PGE Digital DESCRIÇÃO DO PROJETO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PGE Digital DESCRIÇÃO DO PROJETO"

Transcrição

1 PGE Digital DESCRIÇÃO DO PROJETO Desenvolvimento de sistema de acompanhamento processual efetivo e eficaz para toda a Administração Pública, incluindo Autarquias e posterior desenvolvimento e implantação deste, de modo a propiciar um acompanhamento uniforme das demandas judiciais envolvendo o Estado do Paraná. OBJETIVO Implantar um sistema eletrônico de tramitação e acompanhamento dos processos judiciais da PGE, e, posteriormente, implementá-lo nos demais órgãos jurídicos da Administração direta e indireta. JUSTIFICATIVA Atualmente a PGE conta com um sistema de acompanhamento processual que não atende suas necessidades. Com efeito, o sistema atual é de tecnologia mainframe, falho, de difícil alimentação, pouco amigável, dificultando o uso por seus destinatários, principalmente os Procuradores do Estado, sequer permitindo a inclusão das peças processuais digitais ou digitalizadas. Somado a isso, não há possibilidade de controle dos precatórios requisitórios e suas inúmeras cessões de crédito e penhoras judiciais no sistema atual. Por outro lado, as diversas autarquias possuem sistemas próprios e diferentes entre si, bem como critérios de classificação e tramitação diversos o que torna inexequível um amplo conhecimento das demandas judiciais envolvendo o Estado do Paraná como um todo. Neste cenário, qualquer gerenciamento das demandas jurídicas estaduais, com o respectivo planejamento de estratégias a serem adotadas pela PGE resta inviabilizado sem a existência de um sistema de controle processual adequado, eficiente e padronizado. Em 2013 será desenvolvido do sistema, tendo como norte a sua implantação e consolidação em 2014.

2 BANCO DE PENHORAS DESCRIÇÃO DO PROJETO Partindo do sistema SIPRO, desenvolvido pela PGE/Celepar no ano de 2013, conforme contrato de gestão, será desenvolvido novo módulo, integrado, permitindo cadastrar bens com constrição judicial, permitindo aos diversos órgãos da Administração Direta consultar a existência de bens penhorados que possam suprir suas necessidades OBJETIVO Desenvolver sistema de cadastramento de bens penhorados em processos de execução fiscal promovidos pelo Estado do Paraná, com consulta a todos os órgãos da administração pública, facilitando a destinação social destes bens, com consequente recuperação da dívida. JUSTIFICATIVA Nas mais de 150 mil execuções fiscais atualmente promovidas pelo Estado do Paraná existem inúmeros bens móveis e imóveis penhorados em garantia do crédito público. Muitos destes bens estão com disponibilidade imediata e poderiam ser aproveitados pela própria administração pública em suas necessidades diárias, ao invés de serem vendidos judicialmente, permitindo a recuperação do crédito com bens em espécie.

3 SISTEMA DE PRECATÓRIOS DESCRIÇÃO DO PROJETO: Partindo do sistema SIPRO, desenvolvido pela PGE/Celepar no ano de 2013, conforme contrato de gestão, seria desenvolvido novo módulo, integrado, permitindo gerenciar valores, cessões e credores de precatórios expedidos contra o Estado do Paraná. OBJETIVO: Desenvolver sistema de gestão de precatórios expedidos contra o Estado do Paraná, com especial enfoque ao cadastramento de todos os credores, originários ou não, e aos valores devidos a cada credor individualmente considerado. JUSTIFICATIVA: Historicamente a Procuradoria do Estado sempre foi dependente de dados enviados pelo Tribunal de Justiça e Secretaria de Estado da Fazenda para ter conhecimento das ações necessárias à defesa do erário público no âmbito de precatórios. O desenvolvimento de sistema próprio permitirá melhorar a eficiência dos processos e recursos, com consequente aprimoramento da defesa judicial nestas questões.

