A família da capa faz parte do Bolsa Família

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A família da capa faz parte do Bolsa Família"

Transcrição

1

2 Copyright 2006 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial. A família da capa faz parte do Bolsa Família

3 Bolsa Família: Agenda de Compromissos da Família Sumário Apresentação O Programa Bolsa Família Quem pode fazer parte do Bolsa Família A entrada da família no Programa Valores dos benefícios Como o Bolsa Família é pago Compromissos e responsabilidades Compromissos de educação Compromissos de saúde Trabalho e renda Controle social e Fiscalização Informações importantes Calendário de pagamentos de Anote dados importantes

4 4

5 Bolsa Família: Agenda de Compromissos da Família Esta sua Agenda de Compromissos contém informações sobre o Programa Bolsa Família. Você vai ver os direitos e deveres das famílias atendidas pelo Programa. E também os compromissos do Programa com você e sua família. É importante que toda a família conheça bem e cumpra esses deveres. A sua Agenda de Compromissos também traz as principais orientações sobre o que a família deve fazer para permanecer no Programa. O Bolsa Família faz parte do Fome Zero. O objetivo do Fome Zero é garantir o direito à alimentação adequada, com preferência para as pessoas com dificuldade de acesso a alimentos. Como o próprio nome diz, o Bolsa Família foi feito para atender a toda a família. Guarde esta Agenda com carinho e leia sempre que precisar. Boa leitura e boa sorte! 5

6 O Programa Bolsa Família O Governo Federal criou o Programa Bolsa Família para apoiar as famílias mais pobres e garantir o direito à alimentação. Para isso, Governo Federal transfere renda direto para as famílias. O saque é feito a cada mês com seu cartão magnético. O Governo Federal também promove o acesso das famílias do Bolsa Família a educação e saúde. As famílias devem fazer a sua parte. Seus filhos devem freqüentar a escola e a família deve manter o 6

7 Bolsa Família: Agenda de Compromissos da Família acompanhamento da saúde em dia, principalmente para as crianças e gestantes. Esse dinheiro a mais permite que as famílias vivam melhor. Mas o compromisso do Governo vai mais longe. Por exemplo: promover cursos de alfabetização para quem não sabe ler e escrever e atividades para ajudar você e seus familiares a fazer trabalhos novos e gerar renda para sua família. O Bolsa Família juntou num só Programa o Auxílio Gás, o Bolsa Escola, O Bolsa Alimentação e o Cartão Alimentação. E também incluiu famílias que não recebiam nenhum desses benefícios e estão de acordo com os critérios do Programa. Em todo o Brasil milhões de famílias já são atendidas pelo Programa Bolsa Família. Tire suas dúvidas sobre o Bolsa Família. Ligue para o telefone A ligação é de graça, você não paga nada. Por esse telefone você fala com os técnicos do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome MDS. 7

8 O Bolsa Família foi feito para quem precisa! 8

9 Bolsa Família: Agenda de Compromissos da Família Quem pode fazer parte do Bolsa Família? Podem fazer parte do Bolsa Família: As famílias com renda por mês de até R$ 50,00 por pessoa. As famílias com renda por mês de R$ 50,01 a R$ 100,00 por pessoa que tenham crianças de zero a 15 anos ou gestantes. Para calcular a renda familiar, faça assim: Some o dinheiro que todas as pessoas soas ganham por mês e divida pelo nú- mero de pessoas. Nessa conta não entram os benefícios de outros progra mas, como Peti e Agente Jovem. Mas aposentadorias devem entrar na conta. Lembre-se: Se a sua família atende aos critérios do Programa, receber o benefício é um direito seu, não é favor de ninguém. 9

10 A entrada da família no Programa Antes de entrar no Programa a família tem de ser cadastrada. Esse cadastro federal se chama Cadastro Único. As informações que você dá para o cadastrador passam a fazer parte da sua ficha de cadastro. Todas as informações devem ser verdadeiras. E devem sempre ser atualizadas. 10

11 Bolsa Família: Agenda de Compromissos da Família O Cadastro Único funciona assim: Quem cadastra as famílias são as prefeituras. Em cada prefeitura há um encarregado de administrar o Bolsa Família. No Programa, esse encarregado é chamado gestor e é ele quem coordena o cadastramento. Para ser cadastrada a família precisa responder a um questionário com muitas perguntas. É importante responder de modo completo, claro e verdadeiro. Depois da ficha de cadastro feita, a prefeitura digita os dados e manda para o Governo Federal. O Governo Federal analisa as informações e identifica as famílias que devem entrar no Programa, de acordo com a lei. O Cadastro Único cadastra muitas famílias. A maioria tem direito a entrar no Bolsa Família. Além de cadastrar as famílias, as prefeituras são parceiras do Governo Federal em outras atividades do Programa. São as prefeituras que informam se as crianças estão freqüentando a escola e se a família está com a situação de saúde em dia. Também ajudam a organizar outros programas importantes para o desenvolvimento das famílias. Os governos dos estados também são parceiros do Programa Bolsa Família. 11

12 Valores dos benefícios Veja os valores dos benefícios do Bolsa Família: Benefício variável: Todas as famílias do Programa recebem R$ 15,00 por criança de zero a 15 anos de idade e por gestante, até o limite de três crianças por família. Ou seja, até R$ 45,00. Por isso é chamado de benefício variável: varia conforme o tamanho da família. Benefício básico: Além do variável, as famílias que mais precisam, com renda de até R$ 50,00 por mês por pessoa, recebem mais R$ 50,00. É o chamado benefício básico. Você soma os dois para saber quanto a sua família deve receber! 12

13 Bolsa Família: Agenda de Compromissos da Família Perfil/Tipo da Família Benefício Básico Benefício Variável Total Família com renda por pessoa de até R$ 50,00 por mês 50,00 15,00 a 45,00 50,00 a 95,00 Família com renda por pessoa de R$ 50,01 a R$ 100,00 por mês - 15,00 a 45,00 15,00 a 45,00 13

14 Como o Bolsa Família é pago Toda família que entra no Programa recebe um cartão magnético para sacar o benefício. O cartão é feito em nome do responsável legal pela família, que é de preferência a mulher. O responsável legal é o titular do cartão. A Caixa Econômica Federal entrega o cartão e paga os benefícios. Você pode sacar nas agências as da CAIXA, nas lotéricas ou em parceiros da CAIXA para o pagamento, como armazéns, mercados, padarias e outros. Ao receber o seu pagamento, procure ler e entender o extrato da CAIXA, que sempre traz mensagens do seu interesse. Você é o responsável pelo seu cartão. O cartão é de uso pessoal e não pode ser emprestado nem transferido para outra pessoa. Guarde na cabeça a sua senha: não anote junto ao cartão e não conte a ninguém. 14

15 Bolsa Família: Agenda de Compromissos da Família Tire suas dúvidas sobre o pagamento. Ligue para o telefone A ligação é de graça, você não paga nada. Por esse telefone você fala com os técnicos da Caixa Econômica Federal, parceira do Programa. 15

16 Sua família agora faz parte do Programa Bolsa Família. É preciso ficar atento para os seus compromissos e responsabilidades.

