Prof. Armando Leite. Cobrança e Controle de Recebíveis. Desenvolvimento de Solução FIDC. Criação do Setor de Análise de Crédito

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Prof. Armando Leite. Cobrança e Controle de Recebíveis. Desenvolvimento de Solução FIDC. Criação do Setor de Análise de Crédito"

Transcrição

1 Cobrança e Controle de Recebíveis Desenvolvimento de Solução FIDC Criação do Setor de Análise de Crédito Criação de Processos Administrativos Financeiros Planejamento de Créditos Diagnóstico Financeiro da IES Prof. Armando Leite

2 ALTERNATIVAS PRIVADAS DE FINANCIAMENTO ESTUDANTIL Prof. Armando Leite

3

4 Fonte: MEC

5

6 Fonte: Ideal Invest FIES X OUTROS FINANCIAMENTOS

7 PROCESSOS-CHAVE PARA O FINANCIAMENTO PRÓPRIO

8 RESPOSTAS QUE VOCÊ PRECISA SABER QUE... CURSO FINANCIAR? QUEM... É ELEGIVEL PARA O FINANCIAMENTO? QUANDO... OFERECER O FINANCIAMENTO? QUANTO... FINANCIAR? COMO... FINANCIAR?

9 Comparando Fontes de Financiamento CUSTO DO FINANCIAMENTO BAIXO ALTO O R I G E M PRÓPRIO AUTOFINANCIAMENTO ADIANTAMENTO DE RECEBÍVEIS TERCEIROS PÚBLICO PRIVADO

10 Determinantes do Sucesso do Financiamento Próprio GESTAO FUNDING RISCO

11 Mais Três Fatores a Considerar TEMPO DE PAGAMENTO VALOR DA DIVIDA AO FINAL DO CURSO VALOR TOTAL PAGO AO FINAL

12 DADOS IMPORTANTES Pesquisa SEMESP mostra que 47% das pessoas com ensino médio completo desejam ingressar em um curso superior, isso representa aproximadamente 20 milhões de potenciais alunos universitários.

13 FATOS IMPORTANTES Evasão de alunos com FIES: 10% sem Financiamento, a partir de 20% com programas privados estima-se um índice menor ainda.

14 Fundo Próprio Recursos da Própria Instituição para financiar alunos. O Instituto Mauá de Tecnologia, possui desde 1966 um fundo próprio para financiamento de alunos. Com recursos de R$ 23 milhões, atende cerca de 350 alunos e funciona de modo semelhante ao Fies. O fundo da Mauá é autossustentável há anos. Crédito Educacional Próprio, ou autofinanciamento, não se trata de uma nova fonte, mas sim de um mecanismo pouco explorado de forma profissional no mercado educacional brasileiro.

15 CONCLUSÕES IMPORTANTES Profissionalizar a concessão de crédito educacional próprio, permite obter alta performance em: processos seletivos, Matrículas, rematrículas.

16 CONCLUSÕES IMPORTANTES IES com crédito educacional próprio não precisa reduzir seu ticket para absorver um público que não pode pagar a integralidade das parcelas. Se há espaço para desconto e subsídios na ordem de até 50% sobre o ticket, há espaço para autofinanciamento no modelo de créditos no tempo Isso aumenta a utilização das IES, estimula-se a fidelização, e resgata alunos que não poderiam pagar de outra forma.

17 Análise de crédito Formalização Cessão Cobrança Pré aprovação do crédito Consulta a empresa verificadora de crédito do Aluno e do garantidor Credit Score Behavior Score Controle e gestão Coleta/retirada dos contratos enviados Verificação da documentação recebida digitalização/ manuseio/ controle e guarda Empresa homolagada pelo custodiante regulamentada pela CVM 531 Repasse financeiro Fechamento da Carteira junto ao Banco Custos de administração da Carteira e demais custos financeiros Recuperação Manutenção da base de dados Gestão de Contencioso Gestão de Negativação

18 VANTAGENS IES Aumento do número de alunos aptos a pagar Redução da inadimplência se houver um bom sistema de score Diversificação de sistemas de pagamento Aumento da mensalidade Média Maior comprometimento do aluno ESCOLHER O MIX DE FINANCIAMENTOS A FAZER VANTAGENS ALUNOS Mais tempo para pagar Parcelas que cabem no bolso Possibilidade de Financiar mensalidades em atraso O estudante pode escolher o curso segundo sua vocação e não segundo seu bolso. O aluno entra a qualquer período Opção para alunos novos e veteranos Não precisa do ENEM

19 Fundos de Terceiros Privados Programa Taxas de juros Parcela financiamento Prazo Requisitos Pravaler 0% a 2,19% a.m No mínimo 50% da mensalidade 1 sem. Renda mínima equivalente a duas mensalidades, sozinho ou em conjunto com garantidor, que ganhe, ao menos, um salário mínimo. Aluno e garantidor não podem ter restrições no CPF. Bradesco A partir de 2,39% a.m Até 50% do valor da mensalidade 1 sem. Idade mínima de 18 anos. Caso tenha 17 anos ou menos, poderá ser contratado em nome do responsável legal. O titular da operação deverá ser correntista do banco e ser aprovado na análise de crédito. Fundaplub taxa adm. de 0,35% a.m Até 50% do preço da mensalidade 1 sem. Estar matriculado em uma das instituições parceiras e ter fiador maior de 18 anos, com renda comprovada e sem restrições financeiras.

20 PROCESSOS-CHAVE PARA O FINANCIAMENTO PRÓPRIO

21 SEI

22 FIDC - Conceito Os FIDCs (Fundos de Investimento em Direitos Creditórios) também conhecidos como Fundos de Recebíveis são hoje o mais promissor instrumento de securitização do mercado de capitais brasileiro. O FIDC visa destinar parcela preponderante de seu patrimônio líquido para a aplicação em direitos creditórios. Direitos Creditórios são direitos e títulos representativos de crédito, originários de operações realizadas nos segmentos financeiro, comercial, industrial, imobiliário, de hipotecas, de arrendamento mercantil e de prestação de serviços.

