Logística e políticas de Saúde envolvidas no uso dos testes rápidos no Mato Grosso do Sul Danielle G. Martins Tebet

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Logística e políticas de Saúde envolvidas no uso dos testes rápidos no Mato Grosso do Sul Danielle G. Martins Tebet"

Transcrição

1 Logística e políticas de Saúde envolvidas no uso dos testes rápidos no Mato Grosso do Sul Danielle G. Martins Tebet Gerente Técnica do Programa Estadual de DST/AIDS e Hepatites Virais de Mato Grosso do Sul

2 Foco A ampliação do acesso a testagem; Melhoria da qualidade do diagnóstico; Diminuição de transmissão vertical; Tratamento precoce.

3 Locais disponíveis Hospitais; Centro de Testagem e Aconselhamento municipais; Serviço de Atendimento Especializado; Unidades Básicas de Saúde.

4 Campanhas com testagens Carnaval; Dia de Combate a Sífilis; Dia de Combate as Hepatites Virais; 1º de Dezembro; Caravana da Saúde.

5 Testagens Ações em presídios e cadeias; Projeto de execução das ONG para testagens em profissionais do sexo, população LGBT e usuários de drogas; Campanhas municipais.

6 Capacitações em TR Curso para multiplicadores em TR; Curso Básico de Vigilância Epidemiológica em DST/AIDS e Hepatites Virais; Capacitações municipais; Atendimento telefônico; Orientação TeleLab.

7 SisLog-Lab Sistema para solicitação e controle de estoque dos Testes Rápidos de HIV, Sífilis e Hepatites Virais para: Atenção Básica (Rede Cegonha e População Geral), Hospitais, SAE e CTA.

8 Objetivos do SisLog-Lab Melhorar a capacidade de resposta da área de logística do Departamento de DST, AIDS e Hepatites Virais e das Unidades Federadas e Locais; Ampliar a capacidade de planejamento das aquisições dos kits;

9 Objetivos do SisLog-Lab Aprimorar a qualidade das informações geradas; Otimizar o fluxo das atividades desenvolvidas no processo logístico; Controlar o estoque mensal dos kits e estoque disponível na rede de serviços.

10 MATO GROSSO DO SUL 78 MUNICÍPIOS 570 UNIDADES VINCULADAS DISTRIBUIÇÃO 1 ALMOXARIFADO

11 Municípios Cadastrados Municípios cadastrados Fechamento dos Mapas 78 (100%) 47 (60,2%) mar/15 abr/15

12 Fechamento dos mapas- Municípios 97% 100% 100% 80% 60% mar/15 abr/15 mai/15 jun/15 jul/15

13 Implantação em Mato Grosso do Sul Necessidade de conhecimento do Sistema; 1º Layout 4º Interatividade com munic. 2º Call Center 3º Método e padronização

14 1º Estruturação correta do layout no sistema de Mato Grosso do Sul O cadastramento incorreto dos almoxarifados municipais no layout; Inviabilidade do controle de entrada e saída dos TR nos municípios. SOLUÇÃO: vinculação de todos os almoxarifados em seus respectivos municípios.

15

16 2º Criação de Call Center O call center foi criado devido a falta de cadastro de 40% dos municípios no SisLog-Lab Função atual do call center: Treinamento a distância (telefone); Esclarecimento de dúvidas sobre o sistema; Controle/solicitação de fechamento do mapas municipais.

17 3º Métodos com padronização- procedimentos Padronização de planilhas - trabalhos mais eficientes para os procedimentos como: Alteração de responsável de unidade municipal; Cadastramento de novas unidades; Planilhas do controle de dados para alimentação do Boletim Consolidado; Mapa (extra) para conferência dos pedidos de testes rápidos do mês.

18 Alteração de funcionário de unidade

19 Cadastro para nova unidade

20 Planilha do controle de dadosalimentação do Boletim Consolidado

21 Mapa (extra) para conferência dos pedidos de testes rápidos do mês

22 4 Interatividade entre: Secretaria, almoxarifado e municípios- Lista

23 Planilha para correção e liberação de testes rápidos no Almoxarifado

24 Objetivos alcançados Suprir todos os municípios com os kits; Fechamento dos mapas municipais até o dia 5 / mês; Aumento do número de profissionais capacitados- TR; Ampliação da testagem para a população geral; Garantia da execução de TR para as populações chaves.

25 Dificuldades Alterações constantes de cadastros; Solicitações: de Kit para TESTE; Não leitura dos comunicados do Departamento Nacional dentro do Sistema- municípios; Necessidade de cobranças de fechamento determinados municípios.

26 Dificuldades Não aconselhamento PRÉ e PÓS teste; Não emissão de laudo; Não aceitação da capacitação pelo Telelab; Resultados alterados- falha na execução da técnica.

27 Proposta 2016 Capacitação para execução de TR (macrorregionais); Capacitação para todos os municípios SisLog-Lab (macrorregionais); Supervisão em serviço- Municípios com dificuldades.

28 Equipe DST/AIDS e Hepatites Virais Mato Grosso do Sul Gerente Administrativo 01 Administradora 02 Enfermeiras 01 Assistente Social.

29 Contato: outlook.com (67) /

O uso dos testes rápidos como ferramenta efetiva para a saúde pública experiência brasileira

O uso dos testes rápidos como ferramenta efetiva para a saúde pública experiência brasileira O uso dos testes rápidos como ferramenta efetiva para a saúde pública experiência brasileira Ministério da Saúde Secretaria de Vigilância em Saúde Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das DST,

Leia mais

Objetivo Principal Fique Sabendo Jovem!

