OMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º 40/COMARA/2012 PREÂMBULO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "OMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º 40/COMARA/2012 PREÂMBULO"

Transcrição

1 APROVO: Ricardo José Freire de Campos Cel Av ORDENADOR DE DESPESAS OMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º PREÂMBULO A União, por intermédio da Comissão de Aeroportos da Região Amazônica (COMARA), através de seu Pregoeiro, designado pela Portaria COMARA nº 7-T/SDL, de 23 de abril de 2012 publicada no Boletim Interno Ostensivo nº 86, de 04 de maio de 2012, páginas 37 e 38, torna público para conhecimento dos interessados que na data, horário e local indicados abaixo fará realizar licitação na modalidade PREGÃO, na sua forma ELETRÔNICA, do tipo menor preço por lote de itens, para REGISTRO DE PREÇOS, conforme descrito neste Edital e nos seus anexos, nos termos da Lei , de 17 de julho de 2002, do Decreto 5.450, de 31 de maio de 2005, do Decreto 3.931, de 19 de setembro de 2001 alterado pelo Decreto 4.342/2002, do Decreto n 3.693, de 20 de dezembro de 2000, Instrução Normativa MARE n 02, de 11 de outubro de 2010, Lei complementar n 123, de 14 de dezembro de 2006, Decreto nº 6.204, de 05 de setembro de 2007, e suas alterações posteriores, e demais condições a seguir discriminadas. NÚMERO DO PROCESSO: ABERTURA DA SESSÃO: 04/10/2012 HORÁRIO: 10:00 h LOCAL : OBS: Todos os horários estabelecidos neste edital observarão o horário de Brasília/DF.

2 COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º CLÁUSULAS E CONDIÇÕES GERAIS 1 - DO OBJETO 1.1 O presente Pregão na forma Eletrônica, do tipo menor preço por lote de itens, que tem por objeto o registro de preços para futura aquisição de ATIVOS DE REDE, EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA E PROJEÇÃO, conforme especificações e quantidades constantes do Termo de Referência e das especificações técnicas anexos ao Edital. 1.2 Em caso de discordância existente entre as especificações deste objeto descritas no COMPRASNET e as especificações técnicas constantes deste Edital, prevalecerão às últimas. 1.3 A existência de preços registrados não obriga a Administração a firmar as contratações que deles poderão advir, ficando-lhe facultada a realização de licitação específica para aquisição, sendo assegurado ao beneficiário do registro a preferência de fornecimento em igualdade de condições. 2 DA DOCUMENTAÇÃO A SER FORNECIDA ÀS LICITANTES 2.1 O edital e seus anexos estarão disponíveis para download pelos interessados no endereço eletrônico 2.2 A divulgação deste certame será realizado por meio do Diário Oficial da União, site e jornal de grande circulação local. 3 DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO 3.1 Poderão participar deste Pregão empresas que atuem em ramo de atividade compatível com o objeto licitado, cadastrada ou que venha a cadastrar-se no SICAF e credenciadas junto ao provedor do sistema (Secretaria de Logística e Tecnologia de Informação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão) que atenderem a todas as exigências contidas neste Edital e de seus anexos, inclusive quanto à documentação de habilitação. 3.2 Não poderão participar desta licitação empresas que se encontrem nas seguintes situações: Empresas que por qualquer motivo tenham sido declaradas inidôneas pelo Ministério da Defesa/Comando da Aeronáutica ou por qualquer outro Órgão da Administração Pública Direta ou Indireta, Federal, Estadual, Municipal ou do Distrito Federal, bem como as que estejam punidas com suspensão do direito de contratar ou licitar com a Administração Pública;

3 3.2.2 Empresa da qual seja sócio, dirigente ou responsável técnico, servidor de qualquer Órgão ou entidade vinculada ao Ministério da Defesa/Comando da Aeronáutica; Empresas constituídas em consórcio ou estrangeiras que não funcionem no País; Empresas que não possuírem atividade constante no Contrato Social ou na linha de fornecimento do SICAF compatível com o objeto da licitação; e Empresa em processo de recuperação judicial e extrajudicial em processo de falência e dissolução judicial. 4 - DO CREDENCIAMENTO 4.1 Do procedimento para credenciamento junto ao provedor do sistema Todo o procedimento para credenciamento e cadastramento consta dos manuais disponibilizados no endereço O credenciamento dar-se-á pela atribuição de chave de identificação e senha, pessoal e intransferível, para acesso ao sistema eletrônico; Tal credenciamento depende, conforme normas do site de registro cadastral atualizado no SICAF; O credenciamento junto ao provedor do sistema implica na responsabilização legal do licitante e do seu representante legal, além da presunção de sua capacidade técnica para realizar transações inerentes ao Pregão Eletrônico; e É de responsabilidade exclusiva do licitante a utilização da senha de acesso, inclusive qualquer transação efetuada diretamente ou por representante, não sendo cabível ao Provedor do Sistema ou a este Centro, promotor da presente licitação, responsabilidades por eventuais danos decorrentes do uso indevido da senha, mesmo que por terceiros. 5 - DO SISTEMA ELETRÔNICO 5.1 Os licitantes, como responsáveis por todas as transações que forem efetuadas em seu nome no sistema eletrônico, assumem como firmes e verdadeiros suas propostas e lances. 5.2 Caso o Sistema do Pregão Eletrônico fique inacessível por problemas operacionais exclusivamente do próprio sistema, com a desconexão de todos os participantes no decorrer da etapa competitiva do pregão, o certame licitatório será suspenso e somente retomado após a comunicação aos participantes no endereço eletrônico Incumbirá aos licitantes o acompanhamento das operações no Sistema Eletrônico durante a sessão pública do pregão, ficando unicamente responsáveis pelo ônus decorrente da perda de negócios diante da inobservância de quaisquer mensagens emitidas pelo sistema ou de sua desconexão, inclusive no que tange ao subitem supra. 5.3 Se no decorrer da etapa competitiva do pregão ocorrer à desconexão apenas do Pregoeiro, o Sistema Eletrônico permanecerá acessível aos licitantes para recepção dos lances, retomando o Pregoeiro, quando possível, sua atuação no certame, sem prejuízo dos atos realizados.

4 5.3.1 Quando a desconexão do Pregoeiro persistir por tempo superior a 10 (dez) minutos, a sessão do pregão será suspensa, só sendo reiniciada após comunicação aos participantes no próprio endereço eletrônico 6 - DA PROPOSTA DE PREÇOS 6.1 O licitante deverá encaminhar proposta, exclusivamente por meio do sistema eletrônico, até a data e horário marcados para abertura da sessão, quando então encerrar-se-á automaticamente a fase de recebimento de propostas O licitante deverá consignar, na forma expressa no sistema eletrônico, o valor global da proposta, já considerados e inclusos todos os tributos, fretes, tarifas e demais despesas decorrentes da execução do objeto; O licitante deverá declarar, em campo próprio do sistema eletrônico, que cumpre plenamente os requisitos de habilitação e que sua proposta está em conformidade com as exigências do edital; 6.1.3O licitante deverá declarar, em campo próprio do Sistema, sob pena de inabilitação, que não emprega menores de dezoito anos em trabalho noturno, perigoso ou insalubre, nem menores de dezoito anos em qualquer trabalho, salvo na condição de aprendiz, a partir dos quatorze anos; O licitante deverá declarar, em campo próprio do sistema eletrônico, sob pena de inabilitação, a Declaração de Inexistência de Fato Superveniente; O licitante deverá declarar, em campo próprio do sistema eletrônico, sob pena de inabilitação, a Declaração de Elaboração Independente de Proposta; O licitante enquadrado como microempresa ou empresa de pequeno porte deverá declarar, em campo próprio do Sistema, que atende aos requisitos do art. 3º da LC n.º 123/2006, para fazer jus aos benefícios previstos nessa Lei; A declaração falsa relativa ao cumprimento dos requisitos de habilitação, à conformidade da proposta ou ao enquadramento como microempresa ou empresa de pequeno porte sujeitará o licitante às sanções previstas neste edital. 6.2 As propostas ficarão disponíveis no sistema eletrônico Qualquer elemento que possa identificar o licitante importa desclassificação da proposta, sem prejuízo das sanções previstas neste edital; Até a abertura da sessão, o licitante poderá retirar ou substituir a proposta anteriormente encaminhada. 6.3 As propostas terão validade de 60 (sessenta) dias, contados da data de abertura da sessão pública estabelecida no preâmbulo deste edital Decorrido o prazo de validade das propostas, sem convocação para contratação, ficam os licitantes liberados dos compromissos assumidos Não poderá o licitante se limitar a copiar a descrição constante do Edital, cabendo-lhe efetuar indicação completa dos materiais e outras informações que julgar convenientes, sob pena de desclassificação de sua proposta.

5 6.3.3 Apenas serão consideradas as propostas que estiverem de acordo com as determinações do MPOG, com especificações claras e detalhadas dos bens ofertados no campo Descrição Detalhada do Objeto Ofertado, INCLUSIVE MARCA E MODELO, conforme o caso, devendo os mesmos serem novos e de primeiro uso. A falta de indicação de dados que permitam ao pregoeiro identificar se o produto ofertado encontra-se de acordo com as especificações do Edital/Termo de Referência, implicará na desclassificação da proposta do licitante para o item e, em conseqüência, para o lote correspondente Conforme o disposto na presente previsão editalícia, ficam abolidos termos como conforme especificações do edital ou outro similares neste campo, estando os licitantes eventualmente enquadrados em tal circunstância sujeitos às sanções previstas no item 6.2 supra. 7 - DO JULGAMENTO DAS PROPOSTAS 7.1 A partir do dia e hora definido no preâmbulo deste edital, será aberta por comando do Pregoeiro, com a utilização de sua chave de acesso e senha, a sessão pública na Internet do Pregão Eletrônico. 7.2 Os licitantes poderão participar da sessão pública na internet, devendo utilizar sua chave de acesso e senha. 7.3 O pregoeiro verificará as propostas apresentadas, desclassificando aquelas que não estejam em conformidade com os requisitos estabelecidos no edital e termo de referência. 7.4 A desclassificação de proposta será sempre fundamentada e registrada no sistema, com acompanhamento em tempo real por todos os participantes. 7.5 As propostas contendo a descrição do objeto e valor, estarão disponíveis na Internet. 7.6 O sistema disponibilizará campo próprio, chat de comunicação, para envio de mensagens do pregoeiro para os licitantes. 7.7 O sistema ordenará, automaticamente, as propostas classificadas pelo pregoeiro, sendo que somente estas participarão da fase de lance. 7.8 Classificadas as propostas, o pregoeiro dará início à fase competitiva, quando então os licitantes poderão encaminhar lances exclusivamente por meio do sistema eletrônico. 7.9 Os lances serão encaminhados em moeda nacional (R$ - Real) e com no máximo duas casas decimais após a vírgula No que se refere aos lances, o licitante será imediatamente informado do seu recebimento e do valor consignado no registro Os licitantes poderão oferecer lances sucessivos, observados o horário fixado para abertura da sessão e as regras estabelecidas no edital O licitante somente poderá oferecer lance inferior ao último por ele ofertado e registrado pelo sistema Não serão aceitos dois ou mais lances iguais, prevalecendo aquele que for recebido e registrado primeiro Durante a sessão pública, os licitantes serão informados, em tempo real, do valor do menor lance

