SOAR Data Quality Management: A Brazilian SOAR Data Archive. Iranderly Fernandes de Fernandes UEFS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SOAR Data Quality Management: A Brazilian SOAR Data Archive. Iranderly Fernandes de Fernandes UEFS"

Transcrição

1 SOAR Data Quality Management: A Brazilian SOAR Data Archive Iranderly Fernandes de Fernandes UEFS

2 O que é Data Quality É o desagradável ser que fica apontando os defeitos no conjunto de dados? Prefiro pensar que seja a consciência do conjunto de dados. 2

3 Uma Visão Richard Wang (2000) defende a idéia de que a qualidade dos dados depende dos processo utilizados durante o projeto e geração desses dados. Ele trata a questão da qualidade sob duas perspectivas: visão interna e visão externa. Onde a visão interna trata do projeto e da operação E a visão externa trata da utilização e o valor da qualidade. 3

4 O que a Qualidade de Dados deve garantir em uma Data Warehouse Acurácia - representa a margem entre valor correto do dado e sua possível variação. Fornece a margem de erro aceitável. Precisão - a representação dos dados é fidedigna à realidade. Integridade - as estruturas dos dados são mantidas de forma consistente, de forma a garantir a veracidade das relações entre elas. Completude - todos os dados necessários estão presentes. 4

5 O que a Qualidade de Dados deve Garantir em uma Data Warehouse Validade - os valores estão dentro dos limites estipulados. Disponibilidade - os dados estão disponíveis quando requisitados. Acesso - os dados são facilmente acessados, compreendidos e usados. 5

6 Os problemas de Qualidade de Dados são gerados por: erros de entrada de dados, acomodação indevida de informações devido à inexistência de uma forma adequada de armazená-las, integração de fontes de dados, erros sistêmicos como modelagem inadequada ou insuficiente evolução e a necessidade de interação de novos sistemas com outros sistemas. 6

7 Tratamento de problemas de Qualidade de Dados Data profiling, (detecção avaliação correção ) a deduplicação, a padronização de dados, verificação de valores, a adoção de metadados (só para citar alguns). 7

8 SOAR VO e Data Quality Uma breve estória de acertos e erros Ou o real valor da qualidade de dados 8

9 Objective Create a SOAR VO compliant archive. Provides a seamless access to the SOAR astronomical data Archives Catalogs ( that will be produced) Provides analysis environment under which multiwavelength study can be easily conducted An analysis tool is dedicated for each instrument A homogeneous interface to the software Easy access to the software 1 9

10 Structure SOAR-VO Physical Structure MMDDYYYY Program 1 Tree structure (simple) (to reproduce real world) Logical Structure Program 2 Science Calibration Science Relational data base Metadata extracted from FITS header Tables of metadata crated MMDDYYYY Program 3 Program 1 Program 4 Calibration Science Calibration Program

11 Structure General Concept User SOAR-VO Protocols SOAR DB Federated DB 5 11

12 VO - Protocol Cone Search SIAP SSAP Data Scope 7 12

13 VO - Protocol Cone Search Example 8 13

14 Query Results HTML VOTable 9 14

15 VO - Protocol CSV - Comma Separated Values Navigation Chart (test phase) 10 15

16 VO Protocol SIAP (Simple Image Access Protocol) Example Images Download File 13 16

17 VO Protocol SIAP (Simple Image Access Protocol) Example FITS HEADER 14 17

18 VO Protocol Data Scope Calling the NVO Service 15 18

19 Data Quality Onde entra a qualidade dos dados nisso? O susto!!!!!!! 34% dos dados antigos do SOAR apresentavam problemas nos metadados. Problemas na parte binária dos arquivos FITS (SOI) Neste momento é que se percebe a necessidade de um processo de Data Quality. 19

20 Investigação Onde seria a fonte deste problema? Como corrigí-lo? 20

21 Modos de Aquisição Fila (Brasil) Clássico (Parceiros e Brasil) Remoto (parceiros e Brasil) Imprecisão humana ao criar o header 21

22 Instrumentos SOI OSIRIS Godmann Outros Headers (metadados) não homogêneos. 22

23 Correções Da parte de obtenção de dados Aviso ao astrônomo que o Controle do telescópio está operacional (garante que os headers sejam escritos). Impossível definir um único modo de aquisição. Porém, pode se tentar minimizar a interação do astrônomo com o software de aquisição. Garantir que o observador forneça uma descrição detalhada da noite de observação através do log de observação. Reuniões da equipe de astrônomos residentes para discutir falhas e minimizá-las. 23

24 Correções Da parte dos bancos de dados Recuperar as informações faltantes por meio dos logs de observação. Ou por meio do banco de dados de solicitações de tempo. Criar um conjunto de metadados homogêneo e funcional ao VO e editá-los. 24

25 Concluindo Moral da estória: Com data quality tem solução. Porém é interessante garantir que não seja preciso mudanças drásticas durante o processo de criação da data warehouse. Como? Tentando descobrir pontualmente onde pode ser gerado uma imprecisão e de pronto sugerir a sua correção sistemática. Pensando todo o processo da aquisição e criação do dado até o usuário final 25

26 OBRIGADO 26

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br. Prof. José Maurício S. Pinheiro - UGB - 2009

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br. Prof. José Maurício S. Pinheiro - UGB - 2009 PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br Auditoria i e Análise de Segurança da Informação Segurança e Confiabilidade Prof. José Maurício S. Pinheiro - UGB - 2009 Dados e Informação Dado é a unidade básica

Leia mais

Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas Senac Pelotas Php Nuke

Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas Senac Pelotas Php Nuke Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas Senac Pelotas Php Nuke Nome: Fábio Ziemann Lopes Disciplina: Sistemas de Informação Turma: 1º semestre Manhã Professor: André Moraes Sumário Resumo. 3 Abstract.

