CM S TIRSO 2014/02/

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CM S TIRSO 2014/02/04 2013 1"

Transcrição

1 ENTIDADE LISTA DE ORDENS DE PAGAMENTO DATA ANO PAGINA CM S TIRSO 2014/02/ ORDEM DE PAGAMENTO ENTIDADE EMISSÃO AUTORIZAC PAGAMENTO Número Recibo T E Contrib. Nome Despacho/Delibração Data Valor Data Data Iliquido Liquido OBSERVAÇÕES 173 F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/01/ , /01/ /01/ , ,00 SUBSIDIO PARA GESTÃO REFEITORIOS ESCOLAS NEGRELOS ESCOLARES - DEZEMBRO/2012 DELIBERADO EM 21/10/12 ITEM 11.A) 595 F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/01/ , /01/ /02/ , ,00 SUBSIDIO P/FUNCIONAMENTO ESCOLAS NEGRELOS REFEITORIOS ESCOLARES, DELIBERADO EM 23/01/2013, ITEM 15) - JANEIRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/01/ , /01/ /02/ , ,00 SUBSIDIO P/PROLONGAMENTO DE HORARIO ESCOLAS NEGRELOS JARDIM INFANCIA. DELIB. 23/01/2013 ITEM F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/02/ , /02/ /03/ , ,80 SUBSIDIO ALIMENTAÇÃO 2013/2013 ESCOLAS NEGRELOS PRE-ESCOLAR E 1º CEB 2012/ NOVEMBRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/02/ , /03/ /03/ , ,00 SUBSIDIO P/PROLONGAMENTO DE HORARIO ESCOLAS NEGRELOS JARDIM INFANCIA. DELIB. 23/01/2013 ITEM 14 - FEVEREIRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/02/ , /03/ /03/ , ,00 SUBSIDIO P/FUNCIONAMENTO ESCOLAS NEGRELOS REFEITORIOS ESCOLARES, DELIBERADO EM 23/01/2013, ITEM 15) FEVEREIRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/02/ , /02/ /03/ , ,00 SUBSIDIO P/DESPESAS COM ESCOLAS NEGRELOS PROLONGAMENTO DE HORARIOS NOS JARDINS INFANCIA. DELIB. DE 26/09/2012, ITEM 5 - DEZEMBRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/02/ , /03/ /03/ , ,40 ADICIONAL AO REQUISIÇÃO 3569/ ESCOLAS NEGRELOS SUBSIDIO ALIMENTAÇÃO 2012/2013 EDUCAÇÃO PRE-ESCOLAR - 1º CEB - DEZEMBRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/03/ , /04/ /04/ , ,00 SUBSIDIO P/PROLONGAMENTO DE HORARIO ESCOLAS NEGRELOS JARDIM INFANCIA. DELIB. 23/01/2013 ITEM 14 - MARÇO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/03/ , /04/ /04/ , ,00 SUBSIDIO P/FUNCIONAMENTO ESCOLAS NEGRELOS REFEITORIOS ESCOLARES, DELIBERADO EM 23/01/2013, ITEM 15) - MARÇO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/03/ , /04/ /04/ , ,08 SUBSIDIO ALIMENTAÇÃO-EDUCAÇÃO ESCOLAS NEGRELOS PRE-ESCOLAR E COMPARTICIPAÇÃO DO CUSTO DAS REFEIÇÕES FORNECIDAS AS CRIANÇAS DO 1º CEB 2012/ JANEIRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/04/ , /04/ /04/ , ,21 SUBSIDIO ALIMENTAÇAO 2012/2013 ESCOLAS NEGRELOS EDUCAÇÃO PRE-ESCOLAR - 1º CEB - FEVEREIRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/04/ , /04/ /05/ , ,00 SUBSIDIO P/FUNCIONAMENTO ESCOLAS NEGRELOS REFEITORIOS ESCOLARES, DELIBERADO EM 23/01/2013, ITEM 15) MARÇO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/04/ , /04/ /05/ , ,00 SUBSIDIO P/PROLONGAMENTO DE HORARIO ESCOLAS NEGRELOS JARDIM INFANCIA. DELIB. 23/01/2013 ITEM 14 - ABRIL/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/04/ , /04/ /04/ , ,34 SUBSIDIO ALIMENTAÇAO 2012/ ESCOLAS NEGRELOS EDUCAÇÃO PRE-ESCOLAR E 1º CEB - MARÇO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/05/ , /06/ /06/ , ,00 SUBSIDIO P/PROLONGAMENTO DE HORARIO ESCOLAS NEGRELOS JARDIM INFANCIA. DELIB. 23/01/2013 ITEM 14 - MAIO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/05/ , /06/ /06/ , ,00 SUBSIDIO P/FUNCIONAMENTO ESCOLAS NEGRELOS REFEITORIOS ESCOLARES, DELIBERADO EM 23/01/2013, ITEM 15) MAIO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/05/ , /06/ /06/ , ,20 SUBSIDIO ALIMENTAÇAO 2012/ ESCOLAS NEGRELOS 1º CEB - ABRIL/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/06/ , /07/ /07/ , ,00 SUBSIDIO P/FUNCIONAMENTO ESCOLAS NEGRELOS A TRANSPORTAR , , ,03 REFEITORIOS ESCOLARES, DELIBERADO EM 23/01/2013, ITEM 15) JUNHO/2013

