Incompetência ou. falta de respeito?

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Incompetência ou. falta de respeito?"

Transcrição

1 ANO XI Nº 120 Março de 2014 Distribuição gratuita. Incompetência ou falta de respeito? Autopista Fernão Dias coloca em risco a vida do usuário. Obras inacabadas, falta de sinalização adequada e risco de acidentes criam transtornos para quem usa o trecho entre Igarapé e Contagem

2

3

4 Editorial Geraldo Eugênio de Assis Incompetência ou incoerência? Não precisamos ser técnicos ou entendidos no assunto para perceber que diversas obras feitas em nossas rodovias não correspondem à necessidade da mobilidade urbana. Entre-Vias deste mês leva a conhecimento de seus leitores as diversas situações que geraram transtornos aos motoristas que passam pelo trecho da rodovia BR-381 entre Igarapé e Belo Horizonte. São obras sem a devida sinalização preventiva, morosidade na conclusão de trechos onde foi necessária a retenção do trânsito e falta de respeito e descaso com o pedestre e os condutores. Acreditamos que, como veículo de comunicação voltado aos problemas da malha rodoviária e da mobilidade urbana, tínhamos a obrigação de mostrar os problemas e propor soluções. Várias de nossas denúncias foram atendidas pela concessionária Autopista Fernão Dias, responsável pelas obras no local, mas pasmem: algumas alterações ainda continuaram trazendo ao condutor situações de risco. A exemplo da entrada para a via marginal do bairro PTB, no sentido BH, onde, junto à entrada, existe um ponto de ônibus. Uma carreta que estiver atrás do ônibus terá de parar e parte do veículo ficará na pista de rolamento de uma via de trânsito rápido, o que pode colocar a vida de qualquer pessoa em risco. Outro exemplo é o viaduto da Petrobras, uma obra que provocou quilômetros de engarrafamentos e precisou de vários dias de execução, mas ainda não pode ser considerada concluída, já que ainda faltam iluminação e finalização da barreira de concreto que divide as pistas. Fica a dúvida se há falta de planejamento ou se se trata de descaso com os usuários. Inclusive, essa mesma concessionária pode extinguir o ofício dos artesãos de Itatiaiuçu. A empresa ajuizou ação para que eles sejam retirados das margens da rodovia, onde vendem o artesanato que produzem e com o qual sustentam suas famílias. Se eles não podem ficar na faixa de domínio, que lhes seja cedido, ao menos, um local adequado para a venda de suas mercadorias. Desse modo, sua fonte de renda não seria tão prejudicada. Em um ano com tantos assuntos polêmicos, mostrar alguma das realidades de nosso país se faz importante. Afinal, é nossa maneira de colaborar para a melhoria de nossa sociedade, expondo assuntos polêmicos ou marginalizados por alguns dos grandes meios de comunicação. Envie sua carta para Rua Santo Onofre 35, Brasileia - Betim/MG. CEP: Expediente Diretor-gerAL/eDitor Geraldo Eugênio de Assis DiretorA executiva Tayla Assis editora-chefe Cristina Guimarães redação Cristina Guimarães e Renata Nunes gerente ComerCiAL Poliana Silva DePArtAmeNto ComerCiAL Renata Gomes e Rodrigo do Espirito Santo gerente ADmiNistrAtivA Laís Morais Financeiro Mayra Assis Mídias Sociais e eventos Amanda Rodrigues fotos Arquivo Entre-Vias Diagramação Roger Simões web Agência Primore revisão Lílian de Oliveira DistribUição Antônio Carlos dos Reis e Margeri Mansor impressão Gráfica Del Rey tiragem 10 mil exemplares todos os direitos reservados A reprodução total ou parcial de textos, fotos e artes é proibida sem autorização prévia. ENTRE-VIAS não se responsabiliza por textos opinativos assinados. "As opiniões expressas nos artigos assinados são de responsabilidade de seus autores. Informes publicitários são de responsabilidade das empresas que os veiculam, assim como os anúncios são de responsabilidade das empresas anunciantes." ENTRE-VIAS, por meio de um mailling especial, chega a empresários e executivos de empresas de transporte de cargas e às principais redes de postos de combustíveis. Autoridades, entidades de classe, sindicatos, indústrias e órgãos governamentais também recebem a publicação. assinaturas / anunciantes Minas Gerais Rua Santo Onofre 35, Brasileia - Betim/MG. CEP: (31) / Uma publicação da Auto Gestão Publicidade e Consultoria ltda. CNPJ: / Rua Santo Onofre 35, Brasileia - Betim/MG. CEP: Tel.: (31) / Entre-Vias apoia: 4 Entre-Vias

5

6 Sumário 16 CAPA Obra na Fernão Dias, em Betim, é entregue com diversos problemas de mobilidade, que comprometem a segurança de motoristas e pedestres 40 8 DENÚNCIA Autopista impõe fim de artesanato na região de Itatiauçu 10 SAÚDE Mesmo com pouca chuva, governos mantêm alerta sobre risco da dengue 12 MEIO AMBIENTE Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo concorrem ao título de Capital Nacional da Hora do Planeta 14 LEGISLAÇÃO ANTT faz alterações na forma de pagamento do frete por meio eletrônico 28 ESTRADAS z Motoristas são multados se não agendarem descarga no Porto de Santos z Dnit vai instalar 121 radares nas rodovias mineiras 31 FORMAÇÃO z Sest/Senat oferece palestras e vagas no Pronatec z Convênio prioriza cursos para o setor de autopeças 34 FINANÇAS Fique atento para não cair na malha fina do Imposto de Renda 36 MERCADO Seis concessionárias recebem isenção fiscal para fazer reformas em rodovias coluna esportes 40 eventos Capa: Deivisson Fernandes 6 Entre-Vias

7 EXPERIÊNCIA E NOVAS SOLUÇÕES. Desde 1993 operando no segmento de transporte de veículos leves por meio de cegonhas, a Autoport oferece, com a mesma qualidade, o transporte de caminhões e chassis. Com pranchas especialmente fabricadas para este fim, a Autoport disponibiliza um serviço diferenciado e com segurança, viabilizando o deslocamento de veículos comerciais sem danos e desgastes para os futuros proprietários. Experiência e novas soluções estão sempre na rota da Autoport. Distribuição nacional de veículos 0 km Operação portuária Transporte de peças Gestão de pátios e armazenagem Serviços automotivos (PDI - Pre Delivery Inspection) Transporte de caminhões, chassis e ônibus sobre pranchas. Estrada dos Alvarengas, 5600, Assunção, São Bernardo do Campo (SP) (11) /

8 Denúncia Senhor Custódio e dona Margarida estão indignados por perderem o único rendimento da família Zequinha comercializa seus produtos há mais de 20 anos às margens da BR e agora teme perder sua fonte de renda O risco de uma trad Artesãos que comercializam produtos às margens da BR-381 estão ameaçados de perder os postos de trabalho devido a pedido de liminar feito pela Autopista Fernão Dias para retirada imediata Eles trabalham das 6h às 18h produzindo e vendendo colchas, tapetes, cobertores e outros produtos que são fruto de uma tradição de mais de 50 anos. Passada de pai para filho, a arte da tecelagem feita por artesãos da comunidade de Pedras, no município de Itatiaiuçu, há aproximadamente 75 km de Belo Horizonte, sustenta dezenas de famílias da região. O trabalho é exposto e vendido às margens da BR-381 e agora está ameaçado de não existir mais. Isso porque a Autopista Fernão Dias ajuizou ações na Justiça para retirar os artesãos das margens da rodovia, alegando que a ocupação é irregular. Segundo a concessionária, a retirada dos artesãos das margens da rodovia é responsabilidade prevista no contrato de concessão, que estabelece a obrigatoriedade de desocupações da faixa de domínio. Ainda, de acordo com a concessionária que administra a BR-381, a determinação obrigatória tem como finalidade a segurança dos usuários da rodovia e dos artesãos. A Autopista também informou que, desde que assumiu a administração da via, vem tentando, amigavelmente, a desocupação da faixa de domínio. Com pesar e lágrimas nos olhos, Margarida Maria Andrade, 55, recebe a reportagem de Entre-Vias em sua residência humilde e sustentada pelo dinheiro do artesanato. O dinheiro da nossa sobrevivência vem disso, não tem como eles nos tirarem das margens da BR. Essa é a nossa única renda, não temos outra. Se pararmos de vender o artesanato, vamos viver de quê? E, enquanto o processo está correndo, como vamos sobreviver? Meu sentimento é de revolta, porque somos trabalhadores e honestos. Graças a Deus, nunca sofremos nenhum acidente enquanto estávamos vendendo os produtos nas margens da BR, conta. O marido de Margarida, Custódio de Andrade, 60, também se emociona e lamenta por ter sido obrigado a parar de comercializar o artesanato em seu posto de trabalho, que ficava às margens da BR-381. Estamos há quase dois meses parados por não poder vender nosso artesanato lá. Tenho diabetes há quase 15 anos e falaram que essa doença não é motivo para me aposentar, vou ter de esperar mais cinco anos para receber o benefício. Nesse último mês, ficamos desamparados, porque não temos onde vender o artesanato, lamenta. Há 20 anos, José Geraldo da Silva, mais conhecido como Zequinha, vende as mercadorias às margens da BR e alega nunca ter 8 Entre-Vias

