Coordenador de Mesa: Pedro Maia e Silva Engenheiro Agrônomo e Consultor Técnico

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Coordenador de Mesa: Pedro Maia e Silva Engenheiro Agrônomo e Consultor Técnico"

Transcrição

1 Programação Técnica da FRUTAL 2006 Frutas e Agroindústria SEMINÁRIO SETORIAL I: Certificação x Alimentos Seguros Coordenador de Mesa: Pedro Maia e Silva Engenheiro Agrônomo e Consultor Técnico Local: Mini-Auditório B1 Dia: 12 de setembro/2006 Horário: 15h30 às 18h30 Produção Integrada como Base de Produção de Alimentos Seguros Programa de Alimentos Seguros - PAS José Rozalvo Andrigueto Paschoal Guimarães Robbs Engenheiro Agrônomo e Coordenador Geral de Sistemas de Produção Integrada e Rastreabilida do MAPA Engenheiro Agrônomo pela UFRRJ, Doutor em Microbiologia pela UFRJ, Pós-Doutorado em Gainsville,FL. USA, Professor Titular (Aposentado) da UFRRJ e Assessor Técnico do Programa Alimentos Seguros - PAS, do SENAI, SENAC, SESC, SESI e SEBRAE, desde 1998 O Papel do INMETRO na Segurança dos Alimentos Contaminação de Alimentos (Frutas) com Pesticidas e os Riscos para a Saúde Luciana Portugal Ribeiro Eloísa Dutra Caldas Engenheira Química e Responsável Técnica da Diretora da Qualidade do INMETRO pelos Programas de Avaliação da Conformidade da Produção Integrada e APPCC Graduação e Mestrado em Química pela Universidade de Brasília, PhD em Química Agrícola e Ambiental pela Universidade da Califórnia, EUA e Professora de Toxicologia do Curso de Farmácia da Universidade de Brasília

2 SEMINÁRIO SETORIAL II: O Agronegócio dos Citros no Brasil Coordenador de Mesa: Orlando Sampaio Passos Pesquisador Sênior na Área de Melhoramento de Citros, Coordenador Nacional da Rede Interamericana de Citros (FAO) e Pesquisador II da Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical Local: Mini-Auditório B2 Dia: 12 de setembro/2006 Horário: 15h30 às 18h30 Tendências Mundiais para a Citricultura Pólos de Citricultura na Região Nordeste Marcos Fava Neves Orlando Sampaio Passos Professor de Estratégia e Marketing da FEA-RP/USP, Coordenador do PENSA (Programa de Agronegócios) e do MARKESTRAT (Centro de Marketing e Estratégia de Empresas) e Doutor em Administração pela FEA/USP Pesquisador Sênior na Área de Melhoramento de Citros, Coordenador Nacional da Rede Interamericana de Citros (FAO) e Pesquisador II da Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical Produção de Citros de Mesa: Uma Experiência Gaúcha Aplicável ao Nordeste Brasileiro Potencial da Citricultura do Nordeste para Atender a Tendência do Mercado de Sucos Roberto Pedroso de Oliveira Helton Carlos de Leão Pesquisador da Embrapa Clima Temperado, Pelotas/RS - Responsável pela Coordenação de Projetos Envolvendo a Citricultura de Mesa no Rio Grande do Sul Engenheiro Agrônomo e Supervisor do Departamento Técnico da Citrosuco

3 Antonio Erildo Lemos Pontes Diretor Técnico do Instituto FRUTAL com Especialização em Fruticultura Irrigada e Meio Ambiente DEBATEDORES Francisco Zuza de Oliveira Lucas Antônio de Sousa Leite João Teixeira Junior J José Maria Marques de Carvalho Engenheiro Agrônomo, M.Sc. em Fruticultura pela UNESP, Jaboticabal/SP e Assessor Técnico em Agricultura Irrigada da Secretaria da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará SEAGRI Engenheiro Agrônomo, Mestre em Fitotecnia UFC, Doutor em Economia e Pesquisador e Chefe Geral da Embrapa Agroindústria Tropical Diretor da FRUTACOR Engenheiro Agrônomo, Economista, Especialista em Desenvolvimento e Agribusiness e Consultor do Escritório Técnico (ETENE) do Banco do Nordeste do Brasil Carlos Prado Economista, Representante do IBRAF no Nordeste e Diretor Presidente da Itaueira Agropecuária Empresa Exportadora de Melão

4 SEMINÁRIO SETORIAL III: As Abelhas e a Fruticultura Coordenador de Mesa: José Vandi Matias Gadelha Engenheiro Agrônomo, Mestrado em Economia Rural pela UFC e Gestor Estadual do Projeto APIS-CE/SEBRAE Local: Mini-Auditório B1 Dia: 13 de setembro/2006 Horário: 15h30 às 18h30 O Agronegócio da Apicultura: Desafios e Perspectivas A Crise da Polinização A Iniciativa Brasileira dos Polinizadores e o Projeto Brasil / FAO de Polinização Reginaldo Barroso de Resende Vera Lúcia Imperatriz Fonseca Bráulio Ferreira Souza Dias Engenheiro Agrícola, Pós-Graduado em Cooperativismo, Consultor Sênior do SEBRAE Nacional e Coordenador Nacional da Carteira de Projetos de Apicultura dos SEBRAE/AL, BA, CE, MA, MS, MT, PB, PE, PI, RN e RS Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo, Mestre, Doutora, Livre Docência, Professora Titular Colaboradora da Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto/SP, Orienta Mestres e Doutores em Ecologia e Zoologia e Atua na Iniciativa Brasileira de Polonizadores Biólogo, PhD em Zoologia, Professor de Ecologia da Universidade de Brasília e Coordenador-Geral de Conservação da Biodiversidade no Ministério do Meio Ambiente A Polinização no Programa Integrado de Frutas Manejo para Polinização de Fruteiras José Rozalvo Andrigueto Breno Magalhães Freitas Engenheiro Agrônomo e Coordenador Geral de Sistemas de Produção Integrada e Rastreabilida do MAPA Engenheiro Agrônomo, PhD em Abelhas e Polinização (University of Wales, Grã-Bretanha) e Professor da Universidade Federal do Ceará