6 registrado, vedada a identificação do licitante Não poderá haver desistência dos lances ofertados, a não ser em situação devidamente justificada e aceita pelo Pregoeiro, sujeitando-se o licitante desistente às penalidades constantes neste edital A etapa de lances da sessão pública será encerrada por decisão do pregoeiro, mediante encaminhamento de aviso de fechamento iminente dos lances, após o que transcorrerá período de tempo de até 30 (trinta) minutos, aleatoriamente determinado pelo sistema eletrônico, findo o qual será automaticamente encerrada a recepção de lances Caso haja empate e quando o lance mais vantajoso não tiver sido apresentado por microempresa ou empresa de pequeno porte, será assegurado, como critério de desempate, preferência de aquisição para as empresas desta modalidade de constituição e que estejam incluídas no regime diferenciado e favorecido previsto na Lei Complementar n º 123/ Entende-se por empate aquelas situações em que as propostas apresentadas pelas microempresas e empresas de pequeno porte sejam iguais ou até 5% (cinco por cento) superiores à proposta mais bem classificada No caso de equivalência dos valores apresentados (propostas com valores idênticos), pelas microempresas e empresas de pequeno porte que se encontrem no intervalo estabelecido no subitem anterior, será realizado sorteio entre elas para que se identifique aquela que primeiro poderá apresentar melhor oferta A microempresa ou empresa de pequeno porte mais bem classificada será convocada para apresentar nova proposta de preço inferior àquela considerada vencedora do certame, no prazo máximo de 5 (cinco) minutos após o encerramento dos lances, sob pena de preclusão, situação em que será adjudicado em seu favor o objeto licitado Não ocorrendo a contratação da microempresa ou empresa de pequeno porte, na forma do subitem anterior, serão convocadas as remanescentes, que porventura se enquadrem como empatadas, na ordem classificatória, para o exercício do mesmo direito Na hipótese da não-contratação da microempresa ou empresa de pequeno porte que tenham suas propostas consideradas equivalentes ou empatadas, o objeto licitado será adjudicado em favor da proposta originalmente vencedora do certame Após o encerramento da etapa de lances da sessão pública e observado o disposto no Item 8.18 e seu subitem, o pregoeiro poderá encaminhar pelo sistema eletrônico, contraproposta ao licitante que tenha apresentado lance mais vantajoso, para que seja obtida melhor proposta, observado o critério de julgamento, não se admitindo negociar condições diferentes daquelas previstas no edital e observada a necessidade da existência de no máximo, duas casas decimais após a vírgula; A negociação será realizada por meio do sistema, podendo ser acompanhada pelos demais licitantes Encerrada a etapa de lances, o pregoeiro examinará a proposta classificada em primeiro lugar quanto à compatibilidade do preço em relação ao estimado para aquisição e verificará a habilitação do licitante conforme disposições do edital Para julgamento e classificação das propostas será adotado o critério de MENOR PREÇO UNITÁRIO POR LOTE DE ITENS.

7 O Pregoeiro, durante a análise, abrirá os LOTES e procederá a análise das propostas dos ITENS daquele LOTE. A desclassificação em quaisquer ITENS do LOTE implicará na desclassificação da proposta para todo o LOTE, ou seja, a proposta somente será aceita se atender aos requisitos para todos os ITENS, do respectivo LOTE Serão desclassificadas as propostas que apresentarem preços manifestamente inexeqüíveis, assim considerados aqueles que não venham a ter demonstrada sua viabilidade através de documentação que comprove que os custos são coerentes com os de mercado Na fase de lances, muito embora a classificação final seja pelo VALOR TOTAL DO LOTE, a disputa será POR ITEM. A cada lance ofertado (POR ITEM), o Sistema atualizará automaticamente o VALOR TOTAL DO LOTE, sagrando-se vencedora a empresa que ofertar o MENOR VALOR TOTAL DO LOTE Os lances deverão ser formulados pelo VALOR UNITÁRIO DO ITEM 7.20 Se a proposta da primeira colocada não for aceitável ou se a licitante não atender às exigências habilitatórias, o Pregoeiro examinará a proposta subseqüente e, assim sucessivamente, na ordem de classificação, até a apuração de uma proposta que atenda ao edital Ocorrendo à situação a que se refere o item acima, o Pregoeiro poderá negociar com a licitante para que seja obtido preço menor No julgamento das propostas e habilitação, o pregoeiro poderá sanar erros ou falhas que não alterem a substância das propostas, dos documentos e sua validade jurídica, mediante despacho fundamentado, registrado em ata e acessível a todos, atribuindo-lhes validade e eficácia para fins de habilitação e classificação Não serão aceitas as propostas que tiverem valor depois da vírgula com mais de 4 (quatro) dígitos, tendo em vista que na moeda nacional somente existem duas casas decimais depois da vírgula. Este fato ocorrendo o pregoeiro poderá tão somente suprimir a terceira e a quarta casa depois da vírgula, onde visará atender ao princípio a que se destina o pregão, ou seja, o menor preço. Ex 1,2389 = 1,23. 8 DO DIREITO DE PREFERÊNCIA 8.1 Para os itens constantes dos lotes 1 a 10, classificados como bens de informática, será assegurada preferência o licitantes na contratação, nos termos do disposto no art. 3º da Lei nº 8.248, de 1991, observada a seguinte ordem: I-bens e serviços com tecnologia desenvolvida no País e produzidos de acordo com o Processo Produtivo Básico (PPB), na forma definida pelo Poder Executivo Federal; II-bens e serviços com tecnologia desenvolvida no País; e III-bens e serviços produzidos de acordo com o PPB, na forma definida pelo Poder Executivo Federal. 8.2 Para os efeitos deste Decreto, consideram-se bens de informática e automação com tecnologia desenvolvida no País aqueles cujo efetivo desenvolvimento local seja comprovado junto ao Ministério da Ciência e Tecnologia, na forma por este regulamentada. 8.3 A comprovação do atendimento ao PPB dos bens de informática e automação ofertados será feita mediante apresentação do documento comprobatório da habilitação à fruição dos incentivos fiscais

8 regulamentados pelo Decreto no 5.906, de 26 de setembro de 2006, ou pelo Decreto no 6.008, de 29 de dezembro de Parágrafo único. A comprovação prevista no caput será feita: I-eletronicamente, por meio de consulta ao sítio eletrônico oficial do Ministério da Ciência e Tecnologia ou da Superintendência da Zona Franca de Manaus SUFRAMA, a qual deverá ser impressa pelo licitante e apresentada a COMARA; ou II-por documento expedido para esta finalidade pelo Ministério da Ciência e Tecnologia ou pele SUFRAMA, mediante solicitação do licitante. 8.4 O exercício do direito de preferência disposto neste Decreto será concedido após o encerramento da fase de lances, observando-se os seguintes procedimentos, sucessivamente: I-aplicação das regras de preferência previstas no item 11.1, com a classificação dos licitantes cujas propostas finais estejam situadas até dez por cento acima da melhor proposta válida, conforme o critério de julgamento, para a comprovação e o exercício do direito de preferência; III-convocação dos licitantes classificados que estejam enquadrados no inciso I do item 11.1, na ordem de classificação, para que possam oferecer nova proposta ou novo lance para igualar ou superar a melhor proposta válida, caso em que será declarado vencedor do certame; IV-caso a preferência não seja exercida na forma do inciso III, por qualquer motivo, serão convocadas as empresas classificadas que estejam enquadradas no inciso II do item 11.1, na ordem de classificação, para a comprovação e o exercício do direito de preferência, aplicando-se a mesma regra para o inciso III do art. 5o, caso esse direito não seja exercido; e V-caso nenhuma empresa classificada venha a exercer o direito de preferência, observar-se-ão as regras usuais de classificação e julgamento previstas na Lei no 8.666, de 21 de junho de 1993, e na Lei no , de 17 de julho de Encerrada a fase de lances, o Pregoeiro informará aos licitantes que a intenção do exercício do direito de preferência disposto no item 11 deverá ser manifestada pelo licitante, dentro do lapso temporal a ser comunicado na sessão, a qual será desconsiderada no certame, na hipótese de omissão ou atraso da empresa interessada quanto a tal procedimento. 8.6 Ocorrida a manifestação tempestiva do licitante, os documentos referenciados no item 8.3 deverão ser encaminhados a COMARA na forma preconizada no presente Instrumento Convocatório para envio dos demais documentos comprobatórios da habilitação do licitante. O eventual descumprimento por parte do licitante de tal previsão ensejará na perda do exercício do direito de preferência de que trata o item 8 deste instrumento convocatório. 8.7 No caso de empate de preços entre licitantes que se encontrem na mesma ordem de classificação, proceder-se-á ao sorteio para escolha do que primeiro poderá ofertar nova proposta. 8.8 Após a fase de lances, se a proposta melhor classificada não tiver sido ofertada por microempresa ou empresa de pequeno porte e houver proposta apresentada por microempresa ou empresa de pequeno porte igual ou até 5% (cinco por cento) superior à melhor proposta, proceder-se-á da seguinte forma: A microempresa ou a empresa de pequeno porte mais bem classificada poderá, no prazo de 5 (cinco) minutos, contados do envio da mensagem automática pelo sistema, apresentar uma última oferta, obrigatoriamente abaixo da primeira colocada, situação em que, atendidas as exigências habilitatórias, será adjudicado em seu favor o objeto deste Pregão; Não sendo vencedora a microempresa ou a empresa de pequeno porte mais bem classificada, na forma do subitem anterior, o sistema, de forma automática, convocará os licitantes remanescentes que porventura se enquadrem na situação descrita nesta Condição, na ordem classificatória, para o exercício do mesmo direito;

