VIDA WEB. Este guia fornece as instruções necessárias para utilizar o Vida Web em um ambiente seguro.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VIDA WEB. Este guia fornece as instruções necessárias para utilizar o Vida Web em um ambiente seguro."

Transcrição

1 MANUAL VIDA WEB

2 VIDA WEB É uma ferramenta que permite ao estipulante, por meio da Web, gerenciar sua(s) apólice(s), efetuar as movimentações dos seguros de pessoas e imprimir o boleto e a fatura para pagamento. Além disso, permite consulta e impressão de certificados, relações de segurados, entre outros documentos, de forma mais segura, ágil e com maior autonomia. Este guia fornece as instruções necessárias para utilizar o Vida Web em um ambiente seguro. 2

3 ÍNDICE Definições Gerais... 4 Vida WEB Passo a passo... 5 Como configurar o seu computador... 6 Ativar o controle ACTIVE X... 6 Desabilitar bloqueador de Pop-ups... 8 Acessar o sistema 1 o acesso... 9 Administrador de Apólice... 9 Como alterar a Senha Como revogar a Senha Como conceder acesso ao Administrador do Subgrupo Como conceder acesso ao Operador Movimentação de Vidas Caso o estipulante escolha fazer a Movimentação por Arquivo Configurar Layout Configuração de arquivo txt Configuração CSV Sobreposição Configuração de arquivo EXCEL Enviar arquivo para análise Resultado do Processamento Movimentação On-line Incluir Proponente Excluir Segurado Alterar Dados Operação Indevida Desfazer Salvar Movimentação Exclusão Agendada Menu Consulta e Impressões Certificado Individual Condições da Apólice Extrato da Movimentação Fatura Anterior Imprimir/Consultar Fatura pendente da apólice Histórico e Próximo Passo Download Pendências Tipo de alteração sujeita a análise Carregar Relação Anterior Encerrar Movimentação Trocar Apólice Trocar Subgrupo Resumo da Fatura Atual Sair do Sistema Termos Técnicos

4 Definições Gerais Administrador da Apólice O Administrador da Apólice é o indicado pelo responsável da empresa, no termo de responsabilidade. Concede o acesso ao Administrador do Subgrupo e Operador e revoga a senha dos demais usuários (Administrador do Subgrupo, Máster e Operador). Possui acesso ao sistema de consulta e, portanto, não realiza inclusões, exclusões ou alterações. Administrador do Subgrupo O Administrador do Subgrupo é o responsável pela validação e envio da movimentação de vidas dentro do prazo para a seguradora do referente ao(s) subgrupo(s) ao(s) qual(is) esteja(m) vinculado(s) e concede o acesso ao Operador. Possui acesso ao sistema de consulta e encerra a movimentação, que permite o faturamento ser emitido pela seguradora. Não realiza inclusões, exclusões ou alterações. Operador O Operador é o responsável por realizar a movimentação de vidas (inclusões, exclusões ou alterações) da apólice referente ao(s) subgrupo(s) ao(s) qual(is) esteja(m) vinculado(s) e submeter a validação do Administrador do Subgrupo para encerrar a movimentação. Administrador Master O Administrador Master é o indicado pelo responsável da empresa, no termo de responsabilidade. Concede acesso a e revoga a senha de qualquer usuário. Possui acesso ao sistema de consulta e realiza inclusões, exclusões ou alterações, inclusive o encerramento de fatura(s). 4

5 Vida WEB Passo a passo Após receber o , com login e a senha provisória, seguir os passos informados abaixo: Para o adequado funcionamento do sistema Vida Web é imprescindível possuir o navegador de Internet Explorer versão seis ou superior. Para a utilização e bom desempenho do sistema é recomendável: microcomputador Pentium III; 800 MHZ; 256 MB RAM; Conexão Internet banda larga 256 Kb e resolução de tela por 768 pixels. Observação: O sistema não pode ser acessado pelo Mozilla Firefox e Chrome O aplicativo JAVA (utilizado em páginas financeiras), download disponível no site do BB e/ou controle ActiveX, são responsáveis apenas pelo Teclado Virtual e não pelo funcionamento do sistema Vida WEB. 5

6 Como configurar o seu computador Importante: Todos os computadores utilizados para acessar o site Vida Web deverão ser configurados conforme descrição a seguir. Ativar o controle ACTIVE X É necessário ativar o ACTIVE X para impressão de documentos. Ao acessar a Internet na página siga os seguintes procedimentos para a liberação de seu primeiro acesso ao sistema: Na barra de ferramentas, na guia Ferramentas, acessar o item Opções da Internet : 6

7 1. Clique na barra superior Segurança. 2. Em seguida, clique no ícone Internet. 3. Clicar no botão Nível Personalizado. Abrirá uma nova janela com as Configurações de Segurança. Localizar o item Plug-ins e Controles Active x e configurar os sub-itens conforme ao lado. Observação: é importante no campo Redefinir Configurações Personalizadas constar a opção Médio. Após marcações, clicar no botão OK. Aparecerá uma guia de aviso solicitando a confirmação das alterações. Clicar em Sim. Na janela Opções da Internet, clicar em Aplicar e em seguida Ok. 7

8 Desabilitar Bloqueador de Pop-ups É necessário desativar bloqueador de pop-ups para habilitar a tela para digitar senha e login do usuário. Na barra de ferramentas, na guia Ferramentas, acessar o item Bloqueador de Popups. Em seguida, a opção Desativar Bloqueador de Pop-ups. 8

9 Acessar o Sistema 1 o acesso IMPORTANTE: Todos os usuários do Vida Web receberão senha provisória que deverá ser substituída no primeiro acesso. Caso a empresa possua mais de uma apólice, o login e a senha serão os mesmos. O usuário receberá um para cada apólice e uma senha para acessar todas as apólices. Para consultar outra apólice, selecionar a opção do menu Trocar Apólice. Administrador da apólice Acessar o site da Aliança do Brasil Selecionar: Área Exclusiva. 9

10 Na guia Cliente, acessar o sistema digitando o login e a senha provisória no teclado virtual. Por ser o primeiro acesso, será solicitada a alteração imediata da senha. No campo Senha Atual, digitar a senha provisória, em seguida cadastrar e confirmar a nova senha no teclado virtual. Clicar no botão Entrar. Observação: a senha deverá conter, obrigatoriamente, oito números. Em seguida, abrirá uma janela informando que a Operação foi Realizada com Sucesso, clicar no botão Voltar. 10

11 Como alterar a senha Entrar no site e na primeira página clicar no item Alterar Senha. Cadastrar a nova senha. 11

12 Abrirá uma janela informando que a Operação foi Realizada com Sucesso. Clicar no botão Voltar. Como revogar a senha O usuário Administrador de Apólice pode alterar a senha do Administrador de Subgrupo e o mesmo pode alterar a senha do Operador. Porém, a nova senha do Administrador de Apólice só poderá ser solicitada após pedido a Aliança do Brasil por meio da Central de Atendimento. Para anular a senha antiga do usuário e disponibilizar uma nova senha para o acesso ao sistema deve-se: Entrar no menu Manutenção de Usuário e clicar no usuário desejado. Abrirá uma janela com os dados do usuário. Clicar no botão Revogar Senha. Abrirá uma janela informando Usuário Alterado com Sucesso. Clicar no botão OK. Em seguida, o usuário receberá o com uma senha provisória para acessar o sistema. 12

13 Como conceder acesso ao Administrador do Subgrupo Na tela principal do site, o Administrador da Apólice seleciona a opção Movimentações de Vidas na Web. 13