5 SEMINÁRIO SETORIAL IV: V Seminário de Agricultura Orgânica Coordenador de Mesa: Antonio Carlos Oliveira Fonseca M.Sc. Ciências Agrárias pela Universidade Federal da Bahia UFBA e Especialização em Fruticultura Comercial na UFLA Lavras /MG Local: Mini-Auditório B2 Dia: 13 de setembro/2006 Horário: 15h30 às 18h30 Comparação da Qualidade do Alimento Orgânico com o Convencional Produção de Sementes no Sistema Orgânico Moacir Roberto Darolt Aparecida Cristiane Zandron Engenheiro Agrônomo, Doutor em Meio Ambiente e Desenvolvimento pela UFPR e Université Paris VII e Pesquisador do Instituto Agronômico do Paraná IAPAR Engenheira Agrônoma Formada pela Faculdade de Agronomia Francisco Maeda em Ituvereva/SP, Aperfeiçoamento em Ciências Agrárias pela UNESP em Botucatu e Melhorista de Tomate do Centro de Pesquisa Mokiti Okada Produção, Mercado e Certificação de Produtos Orgânicos Mercado de Frutas Orgânicas no Nordeste Brasileiro Álvaro Luiz Cunha Garcia Valdecir Queiroz Filho Engenheiro Agrônomo Formado pela Universidade Federal de Viçosa/MG, Representante do IBD no Nordeste, Inspetor Eurepgap, IBD, NOP-EUA e JAS-Japão e Coordenador do Programa de Autorização de Insumos do IBD Consultor Técnico em Agricultura Orgânica e Biodinâmica da ABD Nordeste, Atua 8 anos no Mercado Nacional e Internacional com Consultoria Técnica em Agricultura Orgânica, Recuperação de Solos e Proprietário da Terra Ecológica Produção de Flores Orgânicas Leandro de Almeida Amado Engenheiro Agrônomo, Especialização em Agricultura Orgânica e Consultor Técnico da Fundação Mokiti Okada

6 SEMINÁRIO SETORIAL V: Quebra de Paradigma: Mulheres Empreendendo no Agronegócio Coordenadora de Mesa: Francisca Marta Campêlo Lima Administradora de Empresas, M.Sc. em Negócios Internacionais e Coordenadora de Negócios da Secretaria do Desenvolvimento Econômico SDE Local: Mini-Auditório B1 Dia: 14 de setembro/2006 Horário: 15h30 às 18h30 Exportação de Frutas na Prática Marketing de Frutas para o Mercado Nacional Case Melão Adriana Ribeiro do Prado Paula de Sousa Gadelha Bacharel em Administração e Pós-Graduação em Comércio Exterior pela Universidade de Fortaleza - UNIFOR, Professora da UNIFOR, Gerente de Logística e Marketing Internacional Itaueira Agropecuária S.A. e Representante da FAEC perante o COGERN COELCE Supervisora de Marketing da NOLEM, Profissional de Marketing e Comunicação, com Formação em Publicidade e Propaganda com Experiência em Planejamento e Execução de Campanhas Promocionais para Mercados Internos e Externos Desafios da Gestão na Fruticultura Irrigada Marketing e Mercado para Flores no Brasil Aline Saraiva Teixeira Gabriela Selbach Diretora Administradora-Financeira da Frutacor Produção e Comercialização de Frutas, M.Sc.em Administração de Empresas pela Universidade Federal de Minas Gerais e Pós-Graduada em Administração Financeira pela Universidade de Fortaleza UNIFOR Diretora Comercial da CEAROSA, Formada em Administração de Empresas pela Universidade de Fortaleza UNIFOR e Pós-Graduada MBA pela Fundação Getúlio Vargas em Gestão Estratégica em Marketing e Extensão em Comércio Exterior pela FIEC/UFC

Alimento é coisa séria! Uma cartilha para manipuladores de alimentos

Alimento é coisa séria! Uma cartilha para manipuladores de alimentos Alimento é coisa séria! Uma cartilha para manipuladores de alimentos Corel 2005 Alimento é coisa séria! Uma cartilha para manipuladores de alimentos Esse livro foi composto na tipologia True type Comic

Leia mais

Fabrinni M. dos Santos, João F. Neves, M. Cristina Prata Neves, Gabrielle K. Robbs e Paschoal G. Robbs

Fabrinni M. dos Santos, João F. Neves, M. Cristina Prata Neves, Gabrielle K. Robbs e Paschoal G. Robbs Implantando e Implementando Sistemas de Segurança de Alimentos Boas Práticas de Fabricação, Procedimentos Padrão de Higiene Operacional (PPHO) / Procedimentos Operacionais Padronizados (POP) e Sistema

Leia mais

CREDENCIAMENTO. 8h às 9h

CREDENCIAMENTO. 8h às 9h Data: 23 a 24 de setembro/2014(terça-feira, quarta-feira) Horário: 8h às 18h Local: Centro de Eventos do Ceará -Pavilhão Oeste -Avenida Washington Soares, 999 -Edson Queiroz - Fortaleza/CE Dia:23 de setembro/2014

Leia mais

Controle Estatístico de Processo. João F. Neves, M. Cristina Prata Neves, Fabrinni M. dos Santos, Gabrielle K. Robbs e Paschoal G.

Controle Estatístico de Processo. João F. Neves, M. Cristina Prata Neves, Fabrinni M. dos Santos, Gabrielle K. Robbs e Paschoal G. Controle Estatístico de Processo João F. Neves, M. Cristina Prata Neves, Fabrinni M. dos Santos, Gabrielle K. Robbs e Paschoal G. Robbs Controle Estatístico de Processo João Francisco Neves, Maria Cristina

Leia mais

Auditoria Interna Ferramenta de verificação da conformidade

Auditoria Interna Ferramenta de verificação da conformidade Auditoria Interna Ferramenta de verificação da conformidade Fabrinni M. dos Santos, João F. Neves, M. Cristina Prata Neves, Gabrielle K. Robbs e Paschoal G. Robbs Auditoria Interna Ferramenta de verificação

Leia mais

Boas Práticas de Fabricação

Boas Práticas de Fabricação Boas Práticas de Fabricação Procedimentos-Padrão de Higiene Operacional e Procedimentos Operacionais Padronizados M. Cristina Prata Neves, João F. Neves, Fabrinni M. dos Santos, Gabrielle K. Robbs e Paschoal

Leia mais

TEMA: Sustentabilidade e seus impactos no setor vitivinícola brasileiro.