23 FIDC ESTRUTURA ATRÁS DO FDIC

24 FIDC - Agentes Administrador Responsável pela representação legal e gestão do patrimônio do FIDC Gestor Próprio Administrador ou um terceiro contratado. Responsável pela gestão profissional da carteira do fundo. Custodiante Próprio Administrador ou um terceiro contratado. Responsável pela custódia dos ativos integrantes da carteira do fundo. Distribuidor - Próprio Administrador ou um terceiro contratado, desde que integrante do sistema de distribuição de valores mobiliários. Responsável pela distribuição de cotas do fundo Auditor Independente Responsável pela auditoria das demonstrações financeiras do fundo Agência Classificadora de Risco - Responsável pela atribuição de rating das cotas do FIDC

25 FIDC PASSOS DE UMA OPERAÇÃO

26 Qualquer fluxo de caixa pode ser securitizado

27 Diferentes combinações de risco e liquidez Não performados são resultantes de um contrato futuro de entrega, ou prestação de serviços; Performados são aqueles em que a entrega ou prestação de serviços já ocorreu; Revolventes referem-se à entrega ou prestação de serviços que exige uma reposição como, por exemplo, financiamentos de bens duráveis; Estáticos respondem pelos financiamentos de projetos de longo prazo.

28 FIDC Exemplos de Ativos Securitizados PERFORMADOS REVOLVENTES (menor risco, maior liquidez) Duplicatas Crédito Consignado / CDC Financiamento de Veículos Cartão de Crédito PERFORMADOS ESTÁTICOS (menor risco, menor liquidez) Precatórios, Créditos Fiscais FCVS NPL Créditos Inadimplidos NÃO PERFOMADOS REVOLVENTES (maior risco, maior liquidez) Contas de Luz, Água e Telefone Mensalidades Escolares NÃO PERFORMADOS ESTÁTICOS (maior risco, menor liquidez) Fluxo de Royalties Project Finance

29 FIDC Vantagens Para as empresas cedentes Geração de Liquidez em virtude da transferência de recebíveis para os fundos; Centralização de caixa; Acesso ao mercado de capitais. Para os investidores Remuneração compatível ao risco; Possibilidade de gatilhos que antecipem a piora na estrutura do fundo; Participação de diversos intervenientes. Aumentando a fiscalização e o acompanhamento constante das operações.

30 OBRIGADO!

FIDC: Fundo de Investimento em Direitos Creditórios

FIDC: Fundo de Investimento em Direitos Creditórios FIDC: Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Silverado Asset Management Maio de 2010 Introdução FIDC Fundo de investimento que destina parcela preponderante de seu patrimônio líquido l para aplicação

Leia mais

Conferência de Investimento Alternativo: FIDC, FII E FIP. São Paulo, 11 de dezembro de Hotel Caesar Park. Patrocínio

Conferência de Investimento Alternativo: FIDC, FII E FIP. São Paulo, 11 de dezembro de Hotel Caesar Park. Patrocínio Conferência de Investimento Alternativo: FIDC, FII E FIP São Paulo, 11 de dezembro de 2012 Hotel Caesar Park Patrocínio Investimento Alternativo FIDC, FII e FIP Novas regras para divulgação e monitoramento

Leia mais

Fundo de Investimento em Direitos Creditórios FIDC

Fundo de Investimento em Direitos Creditórios FIDC Renda Fixa Fundo de Investimento em Direitos Creditórios FIDC Fundo de Investimento em Direitos Creditórios O produto O Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) é uma comunhão de recursos que

Leia mais

INSTRUÇÃO CVM Nº 576, DE 16 DE JUNHO DE 2016.

INSTRUÇÃO CVM Nº 576, DE 16 DE JUNHO DE 2016. . Altera o Informe Mensal de FIDC, Anexo A da Instrução CVM nº 489, de 14 de janeiro de 2011. O PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS torna público que o Colegiado, em reunião realizada

Leia mais

Março de 2017 ENTENDENDO O FIDC

Março de 2017 ENTENDENDO O FIDC Março de 2017 ENTENDENDO O No mês passado falamos sobre a importância de termos uma carteira diversificada em um ambiente de juros cadentes. A combinação de ativos de renda fixa cobertos pelo FGC com produtos

Leia mais

Material Explicativo sobre FIC-FIDC e FIDC

Material Explicativo sobre FIC-FIDC e FIDC Material Explicativo sobre 1. Definição Geral Os Fundos de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIC-FIDC) são aqueles que investem pelo menos 95% de seu patrimônio líquido

Leia mais

Informe Trimestral Base: Setembro/2013 FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS MIT CNPJ/MF /

Informe Trimestral Base: Setembro/2013 FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS MIT CNPJ/MF / Informe Trimestral Base: Setembro/213 FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS MIT CNPJ/MF 13.733.84/1-41 1. DADOS DO FUNDO Administrador Gestor Custodiante Controlador de Ativo Controlador de Passivo

Leia mais

Ourinvest Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Financeiros - Suppliercard

Ourinvest Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Financeiros - Suppliercard Ourinvest Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Financeiros - Suppliercard Descrição O Ourinvest Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Financeiros Suppliercard ( Fundo ) é um fundo de investimento

Leia mais

BMG FIDC Créditos Consignados VIII

BMG FIDC Créditos Consignados VIII BMG FIDC Créditos Consignados VIII Junho / 2010 01/50 OFERTA PÚBLICA DE COTAS DISTRIBUÍDA COM ESFORÇOS RESTRITOS (ICVM 476/09) Disclaimer Este material é apresentado unicamente para fins informativos e