2 ENTIDADE LISTA DE ORDENS DE PAGAMENTO DATA ANO PAGINA CM S TIRSO 2014/02/ ORDEM DE PAGAMENTO ENTIDADE EMISSÃO AUTORIZAC PAGAMENTO Número Recibo T E Contrib. Nome Despacho/Delibração Data Valor Data Data Iliquido Liquido OBSERVAÇÕES TRANSPORTE , , F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/06/ , /07/ /07/ , ,00 SUBSIDIO P/PROLONGAMENTO DE HORARIO ESCOLAS NEGRELOS JARDIM INFANCIA. DELIB. 23/01/2013 ITEM 14 - JUNHO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/07/ , /07/ /07/ , ,00 SUBSIDIO P/FUNCIONAMENTO ESCOLAS NEGRELOS REFEITORIOS ESCOLARES, DELIBERADO EM 23/01/2013, ITEM 15) JULHO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/07/ , /08/ /08/ , ,00 SUBSIDIO P/PROLONGAMENTO DE HORARIO ESCOLAS NEGRELOS JARDIM INFANCIA. DELIB. 23/01/2013 ITEM 14 - JULHO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/07/ , /07/ /07/ , ,24 SUBSIDIO ALIMENTAÇAO 2012/ ESCOLAS NEGRELOS 1º CEB - MAIO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/07/ , /07/ /07/ , ,78 SUBSIDIO ALIMENTAÇÃO 2012/ ESCOLAS NEGRELOS EDUCAÇÃO PRE-ESCOLAR - ABRIL E MAIO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/08/ , /09/ /09/ , ,76 SUBSIDIO ALIMENTAÇAO 2012/ ESCOLAS NEGRELOS 1º CEB - JUNHO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/08/ , /09/ /09/ , ,00 SUBSIDIO P/PROLONGAMENTO DE HORARIO ESCOLAS NEGRELOS JARDIM INFANCIA. DELIB. 23/01/2013 ITEM 14 - AGOSTO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/08/ , /09/ /09/ , ,00 SUBSIDIO P/FUNCIONAMENTO ESCOLAS NEGRELOS REFEITORIOS ESCOLARES, DELIBERADO EM 23/01/2013, ITEM 15) - AGOSTO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/09/05 816, /09/ /09/12 816,87 816,87 SUBSIDIO ALIMENTAÇAO 2012/ ESCOLAS NEGRELOS 1º CEB - JULHO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/09/06 529, /09/ /09/11 529,98 529,98 SUBSIDIO ALIMENTAÇÃO 2012/ ESCOLAS NEGRELOS EDUCAÇÃO PRE-ESCOLAR - JULHO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/09/06 475, /09/ /09/12 475,71 475,71 SUBSIDIO ALIMENTAÇÃO 2012/ ESCOLAS NEGRELOS EDUCAÇÃO PRE-ESCOLAR - JUNHO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/09/ , /09/ /10/ , ,00 SUBSIDIO P/FUNCIONAMENTO ESCOLAS NEGRELOS REFEITORIOS ESCOLARES, DELIBERADO EM 23/01/2013, ITEM 15) - SETEMBRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/09/ , /10/ /10/ , ,00 SUBSIDIO P/PROLONGAMENTO DE HORARIO ESCOLAS NEGRELOS JARDIM INFANCIA. DELIB. 23/01/2013 ITEM 14 - SETEMBRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/10/ , /11/ /11/ , ,00 SUBSIDIO P/FUNCIONAMENTO ESCOLAS NEGRELOS REFEITORIOS ESCOLARES, DELIBERADO EM 23/01/2013, ITEM 15) - OUTUBRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/10/ , /11/ /11/ , ,00 SUBSIDIO P/PROLONGAMENTO DE HORARIO ESCOLAS NEGRELOS JARDIM INFANCIA. DELIB. 23/01/2013 ITEM 14 - OUTUBRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/11/01 936, /11/ /11/07 936,60 936,60 PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO COM ESCOLAS NEGRELOS ASSOCIAÇÃO DE PAIS NO AMBITO DA CELEBRAÇÃO DE CONTRATOS EMPREGO/INSERÇÃO, DELIB. REUNIÃO 23/09/2013, ITEM 8 - SETEMBRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/11/12 153, /11/ /11/20 153,30 153,30 SUBSIDIO ALIMENTAÇÃO 2013/ ESCOLAS NEGRELOS EDUCAÇÃO PRE-ESCOLAR - SETEMBRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/11/12 708, /11/ /11/20 708,10 708,10 SUBSIDIO ALIMENTAÇAO 2013/ ESCOLAS NEGRELOS 1º CEB - SETEMBRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/11/ , /12/ /12/ , ,34 PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO COM ESCOLAS NEGRELOS ASSOCIAÇÃO DE PAIS NO AMBITO DA CELEBRAÇÃO DE CONTRATOS EMPREGO/INSERÇÃO, DELIB. REUNIÃO 23/09/2013, ITEM 8 - OUTUBRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/11/ , /12/ /12/ , ,00 SUBSIDIO P/PROLONGAMENTO DE HORARIO ESCOLAS NEGRELOS JARDIM INFANCIA. DELIB. 23/01/2013 ITEM NOVEMBRO/2013 A TRANSPORTAR , , ,71

3 ENTIDADE LISTA DE ORDENS DE PAGAMENTO DATA ANO PAGINA CM S TIRSO 2014/02/ ORDEM DE PAGAMENTO ENTIDADE EMISSÃO AUTORIZAC PAGAMENTO Número Recibo T E Contrib. Nome Despacho/Delibração Data Valor Data Data Iliquido Liquido OBSERVAÇÕES TRANSPORTE , , F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/11/ , /12/ /12/ , ,00 SUBSIDIO P/FUNCIONAMENTO ESCOLAS NEGRELOS REFEITORIOS ESCOLARES, DELIBERADO EM 23/01/2013, ITEM 15) - NOVEMBRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/12/ , /12/ /12/ , ,00 SUBSIDIO P/PROLONGAMENTO DE HORARIO ESCOLAS NEGRELOS JARDIM INFANCIA. DELIB. 23/01/2013 ITEM DEZEMBRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/12/ , /12/ /12/ , ,00 SUBSIDIO P/FUNCIONAMENTO ESCOLAS NEGRELOS REFEITORIOS ESCOLARES, DELIBERADO EM 23/01/2013, ITEM 15) - DEZEMBRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/12/18 550, /12/ /12/26 550,42 550,42 SUBSIDIO ALIMENTAÇÃO 2013/ ESCOLAS NEGRELOS EDUCAÇÃO PRE-ESCOLAR - OUTUBRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/12/ , /12/ /12/ , ,78 0.SUBSIDIO ALIMENTAÇAO 2013/ ESCOLAS NEGRELOS 1º CEB - OUTUBRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/12/23 597, /12/ /12/30 597,57 597,57 SUBSIDIO ALIMENTAÇAO 2013/ ESCOLAS NEGRELOS EDUCAÇÃO PRE-ESCOLAR - NOVEMBRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/12/ , /12/ /12/ , ,73 SUBSIDIO ALIMENTAÇAO 2013/2014-1º ESCOLAS NEGRELOS CEB - NOVEMBRO/ F P APEN-ASSOCIAÇAO PAIS 2013/12/ , /12/ /12/ , ,56 PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO COM ESCOLAS NEGRELOS ASSOCIAÇÃO DE PAIS NO AMBITO DA CELEBRAÇÃO DE CONTRATOS EMPREGO/INSERÇÃO, DELIB. REUNIÃO 23/09/2013, ITEM 8 - NOVEMBRO/2013 TOTAL , , ,77

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

41

42

43

44

45

46

47

48

49

50

51

52

53

54

55

56

57

58

59

60

61

62

63

64

65

66

67

68

69

70

71

72

73

74

75

76

77

78

79

80

81

82

83

84

85

86

87

88

89

90

91

92

93

94

95

96

97

98

99

100

101

102

103

104

105

106

107

108

109

110

111

112

113

114

115

116

117

118

119

120

121

122

123

124

125

126

127

128

129

130

131

132

133

134

135

136

137

138

139

140

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA - PR

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA - PR JANEIRO 75 0 75 2 73 1440 0 1440 104 1336 7 0 7 5 2 119 0 119 1 118 293 0 293 11 282 225 0 225 5 220 2 0 2 0 2 116 0 116 4 112 Página 1 de 12 FEVEREIRO 73 0 73 2 71 1336 0 1336 385 951 2 0 2 2 0 118 0

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA - PR. Planilha Controle de Estoque - Materiais de Limpeza - 2013 ESTOQUE ANTERIOR

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA - PR. Planilha Controle de Estoque - Materiais de Limpeza - 2013 ESTOQUE ANTERIOR JANEIRO 20 0 20 1 19 13 0 13 0 13 0 5 5 0 5 16 0 16 1 15 17 0 17 0 17 5 0 5 2 3 20 0 20 2 18 107 0 107 5 102 59 0 59 1 58 23 0 23 1 22 215 0 215 7 208 60 0 60 1 59 5 0 5 0 5 5 0 5 1 4 Página 1 de 12 FEVEREIRO

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE APOIO À FAMÍLIA DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR DE S. JOÃO DA MADEIRA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE APOIO À FAMÍLIA DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR DE S. JOÃO DA MADEIRA REGULAMENTO DO PROGRAMA DE APOIO À FAMÍLIA DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR DE S. JOÃO DA MADEIRA Nota justificativa Foram ouvidas as entidades interessadas, nos termos do artigo 117.º do Código do Procedimento

Leia mais

REGULAMENTO DOS TRANSPORTES ESCOLARES

REGULAMENTO DOS TRANSPORTES ESCOLARES REGULAMENTO DOS TRANSPORTES ESCOLARES A Câmara Municipal de Alpiarça, com a criação do presente Regulamento, pretende definir e clarificar procedimentos no âmbito dos Transportes Escolares, nomeadamente

