUE RS 09/03/2015 até 13/03/ MOVELPAR Setor: Madeira e Móveis Local: Expoara Centro de Eventos Cidade: Arapongas PR 10/03/2015 até 14/03/ FEICON BATIMATFEICON BATIMAT Setor: Engenharia e Arquitetura Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi Cidade: São Paulo SP 10/03/2015 até 12/03/ ISC BRASIL Setor: Segurança Nacional, Civil e Patrimonial Local: Expo Center Norte - Pavilhão Verde Cidade: São Paulo SP 12/03/2015 até 14/03/ ANFAMEC 2015 Setor: Mineração Local: Centro de Convenções e Exposições Dom Pedro Cidade: Campinas SP 12/03/2015 até 14/03/ FENNOPAN Setor: Alimentos e Bebidas Local: Centro de Convenções de Pernambuco Cidade: Olinda PE 17/03/2015 até 20/03/ FIMEC Setor: Coureiro / Calçadista - Calçados e Artefatos, Máquinas e Componentes Local: Fenac S.A Feiras e Empreendimentos Turísticos Cidade: Novo Hamburgo - RS 18/03/2015 até 20/03/ ABRADILAN

17 Setor: Comércio Varejista, Atacadista e Franquias Local: Expo Center Norte Cidade: São Paulo SP 19/03/2015 até 29/03/ EFAPI Setor: Agronegócio Local: Parque de Exposições Dr. Alício Dias dos Reis Cidade: Santo Antônio da Platina - PR 19/03/2015 até 21/03/ BRASÍLIA EXPO FRANQUIAS Setor: Comércio Varejista, Atacadista e Franquias Local: Centro de Convenções Ulysses Guimarães Cidade: Brasília - DF 20/03/2015 até 22/03/ FOMENTAR PEQUENOS NEGÓCIOS & EMPREGOS - CAMPO LARGO Setor: Comércio Varejista, Atacadista e Franquias Local: Prefeitura Municipal de Campo Largo Cidade: Campo Largo PR 23/03/2015 até 27/03/ FIEEFIEE Setor: Energia Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi Cidade: são Paulo - SP 24/03/2015 até 26/03/ EXPOAGRO AFUBRAEXPOAGRO AFUBRA Setor: Agronegócio Local: Parque de exposições Cidade: Rio Pardo RS 24/03/2015 até 26/03/ ALJOIAS Setor: Joias, Bijuterias, Pedras e Metais Preciosos Local: Centro Municipal de Eventos de Limeira Cidade: Limeira SP 24/03/2015 até 25/03/ VITAFOODS SOUTH AMERICA Setor: Alimentos e Bebidas Local: Transamerica Expo Center Cidade: são Paulo SP 24/03/2015 até 26/03/ BRAZIL ROAD EXPO 2015 Setor: Engenharia e Arquitetura Local: Transamerica Expo Center Cidade: são Paulo SP O Calendário Brasileiro de Exposições e Feiras está disponível no site 17

18 Secretaria de Comércio e Serviços Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 045 11 de março de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 045 11 de março de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 045 11 de março de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 045 Ano 09 Brasília, 11 de março de 2015 Sumário 1. COMÉRCIO REVENDEDORA DE VEÍCULOS... 3 Venda

Leia mais

As atuais condições da infraestrutura de transporte e logística do Brasil têm

As atuais condições da infraestrutura de transporte e logística do Brasil têm ESTUDO DA CNT APONTA QUE INFRAESTRUTURA RUIM AUMENTA CUSTO DO TRANSPORTE DE SOJA E MILHO As atuais condições da infraestrutura de transporte e logística do Brasil têm impacto significativo na movimentação

Leia mais

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 041 05 de março de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 041 05 de março de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 041 05 de março de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 041 Ano 09 Brasília, 05 de março de 2015 Sumário 1. COMÉRCIO - VAREJO... 3 Varejo recua 1,0% em

Leia mais

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 028 11 de fevereiro de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 028 11 de fevereiro de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 028 11 de fevereiro de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 028 Ano 09 Brasília, 11 de fevereiro de 2015 Sumário 1. COMÉRCIO... 3 Vendas no comércio fecham

Leia mais

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 047 13 de março de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 047 13 de março de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 047 13 de março de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 047 Ano 09 Brasília, 13 de março de 2015 Sumário 1. COMÉRCIO - VAREJO... 3 Varejo recupera vendas

Leia mais

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 026 09 de fevereiro de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 026 09 de fevereiro de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 026 09 de fevereiro de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 026 Ano 09 Brasília, 09 de fevereiro de 2015 Sumário 1. COMÉRCIO... 3 Liquidações não impedem

Leia mais

Pesquisa CNT de Ferrovias 2011

Pesquisa CNT de Ferrovias 2011 Cresce o transporte de cargas nas ferrovias brasileiras As ferrovias brasileiras se consolidaram como uma alternativa eficiente e segura para o transporte de cargas. A, que traçou um panorama do transporte