Leia mais

FIDC LAVORO III Fundo Aberto

FIDC LAVORO III Fundo Aberto Relatório Mensal REF.: AGOSTO/2016 Rio de Janeiro: Avenida das Américas, 500/Bloco 21, Salas 242 e 243 CEP - 22640-100 - Barra de Tijuca - Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 3501-0051 São Paulo: Rua Iaiá 150

Leia mais

Fundos de Investimento em Direitos Creditórios - FIDC

Fundos de Investimento em Direitos Creditórios - FIDC Fundos de Investimento em Direitos Creditórios - FIDC Bruno Gomes Gerente de Acompanhamento de Fundos Estruturados GIE Comissão de Valores Mobiliários CVM 6 de abril de 2017 As opiniões aqui expostas são

Leia mais

Workshop de Securitização FIDC E CRI. Comitê de FIDCs da ANBIMA Ricardo Augusto Mizukawa

Workshop de Securitização FIDC E CRI. Comitê de FIDCs da ANBIMA Ricardo Augusto Mizukawa Workshop de Securitização FIDC E CRI Comitê de FIDCs da ANBIMA Ricardo Augusto Mizukawa Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Mercado Iniciativas do Mercado - ANBIMA Classificação de FIDCs Formulário

Leia mais

CONTEÚDO 1. PRAVALER 2. PARCERIA FENEP E PRAVALER 3. FLUXO DE CONTRATAÇÃO 4. RESPONSABILIDADES DAS PARTES 5. DÚVIDAS FREQUENTES

CONTEÚDO 1. PRAVALER 2. PARCERIA FENEP E PRAVALER 3. FLUXO DE CONTRATAÇÃO 4. RESPONSABILIDADES DAS PARTES 5. DÚVIDAS FREQUENTES 1. PRAVALER 2. PARCERIA FENEP E PRAVALER 3. FLUXO DE CONTRATAÇÃO CONTEÚDO 4. RESPONSABILIDADES DAS PARTES 5. DÚVIDAS FREQUENTES 6. PRODUTOS DISPONÍVEIS 7. APOIO REMOTO 8. PRECIFICAÇÃO ALGUNS DOS BENEFÍCIOS

Leia mais

Financiamento estudantil privado: tendências e novas alternativas. Carlos Furlan Diretor Executivo-Ideal Invest

Financiamento estudantil privado: tendências e novas alternativas. Carlos Furlan Diretor Executivo-Ideal Invest Financiamento estudantil privado: tendências e novas alternativas Carlos Furlan Diretor Executivo-Ideal Invest NOSSA HISTÓRIA DE CONQUISTAS E INVESTIMENTO EM EDUCAÇÃO 200 universidades parceiras +1960

Leia mais

A PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS, A PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E APOIO ESTUDANTIL E A COORDENAÇÃO DE ASSUNSTOS ESTUDANTIS RESUMEM:

A PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS, A PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E APOIO ESTUDANTIL E A COORDENAÇÃO DE ASSUNSTOS ESTUDANTIS RESUMEM: A PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS, A PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E APOIO ESTUDANTIL E A COORDENAÇÃO DE ASSUNSTOS ESTUDANTIS RESUMEM: PORTARIA NORMATIVA Nº 10, DE 30 DE ABRIL DE 2010(FIES)* MINISTÉRIO

Leia mais

A PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS, A PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E APOIO ESTUDANTIL E A COORDENAÇÃO DE ASSUNSTOS ESTUDANTIS RESUMEM:

A PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS, A PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E APOIO ESTUDANTIL E A COORDENAÇÃO DE ASSUNSTOS ESTUDANTIS RESUMEM: A PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS, A PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E APOIO ESTUDANTIL E A COORDENAÇÃO DE ASSUNSTOS ESTUDANTIS RESUMEM: PORTARIA NORMATIVA Nº 10, DE 30 DE ABRIL DE 2010(FIES), com alterações

Leia mais

MERCADO FINANCEIRO E DE CAPITAIS MÓDULO 18. EXERCÍCIOS parte 5

MERCADO FINANCEIRO E DE CAPITAIS MÓDULO 18. EXERCÍCIOS parte 5 MERCADO FINANCEIRO E DE CAPITAIS MÓDULO 18 EXERCÍCIOS parte 5 Índice Exercícios parte 5...3 2 EXERCÍCIOS PARTE 5 1. A taxa de juros é determinada pelo: a. Mercado monetário; b. Mercado de capitais; c.

Leia mais

FIDC Polo Não-Padronizados

FIDC Polo Não-Padronizados www.srrating.com.br relatório monitoramento vigência: abril 2014 classificação inicial em 12/2012 última atualização: 10/2013 monitoramento :trimestral FIDC Polo Não-Padronizados Quotas de FIDC decisão

Leia mais

Destinado ao investidor qualificado que objetiva rentabilidade no longo prazo.

Destinado ao investidor qualificado que objetiva rentabilidade no longo prazo. Destinado ao investidor qualificado que objetiva rentabilidade no longo prazo. O Gavea Sul Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Multissetorial LP é disciplinado pela resolução CMN 2.907 e pela

Leia mais

Resultados do 1 Trimestre de 2017

Resultados do 1 Trimestre de 2017 Resultados do 1 Trimestre de 2017 Destaques Resultado (R$ Milhões) 1T17 4T16 Trim 12M Lucro Líquido Ajustado 4.648 4.385 6,0% 13,0% Margem Financeira de Juros 15.900 16.743 (5,0%) 7,9% Receitas de Prestação

Leia mais

CIBRASEC COMPANHIA BRASILEIRA DE SECURITIZAÇÃO. 188ª e 189ª SÉRIES da 2ª EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS

CIBRASEC COMPANHIA BRASILEIRA DE SECURITIZAÇÃO. 188ª e 189ª SÉRIES da 2ª EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS CIBRASEC COMPANHIA BRASILEIRA DE SECURITIZAÇÃO 188ª e 189ª SÉRIES da 2ª EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 Rio de Janeiro, 29 de Abril

