Colaboração ATLAS/Brasil. Atividades

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Colaboração ATLAS/Brasil. Atividades 2009-2010"

Transcrição

1 Colaboração ATLAS/Brasil Atividades

2 Histórico Colaboração com o CERN iniciou-se em P&D para o LHC em calorimetria hadrônica usando material plástico cintilante Membro da Colaboração ATLAS desde 1992 participando da sua Carta de Intenção. Participamos em 1994 da Proposta oficial Responsável pelas 2800 placas somadoras de energias das torres e de múons do TILECAL. Dezenas de teses de doutorado, mestrado e trabalhos de final de curso e Inic Científica.

3 Objetivos Gerais Continuar as atividades de desenvolvimento, melhoramento, upgrades e comissionamento do nos campos da Física (estudos fenomenológicos e métodos de análise de dados), Eletrônica (instrumentação, algorítmos e processamento de sinais) e Informática (computação inteligente e sistemas distribuídos). Ampliar e divulgar o conhecimento nacional da Física de Altas Energias. Ampliar as Instituições colaboradoras brasileiras. Formar recursos humanos de forma multidisciplinar. Inserir a indústria nacional (hardware e software) Aumentar a visibilidade da indústria nacional. Aplicações em outros domínios do conhecimento.

4 Equipe e Instituições Fernando Marroquim (UFRJ). José Manoel Seixas (UFRJ) Carmen Lodi Maidantchik (UFRJ) Maria Aline Barros do Vale (UFSJ) Marco Aurélio Lisboa Leite (USP) Olácio Dietzsch (USP) Emi Márcia Takagui (USP) Luiz Pereira Caloba (UFRJ) Augusto Santiago Cerqueira (UFJF) Carlos Antônio Duque (UFJF) Eduardo Simas (CEFET-BA) PosDoc Andre Asevedo Nepomuceno (UFRJ) PosDoc Bernhard Meirose (UFRJ) PosDoc Paulo Vitor Gamacho da Silva (UFRJ)

5 Equipe e Instituições(cont.) Alunos de pós-gradução Alunos de graduação e IC alunos de ICJr Técnicos Instituições: (Formar o CLUSTER ATLAS/BR) UFRJ UFSJ UFJF USP CEFET-BA

6

7

8 Física Colisões proton-proton Além do Modelo Padrão Interação Forte com o grupo de fenomenologia da UFRJ, vários modelos já estudados. Procura de: Novos bósons de gauge Novos leptons pesados Neutrinos de Majorana Partículas compostas Etc Canais: pp->lepton + lepton +X (estudo principal) pp-> lepton+missing energy+x pp->lepton+lepton+boson+x

9 Física p-p Metodologia: Procura-se limite experimentais para as constantes do modelo estudado. O modelo é implementado no COMPHEP, CALCHEP. FORM, etc Procura-se assinaturas e distribuições que caracterizem um determinado modelo. Hadronização e decaimentos com PYTHIA. Simulação rápida do detetor ATLAS. Se os resultados forem encorajadores faz-se a simulação completa do detetor ATLAS. Análise, comparação e discriminação detalhada dos resultados para diferentes modelos. Análise dos dados experimentais.

10 Física de Íons Pesados RHIC: Au,Cu S NN =200 GeV Expansão do programa de pesquisa desenvolvido no RHIC Extensa experiência em análise Colaboração préestabelecida (ISU, Brookhaven, Weizman, Columbia) LHC: Pb S NN =5.5TeV Simulação HIJING + ATLSIM HIJING + ATHENA PYQUEN+ATHENA ATLAS em íons pesados: Excelente cobertura (azimultal e rapidez) Calorimetria de alta segmentação (pre-sampler + seg. longitudinal no calorímetro eletromagnético) Inner tracker + espectrômetro de múons ZDC (em instalação) Programa de investigação Variáveis globais (dnch/dη, det/ dη, multiplicidade total etc.) Supressão na produção de quarkonia ( ), ', J /, ' Tomografia de jatos Jet Quenching

11 Eletrônica e Instrumentação Tilecal MultiTrack Detection Using Hough Transform Motivation Some trigger systems now cover the entire TileCal volume. Probability to have more than one cosmic ray by event is higher. More time with cosmics keep improving the algorithms. Identify tracks for single beam analysis. Fake events due to cosmic rays and halo.

12 Hough Transform for Line Detection (ρo,θo) =? linear fit HT noise noise most probable line parameters HT-1 ρ θ line parameters global maximum 12

13 Hough Transform in TileCal (First Implementation only one track) track with Minuit Hough space - XY projection HTXY HTZY cell energy weight θ ρ track with HT Hough space - ZY projection θ ρ 13

14 Cosmic Shower MultitrackSingle in Beam Tilecal 14

15 Next Steps (Implementing in Athena) By now it runs in ACR (online visualization). Update TileMuonFitter (to do useful analysis). The TMF variables will become containers. Increase SNR cell separation with matched-filters) Good to find single beam events Just counting number of tracks. Looking for horizontal tracks. 15

16 Next Steps Thin adjustments with LAr) 16 Include LAr in HT algorithms thin adjustments in track parameters

17 Eletrônica e Instrumentação TileCal Muon Receiver Motivation Upgrade of the trigger system Coincidence with muon spectrometer Problem: low SNR for the TileCal muon trigger signal To improve the SNR, the two muon signals from the same D cell should be summed on the receiver Muon signal time misalignement 08/10/2008 Tile Week 17

18 Muon cosmic board Improve the signal-to-noise ratio by summing both readouts of the same D-cell (muon output) D0 is multiplied by 2, for signal gain equalization Feed the coincidence board as done by the transition board 08/10/2008 Tile Week 18

19 Muon Receiver Proposed Prototype VME crate board Barrel signals (D0, D1, D2, D3) and extended barrel signals (D5, D6) per module, for the positive and negative eta range D0 cannot be summed (worse SNR). Gain should be equalized Due to cabling, negative and positive eta should be handled in different boards One board should receive 4 muon trigger connectors Processing 44 signals Perform the analog sum of the equivalent muon signals, as the cosmic muon board Feed the signal into a comparator, for triggering Provide a threshold adjustment by software Enable and disable channels by software 08/10/2008 Tile Week 19

20 Next steps Cosmic muon board Deep investigation of the performance Check robustness and signal integrity Board design and interface Integration with L1 Muon 08/10/2008 Tile Week 20

21 Instrumentação com USP Longo envolvimento com projetos de Instrumentação em calorimetria com Brookhaven e CERN Calorímetros de Argônio e criptônio líquido Geometria em acordeom projetiva segmentada Métodos de calibração de altíssima resolução Desenvolvimento de sistemas de aquisição de dados e processamento de sinais de alta velocidade para o sistema de tracking e identificação de partículas do Experimento PHENIX Programas de R&D em calorimetria para o upgrade do ATLAS Transferência de sinais analógicos via fibra óptica Digitalização em alta velocidade/alta densidade em substituição à implementaçãco atual (Switching Capacitor Array + ADC) Calibração e processamento digital de sinais utilizando Massive Parallel Processor Arrays Eletrônica de Front End para o Zero Degree Calorimeter do ATLAS (programa de Íons Pesados) Utilização do know-how e infra-estrutura para a redução da dependência tecnológica Emprego dos métodos e técnicas desenvolvidas para outras áreas da Física (sistemas de deteção de radiação de baixa energia, espectrometria, LIDAR etc.), favorecendo a multidisciplinariade. Envolvimento do NIT da USP na identificação e proteção da propriedade intelectual (2 patentes 08/10/2008 Week 21 de equipamentos para aquisição de dadostile sendo depositadas) Estratégicamente concebida de forma a não interferir na divulgação e desenvolvimento das

