FAZENDO A R T E COM TARSILA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FAZENDO A R T E COM TARSILA"

Transcrição

1 FAZENDO A R T E COM TARSILA

2 Prefeitura Municipal de Santos ESTÂNCIA BALNEÁRIA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO Subsídios para implementação do Plano de Curso de Educação Artística Ensino Fundamental Ciclo I Santos

3 Prefeitura Municipal de Santos ESTÂNCIA BALNEÁRIA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO Caracterização da Área de Arte Na proposta dos Parâmetros Curriculares Nacionais, Arte tem uma função tão importante quanto a dos outros conhecimentos no processo de ensino e aprendizagem. A área está relacionada com as demais áreas e tem suas especificidades. A educação em arte propicia o desenvolvimento do pensamento artístico e da percepção estética, que caracterizam um modo próprio de ordenar e dar à experiência humana: o aluno desenvolve sua sensibilidade, percepção e imaginação, tanto ao realizar formas artísticas quanto na ação de apreciar e conhecer as formas produzidas por ele e pelos colegas, pela natureza e nas diferentes culturas. Esta área também favorece ao aluno relacionar-se criadoramente com as outras disciplinas do currículo. Por exemplo, o aluno que conhece arte pode estabelecer relações mais amplas quando estuda um determinado período histórico. Um aluno que exercita continuamente sua imaginação estará mais habilitado a construir um texto, a desenvolver estratégias pessoais para resolver um problema matemático. Conhecendo a arte de outras culturas, o aluno poderá compreender a relatividade dos valores que estão enraizados nos seus modos de pensar e agir, que pode criar um campo de sentido para a valorização do que lhe é próprio e favorecer abertura à riqueza e à diversidade da imaginação humana. Além disso, torna-se capaz de perceber sua realidade cotidiana mais vivamente, reconhecendo objetos e formas que estão à sua volta, no exercício de uma observação crítica do que existe na sua cultura, podendo criar condições para uma qualidade de vida melhor. Uma função igualmente importante que o ensino da arte tem a cumprir diz respeito à dimensão social das manifestações artísticas. A arte de cada cultura revela o modo de perceber, sentir e articular significados e valores que governam os diferentes tipos de relações entre os indivíduos na sociedade. A arte solicita a visão, a escuta e os demais sentidos como portas de entrada para uma compreensão mais significativa das questões sociais. Essa forma de comunicação é rápida e eficaz, pois atinge o interlocutor por meio de uma síntese ausente na explicação dos fatos. A arte também está presente na sociedade em profissões que são exercidas nos mais diferentes ramos de atividade: o conhecimento em artes é necessário no mundo do trabalho e faz parte do desenvolvimento profissional dos cidadãos. O conhecimento da arte abre perspectiva para que o aluno tenha uma compreensão do mundo na qual a dimensão poética esteja presente: a arte ensina que é possível transformar continuamente a existência, que é preciso mudar referências a cada momento, ser flexível. Isso quer dizer que criar e conhecer são indissociáveis e a flexibilidade é condição fundamental para aprender. O ser humano que não conhecer arte tem uma experiência de aprendizagem limitada, escapa-lhe a dimensão do sonho, da força comunicativa dos objetos à sua volta, da sonoridade instigante da poesia, das criações musicais, das cores e formas, dos gestos e luzes que buscam o sentido da vida. Fonte: Parâmetros Curriculares Nacionais 3

4 Escolas que são gaiolas existem para que os pássaros desaprendam a arte do vôo. Pássaros engaiolados são pássaros sob controle. Engaiolados, o seu dono pode levá-los para onde quiser. Pássaros engaiolados sempre têm um dono. Deixaram de ser pássaros. Porque a essência dos pássaros é o vôo. Escolas que são asas não amam pássaros engaiolados. O que elas amam são pássaros em vôo. Existem para dar aos pássaros coragem para voar. Ensinar o vôo, isso elas não podem fazer, porque o vôo já nasce dentro dos pássaros. O vôo não pode ser ensinado. Só pode ser encorajado. Rubem Alves 4

5 Esta é a artista Tarsila do Amaral, ela nasceu em Capivari, no interior de São Paulo, em Ela passou sua infância em uma fazenda. Tarsila cresceu sempre bonita e vaidosa, gostava de usar brincos extravagantes. Neste quadro, a artista fez seu auto-retrato, ou seja, ela pintou seu próprio rosto na tela. Faça como Tarsila, utilize o espaço ao lado para fazer seu auto-retrato. 5

6 Abaporu Uma noite, Tarsila pintou um de seus quadros mais famosos, uma estranha figura saída de sua imaginação; um homem gigante com a cabeça bem pequena. Essa obra recebeu o nome também muito estranho: Abaporu, que em Tupi significa homem que come carne humana, antropófago, a obra foi batizada por seu marido, Oswalde Andrade, porque achou-o selvagem. A artista fez outros quadros com o mesmo estilo. Nesta obra, ela juntou os dois quadros o Abaporu e a Negra. A Negra Fonte Encontro com Tarsila Cecília Aranha/ Rosane Acedo - Editora Mindin 6

7 Vamos levar o Abaporu da Tarsila do Amaral para conhecer a cidade de Santos? Faça um desenho bem bonito do lugar que você mais gosta de sua cidade. 7

8 Faça um ci rculo nas figuras que fazem parte do quadro Morro na Tarsila da artista T arsila do Amaral. 8

9 Esta obra também pertence à fase antropofágica. 1) Qual foi sua primeira impressão ao olhar o quadro? 2) O que você acha que esta obra representa? 3) Nesta obra, a artista utiliza mais as linhas retas ou curvas? 4) Que nome você daria a este quadro? 5) Utilize o espaço abaixo para desenhar e pintar uma paisagem, que só existe na sua imaginação. 9

10 Esta tela da Tarsila se chama OP Porto, observe como ela utiliza formas geométricas. Sugestões de Atividade Em uma folha de papel pardo, represente o porto de Santos. Convide alguns amigos para fazer esta obra com você, utilize técnicas diversas como colagem com papéis coloridos, pinturas com giz de cera, guache. E, assim como Tarsila, procure utilizar formas geométricas. Esta obra se chama A Cuca. Observe que a Tarsila coloca 4 personagens, qual delas será a Cuca? Sugestão de atividade: Crie uma história tendo como tema esta imagem criada pela artista. 10