Leia mais

NOVA SECURITIZAÇÃO S.A. EXERCÍCIO DE 2016

NOVA SECURITIZAÇÃO S.A. EXERCÍCIO DE 2016 NOVA SECURITIZAÇÃO S.A. 23ª SÉRIE da 1ª EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores

Leia mais

IX Contratos de Assunção de Obrigações

IX Contratos de Assunção de Obrigações CIRCULAR 3.427 Dispõe sobre o recolhimento compulsório e o encaixe obrigatório sobre recursos a prazo de que trata a Circular nº 3.091, de 1º de março de 2002. A Diretoria Colegiada do Banco Central do

Leia mais

BRL III - FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII

BRL III - FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII BRL III - FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ (MF): 23.381.427/0001-82 (Administrado pela BRL Trust Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A.) (CNPJ nº 13.486.793/0001-42) Demonstração

Leia mais

relatório de monitoramento

relatório de monitoramento relatório de monitoramento Incentivo Multisetorial I FIDC Cotas de Fundo de Investimento em Direitos Creditórios 1ª série de cotas sênior BB- SR Global brbbb+ equivalência br A obrigação permanecerá sob

Leia mais

Leme Multisetorial IPCA Fundo de Investimento em Direitos Creditórios

Leme Multisetorial IPCA Fundo de Investimento em Direitos Creditórios MATERIAL PUBLICITÁRIO LEIA O PROSPECTO ANTES DE ACEITAR A OFERTA Av. Trompowsky, 354-6º andar Centro - Florianópolis - SC CEP: 88.015-300 Fone: (48) 3223-2797 www.lemeinvestimentos.com.br Leme Multisetorial

Leia mais

Transferência Externa

Transferência Externa Transferência Externa Para alunos de outras instituições que queiram se transferir para a Una tendo como opção dispensar ou não disciplinas em sua grade curricular. Período de inscrições: 14/4/2014 a 1/8/2014,

Leia mais

GUIA RÁPIDO. Financiamento sem Juros (PraValer)

GUIA RÁPIDO. Financiamento sem Juros (PraValer) GUIA RÁPIDO Financiamento sem Juros (PraValer) ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 ADESÃO... 4 RENOVAÇÃO...10 REPASSE...11 CANCELAMENTO...12 CSC...12 PÓS-GRADUAÇÃO...13 2 INTRODUÇÃO Prezado colaborador, Este Guia Rápido

Leia mais

CredIES UNILASALLE: a melhor alternativa para você. Manual da IES

CredIES UNILASALLE: a melhor alternativa para você. Manual da IES CredIES UNILASALLE: a melhor alternativa para você. Manual da IES O que é a Fundaplub? Entidade que, por meio de parcerias, constitui programas de crédito universitário, CredIES, atendendo de forma personalizada

Leia mais

Relação Mínima Patrimônio Líquido / Cotas Seniores P.L. Cotas Seniores R$

Relação Mínima Patrimônio Líquido / Cotas Seniores P.L. Cotas Seniores R$ Rio de Janeiro (RJ), 11 de agosto de 2016. À Comissão de Valores Mobiliários CVM Gerência de Registros III Ref.: Relatório Trimestral período encerrado em 30 de junho de 2016. Prezados Senhores, Em conformidade

Leia mais

ISEC SECURITIZADORA S.A. 2ª. SÉRIE da 1ª. EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013

ISEC SECURITIZADORA S.A. 2ª. SÉRIE da 1ª. EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 ISEC SECURITIZADORA S.A. 2ª. SÉRIE da 1ª. EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2014. Prezados Senhores

Leia mais

RB CAPITAL COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO EXERCÍCIO DE 2015

RB CAPITAL COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO EXERCÍCIO DE 2015 RB CAPITAL COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO (atual denominação da RB CAPITAL SECURITIZADORA RESIDENCIAL S.A.) 62ª SÉRIE da 1ª EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO

Leia mais

DÚVIDAS CONSÓRCIO APRESENTAÇÃO / PRODUTO

DÚVIDAS CONSÓRCIO APRESENTAÇÃO / PRODUTO DÚVIDAS CONSÓRCIO APRESENTAÇÃO / PRODUTO O QUE É CONSÓRCIO E COMO FUNCIONA? O CONSÓRCIO funciona como um grupo de pessoas físicas e jurídicas, com prazo preestabelecido, onde vários integrantes participam

Leia mais

BRITCHAM - CORPORATE DAY

BRITCHAM - CORPORATE DAY BRITCHAM - CORPORATE DAY PAINEL 4 - FINANCIAMENTO Antonio Giglio Neto 23 de março de 2016 SUMÁRIO DA APRESENTAÇÃO I O Papel do Mercado Financeiro e de Capitais na Atividade Econômica II Legislação Relevante

Leia mais

Safra Fundo de Investimento em Ações da Petrobrás (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30 de

Safra Fundo de Investimento em Ações da Petrobrás (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30 de Safra Fundo de Investimento em Ações da Petrobrás Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30 de setembro de 2003 e parecer dos auditores independentes Parecer dos auditores independentes

Leia mais

MANUAL DE POLÍTICA DE RATEIO E DIVISÃO DE ORDENS

MANUAL DE POLÍTICA DE RATEIO E DIVISÃO DE ORDENS MANUAL DE POLÍTICA DE RATEIO E DIVISÃO DE ORDENS DA ASK GESTORA DE RECURSOS LTDA. JUNHO DE 2016 ÍNDICE GERAL 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVO DA DEFINIÇÃO DE RATEIO E DIVISÃO DE ORDENS... 3 3. PROCEDIMENTOS

Leia mais

Safra Fundo de Investimento em Ações Vale do Rio Doce (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30