17 Bolsa Família: Agenda de Compromissos da Família Compromissos e Responsabilidades As famílias que entram no Programa assumem alguns compromissos com a saúde e a educação de todos os seus membros. Principalmente de suas crianças, adolescentes e mulheres grávidas. Cumprir esses compromissos faz parte das regras para permanecer no Programa. Além disso, é preciso estar atento a chances de melhoria para todos. Procure saber se perto da sua casa existe uma Casa das Famílias, que também é chamada de Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). Este é um bom lugar para você ter informações importantes e para buscar atendimento na área social. Nessas casas, você e seus familiares encontram informações e atendimento para outras necessidades. Todos devem cumprir seus compromissos: sua família, o Governo Federal, as prefeituras, os parceiros do Programa. 17

18 Compromissos de educação Em relação à educação, para continuar recebendo o benefício, sua família deve: Matricular as crianças e adolescentes de 6 a 15 anos na escola. Garantir a freqüência de no mínimo 85% das aulas a cada mês. Se houver falta às aulas, é preciso informar à escola e explicar a razão. Informar ao gestor do Programa na prefeitura sempre que alguma criança mudar de escola. Assim os técnicos da prefeitura vão poder continuar acompanhando a freqüência dos seus filhos. 18

19 Bolsa Família: Agenda de Compromissos da Família Se alguma criança precisar faltar, avise à escola! 19

20 Compromissos de educação Na educação, a escola faz a sua parte e a família faz a sua parte. Por isso, é importante: Acompanhar o aprendizado das crianças. Conversar sempre com a professora. Comparecer às reuniões na escola. 20

21 Bolsa Família: Agenda de Compromissos da Família Tire suas dúvidas sobre os compromissos de educação. Ligue para o telefone A ligação é de graça, você não paga nada. Por esse telefone você fala com os técnicos do Ministério da Educação, parceiro do Programa. 21

22 Compromissos de saúde Para os responsáveis pelas crianças menores de 7 anos: Levar a criança para vacinação e manter atualizado o calendário de vacinação. Levar a criança para pesar, medir e ser examinada conforme o calendário do Ministério da Saúde. Para as gestantes e as mães que amamentam: Participar do pré-natal e ir às consultas na unidade de saúde. Continuar o acompanhamento depois do parto, de acordo com o calendário do Ministério da Saúde. Leve sempre o seu Cartão da Gestante. Participar das atividades educativas desenvolvidas pelas equipes de saúde sobre aleitamento materno e alimentação saudável. 22

23 Bolsa Família: Agenda de Compromissos da Família Tire suas dúvidas sobre os compromissos de saúde. Ligue para o telefone A ligação é de graça, você não paga nada. Por esse telefone você fala com os técnicos do Ministério da Saúde, parceiro do Programa. 23

24 Compromissos de saúde Uma gravidez saudável Tenha uma gravidez tranqüila e um neném saudável. Faça o pré-natal desde os primeiros três meses de gravidez. Após o nascimento Pergunte ao seu médico, enfermeiro ou agente comunitário de saúde sobre as vacinas e o teste do pezinho. São de graça e podem prevenir doenças. Após o parto, faça o acompanhamento da sua saúde e da saúde de seu filho. A amamentação O leite da mãe é o melhor alimento para o neném. Quanto mais o neném mama, mais a mãe produz leite. O leite materno é forte para manter a saúde, o crescimento e o ganho de peso do neném. 24

25 Bolsa Família: Agenda de Compromissos da Família O neném deve mamar só leite materno até os seis meses. A partir dos seis meses, deve começar a tomar outros alimentos. Mas deve continuar mamando até dois anos de idade ou mais. Seu filho, um novo cidadão Logo após o nascimento, a criança deve ser registrada. É de graça, é um direito da criança e é um dever dos pais. A maternidade ou o hospital fornece a Declaração de Nascido Vivo. Essa declaração deve ser levada ao Cartório de Registro Civil para que a criança seja registrada. Se o parto foi feito em casa, basta que o pai, a mãe ou alguém responsável vá ao cartório e registre a criança. Lembre-se Guarde com cuidado o Cartão de Saúde da Criança e o Cartão da Gestante. 25

26 Trabalho e Renda Muitas entidades da comunidade e governos promovem treinamentos para ensinar novas habilidades para as pessoas. E oferecem atividades de geração de trabalho e renda que podem ajudar você a realizar novos trabalhos e aumentar a renda da sua família. Procure se manter informado. E participe sempre que puder. 26

27 Bolsa Família: Agenda de Compromissos da Família O Controle Social no Bolsa Família Em todos os municípios está sendo construído o Conselho ou Comitê de Controle Social do Bolsa Família. O Conselho verifica se as famílias do Programa atendem aos critérios para fazer parte. E verifica também se o Programa atende com qualidade às famílias que realmente precisam. Você pode falar com as pessoas que fazem parte do Conselho ou Comitê sempre que tiver dúvidas sobre o Programa, ou para fazer reclamações e denúncias. Fiscalização Para ajudar na fiscalização do Bolsa Família foi criada a Rede Pública de Fiscalização. A Rede fortalece o controle do Programa. E assim garante que os benefícios cheguem aos que mais necessitam. A Rede é uma parceria do MDS com os Ministérios Públicos Federal e Estaduais, a Controladoria Geral da União (CGU) e o Tribunal de Contas da União (TCU). Se você precisar, procure o promotor ou o procurador de Justiça da sua cidade. 27

28 Informações importantes Veja o que fazer se houver mudanças: Mudança de endereço: Avise sempre a prefeitura se mudar de endereço. O seu novo endereço deve ser registrado no Cadastro Único. Não esqueça de levar um comprovante do novo endereço. Uma conta de luz, por exemplo. Mudança de escola de seus dependentes (de 6 a 15 anos): Leve a declaração de matrícula da nova escola à prefeitura. Mantenha a ficha do cadastro da sua família sempre atualizada. Se alguma coisa mudar, procure a prefeitura para atualizar os seus dados. 28

29 Bolsa Família: Agenda de Compromissos da Família Mudança de cidade: Se você mudar de cidade, procure a prefeitura da cidade nova e informe os dos da sua família para a atualização no daa. Cadastro Único. É necessário atualizar o endereço. Leve seu cartão e toda a documentação dos membros da sua família. Aumento ou diminuição do número de pessoas da família: Leve à prefeitura cópia do documento de identidade ou certidão de nascimento da nova pessoa da família. Em caso de falecimento, leve a certidão de óbito. Mudança na renda da família: Alguém da família conseguiu emprego, teve aumento de salário ou passou a ganhar mais com serviços por conta própria? Nesses casos, s, é preciso informar à prefeitura. Do mesmo modo, se a renda diminuir, também é preciso informar à prefeitura. Se não precisar mais do benefício, você deve devolver o cartão e sair do Programa. A todo momento há novas famílias que precisam entrar no Programa. 29

30 Mudança de responsável legal: O responsável legal é o titular do cartão. Se a família tiver de substituir o titular, o novo responsável legal deve ir à prefeitura. Lembre-se: em cada prefeitura há um gestor, encarregado de administrar o Programa. O pedido deve ser justificado e acompanhado da documentação. Por exemplo: em caso de falecimento, levar a certidão de óbito. Em caso de invalidez, levar a declaração do INSS. Em caso de abandono, levar a declaração do Conselho Tutelar. Revisão do benefício: O cadastro deve ser mantido em dia. Pelo menos a cada dois anos, o titular deve procurar a prefeitura para fazer a revisão do benefício. A prefeitura atualiza o cadastro e examina a nova situação. Se a família atender aos critérios, continua recebendo o benefício. 30

31 Bolsa Família: Agenda de Compromissos da Família Lembre-se: O programa só atende às famílias que estão de acordo com os critérios definidos na lei. Se alguém receber de forma indevida, terá de devolver a quantia recebida. A lei prevê que o dinheiro seja devolvido com juros. Também é bom lembrar: Se alguém que não precisa recebe, outra família, que precisa mais, pode deixar de receber. Estas informações também são importantes: Se o seu benefício for bloqueado ou cancelado, procure informações na prefeitura. Leve sempre um extrato de pagamento e o seu cartão. Se o titular não puder receber o benefício, ele ou alguém de sua família deve procurar a prefeitura. O gestor do Programa pode autorizar outra pessoa a receber. 31