Objetivo Principal Fique Sabendo Jovem! O Projeto Fique Sabendo Jovem surge através de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e UNICEF através do número crescente de casos HIV/AIDS em adolescentes e jovens adultos ( 15 a 24

Leia mais

PAM REVISADO/FECHADO PELO ESTADO

PAM REVISADO/FECHADO PELO ESTADO Atual condição de Gestão do SUS: Gestão Plena de Sistema IDENTIFICAÇÃO DO GESTOR PÚBLICO DO SUS Situação do estado quanto a elaboração de Plano Diretor de Regionalização conforme a NOAS 2002: micro regional

Leia mais

SIMPÓSIO SATÉLITE O ACESSO AOS ARV E A COOPERAÇÃO SUL-SUL: DA UTOPIA À REALIDADE. Rosa Alencar Coordenação Estadual DST/AIDS- SP CRT-DST/Aids

SIMPÓSIO SATÉLITE O ACESSO AOS ARV E A COOPERAÇÃO SUL-SUL: DA UTOPIA À REALIDADE. Rosa Alencar Coordenação Estadual DST/AIDS- SP CRT-DST/Aids SIMPÓSIO SATÉLITE O ACESSO AOS ARV E A COOPERAÇÃO SUL-SUL: DA UTOPIA À REALIDADE Rosa Alencar Coordenação Estadual DST/AIDS- SP CRT-DST/Aids Maio 2009, Rio de Janeiro Início da Distribuição de Antirretrovirais

Leia mais

PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS SERGIPE

PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS SERGIPE PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS SERGIPE METAS ATIVIDADES PARCERIAS EXECUSSÃO CRONOGRAMA - Articular, mediante a criação de uma rede via internet

Leia mais

PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS BAHIA

PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS BAHIA PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS BAHIA OBJETIVO GERAL Promover ações integradas para o enfrentamento da epidemia de HIV/AIDS e outras DST

Leia mais

A Atenção Básica em doenças hepáticas na Secretaria Estadual de Saúde (SES) de Pernambuco

A Atenção Básica em doenças hepáticas na Secretaria Estadual de Saúde (SES) de Pernambuco SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE SECRETARIA EXECUTIVA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DIRETORIA GERAL DE CONTROLE DE DOENÇAS E AGRAVOS PROGRAMA ESTADUAL DE IST/AIDS/HV A Atenção Básica em doenças hepáticas na Secretaria

Leia mais

Vigilância Alimentar e Nutricional.

Vigilância Alimentar e Nutricional. Vigilância Alimentar e Nutricional. Disciplina: Políticas Públicas em Alimentação e Nutrição. Curso de Nutrição e Metabolismo FMRP/USP Luciana Cisoto Ribeiro Segurança Alimentar e Nutricional realização

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DOS TESTES RÁPIDOS PARA HIV E SÍFILIS NA ASSISTÊNCIA AO PRE-NATAL NA ATENÇÃO BÁSICA DO MUNICIPIO DE IGUATU

IMPLANTAÇÃO DOS TESTES RÁPIDOS PARA HIV E SÍFILIS NA ASSISTÊNCIA AO PRE-NATAL NA ATENÇÃO BÁSICA DO MUNICIPIO DE IGUATU XV CONGRESSO DO COSEMS JUNHO/2016 MOSTRA ESTADUAL Município: Iguatu IMPLANTAÇÃO DOS TESTES RÁPIDOS PARA HIV E SÍFILIS NA ASSISTÊNCIA AO PRE-NATAL NA ATENÇÃO BÁSICA DO MUNICIPIO DE IGUATU Autores: José

Leia mais

Título: A ATUAÇÃO DO CTA NO MUNICÍPIO DE JUNDIAÍ/SP

Título: A ATUAÇÃO DO CTA NO MUNICÍPIO DE JUNDIAÍ/SP Título: A ATUAÇÃO DO CTA NO MUNICÍPIO DE JUNDIAÍ/SP Autores: Milena Luckesi de Souza¹, Grace do Prado Dan¹, Heloísa de Oliveira¹, Maria de Lurdes Munhoz¹ Serviço de Saúde: 1 - CTA - Centro de Testagem

Leia mais

SISLOG-LAB TESTE RÁPIDO Sistema de Controle Logístico de Insumos Laboratoriais

SISLOG-LAB TESTE RÁPIDO Sistema de Controle Logístico de Insumos Laboratoriais SISLOG-LAB TESTE RÁPIDO Sistema de Controle Logístico de Insumos Laboratoriais Sistema para solicitação e controle de estoque dos Testes Rápidos de HIV, Sífilis e Hepatites Virais para Atenção Básica (Rede

Leia mais

Título: Prevenção x Vulnerabilidades: a atuação do CTA junto à população HSH e Profissionais do Sexo

Título: Prevenção x Vulnerabilidades: a atuação do CTA junto à população HSH e Profissionais do Sexo Título: Prevenção x Vulnerabilidades: a atuação do CTA junto à população HSH e Profissionais do Sexo Autores: Grace do Prado Dan¹; Heloisa de Oliveira¹; Maria de Lurdes Magalhães de Almeida Munhoz¹; Milena

Leia mais

Horário de atendimento Segunda a Sexta-feira das 7h às 19h.

Horário de atendimento Segunda a Sexta-feira das 7h às 19h. CENTRO DE REFERÊNCIA DE DST/AIDS PENHA Endereço: Praça Nossa Senhora da Penha, 55 (subsolo) Penha CEP 03632-060 Telefones: 2092-4020 / 2295-0391 Supervisão Técnica de Saúde Penha Coordenadoria Regional

Leia mais

SISLOG-LAB TESTE RÁPIDO Sistema de Controle Logístico de Insumos Laboratoriais

SISLOG-LAB TESTE RÁPIDO Sistema de Controle Logístico de Insumos Laboratoriais SISLOG-LAB TESTE RÁPIDO Sistema de Controle Logístico de Insumos Laboratoriais Sistema para solicitação e controle de estoque dos Testes Rápidos de HIV, Sífilis e Hepatites Virais para Atenção Básica (Rede

Leia mais

BPO de Negócios Imobiliários

BPO de Negócios Imobiliários BPO de Negócios Imobiliários A Montreal Informática A Montreal Informática vem construindo ao longo dos anos sua história através da sua capacidade, adaptação e principalmente pelo compromisso com os desafios

Leia mais

PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS ALAGOAS

PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS ALAGOAS PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS ALAGOAS OBJETIVOS ATIVIDADES RESPONSÁVEIS E PARCERIAS CRONOGRAMA MONITORAMEN TO INDICADOR 1. Incluir anualmente,

Leia mais

Equipe IABAS. 92 Relatório de Gestão 2009, 2010, 2011 e 2012 (Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS)

Equipe IABAS. 92 Relatório de Gestão 2009, 2010, 2011 e 2012 (Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS) Equipe IABAS 92 Relatório de Gestão 2009, 2010, 2011 e 2012 (Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS) b lanço soci l Equipe IABAS (Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização

Leia mais

3ª CAPACITAÇÃO E ATUALIZAÇÃO EM TESTE RÁPIDO PARA DIAGNÓSTICO DO HIV, HEPATITES VIRAIS E SÍFILIS.

