Inovação. Data: 12/04/2012. Inovação é a exploração com sucesso de novas idéias. United Kingdom Department of Trade & Industry

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Inovação. Data: 12/04/2012. Inovação é a exploração com sucesso de novas idéias. United Kingdom Department of Trade & Industry"

Transcrição

1 Cursos: Administração / Ciências Contábeis Disciplina: Inovação Tecnológica Data: 12/04/2012 Inovação Inovação é a exploração com sucesso de novas idéias. United Kingdom Department of Trade & Industry Inovação é a ferramenta específica do empreendedor, o meio através do qual ele explora a mudança como uma oportunidade para um negócio ou serviço diferente. Isso é capaz de ser apresentado como uma disciplina, capaz de ser aprendido, capaz de ser praticado. Peter Drucker 1

2 Conceito O empreendedorismo se constitui em um conjunto de comportamentos e de hábitos que podem ser adquiridos, praticados e reforçados nos indivíduos, ao submetê-los a um programa de capacitação adequado de forma a torná-los capazes de gerir e aproveitar oportunidades, melhorar processos e inventar negócios O que é empreendedorismo? Transformar uma ideia em realidade Identificar uma oportunidade Contagiar pessoas com suas idéias Estar pronto para assumir riscos e aprender com os erros 2

3 O que é Empreendedorismo? Ser um profundo conhecedor do todo e não só de algumas partes Ser capaz de utilizar essas informações para seu próprio aperfeiçoamento Criação de empresas Geração do auto- emprego Empregado - empreendedor Empreendedorismo comunitário Taxa de extinção de negócios Mortalidade empresarial 1º ano varia entre 30% e 61% 2º ano varia entre 40% e 68% 3º ano varia entre 55% e 73% 3

4 Causas de morte prematura Desconhecimento do mercado Falta de capital de giro Concorrência mais ágil e preços melhores Desconhecimento técnico Modismo Saque de dinheiro para despesas pessoais Descontroles contábeis e administrativos Baixa qualificação de mão-de-obra Nível de dívidas bancárias insustentável Eficiência dos cursos de empreendedorismo (USA) 80% das empresas criadas por pessoas com um mínimo de 6 meses de estudo (empreendedorismo) se mantinham vivas após 5 anos Dos empresários que iniciaram negócios sem nenhum preparo, apenas 40% sobreviveram no mesmo período 4

5 Mudanças que favorecem o empreendedorismo Papel da mulher empreendedora maior índice de criadores de empresas Reconhecimento oficial de que micro e pequenos novos negócios são produtores de trabalho, exportações e inovações Reconhecimento de que empreendedorismo estudo, pesquisa, ensino e promoção é um fenômeno internacional Empreender Fazer algo novo (criativo) e/ou diferente (inovador) com o objetivo de criar riqueza para o indivíduo e adicionar valor para a Sociedade. Raymond Kao,

6 Empreendedor É uma pessoa que se engaja num processo de criação de riqueza e agregação de valor, através do desenvolvimento de idéias, da combinação de recursos e de fazer as coisas acontecerem. Raymond Kao, Empreendimento Os meios utilizados para criar riqueza para o indivíduo e adicionar valor para a Sociedade. Pode ser uma empresa, um projeto, uma atribuição no trabalho, uma ação social, etc. 6

7 Principais Desafios do Empreendedor Entender o ambiente Tornar-se líder no ambiente Promover inovações constantes Desenvolver relações de confiança Promover o desenvolvimento de toda a Sociedade Os Empreendedores no Mundo Per fazem mais de 73 milhões de indivíduos em todo o mundo O Brasil ocupa a 7 a. posição numa lista de 34 países pesquisados Os empreendedores brasileiros representam mais de 14% da nossa população adulta 7

8 As características do comportamento empreendedor Busca de oportunidade e iniciativa Persistência Comprometimento Eficiência e qualidade Correr riscos calculados Estabelecimento de metas Busca de informações Planejamento e monitoramento sistemáticos Persuasão e rede de contatos Independência e auto-confiança Fonte: Brasil Entrepreneur 1995 As principais características do perfil do empreendedor 1 Auto-confiança 2 Auto-motivação 3 Elevado poder de comunicação 4 Criatividade 5 -Flexibilidade 6 Energia 7 Iniciativa 8 Integridade 8

9 As principais características do perfil do empreendedor 9 Liderança 10 Negociação 11- Perseverença 12. Persuasão 13. Capacidade de Planejamento 14. Relacionamento Interpessoal 15. Resistência a frustração 16. Sensibilidade Administrativa Comportamento empreendedor As habilidades requeridas de um empreendedor podem ser classificadas em 3 áreas: Técnicas Gerenciais Características pessoais 9

10 Comportamento empreendedor Características: Técnicas: envolve saber escrever, ouvir as pessoas e captar informações, ser organizado, saber liderar e trabalhar em equipe. Gerenciais: incluem as áreas envolvidas na criação e gerenciamento da empresa (marketing, administração, finanças, operacional, produção, tomada de decisão, planejamento e controle). Comportamento empreendedor Características Pessoais: ser disciplinado, assumir riscos, ser inovador, ter ousadia, persistente, visionário, ter iniciativa, coragem, humildade e principalmente ter paixão pelo que faz. 10

11 Ideia é diferente de oportunidade Não saber distinguir entre uma ideiae uma oportunidade é uma das grandes causas de insucesso. Oportunidade de Negócios X Ideia As oportunidades de negócios se diferenciam das ideias no sentido de que oferecem a possibilidade de ocupar um nicho de mercado. Elas preenchem espaços desocupados até então. Quem é o empreendedor? O empreendedor é alguém que sonha e busca transformar o seu sonho em realidade Fernando Dolabela 11

12 Todos são Empreendedores? Qualquer pessoa pode ser empreendedora, basta querer Somos persistentes, criativos e inovadores em certos momentos 12