22 Eletrônica e Instrumentação L2 Trigger Ringer Algorithms GOALS Provide an electron / jet algorithm for the LVL2. Independent on the event s energy. Resilient to noise and missing data. High detection efficiency x Small false alarm. Fast to execute. Based in 2 sections: Feature extraction Hypothesis making

23 The Feature Extraction Based on ring sums RoI dimension reduction. Fixed events size (100). Physics interpretation maintained. Easy and fast to generate. Built over a 0.4 x 0.4 window in eta x phi for each calorimeter layer. Section EM HAD Layer PS EM1 EM2 EM3 HD1 HD2 HD3 Total # Rings

24 NLICA Segmented Feature Extraction ROC curves: Nonlinear Independent components estimated from ring signals at layer level. Different techniques: SOM; PNL (Post-Nonlinear); Local ICA.

25 Ringer's performance and rate Better time performance can be obtained by disabling debug code Many improvements can be made Ringer's chain e10ringer is available on e10ringer chain at Full Menu Calculates cluster variables in the same way as standard LVL2 Egamma algorithms e10ringer e10_loose Efficiency w.r.t. Truth 97.16% 94.12% Efficiency w.r.t. Offline 97.78% 95.26% 17 GeV jets acceptance w.r.t. LVL1 5.55% 12.23% Ringer T2CaloEgamma FEX Execution Time (us) Decision (us)

26 Desenvolvimento de Software * ATLAS Equipament Traceability Web System * Web Interface for Shifters (WIS) * TileComm Analysis * Detector Control System (DCS) * Glance (data retrieval tool) * Monitoring & Calibration Web System (MCWS) * Data Quality Monitoring (DQM)

27 Installation database Glance XML XML XML Traceability Web System Radiation measure 3D detector model Labels printing

28 The system allows the user to search for equipment parts. The Equipment ID input can be done by a barcode reader Menu with all applied on the traceability label. the options available for this user Search Parameters Generate an equipment ID Some information about the equipment found. Click to go to details.

29 Managing multiple equipment Equipment parts (tabs) parameters Position informatio n Positions the Log ofwhere all radiation piece dose has been on measurements thatbefore piece

30 All equipment leaving the cavern must be measure for radiological control The Measure can be done automatically using an external probe or by manual input If the value exceed the background radiation and its threshold, an alert is shown, and the procedure for radioactive equipment must be followed

31 The ATLAS Safety Alarms Monitor Information accessed via the Glance search engine Oracle database Glance XML WEB Safety Alarms Monitor

32 The ATLAS Safety Alarms Monitor Alarm details viewer Select alarm Alarm logbook Alarm information Links to documentation Click for input history Click for actuator history

33 Monitoring & Calibration Web System MCWS COOL DB RUN S TileComm DB CASTOR Resul ts 33

34 Monitoring & Calibration Web System Data Quality Validator Tool (DQ Validator Tool) Useful links Application name OK button Run number field Typing a run number and pressing OK button...

35 Monitoring & Calibration Web System Module comment Channel comme nt On channel click, system opens the Analysis window Colors legend

36 Operacionalização Grande intersecção de áreas de interesse entre o Laboratório de Instrumentação e Partículas do IFUSP, IF-UFRJ (Íons Pesados) e COPPE (instrumentação em calorimetria) Sólida experiência nas áreas propostas (instrumentação e Física de Íons Pesados) Racionalização de recursos e consolidação da infraestrutura Brazilian ATLAS Cluster Necessidades Contribuição ao LHC/ATLAS (operating funds) Estima-se 2 viagens/ano por pesquisador, para estágios de 20 dias no CERN Viagens Rio/São Paulo Ampliação da infraestrutura de computação (eventualmente Tier 2?) Modernização da infraestrutura de laboratório, privilegiando equipamentos de alto custo que possam ser utilizados em conjunto pela USP e UFRJ

37 BACKUP

38 Upgrades Eletrônica Sistema detector de raios cósmicos baseado no TILECAL e com transformada de Hough Sistema de visualização 3-D para calorimetria Estimador neural de energia. Integração do sinal de tôrre do TILECAL com o primeiro nível de trigger Desenvolvimento do sistema neuralringer para o trigger de segundo nível baseado em calorimetria Especificações para um sistema de trigger de primeiro nível baseado no sinal de múons provido pelo somador ativo de formação de torres de trigger do TILECAL. Especificação, projeto e testes dos sistemas de upgrade do TILECAL e de trigger.

39 Desenvolvimento de Software Desenvolvimento de uma API para operação de grande volume de dados recuperados através do sistema Glance Manutenção do sistema Glance (funcionalidades Between, Not Null, etc) Utilização desta API nos sistemas Tile-DCS-Web e ATLAS-DCS-Web Desenvolvimento das funcionalidades de LVPS, HV e Trip ON/OFF para o sistema Tile-DCS-Web Desenvolvimento de uma versão operacional do ATLAS-DCS-Web

40 Desenvolvimento de Software Manutenção do sistema TCWS (detailed comments, integração com o ELOG) Extensão do sistema TCWS, integrando Monitoring & Calibration Web System (MCWS) e Data Quality Management (DQM) Versão Operacional de um sistema Web para Monitorar o Comissionamento do Muon Manutenção do sistema DSS (Detector Safety System), utilizando o Glance Manutenção do sistema Glance Insertion/Update Integração das funcionalidades do Glance, oferecendo um menu único de fácil navegação. Desenvolvimento de novas funcionalidades do sistema Survey Data: visualização/cálculos/plots com os dados dos HLS Bedplates do ATLAS (monitorar o pavimento da

41 Desenvolvimento de Software Desenvolvimento de novas funcionalidades do sistema Survey Data: visualização/cálculos/plots com os dados dos HLS Bedplates do ATLAS (monitorar o pavimento da caverna que afundou devido ao peso do detector), utilizando o Glance Desenvolvimento do sistema ATLAS Equipments Tracking, para gerenciar os equipamentos que saem da caverna para sofrer alguma manutenção. Utilizando o Glance.

42 Desenvolvimento de Software Dar continuidade ao desenvolvimento do sistema ATLAS Operation Pages, que oferece através da Web, uma visão geral do estado da operação do ATLAS, incluindo informações sobre sua infra-estrutura e serviços (cryogenics, gas, cooling, etc). Estes dados são acessados por plantonistas na sala de controle, especialistas de cada subsistema e colaboradores do ATLAS, em geral. Atualmente, implementamos, funcionalidades para apresentar informacoes sobre Muon Gas distribution racks, Detector cooling plants, Cooling and Ventilation e Data Acquisition (DAQ).