9 8.8.3 No caso de equivalência dos valores apresentados peles microempresas ou empresas de pequeno porte que se encontrem no intervalo estabelecido na condição anterior, o sistema fará um sorteio eletrônico, definindo e convocando automaticamente a vencedora para o encaminhamento da oferta final do desempate; A microempresa ou a empresa de pequeno porte para exercer os direitos concedidos pele Lei Complementar 123/2006, deverá declarar esta condição em campo próprio do sistema eletrônico por ocasião do envio de sua proposta, apresentando, após a fase de lance, quando do reenvio da sua proposta, o balanço do último exercício para fins de verificação do disposto no art. 3º da Lei Complementar nº 123/2006, sem prejuízo de diligências que poderão ser feita pelo Pregoeiro nos termos do artigo 43 3º da Lei n.º 8.666/93, tudo em consonância com o princípio da legalidade e da isonomia no procedimento licitatório. 8.9 Não havendo a adjudicação nos termos previstos na condição anterior, o objeto licitado será adjudicado em favor do licitante com proposta originalmente mais bem classificada se, após negociação, houver compatibilidade de preço com o valor estimado para a execução do objeto, considerado o integral cumprimentos das disposições constantes dos ítens 13 e 14 deste Edital. 8.1 Para a contratação dos itens que compôem os lotes 1 a 10 será obedecido o disposto no Capítulo V da Lei Complementar n 123, de 2006 no que diz respeito às regras de preferências, obedecido ao preconizado no art. 8 do Decreto n 7.174, de 12 de maio de DA ACEITABILIDADE DA PROPOSTA 9.1 Na hipótese da não-contratação nos termos previstos no item 8, o objeto será adjudicado em favor da proposta originalmente vencedora do certame. 9.2 Não se considerará qualquer oferta de vantagem não prevista neste Edital, inclusive financiamentos subsidiados ou a fundo perdido. 9.3 Será rejeitada a proposta que apresentar valores irrisórios ou de valor zero, incompatíveis com os preços de mercado acrescidos dos respectivos encargos, exceto quando se referirem a materiais e instalações de propriedade do licitante, para os quais ele renuncie à parcele ou à totalidade da remuneração. 9.4 O Pregoeiro poderá solicitar parecer de técnicos pertencentes ao quadro de pessoal da COMARA ou, ainda, de pessoas físicas ou jurídicas estranhas a ele, para orientar sua decisão. 9.5 Se a proposta não for aceitável ou se o licitante não atender às exigências habilitatórias, o Pregoeiro examinará a proposta subseqüente e, assim sucessivamente, na ordem de classificação, até a apuração de uma proposta que atenda a este Edital. 10 DA HABILITAÇÃO 10.1 A HABILITAÇÃO a presente licitação será realizada mediante a comprovação de: Habilitação Jurídica: Cédula de Identidade e CPF do sócio-gerente; Registro Comercial, no caso de empresa individual; Ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor devidamente registrado, em se tratando de sociedades comerciais e, no caso de sociedades por ações, acompanhado de documentos de eleição de seus administradores; a) Os documentos em apreço deverão estar acompanhados de todas as alterações ou da consolidação respectiva;

10 b) O ato constitutivo, estatuto ou contrato social deverá conter a atividade compatível com o objeto deste certame Inscrição do ato constitutivo, no caso de sociedades civis, acompanhada de prova de diretoria em exercício; e Decreto de autorização, em se tratando de empresa ou sociedade estrangeira em funcionamento no País, e ato de registro ou autorização para funcionamento expedido pelo Órgão competente, quando a atividade assim o exigir Certidão expedida pela Junta Comercial ou pelo Registro Civil de Pessoas Jurídicas, referente à sede da empresa, conforme a instituição responsável pelo registro de seu ato constitutivo, contendo, no mínimo, informações básicas atualizadas do licitante (data da última alteração contratual, quadro societário, ramo de atividade e capital social). Caso enquadrada a licitante como Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte, deverá o licitante, acessoriamente, apresentar a declaração constante do modelo em anexo a este instrumento convocatório Regularidade Fiscal e Trabalhista: Prova de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) ou no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ); Prova de inscrição do cadastro de contribuintes, estadual ou municipal, ou equivalente, se houver relativo ao domicílio ou sede da licitante, pertinente ao seu ramo de atividade e compatível com o objeto contratual; Prova de regularidade com a Fazenda Pública, que esteja dentro do prazo de validade até a data de entrega respectiva, composta de: a) Certidão Conjunta Negativa de Débitos relativos a Tributos Federais e à Dívida Ativa da União; b) Certidão de regularidade expedida pela Secretaria da Fazenda do Estado ou do Distrito Federal, conforme o caso; e c) Certidão de regularidade expedida pela Prefeitura Municipal, quando couber Prova de regularidade relativa à Seguridade Social e ao Fundo de Garantia por Tempo de serviço (FGTS), comprovada por meio das seguintes certidões: Certidão de regularidade de débito relativa à Seguridade Social, emitida pela Secretaria da Receita Federal, dentro de seu período de validade; e CRS - Certificado de Regularidade de Situação, junto ao FGTS, emitido pela C.E.F. (Caixa Econômica Federal), dentro do seu prazo de validade Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas, emitida pelo TST, dentro do período de validade As microempresas e empresas de pequeno porte deverão apresentar toda a documentação exigida para efeito de comprovação de regularidade fiscal, mesmo que esta apresente alguma restrição A comprovação de regularidade fiscal sem restrições das microempresas e empresas de pequeno porte, somente será exigida para efeito de assinatura da ATA.

11 Havendo alguma restrição na comprovação da regularidade fiscal, será assegurado o prazo de 2 (dois) dias úteis, cujo termo inicial corresponderá ao momento em que o proponente for declarado o vencedor do certame, prorrogáveis por igual período, a critério da Administração Pública, para a regularização da documentação, pagamento ou parcelamento do débito, e emissão de eventuais certidões negativas ou positivas com efeito de certidão negativa A não-regularização da documentação, dentro do prazo previsto no subitem anterior, implicará decadência do direito à contratação, sendo facultado à Administração convocar os licitantes remanescentes, na ordem de classificação, para a assinatura da Ata de Registro de Preços, ou revogar a licitação Qualificação Técnica: Apresentação de 1 (um) ou mais, Atestado(s) ou Declaração(ões) de Capacidade Técnica, com firma de seu signatário reconhecida em cartório e carimbo do CNPJ, em nome da licitante, expedido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado, que comprove a aptidão para desempenho de atividade pertinente e compatível em características e prazos com o objeto deste Pregão A Declaração deverá estar assinada por pessoa com cargo mínimo de chefe, gerente ou diretor da empresa/instituição emitente da mesma e deverá destacar o período de prestação dos serviços No caso de haver sido o Atestado/Declaração expedido por pessoa jurídica de direito privado, deverá ser juntado o instrumento público de procuração ou Contrato Social desta, em original ou fotocópia autenticada, apto a demonstrar que o signatário detém poderes para representar a empresa emitente do documento apresentado Na hipótese de ausência de reconhecimento de firma do signatário do Atestado ou Declaração de Capacidade Técnica, o fornecimento/ prestação de serviço a que o mesmo se refere deverá ser comprovado, acessória e compulsoriamente, conforme a seguir elencado: a) Caso o emitente do documento seja pessoa jurídica de direito público: por meio de Nota de Empenho, acompanhada da correspondente Nota Fiscal de prestação de serviços, assinada por servidor público devidamente identificado, certificando o recebimento dos serviços a esta correspondentes; b) Caso o emitente do documento seja pessoa jurídica de direito privado: por meio da correspondente Nota Fiscal de prestação de serviços acompanhada dos comprovantes de recolhimentos tributários que possuíram como fato gerador o documento fiscal em referência Os atestados referir-se-ão a contratos já concluídos ou já decorrido no mínimo um ano do início de sua execução, exceto se houver sido firmado para ser executado em prazo inferior, apenas aceito mediante a apresentação do contrato Com o intuito de garantir a capacitação técnica da LICITANTE, no que concerne à resolução de problemas de instalação dos equipamentos a serem adquiridos, o Atestado apresentado pelo licitante deverá indicar que este já realizou a venda de modelo similar do item ou modelo a este superior Caberá ao licitante disponibilizar todas as informações complementares porventura consideradas necessárias pela Administração visando à comprovação da legitimidade dos atestados apresentados Qualificação Econômico-Financeira: Certidão Negativa de Falência, Concordata, de Recuperação Judicial ou Extra Judicial expedida pelo distribuidor da sede da pessoa jurídica ou de execução patrimonial, expedida no domicílio da pessoa física, conforme art. 31, inciso II, da Lei 8.666/93.

12 O licitante sediado em unidade da federação distinta do estado do Pará, deverá apresentar, juntamente com a certidão exigida, declaração passada pelo foro de sua sede, indicando quais os Cartórios ou Ofícios de Registros que controlam a distribuição de falências e concordatas em sua sede Balanço patrimonial e demonstrações contábeis do último exercício social, já exigíveis e apresentados na forma da Lei, que comprovem a boa situação financeira da empresa; vedada a sua substituição por balancetes ou balanços provisórios, podendo ser atualizado por índices oficiais, quando encerrados há mais de 03 (três) meses da data de apresentação da proposta; As empresas constituídas no curso do presente exercício deverão apresentar o balanço patrimonial de abertura devidamente firmado pelo(s) representante(s) legal (is) e pelo contador, podendo ser por meio de cópia devidamente registrada ou autenticada na Junta Comercial da sede ou domicílio da licitante; A comprovação exigida em deverá ser feita da seguinte forma: a) No caso de Sociedades Anônimas, cópia autenticada do balanço patrimonial e demonstrações contábeis, publicados no Diário Oficial do Estado ou, se houver, no município da sede da empresa; e b) No caso de empresas de responsabilidade limitada, cópia autenticada do Balanço Patrimonial, Demonstrações Contábeis, com o respectivo registro na Junta Comercial, e, no caso de sociedades civis, no cartório competente. c) O balanço patrimonial e as demonstrações contábeis deverão estar assinados por Contador ou por outro profissional equivalente, devidamente registrado no Conselho Regional de Contabilidade; Índices contábeis de liquidez geral (LG), solvência geral (SG) e liquidez corrente (LC) com valor> 01 (um), conforme exigência expressa no inciso V, do item 7.1 da Instrução Normativa MARE nº 05, de 21 de julho de a) Os índices supracitados serão observados por meio de consulta atualizada online, SICAF; b) As licitantes que apresentarem resultado igual ou menor que 1 (um), em qualquer dos índices acima, deverão comprovar um Patrimônio Líquido de 10% (dez por cento) do valor estimado da contratação. A comprovação deverá ser feita relativamente à data da apresentação da proposta, admitida a atualização para esta data por meio de índices oficiais Os licitantes cadastrados no Sistema de Cadastro Unificado de Fornecedores SICAF, além do nível Credenciamento exigido pela Instrução Normativa SLTI/MPOG nº 2, de 2010, cujas informações junto ao referido sistema estejam válidas e em consonância integral com as exigências do presente instrumento convocatório, ficam isentos da apresentação dos documentos elencados nos ítens à ; à ; e à Todos os documentos de habilitação emitidos em língua estrangeira deverão ser entregues acompanhados da tradução para língua portuguesa, efetuada por Tradutor Juramentado, e também devidamente consularizados ou registrados no Cartório de Títulos e Documentos. Documentos de procedência estrangeira, mas emitidos em língua portuguesa, também deverão ser apresentados devidamente consularizados ou registrados no Cartório de Títulos e Documentos Sob pena de inabilitação, todos os documentos apresentados para habilitação deverão estar: Em nome da licitante e, preferencialmente, com número do CNPJ e endereço respectivo: Se a licitante for à matriz, todos os documentos deverão estar em nome da matriz;

