FEAMIG FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (MANHÃ E NOITE) DISCIPLINAS - PERIODIZAÇÃO - EMENTAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FEAMIG FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (MANHÃ E NOITE) DISCIPLINAS - PERIODIZAÇÃO - EMENTAS"

Transcrição

1 FEAMIG FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (MANHÃ E NOITE) DISCIPLINAS - PERIODIZAÇÃO - EMENTAS DISCIPLINAS DO 1 PERÍODO CÁLCULO I Ementa: Aritmética em N. Conjunto dos Números Racionais. Conjunto dos Números Reais. Cálculo Algébrico. Funções Polinomiais e Transcendentes. Limites. Definição de Derivada. GEOMETRIA ANALÍTICA Ementa: Sistema de Coordenadas Cartesianas Bidimensionais; Lugares Geométricos (LG) no plano; Retas e Circunferências; Seções Cônicas como LG no plano (Parábolas, Elipses, Hipérboles, Translação de eixos); Curvas em Coordenadas Polares; Parametrização de Curvas. Sistema de Coordenadas Cartesianas Tridimensionais; Vetores no R2 e R3; Produto Escalar; Produto Vetorial; Produto Misto. Retas e planos no R3. Sistemas Lineares; Escalonamento. FILOSOFIA E CIDADANIA Ementa: Iniciação ao universo do conhecimento filosófico. Questões fundamentais da filosofia contemporânea. Filosofia como elemento de reflexão da relação sujeito/cidadania. Questões contemporâneas da Filosofia e da cidadania: A Filosofia como elemento de reflexão da relação sujeito/cidadania. A contextualização da formação e da atuação do engenheiro de produção no cenário brasileiro. Página 1/21

2 INTRODUÇÃO À ENGENHARIA Ementa: Apresentação da Feamig e de sua Estrutura Organizacional; A modernização da Grade Curricular; Normas Acadêmicas; A história da Engenharia no Brasil; O papel do Engenheiro na Sociedade; Ciência e Tecnologia; A Engenharia de Produção e suas áreas de atuação; Orgãos de Classe. ERGONOMIA, SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO Ementa: Introdução à segurança do trabalho. Atividades do engenheiro civil. Riscos profissionais e prevenção de acidentes. Análise de risco. Equipamentos de segurança individual e coletiva. Segurança em eletricidade. Máquinas e equipamentos. Ergonomia. NR17 e NR18. LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS Ementa: Frase, oração e período. Relações lógicas entre as orações. Níveis de linguagem. Funções da linguagem. Estrutura e organização do parágrafo. Tipologia textual. Estrutura e organização do texto dissertativo. Coerência e coesão textual. Metodologia de leitura. Página 2/21

3 DISCIPLINAS DO 2 PERÍODO CÁLCULO II Ementa: Tangentes, velocidades e taxas de variação; Derivadas; Regra do Produto, Regra do quociente e Regra da Cadeia; Diferenciação implícita; Diferenciais; Construção de gráficos: crescimento, decrescimento, inflexão, máximos e mínimos; Problemas de otimização; Problemas de taxas relacionadas. FÍSICA I Ementa: Leis de Newton e suas aplicações; Trabalho, energia potencia e conservação da energia; Momento linear, colisões e conservação do momento linear. SISTEMAS DE PRODUÇÃO Ementa: Escola científica e de relações humanas. Sistema Americano. Sistema Japonês. Sistema Sueco. Modelos híbridos. PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES Ementa: Fundamentos de hardware. Fundamentos dos recursos gerenciais: processador de texto, planilha eletrônica, software de apresentação, banco de dados, softwares utilitários. Desenvolvimento de algoritmos em linguagens de computação. Desenvolvimento de programas em uma linguagem de alto nível: dados, comandos, ferramentas de modularização. Metodologias de desenvolvimento. Página 3/21

4 QUÍMICA GERAL Ementa: Modelo atômico de Rutherford-Bohr, partículas sub-atômicas (prótons, elétrons e nêutrons), isótopos (definição, importância e aplicações), íons (cátions e ânions), distribuição eletrônica (diagrama de Linus Pauling), tabela periódica, ligações químicas (iônicas, covalentes e metálicas), reações químicas, balanceamento de reações, cálculo estequiométrico, termoquímica (entalpia, entropia, processos endo e exotérmicos, energia livre de Gibbs), cinética química (fatores que influenciam na velocidade, catalisadores, energia de ativação), eletroquímica (oxidação, redução, agentes oxidante e redutor, passivação, corrosão, proteção galvânica), acidez e alcalinidade (escala de ph). PSICOLOGIA APLICADA Ementa: Analisar a importância do estudo da Psicologia num curso de Engenharia de Produção/Agrimensura. O mercado de trabalho e o Perfil do Engenheiro. A gestão de pessoas e o RH. O comportamento organizacional na gestão organizacional. O Indivíduo, Personalidade, Emoções e Percepções. Valores, atividades e comportamentos. Motivação, Conflitos e Negociação. Trabalho em equipe. Liderança e Poder. Página 4/21

5 DISCIPLINAS DO 3 PERÍODO FÍSICA II Ementa: Corrente elétrica, resistência e lei de Ohm; circuitos simples; leis de Kirchhoff; baterias; Magnetismo, força magnética; fluxo e indução magnética; leis de Farday Lenz; geração e transmissão de energia elétrica; transformadores. CÁLCULO III Ementa: Introdução ao cálculo Integral; Integral definida; Teorema fundamental do cálculo; Integrais indefinidas (primitivas ou antiderivadas); Integração por substituição de variáveis; Integração por partes; Áreas entre curvas; Volumes; Aplicações em fenômenos físicos. DIREITO E LEGISLAÇÃO Ementa: Noções gerais de direito. Noções de direito e legislação ambiental. Noções de direito trabalhista. Registro Profissional. Anotação de Responsabilidade Técnica: preenchimento, expedição e baixa. Penalidades e Responsabilidade Civil. PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA Ementa: Introdução. Técnicas de Amostragem. Estatística Descritiva. Probabilidade. Distribuições de Probabilidade. Página 5/21

6 ENGENHARIA DE MÉTODOS E PROCESSOS Ementa: Definições e conceitos. Modelos de processos. O conjunto de microprocessos. Considerações sobre o Ciclo de Vida do Produto/ Serviço. Tipos de operações de processos. Tipos de processos de manufatura e serviços. Análise e definição de microprocessos. Mapeando processos. Custo da não conformidade. Terceirização de processos. Cálculo de capacidade e balanceamento de linha. SISTEMA DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS Ementa: Sistemas de Informação: conceitos e aplicações; ERP-Sistemas de informação Integrados; Análise das tecnologias de sistemas de informação (Internet, Comércio Eletrônico, Segurança de Informações) abordando conceitos, características, vantagens e desvantagens. ERGONOMIA APLICADA Ementa: Conceitos Básicos e Evolução da Ergonomia, Pesquisa em Ergonomia, Ergonomia Física, Ergonomia Cognitiva, Ergonomia Organizacional, Posto de Trabalho. Acessibilidade, Ergonomia do Produto. MATEMÁTICA APLICADA Ementa: Matrizes e Sistemas Lineares. Escalonamento. Método de Gauss e Gauss Jordan. Matriz Inversa. Determinantes. Espaço Vetorial Rn. Transformações Lineares do Rn em Rm. Conceito de Equação diferencial ordinária. Conceito de solução. Equações diferenciais de primeira ordem: Página 6/21

