Relatório anual 2011 Relatório anual

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relatório anual 2011 Relatório anual 2011 1"

Transcrição

1 1

2 Índice Carta do presidente Informação corporativa Conselho e equipe diretivo ÁREAS TECNOLOGICAS Aviônica Optrônica C4i Sistemas de controle e informação Simulação Sistemas de Apoio. Espaço Tecnobit América VALOR ACRESCENTADO R&D+i Recursos humanos Qualidade Meio Ambiente RELATÓRIO FINANCEIRO 2

3 Aos nossos clientes, sócios, fornecedores e empregados. O ano de 2011 foi marcado pela crise econômica que afetou de maneira considerável a capacidade de investimento do Ministério da Defesa espanhol, que mais uma vez sofreu uma importante redução dos seus orçamentos. Ao mesmo tempo, o esfriamento da economia brasileira, provocada em grande medida pela contenção do gasto público, conduziu a taxas de crescimento inferiores a de anos anteriores no país e a uma redução dos orçamentos disponíveis para defesa. No resto dos mercados europeus e americanos nos que a TECNOBIT se encontra presente, o gasto em defesa se manteve estável ou se reduziu, em alguns casos notavelmente. Apesar da conjuntura desfavorável, a TECNOBIT conseguiu manter em 2011 sua renda em níveis similares aos do ano anterior, obtendo 51,7 milhões de euros (excluindo a renda da nossa filial RETEMSA); quer dizer, um 8,8% menos que no exercício anterior. No entanto, nossa estratégia de concentrar a atividade da companhia em nossos produtos mais rentáveis nos deu a possibilidade de melhorar as margens de maneira que nosso EBITDA tem se mantido em 11,8 milhões. Isto nos permitiu melhorar a geração de caixa e reduzir o endividamento da companhia em mais de 11 milhões de euros, o que nos põe em uma situação saudável para enfrentar os difíceis anos que se aproximam para o financiamento da indústria. Pelo lado negativo se deve mencionar que, infelizmente, nosso resultado neto foi arrastado pela má situação da RETEMSA, cujo negócio tanto no setor civil, como no militar desabou completamente em 2011, originando fortes perdas e colocando em perigo a viabilidade da companhia, motivo pelo qual decidimos PROVISIONAR todo nosso investimento nesta filial. LUÍS MAYO PRESIDENTE E CONSELHEIRO DELEGADO Conscientes de que a recuperação do mercado nacional de defesa está ainda longe de acontecer, depositamos nossos esforços na estratégia de internacionalização que já iniciamos há alguns anos e cujos primeiros frutos colhemos com nossa introdução no mercado brasileiro. Para isso, contamos com produtos que competem com vantagem em alguns setores nos mercados internacionais. Prova disso é a assinatura com a Royal Dutch Navy em 2011 de um contrato para equipar seus navios e os da Marinha belga para a qual atuam como agente de compras com nossos processadores de comunicações táticas LINPRO. Estamos convencidos de que a excelência é a única via para conquistar os mercados internacionais, e por isso concentramos nossos esforços no desenvolvimento de novos produtos e na melhora dos antigos. Em 2011 conseguimos avanços muito importantes em produtos, como o sistema de gestão de áudio do Airbus 400-M, cuja certificação civil esperamos obter na primeira metade de 2012, ou como a nova geração de câmeras térmicas CASTOR XR, que nos permitirá aumentar nossa gama de sensores eletro-ópticos. Como em outros anos, tudo isto não havia sido possível sem a confiança e o apoio de nossos clientes, das administrações públicas e, particularmente, do Ministério de Defesa e de nossas Forças Armadas, que aproveitamos a oportunidade para agradecer todo o apoio recebido; nem mesmo sem a motivação e dedicação de uma equipe humana de excelente qualidade, que a cada dia contribui para fazer da TECNOBIT uma empresa sólida e fiável. 4 5

4 Conselho de Administração e pe Diretivo Informação Corporativa EQUIPE DIRETIVO A TECNOBIT foi constituída em 1985 como empresa de Eletrônica Industrial e de Defesa, dedicada ao desenho, desenvolvimento, fabricação, venda e manutenção de equipamentos e sistemas de eletrônica profissionais. Em novembro de 1999, a companhia SINCAUVI-98, composta pela empresa de capital de risco 3i e diretivos da companhia, adquiriu o 75% da TECNOBIT. Considerando as novas necessidades do mercado, e como manifestação de uma vontade expansiva e diversificadora, em março de 2000 SINCAUVI-98 comprou o 100% de duas companhias com atividades complementares às da TECNOBIT: ELCO SISTEMAS, S.A., cuja atividade era a Simulação, e SIS- TEMAS DE DOCUMENTACIÓN POR ORDENADOR, S.L. dedicada a Sistemas de Informação. SINCAUVI adquiriu o 100% da TECNOBIT e mudou o seu nome corporativo por GRUPO TECNOBIT. Em dezembro de 2001, Caja Castilla La Mancha Corporación, S.A. entra a fazer parte da TECNOBIT como sócio capitalista, subscrevendo novas participações no capital. Presidente D. Luis Mayo Muñiz Diretor de Operaciones D. Gregorio Garvía Arrogante Diretor de Aviônica D. Tomás Zamora Jiménez Diretor de Optrônica D. Raimundo García Abanades Diretor de C4i Sistemas de Controle e Informação D. Francisco Delgado Moya Diretor de Simulação e Sistemas de Suporte D. Ángel Suárez Lasierra Diretor Aeroespacial D. Alfredo Ramirez Agüera Em setembro de 2003, a TECNOBIT procede à fusão por absorção das subsidiárias ELCO SISTEMAS, S.A e SISTEMAS DE DOCUMENTACIÓN POR ORDENADOR, S.L. Em maio de 2004, Caja Castilla La Mancha Corporación, S.A. adquire um 25,06% das participações da companhia, provenientes de sócios particulares, mostrando assim o seu apoio e a confiança no projeto TECNOBIT. Em 2007, inicia-se um processo de reestruturação da companhia, que começa com um incremento da participação de Caja Castilla La Mancha Corporación até um 48%. Continua com a incorporação do Grupo IT Deusto, S.L., que adquire um 48% do capital da companhia. No fim do ano de 2007, Caja Castilla La Mancha Corporación, S.A. vende ao Grupo IT Deusto, S.L. a totalidade das suas participações em TECNOBIT. Em meados de 2008, Oesía Networks, S.L. (antigo Grupo IT Deusto) culmina o processo de reestruturação, com a aquisição de 100% do capital corporativo da TECNOBIT. Director Comercial Diretor de Marketing e Relações Institucionais Diretor de Administração, Finanças e Gestão Diretor de Engenharia Diretor de R&D&i, métodos e procedimentos Director de TECNOBIT América Diretor de Desarrollo de Negocio de América D. Ángel Fernández Guerra D. Antonio Cuquerella Elorza D. Víctor González de la Aleja D. Ángel Alcayde Díaz D. Manuel Garrido Sánchez D. Carlos Hernández Medel D. Eduardo Maldonado Díaz Capital social O capital corporativo da TECNOBIT S.L. Sociedad Unipersonal é de 14,111 milhões de euros, subscritos e desembolsados na sua totalidade. A distribuição do capital corporativo é a seguinte: Oesía Networks S.L. 100,00 % CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO D. Luis Mayo Muñiz Presidente e Conselheiro Delegado D. Francisco Javier Álvarez Vara D. Francisco Lombardo D. Héctor Morán Olvera Representante de EURECAN Alto Rendimiento SLU D. Lorenzo Martínez Representante de Caja Castilla la Mancha Corporación S.A. D. Javier García Pellejero Representante de Oesía Networks; S.L. D. José María Mohedano Secretario do Conselho de Administração 6 7

5

6 Aviônica A Divisão de Aviônica na Tecnobit é a coluna vertebral sobre a qual a companhia tem crescido e se consolidado. É, portanto, um dos pilares básicos em que se busca a participação nos grandes programas de desenvolvimento nacionais e europeus, assim como no desenvolvimento de novos produtos para o mercado da eletrônica para Aviação. A partir desta perspectiva, a Tecnobit desenvolve, produz, mantém e dá suporte a equipamentos de aviônica há mais de quinze anos, incluindo tanto produtos próprios -desenvolvidos pela companhia desde sua fase inicial- como produtos desenvolvidos por outras companhias e produzidos posteriormente na Tecnobit. A participação da Tecnobit nos grandes programas aeronáuticos europeus, como o Eurofighter e o A400M, tem sido uma diretriz constante na estratégia da Divisão, atuando como Contratada Principal ou bem tendo como clientes ou sócios a empresas como BAE SYSTEMS, AIRBUS Military, Cassidian, Selex Galileo o Thales. A Divisão de Aviônica na Tecnobit é um dos pilares básicos em que se busca a participação nos grandes programas de desenvolvimento nacionais e europeus. GLU (Ground Loading and Data Exchange Unit) WHCU (Windscreen Heater Control Unit) BSD (Bulk Storage Device) ADT (Forward Looking Infrared/Infrared Search and Track) FLIR/IRST (Forward Looking Infrared/Infrared Search and Track) Eurofighter na Divisaão de Aviônica da Tecnobit A trancha 3ª do avião Typhoon (conhecido também como Eurofighter) é a terceira fase da produção do avião e dos seus respectivos equipamentos. Dentro desse programa da Tecnobit, enquadrado na disciplina do Eurofighter, foram assinados os contratos relacionados com a Trancha 3ª e foi dada continuidade a fabricação de equipamentos para esta plataforma. Entre os equipamentos mais relevantes dos quais participamos, se encontram: GLU WHCU BSD ADT FLIR/IRST WHCU (Windscreen Heater Control Unit), equipamento no qual a Tecnobit é a principal empresa contratada contratista e única responsável pelo produto. BSD (Bulk Storage Device), equipamento para registrar dados de voo com a GE Avionics como principal empresa contratada. ADT (Air Data Transducer), equipamento crítico de voo que realizamos em colaboração com a Meggitt Avionics. FLIR/IRST (Forward Looking Infrared/Infrared Search and Track). O FLIR/IRST é um dos sensores mais novedosos e avançados do Eurofighter, já que permite a detecção automática de alvos e seu seguimento baseado na emissão térmica dos mesmos, o que aumenta a capacidade stealh do avião ou a melhora da informação apresentada ao piloto, no caso de ser utilizado em fusão com outros sensores do avião. Este equipamento é realizado em consórcio com Selex Galileo e Thales Optronics, tendo sido entregue mais de duzentas unidades. Adicionalmente, neste ano se completou com êxito a demonstração de confiabilidade, em que o equipamento é submetido a umas duras provas de estresse térmico e vibrações, simulando o cliclo de vida do equipamento. GLU (Ground Loading and Data Exchange Unit): Computador portátil rugerizado para carga e descarga de dados em linha de voo com o avião Typhoon. Foram fornecidas mais de 200 unidades deste equipamento no Eurofighter e realizada uma atualização do mesmo. Com isso, pretende-se que os países tenham um equipamento de apoio o mais versátil e eficaz possível para operar tanto com o Typhoon como com outras possíveis plataformas que necessitem de um computador capaz de suportar as condições extremas de um ambiente de operação. A atualização, iniciada no ano 2011, englobou o desenvolvimento de funcionalidades adicionais, como a análise de bases de dados, com o objetivo de oferecer mais capacidade ao equipamento e adequá-la ao estado da arte atual

