Sincor-SP lança plano de previdência exclusivo para o corretor de seguros

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sincor-SP lança plano de previdência exclusivo para o corretor de seguros"

Transcrição

1 UMA PUBLICAÇÃO MENSAL DO SINCOR-SP 382 ABRIL 2013 Ranking apresenta resultados alcançados pelas seguradoras no ano passado O Ranking das Seguradoras 2012, disponibilizado pelo Sincor-SP, aponta que as companhias alcançaram o montante de R$ 93,4 bilhões no período. JORNAL DOS CORRETORES DE SEGUROS Encarte Especial Sincor-SP lança plano de previdência exclusivo para o corretor de seguros O SincorPrevSP, desenvolvido em parceria com a Mapfre Previdência, oferece vantagens exclusivas para incentivar o corretor a se preparar para o futuro. Págs. 6 e 7 Modelo de distribuição do Microsseguro recebe críticas Presidente do Sincor-SP demonstra preocupação com a maneira que o produto começou a ser comercializado no Brasil. Assunto foi discutido em eventos do setor. Págs. 8 e 9

2 Vem aí um evento como você nunca viu. Vivenciando Resultados & Articulando Renovações Experiências Vivenciais Jogos Corporativos Dinâmicas Empresariais Hotel Vacance Águas de Lindóia-SP DE 28 A 30 DE JUNHO Mude sua visão de negócio de um jeito inovador e diferente. Corretor de Seguros você irá experimentar novas práticas de vendas e gestão de negócios! Entre no site Sincor-SP e inscreva-se. Consulte valores e condições de inscrição. Patrocinadores:

3 palavra do presidente Por que a ferramenta de cotação online vai revolucionar o mercado de seguros JCS ABRIL O tempo para cotação, que hoje leva em média 65 minutos, será reduzido drasticamente. É incrível o modo como as boas ideias nascem, se consolidam nas discussões e, em seguida, dão origem a ações que podem produzir mudanças extraordinárias em nossas vidas. Foi o que ocorreu com a proposta de disponibilizar uma ferramenta de cotação online para um amplo conjunto de corretores de seguros. Primeiramente, consideramos a ideia ao verificar este enorme problema: o modelo atual de comercialização de seguros pela internet dispensa o internauta de se servir dos conhecimentos do corretor de seguros. Para solucionar, a disponibilização da ferramenta de cotação online para o profissional corretor e não diretamente para o internauta evitaria que o consumidor entendesse que a venda de apólices é apenas uma questão de preço, tal como ocorreu no Reino Unido, trazendo prejuízos para todo o mercado de seguros. Mas a ideia da utilização da ferramenta de cotação online por um grande número de corretores de seguros também revelou o potencial de mudar profundamente o dia a dia destes profissionais, independentemente do comércio eletrônico. Isto ocorre porque a tecnologia acena com a possibilidade de reduzir drasticamente o tempo de cada cotação e respectivos custos. Um estudo do Sincor-SP observou que o tempo médio de cada uma destas operações, pela forma tradicional, é de 65 minutos, ao passo em que a ferramenta de cotação online torna esse período drasticamente menor. É uma verdadeira revolução nos processos internos da corretora. Além disso, o mercado como um todo tende a ser beneficiado, já que o consumidor passa a contar com mais agilidade nas cotações e a seguradora ganha um parceiro corretor com condições de investir mais tempo e recursos em clientes ativos, inativos e potenciais. Tendo em vista estas perspectivas, o Sincor-SP investiu com seriedade no assunto. Neste processo, o Sindicato constituiu uma comissão técnica especial para cuidar do tema, contratou consultores especialistas e firmou um acordo com uma das maiores empresas do mundo em Tecnologia da Informação. Ao mesmo tempo, passamos a conversar a respeito com as seguradoras, mostrando como a ferramenta será útil para todo o mercado. A maioria delas já revelou simpatia com relação à iniciativa. A ferramenta de cotação online que passaremos a oferecer está sendo desenvolvida a partir de um modelo já testado no mercado. O corretor de seguros poderá utilizá-la para cotar com as seguradoras com as quais já o- pera a fim de manter a competitividade e a ética no mercado, uma vez que, tal como sabemos, o comércio de seguros não é uma questão só de preço. O que é ainda mais maravilhoso do que esta grande solução que aponta no horizonte é o modo como o projeto evoluiu. A ampla participação dos corretores de seguros e o diálogo franco com o mercado constituíram a base do processo. Mais uma vez estamos provando que o ato de ouvir um grande número de pessoas não prejudica o andamento dos processos da administração do Sincor-SP. Pelo contrário, nós estamos aproveitando da melhor forma possível as ideias e os conhecimentos de um grande número de companheiros para obter muitos frutos e gerar resultados consistentes em bom ritmo. Neste momento em que redijo este editorial nós estamos finalizando o acordo com essa empresa de tecnologia. A próxima edição do JCS vai trazer uma reportagem completa sobre o assunto. Até lá você poderá acompanhar a evolução dos acontecimentos pelo nosso noticiário online ou pessoalmente, se você nos honrar com a sua visita, por meio do novo projeto Portas Abertas, que conta com uma reportagem nesta edição. Mário Sérgio de Almeida Santos

4 4 JCS ABRIL 2013 sumário 3 PALAVRA DO PRESIDENTE Por que a ferramenta de cotação online vai revolucionar o mercado de seguros 4 SUMÁRIO / EXPEDIENTE 5 CARTAS Correspondências Sincor-SP lança o Plano de Previdência 6 CAPA do Corretor de Seguros 8 Microsseguros Modelo de distribuição do Microsseguro recebe críticas 10 Cinco Dicas de Ouro As bases para o crescimento do corretor de seguros PESQUISA Por dentro do PECS PRESTAMISTA EVENTOS INFORMAÇÃO LEGAL Fenacor lança pesquisa nacional para avaliar perfil das corretoras de seguros Corretoras de São Paulo destacam importância do ramo de microsseguros Seguro Prestamista atinge recorde de receita Presidente do Sincor-SP prestigia a 10ª edição do Prêmio Segurador Brasil A situação do beneficiário do Seguro de Vida no caso de separação judicial MERCADO Economista interpreta aumento no preço do seguro em PORTAS ABERTAS Diretoria executiva cria programa para aumentar interação com os corretores 15 CULTURA DO SEGURO Cultura do Seguro marca presença na 16ª Feira do Estudante promovida pelo CIEE 16 Opinião Vantagens e desvantagens na venda online de seguros CRAQUE DA FOTO SINCOR-SP NA MÍDIA Concurso Craque da Foto entrega os prêmios SP: índices de roubo fazem seguros de carro aumentar mais de 20% 19 ARTIGO MARKETING O suicídio no entendimento dos Tribunais Corretor de seguros ganha destaque em campeonato de tênis 20 Regionais do Sincor-SP Barretos realiza jogo solidário e arrecada alimentos 22 CONHECIMENTO ESTANTE Os embaraços na operação do Seguro Condomínio Seguros de Transportes de Cargas no Brasil Um estudo para o combate à fraude 23 ENTIDADES ESCADA ACIMA / ESCADA ABAIXO Clube dos Corretores de Piracicaba visa a qualidade de seus membros Após nova lei seca, as ocorrências de mortes nos feriados de Ano Novo, Carnaval e Páscoa caíram 37% nas rodovias de São Paulo, segundo Folha de S. Paulo Grandes varejistas oferecem seguros aos clientes com intermediação do vendedor do estabelecimento. Ocorrência foi registrada pelo Jornal da Globo expediente JORNAL DOS CORRETORES DE SEGUROS Uma publicação mensal do Sincor-SP. Editora Responsável: Elaine Lisbôa MTB: Telefone: (11) Redação: Camila Rocha e Thamires Costa Assessoria Editorial: DIZ Comunicações Revisora: Ana Maria Broadbridge MTB /SP Conselho Editorial: Cássia Maria Del Papa, Diniz Nunes Caetano, Francisco Celso Latini (Tico) e Pedro Barbato Filho. Publicidade: (11) Direção de Arte: ÓPERA Comunicação DIRETORIA EXECUTIVA: Presidente: Mário Sérgio de Almeida Santos 1ª Vice-presidente: Cássia Maria Del Papa 2º Vice-presidente: Leilane Aparecida F. Strongren 1ª Secretário: Carlos Alberto Pelais 2º Secretário: Carlos Rapozo 1º Tesoureiro: Orlando Filipe de Gouveia 2º Tesoureiro: Flavio Bevilaqua Bosisio Suplentes da Diretoria Executiva: Jorge Teixeira Barbosa, Celso Lopes, Cláudia Regina S. Camargo, Artur Cicone Jr., Francisco Orlando Chiomento, Juraci Alves Efetivos do Conselho Fiscal: Júlio César Pasquinelli, Mauro Antonio Laranja, Júlio César Salles Murat Suplentes do Conselho Fiscal: Lacir Marcondes de Melo, Diniz Nunes Caetano Delegados Fenacor: Efetivo: Nelson Martins Fontana Suplentes de Delegados Fenacor: Manuel Dantas Matos, Umile Ritacco Diretores Regionais: ABCDMR: Arnaldo Odlevati Jr ARAÇATUBA: José Antonio Veschi ARARAQUARA: José Roberto Placco Rodriguez ASSIS: Wagner Luiz Martins BARRETOS: André Mendes Camillo BAURU: Fernando Antonio Kauffman Alvarez CAMPINAS: Carlos Aparecido Cunha FRANCA: Paulo Batista de Alcântara GUARULHOS: Luiz Carlos Ruivo JUNDIAÍ: Simone Cristina Favaro Martins MARÍLIA: Marco Antonio Mariano MOGI DA CRUZES: Wilton José Nogueira NOVA ALTA PAULISTA: Waldir Baessa OSASCO: Eduardo Minc PIRACICABA: Carlos Alberto Caporalli PRESIDENTE PRUDENTE: Ricardo Ricci F. Santos RIBEIRÃO PRETO: Vicente Oliveira Tozzo SÃO JOSÉ DO RIO PRETO: Antonio Roberto Mantovan SANTOS: Flávio Meleiro SÃO CARLOS: Antonio Carlos João SÃO JOÃO DA BOA VISTA: Silvia Helena Rinaldi Lara SÃO JOSE DOS CAMPOS: Lauro Benedito de Almeida Oliveira SOROCABA: Gilson Domingues Morais Filho TAUBATÉ: Francisco Sérgio Casimiro ZONA CENTRAL: Braz Romildo Fernandes ZONA LESTE: Marcos Abarca ZONA NORTE: Carlos Alberto B. de Lima ZONA OESTE: Eduardo Vidal Pileggi ZONA SUL: Francisco Vieira Nunes da Silva Gerência-geral Sincor-SP: Albano Ribeiro Neto VEJA A RELAÇÃO COMPLETA DA DIRETORIA NO SITE DO SINCOR-SP. 24 Jogo Rápido Credicor-SP realiza assembleia para prestação de contas e eleição dos membros do Conselho Fiscal 25 Dados Econômicos Agenda Maio outra leitura Charge: Zeca / Artigo: Angélica Martins Valverde SINDICATO DOS CORRETORES DE SEGUROS, EMPRESAS CORRETORAS DE SEGUROS, RESSEGUROS, DE SAÚDE, DE VIDA, DE CAPITALIZAÇÃO E PREVIDÊNCIA PRIVADA NO ESTADO DE SÃO PAULO. Rua Líbero Badaró, º andar - São Paulo - Centro - CEP: Tel.: (11) Ouvidoria: Milton D Amelio Telefone: (11)