11 Fonte: Revista Lição de Casa (semanal) Jornal Estadão. 11

12 Sugestão de atividade Faça o personagem o Abaporu utilizando a modelagem com papel machê. 12

13 13

14 14

15 Fonte: Revista Lição de Casa (semanal) Jornal Estadão 15

16 16

17 Vamos fazer uma reprodução desta obra antropofágica da Tarsila utilizando a técnica de aquarela, perceba que efeito diferente você vai conseguir! 17

18 18

19 19

20 20

21 21

22 22

23 23

24 24

25 25

26 26

27 27

28 Sugestão para o Projeto de Leitura 28

29 29

30 A samambaia o vira-lata e o blufiano - autor - Atílio Bari - Editora Sapione 30

31 31

32 32

33 33

34 34

35 35

36 36

37 37

38 38

39 . 39

40 40

41 41

42 42

43 Fonte Revista Lição de Casa (semanal) Jornal Estadão. 43

Prefeitura Municipal de Santos ESTÂNCIA BALNEÁRIA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO

Prefeitura Municipal de Santos ESTÂNCIA BALNEÁRIA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO Prefeitura Municipal de Santos ESTÂNCIA BALNEÁRIA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO Subsídios para implementação do Plano de Curso de Educação Artística Ensino Fundamental Educação de Jovens

Leia mais

Eixos/temas Noções / Conceitos Competências e Habilidades UNIDADE 1 SOU UM SER HUMANO COM NOME E IDENTIDADE UNIDADE 2 EU VIVO UNIDADE 3 MEU CORPO

Eixos/temas Noções / Conceitos Competências e Habilidades UNIDADE 1 SOU UM SER HUMANO COM NOME E IDENTIDADE UNIDADE 2 EU VIVO UNIDADE 3 MEU CORPO AMNT ND 1 O AL F NSINO RLIGIOSO 1 ANO 2 VIVO u vivo u vivo com os outros u cuido do outro 3 u tenho um nome que me identifica. u gosto de... u desejo e sonho com... SO M SR HMANO COM NOM IDNTIDAD M CORPO

Leia mais

DOMINGO SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA SÁBADO

DOMINGO SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA SÁBADO Foi uma grande pintora e desenhista brasileira, sendo considerada uma das figuras centrais do Modernismo no Brasil. Criou paisagens distintamente tropicais que refletem o Brasil. TARSILA DO AMARAL JANEIRO

Leia mais

Comunicação ARTE NO APRENDIZADO DA VIDA. Palavras-Chave: Proposta triangular, Tarsila do Amaral, Criatividade

Comunicação ARTE NO APRENDIZADO DA VIDA. Palavras-Chave: Proposta triangular, Tarsila do Amaral, Criatividade Comunicação ARTE NO APRENDIZADO DA VIDA Ana Luisa Z. P. Almeida 1 Palavras-Chave: Proposta triangular, Tarsila do Amaral, Criatividade ARTE NO APRENDIZADO DA VIDA Arte no Aprendizado da Vida, tendo por

Leia mais

Conheça o seu colégio. Ensino Fundamental I

Conheça o seu colégio. Ensino Fundamental I Conheça o seu colégio Ensino Fundamental I Ano letivo 2014 Há escolas que são gaiolas e há escolas que são asas. Escolas que são gaiolas existem para que os pássaros desaprendam a arte do voo. Pássaros

Leia mais

Matéria: literatura Assunto: pintura - tarsila do amaral Prof. IBIRÁ

Matéria: literatura Assunto: pintura - tarsila do amaral Prof. IBIRÁ Matéria: literatura Assunto: pintura - tarsila do amaral Prof. IBIRÁ Literatura TARSILA DO AMARAL Introdução Tarsila do Amaral foi uma das mais importantes pintoras brasileiras do movimento modernista.

Leia mais

PLANO DE AÇÃO DE UTILIZAÇÃO DO MATERIAL ESCOLAR 2017 Baby visto Márcia/CPS. Unidade de Aprendizagem

PLANO DE AÇÃO DE UTILIZAÇÃO DO MATERIAL ESCOLAR 2017 Baby visto Márcia/CPS. Unidade de Aprendizagem Material *itens da lista anexa Quantidade PLANO DE AÇÃO DE UTILIZAÇÃO DO MATERIAL ESCOLAR 2017 Baby visto Márcia/CPS Data de utilização Unidade de Aprendizagem Descrição da atividade didática Livros de

Leia mais

EDUCAÇÃO VISUAL - 8º ano

EDUCAÇÃO VISUAL - 8º ano EDUCAÇÃO VISUAL - 8º ano 2016/2017 Rotas de Aprendizagem mesquita.beta@gmail.com Profª Elisabete Mesquita Projeto 1: ANIMAÇÃO GRÁFICA DA CAPA Objetivo Geral: Reinventar uma foto do aprendente através do

Leia mais

TRABALHO BIMESTRAL INTERDISCIPLINAR. 3º Bimestre

TRABALHO BIMESTRAL INTERDISCIPLINAR. 3º Bimestre TRABALHO BIMESTRAL INTERDISCIPLINAR Disciplina: Interdisciplinar 3º Bimestre Entrega: 12/09/2017 Professor (a): Michelle/ Angélica Série: 2º ano Turma Aluno (a): Nº NOTA Olá querido aluno do 2º ano; Estamos

Leia mais

COMUNICADO de Setembro de 2016

COMUNICADO de Setembro de 2016 iguatemy.com.br COMUNICADO 31 23 de Setembro de 2016 Fundamental I O 2º PASSEIO SOLIDÁRIO IGUATEMY acontecerá no dia 25 de setembro, com início às 9h, saída e chegada na Unidade de Educação Infantil (Iguatemy

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS. Linguagem Oral e Escrita. Matemática OBJETIVOS E CONTEÚDOS

EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS. Linguagem Oral e Escrita. Matemática OBJETIVOS E CONTEÚDOS EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS Conhecimento do Mundo Formação Pessoal e Social Movimento Linguagem Oral e Escrita Identidade e Autonomia Música Natureza e Sociedade Artes Visuais Matemática OBJETIVOS