14 No campo Ramo Apólice, selecionar a apólice desejada. Somente se a empresa possuir mais de uma apólice, será disponibilizado mais de uma opção de consulta. Selecionar o subgrupo desejado. 14

15 No menu, selecionar Manutenção de Usuário. Preencher os campos. 15

16 Clicar no botão Incluir. Aparecerá o aviso de cadastro efetivado com sucesso. Após a inclusão, selecionar a aba do tipo de usuário pretendido: Administrador de Subgrupo. Ativar então o vínculo da pessoa incluída para o item desejado. Clicar no botão Gravar Administrador de Subgrupo para efetivar o cadastro. Abrirá uma tela informando que o cadastro foi realizado com sucesso. Clicar em OK. Observação: A qualquer momento, o Administrador da Apólice poderá ativar/inativar o Administrador do Subgrupo ou vincular/desvincular qualquer subgrupo. 16

17 Atenção: Uma vez efetuado o cadastro não haverá exclusão, apenas inativação. Realizado este procedimento, o Administrador do Subgrupo receberá no o login e a senha provisória. Lembrar que, no primeiro acesso, a senha deverá ser substituída conforme descrito na página 11 deste manual. Como conceder o acesso ao Operador Na tela principal do site, o Administrador do Subgrupo, após substituir a senha provisória recebida, deverá selecionar a opção Movimentação de Vidas na Web. 17

18 No campo Ramo Apólice, selecionar a apólice desejada. Selecionar o subgrupo desejado. 18

19 No menu, selecionar Manutenção de Usuário. Preencher os campos. 19

20 Clicar no botão Incluir. Aparecerá o aviso de cadastro efetivado com sucesso. Selecionar o(s) subgrupo(s) de responsabilidade do usuário cadastrado como Operador. Clicar no botão Gravar Operadores para efetivar o cadastro. Abrirá uma tela informando que o cadastro foi realizado com sucesso. Clicar em Ok. Observação: a qualquer momento, o Administrador do Subgrupo poderá ativar/inativar o Operador ou vincular/desvincular qualquer subgrupo. 20

21 Atenção: uma vez efetuado o cadastro não haverá exclusão, apenas inativação. Realizado esse procedimento, o Operador receberá no o login e a senha provisória. Lembrar que, no primeiro acesso, a senha deverá ser substituída conforme descrito no item anterior. 21

22 MOVIMENTAÇÃO DE VIDAS O operador ou administrador master deve acessar o site da Aliança do Brasil Selecionar o item Área Exclusiva. Na guia Cliente, digitar o login e a senha no teclado virtual. Selecionar Voltar. Selecionar Movimentação de Vidas na Web. No campo Ramo Apólice, selecionar a apólice desejada. 22

23 Selecionar o subgrupo desejado. Escolher o tipo de movimentação que irá trabalhar On line ou Arquivo, de acordo com o número de vidas que serão movimentadas na vigência. Caso o estipulante escolha fazer a Movimentação por Arquivo Posteriormente, selecionar Configurar Layout no campo superior do lado esquerdo. Configurar layout No menu, selecionar a opção Configurar Layout e escolher Incremental ou Sobreposição. Definir o tipo de arquivo que você possui: Excel, CSV ou TXT. Caso escolha o tipo de arquivo excel, utilizar o documento no formato De acordo com as escolhas descritas acima, os dados obrigatórios para o envio constarão dos Campos Disponíveis, com exceção do Descartar, que será utilizado para excluir informações ou espaços não necessários para o processamento. No campo Nome do Layout de Arquivo Definido (Esse campo só aparecerá preenchido se já estiver feita qualquer configuração anterior). 23

24 No campo Informar o Novo Nome do Layout de Arquivo, colocar o nome do layout a ser criado (quando criar outro, esse será apagado). Quando for o seu primeiro acesso, os dois campos estarão em branco. Configuração de arquivo txt Sempre que houver espaços no início ou entre as colunas, deverá ser incluído um Descartar e informado o número de espaços vazios entre as colunas no início e no fim (dos lados). 24

25 Sempre que houver espaços entre as colunas, deverá ser incluído um Descartar e informado o número de espaços vazios entre as colunas. 25

26 Para datas, informar o número de caracteres e o formato. 26

27 27

28 Sexo: definir o tamanho do campo e o código utilizado conforme o modelo. Após a seleção de todos os campos exigidos, dar o comando Gravar. Se a opção for Arquivo Incremental, haverá outros itens disponíveis no campo. 28

29 Configuração CSV - Sobreposição Modelo de arquivo CSV 29

30 Configuração de arquivo EXCEL Utilizar o arquivo no formato Incremental Excel 30

31 Clicar em OK. 31

32 32

33 Enviar arquivo para análise No Menu Movimentação por Arquivo, selecionar a opção Enviar arquivo para análise. Essa função deverá ser utilizada para o envio do arquivo para análise da companhia. Não substitui a função de encerrar a movimentação. Clicar no botão Procurar para anexar o arquivo configurado, conforme descrito acima referente ao mês de competência. Assinalar se desconsidera ou a opção de linha de cabeçalho (só cabe uma). Clicar no botão Enviar arquivo para análise para transmitir as informações à seguradora. Não havendo inconsistência(s) em até 24 horas, o Operador e o Administrador do Subgrupo receberão s com o resultado da análise do arquivo transmitido. O Administrador do Subgrupo deverá realizar o encerramento da movimentação de vidas acessando no menu a opção Encerrar Movimentação. 33

34 Havendo inconsistência(s), em até 24 horas o Operador receberá um com o resultado da análise do arquivo transmitido. Deverá acessar no menu a opção Resultado do Processamento. Quando a for realizada para vários subgrupos ao mesmo tempo, procurar o arquivo e em seguida clicar em Enviar Arquivo. Em seguida selecionar a opção Todos os subgrupos e confirmar. 34

35 Resultado do processamento Acessar o menu Resultado do Processamento. O(s) registro(s) poderá(ão) ser corrigido(os) no próprio sistema, na opção Resultado do Processamento. Excluir Tudo: Após acesso ao Resultado do Processamento. Caso todos os seus registros tenham sido recusados, você deverá clicar no botão Excluir Tudo, confirmar a operação. Em seguida, clicar na opção do menu Enviar arquivo para análise e realizar uma nova remessa. Alterar: Para alterar algum dado, selecionar o registro desejado, clicar no botão Alterar e em seguida confirmar a operação. Excluir: Para excluir algum registro, selecionar o item desejado, clicar no botão Excluir e em seguida confirmar a operação. Após tratamento das inconsistências, clicar no botão Processar. Quando não for possível acertar as inconsistências via online, para alterar as condições da apólice, será necessário pedir um endosso. Estas inconsistências ocorrerão quando: O proponente tiver idade superior ao limite permitido do subgrupo; 35

36 Já existir um segurado com o mesmo CPF; O capital segurado estiver acima do limite permitido para o subgrupo. Em nenhum dos casos acima o proponente foi excluído. Para pedir o endosso e alterar as condições atuais da apólice, entrar em contato com o consultor, corretor ou com a Central de Atendimento aos Clientes Os acertos, quando possíveis pelo sistema, remeterão às funções do ON-LINE. É possível utilizar a função Carregar relação anterior. Não tendo acertos, encerrar a movimentação. Para saber como utilizar esta função, consultar a página 55 deste manual. Sempre clicar no botão Processar após realizar as modificações. Movimentação On-line Para que o operador ou Administrador Master possa efetuar inclusões, exclusões e as alterações necessárias, uma a uma, siga os passos abaixo: Modo 1: no campo menu Histórico e Próximos Passos, selecionar a opção On-Line ou pela menu Movimentação on-line. 36

