EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 003/2011

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 003/2011"

Transcrição

1 PROCESSO Nº / EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 003/2011 OBJETO: Registro do preço da prestação de serviços de informática em modelos e procedimentos operacionais integrados, seguros e contínuos, voltados para o aumento de disponibilidade, com tratamento e guarda de informações, em parque físico e lógico constituído por fabricantes diversos, com repasse de conhecimento para atender as necessidades deste Conselho Administrativo de Defesa Econômica - CADE, em, de acordo com as exigências estabelecidas neste edital e em seus anexos. ANEXOS: I: Termo de Referência II: Pesquisa Salarial de Mercado III: Planilha Orçamentária IV: Plano de Trabalho V: Modelo de Ordem de Serviço VI: Declaração (INCISO V, ART. 27 DA LEI Nº 8.666/93) VII: Declaração (INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02 DA SLTI/MPOG) VIII: Declaração de Vistoria IX: Minuta da(s) Ata(s) de Registro de Preços X: Minuta de Contratos XI: Termo de Retirada de Edital pela Internet ITEM ASSUNTO 1 - DO OBJETO 2 - DA(S) ATA(S) DE REGISTRO DE PREÇO 3 - DA PARTICIPAÇÃO 4 - DA REPRESENTAÇÃO E DO CREDENCIAMENTO 5 - DO ENVIO DA PROPOSTA DE PREÇOS 6 - DA ABERTURA DAS PROPOSTAS 7 - DA FORMULAÇÃO DOS LANCES 8 - DO JULGAMENTO DAS PROPOSTAS 9 - DA HABILITAÇÃO 10 - DA IMPUGNAÇÃO DO ATO CONVOCATÓRIO 11 - DOS RECURSOS 12 - DOS PEDIDOS DE ESCLARECIMENTO 13 - DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS 14 - DA FORMALIZAÇÃO DA(S) ATA(S) DE REGISTRO DE PREÇO 15 - DOS USUÁRIOS DA(S) ATA(S) DE REGISTRO DE PREÇO 16 - DAS CONDIÇÕES DE FORNECIMENTO DO SERVIÇO 17 - DOS ACRÉSCIMOS E SUPRESSÕES 18 - DAS OBRIGAÇÕES DE CADA UM DOS FUTUROS CONTRATADOS 19 - DAS OBRIGAÇÕES DO CADE 20 - DOS PRAZOS E PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS 21 - DO CONTROLE E DAS ALTERAÇÕES DE PREÇOS 22 - DO CANCELAMENTO DO REGISTRO DE PREÇOS DO PROPONENTE

2 DO CANCELAMENTO DA(S) ATA(S) DE REGISTRO DE PREÇO 24 - DO PAGAMENTO 25 - DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA 26 - DOS CONTRATOS 27 - DA GARANTIA 28 - DA REPACTUAÇÃO DE PREÇOS

3 3 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 003/2011 PROCESSO Nº / Tipo de Licitação: MENOR PREÇO GLOBAL Data: 29 de março de 2011 Horário: 10:00 horas Local: O, Autarquia Federal vinculada ao Ministério da Justiça, mediante o Pregoeiro e Equipe de Apoio, designados pela Portaria nº 05, de 18 de janeiro de 2011, publicada no D.O.U do dia 20/01/2011, torna público para conhecimento dos interessados que, na data, horário e local acima indicados fará realizar licitação na modalidade de PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS, do tipo MENOR PREÇO GLOBAL, para registro do preço da prestação de serviços de informática em modelos e procedimentos operacionais integrados, seguros e contínuos, voltados para o aumento de disponibilidade, com tratamento e guarda de informações, em parque físico e lógico constituído por fabricantes diversos, com repasse de conhecimento, de acordo com as exigências estabelecidas neste edital e em seus anexos. O presente procedimento licitatório obedecerá, integralmente, a Lei 8.248, de 23 de outubro de 1991, publicada no D.O.U. de 24 outubro de 1991, Lei nº , de 17 de julho de 2002, publicada no D.O.U. de 18 de julho de 2002, Lei nº , de 19 de julho de 2002, publicada no D.O.U. de 22 de julho de 2002, Lei Complementar 123, de 14 de dezembro de 2006, publicada no D.O.U. de 15 de dezembro de 2006, Decreto nº 3.555, de 08 de agosto de 2000, publicado no D.O.U. de 09 de agosto de 2000, o Decreto nº de 20 de dezembro de 2000, publicado no D.O.U. de 21 de dezembro de 2000; Decreto nº 4.342, de 23 de agosto de 2002, publicado no D.O.U de 26 de agosto de 2001; o Decreto n de 19 de setembro de 2001, publicado no D.O.U de 20 de setembro de 2001; o Decreto nº 5.450, de 31 de maio de 2005; o Decreto 7.174, de 12 de maio de 2010, o que regulamentam a modalidade de Pregão e o Sistema de Registro de Preços; o Decreto nº , de 07 de julho de 1997, a IN-Conjunta/SRF/SNT/SFC/MF nº 01 de 09 de janeiro de 1997, a IN-SLTI/MP nº. 02, de 30 de abril de 2008; Instrução Normativa nº 02 da SLTI/MPOG, de 16 de setembro de 2009, Instrução Normativa nº 02 da SLTI/MPOG, de 11 de outubro de 2010, Instrução Normativa nº 04 da SLTI/MPOG, de 12 de novembro de 2010 e, subsidiariamente, pela Lei nº 8.666/93 e alterações posteriores. 1 - DO OBJETO Registro do preço da prestação de serviços de informática em modelos e procedimentos operacionais integrados, seguros e contínuos, voltados para o aumento de disponibilidade, com tratamento e guarda de informações, em parque físico e lógico constituído por fabricantes diversos, com repasse de conhecimento, de acordo com as exigências estabelecidas neste edital e em seus anexos. 2 DA ATA DE REGISTRO DE PREÇO O Registro de Preços será formalizado por intermédio da Ata de Registro de Preços, na forma do Anexo IX e nas condições previstas neste Edital e seus anexos;

4 A Ata de Registro de Preços resultante deste certame terá vigência de 12 (doze) meses, a partir da data da sua assinatura. 3 - DA PARTICIPAÇÃO Poderão participar deste Pregão as empresas que estiverem regularmente credenciadas no SICAF e que atenderem a todas as condições estipuladas neste Edital e seus Anexos, inclusive quanto à documentação de habilitação; A regularidade do cadastramento do licitante inscrito no SICAF será confirmada por meio de consulta ON LINE, no ato da abertura do Pregão; Os licitantes arcarão com todos os custos decorrentes da elaboração e apresentação de suas propostas Não será admitida, nesta licitação, a participação de: Concordatárias, em processo de falência, em recuperação judicial ou extrajudicial, sob concurso de credores, em dissolução ou em liquidação; Que estejam com o direito de licitar e contratar com a Administração Pública suspenso, ou que por esta tenham sido declaradas inidôneas; Que estejam reunidas em consórcio ou sejam controladoras, coligadas ou subsidiárias entre si; Estrangeiras que não funcionem no País; Que estejam organizadas em Cooperativas; Que possuam vínculos de natureza técnica, comercial, econômica, financeira ou trabalhista com o pregoeiro, com um dos membros da equipe de apoio, com o Presidente do CADE, com um dos Conselheiros ou com qualquer outro servidor em exercício nesta autarquia federal, nos termos do artigo9º da Lei nº 8.666/1993; Que tenham sido proibidos de fazê-lo pelo Plenário do CADE em virtude de prática de infração à ordem econômica, nos moldes do artigo 24, inciso II, da Lei nº 8.884/ DA REPRESENTAÇÃO E DO CREDENCIAMENTO O credenciamento dar-se-á pela atribuição de chave de identificação e de senha, pessoal e intransferível, para acesso ao sistema eletrônico, conforme 1º, art. 3º do Decreto nº 5.450/05, no site ; O credenciamento do licitante dependerá de registro cadastral atualizado no sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores - SICAF, que também será requisito obrigatório para fins de habilitação;

5 O Credenciamento junto ao provedor do sistema implica a responsabilidade legal do licitante ou seu representante legal e a presunção de sua capacidade técnica para realização das transações inerentes ao Pregão Eletrônico ( 6 artigo 3, do Decreto nº 5.450/05); O uso da senha de acesso pelo licitante é de sua responsabilidade exclusiva, incluindo qualquer transação efetuada diretamente ou por seu representante, não cabendo ao provedor do sistema ou ao CADE, promotor da licitação, responsabilidade por eventuais danos decorrentes de uso indevido da senha, ainda que por terceiros, conforme 5 artigo 3 do Dec. nº 5.450/ DO ENVIO DA PROPOSTA DE PREÇOS O licitante será responsável por todas as transações que forem efetuadas em seu nome no sistema eletrônico (http://www.comprasnet.gov.br), assumindo como firmes e verdadeiras suas propostas e lances (inciso III, art. 13, Dec. nº 5.450/05); Incumbirá, ainda, ao licitante acompanhar as operações no sistema eletrônico durante a sessão pública do pregão, ficando responsável pelo ônus decorrente da perda de negócios diante da inobservância de quaisquer mensagens emitidas pelo sistema ou de sua desconexão (inciso IV, art. 13 do Dec /05); A participação no pregão dar-se-á por meio de digitação da senha privativa do licitante e subseqüente encaminhamento da proposta de preços, no valor unitário para cada item, até às 10:00 horas do dia 29 de março de 2011, horário de Brasília, exclusivamente por meio do sistema eletrônico ( 1 art. 21, Dec /05); Como requisito para a participação no pregão, o licitante deverá manifestar, em campo próprio do sistema eletrônico, o pleno conhecimento e atendimento às exigências de habilitação previstas neste edital; A Proposta de Preços e o Anexo III Planilha Orçamentária, contendo as especificações detalhadas do objeto ofertado, conforme o Anexo I Termo de Referência deverão ser formuladas e enviadas em formulário específico, exclusivamente por meio do Sistema eletrônico (http://www.comprasnet.gov.br), observadas as seguintes regras: A proposta deverá ser apresentada, de acordo com o anexo III deste Edital, em original, em papel timbrado do licitante ou apenas identificada com nome do seu representante legal ou sua razão social, em 01 (uma) via, redigida com clareza, sem emendas, rasuras, acréscimos ou entrelinhas, devidamente datada. A não identificação do nome do responsável não constitui motivo de desclassificação do licitante, contudo esta informação deverá ser fornecida na fase de julgamento; A oferta deverá ser firme e precisa, limitada, rigorosamente, ao objeto desta licitação, sem conter alternativas de preço ou qualquer outra condição que induza o julgamento a ter mais de um resultado, sob pena de desclassificação, exceto no caso dos lances registrados; Não serão admitidas propostas de licitantes que apresentarem as unidades do objeto deste edital diferentes dos estabelecidos no Anexo I Termo de Referência;

6 A proposta não poderá ter validade inferior a 60 (sessenta) dias corridos, a contar da data de sua apresentação; O licitante é obrigado a apresentar uma proposta que contemple todos os itens constantes do Anexo I - Termo de Referência; Na proposta deverá constar o custo unitário e o total de cada item, conforme III Modelo de Planilha Orçamentária e Planilha do Preço Total Proposto. Em caso de divergência entre os valores unitários e totais, serão considerados os primeiros, e, entre os expressos em algarismos e por extenso será considerado este último. O preenchimento incorreto dos itens necessários para o julgamento implicará na desclassificação da Proposta Comercial do licitante para o grupo cotado; A proposta deverá conter os seguintes dados do licitante: Razão Social, endereço, telefone/fax, número CNPJ/MF, Banco, Agência, número da conta corrente e praça de pagamento; A proposta deverá conter uma declaração de total conhecimento e concordância com os termos do Edital do Pregão O licitante poderá apresentar quaisquer outras informações afins que julgar necessárias ou convenientes; O Pregoeiro poderá, caso julgue necessário, solicitar maiores esclarecimentos sobre a composição dos preços propostos; Quaisquer tributos, custos e despesas diretos ou indiretos omitidos da proposta ou incorretamente cotados, serão considerados como inclusos nos preços, não sendo considerados pleitos de acréscimos, a esse ou a qualquer título, devendo o objeto do presente Edital, ser fornecido sem ônus adicionais ao CADE; Serão desclassificadas as propostas que não atenderem às exigências do presente Edital e seus Anexos, sejam omissas ou apresentem irregularidades, capazes de dificultar o julgamento; A apresentação da proposta implicará na plena aceitação, por parte do proponente, das condições estabelecidas neste Edital e seus Anexos, bem como às normas aplicáveis, emanadas da Lei nº /93 e alterações posteriores; O licitante que não encaminhar o Anexo III do Edital, pelo sistema eletrônico ou encaminhar incorretamente, terá sua cotação desconsiderada para efeito de julgamento, sendo convocada a proposta subseqüente; Até a abertura da sessão, os licitantes poderão retirar ou substituir a proposta anteriormente apresentada; As propostas deverão apresentar preços compatíveis com os preços correntes de mercado, conforme estabelece o art. 43, inciso IV da Lei 8.666/93 e alterações posteriores.

7 7 6 - DA ABERTURA DAS PROPOSTAS A partir do horário previsto no preâmbulo deste Edital e, em conformidade com o subitem 5.3, terá início à sessão pública do Pregão Eletrônico n 003/2011, com a divulgação das propostas de preços recebidas, conforme o Edital e de acordo com o Decreto nº 5.450/2005, publicado no D.O.U. de 1º de junho de 2005; 7 - DA FORMULAÇÃO DOS LANCES Aberta a etapa competitiva, os licitantes cujas propostas foram classificadas poderão encaminhar lances exclusivamente por meio do sistema eletrônico, sendo o licitante imediatamente informado do seu recebimento e respectivo horário de registro e valor; Os licitantes poderão oferecer lances sucessivos, observados o horário fixado e as regras de aceitação dos mesmos; Só será aceito o lance de determinado licitante se o valor for inferior ao último lance por ele ofertado e registrado no sistema; Não serão aceitos dois ou mais lances de mesmo valor, prevalecendo aquele que for recebido e registrado em primeiro lugar; Durante o transcurso da sessão pública, os licitantes serão informados, em tempo real, do valor do menor lance registrado que tenha sido apresentado pelos demais licitantes, vedada a identificação do detentor do lance; A etapa dos lances da sessão pública será encerrada mediante aviso de fechamento, emitido pelo sistema eletrônico aos licitantes. Findo o prazo, automaticamente, será encerrada a recepção de lances; Após o fechamento da etapa de lances, o pregoeiro poderá encaminhar, pelo sistema eletrônico, contraproposta diretamente ao licitante que tenha apresentado o lance de menor valor, para que seja obtido preço melhor, bem assim decidir sobre sua aceitação Após a fase de lances, será assegurada, como critério de desempate, preferência de contratação para as Microempresas MEs e Empresas de Pequeno Porte EPPs, Entende-se por empate aquelas situações em que as propostas apresentadas pelas ME e EPP sejam iguais ou até 5% (cinco por cento) superiores ao melhor preço Ocorrendo o empate, proceder-se-á da seguinte forma: A ME ou EPP mais bem classificada poderá apresentar proposta de preço inferior àquela considerada vencedora do certame, situação em que será adjudicado em seu favor o objeto licitado; Não ocorrendo a contratação da ME ou EPP, na forma do subitem anterior, serão convocadas as remanescentes que porventura se enquadrem na hipótese do subitem 7.8.1, na ordem classificatória, para o exercício do mesmo direito.

8 Se o tratamento preferencial dado às MEs e às EPPs não implicar a adjudicação do objeto licitado em favor de uma delas, o mesmo será adjudicado em favor da proposta originalmente vencedora do certame O disposto no subitem 7.8 e seguintes só se aplicará quando a melhor oferta inicial não tiver sido apresentada por ME ou EPP A ME ou EPP mais bem classificada será convocada para apresentar nova proposta no prazo máximo de 5 (cinco) minutos, sob pena de preclusão Será assegurado preferência para contratação, em primeiro lugar, às microempresas e empresas de pequeno porte; em segundo lugar, aos prestadores de serviços com tecnologia desenvolvida no País e produzidos de acordo com o processo produtivo básico; em terceiro lugar, aos prestadores de serviços de tecnologia desenvolvida no país; e, em quarto lugar, aos prestadores de serviços produzidos de acordo com o processo produtivo básico No caso de desconexão com o Pregoeiro, no decorrer da etapa competitiva do Pregão, o sistema eletrônico poderá permanecer acessível aos licitantes para a recepção dos lances, retornando o Pregoeiro, quando possível, sua atuação no certame, sem prejuízo dos atos realizados Quando a desconexão persistir por tempo superior a 10 (dez) minutos, a sessão do Pregão será suspensa e terá reinício somente após comunicação expressa aos participantes. 8 - DO JULGAMENTO DAS PROPOSTAS A Proposta deverá ser entregue e analisada no momento da aceitação dos lances vencedores; As Propostas serão julgadas e adjudicadas pelo menor preço global, conforme definido neste Edital e seus Anexos; O Senhor Pregoeiro efetuará o julgamento das Propostas de Preços, que poderá encaminhar, pelo sistema eletrônico, contraproposta diretamente ao licitante que tenha apresentado o lance de menor valor, para que seja obtido preço melhor, bem assim decidir sobre sua aceitação; Na proposta deverá ser declarado expressamente que os preços contidos na proposta incluem todos os custos e despesas, tais como e sem se limitar a: custos diretos e indiretos, tributos incidentes, taxa de administração, encargos sociais, trabalhistas, seguros, lucro, frete e outros necessários ao cumprimento integral do objeto deste Edital e seus Anexos; A proposta deverá ser apresentada com cotação de preços definida no objeto deste Edital e seus Anexos, em moeda corrente nacional, ou seja, obrigatoriamente em Real (R$), fixo e irreajustável, expressos em algarismos e por extenso, básicos para a data de apresentação da proposta;

9 Serão desclassificadas as propostas que consignem preços globais ou unitários tão manifestamente superiores aos praticados no mercado que tornem as respectivas propostas desvantajosas para o CADE; Serão desclassificadas as propostas que consignem preços globais ou unitários irrisórios, simbólicos, de valor zero ou de tal maneira inferiores aos preços correntes no mercado que, em conjunto, não propiciem a cobertura de todos os custos decorrentes da contratação e tornem as respectivas propostas manifestamente inexeqüíveis; Diante de indícios de inexeqüibilidade da proposta, ou em caso da necessidade de esclarecimentos complementares, o Pregoeiro poderá, a seu critério, efetuar diligências instrutórias com o propósito de verificar sua exeqüibilidade, tal como autoriza o artigo 43, 3º, da Lei nº 8.666/93; O Pregoeiro obrigatoriamente realizará diligências instrutórias, quando o licitante apresentar preço final inferior a 30% da média dos preços ofertados para o mesmo item, e a análise da planilha de custos e formação de preços não houver evidenciado a inexeqüibilidade da proposta, possibilitando sua imediata desclassificação; Não serão desclassificadas as propostas que consignem preços significativamente inferiores aos de mercado, ainda que o Pregoeiro as tenha considerado manifestamente inexeqüíveis em um primeiro momento, se posteriormente for demonstrada sua viabilidade; A viabilidade de uma proposta tida, inicialmente, como inexeqüível será demonstrada pelo Pregoeiro, por meio de diligências instrutórias, ou pelos próprios licitantes que apresentaram tais propostas, por meio de documentação que comprove que os custos dos insumos e da mão de obra são coerentes com os de mercado e/ou que os coeficientes de produtividade são compatíveis com a execução do serviço; Não serão desclassificadas propostas que consignem valores significativamente inferiores aos correntes no mercado para o custo de um insumo isolado, sem repercussão sobre os custos dos demais, a menos que tal preço esteja em desacordo com normas cogentes previstas pela lei, por decretos e outros regulamentos, por convenções e acordos coletivos de trabalho ou por sentenças normativas; Se a planilha de custos e formação de preços que acompanha a proposta contiver uma rubrica relativa à Reserva Técnica, a proposta somente será aceita se o percentual indicado for igual ou inferior a 2,5%, e desde que os valores pagos pelo CADE a este título sejam destinados ao pagamento de férias, de aviso prévio e de décimo terceiro salário para substitutos; de encargos sociais incidentes sobre remuneração dos empregados habituais, no caso de recebimento de auxílio-enfermidade ou auxílioacidente, por mais de quinze dias; de encargos sociais incidentes sobre remuneração das empregadas habituais beneficiárias do auxílio-maternidade; de indenização adicional dos substitutos; e do Fundo de Garantia do Tempo de Serviços nas rescisões sem justa causa dos substitutos (tal como orientou o Plenário do Tribunal de Contas da União no Acórdão nº 3092/2010);

10 Após a sessão de lances, analisando a aceitabilidade ou não, o Pregoeiro anunciará o licitante vencedor imediatamente após o encerramento da etapa de lances da sessão pública ou, quando for o caso, após negociação e decisão pelo Pregoeiro acerca da aceitação do lance de menor valor; Se a proposta ou o lance de menor valor não for aceitável, ou se o licitante desatender às exigências habilitatórias, o Pregoeiro examinará a proposta ou o lance subseqüente verificando a sua aceitabilidade e procedendo à sua habilitação, na ordem de classificação, e assim sucessivamente, até a apuração de uma proposta ou lance que atenda ao Edital; Ocorrendo a situação a que se refere o item anterior, o Pregoeiro poderá negociar com o licitante para que seja obtido preço melhor; Os documentos exigidos para a habilitação, bem como a proposta vencedora ajustada ao lance dado, serão imediatamente encaminhados ao Pregoeiro, no prazo máximo de 02 (duas) horas contadas a partir do final da sessão de lances, por meio do Fax nº (61) e/ou ou pelo sendo os originais ou cópias autenticadas por meio de cartório competente (exceto produzidas por fax), ou cópias simples dos documentos de habilitação, acompanhados dos originais, apresentados no prazo de 03 (três) dias úteis contados da sessão de lances; Após a análise da documentação, os Membros da Equipe de Apoio e o Pregoeiro rubricarão todas as folhas dos documentos que integram o dossiê apresentado. 9 - DA HABILITAÇÃO A habilitação consiste na verificação de que o licitante possui condições de executar integralmente o futuro contrato e adimplir todas as obrigações assumidas perante o CADE, por meio da análise da documentação que ele apresentar com o objetivo de comprovar sua habilitação jurídica, sua qualificação econômico-financeira, sua regularidade fiscal, sua qualificação técnica e o cumprimento do dever de não empregar menores fora das hipóteses autorizadas pelo artigo 7º, inciso XXXIII, da Constituição Federal de 1988; A comprovação da habilitação jurídica, da qualificação econômico-financeira e da regularidade fiscal do licitante será preferencialmente efetuada por meio de consulta on line ao respectivo cadastro no SICAF, a ser realizada na sessão pública, logo depois do encerramento da etapa de lances e da verificação de que sua proposta atende as exigências deste edital e consigna um valor compatível com os preços correntes no mercado; O fornecedor que esteja credenciado no SICAF, mas não se tenha cadastrado, é obrigado a apresentar a documentação relativa à habilitação jurídica, à qualificação econômicofinanceira e à regularidade fiscal dentro do prazo estabelecido para a apresentação do restante da documentação relativa à habilitação; Ao fornecedor cujo registro no SICAF indique a expiração do prazo de vigência da documentação relativa à regularidade fiscal e à qualificação econômico-financeira que foi apresentada à unidade cadastradora, é facultada a apresentação de documentação

11 11 atualizada ou, ainda, a apresentação de Recibo de Solicitação de Serviço (RSS) que comprove a formulação tempestiva de pedido de atualização perante a unidade cadastradora, devendo o pregoeiro, nesta última hipótese, suspender os trabalhos e promover diligência; Além de comprovar sua habilitação jurídica, sua qualificação econômico-financeira e sua regularidade fiscal, o licitante, para ser habilitado, deverá apresentar, ainda, os seguintes documentos: Declaração que preenche os requisitos de qualificação previstos pela Lei Complementar nº 123/2006, como condição de exercício da preferência assegurada por esta lei complementar, para as microempresas e as empresas de pequeno porte; Documentação comprobatória, como condição de exercício da preferência assegurada pelo artigo 3º da Lei nº 8.248/1991; Declaração de que não emprega menores de dezoito anos em trabalho noturno, perigoso ou insalubre e nem menores de dezesseis anos em qualquer trabalho, salvo na condição de aprendiz, nos termos do inciso XXXIII do art. 7º da Constituição Federal de 1988 (Lei nº 9.854/99) (Anexo VI); Declaração de elaboração independente de proposta, conforme regulamentação constante da Instrução Normativa nº 02 da SLTI/MPOG, de 16 de setembro de 2009 (Anexo VII); Atestado(s) de capacidade técnica fornecido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado (no caso de direito privado deverá constar no referido atestado o reconhecimento de firma do autor), que comprove(m) a aptidão da licitante para o desempenho de atividades pertinentes e compatíveis em características técnicas com o objeto e especificações técnicas do Termo de Referência, com a utilização de profissionais certificados: MCITP - Microsoft Certified IT Professional Database Administrator; MCITP Microsoft Certified IT Professional Server Administrator; MCITP - Microsoft Certified IT Professional Enterprise Messaging Administrator; MCITP Microsoft Certified IT Professional Enterprise Administrator; McAfee Entercept Specialist; ITIL v.3; LPI-C2 Linux Professional Institute; Atestado(s) de capacidade técnica fornecido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado (no caso de direito privado deverá constar no referido atestado o reconhecimento de firma do autor), que comprove(m) a aptidão da licitante na implantação, customização e operação de ferramenta de Service Desk OCOMON, contendo, no mínimo, o Resumo Geral de Incidentes por período, contemplando os indicadores de conclusão de atendimento em 20 minutos e de uma hora, status de atendimento, consolidação de recálculo de tempo de atendimento, customização de leiaute em conformidade com a identidade visual do órgão; Atestado(s) de capacidade técnica fornecido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado (no caso de direito privado deverá constar no referido atestado o reconhecimento de firma do autor), que comprove(m) a aptidão da licitante na

12 12 elaboração, implantação, configuração e atualização de base de conhecimento e Catálogo de Serviços Atestado(s) de capacidade técnica fornecido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado (no caso de direito privado deverá constar no referido atestado o reconhecimento de firma do autor), que comprove(m) a aptidão da licitante na Administração, configuração, implementação e documentação de Rotinas de Backup com o software HP Dataprotector, contendo: Verificação dos trabalhos agendados (JOBs); Realização de rotinas de Restauração de arquivos na rede, solicitados através de Ordem de Serviço; Manuseio de fitas de backup, retirada do equipamento, documentação e armazenamento em cofre; Monitoramento diário e geração de relatórios e comparativos; Atestado(s) de capacidade técnica fornecido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado (no caso de direito privado deverá constar no referido atestado o reconhecimento de firma do autor), que comprove(m) a aptidão da licitante na Administração de Gerência Centralizada de Antivírus (McAfee epolicy Orchestrator) com logs guardados em bancos de dados (MS-SQL) e relatórios diários (monitoramento do ambiente); Atestado(s) de capacidade técnica fornecido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado (no caso de direito privado deverá constar no referido atestado o reconhecimento de firma do autor), que comprove(m) a aptidão da licitante na Configuração, junto ao SERPRO, de VLANs na Infovia para comunicação e identificação entre sites distintos do CLIENTE e Sede; Atestado(s) de capacidade técnica fornecido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado (no caso de direito privado deverá constar no referido atestado o reconhecimento de firma do autor), que comprove(m) a aptidão da licitante na prestação de serviços de suporte técnico a usuário com resolução de oitenta por cento dos chamados em até vinte minutos cada; Atestado(s) de capacidade técnica fornecido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado (no caso de direito privado deverá constar no referido atestado o reconhecimento de firma do autor) contendo atividades em gerenciamento, sustentação de softwares, em sistemas desenvolvidos e implantados que contenham modelos de Business Inteligence para: Relatório de acompanhamento e decisões de natureza de domínio econômico, Mesa jurídica com funções específicas para atividade jurídica e econômica; Relatórios de decisões colegiadas;

13 Automação de procedimentos de processos e pareceres; Automação de biblioteca, recursos humanos e comunicação social; Service desk; Siafi gerencial (siafiger); GED gestão eletrônica de documentos; Sistema de controle de cópias e vista de processos; Programa de intercâmbio; Sistema de numeração de ofício; Pauta eletrônica; Atestado(s) de capacidade técnica fornecido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado (no caso de direito privado deverá constar no referido atestado o reconhecimento de firma do autor), comprovando operação, gerenciamento e sustentação dos produtos e serviços do item 7.8.1, em condições de interoperabilidade com os navegadores internet Mozilla, Firefox, Chrome; Declaração de que apresentará em até 03 (três) meses após a assinatura do contrato, documento de parceria com fabricantes ou funcionários que tenham comprovação da certificação PMI e Linux; Declaração de que manterá profissionais com os perfis e qualificações mínimas exigidas no item 7 do Termo de Referência, com o compromisso de atualizá-los nas novas versões que forem lançadas pelos fabricantes; Declaração de que apresentará, em até 03 (três) meses após a assinatura do contrato, lista nominal de profissionais certificados, acompanhada de transcript e ou cópia de certificados, que estarão, obrigatoriamente, vinculados à execução dos serviços de suporte técnico especializado e transferência de tecnologia, Declaração de que apresentará, no ato da assinatura do contrato, a proposta de programa de transferência de tecnologia, conforme item do Termo de Referência Anexo I; Termo formal de parceria para execução de programas de capacitação oficial de fabricantes, para realização em Brasília, atendidas as condições da fabricante Microsoft, sujeita a diligências; Certidão Negativa de Falência, Concordata ou Recuperação Judicial, expedida pelo setor de distribuição do foro onde fica a sede da pessoa jurídica; Declaração de realização de vistoria de instalações, hardware, software e processos operacionais do CADE conforme modelo do Anexo VIII ou apresentar declaração firmada por seu responsável técnico, sob as penalidades da lei, de que

14 14 tem pleno conhecimento das condições e peculiaridades inerentes à natureza do trabalho, que assume total responsabilidade por este fato e que não utilizará deste para quaisquer questionamentos futuros que ensejam avenças técnicas ou financeiras com o CADE; Todos os atestados deverão ser acompanhados do contrato de prestação de serviços que lhe deram origem; No(s) atestado(s) deve(m) estar explícito: a empresa que está fornecendo o atestado, o responsável pelo setor encarregado do objeto em questão e a especificação dos serviços executados Serão computados o somatório das quantidades; Não serão aceitos atestados de capacidade técnica relativos a fornecimento efetivamente executado por terceiros a serviço da empresa; 9.8 Para fins de qualificação econômico-financeira, a comprovação de boa situação financeira do licitante será aferida mediante obtenção de índices de Liquidez Geral (LG), Solvência Geral (SG) e Liquidez Corrente (LC), resultante da aplicação das fórmulas: Ativo Circulante + Realizável a Longo Prazo LG = ; Passivo Circulante + Passivo Não Circulante Ativo Total SG = ; Passivo Circulante + Passivo Não Circulante Ativo Circulante LC = ; Passivo Circulante Considera-se boa situação financeira o licitante que apresentar resultado superior a 1 (um) em todos estes índices ou, ainda, o licitante que mesmo apresentando resultado igual ou menor do que 1 (um) em qualquer destes índices, comprovar que possui capital social registrado ou patrimônio líquido mínimo igual ou superior a 10% do montante de sua proposta comercial ajustada ao lance; Os documentos necessários à habilitação poderão ser apresentados em original, por qualquer processo de cópia autenticada por meio de cartório competente (exceto produzido por fac-símile), ou publicação em órgão da imprensa oficial ou por cópias, desde que acompanhadas dos originais para conferência pelo Pregoeiro ou pela Equipe de Apoio O pregoeiro ou a equipe de apoio somente autenticarão as cópias simples de documentos necessários à habilitação, se conferirem os originais;

15 O Pregoeiro reserva-se o direito de solicitar o original de qualquer documento, sempre que houver dúvida e/ou julgar necessário A Empresa ou sociedade estrangeira em funcionamento no país, deverá apresentar, também, o decreto de autorização ou o ato de registro ou autorização para funcionamento expedido pelo órgão competente, quando a atividade assim o exigir; Não serão aceitos protocolos de entrega ou solicitação de documento em substituição aos documentos requeridos no presente Edital; Documentos apresentados com a validade expirada, acarretarão a inabilitação do proponente. Os documentos que não possuírem prazo de validade, somente serão aceitos com data não excedente a 06 (seis) meses de antecedência da data prevista para apresentação das propostas, excetuando-se os atestados; Serão considerados inabilitados os licitantes que deixarem de apresentar a documentação solicitada ou apresentarem-na com vícios; Sob pena de inabilitação, todos os documentos deverão estar: Em nome do licitante, com o nº do CNPJ e endereço respectivo; Se o licitante for a matriz, todos os documentos deverão estar em nome da matriz, se filial, em nome da filial, exceto aqueles que, por determinação legal, sejam expedidos por um único estabelecimento; Serão considerados inabilitados os licitantes que deixarem de atender a todas as exigências contidas em todos os itens e subitens deste Edital As microempresas e empresas de pequeno porte deverão apresentar toda a documentação exigida neste Edital incluindo a regularidade fiscal, mesmo que esta apresente alguma restrição Havendo alguma restrição na comprovação da regularidade fiscal, será assegurado o prazo de 2 (dois) dias úteis, cujo termo inicial corresponderá ao momento em que o proponente for declarado vencedor do certame, prorrogáveis por igual período, a critério da Administração, para regularização da documentação A não regularização da documentação, no prazo previsto, implicará decadência do direito à contratação, sem prejuízo das sanções previstas no art. 81 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, sendo facultado à Administração convocar os licitantes remanescentes, na ordem de classificação, para a assinatura dos contratos, ou revogar a licitação DA IMPUGNAÇÃO DO ATO CONVOCATÓRIO Até 02 (dois) dias úteis antes da data final fixada para recebimento das propostas, qualquer pessoa poderá impugnar o ato convocatório deste Pregão, na forma eletrônica Caberá ao pregoeiro decidir sobre a petição no prazo de 24 (vinte e quatro) horas;

16 Acolhida a petição contra o ato convocatório, será designada nova data para a realização do certame; Não serão conhecidas as impugnações enviadas por fax, nem as apresentadas após o vencimento do prazo DOS RECURSOS Declarado o vencedor, qualquer licitante poderá manifestar imediata e motivadamente a intenção de recorrer, quando lhe será concedido o prazo de 03 (três) dias para apresentação das razões do recurso, que poderá ser encaminhada ao Pregoeiro, ficando os demais licitantes desde logo intimados para apresentar as contra-razões, em igual número de dias, que começarão a correr a partir do término do prazo do recorrente, sendo-lhes assegurada vista imediata dos autos; Os recursos deverão ser dirigidos ao Pregoeiro do CADE, exclusivamente via sistema eletrônico (www.comprasnet.gov.br), em campo próprio (art. 26, Decreto nº 5.450/05), o qual poderá reconsiderar sua decisão no prazo de 05 (cinco) dias úteis, ou nesse mesmo prazo, encaminhá-lo devidamente instruído para apreciação e decisão do Exmº Sr. Presidente do CADE; A falta de manifestação imediata e motivada do licitante importará a decadência do direito de recurso e adjudicação do objeto pelo Pregoeiro ao vencedor; O acolhimento do recurso importará a invalidação apenas dos atos insuscetíveis de aproveitamento; Os autos do processo permanecerão com vista franqueada aos interessados na Coordenação Geral de Administração e Finanças do CADE, localizada no 1º sub-solo do edifício do CADE, no SCN, quadra 2, Projeção C, em Brasília DF, nos dias úteis no horário de 8:30 às 11:30 e de 14:30 às 17:30 horas; Não serão conhecidos os recursos enviados por fax, nem os interpostos depois de expirado o prazo de três dias; Qualquer recurso ou impugnação contra a decisão do Pregoeiro não terá efeito suspensivo DOS PEDIDOS DE ESCLARECIMENTOS Os pedidos de esclarecimentos referentes ao processo licitatório deverão ser enviados ao pregoeiro, até três dias úteis anteriores à data fixada para abertura da sessão pública, exclusivamente por meio eletrônico via internet, no endereço: 13 - DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS Aquele que se recusar, sem justificativa, a assinar a ata (dentro do prazo de validade da proposta que apresentou) ou a firmar um ou mais contratos decorrentes do registro de preços (dentro do prazo de vigência da ata de registro de preços que assinou), deixar de entregar documentação exigida no edital, apresentar documentação falsa, ensejar o retardamento da execução de seu objeto, não mantiver a proposta, falhar ou fraudar na