3ª CAPACITAÇÃO E ATUALIZAÇÃO EM TESTE RÁPIDO PARA DIAGNÓSTICO DO HIV, HEPATITES VIRAIS E SÍFILIS. 1º ENCONTRO ESTADUAL E REGIONAL DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE ENVOLVIDOS NA ASSISTÊNCIA E TRATAMENTO DAS PESSOAS VIVENDO COM HIV/AIDS, HEPATITES E SIFILIS. E 3ª CAPACITAÇÃO E ATUALIZAÇÃO EM TESTE RÁPIDO PARA

Leia mais

E-mail de contato do Responsável pela distribuição e monitoramento de implantação dos Testes

E-mail de contato do Responsável pela distribuição e monitoramento de implantação dos Testes IMPLANTAÇÃO DE TESTES RÁPIDOS DE HIV E SÍFILIS NA ATENÇÃO BÁSICA Os Testes Rápidos de HIV e Sífilis são estratégias importantes para a melhoria da qualidade da atenção à gestante durante o pré-natal, por

Leia mais

REDE DE ATENÇÃO A SAÚDE DE DIADEMA 20 Unidades Básicas de Saúde UBS: com 70 equipes de Saúde da Família com médico generalista; 20 equipes de Saúde da

REDE DE ATENÇÃO A SAÚDE DE DIADEMA 20 Unidades Básicas de Saúde UBS: com 70 equipes de Saúde da Família com médico generalista; 20 equipes de Saúde da VI Seminário Internacional da Atenção Básica A construção de modelagens de AB em grandes centros urbanos Aparecida Linhares Pimenta SMS de Diadema Vice presidente do CONASEMS REDE DE ATENÇÃO A SAÚDE DE

Leia mais

Prevenção as DST/AIDS e Envelhecimento. Paula de Oliveira e Sousa

Prevenção as DST/AIDS e Envelhecimento. Paula de Oliveira e Sousa Prevenção as DST/AIDS e Envelhecimento Paula de Oliveira e Sousa Dados do Boletim de 2012 No Estado de São Paulo de 1980 a 2012 são 217.367 casos de AIDS Queda de 33,7% de 2000 a 2010 A taxa de incidência

Leia mais

PORTARIA Nº 3.242, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2011

PORTARIA Nº 3.242, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2011 PORTARIA Nº 3.242, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2011 Dispõe sobre o Fluxograma Laboratorial da Sífilis e a utilização de testes rápidos para triagem da sífilis em situações especiais e apresenta outras recomendações.

Leia mais

COGESPA 2016 PREVENÇÃO. Eixo II - Enfrentamento da Epidemia das DST/Aids entre mulheres no Estado de São Paulo

COGESPA 2016 PREVENÇÃO. Eixo II - Enfrentamento da Epidemia das DST/Aids entre mulheres no Estado de São Paulo COGESPA 2016 PREVENÇÃO Eixo II - Enfrentamento da Epidemia das DST/Aids entre mulheres no Estado de São Paulo DST/Aids entre mulheres no Estado de São Paulo Diminuir a incidência de HIV/Aids entre as mulheres

Leia mais

PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DA AIDS ENTRE HSH, HOMOSSEXUAIS E TRAVESTIS

PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DA AIDS ENTRE HSH, HOMOSSEXUAIS E TRAVESTIS SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE DE MATO GROSSO DO SUL DIRETORIA DE VIGILANCIA EM SAÚDE COORDENAÇÃO DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA GERÊNCIA TÉCNICA DO PROGRAMA ESTADUAL DE DST / AIDS PLANO DE ENFRENTAMENTO

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA AVALIAÇÃO PARA MELHORIA DA QUALIDADE DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA: A EXPERIÊNCIA DO

RELATO DE EXPERIÊNCIA AVALIAÇÃO PARA MELHORIA DA QUALIDADE DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA: A EXPERIÊNCIA DO RELATO DE EXPERIÊNCIA AVALIAÇÃO PARA MELHORIA DA QUALIDADE DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA: A EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE TERESINA Ayla Maria Calixto de Carvalho Alba Alves Costa Marques Telma Maria Evangelista

Leia mais

D. (49) N, 2º

D. (49) N, 2º CONTROLLER (CÓDIGO 1896) Para empresa de médio porte Atividades a serem desenvolvidas: - Análise de produtividade da fábrica; - Elaborar e apresentar as análises de indicadores de resultados; - Análise

Leia mais

Marketing Comercial. campanhas promocionais. marketing. mala direta. classificação de contatos. Menu

Marketing Comercial. campanhas promocionais.  marketing. mala direta. classificação de contatos. Menu Soluções Marketing Comercial Registro e classificação dos contatos com clientes e prospects. Possibilidade de geração de compromissos encadeados, além de acompanhamento das ações promovidas pelas equipes

Leia mais

Políticas Públicas de Prevenção e Atenção para DST/HIV/AIDS na Saúde Mental no Brasil

Políticas Públicas de Prevenção e Atenção para DST/HIV/AIDS na Saúde Mental no Brasil Seminário PRISSMA-PESSOAS Rio de Janeiro, RJ 13 e 14 de março de 2008 Políticas Públicas de Prevenção e Atenção para DST/HIV/AIDS na Mental no Brasil Cristina de A. Possas Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento

Leia mais

Projeto: REGULARIZAÇÃO DO USO DE RECURSOS HÍDRICOS EM BACIAS ESTRATÉGICAS E APRIMORAMENTO DA BASE DE DADOS DE USUÁRIOS NO ESTADO DO RJ