Safra Fundo de Investimento em Ações Vale do Rio Doce (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30 Safra Fundo de Investimento em Ações Vale do Rio Doce Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30 de setembro de 2003 e parecer dos auditores independentes Parecer dos auditores independentes

Leia mais

CIBRASEC COMPANHIA BRASILEIRA DE SECURITIZAÇÃO. 269ª SÉRIE da 2ª EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS

CIBRASEC COMPANHIA BRASILEIRA DE SECURITIZAÇÃO. 269ª SÉRIE da 2ª EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS CIBRASEC COMPANHIA BRASILEIRA DE SECURITIZAÇÃO 269ª SÉRIE da 2ª EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de

Leia mais

REIT SECURITIZADORA DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS S.A. 5ª SÉRIE da 2ª EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS

REIT SECURITIZADORA DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS S.A. 5ª SÉRIE da 2ª EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS REIT SECURITIZADORA DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS S.A. 5ª SÉRIE da 2ª EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 Rio de Janeiro, 29 de Abril

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RF / Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RF / Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RF 23.682.485/0001-46 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER FUNDO

Leia mais

Portaria Interna Nº. 051/17 São Paulo, 02 de maio de 2.017

Portaria Interna Nº. 051/17 São Paulo, 02 de maio de 2.017 Portaria Interna Nº. 051/17 São Paulo, 02 de maio de 2.017 Dispõe sobre os valores dos encargos educacionais para o 2º semestre de 2.017 da Faculdade de Duque de Caxias. A Diretora da Faculdade de Duque

Leia mais

relatório de monitoramento

relatório de monitoramento relatório de monitoramento FIDC Leme Multisetorial IPCA Cotas de Fundo de Investimento em Direitos Creditórios 1ª série de cotas sênior BBB- SR Global bra+ equivalência br A obrigação permanecerá sob continuo

Leia mais

Portaria Interna Nº. 063/17 São Paulo, 02 de maio de 2.017

Portaria Interna Nº. 063/17 São Paulo, 02 de maio de 2.017 Portaria Interna Nº. 063/17 São Paulo, 02 de maio de 2.017 Dispõe sobre os valores dos encargos educacionais para o 2º semestre de 2.017 da Faculdade de Ciências Educacionais e Sistemas Integrados FACESI.

Leia mais

GRADUAL MULTIESTRATÉGIA FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO (Administrado pela Gradual C.C.T.V.M. S/A)

GRADUAL MULTIESTRATÉGIA FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO (Administrado pela Gradual C.C.T.V.M. S/A) (Administrado pela Gradual C.C.T.V.M. S/A) NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS PARA O EXERCÍCIO FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 E 2009 (Valores em R$ mil, exceto o valor unitário das cotas) 1.

Leia mais

Relatório do Administrador 1º Semestre 2015

Relatório do Administrador 1º Semestre 2015 Relatório do Administrador 1º Semestre 2015 Em conformidade com o Artigo n. 39 da Instrução desta CVM n. 472, de 31 de outubro de 2008, apresentamos o relatório do administrador do Fundo de Investimento

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE PRIMEIRA ALTERAÇÃO AO REGULAMENTO DO SC SKY FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS - FINANCIAMENTO A CONCESSIONÁRIAS

INSTRUMENTO PARTICULAR DE PRIMEIRA ALTERAÇÃO AO REGULAMENTO DO SC SKY FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS - FINANCIAMENTO A CONCESSIONÁRIAS INSTRUMENTO PARTICULAR DE PRIMEIRA ALTERAÇÃO AO REGULAMENTO DO SC SKY FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS - FINANCIAMENTO A CONCESSIONÁRIAS Por este instrumento particular, CITIBANK DISTRIBUIDORA

Leia mais

MANUAL DE PROVISIONAMENTO SOBRE OS DIREITOS CREDITÓRIOS

MANUAL DE PROVISIONAMENTO SOBRE OS DIREITOS CREDITÓRIOS MANUAL DE PROVISIONAMENTO SOBRE OS DIREITOS CREDITÓRIOS AGOSTO/2016 0 Sumário 1. PRINCÍPIOS BASE... 2 1.1. Introdução... 2 1.2. Princípios do provisionamento sobre os direitos creditórios... 2 2. ESTRUTURA

Leia mais

Renda Fixa Privada Cotas de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios FIDC. Cotas de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios FIDC

Renda Fixa Privada Cotas de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios FIDC. Cotas de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios FIDC Renda Fixa Privada Cotas de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios - FIDC Uma alternativa de investimento atrelada aos créditos das empresas O produto O Fundo de Investimento em Direitos Creditórios

Leia mais

Manual para Registro de Fundos de Investimento Imobiliários na ANBIMA

Manual para Registro de Fundos de Investimento Imobiliários na ANBIMA Manual para Registro de Fundos de Investimento Imobiliários na ANBIMA ANBIMA Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais VERSÃO 1.0 03/06/2013 INTRODUÇÃO O presente Manual

Leia mais

Portaria Interna Nº. 049/17 São Paulo, 02 de maio de 2.017

Portaria Interna Nº. 049/17 São Paulo, 02 de maio de 2.017 Portaria Interna Nº. 049/17 São Paulo, 02 de maio de 2.017 Dispõe sobre os valores dos encargos educacionais para o 2º semestre de 2.017 da Faculdade de Administração, Ciências Econômicas e Contábeis de

Leia mais

Portaria Interna Nº. 102/17 São Paulo, 02 de maio de 2.017

Portaria Interna Nº. 102/17 São Paulo, 02 de maio de 2.017 Portaria Interna Nº. 102/17 São Paulo, 02 de maio de 2.017 Dispõe sobre os valores dos encargos educacionais para o 2º semestre de 2.017 da Faculdade de Ribeirão Preto. A Diretora da Faculdade de Ribeirão

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI IMA-B 5 TOP RENDA FIXA LONGO PRAZO / Informações referentes a Dezembro de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI IMA-B 5 TOP RENDA FIXA LONGO PRAZO / Informações referentes a Dezembro de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI IMA-B 5 TOP RENDA FIXA LONGO PRAZO 18.599.673/0001-75 Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação.