Lista de Atividades Realizadas dos Autores do ATLAS (Dezembro/2011 a Novembro/2012)

Lista de Atividades Realizadas dos Autores do ATLAS (Dezembro/2011 a Novembro/2012) Lista de Atividades Realizadas dos Autores do ATLAS (Dezembro/2011 a Novembro/2012) 1. Andre Asevedo Nepomuceno (UFF) Membro do grupo de física exótica do ATLAS, em particular na busca de novas ressonâncias

Leia mais

Lista de Atividades dos Autores do ATLAS

Lista de Atividades dos Autores do ATLAS Lista de Atividades dos Autores do ATLAS 1. Andre Asevedo Nepomuceno (UFF) Membro do grupo de física exótica do ATLAS, em particular na busca de novas ressonâncias que decaem em um par de elétrons ou muons.

Leia mais

Detector de Neutrinos para o Reator de Angra

Detector de Neutrinos para o Reator de Angra Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF) Detector de Neutrinos para o Reator de Angra Detector Central, Sistema de VETO, Eletrônica (resumo das diretivas de projeto) Laudo Barbosa (24 de Maio, 2007)

Leia mais

Uma Breve Introdução à Física de Partículas O DEE-UFBA na Colaboração do Detector ATLAS do LHC

Uma Breve Introdução à Física de Partículas O DEE-UFBA na Colaboração do Detector ATLAS do LHC no do do no Uma Breve à Física de Partículas O na Colaboração do Detector do LHC Prof. (eduardo.simas@ufba.br) Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica Universidade Federal da Bahia Colaboração

Leia mais

REDE NACIONAL DE FÍSICA DE ALTAS ENERIAS COMITÊ TÉCNICO CIENTÍFICO. Fomulário para apresentação de projetos à RENAFAE 2013

REDE NACIONAL DE FÍSICA DE ALTAS ENERIAS COMITÊ TÉCNICO CIENTÍFICO. Fomulário para apresentação de projetos à RENAFAE 2013 REDE NACIONAL DE FÍSICA DE ALTAS ENERIAS COMITÊ TÉCNICO CIENTÍFICO Fomulário para apresentação de projetos à RENAFAE 2013 1. Informações Gerais Título Pesquisador Proponente Instituição Executora Instituições

Leia mais

Dimensões Extras Universais

Dimensões Extras Universais Dimensões Extras Universais Parte 2: Experimento do DZero Pedro Mercadante (UNESP) Sumário Detector Simulação Pythia ued DZero Monte Carlo Cafe Alguns objetos: Missing E T e Muon 2006 P. Mercadante 2 The

Leia mais

Eduardo F. Simas F., José Manoel de Seixas, Luiz Pereira Calôba Laboratório de Processamento de Sinais, COPPE/Poli-UFRJ Rio de Janeiro-RJ, 21945-970.

Eduardo F. Simas F., José Manoel de Seixas, Luiz Pereira Calôba Laboratório de Processamento de Sinais, COPPE/Poli-UFRJ Rio de Janeiro-RJ, 21945-970. ANÁLISE DE COMPONENTES INDEPENDENTES PARA FILTRAGEM ONLINE NUM AMBIENTE DE ALTA TAXA DE EVENTOS E INFORMAÇÃO SEGMENTADA Eduardo F. Simas F., José Manoel de Seixas, Luiz Pereira Calôba Laboratório de Processamento

Leia mais

SISTEMA NEURAL SEGMENTADO DE DETECÇÃO ONLINE DE ELÉTRONS UTILIZANDO PRÉ-PROCESSAMENTO ESTATÍSTICO

SISTEMA NEURAL SEGMENTADO DE DETECÇÃO ONLINE DE ELÉTRONS UTILIZANDO PRÉ-PROCESSAMENTO ESTATÍSTICO SISTEMA NEURAL SEGMENTADO DE DETECÇÃO ONLINE DE ELÉTRONS UTILIZANDO PRÉ-PROCESSAMENTO ESTATÍSTICO Diego C. Teles, Fabio Batista, Edmar E. P. de Souza, Eduardo F. Simas Filho, P. C. M. A. Farias, José M.

Leia mais

xavier@lps.ufrj.br, Andre.Dos.Anjos@cern.ch, seixas@lps.ufrj.br

xavier@lps.ufrj.br, Andre.Dos.Anjos@cern.ch, seixas@lps.ufrj.br DISCRIMINADORES NEURAIS DE PARTÍCULAS PARA UM DETECTOR SUBMETIDO A UMA ALTA TAXA DE EVENTOS Thiago Ciodaro Xavier, André dos Anjos Rabello, Jose Manoel de Seixas Laboratório de Processamento de Sinais

Leia mais

ÍNDICE PORTUGUÊS INDEX ENGLISH

ÍNDICE PORTUGUÊS INDEX ENGLISH ÍNDICE PORTUGUÊS 1. Características... 2 2. Conteúdo da Embalagem... 3 3. Como usar o Receptor de TV Digital... 3 4. Tela de Vídeo... 6 5.Requisitos Mínimos... 6 6. Marcas Compatíveis... 8 INDEX ENGLISH

Leia mais

FILTRAGEM ONLINE DE EVENTOS RAROS E/OU EXÓTICOS BASEADA EM DADOS DE CALORIMETRIA DE ALTA ENERGIA EM UM DETECTOR FINAMENTE SEGMENTADO

FILTRAGEM ONLINE DE EVENTOS RAROS E/OU EXÓTICOS BASEADA EM DADOS DE CALORIMETRIA DE ALTA ENERGIA EM UM DETECTOR FINAMENTE SEGMENTADO FILTRAGEM ONLINE DE EVENTOS RAROS E/OU EXÓTICOS BASEADA EM DADOS DE CALORIMETRIA DE ALTA ENERGIA EM UM DETECTOR FINAMENTE SEGMENTADO Danilo Lima de Souza Tese de Doutorado apresentada ao Programa de Pós-graduação

Leia mais

User Guide Manual de Utilizador

User Guide Manual de Utilizador 2400 DPI OPTICAL GAMING MOUSE User Guide Manual de Utilizador 2014 1Life Simplify it All rights reserved. www.1-life.eu 2 2400 DPI OPTICAL GAMING MOUSE ENGLISH USER GUIDE...4 MANUAL DE UTILIZADOR PORTUGUÊS...18

Leia mais

Detectores de tempo de voo RPC em HADES. Performance em Au+Au @ 1.25 AGeV

Detectores de tempo de voo RPC em HADES. Performance em Au+Au @ 1.25 AGeV Detectores de tempo de voo RPC em HADES. Performance em Au+Au @ 1.25 AGeV A. Blanco On behalf of HADES RPC Group Sixth framework programme HADES RPC Group GSI D. Gonzalez W. Koenig LIP A. Blanco N. Carolino

Leia mais

O Experimento CMS Parte 2/2

O Experimento CMS Parte 2/2 O Experimento CMS Parte 2/2 Thiago Tomei 29/03/2007 7/5/2007 Thiago Tomei 1 Sumário Parte 1: O Experimento CMS Large Hadron Collider LHC Compact Muon Solenoid CMS Estrutura de Hardware do CMS: Detector

Leia mais

hdd enclosure caixa externa para disco rígido

hdd enclosure caixa externa para disco rígido hdd enclosure caixa externa para disco rígido USER S GUIDE SPECIFICATONS HDD Support: SATA 2.5 Material: Aluminium and plastics Input connections: SATA HDD Output connections: USB 3.0 (up to 5.0Gbps)