Projeto: REGULARIZAÇÃO DO USO DE RECURSOS HÍDRICOS EM BACIAS ESTRATÉGICAS E APRIMORAMENTO DA BASE DE DADOS DE USUÁRIOS NO ESTADO DO RJ PROGESTÃO Projeto: REGULARIZAÇÃO DO USO DE RECURSOS HÍDRICOS EM BACIAS ESTRATÉGICAS E APRIMORAMENTO DA BASE DE DADOS DE USUÁRIOS NO ESTADO DO RJ Subsecretaria de Segurança Hídrica e Governança das Águas

Leia mais

Seminário Nacional 20 anos do Tratamento Antirretroviral no Brasil Avanços e Desafios. O papel dos ARVs na Prevenção. PEP : Profilaxia pós Exposição

Seminário Nacional 20 anos do Tratamento Antirretroviral no Brasil Avanços e Desafios. O papel dos ARVs na Prevenção. PEP : Profilaxia pós Exposição Seminário Nacional 20 anos do Tratamento Antirretroviral no Brasil Avanços e Desafios O papel dos ARVs na Prevenção PEP : Profilaxia pós Exposição Cláudia Afonso Binelli cbinelli@crt.saude.sp.gov.br 13

Leia mais

PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS MATO GROSSO DO SUL

PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS MATO GROSSO DO SUL PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS MATO GROSSO DO SUL Introdução O desafio de um plano de enfrentamento da epidemia da aids em população específica,

Leia mais

Catálogo de Serviços disponíveis ao Corretor MetLife

Catálogo de Serviços disponíveis ao Corretor MetLife Catálogo de Serviços disponíveis ao Corretor MetLife 2015 1 Central de Exclusiva ao Corretor 2 Catálogo de Serviços - ao Corretor Processo > Portal SERVIÇOS ON LINE - PORTAL E CENTRAL DE ATENDIMENTO EXCLUSIVA

Leia mais

Gestão Financeira (Tesouraria)

Gestão Financeira (Tesouraria) Soluções Gestão Financeira (Tesouraria) Contas a Receber - Cobrança Registro de contrato de prestação de serviços com condições de cobrança; Controle de reajuste contratuais com periodicidade, índices

Leia mais

Plano de Reorganização da Atenção à Hipertensão Arterial e ao Diabetes Mellitus no Brasil

Plano de Reorganização da Atenção à Hipertensão Arterial e ao Diabetes Mellitus no Brasil Plano de Reorganização da Atenção à Hipertensão Arterial e ao Diabetes Mellitus no Brasil 2 15 2. Plano de Reorganização da Atenção à Hipertensão Arterial e ao Diabetes Mellitus no Brasil No ano de 2000

Leia mais

ACONSELHAMENTO e TESTE RÁPIDO DE SÍFILIS

ACONSELHAMENTO e TESTE RÁPIDO DE SÍFILIS ACONSELHAMENTO e TESTE RÁPIDO DE SÍFILIS A implantação do teste rápido para sífilis, como método alternativo de triagem, é uma iniciativa do Departamento DST, AIDS e Hepatites Virais que visa contribuir

Leia mais

GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 3.242, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2011

GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 3.242, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2011 DOU Nº 1 de 02 de janeiro de 2012 seção 1 págs. 50 a 52 GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 3.242, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2011 Dispõe sobre o Fluxograma Laboratorial da Sífilis e a utilização de testes rápidos

Leia mais

Desenvolvimento da Habilidade na Resolução de Problemas por meio do Uso das Ferramentas da Qualidade no Serviço de Enfermagem. Ana Carolina G.

Desenvolvimento da Habilidade na Resolução de Problemas por meio do Uso das Ferramentas da Qualidade no Serviço de Enfermagem. Ana Carolina G. Desenvolvimento da Habilidade na Resolução de Problemas por meio do Uso das Ferramentas da Qualidade no Serviço de Enfermagem Ana Carolina G. Bonafim Hospital Unimed Bebedouro Objetivo Relatar como foi

Leia mais

Soluções Corporativas Eduardo Pitombo

Soluções Corporativas Eduardo Pitombo Soluções Corporativas Eduardo Pitombo Nossa Missão Desenvolver soluções de educação customizadas para empresas públicas e privadas, que contribuam diretamente para a melhoria das competências de seus funcionários

Leia mais

Diretor Administrativo e Financeiro na LIGA ÁLVARO BAHIA CONTRA MORTALIDADE INFANTIL - HOSPITAL ESTADUAL DA CRIANÇA

Diretor Administrativo e Financeiro na LIGA ÁLVARO BAHIA CONTRA MORTALIDADE INFANTIL - HOSPITAL ESTADUAL DA CRIANÇA Robson Amorim Diretor Administrativo e Financeiro na LIGA ÁLVARO BAHIA CONTRA MORTALIDADE INFANTIL - HOSPITAL ESTADUAL DA CRIANÇA amorim@eaconsultoria.com Resumo Carreira desenvolvida com sólida experiência

Leia mais

_mais de empreendimentos entregues

_mais de empreendimentos entregues _+16 milhões de m² construídos _mais de 1.000 empreendimentos entregues _mais de 1 milhão de moradores _5,3 BI de VGV lançado nos últimos 5 anos _Consolidação Estratégica SP+ RJ Inovação É quando uma ideia

Leia mais

Gestão de Estoque Hospitalar

Gestão de Estoque Hospitalar II Forum de Lean Healthcare de São Paulo Gestão de Estoque Hospitalar Jorge Luiz Bison Mauricio Jacó Cerri UNIMED Araras Hospital Próprio em Araras e Leme SP 50.000 vidas (Araras, Leme e Conchal) 700+

Leia mais

Atuação e Linhas de Financiamento do BNDES São Paulo Wireless 2ª edição

Atuação e Linhas de Financiamento do BNDES São Paulo Wireless 2ª edição Atuação e Linhas de Financiamento do BNDES São Paulo Wireless 2ª edição Ludmila Colucci Departamento de Telecomunicações 25 de Março de 2009 Organização interna Secretaria Geral Conselho de Administração

Leia mais

Dra. Sandra Fagundes Moreira da Silva Coordenadora Estadual de DST, Aids e Hepatites Virais- SESA/ES