4 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DESCRIÇÃO DO PROJETO: Partindo da contratação de consultoria especializada, com a transferência de conhecimento e a utilização de ferramentas de gestão na área, a Procuradoria Geral do Estado formalizará um planejamento estratégico para os próximos anos, definindo com clareza seus objetivos, metas e projetos a serem realizados, que se traduzam em uma única direção de aprimoramento de sua missão institucional de atendimento ao Governo do Estado e à sociedade. O projeto também contempla a criação e utilização de ferramentas que permitam concretizar o planejamento idealizado, com indicadores de desempenho, planos de ação, metas de curto, médio e longo prazo. Busca-se, como resultado, orientar a gestão da Procuradoria-Geral do Estado a resultados estrategicamente estabelecidos, aprimorando os serviços prestados pela instituição. OBJETIVO: Buscar, através de consultoria especializada e utilizando-se de modelos consagrados nos estudos de gestão empresarial adaptados à gestão pública, formular ações coordenadas necessárias para definir e alcançar resultados consistentes com a missão e os objetivos da Procuradoria Geral do Estado, bem como buscar, nos mesmos modelos consagrados, ferramentas para sua implementação e monitoramento. JUSTIFICATIVA: Ao longo dos anos, a Procuradoria-Geral do Estado tem buscado continuamente a melhoria da eficiência de seus recursos e eficácia de suas ações. Entretanto, ressente-se de um conhecimento na área de gestão que lhe permita conhecer melhor a própria organização, identificando suas competências e áreas com oportunidade de melhorias. A formulação de uma política estratégica permitirá estabelecer um mapa que oriente as decisões de alocação e realocação de recursos e esforços, obedecendo ao

5 alcance de objetivos previamente determinados que garantam o cumprimento de sua missão institucional de modo mais eficiente, direcionando-a a uma visão futura de excelência.

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO POR COMPETÊNCIAS

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO POR COMPETÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO POR COMPETÊNCIAS Atualizado em 22/10/2015 GESTÃO POR COMPETÊNCIAS As competências não são estáticas, tendo em vista a necessidade de adquirir agregar novas competências individuais

Leia mais

Missão. Visão. Objetivos Estratégicos (OE)

Missão. Visão. Objetivos Estratégicos (OE) Identidade Organizacional - Acesso à informação - IBAMA - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos R O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) é uma autarquia

Leia mais

www.compras.mg.gov.br O PORTAL DE COMPRAS HISTÓRICO Implantação do Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços - SIAD em 2004 Obrigatoriedade de utilização pela Administração Direta e Indireta

Leia mais

Redundância das informações nos diversos sistemas. Sistemas desenvolvidos em tecnologia não Web (DOS) Informações das obras não alimentadas na origem

Redundância das informações nos diversos sistemas. Sistemas desenvolvidos em tecnologia não Web (DOS) Informações das obras não alimentadas na origem DESCENTRALIZANDO OBRAS CENTRALIZANDO INFORMAÇÕES Cenário de Gestão de Obras antes do SICOP Diversos Órgãos executam obras no Estado Processos de Gestão diferentes em cada obra Sistemas isolados (bases

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA 01/2011

INSTRUÇÃO NORMATIVA 01/2011 INSTRUÇÃO NORMATIVA 01/2011 Estabelece os procedimentos e rotinas no acompanhamento e cumprimento das Requisições de Pequeno Valor e Precatórios expedidos contra o Município de Porto Alegre. PROCURADORIA-GERAL

Leia mais

O GT de Conflitos Fundiários Urbanos do Conselho das Cidades apresenta para uma primeira discussão pública a seguinte proposta:

O GT de Conflitos Fundiários Urbanos do Conselho das Cidades apresenta para uma primeira discussão pública a seguinte proposta: DOCUMENTO DE REFERÊNCIA DA POLÍTICA NACIONAL DE PREVENÇÃO E MEDIAÇÃO DE CONFLITOS FUNDIÁRIOS URBANOS Esta proposta preliminar é resultado de um esforço coletivo do Grupo de Trabalho de Conflitos Fundiários

Leia mais

10. Metas e Indicadores 1. PERSPECTIVA: SOCIEDADE. Tema: Qualidade 2. PERSPECTIVA: PROCESSOS INTERNOS. Tema: Responsabilidade socioambiental

10. Metas e Indicadores 1. PERSPECTIVA: SOCIEDADE. Tema: Qualidade 2. PERSPECTIVA: PROCESSOS INTERNOS. Tema: Responsabilidade socioambiental 10. Metas e Indicadores As metas representam os resultados a serem alcançados pelo tribunal para atingir os objetivos propostos. Elas permitem um melhor controle do desempenho da instituição, pois são

Leia mais

Customização e Implantação da Solução Project Explorer para CNI Versão em Espanhol