17 17 execução do objeto licitado, comportar-se de modo inidôneo, fizer declaração falsa ou cometer fraude fiscal, garantido o direito à ampla defesa, ficará impedido de licitar com o CADE e demais órgãos ou entidades da Administração Pública Federal da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios será descredenciado do SICAF pelo prazo de até 5 (cinco) anos e, ainda, ficará sujeito ao pagamento de multa equivalente a 5% (cinco por cento) do valor total da Ata que seria ou chegou a ser firmada entre as partes; Pela inexecução total ou parcial do contrato, poderão ser aplicadas ao futuro contratado, em especial se ele vier a incorrer em uma das situações previstas no art. 78, incisos I a XI, da Lei nº 8.666/93 as seguintes penalidades, segundo a gravidade da falta cometida e garantida a defesa prévia: a - advertência por escrito; b - multa moratória de 0,05% (cinco centésimos por cento) ao dia de atraso, até o 5º (quinto) dia após a data fixada para entrega do objeto deste Pregão; e 0,07% (sete centésimos por cento) ao dia de atraso a partir do 6º (sexto) dia, calculada sobre o valor total do contrato a ser firmado entre as partes; c - Suspensão temporária de participar de licitação e contratar com o CADE pelo prazo de até 02 (dois) anos, podendo ser promovida a reabilitação, perante o Sr. Presidente do CADE, após o decurso deste prazo; d - declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública, enquanto perdurarem os motivos que determinaram sua punição ou até que seja promovida sua reabilitação perante Exmº Sr. Ministro de Estado de Justiça, nos termos do artigo 87, 3º, da Lei 8.666/1993, podendo a reabilitação ser requerida pelo futuro contratado somente após o decurso de dois anos da aplicação da penalidade e desde que ele tenha ressarcido o CADE pelos prejuízos resultantes As multas estabelecidas neste item são independentes entre si e poderão ser aplicadas concomitantemente pela autoridade competente, não impedindo que o CADE rescinda unilateralmente o contrato. Será facultada a defesa prévia do interessado no prazo de 5 (cinco) dias úteis, contados a partir da data em que o(s) futuro(s) contratado(s) tomar ciência; As sanções previstas nas alíneas neste item poderão ser também aplicadas concomitantemente ao licitante que, em razão de contrato administrativo: a - Tenha sofrido condenação definitiva por praticar, por meios dolosos, fraude fiscal no recolhimento de quaisquer tributos; b - Tenha praticado atos ilícitos, visando frustrar os objetivos da Licitação; c - Demonstre não possuir idoneidade para contratar com a Administração, em virtude de atos ilícitos praticados Antes da ocasional aplicação de qualquer sanção administrativa, será assegurado ao(s) licitante(s) vencedor(es) ou ao(s) futuro(s) contratado o direito ao contraditório e a ampla defesa;

18 Caso haja aplicação de multa, o valor será descontado de qualquer fatura ou crédito existente no CADE em favor do(s) futuro(s) contratado(s) ou na execução da garantia prestada. Caso a mesma seja superior ao crédito eventualmente existente, a diferença será cobrada administrativa ou judicialmente, se necessário Na hipótese de aplicação das sanções administrativas previstas pelas alíneas a a c do item 13.2, o CADE registrará a ocorrência no SICAF, cabendo o mesmo ao Ministério da Justiça em caso de declaração de inidoneidade DA FORMALIZAÇÃO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇO Homologada a licitação, será formalizada a Ata de Registro de Preços, documento vinculativo obrigacional, com características de compromisso para a futura contratação, com o fornecedor primeiro classificado e, se for o caso, com os demais classificados que aceitar fornecer o material pelo preço do primeiro, obedecida à ordem de classificação e os quantitativos propostos; Antes da assinatura da Ata de Registro de Preços, será realizada consulta ao Cadastro Informativo de Créditos não Quitados CADIN, conforme disposto no artigo 6, inciso III, da Lei n , de 19 de julho de O CADE convocará formalmente os fornecedores, com antecedência mínima de 05 (cinco) dias úteis, informando o local, data e hora para a reunião e assinatura da Ata de Registro de Preços; O prazo previsto no subitem 14.2 poderá ser prorrogado uma vez, por igual período, quando, durante o seu transcurso, for solicitado pelo fornecedor convocado, desde que ocorra motivo justificado e aceito pelo CADE No caso do fornecedor primeiro classificado, após convocado, não comparecer ou se recusar a assinar a Ata de Registro de Preços, sem prejuízo das cominações a ele previstas neste Edital, o CADE registrará os preços dos demais licitantes, na ordem de classificação DOS USUÁRIOS DA ATA DE REGISTRO DE PREÇO Poderá utilizar-se da Ata de Registro de Preços qualquer órgão ou entidade da Administração que não tenha participado do certame, mediante prévia consulta ao órgão gerenciador, desde que devidamente comprovada a vantagem e, respeitadas no que couber, as condições e as regras estabelecidas na Lei n 8.666/93, no Decreto 3.931/01 e na IN- MARE n 08/98 e IN-SEAP n 04/99, relativas à utilização do Sistema de Registro de Preços; Caberá fornecer cujo preço foi registrado, observadas as condições nela estabelecidas, optar pela aceitação ou não do fornecimento, independente dos quantitativos registrados em Ata, desde que este fornecimento não prejudique as obrigações anteriormente assumidas;

19 DAS CONDIÇÕES DE FORNECIMENTO DO SERVIÇO O fornecedor convocado na forma do subitem anterior que não comparecer, não retirar o pedido no prazo estipulado ou não cumprir as obrigações estabelecidas na Ata de Registros de Preços, estará sujeito às sanções previstas neste Edital; Quando comprovada uma dessas hipóteses, o CADE poderá indicar o próximo fornecedor a ser destinado o pedido, sem prejuízo da abertura de processo administrativo para aplicação de penalidades O extrato da Ata de Registro de Preços, será publicado no D.O.U, no prazo máximo de 20 (vinte) dias, a contar da assinatura da Ata de Registro de Preços de fornecimento DOS ACRÉSCIMOS E SUPRESSÕES A supressão dos serviços registrados na Ata poderá ser total ou parcial, a critério da Administração, considerando-se o disposto no parágrafo 4 do artigo 15 da Lei n 8.666/93 e no artigo 7 do Decreto 3.931/ O preço registrado poderá ser revisto em decorrência de eventual redução daqueles praticados no mercado, ou de fato que eleve o custo dos serviços ou bens registrados, cabendo ao CADE promover as necessárias negociações junto aos fornecedores Quando o preço inicialmente registrado, por motivo superveniente, tornar-se superior ao preço praticado no mercado o CADE deverá: convocar o fornecedor visando a negociação para redução de preços e sua adequação ao praticado pelo mercado; frustrada a negociação, o fornecedor será liberado do compromisso assumido; e convocar os demais fornecedores visando igual oportunidade de negociação Quando o preço de mercado tornar-se superior aos preços registrados e o fornecedor, mediante requerimento devidamente comprovado, não puder cumprir o compromisso, o CADE poderá: liberar o fornecedor do compromisso assumido, sem aplicação da penalidade, confirmando a veracidade dos motivos e comprovantes apresentados, e se a comunicação ocorrer antes do pedido de fornecimento; e convocar os demais fornecedores visando igual oportunidade de negociação Não havendo êxito nas negociações, o órgão gerenciador deverá proceder à revogação da Ata de Registro de Preços, adotando as medidas cabíveis para obtenção da contratação mais vantajosa.

20 DAS OBRIGAÇÕES DO FUTURO CONTRATADO Realizar o objeto da contratação, de acordo com a proposta apresentada e normas legais, ficando a seu cargo todas as despesas, diretas e indiretas, decorrentes do cumprimento das obrigações assumidas, sem qualquer ônus ao CADE, observando sempre os critérios dos serviços a serem prestados Prestar os serviços que são objeto deste Edital com profissionais especializados e devidamente qualificados, em conformidade com item 7 do Termo de Referência, de acordo com a legislação vigente, necessária e indispensável à execução dos serviços; Responder pelos danos causados diretamente ao CADE ou a terceiros, decorrentes de sua culpa ou dolo, quando da execução dos serviços, não excluindo ou reduzindo essa responsabilidade a fiscalização ou o acompanhamento pela Administração do CADE Arcar com despesas decorrentes de qualquer infração, seja qual for, desde que praticada durante a execução dos serviços ainda que no recinto do CADE Responder pelo cumprimento dos postulados legais vigentes de âmbito Federal, Estadual ou Municipal, bem como, ainda, assegurar os direitos e cumprimentos de todas as obrigações estabelecidas no contrato a ser firmado entre as partes, inclusive quanto aos preços praticados Zelar pela perfeita execução dos serviços, devendo as falhas que porventura venham a ocorrer, serem sanadas no prazo máximo de 48 (quarenta e oito) horas Prestar os serviços dentro dos parâmetros e rotinas estabelecidos, em observância às normas legais e regulamentares aplicáveis e, inclusive, às recomendações aceitas pela boa técnica Implantar a supervisão permanente dos serviços, de modo adequado e de forma a obter uma operação correta e eficaz Atender prontamente quaisquer exigências do representante do CADE inerente ao objeto da contratação Prestar esclarecimentos ao CADE sobre eventuais atos ou fatos noticiados que a envolvam, independente de solicitação Comunicar ao CADE, por escrito, qualquer anormalidade de caráter urgente e prestar os esclarecimentos julgados necessários Manter, durante toda execução do Contrato, em compatibilidade com as obrigações nele assumidas, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas nesta licitação; Obter prévia e expressa anuência do CADE para caucionar ou utilizar o CONTRATO a ser firmado entre as partes para qualquer operação financeira, sob pena de rescisão contratual se não o fizer;

21 Não transferir a terceiros, por qualquer forma, os Contratos a serem firmados entre as partes, nem subcontratar qualquer parte da prestação de serviço a que está obrigada, sem prévio consentimento, por escrito, do CADE Comunicar ao CADE os eventuais casos fortuitos e de força maior, dentro do prazo de 2 (dois) dias úteis após a verificação do fato e apresentar os documentos para a respectiva aprovação, em até 5 (cinco) dias consecutivos, a partir da data de sua ocorrência, sob pena de não serem considerados Responsabilizar-se por todas as providências e obrigações estabelecidas na legislação específica de acidentes do trabalho, quando, em ocorrência da espécie, forem vítimas seus empregados no desempenho dos serviços ou em conexão com eles, ainda que acontecido nas dependências do CADE, ficando, ainda, o CADE, isento de qualquer vínculo empregatício com os mesmos Responsabilizar-se por todos os encargos de possível demanda trabalhista, cível ou penal, relacionados com os serviços prestados, originariamente ou vinculado por prevenção, conexão ou continência Manter a inadimplência, com referência aos encargos sociais, trabalhistas, previdenciários, fiscais e comerciais, resultantes da execução dos contratos, conforme exigência legal, não transfere a responsabilidade por seu pagamento ao CADE, nem poderá onerar o objeto do presente certame, razão pela qual o(s) futuro(s) contratado(s) renuncia, expressamente, a qualquer vínculo de solidariedade, ativa ou passiva, para com o CADE Iniciar a prestação dos serviços imediatamente após a assinatura do respectivo contrato, informando, em tempo hábil, qualquer motivo impeditivo ou que a impossibilite de assumir as atividades conforme o estabelecido Manter, durante todo o período de vigência do Contrato a ser firmado, um preposto aceito pelo CADE, para gerenciamento dos serviços e representação do(s) futuro(s) contratado(s) sempre que for necessário Responsabilizar-se pelos ônus resultantes de quaisquer ações, demandas, custos e despesas decorrentes de danos, ocorridos por culpa sua ou de qualquer de seus empregados e prepostos, obrigando-se, outrossim, por quaisquer responsabilidades decorrentes de ações judiciais movidas por terceiros que lhe venham a ser exigidas por força da Lei, ligadas ao cumprimento do presente Edital Acatar as orientações do CADE, sujeitando-se a mais ampla e irrestrita fiscalização, prestando os esclarecimentos solicitados e atendendo às reclamações formuladas Arcar com as reclamações levadas ao seu conhecimento por parte da fiscalização do CONTRATO a ser firmado entre as partes, cuidando imediatamente das providências necessárias para correção, evitando repetição dos fatos Executar os serviços dentro do prazo estipulado neste Edital, considerando-se que atividades normais do CADE não poderão sofrer paralisações de qualquer espécie Notificar o CADE, por escrito, de ocorrência de eventuais ocorrências no curso da execução dos serviços objeto deste Edital, fixando prazo para a sua correção.

22 Manter os seus profissionais, quando em serviço, devidamente uniformizados e identificados; 19 - DAS OBRIGAÇÕES DO CADE Proporcionar todas as facilidades para que o futuro contratado possa realizar a prestação dos serviços objeto deste Edital Comunicar ao futuro contratado toda e qualquer ocorrência relacionada com a prestação do serviço objeto deste Edital Acompanhar e fiscalizar a prestação dos serviços, objeto deste Edital, por meio da indicação de um responsável do CADE por intermédio da Coordenação Geral de Administração e Finanças Assegurar-se de que os preços para a prestação dos serviços, objeto deste Edital, estão compatíveis com aqueles praticados no mercado, de forma a garantir que sejam os mais vantajosos para o CADE Prestar as informações e os esclarecimentos atinentes ao objeto deste Edital que venham a ser solicitados pelo futuro contratado Solicitar os serviços em Requisição própria EXCLUSIVAMENTE por intermédio da Coordenação Geral do CADE Efetuar o pagamento nas condições e preços adjudicados ao futuro contratado DOS PRAZOS, DO LOCAL E PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS 20.1 Os serviços a serem contratados deverão ser executados conforme as ordens de serviços emitidas e especificações contidas neste Edital, sem que haja ônus adicional para o CADE Os seguintes serviços a serem contratados estão detalhados no Anexo I Termo de Referência: Administração de banco de dados Administração de dados Administração de serviços corporativos Gerenciamento de configuração, mudanças e capacidade Administração de serviços de segurança da informação Central de Serviços técnicos Serviço de suporte técnico Suporte à Implementação Serviço de gestão da equipe e execução

23 Os serviços serão executados na sede do Conselho Administrativo de Defesa Econômica situado no SCN Quadra 2 projeção C CEP Brasília DF, no horário de 08:00 às 18:00h de segunda a sexta-feira Eventualmente, poderá ser solicitado atendimento presencial em outros locais, visando apoiar atividades da CONTRATANTE, como em exposições, eventos, seminários e outros Todos os deslocamentos das equipes que se fizerem necessários para o desenvolvimento das atividades contratadas serão de responsabilidade da CONTRATADA, através de meios que lhe convir A contratada deverá obedecer Acordo de Nível de Serviços ANS, indicadores de qualidade conforme item 15 do Anexo I Termo de Referência do Edital DO CONTROLE E DAS ALTERAÇÕES DE PREÇOS Durante a vigência da Ata de Registro de Preços, os preços registrados serão fixos e irreajustáveis, exceto nas hipóteses, devidamente comprovadas, de ocorrência de situação prevista na alínea d do inciso II do art. 65 da Lei n 8.666/93 ou da redução dos preços praticados no mercado; Mesmo comprovada a ocorrência de situação prevista na alínea d do inciso II do artigo 65 da Lei n 8.666/93, o CADE, se julgar conveniente, poderá optar por cancelar a Ata e iniciar outro processo licitatório Comprovada a redução dos preços praticados no mercado nas mesmas condições do registro, e, definido o novo preço máximo a ser pago pelo CADE, o Proponente registrado será convocado pelo CADE para alteração, por aditamento, do preço constante do proponente da Ata DO CANCELAMENTO DO REGISTRO DE PREÇOS DO PROPONENTE O Proponente terá o seu registro de preços cancelado na Ata, por intermédio de processo administrativo específico, assegurado o contraditório e ampla defesa; A pedido quando: comprovar estar impossibilitado de cumprir as exigências da Ata, por ocorrência de casos fortuitos ou de força maior; o seu preço registrado se tornar, comprovadamente, inexeqüível em função da elevação dos preços de mercado dos insumos que compõem o custo do material por iniciativa o CADE quando: não aceitar reduzir o preço registrado, na hipótese deste se tornar superior àqueles praticados no mercado; perder qualquer condição de habilitação ou qualificação técnica exigida no processo licitatório;

24 por razões de interesse público devidamente motivadas e justificadas; não cumprir as obrigações decorrentes da Ata de Registro de Preços; não comparecer ou se recusar a retirar, no prazo estabelecido, os instrumentos contratuais ou equivalentes que forem decorrentes da Ata de Registro de Preço; caracterizada qualquer hipótese de inexecução total ou parcial das condições estabelecidas na Ata de Registro de Preço ou nos pedidos dela decorrentes Em qualquer das hipóteses acima, concluído o processo, o CADE fará o devido apostilamento na Ata de Registro de Preços e informará aos Proponentes a nova ordem de registro DO CANCELAMENTO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS A Ata de Registro de Preços poderá ser cancelada pelo CADE: automaticamente: 24 - DO PAGAMENTO por decurso de prazo de vigência; quando não restarem fornecedores registrados O pagamento será efetuado pelo CADE, até o 5º (quinto) dia útil após atesto do fiscal, mediante apresentação da fatura, devendo esta ser aceita e atestada pelo servidor público designado como gestor do contrato a ser firmado entre as partes e após a comprovação do recolhimento das contribuições sociais (FGTS e Previdência Social); O pagamento será creditado em favor do(s) futuro(s) contratado(s), por meio de ordem bancária contra qualquer entidade bancária indicada na proposta, devendo para isto, ficar explicitado o nome do Banco, agência, localidade e número da conta corrente em que deverá ser efetivado o crédito; O CNPJ do documento fiscal deverá ser o mesmo da proposta de preço, sob pena de cancelamento da Nota de Empenho emitida A Coordenação Geral de Administração e Finanças do CADE reserva-se o direito de suspender o pagamento se o objeto do presente Edital for entregue em desacordo com as especificações constantes deste Edital; Será procedida consulta "ON LINE" junto ao SICAF antes de cada pagamento a ser efetuado ao(s) futuro(s) contratado(s), para verificação da situação do mesmo, relativamente às condições de habilitação exigidas no presente certame, cujos resultados serão impressos e juntados aos autos do processo próprio;

25 Poderá ser dispensada a apresentação das guias de recolhimento do FGTS e Previdência Social, se confirmada sua validade em consulta on line ao Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores SICAF; Caso haja aplicação de multa, o valor será descontado de qualquer fatura ou crédito existente no CADE em favor do(s) FUTURO(S) CONTRATADO(S). Caso a mesma seja superior ao crédito eventualmente existente, a diferença será cobrada Administrativa ou judicialmente, se necessário; Quando da ocorrência de eventuais atrasos de pagamento provocados exclusivamente pelo CADE, o valor devido deverá ser acrescido de atualização financeira, e sua apuração se fará desde a data de seu vencimento até a data do efetivo pagamento, em que os juros de mora serão calculados à taxa de 0,5% (meio por cento) ao mês, ou 6% (seis por cento) ao ano, mediante aplicação das seguintes formulas: EM = I x N x VP, onde: I = (TX/100) 365 I = Índice de atualização financeira; TX = Percentual da taxa de juros de mora anual; EM = Encargos moratórios; N = Número de dias entre a data prevista para o pagamento e a do efetivo pagamento; VP = Valor da parcela em atraso Na hipótese de pagamento de juros de mora e demais encargos por atraso, os autos devem ser instruídos com as justificativas e motivos, e ser submetidos à apreciação da autoridade superior competente, que adotará as providências para verificar se é ou não caso de apuração de responsabilidade, identificação dos envolvidos e imputação de ônus a quem deu causa Antes de efetuar o pagamento, o CADE reterá, na fonte, o Imposto sobre a Renda, a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido, a Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (COFINS) e a Contribuição para o PIS/PASEP, nos termos do artigo 64 da Lei nº 9.430/ DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA As despesas decorrentes da contratação, objeto desta Licitação, correrão à conta dos recursos consignados no Orçamento Geral da União a cargo do CADE, para o exercício de 2011/2012, PTRES: , elemento de despesas: , constante da respectiva Nota de Empenho a ser emitida. 26 DOS CONTRATOS Os Contratos a serem celebrados obedecerão à Minuta constante do Anexo X, no qual serão considerados todos os elementos constantes da proposta que tenham servido de base

26 26 para o julgamento deste Certame, bem como as condições estabelecidas neste Edital e seus Anexos; 26.2 O Contrato a ser celebrado terá vigência por 12 (doze) meses, a contar de sua assinatura, podendo ter a sua duração prorrogada por iguais e sucessivos períodos, mediante termos aditivos, até o limite de 60 (sessenta) meses, após a verificação da real necessidade e com vantagens à Administração na continuidade do contrato para cada período prorrogado, nos termos do inciso II do art. 57 da Lei nº 8.666/93 e alterações posteriores DA GARANTIA 27.1 O futuro contratado terá que apresentar garantia, correspondente a 3% (três por cento) do valor total do Contrato, no prazo de 15 (quinze) dias, a contar da data da assinatura do Contrato, cabendo-lhe optar por qualquer uma das modalidades elencadas nos incisos I a III do 1º do art. 56 da Lei no / A garantia somente será liberada após o término da vigência do contrato a ser firmado entre as partes, devendo ser renovada na eventual prorrogação contratual e reforçada no caso de alteração do valor contratado, de forma a manter o percentual mencionado no item anterior DA REPACTUAÇÃO DE PREÇOS Será admitida a repactuação dos preços do serviço contratado com prazo de vigência igual ou superior a doze meses, desde que seja observado o interregno mínimo de um ano O interregno mínimo de 1 (um) ano para a primeira repactuação será contado a partir: da data limite para apresentação da proposta constante do instrumento convocatório; ou da data do orçamento a que a proposta se referir, admitindo-se, como termo inicial, a data do acordo, convenção ou dissídio coletivo de trabalho ou equivalente, vigente à época da apresentação da proposta, quando a maior parcela do custo da contratação for decorrente de mão-de-obra e estiver vinculado às datas-base destes instrumentos Nas repactuações subseqüentes à primeira, a anualidade será contada a partir da data da última repactuação ocorrida As repactuações serão precedidas de solicitação do licitante vencedor, acompanhada de demonstração analítica da alteração dos custos, por meio de apresentação da planilha de custos e formação de preços e do novo acordo ou convenção coletiva que fundamenta a repactuação É vedada a inclusão, por ocasião da repactuação, de benefícios não previstos na proposta inicial, exceto quando se tornarem obrigatórios por força de instrumento legal, sentença normativa, acordo coletivo ou convenção coletiva.

27 Quando da solicitação da repactuação, esta somente será concedida mediante negociação entre as partes, considerando-se: os preços praticados no mercado e em outros contratos da Administração; as particularidades do contrato em vigência; o novo acordo ou convenção coletiva das categorias profissionais; a nova planilha com a variação dos custos apresentada; indicadores setoriais, tabelas de fabricantes, valores oficiais de referência, tarifas públicas ou outros equivalentes; e a disponibilidade orçamentária do CADE A decisão sobre o pedido de repactuação deve ser feita no prazo máximo de sessenta dias, contados a partir da solicitação e da entrega dos comprovantes de variação dos custos No caso de repactuação, será lavrado termo aditivo ao contrato vigente O prazo referido no subitem anterior ficará suspenso enquanto o licitante vencedor não cumprir os atos ou apresentar a documentação solicitada pelo CADE para a comprovação da variação dos custos O CADE poderá realizar diligências para conferir a variação de custos alegada pelo licitante vencedor O novo valor contratual decorrente da repactuação terá sua vigência iniciada observandose o seguinte: a partir da assinatura do termo aditivo; em data futura, desde que acordada entre as partes, sem prejuízo da contagem de periodicidade para concessão das próximas repactuações futuras; ou em data anterior à repactuação, exclusivamente quando a repactuação envolver revisão do custo de mão-de-obra e estiver vinculada a instrumento legal, acordo, convenção ou sentença normativa que contemple data de vigência retroativa, podendo esta ser considerada para efeito de compensação do pagamento devido, assim como para a contagem da anualidade em repactuações futuras No caso previsto no subitem , o pagamento retroativo deverá ser concedido exclusivamente para os itens que motivaram a retroatividade, e apenas em relação à diferença porventura existente O CADE deverá assegurar-se de que os preços contratados são compatíveis com aqueles praticados no mercado, de forma a garantir a continuidade da contratação mais vantajosa.

28 O CADE poderá prever o pagamento retroativo do período que a proposta de repactuação permaneceu sob sua análise, por meio de Termo de Reconhecimento de Dívida Na hipótese do subitem anterior, o período que a proposta permaneceu sob a análise do CADE será contado como tempo decorrido para fins de contagem da anualidade da próxima repactuação DAS DISPOSIÇÕES GERAIS O presente Edital e seus anexos, bem como a proposta do licitante vencedor, farão parte integrante dos Contratos a serem firmados entre as partes, independentemente de sua transcrição Fica assegurado ao CADE o direito de no interesse da Administração, anular ou revogar, a qualquer tempo, no todo ou em parte, a presente licitação, dando ciência aos participantes, na forma da legislação vigente É facultado ao Pregoeiro ou à autoridade superior, em qualquer fase da licitação, à promoção de diligência destinada a esclarecer ou complementar a instrução do processo, vedada a inclusão posterior de documento ou informação que deveria constar originariamente da proposta O Pregoeiro e sua Equipe de Apoio, no interesse público, poderão relevar omissões puramente formais, desde que não reste infringido o princípio da vinculação ao instrumento convocatório Após a homologação da licitação, o licitante vencedor será convocado, por escrito, para, no prazo de 05 (cinco) dias úteis, retirar e devolver a Ata de Registro de Preços na forma da minuta apresentada no Anexo IX, adaptado à proposta vencedora Será lavrada ata do trabalho desenvolvido em ato público, a qual será assinada pelo Pregoeiro e equipe de apoio O proponente que vier a ser contratado ficará obrigado a aceitar, nas mesmas condições contratuais, os acréscimos ou supressões que se fizerem necessários, até 25% (vinte e cinco por cento) do valor inicial atualizado do Contrato, conforme 1º do artigo 65 da Lei 8.666/93. Excepcionalmente por acordo celebrado entre as partes as supressões poderão exceder o limite previsto É facultado ao licitante formular protestos, consignando em atas dos trabalhos, para prevenir responsabilidade, prover a conservação ou ressalva de seus direitos ou para simplesmente manifestar qualquer intenção de modo formal A adjudicação não acarretará ao CADE a obrigação de celebrar contrato com o adjudicatário. Até a entrega da Nota de Empenho ou assinatura do Contrato, poderá o licitante vencedor ser excluído da licitação, sem direito a indenização ou ressarcimento e sem prejuízo de outras sanções cabíveis, se o CADE tiver conhecimento de qualquer fato

29 29 ou circunstância superveniente, anterior ou posterior ao julgamento desta licitação, que desabone sua idoneidade ou capacidade financeira, técnica ou administrativa Não serão conhecidos os pedidos de esclarecimentos ou impugnações, vencidos os respectivos prazos legais Os proponentes assumem todos os custos de preparação e apresentação de suas propostas e o CADE não será, em nenhum caso, responsável por esses custos, independentemente da condução ou do resultado do processo licitatório Os proponentes são responsáveis pela fidelidade e legitimidade das informações e dos documentos apresentados em qualquer fase da licitação Não havendo expediente ou ocorrendo qualquer fato superveniente que impeça a realização do certame na data marcada, a sessão será automaticamente transferida para o primeiro dia útil subseqüente, no mesmo horário e local anteriormente estabelecido, desde que não haja comunicação do Pregoeiro em contrário Na contagem dos prazos estabelecidos neste Edital e seu Anexo, excluir-se-á o dia do início e incluir-se-á o do vencimento. Só se iniciam e vencem os prazos em dias de expediente no CADE O desatendimento de exigências formais não essenciais, não importará no afastamento do licitante, desde que seja possível a aferição da sua qualificação e a exata compreensão da sua proposta, durante a realização da sessão pública de pregão As normas que disciplinam este pregão serão sempre interpretadas em favor da ampliação da disputa entre os interessados, sem comprometimento da segurança dos futuros contratos Todas as respostas aos questionamentos feitos a este Edital estarão disponíveis no site no ícone licitações A homologação do resultado desta licitação não implicará em direito à contratação Incumbirá ao CADE providenciar a publicação dos extratos dos Contratos a serem firmados com o futuro contratado do certame, no Diário Oficial da União, conforme dispõe a legislação vigente É facultado ao CADE, quando o convocado não assinar, aceitar ou retirar o instrumento contratual, no prazo e condições estabelecidos, convocar os licitantes remanescentes, na ordem de classificação, para fazê-lo em igual prazo e nas mesmas condições propostas pelo primeiro classificado, inclusive quanto aos preços ou revogar a licitação Aos casos omissos aplicar-se-ão as demais disposições constantes do Decreto nº 3.555/2000, publicado no D.O.U. de 09 de agosto de 2000 e da Lei 8.666/93 e suas alterações posteriores.

30 O foro para dirimir questões relativas ao presente Pregão, será o Foro da Justiça Federal da Seção Judiciária do Distrito Federal, com exclusão de qualquer outro. Brasília - DF, 16 de março de VLADIMIR ADLER GORAYEB Pregoeiro do CADE

31 31 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1 - OBJETO Registro do preço da prestação de serviços de informática em modelos e procedimentos operacionais integrados, seguros e contínuos, voltados para o aumento de disponibilidade, com tratamento e guarda de informações, em parque físico e lógico constituído por fabricantes diversos, com repasse de conhecimento para atender as necessidades deste. 2. MOTIVAÇÃO 2.1. A busca pelo alinhamento estratégico entre a área de TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TIC e a área de negócios da Instituição, principalmente com o objetivo de atender à demanda por alta qualidade em seus serviços, economia, confiabilidade, flexibilidade, agilidade e racionalização de fluxos de trabalho, é preocupação constante da alta direção das organizações. Esta realidade não é diferente no CADE, e deve permitir que o Órgão continue a cumprir sua missão institucional Há hoje um elevado grau de automação dos processos operacionais e administrativos, que leva as organizações a confiar e a depender cada vez mais de sua infraestrutura tecnológica para viabilizar aplicações de missão crítica e implementar rapidamente novas soluções que aumentem a agilidade, a capacidade de adaptação, a otimização de custos e a melhoria de serviços prestados, de forma continuada, aos seus clientes e usuários Pesquisas apontam um aumento dos investimentos em TIC por parte das organizações públicas e privadas. Nesse período a maioria das organizações aumentou substancialmente seus investimentos em tecnologia, notadamente na área de serviços. As pesquisas do instituto META Group (META Group Delta EDCS 1083: Administração de Ativos: Quebra da Calmaria) indicam que: Desde de 2007, as demandas futuras das organizações por investimentos em tecnologia vêm crescendo a uma taxa média de 8% ao ano; Em algumas organizações, 75% do orçamento gasto com tecnologia está sendo direcionado ao suporte de serviços dos Centros de Dados O CADE deve seguir essa tendência, com investimentos na atualização de sua infraestrutura de TIC, na contratação de serviços de qualidade executados por profissionais qualificados, capacitados e certificados A complexidade e os riscos inerentes aos ambientes tecnológicos, tem gerado aumento nos custos, enquanto a satisfação dos usuários de tecnologia com o suporte e o tempo de resposta para a resolução dos problemas vem decrescendo. Tal constatação é presente tanto em organizações públicas quanto nas privadas Faz-se necessário, portanto, que as organizações mudem seu enfoque de atendimento aos usuários, de reativo para pró-ativo, alcançado por um gerenciamento integrado dos processos envolvidos na entrega e no suporte a serviços de tecnologia da informação Essa mudança se dá por meio do aumento na aderência pelas áreas de TIC às melhores práticas de mercado, incrementando os processos de gestão dos serviços, aprimorando o

32 32 controle sobre a infraestrutura tecnológica e implantando um Modelo de Governança Tecnológica que alcance o autogerenciamento e valorize as soluções sob a perspectiva de todas as áreas interessadas Nas organizações públicas no âmbito federal, a implantação de modelos de governança e políticas de segurança da informação, vem sendo requeridas em auditorias realizadas pelos órgãos de controle federais sobre as áreas de TIC das mesmas. A Secretaria de Logística do Ministério do Planejamento vem normatizando a contratação de serviços de TIC por parte dos órgãos da administração pública, com vistas a adotar modelos de governança mais efetivos nessas instituições A definição de um novo patamar qualitativo para a gestão dos serviços de TIC constitui o grande desafio contemporâneo dessas áreas nas organizações públicas brasileiras. 3. FUNDAMENTAÇÃO 3.1. O CADE não possui um quadro de pessoal próprio para a área de informática, com profissionais em quantidade e competências técnicas necessárias à operação dos componentes da sua infraestrutura de TIC Além da necessidade de contratação dos serviços sustentação, tratamento e guarda, com suporte especializado, também a implantação de um novo modelo de gestão de TIC, que utilize as melhores práticas do mercado para a gestão por serviços, é fundamental para o que o CADE possa atender às necessidades da organização Para a melhoria do processo de análise de riscos e tomada de decisão faz-se necessário um processo estruturado para gerenciar e controlar as iniciativas de TIC, para garantir o retorno de investimentos e adição de melhorias nos processos. Esse movimento é conhecido como Governança em TI, ou "IT Governance" O termo "IT governance" é definido como uma estrutura de relações e processos que dirige e controla uma organização a fim de atingir seu objetivo de adicionar valor ao negócio através do gerenciamento balanceado do risco com o retorno do investimento de TIC. Nesse ponto o CobiT (Control Objectives for Information and related Technology) é uma ferramenta eficiente para auxiliar o gerenciamento e controle das iniciativas de TIC O CobiT é um guia para a gestão de TI recomendado pelo ISACA (Information Systems Audit and Control Association, E incluem recursos tais como um sumário executivo, um framework, controle de objetivos, mapas de auditoria, um conjunto de ferramentas de implementação e um guia com técnicas de gerenciamento. As práticas de gestão do CobiT são recomendadas pelos peritos em gestão de TIC que ajudam a otimizar os investimentos de TIC e fornecem métricas para avaliação dos resultados Para isso o CobiT levanta, analisa e avalia o nível de maturidade de TIC de uma organização e implementa processos que elevam esse nível de maturidade. É exatamente essa abordagem, de crescimento do nível de maturidade, que se espera na nova contratação Para a adequada implantação e funcionamento do modelo ITIL, é necessária a existência de único ponto de contato, apoiada em ferramentas de software, que seja responsável pelo registro, abertura, acompanhamento e fechamento de chamados técnicos e pela geração de informações que permitam a gestão dos acordos de nível de serviço contratados pelo CADE, junto aos seus fornecedores de produtos e serviços de TIC O modelo que atualmente é reconhecido como um padrão de fato no gerenciamento de serviços de TIC é o ITIL (Information Technology Infrastructure Library), que busca

33 33 promover a gestão com foco no cliente e na qualidade dos serviços prestados pela TIC A implantação de um novo modelo de TIC nas Organizações Públicas, baseado na gestão por serviços, vem sendo requerido pelos órgãos federais de controle e pelo próprio Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, que tem por objetivo instituir modelos que possam trazer benefícios a esses Órgãos e aos cidadãos em geral Assim, considerando a importância da sustentação da infraestrutura de TIC para suporte aos sistemas de informação e serviços do CADE, aliado a inexistência de profissionais especializados nos quadros do CADE, em quantitativo e qualificação necessários ao atendimento a essa demanda, torna-se essencial para o adequado funcionamento dessa infraestrutura, a contratação dos serviços especificados nesse Termo de Referência Fundamentação legal O presente Termo de Referência foi elaborado em conformidade com os seguintes regramentos: a. Decreto Lei nº 200, de 25 de fevereiro de 1967; b. Lei nº 8.666, de 21 de julho de 1993; c. Lei nº , de 30 de dezembro de 2004; d. Decreto nº 1.070, de 02 de março de 1994; e. Decreto nº 2.271, de 07 de julho de 1997; f. Decreto nº 3.555, de 08 de agosto de 2000; g. Decreto n de 19 de setembro de 2001; h. Decreto nº 5.450, de 31 de maio de 2005; i. Instrução Normativa nº 02, de 30 de abril de 2008, SLTI/MPOG; j. Instrução Normativa nº 04/2008 SLTI/MPOG; k. Instrução Normativa nº 03, de 15 de outubro de 2009, SLTI/MPOG; l. Instrução Normativa nº 04/2010 SLTI/MPOG; Atender às regulamentações e conformidades: acórdãos do TCU, Instrução Normativa (IN) 2/2008 e IN 4/2008, GSI - Instrução Normativa nº 1/2008 6/18/2008, Portarias e legislação pública a respeito de TIC no âmbito do Governo Federal, que exigem cada vez mais que os órgãos públicos tenham serviços bem definidos, devidamente documentados e com uso adequado dos ativos necessários; Os serviços aqui tratados possuem natureza de serviço comum e caráter continuado para fins do disposto no Art. 4º do Decreto nº 5.450/2005 e serão contratados mediante OFERTA DE MENOR PREÇO GLOBAL na modalidade Pregão. A modalidade adotada observa, ainda, o disposto no Acórdão no 2.471/2008 do Conselho de Contas da União. 4. OBJETIVO DA CONTRATAÇÃO 4.1. A presente contratação tem por objetivo suprir as necessidades atuais e futuras de sustentação e aumento de maturidade tecnológica, com evolução da infraestrutura de TIC do CADE Objetiva também a adequação às exigências da Instrução Normativa SLTI 04/2008 e demais instrumentos regulatórios da contratação de TIC.