Leia mais

SISTEMA GT Sistema de Gravação Telefônica

SISTEMA GT Sistema de Gravação Telefônica SISTEMA GT Sistema de Gravação Telefônica Art & Soft Ltda. Av. N. Sra. do Carmo, 1650/48 30330-000 Belo Horizonte MG http://www.artsoft.com.br/ Tel: (31) 3286-1184 Fax: (31) 3286-3227 Apresentação do Sistema

Leia mais

Instalando servidor Apache

Instalando servidor Apache Instalando servidor Apache Apache é um software livre de código aberto que corre mais de 50% dos servidores web do mundo. Para instalar o apache, abra um terminal e digite o comando: 1- # yum install httpd

Leia mais

Projeto CONDIGITAL Mergulhando na Função Guia do Professor

Projeto CONDIGITAL Mergulhando na Função Guia do Professor Projeto CONDIGITAL Mergulhando na Função Guia do Professor Página 1 de 5 Caro(a) professor(a) Guia do Professor A utilização de jogos digitais como objetos de aprendizagem tem sido difundida atualmente

Leia mais

GARANTIA DA QUALIDADE DE SOFTWARE

GARANTIA DA QUALIDADE DE SOFTWARE GARANTIA DA QUALIDADE DE SOFTWARE Fonte: http://www.testexpert.com.br/?q=node/669 1 GARANTIA DA QUALIDADE DE SOFTWARE Segundo a NBR ISO 9000:2005, qualidade é o grau no qual um conjunto de características

Leia mais

4.1 A Parte que recebeu a notificação de anormalidade deverá encaminhá-la imediatamente a um órgão responsável, para resolver a anormalidade.

4.1 A Parte que recebeu a notificação de anormalidade deverá encaminhá-la imediatamente a um órgão responsável, para resolver a anormalidade. ANEXO 8: GERENCIAMENTO DE ANORMALIDADES DA REDE 1 As Partes reconhecem que é de seu mútuo interesse estabelecer um processo eficiente e efetivo para comunicar e resolver as anormalidades de rede que repercutam

Leia mais

Gerência de Redes. Introdução. filipe.raulino@ifrn.edu.br

Gerência de Redes. Introdução. filipe.raulino@ifrn.edu.br Gerência de Redes Introdução filipe.raulino@ifrn.edu.br Introdução Sistemas complexos com muitos componentes em interação devem ser monitorados e controlados. 2 Introdução A de gerência de redes surgiu

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática Folha Prática 0 : PHP - Interligação com Base de Dados Pode encontrar informação adicional sobre PHP e MySql em http://www.php.net/manual/en/ e http://dev.mysql.com/doc/refman/.0/en/tutorial.html respectivamente.

Leia mais

DOMAIN-DRIVEN DESIGN E TEST-DRIVEN DEVELOPMENT

DOMAIN-DRIVEN DESIGN E TEST-DRIVEN DEVELOPMENT DOMAIN-DRIVEN DESIGN E TEST-DRIVEN DEVELOPMENT Jaqueline Rissá Franco email: jaquerifr@gmail.com Karla Marturelli Mattos Luciano Mathias Doll João Almeida Resumo: Este artigo mostra novas abordagens na

Leia mais

Software amigável para pré-redução de dados fotométricos

Software amigável para pré-redução de dados fotométricos Software amigável para pré-redução de dados fotométricos Thiago C. Caetano, Wilton S. Dias e Héktor Monteiro UNIFEI, Instituto de Ciências Exatas, Departamento de Física e Química, Universidade Federal

Leia mais

Software de gerenciamento de impressoras

Software de gerenciamento de impressoras Software de gerenciamento de impressoras Este tópico inclui: "Usando o software CentreWare" na página 3-10 "Usando os recursos de gerenciamento da impressora" na página 3-12 Usando o software CentreWare

Leia mais

ESTRUTURA DE SERVER 2008. Lílian Simão Oliveira

ESTRUTURA DE SERVER 2008. Lílian Simão Oliveira ESTRUTURA DE ARMAZENAMENTO SQL SERVER 2008 Lílian Simão Oliveira O Banco de Dados SQL Server mapeia um banco em um conjunto de arquivos do sistema operacional As informações de log e de dados nunca ficam

Leia mais

Sistemas Informatizados. Alfonso Izarra

Sistemas Informatizados. Alfonso Izarra Sistemas Informatizados Alfonso Izarra Objetivo Salientar da importância de utilizar Sistemas Informatizados que atendam os Requisitos do Negócio e das Partes Impactadas Sistemas de Informação Por que?