Customização e Implantação da Solução Project Explorer para CNI Versão em Espanhol Customização e Implantação da Solução Project Explorer para CNI Versão em Espanhol Brasília 06/11/2008 CDIS Empresa especializada em desenvolvimento de sistemas e consultoria em gerência de projetos SUMÁRIO

Leia mais

Carta de Missão do Dirigente Superior de 2.º Grau

Carta de Missão do Dirigente Superior de 2.º Grau Carta de Missão do Dirigente Superior de 2.º Grau Ministério: Ministério da Justiça (MJ) Serviço\Organismo: Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça, I.P. (IGFEJ, I.P.) Cargo e Titular:

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETOIA DE ADMINISTRAÇÃO E TECNOLOGIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETOIA DE ADMINISTRAÇÃO E TECNOLOGIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETOIA DE ADMINISTRAÇÃO E TECNOLOGIA TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA - CONSULTOR POR PRODUTO OEI/TOR/MEC/DTI

Leia mais

Planejamento Estratégico de TI do MEC

Planejamento Estratégico de TI do MEC Planejamento Estratégico de TI do MEC Merched Cheheb de Oliveira Diretor Diretoria de Tecnologia da Informação Secretaria Executiva Ministério da Educação MEC E mail: merched.oliveira@mec.gov.br Outubro

Leia mais

Resolução Atricon nº XX/2015

Resolução Atricon nº XX/2015 Resolução Atricon nº XX/2015 Aprova as Diretrizes de Controle Externo Atricon XXXX/2015 relacionadas à temática Controle de Obras e Serviços de Engenharia do Setor Público, integrante do Anexo Único disponível

Leia mais

Funções da Administração

Funções da Administração Professor Bruno Eduardo www.brunoeduardo.com professor@brunoeduardo.com www.facebook.com/professorbrunoeduardo Conteúdo: Planejamento Estratégico. Processo Administrativo Planejamento; Organização; Direção;

Leia mais

CONTENCIOSO GERAL PLANEJAMENTO E METAS 2015/2018

CONTENCIOSO GERAL PLANEJAMENTO E METAS 2015/2018 CONTENCIOSO GERAL PLANEJAMENTO E METAS 2015/2018 1. INSTITUCIONALIZAR O PROGRAMA Litigar Menos e Melhor PGE-SP Programa Litigar Menos e Melhor criação de identidade visual; maior divulgação interna e externa;

Leia mais

Av. Princesa Isabel, Fone (51) CEP Porto Alegre - RS - Brasil.

Av. Princesa Isabel, Fone (51) CEP Porto Alegre - RS - Brasil. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DO - 2016/2018 Apresentação da Técnica de Planejamento Estratégico Adotada O Cremers estará em 2016 dando segmento na implantação de seu Planejamento Estratégico segundo a filosofia

Leia mais

Programa Gestão Estratégica de Pessoas. Projeto Corporativo BNDES

Programa Gestão Estratégica de Pessoas. Projeto Corporativo BNDES Programa Gestão Estratégica de Pessoas Projeto Corporativo BNDES CONTEXTO Desafios novos e crescentes Produtividade 1950 1960 Infraestrutura Econômica - Siderurgia Indústrias de Base - Bens de Consumo

Leia mais

DOMÍNIO B Estratégia para o Desenvolvimento Organizacional

DOMÍNIO B Estratégia para o Desenvolvimento Organizacional DOMÍNIO B Estratégia para o Desenvolvimento Organizacional QATC-2: Planejamento estratégico Dimensões a serem avaliadas: (i) Estrutura da unidade de planejamento estratégico (ii) Conteúdo do planejamento

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Institucional

Plano de Desenvolvimento Institucional Plano de Desenvolvimento Institucional Âmbito de atuação Missão Visão Elementos Duráveis Princípios Elementos Mutáveis (periodicamente) Análise Ambiental Objetivos Estratégicos Metas Planos de Ação PDI

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico Projetos - 2014 Estrutura do Planejamento Perspectivas Estratégicas Exação profissional Melhoria nos serviços prestados Melhoria do Ensino Superior Gestão Participativa Eficiência

Leia mais

SÍNTESE DO PERFIL E DAS ATRIBUIÇÕES DOS COORDENADORES DAS UNIDADES SOCIOASSISTENCIAIS. Perfil e principais atribuições do Coordenador do CREAS