5 Mande suas reclamações, questionamentos, elogios ou sugestões às seguradoras ou demais empresas e entidades do setor. Não esqueça de colocar seu nome, empresa, cargo e cidade. Daremos direito de resposta, buscando soluções para os problemas. O é ou, no caso de carta impressa enviada ao Sindicato/JCS. À Bradesco Seguros S/A Prezado presidente Marco Antônio Rossi, Há alguns dias temos conversado com membros da sua equipe sobre mudanças da Bradesco Seguros quanto ao limite de comissionamento para o corretor de seguros. Inicialmente, nossos questionamentos foram sobre a forma com que a comunicação da nova política da empresa sobre comissões está sendo feita. Desde já, queremos deixar claro, NÃO criticaremos a medida, acreditamos que cada seguradora deva seguir o caminho que achar mais conveniente, assim como os corretores de seguros, sempre se preocupando em atender bem às necessidades de seus segurados, também devem fazer as opções com quais companhias que desejam trabalhar. Entretanto, as informações sobre o referido assunto estão sendo fornecidas de maneira desencontrada, com parcialidade e não esclarecem os objetivos por parte da companhia. Isso vem causando desconforto para os corretores de seguros que atuam com a Bradesco. Agora, recentemente, embora a Bradesco houvesse afirmado que a medida vale para todo território nacional, conversamos com quase a totalidade dos presidentes de sindicatos congêneres e não constatamos isso. Em algumas regiões, a Bradesco não comunicou alterações de ordem alguma e em outras apresentou uma tabela progressiva de produção X comissionamento X sinistracorrespondências Do Sindicato para entidades ou empresas e vice-versa Pedido de esclarecimento sobre mudanças no comissionamento do corretor de seguros lidade (inclusive, alguns colegas chegaram a ver a comunicação interna da seguradora sobre o tema). Sendo assim, insistimos na necessidade de esclarecimentos formais por parte da Bradesco Seguros e, para tanto, mais uma vez, coloco à sua disposição nossas reuniões com diretores (inclusive de todo o Estado), além das mídias do Sincor-SP para que sejam feitos os esclarecimentos necessários, que estão sendo cobrados por muitos corretores de seguros. Permaneço à disposição, grato pela atenção e abraços. Atenciosamente, Mário Sérgio de Almeida Santos São Paulo, 22 de fevereiro de 2013 Divulgação de pesquisa que irá avaliar o perfil socioeconômico das corretoras de seguros Ao Sincor-SP Prezado Mário Sérgio de Almeida Santos, a par de nossos cumprimentos, comunicamos que esta Federação desenvolveu uma pesquisa eletrônica com a finalidade de conhecer o perfil socioeconômico das Corretoras de Seguros Pessoa Jurídica no âmbito nacional. Essa iniciativa visa subsidiar propostas de grande interesse para os corretores de seguros como a redução da carga tributária e a inclusão das empresas no SIM- PLES, além de fortalecer e consolidar a imagem dos corretores de seguros como uma das categorias que mais contribuem para a geração de riqueza nacional. A pesquisa também deve contribuir com a categoria para estruturação de planos de negócios e, se for o caso, formatar novas estratégias e também vai permitir a verificação do seu real posicionamento no mercado regional ou nacional. Ainda servirá de base para o planejamento de ações desta Federação e dos Sincors. JCS ABRIL 2013 Igualmente, informamos que estamos desenvolvendo banner e notícias sobre o referido estudo. Nesse contexto, solicitamos a sua valiosa e indispensável colaboração para serem inseridos no site e veículos do Sindicato. Sem mais para o momento, subscrevemo-nos. Atenciosamente, Armando Vergílio dos Santos Júnior Presidente da Fenacor Rio de Janeiro, 6 de março de 2013 Parabéns pelo evento comemorativo ao Dia Internacional da Mulher Ao Sincor-SP Prezados, pela primeira vez tive o prazer de participar dessa linda homenagem ao dia das mulheres! Fico muito feliz de fazer parte dessa categoria de profissionais, que é tão valorizada e prestigiada. Sei que, para que tudo isso ocorra, é preciso muito trabalho de todos os envolvidos, por isso envio este para que vocês tenham a certeza de que o resultado foi excelente! Abraço forte e até a próxima! Michele Jussiani Miseg Corretora de Seguros Por , 8 de março de 2013 Parabéns pelo programa Portas Abertas Ao Sincor-SP Amei a iniciativa! Parabéns a essa diretoria nota ! Superabraço a todos vocês! Denise Barroso Barroso & Olivieri Consultoria e Corretagem de Seguros Por , 4 de abril de MOEDAS ESTRANGEIRAS* A Credicor-SP dispõe de várias moedas de diferentes países: Dólar Americano, Euro, Libra, Peso Argentino, Dólar Australiano, Canadense, entre outras opções para suas despesas imediadas. A operação é rápida, simples e segura. TRAVELERS CHEQUES Com os Trevelers Cheques você tem dinheiro na mão com segurança de reembolso 24 horas em caso de perda, roubo ou extravio. São mundialmente aceitos e não têm prazo de validade. Podem ser trocados por moeda local em diversas instituições financeiras e estabelecimentos credenciados. CONFIRA AS VANTAGENS SICOOB CREDICOR-SP. CARTÃO RENDIMENTO VISA TRAVELMONEY Carregue muitas vantagens com você. O cartão pré-pago internacional Rendimento Visa TravelMoney é a maneira mais moderna e prática para levar dinheiro em suas viagens e ter total controle de suas despesas. Com ele, você conta com as seguintes vantagens: Cartão recarregável e utilizado para compras e saques sempre na moeda local do seu destino; Aceito em mais de 30 milhões de estabelecimentos filiados à Visa e 2 milhões de caixas automáticos credenciados à rede PLUS distribuídos por 200 países; Reposição em caso de perda ou roubo; Central de atendimento gratuito, 24 horas por dia, em português; Vantagem exclusiva: economia de 6% de IOF em relação ao cartão de crédito. CARTÃO RENDIMENTO VISA TRAVELMONEY PLATINUM O primeiro pré-pago Platinum das Américas. Além de todos os benefícios do Rendimento Visa TravelMoney tradicional, você também conta com benefícios exclusivos Platinum. A instituição financeira dos Corretores de Seguros (11) / SERVIÇO DELIVERY Receba seus pedidos em seu endereço. Para sua maior comodidade, a Credicor-SP vai até você no endereço de sua preferência. Consulte condições e a disponibilidade deste serviço em sua cidade. Produto disponibilizado para todo público, independente de ser corretor de seguros.

6 6 JCS ABRIL 2013 capa Sincor-SP lança o Plano de Previdência do Corretor de Seguros Desenvolvido em parceria com a Mapfre Previdência, o SincorPrevSP oferece vantagens exclusivas para incentivar o corretor a se preparar para o futuro O Sincor-SP acaba de lançar um plano de Previdência Privada para todos os corretores de seguros associados à entidade há mais de seis meses. Desenvolvido em parceria com a Mapfre Previdência, o SincorPrevSP Plano de Previdência do Corretor de Seguros do Estado de São Paulo estabelece contribuição mínima de apenas R$ 100, conta com taxas diferenciadas e apresenta extensão para cônjuges e filhos. O produto contém ainda uma taxa de gestão de 0,8% ao ano, que atualmente só é disponibilizado para clientes da seguradora com aportes a partir de R$ 500 mil. O lançamento oficial do benefício aconteceu no dia 22 de março durante reunião realizada com toda a diretoria do Sincor- -SP. O evento contou com a participação do presidente da Mapfre, Marcos Eduardo Ferreira, e de diretores da seguradora. Segundo o presidente do Sincor-SP, Mário Sérgio de Almeida Santos, este é apenas o marco inicial para incentivar os corretores de seguros a se prepararem para o momento da aposentadoria. São poucos os profissionais da nossa categoria que possuem um plano de Previdência Privada ou contribuem com o INSS. Muitos terminam a carreira sem a estrutura necessária, dependendo de parentes ou amigos para sobreviver. Precisamos acabar com esse quadro absurdo e entender que o tempo da nossa dedicação ao trabalho passa rápido. Se não estivermos preparados, perderemos tudo aquilo que demoramos uma vida para adquirir, apontou. Mário Sérgio diz que pode dar como exemplo sua própria experiência. Contratei minha Previdência Privada no ano passado. Demorei muito tempo para perceber que deveria ter feito esse investimento bem mais cedo. Espero que esse produto, preparado pela Mapfre de maneira totalmente diferenciada, abra os olhos da nossa categoria e que no futuro todos nós estejamos colhendo os frutos de nosso trabalho, comentou. O coordenador da comissão de Vida, Previdência e Capitalização, David Aparecido do Nascimento, explicou que há mais de cinco anos o grupo vem trabalhando para viabilizar a criação de um produto voltado exclusivamente aos corretores associados. A negociação do plano aconteceu com diversas seguradoras, mas o oferecido pela Mapfre foi A diretoria executiva e o coordenador da comissão de Vida, Previdência e Capitalização do Sincor-SP recebem o presidente e os diretores da Mapfre Seguros. o que apresentou as melhores condições. Esse foi um produto desenvolvido com muito critério e que demandou diversos encontros. É necessário que o corretor entenda que o valor de R$ 100 é apenas uma sugestão mínima. Ele deverá analisar o seu perfil e disponibilizar a quantia necessária para manter seu padrão de vida no futuro, disse David. O SincorPrevSP contou com a análise e estudo dos membros da comissão, formada por Gilberto Januário, Jefferson Claros Nunes e Wagner Martinez Feliciano. Também participaram ativamente do desenvolvimento técnico do produto os corretores especializados em Previdência Privada Alvaro Pio de Queiroz, Francisco Montagna, Ricardo Espírito Santo e Paulo, da Marraf Corretora de Seguros.

7 JCS ABRIL A situação do aposentado no Brasil Em novembro do ano passado, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou o aumento da expectativa de vida do brasileiro de 70 anos (2000) para 74 anos (2012). Houve também aumento na quantidade de idosos no País; atualmente, existem 23,5 milhões de pessoas com idade acima de 60 anos - mais do que o dobro registrado em 1991, quando o Brasil tinha aproximadamente 10,7 milhões. O IBGE ainda mostra que apenas 1% dos aposentados no Brasil consegue viver de maneira independente, isto porque já apresentava um padrão de vida proporcional ao valor recolhido do INSS. Considerando o restante dos entrevistados, 46% dependem de parentes, 28% vivem de caridade e 25% precisam continuar trabalhando. Segundo a diretora de Previdência e Vida Resgatável da Mapfre, Maristela Loffreda Gorayb, o SincorPrevSP é a alternativa mais atrativa para proporcionar ao corretor uma realidade diferente da maioria dos brasileiros. Com uma contribuição mínima de R$ 100, é possível ter acesso às melhores taxas e condições atualmente disponíveis. Podemos fazer uma analogia e dizer que é como pagar o preço de uma pousada para se hospedar na suíte presidencial de um hotel 5 estrelas. Digo pagar entre aspas, é claro, pois trata-se de um investimento importantíssimo para o corretor planejar sua independência financeira e sair da triste estatística do IBGE. É importante também destacar que, caso o corretor já possua um plano de Previdência, mas queira ter as vantagens do SincorPrev SP, é possível fazer a migração do produto para a Mapfre, comentou. Características do SincorPrevSP O SincorPrevSP é extensivo aos filhos e cônjuges do corretor associado ao Sincor-SP. No plano, não há carregamento na entrada, ou seja, não é cobrado quando a contribuição é investida. Já o carregamento da saída pode chegar à zero dependendo do saldo e do tempo de permanência no plano. Outro grande diferencial é a oportunidade de ainda investir para o futuro em um plano que garante AT2000+3% a.a. na fase de concessão Os profissionais que trabalharam ativamente no desenvolvimento técnico do produto SincorPrevSP Precisamos entender que o tempo de nossa dedicação ao trabalho passa rápido. Se não estivermos preparados, perderemos tudo aquilo que demoramos uma vida para adquirir. do benefício. AT2000 é a Tábua Atuarial para calcular as probabilidades de vida e morte de uma população em função da idade, e foi criada a partir do censo populacional ocorrido no ano Transcorridos mais de 10 anos, e agora com os cortes na taxa básica de juros, tanto essa tábua quanto a garantia de juros na concessão de benefício foram substituídas em muitos produtos do mercado pela BR EMS+0%, que não garante o mesmo rendimento. Para o produto Sincor-SP também foi disponibilizado o Mapfre Prevision RF, um fundo de renda fixa com uma taxa de 0,8% ao ano, atualmente só disponibilizado para clientes com aportes a partir de R$ 500 mil. Além desse fundo, o produto proporciona acesso a fundos previdenciários geridos por três renomadas casas de Gestão de Investimentos: a Mapfre Investimentos, BNP Paribas e Credit-Suisse Hedging- Griffo, em que, na maioria dos fundos, são Mário Sérgio necessárias altas quantias para se investir. O portfólio de fundos do SincorPrevSP conta com uma ampla gama de perfis de investimento, desde o mais conservador até o mais agressivo. A Mapfre Previdência ainda efetuará um aporte de R$ 100 em todos os planos contratados até o dia 30/06 e disponibilizará seus especialistas em Previdência para atender em todo o Estado de SP, auxiliar o corretor a preencher sua proposta de adesão e tirar todas as dúvidas, estimulou Maristela. Para o presidente Mário Sérgio, o corretor de seguros dispõe agora da melhor oportunidade para ter seu próprio plano de Previdência Privada. Precisamos mudar nossa maneira imediatista de viver. Somos corretores e, às vezes, nos preocupamos mais com a proteção dos nossos clientes do que com a nossa própria tranquilidade. Mudemos essa realidade e estejamos prontos para viver um futuro seguro e independente, concluiu.