9 Vladimir e a mãe, Aparecida, tecendo. O trabalho é totalmente manual ição acabar Famílias inteiras se mantêm com a renda gerada pelo artesanato sofrido nenhum acidente. Em fevereiro, o vendedor que tinha barraca nos dois sentidos da BR-381 recebeu uma notificação para retirar suas mercadorias do posto de trabalho no sentido de Belo Horizonte e desocupar o lugar. Três dias depois, um caminhão com alguns homens retirou todo o material. Vendo meus produtos há duas décadas e só sei fazer isso. Como vou sustentar minha família se não continuar vendendo o artesanato?, questiona. O vendedor ainda continua comercializando os produtos no sentido São Paulo, mas teme que a qualquer momento tenha de sair do local. Segundo Farid Júnior, advogado que representa cinco dos oito artesãos que receberam as notificações, a Autopista Fernão Dias entrou com pedido de reintegração de posse com demolição de construção e pedido de liminar para retirada imediata. O advogado ressalta que a maioria dos pedidos foi negada e apenas dois, o caso do senhor José Geraldo e o de Custódio, foram julgados e aprovados. Não significa que perdemos a causa, já entrei com recursos, e os processos ainda estão em julgamento, revela o advogado. A família de Aparecida Custódio de Oliveira Silva e Ademir Manoel da Silva é sustentada pela renda advinda do artesanato. Dependo disso aqui, meu marido, meus dois filhos, além de várias famílias da comunidade. Desde nossos avôs, o artesanato é feito e vendido aqui. Se proibirem nosso trabalho, vão acabar com nossa única fonte de renda, ressalta Aparecida. A artesã afirma que a família consegue uma renda de até dois salários em meses de férias, como janeiro, e em época em que as vendas são menores o artesanato rende cerca de um salário mínimo para a família. Aprendemos a trabalhar com o tear muito cedo e só tivemos a oportunidade de fazer isso até hoje. Acho que é muita injustiça o que estão fazendo com a gente, revela a artesã. Vladimir Silva, 18, filho de Aparecida e Ademir, aprendeu com a mãe o ofício do artesanato. Esse trabalho foi passado de geração em geração. Meus bisavós iniciaram o ofício, meu pais ensinaram a mim e a minha irmã. É uma tradição da comunidade de Pedras, aqui em Itatiaiuçu. Como as famílias vão se sustentar se esse trabalho acabar? A Autopista alega que é para nossa segurança, mas nunca aconteceu nenhum acidente com os artesãos durante o trabalho às margens da BR, revela. Segundo o prefeito de Itatiaiuçu, Matarazo José da Silva, a prefeitura apoia os artesãos. As pessoas já estão desenvolvendo esse trabalho há mais de 50 anos, e o órgão está empenhado em dar uma solução paliativa para o caso, afirma o gestor municipal. Entre-Vias 9

10 Saúde Foto: Divino Advincula/Portal PBH Equipes fazem mutirão de limpeza para eliminar possíveis focos do mosquito Com o início do período chuvoso, autoridades ficam alerta para evitar que número de casos dispare. Maioria dos focos está dentro das casas A dengue está Overão de 2014 terminou no dia 21 deste mês e começa agora a preocupação das autoridades quanto aos casos de dengue no país. Como dezembro, janeiro e fevereiro foram meses de poucas chuvas, o número de casos registrados da doença diminuiu em relação ao ano passado. No entanto, o mês de março faz jus a sua fama e a previsão é de muita pluviosidade até abril. Isso significa que os ovos das fêmeas do mosquito Aedes aegypti, que estavam escondidos, agora terão lugar em abundância para se desenvolverem: a água. Recentemente, um novo tipo da doença, mais forte, a febre do Chikungunya, começou a se espalhar por países da América Central e Norte, deixando em vigília as autoridades de saúde do Brasil. No fim de fevereiro, o governo de Minas liberou mais de R$ 32 milhões para 778 municípios mineiros que registraram maior número de casos no ano passado. O incentivo é para que eles mobilizem e reforcem suas equipes de vigilância e controle vetorial a fim de evitar que os mosquitos não se proliferem, causando a situação alarmante do ano passado. Em entrevista coletiva em fevereiro ao lado do secretário de Estado de Saúde, Alexandre Silveira, o presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde de Minas Gerais (Cosems), Mauro Junqueira, disse que até o mês passado não era possível comemorar os mais de casos da doença contabilizados no Estado este ano contra os quase 6 mil dos dois primeiros meses do ano passado. Não vamos conseguir eliminar a dengue em curto e médio prazos, dada a quantidade de larvas que ainda são encontradas nos quintais das casas. Temos de evitar que isso aconteça, pois não podemos admitir tantas mortes em decorrência da doença. A população já sabe o que pode e o que não pode fazer, precisa agora agir, afirmou. Até o fim de fevereiro, foram confirmados casos de dengue no Estado. Em 2013, ano crítico da doença, Minas registrou casos, sendo que 117 evoluíram para óbito. Somente no primeiro bimestre de 10 Entre-Vias

11 Ciclo da Dengue ciclos da dengue circulação quatro tipos da doença, sendo o início mais grave o sorotipo 4. Quem já contraiu a doença uma vez pode ser infectado novamente e desenvolver a dengue hemorrágica, Início o da Dengue que, se não for tratada, pode levar à morte. Ciclo da Dengue início Especialistas destacam que o ovo do início mosquito fêmea pode sobreviver até 450 z Ao picar uma pessoa infectada, o mosquito contrai o vírus e, em dias, mesmo em local seco. Por isso, com o início do período chuvoso, assim que recebe água, o ovo volta a crescer até atingir a z Ao picar uma seu pessoa ciclo de vida, pode fase adulta, o que ocorre entre sete e dez infectada, o contaminar mosquito z Ao picar até 300 uma pessoas dias. Para matar o ovo, é preciso lavar os contrai o vírus e, em infectada, o mosquito recipientes com água e sabão e usar água seu ciclo de vida, pode contrai o vírus e, em sanitária. contaminar até 300 seu pessoas ciclo de vida, pode A grande dificuldade em combater a contaminar até 300 pessoas doença, segundo a Secretaria de Saúde, é que a maior parte dos focos de dengue ainda z Após atingir a fase adulta, o mosquito s atingir da dengue adulta, tem cerca z Após de atingir é encontrada no quintal das casas. Por isso, é importante nunca acumular água em z Água parada e limpa latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas para de refrigerantes, pneus velhos, vasi- são ambientes ideais a fêmea do mosquito nhos da de plantas, jarros de flores, garrafas, squito 45 dias a de fase vida adulta, z Água parada dengue e limpa (Aedes aegypti) caixas-d'água, tambores, latões, cisternas, ngue o mosquito são ambientes depositar ideais z Água para seus parada ovos sacos e plásticos, limpa lixeiras, entre outros recipientes. erca de da dengue ideais O único para jeito é retirar e limpar tudo a fêmea do mosquito são da ambientes as de vida tem cerca de dengue (Aedes aegypti) a fêmea ) do que mosquito possa acumular da água. 45 dias de vida depositar seus ovos dengue (Aedes A aegypti) principal dica para evitar que a doença ovos evolua para o óbito é procurar um depositar seus de volta serviço de saúde logo no começo das manifestações dos sintomas e beber bastante água. Outro alerta é não tomar remédio por conta própria. NOVO VÍRUS A febre do Chikungunya, segundo o Ministério da Saúde, é uma doença de transmissão autóctone, ou seja, restrita 2013, 36 pessoas morreram em decorrência FIQUE ATENTO! a países da África e Ásia. No entanto, no da dengue, enquanto no mesmo período ano passado, foram registrados casos nos deste ano a secretaria registrou apenas um Se o mosquito o estiver infectado, o período Estados Unidos, Canadá, Guiana Francesa, óbito, na cidade de Paracatu. Existe um de incubação da doença vai de três a 15 Martinica, Guadalupe e Brasil. A doença é contingente populacional já exposto a várias dias, sendo a média de cinco a seis dias causada por um vírus Alphavirus transmitido pelo Aedes aegypti e pelo Aedes al- infecções pelos diversos sorotipos de dengue, o que aumenta o risco para ocorrência bopictus. Até o fim de janeiro deste ano, a Os sintomas mais comuns são febre, dores no corpo, principalmente nas articulações, de epidemias de formas graves da doença, e dor de cabeça. Também podem aparecer Organização Mundial de Saúde confirmou afirma o secretário Alexandre Silveira. manchas vermelhas no corpo e, em alguns 790 casos da doença. casos, sangramento, mais comum nas Os pacientes têm febre de início súbito SINTOMAS gengivas. maior de 38,5ºC e artralgia, que é dor Segundo informações da Secretaria de As dores de cabeça e no corpo devem ser intensa nas articulações, ou artrite intensa Estado de Saúde, a dengue é uma doença tratadas com analgésicos e antitérmicos com início agudo. Os casos passam a ser infecciosa febril que dura em torno de dez (paracetamol e dipirona apenas). suspeitos se o paciente for residente ou tiver dias. Os principais sintomas são febre, dor O paciente não deve usar os salicilatos, visitado uma das áreas endêmicas ou de cabeça, dor no corpo, nas articulações como AAS e Aspirina. epidêmicas até duas semanas antes do início e atrás dos olhos. Hoje, no Brasil, estão em dos sintomas. Entre-Vias 11

