PREFEITURA MUNICIPAL DE SUMARÉ ESTADO DE SÃO PAULO ANEXO 5 ESTRUTURA TARIFÁRIA TARIFA DE ÁGUA E ESGOTO ESGOTAMENTO SANITÁRIO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PREFEITURA MUNICIPAL DE SUMARÉ ESTADO DE SÃO PAULO ANEXO 5 ESTRUTURA TARIFÁRIA TARIFA DE ÁGUA E ESGOTO ESGOTAMENTO SANITÁRIO"

Transcrição

1 ANEXO 5 ESTRUTURA TARIFÁRIA TARIFA DE ÁGUA E ESGOTO ESGOTAMENTO SANITÁRIO A seguir é apresentada a Estrutura Tarifária a ser praticada pela Concessionária durante o período de vigência do Contrato de Concessão. Ficam criadas as categorias de consumo Residencial Social, Pública e de Entidades Assistenciais Sem Fins Lucrativos além das categorias Residencial, Comercial e Industrial do ANEXO I DECRETO Nº 8370/11 de 01/02/2011 do Município de Sumaré. Aos efeitos de emissão de fatura de fornecimento de água e coleta e tratamento de esgoto, o volume mínimo a ser considerado será de 10 m 3 (dez metros cúbicos) por economia por mês para todas as categorias de uso.. O valor do esgoto das economias de água com coleta e tratamento de esgoto será igual a 100% (cem por cento) do valor da fatura de água (coluna Coleta e Tratamento Tabela da Estrutura Tarifária abaixo). O valor do esgoto das economias de água somente com coleta de esgoto será igual a 80% (oitenta por cento) do valor da fatura de água (coluna Somente Coleta da Tabela da Estrutura Tarifária abaixo). A Categoria Residencial Social (Tarifa Social) para a população de baixa renda corresponde a um benefício de redução de 40% (quarenta por cento) na tarifa de água e esgoto na faixa de consumo de 0 m 3 a 10 m 3 e redução de 30% (trinta por cento) na tarifa de água e esgoto na faixa de consumo de 11 m 3 a 20 m 3. O consumo excedente será faturado de acordo com a tarifa normal de água. Para o USUÁRIO obter o benefício da Tarifa Social deverá efetuar seu cadastramento atendendo, simultaneamente, aos seguintes critérios:

2 1 Ser cadastrado na categoria residencial, junto à CONCESSIONÁRIA; 2 Comprovar ser beneficiário de algum Programa de Proteção Social do Governo Federal, tais como Bolsa Família, Bolsa Escola, Bolsa Alimentação, Cartão Alimentação e Auxílio Gás; 3 Tenha ligação cadastrada como apenas 01 (uma) economia, com área construída menor ou igual a 50 m²; 4 Tenha comprovado, através de seu histórico de consumo médio de energia elétrica nos últimos 12 (doze) meses, consumo igual ou inferior a 80 KWh, possuindo padrão de energia monofásico; 5 Tenha quitado os débitos com a CONCESSIONÁRIA ou, no ato da concessão, efetuado o seu parcelamento; 6 Não possua fonte alternativa de abastecimento, tendo como fonte exclusiva de abastecimento água da CONCESSIONÁRIA; Os critérios são cumulativos. A concessão do benefício está vinculada ao preenchimento dos critérios acima mencionados, com exceção do Item 2 acima. O benefício da Tarifa Social será concedido apenas às ligações em que seus proprietários ou inquilinos estejam regularmente com seus cadastros atualizados na CONCESSIONÁRIA. Os USUÁRIOS serão escolhidos entre os cadastrados, respeitando-se a data e horário do cadastramento e o limite de 9% (nove por cento) do total de ligações residenciais do Município. O benefício da Tarifa Social também será concedido às ligações que abasteçam proprietários ou inquilinos em situação de comprovada carência, que sejam portadores de doenças graves. A comprovação das doenças graves será feita por laudo pericial expedido por instituições de saúde pública situadas no Município de Sumaré. A comprovação de carência dar-se-á mediante Relatório Sócio Econômico, de execução e comprovação da própria CONCESSIONÁRIA. A concessão fica condicionada à análise e aprovação do cadastro pela CONCESSIONÁRIA.

3 O benefício da Tarifa Social será concedido pelo período de 01 (um) ano, podendo ser renovado sucessivamente por igual período, mediante comprovação de todos os requisitos citados acima. Não havendo novo requerimento após o término da concessão do benefício, o benefício será automaticamente cancelado, podendo ser novamente requerido apenas após 06 (seis) meses da data do cancelamento. Fica também cancelado o benefício caso não haja o pagamento de 03 (três) faturas, consecutivas ou não, pelo USUÁRIO, sendo que neste caso somente poderá ser requerido novamente após 01 (um) ano da data do cancelamento. Os USUÁRIOS cujas ligações acusarem fraude de qualquer natureza perderão o direito ao benefício da Tarifa Social, podendo ser requerido novamente o benefício 02 (dois) anos após a data do cancelamento. Nos casos de cancelamento ou não concessão do benefício, o interessado poderá interpor recurso administrativo, devendo ser analisados e julgados pela CONCESSIONÁRIA no prazo máximo de 30 (trinta) dias após o protocolo. Os Procedimentos para o cadastramento do USUÁRIO são: USUÁRIO: Deve procurar uma agência de atendimento da CONCESSIONÁRIA e solicitar o cadastramento para acesso ao benefício da Tarifa Social. Apresentar toda a documentação que comprove o atendimento dos critérios para o enquadramento e acesso a benefício da Tarifa Social. Aguardar a equipe da CONCESSIONÁRIA para a visita de avaliação. CONCESSIONÁRIA: Tem o prazo de 15 (quinze) dias para realizar a visita de avaliação e informar sobre a aprovação ou reprovação no acesso ao benefício da Tarifa Social. Na visita de avaliação preencher o questionário e entregar o parecer ao interessado. Uma vez o interessado atendendo os critérios de enquadramento e acesso ao benefício

4 da Tarifa Social fica cadastrado como Beneficiário da Tarifa Social. A CONCESSIONÁRIA está autorizada a cobrar dos usuários pelo fornecimento de água potável, coleta e tratamento de esgoto conforme ESTRUTURA TARIFÁRIA DE ÁGUA E ESGOTAMENTO SANITÁRIO abaixo, cujos preços estão referenciados à data de 01de Fevereiro de ESTRUTURA TARIFÁRIA DE ÁGUA E ESGOTAMENTO SANITÁRIO

5 TABELA DE PREÇOS DE SERVIÇOS COMPLEMENTARES DE ÁGUA E ESGOTAMENTO SANITÁRIO A CONCESSIONÁRIA está autorizada a cobrar dos usuários pela realização de serviços complementares conforme lista constante na TABELA DE PREÇOS DE SERVIÇOS COMPLEMENTARES DE ÁGUA E ESGOTAMENTO SANITÁRIO abaixo, cujos preços estão referenciados à data de 01de Fevereiro de A CONCESSIONÁRIA poderá propor à AGÊNCIA REGULADORA, ao longo do período de CONCESSÃO, a inclusão, substituição ou eliminação de um ou de outro item dos serviços da TABELA DE PREÇOS DE SERVIÇOS COMPLEMENTARES DE ÁGUA E ESGOTAMENTO SANITÁRIO, para melhor definição e ajuste dos seus preços.