Leia mais

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 030 13 de fevereiro de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 030 13 de fevereiro de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 030 13 de fevereiro de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 030 Ano 09 Brasília, 13 de fevereiro de 2015 Sumário 1. COMÉRCIO - VAREJO... 3 Índice Cielo

Leia mais

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 043 09 de março de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 043 09 de março de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 043 09 de março de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 043 Ano 09 Brasília, 09 de março de 2015 Sumário 1. SERVIÇOS - INTERNET... 3 Decolar.com amplia

Leia mais

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 029 12 de fevereiro de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 029 12 de fevereiro de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 029 12 de fevereiro de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 029 Ano 09 Brasília, 12 de fevereiro de 2015 Sumário 1. COMÉRCIO... 3 Farmácias faturam mais

Leia mais

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 021 30 de janeiro de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 021 30 de janeiro de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 021 30 de janeiro de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 021 Ano 09 Brasília, 30 de janeiro de 2015 Sumário 1. COMÉRCIO SHOPPING CENTER... 3 Volume de

Leia mais

AGENDA. A Vale. O Maior Projeto de Logística da America Latina. - Exportação de Minério. - Logística da Vale de Carga Geral

AGENDA. A Vale. O Maior Projeto de Logística da America Latina. - Exportação de Minério. - Logística da Vale de Carga Geral Vale no Maranhão AGENDA A Vale O Maior Projeto de Logística da America Latina - Exportação de Minério - Logística da Vale de Carga Geral A Vale no Mundo A Vale tem operações mineradoras, laboratórios de

Leia mais

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 COMUNICADO No: 58 Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 10 de dezembro de 2015 (Genebra) - A International Air Transport Association (IATA) anunciou

Leia mais

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 042 06 de março de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 042 06 de março de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 042 06 de março de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 042 Ano 09 Brasília, 06 de março de 2015 Sumário 1. COMÉRCIO... 3 Confiança do comércio recua 14,6%

Leia mais

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice 2 Índice Introdução... 3 Passo 1 Entender o que é Venda Online e E-commerce... 4 Passo 2 Entender o Mercado de Comércio Eletrônico... 5 Passo 3 Canais de Venda... 6 Passo 4 Como identificar uma Boa Plataforma

Leia mais

O Mercado americano de Tecnologia 2014/2015

O Mercado americano de Tecnologia 2014/2015 O Mercado americano de Tecnologia 2014/2015 1. Considerações Gerais Os Estados Unidos, maior potência mundial e tecnológica, apresenta projeções cada vez mais otimistas. Desde 2008, no estouro da crise

Leia mais

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 039 03 de março de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 039 03 de março de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 039 03 de março de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 039 Ano 09 Brasília, 03 março de 2015 Sumário 1. COMÉRCIO REVENDEDORA DE VEÍCULO... 3 Vendas caem

Leia mais

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 037 27 de fevereiro de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 037 27 de fevereiro de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 037 27 de fevereiro de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 037 Ano 09 Brasília, 27 de fevereiro de 2015 Sumário 1. COMÉRCIO... 3 Confiança do comércio

Leia mais

Aeroportos no Brasil: investimentos recentes, perspectivas e preocupações

Aeroportos no Brasil: investimentos recentes, perspectivas e preocupações Aeroportos no Brasil: investimentos recentes, perspectivas e preocupações Carlos Campos Neto carlos.campos@ipea.gov.br Frederico Hartmann de Souza frederico.souza@ipea.com.br Abril de 2011 Objetivos Avaliar

Leia mais

QUESTÕES FUNDAMENTAIS DA LOGÍSTICA NO BRASIL. 31 de julho de 2013

QUESTÕES FUNDAMENTAIS DA LOGÍSTICA NO BRASIL. 31 de julho de 2013 QUESTÕES FUNDAMENTAIS DA LOGÍSTICA NO BRASIL 31 de julho de 2013 PRINCIPAIS CADEIAS PRODUTIVAS Soja, milho e bovinos AGROPECUÁRIA AÇÚCAR E ÁLCOOL Soja, milho e bovinos Cana de açúcar MINERAÇÃO E SIDERURGIA

Leia mais

Nos trilhos do progresso

Nos trilhos do progresso Nos trilhos do progresso brasil: polo internacional de investimentos e negócios. Um gigante. O quinto maior país do mundo em extensão e população e o maior da América Latina, onde se destaca como a economia

Leia mais

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 027 10 de fevereiro de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 027 10 de fevereiro de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 027 10 de fevereiro de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 027 Ano 09 Brasília, 10 de fevereiro de 2015 Sumário 1. CRÉDITO E FINANCIAMENTO... 3 BNDES

Leia mais

EIXO INFRAESTRUTURA LOGÍSTICA

EIXO INFRAESTRUTURA LOGÍSTICA EIXO INFRAESTRUTURA LOGÍSTICA EIXO INFRAESTRUTURA LOGÍSTICA O eixo de infraestrutura logística do PAC tem como objetivo ampliar a qualidade dos serviços de transporte, para aumentar a competitividade da