SÍNTESE DO PERFIL E DAS ATRIBUIÇÕES DOS COORDENADORES DAS UNIDADES SOCIOASSISTENCIAIS. Perfil e principais atribuições do Coordenador do CREAS SÍNTESE DO PERFIL E DAS ATRIBUIÇÕES DOS COORDENADORES DAS UNIDADES SOCIOASSISTENCIAIS Perfil e principais atribuições do Coordenador do CREAS Escolaridade de nível superior de acordo com a NOB/RH/2006

Leia mais

Desdobrando o Mapa Estratégico da Justiça Federal do Rio Grande do Sul

Desdobrando o Mapa Estratégico da Justiça Federal do Rio Grande do Sul Desdobrando o Mapa Estratégico da Justiça Federal do Rio Grande do Sul Marcelo De Nardi Porto Alegre, 04 de julho de 2011. CONTEXTUALIZAÇÃO Poder Judiciário no Contexto da Gestão Pública Nacional Processos

Leia mais

Para o turista chegar e querer voltar, o empresário tem que querer melhorar. MEDE - Turismo: inovação e competitividade com foco em resultados.

Para o turista chegar e querer voltar, o empresário tem que querer melhorar. MEDE - Turismo: inovação e competitividade com foco em resultados. Para o turista chegar e querer voltar, o empresário tem que querer melhorar. MEDE - Turismo: inovação e competitividade com foco em resultados. O MEDE é um plano de atendimento especializado do SEBRAE

Leia mais

Conselho Regional de Medicina

Conselho Regional de Medicina Conselho Regional de Medicina Defendendo a medicina, protegendo a sociedade PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2014-2015 Apresentação dos Resultados Produtos Etapas de trabalho: Produto 01 Produto 02 Produto 03

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Resultados obtidos em 2016

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Resultados obtidos em 2016 Defendendo a Medicina, protegendo a sociedade PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Resultados obtidos em 2016 Curitiba, 27.03.2017 Produtos Etapas de trabalho: Plano de Trabalho Ajustado Capacitação dos Colaboradores

Leia mais

CAPÍTULO VI VEDAÇÕES CONSTITUCIONAIS EM MATÉRIA ORÇAMENTÁRIA Questões de concursos anteriores Gabarito

CAPÍTULO VI VEDAÇÕES CONSTITUCIONAIS EM MATÉRIA ORÇAMENTÁRIA Questões de concursos anteriores Gabarito SUMÁRIO CAPÍTULO I INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA 1.1 O Direito Financeiro e a Administração Financeira e Orçamentária 1.2 Normas gerais de Direito Financeiro 2. A atividade financeira

Leia mais

MEDE, NÃO SE GERENCIA."

MEDE, NÃO SE GERENCIA. "O QUE NÃO SE MEDE, NÃO SE GERENCIA." (Adaptado de William Edwards Deming) O encontro das competências gerenciais da Mereo e ISAT Consulting aliadas à plataforma MEREO proporcionam condições de gerenciamento

Leia mais

E A GESTÃO DE PROJETOS?

E A GESTÃO DE PROJETOS? E A GESTÃO DE PROJETOS?......consiste na aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do Projeto a fim de atender aos seus requisitos. BENEFÍCIOS Aumenta a confiança e

Leia mais

I ao III FONEF Fórum Nacional de Execução Fiscal

I ao III FONEF Fórum Nacional de Execução Fiscal I ao III FONEF Fórum Nacional de Execução Fiscal Recomendação nº 1 Com a inevitável majoração da demanda da Justiça Federal, após o fim da competência delegada, justifica-se a busca pelo reforço da estrutura

Leia mais

I ao III FONACOM Fórum Nacional de Conciliação e Mediação

I ao III FONACOM Fórum Nacional de Conciliação e Mediação I ao III FONACOM Fórum Nacional de Conciliação e Mediação Recomendação nº 1 Para garantir efetividade ao novo Código de Processo Civil, é recomendável a aprovação de lei de conciliação tributária, sendo

Leia mais

Política Nacional de Segurança Pública - PNaSP

Política Nacional de Segurança Pública - PNaSP MINISTÉRIO DA JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA Política Nacional de Segurança Pública - PNaSP Novembro/2017 Página 1 de 9 POLÍTICA NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA INTRODUÇÃO CONSIDERANDO que compete ao Ministério

