PROCEDIMENTOS GERAIS Disciplina Estágio Supervisionado / Prática Profissional Supervisionada

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROCEDIMENTOS GERAIS Disciplina Estágio Supervisionado / Prática Profissional Supervisionada"

Transcrição

1 PROCEDIMENTOS GERAIS Disciplina Estágio Supervisionado / Prática Profissional Supervisionada 2012

2 Regulamentos 1. Regulamento de Estágio Unifacs Determina as diretrizes gerais dos estágios realizados pelos estudantes de todos os cursos de graduação da Unifacs. 2. Regulamento de Estágio Por Áreas O regulamento de estágio define as diretrizes operacionais da disciplina estágio supervisionado e do estágio não-obrigatório das seguintes áreas: NEGÓCIOS, COMUNICAÇÃO e EXATAS.

3 Quem pode cumprir a disciplina Estágio Supervisionado? 1. Estagiários 2. Empregados 3. Sócios 4. Profissional Autônomo 5. Servidor Público 6. Participantes de Atividades de Extensão e/ou Empresas Juniores 7. Participantes de Programas de Iniciação Científica 8. Empresários Individuais Para aproveitar a atividade profissional como Estágio Supervisionado, as atividades desenvolvidas devem ser, OBRIGATORIAMENTE, relacionadas à área de formação!

4 Antes de Começar o Estágio 1. Formalização 1.1 ESTAGIÁRIO - Assinatura do TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO: O TCE deve ser entregue em 3 vias (CAE ou caixas coletoras): empresa, Unifacs e estudante Prazo para assinatura pela Unifacs: 5 dias úteis 1.2 DEMAIS CATEGORIAS verifique se seu vínculo de trabalho está formalizado. Caso não esteja, providencie a formalização. NÃO SÃO ACEITAS ATIVIDADES PROFISSIONAIS INFORMAIS.

5 Procedimentos Gerais 1. Requisitos 1.1 Estar matriculado na disciplina Estágio Supervisionado ou correlata; 1.2 Ter a atividade profissional formalizada. 2. Etapas Confirmação de Matrícula Acompanhamento Mensal Acompanhamento Final

6 Confirmação de Matrícula 1. Postagem da documentação comprobatória da atividade profissional: (Art. 9º) 1.1TODOS - Anexo I Ficha de Inscrição e Plano de Atividades POSTAGEM: AVA Estágio Supervisionado/Prática Profissional Supervisionada 1.2 ESTAGIÁRIO TCE 1.3 EMPREGADO CTPS (identificação e registro da empresa) 1.4 SÓCIOS Contrato social + CNPJ + JUCEB. 1.5 AUTÔNOMO Inscrição na Prefeitura + Recolhimento de Impostos 1.6 SERVIDOR PÚBLICO Página do Diário Oficial 1.7 EMPRESA JÚNIOR Declaração do Professor que orienta a atividade 1.8 INICIAÇÃO CIENTÍFICA Declaração do Professor que orienta a atividade 1.9 EMPRESÁRIOS INDIVIDUAIS Requerimento de empresários individuais + CPF. POSTAGEM: AVA Estágio Supervisionado/Prática Profissional Supervisionada O estudante deve postar o Anexo I + Documentação comprobatória Só serão consideradas as documentações COMPLETAS!

7 Etapas - Detalhadas 1. Postagem de Anexo I 2. Postagem de Documentação Comprobatória 3. Postagem de Boletim de Acompanhamento Anexo II (Mensal) 4. Entrega da 1ª Versão do Relatório Final 5. Entrega da Versão Definitiva do Relatório Final (Anexo V)/ Anexo III /Anexo IV POSTAGEM: AVA Estágio Supervisionado/Prática Profissional Supervisionada OS ANEXOS I,II,IV e V DEVEM SER ASSINADOS PELO SUPERVISOR TÉCNICO

8 Avaliação de Desempenho 1. O estudante será avaliado pelo CUMPRIMENTO das exigências do Regulamento e pela QUALIDADE do material apresentado. 2. Avaliação por CONCEITO: Aprovado Reprovado Incompleto

9 Avaliação de Desempenho 1. Aprovado O estudante que cumprir com todas as exigências definidas no Regulamento com qualidade e no prazo fixado. 2. Incompleto 2.1Matrícula no Portal, sem postagem (ou postagem incompleta) de documentação comprobatória; 2.2 O estudante foi desligado da empresa antes de concluir a disciplina. 3. Reprovado 3.1Realização de matrícula, postagem de documentação comprobatória e não cumprimento das exigências de acompanhamento. 3.2 Qualidade dos relatórios aquém do esperado.

10 Contagem de Horas 1. As atividades de estágio serão contadas da seguinte forma: 1.1 ESTUDANTES QUE INICIARAM A ATIVIDADE ANTES DO INÍCIO DAS AULAS - as horas serão contadas a partir do 1 dia letivo até o último dia letivo do semestre. 1.2 ESTUDANTES QUE INICIARAM A ATIVIDADE APÓS O INÍCIO DAS AULAS as horas serão contadas a partir da data de admissão até o último dia letivo do semestre. 2. Apenas a carga horária descrita na documentação comprobatória será considerada para contagem das horas. Horas extras não são consideradas para efeito de cumprimento de Estágio Supervisionado.

11 Convalidação de Horas 1. Quem pode solicitar? 1.1 Estudantes que cumpriram a disciplina Estágio Supervisionado no semestre anterior e tiveram carga horária SUPERIOR à requerida pela disciplina. 1.2 Estudantes que não tiveram carga horária de estágio suficiente no semestre anterior e continuarão cumprindo a disciplina no semestre atual. Esses estudantes acumularão as horas dos dois semestres. 2. Como solicitar? 2.1 O estudante deve se matricular nas disciplinas de estágio, que estão faltando. 2.1 O estudante deve preencher o ANEXO I, marcando SIM na opção sobre convalidação de horas. 2.2 O Anexo I deve ser postado no AVA, no espaço destinado à convalidação de horas 2.3 O Supervisor de Estágio avaliará a solicitação e emitirá o resultado. ATENÇÃO Apenas os estudantes que cumpriram a disciplina Estágio Supervisionado no semestre imediatamente anterior ao semestre corrente pode solicitar convalidação de horas.