8 8 JCS ABRIL 2013 microsseguros Modelo de distribuição do Microsseguro recebe críticas Para presidente do Sincor-SP, atual conjuntura pode estimular o corretor de microsseguro a oferecer o seguro propriamente dito Nos dias 10, 11 e 12 de abril, o presidente do Sincor-SP, Mário Sérgio, apresentou a palestra Os desafios do Microsseguro no Brasil, durante o XI Congreso Copaprose Uruguay 2013, que reuniu mais de 200 corretores de seguros da América. Na ocasião, o presidente demonstrou preocupação com a maneira que o produto começou a ser comercializado no País. Segundo ele, o processo está contribuindo para o surgimento de canais unicamente de vendas e não para a formação de corretores de Microsseguros devidamente preparados para atender o consumidor. Mário Sérgio apontou que já se observa no mercado a movimentação de empresários habilitados para explorar o novo setor, que estariam criando uma rede de vendedores para oferecer o produto ao consumidor. Temos dúvidas sobre a qualidade da preparação destas pessoas. Pelo que observamos, elas não terão condições de oferecer o suporte técnico desejado no momento de oferecer a proteção e muito menos na ocasião do sinistro, disse o presidente do Sincor-SP. Além disso, receamos que o baixo valor da comissão estimule estes vendedores a oferecer o seguro propriamente dito e não o Microsseguro, a fim de obter uma maior remuneração. Isto provocaria a formação de um canal de vendas de baixa qualidade, que poderia comprometer o mercado, prosseguiu. Para ele, quando a comercialização do seguro não é feita de modo apropriado, o consumidor tende a crer que a compra da proteção foi motivada muito mais pela astúcia do vendedor do que pelo atendimento de uma de suas necessidades. No momento do sinistro, esta impressão ficaria ainda mais evidente, tendo em vista o despreparo da pessoa que vendeu a apólice. Desta forma, este consumidor passaria a enxergar o mercado de seguros com desconfiança e todos nós perderemos com isso, argumentou. Ao citar números do Ministério da Fazenda, Mário Sérgio lembrou que as classes C e D, que constituem o público-alvo dos Microsseguros, já representam 67% dos consumidores do País e são responsáveis por 59% do consumo nacional. Já há quem diga que este é o verdadeiro mercado brasileiro. Por esta razão, não podemos fechar os olhos para a possível constituição de um canal de vendas de baixa qualidade para atender este público, destacou. Problemas levantados em evento da Camaracor Problemas com relação ao início da comercialização dos Microsseguros também foram levantados no evento promovido pela Câmara dos Corretores de Seguros (Camaracor). A entidade organizou uma palestra sobre o tema para os alunos do curso de Atuária da PUC-SP- Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, no dia 1º de abril. O evento foi dirigido por Adevaldo Calegari, vice-presidente da entidade e coordenador da Comissão Técnica de Microsseguros do Sincor-SP. A apresentação foi feita por Bento Zanzini, diretor geral de Seguros do Grupo BB Mapfre, e pelas advogadas especializadas no setor, Ana Rita Petraroli e Ivy Cassa. Na oportunidade, Ivy Cassa destacou que o mercado deve redobrar a atenção nesse primeiro momento de adaptação com o produto. A venda realizada de maneira completamente informal, como propõe o microsseguro, pode não observar aspectos técnicos importantes como a vistoria prévia e exames médicos, estimulando ainda a ocorrência de fraudes, disse. A advogada também considerou que outros fatores trazem preocupação, como o forte apelo social que está atrelado ao produto. Existe uma tendência natural do poder judiciário brasileiro considerar a população de baixa renda hipossuficiente. Por isso, quando acontecer o sinistro e o segurado não tiver o direito à indenização, em razão do produto ter um forte apelo social envolvido, poderá recair para a seguradora uma responsabilidade que, tecnicamente, não seria dela, comentou.

9 JCS ABRIL Grande potencial de consumo Ainda no evento da Camaracor, a advogada Ana Rita analisou o potencial de consumo do público-alvo do Microsseguro. Ela disse que a disponibilização do crédito facilitou o consumo dos brasileiros e colaborou para que as pessoas das classes D e E migrassem para a classe C, que hoje movimenta o mercado econômico do Brasil. De acordo com dados do instituto de pesquisa Data Popular, a classe C é responsável por 78% do que é comprado em supermercados. Além disso, responde por 70% dos cartões de crédito do País, 80% do acesso à internet e 60% da frequência feminina aos salões de beleza. Estamos falando de mais de 184 milhões de habitantes que poderão comprar o microsseguro. A quantidade de pessoas entre 25 a 59 anos nessas classes é igual à população total da Alemanha. Este público-alvo ainda não possui opinião formada sobre o seguro e precisa ser esclarecido a respeito da importância da proteção, disse Ana Rita. Ela lembrou que o Microsseguro foi regulamentado pela Susep em junho do ano passado. Trata-se de um seguro de baixo valor, com regulamentação própria, voltado para a população de baixa renda. Segundo estudo da CNseg/Cenfri, 128 milhões de pessoas aproximadamente formam o mercado-alvo dos microsseguros no País (veja quadro abaixo). De acordo com Bento Zanzini, o Brasil é um dos poucos países no mundo em que a população de baixa renda apresenta grande potencial de crescimento econômico. Na medida em que novos instrumentos viabilizam empréstimos para compra de bens e acesso aos estudos (através de bolsas), estes brasileiros ascendem socialmente. É comum encontrarmos pessoas com uma história parecida com a minha: que tiveram pais com pouco estudo e enfrentando dificuldades financeiras, mas que conseguiram ter acesso à escola, adquiriram bons empregos e conseguiram mudar sua situação socioeconômica. Esse público naturalmente passa a enxergar a necessidade de adquirir seguros para proteger suas novas aquisições, apontou Zanzini. O evento foi encerrado por Adevaldo Calegari, do Sincor-SP. O mercado tem muito ainda o que discutir a respeito do Microsseguro e precisa verificar na prática o que as situações apresentarão, concluiu. SEGURO MAIS BARATO Confira o que muda com a regulamentação do microsseguro MICROSSEGURO Seguro de baixo valor, com regulamentação própria, voltado para população de baixa renda. CUSTO A Susep não estipulou valores. Segundo pesquisa da CNseg, o valor deve ficar em torno de R$ 20. Hoje já existem no mercado produtos mais baratos com valores menores, de, por exemplo, R$ 3, milhões De pessoas aproximadamente formam o mercado-alvo dos microsseguros no país, segundo estudo da CNseg/Cenfri INDENIZAÇÃO Muda dependendo do tipo de microsseguro. Há categorias como Vida, Funeral, Bagagem, Diárias por Internação Hospitalar, Desemprego, entre outras. LOCAL DE COMPRA Em correspondentes bancários e estabelecimentos comerciais, como pequenos supermercados e drogarias, ou por meios remotos, como celular e internet. CORRETOR Foi criada a figura do corretor de microsseguros: pessoas da própria comunidade treinadas e habilitadas para a função. Exemplos de valores máximos Vida R$ 24 mil Moradia R$ 30 mil Bagagem R$ Funeral R$ OUTRAS CARACTERÍSTICAS Cobertura simples e de fácil entendimento; Mesmos riscos cobertos para determinado tipo de seguro, para permitir que os valores sejam comparados; Documentos para indenização já estão estipulados, logo a seguradora não pode criar outras exigências. Tabela apresentada pela advogada Ana Rita Petraroli durante evento da Camaracor A Grande Jornada Pelo Mundo do Seguro Há 22 anos no ar Toda segunda-feira, das 7h às 8h Rádio Imprensa FM 102,5 MHz Programa apresentado por Pedro Barbato Filho Com apoio do Sincor-SP

10 10 JCS ABRIL 2013 quinta dica de ouro As bases para o crescimento do corretor de seguros Orlando Filipe de Gouveia Diretor 1º tesoureiro do Sincor-SP, coordenador da Comissão Intersindical e fundador da Vétice Corretora de Seguros. Coordenou ainda diversas comissões técnicas do Sindicato como Automóvel, Crédito e Garantia, Disque Sincor, Contra a Venda Casada e Preços Diferenciados. Penso, logo existo. Esta síntese do pensamento do filósofo francês René Descartes pode servir como exemplo para todos nós do mercado de seguros. Diante das quatro dicas que já foram trabalhadas pela diretoria do Sincor-SP, não poderíamos deixar de destacar ao corretor de seguros a importância da atualização profissional. A reciclagem do conhecimento deve ser constante e permanente. Um profissional de sucesso deve aprender a se atualizar com frequência, afinal, a concorrência é acirrada e o cliente exigente. Participar de cursos, palestras, conferências, congressos, fóruns e tantas outras atividades que estão à disposição deve fazer parte da nossa rotina. Felizmente, o mercado de seguros oferece eventos dos mais variados com o objetivo de discutir os novos produtos que estão surgindo, suas vantagens, as especialidades técnicas, o andamento das atividades nos órgãos públicos, entre tantas outras pautas. O desempenho do papel social do seguro no Brasil é muito grande. O alto padrão das operações das empresas seguradoras e corretoras de seguros e a permanência do fluxo produtivo exemplifica esta afirmação. Ao contrário do mercado financeiro, que se aplica em curto prazo, o setor de seguros gera recursos de longo prazo. Operando sobre bases estatísticas, o mercado segurador trabalha com provisões de fundos, acumulando ativos financeiros de inestimável importância para injetar novo fô- lego em muitos setores da economia, por isso mesmo é imprescindível o trabalho de pensar, descobrir nichos, e contribuir para a ampliação do PIB do País. Nosso mercado não é mais visto como um jogo de azar ou uma aposta na má sorte, em geral a sociedade brasileira não convive passivamente com os riscos. O empresariado está bem mais competitivo, inovador e arrojado, não mais deixando suas operações sem cobertura. Tendo esses fatores em mente, é clara a percepção de que é urgente a necessidade de estabelecer como e porque o seguro é seguro. Tendo como parâmetro a internet, o canal online é uma realidade onde o espaço para erros diminui drasticamente, por isso, o corretor de seguros tem que ter uma presença profissional eclética. Como dizia o filósofo de praia Nenem Prancha, eclético é aquele que brinca nas onze. Portanto, é preciso estar inteirado com as novidades e buscar ter o domínio dos ramos em que opera. Antigamente, a atualização profissional era considerada por muitos como opcional. Os cursos de graduação eram vistos como o grau máximo de estudo; concluída esta fase, começava-se a dedicar tempo apenas com o trabalho. Hoje, a realidade é outra. A universidade é apenas o início de todo o processo de educação empresarial e a reciclagem deixou de ser uma opção, passando a ser uma condição para o crescimento. No nosso mercado, a quantidade de cursos oferecidos é vasta. É possível encontrar com facilidade instituições que ofereçam estudos setoriais de pós-graduação, MBA, doutorado, cursos à distância, reciclagem, entre tantos outros títulos que aplicam conceitos recentes e pontuais que os profissionais atuantes não tiveram a oportunidade de aprender anteriormente. Finalmente, acredito que dominando nossa área contribuiremos para a expansão da cultura do seguro. O conhecimento técnico nos permite falar com propriedade a respeito do mercado aos nossos clientes e, consequentemente, acaba colaborando para a formação de consumidores mais conscientes sobre a proteção/ tranquilidade, como também sobre todo o serviço prestado pela classe dos Corretores de Seguros. 5ª Dica: Estude, aprimore-se, reinvente-se a cada dia adquirindo novos conhecimentos. Isso também vale para sua equipe. Essa é a quinta das Cinco Dicas de Ouro indicadas pelas comissões técnicas do Sincor-SP: Automóvel, Benefícios, Corretores do Futuro, Crédito e Garantia, Disque Sincor-SP, Ética, Feminina, Oportunidades de Negócios, Perfil do Corretor Moderno, Político-Parlamentar, Readequação e Padronização Promeseg e Tecnologia.

11 pesquisa Fenacor lança pesquisa nacional para avaliar perfil das corretoras de seguros O Estudo Socioeconômico das Empresas Corretoras de Seguros pretende gerenciar as informações coletadas para promover melhorias no setor A Fenacor lançou em março um questionário eletrônico para traçar o perfil das empresas de corretagem de seguros. Com o título de Estudo Socioeconômico das Empresas Corretoras de Seguros (ESECS-PJ), a pesquisa pretende fortalecer e consolidar a imagem da categoria como geradora da riqueza nacional. O levantamento também visa compreender as principais vantagens e dificuldades de cada região do País a fim de subsidiar propostas que atendam às demandas junto aos poderes Executivo e Legislativo, órgãos reguladores e entidades do mercado. O trabalho do ESECS-PJ foi inspirado no Perfil das Empresas Corretoras de Seguros (PECS), criado pelo Sincor-SP em 2010 e que realizou sua segunda edição no ano passado. Com o objetivo de ampliar essa iniciativa, a Fenacor se dispôs a promover o mesmo trabalho em nível nacional. A Federação está realizando essa pesquisa com o nosso total apoio. O processo é semelhante ao que utilizamos para viabilizar o PECS. O economista responsável é o Francisco Galiza, que possui toda a experiência necessária para garantir a boa qualidade na avaliação dos dados. O objetivo da Fenacor é o mesmo que o nosso: identificar os problemas, entender as expectativas e promover melhorias para os corretores de seguros com base nessas informações, explica o presidente Mário Sérgio. Os corretores de seguros que participarem da iniciativa vão concorrer a um ipad e ao desconto de 20% no valor da inscrição do XVIII Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros. Além da coordenação técnica do economista Galiza, o trabalho contará com o apoio da diretoria executiva da Fenacor, do diretor de ensino da Escola Nacional de Seguros, Claudio Contador, da superintendente Administrativo-Financeira da Federação, Gianni Moreira e do coordenador de TI da entidade, Willian Rodrigues. por dentro do pecs JCS ABRIL 2013 Corretoras de São Paulo destacam importância do ramo de microsseguros 11 As corretoras de seguros de São Paulo consideraram importante o novo ramo de microsseguros, que começou há pouco tempo a ser comercializado, a partir das circulares da Susep que estabeleceram as regras básicas para a operação. De acordo com dados do PECS 2012 (Perfil das Empresas Corretoras de Seguros), dependendo da região, 50% a 70% das corretoras disseram que esse tema é importante ou muito importante. Entretanto, na Zona Leste há um grau elevado de desconhecimento sobre o assunto, com 21% das respostas registradas em não sei. Confira na tabela abaixo: Distribuição % Muito Importante Razoável Sem Importância Não Sei Total Importante Zona Central 19% 34% 18% 18% 12% 100% Zona Leste 31% 26% 13% 9% 21% 100% Zona Norte 36% 32% 15% 14% 4% 100% Zona Oeste 17% 43% 17% 10% 12% 100% Zona Sul 22% 33% 12% 23% 10% 100% Os resultados foram adquiridos com base na última pesquisa do PECS (Perfil das Empresas Corretoras de Seguros) e analisados pelo consultor econômico do Sincor-SP, Francisco Galiza. prestamista Seguro prestamista atinge recorde de receita Em janeiro desse ano, o Seguro Prestamista atingiu um novo recorde de receita, com prêmios da ordem de R$ 452,2 milhões. Segundo dados da Susep, o valor representa crescimento de 21,4% em comparação com o mesmo mês do ano passado. Já a taxa média de sinistralidade caiu de 21% para 18%. O Seguro Prestamista é um produto que garante ao segurado a quitação de uma dívida em casos de desemprego involuntário, morte ou invalidez. O ramo pode ser utilizado para aquisição de empréstimos, cheque especial de bancos, cartão de crédito, consórcios e financiamento de bens (imóveis, veículos, eletrodomésticos, entre outros).