13 Se a licitante for à filial, todos os documentos deverão estar em nome da filial; Serão dispensados da filial aqueles documentos que, pela própria natureza, comprovadamente, forem emitidos somente em nome da matriz; e O (s) atestado (s) de capacidade técnica deve (m) ser apresentado (s) em papel timbrado da pessoa jurídica e pode (m) ser apresentados em nome e com CNPJ da matriz e/ou da (s) filial (ais) da licitante Não serão aceitos documentos cujas datas estejam rasuradas As declarações expedidas pelo licitante para fins de habilitação deverão ser assinadas por pessoa integrante do quadro social do mesmo ou procurador constituído por instrumento público de mandato válido, com poderes expressos para tal, devendo, em ambos os casos, serem apresentadas com firma de seu signatário reconhecida em Cartório O Pregoeiro reserva-se o direito de solicitar o original de qualquer documento, sempre que tiver dúvida e julgar necessário A declaração falsa relativa ao cumprimento dos requisitos de habilitação e proposta sujeitará a licitante às sanções previstas neste edital e em legislações pertinentes Quando se tratar de certidões na quais o prazo de validade da mesma não esteja expressa no documento apresentado, somente os documentos expedidos nos últimos 30 (trinta) dias que antecederem à data da sessão deste certame serão considerados válidos Para lotes afetos à aquisição de bens de informática e automação (Lotes 1 a 10), deverá ser apresentada pelo licitante, comprovação de que o bem a ser fornecido, cumpre os requisitos preconizados no art. 3, Inciso II, do Decreto n 7.174/2010, mediante apresentação de certificação emitida por instituição pública oficial ou instituição credenciada, ou, ainda, documento extraído por meio de consulta eletrônica pelo licitante, obtido em sites oficiais do fabricante do equipamento/material ou da entidade certificadora Na falta dos documentos referenciado no presente item, deverá ser apresentado pelo licitante, juntamente com a proposta, certificado obtido por8.1meio eletrônico, emitido por entidade certificadora reconhecida, atestando os fabricantes dos itens ofertados no certame, e comprovando que estes e por sua vez seus produtos, encontram-se dentro das especificações de normas ambientais da Organização Internacional de Normalização (ISO 14001) ou similar Os documentos exigidos para habilitação, relacionados em todos os itens e subitens acima, assim como a proposta de preços devidamente adequada ao lance vencedor, preenchida na forma do Anexo III,.deverão ser enviados pelo licitante via sistema Comprasnet no prazo de 45 (quarenta e cinco) minutos, contado da solicitação do Pregoeiro no sistema eletrônico A documentação transmitida na forma disciplinada no item anterior, obriga o licitante a apresentá-la, no prazo de 3 (três) dias úteis, a contar do recebimento da solicitação do pregoeiro no sistema eletrônico, A documentação em referência deverá ser remetida à Instituição em original ou cópia reprográfica, autenticada por tabelião de notas, ou por servidor da Administração, desde que conferida com o original Os documentos exigidos deverão ser entregues em envelope lacrado no Protocolo Geral da COMARA, no endereço situado à Av. Pedro Álvares Cabral n.º 7115 Marambaia Belém/PA, CEP: , de segunda à sexta-feira, das 08:00h às 11:45h e das 13:30h às 17:00h.. O envelope deverá conter, no mínimo, os seguintes dizeres:

14 a) Documentos de Habilitação e Carta de Apresentação da Proposta Final da empresa (nome da empresa licitante), referente ao Pregão Eletrônico SRP n xx/comara/2012. b) Subdivisão de Licitações c) Pregoeiro: Cap Int Rodrigo de Sampaio Lemos Os documentos poderão ser entregues no Protocolo Geral da COMARA pessoalmente ou por meio de serviço de postagem expressa com aviso de recebimento (AR). No primeiro caso a licitante deverá exigir recibo de entrega do Protocolo Geral da COMARA, especificando a data e o objeto entregue. No segundo, deverá manter consigo o Aviso de Recebimento como prova de que o envelope foi entregue no endereço informado no subitem e no prazo previsto no subitem Caso seja de interesse do licitante, a autenticação de documentos poderá ser feita pelo pregoeiro mediante cotejo da Cópia simples com original. A autenticação deverá ser agendada mediante consulta formal a ser enviada para o fax (91) , informando data e hora que a representante da empresa pretende comparecer. Neste caso os documentos serão conferidos, autenticados e devolvidos para a licitante para que seja entregues conforme previsto no subitem Na impossibilidade do pregoeiro comparecer na data e no horário agendado pela empresa para autenticação dos documentos, a autenticação poderá ser feita pelo 1 Ten Int Gilson Sousa da Costa, 1º Ten. Int. Bruno Silva do Amaral ou 2 Ten Int Brena Connor Oliveira de Paula, pregoeiros oficiais da COMARA Os licitantes são obrigados a declarar, sob as penalidades legais, a superveniência de fatos impeditivos da habilitação, caso venha a existir Serão exigidas da licitante vencedora as mesmas condições de habilitação por ocasião da assinatura do Contrato e antes da emissão da Nota de Empenho Não serão aceitos protocolos de entrega, documentos em cópias sem autenticação ou solicitação de documento em substituição aos documentos requeridos no presente Edital e seus Anexos. Se a documentação de habilitação não estiver completa e correta ou contrariar qualquer dispositivo deste Edital e de seus Anexos, o Pregoeiro considerará o proponente inabilitado Juntamente com a documentação de habilitação, deverão ser entregues pelo licitante o contrato social e a última alteração contratual, devidamente registrados na Junta Comercial ou no Registro Civil de Pessoas Jurídicas, conforme o caso. Na hipótese dos documento s emitidos pela empresa não se encontrarem assinados por integrante de seu quadro societário, deverá ser encaminhado, acessoriamente, instrumento público de mandato de seu representante legal Com exceção aos catálogos técnicos relativos aos itens ofertados, todos os documentos emitidos em língua estrangeira deverão ser entregues acompanhados da tradução para língua portuguesa, efetuada por Tradutor Juramentado, os quais deverão ser devidamente consularizados ou registrados em Cartório de Títulos e Documentos Serão inabilitadas as empresas licitantes que não apresentarem, integralmemente, os documentos elencado no ítem 9 deste Instrumento Convocatório.

15 11 DA AMOSTRA DOS EQUIPAMENTOS 11.1 A critério da COMARA, encerrada a fase de lances, poderão ser requisitadas amostras dos materiais propostos pelos licitantes, antes de procedida a adjudicação do lote de itens à empresa vencedora. A Administração fixará prazo para que fornecedores encaminhem os itens em questão para análise Os custos de encaminhamento e retirada dos produtos da amostra correrão por conta dos fornecedores. 12 DO JULGAMENTO DA HABILITAÇÃO 12.1 Encerrada a etapa de lances, o pregoeiro verificará o atendimento das condições de habilitação do licitante vencedor, por meio da consulta online no SICAF, bem como apreciará a documentação complementar não contemplada no sistema É assegurado ao licitante que esteja com algum documento vencido no SICAF o direito de encaminhar a documentação atualizada, juntamente com a documentação complementar; e Para fins de habilitação, a verificação pela COMARA nos sítios oficiais de órgãos e entidades emissores de certidões constitui meio legal de prova Constatado o atendimento pleno às exigências de habilitação, será declarado o licitante vencedor da licitação, iniciando-se a contagem do prazo para a intenção de recursos Será considerada inabilitada a licitante que: Possua registro de ocorrência que a impeça de licitar e contratar com a Administração Pública, ou que tenha sido declarada inidônea para licitar ou contratar com a Administração; e Deixe de apresentar a documentação solicitada, apresentá-la incompleta ou em desacordo com as disposições deste edital. 13 DA IMPUGNAÇÃO DO ATO CONVOCATÓRIO 13.1 Até 2 (dois) dias úteis antes da data fixada para abertura da sessão pública, qualquer pessoa, física ou jurídica, poderá impugnar o ato convocatório deste Pregão mediante petição a ser enviada exclusivamente para o Pregoeiro, protocolando-se o original na Seção de Protocolo da COMARA, no endereço situado à Av. Pedro Álvares Cabral n.º 7115 Marambaia Belém/PA, CEP: , de segunda à sexta-feira, das 08:00h às 11:45h e das 13:30h às 17:00h, devendo ser juntado o instrumento de procuração ou Contrato Social, em original ou fotocópia autenticada, apto a demonstrar que o signatário detém poderes para representar o licitante O Pregoeiro, auxiliado pelo setor responsável pela elaboração do Edital, decidirá sobre a impugnação no prazo de 24 (vinte e quatro) horas Acolhida à impugnação contra este Edital, será designada nova data para a realização do certame, exceto quando, inquestionavelmente, a alteração não afetar a formulação das propostas. 13. Os pedidos de esclarecimentos referentes a este procedimento licitatório devem ser enviados ao Pregoeiro, até 3 (três) dias úteis anteriores à data fixada para abertura da sessão pública, exclusivamente para o endereço eletrônico 13.5 As respostas às impugnações e demais esclarecimentos pertinentes ao certame serão disponibilizadas no endereço eletrônico por meio do link Acesso livre>pregões>agendados, para conhecimento da sociedade em geral e dos fornecedores, cabendo aos

