TÍTULO: O IMPACTO DA INTERVENÇÃO PSICOLÓGICA EM PACIENTES OSTOMIZADOS POR CÂNCER

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TÍTULO: O IMPACTO DA INTERVENÇÃO PSICOLÓGICA EM PACIENTES OSTOMIZADOS POR CÂNCER"

Transcrição

1 TÍTULO: O IMPACTO DA INTERVENÇÃO PSICOLÓGICA EM PACIENTES OSTOMIZADOS POR CÂNCER CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PSICOLOGIA INSTITUIÇÃO: UNIÃO DAS FACULDADES DOS GRANDES LAGOS AUTOR(ES): THAIS REGINA FERNANDES DE OLIVEIRA ORIENTADOR(ES): ALINI DANIELE VIANA SABINO

2 O IMPACTO DA INTERVENÇÃO PSICOLÓGICA EM PACIENTES OSTOMIZADOS POR CÂNCER 1. RESUMO O presente estudo tem como objetivo identificar o impacto da intervenção psicológica em pacientes ostomizados por câncer, bem como identificar os efeitos do atendimento sobre os sintomas depressivos e ansiosos possibilitando melhor qualidade de vida. São colaboradores deste estudo, pacientes ostomizados com diagnóstico de câncer colorretal, com idade entre 18 e 80 anos. Para a coleta dos dados é utilizado um protocolo elaborado para o estudo, Inventário Beck de Depressão (BDI) e Inventário Beck de Ansiedade (BAI). Foram realizadas sete sessões de intervenção baseadas no modelo psicoeducacional buscando minimizar o impacto da doença. Os resultados obtidos antes e após a intervenção psicológica poderão indicar a importância e eficácia do acompanhamento psicológico em pacientes ostomizados por câncer para remissão dos sintomas emocionais, os quais podem alterar o curso da doença. Da mesma forma, os resultados poderão indicar a necessidade da atuação de profissionais de saúde mental junto às equipes interdisciplinares com o objetivo de dispensar maior atenção psicossocial para a organização de estratégias adequadas para o tratamento dos sintomas que afetam diretamente a qualidade de vida dessa população. Palavras-chave: Câncer; Ostomia; Psicologia; Depressão; Ansiedade. 2. INTRODUÇÃO A ostomia é um procedimento cirúrgico que consiste na abertura entre um órgão interno e o exterior, com a finalidade de suprir a função do órgão afetado. A ostomia intestinal, especificamente, remove parte do intestino comprometido ligando a parte saudável à parede abdominal, tornando possível a eliminação das secreções intestinais, por meio de uma bolsa coletora que é adaptada ao estoma (COUTO & MEDEIROS, 2013). Entre as causas que levam à realização de uma ostomia estão os tumores benignos e o câncer do intestino. (GEMELLI & ZAGO, 2002). A presença da ostomia causa impacto significativo na vida do indivíduo e o obriga a realizar importantes transformações pessoais (SALES et al, 2010). Dessa forma, os dados alcançados com esta pesquisa poderão contribuir com a sociedade, orientando-a sobre os aspectos psicossociais envolvidos no processo de adoecimento, bem como aos aspectos indispensáveis à adaptação da pessoa ostomizada à sua nova condição (CASCAIS, MARTINI & ALMEIDA, 2007). Poderão conduzir a realização de projetos de intervenção interdisciplinares envolvendo as ciências psicológicas e por tratar-se de uma produção de

3 material científico, pode ser utilizado para outras pesquisas e conscientização de estudantes, futuros profissionais para a importância do tema. 3. OBJETIVOS 3.1 OBJETIVO GERAL Identificar o impacto da intervenção psicológica em pacientes ostomizados por câncer. 3.2 OBJETIVOS ESPECIFICOS 3.3 Identificar efeitos psicológicos dos ostomizados. Identificar sintomas de ansiedade em pacientes ostomizados. Identificar sintomas de depressão em pacientes ostomizados. 4. METODOLOGIA O presente estudo foi encaminhado ao Comitê de Ética em Pesquisa da União das Faculdades dos Grandes Lagos e aprovado, estando de acordo com a Resolução CNS 466/12. São colaboradores deste estudo, pacientes ostomizados com diagnóstico de câncer colorretal, com idade entre 18 e 80 anos. Para a coleta dos dados é utilizado um protocolo elaborado para o estudo, Inventário Beck de Depressão (BDI) e Inventário Beck de Ansiedade (BAI). Os dados coletados foram analisados segundo o método quantitativo em pesquisa, os resultados avaliados. 5. DESENVOLVIMENTO A assistência psicológica ao paciente ostomizado está relacionada ao enfrentamento da doença e à promoção da saúde. Sendo assim, o suporte psicológico no processo de ostomização é considerado medida imprescindível ao tratamento que deve receber atenção interdisciplinar especializada (CEREZETTI, 2012). Cabe ao psicólogo, auxiliar o ostomizado na utilização de estratégias de enfrentamento que facilite o manejo e a adaptação à nova situação. Aos

4 poucos, as intervenções devem possibilitar a percepção de que a mudança ocorre em sua condição física, porém ele continua possuindo as mesmas características pessoais que o tornam único, sendo tal restruturação cognitiva responsável pela melhora da qualidade de vida (CEREZETTI, 2012). Os participantes deste estudo, após receberem orientações sobre a realização do estudo, bem como assinatura do Termo de Consentimento Informado Pós-Esclarecido, foram submetidos á sete sessões de intervenção baseadas no modelo psicoeducacional buscando minimizar o impacto da doença. 6. RESULTADOS PRELIMINARES Os dados coletados anterior à intervenção psicológica indicam que os sujeitos avaliados neste estudo apresentam sintomas significativos de ansiedade (gráfico 1) e depressão (gráfico 2). Gráfico 1 Escore do Beck de Ansiedade (BAI) Ansiedade Leve Ansiedade Moderada Ansiedade Grave Suj.1 Suj. 2 Suj. 3 Suj. 4 Suj. 5 Suj. 6 Gráfico 2: Escore do Beck de Depressão (BDI) Depressão Leve Depressão Moderada Depressão Grave Suj.1 Suj. 2 Suj. 3 Suj. 4 Suj. 5 Suj 6.

5 7. FONTES CONSULTADAS ABRASO- Associação Brasileira de Ostomizados. Disponível em Acesso em 10 Mar BARBUTTI, Rita Cristina Silva; SILVA, Mariza de Carvalho Póvoas da; ABREU, Maria Alice Lustosa de. Ostomia, uma difícil adaptação. Rev. SBPH, Rio de Janeiro, v. 11, n. 2, dez Disponível em Acesso em 3 mar BECK, J. S. Terapia Cognitiva Comportamental: Teoria e Prática. Trad. Sandra Costa. Porto Alegre. Editora Artmed v p. CASCAIS, Ana Filipa Marques Vieira; MARTINI, Jussara Gue; ALMEIDA, Paulo Jorge dos Santos. O impacto da ostomia no processo de viver humano. Texto contexto - enferm., Florianópolis, v. 16, n. 1, mar Disponível em Acesso em 5 mar CASSERO, P; AGUIAR, J. Percepções Emocionais influenciadas por uma ostomia. Saúde e pesquisa, América do Norte, 2 ago Disponível em view/1058. Acesso em 10 Mar CEREZZETTI, Christina Ribeiro Neder. Orientações Psicológicas e capacidade reativa de pessoas ostomizadas e seus familiares. Rev. O Mundo da Saúde, São Paulo, 2012, 36(2): p. Disponível em em 4 mar COUTO, Gonçalves Patrícia; MEDEIROS Soares Sandra. Sentimentos da pessoa submetida a ostomia instestinal: Uma visão Holística. Bacarena: Universidade Atlântica, p. FREITAS NETO, E.A. et al. Aspectos Psicossociais do paciente ostomizado. Revista Brasileira de Coloproctologia, p Disponível em Acesso em 12 Mar