TEMA: Sustentabilidade e seus impactos no setor vitivinícola brasileiro. PROGRAMA QUALITY WINE TEMA: Sustentabilidade e seus impactos no setor vitivinícola brasileiro. Fundaparque 03 e 04 de Maio de 2011. 03 de maio, terça-feira Uma visão geral de sustentabilidade no mundo

Leia mais

Presidente: Alci Porto Gurgel Junior Superintendente do Serviço Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas SEBRAE/CE

Presidente: Alci Porto Gurgel Junior Superintendente do Serviço Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas SEBRAE/CE Programação Técnica da FRUTAL 2006 Frutas e Agroindústria PAINEL I Agronegócio e Exportação Presidente: Alci Porto Gurgel Junior Superintendente do Serviço Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas

Leia mais

(O relatório deve conter, no mínimo 3 páginas e no máximo 5 páginas)

(O relatório deve conter, no mínimo 3 páginas e no máximo 5 páginas) ROTEIRO BÁSICO PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO ANUAL SOBRE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA (O relatório deve conter, no mínimo 3 páginas e no máximo 5 páginas) Nome do Grupo: Programa de Educação Continuada em Economia

Leia mais

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO MARANHÃO-IESMA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO-UNISULMA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO MARANHÃO-IESMA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO-UNISULMA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO MARANHÃO-IESMA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO-UNISULMA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Especialização em Gerência e Monitoramento Ambiental

Leia mais

CURSO DE EXTENSÃO EM GESTÃO DE COOPERATIVAS

CURSO DE EXTENSÃO EM GESTÃO DE COOPERATIVAS CURSO DE EXTENSÃO EM GESTÃO DE COOPERATIVAS Módulo I: 06 e 07/05/2011 Aspectos Legais e Tributários que Impactam as Cooperativas Ementa: Introdução ao Direito das Cooperativas. Lei 5.764/71. Ato Cooperativo.

Leia mais

Resultados da atuação do Bradesco em APL s

Resultados da atuação do Bradesco em APL s Resultados da atuação do Bradesco em APL s Atuação do Bradesco em APL s Por Região NORDESTE 97 APL`S NORTE 48 APL`S CENTRO-OESTE 41 APL`S SUDESTE 102 APL`S SUL 40 APL`S Posição Setembro/2013 Atuação com

Leia mais

negócios agroindustriais

negócios agroindustriais graduação administração linha de formação específica negócios agroindustriais Características gerais A Linha de Formação Específica de Negócios Agroindustriais da Univates visa ao desenvolvimento de competências

Leia mais

de negócios na Amazônia (Versão 24/10/2011)

de negócios na Amazônia (Versão 24/10/2011) Seminário 4 Produção Orgânica: Organização produtiva versus Perspectiva de negócios na Amazônia (Versão 24/10/2011) Objetivo: Oferecer conhecimentos e informações para fortalecer as relações comerciais

Leia mais

Sobre os Autores ANTÔNIO CARLOS DOS SANTOS CARLOS MACHADO-SANTOS FERNANDO CÉSAR ALMADA SANTOS

Sobre os Autores ANTÔNIO CARLOS DOS SANTOS CARLOS MACHADO-SANTOS FERNANDO CÉSAR ALMADA SANTOS Sobre os Autores ANTÔNIO CARLOS DOS SANTOS É Engenheiro Agrônomo e Doutorando em Administração na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo. Professor Adjunto do

Leia mais

C O R P O D O C E N T E CORPO DOCENTE

C O R P O D O C E N T E CORPO DOCENTE CRP DCENTE Relação atual dos professores do Campus Rio Paranaíba da Universidade Federal de Viçosa, em ordem alfabética, incluindo dados funcionais e titulação. C R P D C E N T E 162 Corpo Docente UFV

Leia mais

INTEGRAÇÃO CONTRATUAL

INTEGRAÇÃO CONTRATUAL INTEGRAÇÃO CONTRATUAL Uma Estratégia de Acesso ao Mercado Internacional Pedro Viana Borges Esp. Pol. Públicas P e Gestão Governamental Internacionalização de Cooperativas Integração Regional no Mercosul

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DEPARTAMENTO DE MODERNIZAÇÃO E PROGRAMAS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DEPARTAMENTO DE MODERNIZAÇÃO E PROGRAMAS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DEPARTAMENTO DE MODERNIZAÇÃO E PROGRAMAS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL - PET 7 INSTITUIÇÕES 370 GRUPOS REGIÃO NORTE - 8 INSTITUIÇÕES

Leia mais

DIVULGAÇÃO DO RESULTADO DA ETAPA 3 CERTIFICAÇÃO DA CAPACIDADE TÉCNICA: RESULTADO PRELIMINAR DA AVALIAÇÃO DE CONHECIMETOS TÉCNICOS

DIVULGAÇÃO DO RESULTADO DA ETAPA 3 CERTIFICAÇÃO DA CAPACIDADE TÉCNICA: RESULTADO PRELIMINAR DA AVALIAÇÃO DE CONHECIMETOS TÉCNICOS SEBRAE/MA Edital de Credenciamento 01/2012 Comunicado de Credenciamento 001/2014 Credenciamento para Prestação de Serviços de Instrutoria e Consultoria DIVULGAÇÃO DO RESULTADO DA ETAPA 3 CERTIFICAÇÃO DA

Leia mais

Data Horário Evento Palestrante Local Público

Data Horário Evento Palestrante Local Público Data Horário Evento nte Local Público 19 h ABERTURA Pronunciamento da Profª Elisete Reis Oliveira Diretora Geral Campus Muriaé IF Suste Minas Gerais Profª Elisete Reis Oliveira Diretora Geral Campus Muriaé

Leia mais

Relação do Corpo Docente do Curso Superior de Tecnologia em Agroindústria

Relação do Corpo Docente do Curso Superior de Tecnologia em Agroindústria Relação do Corpo Docente do Curso Superior de Tecnologia em Agroindústria Professor Formação Titulação Amália Michelle Gomes Costa - em Ciência e Tecnologia de Alimentos (Universidade Federal de Viçosa,

Leia mais

Instituto de Desenvolvimento da Fruticultura e Agroindústria FRUTAL Av. Barão de Studart, 2360 - Sala 1305 - PABX: (85) 3246.8126 - Fortaleza-CE -

Instituto de Desenvolvimento da Fruticultura e Agroindústria FRUTAL Av. Barão de Studart, 2360 - Sala 1305 - PABX: (85) 3246.8126 - Fortaleza-CE - Regulamento Troféu Mérito da Fruticultura Cearense 2006 1. REGULAMENTO 1.1 PARTICIPAÇÃO: Poderão concorrer nas categorias: INSTITUIÇÃO, POLÍTICO, PRODUTOR E ORGANIZAÇÃO DE PRODUTORES, empresas e instituições,

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DE APOIO À REALIZAÇÃO DE EVENTOS

RELATÓRIO TÉCNICO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DE APOIO À REALIZAÇÃO DE EVENTOS RELATÓRIO TÉCNICO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DE APOIO À REALIZAÇÃO DE EVENTOS Intituição: Embrapa Cerrados / Centro de Pesquisa Agropecuária do Projeto: IV Reunião Técnica de Pesquisas em Maracujazeiro Responsável:

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONCESSÃO BPT 3 REGIÃO NORTE

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONCESSÃO BPT 3 REGIÃO NORTE UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONCESSÃO BPT 3 REGIÃO NORTE MESTRADO CLIMA E AMBIENTE (INPA - UEA) 4 4 27 5 0 22 27 100,00% 8 0 8 0,00% 40,91% MEDICINA TROPICAL 3 4 36 17 7 10 34 94,44% 6 3 9 11,76%

Leia mais

Implantação de unidades de observação para avaliação técnica de culturas de clima temperado e tropical no estado do Ceará Resumo

Implantação de unidades de observação para avaliação técnica de culturas de clima temperado e tropical no estado do Ceará Resumo Implantação de unidades de observação para avaliação técnica de culturas de clima temperado e tropical no estado do Ceará Resumo Os polos irrigados do Estado do Ceará são seis, conforme relacionados: Baixo

Leia mais

Atuação Internacional da Embrapa

Atuação Internacional da Embrapa Atuação Internacional da Embrapa Atuação Internacional Cooperação Científica Negócios Tecnológicos Cooperação Técnica Cooperação Científica Conhecimentos do Mundo Agricultura Brasileira Cooperação Científica

Leia mais

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO MARANHÃO-IESMA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO-UNISULMA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO MARANHÃO-IESMA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO-UNISULMA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO s INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO MARANHÃO-IESMA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO-UNISULMA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Especialização em Administração Rural e Agronegócios

Leia mais

Certificação garante produção integrada e alimento seguro

Certificação garante produção integrada e alimento seguro Política pública Certificação garante produção integrada e alimento seguro José Rozalvo Andrigueto e Adilson Reinaldo Kososki* Disponibilizar alimentos seguros para a população brasileira é tarefa que

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 19/6/2009, Seção 1, Pág. 28. Portaria n 589, publicada no D.O.U. de 19/6/2009, Seção 1, Pág. 23. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

Curso de MBA. Especialização em GESTÃO SUSTENTÁVEL DO AGRONEGÓCIO (COM ÊNFASE NO NOVO CÓDIGO FLORESTAL BRASILEIRO)

Curso de MBA. Especialização em GESTÃO SUSTENTÁVEL DO AGRONEGÓCIO (COM ÊNFASE NO NOVO CÓDIGO FLORESTAL BRASILEIRO) Curso de MBA Especialização em GESTÃO SUSTENTÁVEL DO AGRONEGÓCIO (COM ÊNFASE NO NOVO CÓDIGO FLORESTAL BRASILEIRO) 1 2 SUMÁRIO 4. FORMATO. 5. CONCEPÇÃO. 7. OBJETIVO. 7. PÚBLICO ALVO. 8. DIFERENCIAIS INOVADORES

Leia mais

TOTAL DE CANDIDATOS POR IES/CURSO

TOTAL DE CANDIDATOS POR IES/CURSO TOTAL DE CANDIDATOS POR IES/CURSO UF da IES Nome da IES Nome do Curso Qtd. Inscritos SP FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Ciência e Tecnologia ** 16.253 BA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Leia mais

Encontro Técnico do Programa Cozinha Brasil Brasília-DF, 6 de dezembro de 2011. Zeide Lúcia Gusmão zeide@dn.senai.br Coordenação Nacional do PAS

Encontro Técnico do Programa Cozinha Brasil Brasília-DF, 6 de dezembro de 2011. Zeide Lúcia Gusmão zeide@dn.senai.br Coordenação Nacional do PAS Encontro Técnico do Programa Cozinha Brasil Brasília-DF, 6 de dezembro de 2011 Zeide Lúcia Gusmão zeide@dn.senai.br Coordenação Nacional do PAS MANTENEDORES (Coordenação Nacional SENAI) ABNT ABIS AFREBRAS

Leia mais

Índice de Confiança do Agronegócio. Realização Parceiros Pesquisa

Índice de Confiança do Agronegócio. Realização Parceiros Pesquisa Índice de Confiança do Agronegócio Realização Parceiros Pesquisa Motivações Motivações Medir, trimestralmente, as expectativas dos diferentes agentes do agronegócio, como indústria de insumos, cooperativas,

Leia mais

PROGRAMAÇÃO - 4 de outubro (3ª feira)

PROGRAMAÇÃO - 4 de outubro (3ª feira) PROGRAMAÇÃO - 4 de outubro (3ª feira) Cerimônia de Abertura Horário: 8h30 Entrega da Programação Detalhada e Recepção aos Alunos Palavra do Diretor Geral da Fanor, Prof. Ms. Lourenço Rodrigues da Mata

Leia mais

Programas de Apoio à Exportação

Programas de Apoio à Exportação INTERCÂMBIO COMERCIAL BRASIL / MERCOSUL Programas de Apoio à Exportação ENCOMEX JARAGUÁ DO SUL Flávio Martins Pimentel Coordenação-Geral de Programas de Apoio à Exportação MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO,

Leia mais

CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL ANO 2015

CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL ANO 2015 CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL ANO 2015 Anderson José Costa Sena (Mestre) Regime de Trabalho: Tempo Integral Qualificação Profissional: Engenharia Elétrica Doutorando

Leia mais

MBA Gestão Estratégica do Agribusiness

MBA Gestão Estratégica do Agribusiness MBA Gestão Estratégica do Agribusiness Inscrições Abertas: Início das aulas: 24/08/2015 Término das aulas: 24/08/2016 Dias e horários das aulas: Segunda-Feira 18h30 às 22h30 Semanal Quarta-Feira 18h30

Leia mais

Pesquisa e desenvolvimento de tecnologias para modelos sustentáveis de agricultura.

Pesquisa e desenvolvimento de tecnologias para modelos sustentáveis de agricultura. FUNDAÇÃO MOKITI OKADA Mokiti Okada - CPMO Pesquisa e desenvolvimento de tecnologias para modelos sustentáveis de agricultura. Leandro de Almeida Amado Engenheiro Agrônomo, MSc Assistente Técnico Outubro

Leia mais

A contribuição dos Engenheiros para o Moderno Agronegócio Brasileiro

A contribuição dos Engenheiros para o Moderno Agronegócio Brasileiro A contribuição dos Engenheiros para o Moderno Agronegócio Brasileiro Robson Mafioletti Eng. Agr., MSc. Economia Aplicada - Diretor da AEAPR-Curitiba, Conselheiro Titular do CREA/PR Atua na Getec/Ocepar

Leia mais

brunocastro@prof.iesam-pa.edu.br http://lattes.cnpq.br/1897829604434609

brunocastro@prof.iesam-pa.edu.br http://lattes.cnpq.br/1897829604434609 CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE TELECOMUNICAÇÕES André Luis Silva Santana (Especialista) Regime de Trabalho: Área de Conhecimento: Arquitetura e Urbanismo. Qualificação Profissional: Arquitetura

Leia mais

FOLDER PRODUÇÃO INTEGRADA DE ARROZ IRRIGADO. Produção Integrada de Arroz Irrigado

FOLDER PRODUÇÃO INTEGRADA DE ARROZ IRRIGADO. Produção Integrada de Arroz Irrigado FOLDER PRODUÇÃO INTEGRADA DE ARROZ IRRIGADO Produção Integrada de Arroz Irrigado O que é a Produção Integrada de Arroz Irrigado? A Produção Integrada é definida como um sistema de produção agrícola de

Leia mais

CURSO DE ZOOTECNIA CARACTERIZAÇÃO DOS DOCENTES 1º.