34 34 5. SERVIÇOS ALINHADOS AO PLANEJAMENTO DE TIC 5.1. O novo modelo de gestão e execução de serviços de TIC a serem contratados no âmbito do CADE, buscará manter este Conselho com foco nas estratégias, metas e objetivos e a empresa contratada fornecendo serviços de apoio de qualidade, a fim de permitir a melhoria dos processos, produtos e serviços prestados, em atendimento às necessidades do CADE O Gerenciamento dos serviços de TIC é um método dinâmico para relacionar os componentes e esses serviços aos objetivos e metas das instituições. Este método trará como benefício permitir identificar e documentar os serviços críticos de TIC sobre os quais as atividades do CADE dependem, serviços que, no geral, são realizados por aplicações, bancos de dados, servidores e diversos elementos de rede. Identificar e documentar tais serviços, permitirá dentre diversas atividades a definição de uma política clara e objetiva para segurança da informação e gestão dos ativos de TIC Além disso, serão obtidos os outros resultados, como por exemplo a melhoria no desempenho dos serviços e a redução do custo e complexidade da infraestrutura de TIC, bem como o pleno atendimento às regulamentações do setor. 6. JUSTIFICATIVA DA NECESSIDADE DA CONTRATAÇÃO 6.1. Parte dos serviços objeto do presente Termo de Referência, atualmente estão sendo supridos por meio de Contrato que prevê remuneração por postos de trabalho alocados, por isso não aderente às Instruções Normativas da SLTI/MPOG e Acórdãos do TCU Com isso, o CADE, por inexigibilidade do contrato atual, não dispõe de ferramentas para coleta e gerenciamento de eventos próprios e específicos de TIC, perdendo informações históricas sobre os atendimentos, atividades, incidentes ocorridos (na operação, suporte e manutenção da Infraestrutura de TIC), nem os resultados dos serviços prestados, razões primárias que resultaram na incapacidade de formação e melhoria do nível de maturidade que se requer para instituição. É um modelo contratual que possui foco reativo único e exclusivo, com gestão tecnológica da CONTRATADA, não permitindo a implementação de um modelo de otimização e ganhos de produtividade pró-ativa dos serviços de TIC, tal como preconizado pelas instruções normativas da SLTI/MPOG O necessita de serviços de informática que atendam aos processos do CADE e ao público em geral que utiliza esses processos. Esses serviços abrangem todas as áreas de atuação do CADE. Isso exige uma gestão de sistemas e equipamentos computacionais que garanta a disponibilidade permanente dos serviços. Conseqüentemente, faz-se necessária uma atividade constante de reparo, manutenção e melhoria de toda a infraestrutura computacional Cabe também ao CADE, preparar o ambiente de TIC para suportar a necessidade de responder com eficiência, eficácia, qualidade e crescente maturidade, tal como preconizado pelo Gardner Group especialista em análise de evolução de TIC em modelos corporativos, à estrutura atual do CADE, assim como a ampliação do parque tecnológico estrategicamente projetado O CADE tem previsão de ampliação de seu parque tecnológico em futuro bem próximo, de no mínimo, em mais uma vez o quantitativo atualmente instalado, com a incorporação de funções ora exercidas por órgãos diversos da estrutura de Governo, adequando-se às novas atribuições de sua missão institucional; 6.6. A contratação, por esta razão, deve ser procedida sob o sistema de registro de preços, já

35 35 que o modelo, por sua flexibilidade, permite ao CADE aumentar o volume contratado, sem necessidade de novo processo licitatório e com isso atender, com rapidez e eficácia, as necessidades crescentes de execução de serviços, na medida em que ocorrerem e forem gradativamente sendo absorvidas; 6.7. O CADE não dispõe no seu plano de cargos, dos perfis profissionais de que necessita para suprir à demanda dessas atividades e dos serviços computacionais acima mencionados. Por esse motivo, considerando que tais atividades são imprescindíveis para a consecução dos objetivos e essenciais ao cumprimento da missão institucional do Conselho Administrativo de Defesa Econômica - CADE, com amparo legal no Decreto no 2.271, de 07 de julho de 1997 e Instrução Normativa nº 02, de 30 de abril de 2008 da SLTI/MPOG. Nesse aspecto, justifica-se também a opção de contratação dos serviços em um lote único pelos seguintes motivos: Permite a rápida estruturação e implantação do modelo exigido pela SLTI/MPOG e o TCU, baseado em melhores práticas ITIL e COBIT, execução dos serviços via Ordem de Serviço, controle e avaliação de resultados baseados na qualidade através de Acordos de Nível de Serviços (ANS); O modelo proposto de contratação representa a gestão integrada sem segregação de responsabilidades entre vários fornecedores, inibindo conflitos, sobreposição de atividades, diluição do comprometimento com o todo do processo. Este modelo se faz necessário e imperativo, na medida em que os serviços a serem executados mantêm uma inter e intrarrelação, além de pré-dependência entre si, onde a execução de uma tarefa posterior depende diretamente da execução plena e satisfatória de sua antecessora, razão pelo qual deve ser mantida a mesma equipe, sob um único controle e supervisão de preposto; Minimiza os itens de controle e estrutura administrativa no gerenciamento deste contrato, o que é fundamental pela restrita estrutura do órgão e, aumenta ganhos de qualidade e de gestão pelo CADE; Evita os ônus administrativos e burocráticos conseqüentes à contratação concomitante de mais de um prestador de serviço. Gerando economia de escala, tempo, ganhos de eficiência e maior compromisso da Contratada do início ao fim das atividades; O modelo promove a economicidade para o CADE, na medida em que o órgão não absorverá o repasse dos custos conseqüentes à contratação de vários profissionais responsáveis por atividades técnicas e administrativas, tais como prepostos, gestores ou supervisores técnicos, multiplicando-se por tantos quantos fossem os contratos firmados, tal como exigidos no artigo 68 da lei nº 8.666, de 1993, no artigo 10, inciso I e itens 3.3 anexo IV e 5.14 do anexo V da Instrução Normativa nº 02, posteriormente alterada pelas IN s nº 03, 04 e 05. Para exemplificar vemos abaixo a diferença estimativa de valores entre as duas possibilidades, a de contratação por lotes distintos e a da contratação por lote único:

36 36 Planilha A - Estimativa para lotes distintos com preposto por contratada lote Descrição Cargos Certificação Exigida 1 Suporte a banco de dados 2 Suporte a dados Suporte a administração de serviços de rede Suporte a configuração, mudanças e capacidade Suporte a serviços de segurança da informação Central de serviços técnicos Serviço de suporte técnico Suporte à Implementação Administrador de banco de dados sênior Gestor técnico e operacional sênior Administrador de dados sênior Gestor técnico e operacional sênior Administrador de rede pleno Gestor técnico e operacional sênior Analista de suporte de redes sênior Gestor técnico e operacional sênior Analista de segurança da informação pleno Gestor técnico e operacional sênior Analista de suporte técnico júnior Gestor técnico e operacional sênior Analista de suporte técnico pleno Gestor Técnico e Operacional sênior Analista de suporte técnico sênior Gestor Técnico e Operacional sênior MCITP Microsoft Certified IT Professional Database Administrator MCITP - Microsoft Certified IT Professional - Server Administrator ITILv.3 COBIT MCITP Microsoft Certified IT Professional Database Administrator ou Developer MCITP - Microsoft Certified IT Professional - Server Administrator ITILv.3 COBIT MCITP Microsoft Certified IT Professional Enterprise Administrator MCITP - Microsoft Certified IT Professional - Server Administrator ITILv.3 COBIT MCITP - Microsoft Certified IT Professional - Server Administrator ITILv.3 COBIT MCITP - Microsoft Certified IT Professional - Server Administrator ITILv.3 COBIT MCITP Microsoft Certified IT Professional Enterprise Administrator; MCITP - Microsoft Certified IT Professional - Server Administrator ITILv.3 COBIT MCITP - Microsoft Certified IT Professional Enterprise Desktop Support Technician 7 MCITP - Microsoft Certified IT Professional - Server Administrator ITILv.3 COBIT MCITP - Microsoft Certified IT Professional Enterprise Desktop Administrator 7 MCITP - Microsoft Certified IT Professional - Server Administrator ITILv.3 COBIT Todas as categorias de certificação MCITP já citadas e ITIL v.3 MCITP - Microsoft Certified IT Professional - Server Administrator ITILv.3 COBIT Quantidade de USTs* Valor da UST** Valor* por lote , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,64 Total estimado de TODOS OS LOTES de serviços a serem contratados , UST é Unidade de Serviço Técnico e corresponde a uma hora do perfil exigido. 2 - *estimativa mensal. 3 - ** valor da UST varia de acordo com o serviço e cargo, nele estão incluídos todos os encargos sociais e trabalhistas, insumos de mão de obra, impostos, taxas e lucro. 4 - Em conformidade com índices estabelecidos pelo Acórdão nº 6771/ Primeira Câmara foi considerado fator K de 2,55 sobre salários mínimos do Anexo II dividido por 168 dias.

37 37 Planilha B - Estimativa para lote único com preposto Item Descrição Cargos Certificação Exigida 1 Suporte a banco de dados 2 Suporte a dados Suporte a administração de serviços de rede Suporte a configuração, mudanças e capacidade Suporte a serviços de segurança da informação Central de Serviços técnicos Serviço de suporte técnico Administrador de banco de dados sênior Administrador de dados sênior Administrador de rede pleno Analista de suporte de redes sênior Analista de segurança da informação pleno Analista de suporte técnico júnior Analista de suporte técnico pleno MCITP Microsoft Certified IT Professional Database Administrator MCITP Microsoft Certified IT Professional Database Administrator ou Developer MCITP Microsoft Certified IT Professional Enterprise Administrator MCITP - Microsoft Certified IT Professional - Server Administrator ITILv.3 COBIT MCITP Microsoft Certified IT Professional Enterprise Administrator; MCITP - Microsoft Certified IT Professional Enterprise Desktop Support Technician 7 MCITP - Microsoft Certified IT Professional Enterprise Desktop Administrator 7 Quantidade de USTs* Valor da UST** Valor* por item , , , , , , , , , , , , , ,20 8 Suporte à Implementação Analista de suporte técnico sênior Todas as categorias de certificação MCITP já citadas e ITIL v , ,60 9 Serviço de gestão da equipe e execução Gestor Técnico e Operacional sênior MCITP - Microsoft Certified IT Professional - Server Administrator ITILv.3 COBIT , ,36 Total estimado do LOTE ÚNICO de todos os serviços a serem contratados , UST é Unidade de Serviço Técnico e corresponde a uma hora do perfil exigido. 2 - *estimativa mensal. 3 - ** valor da UST varia de acordo com o serviço e cargo, nele estão incluídos todos os encargos sociais e trabalhistas, insumos de mão de obra, impostos, taxas e lucro. 4 - Em conformidade com índices estabelecidos pelo Acórdão nº 6771/ Primeira Câmara foi considerado fator K de 2,55 sobre salários mínimos do Anexo II dividido por 168 dias.. a) Face às justificativas relacionadas acima, que atendem ao disposto na Instrução Normativa nº 02 compilada pelas IN nº 03, 04 e 05, especificamente seu artigo 3º e parágrafo 3º, quanto à inter-relação dos serviços, ao gerenciamento centralizado, sobretudo à considerável vantagem para o CADE, exposta por um único item de custo administrativo, o do preposto. A comprovação e justificativas apresentadas corroboram a licitação de serviços de infraestrutura de informática do CADE em lote único; 6.8. Dentre os resultados a serem alcançados, destacam-se: Utilização de ferramentas Microsoft já adquiridas e que estão subutilizadas para atendimento às necessidades técnicas das áreas operacionais descritas; Estruturação e implantação de catálogo de serviços e base de conhecimento, com descrição padronizada, de serviços, com especificação quantitativa, qualitativa e métricas de execução; Implementação de uma Base de Dados para Gerenciamento de Configuração (CMDB Configuration Management Database), contendo itens de configuração e controle, de toda a infraestrutura a partir de suas necessidades específicas e evoluções tecnológicas que acompanhem as demandas;

38 Independência tecnológica do CADE na gestão da administração e operação da infraestrutura de TIC em relação aos prestadores de serviços; Evolução do atual modelo de gestão e aumento do nível de maturidade de TIC, por meio da governança de TIC, atualização tecnológica e prestação de serviços de qualidade com profissionais certificados; Consolidação do modelo de contratação de Serviços de TI, com pagamento efetuado, exclusivamente, em função dos serviços efetivamente executados, dentro dos padrões quantitativos e qualitativos dos Acordos de Nível de Serviços estabelecidos ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Para a execução dos serviços, a LICITANTE deverá sustentar e administrar o ambiente de infraestrutura do CADE, com a responsabilidade de coordenar e controlar as atividades dos serviços de atendimento de todos os chamados originados dos usuários do CADE, centralizar todos os contatos (telefônicos, , pessoal, Chat, etc.), tratar e repassar chamados, resolver incidentes e problemas, atender requisições de serviços, elaborar, estruturar e manter a base de conhecimentos e Catálogo de Serviços, realizar mudanças e outras questões relacionadas com os serviços de TIC desta instituição. Para prestação do serviço, o CADE organizou em várias Áreas Operacionais, cada uma delas executando um conjunto de atividades específicas, porém inter e intrarrelacionadas. Caberá à CONTRATADA o provimento de todos os recursos necessários, e aqui especificados, para a execução dos serviços de cada área a seguir: 7.1 Suporte a Banco de Dados A seguir é apresentado o conjunto mínimo de atividades relacionadas a esta área. Trata-se de relação não exaustiva cujo objetivo é tipificar o serviço a ser CONTRATADA: Suporte ao Banco de Dados nas plataformas SQL Server, MySQL e outros utilizadas pelo CONTRATANTE Manutenção das rotinas de backup e restore dos SGBDs, documentação dos procedimentos de backup e restore, seguindo os padrões estabelecidos pelo CONTRATANTE Análise dos backups e restores dos bancos de dados. Execução de testes periódicos para garantir a recuperação dos backups de acordo com as determinações do CONTRATANTE Monitoramento do desempenho dos bancos de dados, nos ambientes de Desenvolvimento, Homologação e principalmente no ambiente de produção. Análise da capacidade física e da disponibilidade dos bancos de dados do CONTRATANTE Suporte aos servidores e SGBD do CONTRATANTE. Tratar os incidentes, comunicar os incidentes à Central de Serviços Técnicos para avisar da indisponibilidade Execução de cargas nos bancos de dados de Desenvolvimento, Homologação, de acordo com as orientações do CONTRATANTE.

39 Execução de atividades de manutenção referentes ao Banco de Dados tais como migração de base de dados para outros servidores, criação de instâncias de bancos de dados e instalação de bancos de dados Execução de tuning das bases de dados a partir dos insumos levantados nas análises de desempenho dos SGBD e suas bases de dados. Elaboração de relatórios indicando potenciais gargalos de desempenho dos modelos de dados e/ou nas aplicações que estejam onerando a capacidade de processamento / armazenamento dos servidores de Bancos de Dados Elaboração de recomendações relacionadas ao desempenho e eficiência dos dados armazenados, tais como uso eficiente de índices, utilização de recursos como consultas paralelas (parallel query) ou outras funcionalidades específicas dos SGBD Execução de procedimentos para garantir a segurança dos Bancos de Dados, contemplando desde a adição e remoção de usuários até a auditoria e verificação de problemas de segurança. Este serviço trata da execução das políticas de gestão da segurança da informação definidas pelo CONTRATANTE Instalação e aplicação de pacotes de atualização e segurança nos SGBD. Quando necessária configuração / atualização do Sistema Operacional em um servidor que hospeda um SGBD, a atualização deverá ser realizada em conjunto com a equipe de sustentação de Servidores e Operação Executar rotinas de verificação de desempenho nos aplicativos ou dimensionamento de instâncias do banco de dados durante a fase de Homologação de Sistemas e em Produção Auxílio no desenvolvimento / evolução de rotinas de banco de dados com o intuito de garantir alto desempenho, disponibilidade e integridade. Configurações em cluster, consolidação e virtualização de servidores Todas as atividades aqui descritas serão supervisionadas por servidores do CONTRATANTE, que serão os únicos responsáveis pela aprovação dos produtos. Os serviços objeto desta contratação, não conflitam com as atribuições de gestão regimentalmente previstas pela Coordenação Geral de Administração e Finanças COGEAF Qualificação mínima exigida: Durante a execução das ordens de serviço, a CONTRATADA se obriga a manter pelo menos um profissional com as qualificações abaixo especificadas. a) Formação de nível superior na área de informática ou engenharia, ou formação de nível superior com pós-graduação na área de informática. b) Experiência mínima de 3 (três) anos em atividades relacionadas a Administração de Bancos de Dados nas plataformas MS SQL Server 2000/2005/2008; c) Conhecimento em ambiente GNU/Linux, na utilização de mecanismos de virtualização de servidores, configuração e administração de SGBD.

40 40 d) A equipe de profissionais utilizada pela empresa para realização das ordens de serviço deve possuir pelo menos um profissional certificado MCITP Microsoft Certified IT Professional Database Administrator; e) A comprovação se dará através da apresentação de currículos detalhados, diplomas, e documentação da Certificação exigida. Todos os documentos apresentados estarão sujeitos à diligência da Contratante para fins de confirmação das informações prestadas; 7.2 Suporte a Dados A seguir é apresentado o conjunto mínimo de atividades relacionadas a esta área. Trata-se de relação não exaustiva cujo objetivo é tipificar o serviço a ser CONTRATADA: Manutenção e gerenciamento dos modelos de dados relacionais e multidimensionais existentes ou a serem concebidos durante a vigência do contrato. Elaboração de scripts para criação e/ou alteração física das bases de dados. Realização de procedimentos de engenharia reversa para construção de modelos lógicos e físicos a partir de bases de dados existentes e criação / manutenção dos dicionários de dados destas bases Criação e manutenção do Modelo de Dados Corporativo, que atenda preferencialmente as três perspectivas: Conceitual, Lógico e Físico. Implementação de uma ferramenta para o compartilhamento dos elementos dos dados dos sistemas: a) Abordagem Top-Middle-Bottom-Middle. b) Abordagem Top-Down - Construção do Modelo Conceitual de Dados com a visão geral do CADE alinhado com os processos de negócios. Derivação do Modelo Lógico. c) Abordagem Bottom-Up - Construção dos Modelos de Dados Setoriais. Integração dos Modelos de Dados de Aplicação de cada Secretaria. d) Abordagem Top-Down x Bottom-Up - Integração dos Modelos Setoriais gerados na abordagem Bottom-Up alinhado com o Modelo Lógico gerado na abordagem Top- Down Construção do Dicionário de Dados do Modelo de Dados Corporativo Construção do Data Warehouse - DW Corporativo que atenda aos programas no âmbito do CADE Definição dos assuntos e módulos de análise Construção da Matriz do barramento do Data Warehouse (Processos de Negócios x Dimensões Comuns) Construção dos Modelos de Dados Lógico e Físico, do dicionário de dados e dos objetos no banco de dados Construção do Repositório de Metadados.

41 Construção dos Processos de ETL - Extract, Transform, and Load, documento de mapeamento das fontes, programas de ETL, casos de teste e execução de testes Construção das Aplicações On-line Analytical Processing - OLAP Construção de Modelos Analíticos, Preditivos e Gerenciais Levantamento, especificação e projeto de Datamarts para atender as necessidades dos gestores do CADE, além de realizar a transferência de conhecimento das aplicações analíticas para usuários finais e equipes de suporte do CADE com o intuito de capacitálos na plena utilização das ferramentas Manutenção de dicionário de dados e de um vocabulário controlado básico dos sistemas de informação do CADE. Por vocabulário controlado entende-se como sendo um instrumento dinâmico, capaz de ser atualizado de forma criteriosa, que requer uma estrutura de relações lógico-semânticas explícitas entre as áreas e/ou subáreas, e que permite a representação de regras de utilização igualmente explícitas Criação de rotinas para acerto, importação, exportação e/ou migração de dados, utilizando para tal atividade as linguagens procedurais nativas dos SGBDs do CADE ou extensões às mesmas tais como Java, Visual Basic.NET. Análise da qualidade dos dados a serem importados nas bases de dados do CADE, evitando sempre que possível que as bases sejam comprometidas com dados que não satisfaçam aos critérios do CADE Garantia da integridade dos modelos de dados e auditoria dos dados com relação à consistência e integridade. Implantação de rotinas de agendamento de revisões, para verificar a integridade e a consistência dos dados Auxílio em atividades de manutenção referentes ao Banco de Dados, tais como: migração de base de dados entre servidores e/ou plataformas; migração de sistemas para outras bases de dados Elaboração de propostas de melhoria nos modelos de dados dos sistemas existentes, buscando constantemente a melhora na modelagem e no desempenho dos sistemas Melhoria de consultas por meio da criação de objetos específicos ou pela alteração de sql s Apoio a criação e manutenção das normas de administração de dados, principalmente aquelas relativas a: modelagem de dados; definição de regras de classificação de segurança e propriedade de dados e definição de políticas e procedimentos para arquivamento e descarte de registros Extração de dados (arquivos, planilhas etc.) e elaboração de relatórios sob demanda para atender necessidades pontuais das áreas do CADE. Esta atividade contempla o fornecimento de informações dos bancos de dados para os gestores / usuários Nos casos de importações / exportações ou geração de relatórios, quando se tratar de rotinas a serem executadas com periodicidade definida, cabe a administração de dados a documentação do procedimento, seguindo os padrões estabelecidos pelo CADE, para

42 42 que o mesmo possa ser absorvido pela área de Operação / Produção Essa área dedica-se à análise de ferramentas de modelagem, elaboração de propostas de padrões de modelagem de dados, e construção do modelo de dados corporativo usando a abordagem top-middle-bottom-middle na qual a construção começará pela abordagem top-down para a construção do modelo conceitual de dados alinhada com os processos de negócios do CADE e a sua derivação para o modelo lógico de dados. Aplicando também a abordagem bottom-up onde serão construídos os modelos lógicos de dados setoriais com a integração dos modelos de dados das aplicações de cada secretaria, e, por último, ocorrerão as integrações do modelo lógico de dados gerado pela abordagem top-down com os modelos de dados setoriais gerados com a abordagem bottom-up e a construção do dicionário dos dados do modelo de dados corporativo Todas as atividades aqui descritas serão supervisionadas por servidores do CONTRATANTE, que serão os únicos responsáveis pela aprovação dos produtos. Os serviços objeto desta contratação, não conflitam com as atribuições de gestão regimentalmente previstas pela Coordenação Geral de Administração e Finanças COGEAF Qualificação mínima exigida Durante a execução das ordens de serviço, a CONTRATADA se obriga a manter pelo menos um profissional com as qualificações abaixo especificadas. a) Formação de nível superior na área de informática ou engenharia, ou formação de nível superior com pós-graduação na área de informática. b) Experiência mínima de 3 (três) anos em atividades relacionadas a Administração de Dados nas plataformas MS SQL Server 2000/2005/2008; c) Conhecimento em ambiente GNU/Linux, utilizando mecanismos de virtualização de servidores, configuração e administração de SGBD. d) Experiência em desenvolvimento e manutenção de sistemas, modelagem de dados; administração de dados; e elaboração e implementação de projeto de banco de dados; e) A equipe de profissionais utilizada pela empresa para realização das ordens de serviço deve possuir pelo menos um profissional certificado MCITP Microsoft Certified IT Professional Database Administrator e/ou MCITP Microsoft Certified IT Professional - Database Developer; f) A comprovação se dará através da apresentação tempestiva de currículos detalhados, diplomas, e documentação da Certificação exigida. Todos os documentos apresentados estarão sujeitos à diligência da Contratante para fins de confirmação das informações prestadas; 7.3 Suporte a Administração de Serviços de Rede A seguir é apresentado o conjunto mínimo de atividades relacionadas a esta área. Trata-se de relação não exaustiva cujo objetivo é tipificar o serviço a ser CONTRATADA. Principais atividades de administração de serviços corporativos de rede:

43 Suporte a serviços básicos de rede, que provêem acesso dos usuários a informações e recursos. a) São considerados serviços básicos de rede a serem administrados pela CONTRATADA: DHCP, Proxy, Repositório Antivírus, Antivírus para (McAfee Group Shield), Anti-spam (McAfee), Servidores de Arquivos, Servidores e Gateways de , Webmail, Intranet, Serviço de mensageria instantânea, Repositório de Atualizações de Segurança (WSUS Windows Server Update Services), Monitoramento de Rede, Controladores de Domínio, Servidores de DNS e WINS, MRTG, VPN e CVS Instalação e manutenção de ativos de rede, manutenção de rotas e segurança dos ativos tais como switches e roteadores, para atender as necessidades de conectividade e segurança do CADE Administração de ambiente de sincronização de horário corporativo, incluindo verificação de funcionamento, monitoria, testes de sincronismo, implementação em ambientes diversos, na plataforma NTP e outras utilizadas pela CONTRATANTE Inclusão e manutenção de usuários de rede e sistemas, além da manutenção e criação de caixas postais, grupos de segurança e listas de distribuição Configuração de rede LAN/WAN. Análise e correção de problemas em redes de transmissão de dados, configuração de equipamentos ativos de rede, diagnóstico e análise de desempenho das redes de dados do CADE Monitoramento em tempo real dos ativos de rede e serviços básicos de rede, análise da capacidade e disponibilidade dos ativos e links de comunicação do CADE. Além do tratamento de incidentes, cabe a este serviço a comunicação do incidente à Central de serviços técnicos para relato de indisponibilidades e abertura formal do incidente Elaboração e manutenção das rotinas de backup no que tange aos serviços e servidores corporativos de rede Elaboração e manutenção de scripts de logon e políticas de grupo (Group Policies) com o objetivo de automatizar instalação, liberação ou restrição de recursos nas estações de trabalho (desktops) do CADE Auxílio ao CADE na criação de scripts, consultoria sobre arquitetura, desempenho, entre outros assuntos ligados a tecnologias de rede de comunicações Administração de ambiente de telefonia IP (VoIP), executar atividades de administração do ambiente de Certificação Digital. Para tal, deverão ser utilizadas as metodologias do CADE; Auxiliar na identificação de necessidades de ferramentas para validação de sistemas quando solicitado Auxiliar nas definições dos critérios e procedimentos de automação dos processos de analise, suporte e produção.

44 Auxiliar o estabelecimento de metas e planos de ação corretivos, preventivos ou de melhorias, no sentido de elevar a qualidade dos serviços prestados Coletar, extrair, tratar, e depurar dados; elaborar e gerar relatórios (técnicos e gerenciais), gráficos, informações, e planilhas; periódicos, eventuais ou de acordo com as necessidades da CONTRATANTE Documentar e manter atualizados todos os processos executados pela equipe Instalar e atualizar os servidores, sistemas operacionais, pacotes, drivers, firmware, criar LUNs (Logical Unit Number), acompanhamento e acionamento de serviços de suporte e garantia e quaisquer outros componentes necessários a correta operação dos servidores, storage e serviços hospedados nos servidores do CONTRATANTE Elaborar, manter e disponibilizar documentação de procedimentos e fluxos operacionais para o ambiente de TIC da CONTRATANTE Garantir a operacionalidade, acessibilidade, disponibilidade e integridade (adequação aos padrões de configurações estabelecidos pela CONTRATANTE) dos softwares de gerência e respectivos servidores Participar dos trabalhos referentes à avaliação de novas tecnologias e soluções de Banco de Dados Participar e atuar na definição de novos projetos Participar no planejamento da instalação/implantação/alteração na estrutura de TI da CONTRATANTE, realizando testes de software, avaliações e liberações; inclusive da elaboração do acordo de nível operacional e respectivo cronograma em conformidade com os acordos de serviços Exercitar e simular contingências, com emissão de pareceres conclusivos quanto à necessidade de correções e aperfeiçoamentos, mantendo o Plano de Contingência sempre atualizado em seu âmbito de atuação Propor e implementar melhorias e otimizações nos processos Registrar os incidentes na ferramenta definida para Gerenciamento de Incidentes Registrar soluções de ocorrência, mantendo o respectivo histórico bem como as soluções implementadas (banco de soluções) Solicitar a intervenção do fornecedor de software ou hardware, quando for o caso, através da abertura de chamado técnico e registrar as ocorrências em repositório apropriado, mediante delegação da CONTRATANTE Sugerir indicadores e auxiliar na definição das métricas na elaboração dos acordos Tratar os incidentes, registrando as soluções de ocorrência, mantendo o respectivo histórico bem como as soluções implantadas (banco de soluções).

45 Monitorar o desempenho do ambiente do CONTRATANTE, utilizando recursos de software, hardware e demais ativos de TIC do CONTRANTANTE, objetivando maximizar a disponibilidade, integridade e a confidencialidade dos sistemas de informação Monitoramento do Link da Infovia com o SERPRO Instalar, customizar e tornar disponível para operacionalização e uso as novas versões dos softwares básicos da instalação GNU/Linux (RedHat, Debian), MS Windows Server 2000, MS Windows 2003, MS Windows 2008) a fim de agregar novas funcionalidades às ferramentas, manter a atualização tecnológica e a conformidade com o suporte do fornecedor Instalação e avaliação de software quanto aos requisitos exigidos, configurar e testar completamente a ferramenta, explorando seus recursos e avaliando seu desempenho. Homologar o software em caso de contratação, comunicar a CONTRATANTE do resultado e documentar Implantar a política, os processos, os procedimentos e funções de software e hardware, determinado pelo CONTRATANTE, objetivando maior proteção da informação de vários tipos de ameaças e minimizando o risco no uso do ambiente Instalar, configurar e disponibilizar, para uso do CONTRATANTE, componentes de infraestrutura tecnológica tais como: servidores, antivírus, storages, blades, switches de camadas 2 e 3, Proxy, periféricos e outros ativos de rede Administrar protocolo padrão TCP/IP e plataformas abertas e intermediárias: FTP, SMTP, TELNET, SSH, NFS, NPF, LDAP, etc Instalar, configurar e manter ambiente computacional de WebService em servidores de aplicação e monitoração dos serviços Suporte às aplicações cliente-servidor do CONTRATANTE, monitorar os processos e publicar aplicativos em produção garantindo total disponibilidade de sistemas Definir processos e codificar rotinas para automatização de servidores GNU/Linux, e Windows do CONTRATANTE Instalar, configurar e manter a solução de Backup HP Data Protector utilizada pelo CONTRANTE Execução de Backups de Produção e Desenvolvimento e acompanhamento do sistema de backup Data Protector da CONTRATADA Instalar, configurar e manter os ambientes de sistemas de informação, aplicações e serviços em suas respectivas tecnologias, mas não se limitando a, tais como TomCat, MS-IIS, Apache ou qualquer outro que o CONTRATANTE julgar necessário Executar testes de regressão em sistemas quando houver a necessidade de retornar a uma determinada versão de sistema do CONTRATANTE, caso algum deixe de funcionar após uma mudança no ambiente.