Leia mais

Nori Lermen Quer Revolução no ATM

Nori Lermen Quer Revolução no ATM Nori Lermen Quer Revolução no ATM Em entrevista exclusiva à Relatório Bancário, o novo presidente da ATP, Nori Lermen, revelou as intenções da empresa brasiliense em ir além do fornecimento de serviços

Leia mais

Apostila. Comércio Eletrônico. e-commerce. Professor: Edson Almeida Junior. Comércio Eletrônico

Apostila. Comércio Eletrônico. e-commerce. Professor: Edson Almeida Junior. Comércio Eletrônico Apostila Comércio Eletrônico e-commerce Professor: Edson Almeida Junior Material compilado por Edson Almeida Junior Disponível em http://www.edsonalmeidajunior.com.br MSN: eajr@hotmail.com E-Mail: eajr@hotmail.com

Leia mais

Economia Móvel América Latina 2013 Sumário Executivo

Economia Móvel América Latina 2013 Sumário Executivo Economia Móvel América Latina 2013 Sumário Executivo Economia Móvel América Latina 2013 A GSMA representa os interesses da indústria mundial de comunicações móveis. Presente em mais de 220 países, a GSMA

Leia mais

OPORTUNIDADES E DESAFIOS DA INFRAESTRUTURA LO- GÍSTICA BRASILEIRA FRENTE AO CENÁRIO INTERNACIONAL. Tatiana Torres

OPORTUNIDADES E DESAFIOS DA INFRAESTRUTURA LO- GÍSTICA BRASILEIRA FRENTE AO CENÁRIO INTERNACIONAL. Tatiana Torres OPORTUNIDADES E DESAFIOS DA INFRAESTRUTURA LO- GÍSTICA BRASILEIRA FRENTE AO CENÁRIO INTERNACIONAL Tatiana Torres Em um país com tantas deficiências em termos de gestão, investimentos e política pública,

Leia mais

Pesquisa Hábitos de Consumo Dia dos Pais 2015

Pesquisa Hábitos de Consumo Dia dos Pais 2015 Pesquisa Hábitos de Consumo Dia dos Pais 2015 Agosto de 2015 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Índice o Objetivo, metodologia e amostra... 03 o Sumário... 04 o Perfil dos respondentes... 05 o Pretensão

Leia mais

As condições de acessibilidade e mobilidade nas cidades receptoras. Diretoria de Engenharia - DE

As condições de acessibilidade e mobilidade nas cidades receptoras. Diretoria de Engenharia - DE As condições de acessibilidade e mobilidade nas cidades receptoras Diretoria de Engenharia - DE Cidades candidatas e seus aeroportos Aeroportos da INFRAERO primeira e última imagem que o turista estrangeiro

Leia mais

Amapá 2,1. Pará 46,2. Ceará 25,4 Pernambuco 22,3. Maranhão 17,4. Roraima 3,7. Tocantins 19,7. Rio Grande do Norte 7,5. Piauí 9,9.

Amapá 2,1. Pará 46,2. Ceará 25,4 Pernambuco 22,3. Maranhão 17,4. Roraima 3,7. Tocantins 19,7. Rio Grande do Norte 7,5. Piauí 9,9. INFRAESTRUTURA Valores de investimentos sugeridos pelo Plano CNT de Transporte e Logística 2014 em todos os Estados brasileiros, incluindo os diferentes modais (em R$ bilhões) Tocantins 19,7 Roraima 3,7

Leia mais

POR QUE INTERIORIZAR O TRANSPORTE AÉREO?

POR QUE INTERIORIZAR O TRANSPORTE AÉREO? CONECTANDO O BRASIL CONECTANDO O BRASIL POR QUE INTERIORIZAR O TRANSPORTE AÉREO? O Brasil é um país de 8 milhões de quilômetros quadrados de área. Esse imenso território demanda ser integrado por uma

Leia mais

Agenda. Cenário. Tendências e o impacto da Tecnologia. Demandas do Novo Consumidor. Desafios no novo cenário

Agenda. Cenário. Tendências e o impacto da Tecnologia. Demandas do Novo Consumidor. Desafios no novo cenário Agenda Cenário Tendências e o impacto da Tecnologia Demandas do Novo Consumidor Desafios no novo cenário Agenda Cenário Tendências e o impacto da Tecnologia Demandas do Novo Consumidor Desafios no novo

Leia mais

Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009

Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009 Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009 EBITDA atingiu a soma de R$ 391 milhões no ano passado São Paulo, 24 de março de 2010 A Algar Telecom, empresa de telecomunicações do Grupo Algar,

Leia mais

Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções em Pernambuco

Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções em Pernambuco Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções em Pernambuco O que é o NTCPE? O Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções em Pernambuco/NTCPE é uma associação de direito privado, sem fins lucrativos.