Leia mais

Tutorial de Instalação

Tutorial de Instalação Tutorial de Instalação Reserva Legal Todos os produtos, logotipos e marcas aqui referidos são marcas registradas de seus proprietários legais. A W PC Software ao elaborar este tutorial de instalação dos

Leia mais

Quality Content Resource Management Access Integration Consultation. Página de Acesso: http://online.sagepub.com/

Quality Content Resource Management Access Integration Consultation. Página de Acesso: http://online.sagepub.com/ Quality Content Resource Management Access Integration Consultation Página de Acesso: http://online.sagepub.com/ Identificação da instituição Pesquisa básica Quality Content Resource Management Access

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações Web

Desenvolvimento de Aplicações Web Desenvolvimento de Aplicações Web André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br Método de Avaliação Serão realizadas duas provas teóricas e dois trabalhos práticos. MF = 0,1*E + 0,2*P 1 + 0,2*T 1 + 0,2*P

Leia mais

Lista de Erros Discador Dial-Up

Lista de Erros Discador Dial-Up Lista de Erros Discador Dial-Up Erro Código Descrição Ok 1 Usuário autenticado com sucesso e conexão encerrada pelo usuário OK 11 Usuário autenticado com sucesso e discador terminado pelo usuário OK 21

Leia mais

Noções de. Microsoft SQL Server. Microsoft SQL Server

Noções de. Microsoft SQL Server. Microsoft SQL Server Noções de 1 Considerações Iniciais Basicamente existem dois tipos de usuários do SQL Server: Implementadores Administradores 2 1 Implementadores Utilizam o SQL Server para criar e alterar base de dados

Leia mais

Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos

Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos Visão geral do Serviço Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos Os Serviços de gerenciamento de dispositivos distribuídos ajudam você a controlar ativos

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE DADOS

ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE DADOS Capítulo 7 ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE DADOS 7.1 2003 by Prentice Hall OBJETIVOS Por que as empresas sentem dificuldades para descobrir que tipo de informação precisam ter em seus sistemas de informação?

Leia mais

Ferramenta de Testes de Programas para Auxílio na Aprendizagem de Programação

Ferramenta de Testes de Programas para Auxílio na Aprendizagem de Programação Ferramenta de Testes de Programas para Auxílio na Aprendizagem de Programação Denise Santiago (FURB) denise@senior.com.br Maurício Capobianco Lopes (FURB) mclopes@furb.br Resumo. Este artigo apresenta

Leia mais

MONITORAMENTO REMOTO DO CONSUMO DE ÁGUA UTILIZANDO SOFTWARE DE INTERFACE HOMEM-MÁQUINA - HIDROAER

MONITORAMENTO REMOTO DO CONSUMO DE ÁGUA UTILIZANDO SOFTWARE DE INTERFACE HOMEM-MÁQUINA - HIDROAER MONITORAMENTO REMOTO DO CONSUMO DE ÁGUA UTILIZANDO SOFTWARE DE INTERFACE HOMEM-MÁQUINA - HIDROAER Alex Lage de Morais 1 ; Wilson Cabral de Sousa Jr. 2 ;Elaine Nolasco Ribeiro 3 RESUMO - Uma parte do projeto

Leia mais

Quality Content Resource Management Access Integration Consultation. Página de Acesso: http://ieeexplore.ieee.org/xplore/guesthome.

Quality Content Resource Management Access Integration Consultation. Página de Acesso: http://ieeexplore.ieee.org/xplore/guesthome. Página de Acesso: http://ieeexplore.ieee.org/xplore/guesthome.jsp Pacote IEEE Enterprise Acesso a: -Texto completo de mais de 3 milhões de documentos do IEEE journals, magazines, transactions, conferences,

Leia mais

Capítulo 1. Extreme Programming: visão geral

Capítulo 1. Extreme Programming: visão geral Capítulo 1 Extreme Programming: visão geral Extreme Programming, ou XP, é um processo de desenvolvimento de software voltado para: Projetos cujos requisitos são vagos e mudam com freqüência; Desenvolvimento

Leia mais

SQL Entra em cena. Dicas SQL

SQL Entra em cena. Dicas SQL SQL Entra em cena. Em Setembro de 2007 foi lançado o Edgecam 12, este por sua vez trouxe uma melhoria no gerenciamento de ferramentas passando a utilizando banco de dados SQL. "Tecnologia padrão da indústria

Leia mais

Prof. Omero, pág. 63. Banco de Dados InterBase.

Prof. Omero, pág. 63. Banco de Dados InterBase. Prof. Omero, pág. 63 O que é o InterBase? O InterBase é um SGBDR - Sistema Gerenciador de Banco de Dados Cliente/Servidor Relacional 1 que está baseado no padrão SQL ANSI-9, de alta performance, independente

Leia mais

Modelo Cliente/Servidor Por HIARLY ALVES

Modelo Cliente/Servidor Por HIARLY ALVES UNICE Ensino Superior Linguagem de Programação Ambiente Cliente Servidor. Modelo Cliente/Servidor Por HIARLY ALVES Fortaleza - CE CONCEITOS Cliente x Servidor. Cliente É um programa (software) executado

Leia mais

O Impacto da Engenharia de Requisitos no Processo de Métricas. Fátima Cesarino CAIXA

O Impacto da Engenharia de Requisitos no Processo de Métricas. Fátima Cesarino CAIXA O Impacto da Engenharia de Requisitos no Processo de Métricas Fátima Cesarino CAIXA Apresentação Diferentes Cenários Desenvolvimento Software Importância do SISP Agradecimento Oportunidade Responsabilidade