Leia mais

DIVISÃO DE EDUCAÇÃO, CULTURA E COESÃO SOCIAL SETOR SERVIÇOS EDUCATIVOS

DIVISÃO DE EDUCAÇÃO, CULTURA E COESÃO SOCIAL SETOR SERVIÇOS EDUCATIVOS DIVISÃO DE EDUCAÇÃO, CULTURA E COESÃO SOCIAL SETOR SERVIÇOS EDUCATIVOS EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR ANO LETIVO 2015/2016 I APRESENTAÇÃO A educação pré-escolar contribui de forma significativa para o desenvolvimento

Leia mais

Calendário Escolar. Jardim de Infância. Períodos Início Termo. Prof. António José Ganhão. Interrupções. Agrupamento de Escolas de Samora Correia

Calendário Escolar. Jardim de Infância. Períodos Início Termo. Prof. António José Ganhão. Interrupções. Agrupamento de Escolas de Samora Correia Calendário Escolar Períodos Início Termo 1º 14/09/2012 18/12/2012 Agrupamento de Escolas de Samora Correia Jardim de Infância Prof. António José Ganhão Avaliações: dias 19, 20 e 21 de Dezembro 2º 02/01/2013

Leia mais

NORMAS PARA A ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DAS ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO E APOIO À FAMÍLIA NA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR

NORMAS PARA A ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DAS ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO E APOIO À FAMÍLIA NA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR NORMAS PARA A ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DAS ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO E APOIO À FAMÍLIA NA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR Aprovação em Conselho Municipal de Educação 10 de março de 2015 Aprovação em Reunião de Câmara 25

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DE TRANSPORTES ESCOLARES. Preâmbulo

REGULAMENTO MUNICIPAL DE TRANSPORTES ESCOLARES. Preâmbulo REGULAMENTO MUNICIPAL DE TRANSPORTES ESCOLARES Preâmbulo A Lei n.º 159/99, de 14 de Setembro, estabelece o quadro de atribuições e competências das autarquias locais, relativamente à Educação, em especial

Leia mais

Capítulo 1 - Atividades de Animação e de Apoio à Família (AAAF)

Capítulo 1 - Atividades de Animação e de Apoio à Família (AAAF) Capítulo 1 - Atividades de Animação e de Apoio à Família (AAAF) Norma I Enquadramento Institucional A ABLA é uma IPSS e ONGD de inspiração cristã evangélica criada em 1984 por beneméritos alemães. A Associação

Leia mais

- Educação Pré-Escolar - Artigo 1º. (Natureza e Fins)

- Educação Pré-Escolar - Artigo 1º. (Natureza e Fins) ACÇÃO SOCIAL CASA DA CRIANÇA DE SOURE - Educação Pré-Escolar - REGULAMENTO Artigo 1º (Natureza e Fins) 1 - A Casa da Criança de Soure visa prestar, na área da Acção Social, um serviço adequado às Famílias

Leia mais

93858, 75,7 Km2. 2

93858,  75,7 Km2.  2 Ano letivo 2015/2016 Nota Introdutória O concelho de Valongo integra a Área Metropolitana do Porto, sendo limitado a Norte pelo município de Santo Tirso, a nordeste por Paços de Ferreira, a leste por Paredes,

Leia mais

Conselho Geral. Linhas orientadoras do planeamento e execução, pelo diretor, das atividades no domínio da ação social escolar para 2013/2014

Conselho Geral. Linhas orientadoras do planeamento e execução, pelo diretor, das atividades no domínio da ação social escolar para 2013/2014 Conselho Geral Linhas orientadoras do planeamento e execução, pelo diretor, das atividades no domínio da ação social escolar para 2013/2014 De acordo com a alínea i) do ponto 1 do artigo 13.º do decreto-lei

Leia mais

ACTA DA REU IÃO ORDI ÁRIA DA CÂMARA MU ICIPAL DE TRA COSO REALIZADA EM 8 DE OVEMBRO DE 2011.

ACTA DA REU IÃO ORDI ÁRIA DA CÂMARA MU ICIPAL DE TRA COSO REALIZADA EM 8 DE OVEMBRO DE 2011. ACTA DA REU IÃO ORDI ÁRIA DA CÂMARA MU ICIPAL DE TRA COSO REALIZADA EM 8 DE OVEMBRO DE 2011. *A1* Aos 8 dias do mês de Novembro do ano 2011, nesta Cidade de Trancoso e sala das sessões dos Paços do Município,

Leia mais

Presidente da Câmara. Vereadores. Acta n.º 15/Minuta. Reunião Ordinária, realizada em 09 0. de Agosto de 2007, pelas 16,00 horas.

Presidente da Câmara. Vereadores. Acta n.º 15/Minuta. Reunião Ordinária, realizada em 09 0. de Agosto de 2007, pelas 16,00 horas. Presidente da Câmara João Eduardo Dias Madeira Gouveia, Dr. Vereadores Carlos Manuel da Silva Páscoa, Dr. António José Martinho dos Santos Mota Aurindo Ribeiro Marques dos Santos, Eng.º Ana Maria dos Santos

Leia mais

FARMÁCIAS EM DISPONIBILIDADE

FARMÁCIAS EM DISPONIBILIDADE Concelho de OLHÃO - Mês de Janeiro de 2014 1/12 Concelho de OLHÃO - Mês de Fevereiro de 2014 2/12 Concelho de OLHÃO - Mês de Março de 2014 3/12 Concelho de OLHÃO - Mês de Abril de 2014 4/12 Concelho de

Leia mais

Nota Justificativa. Regulamento Municipal para os Serviços de Apoio à Família Prolongamento de Horário 1

Nota Justificativa. Regulamento Municipal para os Serviços de Apoio à Família Prolongamento de Horário 1 REGULAMENTO MUNICIPAL PARA AS ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO E DE APOIO À FAMÍLIA PROLONGAMENTO DE HORÁRIO NOS ESTABELECIMENTOS DE EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR DA REDE PÚBLICA DO CONCELHO DE OEIRAS Nota Justificativa

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO JARDIM DE INFÂNCIA

REGULAMENTO INTERNO JARDIM DE INFÂNCIA REGULAMENTO INTERNO JARDIM DE INFÂNCIA Abril 2014 Elaborado por: Aprovado por: Direção Data de elaboração: 26/03/2014 Edição: 01 Pág.: 2/ 14 Capítulo I Natureza e Missão Artigo 1º Missão Tendo como inspiração

Leia mais

REGULAMENTO de. do MUNICÍPIO DE VIZELA TRANSPORTES ESCOLARES MUNICÍPIO DE VIZELA

REGULAMENTO de. do MUNICÍPIO DE VIZELA TRANSPORTES ESCOLARES MUNICÍPIO DE VIZELA REGULAMENTO de TRANSPORTES ESCOLARES do MUNICÍPIO DE VIZELA MUNICÍPIO DE VIZELA ÍNDICE Preâmbulo 2 Artigo 1.º Lei habilitante 3 Artigo 2.º Princípios gerais 3 Artigo 3.º Âmbito 3 Artigo 4.º Organização

Leia mais

Regulamento de Transportes Escolares. Preâmbulo

Regulamento de Transportes Escolares. Preâmbulo Regulamento de Transportes Escolares Preâmbulo O presente regulamento tem por objectivo definir e clarificar procedimentos no âmbito dos Transportes Escolares, nomeadamente, no que concerne aos apoios

Leia mais

abla portugal 2012-2013 Jardim-de-Infância do Murtal

abla portugal 2012-2013 Jardim-de-Infância do Murtal abla portugal 2012-2013 Jardim-de-Infância do Murtal I Enquadramento Institucional A Associação de Beneficência Luso-Alemã é uma IPSS com sede no Junqueiro Carcavelos. Estabelecemos parceria com o Agrupamento