12 Fluxo Convalidação de Horas? Sim Anexo I Atividade Formalizada? Não Não Sim 1ª Etapa 2ª Etapa 3ª Etapa Formalizar a atividade Anexo I + Documentação comprobatória Anexo II MENSAL 1ª Versão do Relatório 4ª Etapa Retirar a 1ª versão do Relatório corrigida 5ª Etapa Anexos III,IV e Relatório Final

13 Situações Especiais 1. Saída do Estágio ou da Atividade Profissional 1.1 O estudante que sair do estágio/emprego e ainda não tiver completado a carga horária da disciplina ficará com a disciplina INCOMPLETA. No semestre seguinte, ele ficará com banco de horas. 1.2 O estudante deve comunicar a saída do estágio/emprego através da entrega do Anexo VI (Termo de Realização do Estágio) no Núcleo de Estágio. 2. Troca de Estágio/Atividade Profissional 2.1 Em caso de troca de atividade profissional, o estudante deve formalizar sua saída (ver item acima)e entregar a documentação da nova atividade profissional. 3. Doença ou Gravidez 3.1 Em caso de doença ou situações de saúde, que impeçam a continuação do estágio/atividade profissional, o estudante deve seguir o procedimento descrito no item 1.

14 LEMBRETES! 1. PRAZOS Os prazos serão cumpridos com rigor. O sistema impedirá a postagem de qualquer arquivo a partir das 23h59 do último dia do prazo. Fique atento ao cronograma! 2. FORMALIZE SUA ATIVIDADE Lembre-se de formalizar sua atividade profissional em tempo hábil para dar entrada na documentação da disciplina. 3. RELATÓRIO Faça seu relatório com qualidade, pois o resultado da disciplina depende da qualidade da sua produção. 4. PROCURE SEU SUPERVISOR DE ESTÁGIO caso tenha alguma dúvida, procure seu supervisor de estágio. Não deixe para resolver os problemas no fim do semestre.

15 USO DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM

16 CAMPUS VIRTUAL

17

18 Caso a disciplina ESTÁGIO SUPERVISIONADO não esteja visível para Você!

19 Cód.: institucional do Supervisor de Estágio

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

REGULAMENTO ESTÁGIO CURRICULAR Ensino a Distância (EaD) - BACHARELADO

REGULAMENTO ESTÁGIO CURRICULAR Ensino a Distância (EaD) - BACHARELADO REGULAMENTO ESTÁGIO CURRICULAR Ensino a Distância (EaD) - BACHARELADO CAPITULO I DA DEFINIÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR E SUAS FINALIDADES Art. 1º Este regulamento tem por finalidade orientar a operacionalização

Leia mais

PROCEDIMENTOS DAS DISCIPLINAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS CURSOS EAD DE LICENCIATURA

PROCEDIMENTOS DAS DISCIPLINAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS CURSOS EAD DE LICENCIATURA PROCEDIMENTOS DAS DISCIPLINAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS CURSOS EAD DE LICENCIATURA (LETRAS, HISTÓRIA, MATEMÁTICA E PEDAGOGIA) 1 - Diretrizes Gerais As disciplinas de Estágio Supervisionado contemplam

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL Estágio Curricular

REGULAMENTO INSTITUCIONAL Estágio Curricular REGULAMENTO INSTITUCIONAL Estágio Curricular CAPITULO I DA DEFINIÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR E SUAS FINALIDADES Art. 1º Este regulamento tem por finalidade orientar a operacionalização do Estágio Curricular

Leia mais

MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO DO BCC

MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO DO BCC MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO DO BCC Local de atendimento: Divisão Acadêmica do CMCC Bloco A 5º andar - torre 2 Sala R503-2 Falar com Christian 4996-0094 secretariacmcc@ufabc.edu.br Leia a Resolução

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Praia Grande São Paulo Dezembro de 2008 CAPÍTULO I DA NATUREZA Artigo 1º O presente regulamento tem como objetivo normatizar as atividades relacionadas com o estágio

Leia mais

REGULAMENTO PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO Art. 1º As Atividades Complementares (AC) atendem ao Parecer n 776/97 da CES, que trata das Diretrizes Curriculares dos Cursos

Leia mais

Regulamento de Estágio ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL

Regulamento de Estágio ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL Regulamento de Estágio ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL Coronel Fabriciano/ 2008 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVOS... 1 3. ESTRUTURA ORGANIZACIONAL... 2 4. ATRIBUIÇÕES... 2 5. LOCAIS DE ESTÁGIO E

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL UFRGS INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS Comissão de Graduação do Curso de Ciências Biológicas COMGRAD/BIO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL UFRGS INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS Comissão de Graduação do Curso de Ciências Biológicas COMGRAD/BIO DECISÃO 03/2015 - Altera: Decisão n o 03/2013 ESTÁGIO SUPERVISIONADO A, reunida em 18 de novembro de 2015, no uso de suas atribuições, DECIDE Regulamentar a atividade de Ensino de Estágio Supervisionado,

Leia mais

Estágio Curricular. Profa. Dra. Tatiana Renata Garcia Coordenação de estágios

Estágio Curricular. Profa. Dra. Tatiana Renata Garcia Coordenação de estágios Estágio Curricular Profa. Dra. Tatiana Renata Garcia Coordenação de estágios Normas gerais Estágio obrigatório: é aquele definido como tal no projeto do curso, cuja carga horária é requisito para aprovação

Leia mais

Manual do Estágio Supervisionado

Manual do Estágio Supervisionado IBB Ano 2015 1. APRESENTAÇÃO: A partir do 1º Semestre Letivo de 2016, os alunos em fase de conclusão do Curso de (Currículo 2013) deverão realizar o Estágio Curricular Supervisionado. O presente manual

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO SENAC PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE TRANSFERÊNCIAS

CENTRO UNIVERSITÁRIO SENAC PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE TRANSFERÊNCIAS 1 - Para a inscrição no processo seletivo transferência é cobrada alguma taxa? Resposta: Sim. Atualmente o valor da taxa de inscrição para o processo seletivo de transferência é de R$ 20,00 (vinte Reais).