Avaliação da prevalência de ansiedade e depressão dos pacientes estomizados da microregião de Divinopólis/Santo Antonio do Monte-MG

Avaliação da prevalência de ansiedade e depressão dos pacientes estomizados da microregião de Divinopólis/Santo Antonio do Monte-MG Avaliação da prevalência de ansiedade e depressão dos pacientes estomizados da microregião de Divinopólis/Santo Antonio do Monte-MG Juliano Teixeira Moraes 1,Isabela Teixeira Rezende Guimarães 2, Magda

Leia mais

REALIDADE VIVENCIADA PELO PACIENTE OSTOMIZADO NO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA GO.

REALIDADE VIVENCIADA PELO PACIENTE OSTOMIZADO NO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA GO. REALIDADE VIVENCIADA PELO PACIENTE OSTOMIZADO NO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA GO. Núbia Aguiar Marinho Joede Alvarenga de Sousa Luniere Mônica de Oliveira Santos Faculdade Alfredo Nasser nubiamarinho.enf@gmail.com

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE VIDA DAS PACIENTES NO PERÍODO PUERPÉRIO Carla Suely Coutinho Amaral 1, Nelimar Ribeiro de Castro 2. Introdução

ORIENTAÇÃO DE VIDA DAS PACIENTES NO PERÍODO PUERPÉRIO Carla Suely Coutinho Amaral 1, Nelimar Ribeiro de Castro 2. Introdução ORIENTAÇÃO DE VIDA DAS PACIENTES NO PERÍODO PUERPÉRIO Carla Suely Coutinho Amaral 1, Nelimar Ribeiro de Castro 2 Resumo: Este trabalho referiu-se a uma atividade acadêmica na área de Psicologia Hospitalar

Leia mais

CUIDADOS DE ENFERMAGEM ÀS PESSOAS PORTADORAS DE COLOSTOMIA E/OU ILEOSTOMIA NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA: NOTA PRÉVIA

CUIDADOS DE ENFERMAGEM ÀS PESSOAS PORTADORAS DE COLOSTOMIA E/OU ILEOSTOMIA NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA: NOTA PRÉVIA CUIDADOS DE ENFERMAGEM ÀS PESSOAS PORTADORAS DE COLOSTOMIA E/OU ILEOSTOMIA NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA: NOTA PRÉVIA Cláudia Bruna Perin¹ Érika Eberlline Pacheco dos Santos² Resumo O enfermeiro da Estratégia

Leia mais

TÉCNICAS DE CONTROLE DE ANSIEDADE: ENFRENTANDO A APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO

TÉCNICAS DE CONTROLE DE ANSIEDADE: ENFRENTANDO A APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO TÉCNICAS DE CONTROLE DE ANSIEDADE: ENFRENTANDO A APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO Almir Dalmolin Filho Acadêmico oitavo período do Curso de Psicologia das Faculdades Integradas de Cacoal

Leia mais

DESAFIOS DA ROTINA DIÁRIA: A VISÃO DOS PACIENTES PORTADORES DE OSTOMIA INTESTINAL

DESAFIOS DA ROTINA DIÁRIA: A VISÃO DOS PACIENTES PORTADORES DE OSTOMIA INTESTINAL DESAFIOS DA ROTINA DIÁRIA: A VISÃO DOS PACIENTES PORTADORES DE OSTOMIA INTESTINAL Dayse Carvalho do Nascimento Enfermeira, Mestre, Estomaterapeuta, coordenadora da Comissão de Curativos HUPE/UERJ, tutora

Leia mais

HABILIDADES SOCIAIS E PERFIL DE ADOLESCENTES USUÁRIOS DE DROGAS EM TRATAMENTO

HABILIDADES SOCIAIS E PERFIL DE ADOLESCENTES USUÁRIOS DE DROGAS EM TRATAMENTO HABILIDADES SOCIAIS E PERFIL DE ADOLESCENTES USUÁRIOS DE DROGAS EM TRATAMENTO Luana Thereza Nesi de Mello (Bolsista UNIBIC UNISINOS) Jaluza Aimèe Schneider Jéssica Limberger Profª Drª Ilana Andretta Adolescência

Leia mais

TERAPIA COGNITIVA BRASÍLIA

TERAPIA COGNITIVA BRASÍLIA TERAPIA COGNITIVA BRASÍLIA Psicoterapeuta Cognitivo numa Abordagem Integrativa com Psicoterapia Focada nos Esquemas 1. Dr. Miguel Ângelo José Velloso de Almeida Mestre em Processos Cognitivos/UnB. CRP

Leia mais

O FAZER DA PSICOLOGIA DO IFRN: Mitos e Verdades. Apresentação dos profissionais de Psicologia do IFRN

O FAZER DA PSICOLOGIA DO IFRN: Mitos e Verdades. Apresentação dos profissionais de Psicologia do IFRN O FAZER DA PSICOLOGIA DO IFRN: Mitos e Verdades Apresentação dos profissionais de Psicologia do IFRN Psicologia e Educação Atualmente, a Psicologia inserida na Educação, preocupase com as políticas públicas

Leia mais

IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS: AVALIAÇÃO DAS ATIVIDADES DE VIDA DIÁRIA

IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS: AVALIAÇÃO DAS ATIVIDADES DE VIDA DIÁRIA IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS: AVALIAÇÃO DAS ATIVIDADES DE VIDA DIÁRIA Cristina Marques de Almeida Holanda 1, Michele Alexandre da Silva 2 cristinamahd@gmail.com 1, michelebr@live.com 2 Universidade Federal

Leia mais

Coordenação de Psicologia

Coordenação de Psicologia Coordenação de Psicologia ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE PSICOLOGIA INESP/FUNEDI/UEMG 2º SEMESTRE 2011 ESTÁGIOS OFERECIDOS PARA OS ALUNOS DE 5º ao 7º PERÍODOS (Núcleo Básico) 1. ANÁLISE INSTITUCIONAL

Leia mais

Fundação Presidente Antônio Carlos - FUPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés

Fundação Presidente Antônio Carlos - FUPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ATENDIMENTO PSICOPEDAGÓGICO DA FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE AIMORÉS Regulamenta o funcionamento do Núcleo de Atendimento Psicopedagógico no âmbito da Faculdade Presidente

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR. Laboratório de Investigação em Desporto PSICOLOGIA DO DESPORTO 2014

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR. Laboratório de Investigação em Desporto PSICOLOGIA DO DESPORTO 2014 INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR PSICOLOGIA DO DESPORTO 2014 Equipa: Doutor Carlos Silva Doutora Carla Chicau Doutor Luís Cid (coordenador) Psicólogo Luís Gonzaga

Leia mais

Barbara Correia Neves; Laura Motta Fernandes; Maysa Alahmar Bianchin; Bolsa de IC Faculdade de Medicina de S.J.Rio Preto