CURSO DE ZOOTECNIA CARACTERIZAÇÃO DOS DOCENTES 1º. 1º. Período Introdução ao Cálculo 60 Luciana Alvarenga Santos Graduação em Engenharia Civil, Mestrado em Estruturas de Concreto. Química Geral 60 Nayara Penoni Graduação em Química e Mestrado em Agroquímica.

Leia mais

RESULTADO PRELIMINAR - ETAPA 3 CERTIFICAÇÃO DA CAPACIDADE TÉCNICA (AULA PRÁTICA) INTRUTORIA

RESULTADO PRELIMINAR - ETAPA 3 CERTIFICAÇÃO DA CAPACIDADE TÉCNICA (AULA PRÁTICA) INTRUTORIA SEBRAE/MA Edital de Credenciamento 01/2012 Comunicado de Credenciamento 001/2014 Credenciamento para Prestação de Serviços de Instrutoria e RESULTADO PRELIMINAR - ETAPA 3 CERTIFICAÇÃO DA CAPACIDADE TÉCNICA

Leia mais

FUNDAÇÃO BANCO DO BRASIL

FUNDAÇÃO BANCO DO BRASIL FUNDAÇÃO BANCO DO BRASIL Relatório Final da Comissão de Seleção 2014/017 PNHU OBJETO: Credenciamento de entidades para prestação de serviços à FUNDAÇÃO, relativos à Reaplicação e Integração das Tecnologias

Leia mais

O Papel da Petrobras Biocombustível no Futuro da Agroenergia Quais as Perspectivas?

O Papel da Petrobras Biocombustível no Futuro da Agroenergia Quais as Perspectivas? 6º Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas O Papel da Petrobras Biocombustível no Futuro da Agroenergia Quais as Perspectivas? Gustavo Menezes Gonçalves, D.Sc. Engenheiro Agrônomo, PBIO/DAGRI Gerência

Leia mais

O crédito rural do Pronaf e os recentes instrumentos de política agrícola para a agricultura familiar

O crédito rural do Pronaf e os recentes instrumentos de política agrícola para a agricultura familiar O crédito rural do Pronaf e os recentes instrumentos de política agrícola para a agricultura familiar Sidemar Presotto Nunes No início dos anos 90, que precedeu a criação do Pronaf, a agricultura brasileira

Leia mais

Governo do Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Departamento de Cooperativismo e Associativismo DENACOOP

Governo do Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Departamento de Cooperativismo e Associativismo DENACOOP Governo do Brasil Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Departamento de Cooperativismo e Associativismo DENACOOP Integração Contratual para Acesso a Mercado Rodolfo Osorio de Oliveira Coordenador

Leia mais

Diário Oficial Imprensa Nacional

Diário Oficial Imprensa Nacional Diário Oficial Imprensa Nacional.Nº 176 DOU 12/09/1 seção 1 p.28 REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL BRASÍLIA - DF MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 79, DE 11 DE SETEMBRO DE 201 Reconhece

Leia mais

SEBRAE RJ Edital de Credenciamento 01/2015. Comunicado 02 RESULTADO ETAPA HABILITAÇÃO PESSOAS JURÍDICAS E PROFISSIONAIS INDICADOS

SEBRAE RJ Edital de Credenciamento 01/2015. Comunicado 02 RESULTADO ETAPA HABILITAÇÃO PESSOAS JURÍDICAS E PROFISSIONAIS INDICADOS SEBRAE RJ Edital de Credenciamento 01/2015 Comunicado 02 RESULTADO ETAPA HABILITAÇÃO PESSOAS JURÍDICAS E PROFISSIONAIS INDICADOS Publicado em 27/05/2015 LEIA ATENTAMENTE AS INFORMAÇÕES ABAIXO: A aprovação

Leia mais

Curso: Pecege. Gestão de. Marketing. no Agronegócio

Curso: Pecege. Gestão de. Marketing. no Agronegócio Curso: Pecege Gestão de Marketing no Agronegócio Gestão de Marketing no Agronegócio Objetivo do Programa de Gestão de Marketing no Agronegócio O curso tem por objetivo capacitar gestores de empresas do

Leia mais

DIA 22/10/21014 - QUARTA-FEIRA

DIA 22/10/21014 - QUARTA-FEIRA DIA 22/10/21014 - QUARTA-FEIRA POLÍTICA E PARTICIPAÇÃO NO CONTEXTO DA DEMOCRACIA PALESTRANTE: Alfredo Johnson Rodriguez Doutor em Ciências Humanas - Sociologia e Política (2008), Mestre em Ciência Política

Leia mais

Palestras Scot Consultoria

Palestras Scot Consultoria Palestras Scot Consultoria índice palestras scot consultoria As melhores e mais fiéis informações de mercado vão até você temas 3 pecuária de corte e seus derivados temas 5 pecuária de leite e derivados

Leia mais

Desenvolvimento e Oportunidades da Agricultura Familiar. Marco Antonio Viana Leite Diretor PAC e Mais Alimentos

Desenvolvimento e Oportunidades da Agricultura Familiar. Marco Antonio Viana Leite Diretor PAC e Mais Alimentos Desenvolvimento e Oportunidades da Agricultura Familiar Marco Antonio Viana Leite Diretor PAC e Mais Alimentos Agricultura Familiar no Mundo São 500 milhões de estabelecimentos da agricultura familiar

Leia mais

Consultoria e Projetos Preparando o solo, aplicando Preparados Biodinâmicos, Produzindo as sementes e Colhendo Bons Frutos

Consultoria e Projetos Preparando o solo, aplicando Preparados Biodinâmicos, Produzindo as sementes e Colhendo Bons Frutos Consultoria e Projetos Preparando o solo, aplicando Preparados Biodinâmicos, Produzindo as sementes e Colhendo Bons Frutos Projeto MDA Ministério do Desenvolvimento Agrário Secretaria de Desenvolvimento

Leia mais

CORPO DOCENTE DO CURSO DE ARQUITETURA ANO - 2015

CORPO DOCENTE DO CURSO DE ARQUITETURA ANO - 2015 CORPO DOCENTE DO CURSO DE ARQUITETURA ANO - 2015 Alcyr de Morrisson Faria Neto (Graduado) Regime de Trabalho: Horista Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Pará (2001).