46 Executar procedimentos necessários à manutenção do ambiente de produção, incluindo, monitoramento de serviços e logs de serviços, análise de desempenho, do CONTRATANTE Instalar, configurar e manter os ambientes de apoio utilizados pelo CONTRATANTE. Entre esses ambientes, incluem-se, mas não se limitam aos sistemas de controle de versão (CVS), sistema de controle de tarefas OCOMON, sistema de controle de documentação (wiki), suíte de gerenciamento de projetos e suíte de controle e inventário de TIC Suporte ao monitoramento dos servidores, serviços e sistemas do ambiente tecnológico do CONTRATANTE. Além do tratamento de incidentes, cabe empresa CONTRATADA comunicar o incidente à Central de serviços técnicos para relato de indisponibilidades e abertura formal de chamado para tratá-lo Utilizar recursos como consolidação e virtualização de servidores e serviços com o intuito de aumentar o desempenho e a disponibilidade dos serviços de TIC. As tecnologias e arquiteturas a serem implantadas deverão ser formalmente aprovadas pelo CONTRATANTE Criar scripts, especificações de arquitetura, análise de desempenho, entre outros assuntos ligados a infraestrutura tecnológica O CONTRATANTE pode solicitar que sejam executados trabalhos de consolidação, virtualização, configuração de cluster e distribuição de carga, a instalação de novos software e hardware a qualquer momento mesmo que não descrito neste plano de Contratação Todas as atividades acima se aplicam aos 04 (quatro) ambientes: produção, homologação, teste e desenvolvimento Todas as atividades aqui descritas serão supervisionadas por servidores do CADE, que serão os únicos responsáveis pela aprovação dos produtos. Os serviços objeto desta contratação, não conflitam com as atribuições de gestão regimentalmente previstas da Coordenação Geral de Administração e Finanças COGEAF Qualificação mínima exigida Durante a execução das ordens de serviço, a CONTRATADA se obriga a manter pelo menos um profissional com as qualificações abaixo especificadas. a) Formação de nível superior na área de informática ou engenharia, ou em qualquer área com curso de pós-graduação na área de informática; ou b) Experiência mínima de 05 (cinco) anos em atividades de implantação e administração de serviços corporativos de rede e infraestrutura para sistemas operacionais GNU/Linux e Windows, incluindo serviços de redes LAN/WAN, correio eletrônico, servidores de aplicação Java (Tomcat), servidores WEB (Apache, MS-IIS) com PHP, ASP, portais de conteúdo e solução de Backup HP Data Protector;

47 47 c) Experiência mínima de 03 (três) anos em atividades de instalação, manutenção e configuração de hardware de servidores e storage; d) Conhecimento avançado em GNU/Linux, Windows, Redes de Computadores e Roteamento de Redes. e) A equipe de profissionais utilizada pela empresa para realização das ordens de serviço deve possuir os certificados MCITP Microsoft Certified IT Professional Enterprise Administrator; f) A comprovação se dará através da apresentação tempestiva de currículos detalhados, diplomas, e documentação da Certificação exigida. Todos os documentos apresentados estarão sujeitos à diligência da Contratante para fins de confirmação das informações prestadas; 7.4. Suporte a Configuração, Mudanças e Capacidade A seguir é apresentado o conjunto mínimo de atividades relacionadas a esta área. Trata-se de relação não exaustiva cujo objetivo é tipificar o serviço a ser CONTRATADA Avaliar o impacto, que haverá com a implementação de novas rotinas, novos softwares ou hardwares do CONTRATANTE, criando um plano de implementação das mesmas Executar as atividades das mudanças definidas, atualizando as informações relativas às atividades com qualidade Relatar qualquer problema nas mudanças relativas a software, hardware no Parque, identificando o motivo, qual a solução, registrando o mesmo e encaminhando ao CONTRATANTE Assegurar que os métodos padronizados estejam sendo usados para o tratamento eficiente de todas as mudanças, reduzindo maiores risco e impactos para o CONTRATANTE Encaminhar relatórios semanais da análise de risco de mudanças no ambiente do Parque do CONTRATANTE Monitoração, avaliação de desempenho computacional do parque do CONTRATANTE Monitorar o desempenho dos serviços básicos de rede utilizados pela CONTRATANTE, efetuando os ajustes necessários à otimização e ao melhor nível de desempenho dos recursos de software e hardware, prevenindo problemas que possam impactar na disponibilização dos sistemas aplicativos e atuando tempestivamente em situações críticas não previstas Gerar relatórios de continuidade de negócios com indicadores de capacidade e disponibilidade de ativos, servidores e serviços tecnológicos, além de projeções de elevação do uso dos recursos computacionais que deverão ser encaminhados para o CONTRATANTE;

48 Dar suporte ao gerenciamento da capacidade e disponibilidade dos servidores, sistemas de informação, aplicativos e serviços. Elaborar relatórios de diagnósticos apontando as causas e as ações necessárias à resolução dos problemas de desempenho que envolva a infraestrutura de TIC da CONTRATANTE Elaboração mensal de relatórios de performance do ambiente computacional do Parque do CONTRATANTE Realizar inventário de hardware e software no ambiente utilizando ferramentas específicas para esse fim da CONTRATANTE, com vistas a produzir informações para popular o banco de dados de configuração (CMDB) referentes aos itens de configuração da CONTRATANTE Manter atualizado os registros do banco de dados da gerência de configuração (CMDB); A CONTRATADA poderá solicitar a utilização de software específico, desde que não haja custos para a CONTRATANTE e atenda as normas da mesma Todas as atividades acima se aplicam aos quatro ambientes: produção, homologação, teste e desenvolvimento Todas as atividades aqui descritas serão supervisionadas por servidores do CADE, que serão os únicos responsáveis pela aprovação dos produtos. Os serviços objeto desta contratação, não conflitam com as atribuições de gestão regimentalmente previstas da Coordenação Geral de Administração e Finanças COGEAF Qualificação mínima exigida Durante a execução das ordens de serviço, a CONTRATADA se obriga a manter pelo menos um profissional com as qualificações abaixo especificadas. a) Formação de nível superior na área de informática ou engenharia, ou formação de nível superior com pós-graduação na área de informática. b) Experiência mínima de 5 (cinco) anos em gestão de serviços de infraestrutura de TIC; c) Conhecimento de sistemas operacionais, Windows (2000, e superiores) e/ou GNU/Linux (Debian e Red Hat), Redes de Computadores, Arquitetura de Computadores e Banco de Dados; d) A equipe de profissionais utilizada pela empresa para realização das ordens de serviço deve possuir as certificações ITIL Foundation v.3 e CobiT Control Objectives for Information and Related Technology 4.1 e MCITP Microsoft Certified IT Professional Server Administrator; e) A comprovação se dará através da apresentação tempestiva de currículos detalhados, diplomas, e documentação da Certificação exigida. Todos os documentos apresentados estarão sujeitos à diligência da Contratante para fins de confirmação das informações prestadas;

49 Suporte a serviços de segurança da informação A seguir é apresentado o conjunto mínimo de atividades relacionadas a esta área. Trata-se de relação não exaustiva cujo objetivo é tipificar o serviço a ser CONTRATADA Suporte ao ambiente de firewalls, com atividades de criação de regras de acesso e bloqueio, liberação de portas, resolução de problemas de acesso, administração de ambiente de firewall operacional, nas plataformas CISCO, Firewall Aker, e outros utilizadas pelo CONTRATANTE Suporte ao ambiente de redes virtuais privadas (VPN), incluindo criação e remoção de acesso de VPN IPSEC, resolução de problemas referentes a acesso VPN e Criação de acessos VPN site-to-site usando IPSEC, nas plataformas CISCO, e outras utilizadas pelo CONTRATANTE Suporte ao ambiente corporativo de antivírus, com configuração de estações, servidores de distribuição, remoção de vírus, resolução de problemas, manutenção dos servidores, suporte às unidades, nas plataformas McAfee e outros utilizadas pelo CONTRATANTE Suporte a solução de gestão de conteúdo Internet, com criação de regras, aplicação de políticas, bloqueio e desbloqueio de endereços, resolução de problemas, na plataforma McAfee e outros utilizados pelo CONTRATANTE Suporte a solução de gestão de usuários e domínios, com definição de hierarquia, configuração de usuários, grupos, grupos dinâmicos, integração com outros produtos, autorização de acesso, política de senhas, política de estações e servidores, replicação, redundância, resolução de problemas e outros, nas plataformas Openldap, Active Directory e outros utilizados pelo CONTRATANTE Suporte a solução de Antivírus e Antispam para correio eletrônico, incluindo configuração de regras e filtros, treinamento de filtros, resolução de problemas, e outros, nas plataformas McAfee e outros utilizados pelo CONTRATANTE Suporte a solução de detecção e prevenção de intrusos, incluindo configuração e testes de regras, filtragem de tráfego malicioso, resolução de problemas, atualização de regras, e outros, nas plataformas CISCO, 3Com e outros utilizados pelo CONTRATANTE Suporte a análise e correlação de eventos de segurança, nas diversas ferramentas e sistemas existentes Suporte aos servidores de Proxy-cache para acesso Internet, incluindo configuração e manutenção de serviços, realização de novas implementações, implementação de melhorias de desempenho, integração com ferramenta de gestão de conteúdo, autenticação de usuários, resolução de problemas, na plataforma Aker e outros utilizados pelo CONTRATANTE Adoção de controles e métodos presentes nas normas ISO 27001/ Realização de análises de segurança dos sistemas de informação, aplicativos e

50 50 serviços de TIC Análise de conformidade / aderência a políticas e normas de segurança. Esta atividade inclui a elaboração de relatórios técnicos indicando práticas a serem aplicadas em cada serviço para atender as normas de segurança Implementação de ações e procedimentos para a melhoria contínua dos aspectos de segurança da informação e ampliação dos serviços de TIC, fixação de portas de switches às estações de trabalho, revisão dos direitos de acessos dos usuários, controle do acesso lógico a locais restritos, implantação de criptografia em serviços, certificação digital, entre outros Identificação dos incidentes abertos na central de serviços técnicos que representam falhas de segurança Análise e proposição de forma segura para provimento de novos serviços que poderão ser implantados na rede Administração das ferramentas de gerência de rede e segurança, incluindo verificação de logs, configuração dos equipamentos, gerência de configuração entre outros Verificação do funcionamento dos ativos de segurança, incluindo disponibilidade, discos, carga de CPU, utilização de rede, via ferramenta de monitoramento, com as devidas medidas para solucionar os problemas encontrados Implementar as políticas de segurança da informação vigentes nos normativos no ambiente computacional; Implementar ações e procedimentos para a melhoria contínua dos aspectos de segurança da informação e ampliação dos serviços de TIC, com a criação de VLANs, fixação de portas de switches às estações de trabalho, revisão dos direitos de acessos dos usuários, controle do acesso físico a locais restritos, adoção de VoIP e certificação digital Todas as atividades aqui descritas serão supervisionadas por servidores do CONTRATANTE, que serão os únicos responsáveis pela aprovação dos produtos. Os serviços objeto desta contratação, não conflitam com as atribuições de gestão regimentalmente previstas pela Coordenação Geral de Administração e Finanças COGEAF Qualificação mínima exigida Durante a execução das ordens de serviço, a CONTRATADA se obriga a manter pelo menos um profissional com as qualificações abaixo especificadas. a) Formação de nível superior na área de informática ou em qualquer área com curso de pós-graduação na área de informática; ou b) Experiência mínima de 5 (cinco) anos em atividades relacionadas a Segurança da Informação nas plataformas CISCO e 3Com (incluindo roteadores, IPS, switches,

51 51 firewall, VPN), GNU/Linux, Microsoft Windows 2000 Server e superiores, McAfee, OpenLDAP, Active Directory; c) Experiência em operação, administração e configuração de equipamento Firewall AKER; d) Experiência mínima de 5 (cinco) anos em administração de ferramentas de segurança da informação. e) A equipe de profissionais utilizada pela empresa para realização das ordens de serviço deve possuir a certificação MCITP Microsoft Certified IT Professional Enterprise Administrator; f) A comprovação se dará através da apresentação tempestiva de currículos detalhados, diplomas, e documentação da Certificação exigida. Todos os documentos apresentados estarão sujeitos à diligência da Contratante para fins de confirmação das informações prestadas; 7.6. Central de Serviços Técnicos A seguir é apresentado o conjunto mínimo de atividades relacionadas a este serviço. Trata-se de relação não exaustiva cujo objetivo é tipificar o serviço a ser CONTRATADO Ser o ponto focal de todas as demandas por serviços de TI dos usuários do CADE; Analisar e registrar soluções de ocorrências, mantendo o respectivo histórico bem como as soluções; Resolver no mínimo oitenta por cento dos chamados em até vinte minutos; Executar os atendimentos técnicos, envolvendo software, de modo telefônico ou via rede; Fornecer orientação e suporte via rede nos sistemas operacionais Windows XP, Vista e 7, GNU/Linux, e Redes; Esclarecer dúvidas e fornecer orientação e suporte via rede quanto ao uso de aplicativos e sistemas corporativos de informações utilizados pelo CADE Analisar e informar à supervisão sobre discrepâncias detectadas nas configurações de equipamentos durante o processo de atendimento Apoiar os usuários na utilização de browsers de internet, gerenciadores de e intranet Informar, sugerir e orientar quanto ao uso de funcionalidades e facilidades disponíveis nos softwares básicos, aplicativos, sistemas de informações, equipamentos e serviços de informática Esclarecer dúvidas e fornecer orientação e suporte à via rede sobre procedimentos, configuração, instalação, funcionamento e manutenção de equipamentos e

52 52 componentes de informática, predial e uso em geral Esclarecer e informar aos profissionais de suporte técnico de segundo nível quanto aos chamados, resoluções de problemas e falhas e necessidades de priorização Acessar remotamente as estações de trabalho dos usuários, buscando a resolução dos incidentes Atualizar as informações cadastrais dos usuários nos sistemas da Central de serviços técnicos, quando detectada a necessidade Descrever todos os passos realizados durante o atendimento e orientar a equipe de segundo nível Abrir, registrar e encaminhar ordens de serviços para atendimento de segundo nível quando da não resolução em primeiro nível Receber, registrar e encaminhar solicitações e sugestões de usuários quanto a adaptações e melhorias evolutivas dos sistemas aplicativos Registrar todos os chamados e contatos com usuários em um banco de dados com os atributos necessários à geração dos relatórios/consultas gerenciais e operacionais especificados sobre os tipos de atendimentos, falhas e suas causas, perfis e principais necessidades por usuários Retornar chamadas e solicitações de usuários para esclarecimentos, orientações e informações não disponibilizadas no primeiro contato Verificar junto aos usuários o pleno atendimento de suas demandas quando do fechamento dos chamados Acionar a equipe de segundo nível quando necessário o repasse de informações adicionais Realizar pesquisa no mínimo mensal junto aos usuários de informática para aferir o índice de satisfação em relação aos serviços Qualificação mínima exigida a) Ensino médio completo com curso técnico na área de informática; b) Mínimo de um ano de experiência na área de atendimento técnico de modo telefônico; c) Conhecimento em configuração e instalação de hardware e softwares, sistemas operacionais e ferramentas de escritório; d) Certificação MCITP - Microsoft Certified IT Professional Enterprise Desktop Support Technician 7 e) A comprovação se dará através da apresentação tempestiva de currículos detalhados,

53 53 diplomas, e documentação da Certificação exigida. Todos os documentos apresentados estarão sujeitos à diligência da Contratante para fins de confirmação das informações prestadas; 7.7. Serviços de Suporte Técnico A seguir é apresentado o conjunto mínimo de atividades relacionadas a este serviço. Trata-se de relação não exaustiva cujo objetivo é tipificar o serviço a ser CONTRATADO Visam facilitar os procedimentos de planejamento, monitoramento, fiscalização e otimização contínua dos processos de gestão dos serviços, por parte do CADE, cuja sede se encontra na cidade de Brasília-DF Executar os atendimentos técnicos, envolvendo hardware e software, de modo local Resolver no mínimo oitenta por cento dos chamados em até vinte minutos; Apoiar na recepção, montagem e teste de software e hardware adquiridos ou devolvidos pelo CADE Reportar as ocorrências ao serviço de gerência e/ou coordenação Identificar e solucionar problemas relativos à utilização de softwares e hardwares Instalar e configurar softwares, hardwares e periféricos utilizados nas estações do CADE Movimentar, instalar, remanejar e remover equipamentos de informática como hardware e softwares Orientar os usuários quanto à correta utilização dos recursos da rede corporativa do CADE, envolvendo hardware e software Registrar os diagnósticos de falhas em microcomputadores e periféricos, solucionando os problemas e encaminhando-os para o serviço de gerência Atender chamados relativos a ferramentas de escritório (MS-Office e BR-office), relacionados a criação e modificação de scritps, macros, tabelas dinâmicas, bem como instalação e utilização avançada Atender chamados técnicos relativos a sistemas operacionais Windows e GNU/Linux, compreendendo instalação, configuração, suporte aos usuários de tais ambientes Identificar com precisão o serviço ou sistema de origem do incidente; Encaminhar chamados ao terceiro nível e às equipes técnicas de Rede e Sistemas do CADE e acompanhar os prazos de atendimento Alimentar a base de conhecimento com as soluções dos chamados que puderem ser adotadas pelas equipes de primeiro e terceiro níveis nos próximos atendimentos.

54 Realizar atendimentos técnicos presenciais sempre que necessário Instalar, configurar e solucionar problemas de streaming vídeo e áudio conferência; Qualificação mínima exigida a) Ensino médio completo com curso técnico em manutenção na área de informática; b) Mínimo de três anos de experiência na área de atendimento e suporte técnico a sistemas e usuários; c) Conhecimento em configuração e instalação de hardware e softwares, sistemas operacionais e ferramentas de escritório, d) Experiência de no mínimo dois anos com ferramentas de streaming, vídeo e áudio conferência; e) Utilização e gerenciamento em nível avançado no MS-Office e BR-Office; f) Criação de Scripts, manutenção da base de conhecimento, macros, tabelas dinâmicas no MS-Office e BR-Office; g) Certificação MCITP - Microsoft Certified IT Professional Enterprise Desktop Administrator 7. h) A comprovação se dará através da apresentação tempestiva de currículos detalhados, diplomas, e documentação da Certificação exigida. Todos os documentos apresentados estarão sujeitos à diligência da Contratante para fins de confirmação das informações prestadas; 7.8. Suporte à implementação - plataforma Microsoft Como o CADE tem a plataforma Microsoft como base de quase a totalidade dos sistemas operacionais e aplicativos instalados em seu parque fazem-se imperativo o suporte técnico proativo, preventivo e eventualmente reativo, voltado à resolução de problemas, esclarecimento de dúvidas, análise de ambiente, transferência de tecnologia e aplicação de procedimentos de melhoria da plataforma Microsoft. As principais atividades do suporte à implementação: Instalar, atualizar, manter, resolver problemas e dar suporte integral aos seguintes produtos integrantes e planejados da plataforma Microsoft do Conselho Administrativo de Defesa Econômica: Microsoft Windows 2003 Server R2 e Enterprise; Microsoft Windows 2008 Server Enterprise; Microsoft Windows XP Professional; Microsoft Windows Vista Professional; Microsoft Windows 7 Professional; Microsoft Exchange Server 2003; Microsoft Exchange Server 2010; Microsoft SNA Server 4.0;

55 55 Microsoft SQL Server 2000; Microsoft SQL Server 2005; Microsoft SQL Server 2008; Microsoft Office 2007; Microsoft Office 2010; Microsoft Outlook; Microsoft Front Page; Microsoft Internet Explorer 7 e 8; Microsoft Project 2000 e 2010; Microsoft Visio 2010; Microsoft Visual Studio (Asp.Net, VBScript.Net); Microsoft Windows Server Update System - WSUS 2.0; Microsoft Windows Media Server Microsoft Windows Media Encoder; Microsoft SNA Client; Microsoft Windows Media Player; Microsoft SMS Software Management Server; Microsoft Office WEB Component; Systems Management Server 2003; Serviços básicos de rede: WINS, DNS, DHCP, IIS, Active Directory, Microsoft Cluster Service; O suporte deverá ser prestado nas versões acima descritas e nas futuras versões dos produtos Microsoft que o CADE venha a adquirir durante a vigência do contrato Suporte a implementação na Migração do Microsoft Exchange Server 2003 para Microsoft Exchange Server 2010; Suporte a implementação na Migração da plataforma Windows 2003 Server para Windows Server 2008; Suporte a implementação na Migração do Windows XP para Windows 7; Suporte para recuperação de desastre da plataforma Microsoft; Implantação de MS Project Server e Professional / MS Visio Professional; Elaboração, acompanhamento e execução de projetos de infraestrutura de TIC; Emissão de relatórios técnicos, elencando medidas para melhoria dos serviços; Apoio especialista na elaboração e implantação de Catálogo de Serviços; Intervenções técnicas na infraestrutura de TIC para solução de incidentes ou melhoria de desempenho; Elaboração e implementação de processos e soluções de TI que reduzam a complexidade na administração dos servidores e serviços de rede, além de auxiliar na elaboração de documentos e especificações técnicas referentes aos projetos de TI, aos

56 56 serviços e servidores corporativos de rede Suporte a implementação no projeto, construção e gerenciamento de serviços de rede e segurança tolerantes à falha, com o intuito de aumentar o desempenho e a disponibilidade dos serviços ao CADE Essas atividades são caracterizadas como de demanda e não poderão ser executadas pelos mesmos profissionais das atividades definidas como de rotina; Todas as atividades aqui descritas serão supervisionadas por servidores do CADE, que serão os únicos responsáveis pela aprovação dos produtos. Os serviços objeto desta contratação, não conflitam com as atribuições de gestão regimentalmente previstas da Coordenação Geral de Administração e Finanças COGEAF Qualificação mínima exigida Durante a execução das ordens de serviço, a CONTRATADA se obriga a manter pelo menos um profissional com as qualificações abaixo especificadas. Formação de nível superior na área de informática ou engenharia, ou formação de nível superior com pósgraduação na área de informática. a) Perfil Administrador de Sistema Operacional: possuir certificado MCITP - Microsoft Certified IT Professional Enterprise Administrator e, no mínimo, três anos de experiência em administração de sistema operacional Windows e serviços básicos de rede Microsoft (DNS, DHCP, Wins), bem como em serviços de arquivos e de impressão Microsoft; b) Perfil Administrador de Correio Eletrônico e Active Directory: possuir certificado MCITP - Microsoft Certified IT Professional Enterprise Messaging Administrator e, no mínimo, 3 (três) anos de experiência em administração de MS-Exchange e de Active Directory; c) Perfil Administrador de Banco de Dados SQL-Server: possuir certificado MCITP - Microsoft Certified IT Professional Database Administrator e, no mínimo, 3 (três) anos de experiência em administração de MS-SQL Server; d) Perfil Administrador de Desktop: possuir certificado MCITP - Microsoft Certified IT Professional Enterprise Desktop Support Technician 7 ou MCITP - Microsoft Certified IT Professional Enterprise Desktop Administrator 7 ou MCITP Microsoft Certified IT Professional Server Administrator. Além do certificado, deverá possuir, no mínimo, 2 (dois) anos de experiência no uso avançado da suíte de ferramentas MS-Office, desenvolvimento de formulários e aplicações de automação de escritórios, bem como administração de processos de MS-SMS. e) Certificação ITIL v.3 e Cobit 4.1 f) Os profissionais que prestarão os serviços no ambiente do CADE devem ter sido aprovados em exames de certificação nos produtos alvo dos serviços, obrigatoriamente nas versões em uso pelo CADE; o Excetuam-se desse item, certificação nos produtos Microsoft que não

57 57 tenham processo de certificação oficial. Por exemplo, Project, Wsus, SNA, etc. g) Em caso de liberação de novas versões de certificação nos produtos utilizados pelo Conselho, o CADE poderá requerer que a CONTRATADA apresente profissionais com certificação atualizada no prazo máximo de 1 (um) ano após a liberação da nova versão; h) Caso haja instalação de novo produto Microsoft, não existente no Conselho até a data da assinatura do contrato, caberá à CONTRATADA qualificar seus técnicos para fornecer suporte à nova solução Processo de abertura de chamados exclusivo para suporte à implementação: a) Em caso de necessidade o Conselho fará a abertura de um chamado técnico junto à CONTRATADA; b) Os chamados serão feitos por meio de ligações telefônicas ou sistema de registro de chamados via Internet; c) No ato de abertura do chamado de suporte, caberá à CONTRATADA identificar as informações consideradas necessárias para o atendimento do mesmo, tais como: sistema operacional, versão, service pack, dados relativos ao serviço em questão, dentre outras. d) Os chamados abertos serão classificados, de acordo com sua severidade, em: o o o Severidade 1 chamados para restabelecer serviço de rede crítico que esteja parado, apresentando falha de funcionamento ou impactando diretamente todo o Conselho; Severidade 2 chamados referentes a problemas que afetam atividades críticas para o usuário do Conselho, sem causar interrupção do serviço, mas afetando significativamente seu desempenho; Severidade 3 chamados destinados à elaboração de diagnóstico, esclarecimento de dúvidas, avaliação de ambiente, transferência de tecnologia, implementação de procedimentos de evolução de versão de produto e aplicação de melhorias e correções, todos com vistas a prevenir a ocorrência de problemas; e) Escalamento de severidade: o Os chamados poderão ser escalados para níveis mais altos ou mais baixos, de acordo com a criticidade do problema. Nesse caso, os prazos de atendimento e de solução do problema, bem como os prazos e percentuais de multas, serão automaticamente ajustados para o novo nível de severidade Atendimento dos chamados exclusivos ao suporte à implementação: a) A CONTRATADA definirá, no mínimo, um técnico que será responsável pelo atendimento ao chamado. No caso de ocorrência de chamado de severidade 1 que não for solucionado em até 12 (doze) horas, a CONTRATADA ficará obrigado a alocar outros técnicos para auxiliar na solução do problema, sem ônus adicional para

58 58 o Conselho. b) Os chamados classificados com severidade 1 e 2 serão atendidos on-site, nas instalações do CADE, em Brasília/DF, nos dias úteis, no horário de 8h às 20h. c) No caso de chamado de severidade 1 aberto e pendente de solução, ou quando a atividade ensejar parada de serviço de rede, ou quando serviços estiverem indisponíveis, o trabalho poderá ser realizado fora do horário de funcionamento do Conselho. Nesse caso, cada UST (Unidade de Serviço Técnico corresponde a uma hora/homem) será contabilizada com os seguintes acréscimos: o o o Dias úteis, das 20 às 22h: 50% de acréscimo; Dias úteis, das 22 às 8h: 100% de acréscimo; Dias não úteis, em qualquer hora: 100% de acréscimo. d) Quando o atendimento aos chamados de suporte ocorrer fora do horário de expediente do CADE, os técnicos designados pela empresa para executar os serviços deverão seguir, rigorosamente, as normas de segurança estabelecidas pelo Conselho; Definição de níveis de serviço exclusivos para atendimento de chamados de suporte à implementação: a) No escopo deste item, atendimento de chamado significa que um técnico da CONTRATADA, especialista no assunto em questão, começou a tratar efetivamente uma solicitação registrada pelo CADE na central de atendimento da empresa, buscando solução definitiva; b) A central de atendimento a chamados da CONTRATADA deverá estar disponível, em regime (24 horas X 7 dias por semana X 365 dias por ano), durante todo o prazo de vigência do contrato; c) Atendimento de chamados de severidade 1 serão realizados em, no máximo, 2 (duas) horas corridas após a sua abertura, no esquema (24 horas X 7 dias por semana X 365 dias por ano); d) Atendimento de chamados de severidade 2 serão realizados em, no máximo, 4 (quatro) horas úteis após a sua abertura, nos dias úteis, no horário de 8h às 20h; e) Atendimento de chamados de severidade 3 serão realizados em no máximo 2 (dois) dias úteis, contados a partir do primeiro dia útil seguinte ao de sua abertura, nos dias úteis, no horário de 8h às 20h; f) Sempre que houver quebra dos níveis de serviço aqui especificados, o Conselho emitirá notificação à CONTRATADA, que terá prazo máximo de 5 (cinco) dias úteis para apresentar as justificativas para as falhas verificadas; g) Caso não haja manifestação da CONTRATADA dentro desse prazo ou caso o Conselho entenda ser improcedentes as justificativas, será iniciado processo de aplicação da multa prevista, conforme o nível de serviço transgredido;

59 59 h) A multa aplicada será descontada da fatura do mês referente à prestação do serviço e quantas mais forem necessárias para cobrir o valor total da multa, ou por outros métodos de cobrança, quando o valor das faturas pendentes no contrato não for suficiente para cobrir os custos Cômputo de USTs correspondentes aos serviços, para efeito de pagamento: a) Os chamados de severidade 1 e 2 terão computado seus tempos para efeito de pagamento a partir do início efetivo do atendimento até a completa resolução do problema; o O chamado que requerer providência por parte do fabricante do produto terá a contagem do tempo de atendimento suspensa por todo o período em que ficar aguardando sua resposta. Entretanto, a CONTRATADA não ficará isenta da responsabilidade em relação ao chamado durante este período, devendo atuar junto ao fabricante para priorizar, reclassificar ou escalonar o chamado. b) Os chamados de severidade 3 terão seus atendimentos precedidos de celebração de ordem de serviço, em comum acordo entre o Conselho e o CONTRATADA, sendo que o tempo necessário ao atendimento deverá ser previamente definido na ordem de serviço; o o A prorrogação do tempo de duração de uma ordem de serviço somente será possível mediante apresentação, pela CONTRATADA, de relatório de impacto contendo justificativas plausíveis, devidamente aceitas pelo Conselho; Nos chamados de severidade 3, para transferência de tecnologia em que seja feito através de treinamento, o valor/hora por pessoa treinada será remunerado na proporção de 1/3 (um terço) do valor da UST CONTRATADA. c) As ordens de serviço e os chamados somente serão considerados concluídos após a documentação dos procedimentos e da configuração resultante nas bases e nos padrões definidos pelo CADE Transferência de tecnologia referente aos problemas vivenciados e às soluções aplicadas mediante realização de treinamento de servidores, oficinas e entrega de documentos: a) O termo transferência de tecnologia refere-se ao processo em que a CONTRATADA, quando da execução dos serviços, repassará à equipe técnica e aos usuários da contratante, que vierem a ser por ela indicados, os conhecimentos teóricos e práticos que fundamentam a solução dos problemas, possibilitando, em situações futuras, a participação direta na solução; b) O processo de transferência de tecnologia será obrigatoriamente realizado por profissionais certificados e/ou que tenham atuado diretamente na condução e solução dos chamados; c) Caberá à CONTRATADA submeter à aprovação do CADE, um programa de transferência de tecnologia, em que estejam definidos: a metodologia, processos, sistema de avaliação de resultados, material instrucional, etapas, prazos, elaboração e gerenciamento de conteúdos programáticos e demais condições aderentes aos

60 60 objetivos deste projeto básico; d) A transferência de tecnologia será feita por meio de workshops e/ou treinamento oficial do fabricante, sendo necessário que esse seja realizado em Brasília, em instalações da CONTRATADA, por parceiro certificado pela Microsoft com a competência Learning Solutions. Caso a CONTRATADA não possua tal competência, o serviço de capacitação oficial poderá ser realizado através de parceria com empresa certificada; e) Para transferência de tecnologia em que seja feito através de treinamento oficial, o valor/hora por pessoa treinada será remunerado na proporção de 1/3 (um terço) do valor da UST contratada de serviço de suporte à implementação; f) O Conselho poderá solicitar, sem ônus adicional, correção ou repetição das oficinas ou treinamentos que não estiverem de acordo com os programas definidos ou que não atinjam os objetivos propostos; g) Entrega de documentação das atividades realizadas: o o o o A CONTRATADA terá que entregar documentos escritos, em formatos definidos pelo Conselho, sobre cada trabalho realizado; Sempre que solicitado pelo CADE, os chamados para resolução de problemas ou esclarecimento de dúvidas deverão ensejar elaboração de script padronizado que permita aplicar a mesma solução a futuros problemas de mesma natureza que venham a acontecer; Os chamados para elaboração de diagnóstico e implementação de melhoria poderão ensejar elaboração de documentos as built com detalhamento das etapas do trabalho; O Conselho poderá solicitar, sem ônus adicional, correção ou refazimento dos documentos que não estiverem de acordo com os padrões definidos ou que não corresponderem, na prática, aos procedimentos adotados Gestão da equipe e da execução de serviços da CONTRATADA Acompanhamento e supervisão da equipe que executará todos os serviços objeto dessa contratação, objetivando o cumprimento dos acordos de níveis de serviços estabelecidos, utilizando melhores práticas e garantindo o alinhamento entre hardware, software, organização e políticas do CADE; Responsável pela gestão da execução e controle dos indicadores dos serviços contratados; Apoio à elaboração de Plano Diretor de Tecnologia da Informação, segundo normativas da Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação e Comunicação do Ministério de Planejamento Orçamento e Gestão; Apoio ao processo de planejamento de aquisição de recursos tecnológicos da informação com informações gerenciais sobre bens e serviços disponíveis e demandados pelos usuários, incluindo;

61 Especificação técnica de equipamentos de TI com vistas à aquisição pelo CADE, compreendendo microcomputadores, servidores, impressoras e demais componentes eletrônicos utilizáveis em rede; Atuar como preposto e gerenciar os profissionais envolvidos na execução dos serviços; Elaborar e propor plano de execução dos serviços e organizar a alocação de turnos e de profissionais; Comunicar aos fiscalizadores de contrato o não cumprimento de prazos de atendimento dos chamados de assistência técnica e suporte técnico; Propor e elaborar scripts da base de conhecimento; Atuar na customização da ferramenta de gerenciamento de demandas Ocomon de acordo com necessidades do CADE; Executar outros serviços correlatos à contratação; Qualificação mínima exigida a) Formação de nível superior na área de administração, informática ou engenharia, ou formação de nível superior em qualquer área com curso de pós-graduação na área de informática. b) Experiência em operação, administração e configuração de equipamento Firewall AKER; c) Experiência mínima de 5 (cinco) anos em gerenciamento de projetos, administração e gestão de infraestrutura de TI. Bem como em atividades de gestão de serviços; d) Experiência em apoio à elaboração de Plano Diretor de Tecnologia da Informação, segundo normativas da Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação e Comunicação do Ministério de Planejamento Orçamento e Gestão; e) Certificação ITIL Foundation v.3, CobiT Control Objectives for Information and Related Technology 4.1, MCITP Microsoft Certified IT Professional Server Administrator; O CADE se reserva o direito de realizar auditorias a qualquer tempo para verificar se as competências mínimas solicitadas são atendidas pela CONTRATADA. Desta forma, quando solicitado, a CONTRATADA deverá apresentar os currículos dos profissionais alocados na prestação do serviço, como forma de comprovação das competências dos profissionais Gestão dos Serviços Técnicos É composto necessariamente, mas, não exclusivamente pelo registro, controle e acompanhamento do atendimento dos serviços executados na central de serviços técnicos, serviços de suporte técnico e na administração de serviços corporativos, desde que a demanda seja originariamente solicitada pelo usuários externos à área de TIC.