Dra. Sandra Fagundes Moreira da Silva Coordenadora Estadual de DST, Aids e Hepatites Virais- SESA/ES BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO DST/AIDS/HV - Nº 30 Dados até Dezembro de 2014 - ANÁLISE DOS DADOS DO HIV/AIDS, SÍFILIS E DE HEPATITES VIRAIS NO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Dra. Sandra Fagundes Moreira da Silva Coordenadora

Leia mais

Marketing Comercial. campanhas promocionais. marketing. mala direta. classificação de contatos. Menu

Marketing Comercial. campanhas promocionais.  marketing. mala direta. classificação de contatos. Menu Soluções Marketing Comercial Registro e classificação dos contatos com clientes e prospects. Possibilidade de geração de compromissos encadeados, além de acompanhamento das ações promovidas pelas equipes

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA SISTEMA DE GESTÃO PUBLICA MUNICIPAL

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA SISTEMA DE GESTÃO PUBLICA MUNICIPAL ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA SISTEMA DE GESTÃO PUBLICA MUNICIPAL CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES O presente termo de referência tem por objeto dar subsídio à Contratação de empresa especializada em implantação,

Leia mais

Gestão de Processos. Gestão de Processos na Saúde. Identificação, mapeamento, redesenho e aprimoramento dos processos

Gestão de Processos. Gestão de Processos na Saúde. Identificação, mapeamento, redesenho e aprimoramento dos processos Gestão de Processos na Saúde Marcelo.Aidar@fgv.br 1 Gestão de Processos Identificação, mapeamento, redesenho e aprimoramento dos processos 2 O Ambiente de Negócios e os Stakeholders AMBIENTE DE AÇÃO INDIRETA

Leia mais

Estratégias de gestão para retenção de médicos na Atenção Primária em especial nas Equipes de Saúde da Família

Estratégias de gestão para retenção de médicos na Atenção Primária em especial nas Equipes de Saúde da Família Estratégias de gestão para retenção de médicos na Atenção Primária em especial nas Equipes de Saúde da Família Belo Horizonte III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família Saúde da Família em Belo

Leia mais

PROJETO CONEXÃO EDUCAÇÃO NA REDE ESCOLAR ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO: DESAFIOS E RESULTADOS

PROJETO CONEXÃO EDUCAÇÃO NA REDE ESCOLAR ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO: DESAFIOS E RESULTADOS GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE GESTÃO DE ENSINO SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DAS REGIONAIS PEDAGÓGICAS PROJETO CONEXÃO EDUCAÇÃO NA REDE ESCOLAR ESTADUAL

Leia mais

JADIR RODRIGUES FAGUNDES NETO Gerência DST-AIDS e Hepatites virais

JADIR RODRIGUES FAGUNDES NETO Gerência DST-AIDS e Hepatites virais JADIR RODRIGUES FAGUNDES NETO Gerência DST-AIDS e Hepatites virais Conflitos de Interesse Não tenho Meta 90/90/90 em 2020 Diagnóstico Tratamento (Adesão + Retenção+ Vinculação) Supressão viral 90% 90%

Leia mais

Sistema AGHU. Manual do Almoxarifado/Suprimentos. Versão 5.1

Sistema AGHU. Manual do Almoxarifado/Suprimentos. Versão 5.1 Sistema AGHU Manual do Almoxarifado/Suprimentos Versão 5.1 Data da última atualização: 21/09/2017 HISTÓRICO DE MODIFICAÇÕES Data da Modificação Alterado por Aprovado por Modificação 24/07/2017 Alterado

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO RIO GRANDE SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE

PREFEITURA MUNICIPAL DO RIO GRANDE SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE PREFEITURA MUNICIPAL DO RIO GRANDE SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE FLUXO DE REFERÊNCIA E CONTRA-REFERÊNCIA NA ESF: A EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DO RIO GRANDE Dioneli Reis da Fonseca Zelionara Pereira Branco

Leia mais

Av Therezinha Pauletti Sanvitto,208 / SL 602 Caxias do Sul - RS - CEP Fone (54) e 3226.

Av Therezinha Pauletti Sanvitto,208 / SL 602 Caxias do Sul - RS - CEP Fone (54) e 3226. http://www.fullsoft.com.br/ Av Therezinha Pauletti Sanvitto,208 / SL 602 Caxias do Sul - RS - CEP 95110-195 Fone (54) 3029.9350 e 3226.1100 Agenda Empresa Fullsoft; Contextualização; Case Processo de Suporte

Leia mais

CENTRO DE PROCEDIMENTO E APOIO

CENTRO DE PROCEDIMENTO E APOIO CENTRO DE PROCEDIMENTO E APOIO Zona Norte Zona Leste Av. Água Fria, 135- Santana Av. Celso Garcia, 4974 -Tatuapé Para atender as necessidades de mercado e se tornar ainda mais competitiva, a Unimed adotou

Leia mais

GESTÃO DA CLINICA E A INSERÇÃO DAS UPA24H NA REDE DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA

GESTÃO DA CLINICA E A INSERÇÃO DAS UPA24H NA REDE DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA GESTÃO DA CLINICA E A INSERÇÃO DAS UPA24H NA REDE DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA EM SÃO BERNARDO DO CAMPO COSEMS 2014 UBATUBA Secretaria de Saúde de São Bernardo do Campo Departamento de Atenção Hospitalar e

Leia mais

SISTEMA BRASILEIRO DE SAUDE ANIMAL: Operacionalidade e Competências

SISTEMA BRASILEIRO DE SAUDE ANIMAL: Operacionalidade e Competências SISTEMA BRASILEIRO DE SAUDE ANIMAL: Operacionalidade e Competências ESTRATÉGIA- CONTROLE Sistema de Defesa Sanitária Animal 1992 ESTRATÉGIA - ERRADICAÇÃO 1. Serviço o disperso e frágil 2. Responsabilidade

Leia mais

Estruturação dos Serviços de Medicina Preventiva de acordo com diretrizes da ANS

Estruturação dos Serviços de Medicina Preventiva de acordo com diretrizes da ANS Estruturação dos Serviços de Medicina Preventiva de acordo com diretrizes da ANS A região da Serra Gaúcha está localizada no nordeste do estado do Rio Grande do Sul, região sul do Brasil. Área de abrangência

Leia mais

1. Objetivo Detalhar o processo do comercial envolvendo a identificação, cadastramento de novos clientes e inclusão de pedido de venda.