Leia mais

RELAÇÃO DE CREDENCIADAS

RELAÇÃO DE CREDENCIADAS RELAÇÃO DE CREDENCIADAS A3 CONSULTORIA E PROJETOS DE ENGENHARIA LTDA patricia@a3ambiental.com.br 79 4102-0215 Aracaju SE ABJ SERVIÇOS E CONSULTORIA LTDA ksevaristo@assiagro.com.br (62) 3246-4646 Aparecida

Leia mais

gica Thiago Renault thiagorenault@producao.uff.br

gica Thiago Renault thiagorenault@producao.uff.br Tema: Como incorporar técnicas t modernas de apoio à comercialização e como o modelo de incubação fomenta o surgimento de empresas de base tecnológica gica Thiago Renault thiagorenault@producao.uff.br

Leia mais

A transição Agroecológica da Cajucultura familiar no Município de Barreira, Ceará, Brasil.

A transição Agroecológica da Cajucultura familiar no Município de Barreira, Ceará, Brasil. A transição Agroecológica da Cajucultura familiar no Município de Barreira, Ceará, Brasil. GIRÃO, Enio G. Eng. Agrônomo, Embrapa Agroindústria Tropical, Fortaleza CE, enio@cnpat.embrapa.br; OLIVEIRA, Francyálisson

Leia mais

CORPO DOCENTE DO CURSO DE AGRONOMIA DO IFES CAMPUS SANTA TERESA

CORPO DOCENTE DO CURSO DE AGRONOMIA DO IFES CAMPUS SANTA TERESA SECRETARIA EDUCAÇÃO SUPERIOR INSTITUTO FERAL DO ESPÍRITO SANTO CORPO DOCENTE DO CURSO AGRONOMIA DO IFES DOCENTE ADRIANO GOLDNER COSTA ALBERTO CHAMBELA NETO ANANIAS OLIVEIRA LIMA ANTONIO ELIAS SOUZA DA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO DOUTORADO EM DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EM

Leia mais

A PRODUÇÃO INTEGRADA DE CITROS - PIC Brasil

A PRODUÇÃO INTEGRADA DE CITROS - PIC Brasil A PRODUÇÃO INTEGRADA DE CITROS - PIC Brasil Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico José Antonio Alberto da Silva Pesquisador Científico APTA-Colina Coordenador da PIC no Estado de

Leia mais

The basis of biosafety training in Brazil

The basis of biosafety training in Brazil Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Microbiologia, Imunologia e Parasitologia The basis of biosafety training in Brazil Edmundo C. Grisard, Ph.D. Universidade Federal de Santa Catarina

Leia mais

Propostas de Cursos Novos 149 a Reunião CTC/ES 9 a 13 de setembro de 2013

Propostas de Cursos Novos 149 a Reunião CTC/ES 9 a 13 de setembro de 2013 Ministério da Educação - MEC Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Capes Diretoria de Avaliação - DAV Coordenação Geral de Avaliação e Acompanhamento - CGAA Propostas de

Leia mais

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO MARANHÃO-IESMA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO-UNISULMA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO MARANHÃO-IESMA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO-UNISULMA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO MARANHÃO-IESMA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO-UNISULMA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Especialização em Logística Imperatriz - MA 2011 INFORMAÇÕES

Leia mais

Projeto. Das Roças e Florestas dos Povos e Comunidades Tradicionais e da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar

Projeto. Das Roças e Florestas dos Povos e Comunidades Tradicionais e da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar Projeto Das Roças e Florestas dos Povos e Comunidades Tradicionais e da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar Nutritivo para alimentação escolar Nutrição como Sustento e Sustentabilidade Nutrimento

Leia mais

Planejamento e Gestão Estratégica de Empreendimentos Rurais

Planejamento e Gestão Estratégica de Empreendimentos Rurais Planejamento e Gestão Estratégica de Empreendimentos Rurais A Importância do Entendimento na elaboração das diretrizes Estratégicas do Negócio Autores Frederico Fonseca Lopes (fflopes@markestrat.org):

Leia mais

SEBRAE BA Edital 01/2015 Credenciamento de Pessoas Jurídicas para Prestação de Serviços de Instrutoria e Consultoria.

SEBRAE BA Edital 01/2015 Credenciamento de Pessoas Jurídicas para Prestação de Serviços de Instrutoria e Consultoria. SEBRAE BA Edital 01/2015 Credenciamento de Pessoas Jurídicas para Prestação de Serviços de e Comunicado 02 RESULTADO ETAPA HABILITAÇÃO PESSOAS JURÍDICAS E PROFISSIONAIS INDICADOS Publicado em 16/11/2015

Leia mais

EXPLORAÇÃO DO CERRADO BRASILEIRO

EXPLORAÇÃO DO CERRADO BRASILEIRO EXPLORAÇÃO DO CERRADO BRASILEIRO CARACTERIZAÇÃO DO CERRADO BRASILEIRO É o maior bioma brasileiro depois da Amazônia, com aproximadamente 2 milhões de km² e está concentrado na região Centro Oeste do Brasil;

Leia mais

OBS: Há outra listagem com o resultado dos Profissionais Indicados e Profissionais Individuais. Consulte os arquivos no site www.egaion.com.br.

OBS: Há outra listagem com o resultado dos Profissionais Indicados e Profissionais Individuais. Consulte os arquivos no site www.egaion.com.br. SEBRAE AL Edital 01/ 2011 Credenciamento de Profissionais Individuais e Pessoas Jurídicas para Compor o Cadastro de Consultores e Instrutores do Sistema SEBRAE RESULTADO FINAL DA ETAPA 02 HABILITAÇÃO (Pessoa

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE S (ÁREA: GESTÃO) TECNÓLOGO SERIADO ANUAL - NOTURNO 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização:A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO

Leia mais

Estimular a competitividade do agronegócio paranaense.