16 interessados em participar do certame acessá-lo para a obtenção das informações prestadas DOS RECURSOS ADMINISTRATIVOS 14.1 Declarado o vencedor, qualquer licitante poderá manifestar de forma imediata e motivada, em campo próprio do sistema, manifestar sua intenção de recorrer, quando lhe será concedido o prazo de três dias para apresentar as razões de recurso, ficando os demais licitantes, desde logo, intimados para, querendo, apresentarem contra-razões em igual prazo, que começará a contar do término do prazo do recorrente, sendolhes assegurada vista imediata dos elementos indispensáveis à defesa dos seus interesses A falta de manifestação imediata e motivada do licitante quanto à intenção de recorrer importará na decadência desse direito, ficando o pregoeiro autorizado a adjudicar o objeto ao licitante declarado vencedor Cabe ao Pregoeiro receber, examinar e decidir os recursos, encaminhando à autoridade competente quando mantiver sua decisão O acolhimento do recurso importará a invalidação apenas dos atos insuscetíveis de aproveitamento Decididos os recursos e constatada a regularidade dos atos praticados, a autoridade competente adjudicará o objeto e homologará o procedimento licitatório Dar-se-á conhecimento aos interessados da decisão dos recursos por intermédio do sistema, por meio do site Os autos do processo permanecerão com vista franqueada aos interessados na Subdivisão de Licitações da COMARA, localizada na Av. Pedro Álvares Cabral n.º 7115 Marambaia Belém/PA. 15 DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS 15.1 Após homologado o resultado deste Pregão, a Administração da Comissão de Aeroportos da Região Amazônica convocará a licitante vencedora, durante a validade da sua proposta para, no prazo de 05 (cinco) dias úteis, assinar a Ata de Registro de Preços, sob pena de decair o direito à contratação, sem prejuízo das sanções previstas art. 81 da Lei n.º 8.666/93, no art.28 do Decreto 5450/2005 e neste Edital Na assinatura da Ata de Registro de Preços será exigida a comprovação das condições de habilitação consignadas no edital, as quais deverão ser mantidas pelo licitante durante a vigência da Ata de Registro de Preços, inclusive com a consulta ao CADIN, conforme disposto no art. 6 da Lei nº / O prazo da convocação poderá ser prorrogado uma única vez, por igual período, quando solicitado pela licitante vencedora durante o seu transcurso, desde que ocorra motivo justificado e aceito pela Administração da Comissão de Aeroportos da Região Amazônica É facultado ao Pregoeiro, quando a convocada não assinar a Ata de Registro de Preços ou o Contrato, no prazo e nas condições estabelecidos, convocar outra licitante, obedecida a ordem de classificação, para assiná-lo, após comprovados os requisitos de habilitação e aceita a proposta Os Órgãos que porventura queiram convocar as empresas registradas para assinatura de termo de contrato ou documento equivalente, poderão fazê-lo após a publicação da ATA DE REGISTRO DE PREÇOS pela COMARA.

17 15.6 A recusa injustificada da adjudicatária em assinar a ata de registro de preços ou da retirada da nota de empenho, dentro do prazo estabelecido no item 14.1, caracteriza o descumprimento total das obrigações assumidas, sujeitando-a as seguintes penalidades: a) responder por perdas e danos causados à COMARA e aos órgãos participantes e, os quais serão apurados em competente processo, levando-se em conta as circunstâncias que tenham contribuído para a ocorrência do fato; b) suspensão temporária de participar em licitação e impedimento de contratar com o Comando da Aeronáutica, pelo prazo de até 02 (dois) anos; e c) declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública, enquanto perdurarem os motivos Se a licitante vencedora recusar-se a assinar a ata de registro de preço ou o contrato, injustificadamente, ou em caso de rescisão ou destrato do contrato, será convocada outra licitante, observada a ordem de classificação, para fazê-lo e assim sucessivamente, sem prejuízo da aplicação das sanções cabíveis, de acordo com o parágrafo 3º do artigo 27 do Decreto nº 5.450/ A Ata de Registro de Preço, cuja edital foi aprovada pelo Sr. Vice-Presidente da COMARA, terá sua validade de um ano, a partir da publicação no Diário Oficial da União A Ata de Registro de Preços não admitirá prorrogação Todas as obrigações decorrentes da Ata de Registro de Preço estão descritas no edital, anexa ao presente edital Toda vez que for constatado, por meio de pesquisa de preços realizada pela Administração junto ao mercado, que os valores registrados na Ata de Registro de Preços estão antieconômicos, a COMARA deverá: I. Convocar o fornecedor, visando à negociação para redução de preços e sua adequação ao praticado pelo mercado; II. Frustrada a negociação, o fornecedor será liberado do compromisso assumido; 16 DO TERMO DE CONTRATO OU EMISSÃO DA NOTA DE EMPENHO 16.1 Com base no Caput do Art. 62, c/c com o 4 o do mesmo artigo da Lei n.º 8.666/93, fica dispensado o Termo de Contrato, sendo o mesmo substituído por Notas de Empenho. Todos os deveres e obrigações das partes encontram-se especificadas neste ato convocatório. 17 DA ENTREGA E FISCALIZAÇÃO 17.1 A execução do objeto será acompanhada e fiscalizada por servidor designado para esse fim, representando a Administração As decisões e providências que ultrapassarem a competência do representante deverão ser solicitadas aos seus superiores em tempo hábil para a adoção das medidas convenientes A CONTRATADA deverá indicar preposto, a ser submetido à aprovação da Administração do CONTRATANTE, durante o período de vigência da Ata de Registro de Preços, para representá-la sempre que for necessário 17.4 O prazo para entrega do material será de até 60 (sessenta) dias e para o PAM contados a partir da data de recebimento da nota de empenho pela empresa signatária. Este prazo poderá ser alterado conforme disponibilidade de recebimento por parte do setor interessado, desde que tal conveniência

18 seja informada à empresa vencedora. 18 DO PAGAMENTO 18.1 O pagamento será efetuado à CONTRATADA, em até 30 (TRINTA DIAS), após o recebimento do material de consumo por parte da comissão de recebimento, por meio de ordem bancária, mediante a apresentação da nota fiscal e após o seu aceite pela fiscalização da CONTRATANTE O pagamento somente poderá ser efetuado depois de atestada a conformidade dos materiais, de acordo com as exigências contratuais A nota fiscal não aprovada pela CONTRATANTE será devolvida para as necessárias correções, com as informações que motivaram a rejeição, contando-se o prazo estabelecido acima a partir da sua reapresentação O período durante o qual a(s) nota(s) fiscal (is) /fatura(s) não estiver (em) em poder do CONTRATANTE, em razão de sua devolução à CONTRATADA, não será considerado para efeito de pagamento de quaisquer ônus, devendo a contagem do prazo para pagamento ser iniciada na data de reapresentação da(s) nota(s) fiscal (is) /fatura(s) A devolução da nota fiscal, não aprovada pela CONTRATANTE, em hipótese alguma servirá de pretexto para que a CONTRATADA suspenda a entrega do material consumo Sobre os pagamentos decorrentes Ata de Registro de Preços, da Nota de Empenho ou instrumento equivalente, firmado em função desta licitação, incidirá retenção, na fonte, nos termos do que estabelece a Instrução Normativa SRF nº 480, de 15 de dezembro de 2004, alterada pelas Instruções Normativas SRF nº 539, de 25 de abril de 2005 e SRF n.º 706, de 9 de janeiro de Caso a CONTRATADA esteja inscrita no Sistema Integrado de Pagamento de Impostos e Contribuições das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (SIMPLES), fica obrigada a anexar à(s) nota(s) fiscal (is), por ocasião do faturamento, cópia do Termo de Opção De acordo com o Art. 1º da Portaria Interministerial n.º 5.402, de 1º JUL 99, quando for o caso, será retido 11% do valor bruto da nota fiscal ou fatura. Tal valor será recolhido, ao Instituto Nacional de Seguridade Social INSS em nome da contratada. 19 DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATANTE 19.1 Caberá a COMARA: Permitir acesso dos empregados da licitante vencedora às dependências da COMARA para a entrega dos materiais adquiridos; Prestar as informações e os esclarecimentos pertinentes que venham a ser solicitados pelo representante da licitante vencedora; e Solicitar a troca dos materiais que não atenderem às especificações do objeto. 20 DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA 20.1 Caberá à licitante vencedora, a partir do recebimento da Nota de Empenho, o cumprimento das

19 seguintes obrigações: Manter, permanentemente, representante credenciado para atuar em seu nome e representá-la junto à CONTRATANTE e à fiscalização, com autoridade para resolver problemas relacionados com a entrega do objeto do presente edital Executar a entrega dos materiais de consumo em conformidade com as especificações exigidas no Termo de Referência deste edital e/ou as normas técnicas regulamentares oficiais que se apliquem ao caso, bem como as orientações da CONTRATANTE Respeitar as normas e procedimentos de controle interno, inclusive de acesso às dependências da COMARA Responder pelos danos causados diretamente à Administração ou aos bens da COMARA, ou ainda a terceiros, decorrentes de sua culpa ou dolo, durante a execução da Ata de Registro de Preços, não excluindo ou reduzindo essa responsabilidade a fiscalização ou o acompanhamento pela COMARA Reparar, corrigir, refazer ou substituir, no prazo que lhe for determinado, sem ônus para o CONTRATANTE e sem prejuízo das sanções cabíveis, no todo ou em parte, o objeto do instrumento contratual, quando forem apontados pela FISCALIZAÇÃO vícios, defeitos ou incorreções resultantes dos materiais entregues Alertar o CONTRATANTE, por meio da FISCALIZAÇÃO, por escrito e com a urgência necessária, sobre as deficiências ou erros verificados nas especificações e nos demais documentos técnicos, que possam pôr em risco a segurança dos materiais, torná-los inadequados às suas finalidades ou onerar desnecessariamente seus custos Manter, durante toda a execução do instrumento contratual, todas as condições que propiciaram sua habilitação e qualificação exigidas no processo licitatório Recolher aos cofres da CONTRATANTE, à conta do Tesouro Nacional, conforme lhe seja instruído na devida oportunidade, as importâncias referentes às multas que lhe forem aplicadas ou às indenizações devidas, sob pena de serem descontadas do pagamento de suas faturas Aceitar, nas mesmas condições contratadas, os acréscimos ou supressões que se fizerem necessários, até o limite de 25% (vinte e cinco por cento) do valor atualizado da Ata Entregar o objeto do presente edital em perfeitas condições, no local e prazo indicados pela Administração, em estrita observância às especificações do Edital e da proposta. 21 DO REEQUILÍBRIO ECONÔMICO - FINANCEIRO 21.1 Os preços propostos serão fixos e irreajustáveis, dentro da validade da Ata de Registro de Preços, ressalvados os casos em que for devidamente comprovada, necessidade de restabelecimento do equilíbrio econômico-financeiro, nos casos previstos no art. 65, inciso II, alínea d da Lei nº 8.666/93 e no art. 12 do Decreto nº 3.931/ O Contrato poderá sofrer reequilíbrio econômico-financeiro, visando à adequação aos novos preços de mercado, desde que seja apresentada demonstração analítica da variação dos componentes de custos, devidamente justificada e em conformidade com os dispositivos legais O reequilíbrio econômico-financeiro deve ser entendido como ajuste entre as partes.