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SELECT ADVANCED RENDA FIXA REFERENCIADO DI FIC FI 26.507.128/0001-30 Informações referentes a Agosto de 2017 Esta lâmina contém um resumo das informações

Leia mais

Apresentação de Resultados 1 Trimestre de 2012

Apresentação de Resultados 1 Trimestre de 2012 Apresentação de Resultados Apresentação de Resultados 1 Trimestre de 2012 Carteira de Crédito & Produtos 2 Carteira de Crédito Focada em Crédito Consignado Carteira de crédito de baixo risco, focada em

Leia mais

FIDC Libra Multissetorial - 1T17

FIDC Libra Multissetorial - 1T17 04, mai, 2017 FE0015-2016 (Cota Sênior - 5ª Série) AA(fe) CP1(fe) FE0048-2013 (Cota Subordinada) B+(fe) CLASSIFICAÇÕES FE0015-2016 / FIDC Libra Multissetorial / Cota Sênior - 5ª Série Confirmação do Rating

Leia mais

FINANCIAMENTO ESTUDANTIL: REALIDADE E PERSPECTIVAS. Claudia Meucci Andreatini UNIP Universidade Paulista Seminário ABMES 05 de julho de 2016

FINANCIAMENTO ESTUDANTIL: REALIDADE E PERSPECTIVAS. Claudia Meucci Andreatini UNIP Universidade Paulista Seminário ABMES 05 de julho de 2016 FINANCIAMENTO ESTUDANTIL: REALIDADE E PERSPECTIVAS Claudia Meucci Andreatini UNIP Universidade Paulista Seminário ABMES 05 de julho de 2016 Distribuição de vagas do FIES 2010 a 1º/2016 2010 até 2015/1

Leia mais

GAIA SECURITIZADORA S.A. 35ª SÉRIE da 4ª EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015

GAIA SECURITIZADORA S.A. 35ª SÉRIE da 4ª EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 GAIA SECURITIZADORA S.A. 35ª SÉRIE da 4ª EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 Rio de Janeiro, 29 de Abril de 2016. Prezados Senhores

Leia mais

BRADESCO Nicho Educação

BRADESCO Nicho Educação Apresentação Diretoria Executiva BRADESCO Nicho Educação 10 e 11/10/2016 17.set 73 anos de experiência no Setor Financeiro Segmentação Rede de Distribuição e Presença Regional Plataformas de Distribuição

Leia mais

SUPLEMENTO DA 1ª(PRIMEIRA) SÉRIE DE COTAS DO BB RECUPERAÇÃO DE CRÉDITO BANCO DO BRASIL FIDC NP

SUPLEMENTO DA 1ª(PRIMEIRA) SÉRIE DE COTAS DO BB RECUPERAÇÃO DE CRÉDITO BANCO DO BRASIL FIDC NP SUPLEMENTO DA 1ª(PRIMEIRA) SÉRIE DE COTAS DO BB RECUPERAÇÃO DE CRÉDITO BANCO DO BRASIL FIDC NP Suplemento nº 01 referente à 1ª (primeira) Série emitida nos termos do Regulamento do BB RECUPERAÇÃO DE CRÉDITO

Leia mais

Safra Fundo Mútuo de Privatização - FGTS Vale do Rio Doce C.N.P.J. nº /

Safra Fundo Mútuo de Privatização - FGTS Vale do Rio Doce C.N.P.J. nº / Safra Fundo Mútuo de Privatização - FGTS Vale do Rio Doce C.N.P.J. nº 04.890.401/0001-15 Demonstrações Financeiras Referentes ao Semestre findo em 30 de Setembro 2016 e Relatório dos Auditores Independentes

Leia mais

2ª Conferência de Investimentos Alternativos: FIDC, FII E FIP

2ª Conferência de Investimentos Alternativos: FIDC, FII E FIP 2ª Conferência de Investimentos Alternativos: FIDC, FII E FIP, 21 de Agosto de 2013 Hotel Caesar Park Patrocínio FCE 2ª Conferencia de Investimentos Alternativos FIDCs: oportunidades oriundas dos gaps

Leia mais

CONGLOMERADO FINANCEIRO PETRA

CONGLOMERADO FINANCEIRO PETRA 1. CONGLOMERADO FINANCEIRO PETRA Manual de Provisionamento sobre os direitos creditórios integrantes de FIDC - Data de Início de Vigência: 29/09/2014 SUMÁRIO 1. BASE NORMATIVA / MELHORES PRÁTICAS...2 2.

Leia mais

REIT SECURITIZADORA DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS S.A. 1ª e 2ª SÉRIES da 1ª. EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS

REIT SECURITIZADORA DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS S.A. 1ª e 2ª SÉRIES da 1ª. EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS REIT SECURITIZADORA DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS S.A. 1ª e 2ª SÉRIES da 1ª. EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 Rio de Janeiro, 30 de

Leia mais

Desenvolvimento Imobiliário I FII

Desenvolvimento Imobiliário I FII 03 09 10 11 13 15 16 18 20 22 24 26 28 30 31 32 34 36 38 39 02 1. Imobiliário I 03 1. Imobiliário I 04 1. Imobiliário I 05 1. Imobiliário I 06 1. Imobiliário I 07 1. Imobiliário I 1. LANÇAMENTO 2. OBRAS

Leia mais

Orientações para Inscrição. Financiamento Estudantil FIES Faculdades EST

Orientações para Inscrição. Financiamento Estudantil FIES Faculdades EST Orientações para Inscrição Financiamento Estudantil FIES Faculdades EST 2014 Financiamento Estudantil - FIES É um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação de estudantes regularmente