12 Meio Ambiente Fotos: Portal PBH/Flickr/Divulgação No ano passado, BH apagou as luzes de espaços públicos como a praça do Papa, para onde centenas de pessoas levaram velas depois de desligarem as lâmpadas de suas próprias casas É hora de apagar as luzes 12 Entre-Vias

13 Três cidades brasileiras disputam o título de Capital Nacional da Hora do Planeta. No dia 29, moradores podem aderir à ação Belo Horizonte, Rio de Janeiro ou São Paulo. Uma das três capitais será escolhida, no próximo dia 27, em Vancouver, no Canadá, a capital brasileira com maior engajamento contra o agravamento das mudanças climáticas. A World Wide Fund for Nature, ou Fundo Mundial para a Natureza (WWF), comemora todos os anos a Hora do Planeta, quando cidades do mundo inteiro apagam as luzes de monumentos turísticos ou históricos durante uma hora para alertar sobre o aquecimento global e suas consequências. Neste ano, a fundação resolveu promover um concurso para sensibilizar órgãos públicos, empresas e população sobre o tema. Betim, na Grande BH, também concorreu, assim como Manaus, Porto Alegre, Fortaleza e Sorocaba, mas não foram selecionadas. Das 163 cidades que se candidataram, 33 serão finalistas, em 13 países. A cidade vencedora terá o título mundial de Capital Global da Hora do Planeta. Para mobilizar os municípios, a WWF contou com apoio da organização Governos Locais pela Sustentabilidade (Iclei). As cidades foram escolhidas por um júri internacional que agora analisa as ações e compromissos firmados pelos governos. No fim, vai identificar qual cidade lidera em sustentabilidade no país. O objetivo é que ela tenha ações que levem a um futuro 100% renovável. Em 2007 aconteceu o primeiro A Hora do Planeta. Cerca de dois milhões de pessoas desligaram as luzes de casas e empresas. No ano passado, o evento envolveu milhões de pessoas em 152 países. Nas redes sociais, a WWF promove ainda uma campanha popular para que os moradores votem em suas cidades favoritas. O We Love Cities ainda permite compartilhar fotos e vídeos e fazer sugestões para que elas se tornem mais sustentáveis. O voto vai definir a Capital Nacional da Hora do Planeta e a Capital Global da Hora do Planeta, conforme critérios da WWF. Como maior ato simbólico mundial contra o aquecimento global, a Hora do Planeta abre espaço para a reflexão da postura de cidades, empresas e cidadãos. Com o Desafio das Cidades, vamos além da hora, com o objetivo de estimular a criação e disseminação de melhores práticas de mitigação e adaptação às mudanças climáticas por meio de planos ambiciosos, inspiradores e factíveis para o desenvolvimento de uma economia de baixo carbono, diz a secretária-geral do WWF-Brasil, Maria Cecília Wey de Brito. CAPITAL SOLAR Segundo informações da Prefeitura de Belo Horizonte, a cidade foi escolhida por ser considerada a capital solar do Brasil. BH é uma das cidades que tem maior número de placas de energia solar, são ao todo 923 mil metros quadrados. A capital tem um Plano de Redução das Emissões de Gases de Efeito Estufa (Pregee), que propõe iniciativas para adaptação do ambiente às mudanças climáticas. A meta do programa é reduzir em 20% as emissões de gases do efeito estufa até 2030, envolvendo os setores de transporte, energia, construções sustentáveis, uso do solo, saúde e educação ambiental. A Hora do Planeta acontecerá no dia 29 de março, entre 20h30 e 21h30. A campanha, que tem o slogan Use seu poder para salvar o planeta, aposta na ação de cada um. No Brasil, além de Belo Horizonte, outras 15 cidades já aderiram à campanha e vão apagar monumentos históricos e turísticos, como Macapá (AP), Campinas (SP), Erechim (RS) e Joinville (SC). Para se juntar à Hora do Planeta 2014, basta apagar as luzes no horário determinado. Cidades que queiram participar devem solicitar o Termo de Adesão Hora do Planeta no site da WWF-Brasil. As empresas e organizações podem se cadastrar on-line e retirar peças publicitárias para divulgação. SERVIÇO Para aderir: Hora do Planeta 2014 dia 29 de março, sábado, das 20h30 às 21h30 Para votar: Para se cadastrar:

14 Legislação ANTT publica nova resolução alterando a que extingue o uso da carta-frete no país AAgência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou, no mês passado, a Resolução 4.275, que altera a forma de pagamento do frete por meio eletrônico. Segundo a agência, o documento esclarece algumas dúvidas levantadas pelos próprios transportadores desde que a Resolução 3.658, que extingue, no Brasil, o uso da carta-frete como meio de pagamento do transporte de carga, foi publicada, em abril de Na nova resolução, o artigo 3º equipara o transportador autônomo à Empresa de Transporte Rodoviário de Carga (ETC) ou à Cooperativa de Transporte de Carga (CTC) que tiver três veículos automotores. Segundo a ANTT, a palavra automotores foi incluída no artigo porque alguns profissionais entendiam que os implementos rodoviários entravam na conta. O artigo 4º também foi modificado e dispõe que, agora, o autônomo pode receber diretamente o pagamento em sua conta bancária, corrente ou poupança. Já no artigo 6º, foi incluído um parágrafo estabelecendo que a ANTT poderá, justificadamente, facultar o preenchimento de alguns dos dados da operação de transporte, bem como postergar o momento de seu fornecimento no Código Identificador da Operação de Transporte (Ciot). A mudança, segundo o órgão, também atendeu a demandas dos contratantes, que consideravam impraticável preencher todos os dados em casos de várias entregas. Agora, cabe ao contratado escolher o meio de pagamento do valor do frete. A União Nacional dos Caminhoneiros considerou as alterações significativas e concordou que a agência atendeu a vários pleitos feitos em audiências públicas sobre o assunto. Mudanças no pagamento do frete SXC 14 Entre-Vias

15

16 Capa Estrutura do viaduto próximo à Petrobras e redondezas passam por reforma. Contudo, o trabalho apesar de considerado concluído deixa rastro de descuido para a sociedade Perigo: obra inacabada à frente! 16 Entre-Vias

17 Somente sinalização material não garante segurança, devido ao grande fluxo de veículos Caos! Essa foi a palavra unânime mencionada entre os entrevistados desta reportagem quando perguntados sobre as obras realizadas nas redondezas e no viaduto próximo à Refinaria Gabriel Passos (Petrobras), no trecho conhecido como Fernão Dias, em Betim. Há meses, comerciantes, profissionais do setor de transporte e população, especialmente da região, presenciam um cenário de desrespeito e de falta de atenção à mobilidade urbana. Em setembro do ano passado, Helvécio Tamm de Lima Filho, diretor-superintendente da Autopista Fernão Dias responsável pela rodovia e, consequentemente pelas obras, apresentou, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, o cronograma de melhorias estruturais da BR-381, especialmente do trecho entre Betim e Igarapé, e salientou que o alargamento das pontes do viaduto da entrada da refinaria seria liberado até novembro. A Autopista terminou recentemente as obras nesse local, que causaram aos motoristas problemas como congestionamentos e ausência de sinalização. O especialista em trânsito Antonio de Paula, inspetor aposentado da Polícia Rodoviária Federal (PRF), relata que passou pelo trecho diversas vezes e presenciou trânsito conturbado nos horários de pico, devido ao grande número de veículos. Ele conta que a impaciência e a imprudência dos condutores causaram diversos abalroamentos traseiros. Sinalização Um dos fatos que me chamou a atenção foi a falta de pessoas indicando as alterações. Cones, barreiras, placas e fitas zebradas foram insuficientes. Nós, educadores de trânsito, nos preocupamos muito com a segurança dos transeuntes e, naquele trecho onde as obras forçaram o tráfego invadindo parte da pista contrária, a sinalização foi deficitária, trazendo dúvidas aos menos avisados, observa o inspetor De Paula. Para o presidente da Cooperativa dos Transportadores de Automóveis e de Consumo do Estado de Minas Gerais (Coopercemg), José Geraldo de Farias, mais conhecido como Zé da Padaria, motoristas profissionais e experientes também podem ser víti- Entre-Vias 17