Leia mais

Thiago Ciodaro Xavier

Thiago Ciodaro Xavier IDENTIFICAÇÃO ONLINE DE SINAIS BASEADA EM CALORIMETRIA DE ALTAS ENERGIAS E COM FINA SEGMENTAÇÃO Thiago Ciodaro Xavier Tese de Doutorado apresentada ao Programa de Pós-graduação em Engenharia Elétrica,

Leia mais

Métodos Formais em Engenharia de Software. VDMToolTutorial

Métodos Formais em Engenharia de Software. VDMToolTutorial Métodos Formais em Engenharia de Software VDMToolTutorial Ana Paiva apaiva@fe.up.pt www.fe.up.pt/~apaiva Agenda Install Start Create a project Write a specification Add a file to a project Check syntax

Leia mais

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual IPortalMais: a «brainware» company FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL Easy Linux! Title: Subject: Client: Reference: Funambol Client for Mozilla Thunderbird Doc.: Jose Lopes Author: N/Ref.: Date: 2009-04-17 Rev.:

Leia mais

Uma idéia para o Trigger 0 e um Redutor dinâmico de Dados. Luis Fernando Gomez Gonzalez IFGW Unicamp APC Universidade de Paris 7

Uma idéia para o Trigger 0 e um Redutor dinâmico de Dados. Luis Fernando Gomez Gonzalez IFGW Unicamp APC Universidade de Paris 7 Uma idéia para o Trigger 0 e um Redutor dinâmico de Dados Luis Fernando Gomez Gonzalez IFGW Unicamp APC Universidade de Paris 7 Uma idéia para um Trigger 0 Trigger 0 O primeiro passo para determinar a

Leia mais

MT BOOKING SYSTEM BACKOFFICE. manual for management

MT BOOKING SYSTEM BACKOFFICE. manual for management MT BOOKING SYSTEM BACKOFFICE manual for management BACKOFFICE BACKOFFICE Últimas Reservas Latest Bookings 8 7 6 3 2 2 Configurações Configuration - pag. 3 Barcos Boats - pag.8 Pessoal Staff - pag.0 Agentes

Leia mais

Operação de Instalações Marítimas

Operação de Instalações Marítimas ENIDH, Abril 2011 Sumário 1 Steering Gear 2 Bow Thrust 3 Propeller Servo 1 Steering Gear 2 Bow Thrust 3 Propeller Servo Steering Gear System Comprises two identical hydraulic systems. Each system includes:

Leia mais

Luiz Fernando Fernandes de Albuquerque. Avaliação de algoritmos online para seleção de links patrocinados. Dissertação de Mestrado

Luiz Fernando Fernandes de Albuquerque. Avaliação de algoritmos online para seleção de links patrocinados. Dissertação de Mestrado Luiz Fernando Fernandes de Albuquerque Avaliação de algoritmos online para seleção de links patrocinados Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de

Leia mais

Experimento do DZero (CMS?) Pedro Mercadante (UNESP)

Experimento do DZero (CMS?) Pedro Mercadante (UNESP) Guia para Análises Experimento do DZero (CMS?) Pedro Mercadante (UNESP) Sumário Dados Sinal Simulação por MC Definição dos objetos Físicos Background Simulação por MC Estimativa a partir dos dados Comparação

Leia mais

Select a single or a group of files in Windows File Explorer, right-click and select Panther Print

Select a single or a group of files in Windows File Explorer, right-click and select Panther Print Quick Start Guide SDI Panther Print Panther Print SDI Panther products make sharing information easier. Panther Print is an intuitive dialog box that provides a thumbnail view of the file to print, depicting

Leia mais

Enplicaw Documentation

Enplicaw Documentation Enplicaw Documentation Release 0.1.0 Carlo Oliveira June 18, 2015 Contents 1 Enplicaw - Introdução 3 2 Enplicaw - Modulos 5 3 Notas de Lançamento V. 0.1.0 7 3.1 Milestone.................................................

Leia mais

Colaboração na experiência ATLAS (LHC)

Colaboração na experiência ATLAS (LHC) Colaboração na experiência ATLAS (LHC) em parceria com FCTUC CFNUL/FCUL e ainda UNL IDMEC/IST UCatFF UM Colaboração internacional ANL (Chicago) Barcelona Clermont-Ferrand Michigan St. Univ. Pisa Praga

Leia mais

A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing

A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing Marcello de Lima Azambuja A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing Dissertação de Mestrado Dissertation presented to the Postgraduate Program in Informatics of the Departamento

Leia mais

BRIGHAM AND EHRHARDT PDF

BRIGHAM AND EHRHARDT PDF BRIGHAM AND EHRHARDT PDF ==> Download: BRIGHAM AND EHRHARDT PDF BRIGHAM AND EHRHARDT PDF - Are you searching for Brigham And Ehrhardt Books? Now, you will be happy that at this time Brigham And Ehrhardt

Leia mais

2 Categorias Categories Todas as categorias de actividade são apresentadas neste espaço All activity categories are presented in this space

2 Categorias Categories Todas as categorias de actividade são apresentadas neste espaço All activity categories are presented in this space 1 Próximas Actividades Next Activities Visualiza as próximas actividades a ter inicio, com a indicação do tempo restante Displays upcoming activities and indicating the remaining time 2 Categorias Categories

Leia mais

Serviços: API REST. URL - Recurso

Serviços: API REST. URL - Recurso Serviços: API REST URL - Recurso URLs reflectem recursos Cada entidade principal deve corresponder a um recurso Cada recurso deve ter um único URL Os URLs referem em geral substantivos URLs podem reflectir

Leia mais

1. Tilecal 1. Receptor de Múons (L1) 2. Reconstrução de Energia 3. Qualidade de Dados 4. Manutenção Preditiva 5. Upgrade 2. Trigger 1.

1. Tilecal 1. Receptor de Múons (L1) 2. Reconstrução de Energia 3. Qualidade de Dados 4. Manutenção Preditiva 5. Upgrade 2. Trigger 1. 1. Tilecal 1. Receptor de Múons (L1) 2. Reconstrução de Energia 3. Qualidade de Dados 4. Manutenção Preditiva 5. Upgrade 2. Trigger 1. High Level Trigger Neural Ringer Leptonjets 2. Offline 3. Upgrade

Leia mais

NetApp Visão Geral Alguns Desafios de uma Infraestrutura em Nuvem Integração com o System Center 2012

NetApp Visão Geral Alguns Desafios de uma Infraestrutura em Nuvem Integração com o System Center 2012 Agenda NetApp Visão Geral Alguns Desafios de uma Infraestrutura em Nuvem Integração com o System Center 2012 Monitoramento, Relatórios e Recomendações Pronto para sua Nuvem: System Center Orchestrator

Leia mais

Aqui pode escolher o Sistema operativo, e o software. Para falar, faça download do Cliente 2.

Aqui pode escolher o Sistema operativo, e o software. Para falar, faça download do Cliente 2. TeamSpeak PORTUGUES ENGLISH Tutorial de registo num servidor de TeamSpeak Registration tutorial for a TeamSpeak server Feito por [WB ].::B*A*C*O::. membro de [WB ] War*Brothers - Non Dvcor Dvco Made by:

Leia mais

Laboratório de Processamento de Sinais (LPS), Escola Politécnica/COPPE, UFRJ 1. E-mails: {xavier,seixas}@lps.ufrj.br 2. Universidade de Wisconsin.