Leia mais

ÁPICE SECURITIZADORA IMOBILIÁRIA S.A. 13ª. SÉRIE da 1ª. EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO

ÁPICE SECURITIZADORA IMOBILIÁRIA S.A. 13ª. SÉRIE da 1ª. EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO ÁPICE SECURITIZADORA IMOBILIÁRIA S.A. 13ª. SÉRIE da 1ª. EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2014. Prezados

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ÍNDICE BOVESPA AÇÕES / Informações referentes a Dezembro de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ÍNDICE BOVESPA AÇÕES / Informações referentes a Dezembro de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ÍNDICE BOVESPA AÇÕES 06.084.858/0001-68 Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC SELEÇÃO TOP AÇÕES / Informações referentes a Julho de 2017

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC SELEÇÃO TOP AÇÕES / Informações referentes a Julho de 2017 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC SELEÇÃO TOP AÇÕES 02.436.763/0001-05 Informações referentes a Julho de 2017 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER

Leia mais

Como inscrever-se?

Como inscrever-se? Como inscrever-se? Preencher a ficha de inscrição disponível na página do FIES http://sisfiesaluno.mec.gov.br/seguranca/solicitar-acesso, durante o período de inscrições abertas pela Instituição de ensino

Leia mais

Apresentação sobre o FGTS Fiesp

Apresentação sobre o FGTS Fiesp Apresentação sobre o FGTS Fiesp Secretaria-Executiva do Conselho Curador do FGTS Governança do FGTS Ministério do Secretaria Executiva Conselho Curador (12 Governo + 12 Soc. Civil) Presidência Ministro

Leia mais

Crédito Imobiliário Bradesco Apresentação BBI São Paulo, 11 de abril 2017

Crédito Imobiliário Bradesco Apresentação BBI São Paulo, 11 de abril 2017 Bradesco Apresentação BBI São Paulo, 11 de abril 2017 Pilares de Sustentação 1.Ambiente Econômico 2.Funding 3.Segurança Jurídica CRÉDITO IMOBILIÁRIO 2 Ambiente Econômico 2017 Inflação Taxa de Juros Renda

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER RENDA FIXA / Informações referentes a Junho de 2017

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER RENDA FIXA / Informações referentes a Junho de 2017 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER RENDA FIXA 01.655.956/0001-94 Informações referentes a Junho de 2017 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER FI RENDA

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ BANCO BRADESCO S.A. Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ BANCO BRADESCO S.A. Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2016 - BANCO BRADESCO S.A. Versão : 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo

Leia mais

ÁPICE SECURITIZADORA S.A. 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários. 65ª Série

ÁPICE SECURITIZADORA S.A. 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários. 65ª Série ÁPICE SECURITIZADORA S.A. 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários 65ª Série Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA INSTITUIÇÃO

Leia mais

Release de Resultados

Release de Resultados São Paulo, 14 de novembro de 2016 O Banco Sofisa S.A. (SFSA4), banco múltiplo, especializado na concessão de crédito para empresas de pequeno e médio porte, anuncia hoje seu resultado do 3º trimestre de

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ABSOLUTO TOP RENDA FIXA / Informações referentes a Dezembro de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ABSOLUTO TOP RENDA FIXA / Informações referentes a Dezembro de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ABSOLUTO TOP RENDA FIXA 10.618.964/0001-51 Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER CAPITAL PROTEGIDO DÓLAR MULTIMERCADO / Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER CAPITAL PROTEGIDO DÓLAR MULTIMERCADO / Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER CAPITAL PROTEGIDO DÓLAR MULTIMERCADO 11.726.632/0001-53 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

MUDANÇAS NO FIES: MP 785/2017

MUDANÇAS NO FIES: MP 785/2017 O FIES é um programa SOCIAL de extrema relevância para a inclusão das classes C/D e E. A educação superior ainda reflete a desigualdade social do Brasil: enquanto os alunos das classes A e B estudam de

Leia mais

POLO CAPITAL SECURITIZADORA S.A. 13ª SÉRIE da 1ª EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO

POLO CAPITAL SECURITIZADORA S.A. 13ª SÉRIE da 1ª EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO POLO CAPITAL SECURITIZADORA S.A. 13ª SÉRIE da 1ª EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados

Leia mais

HG Allocation Strategy II Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento em Ações (Administrado pela Hedging-Griffo Corretora de Valores

HG Allocation Strategy II Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento em Ações (Administrado pela Hedging-Griffo Corretora de Valores HG Allocation Strategy II Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento em Ações (Administrado pela Hedging-Griffo Corretora de Valores S.A.) Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2006

Leia mais

BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO. 1ª SÉRIE da 1ª EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS DO AGRONEGÓCIO

BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO. 1ª SÉRIE da 1ª EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS DO AGRONEGÓCIO BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO 1ª SÉRIE da 1ª EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS DO AGRONEGÓCIO RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI PETROBRAS 2 AÇÕES / Informações referentes a Abril de 2017

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI PETROBRAS 2 AÇÕES / Informações referentes a Abril de 2017 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI PETROBRAS 2 AÇÕES 08.828.888/0001-67 Informações referentes a Abril de 2017 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER

Leia mais

POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCO

POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCO POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCO SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 PRINCÍPIOS GERAIS... 3 METODOLOGIA... 3 RISCO DE CRÉDITO/CONTRAPARTE... 3 RISCO DE LIQUIDEZ... 4 RISCO OPERACIONAL... 6 DIRETOR E DA ÁREA DE RISCO...