Leia mais

CONTROLAR EQUILÍBRIO

CONTROLAR EQUILÍBRIO CONTROLAR EQUILÍBRIO ESTADO SOCIEDADE CONTROLE AUTOCONTROLE PODER LEGISLATIVO TRIBUNAL DE CONTAS MINISTÉRIO PÚBLICOP DA SOCIEDADE SISTEMAS DE CONTROLE CONTROLE EXTERNO PODER LEGISLATIVO TRIBUNAL DE CONTAS

Leia mais

Artigo: Planejamento com foco na execução

Artigo: Planejamento com foco na execução Artigo: Planejamento com foco na execução O uso do BSC no BANDES Gilson Domingues Cardoso Planejamento com foco na execução Gilson Domingues Cardoso gilson@ bandes.com.br e gilsondc@gmail.com RESUMO Trata

Leia mais

Programas de Compliance. e Sistemas de Gestão Antissuborno

Programas de Compliance. e Sistemas de Gestão Antissuborno Programas de Compliance e Sistemas de Gestão Antissuborno 2 www.nbs.com.br Soluções eficazes em Gestão de Negócios. Nossa Visão Ser referência em consultoria de desenvolvimento e implementação de estratégias,

Leia mais

Para a Educação, a Ciência e a Cultura TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO

Para a Educação, a Ciência e a Cultura TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO Organização dos Estados Ibero-americanos Para a Educação, a Ciência e a Cultura TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR 1. Projeto: OEI/BRA/09/004 - Aprimoramento da sistemática

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO Perfil Requerido DIRPE nº 1. Número e Título do Projeto:

Leia mais

Proposta de Licenciamento de Software Jurídico

Proposta de Licenciamento de Software Jurídico Proposta de Licenciamento de Software Jurídico Caros senhores, A Preâmbulo Informática Tecnologia em Gestão Jurídica, atua exclusivamente para o mercado jurídico desde 1988, sendo líder em software jurídico

Leia mais

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE TRABALHO E ORÇAMENTO PLURIANUAL

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE TRABALHO E ORÇAMENTO PLURIANUAL MANUAL DE ORGANIZAÇÃO COD. 100 ASSUNTO: DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE APROVAÇÃO: Deliberação CONSAD nº 54, de 26/08/2015 VIGÊNCIA: 26/08/2015 DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE TRABALHO E

Leia mais

CAPÍTULO IV CRÉDITOS ADICIONAIS 1. Introdução 2. Créditos suplementares 3. Créditos especiais

CAPÍTULO IV CRÉDITOS ADICIONAIS 1. Introdução 2. Créditos suplementares 3. Créditos especiais SUMÁRIO CAPÍTULO I INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA 1.1 O Direito Financeiro e a Administração Financeira e Orçamentária 1.2 Normas gerais de Direito Financeiro 2. A atividade financeira

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO CORREGEDORIA REGIONAL PORTARIA Nº T2-PTC-2011/00404 DE 12 DE DEZEMBRO DE 2011.

PODER JUDICIÁRIO CORREGEDORIA REGIONAL PORTARIA Nº T2-PTC-2011/00404 DE 12 DE DEZEMBRO DE 2011. PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL - 2ª REGIÃO CORREGEDORIA REGIONAL PORTARIA Nº T2-PTC-2011/00404 DE 12 DE DEZEMBRO DE 2011. O Doutor ANDRÉ FONTES, Corregedor-Regional da Justiça

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça - STJ. Técnico Judiciário - Área Administrativa VOLUME 1. Língua Portuguesa. Noções de Direito Constitucional

Superior Tribunal de Justiça - STJ. Técnico Judiciário - Área Administrativa VOLUME 1. Língua Portuguesa. Noções de Direito Constitucional Superior Tribunal de Justiça - STJ Técnico Judiciário - Área Administrativa VOLUME 1 Língua Portuguesa 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados.... 1 2 Reconhecimento de tipos e gêneros

Leia mais

FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU EDITAL DO PROCESSO SELETIVO Nº

FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU EDITAL DO PROCESSO SELETIVO Nº EDITAL DO PROCESSO SELETIVO Nº 138.17 A FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU BRASIL (Fundação PTI-BR) torna público que serão recebidas as inscrições para o Processo Seletivo nº 138.17 sob contratação em