32 Fique atento à data de pagamento do benefício. O calendário está nos locais de pagamento. Você pode sacar em até 90 dias. Depois de 90 dias você não consegue mais sacar. As famílias atendidas pelo Programa devem participar dos treinamentos oferecidos pelas prefeituras. Há sempre cursos de alfabetização, e você e seus familiares também podem aprender novas habilidades. E podem reforçar a renda da família com seu trabalho. O seu benefício é sacado sempre em dinheiro. É você quem decide onde e o que comprar. Se você recebe o dinheiro num armazém, por exemplo, só compre alguma coisa se for útil para sua família. Em caso de problemas no pagamento, procure a prefeitura e conte sobre o problema. Se sua família está no Bolsa Família mas ainda não recebeu o cartão do Programa, não se preocupe. Você pode continuar recebendo o benefício com o cartão do Bolsa Escola, do Bolsa Alimentação ou o Cartão do Cidadão. Nos próximos meses você vai receber um novo cartão diretamente na sua casa. A partir daí, passe a usar apenas o cartão do Bolsa Família. 32

33 Bolsa Família: Agenda de Compromissos da Família Calendário de Pagamentos de 2006 No início do próximo ano, pegue o novo calendário de pagamento no local onde você recebe o benefício do Bolsa Família. NIS Terminado em: Mês do Benefício Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez 1 25/1 20/2 27/3 24/4 25/5 26/6 25/7 25/8 25/9 25/10 24/11 15/ /1 21/2 28/3 25/4 26/5 27/6 26/7 28/8 26/9 26/10 27/11 18/ /1 22/2 29/3 26/4 29/5 28/6 27/7 29/8 27/9 27/10 28/11 19/ /1 23/2 30/3 27/4 30/5 29/6 28/7 30/8 28/9 30/10 29/11 20/ /1 24/2 31/3 28/4 31/5 30/6 31/7 31/8 29/9 31/10 30/11 21/12 6 1º/2 1º/3 3/4 2/5 1º/6 3/7 1º/8 1º/9 2/10 1º/11 1º/12 22/12 7 2/2 2/3 4/4 3/5 2/6 4/7 2/8 4/9 3/10 3/11 4/12 26/12 8 3/2 3/3 5/4 4/5 5/6 5/7 3/8 5/9 4/10 6/11 5/12 27/12 9 6/2 6/3 6/4 5/5 6/6 6/7 4/8 6/9 5/10 7/11 6/12 28/12 0 7/2 7/3 7/4 8/5 7/6 7/7 7/8 8/9 6/10 8/11 7/12 29/12 Importante: Algumas famílias podem sacar no mês, outras só podem sacar no início do mês seguinte. Confira na coluna da esquerda o último número do seu NIS. O dia do mês na mesma linha desse número é o dia a partir do qual você pode sacar seu benefício. 33

34 Anote dados importantes Responsável pelo Bolsa Família no município: Unidade de saúde mais próxima de sua casa: Escola: Casa das Famílias (CRAS): Anote seus dados Nome: NIS*: Informações dos outros membros da família: Nome: NIS*: Nome: NIS*: Nome: NIS*: Nome: NIS*: * Atenção: NIS é o Número de Identificação Social. Cada membro da sua família possui um NIS diferente. O NIS do responsável legal está no Cartão do Bolsa Família.

35 Bolsa Família: Agenda de Compromissos da Família Anotações:

36 Tire suas dúvidas sobre o Bolsa Família. Ligue para o telefone Se você ler esta Agenda para uma família que faz parte do Programa Bolsa Família, passe todas as informações corretamente.

Explicando o Bolsa Família para Ney Matogrosso

Explicando o Bolsa Família para Ney Matogrosso Pragmatismo Político, 14 de maio de 2014 Explicando o Bolsa Família para Ney Matogrosso Criticado por Ney Matogrosso e peça da campanha de Aécio, Campos e Dilma, benefício é pago para 14 milhões de famílias.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO PRETO Secretaria da Saúde

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO PRETO Secretaria da Saúde PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO PRETO Secretaria da Saúde PAPEL DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE NO PROGRAMA BOLSA FAMILIA A Secretaria Municipal de Saúde deverá conforme Art. 14 do Decreto n.º 5.209,

Leia mais

P O R G O R G A R M A A M A B O B L O S L A S A F A F M A Í M L Í I L A

P O R G O R G A R M A A M A B O B L O S L A S A F A F M A Í M L Í I L A PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA Acompanhamento da Frequência Escolar de Crianças e Jovens em Vulnerabilidade - Condicionalidade Educação do Programa Bolsa Família 2003 -Governo Federal unifica, no Programa Bolsa-Família,

Leia mais

NOTA TÉCNICA N o 028/2015

NOTA TÉCNICA N o 028/2015 NOTA TÉCNICA N o 028/2015 Brasília, 07 de dezembro de 2015. ÁREA: Desenvolvimento Social TÍTULO: Condicionalidades e Processos Administrativos do Programa Bolsa Família. REFERÊNCIAS: Medida Provisória

Leia mais

O QUE REPRESENTA O ACOMPANHAMENTO DAS CONDICIONALIDADES DE SAÚDE DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA PARA O SUS?

O QUE REPRESENTA O ACOMPANHAMENTO DAS CONDICIONALIDADES DE SAÚDE DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA PARA O SUS? O QUE REPRESENTA O ACOMPANHAMENTO DAS CONDICIONALIDADES DE SAÚDE DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA PARA O SUS? Coordenação-Geral de Saúde das Mulheres CONDICIONALIDADES DE SAÚDE Mulheres entre 14 e 44 anos: Pré-natal

Leia mais

maio/16 Documentos e Formulários para o Processo de Sinistro

maio/16 Documentos e Formulários para o Processo de Sinistro maio/16 Documentos e Formulários para o Processo de Sinistro Conte conosco! O Itaú está à sua disposição e sabe a importância de oferecer a você o apoio necessário neste momento. Por isso, preparamos este

Leia mais

CLUBE DE BENEFÍCIOS SINDIRECEITA GUIA DO USUÁRIO

CLUBE DE BENEFÍCIOS SINDIRECEITA GUIA DO USUÁRIO CLUBE DE BENEFÍCIOS SINDIRECEITA GUIA DO USUÁRIO ÍNDICE 1 - Sua tela de login 03 2 - Tela Convênios 07 3 - Tela turismo 15 4 - Tela Carros 21 5 - Tela Medicamento 26 6 - Tela Promoções 28 7 - Área do Cliente

Leia mais

A Gravidez e a Doença Inflamatória Intestinal

A Gravidez e a Doença Inflamatória Intestinal A Gravidez e a Doença Inflamatória Intestinal Índice Introdução...03 À espera da cegonha...04 Peito ou mamadeira?...05 Alimentação na gestação...08 Introdução A gravidez não é uma fase fácil. Durante este

Leia mais

Você já deve ter encontrado, no seu município, pessoas que não puderam ser. cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal

Você já deve ter encontrado, no seu município, pessoas que não puderam ser. cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal Caro gestor, Você já deve ter encontrado, no seu município, pessoas que não puderam ser cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) porque não possuíam sequer a certidão

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES Página 1 de 28 Atualização: da poupança jun/81 1 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00 26.708,00-0,000% - 26.708,00 26.708,00 26.708,00 jul/81 2 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00

Leia mais

GESTÃO E OPERACIONALIZAÇÃO DO SUAS NOS MUNICÍPIOS REGIÃO CENTRO-OESTE. RIO VERDE/GO, 03 e 04 de abril de 2013

GESTÃO E OPERACIONALIZAÇÃO DO SUAS NOS MUNICÍPIOS REGIÃO CENTRO-OESTE. RIO VERDE/GO, 03 e 04 de abril de 2013 Encontro Regional CONGEMAS GESTÃO E OPERACIONALIZAÇÃO DO SUAS NOS MUNICÍPIOS REGIÃO CENTRO-OESTE RIO VERDE/GO, 03 e 04 de abril de 2013 Cadastro Único para Programas Sociais Definição Instrumento de identificação

Leia mais

Estás grávida? Podemos ajudar-te.