7 Aviônica Aviónica Airbus Military na Divisão de Aviônica Tecnobit A400M A Tecnobit participa do A400M em dois equipamentos da aeronave: o Sistema de Gestão de Áudio (AMS Audio Management System) e o equipamento de interface com o sistema MIDS, MIC (MIDS Interface Computer). AMS A Tecnobit conta com uma longa experiência no desenvolvimento e produção de sistemas de gestão de áudio embarcados, o que deu a Tecnobit a oportunidade de competir no sistema digital de gestão de áudio embarcado para o A400M. Este sistema se situa no estado da arte no que diz respeito a prestações, com equipamentos conectados em rede através de fibra óptica, resultando em uma melhora da capacidade TEMPEST do A400M. Durante o ano 2011 foram realizados os trabalhos necessários para conseguir a certificação do sistema, ao mesmo tempo em que se deu continuidade à fabricação de diferentes protótipos para os primeiros aviões. Os avanços em certificação foram considerados um marco estratégico na Tecnobit, já que é o primeiro equipamento certificado DAL C na companhia pela agencia EASA. MIC A Tecnobit também fornece o equipamento MIC para o avião A400M. O MIC é um equipamento de intercomunicação entre o sistema MIDS (Multifunctional Information Distribution System) e o Computador de Missão da aeronave com objetivo de integrar a informação tática. Durante o ano 2011 se conseguiu um protótipo TEMPEST qualificado e com uma maturidade avançada, o que torna possível realizar a certificação do mesmo ao longo do ano de Além disso, foram readequados os distintos protótipos entregados ao último standard aprovado. Otras Plataformas do Airbus Military Aviões-Tanque. MRTT (Multi Role Tanker Transport), FSTA (Future Strategic Tanker Aircraft) MIC-STD, o MIC-STD é uma versão do equipamento MIC que monta no A400M. Durante 2011, este equipamento foi fabricado para os petroleiros tanqueros australianos (MRTT) e para os ingleses (FSTA). Todos os aviões MRTT desenvolvidos por EADS-CASA incorporam tal equipamento (MRTT, FSTA e Petroleiros de Arabia). Outros Aviões (C-295, CN-235, C-212, C-101) A Tecnobit também realiza a produção e a manutenção de diferentes sistemas e equipamentos para os aviões mencionados. Estes sistemas constituem um dos focos iniciais da atividade de aviônica com EADS-CASA, que vem sendo continuada e ampliada com o suporte dos sistemas e sua atualização. Estes sistemas e equipamentos são os seguintes: Unidade de Controle de Reversa das Hélices. Unidade de Medida de Fase das Hélices. Sistema de Gestão de Áudio. Sistema de Controle de Falhas. Sistema de Gestão de Armas. Unidade de Controle de Temperatura. Sistema de Controle de Flaps. Sistema de Alerta de Entrada em Perdas. Estruturas para Aeronaves na Divisão de Aviônica da Tecnobit Racks para Lockheed Martin A Tecnobit conta com 700m2 nas suas instalações dedicados a fabricação de consolas e aeroestruturas. Devido a estas instalações, a Tecnobit recebeu no passado contratos plurianuais de mais de US$ 6 milhões da companhia americana Lockheed Martin para a fabricação de consolas de equipamentos para os helicópteros da Armada Norteamericana MH60 R, conseguindo durante o processo o grau de Star Supplier, a mais alta qualificação para fornecedores de Lockheed Martin. Durante o ano 2011, foi dada continuidade a produção das consolas adjudicadas em distintos lotes e dentro da contratação plurianual anteriormente mencionada. Produção de Produtos de outras companhias Entre os produtos desenvolvidos por outras companhias, se destacam: Torpedo DM2A4 para o submarino S80. Sua produção foi desenvolvida no ano 2011 para placas eletrônicas deste equipamento. O objetivo é a certificação de cabeamento, placas eletrônicas e lotes de produção para este equipamento. Displays MUFC y MHSD para a MLLU (MidLife Update) do caça do Exército do Ar EF-18. Estes equipamentos foram desenvolvidos pela companhia americana Rockwell Colllins e sua produção para o Exército do Ar conduzida pela Tecnobit. Esta produção levou a contratos subsequentes com a Força Aérea para o suporte e manutenção dos equipamentos. UAVs Como parte da diversificação e abertura de novas linhas de produtos, a divisão de Aviônica da Tecnobit participa do grupo de trabalho NIAG SG-157, que tem como objetivo propor uma arquitetura de software para sistemas de controle de veículos UAV, o que poderia levar a uma estação de base comum para os diferentes tipos de UxVs (UAVs, UUVs, USVs e UGVs))

8 Optrônica Os sistemas optrônicos constituem um dos produtos mais significativos oferecidos pela nossa companhia ao setor de defesa e segurança. Nossa capacidade total de concepção, fabricação e manutenção neste campo tem sido a chave para permitir que nos últimos anos a nossa participação em programas de todos os tipos, tanto no desenvolvimento de produtos próprios como na fabricação sob licença para terceiros. A TECNOBIT começou a trabalhar no setor eletro-óptico no inicio dos anos 90, com a tecnologia desenvolvida para o FLIR-IRST, que foi a origem de uma bem sucedida gama de produtos e soluções que a companhia proporciona ao Ministério de Defesa, assim como a outros integradores para aplicações civis de vigilância e segurança. Nesta área, a TECNOBIT é a única companhia espanhola que projeta completamente e fabrica câmeras térmicas de alto desempenho. Destacam entre elas, a família de câmeras CASTOR (HR, XR, MR) usadas em todo tipo de aplicações e sistemas integrados com sensores eletro-ópticos (câmeras na faixa visível, laser, etc.). Baseada na tecnologia de sensores desenvolvida tanto na faixa visível como infravermelho, temos desenhado e projetado diferentes soluções integradas em plataformas estabilizadas ou de rotação estabilizada, de 2 e 4 eixos, para diversas aplicações tanto navais (ARGOS, CENTIMAR) como terrestres (CENTINELA, CENTIERRA) e que constituem sistemas completos de vigia optrônica integráveis em redes de Comando e Controle, C4I, etc. Durante 2011, a companhia continuou fornecendo sistemas ARGOS para aplicações de vigilância marítima, tanto no âmbito militar - Navios de Ação Marítima (BAM construídos pela Navantia para a Marinha espanhola) - como civil. Além disso, a Marinha depositou novamente sua confiança na TECNOBIT ao renovar o contrato de manutenção de todos os seus sistemas eletro-ópticos. É válido ressaltar também em 2011 a introdução de sistemas ARGOS em aplicações para clientes civis na luta contra a pirataria, que tanto está afetando a navegação em diferentes partes do mundo. Outro dos múltiplos empregos da tecnologia da TECNOBIT no campo eletro-óptico tem sido o desenvolvimento de câmeras HRS térmicas e de categoria visível, encapsuladas em caixas de prestações militares e adaptadas para auxílio às direções de tiro. Como exemplo, pode-se ressaltar a câmera CASTOR HRS, usada na direção de tiro DORNA instalada pela empresa NAVANTIA em todos os navios de nova construção da Martinha espanhola. Devido à crescente necessidade de sistemas optrônicos para veículos, tanto militares como civis, ou para diversas aplicações (manobras de tropas e missões de paz, vigilância móvel de fronteiras, etc.), a TECNOBIT continua desenvolvendo, evoluindo e oferecendo aos seus clientes soluções destinadas especificamente a veículos, tais como: É importante destacar a capacidade de integração dos sensores da TECNOBIT (tais como ARGOS ou CENTINELA), ou fabricados por terceiros (por exemplo: radar ou sonar) em diferentes plataformas, fixas ou móveis, com sistemas C4I baseados em tecnologias abertas, e que adicionam sistemas de informação geográfica, permitindo oferecer aos clientes soluções chave na mão para vigilância dos seus ativos e para coordenar respostas a ameaças detectadas. Por outro lado, a nossa capacidade para disponibilizar essas informações em tempo real, não só para os operadores do centro de controle, mas também para os que estão dispersos no terreno, permite obter uma resposta mais rápida. Essas mesmas soluções são também aplicáveis para vigilância de fronteiras contra os riscos da imigração ilegal. Os sensores ARGOS estão já implantados nas bases da Marinha espanhola para vigilância do tráfego marítimo no estreito de Gibraltar. RAMSES: sistema de vigilância modular implantado em aeróstato (balão) e dependendo da aplicação, equipado com sensor optrônico ARGOS (câmera térmica, câmera de visão diurna, Laser), radares de diversos desempenhos, Repetidores de comunicações, etc.. As capacidades desenvolvidas pela TECNOBIT durante o projeto e a fabricação de todos os seus produtos no que respeita à electro-óptica, permitiu a obtenção de diversos contratos de fabricação sob licença para as Forças Armadas espanholas, entre os quais podemos destacar: O Programa de Míssil Anticarro SPIKE, para fabricação sob licença e fornecimento de 260 Sistemas de Lançamento e de 2600 Unidades de orientação de míssil, que foi entregue com êxito ao nosso cliente GD Santa Bárbara Sistemas e dentro dos prazos previstos. Também em 2011, foi concluída a fabricação e entrega de sistemas de distribuição para exportação para Peru, e como RAFAEL cliente. Armas estações Programa Telecontroladas para RG-31 veículo no qual, em 2011, e na sequência do contrato inicial com Santa Barbara GD 90 Sistemas de torre em 2009, TECNOBIT foi premiado com um novo contrato para o fornecimento de 10 estações de armas RG-31 ser de veículo, no presente caso, a entidade adjudicante tem sido directamente DGAM. Em 2011, TECNOBIT continuou a participar deste projeto com o fornecimento de electro-óptica (Camara IR e Laser Visível) para Torres fabricadas. BHE-STRIX Programa em que durante 2011 continuou com a fabricação e entrega do subsistema óptico destinado espectador BHE STRIX Tiger helicóptero. ODIN Câmera térmica sem refrigeração. Para ajuda da condução e adaptada para aplicações militares. Proporciona uma solução de alto desempenho e baixo custo. Foi projetada para ajuda à condução de veículos blindados de noite, com poeira ou em condições meteorológicas adversas que dificultam a visão. Para futura aplicação nos equipamentos dos veículos blindados das nossas Forças Armadas. ALACRAN Conjunto de câmeras térmicas (ODIN) e câmeras de visão de dia (CCD), projetado para dotar o veículo de visão periférica, bem como para integrar esta informação com os outros sistemas instalados. CENTINELA y CENTIMAR Sistema de vigilância optrônica de alto e médio desempenho, respectivamente