Leia mais

LEI Nº /2013 CAPÍTULO I DO PLANEJAMENTO GOVERNAMENTAL E DO PLANO PLURIANUAL

LEI Nº /2013 CAPÍTULO I DO PLANEJAMENTO GOVERNAMENTAL E DO PLANO PLURIANUAL LEI Nº. 1.282/2013 Ementa: Institui o Plano Plurianual do Município de Ouricuri para o período de 2014 a 2017. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE OURICURI/PE, no uso de suas atribuições legais, faz saber que A

Leia mais

Acompanhamento do Planejamento

Acompanhamento do Planejamento MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE ENSINO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL PROPLAN Acompanhamento do Planejamento A

Leia mais

Modernização da Gestão do Tribunal de Justiça do RS. Omar Jacques Amorim Diretor-Geral TJRS

Modernização da Gestão do Tribunal de Justiça do RS. Omar Jacques Amorim Diretor-Geral TJRS Modernização da Gestão do Tribunal de Justiça do RS Omar Jacques Amorim Diretor-Geral TJRS Porto Alegre, sexta-feira, 19 de agosto de 2011 Tribunal de Justiça do RS 1L EVOLUÇÃO DO PROJETO E PRINCÍPAIS

Leia mais

Reconhecimentos. Nossos Valores

Reconhecimentos. Nossos Valores Fundado em 2008 por Leonardo Cordeiro e Ivan Lima, Cordeiro, Lima e Advogados atua em diversas áreas do direito empresarial assessorando empresas brasileiras e estrangeiras de todos os segmentos econômicos.

Leia mais

SUMÁRIO. Língua Portuguesa

SUMÁRIO. Língua Portuguesa Língua Portuguesa Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados... 3 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais... 6/9 Domínio da ortografia oficial... 21 Domínio dos mecanismos de coesão textual.

Leia mais

Fixa as diretrizes gerais para a instituição do teletrabalho (home office) nos órgãos de execução da Procuradoria Geral do Estado de São Paulo.

Fixa as diretrizes gerais para a instituição do teletrabalho (home office) nos órgãos de execução da Procuradoria Geral do Estado de São Paulo. Resolução PGE-, de Fixa as diretrizes gerais para a instituição do teletrabalho (home office) nos órgãos de execução da Procuradoria Geral do Estado de São Paulo. O Procurador Geral do Estado de São Paulo,

Leia mais

OBJETIVOS PADRONIZAÇÃO DE PROCESSOS REDUÇÃO DE CUSTOS COM QUALIDADE. SLA s e KPI s INOVAÇÃO SAZONALIDADE PRÓ-ATIVIDADE CONFIABILIDADE ECONOMIAS

OBJETIVOS PADRONIZAÇÃO DE PROCESSOS REDUÇÃO DE CUSTOS COM QUALIDADE. SLA s e KPI s INOVAÇÃO SAZONALIDADE PRÓ-ATIVIDADE CONFIABILIDADE ECONOMIAS FACILITY MANAGEMENT OBJETIVOS SLA s e KPI s INOVAÇÃO PADRONIZAÇÃO DE PROCESSOS REDUÇÃO DE CUSTOS COM QUALIDADE SAZONALIDADE PRÓ-ATIVIDADE CONFIABILIDADE ECONOMIAS VANTAGENS DO MODELO SOFTWARE TRX REALTIME

Leia mais

OBJETIVOS E INDICADORES ESTRATÉGICOS

OBJETIVOS E INDICADORES ESTRATÉGICOS OBJETIVOS E INDICADORES ESTRATÉGICOS PERSPECTIVA: TRE/RN e Sociedade Objetivo 1: Primar pela satisfação do cliente de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) Descritivo: Conhecer e ouvir o cliente

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2012 2013 APRESENTAÇÃO O Planejamento Estratégico tem como objetivo descrever a situação desejada de uma organização e indicar os caminhos para

Leia mais

BALANCED SCORECARD. Prof. Dr. Adilson de Oliveira Doutor em Engenharia de Computação Poli USP Mestre em Ciência da Informação PUCCAMP

BALANCED SCORECARD. Prof. Dr. Adilson de Oliveira Doutor em Engenharia de Computação Poli USP Mestre em Ciência da Informação PUCCAMP BALANCED SCORECARD Prof. Dr. Adilson de Oliveira Doutor em Engenharia de Computação Poli USP Mestre em Ciência da Informação PUCCAMP Gestão Estratégica e BSC Balanced Scoredcard GESTÃO ESTRATÉGICA GESTÃO