Barbara Correia Neves; Laura Motta Fernandes; Maysa Alahmar Bianchin; Bolsa de IC Faculdade de Medicina de S.J.Rio Preto Barbara Correia Neves; Laura Motta Fernandes; Maysa Alahmar Bianchin; Bolsa de IC Faculdade de Medicina de S.J.Rio Preto INTRODUÇÃO No campo dos cuidados da saúde, o trabalho de enfermagem, além de insalubre,

Leia mais

PARECER CREMEC nº 10/ /11/2016

PARECER CREMEC nº 10/ /11/2016 PARECER CREMEC nº 10/2016 28/11/2016 Processo - Consulta Protocolo CREMEC nº 4174/2016 Assunto Escala de Depressão de Beck e Escala de Ansiedade de Beck Relatora: Conselheira Stela Norma Benevides Castelo

Leia mais

PROGRAMA. Terapia da Aceitação e Compromisso (ACT): uma abordagem alternativa do sofrimento humano - Mª do Céu Salvador

PROGRAMA. Terapia da Aceitação e Compromisso (ACT): uma abordagem alternativa do sofrimento humano - Mª do Céu Salvador PROGRAMA 22 de março de 2017 «quarta-feira» 14:30 17:30 - Workshops José Pinto-Gouveia: Integração das três gerações de Terapias Cognitivo- Comportamentais Anfiteatro 2 Conceição Almeida: Psicoterapia

Leia mais

Qualidade de vida de pacientes idosos com artrite reumatóide: revisão de literatura

Qualidade de vida de pacientes idosos com artrite reumatóide: revisão de literatura Qualidade de vida de pacientes idosos com artrite reumatóide: revisão de literatura André Ricardo Bezerra Bonzi (1); Renata Soares Ferreira (2) Edécio Bona Neto (3); Daniel Sarmento Bezerra (4); Tânia

Leia mais

Nome Média Final Colocação

Nome Média Final Colocação CONS ESPECIAIS 2006/07 CE 01 PROVAS DE AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS FISCALIDADE Média Final 10358911 Alberto João Ferreira Peralta 13,8 Valores Colocado

Leia mais

AUTOR(ES): LETICIA MARTINS BARBOSA, AMANDA LENNON FREIRE AMARO NIHEI, BRUNA DA SILVA BARRETO, MATHEUS CARVALHO PEDRO, MAURO RICARDO RIEGO COTS

AUTOR(ES): LETICIA MARTINS BARBOSA, AMANDA LENNON FREIRE AMARO NIHEI, BRUNA DA SILVA BARRETO, MATHEUS CARVALHO PEDRO, MAURO RICARDO RIEGO COTS 16 TÍTULO: USO DA INTERNET E A QUALIDADE DE VIDA DOS UNIVERSITÁRIOS CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PSICOLOGIA INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU AUTOR(ES): LETICIA

Leia mais

Adolescentes usuarios de drogas em tratamento: ~

Adolescentes usuarios de drogas em tratamento: ~ Adolescentes usuarios de drogas em tratamento: ~ sintomas de depressao, ansiedade e estresse Luana Thereza Nesi de Mello Bolsista PRATIC Orientadora: Profª Drª Ilana Andretta Adolescencia ^ Mudanças físicas,

Leia mais

Trabalhando a ansiedade do paciente

Trabalhando a ansiedade do paciente Trabalhando a ansiedade do paciente Juliana Ono Tonaki Psicóloga Hospitalar Título SOFRIMENTO... principal Sofrimento humano como condição à todos; Cada um sente à sua forma e intensidade; Manifestação

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR CURSO: PSICOLOGIA HORÁRIA 1 SEMESTRE 2 SEMESTRE 3 SEMESTRE

ESTRUTURA CURRICULAR CURSO: PSICOLOGIA HORÁRIA 1 SEMESTRE 2 SEMESTRE 3 SEMESTRE ESTRUTURA CURRICULAR - 2017 CURSO: PSICOLOGIA DISCIPLINA CARGA HORÁRIA C. H. TEORICA C.H. PRÁTICA Nº DE 1 SEMESTRE 1 HISTÓRIA DA PSICOLOGIA 1 ANATOMIA HUMANA 60 60 ---- 3 1/2 1 PSICOLOGIA GERAL 90 90 ----

Leia mais

PERFIL DE UMA POPULAÇÃO ESTOMIZADA INTESTINAL PROVISÓRIA E MOTIVOS DA NÃO RECONSTRUÇÃO DO TRÂNSITO INTESTINAL

PERFIL DE UMA POPULAÇÃO ESTOMIZADA INTESTINAL PROVISÓRIA E MOTIVOS DA NÃO RECONSTRUÇÃO DO TRÂNSITO INTESTINAL Nº do trabalho: 900986 PERFIL DE UMA POPULAÇÃO ESTOMIZADA INTESTINAL PROVISÓRIA E MOTIVOS DA NÃO RECONSTRUÇÃO DO TRÂNSITO INTESTINAL ADRIANA PELEGRINI SANTOS PEREIRA Janderson Cleiton Aguiar, Renata da

Leia mais

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO FUNCIONAL DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO FUNCIONAL DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO FUNCIONAL DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS Cristina Marques de Almeida Holanda¹, Michele Alexandre da Silva². Universidade Federal da Paraíba - UFPB cristinamahd@gmail.com¹, michelebr@live.com

Leia mais

Seminário Nacional Unimed de Medicina Preventiva

Seminário Nacional Unimed de Medicina Preventiva Seminário Nacional Unimed de Medicina Preventiva - 2009 Programa de Reabilitação Pulmonar Rosângela H. Araújo Santos Divisão Cooperados Total: 838 0,04% Gerência Executiva da Assistência e Promoção à Saúde

Leia mais

Espaço S 14 ANOS DE HISTÓRIA

Espaço S 14 ANOS DE HISTÓRIA ESPAÇO S 14 ANOS DE HISTÓRIA Espaço, o S é de saúde, sexualidade, sentimentos e saberes a questionar. Pretende-se que seja um espaço para ouvir, aceitar e esclarecer, respeitando e privilegiando o atendimento

Leia mais

PROPOSTA DE IMPLANTAÇÃO DE SERVIÇO AMBULATORIAL AOS PORTADORES DE OSTOMIAS DE CÁCERES E REGIÃO SUDOESTE DE MATO GROSSO

PROPOSTA DE IMPLANTAÇÃO DE SERVIÇO AMBULATORIAL AOS PORTADORES DE OSTOMIAS DE CÁCERES E REGIÃO SUDOESTE DE MATO GROSSO PROPOSTA DE IMPLANTAÇÃO DE SERVIÇO AMBULATORIAL AOS PORTADORES DE OSTOMIAS DE CÁCERES E REGIÃO SUDOESTE DE MATO GROSSO CAMPOS, Franciely Maria Carrijo; ROCHA, Aline Cristina Araujo Alcântara; FRANÇA, Flavia

Leia mais

Semana de Psicologia PUC RJ

Semana de Psicologia PUC RJ Semana de Psicologia PUC RJ O Psicólogo no Hospital Geral Apresentação: Decio Tenenbaum Material didático e concepções: Prof. Abram Eksterman Centro de Medicina Psicossomática e Psicologia Médica do Hospital

Leia mais

Transtornos Mentais no Trabalho. Carlos Augusto Maranhão de Loyola CRM-PR Psiquiatra.

