Parte II. Usabilidade, Interatividade e Comunicabilidade na Web. Roteiro. z Usabilidade. z Interatividade. z Comunicabilidade. Conceitos Problemas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Parte II. Usabilidade, Interatividade e Comunicabilidade na Web. Roteiro. z Usabilidade. z Interatividade. z Comunicabilidade. Conceitos Problemas"

Transcrição

1 Parte II Usabilidade, Interatividade e Comunicabilidade na Web Roteiro z Usabilidade Conceitos Problemas z Interatividade Modelo teórico Técnicas e diretrizes z Comunicabilidade Modelo teórico Técnicas e diretrizes

2 Usabilidade z Qualidade que avalia a utilização de um sistema O que fazer? Como fazer? z Facilidade de Uso O usuário comete poucos erros durante a interação? z Facilidade de Aprendizado O usuário aprende rápido? O usuário memoriza o que aprendeu? z Produtividade O usuário faz suas tarefas com rapidez? z Flexibilidade A interface oferece alternativas de interação? z Satisfação O usuário gosta de utilizar o sistema? Usabilidade em Sistemas Web 2 TXH ID]HU" &RPR XVDU"

3 Problemas de Usabilidade exemplo 1 4XHUR OLYURV VREUH /HLWH (X QmR VRX GH SHUGHU WHPSR 9RX ID]HU XPD SHVTXLVD UiSLGD XVXiULR Problemas de Usabilidade exemplo 2 2 TXH VLJQLILFD HVWH UHVXOWDGR" (UD R TXH HX TXHULD"? XVXiULR

4 Problemas de Usabilidade exemplo 3 2 TXH VLJQLILFD HVWH UHVXOWDGR" (UD R TXH HX TXHULD" XVXiULR Exemplos de problemas de usabilidade z O sistema tem a informação ou serviço que eu preciso? z Onde posso encontrar a informação ou o serviço? z Como posso solicitar este serviço? Quais informações devo fornecer? z Qual foi o resultado? Era o que eu queria? z Para que serve este elemento? z O que significa esta figura? z Para onde leva este link?

5 Outros problemas que afetam a Usabilidade z Desempenho A página demora a carregar! O servidor não responde em tempo. A página demora a ser exibida! z Portabilidade Não é exibido corretamente neste browser! A linguagem script não funciona neste browser ou servidor. z Funcionamento Eu mandei os dados, mas o sistema processou errado! Exemplo de problema de funcionamento z Usuário fez uma busca sobre Patins

6 Como resolver os problemas de usabilidade? z Uso de modelos teóricos de IHC z Princípios, métodos e técnicas de design centrado no usuário z Técnicas de interação adequadas às tarefas e aos usuários z Tecnologias de interface apropriadas z Métodos e técnicas de avaliação da usabilidade Engenharia Cognitiva z Modelo de Norman [Norman, 1986] *ROIR GH $YDOLDomR percepção interpretação avaliação LQWHUDomR execução especificação da seqüência de ações formulação da intenção Comece por aqui *ROIR GH ([HFXomR

7 Exemplo do processo de interação percepção $SDUHFHX XPD QRYD WHOD FRP YiULRV QRPHV *ROIR GH $YDOLDomR interpretação 2V GDGRV DSUHVHQWDGRV FRUUHVSRQGHP j EXVFD TXH HX IL]" LQWHUDomR avaliação (QFRQWUHL DV LQIRUPDo}HV TXH HX TXHULD" &RPSOHWHL D WDUHID FRP VXFHVVR" 4XHUR FRPSUDU XP OLYUR VREUH /HLWH $WLYR ERWmR ³3URFXUDU 'LJLWR QRPH GR OLYUR HP ³QRPH GR OLYUR 6HOHFLRQR ³(QYLDU 'HYR VHOHFLRQDU R FRPDQGR GH ³EXVFD H HQWUDU FRP RV GDGRV TXH HX WHQKR 9RX ID]HU XPD FRQVXOWD XVDQGR R VHUYLoR GH EXVFD GR VLVWHPD execução especificação da seqüência de ações formulação da intenção Comece por aqui *ROIR GH ([HFXomR Design da Interação na Engenharia Cognitiva z Principais elementos da Interação Informação do domínio z Representações de objetos do domínio Funções da aplicação z Modificam os objetivos do domínio Comandos de função z Comandam as funções Interações Básicas z Ações que formam um comando Resultados de interação z Respostas do sistema

8 Informações do domínio: Conceito z Conjunto de informações típicas de um domínio de aplicação que são processadas pelo sistema z As informações do domínio pode ser: Informações textuais estáticas, armazenadas em páginas HTML Informações geradas dinamicamente Dados relacionais armazenados em bancos de dados Informações do domínio: Exemplos Categorias Dados Notícias

9 Informações do domínio: Diretrizes z Use o vocabulário do usuário z Categorize as informações adequadamente z Textos longos devem ser escritos por pessoas que saibam escrever bem z Dados devem ser modelados com técnicas de projetos de bancos de dados z Evite deixar as informações desatualizadas z Se as informações são dinâmicas notícias, cotações, etc. permita a recuperação futura. z Use técnicas de layout e estruturação para organizar as informações Funções da aplicação: Conceito z Determina quais são as funções da aplicação necessárias para as tarefas z Cada função determina um caso de uso z Opera sobre informações z Uma função pode ser usada em mais de uma tarefa z Uma tarefa pode precisar de mais de uma função

10 Funções da aplicação: Exemplo z O usuário quer comprar passagem, mas o sistema da VASP não oferece esta função Funções da aplicação são casos de uso z Casos de Uso Um caso de uso é uma descrição de uma seqüência de eventos que ocorre quando um ator (agente externo) usa um sistema para realizar uma tarefa [Jacobson 92] z Estrutura Nome do caso de uso Atores Fluxo de eventos Pré-condições Pós-condições Procurar livro Colocar na sacola Cancelar pedido Calcular Postagem Cadastrar livros Atualizar preços Sistema de vendas remotas Cliente Funcionário