7 separáveis e lineares. Equação de Bernoulli. Equações diferenciais lineares de segunda ordem de coeficientes constantes: caso homogêneo e não homogêneo. Aplicações. DISCIPLINAS DO 4 PERÍODO PROCESSOS INDUSTRIAIS I Papel, Laticínios e Têxtil Ementa: Derivados Químicos da Madeira. Processo de Produção do Papel. Fabricação do Papel. Tratamento de Efluentes. Reciclagem do Papel. Caracterização da Indústria de Laticínios. Processo Industrial. Aproveitamento do Soro. Impactos Ambientais. Tratamento de Efluentes. Descrição Sucinta da Indústria Têxtil. Estudo das Fibras. Descrição do Processo Industrial Têxtil para Tecido Plano. Glossário de termos aplicados a descrição do Processo. Efluentes Líquidos. Descrição do Processo Industrial Têxtil para Malharia. Acabamento de Malhas. Impactos Ambientais. Tratamento de Efluentes. FÍSICA APLICADA Ementa: Expansão térmica Dilatação linear, superficial e volumétrica. Condutividade térmica Condução de calor em superfícies planas e em regime permanente. Resistências térmicas. Associações em série e paralelo de resistências térmicas. Definição de propriedades básicas Massa específica e peso específico. Pressão exercida por uma coluna de fluido A prensa hidráulica, tubos em U e manometria. Empuxo Condição de flutuação e de estabilidade vertical. Vazão Equação de continuidade para escoamento permanente. Equação de Bernoulli Balanço de energia para regime permanente de fluidos incompressíveis em condutos sem perdas. Página 7/21

8 DESENHO TÉCNICO Ementa: Linguagem gráfica: escrita e leitura; Normalização para o desenho técnico; Recursos computacionais aplicados à Engenharia; Modelos gráficos bidimensionais: aplicações de recursos do sistema CAD; Morfologia e construções geométricas convencionais e digitais; Geometria espacial e sistemas de projeções; Modelos gráficos tridimensionais: aplicações de recursos do sistema CAD. SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE Ementa: Conceitos de Qualidade, Produtividade, Competitividade e Sobrevivência; Evolução histórica da qualidade com os marcos e pensadores da qualidade. Principais estratégias da qualidade: CCQ, TQC, CWCQ, PNQ, ISO, TQM e Seis sigma; Conceito de Processo; Gerenciamento do processo; Gerenciamento da Rotina; Gerenciamento pelas Diretrizes; Garantia da Qualidade; Custos da Qualidade; Gerenciamento do Crescimento do Ser Humano; Gestão Integrada da Qualidade. CÁLCULO NUMÉRICO Ementa: Introdução à problemática da aproximação (erro de arredondamento e truncamento). Diferenças finitas. Interpolação. Resolução de sistemas de equações. Resolução numérica de equações algébricas e transcendentes. ESTATÍSTICA AVANÇADA Página 8/21

9 Ementa: Introdução. Estimação de Parâmetros. Teste de Hipóteses. Análise de Variância. Planejamento de Experimentos. Análise de Regressão e Correlação. Métodos Estatísticos de Previsão. Estatística não paramétrica. GESTÃO DE CUSTOS INDUSTRIAIS Ementa: Operações com mercadorias, Introdução à contabilidade de custos, Terminologia e implantação de sistemas de custos, O esquema básico da contabilidade de custos, Critérios de rateio de custos indiretos, Custo fixo, lucro e margem de contribuição, sistemas de custeio, Relação CUSTO/VOLUME/LUCRO, Controle, custos controláveis e custos estimados, Custo Padrão, Análise das variações de materiais e mão de obra. GESTÃO AMBIENTAL Ementa: As causas e os efeitos dos atuais problemas ambientais: causas, responsáveis, diferentes visões sobre o problema. Sistema de Gestão Ambiental (SGA): o que é um SGA, como se implanta; casos de sucesso. Marco legal e institucional: sistemas nacional e estadual de meio ambiente, ISO 9000 e ISO Poluição e proteção ambiental: principais tipos de poluição e de proteção ambiental. Utilização sustentável dos recursos naturais. Como inserir a preocupação ambiental na estratégia da empresa. Como a gestão ambiental pode tornar a empresa mais competitiva. Certificação e auditoria ambiental ISO 14000: introdução à certificação. Sistema de gestão ambiental (SGA). Página 9/21

10 DISCIPLINAS DO 5 PERÍODO PROCESSOS INDUSTRIAIS II MINERAÇÃO Ementa: Rocha e Minerais Definição. Estudo dos Materiais de Superfície ABNT. Classificação dos Terrenos a Desmontar. Classificação Técnico-Comercial dos Terrenos. Propriedades das Rochas. Métodos de Investigação do Subsolo. Desmonte Manual. Desmonte Hidráulico. Desmonte Mecânico. Desmonte por Explosivos. Impactos Ambientais Gerados pelos diversos tipos de Desmonte. Conceitos e Generalidades. Legislação Incidente. Termos Técnicos. Necessidades da Sociedade Moderna. Tipos de Mineração. Fases da Mineração. Lavra a Céu Aberto. Lavra Subterrânea. Beneficiamento Mineral. GESTÃO DE SERVIÇOS Ementa: Contexto e evolução dos serviços na economia. Compreender as principais diferenças conceituais entre produtos e serviços. Panorama do Comércio Internacional de Serviços. Analisar o valor percebido pelo cliente em relação aos serviços prestados. Características e classificação dos serviços. Serviço como elemento do Marketing-Mix. Serviços com foco do cliente: comportamento, expectativas e satisfação. Elaborar as estratégias de serviços, baseadas em um posicionamento estratégico. Qualidade em serviços. Comunicação Integrada em serviços CRM (Customer Relationship Management). Relacionamentos com clientes, reclamações e recuperação em serviços QR (Quick Response). Precificação de serviços. Identificar dimensões dos serviços que podem ser úteis na formulação do planejamento estratégico de uma empresa em análise. CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSOS Ementa: : Conceito de Processo; Itens do Controle e verificação de Processo; Mapa do processo; Conceito de Avaliação do Processo, Métodos para avaliação de processos (gráfico sequencial, Página 10/21