12 12 JCS ABRIL 2013 eventos mercado O presidente do Sincor-SP, Mário Sérgio, marcou presença na 10ª edição do Prêmio Segurador Brasil, organizado pela Editora Brasil Notícias, que reuniu mais de 500 personalidades do setor. O evento, que aconteceu no dia 26 de março, no Buffet Baiuca, em São Paulo, reconheceu os melhores desempenhos das empresas de grande e médio portes do mercado de seguros e resseguros. O prêmio também destacou as companhias líderes de mercado em vendas e as de maior crescimento, em vários segmentos. A avaliação técnica foi realizada pelo economista Luiz Roberto Castiglione e endossada pelos jornalistas responsáveis pela Revista Segurador Brasil. Para o presidente Mário Sérgio, esta iniciativa é altamente estimuladora para as companhias, pois ressalta os principais aspectos positivos na performance do setor. O prêmio também mostra ao consumidor e, principalmente, ao corretor de seguros que essas empresas têm como meta conquistar gradativamente melhores resultados e ainda mais qualidade em seus serviços prestados, comenta. informação legal Presidente do Sincor-SP prestigia a 10ª edição do Prêmio Segurador Brasil A situação do beneficiário do Seguro de Vida no caso de separação judicial Há situações em que o segurado, mesmo após a separação judicial, ainda mantém o ex-cônjuge como beneficiário na apólice de seguro. Nesse caso deverá prevalecer a vontade do segurado, respeitando-se o beneficiário constante da apólice. Caso o segurado tenha interesse em substituí-lo, deverá cientificar a seguradora, como está estabelecido no artigo 791, parágrafo único, do Código Civil: Art Parágrafo único: O segurador que não for cientificado oportunamente da substituição, desobrigar-se-á pagando o capital segurado ao antigo beneficiário. Na ausência de beneficiário indicado na apólice, devemos observar o que dispõe o artigo 792 do mesmo Diploma Legal: Art Na falta de indicação da pessoa ou beneficiário, ou se por qualquer motivo não prevalecer a que for feita, o capital segurado será pago por metade ao cônjuge não separado judicialmente, e o restante aos herdeiros do segurado, obedecida a ordem da vocação hereditária. Parágrafo único: Na falta das pessoas indicadas neste artigo, serão beneficiários os que provarem que a morte do segurado os privou dos meios necessários à subsistência. Desta forma, a separação judicial representará um obstáculo no recebimento da indenização quando o cônjuge não constar do rol de beneficiários ou, se por algum motivo, o rol indicado pelo segurado não prevalecer, situação em que o pagamento da indenização obedecerá a ordem da sucessão hereditária. Esta coluna é elaborada com base nas dúvidas e solicitações de corretores de seguros associados ao Sincor-SP. Mande seus questionamentos para o Economista interpreta aumento no preço do seguro em 2012 O preço do seguro de automóvel obteve altas significativas no início deste ano, chegando perto de 140% em alguns casos. Na média, os aumentos em 2012 ficaram em 20%, um índice considerado elevado em relação à inflação. Segundo aponta o economista Francisco Galiza, a alta seria motivada, principalmente, pela redução da rentabilidade das seguradoras. Nesse sentido, as companhias estariam compensando eventos negativos como a queda dos juros, aumento da sinistralidade, elevação do custo da mão de obra e o fim do chamado Custo de Apólice. Para as seguradoras, o equilíbrio entre custos e receitas ao longo do ano passado foi alterado desfavoravelmente. A taxa Selic abriu em 2012 no patamar de 10,5% ao ano, mas encerrou com 7,25% em dezembro. Em função somente deste fenômeno, as empresas precisariam ajustar seus preços em, aproximadamente, 3 a 4 pontos percentuais, diz Galiza. A solução implantada de imediato pelas companhias foi o ajuste nos preços dos produtos. No ramo de Automóvel, a margem das seguradoras foi afetada de forma especial pelo aumento da sinistralidade (roubos e enchentes) e do custo da mão de obra. Em 2010, a margem no mercado segurador foi de 16%, enquanto que em 2011 e 2012 o percentual ficou inferior a 13%. Para ajustar os números, as companhias aumentaram o preço dos produtos em cerca de 3 pontos percentuais. O chamado Custo de Apólice, que se encerrou no ano passado, se refere à cobrança feita pelas seguradoras de um valor líquido fixo de R$ 80 por seguro contratado durante a negociação em alguns ramos, incluindo o de Automóvel. Com o fim desta cobrança, as companhias embutiram o custo no cálculo atuarial da apólice. Isto também contribuiu com o aumento no preço do produto. Segundo o economista, as seguradoras têm um compromisso mínimo de rentabilidade sobre suas aplicações para fazer frente às necessidades de pagamento futuro. Quando algumas variáveis comprometem o resultado das companhias, como ocorreu em 2012, os aumentos são inevitáveis, considera Galiza.

13

14 14 JCS ABRIL 2013 portas abertas Diretoria executiva cria programa para aumentar interação com os corretores O Sincor-SP acaba de criar o programa Portas Abertas para intensificar o relacionamento com os corretores de seguros filiados à entidade. A partir de agora, os associados poderão acessar rapidamente a agenda da diretoria executiva através do telefone (11) ou do Desta forma, eles poderão marcar uma data para visitar o Sindicato a fim de conhecer a estrutura da entidade, receber informações sobre os trabalhos que estão sendo desenvolvidos, esclarecer dúvidas e estreitar o contato com o presidente e os diretores. De acordo com o presidente do Sincor-SP, Mário Sérgio, a iniciativa busca aproximar os corretores das pessoas responsáveis pela gestão da entidade para que estes ouçam suas opiniões e sugestões a fim de subsidiar as estratégias futuras do Sindicato. Muitas vezes encontramos alguns corretores durante os eventos, mas acabamos não tendo a oportunidade de sentarmos para conversar com mais tempo e profundidade. Essa diretoria pretende remover os obstáculos que impedem este alto nível de interação. O o-bjetivo é conservar as portas do Sindicato sempre abertas para um fluxo mais intenso de novas ideias. Isto deverá alimentar a qualidade do nosso trabalho, contribuindo para que o corretor de seguros ganhe cada vez mais espaço no mercado além do reconhecimento do consumidor, observa o presidente. Mário Sérgio aponta que o Sincor-SP deve aproveitar da melhor maneira possível o seu principal patrimônio, que é o conjunto de seus filiados. Por isso, eu entendo que o representante máximo da instituição deve saber ouvir cada um dos associados e dar o encaminhamento correto para as sugestões e demandas. Eu faço questão de ver todos motivados e integrados aos trabalhos que visam o sucesso de toda a categoria. As adversidades são muitas e não podemos nos dar ao luxo de desperdiçar uma só boa ideia, prossegue. Programa inédito Conforme o presidente do Sincor-SP, esta é a primeira vez que a instituição implanta um programa com estas características. Nos últimos anos, nós verificamos iniciativas neste sentido, mas de modo informal. Nestas ocasiões, a intenção acabou sendo atropelada pelos fatos, que normalmente impedem que o representante máximo da entidade reserve um espaço na agenda para estes compromissos. Eu fiz questão de transformar este projeto em um programa formal, com metas estabelecidas e resultados mensuráveis, revela. Mário Sérgio acrescenta que uma das principais características do Sincor-SP atual é a sua capacidade de aliar duas capacidades aparentemente antagônicas: administração participativa e rapidez nas decisões. Isto ocorre porque o ato de ouvir um grande número de pessoas pode causar inação. Contudo, como corretores de seguros, nós aprendemos a gerenciar este risco. O resultado não poderia ser melhor. As iniciativas como o Autocálculo, a discussão a respeito dos Riscos Declináveis, o programa Amigo Corretor e tantas outras foram estruturadas e executadas em bom ritmo, a partir de grandes ideias advindas de ampla participação, finaliza. Programa Portas Abertas Telefone para contato: (11)

15 cultura do seguro JCS ABRIL Cultura do Seguro marca presença na 16ª Feira do Estudante promovida pelo CIEE Com o intuito de aproximar os jovens do mercado de seguros, o programa Cultura do Seguro, realizado pelo Sincor-SP em parceria com o Sindseg SP, estará presente na 16ª Feira do Estudante Expo CIEE, que acontece nos dias 17, 18 e 19 de maio, em São Paulo. O evento é um dos maiores projetos do Estado voltado à capacitação e inclusão profissional de jovens no mercado de trabalho. Em 2012, a feira contou com 61 mil participantes; já para esse ano, cerca de 60 mil estudantes estão inscritos. O evento terá oficinas de capacitação e redação, orientação e informação profissional, 80 palestras com especialistas em diversas áreas, que abordarão temas referentes a mercado de trabalho, profissões, empreendimento e seleção/ recrutamento. Os dois trabalhos do Cultura do Seguro que são voltados aos estudantes, o Educar Pra Proteger e o Universitários, Pense Seguro, irão contar com um stand na feira, onde apresentarão a importância do seguro para a sociedade, como também as oportunidades para começar uma promissora carreira. O espaço ainda será dedicado aos estudantes interessados em ingressar na área da corretagem de seguros, com informações específicas sobre a classe de profissionais do setor. Além do espaço físico, o Cultura do Seguro oferecerá uma palestra aos estudantes, cujo conteúdo foi desenvolvido por pedagogos, fundamentado nos princípios da cidadania, do consumo consciente e da cultura da prevenção e proteção. Segundo o coordenador do programa pelo Sincor-SP, Alexander Diniz, é importante que desde cedo os jovens saibam que o seguro é um elemento de responsabilidade social. A proteção não se limita apenas à vida da pessoa ou de seu patrimônio, mas abrange também a de outras pessoas que podem ser atingidas por um eventual sinistro, declara Diniz. Para o coordenador, é preciso difundir a importância do setor e incentivar os jovens a se interessarem mais sobre o assunto. O seguro é um bem de consumo necessário, pois na eventualidade de um sinistro, é ele que vai garantir que o padrão de vida do segurado permaneça inabalado e que sua saúde física e financeira fique sempre protegida, conclui.