11 Funções da aplicação: Usabilidade z Para diferentes tarefas, identifique o esforço de planejamento entre a meta do usuário e a função que o sistema oferece distância semântica [Hutchins, Holland & Norman, 1986] z Faça medições sobre o número de funções necessárias para cada tarefa z Verifique se a função retorna resultados adequados para o usuário z A função é flexível? Pode ser personalizada para casos específicos? Funções da aplicação: Diretrizes z As funções da aplicação devem ser derivadas do modelo de tarefas z Identifique no modelo de tarefas quais sub-tarefas são mais comuns a várias tarefas. Elas provavelmente serão funções da aplicação z As informações do domínio são dinâmicas? Identifique quais funções modificam as informações z O sistema armazena informações? Especifique funções para criar, ler, atualizar ou eliminar estas informações z Se a função não modifica um estado funcional do sistema, então ela não é uma função da aplicação

12 Comandos de função: Conceito z Um comando de função corresponde a um conjunto de interações básicas necessárias para controlar uma função da aplicação z Exemplos: Fornecer os dados em qualquer ordem Clique em enviar apenas após fornecer os dados Combinação de menus Comandos de função: Exemplo z Comando de busca

13 Comandos de função: Usabilidade z Verifique o número de erros durante as interações de um comando z Verifique se o usuário fornece todas as informações necessárias para o comando z Verifique se o número de interações básicas é excessivo Interações básicas: Conceito z Definem atividades básicas que o usuário realiza com os elementos de interface Clicar em botões ou links Visualizar ou ler uma informação Digitar dados Escolher informação z As interações básicas são utilizadas em comandos de função ou para navegação z Um comando é composto por interações básicas

14 Interações básicas: Exemplos Acionar Visualizar Digitar informação Escolher Informação Problemas de Usabilidade em Interações básicas z Um menu se sobrepõe ao outro z O usuário precisa clicar exatamente na seta dourada

15 Interações básicas: Usabilidade z O usuário tem dificuldade em clicar na área de um link ou widget? Teste o número de erros e acerto z O usuário precisa alternar muito entre digitação e teclado? z Verifique se o tipo e o tamanho do widget está adequado à informação que o usuário deve fornecer Resultados de interação: Conceito z Resultados de interação são as respostas que o sistema envia sobre comandos e interações básica. z Podem ser resultados de processamento de informações do domínio z Podem ser mensagens de erros, advertências, confirmações, etc.

16 Resultados de Interação: Exemplos z Resultado de uma busca: listagem de produtos z Aviso informando que um produto procurado não foi encontrado z Aviso informando que o usuário não preencheu todos os campo e um formulário Resultados de interação: Usabilidade z Existe feedback para todas as ações do usuário? z O usuário percebe cada resultado? z A mensagem de erro permite ao usuário voltar ao ponto para corrigir? z Existem mensagens de aviso para os dados que o sistema não pode processar?

17 Problemas de Comunicação 1RPH GR DXWRU RX WtWXOR" (QYLDU SDUD RQGH VH HX TXHUR EXVFDU" 2 TXH VLJQLILFD HVWH UHVXOWDGR" (UD R TXH HX TXHULD"? XVXiULR O designer precisa comunicar o modelo de de interação para para o usuário Engenharia Semiótica z Sistemas Computacionais são artefatos de metacomunicação [de Souza, 1993] z Designer envia para o usuário uma mensagem interativa e unidirecional z Semiótica: disciplina que estuda os signos e os processo de significação, codificação e comunicação 8VDQGR FDL[DV GH WH[WR HXPERWmRGH ³SURFXUDU HOH YDL FRQVHJXLU ID]HU D EXVFD (VWH IRUPXOiULR PH SHUPLWH ID]HU D EXVFD GR OLYUR SRU ³/HLWH GHVLJQHU XVXiULR

18 Signos em Interfaces Web Figuras Widgets Símbolos (índice) Cores Texto Símbolos (Marcas) Mensagens interativas exemplo (1) 4XHUR ID]HU XPD UHVHUYD GH SDVVDJHP DpUHD XVXiULR

19 Mensagens interativas exemplo (2) (X TXHUR ID]HU XPD FRQVXOWD H DLQGD QmR WHQKR UHVHUYD 9RX HVFROKHU D VHJXQGD Mensagens interativas exemplo (3) 2 TXH p LVWR" 2QGH HVWmR DV RSo}HV GH Y{R"

20 Mensagens interativas exemplo (4) ehvwhry{r TXH HX TXHUR &RPR GHYR HVFROKHU",K 0DV HVWi /27$'2 Comunicabilidade z O designer precisa comunicar ao usuário qual a sua solução para as necessidades dos usuários z Quais signos escolher? Quais códigos? z A comunicabilidade visa avaliar este processo metacomunicativo z [Prates, de Souza e Barbosa, 2000] desenvolveram um método para avaliação da comunicabilidade

21 Informações do domínio: Comunicabilidade z Diversas técnicas de Visualização da Informação podem ser empregadas Função da aplicação: Comunicabilidade z Exemplo de uma função mal comunicada Interpretação do usuário Compra para que já tem reserva Compra para quem ainda não tem reserva Significado real Compra de bilhete para uma data específica Compra de bilhete sem data específica tarifa total

22 Comandos de função: Comunicabilidade 1 z O layout da página ajuda ao usuário entender a seqüência de ações z Agrupamento, alinhamento, balanceamento, repetição, contraste e subordinação são técnicas de diagramação que orientam o usuário Ruim Boa Comandos de função: Comunicabilidade 2

23 Comandos de função: Diretrizes z Naturalidade: Organize a seqüência de interações da maneira mais natural para o usuário z Flexibilidade: Permita alternativas de interações para um mesmo comando z Não-modal: Permita ao usuário consultar outras informações durante o comando e depois retornar ao ponto onde estava z Perdão: permita ao usuário corrigir ou voltar atrás z Unidade: Procure colocar os comandos em um única janela. Se tiver mais de um comando na mesma janela, construa grupos separados Interações básicas: Comunicabilidade 1 z Problemas: z Usuário acha que é um menu. z Usuário não sabe se deve clicar ou não z Áreas de clicar muito pequena