9 C4i Sistemas de controle e informação Enlaces Táticos As unidades operando em cenários táticos de operações, não importando se é em ambiente aéreo, naval ou terrestre, requerem a capacidade de dividir informação situacional e tática, não só entre elas, mas também com os comandos operacionais de forma segura e eficiente. A TECNOBIT fornece sistemas de comunicações cifradas e enlaces táticos às Forças Armadas espanholas desde as suas origens. Nossos enlaces táticos (data links) estão operativos tanto na Armada como no Exército do Ar espanhol, e implementam os mais avançados standards OTAN. Inclusive, o nosso data link LINPRO é o único processador de comunicações táticas capaz de trabalhar indistintamente e de maneira simultânea sobre L11, L16, L22 y JRE, o que tem atraído o interesse de diversos corpos militares europeus. Em concreto, no ano 2011, a TECNOBIT conseguiu um contrato para fornecer este processador a maior parte dos navios da Amrada Holandesa e várias fragatas da Armada Belga. Nossa responsabilidade será também a de garantir a integração e bom funcionamento de todos os elementos do navio resposnáveis por apoiar as comunicações táticas. No âmbito nacional, durante 2011 a TECNOBIT deu continuidade ao fornecimento e integração de unidades LINPRO em diversos navios da Armada Espanhola, tais como os navios buques LHD Juan Carlos I, BAC Cantabria e os BAMs Rayo, Relámpago e Tornado. Também foi qualificada a primeira unidade para ser instalada na série de submarinos S-80. Este modelo permite manter a liderança da Marinha Espanhola no mundo quanto à implantação e uso de enlaces táticos OTAN, fazendo com que o submarino S-80 seja o primeiro a ter capacidade Link-22. Nas últimas missões internacionais em que a Espanha participou com suas Forças Armadas, tornouse cada vez mais evidente a necessidade de dispor de comunicações táticas BLOS (Beyond Line of Sight) e interoperabilidade entre os níveis estratégicos, operacionais e táticos. Em 2011, a TECNOBIT demonstrou sua capacidade de resposta a este requerimento, fazendo uso da capacidade JRE da LINPRO, e fornecendo a informação táctica a COP (Common Operational Picture) através do Gateway de comunicações CESAR. Comando e Controle A TECNOBIT dispõe de duas famílias de sistemas de combate, denominadas TRITAN IV e TRITAN V, que equipam as corvetas e os LPDs da Armada Espanhola. É uma tecnologia madura, que demonstrou sua efetividade nas operações internacionais em que a Espanha colaborou, e que proporciona uma alternativa simples e de menor custo a outros sistemas mais sofisticados e complexos que são implantados em fragatas, BAM ou porta aviões. Na atualidade, a TECNOBIT é responsável pela manutenção destes sistemas, tarefa que se conjuga pontualmente com a incorporação de novas funcionalidades requeridas pela Armada. Na linha do Comando e Controle, a TECNOBIT também conta com o sistema COSMOS, desenvolvido com tecnologia própria, que representa o núcleo de um sistema de vigilância e segurança escalável de um ambiente pequeno, como pode ser o de uma instalação crítica, até um ambiente grande, como o de uma vigilância de fronteiras. O sistema pode ser implantado de modo centralizado ou distribuído em plataformas móveis (patrulhas, veículos terrestres, UAVs), e pode ser complementado com uma grande variedade de sensores, como radares, câmeras diurnas e IR ou sensores de intrusão. Em 2011, uma variante deste sistema, denominada PROTEUS, foi empregada por uma importante companhia pesqueira para proteger sua frota de ataques de piratas. Segurança A proteção das forças implantadas no teatro das operações é uma prioridade para todos os exércitos modernos, principalmente em cenários de guerra assimétricos em que a ameaça é difícil de isolar e identificar. Para responder a esta necessidade, além dos sistemas de proteção das comunicações já mencionados, oferecemos às Forças Armadas sistemas de guerra eletrônica que estão projetados para combater os dispositivos explosivos improvisados (IED). Nossos perturbadores estão baseados na tecnologia comutada, propriedade da nossa filial RETEMSA, e permitem otimizar o alcance da proteção dentro de uma faixa de frequências ampla, que pode ser selecionada em função da missão. Em 2011, uma nova geração destes perturbadores foi apresentada ao mercado, ampliando a capacidade de sobrevivência do equipamento diante de condições ambientais adversas. No caso das infraestruturas críticas, um requisito fundamental relativo à segurança é o controle de acesso e presença do pessoal nas mesmas. Com respeito ao primeiro ponto, na maioria dos casos é necessário chegar a um equilíbrio entre a inspeção física exaustiva de todos os visitantes que entrarem nas instalações a ser protegidas, o esforço e tempo dedicado a isso, que obviamente implica custos e dificulta o normal funcionamento das instalações. Quanto ao controle de presença, é fundamental controlar os movimentos do pessoal para evitar o acesso a áreas restringidas por razões de segurança ou de proteção, e para poder reagir adequadamente no caso de emergência, garantindo a completa evacuação das instalações. Em resposta a ambas as necessidades, a TECNOBIT desenvolveu sistemas de gestão de visitantes que permitem uma verificação preliminar das demandas da visita, a fim de facilitar o processo de acesso, combinada com sistemas biométricos, que ajudam a acelerar o processo de aplicação, sem comprometer o nível de segurança necessário. Além disso, estas tecnologias são complementadas com sistemas de detecção de presença baseado em etiquetas RFID que permitem o seguimento contínuo de pessoas em áreas controladas. Em 2009, o Banco de Santander escolheu as nossas soluções de controle de visitantes para equipar as suas instalações da Ciudad Financiera em Boadilla del Monte, perto de Madri. Em 2010, foram também equipados com esta solução os outros edifícios próximos ao Banco de Santander, de maneira que se obteve uma gestão de visitantes multi-prédios. Um dos elementos-chave para a segurança é a informação. Da capacidade de derivar dados de inteligência de todas as fontes, e particularmente a partir de fontes públicas, depende em grande medida a possibilidade de antecipar ameaças futuras e evitar riscos. A nossa companhia tem trabalhado durante anos no Centro de Inteligência das Forças Armadas (CIFAS) nestas áreas, onde criamos uma tecnologia que obviamente é suscetível de ser aplicada em ambientes civis para a extração de informações de fontes abertas, e que também foi usado em 2010 no Sistema de Informação Militar (SIM). LINPRO LINPRO é o único processador de comunicações táticas capaz de trabalhar indistintamente e de maneira simultânea sobre L11, L16, L22 y JRE

10 C4i Sistemas de controle e informação Comunicações criptografadas No projeto e na implantação de sistemas de comando e controle que oferecem a possibilidade de trocar informações entre tropas dispersas no campo é fundamental que a confidencialidade das comunicações esteja assegurada. Nossa companhia tem fornecido Sistemas de Criptografia de Comunicações ao Ministério da Defesa e às Forças Armadas desde o seu início, e também, desde 2008, somos fornecedores de um Sistema de Criptografia SCIP sobre links Iridium para a ISAF no Afeganistão através de NC3A (a Agência OTAN para sistemas C3). Em 2011, ganhamos um novo contrato para realizar outro fornecimento que incluirá novas melhoras funcionais e ergonômicas respeito a versões anteriores. O contrato inclui o desenvolvimento e formação aos usuários no Afeganistão. Além disso, em 2011 se completou o desenvolvimento de diversas soluções de voz e dados criptografados em telefonia celular convencional GSM/GPRS/UMTS. Uma delas, TMS-DEF, está focada ao uso pelas autoridades do Ministério de Defesa. Está previsto que este produto seja implantado em 2012, depois de receber seu certificado de segurança, que realizará o CCN. O outro desenvolvimento é o do ENIGMA, que tem como público objetivo o mercado civil, onde existe cada vez mais uma demanda das administrações, entidades ou instituições para garantir a segurança de suas comunicações móveis. O ENIGMA assegura não só a voz, mas também opera com SMS e Chat. Com a direção técnica do CCN, se iniciou em 2011 o desenvolvimento do CIMAS, um cifrador multiuso de pequeno porte para uso pessoal, que permitirá criptografar comunicações com uma base IP tanto em um ambiente tático, como estratégico. Foram feitos os primeiros ensaios utilizando protótipos em modelos implantados pela unidade CIS do Exército de Terra. Por último, e também no campo da cooperação com o Ministério de Defesa foi implantada a primeira fase de um laboratório de interoperabilidade de produtos de cifra, que conta com capacidade para validar sistemas baseados em SCIP. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO A TECNOBIT projeta, integra e mantém sistemas de informação para a exploração de aeroportos há mais de 10 anos. A relação com a AENA começou com o desenvolvimento do Sistema de Gerenciamento de Meios de Assistência Aeroportuários (SIGMA), que foi instalado no aeroporto de Madri - Barajas e que a nossa companhia continua atualizando e realizando a manutenção até hoje. SIGMA é um sistema SCADA, que capta informações sobre o uso dos recursos disponíveis da aviação nas passarelas do aeroporto pelas aeronaves abordadas no aeroporto para gerar os dados necessários para a expedição de faturas à correspondente Companhia Aérea pelos serviços prestados. Posteriormente, a nossa companhia tornou-se um fornecedor de Sistemas de Informações aos Passageiros (SIPA), também para o operador aeroportuário espanhol. Desde 2004 a nossa companhia tem instalado equipamentos para esta finalidade em muitos dos aeroportos nacionais como fornecedor homologado de tais sistemas. Este contrato foi renovado mais uma vez em 2009 por um período adicional de cinco anos. Mas além da instalação de novos sistemas, a TECNOBIT é responsável desde então pela manutenção íntegra do SIPA em 44 aeroportos da AENA no território espanhol. Para cumprir com este exigente contrato, que estabelece tempos de resposta muito curtos para análise e solução de problemas, a nossa empresa tem usado sua experiência no apoio logístico de sistemas de defesa e implantou nas suas instalações uma unidade de atenção onde são recebidos e processados remotamente todos os incidentes registrados nas operações destes sistemas dos 44 aeroportos. Estas soluções são aptas para ser usadas em outros meios de transporte, que lentamente vão incorporando seus métodos e procedimentos operacionais desenvolvidos originalmente no mundo do transporte aéreo como, por exemplo, trens de alta velocidade ou terminais de transporte navais. De acordo com a estratégia de diversificação marcada pela companhia, a TECNOBIT introduziu-se em 2010 no setor sanitário, com o projeto de um sintetizador de áudio que facilita o uso do medidor de glicose para cegos. Este sintetizador foi avaliado e aprovado tanto pelo SESCAM (Serviço de Saúde de Castilla La Mancha) como pela ONCE (Organização Nacional de Cegos da Espanha), e está despertando interesse de outros serviços regionais de saúde. Em 2011, foi realizado o fornecimento de 300 unidades. COMUNICAÇÕES SEGURAS CRIPTOPER SPoC Secure Push to talk Over Cellular TMS DEF Terminal Seguro para Defesa

11 SAFO Simulação de Apoio de Fogo A inauguração do protótipo na Academia Militar das Agulhas Negras (Resende - Rio de Janeiro) foi o evento mais significativo. Aumenta a capacidade dos mais de 400 simuladores de duelo entregues ao Exército para o CC Leopardo 2E, VCI Pizarro, Combatente Individual e Alvos Simulação Nos termos do contrato com o Exército Brasileiro para o fornecimento de dois centros de apoio de fogo de simulação (SAFO) o evento mais significativo foi a inauguração do protótipo na Academia Militar das Agulhas Negras (Resende - Rio de Janeiro). Este protótipo é representativo do ponto de vista técnico do Simulador de Apoio de Fogo é entregue no final do projeto na Academia Militar e do Centro de artilharia autopropulsada Center (Santa Maria - Rio Grande do Sul) e os resultados o trabalho conjunto da seleção brasileira de Exército TECNOBIT mudou e nossa equipe. O trabalho desenvolvido neste protótipo permite vislumbrar algumas das capacidades do simulador no que diz respeito ao ensino e instrução da Artilharia de Campanha: preparação e análise de missões, reconhecimento do terreno, localização e seguimento de alvos fixos e móveis, preparação e execução de disparos, observação, e operação das peças. A cerimônia de apresentação do protótipo contou com a presença do Comandante do Exército Brasileiro, representantes das Forças Armadas e do Ministério da Defesa, bem como dos adidos defesa militares de defesa de vários países. Com estas melhorias, aumenta a capacidade dos mais de 400 simuladores de duelo entregues ao Exército para o CC Leopardo 2E, VCI Pizarro, Combatente Individual e Alvos. Também no final de 2011, a TECNOBIT entregou outros 134 Simuladores de Duelo de Combatente Individual, dos quais 34 correspondem à configuração de instrumentalizado. Além do conjunto emissor e detector laser, inclui uma rádio e um GPS que possibilita a utilização das Estações de seguimento em Tempo Real instaladas no CENAD de San Gregorio. Junto com estes simuladores, também foram entregues um conjunto de elementos auxiliares utilizados para a carga das baterias e o alinhamento do simulador. Dentro também deste contrato, e como parte do plano de compensações ao Brasil, a TECNOBIT concluiu a implantação de uma filial no Rio de Janeiro, Brasil, o que representa um importante marco no desenvolvimento internacional da companhia. Toda essa atividade em Simulação de Duelo permitiu-nos consolidar a nossa liderança e estar dispostos a oferecer ao Exército uma solução de Centro de Treinamento de Combate, que integraria os Simuladores de Duelo para todas as plataformas ou participantes do campo de batalha. Atualmente, este escritorio-sede conta com um Diretor Geral que foi transferido da Espanha, uma Diretora Comercial e uma Responsável Administrativa, ambas contratadas no Brasil. Por outro lado, através do contrato de Manutenção dos Simuladores de Duelo, que engloba a manutenção preventiva e corretiva de toda a família de simuladores de duelo, se conseguiu atingir um nível operativo próximo a 90% dos sistemas. En un primer momento se incorporarán a TECNOBIT Brasil dos ingenieros que actualmente están trabajando en el proyecto para las labores de mantenimiento del Simulador, para posteriormente conforme se vaya desarrollando en plan de negocio de esta compañía establecer una organización equivalente a la que actualmente TECNOBIT tiene en España Com relação aos Simuladores de Duelo, foram concluídos em 2011 projetos de melhoria constituídos por um nova torre de comunicações no Centro de Treinamento Nacional (CENAD) de San Gregorio, um novo software para as Estações de Análise e Monitoramento, incluindo um ambiente sintético 2D/3D baseado em cartografia SIGMIL e na utilização do standard OTAN APP-6A em representação da simbologia militar, el cableado interior de cerca de 219 tanques Leopard e o fornecimento de outros 15 simuladores de duelo para o CC Leopardo 2E. Na área de simuladores civis, a TECNOBIT, além dos três modelos de simulação certificados pela Direção Geral de Aviação Civil (DGCA), FNPT I Séneca, FNPT II MCC C-90 e FNPT II MCC A320, em 2010, o Airbus Military encomendou a TECNOBIT o desenvolvimento e fabricação de painéis do Sistema de Áudio para o seu A400M Full Flight Simulator. 21