18 Capa Poeira, buracos e transtornos para caminhões que transportam petróleo mas da falta de sinalização adequada. Apesar de muitos caminhoneiros conhecerem o trecho, as obras mudaram o tráfego local e a rotina. O trânsito requer atenção constante. Imagine quando as alterações não são apresentadas com antecedência, sem oferecer margem de segurança?, questiona. A sinalização é a principal fonte de informação para o motorista ao longo das rodovias. A ausência de placas de advertência, regulamentação e indicação (velocidade limite, curva fechada, trecho sinuoso, pista irregular, obras, indicação de saída/trevo, por exemplo) impede que os motoristas sejam devidamente informados a respeito das condições viárias que se aproximam e, dessa forma, tomem, apropriadamente, as medidas necessárias (mudança de faixa, redução de velocidade, entre outras) para que continuem a viagem com segurança. A importância da informação Os motoristas devem ser sempre munidos de informações a respeito das principais alterações durante o seu deslocamento. Dados confiáveis e atualizados possibilitam medidas relativamente simples, como a alteração de trajeto inicialmente previsto, antecipação de parada programada ou até a espera pela resolução do problema em um local mais adequado (e não parado no congestionamento). Além de reduzir o impacto menos veículos e menos pessoas expostas a situações não apropriadas, informações contribuem para reduzir o desgaste do motorista e os riscos de acidentes provocados por cansaço ou fadiga física. Inspetor De Paula sentiu falta dessa ação nas obras da Fernão Dias. Para ele, a concessionária não promoveu uma grande campanha educativa antes do início das obras, levando informações e conhecimentos a todos os transeuntes daquele trecho: moradores, comerciantes, proprietários de sítios e funcionários das empresas locais. O proprietário do restaurante Porteira Velha, Rafael Diniz, corrobora. Em nenhum momento, recebemos a atenção da Autopista. A obra foi apresentada como Um dos fatos que me chamou a atenção foi a falta de pessoas indicando as alterações. Cones, barreiras, placas e fitas zebradas foram insuficientes. Nós, educadores de trânsito, nos preocupamos muito com a segurança dos transeuntes e, naquele trecho onde as obras forçaram o tráfego invadindo parte da pista contrária, a sinalização foi deficitária, trazendo dúvidas aos menos avisados Inspetor De Paula 18 Entre-Vias

19 Reparos são realizados durante dias e em horários de grande movimento Apesar de muitos caminhoneiros conhecerem o trecho, as obras mudaram o tráfego local e a rotina. O trânsito requer atenção constante. Imagine quando as alterações não são apresentadas com antecedência, sem oferecer margem de segurança? José Geraldo de Farias concluída, mas não há sinalização e a iluminação está precária. Convivemos há quatro meses com muita poeira e com o perigo constate de acidente, inclusive, recentemente, aconteceu uma batida violenta em que um carro caiu próximo à entrada do restaurante, conta. As atuais condições comprometem o estabelecimento, que está no local há 24 anos. Rafael ressalta que a ausência de indicação do restaurante e de outras informações, como posto de combustível e hotéis reflete-se no resultado financeiro. Normalmente, cerca de dois mil clientes frequentam o espaço mensalmente e estávamos preparados para ampliar o atendimento, o que não aconteceu por causa da obra inacabada. A Autopista não retorna sobre os nossos questionamentos. É um desrespeito! Planejamento: o cerne da obra O administrador e consultor em trânsito e assuntos urbanos José Aparecido Ribeiro, que também é presidente do Conselho de Política Urbana da ACMinas, critica, ainda, a realização de obras de impacto em horário de pico. Deveria ser feita em período de menor fluxo de veículos. Deveria haver um regime especial de contratação, que considerasse os custos de um trabalho noturno. O engenheiro civil e mestre em engenharia de transportes Paulo Rogério da Silva Monteiro explica que toda e qualquer intervenção em um trecho rodoviário, urbano ou rural, deve ser sempre muito bem planejada e estruturada, prevalecendo as necessidades dos usuários e adequados desvios de tráfego de menor impacto possível para motoristas e cargas. Também é fundamental haver um plano de contingência, em caso de situações emergenciais não previstas, que oriente, técnica e operacionalmente, todas as pessoas envolvidas sobre o que deve ser feito e como se deve proceder. Como os riscos são significativos, as intervenções no leito rodoviário não aceitam improvisos e ações não estruturadas. Entre-Vias 19

20 Capa As irmãs Jennifer Souza e Jéssica Ferreira enfrentam, todos os dias, os transtornos causados pela falta de planejamento. Moradoras da região, precisam passar por trechos repletos de terra, que se tornam poeira com o trânsito local e com o trabalho das máquinas. Elas contam que as atividades de rotina como pegar o ônibus na rodovia se tornam perigosas e insalubres. Fiscalização Ao se locomover pela rodovia, é fácil deparar-se com materiais espalhados, algumas máquinas trabalhando e outras paradas. José Aparecido Ribeiro relata: Passei recentemente pelo trecho e percebi que não há uma fiscalização mais rígida do poder público, estabelecendo regras para a obra em uma via de grande movimento. As regras não podem ser definidas nem fiscalizadas por quem executa a obra e não está preocupado com os transtornos. O olhar do especialista levanta uma questão importante: a falta de fiscaliza- Pedestres não são poupados da falta de planejamento "Pensar que não haverá qualquer transtorno quando uma obra em uma rodovia é executada é fora de nossa realidade. O que não pode é isso acontecer quando existem alternativas. Tal como as obras que acontecem nos trechos do Estado de São Paulo, que são executadas em horários de menor movimento de veículos, principalmente à noite e nos fins de semana, a Autopista Fernão Dias deveria seguir o mesmo exemplo. Há um prejuízo financeiro e psicológico de todos que são obrigados a passar por esses trechos. E, quando percebemos que existiria uma alternativa que pudesse minimizar os impactos, nos questionamos por que elas não foram tomadas" Carlos Roesel, presidente do Sindicato dos Cegonheiros de Minas Gerais (Sintrauto) 20 Entre-Vias

SEGURANÇA VIÁRIA NO TRABALHO. Uma responsabilidade de todos

SEGURANÇA VIÁRIA NO TRABALHO. Uma responsabilidade de todos SEGURANÇA VIÁRIA NO TRABALHO Uma responsabilidade de todos QUEM SOMOS A FUNDACIÓN MAPFRE, instituição criada em 1975 pela MAPFRE, desenvolve atividades de interesse geral na Espanha e em outros países

Leia mais

Moradores denunciam demora no combate à dengue no ABC

Moradores denunciam demora no combate à dengue no ABC 1 de 5 Moradores denunciam demora no combate à dengue no ABC Maria Teresa Orlandi Apesar do risco iminente de uma epidemia de dengue chegar à região, as prefeituras têm demorado para detectar e extirpar

Leia mais

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos!

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! Documento final aprovado por adolescentes dos Estados do Amazonas, da Bahia, do Ceará, do Mato Grosso,

Leia mais

COMPANHIA DOCAS DO ESTADO DE SÃO PAULO - CODESP AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS

COMPANHIA DOCAS DO ESTADO DE SÃO PAULO - CODESP AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS RESOLUÇÃO DP Nº 14.2014, DE 3 DE FEVEREIRO DE 2014. ESTABELECE REGRAMENTO PARA O ACESSO TERRESTRE AO PORTO DE SANTOS O DIRETOR PRESIDENTE da COMPANHIA DOCAS DO ESTADO DE SÃO PAULO CODESP, na qualidade

Leia mais

RELATÓRIO SITUAÇÃO DA BR 163/364

RELATÓRIO SITUAÇÃO DA BR 163/364 RELATÓRIO SITUAÇÃO DA BR 163/364 Fevereiro/2014 1 1. Introdução O Movimento Pró-Logística, que reúne as entidades Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso (APROSOJA), Associação

Leia mais

PROJETO MUTIRÃO DA CARONA SOLIDÁRIA

PROJETO MUTIRÃO DA CARONA SOLIDÁRIA PROJETO MUTIRÃO DA CARONA SOLIDÁRIA INTRODUÇÃO A mobilidade das cidades tem se tornado um desafio cada vez maior com o passar do tempo. Em 10 anos, a frota de automóveis e motocicletas cresceu 400% no

Leia mais

MOBILIDADE URBANA EM SÃO PAULO APLICAÇÃO DE SOLUÇÕES IMEDIATAS E EFICAZES

MOBILIDADE URBANA EM SÃO PAULO APLICAÇÃO DE SOLUÇÕES IMEDIATAS E EFICAZES MOBILIDADE URBANA EM SÃO PAULO APLICAÇÃO DE SOLUÇÕES IMEDIATAS E EFICAZES JULHO 2015 SÃO PAULO UMA CIDADE A CAMINHO DO CAOS URBANO Fonte: Pesquisa de mobilidade 2012 SÃO PAULO UMA CIDADE A CAMINHO DO CAOS

Leia mais

Unidade IV GERENCIAMENTO DE. Prof. Altair da Silva

Unidade IV GERENCIAMENTO DE. Prof. Altair da Silva Unidade IV GERENCIAMENTO DE TRANSPORTE Prof. Altair da Silva Transporte em area urbana Perceba o volume de caminhões que circulam nas áreas urbanas em nosso país. Quais são os resultados para as empresas