Leia mais

CARTILHA DA ATIVIDADE PRG 107 O ESTÁGIO SUPERVISIONADO E O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO. 68h de atividades teóricas presenciais na UFLA

CARTILHA DA ATIVIDADE PRG 107 O ESTÁGIO SUPERVISIONADO E O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO. 68h de atividades teóricas presenciais na UFLA 1 CARTILHA DA ATIVIDADE PRG 107 O ESTÁGIO SUPERVISIONADO E O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Estágio de 408h formal e registrado na PROEC por meio de Convênio de Estágio e Termo de Compromisso 68h de atividades

Leia mais

Coordenação de Apoio ao Ensino

Coordenação de Apoio ao Ensino Coordenação de Apoio ao Ensino - Responsável pelo acompanhamento e controle das atividades de gestão do sistema de registro escolar; - pelo encaminhamento das ações de suporte aos processos seletivos nos

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 1 REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas O Diretor Geral Pró Tempore do Instituto Federal Catarinense Campus de Blumenau, no uso de

Leia mais

REGULAMENTO PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO Art. 1º As Complementares (AC) atendem ao Parecer n 776/97 da CES, que trata das Diretrizes Curriculares dos cursos de graduação,

Leia mais

EDITAL ASSAE 002/2016 PROCESSO DE SELEÇÃO DO AUXÍLIO ESTUDANTIL AOS ESTUDANTES DO CURSO TÉCNICO INTEGRADO PROEJA DA UTFPR

EDITAL ASSAE 002/2016 PROCESSO DE SELEÇÃO DO AUXÍLIO ESTUDANTIL AOS ESTUDANTES DO CURSO TÉCNICO INTEGRADO PROEJA DA UTFPR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Assessoria para Assuntos Estudantis da Reitoria PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ EDITAL ASSAE 002/2016 PROCESSO DE SELEÇÃO

Leia mais

Regulamento de Estágio Supervisionado. Capítulo I DO ESTATUTO E SEUS OBJETIVOS

Regulamento de Estágio Supervisionado. Capítulo I DO ESTATUTO E SEUS OBJETIVOS Regulamento de Estágio Supervisionado Capítulo I DO ESTATUTO E SEUS OBJETIVOS Art 1 o. O presente Estatuto disciplina os aspectos da organização e funcionamento do Estágio Curricular Supervisionado do

Leia mais

Cartilha Passo a Passo para Inscrição

Cartilha Passo a Passo para Inscrição Cartilha Passo a Passo para Inscrição EDITAL PIBIC 2013/2014 Passo 01 Identificar o professor /orientador e o projeto Passo 02 Cadastrar o Currículo na Plataforma Lattes Passo 03 Cadastrar como Pesquisador

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DO CAMPUS DE COXIM DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DO CAMPUS DE COXIM DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL RESOLUÇÃO Nº 5, DE 5 DE FEVEREIRO DE 2015. O COLEGIADO DE CURSO DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DO CÂMPUS DE COXIM da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso Do Sul, no uso de suas atribuições

Leia mais

Universidade de Santo Amaro Curso de Farmácia - Regulamento de Estágios Obrigatórios

Universidade de Santo Amaro Curso de Farmácia - Regulamento de Estágios Obrigatórios Introdução O Estágio Curricular Obrigatório é uma exigência curricular para formação no Curso de Farmácia da Universidade de Santo Amaro (UNISA). As normas aqui descritas estão de acordo com a Lei Federal

Leia mais

1. CARACTERÍSTICAS GERAIS E OBJETIVOS:

1. CARACTERÍSTICAS GERAIS E OBJETIVOS: Regulamento para inscrição e execução do Trabalho Final de Curso (TF) a ser desenvolvido no ano de 2017, do curso de Licenciatura em Ciências da Natureza da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO PARA ESTÁGIO

DOCUMENTAÇÃO PARA ESTÁGIO DOCUMENTAÇÃO PARA ESTÁGIO PASSO A PASSO Caro Aluno, Leia atentamente as instruções abaixo para saber como entregar seus documentos de estágio. Os documentos deverão ser entregues ANTES de iniciar o estágio.

Leia mais

REGULAMENTO GERAL PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO NÃO-OBRIGATÓRIO EM ADMINISTRAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA EAD

REGULAMENTO GERAL PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO NÃO-OBRIGATÓRIO EM ADMINISTRAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA EAD REGULAMENTO GERAL PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO NÃO-OBRIGATÓRIO EM ADMINISTRAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA EAD O presente Regulamento tem o intuito de estabelecer normas gerais para cumprimento da Lei nº.