37 Incluir proponente A inclusão só ocorre quando se inicia um vínculo do proponente com o estipulante ou quando há a opção pela adesão facultativa ao seguro. Na janela Cadastro de Vida Individual - Incluir, preencher os campos: nome / CPF (sem pontuação e hífen) / data de nascimento (sem barras) / sexo / data de admissão / adesão (no caso de inclusão facultativa, informar a data de adesão ao seguro). De acordo com o tipo de capital contratado, informar o capital ou salário. Após o preenchimento, clicar no botão Gravar. 37

38 Abrirá uma tela informando que o segurado foi incluído com sucesso. Clicar em Ok. Em seguida, abrirá a tela Movimentação On-Line. Se desejar incluir mais vidas, clicar no botão Sim. Clicar no botão Não para concluir a(s) inclusão(ões). Caso apareçam mensagens diferentes, conforme os modelos, atentar para as orientações. Em nenhum dos casos acima o proponente foi incluído. Para alterar as condições atuais da apólice, entrar em contato com o Consultor, Corretor ou com a Central de Atendimento aos Clientes pelo telefone

39 Excluir segurado Selecionar o nome do segurado que deseja excluir. Clicar no botão Excluir O operador pode incluir as informações que precisar utilizando o filtro. Exemplo: Clicar em cima da palavra Nome, em seguida aparecerá espaço para que o operador possa incluir o nome e pesquisar. Em seguida, abrirá a tela Cadastro de Vida Individual - Excluir. No campo Exclusão, informar a data de desligamento do funcionário ou do final de vínculo com o estipulante. Após efetuar cada movimentação, clicar no botão Gravar. 39

40 Se os dados estiverem corretos, confirmar a exclusão. Após confirmar, clicar no botão Ok. Alterar dados As alterações só poderão ser efetuadas para os seguintes dados: nome, sexo, capital ou salário. Caso queira alterar outros dados como data de nascimento e CPF, enviar um para justificando o motivo da solicitação. Selecionar o nome do segurado em questão e efetuar as modificações necessárias. Após efetuar cada alteração, clicar no botão Gravar. Se os dados estiverem corretos, confirmar alteração. 40

41 Operação indevida desfazer Caso tenha efetuado alguma alteração indevida, selecionar o segurado/proponente e clicar no botão Desfazer. Em seguida, abrirá a tela para confirmar operação. Salvar movimentação Após efetuar as movimentações, clicar no botão Salvar. Essa operação garante que todas as movimentações sejam gravadas. Caso o operador esqueça de salvar, o sistema tem uma ferramenta que armazena automaticamente os dados que foram alterados. Exclusão agendada Caso a data de desligamento e/ou o final de vínculo com o estipulante estiver dentro do período de competência, será considerada Exclusão Agendada. O valor do prêmio é referente à(s) exclusão(ões) agendada(s), será(ão) descontado(s) na fatura seguinte. 41

42 MENU CONSULTAS E IMPRESSÕES Consultas e Impressões Selecionar no menu a opção Certificado Individual. Certificado individual Essa opção permite imprimir certificados ativos e inativos. 42

43 Selecione a opção de consulta desejada. Caso selecione Nome ou CPF. Digitar o nome ou parte dele e/ou o CPF do segurado. 43

44 Em seguida, clicar no botão Pesquisar. Após preencher um dos campos acima, aparecerá o nome do segurado pesquisado. Marcar o quadro correspondente ao segurado e, em seguida, clicar no botão Imprimir/Consultar. Selecionar no menu a opção Fatura. Após preencher um dos campos acima, aparecerá o nome do segurado pesquisado. 44

45 Marcar o quadro correspondente ao segurado e, em seguida, clicar no botão Imprimir/Consultar. Caso selecione Fatura. Preencher o período de competência mm/aaaa. (Ex: 04/2009) desejado e, em seguida, clicar no botão Pesquisar. 45

46 Selecionar a fatura desejada. Selecionar o segurado desejado e, em seguida, clicar no botão Imprimir/Consultar. Observação: no campo Pesquisado Por, existe a opção de efetuar a pesquisa através do filtro. 46

47 Condições da apólice Na opção Consulta, selecionar o item Dados do Subgrupo ou Cláusulas. Essa função permite consultar os dados cadastrais da apólice e capitais e coberturas contratadas do subgrupo. 47

48 Na opção Consulta, selecionar o item Extrato da Movimentação. Extrato de movimentação Permite verificar o resumo das movimentações realizadas naquela competência. Caso o usuário prefira, abrir no formato Excel e clicar no botão Gerar Excel. Na opção Consulta, selecionar o item Fatura Anterior. Fatura anterior Função que permite consultar todas as faturas que já foram emitidas no subgrupo. Preencher o período de competência mm/aaaa até mm/aaaa (Ex: 04/2009 a 04/2006) e em seguida clicar no botão Pesquisar. 48

49 Clicar na fatura desejada. Aparecerão abaixo as opções de impressão de fatura, boleto e relação de vidas. Imprimir/consultar Selecionar a opção desejada e em seguida clicar no botão Imprimir/Consultar. Atenção: Só é possível a impressão de boletos para as faturas com situação pendente. 49

50 Fatura pendente da apólice Função que permite consultar todas as faturas que já foram emitidas na apólice. Selecionar a(s) fatura(s) desejada(s). Selecionar a opção desejada para consulta/impressão. 50

51 Clicar em Exportar para PDF. Histórico e próximo passo Na opção Consulta, selecionar o item Histórico e Próximo Passo. 51

52 Essa função visualiza todos os acessos já efetuados da data limite de encerramento da movimentação e os próximos passos a serem providenciados. O Operador e o Administrador de Subgrupo devem atentar para a data limite para não perder o prazo de encerramento da movimentação. A Aliança do Brasil enviará três s para os usuários, lembrando da data de encerramento. Para o arquivo, a remessa deverá ser feita até um dia antes da data limite da movimentação prevista: 1º enviado 5 dias antes da data limite. 2º enviado 2 dias antes da data limite. 3º enviado no último dia da data limite. Caso não seja encerrado, o faturamento será emitido automaticamente, considerando as alterações realizadas no site. 52

53 Na opção Consulta, selecionar o item Download de Formulário. 53

54 Download Na opção Download de Formulário, você poderá baixar documentos necessários para a inclusão de proponente ou a alteração de condições. No caso de dúvidas, selecionar a opção Clique aqui que contém as orientações para uso dos formulários. Na opção Consulta, selecionar o item Pendências. Na opção Consultar Assistências, você poderá verificar o tipo de assistência contratada. 54

55 Pendências Essa função permite a visualização dos proponentes e/ou segurados pendentes e a documentação necessária para o preenchimento e envio à seguradora. Pendentes Inclusão acima de uma vigência. Inclusão de proponente com capital superior a R$ 100 mil. Exclusão acima de duas vigências. Tipo de alteração sujeita a análise Capital Segurado Elevação Solicitada Aumento Aceito Pendente de Aprovação R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00 R$ ,01 R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00 No menu, escolher a opção Carregar Relação Anterior. 55

56 CARREGAR RELAÇÃO ANTERIOR Permite apagar todas as operações realizadas na movimentação atual. Após clicar no botão Confirmar, todas as movimentações realizadas serão desconsideradas. 56

57 No menu, escolher a opção Encerrar movimentação. 57

58 ENCERRAR MOVIMENTAÇÃO Encerra a movimentação das vidas daquele período. Esse papel é desempenhado pelo Administrador do Subgrupo ou Administrador Master. Clicar no botão Encerrar Movimentação para confirmar a operação. Após o encerramento da movimentação, voltar ao menu Histórico e Próximos Passos e verificar se aparece o protocolo do encerramento: Caso não aparecer repetir a operação e/ou entrar em contato com a Central de Atendimento. No menu, escolher a opção Trocar Apólice/Subgrupo. 58