24 Interações básicas: Comunicabilidade 2 z Problemas: z Botão tem como significado preferencial ativar comandos z Link deve ser usado para navegação Link usado para função Botão usado para navegação Interações básicas: Diretrizes z Escolha o objeto de interação adequado para a ação que o usuário deve fazer z Objeto adequado é aquele com o qual o usuário está familiarizado z Use rotulação para comunicar a ação que o usuário deve fazer

25 Resultados de interação: Comunicabilidade 1 Mensagem ruim Mensagem boa Resultados de interação: Comunicabilidade 2 z Deixando o usuário ciente do que está acontecendo

26 Resultados de interação: Comunicabilidade 3 z Resposta a uma senha digitada incorreta: o usuário não entende o vocabulário Resultados de interação: Diretrizes z Use o vocabulário do domínio do usuário. Evite termos técnicos. z Resultados devem fazer referências às informações passadas no comando. z Advertências e avisos deve ser colocados em primeiro plano para chamar a atenção do usuário. z Cores fortes e diferenciadas de outros elementos chamam atenção. Sons também podem ser utilizados. z Os resultados de função devem ser destacados de outros elementos da página (banners, menus,...).

Fundamentos de Design Web

Fundamentos de Design Web Fundamentos de Design Web Usabilidade, Interatividade e Comunicabilidade na Web Dimensões do sistema &RQFHLWXDO )XQFLRQDO,QWHUDomR &RPXQLFDomR Conceitual Modelo conceitual da aplicação. Funcional Funções

Leia mais

Teoria para IHC: Engenharia Semiótica

Teoria para IHC: Engenharia Semiótica Teoria para IHC: Engenharia Semiótica ERBASE EPOCA 2009 2010 Engenharia Semiótica: uma nova perspectiva A Engenharia Semiótica é uma abordagem para IHC na qual o design e a interação fazem parte de um

Leia mais

Sistema da Comissão Nacional de Residência Médica

Sistema da Comissão Nacional de Residência Médica Sistema da Comissão Nacional de Residência Médica APRESENTAÇÃO: Este Manual apresenta as telas que são utilizadas para a navegação no Sistema de Comissão Nacional de Residência Médica. Neste manual estão

Leia mais

Interação Humano-Computador Golfos e Execução e Avaliação PROFESSORA CINTIA CAETANO

Interação Humano-Computador Golfos e Execução e Avaliação PROFESSORA CINTIA CAETANO Interação Humano-Computador Golfos e Execução e Avaliação PROFESSORA CINTIA CAETANO Teoria de IHC Explicações e previsões fenômenos de interação entre usuário e o sistema. Na década de 80 as fundamentações

Leia mais

Interface Homem-Computador

Interface Homem-Computador Faculdade de Ciências e Tecnologia do Maranhão Interface Homem-Computador Aula: Engenharia Cognitiva e Semiótica Professor: M.Sc. Flávio Barros flathbarros@gmail.com Conteúdo Engenharia Cognitiva Fundamentos

Leia mais

Interação Humano-Computador Design: estrutura e estética PROFESSORA CINTIA CAETANO

Interação Humano-Computador Design: estrutura e estética PROFESSORA CINTIA CAETANO Interação Humano-Computador Design: estrutura e estética PROFESSORA CINTIA CAETANO Arte X Engenharia Desenvolver Sistema Web é arte? A Web oferece espaço para arte...... mas os usuários também desejam

Leia mais

Flex. MANUAL DE USO DA FERRAMENTA FLEX O Flex como gerenciador de conteúdo

Flex. MANUAL DE USO DA FERRAMENTA FLEX O Flex como gerenciador de conteúdo 2011 MANUAL DE USO DA FERRAMENTA FLEX O Flex como gerenciador de conteúdo Aprenda como é simples utilizar a ferramenta Flex como seu gerenciador de conteúdo online. Flex Desenvolvido pela ExpandWEB 31/01/2011

Leia mais

Manual do Usuário. E-DOC Peticionamento Eletrônico TST

Manual do Usuário. E-DOC Peticionamento Eletrônico TST E-DOC Peticionamento APRESENTAÇÃO O sistema E-DOC substituirá o atual sistema existente. Este sistema permitirá o controle de petições que utiliza certificado digital para autenticação de carga de documentos.

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SORE Sistema Online de Reservas de Equipamento. Toledo PR. Versão 2.0 - Atualização 26/01/2009 Depto de TI - FASUL Página 1

MANUAL DO USUÁRIO SORE Sistema Online de Reservas de Equipamento. Toledo PR. Versão 2.0 - Atualização 26/01/2009 Depto de TI - FASUL Página 1 MANUAL DO USUÁRIO SORE Sistema Online de Reservas de Equipamento Toledo PR Página 1 INDICE 1. O QUE É O SORE...3 2. COMO ACESSAR O SORE... 4 2.1. Obtendo um Usuário e Senha... 4 2.2. Acessando o SORE pelo

Leia mais

MANUAL DO ALUNO EAD 1

MANUAL DO ALUNO EAD 1 MANUAL DO ALUNO EAD 1 2 1. CADASTRAMENTO NO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Após navegar até o PORTAL DA SOLDASOFT (www.soldasoft.com.br), vá até o AMBIENTE DE APRENDIZAGEM (www.soldasoft.com.br/cursos).