Leia mais

Conselho Regional de Técnicos em Radiologia Serviço Público Federal

Conselho Regional de Técnicos em Radiologia Serviço Público Federal ORIENTAÇÕES PARA REGISTRO DE ESTAGIÁRIO VIA CORREIO (Obs: Este kit de Registro de Estagiário serve para o quem vai enviar pelo correio) 1. Solicitar o boleto para recolhimento da taxa de expedição da habilitação

Leia mais

TUTORIAL PARA O ALUNO MATRICULADO EM ESTÁGIO OBRIGATÓRIO:

TUTORIAL PARA O ALUNO MATRICULADO EM ESTÁGIO OBRIGATÓRIO: TUTORIAL PARA O ALUNO MATRICULADO EM ESTÁGIO OBRIGATÓRIO: Acesse o site do Unisinos Carreiras: www.unisinos.br/carreiras Clicar em Estágios > Estágios Obrigatórios Clicar em Cursos de Bacharelado > Cadastre

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA FACULDADE GUARAPUAVA. Das Disposições Preliminares

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA FACULDADE GUARAPUAVA. Das Disposições Preliminares REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA FACULDADE GUARAPUAVA Das Disposições Preliminares Art. 1º. O Estágio Supervisionado é matéria constante do Currículo Pleno do Curso

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA REDAÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO

ORIENTAÇÕES PARA REDAÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO ORIENTAÇÕES PARA REDAÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO Orientações para Relatório de Estágio Supervisionado 1 de 9 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE RONDONÓPOLIS Instituto de Ciências

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL- REI DIVISÃO DE ENSINO COORDENADORIA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Resolução nº. 001, de 24 de janeiro de 2005.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL- REI DIVISÃO DE ENSINO COORDENADORIA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Resolução nº. 001, de 24 de janeiro de 2005. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL- REI DIVISÃO DE ENSINO COORDENADORIA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Resolução nº. 001, de 24 de janeiro de 2005. Estabelece Equivalência para a Disciplina Estágio Curricular

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA MOBILIDADE INTERNACIONAL CURSO DE ENGENHARIA CIVIL - FEIS

PROCEDIMENTOS PARA MOBILIDADE INTERNACIONAL CURSO DE ENGENHARIA CIVIL - FEIS PROCEDIMENTOS PARA MOBILIDADE INTERNACIONAL CURSO DE ENGENHARIA CIVIL - FEIS Conforme normas estabelecidas pela Resolução UNESP nº 18/10, alteradas Resolução UNESP nº 36/11, descritas abaixo. Para rápido

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO. Curriculum 2003/2008 e Curriculum 2010

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO. Curriculum 2003/2008 e Curriculum 2010 REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO Curriculum 2003/2008 e Curriculum 2010 Estágio Obrigatório o Para validação apresentar: Relatório de Estágio Documentos comprobatórios: Declaração de

Leia mais

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO 1. Baixar para o seu computador pessoal ou pen drive o Regulamento de Estágios. 2. Ler todas as especificações e exigências. 3. Após a leitura e posicionamento

Leia mais

REGULAMENTO REGIME ESPECIAL DE DEPENDÊNCIA

REGULAMENTO REGIME ESPECIAL DE DEPENDÊNCIA Estabelece a abertura do Regime Especial de Dependência para cumprimento de disciplinas em processo de reprovação por nota. A Direção Geral da Faculdade de São Vicente torna público aos alunos regularmente

Leia mais

IDIOMAS SEM FRONTEIRAS DA REDE

IDIOMAS SEM FRONTEIRAS DA REDE EDITAL N 07/2016 - PROEX/IFAC PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA EM ESPANHOL BÁSICO E INGLÊS BÁSICO NA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DO PROGRAMA e -TEC IDIOMAS SEM FRONTEIRAS

Leia mais

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO 1. Baixar para o seu computador pessoal ou pen drive o Regulamento de Estágios. 2. Ler todas as especificações e exigências. 3. Após a leitura

Leia mais

Resolução nº. 002, de 06 de agosto de 2012.

Resolução nº. 002, de 06 de agosto de 2012. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI - UFSJ NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NEAD DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS E CONTÁBEIS DECAC COORDENAÇÃO DO CURSO ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Resolução nº. 002,

Leia mais

AULA INAUGURAL EAD 2015

AULA INAUGURAL EAD 2015 AULA INAUGURAL EAD 2015 Universalização do Conhecimento EaD Educação a Distância Conforto; Comodidade; Disciplina; Comprometimento. Tecnologia PREFEITURAS Convênio entre o Instituto Federal de Educação,

Leia mais

Regimento do Estágio Supervisionado do Curso de Sistemas de Informação

Regimento do Estágio Supervisionado do Curso de Sistemas de Informação Regimento do Estágio Supervisionado do Curso de Sistemas de Informação Regimento do Estágio Supervisionado do Curso de Sistemas de Informação da Universidade do Estado de Minas Gerais Campus de Frutal/MG

Leia mais

15 de Jun a 13 de Jul Pré-matrícula online. 25 a 29 de Jul Solicitação de Dispensa de Disciplina. 04 a 15 de Jul 2016

15 de Jun a 13 de Jul Pré-matrícula online. 25 a 29 de Jul Solicitação de Dispensa de Disciplina. 04 a 15 de Jul 2016 I n f o r m e d e M at r í c u l a 2 0 1 6. 2 G r a d uaç ão bac h a r e l ad o 1. Cronograma de Matrícula: 15 de Jun a 13 de Jul 2016 25 a 29 de Jul 2016 04 a 15 de Jul 2016 Pré-matrícula online Consulta

Leia mais

RESOLUÇÃO CCEA Nº 02/2011

RESOLUÇÃO CCEA Nº 02/2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA AGROALIMENTAR UNIDADE ACADÊMICA DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA AMBIENTAL CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL RESOLUÇÃO CCEA Nº 02/2011 Aprova

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO ESCOLA DE QUÍMICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO ESCOLA DE QUÍMICA PROGRAMA DE ESTÁGIO Estágio é o ato educativo escolar, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo, além de integrar o processo de formação do estudante. A Comissão

Leia mais

GUIA INFORMATIVO PÓS-GRADUAÇÃO FAVENI

GUIA INFORMATIVO PÓS-GRADUAÇÃO FAVENI GUIA INFORMATIVO PÓS-GRADUAÇÃO FAVENI 1) AMPARO LEGAL DOS CURSOS: Todos os Cursos de Pós-Graduação oferecidos pela FAVENI- Faculdade Venda Nova do Imigrante, são devidamente amparados legalmente através