Laboratório de Processamento de Sinais (LPS), Escola Politécnica/COPPE, UFRJ 1. E-mails: {xavier,seixas}@lps.ufrj.br 2. Universidade de Wisconsin. DISCRIMINAÇÃO NEURAL DE PARTÍCULAS PARA UM DETECTOR SUBMETIDO A UMA ALTA TAXA DE EVENTOS Thiago Ciodaro Xavier1, José Manoel de Seixas1, André Rabello dos Anjos2 1 Laboratório de Processamento de Sinais

Leia mais

IBM Rational Quality Manager. Felipe Freire IBM Rational pfreire@br.ibm.com

IBM Rational Quality Manager. Felipe Freire IBM Rational pfreire@br.ibm.com Gerenciamento de Qualidade IBM Rational Quality Manager Felipe Freire IBM Rational pfreire@br.ibm.com Introdução Jazz Rational Quality Manager Demonstração Agenda 2 Teste de software?!? O que é? Para que

Leia mais

um experimento dedicado a estudar a composição de partículas primárias de raios cósmicos e interações hadrônicas de altas energias.

um experimento dedicado a estudar a composição de partículas primárias de raios cósmicos e interações hadrônicas de altas energias. Uma análise sobre diferentes parametrizações da atmosfera em simulações de chuveiros atmosféricos extensos de raios cósmicos Stefano Castro TOGNINI; Ricardo Avelino GOMES Instituto de Física Universidade

Leia mais

Sistema de Visão Computacional sobre Processadores com Arquitetura Multi Núcleos

Sistema de Visão Computacional sobre Processadores com Arquitetura Multi Núcleos Roberto Kenji Hiramatsu Sistema de Visão Computacional sobre Processadores com Arquitetura Multi Núcleos Tese apresentada à Escola Politécnica da Universidade de São Paulo para obtenção do Título de Doutor

Leia mais

SATA 3.5. hd:basic. hdd enclosure caixa externa para disco rígido

SATA 3.5. hd:basic. hdd enclosure caixa externa para disco rígido SATA 3.5 hd:basic hdd enclosure caixa externa para disco rígido hd:basic USER S GUIDE SPECIFICATIONS HDD support: SATA 3.5 Material: Aluminium Input connections: SATA HDD Output connections: USB 2.0

Leia mais

Accessing the contents of the Moodle Acessando o conteúdo do Moodle

Accessing the contents of the Moodle Acessando o conteúdo do Moodle Accessing the contents of the Moodle Acessando o conteúdo do Moodle So that all the available files in the Moodle can be opened without problems, we recommend some software that will have to be installed

Leia mais

Integrated Network Operations Support System ISO 9001 Certified A Plataforma Integradora Integrated Platform O INOSS V2 é uma poderosa plataforma de operação e gestão centralizada de redes e serviços de

Leia mais

Neutron Reference Measurements to Petroleum Industry

Neutron Reference Measurements to Petroleum Industry LABORATÓRIO NACIONAL DE METROLOGIA DAS RADIAÇÕES IONIZANTES IRD- Instituto de Radioproteção e Dosimetria Neutron Reference Measurements to Petroleum Industry Karla C. de Souza Patrão, Evaldo S. da Fonseca,

Leia mais

MINERνA Main INjector ExpeRiment for v-a. Detector ativo segmentado: : 5,87 t

MINERνA Main INjector ExpeRiment for v-a. Detector ativo segmentado: : 5,87 t MINERνA Main INjector ExpeRiment for v-a Detector ativo segmentado: : 5,87 t Alvos nucleares de C, Fe, Pb e H 1 MINERνA em resumo MINERvA é um detector de neutrinos compacto, ativo e projetado para estudar

Leia mais

Braskem Máxio. Maio / May 2015

Braskem Máxio. Maio / May 2015 Maio / May 2015 Braskem Máxio Braskem Máxio Braskem Maxio é um selo que identifica resinas de PE, PP ou EVA dentro do portfólio da Braskem com menor impacto ambiental em suas aplicações. Esta exclusiva

Leia mais

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainmoziware» company www.iportalmais.pt. Manual Jose Lopes

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainmoziware» company www.iportalmais.pt. Manual Jose Lopes IPortalMais: a «brainmoziware» company www.iportalmais.pt FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL Easy Linux! Title: Subject: Client: Reference: Funambol Client for Microsoft Outlook Doc.: Author: N/Ref.: Date: 2009-04-17

Leia mais

Versão: 1.0. Segue abaixo, os passos para o processo de publicação de artigos que envolvem as etapas de Usuário/Autor. Figura 1 Creating new user.

Versão: 1.0. Segue abaixo, os passos para o processo de publicação de artigos que envolvem as etapas de Usuário/Autor. Figura 1 Creating new user. Órgão: Ministry of Science, Technology and Innovation Documento: Flow and interaction between users of the system for submitting files to the periodicals RJO - Brazilian Journal of Ornithology Responsável:

Leia mais

DETECÇÃO DE SINAIS E ESTIMAÇÃO DE ENERGIA PARA CALORIMETRIA DE ALTAS ENERGIAS. Bernardo Sotto-Maior Peralva

DETECÇÃO DE SINAIS E ESTIMAÇÃO DE ENERGIA PARA CALORIMETRIA DE ALTAS ENERGIAS. Bernardo Sotto-Maior Peralva PPEE/UFJF DETECÇÃO DE SINAIS E ESTIMAÇÃO DE ENERGIA PARA CALORIMETRIA DE ALTAS ENERGIAS Bernardo Sotto-Maior Peralva Dissertação de Mestrado apresentada ao Programa de Pós-graduação em Engenharia Elétrica,

Leia mais

YouTube. e a CampusTV. Fernando Birra, 2014

YouTube. e a CampusTV. Fernando Birra, 2014 YouTube e a CampusTV Fernando Birra, 2014 YouTube e CampusTV? YouTube e CampusTV? Um local onde partilhar os videos da CampusTV? Partilha YouTube e CampusTV? YouTube e CampusTV? Uma fonte para a recolha

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE. Valmir Fernandes Junior. Detecção e Rastreamento de Íris para Implementação de Interface Homem- Computador

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE. Valmir Fernandes Junior. Detecção e Rastreamento de Íris para Implementação de Interface Homem- Computador UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Valmir Fernandes Junior Detecção e Rastreamento de Íris para Implementação de Interface Homem- Computador 1 VALMIR FERNANDES JUNIOR DETECÇÃO E RASTREAMENTO DE ÍRIS

Leia mais

Um Modelo de Componentes de Software com Suporte a Múltiplas Versões

Um Modelo de Componentes de Software com Suporte a Múltiplas Versões Hugo Roenick Um Modelo de Componentes de Software com Suporte a Múltiplas Versões Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pós graduação em Informática do Departamento de Informática

Leia mais

Solicitação de Mudança 01

Solicitação de Mudança 01 Solicitação de Mudança 01 Refatorar a especificação da linha de produtos Crisis Management System permitindo que o suporte ao registro de LOG seja opcional. Isso significa que o comportamento descrito