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL 2º Período

EDUCAÇÃO INFANTIL 2º Período EDUCAÇÃO INFANTIL 2º Período Objetivo Geral Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações; Descobrir

Leia mais

PLANEJAMENTO Julho. Professor (a): Janete Neusa Perin NOME DO LIVRO: Objetivo geral:

PLANEJAMENTO Julho. Professor (a): Janete Neusa Perin NOME DO LIVRO: Objetivo geral: PLANEJAMENTO Julho NOME DO LIVRO: Estratégias de outras áreas do conhecimento A BRUXA SALOMÉ Leitura e escrita; Oralidade; Dias da Semana; Rimas. -Desenvolver o gosto pela leitura, valorizando a como fonte

Leia mais

Projeto Poesia. Atividade 1: Momento 1: Converse com a turma sobre o que é uma poesia, dê exemplos e apresente alguns poetas e poetisas.

Projeto Poesia. Atividade 1: Momento 1: Converse com a turma sobre o que é uma poesia, dê exemplos e apresente alguns poetas e poetisas. Projeto Poesia http://pixabay.com/pt/livros-certificado-cont%c3%aainer-pote-158066/ Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 4 anos. Disciplina: Linguagem oral e escrita Duração: 5 semanas Justificativa:

Leia mais

23/08/2013. Pedagogia. Sete princípiosde diferenciaçãoda qualidade profissional docente conforme Pinheiro (2013):

23/08/2013. Pedagogia. Sete princípiosde diferenciaçãoda qualidade profissional docente conforme Pinheiro (2013): Pedagogia Profª Adriana Barroso de Azevedo Planejamento das atividades de ensino: processo de construção de aula e ambiência de aprendizagem Do ensinar conteúdos à ambiência da aprendizagem desafios da

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA SOLEDADE

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA SOLEDADE COLÉGIO NOSSA SENHORA DA SOLEDADE PLANO DE EXECUÇÃO DO MATERIAL ESCOLAR INDIVIDUAL E COLETIVO/LISTA DE MATERIAIS 8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL 2017 UNIDADE MATERIAIS QUANTIDADE ATIVIDADE EM QUE SERÁ UTILIZADO

Leia mais

Justificativa. Centro Educacional Mundo do Saber. Palhoça, 18 de Fevereiro de Professora. Bárbara pereira. Turma. Maternal I.

Justificativa. Centro Educacional Mundo do Saber. Palhoça, 18 de Fevereiro de Professora. Bárbara pereira. Turma. Maternal I. Centro Educacional Mundo do Saber Palhoça, 18 de Fevereiro de 2013 Professora Bárbara pereira Turma Maternal I Projeto anual Justificativa O Projeto tem a importância essencial para a aprendizagem das

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS. Linguagem Oral e Escrita. Matemática OBJETIVOS E CONTEÚDOS

EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS. Linguagem Oral e Escrita. Matemática OBJETIVOS E CONTEÚDOS EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS Conhecimento do Mundo Formação Pessoal e Social Movimento Linguagem Oral e Escrita Identidade e Autonomia Música Natureza e Sociedade Artes Visuais Matemática OBJETIVOS

Leia mais

Programa de Matemática 1.º ano

Programa de Matemática 1.º ano Programa de Matemática 1.º ano Introdução A Matemática é uma das ciências mais antigas e é igualmente das mais antigas disciplinas escolares, tendo sempre ocupado, ao longo dos tempos, um lugar de relevo

Leia mais

LOCAL: DIA: 15/07/ 2017 HORÁRIO:

LOCAL: DIA: 15/07/ 2017 HORÁRIO: COORDENAÇÃO DE PROJETOS CULTURAIS: ANÁLIA DO VALLY COORDENAÇÃO GERAL: MOISÉS MALHEIROS COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA: FELIPE LUCENA DIREÇÃO GERAL: VALÉRIA VAZ LOCAL: DIA: 15/07/ 2017 HORÁRIO: OBJETIVO A cultura

Leia mais

A Semana de Arte Moderna, também conhecida como Semana de 1922, aconteceu no Teatro Municipal de São Paulo, de 11 a 18 de fevereiro de 1922.

A Semana de Arte Moderna, também conhecida como Semana de 1922, aconteceu no Teatro Municipal de São Paulo, de 11 a 18 de fevereiro de 1922. A Semana de Arte Moderna, também conhecida como Semana de 1922, aconteceu no Teatro Municipal de São Paulo, de 11 a 18 de fevereiro de 1922. Foi um encontro de novas ideias estéticas, que mudaram a arte

Leia mais

LITERATURA, MUSICALIDADE E SABORES: DIFERENTES LINGUAGENS PARA FALAR (DE) GEOGRAFIA

LITERATURA, MUSICALIDADE E SABORES: DIFERENTES LINGUAGENS PARA FALAR (DE) GEOGRAFIA LITERATURA, MUSICALIDADE E SABORES: DIFERENTES LINGUAGENS PARA FALAR (DE) GEOGRAFIA Maíra Suertegaray Rossato CAp/UFRGS - msuerte@terra.com.br Dariane Raifur Rossi CAp/UFRGS dariane.rossi@gmail.com Resumo:

Leia mais

O ESPAÇO NA PEDAGOGIA-EM- -PARTICIPAÇÃO

O ESPAÇO NA PEDAGOGIA-EM- -PARTICIPAÇÃO I O ESPAÇO NA PEDAGOGIA-EM- -PARTICIPAÇÃO Júlia Oliveira-Formosinho Filipa Freire de Andrade Introdução Espaço(s) em Participação Na Pedagogia -em-participação damos muita importância à organização do(s)

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 2 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 2 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS UNIDADE 1 MUITO PRAZER, EU SOU CRIANÇA. *Conhecer e estabelecer relações entre a própria história e a de outras pessoas,refletindo sobre diferenças e semelhanças. *Respeitar e valorizar a diversidade étnico

Leia mais

CONTEÚDO OBJETIVOS ESTRATÉGIAS RECURSOS AVALIAÇÃO. - Roda de música. cantadas - Momentos