Leia mais

.::. Diretorio Central dos Estudantes.::. ::.DCE UniCEUB.:: Gestão 2016/2017

.::. Diretorio Central dos Estudantes.::. ::.DCE UniCEUB.:: Gestão 2016/2017 EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSORES CURSO DE LÍNGUAS DCE O presidente do Diretório Central dos Estudantes do UniCEUB, Rafael Calixto de Sousa, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, torna

Leia mais

ANEXO IV Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Declaração de Pessoa Sem Renda Eu,, RG, e CPF, nos termos do Edital nº 01/2016 referente ao Programa de Assistência Estudantil

Leia mais

SELEÇÃO. Edital DG nº ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO

SELEÇÃO. Edital DG nº ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO SELEÇÃO Edital DG nº001-2013 ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO FACULDADE INTERNACIONAL SIGNORELLI SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PARA ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO 1 Do objeto 1.1 O presente Edital tem por objetivo a seleção

Leia mais

a) O exercício de tarefas, funções ou atividades em que o Estudante detenha experiência prévia na

a) O exercício de tarefas, funções ou atividades em que o Estudante detenha experiência prévia na REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS CURRICULARES NO ÂMBITO DO MESTRADO EM CONTABILIDADE E FINANÇAS (EM VIGOR A PARTIR DO ANO LETIVO 2012/2013) Capítulo I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1.º Objeto 1. Este regulamento aplica-se,

Leia mais

Regulamento de Estágio Curricular Supervisionado ENGENHARIA ELÉTRICA - TELECOMUNICAÇÕES

Regulamento de Estágio Curricular Supervisionado ENGENHARIA ELÉTRICA - TELECOMUNICAÇÕES Regulamento de Estágio Curricular Supervisionado ENGENHARIA ELÉTRICA - TELECOMUNICAÇÕES CAMPO LIMPO PAULISTA 2014 Regulamento de Estágio Curricular Supervisionado do Curso de Engenharia Elétrica - Telecomunicações

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA MOBILIDADE NACIONAL

PROCEDIMENTOS PARA MOBILIDADE NACIONAL PROCEDIMENTOS PARA MOBILIDADE NACIONAL Os alunos interessados em participar do Programa de Mobilidade Nacional, devem cumprir os procedimentos abaixo, para que não tenham prejuízos durante sua estadia

Leia mais

REGULAMENTO PARA O ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS BACHARELADOS EM QUÍMICA DA UNIFESP (Integral e Noturno Química Industrial)

REGULAMENTO PARA O ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS BACHARELADOS EM QUÍMICA DA UNIFESP (Integral e Noturno Química Industrial) REGULAMENTO PARA O ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS BACHARELADOS EM QUÍMICA DA UNIFESP (Integral e Noturno Química Industrial) CONSIDERANDO, O presente instrumento regulamenta o exercício e a validação dos Estágios

Leia mais

Unidade Sede: Rua Marquês do Herval, 701 Centro Caxias do Sul (RS) CEP: Unidade Ana Rech: Avenida Rio Branco, 1595 Bairro Ana Rech Caxias

Unidade Sede: Rua Marquês do Herval, 701 Centro Caxias do Sul (RS) CEP: Unidade Ana Rech: Avenida Rio Branco, 1595 Bairro Ana Rech Caxias OBJETIVO: As Atividades Complementares têm por objetivos: a) desenvolver a autonomia intelectual do acadêmico, favorecendo sua participação em atividades de estudos diversificados que contribuam para a

Leia mais

Campus Itaqui Curso de Ciência e Tecnologia de Alimentos Normas para o Estágio Supervisionado Obrigatório

Campus Itaqui Curso de Ciência e Tecnologia de Alimentos Normas para o Estágio Supervisionado Obrigatório Campus Itaqui Curso de Ciência e Tecnologia de Alimentos Normas para o Estágio Supervisionado Obrigatório 1. ASPECTOS LEGAIS O Estágio Supervisionado tem caráter curricular obrigatório e é uma exigência

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E APLICADAS REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E APLICADAS REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS DO REGULAMENTO Art. 1º Este Regulamento de Estágio visa definir procedimentos didáticopedagógicos para os

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO NA UFERSA PARA ESTUDANTES DA UFERSA

ORIENTAÇÕES PARA ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO NA UFERSA PARA ESTUDANTES DA UFERSA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO UFERSA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS PROGEPE DIVISÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAL DDP SEÇÃO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO ORIENTAÇÕES PARA ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

REGULAMENTO GERAL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE REGULAMENTO GERAL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Seção I Das Modalidades e seu desenvolvimento Art. 1º O Estágio Supervisionado constitui-se em meio para que o aluno,

Leia mais

Regras para o Estágio Supervisionado

Regras para o Estágio Supervisionado Regras para o Estágio Supervisionado Este documento objetiva descrever as regras que foram aprovadas pela Comissão de Estágio para a inscrição, desenvolvimento e encerramento do Estágio Supervisionado,

Leia mais

DIAGRAMA DE LEITURA DO FLUXOGRAMA DAS ATIVIDADES DE ESTÁGIO

DIAGRAMA DE LEITURA DO FLUXOGRAMA DAS ATIVIDADES DE ESTÁGIO DIAGRAMA DE LEITURA DO FLUXOGRAMA DAS ATIVIDADES DE LEGENDA, COM CORES, PARA IDENTIFICAR AS AÇÕES NO FLUXOGRAMA NÚMERO DA PÁGINA ONDE SE ENCONTRA O PROCEDIMENTO Mnnnnnnnnnnnnnnnnnn Zccccccccccc AÇÕES VINCULADAS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SANTARÉM CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SANTARÉM CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SANTARÉM CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO RESOLUÇÃO CBSI 01/2005-15 DE AGOSTO DE 2005 EMENTA: Define as diretrizes para a realização do

Leia mais

DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS. Dos Princípios. Do Local de Estágio

DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS. Dos Princípios. Do Local de Estágio UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES DEPARTAMENTO DE LETRAS CLÁSSICAS E VERNÁCULAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS/LIBRAS RESOLUÇÃO Nº 04/2011 - CLL Regulamenta