Leia mais

Como criar e editar Blogs. Manual Básico do. Mario Roberto Barro Jerino Queiroz Ferreira Profª Drª Salete Linhares Queiroz

Como criar e editar Blogs. Manual Básico do. Mario Roberto Barro Jerino Queiroz Ferreira Profª Drª Salete Linhares Queiroz Como criar e editar Blogs Manual Básico do Mario Roberto Barro Jerino Queiroz Ferreira Profª Drª Salete Linhares Queiroz São Carlos Setembro / 2008 Sumário Introdução...3 Criando um Blog no Edublogs...4

Leia mais

Design de IHC Design da Comunicação Modelos de Interação

Design de IHC Design da Comunicação Modelos de Interação 1 Design de IHC Design da Comunicação Modelos de Interação INF1403 Introdução a IHC Luciana Salgado Representações e Aspectos de IHC Representações e Aspectos de IHC Representações e Aspectos de IHC Representações

Leia mais

MANUAL E DICAS ASSISTENTE VIRTUAL (AV) ADS DIGITAL (WWW.ADSDIGITAL.COM.BR) VERSÃO DO ASSISTENTE VIRTUAL: 1.3.1 POR

MANUAL E DICAS ASSISTENTE VIRTUAL (AV) ADS DIGITAL (WWW.ADSDIGITAL.COM.BR) VERSÃO DO ASSISTENTE VIRTUAL: 1.3.1 POR MANUAL E DICAS DO ASSISTENTE VIRTUAL (AV) POR ADS DIGITAL (WWW.ADSDIGITAL.COM.BR) VERSÃO DO ASSISTENTE VIRTUAL: 1.3.1 ÍNDICE Introdução...3 Requisitos e Restrições do Assistente...3 Diferenças da Versão

Leia mais

Manual do usuário (v 1.2.0) E-commerce

Manual do usuário (v 1.2.0) E-commerce Manual do usuário (v 1.2.0) E-commerce Sumário Acessando o sistema gerencial... 1 Enviando logomarca, banners e destaques... 1 Logomarca... 1 Destaques... 2 Banners... 3 Cadastrando produtos... 4 Embalagem...

Leia mais

Guia Rápido de Uso. Aqui seguem os tópicos tratados nesse guia, para que você aprenda a usar o Sistema HOT SMS. SUMÁRIO

Guia Rápido de Uso. Aqui seguem os tópicos tratados nesse guia, para que você aprenda a usar o Sistema HOT SMS. SUMÁRIO 1 Guia Rápido de Uso Aqui seguem os tópicos tratados nesse guia, para que você aprenda a usar o Sistema HOT SMS. SUMÁRIO 1 Acesso ao sistema...3 2 Entenda o Menu...4 3 Como enviar torpedos...6 3.1 Envio

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO Versão 1.0 2014 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE

Leia mais

A abordagem da Engenharia Semiótica para o desenvolvimento de software centrado no usuário

A abordagem da Engenharia Semiótica para o desenvolvimento de software centrado no usuário A abordagem da Engenharia Semiótica para o desenvolvimento de software centrado no usuário Jair Cavalcanti Leite Departamento de Informática e Matemática Aplicada Universidade Federal do Rio Grande do

Leia mais

Produto IV: ATU SAAP. Manual de Referência

Produto IV: ATU SAAP. Manual de Referência Produto IV: ATU SAAP Manual de Referência Pablo Nogueira Oliveira Termo de Referência nº 129275 Contrato Número 2008/000988 Brasília, 30 de outubro de 2008 1 Sistema de Apoio à Ativideade Parlamentar SAAP

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE PROGRAMAS. PROGRAMADOR Joel Victor. Introdução

ESPECIFICAÇÃO DE PROGRAMAS. PROGRAMADOR Joel Victor. Introdução Página 1 de 16 Introdução Documento para especificação de programa do Caso de Uso Manter Usuários. Além da descrição de programa o documento terá o diagrama de classes e o diagrama de sequência. Caso de

Leia mais

BEM-VINDO AO dhl PROVIEW

BEM-VINDO AO dhl PROVIEW BEM-VINDO AO dhl PROVIEW Guia de Usuário O DHL PROVIEW COLOCA VOCÊ NO CONTROLE DE SEUS ENVIOS. PROVIEW O DHL ProView é uma ferramenta de rastreamento on-line que permite o gerenciamento dos envios, a programação

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor

Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor Sumário Pré-requisitos para o Moodle... Entrar no Ambiente... Usuário ou senha esquecidos?... Meus cursos... Calendário... Atividades recentes...

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

Tutorial USERADM. Inserindo conteúdos no site

Tutorial USERADM. Inserindo conteúdos no site Tutorial USERADM Inserindo conteúdos no site Como acessar o Administrador de Conteúdos do site? 1. Primeiramente acesse o site de sua instituição, como exemplo vamos utilizar o site da Prefeitura de Aliança-TO,

Leia mais

AQUI SEGUEM OS TÓPICOS TRATADOS NESSE GUIA, PARA QUE VOCÊ APRENDA A USAR O SISTEMA CLUBE TURISMO MOBILE.

AQUI SEGUEM OS TÓPICOS TRATADOS NESSE GUIA, PARA QUE VOCÊ APRENDA A USAR O SISTEMA CLUBE TURISMO MOBILE. GUIA RÁPIDO DE USO AQUI SEGUEM OS TÓPICOS TRATADOS NESSE GUIA, PARA QUE VOCÊ APRENDA A USAR O SISTEMA CLUBE TURISMO MOBILE. 1 Acesso ao sistema...3 2 Entenda o Menu...3 2.1 Contatos...3 2.2 Mensagens...4

Leia mais

Instruções de trabalho

Instruções de trabalho Navegação Básica SAP R/3 - Versão 4.7 Instruções de trabalho Objetivo Use estas instruções de trabalho para aprender a navegação básica do sistema SAP R/3, versão 4.7. Procedimento Fazer Logon no Sistema

Leia mais

SERG 2014 SEMIOTIC ENGINEERING RESEARCH GROUP

SERG 2014 SEMIOTIC ENGINEERING RESEARCH GROUP Interação Humano-Computador Avaliação em IHC: Percurso Cognitivo www.inf.puc-rio.br/~inf1403 4 paradigmas para a avaliação de IHC 1. O rápido e rasteiro (que prima pela informalidade) 2. Os testes de usabilidade

Leia mais

BEM-VINDO AO dhl PROVIEW GUIA RÁPIDO DE USO

BEM-VINDO AO dhl PROVIEW GUIA RÁPIDO DE USO BEM-VINDO AO dhl PROVIEW GUIA RÁPIDO DE USO O DHL PROVIEW COLOCA VOCÊ NO CONTROLE DE SEUS ENVIOS. PROVIEW O DHL ProView é uma ferramenta de rastreamento on-line que permite a visibilidade dos envios e

Leia mais

SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS

SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS 5. PARTICIPANTES DA DISCIPLINA 6. ENVIAR MENSAGENS 7. PARTICIPAÇÃO NO FÓRUM 8.