11 histograma, pareto, diagrama de Ishikawa, folha de verificação, medidas de variabilidade, cartas de controles, índices Cp e Cpk, estratificação e outros) Métodos para Gerenciamentos do Processo através dos Ciclos do PDCA (controle, padronização e melhoria) e Gestão processos. Ferramentas gerenciais da qualidade Avaliação do sistema de medição e Métodos de solução de problemas. Uso do Minitab para as ferramentas da qualidade. REDAÇÃO TÉCNICA Ementa: O discurso dissertativo de caráter científico. Resumo. Narração. Descrição. Descrição técnica. Instruções e normas. Relatório: relatório informativo, relatório de pesquisa, relatório de especificações técnicas, relatório de gestão. Virtudes do texto técnico: transparência; publicidade; formalidade; impessoalidade; objetividade. RESÍDUOS SÓLIDOS Ementa: Introdução. Os Resíduos Sólidos: Conceitos, Definições. Geração de Resíduos Sólidos Impactos Ambientais. Formas e Tipos de Resíduos. Caracterização Normas NBR da ABNT. Resíduos Perigosos. Aspectos Legais relacionados aos Resíduos Sólidos. Resíduos sólidos domiciliares e de serviços de saúde. Resíduos sólidos industriais e perigosos. Gerenciamento integrado de resíduos sólidos industriais. PESQUISA OPERACIONAL I Ementa: Introdução a Álgebra linear (álgebra vetorial; operações com vetores; matrizes; operações matriciais; sistema de equação lineares; determinantes); Modelagem; Método gráfico; Problema de Minimização e Maximização; Programação Linear; Interpretação econômica; Utilização do software Página 11/21

12 Solver/Excel; Algoritmo Simplex; Dualidade em Programação Linear; Algoritmo Dual; Teoria do Grafos; Problema de Transporte; Problema de Designação. GESTÃO DE MATERIAIS Ementa: Conceitos de Material de Estoque; Gestão Integrada de Materiais: Compras, Dimensionamento e Controle de Estoque, Objetivos, Políticas e Princípios do Controle de Estoques; Tipos de Estoques; Previsões para os Estoques; Perfis dos Materiais de Estoque; Métodos de Previsão dos Materiais de Estoque; Custos de Estoques; Curva Dente de Serra; Ponto de Reposição e Tempo de Reposição; Métodos de Cálculo de Estoque de Segurança; Giro ou Taxa de Rotatividade e Antiigiro; Classificação e Curva ABC; Lotes Econômicos de Compras sem Faltas, com Faltas, com Desconto e Lotes Econômicos de Produção sem Faltas; Avaliação Crítica da Fórmula do Lote Econômico. PLANEJAMENTO E CONTROLE DA PRODUÇÃO Ementa: Caracterização da função planejamento e controle da produção (MRP, JIT e OPT). Estratégia de manufatura. Fatores críticos de sucesso. Os planos na produção: Planejamento Agregado, Planejamento Mestre, MRP e MRPII. Emissão e Liberação de ordens. MATEMÁTICA FINANCEIRA Ementa: Juros simples e compostos, descontos, sistemas de amortização, equivalência de taxas, análise de investimentos. Página 12/21

13 DISCIPLINAS DO 6 PERÍODO AUTOMAÇÃO E CONTROLE Ementa: Histórico e tendências da Automação dos Sistemas de Produção. Arquiteturas típicas de sistemas de automação. Projetos de sistemas de controle digital. Algoritmo de controladores. Estratégias de controle. Desenvolvimento de sistemas instrumentados de segurança de processos industriais. Critérios de desempenho. Implantação de sistema de controle. Controle seqüencial. Controladores Lógico-Programáveis (CLP). Linguagens de programação de CLPs. GESTÃO DA MANUTENÇÃO Ementa: Conceitos relacionados à Manutenção, Tipos de Manutenção e Tendências, Organização para Manutenção, Planejamento para Manutenção, Controle da Manutenção, TPM (Manutenção Produtiva Total), Implantação de um Sistema de Gestão da Manutenção, Ferramentas auxiliares à Gestão da Manutenção. LAYOUT E MANUFATURA FLEXÍVEL Ementa: Histórico e desenvolvimento dos Sistemas de Produção.Layouts que constituem um Sistema de manufatura. Layout: Job Shop,Flow Shop,Fixo, Processos Contínuos, Celular e por Produto. Manufatura Enxuta. Definição de Desperdício e os diferentes tipos de perdas (MUDAS).Os dez passos para a implantação de Sistemas Integrados de Manufatura Lean. Formação de Células de Manufatura. Técnicas de Redução do Tempo de Preparação (Set-up).Troca rápida de ferramentas SMED.Melhoria Contínua (Kaizen) e Integração do Controle de Qualidade. JIDOKA. ANDON. POKA- YOKE: tipos e critérios de escolha, técnicas utilizadas. Integração com a manutenção- Manutenção preventiva e corretiva, cálculo do OEE. Nivelamento e Balanceamento (HEIJUNKA)). Tempo Takt. Interligação de Células Via Kanban. Integração do Controle de Estoque. Inclusão de Fornecedores. Página 13/21

14 Redução de estoque intermediário. Automatização Flexivel e Robotização. Uso de Computadores no Sistema de Manufatura. Mapeamento do Fluxo de Valor. Projeto para a Manufatura e Montagem (DFMA). Engenharia Simultânea. Prototipagem Rápida. Planejamento do Processo Assistido por Computador (CAPP). Aspectos Dinâmicos do Planejamento do Processo. Equipamentos para a manufatura e montagem flexível. Sistemas de transporte e manuseio de materiais. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Ementa: Administração estratégica. Conceitos e contextualização da administração estratégica nas organizações. Evolução do conceito de estratégia. A estratégia em mercados globalizados. Noções básicas de planejamento e acompanhamento de indicadores. Informação, planejamento estratégico e processo decisório. Principais etapas do planejamento estratégico. Principais etapas da implementação e acompanhamento das estratégias. O uso das informações no planejamento e gerenciamento das estratégias. Mitos e realidade alinhamento estratégico. Construção de cenários. Missão, objetivos, estratégias básicas, metas, projetos. Formatação e elaboração do Plano Estratégico. Componentes da avaliação estratégica de desempenho. Sistemas de avaliação estratégica. Indicadores de desempenho. Infraestrutura de avaliação. A revolução da inovação. A inovação como fator de diferenciação. O papel humano no processo inovador. Inovação tecnológica x Inovação Organizacional. As duas faces da tecnologia: emprego x empreendedorismo. A tecnologia, a cooperação e a inovação. Modelos aplicados: ferramentas e estudos de casos. TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I Ementa: Estrutura de Trabalho de conclusão de Curso, Normas e formatações, métodos de pesquisa e avaliação, coleta e estruturação dos dados, fontes de pesquisa bibliográfica. Página 14/21