6 TABELA DE PREÇOS DE SERVIÇOS DE ÁGUA E ESGOTAMENTO SANITÁRIO

7 MEDIÇÃO E ESTIMATIVA DOS VOLUMES Para as ligações hidrometradas e aos efeitos de medição consideram-se os volumes conforme disposto no Capítulo VII do Anexo 3 - Regulamento da Concessão. Para as ligações não hidrometradas e aos efeitos de medição consideram-se como consumos mínimos estipulados para a categoria da respectiva ligação o seguinte: Residencial Social: 10 m 3 /mês; Residencial: 20 m 3 /mês; Comercial: 20 m 3 /mês; Pública: 20 m 3 /mês; Industrial: 50 m 3 /mês; Entidades Assistenciais Sem Fins Lucrativos: 20 m 3 /mês. CÁLCULO DA FATURA DE ÁGUA E ESGOTAMENTO SANITÁRIO O Serviço Público de Água e Esgoto prestado pela CONCESSIONÁRIA será remunerado pela Tarifa, de acordo com a ESTRUTURA TARIFÁRIA DE ÁGUA E ESGOTAMENTO SANITÁRIO deste anexo, aplicada aos volumes conforme disposto no item anterior, MEDIÇÃO E ESTIMATIVA DOS VOLUMES. A cobrança dos serviços complementares efetivamente realizados pela CONCESSIONÁRIA, de acordo com lista e preços constantes da TABELA DE PREÇOS DE SERVIÇOS COMPLEMENTARES DE ÁGUA E ESGOTAMENTO SANITÁRIO, poderá ser feita na própria fatura mensal de água e esgotamento sanitário ou em documento específico de arrecadação, de acordo com a opção do usuário.

PREFEITURA MUNICIPAL DE PENHA SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO Av. Nereu Ramos, n 190 Centro Penha/SC CEP: Fone:

PREFEITURA MUNICIPAL DE PENHA SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO Av. Nereu Ramos, n 190 Centro Penha/SC CEP: Fone: EDITAL CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 01/2014 - PMP PROCESSO LICITATÓRIO Nº 73/2014 - PMP Anexo II Estrutura Tarifária As LICITANTES na formulação de suas PROPOSTAS devem considerar a estrutura tarifária conforme

Leia mais

DECRETO Nº , DE 10 DE MARÇO DE 2016.

DECRETO Nº , DE 10 DE MARÇO DE 2016. DECRETO Nº 19.332, DE 10 DE MARÇO DE 2016. Regulamenta a Lei nº 12.005, de 11 de fevereiro de 2016, que permite às instituições conveniadas com o Município ou mantidas pelo Estado e cadastradas como beneficiárias

Leia mais

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 117, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2015

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 117, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2015 RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 117, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2015 Dispõe sobre reajuste dos valores das s de Água e Esgoto e dos demais serviços a serem aplicados no Município de Campinas e dá outras providências.

Leia mais

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 93, DE 16 DE JULHO DE 2015

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 93, DE 16 DE JULHO DE 2015 RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 93, DE 16 DE JULHO DE 2015 Dispõe sobre reajuste extraordinário dos valores das s de Água e Esgoto a serem aplicados no Município de Campinas e dá outras providências. A DIRETORIA

Leia mais

ARSESP e a Regulação dos. março 2014

ARSESP e a Regulação dos. março 2014 ARSESP e a Regulação dos Serviços Públicos março 2014 ARSESP Agência reguladora multissetorial com competência para fiscalizar os serviços de energia elétrica e para regular e fiscalizar os serviços de

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE ÁGUA E ESGOTO

SUPERINTENDÊNCIA DE ÁGUA E ESGOTO RESOLUÇÃO 001/17 Atualiza as tarifas de água e esgoto e demais preços dos serviços prestados pela SAE Superintendência de Água e Esgoto do Município de Araguari. A SUPERINTENDÊNCIA DE ÁGUA E ESGOTO SAE,

Leia mais

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 170, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2016

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 170, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2016 Dispõe sobre reajuste dos valores das Tarifas de Água e Esgoto e dos Preços Públicos dos demais serviços praticados no Município de Porto Feliz e dá outras providências. A DIRETORIA EXECUTIVA DA ARES-PCJ

Leia mais

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 106, DE 28 DE OUTUBRO DE 2015

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 106, DE 28 DE OUTUBRO DE 2015 RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 106, DE 28 DE OUTUBRO DE 2015 Dispõe sobre o reajuste dos valores das Tarifas de Água e Esgoto e dos Preços Públicos dos demais serviços prestados pelo DAE, aplicados no Município

Leia mais

LUIZ CARLOS TAMANINI, Prefeito Municipal de Corupá (SC), no uso de suas atribuições legais; e

LUIZ CARLOS TAMANINI, Prefeito Municipal de Corupá (SC), no uso de suas atribuições legais; e DECRETO N 076/6 REAJUSTA A TABELA TARIFÁRIA REFERENTE À DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUAS POTÁVEL NO MUNICÍPIO DE CORUPÁ E DA OUTRAS PROVIDÊNCIAS. LUIZ CARLOS TAMANINI, Prefeito Municipal de Corupá (SC), no uso de

Leia mais

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 120, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2015

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 120, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2015 RESOLUÇÃO ARESPCJ Nº 120, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2015 Dispõe sobre reajuste dos valores das Tarifas de Água e Esgoto a serem aplicados no Município de Jundiaí e dá outras providências. A DIRETORIA EXECUTIVA

Leia mais

PORTARIA ANP Nº 202, DE DOU REPUBLICADA DOU

PORTARIA ANP Nº 202, DE DOU REPUBLICADA DOU PORTARIA ANP Nº 202, DE 30.12.1999 - DOU 31.12.1999 - REPUBLICADA DOU 3.5.2004 Estabelece os requisitos a serem cumpridos para acesso a atividade de distribuição de combustíveis líquidos derivados de petróleo,

Leia mais

REGULAMENTO. 01/01/2012 a 31/03/2012 ou até um número máximo de adesões.