Leia mais

Interface Homem- Computador

Interface Homem- Computador Interface Homem- Computador (IHC) Profª. Leticia Lopes Leite Software Educacional I Interface Deve ser entendida como sendo a parte de um sistema computacional com a qual uma pessoa entra em contato física,

Leia mais

CURSOS A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO

CURSOS A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO CURSOS A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO TUTORIAL PARA TUTORES PLATAFORMA MOODLE OURO PRETO 2014 1 SUMÁRIO 1. PRIMEIRO ACESSO À PLATAFORMA... 03 2. PLATAFORMA DO CURSO... 07 2.1 Barra de Navegação...

Leia mais

WF Processos. Manual de Instruções

WF Processos. Manual de Instruções WF Processos Manual de Instruções O WF Processos é um sistema simples e fácil de ser utilizado, contudo para ajudar os novos usuários a se familiarizarem com o sistema, criamos este manual. Recomendamos

Leia mais

MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO

MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO Diretoria de Vigilância Epidemiológica/SES/SC 2006 1 Módulo 04 - Exportação e Importação de Dados Manual do SINASC Módulo Exportador Importador Introdução O Sistema SINASC

Leia mais

PORTAL DE RELACIONAMENTO GROUP

PORTAL DE RELACIONAMENTO GROUP PORTAL DE RELACIONAMENTO GROUP MANUAL DO USUÁRIO Portal de Relacionamento - Manual do usuário... 1 SUMÁRIO 1. Informações gerais... 3 2. Sobre este documento... 3 3. Suporte técnico... 3 4. Visão Geral

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE INTRODUÇÃO O portal do Afrafep Saúde é um sistema WEB integrado ao sistema HEALTH*Tools. O site consiste em uma área onde os Usuários e a Rede Credenciada,

Leia mais

Guia Rápido de Uso. Aqui seguem os tópicos tratados nesse guia, para que você aprenda a usar o Sistema TORPEDO MOBILE. 1 Acesso ao sistema...

Guia Rápido de Uso. Aqui seguem os tópicos tratados nesse guia, para que você aprenda a usar o Sistema TORPEDO MOBILE. 1 Acesso ao sistema... Guia Rápido de Uso Aqui seguem os tópicos tratados nesse guia, para que você aprenda a usar o Sistema TORPEDO MOBILE 1 Acesso ao sistema... 2 2 Entenda o Menu...... 3 2.1 Contatos...... 3 2.2 Mensagens......

Leia mais

Análise de Requisitos

Análise de Requisitos Faculdade de Ciências Sociais de Aplicadas de Petrolina FACAPE Disciplina: Projeto de Sistemas Análise de Requisitos Profª. Cynara Carvalho cynaracarvalho@yahoo.com.br Análise de Requisitos O tratamento

Leia mais

II Torneio de Programação em LabVIEW

II Torneio de Programação em LabVIEW Desenvolvimento da Aplicação II Torneio de Programação em LabVIEW Seção I: Requisitos Gerais A aplicação submetida deverá atender, pelo menos, às exigências de funcionamento descritas na Seção II deste

Leia mais

Construtor de sites SoftPixel GUIA RÁPIDO - 1 -

Construtor de sites SoftPixel GUIA RÁPIDO - 1 - GUIA RÁPIDO - 1 - Sumário Introdução...3 Por que utilizar o Construtor de Sites?...3 Vantagens do Construtor de Sites...3 Conceitos básicos...3 Configuração básica do site...5 Definindo o layout/template

Leia mais

Manual do Painel Administrativo

Manual do Painel Administrativo Manual do Painel Administrativo versão 1.0 Autores César A Miggiolaro Marcos J Lazarin Índice Índice... 2 Figuras... 3 Inicio... 5 Funcionalidades... 7 Analytics... 9 Cidades... 9 Conteúdo... 10 Referência...

Leia mais

Plano de Aula - Dreamweaver CS6 - cód.5232 24 Horas/Aula

Plano de Aula - Dreamweaver CS6 - cód.5232 24 Horas/Aula Plano de Aula - Dreamweaver CS6 - cód.5232 24 Horas/Aula Aula 1 Capítulo 1 - Introdução ao Dreamweaver CS6 Aula 2 Continuação do Capítulo 1 - Introdução ao Dreamweaver CS6 Aula 3 Capítulo 2 - Site do Dreamweaver

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE PROGRAMAS. PROGRAMADOR Joel Victor. Introdução

ESPECIFICAÇÃO DE PROGRAMAS. PROGRAMADOR Joel Victor. Introdução Página 1 de 15 Introdução Documento para especificação de programa do Caso de Uso Manter Usuários. Além da descrição de programa o documento terá o diagrama de classes e o diagrama de sequência. Caso de

Leia mais

Casos de Uso - definições

Casos de Uso - definições Casos de Uso - definições Um caso de uso é uma descrição narrativa de uma seqüência de eventos que ocorre quando um ator (agente externo) usa um sistema para realizar uma tarefa [Jacobson 92] Um caso de

Leia mais

Centro de Computação - Unicamp Gerência de Atendimento ao Cliente (e-mail:apoio@turing.unicamp.br) Sumário

Centro de Computação - Unicamp Gerência de Atendimento ao Cliente (e-mail:apoio@turing.unicamp.br) Sumário Sumário Conceitos Microsoft Access 97... 01 Inicialização do Access... 02 Convertendo um Banco de Dados... 03 Criando uma Tabela... 06 Estrutura da Tabela... 07 Propriedades do Campo... 08 Chave Primária...

Leia mais

Para uma melhor compreensão das ferramentas disponíveis no ambiente, é importante:

Para uma melhor compreensão das ferramentas disponíveis no ambiente, é importante: Módulo A Introdutório - Bases legais, ao Curso políticas, e ao conceituais Ambiente Virtual e históricas da educação Apresentação Este módulo tem por objetivo promover o conhecimento do Ambiente Virtual

Leia mais

MANUAL DE SUPORTE. Controle de Suporte. Este manual descreve as funcionalidades do controle de suporte.