12 Sistemas de apoio Em 2011, a EADS encomendou a TECNOBIT o desenvolvimento e fabricação do AGE-RADAR, um equipamento de testes para a manutenção em uma primeira fase (ML1) do RADAR do Eurofighter e durante este ano foi concluída a fase de desenvolvimento através da aprovação do DDP (Declaration of Design Performance). Tecnobit América Este equipamento, juntamente com o PERSEO, utilizado para manutenção em uma primeira fase (ML1) do FLIR/IRST -, operativo no Exército do Ar, constitui uma solução específica para estes dois sistemas tão importantes do avião e fazem parte do equipamento de apoio em terra que utilizarão todos os países que operem o Eurofighter. A assinatura do contrato em 2010 para o fornecimento de dois simuladores de apoio de fogo (SAFO) ao Exército do Brasil foi um marco especialmente relevante na história da Tecnobit e sua vinculação com a América. A tecnologia mais avançada no campo da simulação militar permitirá que o Exército brasileiro dê um passo adiante em termos de formação e treinamento dos seus efetivos e, assim, se posicionar em um primeiro nível. Comprometidos com o Brasil e com o nosso cliente, se estabeleceu um programa de transferência total de tecnologia, de tal maneira que o conhecimento permaneça no Exército e lhe permita enfrentar projetos semelhantes no futuro. brasil Espaço No decorrer de 2011, a TECNOBIT deu continuidade às atividades iniciadas para o desenvolvimento de eletrônica embarcada no campo espacial consistente na unidade de controle eletrônico (ICU), de controle de potência (PSU) e nas placas de Distribuição e Controle de Radiofrequência para as antenas de uma das cargas úteis REDSAT. Estes equipamentos voarão no satélite Hispasat AG1, que a Agência Espacial Europeia está desenvolvendo com a empresa alemã OHB (programa Small GEO). O cliente da TECNOBIT neste contrato é Astrium CASA ESPACIO. Inclui o fornecimento de unidades de qualificação e de unidades de voo. Ao longo deste ano foram concluídas as fases de fabricação de protótipos e modelos de qualificação ( Engineering Qualification Model ; EQM) e finalizados os ensaios de tipo funcional em que se comprovou a adequação dos equipamentos aos requisitos operativos, estando planificados os ensaios ambientais para Os modelos de voo (Flight Model; FM) serão concluídos no final de 2012 e espera-se que o satélite seja lançado em Em 2011, a Tecnobit concluiu o processo de constituição da sua filial no Brasil. O desenvolvimento da capacidade comercial e operativa lhe permitirá atender melhor às necessidades dos clientes. Por outro lado, do Brasil, se poderá dar uma cobertura adequada na região graças às estreitas relações que mantém com todas as nações americanas, adicionales a lós que se dispone desde España. O forte crescimento econômico por vários anos e com impacto limitado da crise econômica levou a uma melhoria significativa na qualidade de vida e maior capacidade de investir na modernização das Forças Armadas e na segurança. Apesar da ausência de grandes conflitos armados durante décadas, existem ameaças importantes para a segurança das nações e dos seus cidadãos, como o tráfico de drogas, as guerrilhas e grupos paramilitares, a imigração ilegal, as gangues de rua, o crime organizado, etc. A forte pressão que o México e a Colômbia estão exercendo sobre o tráfico de drogas tem provocado que outros países estabeleçam vias alternativas. Tudo isso, juntamente com a proteção dos grandes recursos naturais da região e a organização de grandes eventos sociais e esportivos, configura um cenário em que as tecnologias e soluções da Tecnobit podem trazer um valor significativo e contribuir ao cumprimento dos objetivos de segurança estabelecidos pelos governos. A Tecnobit possui um excelente conhecimento de sistemas de vigilância optrônicos para uso terrestre, naval e aéreo que, combinados com radares e outros sensores avançados, permitem a coleta de informação vital e em tempo real. O monitoramento e a vigilância de amplas zonas fronteiriças e costeiras são admissíveis, considerando, além disso, a flexibilidade necessária para se adaptar às necessidades de cada ambiente. Os sistemas de comando e controle, juntamente com uma arquitetura avançada de comunicações, permitem estabelecer um processo de tomada de decisões e de apoio a intervenção das forças de segurança que aumenta consideravelmente a eficiência das operações

13 R&D+i Na TECNOBIT, a R&D+i é considerada um pilar fundamental em que nos sustentamos para conseguir nossos objetivos estratégicos. Nossa política neste campo é conduzida para que a companhia possa se antecipar às necessidades e demandas atuais e futuras do mercado em nossos campos de atuação atuais e nos que ainda queremos conquistar. Os benefícios deste investimento podem ser facilmente constatados, uma vez que a nossa política de R&D+i desempenhada ao longo dos anos tem contribuído para a construção de nossa ampla e variada carteira de produtos altamente tecnológicos, e das capacidades que nos permitem continuar sua evolução e expansão. O nosso modelo de R&D+i está focalizado em satisfazer as necessidades futuras de nossos clientes e criar soluções com tecnologia de ponta que contribuam ao progresso de nossa companhia, além de manter e evolucionar aéreas de conhecimento tecnológicas especializadas e emergentes. Estes conceitos são criados em um sistema de gestão da I+D+i, a partir do qual obtemos de forma continuada e sistêmica, atividades e projetos de R&D+i de êxito e alinhados com a nossa estratégia competitiva. Com primazia em certas tecnologias próprias como as de Sistemas Eletro-Ópticos IR (Infravermelhos) Avançados, Sistemas de Comunicações Data Link (Enlaces de Comunicações de Dados Táticos), Sistemas de Comando e Controle e Comunicações, Tecnologias em Sistemas de Simulação e Integração de Sistemas, Tecnologias em Sistemas de Informação, Sistemas de Criptografia e Tecnologias de Gestão de Sistemas de Áudio, destacadas entre outras emergentes na companhia. A Tecnobit culminou durante 2011 Projetos de R&D+i, financiados com fundos próprios e co-financiados com ajudas a R&D+i (CDTI, principalmente), que produziram diferentes tipos de sistemas, entre os que podemos destacar: Sistemas Eletro-Ópticos inteligentes baseados em sensores IR uncooled (sistema ODIN), sistemas integrados C4ISR/ERSTA em plataformas terrestres móveis (sistema COSMOS), evolução e ampliação da família de sistemas EO (Centimar, Argos+), sistemas de comunicações de gestão de áudio para veículos terrestres, sistemas criptografados para celulares, e evolução de sistemas de processado de Data Link baseados em TICs. A TECNOBIT continua apostando pela inovação já que, apesar da atual crise econômica, manteve o seu compromisso com a R&D+i. Durante 2011, o investimento nesta área atingiu os 4,3 millones de euros, o que supõe um 8,5% das vendas. Esta quantidade representa um importante esforço sustentado de recursos e meios, e situa a TECNOBIT, em linha com o setor aeronáutico e de defensa, e acima da média nacional 4,3 Milhões de investimento em R&D+i 8,5% das vendas

14 Recursos humanos A TECNOBIT mantém uma exigente política de seleção de pessoal, tentando atrair aos melhores profissionais para que contribuam com seus conhecimentos e ideias e assim poder atingir os mais altos padrões de qualidade e excelência dentro da ampla gama de soluções, produtos e sistemas oferecidos pela companhia. Para alcançar este objetivo, a TECNOBIT proporciona aos funcionários um ambiente estável de desenvolvimento pessoal e profissional, orientado ao mundo da engenharia e dos sistemas mais avançados de tecnologia, com participação em projetos internacionais. Esta oferta também está aberta a profissionais recém-formados que, apesar de sua inexperiência, são incluídos nos projetos com uma função importante, estimulando sua implicação desde o primeiro dia. O desenvolvimento profissional e a formação que a companhia oferece se complementam para que os empregados se sintam indispensáveis na nossa organização. O setor em que a TECNOBIT desenvolve a sua atividade está caracterizado pela constante inovação, em um mercado cada vez mais exigente e globalizado, que requer o uso de tecnologias de vanguarda que permitam a companhia oferecer respostas de qualidade às demandas dos seus clientes, e avançar na obtenção da liderança tecnológica. No exercício de 2011, manteve-se a contratação de empregos qualificados para graduados na Espanha, especialmente na região de Castilla La Mancha. Localmente a companhia continua colaborando com centros de formação profissional, proporcionando tanto a possibilidade de realização de estágios como de contratação de técnicos de Formação Profissional. Devido a que na TECNOBIT o conhecimento e o uso de tecnologias avançadas são considerados um diferencial competitivo, a Formação é um pilar básico na política de Recursos Humanos da companhia. Como consequência desta política, em 2011 foi dada ênfase a formação dos funcionários, e por isso realizaram-se 64 ações de formação, tanto individuais como em grupo, marcando um total de horas de treinamento. 16% Graduados técnicos 32% FP especializados TITULAÇÃO 19% Resto pessoal 33% Engenheiros Apesar da difícil situação econômica atual, TECNOBIT soube mitigar o impacto da crise. O ano de 2011 fechou o seu quadro de pessoal com 348 empregados, com uma idade média de 36 anos, dos quais 59% são graduados universitários. TECNOBIT declara o seu compromisso com a implantação e desenvolvimento de políticas que integram a igualdade de trato e oportunidades entre mulheres e homens, estabelecendo desta forma, um princípio estratégico da Política Corporativa e Recursos Humanos. O Departamento de Previsão de Riscos Laborais e de Vigilância da Saúde no Trabalho garante a saúde e a segurança de seus empregados, e atua de conformidade com a legislação em vigor do Sistema de Gestão Segurança e Saúde Ocupacional e fornecendo seminários para a formação de empregados nesta área. Atualmente estamos a introduzir um sistema de melhora na gestão de projetos, através do qual poderão detectar-se os problemas que possam surgir em cada um dos programas e, ao mesmo tempo, ajudar à melhora da sua execução, o que resultará na satisfação das demandas do cliente e as suas mais altas expectativas. TECNOBIT considera que o recurso mais importante da companhia é o seu pessoal, pois contar com uma equipe de profissionais altamente qualificados e treinados, com motivação e comprometidos com as metas da empresa, supõe uma grande vantagem competitiva em relação a outras empresas do setor. Neste último período, a companhia foi reestruturada com a ideia de criar uma nova estrutura que contribua para melhorar a eficácia de nossas atividades e para oferecer aos nossos clientes o nosso firme compromisso com a qualidade e eficiência dos nossos produtos e serviços. 73 SEXO MULHERES HOMENS IDADE MÁDIA 40 DISTRIBUIÇÃO DO PESSOAL MADRID VALDEPEÑAS 27