Leia mais

GUIA PRÁTICO APOIOS SOCIAIS CRIANÇAS E JOVENS

GUIA PRÁTICO APOIOS SOCIAIS CRIANÇAS E JOVENS Manual de GUIA PRÁTICO APOIOS SOCIAIS CRIANÇAS E JOVENS INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/13 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Apoios Sociais Crianças e Jovens (35

Leia mais

Despacho nº 9265-B/2013

Despacho nº 9265-B/2013 Regulamento Interno da Componente de Apoio à Família (CAF) dos Jardim-deinfância e das Escola Básica 1 (EB1) da União de Freguesias de Nogueiró e Tenões 444 Ano Letivo 2014/15 Enquadramento...Quando as

Leia mais

PROJETO DE REVISÃO DO

PROJETO DE REVISÃO DO PROJETO DE REVISÃO DO REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIOS DE ACÇÃO SOCIAL ESCOLAR Versão para consulta pública (Aprovada na Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Bragança de 14 de setembro de 2015) Considerando

Leia mais

Regulamento do Funcionamento Refeições do 1.º ciclo e Pré-Escolar e das Atividades de Animação e de Apoio à Família na Educação Pré-Escolar

Regulamento do Funcionamento Refeições do 1.º ciclo e Pré-Escolar e das Atividades de Animação e de Apoio à Família na Educação Pré-Escolar Regulamento do Funcionamento Refeições do 1.º ciclo e Pré-Escolar e das Atividades de Animação e de Apoio à Família na Educação Pré-Escolar A Educação está consagrada constitucionalmente como um direito

Leia mais

MANUAL: Transportes escolares

MANUAL: Transportes escolares MUNICÍPIO DE OEIRAS DECPC Divisão de Educação MANUAL: Transportes escolares Conforme o Plano de Atribuição de Auxílios Económicos no Âmbito da Ação Social Escolar, aprovado pela Assembleia Municipal em

Leia mais

Componente de Apoio à Família

Componente de Apoio à Família Capítulo 056 Componente de Apoio à Família MR.003.01.Vers.1.0.a Página 1 de 11 Conteúdo 1. Introdução... 3 2. Planeamento e organização... 3 3. Funcionamento... 4 3.1. Períodos da CAF... 4 3.2. Horários

Leia mais

Edição n.º 3 4 de fevereiro de 2015

Edição n.º 3 4 de fevereiro de 2015 ISSN 1646-7027 BOLETIM DE DELIBERAÇÕES E DESPACHOS Edição n.º 3 4 de fevereiro CÂMARA MUNICIPAL Pág. 5 CÂMARA MUNICIPAL DE LOURES DIRETOR: Presidente da Câmara Municipal de Loures, Dr. Bernardino José

Leia mais

Normas DE. Atividades de Animação e Apoio à Família e Componente de Apoio à Família. Estabelecimentos de Educação e Ensino da Freguesia de Benfica

Normas DE. Atividades de Animação e Apoio à Família e Componente de Apoio à Família. Estabelecimentos de Educação e Ensino da Freguesia de Benfica Normas DE FuNcioNamENto Atividades de Animação e Apoio à Família e Componente de Apoio à Família Estabelecimentos de Educação e Ensino da Freguesia de Benfica O presente documento apresenta-se como um

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES ORÇAMENTO

PLANO DE ATIVIDADES ORÇAMENTO CENTRO DE CULTURA E DESPORTO DO PESSOAL DO MUNICÍPIO DE CASCAIS PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO 2016 Índice 1. Introdução... 3 2. Eixos Estratégicos... 4 3. Objetivos Estratégicos... 5 4. Notas Finais...

Leia mais

Curso TÉCNICO EM HIDROLOGIA- turma 2014 Horário Mês de Fevereiro

Curso TÉCNICO EM HIDROLOGIA- turma 2014 Horário Mês de Fevereiro Curso TÉCNICO EM HIDROLOGIA- turma Horário Mês de Fevereiro 03 05 07 CARNAVAL 26 Curso TÉCNICO EM HIDROLOGIA turma Horário Mês de MARÇO 30 03 31 05 I I 26 I 07 Curso TÉCNICO EM HIDROLOGIA turma Horário

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DO JARDIM DE INFÂNCIA DO CCD

REGULAMENTO INTERNO DO JARDIM DE INFÂNCIA DO CCD REGULAMENTO INTERNO DO JARDIM DE INFÂNCIA DO CCD (CENTRO DE CULTURA E DESPORTO DO PESSOAL DO MUNICIPIO DE CASCAIS) REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO DO JARDIM DE INFÂNCIA DO CENTRO DE CULTURA E DESPORTO

Leia mais

MESTRADO EM QUALIDADE E SEGURANÇA ALIMENTAR EM RESTAURAÇÃO - ANO LECTIVO 2010/2011. Plano de aulas

MESTRADO EM QUALIDADE E SEGURANÇA ALIMENTAR EM RESTAURAÇÃO - ANO LECTIVO 2010/2011. Plano de aulas MESTRADO EM QUALIDADE E SEGURANÇA ALIMENTAR EM RESTAURAÇÃO ANO LECTIVO 2010/2011 Plano de aulas Gestão de Alimentos e 2 de Novembro a 20 de Dezembro Frequências 6 e 15 e 20 de Dezembro restauração 3 de

Leia mais

Medidas Ativas de Emprego: Estágios e Incentivos à Contratação

Medidas Ativas de Emprego: Estágios e Incentivos à Contratação Medidas Ativas de Emprego: Estágios e Incentivos à Contratação FEIRA DO EMPREENDEDOR 22-11-2012 Medidas Ativas de Emprego: Estágios e Apoios à Contratação Programa Estágios Port.92 Medida Estímulo 2012

Leia mais

BIBLIOTECA MUNICIPAL DA FIGUEIRA DA FOZ AGENDA DE ANIMAÇÃO CULTURAL. abril 2013 DIA 2

BIBLIOTECA MUNICIPAL DA FIGUEIRA DA FOZ AGENDA DE ANIMAÇÃO CULTURAL. abril 2013 DIA 2 BIBLIOTECA MUNICIPAL DA FIGUEIRA DA FOZ AGENDA DE ANIMAÇÃO CULTURAL abril 2013 DIA 2 COMEMORAÇÕES DO DIA INTERNACIONAL DO LIVRO INFANTIL ERA UMA VEZ!... ATELIER DE CONSTRUÇÃO DE HISTÓRIA No Dia Internacional

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL/JANEIRO 2009

RELATÓRIO MENSAL/JANEIRO 2009 RELATÓRIO MENSAL/JANEIRO 2009 DEMANDAS - JANEIRO/2009 FUNDEF 3 3 FUNDAÇÕES 3 1 4 ENTIDADE E ASSOCIAÇÕES 3 3 5 OUTROS 4 1 4 TOTAL 10 0 8 18 Recife, 03 de fevereiro de 2009. RELATÓRIO MENSAL/FEVEREIRO 2009

Leia mais

Revista de Imprensa. 10 - Jornal de Cascais, 10-02-2009, Educação e sensibilização ambiental para os alunos de Cascais

Revista de Imprensa. 10 - Jornal de Cascais, 10-02-2009, Educação e sensibilização ambiental para os alunos de Cascais Revista de Imprensa Agenda 21 1 - Jornal de Cascais, 10-02-2009, Educação e sensibilização ambiental para os alunos de Cascais 2 - Jornal da Costa do Sol, 05-02-2009, Ambiente de Cascais chegou a Seia