59 TROCAR APÓLICE Esse item somente deverá ser utilizado quando o estipulante tiver mais de uma apólice. Selecionar e clicar em Trocar apólice desejada. 59

60 TROCAR SUBGRUPO Este item deverá ser utilizado quando o usuário tiver acesso a mais de um subgrupo da mesma apólice. Selecionar e clicar em Trocar subgrupo desejado. 60

61 RESUMO DA FATURA ATUAL Atenção: Somente deverá ser utilizada a função Voltar no Detalhamento da Fatura Atual. Linhas 1. Fatura anterior Mostra os dados da competência anterior. Inclusão/Exclusão Segurados que foram incluídos e/ou excluídos na competência. 2. Subtotal - Mostra as movimentações efetuadas na competência. Alteração de capital A coluna Vidas informa o número de alterações de capital efetuado. Acertos Refere-se à inclusão e/ou exclusão retroativas. 3. Fatura Atual Mostra os dados da competência atual. Pendente - Em análise de aceitação. Exclusão agendada Inclusão e exclusão agendadas para o próximo faturamento. 61

62 Colunas 1. A coluna Vidas informa a quantidade de movimentações efetuadas e, quando ocorrer acertos e/ ou alterações de capital, não representará vidas no cálculo da fatura atual. 2. A coluna Prêmio informa os valores referente às faturas: anterior, subtotal e atual. 62

63 SAIR DO SISTEMA No menu, escolher a opção Sair. Clicar nesse item para sair do sistema. 63

64 TERMOS TÉCNICOS Apólice: documento emitido pela sociedade seguradora que formaliza a aceitação da cobertura solicitada pelo estipulante. Beneficiário: pessoa física ou jurídica designada para receber os valores dos capitais segurados, na hipótese de ocorrência de sinistro coberto. Boa-Fé: princípio básico de qualquer contrato, principalmente no contrato de seguro, pois é indispensável que haja confiança mútua entre as partes envolvidas. Esse princípio obriga as partes a agir com a máxima honestidade e em fiel cumprimento às leis e ao 4 contrato do seguro. Nesse conceito, inclui-se a obrigação do segurado em prestar informações verdadeiras na proposta de adesão e durante a vigência de todo o contrato, declarando, também no decorrer da apólice, qualquer alteração no risco. Capital Segurado: valor máximo para a cobertura contratada a ser pago pela sociedade seguradora, no caso de ocorrência do sinistro coberto pela apólice vigente na data do evento. Certificado Individual: documento destinado ao segurado, emitido pela sociedade seguradora no caso de contratação coletiva, quando da aceitação do proponente, da renovação do seguro ou da alteração de valores de capital segurado ou prêmio. Companheiro(a): pessoa que se une a outra e que se apresente à sociedade como se fosse legitimamente casada, formando uma entidade familiar. Condições Contratuais: conjunto de disposições que regem a contratação, incluindo as constantes da proposta de contratação, das condições gerais, das condições especiais, da apólice e, quando for o caso de plano coletivo, do contrato, da proposta de adesão e do certificado individual. Contrato: instrumento jurídico firmado entre o estipulante e a sociedade seguradora, que estabelece as peculiaridades da contratação do plano coletivo e fixa os direitos e as obrigações do estipulante, da sociedade seguradora, dos segurados, e dos beneficiários. Custeio do Seguro: de acordo com a opção feita pelo estipulante, o custeio poderá ser: Contributário: os segurados participam do pagamento do prêmio, total ou parcialmente. 64

65 Não-Contributário: os segurados não pagam prêmio, recaindo o ônus do seguro totalmente sobre o estipulante. Declaração Pessoal de Saúde e Atividade: declaração legal e formal, na qual o proponente presta as informações e declarações sobre o seu estado de saúde e de atividade profissional exercida, sob sua responsabilidade e sob as penas previstas no artigo 766 do Código Civil Brasileiro, para avaliação de risco pela sociedade seguradora. Doenças e Lesões Preexistentes e suas Conseqüências: doenças ou lesões, inclusive as congênitas, contraídas pelo segurado, anteriormente à data de sua adesão ao seguro, caracterizando-se pela existência de sinais, sintomas e quaisquer alterações evidentes em seu estado de saúde, e que eram de seu prévio conhecimento na data da contratação de seguro e não-declaradas na proposta de contratação ou de adesão ao seguro. Caracteriza-se, ainda, quando o segurado omite tratamento realizado na contratação do seguro. Dolo: toda espécie de artifício, engano ou manejo astucioso promovido por uma pessoa, com a intenção de induzir a outrem à prática de um ato jurídico, em prejuízo deste e em proveito próprio ou de outrem. Ou seja, é um ato de má-fé, fraudulento, visando prejuízo preconcebido, seja físico ou financeiro. Estipulante: pessoa física ou jurídica que propõe a contratação de plano coletivo, ficando investida de poderes de representação do segurado, nos termos da legislação e regulação em vigor, sendo identificado como estipulante-instituidor quando participar total ou parcialmente do custeio do plano, e como estipulante-averbador quando não participar do custeio. Grupo Segurado: totalidade do grupo segurável efetivamente aceito e incluído na apólice coletiva. Grupo Segurável: totalidade das pessoas físicas vinculadas ao estipulante que reúnem as condições para inclusão na apólice coletiva. Início de Vigência: data a partir da qual as coberturas de risco propostas serão garantidas pela sociedade seguradora. Início de Vigência da Cobertura Individual: data a partir da qual a sociedade seguradora assume a cobertura dos eventos previstos nestas condições gerais para cada segurado. Movimentação on-line: inclusão, exclusão ou alteração que é realizada pelo envio de arquivo e recomendada para movimentações superiores a 50 mudanças mensais. Movimentação por arquivo: feita por meio de remessa de arquivo, configurado de acordo com o permitido no sistema e recomendada para movimentações mensais superiores a 50 vidas. 65

66 Método Incremental: disponibiliza apenas as inclusões, exclusões e alterações de vidas ocorridas no mês de competência. Método por Sobreposição: disponibiliza arquivo contendo todas as vidas a serem seguradas em substituição ao arquivo faturado na competência anterior. Prêmio: valor correspondente a cada um dos pagamentos destinados ao custeio do seguro. Proponente: interessado em contratar a cobertura (ou coberturas), ou aderir ao contrato, no caso de contratação coletiva. Proposta de Adesão: documento com declaração dos elementos essenciais do interesse a ser garantido e do risco, em que o proponente, pessoa física, expressa a intenção de aderir à contratação coletiva, manifestando pleno conhecimento das condições contratuais. Riscos Excluídos: riscos previstos nas condições gerais e/ou especiais, que não serão cobertos pelo plano. Segurado: pessoa física com interesse segurável, sobre a qual se procederá a avaliação 6 do risco e se estabelecerá o seguro. Seguradora: Companhia de Seguros Aliança do Brasil S.A., doravante designada sociedade seguradora, que se responsabiliza pela cobertura do seguro mediante recebimento de prêmio, conforme estabelecido nestas condições. Vigência da Cobertura Individual: período em que, na apólice em vigor, o segurado tem direito à(s) cobertura(s) do seguro. Vigência do Seguro: período de cobertura no qual a apólice do seguro está em vigor. 66

67

Web Empresas. Agemed Saúde S/A. Versão 03

Web Empresas. Agemed Saúde S/A. Versão 03 2011 Versão 03 Web Empresas Agemed Saúde S/A. Esse documento tem como objetivo orientar as empresas contratantes do plano de saúde Agemed a utilizarem o ambiente Web para realização de movimentações cadastrais