15 Qualidade Cconcessionária Lockheed Martin a TECNOBIT do nível de qualidade STAR SUPPLIER FORM 1 Ao longo de 2011, foram realizados progressos significativos na integração de sistemas de gestão da Qualidade, I+D e Software, assim como a integração do Sistema de Gestão Ambiental incorporando assim, novos documentos de definição de processos baseados na ferramenta SAP com o objetivo de melhorar a eficácia de todos os processos da organização e reduzindo o solapamento nas atividades que não agregam valor para o cliente. Da mesma forma, no nível de definição dos processos da Engenharia de Sistemas, se tem elaborado novos documentos para cobrir todas as atividades que constituem o core da organização e assegurar a satisfação das partes interessadas no desenvolvimento de novo sistema. Continuando com o principio do enfoque ao cliente da normativa ISO 9001, temos conseguido manter ao longo de 2011 nossa valorização global de 4.0 no Indicador Global de Satisfação de Cliente, sendo 5 o máximo valor. Com relação ao mencionado anteriormente, é importante destacar que, durante o 2011 continuamos mantendo a mesma categoria outorgada pela concessionária Lockheed Martin a TECNOBIT do nível de qualidade STAR SUPPLIER, com o que se reconhece nossos esforços para atingir zero defeito na produção de aero-estruturas SOC e MER do helicóptero MH60R, cujo cliente final é a Marinha dos EUA. TECNOBIT participou ao longo do ano nos principais foros de Qualidade do Setor da Defesa e Aeroespacial, através do Comitê das Indústrias para a Defesa da Associação Espanhola de Qualidade (AEC) e do Comitê de Qualidade das Indústrias Aeroespaciais TEDAE, compartilhando com organismos e empresas, sua experiência e melhores práticas em matéria de Desenvolvimento de Software, Gestão da Configuração, Confiabilidade, etc. Ao mesmo tempo e no âmbito internacional, temos ampliado nossa participação em novas divisões da Sociedade Americana para a Qualidade (ASQ) de inspeção, eletrônica e comunicações, aeroespacial, entre outras. Ao logo de 2011, uma vez mais, se demostrou o nosso comprometimento para cumprir as normativas do setor das Indústrias para a defesa, renovando nossa certificação PECAL 2110, transposição nacional da normativa OTAN AQAP 2110 e da mesma forma se renovou a certificação de referência do setor aeroespacial EN9100. Foram emitidos certificados de aeronave FORM 1 para o primeiros modelos do Sistema de Áudio do M em configuração L3 (base de certificação), de acordo às exigências das Autoridades de Aviação Civil e nossa certificação como Organização de Produção do Sistema de Gestão de Áudio (MAS) do avião A-400M. O cumprimento da normativa PECAL2210 de Assegurar a Qualidade de Software no projeto de processador Link-22, contratado com a Direção Geral de Armamento e Material (DGAM), nós permitiu obter finalmente a certificação PECAL 2210, normativa OTAN que inclui requisitos complementários para o Software aos da PECAL PARTE21 PECAL

16 Meio ambiente Neste sentido e com o motivo do nosso compromisso com o meio ambiente e o desenvolvimento de uma politica sustentável, TECNOBIT conta com um plano de sensibilização centrado em várias linhas de ação. A tabela a seguir, mostra os objetivos que TECNOBIT, voluntariamente, introduz no seu sistema de gestão nas diversas áreas: Conscientização e sensibilização a toda nossa equipe com temas ambientais. Elaborou-se um Manual de boas práticas ambientais que recolhe varias medidas, padrões de com portamento e ações sustentáveis com vista a melhorar o ambiente no local de trabalho e usadas para modificar ou melhorar comportamentos habituais, com foco no código de conduta dos três Rs: Redução Reutilização Reeciclagem No ano 2012 iremos trabalhar em: Avançar na medição e redução do consumo de energia elétrica nas nossas instalações. Avançar na medição e redução do consumo das emissões de CO2. Implantação de medidas de eficiência para a minimização do uso de papel no escritório, com o objetivo de estabelecer uma política empresarial orientada em escritório sem papel. Compromisso de nossos fornecedores no alcance de nossos objetivos ambientais. Conscientização e sensibilização a toda nossa equipe com temas ambientais. Ampliar a área de estacionamento para bicicletas. TECNOBIT desde sua fundação tem demonstrado a sua sensibilização para as questões ambientais e do seu entorno, tendo como um dos pilares estratégicos a proteção ambiental, com base no cumprimento da legislação e os esforços na implantação de tecnologias e processos limpos. Este compromisso ambiental foi concluído com um reconhecimento oficial em 2010 registado sob a norma UNE-EN ISO 14001:2004, que garante o cumprimento dos princípios ambientais e nos permite seguir avançando, melhorando a qualidade do serviço e o uso adequado de recursos para a preservação do meio ambiente. Um ano após da referida certificação, todas as nossas atividades se desenvolvem conforme aos critérios ambientais, de acordo com os princípios estabelecidos em nossa política ambiental, no qual contém princípios de respeito ao meio ambiente e inclui elementos, tais como: o respeito pelas pessoas que nela trabalham o bemestar da sociedade em que a empresa se baseia, assim como o serviço à sociedade, oferecendo produtos de alta qualidade com o menor impacto ambiental. 1.- Redução e eficiência energética. Conseguir uma redução no consumo de eletricidade de 2 % com relação ao ano anterior. Para conseguir este objetivo são realizadas ações em três âmbitos: --Alumbrado: Iluminação: instalação de equipamentos de detecção de movimento e substituição de luminárias convencionais por luminárias LEDs. --Climatização: instalação de termostato ambiental regulados a 21 C no inverno e 26ºC no verão, de modo que não possa ser manipulado. --Ventilação: Instalação de recuperação de calor. Computadores: Configurar a redução de energia dos mesmos e realizar a configuração de desligar do monitor após 10`de inatividade. Como resultado deste objetivo inicial, tivemos uma redução de 4,92% no consumo de energia. Assim, o gráfico a seguir, mostra a redução neste campo de atuação nos últimos anos. 2.- Nova política de viagens. Reduzir as emissões de CO2. Para colocar em prática este objetivo se programou novas medidas no uso dos recursos destinados a deslocamentos: --Uso de videoconferência para evitar deslocamentos. --Substituição dos meios de deslocamento (o uso de trem no lugar do veículo) --Escolha de hospedagem com políticas ambientais (hotéis verdes e/ou ecológicos). Como resultado deste objetivo, temos conseguido uma redução no uso de veículo em 2,96% em comparação ao total de deslocamentos, assim como um incremento no uso de trem em um 23,92%. + 23,92% - 4,92% - 2,96%

17 Relátorio financeiro Em um ano de grande dificuldade, como foi no mercado espanhol, com cortes significativos nos orçamentos de investimento do Ministério da Defesa, TECNOBIT manteve seu volume de negócios em níveis semelhantes aos de 2010, com uma queda nas vendas de apenas 6,8%, foi muito menos o impacto em comparação ao acorrido em todo o setor. Nossa posição no mercado continua forte por causa da nossa participação em grandes programas multinacionais, menos vulneráveis a cortes por causa dos compromissos assumidos por Espanha, e a nossa abertura aos mercados internacionais menos afetados pela crise financeira. Os ingressos do ano totalizaram no valor de 51,68 milhões de euros, o que gerou uma caída de 8,8% com relação ao exercício de 2010, como efeito das menores vendas (47,3 milhões de euros) e da redução de investimentos em desenvolvimento e melhoria dos produtos. No entanto, mantivemos o investimento em R&D+i em torno de 8,5% das vendas, concentrando esforços sobre aquilo que nos permite melhorar nossa posição tecnológica nos mercados internacionais. Nossos principais projetos durante 2011 tiveram o apoio institucional e económico de organismos governamentais e consórcios europeus, assim como do Fundo Tecnológico Europeu. O Lucro Bruto Operacional, no fechamento do exercício 2011, foi de 15,1 milhões de euros, apenas 2,9% a menos com relação ao ano anterior, apesar da queda significativa da receita. TECNOBIT conseguiu manter níveis de rentabilidade, aumentando a eficiência de seus processos de produção, sem deixar de investir no maior patrimônio da empresa: o Conhecimento. A melhoria contínua na gestão de nossos processos e nos demais assuntos econômicos dos projetos melhorou a Margem Bruta Operacional até 32%, valor superior ao obtido em A maior eficiência nas operações e o controle dos gastos de estrutura tem permitido alcançar um Resultado Bruto (EBITDA) superior ao de É importante mencionar a evolução do negócio da nossa filial RETEMSA, o que afeta consideravelmente o Resultado Neto do Exercício. Em 2011, RETEMSA, tem enfrentado uma redução significativa de suas linhas de negócios, o que originou fortes perdas na companhia. Consequentemente, TECNOBIT, acrescentou em suas contas os suprimentos necessários para equipar completamente os créditos financeiros e comerciais com a filial, evitando outros impactos nos exercício posteriores. O bom andamento da companhia é considerado como resultado do grande esforço realizado no âmbito comercial, junto ao importante crescimento de nossa atividade internacional no mercado LATAM, e a manutenção da carteira de pedidos superior a três anos de vendas da companhia. As principais informações do balaço ratificam os esforços da companhia para melhorar sua rentabilidade: triplicando o capital de giro, reduzindo a dívida e melhorando a liquidez geral da empresa. O fundo Próprio ultrapassou os 47 milhões de euros, como resultado do reinvestimento integral dos benefícios, reforçando o patrimônio. O capital de giro aumentou de forma muito significativa: mais de 198%, até os 16 milhões de euros, mantendo a tendência positiva em relação aos anos anteriores, o que se reflete em um declínio significativo da dívida no curto prazo da sociedade e menor exposição aos riscos financeiros. O número de funcionários, até o fechamento do exercício, foi reduzido ligeiramente, por circunstâncias de projetos de rotação, enquanto a intenção da empresa é manter o emprego, tanto quanto possível, desta forma, poder aproveitar da experiência do pessoal e melhorar a produtividade em cenários futuros com o aumento da atividade da empresa. O informe de Auditoria independente das contas anuais do exercício, emitido por Ernst&Young, reflete a imagem fiel da evolução de nossa atividade. Principais Magnitudes dados em milhones de Euros Ingressos 51,7 56,6 68,1 62,2 57,3 Ventas 47,3 50,7 59,2 54,9 50,2 Lucro Bruto Operacional 15,1 15,6 15,7 19,2 18,4 EBITDA 11,8 12,0 11,9 15,1 14,7 Resultado do Exercício 1,2 3,6 6,0 6,9 4,9 Evoluição do Volume do Negócio dados em milhões de Euros 47, % VENDAS POR ZONAS GEOGRÁFICAS 6% 32% 14% 50,7 BALANÇO DA SITUAÇÃO dados em milhões de Euros 59,2 54, Inmovilizado Neto 55,98 60,8 58,3 44,4 31,7 Activo Circulante 72,71 68,8 75,7 54,7 49,1 Total Activo 128,7 129,5 134,0 99,1 80,8 Capital de Giro 16,0 5,4 4,1 7,6 17,8 Ratio Ativo Circulante 1,28 1,09 1,06 1,16 1,43 Contratação 40,8 51,4 57,0 45,7 53,7 Planilha final de ano Cartera 146,3 149,8 150,8 153,7 162,9 Patrimonio Neto 47,515 47,5 43,3 37,9 33,5 Acreedores a L/P 21,557 18,7 19,1 14,1 13,0 Passivo Circulante 56,68 63,3 71,57 47,1 34,3 Total Passivo 125,8 129,5 134,0 99,1 80,8 50, % Nacional Europa LATAM EEUU e Resto

18 COORDENAÇÃO EDITORIAL Marketing Departament of TECNOBIT DESIGN Azento de Diseño, S.L. AGENCIA DE DISEÑO Y COMUNICACIÓN IMPRESSÃO AVANCE Servicio Integral Gráfico, S.L.

