MODELAGEM E DESENVOLVIMENTO DE UMA FERRAMENTA HIPERMÍDIA DE ENSINO VOLTADA AO SETOR AGROPECUÁRIO, USANDO OOHDM

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MODELAGEM E DESENVOLVIMENTO DE UMA FERRAMENTA HIPERMÍDIA DE ENSINO VOLTADA AO SETOR AGROPECUÁRIO, USANDO OOHDM"

Transcrição

1 MODELAGEM E DESENVOLVIMENTO DE UMA FERRAMENTA HIPERMÍDIA DE ENSINO VOLTADA AO SETOR AGROPECUÁRIO, USANDO OOHDM RESUMO Rodrigo de Oliveira André Luiz Zambalde Rêmulo Maia Alves Sérgio Augusto Carvalho Gomes Universidade Federal de Lavras - UFLA Departamento de Ciência da Computação Caixa Postal Lavras - MG Nesse trabalho são apresentados alguns dos principais conceitos envolvidos na modelagem e desenvolvimento de uma aplicação hipermídia utilizando-se OOHDM (Object Oriented Hypermedia Design Model). Desenvolve-se o modelo conceitual, o projeto de navegação e o design abstrato da interface que atendem a qualquer aplicação educacional para, finalmente, implementar o produto específico, direcionado ao setor agropecuário. Conclui-se que o modelo é capaz de estruturar grandes e complexas aplicações, facilitando a manutenção e dando suporte à reutilização. Palavras-chave: agropecuária, ensino, hipermídia MODELING AND DEVELOPMENT OF A TEACHING HYPERMEDIA TOOL FOR THE AGRICULTURAL SECTOR USING OOHDM ABSTRACT This work presents the main concepts involved in a hypermedia application modeling and development using the OOHDM (Object Oriented Hypermedia Design Model). The conceptual model is developed and then the navigation project, the interface abstract design that assists whatever educational application and, finally, the specific product implementation for the agricultural sector. It is concluded that the model is able to structure large and complex applications, facilitating the maintenance and giving support to the reuse. Key Words: agricultural, learning, hypermedia. INTRODUÇÃO As tecnologias de informação e comunicação tem proporcionado, a cada dia, o surgimento de novas propostas e metodologias de ensino auxiliado por computador, criando uma nova figura entre o binômio aluno/professor. Se a interação entre esses três elementos (aluno - tecnologia - professor) for bem feita, acredita-se que a máquina possa constituir uma ferramenta valiosa para a melhoria do processo de ensino e aprendizagem. 1

2 No entanto, no desenvolvimento de aplicações educacionais, os profissionais tem-se deparado com dois problemas: a difícil manutenção e pequena reutilização dessas aplicações. Vários modelos de autoria hipermídia têm sido criados visando eliminar esses problemas. Esse trabalho objetiva apresentar uma aplicação de ensino desenvolvida usando o modelo OOHDM (Schwabe, 1993) em conjunto com uma série de conceitos de interface homem-máquina a serem incluídos nas fases de design e implementação visando facilidade de manutenção e reuso. Alguns conceitos básicos do modelo serão apresentados; seguidos da modelagem de uma aplicação educacional com propósitos gerais e, finalmente, de um exemplo específico de aplicação voltada para o setor agropecuário será implementado. METODOLOGIA Os seguintes conceitos devem ser especificados: (a) hipertexto: trechos de informação (textos, figuras e gráficos) interligados de forma não-seqüencial; (b) hipermídia: junção da multimídia (imagem e som) com mecanismos e semânticas dos hipertextos (D'ipolitto, 1994); (c) nós: trechos de informação correspondentes a partes do documento hipermídia; (d) elos: ligações entre nós; (e) âncoras: estrutura de ativação do elo (botões e palavras marcadas, por exemplo); (f) estruturas de acesso: menus e índices hierárquicos; (g) autoria: projeto de uma aplicação hipermídia - ponto grande (estrutura), ponto pequeno (conteúdo e forma). As ações realizadas envolvem a modelagem da aplicação, ou seja, a construção do projeto lógico (estrutura da aplicação) sem preocupação com o conteúdo em texto ou mídia, utilizando-se OOHDM (Schwabe & Rossi, 1994). Na seqüência, realiza-se o projeto da navegação - a descrição das estruturas de acesso da aplicação com o OOHDM. Passa-se ao design abstrato da interface que é a definição da aplicação dinâmica, utilizando-se software de autoria (Toolbook, Autoware ou Director ). Tem-se, aqui, a aplicação hipermídia genérica (qualquer curso). Finalmente, passa-se à fase de implementação que é a geração do aplicativo hipermídia modelado nas fases anteriores, para uma ou mais aplicações específicas. MODELAGEM E PROJETO NAVEGACIONAL Para produção da ferramenta de ensino, ou aplicação hipermídia de propósito geral, três subsistemas foram identificados como fundamentais: subsistema de conteúdo (disciplinas, professores, material de estudo, etc.), subsistema de auxílio à aprendizagem (mídias) e subsistema de avaliação. Realiza-se a modelagem desses subsistemas gerando-se o "diagramas de classes" ou "índice principal" apresentado na Figura 1.

3 FIGURA 1: A ferramenta de ensino e seus subsistemas. Tomando-se o subsistema de conteúdo como exemplo, pode-se projetar o seu modelo conceitual avançado utilizando-se OOHDM (Figura 2) 3

4 FIGURA 2: Modelagem - subsistema de conteúdo. A partir do modelo conceitual pode-se implementar o projeto da navegação. As classes Ementa e Assunto (apresentadas na Figura 2), por exemplo, podem ser mapeadas do modelo conceitual para o navegacional de forma simples e fácil, conforme ilustrado na Figura 3. FIGURA 3: Projeto navegacional - subsistema de conteúdo. DESIGN ABSTRATO E IMPLEMENTAÇÃO DA APLICAÇÃO A Figura 4. apresenta o design abstrato da ferramenta de ensino. Na região (1) tem-se a estrutura de acesso global da aplicação. Nas regiões (2) e (3) estão as pequenas informações (nome de curso, disciplinas, etc.). A região (4) é utilizada para conteúdos extensos (índices, conteúdo de curso, entre outros) e a região (5) deverá será o navegador da aplicação.

5 FIGURA 4: Design abstrato da ferramenta de ensino. Ao término das fases anteriores, tem-se a transição do domínio da abstração para a implementação da aplicação, conforme ilustra a Figura 5. Curso de Criação de Caprinos. FIGURA 5: Implementação - Curso Criação de Caprinos 5

6 CONCLUSÕES O modelo OOHDM permite a criação de sistemas independente da implementação, facilitando manutenção e garantindo reusabilidade do produto final. A partir de um problema geral modelado, cada problema específico deve adequar (provocar pequenas alterações/modificações) o sistema de forma a atender suas verdadeiras necessidades. A autoria em ponto pequeno foi considerada relevante e provavelmente o será para quaisquer aplicativos direcionados a quaisquer áreas. Desta forma, é possível obter uma ferramenta poderosa para desenvolvimento de aplicações hipermídia aliando-se, ao modelo, conceitos de qualidade de software. BIBLIOGRAFIA CITADA LUCENA, Marisa W. E. P. O uso das tecnologias da informática para o desenvolvimento da educação. Publicações Técnicas ES 301/94. Rio de Janeiro, COPPE / Universidade Federal do Rio de Janeiro, p. D IPOLITTO, C. (1989) Hipertexto: uma visão geral. Boletim Técnico Nº COPPE/Sistemas/UFRJ RJ-Brasil. SCHWABE, D. Autoria em Hipermídia Versão Preliminar PUC/Rio Junho SCHWABE, D.; ROSSI, G. OOHDM: An Object Oriented Hypermedia Design Model PUC/Rio 1994.

MODELAGEM E IMPLEMENTAÇÃO DE UMA APLICAÇÃO HIPERMÍDIA PARA REBANHOS, UTILIZANDO OOHDM

MODELAGEM E IMPLEMENTAÇÃO DE UMA APLICAÇÃO HIPERMÍDIA PARA REBANHOS, UTILIZANDO OOHDM MODELAGEM E IMPLEMENTAÇÃO DE UMA APLICAÇÃO HIPERMÍDIA PARA REBANHOS, UTILIZANDO OOHDM RESUMO André Luiz Zambalde Professor da Universidade Federal de Lavras - UFLA Caixa Postal 37-37200-000 - Lavras/MG

Leia mais

INTERNET APLICADA À EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS: CURSO DE CRIAÇÃO DE CAPRINOS VIA INTERNET COM APOIO DE CD INTERATIVO

INTERNET APLICADA À EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS: CURSO DE CRIAÇÃO DE CAPRINOS VIA INTERNET COM APOIO DE CD INTERATIVO INTERNET APLICADA À EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS: CURSO DE CRIAÇÃO DE CAPRINOS VIA INTERNET COM APOIO DE CD INTERATIVO RESUMO Rodrigo de Oliveira Acadêmico do Curso de Ciência da Computação da UFLA Caixa

Leia mais

SOFTWARE EDUCACIONAL PARA ELABORAÇÃO DE PROVAS E EXERCÍCIOS

SOFTWARE EDUCACIONAL PARA ELABORAÇÃO DE PROVAS E EXERCÍCIOS SUZETE KEINER SOFTWARE EDUCACIONAL PARA ELABORAÇÃO DE PROVAS E EXERCÍCIOS CIOS Orientador: Prof.. Carlos Eduardo Negrão Bizzotto ROTEIRO Introdução Objetivos Informática na Educação Etapas de Implantação

Leia mais

SISTEMA EDUCACIONAL HIPERMÍDIA PARA O ENSINO DE FISIOLOGIA ANIMAL - MODELAGEM E IMPLEMENTAÇÃO

SISTEMA EDUCACIONAL HIPERMÍDIA PARA O ENSINO DE FISIOLOGIA ANIMAL - MODELAGEM E IMPLEMENTAÇÃO 1 SISTEMA EDUCACIONAL HIPERMÍDIA PARA O ENSINO DE FISIOLOGIA ANIMAL - MODELAGEM E IMPLEMENTAÇÃO ANDRÉ TADEU SANTOS FIALHO 1 LUIS DAVID SÓLIS MURGAS 2 ANDRÉ LUIZ ZAMBALDE 1 RÊMULO MARIA ALVES 1 1 DCC -

Leia mais

TUTORIAL PARA AUXILIAR NO APRENDIZADO A DISTÂNCIA DO WINDOWS 98. Formando: Dante Ozório Machado. Orientador: Carlos Eduardo Negrão Bizzotto

TUTORIAL PARA AUXILIAR NO APRENDIZADO A DISTÂNCIA DO WINDOWS 98. Formando: Dante Ozório Machado. Orientador: Carlos Eduardo Negrão Bizzotto TUTORIAL PARA AUXILIAR NO APRENDIZADO A DISTÂNCIA DO WINDOWS 98 Formando: Dante Ozório Machado Orientador: Carlos Eduardo Negrão Bizzotto ROTEIRO - Objetivo - Ensino a distância - Informática na educação

Leia mais

Fases do OOHDM. OOHDM Um modelo para autoria de HT

Fases do OOHDM. OOHDM Um modelo para autoria de HT OOHDM Um modelo para autoria de HT OOHDM Object Oriented Hypermedia Design Method Abrange as fases de Espeficicação de Requisitos, Modelagem Conceitual, Modelagem da Navegação e Modelagem da Interface

Leia mais

MARIA CAROLINA R. M. DA CUNHA AUTORIA EM HIPERMÍDIA: O MODELO OOHDM APLICADO AO ENSINO DE LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO

MARIA CAROLINA R. M. DA CUNHA AUTORIA EM HIPERMÍDIA: O MODELO OOHDM APLICADO AO ENSINO DE LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO MARIA CAROLINA R. M. DA CUNHA AUTORIA EM HIPERMÍDIA: O MODELO OOHDM APLICADO AO ENSINO DE LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO Monografia de graduação apresentada ao Departamento de Ciência da Computação da Universidade

Leia mais

Transições Animadas em Aplicações Web Baseadas em Modelos

Transições Animadas em Aplicações Web Baseadas em Modelos André Tadeu Santos Fialho Transições Animadas em Aplicações Web Baseadas em Modelos Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do título de Mestre pelo Programa

Leia mais

RELATÓRIO DE INTRODUÇÃO AO PROJETO

RELATÓRIO DE INTRODUÇÃO AO PROJETO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA BACHARELADO EM CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO RELATÓRIO DE INTRODUÇÃO AO PROJETO ALUNO: LEONARDO DE S. BRASIL MATRICULA: 04132513 ORIENTADOR: RICARDO PEREIRA E SILVA PROFESSOR:

Leia mais

Notas de Aula 03: Introdução a Orientação a Objetos e a UML

Notas de Aula 03: Introdução a Orientação a Objetos e a UML Notas de Aula 03: Introdução a Orientação a Objetos e a UML Objetivos da aula: Introduzir os conceitos da Orientação à Objetos (O.O) Introduzir os conceitos da UML Relacionar os processos às ferramentas

Leia mais

Sistemas Multimídia Aula 2. Autoria Multimídia

Sistemas Multimídia Aula 2. Autoria Multimídia Sistemas Multimídia Aula 2 Autoria Multimídia Diogo Pinheiro Fernandes Pedrosa Universidade Federal Rural do Semiárido Departamento de Ciências Exatas e Naturais Curso de Ciência da Computação Introdução

Leia mais

Utilização de XML no Desenvolvimento de Hiperdocumentos Educacionais

Utilização de XML no Desenvolvimento de Hiperdocumentos Educacionais 1 Utilização de XML no Desenvolvimento de Hiperdocumentos Educacionais Fabiano Fagundes, Parcilene F. Brito, Fernando L. Oliveira, Jackson G. Souza, Carlos H. Tolentino Resumo O desenvolvimento colaborativo

Leia mais

Documentação de Software

Documentação de Software ISO/IEC 12207: Documentação de Software Registra a evolução do software para que sejam criadas as bases necessárias para uma melhor utilização e manutenção do software Estima-se que de 20% a 30% de todo

Leia mais

Aplicação do Método OOHDM no Desenvolvimento de um Sistema Hipermídia para Aprendizagem de Metodologia Científica

Aplicação do Método OOHDM no Desenvolvimento de um Sistema Hipermídia para Aprendizagem de Metodologia Científica Aplicação do Método OOHDM no Desenvolvimento de um Sistema Hipermídia para Aprendizagem de Metodologia Científica Rafael Milleo, Ana Grasielle Dionísio Corrêa Faculdade de Computação e Informática - Universidade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 15 PROFª BRUNO CALEGARO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 15 PROFª BRUNO CALEGARO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 15 PROFª BRUNO CALEGARO Santa Maria, 08 de Novembro de 2013. Contextualização Nas próximas aula iremos começar a modelar e projetar sistemas

Leia mais

Organização Participada de Informação Hipertextual Sobre Cadeiras

Organização Participada de Informação Hipertextual Sobre Cadeiras Organização Participada de Informação Hipertextual Sobre Cadeiras Nuno Pina Gonçalves Instituto Superior Técnico nmvpg@mail.telepac.pt Pedro Antunes Dep. de Engenharia Informática Instituto Superior Técnico

Leia mais

Visão Geral da UML. SSC Engenharia de Software I Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 2 o semestre de 2012

Visão Geral da UML. SSC Engenharia de Software I Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 2 o semestre de 2012 Visão Geral da UML SSC 121 - Engenharia de Software I Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 2 o semestre de 2012 Conteúdo Introdução Ferramentas de Apoio Diagramas da UML Elementos Genéricos Material sobre UML

Leia mais

Descrição de Desenho de Software. Projeto de Sistemas de Software Prof. Rodrigo Ribeiro

Descrição de Desenho de Software. Projeto de Sistemas de Software Prof. Rodrigo Ribeiro Projeto de Sistemas de Prof. Rodrigo Ribeiro Descrição de Desenho de DDSw Principal documento do fluxo de desenho Derivado a partir da ERSw Descreve como implementar... Para atender os requisitos presentes

Leia mais

SISTEMAS MULTIMÍDIA PROF MOZART DE MELO

SISTEMAS MULTIMÍDIA PROF MOZART DE MELO SISTEMAS MULTIMÍDIA PROF MOZART DE MELO Programa da Disciplina Multimídia conceitos, comunicação homemmáquina. Autoria produção de diversos tipos de aplicativos multimídia, examinando-se as alternativas

Leia mais

Prof. Daniel Hasse. Multimídia e Hipermídia

Prof. Daniel Hasse. Multimídia e Hipermídia Prof. Daniel Hasse Multimídia e Hipermídia AULA 01 O que é multimídia? Prof. Daniel Hasse Livro - Multimídia: conceitos e aplicações Os principais conceitos da tecnologia da multimídia serão abordados

Leia mais

A autoria - I. A autoria - I. Ferramentas para desenvolvimento de multimídia. A autoria - I Wilson de Pádua Paula Filho.

A autoria - I. A autoria - I. Ferramentas para desenvolvimento de multimídia. A autoria - I Wilson de Pádua Paula Filho. A autoria - I Tópicos: A autoria - I Ferramentas para desenvolvimento de multimídia Ferramentas para desenvolvimento de multimídia Categorias de ferramentas para criação de multimídia: aplicativos fechados;

Leia mais

Introdução a UML (Unified Modeling Language)

Introdução a UML (Unified Modeling Language) Introdução a UML (Unified Modeling Language) O que é a UML? Linguagem Gráfica de Modelagem para: Visualizar Especificar Construir Documentar Comunicar Artefatos de sistemas complexos Linguagem: vocabulário

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Universidade São Judas Tadeu Prof. André Luiz Ribeiro Prof. Jorge Luis Pirolla Introdução à Computação Engenharia de Software Tópicos O que é Engenharia de Software? Engenharia de Software em camadas Processo

Leia mais

Fábio Amado João Maio 33306

Fábio Amado João Maio 33306 Fábio Amado 33637 João Maio 33306 Universidade de Aveiro Especificação, Modelação e Projecto de Sistemas Embutidos 21-11-2009 1. UML - o que é? 2. A Natureza dos Sistemas Embutidos 1. Heterogeneidade 2.

Leia mais

Mapas Conceituais como Árvore Navegacional de Conteúdos Web: Um Estudo de Caso Sobre Cognitor

Mapas Conceituais como Árvore Navegacional de Conteúdos Web: Um Estudo de Caso Sobre Cognitor Mapas Conceituais como Árvore Navegacional de Conteúdos Web: Um Estudo de Caso Sobre Cognitor Junia Coutinho Anacleto Alessandro José Francisco Carlos Ana Luiza Dias Aparecido Fabiano Pinatti de Carvalho

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA /1

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA /1 ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA - 2008/1 DC 9481 03/10/07 Rev. 00 1. Dados Legais Autorizado pelo Parecer 278 do Conselho

Leia mais

Desenvolvimento de um Sistema Hipermídia Educacional aplicado à Anatomia Veterinária

Desenvolvimento de um Sistema Hipermídia Educacional aplicado à Anatomia Veterinária Desenvolvimento de um Sistema Hipermídia Educacional aplicado à Anatomia Veterinária Rodrigo Nani França 1, Estevão Domingos de Oliveira 2, João Chrysostomo de Resende Júnior 3, Daniel Cardoso Gomes 4,

Leia mais

HENRIQUE RIBEIRO SILVA DESENVOLVIMENTO DE UM APLICATIVO HIPERMÍDIA EDUCACIONAL PARA SISTEMAS DE CABEAMENTO ESTRUTURADO

HENRIQUE RIBEIRO SILVA DESENVOLVIMENTO DE UM APLICATIVO HIPERMÍDIA EDUCACIONAL PARA SISTEMAS DE CABEAMENTO ESTRUTURADO HENRIQUE RIBEIRO SILVA DESENVOLVIMENTO DE UM APLICATIVO HIPERMÍDIA EDUCACIONAL PARA SISTEMAS DE CABEAMENTO ESTRUTURADO LAVRAS MG 2012 2 HENRIQUE RIBEIRO SILVA DESENVOLVIMENTO DE UM APLICATIVO HIPERMÍDIA

Leia mais

IV Congresso RIBIE, Brasilia 1998 HACIA UM AMBIENTE DE APRENDIZAGEM HIPERMÍDIA ADAPTATIVO NO WWW

IV Congresso RIBIE, Brasilia 1998 HACIA UM AMBIENTE DE APRENDIZAGEM HIPERMÍDIA ADAPTATIVO NO WWW IV Congresso RIBIE, Brasilia 1998 HACIA UM AMBIENTE DE APRENDIZAGEM HIPERMÍDIA ADAPTATIVO NO WWW Miguel R. Flores Santibañez - Clovis Torres Fernandes E-mail: {raymundo, clovis}@comp.ita.cta.br Os softwares

Leia mais

MODELAGEM E DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE RASTREABILIDADE PARA A CACHAÇA DE MINAS GERAIS RESUMO

MODELAGEM E DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE RASTREABILIDADE PARA A CACHAÇA DE MINAS GERAIS RESUMO MODELAGEM E DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE RASTREABILIDADE PARA A CACHAÇA DE MINAS GERAIS RESUMO ANDRÉ LUIZ ZAMBALDE 1 MICHELE NASU TOMIYAMA 2 MARCOS AURÉLIO LOPES 1 RÊMULO MAIA ALVES 1 O trabalho apresenta

Leia mais

RUP RATIONAL UNIFIED PROCESS

RUP RATIONAL UNIFIED PROCESS O que é RUP? É um metodologia para gerenciar projetos de desenvolvimento de software que usa a UML como ferramenta para especificação de sistemas. Ele é um modelo de processo híbrido Mistura elementos

Leia mais

Apresentação do Capítulo 4 MDA (Model-Driven Archtecture) ALUNO: DOMENICO SCHETTINI FILHO NÚMERO USP:

Apresentação do Capítulo 4 MDA (Model-Driven Archtecture) ALUNO: DOMENICO SCHETTINI FILHO NÚMERO USP: Apresentação do Capítulo 4 MDA (Model-Driven Archtecture) ALUNO: DOMENICO SCHETTINI FILHO NÚMERO USP: 8429016 Definição de MDA OMG (Object Management Group) propôs uma aplicação abrangente das práticas

Leia mais

UML. Modelando um sistema

UML. Modelando um sistema UML Modelando um sistema Fases do desenvolvimento de Software Análise de requisitos Análise Projeto Programação Análise de Requisitos Esta fase captura as intenções e necessidades dos usuários do sistema

Leia mais

Paradigmas da Engenharia de Software AULA PROF. ABRAHAO LOPES

Paradigmas da Engenharia de Software AULA PROF. ABRAHAO LOPES Paradigmas da Engenharia de Software AULA 03-04 PROF. ABRAHAO LOPES Introdução O processo de software é visto por uma sequência de atividades que produzem uma variedade de documentos, resultando em um

Leia mais

UMA APLICAÇÂO MULTIMIDIA PARA O ENSINO E APRENDIZAGEM DE SISTEMAS DE NUMERAÇÃO. Maria do Carmo Barbosa Trevisan UNIFRA -

UMA APLICAÇÂO MULTIMIDIA PARA O ENSINO E APRENDIZAGEM DE SISTEMAS DE NUMERAÇÃO. Maria do Carmo Barbosa Trevisan UNIFRA - UMA APLICAÇÂO MULTIMIDIA PARA O ENSINO E APRENDIZAGEM DE SISTEMAS DE NUMERAÇÃO Maria do Carmo Barbosa Trevisan UNIFRA - mcbtrevisan@hotmail.com Gilse A. Morgental Falkembach - UNIFRA - gilsemf@terra.com.br

Leia mais

Tutor hipermídia baseado no modelo de autoria NCM para o Interpretador Gráfico de Estrutura de Dados

Tutor hipermídia baseado no modelo de autoria NCM para o Interpretador Gráfico de Estrutura de Dados Tutor hipermídia baseado no modelo de autoria NCM para o Interpretador Gráfico de Estrutura de Dados Gilberto F. Sousa Filho 1, Dorgival Pereira da S. Netto 1, Lettiery D Lamare P. Procopio 1, Andrei A.

Leia mais

TCC EM SISTEMAS DA INFORMAÇÃO. Aula 9- Modelando um Sistema com a UML parte 2

TCC EM SISTEMAS DA INFORMAÇÃO. Aula 9- Modelando um Sistema com a UML parte 2 Aula 9- Modelando um Sistema com a UML parte 2 Objetivo desta sexta aula Identificar como deve ser o desenvolvimento da escrita do projeto. Apresentar exemplos de trabalhos modelados com a UML para que

Leia mais

1 Introdução. 1.1 A Web Semântica

1 Introdução. 1.1 A Web Semântica Introdução 19 1 Introdução 1.1 A Web Semântica A Web Semântica é definida por seus idealizadores como uma extensão da Web atual, onde as informações recebem um significado bem definido, permitindo maior

Leia mais

Agenda da Aula. Arquitetura de Software e Padrões Arquiteturais. Elementos de um Padrão. Arquitetura de Software. Arquitetura de Software

Agenda da Aula. Arquitetura de Software e Padrões Arquiteturais. Elementos de um Padrão. Arquitetura de Software. Arquitetura de Software Reuso de Software Aula 04 Agenda da Aula Arquitetura de Software e Eduardo Figueiredo http://www.dcc.ufmg.br/~figueiredo reuso.software@gmail.com 14 Março 2012 Arquitetura de Software Padrões arquiteturais

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE. Aula 03 Processos de Software

ENGENHARIA DE SOFTWARE. Aula 03 Processos de Software ENGENHARIA DE SOFTWARE Aula 03 Processos de Software AGENDA Modelos de processo de software Atividades do processo Lidando com mudanças Rational Unified Process (RUP) 14/03/2017 IFPR QUEDAS DO IGUAÇU -

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPI JOÃO CÂMARA RATIONAL UNIFIED PROCESS - RUP

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPI JOÃO CÂMARA RATIONAL UNIFIED PROCESS - RUP 1 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPI JOÃO CÂMARA RATIONAL UNIFIED PROCESS - RUP Nickerson Fonseca Ferreira nickerson.ferreira@ifrn.edu.br Introdução 2 Modelo

Leia mais

Prof. Esp. Fabiano Taguchi

Prof. Esp. Fabiano Taguchi UML Prof. Esp. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@hotmail.com UML COMPETÊNCIA: Conhecer e desenvolver estudos de caso usando modelagem orientada a objeto. HABILIDADE: Conhecer

Leia mais

Desenvolvimento de um Museu Virtual 3D Utilizando Agentes Inteligentes

Desenvolvimento de um Museu Virtual 3D Utilizando Agentes Inteligentes Desenvolvimento de um Museu Virtual 3D Utilizando Agentes Inteligentes Encontro Unificado de Computação ENUCOMP 2012 Seção técnica 1 Inteligência Artificial Íthalo Bruno Grigório de Moura 1 Francisco Milton

Leia mais

Padrão de Projeto State

Padrão de Projeto State padrão state_ cinto de utilidades MÁQUINAS DE ESTADO COM O Padrão de Projeto State Desenvolver software é trabalhar com abstrações o tempo todo, pois estas nos ajudam a gerenciar a complexidade nos sistemas

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular PROGRAMAÇÃO ORIENTADA POR OBJETOS Cursos ENGENHARIA ELETRÓNICA E TELECOMUNICAÇÕES (Mestrado Integrado) ENGENHARIA INFORMÁTICA

Leia mais

Considerações sobre a Produção e uso de Objetos de Aprendizagem

Considerações sobre a Produção e uso de Objetos de Aprendizagem 19 a 21 de mar o de 2010 077 Considerações sobre a Produção e uso de Objetos de Aprendizagem Júlia M. C. da Silva, Grassiane Rosa da Silva, Anita Maria da Rocha Fernandes Laboratório de Inteligência Aplicada

Leia mais

MAPA CONCEITUAL E A MODELAGEM CONCEITUAL DE SISTEMAS DE HIPERTEXTO

MAPA CONCEITUAL E A MODELAGEM CONCEITUAL DE SISTEMAS DE HIPERTEXTO hipertexto MAPA CONCEITUAL E A MODELAGEM CONCEITUAL DE SISTEMAS DE HIPERTEXTO Profa. Gercina Lima 2 DEFINIÇÕES: Modelagem conceitual para sistemas de O mapeamento conceitual envolve a identificação de

Leia mais

InGriDE: Um Ambiente Integrado de Desenvolvimento para Computação em Grade

InGriDE: Um Ambiente Integrado de Desenvolvimento para Computação em Grade InGriDE: Um Ambiente Integrado de Desenvolvimento para Computação em Grade Eduardo Guerra eguerra@ime.usp.br Orientador: Prof. Dr. Alfredo Goldman Proposta de dissertação apresentada ao IME-USP para qualificação

Leia mais

Plano de Ensino PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS

Plano de Ensino PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS Plano de Ensino PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS Título PE - Programação Orientada a Objetos Código da disciplina SIA CCT0079 16 Número de semanas de aula 6 Número de créditos Quantidade total de horas

Leia mais

Protótipo de software para auxiliar no aprendizado das cores e formas geométricas

Protótipo de software para auxiliar no aprendizado das cores e formas geométricas Universidade Regional de Blumenau Centro de Ciências Exatas e Naturais Bacharelado em Ciências da Computação Trabalho de Conclusão de Curso Protótipo de software para auxiliar no aprendizado das cores

Leia mais

UML. Adriano J. Holanda 21/3/

UML. Adriano J. Holanda 21/3/ UML Adriano J. Holanda 21/3/2016 UML Introdução UML - Unified Modeling Language Linguagem Unificada de Modelagem. Adquiriu maturidade na segunda década de 1990 pela fusão dos métodos e diagramas de Grady

Leia mais

Gosta de acompanhar os rumos das linguagens de programação? Então não fique de fora dessa! Descubra o que é o HTML 5!

Gosta de acompanhar os rumos das linguagens de programação? Então não fique de fora dessa! Descubra o que é o HTML 5! O que é HTML 5? Gosta de acompanhar os rumos das linguagens de programação? Então não fique de fora dessa! Descubra o que é o HTML 5! Leia mais em: http://www.tecmundo.com.br/navegador/2254-o-que-e-html-5-.htm#ixzz2xyr1tlam

Leia mais

Software de Gravidez na Adolescência como ferramenta de auxílio na educação sexual

Software de Gravidez na Adolescência como ferramenta de auxílio na educação sexual Software de Gravidez na Adolescência como ferramenta de auxílio na educação sexual Janice Inês Deters 1, Silsomar Flôres Adaime 2 1 Laboratório de Sistemas de Conhecimento - Universidade Federal de Santa

Leia mais

Arquitetura de Software: Sistemas RNA e Ava Edulivre. Ana Claudia Costa, Rharon Maia, Wolgrand Cardoso1

Arquitetura de Software: Sistemas RNA e Ava Edulivre. Ana Claudia Costa, Rharon Maia, Wolgrand Cardoso1 Arquitetura de Software: Sistemas RNA e Ava Edulivre Ana Claudia Costa, Rharon Maia, Wolgrand Cardoso1 Arquitetura de Software Surgiu na década de 80 e hoje é amplamente usado. Permite que projetistas

Leia mais

ScholarApp: um catálogo de aplicativos educacionais

ScholarApp: um catálogo de aplicativos educacionais ScholarApp: um catálogo de aplicativos educacionais Daniel Victor Nunes dos Santos 1 Wellington Gonçalves Ferreira Brito 2 Cleiane Gonçalves Oliveira 3 1 Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG)

Leia mais

TÍTULO: PORTLAND CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA SUBÁREA: COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA

TÍTULO: PORTLAND CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA SUBÁREA: COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA 16 TÍTULO: PORTLAND CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA SUBÁREA: COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS AUTOR(ES): ANDRÉ MIOTTO, EDU CARLOS PEREIRA ORIENTADOR(ES):

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 12 PROFª BRUNO CALEGARO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 12 PROFª BRUNO CALEGARO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 12 PROFª BRUNO CALEGARO Santa Maria, 29 de Outubro de 2013. Revisão aula passada Modelagem de sistemas Perspectiva externa Perspectiva de iteração

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS JOÃO CÂMARA UML UNIFIED MODELING LANGUAGE

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS JOÃO CÂMARA UML UNIFIED MODELING LANGUAGE 1 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS JOÃO CÂMARA UML UNIFIED MODELING LANGUAGE Nickerson Fonseca Ferreira nickerson.ferreira@ifrn.edu.br O que é?? 2 A UML

Leia mais

MODELAGEM DE PROCESSOS MÓDULO 9

MODELAGEM DE PROCESSOS MÓDULO 9 MODELAGEM DE PROCESSOS MÓDULO 9 Índice 1. Processo de Desenvolvimento de Sistemas - Continuação..3 1.1. Diagramas de Casos de Uso... 3 2 1. PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS - CONTINUAÇÃO 1.1. DIAGRAMAS

Leia mais

DIÊGO TAVARES FERREIRA MODELAGEM E DESENVOLVIMENTO DE APLICATIVO EDUCACIONAL HIPERMÍDIA PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS: O CASO E-BIO

DIÊGO TAVARES FERREIRA MODELAGEM E DESENVOLVIMENTO DE APLICATIVO EDUCACIONAL HIPERMÍDIA PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS: O CASO E-BIO DIÊGO TAVARES FERREIRA MODELAGEM E DESENVOLVIMENTO DE APLICATIVO EDUCACIONAL HIPERMÍDIA PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS: O CASO E-BIO LAVRAS - MG 2013 DIÊGO TAVARES FERREIRA MODELAGEM E DESENVOLVIMENTO DE APLICATIVO

Leia mais

de contexto em segurança computacional

de contexto em segurança computacional Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação Universidade de São Paulo Uso de informações de contexto em segurança computacional Francisco Gomes Milagres Prof. Dr. Edson dos Santos Moreira São Carlos,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DIRETORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DIRETORIA DE GRADUAÇÃO DISCIPLINA: Linguagens de Programação CÓDIGO: 2ECOM.031 Data de Elaboração: Janeiro/2012 Carga Horária: Total: 30 h/a; Semanal: 02 aulas; Créditos: 02 Modalidade: Prática Classificação do Conteúdo pelas

Leia mais

Metodologias para Modelagem de Aplicações Hipermídia Educacional Nábia Amália Silva de Araújo 1, Frederico de Miranda Coelho 1

Metodologias para Modelagem de Aplicações Hipermídia Educacional Nábia Amália Silva de Araújo 1, Frederico de Miranda Coelho 1 Metodologias para Modelagem de Aplicações Hipermídia Educacional Nábia Amália Silva de Araújo 1, Frederico de Miranda Coelho 1 1 Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Universidade Presidente Antônio

Leia mais

1 Introdução. 1.1 Contexto do Trabalho

1 Introdução. 1.1 Contexto do Trabalho 12 1 Introdução Este documento descreve a dissertação submetida à avaliação como requisito parcial para a obtenção do grau de Mestre em Ciência da Computação junto ao Programa de Pós-Graduação em Computação

Leia mais

JOÃO GABRIEL MARIANO DE OLIVEIRA MODELAGEM E DESENVOLVIMETO DE UM APLICATIVO HIPERMÍDIA PARA O ENSINO DE METODOLOGIAS ÁGEIS

JOÃO GABRIEL MARIANO DE OLIVEIRA MODELAGEM E DESENVOLVIMETO DE UM APLICATIVO HIPERMÍDIA PARA O ENSINO DE METODOLOGIAS ÁGEIS JOÃO GABRIEL MARIANO DE OLIVEIRA MODELAGEM E DESENVOLVIMETO DE UM APLICATIVO HIPERMÍDIA PARA O ENSINO DE METODOLOGIAS ÁGEIS LAVRAS - MG 2014 JOÃO GABRIEL MARIANO DE OLIVEIRA MODELAGEM E DESENVOLVIMETO

Leia mais

Introdução Diagrama de Classes Diagrama de Seqüência Diagrama de Atividades. Diagramas UML. Classe, Seqüência e Atividades. Marcio E. F.

Introdução Diagrama de Classes Diagrama de Seqüência Diagrama de Atividades. Diagramas UML. Classe, Seqüência e Atividades. Marcio E. F. Diagramas UML Classe, Seqüência e Atividades Marcio E. F. Maia Disciplina: Engenharia de Software Professora: Rossana M. C. Andrade Curso: Ciências da Computação Universidade Federal do Ceará 15 de maio

Leia mais

Modelagem OOHDM do Portal Corporativo da 6ª Região da PMMG

Modelagem OOHDM do Portal Corporativo da 6ª Região da PMMG Rodrigo Nazaré da Silva Leite Modelagem OOHDM do Portal Corporativo da 6ª Região da PMMG Monografia de Conclusão de curso apresentada ao Departamento de Ciência da Computação da Universidade Federal de

Leia mais

Modelos. Banco de dados. Professor: Jarbas Araújo CENTRO EDUCACIONAL RADIER.

Modelos. Banco de dados. Professor: Jarbas Araújo CENTRO EDUCACIONAL RADIER. Modelos Banco de dados Professor: Jarbas Araújo professorjarbasaraujo@gmail.com CENTRO EDUCACIONAL RADIER Projeto de banco de dados Todo bom sistema de banco de dados deve apresentar um projeto, que visa

Leia mais

Aula 4 TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS JOGOS MASSIVOS DISTRIBUÍDOS. Marcelo Henrique dos Santos

Aula 4 TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS JOGOS MASSIVOS DISTRIBUÍDOS. Marcelo Henrique dos Santos Aula 4 TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS JOGOS MASSIVOS DISTRIBUÍDOS Marcelo Henrique dos Santos Marcelo Henrique dos Santos Email: Site: marcelosantos@outlook.com www.marcelohsantos.com.br TECNOLOGIA EM JOGOS

Leia mais

Universidade de São Paulo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação

Universidade de São Paulo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação 1 Universidade de São Paulo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação Desenvolvimento de Sistema de Informação de Fábrica em OOHDM - um Estudo de Caso Viviane Sayuri Tonaki Kattiana Fernandes Constantino

Leia mais

DANTE EVANGELISTA MIRANDA FILHO DESENVOLVIMENTO MÓVEL, OOHDM E APRENDIZAGEM UBÍQUA: UM CURSO PARA GOVERNANÇA DE TI

DANTE EVANGELISTA MIRANDA FILHO DESENVOLVIMENTO MÓVEL, OOHDM E APRENDIZAGEM UBÍQUA: UM CURSO PARA GOVERNANÇA DE TI DANTE EVANGELISTA MIRANDA FILHO DESENVOLVIMENTO MÓVEL, OOHDM E APRENDIZAGEM UBÍQUA: UM CURSO PARA GOVERNANÇA DE TI LAVRAS MG 2014 DANTE EVANGELISTA MIRANDA FILHO DESENVOLVIMENTO MÓVEL, OOHDM E APRENDIZAGEM

Leia mais

EPUSP PCS 2355 Laboratório Digital. Contadores em VHDL

EPUSP PCS 2355 Laboratório Digital. Contadores em VHDL Contadores em VHDL Versão 2012 RESUMO Esta experiência consiste no projeto e implementação de circuitos contadores com o uso da linguagem de descrição de hardware VHDL. São apresentados aspectos básicos

Leia mais

ELABORAÇÃO DE UM CRONÔMETRO, EM TEMPO REAL, PARA UTILIZAÇÃO EM APLICAÇÕES HIPERMÍDIA IMPLEMENTADAS COM TOOLBOOK 1

ELABORAÇÃO DE UM CRONÔMETRO, EM TEMPO REAL, PARA UTILIZAÇÃO EM APLICAÇÕES HIPERMÍDIA IMPLEMENTADAS COM TOOLBOOK 1 Disc. Scientia. Série: Ciências Naturais e Tecnológicas, S. Maria, v. 5, n. 1, p. 119-126, 2004. 119 ISSN 1519-0625 ELABORAÇÃO DE UM CRONÔMETRO, EM TEMPO REAL, PARA UTILIZAÇÃO EM APLICAÇÕES HIPERMÍDIA

Leia mais

UML (Linguagem Modelagem Unificada) João Paulo Q. dos Santos

UML (Linguagem Modelagem Unificada) João Paulo Q. dos Santos UML (Linguagem Modelagem Unificada) João Paulo Q. dos Santos joao.queiroz@ifrn.edu.br Roteiro A importância da UML para projetar sistemas. Principais características do diagrama de classes e de sequência.

Leia mais

Autoria de Aplicações Hipermídia para Ensino

Autoria de Aplicações Hipermídia para Ensino Autoria de Aplicações Hipermídia para Ensino Luciano Tadeu Esteves Pansanato Departamento de Ensino, CEFET-PR ltadeu@sercomtel.com.br Maria das Graças Volpe Nunes Departamento de Ciências de Computação

Leia mais

Adriano Medeiros dos Santos. Suporte a Componentes Compostos Para o Middleware SCS. Dissertação de Mestrado

Adriano Medeiros dos Santos. Suporte a Componentes Compostos Para o Middleware SCS. Dissertação de Mestrado Adriano Medeiros dos Santos Suporte a Componentes Compostos Para o Middleware SCS Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pós graduação em Informática do Departamento de Informática

Leia mais

1 Introdução. 1.1 Teoria dos Sistemas 23/4/2010

1 Introdução. 1.1 Teoria dos Sistemas 23/4/2010 1 1 Introdução 1.1 Teoria dos Sistemas 1.2 Constituição dos sistemas 1.3 Natureza dos sistemas 1.4 Parâmetros do sistema 1.5 Descrição de sistemas 1.6 Desafios enfrentados no desenvolvimento 1.7 Perfil

Leia mais

% CREDITOS HORÁRIA HORÁRIA

% CREDITOS HORÁRIA HORÁRIA Mapa Curricular MAÉRIA DISCILINA SEM NA. RÉREQUISIO CRÉDIOS O O Álgebra Álgebra Abstrata 9 9 Lógica Matemática Cálculo Diferencial e Integral Cálculo Aplicado I Cálculo Aplicado II Cálculo Aplicado I Cálculo

Leia mais

Frameworks. Viviane Torres da Silva

Frameworks. Viviane Torres da Silva Frameworks Viviane Torres da Silva viviane.silva@ic.uff.br http://www.ic.uff.br/~viviane.silva/2010.1/es1 Frameworks Motivação Definição Classificação Características Propriedades Técnicas de Customização

Leia mais

O USO DA REALIDADE VIRTUAL NO ENSINO DE GEOMETRIA DESCRITIVA

O USO DA REALIDADE VIRTUAL NO ENSINO DE GEOMETRIA DESCRITIVA 15º Simpósio Nacional de Geometria Descritiva e Desenho Técnico IV International Conference on Graphics Engineering for Arts and Design São Paulo, Brasil 5-9 Novembro de 2001 O USO DA REALIDADE VIRTUAL

Leia mais

Arquitetura de software

Arquitetura de software Arquitetura de software Problema: vamos implementar um clone do compraentrega.com.br Mantém preços atualizados Recebe encomendas e pagamento Recomenda itens a usuários Por onde começamos? Arquitetura =

Leia mais

Web Engineering. André Tavares da Silva. andre.silva@udesc.br

Web Engineering. André Tavares da Silva. andre.silva@udesc.br Web Engineering André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br Novas atividades, novas funções A Internet comercial provocou o surgimento de novas atividades e funções: Webdesigner Webdeveloper Webmaster

Leia mais

Universidade Estadual de Ponta Grossa PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIVISÃO DE ENSINO

Universidade Estadual de Ponta Grossa PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIVISÃO DE ENSINO Universidade Estadual de Ponta Grossa PROGRAMA DE DISCIPLINA SETOR: CIÊNCIAS AGRÁRIAS E DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO: INFORMÁTICA DISCIPLINA: PROJETO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CÓDIGO: 203094 Nº de aulas

Leia mais

Ciências da Computação Disciplina:Computação Gráfica

Ciências da Computação Disciplina:Computação Gráfica Ciências da Computação Disciplina:Computação Gráfica Professora Andréia Freitas 2013 7 semestre Aula 06 MEMORIA, F. Design para a Internet. 1ª Edição. Rio de Janeiro: Campus, 2005. ALVES, W. P. Crie, anime

Leia mais

Projeto de Navegação em Aplicativos Hipermídia Orientado ao Usuário

Projeto de Navegação em Aplicativos Hipermídia Orientado ao Usuário Projeto de Navegação em Aplicativos Hipermídia Orientado ao Usuário Resumo Natacha Güell Barroso e Daniel Schwabe Dept. de Informática, PUC-Rio R. M. de S. Vicente, 225 Rio de Janeiro, RJ 22453-900 email:

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Aula 3 http://www.ic.uff.br/~bianca/introinfo/ Aula 3-12/09/2007 1 Objetivo da disciplina O objetivo dessa disciplina é dar ao aluno noções básicas de computação. Serão apresentados

Leia mais

OBJETOS DE APRENDIZAGEM NO ENSINO DA UML 2.0

OBJETOS DE APRENDIZAGEM NO ENSINO DA UML 2.0 OBJETOS DE APRENDIZAGEM NO ENSINO DA UML 2.0 Tanaka. Sergio Akio 1, Tanaka. Simone Sawasaki 2, Alves. Jean Pierre R 3 3 Departamento de Sistemas e Computação Centro Universitário Filadélfia (UNIFIL) Londrina,

Leia mais

Introdução. à UML. Histórico (cont.) Histórico Definição Benefícios Notação Diagrama de Classes Diagramas de Interação Conclusões Revisão

Introdução. à UML. Histórico (cont.) Histórico Definição Benefícios Notação Diagrama de Classes Diagramas de Interação Conclusões Revisão Sumário Introdução à UML BSI Bacharelado em Sistemas de Informação LOO Linguagens Orientadas a Objetos Humberto Mossri de Almeida hmossri_cursos@yahoo.com.br Marcelo Nassau Malta nassau_cursos@yahoo.com.br

Leia mais

Processos de Desenvolvimento de Software. Ricardo Argenton Ramos UNIVASF Engenharia de Software I - Aula 2

Processos de Desenvolvimento de Software. Ricardo Argenton Ramos UNIVASF Engenharia de Software I - Aula 2 Processos de Desenvolvimento de Software Ricardo Argenton Ramos UNIVASF Engenharia de Software I - Aula 2 A Engenharia de Software Uma Tecnologia em Camadas Gerenciamento da Qualidade Total e filosofias

Leia mais

2 Sistemas Multi-Agentes e Ambientes de Desenvolvimento de Software

2 Sistemas Multi-Agentes e Ambientes de Desenvolvimento de Software 21 2 Sistemas Multi-Agentes e Ambientes de Desenvolvimento de Software Resumo Este capítulo apresenta uma caracterização de Sistemas Multi-Agentes, uma breve introdução a Ambientes de Desenvolvimento de

Leia mais

Capítulo 2. Orientação a Objetos

Capítulo 2. Orientação a Objetos Capítulo 2 Orientação a Objetos Princípios da Orientação a Objetos Os princípios da orientação a objetos afetam todo o processo de desenvolvimento de software: Seres humanos pensam em termos de substantivos

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSA DISCENTE 2ª CHAMADA DE PROJETOS MODALIDADE: BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA EDITAL Nº 2 DE 22 DE ABRIL DE 2014 ANEXO 2

PROGRAMA DE BOLSA DISCENTE 2ª CHAMADA DE PROJETOS MODALIDADE: BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA EDITAL Nº 2 DE 22 DE ABRIL DE 2014 ANEXO 2 ANEXO 2 RESUMO, OBJETIVOS E JUSTIFICATIVA Título do Projeto: Construção de um Mapa Conceitual da Rede de Pesquisa do IFSP Obs.: Não faça referências ao nome do autor do projeto ao longo do texto. Este

Leia mais

Reutilização de Software

Reutilização de Software DCC / ICEx / UFMG Reutilização de Software Eduardo Figueiredo http://www.dcc.ufmg.br/~figueiredo Reutilização de Software Abordagem de desenvolvimento com o objetivo de maximizar o uso de software pré-existente

Leia mais

APLICAÇÕES MULTIMÍDIA AULA 1. Estrutura do curso e conceitos fundamentais. professor Luciano Roberto Rocha.

APLICAÇÕES MULTIMÍDIA AULA 1. Estrutura do curso e conceitos fundamentais. professor Luciano Roberto Rocha. APLICAÇÕES MULTIMÍDIA AULA 1 Estrutura do curso e conceitos fundamentais professor Luciano Roberto Rocha www.lrocha.com Sobre o docente Especialista em Desenvolvimento Web (UEM) Mestre em Tecnologia Educacional

Leia mais

Especificação, Modelação e Projecto de Sistemas Embutidos

Especificação, Modelação e Projecto de Sistemas Embutidos Especificação, Modelação e Projecto de Sistemas Embutidos Linguagens de especificação: SDL Paulo Pedreiras, Luís Almeida {pbrp,lda}@ua.pt Departamento de Electrónica, Telecomunicações e Informática Universidade

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE SOFTWARE

ESPECIFICAÇÃO DE SOFTWARE ESPECIFICAÇÃO DE SOFTWARE Integrantes do grupo: Joel Edu Sánchez Castro Fernando Hattori Miguel Angel Galarreta Valverde Felipe Martins dos Santos 1 SUMÁRIO DESCRIÇÃO...3 REQUISITOS...3 REQUISITOS FUNCIONAIS

Leia mais

Adaptação do método OOHDM para publicação de. aplicações hipermídia em Flex

Adaptação do método OOHDM para publicação de. aplicações hipermídia em Flex UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA UFSC CENTRO TECNOLÓGICO CTC DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E ESTATÍSTICA INE CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO Adaptação do método OOHDM para publicação de aplicações

Leia mais

Ciência da Computação. Análise e Projeto Orientado a Objetos UML. Anderson Belgamo

Ciência da Computação. Análise e Projeto Orientado a Objetos UML. Anderson Belgamo Ciência da Computação Análise e Projeto Orientado a Objetos UML Anderson Belgamo 1 Evolução do Software O rápido crescimento da capacidade computacional das máquinas resultou na demanda por sistemas de

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO Departamento: Disciplina: Pré-Requisitos: I D E N T I F I C A Ç Ã O Sistemas de Informação Engenharia de Software Aplicada (ESA) Engenharia de Software (ES) CH: 72 h/a Curso: Bacharelado em Sistemas de

Leia mais

ENGENHARIA DE USABILIDADE E INTERFACES

ENGENHARIA DE USABILIDADE E INTERFACES Unidade III Desenvolvimento de Projetos de IHC Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Conteúdo Programático desta Unidade Técnicas de Concepção Técnicas de Modelagem Objetivo Demonstrar técnicas

Leia mais