Estás grávida? Podemos ajudar-te. Estás grávida? Podemos ajudar-te. QUEM SOMOS? O Apoio à Vida é uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) nascida em 1998 com a finalidade de ajudar, acolher e formar adolescentes e mulheres

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº 2/2016-CVN/GVE/SUVISA. Em 23 de agosto de 2016

NOTA TÉCNICA Nº 2/2016-CVN/GVE/SUVISA. Em 23 de agosto de 2016 SUPERINTENDÊNCIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE GERÊNCIA DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA COORDENAÇÃO DE VIGILÂNCIA NUTRICIONAL NOTA TÉCNICA Nº 2/2016-CVN/GVE/SUVISA Em 23 de agosto de 2016 ASSUNTO: Operacionalização

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE SECRETARIA ESPECIAL DE SAÚDE INDÍGENA

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE SECRETARIA ESPECIAL DE SAÚDE INDÍGENA MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE SECRETARIA ESPECIAL DE SAÚDE INDÍGENA ORIENTAÇÕES PARA O ACOMPANHAMENTO DAS CONDICIONALIDADES DE SAÚDE DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA DE FAMÍLIAS INDÍGENAS

Leia mais

Visita domiciliar ao recém nascido: uma prática Interdisciplinar.

Visita domiciliar ao recém nascido: uma prática Interdisciplinar. TÍTULO DA PRÁTICA: Visita domiciliar ao recém nascido: uma prática Interdisciplinar. CÓDIGO DA PRÁTICA: T23 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 a)situação problema e/ou demanda inicial que

Leia mais

CANAIS DE ATENDIMENTO. Saiba como fazer as operações bancárias em qualquer lugar e em horários diferenciados

CANAIS DE ATENDIMENTO. Saiba como fazer as operações bancárias em qualquer lugar e em horários diferenciados CANAIS DE ATENDIMENTO Saiba como fazer as operações bancárias em qualquer lugar e em horários diferenciados RÁPIDO, PRÁTICO E EM QUALQUER LUGAR! Com o objetivo de facilitar o seu dia a dia, os bancos disponibilizam

Leia mais

Instrumento de Monitoramento da Vigilância do Óbito MIF/Materno, Infantil e Fetal 2013. DIRES: Microrregião: Macrorregião:

Instrumento de Monitoramento da Vigilância do Óbito MIF/Materno, Infantil e Fetal 2013. DIRES: Microrregião: Macrorregião: GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Secretaria da Saúde do Estado da Bahia Instrumento de Monitoramento da Vigilância do Óbito MIF/Materno, Infantil e Fetal 2013 Município: População: DIRES: Microrregião: Macrorregião:

Leia mais

Agências da Caixa abrem neste sábado para saques do FGTS Sáb, 11 de Março de :57 - Última atualização Sáb, 11 de Março de :03

Agências da Caixa abrem neste sábado para saques do FGTS Sáb, 11 de Março de :57 - Última atualização Sáb, 11 de Março de :03 Para atender a população interessada em sacar as contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), a Caixa Econômica Federal (CEF) realizará um plantão de atendimento em mais de 1.800 agências

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Programa Bolsa Família AGENDA DA FAMÍLIA DISTRIBUIÇÃO GRATUITA Copyright 2009 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Todos os direitos

Leia mais

PROTOCOLO PARA APLICAÇÃO DO QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO DA VIGILÂNCIA ALIMENTAR E NUTRICIONAL NA ATENÇÃO BÁSICA Gestor da Unidade Básica de Saúde

PROTOCOLO PARA APLICAÇÃO DO QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO DA VIGILÂNCIA ALIMENTAR E NUTRICIONAL NA ATENÇÃO BÁSICA Gestor da Unidade Básica de Saúde PROTOCOLO PARA APLICAÇÃO DO QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO DA VIGILÂNCIA ALIMENTAR E NUTRICIONAL NA ATENÇÃO BÁSICA Gestor da Unidade Básica de Saúde As informações devem ser coletadas EXCLUSIVAMENTE com o gestor

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE RENDA DE CIDADANIA SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE RENDA DE CIDADANIA SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE RENDA DE CIDADANIA SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL INSTRUÇÃO OPERACIONAL CONJUNTA SENARC/SNAS MDS Nº 01, DE 14 DE

Leia mais

O que é controle de contas a pagar

O que é controle de contas a pagar O que é controle de contas a pagar Um controle de contas a pagar serve para anotar e projetar todas as despesas de uma empresa, desde pagamentos futuros, contas parceladas e valores que apesar de não estarem

Leia mais

Programa de Alimentação Escolar Programa Bolsa Família

Programa de Alimentação Escolar Programa Bolsa Família Programa de Alimentação Escolar Programa Bolsa Família Anderson Pinheiro e Silva Auditor Federal Tribunal de Contas da União Programa Nacional de Alimentação Escolar - PNAE Programa Nacional de Alimentação

Leia mais

Os primeiros passos para o empreendedori smo digital.

Os primeiros passos para o empreendedori smo digital. Os primeiros passos para o empreendedori smo digital. Aprenda primeiro e coloque em prática. Índice: Introdução O que é preciso para se tornar um empreendedor digital. Quais os passos que é preciso seguir

Leia mais

Como usar o Agendor para fazer follow up com clientes

Como usar o Agendor para fazer follow up com clientes Como usar o Agendor para fazer follow up com clientes Aprenda na prática, como o Agendor pode ajudar na sua rotina de follow up e ainda fazer com que você não esqueça de potenciais clientes 2 O follow

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A MATRÍCULA ANO LETIVO 2016 NAS UNIDADES EDUCACIONAIS DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL EDITAL DE MATRÍCULA 01/15

ORIENTAÇÕES PARA A MATRÍCULA ANO LETIVO 2016 NAS UNIDADES EDUCACIONAIS DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL EDITAL DE MATRÍCULA 01/15 ORIENTAÇÕES PARA A MATRÍCULA ANO LETIVO 2016 NAS UNIDADES EDUCACIONAIS DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL EDITAL DE MATRÍCULA 01/15 Fixa datas e estabelece orientações e critérios para a matrícula e rematrícula

Leia mais

Limite de movimentação R$ 3 mil/mês Limite de saldo R$ 3 mil/mês Serviços essenciais gratuitos:

Limite de movimentação R$ 3 mil/mês Limite de saldo R$ 3 mil/mês Serviços essenciais gratuitos: A partir de março de 2016, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e a Caixa Econômica Federal (CAIXA) vão oferecer uma nova modalidade de pagamento dos benefícios do Programa Bolsa

Leia mais

Município: OURO PRETO / MG

Município: OURO PRETO / MG Município: OURO PRETO / MG O Plano Brasil Sem Miséria O Plano Brasil Sem Miséria foi lançado em junho de 2011 com o desafio de superar a extrema pobreza no país. O público definido como prioritário foi

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania. MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria de Atenção à Saúde

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania. MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria de Atenção à Saúde Instrução Operacional Conjunta SENARC/MDS/SAS/MS nº 11 Brasília, 18 de novembro de 2011. 1 INTRODUÇÃO Assunto: Divulga informações e procedimentos sobre a implantação do Benefício Variável destinado a

Leia mais

REGULAMENTO EMPRÉSTIMO DE MATERIAIS ESCOLARES

REGULAMENTO EMPRÉSTIMO DE MATERIAIS ESCOLARES Associação Doutor Joaquim de Carvalho REGULAMENTO EMPRÉSTIMO DE MATERIAIS ESCOLARES Introdução O Centro de Documentação Joaquim de Carvalho da Associação Dr. Joaquim de Carvalho, tem como principal objetivo

Leia mais

Parto Normal. A importância de conhecer as vantagens.

