Isolamento Sustentável. Soluções Ideais para Reabilitação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Isolamento Sustentável. Soluções Ideais para Reabilitação"

Transcrição

1

2 Isolamento Sustentável A Gyptec Ibérica de capital nacional e inserida no Grupo Preceram, dedica-se à produção de placas de gesso laminado, através de métodos não poluentes e ambientalmente sustentáveis desde Soluções Ideais para Reabilitação A escolha certa das soluções construtivas adoptadas na construção ou reabilitação de edifícios é fundamental para uma boa eficiência energética. A aplicação de isolamento, quer pelo exterior quer pelo interior, reduz de forma significativa as necessidades energéticas de aquecimento e arrefecimento dos edifícios, reduzindo consumos e custos de energia consequentes. As placas de gesso Gyptec são certificadas e reconhecidas internacionalmente pela sua qualidade. A Gyptec possui uma vasta gama de placas de gesso laminado de diferentes tipos, tamanhos e espessuras e ainda produtos de valor acrescentado: - Placa Radiante: Um inovador sistema de aquecimento central que utiliza painéis radiantes integrados nas placas de gesso. - e Transformados: Constituída por uma placa de gesso e uma camada de isolamento em poliestireno extrudido ou expandido. - Placa de Gesso Gyptec + Placa ref. Lambourdé Amorim Isolamentos: o conjunto da placa de cortiça com a placa de gesso permite obter resultados espantosos quanto à performance de isolamento térmico e acústico.

3 Placas de gesso Transformado / Gyptec A placa Transformado / permite-lhe isolar a sua casa com conforto e segurança, possuindo uma excelente resistência às trocas térmicas e acções mecânicas. É especialmente indicada para melhorar o isolamento térmico e acústico dos edifícios. Esta solução é caracterizada por proporcionar: Aplicação com perfis As placas Gyptec são aplicadas com os perfis de suporte Omega, aos quais se aparafusam as placas Gyptec. Acessórios necessários: Perfil Omega Gyptec de largura 33 mm ou 39 mm; Buchas Tapit; Parafusos PM. Rapidez de execução; Versatilidade; Ideal para superfícies irregulares; Facilidade na instalação de condutas; Acabamento perfeito sem fissuras ou deformações; Elevada estabilidade mecânica. Aplica-se os perfis Omega na vertical seguindo um afastamento máximo de 600 mm. Deverá ainda ser aplicado nas zonas superior e inferior perfis horizontais para facilitar a aplicação de remates e rodapés. Aparafusa-se a placa de gesso transformado ao perfil Omega, com recurso aos parafusos autorroscantes PM. Modos de aplicação Aplicação directa As placas Gyptec aplicadas directamente na parede, tijolo, betão ou azulejo, com recurso à cola adesiva GA Gyptec. Aplica-se a banda de papel e massa para tapar as juntas e parafusos. Aplicam-se pontos de cola afastados 200 mm em todo o perímetro da placa e em quadrícula de 400x400 mm no centro. Estes pontos de cola deverão possuir uma espessura de aproximadamente 20 mm, de forma a garantir uma fixação ideal. Aplica-se a placa de gesso na parede encostando-a ao tecto, desta forma garante a posição correcta da placa. Aplica-se banda de papel e massa para tapar as juntas e parafusos. Permite um acabamento perfeito com qualquer tipo de material, tintas, azulejos, papel de parede. Permite um acabamento perfeito com qualquer tipo de material, tintas, azulejos, papel de parede.

4 Placa de Gesso Gyptec + Placa ref. Lambourdé Amorim Isolamentos O sistema Lambourdé com placa Gyptec é uma solução nacional e de fácil aplicação que permite renovar as cidades e requalificar os edifícios degradados Esta solução é especialmente indicada para obras de reabilitação quando se pretende melhorar o isolamento térmico e acústico dos edifícios, dotada de excelentes características a este nível é caracterizada por: Aplicação fácil e rápida; Correcção de pontes térmicas planas; Uma solução nacional, ecológica e sustentável; Desempenho inalterado ao longo do tempo; Suporta todo o tipo de acabamentos; Acabamento perfeito sem fissuras ou deformações. Aplica-se a banda de papel e massa para tapar as juntas e parafusos. Finalizar com um acabamento à escolha, aceita qualquer tipo de material, tintas, azulejos, papel de parede. Aplicação com dupla placa de gesso Gyptec Em situações com maior necessidade de isolamento acústico, recomenda-se a aplicação de duas placas de gesso Gyptec sobrepostas, com colocação e fixação independentes e desencontradas. Modo de aplicação Aplicação com perfil Omega Fixa-se as placas ref. Lambourdé à parede com Buchas Tapit nas duas tiras de madeira aos 200 mm das extremidades da placa ref. Lambourdé. Recomenda-se a utilização dos perfis Omega para suporte do sistema, quando exista necessidade de instalação de condutas, em casos de paredes irregulares e/ou elevado estado de degradação. A Aplicação dos perfis deverá ser na vertical afastados com uma distância máxima de 600 mm e com reforço na zona superior e inferior de perfis horizontais para melhor suporte. Coloca-se a placa de gesso Gyptec sobre a parede revestida a cortiça. Aparafusar com parafusos PM em pontos coincidentes com as tiras de madeira com afastamento de 600 mm. As soluções garantem um excelente isolamento e maior poupança energética, sempre com um acabamento perfeito. Gyptec do projecto à realidade Soluções de Confiança

5 Dados Técnicos das Soluções Transformados / Referência Espessura (± 0,5 mm) Resistência Térmica ( m².k/w) Condutibilidade (W/m.ºC) Referência Espessura (± 0,5 mm) Resistência Térmica ( m².k/w) Condutibilidade (W/m.ºC) ,5 32,5 39,5 42,5 49,5 52,5 0,626 0,638 0,920 0,932 1,181 1,193 Placa: 0,25 W/m.ºC : 0,034 0,035 W/m.ºC ,5 32,5 39,5 42,5 49,5 52,5 69,5 72,5 0,49 0,50 0,72 0,73 0,95 0,96 1,40 1,41 Placa: 0,25 W/m.ºC : 0,044 W/m.ºC Placa de Gesso Gyptec + Placa ref. Lambourdé Amorim Isolamentos Parede dupla Tijolo cerâmico Lambourdé 40 + placa de gesso Gyptec Parede simples Tijolo cerâmico 22 Lambourdé 60 + placa de gesso Gyptec Camada λ [W/m.ºC] e [m] R [m 2. ºC/W] Rse 0,040 Tijolo 15 Preceram - 0,150 0,420 Caixa-de-ar - 0,040 0,180 Tijolo 11 Preceram - 0,110 0,290 Placa Lambourdé 0,04 0,040 1,000 Placa Gyptec (Standard) 0,25 0,0125 0,050 Rsi 0,130 Coeficiente de transmissão térmica U = 0,469 W/m 2.ºC (sem isolamento U = 0,923 W/m 2.ºC) Índice de isolamento a sons aéreos 1 Placa de Gesso RW (C; Ctr) = 56 (-1;-5) db 2 Placas de Gesso RW (C; Ctr) = 59 (-2;-7) db Camada λ [W/m.ºC] e [m] Para mais informações: R [m 2. ºC/W] Rse 0,040 Tijolo 22 Preceram - 0,220 0,580 Placa Lambourdé 0,04 0,060 1,500 Placa Gyptec (Standard) 0,25 0,0125 0,050 Rsi 0,130 Coeficiente de transmissão térmica U = 0,430 W/m 2.ºC (sem isolamento U = 1,294 W/m 2.ºC) Índice de isolamento a sons aéreos 1 Placa de Gesso RW (C; Ctr) = 54 (-2;-7) db 2 Placas de Gesso RW (C; Ctr) = 55 (-2;-6) db

PLACA GYPCORK. Reabilitação Sustentável

PLACA GYPCORK. Reabilitação Sustentável PLACA GYPCORK Reabilitação Sustentável PLACA GYPCORK A nova placa GYPCORK reúne dois produtos portugueses de excelência: as placas de gesso laminado Gyptec produzidas na Figueira da Foz, utilizando matérias

Leia mais

PLACA DE GESSO + ICB SOLUÇÃO GYPCORK ICB ICB , /2500 9,2 550/210 0,55 52, / ,3 550/210 1,05

PLACA DE GESSO + ICB SOLUÇÃO GYPCORK ICB ICB , /2500 9,2 550/210 0,55 52, / ,3 550/210 1,05 Solução Sustentável CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL Placa Gypcork A placa GYPCORK reúne dois produtos portugueses de excelência: as placas de gesso Gyptec produzidas na Figueira da Foz, utilizando matérias primas

Leia mais

Ávila e Sousa, Eng. Civil

Ávila e Sousa, Eng. Civil www.solucoesparaconstrucao.com Ávila e Sousa, Eng. Civil avila@preceram.pt Grupo Preceram - grupo familiar de capital nacional www.solucoesparaconstrucao.com Placas de Gesso Conforto e Segurança Material

Leia mais

Ávila e Sousa, Eng. Civil

Ávila e Sousa, Eng. Civil www.solucoesparaconstrucao.com Ávila e Sousa, Eng. Civil avila@preceram.pt Grupo Preceram-grupo familiar de capital nacional www.solucoesparaconstrucao.com Placas de Gesso Conforto e Segurança Material

Leia mais

Ávila e Sousa, Eng. Civil

Ávila e Sousa, Eng. Civil www.solucoesparaconstrucao.com Ávila e Sousa, Eng. Civil avila@preceram.pt Grupo Preceram - grupo familiar de capital nacional www.solucoesparaconstrucao.com Tijolo Térmico e Acústico Preceram Tijolo Térmico

Leia mais

Argamassas Térmicas, uma solução

Argamassas Térmicas, uma solução Argamassas Térmicas, uma solução na melhoria do Desempenho Térmico dos Edifícios André Correia Associação Portuguesa de Fabricantes de Argamassas e ETICS Fachadas Energeticamente Eficientes TEKtónica,

Leia mais

PLACAS DE GESSO E MASSAS PERFIS E ACESSÓRIOS

PLACAS DE GESSO E MASSAS PERFIS E ACESSÓRIOS PLACAS DE GESSO E MASSAS PERFIS E ACESSÓRIOS PLACAS PLACAS A STANDARD PLACAS H HIDRÓFUGA PLACAS F ANTI-FOGO PLACAS D ALTA-DUREZA PLACAS PROTECT PLACAS COMPOSTAS Isolamento EPS Isolamento XPS Isolamento

Leia mais

1.- SISTEMA ENVOLVENTE...

1.- SISTEMA ENVOLVENTE... ÍNDICE.- SISTEMA ENVOLVENTE.....- Pavimentos em contacto com o terreno......- Lajes térreas.....- Fachadas......- Parte opaca das fachadas......- Aberturas em fachada.....- Paredes meeiras... 5..- Coberturas...

Leia mais

O que é o ICF? Vantagens

O que é o ICF? Vantagens O que é o ICF? É um sistema de construção constituído por blocos isolantes em EPS, poliestireno expandido (conhecido em Portugal como esferovite), que após montagem, são preenchidos com betão armado, formando

Leia mais

1.2 REVESTIMENTOS DE PAREDES

1.2 REVESTIMENTOS DE PAREDES 1.2 REVESTIMENTOS DE PAREDES DESCRIÇÃO Denomina-se revestimento de paredes o sistema construtivo que cobre a face interior de uma parede exterior ou qualquer um dos dois lados de uma parede interior com

Leia mais

SISTEMA DE ISOLAMENTO TÉRMICO PELO EXTERIOR

SISTEMA DE ISOLAMENTO TÉRMICO PELO EXTERIOR SISTEMA DE ISOLAMENTO TÉRMICO PELO EXTERIOR Características Sistema de isolamento térmico pelo exterior é um sistema de isolamento de paredes pelo exterior de edifícios existentes e construção nova, composto

Leia mais

Paredes Fichas de Aplicação

Paredes Fichas de Aplicação Fichas de Aplicação e Revestimento Painel Perfurado Painel Sandwich Consulte o Dossier Técnico Viroc disponível em www.viroc.pt, na página de Downloads. Outros Suplementos de Soluções Recomendadas Viroc

Leia mais

1.- SISTEMA ENVOLVENTE...

1.- SISTEMA ENVOLVENTE... ÍNDICE.- SISTEMA ENVOLVENTE.....- Envolvente exterior......- Fachadas.....- Muros abaixo da rasante.....- Pavimentos......- Lajes térreas.....- Coberturas......- Coberturas planas....5.- Aberturas verticais....-

Leia mais

PLACA GYPCORK. Reabilitação Sustentável

PLACA GYPCORK. Reabilitação Sustentável PLACA GYPCORK Reabilitação Sustentável PLACA GYPCORK A nova placa GYPCORK reúne dois produtos portugueses de excelência: as placas de gesso Gyptec produzidas na Figueira da Foz, utilizando matérias primas

Leia mais

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ÁREA DE CONSTRUÇÃO

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ÁREA DE CONSTRUÇÃO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ÁREA DE CONSTRUÇÃO 1. Para determinar a porosidade aberta de uma pedra calcária, utilizou-se um provete com as dimensões de 7.1 7.1 7.1 cm 3. Determinou-se a massa no estado

Leia mais

Ávila e Sousa, Eng. Civil

Ávila e Sousa, Eng. Civil Ávila e Sousa, Eng. Civil avila@preceram.pt Grupo Preceram - grupo familiar de capital nacional Águeda Oliveira do Bairro Figueira da Foz Pombal www.solucoesparaconstrucao.com PLACAS DE GESSO GYPTEC Gyptec

Leia mais

CONTRIBUTO DAS ARGAMASSAS NA SUSTENTABILIDADE. Roca Lisboa Gallery LISBOA

CONTRIBUTO DAS ARGAMASSAS NA SUSTENTABILIDADE. Roca Lisboa Gallery LISBOA CONTRIBUTO DAS ARGAMASSAS NA SUSTENTABILIDADE Roca Lisboa Gallery LISBOA 01.04.2016 ÍNDICE Sobre a Secil Argamassas Perspectiva de melhoramento do conforto O contributo das Argamassas Térmicas na Sustentabilidade

Leia mais

Ávila e Sousa, Eng. Civil

Ávila e Sousa, Eng. Civil www.solucoesparaconstrucao.com Ávila e Sousa, Eng. Civil avila@preceram.pt Ávila e Sousa, Eng. Civil avila@preceram.pt Grupo Preceram - grupo familiar de capital nacional Águeda Oliveira do Bairro Figueira

Leia mais

MANUAL TÉCNICO INSTALAÇÃO DE SISTEMAS EM PLACAS DE GESSO. 2ª edição

MANUAL TÉCNICO INSTALAÇÃO DE SISTEMAS EM PLACAS DE GESSO.  2ª edição MANUAL TÉCNICO INSTALAÇÃO DE SISTEMAS EM PLACAS DE GESSO www.gyptec.eu 2ª edição MANUAL TÉCNICO INSTALAÇÃO DE SISTEMAS EM PLACAS DE GESSO A sua obra merece o melhor A Gyptec Ibérica - Gessos Técnicos,

Leia mais

PATOLOGIA DA CONSTRUÇÃO ESTUDO DE CASOS

PATOLOGIA DA CONSTRUÇÃO ESTUDO DE CASOS PATOLOGIA DA CONSTRUÇÃO ESTUDO DE CASOS Vasco Peixoto de Freitas Vasco Peixoto de Freitas FC_FEUP Novembro de 2007-1 www.patorreb.com Estrutura do Site Vasco Peixoto de Freitas FC_FEUP Novembro de 2007-2

Leia mais

.Permite utilização de perfis de

.Permite utilização de perfis de CAIXINOVA SG 350 CAIXA A CAIXINOVA SG é uma caixa pré-fabricada em poliestireno expandido de alta densidade. A base da caixa possui, na parede exterior um perfil de alumínio para suporte do reboco, e um

Leia mais

Contribuição das argamassas em camada fina para a redução da transmissão térmica da alvenaria Projecto cbloco

Contribuição das argamassas em camada fina para a redução da transmissão térmica da alvenaria Projecto cbloco Contribuição das argamassas em camada fina para a redução da transmissão térmica da alvenaria Projecto cbloco A. Baio Dias 12 de Novembro 2008 UMinho, Portugal 1 Projecto cbloco 1. Objectivos do Projecto

Leia mais

Placa Cimentícia Impermeabilizada

Placa Cimentícia Impermeabilizada Impermeabilizada A solução da Brasilit para a construção de paredes e fachadas. Impermeabilizada Praticidade, conforto e resistência para as mais variadas aplicações. Fachada com junta aparente Fachada

Leia mais

BloCork Desenvolvimento de blocos de betão com cortiça

BloCork Desenvolvimento de blocos de betão com cortiça BloCork Desenvolvimento de blocos de betão com cortiça N. Simões, I. Castro, J. Nascimento, A. Nascimento SEMINÁRIO TECNOLOGIAS E SISTEMAS DE CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL - INVESTIGAÇÃO EM ACÇÃO - Viabilizar

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Isolamento Térmico de fachadas pelo exterior. nº 17. Nº Pág.s: Fevereiro 2007

FICHA TÉCNICA. Isolamento Térmico de fachadas pelo exterior. nº 17. Nº Pág.s: Fevereiro 2007 nº 17 FICHA TÉCNICA Isolamento Térmico de fachadas pelo exterior Nº Pág.s: 07 17 12 Fevereiro 2007 Isolamento Térmico de fachadas pelo exterior 01 Para responder às crescentes exigências de conforto higrotérmico,

Leia mais

VANTAGENS. Modularidade. Máxima Flexibilidade. Inspecção. Montagem. As vantagens deste novo sistema são numerosas:

VANTAGENS. Modularidade. Máxima Flexibilidade. Inspecção. Montagem. As vantagens deste novo sistema são numerosas: O sistema Giacoklima é um sistema inovador ideal para a climatização no Verão e Inverno, que alia o bem estar ao baixo consumo energético. O elemento chave deste sistema é a utilização da água, que permite

Leia mais

(73) Titular(es): (72) Inventor(es): (74) Mandatário:

(73) Titular(es): (72) Inventor(es): (74) Mandatário: (11) Número de Publicação: PT 105894 (51) Classificação Internacional: E04C 2/284 (2006) E04C 2/292 (2006) E04C 2/296 (2006) (12) FASCÍCULO DE PATENTE DE INVENÇÃO (22) Data de pedido: 2011.09.22 (30) Prioridade(s):

Leia mais

LINHA OPTIMA 4+ Tratamento térmico e acústico de ambientes

LINHA OPTIMA 4+ Tratamento térmico e acústico de ambientes LINHA OPTIMA 4 Tratamento térmico e acústico de ambientes LINHA OPTIMA A LINHA OPTIMA 4 é composta por painéis e feltros em uma nova geração de lã de vidro. Sua cor remete ao tom natural da terra e reforça

Leia mais

Evento PROMOÇÃO DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE EDIFÍCIOS, SUSTENTABILIDADE E CONFORTO INTERIOR OPTIMIZAÇÃO DE SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS AVALIAÇÕES ACÚSTICAS

Evento PROMOÇÃO DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE EDIFÍCIOS, SUSTENTABILIDADE E CONFORTO INTERIOR OPTIMIZAÇÃO DE SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS AVALIAÇÕES ACÚSTICAS Evento PROMOÇÃO DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE EDIFÍCIOS, SUSTENTABILIDADE E CONFORTO INTERIOR OPTIMIZAÇÃO DE SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS Técnicas de Inspecção e Avaliação do Desempenho de Edifícios Paulo Amado

Leia mais

O Edifício Solar XXI um exemplo de sustentabilidade na construção. João Mariz Graça, Arq.

O Edifício Solar XXI um exemplo de sustentabilidade na construção. João Mariz Graça, Arq. O Edifício Solar XXI um exemplo de sustentabilidade na construção João Mariz Graça, Arq. joao.mariz@lneg.pt Introdução conceito de sustentabilidade Bom desempenho Ambiental ciclo de vida do edifício; Fase

Leia mais

www.solucoesparaconstrucao.com Grupo Preceram - grupo familiar de capital nacional Águeda Oliveira do Bairro Figueira da Foz Pombal www.solucoesparaconstrucao.com Fábricas em Pombal e Águeda. Tijolo PRECERAM

Leia mais

ACEPE ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL DO POLIESTIRENO EXPANDIDO

ACEPE ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL DO POLIESTIRENO EXPANDIDO ACEPE ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL DO POLIESTIRENO EXPANDIDO EPS POLIESTIRENO EXPANDIDO NO ETICS A ESCOLHA PARA UM ISOLAMENTO EFICIENTE, ECONÓMICO E SUSTENTÁVEL NICOLAU TIRONE SEMINÁRIO APFAC/ ITeCons FACHADAS

Leia mais

FACHADA VENTILADA CERÂMICA

FACHADA VENTILADA CERÂMICA FACHADA VENTILADA CERÂMICA COVER SOLADRILHO Cover é a solução completa de fachada ventilada em cerâmica extrudida com peças alveolares de 18 mm de espessura. O Cover destaca-se pela sua leveza e facilidade

Leia mais

PAINEIS MÓVEIS ACÚSTICOS TYPE 100

PAINEIS MÓVEIS ACÚSTICOS TYPE 100 Documentação Índice Documentação Geral... 2 Especificações Type 100... 4 Painéis de Parede e de Porta... 5 Sistema de Parqueamento dos Painéis... 6 Calhas dos Painéis... 7 Detalhes dos Painéis... 8 Tipos

Leia mais

Un. Fact. Acondicionamento. ml 300 un. por palete Rail Largura 48 mm 0,81. ml 240 un. por palete Rail Largura 70 mm 0,98

Un. Fact. Acondicionamento. ml 300 un. por palete Rail Largura 48 mm 0,81. ml 240 un. por palete Rail Largura 70 mm 0,98 Perfil Raia Rev 03 DOC 07.01 06 17 de Maio 2010 / Tarifas 17 de Mayo 2010 Raia 48 2500 300 un. por palete Rail Largura 48 mm 0,81 Raia 70 2500 240 un. por palete Rail Largura 70 mm 0,98 Raia 90 2500 280

Leia mais

QUEM SOMOS PRODUÇÃO ARMAZENAGEM LOGÍSTICA AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE CERTIFICAÇÃO E LABORATÓRIO PLACAS MASSAS, COLAS E PLACAS ESPECIAIS

QUEM SOMOS PRODUÇÃO ARMAZENAGEM LOGÍSTICA AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE CERTIFICAÇÃO E LABORATÓRIO PLACAS MASSAS, COLAS E PLACAS ESPECIAIS 04 06 08 09 10 11 12 14 15 QUEM SOMOS PRODUÇÃO ARMAZENAGEM LOGÍSTICA AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE CERTIFICAÇÃO E LABORATÓRIO PLACAS MASSAS, COLAS E PLACAS ESPECIAIS SISTEMAS DRYWALL QUEM SOMOS QUAL O NOSSO

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Meias canas para isolamento de tubagens, com diâmetros variáveis.

FICHA TÉCNICA. Meias canas para isolamento de tubagens, com diâmetros variáveis. FICHA TÉCNICA 1. APRESENTAÇÃO DO PRODUTO Aglomex Acoustic é um produto resultante da aglomeração de espuma flexível de poliuretano de diferentes densidades que evidencia uma composição homogénea e estável.

Leia mais

7. Exercício 1 (resolver em sala)

7. Exercício 1 (resolver em sala) 7. Exercício (resolver em sala) A parede externa de uma casa é composta por uma camada de 20cm de espessura de tijolo comum e uma camada de 5cm de gesso. Qual a taxa de transferencia de calor por unidade

Leia mais

O Sistema Dreamdomus Painéis

O Sistema Dreamdomus Painéis Construção Modular Conceito A equipa técnica da dreamdomus aprofundou o conceito de pré-fabricação, levando ao limite a noção de economia habitualmente associada a este tipo de construção, conseguindo

Leia mais

Catálogo Geral

Catálogo Geral Catálogo Geral www.cfdoors.pt Painel de Frio Painel de Cobertura Painel Fachada Painel Fachada em Lã Rocha Painel Acústico Painel Cobertura Telha 2 Simbologia Simbologia dos revestimentos CF Doors identificando

Leia mais

Painéis X-Lam da KLH nova geração de edifícios

Painéis X-Lam da KLH nova geração de edifícios Painéis X-Lam da KLH nova geração de edifícios Luís Jorge Jornada Técnica Eficiência Energética em Edifícios FABRICANTE DE PAINÉIS X-LAM MAIOR PRODUTOR EUROPEU APROVAÇÃO TÉCNICA EUROPEIA GABINETE DE ENGENHARIA

Leia mais

PAINÉIS ISOTÉRMICOS ISOJOINT

PAINÉIS ISOTÉRMICOS ISOJOINT GANHANDO TEMPO PARA VOCÊ 100% BRASIL PAINÉIS ISOTÉRMICOS ISOJOINT Painéis ISOJOINT WALL PUR Construção civil Os Painéis ISOJOINT WALL PUR são constituídos de núcleo de PUR (poliuretano) ou PIR (Poliisocianurato)

Leia mais

GESSO CARTONADO PLADUR

GESSO CARTONADO PLADUR GESSO CARTONADO PLADUR 1. PLADUR N - TERMINAÇÃO NORMAL É a placa de gesso laminado cujos componentes (gesso e celulose) são de composição standard. Apresenta-se em forma de placas, de diferentes espessuras

Leia mais

CONSTRUÇÃO COM PAINÉIS DE MADEIRA CLT UMA NOVA GERAÇÃO DE EDIFÍCIOS

CONSTRUÇÃO COM PAINÉIS DE MADEIRA CLT UMA NOVA GERAÇÃO DE EDIFÍCIOS CONSTRUÇÃO COM PAINÉIS DE MADEIRA CLT UMA NOVA GERAÇÃO DE EDIFÍCIOS LISBOA, JULHO 2016 SISTEMA CONSTRUTIVO CLT - CONCEITO CARACTERÍSTICAS GERAIS ESTRATOS ORTOGONAIS ESPÉCIES RESINOSAS COLA EM POLIURETANO

Leia mais

GUIÃO TÉCNICO CORRECÇÃO DE PONTES TÉRMICAS PAREDES SIMPLES. FICHA TÉCNICA DOW Nº 14 Nº de pág.: 5 16 de Setembro de

GUIÃO TÉCNICO CORRECÇÃO DE PONTES TÉRMICAS PAREDES SIMPLES. FICHA TÉCNICA DOW Nº 14 Nº de pág.: 5 16 de Setembro de GUIÃO TÉCNICO CORRECÇÃO DE PONTES TÉRMICAS PAREDES SIMPLES FICHA TÉCNICA DOW Nº 14 Nº de pág.: 5 16 de Setembro de 2005 www.construlink.com CORRECÇÃO DE PONTES TÉRMICAS - PAREDES SIMPLES A necessidade

Leia mais

GET GESTÃO DE ENERGIA TÉRMICA Lda.

GET GESTÃO DE ENERGIA TÉRMICA Lda. 1 Dados climáticos de referência para a região do Porto: Inverno: Região climática I1, número de graus dias = 1610 (º dias), duração da estação de aquecimento = 6,7 meses. Verão: Região climática V1, Temperatura

Leia mais

Os Painéis Cimentício são compostos de Cimento Portland, partículas de madeira, água, aditivos e pigmentos. Muito

Os Painéis Cimentício são compostos de Cimento Portland, partículas de madeira, água, aditivos e pigmentos. Muito Os Painéis Cimentício são compostos de Cimento Portland, partículas de madeira, água, aditivos e pigmentos. Muito utilizados em fechamentos de edifícios comerciais e residências, estes painéis são uma

Leia mais

K-FLEX K-FLEX K-FONIK SYSTEM 58 UMA NOVA GERAÇÃO DE MATERIAIS DE ISOLAMENTO

K-FLEX K-FLEX K-FONIK SYSTEM 58 UMA NOVA GERAÇÃO DE MATERIAIS DE ISOLAMENTO 58 UMA NOVA GERAÇÃO DE MATERIAIS DE ISOLAMENTO K-FONIK SYSTEM Aplicações: - Canalizações e sistemas de drenagem - Tubulação industrial, maquinaria civil e industrial - Isolamento acústico para paredes

Leia mais

A PEDRA NATURAL EM SISTEMAS DE ISOLAMENTO TÉRMICO PELO EXTERIOR DE FACHADAS

A PEDRA NATURAL EM SISTEMAS DE ISOLAMENTO TÉRMICO PELO EXTERIOR DE FACHADAS A PEDRA NATURAL EM SISTEMAS DE ISOLAMENTO TÉRMICO PELO EXTERIOR DE FACHADAS Vasco Peixoto de Freitas Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto Conferência Internacional da PEDRA NATURAL ALFÂNDEGA

Leia mais

ACÚSTICA DA EDIFICAÇÃO

ACÚSTICA DA EDIFICAÇÃO ACÚSTICA DA EDIFICAÇÃO Profa. Dr.-Ing. Erika Borges Leão Disciplina ministrada ao IV semestre do curso de Engenharia Civil Universidade do Estado de Mato Grosso Campus Sinop/MT OBJETIVOS DA DISCIPLINA

Leia mais

SÉRIE INVICTA S 1 FOLHA BATENTE

SÉRIE INVICTA S 1 FOLHA BATENTE SÉRIE INVICTA S 1 FOLHA BATENTE ' P O R S E G, S I S T E M A S D E S E G U R A N Ç A, S. A. P R O D U T O S A N T I - I N T R U S Ã O S É R I E I N V I C T A S SÉRIE INVICTA S 82 83 84 85 Fotografias

Leia mais

Inovação e sustentabilidade em coberturas cerâmicas

Inovação e sustentabilidade em coberturas cerâmicas Inovação e sustentabilidade em coberturas cerâmicas A telha cerâmica é o mais antigo material de construção com forma adequada para o revestimento de coberturas. As características intrínsecas dos materiais

Leia mais

A melhor placa com total segurança

A melhor placa com total segurança A melhor placa com total segurança Habito revoluciona o mundo dos sistemas de Placa de Gesso Laminado e apresenta-se como a solução de placa com o melhor desempenho a nível de resistência aos impactos

Leia mais

Sistemas de Paredes. Parede Segurança

Sistemas de Paredes. Parede Segurança Parede Segurança CATÁLOGO TÉCNICO 2014 Parede composta por duas linhas de perfis guias e montantes em aço galvanizado intercaladas por tela metálica, com duas camadas de chapa de gesso sobrepostas em cada

Leia mais

Sistema de Isolamento Térmico pelo Exterior. Reboco Delgado Armado sobre Poliestireno Expandido - ETICS

Sistema de Isolamento Térmico pelo Exterior. Reboco Delgado Armado sobre Poliestireno Expandido - ETICS Sistema de Isolamento Térmico pelo Exterior Reboco Delgado Armado sobre Poliestireno Expandido - ETICS Sistema TEPROTERM 2 / 19 1. INTRODUÇÃO I Cerca de 1/3 do consumo mundial de energia destina-se a habitações

Leia mais

(73) Titular(es): (72) Inventor(es): (74) Mandatário:

(73) Titular(es): (72) Inventor(es): (74) Mandatário: (11) Número de Publicação: PT 10941 (51) Classificação Internacional: E04C 2/284 (2006) (12) FASCÍCULO DE MODELO DE UTILIDADE (22) Data de pedido: 2011.06.27 (30) Prioridade(s): (43) Data de publicação

Leia mais

Parafuso autoperfurante TA 3,5x25mm. Massa para tratamento de juntas com fita de papel microperfurado. Fita de isolamento Montante

Parafuso autoperfurante TA 3,5x25mm. Massa para tratamento de juntas com fita de papel microperfurado. Fita de isolamento Montante Parede Knauf W111 - Detalhes Técnicos Corte Vertical Detalhe - Junta de chapas estrutura simples TA 3,5x25mm TA 3,5x25mm com fita de com fita de Detalhe - Encontro com parede TA 3,5x25mm Parafuso com bucha

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada AVENIDA INFANTE SANTO, 66, 7º B ESQ Localidade LISBOA.

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada AVENIDA INFANTE SANTO, 66, 7º B ESQ Localidade LISBOA. Válido até 24/09/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada AVENIDA INFANTE SANTO, 66, 7º B ESQ Localidade LISBOA Freguesia ESTRELA Concelho LISBOA GPS 38.709710, -9.165900 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL Conservatória

Leia mais

Mapesilent System. Sistema para o isolamento acústico contra o ruído de passos

Mapesilent System. Sistema para o isolamento acústico contra o ruído de passos Mapesilent System Sistema para o isolamento acústico contra o ruído de passos O sistema Mapesilent Ao longo dos últimos anos, o conhecimento do conceito de conforto habitacional, combinado com a utilização

Leia mais

TECNOLOGIA INOVADORA PARA PROJETOS INTELIGENTES

TECNOLOGIA INOVADORA PARA PROJETOS INTELIGENTES TECNOLOGIA INOVADORA PARA PROJETOS INTELIGENTES A linha de Soluções Construtivas Eternit foi pensada para facilitar o desempenho do projeto na prática, para agregar qualidade e proporcionar um resultado

Leia mais

BASF Poliuretanos Iberia S.A.

BASF Poliuretanos Iberia S.A. BASF Poliuretanos Iberia S.A. Generalidades Propriedades Vantagens Condutibilidade Térmica Reacção ao fogo Absorção de água Impermeabilidade Permeabilidade ao vapor de água Permeabilidade ao ar Resistência

Leia mais

DETOLUX DADOS TÉCNICOS. 8cm SOFT STOP ALTURA LIVRE DO PORTÃO A B. Sistema de deslizamento silencioso. Espaço reduzido entre teto e portão.

DETOLUX DADOS TÉCNICOS. 8cm SOFT STOP ALTURA LIVRE DO PORTÃO A B. Sistema de deslizamento silencioso. Espaço reduzido entre teto e portão. DETOLUX largura largura livre livre medida medida medida de corte de corte de do corte painel do painel do = painel largura = largura = do vão do - vão - - dimensão dimensão final final do final painel

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Meias canas para isolamento de tubagens, com diâmetros variáveis.

FICHA TÉCNICA. Meias canas para isolamento de tubagens, com diâmetros variáveis. FICHA TÉCNICA 1. APRESENTAÇÃO DO PRODUTO Aglomex Acoustic é um produto resultante da aglomeração de espuma flexível de poliuretano de diferentes densidades, que evidencia uma composição homogénea e estável.

Leia mais

K-FLEX K-FLEX ST 74 U M A N O V A G E R A Ç Ã O D E M A T E R I A I S D E I S O L A M E N T O

K-FLEX K-FLEX ST 74 U M A N O V A G E R A Ç Ã O D E M A T E R I A I S D E I S O L A M E N T O K-FLEX 74 U M A N O V A G E R A Ç Ã O D E M A T E R I A I S D E I S O L A M E N T O /SK Tubo de isolamento pré-cortado com adesivo prancha tubos Isolamento elastomérico para todas as aplicações, civil

Leia mais

DESEMPENHO TÉRMICO DE EDIFICAÇÕES NBR 15220

DESEMPENHO TÉRMICO DE EDIFICAÇÕES NBR 15220 DESEMPENHO TÉRMICO DE EDIFICAÇÕES NBR 15220 ASPECTOS GERAIS: Parte 1: Definições, símbolos e unidades; Parte 2: Métodos de cálculo da transmitância térmica, da capacidade térmica, do atraso térmico e do

Leia mais

SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS PRÓ-EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E CONFORTO TÉRMICO

SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS PRÓ-EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E CONFORTO TÉRMICO António Curado SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS PRÓ-EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E CONFORTO TÉRMICO Índice 1. ENERGIA E CONFORTO TÉRMICO 2. SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS REGULAMENTARES 2.1. REQUISITOS DE DESEMPENHO 2.2. FACHADAS

Leia mais

Análise de soluções construtivas com recurso à Metodologia de Avaliação Relativa da Sustentabilidade

Análise de soluções construtivas com recurso à Metodologia de Avaliação Relativa da Sustentabilidade DESAFIO CINCOS 10 Análise de soluções construtivas com recurso à Metodologia de Avaliação Relativa da Sustentabilidade Outubro de 2010 Fábio Ribas Fernandes» fabio.ribas@ua.pt « ÍNDICE I. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

Paredes Knauf. Soluções que sustentam a qualidade do seu projeto

Paredes Knauf. Soluções que sustentam a qualidade do seu projeto Knauf Folheto Técnico 08 / 2016 Paredes Knauf Soluções que sustentam a qualidade do seu projeto Estabilidade, resistência a impactos, proteção termoacústica e outras características inovadoras que não

Leia mais

LINHA MBI Isolação para coberturas

LINHA MBI Isolação para coberturas LINHA MBI Isolação para coberturas FACEFELT Isolação para coberturas Feltro constituído por lã de vidro aglomerada com resina vegetal e possui características termoacústicas. Revestido em uma das faces

Leia mais

LINHA MBI Isolação para coberturas

LINHA MBI Isolação para coberturas LINHA MBI Isolação para coberturas FACEFELT Isolação para coberturas Feltro constituído por lã de vidro aglomerada com resina vegetal e possui características termoacústicas. Revestido em uma das faces

Leia mais

ÍNDICE 1. EMPRESA BREVES NOÇÕES PRINCIPAIS VANTAGENS ÂMBITO DE APLICAÇÃO INSTRUÇÕES SIMPLIFICADAS DE APLICAÇÃO...

ÍNDICE 1. EMPRESA BREVES NOÇÕES PRINCIPAIS VANTAGENS ÂMBITO DE APLICAÇÃO INSTRUÇÕES SIMPLIFICADAS DE APLICAÇÃO... DOSSIER INFORMATIVO ÍNDICE 1. EMPRESA... 3 2. BREVES NOÇÕES... 4 3. PRINCIPAIS VANTAGENS... 5 4. ÂMBITO DE APLICAÇÃO... 7 5. INSTRUÇÕES SIMPLIFICADAS DE APLICAÇÃO... 8 2 1. EMPRESA A FLEX2000 é uma empresa

Leia mais

www.solucoesparaconstrucao.com Ávila e Sousa, Eng. Civil avila@preceram.pt

www.solucoesparaconstrucao.com Ávila e Sousa, Eng. Civil avila@preceram.pt www.solucoesparaconstrucao.com Ávila e Sousa, Eng. Civil avila@preceram.pt Ávila e Sousa, Eng. Civil avila@preceram.pt Grupo Preceram - grupo familiar de capital nacional Águeda Oliveira do Bairro Figueira

Leia mais

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS COBERTURAS Imitação Telha (1/2/4 águas) -Aço galvanizado na qualidade S250GD+Z, segundo EN 10346:2009 + EN 10169, revestida com poliéster regular modificado, e tolerâncias de espessura

Leia mais

CONTACTOS. Cerâmica Vale da Gândara Apartado 22, Gândara Mortágua Viseu Portugal

CONTACTOS. Cerâmica Vale da Gândara Apartado 22, Gândara Mortágua Viseu Portugal CERÂMICA VALE DA GÂNDARA A Cerâmica do Vale da Gândara foi criada em 1957. Localizada na zona centro de Portugal, entre as serras do Buçaco e do Caramulo transformou-se em 1994 na primeira e única empresa

Leia mais

ISO... Sistema ETICS. therm

ISO... Sistema ETICS. therm ISO... Sistema ETICS therm By O Isolamento térmico de qualidade O sistema ETICS ISOtherm tem na sua composição diferentes soluções de acordo com as distintas necessidades das habitações/edifícios. Propomos

Leia mais

MONTAGE MONTAGE MONTAGE AGARRE IMEDIATO TRANSPARENTE PROFISSIONAL

MONTAGE MONTAGE MONTAGE AGARRE IMEDIATO TRANSPARENTE PROFISSIONAL MONTAGE MONTAGE MONTAGE AGARRE IMEDIATO TRANSPARENTE PROFISSIONAL MONTAGE AGARRE IMEDIATO FIXE CARGAS PESADAS NO INTERIOR OU EXTERIOR INTERIOR E EXTERIOR REFORÇADO COM FIBRAS MATERIAIS POROSOS EXTERIOR

Leia mais

(73) Titular(es): (72) Inventor(es): (74) Mandatário:

(73) Titular(es): (72) Inventor(es): (74) Mandatário: (11) Número de Publicação: PT 105774 (51) Classificação Internacional: E04C 2/284 (2006) (12) FASCÍCULO DE PATENTE DE INVENÇÃO (22) Data de pedido: 2011.06.27 (30) Prioridade(s): (43) Data de publicação

Leia mais

NO FRIO E NO CALOR O CASACO TÉRMICO DA SUA CASA

NO FRIO E NO CALOR O CASACO TÉRMICO DA SUA CASA NOVO Sika ThermoCoat NO FRIO E NO CALOR O CASACO TÉRMICO DA SUA CASA SISTEMA DE ISOLAMENTO TÉRMICO PELO EXTERIOR ETICS CONFORTÁVEL POUPA ENERGIA IMPERMEÁVEL SEM CONDENSAÇÕES SEM FISSURAS prt.sika.com UM

Leia mais

QUANDO A HUMIDADE TE PODE LEVAR A ERRAR.

QUANDO A HUMIDADE TE PODE LEVAR A ERRAR. QUANDO A HUMIDADE TE PODE LEVAR A ERRAR. AF/ARMAFLEX o isolamento profissional para prevenir a condensação, em sistemas de refrigeração e climatização, com a marca (Espanha) renovada. Producto Certificado

Leia mais

SÉRIE PLANO 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE

SÉRIE PLANO 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE SÉRIE PLANO SÉRIE PLANO 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE Produto vencedor do Red Dot Design Award 2013 Produto patenteado registo nº. 002200311 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE Caracterização

Leia mais

ACEPE ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL DO POLIESTIRENO EXPANDIDO

ACEPE ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL DO POLIESTIRENO EXPANDIDO ACEPE ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL DO POLIESTIRENO EXPANDIDO EPS POLIESTIRENO EXPANDIDO NO ISOLAMENTO TÉRMICO PELO EXTERIOR ETICS NICOLAU TIRONE SEMINÁRIO APFAC FACHADAS ENERGETICAMENTE EFICIENTES LNEC, LISBOA

Leia mais

REDE DE REBOCO - CAPOTTO/ETICS - CERTIFICADA ETAG 004 REDE DE REBOCO REDE PARA PINTURA REDE REBOCO REDE REBOCO - ROLOS CORTADOS

REDE DE REBOCO - CAPOTTO/ETICS - CERTIFICADA ETAG 004 REDE DE REBOCO REDE PARA PINTURA REDE REBOCO REDE REBOCO - ROLOS CORTADOS REDE DE REBOCO - CAPOTTO/ETICS - CERTIFICADA ETAG 004 Material: alcalino-resistente malha de fibra de vidro Aplicabilidade: Sistema de isolamento térmico externo e reforço interno de reboco e revestimentos

Leia mais

FICHA TÉCNICA Nº5. AGLOMERADO NEGRO ( ou AGLOMERADO PURO EXPANDIDO) AN STANDARD

FICHA TÉCNICA Nº5. AGLOMERADO NEGRO ( ou AGLOMERADO PURO EXPANDIDO) AN STANDARD FICHA TÉCNICA Nº5 AGLOMERADO NEGRO ( ou AGLOMERADO PURO EXPANDIDO) Referências: AN STANDARD Para Isolamento Térmico Regranulados Calibre 2 / 9 e 4,5 / 15 mm Nota: Por encomenda, fabricam-se ainda outros

Leia mais

ASPECTOS CONSTRUTIVOS DA REABILITAÇÃO ENERGÉTICA DOS EDIFÍCIOS

ASPECTOS CONSTRUTIVOS DA REABILITAÇÃO ENERGÉTICA DOS EDIFÍCIOS Auditório José Silvestre do Instituto Superior de Engenharia da Universidade do Algarve continuação ASPECTOS CONSTRUTIVOS DA REABILITAÇÃO ENERGÉTICA DOS EDIFÍCIOS Susana Fernandes Oz, Lda. A reabilitação

Leia mais

Palas de Sombreamento Horizontais: SG.BS-H e SG.BS-V Verticais / Tapa Vistas: SG.BS-TV

Palas de Sombreamento Horizontais: SG.BS-H e SG.BS-V Verticais / Tapa Vistas: SG.BS-TV Palas de Sombreamento Horizontais: SG.BS-H e SG.BS-V Verticais / Tapa Vistas: SG.BS-TV v6 2 Pala de Sombreamento Horizontal SG.BS-H e SG.BS-V As Palas de Sombreamento (Brisa Sol) SeGurAL SG.BS-H e SG.BS-V

Leia mais

Revestimentos Knauf Conforto térmico e acústico com alta qualidade de acabamento

Revestimentos Knauf Conforto térmico e acústico com alta qualidade de acabamento Knauf Folheto Técnico 05 / 2017 Revestimentos Knauf Conforto térmico e acústico com alta qualidade de acabamento Revestimento Knauf Utilizados em áreas internas das edificações para revestir paredes, pilares,

Leia mais

Isolamento. de Coberturas. Saiba mais sobre

Isolamento. de Coberturas. Saiba mais sobre Isolamento de Coberturas Saiba mais sobre 1 ENQUADRAMENTO TIPOS DE COBERTURAS CONSTRUÍDAS EM PORTUGAL As coberturas são fundamentais para o conforto de uma habitação e responsáveis por ganhos e perdas

Leia mais

Soluções Placo Hydro. Máxima resistência à humedade

Soluções Placo Hydro. Máxima resistência à humedade Soluções Placo Hydro Máxima resistência à humedade 02 A PROTEÇÃO CONTRA A HUMIDADE Existem duas propriedades que determinam o comportamento da placa em ambientes húmidos, a durabilidade e a resistência

Leia mais

Painéis absorvedores sonoros

Painéis absorvedores sonoros Painéis absorvedores sonoros Absorção Sonora de Alta Performance Desenvolvidos pela Isover, os painéis Decorsound e Sonare reduzem os efeitos da reverberação sonora, minimizando a propagação de ruídos

Leia mais

Soluções de reabilitação de paredes/fachadas com desempenho térmico melhorado. Luís Silva Coimbra, 31 de Julho 2014

Soluções de reabilitação de paredes/fachadas com desempenho térmico melhorado. Luís Silva Coimbra, 31 de Julho 2014 Soluções de reabilitação de paredes/fachadas com desempenho térmico melhorado Luís Silva Coimbra, 31 de Julho 2014 Introdução As exigências da reabilitação na relação com o existente A compatibilidade

Leia mais

CARACTERISTICAS TÉCNICAS

CARACTERISTICAS TÉCNICAS SISTEMA SMART light CARACTERISTICAS TÉCNICAS MOBILIDADE E FLEXIBILIDADE A NATUREZA AUTOPORTANTE DESTE PRODUTO, QUER NA VERSÃO PAREDE DIVISÓRIA, QUER NA PAREDE ARMÁRIO, TEM COMO BASE A SUA TOTAL MOBILIDADE,

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO CHOUPELO, 811, 3ºESQ Localidade VILA NOVA DE GAIA

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO CHOUPELO, 811, 3ºESQ Localidade VILA NOVA DE GAIA Válido até 11/02/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DO CHOUPELO, 811, 3ºESQ Localidade VILA NOVA DE GAIA Freguesia VILA NOVA DE GAIA (SANTA MARINHA) Concelho VILA NOVA DE GAIA GPS 41.070000, -8.360000

Leia mais

Isolamento Térmico com Grés Cerâmico Manual de Instalação

Isolamento Térmico com Grés Cerâmico Manual de Instalação Isolamento Térmico com Grés Cerâmico Manual de Instalação www.candigres.com :: candigres@candigres.com Índice Pág. 1.0 Cálculo do Material necessário 4 2.0 Preparação do suporte 4 2.1 Condições Gerais

Leia mais

ISOLANTE NATURAL EDIFÍCIO CONSTRUÇÃO

ISOLANTE NATURAL EDIFÍCIO CONSTRUÇÃO ISOLANTE NATURAL EDIFÍCIO CONSTRUÇÃO Produtos naturais para edifícios energicamente eficientes Para a CELENIT, um ótimo isolamento é dos critérios essenciais numa construção. Devido às inúmeras vantagens

Leia mais

PISO RADIANTE. Vantagens

PISO RADIANTE. Vantagens PISO RADIANTE Vantagens O Piso Radiante é o Sistema de Aquecimento mais confortável que se pode encontrar. O Piso Radiante liberta o calor de uma forma natural, debaixo para cima, razão pela qual se considera

Leia mais

1. Introdução. 2. Objetivos

1. Introdução. 2. Objetivos Universidade do Minho - Escola de Engenharia MESTRADO INTEGRADO EM ENGENHARIA CIVIL Plano de Trabalhos para Dissertação de Mestrado 2016/17 Tema: Análise do ciclo de vida de um sistema de habitação modelar

Leia mais

TRANSMISSÃO DO SOM TRANSMISSÃO DO SOM TRANSMISSÃO DO SOM 1º MODO DE VIBRAÇÃO ESTRUTURAL ÍNDICE DE REDUÇÃO SONORA DE ELEMENTOS DE CONSTRUÇÃO

TRANSMISSÃO DO SOM TRANSMISSÃO DO SOM TRANSMISSÃO DO SOM 1º MODO DE VIBRAÇÃO ESTRUTURAL ÍNDICE DE REDUÇÃO SONORA DE ELEMENTOS DE CONSTRUÇÃO A transmissão do som entre locais pode efectuar-se: por via aérea: quando a vibração do elemento é provocada pelo campo sonoro criado pela fonte no ar; por percussão: quando a vibração do elemento é provocada

Leia mais

SÉRIE RF 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE 2 FOLHAS BATENTE

SÉRIE RF 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE 2 FOLHAS BATENTE SÉRIE RF SÉRIE RF 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE 2 FOLHAS BATENTE SÉRIE RF 1 2 3 4 Fotografias gerais e pormenores SÉRIE RF 5 6 7 Fotografias gerais e pormenores 6 1 FOLHA / 2

Leia mais

Materiais. Conceitos para acústica arquitetônica. Marcelo Portela LVA/UFSC

Materiais. Conceitos para acústica arquitetônica. Marcelo Portela LVA/UFSC Materiais Acústicos Conceitos para acústica arquitetônica Marcelo Portela LVA/UFSC LEMBRANDO... ISOLAMENTO ACÚSTICO Capacidade de certos materiais formarem uma barreira, impedindo que a onda sonora passe

Leia mais

Desempenho térmico de materiais e componentes construtivos

Desempenho térmico de materiais e componentes construtivos Desempenho térmico de materiais e componentes construtivos Profa. Dra. Denise Duarte Prof. Dr. Leonardo Marques Monteiro Modelo de cálculo de desempenho térmico da edificação 1 caracterizar ambiente Renovação:

Leia mais