REGULAMENTO. 01/01/2012 a 31/03/2012 ou até um número máximo de adesões. REGULAMENTO REGULAMENTO RECARGA AUTOMÁTICA (R$15, R$20, R$30) - FALE EM DOBRO + TORPEDOS Promoção conjunta da 14 BRASIL TELECOM CELULAR S/A, pessoa jurídica com sede no SIA/Sul, Área de Serviços Públicos,

Leia mais

Conselho Regional de Educação Física da 11ª Região Mato Grosso do Sul

Conselho Regional de Educação Física da 11ª Região Mato Grosso do Sul Resolução CREF11/MS nº 155/2015 Campo Grande, 01 de dezembro de 2015. Dispõe sobre valores e formas de pagamentos das anuidades do CREF11/MS para o Exercício de 2016 e dá outras providencias. O PRESIDENTE

Leia mais

COMO CONCORRER À BOLSA CARÊNCIA EM 2017/2

COMO CONCORRER À BOLSA CARÊNCIA EM 2017/2 COMO CONCORRER À BOLSA CARÊNCIA EM 2017/2 1. Abrir no portal do aluno requerimento Bolsa Carência do dia 25/07/17 até o dia 27/07/17. O prazo para a abertura de requerimento poderá ser encerrado antecipadamente

Leia mais

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 91, DE 03 DE JULHO DE 2015

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 91, DE 03 DE JULHO DE 2015 RESOLUÇÃO ARESPCJ Nº 91, DE 03 DE JULHO DE 2015 Dispõe sobre reajuste extraordinário dos valores das Tarifas de Água e Esgoto a serem aplicados no Município de Jundiaí e dá outras providências. A DIRETORIA

Leia mais

COMO CONCORRER À BOLSA CARÊNCIA EM 2017/2

COMO CONCORRER À BOLSA CARÊNCIA EM 2017/2 COMO CONCORRER À BOLSA CARÊNCIA EM 2017/2 1. Abrir no portal do aluno requerimento Bolsa Carência do dia 30/05/2017 até o dia 12/06/2017. 2. Anexar os seguintes documentos de todo o grupo familiar, inclusive

Leia mais

DECRETO N DE 03 DE AGOSTO DE 2009

DECRETO N DE 03 DE AGOSTO DE 2009 DECRETO N 41.974 DE 03 DE AGOSTO DE 2009 REGULAMENTA O ART. 24 DA LEI Nº 4.247, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2003, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições

Leia mais

CP Prev - Sociedade de Previdência Privada CP008

CP Prev - Sociedade de Previdência Privada CP008 CP Prev - Sociedade de Previdência Privada CP008 Nome: Matrícula: Prezado (a) participante Refere-se: CP Prev Sociedade Previdência Privada Tendo em vista o término do seu vínculo empregatício, nesta data,

Leia mais

RESOLUÇÃO ARSAE-MG 78/2016, DE 29 DE JANEIRO DE 2016.

RESOLUÇÃO ARSAE-MG 78/2016, DE 29 DE JANEIRO DE 2016. RESOLUÇÃO ARSAE-MG 78/2016, DE 29 DE JANEIRO DE 2016. Autoriza a revisão das tarifas dos serviços públicos de abastecimento de água e de esgotamento sanitário prestados pelo Serviço Autônomo de Água e

Leia mais

REGULAMENTO. 01/01/2012 a 31/03/2012 ou até um número máximo de adesões.

REGULAMENTO. 01/01/2012 a 31/03/2012 ou até um número máximo de adesões. REGULAMENTO TELEMAR NORTE LESTE S.A., concessionária do Serviço Telefônico Fixo Comutado (STFC), com sede na Rua General Polidoro, 99 Botafogo Rio de Janeiro/RJ, inscrita no CNPJ/MF sob o N.º 33.000.118/0001-7,

Leia mais

É o trabalhador qualificado ou capacitado e o profissional habilitado, nos termos da legislação específica e com a anuência formal da empresa.

É o trabalhador qualificado ou capacitado e o profissional habilitado, nos termos da legislação específica e com a anuência formal da empresa. 1/6 1. OBJETIVO Estabelecer diretrizes para a concessão do adicional de periculosidade pela execução de atividades de risco elétrico em áreas de risco elétrico, a empregados, requisitados e contratados

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA PENÍNSULA BOLSAS INICIAIS E RENOVAÇÃO 2º SEMESTRE 2015

EDITAL PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA PENÍNSULA BOLSAS INICIAIS E RENOVAÇÃO 2º SEMESTRE 2015 EDITAL PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA PENÍNSULA BOLSAS INICIAIS E RENOVAÇÃO 2º SEMESTRE 2015 A Diretora Executiva do INSTITUTO PENÍNSULA, no uso de suas atribuições e em conformidade com as Regulamentações Internas

Leia mais

1 - INTRODUÇÃO 2 - ANÁLISE JURÍDICA PROCESSO ADMINISTRATIVO ARES-PCJ Nº 35/2017 PARECER CONSOLIDADO ARES-PCJ Nº 14/ CRO

1 - INTRODUÇÃO 2 - ANÁLISE JURÍDICA PROCESSO ADMINISTRATIVO ARES-PCJ Nº 35/2017 PARECER CONSOLIDADO ARES-PCJ Nº 14/ CRO PROCESSO ADMINISTRATIVO ARES-PCJ Nº 35/2017 PARECER CONSOLIDADO ARES-PCJ Nº 14/2017 - CRO ASSUNTO: REAJUSTE DE TARIFAS DE CONTRAPRESTAÇÃO INTERESSADO: SESAMM - SERVIÇOS DE SANEAMENTO DE MOGI MIRIM S/A

Leia mais

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 126, DE 28 DE JANEIRO DE 2016

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 126, DE 28 DE JANEIRO DE 2016 RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 126, DE 28 DE JANEIRO DE 2016 Dispõe sobre o reajuste dos valores das Tarifas de Água e Esgoto e dos Preços Públicos dos demais serviços de água e esgoto a serem aplicados no Município

Leia mais

Programa Regularize. Novo prazo para utilização de crédito acumulado

Programa Regularize. Novo prazo para utilização de crédito acumulado Programa Regularize Novo prazo para utilização de crédito acumulado Decreto 47.020/2016 O que é o Programa Regularize? O estado de Minas Gerais publicou o Decreto n.º 46.817/2015, instituindo o Programa

Leia mais

1. DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA

1. DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA O Instituto Federal Goiano Campus Rio Verde, através do presente edital, informa que estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo para concessão de Auxílio Financeiro ao Educando do PROEJA, em