Estimular a competitividade do agronegócio paranaense. 1 Ano de Referência 2013 Órgão Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento - SEAB Unidade Unidade de Gerenciamento dos Contratos de Gestão UGCG Sub Unidade Área de Desenvolvimento Econômico

Leia mais

Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil): Norma Técnica Específica da Produção Integrada do Café

Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil): Norma Técnica Específica da Produção Integrada do Café Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil): Norma Técnica Específica da Produção Integrada do Café Marcus Vinícius Martins M.Sc. em Agronomia Coordenador de Produção Integrada da Cadeia Agrícola Secretaria

Leia mais

SEBRAE AP - Edital 01/2012 Credenciamento de Pessoas Jurídicas para Prestação de Serviços de Instrutoria e Consultoria

SEBRAE AP - Edital 01/2012 Credenciamento de Pessoas Jurídicas para Prestação de Serviços de Instrutoria e Consultoria SEBRAE AP - Edital 01/2012 Credenciamento de Pessoas Jurídicas para Prestação de Serviços de Instrutoria e Consultoria 3ª ETAPA CERTIFICAÇÃO DA CAPACIDADE TÉCNICA RESULTADO DEFINITIVO AVALIAÇÃO DE CONHECINTOS

Leia mais

Empresa Ferramentas de Apoio a Inovação e Excelência. DATA: 23/06/05

Empresa Ferramentas de Apoio a Inovação e Excelência. DATA: 23/06/05 RELATÓRIO EIXO TEMÁTICO: Eixo dos Arranjos Produtivos Locais APL s - GRUPO DE TRABALHO 07: Oportunidades para Desenvolvimento Tecnológico na Empresa Ferramentas de Apoio a Inovação e Excelência. DATA:

Leia mais

3. A lista está organizada por Profissional Indicado pela Pessoa Jurídica (pág. 02 à 03) e Profissional Individual (pág. 04 à 11).

3. A lista está organizada por Profissional Indicado pela Pessoa Jurídica (pág. 02 à 03) e Profissional Individual (pág. 04 à 11). SEBRAE AL Edital 01/ 2011 Credenciamento de Profissionais Individuais e Pessoas Jurídicas para Compor o Cadastro de Consultores e Instrutores do Sistema SEBRAE RESULTADO DO PROCESSO DE CREDENCIAMENTO Publicado

Leia mais

DIAGNÓSTICO DA FISCALIZAÇÃO DE USO E COMÉRCIO DE AGROTÓXICOS NO BRASIL

DIAGNÓSTICO DA FISCALIZAÇÃO DE USO E COMÉRCIO DE AGROTÓXICOS NO BRASIL CGAA/DFIA/SDA/MAPA DIAGNÓSTICO DA FISCALIZAÇÃO DE USO E COMÉRCIO DE AGROTÓXICOS NO BRASIL Luís Eduardo Pacifici Rangel Coordenador Geral de Agrotóxicos e Afins odilson.silva@agricultura.gov.br Objetivos

Leia mais

Local: Pavilhão Soiti Taruma Centro de Treinamento Milton Alcover

Local: Pavilhão Soiti Taruma Centro de Treinamento Milton Alcover 2º RURAL TECNOSHOW 1º a 7 de outubro de 2007 01 de outubro - 2ª feira 9:30-9:45 Abertura Oficial do 2º Rural Tecnoshow Local: Pavilhão Soiti Taruma Centro de Treinamento Milton Alcover 9:45-10:45 Palestra:

Leia mais

RELAÇÃO CORPO DOCENTE IFMA/CAMPUS BURITICUPU

RELAÇÃO CORPO DOCENTE IFMA/CAMPUS BURITICUPU RELAÇÃO CORPO DOCENTE IFMA/ Nome Área Titulação Adão Nascimento Passos Matemática Licenciado em Ciências, MBA Executivo em Gestão Tecnológica e Inovação, Especialização em Fundamentos da Matemática, Mestre

Leia mais

Estratégia de fortalecimento dos Pequenos Negócios Maria Aparecida Bogado

Estratégia de fortalecimento dos Pequenos Negócios Maria Aparecida Bogado Estratégia de fortalecimento dos Pequenos Negócios Maria Aparecida Bogado Consultor Sebrae Nacional PARCERIAS MPOG - Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão/SLTI CONSAD Conselho Nacional de Secretários

Leia mais

Tabela de Cursos de Mestrado e Doutorado no Brasil

Tabela de Cursos de Mestrado e Doutorado no Brasil Tabela de Cursos de Mestrado e Doutorado no Brasil Universidade 1 Universidade Federal de UFRR Norte Agronomia http://www.posagro.ufrr.br/ 0 Roraima Desenvolvimento Regional da Amazônia http://www.necar.ufrr.br/index.php?

Leia mais

E-mail: Currículo lattes:

E-mail: Currículo lattes: CORPO DOCENTE DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO COM LINHAS ESPECÍFICAS EM AGRONEGÓCIOS E GESTÃO AMBIENTAL Adalberto Wolmer do Nascimento Silva (Especialista) Regime de Trabalho: Tempo Parcial Área de Conhecimento:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REITORIA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA RELAÇÃO DE CURSOS ATENDIDOS PELO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFC

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REITORIA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA RELAÇÃO DE CURSOS ATENDIDOS PELO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFC UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REITORIA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA RELAÇÃO DE CURSOS ATENDIDOS PELO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFC Biblioteca Curso de Graduação Curso de Pós-Graduação Biblioteca de Ciências

Leia mais

Treinamento RLM Corte Campo Grande MS

Treinamento RLM Corte Campo Grande MS Treinamento RLM Corte Campo Grande MS Data: 12 e 13 de novembro de 2015 Patrocínio Apoio Introdução Desenvolvido na Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" ESALQ, USP, Piracicaba, este software

Leia mais

Relação das VISAS Municipais (capitais)

Relação das VISAS Municipais (capitais) ACRE AC Edson Carneiro da Costa Filho Diretor AV. CEARÁ, 3188 - BAIRRO ABRÃO ALABI ABRÃO ALABI Rio Branco AC 69907-000 (68) 3226-2113 (68) 3213-2113 devisa@riobranco.ac.gov.br ALAGOAS - AL Ednaldo Balbino

Leia mais

Publicado em 14/05/2014

Publicado em 14/05/2014 SEBRAE/MA Edital de Credenciamento 01/2012 Comunicado de Credenciamento 001/2014 Credenciamento para Prestação de Serviços de Instrutoria e Consultoria DIVULGAÇÃO DO RESULTADO DA ETAPA 2 HABILITAÇÃO: RESULTADO

Leia mais

Sobre os Autores. Sobre os Autores DAMACENA CLÁUDIO

Sobre os Autores. Sobre os Autores DAMACENA CLÁUDIO Sobre os Autores CLÁUDIO DAMACENA É Doutor em Ciências Econômicas e Empresariais pela Universidade de Córdoba, Espanha. Professor do Mestrado em Administração e em Ciências Contábeis da Universidade do

Leia mais

VISAS CAPITAIS JULHO DE 2013. ARACAJÚ SE Atualizado em 23/07. BELÉM PA Atualizado em 10/07. BELO HORIZONTE MG Atualizado em 10/07