20 O reequilíbrio econômico-financeiro será precedido de demonstração analítica do aumento dos custos, de acordo com os preços apresentados pela CONTRATADA e em conformidade com a legislação vigente à época As alterações dos valores contratuais, em função do reequilíbrio econômico-financeiro, serão efetivadas através de Termo Aditivo, vedando-se, terminantemente, efeito financeiro retroativo à assinatura do instrumento. 22 DOS ACRÉSCIMOS E SUPRESSÕES 22.1 A CONTRATADA fica obrigada a aceitar, nas mesmas condições contratuais, os acréscimos ou supressões que se fizerem necessários nas compras, com base no valor contratual inicial atualizado até o limite de 25% (vinte e cinco por cento), de acordo com o que preceitua o 1º, do Artigo 65 da Lei n 8.666/ DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS 23.1 O licitante que deixar de retirar a Nota de Empenho, ao ser convocado dentro do prazo de validade da proposta, deixar de entregar documentação exigida para o certame ou apresentar, para o mesmo fim, documentação falsa, fizer declaração falsa, ensejar o retardamento da execução de seu objeto, não mantiver a proposta, falhar ou fraudar na execução desta aquisição, comportar-se de modo inidôneo ou cometer fraude fiscal, poderá ficar impedido de licitar e contratar com a Administração Pública Federal e, será descredenciado no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores SICAF, ou nos sistemas de cadastramento de fornecedores semelhantes, pelo prazo de até 05 (cinco) anos, garantida a ampla defesa, e sem prejuízo das sanções previstas neste Edital e das demais cominações legais O descumprimento total ou parcial das obrigações assumidas pela licitante vencedora, sem justificativa aceita pela CONTRATANTE, resguardados os procedimentos legais pertinentes, poderá acarretar, nas seguintes sanções: I Advertência por escrito, admitida inicialmente, pela infringência de qualquer item pactuado, desde que sem conseqüências nos prazos e nos valores desta Ata de Registro de Preços. Na ocasião, será concedido um prazo para a CONTRATADA sanar as irregularidades; II Multa: a) Por atraso na entrega do material consumo: multa no percentual correspondente a 0,2% (dois décimos por cento), calculada sobre o valor total da ata, por dia corrido de atraso, até o limite de 30 (trinta) dias. No caso de atraso entre o 31º (trigésimo primeiro) e o 60º (sexagésimo) dia, a multa será de 0,4% (quatro décimos por cento), sobre o valor da obrigação, por dia corrido de atraso; b) Pela inexecução total ou parcial do ajuste: será considerado como inexecução total do ajuste, o atraso superior a 60 (sessenta) dias. A CONTRATADA estará sujeita a multa correspondente à diferença do preço resultante da nova licitação realizada para a complementação ou realização da obrigação não cumprida; III Suspensão Temporária de participar em licitação e impedimento de contratar com a COMARA pelo prazo de até 02 (dois) anos; e IV Declaração de Inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública, enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição, ou até que seja promovida a reabilitação, perante a própria autoridade que aplicou a penalidade, que será concedida sempre que a licitante vencedora ressarcir a Administração pelos prejuízos resultantes, e após decorrido o prazo da sanção aplicada.

OMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º 40/COMARA/2012 PREÂMBULO

OMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º 40/COMARA/2012 PREÂMBULO APROVO: Ricardo José Freire de Campos Cel Av ORDENADOR DE DESPESAS OMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º PREÂMBULO A União, por intermédio

Leia mais

ESCLARECIMENTOS. Em virtude do exposto, segue o Anexo A, com os itens mencionados, que para todos os efeitos ficam incorporados ao edital publicado.

ESCLARECIMENTOS. Em virtude do exposto, segue o Anexo A, com os itens mencionados, que para todos os efeitos ficam incorporados ao edital publicado. ESCLARECIMENTOS Em curso nesta Autarquia a licitação nº 0453/13, Processo nº 0363/13, que almeja a contratação de pessoa jurídica para prestação de serviços de medicina e segurança do trabalho. Foi recebido

Leia mais

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL 1. DA ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO 1.1. Os interessados em se inscrever e/ou renovar o Registro Cadastral junto ao GRB deverão encaminhar a documentação a seguir estabelecida,

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N.º 068/COMARA/2012 PREÂMBULO

COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N.º 068/COMARA/2012 PREÂMBULO APROVO: RICARDO JOSÉ FREIRE CAMPOS Cel Av ORNADOR SPESAS COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N.º 068/COMARA/2012 PREÂMBULO A União, por intermédio

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas e empresas de pequeno porte nas contratações públicas de

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado,

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado, DECRETO N 42.434, DE 09 DE SETEMBRO DE 2003, DOERS. Regulamenta, no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul, a modalidade de licitação denominada pregão, por meio eletrônico, para a aquisição de bens e serviços

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

ESTADO DO ACRE DECRETO Nº 5.966 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010

ESTADO DO ACRE DECRETO Nº 5.966 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas, empresas de pequeno porte e equiparadas nas contratações de bens, prestação de serviços e execução de obras, no âmbito

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS

PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS 1 PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS O CONSORCIO INTERMUNICIPAL DE SAUDE DO MEDIO PARAIBA, mediante o Pregoeiro Flávio Macharet Barbosa, designado pela Portaria nº 004/2011, de junho

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos 1 de 7 07/10/2015 10:08 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 8.538, DE 6 DE OUTUBRO DE 2015 Vigência Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado

Leia mais

Decreto nº 8.538, de 6 de outubro de 2015 Decreto nº 6.204, de 5 de setembro de 2007

Decreto nº 8.538, de 6 de outubro de 2015 Decreto nº 6.204, de 5 de setembro de 2007 DECRETO 8.538/2015 COMPARATIVO COM DECRETO 6.204/2007 Outubro/2015 Importante: Pontos acrescidos estão destacados em verde. Pontos suprimidos estão destacados em vermelho. Decreto nº 8.538, de 6 de outubro

Leia mais

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com. 1/7 INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.br) INFORMAÇÕES I. O interessado na inscrição no Cadastro de Fornecedores

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROCESSO SUSEP 15414.003162/2008-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2009

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROCESSO SUSEP 15414.003162/2008-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2009 A Superintendência de Seguros Privados - SUSEP realizará, às 15 horas do dia 16 de julho de 2009, licitação na modalidade PREGÃO ELETRÔNICO, tipo MENOR PREÇO, conforme autorização da Senhora Chefe do DEAFI,

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO 1 CARTA CONVITE n.º 001/2011 São Paulo, 20 de outubro de 2011. O CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA - 1ª REGIÃO, nos termos da autorização constante no Processo Administrativo em epígrafe, vem, por intermédio

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010 A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia - FATEC, por meio de sua pregoeira, Claudia Pippi Lorenzoni torna público

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES E RENOVAÇÃO CADASTRAL DME DISTRIBUIÇÃO S/A - DMED DOS PROCEDIMENTOS

CADASTRO DE FORNECEDORES E RENOVAÇÃO CADASTRAL DME DISTRIBUIÇÃO S/A - DMED DOS PROCEDIMENTOS CADASTRO DE FORNECEDORES E RENOVAÇÃO CADASTRAL DME DISTRIBUIÇÃO S/A - DMED DOS PROCEDIMENTOS A Supervisão de Suprimentos é a responsável pelo cadastramento dos fornecedores, bem como pela renovação cadastral

Leia mais

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009.

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009. EDITAL A SÃO PAULO TRANSPORTE S.A. SPTrans, inscrita no CNPJ-MF sob o n.º 60.498.417/0001-58, comunica que se encontra aberta a licitação, EXCLUSIVAMENTE para participação de microempresas e empresas de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATO RICO ESTADO DO PARANÁ CNPJ - 95.684.510/0001-31 COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATO RICO ESTADO DO PARANÁ CNPJ - 95.684.510/0001-31 COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA REGISTRO CADASTRAL (Conf. Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993) I - Para a habilitação jurídica: a) Cédula de identidade e registro comercial na repartição competente, para

Leia mais

CONTAGEM DO PRAZO LEGAL

CONTAGEM DO PRAZO LEGAL Curso de Licitação. Pregão Presencial e Pregão Eletrônico Professor: Antônio Noronha Os 3 Caminhos Possíveis para Aquisição/ Serviços, etc... Licitação; Dispensa de Licitação; Inexigibilidade de Licitação.