Leia mais

Principais Fatos e Números

Principais Fatos e Números Principais Fatos e Números BRAZIL Brasil Minas Gerais Região Metropolitana de Classificado como a 6ª maior economia em 2011, esperando chegar à 5ª posição até 2016. 3 ª maior economia dentre os 27 Estados

Leia mais

Originalmente projetada para se constituir no principal vetor de desenvolvimento dos Estados do Maranhão, Tocantins e Goiás. Extensão de 1.

Originalmente projetada para se constituir no principal vetor de desenvolvimento dos Estados do Maranhão, Tocantins e Goiás. Extensão de 1. Originalmente projetada para se constituir no principal vetor de desenvolvimento dos Estados do Maranhão, Tocantins e Goiás. PORTO DE ITAQUI/MA AÇAILÂNDIA/MA Extensão de 1.550 km; Açailândia/MA Goiânia/GO;

Leia mais

O que é comércio eletrônico?

O que é comércio eletrônico? COMÉRCIO ELETRÔNICO O que é comércio eletrônico? O comércio eletrônico ou e-commerce é a compra e venda de mercadorias ou serviços por meio da Internet, onde as chamadas Lojas Virtuais oferecem seus produtos

Leia mais

Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015. Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015

Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015. Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015 Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015 Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015 O cenário econômico nacional em 2014 A inflação foi superior ao centro da meta pelo quinto

Leia mais

AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO PAULO/GUARULHOS

AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO PAULO/GUARULHOS AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO PAULO/GUARULHOS SITUAÇÃO ATUAL AMPLIAÇÃO março/2009 A Empresa 67 aeroportos (32 internacionais) 80 estações de apoio à navegação aéreaa s s 32 terminais de logística de carga

Leia mais

A A Mineração e o Novo Cenário Socioeconômico Painel 3: A Infraestrutura no Brasil e a Expansão da Produção dos Bens Minerais José de Freitas Mascarenhas Vice-Presidente e Presidente do Coinfra (CNI) Belo

Leia mais

O seu negócio, ao alcance da sua mão! Elaborado por TT Marketing

O seu negócio, ao alcance da sua mão! Elaborado por TT Marketing O seu negócio, ao alcance da sua mão! Um site que oferece espaço para outras empresas anunciarem seus produtos e serviços em todo território nacional, este é o Meu Guia.com. Nosso objetivo é estar sempre

Leia mais

ESTUDO DA CRIAÇÃO DE UMA PLATAFORMA MULTIMODAL Prof. Ph.D. Cláudio Farias Rossoni Área delimitada onde em um mesmo local se encontram disponibilizados: DUTOVIAS HIDROVIAS RODOVIAS AEROVIAS FERROVIAS Área

Leia mais

São Paulo: múltiplas oportunidades que impulsionam seus negócios

São Paulo: múltiplas oportunidades que impulsionam seus negócios São Paulo: múltiplas oportunidades que impulsionam seus negócios A importância da economia paulista transcende as fronteiras brasileiras. O Estado é uma das regiões mais desenvolvidas de toda a América

Leia mais

Case Schutz Maurício Bastos

Case Schutz Maurício Bastos LIVRO DE CASES CASE 1 CASES Case Schutz Maurício Bastos Ano de fundação: 1995 Segmento: Varejo Calçados Localização: São Paulo Crescimento Ecommerce: 400% ao ano Funcionários: 900 Loja Online: loja.schutz.com.br

Leia mais

Embratel e uma das Maiores Empresas Agroindustriais do País

Embratel e uma das Maiores Empresas Agroindustriais do País EMBRATEL CASE Embratel e uma das Maiores Empresas Agroindustriais do País O Portfólio de TI da Embratel a Serviço da Agroindústria A convergência de serviços de TI e telecom se consolida como fenômeno

Leia mais

COMENTÁRIOS Comércio Varejista Comércio Varejista ampliado

COMENTÁRIOS Comércio Varejista Comércio Varejista ampliado COMENTÁRIOS Em maio, o Comércio Varejista do País apresentou variações em relação ao mês anterior ajustadas sazonalmente, de 0,5% para o volume de vendas e de 1,0% para a receita nominal. Quanto à média

Leia mais

Empresas buscam soluções logísticas para reduzir custos

Empresas buscam soluções logísticas para reduzir custos Notícia da edição impressa de 18/02/2010 Empresas buscam soluções logísticas para reduzir custos Várias companhias começam a perceber que as instalações de softwares e de estruturas bem planejadas melhoram

Leia mais

Impactos dos investimentos previstos no PIL 2015 nos corredores logístico de exportação. Apoio

Impactos dos investimentos previstos no PIL 2015 nos corredores logístico de exportação. Apoio Impactos dos investimentos previstos no PIL 2015 nos corredores logístico de exportação Apoio s previstos no PIL 2015 no Corredor Logístico Centro-Norte s estimados em R$ 29,5bilhões com o PIL 2015 Rodovias