15 LOGÍSTICA E CADEIA DE SUPRIMENTO Ementa: Origem da Logística, Conceito de Logística Integrada Empresarial, Relacionamento na Cadeia de Suprimentos (SCM); Estratégia Competitiva da Organização; Conceito de Logística de Distribuição e transporte; Estrutura dos Canais de Distribuição (Modais); Aspectos Econômicos da Distribuição; Almoxarifado e Rotas Econômicas de Transporte (Roteirização), Custos de Transporte; Operador Logístico; Embalagem; Localização de Armazém; Transações Internacionais. ENGENHARIA DO PRODUTO Ementa: Competitividade através da estratégia de desenvolvimento de produtos. Definição e conceito de gestão de desenvolvimento do produto (GDP). Estrutura e organização do trabalho de desenvolvimento de produto. Implantação e auditoria de sistemas de desenvolvimento de produtos. Planejamento do produto. Metodologia de Projeto de Produtos. Concepção e Desenvolvimento de Produtos, patentes e Propriedade Industrial. Métodos de GDP (QFD, FMEA, EAV, Engenharia de Confiabilidade). Página 15/21

16 DISCIPLINAS DO 7 PERÍODO PESQUISA OPERACIONAL II Ementa: Teoria de Filas; Modelos de filas; Introdução à Simulação; Modelos de Simulação; Utilização do software de simulação. ANÁLISE DE INVESTIMENTOS Ementa: Valor do Dinheiro no Tempo. Elaboração de Projetos de Investimento. Considerações sobre Critérios de Decisão. Análise de Sensibilidade. Fontes de Financiamentos. Avaliação e Seleção de Projetos de Investimentos Alternativos. Impactos dos Investimentos sobre a Estrutura de Capital. GESTÃO DE PROJETOS Ementas: Definição de projetos. Características do Pmbok. Técnicas de gerenciamento de projetos. Ciclo de vida de projetos. Técnicas de administração de projetos: Pert/CPM, LBO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO II Ementa: Estrutura de Trabalho de conclusão de Curso, Normas e formatações, métodos de pesquisa e avaliação, coleta e estruturação dos dados, fontes de pesquisa bibliográfica. Página 16/21

17 PROGRAMAÇÃO DA PRODUÇÃO Ementa: Sequenciamento e Escalonamento da Produção. Regras de Prioridade: Tempo de Esgotamento, PEPS, Menor Tempo de Processamento, Data Devida, Razão Crítica, Menor Folga, Método de Alocação de Tarefas, Método de Johnson, Algoritmo de Moore. Programação de Serviços: Teoria das Filas. Programação de Projetos: Rede Pert e Caminho Crítico. Controle da Produção. OPTATIVA Ementa: De acordo com o interesse dos alunos, será oferecida a disciplina Optativa I dentre as elencadas no quadro de disciplinas optativas da Instituição, conforme quadro de optativas ao final do ementário. PROCESSOS INDUSTRIAIS III SEMI-ACABADOS Ementa: Redução de minério- Alto-forno, Aciaria, Lingotamento Contínuo. Solidificação e Fusão de Ligas. Fundição. Insumos, Moldagens, Modelos e moldes. Processos de Fundição. Defeitos de Fundição. Qualidade de Fundidos. Tratamentos Térmicos. Ensaios Mecânicos. CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSOS AVANÇADO Ementa: Métodos estatísticos complexos para controle estatístico de processo. Cálculos de tamanho de amostra para uso de cartas de controle, cálculo para amostra de aceitação e outros tipos. Cartas Página 17/21

18 de controle CUSUM e para média móvel. Planejamento e melhoria do processo com experimentos planejados. Modelo de regressão logística. DISCIPLINAS DO 8 PERÍODO GESTÃO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO Ementa: Fluxos de informação organizacional. Gestão documental. Gestão da Informação. Criação de conhecimento organizacional. Gestão do conhecimento. Fontes de informação: tipologia. Informação e Ambiente externo. Informação, estratégia e processo decisório. Inteligência Competitiva. Aspectos tecnológicos e comportamentais relacionados ao uso da informação. TRATAMENTO DE EFLUENTES INDUSTRIAIS Ementa: Fontes poluidoras. Geração de Efluentes líquidos e atmosféricos. Ruídos. Resíduos Sólidos. Padrões de qualidade ambiental. Amostragem da água. Amostragem do ar e de fontes de emissão. Definição de parâmetros. Interpretação de resultados analíticos. PROJETO DE FÁBRICA Ementa: Estratégia de produção e objetivos de desempenho. Planejamento da capacidade. Gerenciamento de projetos: projetos de fábricas e os projetos de produtos. Integração projetos de fábricas e de produtos com manufatura- processos e métodos. Planejamento do arranjo físico e dos fluxos internos. Planejamento do sistema de movimentação e armazenagem de materiais. Página 18/21

19 LOGÍSTICA TRANSPORTE E DISTRIBUIÇÃO Ementa: Localização de Armazém; Aspectos Econômicos da Distribuição; Almoxarifado e Rotas Econômicas de Transporte (Roteirização); Identificar as necessidades operacionais e avaliar tecnologias de rastreamento e de roteirização disponíveis no mercado, visando otimizar mecanismos de controle operacional e reduzir custos associados. SRM: (Supplier Relationship Management); TMS (Transportation Management Systems) e Simuladores. ENGENHARIA DO PRODUTO II Ementa: Detalhamento do Projeto de Produto, Construção de Protótipos, Planejamento e administração de projetos, Gestão de Portfólios, Tecnology Roadmapping. EMPREENDEDORISMO E PLANO DE NEGÓCIO Ementa: Empreendedorismo. Perfil do empreendedor por necessidade x por oportunidade. Pesquisa GEM Global Entrepreneurship Monitor. Criação de Novos Empreendimentos. Projetos de Expansão de Negócios em Funcionamento. Características da MPE micro e pequena empresa no Brasil. A Elaboração do Plano de Negócio: Sumário Executivo, Análise de Mercado, Plano de Marketing, Plano Operacional, Plano Financeiro. Análise de Cenários. Avaliação Estratégica. Matriz SWOT. Avaliação do Plano de Negócio. Fontes de Informações em Negócios. Cases em Planos de Negócios: novos empreendimentos na indústria, comércio e serviços. AUDITORIA DA QUALIDADE Página 19/21

20 Ementa: Revisão da análise e interpretação dos requisitos de um sistema de gestão da qualidade de acordo com a NBR IS09001:2008. Conceitos e fundamentos sobre auditoria da qualidade, tipos de auditoria, escopo de auditoria, procedimentos de auditoria segundo a norma NBR ISO 19011:2002, procedimentos internos de auditorias. PROCESSOS INDUSTRIAIS IV ACABADOS Ementa: Caracterização dos processos. Efeitos dos parâmetros principais. Formabilidade. Deformação, encruamento e recristalização. Relacionamento entre os processos de conformação e as estruturas e propriedades dos produtos resultantes. Forjamento. Laminação. Extrusão. Trefilação. Estampagem. Usinagem. QUADRO DE OPTATIVAS 2 CRÉDITOS (7º PERÍODO) TÓPICOS ESPECIAIS EM PRODUÇÃO Ementas: Introdução, Cronoanálise, Layout de Chão de Fábrica, Índice de Capabilidade Seis Sigmas, Confiabilidade e QFD Escalonamento da Produção, Análise de Investimentos, Estoque Inteligente, Método Simplex. INTRODUÇÃO AOS CONHECIMENTOS BÁSICOS DA LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS Ementas: Introdução aos conhecimentos básicos de LIBRAS, de acordo com princípios gerais que determinam seu funcionamento. Técnicas de desenvolvimento da linguagem corporal. Página 20/21