MANUAL DE SUPORTE. Controle de Suporte. Este manual descreve as funcionalidades do controle de suporte. MANUAL DE SUPORTE Controle de Suporte Este manual descreve as funcionalidades do controle de suporte. SUMÁRIO Considerações Iniciais... 3 Acesso... 4 Controle de Suporte... 5 1. Solicitação de Atendimento...

Leia mais

CARDS - Jogo Educativo na Internet para Ensino a Distância

CARDS - Jogo Educativo na Internet para Ensino a Distância CARDS - Jogo Educativo na Internet para Ensino a Distância 1 Introdução Bruno Astuto Arouche Nunes Sergio Barbosa Villas-Boas 1 Henrique Falleiros Tendo em vista que o processo de ensino, nos dias de hoje,

Leia mais

Tutorial do Sistema de Requerimentos On-line

Tutorial do Sistema de Requerimentos On-line Tutorial do Sistema de Requerimentos On-line Atenção: Os requerimentos de segunda oportunidade, matrícula em disciplina, rematrícula, matrícula em dependência e trabalhos orientados só poderão ser abertos

Leia mais

Estrutura e estética: Organização, layout, cores e tipos

Estrutura e estética: Organização, layout, cores e tipos Design Web Estrutura e estética: Organiação, layout, cores e tipos Apresentação: Estrutura e Estética Organiação Navegação Layout Cores e Tipografia! " Representação e Apresentação Representação Utiliar

Leia mais

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova.

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova. 3.5 Páginas: Ao clicar em Páginas, são exibidas todas as páginas criadas para o Blog. No nosso exemplo já existirá uma página com o Título Página de Exemplo, criada quando o WorPress foi instalado. Ao

Leia mais

Apresentação. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e sugestões! Atenciosamente, Equipe do Portal UNESC

Apresentação. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e sugestões! Atenciosamente, Equipe do Portal UNESC Sumário Apresentação... 1 1. Orientações Iniciais... 2 2. Recursos... 4 2.1 Rótulos... 4 2.2 Página de Texto Simples... 8 2.3 Página de Texto Formatado... 12 2.4 Site... 16 2.5 Arquivo... 21 2.6 Pasta

Leia mais

Avaliação de Usabilidade e Comunicabilidade Avaliação de interfaces de usuário

Avaliação de Usabilidade e Comunicabilidade Avaliação de interfaces de usuário Avaliação de Usabilidade e Comunicabilidade Avaliação de interfaces de usuário Objetivos - por que avaliar? Critérios - o que avaliar? Métodos e técnicas - como avaliar? Forma - quando e onde avaliar?

Leia mais

Microsoft Access XP Módulo Um

Microsoft Access XP Módulo Um Microsoft Access XP Módulo Um Neste primeiro módulo de aula do curso completo de Access XP vamos nos dedicar ao estudo de alguns termos relacionados com banco de dados e as principais novidades do novo

Leia mais

1998-2011 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2011 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas poderá ter

Leia mais

Cenários do CEL. Acessar ao sistema

Cenários do CEL. Acessar ao sistema Cenários do CEL Acessar ao sistema Permitir que o usuário acesse ao Sistema de Léxicos e Cenários nas seguintes condições: logando-se, quando já estiver cadastrado; ou incluindo usuário independente, quando

Leia mais

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Acesso para cadastramento da empresa 2 Caso já tenha se

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 Este tutorial não tem como finalidade esgotar todas as funcionalidades do Ambiente, ele aborda de forma prática

Leia mais

Manual Email marketing v.240215

Manual Email marketing v.240215 1º Passo Acessar a página www.marketing.vardigital.com.br e fazer login com os seguintes dados: Usuário: email@dominio Senha: var@emkt 2º Passo A página seguinte é o painel geral de administração, sendo

Leia mais

(FRQRPLDGD(GXFDomR. 3HGUR7HOKDGR3HUHLUD )UHTXrQFLD 'XUDomRPLQXWRV 7ySLFRVGHUHVROXomR

(FRQRPLDGD(GXFDomR. 3HGUR7HOKDGR3HUHLUD )UHTXrQFLD 'XUDomRPLQXWRV 7ySLFRVGHUHVROXomR (FRQRPLDGD(GXFDomR 3HGUR7HOKDGR3HUHLUD )UHTXrQFLD 'XUDomRPLQXWRV 7ySLFRVGHUHVROXomR Nome: Nº: $VUHVSRVWDVGHYHPVHUGDGDVQDIROKDGHHQXQFLDGR, 8PDGDVGHILQLo}HVGH(FRQRPLDp ³2HVWXGRGDIRUPDFRPRDVVRFLHGDGHVXWLOL]DPUHFXUVRVHVFDVVRVSDUDSURGX]LU

Leia mais

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas GerNFe 1.0 Manual do usuário Página 1/13 GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas O programa GerNFe 1.0 tem como objetivo armazenar em local seguro e de maneira prática para pesquisa,

Leia mais

CAPÍTULO 35 Como utilizar os componentes ColdFusion

CAPÍTULO 35 Como utilizar os componentes ColdFusion CAPÍTULO 35 Como utilizar os componentes ColdFusion Os componentes ColdFusion (CFC) permitem ao usuário encapsular lógicas de aplicação e de negócios (business logic) em unidades auto-controladas reutilizáveis.

Leia mais

Sistema de Gerenciamento Remoto www.pevermelho.art.br

Sistema de Gerenciamento Remoto www.pevermelho.art.br Sistema de Gerenciamento Remoto www.pevermelho.art.br 1 - SOBRE O SGR Este manual irá lhe ajudar a entender o funcionamento do SGR (Sistema de Gerenciamento Remoto) permitindo assim que você possa atualizar

Leia mais

MOODLE NA PRÁTICA PEDAGÓGICA

MOODLE NA PRÁTICA PEDAGÓGICA Carmen Mathias Agosto - 2009 I. CADASTRO 1. Acessar o site de treinamento (teste): http://moodle_course.unifra.br/ 2. Faça o login, clicando em acesso no lado direito superior da tela: 3. Coloque seu nome

Leia mais

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova.