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação Gestão da Tecnologia da Informação A TCI BPO Com atuação em todo o Brasil, a TCI oferece excelência na prestação dos serviços em BPO - Business Process Outsourcing, levando aos seus clientes as melhores

Leia mais

* Dados referentes ao PIB estimado para o ano de 2014

* Dados referentes ao PIB estimado para o ano de 2014 A Cielo é uma credenciadora de pagamentos eletrônicos. Talvez você a conheça pelas suas máquinas de cartão, presentes no comércio de Norte a Sul do Brasil. Essa é mesmo a função primordial da companhia:

Leia mais

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 3 } 1. INTRODUÇÃO: PARQUE TECNOLÓGICO CAPITAL DIGITAL - PTCD Principal polo de desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação do Distrito Federal, o PTCD

Leia mais

Marcelo José de Sousa, diretor de logística da TGestiona, fala sobre e-commerce

Marcelo José de Sousa, diretor de logística da TGestiona, fala sobre e-commerce 21 de Julho de 2009 Marcelo José de Sousa, diretor de logística da TGestiona, fala sobre e-commerce A Internet, já há algum tempo, é parte integrante da vida de muitas pessoas, que passam horas conectadas

Leia mais

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 052 20 de março de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 052 20 de março de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 052 20 de março de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 052 Ano 09 Brasília, 20 de março de 2015 Sumário 1. COMÉRCIO SHOPPING CENTER... 3 Fluxo de pessoas

Leia mais

Tecnologia da Informação CAASP. DIS Departamento de Informática e Sistemas. Relatório Anuário 2008 Att. Gerência Geral e Diretoria CAASP

Tecnologia da Informação CAASP. DIS Departamento de Informática e Sistemas. Relatório Anuário 2008 Att. Gerência Geral e Diretoria CAASP Tecnologia da Informação CAASP DIS Relatório Anuário 2008 Att. Gerência Geral e Diretoria CAASP Introdução...03 Projetos e Fatos Relevantes 2008...03 Raio X de Investimentos e Custos...10 Considerações

Leia mais

FRANQUIA HOME OFFICE

FRANQUIA HOME OFFICE FRANQUIA HOME OFFICE SUMÁRIO QUEM SOMOS PREMIAÇÕES ONDE ESTAMOS NOSSO NEGÓCIO MULTIMARCAS MULTISERVIÇOS PERFIL DO FRANQUEADO VANTAGENS DA FRANQUIA CLUBE TURISMO DESCRITIVO DO INVESTIMENTO PROCESSO DE SELEÇÃO

Leia mais

TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS

TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS SETEMBRO DE 2015 1 2 PRODUTOS PARTICIPAÇÃO NO PIB 2013 Outros Serviços 33,7% Administração, saúde e educação públicas

Leia mais

Introdução. PIB varia 0,4% em relação ao 1º trimestre e chega a R$ 1,10 trilhão

Introdução. PIB varia 0,4% em relação ao 1º trimestre e chega a R$ 1,10 trilhão 16 a 31 de agosto de 2012 As principais informações da economia mundial, brasileira e baiana Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia Diretoria de Indicadores e Estatísticas Coordenação

Leia mais

Fórum de Logística Perspectivas para 2014 25/02/2014

Fórum de Logística Perspectivas para 2014 25/02/2014 Fórum de Logística Perspectivas para 2014 25/02/2014 David Barioni Neto Mar/10 a Jun/11: Presidente Executivo (CEO) da Facility Group S.A. Nov/07 a Out/09: Presidente Executivo (CEO) da TAM Linhas Aéreas

Leia mais

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 054 24 de março de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 054 24 de março de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 054 24 de março de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 054 Ano 09 Brasília, 24 de março de 2015 Sumário 1. COMÉRCIO... 3 Movimento do comércio sobe 1,2%

Leia mais

TEMA: DESAFIOS LOGÍSTICOS

TEMA: DESAFIOS LOGÍSTICOS Câmara dos Deputados Comissão Especial PL 0037/11 Audiência Pública em 18 de Setembro de 2013 TEMA: DESAFIOS LOGÍSTICOS (Brasília-DF) INSTITUTO BRASILEIRO DE MINERAÇÃO SUMÁRIO 1) A MINERAÇÃO HOJE 2) MINERAÇÃO

Leia mais

O setor aquaviário e o comércio exterior

O setor aquaviário e o comércio exterior O setor aquaviário e o comércio exterior Associação de Comércio Exterior do Brasil AEB ENAEX 2011 - Encontro nacional de comércio exterior Rio de Janeiro, RJ 19 de agosto de 2011 Fernando Antonio Brito

Leia mais

C&M CENÁRIOS 8/2013 CENÁRIOS PARA A ECONOMIA INTERNACIONAL E BRASILEIRA

C&M CENÁRIOS 8/2013 CENÁRIOS PARA A ECONOMIA INTERNACIONAL E BRASILEIRA C&M CENÁRIOS 8/2013 CENÁRIOS PARA A ECONOMIA INTERNACIONAL E BRASILEIRA HENRIQUE MARINHO MAIO DE 2013 Economia Internacional Atividade Econômica A divulgação dos resultados do crescimento econômico dos