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL ANEXO DA DECISÃO PL/SP Nº 1022/2014 ATO ADMINISTRATIVO Nº 28/2014 Dispõe sobre os valores de Anuidades de Pessoas Físicas e Jurídicas, de Anotação de Responsabilidade Técnica - ART, de Serviços e de Multas

Leia mais

Parágrafo único. Ocorrendo a reprovação em mais de uma disciplina implicará no cancelamento do direito do benefício por um período de 1 (um) ano;

Parágrafo único. Ocorrendo a reprovação em mais de uma disciplina implicará no cancelamento do direito do benefício por um período de 1 (um) ano; REGULAMENTO PARA PEDIDO DE BOLSA DE ESTUDOS PARA CURSO DE GRADUAÇÃO NA UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA UNISUL ATRAVÉS DO SINDICATO DOS AUXILIARES DA ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR DA GRANDE FLORIANÓPOLIS

Leia mais

para os cursos sem migração curricular e 26/12/16 para os cursos com migração curricular.

para os cursos sem migração curricular e 26/12/16 para os cursos com migração curricular. COMO CONCORRER À BOLSA CARÊNCIA EM 2017/1 1. Abrir no portal do aluno o requerimento Bolsa Carência do dia 13/12 até o dia 19/12/2016. 2. Anexar os seguintes documentos de todo grupo familiar, inclusive

Leia mais

ATO ADMINISTRATIVO Nº 21 DE 08 DE DEZEMBRO 2010.

ATO ADMINISTRATIVO Nº 21 DE 08 DE DEZEMBRO 2010. ATO ADMINISTRATIVO Nº 21 DE 08 DE DEZEMBRO 2010. Dispõe sobre os valores de Anuidades de Pessoas Físicas e Jurídicas, de Anotação de Responsabilidade Técnica ART, de Serviços e de Multas no exercício de

Leia mais

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 133, DE 04 DE MARÇO DE 2016

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 133, DE 04 DE MARÇO DE 2016 RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 133, DE 04 DE MARÇO DE 2016 Dispõe sobre o reajuste dos valores das Tarifas de Água e Esgoto e dos Preços Públicos dos demais serviços a serem aplicados no Município de Rio Claro

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 1106/09, de 29 de dezembro de 2009.

LEI MUNICIPAL Nº 1106/09, de 29 de dezembro de 2009. LEI MUNICIPAL Nº 1106/09, de 29 de dezembro de 2009. Altera a Lei Complementar nº 001/06 de 13 de fevereiro de 2006, Código Tributário Municipal de Camocim e determina outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

Documentação Anatel. EMPRESA BRASILEIRA DE TELECOMUNICAÇÕES S.A - EMBRATEL PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO No 012

Documentação Anatel. EMPRESA BRASILEIRA DE TELECOMUNICAÇÕES S.A - EMBRATEL PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO No 012 Documentação Anatel EMPRESA BRASILEIRA DE TELECOMUNICAÇÕES S.A - EMBRATEL PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO No 012 1. DESCRIÇÃO DO PLANO Este Plano de Serviço, denominado inicialmente de Plano Bloco de Tempo,

Leia mais

ANEXO V ESTRUTURA TARIFÁRIA, SERVIÇOS COMPLEMENTARES E MULTAS 1 INTRODUÇÃO ESTRUTURA TARIFÁRIA SERVIÇOS COMPLEMENTARES...

ANEXO V ESTRUTURA TARIFÁRIA, SERVIÇOS COMPLEMENTARES E MULTAS 1 INTRODUÇÃO ESTRUTURA TARIFÁRIA SERVIÇOS COMPLEMENTARES... ANEXO V ESTRUTURA TARIFÁRIA, SERVIÇOS COMPLEMENTARES E MULTAS 1 INTRODUÇÃO... 2 2 ESTRUTURA TARIFÁRIA... 3 2.1 TARIFA MÍNIMA... 3 TARIFAÇÃO... 3 2.3 REGRAS DE ESTIMATIVA DE CONSUMO... 4 2.4 TARIFA SOCIAL...

Leia mais

ATO Nº. 04/2016. (Estabelece os preços para as tarifas de água, esgoto, serviços diversos e dá. outras providências).

ATO Nº. 04/2016. (Estabelece os preços para as tarifas de água, esgoto, serviços diversos e dá. outras providências). ATO Nº. 04/2016 (Estabelece os preços para as tarifas de água, esgoto, serviços diversos e dá outras providências). O DIRETOR GERAL DO SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO DESOROCABA, no uso de suas atribuições

Leia mais

Atualizações. Capítulo 01

Atualizações. Capítulo 01 Atualizações Olá, caro amigo e leitor de todo o Brasil! Gostaria de trazer até você as atualizações relativas ao livro ICMS de Pernambuco Comentado, lançado esse ano pela Editora Ferreira. Diante da alteração/complementação

Leia mais

LEI Nº 2.278/2001 DECRETO Nº 6.213/2000. ANTONIO TERUO KATO, PREFEITO DO MUNICÍPIO DE PARANAVAÍ, ESTADO DO PARANÁ, no uso de suas atribuições legais,

LEI Nº 2.278/2001 DECRETO Nº 6.213/2000. ANTONIO TERUO KATO, PREFEITO DO MUNICÍPIO DE PARANAVAÍ, ESTADO DO PARANÁ, no uso de suas atribuições legais, LEI Nº 2.278/2001 DECRETO Nº 6.213/2000 CRIA E REGULAMENTA O PASSE LIVRE DO ESTUDANTE E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. ANTONIO TERUO KATO, PREFEITO DO MUNICÍPIO DE PARANAVAÍ, ESTADO DO PARANÁ, no uso de suas

Leia mais

PORTARIA Nº 44-N DE 14 DE MAIO DE 1997

PORTARIA Nº 44-N DE 14 DE MAIO DE 1997 PORTARIA Nº 44-N DE 14 DE MAIO DE 1997 O PRESIDENTE DO INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS E RENOVÁVEIS IBAMA, no uso das atribuições que lhe conferem o Art. 24, do anexo I, da

Leia mais

COMO CONCORRER À BOLSA CARÊNCIA EM 2017/1

COMO CONCORRER À BOLSA CARÊNCIA EM 2017/1 COMO CONCORRER À BOLSA CARÊNCIA EM 2017/1 1. Abrir no portal do aluno o requerimento Bolsa Carência do dia 27/10 até o dia 14/11/2016. 2. Anexar os seguintes documentos de todo grupo familiar, inclusive

Leia mais

REGULAMENTO DA OFERTA SKY CONTROLE

REGULAMENTO DA OFERTA SKY CONTROLE REGULAMENTO DA OFERTA SKY CONTROLE São partes a SKY SERVIÇOS DE BANDA LARGA LTDA. ( SKY ) com sede na Av. das Nações Unidas, nº 12.901, 14º andar, Sala A, Torre Norte, CNPJ/MF 00.497.373/0001-10, conforme