Transtornos Mentais no Trabalho. Carlos Augusto Maranhão de Loyola CRM-PR Psiquiatra. Transtornos Mentais no Trabalho Carlos Augusto Maranhão de Loyola CRM-PR 20879. Psiquiatra. carlosamloyola@icloud.com No período Medieval - caráter de Possuído. O tratamento: pregações, exorcismo, santificação

Leia mais

SOBMEDIDA CONTROLE DO PESO DURANTE O TRATAMENTO ONCOLÓGICO: A PSICOLOGIA FACILITANDO A PROMOÇÃO DA SAÚDE E DA INTEGRALIDADE: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

SOBMEDIDA CONTROLE DO PESO DURANTE O TRATAMENTO ONCOLÓGICO: A PSICOLOGIA FACILITANDO A PROMOÇÃO DA SAÚDE E DA INTEGRALIDADE: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA Sabe-se que o câncer é um dos maiores problemas de saúde dos países desenvolvidos e em desenvolvimento. Atualmente, é certamente uma das patologias mais temidas. O diagnóstico de câncer é vivenciado como

Leia mais

TÍTULO: AVALIAÇÃO DA ACUIDADE VISUAL PELA ENFERMAGEM: UTILIZAÇÃO DA TABELA DE SNELLEN EM CRIANÇAS DO ENSINO FUNDAMENTAL I

TÍTULO: AVALIAÇÃO DA ACUIDADE VISUAL PELA ENFERMAGEM: UTILIZAÇÃO DA TABELA DE SNELLEN EM CRIANÇAS DO ENSINO FUNDAMENTAL I 16 TÍTULO: AVALIAÇÃO DA ACUIDADE VISUAL PELA ENFERMAGEM: UTILIZAÇÃO DA TABELA DE SNELLEN EM CRIANÇAS DO ENSINO FUNDAMENTAL I CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: ENFERMAGEM

Leia mais

SAÚDE MENTAL E EDUCAÇÃO: CONSTRUINDO DIÁLOGOS CHRISTIANE MARIA RIBEIRO DE OLIVEIRA IRLA PAULA ANDRADE AMARAL ISADORA EDUARDA BARROS BRAZ DE CARVALHO

SAÚDE MENTAL E EDUCAÇÃO: CONSTRUINDO DIÁLOGOS CHRISTIANE MARIA RIBEIRO DE OLIVEIRA IRLA PAULA ANDRADE AMARAL ISADORA EDUARDA BARROS BRAZ DE CARVALHO SAÚDE MENTAL E EDUCAÇÃO: CONSTRUINDO DIÁLOGOS CHRISTIANE MARIA RIBEIRO DE OLIVEIRA IRLA PAULA ANDRADE AMARAL ISADORA EDUARDA BARROS BRAZ DE CARVALHO Saúde CONTEXTUALIZANDO... Diante da gravidade do avanço

Leia mais

ATENÇÃO AOS REQUISITOS!!!

ATENÇÃO AOS REQUISITOS!!! ATENÇÃO AOS REQUISITOS!!! Currículo 1/303 Psicologia no Contexto Social: Trabalho I; Prática Interdisciplinar em Psicologia III (Grupos); Prática Interdisciplinar em Psicologia IV: Psicopatologia; Psicologia

Leia mais

PROJETO DE APOIO PSICOPEDAGÓGICO AO UNIVERSITÁRIO

PROJETO DE APOIO PSICOPEDAGÓGICO AO UNIVERSITÁRIO PROJETO DE APOIO PSICOPEDAGÓGICO AO UNIVERSITÁRIO GUARAPUAVA 2017 1. Introdução O Núcleo de Apoio Psicopedagógico (NAPP) é um órgão de apoio educacional, de caráter permanente e de natureza multidisciplinar

Leia mais

A SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO PACIENTE PORTADOR DE PÚRPURA TROMBOCITOPÊNICA IMUNE

A SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO PACIENTE PORTADOR DE PÚRPURA TROMBOCITOPÊNICA IMUNE A SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO PACIENTE PORTADOR DE PÚRPURA TROMBOCITOPÊNICA IMUNE Emanuelle Silvino Coelho Martins Mestre (1); Alba Rossana Vieira Costa (1); Ana Cristina Rodrigues Luna

Leia mais

HIV/AIDS E QUALIDADE DE VIDA: ESTUDO COMPARATIVO EM PESSOAS ACIMA DE 50 ANOS

HIV/AIDS E QUALIDADE DE VIDA: ESTUDO COMPARATIVO EM PESSOAS ACIMA DE 50 ANOS HIV/AIDS E QUALIDADE DE VIDA: ESTUDO COMPARATIVO EM PESSOAS ACIMA DE 50 ANOS Josevânia da Silva UNIPE josevaniasco@gmail.com Jéssica Oliveira Galvão UFPB jessica92.og@hotmail.com Ana Alayde Werba Saldanha

Leia mais

AUTOR(ES): NOEMI DUARTE MASCARENHAS SANTOS, ANA CAROLINA SANTOS VAZ, ISABELLA SANTOS RIBEIRO DE FARIAS, NATHALY GONSALVEZ TURASSA

AUTOR(ES): NOEMI DUARTE MASCARENHAS SANTOS, ANA CAROLINA SANTOS VAZ, ISABELLA SANTOS RIBEIRO DE FARIAS, NATHALY GONSALVEZ TURASSA 16 TÍTULO: IMPACTOS E CUIDADOS COM A ESQUIZOFRENIA NO ÂMBITO FAMILIAR CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PSICOLOGIA INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU AUTOR(ES): NOEMI

Leia mais

Burnout. Debate Câmara dos Deputados. Ministério da Saúde CGST-DSAST-SVS. 10 de dezembro de 2015

Burnout. Debate Câmara dos Deputados. Ministério da Saúde CGST-DSAST-SVS. 10 de dezembro de 2015 Burnout Debate Câmara dos Deputados Ministério da Saúde CGST-DSAST-SVS 10 de dezembro de 2015 OBJETIVOS DA PNST PORTARIA GM/MS 1.823/2012 Fortalecer a Vigilância em Saúde do Trabalhador e a integração

Leia mais

SERVIÇO DE ATENÇÃO AO PORTADOR DE OBESIDADE GRAVE

SERVIÇO DE ATENÇÃO AO PORTADOR DE OBESIDADE GRAVE Procedimento Operacional Padrão (POP) SERVIÇO DE PSICOLOGIA POP nº 04 PSI/HU Hospital Universitário Prof. Polydoro Ernani de São Thiago da Universidade Federal de Santa Catarina SERVIÇO DE ATENÇÃO AO PORTADOR

Leia mais

QUADRO DE VAGAS 2017/2 ESTÁGIO CURRICULAR PSICOLOGIA

QUADRO DE VAGAS 2017/2 ESTÁGIO CURRICULAR PSICOLOGIA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA SAÚDE HOSPITAL PSIQUIÁTRICO SÃO PEDRO DIREÇÃO DE ENSINO E PESQUISA QUADRO DE VAGAS 2017/2 ESTÁGIO CURRICULAR PSICOLOGIA LOCAL VAGAS MODALIDADE DE ESTÁGIO Data