19 Sede Central Santa Leonor, 65 - Edif.A - 1ª Planta Parque Empresarial Avalon Madrid (ESPAÑA) T (+34) F (+34) Fábrica Fudre, Valdepeñas. Ciudad Real (ESPAÑA) T (+34) F (+34) Subsidiária do Brásil Avda. Ataulfo de Paiva 204, salas , Leblon Cep Rio de Janeiro - RJ, Brásil T (+21) F (+21)

Gerenciamento de Redes

Gerenciamento de Redes Gerenciamento de Redes As redes de computadores atuais são compostas por uma grande variedade de dispositivos que devem se comunicar e compartilhar recursos. Na maioria dos casos, a eficiência dos serviços

Leia mais

Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil

Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil Nota de Imprensa Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil Presidente mundial do Banco Santander apresenta em São Paulo o Plano Estratégico 2008-2010 para o A integração

Leia mais

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES N REQUISITOS OBSERVAÇÕES 01 02 03 04 05 06 07 A - MANUTENÇÃO E SUPORTE A empresa fornece produto de software com Verificar se a empresa fornece manual do produto (instalação), documentação de suporte ao

Leia mais

NUEVAS CONSTRUCCIONES

NUEVAS CONSTRUCCIONES 1. infodefensa.com Francisco Baron, diretor comercial do NAVANTIA: Queremos o máximo de participação na indústria brasileira Industry Day Francisco Baron, diretor comercial do Navantia: Queremos o máximo

Leia mais

Alkym Militar. Sistema Integral de Logística e Gestão de Manutenção de Aeronaves. Mais missões. Custos mais baixos. 1 Alkym Militar by Volartec

Alkym Militar. Sistema Integral de Logística e Gestão de Manutenção de Aeronaves. Mais missões. Custos mais baixos. 1 Alkym Militar by Volartec Alkym Militar Sistema Integral de Logística e Gestão de Manutenção de Aeronaves Mais missões. Custos mais baixos 1 Alkym Militar by Volartec Apresentação Geral VOLARTEC VOLARTEC e uma empresa de tecnologia

Leia mais

GROUP PEDREIRA S PROJECTO IN AIR CONDITIONING SERVICE

GROUP PEDREIRA S PROJECTO IN AIR CONDITIONING SERVICE Serviços de Instalação - VRV e VRF O ar condicionado está se tornando rapidamente a tecnologia favoreceu para fornecer aquecimento e soluções para escritórios, comércio e lazer de refrigeração. Ele está

Leia mais

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS METODOLOGIA DE AUDITORIA PARA AVALIAÇÃO DE CONTROLES E CUMPRIMENTO DE PROCESSOS DE TI NARDON, NASI AUDITORES E CONSULTORES CobiT

Leia mais

COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com

COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com Introdução Atualmente, é impossível imaginar uma empresa sem uma forte área de sistemas

Leia mais

Soluções inteligentes em energia. Energia para a vida

Soluções inteligentes em energia. Energia para a vida Soluções inteligentes em energia Energia para a vida O Brasil e o mundo contam com a nossa energia. A Prátil é uma empresa de soluções inteligentes em energia, que atua nos segmentos de infraestrutura

Leia mais

FleetBroadband. O referencial em comunicações móveis via satélite

FleetBroadband. O referencial em comunicações móveis via satélite FleetBroadband O referencial em comunicações móveis via satélite A toda velocidade para um futuro com banda larga FleetBroadband é o primeiro serviço de comunicações marítimas a fornecer voz e dados em

Leia mais

LNet Mobility WIRELESS SOLUTIONS

LNet Mobility WIRELESS SOLUTIONS LNet Mobility WIRELESS SOLUTIONS INTRODUÇÃO: Entende-se por Mobilidade a possibilidade de poder se comunicar em qualquer momento e de qualquer lugar. Ela é possível graças às redes wireless, que podem

Leia mais

ISO 9001 Relatórios. A importância do risco em gestao da qualidade. Abordando a mudança. ISO Revisions. ISO Revisions

ISO 9001 Relatórios. A importância do risco em gestao da qualidade. Abordando a mudança. ISO Revisions. ISO Revisions ISO 9001 Relatórios A importância do risco em gestao da qualidade Abordando a mudança BSI Group BSI/UK/532/SC/1114/en/BLD Contexto e resumo da revisão da ISO 9001:2015 Como uma Norma internacional, a ISO

Leia mais

ISRAEL at LAAD 2013. Dsit Solutions Ltd.

ISRAEL at LAAD 2013. Dsit Solutions Ltd. Dsit Solutions Ltd. Ao longo das duas últimas décadas, a DSIT Solutions tem desenvolvido e empregado as tecnologias mais modernas para criar avançados sistemas de sonar e aplicações em comando e controle

Leia mais

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS WALLACE BORGES CRISTO 1 JOÃO CARLOS PEIXOTO FERREIRA 2 João Paulo Coelho Furtado 3 RESUMO A Tecnologia da Informação (TI) está presente em todas as áreas de

Leia mais

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br Corporativo Transformar dados em informações claras e objetivas que possibilitem às empresas tomarem decisões em direção ao sucesso. Com essa filosofia a Star Soft Indústria de Software e Soluções vem

Leia mais

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico PERFIL DO CLIENTE Indústria: Mídia Companhia: Valor Econômico Funcionários:

Leia mais

ISO 14001:2015 SAIBA O QUE MUDA NA NOVA VERSÃO DA NORMA

ISO 14001:2015 SAIBA O QUE MUDA NA NOVA VERSÃO DA NORMA ISO 14001:2015 SAIBA O QUE MUDA NA NOVA VERSÃO DA NORMA SUMÁRIO Apresentação ISO 14001 Sistema de Gestão Ambiental Nova ISO 14001 Principais alterações e mudanças na prática Estrutura de alto nível Contexto

Leia mais

OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS Esta seção apresenta alguns dos problemas da gestão da cadeia de suprimentos discutidos em mais detalhes nos próximos capítulos. Estes problemas

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

TECNOLOGIA PARA OS DESAFIOS DO BRASIL

TECNOLOGIA PARA OS DESAFIOS DO BRASIL TECNOLOGIA PARA OS DESAFIOS DO BRASIL Consultoria, tecnologia e outsourcing indracompany.com INDRA NO BRASIL UMA DAS PRINCIPAIS EMPRESAS DE CONSULTORIA E TECNOLOGIA DO PAÍS BRASIL. PRINCIPAL MERCADO INTERNACIONAL

Leia mais

INNOVA. Soluções de software que capacitam os processadores de aves a...

INNOVA. Soluções de software que capacitam os processadores de aves a... INNOVA Soluções de software que capacitam os processadores de aves a... Maximizar o rendimento e a produtividade Estar em conformidade com os padrões de qualidade e garantir a segurança dos alimentos Obter

Leia mais

RELIABLE INNOVATION PERSONAL SOLUTIONS

RELIABLE INNOVATION PERSONAL SOLUTIONS RELIABLE INNOVATION PERSONAL SOLUTIONS PT COMO UM FORNECEDOR GLOBAL DE SOLUÇÕES PARA A PRODUÇÃO, TRANSPORTE E DISTRIBUIÇÃO DE REDE ELÉTRICA, CONTRIBUÍMOS PARA UMA UTILIZAÇÃO RESPONSÁVEL E SUSTENTÁVEL DE

Leia mais

Certificação de qualidade e sustentabilidade da Indústria têxtil e da moda. Guia para iniciar a certificação

Certificação de qualidade e sustentabilidade da Indústria têxtil e da moda. Guia para iniciar a certificação Certificação de qualidade e sustentabilidade da Indústria têxtil e da moda Guia para iniciar a certificação EDITORIAL Os desafios do desenvolvimento sustentável ampliam a importância das iniciativas da

Leia mais

EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA OPERACIONAL (PTO)

EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA OPERACIONAL (PTO) EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 CONCESSÃO PARA AMPLIAÇÃO, MANUTENÇÃO E EXPLORAÇÃO DOS AEROPORTOS INTERNACIONAIS BRASÍLIA CAMPINAS GUARULHOS EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA

Leia mais

3 Hamanor St. Holon 58861 Israel, P.O.Box 5 AZOR 58008 Tel: +972-3-5599661 Fax: +972-3-5599677 mars@marsant.co.il www.mars-antennas.

3 Hamanor St. Holon 58861 Israel, P.O.Box 5 AZOR 58008 Tel: +972-3-5599661 Fax: +972-3-5599677 mars@marsant.co.il www.mars-antennas. MARS Antennas & RF Systems, é um líder mundial na fabricação e projeto de soluções de antenas de RF e uma Companhia de R&D, com uma capacidade comprovada para projetar e fornecer produtos de custo efetivo

Leia mais

COMPETIR + Sistema de Incentivos para a Competitividade Empresarial

COMPETIR + Sistema de Incentivos para a Competitividade Empresarial Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada COMPETIR + Sistema de Incentivos para a Competitividade Empresarial Subsistemas Fomento da Base Económica de Exportação Desenvolvimento Local Empreendedorismo

Leia mais

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Parceiros de serviços em nuvem gerenciada Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Implemente a versão mais recente do software da SAP de classe mundial,

Leia mais

Sistema de Gestão Ambiental

Sistema de Gestão Ambiental Objetivos da Aula Sistema de Gestão Ambiental 1. Sistemas de gestão ambiental em pequenas empresas Universidade Federal do Espírito Santo UFES Centro Tecnológico Curso de Especialização em Gestão Ambiental

Leia mais

Banco Interamericano de Desenvolvimento Patrick Doyle Patrickd@iadb.org. Agosto 2015

Banco Interamericano de Desenvolvimento Patrick Doyle Patrickd@iadb.org. Agosto 2015 Banco Interamericano de Desenvolvimento Patrick Doyle Patrickd@iadb.org Agosto 2015 Desde 1959 A principal fonte de financiamento para o desenvolvimento da América Latina e Caribe 26 Países Conta com 26

Leia mais

DIMETRA IP Compact. uma solução TETRA completa e compacta

DIMETRA IP Compact. uma solução TETRA completa e compacta DIMETRA IP Compact uma solução TETRA completa e compacta MOTOROLA - SEU PARCEIRO DE TECNOLOGIA CONFIÁVEL E ATUANTE Uma herança que dá orgulho As soluções TETRA da Motorola alavancam mais de 75 anos de

Leia mais

Banco Popular, Espanha

Banco Popular, Espanha Banco Popular, Espanha Tecnologia avançada de automação do posto de caixa para melhorar a eficiência e beneficiar a saúde e segurança dos funcionários O recirculador de notas Vertera contribuiu para impulsionar

Leia mais

redes, infraestrutura e telecom

redes, infraestrutura e telecom redes, infraestrutura e telecom Integração de soluções, projetos, implementação e manutenção de redes, infraestrutura de TI e telecom para empresas de grande e médio portes. SERVIÇOS redes, infraestrutura