Leia mais

Ofício nº 003/2003 DGP Cáceres-MT., 31 de janeiro de Prezada Superintendente

Ofício nº 003/2003 DGP Cáceres-MT., 31 de janeiro de Prezada Superintendente Ofício nº 003/2003 DGP Cáceres-MT., 31 de janeiro de 2003. Prezada Superintendente Em atenção ao ofício circ. N 003/ESP/SAD, datado de 24 de janeiro do presente ano, estamos enviando em anexo, as necessidades

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DA JUSTIÇA DO TRABALHO

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DA JUSTIÇA DO TRABALHO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DA JUSTIÇA DO TRABALHO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Processo gerencial, contínuo e dinâmico, que envolve toda estrutura organizacional, tendo em vista o planejamento do futuro mediante

Leia mais

Resolução Atricon 01/2014 AGILIDADE NO JULGAMENTO DE PROCESSOS E GERENCIAMENTO DOS PRAZOS

Resolução Atricon 01/2014 AGILIDADE NO JULGAMENTO DE PROCESSOS E GERENCIAMENTO DOS PRAZOS Resolução Atricon 01/2014 AGILIDADE NO JULGAMENTO DE PROCESSOS E GERENCIAMENTO DOS PRAZOS Objetivo Disponibilizar referencial para que os Tribunais de Contas, de modo uniforme, aprimorem seus regulamentos,

Leia mais

QUADRO DE AVALIAÇÃO E RESPONSABILIZAÇÃO

QUADRO DE AVALIAÇÃO E RESPONSABILIZAÇÃO Ministério da Economia IAPMEI - Agência para a Competitividade e Inovação, I.P. MISSÃO: Promover a inovação e executar políticas de estímulo ao desenvolvimento empresarial, visando o reforço da competitividade

Leia mais

OBJETIVOS ESTRATÉGICOS

OBJETIVOS ESTRATÉGICOS OBJETIVOS ESTRATÉGICOS 2015-2018 PROMOVER O ACESSO AO DIREITO E À JUSTIÇA Qualidade no acesso à justiça REFORÇAR A TRANSPARÊNCIA NA ADMINISTRAÇÃO DA JUSTIÇA Resolução em prazo razoável MELHORAR O TEMPO

Leia mais

Plano do Projeto. 1. Escopo ou finalidade do projeto. 2. Alinhamento estratégico. 3. Clientes do projeto

Plano do Projeto. 1. Escopo ou finalidade do projeto. 2. Alinhamento estratégico. 3. Clientes do projeto 1. Escopo finalidade do projeto O presente projeto tem por escopo a modernização dos processos dos cartórios de registro de imóveis da, abrangendo todo o ciclo, desde o ingresso até a manutenção e guarda

Leia mais

COMO APLICAR UM MODELO DE GESTÃO PARA ATINGIR METAS EMPRESARIAIS 07/12/2016

COMO APLICAR UM MODELO DE GESTÃO PARA ATINGIR METAS EMPRESARIAIS 07/12/2016 COMO APLICAR UM MODELO DE GESTÃO PARA ATINGIR METAS EMPRESARIAIS 07/12/2016 Prof. JOEL SOUZA E SILVA Curitiba, 29 de novembro de 2016 O QUE É GESTÃO = Atingir Metas MERCADO NEGÓCIO PRODUTO METAS Pessoas

Leia mais

Guia Rápido para Diagnóstico Empresarial. Compreenda melhor a sua empresa. Acerte na decisão.

Guia Rápido para Diagnóstico Empresarial. Compreenda melhor a sua empresa. Acerte na decisão. Guia Rápido para Diagnóstico Empresarial Compreenda melhor a sua empresa. Acerte na decisão. Índice Introdução Diagnóstico Empresarial Departamento Financeiro e Fiscal Departamento de Recursos Humanos

Leia mais

Página: 1 de 38 03/08/ :37

Página: 1 de 38 03/08/ :37 Página: 1 de 38 Prefeitura Municipal de Matinhos - PR Planejamento Orçamentário - LDO Anexo V - Descrição dos Programas Governamentais/Metas/Custos Custos para o Exercício 2016 Dados Aprovados pelo Legislativo