1. Objetivo Detalhar o processo do comercial envolvendo a identificação, cadastramento de novos clientes e inclusão de pedido de venda. PR-CO.01. COMERCIAL Página: 1/5 1. Objetivo Detalhar o processo do comercial envolvendo a identificação, cadastramento de novos clientes e inclusão de pedido de venda. 2. Histórico de Revisões Revisão

Leia mais

PADI. Programa de Atenção domiciliar ao Idoso

PADI. Programa de Atenção domiciliar ao Idoso Objetivos do programa Apesar dos benefícios óbvios da internação quando necessária, o paciente idoso afastado da rotina de casa e da família apresenta maior dificuldade de recuperação, além de correr risco

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PAULINIA SECRETARIA DE SAÚDE Equipe Técnica - Rede Ambulatorial

PREFEITURA MUNICIPAL DE PAULINIA SECRETARIA DE SAÚDE Equipe Técnica - Rede Ambulatorial PREFEITURA MUNICIPAL DE PAULINIA SECRETARIA DE SAÚDE Equipe Técnica - Rede Ambulatorial O município... População pelo IBGE de 2010 projeção 2012 92668 habitantes. Crescimento demografico de 2,5% 49,51%

Leia mais

Submódulo 11.5 Diagnóstico dos sistemas de proteção e controle

Submódulo 11.5 Diagnóstico dos sistemas de proteção e controle Submódulo 11.5 Diagnóstico dos sistemas de proteção e controle Rev. Nº. Motivo da revisão Data de aprovação pelo ONS Data e instrumento de aprovação pela ANEEL 0.0 Este documento foi motivado pela criação

Leia mais

Cartão Nacional de Saúde no âmbito da Saúde Suplementar

Cartão Nacional de Saúde no âmbito da Saúde Suplementar Cartão Nacional de Saúde no âmbito da Saúde Suplementar GEPIN/GGISS/DIDES Rio das Ostras RJ julho/2012 Cartão Nacional de Saúde (CNS) O que é? Documento numerado para cadastro de usuários de serviços de

Leia mais

Casos de FHD Óbitos e Taxa de letalidade

Casos de FHD Óbitos e Taxa de letalidade Casos de dengue Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Total 2003 20.471 23.612 - - - - - - - - - - 44.083 2002 94.447 188.522 237.906 128.667 60.646 23.350 12.769 10.149 6.682 7.138 9.246 9.052

Leia mais

Percepção dos Profissionais do Programa Saúde da Família em Sistema de Informação em Saúde.

Percepção dos Profissionais do Programa Saúde da Família em Sistema de Informação em Saúde. Percepção dos Profissionais do Programa Saúde da Família em Sistema de Informação em Saúde. Joaniza de Freitas Vale Batista LavíniaUchoa Azevedo de Araújo Orientadora JUSTIFICATIVA Percepção das dificuldades

Leia mais

COMISSÃO DE SEGURANÇA DIAGNOSTICO DE SEGURANÇA

COMISSÃO DE SEGURANÇA DIAGNOSTICO DE SEGURANÇA COMISSÃO DE SEGURANÇA DIAGNOSTICO DE SEGURANÇA Ana Cerilza S. Mélo - ADUFS Douglas - SINTEST Maristela - CONSU Paula Timbell - DCE Saulo GESTÃO Residência Universitária - CONVIDADO PLANO DE SEGURANÇA DIRETRIZES

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA 104/2012 Objeto: 1 Atividades 2 Prazo para Execução do Contrato 3 Valor do Contrato 4 Produtos 5 Qualificação

TERMO DE REFERÊNCIA 104/2012 Objeto: 1 Atividades 2 Prazo para Execução do Contrato 3 Valor do Contrato 4 Produtos 5 Qualificação TERMO DE REFERÊNCIA 104/2012 Objeto: Desenvolvimento de ações com vistas à construção de sistemas de informação para aprimoramento, ampliação e qualificação da informação sobre HIV/Aids para o Departamento

Leia mais

PLANO PLURIANUAL SECRETARIA MUNICIPAL DE ATENÇÃO AO IDOSO, MULHER E PESSOA COM DEFICIÊNCIA

PLANO PLURIANUAL SECRETARIA MUNICIPAL DE ATENÇÃO AO IDOSO, MULHER E PESSOA COM DEFICIÊNCIA PROGRAMA: 1001 - ADMINISTR GERAL OBJETIVO: Manter as atividades administrativas e operacionais dos órgãos para melhoria da prestação de serviços ao público. FUNÇÃO 2117 Produto / Unidade de Medida Unidade

Leia mais

Estrutura ESCOLA. Página - 1. Arrecadação

Estrutura ESCOLA. Página - 1. Arrecadação Arrecadação Página - 1 Histórico de Pagamento Nada Consta Histórico de Imposto de Renda Cobrança Ficha Financeira Guia de Pagamento Boleto 1ª e 2ª via Boletão Carnê Cheque Pré-datado Rotinas Internas Gerar

Leia mais

Av. Princesa Isabel, Fone (51) CEP Porto Alegre - RS - Brasil.