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Informática Centro Tecnológico Universidade Federal do Espírito Santo

Programa de Pós-Graduação em Informática Centro Tecnológico Universidade Federal do Espírito Santo EDITAL PPGI/UFES N O 05/2017 SELEÇÃO DE CANDIDATOS A ALUNO ESPECIAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM INFORMÁTICA ANO/SEMESTRE: 2017/02 1. FINALIDADE DO EDITAL A finalidade deste edital é selecionar candidatos

Leia mais

EQUIPE CLAUDIO CAVALCANTE DE OLIVEIRA JUCÉLIA VIEIRA FINO LUÍS ANTONIO NIRO PASSOS MARINA DE FÁTIMA DA SILVA ANDREA SILVANA DOS SANTOS CEZAR

EQUIPE CLAUDIO CAVALCANTE DE OLIVEIRA JUCÉLIA VIEIRA FINO LUÍS ANTONIO NIRO PASSOS MARINA DE FÁTIMA DA SILVA ANDREA SILVANA DOS SANTOS CEZAR RAMAL: 4403 EQUIPE CLAUDIO CAVALCANTE DE OLIVEIRA JUCÉLIA VIEIRA FINO LUÍS ANTONIO NIRO PASSOS MARINA DE FÁTIMA DA SILVA ANDREA SILVANA DOS SANTOS CEZAR Renovação de Reconhecimento dos Cursos de Graduação

Leia mais

Planilha de Conceito

Planilha de Conceito Planilha de Conceito Nome do Estagiário QUADRO DA PONTUAÇÃO OBTIDA Matrícula (cartão UFRGS) TABELA DE CONCEITOS Pontos do Grupo I (Multiplicado por 2) Pontos do Grupo II (Multiplicado por 2) de 51 a 179

Leia mais

Faculdade de Educação Superior do Paraná Centro de Extensão Iniciação Científica - CEIC

Faculdade de Educação Superior do Paraná Centro de Extensão Iniciação Científica - CEIC DIRETRIZES DA Iª MOSTRA FESP para FESP - 2015 O Centro de Extensão e Iniciação Científica CEIC têm como um de seus eixos de atuação promover o desenvolvimento de atividades tecnocientíficas e é nesse contexto

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO - CAMPUS RIO VERDE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO - CAMPUS RIO VERDE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO - CAMPUS RIO VERDE O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano Campus Rio Verde (IF Goiano Campus Rio

Leia mais

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ENGENHARIA FLORESTAL (TCC EF)

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ENGENHARIA FLORESTAL (TCC EF) TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ENGENHARIA FLORESTAL (TCC EF) I. DEFINIÇÃO Em atendimento às Diretrizes Curriculares do Ministério da Educação, todo aluno do Curso de Engenharia Florestal deverá, obrigatoriamente,

Leia mais

PORTARIA D.IBB nº 80, de 03 de Julho de 2015

PORTARIA D.IBB nº 80, de 03 de Julho de 2015 D.IBB/MDC/rmjl PORTARIA D.IBB nº 80, de 03 de Julho de 2015 Dispõe sobre o Regulamento para o Estágio Supervisionado do Curso de Ciências Biomédicas - Currículo 2013 do Instituto de Biociências A Diretora

Leia mais

Manual da Pré-matrícula

Manual da Pré-matrícula Manual da Pré-matrícula Datas Importantes Período de Matrícula 08/11/16 a 18/11/16 Obs.: realizando a matrícula neste prazo, o candidato terá 50% de desconto no valor bruto do curso na 1ª parcela (com

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO EDITAL Nº 001/2013- PPGGP PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM GESTÃO PÚBLICA TURMA 2013 A Coordenação do torna público que estarão abertas as inscrições ao Processo Seletivo

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO MANTIDA PELA INSTITUIÇÃO PAULISTA DE ENSINO E CULTURA - IPEC REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO: LICENCIATURA EM PEDAGOGIA TUPÃ SP 2016 LEGISLAÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO ESTÁGIO

Leia mais

CONSELHO DO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA COMISSÃO DE ESTÁGIO REGULAMENTO PARA O ESTÁGIO CURRICULAR DO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA

CONSELHO DO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA COMISSÃO DE ESTÁGIO REGULAMENTO PARA O ESTÁGIO CURRICULAR DO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA REGULAMENTO PARA O ESTÁGIO CURRICULAR DO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES ARTIGO 1º - Considera-se Estágio Curricular, o conjunto de atividades de aprendizagem social, profissional

Leia mais

EDITAL Nº 04/2015 MATRÍCULA 2015 CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO EM AGROPECUÁRIA, ZOOTECNIA E ALIMENTOS

EDITAL Nº 04/2015 MATRÍCULA 2015 CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO EM AGROPECUÁRIA, ZOOTECNIA E ALIMENTOS 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL

Leia mais

Coeficiente de Rendimento Pontos. 6.0 e

Coeficiente de Rendimento Pontos. 6.0 e Edital nº56 de 20 abril de 2017 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí IFPI, através da Direção Geral do IFPI- Campus Teresina Central, torna público para conhecimento dos interessados,

Leia mais

Regulamento de Atividades Complementares. Curso de Jornalismo

Regulamento de Atividades Complementares. Curso de Jornalismo Regulamento de Atividades Complementares Curso de Jornalismo O cumprimento de 300 horas acumulativas em atividades complementares é obrigatório para os alunos do curso de Jornalismo do UniBrasil Centro

Leia mais

SOLICITAÇÕES DE 24/06/2015 a 24/08/2015 (TAXA - R$ 17,00)

SOLICITAÇÕES DE 24/06/2015 a 24/08/2015 (TAXA - R$ 17,00) APROVEITAMENTO DE ESTUDOS 2015/2 SOLICITAÇÕES DE 24/06/2015 a 24/08/2015 (TAXA - R$ 17,00) Informativo GR nº 003/2015, de 23/06/2015. ATENÇÃO! ESTE INFORMATIVO CONTÉM TODAS AS ORIENTAÇÕES E PROCEDIMENTOS