21 PROJETOS DE SISTEMAS Ementas: Planejamento de tecnologia e sistemas de informação. Análise e projeto de sistemas. Metodologia de desenvolvimento de sistemas. Tópicos em gerenciamento de sistemas: integração, segurança. Acompanhamento e avaliação de implantação do projeto. Comportamento humano na fase de implantação. Dissonância cognitiva: o planejado e o real. Sistemas integrados: ERP, CRM, SCP. Soluções em Internet e Intranet. Página 21/21

FEAMIG FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (MANHÃ E NOITE) DISCIPLINAS - PERIODIZAÇÃO - EMENTAS

FEAMIG FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (MANHÃ E NOITE) DISCIPLINAS - PERIODIZAÇÃO - EMENTAS FEAMIG FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (MANHÃ E NOITE) DISCIPLINAS - PERIODIZAÇÃO - EMENTAS DISCIPLINAS DO 1 PERÍODO CÁLCULO I 6 0 6 108 0 108 90 0 90 Ementa: Aritmética

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2014/1 Fase

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2014/1 Fase Cod

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2014/1 Fase Cod Disciplina Pré-Req.

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Logística Empresarial

Curso Superior de Tecnologia em Logística Empresarial PRIMEIRA FASE 01 CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I Funções, gráficos e aplicações; cálculo diferencial e aplicações; funções de duas ou mais variáveis: derivadas parciais e aplicações; aplicação computacional

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2014/1 Fase Cod

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1)

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1) Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 24/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1) Fase

Leia mais

Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral.

Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral. Ementas: Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral. Desenho Mecânico 80hrs Normalização; Projeções; Perspectivas;

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS 1º SEMESTRE

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS 1º SEMESTRE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS 1º SEMESTRE DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO Ementa: Identificar os elementos básicos das organizações: recursos, objetivos e decisões. Desenvolver

Leia mais

Ementas. Carga Horária: 48h

Ementas. Carga Horária: 48h Ementas Disciplina: Técnicas de Comunicação Oral e Escrita Ementa: Técnicas para Elaboração de Documentos; Metodologias para apresentação de trabalhos; Técnicas de comunicação e público; Linguagem. Competência:

Leia mais

EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL

EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL EDA 1601 - INGLÊS INSTRUMENTAL I (2.0.0)2 English for Specific Purposes": introdução. Leitura e compreensão de texto: estratégias de leitura. Organização e partes

Leia mais

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE 1º SEMESTRE 7ECO003 ECONOMIA DE EMPRESAS I Organização econômica e problemas econômicos. Demanda, oferta e elasticidade. Teoria do consumidor. Teoria da produção e da firma, estruturas e regulamento de

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica Ementários Disciplina: Gestão Estratégica Ementa: Os níveis e tipos de estratégias e sua formulação. O planejamento estratégico e a competitividade empresarial. Métodos de análise estratégica do ambiente

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA Ementas Tecnólogo em Manutenção Industrial Departamento de Ensino Superior

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA Ementas Tecnólogo em Manutenção Industrial Departamento de Ensino Superior ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA Ementas Tecnólogo em Manutenção Industrial Departamento de Ensino Superior DISCIPLINA: Metodologia da Pesquisa Científica Técnicas para elaboração

Leia mais

FORMULÁRIO DE ALTERAÇÃO DE EMENTAS. Engenharia de Métodos e Organização do Trabalho CARGA HORÁRIA: Engenharia de Operações e Manufatura I

FORMULÁRIO DE ALTERAÇÃO DE EMENTAS. Engenharia de Métodos e Organização do Trabalho CARGA HORÁRIA: Engenharia de Operações e Manufatura I FORMULÁRIO DE ALTERAÇÃO DE EMENTAS CURSO: Engenharia de Produção MATRIZ(ES) CURRICULAR(ES): 2012.1 ALTERAÇÕES PASSAM A VIGORAR A PARTIR DO SEMESTRE: 2015.1 Engenharia de Métodos e Organização do Trabalho

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2010.2 A BRUSQUE (SC) 2014 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INFORMÁTICA APLICADA À... 4 02 MATEMÁTICA APLICADA À I... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA... 4 04 PSICOLOGIA... 5 05

Leia mais

EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 60 h 1º Evolução histórica dos computadores. Aspectos de hardware: conceitos básicos de CPU, memórias,

Leia mais

LOGÍSTICA EMENTAS DO CURSO

LOGÍSTICA EMENTAS DO CURSO LOGÍSTICA EMENTAS DO CURSO 1º P TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO ORAL E ESCRITA Técnicas de leitura, interpretação e produção de textos, expressão oral e apresentação de trabalhos acadêmicos, argumentação científica.

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1 CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2015 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 ARQUITETURA DE COMPUTADORES... 4 02 FILOSOFIA... 4 03 FUNDAMENTOS MATEMÁTICOS PARA COMPUTAÇÃO...

Leia mais

Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Logística

Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Logística Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Logística - TLO 2005/1 Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Logística 1 DADOS LEGAIS: Reconhecido pela Portaria MEC 134 de

Leia mais

DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL

DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL EMENTA DAS DISCIPLINAS 1º Período GADM 7712-TGA - TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO (4.0.0) 4 Introdução; Antecedentes Históricos;

Leia mais

Ementas das disciplinas do 1 o período

Ementas das disciplinas do 1 o período s das disciplinas do 1 o período Disciplina: Cálculo Diferencial e Integral Carga Horária: Total 072 / Teórica 054 / Prática 018 Conceitos fundamentais de limite e derivadas e aplicação nos campos Econometria,

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 1 CURSO DE MATRIZ CURRICULAR 2012.1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) 2011 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INTRODUÇÃO AO CÁLCULO... 4 02 DESENHO TÉCNICO... 4 03 QUÍMICA GERAL... 4 04 INTRODUÇÃO À... 4 05

Leia mais

ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade Geral - 4 72 ADM004 Metodologia Científica - 2 36 ADM005 Métodos Quantitativos - 4 72

ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade Geral - 4 72 ADM004 Metodologia Científica - 2 36 ADM005 Métodos Quantitativos - 4 72 Matriz Curricular do Curso de Administração 2015.1 1ª Fase CÓDIGO DISCIPLINAS PRÉ- REQUISITOS CRED ADM001 Interpretação e Produção de Textos - ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade

Leia mais

GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL EMENTAS

GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL EMENTAS GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL EMENTAS CULTURA RELIGIOSA O fenômeno religioso, sua importância e implicações na formação do ser humano, da cultura e da sociedade. As principais religiões universais: história

Leia mais

RESOLUÇÃO. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogadas as disposições contrárias. Campinas, 16 de novembro de 2004.