Parto Normal. A importância de conhecer as vantagens. Parto Normal A importância de conhecer as vantagens. PARTO NORMAL Ser mãe é ter o prazer de se sentir especial não só durante os nove meses de gestação, mas pelo resto da vida. O momento do nascimento

Leia mais

Publicação do Edital 09/02/2017 Matrícula (somente presencial) 09/02 a 17/02/2017

Publicação do Edital 09/02/2017 Matrícula (somente presencial) 09/02 a 17/02/2017 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA 005/2017 CONVOCAÇÃO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS REMANESCENTES REFERENTE AO EDITAL Nº 02/2016 CURSO QUALIFICAÇÃO EM AUXILIAR DE ADMINISTRAÇÃO 2017/1 O DIRETOR GERAL DO INSTITUTO

Leia mais

ESCALA DE EXPOSITORES

ESCALA DE EXPOSITORES NÚCLEO HUMBERTO DE CAMPOS A SAÚDE DA MÃE E DO BEBÊ ESCALA DE ES - 2017 Emitido em: 19/03/2017 22:42:45 JAN - Aleitamento materno 12 Aleitamento Materno - preparando a gestante; Como amamentar; Gravidez

Leia mais

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+ CALENDÁRIO, 2015 7 A JAN. 0 QUARTA -1-0.0018 7022.5 3750.3 1 QUINTA 0 +0.0009 7023.5 3751.3 2 SEXTA 1 +0.0037 7024.5 3752.3 3 SÁBADO 2 +0.0064 7025.5 3753.3 4 DOMINGO 3 +0.0091 7026.5 3754.3 5 SEGUNDA

Leia mais

REQUISITOS PARA TEREM DIREITO AO RECURSO DO PASSE LIVRE ESTUDANTIL:

REQUISITOS PARA TEREM DIREITO AO RECURSO DO PASSE LIVRE ESTUDANTIL: REQUISITOS PARA TEREM DIREITO AO RECURSO DO PASSE LIVRE ESTUDANTIL: - Estar matriculado em instituição de ensino; - Morar no município e estudar em outro; - Ter renda per capita de até 1,5 salários mínimos

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

e-book 6 PASSOS PARA IMPLANTAR GESTÃO POR RESULTADOS E COMPROMETER SUA EQUIPE www.smartleader.com.br

e-book 6 PASSOS PARA IMPLANTAR GESTÃO POR RESULTADOS E COMPROMETER SUA EQUIPE www.smartleader.com.br e-book ÍNDICE SEU CONTEÚDO PRIMEIRO PASSO SENSIBILIZAR As principais técnicas para sensibilizar sua equipe 03 SEGUNDO PASSO CRIAR OBJETIVOS A importância de definir objetivos para a empresa 06 TERCEIRO

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

Município: GOVERNADOR VALADARES / MG

Município: GOVERNADOR VALADARES / MG O Plano Brasil Sem Miséria O Plano Brasil Sem Miséria foi lançado com o desafio de superar a extrema pobreza no país. O público definido como prioritário foi o dos brasileiros que estavam em situação de

Leia mais

Sistema de webconferência Mconf. Sessão 2

Sistema de webconferência Mconf. Sessão 2 Sistema de webconferência Mconf Sessão 2 O portal web é o ponto de entrada ao sistema Formato de rede social de usuários, comunidades e eventos Ele prôve: Autenticação de usuários Controle de permissões

Leia mais

[Entrevistador: As questões deste módulo são dirigidas às mulheres que tiveram o último parto posteriores a / / )

[Entrevistador: As questões deste módulo são dirigidas às mulheres que tiveram o último parto posteriores a / / ) Módulo S. Atendimento Pré-natal Agora vou lhe fazer perguntas sobre o atendimento pré-natal. [Entrevistador: As questões deste módulo são dirigidas às mulheres que tiveram o último parto posteriores a

Leia mais

Manual Geral de Aplicação Universal Entrada 2008

Manual Geral de Aplicação Universal Entrada 2008 Universal Entrada 2008 Programa Programa - Manual do Aplicador Teste Universal - 2008 Teste Cognitivo Leitura/Escrita e Matemática Caro alfabetizador(a): Se você está recebendo este material, é porque

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 02 ALGORITMOS

INFORMÁTICA APLICADA AULA 02 ALGORITMOS UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 02 ALGORITMOS Profª ª Danielle Casillo ALGORITMOS Um algoritmo é uma sequência de instruções

Leia mais

Uso consciente do plano de saúde AMS. Papo de hoje: Exames

Uso consciente do plano de saúde AMS. Papo de hoje: Exames Uso consciente do plano de saúde AMS Papo de hoje: Exames A Assistência Médica Supletiva (AMS) contempla plano médico, hospitalar, odontológico e de farmácia, de autogestão criado pela Vale e administrado

Leia mais

Guia de pagamento mensal do Microempreendedor Individual (DAS) 1 CM. Contribuições Mensais 1 CM 10 CM 12 CM 12 CM 180 CM.

Guia de pagamento mensal do Microempreendedor Individual (DAS) 1 CM. Contribuições Mensais 1 CM 10 CM 12 CM 12 CM 180 CM. Guia de pagamento mensal do Microempreendedor Individual (DAS) Você, Microempreendedor Individual que se formalizou e não quer perder os benefícios no INSS nem ficar inadimplente, precisa pagar as guias

Leia mais

Vida Financeira saudável. Manuela Carneiro Diretora Executiva de Vendas Independente Mary kay

Vida Financeira saudável. Manuela Carneiro Diretora Executiva de Vendas Independente Mary kay Vida Financeira saudável Manuela Carneiro Diretora Executiva de Vendas Independente Mary kay CONTROLE FINANCEIRO Como você controla as finanças do seu negócio e as mantém separadas das suas finanças pessoais?

Leia mais

Guia prático de cuidados com o seu Seguro Saúde

Guia prático de cuidados com o seu Seguro Saúde Guia prático de cuidados com o seu Seguro Saúde A Caixa Seguradora e a sua empresa prepararam este guia rápido para você. Nele você vai encontrar informações importantes para a utilização correta do seguro.

Leia mais

CICLOS EMOCIONAIS DO NOSSO NEGÓCIO MARY KAY. Dia 7 / Maio as 21h. Com a Diretora Diluz Noveli (Mahaila)

CICLOS EMOCIONAIS DO NOSSO NEGÓCIO MARY KAY. Dia 7 / Maio as 21h. Com a Diretora Diluz Noveli (Mahaila) CICLOS EMOCIONAIS DO NOSSO NEGÓCIO MARY KAY. Dia 7 / Maio as 21h. Com a Diretora Diluz Noveli (Mahaila) Como está a sua agenda nestes dias? Como tem sido as respostas do que vc tem feito? Qual o retorno

Leia mais

1. OBJETIVO Prestar atendimento ao cidadão, de maneira rápida, eficiente e eficaz, de acordo com os requisitos especificados pelo cliente.