Leia mais

Sumário. FUNDAMENTOS DA PRÁTICA DE ENFERMAGEM 32 Capítulo 1 Introdução à Enfermagem 34. Capítulo 6 Valores, Ética e Defesa de Direitos 114

Sumário. FUNDAMENTOS DA PRÁTICA DE ENFERMAGEM 32 Capítulo 1 Introdução à Enfermagem 34. Capítulo 6 Valores, Ética e Defesa de Direitos 114 Sumário UNIDADE I FUNDAMENTOS DA PRÁTICA DE ENFERMAGEM 32 Capítulo 1 Introdução à Enfermagem 34 Perspectivas históricas da enfermagem 35 Definições da enfermagem 37 Objetivos da enfermagem 38 Enfermagem

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência

Ministério da Educação e Ciência 14809574 ANA ALEXANDRA TEIXEIRA MAGALHÃES Sim 13 116 12 13 (treze) ------------------- 14900592 ANA CAROLINA QUEIRÓS PEREIRA Não -------- 043 04 04 (quatro) ------------------- 14166203 ANA CÁTIA MONTEIRO

Leia mais

Avaliação e proposta de treinamento de habilidades sociais em homens e mulheres em tratamento pelo uso do crack

Avaliação e proposta de treinamento de habilidades sociais em homens e mulheres em tratamento pelo uso do crack Avaliação e proposta de treinamento de habilidades sociais em homens e mulheres em tratamento pelo uso do crack Luana Thereza Nesi de Mello Orientadora: Profª Drª Ilana Andretta Nome dos coautores: Jaluza

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Roberto Antonio dos Reis Gomes Shâmara Coelho dos Reis Victor

Leia mais

PSICOLOGIA HOSPITALAR

PSICOLOGIA HOSPITALAR PSICOLOGIA HOSPITALAR 2012 Diogo Batista Pereira da Silva Psicólogo formado pela UNISUL em 2012. Atualmente atuando como palestrante e desenvolvedor estratégico (Brasil) Email: diogobatista.p@gmail.com

Leia mais

PROPOSTAS DE ESTÁGIO - IA. ESTÁGIO OBRIGATÓRIO EM PSICOLOGIA E PROCESSOS ORGANIZACIONAIS IA Título: Psicologia e Processos Organizacionais

PROPOSTAS DE ESTÁGIO - IA. ESTÁGIO OBRIGATÓRIO EM PSICOLOGIA E PROCESSOS ORGANIZACIONAIS IA Título: Psicologia e Processos Organizacionais PROPOSTAS DE ESTÁGIO - IA Proposta número 1 Ênfase Processos Organizacionais ESTÁGIO OBRIGATÓRIO EM PSICOLOGIA E PROCESSOS ORGANIZACIONAIS IA Título: Psicologia e Processos Organizacionais Professora Supervisora:

Leia mais

DISLEXIA, O DIAGNÓSTICO TARDIO E SUA RELAÇÃO COM PROBLEMAS EMOCIONAIS.

DISLEXIA, O DIAGNÓSTICO TARDIO E SUA RELAÇÃO COM PROBLEMAS EMOCIONAIS. 1 DISLEXIA, O DIAGNÓSTICO TARDIO E SUA RELAÇÃO COM PROBLEMAS EMOCIONAIS. CARDOSO, Marcelo 1 DOMINGUES, Camila A. 2 INTRODUÇÃO A dislexia é um distúrbio específico de aprendizagem, de origem constitucional,

Leia mais

GEP - GRUPO DE ESTIMULAÇÃO PRECOCE Criança de risco para atraso do desenvolvimento motor 30 vagas - 3 grupos de 10 crianças cada

GEP - GRUPO DE ESTIMULAÇÃO PRECOCE Criança de risco para atraso do desenvolvimento motor 30 vagas - 3 grupos de 10 crianças cada Protocolo: Situação clínica: Número de vagas: Tempo: Objetivo geral: GEP - GRUPO DE ESTIMULAÇÃO PRECOCE Criança de risco para atraso do desenvolvimento motor 30 vagas - 3 grupos de 10 crianças cada 8 encontros

Leia mais

LINHAS de PESQUISA do CURSO DE ENFERMAGEM DA UNIEVANGÉLICA. Linha de pesquisa/objeto de pesquisa

LINHAS de PESQUISA do CURSO DE ENFERMAGEM DA UNIEVANGÉLICA. Linha de pesquisa/objeto de pesquisa 1 LINHAS de PESQUISA do CURSO DE ENFERMAGEM DA UNIEVANGÉLICA NOME Agueda Maria Ruiz Zimmer Linha de pesquisa/objeto de pesquisa Cuidar/cuidado de pessoas Processo do Cuidar da Saúde de pessoas Sistematização

Leia mais

Programa Qualidade de Vida e Saúde do Trabalhador. Categoria: Gestão de Pessoas Subcategoria: Classe 1

Programa Qualidade de Vida e Saúde do Trabalhador. Categoria: Gestão de Pessoas Subcategoria: Classe 1 Programa Qualidade de Vida e Saúde do Trabalhador Categoria: Gestão de Pessoas Subcategoria: Classe 1 Hospital Independência: Infraestrutura: Reconhecimento: Programa: Justificativa: Assistir a saúde do

Leia mais

O Impacto Psicossocial do Cancro na Família

O Impacto Psicossocial do Cancro na Família O Impacto Psicossocial do Cancro na Família Maria de Jesus Moura Psicóloga Clínica Unidade de Psicologia IPO Lisboa ATÉ MEADOS DO SEC.XIX Cancro=Morte PROGRESSOS DA MEDICINA CURA ALTERAÇÃO DO DIAGNÓSTICO

Leia mais

TRATAMENTO INVOLUNTÁRIO PARA DEPENDÊNCIA QUÍMICA

TRATAMENTO INVOLUNTÁRIO PARA DEPENDÊNCIA QUÍMICA Atendimento: +55 15 3326-6784 MENU E-mail atendimentoctes@gmail.com TRATAMENTO INVOLUNTÁRIO PARA DEPENDÊNCIA QUÍMICA A cura e libertação da Dependência Química, mesmo às pessoas que ainda não perceberam

Leia mais

ÍNDICE. Boas Vindas. Recursos Humanos. Cursos 2014/2015. Turmas 2014/2015. Serviço de Orientação Escolar e Profissional SOEP

ÍNDICE. Boas Vindas. Recursos Humanos. Cursos 2014/2015. Turmas 2014/2015. Serviço de Orientação Escolar e Profissional SOEP ÍNDICE Boas Vindas Recursos Humanos Cursos 2014/2015 Turmas 2014/2015 Serviço de Orientação Escolar e Profissional SOEP Calendário Letivo 2014/2015 Aulas Previstas 2014/2015 Horário Letivo 2014/2015 Horário

Leia mais

Chestnut Global Partners do Brasil

Chestnut Global Partners do Brasil O CONTE COMIGO! é um programa fornecido pela empresa que oferece assistência profissional e confidencial quando problemas pessoais comprometem a vida pessoal de seus colaboradores e o seu desempenho no

Leia mais

RESSIGNIFICAR: PSICOLOGIA E ONCOLOGIA 1. Jacson Fantinelli Dos Santos 2, Flávia Flach 3.