RESOLUÇÃO. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogadas as disposições contrárias. Campinas, 16 de novembro de 2004. RESOLUÇÃO CONSEAcc CPS 3 /2004 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE CAMPINAS, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho Acadêmico por Câmpus CONSEAcc, do câmpus de Campinas,

Leia mais

DISCIPLINA CRED CH PRÉ - REQUISITOS 1ª FASE Geometria Analítica e Álgebra Linear

DISCIPLINA CRED CH PRÉ - REQUISITOS 1ª FASE Geometria Analítica e Álgebra Linear CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS AUTORIZAÇÃO: Portaria UDESC nº 646/2001 RECONHECIMENTO: Decreto Estadual nº 3324/2005 renovado pelo Decreto Estadual nº 1664/2013 PERÍODO

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 1 CURSO DE MATRIZ CURRICULAR 2012.1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) 2011 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INTRODUÇÃO AO CÁLCULO... 4 02 DESENHO TÉCNICO... 4 03 QUÍMICA GERAL... 4 04 INTRODUÇÃO À... 4 05

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CST SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DISCIPLINA: Algoritmo e Programação I A disciplina aborda o estudo de algoritmos, envolvendo os conceitos fundamentais: variáveis, tipos de dados, constantes,

Leia mais

Currículo: 2003/1. Créd. Teóricos Créd. Práticos 1 ADM.0086.00-9 Evolução dos Modelos de Gestão

Currículo: 2003/1. Créd. Teóricos Créd. Práticos 1 ADM.0086.00-9 Evolução dos Modelos de Gestão 19//15 11:5 Centro de Ciências Sociais Aplicadas Curso: 5 Administração (Matutino) Currículo: 3/1 1 ADM.86.-9 Evolução dos Modelos de Gestão Ementa: Conceitos básicos e histórico da Administração. Escolas

Leia mais

Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL CONVÊNIO COM O SENAI Matriz Curricular válida para os acadêmicos

Leia mais

Matriz de Especificação de Prova da Habilitação Técnica de Nível Médio. Habilitação Técnica de Nível Médio: Técnico em Logística

Matriz de Especificação de Prova da Habilitação Técnica de Nível Médio. Habilitação Técnica de Nível Médio: Técnico em Logística : Técnico em Logística Descrição do Perfil Profissional: Planejar, programar e controlar o fluxo de materiais e informações correlatas desde a origem dos insumos até o cliente final, abrangendo as atividades

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 18/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes

Leia mais

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA Ementas Tecnólogo em Fabricação Mecânica Departamento de Ensino Superior

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA Ementas Tecnólogo em Fabricação Mecânica Departamento de Ensino Superior ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA Ementas Tecnólogo em Fabricação Mecânica Departamento de Ensino Superior DISCIPLINA: Metodologia da Pesquisa Científica Técnicas para elaboração de

Leia mais

MBA em Logística e Operações

MBA em Logística e Operações MBA em Logística e Operações Apresentação CAMPUS STIEP Inscrições em Breve Turma 07 --> - *Alunos matriculados após o início das aulas poderão cursar as disciplinas já realizadas, em outras turmas que

Leia mais

GESTÃO EM PRODUÇÃO E SERVIÇOS

GESTÃO EM PRODUÇÃO E SERVIÇOS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO ESCOLA POLITÉCNICA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA INDUSTRIAL MBA GESTÃO EM PRODUÇÃO E SERVIÇOS DISCIPLINAS E EMENTAS SINTONIZANDO PERCEPÇÕES E UNIFORMIZANDO A LINGUAGEM

Leia mais

Desenho Técnico Fundamentos do desenho técnico; Construções geométricas; Desenho eletroeletrônico;

Desenho Técnico Fundamentos do desenho técnico; Construções geométricas; Desenho eletroeletrônico; EMENTA DE CONTEÚDOS Eletricidade Conceitos fundamentais da eletricidade; Circuitos elétricos de corrente contínua; Tensão alternada; Gerador de funções; Operação do osciloscópio; Tensão e corrente alternadas

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 16/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Fase Cód. I

Leia mais

EMENTÁRIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

EMENTÁRIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Faculdade de Engenharia, Arquitetura e Urbanismo Curso de Engenharia de Produção 1 EMENTÁRIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 2 Faculdade de Engenharia, Arquitetura e Urbanismo Ementário do Curso de

Leia mais

Bases Tecnológicas do curso de Logística 1991 3º Módulo

Bases Tecnológicas do curso de Logística 1991 3º Módulo Bases Tecnológicas do curso de Logística 1991 3º Módulo III.1 GESTÃO DE TRANSPORTES 1.1. O desenvolvimento econômico e o transporte. 1.2. A geografia brasileira, a infraestrutura dos estados, municípios

Leia mais

FEAMIG FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DISCIPLINAS PERIODIZAÇÃO - EMENTAS

FEAMIG FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DISCIPLINAS PERIODIZAÇÃO - EMENTAS FEAMIG FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DISCIPLINAS PERIODIZAÇÃO - EMENTAS CÁLCULO I DISCIPLINAS DO 1 PERÍODO 6 0 6 108 0 108 90 0 90 Ementa: O conjunto dos números Reais.

Leia mais

Disciplinas Obrigatórias do Núcleo Básico Geral Comum do Campus de Limeira

Disciplinas Obrigatórias do Núcleo Básico Geral Comum do Campus de Limeira EMENTAS DAS DISCIPLINAS DOS CURSOS DA ENGENHARIA Disciplinas Obrigatórias do Núcleo Básico Geral Comum do Campus de Limeira Sociedade e Cultura no Mundo Contemporâneo As mudanças nas relações entre cultura

Leia mais

Conselho Universitário - Consuni

Conselho Universitário - Consuni PRIMEIRA FASE 01 ECONOMIA Definições e conceitos de economia; macroeconomia; microeconomia; a organização econômica; a atividade de produção; a moeda; a formação de preços; economia de mercado: consumo,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CAMPUS CATALÃO MESTRADO PROFISSIONAL EM GESTÃO ORGANIZACIONAL. Ementário

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CAMPUS CATALÃO MESTRADO PROFISSIONAL EM GESTÃO ORGANIZACIONAL. Ementário SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CAMPUS CATALÃO MESTRADO PROFISSIONAL EM GESTÃO ORGANIZACIONAL Ementário Metodologia de Pesquisa 64 horas Introdução; Paradigmas da investigação social.