Leia mais

12 DE ABRIL DE 2011. Editais Quatro Barras. Notícias on-line. www.agoraparana.com.br

12 DE ABRIL DE 2011. Editais Quatro Barras. Notícias on-line. www.agoraparana.com.br 12 DE ABRIL DE 2011 caderno de editais Editais Quatro Barras 14 12 DE ABRIL DE 2011 ANO XVIII N 0 2090 Editais Quatro Barras Renegociação de dívidas dos Estados vai ser discutida em Curitiba nesta sexta-feira

Leia mais

O que o Brasil já ganhou com a Copa. Secretaria-Geral da Presidência da República

O que o Brasil já ganhou com a Copa. Secretaria-Geral da Presidência da República O que o Brasil já ganhou com a Copa COPA DO MUNDO NO BRASIL um momento histórico e de oportunidades A Copa do Mundo é um momento histórico para o Brasil, que vai sediar, em conjunto com as Olimpíadas em

Leia mais

Veículo: Editoria: Seu Bolso Dez Minutos

Veículo: Editoria: Seu Bolso Dez Minutos Editoria: Seu Bolso Dez Minutos Concursos devem oferecer 1,9 mil vagas 06 Editoria: Cidade Jornal Agora Dia de Luta Contra a Tuberculose terá programação especial (X) Press-release da assessoria de imprensa

Leia mais

Apesar da Lei que institui as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana, datar de janeiro de 2012, até agora, passados dois anos

Apesar da Lei que institui as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana, datar de janeiro de 2012, até agora, passados dois anos O presente projeto de Lei que autoriza a implantação do Corredor Capão Redondo / Campo Limpo / Vila Sonia é apresentado de maneira descolada do Projeto de Lei 0017/2014, ora em 2ª votação, e que autoriza

Leia mais

Nesta oportunidade, confirmo que estes projetos estão fundamentados em Estudos, Estatísticas e Opiniões de Cidadãos domiciliados no bairro.

Nesta oportunidade, confirmo que estes projetos estão fundamentados em Estudos, Estatísticas e Opiniões de Cidadãos domiciliados no bairro. Barueri, 21 de Setembro de 2009. Ilustríssimo Senhor Rubens Furlan PREFEITO DE BARUERI Ref: Projetos do 1 Conselho Gestor de Segurança da Aldeia de Barueri Venho à presença de Vossa Excelência apresentar

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA OFICINA DE CAPACITAÇÃO PARA O PLANO DIRETOR: REGIONAL BOQUEIRÃO 18/03/2014 CURITIBA MARÇO/2014 Realizações no dia

Leia mais

IDEIA FORÇA. Redução do Tempo de Deslocamento Humano (Mobilidade)

IDEIA FORÇA. Redução do Tempo de Deslocamento Humano (Mobilidade) IDEIA FORÇA Redução do Tempo de Deslocamento Humano (Mobilidade) DETALHAMENTO: Mobilidade humana (trabalhador precisa respeito); Melhorar a qualidade e quantidade de transporte coletivo (Lei da oferta

Leia mais

Continua o diálogo entre população, prefeitura, consórcio e SABESP

Continua o diálogo entre população, prefeitura, consórcio e SABESP Continua o diálogo entre população, prefeitura, consórcio e SABESP Prazos e metas para o atendimento das solicitações apresentadas pela população foram pauta da reunião que aconteceu na prefeitura no início

Leia mais

SMSA divulga resultado do LIRAa de Outubro de 2015

SMSA divulga resultado do LIRAa de Outubro de 2015 SMSA divulga resultado do LIRAa de Outubro de 2015 O Levantamento do Índice Rápido do Aedes aegypti LIRAa, de outubro de 2015, demonstra que 0,6% dos imóveis pesquisados em Belo Horizonte conta com a presença

Leia mais

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ JOVEM APRENDIZ Eu não conhecia nada dessa parte administrativa de uma empresa. Descobri que é isso que eu quero fazer da minha vida! Douglas da Silva Serra, 19 anos - aprendiz Empresa: Sinal Quando Douglas

Leia mais

Larvas do mosquito da dengue tem local propício para proliferação em canteiros de obras de Manaus

Larvas do mosquito da dengue tem local propício para proliferação em canteiros de obras de Manaus Comunicação e Marketing Ltda Veículo: Editoria: Notícias www.acritica.uol.com.br Coluna: -- Assunto: Larvas do mosquito da dengue tem local propício para proliferação em canteiros de obras de Manaus Origem:

Leia mais

1 Elaborar o Plano Diretor de Mobilidade Urbana (PDMU) 2 Adequar/Ampliar o Sistema Viário

1 Elaborar o Plano Diretor de Mobilidade Urbana (PDMU) 2 Adequar/Ampliar o Sistema Viário PLANILHA DE OBJETIVOS E AÇÕES VIABILIZADORAS GT DE MOBILIDADE URBANA E RODOVIAS - "A SANTA MARIA QUE QUEREMOS" Visão: Que Santa Maria tenha em 2050 um Sistema Viário e de transporte público sustentável,

Leia mais

1 Elaborar o Plano Diretor de Mobilidade Urbana (PDMU) Objetivo Indicador Métrica Proposta Entraves Ações Viabilizadoras

1 Elaborar o Plano Diretor de Mobilidade Urbana (PDMU) Objetivo Indicador Métrica Proposta Entraves Ações Viabilizadoras PLANILHA DE OBJETIVOS E AÇÕES VIABILIZADORAS GT DE MOBILIDADE URBANA E RODOVIAS -"A SANTA MARIA QUE QUEREMOS" Visão: Que Santa Maria tenha em 2050 um Sistema Viário e de transporte público sustentável,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 11 Pronunciamento sobre a questão

Leia mais

PROBLEMAS ATUAIS DA LOGÍSTICA URBANA NA ENTREGA DE MATERIAIS HOSPITALARES UM ESTUDO INVESTIGATIVO

PROBLEMAS ATUAIS DA LOGÍSTICA URBANA NA ENTREGA DE MATERIAIS HOSPITALARES UM ESTUDO INVESTIGATIVO PROBLEMAS ATUAIS DA LOGÍSTICA URBANA NA ENTREGA DE MATERIAIS HOSPITALARES UM ESTUDO INVESTIGATIVO Frederico Souza Gualberto Rogério D'Avila Edyr Laizo Leise Kelli de Oliveira PROBLEMAS ATUAIS DA LOGÍSTICA

Leia mais

O AUMENTO DA COMPETITIVIDADE DO POLO INDUSTRIAL DE CUBATÃO. Marco Paulo Penna Cabral Effectio, associada a Fundação Dom Cabral na Baixada Santista

O AUMENTO DA COMPETITIVIDADE DO POLO INDUSTRIAL DE CUBATÃO. Marco Paulo Penna Cabral Effectio, associada a Fundação Dom Cabral na Baixada Santista O AUMENTO DA COMPETITIVIDADE DO POLO INDUSTRIAL DE CUBATÃO Marco Paulo Penna Cabral Effectio, associada a Fundação Dom Cabral na Baixada Santista NA BAIXADA SANTISTA E ALTO TIETÊ Conheça a Fundação Dom

Leia mais

CARRO COMPARTILHADO CARRO COMPARTILHADO

CARRO COMPARTILHADO CARRO COMPARTILHADO CARRO COMPARTILHADO Projeção de crescimento populacional Demanda de energia mundial Impacto ao meio ambiente projeções indicam que os empregos vão CONTINUAR no centro EMPREGOS concentrados no CENTRO

Leia mais

Projeto Final do Semestre. Construxepa

Projeto Final do Semestre. Construxepa Universidade de Brasília FACE Departamento de Administração Disciplina: Administração de Recursos Materiais Professor: Guillermo José Asper Projeto Final do Semestre Construxepa Turma: 19 Grupo: H Integrantes:

Leia mais

GOVERNO QUE CUIDA DA CIDADE E DAS PESSOAS!

GOVERNO QUE CUIDA DA CIDADE E DAS PESSOAS! GOVERNO QUE CUIDA 8 DA CIDADE E DAS PESSOAS! EDUCAÇÃO Logo que Badel assumiu a Prefeitura de, se comprometeu em fortalecer a agricultura familiar do município, estimulando o pequeno produtor a diversificar

Leia mais

ações de cidadania ONG estimula o protagonismo de jovens para que eles atuem transformando a realidade de região castigada pela seca no Ceará

ações de cidadania ONG estimula o protagonismo de jovens para que eles atuem transformando a realidade de região castigada pela seca no Ceará ações de cidadania Onde o sol nasce ONG estimula o protagonismo de jovens para que eles atuem transformando a realidade de região castigada pela seca no Ceará O triste cenário já é um velho conhecido por

Leia mais

Guria Informação & Sistemas

Guria Informação & Sistemas Zero Hora (RS) Projeto tenta prevenir acidentes com caminhões Será lançado em setembro o projeto DM - Vida Urgente na Estrada, uma parceria da Fundação Thiago de Moraes Gonzaga e da DM Internacional, líder

Leia mais

As atuais condições da infraestrutura de transporte e logística do Brasil têm

As atuais condições da infraestrutura de transporte e logística do Brasil têm ESTUDO DA CNT APONTA QUE INFRAESTRUTURA RUIM AUMENTA CUSTO DO TRANSPORTE DE SOJA E MILHO As atuais condições da infraestrutura de transporte e logística do Brasil têm impacto significativo na movimentação

Leia mais

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA O Desafio Criativos da Escola é um concurso promovido pelo Instituto Alana com sede na Rua Fradique Coutinho, 50, 11 o. andar, Bairro Pinheiros São Paulo/SP, CEP

Leia mais

Atividade I Como podemos fortalecer o Núcleo na Região para garantir a continuidade dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio - ODMs?