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PROPOSTAS VERSÃO 1.1 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 10/11/2011 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 07/01/2013 1.1 Atualização do

Leia mais

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Acesso para cadastramento da empresa 2 Caso já tenha se

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: ADMINISTRATIVO VERSÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 08/01/2013 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 3 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL PARTE I - INTRODUÇÃO I Requisitos do Sistema. Para utilização do Sistema de Informações Gerenciais SIG, deve-se ter os seguintes requisitos: Acesso a Internet: Discado ou Banda Larga. Navegador de Internet:

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Estamos definitivamente na era digital. Era da velocidade cada vez maior da informação. Era da otimização do tempo. O novo Sistema Integrado de Saúde Amil, SiSAmil, mostra toda a evolução da empresa nesse

Leia mais

Manual de Utilização Sisamil - Sistema Integrado de Saúde Amil Manual de Utilização 1 54

Manual de Utilização Sisamil - Sistema Integrado de Saúde Amil Manual de Utilização 1 54 Manual de Utilização 1 54 Estamos definitivamente na era digital. Era da velocidade cada vez maior da informação. Era da otimização do tempo. O novo Sistema Integrado de Saúde Amil, SiSAmil, mostra toda

Leia mais

NFE Nota Fiscal eletrônica. Versão 2.0 (07/2012)

NFE Nota Fiscal eletrônica. Versão 2.0 (07/2012) NFE Nota Fiscal eletrônica Versão 2.0 (07/2012) Sumário INTRODUÇÃO... 2 COMO OBTER AUTORIZAÇÃO PARA EMISSÃO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA... 3 2º VIA DE SOLICITAÇÃO/AUTORIZAÇÃO DE IMPRESSÃO DE DOCUMENTOS FISCAIS...

Leia mais

Roteiro de acesso ao Autorizador do Plan-Assiste para autorização de procedimentos.

Roteiro de acesso ao Autorizador do Plan-Assiste para autorização de procedimentos. 1 - PRIMEIRO ACESSO AO AUTORIZADOR Tutorial Autorizador WEB Roteiro de acesso ao Autorizador do Plan-Assiste para autorização de procedimentos. 1.1. Acessar o endereço http://assiste.mpu.gov.br/autorizadorweb;

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

KalumaFin. Manual do Usuário

KalumaFin. Manual do Usuário KalumaFin Manual do Usuário Sumário 1. DICIONÁRIO... 4 1.1 ÍCONES... Erro! Indicador não definido. 1.2 DEFINIÇÕES... 5 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 7 3. ACESSAR O SISTEMA... 8 4. PRINCIPAL... 9 4.1 MENU

Leia mais

Módulo de Acesso Remoto

Módulo de Acesso Remoto Módulo de Acesso Remoto Manual do Usuário Página 1 de 30 Índice 1. Introdução 3 1.1. Objetivos deste documento 3 2. Requisitos do Sistema 4 2.1. Acrobat Reader 4 2.2. Pop Up Liberados 4 3. Acesso ao Sistema

Leia mais

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA COOL 2.0V (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO ÍNDICE Pré-requisitos para utilização do sistema....2 Parte I Navegador...2 Parte II Instalação do Interpretador de PDF...2 Parte III

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Versão 1.0 Julho/2012 ÍNDICE 1 REQUISITOS MÍNIMOS PARA INSTALAÇÃO... 4 1.1 Equipamento e Sistemas Operacionais 4 1.1.1

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ÍNDICE INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ACESSO ÀS FERRAMENTAS 9 FUNÇÕES 12 MENSAGENS 14 CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Leia mais

SUMÁRIO. Faculdade Católica do Tocantins www.catolica-to.edu.br

SUMÁRIO. Faculdade Católica do Tocantins www.catolica-to.edu.br MANUAL DO PORTAL ACADÊMICO Passo a passo do Portal Acadêmico www.catolica-to.edu.br - suporterm@catolica-to.edu.br SUMÁRIO Objetivo Manual do Portal Acadêmico... 03 Navegadores... 03 Endereço Eletrônico

Leia mais

Manual de Utilização Autorizador Web V2

Manual de Utilização Autorizador Web V2 Manual de Utilização Autorizador Web V2 OBJETIVO Esse manual tem como objetivo o auxílio no uso do Autorizador de Guias Web V2 do Padre Albino Saúde. Ele serve para base de consulta de como efetuar todos

Leia mais

Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian. Manual do Produto

Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian. Manual do Produto Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian Manual do Produto Índice Introdução - Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 3 1. Verificação de Ambiente 4 2. Instalação

Leia mais

Sistema de de Bilhetagem Eletrônica MANUAL MÓDULO PDV

Sistema de de Bilhetagem Eletrônica MANUAL MÓDULO PDV Sistema de de Eletrônica SETRANSP DOTFLEX MANUAL MÓDULO PDV REGIÃO MANUAL METROPOLITANA MÓDULO PESSOA Revisão JURÍDICA 02 / Setembro SBE de 2008 - DOTFLEX Revisão 00 / Março de 2009 MANUAL MÓDULO EMPRESA

Leia mais

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização WebEDI - Tumelero Manual de Utilização Pedidos de Compra Notas Fiscais Relação de Produtos 1. INTRODUÇÃO Esse documento descreve o novo processo de comunicação e troca de arquivos entre a TUMELERO e seus

Leia mais

Tutorial Administrativo (Backoffice)

Tutorial Administrativo (Backoffice) Manual - Software ENTRANDO NO SISTEMA BACKOFFICE Para entrar no sitema Backoffice, digite no seu navegador de internet o seguinte endereço: http://pesquisa.webbyapp.com/ Entre com o login e senha. Caso

Leia mais

Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio.

Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio. Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio. 1) Logar no Kit Médias Empresas Clicar no ícone Tókio Marine Empresarial, que abrirá a tela de login, veja abaixo. Caso seja o primeiro acesso

Leia mais

Sispag Itaú Manual do Software de Instalação

Sispag Itaú Manual do Software de Instalação 1 Sispag Itaú Manual do Software de Instalação Versão 1.02 - Simplificado Última revisão: 12/08/2002 2 Índice 1. VISÃO GERAL... 3 2. INSTALAÇÃO... 3 2.1 Pelo CD Fornecido pelo Gerente... 3 2.2 Por Download...

Leia mais

Autorizador Plasc TISS Web. - Manual de Instrução-

Autorizador Plasc TISS Web. - Manual de Instrução- Autorizador Plasc TISS Web - Manual de Instrução- A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar - TISS para registro e intercâmbio de dados entre operadoras de planos privados

Leia mais

TUTORIAL // MÓDULO BENEFICIÁRIOS BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS

TUTORIAL // MÓDULO BENEFICIÁRIOS BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS 1 Sumário Procedimento inicial para acessar o sistema na web... 3 Módulo Beneficiários... 3 1. INCLUSÃO DE MATRÍCULA ÚNICA, FAMÍLIAS E BENEFICIÁRIOS...4 Criar a Matrícula

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

Manual do Usuário DENATRAN

Manual do Usuário DENATRAN Manual do Usuário DENATRAN Confidencial Portal SISCSV - 2007 Página 1 Índice Analítico 1. INTRODUÇÃO 5 2. ACESSANDO O SISCSV 2.0 6 2.1 Configurando o Bloqueador de Pop-Ups 6 3. AUTENTICAÇÃO DO USUÁRIO

Leia mais

Tutorial RM. academico.unipe.br ALUNO

Tutorial RM. academico.unipe.br ALUNO Tutorial RM academico.unipe.br ALUNO Caro (a) aluno (a), Este tutorial irá ajudá-lo (a) no acesso ao novo sistema educacional do UNIPÊ. Inicialmente, acesse o Portal da Instituição (www.unipe.br) Faça

Leia mais

COFANET. Guia do Usuário Para Seguro de Crédito. https://cofanet.coface.com/portalviewweb/

COFANET. Guia do Usuário Para Seguro de Crédito. https://cofanet.coface.com/portalviewweb/ COFANET Guia do Usuário Para Seguro de Crédito https://cofanet.coface.com/portalviewweb/ 1 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 4 1.2 Produtos e características do Cofanet... 4 2. ACESSO AO COFANET... 4 2.1 Entrada

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DO M3

MANUAL DO USUÁRIO DO M3 MANUAL DO USUÁRIO DO M3 1 CADASTROS 1.1 Clientes Abre uma tela de busca na qual o usuário poderá localizar o cadastro dos clientes da empresa. Preencha o campo de busca com o nome, ou parte do nome, e

Leia mais

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL.