1. OBJETIVO Prestar atendimento ao cidadão, de maneira rápida, eficiente e eficaz, de acordo com os requisitos especificados pelo cliente. Sistema de Gestão da Qualidade SUPERINTENDÊNCIA DE VAPT VUPT E ATENDIMENTO AO PÚBLICO INSTRUÇÃO DE TRABALHO DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO - PREVIDÊNCIA SOCIAL DE ÁGUAS LINDAS Responsável: Elisabeth Santos

Leia mais

Como fazer um Planejamento Financeiro Pessoal. Este conteúdo faz parte da série: Finanças Pessoais Ver 8 posts dessa série

Como fazer um Planejamento Financeiro Pessoal. Este conteúdo faz parte da série: Finanças Pessoais Ver 8 posts dessa série Este conteúdo faz parte da série: Finanças Pessoais Ver 8 posts dessa série O que é: O planejamento financeiro pessoal é uma ferramenta de gestão aplicada aos seus recebimentos e gastos. Como o próprio

Leia mais

Seja bem-vindo à família SIDESC!

Seja bem-vindo à família SIDESC! Seja bem-vindo à família SIDESC! Agora nós fazemos parte da sua vida e estamos muito felizes por isso. Nossa maneira de retribuir é oferecer PROTEÇÃO para você e sua família, com benefícios especiais em

Leia mais

O SERVIÇO SOCIAL NA DIVISÃO DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DO IFPE CAMPUS PESQUEIRA-PE

O SERVIÇO SOCIAL NA DIVISÃO DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DO IFPE CAMPUS PESQUEIRA-PE O SERVIÇO SOCIAL NA DIVISÃO DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DO IFPE CAMPUS PESQUEIRA-PE O SERVIÇO SOCIAL NA DIVISÃO DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DO IFPE CAMPUS PESQUEIRA O QUE FAZ O SERVIÇO SOCIAL? O Serviço Social

Leia mais

Matrícula: 2. A minha matrícula está inativa 3. O CEJA Virtual 4

Matrícula: 2. A minha matrícula está inativa 3. O CEJA Virtual 4 Perguntas frequentes Matrícula: 2 1. Estou tentando fazer a minha pré-matrícula no site, mas está aparecendo a informação de que o meu CPF já está em uso. O que eu faço? 2 2. Quero transferir a minha matrícula

Leia mais

Integração entre Serviços e Benefícios. VI Seminário Estadual de Gestores e trabalhadores da Política de Assistência Social Santa Catariana/ 2015

Integração entre Serviços e Benefícios. VI Seminário Estadual de Gestores e trabalhadores da Política de Assistência Social Santa Catariana/ 2015 Integração entre Serviços e Benefícios VI Seminário Estadual de Gestores e trabalhadores da Política de Assistência Social Santa Catariana/ 2015 A desproteção e a vulnerabilidade são multidimensionais

Leia mais

QUESTIONÁRIO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA MUNICÍPIO: ESTADO: DATA: / / PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

QUESTIONÁRIO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA MUNICÍPIO: ESTADO: DATA: / / PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA QUESTIONÁRIO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA Este questionário tem por objetivo fazer com que a sociedade participe da gestão pública, exercendo controle sobre as despesas efetuadas e orientando aos órgãos do

Leia mais

Política de atenção integral à saúde da mulher - Rede Cegonha. Balanço da mortalidade materna 2011

Política de atenção integral à saúde da mulher - Rede Cegonha. Balanço da mortalidade materna 2011 Política de atenção integral à saúde da mulher - Rede Cegonha Balanço da mortalidade materna 2011 Brasília, 23 de fevereiro de 2012 Mortalidade Materna É a morte de uma mulher durante a gestação ou em

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO GERAL DA POLÍTICA DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO GERAL DA POLÍTICA DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO GERAL DA POLÍTICA DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO SEPN 511- Bloco C Edifício Bittar IV 4º andar - Brasília/DF CEP:775.543

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL NA MODALIDADE AUXÍLIO TRANSPORTE EDITAL Nº 04/2013

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL NA MODALIDADE AUXÍLIO TRANSPORTE EDITAL Nº 04/2013 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL NA MODALIDADE AUXÍLIO TRANSPORTE EDITAL Nº 04/2013 O Diretor Geral do Colégio Universitário da Universidade Federal do Maranhão no uso de suas

Leia mais

DÚVIDAS FREQUENTES ESTUDANTES

DÚVIDAS FREQUENTES ESTUDANTES DÚVIDAS FREQUENTES ESTUDANTES 1. O que é estágio? Estágio é o ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo de educandos que

Leia mais

1º O parecer do (a) Assistente Social, que deverá estar de acordo com os critérios abaixo:

1º O parecer do (a) Assistente Social, que deverá estar de acordo com os critérios abaixo: Lei 3914/2016 DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DE BENEFÍCIO EVENTUAL PARA INDIVÍDUOS E FAMÍLIAS EM SITUAÇÃO DE VULNERABILIDADE, TEMPORÁRIA NO MUNICÍPIO DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ. Prefeito Municipal de Balneário Camboriú,

Leia mais

DEPARTAMENTO de BIBLIOTECA

DEPARTAMENTO de BIBLIOTECA DEPARTAMENTO de BIBLIOTECA Principais Serviços Acesso ao catálogo on-line. Consulta ao acervo, reserva e renovação on-line ou pessoalmente. Empréstimo domiciliar. Empréstimo e devolução em qualquer biblioteca

Leia mais

Constituição dos Clubes Ambiental

Constituição dos Clubes Ambiental Constituição dos Clubes Ambiental Escolas saudáveis, crianças saudáveis, meio ambiente saudável 1 Introdução: Um clube ambiental é um grupo de voluntários que trabalham juntos para tornar o ambiente local

Leia mais

Manual do Sistema de Gerenciamento Acadêmico (SIGA) - Versão Aluno. UFRJ Xerém.

Manual do Sistema de Gerenciamento Acadêmico (SIGA) - Versão Aluno. UFRJ Xerém. Manual do Sistema de Gerenciamento Acadêmico (SIGA) - Versão Aluno UFRJ Xerém www.xerem.ufrj.br 1º SEMESTRE/2012 1 Prezado aluno, Este Manual do Sistema de Gerenciamento Acadêmico (SIGA) Versão Aluno foi

Leia mais

As Vantagens E Dicas Para Oferecer Um Atendimento De Qualidade Para Seus Clientes

As Vantagens E Dicas Para Oferecer Um Atendimento De Qualidade Para Seus Clientes As Vantagens E Dicas Para Oferecer Um Atendimento De Qualidade Para Seus Clientes Com um mercado cada vez mais disputado e cheio de novas opções fica mais difícil conquistar e fidelizar os clientes. Algumas

Leia mais

Entrevista de Início. Diretora Sênior de Vendas Independente Mary Kay Débora Azevedo

Entrevista de Início. Diretora Sênior de Vendas Independente Mary Kay Débora Azevedo Entrevista de Início Diretora Sênior de Vendas Independente Mary Kay Débora Azevedo Agendei uma entrevista e agora???????? Prepare seu material de maneira organizada, eficaz, objetiva e simples; Esteja

Leia mais

Gestão Compartilhada. do Programa Bolsa. Família

Gestão Compartilhada. do Programa Bolsa. Família Gestão Compartilhada do Programa Bolsa Família Olinda Abriga uma população de 397.268 habitantes (IBGE/2009), 3ª maior cidade de Pernambuco. Extensão territorial de 43,55 km², das quais 9,73 km² fazem

Leia mais

Você não precisa decorar nada

Você não precisa decorar nada Que aprender inglês é importante e vai mudar a sua vida você já sabe, mas como aprender inglês e como fazer isso por conta própria? Nós separamos abaixo algumas dicas inéditas e que sem dúvida vão fazer

Leia mais

Prefeitura Municipal de Santa Barbara-BA. A Prefeitura Municipal de Santa Barbara, Estado Da Bahia Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR.