Protagonismo Secretarial AULA 5. Temas: Comportamento Empreendedor Intraempreendedores

Protagonismo Secretarial AULA 5. Temas: Comportamento Empreendedor Intraempreendedores Protagonismo Secretarial AULA 5 Temas: Comportamento Empreendedor Intraempreendedores E qual deve ser o comportamento de um empreendedor? Pesquisas recentes realizadas nos Estados Unidos mostram que o

Leia mais

INTRODUÇÃO A ÃO O EMPREENDE

INTRODUÇÃO A ÃO O EMPREENDE INTRODUÇÃO AO EMPREENDEDORISMO Prof. Marcos Moreira Conceito O empreendedorismo se constitui em um conjunto de comportamentos e de hábitos que podem ser adquiridos, praticados e reforçados nos indivíduos,

Leia mais

Empreendedorismo. Empreendedor

Empreendedorismo. Empreendedor Empreendedorismo A palavra empreendedor tem origem francesa e quer dizer aquele que assume riscos e começa algo de novo. Os primeiros indícios de relação entre assumir riscos e empreendedorismo ocorreram

Leia mais

PROSPECÇÃO DE NEGÓCIOS E TECNOLOGIA. Prof. Araken Patusca Linhares

PROSPECÇÃO DE NEGÓCIOS E TECNOLOGIA. Prof. Araken Patusca Linhares PROSPECÇÃO DE NEGÓCIOS E TECNOLOGIA Prof. Araken Patusca Linhares UNIDADE I Surgimento do Empreendedorismo Postura e comportamento do Empreendedor A importância do Empreendedor na sociedade Motivação do

Leia mais

Empreendedorismo e Plano de Negócios. Profa. Bruna Panzarini

Empreendedorismo e Plano de Negócios. Profa. Bruna Panzarini Empreendedorismo e Plano de Negócios. Profa. Bruna Panzarini Introdução Estatísticas do SEBRAE indicam que 60% das 500 mil pequenas e micro-empresas que são abertas todos os anos no Brasil fecham as portas

Leia mais

E se eu não for EMPREENDEDOR

E se eu não for EMPREENDEDOR E se eu não for EMPREENDEDOR A produção industrial paranaense cresceu 7,6% no ano. É o segundo maior crescimento no quadro brasileiro, pesquisa pelo IBGE O resultado da produção do setor no Paraná superou

Leia mais

Curso-Piloto de Formação de Consultores de Negócios. Módulo 2 Compreender o próprio negócio

Curso-Piloto de Formação de Consultores de Negócios. Módulo 2 Compreender o próprio negócio José Soares Ferreira Projecto financiado com apoio da Comissão Europeia. A informação contida nesta publicação vincula exclusivamente o autor, não sendo a Comissão responsável pela utilização que dela

Leia mais

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica e inovadora. O que são

Leia mais

Empreendedorismo A Administração da revolução

Empreendedorismo A Administração da revolução EMPREENDEDORISMO Empreendedorismo A Administração da revolução O empreendedorismo é uma revolução silenciosa, que será para o século 21 mais do que a revolução industrial foi para o século 20 Timmons,

Leia mais

Comportamento empreendedor dos alunos em uma Instituição de Ensino Superior. Cristiane Bertolino

Comportamento empreendedor dos alunos em uma Instituição de Ensino Superior. Cristiane Bertolino Comportamento empreendedor dos alunos em uma Instituição de Ensino Superior Cristiane Bertolino Problema de pesquisa A partir da década de 1990 Visão renovada da empreendedorismo Promover o desenvolvimento

Leia mais

Gestão de Pessoas e Avaliação por competências

Gestão de Pessoas e Avaliação por competências Gestão de Pessoas e Avaliação por competências quer a empresa que não existe! Funcionário quer o profissional que não existe! Empresa A visão evolutiva da área de Gestão de Pessoas... 1930 Surgem departamentos

Leia mais

Administração Interdisciplinar

Administração Interdisciplinar Administração Interdisciplinar 21/9/2015 Rosely Gaeta Revisão Fundamentos da Administração Introdução àadministração e às organizações Fonte: Felipe Sobral Alketa Peci - Teoria e Prática no Contexto Brasileiro

Leia mais

SEM0530 Problemas de Engenharia Mecatrônica II

SEM0530 Problemas de Engenharia Mecatrônica II SEM0530 Problemas de Engenharia Mecatrônica II Prof. Departamento de Engenharia Mecânica Escola de Engenharia de São Carlos - USP Sala 2º andar Prédio da Mecatrônica (ramal 739400) E-mail: trindade@sc.usp.br

Leia mais

O que é o programa Liderança Para a Mudança (LPM)?

O que é o programa Liderança Para a Mudança (LPM)? O que é o programa Liderança Para a Mudança (LPM)? O Liderança para a Mudança é um programa de aprendizagem activa para o desenvolvimento dos enfermeiros como líderes e gestores efectivos num ambiente

Leia mais

Taller sobre remesas, educación financiera y microemprendimiento en Goíanía, Brasil, 26 y 27 de Noviembre 2014.