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL. DÚVIDAS MAIS FREQUENTES - DO CLIENTE 1. Qual o procedimento para se cadastrar na Guia Eletrônica? - Rolar a página e procure pelo item Novo Cliente? - Escolher o perfil: Próprio Interessado: Pessoa Física

Leia mais

Manual do Usuário Central de Agendamento. Versão 1.1

Manual do Usuário Central de Agendamento. Versão 1.1 Manual do Usuário Central de Agendamento Versão 1.1 Maio, 2014 Central de Agendamento Manual de utilização Tribunal de Justiça do Estado da Bahia Setor: Coordenação de Sistemas - COSIS Histórico de Revisões

Leia mais

Extrato Financeiro Manual de Usuário 02/05/2012 FAPESP

Extrato Financeiro Manual de Usuário 02/05/2012 FAPESP Extrato Financeiro Manual de Usuário FAPESP Conteúdo Introdução... 3 Acesso ao formulário para geração do extrato... 3 Como gerar o extrato financeiro... 5 Conteúdo do extrato... 9 Anexo I Dúvidas / problemas

Leia mais

Manual Do Usuário ClinicaBR

Manual Do Usuário ClinicaBR Manual Do Usuário ClinicaBR SUMÁRIO 1 Introdução... 01 2 ClinicaBR... 01 3 Como se cadastrar... 01 4 Versão experimental... 02 5 Requisitos mínimos p/ utilização... 03 6 Perfis de acesso... 03 6.1 Usuário

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

Manual Operacional de Adesão ao FIES Técnico Procedimentos da Mantenedora

Manual Operacional de Adesão ao FIES Técnico Procedimentos da Mantenedora Manual Operacional de Adesão ao FIES Técnico Procedimentos da Mantenedora Brasília, março de 2012 Versão 1.0 SUMÁRIO 1. CONFIGURAÇÕES RECOMENDADAS... 3 2. ACESSO AO SISTEMA... 4 3. ADESÃO AO FIES... 5

Leia mais

manual Sistema de Gestão de Contribuições

manual Sistema de Gestão de Contribuições manual Sistema de Gestão de Contribuições Conteúdo 1. Login 4 2. Home 5 3. Informações básicas 3.1. Menus 6 3.2. Números e status 7 3.3. Ações 8 4. Ambientes da ferramenta 4.1. Sindicato 13 4.2. Empresas

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões URI Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação PROPEPG Manual de Utilização Sistema de Projetos URI Módulo Projetos Versão 1 - Revisão

Leia mais

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE Guia do Usuário ÍNDICE ÍNDICE Setembro /2009 www.4rsistemas.com.br 15 3262 8444 IDENTIFICAÇÃO E SENHA... 3 Sou localizado no município... 4 Não sou localizado no município... 4 ACESSO AO SISTEMA... 5 Tela

Leia mais

MANU AL DO COMPRADOR

MANU AL DO COMPRADOR MANUAL DO COMPRADOR Conhecendo o Vale Transporte Eletrônico O que é o Vale Transporte Eletrônico? O vale-transporte é um benefício definido pela Lei Federal nº 7.418/85 e Lei Federal 7.619/87 oferecido

Leia mais

Renovação Online de Certificados Digitais A3 (Com Boleto Bancário)

Renovação Online de Certificados Digitais A3 (Com Boleto Bancário) Renovação Online de Certificados Digitais A3 (Com Boleto Bancário) Guia de Orientação Todos os direitos reservados. Imprensa Oficial do Estado S.A. 2013 Página 1 de 47 Índice PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO...

Leia mais

Guia do Usuário PRONAVTECH GUIA DO USUÁRIO ARMAZENADOR

Guia do Usuário PRONAVTECH GUIA DO USUÁRIO ARMAZENADOR GUIA DO USUÁRIO ARMAZENADOR 1 Índice INTRODUÇÃO... 3 ACESSANDO O PRONAVTECH... 4 Primeiro Acesso... 5 Demais Acessos... 6 Esqueci Minha Senha... 7 Esqueci o usuário principal... 7 ÁREA DE TRABALHO DO PRONAVTECH...

Leia mais

PATRONAGE - ADMINISTRAÇÃO DE BOLSAS E AUXÍLIOS FAPEMA FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DO MARANHÃO Rua

PATRONAGE - ADMINISTRAÇÃO DE BOLSAS E AUXÍLIOS FAPEMA FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DO MARANHÃO Rua 1 Sumário INTRODUÇÃO... 3 1 COMO ACESSAR O PATRONAGE... 4 2 INFORMAÇÕES SOBRE O PROJETO... 5 3 PRESTAÇÃO DE CONTAS... 8 3.1 Execução do projeto... 8 3.2 Autorização de recursos (remanejamento de recurso,

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema

Leia mais

Sistema Auto Empresas

Sistema Auto Empresas Sistema Auto Empresas Itaú Seguros de Auto e Residência S.A Janeiro 2011 Como Acessar Acesse o Portal do Corretor (https://mais.itauseguros.com.br). Utilize a opção Cotação online para iniciar o cálculo

Leia mais

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus.

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. - Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. Ou digite www.simpo.com.br/protocolo/login.php, para ir diretamente

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

Passos básicos para utilização de Nota Fiscal Eletrônica (NF-E)

Passos básicos para utilização de Nota Fiscal Eletrônica (NF-E) Conteúdo Solicitação de Autorização...2 Numeração da NF-E...3 Emissão de NF-E...3 Pesquisa de NF-E emitida...5 Cancelamento de NF-E emitida...5 Carta de Correção...6 Envio de Arquivo de RPS...6 Número

Leia mais

BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS

BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS 1 Módulo Beneficiários Onde são criados os registros das famílias dos titulares e definidas coberturas assistenciais do plano de saúde, bem como os valores de custeio, os

Leia mais

Livro Caixa. www.controlenanet.com.br. Copyright 2015 - ControleNaNet

Livro Caixa. www.controlenanet.com.br. Copyright 2015 - ControleNaNet www.controlenanet.com.br Copyright 2015 - ControleNaNet Conteúdo Tela Principal... 3 Como imprimir?... 4 As Listagens nas Telas... 7 Clientes... 8 Consulta... 9 Inclusão... 11 Alteração... 13 Exclusão...

Leia mais

Programa de Hematologia e Oncologia Pediátricos Diagnóstico Imunomolecular. Manual do sistema (Médico)

Programa de Hematologia e Oncologia Pediátricos Diagnóstico Imunomolecular. Manual do sistema (Médico) Programa de Hematologia e Oncologia Pediátricos Diagnóstico Imunomolecular Manual do sistema (Médico) ÍNDICE 1. O sistema... 1 2. Necessidades técnicas para acesso ao sistema... 1 3. Acessando o sistema...