Leia mais

ICS-GT INTEGRATED CONTROL SYSTEM FOR GAS TURBINE

ICS-GT INTEGRATED CONTROL SYSTEM FOR GAS TURBINE ICS-GT INTEGRATED CONTROL SYSTEM FOR GAS TURBINE ICS Gas Turbine Complete Control ICS-GT control system is an plc-based, integrated solution for gas turbine control and protection. The ICS-GT control system

Leia mais

GPON-IN-A-BOX. QREN - I&D em Co-Promoção. Co-financiado por:

GPON-IN-A-BOX. QREN - I&D em Co-Promoção. Co-financiado por: Co-financiado por: Co-financiado por: PT Inovação/DSR3 GPON Solutions - Central Office OLT8CH / OLT360 3 Agenda FTTx Topology OLT7-8CH Equipment OLT360 Equipment SW Features & HW Resources RF Overlay in

Leia mais

Instructions. Instruções

Instructions. Instruções Instructions ENGLISH Instruções PORTUGUÊS This document is to help consumers in understanding basic functionality in their own language. Should you have any difficulty using any of the functions please

Leia mais

RECEPÇÃO DO SINAL DE MÚONS NO CALORÍMETRO HADRÔNICO DO EXPERIMENTO ATLAS. Fernando Miranda Vieira Xavier

RECEPÇÃO DO SINAL DE MÚONS NO CALORÍMETRO HADRÔNICO DO EXPERIMENTO ATLAS. Fernando Miranda Vieira Xavier PPEE/UFJF RECEPÇÃO DO SINAL DE MÚONS NO CALORÍMETRO HADRÔNICO DO EXPERIMENTO ATLAS Fernando Miranda Vieira Xavier Dissertação de Mestrado apresentada ao Programa de Pós-graduação em Engenharia Elétrica,

Leia mais

Para iniciar um agente SNMP, usamos o comando snmpd. Por padrão, aceita requisições na porta 161 (UDP).

Para iniciar um agente SNMP, usamos o comando snmpd. Por padrão, aceita requisições na porta 161 (UDP). EN3610 Gerenciamento e interoperabilidade de redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática SNMP 1 MIBs RMON No Linux os arquivos MIB são armazenados no diretório /usr/share/snmp/mibs. Cada arquivo MIB

Leia mais

TELEMETRIA APLICADA AO MONITORAMENTO DE POÇOS TUBULARES PROFUNDOS

TELEMETRIA APLICADA AO MONITORAMENTO DE POÇOS TUBULARES PROFUNDOS TELEMETRIA APLICADA AO MONITORAMENTO DE POÇOS TUBULARES PROFUNDOS Ricardo Spancerski RESUMO Com o aumento no uso de águas subterrâneas para suprir as necessidades de abastecimento comercial e residencial,

Leia mais

Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri

Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri Raquel Jauffret Guilhon Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre pelo

Leia mais

Project Management Activities

Project Management Activities Id Name Duração Início Término Predecessoras 1 Project Management Activities 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 2 Plan the Project 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 3 Define the work 15 dias Sex 05/10/12

Leia mais

Computação no Alice e grid. Alexandre Suaide IF-USP

Computação no Alice e grid. Alexandre Suaide IF-USP Computação no Alice e grid Alexandre Suaide IF-USP 1 Resumo Alguns números importantes Requerimentos (dados e simulações) Processamente Armazenamento Estrutura computacional GRID Nossas necessidades 2

Leia mais

Estudos Iniciais do Sistema didático para análise de sinais no domínio da frequência DSA-PC: tipos de janelas temporais.

Estudos Iniciais do Sistema didático para análise de sinais no domínio da frequência DSA-PC: tipos de janelas temporais. Estudos Iniciais do Sistema didático para análise de sinais no domínio da frequência DSA-PC: tipos de janelas temporais. Patricia Alves Machado Telecomunicações, Instituto Federal de Santa Catarina machadopatriciaa@gmail.com

Leia mais

www.mpl.com.br C o n t a b i l i d a d e C o n t a s a P a g a r C o n t a s a R e c e b e r O r ç a m e n t o

www.mpl.com.br C o n t a b i l i d a d e C o n t a s a P a g a r C o n t a s a R e c e b e r O r ç a m e n t o A MPL Corporate Software, em parceria com a Oracle e a Amazon WebServices(AWS),lançouasolução ERPOracleInTheCloud,uma implantação SaaS (Software as a Service) do JD Edwards EnterpriseOne. A solução compreende

Leia mais

SELEÇÃO E CÁLCULO DE TRANSMISSÃO POR CORREIAS V V BELT TRANSMISSION SELECTION AND CALCULATION TR02

SELEÇÃO E CÁLCULO DE TRANSMISSÃO POR CORREIAS V V BELT TRANSMISSION SELECTION AND CALCULATION TR02 te SELEÇÃO E CÁLCULO DE TRANSMISSÃO POR CORREIAS V V BELT TRANSMISSION SELECTION AND CALCULATION Dados de Entrada (Conhecidos) Potencia de acionamento (motor)(kw, CV, HP) Rotação (motor)(rpm) Tipo de equipamento

Leia mais

Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014

Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014 Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014 Agenda Agenda Futuro da produção farmacêutica Future of pharmaceutical production Compressão como principal ponto no processo de

Leia mais

Definindo melhor alguns conceitos

Definindo melhor alguns conceitos Definindo melhor alguns conceitos Processamento Paralelo: processamento de informação concorrente que pertencem a um ou mais processos que resolvem um único problema. Processamento Distribuído: processamento

Leia mais

FUNÇÕES AVANÇADAS DE ATC

FUNÇÕES AVANÇADAS DE ATC FUNÇÕES AVANÇADAS DE ATC Fernando Colombani Juiz de Fora Out/2011 Apresentador OTMS 800 Optimized Train Management System Customização Não Falarei... Funções de ATC, Penalização, Speed-code, Distance-to-go,

Leia mais

SmartLPR. SmartLPR Placa Reconhecimento da Matrícula

SmartLPR. SmartLPR Placa Reconhecimento da Matrícula SmartLPR SmartLPR Placa Reconhecimento da Matrícula SmartLPR Placa Reconhecimento da Matrícula SmartLPR é um avançado sistema de controle de acesso por leitura de matricula, proporcionando uma boa Fiabilidade,

Leia mais

Análise de Desempenho de um SGBD para Aglomerado de Computadores

Análise de Desempenho de um SGBD para Aglomerado de Computadores Análise de Desempenho de um SGBD para Aglomerado de Computadores Diego Luís Kreutz, Gabriela Jacques da Silva, Hélio Antônio Miranda da Silva, João Carlos Damasceno Lima Curso de Ciência da Computação

Leia mais

ESTUDOS SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO ONLINE DE UMA TÉCNICA DE ESTIMAÇÃO DE ENERGIA NO CALORÍMETRO HADRÔNICO DO ATLAS

ESTUDOS SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO ONLINE DE UMA TÉCNICA DE ESTIMAÇÃO DE ENERGIA NO CALORÍMETRO HADRÔNICO DO ATLAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA ESTUDOS SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO ONLINE DE UMA TÉCNICA DE ESTIMAÇÃO DE ENERGIA NO CALORÍMETRO HADRÔNICO DO ATLAS EM CENÁRIOS DE ALTA LUMINOSIDADE ALUNO: MARCOS VINÍCIUS