16 16 JCS ABRIL 2013 opinião Vantagens e desvantagens na venda online de seguros Jéssica M. Dalcol Formada em Ciências Econômicas pela Unicamp. Sócia da Muquirana Corretora de Seguros, com funções nas áreas de Analista, Gerência de Mídias Sociais e Pesquisa e Desenvolvimento (P&D). A rápida evolução tecnológica da última década, em conjunto com a ampliação do mercado de vendas online, vem alterando diversos setores da economia. O mercado de seguros não foge dessa tendência: diversas corretoras estão adentrando nesse novo universo, cada qual com uma proposta de trabalho diferente. Diante de tantas mudanças e ofertas, é importante que o consumidor conheça as vantagens e desvantagens da venda online de seguros. O seguro não é um produto comum, como um sapato: é um serviço. A compra não se esgota ao receber o produto o seguro dura um ano inteiro, e ampara situações de riscos inesperadas. Por essa razão, comprar um seguro online não é a mesma coisa que comprar um sapato pela internet. Além disso, o seguro não é um serviço simples: ele protege de múltiplas situações de risco, com contratos cheios de cláusulas e detalhes complexos. Pode ser simples comprá-lo, mas na hora de usar o seguro é que o bicho pega. Como a venda online pode ajudar ou dificultar essas situações? Entre o mito do superfácil e a realidade do desamparo. A venda online de seguros sem a participação ativa do corretor Estão surgindo no mercado cibernético brasileiro algumas empresas de venda online de seguro que dispensam a participação ativa do corretor de seguros. Em um site, o usuário preenche dados e ao final recebe na hora os preços de algumas seguradoras. O usuário faz tudo sozinho e contrata o seguro sem a instrução do profissional do seguro. Vantagens: O mito do superfácil, superprático, super-rápido As empresas que trabalham com esse tipo de venda online de seguros, com a contratação direta pelo próprio cliente dentro de um site, defendem vantagens como rapidez, facilidade da comparação de diversos preços, tranquilidade. É fato que o cliente faz tudo sozinho e que é um processo rápido. Mas será mesmo que isso é uma vantagem? Desvantagens: Consequências de um serviço desumanizado Ao preencher os dados para o cálculo nestes sites, o cliente está fornecendo os dados do perfil do segurado. Esses dados servirão para estimar o risco (de roubo, de colisão etc.) e, com base nesse risco, precificar o seguro. Mas isso é só um pedacinho do seguro! O cliente merece esclarecimentos e transparência do produto como um todo, e muita coisa fica de fora nesse caso. Veja algumas das desvantagens: Ignora a complexidade dos contratos e cláusulas: O seguro é garantido através de um contrato, composto por diversas cláusulas. Essas cláusulas abrangem muito mais do que o perfil do segurado: dizem qual o bem e os valores cobertos, quais as garantias e benefícios, como será em caso de danos a terceiros e muitos outros detalhes. O usuário de um site de venda diretamente online lerá todas essas cláusulas, mas sem a instrução de um profissional da área. Certamente é rápido, mas vulnerabiliza o cliente, uma vez que ele desconhece diversos detalhes dessas cláusulas e poderá comprar algo diferente do que espera por falta de informação e instrução. Falta a intermediação do corretor para evitar erros e prejuízos: O papel do corretor de seguros é extremamente importante na hora da venda: especializado na área, ele não busca apenas um preço bom. Ele está atento a todos os detalhes de cláusulas e contrato, garantindo que o cliente contrate exatamente aquilo que procura, sem se enganar. Ao reduzir a contratação do seguro à busca por preço, o corretor pode ser substituído por uma máquina de cálculo. Essa desumanização da venda de seguros pode gerar prejuízos ao cliente quando realmente precisar usar o seguro, e descobrir que as cláusulas e coberturas contratadas estão muito distantes de sua necessidade. Falta orientação na hora do sinistro: Quando você precisa usar o seguro por causa de um sinistro, a falta de assistência especializada de um corretor pode colocá-lo em saias justas. Primeiro: sem a instrução de um corretor na hora da contratação, as coberturas contratadas podem se mostrar insuficientes ou diferentes da sua necessidade. Segundo: sem a ajuda do corretor na hora do sinistro, o cliente terá que fazer tudo sozinho com a seguradora. É na hora do sinistro que o corretor de seguro se faz mais importante e insubstituível por uma máquina. Não existe lei clara para venda direta na internet: Como o fenômeno do e-commerce (venda online) ainda é recente no Brasil, não existe uma legislação específica para o assunto. No mercado de seguro não é diferente, de modo que as leis instituídas pela Susep ainda não amparam a brecha da venda diretamente online. Um exemplo de verdade: o caso da Inglaterra Na Inglaterra, a venda de seguros diretamente online, sem a intermediação do corretor, chegou a seu auge. Virou uma verdadeira guerra de preços! Há quem pensará: Bom para o cliente, que conseguiu preços mais baixos. Mas não foi bem assim. Com as estratégias predatórias das empresas online, os clientes faziam toda a contratação online sozinhos, buscando apenas preço. A qualidade dos seguros caiu absurdamente, prejudicando os consumidores, que não tinham o devido amparo na hora do sinistro e gerou-se um fortíssimo quadro de instabilidade e desconfiança no setor. Diversas corretoras faliram, e clientes saíram no prejuízo. Sou a favor do avanço tecnológico em nosso setor, mas de maneira inteligente. A utilização de um sistema de multicálculo, que permite chegar ao preço de diversas seguradoras ao mesmo tempo economiza tempo e aumenta a produtividade e não elimina a intermediação humana com o cliente, fundamental para construir um compromisso sério e transparente. A internet traz imensas vantagens para o consumidor. Não por substituir o homem pela máquina muito pelo contrário: com as mídias sociais é possível construir relacionamentos profissionais transparentes, em que o cliente se vê mais próximo do que nunca de sua prestadora de serviços. O uso dessas mídias sociais é vantajoso não só pela transparência e construção de um relacionamento profissional dinâmico e sólido, como por outro motivo: o cliente passa a ter acesso a informações antes restritas à corretora de seguros. Ele pode tirar dúvidas sempre que quiser, ler sobre o assunto e manter-se informado. Desse modo, nossa credibilidade não está apenas na rapidez e praticidade do atendimento, mas no compromisso com o fornecimento de informações significativas para a sociedade e o mercado segurador.

17 entidades Clube dos Corretores de Piracicaba visa a qualidade de seus membros JCS ABRIL 2013 Atual diretoria do CCSPR. [Da esq. p/ dir.] Flavio Estevam (tesoureiro), Jonas Silveira (secretário), Luis Gonzaga Leite Coelho (presidente do conselho), Omero A. Franco Junior (mentor) e Antonio Fraceto Junior (1º Conselheiro fiscal). 17 O Clube dos Corretores de Seguros de Piracicaba e Região (CCSPR) já definiu a programação de reuniões mensais de 2013 entre os associados e as principais companhias de seguros da região, a fim de discutir e analisar os assuntos de interesse da classe. O novo mentor da entidade (para o biênio ), Omero A. Franco Junior, também pretende realizar ações de marketing para os profissionais do CCSPR e destacar a necessidade dos associados desenvolverem diferenciais de mercado. Para o mentor do CCSPR, a entidade tem como objetivo a qualidade e não a quantidade de seus membros. Nossa principal conquista é manter a união deste pequeno grupo de corretores nesses dias em que a concorrência acirrada e desleal acontece. Em parte, isto ocorre em virtude da atuação de alguns pseudos profissionais. Destacamos ainda a importância de se manter incólume e sadia a livre concorrência para o bem-estar da ordem econômica e do desenvolvimento do País, avalia Franco. Em 2013, o mentor pretende trabalhar o relacionamento entre os profissionais das seguradoras e os corretores associados. Existe também a necessidade de interação entre os Clubes do Estado com o Sincor-SP. Apesar de ser totalmente independente, o CCSPR sempre caminha em parceria com o Sindicato, carregando, principalmente, a bandeira da união dos corretores de seguros, acrescenta. Fundado em 1996, o CCSPR representa também os corretores das cidades de Americana, Iracemápolis, Limeira, Rio Claro, Saltinho e Santa Bárbara D Oeste. Em novembro do ano passado, quando foi comemorado o 16º aniversário da entidade, o CCSPR organizou uma votação e elegeu o Profissional Destaque do Ano No aniversário dos 17 anos do CCSPR, será realizada a segunda edição da premiação. Desta vez, será eleita a Companhia de Seguros Parceira do Clube. Um pouco sobre a história O Clube dos Corretores de Seguros de Piracicaba e Região foi criado por um pequeno grupo de amigos com o objetivo de unir os profissionais da região a fim de encontrar soluções para os problemas da classe. A diretoria atual foi aclamada em outubro de 2012 para o biênio e é representada pelo mentor Omero Antonio Franco Junior, Luis Gonzaga Leite Coelho (Presidente do Conselho), Jonas Silveira (Secretário), Flavio Estevam (Tesoureiro) e Antonio Fraceto Junior (1º Conselheiro Fiscal). Agora o corretor de seguros pessoa física ou jurídica sócio do Sincor-SP tem a possibilidade de trabalhar com certificados digitais sem ser uma Autoridade de Registro. Aumente sua receita distribuindo produtos da AC SINCOR. Agora você pode oferecer certificados digitais mesmo sem tornar-se uma Autoridade de Registro.

18 18 JCS ABRIL 2013 craque da foto Concurso Craque da Foto entrega os prêmios Os corretores de seguros ganhadores do concurso Craque da Foto, promovido pelo Sincor-SP durante a Copa São Paulo de Futebol Júnior 2013, receberam em março os prêmios pela participação na campanha. Leandro Vendrame Marangoni Ferreira, que ficou em 1º lugar, recebeu uma máquina fotográfica digital Panasonic Lumix FZ47 das mãos do diretor regional de Presidente Prudente, Ricardo Ricci. Os corretores de seguros que conquistaram o 2º e o 3º lugares do concurso, Ricardo Telles Furtado e Marcelo Riedo, receberam um porta-retrato digital durante os Encors promovidos pelas regionais do Sincor-SP em Ribeirão Preto e São José dos Campos. 11/03/2013 SP: índices de roubo fazem seguros de carro aumentar mais de 20% Uma reportagem do Bom Dia Brasil, da TV Globo, mostrou que os seguros de carros subiram cerca de 20% este ano em razão do aumento nos índices de roubos de veículos. A emissora entrevistou a vice-presidente do Sincor-SP, Cássia Maria Del Papa. Em 2012, quase 87 mil carros foram roubados ou furtados na cidade de São Paulo cerca de quatro mil a mais do que em Cássia explicou que os índices de roubo são os que mais pesam no preço do seguro. 20/03/2013 Ricardo Ricci entrega máquina digital a Leandro Vendrame AC Sincor lança e-cnpj com validade para dois anos O portal de notícias Monitor Mercantil destacou mais um lançamento da AC Sincor: o e-cnpj (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica eletrônico), com validade para dois anos. Este novo certificado digital visa atender às categorias profissionais, cujo mandato tem a duração de dois anos, como é o caso dos síndicos de condomínios, por exemplo, explicou o presidente do Sincor-SP, Mário Sérgio. O novo produto já está à disposição dos interessados desde 21 de março nos mais de 170 pontos de atendimento da Rede AC Sincor em todo o Brasil. 26/03/2013 Ricardo Furtado recebe porta-retrato pelo diretor Vicente Tozzo Franquia, indenização, batida: dicas para contratar o melhor seguro de carro O programa Mais Você, da TV Globo, exibiu uma ampla matéria de serviço sobre como contratar um seguro de automóvel. Para ajudar a tirar as dúvidas mais comuns e evitar surpresas futuras, Cássia Maria Del Papa, vice-presidente do Sincor-SP, respondeu a algumas perguntas formuladas por diversos proprietários de veículos e pela produção do programa. Diretor Lauro Benedito entrega porta-retrato digital a Marcelo Riedo Seguradoras estrangeiras buscam fusões e aquisições O jornal DCI publicou reportagem especial sobre o avanço das seguradoras estrangeiras no Brasil. O presidente do Sincor-SP, Mário Sérgio, foi ouvido para comentar o assunto. A reportagem destaca que no mercado de seguros brasileiro existe a expectativa de consolidação e crescente avanço das seguradoras estrangeiras. Mário Sérgio, explicou que o capital estrangeiro está a caminho do Brasil devido ao momento de investimento trazido pela Copa do Mundo, Olimpíada e projetos de infraestrutura.

19 artigo marketing JCS ABRIL O suicídio no entendimento dos Tribunais Corretor de seguros ganha destaque em campeonato de tênis Homero Stabeline Minhoto Advogado especializado em seguros. Durante muitas décadas houve grande controvérsia no Seguro de Vida e Acidentes no que diz respeito à morte em decorrência do suicídio, isto com assento na previsão contida no único do art. 1440, do Código Civil de Esse artigo dispunha que a vida e as faculdades humanas também se podem estimar como objeto segurável e segurar, no valor ajustado, contra os riscos possíveis, como o de morte involuntária.... Por outro lado, o parágrafo único desse artigo definia como morte voluntária a recebida em duelo, bem como o suicídio premeditado por pessoa em seu juízo. Para o Código Civil de 1916, o suicídio voluntário não gozava de cobertura securitária. Importante abrir-se um parênteses, para esclarecer que o suicídio cometido como fruto de pressões exteriores às quais o indivíduo não conseguia resistir, afetando seu juízo, levando-o a por fim à própria vida, era interpretado como involuntário. Em sentido contrário, o suicídio desmotivado, ou provocado por interesse financeiro, como o de gerar um ganho para terceiros, era interpretado como voluntário. Suicídio voluntário ou involuntário. Daí decorreu a grande controvérsia, dando origem a milhares de processos a sobrecarregar ainda mais nosso atolado Poder Judiciário. Com o advento do novo Código Civil, cuja vigência iniciou-se em janeiro de 2003, acreditou-se que esse conflito estaria superado, vez que seu artigo 798 estabeleceu: O beneficiário não tem direito ao capital estipulado quando o segurado se suicida nos primeiros dois anos de vigência inicial do contrato, ou da sua recondução depois de suspenso, observado o disposto no parágrafo único do artigo antecedente. Com esse texto, acreditou-se que estivesse superado todo o debate acerca da cobertura securitária, entendendo-se que a morte por suicídio nos dois primeiros anos não gozaria de cobertura. Porém, não foi o que aconteceu. O entendimento majoritário dos Tribunais brasileiros é no sentido de que a morte por suicídio ocorrida nos dois primeiros anos só não terá cobertura se a seguradora provar que o suicídio foi voluntário, ou seja, a seguradora terá de provar que o segurado pôs fim à própria vida para gerar um ganho de capital para seus beneficiários. Caso a seguradora não tenha êxito nessa prova, o capital segurado será pago mesmo nos dois primeiros anos de vigência contratual. Assim tem sido a maioria das decisões. O Sincor-SP divulgou mais uma vez a profissão do corretor de seguros em eventos esportivos. Desta vez, a mensagem Seguro... Só com Corretor de Seguros foi fixada na quadra de um dos mais tradicionais torneios de tênis infanto-juvenil do mundo: o Banana Bowl. A final do campeonato em São Paulo, realizada no dia 17 de março, foi acompanhada pelo coordenador do programa Cultura do Seguro, Alexander Diniz. Na ocasião, os títulos no feminino ficaram com as brasileiras Thaísa Pedretti (14 anos) e Luisa Stefani (16 anos). No masculino, os vencedores foram os argentinos Camilo Ugo (14 anos) e Agustin Torreano (16 anos). Criado em 1968, o Banana Bowl já revelou vários tenistas que se consagrariam mundialmente como profissionais: John McEnroe, Ivan Lendl, Gabriela Sabatini, Gustavo Kuerten, Andy Roddick e outros. Em 1998, o campeonato passou a ser classificado em nível A pela Federação Internacional de Tênis (ITF), igualando o peso com os tradicionais torneios do Grand Slam. Essa é a terceira ação da campanha de marketing neste ano. A primeira contou com a colocação de placas publicitárias em todos os estádios onde aconteceram as partidas da Copa São Paulo de Futebol Júnior Já a segunda estampou a mensagem da campanha no uniforme dos jogadores do time Bragantino, durante partida disputada contra o Corinthians, que aconteceu no dia 24 de fevereiro.