Leia mais

Plano de Ação Social e Transportes Escolares

Plano de Ação Social e Transportes Escolares Plano de Ação Social e Transportes Escolares O Plano de Ação Social e Transportes Escolares estabelece e enquadra os critérios e as condições de acesso e de atribuição dos apoios municipais, previstos

Leia mais

Plano Anual de Atividades CRECHE/JARDIM DE INFÂNCIA/CATL 2013-2014

Plano Anual de Atividades CRECHE/JARDIM DE INFÂNCIA/CATL 2013-2014 Fundação Centro Social de S. Pedro de, FCSR Plano Anual de Atividades CRECHE/JARDIM DE INFÂNCIA/CATL 2013-2014 Atividade Objetivos Recursos Calendarização Local Receção e acolhimento das crianças que vão

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CORONADO E CASTRO, TROFA GUIÃO AÇÃO SOCIAL ESCOLAR 2015/2016

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CORONADO E CASTRO, TROFA GUIÃO AÇÃO SOCIAL ESCOLAR 2015/2016 GUIÃO AÇÃO SOCIAL ESCOLAR 2015/2016 1 ÍNDICE Introdução... 3 Prazos... 3 1. Normas para a atribuição dos auxílios económicos... 3 1.1. O que preciso fazer para me candidatar?... 3 1.2. Situações excepcionais...

Leia mais

Horário das aulas: De 2.ª a 6.ª feira das 07:30 às 19:30.

Horário das aulas: De 2.ª a 6.ª feira das 07:30 às 19:30. 12º Não é permitido aos Pais e Encarregados de Educação contactarem pessoalmente, ou através do telefone e, docentes e/ou alunos, durante os tempos letivos. 13º Os serviços cobertos pela anuidade obrigatória

Leia mais

REGULAMENTO 2014/2015. 1.1 A frequência nas várias valências depende da prévia inscrição a efetuar pelos pais ou pessoas que as tenham a cargo.

REGULAMENTO 2014/2015. 1.1 A frequência nas várias valências depende da prévia inscrição a efetuar pelos pais ou pessoas que as tenham a cargo. REGULAMENTO 2014/2015 1- ADMISSÃO DE CRIANÇAS 1.1 A frequência nas várias valências depende da prévia inscrição a efetuar pelos pais ou pessoas que as tenham a cargo. 1.2 A instituição dispõe de 3 valências,

Leia mais

Diário da República, 2.ª série N.º 18 27 de janeiro de 2015 2635

Diário da República, 2.ª série N.º 18 27 de janeiro de 2015 2635 Diário da República, 2.ª série N.º 18 27 de janeiro de 2015 2635 Artigo 3.º Entrada em vigor A presente alteração ao Regulamento Municipal de Visitas de Estudo entra em vigor no dia útil seguinte ao da

Leia mais

Regime geral dos trabalhadores por conta de outrem

Regime geral dos trabalhadores por conta de outrem Gastos e operações com o pessoal Os recursos humanos implicam gastos: Remunerações fixas e/ou variáveis recebidas pelos trabalhadores vinculados à empresa por contrato individual de trabalho; Remunerações

Leia mais

TOTAL 3.554.784,06 308.220,87 TOTAL 171.546,68 ATIVO FINANCEIRO 3.554.784,06 308.220,87 PASSIVO FINANCEIRO 171.546,68

TOTAL 3.554.784,06 308.220,87 TOTAL 171.546,68 ATIVO FINANCEIRO 3.554.784,06 308.220,87 PASSIVO FINANCEIRO 171.546,68 PERIODO DE: Janeiro ATIVO CIRCULANTE 3.554.784,06 308.220,87 PASSIVO CIRCULANTE 171.546,68 Caixas e Equivalente 3.428.672,93 Obrig.Trab.Previd.a Pagar 225.818,56 Cred.Realiz.a Curto Prazo 126.111,13 Emprest.

Leia mais

Recursos Humanos Colocação das Equipas (2014/2015)

Recursos Humanos Colocação das Equipas (2014/2015) Recursos Humanos Colocação das Equipas (2014/2015) Protocolo Educação: Atividades de Enriquecimento Curricular (AEC 1.º Ciclo), Atividade de Animação de Apoio à Família (AAAF Préescolar), Ludobibliotecas

Leia mais

PORTAL EMPREGO. www.emprego2009.gov.pt

PORTAL EMPREGO. www.emprego2009.gov.pt PORTAL EMPREGO www.emprego2009.gov.pt A INICIATIVA EMPREGO 2009 I MANTER O EMPREGO 285 M II APOIAR OS JOVENS NO ACESSO AO EMPREGO 105 M III APOIAR O REGRESSO AO EMPREGO 137 M IV ALARGAR A PROTECÇÃO SOCIAL

Leia mais

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA - 2013/14. FUNCIONAMENTO: refeições, prolongamento horário, férias em movimento

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA - 2013/14. FUNCIONAMENTO: refeições, prolongamento horário, férias em movimento COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA - 2013/14 FUNCIONAMENTO: refeições, prolongamento horário, férias em movimento Objeto e âmbito de aplicação O presente documento visa regular o funcionamento da Componente

Leia mais

Rua da Rainha, nº 6 - Guimarães 4800 248 GUIMARÃES

Rua da Rainha, nº 6 - Guimarães 4800 248 GUIMARÃES CENTRO PASTORAL D. ANTÓNIO BENTO MARTINS JUNIOR REGULAMENTO INTERNO CENTRO DE ACTIVIDADES TEMPOS LIVRES Rua da Rainha, nº 6 - Guimarães 4800 248 GUIMARÃES Telefone 253 416 144 / Fax 253 416 113 E-mail:

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Samora Correia 2011/2012

Agrupamento de Escolas de Samora Correia 2011/2012 Plano Anual de Actividades Jardins de Infância Organização do Ambiente Educativo e espaços comuns. (de 4 a 09-09-2011) Cada educadora prepara a sua sala Organizar o Ambiente Educativo educadoras. Observação

Leia mais

Registo da Frequência Mensal de Utentes Via WEB

Registo da Frequência Mensal de Utentes Via WEB Registo da Frequência Mensal de Utentes Via WEB Registo da Frequência mensal de Utentes Via Web Com efeitos a janeiro de 2013, será descontinuada a utilização da solução informática de contingência, em

Leia mais

DECPC Divisão de Educação

DECPC Divisão de Educação Conforme o Regulamento Municipal para as Atividades de Animação e Apoio à Família Prolongamento de Horário, aprovado na reunião de Câmara de 16 de julho de 2014 1/9 Índice 1. Enquadramento Legal... 3 2.

Leia mais

GUIA DE PROCEDIMENTOS SERVIÇOS DE APOIO À FAMÍLIA

GUIA DE PROCEDIMENTOS SERVIÇOS DE APOIO À FAMÍLIA MUNICÍPIO DA FIGUEIRA DA FOZ Câmara Municipal GUIA DE PROCEDIMENTOS SERVIÇOS DE APOIO À FAMÍLIA SERVIÇO DE REFEIÇÕES ESCOLARES NAS ESCOLAS DO 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO DA REDE PÚBLICA DO MUNICÍPIO DA FIGUEIRA

Leia mais

Município de Gouveia. Programa de apoio à criação de emprego no Concelho de Gouveia

Município de Gouveia. Programa de apoio à criação de emprego no Concelho de Gouveia Programa de apoio à criação de emprego no Concelho de Gouveia (Regulamento) Preâmbulo A promoção do desenvolvimento económico no Concelho de Gouveia está intimamente ligada à implementação de medidas de

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE A DIRECÇÃO REGIONAL DE PLANEAMENTO E RECURSOS EDUCATIVOS E O SERVIÇO DE SAÚDE DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA, E.P.E.