Leia mais

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Exportações de açúcar da empresa devem aumentar 86% na safra 2009/2010 A Copersucar completa

Leia mais

InformationWeek Brasil

InformationWeek Brasil Fotos: Ricardo Benichio EM TEMP Roberta Prescott 10 Casas Bahia inaugura loja virtual mais tarde que outros varejistas, mas seu CIO, Frederico Wanderley, quer ter na internet o mesmo sucesso da rede física

Leia mais

PRINCIPAIS DÚVIDAS EM RELAÇÃO AOS DIREITOS E DEVERES DO PASSAGEIRO:

PRINCIPAIS DÚVIDAS EM RELAÇÃO AOS DIREITOS E DEVERES DO PASSAGEIRO: PRINCIPAIS DÚVIDAS EM RELAÇÃO AOS DIREITOS E DEVERES DO PASSAGEIRO: 1. O que é preterição de embarque? A preterição de embarque (embarque não realizado por motivo de segurança operacional, substituição

Leia mais

Portos públicos sob gestão privada promovem comércio exterior e abertura da economia ABRATEC

Portos públicos sob gestão privada promovem comércio exterior e abertura da economia ABRATEC SENADO FEDERAL COMISSÃO DE ASSUNTOS ECONÔMICOS COMISÃO DE SERVIÇOS DE INFRAESTRUTURA COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL E TURISMO Portos públicos sob gestão privada promovem comércio exterior e abertura

Leia mais

Comércio Eletrônico em Números

Comércio Eletrônico em Números Comércio Eletrônico em Números Evolução do E-commerce no Brasil 23 milhões é um grande número. 78 milhões 23 milhões Enorme potencial de crescimento no Brasil Mas fica pequeno se comprarmos com o número

Leia mais

Adapte. Envolva. Capacite.

Adapte. Envolva. Capacite. Adapte. Envolva. Capacite. Ganhe produtividade em um Ambiente de trabalho digital #DigitalMeetsWork Os benefícios de um ambiente de trabalho digital têm impacto na competitividade do negócio. Empresas

Leia mais

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Julho de 2011 Mercado Brasileiro de Telecomunicações Oi: Perfil, Cobertura e Estratégia Resultados Operacionais e Financeiros Aliança com a Portugal Telecom e Aumento de Capital

Leia mais

Aéreas terão subsídios para operar rotas já existentes

Aéreas terão subsídios para operar rotas já existentes Fonte: Dr. Renato Kloss Seção: Economia Versão: Online Data: 28/07 Aéreas terão subsídios para operar rotas já existentes Medida do governo deve beneficiar cem linhas rentáveis. Subvenção pode somar R$

Leia mais

Relatório de Atividades

Relatório de Atividades Relatório de Atividades 2011 Nossa Missão A DEAK Sistemas desenvolve software, aplicativos, serviços e consultoria para gestão de empresas, agregando valor real ao negócio do cliente. São ferramentas completas

Leia mais

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 131 15 de julho de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 131 15 de julho de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 131 15 de julho de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 131 Ano 09 Brasília, 15 de julho de 2015 Sumário 1. COMÉRCIO... 3 Dia das Mães não conseguiu estancar

Leia mais

DICAS PARA PAGAMENTO MÓVEL NA 7SUA EMPRESA

DICAS PARA PAGAMENTO MÓVEL NA 7SUA EMPRESA DICAS PARA PAGAMENTO MÓVEL NA 7SUA EMPRESA ÍNDICE INTRODUÇÃO O QUE É PAGAMENTO MÓVEL CONCLUSÃO PG. 3 PG. 4 PG. 6 PG. 17 INTRODUÇÃO Os meios de pagamento eletrônico estão cada vez mais fortes no Brasil.

Leia mais

Gestão orçamentária na Construção Civil

Gestão orçamentária na Construção Civil Um retrato dos desafios, práticas e resultados do planejamento orçamentário Maio, 2014 Agenda Metodologia e amostra Desafios e cultura da organização na gestão orçamentária Processos e riscos do planejamento

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA LOGÍSTICA PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL

A IMPORTÂNCIA DA LOGÍSTICA PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL A IMPORTÂNCIA DA LOGÍSTICA PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL 04/05/2011 Senado Federal - Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo O BRASIL EM NÚMEROS BASE PARA O CRESCIMENTO Os investimentos nas áreas

Leia mais

Reunião APIMEC - 3T15 dri@santosbrasil.com.br +55 11 3279-3279

Reunião APIMEC - 3T15 dri@santosbrasil.com.br +55 11 3279-3279 Reunião APIMEC - 3T15 dri@santosbrasil.com.br +55 11 3279-3279 Ressalvas sobre considerações futuras As afirmações contidas neste documento quanto a perspectivas de negócios para a Santos Brasil Participações

Leia mais

REVISTA ELETROLAR NEWS, a única b2b do segmento, com freqüência de 45 dias e 20.000 exemplares auditados pelo IVC.