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Processo...: 8/2015 Modalidade.: Convite Número...: 6/2015

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º 003/COMARA/2011 PREÂMBULO

COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º 003/COMARA/2011 PREÂMBULO PROCESSO ADMINISTRATIVO DE GESTÃO N 046/COMARA/2010. APROVO: COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA MAURÍCIO AUGUSTO SILVEIRA DE MEDEIROS CEL AV EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ Convite N. 004/2015 Natureza da Despesa/ OBJETIVO: Fonte do Recurso Contratação de Serviço de INSTALAÇÃO DE SERVIÇO DE LINK DE INTERNET - 5MB Dotação Orçamentária Data da Emissão 22/06/2015 Data da Licitação

Leia mais

REGULAMENTO OPERACIONAL DO CERTAME

REGULAMENTO OPERACIONAL DO CERTAME Banco do Brasil - edital nº 2007/21407 (7420) - Registro de Preços - edital 8. REGULAMENTO OPERACIONAL DO CERTAME 8.2 CREDENCIAMENTO NO APLICATIVO LICITAÇÕES 8.2.7 Em se tratando de Microempresa ou Empresa

Leia mais

MUNICÍPIO DE SENGÉS CNPJ/MF 76.911.676/0001-07 TRAVESSA SENADOR SOUZA NAVES N. 95 SENGÉS PARANÁ

MUNICÍPIO DE SENGÉS CNPJ/MF 76.911.676/0001-07 TRAVESSA SENADOR SOUZA NAVES N. 95 SENGÉS PARANÁ DECRETO Nº 600/2014 Súmula:- Regulamenta a aquisição de Bens Permanentes, de Consumo e Serviços destinados a Administração Direta, Indireta e Fundacional do Município de Sengés, através de Pregão, tendo

Leia mais

EDITAL PROCESSO 4674/2009

EDITAL PROCESSO 4674/2009 EDITAL PROCESSO 4674/2009 A Justiça Federal de Primeiro Grau em Minas Gerais, por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria 10/58-DIREF de 24/06/2009 realizará o pregão presencial em epígrafe, regido

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º 031/COMARA/2012 PREÂMBULO

COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º 031/COMARA/2012 PREÂMBULO COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º 031/COMARA/2012 PREÂMBULO A União, por intermédio da Comissão de Aeroportos da Região Amazônica (COMARA),

Leia mais

Câmara Municipal de Itatiba

Câmara Municipal de Itatiba DOCUMENTOS PARA EFETUAR CADASTRO PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC" INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES Razão Social: Endereço: Bairro: Cidade: CEP: CNPJ: Inscrição Estadual:

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001 - DEPTO DE COMPRAS - 8º ANDAR. Regime

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2014 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 22/08/2014 HORÁRIO: 10h00min LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro Edifício

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º 075/COMARA/2011 PREÂMBULO

COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º 075/COMARA/2011 PREÂMBULO COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA PREGÃO ELETRÔNICO SRP N 075//2011 APROVO: COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA RICARDO JOSÉ FREIRE DE CAMPOS

Leia mais

Tomada de Preços n.º 015/2010

Tomada de Preços n.º 015/2010 Tomada de Preços n.º 015/2010 Procedimento Administrativo n.º 0848/2010 Modalidade: Tomada de Preços Tipo: Menor Preço Julgamento: global Regime de execução: empreitada por preço unitário Objeto: Contratação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARAÇU ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARAÇU ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA PROCESSO LICITATÓRIO Nº014/2014 MODALIDADE: CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº001/2014 TIPO: MAIOR OFERTA GABINETE DO PREFEITO DATA, HORÁRIO, E LOCAL DE RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS: 11 de

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º 043/COMARA/2012 PREÂMBULO

COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º 043/COMARA/2012 PREÂMBULO COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º 043/COMARA/2012 PREÂMBULO A União, por intermédio da Comissão de Aeroportos da Região Amazônica (COMARA),

Leia mais

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009 DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO ORIGEM DA TOMADA DE PREÇOS: EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009 - PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2009.40.38.00182

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES PROCESSO LICITATÓRIO Nº 003/2016 TOMADA DE PREÇO Nº 003/2016 Aldoir Godois Vezaro, Prefeito Municipal de São Pedro das Missões RS, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei nº 8.666,

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS

PERGUNTAS E RESPOSTAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS PERGUNTAS E RESPOSTAS 1. O microempreendedor individual pode participar de compras públicas? Sim, o Microempreendedor (MEI), pode participar de licitações. A Administração deverá

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 008/2009 EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 02/2009 1.1 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL 1.1.1.1 TIPO DE LICITAÇÃO: MAIOR DESCONTO OFERTADO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls. Convite nº 081/2007 Fls. 1 CARTA CONVITE Processo nº 11784/05 Convite nº 081/2007 Entrega Envelopes até o dia: 15 de junho de 2007, às 14h00. Abertura Envelopes dia: 15 de junho de 2007, às 14h30. A COMISSÃO

Leia mais

ANEXO ÚNICO DO DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO

ANEXO ÚNICO DO DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO ANEXO ÚNICO DO DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 2014-003 PREÂMBULO 1.Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por

Leia mais

Edital de Credenciamento 003/2012

Edital de Credenciamento 003/2012 1/5 Edital de Credenciamento 003/2012 1 DO OBJETO: 1.1. O presente Termo tem por objetivo o credenciamento de Instituições Financeiras autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil, para prestação

Leia mais

EMPRESA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANIZAÇÃO

EMPRESA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANIZAÇÃO 1 FUNDAMENTAÇÃO Este Manual contem regras para Cadastramento com fins de Licitação, nos termos da Lei 8.666/93 e alterações posteriores. e está disponível no site www.aracaju.se.gov.br/emurb. REGRAS PARA

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a contratação de serviços de Coleta,

Leia mais

AVISO DE LICITAÇÃO DATASUL

AVISO DE LICITAÇÃO DATASUL AVISO DE LICITAÇÃO DATASUL Pregão Eletrônico nº 16111/2008 Processo n 6111/2008 OBJETO: 76J-00323 - Office Enterprise 2007 Sngl OLP INÍCIO DE RECEBIMENTO DE PROPOSTAS: 02/05/2008 às 11 horas. LIMITE PARA

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos

Leia mais

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014.

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. Emissão: 09/12/2014. Abertura: 29/12/2014. Horário: 10:00 H. O Fundo de Previdência dos Servidores Municipais

Leia mais

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010 INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES DO MUNICÍPIO DE SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO, Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião do Paraíso, autarquia municipal,

Leia mais

PREGÃO Processo nº 000217-04.91/15-0

PREGÃO Processo nº 000217-04.91/15-0 PREGÃO PE - 31/2015 - SULGÁS A Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul - SULGÁS torna público, através de seu Pregoeiro designado, que realizará licitação por meio da utilização de recursos de

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF Ref: Aviso de Edital ADG nº 003/2014 publicado em 28/10/2014. 1 1. OBJETO A

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA MINUTA DE EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º 046/COMARA/2011 PREÂMBULO

COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA MINUTA DE EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º 046/COMARA/2011 PREÂMBULO APROVO: COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA MINUTA DE EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º 046//2011 PREÂMBULO Maurício Augusto Silveira de Medeiros Cel Av ORDENADOR DE DESPESAS

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 O CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 7ª REGIÃO CREF7/DF, Autarquia Federal, criada pela Lei nº 9.696/98, torna público

Leia mais

Considerando a necessidade de se buscar a redução de custos, em função do aumento da competitividade; e

Considerando a necessidade de se buscar a redução de custos, em função do aumento da competitividade; e Página 1 de 5 PORTARIA Nº 306, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2001 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO GABINETE DO MINISTRO O MINISTRO DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, no uso das atribuições

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços

PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços EDITAL A Justiça Federal de Primeiro Grau em Minas Gerais, por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria 10-124-DIREF de 29/06/2006, realizará

Leia mais

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO EDITAL CONVOCATÓRIO CONVITE Nº 2013.02.18.2 1.0 EDITAL 1.1 Órgão: SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL 1.2 Modalidade: CONVITE 1.3 Tipo de Licitação: Menor preço Global 1.4 Torna público para conhecimento

Leia mais

Processo nº 50608.002622/2012-53

Processo nº 50608.002622/2012-53 Processo nº 50608.002622/2012-53 EXAME DA HABILITAÇÃO JURÍDICA, FISCAL E ECONÔMICO-FINANCEIRA EDITAL Nº 0336/2014-08. Objeto: Elaboração de Projeto Executivo Detalhado para a Reforma e Ampliação da Unidade

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG)

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) NORMAS DE CREDENCIAMENTO PARA INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS 1. DA FINALIDADE

Leia mais

Quais são as 4 principais certidões indispensável para participar em uma licitação?

Quais são as 4 principais certidões indispensável para participar em uma licitação? Quais são as 4 principais certidões indispensável para participar em uma licitação? As certidões indispensáveis à participação nas licitações, conforme previsto no artigo 27 da Lei 8.666/93, são: certidão

Leia mais

CLÁUSULA SEGUNDA - DA VINCULAÇÃO AO EDITAL

CLÁUSULA SEGUNDA - DA VINCULAÇÃO AO EDITAL PROCESSO Nº 01550.000345/2009-46. PREGÃO Nº 26/2009. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 1/2010. A FUNDAÇÃO CASA DE RUI BARBOSA, pessoa jurídica de direito público vinculada a Ministério da Cultura, com sede

Leia mais

COMPANHIA DE GAS DO CEARA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 20150378 DECRETO Nº 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006

COMPANHIA DE GAS DO CEARA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 20150378 DECRETO Nº 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 COMPANHIA DE GAS DO CEARA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 20150378 DECRETO Nº 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição

Leia mais

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais).

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais). PROCESSO N.º 003/2013 LICITAÇÃO Nº 003/2013-CONVITE TIPO: MENOR PREÇO POR LOTE À EMPRESA: ENDEREÇO: O Conselho Regional de Administração-CRA, através de sua Comissão Permanente de Licitação, nos termos

Leia mais

Instruções para Cotação Eletrônica 152/2014

Instruções para Cotação Eletrônica 152/2014 Instruções para Cotação Eletrônica 152/2014 (Inciso II do Art. 24 da Lei nº 8.666/93 c/c Portaria nº 306, de 13 de dezembro de 2001). A União, por intermédio do Instituto Nacional de Câncer José Alencar

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA ROMA DO SUL DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES E D I T A L

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA ROMA DO SUL DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES E D I T A L CONVITE Nº 06/2013 MANUTENÇÃO DE POÇOS ARTESIANOS E D I T A L O Prefeito Municipal de Nova Roma do Sul, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei Federal n 8.666, de 21 de junho de

Leia mais

RESOLUÇÃO 942 / 99. Assunto: Aprovação das "NORMAS PARA CADASTRAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA", e revogação da Resolução nº 823/94, de 13.4.94.