Leia mais

Garantindo a produtividade dos usuários e o máximo uso de aplicações SAP

Garantindo a produtividade dos usuários e o máximo uso de aplicações SAP SAP Forum 2013 Garantindo a produtividade dos usuários e o máximo uso de aplicações SAP Versão 5.0 / Março 2013 Siemens Ltda. 2010 2013. / Todos os direitos reservados. SAP UEM by Knoa Case Siemens A Siemens

Leia mais

SISTEMA DIGITAL PARA REDUÇÃO DO EMPILHAMENTO EM MEDIÇÕES DE ENERGIA NUM DETECTOR DE PARTÍCULAS

SISTEMA DIGITAL PARA REDUÇÃO DO EMPILHAMENTO EM MEDIÇÕES DE ENERGIA NUM DETECTOR DE PARTÍCULAS SISTEMA DIGITAL PARA REDUÇÃO DO EMPILHAMENTO EM MEDIÇÕES DE ENERGIA NUM DETECTOR DE PARTÍCULAS MARCELO M. CAVALCANTI, EDUARDO F. SIMAS FILHO, PAULO C. M. A. FARIAS Laboratório de Sistemas Digitais, Departamento

Leia mais

NOVO SISTEMA DE CORREIO ELETRONICO PARA OS DOMINIOS ic.uff.br & dcc.ic.uff.br

NOVO SISTEMA DE CORREIO ELETRONICO PARA OS DOMINIOS ic.uff.br & dcc.ic.uff.br NOVO SISTEMA DE CORREIO ELETRONICO PARA OS DOMINIOS ic.uff.br & dcc.ic.uff.br A partir de 28/07/2004 (quarta-feira), ás 17:30 hs estaremos trocando nossos servidores de correio para ambos os domínios ic.uff.br

Leia mais

MONITORAMENTO ON-LINE DE PROCESSOS DE USINAGEM VIA MEDIÇÃO DE VIBRAÇÕES

MONITORAMENTO ON-LINE DE PROCESSOS DE USINAGEM VIA MEDIÇÃO DE VIBRAÇÕES 16º POSMEC Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Engenharia Mecânica MONITORAMENTO ON-LINE DE PROCESSOS DE USINAGEM VIA MEDIÇÃO DE VIBRAÇÕES Tatiana Meola Universidade Federal de Uberlândia tatiana.meola@gmail.com

Leia mais

O LIP faz 25 anos! Sofia Andringa e Catarina Espírito Santo

O LIP faz 25 anos! Sofia Andringa e Catarina Espírito Santo artigo geral O LIP faz 25 anos! Sofia Andringa e Catarina Espírito Santo Resumo No ano em que o Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas celebra 25 anos de existência, pretende-se

Leia mais

1 Instituições. 2 Pesquisadores Autores: 3 Pesquisadores Colaboradores. 4 PosDocs Colaboradores. 5 Estudantes:

1 Instituições. 2 Pesquisadores Autores: 3 Pesquisadores Colaboradores. 4 PosDocs Colaboradores. 5 Estudantes: Relatório ATLAS Janeiro a Dezembro de 2013 1 Instituições Oficialmente no ATLAS: 1.Universidade Federal do Rio de Janeiro 2.Universidade de São Paulo 3.Universidade Federal de Juiz de Fora 4.Universidade

Leia mais

CoNaIISI 2014 2º Congresso Nacional de Engenharia Informática / Sistemas de Informação

CoNaIISI 2014 2º Congresso Nacional de Engenharia Informática / Sistemas de Informação CoNaIISI 2014 2º Congresso Nacional de Engenharia Informática / Sistemas de Informação San Luis, 13 y 14 de Novembro de 2014 CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS O CoNaIISI é organizado pela rede de

Leia mais

Hitachi Unified Storage. Família HUS 100. Henrique Leite! henrique.leite@hds.com! Tuesday, 4 de September de 12! Solutions Consultant!

Hitachi Unified Storage. Família HUS 100. Henrique Leite! henrique.leite@hds.com! Tuesday, 4 de September de 12! Solutions Consultant! Hitachi Unified Storage Família HUS 100 Henrique Leite! Solutions Consultant! henrique.leite@hds.com! Tuesday, 4 de September de 12! 1 Hitachi Data Systems 2011. All rights reserved. AGENDA Direção do

Leia mais

COMITÊ DO ESPECTRO PARA RADIODIFUSÃO - CER SPECTRUM DAY 16.08.2011 A REVISÃO DA REGULAMENTAÇÃO DO USO DA FAIXA DE 3,5 GHZ UMA NECESSIDADE COMPROVADA.

COMITÊ DO ESPECTRO PARA RADIODIFUSÃO - CER SPECTRUM DAY 16.08.2011 A REVISÃO DA REGULAMENTAÇÃO DO USO DA FAIXA DE 3,5 GHZ UMA NECESSIDADE COMPROVADA. COMITÊ DO ESPECTRO PARA RADIODIFUSÃO - CER SPECTRUM DAY 16.08.2011 A REVISÃO DA REGULAMENTAÇÃO DO USO DA FAIXA DE 3,5 GHZ UMA NECESSIDADE COMPROVADA. PAULO RICARDO H. BALDUINO 0 Conteúdo 1. Introdução

Leia mais

T Ã O B O M Q U A N T O N O V O

T Ã O B O M Q U A N T O N O V O D I S S E R T A Ç Ã O D E M E S T R A D O M A S T E R I N G D I S S E R T A T I O N A V A L I A Ç Ã O D A C O N D I Ç Ã O D E T Ã O B O M Q U A N T O N O V O U M A A P L I C A Ç Ã O E N V O L V E N D O

Leia mais

Software product lines. Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco

Software product lines. Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco Software product lines Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco Software product lines basic concepts Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco Um produto www.usm.maine.edu

Leia mais

www.mpl.com.br ERPOracleInTheCloud.

www.mpl.com.br ERPOracleInTheCloud. A MPL Corporate Software, em parceria com a Oracle e a Amazon WebServices(AWS),lançouasolução ERPOracleInTheCloud,uma implantação SaaS (Software as a Service) do JD Edwards EnterpriseOne. A solução compreende

Leia mais

Automação usando NORAN System SIX

Automação usando NORAN System SIX Automação usando NORAN System SIX 1. Alinhar o microscópio normalmente para: a. Tensão: 15 kv b. Magnificação: 500 X c. Distância de trabalho: 10 mm d. Spot Size: próximo de 43 e. Abertura: 2 2. Introduzir

Leia mais

Additional details >>> HERE <<<

Additional details >>> HERE <<< Additional details >>> HERE

Leia mais

Para iniciar um agente SNMP, usamos o comando snmpd. Por padrão, aceita requisições na porta 161 (UDP).

Para iniciar um agente SNMP, usamos o comando snmpd. Por padrão, aceita requisições na porta 161 (UDP). EN3610 Gerenciamento e interoperabilidade de redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática SNMP Net-SNMP (http://www.net-snmp.org) é um conjunto de aplicações usado para implementar SNMPv1, SNMPv2 e SNMPv3.