REVISTA ELETROLAR NEWS, a única b2b do segmento, com freqüência de 45 dias e 20.000 exemplares auditados pelo IVC. REVISTA ELETROLAR NEWS, a única b2b do segmento, com freqüência de 45 dias e 20.000 exemplares auditados pelo IVC. FEIRA ELETROLAR SHOW, evento anual B2B que reúne a indústria e o varejo, mais de 1.000

Leia mais

Comunicação por meio de dispositivos móveis ainda tem muito para crescer no país

Comunicação por meio de dispositivos móveis ainda tem muito para crescer no país Comunicação por meio de dispositivos móveis ainda tem muito para crescer no país Atualmente, não dá para falar em mídias digitais sem considerar o mobile. Se por um lado os acessos móveis ganham força,

Leia mais

QUESTÕES FUNDAMENTAIS DA LOGÍSTICA NO BRASIL. Agosto de 2013

QUESTÕES FUNDAMENTAIS DA LOGÍSTICA NO BRASIL. Agosto de 2013 QUESTÕES FUNDAMENTAIS DA LOGÍSTICA NO BRASIL Agosto de 2013 PRINCIPAIS CADEIAS PRODUTIVAS Soja, milho e bovinos AGROPECUÁRIA AÇÚCAR E ÁLCOOL Soja, milho e bovinos Cana de açúcar MINERAÇÃO E SIDERURGIA

Leia mais

OBRAS DE INFRAESTRUTURA NO BRASIL

OBRAS DE INFRAESTRUTURA NO BRASIL OBRAS DE INFRAESTRUTURA NO BRASIL Estudo realizado com 259 empresas; Faturamento das empresas pesquisadas representando mais de 30% do PIB brasileiro; O objetivo principal é mapear e avaliar a importância

Leia mais

2 A 4 ABRIL 2013 Transamerica Expo Center São Paulo Brasil

2 A 4 ABRIL 2013 Transamerica Expo Center São Paulo Brasil SOBRE O EVENTO QUEM VISITA QUEM EXPÕE DEPOIMENTOS COMO PARTICIPAR FEIRA INTERNACIONAL DE LOGÍSTICA, TRANSPORTE DE CARGAS E COMÉRCIO EXTERIOR 2 A 4 ABRIL 2013 Transamerica Expo Center São Paulo Brasil ONDE

Leia mais

CUSTOS LOGÍSTICOS NO BRASIL 2014. Logística, Supply Chain e Infraestrutura. Núcleo de Logística, Supply Chain e Infraestrutura

CUSTOS LOGÍSTICOS NO BRASIL 2014. Logística, Supply Chain e Infraestrutura. Núcleo de Logística, Supply Chain e Infraestrutura CUSTOS LOGÍSTICOS NO BRASIL 2014 Logística, Supply Chain e Infraestrutura Núcleo de Logística, Supply Chain e Infraestrutura Paulo Tarso Vilela de Resende Paulo Renato de Sousa Bolsistas Fapemig Gustavo

Leia mais

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 044 10 de março de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 044 10 de março de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 044 10 de março de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 044 Ano 09 Brasília, 10 de março de 2015 Sumário 1. COMÉRCIO... 3 Novo hábito de consumo do público

Leia mais

Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI

Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI Para competir com eficácia, as empresas da atualidade precisam se adaptar a um ambiente tecnológico que sofre rápidas mudanças.

Leia mais

O que o Brasil já ganhou com a Copa. Secretaria-Geral da Presidência da República

O que o Brasil já ganhou com a Copa. Secretaria-Geral da Presidência da República O que o Brasil já ganhou com a Copa COPA DO MUNDO NO BRASIL um momento histórico e de oportunidades A Copa do Mundo é um momento histórico para o Brasil, que vai sediar, em conjunto com as Olimpíadas em

Leia mais

O Programa de Investimentos em Logística: Um Projeto Estratégico do Estado Brasileiro

O Programa de Investimentos em Logística: Um Projeto Estratégico do Estado Brasileiro O Programa de Investimentos em Logística: Um Projeto Estratégico do Estado Brasileiro Bernardo Figueiredo Presidente da Empresa Brasileira de Planejamento e Logística Logística e Desenvolvimento Econômico

Leia mais

Predictions Brasil 2015 Acelerando a Inovação na 3 a Plataforma

Predictions Brasil 2015 Acelerando a Inovação na 3 a Plataforma Predictions Brasil 2015 Acelerando a Inovação na 3 a Plataforma 1 IDC - Equipe Pietro Delai Reinaldo Sakis João Paulo Bruder Luciano Ramos Gerente de Pesquisa e Consultoria -Enterprise Gerente de Pesquisa