Leia mais

Acesso Individual Classe Especial (AICE) do Serviço de Telefone Fixo Comutado (STFC)

Acesso Individual Classe Especial (AICE) do Serviço de Telefone Fixo Comutado (STFC) Acesso Individual Classe Especial (AICE) do Serviço de Telefone Fixo Comutado (STFC) Telefone Popular Acesso Individual Classe Especial (AICE) Conheça as regras do Programa! O que é o Acesso Individual

Leia mais

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 130, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2016

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 130, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2016 RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 130, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2016 Dispõe sobre o reajuste dos valores das Tarifas de Água e Esgoto e dos Preços Públicos dos demais serviços de água e esgoto a serem aplicados no Município

Leia mais

1. DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA

1. DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA INSTITUTO FEDERAL GOIANO - CÂMPUS RIO VERDE GO EDITAL Nº. 002, DE 12 AGOSTO DE 2016. O Instituto Federal Goiano Campus Rio Verde, através do presente edital, informa que estão abertas as inscrições para

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE COMUNICAÇÃO, TURISMO E ARTES PROGRAMA ASSOCIADO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES VISUAIS UFPB/UFPE

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE COMUNICAÇÃO, TURISMO E ARTES PROGRAMA ASSOCIADO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES VISUAIS UFPB/UFPE EDITAL Nº 01/PPGAV UFPB - 2017/2018 João Pessoa - PB SELEÇÃO DE BOLSISTA PARA PÓS-DOUTORADO - PNPD/CAPES O Programa Associado de Pós-Graduação em Artes Visuais UFPB/UFPE, no uso de suas atribuições torna

Leia mais

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DA BOLSA CARÊNCIA 2016/2

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DA BOLSA CARÊNCIA 2016/2 REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DA BOLSA CARÊNCIA 2016/2 FADERGS - Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul torna público o Regulamento para a disponibilização de Bolsas Incentivo Carência 2016/2,

Leia mais

REGULAMENTO RECARGA AUTOMÁTICA BÔNUS NO PRÉ PAGO

REGULAMENTO RECARGA AUTOMÁTICA BÔNUS NO PRÉ PAGO REGULAMENTO RECARGA AUTOMÁTICA BÔNUS NO PRÉ PAGO TELEMAR NORTE LESTE S.A., concessionária do Serviço Telefônico Fixo Comutado (STFC), com sede na Rua General Polidoro, 99 Botafogo Rio de Janeiro/RJ, inscrita

Leia mais

TRIBUTÁRIO Nº 651/14 - ASPECTOS RELACIONADOS AO REFIS

TRIBUTÁRIO Nº 651/14 - ASPECTOS RELACIONADOS AO REFIS TRIBUTÁRIO 17/11/2014 LEI 13.043/14 - CONVERSÃO DA MEDIDA PROVISÓRIA Nº 651/14 - ASPECTOS RELACIONADOS AO REFIS No dia 14 de novembro de 2014 foi publicada a Lei nº 13.043/2014, resultado da conversão

Leia mais

REGULAMENTO RECARGA AUTOMÁTICA BÔNUS NO PRÉ PAGO

REGULAMENTO RECARGA AUTOMÁTICA BÔNUS NO PRÉ PAGO REGULAMENTO RECARGA AUTOMÁTICA BÔNUS NO PRÉ PAGO Promoção conjunta da 14 BRASIL TELECOM CELULAR S/A, pessoa jurídica com sede no SIA/Sul, Área de Serviços Públicos, Conjunto D, Bloco B, Setor Industrial,

Leia mais

REGULAMENTO DA OFERTA FLEX PROGRAMADO

REGULAMENTO DA OFERTA FLEX PROGRAMADO REGULAMENTO DA OFERTA FLEX PROGRAMADO Pelo presente instrumento a SKY BRASIL SERVIÇOS LTDA. ( SKY ), autorizatária do serviço de DTH por força do Ato nº 3.504 de 25 de junho de 2012, disponibiliza aos

Leia mais

SUMÁRIO EXECUTIVO. Resumo do Regulamento da Utilização do Cartão BNDES IMPORTANTE: LEIA ESTE SUMÁRIO COM ATENÇÃO

SUMÁRIO EXECUTIVO. Resumo do Regulamento da Utilização do Cartão BNDES IMPORTANTE: LEIA ESTE SUMÁRIO COM ATENÇÃO SUMÁRIO EXECUTIVO Resumo do Regulamento da Utilização do Cartão BNDES IMPORTANTE: LEIA ESTE SUMÁRIO COM ATENÇÃO Este Sumário apresenta um resumo das principais informações que o Portador e a Beneficiária

Leia mais

N o 8.949, DE 26 DE AGOSTO DE D E C R E T A: Seção I Das Disposições Gerais

N o 8.949, DE 26 DE AGOSTO DE D E C R E T A: Seção I Das Disposições Gerais D E C R E T O N o 8.949, DE 26 DE AGOSTO DE 2013 DISCIPLINA O PARCELAMENTO DOS CRÉDITOS TRIBUTÁRIOS E NÃO TRIBUTÁRIOS, INSCRITOS OU NÃO EM DÍVIDA ATIVA, DO MUNICÍPIO DE ANGRA DOS REIS, DE SUAS AUTARQUIAS

Leia mais

Altera a Lei nº ,de 27 de dezembro de 1999, que dispõe sobre a Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos.

Altera a Lei nº ,de 27 de dezembro de 1999, que dispõe sobre a Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos. GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Gabinete Civil da Governadoria Superintendência de Legislação LEI Nº 16.653, DE 23 DE JULHO DE 2009 Altera a Lei nº 13.569,de 27 de dezembro de 1999, que dispõe sobre a Agência

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.568, DE 9 DE JULHO DE 2013

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.568, DE 9 DE JULHO DE 2013 AGÊNCIA CIOL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.568, DE 9 DE JULHO DE 2013 Homologa as Tarifas de Energia TEs e as Tarifas de Uso dos Sistemas de Distribuição TUSDs referentes à Companhia

Leia mais

DECRETO Nº , DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015.