Leia mais

Microsoft LicenseWise. Visão Geral do Parceiro Versão 1.0 Junho 2007

Microsoft LicenseWise. Visão Geral do Parceiro Versão 1.0 Junho 2007 Microsoft LicenseWise Visão Geral do Parceiro Versão 1.0 Junho 2007 CONTEÚDO Feedback do Parceiro sobre o Licenciamento por Volume Solução Microsoft LicenseWise Benefícios Recursos Integração: Microsoft

Leia mais

Processo de Desenvolvimento de Software

Processo de Desenvolvimento de Software Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Conteúdo da Unidade Documentação. Suporte e Treinamento Melhoria Continua. Suporte e Manutenção do Software O desenvolvimento de um sistema termina

Leia mais

www.en-sof.com.br SOLUÇÕES PARA CONTINUIDADE DO NEGÓCIO

www.en-sof.com.br SOLUÇÕES PARA CONTINUIDADE DO NEGÓCIO SOLUÇÕES PARA CONTINUIDADE DO NEGÓCIO 1 Soluções Oracle Voltadas à Continuidade dos Negócios Luciano Inácio de Melo Oracle Database Administrator Certified Oracle Instructor Bacharel em Ciências da Computação

Leia mais

1.264 Aula 1. Introdução ao curso Lição de casa 1 Métodos de desenvolvimento de software

1.264 Aula 1. Introdução ao curso Lição de casa 1 Métodos de desenvolvimento de software 1.264 Aula 1 Introdução ao curso Lição de casa 1 Métodos de desenvolvimento de software Processo de Desenvolvimento de Software O desenvolvimento de software é normalmente mais utilizado na demanda do

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros rodolfomdebarros@gmail.com

Gerenciamento de Projetos. Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros rodolfomdebarros@gmail.com Gerenciamento de Projetos Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros rodolfomdebarros@gmail.com MODELO DE GERENCIAMENTO PMI PMI (Project Management Institute); O modelo PMI é divido em áreas de conhecimento da

Leia mais

Conteúdo. Disciplina: INF 02810 Engenharia de Software. Monalessa Perini Barcellos

Conteúdo. Disciplina: INF 02810 Engenharia de Software. Monalessa Perini Barcellos Universidade Federal do Espírito Santo Centro Tecnológico Departamento de Informática Disciplina: INF 02810 Prof.: (monalessa@inf.ufes.br) Conteúdo 1. Introdução 2. Processo de Software 3. Gerência de

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA

MINISTÉRIO DA FAZENDA MINISTÉRIO DA FAZENDA Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional PGFN Departamento de Gestão Corporativa - DGC Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação - CTI CATÁLOGO DE SERVIÇOS DE TECNOLOGIA Infraestrutura

Leia mais

Software reliability analysis by considering fault dependency and debugging time lag Autores

Software reliability analysis by considering fault dependency and debugging time lag Autores Campos extraídos diretamente Título Software reliability analysis by considering fault dependency and debugging time lag Autores Huang, Chin-Yu and Lin, Chu-Ti Ano de publicação 2006 Fonte de publicação

Leia mais

SYSTEM SENSORS Sistema Unificado de Monitoramento de TI

SYSTEM SENSORS Sistema Unificado de Monitoramento de TI SYSTEM SENSORS Sistema Unificado de Monitoramento de TI Rev.: 26/07/2014 COMERCIAL comercial@onium.com.br http://www.onium.com.br A ONIUM Visão: ser reconhecida por gerar valor corporativo através de tecnologia

Leia mais

inciência Iniciação Científica Embrapa Anais da X Jornada de Iniciação Científica da Embrapa Amazônia Ocidental

inciência Iniciação Científica Embrapa Anais da X Jornada de Iniciação Científica da Embrapa Amazônia Ocidental inciência Iniciação Científica Embrapa Anais da X Jornada de Iniciação Científica da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Anais da X Jornada de

Leia mais

Instalação ou atualização do software do sistema do Fiery

Instalação ou atualização do software do sistema do Fiery Instalação ou atualização do software do sistema do Fiery Este documento explica como instalar ou atualizar o software do sistema no Fiery Network Controller para DocuColor 240/250. NOTA: O termo Fiery

Leia mais

Atividade da gerência da qualidade

Atividade da gerência da qualidade O que é qualidade de software? Qualidade, de forma simplista, significa que o produto deve esta de acordo com a especificação. Problemas: Tensão entre requisitos do cliente: Eficiência, confiança, etc.

Leia mais

Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper

Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper Outubro de 2007 Resumo Este white paper explica a função do Forefront Server

Leia mais

Function Point Analysis: Uma Aplicação na Gestão de Projetos de Manutenção de Software

Function Point Analysis: Uma Aplicação na Gestão de Projetos de Manutenção de Software Function Point Analysis: Uma Aplicação na Gestão de Projetos de Manutenção de Software Claudia Hazan, CFPS CENÁRIO MANUTENÇÃO DE SOFTWARE Definição Desenvolvimento Manutenção GERÊNCIA DA MANUTENÇÃO Planejar

Leia mais

VALIDADOR DE ARQUIVOS SICREDI (VAS) Cobrança e Convênios

VALIDADOR DE ARQUIVOS SICREDI (VAS) Cobrança e Convênios VALIDADOR DE ARQUIVOS SICREDI (VAS) Cobrança e Convênios Atrelada ao processo: Validação de layout dos arquivos de convênios/cobrança de um novo convênio/cedente Classificação da informação: uso interno

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Definição Gerenciamento de Projetos SWEBOK Aplicação de atividades de gerenciamento (planejamento, coordenação, medição, controle e relatório) para assegurar que o desenvolvimento de software é sistemático,

Leia mais

Exame de Fundamentos da ITIL

Exame de Fundamentos da ITIL Exame de Fundamentos da ITIL Simulado B, versão 5.1 Múltipla escolha Instruções 1. Todas as 40 perguntas devem ser respondidas. 2. Todas as respostas devem ser assinaladas na grade de respostas fornecida.