Taller sobre remesas, educación financiera y microemprendimiento en Goíanía, Brasil, 26 y 27 de Noviembre 2014. Fortalecimiento del diálogo y de la cooperación entre la Unión Europea (UE) y América Latina y el Caribe (ALC) para el establecimiento de modelos de gestión sobre migración y políticas de desarrollo www.migracion-ue-alc.eu

Leia mais

Eng. Agrônomo. Gilberto J.B. Figueiredo Gestor Estadual do Projeto CATI Olericultura

Eng. Agrônomo. Gilberto J.B. Figueiredo Gestor Estadual do Projeto CATI Olericultura Ferramentas para Gestão da Empresa Rural na Produção de Flores e Hortaliças Eng. Agrônomo. Gilberto J.B. Figueiredo Gestor Estadual do Projeto CATI Olericultura gilberto.figueiredo@cati.sp.gov.br 12 3882.2232

Leia mais

O Executivo como Líder Empreendedor

O Executivo como Líder Empreendedor O Executivo como Líder Empreendedor Líder x Chefe Chefe Resultado Líder Pessoas Há, competências diferentes, o que significa dizer que em alguns momentos o chefe é a melhor solução, e em outros a liderança

Leia mais

http://www.youtube.com/watch?v=d0fptv_kq9s XII WORKSHOP DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA 8º ENCONTRO DO FÓRUM DE COORDENADORES DE CURSOS DE GRADUAÇÃO EM QUÍMICA Aprendendo a Empreender Um novo desafio Mauricio

Leia mais

Tema Nº 2 Conceito de Empreendedorismo e o Processo Empreendedor

Tema Nº 2 Conceito de Empreendedorismo e o Processo Empreendedor Tema Nº 2 Conceito de Empreendedorismo e o Processo Empreendedor Habilidades a Desenvolver: Compreender o que é empreendedorismo e o que é ser ou estar empreendedor. Identificar e comparar as características

Leia mais

SUMÁRIO AULA. Empreendedorismo. Curso de Empreendedorismo USP Escola de Engenharia de Lorena. Aula 04 Planejamento Mercadológico

SUMÁRIO AULA. Empreendedorismo. Curso de Empreendedorismo USP Escola de Engenharia de Lorena. Aula 04 Planejamento Mercadológico Empreendedorismo Aula 04 Planejamento Mercadológico SUMÁRIO AULA Pesquisa e análise de mercado Estratégias e ações para atingir o mercado Análise Concorrência Como criar negócios de alto crescimento Habitats

Leia mais

Empreender. Exemplos de projetos criativos

Empreender. Exemplos de projetos criativos Empreender A chave para o sucesso profissional + Exemplos de projetos criativos José Dornelas www.josedornelas.com.br Empreendedorismo + Inovação = Prosperidade O velho modelo econômico (a era da manufatura)

Leia mais

Intra empreendedorismo Eva Vieira

Intra empreendedorismo Eva Vieira Intra empreendedorismo Eva Vieira contato@evavieira.com.br Um empreendedor é uma pessoa imaginativa,caracterizada por uma capacidade de fixar alvos e objetivos Filion (1986) O empreendedor não perde a

Leia mais

Gestão em Saúde LIDERANÇA

Gestão em Saúde LIDERANÇA Gestão em Saúde LIDERANÇA Profa. Ms. Raquel J. Oliveira Lima A administração tinha como objetivos principais: alcançar a eficiência e eficácia, Hoje alcançar a excelência por meio da eficiência e eficácia

Leia mais

TÍTULO: EMPREENDEDORISMO: ANÁLISE DO COMPORTAMENTO EMPREENDEDOR DOS ALUNOS DE PRIMEIRO ANO DA FACULDADE

TÍTULO: EMPREENDEDORISMO: ANÁLISE DO COMPORTAMENTO EMPREENDEDOR DOS ALUNOS DE PRIMEIRO ANO DA FACULDADE Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: EMPREENDEDORISMO: ANÁLISE DO COMPORTAMENTO EMPREENDEDOR DOS ALUNOS DE PRIMEIRO ANO DA FACULDADE

Leia mais

Empreendedorismo: Fator Chave para o Êxito Profissional

Empreendedorismo: Fator Chave para o Êxito Profissional Empreendedorismo: Fator Chave para o Êxito Profissional Adm. Alvaro Mello alvaro@teletrabalho.info Conceito O empreendedorismo se constitui em um conjunto de comportamentos e de hábitos que podem ser adquiridos,

Leia mais

Equipe. Diretoria de Comunicação e Relacionamento Diretora: Marcela Conceição. Diretoria de Tecnologia da Informação Diretor: Victor Marcelino

Equipe. Diretoria de Comunicação e Relacionamento Diretora: Marcela Conceição. Diretoria de Tecnologia da Informação Diretor: Victor Marcelino Equipe Diretoria de Comunicação e Relacionamento Diretora: Marcela Conceição Diretoria de Tecnologia da Informação Diretor: Victor Marcelino Diretoria Administrativo e Financeira Diretor: Vitor Bahia Apresentação

Leia mais

Ementas. Certificate in Business Administration CBA

Ementas. Certificate in Business Administration CBA Ementas Certificate in Business Administration CBA Agosto 2012 Módulo Fundamental Administração Financeira EMENTA: Disciplina desenvolve a capacidade de contribuição para as decisões gerenciais aplicando

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL E MERCADO DE TRABALHO

PERFIL PROFISSIONAL E MERCADO DE TRABALHO PERFIL PROFISSIONAL E MERCADO DE TRABALHO Perfil Profissional Revolução Verde Modernização da Agricultura (1960-1980) Produtividade e produção agrícolas especialistas / fragmentos da realidade tecnicista

Leia mais

MÓDULO 3 MANUAL DO ALUNO DISCIPLINA DE EMPREENDEDORISMO PLANO DE NEGÓCIOS. Especialistas em pequenos negócios

MÓDULO 3 MANUAL DO ALUNO DISCIPLINA DE EMPREENDEDORISMO PLANO DE NEGÓCIOS. Especialistas em pequenos negócios MANUAL DO ALUNO DISCIPLINA DE EMPREENDEDORISMO MÓDULO 3 PLANO DE NEGÓCIOS Especialistas em pequenos negócios Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas - SEBRAE DISCIPLINA DE EMPREENDEDORISMO