Leia mais

Levando os benefícios do IP aberto ao controle de acesso físico. Controlador de porta em rede AXIS A1001

Levando os benefícios do IP aberto ao controle de acesso físico. Controlador de porta em rede AXIS A1001 Levando os benefícios do IP aberto ao controle de acesso físico. Controlador de porta em rede AXIS A1001 Abra as portas para o futuro. Com o Controlador de porta em rede AXIS A1001, estamos introduzindo

Leia mais

Desenvolvimento da Iluminação Pública no Brasil. Sistemas de gestão da iluminação pública

Desenvolvimento da Iluminação Pública no Brasil. Sistemas de gestão da iluminação pública 14 Capítulo IX Sistemas de gestão da iluminação pública Por Luciano Haas Rosito* Conforme apresentado no capítulo anterior, uma das oportunidades de melhoria na iluminação pública justamente refere-se

Leia mais

LOGÍSTICA MADE DIFFERENT LOGÍSTICA

LOGÍSTICA MADE DIFFERENT LOGÍSTICA LOGÍSTICA MADE DIFFERENT LOGÍSTICA ENTREGA ESPECIAL Na economia globalizada 24/7 de hoje, a logística e a gestão de armazéns eficientes são essenciais para o sucesso operacional. O BEUMER Group possui

Leia mais

EMBRAER ANUNCIA PERSPECTIVAS DE LONGO PRAZO PARA AVIAÇÃO Estimativas de demanda mundial abrangem os mercados de jatos comerciais e executivos

EMBRAER ANUNCIA PERSPECTIVAS DE LONGO PRAZO PARA AVIAÇÃO Estimativas de demanda mundial abrangem os mercados de jatos comerciais e executivos EMBRAER ANUNCIA PERSPECTIVAS DE LONGO PRAZO PARA AVIAÇÃO Estimativas de demanda mundial abrangem os mercados de jatos comerciais e executivos São José dos Campos, 7 de novembro de 2008 A Embraer (BOVESPA:

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

Objetivos. PDI - Plano Diretor de Informática. O que é? Como é feito? Quanto dura sua elaboração? Impactos da não execução do PDI

Objetivos. PDI - Plano Diretor de Informática. O que é? Como é feito? Quanto dura sua elaboração? Impactos da não execução do PDI Objetivos Assegurar que os esforços despendidos na área de informática sejam consistentes com as estratégias, políticas e objetivos da organização como um todo; Proporcionar uma estrutura de serviços na

Leia mais

Como objectivos específicos do PITVANT são de destacar os seguintes:

Como objectivos específicos do PITVANT são de destacar os seguintes: O Projecto de Investigação e Tecnologia em Veículos Aéreos Não-Tripulados (PITVANT)., aprovado por Sua Excelência o Ministro da Defesa Nacional em 11 de Agosto de 2008, e cuja duração é de sete anos, teve

Leia mais

PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI

PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI GUIA PARA MELHORAR O SEU Principais Práticas para a Proteção de PI PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI 2013 Centro para Empreendimento e Comércio Responsáveis TABELA DE CONTEÚDO CAPÍTULO 1: Introdução à Proteção

Leia mais

Prof. Dr. Ivanir Costa. Unidade III QUALIDADE DE SOFTWARE

Prof. Dr. Ivanir Costa. Unidade III QUALIDADE DE SOFTWARE Prof. Dr. Ivanir Costa Unidade III QUALIDADE DE SOFTWARE Normas de qualidade de software - introdução Encontra-se no site da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) as seguintes definições: Normalização

Leia mais

Programa de Serviços

Programa de Serviços Programa de Serviços Um Parceiro da Heidelberg Sucesso e segurança para o convertedor de rótulos A maior diversidade de substrato. Um marca de qualidade emerge: um sistema de máquina Gallus garante a mais

Leia mais

Maximize o desempenho das suas instalações. Gerenciamento Integrado de Facilities - Brasil

Maximize o desempenho das suas instalações. Gerenciamento Integrado de Facilities - Brasil Maximize o desempenho das suas instalações Gerenciamento Integrado de Facilities - Brasil Sua empresa oferece um ambiente de trabalho com instalações eficientes e de qualidade? Como você consegue otimizar

Leia mais

Governança de T.I. Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com

Governança de T.I. Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com Governança de T.I Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com Information Technology Infrastructure Library ITIL ITIL é um acrônimo de Information Technology Infraestruture Library. Criado em

Leia mais

Rumo à Integração de Segurança. IDC FutureScape IT Security Products and Services 2015 Predictions

Rumo à Integração de Segurança. IDC FutureScape IT Security Products and Services 2015 Predictions Rumo à Integração de IDC FutureScape IT Security Products and Services 0 Predictions ª Plataforma Processo de Decisão Evolução da ª Plataforma focalizada no risco do acesso a servidores centralizados e

Leia mais

Sistemas embarcados. Paulo Urbano paulo.urbano@cesar.org.br

Sistemas embarcados. Paulo Urbano paulo.urbano@cesar.org.br Sistemas embarcados Paulo Urbano paulo.urbano@cesar.org.br Sobre o palestrante... Ciência da Computação, Departamento de Informática, UFPE, 1998 Mestrado em Tecnologia da Informação, Universität Stuttgart,

Leia mais

Soluções de Segurança de Infraestrutura Crítica OPÇÕES DE SEGURANÇA INTEGRADAS E EM CAMADAS. Sua Escolha em Segurança

Soluções de Segurança de Infraestrutura Crítica OPÇÕES DE SEGURANÇA INTEGRADAS E EM CAMADAS. Sua Escolha em Segurança Soluções de Segurança de Infraestrutura Crítica OPÇÕES DE SEGURANÇA INTEGRADAS E EM CAMADAS Sua Escolha em Segurança Honeywell Um legado de excelência Durante mais de duas décadas, as soluções de segurança

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS Versão 2.0 09/02/2015 Sumário 1 Objetivo... 3 1.1 Objetivos Específicos... 3 2 Conceitos... 4 3 Princípios... 5 4 Diretrizes... 5 4.1

Leia mais

Área limpa para o setor aeroespacial

Área limpa para o setor aeroespacial Área limpa para o setor aeroespacial Equatorial Sistemas inaugura 95 metros quadrados de área limpa, para desenvolver, fabricar, montar e integrar hardwares para aplicações aeroespaciais Alberto Sarmento

Leia mais

Contrato de Suporte End.: Telefones:

Contrato de Suporte End.: Telefones: Contrato de Suporte Contrato de Suporte Desafios das empresas no que se refere à infraestrutura de TI Possuir uma infraestrutura de TI que atenda as necessidades da empresa Obter disponibilidade dos recursos

Leia mais

Apoios às empresas no Norte 2020. Eunice Silva Valença 30.06.2015

Apoios às empresas no Norte 2020. Eunice Silva Valença 30.06.2015 Apoios às empresas no Norte 2020 Eunice Silva Valença 30.06.2015 SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS INOVAÇÃO EMPRESARIAL EMPREENDEDORISMO QUALIFICAÇÃO DE PME INTERNACIONALIZAÇÃO DE PME I&D Produção de

Leia mais

ESTUDO COMPARATIVO NBR ISO 13485:2004 RDC 59:2000 PORTARIA 686:1998 ITENS DE VERIFICAÇÃO PARA AUDITORIA

ESTUDO COMPARATIVO NBR ISO 13485:2004 RDC 59:2000 PORTARIA 686:1998 ITENS DE VERIFICAÇÃO PARA AUDITORIA ESTUDOCOMPARATIVO NBRISO13485:2004 RDC59:2000 PORTARIA686:1998 ITENSDEVERIFICAÇÃOPARAAUDITORIA 1. OBJETIVO 1.2. 1. Há algum requisito da Clausula 7 da NBR ISO 13485:2004 que foi excluída do escopo de aplicação

Leia mais

Rexroth 4EE Rexroth para Eficiência Energética

Rexroth 4EE Rexroth para Eficiência Energética Rexroth 4EE Rexroth para Eficiência Energética Procurando reduzir gastos com energia? Por que não aumentar a produtividade ao mesmo tempo? Reduzir os custos operacionais usando a energia com eficiência

Leia mais

Alinhando NBR-ISO/IEC 17799 e 27001 na Administração Pública - USP

Alinhando NBR-ISO/IEC 17799 e 27001 na Administração Pública - USP Alinhando NBR-ISO/IEC 17799 e 27001 na Administração Pública - USP 3 3 Apresentação : Introdução. NBR ISO/IEC 27001 e 17799. Proposta de Plano de Trabalho/Ação. Referências. Confidencialidade Permitir

Leia mais

Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços para a Área Social

Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços para a Área Social Programa 0465 SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO - INTERNET II Objetivo Incrementar o grau de inserção do País na sociedade de informação e conhecimento globalizados. Público Alvo Empresas, usuários e comunidade

Leia mais

Art. 1º Aprovar as Instruções Gerais de Segurança da Informação para o Exército Brasileiro (IG 20-19).

Art. 1º Aprovar as Instruções Gerais de Segurança da Informação para o Exército Brasileiro (IG 20-19). PORTARIA Nº 483, DE 20 DE SETEMBRO DE 2001. Aprova as Instruções Gerais de Segurança da Informação para o Exército Brasileiro (IG 20-19). O COMANDANTE DO EXÉRCITO, no uso da competência que lhe é conferida

Leia mais

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS. Finanças

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS. Finanças COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS Finanças DESCRIÇÕES DOS NÍVEIS APRENDIZ Aprende para adquirir conhecimento básico. É capaz de pôr este conhecimento em prática sob circunstâncias normais, buscando assistência

Leia mais

Certificação da FAA: um profundo compromisso com a segurança

Certificação da FAA: um profundo compromisso com a segurança Informativo Boeing Commercial Airplanes P.O. Box 3707 MC 03-XW Seattle, Washington 98124-2207 www.boeing.com Certificação da FAA: um profundo compromisso com a segurança A Boeing projeta e fabrica aeronaves

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Objeto. 2. Antecedentes. 3. Objeto da Licitação

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Objeto. 2. Antecedentes. 3. Objeto da Licitação TERMO DE REFERÊNCIA 1. Objeto 1.1. Contratação de empresa especializada em auditoria de tecnologia da informação e comunicações, com foco em segurança da informação na análise de quatro domínios: Processos

Leia mais

Gestão de Armazenamento

Gestão de Armazenamento Gestão de Armazenamento 1. Introdução As organizações estão se deparando com o desafio de gerenciar com eficiência uma quantidade extraordinária de dados comerciais gerados por aplicativos e transações

Leia mais

COMUNICADO DE IMPRENSA

COMUNICADO DE IMPRENSA Grupo PTV em expansão internacional - também na América do Sul PTV inaugura sua própria filial no Brasil Karlsruhe/São Paulo, 15/10/2015. Os especialistas em transportes do Grupo PTV estão expandindo ainda

Leia mais

Unidade IV PROCESSOS ORGANIZACIONAIS. Prof. Léo Noronha

Unidade IV PROCESSOS ORGANIZACIONAIS. Prof. Léo Noronha Unidade IV PROCESSOS ORGANIZACIONAIS Prof. Léo Noronha As normas podem ser separadas em dois grandes grupos Normas de produtos ou serviços; Normas de sistemas de gestão. Estas definem os processos administrativos

Leia mais

Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-40

Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-40 Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-40 SOLUÇÕES PARA GERENCIAMENTO TÉRMICO WWW.THERMAL.PENTAIR.COM DIGITRACE NGC-40 O NGC-40 é um avançado sistema modular

Leia mais

GE Intelligent Platforms. Automação em alta performance Soluções para um mundo conectado

GE Intelligent Platforms. Automação em alta performance Soluções para um mundo conectado GE Intelligent Platforms Automação em alta performance Soluções para um mundo conectado Na vanguarda da evolução da automação industrial. Acreditamos que o futuro da automação industrial seguirá o mesmo

Leia mais

Criando Oportunidades

Criando Oportunidades Criando Oportunidades Clima, Energia & Recursos Naturais Agricultura & Desenvolvimento Rural Mercados de Trabalho & Sector Privado e Desenvolvimento Sistemas Financeiros Comércio & Integração Regional

Leia mais

Continuidade de Negócio de TI O Sucesso da sua empresa também depende disso. Qual é sua necessidade...