Atividade I Como podemos fortalecer o Núcleo na Região para garantir a continuidade dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio - ODMs? QUATRO BARRAS 09/07/2007 Horário: das 13h às 17h30 Local: Atividade I Como podemos fortalecer o Núcleo na Região para garantir a continuidade dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio - ODMs? Grupo 01:

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR 1. Como são os cursos ofertados pela plataforma freire e quais os benefícios para os professores que forem selecionados? O professor sem formação poderá estudar nos

Leia mais

Competitividade: uma barreira instransponível?

Competitividade: uma barreira instransponível? Competitividade: uma barreira instransponível? Alfredo Fonceca Peris A discussão sobre a importância do setor industrial para o crescimento e o desenvolvimento da economia brasileira ganhou um novo capítulo

Leia mais

PROJETO DE LEI N o 785, DE 2011 (Apenso o Projeto de Lei nº 910, de 2011)

PROJETO DE LEI N o 785, DE 2011 (Apenso o Projeto de Lei nº 910, de 2011) COMISSÃO DE VIAÇÃO E TRANSPORTES PROJETO DE LEI N o 785, DE 2011 (Apenso o Projeto de Lei nº 910, de 2011) Dispõe sobre a obrigatoriedade de existência de Pontos de Apoio nas rodovias e dá outras providências.

Leia mais

Preços de Frete Rodoviário no Brasil

Preços de Frete Rodoviário no Brasil Preços de Frete Rodoviário no Brasil Maria Fernanda Hijjar O Brasil é um país fortemente voltado para o uso do modal rodoviário, conseqüência das baixas restrições para operação e dos longos anos de priorização

Leia mais

OBRAS VÃO TRANSFORMAR VIRACOPOS NO MAIOR AEROPORTO DA AMÉRICA LATINA

OBRAS VÃO TRANSFORMAR VIRACOPOS NO MAIOR AEROPORTO DA AMÉRICA LATINA OBRAS VÃO TRANSFORMAR VIRACOPOS NO MAIOR AEROPORTO DA AMÉRICA LATINA Aeroportos Brasil Viracopos investirá R$ 9,5 bilhões na ampliação e modernização do complexo aeroportuário nos 30 anos da concessão

Leia mais

Clipping Eletrônico Domingo dia 26/10/2014

Clipping Eletrônico Domingo dia 26/10/2014 Clipping Eletrônico Domingo dia 26/10/2014 Jornal Diário do Amazonas Sociedade Pág. 19-26 de outubro de 2014 Jornal Em Tempo Saúde e Bem Estar Pág. F1-26 de outubro de 2014 Jornal Em Tempo Saúde e Bem

Leia mais

Evolução do número de mortes no trânsito em São Paulo

Evolução do número de mortes no trânsito em São Paulo Nota Técnica 232 2014 Evolução do número de mortes no trânsito em São Paulo Max Ernani Borges De Paula Banco de dados de vítimas dos acidentes de trânsito fatais A Companhia de Engenharia de Tráfego realiza

Leia mais

TMS e Roteirizadores. Breno Amorim brenoamorim@hotmail.com

TMS e Roteirizadores. Breno Amorim brenoamorim@hotmail.com TMS e Roteirizadores Breno Amorim brenoamorim@hotmail.com Definição TMS (Transportation Management System) é um produto para melhoria da qualidade e produtividade de todo o processo de distribuição. Este

Leia mais

Veículo de Diagnóstico de Rodovias (VDR)

Veículo de Diagnóstico de Rodovias (VDR) Veículo de Diagnóstico de Rodovias (VDR) Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) Ministério dos Transportes (MT) Para cobrir os 55 mil km de rodovias federais eram precisos 18 meses

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

Clipping. ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 20 de janeiro de 2012 ESTADO DE MINAS

Clipping. ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 20 de janeiro de 2012 ESTADO DE MINAS ESTADO DE MINAS 1 ESTADO DE MINAS 2 3 4 5 6 ESTADO DE MINAS 7 ESTADO DE MINAS 8 ESTADO DE MINAS 9 O TEMPO 10 11 12 O TEMPO 13 O TEMPO 14 O TEMPO Leilão dos aeroportos de Guarulhos, Brasília e Campinas

Leia mais

Infraestrutura Turística. Magaeventos Esportivos e a Promoção da Imagem do Brasil no Exterior 16 e 17 de agosto Brasília.

Infraestrutura Turística. Magaeventos Esportivos e a Promoção da Imagem do Brasil no Exterior 16 e 17 de agosto Brasília. Infraestrutura Turística. Magaeventos Esportivos e a Promoção da Imagem do Brasil no Exterior 16 e 17 de agosto Brasília Mobilidade Urbana Renato Boareto 1 Organização Não Governamental fundada em 2006

Leia mais

MINUTA DE PROPOSTA DE RESOLUÇÃO ABILUX 05/03/2010

MINUTA DE PROPOSTA DE RESOLUÇÃO ABILUX 05/03/2010 MINUTA DE PROPOSTA DE RESOLUÇÃO ABILUX 05/03/2010 Dispõe sobre a destinação de Lâmpadas inservíveis, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências O CONSELHO NACIONAL DO MEIO

Leia mais

Paraná se destaca no cenário brasileiro de sistemas de segurança eletrônica

Paraná se destaca no cenário brasileiro de sistemas de segurança eletrônica Rogério Reis Paraná se destaca no cenário brasileiro de sistemas de segurança eletrônica CRESCIMENTO ECONÔMICO DA REGIÃO SUL IMPULSIONA MERCADO PARANAENSE POR ADRIANE DO VALE redacao@cipanet.com.br FOTOS

Leia mais

Reciclar. Vamos fazer juntos!

Reciclar. Vamos fazer juntos! Reciclar. Vamos fazer juntos! Deixe o pneu para descarte adequado Informações para o público, soluções ambientais e muito mais. Saiba mais em www.reciclanip.com.br O pneu é legal NOSSA QUALIDADE DE VIDA

Leia mais

Plano de ações para segurança no corredor ferroviário

Plano de ações para segurança no corredor ferroviário Plano de ações para segurança no corredor ferroviário Fase 3 Elaboração das propostas Etapa 3.1, 3.2 e 3.4 Concepção, análise e detalhamento das propostas Página 1 de 10 Sumário 2.5. Plano de ações para

Leia mais

5.1 Nome da iniciativa ou Projeto. Academia Popular da Pessoa idosa. 5.2 Caracterização da Situação Anterior

5.1 Nome da iniciativa ou Projeto. Academia Popular da Pessoa idosa. 5.2 Caracterização da Situação Anterior 5.1 Nome da iniciativa ou Projeto Academia Popular da Pessoa idosa 5.2 Caracterização da Situação Anterior O envelhecimento é uma realidade da maioria das sociedades. No Brasil, estima-se que exista, atualmente,

Leia mais

Apresentação. O que é Dengue Clássica?

Apresentação. O que é Dengue Clássica? Apresentação É no verão que acontecem as maiores epidemias de dengue devido ao alto volume de chuva. O Santa Casa Saúde, por meio do Programa Saúde Segura, está de olho no mosquito aedes aegypti e na sua

Leia mais

Proposta de revisão dos. Calçadões do Centro

Proposta de revisão dos. Calçadões do Centro Proposta de revisão dos Calçadões do Centro Apresentação Durante a campanha eleitoral para a Prefeitura, em 2004, a Associação Viva o Centro apresentou aos candidatos dez propostas para impulsionar o desenvolvimento

Leia mais

Vol. I. Condomínios Residenciais. Manual de Segurança. Tel. (11) 5592-5592 / www.fortknox.com.br

Vol. I. Condomínios Residenciais. Manual de Segurança. Tel. (11) 5592-5592 / www.fortknox.com.br Vol. I Condomínios Residenciais Manual de Segurança Tel. (11) 5592-5592 / www.fortknox.com.br Apresentação C âmeras espalhadas por todos os lados, guardas armados, portões altos e com cerca elétrica nem

Leia mais

FEBRE AMARELA: Informações Úteis

FEBRE AMARELA: Informações Úteis FEBRE AMARELA: Informações Úteis Quando aparecem os sintomas? Os sintomas da febre amarela, em geral, aparecem entre o terceiro e o sexto dia após a picada do mosquito. Quais os sintomas? Os sintomas são:

Leia mais

LEI Nº 1034, DE 12 DE AGOSTO DE 2015.