Leia mais

Sessão de Fomento do Empreendedorismo

Sessão de Fomento do Empreendedorismo Sessão de Fomento do Empreendedorismo PROJETO INCUBAR+LEZIRIA Janeiro de 2016 Promotores: Co-financiamento: PORQUÊ FALAR DE EMPREENDEDORISMO? HOJE A CONCORRÊNCIA É GLOBAL E OS FATORES DE COMPETIVIDADE

Leia mais

INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E O EMPREENDEDORISMO EMPREENDEDORISMO E OS EMPREENDEDORES. Prof. Dr. Daniel Caetano

INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E O EMPREENDEDORISMO EMPREENDEDORISMO E OS EMPREENDEDORES. Prof. Dr. Daniel Caetano INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E EMPREENDEDORISMO O EMPREENDEDORISMO E OS EMPREENDEDORES Prof. Dr. Daniel Caetano 2016-2 Objetivos Apresentar o empreendedorismo Conhecer a relação entre o empreendedorismo e a inovação

Leia mais

Palestra. A importância do Empreendedorismo

Palestra. A importância do Empreendedorismo Palestra A importância do Empreendedorismo Everton Saulo Silveira - Administração UFSJ - MBA Gestão de Negócios e Marketing - Trainer Master Practitioner em Programação Neurolinguística - Trainer em Jogos

Leia mais

Avaliação de Desempenho do Técnico Administrativo em Educação

Avaliação de Desempenho do Técnico Administrativo em Educação Avaliação de Desempenho do Técnico Administrativo em Educação ANEXO I CAMPUS AUTO AVALIAÇÃO DO SERVIDOR 2016 Nome do Servidor: Cargo: Classe: Nível: Padrão: Período de Avaliação: / / a / / Lotação: Função

Leia mais

De Consultora a Diretora em 6 meses Rumo ao Cruzeiro

De Consultora a Diretora em 6 meses Rumo ao Cruzeiro De Consultora a Diretora em 6 meses Rumo ao Cruzeiro Seja uma pessoa sonhadora. Pense grande! Já foi dito que se você pode sonhar, você também pode realizar. Antes que seu sonho se transforme em realidade,

Leia mais

Competências e Habilidades

Competências e Habilidades Competências e Habilidades Aula 11 Gestão da Carreira Autoconhecimento Personalidade Motivações Valores Habilidades Interesses Análise do Ambiente Definição de objetivos Ações / Estratégias 2 1 Gerenciamento

Leia mais

HUMANIZAÇÃO DA GESTÃO COM FOCO NA SUSTENTABILIDADE. Workshop Regional do PGQP Panambi/RS

HUMANIZAÇÃO DA GESTÃO COM FOCO NA SUSTENTABILIDADE. Workshop Regional do PGQP Panambi/RS HUMANIZAÇÃO DA GESTÃO COM FOCO NA SUSTENTABILIDADE Workshop Regional do PGQP Panambi/RS As pessoas fazem a diferença Os jovens acreditam na mudança primeiro... http://www.youtube.com/watch?v=e-kirnbkeim

Leia mais

Mkt Internacional Introdução ao Marketing

Mkt Internacional Introdução ao Marketing Introdução ao Marketing Profa. Marta Fleming O Que é Marketing? Marketing é a atividade e o conjunto de instituições e processos para a criação, a comunicação e a entrega de ofertas que tenham valor para

Leia mais

INOVAÇÃO COMPETITIVIDADE SUSTENTÁVEL EMPREENDEDORISMO DE SUCESSO

INOVAÇÃO COMPETITIVIDADE SUSTENTÁVEL EMPREENDEDORISMO DE SUCESSO EMPREENDER PARA TRANSFORMAR INOVAR PARA COMPETIR Apresentação Nome: JOSÉ CARLOS CAVALCANTE Formação: Administrador de Empresas e Contador Pós-Graduação: Administração Financeira e Controladoria Cursos

Leia mais

ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN Administração - Campus Mossoró) 3ª SÉRIE

ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN Administração - Campus Mossoró) 3ª SÉRIE ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN 2016.2 Administração - Campus Mossoró) 3ª SÉRIE DISCIPLINAS DA SÉRIE GESTÃO DA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIA GESTÃO DE PESSOAS DIREITO EMPRESARIAL E TRABALHISTA CONTABILIDADE Os recursos

Leia mais

Relatório CRI Minas 16/05/13 Inovação e Comportamento Humano Hérica Righi,Raoni Pereira e Flávia Carvalho

Relatório CRI Minas 16/05/13 Inovação e Comportamento Humano Hérica Righi,Raoni Pereira e Flávia Carvalho Relatório CRI Minas 16/05/13 Inovação e Comportamento Humano Hérica Righi,Raoni Pereira e Flávia Carvalho Relatório CRI Minas 16/05/13 Inovação e Comportamento Humano Muitos são os desafios encontrados

Leia mais

Como pensar a questão o do empreendedorismo no Brasil?

Como pensar a questão o do empreendedorismo no Brasil? Como pensar a questão o do empreendedorismo no Brasil? Anne-Marie Maculan UFRJ/COPPE/PEP II Seminário Internacional - Empreendedorismo, Pequenas e Médias Empresas e Desenvolvimento Local - Rio de Janeiro

Leia mais

Fonte: Foster Fonte: Innoscience Fonte: Mckinsey Fonte: HBR A inovação é exclusividade de startups? Fonte: Anthony O que é uma Startup? Startup é uma instituição humana desenhada para desenvolver um produto

Leia mais

Moreira, Alessandro Messias. M835e Empreendedorismo: característica empreendedora / Alessandro Messias Moreira. Varginha, 2015. 36 slides; il.