CONTEÚDO OBJETIVOS ESTRATÉGIAS RECURSOS AVALIAÇÃO. - Roda de música. cantadas - Momentos CUIDAR DE I, DO OUTRO E DO AMBIENTE. CONTEÚDO OBJETIVO ETRATÉGIA RECURO Higiene e cuidado pessoal Reconhecimento do próprio corpo Respeito às características pessoais relacionadas ao gênero, etnia, peso,

Leia mais

Universidade Cidade de São Paulo UNICID. Curso Superior de Tecnologia em Produção Publicitária. Core Curriculum: Arte e suas Linguagens

Universidade Cidade de São Paulo UNICID. Curso Superior de Tecnologia em Produção Publicitária. Core Curriculum: Arte e suas Linguagens Universidade Cidade de São Paulo UNICID Curso Superior de Tecnologia em Produção Publicitária Core Curriculum: Arte e suas Linguagens Pesquisa e Análise de Obra de Arte Nome Completo CA Priscila Nakayama

Leia mais

HABILIDADES DO 1 o TRIMESTRE DE os ANOS

HABILIDADES DO 1 o TRIMESTRE DE os ANOS HABILIDADES DO 1 o TRIMESTRE DE 2015 6 os ANOS LÍNGUA PORTUGUESA 1 Analisar a norma padrão em funcionamento no texto. 2 Distinguir os diferentes recursos da linguagem, utilizados em variados sistemas de

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS. Linguagem Oral e Escrita. Matemática OBJETIVOS E CONTEÚDOS

EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS. Linguagem Oral e Escrita. Matemática OBJETIVOS E CONTEÚDOS EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS Conhecimento do Mundo Formação Pessoal e Social Movimento Linguagem Oral e Escrita Identidade e Autonomia Música Natureza e Sociedade Artes Visuais Matemática OBJETIVOS

Leia mais

Colégio Valsassina. Modelo pedagógico do jardim de infância

Colégio Valsassina. Modelo pedagógico do jardim de infância Colégio Valsassina Modelo pedagógico do jardim de infância Educação emocional Aprendizagem pela experimentação Educação para a ciência Fatores múltiplos da inteligência Plano anual de expressão plástica

Leia mais

Objetivos Classificar as cores em primárias, secundárias, quentes, frias e neutras.

Objetivos Classificar as cores em primárias, secundárias, quentes, frias e neutras. As cores Atividade 1 Atividade 2 Objetivos Classificar as cores em primárias, secundárias, quentes, frias e neutras. Confecção do disco das cores. Materiais Papel branco, tinta guache, pincel, cola tesoura

Leia mais

EDUCAÇÃO VISUAL 9º ano

EDUCAÇÃO VISUAL 9º ano EDUCAÇÃO VISUAL 9º ano 2016/2017 Projecto 1: IDENTIFICAÇÂO DA CAPA INDIVIDUAL Objetivo Geral: Com o recurso de uma foto do estudante e uma imagem de gosto pessoal através da técnica da colagem resultará

Leia mais

CAMINHOS DA ESCOLA Arte na Escola

CAMINHOS DA ESCOLA Arte na Escola CAMINHOS DA ESCOLA Arte na Escola Resumo A série Caminhos da Escola nos apresenta neste episódio Arte na Escola, uma coletânea de matérias gravadas a partir de experiências em escolas de formação técnica

Leia mais

ROTAS DE APRENDIZAGEM Educação Visual 6º ano 1ºPERÍODO

ROTAS DE APRENDIZAGEM Educação Visual 6º ano 1ºPERÍODO ROTAS DE APRENDIZAGEM 2016-2017 Educação Visual 6º ano 1ºPERÍODO Projeto 1 Executar uma capa individual - Decorar e identificar a capa Tema: desafia-te a fazer Maravilhas TEMPO PREVISTO - 3 quinzenas -

Leia mais

Os jogos nas aulas de matemática

Os jogos nas aulas de matemática Os jogos nas aulas de matemática Materiais necessários para esta aula: Giz de cera Papel grande (cartolina, pardo etc.) Dados Cartas de baralho JOGO DOS PONTOS Que habilidades ou conceitos podem ser trabalhados

Leia mais

GESTÃO DE CONTEÚDOS 2017/2018

GESTÃO DE CONTEÚDOS 2017/2018 GESTÃO DE CONTEÚDOS 2017/2018 Ensino Básico 1.º Ciclo EXPRESSÕES ARTÍSTICAS 3.º ANO Domínios Subdomínios Conteúdos programáticos Nº Tempos previstos (Horas) Modelagem e escultura. Construções. - Estimular

Leia mais

CURRÍCULO DISCIPLINAR

CURRÍCULO DISCIPLINAR CURRÍCULO DISCIPLINAR 1º CEB 4º ANO 1º CEB 4º Ano de escolaridade Número de aulas previstas no ano letivo 2017/18: 1º Período 64 2º Período 55 170 dias letivos 3º Período 51 PORTUGUÊS DOMÍNIO: ORALIDADE

Leia mais

DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR

DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Disciplina: Artes Curso: Técnico Em Eletromecânica Integrado Ao Ensino Médio Série: 1º Carga Horária: 67 h.r Docente Responsável: EMENTA O universo da arte, numa abordagem

Leia mais

02/05/14. Para início de Conversa. Tema 1 - A importância das Artes na Infância. Objetivos

02/05/14. Para início de Conversa. Tema 1 - A importância das Artes na Infância. Objetivos Tema 1 - A importância das Artes na Infância Para início de Conversa Objetivos Conhecer a importância do ensino das artes na educação infantil. Compreender a diferença das abordagens inatista e pragmática

Leia mais

Dicas para fazer esboços da natureza. adriaans.com/on- painting/

Dicas para fazer esboços da natureza.  adriaans.com/on- painting/ Dicas para fazer esboços da natureza. http://www.pieter- adriaans.com/on- painting/ geral Sempre Obrigue- se a trabalhar para e na natureza. Nunca copiar imagens, especialmente desenhos de outros. Estudá-

Leia mais

Justificativas para a Lista de Material Pedagógico Berçário 1

Justificativas para a Lista de Material Pedagógico Berçário 1 JUSTIFICATIVAS PARA O MATERIAL PEDAGÓGICO 2015 Justificativas para a Lista de Material Pedagógico Berçário 1 01-Tela de arte para pintura 30x40: usada no contexto do projeto de artes plásticas. O objetivo