20 20 JCS ABRIL 2013 regionais do sincor-sp Barretos realiza jogo solidário e arrecada alimentos Centro realiza 1º Encor com os corretores localizados na região Piracicaba incentiva corretores a serem agentes do bem-estar social A regional do Sincor-SP em Barretos, promoveu, no dia 9 de março, um jogo de futebol entre o corretores de seguros e profissionais de seguradoras, com o propósito de arrecadar alimentos para doar às instituições carentes. A regional solicitou que cada participante doasse 1 kg de alimento não perecível. No total, foram arrecadados mais de 100 kg de alimentos, que foram entregues ao hospital Santa Casa de Misericórdia de Barretos pelo diretor regional André Mendes Camillo. encontro dos corretores ABCDMR destaca comissionamento A regional Centro, dirigida por Braz Romildo Fernandes, realizou seu primeiro Encontro dos Corretores de Seguros no dia 20 de março, no Terraço Itália. O evento reuniu mais de 60 participantes e contou com a participação do 1º secretário do Sincor-SP, Carlos Alberto Pelais, do coordenador da Comissão de Automóvel, Nilson Arello Barbosa, e da diretoria da Camaracor, Pedro Barbato Filho (presidente) e Osmar Bertacini (diretor Social). Jundiaí discute exigências para guarda de documentos O diretor Carlos Alberto Caporalli, da regional de Piracicaba, destacou no Encor, realizado no dia 13 de março, a ação social Passaporte do Bem, promovida durante o XV Conec. O diretor explicou o funcionamento do trabalho e informou que as regionais vão receber até 15 bicicletas, número proporcional à quantidade de corretores de seguros existentes no local. A iniciativa visa consolidar a posição do corretor de seguros como agente do bem-estar social. Santos observa aderência ao plano de Previdência Privada A regional ABCDMR, dirigida por Arnaldo Odlevati Jr., realizou o Encor no dia 19 de março com mais de 100 participantes. A reunião foi iniciada com a discussão da situação atual do comissionamento do corretor de seguros. Na sequência, Odlevati divulgou o programa Amigo Corretor, desenvolvido pela AC Sincor, que oferece a oportunidade de todos os corretores comercializarem certificados digitais, e finalizou respondendo as dúvidas em relação ao projeto de autocálculo do Sincor-SP. Campinas luta para reduzir carga tributária do corretor de seguros A regional Jundiaí, dirigida por Simone Cristina Favaro Martins, realizou seu Encor no dia 14 de março. Na ocasião, foram discutidas algumas exigências da Susep sobre os prazos para guarda de documentos de qualquer tipo de seguro. A diretora também aproveitou para esclarecer dúvidas sobre o acordo coletivo da categoria. Também participou da reunião a gerente de Distribuição da Zurich, Maria Paula de Mattos, que divulgou a nova filial da seguradora em Jundiaí para atendimento ao corretor. Nova Alta Paulista enfatiza dica de ouro A regional Santos, dirigida por Flávio Meleiro, promoveu o Encor no dia 27 de março. O principal tema da reunião foi o plano de Previdência Privada SincorPrevSP, lançado recentemente pelo Sindicato para os corretores de seguros associados (veja matéria de capa). Na ocasião, o plano teve forte aderência dos profissionais locais, que foram sensibilizados pelo diretor sobre a importância de se preparar para o futuro. O produto foi viabilizado em parceria com a seguradora Mapfre. S. J. do Rio Preto prepara 3ª edição da Caminhada Pela Vida No dia 20 de março, o diretor da regional Campinas, Carlos Aparecido Cunha, divulgou durante o Encor os resultados da reunião realizada com o prefeito da cidade, Jonas Donizete, sobre a redução da carga tributária do ISS para a categoria dos corretores de seguros. O Encor da regional Nova Alta Paulista, dirigida por Waldir Baessa, aconteceu no dia 28 de fevereiro. Na oportunidade, o diretor deu ênfase às 5 Dicas de Ouro, um trabalho criado pelo Sincor-SP em novembro do ano passado, cujo objetivo é propor aos profissionais algumas recomendações consideradas determinantes para o sucesso. Baessa enfatizou o tema da 5ª Dica (veja artigo na página 10), e destacou: juntos seremos mais fortes. O diretor regional de São José do Rio Preto, Antônio Roberto Mantovan, divulgou no Encor, que aconteceu no dia 13 de março, os preparativos para a terceira edição da ação social Caminhada Pela Vida. Esta iniciativa mobiliza a população local para doar alimentos às instituições carentes e ainda caminhar pelas ruas da cidade como incentivo aos cuidados com a saúde. No ano passado, o evento contou a participação de mais de mil pessoas e arrecadou oito toneladas de alimentos.

Uma fonte inédita de informação

Uma fonte inédita de informação Mensagem do Presidente Uma fonte inédita de informação Este trabalho, patrocinado pelo Sincor-SP, corresponde a uma expectativa do setor quanto aos dados relativos às corretoras de seguros, em um momento

Leia mais

ESECS-PJ. Estudo Socioeconômico das

ESECS-PJ. Estudo Socioeconômico das ESECS-PJ Estudo Socioeconômico das Empresas Corretoras de Seguros A G O S T O / 2 0 1 3 O Estudo Socioeconômico das Empresas Corretoras de Seguros Pessoa Jurídica (ESECS-PJ) é fruto de um trabalho de

Leia mais

Vida Segura Empresarial Bradesco:

Vida Segura Empresarial Bradesco: PRÊMIO ANSP 2005 Vida Segura Empresarial Bradesco: A democratização do acesso ao Seguro de Vida chega às Micro e Pequenas Empresas. 1 SUMÁRIO 1. Sinopse 3 2. Introdução 4 3. O desafio de ser o pioneiro

Leia mais

Gestão de Benefícios

Gestão de Benefícios Gestão de Benefícios 2EASY GESTÃO DE BENEFÍCIOS A 2Easy Benefícios é uma unidade de negócios da 2Easy Solutions, reconhecida pelo seu know how em Soluções para Gestão de Pessoas. A 2Easy Benefícios nasceu

Leia mais

CONHEÇA O NOVO CENTAURO-ON NEWS. MAIS MODERNO E VERSÁTIL, PARA VOCÊ.

CONHEÇA O NOVO CENTAURO-ON NEWS. MAIS MODERNO E VERSÁTIL, PARA VOCÊ. Ano VII Nº 37 Outubro/Dezembro 2015 CONHEÇA O NOVO CENTAURO-ON NEWS. MAIS MODERNO E VERSÁTIL, PARA VOCÊ. LEIA TAMBÉM 2015: Ano de grandes realizações Pág. 02 Seguro Vida Individual: Tranquilidade para

Leia mais

A... Aceitação Ato de aprovação pela entidade de uma proposta efetuada.

A... Aceitação Ato de aprovação pela entidade de uma proposta efetuada. A... Aceitação Ato de aprovação pela entidade de uma proposta efetuada. Adesão Característica do contrato de previdência privada, relativa ao ato do proponente aderir ao plano de previdência. Administradores

Leia mais

Todo início de ano é a mesma coisa: fazemos a

Todo início de ano é a mesma coisa: fazemos a Entre nós www.marinhodespachantes.com Novas oportunidades! de todos nossos clientes, parceiros, amigos e colaboradores em 2012 e renovar nosso contrato de amizade para 2013 Elza Aguiar Presidente Todo

Leia mais

TODAS AS MOEDAS DO MUNDO NUM SÓ LUGAR

TODAS AS MOEDAS DO MUNDO NUM SÓ LUGAR TODAS AS MOEDAS DO MUNDO NUM SÓ LUGAR INTRODUÇÃO Mais de 20 anos de experiência; Líder em câmbio turismo no país; Mais de 500 mil clientes; 3500 agências de turismo parceiras; Empresa do Grupo Rendimento

Leia mais

Entrevista CADERNOS DE SEGURO

Entrevista CADERNOS DE SEGURO Entrevista 6 Marco Antonio Rossi Presidente da Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg) POR Vera de Souza e Lauro Faria

Leia mais

PROGRAMA DE PREVIDÊNCIA UVERGS PREVI

PROGRAMA DE PREVIDÊNCIA UVERGS PREVI PROGRAMA DE PREVIDÊNCIA UVERGS PREVI UVERGS PREVI A União dos Vereadores do Estado do Rio Grande do Sul visa sempre cuidar do futuro de seus associados Por conta disso, está lançando um Programa de Benefícios

Leia mais

Bradesco Prime MasterCard International

Bradesco Prime MasterCard International Bradesco Prime MasterCard International Muitos benefícios para você aproveitar. Uma das maiores redes de estabelecimentos à sua disposição em todo o mundo. Perfeito para facilitar o seu dia-a-dia e ajudá-lo

Leia mais

Apresentação. Queremos lhe dar as boas-vindas à San Martin Corretora de Seguros um negócio seguro até no nome.

Apresentação. Queremos lhe dar as boas-vindas à San Martin Corretora de Seguros um negócio seguro até no nome. Apresentação Queremos lhe dar as boas-vindas à San Martin Corretora de Seguros um negócio seguro até no nome. História A empresa foi fundada no ano de 1995 na cidade paulista de São José do Rio Preto e

Leia mais

Jonatam Cesar Gebing. Tesouro Direto. Passo a passo do Investimento. Versão 1.0

Jonatam Cesar Gebing. Tesouro Direto. Passo a passo do Investimento. Versão 1.0 Jonatam Cesar Gebing Tesouro Direto Passo a passo do Investimento Versão 1.0 Índice Índice 2 Sobre o autor 3 O Tesouro Direto 4 1.1 O que é? 4 1.2 O que são Títulos Públicos? 5 1.3 O que é o grau de investimento?

Leia mais

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca Orientação ao mercado de trabalho para Jovens 1ª parte APRESENTAÇÃO Muitos dos jovens que estão perto de terminar o segundo grau estão lidando neste momento com duas questões muito importantes: a formação

Leia mais

em números Relatório de Prestação de Contas Sicoob Norte

em números Relatório de Prestação de Contas Sicoob Norte em números Relatório de Prestação de Contas Sicoob Norte O desempenho e os resultados alcançados pelo Sicoob Norte em comprovam as vantagens do trabalho coletivo em cooperativa. Mesmo num ano de muitas

Leia mais

Consórcio. Imobiliário. na prática. Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros!

Consórcio. Imobiliário. na prática. Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros! Consórcio Imobiliário na prática Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros! 1 Sobre a empresa A A+ Consórcios iniciou suas atividades com o objetivo de gerir

Leia mais

2 - Quais as vantagens do Confidence Travel Card em relação ao Cheques de Viagem e o Cartão de Crédito?

2 - Quais as vantagens do Confidence Travel Card em relação ao Cheques de Viagem e o Cartão de Crédito? Perguntas frequentes Confidence Travel Card Sobre o Cartão Confidence Travel Card 1 - Eu posso adquirir e recarregar um Confidence Travel Card nas Bandeiras Visa e Mastercard? Para Compra: Na bandeira

Leia mais

SINCOR-SP 2015 JUNHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 JUNHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS JUNHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006.

Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006. Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006. São Paulo, 28 de fevereiro de 2007 - A Porto Seguro S.A. (Bovespa: PSSA3) anuncia seu resultado

Leia mais

Manual de Boas Práticas para Venda de Seguro em Organizações Varejistas

Manual de Boas Práticas para Venda de Seguro em Organizações Varejistas Manual de Boas Práticas para Venda de Seguro em Organizações Varejistas 1. Introdução A estabilização da economia nacional, a facilidade de acesso ao crédito e as ações do governo para incentivar o consumo

Leia mais

Reunião Pública dos Analistas 4T11

Reunião Pública dos Analistas 4T11 Grjrr Reunião Pública dos Analistas 4T11 Porto Seguro Agenda Visão da Indústria de Seguros Cenário Atual Perspectivas Visão Geral da Porto Seguro Estrutura Linhas de Negócio Estratégia e Cultura Resultados

Leia mais

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA VENDA DE SEGUROS EM ORGANIZAÇÕES VAREJISTAS

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA VENDA DE SEGUROS EM ORGANIZAÇÕES VAREJISTAS MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA VENDA DE SEGUROS EM ORGANIZAÇÕES VAREJISTAS 18/03/2014 Manual de Boas Práticas para Venda de Seguro em Organizações Varejistas 1. Introdução A estabilização da economia nacional,

Leia mais

Transcrição da Teleconferência Resultados 2T06 Porto Seguro 14 de Agosto de 2006

Transcrição da Teleconferência Resultados 2T06 Porto Seguro 14 de Agosto de 2006 Operadora: Bom dia a todos. Sejam Bem Vindos à Teleconferência da S.A. para a discussão dos resultados referentes ao segundo trimestre de 2006. Estão presentes no evento os Srs. Casimiro Blanco Gómez,

Leia mais

SICOOB NORTE. Resultados

SICOOB NORTE. Resultados SICOOB NORTE Resultados 2014 MENSAGEM DA DIRETORIA O Sicoob Norte conseguiu ótimos resultados, numa clara demonstração da força do trabalho cooperativo, na busca por maior participação no mercado financeiro

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS RESERVE CLUBCAR

CONDIÇÕES GERAIS RESERVE CLUBCAR Seja bem-vindo à Blue Service Assistance, a opção mais vantajosa em assistência e clube de vantagens. É uma enorme satisfação ter você como nosso associado. A Blue Service Assistance está cada vez mais

Leia mais

2010 Começa a expansão. 11 de Setembro. Aquisição Internacional da. Sinistros pagos em. Alico MetLife (US)

2010 Começa a expansão. 11 de Setembro. Aquisição Internacional da. Sinistros pagos em. Alico MetLife (US) Breve Histórico 1868 Início das atividades 1912 Centro de Apoio aos sobreviventes do Titanic 1931 Financiamento do Empire State e do Rockfeller Center 1945 Financiamento aos Aliados durante a Segunda Guerra

Leia mais

guia prático volume I finanças

guia prático volume I finanças guia prático volume I finanças Manter-se bem informado para gerenciar seu consultório ou clínica da melhor maneira possível é fundamental para o sucesso. Dessa forma, além de obter um resultado final mais

Leia mais

Cooperativismo - Forma ideal de organização

Cooperativismo - Forma ideal de organização Cooperativismo - Forma ideal de organização Cooperativismo é modelo socioeconômico capaz de unir desenvolvimento econômico e bem-estar social. Seus referenciais fundamentais são: participação democrática,

Leia mais

Plataforma da Informação. Finanças

Plataforma da Informação. Finanças Plataforma da Informação Finanças O que é gestão financeira? A área financeira trata dos assuntos relacionados à administração das finanças das organizações. As finanças correspondem ao conjunto de recursos

Leia mais

CARTÃO BRADESCO VISA NACIONAL

CARTÃO BRADESCO VISA NACIONAL CARTÃO BRADESCO VISA NACIONAL Bem-vindo ao grupo de Associados do Cartão de Crédito Bradesco Visa Ele foi criado para lhe oferecer um conjunto de benefícios e facilitar seu dia-a-dia. Especialmente nos

Leia mais

TODAS AS MOEDAS DO MUNDO NUM SÓ LUGAR

TODAS AS MOEDAS DO MUNDO NUM SÓ LUGAR TODAS AS MOEDAS DO MUNDO NUM SÓ LUGAR INTRODUÇÃO Mais de 24 anos de experiência; Líder em câmbio turismo no país; Mais de 1 milhão de clientes; 5.000 empresas de grande e médio porte e seus colaboradores

Leia mais

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R 8 DICAS ESSENCIAIS PARA ESCOLHER SUA CORRETORA W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R Aviso Importante O autor não tem nenhum vínculo com as pessoas, instituições financeiras e produtos, citados, utilizando-os

Leia mais

cartilha educação financeira

cartilha educação financeira cartilha educação financeira cartilha educação financeira A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO FINANCEIRA A educação financeira é decisiva para o bem-estar presente e futuro das famílias, contudo, ela nem sempre

Leia mais

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM buscando contribuir

Leia mais

EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO

EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO L2 0 0 6 R E L AT Ó R I O A N U A EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO Prêmio de Seguros Participação no Mercado (em %) Mercado 74,2% Fonte: Susep e ANS Base: Nov/2006 Bradesco 25,8%

Leia mais

SICOOB CREDIROCHAS. Resultados

SICOOB CREDIROCHAS. Resultados SICOOB CREDIROCHAS Resultados 2014 MENSAGEM DA DIRETORIA O Sicoob Credirochas conseguiu ótimos resultados numa clara demonstração da força do trabalho cooperativo, na busca por maior participação no mercado

Leia mais

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Comunicação empresarial eficiente: Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Sumário 01 Introdução 02 02 03 A comunicação dentro das empresas nos dias de hoje Como garantir uma comunicação

Leia mais

Perguntas mais frequentes

Perguntas mais frequentes Perguntas mais frequentes CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO Quais as vantagens do Multi Moeda Cash Passport em relação a Cheques de Viagem e ao Cartão de Crédito? Os cartões de crédito aplicam a Variação Cambial,

Leia mais

SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS

SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS Marco Antonio Rossi Presidente da Fenaprevi Presidente da Bradesco Seguros Agenda Mercado Segurador Nacional Os direitos dos Segurados e Participantes Legislação O Brasil

Leia mais

Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você.

Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você. Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você. Conheça os benefícios e novidades do seu novo banco. Banco do Brasil. É de São Paulo. É do Brasil. É Todo Seu. Índice Introdução...3

Leia mais

BEM-VINDO AO SICOOB. A maior instituição financeira cooperativa do país. www.sicoob.com.br

BEM-VINDO AO SICOOB. A maior instituição financeira cooperativa do país. www.sicoob.com.br BEM-VINDO AO SICOOB. A maior instituição financeira cooperativa do país. www.sicoob.com.br Parabéns! Agora você faz parte de uma cooperativa Sicoob e conta com todos os produtos e serviços de um banco,

Leia mais

Fundos de Investimento - FIP Característica RSA

Fundos de Investimento - FIP Característica RSA Nome BB Referenciado DI Social 50 BB Multimercado Balanceado LP Jovem BB Ações ISE Jovem Nome Fundos de Investimento - RSA 50% da taxa de administração é repassado à Fundação Banco do Brasil 20% da taxa

Leia mais

Acredite no seu trabalho que o Brasil acredita em você. Ministério do Desenvolvimento, Confiança no Brasil.

Acredite no seu trabalho que o Brasil acredita em você. Ministério do Desenvolvimento, Confiança no Brasil. Acredite no seu trabalho que o Brasil acredita em você. Ministério do Desenvolvimento, Confiança no Brasil. Indústria É assim que e Comércio a gente segue Exterior em frente. Introdução Atualmente, muitos

Leia mais

Nos últimos anos, o setor de seguros brasileiro vem sofrendo uma. série de transformações. Algumas delas podem ser visualizadas na

Nos últimos anos, o setor de seguros brasileiro vem sofrendo uma. série de transformações. Algumas delas podem ser visualizadas na Visão das Seguradoras: Uma análise da distribuição de seguros no Brasil Francisco Galiza Mestre em Economia (FGV), membro do Conselho Editorial da FUNENSEG, catedrático pela ANSP e sócio da empresa "Rating

Leia mais

Especialistas ensinam como é possível arcar com as despesas escolares da criança sem causar grandes estragos no orçamento

Especialistas ensinam como é possível arcar com as despesas escolares da criança sem causar grandes estragos no orçamento Veículo: Bebê.com.br Data: 03/02/10 Poupe pelo futuro do seu filho Especialistas ensinam como é possível arcar com as despesas escolares da criança sem causar grandes estragos no orçamento Assim que a

Leia mais

Regulamento Geral Clube de Vendas MAPFRE

Regulamento Geral Clube de Vendas MAPFRE Regulamento Geral Clube de Vendas MAPFRE O Clube de Vendas MAPFRE é um programa de incentivo criado, desenvolvido e administrado pela MAPFRE Seguros Gerais S/A, inscrito no CNPJ/MF sob nº 61.074.175/0001-38,

Leia mais

A confluência dos vídeos e a Internet

A confluência dos vídeos e a Internet WHITEPAPER A confluência dos vídeos e a Internet Por que sua empresa deveria investir em vídeos em 2013 e como a Construção Civil pode utilizar os vídeos como diferencial competitivo. 1 Saiba como os vídeos

Leia mais

A GP no mercado imobiliário

A GP no mercado imobiliário A GP no mercado imobiliário A experiência singular acumulada pela GP Investments em diferentes segmentos do setor imobiliário confere importante diferencial competitivo para a Companhia capturar novas

Leia mais

Saiba tudo sobre sua aposentadoria Plano Itaubanco CD

Saiba tudo sobre sua aposentadoria Plano Itaubanco CD Chegou a hora! Saiba tudo sobre sua aposentadoria Plano Itaubanco CD Índice Como funciona sua aposentadoria... 04 A tributação do seu benefício... 10 Seus recursos no plano... 12 Cuide bem de sua saúde

Leia mais

Empresas de. 5 Capitalização. Melhores Práticas das. 2 Apresentação 4 Introdução 5 Composição do Sistema de Capitalização.

Empresas de. 5 Capitalização. Melhores Práticas das. 2 Apresentação 4 Introdução 5 Composição do Sistema de Capitalização. Melhores Práticas das Empresas de Capitalização 2 Apresentação 4 Introdução 5 Composição do Sistema de Capitalização 5 Capitalização 6 Missão da Capitalização 7 Valores da Capitalização 7 Melhores Práticas

Leia mais

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante Fenacor Prev

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante Fenacor Prev Plano de Previdência Complementar Manual do Participante Fenacor Prev 1 Índice Introdução...3 O Programa de Previdência Fenacor Prev...3 Contribuições...4 Investimentos...5 Benefício Fiscal...5 Benefícios

Leia mais

Somos uma das empresas que mais crescem no país

Somos uma das empresas que mais crescem no país ed. 3 / ano 1 / outubro 2013 J. Fonseca conquista novos segmentos Segurança em primeiro lugar Somos uma das empresas que mais crescem no país editorial Crescendo, mas sem esquecer da segurança A terceira

Leia mais

Previdência Complementar do servidor em perguntas e respostas

Previdência Complementar do servidor em perguntas e respostas Previdência Complementar do servidor em perguntas e respostas Por Antônio Augusto de Queiroz - Jornalista, analista político e diretor de Documentação do Diap Com o propósito de esclarecer algumas dúvidas

Leia mais

PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48

PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48 PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48 POR AÇÃO ATÉ MAIO DE 2008. São Paulo, 02 de julho de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os resultados dos 5M08. As informações

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Gestão e Negócios

Universidade. Estácio de Sá. Gestão e Negócios Universidade Estácio de Sá Gestão e Negócios A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades em 1970, como

Leia mais

CONSUMIDOR DE SEGUROS

CONSUMIDOR DE SEGUROS CONSUMIDOR DE SEGUROS PREZADO CONSUMIDOR, em um CONTRATO DE SEGURO, o seu CORRETOR DE SEGUROS, é um profissional liberal consciente, ele é o único representante legal junto as SEGURADORAS, tem a condição

Leia mais

NOSSA HISTÓRIA UM INVESTIMENTOS S/A

NOSSA HISTÓRIA UM INVESTIMENTOS S/A NOSSA HISTÓRIA A UM INVESTIMENTOS S/A Corretora de Títulos e Valores Mobiliários é uma instituição financeira independente e atua no mercado financeiro há 40 anos. Em 2008 iniciou um processo de reestruturação,

Leia mais

Fórum Banco Central de Inclusão Financeira. Painel MDS

Fórum Banco Central de Inclusão Financeira. Painel MDS Fórum Banco Central de Inclusão Financeira Painel MDS Brasília, 18/nov/2010 Sumário Breve descrição do PBF; Razões para inclusão financeira; Marco legal da inclusão financeira; Atual agenda de inclusão

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens Material Explicativo Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens Sumário Plano CD - Tranqüilidade no futuro 3 Conheça a previdência 4 A entidade Previ-Siemens 6 Como funciona o Plano CD da Previ-Siemens?

Leia mais

A palavra é eficiência

A palavra é eficiência A palavra é eficiência A redução de juros está no radar da indústria global de seguros. Compensar negócios mal precificados com ganhos financeiros já não é mais possível em um cenário de taxas em queda.