Moreira, Alessandro Messias. M835e Empreendedorismo: característica empreendedora / Alessandro Messias Moreira. Varginha, 2015. 36 slides; il. Moreira, Alessandro Messias. M835e Empreendedorismo: característica empreendedora / Alessandro Messias Moreira. Varginha, 2015. 36 slides; il. Sistema requerido: Adobe Acrobat Reader Modo de Acesso: World

Leia mais

(esforço). Competência entendida segundo três eixos:

(esforço). Competência entendida segundo três eixos: em Gestão de Projetos Prof. Roberto Paixão Introdução Competência = com (conjunto) + petere (esforço). Competência entendida segundo três eixos: Características da pessoa; Formação educacional; Experiência

Leia mais

AULA 6 TÉCNICAS E PRINCÍPIOS DE LIDERANÇA PARA GESTÃO DE PROJETOS

AULA 6 TÉCNICAS E PRINCÍPIOS DE LIDERANÇA PARA GESTÃO DE PROJETOS AULA 6 TÉCNICAS E PRINCÍPIOS DE LIDERANÇA PARA GESTÃO DE PROJETOS Gestão: [Do lat. gestione.] S. f. Ato de gerir; gerência, administração. Tabela 1 Habilidades do Gerente de Projetos, segundo Kerzner (1992)

Leia mais

APRESENTAÇÃO HUB SEBRAE-SP

APRESENTAÇÃO HUB SEBRAE-SP APRESENTAÇÃO HUB SEBRAE-SP HUB SEBRAE-SP O QUE É HUB? O princípio do HUB vem da informática, sendo um dispositivo com diferentes portas para conexão de pequenos equipamentos de vários tipos. Nessse contexto,

Leia mais

Projeto Na Medida MICROEMPRESA. Palestra de sensibilização Na Medida PARA MICROEMPRESÁRIOS. Competências Gerais. Modalidade. Formato.

Projeto Na Medida MICROEMPRESA. Palestra de sensibilização Na Medida PARA MICROEMPRESÁRIOS. Competências Gerais. Modalidade. Formato. Projeto Na Medida PARA MICROEMPRESÁRIOS Palestra de sensibilização Na Medida Compreender a relevância do papel dos micro e pequenos empresários na economia brasileira e a necessidade da adoção das melhores

Leia mais

Como Transformar o Corretor em um Empresário de Sucesso

Como Transformar o Corretor em um Empresário de Sucesso Como Transformar o Corretor em um Empresário de Sucesso Rodrigo Maia 2011 Apresentação Formado em Comunicação e pós graduado em Gestão e Recursos Humanos, com 12 anos de experiência em treinamento, tendo

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico Etec CENTRO PAULA SOUZA Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócio Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em

Leia mais

desenvolva e utilize seu pleno potencial de modo coerente e convergente com os objetivos estratégicos da organização. Dentro da área de gestão de

desenvolva e utilize seu pleno potencial de modo coerente e convergente com os objetivos estratégicos da organização. Dentro da área de gestão de Gestão de Pessoas Hoje a sociedade busca desenvolver trabalhos para aprimorar o conhecimento das pessoas em um ambiente de trabalho. A capacitação e o preparo que uma organização deve ter para com os seus

Leia mais

CORRETOR DE SEGUROS EMPRESÁRIO DE SUCESSO

CORRETOR DE SEGUROS EMPRESÁRIO DE SUCESSO CORRETOR DE SEGUROS EMPRESÁRIO DE SUCESSO Palestrante: Apresentação Formado em Comunicação com pós-graduação em Gestão Empresarial e RH pela PUC RJ Mais de 15 anos de experiência no desenvolvimento de

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE NOVOS NEGÓCIOS

ADMINISTRAÇÃO DE NOVOS NEGÓCIOS ADMINISTRAÇÃO DE NOVOS NEGÓCIOS Prof. Marco A. Arbex marco.arbex@live.estacio.br O empreendedorismo é uma revolução silenciosa, que será para o século 21 mais do que a revolução industrial foi para o século

Leia mais

CRISE OU OPORTUNIDADE?: O (INTRA)EMPREENDEDORISMO COMO DIFERENCIAL NO PERFIL DO ARQUIVISTA

CRISE OU OPORTUNIDADE?: O (INTRA)EMPREENDEDORISMO COMO DIFERENCIAL NO PERFIL DO ARQUIVISTA CRISE OU OPORTUNIDADE?: O (INTRA)EMPREENDEDORISMO COMO DIFERENCIAL NO PERFIL DO ARQUIVISTA Joseane Farias de Souza¹; Josemar Henrique de Melo² ¹Discente do curso de Arquivologia da Universidade Estadual

Leia mais

Sebrae, parceiro dos pequenos negócios

Sebrae, parceiro dos pequenos negócios Sebrae, parceiro dos pequenos negócios O Sebrae existe para apoiar os pequenos negócios no Paraná e no Brasil Cenário das micro e pequenas empresas no Brasil Representam 95% dos estabelecimentos formais

Leia mais

Regional Metropolitana de Goiânia

Regional Metropolitana de Goiânia Regional Metropolitana de CIDADE DATA SOLUÇÃO HORÁRIO LOCAL VALOR CARGA 27/09 Lançamento do Mês da MPE - Circuito de Palestras Sebrae 17h0 às 22h0 Centro de Convenções Gratuito 5 28/09 a 0/09 Curso Plano

Leia mais

Wanessa Dose Bittar Formação Cursos Extras Experiências

Wanessa Dose Bittar Formação Cursos Extras Experiências Wanessa Dose Bittar Formação -Especializada em Engenharia de Produção ( UFJF) -Graduada em Educação Artística ( UFJF) -Técnica em Design ( CTU) Cursos Extras -Educação Empreendedora pelo Endeavor Brasil

Leia mais

Disciplina de Empreendedorismo. Gestão Financeira Empreendedorismo Gestão Financeira Profº Andrizio Morais

Disciplina de Empreendedorismo. Gestão Financeira Empreendedorismo Gestão Financeira Profº Andrizio Morais Disciplina de Gestão Financeira 2013 Feedback A liderança empreendedora Ousadia e capacidade de assumir riscos Capacidade de negociar diplomaticamente Capacidade de gerenciar mudanças Líder empreendedor:

Leia mais

Centro Pós-graduação Ortodontia Ribeirão Preto, SP

Centro Pós-graduação Ortodontia Ribeirão Preto, SP Centro Pós-graduação Ortodontia Ribeirão Preto, SP Gestão estratégica de consultórios odontológicos Ricardo Nakama ricnakama@gmail.com Planejar é alinhar as ações 1 Conteúdo do treinamento 1- Missão, visão,

Leia mais

EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO

EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO Compreendendo o Tema Breve Histórico EMPREENDEDORISMO 1. Conceito Surgiu na França (sécs XVII e XVIII) = pessoas ousadas que estimulavam o progresso econômico, mediante novas

Leia mais

COMUNICADO. 1. Ambiente de Negócios 1.2 Contexto dos Pequenos Negócios no Brasil 1.3 Políticas públicas de apoio aos Pequenos Negócios

COMUNICADO. 1. Ambiente de Negócios 1.2 Contexto dos Pequenos Negócios no Brasil 1.3 Políticas públicas de apoio aos Pequenos Negócios COMUNICADO O SEBRAE NACIONAL Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, por meio da Universidade Corporativa SEBRAE, comunica que, na prova, serão avaliados conhecimentos conforme as áreas descritas

Leia mais

Ferramentas da Qualidade

Ferramentas da Qualidade UNIVERSIDADE DE SOROCABA Curso Gestão da Qualidade Ferramentas da Qualidade Professora: Esp. Débora Ferreira de Oliveira Aula 24/05 Uma empresa não pode ser apenas reativa, ela precisa ter controle e ser

Leia mais

EMPREENDEDORISMO PROF. LUCIANO SCANDELARI PPGEB-UTFPR

EMPREENDEDORISMO PROF. LUCIANO SCANDELARI PPGEB-UTFPR EMPREENDEDORISMO PROF. LUCIANO SCANDELARI PPGEB-UTFPR EMENTA DA DISCIPLINA 3 créditos / 45 aulas Conceitos e características do empreendedor e intraempreendedor. As características do empreendedor O empreendedor

Leia mais

EMPREENDEDORISMO E MERCADO DE TRABALHO

EMPREENDEDORISMO E MERCADO DE TRABALHO EMPREENDEDORISMO E MERCADO DE TRABALHO SOU EMPREGÁVEL? EMPREENDEDO...QUÊ? EMPREENDER Deliberar-se a praticar; Propor-se; Tentar; Pôr em execução. Fonte: Aurélio Empreendedor Uma das definições mais antigas

Leia mais

Planejamento de Carreira

Planejamento de Carreira Planejamento de Carreira Aulas 17 e 18 Plano de carreira Análise do ambiente Oportunidades Ameaças Objetivos Alvos concretos Estratégias Ações e prazos para atingir objetivos Follow-up Análise de potencial

Leia mais

Matriz Curricular Faculdade Cenecista de Sete Lagoas- Administração

Matriz Curricular Faculdade Cenecista de Sete Lagoas- Administração Matriz Curricular Faculdade Cenecista de Sete Lagoas- Administração 1º Teorias da Administração 60 60 1º Estudos Socioantropológicos 60 60 1º Economia 60 60 1º Matemática Básica 60 60 1º Leitura e Interpretação

Leia mais

O que é ser um Empreendedor?

O que é ser um Empreendedor? Sobre a Autora Meu nome é Cristiane Guerra, sou especialista em Gestão da Qualidade e Processos de Negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Também possuo certificação Internacional em Coaching. Atuei durante

Leia mais

COMPOSIÇÃO HISTÓRICA DA FORÇA DE TRABALHO USA

COMPOSIÇÃO HISTÓRICA DA FORÇA DE TRABALHO USA Mario Caixeta 1 100% COMPOSIÇÃO HISTÓRICA DA FORÇA DE TRABALHO USA Autor- Stephen Barley 80% Profissionais Liberais e técnicos Vendas 60% 50% Artesãos e similares 40% 20% Agricultores Operários 1900 1920

Leia mais

FATEC ZONA SUL Faculdade de Tecnologia da Zona Sul São Paulo/SP

FATEC ZONA SUL Faculdade de Tecnologia da Zona Sul São Paulo/SP FATEC ZONA SUL Faculdade de Tecnologia da Zona Sul São Paulo/SP Curso Superior de Tecnologia em Gestão Empresarial Disciplina: Negócios Internacionais Aula 02 1 Conceitos e Princípios Aula 02 2 Pessoa

Leia mais

Sustentabilidade nos negócios. Fernando Carvalho Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle

Sustentabilidade nos negócios. Fernando Carvalho Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle Sustentabilidade nos negócios Fernando Carvalho Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle Sustentabilidade nos Negócios Agenda Um pouco do do Bradesco Sustentabilidade e o Bradesco Planejamento

Leia mais

Do mundo da fantasia ao mundo real

Do mundo da fantasia ao mundo real Do mundo da fantasia ao mundo real Olá Mulher empreendedora! Vamos falar um pouquinho sobre os nossos desafios? Nos dias de hoje precisamos ser multitarefas, conciliamos nossa a carreira com outras atividades,

Leia mais

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JOVENS EMPRESÁRIOS ANJE

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JOVENS EMPRESÁRIOS ANJE ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JOVENS Arrisca C 2013 02 de Outubro de 2013 EMPRESÁRIOS ANJE Empreendedorismo e Criação de Empresas Como desenvolver Ideias de negócio? Nuno Gaspar nunogaspar@anje.pt www.anje.pt/centro

Leia mais

Relatório de Competências de Nataly Lopez (Perfil Natural) Autoconfiança. Autocontrole. Busca de Informação. Capacidade de Negociação.