Leia mais

Integração ERP/WMS e vantagens com a adoção de software livre

Integração ERP/WMS e vantagens com a adoção de software livre Integração ERP/WMS e vantagens com a adoção de software livre Filipi Damasceno Vianna (PUCRS) filipi@em.pucrs.br Resumo Este trabalho visa mostrar a importância da integração entre sistemas de ERP 1 e

Leia mais

José Benedito Lopes Junior ¹, Marcello Erick Bonfim 2

José Benedito Lopes Junior ¹, Marcello Erick Bonfim 2 ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 Definição de uma tecnologia de implementação e do repositório de dados para a criação da ferramenta

Leia mais

Nota de Aplicação. Escrita em Banco de Dados SQL com o Vijeo Citect 1.0. Suporte Técnico Brasil. Versão:

Nota de Aplicação. Escrita em Banco de Dados SQL com o Vijeo Citect 1.0. Suporte Técnico Brasil. Versão: Nota de Aplicação Escrita em Banco de Dados SQL com o Vijeo Citect Versão: 1.0 Suporte Técnico Brasil Especificações técnicas Hardware: Software: Versão: Vijeo Citect 7.40 SP 2 SQL Server 2012 Suporte

Leia mais

Conteúdo. Revisado em 3/13/2010 às 9:45 PM 1 www.dzyon.com

Conteúdo. Revisado em 3/13/2010 às 9:45 PM 1 www.dzyon.com Conteúdo Introdução...3 Objetivos...3 Sobre o Manual...3 Padronização da Interface/Ícones...4 1.0 Visão Geral...5 1.1 Acesso ao Sistema...5 1.2 Sequência de Processos...5 1.3 Informações Gerais sobre Transmissão...6

Leia mais

Utilizando subversion como controle de versão

Utilizando subversion como controle de versão Utilizando subversion como controle de versão Heitor Rapcinski Este documento descreverá a utilização de subversion como ferramenta de controle de versão mostrando as facilidades da sua utilização para

Leia mais

Manual de Atualização Versão 3.6.4.

Manual de Atualização Versão 3.6.4. Manual de Atualização Versão 3.6.4. Sumário 1. AVISO... 1 2. INTRODUÇÃO... 2 3. PREPARAÇÃO PARA ATUALIZAÇÃO... 3 4. ATUALIZANDO GVCOLLEGE E BASE DE DADOS... 7 5. HABILITANDO NOVAS VERSÕES DO SISTEMA....

Leia mais

Data Transformation Services (DTS) por Anderson Ferreira Souza

Data Transformation Services (DTS) por Anderson Ferreira Souza Data Transformation Services (DTS) por Anderson Ferreira Souza O Sql Server possui um recurso extremamente poderoso que é muito pouco utilizado pelos administradores e programadores. Com certeza, sendo

Leia mais

Notas da Aula 15 - Fundamentos de Sistemas Operacionais

Notas da Aula 15 - Fundamentos de Sistemas Operacionais Notas da Aula 15 - Fundamentos de Sistemas Operacionais 1. Software de Entrada e Saída: Visão Geral Uma das tarefas do Sistema Operacional é simplificar o acesso aos dispositivos de hardware pelos processos

Leia mais

IMPLEMENTAÇÃO DAS CAMADAS Inference Machine e Message Service Element PARA UM SERVIDOR DE SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE Workflow HOSPITALAR

IMPLEMENTAÇÃO DAS CAMADAS Inference Machine e Message Service Element PARA UM SERVIDOR DE SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE Workflow HOSPITALAR IMPLEMENTAÇÃO DAS CAMADAS Inference Machine e Message Service Element PARA UM SERVIDOR DE SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE Workflow HOSPITALAR Jeferson J. S. Boesing 1 ; Manassés Ribeiro 2 1.Aluno do Curso

Leia mais

Solução do segundo exercício proposto REDE DE HOTÉIS

Solução do segundo exercício proposto REDE DE HOTÉIS Solução do segundo exercício proposto REDE DE HOTÉIS Este exemplo já tem um pouco mais de complexidade devido à quantidade de entidades envolvidas no cenário. Em um primeiro momento a solução poderia ficar

Leia mais

Suporte Técnico. Procedimento de Abertura de Chamados. 2010. Siemens Product Lifecycle Management Software Inc. All rights reserved

Suporte Técnico. Procedimento de Abertura de Chamados. 2010. Siemens Product Lifecycle Management Software Inc. All rights reserved Suporte Técnico Procedimento de Abertura de Chamados Siemens Siemens PLM PLM Software Software O Suporte Técnico da GTAC O Global Technical Access Center, ou GTAC, é o site global de informações técnicas

Leia mais

Aula 1 Cleverton Hentz

Aula 1 Cleverton Hentz Aula 1 Cleverton Hentz Sumário da Aula Introdução História da Internet Protocolos Hypertext Transfer Protocol 2 A Internet é um conjunto de redes de alcance mundial: Comunicação é transparente para o usuário;