Prefeitura Municipal de Santa Barbara-BA. A Prefeitura Municipal de Santa Barbara, Estado Da Bahia Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. ANO. 2015 DIÁRIO DO MUNICÍPIO DE SANTA BARBARA - BAHIA PODER EXECUTIVO A Prefeitura Municipal de Santa Barbara, Estado Da Bahia Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. 1 RESOLUÇÃO SEDUC Nº

Leia mais

Gravidez: Cuidados e Emoções

Gravidez: Cuidados e Emoções Gravidez: Cuidados e Emoções Como são os cuidados do começo ao fim da gravidez, e quais são as emoções mais comuns entre as mamães. Há muitas dúvidas que cercam as mamães de primeira viagem, ou até mesmo

Leia mais

PORTARIA / SEMED Nº 009/2016. A SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições, em conformidade com a lei.

PORTARIA / SEMED Nº 009/2016. A SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições, em conformidade com a lei. PORTARIA / SEMED Nº 009/2016 Súmula: Regulamenta os procedimentos de cadastro em Lista de Espera e convocação para efetivação de matrícula nos Centros Municipais de Educação Infantil (CEMEI s), e dá outras

Leia mais

10 Passos para o sucesso M.E.I.

10 Passos para o sucesso M.E.I. 10 Passos para o sucesso M.E.I. Neste e-book temos o objetivo de juntamente com você fazer uma reflexão sobre o seu negócio, ou seja, através de várias perguntas que você responderá teremos uma ideia de

Leia mais

ANO º SEMESTRE

ANO º SEMESTRE EDITAL Nº: 157/2016, de 20/12/2016 PROCESSO SELETIVO E MATRÍCULA DOS ESTUDANTES APROVADOS NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO PELO SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA - SiSU ANO 2017 1º SEMESTRE ANEXO II DOCUMENTOS EXIGIDOS

Leia mais

Tire todas as suas dúvidas quanto à movimentação (e custos) da conta-salário

Tire todas as suas dúvidas quanto à movimentação (e custos) da conta-salário Tire todas as suas dúvidas quanto à movimentação (e custos) da conta-salário Os servidores públicos que recebem pagamento em conta-salário já podem pedir a transferência automática do dinheiro para o banco

Leia mais

1. Acesso Portal do Discente Atualizar Foto e Perfil Meus Dados Pessoais Minhas Notas... 7

1. Acesso Portal do Discente Atualizar Foto e Perfil Meus Dados Pessoais Minhas Notas... 7 Sumário 1. Acesso... 3 2. Portal do Discente... 4 3. Atualizar Foto e Perfil... 5 4. Meus Dados Pessoais... 6 5. Minhas Notas... 7 6. Atestado de Matrícula... 8 7. Histórico... 9 8. Declaração de Vínculo...

Leia mais

coleção Conversas #12 - SETEMBRO é no Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #12 - SETEMBRO é no Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. a s coleção Conversas #12 - SETEMBRO 2014 - Eu sinto a I tr s ç o ã o por c é no r r m ia a nç a l? s. Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da

Leia mais

1. Planilhas de Gastos Pessoais

1. Planilhas de Gastos Pessoais Este conteúdo faz parte da série: Finanças Pessoais Ver 8 posts dessa série Para começar, quando você está buscando uma planilha de gastos no Google (ou no Bing), não fica claro (para as ferramentas de

Leia mais

JORNADA FLEXÍVEL DE TRABALHO 2009/2010

JORNADA FLEXÍVEL DE TRABALHO 2009/2010 JORNADA FLEXÍVEL DE TRABALHO 2009/2010 Olá! Estamos aqui para falar com você a respeito de algo muito importante no seu dia a dia: sua jornada de trabalho. Você sabia que, graças a um acordo firmado entre

Leia mais

SUMÁRIO ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA O USO CORRETO DE MEDICAMENTOS... 4 CONSELHOS IMPORTANTES...5 RECEITA MÉDICA...6 RECEBENDO O MEDICAMENTO...

SUMÁRIO ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA O USO CORRETO DE MEDICAMENTOS... 4 CONSELHOS IMPORTANTES...5 RECEITA MÉDICA...6 RECEBENDO O MEDICAMENTO... SUMÁRIO ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA O USO CORRETO DE MEDICAMENTOS... 4 CONSELHOS IMPORTANTES...5 RECEITA MÉDICA...6 RECEBENDO O MEDICAMENTO...7 BULA DO MEDICAMENTO...8 COMO TOMAR O MEDICAMENTO...8 QUANDO

Leia mais

USO DOS FORMULÁRIOS E REGISTRO DAS INFORMAÇÕES NO NOVO SISTEMA INFORMATIZADO DA VIGILÂNCIA ALIMENTAR E NUTRICIONAL SISVAN WEB

USO DOS FORMULÁRIOS E REGISTRO DAS INFORMAÇÕES NO NOVO SISTEMA INFORMATIZADO DA VIGILÂNCIA ALIMENTAR E NUTRICIONAL SISVAN WEB MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO GERAL DA POLÍTICA DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO SEPN 511- Bloco C Edifício Bittar IV 4º andar - Brasília/DF CEP:70750.543

Leia mais

Algumas Respostas da Pesquisa Que Realizamos Recentemente PARTE 1. Perguntas e Respostas:

Algumas Respostas da Pesquisa Que Realizamos Recentemente PARTE 1. Perguntas e Respostas: Algumas Respostas da Pesquisa Que Realizamos Recentemente PARTE 1 Recentemente eu realizei uma pesquisa com a minha lista e perguntei o seguinte: Se você pudesse fazer qualquer pergunta para um especialista

Leia mais

INSTRUÇÃO OPERACIONAL SNAS/MDS N 01, DE 19 DE SETEMBRO DE 2007

INSTRUÇÃO OPERACIONAL SNAS/MDS N 01, DE 19 DE SETEMBRO DE 2007 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DA ASSISTÊNCIA SOCIAL INSTRUÇÃO OPERACIONAL SNAS/MDS N 01, DE 19 DE SETEMBRO DE 2007 1. APRESENTAÇÃO A presente Instrução Operacional,

Leia mais

I. Do Bolsa Família à Renda Básica de Cidadania

I. Do Bolsa Família à Renda Básica de Cidadania I. Do Bolsa Família à Renda Básica de Cidadania O programa Bolsa Família constitui um dos principais instrumentos utilizados pelo governo do presidente Lula para cumprir a sua meta de até o final de seu

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ UNIDADE DE ATENDIMENTO AO EDUCANDO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ UNIDADE DE ATENDIMENTO AO EDUCANDO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ UNIDADE DE ATENDIMENTO AO EDUCANDO PROCESSO SELETIVO DE RESIDÊNCIA ESTUDANTIL, AUXÍLIO MORADIA, AUXÍLIO TRANSPORTE E AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA CADASTRO NO CIRCUITO DE APRENDIZAGEM DA CONFINT

ORIENTAÇÕES PARA CADASTRO NO CIRCUITO DE APRENDIZAGEM DA CONFINT ORIENTAÇÕES PARA CADASTRO NO CIRCUITO DE APRENDIZAGEM DA CONFINT Saudações Delegados(as), Tudo bem com vocês? Tivemos que mudar os planos para geração dos logins e senhas de cada um de vocês. Isto porque