Relatório de Competências de Nataly Lopez (Perfil Natural) Autoconfiança. Autocontrole. Busca de Informação. Capacidade de Negociação. IMPORTANTE: Em ótimas condições do ambiente, a grande maioria das pessoas pode ter a capacidade de desempenhar-se adequadamente em quaisquer das seguintes competências. Referimo-nos a "ótimas condições"

Leia mais

EI Empreendedores em Informática

EI Empreendedores em Informática Clique para editar o estilo do título mestre Clique para editar os estilos do texto mestre Segundo nível EI Empreendedores em Informática Terceiro nível Quarto nível» Quinto nível Luciane Meneguin Ortega

Leia mais

Curso do Superior de Tecnologia em Marketing

Curso do Superior de Tecnologia em Marketing Curso do Superior de Tecnologia em Objetivos do curso 1.5.1 Objetivo Geral O Curso Superior de Tecnologia em na modalidade EaD da universidade Unigranrio, tem por objetivos gerais capacitar o profissional

Leia mais

Excelência na Gestão

Excelência na Gestão Mapa Estratégico 2012-2014 Visão Até 2014, ser referência no atendimento ao público, na fiscalização e na valorização das profissões tecnológicas, reconhecido pelos profissionais, empresas, instituições

Leia mais

BUSINESS PARTNER RH. Estratégias, funções e práticas

BUSINESS PARTNER RH. Estratégias, funções e práticas 1 BUSINESS PARTNER RH Estratégias, funções e práticas 2016 BUSINESS PARTNER - RH Estratégias, funções e práticas Dia 18 de agosto 12:30/13:15 Transamerica Expo Center Auditório Principal Espaço Corners

Leia mais

AUMENTO DO EMPREGO A melhoria da produtividade deve ampliar a geração de novos e melhores empregos

AUMENTO DO EMPREGO A melhoria da produtividade deve ampliar a geração de novos e melhores empregos Expotalentos 2008 Competências e Características Empreendedoras de Sucesso Curitiba Novembro/08 Júlio C. Felix NOSSA CAUSA Contribuir para o desenvolvimento sustentável do País através da melhoria constante

Leia mais

Desenvolvendo Habilidades Empreendedoras

Desenvolvendo Habilidades Empreendedoras Desenvolvendo Habilidades Empreendedoras Prof. Dr. José Dornelas www.planodenegocios.com.br Bem-vindo à versão de demonstração do curso Desenvolvendo Habilidades Empreendedoras! Vocêpoderá conferir alguns

Leia mais

MBA em Gestão Empreendedora Curso de Especialização Lato Sensu

MBA em Gestão Empreendedora Curso de Especialização Lato Sensu MBA em Gestão Empreendedora Curso de Especialização Lato Sensu Introdução à Educação a Distância (EAD); Inovação e Empreendedorismo; Políticas Públicas em Educação; Gestão de Processos; Gestão Estratégica;

Leia mais

AGENDA MARÇO E ABRIL 2016 ESCRITÓRIO REGIONAL DE PIRACICABA

AGENDA MARÇO E ABRIL 2016 ESCRITÓRIO REGIONAL DE PIRACICABA 1 AGENDA MARÇO E ABRIL 2016 ESCRITÓRIO REGIONAL DE PIRACICABA PLANEJAMENTO PLANEJAMENTO: O PRIMEIRO PASSO PARA COMEÇAR O SEU NEGÓCIO PALESTRA QUE VISA SENSIBILIZAR OS PARTICIPANTES A IDENTIFICAR AS OPORTUNIDADES

Leia mais

6. MATRIZ CURRICULAR 6.1. Núcleos de conhecimento estruturais do curso e respectivos componentes curriculares

6. MATRIZ CURRICULAR 6.1. Núcleos de conhecimento estruturais do curso e respectivos componentes curriculares 6. MATRIZ CURRICULAR 6.1. Núcleos de conhecimento estruturais do curso e respectivos componentes curriculares O perfil de profissional a ser formado pelo Curso de Graduação em da UFSCar/Sorocaba baseia-se

Leia mais

Manual do Aluno Engenharia Insper i

Manual do Aluno Engenharia Insper i Manual do Aluno Engenharia Insper i Capítulo 1 A visão do Insper para a Engenharia A missão dos cursos de engenharia do Insper é: Desenvolver jovens engenheiros que estarão preparados para reconhecer as

Leia mais

ACADEMIA JACAREZINHO Maio/2009 Charles Pantoja Esteves Administrador de Empresas / Analista de Sistemas

ACADEMIA JACAREZINHO Maio/2009 Charles Pantoja Esteves Administrador de Empresas / Analista de Sistemas ACADEMIA JACAREZINHO Maio/2009 Charles Pantoja Esteves Administrador de Empresas / Analista de Sistemas S - Strenghts - Pontos Fortes W - Weaknesses - Pontos Fracos O - Opportunities - Oportunidades T

Leia mais

PARTE III Mitos e Verdades do Empreendedorismo

PARTE III Mitos e Verdades do Empreendedorismo FATERN Faculdade de Excelência Educacional do RN Coordenação Tecnológica de Redes e Sistemas Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Empreendedorismo: Uma Introdução Prof. Fabio Costa Ferrer,

Leia mais

Disciplina: Política de Negócios e Empreendedorismo. Carga horária outras: 20 (ATPS e outras atividades)

Disciplina: Política de Negócios e Empreendedorismo. Carga horária outras: 20 (ATPS e outras atividades) Política de Negócios e Empreendedorismo Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Disciplina: Política de Negócios e Empreendedorismo Carga

Leia mais

Clientes fidelizados e satisfeitos

Clientes fidelizados e satisfeitos GESTÃO DE PESSOAS NAS EMPRESAS CONTÁBEIS Uma abordagem prática O QUE TODO EMPRESÁRIO SONHA... Pessoas qualificadas, motivadas e produtivas Baixa rotatividade Clientes fidelizados e satisfeitos PLANEJAMENTO