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICAS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS ITAJAÍ PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO Unidade Curricular:

Leia mais

OBJETIVOS DO CADERNO

OBJETIVOS DO CADERNO 1 AUTORES 2 OBJETIVOS DO CADERNO Contribuir para a construção do novo desenho curricular do ensino médio com base nas DCNEM (Parecer CNE/CEB nº 05/2011 e Resolução CNE/CEB nº 02/2012 e outras legislações

Leia mais

Exames Nacionais E. Secundário. Reunião 9 de junho de 2015 Pais e Encarregados de Educação Escola Secundária de Valongo

Exames Nacionais E. Secundário. Reunião 9 de junho de 2015 Pais e Encarregados de Educação Escola Secundária de Valongo Exames Nacionais E. Secundário Reunião 9 de junho de 2015 Pais e Encarregados de Educação Escola Secundária de Valongo Ordem de trabalhos 1. Exames nacionais 2. Informações Calendarização - EXAMES 1.ª

Leia mais

ESCOLA ADVENTISTA SANTA EFIGÊNIA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL

ESCOLA ADVENTISTA SANTA EFIGÊNIA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL Disciplina: Arte Prof.: Paula Caroline de Souza Turmas: 61 e 62 ESCOLA ADVENTISTA SANTA EFIGÊNIA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL Rua Prof Guilherme Butler, 792 - Barreirinha - CEP 82.700-000 - Curitiba/PR

Leia mais

COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA

COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA SGAS Quadra 906 Conjunto E Brasília - DF Telefone: (61) 3443-7878 Site: www.lasalledf.com.br E-mail: lasalledf@lasalledf.com.br DIRETRIZES CURRICULARES Maternal 3 1º Período Conteúdo

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 1ª Etapa Ano: 7 Turma: 71

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 1ª Etapa Ano: 7 Turma: 71 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2014 Disciplina: ARTE Professor (a): JANAINA Ano: 7 Turma: 71 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação. Faça

Leia mais

Língua Portuguesa (contemplando os 4 eixos: Leitura; Produção de textos; Oralidade; Análise Linguística.

Língua Portuguesa (contemplando os 4 eixos: Leitura; Produção de textos; Oralidade; Análise Linguística. PLANEJAMENTO: Identidade PROFESSORA: Iracema Pavão História trabalhada ao longo da sequência: Competências Objetivos Estratégias em Leitura; produção textual; oralidade; análise linguística. - Estimular

Leia mais

TRANSFORMAÇÕES GEOMÉTRICAS NOS BORDADOS EM PONTO CRUZ

TRANSFORMAÇÕES GEOMÉTRICAS NOS BORDADOS EM PONTO CRUZ TRANSFORMAÇÕES GEOMÉTRICAS NOS BORDADOS EM PONTO CRUZ Sabrine Costa Oliveira 1 IFES binecosta@gmail.com Sandra Aparecida Fraga da Silva 2 IFES sandrafraga7@gmail.com Resumo O presente trabalho é parte

Leia mais

Maszas / Dreamstime.com ARTE 1º ANO 2º SEMESTRE EFN_1A_3B/4B_ARTE_1

Maszas / Dreamstime.com ARTE 1º ANO 2º SEMESTRE EFN_1A_3B/4B_ARTE_1 Maszas / Dreamstime.com ARTE 1º ANO 2º SEMESTRE EFN_1A_3B/4B_ARTE_1 2 EFN_1A_3B/4B_ARTE_2 ARTE SUMÁRIO CAPÍTULO 1: INTRODUÇÃO À ARTE AS CORES PRIMÁRIAS 5 OBSERVAÇÃO DE IMAGEM 9 TEATRO DE SOMBRAS 13 RECORTE,

Leia mais

Descobertas sociocientíficas: refletindo sobre o currículo

Descobertas sociocientíficas: refletindo sobre o currículo Descobertas sociocientíficas: refletindo sobre o currículo Fabiana Chinalia Professora de Metodologia para o Ensino de Ciências Naturais e Meio Ambiente Data: 05 e 06/04/2011 Descobertas sociocientíficas

Leia mais

ARTES 7 ANO PROF.ª ARLENE AZULAY PROF. LÚCIA REGINA ENSINO FUNDAMENTAL

ARTES 7 ANO PROF.ª ARLENE AZULAY PROF. LÚCIA REGINA ENSINO FUNDAMENTAL ARTES 7 ANO PROF. LÚCIA REGINA ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ARLENE AZULAY CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 2.1

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL 1º Período

EDUCAÇÃO INFANTIL 1º Período EDUCAÇÃO INFANTIL 1º Período Objetivo Geral Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações; Descobrir

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências Humanas Disciplina: Série: 7ª Ensino Fundamental Professora: Ione Botelho Atividades para Estudos Autônomos Data: 5 / 9 / 2016 Valor: xxx pontos Aluno(a): Nº: Turma: Vamos rever nosso

Leia mais

Fundamentos Pedagógicos e Estrutura Geral da BNCC. BNCC: Versão 3 Brasília, 26/01/2017

Fundamentos Pedagógicos e Estrutura Geral da BNCC. BNCC: Versão 3 Brasília, 26/01/2017 Fundamentos Pedagógicos e Estrutura Geral da BNCC BNCC: Versão 3 Brasília, 26/01/2017 1 INTRODUÇÃO 1.3. Os fundamentos pedagógicos da BNCC Compromisso com a formação e o desenvolvimento humano global (dimensões

Leia mais

APRENDER E ENSINAR CIÊNCIAS NATURAIS NO ENSINO FUNDAMENTAL Apresentação do PCN (Parâmetros Curriculares Nacionais) de Ciências Naturais

APRENDER E ENSINAR CIÊNCIAS NATURAIS NO ENSINO FUNDAMENTAL Apresentação do PCN (Parâmetros Curriculares Nacionais) de Ciências Naturais APRENDER E ENSINAR CIÊNCIAS NATURAIS NO ENSINO FUNDAMENTAL Apresentação do PCN (Parâmetros Curriculares Nacionais) de Ciências Naturais INTRODUÇÃO Para o ensino de Ciências Naturais é necessária a construção