LEI Nº 1034, DE 12 DE AGOSTO DE 2015. LEI Nº 1034, DE 12 DE AGOSTO DE 2015. DISPÕE SOBRE A MUNICIPALIZAÇÃO DO TRÂNSITO E TRANSPORTE NO ÂMBITO DO MUNICÍPIO DE ALTO GARÇAS E CRIA O DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE TRÂNSITO E A JUNTA ADMINISTRATIVA

Leia mais

Trabalhos selecionados

Trabalhos selecionados Trabalhos selecionados 1ª ETAPA DO CONCURSO DE FOTOGRAFIA DENGUE EM UBERABA: EPIDEMIA NUNCA MAIS E. M. PROFESSOR JOSÉ GERALDO GUIMARÃES - CENTRO INTEGRADO PACAEMBU PROFESSOR CÁSSIA CRISTINA DE SANTANA

Leia mais

Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo

Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo Brasília, 02 de janeiro de 2015. Ministra Miriam Belchior, demais autoridades, parentes e amigos aqui presentes.

Leia mais

Planejamento da Mobilidade Urbana em Belo Horizonte

Planejamento da Mobilidade Urbana em Belo Horizonte Seminário de Mobilidade Urbana Planejamento da Mobilidade Urbana em Belo Horizonte Celio Bouzada 23 de Setembro de 2015 Belo Horizonte População de Belo Horizonte: 2,4 milhões de habitantes População da

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FORMAÇÃO PARA CAPACITAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA DO PORTO DIGITAL

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FORMAÇÃO PARA CAPACITAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA DO PORTO DIGITAL REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FORMAÇÃO PARA CAPACITAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA DO PORTO DIGITAL 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de

Leia mais

personal case MERCADOLIVRE Empreendedorismo on-line ITAIPU BINACIONAL Mais peixes em nossas águas

personal case MERCADOLIVRE Empreendedorismo on-line ITAIPU BINACIONAL Mais peixes em nossas águas I N S I G H T Ano XIX. Nº 111. julho/agosto 2015 Ano XIX. Nº 111. julho/agosto 2015 MERCADOLIVRE Empreendedorismo on-line ITAIPU BINACIONAL Mais peixes em nossas águas LIGHT Um projeto de reciclagem inovador

Leia mais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa,

Leia mais

E. E. DR. JOÃO PONCE DE ARRUDA DENGUE: RESPONSABILIDADE DE TODOS RIBAS DO RIO PARDO/MS

E. E. DR. JOÃO PONCE DE ARRUDA DENGUE: RESPONSABILIDADE DE TODOS RIBAS DO RIO PARDO/MS E. E. DR. JOÃO PONCE DE ARRUDA DENGUE: RESPONSABILIDADE DE TODOS RIBAS DO RIO PARDO/MS MAIO/2015 E. E. DR. JOÃO PONCE DE ARRUDA E.E. DR. João Ponce de Arruda Rua: Conceição do Rio Pardo, Nº: 1997 Centro.

Leia mais

NORMAS REGULADORAS DO PROCESSO SELETIVO Edital Nº 17/2014-SEDIS

NORMAS REGULADORAS DO PROCESSO SELETIVO Edital Nº 17/2014-SEDIS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA NACIONAL DE FORTALECIMENTOS DOS CONSELHOS ESCOLARES PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO CENTRO DE EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Leia mais

Maio Amarelo. Paulo Roberto Guimarães Junior

Maio Amarelo. Paulo Roberto Guimarães Junior Maio Amarelo Paulo Roberto Guimarães Junior Observatório Nacional de Segurança Viária. Rua 9 de Julho, 1953 - Vila Georgina - Cep: 13.333-070 - Indaiatuba SP Telefone: (19) 3801.4500 E-mail: onsv@onsv.org.br

Leia mais

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS O mundo inteiro discute, nos dias de hoje, a adoção de medidas globais e locais com o objetivo de diminuir ou, quem sabe, reverter o avanço dos efeitos do aquecimento global. Ações

Leia mais

Engenharia de Segurança Viária

Engenharia de Segurança Viária Engenharia de Segurança Viária Transporte sustentável salva vidas Através da promoção do transporte sustentável, a EMBARQ Brasil está trabalhando para reduzir a poluição, melhorar a saúde pública e criar

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO MEU SONHO MEU NEGÓCIO 1. APRESENTAÇÃO. alternativa de autoemprego e geração de renda para sobreviver.

REGULAMENTO CONCURSO MEU SONHO MEU NEGÓCIO 1. APRESENTAÇÃO. alternativa de autoemprego e geração de renda para sobreviver. CONCURSO MEU SONHO MEU NEGÓCIO PROJETO DE INCENTIVO AO PEQUENO NEGÓCIO 7ª EDIÇÃO, 2015 Realização: SEBRAE/SC e RICTV Record REGULAMENTO 1. APRESENTAÇÃO O concurso MEU SONHO MEU NEGÓCIO é um projeto realizado

Leia mais

RESOLUÇÃO DP Nº 108.2006, DE 16 DE AGOSTO DE 2006.

RESOLUÇÃO DP Nº 108.2006, DE 16 DE AGOSTO DE 2006. RESOLUÇÃO DP Nº 108.2006, DE 16 DE AGOSTO DE 2006. INSTITUI O REGRAMENTO PARA GESTÃO DO TRÁFEGO PORTUÁRIO, SINALIZA E MONITORA A CIRCULAÇÃO DE VEÍCULOS, ESTABELECE ZONAS DE ESTACIONAMENTOS ROTATIVOS PARA

Leia mais

Roteiro para Apresentação de Projetos (Para sugestões da II OFICINA NACIONAL DE TRABALHO)

Roteiro para Apresentação de Projetos (Para sugestões da II OFICINA NACIONAL DE TRABALHO) MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SEDR - DEPARTAMENTO DE EXTRATIVISMO APOIO A GRUPOS VULNERÁVEIS SESAN COORDENAÇÃO GERAL DE CARTEIRA DE PROJETOS FOME ZERO

Leia mais

Metodologia. MARGEM DE ERRO O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Metodologia. MARGEM DE ERRO O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. Metodologia COLETA Entrevistas domiciliares com questionário estruturado. LOCAL DA PESQUISA Município de São Paulo. UNIVERSO moradores de 16 anos ou mais. PERÍODO DE CAMPO de 26 de setembro a 1º de outubro

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Política de Responsabilidade Socioambiental SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVO... 3 3 DETALHAMENTO... 3 3.1 Definições... 3 3.2 Envolvimento de partes interessadas... 4 3.3 Conformidade com a Legislação

Leia mais

Este Fórum Local da Agenda 21 se propõe a escutar, mobilizar e representar a sociedade local, para construirmos em conjunto uma visão compartilhada

Este Fórum Local da Agenda 21 se propõe a escutar, mobilizar e representar a sociedade local, para construirmos em conjunto uma visão compartilhada Fórum da Agenda 21 de Guapimirim Aprender a APRENDER e a FAZER. Aprender a CONVIVER, e Aprender a SER Cidadãos Participativos, Éticos e Solidários Este Fórum Local da Agenda 21 se propõe a escutar, mobilizar

Leia mais

Shopping Iguatemi Campinas Reciclagem

Shopping Iguatemi Campinas Reciclagem Shopping Iguatemi Campinas Reciclagem 1) COMO FUNCIONA? O PROBLEMA OU SITUAÇÃO ANTERIOR Anteriormente, todos os resíduos recicláveis ou não (com exceção do papelão), ou seja, papel, plásticos, vidros,

Leia mais

Setores químico e petroquímico: as características dos produtos determinam a logística correta -

Setores químico e petroquímico: as características dos produtos determinam a logística correta - Setores químico e petroquímico: as características dos produtos determinam a logística correta - Setores onde um erro pode acarretar sérios danos ao meio ambiente, às pessoas e as próprias instalações

Leia mais

Logística Reversa. Guia rápido

Logística Reversa. Guia rápido Logística Reversa Guia rápido 1 Apresentação Em 2010 foi sancionada pelo Governo Federal, a Política Nacional de Resíduos Sólidos, na qual, dentre outros temas, constam exigências às empresas quanto à

Leia mais

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios.

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios. Internet of Things 10 formas de utilizá-la em diversos tipos de negócios. INTRODUÇÃO As interfaces Machine to Machine (M2M) estão facilitando cada vez mais a comunicação entre objetos conectados. E essa

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DE CREDENCIAMENTO E EXPLORAÇÃO DE PÁTIOS REGULADORES DE CAMINHÕES

REGULAMENTO GERAL DE CREDENCIAMENTO E EXPLORAÇÃO DE PÁTIOS REGULADORES DE CAMINHÕES REGULAMENTO GERAL DE CREDENCIAMENTO E EXPLORAÇÃO DE PÁTIOS REGULADORES DE CAMINHÕES Art. 1º - Este Regulamento Geral de Credenciamento e Exploração de Pátios Reguladores de Caminhões tem por finalidade

Leia mais

A Copa do Brasil. Secretaria de Políticas para as Mulheres. Governo Federal

A Copa do Brasil. Secretaria de Políticas para as Mulheres. Governo Federal A Copa do Brasil Secretaria de Políticas para as Mulheres Governo Federal Apresentação A Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR) publicou em seu sítio eletrônico,

Leia mais

Guia para contratação de Transporte Intermunicipal de Passageiros sob regime de FRETAMENTO

Guia para contratação de Transporte Intermunicipal de Passageiros sob regime de FRETAMENTO Guia para contratação de Transporte Intermunicipal de Passageiros sob regime de FRETAMENTO 100 95 75 25 5 0 Introdução A Artesp tem a finalidade de regulamentar e fiscalizar todas as modalidades de serviços

Leia mais

Os 6 Passos Para Você Vender Consultoria em Vendas Online Através de Palestras Online

Os 6 Passos Para Você Vender Consultoria em Vendas Online Através de Palestras Online Os 6 Passos Para Você Vender Consultoria em Vendas Online Através de Palestras Online Palestra online é uma das maneiras mais simples, rápida e eficiente de vender serviço 01 - Recebem elogios mas não

Leia mais

PROGRAMA PROREDES BIRD

PROGRAMA PROREDES BIRD ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA PROGRAMA PROREDES BIRD TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL PARA APOIO TÉCNICO À GESTÃO DOS PROJETOS DE RESTAURAÇÃO

Leia mais

Sumário. I. Apresentação do Manual. II. A Prevenção de Acidentes com Crianças. III. Programa CRIANÇA SEGURA Pedestre

Sumário. I. Apresentação do Manual. II. A Prevenção de Acidentes com Crianças. III. Programa CRIANÇA SEGURA Pedestre Sumário I. Apresentação do Manual II. A Prevenção de Acidentes com Crianças III. Programa CRIANÇA SEGURA Pedestre IV. Como a Educação pode contribuir para a Prevenção de Acidentes no Trânsito V. Dados

Leia mais

Dicas para segurança. no trânsito. realização. apoio

Dicas para segurança. no trânsito. realização. apoio Dicas para segurança no trânsito realização apoio 1 Dicas de viagem segura. Viajar sozinho ou com toda a família requer certas responsabilidades. Aqui você encontrará várias recomendações para uma viagem

Leia mais

Planos de Logística e Contratações Sustentáveis

Planos de Logística e Contratações Sustentáveis Planos de Logística e Contratações Sustentáveis Jhéssica Cardoso Brasília, 5 de fevereiro de 2015 Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Elaborando Planos de Gestão de Logística Sustentável

Leia mais

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1.1 APRESENTAÇÃO O Plano de Comunicação e Participação Social subsidiará a elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana, criando as bases para

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS MARÇO DE 2014 JOB0402 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Avaliar a atual administração do município de Acopiara. Acopiara

Leia mais

UHE SANTO ANTÔNIO DE JARI

UHE SANTO ANTÔNIO DE JARI UHE SANTO ANTÔNIO DE JARI PLANO DE TRABALHO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PCS Plano de Trabalho ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVO... 1 2.1. Objetivos Específicos... 1 3. PÚBLICO ALVO... 2 4. METAS... 2 5.

Leia mais

visão, missão e visão valores corporativos Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial.

visão, missão e visão valores corporativos Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial. visão, missão e valores corporativos visão Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial. MISSÃO O Grupo Gerdau é uma Organização empresarial focada em siderurgia, com a missão de satisfazer

Leia mais

Sustentabilidade Ambiental na Cidade de Belo Horizonte

Sustentabilidade Ambiental na Cidade de Belo Horizonte Sustentabilidade Ambiental na Cidade de Belo Horizonte Vasco de Oliveira Araujo Secretário Municipal Adjunto de Meio Ambiente Prefeitura de Belo Horizonte Abril 2013 A Construção de uma Cidade Sustentável

Leia mais

MEDIDAS PREVENTIVAS PARA REDUÇÃO DE ACIDENTES

MEDIDAS PREVENTIVAS PARA REDUÇÃO DE ACIDENTES MEDIDAS PREVENTIVAS PARA REDUÇÃO DE ACIDENTES Autores Antônio Alexandre Franco Thomaz Élson Lourenço Bomfim Inaldo Nóbrega da Cunha Filho PREMIUM CONSTRUÇÃO E INCORPORAÇÃO LTDA RESUMO No setor elétrico,

Leia mais

Sistema de Estacionamento Rotativo Eletrônico de São José dos Campos. Do papel à tecnologia on-line

Sistema de Estacionamento Rotativo Eletrônico de São José dos Campos. Do papel à tecnologia on-line Sistema de Estacionamento Rotativo Eletrônico de São José dos Campos Do papel à tecnologia on-line Prefeitura Municipal de São José dos Campos Secretaria de Transportes Setembro 2009 São José dos Campos

Leia mais

CARTILHA DO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL

CARTILHA DO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL CARTILHA DO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL MARCOS ARAÚJO Presidente do SINDSIME ÍNDICE 1 3 5 7 9 INTRODUÇÃO LEI 2 VANTAGENS COMO ME ESCREVO OBTENÇÃO DE ALVARÁ 4 OBTENÇÃO DE ALVARÁ DOCUMENTAÇÃO FISCAL 6 AMBULANTES

Leia mais

G.C.P - GUIA DE CREDENCIAMENTO PROFISSIONAL

G.C.P - GUIA DE CREDENCIAMENTO PROFISSIONAL G.C.P - GUIA DE CREDENCIAMENTO PROFISSIONAL I - Adquira o Kit de Trabalho e Tenha sua Franquia Individual em sua Cidade. II Conheça nosso Marketing de Rede. Fácil de fazer, fácil de divulgar. III Na última

Leia mais

EQUIPAMENTOS E SISTEMAS DE SEGURANÇA

EQUIPAMENTOS E SISTEMAS DE SEGURANÇA Itatiba, 12 de Outubro de 2013 COTAÇÃO I - TERRAS DE SAN MARCO - 2013 Solicitação de Proposta Solicitação N 1 - TERRAS DE SAN MARCO EQUIPAMENTOS E SISTEMAS DE SEGURANÇA Seleção de fornecedor para fornecimento

Leia mais

ESTRADA SUSTENTÁVEL Uma plataforma colaborativa para o Desenvolvimento Sustentável

ESTRADA SUSTENTÁVEL Uma plataforma colaborativa para o Desenvolvimento Sustentável 1 ESTRADA SUSTENTÁVEL Uma plataforma colaborativa para o Desenvolvimento Sustentável 2 Desafios para o desenvolvimento sustentável O mundo esta ficando cada vez mais urbano Mais da metade da população

Leia mais

Para impedir a propagação da dengue, você deve primeiramente impedir a reprodução de seu transmissor, o mosquito Aedes aegypti.

Para impedir a propagação da dengue, você deve primeiramente impedir a reprodução de seu transmissor, o mosquito Aedes aegypti. Cartilha de Dengue Para impedir a propagação da dengue, você deve primeiramente impedir a reprodução de seu transmissor, o mosquito Aedes aegypti. Conhecendo o ciclo biológico do mosquito O Aedes aegypti

Leia mais

Responsabilidade Sócio-ambiental. Um compromisso da Viação Nossa Senhora do Amparo

Responsabilidade Sócio-ambiental. Um compromisso da Viação Nossa Senhora do Amparo Responsabilidade Sócio-ambiental Um compromisso da Viação Nossa Senhora do Amparo A Viação Nossa Senhora do Amparo quer crescer junto com Maricá. A empresa valoriza o desenvolvimento sustentável, como

Leia mais

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política No Brasil, há poucas experiências conhecidas de uso de ferramentas de monitoramento de mídias sociais em campanhas políticas. Uma delas

Leia mais

Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014. O que o Brasil já ganhou com a Copa

Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014. O que o Brasil já ganhou com a Copa Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014 O que o Brasil já ganhou com a Copa 2 O que o Brasil já ganhou com a Copa Investimentos A Copa do Mundo é um grande investimento para todos brasileiros Os únicos

Leia mais

Relatório de Sustentabilidade

Relatório de Sustentabilidade Relatório de Sustentabilidade Política de sustentabilidade da Rodorei Transportes Política de sustentabilidade da Rodorei Transportes A Rodorei Transportes adota, há dez anos, uma política agressiva de

Leia mais

Logística e infraestrutura para o escoamento da produção de grãos no Brasil

Logística e infraestrutura para o escoamento da produção de grãos no Brasil Logística e infraestrutura para o escoamento da produção de grãos no Brasil Denise Deckers do Amaral 1 - Economista - Assessora Técnica - Empresa de Planejamento e Logística - EPL, Vice Presidente da Associação

Leia mais