Leia mais

VALORES E PRINCÍPIOS DA SIKA

VALORES E PRINCÍPIOS DA SIKA CONSTRUINDO CONFIANÇA SIKA UM LÍDER GLOBAL COM PRINCÍPIOS E TRADIÇÃO Fundada na Suíça pelo criador visionário Sr. Kaspar Winkler há mais de 100 anos, a Sika tornou-se uma empresa de sucesso mundial assumindo

Leia mais

FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO DE CONSELHEIROS PARA CONSELHOS DE PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO DE CONSELHEIROS PARA CONSELHOS DE PORTADORES DE DEFICIÊNCIA CENTRO DE DEFESA DE DIREITOS HUMANOS DE BETIM FUNDAÇÃO BANCO DO BRASIL FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO DE CONSELHEIROS PARA CONSELHOS DE PORTADORES DE DEFICIÊNCIA PALESTRANTE ANA RITA DE MACEDO MOURA Psicóloga

Leia mais

Acompanhamento de Desenvolvimento Profissional.

Acompanhamento de Desenvolvimento Profissional. Acompanhamento de www.motvirtual.com.br O Processo de Avaliação de Desempenho Envolve: Planejamento; Acompanhamento; Desenvolvimento O Processo de Avaliação de Desempenho Envolve: Planejamento; Análise

Leia mais

empreendedorismo UNIDADE iii- PROCESSO EMPREENDEDOR; AMBIENTES E CARACTERÍSTICAS DE NEGÓCIO.

empreendedorismo UNIDADE iii- PROCESSO EMPREENDEDOR; AMBIENTES E CARACTERÍSTICAS DE NEGÓCIO. empreendedorismo UNIDADE iii- PROCESSO EMPREENDEDOR; AMBIENTES E CARACTERÍSTICAS DE NEGÓCIO. PROCESSO EMPREENDEDOR SE DESENVOLVE AO LONGO DO TEMPO E SE MOVE POR MEIO DE FASES DISTINTAS, MAS INTIMAMENTE

Leia mais

PLANO DE ENSINO CH NÃO PRESENCIAL E PROJETOS: 16 EMENTA

PLANO DE ENSINO CH NÃO PRESENCIAL E PROJETOS: 16 EMENTA PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO COMPONENTE CURRICULAR: Empreendedorismo CH TEÓRICA/PRÁTICA: 24 CH NÃO PRESENCIAL E PROJETOS: 16 EMENTA CARGA HORÁRIA TOTAL: 40 Sistemas e processos organizacionais. Empreendedorismo

Leia mais

Rodrigo Castro

Rodrigo Castro 1 2 A melhor maneira de encontrar o seu cliente é ser encontrado por ele. Conrado Adolpho PESQUISA POR QUE DEVO TER UM SITE? 3 86% DAS PESSOAS pesquisam na internet antes de decidir se compra de uma empresa

Leia mais

Pequenas e Médias Empresas na Índia. Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios

Pequenas e Médias Empresas na Índia. Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios Pequenas e Médias Empresas na Índia Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios De acordo com a Lei de Desenvolvimento das Micro, Pequenas e Médias Empresas da Índia,

Leia mais

TÍTULO: LEVANTAMENTO DO NÚMERO DE MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI) EM ITAJUBÁ-MG NO PERÍODO DE 2009 A 2012, COMPARANDO OS ATIVOS COM OS ENCERRADOS.

TÍTULO: LEVANTAMENTO DO NÚMERO DE MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI) EM ITAJUBÁ-MG NO PERÍODO DE 2009 A 2012, COMPARANDO OS ATIVOS COM OS ENCERRADOS. Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: LEVANTAMENTO DO NÚMERO DE MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI) EM ITAJUBÁ-MG NO PERÍODO DE 2009

Leia mais

Padrão de Vencimento. João Pessoa, de maio de Cargo

Padrão de Vencimento. João Pessoa, de maio de Cargo INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA FICHA DE INSCRIÇÃO Curso: Excelência na Prestação de Serviços na Administração Pública Módulo I Excelência no Relacionamento e Atendimento

Leia mais

Integrantes do Projeto: Ádila Almeida Francisco Brasil Rodrigo Rodrigues Paula Aguiar

Integrantes do Projeto: Ádila Almeida Francisco Brasil Rodrigo Rodrigues Paula Aguiar Integrantes do Projeto: Ádila Almeida Francisco Brasil Rodrigo Rodrigues Paula Aguiar Desenho da marca O conceito da marca LEVE esta baseada na sensação de frescor, leveza e rejuvenescimento da epiderme.

Leia mais

Alessandro Almeida 20/08/ Semestre de 2013 CCO-NA3

Alessandro Almeida  20/08/ Semestre de 2013 CCO-NA3 Alessandro Almeida www.alessandroalmeida.com 20/08/2013 2 Semestre de 2013 CCO-NA3 Inscrições: http://www.bsp.edu.br/eventos/palestras/?id=920 Instituto Beleza Natural: Uma história que poderia ser sua!

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Médio

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Médio PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015 Ensino Médio Código: 262 ETEC ANHANGUERA Município: Santana de Parnaíba Componente Curricular: Planejamento Empresarial e Empreendedorismo Série: 1º Eixo Tecnológico:

Leia mais

Talentos Administrativos

Talentos Administrativos Programa de Desenvolvimento dos Administrativos Talentos Administrativos Turma 2015/16 Talentos Administrativos 1 Objetivo Geral Desenvolver os Assistentes e Auxiliares Administrativos de forma a prepará-los

Leia mais

Política de Negócios e Empreendedorismo Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Política de Negócios e Empreendedorismo Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Política de Negócios e Empreendedorismo Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios O empreendedor não é uma ilha isolada no oceano. Por meio

Leia mais