Continuidade de Negócio de TI O Sucesso da sua empresa também depende disso. Qual é sua necessidade... Continuidade de Negócio de TI O Sucesso da sua empresa também depende disso. Qual é sua necessidade... Reduzir custo de TI; Identificar lentidões no ambiente de TI Identificar problemas de performance

Leia mais

Em busca da qualidade de

Em busca da qualidade de Diretoria de Gestão Corporativa-DG empresa Em busca da qualidade de gestão Inovações tecnológicas e gerenciais possibilitam mais eficiência à Eletrobras Furnas texto Leonardo da Cunha Valorizar o capital

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 Reestrutura as unidades vinculadas à Secretaria de Tecnologia da Informação SETIN do Tribunal Superior do Trabalho.

Leia mais

20 de dezembro de 2010. Perguntas e Respostas

20 de dezembro de 2010. Perguntas e Respostas Perguntas e Respostas Índice 1. Qual é a participação de mercado da ALL no mercado de contêineres? Quantos contêineres ela transporta por ano?... 4 2. Transportar por ferrovia não é mais barato do que

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Elaboração Luiz Guilherme D CQSMS 10 00 Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes Avaliação da Necessidade de Treinamento

Leia mais

vidro de proteção contra incêndios

vidro de proteção contra incêndios vidro de proteção contra incêndios CONHEÇA-NOS Cada vez mais os edifícios requerem melhores prestações, tanto em serviços como em proteção, e tudo isto da mão da estética e do design. Na arquitetura contemporânea

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Data da Criação: 09/11/2012 Dara de revisão: 18/12/2012 1 - Sumário - 1. A Instant Solutions... 3 1.1. Perfil da empresa... 3 1.2. Responsabilidade ambiental...

Leia mais

AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI

AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI CUSTOMER SUCCESS STORY Março 2014 AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI PERFIL DO CLIENTE Indústria: Manufatura Empresa: AT&S Funcionários: 7.500 Faturamento: 542 milhões

Leia mais

MANUAL DE GESTÃO DA QUALIDADE

MANUAL DE GESTÃO DA QUALIDADE Revisão: 07 Data: 05.03.09 Página 1 de 7 Copia controlada MANUAL DE GESTÃO DA QUALIDADE José G. Cardoso Diretor Executivo As informações contidas neste Manual são de propriedade da Abadiaço Ind. e Com.

Leia mais

VERSÃO APROVADA Tradução de cortesia ANEXO 4

VERSÃO APROVADA Tradução de cortesia ANEXO 4 ANEXO 4 RELATÓRIO PRELIMINAR DO CEED AO CONSELHO DE DEFESA SUL- AMERICANO SOBRE OS TERMOS DE REFERÊNCIA PARA OS CONCEITOS DE SEGURANÇA E DEFESA NA REGIÃO SUL- AMERICANA O é uma instância de conhecimento

Leia mais

CONCEITO DE ESTRATEGIA

CONCEITO DE ESTRATEGIA CONCEITO DE ESTRATEGIA O termo estratégia deriva do grego stratos (exército) e agein (conduzir). O strategos era o que conduzia o exercito, isto é, o general, o comandante-chefe, o responsável pela defesa

Leia mais

EXPLORE SEUS POTENCIAIS. Junte-se aos 128 concessionários mundiais que escolheram ser parceiros da FG Wilson.

EXPLORE SEUS POTENCIAIS. Junte-se aos 128 concessionários mundiais que escolheram ser parceiros da FG Wilson. Expanda seu portfólio de produtos e aumente o seu negócio com a marca líder GLOBAL na indústria. EXPLORE SEUS NEGÓCIOS POTENCIAIS Junte-se aos 128 concessionários mundiais que escolheram ser parceiros

Leia mais

SUMÁRIO. Sistemas a serem considerados na construção de data centers. A gestão do projeto e a integração dos fornecedores

SUMÁRIO. Sistemas a serem considerados na construção de data centers. A gestão do projeto e a integração dos fornecedores REPORT 04 e fevereiro de 2013 INFRAESTRUTURA FÍSICA E DATA CENTERS SUMÁRIO Introdução O que são data centers Padrões construtivos para data centers Sistemas a serem considerados na construção de data centers

Leia mais

Falcon Watch Sistema de Vigilância Remota RF-5400

Falcon Watch Sistema de Vigilância Remota RF-5400 comunicaçõesasseguradas Falcon Watch Sistema de Vigilância Remota RF-5400 Melhore os seus sentidos. Falcon Watch Vigilância Remota. Todo o dia. Toda a noite. A Harris sabe da necessidade de ter sistemas

Leia mais

Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-30

Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-30 Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-30 SOLUÇÕES PARA GERENCIAMENTO TÉRMICO WWW.THERMAL.PENTAIR.COM digitrace ngc-30 O DigiTrace NGC-30 é um avançado sistema

Leia mais

Northern Telecom Ltd (Nortel). Isto devido ao seu atraso na substituição da tecnologia analógica pela digital.

Northern Telecom Ltd (Nortel). Isto devido ao seu atraso na substituição da tecnologia analógica pela digital. MOTOROLA A empresa alcançou um faturamento global da ordem de US$ $37.6 bilhões em 2000. É líder mundial em sistemas e serviços eletrônicos avançados. Atuando de maneira globalizada em 45 países, mais

Leia mais

IW10. Rev.: 02. Especificações Técnicas

IW10. Rev.: 02. Especificações Técnicas IW10 Rev.: 02 Especificações Técnicas Sumário 1. INTRODUÇÃO... 1 2. COMPOSIÇÃO DO IW10... 2 2.1 Placa Principal... 2 2.2 Módulos de Sensores... 5 3. APLICAÇÕES... 6 3.1 Monitoramento Local... 7 3.2 Monitoramento

Leia mais

Software para distribuidoras de medicamentos SIMPLICIDADE E EFICIÊNCIA NA GESTÃO DAS DISTRIBUIDORAS DE MEDICAMENTOS.

Software para distribuidoras de medicamentos SIMPLICIDADE E EFICIÊNCIA NA GESTÃO DAS DISTRIBUIDORAS DE MEDICAMENTOS. Software para distribuidoras de medicamentos SIMPLICIDADE E EFICIÊNCIA NA GESTÃO DAS DISTRIBUIDORAS DE MEDICAMENTOS. Sobre o MedOne GESTÃO SIMPLIFICADA, EFICIÊNCIA GARANTIDA. Gestão simplificada, segurança

Leia mais

COMPROMISSO CONTÍNUO. Uma Divisão do Grupo MVP

COMPROMISSO CONTÍNUO. Uma Divisão do Grupo MVP / A MVP Tech, fundada em 2003, é uma integradora especializada em sistemas de segurança e tecnologia que representa importantes produtos de empresas dos Estados Unidos, Europa, e Austrália. Esses produtos

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

Relatório sobre Segurança da Informação nas Empresas RESULTADOS DA AMÉRICA LATINA

Relatório sobre Segurança da Informação nas Empresas RESULTADOS DA AMÉRICA LATINA 2011 Relatório sobre Segurança da Informação nas Empresas RESULTADOS DA AMÉRICA LATINA SUMÁRIO Introdução... 4 Metodologia... 6 Resultado 1: Cibersegurança é importante para os negócios... 8 Resultado

Leia mais

eletrônica: Parceria Inmetro com o desenvolvimento

eletrônica: Parceria Inmetro com o desenvolvimento Novos padrões para a medição eletrônica: Parceria Inmetro com o desenvolvimento Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial Inmetro Ditec Cgint - Incubadora Samuel Valle - Eng.º

Leia mais

DIAGNÓSTICO E DEFINIÇÃO DE SOLUÇÕES

DIAGNÓSTICO E DEFINIÇÃO DE SOLUÇÕES Somos uma empresa brasileira, especializada em soluções de automação de máquinas e processos industriais, instalação, comissionamento e segurança de infraestrutura elétrica e de máquinas, microgeração

Leia mais

Como viajar mais, gastando menos. FogStock?Thinkstock. 52 KPMG Business Magazine

Como viajar mais, gastando menos. FogStock?Thinkstock. 52 KPMG Business Magazine Como viajar mais, gastando menos FogStock?Thinkstock 52 KPMG Business Magazine Boa gestão propicia redução de custos com viagens corporativas O controle de custos é tema recorrente nas organizações. O

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

A AMAZÔNIA NA INTEGRAÇÃO SUL-AMERICANA Convergências e Divergências

A AMAZÔNIA NA INTEGRAÇÃO SUL-AMERICANA Convergências e Divergências A AMAZÔNIA NA INTEGRAÇÃO SUL-AMERICANA Convergências e Divergências Principais Biomas Sul-Americanos Amazônia: mais de 40% da América do Sul Vegetação da Grandeá Regiões Amazônicas dos países sul-americanos

Leia mais

Resumo do Acordo de Parceria para Portugal, 2014-2020

Resumo do Acordo de Parceria para Portugal, 2014-2020 COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 30 de julho de 2014 Resumo do Acordo de Parceria para Portugal, 2014-2020 Informações gerais O Acordo de Parceria abrange cinco fundos: Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional

Leia mais

PROGRAMA DO: Governo da República Federativa do Brasil (Ministério das Cidades Ministério do Meio Ambiente)

PROGRAMA DO: Governo da República Federativa do Brasil (Ministério das Cidades Ministério do Meio Ambiente) PROGRAMA DO: Governo da República Federativa do Brasil (Ministério das Cidades Ministério do Meio Ambiente) COM APOIO DO: Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (UN-HABITAT) e o Programa

Leia mais

Estratégias para avaliação da segurança da computação em nuvens

Estratégias para avaliação da segurança da computação em nuvens Academia de Tecnologia da IBM White paper de liderança de pensamento Novembro de 2010 Estratégias para avaliação da segurança da computação em nuvens 2 Proteção da nuvem: do desenvolvimento da estratégia

Leia mais

Especificação Técnica

Especificação Técnica Pág. 1/8 CONTRATAÇÃO DE SOLUÇÃO SMS Pág. 2/8 Equipe Responsável Elaboração Assinatura Data Divisão de Padrões de Tecnologia DIPT Aprovação Assinatura Data Departamento de Arquitetura Técnica DEAT Pág.

Leia mais

A EDGE é uma empresa Portuguesa de base tecnológica dedicada à criação e desenvolvimento de sistemas ciber-físicos de elevado desempenho e em tempo real que combinam de forma única a automação, a robótica,

Leia mais

Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic

Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic CUSTOMER SUCCESS STORY Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic PERFIL DO CLIENTE Indústria: Serviços de TI Companhia: Globalweb Outsourcing Empregados: 600 EMPRESA A Globalweb

Leia mais

Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado Federal

Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado Federal Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado Federal Novembro 2013 Marcus Tollendal Diretor Presidente SAVIS Tecnologia e Sistemas S.A. Roteiro Quem: Sobre a SAVIS Porque: Seleção para Implantação

Leia mais

Apresentação Institucional. Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida

Apresentação Institucional. Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida Apresentação Institucional Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida A empresa que evolui para o seu crescimento A VCN Virtual Communication Network, é uma integradora de Soluções Convergentes

Leia mais