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília EDITAL CTGC N 01 DE 18 DE JANEIRO DE 2016

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília EDITAL CTGC N 01 DE 18 DE JANEIRO DE 2016 EDITAL CTGC N 01 DE 18 DE JANEIRO DE 16 CHAMADA PÚBLICA PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS EM CURSOS DE FORMAÇÃO INCIAL E CONTINUADA NA MODALIDADE PRESENCIAL 16/1 O DIRETOR-GERAL SUBSTITUTO EVENTUAL DO CAMPUS

Leia mais

Dúvidas Frequentes VALE A PENA SER DIGITAL 2016

Dúvidas Frequentes VALE A PENA SER DIGITAL 2016 Dúvidas Frequentes VALE A PENA SER DIGITAL 2016 01) Posso me cadastrar em mais de uma promoção do Santander ao mesmo tempo? Resposta: Sim, você pode participar de quantas promoções você quiser. Fique de

Leia mais

Orientações para transferência de cota Contemplada com bem Bem Imóvel

Orientações para transferência de cota Contemplada com bem Bem Imóvel Orientações para transferência de cota Contemplada com bem Bem Imóvel Nesse documento você encontra todas as orientações para efetuar a transferência de titularidade de sua cota de maneira ágil e fácil.

Leia mais

MINHA AVÓ QUE ME CONTAVA, QUE LÁ PRA ANTIGAMENTE, A NOITE ERA CHEIA DE MUITA ESTRELA, TINHA MAIS BICHO DO QUE GENTE E AS ÁRVORES MAIS CRESCIAM QUANTO

MINHA AVÓ QUE ME CONTAVA, QUE LÁ PRA ANTIGAMENTE, A NOITE ERA CHEIA DE MUITA ESTRELA, TINHA MAIS BICHO DO QUE GENTE E AS ÁRVORES MAIS CRESCIAM QUANTO APRESENTA MINHA AVÓ QUE ME CONTAVA, QUE LÁ PRA ANTIGAMENTE, A NOITE ERA CHEIA DE MUITA ESTRELA, TINHA MAIS BICHO DO QUE GENTE E AS ÁRVORES MAIS CRESCIAM QUANTO MAIS O POVO CAPINAVA. E QUE AÍ, AOS POUQUINHOS,

Leia mais

6 DICAS. que você precisa saber ANTES DE COMPRAR SEU PRIMEIRO IMÓVEL

6 DICAS. que você precisa saber ANTES DE COMPRAR SEU PRIMEIRO IMÓVEL 6 DICAS que você precisa saber ANTES DE COMPRAR SEU PRIMEIRO IMÓVEL A VITTA RESIDENCIAL SEPAROU 6 DICAS IMPERDÍVEIS PARA VOCÊ NÃO PERDER MAIS TEMPO E CONQUISTAR O SEU SONHO. WWW.VITTARESIDENCIAL.COM.BR

Leia mais

F10SMS. Uso do F10SMS como ferramenta de comunicação com seus alunos. VERSÃO 01/2015

F10SMS. Uso do F10SMS como ferramenta de comunicação com seus alunos.  VERSÃO 01/2015 F10SMS Uso do F10SMS como ferramenta de comunicação com seus alunos VERSÃO 01/2015 www.f10.com.br F10SMS UMA PESSOA VERIFICA O SEU CELULAR VEZES POR 150DIA 95% LEITURA IMEDIATA 26% TAXA DE RESPOSTA Por

Leia mais

Cartório Fácil - Sistema de informação e apoio ao cidadão

Cartório Fácil - Sistema de informação e apoio ao cidadão Página 1 de 5. O Cartório de Registro de Imóveis realiza serviços importantes, que garantem o direito à propriedade das pessoas, bem como outros direitos referentes a imóveis. Somente quem registra uma

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS NÚCLEO DE ASSISTÊNCIA AO ESTUDANTE CAMPUS ARAPIRACA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS NÚCLEO DE ASSISTÊNCIA AO ESTUDANTE CAMPUS ARAPIRACA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS NÚCLEO DE ASSISTÊNCIA AO ESTUDANTE CAMPUS ARAPIRACA ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO PROGRAMA BOLSA PERMANÊNCIA DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Com a finalidade de facilitar o processo

Leia mais

SISTEMA DE BILHETAGEM AUTOMÁTICA MANUAL MÓDULO PESSOA FÍSICA - SÃO LUÍS

SISTEMA DE BILHETAGEM AUTOMÁTICA MANUAL MÓDULO PESSOA FÍSICA - SÃO LUÍS SISTEMA DE BILHETAGEM AUTOMÁTICA MANUAL MÓDULO PESSOA FÍSICA - SÃO LUÍS Revisão 06 / Abril de 2015 Índice I n t r o d u ç ã o.................................................................................................

Leia mais

Os vieses no cadastramento do Bolsa Família

Os vieses no cadastramento do Bolsa Família FURTADO, Ariandeny [1] PEREIRA, Fernando Marcello Nunes [2] TOMÉI, Maria Cristina da Mota [3] FURTADO, Ariandeny; PEREIRA, Fernando Marcello Nunes; TOMÉI, Maria Cristina da Mota. Os vieses no cadastramento

Leia mais

Cadastro Único para Políticas Sociais

Cadastro Único para Políticas Sociais Cadastro Único para Políticas Sociais O que é o Cadastro Único? Políticas Universais Saúde Políticas Contributivas Políticas nãocontributivas e seletivas Educação Previdência Social Cadastro Único O que

Leia mais

Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 06/08/2010.

Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 06/08/2010. SALÁRIO-FAMÍLIA - Considerações Gerais Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 06/08/2010. Sumário: 1 - Introdução 2 - Beneficiários 2.1 - Verificação da Invalidez 2.2 - Pai e Mãe 3 - Início

Leia mais

Guia De Restituição Do ICMS Na Conta De Luz

Guia De Restituição Do ICMS Na Conta De Luz Guia De Restituição Do ICMS Na Conta De Luz Você vai entender porque pagou mais uma conta que não devia, mas essa você pode receber de volta tudo que pagou de forma indevida na sua conta de luz com o Guia

Leia mais

O registro desses motivos é obrigatório a partir da 2ª vigência 2016.

O registro desses motivos é obrigatório a partir da 2ª vigência 2016. O SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA NA SAÚDE ESTÁ ABERTO PARA O INICIO DOS REGISTROS DO ACOMPANHAMENTO DA 2ª VIGÊNCIA DE 2016 E COM NOVIDADES! A partir de 06 de setembro, o Sistema de Gestão

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO DA VIGILÂNCIA ALIMENTAR E NUTRICIONAL NA ATENÇÃO BÁSICA PERFIL DA GESTÃO DA UNIDADE DE SAÚDE

QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO DA VIGILÂNCIA ALIMENTAR E NUTRICIONAL NA ATENÇÃO BÁSICA PERFIL DA GESTÃO DA UNIDADE DE SAÚDE QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO DA VIGILÂNCIA ALIMENTAR E NUTRICIONAL NA ATENÇÃO BÁSICA PERFIL DA GESTÃO DA UNIDADE DE SAÚDE IDENTIFICAÇÃO DO QUESTIONÁRIO (ID) [ ] ( ) Questionário [ ] ( ) Entrevistador (bolsista)

Leia mais

ANEXO I Documentos necessários para o recadastramento, conforme vínculo.

ANEXO I Documentos necessários para o recadastramento, conforme vínculo. ANEXO I Documentos necessários para o recadastramento, conforme vínculo. Observação 1: É obrigatória apresentação dos documentos originais do segurado e de seu(s) dependente(s), bem como cópia simples

Leia mais