RESSIGNIFICAR: PSICOLOGIA E ONCOLOGIA 1. Jacson Fantinelli Dos Santos 2, Flávia Flach 3. RESSIGNIFICAR: PSICOLOGIA E ONCOLOGIA 1 Jacson Fantinelli Dos Santos 2, Flávia Flach 3. 1 Trabalho de Extensão Departamento de Humanidades e Educação, Curso de Graduação em Psicologia 2 Acadêmico do 8ºsemestre

Leia mais

AVALIAÇÃO DO PERFIL EMOCIONAL DOS PROFESSORES INSERIDOS EM CONTEXTOS VIOLENTOS

AVALIAÇÃO DO PERFIL EMOCIONAL DOS PROFESSORES INSERIDOS EM CONTEXTOS VIOLENTOS AVALIAÇÃO DO PERFIL EMOCIONAL DOS PROFESSORES INSERIDOS EM CONTEXTOS VIOLENTOS RESUMO AMORIM-GAUDÊNCIO, Carmen 1 FERNANDES, Danielle G. 2 LIMA, Karina Pollyne N. 3 PEREIRA, Valéria Amanda J. 4 Centro de

Leia mais

Priscila Santos Queiroz

Priscila Santos Queiroz CURSO DE ATUALIZAÇÃO Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde DISCUSSÃO DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO E PROMOÇÃO DE AMBIENTES SAUDÁVEIS: UMA PROPOSTA PARA SABINÓPOLIS/MG Priscila

Leia mais

Assistência de Enfermagem a pacientes ostomizados: conhecimento, autocuidado e adaptação desses pacientes.

Assistência de Enfermagem a pacientes ostomizados: conhecimento, autocuidado e adaptação desses pacientes. Assistência de Enfermagem a pacientes ostomizados: conhecimento, autocuidado e adaptação desses pacientes. Sabrina Santos Arruda; Maria Jomara Almeida Rego; Cicilia Raquel da Silva Luna; Emanuella de Castro

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA

REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL E REABILITAÇÃO CONCURSO DE EDUCADORES DE INFÂNCIA E DE PROFESSORES DOS 1º, 2º, E 3º CICLOS DO ENSINO BÁSICO

Leia mais

IV.3 - Nos casos em que haja qualquer restrição à liberdade ou ao esclarecimento necessários para o adequado consentimento, deve-se ainda observar:

IV.3 - Nos casos em que haja qualquer restrição à liberdade ou ao esclarecimento necessários para o adequado consentimento, deve-se ainda observar: Segundo a RESOLUÇÃO Nº 196, de 10 de outubro de 1996 do Conselho Nacional de Saúde trabalha os seguintes âmbitos. IV - CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO O respeito devido à dignidade humana exige que toda

Leia mais

A Importância dos Cuidados com o Cuidador. Lívia Kondrat

A Importância dos Cuidados com o Cuidador. Lívia Kondrat A Importância dos Cuidados com o Cuidador Lívia Kondrat ABRALE 22 de Julho de 2011 CÂNCER é uma doença crônica; possui tratamentos com possibilidade de cura; traz consigo estigmas; está cercada por mitos,

Leia mais

RELAÇÕES ENTRE ESTRESSE EM CUIDADORES DE PESSOAS COM DOENÇA DE ALZHEIMER E DISTÚRBIOS COMPORTAMENTAIS DOS PACIENTES

RELAÇÕES ENTRE ESTRESSE EM CUIDADORES DE PESSOAS COM DOENÇA DE ALZHEIMER E DISTÚRBIOS COMPORTAMENTAIS DOS PACIENTES RELAÇÕES ENTRE ESTRESSE EM CUIDADORES DE PESSOAS COM DOENÇA DE ALZHEIMER E DISTÚRBIOS COMPORTAMENTAIS DOS PACIENTES Ana Virgínia de Castilho Santos Curiacos- Discente do Curso de Psicologia- Unisalesiano

Leia mais

PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO PARA O TRABALHO NA ENFERMAGEM Ampliando Conhecimentos

PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO PARA O TRABALHO NA ENFERMAGEM Ampliando Conhecimentos PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO PARA O TRABALHO NA ENFERMAGEM Ampliando Conhecimentos Autores Ananda Hoffmann Sandra da Silva Kinalski Silvia Furian El Ammar Ijuí, Rio Grande do Sul Objetivos Qualificar Técnicos

Leia mais

EXPERIÊNCIA DE CAMPO EM ESTÁGIO SUPERVISIONADO DE PSICOLOGIA EM SAÚDE NASS, F. M.; PONTES, C. F.; ALMEIDA, L. S.; GIL, M. G.; PRANDINI, M. R.

EXPERIÊNCIA DE CAMPO EM ESTÁGIO SUPERVISIONADO DE PSICOLOGIA EM SAÚDE NASS, F. M.; PONTES, C. F.; ALMEIDA, L. S.; GIL, M. G.; PRANDINI, M. R. EXPERIÊNCIA DE CAMPO EM ESTÁGIO SUPERVISIONADO DE PSICOLOGIA EM SAÚDE NASS, F. M.; PONTES, C. F.; ALMEIDA, L. S.; GIL, M. G.; PRANDINI, M. R. Resumo: O seguinte projeto procurou apresentar possíveis intervenções

Leia mais

Mostra de Iniciação Científica A MOTIVAÇÃO DOS PACIENTES NO PROCESSO DE AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA

Mostra de Iniciação Científica A MOTIVAÇÃO DOS PACIENTES NO PROCESSO DE AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA Mostra de Iniciação Científica A MOTIVAÇÃO DOS PACIENTES NO PROCESSO DE AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA Fernando Montanari 1 Suzana Silva Kroeff 1 Taíse Moschen 1 Fernanda Prux Susin 2 INTRODUÇÃO O presente trabalho

Leia mais

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Centro de Ciências da Saúde CCS. Serviço de Psicologia

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Centro de Ciências da Saúde CCS. Serviço de Psicologia Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Centro de Ciências da Saúde CCS Serviço de Psicologia Instrução Normativa n 01/2016 Estabelece as diretrizes para desenvolvimento de atividades e atendimento

Leia mais

APRESENTAÇÕES DE PÔSTERES 19 de outubro de 2016 (quarta-feira) SALA 1 BIBLIOTECA CENTRAL

APRESENTAÇÕES DE PÔSTERES 19 de outubro de 2016 (quarta-feira) SALA 1 BIBLIOTECA CENTRAL 1. 8h MEDICINA 2. 8h15 MEDICINA 3. 8h30 MEDICINA 4. 8h45 MEDICINA - FELIPE CARLUCCIO FALAVIGNA - MARCELO RODRIGO TAVARES(ORIENTADOR) - KATIA SANTOS DE OLIVEIRA - EDUARDO POLETTI CAMARA - ANTONIO JOSE ASSIS

Leia mais

Saúde Mental e Apoio Psicossocial em emergências humanitárias

Saúde Mental e Apoio Psicossocial em emergências humanitárias Saúde Mental e Apoio Psicossocial em emergências humanitárias Gestão integral dos riscos de desastres: da prevenção à recuperação 04 Março de 2016 Belo Horizonte Márcio Gagliato Objetivo Alguns elementos

Leia mais

EFEITOS DA DANÇA NA PERCEPÇÃO DA IMAGEM CORPORAL E OS SEUS REFLEXOS SOBRE A QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES OSTOMIZADOS.