RESOLUÇÃO 942 / 99. Assunto: Aprovação das NORMAS PARA CADASTRAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA, e revogação da Resolução nº 823/94, de 13.4.94. RESOLUÇÃO 942 / 99 Assunto: Aprovação das "NORMAS PARA CADASTRAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA", e revogação da Resolução nº 823/94, de 13.4.94. Referência: INFORMAÇÃO PADRONIZADA SD/CCE - 01 /99, de

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA CARTA CONVITE N 005/2015 SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SANTA CATARINA - SENAR-AR/SC Edital de Convite nº. 005/2015 1 - Preâmbulo 1.1 - O Serviço Nacional de Aprendizagem

Leia mais

EDITAL DE CADASTRAMENTO FINANCEIRA BRB 2008/001

EDITAL DE CADASTRAMENTO FINANCEIRA BRB 2008/001 OBJETO: CADASTRAMENTO DE EMPRESAS OBJETIVANDO FUTURAS CONTRATAÇÕES DE PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS DE CORRESPONDENTES. 1 PREÂMBULO 1.1 A BRB CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S/A ( FINANCEIRA BRB ) torna

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE ÁGUA E ESGOTO AV. HUGO ALESSI Nº 50 B. NDUSTRIAL - FONE: (0**34) 3242-3579/3242-5026 ARAGUARI MG

SUPERINTENDÊNCIA DE ÁGUA E ESGOTO AV. HUGO ALESSI Nº 50 B. NDUSTRIAL - FONE: (0**34) 3242-3579/3242-5026 ARAGUARI MG SUPERINTENDENCIA DE AGUA E ESGOTO DE ARAGUARI DEPARTAMENTO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS COMISSÃO ESPECIAL DE CADASTRO/SETOR DE CADASTRO INSTRUÇÕES GERAIS 1. OBJETIVO Estabelecer normas e procedimentos para

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ PREENCHER O RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL, CONSTANTE DO ANEXO I E DEVOLVER COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO Modalidade...: Tomada de Preços Número...: 008/2014 Número da Modalidade: 003/2014 Data de Abertura da Licitação...: 20/02/2014 Data de Abertura das Propostas..: 14/03/2014 Horário...:

Leia mais

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015.

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. EMENTA: Regulamenta o Sistema de Registro de Preços SRP previsto no art. 15 da Lei nº 8.666/93, no âmbito do Município de Central Bahia. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

CONVITE N.º 004-001/2013-CV

CONVITE N.º 004-001/2013-CV 1 CONVITE N.º 004-001/2013-CV REFERÊNCIA: Contratação de organização, associação ou empresa que preste serviço de hospedagem com local para realização de evento, destinado aos contratados e convidados

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos de interesse público,

Leia mais

REPUBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTERIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES PREGÃO ELETRÔNICO EDITAL Nº 398/2006

REPUBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTERIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES PREGÃO ELETRÔNICO EDITAL Nº 398/2006 REPUBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTERIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES PREGÃO ELETRÔNICO EDITAL Nº 398/2006 PROCESSO : 50600.000884/2006-13 Tipo de Licitação:

Leia mais

CONVITE Nº 0002/2011 OBJETO: AQUISIÇÃO DE TINTAS DATA DA REALIZAÇÃO: 31/01/11 HORA: 11:00 HORAS

CONVITE Nº 0002/2011 OBJETO: AQUISIÇÃO DE TINTAS DATA DA REALIZAÇÃO: 31/01/11 HORA: 11:00 HORAS AVISO CONVITE Nº 0002/2011 OBJETO: AQUISIÇÃO DE TINTAS DATA DA REALIZAÇÃO: 31/01/11 HORA: 11:00 HORAS LOCAL: RUA VISC. DE SEPETIBA, 987 11ºANDAR NITERÓI- RJ. 1/6 A FIRMA: ENDEREÇO: Prezados Senhores, CONVITE

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º 050/COMARA/2010 PREÂMBULO

COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º 050/COMARA/2010 PREÂMBULO APROVO: COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA MAURÍCIO AUGUSTO SILVEIRA DE MEDEIROS CEL AV ORDENADOR DE DESPESAS EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º 050/COMARA/2010 PREÂMBULO

Leia mais

MUNICÍPIO DE PORTO FERREIRA Estado de São Paulo DIVISÃO DE SUPRIMENTOS Seção de Licitações e Contratos

MUNICÍPIO DE PORTO FERREIRA Estado de São Paulo DIVISÃO DE SUPRIMENTOS Seção de Licitações e Contratos INSTRUÇÕES GERAIS PARA OBTENÇÃO DO C.R.C. (CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL), CONFORME DISPOSTO NA LEI Nº 8.666/93 1. CADASTRAMENTO 1.1 PROCEDIMENTO 1.1.1 A empresa interessada em obter o Certificado

Leia mais

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 DATA DA ABERTURA: 13/11/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto

Leia mais

PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO

PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO Data: A partir do dia 22/06/2011 Local: FAPEU SETOR DE LICITAÇÃO (Campus Universitário s/nº, Trindade,

Leia mais

EDITAL DE DISPENSA DE LICITAÇÃO N 004/2014 TIPO: MENOR PREÇO

EDITAL DE DISPENSA DE LICITAÇÃO N 004/2014 TIPO: MENOR PREÇO EDITAL DE DISPENSA DE LICITAÇÃO N 004/2014 TIPO: MENOR PREÇO (PROCESSO N 2014/11/267) O Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Paranaguá, por sua Comissão Permanente de Licitação, designada

Leia mais

LICITAÇÃO COM RESERVA DE COTA DE ATÉ 25% PARA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 34/2015

LICITAÇÃO COM RESERVA DE COTA DE ATÉ 25% PARA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 34/2015 LICITAÇÃO COM RESERVA DE COTA DE ATÉ 25% PARA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 34/2015 A FUNDAÇÃO DE ATENDIMENTO SÓCIOEDUCATIVO DO PARÁ - FASEPA, inscrita no CNPJ sob o nº 84.154.186/0001-23,

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE CONCORRÊNCIA N 5030008-01/2013 (SRP)

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE CONCORRÊNCIA N 5030008-01/2013 (SRP) 1 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE CONCORRÊNCIA N 5030008-01/2013 (SRP) A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia -, por meio de sua Comissão de Licitações, torna público para conhecimento

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N.º 023/COMARA/2011 PREÂMBULO

COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N.º 023/COMARA/2011 PREÂMBULO APROVO: Maurício Augusto Silveira de Medeiros Cel Av ORDENADOR DE DESPESAS COMANDO DA AERONÁUTICA COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N.º 023/COMARA/2011 PREÂMBULO A

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS)

CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS) CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS) ÍNDICE RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRO DE FORNECEDORES DE MATERIAL/SERVIÇOS PÁGINA 2 FICHA DE INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES PÁGINA 4 DECLARAÇÃO

Leia mais

5 Elementos Instituto de Educação e Pesquisa Ambiental. CONVITE Nº. 0006/2009 Contrato 045/2009. Prezados Senhores:

5 Elementos Instituto de Educação e Pesquisa Ambiental. CONVITE Nº. 0006/2009 Contrato 045/2009. Prezados Senhores: CONVITE Nº. 0006/2009 Contrato 045/2009 Prezados Senhores: A ONG 5 Elementos Instituto de Educação e Pesquisa Ambiental, em conformidade com a redação em vigor da Lei Federal nº 8.666/93, Lei Estadual

Leia mais

OBJETO: Impressão de 5.000 (cinco mil) unidades da cartilha da cultura digital 210X297mm 4x4 couche fosco 170g dobrado com 100 páginas.

OBJETO: Impressão de 5.000 (cinco mil) unidades da cartilha da cultura digital 210X297mm 4x4 couche fosco 170g dobrado com 100 páginas. CARTA - CONVITE Nº 001/2010 (PRORROGAÇÃO) O SOYLOCOPORTI VEM POR MEIO DESTE EDITAL DE PRORROGAÇÃO APRESENTAR A NOVA DATA DE ABERTURA PARA OS ENVELOPES DE PROPOSTAS PARA FORNECIMENTO DE IMPRESSÃO GRÁFICA

Leia mais

PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013

PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013 A UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Curitiba,

Leia mais

MANUTENÇÃO DO PÁRA RAIOS PREÂMBULO

MANUTENÇÃO DO PÁRA RAIOS PREÂMBULO MANUTENÇÃO DO PÁRA RAIOS PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto Estadual nº 28.397 / 21

Leia mais

EXCELENTÍSSIMA SENHORA PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. Objeto: Prestação de Serviço de Manutenção Predial

EXCELENTÍSSIMA SENHORA PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. Objeto: Prestação de Serviço de Manutenção Predial EXCELENTÍSSIMA SENHORA PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO Pregão Presencial nº. 003/2008 Objeto: Prestação de Serviço de Manutenção Predial EMENTA: AUSÊNCIA DE COMPROVAÇÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI Nº 13.179, DE 10 DE JUNHO DE 2009. (publicada no DOE nº 109, de 12 de junho de 2009) Dispõe sobre a Cotação Eletrônica

Leia mais

Conselho Regional de Economia da Paraíba 21ª Região

Conselho Regional de Economia da Paraíba 21ª Região EDITAL DE LICITAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE CONTADOR PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROFISSIONAIS CONTÁBEIS E DE ASSESSORIA CONTÁBIL PARA O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 21ª REGIÃO PARAÍBA CONVITE Nº 002/2016

Leia mais

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA A B C D E OBJETO O presente Termo de Referência tem como objeto o fornecimento parcelado de combustíveis à frota dos veículos oficiais do Conselho Regional de Medicina do

Leia mais

Processo nº 50608.000045/2014-27

Processo nº 50608.000045/2014-27 Processo nº 50608.000045/2014-27 EXAME DA DOCUMENTAÇÃO DE HABILITAÇÃO JURÍDICA, FISCAL, ECONÔMICO FINANCEIRA EDITAL Nº 0438/2014-08. Objeto: Seleção de empresa especializada para Execução de serviços técnicos

Leia mais

CONVITE N.º 003-001/2013-CV

CONVITE N.º 003-001/2013-CV 1 CONVITE N.º 003-001/2013-CV REFERÊNCIA: Contratação de organização, associação ou empresa que preste serviço de fornecimento de alimentação no município de Santarém/Pará. A TERRA DE DIREITOS, entidade

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 O Município de Boa Vista do Buricá, comunica aos interessados

Leia mais

COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DE MINAS GERAIS CODEMIG CONCURSO Nº 03/2015 - PROCESSO INTERNO Nº 385/15

COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DE MINAS GERAIS CODEMIG CONCURSO Nº 03/2015 - PROCESSO INTERNO Nº 385/15 COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DE MINAS GERAIS CODEMIG CONCURSO Nº 03/2015 - PROCESSO INTERNO Nº 385/15 EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE FORTALECIMENTO E FOMENTO DOS FESTIVAIS GASTRONÔMICOS NO

Leia mais