Av. Princesa Isabel, Fone (51) CEP Porto Alegre - RS - Brasil. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DO - 2016/2018 Apresentação da Técnica de Planejamento Estratégico Adotada O Cremers estará em 2016 dando segmento na implantação de seu Planejamento Estratégico segundo a filosofia

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UFPR Pró-Reitoria de Administração PRA DSG/Central de Compras, Contratos e Patrimônio

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UFPR Pró-Reitoria de Administração PRA DSG/Central de Compras, Contratos e Patrimônio Fotografia: Samira Chami Neves (27/07/16) UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UFPR Pró-Reitoria de Administração PRA DSG/Central de Compras, Contratos e Patrimônio ORGANOGRAMA Pró-Reitoria de Administração

Leia mais

Programa Nacional para a Prevenção e o Controle das Hepatites Virais - Portaria 263 de 5/2/2002

Programa Nacional para a Prevenção e o Controle das Hepatites Virais - Portaria 263 de 5/2/2002 Programa Nacional para a Prevenção e o Controle das Hepatites Virais - Portaria 263 de 5/2/2002 Ementa: criação de mecanismos para organizar, articular e integrar as ações voltadas à prevenção e ao controle

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 01/2016

PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 01/2016 PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 01/2016 MATERNIDADE NASCER CIDADÃO O Diretor Executivo da FUNDAHC, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, comunica a realização de processo seletivo para os cargos abaixo

Leia mais

Logística Empresarial

Logística Empresarial Logística Empresarial Profª Esp. Mônica Suely Guimarães de Araujo Conceito Logística são os processos da cadeia de suprimentos (supply chain) que planejam, estruturam e controlam, de forma eficiente e

Leia mais

PROAD. Pró-Reitoria de Administração

PROAD. Pró-Reitoria de Administração PROAD Pró-Reitoria de Administração QUEM SOMOS E O FAZEMOS A Pró-Reitoria de Administração (PROAD) é o setor da Reitoria que avalia, propõe e controla as políticas de administração orçamentária, financeira

Leia mais

egurança Pública Segurança Pública

egurança Pública Segurança Pública V S egurança Pública Segurança Pública mensagem presidencial Segurança pública Desde 2003, as ações do Governo Federal para a garantia da segurança pública têm como objetivo agir sobre as causas da criminalidade

Leia mais

Políticas de Prevenção, Assistência e Tratamento das Hepatites Virais

Políticas de Prevenção, Assistência e Tratamento das Hepatites Virais Políticas de Prevenção, Assistência e Tratamento das Hepatites Virais Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais Secretaria de Vigilância em Saúde Brasília, 07 de Agosto de 202 Dados Epidemiológicos

Leia mais

THIAGO BERNARDES COUTO OBJETIVOS PROFISSIONAIS

THIAGO BERNARDES COUTO OBJETIVOS PROFISSIONAIS THIAGO BERNARDES COUTO Geral 35 anos, Solteiro, sem filhos Telefones 62 82653678 E-mail tbcouto@gmail.com Redes Sociais https://www.linkedin.com/in/thiago-bernardes-couto- 1542043a?trk=nav_responsive_tab_profile_pic

Leia mais

Quem Somos. Pode-se dizer que fomos a primeira empresa do Brasil a prestar serviços de prevenção e assistência à saúde do trabalhador.

Quem Somos. Pode-se dizer que fomos a primeira empresa do Brasil a prestar serviços de prevenção e assistência à saúde do trabalhador. Quem Somos Com 17 anos de existência, a Unibem foi criada a partir da União Beneficente Padre Manoel da Nóbrega, fundada em 1918, com o objetivo de prover serviços médicos aos funcionários de panificadoras.

Leia mais

PROPOSTA DE PROJETO VENHAMULHERES!

PROPOSTA DE PROJETO VENHAMULHERES! PROPOSTA DE PROJETO VENHAMULHERES! PROPOSTA DO PROJETO: Apresentação do projeto (descrever de forma reduzida qual a proposta do projeto) (limite: 300 palavras) * O projeto VenhaMulheres! visa trabalhar

Leia mais

Guia de Referência Rápida - SISLOGLab

Guia de Referência Rápida - SISLOGLab Brasília, 08 de fevereiro de 2013 Guia de Referência Rápida - SISLOGLab Sorologias para HV e Testes Rápidos para HIV, Sífilis e HV Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais/MS Núcleo Operacional de

Leia mais

B O L E T I M EPIDEMIOLÓGICO SÍFILIS ano I nº 01

B O L E T I M EPIDEMIOLÓGICO SÍFILIS ano I nº 01 B O L E T I M EPIDEMIOLÓGICO SÍFILIS 2 012 ano I nº 01 2012. Ministério da Saúde É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte. Expediente Boletim Epidemiológico - Sífilis

Leia mais

ABORDAGEM DAS DST/AIDS NA ATENÇÃO BÁSICA: ENTRAVES, POSSIBILIDADES E DESAFIOS

ABORDAGEM DAS DST/AIDS NA ATENÇÃO BÁSICA: ENTRAVES, POSSIBILIDADES E DESAFIOS ABORDAGEM DAS DST/AIDS NA ATENÇÃO BÁSICA: ENTRAVES, POSSIBILIDADES E DESAFIOS Lidianny Braga Pereira; Francisca Marina de Souza Freire Furtado; Pollyana Ludmilla Batista Pimentel; Íria Raquel Borges Wiese;

Leia mais

ASSOCIAÇÕES A G E S TÃ O C O M P L E TA PA R A O S E U S I N D I C AT O. Missão Asplan

ASSOCIAÇÕES A G E S TÃ O C O M P L E TA PA R A O S E U S I N D I C AT O. Missão Asplan Missão Asplan Compromisso com o negócio dos nossos clientes provendo soluções inteligentes na gestão de informações. Asplan Sistemas Durante toda a sua história a Asplan sempre teve uma preocupação: desenvolver

Leia mais

SINDICAL A G E S TÃ O C O M P L E TA PA R A O S E U S I N D I C AT O. Missão Asplan

SINDICAL A G E S TÃ O C O M P L E TA PA R A O S E U S I N D I C AT O. Missão Asplan Missão Asplan Compromisso com o negócio dos nossos clientes provendo soluções inteligentes na gestão de informações. Asplan Sistemas Durante toda a sua história a Asplan sempre teve uma preocupação: desenvolver

Leia mais

www.compras.mg.gov.br O PORTAL DE COMPRAS HISTÓRICO Implantação do Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços - SIAD em 2004 Obrigatoriedade de utilização pela Administração Direta e Indireta

Leia mais

Agendamento de grupos na Pró-Sangue: Estratégias e Resultados

Agendamento de grupos na Pró-Sangue: Estratégias e Resultados Agendamento de grupos na Pró-Sangue: Estratégias e Resultados Sílvia Petrossi Gallo Polato Graduada em Publicidade e Propaganda pela PUC/SP Especialista em Gestão de Processos Comunicacionais pela USP