Leia mais

Este manual visa orientar o usuário na geração/emissão do boleto online pelo Portal Educacional.

Este manual visa orientar o usuário na geração/emissão do boleto online pelo Portal Educacional. GERAÇÃO/EMISSÃO DO BOLETO ONLINE (Portal Educacional) Este manual visa orientar o usuário na geração/emissão do boleto online pelo Portal Educacional. Acessar o portal da EST www.est.edu.br e clicar em

Leia mais

PAG CONTAS CARNÊ Agora ficou mais fácil pagar suas contas. PAG CONTAS CARNÊ. Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO

PAG CONTAS CARNÊ Agora ficou mais fácil pagar suas contas. PAG CONTAS CARNÊ. Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO PAG CONTAS CARNÊ Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO MANUAL DE GERAÇÃO DE BOLETOS EMPRESAS CONVENIADAS 1) REQUISITOS DO SISTEMA: Primeiramente devemos possuir seguintes itens abaixo: - Microcomputador

Leia mais

Instruções de Acesso. Portal de Cliente. Próximo

Instruções de Acesso. Portal de Cliente. Próximo Instruções de Acesso Portal de Cliente Primeiramente, confira a configuração de pop-up e versão do seu navegador, conforme instruções abaixo: Os navegadores e versões homologadas, são: Internet Explorer

Leia mais

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar:

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar: SOLICITAÇÃO DE FOMENTO on-line MANUAL DO USUÁRIO 1 CONTATOS... 2 2 ANTES DE COMEÇAR... 2 3 ENTRAR NO SISTEMA INFAPERJ... 3 3.1 ACESSO AO SISTEMA...3 3.2 LOGIN...4 4 APRESENTAÇÃO GERAL DA INTERFACE... 5

Leia mais

MANUAL VERSÃO 4.14 0

MANUAL VERSÃO 4.14 0 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 1. O QUE É O EOL?... 2 2. ACESSANDO O EOL... 2 3. TELA INICIAL... 3 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 7 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 8 7. EXAMES

Leia mais

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios Portal Sindical Manual Operacional Empresas/Escritórios Acesso ao Portal Inicialmente, para conseguir acesso ao Portal Sindical, nos controles administrativos, é necessário acessar a página principal da

Leia mais

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento Manual de PRODUÇÃO ONLINE 2 APRESENTAÇÃO A Unimed-Rio desenvolveu seu sistema de Produção Online, criado para facilitar a rotina de atendimento de seus médicos cooperados. Este sistema é composto por dois

Leia mais

Manual de utilização do Relatório de Viagens

Manual de utilização do Relatório de Viagens Manual de utilização do Relatório de Viagens Os Módulos do Sistema de Relatório de Viagens foram criados tendo com base a Regulamentação de Viagem da MGS - Minas Gerais Administração e Serviços S/A (RG/AD/02/10ª).

Leia mais

Sistema Auto Frota. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A.

Sistema Auto Frota. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A. Sistema Auto Frota Itaú Seguros de Auto e Residência S.A Como Acessar Acesse o Portal do corretor www.itauseguros.com.br/portal, no caminho: Home> Meus Negócios> Cotações e Propostas> Auto Frota> Cotação

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EXTRACRED

UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EXTRACRED UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EXTRACRED Esta parte do sistema como descrito anteriormente neste manual permite que seus agentes tenham acesso á uma área exclusiva para acessar informações pessoais como: Meu Extrato

Leia mais

Cadastramento de Computadores. Manual do Usuário

Cadastramento de Computadores. Manual do Usuário Cadastramento de Computadores Manual do Usuário Agosto 2006 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO 1.1 Conhecendo a solução...03 Segurança pela identificação da máquina...03 2. ADERINDO À SOLUÇÃO e CADASTRANDO COMPUTADORES

Leia mais

Versão 1.15. Portal StarTISS. Portal de Digitação e Envio do Faturamento. Manual de Utilização. Versão 1.15 (Agosto/2014)

Versão 1.15. Portal StarTISS. Portal de Digitação e Envio do Faturamento. Manual de Utilização. Versão 1.15 (Agosto/2014) Versão 1.15 Portal StarTISS Portal de Digitação e Envio do Faturamento Manual de Utilização Versão 1.15 (Agosto/2014) Conteúdo 1. CONTATOS... 1 2. REQUISITOS NECESSÁRIOS... 1 3. ACESSANDO O PORTAL STARTISS...

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA MCTI/AEB/FINEP/FNDCT Subvenção Econômica à Inovação Transferência de Tecnologia do SGDC 01/2015 Transferência de Tecnologia Espacial no Âmbito do Decreto nº 7.769 de 28/06/2012

Leia mais

3 - Tela Principal. Itens importantes da página

3 - Tela Principal. Itens importantes da página SUMÁRIO 1 1 - Conceitos Gerais O CRQ é um sistema de controle de qualidade utilizado na etapa de recrutamento de estudos de natureza qualitativa. Ele é um banco de dados que tem como principal objetivo

Leia mais

Certificado A1 Manual de Renovação online

Certificado A1 Manual de Renovação online Página1 Certificado A1 Manual de Renovação online Manual do Usuário Página2 Índice Requisitos... 03 Plug-ins e ActiveX... 04 Renovação... 06 Exportação: Backup PFX... 12 Página3 Requisitos Este manual

Leia mais

Como funciona o site treinamento técnico ON-LINE?

Como funciona o site treinamento técnico ON-LINE? Manual do Usuário INSTRUÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DO TREINAMENTO ON LINE A ATIC Tecnologia do Brasil Ltda. com o objetivo de atender aos seus diversos clientes, oferece treinamentos EAD - Educação a Distância

Leia mais

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I.

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. MILI S.A. - D.T.I. Índice 1 ACESSANDO O PORTAL IPEDIDOS... 3 1.1 Login...5 1.2 Tela Principal, Mensagens e Atendimento On-line...6 2 CADASTRAR... 10 2.1 Pedido...10

Leia mais

Pedido de Vale-Transporte COMPRA COM IMPORTAÇÃO DE ARQUIVO CONVERTA SUA PLANILHA

Pedido de Vale-Transporte COMPRA COM IMPORTAÇÃO DE ARQUIVO CONVERTA SUA PLANILHA Pedido de Vale-Transporte COMPRA COM IMPORTAÇÃO DE ARQUIVO CONVERTA SUA PLANILHA Prezado cliente, para apresentar as novas alterações do sistema de pedido on-line do Vale-Transporte Eletrônico, elaboramos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA CÉLULA DE GESTÃO TRIBUTÁRIA UNIDADE DE ARRECADAÇÃO IMOBILIÁRIAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA CÉLULA DE GESTÃO TRIBUTÁRIA UNIDADE DE ARRECADAÇÃO IMOBILIÁRIAS PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA CÉLULA DE GESTÃO TRIBUTÁRIA UNIDADE DE ARRECADAÇÃO IMOBILIÁRIAS MANUAL DO USUÁRIO Apoio SUMÁRIO 1 OBJETIVO... 3 2 ROTINAS... 3 2.1 GUIA

Leia mais

Certificado A1. Manual de Renovação online. Manual do Usuário. Produzido por: Informática Educativa. Página1

Certificado A1. Manual de Renovação online. Manual do Usuário. Produzido por: Informática Educativa. Página1 Certificado A1 Manual de Renovação online Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página1 Índice 1. Apresentação... 03 2. Requisitos... 04 3. Plug-ins e ActiveX... 05 4. Renovação... 07

Leia mais

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Sumário PRESTAÇÃO DE CONTAS DE ETIQUETAS DE REPARO...3 Figura 1.0...3 Figura 2.0...4 Figura 3.0...5 Figura 4.0...5 1. Proprietário