62 Esta gestão será efetuada por meio de ferramenta e equipamentos que contenham as seguintes funcionalidades: a) Gestão de Incidentes o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o Personalizada com identidade visual do CADE; Disponibilizar função de cálculos e recálculos de tempos de atendimentos para elaboração de relatórios de execução dos serviços; Permitir emissão de relatórios de gestão de incidentes que contemple os tempos de execução do acordo de níveis de serviço; Contemplar status de atendimento para aprimorar os processos de atendimento de incidentes; Efetuar processo de pesquisa de satisfação; Abertura de chamados de suporte por área de competência; Vínculo do chamado com a etiqueta de patrimônio do equipamento; Busca rápida de informações referentes ao equipamento (configuração, localização, histórico de chamados, garantia..) no momento da abertura do chamado; Envio automático de para as áreas de competência; Acompanhamento do andamento do processo de atendimento das ocorrências; Encerramento das ocorrências; Controle de horas válidas; Definições de níveis de prioridades para os setores da empresa; Gerenciamento de tempo de resposta baseado nas definições de prioridades dos setores; Gerenciamento de tempo de solução baseado nas definições de categorias de problemas; Controle de dependências para o andamento do chamado; Base de conhecimento; Consultas personalizadas; Relatórios gerenciais; Controle de SLAs; b) Gestão de atendimento o o Software de gestão de atendimento que utilize tecnologia CTI (Computer Telephony Integration), sistema de telefonia com recursos de PABX, DAC (Distribuidor Automático de Chamadas) e URA (Unidade de Resposta Audível), sistema eletrônico de gravação, links de comunicação; Permitir o tratamento das gravações institucionais e dos diálogos entre os atendentes e clientes, sendo possível armazená-las, recuperá-las e enviá-las ao

63 63 o o o o o o o o o o CONTRATANTE, bem como criar gravações institucionais por meio de qualquer telefone com acesso a Rede Telefônica Pública Comuta a -RTPC, com sinalização de pulso ou tom. Permitir armazenamento das gravações por até 24 (vinte e quatro) meses. Permitir a interação com o cliente mediante o uso de menus em voz digitalizada em português, para fornecimento de informações, mediante comando do usuário enviado pelo teclado telefônico, com o objetivo de realizar o atendimento de forma automática. Possuir facilidade cut-thru, para permitir a interrupção de uma mensagem de resposta audível, quando o usuário digitar uma opção em qualquer ponto do menu de voz, por telefone decádico ou DTMF. Possibilitar a intervenção de supervisor em todas as chamadas ativas ou em fila de espera. Possibilitar a supervisão do atendimento remotamente, de forma que de qualquer telefone, fixo ou celular, seja possível ouvir e intervir nas ligações em tempo real por meio da seleção do ramal que se deseja monitorar. Essa funcionalidade deve estar disponível também para os servidores do CONTRATANTE responsáveis pelo acompanhamento do contrato. Possuir painel de informações que permita às áreas de coordenação e gestão enviarem informações a toda equipe ou a operadores específicos. Permitir a transferência da preferência de atendimento dos atendentes para a Unidade de Resposta Audível - URA, por meio de dispositivo eletrônico programado para os coordenadores/gerentes. Permitir a transferência para atendimento presencial, quando a URA estiver sendo usada. Possibilitar consultas via WEB em tempo real de funcionalidades da console de gerenciamento da CTI (Computer Telephony Integration) como número que originou chamada, quantidade de chamadas em fila de espera, abandonadas, bloqueadas, desistentes, tempos médios de espera de chamadas, tempo médio das atendidas em até trinta segundos, consulta atendentes online, offline e em atendimento: Emissão de relatórios de desempenho da central contendo entre outras informações tempo total de conversa, tempo médio de atendimento, maior tempo de conversação, tempo de espera das chamadas que entraram, tempo total de espera, tempo total em que as chamadas ficaram em espera no período de intervalo, quantidade total de ligações que ficaram em fila, maior quantidade de ligações em fila, percentual de chamadas em fila, quantidade de chamadas atendidas abandonadas - atendidas até 30 segundos; O CADE promoverá condições técnicas, dentro de sua disponibilidade, para atender a este requisito, estando certo que os equipamentos, hardware e software necessários são de responsabilidade da CONTRATADA; As licitantes deverão compor seus preços em UST Unidade de Serviço, contemplando os custos dos equipamentos, hardware e software citados;

64 PRODUTOS E RESULTADOS A SEREM PRODUZIDOS 8.1 Relatórios de Continuidade de Negócios contendo indicadores de capacidade e disponibilidade dos ativos, além de projeções de elevação do uso dos recursos computacionais. 8.2 Relatório Técnico de Atividades Deve ser elaborado mensalmente, entregue até o 1º (primeiro) dia útil do mês subseqüente, contendo o resultado dos indicadores de serviço do mês de referência. Tal informação servirá de insumo para a avaliação dos serviços realizados e dos indicadores alcançados no período. 8.3 Catálogo de Serviços no prazo de um mês a CONTRATADA deverá apresentar a primeira versão do documento, que sofrerá adequação trimestral e sobre o qual será estabelecido Acordo de Nível de Serviços com grau de exigibilidade progressiva. 9 - EXIGÊNCIAS DE QUALIFICAÇÃO TÉCNICA DA LICITANTE 9.1 Atestado(s) de capacidade técnica fornecido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado (no caso de direito privado deverá constar no referido atestado o reconhecimento de firma do autor), que comprove(m) a aptidão da licitante para o desempenho de atividades pertinentes e compatíveis em características técnicas com o objeto e especificações técnicas do Termo de Referência, com a utilização de profissionais certificados: MCITP - Microsoft Certified IT Professional Database Administrator; MCITP Microsoft Certified IT Professional Server Administrator; MCITP - Microsoft Certified IT Professional Enterprise Messaging Administrator; MCITP Microsoft Certified IT Professional Enterprise Administrator; McAfee Entercept Specialist; ITIL v.3; LPI-C2 Linux Professional Institute; 9.2 Atestado(s) de capacidade técnica fornecido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado (no caso de direito privado deverá constar no referido atestado o reconhecimento de firma do autor), que comprove(m) a aptidão da licitante na implantação, customização e operação de ferramenta de Service Desk OCOMON, contendo, no mínimo, o Resumo Geral de Incidentes por período, contemplando os indicadores de conclusão de atendimento em 20 minutos e de uma hora, status de atendimento, consolidação de recálculo de tempo de atendimento, customização de leiaute em conformidade com a identidade visual do órgão; 9.3 Atestado(s) de capacidade técnica fornecido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado (no caso de direito privado deverá constar no referido atestado o reconhecimento de firma do autor), que comprove(m) a aptidão da licitante na elaboração, implantação, configuração e atualização de base de conhecimento e Catálogo de Serviços 9.4 Atestado(s) de capacidade técnica fornecido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado (no caso de direito privado deverá constar no referido atestado o reconhecimento de firma do autor), que comprove(m) a aptidão da licitante na Administração, configuração, implementação e documentação de Rotinas de Backup com o software HP Dataprotector, contendo: Verificação dos trabalhos agendados (JOBs); Realização de rotinas de Restauração de arquivos na rede, solicitados através de Ordem de Serviço;

65 Manuseio de fitas de backup, retirada do equipamento, documentação e armazenamento em cofre; Monitoramento diário e geração de relatórios e comparativos; 9.5 Atestado(s) de capacidade técnica fornecido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado (no caso de direito privado deverá constar no referido atestado o reconhecimento de firma do autor), que comprove(m) a aptidão da licitante na Administração de Gerência Centralizada de Antivírus (McAfee epolicy Orchestrator) com logs guardados em bancos de dados (MS-SQL) e relatórios diários (monitoramento do ambiente); 9.6 Atestado(s) de capacidade técnica fornecido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado (no caso de direito privado deverá constar no referido atestado o reconhecimento de firma do autor), que comprove(m) a aptidão da licitante na Configuração, junto ao SERPRO, de VLANs na Infovia para comunicação e identificação entre sites distintos do CLIENTE e Sede; 9.7 Atestado(s) de capacidade técnica fornecido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado (no caso de direito privado deverá constar no referido atestado o reconhecimento de firma do autor), que comprove(m) a aptidão da licitante na prestação de serviços de suporte técnico a usuário com resolução de oitenta por cento dos chamados em até vinte minutos cada; 9.8 Atestado(s) de capacidade técnica fornecido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado (no caso de direito privado deverá constar no referido atestado o reconhecimento de firma do autor) contendo atividades em gerenciamento, sustentação de softwares, em sistemas desenvolvidos e implantados que contenham modelos de Business Inteligence para: Relatório de acompanhamento e decisões de natureza de domínio econômico; Mesa jurídica com funções específicas para atividade jurídica e econômica; Relatórios de decisões colegiadas; Automação de procedimentos de processos e pareceres; Automação de biblioteca, recursos humanos e comunicação social; Service desk; Siafi gerencial (siafiger); GED gestão eletrônica de documentos; Sistema de controle de cópias e vista de processos; Programa de intercâmbio; Sistema de numeração de ofício; Pauta eletrônica; 9.9 Atestado(s) de capacidade técnica fornecido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado (no caso de direito privado deverá constar no referido atestado o reconhecimento de firma do autor), comprovando operação, gerenciamento e sustentação dos produtos e serviços do item 7.8.1, em condições de interoperabilidade com os navegadores internet Mozilla, Firefox, Chrome; 9.10 Declaração de que apresentará na assinatura do contrato, documento de parceria com fabricantes ou funcionários que tenham comprovação da certificação PMI e Linux;

66 Declaração de que manterá profissionais com os perfis e qualificações mínimas exigidas no item 7 do Termo de Referência, com o compromisso de atualizá-los nas novas versões que forem lançadas pelos fabricantes; 9.12 Declaração, de que apresentará, em até 03 (três) meses após a assinatura do contrato, lista nominal de profissionais certificados, acompanhada de transcript e ou cópia de certificados, que estarão, obrigatoriamente, vinculados à execução dos serviços de suporte técnico especializado e transferência de tecnologia, 9.13 Declaração de que apresentará, em até 03 (três) meses após a assinatura do contrato, a proposta de programa de transferência de tecnologia, conforme item ; 9.14 Apresentar termo formal de parceria para execução de programas de capacitação oficial de fabricantes, para realização em Brasília, atendidas as condições da fabricante Microsoft, sujeita a diligências Todos os atestados deverão ser acompanhados do contrato de prestação de serviços que lhe deram origem No(s) atestado(s) deve estar explícito: a empresa que está fornecendo o atestado, o responsável pelo setor encarregado do objeto em questão e a especificação dos serviços executados 10 - DESCRIÇÃO DO AMBIENTE DO CADE As características relevantes de hardware e softwares instalados são: Processadores: Intel Celeron; Intel Pentium IV; Intel Core 2 Duo; Intel Xeon 64 bits; AMD Athlom X2 64 bits; AMD Opteron; Conectados em rede Ethernet 100/1000 Windows 2003/2008; Sistemas operacionais: Microsoft Windows 2003 R2, e Professional; Microsoft Windows XP Professional; Microsoft Windows Vista Professional; Microsoft Windows 7 Professional; Solução corporativa de antivírus McAfee; Banco de Dados: Microsoft SQL 2000 Server; Microsoft SQL 2005 Server; Microsoft SQL 2008 Server; MySQL; Ambiente de desenvolvimento: Microsoft Asp.Net; Microsoft VBScript.Net; Java Eclipse; HTML;

67 67 Sistemas CADE: automatização de trâmite de documentos, processos e pareceres, com controle de acesso e recuperação textual via internet/intranet; automatização de todos os setores do CADE Protocolo, secretaria, Biblioteca, Recursos Humanos, Comunicação Social (elaboração de Clipping), com sistemas desenvolvidos para o ambiente intranet/internet e totalmente compatíveis com os navegadores Internet Explorer e Mozilla Firefox, Chrome; Service Desk; SIAFI Gerencial (SIAFIGER); GED Gestão Eletrônica de Documentos; Controle de Acesso; Solicitação de cópias e vista de processos; PINCADE Programa de Intercâmbio do CADE; SICOF Sistema de Numeração de Ofício; Pauta Eletrônica; Servidores: Microsoft Exchange Server 2003; Microsoft Exchange Server 2010; Microsoft Windows Server Update System WSUS; Microsoft Windows Media Server; Antivírus EPO Enterprise Policy Orchestrator; WEB Orion (DMZ Zona Desmilitarizada); De aplicações Intranet e Intranet2; Domain File System; De Atualização do ASI; De Backup com software HP Data Protector VS.6.11 e hardware Autoloader; De aplicações GNU/Linux, com Banco de Dados MySQL; Storage HP Works Ai0600 De Controle do Sistema de Catracas; Controladores de domínios primário e secundário DNS, DHCP, Wins, AD; Ativos de Rede: Switches CISCO 6500; Switches CISCO Catalyst 3548XL; Switches 3Com 8250; Switches 3Com 4200-G; Switches 3Com Baseline 2250 Plus; Switches Allied Telesyn AT-8350GB; Router CISCO 2600; Firewall AKer; Rede Serpro (Extra, SNA, HOD), acesso à Internet via INFOVIA Brasília; Rede Wireless protocolo G; Outras ferramentas: Microsoft Internet Explorer; Microsoft Office; Microsoft Outlook; Microsoft Front Page;

68 68 Microsoft Project; Microsoft Visio; Microsoft Windows Media Encoder; Microsoft Windows Media Server; Microsoft Host Integration Server; Microsoft Windows Media Player; Microsoft SMS Software Management Server 2003; Microsoft Office WEB Components; Adobe Acrobat Reader; Open Office; Rede Serpro (Extra, SNA, HOD); máquina Virtual JAVA; emulador de terminais Attachmate Extra; emulador de terminal Extra Client; 11 - VISTORIA TÉCNICA 11.1 Para a participação as licitantes deverão vistoriar as instalações do CADE no endereço SCN Quadra 2 projeção C CEP Brasília DF, visando o esclarecimento de dúvidas sobre a execução dos serviços no ambiente computacional do CADE e a elaboração adequada de sua proposta ou apresentar declaração firmada por seu responsável técnico, sob as penalidades da lei, de que tem pleno conhecimento das condições e peculiaridades inerentes à natureza do trabalho, que assume total responsabilidade por este fato e que não utilizará deste para quaisquer questionamentos futuros que ensejam avenças técnicas ou financeiras com o CADE; 11.2 As vistorias serão realizadas de acordo com os seguintes termos e condições: É de responsabilidade da licitante o fornecimento de informações corretas para fins de resposta à solicitação de vistoria, estando o CADE desobrigado de sanar quaisquer falhas oriundas destas informações A licitante deverá indicar um preposto para realização da vistoria e recebimento da Declaração de Vistoria, de acordo com o modelo constante do Anexo VIII do Edital A vistoria deverá ser no máximo até o primeiro dia útil antecedente ao dia do pregão LOCAL E HORÁRIOS DE EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS 12.1 Os serviços serão executados na sede do Conselho Administrativo de Defesa Econômica situado no SCN Quadra 2 projeção C CEP Brasília DF, no horário de 08:00 às 20:00h de segunda a sexta-feira Eventualmente, poderá ser solicitado atendimento presencial em outros locais, visando apoiar atividades da CONTRATANTE, como em exposições, eventos, seminários e outros.

69 Todos os deslocamentos das equipes que se fizerem necessários para o desenvolvimento das atividades contratadas serão de responsabilidade da CONTRATADA, através de meios que lhe convir DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS Aquele que se recusar, sem justificativa, a assinar a ata (dentro do prazo de validade da proposta que apresentou) ou a firmar um ou mais contratos decorrentes do registro de preços (dentro do prazo de vigência da ata de registro de preços que assinou), deixar de entregar documentação exigida no edital, apresentar documentação falsa, ensejar o retardamento da execução de seu objeto, não mantiver a proposta, falhar ou fraudar na execução do objeto licitado, comportar-se de modo inidôneo, fizer declaração falsa ou cometer fraude fiscal, garantido o direito à ampla defesa, ficará impedido de licitar com o CADE e demais órgãos ou entidades da Administração Pública Federal da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios será descredenciado do SICAF pelo prazo de até 5 (cinco) anos e, ainda, ficará sujeito ao pagamento de multa equivalente a 5% (cinco por cento) do valor total da Ata que seria ou chegou a ser firmada entre as partes; Pela inexecução total ou parcial do contrato, poderão ser aplicadas ao futuro contratado, em especial se ele vier a incorrer em uma das situações previstas no art. 78, incisos I a XI, da Lei nº 8.666/93 e segundo a gravidade da falta cometida, aplicar as seguintes penalidades, segundo a gravidade da falta cometida e garantida a defesa prévia: a - advertência por escrito; b - multa moratória de 0,05% (cinco centésimos por cento) ao dia de atraso, até o 5º (quinto) dia após a data fixada para entrega do objeto deste Pregão; e 0,07% (sete centésimos por cento) ao dia de atraso a partir do 6º (sexto) dia, calculada sobre o valor total do contrato a ser firmado entre as partes; c - Suspensão temporária de participar de licitação e contratar com o CADE pelo prazo de até 02 (dois) anos, podendo ser promovida a reabilitação, perante o Sr. Presidente do CADE, após o decurso deste prazo; d - declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública, enquanto perdurarem os motivos que determinaram sua punição ou até que seja promovida sua reabilitação perante Exmº Sr. Ministro de Estado de Justiça, nos termos do artigo 87, 3º, da Lei 8.666/1993, podendo a reabilitação ser requerida pelo futuro contratado somente após o decurso de dois anos da aplicação da penalidade e desde que ele tenha ressarcido o CADE pelos prejuízos resultantes As multas estabelecidas neste item são independentes entre si e poderão ser aplicadas concomitantemente pela autoridade competente, não impedindo que o CADE rescinda unilateralmente o contrato. Será facultada a defesa prévia do interessado no prazo de 5 (cinco) dias úteis, contados a partir da data em que o(s) futuro(s) contratado(s) tomar ciência; As sanções previstas nas alíneas neste item poderão ser também aplicadas concomitantemente ao licitante que, em razão de contrato administrativo:

70 70 a - Tenha sofrido condenação definitiva por praticar, por meios dolosos, fraude fiscal no recolhimento de quaisquer tributos; b - Tenha praticado atos ilícitos, visando frustrar os objetivos da Licitação; c - Demonstre não possuir idoneidade para contratar com a Administração, em virtude de atos ilícitos praticados Antes da ocasional aplicação de qualquer sanção administrativa, será assegurado ao(s) licitante(s) vencedor(es) ou ao(s) futuro(s) contratado o direito ao contraditório e a ampla defesa; Caso haja aplicação de multa, o valor será descontado de qualquer fatura ou crédito existente no CADE em favor do(s) futuro(s) contratado(s) ou na execução da garantia prestada. Caso a mesma seja superior ao crédito eventualmente existente, a diferença será cobrada administrativa ou judicialmente, se necessário Na hipótese de aplicação das sanções administrativas previstas pelas alíneas a a c do item 13.2, o CADE registrará a ocorrência no SICAF, cabendo o mesmo ao Ministério da Justiça em caso de declaração de inidoneidade. 14 ESTIMATIVA DE CUSTOS DO CONTRATO 14.1 O valor orçado para a presente contratação está relacionado a: demandas e necessidades atuais de estruturação da área de TI; futuras ampliações do parque e atualização de tecnologias; implantação de base de conhecimento; sistema de acompanhamento dos serviços; a implementação de ferramentas já adquiridas e não utilizadas por falta de conhecimento e treinamento da equipe (Visio, Hyper V, Project, Exchange 2010, Windows 7, entre outros); migrações de versões de aplicativos; apoio à estruturação de Catálogo de Serviços; a execução dos serviços por profissionais mais capacitados e certificados; enfim para o perfeito atendimento a todas as atividades contempladas no item 7 - Especificações Técnicas; 14.2 Recursos Humanos estimados para a realização dos serviços: Em conformidade com os quantitativos de UST expressos no disposto na Tabela B, do item deste Termo de Referência estima-se que a quantidade de profissionais para dos itens 1 ao 5 e 9 é de um profissional para cada item, e para os itens 6 e 7 da tabela são dois profissionais cada, totalizando dez profissionais. Em relação ao item 8 da referida tabela B, o mesmo será executado sob demanda, e de acordo com o estipulado no item 7.8 desse Termo de Referência Em nenhuma hipótese, a quantidade de profissionais estimadas deve ser entendida como o quantitativo definido pelo CADE para a prestação dos serviços, uma vez que a forma de contratação será na modalidade de serviço e não em alocação de mão-de-obra Cabe, portanto, única e exclusivamente à empresa CONTRATADA estruturar e dimensionar a equipe que prestará os serviços, de forma a atender à demanda,

71 71 condições e níveis de serviço estabelecidos para execução dos serviços dos itens 1 ao 9 da tabela Com exceção ao serviço de suporte à implementação Microsoft, todas as atividades de rotina dos demais serviços de sustentação requerem execução continuada e os profissionais que vierem a executá-los não poderão ser compartilhados na execução de serviços em outros clientes da CONTRATADA, ou mesmo dela Pesquisa salarial de mercado: Visando garantir a dignidade do trabalhador e a preservar a qualidade da mão-deobra, pois o futuro prestador de serviço não conseguirá disponibilizar e manter pessoal qualificado se não ofertar salários compatíveis com os de mercado, o CADE realizou pesquisa de mercado referente a remuneração salarial, para o pagamento dos recursos humanos a serem utilizados pela empresa CONTRATADA na prestação dos serviços Em hipótese alguma o estabelecimento na pesquisa salarial de mercado frustrará o caráter competitivo do certame ou infringirá os mandamentos do art. 40 da lei nº 8.666/93, O salário representa apenas uma parcela do preço, a qual será acrescida de encargos sociais, outros insumos, taxa de administração, lucro e impostos Esse também é o entendimento do TCU, uma vez que em recente contratação de serviços de tecnologia da informação, objeto do Pregão Eletrônico no 17/2010 de Abril/2010, definiu uma pesquisa salarial de mercado que deverá ser observada pela empresa prestadora dos serviços na contratação dos profissionais que executarão os serviços A pesquisa salarial de mercado se encontra no Anexo II do Edital e foi construída com base em valores obtidos em pesquisas realizadas pelo CADE O licitante deverá encaminhar documentação comprobatória de que tem condições de contratar, pelos valores propostos, profissionais com qualificação igual ou superior à exigida nos Requisitos de Formação e Qualificação Técnica dos Profissionais, sujeito a diligência Valor global estimado R$ ,96 (hum milhão, oitocentos e quarenta e oito mil, cento e noventa e dois reais e noventa e seis centavos), cujo detalhamento consta na Tabela B - Estimativa para lote único com preposto, do item desse Termo de Referência 15 - MENSURAÇÃO DOS SERVIÇOS 15.1 A Unidade de Serviços de TIC do CADE UST é a unidade que servirá de simples referência para estimar a mensuração de serviços varia de acordo com tipo de serviço e cargo de quem executa, e é equivalente a prestação de serviços de um profissional no período de uma hora, ressaltando-se que esta equivalência foi traçada para fins comparativos de mensuração dos serviços e fins exclusivos de equalização das propostas dos Licitantes, que deverão apresentar quantitativos e preços de USTs conforme modelo de proposta do Anexo III.

72 Todos serviços necessários serão demandados através de Ordens de Serviço aprovadas pelo gestor da área, funcionário do órgão. O detalhamento das ordens de serviço está descrito no item 15 desse Termo de Referência, e Anexo V - Modelo de Ordem de Serviço O CADE fará a contratação inicial mínima das USTs propostas, correspondente aos serviços técnicos de administração e sustentação de infraestrutura (item 1 ao 7 e 9), reservando-se o direito de complementar a contratação restante na medida em que suas necessidades operacionais se apresentem Tabela de Referência de Quantidade Anual de Unidade de Serviços de TI do CADE Item Descrição Cargos Certificação Exigida 1 Suporte a banco de dados 2 Suporte a dados Suporte a administração de serviços de rede Suporte a configuração, 4 mudanças e capacidade Suporte a serviços de segurança da informação 6 Central de serviços técnicos 7 Serviço de suporte técnico 8 Suporte à Implementação 9 Serviço de gestão da equipe e execução Administrador de banco de dados sênior Administrador de dados sênior Administrador de rede pleno Analista de suporte de redes sênior Analista de segurança da informação pleno Analista de suporte técnico júnior Analista de suporte técnico pleno Analista de suporte técnico sênior Gestor Técnico e Operacional sênior MCITP Microsoft Certified IT Professional Database Administrator MCITP Microsoft Certified IT Professional Database Administrator ou Developer MCITP Microsoft Certified IT Professional Enterprise Administrator MCITP - Microsoft Certified IT Professional - Server Administrator ITILv.3 COBIT MCITP Microsoft Certified IT Professional Enterprise Administrator; MCITP - Microsoft Certified IT Professional Enterprise Desktop Support Technician 7 MCITP - Microsoft Certified IT Professional Enterprise Desktop Administrator 7 Todas as categorias de certificação MCITP já citadas e ITIL v.3 MCITP - Microsoft Certified IT Professional - Server Administrator ITILv.3 COBIT A Quantidade estimada USTs B Quantidade máxima de USTs Quantidades anuais de UST - Unidade de Serviços de TI do CADE O quantitativo de USTs máxima, coluna B, corresponde a possibilidade de contratação máxima; 15.6 O quantitativo estimado de USTs contempla atividades de rotina, que são contínuas com periodicidade previamente definida para execução. Atividades esporádicas, que não possuem periodicidade de execução estabelecida mas são executáveis mediante as solicitações de usuários ou por demandas de correções e atualizações tecnológicas. E por fim, atividades de demandas que são realizadas mediante agendamento, e que dependem de emissão de Ordem de Serviço específica. O Catálogo de Serviços a ser elaborado deverá considerar os tipos de atividades citados Considerando que os serviços objeto do presente Termo de Referência eram, como já mencionados anteriormente, contratados pelo regime de Postos de Trabalho, não havia, no

73 73 âmbito da CONTRATANTE, uma obrigatoriedade de se registrar todo e qualquer atendimento, bem como uma ferramenta específica para o registro de chamados e solicitações de serviços, não possuindo, desta forma, uma base histórica confiável de dados de atendimento e outras informações suficientes e necessárias à mensuração quantitativa dos serviços que ora se busca contratar A CONTRATADA deverá seguir as melhores práticas preconizadas pelo modelo Information Technology Infrastructure Library - ITIL nos processos de suporte a serviços (Service Support), garantindo principalmente o gerenciamento de configuração e mudanças de todos os produtos gerados durante a execução dos serviços Na execução dos serviços será gerado um histórico de informações e dados de atendimento por meio da ferramenta de gestão, estruturando-se uma base de conhecimento e conseqüente elaboração e consolidação de Catálogo de Serviços, a ser aprovado pela CONTRATANTE, em até 6 (seis) meses após o início do contrato, o que propiciará a gestão do contrato, não mais como serviço, mas sim, pelos produtos entregues e avaliados em cada atividade e conseqüentes aos serviços realizados conforme Catálogo e Acordo de Níveis de Serviços ajustados à realidade do órgão; 16 - NÍVEIS DE SERVIÇO E INDICADORES 16.1 Níveis de serviço são critérios objetivos e mensuráveis, estabelecidos pela CONTRATANTE, com a finalidade de aferir e avaliar diversos fatores relacionados com os serviços contratados, quais sejam: qualidade, desempenho, disponibilidade, custos, abrangência/cobertura e segurança. Para mensurar esses fatores serão utilizados indicadores relacionados com a natureza e característica dos serviços contratados, para os quais são estabelecidas metas quantificáveis a serem cumpridas pela CONTRATADA Em função da transição do modelo de contratação de postos de trabalho que vem sendo exercido atualmente, para o modelo proposto neste Termo de Referência, que se concentra na entrega de serviços, por não haver estatísticas confiáveis, nem acordos de nível de serviços e indicadores anteriores, e para adequação à nova sistemática considerar-se-á o período de três meses como prazo de estabilização dos serviços, durante os quais haverão ajustes de processos, procedimentos e Acordo de Níveis de Serviços entre as partes; 16.3 Os indicadores de avaliação e respectivas metas foram definidos de acordo com a natureza e características de cada serviço e expressos em unidades de medida, como por exemplo: percentuais, tempo medido em horas, minutos ou segundos, números que expressam quantidades físicas, dias úteis e dias corridos A freqüência de aferição e avaliação dos níveis de serviço será mensal, devendo a CONTRATADA elaborar relatórios gerenciais de serviços, apresentando-os à CONTRATANTE até o segundo dia útil do mês subseqüente ao da prestação do serviço. Devem constar desse relatório, entre outras informações, os indicadores/metas de níveis de serviço alcançados, recomendações técnicas administrativas e gerenciais para o próximo período e demais informações relevantes para a gestão contratual. O conteúdo detalhado e a forma do relatório gerencial serão definidos pelas partes Indicadores de níveis de serviço os serviços prestados serão medidos com base em indicadores e metas de níveis de serviço, vinculados a fórmulas de cálculo específicas, e

74 74 deverão ser executados pela CONTRATADA de modo a alcançar as respectivas metas exigidas O nível de serviço indica a variação considerada aceitável pelo CADE dos indicadores de desempenho para a prestação dos serviços. O acordo de nível de serviço aqui descrito apresenta todos os indicadores que compreendem essa avaliação A identificação de inconsistências entre os indicadores apresentados pela CONTRATADA e os indicadores apurados pelo CADE, configuram-se como não cumprimento do Acordo de Nível de Serviço, sendo neste caso aplicada cláusula específica definida nas sanções administrativas do contrato A não comunicação de incidentes e a glosa estabelecida em função dos pontos atribuídos pela falha no monitoramento não exime a empresa da responsabilidade civil pelos eventuais prejuízos causados à CONTRATANTE Excetuando-se o item 7.8, em que os níveis de serviços e indicadores já foram detalhados, para os demais será aplicada a tabela de verificação dos indicadores apresentada a seguir: Verificador Finalidade Limites Pontos atribuídos pelo não atendimento 0%-10% 0 Percentual de incidentes comunicados fora do prazo Percentual de OS concluídas fora do prazo Percentual de OS iniciadas fora do prazo Agilidade de resposta e manutenção correta do ambiente Verificar a eficiência da CONTRATADA Verificar a adequação do quadro alocado pela empresa 10%-25% 30 25%-50% 45 50%-100% 60 0%-10% 0 10%-25% 30 25%-50% 60 50%-100% 90 0%-10% 0 10%-25% 30 25%-50% 60 50%-100% Além da atribuição dos pontos apurados pelo descumprimento dos índices relacionados aos indicadores, a tabela abaixo mostra a pontuação atribuída por outras ocorrências e que contribuirão para soma total dos pontos para efeito de glosa no faturamento mensal para todos os itens. Nº DESCRIÇÃO REFERÊNCIA PONTOS Suspender ou interromper salvo por motivo de força maior ou caso fortuito, a execução das ordens de serviço. Atribuir ordem de serviço a empregado sem as qualificações mínimas exigidas no item 7; Cumprir e/ou implementar as rotinas em desconformidade com a Política de Segurança do CADE. Cumprir e/ou implementar as rotinas em desconformidade com o Plano de Continuidade de TI do CADE. Por ocorrência 20 Por ocorrência 15 Por ocorrência 05 Por ocorrência 05

75 Não apresentar os relatórios consolidados de Ordens de Serviço e indicadores de forma a possibilitar a fiscalização dos serviços prestados. Não criar e manter a documentação atualizada e completa sobre as configurações de rotinas, sistemas e equipamentos relacionados com o serviço em questão. Deixar de substituir empregado que apresente comportamento inadequado ao ambiente da CONTRATANTE (após comunicação). Não manter controle das versões das aplicações instaladas nos equipamentos / sistemas relacionados ao serviço. Não solicitar a inclusão de arquivos/configurações importantes na rotina de backup. Por dia de atraso 05 Por ocorrência 05 Por dia 05 Por ocorrência 15 Por ocorrência Indicadores de serviços Excetuando-se o item 7.8, em que os níveis de serviços e indicadores já foram detalhados, para os demais serão aplicados os indicadores abaixo A definição dos indicadores e a classificação de incidentes e Ordens de Serviço obedecerá a seguinte tabela de criticidade: Grau de Criticidade Prazo (em minutos) Para cada serviço CONTRATADA são definidos os seguintes indicadores que servirão como base para definição e aferição dos níveis de serviço: a) Indicador 1 - Número de Ordens de Serviço (OS) com atendimento iniciado fora do prazo definido por sua criticidade, ou seja, deverão ser contabilizadas todas OS que satisfaçam a seguinte condição: Prazo para Início de Atendimento Prazo da Criticidade <= 0 b) Indicador 2 - Número de OS com atendimento iniciado fora do prazo definido por sua criticidade; Prazo para início de Atendimento (Prazo da Criticidade) > 0 c) Indicador 3 - Número de OS finalizadas dentro do prazo acordado. Isto significa que devem ser contabilizadas todas OS que satisfaçam a seguinte condição: Prazo Real Prazo Acordado <= 0 d) Indicador 4 - Número de OS finalizadas fora do prazo acordado. Da mesma forma que no caso anterior, são todas OS que satisfaçam a seguinte condição:

76 76 Prazo Real Prazo Acordado > 0 e) Indicador 5 - Número de incidentes de criticidade 1 (NI1_P_v) e 2 (NI2_P_v) relacionados ao serviço em questão comunicados (via sistema ou help desk) dentro do prazo estabelecido (5 e 30 minutos, respectivamente). Isto significa que devem ser contabilizados para estes dois níveis de criticidade todos incidentes que satisfaçam as seguintes condições: Prazo Comunicação Real Prazo Criticidade1 <= 0 Prazo Comunicação Real Prazo Criticidade2 <= 0 f) Indicador 6 - Número de problemas de criticidade 1 (NI1_P_f) e 2 (NI2_P_f) relacionados ao serviço em questão comunicados (via sistema ou help desk) fora do prazo estabelecido (5 e 30 minutos, respectivamente). Isto significa que devem ser contabilizados para estes dois níveis de criticidade todos incidentes que satisfaçam as seguintes condições: Prazo Comunicação Real Prazo Criticidade1 > 0 Prazo Comunicação Real Prazo Criticidade2 > Tendo em vista o estágio de maturação do ambiente tecnológico do CADE, a estruturação de Base de Conhecimento e Catálogo de Serviços, a CONTRATANTE e a CONTRATADA, ajustarão, trimestralmente, Acordos de Níveis de Serviços com grau de exigibilidade crescente, até que se atinja o nível ideal de atendimento pretendido pelo CADE; 17 - CANAL DE COMUNICAÇÃO E ORDEM DE SERVIÇO 17.1 A CONTRATADA deverá utilizar os canais de comunicação propostos pelo CADE para o seu relacionamento com a CONTRATANTE ou com empresa por ele designada quando este relacionamento se fizer necessário durante a execução dos serviços Uma vez solicitado o serviço, a CONTRATADA deverá alocar, imediatamente, o profissional competente, de acordo com os perfis e serviços definidos no TR, o qual deverá ter sido aprovado, previamente, pelo fiscal do contrato designado pela CONTRATANTE, nos termos do art. 67 da Lei no 8.666/ Nos casos de serviços cujos prazos de atendimento não estejam formalizados em acordos de nível de serviço, a CONTRATADA deverá apresentar prazo para execução da atividade que será analisado pela CONTRATANTE O prazo para execução inicia-se quando do envio da solicitação de serviço (Ordem de Serviço), indisponibilidade ou falha em algum serviço. No caso de indisponibilidade de serviço ou na realização de operações rotineiras, não serão encaminhadas solicitações formais para execução da atividade. Nestes casos cabe ao gestor técnico de cada serviço acompanhar as falhas e iniciar a correção Após execução das Atividades, a CONTRATADA deverá devolver a Ordem de Serviço ao demandante, devidamente assinada, para que seja avaliada e aprovada a qualidade do serviço realizado e do produto entregue.