EFEITOS DA DANÇA NA PERCEPÇÃO DA IMAGEM CORPORAL E OS SEUS REFLEXOS SOBRE A QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES OSTOMIZADOS. EFEITOS DA DANÇA NA PERCEPÇÃO DA IMAGEM CORPORAL E OS SEUS REFLEXOS SOBRE A QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES OSTOMIZADOS. Palavras-chave: Dança. Ostomizados. Qualidade de vida. 1 INTRODUÇÃO Algumas patologias

Leia mais

TÍTULO: INCIDÊNCIA DE DOR E ESTRESSE RELACIONADOS AO CONDICIONAMENTO AERÓBIO DOS PROFESSORES DE CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

TÍTULO: INCIDÊNCIA DE DOR E ESTRESSE RELACIONADOS AO CONDICIONAMENTO AERÓBIO DOS PROFESSORES DE CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: INCIDÊNCIA DE DOR E ESTRESSE RELACIONADOS AO CONDICIONAMENTO AERÓBIO DOS PROFESSORES DE CURSO

Leia mais

Educação permanente em saúde e implementação de diagnósticos de enfermagem: estudo descritivo

Educação permanente em saúde e implementação de diagnósticos de enfermagem: estudo descritivo Educação permanente em saúde e implementação de diagnósticos de enfermagem: estudo descritivo Ludimila Cuzatis Gonçalves¹, Elaine Antunes Cortez 1, Ana Carla Dantas Cavalcanti 1 1 Universidade Federal

Leia mais

I Workshop dos Programas de Pós-graduação em Enfermagem VIVÊNCIA DO CUIDADOR FAMILIAR DE HOMEM COM TRAQUEOSTOMIA DEVIDO AO CÂNCER

I Workshop dos Programas de Pós-graduação em Enfermagem VIVÊNCIA DO CUIDADOR FAMILIAR DE HOMEM COM TRAQUEOSTOMIA DEVIDO AO CÂNCER VIVÊNCIA DO CUIDADOR FAMILIAR DE HOMEM COM TRAQUEOSTOMIA DEVIDO AO CÂNCER Linha de pesquisa: O Processo de Cuidar em Enfermagem DÁZIO, E. M. R. Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Alfenas,

Leia mais

Prevalência de transtornos mentais em pacientes com ulceração

Prevalência de transtornos mentais em pacientes com ulceração doi: 10.20513/2447-6595.2016v56n1p24-28 24 ARTIGO ORIGINAL Prevalência de transtornos mentais em pacientes com ulceração Lisiane Pires Martins dos Santos 1. João Paulo Lima Santos 1. João Joaquim Freitas

Leia mais

A importancia da realização da Anamnese e do Exame Fisico M E S T R E E M E N F E R M A G E M ( U E R J )

A importancia da realização da Anamnese e do Exame Fisico M E S T R E E M E N F E R M A G E M ( U E R J ) A importancia da realização da Anamnese e do Exame Fisico MARIA DA CONCEIÇÃ O MUNIZ RIBEIRO M E S T R E E M E N F E R M A G E M ( U E R J ) Conceito de Anamnese A anamnese (do grego anamnesis significa

Leia mais

Liga de Neurociências: Dia Mundial da Doença de Parkinson

Liga de Neurociências: Dia Mundial da Doença de Parkinson 14. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido - ISSN 2238-9113 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE

Leia mais

I Workshop dos Programas de Pós-Graduação em Enfermagem

I Workshop dos Programas de Pós-Graduação em Enfermagem LISTA DE TRABALHOS- O PROCESSO DE CUIDAR TÍTULO DO TRABALHO APRESENTADOR SALA MODERADOR O ENSINO DA MEDIDA DA PRESSÃO ARTERIAL PARA PROFISSIONAIS DA SAÚDE: REVISÃO INTEGRATIVA PEREIRA CAROLINY AVALIAÇÃO

Leia mais

MANUAL DO PARTICIPANTE DE PESQUISA CLÍNICA

MANUAL DO PARTICIPANTE DE PESQUISA CLÍNICA Educação ao Paciente e Família MANUAL DO PARTICIPANTE DE PESQUISA CLÍNICA OBJETIVO Este manual tem como objetivo oferecer ao participante de pesquisas clínicas informações sobre os estudos desenvolvidos,

Leia mais

Terminalidade da vida & bioética. Jussara Loch - PUCRS

Terminalidade da vida & bioética. Jussara Loch - PUCRS Terminalidade da vida & bioética Jussara Loch - PUCRS Paciente terminal paciente cujas condições clínicas são irreversíveis, independentemente de serem tratadas ou não, e que apresenta alta probabilidade

Leia mais

FISIOTERAPIA NA COMUNIDADE: UMA EXPERIÊNCIA DE EXTENSÃO POPULAR

FISIOTERAPIA NA COMUNIDADE: UMA EXPERIÊNCIA DE EXTENSÃO POPULAR FISIOTERAPIA NA COMUNIDADE: UMA EXPERIÊNCIA DE EXTENSÃO POPULAR SANTOS ¹, Aleida Raquel Correia RIBEIRO², Kátia Suely Queiroz Silva SANTOS 3, Marcilane da Silva BRITO 4, Patrícia Meireles ALEXANDRIA 5,

Leia mais

INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS

INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS TÍTULO: COMPETENCIAS GERENCIAIS DO ENFERMEIRO INTENSIVISTA CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: ENFERMAGEM INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS

Leia mais

Programa Nova Vida: Resgatando a Autoestima e Ressignificando a Aposentadoria

Programa Nova Vida: Resgatando a Autoestima e Ressignificando a Aposentadoria Programa Nova Vida: Resgatando a Autoestima e Ressignificando a Aposentadoria Programa Nova Vida: Resgatando a Autoestima e Ressignificando a Aposentadoria Vivian Almeida Pós-Graduada em Gestão Empresarial

Leia mais

Projeto Cuidar e Ser Cuidado do Hospital Auxiliar de Cotoxó

Projeto Cuidar e Ser Cuidado do Hospital Auxiliar de Cotoxó Projeto Cuidar e Ser Cuidado do Hospital Auxiliar de Cotoxó 1. Introdução Os períodos de mudança tendem a despertar incertezas. A iminência de reformulação do Hospital Auxiliar de Cotoxó HAC, devido à

Leia mais

1. Histórias e perspectivas da Psicoterapia Cognitiva - Aaron Beck

1. Histórias e perspectivas da Psicoterapia Cognitiva - Aaron Beck GRUPO DE ESTUDOS EM TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENTAL O objetivo é estudar e analisar as principais psicopatologias da infância, adolescência e da vida adulta e as principais técnicas de tratamento utilizadas

Leia mais

Tabela 1. Caracterização dos participantes. Nomes Filho com autismo Escolaridade do familiar Sandro (42 Samuel (10 anos) Ensino Superior

Tabela 1. Caracterização dos participantes. Nomes Filho com autismo Escolaridade do familiar Sandro (42 Samuel (10 anos) Ensino Superior HABILIDADES SOCIAIS DE FAMILIARES DE CRIANÇAS COM AUTISMO Laura Knauft Educadora Especial formada pela Universidade Federal de São Carlos Tatiane Cristina Rodrigues Lessa Mestranda no Programa de Pós-Graduação