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE A DIRECÇÃO REGIONAL DE PLANEAMENTO E RECURSOS EDUCATIVOS E O SERVIÇO DE SAÚDE DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA, E.P.E. PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE A DIRECÇÃO REGIONAL DE PLANEAMENTO E RECURSOS EDUCATIVOS E O SERVIÇO DE SAÚDE DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA, E.P.E. Considerando que incumbe ao Serviço de Saúde da Região

Leia mais

NEWSLETTER Fevereiro 2014 SEGURANÇA SOCIAL 2014

NEWSLETTER Fevereiro 2014 SEGURANÇA SOCIAL 2014 NEWSLETTER Fevereiro 2014 SEGURANÇA SOCIAL 2014 SEGURANÇA SOCIAL 2014 Índice 1. INTRODUÇÃO 3 2. ALTERAÇÕES SEGURANÇA SOCIAL 4 3. BASES DE INCIDÊNCIA 6 3 1. Introdução Com a entrada em vigor da Lei do Orçamento

Leia mais

CALENDÁRIO ANUAL DE FESTAS E CELEBRAÇÕES

CALENDÁRIO ANUAL DE FESTAS E CELEBRAÇÕES CALENDÁRIO ANUAL DE FESTAS E CELEBRAÇÕES 2010 2020 Observação: Este calendário de festas e celebrações elaborado a partir do calendário judaico deve ser considerado um guia geral. O calendário de cultos

Leia mais

Fls. 1. Departamento de Administração Geral tel.: 351 253 421200 fax: 351 253 515134 e-mail: geral@cm-guimaraes.pt

Fls. 1. Departamento de Administração Geral tel.: 351 253 421200 fax: 351 253 515134 e-mail: geral@cm-guimaraes.pt Fls. 1 EDITAL ANTÓNIO MAGALHÃES, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE GUIMARÃES, FAZ SABER, em cumprimento do disposto no art.º 91.º da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro, alterada e republicada pela Lei 5-A/2002,

Leia mais

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA/ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO E DE APOIO À FAMILIA - 2015/16

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA/ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO E DE APOIO À FAMILIA - 2015/16 COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA/ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO E DE APOIO À FAMILIA - 2015/16 FUNCIONAMENTO: refeições, prolongamento horário, férias divertidas Objeto e âmbito de aplicação O presente documento

Leia mais

Ofício nº 01/2012 Comissão Eleitoral/CEDCA/PR Curitiba, 27 de abril de 2012. Senhor Presidente,

Ofício nº 01/2012 Comissão Eleitoral/CEDCA/PR Curitiba, 27 de abril de 2012. Senhor Presidente, Ofício nº 01/2012 Comissão Eleitoral/CEDCA/PR Curitiba, 27 de abril de 2012. Ref.: Resposta ao Protocolado sob nº 11.496.419-0 Em atenção ao recurso solicitando a abertura de prazo para entrega de documentos

Leia mais

Curso TÉCNICO EM AQUICULTURA Horário Mês de Fevereiro SEGUNDA-FEIRA TERÇA-FEIRA QUARTA-FEIRA QUINTA-FEIRA SEXTA-FEIRA SÁBADO 02 03 04 05 06 07

Curso TÉCNICO EM AQUICULTURA Horário Mês de Fevereiro SEGUNDA-FEIRA TERÇA-FEIRA QUARTA-FEIRA QUINTA-FEIRA SEXTA-FEIRA SÁBADO 02 03 04 05 06 07 Horário Mês de Fevereiro 03 05 CARNAVAL / / Horário Mês de MARÇO 03 31 05 / / / / / / / / Horário Mês de ABRIL TIRADENTES 08 QUINTA-FEIRA SANTA / / / / 03 SEXTA-FEIRA SANTA / / Horário Mês de MAIO 05 Estevão/

Leia mais

1.1.1.1. Objectivo Especifico Garantir que os alunos de 1.º e 2.º Ciclo assistam a acções de prevenção primária da toxicodependência.

1.1.1.1. Objectivo Especifico Garantir que os alunos de 1.º e 2.º Ciclo assistam a acções de prevenção primária da toxicodependência. Conselho Local de Acção Social de de Ourique Cuba Plano de Acção 2008 - Rede Social Programação Anual. Prioridade Promover a melhoria das condições de vida das crianças, dos idosos e das famílias através

Leia mais

ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO E APOIO À FAMÍLIA (AAAF) CAPITULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. Artigo 93.º/E

ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO E APOIO À FAMÍLIA (AAAF) CAPITULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. Artigo 93.º/E ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO E APOIO À FAMÍLIA (AAAF) CAPITULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 93.º/E Âmbito O presente Título destina-se a regular o funcionamento dos serviços de atividades de animação e apoio

Leia mais

Plano de Ação Social e Transportes Escolares

Plano de Ação Social e Transportes Escolares Plano de Ação Social e Transportes Escolares O Plano de Ação Social e Transportes Escolares estabelece e enquadra os critérios e as condições de acesso e de atribuição dos apoios municipais, previstos

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DO JARDIM DE INFÂNCIA INDICE

REGULAMENTO INTERNO DO JARDIM DE INFÂNCIA INDICE REGULAMENTO INTERNO DO JARDIM DE INFÂNCIA INDICE Introdução 2 Capitulo I Descrição, Inscrição e Condições Admissão/Matrícula 5 Descrição e Localização Inscrição Condições de Admissão/Matrícula Capitulo

Leia mais

PROGRAMA DE AÇÃO 2015. Respostas sociais: O GAS-SVP define, para 2015, como objectivos gerais:

PROGRAMA DE AÇÃO 2015. Respostas sociais: O GAS-SVP define, para 2015, como objectivos gerais: PROGRAMA AÇÃO 2015 O GAS-SVP define, para 2015, como objectivos gerais: - Preservar a identidade da Instituição, de modo especial no que respeita a sua preferencial ação junto das pessoas, famílias e grupos

Leia mais

Regulamento Interno do Jardim-de-Infância Santa Casa da Misericórdia de Aveiro

Regulamento Interno do Jardim-de-Infância Santa Casa da Misericórdia de Aveiro Regulamento Interno do Jardim-de-Infância Santa Casa da Misericórdia de Aveiro Centro de Educação de Infância Casa da Cruz Rua Bento Moura, nº 14 Esgueira 3800-114 Aveiro Índice Capítulo I - Disposições

Leia mais

Regulamento Creche e Jardim de Infância

Regulamento Creche e Jardim de Infância Regulamento Creche e Jardim de Infância 2012/2013 CASA PASTORINHOS DE FÁTIMA Rua das Janelas Verdes, 11-1200-690 Lisboa Tel.: 21 396 11 24 Fax.: 21 395 27 52 apsov@hotmail.com Assistência Paroquial de

Leia mais

ÍNDICE. 1 - Disposições Gerais...3. 2 - Ensino Básico...4. 3 - Ensino Secundário...4. 4 - Alunos com Necessidades Educativas Especiais...