Leia mais

MATRÍCULAS ABERTAS PARA

MATRÍCULAS ABERTAS PARA Olá, você acessou o Manual para Inscrição de Matrículas de Alunos Novos do Colégio Medianeira. Leia atentamente as orientações abaixo. Elas vão facilitar o correto preenchimento de seu Cadastro que é OBRIGATÓRIO

Leia mais

MANUAL VERSÃO 2.11 1

MANUAL VERSÃO 2.11 1 1 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 O QUE É O EOL?... 3 3 ACESSO AO CLIENTE... 3 4 ACESSANDO O EOL... 3 5 TELA INICIAL... 4 6 EXAMES ADMISSIONAIS... 5 7 MUDANÇA DE FUNÇÃO... 7 8 EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO

Leia mais

Cadastramento de Computadores. Manual do Usuário

Cadastramento de Computadores. Manual do Usuário Cadastramento de Computadores Manual do Usuário Setembro 2008 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO 1.1 Conhecendo a solução...03 Segurança pela identificação da máquina...03 2. ADERINDO À SOLUÇÃO e CADASTRANDO COMPUTADORES

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA 1 NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA ANO 2012 2 Sumário 1 Nota Fiscal de Serviços eletrônica - NFS-e... 3 1.1 Considerações Iniciais... 3 1.2 Legislação... 3 1.3 Definição...

Leia mais

GUIA DE USO SERVIÇOS PARA IMOBILIÁRIAS

GUIA DE USO SERVIÇOS PARA IMOBILIÁRIAS GUIA DE USO SERVIÇOS PARA IMOBILIÁRIAS Diretoria Comercial Corporativa Página 2 de 14 Sumário 1 Introdução... 4 2 Acessando os serviços para Imobiliárias... 5 3 Gerenciando clientes... 8 4 Serviços...

Leia mais

Manual do Assistente do Certificado Digital

Manual do Assistente do Certificado Digital Manual do Assistente do Certificado Digital Índice Bem-vindo ao Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 3 Iniciando o Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 4 Renovação de Certificado

Leia mais

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet Manual do Usuário Copyright 2014 - ControleNaNet Conteúdo A Ficha de Vendas...3 Os Recibos...6 Como imprimir?...7 As Listagens...9 Clientes... 10 Consulta... 11 Inclusão... 13 Alteração... 14 Exclusão...

Leia mais

Manual Operacional do Plenoweb

Manual Operacional do Plenoweb Manual Operacional do Plenoweb 1 Sumário 1. Introdução...3 2. Primeiro Acesso...4 2.1. Requisitos Mínimos...4 2.2. Tela inicial...4 2.3. Menus...5 3. Cadastro de Pessoa...7 4. Cadastro de Cotas...9 5.

Leia mais

ÍNDICE 1. SEJA BEM-VINDO... 2 SOBRE O SISTEMA... 3 2. FUNCIONALIDADES DO SISTEMA... 4

ÍNDICE 1. SEJA BEM-VINDO... 2 SOBRE O SISTEMA... 3 2. FUNCIONALIDADES DO SISTEMA... 4 ÍNDICE 1. SEJA BEM-VINDO... 2 1.1 Seja Bem-Vindo!... 2 SOBRE O SISTEMA... 3 1.2 Sobre o sistema... 3 1.3 Navegação... 3 2. FUNCIONALIDADES DO SISTEMA... 4 2.1 Efetuar Login Internet... 4 2.1.1 Efetuar

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

Certificado Digital A1

Certificado Digital A1 Certificado Digital A1 Geração Todos os direitos reservados. Imprensa Oficial do Estado S.A. - 2012 Página 1 de 41 Pré-requisitos para a geração Dispositivos de Certificação Digital Para que o processo

Leia mais

Usuários. Manual. Pergamum

Usuários. Manual. Pergamum Usuários Manual Pergamum Sumário 1 APRESENTAÇÃO... 1-2 2 CADASTRANDO UM NOVO USUÁRIO/OPERADOR... 2-1 3 UTILIZANDO O MÓDULO DE USUÁRIOS... 3-2 3.1 CONFIGURAÇÃO DE GUIAS NO EXPLORER... 3-3 4 CADASTRO...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL TISS. Manual. Usuário. Versão 1.3 atualizado em 13/06/2013

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL TISS. Manual. Usuário. Versão 1.3 atualizado em 13/06/2013 Manual do Usuário Versão 1.3 atualizado em 13/06/2013 1. CONFIGURAÇÕES E ORIENTAÇÕES PARA ACESSO... 4 2 GUIAS... 11 2.1 DIGITANDO AS GUIAS... 11 2.2 SALVANDO GUIAS... 12 2.3 FINALIZANDO UMA GUIA... 13

Leia mais

MANUAL DO PORTAL ACADÊMICO - ALUNO

MANUAL DO PORTAL ACADÊMICO - ALUNO MANUAL DO PORTAL ACADÊMICO - ALUNO Passo a passo do Portal Acadêmico www.ucb.br - atende@ucb.br SUMÁRIO Objetivo Manual do Portal Acadêmico... 03 Navegadores... 03 Endereço Eletrônico (site)... 03 Bloqueador

Leia mais

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE. Baixa Simplificada de Empresas

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE. Baixa Simplificada de Empresas PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE Baixa Simplificada de Empresas 2 Sumário 1 Como preparar o computador para uso do certificado digital...04 2 Primeiro Acesso: Cadastro

Leia mais

Renovação Online de certificados digitais A3 (Voucher)

Renovação Online de certificados digitais A3 (Voucher) Renovação Online de certificados digitais A3 (Voucher) Todos os direitos reservados. Imprensa Oficial do Estado S.A. 2012 página 1 de 19 Requisitos para a Renovação Certificados A3 Em Cartão/Token (Navegador

Leia mais

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit Presskit Guia Rápido Release 2.0 Presskit 06/07/2009 Sumário 1 Login 2 Login e Senha...................................... 2 Esqueci minha senha.................................. 2 Fale Com o Suporte...................................

Leia mais

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual Aplicativo da Manifestação do Destinatário Manual Novembro de 2012 1 Sumário 1 Aplicativo de Manifestação do Destinatário...4 2 Iniciando o aplicativo...4 3 Menus...5 3.1 Manifestação Destinatário...5

Leia mais

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Manual do Usuário Página1 Sumário 1 Configurações Recomendadas... 4 2 Objetivos... 4 3 Acesso ao Sistema... 5 3.1. Acessar 6 3.2. Primeiro

Leia mais

UNEC Centro Universitário de Caratinga Orientações Para Rematrícula Online

UNEC Centro Universitário de Caratinga Orientações Para Rematrícula Online ORIENTAÇÕES PARA REMATRÍCULA ONLINE - UNEC CARATINGA 1 1.0 INTRODUÇÃO ORIENTAÇÕES PARA REMATRÍCULA ON-LINE O objetivo deste manual é orientar o aluno na realização da rematrícula do semestre através do

Leia mais

Manual do Software de Cobrança Itaú

Manual do Software de Cobrança Itaú Banco Itaú SA Manual do Software de Cobrança Itaú Última atualização: agosto/2006 Índice 1 Visão Geral 03 2 Instalação 03 3 Inserindo os dados de sua empresa 03 4 Inserindo os dados dos títulos de Cobrança

Leia mais

MANUAL VERSÃO 2.13 1

MANUAL VERSÃO 2.13 1 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1. O QUE É O EOL?... 3 2. ACESSANDO O EOL... 3 3. TELA INICIAL... 4 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 6 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 7 7. EXAMES

Leia mais