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM BIOTECNOLOGIA CAMPUS DE ARARAS. Normas para o Estágio Supervisionado

CURSO DE BACHARELADO EM BIOTECNOLOGIA CAMPUS DE ARARAS. Normas para o Estágio Supervisionado 1 CURSO DE BACHARELADO EM BIOTECNOLOGIA CAMPUS DE ARARAS Normas para o Estágio Supervisionado 1- Objetivos O objetivo do estágio curricular é oferecer aos alunos a experiência no campo profissional, visando

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO PROFISSIONAL (SUPERVISIONADO)

REGULAMENTO DE ESTÁGIO PROFISSIONAL (SUPERVISIONADO) REGULAMENTO DE ESTÁGIO PROFISSIONAL (SUPERVISIONADO) GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA PROFª MS. ELAINE CRISTINA SIMOES BRAGANÇA PAULISTA 2013 O estágio é um ato educativo supervisionado, desenvolvido no ambiente

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSOS DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DA UTFPR-DV

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSOS DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DA UTFPR-DV Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSOS DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DA UTFPR-DV APROVADO EM REUNIÃO ORDINÁRIA DO COLEGIADO

Leia mais

EDITAL PÓS Nº 002/2016 INSCRIÇÕES E MATRÍCULAS PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUÇÃO - LATO SENSU 2º SEMESTRE 2016

EDITAL PÓS Nº 002/2016 INSCRIÇÕES E MATRÍCULAS PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUÇÃO - LATO SENSU 2º SEMESTRE 2016 EDITAL PÓS Nº 002/2016 INSCRIÇÕES E MATRÍCULAS PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUÇÃO - LATO SENSU 2º SEMESTRE 2016 Gilceia Maria Lodi, diretora geral da Faculdade de Enfermagem Luiza de Marillac, no uso de suas

Leia mais

ANEXO VI REGULAMENTO DE ESTÁGIOS DA FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

ANEXO VI REGULAMENTO DE ESTÁGIOS DA FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ANEXO VI REGULAMENTO DE ESTÁGIOS DA FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO FESURV UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIOS TÍTULO I DO ESTÁGIO CAPÍTULO I NATUREZA

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA MANUAL DE ESTÁGIOS

CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA MANUAL DE ESTÁGIOS CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA MANUAL DE ESTÁGIOS Ilha Solteira SP 2015 APRESENTAÇÃO O presente manual foi elaborado pela Comissão de Estágios do Curso de Engenharia Elétrica (CECEE) e aprovado

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO DA OUVIDORIA GERAL DA UNIVASF.

PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO DA OUVIDORIA GERAL DA UNIVASF. PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO DA DA UNIVASF. EDITAL Nº 01, DE 30 DE MAIO DE 2016. A Ouvidoria Geral da Universidade Federal do Vale do São Francisco, tendo em vista o disposto na Lei nº 11.788/2008,

Leia mais

ROTEIRO PARA CONFECÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO FUNCIONÁRIOS (MAIS DE 2 ANOS NA EMPRESA)

ROTEIRO PARA CONFECÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO FUNCIONÁRIOS (MAIS DE 2 ANOS NA EMPRESA) ROTEIRO PARA CONFECÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO ESTAGIÁRIOS Capa Folha de rosto Folha de aprovação Sumário Identificação do Estagiário Identificação da Escola Identificação da Empresa Introdução Relatório

Leia mais

BEM VINDO, MONITOR! Programa de Monitoria. Departamento de Educação DEPED. Câmpus Toledo

BEM VINDO, MONITOR! Programa de Monitoria. Departamento de Educação DEPED. Câmpus Toledo BEM VINDO, MONITOR! Programa de Monitoria Departamento de Educação DEPED Câmpus Toledo SUMÁRIO 1. O PROGRAMA... 3 2. SOU MONITOR. E AGORA, O QUE FAZER?!... 3 I. FICHA DE ATENDIMENTO... 3 II. FICHA DE FREQUÊNCIA...

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 96, DE 28 DE AGOSTO DE 2015.

RESOLUÇÃO Nº 96, DE 28 DE AGOSTO DE 2015. RESOLUÇÃO Nº 96, DE 28 DE AGOSTO DE 2015. O COLEGIADO DE CURSO DOS CURSOS DE DIREITO do Campus de Três Lagoas da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições legais e

Leia mais

EDITAL 21/2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA

EDITAL 21/2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA EDITAL 21/2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA Dispõe sobre a Transferência Externa para cursos de graduação da Faculdade Guanambi. A Direção Acadêmica e Administrativa da Faculdade Guanambi, no uso de suas atribuições

Leia mais

Coordenação do Curso de Geografia - PCO

Coordenação do Curso de Geografia - PCO RESOLUÇÃO DO COLEGIADO DE COORDENAÇÃO DIDÁTICA DO CURSO DE GEOGRAFIA PUC MINAS EM CONTAGEM N. 01/2007 Regulamenta os estágios curriculares obrigatórios e não obrigatórios, no âmbito do Curso de Geografia

Leia mais

CQ043 - ESTÁGIO SUPERVISIONADO (Bacharelado em Química) PRIMEIRO SEMESTRE DE 2016 CALENDÁRIO E ORIENTAÇÕES

CQ043 - ESTÁGIO SUPERVISIONADO (Bacharelado em Química) PRIMEIRO SEMESTRE DE 2016 CALENDÁRIO E ORIENTAÇÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE QUÍMICA CQ043 - ESTÁGIO SUPERVISIONADO (Bacharelado em Química) PRIMEIRO SEMESTRE DE 2016 CALENDÁRIO E ORIENTAÇÕES Disponível em

Leia mais

PORTARIA CE Nº 48, de 04 de novembro de 2015.