DECRETO Nº , DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015. DECRETO Nº 19.269, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015. Estabelece o Calendário Fiscal de Arrecadação dos Tributos Municipais, o valor da Unidade Financeira Municipal (UFM) e os preços do metro quadrado de terrenos

Leia mais

: RN-17/94 RH-32. Companhia Hidro Elétrica do São Francisco DIRETORIA ADMINISTRATIVA Superintendência de Tecnologia da Informação - STI

: RN-17/94 RH-32. Companhia Hidro Elétrica do São Francisco DIRETORIA ADMINISTRATIVA Superintendência de Tecnologia da Informação - STI Companhia Hidro Elétrica do São Francisco DIRETORIA ADMINISTRATIVA Superintendência de Tecnologia da Informação - STI Resolução Normativa Número Sistema : RECURSOS HUMANOS Sub-Sistema : Vigência : 01/09/2009

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.931, DE 11 DE AGOSTO DE 2015

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.931, DE 11 DE AGOSTO DE 2015 AGÊNCIA CIOL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.931, DE 11 DE AGOSTO DE 2015 Homologa o resultado do Reajuste Tarifário Anual de 2015, as Tarifas de Energia TE e as Tarifas de Uso do

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO RESOLUÇÃO NORMATIVA CFA Nº 490, DE 01 DE NOVEMBRO DE 2016

CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO RESOLUÇÃO NORMATIVA CFA Nº 490, DE 01 DE NOVEMBRO DE 2016 Publicado no DOU nº 218, 14/11/2016, Seção 1 pag. 269 Publicado no DOU nº 222, 21/11/2016, Seção 1 pág. 127 Publicada no DOU nº 91, 15/05/2017, Seção 1 pág. 225 RESOLUÇÃO NORMATIVA CFA Nº 490, DE 01 DE

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO - Plano Livre Pós 40 PLANO ALTERNATIVO N LOC

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO - Plano Livre Pós 40 PLANO ALTERNATIVO N LOC EMPRESA PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO - Plano Livre Pós 40 PLANO ALTERNATIVO N 070 - LOC Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. EMBRATEL. NOME DO PLANO Plano Livre + 21 PAS 070 - LC MODALIDADE DO STFC

Leia mais

EDITAL DE RENOVAÇÃO DA BOLSA UNIPOA 2017/2

EDITAL DE RENOVAÇÃO DA BOLSA UNIPOA 2017/2 EDITAL DE RENOVAÇÃO DA BOLSA UNIPOA 2017/2 Os alunos que possuem benefício do Programa Unipoa deverão, obrigatoriamente, realizar o procedimento descrito abaixo para solicitação da renovação da bolsa de

Leia mais

Resolução Nº /2010, DE DE DE 2010.

Resolução Nº /2010, DE DE DE 2010. Resolução Nº /2010, DE DE DE 2010. Regulamenta os processos de efetivação, renovação, trancamento, cancelamento da matrícula e reingresso, para alunos dos cursos técnicos de nível médio e cursos superiores,

Leia mais

REAJUSTE DO CONTRATO DE CONCESSÃO DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ ODEBRECHT AMBIENTAL SUMARÉ S/A

REAJUSTE DO CONTRATO DE CONCESSÃO DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ ODEBRECHT AMBIENTAL SUMARÉ S/A Americana, 07 de dezembro de 2015. PROCESSO ADMINISTRATIVO ARES-PCJ Nº 154/2015 PARECER CONSOLIDADO ARES-PCJ Nº 50/2015 - CRO ASSUNTO: INTERESSADO: REAJUSTE DO CONTRATO DE CONCESSÃO DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE RECOMPENSA CARTÃO SMILES

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE RECOMPENSA CARTÃO SMILES REGULAMENTO DO PROGRAMA DE RECOMPENSA CARTÃO SMILES Este Instrumento tem como objetivo regulamentar a participação no PROGRAMA DE RECOMPENSAS previsto na Seção IV do CONTRATO DE EMISSÃO E UTILIZAÇÃO DOS

Leia mais

REGULAMENTO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2016/2017

REGULAMENTO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2016/2017 REGULAMENTO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2016/2017 CAPÍTULO I OBJETIVO GERAL Art. 1 o - O presente regulamento tem como objetivo normatizar as atividades de Iniciação Científica da Faculdade Governador Ozanam

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 527, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2016.

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 527, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2016. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 527, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2016. Estabelece procedimentos para obtenção de autorização prévia para instalação de escritório de representação, cadastramento,

Leia mais

Of. nº 1014/GP. Paço dos Açorianos, 12 de novembro de Senhor Presidente:

Of. nº 1014/GP. Paço dos Açorianos, 12 de novembro de Senhor Presidente: Of. nº 1014/GP. Paço dos Açorianos, 12 de novembro de 2010. Senhor Presidente: Encaminho a Vossa Excelência e a seus dignos Pares, para apreciação dessa Colenda Câmara, Projeto de Lei Complementar que

Leia mais

PROCESSO ADMINISTRATIVO ARES-PCJ Nº 05/2015 PARECER CONSOLIDADO ARES-PCJ Nº 11/ DFB

PROCESSO ADMINISTRATIVO ARES-PCJ Nº 05/2015 PARECER CONSOLIDADO ARES-PCJ Nº 11/ DFB PROCESSO ADMINISTRATIVO ARES-PCJ Nº 05/2015 PARECER CONSOLIDADO ARES-PCJ Nº 11/2015 - DFB ASSUNTO: INTERESSADO: REAJUSTE DO CONTRATO DE PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA Nº 048/2012 - ÁGUAS DO MIRANTE S/A SERVIÇO

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.580, DE 6 DE AGOSTO DE 2013

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.580, DE 6 DE AGOSTO DE 2013 AGÊNCIA CIOL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.580, DE 6 DE AGOSTO DE 2013 Homologa o resultado da terceira Revisão Tarifária Periódica RTP da Cooperativa Aliança Cooperaliança, fixa

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE SERVIÇOS DE ODONTOLOGIA

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE SERVIÇOS DE ODONTOLOGIA MANUAL DE INSTRUÇÕES DE SERVIÇOS DE ODONTOLOGIA 1 NORMAS GERAIS DE ATENDIMENTO OBJETIVO Orientar os recursos credenciados no atendimento prestado aos usuários da Mogidonto e seus dependentes. 1. Cartão

Leia mais

REALINHAMENTO TARIFÁRIO

REALINHAMENTO TARIFÁRIO REALINHAMENTO TARIFÁRIO Considerando: - A necessidade da CESAMA Companhia de Saneamento Municipal, como empresa pública prestadora de serviços de saneamento básico de água e coleta de esgoto, em seguir

Leia mais

ARTIGO 65 DA LEI Nº , DE 11 DE JUNHO DE Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial ARTIGO 65

ARTIGO 65 DA LEI Nº , DE 11 DE JUNHO DE Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial ARTIGO 65 ARTIGO 65 LEI Nº 12.249, DE 11 DE JUNHO DE 2010 Art. 65. Poderão ser pagos ou parcelados, em até 180 (cento e oitenta) meses, nas condições desta Lei, os débitos administrados pelas autarquias e fundações

Leia mais

CAPÍTULO 2 AVALIAÇÃO TÉCNICO-ECONÔMICA DA ENERGIA

CAPÍTULO 2 AVALIAÇÃO TÉCNICO-ECONÔMICA DA ENERGIA CAPÍTULO 2 AVALIAÇÃO TÉCNICO-ECONÔMICA DA ENERGIA Versão 2.0 Dirreitos Reservados PROCOBRE 2009 INTRODUÇÃO O custo da energia elétrica é um fator importante na economia de uma familia, comércio e indústria.

Leia mais

DECRETO Nº DE 26 DE JANEIRO DE 2017 (DOERJ 27/01/2017)

DECRETO Nº DE 26 DE JANEIRO DE 2017 (DOERJ 27/01/2017) DECRETO Nº 45.895 DE 26 DE JANEIRO DE 2017 (DOERJ 27/01/2017) REGULAMENTA DISPOSITIVOS DA LEI ESTADUAL Nº 5.628, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2009, ALTERADA PELA LEI ESTADUAL Nº 7.506, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2016,

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO VipLine Linhas Individuais PLANO ALTERNATIVO N LC

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO VipLine Linhas Individuais PLANO ALTERNATIVO N LC PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO VipLine Linhas Individuais PLANO ALTERNATIVO N 091 - LC EMPRESA Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. EMBRATEL. NOME DO PLANO Plano VipLine Linhas Individuais PAS 091

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO

CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO Publicada DOU nº 217, 13/11/2017, Seção 1 pág. 161. Retificada pelo DOU nº226, 27/11/2017, Seção 1 pág.245 Publicada DOU nº 236, 11/12/2017, Seção 1 pág. 147 RESOLUÇÃO NORMATIVA CFA Nº 525, DE 09 DE NOVEMBRO

Leia mais

Detalhamento do Plano

Detalhamento do Plano A. Empresa: S/A PLANO ALTERNATIVO LOCAL (Região II exceto os Setores 20, 22 e 25 do PGO) PLANO Nº 146 B. Nome do Plano: Plano Alternativo de Serviço Nº 146 C. Identificação para a Anatel: Plano Alternativo

Leia mais

MUNICÍPIO DE GUARAPARI ESTADO DO ESPÍRITO SANTO GABINETE DO PREFEITO DECRETO Nº 003/2016

MUNICÍPIO DE GUARAPARI ESTADO DO ESPÍRITO SANTO GABINETE DO PREFEITO DECRETO Nº 003/2016 DECRETO Nº 003/2016 ESTABELECE CRITÉRIOS PARA A CONCESSÃO DE ISENÇÃO DE PAGAMENTO DE TARIFA DO ESTACIONAMENTO ROTATIVO DIGITAL AO PROPRIETÁRIO OU INQUILINO, DOMICILIADO EM IMÓVEL RESIDENCIAL NÃO POSSUIDOR

Leia mais

1º - As pessoas com deficiência deverão apresentar, no ato do cadastro a seguinte documentação:

1º - As pessoas com deficiência deverão apresentar, no ato do cadastro a seguinte documentação: Lei nº 465 / 2005 Estabelece o direito à dispensa do pagamento de tarifa no sistema de transporte coletivo para as pessoas com deficiência e doenças crônicas e dá outras providências ARTIGO 1º - As pessoas

Leia mais

1 - INTRODUÇÃO PARECER CONSOLIDADO ARES-PCJ Nº 05/ CRBG PROCESSO ADMINISTRATIVO ARES-PCJ Nº 08/2017

1 - INTRODUÇÃO PARECER CONSOLIDADO ARES-PCJ Nº 05/ CRBG PROCESSO ADMINISTRATIVO ARES-PCJ Nº 08/2017 PROCESSO ADMINISTRATIVO ARES-PCJ Nº 08/2017 PARECER CONSOLIDADO ARES-PCJ Nº 05/2017 - CRBG ASSUNTO: INTERESSADO: REAJUSTE ANUAL DE PREÇOS DO CONTRATO DE PPP Nº 48/2012 SERVIÇO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO-SEMAE,

Leia mais

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE FAZENDA, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor,

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE FAZENDA, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor, RESOLUÇÃO SMF Nº 1.897 DE 23/12/2003 Atualiza as normas para emissão, no âmbito da Secretaria Municipal de Fazenda, de certidões fiscais relativas ao Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza. O SECRETÁRIO

Leia mais

Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço

Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço 1 - Aplicação Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço Plano Nº 107 - Vivo Controle 60 Requerimento de Homologação Nº 8123 Este Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço é aplicável pela autorizatária VIVO, em

Leia mais

PLANOS ALTERNATIVOS PA nº. 106 Pacote de Minutos Locais Mensais IV

PLANOS ALTERNATIVOS PA nº. 106 Pacote de Minutos Locais Mensais IV PLANOS ALTERNATIVOS PA nº. 106 Pacote de Minutos Locais Mensais IV A. Empresa Telecomunicações de São Paulo S.A. TELESP B. Nome do Plano Nome Técnico: Planos de Minutos Locais Mensais IV Nome comercial:

Leia mais

Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço

Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço Plano Nº 093 - Oi Controle - Pacotes Flexíveis em Reais Requerimento de Homologação Nº 8804 1 - Aplicação Este Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço é aplicável pela

Leia mais

PLANO BÁSICO LOCAL EMPRESAS

PLANO BÁSICO LOCAL EMPRESAS PLANO BÁSICO LOCAL EMPRESAS A. Empresa Telefônica Brasil S.A. B. Nome do Plano: Técnico: Plano Básico Local Empresas Comercial: a definir C. Identificação para a Anatel: Plano Básico Local Empresas D.

Leia mais

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 134, DE 15 DE MARÇO DE 2016

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 134, DE 15 DE MARÇO DE 2016 RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 134, DE 15 DE MARÇO DE 2016 Dispõe sobre o reajuste dos valores das Tarifas de Água e Esgoto e dos Preços Públicos dos demais serviços de água e esgoto a serem aplicados no Município

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.683, DE 4 DE FEVEREIRO DE 2014.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.683, DE 4 DE FEVEREIRO DE 2014. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.683, DE 4 DE FEVEREIRO DE 2014. Homologa as Tarifas de Energia TE e as Tarifas de Uso dos Sistemas de Distribuição TUSD referentes

Leia mais

NOTA TÉCNICA N NT/F/004/2016 AJUSTE DAS TARIFAS DE ÁGUA E ESGOTO DA SABESP PARA O MUNICÍPIO DE GLICÉRIO. maio de 2016

NOTA TÉCNICA N NT/F/004/2016 AJUSTE DAS TARIFAS DE ÁGUA E ESGOTO DA SABESP PARA O MUNICÍPIO DE GLICÉRIO. maio de 2016 NOTA TÉCNICA N NT/F/004/2016 AJUSTE DAS TARIFAS DE ÁGUA E ESGOTO DA SABESP PARA O MUNICÍPIO DE GLICÉRIO 1 maio de 2016 NOTA TÉCNICA TARIFAS DE ÁGUA E ESGOTO PARA O MUNICÍPIO DE GLICÉRIO 2016 1 CONSIDERAÇÕES

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.904, DE 23 DE JUNHO DE 2015

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.904, DE 23 DE JUNHO DE 2015 AGÊNCIA CIOL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.904, DE 23 DE JUNHO DE 2015 Texto Original Voto Homologa o resultado do Reajuste Tarifário Anual de 2015, as Tarifas de Energia TE e

Leia mais

1.3. A ativação dos Planos Oi Cartão ocorre quando o cliente origina a primeira chamada e atualiza seus dados junto à Oi.

1.3. A ativação dos Planos Oi Cartão ocorre quando o cliente origina a primeira chamada e atualiza seus dados junto à Oi. REGULAMENTO RECARGA AUTOMÁTICA R$1,00 COM BÔNUS DE R$100 NO PRÉ PAGO TELEMAR NORTE LESTE S.A., concessionária do Serviço Telefônico Fixo Comutado (STFC), com sede na Rua General Polidoro, 99 Botafogo Rio

Leia mais

Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu, Paulo César Silva, Prefeito Municipal, sanciono e promulgo a seguinte lei:

Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu, Paulo César Silva, Prefeito Municipal, sanciono e promulgo a seguinte lei: Institui o Programa Temporário de Pagamento Incentivado de Débitos para com a Fazenda Pública do Município de Poços de Caldas- POÇOS EM DIA II e dá outras providências. Faço saber que a Câmara Municipal

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 01/ SEBRAE FAQ Perguntas mais Frequentes

PROCESSO SELETIVO Nº 01/ SEBRAE FAQ Perguntas mais Frequentes PROCESSO SELETIVO Nº 01/2015 - SEBRAE FAQ Perguntas mais Frequentes 1. Se eu enviar só a ficha de inscrição já estarei apto a participar do Processo Seletivo? Não. Deverá enviar toda documentação ou sua

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO, LINGUAGENS E CULTURA

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO, LINGUAGENS E CULTURA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO, LINGUAGENS E CULTURA PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DE PÓS-GRADUAÇÃO E TAXAS/AUXÍLIOS PARA PAGAMENTO DE MENSALIDADES ESCOLARES - PROSUP PROSUP EDITAL Nº002/2016

Leia mais

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 140, DE 06 DE JUNHO DE 2016

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 140, DE 06 DE JUNHO DE 2016 RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 140, DE 06 DE JUNHO DE 2016 Dispõe sobre o reajuste dos valores das Tarifas de Água e Esgoto e dos Preços Públicos dos demais serviços de água e esgoto a serem aplicados no Município

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 642, DE 22 DE ABRIL DE 2008.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 642, DE 22 DE ABRIL DE 2008. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 642, DE 22 DE ABRIL DE 2008. Homologa as tarifas de fornecimento de energia elétrica e as Tarifas de Uso dos Sistemas de Distribuição,

Leia mais

1º O parecer do (a) Assistente Social, que deverá estar de acordo com os critérios abaixo:

1º O parecer do (a) Assistente Social, que deverá estar de acordo com os critérios abaixo: Lei 3914/2016 DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DE BENEFÍCIO EVENTUAL PARA INDIVÍDUOS E FAMÍLIAS EM SITUAÇÃO DE VULNERABILIDADE, TEMPORÁRIA NO MUNICÍPIO DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ. Prefeito Municipal de Balneário Camboriú,

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO PA nº 266

PLANO ALTERNATIVO PA nº 266 PLANO ALTERNATIVO PA nº 266 A. Empresa Telefônica Brasil S.A. B. Nome do Plano Fixo: Técnico: Ilimitado Fixo Local Comercial: a definir C. Identificação para a Anatel: Plano Alternativo Nº 266 D. Modalidade

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO 1º SEMESTRE DE 2014

PROGRAMA DE BOLSAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO 1º SEMESTRE DE 2014 PROGRAMA DE BOLSAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO 1º SEMESTRE DE 2014 I) Objetivo A Fundação Getulio Vargas e a DIREITO GV estabeleceram diversos programas de bolsas de estudos que têm por objetivo a qualificação

Leia mais

DESCRITIVO DO PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO Nº 146

DESCRITIVO DO PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO Nº 146 DESCRITIVO DO PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO Nº 146 A. Empresa: Oi (Telemar Norte Leste S.A.) B. Nome do Plano: Plano Alternativo de Serviço n.º 146 Franquia 350 minutos + Franquia VC1 C. Identificação para

Leia mais

FORMULÁRIO DEMITIDO OU APOSENTADO (RN 279)

FORMULÁRIO DEMITIDO OU APOSENTADO (RN 279) FORMULÁRIO DEMITIDO OU APOSENTADO (RN 279) I EXCLUSÃO COM CIÊNCIA DO DIREITO DE MANUTENÇÃO DO PLANO COMO EX-EMPREGADO 1. DADOS DA OPERADORA OPERADORA Unimed Chapecó Coop. de Trab. Méd. da Reg. Oeste Catarinense

Leia mais

PESQUISA FUNDEPES CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO Nº 003/2015

PESQUISA FUNDEPES CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO Nº 003/2015 FUNDAÇÃO UNIVERSITÁRIA DE DESENVOLVIMENTO DE EXTENSÃO E PESQUISA FUNDEPES CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO Nº 003/2015 DISPÕE SOBRE A CONCESSÃO DE SUPRIMENTO DE FUNDOS PELA FUNDAÇÃO UNIVERSITÁRIA DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

MUNICÍPIO DE LAGOA AÇORES REGULAMENTO DO PAGAMENTO EM PRESTAÇÕES DA RECEITA DO FORNECIMENTO DE ÁGUA. Preâmbulo

MUNICÍPIO DE LAGOA AÇORES REGULAMENTO DO PAGAMENTO EM PRESTAÇÕES DA RECEITA DO FORNECIMENTO DE ÁGUA. Preâmbulo REGULAMENTO DO PAGAMENTO EM PRESTAÇÕES DA RECEITA DO FORNECIMENTO DE ÁGUA Preâmbulo O Regulamento Municipal dos Sistemas Públicos e Predial de Distribuição de Água e Drenagem de Águas Residuais do Concelho

Leia mais