77 As Ordens de Serviços que demandam manutenções preventivas, implantações ou alterações da estrutura instalada, deverão ser executadas, prioritariamente fora do horário normal de expediente em dias úteis, ou em finais de semana e após agendamento e autorização da CONTRATANTE para realização das atividades As Ordens de Serviços deverão seguir modelo anexo V do Edital, e serem preenchidas totalmente, gerando informações e dados para estrutura da futura Base de Conhecimento FORMA DE PAGAMENTO 18.1 Os serviços técnicos de suporte a administração e sustentação, constantes do item 1 ao item 8 do modelo de proposta de preços Anexo III, serão remunerados pelo valor global mensal, conseqüente a proposta vencedora de acordo com o mesmo modelo de proposta do Anexo III, e os serviços de suporte à implementação item 9 do citado modelo, serão remunerados por valor da UST constante na proposta multiplicado pelas USTs executadas e aceitas pela Contratante, em ambos serão subtraídos os valores glosados pelo não atendimento dos Acordos de Níveis de Serviços, indicadores de qualidade e pontuação atribuída a outras ocorrências conforme o item 15 desse Termo de Referência para serviços técnicos de administração e sustentação e item 7.8 para suporte à implementação, todos constantes do Relatório Mensal de Atividades apresentado pela CONTRATADA e aprovado pela CONTRATANTE O CADE exigirá da empresa vencedora, por ocasião do pagamento, a apresentação dos comprovantes de regularidade junto à Secretaria da Receita Federal do Brasil, por meio da Certidão Conjunta Negativa, ou Positiva com Efeitos de Negativa, de Débitos Relativos aos Tributos Federais e à Dívida Ativa da União e da Certidão Negativa, ou Positiva com Efeitos de Negativa, de Débitos Relativos às Contribuições Previdenciárias e às de Terceiros e junto à Caixa Econômica Federal, por meio do CRF Certificado de Regularidade do FGTS A Nota Fiscal/Fatura deverá ser emitida com data a partir do dia 01º de cada mês e subseqüente ao da prestação dos serviços, e apresentada imediatamente ao CADE acompanhada dos seguintes documentos: Folha de pagamento; Comprovantes de pagamento de salário; Comprovantes de pagamento de Vale transporte; Comprovante de pagamento do Auxilio Alimentação; Recolhimentos do FGTS por meio dos seguintes documentos: a) cópia do Protocolo de Envio de Arquivos, emitido pela Conectividade Social (GFIP); b) cópia da Guia de Recolhimento do FGTS (GRF) com a autenticação mecânica ou acompanhada do comprovante de recolhimento bancário ou o comprovante emitido quando recolhimento for efetuado pela Internet; c) cópia da Relação dos Trabalhadores Constantes do Arquivo SEFIP (RE); Recolhimentos das contribuições do INSS por meio dos seguintes documentos: a) cópia do Comprovante de Declaração à Previdência; 18.4 O pagamento será efetuado mensalmente, até o 5º (quinto) dia útil do mês subseqüente da

78 78 prestação dos serviços, após as faturas serem aceitas e atestadas pelo Gestor do contrato, funcionário do CADE O pagamento será creditado em favor da CONTRATADA, por meio de ordem bancária contra entidade bancária indicada na proposta, devendo para isto, ficar explicitado o nome do Banco, agência, localidade e número da conta corrente em que deverá ser efetivado o crédito No ato do pagamento será verificada a situação de regularidade da Empresa CONTRATADA, junto ao SICAF para efetivo pagamento, que deverá conter as mesmas condições de habilitação exigidas no certame Caso o licitante não esteja regular junto ao SICAF o pagamento será retido e deverá ser efetuada a sua regularização de imediato, sob pena de rescisão contratual DA HOMOLOGAÇÃO DOS SERVIÇOS 19.1 Os serviços prestados serão avaliados e homologados, até o 5º dia útil do mês subseqüente ao de sua prestação, na reunião de entrega e análise do relatório gerencial mensal. A CONTRATADA deverá apresentar os níveis de serviço alcançados bem como as justificativas pelo não atendimento, caso existam. Todas essas informações, assim como eventuais melhorias a serem implementadas deverão constar do termo de homologação DA PROTEÇÃO ÀS INFORMAÇÕES DO CADE: 20.1 Toda informação referente ao CADE que a CONTRATADA e seus prepostos vierem a tomar conhecimento por necessidade de execução dos serviços ora contratados não poderá, sob hipótese nenhuma, ser divulgada a terceiros sem expressa autorização do CADE; 20.2 O CADE terá propriedade sobre todos os documentos e procedimentos operacionais produzidos no escopo da presente contratação; 20.3 A CONTRATADA e seus empregados assinarão termo de responsabilidade e confidencialidade de dados, comprometendo-se a preservar e não divulgar qualquer dado ou informação a que venha a ter notícia ou dado tratamento, sendo responsabilizados civil e penalmente na hipótese de infração desta salvaguarda, a par das penalidades administrativas e contratuais dela decorrentes; 20.4 Os documentos produzidos, repassados ao CADE em documento eletrônico, de preferência em formato MS-Word, serão de propriedade do Conselho; 20.5 Os recursos de TIC não poderão ser utilizados pela CONTRATADA ou seus prepostos para realização de atividades alheias aos serviços previstos ou englobados por este item, exceto quando autorizado pelo Conselho DA TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA E TRANSIÇÃO CONTRATUAL 21.1 O termo transferência de tecnologia refere-se ao processo em que a CONTRATADA, quando da execução dos serviços, repassará à equipe técnica e aos usuários da CONTRATANTE, que vierem a ser por ela indicados, os conhecimentos teóricos e práticos que fundamentam a solução dos problemas, possibilitando, em situações futuras, a

79 79 participação direta na solução; 21.2 Transferência de conhecimento referente aos problemas vivenciados e às soluções aplicadas mediante realização de treinamento de servidores, oficinas e entrega de documentos: 21.3 O processo de transferência de tecnologia e de conhecimento será obrigatoriamente realizado por profissionais certificados e/ou que tenham atuado diretamente na condução e solução dos chamados; 21.4 A transferência de conhecimento para a CONTRATANTE, no uso das soluções desenvolvidas pela CONTRATADA, deverá ser viabilizada, sem ônus adicionais para a CONTRATANTE, conforme Plano de Transferência de Conhecimento em eventos específicos de transferência de conhecimento, em ambiente disponibilizado pela CONTRATADA, e baseado em documentos técnicos e/ou manuais específicos da solução desenvolvida. O cronograma e horários dos eventos deverão ser previamente aprovados pela CONTRATANTE A CONTRATADA deverá descrever a metodologia, processos, sistema de avaliação de resultados, material instrucional, etapas, prazos, elaboração e gerenciamento de conteúdo programático, e demais condições aderentes aos objetivos deste Termo de Referência, conforme o Plano de Transferência de Conhecimento, que será utilizada para transferir conhecimento aos técnicos da CONTRATANTE e da nova CONTRATADA, os quais poderão ser multiplicadores do conhecimento transferido a outros técnicos ou a usuários finais Em ocorrendo nova licitação, com mudança de fornecedor dos serviços, a CONTRATADA signatária do contrato em fase de expiração, assim considerado o período dos últimos três meses de vigência, deverá repassar para a vencedora do novo certame, por intermédio de eventos formais, os documentos necessários a continuidade da prestação dos serviços, bem como esclarecer dúvidas a respeito de procedimentos no relacionamento entre a CONTRATANTE e a nova CONTRATADA A transferência de tecnologia será feita por meio de workshops e treinamento oficial do fabricante, sendo necessário que este seja realizado em Brasília, em instalações da CONTRATADA, por parceiro certificado pela Microsoft com a competência Learning Solutions. Caso a CONTRATADA não possua tal competência, o serviço de capacitação oficial poderá ser realizado através de parceria com empresa certificada; 21.8 Para transferência de tecnologia em que seja feito através de treinamento oficial, o valor/hora por pessoa treinada será remunerado na proporção de 1/3 (um terço) do valor da UST contratada de serviço de suporte à implementação; 21.9 O Conselho poderá solicitar, sem ônus adicional, correção ou repetição das oficinas ou treinamentos que não estiverem de acordo com os programas definidos ou que não atinjam os objetivos propostos; 21 - OBRIGAÇÕES DE CADA UM DOS FUTUROS CONTRATADOS Realizar o objeto da contratação, de acordo com a proposta apresentada e normas legais,

80 80 ficando a seu cargo todas as despesas, diretas e indiretas, decorrentes do cumprimento das obrigações assumidas, sem qualquer ônus ao CADE, observando sempre os critérios dos serviços a serem prestados Prestar os serviços que são objeto deste Termo de Referência com profissionais especializados e devidamente qualificados, em conformidade com item 7, respeitando os limites salariais do Anexo II do Edital, de acordo com a legislação vigente, necessária e indispensável à execução dos serviços; Responder pelos danos causados diretamente ao CADE ou a terceiros, decorrentes de sua culpa ou dolo, quando da execução dos serviços, não excluindo ou reduzindo essa responsabilidade a fiscalização ou o acompanhamento pela Administração do CADE Arcar com despesas decorrentes de qualquer infração, seja qual for, desde que praticada durante a execução dos serviços ainda que no recinto do CADE Responder pelo cumprimento dos postulados legais vigentes de âmbito Federal, Estadual ou Municipal, bem como, ainda, assegurar os direitos e cumprimentos de todas as obrigações estabelecidas no contrato a ser firmado entre as partes, inclusive quanto aos preços praticados Zelar pela perfeita execução dos serviços, devendo as falhas que porventura venham a ocorrer, serem sanadas no prazo máximo de 48 (quarenta e oito) horas Prestar os serviços dentro dos parâmetros e rotinas estabelecidos, em observância às normas legais e regulamentares aplicáveis e, inclusive, às recomendações aceitas pela boa técnica Implantar a supervisão permanente dos serviços, de modo adequado e de forma a obter uma operação correta e eficaz Atender prontamente quaisquer exigências do representante do CADE inerente ao objeto da contratação Prestar esclarecimentos ao CADE sobre eventuais atos ou fatos noticiados que a envolvam, independente de solicitação Comunicar ao CADE, por escrito, qualquer anormalidade de caráter urgente e prestar os esclarecimentos julgados necessários Manter, durante toda execução do Contrato, em compatibilidade com as obrigações nele assumidas, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas nesta licitação Caucionar ou utilizar os Contratos a serem firmados pelas partes para qualquer operação financeira, sem a prévia e expressa anuência do CADE, será vedado ao(s) futuro(s) contratado(s), sob pena de rescisão contratual Não transferir a terceiros, por qualquer forma, os Contratos a serem firmados entre as partes, nem subcontratar qualquer parte da prestação de serviço a que está obrigada, sem prévio consentimento, por escrito, do CADE.

81 Comunicar ao CADE os eventuais casos fortuitos e de força maior, dentro do prazo de 2 (dois) dias úteis após a verificação do fato e apresentar os documentos para a respectiva aprovação, em até 5 (cinco) dias consecutivos, a partir da data de sua ocorrência, sob pena de não serem considerados Responsabilizar-se por todas as providências e obrigações estabelecidas na legislação específica de acidentes do trabalho, quando, em ocorrência da espécie, forem vítimas seus empregados no desempenho dos serviços ou em conexão com eles, ainda que acontecido nas dependências do CADE, ficando, ainda, o CADE, isento de qualquer vínculo empregatício com os mesmos Responsabilizar-se por todos os encargos de possível demanda trabalhista, cível ou penal, relacionados com os serviços prestados, originariamente ou vinculado por prevenção, conexão ou continência Manter a inadimplência, com referência aos encargos sociais, trabalhistas, previdenciários, fiscais e comerciais, resultantes da execução dos contratos, conforme exigência legal, não transfere a responsabilidade por seu pagamento ao CADE, nem poderá onerar o objeto do presente certame, razão pela qual o(s) futuro(s) contratado(s) renuncia, expressamente, a qualquer vínculo de solidariedade, ativa ou passiva, para com o CADE Iniciar a prestação dos serviços imediatamente após a assinatura do respectivo contrato, informando, em tempo hábil, qualquer motivo impeditivo ou que a impossibilite de assumir as atividades conforme o estabelecido Manter, durante todo o período de vigência do Contrato a ser firmado, um preposto aceito pelo CADE, para gerenciamento dos serviços e representação do(s) futuro(s) contratado(s) sempre que for necessário Responsabilizar-se pelos ônus resultantes de quaisquer ações, demandas, custos e despesas decorrentes de danos, ocorridos por culpa sua ou de qualquer de seus empregados e prepostos, obrigando-se, outrossim, por quaisquer responsabilidades decorrentes de ações judiciais movidas por terceiros que lhe venham a ser exigidas por força da Lei, ligadas ao cumprimento do presente Edital Acatar as orientações do CADE, sujeitando-se a mais ampla e irrestrita fiscalização, prestando os esclarecimentos solicitados e atendendo às reclamações formuladas Arcar com as reclamações levadas ao seu conhecimento por parte da fiscalização do CONTRATO a ser firmado entre as partes, cuidando imediatamente das providências necessárias para correção, evitando repetição dos fatos Executar os serviços dentro do prazo estipulado neste Edital, considerando-se que atividades normais do CADE não poderão sofrer paralisações de qualquer espécie Notificar o CADE, por escrito, de ocorrência de eventuais ocorrências no curso da execução dos serviços objeto deste Edital, fixando prazo para a sua correção Manter os seus profissionais, quando em serviço, devidamente uniformizados e identificados;

82 DAS OBRIGAÇÕES DO CADE Proporcionar todas as facilidades para que o(s) futuro(s) contratado(s) possa realizar a prestação dos serviços objeto deste Termo de Referência Comunicar ao(s) futuro(s) contratado(s) toda e qualquer ocorrência relacionada com a prestação do serviço objeto deste Termo de Referência Acompanhar e fiscalizar a prestação dos serviços, objeto deste Termo de Referência, por meio da indicação de um responsável do CADE por intermédio da Coordenação Geral de Administração e Finanças Assegurar-se de que os preços para a prestação dos serviços, objeto deste Termo de Referência, estão compatíveis com aqueles praticados no mercado, de forma a garantir que sejam os mais vantajosos para o CADE Prestar as informações e os esclarecimentos atinentes ao objeto deste Termo de Referência que venham a ser solicitados pelo(s) futuro(s) contratado(s) Solicitar os serviços em Requisição própria EXCLUSIVAMENTE por intermédio da Coordenação Geral do CADE Efetuar o pagamento nas condições e preços adjudicados ao(s) futuro(s) contratado(s) DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA As despesas decorrentes da contratação, objeto deste Termo de Referência, correrão à conta dos recursos consignados no Orçamento Geral da União a cargo do CADE, para o exercício de 2011/2012, PTRES: , elemento de despesas: , constante da respectiva Nota de Empenho a ser emitida.

83 83 ANEXO II PESQUISA SALARIAL DE MERCADO 1. JUSTIFICATIVA 1.1. Fica estabelecido que os salários dos profissionais que executarão os serviços, correspondentes ao objeto do contrato, terão como parâmetro os discriminados nesse Anexo, considerando as peculiaridades das atividades desenvolvidas no CADE, o nível de atuação necessário à categoria profissional, as qualificações mínimas exigidas no item 7 do Termo de Referência, e os valores praticados em outros órgãos A necessidade de orientação salarial fundamenta-se na continuidade do valor atualmente pago aos profissionais prestadores de serviço, como forma de manutenção e aumento da qualidade do serviço prestado, com base no entendimento apresentado pelo Tribunal de Contas da União nos Acórdãos nº 6762/2009-Primeira Câmara, nº 113/2009-Plenário, nº 2647/2009-Plenário, nº 290/2006-Plenário, nº 1327/2006-Plenário e nº 1672/2006- Plenário. Uma vez que, num processo de terceirização, é primordial desenvolver uma metodologia de aproveitamento ou absorção da mão-de-obra existente visando manter e melhorar a qualidade dos serviços, garantir a empregabilidade, prestigiando assim o Princípio da Continuidade da Relação de Emprego, pela sua natureza alimentar, não causar impacto social e evitar que a continuidade das atividades seja interrompida ou paralisada, não prejudicando os usuários e a rotina administrativa desempenhada A realização de pesquisa salarial para os prestadores de serviço, diferente do piso da categoria profissional, baseia-se ainda no atendimento a dois dos princípios da Administração Pública: Razoabilidade os representantes das categorias profissionais, ao estabelecerem o piso para a sua categoria, o fazem no sentido de impedir o aviltamento dos serviços prestados por seus representados. Estes pisos são referenciais mínimos, geralmente seguidos por categorias que não exigem tanta qualificação técnica, ou mesmo por empregados em começo de carreira. Não seria razoável admitir que a Administração Pública contratasse somente profissionais em nível básico e inicial de sua carreira, ou mesmo sem as qualificações técnicas adquiridas pelo exercício da profissão; Eficiência é do conhecimento geral que a qualidade do prestador de serviços está diretamente relacionada com a remuneração e demais benefícios que ele recebe. Permitir que a empresa terceirizada pagasse salários baixos de forma a viabilizar a sua vitória no certame, seria admitir que a Administração se satisfizesse com prestadores aquém dos padrões de mercado e com qualificações que possivelmente comprometeriam o nível da qualidade atual das atividades desenvolvidas e o progresso sucessivo nos resultados A presente contratação refere-se à prestação de serviços bem definidos, a serem medidos e remunerados com base em conjunto de indicadores e metas objetivos. Entretanto, para que a prestação desses serviços seja realizada de acordo com os critérios de qualidade mínimos estabelecidos no termo de referência, será exigida a alocação permanente de um conjunto suficiente de profissionais qualificados para atendimento tempestivo às demandas dos usuários do Conselho.

84 Com relação aos valores de remuneração dos profissionais, o desafio é um pouco maior. Pois, ao buscar na contratação o aumento de maturidade de TIC do CADE, a estruturação e implantação de Base de Conhecimento e Catálogo de Serviços, entende-se que os valores da nova contratação deverão considerar duas razões: A primeira diz respeito à qualificação exigida dos profissionais que atuarão na prestação de serviços. Pois houve um incremento nessas exigências, como meio para se buscar melhorias na qualidade dos serviços prestados. Portanto, devem ser usados, como parâmetro para contratação de profissionais, salários que contemplem níveis significativamente maiores de qualificação A segunda razão refere-se à discrepância entre os valores praticados pelas licitantes, em pregões sem o estabelecimento do valor de remuneração salarial mínima, e os valores médios obtidos em pesquisas de mercado para atividades similares. Essa discrepância pode ser explicada, em grande parte, pela redução significativa e progressiva dos valores de lances a qualquer custo, que obriga a empresa vencedora a reduzir proporcionalmente a remuneração dos profissionais alocados para prestação dos serviços, e que prejudicam a qualidade dos serviços prestados Diante desse contexto, torna-se imperativo adotar valores remuneratórios que representem de fato a prática comum de mercado, considerando, sobretudo, os níveis de qualificação exigidos dos profissionais para essa nova contratação. Para alcançar tal objetivo, foram realizadas pesquisas na Internet para identificação de bases de dados estatísticas que contemplassem cargos ou perfis cujas atribuições fossem coincidentes ou suficientemente similares às descritas para cada dos profissionais na presente contratação Como resultados das pesquisas efetuadas foram identificadas quatro fontes de informação sobre valores salariais: o site Datafolha (http://www.datafolha.com.br),reconhecido nacionalmente pela publicação periódica de informações salariais no jornal Folha de São Paulo; o site CEVIU (http://www.ceviu.com.br), que trata-se de site de empregos e currículos exclusivamente da área de TIC; e o site RHInfo (http://www.rhinfo.com.br), selecionado por ter sido o maior a contar com uma tabela salarial dedicada exclusivamente aos cargos e perfis profissionais da área de tecnologia da informação, e por fim o site INFO Abril (http://www.info.abril.com.br), publicação de informática do Grupo Abril Em cada um dos sites selecionados, foram identificados os perfis que mais se assemelhavam, em termos de exigências de qualificação e atividades desempenhadas, aos perfis exigidos para a presente contratação. Todos os sites oferecem informações sobre valores mínimos, médios e máximos de remuneração (ou júnior, pleno e sênior), sendo que para efeito de obtenção do orçamento estimado foram considerados os valores equivalentes à qualificação mínima exigida. Assim, para cada um dos perfis previstos para serem contratados o valor estimado para remuneração foi calculado com base na média aritmética dos salários encontrados nas quatro fontes citadas. Os valores obtidos encontram-se transcritos na tabela a seguir, juntamente com os perfis profissionais e respectivos valores que embasaram o cálculo, extraídos de cada um dos sites consultados Os valores levantados não incluem a margem de lucro/remuneração das empresas licitantes, nem os custos relativos a encargos sociais, benefícios, despesas administrativas e de gerenciamento do contrato, encargos tributários, e outras despesas operacionais e/ou comerciais incidentes na prestação dos serviços.

85 O licitante deverá encaminhar, juntamente com a sua proposta, demonstração comprobatória de que já tenha contratado, pelos valores propostos, profissionais com qualificação igual ou superior à exigida nas especificações técnicas item 7 do Termo de Referência Para fins da demonstração comprobatória exigida, caso a empresa se enquadre na situação descrita na subcondição anterior, deverão ser apresentadas cópias de carteira de trabalho (CTPS), do contrato de trabalho ou instrumento similar, de profissionais com a qualificação mínima exigida neste Edital, que já prestem ou já prestaram serviços equivalentes para o licitante, mediante remuneração igual ou inferior à de sua proposta, dentro da mesma data base vigente; A documentação comprobatória apresentada, deverá estar acompanhada dos comprovantes de que os profissionais atendem aos requisitos de qualificação profissional para cada cargo previsto no Edital Em hipótese alguma o estabelecimento na pesquisa salarial de mercado frustrará o caráter competitivo do certame ou infringirá os mandamentos do art. 40 da lei nº 8.666/93, O salário representa apenas uma parcela do preço, a qual será acrescida de encargos sociais, outros insumos, taxa de administração, lucro e impostos, não serão recusadas propostas que apresentarem salário menor ao da pesquisa salarial de mercado, desde que atenda ao disposto no item 1.10 Tabela Pesquisa Salarial de mercado Cargos Administrador de banco de dados sênior Administrador de dados sênior Administrador de rede pleno Analista de suporte de redes sênior Analista de segurança da informação pleno Analista de suporte técnico júnior Analista de suporte técnico pleno Gestor Técnico e Operacional sênior Certificação Exigida MCITP Microsoft Certified IT Professional Database Administrator MCITP Microsoft Certified IT Professional Database Administrator ou Developer MCITP Microsoft Certified IT Professional Enterprise Administrator MCITP - Microsoft Certified IT Professional - Server Administrator ITILv.3 COBIT MCITP Microsoft Certified IT Professional Enterprise Administrator; MCITP - Microsoft Certified IT Professional Enterprise Desktop Support Technician 7 MCITP - Microsoft Certified IT Professional Enterprise Desktop Administrator 7 MCITP - Microsoft Certified IT Professional - Server Administrator ITILv.3 COBIT Salários RH info Datafolha Info Abril CEVIU Média 3.939, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,87 968, , , , , , , , , , , , , , ,43

86 86 ANEXO III PLANILHA ORÇAMENTÁRIA REFERÊNCIA PROCESSSO Nº / PREGÃO ELETRÔNICO Nº 003/2011 Apresentamos a seguir proposta para prestação de serviços, objeto do Pregão nº 003/2011, respeitando os termos e condições estabelecidas no edital e seus anexos, conforme discriminado abaixo: Item Descrição Quant. anual USTs Valor da UST Valor anual por item Valor de salários* 1 Suporte a banco de dados 2 Suporte a dados Suporte a administração de serviços de rede Suporte a configuração, mudanças e capacidade Suporte a serviços de segurança da informação 6 Central de serviços técnicos 7 Serviço de suporte técnico 8 Suporte à Implementação** 9 Serviço de gestão da equipe e execução Valor Global dos serviços contratados - - * Valor de Salários para simples averiguação da exeqüibilidade dos valores de salários mínimos estipulados no Anexo II do Edital. ** Por envolver diferentes profissionais por demanda, não se faz necessário informar salários. PROPONENTE: DADOS DA PROPONETE NOME: RAZÃO SOCIAL: ENDEREÇO COMPLETO: TELEFONES: VALIDADE DA PROPOSTA (NÃO INFERIOR A 60 DIAS).

87 87 ANEXO IV PLANO DE TRABALHO I PROGRAMA DE TRABALHO PREVISTO: PTRES: DENOMINAÇÃO: GESTÃO E ADMINISTRAÇÃO DO PROGRAMA - NACIONAL II DADOS DA SOLICITANTE: ÓRGÃO GERENCIADOR: CONSELHO ADMINISTRATIVO DE DEFESA ECONÔMICA CADE/MJ LOCALIZAÇÃO: SCN QUADRA 02 PROJEÇÃO C BRASÍLIA - DF U.G.: GESTÃO: III OBJETO Contratação de empresa especializada na prestação de serviços de informática em modelos e procedimentos operacionais integrados, seguros e contínuos, voltados para o aumento de disponibilidade, com tratamento e guarda de informações, em parque físico e lógico constituído por fabricantes diversos, com repasse de conhecimento para atender as necessidades deste Conselho Administrativo de Defesa Econômica - CADE, conforme condições, quantidades e especificações constantes no Termo de Referência. IV - JUSTIFICATIVA DA NECESSIDADE DA CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS OBJETO DO EDITAL DO PREGÃO Nº 003/2011 A contratação de empresa especializada na prestação de serviço de manutenção de Tecnologia da Informação, justifica-se uma vez que com a extinção de cargos públicos da administração federal por meio da Lei nº , de 07 de maio de 1998, publicada no D.O.U. de , fez com que o, recorresse à contratação indireta, por meio da terceirização da mão-de-obra de profissionais de várias especialidades para que a Autarquia pudesse desenvolver plenamente as suas atividades no julgamento de fusões e aquisições de empresas e o combate às infrações à ordem econômica. A contratação de empresa especializada na prestação de serviços de tecnologia da informação visa, precipuamente, dotar o CADE de profissionais capacitados para a coordenação, gerenciamento, manutenção, instalação de aplicativos, operacionalização de sistemas e de rede informatizada, imprescindíveis nos dias de hoje em que a informática ocupa lugar de destaque na administração tanto pública como privada, tornando-se ferramenta de aplicações múltiplas. Atualmente esses serviços vêm sendo prestados pela empresa Probank S/A., cujo contrato tem vigência até 18/12/2010. A emersão da necessidade de manutenção dos sistemas já implementados no âmbito do CADE, a carência de pessoal especializado para a realização dessas tarefas e o avanço tecnológico da tecnologia da informação, ampliaram o escopo de importantes categorias de serviços como consultoria, documentação de sistemas, administração de redes, administração de dados e criação em ambiente Web, tornando indispensável a focalização dos serviços de TI (tecnologia da informação) no atendimento das necessidades de apoio local das unidades organizacionais do CADE.

88 88 V - DOTAÇÃO ORÇAMENTARIA Natureza da despesa: Denominação: Serviços Técnicos profissionais de TI VI - DEMONSTRATIVO DE RESULTADOS A SEREM ALCANÇADOS Em termos de Economicidade: A economicidade a ser obtida pela Administração, em relação à contratação de empresa especializada na prestação de serviços objeto deste Pregão, executável por empresa especializada, somente poderá ser obtida pelo recurso da competitividade entre empresas do ramo, mediante regular e adequado processo e procedimento licitatório, cujo fator preponderante certamente será o Menor Preço Global. Assim, mediante tal critério e/ou parâmetro necessário, a Administração obterá a economia, não obstante seja ela uma expectativa que dependerá diretamente do preço praticado no mercado em relação ao preço ofertado pela empresa, cuja escolha recairá naquela que cotar o Menor Preço Global. VLADIMIR ADLER GORAYEB Pregoeiro do CADE

89 89 ANEXO V MODELO DE ORDEM DE SERVIÇO ORDEM DE SERVIÇO Nº: TAREFA: Contrato Nº: Início da Execução: CONTRATADA: Final da Execução: Área Requisitante: Tipo: (rotina, esporádica, demanda) Tarefa/Demanda: Custo Previsto em UST: Lista de atividades Item Complexidade* Criticidade** Atividades Custo UST Total previsto para a Ordem de Serviço (*) Baixa, Média ou Alta (**) 1, 2, 3, 4 ou 5 RESULTADOS ESPERADOS E NÍVEIS MÍNIMOS DE QUALIDADE EXIGIDOS LIMITES GLOSA LIMITE GLOSA Solicitação Autorização Solicitante dos Serviços Carimbo/Data Gestor Operacional do Contrato Carimbo/Data Aprovação Execução Gestor do Contrato Carimbo/Data Preposto da CONTRATADA Carimbo/Data

90 90 ANEXO VI DECLARAÇÃO (Nome da empresa), pessoa jurídica de direito privado, devidamente inscrita no CGC/MF sob o nº, estabelecida (endereço completo ), declara, sob as penas da Lei, que não utiliza mão-de-obra, direta ou indireta, de menores de 18 (dezoito) anos para a realização de trabalhos noturnos, perigosos ou insalubres, bem como não utiliza, para qualquer trabalho, mão-de-obra, direta ou indireta, de menores de 16 (dezesseis) anos, exceto na condição de aprendiz, a partir de 14 (quatorze) anos (Conforme inciso V, do artigo 27, da Lei nº 8.666/93). (Cidade/Estado), xx de xxxxxxxxxx de (Assinatura) (Nome e identidade do declarante)

91 91 ANEXO VII MODELO DE DECLARAÇÃO DE ELABORAÇÃO INDEPENDENTE DE PROPOSTA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 003/2011 (Identificação completa do representante da licitante), como representante devidamente constituído de (Identificação completa da licitante) doravante denominado (Licitante), para fins do disposto no item do Edital de Pregão Eletrônico nº xxx/2011, declara, sob as penas da lei, em especial o art. 299 do Código Penal Brasileiro, que: (a) a proposta apresentada para participar do Pregão Eletrônico nº xxx/2011 foi elaborada de maneira independente (pelo Licitante), e o conteúdo da proposta não foi, no todo ou em parte, direta ou indiretamente, informado, discutido ou recebido de qualquer outro participante potencial ou de fato do Pregão Eletrônico nº xxx/2011, por qualquer meio ou por qualquer pessoa; (b) a intenção de apresentar a proposta elaborada para participar do Pregão nº xxx/2011 não foi informada, discutida ou recebida de qualquer outro participante potencial ou de fato do Pregão Eletrônico nº xxx/2011, por qualquer meio ou por qualquer pessoa; (c) que não tentou, por qualquer meio ou por qualquer pessoa, influir na decisão de qualquer outro participante potencial ou de fato do Pregão Eletrônico nº xxx/2011 quanto a participar ou não da referida licitação; (d) que o conteúdo da proposta apresentada para participar do Pregão Eletrônico nº xxx/2011 não será, no todo ou em parte, direta ou indiretamente, comunicado ou discutido com qualquer outro participante potencial ou de fato do Pregão Eletrônico nº xxx/2011 antes da adjudicação do objeto da referida licitação; (e) que o conteúdo da proposta apresentada para participar do Pregão Eletrônico nº xxx/2011 não foi, no todo ou em parte, direta ou indiretamente, informado, discutido ou recebido de qualquer integrante do antes da abertura oficial das propostas; e (f) que está plenamente ciente do teor e da extensão desta declaração e que detém plenos poderes e informações para firmá-la., em de de (representante legal do licitante, no âmbito da licitação, com identificação completa)

92 92 ANEXO VIII DECLARAÇÃO DE VISTORIA DECLARAMOS, para fins de participação no Item único do PREGÃO ELETRÔNICO/SRP nº XXX/2011, que o Sr., C.I. Nº, C.P.F. Nº responsável pela empresa, inscrita no CNPJ sob o nº, localizada -, na cidade de Brasília/DF, visitou e vistoriou, nesta data, as dependências do Conselho Administrativo de Defesa Econômica - CADE, onde tomou conhecimento do ambiente computacional do CADE, para a execução do objeto desta licitação, esclarecendo todas as dúvidas a respeito do mesmo. Brasília, Responsável pela empresa

93 93 ANEXO IX MINUTA DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 003/2011 PROCESSO Nº / VALIDADE: 12 (DOZE) MESES Aos..., no Conselho Administrativo de Defesa Econômica CADE/MJ, localizado no SCN Quadra 02 Projeção C em Brasília - DF, neste ato representada por seu Presidente Interino, Dr. FERNANDO DE MAGALHÃES FURLAN, nos termos da Lei 8.248, de 23 de outubro de 1991, publicada no D.O.U. de 24 outubro de 1991, Lei nº , de 17 de julho de 2002, publicada no D.O.U. de 18 de julho de 2002, Lei nº , de 19 de julho de 2002, publicada no D.O.U. de 22 de julho de 2002, Lei Complementar 123, de 14 de dezembro de 2006, publicada no D.O.U. de 15 de dezembro de 2006, Decreto nº 3.555, de 08 de agosto de 2000, publicado no D.O.U. de 09 de agosto de 2000, o Decreto nº de 20 de dezembro de 2000, publicado no D.O.U. de 21 de dezembro de 2000; Decreto nº 4.342, de 23 de agosto de 2002, publicado no D.O.U de 26 de agosto de 2001; o Decreto n de 19 de setembro de 2001, publicado no D.O.U de 20 de setembro de 2001; o Decreto nº 5.450, de 31 de maio de 2005; o Decreto 7.174, de 12 de maio de 2010, o que regulamentam a modalidade de Pregão e o Sistema de Registro de Preços; o Decreto nº , de 07 de julho de 1997, a IN-Conjunta/SRF/SNT/SFC/MF nº 01 de 09 de janeiro de 1997, a IN-SLTI/MP nº. 02, de 30 de abril de 2008; Instrução Normativa nº 02 da SLTI/MPOG, de 16 de setembro de 2009, Instrução Normativa nº 02 da SLTI/MPOG, de 11 de outubro de 2010, Instrução Normativa nº 04 da SLTI/MPOG, de 12 de novembro de 2010 e, subsidiariamente, pela Lei nº 8.666/93 e alterações posteriores, em face da classificação das propostas apresentadas no Pregão Eletrônico para Registro de Preços nº xxx/2011, do processo nº / conforme Ata de julgamento de Preços, publicada no Diário Oficial da União e homologada pelo Senhor Presidente do ÓRGÃO GERENCIADOR em / /, RESOLVE registrar o preço oferecido pela empresa, CNPJ nº, cuja proposta foi classificada em 1º lugar, conforme planilha abaixo: Item Descrição Quant. anual USTs Valor da UST Valor anual por item Valor de salários* 1 Suporte a banco de dados 2 Suporte a dados 3 Suporte a administração de serviços de rede 4 Suporte a configuração, mudanças e capacidade 5 Suporte a serviços de segurança da informação 6 Central de serviços técnicos 7 Serviço de suporte técnico 8 Suporte à Implementação** 9 Serviço de gestão da equipe e execução

94 94 Valor Global dos serviços contratados - - * Valor de Salários para simples averiguação da exeqüibilidade dos valores de salários mínimos estipulados no Anexo II do Edital. ** Por envolver diferentes profissionais por demanda, não se faz necessário informar salários. CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO Registro do preço da prestação de serviços de informática em modelos e procedimentos operacionais integrados, seguros e contínuos, voltados para o aumento de disponibilidade, com tratamento e guarda de informações, em parque físico e lógico constituído por fabricantes diversos, com repasse de conhecimento para este ÓRGÃO GERENCIADOR, na forma e exigências contidas no Edital do Pregão Eletrônico nº xxx/2011 e seus Anexos. CLÁUSULA SEGUNDA - DA VALIDADE DOS PREÇOS A presente Ata de Registro de Preços resultante do Pregão Eletrônico nº 003/2011 terá vigência de 12 (doze) meses, a partir da data da sua assinatura Durante o prazo de validade desta Ata de Registro de Preços, o ÓRGÃO GERENCIADOR não estará obrigada a adquirir os serviços referidos na Cláusula Primeira exclusivamente pelo Sistema de Registro de Preços, podendo fazê-lo por meio de outra licitação quando julgar conveniente, sem que caiba recurso ou indenização de qualquer espécie ao(s) FORNECEDOR(ES) cujos preços foram registrados, sendo, entretanto, assegurada aos beneficiários do registro, a preferência de fornecimento em igualdade de condições; A partir da assinatura da Ata de Registro de Preços, cada FORNECEDOR assume o compromisso de atender durante o prazo de sua vigência, os pedidos realizados e se obriga a cumprir, na íntegra, todas as condições estabelecidas, ficando sujeito, inclusive, às penalidades legalmente cabíveis pelo descumprimento de quaisquer de suas cláusulas; A contratação decorrente desta Ata será formalizada pela emissão de Nota de Empenho de Despesa e os competentes contratos, os quais deverão ser assinados e retirados pelo(s) FORNECEDOR(ES) no prazo máximo de 03 (três) dias úteis a contar da comunicação do ÓRGÃO GERENCIADOR; Mediante a retirada da Nota de Empenho e Assinatura desta Ata, estará caracterizado o compromisso da prestação dos serviços objeto do Pregão Eletrônico n 003/2011. CLÁUSULA TERCEIRA DOS PREÇOS O valor da presente Ata de registro de preço é o valor total constante da proposta de preços apresentada no Pregão Eletrônico n 003/2011, que é parte integrante deste instrumento, independente de transcrição, perfazendo o valor total de R$ xxxxx (xxxxxx), fixo e irreajustável, inclusos todos os custos e despesas decorrentes de transporte, seguros, impostos e taxas de qualquer natureza, conforme planilha abaixo:

95 95 Item Descrição Quant. Anual proposta USTs Valor da UST Valor anual proposto por item 1 Suporte a banco de dados 2 Suporte a dados 3 Suporte a administração de serviços de rede 4 Suporte a configuração, mudanças e capacidade 5 Suporte a serviços de segurança da informação 6 Central de serviços técnicos 7 Serviço de suporte técnico 8 Suporte à Implementação 9 Serviço de gestão da equipe e execução Valor global anual proposta dos serviços contratados - - CLÁUSULA QUARTA - DO CONTROLE E ALTERAÇÃO DE PREÇOS A Ata de Registro de Preços poderá sofrer alterações, obedecidas às disposições contidas no art. 65, da Lei nº 8.666/93; O preço registrado poderá ser revisto em face de eventual redução daqueles praticados no mercado, ou de fato que eleve o custo dos serviços registrados; Quando o preço inicialmente registrado, por motivo superveniente, tornar-se superior ao preço praticado no mercado o ÓRGÃO GERENCIADOR convocará o FORNECEDOR visando à negociação para redução de preços e sua adequação ao praticado pelo mercado; Frustrada a negociação, o FORNECEDOR será liberado do compromisso assumido; Na hipótese do subitem anterior, o ÓRGÃO GERENCIADOR convocará os demais fornecedores visando igual oportunidade de negociação; Quando o preço de mercado tornar-se superior aos preços registrados e o FORNECEDOR, mediante requerimento devidamente comprovado, não puder cumprir o compromisso, o ÓRGÃO GERENCIADOR poderá: Liberar o FORNECEDOR do compromisso assumido, sem aplicação de penalidade, confirmando a veracidade dos motivos e comprovantes apresentados, e se a comunicação ocorrer antes do pedido de fornecimento; Convocar os demais fornecedores visando igual oportunidade de negociação Não havendo êxito nas negociações, o ÓRGÃO GERENCIADOR procederá à revogação da Ata de Registro de Preços, adotando as medidas cabíveis para obtenção da contratação mais vantajosa. CLÁUSULA QUINTA DA PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS 5.1. Durante o período de vigência desta Ata de Registro de Preços, o FORNECEDOR poderá ser convocado pelo CADE para celebrar um ou mais contratos, devendo, após a assinatura do instrumento contratual, executar os serviços conforme as especificações