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova. 3.5 Páginas: Ao clicar em Páginas, são exibidas todas as páginas criadas para o Blog. No nosso exemplo já existirá uma página com o Título Página de Exemplo, criada quando o WorPress foi instalado. Ao

Leia mais

Especificação dos Requisitos do Software. White Label

Especificação dos Requisitos do Software. White Label Ubee Especificação dos Requisitos do Software White Label Review 0.3 Autores: Airton Sampaio de Sobral (asds@cin.ufpe.br) Alan Gomes Alvino (aga@cin.ufpe.br) Glauco Roberto Pires dos Santos (grps@cin.ufpe.br)

Leia mais

Utilização do sistema de transcrição de notas fiscais de serviços

Utilização do sistema de transcrição de notas fiscais de serviços Utilização do sistema de transcrição de notas fiscais de serviços Departamento de Logística Integrada Versão 1.0 novembro/2008 Utilização do sistema de transcrição de notas fiscais de serviços. Preferencialmente

Leia mais

Email marketing: os 10 erros mais comuns

Email marketing: os 10 erros mais comuns Email marketing: os 10 erros mais comuns Publicado em: 18/02/2008 Não ter permissão dos contatos para enviar mensagens Um dos princípios fundamentais do email marketing é trabalhar apenas com contatos

Leia mais

Manual do usuário. Manual do Usuário DER-MG Página : 1

Manual do usuário. Manual do Usuário DER-MG Página : 1 Manual do usuário Manual do Usuário DER-MG Página : 1 Índice Ajuda 3 Operação do calendário 4 Operação de lista de passageiros 7 Operação de listas de veiculo 8 Esqueci minha senha 10 Alterar senha 11

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ÍNDICE INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ACESSO ÀS FERRAMENTAS 9 FUNÇÕES 12 MENSAGENS 14 CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL. PTU Web

MANUAL OPERACIONAL. PTU Web MANUAL OPERACIONAL PTU Web Versão 8.0 24/08/2011 ÍNDICE Índice... 2 PTU Web... 4 O que é o PTU Web?... 4 Como acessar o PTU Web?... 4 Listagem de arquivos enviados e recebidos... 5 Unimeds disponíveis

Leia mais

Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br

Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br Índice Como acessar o Moodle Editando seu PERFIL Editando o curso / disciplina no Moodle Incluindo Recursos

Leia mais

Informática I. Aula 6. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 6-12/09/2007 1

Informática I. Aula 6. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 6-12/09/2007 1 Informática I Aula 6 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 6-12/09/2007 1 Ementa Noções Básicas de Computação (Hardware, Software e Internet) HTML e Páginas Web Internet e a Web Javascript e

Leia mais

Departamento de Tecnologia da Informação DTI Coordenadoria de Relacionamento com o Cliente CRC. Treinamento Básico do Correio Eletrônico

Departamento de Tecnologia da Informação DTI Coordenadoria de Relacionamento com o Cliente CRC. Treinamento Básico do Correio Eletrônico Departamento de Tecnologia da Informação DTI Coordenadoria de Relacionamento com o Cliente CRC Treinamento Básico do Correio Eletrônico Brasília Março de 2012 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 1.1 Como acessar

Leia mais

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR 1 Índice: 01- Acesso ao WEBMAIL 02- Enviar uma mensagem 03- Anexar um arquivo em uma mensagem 04- Ler/Abrir uma mensagem 05- Responder uma mensagem

Leia mais

Impressão e Fotolito Oficina Gráfica da EDITORA VIENA. Todos os direitos reservados pela EDITORA VIENA LTDA

Impressão e Fotolito Oficina Gráfica da EDITORA VIENA. Todos os direitos reservados pela EDITORA VIENA LTDA Autores Karina de Oliveira Wellington da Silva Rehder Consultores em Informática Editora Viena Rua Regente Feijó, 621 - Centro - Santa Cruz do Rio Pardo - SP CEP 18.900-000 Central de Atendimento (0XX14)

Leia mais

Sumário. Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web

Sumário. Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Sumário Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Fazendo Login no Sistema Tela inicial do Portal WEB Criando um

Leia mais

Design de Interfaces e Usabilidade - Tópico 1

Design de Interfaces e Usabilidade - Tópico 1 Instituto Federal do Sertão-PE Design de Interfaces e Usabilidade - Tópico 1 Prof. Felipe Correia Conteúdo Por que estudar Design de Interfaces e Usabilidade?! Conceitos básicos sobre Design! Primeira

Leia mais

CORREIO inotes. Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet.

CORREIO inotes. Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet. CORREIO inotes Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet. Na sua Área de Trabalho execute dois cliques rápidos no ícone do Internet Explorer. Ao ser exibida a primeira tela do Internet

Leia mais

Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4.

Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4. 1 Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4. Interface do sistema... 4 1.4.1. Janela Principal... 4 1.5.

Leia mais

MANUAL HELP-DESK DATACOM AUTOMAÇÕES

MANUAL HELP-DESK DATACOM AUTOMAÇÕES MANUAL HELP-DESK DATACOM AUTOMAÇÕES Esse Manual tem como objetivo explicar todas as funções do novo sistema de abertura de chamados da Datacom Automações. Esse novo programa facilitará o atendimento entre

Leia mais

1. Conhecendo o Moodle... 2

1. Conhecendo o Moodle... 2 Departamento de Educação / 2015 1. Conhecendo o Moodle... 2 1.1 O que é o Moodle?... 2 1.2 Qual o significado de Moodle?... 2 1.3 Para que serve?... 2 2. O Moodle QI... 3 3. Cadastramento... 4 4. Alterando

Leia mais

P á g i n a 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL UNIR

P á g i n a 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL UNIR P á g i n a 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL UNIR P á g i n a 2 Sumário 1. Efetuar login... 3 2. Gerenciar Notícias... 5 2.1 Cadastrar Notícias... 6 2.2 Editar Notícia... 7 2.3 Excluir Notícia... 8 3.