Leia mais

As mudanças mais importantes no Bradesco Previdência

As mudanças mais importantes no Bradesco Previdência As mudanças mais importantes no Bradesco Previdência No dia 21 de julho, o RH do Banco Bradesco e diretores do Bradesco Previdência expuseram, a cerca de 50 dirigentes sindicais, as mudanças no plano de

Leia mais

Prêmio Sincor-SP de Jornalismo destaca as melhores reportagens que abordaram o corretor de seguros

Prêmio Sincor-SP de Jornalismo destaca as melhores reportagens que abordaram o corretor de seguros UMA PUBLICAÇÃO MENSAL DO SINCOR-SP 389 NOVEMBRO 2013 Sincor-SP revela resultado da PMC 2013 A Pesquisa para Melhoria Contínua do Mercado de Seguros apresentou a opinião de quase dois mil corretores de

Leia mais

Agora sua máquina da Cielo passa os cartões Diners Club. Informativo. Ou seja, o seu ponto de venda acaba de ganhar vários pontos com os clientes.

Agora sua máquina da Cielo passa os cartões Diners Club. Informativo. Ou seja, o seu ponto de venda acaba de ganhar vários pontos com os clientes. A número 1 em vendas. NADA SUPERA ESSA MÁQUINA. Informativo EDIÇÃO 2 TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A CIELO PARA O SEU NEGÓCIO. Palavra do presidente Prezado cliente, A Cielo atua no cenário multibandeira

Leia mais

*O pagamento acontece diretamente para o vendedor, PJ ou PF, após toda análise crédito e do bem.

*O pagamento acontece diretamente para o vendedor, PJ ou PF, após toda análise crédito e do bem. 1- Posso comprar dois automóveis com uma única carta de crédito? Sim. Podem ser alienados dois veículos em uma única cota de consórcios, porém são duas despesas para alienação dos bens. *O pagamento acontece

Leia mais

Programa CAIXA Melhor Crédito

Programa CAIXA Melhor Crédito Programa CAIXA Melhor Crédito CAIXA REDUZ A PARTIR DE HOJE TAXAS DE JUROS EM ATÉ 88% O Caixa Melhor Crédito trará beneficio imediato para mais de 25 milhões de clientes A Caixa Econômica Federal anunciou

Leia mais

Investimento para Mulheres

Investimento para Mulheres Investimento para Mulheres Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado. Cem

Leia mais

É permitida a reprodução total ou parcial, desde que citada a fonte

É permitida a reprodução total ou parcial, desde que citada a fonte Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor Procon-SP É permitida a reprodução total ou parcial, desde que citada a fonte Capa, artes e editoração eletrônica Carlos Alberto Damiano São Paulo junho/2014

Leia mais

MUDANÇA NO PROCESSO DE TRANSMISSÃO DE PROPOSTA - AUTOMÓVEL

MUDANÇA NO PROCESSO DE TRANSMISSÃO DE PROPOSTA - AUTOMÓVEL 1 Kit de Cálculo 0111K1 Prezado Corretor, Você está recebendo a nova versão do Kit de Cálculo 0111K1, com novidades importantes. Leia atentamente este Informe Técnico para entender o que muda nos seguros

Leia mais

03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança

03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança 03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança Render 5 Vezes Mais por Leandro Sierra Índice Apresentação...03 Introdução... 04 Passo 1...05 Passo 2... 08 Educação Financeira para a Segurança do seu Investimento...

Leia mais

Associados do Sincor-SP começam a aderir ao programa Portas Abertas

Associados do Sincor-SP começam a aderir ao programa Portas Abertas UMA PUBLICAÇÃO MENSAL DO SINCOR-SP 383 MAIO 2013 Índice de casos de invalidez permanente cresce 1.378% Para comissão do Sincor-SP, o momento exige do corretor o oferecimento do seguro de Acidentes Pessoais,

Leia mais

SISEB Informa. 7º Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias. Ensino a distância (EAD) SisEB Curso: Ação cultural em bibliotecas

SISEB Informa. 7º Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias. Ensino a distância (EAD) SisEB Curso: Ação cultural em bibliotecas Ano I Número 6 setembro 2014 3 Ensino a distância (EAD) SisEB Curso: Ação cultural em bibliotecas 7º Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias página 4 6 Encontro Prêmio São Paulo

Leia mais

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Prezado Cooperado, Em 2012 a economia brasileira apresentou forte desaceleração, tendo uma das mais baixas taxas de crescimento da América Latina, inferior até as pessimistas

Leia mais

A Corretagem como Negócio

A Corretagem como Negócio A Corretagem como Negócio Robert Bittar, Presidente, FENACOR www.fenacor.com.br XVI Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros Florianópolis, Santa Catarina - Outubro/2009 Mudando o Conceito Corretor

Leia mais

Entenda o Novo Sistema de Pagamentos Brasileiro O Novo SPB O que muda com o novo SPB Saiba o que não muda com o novo SPB Saiba mais

Entenda o Novo Sistema de Pagamentos Brasileiro O Novo SPB O que muda com o novo SPB Saiba o que não muda com o novo SPB Saiba mais * Informações de janeiro/2002 * Sumário Entenda o Novo Sistema de Pagamentos Brasileiro O Novo SPB Benefícios do Novo SPB O que é Porque mudar O que muda O que muda com o novo SPB Transferências só com

Leia mais

BRADESCO MINICARD VISA NACIONAL

BRADESCO MINICARD VISA NACIONAL BRADESCO MINICARD VISA NACIONAL Ele foi criado para lhe oferecer um conjunto de benefícios e facilitar seu dia-a-dia, especialmente nos momentos em que você mais precisa de um Cartão. Para o Bradesco,

Leia mais

Avalie os Impactos da Regulamentação da Lei dos Microsseguros e Encontre Estratégias para Viabilizar o Seguro para Baixa Renda

Avalie os Impactos da Regulamentação da Lei dos Microsseguros e Encontre Estratégias para Viabilizar o Seguro para Baixa Renda Critérios para a Operação e Comercialização de MICROSSEGUROS Avalie os Impactos da Regulamentação da Lei dos Microsseguros e Encontre Estratégias para Viabilizar o Seguro para Baixa Renda 05 e 06 de Outubro

Leia mais

em números Relatório de Prestação de Contas Sicoob Sul

em números Relatório de Prestação de Contas Sicoob Sul em números Relatório de Prestação de Contas Sicoob Sul O desempenho e os resultados alcançados pelo Sicoob Sul em comprovam as vantagens do trabalho coletivo em cooperativa. Mesmo num ano de muitas incertezas

Leia mais

Um vitorioso Projeto Cultural e de Capacitação Profissional

Um vitorioso Projeto Cultural e de Capacitação Profissional Um vitorioso Projeto Cultural e de Capacitação Profissional Treinaseg Comércio, Consultoria e Treinamento em Seguros Ltda Alameda Glete, 52 1º andar Campos Elíseos. São Paulo SP CEP 01215-000 Tel: (11)

Leia mais

A importância de um plano de aposentadoria complementar

A importância de um plano de aposentadoria complementar INFORMATIVO É a melhor maneira de planejar a sua aposentadoria; Poupança com 100% de rentabilidade - Parte Patrocinadora; Rentabilidade totalmente revertida ao participante Datusprev sem fins lucrativos;

Leia mais

12. Como é o caso de pensão por morte de quem ainda está contribuindo para a previdência?

12. Como é o caso de pensão por morte de quem ainda está contribuindo para a previdência? Tel: 0800 941 7738 1 Educação Financeira Esta Cartilha tem como abjetivo mostrar a importância da educação financeira e previdenciária aos advogados participantes da OABPrev-RJ para que possam organizar

Leia mais

Seja um parceiro Xact Tecnologia e ofereça ao mercado nossas soluções, voltadas para gerenciamento total dos processos críticos do negócio.

Seja um parceiro Xact Tecnologia e ofereça ao mercado nossas soluções, voltadas para gerenciamento total dos processos críticos do negócio. Seja um parceiro Xact Tecnologia e ofereça ao mercado nossas soluções, voltadas para gerenciamento total dos processos críticos do negócio. Participe da rede de distribuição dos produtos exclusivos da

Leia mais

SEGUROS. Manual de Seguros. Banco Mercedes-Benz do Brasil S/A

SEGUROS. Manual de Seguros. Banco Mercedes-Benz do Brasil S/A SEGUROS Manual de Seguros Banco Mercedes-Benz do Brasil S/A 2013 SUMÁRIO 1. CONCEITOS... 3 1.1. Objeto do Seguro... 3 1.2. Tipos de Seguro... 3 1.3. Vigência... 3 2. COBERTURAS ADICIONAIS... 4 2.1. Responsabilidade

Leia mais

HSBC INSTITUIDOR FUNDO MÚLTIPLO. Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev

HSBC INSTITUIDOR FUNDO MÚLTIPLO. Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev HSBC INSTITUIDOR FUNDO MÚLTIPLO Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev Esta Cartilha vai ajudar você a entender melhor o Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev,

Leia mais

SINCOR-SP 2015 AGOSTO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 AGOSTO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS AGOSTO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

Trabalhador por conta própria ganha força, mas informalidade aumenta

Trabalhador por conta própria ganha força, mas informalidade aumenta Boletim 869/2015 Ano VII 09/11/2015 Trabalhador por conta própria ganha força, mas informalidade aumenta Mais de 22 milhões de brasileiros têm empreendimentos sem empregados remunerados. Quase um milhão

Leia mais

CIRCULAR SUSEP N o 327, de 29 de maio de 2006.

CIRCULAR SUSEP N o 327, de 29 de maio de 2006. MINISTÉRIO DA FAZENDA Superintendência de Seguros Privados CIRCULAR SUSEP N o 327, de 29 de maio de 2006. Dispõe sobre os controles internos específicos para o tratamento de situações relacionadas à prática

Leia mais

Reunião Pública dos Analistas 1T12

Reunião Pública dos Analistas 1T12 Reunião Pública dos Analistas Agenda Visão da Indústria de Seguros Cenário Atual Perspectivas Visão Geral da Estrutura Linhas de Negócio Estratégia e Cultura Resultados em 2011 Principais Realizações e

Leia mais

CARTILHA PLANO CELPOS CD

CARTILHA PLANO CELPOS CD CARTILHA PLANO CELPOS CD ORIGINAL PLUS O QUE É O PLANO CELPOS CD? O Plano Misto I de Benefícios CELPOS CD é um plano de previdência complementar cujo benefício de aposentadoria programada é calculado de

Leia mais

Bancos brasileiros prontos para um cenário de crescimento sustentado e queda de juros

Bancos brasileiros prontos para um cenário de crescimento sustentado e queda de juros 1 Bancos brasileiros prontos para um cenário de crescimento sustentado e queda de juros Tomás Awad Analista senior da Itaú Corretora Muito se pergunta sobre como ficariam os bancos num cenário macroeconômico

Leia mais

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante FenacorPrev

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante FenacorPrev Plano de Previdência Complementar Manual do Participante FenacorPrev Índice Introdução... 3 O Programa de Previdência FenacorPrev... 3 Contribuições... 4 Investimentos... 5 Benefício Fiscal... 6 Benefícios

Leia mais

Saiba tudo sobre sua aposentadoria Plano Itaubank

Saiba tudo sobre sua aposentadoria Plano Itaubank Chegou a hora! Saiba tudo sobre sua aposentadoria Plano Itaubank Índice Como funciona sua aposentadoria... 04 A tributação do seu benefício... 08 Seus recursos no plano... 10 Cuide bem de sua saúde física

Leia mais

Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você e sua empresa.

Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você e sua empresa. Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você e sua empresa. Conheça os benefícios do novo banco da sua empresa. Banco do Brasil. É de São Paulo. É do Brasil. É Todo Seu. Índice 2

Leia mais

StarMoney Câmbio Exchange & Centurion Aluguel de Carros Av. Osaka, 600 Loja 6 Fone: (11) 4651-5649 - Centro Industrial de Arujá Arujá/SP

StarMoney Câmbio Exchange & Centurion Aluguel de Carros Av. Osaka, 600 Loja 6 Fone: (11) 4651-5649 - Centro Industrial de Arujá Arujá/SP STARMONEY CÂMBIO/EXCHANGE - Quem Somos A StarMoney é a uma credenciada da Mega Corretora de Câmbio Ltda, instituição autorizada pelo Banco Central do Brasil. É mais segurança na hora de fechar negócios

Leia mais

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar.

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Guia do uso consciente do crédito O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Afinal, o que é crédito? O crédito é o meio que permite a compra de mercadorias, serviços

Leia mais

Bradesco Seguros. Portfólio de Produtos da Bradesco Seguros. Presente em todos os momentos da sua vida.

Bradesco Seguros. Portfólio de Produtos da Bradesco Seguros. Presente em todos os momentos da sua vida. SAC - Serviço de Atendimento ao Consumidor: 0800 727 9966 SAC - Deficiência Auditiva ou de Fala: 0800 701 2708 S/A - CNPJ: 33.055.146/0001-93; Bradesco Saúde S/A - CNPJ: 92.693.118/0001-60; Bradesco Vida

Leia mais

Grupo Citi no Brasil

Grupo Citi no Brasil Crédito Consignado Grupo Citi no Brasil Grupo Citi no Brasil Segmento voltado a pessoas físicas e pequenas empresas, com variada gama de produtos e serviços diferenciados. Atendimento exclusivo a pessoas

Leia mais

Teleconferência Resultado 2T2013 13/08/2013

Teleconferência Resultado 2T2013 13/08/2013 Teleconferência Resultado 2T2013 13/08/2013 BB Seguridade S.A. Resultado do 2º Trimestre de 2013 Aviso Importante Esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas,

Leia mais