VISAS CAPITAIS JULHO DE 2013. ARACAJÚ SE Atualizado em 23/07. BELÉM PA Atualizado em 10/07. BELO HORIZONTE MG Atualizado em 10/07 VISAS CAPITAIS JULHO DE 2013 ARACAJÚ SE AVIO BATALHA DE BRITTO Coordenador de Vigilância Sanitária Municipal de Aracajú Rua Sergipe, nº 1310 - Bairro Siqueira Campos Aracaju SE CEP: 49075-540 TEL: (79)

Leia mais

Getulio de Assis Gurgel

Getulio de Assis Gurgel Getulio Av. Parque Águas Claras Qd. 105 Lt. 2495 Bl. B apt o 202. CEP: 71.930-000 Fone(s): +55(61) 8111-0373. getulio.gurgel@yahoo.com.br Informações Pessoais Pós Graduando em Avaliação de Flora e Fauna

Leia mais

Agropecuária Sustentável e Cooperativismo

Agropecuária Sustentável e Cooperativismo DEPARTAMENTO DE ASSOCIATIVISMO RURAL E COOPERATIVISMO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO AGROPECUÁRIO E COOPERATIVISMO/MAPA Agropecuária Sustentável e Cooperativismo IV SIMBRAS Porto Alegre, 1º de agosto de

Leia mais

GERED - ARARANGUÁ DISCIPLINA PARA INSCRIÇÃO PROVA HABILITAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA

GERED - ARARANGUÁ DISCIPLINA PARA INSCRIÇÃO PROVA HABILITAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA GERED - ARARANGUÁ PROVA DISCIPLINA PARA INSCRIÇÃO CÓDIGO CONTABILIDADE CONTABILIDADE 433 DIREITO DIREITO E LEGISLAÇÃO 453 AGRONEGÓCIO ASSOCIATIVISMO E COOPERATIVISMO SISTEMAS AGROALIMENTARES GESTAO III-

Leia mais

AÇÕES AGROECOLÓGICAS E DESENVOLVIMENTO RURAL: PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS NO ASSENTAMENTO PRIMEIRO DO SUL CAMPO DO MEIO, MG. Área Temática: Meio Ambiente

AÇÕES AGROECOLÓGICAS E DESENVOLVIMENTO RURAL: PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS NO ASSENTAMENTO PRIMEIRO DO SUL CAMPO DO MEIO, MG. Área Temática: Meio Ambiente AÇÕES AGROECOLÓGICAS E DESENVOLVIMENTO RURAL: PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS NO ASSENTAMENTO PRIMEIRO DO SUL CAMPO DO MEIO, MG Área Temática: Meio Ambiente Responsável pelo trabalho: Artur Leonardo Andrade Universidade

Leia mais

Etapas para a Certificação do Café: Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil) Norma Técnica Específica da Produção Integrada do Café

Etapas para a Certificação do Café: Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil) Norma Técnica Específica da Produção Integrada do Café Etapas para a Certificação do Café: Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil) Norma Técnica Específica da Produção Integrada do Café Marcus Vinícius Martins M.Sc. em Agronomia Fiscal Federal Agropecuária

Leia mais

Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014

Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014 Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014 EQUIPE TÉCNICA DO IPETURIS Coordenação: Mariana Nery Pesquisadores: César Melo Tamiris Martins Viviane Silva Suporte: Gerson

Leia mais

EMPRESA/INSTITUIÇÃO ENDEREÇO ÁREA DE ATUAÇÃO. Ciências Agrárias. Engenharia Civil. Ciências. Ciencias Agropecuarias. Ciências. Biológicas.

EMPRESA/INSTITUIÇÃO ENDEREÇO ÁREA DE ATUAÇÃO. Ciências Agrárias. Engenharia Civil. Ciências. Ciencias Agropecuarias. Ciências. Biológicas. LISTA DAS INSTITUIÇÕES CONVENIADAS PARA ESTÁGIO EXTERNO EMPRESA/INSTITUIÇÃO ENDEREÇO ÁREA DE ATUAÇÃO AECA Associação Est. De Rua: D. Pedro I, n 07 sala 402. Cooperação Agrícola Bairro: Centro - Rio de

Leia mais

NOME TITULAÇÃO QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL CARGO/FUNÇÃO

NOME TITULAÇÃO QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL CARGO/FUNÇÃO NOME TITULAÇÃO QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL CARGO/FUNÇÃO José Romualdo Degasperi Educação Reitor Ricardo Spindola Mariz Educação Pró-Reitor Adelaide dos Santos Figueiredo Luiz Síveres Antônio Pereira Lima

Leia mais

O PAS-LEITE Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Leite e Derivados

O PAS-LEITE Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Leite e Derivados O PAS-LEITE Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Leite e Derivados Brasília - DF, 21 de Fevereiro de 2013. Paschoal G. Robbs Consultor SEBRAE Grande Aliança MANTENEDORES SENA (Colombia) SINDIRAÇÕES ABIMA

Leia mais

Menu Dzetta. Alimento seguro é sempre um bom negócio! para que você atenda seus clientes com Segurança e Qualidade!

Menu Dzetta. Alimento seguro é sempre um bom negócio! para que você atenda seus clientes com Segurança e Qualidade! Menu Dzetta para que você atenda seus clientes com Segurança e Qualidade! Alimento seguro é sempre um bom negócio! Rua Miguel de Frias, 206/403 Icaraí Niterói RJ Cep: 24.220-004 Tel: 55 (21) 2620-7474

Leia mais

GERED - ARARANGUÁ PROVA DISCIPLINA PARA INSCRIÇÃO CÓDIGO HABILITAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA

GERED - ARARANGUÁ PROVA DISCIPLINA PARA INSCRIÇÃO CÓDIGO HABILITAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA GERED - ARARANGUÁ PROVA DISCIPLINA PARA INSCRIÇÃO CÓDIGO HABILITAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA CONTABILIDADE CONTABILIDADE 433 Habilitado - Diploma e Histórico Escolar de Curso Superior em Ciências Contábeis, Administração,

Leia mais

Biodiversidade, Agrobiodiversidade e Agroecologia

Biodiversidade, Agrobiodiversidade e Agroecologia Biodiversidade, Agrobiodiversidade e Agroecologia Hoje, um grande desafio para a agropecuária, principalmente em relação à inovação tecnológica, é a harmonização do setor produtivo com os princípios da

Leia mais

NOVA DIRETORIA Marco Aurelio Crocco Afonso

NOVA DIRETORIA Marco Aurelio Crocco Afonso Marco Aurelio Crocco Afonso Diretor-Presidente Bacharel em economia pela Universidade Federal de Minas Gerais, Mestre em Economia Industrial e da Tecnologia pela UFRJ e PhD em Economia pela Universidade

Leia mais