Leia mais

Marcelo Frate Instituto Federal de São Paulo Campus Boituva. Fabio Luciano Verdi Universidade Federal de São Carlos Campus Sorocaba

Marcelo Frate Instituto Federal de São Paulo Campus Boituva. Fabio Luciano Verdi Universidade Federal de São Carlos Campus Sorocaba Alexis Saito Ericsson Telecomunicações Marcelo Frate Instituto Federal de São Paulo Campus Boituva Fabio Luciano Verdi Universidade Federal de São Carlos Campus Sorocaba Qualidade de Serviço em redes Qualidade

Leia mais

Pré-Inscrição On-line» [Versão em português] Online Registration» [English version] Programa Syllabus

Pré-Inscrição On-line» [Versão em português] Online Registration» [English version] Programa Syllabus Pré-Inscrição On-line» [Versão em português] Online Registration» [English version] Programa Syllabus Código Code Unidade Curricular Course Unit Português para Estrangeiros nível intermédio B Portuguese

Leia mais

Informática e Programação. Computer Science and Programming. Semestre do plano de estudos 1

Informática e Programação. Computer Science and Programming. Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Informática e Programação CU Name Código UC 4 Curso LEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Informática Duração Semestral Horas de trabalho 135 ECTS 5 Horas de contacto TP - 67,5 Observações

Leia mais

UM CLASSIFICADOR NEURONAL COMPACTO E EFICIENTE COM CAPACIDADE DE IDENTIFICAR CONTAMINAÇÃO EM DADOS EXPERIMENTAIS

UM CLASSIFICADOR NEURONAL COMPACTO E EFICIENTE COM CAPACIDADE DE IDENTIFICAR CONTAMINAÇÃO EM DADOS EXPERIMENTAIS UM CLASSIFICADOR NEURONAL COMPACTO E EFICIENTE COM CAPACIDADE DE IDENTIFICAR CONTAMINAÇÃO EM DADOS EXPERIMENTAIS Denis Oliveira Damazio damazio@lps.ufrj.br A. C. Soares cecilia@lps.ufrj.br José ManoeldeSeixas

Leia mais

Redes Neurais Aplicadas na Separação de Partículas em Calorímetros Cintilantes

Redes Neurais Aplicadas na Separação de Partículas em Calorímetros Cintilantes Proceedings of the IV Brazilian Conference on Neural Networks - IV Congresso Brasileiro de Redes Neurais pp. 257-262, July 2-22, 1999 - ITA, São José dos Campos - SP - Brazil Redes Neurais Aplicadas na

Leia mais

:: COMO ESCOLHER UMA ESCOLA IDIOMAS PDF ::

:: COMO ESCOLHER UMA ESCOLA IDIOMAS PDF :: :: COMO ESCOLHER UMA ESCOLA IDIOMAS PDF :: [Download] COMO ESCOLHER UMA ESCOLA IDIOMAS PDF COMO ESCOLHER UMA ESCOLA IDIOMAS PDF - Are you looking for Como Escolher Uma Escola Idiomas Books? Now, you will

Leia mais

CERN Estágio Tecnológico. Percurso e Inserção no mercado de trabalho

CERN Estágio Tecnológico. Percurso e Inserção no mercado de trabalho CERN Estágio Tecnológico Percurso e Inserção no mercado de trabalho Hugo Ramos 28/04/2010 Perfil Licenciatura em Engenharia Física Tecnológica (Instituto Superior Técnico) Escolha de cadeiras do curso

Leia mais

Co-simulação gráfica. André Pereira Gerente de Marketing Técnico. ni.com

Co-simulação gráfica. André Pereira Gerente de Marketing Técnico. ni.com Co-simulação gráfica André Pereira Gerente de Marketing Técnico A revolução da energia digital Meça(Entenda o problema) Adquira Analise Apresente Implemente Prototipe Melhore(Crie soluções) Projete 2 NI

Leia mais

DRIVING BOOK Back Offi ce Front Offi ce Online System

DRIVING BOOK Back Offi ce Front Offi ce Online System DRIVING BOOK Back Office Front Office Online System Front Office 1 2 Start Screen Front Office 1 - Next Activities 2 - Categories - Attention - Find Booking Display upcoming activities to have be- All

Leia mais

Aceleradores e Princípios de Detecção de Partículas. 12 / Nov. / 2009 algumas imagens de Oliver Brüning/CERN, Fernando Barão/LIP, CERN Photo archives

Aceleradores e Princípios de Detecção de Partículas. 12 / Nov. / 2009 algumas imagens de Oliver Brüning/CERN, Fernando Barão/LIP, CERN Photo archives Aceleradores e Princípios de Detecção de Partículas 12 / Nov. / 2009 algumas imagens de Oliver Brüning/CERN, Fernando Barão/LIP, CERN Photo archives Breve história dos aceleradores CERN 1928: Cockcroft-Walton

Leia mais

A base de dados. A plataforma Internet Oracle9i Completa, Logo Simples. Page 1. Luís Marques Senior Sales Consultant Solutions Team

A base de dados. A plataforma Internet Oracle9i Completa, Logo Simples. Page 1. Luís Marques Senior Sales Consultant Solutions Team A base de dados Luís Marques Senior Sales Consultant Solutions Team A plataforma Internet Oracle9i Completa, Logo Simples Oracle9i Application Server Oracle9i Database Server Page 1 Áreas em foco na base

Leia mais

A"vidades e planos dos novos integrantes do CMS/CBPF

Avidades e planos dos novos integrantes do CMS/CBPF A"vidades e planos dos novos integrantes do CMS/CBPF (FSQ,SuSy,LPC WW lνjj,hcal) Arthur Moraes Carsten Hensel Patricia R. Teles Clemencia Mora H. Introdução Novos integrantes vindos do ATLAS ou de teoria/fenomenologia

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CURSO DIDÁTICO SOBRE O SIMULADOR DE CIRCUITOS ELÉTRICOS E ELETRÔNICOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CURSO DIDÁTICO SOBRE O SIMULADOR DE CIRCUITOS ELÉTRICOS E ELETRÔNICOS UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CENTRO DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA - DEE CURSO DIDÁTICO SOBRE O SIMULADOR DE CIRCUITOS ELÉTRICOS E ELETRÔNICOS Prof. Fortaleza, Agosto de 2003 ORCAD

Leia mais

Operações do SPRACE: DØD

Operações do SPRACE: DØD Operações do SPRACE: DØD Sergio M. Lietti I Workshop do SPRACE Sumário O Experimento DØ O Cluster SPRACE suas três fases Operações para o DØ durante a primeira fase Simulação de MC (mcfarm) Operações para

Leia mais

VIAGEM FOTOGRAFICA PDF

VIAGEM FOTOGRAFICA PDF VIAGEM FOTOGRAFICA PDF ==> Download: VIAGEM FOTOGRAFICA PDF VIAGEM FOTOGRAFICA PDF - Are you searching for Viagem Fotografica Books? Now, you will be happy that at this time Viagem Fotografica PDF is available

Leia mais

Interactive Internet TV Architecture Based on Scalable Video Coding

Interactive Internet TV Architecture Based on Scalable Video Coding Interactive Internet TV Architecture Based on Scalable Video Coding Pedro Gomes Moscoso Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia de Redes de Comunicações Presidente: Orientador: Co-Orientador:

Leia mais