96 96 constantes do Termo de Referência e, em retribuição, receber o preço registrado nesta Ata, sem ônus adicional para o CADE; 5.2. O CADE pretende contratar os seguintes serviços, que estão detalhados no Anexo I Termo de Referência: Suporte a banco de dados Suporte a dados Suporte a administração de serviço de rede Suporte a configuração, mudanças e capacidade Suporte a serviços de segurança da informação Central de Serviços técnicos Serviço de suporte técnico Suporte à Implementação Serviço de gestão da equipe e execução CLÁUSULA SEXTA DO LOCAL, DOS PRAZOS E DA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS 6.1. Os serviços serão executados na sede do Conselho Administrativo de Defesa Econômica situado no SCN Quadra 2 projeção C CEP Brasília DF, no horário de 08:00 às 20:00h de segunda a sexta-feira Eventualmente, poderá ser solicitado atendimento presencial em outros locais, visando apoiar atividades da CONTRATANTE, como em exposições, eventos, seminários e outros Todos os deslocamentos das equipes que se fizerem necessários para o desenvolvimento das atividades contratadas serão de responsabilidade da CONTRATADA, através de meios que lhe convir A contratada deverá obedecer Acordo de Nível de Serviços ANS, indicadores de qualidade conforme item 15 do Anexo I Termo de Referência do Edital. CLÁUSULA SÉTIMA - DO PAGAMENTO O pagamento será efetuado pelo ÓRGÃO GERENCIADOR, até o 5º (quinto) dia útil após atesto do fiscal, mediante apresentação da fatura, devendo esta ser aceita e atestada pelo servidor público designado como gestor do contrato a ser firmado entre as partes e após a comprovação do recolhimento das contribuições sociais (FGTS e Previdência Social); O pagamento será creditado em favor do(s) futuro(s) contratado(s), por meio de ordem bancária contra qualquer entidade bancária indicada na proposta, devendo para isto, ficar

97 97 explicitado o nome do Banco, agência, localidade e número da conta corrente em que deverá ser efetivado o crédito; O CNPJ do documento fiscal deverá ser o mesmo da proposta de preço, sob pena de cancelamento da Nota de Empenho emitida A Coordenação Geral de Administração e Finanças do ÓRGÃO GERENCIADOR reserva-se o direito de suspender o pagamento se o objeto do presente Edital for entregue em desacordo com as especificações constantes deste Edital; Será procedida consulta "ON LINE" junto ao SICAF antes de cada pagamento a ser efetuado ao(s) futuro(s) contratado(s), para verificação da situação do mesmo, relativamente às condições de habilitação exigidas no presente certame, cujos resultados serão impressos e juntados aos autos do processo próprio; Poderá ser dispensada a apresentação das guias de recolhimento do FGTS e Previdência Social, se confirmada sua validade em consulta on line ao Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores SICAF; Caso haja aplicação de multa, o valor será descontado de qualquer fatura ou crédito existente no ÓRGÃO GERENCIADOR em favor do(s) FUTURO(S) CONTRATADO(S). Caso a mesma seja superior ao crédito eventualmente existente, a diferença será cobrada Administrativa ou judicialmente, se necessário; Quando da ocorrência de eventuais atrasos de pagamento provocados exclusivamente pelo ÓRGÃO GERENCIADOR, o valor devido deverá ser acrescido de atualização financeira, e sua apuração se fará desde a data de seu vencimento até a data do efetivo pagamento, em que os juros de mora serão calculados à taxa de 0,5% (meio por cento) ao mês, ou 6% (seis por cento) ao ano, mediante aplicação das seguintes formulas: I = (TX/100) 365 EM = I x N x VP, onde: I = Índice de atualização financeira; TX = Percentual da taxa de juros de mora anual; EM = Encargos moratórios; N = Número de dias entre a data prevista para o pagamento e a do efetivo pagamento; VP = Valor da parcela em atraso Na hipótese de pagamento de juros de mora e demais encargos por atraso, os autos devem ser instruídos com as justificativas e motivos, e ser submetidos à apreciação da autoridade superior competente, que adotará as providências para verificar se é ou não caso de apuração de responsabilidade, identificação dos envolvidos e imputação de ônus a quem deu causa. 7.9 Antes de efetuar o pagamento, o CADE reterá, na fonte, o Imposto sobre a Renda, a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido, a Contribuição para Financiamento da

98 98 Seguridade Social (COFINS) e a Contribuição para o PIS/PASEP, nos termos do artigo 64 da Lei nº 9.430/1996. CLÁUSULA OITAVA - OBRIGAÇÃO DO FORNECEDOR Realizar o objeto da contratação, de acordo com a proposta apresentada e normas legais, ficando a seu cargo todas as despesas, diretas e indiretas, decorrentes do cumprimento das obrigações assumidas, sem qualquer ônus ao ÓRGÃO GERENCIADOR, observando sempre os critérios dos serviços a serem prestados Prestar os serviços que objeto desta Ata de Registro de Preços com profissionais especializados e devidamente qualificados, em conformidade com item 7 do Termo de Referência do Edital 003/2011, de acordo com a legislação vigente, necessária e indispensável à execução dos serviços; Responder pelos danos causados diretamente ao ÓRGÃO GERENCIADOR ou a terceiros, decorrentes de sua culpa ou dolo, quando da execução dos serviços, não excluindo ou reduzindo essa responsabilidade a fiscalização ou o acompanhamento pela Administração do ÓRGÃO GERENCIADOR Arcar com despesas decorrentes de qualquer infração, seja qual for, desde que praticada durante a execução dos serviços ainda que no recinto do ÓRGÃO GERENCIADOR Responder pelo cumprimento dos postulados legais vigentes de âmbito Federal, Estadual ou Municipal, bem como, ainda, assegurar os direitos e cumprimentos de todas as obrigações estabelecidas nos Contratos a serem firmados entre as partes, inclusive quanto aos preços praticados Zelar pela perfeita execução dos serviços, devendo as falhas que porventura venham a ocorrer, serem sanadas no prazo máximo de 48 (quarenta e oito) horas Prestar os serviços dentro dos parâmetros e rotinas estabelecidos, em observância às normas legais e regulamentares aplicáveis e, inclusive, às recomendações aceitas pela boa técnica Implantar a supervisão permanente dos serviços, de modo adequado e de forma a obter uma operação correta e eficaz Atender prontamente quaisquer exigências do representante do ÓRGÃO GERENCIADOR inerente ao objeto da contratação Prestar esclarecimentos ao ÓRGÃO GERENCIADOR sobre eventuais atos ou fatos noticiados que a envolvam, independente de solicitação Comunicar ao ÓRGÃO GERENCIADOR, por escrito, qualquer anormalidade de caráter urgente e prestar os esclarecimentos julgados necessários Manter, durante toda execução dos Contratos, em compatibilidade com as obrigações nele assumidas, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas nesta licitação.

99 Obter prévia e expressa anuência do ÓRGÃO GERENCIADOR para caucionar ou utilizar o CONTRATO a ser firmado entre as partes para qualquer operação financeira, sob pena de rescisão contratual se não o fizer; Não transferir a terceiros, por qualquer forma, os Contratos, nem subcontratar qualquer parte da prestação de serviço a que está obrigada, sem prévio consentimento, por escrito, do ÓRGÃO GERENCIADOR Comunicar ao ÓRGÃO GERENCIADOR os eventuais casos fortuitos e de força maior, dentro do prazo de 2 (dois) dias úteis após a verificação do fato e apresentar os documentos para a respectiva aprovação, em até 5 (cinco) dias consecutivos, a partir da data de sua ocorrência, sob pena de não serem considerados Responsabilizar-se por todas as providências e obrigações estabelecidas na legislação específica de acidentes do trabalho, quando, em ocorrência da espécie, forem vítimas seus empregados no desempenho dos serviços ou em conexão com eles, ainda que acontecido nas dependências do ÓRGÃO GERENCIADOR, ficando, ainda, o ÓRGÃO GERENCIADOR, isento de qualquer vínculo empregatício com os mesmos Responsabilizar-se por todos os encargos de possível demanda trabalhista, cível ou penal, relacionados com os serviços prestados, originariamente ou vinculado por prevenção, conexão ou continência Manter a inadimplência, com referência aos encargos sociais, trabalhistas, previdenciários, fiscais e comerciais, resultantes da execução dos contratos, conforme exigência legal, não transfere a responsabilidade por seu pagamento ao ÓRGÃO GERENCIADOR, nem poderá onerar o objeto da presente Ata, razão pela qual o contratado renuncia, expressamente, a qualquer vínculo de solidariedade, ativa ou passiva, para com o ÓRGÃO GERENCIADOR Iniciar a prestação dos serviços imediatamente após a assinatura do respectivo Contrato, informando, em tempo hábil, qualquer motivo impeditivo ou que a impossibilite de assumir as atividades conforme o estabelecido Manter, durante todo o período de vigência dos Contratos, um preposto aceito pelo ÓRGÃO GERENCIADOR, para gerenciamento dos serviços e representação do futuro contratado sempre que for necessário Responsabilizar-se pelos ônus resultantes de quaisquer ações, demandas, custos e despesas decorrentes de danos, ocorridos por culpa sua ou de qualquer de seus empregados e prepostos, obrigando-se, outrossim, por quaisquer responsabilidades decorrentes de ações judiciais movidas por terceiros que lhe venham a ser exigidas por força da Lei, ligadas ao cumprimento da presente Ata Acatar as orientações do ÓRGÃO GERENCIADOR, sujeitando-se a mais ampla e irrestrita fiscalização, prestando os esclarecimentos solicitados e atendendo às reclamações formuladas.

100 Arcar com as reclamações levadas ao seu conhecimento por parte da fiscalização dos contratos, cuidando imediatamente das providências necessárias para correção, evitando repetição dos fatos Executar os serviços dentro do prazo estipulado nesta Ata, considerando-se que atividades normais do ÓRGÃO GERENCIADOR não poderão sofrer paralisações de qualquer espécie Notificar o ÓRGÃO GERENCIADOR, por escrito, de ocorrência de eventuais ocorrências no curso da execução dos serviços objeto desta Ata, fixando prazo para a sua correção Manter os seus profissionais, quando em serviço, devidamente uniformizados e identificados; CLÁUSULA NONA - OBRIGAÇÃO DO ÓRGÃO GERENCIADOR Proporcionar todas as facilidades para que o FORNECEDOR possa realizar a prestação dos serviços objeto desta Ata Comunicar ao futuro contratado toda e qualquer ocorrência relacionada com a prestação do serviço objeto desta Ata Acompanhar e fiscalizar a prestação dos serviços, objeto desta Ata, por meio da indicação de um responsável do ÓRGÃO GERENCIADOR por intermédio da Coordenação Geral de Administração e Finanças Assegurar-se de que os preços para a prestação dos serviços, objeto desta Ata, estão compatíveis com aqueles praticados no mercado, de forma a garantir que sejam os mais vantajosos para o ÓRGÃO GERENCIADOR Prestar as informações e os esclarecimentos atinentes ao objeto desta Ata que venham a ser solicitados pelo FORNECEDOR Solicitar os serviços em Requisição própria EXCLUSIVAMENTE por intermédio da Coordenação Geral do ÓRGÃO GERENCIADOR Efetuar o pagamento nas condições e preços adjudicados ao futuro contratado. CLÁUSULA DÉCIMA - DAS PENALIDADES Pela inexecução total ou parcial do objeto do Pregão Eletrônico nº xxx/2011, o contratante, poderá, garantida a prévia defesa, aplicar às fornecedoras as sanções previstas no item 13 do Edital. CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA DOS USUÁRIOS PARTICIPANTES EXTRAORDINÁRIOS Poderá utilizar-se desta Ata de Registro de Preços qualquer órgão ou entidade da Administração Pública que não tenha participado do certame licitatório, mediante prévia

101 101 consulta à ÓRGÃO GERENCIADOR, desde que devidamente comprovada vantagem ao FORNECEDOR; Os órgãos e entidades que não participaram do registro de preços, quando desejarem fazer uso da presente Ata de Registro de Preços, deverão manifestar seu interesse junto ao ÓRGÃO GERENCIADOR, para que este indique os possíveis fornecedores e respectivos preços a serem praticados, obedecida a ordem de classificação; Caberá ao FORNECEDOR beneficiário da Ata de Registro de Preços, observadas as condições nela estabelecidas, optar pela aceitação ou não do fornecimento, independentemente dos quantitativos registrados em Ata, desde que este fornecimento não prejudique as obrigações assumidas com o ÓRGÃO GERENCIADOR; As aquisições ou contratações adicionais por outros órgãos ou entidades não poderão exceder, por órgão ou entidade, a cem por cento dos quantitativos registrados na presente Ata de Registro de Preços. CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA - DO CANCELAMENTO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS O FORNECEDOR terá seu registro cancelado quando: Descumprir as condições da Ata de Registro de Preços; Não retirar a respectiva nota de empenho e assinar os contratos, no prazo estabelecido pelo ÓRGÃO GERENCIADOR, sem justificativa aceitável; Não aceitar reduzir o seu preço registrado, na hipótese de este se tornar superior àqueles praticados no mercado; Tiver presentes razões de interesse público; O cancelamento de registro, nas hipóteses previstas, assegurados o contraditório e a ampla defesa, será formalizado por despacho da autoridade competente do ÓRGÃO GERENCIADOR; O FORNECEDOR poderá solicitar o cancelamento do seu registro de preço na ocorrência de fato superveniente que venha comprometer a perfeita execução contratual, decorrente de caso fortuito ou de força maior devidamente comprovado. CLAUSULA DÉCIMA TERCEIRA DOS CONTRATOS ORIUNDOS DO REGISTRO DE PREÇOS Os Contratos que advirão deste registro de preço serão formalizados por instrumentos a serem redigidos todos os elementos constantes da proposta do(s) FORNECEDOR(ES) cujos preços foram registrados nesta ata; O Contrato a ser celebrado terá vigência por 12 (doze) meses, a contar de sua assinatura, podendo ter a sua duração prorrogada por iguais e sucessivos períodos, mediante termos aditivos, até o limite de 60 (sessenta) meses, após a verificação da real necessidade e com

102 102 vantagens à Administração na continuidade do contrato para cada período prorrogado, nos termos do inciso II do art. 57 da Lei nº 8.666/93 e alterações posteriores. CLÁUSULA DÉCIMA QUARTA - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS Integram esta Ata, o edital do Pregão Eletrônico nº xxx/2011, e seus Anexos, e a proposta da empresa classificada em 1º lugar no certame supra citado; Os casos omissos serão resolvidos com observância das disposições constantes dos Decretos nº 3.555/2000, 4.342/2002, 5.450/2005, 3.931/2001e 3.784/2001; A publicação do extrato resumido desta Ata de Registro de Preços na imprensa oficial, condição indispensável para sua eficácia, será providenciada pelo ÓRGÃO GERENCIADOR, que também disponibilizará o mesmo no portal do ÓRGÃO GERENCIADOR, ícone Licitação ; As questões decorrentes da utilização da presente ata, que não possam ser dirimidas administrativamente, serão processadas e julgadas na Justiça Federal, no foro da cidade de Brasília DF, Seção Judiciária do Distrito Federal, com exclusão de qualquer outro. E, por estarem assim, justas e contratadas, firmam o presente instrumento em 02 (duas) vias de igual teor e forma, na presença das testemunhas que também o subscrevem. Brasília, de xxxxxxxxxxxx de ÓRGÃO GERENCIADOR FORNECEDOR FERNANDO MAGALHÃES FURLAN Presidente Interino do CADE EMPRESA VENCEDORA Testemunhas: 1. 2.

103 103 ANEXO X MINUTA DE CONTRATO(S) CONTRATO Nº 2011 PROCESSO nº / CONTRATANTE: CONTRATADA: DA FINALIDADE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O CONSELHO ADMINISTRATIVO DE DEFESA ECONÔMICA - CADE E A EMPRESA CONSELHO ADMINISTRATIVO DE DEFESA ECONÔMICA - CADE, AUTARQUIA FEDERAL, vinculada ao Ministério da Justiça, criada pela Lei nº 8.884, de 11 de junho de 1994, com sede no Setor Comercial Norte, Quadra 2, Projeção C, CEP , em Brasília DF, inscrita no CNPJ/MF sob o nº / , doravante designada CONTRATANTE, neste ato representado por seu Presidente Interino, Dr. FERNANDO DE MAGALHÃES FURLAN, portador da Carteira de Identidade n.º SSP/SC e do CPF n.º , brasileiro, casado. (nome em negrito e caixa alta), inscrito(a) no CNPJ/MF sob nº..., com sede..., (endereço completo)..., CEP..., fone..., fax..., ..., doravante denominado CONTRATADA, neste ato representado(a) por seu(sua)...(cargo)...,...(nome)..., brasileiro(a), Identidade nº..., CPF nº..., domiciliado(a)...(domicílio do representante), resolvem celebrar o presente Contrato de prestação de serviço de transporte rodoviário de mobília em geral, bagagens e outros objetos, de conformidade com o que consta do Processo Administrativo nº / , referente ao Pregão Eletrônico nº 003/2011, com fundamento no Dec. Nº 5.450, de 31 de maio de 2005, Lei nº 8.884, de 10 de junho de 1984, Lei nº , de 17/07/2002, publicada no DOU de 18/07/2002, Decreto nº 3.555, de 08/08/2000, publicado no DOU de 09/08/2000, e subsidiada pela Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993 e alterações posteriores, passando o Edital, o Termo de Referência e a proposta da CONTRATADA, independentemente de sua transcrição, a fazer parte integrante e complementar deste Instrumento, que se regerá pelas cláusulas e condições seguintes: O presente CONTRATO tem por finalidade formalizar e disciplinar o relacionamento contratual com vistas à execução dos trabalhos definidos e especificados na Cláusula Primeira DO OBJETO, conforme Nota Técnica nº xxx/2011 datada de XX/XX/2010, da Procuradoria do CONTRATANTE exarada no Processo nº /

104 104 DO FUNDAMENTO LEGAL O presente CONTRATO decorre de adjudicação à CONTRATADA do objeto do Pregão Eletrônico para Registro de Preços nº 003/2011, com base, integralmente, a Lei 8.248, de 23 de outubro de 1991, publicada no D.O.U. de 24 outubro de 1991, Lei nº , de 17 de julho de 2002, publicada no D.O.U. de 18 de julho de 2002, Lei nº , de 19 de julho de 2002, publicada no D.O.U. de 22 de julho de 2002, Lei Complementar 123, de 14 de dezembro de 2006, publicada no D.O.U. de 15 de dezembro de 2006, Decreto nº 3.555, de 08 de agosto de 2000, publicado no D.O.U. de 09 de agosto de 2000, o Decreto nº de 20 de dezembro de 2000, publicado no D.O.U. de 21 de dezembro de 2000; Decreto nº 4.342, de 23 de agosto de 2002, publicado no D.O.U de 26 de agosto de 2001; o Decreto n de 19 de setembro de 2001, publicado no D.O.U de 20 de setembro de 2001; o Decreto nº 5.450, de 31 de maio de 2005; o Decreto 7.174, de 12 de maio de 2010, o que regulamentam a modalidade de Pregão e o Sistema de Registro de Preços; o Decreto nº , de 07 de julho de 1997, a IN-Conjunta/SRF/SNT/SFC/MF nº 01 de 09 de janeiro de 1997, a IN-SLTI/MP nº. 02, de 30 de abril de 2008; Instrução Normativa nº 02 da SLTI/MPOG, de 16 de setembro de 2009, Instrução Normativa nº 02 da SLTI/MPOG, de 11 de outubro de 2010, Instrução Normativa nº 04 da SLTI/MPOG, de 12 de novembro de 2010 e, subsidiariamente, pela Lei nº 8.666/93 e alterações posteriores, conforme especificações constantes do Processo Administrativo nº / CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO O presente CONTRATO tem por objeto o serviço de informática em modelos e procedimentos operacionais integrados, seguros e contínuos, voltados para o aumento de disponibilidade, com tratamento e guarda de informações, em parque físico e lógico constituído por fabricantes diversos, com repasse de conhecimento, de acordo com as exigências estabelecidas no Edital do Pregão Eletrônico nº 003/2011 e seus Anexos. CLAUSULA SEGUNDA DA VINCULAÇÃO O presente CONTRATO vincula-se, independentemente de transcrição, à Proposta da CONTRATADA, à Ata de Registro de Preços nº..., oriunda do edital de licitação na modalidade Pregão Eletrônico nº 003/2011, com seus Anexos e os demais elementos constantes do Processo nº / CLÁUSULA TERCEIRA - DOS SERVIÇOS 3.1. Durante o período de vigência deste Contrato, o CONTRATADO deverá executar os serviços conforme especificações contidas no Termo de Referência (Anexo I do Edital do Pregão Eletrônico n.º 003/2011), sem que haja ônus adicional para o CONTRATANTE; 3.2. Os serviços a serem executados pelo CONTRATADO são os seguintes: Suporte a banco de dados Suporte a dados Suporte a administração de serviços de rede

105 Suporte a configuração, mudanças e capacidade Suporte a serviços de segurança da informação Central de Serviços técnicos Serviço de suporte técnico Suporte à Implementação Serviço de gestão da equipe e execução CLÁUSULA QUARTA DO LOCAL, DOS PRAZOS E DA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS 4.1. Os serviços serão executados na sede do Conselho Administrativo de Defesa Econômica situado no SCN Quadra 2 projeção C CEP Brasília DF, no horário de 08:00 às 18:00h de segunda a sexta-feira Eventualmente, poderá ser solicitado atendimento presencial em outros locais, visando apoiar atividades da CONTRATANTE, como em exposições, eventos, seminários e outros Todos os deslocamentos das equipes que se fizerem necessários para o desenvolvimento das atividades contratadas serão de responsabilidade da CONTRATADA, através de meios que lhe convir A contratada deverá obedecer Acordo de Nível de Serviços ANS, indicadores de qualidade conforme item 15 do Anexo I Termo de Referência do Edital de Pregão Eletrônico n.º 003/2011. CLÁUSULA QUINTA DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA Realizar o objeto deste CONTRATO, de acordo com a proposta apresentada e normas legais, ficando a seu cargo todas as despesas, diretas e indiretas, decorrentes do cumprimento das obrigações assumidas, sem qualquer ônus ao CONTRATANTE, observando sempre os critérios dos serviços a serem prestados Prestar os serviços que objeto deste CONTRATO com profissionais especializados e devidamente qualificados, em conformidade com item 7 do Termo de Referência do Edital 003/2011, de acordo com a legislação vigente, necessária e indispensável à execução dos serviços; Responder pelos danos causados diretamente ao CONTRANTE ou a terceiros, decorrentes de sua culpa ou dolo, quando da execução dos serviços, não excluindo ou reduzindo essa responsabilidade a fiscalização ou o acompanhamento pela Administração do CONTRANTE Arcar com despesas decorrentes de qualquer infração, seja qual for, desde que praticada durante a execução dos serviços ainda que no recinto do CONTRANTE.

106 Responder pelo cumprimento dos postulados legais vigentes de âmbito Federal, Estadual ou Municipal, bem como, ainda, assegurar os direitos e cumprimentos de todas as obrigações estabelecidas nos Contratos a serem firmados entre as partes, inclusive quanto aos preços praticados Zelar pela perfeita execução dos serviços, devendo as falhas que porventura venham a ocorrer, serem sanadas no prazo máximo de 48 (quarenta e oito) horas Prestar os serviços dentro dos parâmetros e rotinas estabelecidos, em observância às normas legais e regulamentares aplicáveis e, inclusive, às recomendações aceitas pela boa técnica Implantar a supervisão permanente dos serviços, de modo adequado e de forma a obter uma operação correta e eficaz Atender prontamente quaisquer exigências do representante do CONTRANTE inerente ao objeto da contratação Prestar esclarecimentos ao CONTRANTE sobre eventuais atos ou fatos noticiados que a envolvam, independente de solicitação Comunicar ao CONTRANTE, por escrito, qualquer anormalidade de caráter urgente e prestar os esclarecimentos julgados necessários Manter, durante toda execução dos Contratos, em compatibilidade com as obrigações nele assumidas, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas nesta licitação Obter prévia e expressa anuência do CADE para caucionar ou utilizar o CONTRATO a ser firmado entre as partes para qualquer operação financeira, sob pena de rescisão contratual se não o fizer Não transferir a terceiros, por qualquer forma, os Contratos, nem subcontratar qualquer parte da prestação de serviço a que está obrigada, sem prévio consentimento, por escrito, do CONTRANTE Comunicar ao CONTRANTE os eventuais casos fortuitos e de força maior, dentro do prazo de 2 (dois) dias úteis após a verificação do fato e apresentar os documentos para a respectiva aprovação, em até 5 (cinco) dias consecutivos, a partir da data de sua ocorrência, sob pena de não serem considerados Responsabilizar-se por todas as providências e obrigações estabelecidas na legislação específica de acidentes do trabalho, quando, em ocorrência da espécie, forem vítimas seus empregados no desempenho dos serviços ou em conexão com eles, ainda que acontecido nas dependências do CONTRANTE, ficando, ainda, o CONTRANTE, isento de qualquer vínculo empregatício com os mesmos Responsabilizar-se por todos os encargos de possível demanda trabalhista, cível ou penal, relacionados com os serviços prestados, originariamente ou vinculado por prevenção, conexão ou continência.

107 Manter a inadimplência, com referência aos encargos sociais, trabalhistas, previdenciários, fiscais e comerciais, resultantes da execução dos contratos, conforme exigência legal, não transfere a responsabilidade por seu pagamento ao CONTRANTE, nem poderá onerar o objeto do presente Contrato, razão pela qual o contratado renuncia, expressamente, a qualquer vínculo de solidariedade, ativa ou passiva, para com o ÓRGÃO CONTRANTE Iniciar a prestação dos serviços imediatamente após a assinatura do respectivo Contrato, informando, em tempo hábil, qualquer motivo impeditivo ou que a impossibilite de assumir as atividades conforme o estabelecido Manter, durante todo o período de vigência dos Contratos, um preposto aceito pelo CONTRATANTE, para gerenciamento dos serviços e representação do(s) futuro(s) contratado(s) sempre que for necessário Responsabilizar-se pelos ônus resultantes de quaisquer ações, demandas, custos e despesas decorrentes de danos, ocorridos por culpa sua ou de qualquer de seus empregados e prepostos, obrigando-se, outrossim, por quaisquer responsabilidades decorrentes de ações judiciais movidas por terceiros que lhe venham a ser exigidas por força da Lei, ligadas ao cumprimento do presente Contrato Acatar as orientações do CONTRANTE, sujeitando-se a mais ampla e irrestrita fiscalização, prestando os esclarecimentos solicitados e atendendo às reclamações formuladas Arcar com as reclamações levadas ao seu conhecimento por parte da fiscalização dos contratos, cuidando imediatamente das providências necessárias para correção, evitando repetição dos fatos Executar os serviços dentro do prazo estipulado neste Contrato, considerando-se que atividades normais do CONTRANTE não poderão sofrer paralisações de qualquer espécie Notificar o CONTRANTE, por escrito, de ocorrência de eventuais ocorrências no curso da execução dos serviços objeto deste Contrato, fixando prazo para a sua correção Manter os seus profissionais, quando em serviço, devidamente uniformizados e identificados; CLÁUSULA SEXTA DAS OBRIGAÇÕES DO CONTRATANTE Proporcionar todas as facilidades para que a CONTRATADA possa realizar a prestação dos serviços objeto deste CONTRATO Comunicar à CONTRATADA toda e qualquer ocorrência relacionada com a prestação do serviço objeto deste CONTRATO.

108 Acompanhar e fiscalizar a prestação dos serviços, objeto do CONTRATO, por meio da indicação de um responsável da CONTRATANTE por intermédio da Coordenação Geral de Administração e Finanças Assegurar-se de que os preços para a prestação dos serviços, objeto deste CONTRATO, estão compatíveis com aqueles praticados no mercado, de forma a garantir que sejam os mais vantajosos para a CONTRATANTE Prestar as informações e os esclarecimentos atinentes ao objeto deste CONTRATO que venham a ser solicitados pela CONTRATADA Solicitar os serviços em Requisição própria EXCLUSIVAMENTE por intermédio da Coordenação Geral da CONTRATANTE Efetuar o pagamento nas condições e preços adjudicados à CONTRATADA. CLÁUSULA SÉTIMA - DO PAGAMENTO O pagamento será efetuado pela CONTRATANTE, até o 5º (quinto) dia útil após atesto do fiscal, mediante apresentação da fatura, devendo esta ser aceita e atestada pelo servidor público designado como gestor do contrato e após a comprovação do recolhimento das contribuições sociais (FGTS e Previdência Social); O pagamento será creditado em favor da CONTRATADA, por meio de ordem bancária contra qualquer entidade bancária indicada na proposta, devendo para isto, ficar explicitado o nome do Banco, agência, localidade e número da conta corrente em que deverá ser efetivado o crédito; O CNPJ do documento fiscal deverá ser o mesmo da proposta de preço, sob pena de cancelamento da Nota de Empenho emitida A Coordenação Geral de Administração e Finanças da CONTRATANTE reserva-se o direito de suspender o pagamento se o objeto do presente Edital for entregue em desacordo com as especificações constantes do CONTRATO; Será procedida consulta "ON LINE" junto ao SICAF antes de cada pagamento a ser efetuado à CONTRATADA, para verificação da situação do mesmo, relativamente às condições de habilitação exigidas no presente certame, cujos resultados serão impressos e juntados aos autos do processo próprio; Poderá ser dispensada a apresentação das guias de recolhimento do FGTS e Previdência Social, se confirmada sua validade em consulta on line ao Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores SICAF; Caso haja aplicação de multa, o valor será descontado de qualquer fatura ou crédito existente no CADE em favor da CONTRATADA. Caso a mesma seja superior ao crédito eventualmente existente, a diferença será cobrada Administrativa ou judicialmente, se necessário;

109 Quando da ocorrência de eventuais atrasos de pagamento provocados exclusivamente pela CONTRATANTE, o valor devido deverá ser acrescido de atualização financeira, e sua apuração se fará desde a data de seu vencimento até a data do efetivo pagamento, em que os juros de mora serão calculados à taxa de 0,5% (meio por cento) ao mês, ou 6% (seis por cento) ao ano, mediante aplicação das seguintes formulas: I = (TX/100) 365 EM = I x N x VP, onde: I = Índice de atualização financeira; TX = Percentual da taxa de juros de mora anual; EM = Encargos moratórios; N = Número de dias entre a data prevista para o pagamento e a do efetivo pagamento; VP = Valor da parcela em atraso Na hipótese de pagamento de juros de mora e demais encargos por atraso, os autos devem ser instruídos com as justificativas e motivos, e ser submetidos à apreciação da autoridade superior competente, que adotará as providências para verificar se é ou não caso de apuração de responsabilidade, identificação dos envolvidos e imputação de ônus a quem deu causa. 7.9 Antes de efetuar o pagamento, o CADE reterá, na fonte, o Imposto sobre a Renda, a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido, a Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (COFINS) e a Contribuição para o PIS/PASEP, nos termos do artigo 64 da Lei nº 9.430/1996. CLÁUSULA OITAVA - DO VALOR DO CONTRATO A importância total a ser paga pelo serviço de informática em modelos e procedimentos operacionais integrados, seguros e contínuos, voltados para o aumento de disponibilidade, com tratamento e guarda de informações, em parque físico e lógico constituído por fabricantes diversos, com repasse de conhecimento equivalerá a R$ (XXXXXXXXX), em conformidade com o preço registrado, constante da Ata de Registro de Preços e planilha abaixo: Item Descrição Quant. Anual proposta USTs Valor da UST Valor anual proposto por item 1 Suporte a banco de dados 2 Suporte a dados 3 Suporte a administração de serviços de rede 4 Suporte a configuração, mudanças e capacidade 5 Suporte a serviços de segurança da informação 6 Central de serviços técnicos 7 Serviço de suporte técnico 8 Suporte à Implementação 9 Serviço de gestão da equipe e execução Valor global anual proposta dos serviços contratados - -

110 110 CLÁUSULA NONA DAS ALTERAÇÕES O presente CONTRATO somente sofrerá alterações em decorrência de fatos supervenientes, devidamente justificados, consoante disposições do Art. 65 da Lei 8.666/93 e suas alterações posteriores, por meio de Termo Aditivo; A CONTRATADA fica obrigada a aceitar nas mesmas condições contratuais, os acréscimos ou supressões que se fizerem necessários, até 25% (vinte e cinco por cento) calculados sobre o valor inicial atualizado do presente CONTRATO, de acordo com o parágrafo 1º do Art. 65 da Lei nº 8.666/93; Nenhum acréscimo ou supressão poderá exceder os limites estabelecidos no item anterior, salvo as supressões por acordo celebrado entre as partes. CLÁUSULA DEZ DA VIGÊNCIA O presente CONTRATO terá vigência por 12 (doze) meses, contados a partir de xxxxxxxxxx, podendo ter a sua duração prorrogada por iguais e sucessivos períodos, mediante termos aditivos, até o limite de 60 (sessenta) meses, após a verificação da real necessidade e com vantagens à Administração na continuidade do contrato para cada período prorrogado, nos termos do inciso II do art. 57 da Lei nº 8.666/93 e alterações posteriores. CLÁUSULA ONZE - DA FISCALIZAÇÃO A fiscalização do presente CONTRATO será exercida por um representante do CONTRATANTE, designado pela Administração do CONTRATANTE, ao qual competirá dirimir as dúvidas que surgirem no curso da prestação dos serviços objeto do presente CONTRATO e de tudo dará ciência à Administração conforme o Art. 67, da Lei nº 8.666/93. PARÁGRAFO ÚNICO A fiscalização de que trata esta cláusula não exclui nem reduz a responsabilidade da CONTRATADA, inclusive perante terceiros, por qualquer irregularidade, ainda que resultante de imperfeições técnicas, vícios redibitórios e, na ocorrência desta, não implica em co-responsabilidade do CONTRATANTE ou de seus agentes e prepostos, de conformidade com o art. 70 da Lei 8.666/93. CLÁUSULA DOZE DA RESCISÃO CONTRATUAL O presente CONTRATO poderá ser rescindido nos casos e na forma previstos na Lei nº 8.666/93 e posteriores alterações. CLÁUSULA TREZE DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS Aquele que comportar-se de modo inidôneo, fizer declaração falsa ou cometer fraude fiscal, garantido o direito à ampla defesa, ficará impedido de licitar com o CONTRATANTE e demais órgãos ou entidades da Administração Pública da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, será descredenciado do SICAF pelo prazo de até 5 (cinco) anos e, ainda, ficará sujeito ao pagamento de multa equivalente a 5% (cinco por cento) do valor total da Ata que foi firmada entre as partes; Pela inexecução total ou parcial do CONTRATO, poderão ser aplicadas ao CONTRATADO, em especial se ele vier a incorrer em uma das situações previstas no art.