Leia mais

PROVAS DE ADMISSÃO PARA O ANO LETIVO 15/16 PROVA DE APTIDÃO MUSICAL - ESCRITA NOME DO CANDIDATO

PROVAS DE ADMISSÃO PARA O ANO LETIVO 15/16 PROVA DE APTIDÃO MUSICAL - ESCRITA NOME DO CANDIDATO Dia: 8 de junho de 2015 Hora: 18,00 horas Professor: Carla Sabino Sala: 1 1 035 Ana Júlia Tavares de Oliveira 014 Ana Sofia Pereira Leal 001 Beatriz Pacheco Festas 011 Bruno Tomás Silva Ribeiro 099 Daniel

Leia mais

MEDIDAS DE PREVENÇÃO NA SAÚDE MENTAL. Prof. João Gregório Neto

MEDIDAS DE PREVENÇÃO NA SAÚDE MENTAL. Prof. João Gregório Neto MEDIDAS DE PREVENÇÃO NA SAÚDE MENTAL Prof. João Gregório Neto PREVENÇÃO Ato ou efeito de prevenir-se Disposição ou preparo antecipado e preventivo Precaução, cautela Modo de ver antecipado, premeditado

Leia mais

Título do Trabalho: Ansiedade e Depressão em Pacientes com Esclerose Múltipla em Brasília Autores: Tauil CB; Dias RM; Sousa ACJ; Valencia CEU; Campos

Título do Trabalho: Ansiedade e Depressão em Pacientes com Esclerose Múltipla em Brasília Autores: Tauil CB; Dias RM; Sousa ACJ; Valencia CEU; Campos Introdução Esclerose Múltipla (EM) é desordem crônica, autoimune e desmielinizante do sistema nervoso central 1. Áreas de desmielinização levam a incapacidade e espectro heterogêneo de evoluções. Prognóstico

Leia mais

Módulo 1 / Semestre 1 Carga horária total: 390ch Unidade Curricular. Semestral

Módulo 1 / Semestre 1 Carga horária total: 390ch Unidade Curricular. Semestral Curso Técnico Subsequente em Curso Técnico em Enfermagem Nome do Curso - Curso Técnico em Enfermagem CÂMPUS Florianópolis/SC MATRIZ CURRICULAR Módulo 1 / Semestre 1 Carga horária total: 390ch Unidade Curricular

Leia mais

PROJETO ACOLHER 1. Projeto de Extensão do Curso de Psicologia - FACISA/UNIVIÇOSA. 2

PROJETO ACOLHER 1. Projeto de Extensão do Curso de Psicologia - FACISA/UNIVIÇOSA. 2 481 PROJETO ACOLHER 1 Carla Suely Coutinho Amaral 2, Nelimar Ribeiro de Castro 3 Resumo: O presente trabalho aborda um relato de experiência de uma atividade acadêmica na área de Psicologia Hospitalar,

Leia mais

26ª Reunião, Extraordinária Comissão de Assuntos Sociais

26ª Reunião, Extraordinária Comissão de Assuntos Sociais 26ª Reunião, Extraordinária Comissão de Assuntos Sociais Dr. Sandro José Martins Coordenador Geral de Atenção às Pessoas com Doenças Crônicas Diretoria de Atenção Especializada e Temática Secretaria de

Leia mais

O CUIDADO INTERDISCIPLINAR NO MANEJO DO INTESTINO NEUROGÊNICO EM PESSOAS COM LM

O CUIDADO INTERDISCIPLINAR NO MANEJO DO INTESTINO NEUROGÊNICO EM PESSOAS COM LM O CUIDADO INTERDISCIPLINAR NO MANEJO DO INTESTINO NEUROGÊNICO EM PESSOAS COM LM Adriana Dutra Tholl Soraia Dornelles Schoeller Rosane Gonçalves Nitschke Gabrielly de Castilhos Milena Zuchetto Soares O

Leia mais

Prefeitura Municipal de Porto Alegre Secretaria Municipal da Saúde Hospital Materno Infantil Presidente Vargas Comitê de Ética em Pesquisa

Prefeitura Municipal de Porto Alegre Secretaria Municipal da Saúde Hospital Materno Infantil Presidente Vargas Comitê de Ética em Pesquisa INSTRUÇÕES PARA SUBMISSÃO DE PROJETOS DE PESQUISA INFORMAÇÕES GERAIS Os projetos de pesquisa para apreciação do do HMIPV devem ser encaminhados através do sistema on-line da CONEP intitulado Plataforma

Leia mais

A EQUIPE MULTIPROFISSIONAL DE UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA E O APOIO ÀS NECESSIDADES BÁSICAS DA FAMILIA

A EQUIPE MULTIPROFISSIONAL DE UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA E O APOIO ÀS NECESSIDADES BÁSICAS DA FAMILIA Pós-Graduação Saúde A EQUIPE MULTIPROFISSIONAL DE UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA E O APOIO ÀS NECESSIDADES BÁSICAS DA FAMILIA Gláucio Jorge de Souza glauciojsouza@ig.com.br Ana Lúcia Santana Maria Belém

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS SANTA CRUZ COMISSÃO INTERNA DO PROGRAMA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO PROJETO VIDA SAUDÁVEL E QUALIDADE

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência

Ministério da Educação e Ciência Data realização: segunda, 18 de junho às 14:00 h Sala: 4 14348127 ADRIANA ISABEL PEREIRA RIBEIRO 1 14581488 ADRIANA RAQUEL BARBOSA SOUSA 2 14172404 ADRIANA SILVA DE CARVALHO 3 14557115 ALDA DANIELA SILVA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CONCURSO DOCENTE, EDITAL Nº 14/2015 PONTOS DAS PROVAS ESCRITA E DIDÁTICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CONCURSO DOCENTE, EDITAL Nº 14/2015 PONTOS DAS PROVAS ESCRITA E DIDÁTICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CONCURSO DOCENTE, EDITAL Nº 14/2015 PONTOS DAS PROVAS ESCRITA E DIDÁTICA MATÉRIA: NEUROPSICOLOGIA 1. Modelos nomotéticos e ideográficos

Leia mais

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DOS INDIVÍDUOS AFETADOS PELA EXPOSIÇÃO AO CÉSIO 137 OCORRIDO EM GOIÂNIA, EM 1987.

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DOS INDIVÍDUOS AFETADOS PELA EXPOSIÇÃO AO CÉSIO 137 OCORRIDO EM GOIÂNIA, EM 1987. AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DOS INDIVÍDUOS AFETADOS PELA EXPOSIÇÃO AO CÉSIO 137 OCORRIDO EM GOIÂNIA, EM 1987. Autores: Silvana Cruz FUINI (Mestranda); Profa. Dra. Rita Goreti AMARAL (Orientadora); Prof.

Leia mais

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR E FORMAÇÃO AVANÇADA DE VITÓRIA IESFAVI REGULAMENTO NÚCLEO DE ACESSIBILIDADE E APOIO PSICOPEDAGÓGICO NAAP

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR E FORMAÇÃO AVANÇADA DE VITÓRIA IESFAVI REGULAMENTO NÚCLEO DE ACESSIBILIDADE E APOIO PSICOPEDAGÓGICO NAAP INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR E FORMAÇÃO AVANÇADA DE VITÓRIA IESFAVI REGULAMENTO NÚCLEO DE ACESSIBILIDADE E APOIO PSICOPEDAGÓGICO NAAP Art. 1º O presente regulamento tem por finalidade normatizar as atividades

Leia mais