Leia mais

Programa de Nível de Serviço do Ariba Cloud Services. Garantia de Acesso ao Serviço Segurança Diversos

Programa de Nível de Serviço do Ariba Cloud Services. Garantia de Acesso ao Serviço Segurança Diversos Programa de Nível de Serviço do Ariba Cloud Services Garantia de Acesso ao Serviço Segurança Diversos 1. Garantia de Acesso ao Serviço a. Aplicabilidade. A Garantia de Acesso ao Serviço cobre a Solução

Leia mais

Banco de Dados, Integração e Qualidade de Dados. Ceça Moraes cecafac@gmail.com

Banco de Dados, Integração e Qualidade de Dados. Ceça Moraes cecafac@gmail.com Banco de Dados, Integração e Qualidade de Dados Ceça Moraes cecafac@gmail.com Sobre a professora CeçaMoraes Doutora em Computação (UFPE) Áreas de atuação Desenvolvimento de Software e Banco de Dados Experiência

Leia mais

Integração ERP/WMS e vantagens com a adoção de software livre

Integração ERP/WMS e vantagens com a adoção de software livre Integração ERP/WMS e vantagens com a adoção de software livre Filipi Damasceno Vianna (PUCRS) filipi@pucrs.br Tiago Leonardo Broilo (PUCRS) broilo@pucrs.br Isaac Newton Lima da Silva (PUCRS) isaac@pucrs.br

Leia mais

Manual da Ferramenta Metadata Editor

Manual da Ferramenta Metadata Editor 4 de março de 2010 Sumário 1 Introdução 3 2 Objetivos 3 3 Visão Geral 3 3.1 Instalação............................. 3 3.2 Legenda.............................. 4 3.3 Configuração Inicial........................

Leia mais

SIntegra Abordagem Completa Ferramentas Relacionadas.

SIntegra Abordagem Completa Ferramentas Relacionadas. SIntegra Abordagem Completa Ferramentas Relacionadas. 1 por Victory Fernandes No segundo artigo da série, foram abordados os conceitos gerais acerca da implementação do Sintegra, estruturação básica do

Leia mais

Aula 06 Introdução à Teste de Módulos II e Exercícios. Alessandro Garcia LES/DI/PUC-Rio Março 2014

Aula 06 Introdução à Teste de Módulos II e Exercícios. Alessandro Garcia LES/DI/PUC-Rio Março 2014 Aula 06 Introdução à Teste de Módulos II e Exercícios Alessandro Garcia LES/DI/PUC-Rio Março 2014 Princípios Discutidos até aqui Cada módulo deveria implementar uma única abstração similarmente: cada função

Leia mais

QUESTIONAMENTO 06 ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 16/2013 BNDES

QUESTIONAMENTO 06 ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 16/2013 BNDES QUESTIONAMENTO 06 ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 16/2013 BNDES Pergunta 01: No EDITAL do PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 16/2013 BNDES, no item 4.17. II há a afirmação sobre a não aceitação de proposta

Leia mais

COTAÇÃO ELETRÔNICA: 133/2012 COMPRASNET

COTAÇÃO ELETRÔNICA: 133/2012 COMPRASNET COTAÇÃO ELETRÔNICA: 133/2012 COMPRASNET AQUISIÇÃO DE SOLUÇÃO DE ANTIVÍRUS MCAFEE PARA PLATAFORMA DE SERVIDORES VIRTUALIZADOS VMWARE DA REDE CORPORATIVA PRODAM Diretoria de Infraestrutura e Tecnologia-

Leia mais

Data Mining: Conceitos e Técnicas

Data Mining: Conceitos e Técnicas Data Mining: Conceitos e Técnicas DM, DW e OLAP Data Warehousing e OLAP para Data Mining O que é data warehouse? De data warehousing para data mining Data Warehousing e OLAP para Data Mining Data Warehouse:

Leia mais

Fábio Giordani. Técnico em Processamento de Dados Adm. Análise de Sistemas. Outros cursos. Coordenador Projetos e Consultoria em Infraestrutura

Fábio Giordani. Técnico em Processamento de Dados Adm. Análise de Sistemas. Outros cursos. Coordenador Projetos e Consultoria em Infraestrutura Fábio Giordani Técnico em Processamento de Dados Adm. Análise de Sistemas Cobol Developer (Caracter mode ;-) DBA (Oracle 7.1...) Developer (GUI) Java Outros cursos Coordenador Projetos e Consultoria em

Leia mais

SEGURANÇA E CONTROLE EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

SEGURANÇA E CONTROLE EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SEGURANÇA E CONTROLE EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1 OBJETIVOS 1. Por que sistemas de informação são tão vulneráveis a destruição, erro, uso indevido e problemas de qualidade de sistemas? 2. Que tipos de controles

Leia mais

CAPITULO 4 A ARQUITETURA LÓGICA PARA O AMBIENTE

CAPITULO 4 A ARQUITETURA LÓGICA PARA O AMBIENTE CAPITULO 4 A ARQUITETURA LÓGICA PARA O AMBIENTE A proposta para o ambiente apresentada neste trabalho é baseada no conjunto de requisitos levantados no capítulo anterior. Este levantamento, sugere uma

Leia mais

Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data

Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data Contexto As pressões do mercado por excelência em qualidade e baixo custo obrigam as empresas a adotarem sistemas de produção automatizados

Leia mais

Transformando Modelos da MDA com o apoio de Componentes de Software

Transformando Modelos da MDA com o apoio de Componentes de Software Transformando Modelos da MDA com o apoio de Componentes de Software Fapesp-PIPE Autores: Marco Antonio Pereira Antonio Francisco do Prado Mauro Biajiz Valdirene Fontanette Daniel Lucrédio Campinas-SP,

Leia mais

Verificação é um processo para se determinar se os produtos, (executáveis ou

Verificação é um processo para se determinar se os produtos, (executáveis ou ATIVIDADES VV&T E A NORMA IEEE 1012 A qualidade do software está diretamente relacionada à satisfação do cliente, sendo assim, as empresas estão percebendo a importância em produzir software com qualidade.