Leia mais

Estilos de Aprendizagem dos alunos de Engenharia de Produção da EESC-USP

Estilos de Aprendizagem dos alunos de Engenharia de Produção da EESC-USP Universidade de São Paulo 1º Workshop de Capacitação para o Ensino Superior: Estilos de Aprendizagem Estilos de Aprendizagem dos alunos de Engenharia de Produção da EESC-USP Alessandra Freitas e Danielle

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e S. João dos Montes PLANO CURRICULAR 3º Ano PORTUGUÊS Descritores de desempenho

Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e S. João dos Montes PLANO CURRICULAR 3º Ano PORTUGUÊS Descritores de desempenho PLANO CURRICULAR PORTUGUÊS Oralidade Escutar para aprender e construir conhecimentos. Produzir um discurso oral com correção. Produzir discursos com diferentes finalidades, tendo em conta a situação e

Leia mais

Projeto: Sala ambiente e Grafite. Cajado Temático

Projeto: Sala ambiente e Grafite. Cajado Temático Projeto: Sala ambiente e Grafite Cajado Temático Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção.( Paulo Freire) JUSTIFICATIVA: A ideia das salas ambiente

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 3 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 3 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS UNIDADE 1 SER CIDADÃO *Reconhecer e valorizar atitudes de convivência, respeito, solidariedade a outras pessoas. *Desenvolver, reconhecer e valorizar as atividades do cotidiano. *Conhecer direitos e deveres

Leia mais

Planificação a médio/ longo prazo

Planificação a médio/ longo prazo Planificação a médio/ longo prazo 1º Ano de Escolaridade Ano Letivo 2012/2013 Ano letivo 2012/2013 1 PORTUGUÊS Manual adotado: ALFA Editora: Porto Editora Oralidade Oralidade Oralidade - Respeitar as regras

Leia mais

Bem Estado de abertura!

Bem Estado de abertura! Bem vind@s! Estado de abertura! Histórias como recursos X histórias como caminho Educar? Preparemos nosso espaço! Educação pela Imagem Assim é o tempo da imaginação. A alma é o lugar onde o amor guarda

Leia mais

Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DO OESTE PROCESSO SELETIVO Nº 003/2014 PROVA TIPO 01 CADERNO DE PROVAS CARGO: PROFESSOR DE ARTES

Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DO OESTE PROCESSO SELETIVO Nº 003/2014 PROVA TIPO 01 CADERNO DE PROVAS CARGO: PROFESSOR DE ARTES 1 Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DO OESTE PROCESSO SELETIVO Nº 003/2014 PROVA TIPO 01 CADERNO DE PROVAS CARGO: PROFESSOR DE ARTES NÃO HABILITADO Nome do candidato... Data./.../2014 2 Leia

Leia mais

estudo das cores e as formas formas geométricas.

estudo das cores e as formas formas geométricas. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CEDUC - CENTRO DE EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA COLÉGIO DE APLICAÇÃO PLANO BIMESTRAL 1º BIMESTRE DISCIPLINA SÉRIE (S) TURMA (S) Arte

Leia mais

o menino transparente

o menino transparente projeto pedagógico o menino transparente Rua Roma, 90 Edifício Roma Business 7 o andar Lapa São Paulo SP CEP 05050-090 divulgação escolar (11) 3874-0884 divulga@melhoramentos.com.br www.editoramelhoramentos.com.br

Leia mais

SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO

SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO UNIDADE 1 EU E OS OUTROS *Perceber a diversidade étnica física e de gênero no seu meio de convivência. *Reconhecer mudanças e permanências nas vivências humanas, presentes na sua realidade e em outras

Leia mais

Síntese da Planificação da Área de Língua Portuguesa 1º Ano

Síntese da Planificação da Área de Língua Portuguesa 1º Ano Síntese da Planificação da Área de Língua Portuguesa 1º Ano Período Dias de aulas previstos 2.ª 3.ª 4.ª 5.ª 6.ª 1.º período 13 12 12 12 14 2.º período 10 11 11 12 12 3.º período 9 9 9 9 10 (Carga horária:

Leia mais

LIVRO PARADIDÁTICO: MANIA DE EXPLICAÇÃO

LIVRO PARADIDÁTICO: MANIA DE EXPLICAÇÃO LIVRO PARADIDÁTICO: MANIA DE EXPLICAÇÃO (FALCÃO, Adriana. Mania de Explicação. São Paulo: Salamandra, 2013.) O livro utiliza a inocência e imaginação de uma menina muito esperta que adora inventar e imaginar

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente Ensino Médio Plano de Trabalho Docente - 2015 Ensino Médio Código: 0262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Área de Conhecimento: Ciências Humanas Componente Curricular: Filosofia Série: 1ª Eixo Tecnológico:

Leia mais

FIGURAS PLANAS E ESPACIAIS

FIGURAS PLANAS E ESPACIAIS CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA EM MATEMÁTICA PARA PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA (4º E 5º ANOS) PROFESSORA ANDRESSA CESANA CEUNES/UFES/DMA FIGURAS PLANAS E ESPACIAIS AGOSTO DE 2015 A PEDAGOGIA DO TEXTO é

Leia mais

CURSO: ARTE EM AÇÃO - LITERATURA

CURSO: ARTE EM AÇÃO - LITERATURA CURSO: ARTE EM AÇÃO - LITERATURA Docente: Mariana Felix de Oliveira Carga Horária Total do Projeto: 295 hrs Resumo: A oficina de literatura é uma das três vertentes que compõe o projeto Arte em ação. Terá

Leia mais

PLANIFICAÇÃO CURRICULAR Educação Pré-escolar Ano lectivo 2016/2017

PLANIFICAÇÃO CURRICULAR Educação Pré-escolar Ano lectivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO CURRICULAR Educação Pré-escolar Ano lectivo 2016/2017 ÁREAS COMPONENTES APRENDIZAGENS A PROMOVER Construção da identidade e da auto estima *Conhecer e aceitar as suas caraterísticas pessoais

Leia mais

Expressão Artística e Motora III Expressão Plástica

Expressão Artística e Motora III Expressão Plástica Ano lectivo de 2009/2010 Expressão Artística e Motora III Expressão Plástica Docente: Marisa Cristino 2º Ano de Educação Básica URUTU O Ovo Discente: Gonçalo Nuno Carrilho Pacheco Bajouca Nº de Aluno:

Leia mais

C O L É G I O L A S A L L E

C O L É G I O L A S A L L E C O L É G I O L A S A L L E Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Guarani, 2000 - Fone (045) 3252-336 - Fax (045) 3379-5822 http://www.lasalle.edu.br/toledo/ PROGRAMA DE CONTEÚDOS 204 DISCIPLINA:

Leia mais

1.º C. 1.º A Os livros

1.º C. 1.º A Os livros 1.º A Os livros Os meus olhos veem segredos Que moram dentro dos livros Nas páginas vive a sabedoria, Histórias mágicas E também poemas. Podemos descobrir palavras Com imaginação E letras coloridas Porque

Leia mais

FUNDAMENTOS DA SUPERVISÃO ESCOLAR

FUNDAMENTOS DA SUPERVISÃO ESCOLAR FUNDAMENTOS DA SUPERVISÃO ESCOLAR Profª. Carla Verônica AULA 03 SUPERVISÃO E PLANEJAMENTO PEDAGÓGICO Identificar os princípios da gestão participativa; Analisar a dialética do ambiente escolar; Perceber

Leia mais

ARTES 7 ANO PROF.ª ARLENE AZULAY PROF. LÚCIA REGINA ENSINO FUNDAMENTAL

ARTES 7 ANO PROF.ª ARLENE AZULAY PROF. LÚCIA REGINA ENSINO FUNDAMENTAL ARTES 7 ANO PROF. LÚCIA REGINA ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ARLENE AZULAY CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 1.2

Leia mais

CADERNO DO EDUCADOR EVENTO COMUNITÁRIO. patrocínio Sesame Workshop. Todos os direitos reservados.

CADERNO DO EDUCADOR EVENTO COMUNITÁRIO. patrocínio Sesame Workshop. Todos os direitos reservados. CADERNO DO EDUCADOR EVENTO COMUNITÁRIO patrocínio 2015 Sesame Workshop. Todos os direitos reservados. 4. Ideias para o Dia das Crianças Para conversar Quais são as expectativas das crianças em relação

Leia mais

DESENHO E PINTURA * 2 FASCÍCULOS * PALETA * TINTA ÓLEO PRÓXIMA ENTREGA: FUNDAMENTOS O encaixe: primeiros passos. AGUARELA Noções básicas CURSO DE

DESENHO E PINTURA * 2 FASCÍCULOS * PALETA * TINTA ÓLEO PRÓXIMA ENTREGA: FUNDAMENTOS O encaixe: primeiros passos. AGUARELA Noções básicas CURSO DE CURSO DE PRÓXIMA ENTREGA: * 2 FASCÍCULOS FUNDAMENTOS O encaixe: primeiros passos AGUARELA Noções básicas * PALETA * TINTA ÓLEO 3,95e POR APENAS SEMANALMENTE NAS BANCAS UMA NOVA ENTREGA Constituição da

Leia mais

Primeira Geração ( )

Primeira Geração ( ) LITERATURA Primeira Geração (1922-1930) Caracteriza-se por ser uma tentativa de definir e marcar posições. Período rico em manifestos e revistas de vida efêmera. Um mês depois da SAM, a política vive dois

Leia mais

Atividades Significativas: de 16/10/17 a 20/10/17

Atividades Significativas: de 16/10/17 a 20/10/17 PLANEJAMENTO SEMANAL GRUPO 4 e 5 2017 GRUPO ARARA ADI: JANAINA Atividades Significativas: de 16/10/17 a 20/10/17 Jogos Pedagógicos Massinha Desenho Dirigido da história contada Parque no Gramado Pesquisa

Leia mais

ESTAÇÕES DE APRENDIZAGEM E LINHAS DE INVESTIGAÇÃO

ESTAÇÕES DE APRENDIZAGEM E LINHAS DE INVESTIGAÇÃO PLANO DE EXECUÇÃO 2017 - Lei Distrital nº 4311/2009 O presente plano de execução, previsto em nosso Projeto Político Pedagógico, esclarece à comunidade escolar sobre as solicitações de materiais didáticos

Leia mais

FORMULÁRIO PARA PROPOSTA DE CURSOS CÂMPUS BOA VISTA CENTRO

FORMULÁRIO PARA PROPOSTA DE CURSOS CÂMPUS BOA VISTA CENTRO Câmpus: Boa Vista - Centro REGISTRO Nº Título do Curso: Projeto Social em Terapia Artística Linhas de Extensão ( ) Acessibilidade ( ) Artes patrimônio histórico - Cultural ( ) Comunicação Mídia e Marketing

Leia mais

Encontrando a Alma Brasileira na Natureza Observações artísticas das cores no céu e na terra Relato das aulas de arte com jóvens e adultos com

Encontrando a Alma Brasileira na Natureza Observações artísticas das cores no céu e na terra Relato das aulas de arte com jóvens e adultos com Encontrando a Alma Brasileira na Natureza Observações artísticas das cores no céu e na terra Relato das aulas de arte com jóvens e adultos com necessidades especiais Susanne Rotermund Associação Ita Wegman,

Leia mais

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 Tema: Gratidão e celebração Mês: Dezembro Habilidade Sócio emocional: Este projeto visa promover o encerramento do ano de 2016, em que os alunos terão a oportunidade de resgatar

Leia mais

Pratique Redação! TEXTO I. Pré-Universitário. É no problema da educação que assenta o grande segredo do aperfeiçoamento da humanidade.

Pratique Redação! TEXTO I. Pré-Universitário. É no problema da educação que assenta o grande segredo do aperfeiçoamento da humanidade. Pratique Redação! 18 Pré-Universitário É no problema da educação que assenta o grande segredo do aperfeiçoamento da humanidade. Immanuel Kant TEXTO I Disponível em: http://www.metrojornal.com.br/nacional/plus/brasil-figura-entre-os-piores-na-educacao-aponta-ocde-257521.