111 111 78, incisos I a XI, da Lei nº 8.666/93, as seguintes penalidades, segundo a gravidade da falta cometida e garantida a defesa prévia: a - advertência por escrito; b - multa moratória de 0,05% (cinco centésimos por cento) ao dia de atraso, até o 5º (quinto) dia após a data fixada para entrega do objeto deste Pregão; e 0,07% (sete centésimos por cento) ao dia de atraso a partir do 6º (sexto) dia, calculada sobre o valor total do contrato; c - Suspensão temporária de participar de licitação e contratar com o CADE pelo prazo de até 02 (dois) anos, podendo ser promovida a reabilitação, perante o Sr. Presidente do CADE, após o decurso deste prazo; d - declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública, enquanto perdurarem os motivos que determinaram sua punição ou até que seja promovida sua reabilitação perante Exmº Sr. Ministro de Estado de Justiça, nos termos do artigo 87, 3º, da Lei 8.666/1993, podendo a reabilitação ser requerida pelo futuro contratado somente após o decurso de dois anos da aplicação da penalidade e desde que ele tenha ressarcido o CADE pelos prejuízos resultantes As multas estabelecidas neste item são independentes entre si e poderão ser aplicadas concomitantemente pela autoridade competente, não impedindo que a CONTRATANTE rescinda unilateralmente o CONTRATO. Será facultada a defesa prévia do interessado no prazo de 5 (cinco) dias úteis, contados a partir da data em que a CONTRATADA tomar ciência; As sanções previstas nas alíneas neste item poderão ser também aplicadas concomitantemente ao licitante que, em razão de contrato administrativo: a - Tenha sofrido condenação definitiva por praticar, por meios dolosos, fraude fiscal no recolhimento de quaisquer tributos; b - Tenha praticado atos ilícitos, visando frustrar os objetivos da Licitação; c - Demonstre não possuir idoneidade para contratar com a Administração, em virtude de atos ilícitos praticados Em quaisquer dos casos previstos nas sanções administrativos será dado ao CONTRATADO o direito ao contraditório e a ampla defesa; Caso haja aplicação de multa, o valor será descontado de qualquer fatura ou crédito existente na CONTRATANTE em favor da CONTRATADA ou na execução da garantia prestada. Caso a mesma seja superior ao crédito eventualmente existente, a diferença será cobrada administrativa ou judicialmente, se necessário Na hipótese de aplicação das sanções administrativas previstas pelas alíneas a a c do item 13.2, o CADE registrará a ocorrência no SICAF, cabendo o mesmo ao Ministério da Justiça em caso de declaração de inidoneidade

112 112 CLÁUSULA QUATORZE DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA As despesas decorrentes da contratação, objeto deste CONTRATO, correrão à conta dos recursos consignados no Orçamento Geral da União a cargo do CONTRATANTE, para o exercício de 2010/2011, PTRES: , elemento de despesas: , constante da respectiva Nota de Empenho nº 2010NEXXXXXX. CLÁUSULA QUINZE DA GARANTIA 15.1 O CONTRATADO terá que apresentar garantia, correspondente a 3% (três por cento) do valor total do Contrato, no prazo de 15 (quinze) dias, a contar da data da assinatura do presente Contrato, cabendo-lhe optar por qualquer uma das modalidades elencadas nos incisos I a III do 1º do art. 56 da Lei no / A garantia somente será liberada após o término da vigência do presente contrato, devendo ser renovada na eventual prorrogação contratual e reforçada no caso de alteração do valor contratado, de forma a manter o percentual mencionado no item anterior. CLÁUSULA DEZESSEIS - DA REPACTUAÇÃO DE PREÇOS Será admitida a repactuação dos preços do serviço contratado com prazo de vigência igual ou superior a doze meses, desde que seja observado o interregno mínimo de um ano O interregno mínimo de 1 (um) ano para a primeira repactuação será contado a partir: da data limite para apresentação da proposta constante do instrumento convocatório; ou da data do orçamento a que a proposta se referir, admitindo-se, como termo inicial, a data do acordo, convenção ou dissídio coletivo de trabalho ou equivalente, vigente à época da apresentação da proposta, quando a maior parcela do custo da contratação for decorrente de mão-de-obra e estiver vinculado às datas-base destes instrumentos Nas repactuações subseqüentes à primeira, a anualidade será contada a partir da data da última repactuação ocorrida As repactuações serão precedidas de solicitação do licitante vencedor, acompanhada de demonstração analítica da alteração dos custos, por meio de apresentação da planilha de custos e formação de preços e do novo acordo ou convenção coletiva que fundamenta a repactuação É vedada a inclusão, por ocasião da repactuação, de benefícios não previstos na proposta inicial, exceto quando se tornarem obrigatórios por força de instrumento legal, sentença normativa, acordo coletivo ou convenção coletiva Quando da solicitação da repactuação, esta somente será concedida mediante negociação entre as partes, considerando-se:

113 os preços praticados no mercado e em outros contratos da Administração; as particularidades do contrato em vigência; o novo acordo ou convenção coletiva das categorias profissionais; a nova planilha com a variação dos custos apresentada; indicadores setoriais, tabelas de fabricantes, valores oficiais de referência, tarifas públicas ou outros equivalentes; e a disponibilidade orçamentária do CADE A decisão sobre o pedido de repactuação deve ser feita no prazo máximo de sessenta dias, contados a partir da solicitação e da entrega dos comprovantes de variação dos custos No caso de repactuação, será lavrado termo aditivo ao contrato vigente O prazo referido no subitem anterior ficará suspenso enquanto o licitante vencedor não cumprir os atos ou apresentar a documentação solicitada pelo CADE para a comprovação da variação dos custos O CADE poderá realizar diligências para conferir a variação de custos alegada pelo licitante vencedor O novo valor contratual decorrente da repactuação terá sua vigência iniciada observandose o seguinte: a partir da assinatura do termo aditivo; em data futura, desde que acordada entre as partes, sem prejuízo da contagem de periodicidade para concessão das próximas repactuações futuras; ou em data anterior à repactuação, exclusivamente quando a repactuação envolver revisão do custo de mão-de-obra e estiver vinculada a instrumento legal, acordo, convenção ou sentença normativa que contemple data de vigência retroativa, podendo esta ser considerada para efeito de compensação do pagamento devido, assim como para a contagem da anualidade em repactuações futuras No caso previsto no subitem , o pagamento retroativo deverá ser concedido exclusivamente para os itens que motivaram a retroatividade, e apenas em relação à diferença porventura existente O CADE deverá assegurar-se de que os preços contratados são compatíveis com aqueles praticados no mercado, de forma a garantir a continuidade da contratação mais vantajosa.

114 O CADE poderá prever o pagamento retroativo do período que a proposta de repactuação permaneceu sob sua análise, por meio de Termo de Reconhecimento de Dívida Na hipótese do subitem anterior, o período que a proposta permaneceu sob a análise do CADE será contado como tempo decorrido para fins de contagem da anualidade da próxima repactuação. CLÁUSULA DEZESSETE DOS CASOS OMISSOS Os casos omissos ou situações não explicitadas nas cláusulas deste Instrumento, serão decididos pelo CONTRATANTE, segundo as disposições contidas na Lei nº 8.666, de 1993 e suas alterações posteriores, demais regulamentos e normas administrativas federais que fazem parte integrante deste CONTRATO, independentemente de suas transcrições. CLÁUSULA DEZOITO DA PUBLICAÇÃO Caberá AO CONTRATANTE providenciar a publicação deste CONTRATO, por extrato, no Diário Oficial da União, no prazo de até 20 (vinte) dias a contar do 5º (quinto) dia útil do mês seguinte à data da assinatura, com indicação da modalidade de licitação e de seu número de referência, nos termos do Art. 61, parágrafo único, da Lei nº 8.666/93. CLAUSULA DEZENOVE DO FORO As partes elegem o Foro da Justiça Federal, Seção Judiciária do Distrito Federal, de Brasília-DF, com exclusão de qualquer outro, por mais privilegiado que seja, para dirimir quaisquer questões oriundas do presente CONTRATO. E assim, por estarem de acordo, ajustados e contratados, após lido e achado conforme, as partes, por seus representantes legais, firmam o presente CONTRATO em 02 (duas) vias, de igual teor e forma, para um só efeito, na presença de 02 (duas) testemunhas abaixo assinadas. Brasília, de de FERNANDO DE MAGALHÃES FURLAN Presidente Interino do CADE CONTRATANTE CONTRATADA Testemunhas: 1. NOME: CPF/MF 2. NOME: CPF/MF

115 115 ANEXO XI RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 003/2011 RAZÃO SOCIAL: CNPJ DA EMPRESA: ENDEREÇO: Cidade: Estado: Telefone: Fax: Pessoa para contato: Recebemos por meio do acesso à página ou nesta data, cópia do instrumento convocatório da licitação acima identificada. Brasília, de de Assinatura e Carimbo da Empresa Senhor Licitante, Visando comunicação futura entre este CADE/MJ e essa empresa, solicito de Vossa Senhoria preencher o recibo de entrega de edital abaixo, remetendo-o à Comissão Permanente de Licitações do CADE/MJ por meio de fax (61) ou pelo A não remessa do recibo exime a Comissão Permanente de Licitações da comunicação de eventuais retificações ocorridas no instrumento convocatório, bem como de quaisquer informações adicionais. Brasília, 16 de março de VLADIMIR ADLER GORAYEB Pregoeiro do CADE

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 020/2012

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 020/2012 PROCESSO Nº 08700.008695/2012-34 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 020/2012 OBJETO: Registro de preço para posterior aquisição de 300 (trezentas) estações de trabalho básicas com condicionais

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 013/2013

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 013/2013 PROCESSO Nº 08700.005264/2013-05 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 013/2013 OBJETO: Aquisição, pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), do software Accessdata Lab Lite (ECA) Edition, para

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 008/2009 EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 02/2009 1.1 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL 1.1.1.1 TIPO DE LICITAÇÃO: MAIOR DESCONTO OFERTADO

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado,

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado, DECRETO N 42.434, DE 09 DE SETEMBRO DE 2003, DOERS. Regulamenta, no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul, a modalidade de licitação denominada pregão, por meio eletrônico, para a aquisição de bens e serviços

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 013/2010

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 013/2010 PROCESSO Nº 08700.003397/2010-96 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 013/2010 OBJETO: Registro de preço da aquisição de 20 Notebooks e 100 desktops para atender as necessidades do, de

Leia mais

PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013

PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013 A UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Curitiba,

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 004/2014

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 004/2014 Ministério da Justiça MJ PROCESSO Nº 08700.005072/2013-90 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 004/2014 OBJETO: Registro de preços para aquisição de discos rígidos (HD) para atendimento

Leia mais

REPUBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTERIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES PREGÃO ELETRÔNICO EDITAL Nº 398/2006

REPUBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTERIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES PREGÃO ELETRÔNICO EDITAL Nº 398/2006 REPUBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTERIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES PREGÃO ELETRÔNICO EDITAL Nº 398/2006 PROCESSO : 50600.000884/2006-13 Tipo de Licitação:

Leia mais

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br EDITAL Nº 62/2012 PREGÃO ELETRÔNICO 34/2012 PROCESSO DE DESPESA: 2318/2012 (SEC. DE EDUCAÇÃO) PROCESSO DE LICITAÇÃO 2318/2012 PROCESSO DE COMPRA 45-12 ABERTURA: 29/03/2012 HORÁRIO: 15 horas O Prefeito

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS

PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS 1 PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS O CONSORCIO INTERMUNICIPAL DE SAUDE DO MEDIO PARAIBA, mediante o Pregoeiro Flávio Macharet Barbosa, designado pela Portaria nº 004/2011, de junho

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 020/2013 - RETIFICADO

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 020/2013 - RETIFICADO PROCESSO Nº 08700.008332/2013-80 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 020/2013 - RETIFICADO OBJETO: Registro de preços para aquisição de 06 (seis) servidores de rede, 01 (um) módulo de

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ PREENCHER O RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL, CONSTANTE DO ANEXO I E DEVOLVER COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 010/2013

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 010/2013 PROCESSO Nº 08700.007506/2012-14 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 010/2013 OBJETO: Registro de preços para contratação de empresa especializada na prestação de serviço de tradução

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 001/2014

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 001/2014 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 08700.000976/2014-00 OBJETO: Contratação, mediante empreitada por preço unitário, de empresa especializada em telecomunicações para prestação de Serviço

Leia mais

EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 14/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇO

EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 14/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇO EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 14/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇO PROCESSO 48400.001.219/2015-34 TIPO LICITAÇÃO MENOR PREÇO DATA 10/11/2015 HORÁRIO 10:00 LOCAL www.comprasnet.gov.br (por meio do Sistema Pregão

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 016/2013 EXCLUSIVO PARA ME E EPP

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 016/2013 EXCLUSIVO PARA ME E EPP PROCESSO Nº 08700.002479/2013-66 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 016/2013 EXCLUSIVO PARA ME E EPP OBJETO: Aquisição, com fornecimento de forma integral, de materiais e equipamentos para as operações de

Leia mais

Considerando a necessidade de se buscar a redução de custos, em função do aumento da competitividade; e

Considerando a necessidade de se buscar a redução de custos, em função do aumento da competitividade; e Página 1 de 5 PORTARIA Nº 306, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2001 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO GABINETE DO MINISTRO O MINISTRO DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, no uso das atribuições

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS DIVISÃO DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 28/2012 Processo SUSEP Nº 15414.

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS DIVISÃO DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 28/2012 Processo SUSEP Nº 15414. MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS DIVISÃO DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 28/2012 Processo SUSEP Nº 15414.004640/2012-46 A Superintendência de Seguros Privados - SUSEP realizará

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 014/2009 PROCESSO Nº 08700.001564/2009-21 OBJETO: Registro do preço do serviço de tradução de documentos, do idioma Português

Leia mais

EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011. PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas

EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011. PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011 PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas ABERTURA DOS ENVELOPES DOCUMENTAÇÃO Dia 17 de Outubro

Leia mais

CONTRATO Nº 027/2012 PROCESSO: 08700.002293/2011-45

CONTRATO Nº 027/2012 PROCESSO: 08700.002293/2011-45 CONTRATO Nº 027/2012 PROCESSO: 08700.002293/2011-45 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O CADE CONSELHO ADMINISTRATIVO DE DEFESA ECONÔMICA E A EMPRESA CLAUDIOMIRO BARBOSA RODRIGUES ME PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI Nº 13.179, DE 10 DE JUNHO DE 2009. (publicada no DOE nº 109, de 12 de junho de 2009) Dispõe sobre a Cotação Eletrônica

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010 A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia - FATEC, por meio de sua pregoeira, Claudia Pippi Lorenzoni torna público

Leia mais

PREGÃO Processo nº 000217-04.91/15-0

PREGÃO Processo nº 000217-04.91/15-0 PREGÃO PE - 31/2015 - SULGÁS A Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul - SULGÁS torna público, através de seu Pregoeiro designado, que realizará licitação por meio da utilização de recursos de

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO S/A EBC PREGÃO ELETRÔNICO Nº 050/2011

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO S/A EBC PREGÃO ELETRÔNICO Nº 050/2011 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO S/A EBC PREGÃO ELETRÔNICO Nº 050/2011 Processo EBC nº 002307/2010 COMPROVANTE DE RECEBIMENTO DO EDITAL OBJETO: Contratação

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROCESSO SUSEP 15414.003162/2008-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2009

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROCESSO SUSEP 15414.003162/2008-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2009 A Superintendência de Seguros Privados - SUSEP realizará, às 15 horas do dia 16 de julho de 2009, licitação na modalidade PREGÃO ELETRÔNICO, tipo MENOR PREÇO, conforme autorização da Senhora Chefe do DEAFI,

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços

PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços EDITAL A Justiça Federal de Primeiro Grau em Minas Gerais, por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria 10-124-DIREF de 29/06/2006, realizará

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 002/2015

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 002/2015 Conselho Administrativo de Defesa Econômica - CADE EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 002/2015 PROCESSO Nº 08700.007916/2014-19 OBJETO: Contratação de empresa especializada na prestação de segurança contra

Leia mais

1 DO OBJETO Aquisição de licença de software de informática para atender as necessidades desta Autarquia, conforme discriminação abaixo:

1 DO OBJETO Aquisição de licença de software de informática para atender as necessidades desta Autarquia, conforme discriminação abaixo: A Superintendência de Seguros Privados SUSEP, no Estado do Rio de Janeiro, mediante Pregoeiro designado pela Portaria SUSEP n 2.527, de 11 de outubro de 2006, torna público que realizará às 14 (catorze)

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO AMPLO N o 4/2010 PROCESSO N o 53500.000211/2010

EDITAL DE PREGÃO AMPLO N o 4/2010 PROCESSO N o 53500.000211/2010 EDITAL DE PREGÃO AMPLO N o 4/2010 PROCESSO N o 53500.000211/2010 A AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES - ANATEL, com sede no SAUS, Quadra 06, Bloco H, Edifício Ministro Sérgio Motta, na cidade de Brasília

Leia mais

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: Fax: e-mail:

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: Fax: e-mail: MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE AQUISIÇÕES Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: Fax: e-mail: TERMO DE RETIRADA

Leia mais

Tomada de Preços n.º 015/2010

Tomada de Preços n.º 015/2010 Tomada de Preços n.º 015/2010 Procedimento Administrativo n.º 0848/2010 Modalidade: Tomada de Preços Tipo: Menor Preço Julgamento: global Regime de execução: empreitada por preço unitário Objeto: Contratação

Leia mais

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: e-mail: Pessoa para contato:

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: e-mail: Pessoa para contato: Pregão Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: e-mail: Pessoa para contato: TERMO DE RETIRADA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 02/2010-TB Retirei da TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S.A.

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO PREGÃO N 125/2008

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO PREGÃO N 125/2008 PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO PREGÃO N 125/2008 DATA DE ABERTURA: 04 de dezembro de 2008 HORÁRIO: 13:00 horas LOCAL DA SESSÃO PÚBLICA: Auditório da CPL/PGR, localizada no

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRAS Vinculada ao Ministério das Comunicações

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRAS Vinculada ao Ministério das Comunicações PREGÃO ELETRÔNICO Nº 006/2012 (EXCLUSIVO PARA MICROEMPRESAS E EMPRESA DE PEQUENO PORTE Dec. 6.204/2007) Processo nº 039/2012 COMPROVANTE DE RECEBIMENTO DO EDITAL Objeto: Contratação de empresa para prestação

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N 007/2015 REFERENTE AO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 124/2014

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N 007/2015 REFERENTE AO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 124/2014 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N 007/2015 REFERENTE AO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 124/2014 Pelo presente instrumento, a SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO, órgão gerenciador do Registro de Preços, localizada na

Leia mais

TERMO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET. PREGÃO Nº 02/2007 Processo nº 12.980/2007

TERMO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET. PREGÃO Nº 02/2007 Processo nº 12.980/2007 TERMO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET PREGÃO Nº 02/2007 Processo nº 12.980/2007 RAZÃO SOCIAL: CNPJ DA EMPRESA: ENDEREÇO: E-MAIL: Cidade: Estado: Telefone: Fax: Pessoa para contato: Recebemos através

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 002/2012

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 002/2012 PROCESSO Nº 08005.000885/2011-70 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 002/2012 OBJETO: Contratação de pessoa jurídica especializada na prestação de serviços de gestão, planejamento, organização,

Leia mais

1 DO OBJETO 2 DA PARTICIPAÇÃO

1 DO OBJETO 2 DA PARTICIPAÇÃO A UNIÃO, por intermédio do INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER INCA do Ministério da Saúde, mediante o Pregoeiro e Equipe de Apoio, nomeados pela Portaria nº 606 de 30 de setembro de 2009, do Sr. Diretor Geral

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES PROCESSO LICITATÓRIO Nº 003/2016 TOMADA DE PREÇO Nº 003/2016 Aldoir Godois Vezaro, Prefeito Municipal de São Pedro das Missões RS, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei nº 8.666,

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAZONAS, no exercício da competência que lhe confere o art. 54, inciso IV, da Constituição Estadual, e

O GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAZONAS, no exercício da competência que lhe confere o art. 54, inciso IV, da Constituição Estadual, e DECRETO No. 24.818 de 27 JANEIRO DE 2.005 Regulamenta a realização de pregão por meio da utilização de recursos de tecnologia da informação, denominado pregão eletrônico, para a aquisição de bens e serviços

Leia mais

AcroPDF - A Quality PDF Writer and PDF Converter to create PDF files. To remove the line, buy a license.

AcroPDF - A Quality PDF Writer and PDF Converter to create PDF files. To remove the line, buy a license. DECRETO Nº 5.450, DE 31 DE MAIO DE 2005 Regulamenta o pregão, na forma eletrônica, para aquisição de bens e serviços comuns, e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que

Leia mais

EMPRESA DE PLANEJAMENTO E LOGÍSTICA S.A. EPL TERMO DE RETIRADA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO POR SRP Nº 04/2014

EMPRESA DE PLANEJAMENTO E LOGÍSTICA S.A. EPL TERMO DE RETIRADA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO POR SRP Nº 04/2014 EMPRESA DE PLANEJAMENTO E LOGÍSTICA S.A. EPL TERMO DE RETIRADA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO POR SRP Nº 04/2014 Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: Fax: e-mail: Retirei, junto à Empresa de Planejamento

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº. 15414.300110/2008-40 PREGÃO ELETRÔNICO Nº

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº. 15414.300110/2008-40 PREGÃO ELETRÔNICO Nº A Superintendência de Seguros Privados SUSEP, no Estado do Rio de Janeiro, mediante Pregoeiro designado pela Portaria SUSEP n 3.053, de 14 de outubro de 2008, torna público que realizará às 14 horas, do

Leia mais

ESCLARECIMENTOS. Em virtude do exposto, segue o Anexo A, com os itens mencionados, que para todos os efeitos ficam incorporados ao edital publicado.

ESCLARECIMENTOS. Em virtude do exposto, segue o Anexo A, com os itens mencionados, que para todos os efeitos ficam incorporados ao edital publicado. ESCLARECIMENTOS Em curso nesta Autarquia a licitação nº 0453/13, Processo nº 0363/13, que almeja a contratação de pessoa jurídica para prestação de serviços de medicina e segurança do trabalho. Foi recebido

Leia mais

AVISO DE LICITAÇÃO DATASUL

AVISO DE LICITAÇÃO DATASUL AVISO DE LICITAÇÃO DATASUL Pregão Eletrônico nº 16111/2008 Processo n 6111/2008 OBJETO: 76J-00323 - Office Enterprise 2007 Sngl OLP INÍCIO DE RECEBIMENTO DE PROPOSTAS: 02/05/2008 às 11 horas. LIMITE PARA

Leia mais

LICITAÇÃO COM RESERVA DE COTA DE ATÉ 25% PARA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 34/2015

LICITAÇÃO COM RESERVA DE COTA DE ATÉ 25% PARA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 34/2015 LICITAÇÃO COM RESERVA DE COTA DE ATÉ 25% PARA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 34/2015 A FUNDAÇÃO DE ATENDIMENTO SÓCIOEDUCATIVO DO PARÁ - FASEPA, inscrita no CNPJ sob o nº 84.154.186/0001-23,

Leia mais

ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2010/010

ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2010/010 1 O, por intermédio do TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS, doravante denominado TCM/PA, CNPJ nº 04.789.665/0001-87, com sede na Travessa Magno de Araújo nº 474, bairro do Telégrafo na cidade de Belém, Estado

Leia mais

ADVOCACIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA-GERAL DE ADMINISTRAÇÃO

ADVOCACIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA-GERAL DE ADMINISTRAÇÃO ADVOCACIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA-GERAL DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 20/2011 A União, representada pela Advocacia-Geral da União, torna público, por intermédio

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014.

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. Emissão: 09/12/2014. Abertura: 29/12/2014. Horário: 10:00 H. O Fundo de Previdência dos Servidores Municipais

Leia mais

EDITAL PROCESSO 4674/2009

EDITAL PROCESSO 4674/2009 EDITAL PROCESSO 4674/2009 A Justiça Federal de Primeiro Grau em Minas Gerais, por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria 10/58-DIREF de 24/06/2009 realizará o pregão presencial em epígrafe, regido

Leia mais

CONTRATO Nº 024/2011 PROCESSO nº 08700.002957/2011-76

CONTRATO Nº 024/2011 PROCESSO nº 08700.002957/2011-76 CONTRATO Nº 024/2011 PROCESSO nº 08700.002957/2011-76 CONTRATO DE AQUISIÇÃO, COM A DEVIDA INSTALAÇÃO DE 06 APARELHOS DE AR CONDICIONADO QUE ENTRE SI CELEBRAM O CONSELHO ADMINISTRATIVO DE DEFESA ECONÔMICA

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 23/2015

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 23/2015 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 23/2015 O ESTADO DO PARÁ, através da FUNDAÇÃO DE ATENDIMENTO SÓCIOEDUCATIVO DO PARÁ - FASEPA, inscrita no CNPJ sob o nº 84.154.186/0001-23, sediada na Rua DIOGO MOIA, N.º 1101, Bairro

Leia mais

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009.

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009. EDITAL A SÃO PAULO TRANSPORTE S.A. SPTrans, inscrita no CNPJ-MF sob o n.º 60.498.417/0001-58, comunica que se encontra aberta a licitação, EXCLUSIVAMENTE para participação de microempresas e empresas de

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 003/2015 EXCLUSIVO PARA ME E EPP

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 003/2015 EXCLUSIVO PARA ME E EPP PROCESSO Nº 08700.007010/2014-02 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 003/2015 EXCLUSIVO PARA ME E EPP OBJETO: Aquisição de 1 (uma) licença de software de correção ortográfica para editor web, visando atender

Leia mais

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Processo...: 8/2015 Modalidade.: Convite Número...: 6/2015

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP (SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS) Nº 05/2016

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP (SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS) Nº 05/2016 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO EBSERH-EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP (SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS) Nº 05/2016 PROCESSO Nº 23113.016521/2015-00 OBJETO Registro de

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE CARTA CONVITE N.º 006/2006

EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE CARTA CONVITE N.º 006/2006 2 EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE CARTA CONVITE N.º 006/2006 TIPO: DATA DE ABERTURA HORÁRIO LOCAL MENOR PREÇO 04/12/2006 10 HORAS SALA DE REUNIÃO 1 - DO OBJETO DA LICITAÇÃO 1.1 A COMISSÃO PERMANNTE DE LICITAÇÃO

Leia mais

MODELO CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR

MODELO CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR MODELO CONTRATO N.º /20 CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR A (Órgão/Entidade Federal, Estadual ou Municipal), pessoa jurídica de direito público ou privado, com sede à Rua, n.º,

Leia mais

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE LICITAÇÃO PARA AQUISIÇÃO DE PNEUS DESTINADOS AOS VEÍCULOS DA SECRETARIA MUNICIPAL SAÚDE PARA O EXERCÍCIO DE DE 2014 2014 O FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE/MUNICIPIO DE DOMINGOS MARTINS, com sede na Rua Bernardino

Leia mais

EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 02/2016

EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 02/2016 EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 02/2016 PROCESSO 48400.000.101/2016-70 TIPO LICITAÇÃO MENOR PREÇO DATA 14/03/2016 HORÁRIO 10:00 LOCAL www.comprasnet.gov.br (por meio do Sistema Pregão Eletrônico) PREGOEIRO

Leia mais

PRESIDENCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO S/A EBC PREGÃO ELETRÔNICO Nº 049/2009. Processo nº 001521/2008

PRESIDENCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO S/A EBC PREGÃO ELETRÔNICO Nº 049/2009. Processo nº 001521/2008 PRESIDENCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO S/A EBC PREGÃO ELETRÔNICO Nº 049/2009 Processo nº 001521/2008 COMPROVANTE DE RECEBIMENTO DO EDITAL Objeto: Contratação

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 017/2013

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 017/2013 PROCESSO Nº 08700.004496/2013-38 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 017/2013 OBJETO: Registro de preços para contratação de empresa especializada na prestação de serviço de locação eventual

Leia mais

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015.

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. EMENTA: Regulamenta o Sistema de Registro de Preços SRP previsto no art. 15 da Lei nº 8.666/93, no âmbito do Município de Central Bahia. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 194/2010. Envio das Propostas: a partir da divulgação do Edital até a abertura da Sessão.

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 194/2010. Envio das Propostas: a partir da divulgação do Edital até a abertura da Sessão. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 194/2010 Processo n o : 23063.003142/2010-70 Abertura

Leia mais

CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE GESTÃO INTERNA

CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE GESTÃO INTERNA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE GESTÃO INTERNA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 40/2012 PROCESSO Nº 00190.024252/2012-86 A Diretoria de Gestão Interna da Controladoria-Geral da União da Presidência

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 004/2015

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 004/2015 Conselho Administrativo de Defesa Econômica - CADE EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 004/2015 PROCESSO Nº 08700.009583/2014-62 OBJETO: Contratação de empresa especializada na prestação de serviços de Vigilância

Leia mais

Contrato de Apoio Técnico - Operacional

Contrato de Apoio Técnico - Operacional Este Contrato estabelece os termos e condições para disponibilização do sistema informatizado PREGÃO.NET, pela Oriens Tecnologia Ltda., com sede na Av. do Contorno nº 3505, sala 802, na cidade de Belo

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N 014/2014 EXCLUSIVO PARA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE ME/EPP

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N 014/2014 EXCLUSIVO PARA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE ME/EPP - MJ EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N 014/2014 EXCLUSIVO PARA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE ME/EPP PROCESSO Nº 08700.007285/2014-38 OBJETO: Contratação de empresa especializada na prestação de serviço

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP (SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS) Nº 98/2015

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP (SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS) Nº 98/2015 1 ABMNT MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO EBSERH-EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DE SERGIPE EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP (SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS) Nº 98/2015 PROCESSO Nº

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE

EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE PROCESSO nº 001/2014 CARTA CONVITE nº 001/2014 TIPO MENOR PREÇO POR ITEM A Presidenta da ASSOCIAÇÃO CASA DA MULHER CATARINA - CMC, mantenedora do Projeto: JORNALISTAS

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS. PREGÃO N.º 54/05 Processo n.º 08190.061105/05-26

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS. PREGÃO N.º 54/05 Processo n.º 08190.061105/05-26 MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS PREGÃO N.º 54/05 Processo n.º 08190.061105/05-26 O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios MPDFT, por meio

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 32/2013 OBJETO:

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 32/2013 OBJETO: PREGÃO ELETRÔNICO Nº 32/2013 OBJETO: AQUISIÇÃO DE LICENÇAS TECNOLOGIA MICROSOFT de uso de Software com atualização das versões e fornecimento de serviços de suporte, através de Registro de Preços PREGÃO

Leia mais

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 2926- CNPJ: 13.959.466/1-6 Tel: 2732683178 Fax: 273268376 Site: Pregão Presencial Nº 6/214 LICITAÇÃO PARA AQUISIÇÃO DE MEDICAMENTOS PARA ATENDER A SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE POR UM PERÍODO DE DE (6)

Leia mais

ANEXO IV MINUTA DE CONTRATO

ANEXO IV MINUTA DE CONTRATO ANEXO IV MINUTA DE CONTRATO CONTRATO Nº -2011, DE CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE ENGENHARIA PARA *********, QUE CELEBRAM ENTRE SI, O CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO PARANÁ E A EMPRESA. O CONSELHO REGIONAL

Leia mais

www.fundacaoaraucaria.org.br 2

www.fundacaoaraucaria.org.br 2 EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE 02/2013 Serviços de Auditoria 1. DO PREÂMBULO 1.1. A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico, estabelecida em Curitiba, Av. Comendador Franco,

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS. PREGÃO N.º 87/04 Processo n.º 08190.129636/04-05

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS. PREGÃO N.º 87/04 Processo n.º 08190.129636/04-05 MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS PREGÃO N.º 87/04 Processo n.º 08190.129636/04-05 O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios MPDFT, por meio

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS TERMO DE RETIRADA DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS TERMO DE RETIRADA DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS TERMO DE RETIRADA DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 10/2010 PESSOA JURÍDICA: ENDEREÇO: CNPJ DA PESSOA JURÍDICA: TELEFONE(S):

Leia mais

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993.

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. DECRETO N.º 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DIVERSOS PARA MANUTENÇÃO PREDIAL

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DO RIO DE JANEIRO CRA/RJ

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DO RIO DE JANEIRO CRA/RJ PREGÃO ELETRÔNICO Nº 008/2013 - CONSOLIDADO REGISTRO DE PREÇO PROCESSO CRA/RJ N 2012/000325 O CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO - CRA/RJ (UASG: 389151), Autarquia Federal dotada com personalidade jurídica

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE EDITAL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE EDITAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO N.º 15/2014 PROCESSO N.º 23341.000141/2014-71

Leia mais

1 DO OBJETO 2 DA PARTICIPAÇÃO

1 DO OBJETO 2 DA PARTICIPAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E RECUROS HUMANOS COORDENAÇÃO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 014/2013

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 014/2013 Conselho Administrativo de Defesa Econômica - CADE EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 014/2013 PROCESSO Nº 08700.003772/2013-40 OBJETO: Contratação, em regime de execução indireta, de empresa especializada

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO ELETRÔNICO 003/2010 PROCESSO 08475.011352/2010-04

EDITAL DE LICITAÇÃO REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO ELETRÔNICO 003/2010 PROCESSO 08475.011352/2010-04 EDITAL DE LICITAÇÃO REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO ELETRÔNICO 003/2010 PROCESSO 08475.011352/2010-04 A União, por intermédio do Departamento de Polícia Federal, mediante o Pregoeiro, designado pela Portaria

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO CONAB Nº 006/2005

PREGÃO ELETRÔNICO CONAB Nº 006/2005 PREGÃO ELETRÔNICO CONAB Nº 006/2005 PROCESSO Nº: 01.208/2005 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO Data: 21 / 12 /2005 Horário Abertura: 09:00 horas Local: www.comprasnet.gov.br A Companhia Nacional de Abastecimento

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 85/14 PROCESSO N 2783-09.00/14-6 AJDG Nº 059/14 Nesta data, compareceu à sede da, órgão administrativo do MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL,

Leia mais

PROCESSO Nº: 23381.008127.2014-49 EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 02/2015 (SRP)

PROCESSO Nº: 23381.008127.2014-49 EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 02/2015 (SRP) PROCESSO Nº: 23381.008127.2014-49 EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 02/2015 (SRP) OBJETO: CONTRATAÇÃO DE SERVIÇO DE TELEFONIA MÓVEL, PACOTE DE DADOS E ILIMITADO ACESSO À INTERNET DE ALTA VELOCIDADE

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 008/2013

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 008/2013 PROCESSO Nº 08700.007507/2012-51 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 008/2013 OBJETO: Contratação, pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), de empresa especializada na locação de máquinas reprográficas

Leia mais

Ministério da Justiça Conselho Administrativo de Defesa Econômica - CADE

Ministério da Justiça Conselho Administrativo de Defesa Econômica - CADE CONTRATO Nº 020/2011 PROCESSO: 08700.002779/2011-83 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O CONSELHO ADMINISTRATIVO DE DEFESA ECONÔMICA CADE E A EMPRESA FUMANCHU CHAVES E SEGURANÇA ELETRÔNICA LTDA EPP, PARA O

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO S/A EBC PREGÃO ELETRÔNICO Nº 023/2011

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO S/A EBC PREGÃO ELETRÔNICO Nº 023/2011 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO S/A EBC PREGÃO ELETRÔNICO Nº 023/2011 Processo EBC nº 000659/2011 COMPROVANTE DE RECEBIMENTO DO EDITAL OBJETO: Contratação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA PARAÍBA PREGÃO 01-2008 PRESENCIAL MENOR PREÇO GLOBAL POR ITEM OBJETO:

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA PARAÍBA PREGÃO 01-2008 PRESENCIAL MENOR PREÇO GLOBAL POR ITEM OBJETO: 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA PARAÍBA PREGÃO 01-2008 PRESENCIAL MENOR PREÇO GLOBAL POR ITEM OBJETO: ITEM 01 LIMPEZA E CONSERVAÇÃO ITEM 02 VIGILÂNCIA ARMADA ITEM 03

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP Aos 27 (vinte e sete) dias de mês de maio do ano de 2015, o Município de Parazinho/RN, CNPJ nº. 08.113.631/0001-29, com sede na Praça Senador

Leia mais