Leia mais

Por Denize BACOCCINA. Isto é Dinheiro - sexta-feira, 03 de maio de 2013 Seção: Economia / Autor: Por Denize BACOCCINA

Por Denize BACOCCINA. Isto é Dinheiro - sexta-feira, 03 de maio de 2013 Seção: Economia / Autor: Por Denize BACOCCINA O poder de compra alimenta o dragão A persistência da inflação em torno de 6,5% ao ano tem um componente virtuoso: o crescimento do setor de serviços, que lidera a criação de empregos e aumenta a renda

Leia mais

Varejo virtual ERA DIGITAL. por Tânia M. Vidigal Limeira FGV-EAESP

Varejo virtual ERA DIGITAL. por Tânia M. Vidigal Limeira FGV-EAESP ERA DIGITAL Varejo virtual Ovolume de operações registrado recentemente no âmbito do comércio eletrônico atesta que a Internet ainda não chegou às suas últimas fronteiras. Vencidas as barreiras tecnológicas

Leia mais

Navegação de Cabotagem no Brasil. João Guilherme Araujo. Novembro/2013

Navegação de Cabotagem no Brasil. João Guilherme Araujo. Novembro/2013 Navegação de Cabotagem no Brasil João Guilherme Araujo Novembro/2013 Agenda Porque falar de Cabotagem? Cabotagem no Brasil Pontos Favoráveis e Desfavoráveis Números da Cabotagem no Brasil Cabotagem de

Leia mais

5 Case Stara. Cristiano Buss *

5 Case Stara. Cristiano Buss * Cristiano Buss * Fundada em 1960, a Stara é uma fabricante de máquinas agrícolas. De origem familiar, está instalada em Não-Me-Toque, no norte do Estado; Em seis anos, cresceu 11 vezes, com baixo nível

Leia mais

IV Brasil nos Trilhos

IV Brasil nos Trilhos IV Brasil nos Trilhos Crescimento do Setor Ferroviá Bruno Batista Diretor Executivo CNT Brasília, 11 de agosto de 2010. Objetivos da Pesquisa Identificar as alterações ocorridas no setor nos últimos anos

Leia mais

TERMINAIS DE CONTÊINERES O que fazem pelo Brasil. Investimentos: US$ 615,4 milhões. Resultado: Eficiência, Competitividade e Confiabilidade

TERMINAIS DE CONTÊINERES O que fazem pelo Brasil. Investimentos: US$ 615,4 milhões. Resultado: Eficiência, Competitividade e Confiabilidade TERMINAIS DE CONTÊINERES O que fazem pelo Brasil. Investimentos: US$ 615,4 milhões. Resultado: Eficiência, Competitividade e Confiabilidade O Cenário O contêiner passou a ser o principal meio de transporte

Leia mais

CONSELHO GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PPP SECRETARIA EXECUTIVA

CONSELHO GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PPP SECRETARIA EXECUTIVA 1 CONSELHO GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PPP SECRETARIA EXECUTIVA Secretaria de Fazenda Prefeitura de Sorocaba A Cidade 2 No próximo ano de 2014 Sorocaba completará 360 anos de sua fundação; A história

Leia mais

Boletim de Conjuntura Econômica Dezembro 2008

Boletim de Conjuntura Econômica Dezembro 2008 Boletim de Conjuntura Econômica Dezembro 2008 Crise Mundo Os EUA e a Europa passam por um forte processo de desaceleração economica com indicios de recessão e deflação um claro sinal de que a crise chegou

Leia mais

Universo Online S.A 1

Universo Online S.A 1 Universo Online S.A 1 1. Sobre o UOL HOST O UOL HOST é uma empresa de hospedagem e serviços web do Grupo UOL e conta com a experiência de mais de 15 anos da marca sinônimo de internet no Brasil. Criado

Leia mais

Travelport adquire Hotelzon para liderar crescimento no segmento hoteleiro

Travelport adquire Hotelzon para liderar crescimento no segmento hoteleiro NEWS RELEASE Travelport adquire Hotelzon para liderar crescimento no segmento hoteleiro Langley, Reino Unido, 12 de junho de 2014: A Travelport, empresa líder no segmento de comércio de viagens, que oferece

Leia mais

Ferrovias. Infraestrutura no Brasil: Projetos, Financiamentos e Oportunidades

Ferrovias. Infraestrutura no Brasil: Projetos, Financiamentos e Oportunidades Ferrovias OBJETIVOS Ferrovias Novo modelo de investimento/exploração das ferrovias Quebra do monopólio na oferta de serviços de transporte ferroviário Expansão, modernização e integração da malha ferroviária

Leia mais

Brasil, potência no e-commerce

Brasil, potência no e-commerce Brasil, potência no e-commerce CONTEXTO GLOBAL E REGIONAL 10º mercado em termos mundiais Maior e mais maduro mercado da AL Potencial de crescimento elevado Um país que compra cada vez mais online CONTEXTO

Leia mais