ÍNDICE. 1 - Disposições Gerais...3. 2 - Ensino Básico...4. 3 - Ensino Secundário...4. 4 - Alunos com Necessidades Educativas Especiais... MUNICÍPIO DE VILA FRANCA DE XIRA NORMAS DE PROCEDIMENTO DE CANDIDATURA AO SUBSÍDIO DE TRANSPORTE ÍNDICE 1 - Disposições Gerais...3 2 - Ensino Básico...4 3 - Ensino Secundário...4 4 - Alunos com Necessidades

Leia mais

REGULAMENTO DE APOIO A ACTIVIDADES DE INTERESSE MUNICIPAL PREÂMBULO

REGULAMENTO DE APOIO A ACTIVIDADES DE INTERESSE MUNICIPAL PREÂMBULO REGULAMENTO DE APOIO A ACTIVIDADES DE INTERESSE MUNICIPAL PREÂMBULO Atendendo a que a atribuição de apoios a entidades ou instituições que contribuam para o desenvolvimento do concelho de S. Pedro do Sul

Leia mais

REGULAMENTO DAS VISITAS DE ESTUDO

REGULAMENTO DAS VISITAS DE ESTUDO DGEstE - Direção-Geral de Estabelecimentos Escolares Direção de Serviços Região Alentejo Agrupamento de Escolas de Moura código n.º 135471 Escola Básica de Moura nº 1 (EB23) código n.º 342294 REGULAMENTO

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIOS DE ACÇÃO SOCIAL ESCOLAR

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIOS DE ACÇÃO SOCIAL ESCOLAR Município de Bragança REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIOS DE ACÇÃO SOCIAL ESCOLAR (Aprovado na quarta sessão ordinária da Assembleia Municipal de Bragança realizada em 07 de Setembro de 2009) Nota Justificativa

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO PARA A VALÊNCIA DE JARDIM DE INFÂNCIA NATUREZA E FINS. Art.º 1º

REGULAMENTO INTERNO PARA A VALÊNCIA DE JARDIM DE INFÂNCIA NATUREZA E FINS. Art.º 1º REGULAMENTO INTERNO PARA A VALÊNCIA DE JARDIM DE INFÂNCIA I NATUREZA E FINS Art.º 1º A Associação de Paralisia Cerebral de Évora, com sede na Avenida Diniz Miranda, 23 - Évora, é uma Instituição Particular

Leia mais

PROJETO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FREI JOÃO DE VILA DO CONDE

PROJETO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FREI JOÃO DE VILA DO CONDE PROJETO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FREI JOÃO DE VILA DO CONDE ÍNDICE 1. Introdução 2. O Agrupamento 2.1 População Escolar (número de alunos por estabelecimento de ensino) 2.2 Recursos Humanos

Leia mais

DELIBERAÇÕES DIVERSAS: --------------------------------------------------------------- 1 BRILHOVAN COMPRA E VENDA DE IMÓVEIS, LDA PEDIDOS DE LICENÇA

DELIBERAÇÕES DIVERSAS: --------------------------------------------------------------- 1 BRILHOVAN COMPRA E VENDA DE IMÓVEIS, LDA PEDIDOS DE LICENÇA DELIBERAÇÕES DIVERSAS: --------------------------------------------------------------- 1 BRILHOVAN COMPRA E VENDA DE IMÓVEIS, LDA PEDIDOS DE LICENÇA ESPECIAL DE RUIDO E DE PROLONGAMENTO DE HORÁRIO RATIFICAÇÃO.

Leia mais

7. EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR

7. EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR 7. EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR 7.1 ORGANIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR 7.1.1 PRINCÍPIOS GERAIS. BASE LEGISLATIVA DE REFERÊNCIA A educação pré-escolar é a primeira etapa da educação básica no processo de educação

Leia mais

Previsão Orçamentária

Previsão Orçamentária Previsão Orçamentária Planejamento e Qualidade Controlando os gastos de seu condomínio A previsão orçamentária é o instrumento mais importante na administração financeira e no planejamento de um empreendimento,

Leia mais

E N T I D A D E DOTAÇÕES INICIAIS P L A N O D E A C T I V I D A D E S M U N I C I P A L DO ANO 2015 CÂMARA MUNICIPAL DE MONTIJO

E N T I D A D E DOTAÇÕES INICIAIS P L A N O D E A C T I V I D A D E S M U N I C I P A L DO ANO 2015 CÂMARA MUNICIPAL DE MONTIJO PÁGINA : 1 2. FUNÇÕES SOCIAIS 294.765,04 66.575,50 1.451.453,00 1.451.453,00 1.812.793,54 2.1. EDUCAÇÃO 247.595,04 66.000,00 1.123.723,00 1.123.723,00 1.437.318,04 2.1.1. ENSINO NÃO SUPERIOR 247.595,04

Leia mais

Cemig Geração e Transmissão S.A. CNPJ 06.981.176/0001-58 NIRE 31300020550

Cemig Geração e Transmissão S.A. CNPJ 06.981.176/0001-58 NIRE 31300020550 Cemig Geração e Transmissão S.A. CNPJ 06.981.176/0001-58 NIRE 31300020550 ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA TERCEIRA EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA ESPÉCIE QUIROGRAFÁRIA,

Leia mais

EDITAL. 5- Os prazos para candidatura, selecção, seriação, matrícula, inscrição e reclamação são os fixados no anexo 1;

EDITAL. 5- Os prazos para candidatura, selecção, seriação, matrícula, inscrição e reclamação são os fixados no anexo 1; EDITAL 1- Faz-se público que está aberto concurso, de 3 de Julho a 19 de Setembro de 2008, para admissão ao Curso de Formação Especializada em Ensino da Língua Estrangeira (Inglês e Francês) na Educação

Leia mais

RELATÓRIO INSTRUMENTOS PREVISIONAIS VARZIM

RELATÓRIO INSTRUMENTOS PREVISIONAIS VARZIM 2012 RELATÓRIO INSTRUMENTOS PREVISIONAIS VARZIM LAZEREEM 1 - Introdução 2 - Análise dos Documentos Previsionais 2.1 - Plano Plurianual de Investimentos 2.2 - Orçamento Anual de Exploração 2.3 - Demonstração

Leia mais

REUNIÃO TÉCNICA SOBRE PRESTAÇÃO DE CONTAS DOS CONVÊNIOS RELATIVOS AO PROGRAMA DE BOLSAS UNIVERSITÁRIAS DE SANTA CATARINA UNIEDU

REUNIÃO TÉCNICA SOBRE PRESTAÇÃO DE CONTAS DOS CONVÊNIOS RELATIVOS AO PROGRAMA DE BOLSAS UNIVERSITÁRIAS DE SANTA CATARINA UNIEDU REUNIÃO TÉCNICA SOBRE PRESTAÇÃO DE CONTAS DOS CONVÊNIOS RELATIVOS AO PROGRAMA DE BOLSAS UNIVERSITÁRIAS DE SANTA CATARINA UNIEDU DIES/Junho/2015 Em razão das definições para repasses relativos aos convênios

Leia mais

Percentual de Reajuste: 12,98% Período de aplicação: 05/2014 a 04/2015

Percentual de Reajuste: 12,98% Período de aplicação: 05/2014 a 04/2015 A001 AMBULATORIAL+HOSPITALAR COM OBSTETRICIA - APARTAMENTO 705.115/99-8 NOVEMBRO/2014 A001 AMBULATORIAL+HOSPITALAR COM OBSTETRICIA - ENFERMARIA 705.114/99-0 NOVEMBRO/2014 A012 AMBULATORIAL+HOSPITALAR COM

Leia mais

REGULAMENTO MARÇO 2013

REGULAMENTO MARÇO 2013 PROGRAMA DE VOLUNTÁRIO E ESTAGIÁRIOS MUSEU NACIONAL DE HISTÓRIA NATURAL E DA CIÊNCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA REGULAMENTO MARÇO 2013 1 CONDIÇÕES GERAIS DE ADMISSÃO Voluntariado 1. Qualquer cidadão maior

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL

CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL João Teresa Ribeiro, Presidente da Câmara Municipal do Crato, em cumprimento do disposto no artigo 91.º da Lei n.º 169/99 de 18 de setembro, torna público que na 27.ª reunião