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral Curso: ENGENHARIA ELÉTRICA SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Elétrica da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar engenheiros com sólidos e atualizados conhecimentos científicos

Leia mais

REITORIA PRÓ-REITORIA DE ENSINO Quadro de Disciplinas Comuns aos Cursos de Graduação (2015)

REITORIA PRÓ-REITORIA DE ENSINO Quadro de Disciplinas Comuns aos Cursos de Graduação (2015) PRÓREITORIA DE ENSINO Quadro de s Comuns aos Cursos de Graduação (2015) I FUNDAMENTAÇÃO: 1) RESOLUÇÃO N. 81/2014/CS (PPC de Engenharia Civil), referendado pela Resolução n. 04/2015/CS/IFS; 2) RESOLUÇÃO

Leia mais

GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CICLO PROFISSIONAL 9º BIMESTRE PESQUISA OPERACIONAL I 80 horas Modelagem de Problemas; Noções de otimização; Introdução a Programação Linear;

Leia mais

FEAMIG FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS CURSO DE ENGENHARIA DE AGRIMENSURA DISCIPLINAS - PERIODIZAÇÃO - EMENTAS DISCIPLINAS DO 1 PERÍODO

FEAMIG FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS CURSO DE ENGENHARIA DE AGRIMENSURA DISCIPLINAS - PERIODIZAÇÃO - EMENTAS DISCIPLINAS DO 1 PERÍODO FEAMIG FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS CURSO DE ENGENHARIA DE AGRIMENSURA DISCIPLINAS - PERIODIZAÇÃO - EMENTAS Versão atualizada dezembro de 2010 com reformulação das ementas das disciplinas Topografia

Leia mais

ENGENHARIA DA PRODUÇÃO 2.0

ENGENHARIA DA PRODUÇÃO 2.0 ENGENHARIA DA PRODUÇÃO 2.0 SOBRE O CURSO Mercados dinâmicos demandam profissionais com formação completa e abrangente, aptos a liderarem equipes multidisciplinares em empresas de todos os setores econômicos

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO 1º SEMESTRE Administração Aplicada ao Meio Ambiente Ementa: Gestão ambiental e desenvolvimento sustentável. Compromisso dos indivíduos e das

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO EDITAL COMPLENTAR N 001 AO EDITAL N 003/2012 UNAT A, no uso de suas atribuições legais e em cumprimento das normas previstas no artigo 37, inciso IX, da Constituição Federal, de 5 de outubro de 1988, Decreto

Leia mais

EMENTÁRIO DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

EMENTÁRIO DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1/5 ANEXO II RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 31/2005 EMENTÁRIO DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO I SEMESTRE Algoritmos e Estruturas de Dados I Fundamentos da Computação Fundamentos Matemáticos para a Computação

Leia mais

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING MÓDULO I 304101 FUNDAMENTOS DE MARKETING Fundamentos do Marketing. Processo de Marketing.

Leia mais

DISCIPLINA CRED CH PRÉ-REQUISITO 1ª FASE Algoritmos

DISCIPLINA CRED CH PRÉ-REQUISITO 1ª FASE Algoritmos CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO AUTORIZAÇÃO: Resolução nº 89/2007 CONSUNI RECONHECIMENTO: Decreto Estadual nº 858/2012 renovado pela Resolução CEE nº 3/2015 PERÍODO DE CONCLUSÃO: Mínimo:

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ENGENHARIA ELÉTRICA MISSÃO DO CURSO O Curso de Engenharia Elétrica tem por missão a graduação de Engenheiros Eletricistas com sólida formação técnica que

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO (PROENG) ASSESSORIA DE DESENVOLVIMENTO ASSESSORIA JURÍDICA

PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO (PROENG) ASSESSORIA DE DESENVOLVIMENTO ASSESSORIA JURÍDICA FORMULÁRIO DE ALTERAÇÃO DE EMENTAS CURSO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MATRIZ(ES) CURRICULAR(ES): 2015 ALTERAÇÕES PASSAM A VIGORAR A PARTIR DO SEMESTRE: 1 Arquitetura de Computadores Arquitetura de Computadores

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DE UNAÍ - FACTU Associação de Ensino e Pesquisa de Unaí - AEPU Curso de Administração

FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DE UNAÍ - FACTU Associação de Ensino e Pesquisa de Unaí - AEPU Curso de Administração INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO EMENTA: A organização e o Processo Administrativo: Produção, financeira, Marketing, Recursos Humanos. Funções Administrativas: Planejamento, Organização, Direção e Controle.

Leia mais

CURSO ANALISTA DE LOGISTICA E PRODUÇÃO INDUSTRIAL GRADE CURRICULAR @2014 - CENTRO EDUCACIONAL ANÍSIO PEDRUSSI

CURSO ANALISTA DE LOGISTICA E PRODUÇÃO INDUSTRIAL GRADE CURRICULAR @2014 - CENTRO EDUCACIONAL ANÍSIO PEDRUSSI MÓDULOS / DISCIPLINAS Carga Horária Módulo I - Introdução ao Estudo da Logística No Brasil e no Mundo 30 1. Introdução ao Estudo da Logística 2. História da Logística 3. Na Pré-História 4. No Exército

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 083/2003 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO.

RESOLUÇÃO CONSEPE 083/2003 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. RESOLUÇÃO CONSEPE 083/2003 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE,

Leia mais

MARKETING EMENTAS DO CURSO 1º P COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA PARA CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO COMPORTAMENTO HUMANOS NAS ORGANIZAÇÕES

MARKETING EMENTAS DO CURSO 1º P COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA PARA CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO COMPORTAMENTO HUMANOS NAS ORGANIZAÇÕES MARKETING EMENTAS DO CURSO 1º P COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA PARA CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO Números Reais; Expressões Algébricas; Equação do 1º grau; Equação do 2º grau; Logaritmos; Conjuntos; Funções;

Leia mais

Pós-Graduação em Gestão Industrial

Pós-Graduação em Gestão Industrial Pós graduação lato sensu da Universidade de São Paulo (USP) O Curso de Especialização em aborda, de maneira conceitual e prática, os processos de suprimento, produção, distribuição e vendas, com uma concepção

Leia mais

Sumário. 1.3 Identificação dos principais autores em PCR, 15. 1.4 Questões, 15

Sumário. 1.3 Identificação dos principais autores em PCR, 15. 1.4 Questões, 15 Sumário Apresentação, xiii 1 Definições e Conceitos Fundamentais, l 1.1 Sistemas de produção: conceituação, evolução e algumas importantes classificações, l 1.2 O Planejamento e Controle da Produção (PCP),

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO SUPERIOR DE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2014 Atualizado em 6 de junho de 2014 pela Assessoria de

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 147/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 147/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 147/2012 Altera o Currículo do Curso de Engenharia de Produção Mecânica para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº MEC-479/2012,

Leia mais

RESOLUÇÃO. São Paulo, 18 de novembro de 2004. Prof. Milton Mayer Presidente

RESOLUÇÃO. São Paulo, 18 de novembro de 2004. Prof. Milton Mayer Presidente RESOLUÇÃO CONSEAcc - SP 006/2004 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE SÃO PAULO, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho Acadêmico por Câmpus CONSEAcc, do câmpus de

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS E CONTÁBEIS

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS E CONTÁBEIS CÓDIGO: IH 104 CRÉDITOS: 04 ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAL I OBJETIVO DA : Dar conhecimentos gerais do Sistema de Administração de Material, Patrimônio e Conhecimentos Básicos de Compras. EMENTA: Conceitos

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO SUPERIOR DE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2014 Atualizado em 6 de junho de 2014 pela Assessoria

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO EMENTAS DO CURSO

ADMINISTRAÇÃO EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO EMENTAS DO CURSO 1º P COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA PARA CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO Números Reais, Expressões Algébricas, Equação do 1º grau, Equação do 2º grau, Logaritmos, Conjuntos, Funções,

Leia mais

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC Curso de Sistemas de Informação

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC Curso de Sistemas de Informação EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS Disciplina: História do Contestado As civilizações primitivas do contestado. As origens, formação e herança cultural do homem do contestado. A índole guerreira do caboclo catarinense.