Leia mais

Núcleo de Ação Educativa. Material Educativo. Oficina Artístico-literária CAFEZINHO. FOTO: Flávia Violim

Núcleo de Ação Educativa. Material Educativo. Oficina Artístico-literária CAFEZINHO. FOTO: Flávia Violim Núcleo de Ação Educativa Material Educativo Oficina Artístico-literária CAFEZINHO FOTO: Flávia Violim Este material servirá como modelo para que professores de Língua Portuguesa aproximemm seus alunos

Leia mais

4º Ano Ensino Fundamental

4º Ano Ensino Fundamental 4º Ano Ensino Fundamental Eixo 1 Avalição Introdução 01 aula -Ler o texto; -Valorizar os sentidos -Texto: Dentro de casa ; Dentro de casa -Explorar as palavras novas do texto; -Pesquisa sobre a vida do

Leia mais

O Jovem e a sociedade

O Jovem e a sociedade Subsídio da AJS O Jovem e a sociedade Ambientação: panos coloridos, bandeira da AJS, imagens que representam a juventude dentro de uma caixa, imagem dos meios de inserção da juventude (sociedade, igreja,

Leia mais

FASVS. Ver, Experimentar. Projeto. Э Recriar. Renato J.C. Santos

FASVS. Ver, Experimentar. Projeto. Э Recriar. Renato J.C. Santos FASVS Renato J.C. Santos Projeto Ver, Experimentar Э Recriar 2 Projeto Pedagógico Museu Arpad Szenes Vieira da Silva Apresentação A Fundação Arpad Szenes Vieira da Silva cumprindo os objectivos a que se

Leia mais

As imagens de Tiradentes

As imagens de Tiradentes As imagens de Tiradentes Observe a imagem abaixo: Resposta de Tiradentes à comutação da pena de morte dos Inconfidentes. Leopoldino de Faria. Vamos analisar essa imagem, partindo apenas dela mesma? Descreva-a:

Leia mais

Filosofia da Arte. Unidade II O Universo das artes

Filosofia da Arte. Unidade II O Universo das artes Filosofia da Arte Unidade II O Universo das artes FILOSOFIA DA ARTE Campo da Filosofia que reflete e permite a compreensão do mundo pelo seu aspecto sensível. Possibilita compreender a apreensão da realidade

Leia mais

EDUCAR A INFÂNCIA: Como as crianças aprendem?

EDUCAR A INFÂNCIA: Como as crianças aprendem? EDUCAR A INFÂNCIA: Como as crianças aprendem? PROFA. DRA. ANDRÉA SERPA UFF andreaserpauff@gmail.com www.andreaserpauff.com.br Alguns princípios... Aprender a fazer: o trabalho como um princípio educativo;

Leia mais

CONEXÕES E REGULARIDADES NO ENSINO DA MATEMÁTICA. Rudinei José Miola

CONEXÕES E REGULARIDADES NO ENSINO DA MATEMÁTICA. Rudinei José Miola CONEXÕES E REGULARIDADES NO ENSINO DA MATEMÁTICA Rudinei José Miola rmiola@positivo.com.br PARA INÍCIO DE CONVERSA ATIVIDADE MATEMÁTICA Por atividade matemática deve entender-se uma mescla entre tarefa,

Leia mais

02- Leia a legenda e escreva três profissões em cada um dos conjuntos abaixo.

02- Leia a legenda e escreva três profissões em cada um dos conjuntos abaixo. PROFESSOR: EQUIPE DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - HISTÓRIA E GEOGRAFIA - 3 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ====================================================================== Texto 1 O PINTOR O

Leia mais

Um pouco mais de nossas reflexões!!!

Um pouco mais de nossas reflexões!!! BRINCAR A preocupação com o lúdico existe há muito tempo nesta escola. Para tanto, investimos, nos espaços formativos, em discussões sobre os instrumentos metodológicos, rotina e áreas de conhecimento,

Leia mais

Justificativas para a Lista de Material Pedagógico Berçário 1

Justificativas para a Lista de Material Pedagógico Berçário 1 PLANO DE UTILIZAÇÃO 2017 Justificativas para a Lista de Material Pedagógico Berçário 1 01- Livro de história (plástico ou tecido): usado como recurso lúdico-pedagógico para incentivar o interesse pela

Leia mais

Vanguarda europeia Modernismo português

Vanguarda europeia Modernismo português Vanguarda europeia Modernismo português A Semana de Arte Moderna, realizada em São Paulo no ano de 1922, representou um marco no movimento modernista, mas não foi um acontecimento único nem isolado. O

Leia mais

Educação Mundial Para a Paz

Educação Mundial Para a Paz Educação Mundial Para a Paz Guia de aulas destinado aos alunos do 1.ª ao 8.º Ano Sri Chinmoy Fundador da Sri Chinmoy Oneness-Home Peace Run 1º Dia O que é a Corrida Mundial da Paz? O objetivo da Corrida

Leia mais

A CONSTRUÇÃO DE SENTIDOS NO PROCESSO DE ENSINO- APRENDIZAGEM E DE INTERPRETAÇÃO E PRODUÇÃO TEXTUAL

A CONSTRUÇÃO DE SENTIDOS NO PROCESSO DE ENSINO- APRENDIZAGEM E DE INTERPRETAÇÃO E PRODUÇÃO TEXTUAL A CONSTRUÇÃO DE SENTIDOS NO PROCESSO DE ENSINO- APRENDIZAGEM E DE INTERPRETAÇÃO E PRODUÇÃO TEXTUAL GONÇALVES, Raquel Pereira Universidade Estadual de Goiás, Câmpus de Iporá raquelpg.letras@gmail.com MOURA,

Leia mais

PARA JUNTAR-SE A NÓS, CLIQUE EM AVANÇAR

PARA JUNTAR-SE A NÓS, CLIQUE EM AVANÇAR OLÁ PESSOAL, VAMOS CONHECER UM POUCO SOBRE A VIDA E OBRA DE RENOMADOS ARTISTAS PLÁSTICOS QUE TRABALHARAM COM A TENDÊNCIA CUBISTA, ABSTRACIONISMO GEOMÉTRICO E O MODERNISMO? TAMBÉM FAREMOS UMA VIAGEM NO

Leia mais