Leia mais

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email]

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL COTAÇAO WEB [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Materiais Autor: Equipe

Leia mais

Recursos do Outlook Web Access

Recursos do Outlook Web Access Recursos do Outlook Web Access Este material foi criado pela Secretaria de Tecnologia de Informação e Comunicação (SETIC) do Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região. Seu intuito é apresentar algumas

Leia mais

Cadastro de Corretores Manual do Usuário

Cadastro de Corretores Manual do Usuário susep 2012 Cadastro de Corretores SUSEP - CGETI - COSIM Fevereiro/2012 Conteúdo Apresentação...3 Mapa do Sistema de Cadastro de Corretores...4 Padrões...5 Acesso ao Sistema...6 Menu Principal...6 Informações

Leia mais

Ano III - Número 16. Versão 4.6.4

Ano III - Número 16. Versão 4.6.4 Versão 4.6.4 Sexta-feira, 08 de fevereiro de 2008 ÍNDICE 3 4 EDITORIAL NOVAS FUNCIONALIDADES 4 12 13 14 15 16 Novo Cronograma 4 5 5 6 7 8 8 9 9 10 10 Edição Rápida do Cronograma Recurso de Arrastar e Soltar

Leia mais

OFICINA BLOG DAS ESCOLAS

OFICINA BLOG DAS ESCOLAS OFICINA BLOG DAS ESCOLAS Créditos: Márcio Corrente Gonçalves Mônica Norris Ribeiro Março 2010 1 ACESSANDO O BLOG Blog das Escolas MANUAL DO ADMINISTRADOR Para acessar o blog da sua escola, acesse o endereço

Leia mais

Documento de Casos de Uso. MC436 Introdução à Engenharia de Software Profª Ariadne Maria Brito Rizzoni Carvalho

Documento de Casos de Uso. MC436 Introdução à Engenharia de Software Profª Ariadne Maria Brito Rizzoni Carvalho Documento de Casos de Uso MC436 Introdução à Engenharia de Software Profª Ariadne Maria Brito Rizzoni Carvalho 1. Índice 2. Introdução 3 3. Descrição dos atores 3 4. Diagrama de caso de uso 4 5. 5.1 5.2

Leia mais

Nova Central de Atendimento Logicorp

Nova Central de Atendimento Logicorp 1. INICIAR O NAVEGADOR DE INTERNET Acessar a página da Logicorp no link: http://www.logicorp.net.br/index.html 2. ACESSANDO A ÁREA DE ATENDIMENTO DO NOSSO SITE Na parte superior clique em Atendimento.

Leia mais

Tutorial Ouvidoria. Acesso, Utilização, Visualização das Manifestações e Resposta ao Manifestante

Tutorial Ouvidoria. Acesso, Utilização, Visualização das Manifestações e Resposta ao Manifestante Tutorial Ouvidoria Acesso, Utilização, Visualização das Manifestações e Resposta ao Manifestante Como acessar a Ouvidoria? 1. Primeiramente acesse o site de sua instituição, como exemplo vamos utilizar

Leia mais

Publicação web. Será ativado um assistente de publicação que lhe guiará em todas as etapas a seguir apresentadas.

Publicação web. Será ativado um assistente de publicação que lhe guiará em todas as etapas a seguir apresentadas. Publicação web Pré requisitos: Lista de questões Formulário multimídia Este tutorial tem como objetivo, demonstrar de maneira ilustrativa, todos os passos e opções que devem ser seguidos para publicar

Leia mais

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit Presskit Guia Rápido Release 2.0 Presskit 06/07/2009 Sumário 1 Login 2 Login e Senha...................................... 2 Esqueci minha senha.................................. 2 Fale Com o Suporte...................................

Leia mais

Nova Intranet - Jucemg Manual do Usuário. Gerência de Tecnologia da Informação e Conhecimento Diretoria de Gestão da Informação e Modernização

Nova Intranet - Jucemg Manual do Usuário. Gerência de Tecnologia da Informação e Conhecimento Diretoria de Gestão da Informação e Modernização Nova Intranet - Jucemg Manual do Usuário Gerência de Tecnologia da Informação e Conhecimento Diretoria de Gestão da Informação e Modernização Belo Horizonte, MG - Julho de 2013 Sumário Intranet da JUCEMG...

Leia mais

Anexo III Funcionamento detalhado do Sistema Montador de Autoria

Anexo III Funcionamento detalhado do Sistema Montador de Autoria 1 Sumário Anexo III Funcionamento detalhado do Sistema Montador de Autoria Anexo III Funcionamento detalhado do Sistema Montador de Autoria... 1 1 Sumário... 1 2 Lista de Figuras... 5 3 A Janela principal...

Leia mais

1. Plataforma Sage... 2 2. Primeiro Acesso... 3. 3. Configurações... 6. 4. Relacionamento... 8. 5. Folha de Pagamento esocial...

1. Plataforma Sage... 2 2. Primeiro Acesso... 3. 3. Configurações... 6. 4. Relacionamento... 8. 5. Folha de Pagamento esocial... 1. Plataforma Sage... 2 2. Primeiro Acesso... 3 1.1. Conhecendo a Plataforma... 4 1.2. Seleção da Empresa de Trabalho... 4 1.3. Sair do Sistema... 5 1.4. Retornar a tela principal... 5 3. Configurações...

Leia mais

Governador Cid Ferreira Gomes. Vice Governador Domingos Gomes de Aguiar Filho. Secretária da Educação Maria Izolda Cela de Arruda Coelho

Governador Cid Ferreira Gomes. Vice Governador Domingos Gomes de Aguiar Filho. Secretária da Educação Maria Izolda Cela de Arruda Coelho Governador Cid Ferreira Gomes Vice Governador Domingos Gomes de Aguiar Filho Secretária da Educação Maria Izolda Cela de Arruda Coelho Secretário Adjunto Maurício Holanda Maia Secretário Executivo Antônio

Leia mais

Microsoft Excel Macros aula 1

Microsoft Excel Macros aula 1 Microsoft Excel Macros aula 1 Sumário 01-) O que é uma Macro... 2 02-) Tipos de Macros... 2 03-) Macros de Comando... 2 04-) Necessidade de Planejar uma Macro... 2 05-) Ativando a opção de Desenvolvedor

Leia mais