Leia mais

Banco Bradesco Diferenciais. Conveniência. Qualidade. Respeito aos Perfis de Clientes. Proximidade

Banco Bradesco Diferenciais. Conveniência. Qualidade. Respeito aos Perfis de Clientes. Proximidade Banco Bradesco Diferenciais Qualidade Conveniência Respeito aos Perfis de Clientes Proximidade 2 Presença Bradesco Proximidade C D M Presença nos 5.570 municípios brasileiros 7,7% 6% 24,2% REDE DE ATENDIMENTO

Leia mais

Paciente Certo no Lugar Certo Gestão de Fluxo no Hospital. Mara Lílian Soares Nasrala

Paciente Certo no Lugar Certo Gestão de Fluxo no Hospital. Mara Lílian Soares Nasrala Paciente Certo no Lugar Certo Gestão de Fluxo no Hospital Mara Lílian Soares Nasrala HOSPITAL SANTA ROSA Indicadores - 2016 Leitos Instalados 180 Leitos UTI 61 Cirurgias 11.722 PA 75.034 Fundado em 1997-19

Leia mais

Catálogo de Serviços. Atendimento ao corretor

Catálogo de Serviços. Atendimento ao corretor Catálogo de Serviços Atendimento ao corretor 2015 1 Operações Vida Emissão de Proposta Cobrança e Comissões Catálogo de Serviços Atendimento ao Corretor Cadastro de Corretores Um corretor habilitado na

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO BRA/K57

Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO BRA/K57 Contrata 1. Perfil: Contratação na modalidade produto de 01 (um) profissional objetivando implementação de sistemas de informação do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das DST, Aids e Hepatites

Leia mais

DECRETO RIO Nº DE 30 DE JUNHO DE 2017 (PUBLICADO NO DO DE 03/07/2017) O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais,

DECRETO RIO Nº DE 30 DE JUNHO DE 2017 (PUBLICADO NO DO DE 03/07/2017) O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, DECRETO RIO Nº 43378 DE 30 DE JUNHO DE 2017 (PUBLICADO NO DO DE 03/07/2017) Dispõe sobre a estrutura organizacional da Empresa Pública de Saúde do Rio de Janeiro S.A. - RIOSAÚDE. O PREFEITO DA CIDADE DO

Leia mais

Desdobrando o Mapa Estratégico da Justiça Federal do Rio Grande do Sul

Desdobrando o Mapa Estratégico da Justiça Federal do Rio Grande do Sul Desdobrando o Mapa Estratégico da Justiça Federal do Rio Grande do Sul Marcelo De Nardi Porto Alegre, 04 de julho de 2011. CONTEXTUALIZAÇÃO Poder Judiciário no Contexto da Gestão Pública Nacional Processos

Leia mais

E se sua Operação... Treinasse melhor sua equipe? Fosse mais ágil e assertiva? Aumentasse a satisfação dos clientes e franqueados?

E se sua Operação... Treinasse melhor sua equipe? Fosse mais ágil e assertiva? Aumentasse a satisfação dos clientes e franqueados? E se sua Operação... Fosse mais ágil e assertiva? Aumentasse a satisfação dos clientes e franqueados? Treinasse melhor sua equipe? Tivesse mais controle sobre a qualidade dos serviços? Estivesse mais padronizada?

Leia mais

PROPOSTA DE MELHORIA OBJETIVO

PROPOSTA DE MELHORIA OBJETIVO Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento / SEGPLAN Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado de Goiás / SEMARH PROCESSO 002 Outorga de Direito de Uso dos Recursos Hídricos Sob Domínio

Leia mais

Aumento da Competitividade e

Aumento da Competitividade e data 2017-02-01 Aumento da Competitividade na Indústria Metal Mecânica na Região Metropolitana de Goiânia. Promover o aumento de produtividade com intervenções de baixo custo e foco na redução dos oito

Leia mais

Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA. Escritório de Gestão de Processos

Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA. Escritório de Gestão de Processos - ANVISA Escritório de Gestão de Processos III Congresso Paraibano da Qualidade IV Seminário em Busca da Excelência João Pessoa - PB 25/08/2010 Cenário Desejado Cumprimento efetivo de sua missão Agência

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA SECRETARIA DE PESSOAL, ENSINO, SAÚDE E DESPORTO - SEPESD DEPARTAMENTO DE SAÚDE E ASSISTÊNCIA SOCIAL - DESAS COPRECOS-BRASIL

MINISTÉRIO DA DEFESA SECRETARIA DE PESSOAL, ENSINO, SAÚDE E DESPORTO - SEPESD DEPARTAMENTO DE SAÚDE E ASSISTÊNCIA SOCIAL - DESAS COPRECOS-BRASIL MINISTÉRIO DA DEFESA SECRETARIA DE PESSOAL, ENSINO, SAÚDE E DESPORTO - SEPESD DEPARTAMENTO DE SAÚDE E ASSISTÊNCIA SOCIAL - DESAS COPRECOS-BRASIL ANDERSON BERENGUER Ten Cel Farm (EB) Gerente-Geral do Programa

Leia mais

PLANO DE MELHORIA DA QUALIDADE DAS RECLAMAÇÕES POR 1.000 ACESSOS APRESENTADAS PERANTE A ANATEL NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S/A

PLANO DE MELHORIA DA QUALIDADE DAS RECLAMAÇÕES POR 1.000 ACESSOS APRESENTADAS PERANTE A ANATEL NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S/A PLANO DE MELHORIA DA QUALIDADE DAS RECLAMAÇÕES POR 1.000 ACESSOS APRESENTADAS PERANTE A ANATEL NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S/A RESUMO EXECUTIVO ONDE ESTAMOS PLANO DE AÇÃO PROGRAMA DE QUALIDADE NET RESUMO

Leia mais

Soluções que facilitam a gestão da saúde

Soluções que facilitam a gestão da saúde Soluções que facilitam a gestão da saúde A Hospidata Mais eficiência na gestão de saúde Empresa do grupo MV, líder brasileira em soluções de tecnologia para gestão da saúde, a Hospidata oferece um portfólio

Leia mais