PORTARIA CE Nº 48, de 04 de novembro de 2015. PORTARIA CE Nº 48, de 04 de novembro de 2015. Regulamenta a realização de estágios dos alunos dos Cursos de Graduação do Campus de Itapeva. O Coordenador Executivo no uso de suas atribuições legais, expede

Leia mais

EDITAL Nº 04/2016 TRANSFERÊNCIA INTERNA

EDITAL Nº 04/2016 TRANSFERÊNCIA INTERNA EDITAL Nº 04/2016 TRANSFERÊNCIA INTERNA A Direção Acadêmica Administrativa da Faculdade Guanambi, no uso de suas atribuições legais, em atendimento ao Regimento Interno desta Instituição de Ensino Superior,

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Campus Osasco

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Campus Osasco UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO UNIFESP ESCOLA PAULISTA DE POLÍTICA, ECONOMIA E NEGÓCIOS CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Osasco 2016 1 CAPÍTULO I - DA CARACTERIZAÇÃO

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

MANUAL DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO 1 MANUAL DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO BETIM MG 2 Este manual tem como objetivo orientar e auxiliar o aluno na compreensão das atividades, normas e diretrizes

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO. Introdução

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO. Introdução REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Introdução O presente regulamento constitui um documento interno do curso de Ciências Contábeis e tem por objetivo reger as atividades relativas ao Estágio Supervisionado.

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO FACULDADE DE ENGENHARIA DE GUARATINGUETÁ

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO FACULDADE DE ENGENHARIA DE GUARATINGUETÁ UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO FACULDADE DE ENGENHARIA DE GUARATINGUETÁ REGULAMENTO DO ESTÁGIO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DE ENGENHARIA DO CAMPUS DE GUARATINGUETÁ DA UNESP

Leia mais

Art. 1º Aprovar a nova política do Estágio Curricular Supervisionado na UNIVILLE, estabelecendo as diretrizes para sua regulamentação.

Art. 1º Aprovar a nova política do Estágio Curricular Supervisionado na UNIVILLE, estabelecendo as diretrizes para sua regulamentação. UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE - UNIVILLE CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 11/01 Aprova diretrizes para regulamentação dos Estágios Curriculares Supervisionados. A Presidente do

Leia mais

P O R T A R I A. Curitiba, 22 de janeiro de André Luís Gontijo Resende Pró-Reitor de Ensino, Pesquisa e Extensão FAE CENTRO UNIVERSITÁRIO

P O R T A R I A. Curitiba, 22 de janeiro de André Luís Gontijo Resende Pró-Reitor de Ensino, Pesquisa e Extensão FAE CENTRO UNIVERSITÁRIO PORTARIA PROEPE N.º 31/2014 APROVA O REGULAMENTO PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO, BACHARELADO, MATRIZ CURRICULAR 2013, DA FAE CENTRO UNIVERSITÁRIO. O Pró-Reitor de Ensino, Pesquisa

Leia mais

CALENDÁRIO ESCOLAR DO ANO DE Calendário Escolar do ano de 2017, fixado pela Portaria nº 19/2016-CE-SJBV, de 11 de novembro de 2016.

CALENDÁRIO ESCOLAR DO ANO DE Calendário Escolar do ano de 2017, fixado pela Portaria nº 19/2016-CE-SJBV, de 11 de novembro de 2016. Calendário Escolar do ano de 2017, fixado pela Portaria nº 19/2016-CE-SJBV, de 11 de novembro de 2016. 1. Prazos e Horários Prazo para divulgação de programas e normas curriculares 17/02/2017 Prazo para

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO GERAL E APLICADA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO ORIENTADORA DE ESTÁGIO COE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO GERAL E APLICADA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO ORIENTADORA DE ESTÁGIO COE REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO, NA MODALIDADE OBRIGATÓRIO. I INTRODUÇÃO O currículo do Curso de Administração (versão 2007) tem como missão proporcionar um conjunto de conhecimentos técnicos

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO CAPÍTULO I DAS DEFINIÇÕES DO ESTÁGIO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO CAPÍTULO I DAS DEFINIÇÕES DO ESTÁGIO REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO Considerando o significado e a importância do Estágio como parte fundamental da formação profissional, define-se

Leia mais

SOLICITAÇÕES DE 12/12/2014 a 13/03/2015 (TAXA - R$ 17,00)

SOLICITAÇÕES DE 12/12/2014 a 13/03/2015 (TAXA - R$ 17,00) APROVEITAMENTO DE ESTUDOS 2015/1 SOLICITAÇÕES DE 12/12/2014 a 13/03/2015 (TAXA - R$ 17,00) Informativo GR nº 001/2014 ATENÇÃO! ESTE INFORMATIVO CONTÉM TODAS AS ORIENTAÇÕES E PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS PARA

Leia mais

EDITAL Nº 01/2017 TÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

EDITAL Nº 01/2017 TÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES EDITAL Nº 01/2017 MATRÍCULA NAS CATEGORIAS DE TRANSFERÊNCIA INTERNA E TRANSFERÊNCIA EXTERNA PARA AS VAGAS RESIDUAIS DO ENSINO SUPERIOR DO IFBA CÂMPUS IRECÊ O Diretor Geral do Instituto Federal de Educação,

Leia mais

Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO DIRETORIA GERAL.

Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO DIRETORIA GERAL. Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO DIRETORIA GERAL Comunicado (Edital G.D.G. 044/2016) Edital para Seleção de Alunos Bolsistas e não

Leia mais

Estágio no Núcleo de Prática Jurídica - Escritório de Assistência Jurídica

Estágio no Núcleo de Prática Jurídica - Escritório de Assistência Jurídica Edital nº 02/2016 ABERTURA DE INSCRIÇÃO PARA ESTÁGIO EXTRACURRICULAR NO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA - ESCRITÓRIO DE ASSISTÊNCIA JURÍDICA E APROVEITAMENTO EM INSTITUIÇÕES CONVENIADAS A professora KARLEN

Leia mais