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2015

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2015 ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça EE: Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação

Leia mais

CONCEITO: Moodle Moodle Moodle Moodle

CONCEITO: Moodle Moodle Moodle Moodle NE@D - Moodle CONCEITO: O Moodle é uma plataforma de aprendizagem a distância baseada em software livre. É um acrônimo de Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment (ambiente modular de aprendizagem

Leia mais

SIM, é possivel. Brasília, 24 de Março de 2015

SIM, é possivel. Brasília, 24 de Março de 2015 À CGU - Controladoria Geral da União CGRL Coordenação Geral de Recursos Logísticos Comissão de Licitação A/C Sr. Márcio David e Souza Nesta Brasília, 24 de Março de 2015 REF.: RESPOSTA DILIGÊNCIA PREGÃO

Leia mais

Gerenciamento de projetos. cynaracarvalho@yahoo.com.br

Gerenciamento de projetos. cynaracarvalho@yahoo.com.br Gerenciamento de projetos cynaracarvalho@yahoo.com.br Projeto 3URMHWR é um empreendimento não repetitivo, caracterizado por uma seqüência clara e lógica de eventos, com início, meio e fim, que se destina

Leia mais

Service Level Management SLM. Gerenciamento de Níveis de Serviço

Service Level Management SLM. Gerenciamento de Níveis de Serviço Service Level Management SLM Gerenciamento de Níveis de Serviço 1 É o balanço o entre... Qualidade dos serviços entregues Expectativa do cliente 2 Processo: Definições Service Level Management (SLM) Têm

Leia mais

Gerenciamento de Incidentes - ITIL. Prof. Rafael Marciano

Gerenciamento de Incidentes - ITIL. Prof. Rafael Marciano Gerenciamento de Incidentes - ITIL Prof. Rafael Marciano Conteúdo Objetivos Conceitos e Definições Atividades Indicadores Chaves de Desempenho Papéis Desafios Um pouco sobre a certificação ITIL Foundations

Leia mais

IV. Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI)

IV. Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI) IV. Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI) 1. Funcionamento do EDI 2. EDI tradicional X WEB EDI 3. EDI Tradicional 4. WEB EDI Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI) EDI: Electronic Data Interchange Troca

Leia mais

Fundamentos dos Sistemas de Informação Organização de Dados e Informações

Fundamentos dos Sistemas de Informação Organização de Dados e Informações Fundamentos dos Sistemas de Informação Organização de Dados e Informações http://professor.fimes.edu.br/milena milenaresende@fimes.edu.br Sistema de Gerenciamento de Bases de Dados (DBMS) A implementação

Leia mais

Modelo Cascata. Alunos: Bruno Nocera Zanette Pedro Taques

Modelo Cascata. Alunos: Bruno Nocera Zanette Pedro Taques Modelo Cascata Alunos: Bruno Nocera Zanette Pedro Taques Principais Características Gerenciamento Simples das etapas Também conhecido como "Ciclo de Vida Clássico", sugere uma abordagem sistemática e sequencial

Leia mais

2 Trabalhos Relacionados

2 Trabalhos Relacionados 2 Trabalhos Relacionados Nesse capítulo, apresentamos os trabalhos relacionados ao GridFS, entrando em mais detalhes sobre os sistemas citados durante a introdução e realizando algumas considerações sobre

Leia mais

NORMA PROCEDIMENTAL COMUNICAÇÃO ELETRÔNICA. Implementar uma infraestrutura padronizada e segura para a comunicação eletrônica oficial da UFTM.

NORMA PROCEDIMENTAL COMUNICAÇÃO ELETRÔNICA. Implementar uma infraestrutura padronizada e segura para a comunicação eletrônica oficial da UFTM. 50.01.005 1/10 1. FINALIDADE Implementar uma infraestrutura padronizada e segura para a comunicação eletrônica oficial da UFTM. 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO Todos os órgãos da UFTM e, em especial, na Assessoria

Leia mais

Qualidade de Software. Profa. Cátia dos Reis Machado catia@ifc-camboriu.edu.br

Qualidade de Software. Profa. Cátia dos Reis Machado catia@ifc-camboriu.edu.br Qualidade de Software Profa. Cátia dos Reis Machado catia@ifc-camboriu.edu.br Qualidade Garantia de Qualidade Qualidade do processo Qualidade do produto Testes Estáticos Testes Dinâmicos Qualidade do produto