Leia mais

relatório mensal Rio Bravo Crédito Imobiliário I Fundo de Investimento Imobiliário - FII

relatório mensal Rio Bravo Crédito Imobiliário I Fundo de Investimento Imobiliário - FII relatório mensal Imobiliário I Fundo de Investimento Imobiliário - FII AGOSTO 2013 Imobiliário I Fundo de Investimento Imobiliário - FII O fundo Imobiliário I FII iniciou suas atividades em 4 de agosto

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ÔNIX AÇÕES / Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ÔNIX AÇÕES / Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ÔNIX AÇÕES 88.002.696/0001-36 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER FIC FI ONIX

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FUNDAÇÕES RENDA FIXA / Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FUNDAÇÕES RENDA FIXA / Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FUNDAÇÕES RENDA FIXA 00.832.696/0001-12 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER DIVIDENDOS AÇÕES / Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER DIVIDENDOS AÇÕES / Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER DIVIDENDOS AÇÕES 03.396.639/0001-26 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER FUNDO

Leia mais

Regulamento do Bradesco Fundo de Investimento em Ações - Livre Fácil. Capítulo I - Do Fundo. Capítulo II - Da Denominação do Fundo

Regulamento do Bradesco Fundo de Investimento em Ações - Livre Fácil. Capítulo I - Do Fundo. Capítulo II - Da Denominação do Fundo Regulamento do Bradesco Fundo de Investimento em Ações - Livre Fácil Capítulo I - Do Fundo Artigo 1 o ) O Bradesco Fundo de Investimento em Ações - Livre Fácil, regido pelas disposições do presente Regulamento

Leia mais

4º Seminário ANBIMA de Renda Fixa e Derivativos de Balcão. Novo Mercado de Renda Fixa e Incentivos ao Mercado Secundário 6/10/2011

4º Seminário ANBIMA de Renda Fixa e Derivativos de Balcão. Novo Mercado de Renda Fixa e Incentivos ao Mercado Secundário 6/10/2011 4º Seminário ANBIMA de Renda Fixa e Derivativos de Balcão Novo Mercado de Renda Fixa e Incentivos ao Mercado Secundário 6/10/2011 R$ Bilhões Panorama Atual - Mercado de Títulos de Renda Fixa O estoque

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER IMA-B INSTITUCIONAL RF LP / Informações referentes a Outubro de 2017

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER IMA-B INSTITUCIONAL RF LP / Informações referentes a Outubro de 2017 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER IMA-B INSTITUCIONAL RF LP 14.504.578/0001-90 Informações referentes a Outubro de 2017 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o

Leia mais

BRASIL PLURAL SECURITIZADORA S.A. 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários. 4ª e 5ª Séries

BRASIL PLURAL SECURITIZADORA S.A. 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários. 4ª e 5ª Séries BRASIL PLURAL SECURITIZADORA S.A. 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários 4ª e 5ª Séries Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016 PARTICIPANTES EMISSORA

Leia mais

Art. 1º Normatizar procedimentos para adesão ao SISFIES Sistema de Financiamento Estdantil.

Art. 1º Normatizar procedimentos para adesão ao SISFIES Sistema de Financiamento Estdantil. RESOLUÇÃO Nº 02/2016- DG/FACULDADE EVOLUÇÃO Normatiza regras para inscrições no SISFIES Sistema de Financiamento Estudantil. Semestre 2016.2. A DIRETORA GERAL DA FACULDADE EVOLUÇÃO ALTO OESTE POTIGUAR

Leia mais

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação.

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI CORPORATE RENDA FIXA REFERENCIADO DI 03.069.104/0001-40 Informações referentes a Outubro de 2017 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER PERFORMANCE MULTIMERCADO / Informações referentes a Setembro de 2017

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER PERFORMANCE MULTIMERCADO / Informações referentes a Setembro de 2017 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER PERFORMANCE MULTIMERCADO 03.029.216/0001-78 Informações referentes a Setembro de 2017 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o

Leia mais

Perfil Institucional

Perfil Institucional Perfil Institucional Perfil Institucional A Credit Brasil é uma consultoria especializada na originação de operações financeiras, com destaque para os recebíveis de crédito. Foi constituída há 18 anos

Leia mais

POLO CAPITAL SECURITIZADORA S.A. 14ª e 15ª SÉRIES da 1ª. EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO

POLO CAPITAL SECURITIZADORA S.A. 14ª e 15ª SÉRIES da 1ª. EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO POLO CAPITAL SECURITIZADORA S.A. 14ª e 15ª SÉRIES da 1ª. EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2015. Prezados

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SMALL CAP AÇÕES / Informações referentes a Novembro de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SMALL CAP AÇÕES / Informações referentes a Novembro de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SMALL CAP AÇÕES 08.537.792/0001-40 Informações referentes a Novembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER

Leia mais

TERMO DE ANÁLISE DE CREDENCIAMENTO (modelo mínimo conforme PORTARIA MPS n 519, de 24 de agosto de 2011)

TERMO DE ANÁLISE DE CREDENCIAMENTO (modelo mínimo conforme PORTARIA MPS n 519, de 24 de agosto de 2011) TERMO DE ANÁLISE DE CREDENCIAMENTO (modelo mínimo conforme PORTARIA MPS n 519, de 24 de agosto de 2011) Nos termos da Portaria MPS nº 519, de 2011, na redação dada pela Portaria nº MPS 440, de 2013, para

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RF / Informações referentes a Setembro de 2017

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RF / Informações referentes a Setembro de 2017 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RF 23.682.485/0001-46 Informações referentes a Setembro de 2017 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC IRF-M 1 TÍTULOS PÚBLICOS RENDA FIXA / Informações referentes a Agosto de 2017

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC IRF-M 1 TÍTULOS PÚBLICOS RENDA FIXA / Informações referentes a Agosto de 2017 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC IRF-M 1 TÍTULOS PÚBLICOS RENDA FIXA 10.979.017/0001-96 Informações referentes a Agosto de 2017 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais