Ao atender o convite da AGCO, aderindo rapidamente ao novo EDI adotado. Para substituir o que chama de simplesmente

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ao atender o convite da AGCO, aderindo rapidamente ao novo EDI adotado. Para substituir o que chama de simplesmente"

Transcrição

1 Informativo Trimestral Edição 2 janeiro fevereiro março EDI ACOMPANHA EVOLUÇÃO DA TOYOTA NO BRASIL DIVULGAÇÃO O Em Indaiatuba (SP), 15 mil m 2 e produção média de 250 veículos/dia fato de ter inaugurado em São Bernardo do Campo (SP), há mais de 40 anos, sua primeira fábrica fora do Japão não seria a única atitude pioneira desta montadora no País. Sua forma de trocar informações eletrônicas com os parceiros comerciais aqui estabelecidos também apresenta aspectos inovadores, tendo evoluído em ritmo semelhante ao dos veículos que, desde 1998, produz na cidade de Indaiatuba, interior de São Paulo. Assim, da mesma forma que o utilitário Bandeirantes do início pouco tem em comum com os seus sofisticados modelos atuais, conceitos sistêmico-logísticos foram repensados pela Toyota, que deixa claro nesta edição ainda ter muitos planos para continuar surpreendendo dentro e fora de sua fábrica, onde hoje conta com colaboradores. Páginas 3 e 4 SawluzNET: AUTOPEÇAS DIZEM SIM Ao atender o convite da AGCO, aderindo rapidamente ao novo EDI adotado pela montadora das máquinas agrícolas Massey Fergusson, a Platodiesel olhou para o futuro. Num mercado globalizado como o nosso, inovações tecnológicas como esta costumam espalhar-se rapidamente, justifica o coordenador de Informática da empresa, José Ricardo Tallo. Mas o investimento realizado por esta fábrica de embreagens já traz bons resultados, impressão semelhante manifestada por empresas como Luk e Maxion, também ouvidas nesta reportagem. Página 7 AGRALE QUER MAIS Para substituir o que chama de simplesmente EDI por uma solução que disponibilize informação de boa qualidade no convívio diário com os cerca de 450 fornecedores da unidade de Caxias do Sul (RS), o supervisor de Compras da Agrale, Eduardo Oliveira, considera das mais promissoras a recente opção pelo SawluzNET. Ao utilizar a Internet para a troca e validação de documentos eletrônicos, ele considera o sistema da Sawluz Informática estreitamente relacionado à estratégia da montadora de manter num portal todos os aspectos relevantes de seu relacionamento diário com a cadeia de fornecedores. Estamos enxergando um cenário em perspectiva de crescimento, que inclui novos mercados e produtos, explica Eduardo, para quem o SawluzNET será essencial ao sucesso dessa nova fase da planta gaúcha, que atua no segmento de veículos automotores e seus componentes. Um aspecto significativo para o otimismo do supervisor é a grande aderência que ele aguarda para o projeto, tendo em vista sua flexibilidade. A Sawluz tem soluções para atender clientes de todos os tamanhos, acrescenta Oliveira, colocando como prioridades da implantação a agilidade de todo o processo de compras, impulsionado por uma comunicação que ele resume como muito mais dinâmica e eficaz. Acompanhamento passo a passo das entregas, detecção de eventuais distorções antes da chegada de cada caminhão à portaria e banimento de ligações telefônicas e trocas de ou fax diante de situações desse tipo são algumas de suas metas a curto prazo. Saiba mais a respeito em nossa próxima edição Eduardo Oliveira, durante evento com fornecedores: perspectiva de crescimento JULIO SOARES

2 EDITORIAL Aprendendo Sempre Em nossos 15 anos de EDI, percebemos que tecnologia não é tudo neste campo. O aspecto humano tem sido vital na implementação de projetos do gênero, envolvendo diferentes expertises, desde a alta direção das empresas até suas áreas comerciais, de informática e logística. Mais interessante ainda é a troca gerada por essa combinação de talentos e especialidades, o que vem nos permitindo sair mais ricos em conhecimento e experiência de cada nova implantação concluída. Vários casos assim ocupam as páginas desta edição, na qual estreamos a seção Gente EDI, mostrando testemunhos e perspectivas de quem realmente faz o Electronic Data Interchange acontecer nas empresas. Outra novidade é a coluna Clipping, trazendo, a cada trimestre, a reprodução de matérias da área publicadas pela mídia. Esperamos que vocês gostem destas inovações. Boa leitura a todos! Adoniram Judson da Silva e Werter Padilha Cavalcante André Correa: recepção mais rápida, sem erros Testemunhando a Evolução Atual supervisor de Logística da Formtap, tradicional fornecedora de tetos, tapetes e revestimentos para portas, Lucimar Oliveira vem dedicando boa parte dos seus 25 anos de setor automotivo ao aprofundamento na área de EDI. Nesta trajetória, que inclui empresas como Volkswagen, Coplatex e Isringhausen, ele considera 1995 um marco, pois foi naquele ano que iniciou a busca por um software capaz de interpretar os releases dos pedidos recebidos das montadoras. Até então, o pessoal ia às fábricas pessoalmente para buscar as programações em papel, o que gerava uma série de cálculos internos, já que algumas indústrias trabalhavam por pedido e outras por números acumulados, relembra. Foi em meio a este cenário que Lucimar conheceu a Sawluz, com a qual trabalha até hoje, por considerar suas soluções práticas, de fácil implantação e com suporte eficaz, conjunto de posturas que sempre coloca a satisfação plena do cliente em primeiro plano. Quanto ao produto em si, logo chamou a atenção dele o fato de as informações serem líquidas, dispensando a conferência das notas de entrada e saída para apuração dos saldos, operação que antigamente requeria de 2 a 3 dias de processamento manual, constata. A boa impressão do início seria reforçada mais adiante, quando a empresa onde viria a trabalhar depois resolveu implantar o Triton, atualmente Baan. Os próprios analistas deles reconheceram que estávamos muito bem GENTE EDI atendidos na administração de carteiras e que seria conveniente permanecer com a Sawluz neste campo, conta o supervisor. Ao comparar passado e presente, o profissional reconhece que improvisações e um certo sexto-sentido, que imperavam antigamente no setor automotivo, acabaram cedendo lugar à precisão cirúrgica de linhas de montagem com estoque zero, o que realçou mais ainda a importância do EDI para o trabalho sincronizado entre cliente e fornecedor. Falando sobre o futuro, Lucimar identifica na migração do mercado das VANs convencionais para o ambiente web e na adoção crescente do fornecimento seqüenciado tendências irreversíveis, justamente em virtude destes novos tempos. Oliveira: atuando em logística desde o tempo das programações em papel O palestrante, da AGCO, ladeado por Pedro Missalli e Werter Padilha, da Sawluz, que também participaram do evento AGCO na CIO Brasil 2005 Com o case EDI no Supply Chain Um Passo Adiante, a AGCO ficou entre os três finalistas dentre quinze trabalhos considerados mais interessantes pelos executivos de TI que participaram do CIO Brasil, tradicional evento anual da Sucesu, desta vez realizado de 9 a 13 de março no Hotel Costão do Santinho, em Florianópolis (SC). Em sua apresentação, o gerente de TI da AGCO, André Iriart Correa, resumiu as características do sistema implantado pela FLASHBACK Sawluz junto a cerca de 150 fornecedores de material produtivo direto, destacando alguns dos benefícios já obtidos com a implantação. Recebemos aproximadamente 500 notas fiscais por dia, correspondendo a um total entre 70 e 80 caminhões, volume concentrado nas primeiras horas da manhã, disse André, ao ressaltar o fim de transtornos como longas filas na recepção provocadas por redigitações e apurações de inconsistências registradas antes da implantação do SawluzNET. Expediente Sawluz Metodologia Aplicada em Informática S/C Ltda. Rua José Secundino da Costa, 245 Interlagos CEP São Paulo/SP Tel (11) Fax (11) Textos e fotos: Reperkut Comunicação SS. Telefax (11) Jornalista responsável: Wagner Fonseca (MTB ) Assistentes de redação: Pâmela Lee Hamer e Cristina Akemi Yamazaki Produção editorial: Zeppelini Editorial Ltda. PABX (11)

3 O Jeito Toyota de Fazer EDI RAIO X Na esteira de mudanças profundas, envolvendo desde o perfil do mercado atingido até as práticas sistêmicologísticas que mantém com seus fornecedores, a montadora japonesa mostra fôlego notável para inovar Compreender o Electronic Data Interchange da Toyota torna-se missão mais simples quando se analisa a verdadeira revolução vivida por esta indústria, em apenas sete anos de Brasil. Foi neste intervalo que a fábrica de Indaiatuba (SP) deslocou sua atenção, inicialmente focada na montagem de veículos como o sofisticado Corolla e a station weagon Fielder, destinados a uma fatia estável e conservadora do mercado, para o seu atual modelo principal, o 55N, sedan de médio porte com o qual pretende, até 2010, conquistar 10% das preferências de um consumidor em fase de franca ascensão profissional e social. Igualmente em sintonia com os planos mundiais da companhia, a Toyota brasileira vive, no momento, a perspectiva de logo exportar peças para modelos como a nova Hailux, recém-lançada pela sua subsidiária Argentina, dentro do Projeto IMV Innovative Multi Purpose Vehicle, hoje também em vias de chegar à Venezuela. Em meio a um cenário tão efervescente, o EDI acabaria se transformando em ferramenta essencial dentro da empresa, conforme reconhece Fernando Papa, PCP Analist da planta paulista. Antigamente, uma pessoa passava horas fazendo cálculos em planilhas para mandar a programação de entregas dos fornecedores, informação que requeria o envio constante de fax, chegando a gerar um consumo ao redor de 140 mil folhas de papel sulfite por mês, recorda-se. Mas o aumento de produção, representado pelo advento do 55N, acabaria sendo um marco para a mudança radical deste quadro, já a partir de Precisaríamos de umas 10 pessoas só para digitar e conferir as cerca de duas mil notas hoje recebidas diariamente, acrescenta Papa, frisando ainda os congestionamentos de caminhões a que antes estava sujeita a sua portaria, mediante inconsistências detectadas na recepção. Antigamente, uma pessoa Fernando Papa com as etiquetas para palletes e caixas: aspecto crucial no Kanban do fornecedor passava horas fazendo cálculos em planilhas para mandar a programação de entregas dos fornecedores, informação que requeria o envio constante de fax, chegando a gerar um consumo ao redor de 140 mil folhas de papel sulfite por mês 3

4 RAIO X Novos tempos A primeira grande transformação no campo logístico, diante de uma realidade sem estoques nem desperdício, foi a adoção da meta de produzir apenas as unidades vendidas, diferencial que colocaria a confiabilidade na recepção de peças e componentes em nível prioritário semelhante ao sempre dedicado pela Toyota à qualidade de seus produtos. Trabalhar de forma tão homogênea com os fornecedores, solicitando quantidades precisas e com o mínimo lead time, tornou-se então uma atitude rotineira. Não fazemos grandes alterações, da noite para o dia, nos volumes pedidos, afirma o group leader da área de PCP da montadora, Bernardo Rocha Neto, considerando isto uma das principais causas para o bom relacionamento existente entre a Toyota e as fábricas de autopeças. Somos uma das montadoras que menos alteram programações, fazendo isto apenas antes de firmar um pedido, acrescenta o profissional. Com relação aos gargalos do passado, a adoção do EDI fez com que os caminhões passassem a demorar menos de cinco minutos para ter o descarregamento autorizado. Ele chega, nosso funcionário bate os olhos na nota fiscal, que já está no sistema, aperta uma tecla e não tem que digitar mais nada, constata Bernardo. Ainda na ponta do PCP, os avanços obtidos incluem maior flexibilidade e rapidez ao manter o fornecedor bem informado sobre os prazos e as quantidades a cumprir. Outro aspecto do processo de EDI da Toyota, favorável ao melhor entendimento entre a montadora e os seus fornecedores, é a emissão de etiquetas identificando caixas e palletes e que o sistema disponibiliza para download. Segundo Bernardo, isto tem funcionado como ponto crucial no Kanban do fornecedor, pois é com base naquilo que ele produz e etiqueta diariamente, sabe com exatidão o que precisa estar separado e conferido para cada horário de janela do Milk Run, que circula pelas autopeças para abastecer a linha de montagem a cada dia. Todo esse processo assume vital importância, juntamente com o envio do aviso de embarque, por parte do fornecedor, cerca de meia hora após o caminhão deixar sua sede. Ao mesmo tempo, o procedimento possibilita internamente, na Toyota, a definição exata do caminho a ser percorrido pelas peças e componentes que chegam à montadora, com base nos respectivos part e order numbers e ainda, via código de barras, a realização de todas as baixas possíveis, inclusive no setor fiscal. Internet Dispensar a utilização de VANs tradicionais para manter toda essa gama de informações sempre disponível para a comunidade dentro e fora de seus muros tem sido outro diferencial marcante do EDI da Toyota. Há três anos a montadora utiliza um portal com esta finalidade, por onde trafegam os documentos eletrônicos RND001 e RND012, contento as programações diárias, divulgadas toda sexta-feira, bem com as mensais, normalmente entre os dias 25 e 7, com base em informações recebidas de outras plantas, como a Argentina. Etiquetas e avisos de embarque também passam pelo Portal. Hoje todos utilizam a Internet, justifica Fernando Papa, lembrando já haver os fornecedores Pioneer, TRW, J. Controls e Benteler, entre outros, rodando as soluções Sawluz neste ambiente FTP. A programação mensal, segundo ele, é disponibilizada sempre que um mês é firmado, possibilitando ao fornecedor uma visão até trimestral. Se eu firmo fevereiro, mostro as quantidades de março e abril, exemplifica Fernando, lembrando que o primeiro mês é sempre firme, podendo os demais ter uma variação máxima de 10%, e sempre o maior. Com relação às programações diárias, obtidas pelo fornecedor também via portal, elas referem-se às entregas efetuadas a partir da semana seguinte. Ou seja, para saber o que deverá ser entregue no período corrente, via RND012, as autopeças dispõem de informações recebidas sete dias antes, sem qualquer possibilidade de modificação neste intervalo. Todos esses avanços, porém, não levam a montadora japonesa a cogitar acomodação. Uma de suas metas para aprimorar mais ainda o EDI é o melhor controle das informações recebidas via aviso de embarque. Hoje, a empresa tem uma noção do trânsito dos caminhões, porém isto toma como base cálculos e não o monitoramento detalhado do trajeto. Uma outra meta perseguida pela Toyota é a implementação da entrega seqüenciada, batizada em japonês como Jyunbiki e que, na prática, representa a evolução natural do Just In Time. Com ele, a montadora pretende um dia receber diretamente do fornecedor para a sua linha de montagem, e na ordem exata em que cada veículo será produzido, como se a empresa parceira estivesse dentro de casa. Agindo assim, quer riscar definitivamente do seu cotidiano a palavra estoque envolvendo itens como os bancos, pródigos em ocupar preciosos espaços dentro das fábricas. Bernardo Rocha: bom relacionamento com os fornecedores Somos uma das montadoras que menos alteram programações, fazendo isto apenas antes de firmar um pedido 4

5 Colocando Ordem na Torre de Babel PONTO DE VISTA SN: De que forma você analisa o EDI no setor automotivo ao longo dos últimos anos? Matos: Basicamente, as montadoras passaram a buscar as suas soluções de integração para reduzir custos e aumentar produtividade. No quesito abastecimento, foram as alavancadoras da necessidade do EDI, cada qual buscando, muitas vezes, uma solução própria para alcançar este objetivo. Esta heterogeneidade acabou gerando uma dificuldade muito grande, não só para nós, mas para qualquer fornecedor, que é a ponta neste tipo de processo. Ou seja, tornou-se difícil assimilar tantas tecnologias distintas, e já estávamos presenciando uma espécie de Torre de Babel no mercado. SN: No caso de uma empresa como a sua, que atende praticamente todas as montadoras, essa situação deve ter assumido proporções consideráveis... Matos: Sem dúvida, e não só com relação aos diferentes tipos de EDI, mas também no que se refere à adoção de diferentes protocolos, como Edifact, RND e alguns até mesmo específicos, principalmente no começo. Também nos deparamos com diferentes links igualmente distintos: STM- 400, Interchange, FTPs, Portais e outros provedores. SN: Bem, este quadro foi o que você encontrou ao chegar à Bridgestone Firestone, certo? Houve mudanças desde então? Matos: Sim, hoje este quadro é mutante. Já existe o aprouch de outros clientes, que querem trabalhar de forma diferente. Aliás, eu já havia tomado contato com tendência semelhante de mudança de enfoque com o passar do tempo em outras modalidades de conectividade entre parceiros. A Sawluz chegou até nós justamente com este objetivo, ser um gateway multilinguagem que permitisse, de maneira parametrizada, unificar todo o universo de alternativas disponíveis. Quer dizer, a gente consegue atender a necessidade do cliente sem transformar a facilidade oferecida a ele num grande problema para nós. Gerente de Tecnologia da Informação da Bridgestone Firestone há um ano, Henrique Matos é um estudioso do EDI no segmento automotivo. Nesta entrevista concedida ao SawluzNews, ele analisa a evolução obtida até aqui pelo setor e prevê alguns dos próximos passos de um segmento que, no caso de sua empresa, promete novidades para breve Aos poucos, tornou-se difícil assimilar tantas tecnologias distintas em matéria de EDI e já estávamos presenciando uma espécie de Torre de Babel no mercado SN: E com quais clientes a Bridgestone Firestone já está trocando informações utilizando soluções Sawluz? Matos: Nós temos, hoje, AGCO, Caterpilar, Fiat, GM, Honda, Nissan, Toyota, Valtra, Vallourec e Volks. SN: Realmente, é um universo de fornecimento bem vasto, porque quem trabalha com pneu atende todo tipo de montadora... Matos: Especialmente no Brasil, onde a nossa fábrica tem um mix muito largo, compreendendo desde pneus de passeio até os voltados para agricultura e transporte pesado. Com isso, nosso perfil de cliente também é bastante diferenciado, com reflexo direto até nas soluções tecnológicas que eles implementam. Henrique Matos, da área de TI: sistema tem o poder de unificar diferentes linguagens 5

6 PONTO DE VISTA SN: E de que forma o SawluzNet, solução adotada neste caso, contemplou todo esse universo, essa Torre de Babel que você mencionou no início? Matos: O próprio software da Sawluz, empresa que já nos atendia na área de EDI nos últimos cinco anos, gerou essa possibilidade de trabalharmos de forma homogênea, mesmo tratando de demandas heterogêneas. Como ele é bastante configurável, funcionando tanto com STM-400 quanto Interchange e qualquer outro tipo de canal, além da própria Internet, conseguiu nos atender de forma integral. A Sawluz tem sido para nós um gateway multilinguagem permitindo, de maneira parametrizada, unificar todo o universo de alternativas disponíveis no setor SN: E os seus usuários internos, de quer forma absorveram a novidade? Matos : São mais de 15 pessoas, atuando nas áreas comercial e de logística, dentre outras, repercutindo até mesmo na ponta do faturamento, que também tem acesso ao módulos de expedição e etiquetas. SN: Você diria que o SawluzNET deu início a uma nova fase no relacionamento Sawluz-Firestone? Matos: Diria que sim, devido a aspectos como redução de custo, flexibilidade, agilidade e interconexão. Só o fato de praticamente todas as empresas hoje terem acesso à Internet agilizou bastante alguns processos de implantação, que tornaram-se uma etapa facilmente vencida. Ou seja, pudemos ir direto ao ponto e cuidar da interconexão entre as aplicações. SN: Você poderia exemplificar como isto ocorre na prática, no dia-a-dia? Matos: Nós vamos a um negócio para atender necessidades específicas, principalmente na área comercial, sem a preocupação de administrar contratos, implementar tecnologia de links, configurar servidores etc. Com isso, o caminho todo fica mais curto e eu consigo atender melhor, não só o ambiente externo, mas também o interno, que são as nossas áreas comerciais. SN: Haveria algum outro ponto que você considera ter melhorado com a implantação de soluções Sawluz? Matos: Hoje nós temos mais visibilidade daquilo que ocorre. A própria ferramenta permite saber o que está acontecendo durante toda a transação e isso facilita bastante acompanhar e identificar a solução de problemas. Conseguese, em conseqüência disto, tomar decisões muito mais rapidamente. SN: Por outro lado, você identifica algum ponto que considere passível de ser aprimorado no EDI automotivo? Matos: Eu acho que o custo da comunicação, via STM-400, é o que mais incomoda. Hoje já temos a solução, mas é um trabalho nosso, de casa, junto com o cliente de migrar isso. O SawluzNet, por exemplo, é uma luz no fim do túnel para ser canalizada, é uma tendência na minha opinião e será interessante para todo mundo à medida que for se ampliando, pois é mais simples, descomplicado, tem menos engrenagens e todo o processo é realmente interessante, por isso o considero uma tendência. O fato de praticamente todas as empresas hoje terem acesso à Internet agilizou bastante alguns processos de implantação, que se transformaram numa etapa facilmente vencida SN: E o suporte da Sawluz, como anda? Matos: No news, good news. Quer dizer, ainda não nos chegaram problemas graves neste particular, o que é ótimo sinal. SN: Com relação às novidades internas da Bridgestone Firestone, envolvendo o EDI como um todo, o que você poderia nos antecipar? Matos: Em 1º de maio de 2006 começa a vigorar nosso Projeto SAP e vamos tentar, em paralelo, integrar nosso EDI a este novo sistema corporativo Com o apoio do SawluzNET, nós vamos a um negócio para atender necessidades específicas, principalmente na área comercial, sem a preocupação de administrar contratos, implementar tecnologia de links ou configurar servidores 6

7 SawluzNET: Autopeças Aprovam MERCADO A exemplo do que fizemos na edição passada com a gaúcha Rotamil, fomos saber de que forma fábricas como Platodiesel, Luk e Maxion estão se adaptando ao EDI com valor agregado Já fazia pelo menos um ano que o coordenador de Informática da paulistana Platodiesel participava das reuniões do Sindipeças para se atualizar sobre BMX e outras tendências do Intercâmbio Eletrônico de Dados. Em 2004, quando a AGCO disse que entraria numa nova fase na comunicação com os seus fornecedores, José Ricardo Tallo analisou prós e contras e decidiu: aproveitaria o momento para estrear no mundo do EDI já adotando uma solução diferenciada, que teria na Internet seu ponto central, em detrimento das VANs tradicionais. Um dos pontos determinantes desta postura foi sua crença no poder da Globalização de fazer novidades impactantes logo tomarem conta do mercado. Um cliente vai puxando o outro e você tem que estar sempre de olho quando novas tendências aparecem, justifica o profissional, reconhecendo ter achado, logo de início, a solução da Sawluz muito interessante. Foi também preocupado com o futuro que José Ricardo recomendou à sua diretoria que aproveitasse o SawluzNET para concluir um projeto de EDI com a Valeo Service, que já estava sendo negociado nos últimos dois anos. Para isso, bastou migrar do sistema Lite para a versão completa do software. Foi uma mão-na-roda, já que o SawluzNET se encaixou direitinho nessa nova necessidade, resume. Nenhuma das duas decisões, segundo Tallo, motivaria arrependimento, pois além de ter estado entre as primeiras autopeças a responder positivamente à convocação da AGCO, eliminou no relacionamento diário com a Valeo Service, para a qual fornece embreagens, problemas como a incerteza da chegada efetiva de cada entrega cuja nota fiscal saia da sede de sua empresa, em São Caetano do Sul (SP). Tudo já sai programado, eles sabem o que e como vão receber, bastando conferir e descarregar no destino, acrescenta ele, destacando que até mesmo uma churrascada foi organizada pelo cliente para comemorar os bons resultados obtidos nesta implantação. No campo dos benefícios futuros, além da economia já detectada com papel, telefonemas, troca de s e até mesmo um grande pedido que recebeu da AGCO em dezembro último, José Ricardo coloca o aspecto quase intangível de ver melhorado o status de sua empresa como fornecedor. Outros Exemplos Estável e funcionando perfeitamente. É assim que a analista de sistemas Pamela Moreli, da Schaeffler do Brasil Ltda., Divisão Luk (embreagens) resume a maneira como vê hoje o sistema implantado pela Sawluz, em 2004, também para atender a AGCO. Desde então, sua empresa passaria a utilizar o SawluzNET nas rotinas envolvendo avisos de embarque, programações de entrega diárias e mensais. Antes nós trocávamos arquivos via STM-400, que funcionava de forma demorada, cara e, às vezes, sem a chegada garantida dos arquivos aos seus destinos, comenta ela. Hoje, Pamela considera-se satisfeita com a confiabilidade do sistema e já cogita novas aplicações nas quais o SawluzNET deverá estar presente. Para o administrador de Redes e EDI da Maxion, tradicional fabricante de chassis, longarinas, rodas e outros componentes para veículos de médio e pequeno portes, utilizar o SawluzNET para trocar Avisos de Embarque e Programações com a AGCO também está sendo uma experiência satisfatória. Após testes e validações, colocamos a solução em produção e, a partir dali, não tivemos problemas, afirma Fernando Cordeiro Borges, esperando que a expectativa de automatização de seu cliente com relação aos Avisos de Embarque e Programas de Embarque tenha sido plenamente atingida. Queremos melhorar e ampliar o fluxo de informações através da Sawluz, acrescenta Fernando, fazendo questão de frisar que todo o processo de implantação ocorreu de forma bastante tranqüila, sem transtornos ou prejuízos de qualquer espécie, conclui. José Ricardo, da Platodiesel: solução em dose dupla Foi preocupado com o futuro que recomendei à nossa diretoria que adotasse o SawluzNET na troca eletrônica de documentos 7

8 Revista Logística destaca Novo EDI da AGCO CLIPPING Em sua edição de março (número 174) a publicação, que é editada pelo Instituto IMAM, de São Paulo (SP), abordou a implantação do SawluzNET nas fábricas dos tratores e colheitadeiras Massey Fergusson. Confira a íntegra da reportagem Sem filas e sem erros AGCO implementa intercâmbio eletrônico de dados e ganha agilidade Quando a AGCO maior fabricante de tratores da América Latina com a marca Massey Ferguson resolveu implementar a EDI ( electronic data interchange, intercâmbio eletrônico de dados) SawluzNet, praticamente eliminou um de seus maiores gargalos logísticos: a necessidade de conferências manuais em suas portarias, diminuindo sensivelmente o tempo necessário para o recebimento de peças e componentes nas linhas de montagem de agilidade Canoas e Santa Rosa, ambas no Rio Grande do Sul. Essa ferramenta de comunicação, implementada pela EDI Service Sawluz, permitiu ainda à montadora dos tratores e colheitadeiras agir pró-ativamente e não mais de forma reativa, uma vez que começou a tomar conhecimento prévio de possíveis erros nas entregas, informação que antes só chegava junto com as próprias mercadorias. Em outras palavras, passou a saber exatamente o que o fornecedor enviaria, antes mesmo da saída do caminhão, podendo assim avaliar a nota fiscal com antecedência e tomar as medidas diante de divergências envolvendo quantidades, preços e produtos, por exemplo. Vários outros ganhos decorreram da adoção da ferramenta, pois o follow-up tornou-se mais exato, exigindo do fornecedor zelo redobrado em seu processo de expedição, pois ele sabe que está sendo auditado. Além disso, a AGCO aprimorou sua logística de recebimento, na medida em que agora pode preparar-se melhor internamente, o que minimiza sensivelmente o estresse e a ansiedade inevitáveis quando não se tem a certeza se um componente essencial à montagem da próxima máquina está ou não a caminho, principalmente em se tratando de fornecedores geograficamente distantes. No momento, a montadora está implementando a integração automática das notas fiscais em trânsito, com a finalidade de ter informação não apenas antecipada mas também batizada, ou seja, consistente, para então poder automatizar dados reais ao invés de sujeiras. Sarbanes-Oxley As fraudes, endossadas por renomadas empresas de auditoria envolvendo demonstrativos contábeis, acabaram sendo o pano de fundo para o estouro dos escândalos nas empresas Enron e WorldCom, em Esses fatos estimularam o democrata de Maryland, Paul Sarbanes, e o republicano natural de Ohio, Michael Oxley, a encaminhar para votação no Senado dos Estados Unidos um projeto que se transformou em lei. De acordo com o dispositivo, mecanismos de auditoria e segurança, bem como a criação de comissões internas, passaram a acompanhar em detalhes as atividades das empresas norte-americanas, com a intenção de evitar novas fraudes. Um dos pontos centrais da nova ordem no mundo dos negócios envolve a área de sistemas, ao prever a criação de mecanismos para que os acionistas acessem instantaneamente, de forma confiável e confidencial, todas as informações econômico-financeiras das corporações nas quais investem. O não cumprimento de exigências assim submetem os CEO ( chief executive officer, diretor executivo) e CFO ( chief financial officer, diretor financeiro) das organizações a pesadas penas, que incluem até 20 anos de prisão. Segundo o gerente de riscos da AGCO, Paulo Moog Striebel, justamente para coordenar a adaptação à nova norma do maior fabricante e exportador de máquinas agrícolas estabelecido no Brasil, a boa governança corporativa é um dos pré-requisitos da SarBox, e o EDI muito tem a ver com isto. A implantação do sistema e a Lei Sarbanes estão diretamente vinculadas ao nosso recebimento de portaria, visando identificar com antecedência se a nota fiscal emitida pelo fornecedor apresenta diferenças em relação ao estipulado no pedido aprovado internamente, diz ele. O EDI nos ajuda por estar extremamente ligado ao aspecto compras, principalmente com relação à fidelidade de cada entrega aos preços negociados, prossegue o especialista. Considerando que uma colheitadeira possui cerca de 7 mil itens e um trator algo ao redor de 1.300, ele aponta a exatidão dos preços em cada entrega, de acordo com os valores acertados com os quase 4 mil fornecedores da montadora, um aspecto dos mais importantes para uma empresa que pretenda informar aos seus acionistas, com velocidade, precisão e a qualquer tempo, o quadro real de suas finanças. Sincronismo Uma montadora como a AGCO exporta atualmente para mais de 80 países, rol onde se incluem Estados Unidos, Austrália, Japão, México, Argentina, América Central e Caribe. Isso requer um perfeito sincronismo com a cadeia de abastecimento, pois o cumprimento dos rígidos prazos de entrega impostos pelos clientes internacionais torna indispensável que se tenha a certeza de receber todos os insumos de material produtivo direto necessários à realização de cada entrega. Não podemos mais tratar as informações em nosso recebimento como fazíamos há uma década, resume Ernani Leonel Oliveira, profissional designado pela AGCO para gerenciar a mudança não só de procedimentos mas, principalmente, de cultura, envolvendo desde os colaboradores internos até parceiros comerciais com os mais diversos perfis. O novo serviço segue os princípios do EDI tradicional, ao substituir a remessa de papéis por arquivos eletrônicos, através dos quais as montadoras enviam automaticamente suas programações de fornecimento às fábricas de autopeças, recebendo, em troca, avisos de embarque para a checagem virtual das mercadorias antes mesmo de sua entrega física. Sua grande diferença é a conferência prévia, via internet, de todos os dados de cada nota fiscal enviada para a indústria. Ou seja, quando a entrega se concretiza na AGCO, o processo está devidamente validado, com todos os erros previamente corrigidos. O EDI é composto pelo tripé parceiros comerciais + protocolo para as mensagens trafegadas (no caso da AGCO é utilizado o padrão RND) + meio de comunicação (o SawluzNET utiliza a internet). Os quesitos segurança contra possíveis invasões de hackers e instabilidade típica da web estão garantidos por tunelamentos entre as pontas com alta criptografia e total controle da trilha de auditagem. Tudo isso numa plataforma desenvolvida em Dot. Net, última tecnologia da Microsoft. Existem no mercado vários protocolos de comunicação via EDI. RND, X12 e EDIFACT são alguns dos mais praticados, embora também existam soluções proprietárias, que a experiência na área já demonstrou não serem recomendáveis devido à falta padronização. Todos estes padrões EDI possuem mensagens desenhadas para as áreas contábeis e financeiras (neste caso, os bancos são grandes usuários). No segmento automotivo, por exemplo, são muito usadas as mensagens RND100, um extrato financeiro por intermédio do qual o cliente informa a seus fornecedores a posição bancária das duplicatas a serem pagas; e RND007 e RND008 (pedidos de mercadorias, onde são citadas condições comerciais de entrega, valores, alíquotas de impostos, contas contábeis e classificações fiscais). Cento e cinqüenta fábricas de autopeças já utilizam o EDI para comunicar-se com a AGCO. Até o final deste ano, esta comunidade deverá reunir cerca de empresas, incluindo novas montadoras que se encontram em fase final de negociação para também dotar sua logística deste diferencial. 8

SawluzNET, O NOVO EDI DA AGCO

SawluzNET, O NOVO EDI DA AGCO Informativo Trimestral Edição 01 outubro novembro dezembro SawluzNET, O NOVO EDI DA AGCO Linha de montagem em Canoas: produção acelerada para atender uma demanda crescente Maior fabricante de tratores

Leia mais

Eficiência na manutenção de dados mestres referentes a clientes, fornecedores, materiais e preços

Eficiência na manutenção de dados mestres referentes a clientes, fornecedores, materiais e preços da solução SAP SAP ERP SAP Data Maintenance for ERP by Vistex Objetivos Eficiência na manutenção de dados mestres referentes a clientes, fornecedores, materiais e preços Entregar a manutenção de dados

Leia mais

Estratégias para aumentar a rentabilidade. Indicadores importantes. Controle a produção. Reduza filas. Trabalhe com promoções.

Estratégias para aumentar a rentabilidade. Indicadores importantes. Controle a produção. Reduza filas. Trabalhe com promoções. Uma publicação: Estratégias para aumentar a rentabilidade 04 Indicadores importantes 06 Controle a produção 08 Reduza filas 09 Trabalhe com promoções 10 Conclusões 11 Introdução Dinheiro em caixa. Em qualquer

Leia mais

Dealer Suite SIRCPlus - SIRCFlow - SIRCSped -

Dealer Suite SIRCPlus - SIRCFlow - SIRCSped - Dealer Suite Motos SIRCPlus - ERP para Gestão de Revendas e Concessionárias SIRCFlow - Gestão de Padronização de Processos para Revendas SIRCSped - Emissor de NF-e Integrado, Sped Fiscal e Sped Contábil

Leia mais

EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV

EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV DATA CENTER VIRTUAL - DCV Em entrevista, Pietro Delai, Gerente de Pesquisa e Consultoria da IDC Brasil relata os principais avanços

Leia mais

InformationWeek Brasil

InformationWeek Brasil Fotos: Ricardo Benichio EM TEMP Roberta Prescott 10 Casas Bahia inaugura loja virtual mais tarde que outros varejistas, mas seu CIO, Frederico Wanderley, quer ter na internet o mesmo sucesso da rede física

Leia mais

Kanban Eletrônico, uma realidade na AGCO

Kanban Eletrônico, uma realidade na AGCO Informativo Trimestral Edição 5 abril - maio - junho de 2007 Kanban Eletrônico, uma realidade na AGCO montadora de tratores e colheitadeiras Massey Ferguson A chegou ao mês de abril totalizando mais de

Leia mais

PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE SOFTWARE HOUSES COM PRODUTOS E APLICAÇÕES DE EDI NO PADRÃO DA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA

PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE SOFTWARE HOUSES COM PRODUTOS E APLICAÇÕES DE EDI NO PADRÃO DA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE SOFTWARE HOUSES COM PRODUTOS E APLICAÇÕES DE EDI NO PADRÃO DA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA Documento elaborado pelo Grupo de Trabalho da Comissão de Normas

Leia mais

MMOG/LE promete revolucionar avaliação da qualidade

MMOG/LE promete revolucionar avaliação da qualidade Informativo Trimestral Edição 6 outubro novembro dezembro de 2007 MMOG/LE promete revolucionar avaliação da qualidade Tão global quanto o próprio setor automotivo, o Materials Management Operate Guideline/Logistics

Leia mais

IV. Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI)

IV. Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI) IV. Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI) 1. Funcionamento do EDI 2. EDI tradicional X WEB EDI 3. EDI Tradicional 4. WEB EDI Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI) EDI: Electronic Data Interchange Troca

Leia mais

Comex Exportação. Comercial. A partir de integração com o módulo de faturamento, o sistema de controle de exportação,

Comex Exportação. Comercial. A partir de integração com o módulo de faturamento, o sistema de controle de exportação, Comex Exportação A partir de integração com o módulo de faturamento, o sistema de controle de exportação, facilita a impressão dos principais documentos da exportação como fatura comercial, packing list,

Leia mais

Mais tempo para ser o empreendedor. E não o cara da TI

Mais tempo para ser o empreendedor. E não o cara da TI Mais tempo para ser o empreendedor. E não o cara da TI Office 365 muda rotina e aumenta a produtividade do maior portal de e-commerce de artigos de dança do Brasil A Mundo Dança nasceu há cinco anos a

Leia mais

Sistema de gestão ERP. Sistema de Gestão GESTÃO RASTREABILIDADE RESULTADO

Sistema de gestão ERP. Sistema de Gestão GESTÃO RASTREABILIDADE RESULTADO Sistema de gestão ERP GESTÃO RASTREABILIDADE RESULTADO MÓDULOS E CLIENTES Os módulos podem ser adquiridos separadamente, conforme a sua necessidade. ÁREA COMERCIAL ÁREA ADMINISTRATIVA FINANCEIRA ÁREA

Leia mais

Sistema de gestão. Sistema de Gestão ERP

Sistema de gestão. Sistema de Gestão ERP Sistema de gestão ERP MÓDULOS E CLIENTES Os módulos podem ser adquiridos separadamente, conforme a sua necessidade. ÁREA COMERCIAL ÁREA ADMINISTRATIVA FINANCEIRA ÁREA PRODUÇÃO E SUPRIMENTOS ÁREA FISCAL

Leia mais

MMOG/LE promete revolucionar avaliação da qualidade logística

MMOG/LE promete revolucionar avaliação da qualidade logística Informativo Trimestral Edição 6 MMOG/LE promete revolucionar avaliação da qualidade logística Tão global quanto o próprio setor automotivo, o Materials Management Operations Guideline/Logistics Evaluation

Leia mais

5 motivos para gerenciar sua frota na nuvem

5 motivos para gerenciar sua frota na nuvem 5 motivos para gerenciar sua frota na nuvem 2 ÍNDICE >> Introdução... 3 >> O que é software na nuvem... 6 >> Vantagens do software na nuvem... 8 >> Conclusão... 13 >> Sobre a Frota Control... 15 3 Introdução

Leia mais

Sistema de gestão. Sistema de Gestão ERP

Sistema de gestão. Sistema de Gestão ERP Sistema de gestão ERP MÓDULOS E CLIENTES Os módulos podem ser adquiridos separadamente, conforme a sua necessidade. ÁREA COMERCIAL ÁREA ADMINISTRATIVA FINANCEIRA ÁREA PRODUÇÃO E SUPRIMENTOS ÁREA FISCAL

Leia mais

Sistema de gestão. Sistema de Gestão ERP

Sistema de gestão. Sistema de Gestão ERP Sistema de gestão ERP Módulo MÓDULOS E CLIENTES Os módulos podem ser adquiridos separadamente, conforme a sua necessidade. COMERCIAL ADMINISTRATIVA FINANCEIRA PEDIDOS EXPORTAÇÃO CONTAS A RECEBER TELEMARKETING

Leia mais

COMO A TECNOLOGIA PODE AJUDAR UM ATACADISTA DISTRIBUIDOR A REDUZIR CUSTOS

COMO A TECNOLOGIA PODE AJUDAR UM ATACADISTA DISTRIBUIDOR A REDUZIR CUSTOS COMO A TECNOLOGIA PODE AJUDAR UM ATACADISTA DISTRIBUIDOR A REDUZIR CUSTOS 1 ÍNDICE 1. Introdução... 2. Por que preciso investir em tecnologia?... 3. Cinco passos para usar a tecnologia a meu favor... 4.

Leia mais

Logística Empresarial

Logística Empresarial Logística Empresarial Aula 05 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos

Leia mais

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Parceiros de serviços em nuvem gerenciada Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Implemente a versão mais recente do software da SAP de classe mundial,

Leia mais

O que é e-ppcp? Funcionalidades adicionadas:

O que é e-ppcp? Funcionalidades adicionadas: e-ppcp / e-kanban 1 O que é e-ppcp? O e-ppcp é um aplicativo desenvolvido em ABAP/4 pela IntegrationSys para adicionar ao ERP SAP funcionalidades para suportar efetivamente o planejamento e operação de

Leia mais

acentuavam a complexidade do processo de embarque das mercadorias,

acentuavam a complexidade do processo de embarque das mercadorias, transporte.qxp 2/2/2007 9:49 AM Page 64 Divulgação Klabin Klabin adota software de otimização de carga que permitiu, entre outros benefícios, aumentar significativamente o volume de embalagens transportadas

Leia mais

1. Quem somos nós? A AGI Soluções nasceu em Belo Horizonte (BH), com a simples missão de entregar serviços de TI de forma rápida e com alta qualidade.

1. Quem somos nós? A AGI Soluções nasceu em Belo Horizonte (BH), com a simples missão de entregar serviços de TI de forma rápida e com alta qualidade. 1. Quem somos nós? A AGI Soluções nasceu em Belo Horizonte (BH), com a simples missão de entregar serviços de TI de forma rápida e com alta qualidade. Todos nós da AGI Soluções trabalhamos durante anos

Leia mais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa,

Leia mais

versa A solução definitiva para o mercado livreiro. Aumente a eficiência de seu negócio Tenha uma solução adequada para cada segmento

versa A solução definitiva para o mercado livreiro. Aumente a eficiência de seu negócio Tenha uma solução adequada para cada segmento Aumente a eficiência de seu negócio O Versa é um poderoso software de gestão de negócios para editoras, distribuidoras e livrarias. Acessível e amigável, o sistema foi desenvolvido especificamente para

Leia mais

Com a Informatica, a Vale potencializa as relações de parceria

Com a Informatica, a Vale potencializa as relações de parceria Caso de Sucesso Com a Informatica, a Vale potencializa as relações de parceria As inovações na forma como integramos e gerenciamos a relação com parceiros estão ajudando a reduzir o custo dos relacionamentos

Leia mais

Gestão empresarial simplificada

Gestão empresarial simplificada de Soluções SAP Soluções SAP para pequenas e médias empresas SAP Business One Objectives Gestão empresarial simplificada Gerencie e promova o crescimento de sua pequena empresa Gerencie e promova o crescimento

Leia mais

2Avalie novos modelos de investimento. Otimize a estrutura de tecnologia disponível

2Avalie novos modelos de investimento. Otimize a estrutura de tecnologia disponível Crise? Como sua empresa lida com os desafios? Essa é a questão que está no ar em função das mudanças no cenário econômico mundial. A resposta a essa pergunta pode determinar quais serão as companhias mais

Leia mais

ERP. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning -Sistema de Gestão Empresarial -Surgimento por volta dos anos 90 -Existência de uma base de dados

Leia mais

\news. Destaques da Edição. SISARE NEWS é o novo canal de informações da A2X. Melhorias do mês na solução. Dicas da solução Em destaque

\news. Destaques da Edição. SISARE NEWS é o novo canal de informações da A2X. Melhorias do mês na solução. Dicas da solução Em destaque \news Edição 001 Mês Abril/2014 Destaques da Edição SISARE NEWS é o novo canal de informações da A2X. Informativo mensal tem como objetivo aproximação com clientes e parceiros Melhorias do mês na solução

Leia mais

Outsourcing em Telecom. BI Telecom. Gestão em Telecomunicações. Tarifação e Administração de Ligações. SGTC Corporativo. Auditoria em Telecom

Outsourcing em Telecom. BI Telecom. Gestão em Telecomunicações. Tarifação e Administração de Ligações. SGTC Corporativo. Auditoria em Telecom Sobre a TeleGestão A TeleGestão, especialista em gestão de telecomunicações, dedica-se há mais de 20 anos ao desafio de adequar recursos de telefonia ao perfil corporativo de diversos setores. As soluções

Leia mais

Gerenciamento de Ciclo de Vida do Cliente. Uma experiência mais sincronizada, automatizada e rentável em cada fase da jornada do cliente.

Gerenciamento de Ciclo de Vida do Cliente. Uma experiência mais sincronizada, automatizada e rentável em cada fase da jornada do cliente. Gerenciamento de Ciclo de Vida do Cliente Uma experiência mais sincronizada, automatizada e rentável em cada fase da jornada do cliente. As interações com os clientes vão além de vários produtos, tecnologias

Leia mais

EDI Definição, funcionamento Benefícios Categorias de EDI Pontos chaves (EDI/ XML) XML (Extensible Markup Language) HTML e XML

EDI Definição, funcionamento Benefícios Categorias de EDI Pontos chaves (EDI/ XML) XML (Extensible Markup Language) HTML e XML Tecnologia da Administração O que veremos? EDI Definição, funcionamento Benefícios Categorias de EDI Pontos chaves (EDI/ XML) XML (Extensible Markup Language) HTML e XML Sintaxe Edifact (ONU) EDI For Administration

Leia mais

Cód. Doc. TAB-RHU-003

Cód. Doc. TAB-RHU-003 1 de 27 ÁREA: SUPERINTENDÊNCIA CARGO: Diretor Superintendente Garantir o correto funcionamento dos sistemas de informação utilizados pela empresa; Aprovar projetos de melhorias nos equipamentos e sistemas

Leia mais

Guia Definitivo de Ferramentas para Micro Empreendedores Individuais

Guia Definitivo de Ferramentas para Micro Empreendedores Individuais Guia Definitivo de Ferramentas para Micro Empreendedores Individuais Introdução O Brasil já tem 4,7 milhões de microempreendedores individuais, segundo dados de janeiro de 2015 da Receita Federal. O incentivo

Leia mais

Administração de Materiais e Logística. , Vendas CPD Cobrança PCP Expedição Faturamento. Completem o DHF. Melhoria Continua e Teste

Administração de Materiais e Logística. , Vendas CPD Cobrança PCP Expedição Faturamento. Completem o DHF. Melhoria Continua e Teste , Vendas CPD Cobrança PCP Expedição Faturamento Completem o DHF Melhoria Continua e Teste As Organizações como Sistemas Abertos As organizações estão em um constante estado de fluxo. AMBIENTE Estagio de

Leia mais

Especialista em Gestão de Documentos Fiscais eletrônicos

Especialista em Gestão de Documentos Fiscais eletrônicos Especialista em Gestão de Documentos Fiscais eletrônicos Especialista A G2KA atua desde 2008 na Gestão de NF-e, acompanhou todos os períodos de obrigatoriedade e evolução dos projetos de CT-e e NFS-e.

Leia mais

GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE

GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE SUMÁRIO O que é gestão de estoque...3 Primeiros passos para uma gestão de estoque eficiente...7 Como montar um estoque...12 Otimize a gestão do seu estoque...16

Leia mais

IBM WebSphere Product Center

IBM WebSphere Product Center Soluções de gerenciamento de informação de produto para dar suporte aos seus objetivos de negócios IBM WebSphere Product Center Oferece uma solução abrangente de gerenciamento de informação de produto

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

5 Case Stara. Cristiano Buss *

5 Case Stara. Cristiano Buss * Cristiano Buss * Fundada em 1960, a Stara é uma fabricante de máquinas agrícolas. De origem familiar, está instalada em Não-Me-Toque, no norte do Estado; Em seis anos, cresceu 11 vezes, com baixo nível

Leia mais

DUAS RODAS DESENVOLVE PORTAL COLABORATIVO E ELIMINA PROCESSOS EM PAPEL. Case de Sucesso

DUAS RODAS DESENVOLVE PORTAL COLABORATIVO E ELIMINA PROCESSOS EM PAPEL. Case de Sucesso DUAS RODAS DESENVOLVE PORTAL COLABORATIVO E ELIMINA PROCESSOS EM PAPEL PERFIL Em 1925, surgiu a primeira fábrica de óleos essenciais do Brasil, em Jaraguá do Sul - SC. A autenticidade, a qualidade de seus

Leia mais

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br Corporativo Transformar dados em informações claras e objetivas que possibilitem às empresas tomarem decisões em direção ao sucesso. Com essa filosofia a Star Soft Indústria de Software e Soluções vem

Leia mais

Gestão em Nó de Rede Logística

Gestão em Nó de Rede Logística Gestão em Nó de Rede Logística Armando Oscar Cavanha Filho Com o crescimento das atividades de uma empresa e a sua multiplicação horizontal, ou seja, a repetição de processos semelhantes em diversos pontos

Leia mais

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico PERFIL DO CLIENTE Indústria: Mídia Companhia: Valor Econômico Funcionários:

Leia mais

Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor

Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor Toda empresa privada deseja gerar lucro e para que chegue com sucesso ao final do mês ela precisa vender, sejam seus serviços

Leia mais

APTRA PASSPORT DA NCR. Um núcleo empresarial para captura remota de depósitos

APTRA PASSPORT DA NCR. Um núcleo empresarial para captura remota de depósitos APTRA PASSPORT DA NCR Um núcleo empresarial para captura remota de depósitos Uma maneira melhor para os seus clientes depositarem cheques Bancos e instituições financeiras continuam a enfrentar os desafios

Leia mais

PromonLogicalis: mais de 10 mil equipamentos gerenciados com CA Nimsoft Monitor

PromonLogicalis: mais de 10 mil equipamentos gerenciados com CA Nimsoft Monitor CUSTOMER SUCCESS STORY PromonLogicalis: mais de 10 mil equipamentos gerenciados com CA Nimsoft Monitor CUSTOMER PROFILE Empresa: PromonLogicalis Indústria: Tecnologia da Informação e Comunicações Funcionários:

Leia mais

INNOVA. Soluções de software que capacitam os processadores de aves a...

INNOVA. Soluções de software que capacitam os processadores de aves a... INNOVA Soluções de software que capacitam os processadores de aves a... Maximizar o rendimento e a produtividade Estar em conformidade com os padrões de qualidade e garantir a segurança dos alimentos Obter

Leia mais

A RELAÇÃO ENTRE O SANGUE E A CONTABILIDADE NAS EMPRESAS ( * )

A RELAÇÃO ENTRE O SANGUE E A CONTABILIDADE NAS EMPRESAS ( * ) A RELAÇÃO ENTRE O SANGUE E A CONTABILIDADE NAS EMPRESAS ( * ) A Contabilidade é o sangue que circula no Sistema Integrado de Gestão. Implanta e integra controles em todos os órgãos da empresa e retorna

Leia mais

Sistema de gestão ERP. erp

Sistema de gestão ERP. erp Sistema de gestão ERP erp Módulos e Clientes Os módulos podem ser adquiridos separadamente, conforme a sua necessidade. erp área comercial área administrativa financeira área produção e suprimentos área

Leia mais

7 Características Indispensáveis para Melhorar a Eficácia nas Vendas e Estimular Hoje Sua Taxa de Sucesso

7 Características Indispensáveis para Melhorar a Eficácia nas Vendas e Estimular Hoje Sua Taxa de Sucesso 7 Características Indispensáveis para Melhorar a Eficácia nas Vendas e Estimular Hoje Sua Taxa de Sucesso Sete Características Indispensáveis da Eficácia nas Vendas 1 As companhias de hoje não querem apenas

Leia mais

Medware Clínicas Sistema de Gerenciamento de Clínicas e Consultórios

Medware Clínicas Sistema de Gerenciamento de Clínicas e Consultórios Medware Clínicas Sistema de Gerenciamento de Clínicas e Consultórios A Empresa MEDWARE Sistemas Médicos Ltda A Medware Sistemas Médicos é uma empresa de desenvolvimento de sistemas voltada para a criação

Leia mais

EDI, uma necessidade da indústria automobilística na logística de suprimentos de materiais

EDI, uma necessidade da indústria automobilística na logística de suprimentos de materiais EDI, uma necessidade da indústria automobilística na logística de suprimentos de materiais Gustavo de Souza Lima Pablo Yugo Yoshiura Kubo Ruthberg dos Santos gustlima@ufrrj.br 1 pyykubo@ufrrj.br 1 berg@ufrrj.br

Leia mais

Sem que haja um sistema informatizado (ERP), com o cadastro de todos os dados vai ser impraticável o cumprimento das novas obrigações.

Sem que haja um sistema informatizado (ERP), com o cadastro de todos os dados vai ser impraticável o cumprimento das novas obrigações. Diadema (SP), 17 de outubro de 2011. CIRCULAR Nº. 12/2011 Referente: SPED Caro(s) Diretor(es), Gerente(s) e Supervisor(es), Saudações! Como é de seu conhecimento os órgãos da administração federal e estadual

Leia mais

PROJETO NOTA FISCAL ELETRONICA GRUPO FIAT. Nossos agradecimentos ao Sindipeças pela disponibilização do espaço para a realização deste evento

PROJETO NOTA FISCAL ELETRONICA GRUPO FIAT. Nossos agradecimentos ao Sindipeças pela disponibilização do espaço para a realização deste evento PROJETO NOTA FISCAL ELETRONICA GRUPO FIAT Nossos agradecimentos ao Sindipeças pela disponibilização do espaço para a realização deste evento A Nota Fiscal Eletrônica SPED FISCAL Fluxo de informações A

Leia mais

Uma visão abrangente dos negócios. Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa

Uma visão abrangente dos negócios. Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa Uma visão abrangente dos negócios Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa Negócios sem barreiras O fenômeno da globalização tornou o mercado mais interconectado e rico em oportunidades.

Leia mais

www.sistemainfo.com.br Há 20 anos desenvolvendo soluções para a gestão de transporte e logística. Processo de transporte e logística Objetivo

www.sistemainfo.com.br Há 20 anos desenvolvendo soluções para a gestão de transporte e logística. Processo de transporte e logística Objetivo Há 20 anos desenvolvendo soluções para a gestão de transporte e logística. Agilidade, segurança e flexibilidade nos processos são os compromissos da Sistema Informática com seus clientes. Sediada em Criciúma,

Leia mais

GOVERNANÇA DE ACESSO E IDENTIDADE ORIENTADA AOS NEGÓCIOS: A IMPORTÂNCIA DE UMA NOVA ABORDAGEM

GOVERNANÇA DE ACESSO E IDENTIDADE ORIENTADA AOS NEGÓCIOS: A IMPORTÂNCIA DE UMA NOVA ABORDAGEM GOVERNANÇA DE ACESSO E IDENTIDADE ORIENTADA AOS NEGÓCIOS: A IMPORTÂNCIA DE UMA NOVA ABORDAGEM RESUMO Há anos, os gerentes de segurança das informações e de linhas de negócios sabem, intuitivamente, que

Leia mais

LOGÍSTICA Prof. Edwin B. Mitacc Meza

LOGÍSTICA Prof. Edwin B. Mitacc Meza LOGÍSTICA Prof. Edwin B. Mitacc Meza Prova 1 09 de Maio de 2013 Nome: 1ª QUESTÃO (1,0) Segundo os dados divulgados pela ood and Agriculture Organization (AO, 2011) sobre as exportações brasileiras, em

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO CA SERVICE CATALOG Podemos gerenciar e fornecer os serviços necessários onde, quando e como nossos usuários precisam deles? agility made possible Com o CA Service Catalog, você pode promover

Leia mais

SOBRE A SOFTLOG. APRESENTAÇÃO - SoftLog LOGuinho

SOBRE A SOFTLOG. APRESENTAÇÃO - SoftLog LOGuinho SOBRE A SOFTLOG A SoftLog Tecnologia é uma empresa especializada no desenvolvimento de soluções tecnológicas para empresas e instituições de diversos modais de transporte. Dentre os diversos tipos de soluções

Leia mais

EDI ELETRONIC DATA INTERCHANGE

EDI ELETRONIC DATA INTERCHANGE EDI ELETRONIC DATA INTERCHANGE Definição Intercâmbio eletrônico de mensagens de negócio através de computadores, entre parceiros comerciais. As informações são, normalmente, organizadas dentro de arquivos

Leia mais

Apresentação do produto Versão Premium 9.0 (GMPE)

Apresentação do produto Versão Premium 9.0 (GMPE) Apresentação do produto Versão Premium 9.0 (GMPE) Qual a importância que o relacionamento com os clientes tem para a sua empresa? Goldmine CRM é para as empresas que atribuem importância máxima à manutenção

Leia mais

PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE VANs NA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA

PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE VANs NA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE VANs NA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA Documento elaborado em conjunto pelo Grupo de Trabalho da Subcomissão de Novas Tecnologias da ANFAVEA e. Contando com o

Leia mais

Sumário Apoios Dados Gerais Expositores Visitantes Congresso Fenabrave Campanha de Marketing Mídia Espontânea Fotos do evento

Sumário Apoios Dados Gerais Expositores Visitantes Congresso Fenabrave Campanha de Marketing Mídia Espontânea Fotos do evento Sumário Apoios Dados Gerais Expositores Visitantes Congresso Fenabrave Campanha de Marketing Mídia Espontânea Fotos do evento Sumário XXI EDIÇÃO DO CONGRESSO FENABRAVE TERMINA COM PREVISÃO OTIMISTA PARA

Leia mais

http://www.wikiconsultoria.com.br/100-motivos-implantar-crm/

http://www.wikiconsultoria.com.br/100-motivos-implantar-crm/ Continuando a série 100 motivo para implantar um CRM, veremos agora motivos referentes a BackOffice de CRM. Se você não tem a primeira parte da nossa apresentação, com os primeiros 15 motivos para implantar

Leia mais

IBM Cognos Financial Statement Reporting (FSR): Gerenciamento de fechamento financeiro integrado

IBM Cognos Financial Statement Reporting (FSR): Gerenciamento de fechamento financeiro integrado IBM Software Business Analytics Relatório IBM Cognos Financial Statement Reporting (FSR): Gerenciamento de fechamento financeiro integrado 2 IBM Cognos Financial Statement Reporting (FSR): Gerenciamento

Leia mais

Uma parceria para o seu Sucesso

Uma parceria para o seu Sucesso Uma parceria para o seu Sucesso Solução Cadia Análise de Vendas A Cadia Consulting, com mais de 14 anos de experiência na implementação e desenvolvimento de soluções verticais, sobre a plataforma Microsoft

Leia mais

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte IBM Global Technology Services Manutenção e suporte técnico Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte Uma abordagem inovadora em suporte técnico 2 Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável

Leia mais

Gestão de Contextos Visão Calandra Soluções sobre Gestão da Informação em Contextos White Paper

Gestão de Contextos Visão Calandra Soluções sobre Gestão da Informação em Contextos White Paper Gestão de Contextos Visão Calandra Soluções sobre Gestão da Informação em Contextos White Paper ÍNDICE ÍNDICE...2 RESUMO EXECUTIVO...3 O PROBLEMA...4 ILHAS DE INFORMAÇÃO...4 ESTRUTURA FRAGMENTADA VS. ESTRUTURA

Leia mais

INTERESSADOS DEVERÃO CADASTRAR CURRICULO GRATUITAMENTE EM NOSSO SITE WWW.MDRH.COM.BR MAIS INFORMAÇÕES TELEFONE 49-3323 5804

INTERESSADOS DEVERÃO CADASTRAR CURRICULO GRATUITAMENTE EM NOSSO SITE WWW.MDRH.COM.BR MAIS INFORMAÇÕES TELEFONE 49-3323 5804 Gerente Administrativo - Chapecó/SC Tipo de contrato: Indiferente Descrição: Atuará na área administrativa/ financeira na negociação com bancos, controle de contas, liberação de pagamentos,financiamentos.

Leia mais

Coca-Cola Enterprises adota software e serviços da Microsoft para unificar sua força de trabalho

Coca-Cola Enterprises adota software e serviços da Microsoft para unificar sua força de trabalho Microsoft Online Services Soluções para clientes - Estudo de caso Coca-Cola Enterprises adota software e serviços da Microsoft para unificar sua força de trabalho Visão geral País ou região: Mundial Setor:

Leia mais

Prof. Daniel J. Melo Brasil

Prof. Daniel J. Melo Brasil EDI Definição EDI é um acrônimo para Intercâmbio Eletrônico de Dados EDI refere-se a troca de estruturada de dados entre as organizações por meio eletrônico. EDI pode ser utilizado para a comunicação de

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES CERTIFICAÇÃO ISO/TS 16949:2002

PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES CERTIFICAÇÃO ISO/TS 16949:2002 PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES CERTIFICAÇÃO ISO/TS 16949:2002 Recentemente, a Fundação Carlos Alberto Vanzolini vem trabalhando com a Certificação ISO/TS 16949 e catalogando as principais dúvidas dos clientes.

Leia mais

Ingram Micro Brasil garante excelência de backup e contingência com CA ARCserve Backup

Ingram Micro Brasil garante excelência de backup e contingência com CA ARCserve Backup CUSTOMER SUCCESS STORY Ingram Micro Brasil garante excelência de backup e contingência com CA ARCserve Backup PERFIL DO CLIENTE Indústria: Distribuição de produtos de tecnologia Empresa: Ingram Micro Brasil

Leia mais

CASO DE SUCESSO MICROWARE

CASO DE SUCESSO MICROWARE CASO DE SUCESSO MICROWARE CLIENTE: Jequiti Cosméticos SEGMENTO: Indústria JEQUITI INVESTE EM ESTRUTURA PRÓPRIA PARA GARANTIR MAIOR PROCESSAMENTO DE DADOS ÁREA DE ATUAÇÃO: Datacenter DEMANDA: Uma estrutura

Leia mais

São mais de 20 anos no mercado

São mais de 20 anos no mercado São mais de 20 anos no mercado No mercado há mais de 20 anos, o CEM é um software de cálculo de esquadrias equipado com recursos de alta tecnologia que otimiza processos e alcança os melhores resultados.

Leia mais

A Cadeia de Ajuda para Manter a Estabilidade Produtiva

A Cadeia de Ajuda para Manter a Estabilidade Produtiva A Cadeia de Ajuda para Manter a Estabilidade Produtiva Sergio Kamada* Este artigo tem como objetivo descrever a importância da Cadeia de Ajuda no processo de estabilização produtiva e apresentar métodos

Leia mais

Transformando seu investimento ERP em resultados para seu negócio

Transformando seu investimento ERP em resultados para seu negócio 1 SUMÁRIO 1 2 3 4 2 Introdução A história do ERP O que um ERP fará pelo seu negócio? 1.1 - Otimização dos processos 1.2 - Gerenciamento completo 1.3 - Informações relevantes 1.4 - Controle Tributário ERP

Leia mais

5 EDI - As montadores e suas distribuidoras

5 EDI - As montadores e suas distribuidoras 77 5 EDI - As montadores e suas distribuidoras No mundo, o setor automobilístico passa por uma forte transformação decorrente do processo de globalização associado à revolução tecnológica, que vem alterando

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO 3/3 (terceiro de três) Período: de 13/12/2007 a 13/02/2008

RELATÓRIO DE ESTÁGIO 3/3 (terceiro de três) Período: de 13/12/2007 a 13/02/2008 Universidade Federal de Santa Catarina Centro Tecnológico Departamento de Engenharia Mecânica Coordenadoria de Estágio do Curso de Engenharia Mecânica CEP 88040-970 - Florianópolis - SC - BRASIL www.emc.ufsc.br/estagiomecanica

Leia mais

Sistema de gestão ERP. erp

Sistema de gestão ERP. erp Sistema de gestão ERP erp Módulos e Clientes Os módulos podem ser adquiridos separadamente, conforme a sua necessidade. erp área comercial área administrativa financeira área produção e suprimentos área

Leia mais

Portifólio Empresarial

Portifólio Empresarial Portifólio Empresarial 23/02/11 Rua Jasmim, 609 Santa Catarina - Joinville - SC - Brasil CEP: 89233-040 Fone/Fax: (47) 3025 1010 - contato@execom.inf.br +55 (47) 3025-1010 - Opção 5 comercial@execom.inf.br

Leia mais

LMA, Solução em Sistemas

LMA, Solução em Sistemas LMA, Solução em Sistemas Ao longo dos anos os sistemas para gestão empresarial se tornaram fundamentais, e por meio dessa ferramenta as empresas aperfeiçoam os processos e os integram para uma gestão mais

Leia mais

A sua empresa em contato com o mundo. Ferramenta de envio de SMS

A sua empresa em contato com o mundo. Ferramenta de envio de SMS A sua empresa em contato com o mundo Ferramenta de envio de SMS A Talktelecom Líder na América Latina em telefonia computadorizada Compete no mercado desde 1992 com soluções em telecomunicações Em plena

Leia mais

Sistema de gestão ERP. erp mcm

Sistema de gestão ERP. erp mcm Sistema de gestão ERP Sistema de gestão ERP Módulos Clientes Módulos e Clientes Os módulos podem ser adquiridos separadamente, conforme a sua necessidade. área comercial área administrativa financeira

Leia mais

Leia também: Presente em 162 países e dona de um faturamento. Menos de seis meses após decidir pelo início de uma nova fase na troca

Leia também: Presente em 162 países e dona de um faturamento. Menos de seis meses após decidir pelo início de uma nova fase na troca Informativo Trimestral Edição 3 outubro novembro dezembro Uma das unidades da montadora em Caxias do Sul (RS) Agrale entra na era do SawluzNet Menos de seis meses após decidir pelo início de uma nova fase

Leia mais

ESTÁ AMADURECENDO A TI COMO SERVIÇO

ESTÁ AMADURECENDO A TI COMO SERVIÇO A TI COMO SERVIÇO Isa ESTÁ AMADURECENDO Tecnologias e princípios tecnológicos novos, como computação em nuvem, virtualização e TI como serviço, estão remodelando a forma de as empresas pensarem na tecnologia

Leia mais

Pesquisa Virtualização e Evolução para a Nuvem RESULTADOS BRASIL

Pesquisa Virtualização e Evolução para a Nuvem RESULTADOS BRASIL 2011 Pesquisa Virtualização e Evolução para a Nuvem RESULTADOS BRASIL ÍNDICE Evolução de TI... 4 Metodologia... 6 Foco... 8 Conclusão 1: As diferenças entre expectativas e realidade revelam a evolução

Leia mais

Transformando seu investimento ERP em resultados para seu negócio

Transformando seu investimento ERP em resultados para seu negócio 1 SUMÁRIO 1 2 3 4 Introdução A história do ERP O que um ERP fará pelo seu negócio? 1.1 - Otimização dos processos 1.2 - Gerenciamento completo 1.3 - Informações relevantes 1.4 - Controle Tributário ERP

Leia mais

Vendas na Empresa Lean

Vendas na Empresa Lean Vendas na Empresa Lean Autor: Alexandre Cardoso Publicado: 29/04/2011 Introdução Em uma empresa, a área de Vendas é de extrema importância para o sucesso do negócio. Aprimorar o seu desempenho tem sido

Leia mais

CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT

CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT O resultado prático para as empresas que adotam esse conceito de software, baseado no uso da tecnologia é conseguir tirar proveito dos dados de que dispõem para conquistar

Leia mais

Sistemas de Processamento de Transações. Sandro da Silva dos Santos sandro.silva@sociesc.com.br

Sistemas de Processamento de Transações. Sandro da Silva dos Santos sandro.silva@sociesc.com.br Sistemas de Processamento de Transações Sandro da Silva dos Santos sandro.silva@sociesc.com.br Evolução dos sistemas de informação Os dispositivos de computação passaram dos tubos a vácuo, nos anos 50

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1. COLABORAÇÃO NAS EMPRESAS Os sistemas colaborativos nas empresas nos oferecem ferramentas para nos ajudar a colaborar, comunicando idéias, compartilhando

Leia mais

Integrando Lean com os sistemas de tecnologia de informação

Integrando Lean com os sistemas de tecnologia de informação Integrando Lean com os sistemas de tecnologia de informação Jean Cunningham Quando eu era CFO (Chief Financial Officer) da Lantech (Louisville, KY), ajudei a adaptar o sistema de tecnologia de informação

Leia mais

INFRAESTRUTURA DE TI DA TEKSID PASSA POR ATUALIZAÇÃO COMPLETA, OBTENDO REDUÇÃO DE GASTOS E MELHORIAS NO AMBIENTE

INFRAESTRUTURA DE TI DA TEKSID PASSA POR ATUALIZAÇÃO COMPLETA, OBTENDO REDUÇÃO DE GASTOS E MELHORIAS NO AMBIENTE INFRAESTRUTURA DE TI DA TEKSID PASSA POR ATUALIZAÇÃO COMPLETA, OBTENDO REDUÇÃO DE GASTOS E MELHORIAS NO AMBIENTE Perfil O Grupo Teksid é o maior em fundição de autopeças do mundo, com capacidade produtiva

Leia mais

SISTEMAS BRASILEIRO EM INFORMÁTICA CNPJ:

SISTEMAS BRASILEIRO EM INFORMÁTICA CNPJ: Dados da Empresa Dados da SYSTEMBRAS SISTEMAS BRASILEIRO EM INFORMÁTICA CNPJ: 00.000.000/0001-00 Rua Paramoti, 04 Vila Antonieta SP Cep: 03475-030 Contato: (11) 3569-2224 A Empresa A SYSTEMBRAS tem como

Leia mais

WMSL Warehouse Management System Lite

WMSL Warehouse Management System Lite WMSL Warehouse Management System Lite Tela Inicial Esta é a tela inicial do sistema WMSL (Warehouse Management System - Lite) da Logistock. Cadastro Administrativo Pesquisa Movimentação Encerrar Cadastro

Leia mais