Leia mais

MUNICÍPIO DE SOURE CÂMARA MUNICIPAL. 9ª Reunião Ordinária, realizada no dia 12 de Maio de 2010, pelas 16h15. ACTA EM MINUTA

MUNICÍPIO DE SOURE CÂMARA MUNICIPAL. 9ª Reunião Ordinária, realizada no dia 12 de Maio de 2010, pelas 16h15. ACTA EM MINUTA MUNICÍPIO DE SOURE CÂMARA MUNICIPAL 9ª Reunião Ordinária, realizada no dia 12 de Maio de 2010, pelas 16h15. ACTA EM MINUTA A Câmara Municipal de Soure deliberou, nos termos do artigo 92.º da Lei n.º 169/99,

Leia mais

Boletim Municipal das Deliberações e Decisões. Ano XV - N.º 14 / 2014 15 de julho de 2014

Boletim Municipal das Deliberações e Decisões. Ano XV - N.º 14 / 2014 15 de julho de 2014 Ano XV - N.º 14 / 2014 15 de julho de 2014 FICHA TÉCNICA: Diretor: Presidente da Câmara Municipal de Odivelas, Dr.ª Susana de Fátima Carvalho Amador Propriedade e Edição: Câmara Municipal de Odivelas,

Leia mais

Pós-Graduação em Mercados Financeiros 2013/2014. 1º Semestre

Pós-Graduação em Mercados Financeiros 2013/2014. 1º Semestre Pós-Graduação em Mercados Financeiros 2013/2014 1º Semestre Novembro Dia 05 Dia 07 Dia 12 Dia 14 ------- Dia 19 Dia 21 Dia 26 Dia 28 Dezembro Dia 03 Dia 05 Dia 10 Dia 12 Dia 17 15 de dezembro de 2013 a

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 14 de abril de 2014. Série. Número 53

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 14 de abril de 2014. Série. Número 53 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 14 de abril de 2014 Série Sumário SECRETARIAS REGIONAIS DO PLANO E FINANÇAS E DOS ASSUNTOS SOCIAIS Portaria n.º 42/2014 Autoriza o Instituto de

Leia mais

FASES DO PROCESSO DE COMPRA E VENDA

FASES DO PROCESSO DE COMPRA E VENDA Liquidação Na fase da liquidação, o vendedor apura o montante que o comprador terá que suportar com a execução da encomenda. O apuramento do montante a pagar é calculado considerando o preço fixado e descontos

Leia mais

SOCIEDADE ESPÍRITA NOSSO LAR CALENDÁRIO DE ATIVIDADES 2011

SOCIEDADE ESPÍRITA NOSSO LAR CALENDÁRIO DE ATIVIDADES 2011 SOCIEDADE ESPÍRITA NOSSO LAR CALENDÁRIO DE ATIVIDADES 2011 Mês Feira Dia Horário Duração Local Atividade Promoção Participam Janeiro Terça 18 19h 1h Sede Reunião Elaboração Calendário 2011 Diretoria e

Leia mais

RESUMO FREGUESIA DE BENFICA. Ano :2012 (Unidade: EUR) Receitas Montante Despesas. Corrente... Capital... Outras Receitas... 0,00 3.432.

RESUMO FREGUESIA DE BENFICA. Ano :2012 (Unidade: EUR) Receitas Montante Despesas. Corrente... Capital... Outras Receitas... 0,00 3.432. RESUMO Ano :2012 Receitas Montante Despesas Montante Corrente... 4.349.118,00 Corrente... Capital... 2,00 Capital... Outras Receitas... 0,00 3.432.383,80 960.736,20 Total 4.349.120,00 Total 4.393.120,00

Leia mais

R E G I M E N T 0 R N E.B. 1/J.I. DE POMARES ESCOLA E.B. 1/J.I. DE POMARES REGIMENTO INTERNO 2013/2014

R E G I M E N T 0 R N E.B. 1/J.I. DE POMARES ESCOLA E.B. 1/J.I. DE POMARES REGIMENTO INTERNO 2013/2014 R E G I M E N T 0 I N T A E A R N O Cod. 152602 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MELGAÇO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE MELGAÇO E.B. 1/J.I. DE POMARES 1 INDICE ARTIGO 1...4 Identificação do Estabelecimento de

Leia mais

REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE AZAMBUJA

REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE AZAMBUJA MUNICÍPIO DE AZAMBUJA REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE AZAMBUJA Aprovado por deliberação da Assembleia Municipal de 19 de Abril de 2011. Publicado pelo Edital n.º 73/2011. Em vigor desde 27

Leia mais

MUNICÍPIO DA MURTOSA ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 07 DE MAIO DE 2015

MUNICÍPIO DA MURTOSA ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 07 DE MAIO DE 2015 1 Ata n.º 9/2015 MUNICÍPIO DA MURTOSA ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 07 DE MAIO DE 2015 --------No dia sete de maio de dois mil e quinze, nesta Vila da Murtosa, edifício dos Paços do Município e sala de reuniões

Leia mais

Protocolo de Acordo entre o Ministério da Educação e o Sindicato Nacional dos Professores do Ensino Secundário

Protocolo de Acordo entre o Ministério da Educação e o Sindicato Nacional dos Professores do Ensino Secundário Protocolo de Acordo entre o Ministério da Educação e o Sindicato Nacional dos Professores do Ensino Secundário Secundário reconhecem que a melhoria da educação e da qualificação dos Portugueses constitui

Leia mais

Normas de Ação Social Escolar para o Ano Letivo 2015/16

Normas de Ação Social Escolar para o Ano Letivo 2015/16 Normas de Ação Social Escolar para o Ano Letivo 2015/16 Fornecimento de Refeições Atividades de Animação de Apoio à Família (antigo Prolongamento de Horário) Apoio para Material e Livros Escolares Transportes

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 17 AGOSTO DE 2011

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 17 AGOSTO DE 2011 REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 17 AGOSTO DE 2011 A Câmara deliberou, por unanimidade, justificar a falta do Senhor Presidente e do Vereador Senhor Eng.º Sérgio Manuel

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE GUIMARÃES

REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE GUIMARÃES REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE GUIMARÃES (aprovado por deliberação de Câmara de 16 de junho de 2011 em conformidade com as orientações do Conselho Nacional para

Leia mais

Norma Portuguesa para Organizações Familiarmente Responsáveis BOAS PRÁTICAS DE ORGANIZAÇÕES FAMILIARMENTE RESPONSÁVEIS

Norma Portuguesa para Organizações Familiarmente Responsáveis BOAS PRÁTICAS DE ORGANIZAÇÕES FAMILIARMENTE RESPONSÁVEIS Norma Portuguesa para Organizações Familiarmente Responsáveis BOAS PRÁTICAS DE ORGANIZAÇÕES FAMILIARMENTE RESPONSÁVEIS ORGANIZAÇÕES FAMILIARMENTE RESPONSÁVEIS VIDA PLENA CONCILIAR AS VIDAS - Norma Portuguesa

Leia mais

COOPERATIVA DE ENSINO DE BENFICA, C.R.L. NORMAS DE FUNCIONAMENTO DA CEBE NO ANO LETIVO 2015/2016

COOPERATIVA DE ENSINO DE BENFICA, C.R.L. NORMAS DE FUNCIONAMENTO DA CEBE NO ANO LETIVO 2015/2016 NORMAS DE FUNCIONAMENTO DA CEBE NO ANO LETIVO 2015/2016 1. FREQUÊNCIA 1.1. A frequência da CEBE está condicionada a que um dos pais e/ou encarregado de educação da criança se tornem sócios da CEBE, para

Leia mais