Leia mais

4.1.10. Os equipamentos multifuncionais devem possuir digitalizador (scanner) com as seguintes características mínimas:

4.1.10. Os equipamentos multifuncionais devem possuir digitalizador (scanner) com as seguintes características mínimas: 4.1.10. Os equipamentos multifuncionais devem possuir digitalizador (scanner) com as seguintes características mínimas: f) Possuir compatibilidade com software de reconhecimento ótico de caracteres (OCR

Leia mais

18º Congresso de Iniciação Científica IMPLEMENTAÇÃO DE UM MODELO DE TESTE DE APLICAÇÕES WEB

18º Congresso de Iniciação Científica IMPLEMENTAÇÃO DE UM MODELO DE TESTE DE APLICAÇÕES WEB 18º Congresso de Iniciação Científica IMPLEMENTAÇÃO DE UM MODELO DE TESTE DE APLICAÇÕES WEB Autor(es) HARLEI MIGUEL DE ARRUDA LEITE Orientador(es) PLÍNIO ROBERTO SOUZA VILELA Apoio Financeiro PIBIC/CNPQ

Leia mais

Métodos Formais em Engenharia de Software. VDMToolTutorial

Métodos Formais em Engenharia de Software. VDMToolTutorial Métodos Formais em Engenharia de Software VDMToolTutorial Ana Paiva apaiva@fe.up.pt www.fe.up.pt/~apaiva Agenda Install Start Create a project Write a specification Add a file to a project Check syntax

Leia mais

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani Planejamento Estratégico de TI Prof.: Fernando Ascani Data Warehouse - Conceitos Hoje em dia uma organização precisa utilizar toda informação disponível para criar e manter vantagem competitiva. Sai na

Leia mais

CONTRATO DE DESENVOLVIMENTO DE WEBSITE

CONTRATO DE DESENVOLVIMENTO DE WEBSITE CONTRATO DE DESENVOLVIMENTO DE WEBSITE 1 - IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTE: Entende-se como contratante toda pessoa, física ou jurídica, independente de sua localização residencial, que solicitar

Leia mais

Desenvolvimento de um software de gerenciamento de projetos para utilização na Web

Desenvolvimento de um software de gerenciamento de projetos para utilização na Web Resumo. Desenvolvimento de um software de gerenciamento de projetos para utilização na Web Autor: Danilo Humberto Dias Santos Orientador: Walteno Martins Parreira Júnior Bacharelado em Engenharia da Computação

Leia mais

www.lapismet.com BLOCO 1: UMARF - Unified Meteorological Archive and Retrieval Facility Parte 3

www.lapismet.com BLOCO 1: UMARF - Unified Meteorological Archive and Retrieval Facility Parte 3 www.lapismet.com BLOCO 1: UMARF - Unified Meteorological Archive and Retrieval Facility Parte 3 LAPIS/UFAL www.lapismet.com NOTA: O Material desta apresentação dá ênfase ao sistema unificado de recuperação

Leia mais

Impressão de Relatórios com Data Report Professor Sérgio Furgeri. A figura seguinte ilustra a geração de um relatório a partir de uma tabela de...

Impressão de Relatórios com Data Report Professor Sérgio Furgeri. A figura seguinte ilustra a geração de um relatório a partir de uma tabela de... OBJETIVOS DA AULA: Demonstrar a utilização da ferramenta Data Report do Visual Basic para a geração de relatórios. Apresentar os procedimentos para a criação de um relatório simples a partir dos dados

Leia mais

Guião de Introdução ao Eclipse IDE Índice

Guião de Introdução ao Eclipse IDE Índice Índice 1. Introdução... 2 1.1. O que é um ambiente de desenvolvimento (IDE)?... 2 1.2. Visão geral sobre o Eclipse IDE... 2 2. Iniciar o Eclipse... 3 2.1. Instalação... 3 2.2. Utilizar o Eclipse... 3 3.

Leia mais

Basic SharePoint Server 2013 Branding (55081)

Basic SharePoint Server 2013 Branding (55081) Basic SharePoint Server 2013 Branding (55081) Formato do curso: Presencial Preço: 850 Nível: Avançado Duração: 12 horas Este curso de 2 dias, destina-se a todos os interessados em customizar o aspecto

Leia mais

SEGURANÇA A E CONTROLE EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

SEGURANÇA A E CONTROLE EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Capítulo 14 SEGURANÇA A E CONTROLE EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 14.1 2003 by Prentice Hall OBJETIVOS Por que sistemas de informação são tão vulneráveis veis a destruição, erro, uso indevido e problemas de

Leia mais

A Gerência em Redes de Computadores

A Gerência em Redes de Computadores A Gerência em Redes de Computadores Gerência de Redes Redes Ferramenta fundamental Tecnicamente: constante expansão, tanto fisicamente como em complexidade. O que o usuário espera da rede? Disponibilidade

Leia mais

Capítulo 5. 5.1 Laudon, Cap. 5

Capítulo 5. 5.1 Laudon, Cap. 5 Capítulo 5 Fundamentos da Inteligência de Negócios: Gerenciamento da Informação e de Bancos de Dados 5.1 Laudon, Cap. 5 OBJETIVOS DE ESTUDO Descrever como um banco de dados relacional organiza os dados

Leia mais

Perguntas Freqüentes (FAQs)

Perguntas Freqüentes (FAQs) Table of contents 1 Questions... 2 1.1 1. Problemas de instalação...2 Questions 1. Problemas de instalação 1.1. É necessário reiniciar o após a instalação? Sim. Feche todas a janelas do. Abra novamente

Leia mais