Leia mais

Ementário e Bibliografia do curso de. Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04

Ementário e Bibliografia do curso de. Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 01 - ADMINISTRAÇÃO Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 Introdução à Administração. Antecedentes históricos da Administração. Escolas de Administração. Administração e suas perspectivas. Variáveis

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Identificação do Curso Nome do Curso: Sistemas de Informação Titulação: Bacharelado Modalidade de ensino: Presencial

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Matemática I CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO Matrizes e sistemas lineares. Funções: lineares, afins quadráticas, exponenciais

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 095/2015

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 095/2015 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 095/2015 Altera a Deliberação CONSEP Nº 147/2012, que altera o Currículo do Curso de Engenharia de Produção Mecânica para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA,

Leia mais

RESOLUÇÃO. Itatiba, 17 novembro de 2004. Prof. Milton Mayer Presidente

RESOLUÇÃO. Itatiba, 17 novembro de 2004. Prof. Milton Mayer Presidente RESOLUÇÃO CONSEAcc - IT 12/2004 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÂO DO CÂMPUS DE ITATIBA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho Acadêmico por Câmpus, do câmpus de Itatiba, no

Leia mais

PERÍODO DISCIPLINAS CH MÓDULO I - FORMAÇÃO BÁSICA Fundamentos da Administração 80 horas

PERÍODO DISCIPLINAS CH MÓDULO I - FORMAÇÃO BÁSICA Fundamentos da Administração 80 horas ESTRUTURA CURRICULAR PERÍODO DISCIPLINAS CH MÓDULO I - FORMAÇÃO BÁSICA Fundamentos da Administração 1º Comunicação Empresarial Contabilidade Gerencial Economia e Mercado Matemática Financeira Direito Empresarial

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Matemática I 1º PERÍODO Matrizes e sistemas lineares. Funções: lineares, afins quadráticas,

Leia mais

Questionário - Proficiência Clínica

Questionário - Proficiência Clínica Tema: Elaborador: ENGENHARIA DE PROCESSOS NO LABORATÓRIO CLÍNICO Fernando de Almeida Berlitz. Farmacêutico-Bioquímico (UFRGS). MBA Gestão Empresarial e Marketing (ESPM). Lean Six Sigma Master Black Belt.

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Fase Cód. Disciplina I Matriz Curricular vigente a partir de 2012/1 Prérequisito s Carga Horária

Leia mais

MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 108/2010

MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 108/2010 MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 108/2010 EMENTA: Estabelece o Currículo do Curso de Graduação em Engenharia Mecânica - Niterói O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA

Leia mais

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 2.0

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 2.0 ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 2.0 SOBRE O CURSO O mercado de trabalho precisa de profissionais completos, com habilidades de gestão e que liderem equipes multidisciplinares em empresas de todos os setores econômicos

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Fase Cód. I II Matriz Curricular vigente a partir de 2010-1 Disciplina Prérequisitos Carga

Leia mais

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 901491 - EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução da teoria organizacional

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO CST ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 68 A disciplina estuda a área da informática como um todo e os conceitos fundamentais, abrangendo desde a

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS DELIBERAÇÃO Nº 002/2009 CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Ementas e bibliografia básica das disciplinas

Ementas e bibliografia básica das disciplinas Ementas e bibliografia básica das disciplinas Gestão do Conhecimento e Inteligência Competitiva (10h) Conceitos gerais de gestão do conhecimento Conceitos gerais de inteligência competitiva Ferramentas

Leia mais

Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Logística

Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Logística Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Logística - TLO 2006/1 Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Logística 1 DADOS LEGAIS: Reconhecido pela Portaria MEC 134 de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO Matriz curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Produção da UFERSA a partir de 2011.2. (Adequada à Matriz curricular do Curso de Bacharelado em Ciência e Tecnologia) Período Disciplinas Obrigatórias

Leia mais

Curso de Engenharia. Formação Geral 1º e 2º anos

Curso de Engenharia. Formação Geral 1º e 2º anos Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos DISCIPLINA 1º Bimestre Introdução à Engenharia Informática Matemática Produção de Textos 2º Bimestre Cálculo I Física I Inglês Metodologia Científica 3º

Leia mais

Gestão Empresarial para Logística, com duração de 220 horas.

Gestão Empresarial para Logística, com duração de 220 horas. ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DO CURSO O presente curso é composto de quatro módulos, a saber: MÓDULO I MÓDULO II MÓDULO III MÓDULO IV Gestão de Pessoas para Logística, com duração de 220 horas. Gestão Empresarial

Leia mais

Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos

Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos DISCIPLINA 1º Bimestre Introdução à Engenharia 40 Informática 40 Matemática 80 Produção de Textos 40 2º Bimestre Cálculo I 80 Física I 80 Inglês 20 Metodologia

Leia mais

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS Graduação PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS Prepara os estudantes para o empreendedorismo e para a gestão empresarial. Com foco nas tendências

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º AD431- ADMINISTRAÇÃO CONTEMPORÂNEA OBRIG 60 0 60 4.0 Fórmula: AD001 AD001- INTRODUCAO A ADMINISTRACAO FUNDAMENTOS TEÓRICOS. DESIGN ORGANIZACIONAL - ESTRUTURA ORGANIZACIONAIS E PROCESSOS ORGANIZACIONAIS.

Leia mais

http://secon.udesc.br/consepe/resol/2010/004-2010-cpe.htm

http://secon.udesc.br/consepe/resol/2010/004-2010-cpe.htm Page 1 of 6 RESOLUÇÃO Nº 4/2010 CONSEPE Aprova alterações no currículo do curso de Engenharia de Produção e Sistemas, do Centro de Ciências Tecnológicas CCT, da Fundação Universidade do Estado de Santa

Leia mais

EDITAL GR Nº 707/2014. Quadro de Disciplinas Especiais ou Unidades de Aprendizagem Especiais com Pré-Requisito semestre 2015A 2º Período

EDITAL GR Nº 707/2014. Quadro de Disciplinas Especiais ou Unidades de Aprendizagem Especiais com Pré-Requisito semestre 2015A 2º Período Quadro de Disciplinas Especiais ou Unidades de Aprendizagem Especiais com Pré-Requisito semestre 2015A 2º Período Disciplina Especial Ofertada Pré-Requisito Ementa Análise das Demonstrações Contábeis II

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR ORGANIZAÇÃO CURRICULAR O curso Técnico em Informática, em Nível Médio Subseqüente, será organizado de forma semestral, com aulas presenciais, compostos por disciplinas, com conteúdos estabelecidos, tendo

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Matriz Curricular vigente a partir de 2010/1 Fase Cód. Disciplina Carga Horária Prérequisitos

Leia mais