Leia mais

Processo e Agentes da Gestão da Qualidade

Processo e Agentes da Gestão da Qualidade Gestão da Qualidade Processo e Agentes da Gestão da Qualidade Fernanda Villar Corrêa Vídeos - Empresa como Sistema - Gestão da Qualidade como Subsistema - Envolvem métodos de produção, avaliação

Leia mais

Sales & Marketing. Inspiring consumer goods sector by everis

Sales & Marketing. Inspiring consumer goods sector by everis Sales & Marketing Inspiring consumer goods sector by everis Vendas e marketing: A área de vendas e marketing é delicada para nós e nossos clientes, por isso nossas abordagens são: aumentar a participação

Leia mais

POLÍTICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, AUTOMAÇÃO E TELECOMUNICAÇÃO DAS EMPRESAS ELETROBRAS. 2ª Versão

POLÍTICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, AUTOMAÇÃO E TELECOMUNICAÇÃO DAS EMPRESAS ELETROBRAS. 2ª Versão POLÍTICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, AUTOMAÇÃO E TELECOMUNICAÇÃO DAS EMPRESAS ELETROBRAS 2ª Versão Sumário 1 Objetivo... 3 2 Conceitos... 3 3 Princípios... 4 4 Diretrizes... 5 5 Responsabilidades... 5

Leia mais

Ato TRT GP nº 120/2012 Seg, 04 de junho de :51 -

Ato TRT GP nº 120/2012 Seg, 04 de junho de :51 - TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO - 13ª REGIÃO PARAÍBA DOC: ATO NUM: 120 ANO: 2012 DATA: 07-05-2012 DEJT DATA: 08-05-2012 ATO TRT GP Nº 120/2012 João Pessoa, 07 de maio de 2012 Modifica o Projeto Negócio Legal,

Leia mais

Relatório de auto-avaliação de desempenho 2008

Relatório de auto-avaliação de desempenho 2008 Relatório de auto-avaliação de desempenho 2008 Índice I Introdução 2 Avaliação do cumprimento dos objectivos 2.1. Identificação dos Objectivos Estratégicos 2.2. Apresentação dos resultados do QUAR 2.3.

Leia mais

Sem fronteiras para o conhecimento. Pacote Formação Especialista em Lean Manufacturing

Sem fronteiras para o conhecimento. Pacote Formação Especialista em Lean Manufacturing 1 Sem fronteiras para o conhecimento Pacote Formação Especialista em Lean Manufacturing 2 Seja um Especialista Lean Manufacturing O pacote de Formação de Especialista em Lean Manufacturing une a filosofia

Leia mais

GESTÃO DE RISCO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: QUEBRANDO PARADIGMAS ATORES E

GESTÃO DE RISCO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: QUEBRANDO PARADIGMAS ATORES E GESTÃO DE RISCO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: QUEBRANDO PARADIGMAS ATORES E COMPETÊNCIAS. UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS JEFERSON ALVES DOS SANTOS Auditor Chefe da UNIFAL-MG Presidente da Associação FONAIMEC

Leia mais

BPM ECM. Gestão conteúdo. GED e Workflow. Governança Corporativa. Processos. Estratégico. Capacitação. Treinamentos. Gerenciamento.

BPM ECM. Gestão conteúdo. GED e Workflow. Governança Corporativa. Processos. Estratégico. Capacitação. Treinamentos. Gerenciamento. Portfólio Produtos e serviços Revisão: 17/05/2016 BPM ECM Gestão de conteúdo Gerenciamento de Processos Governança Corporativa de processos e atividades GED e Workflow Processos Gerenciamento de Projetos

Leia mais

adequadas ao contexto econômico-financeiro e institucional das empresas;

adequadas ao contexto econômico-financeiro e institucional das empresas; 1. Objetivo Aumentar a eficiência e competitividade das empresas do Sistema Eletrobrás, através da integração da logística de suprimento de bens e serviços, visando o fortalecimento de seu poder de compra

Leia mais

PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DA ESTRATÉGIA NO VITÓRIA APART HOSPITAL. Estudo de Caso

PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DA ESTRATÉGIA NO VITÓRIA APART HOSPITAL. Estudo de Caso PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DA ESTRATÉGIA NO VITÓRIA APART HOSPITAL Estudo de Caso Sobre o Vitória Apart Hospital Institucional Desde a sua fundação, em 2001, o Vitória Apart Hospital atua com o objetivo de

Leia mais

S T E M A I N T E G R A D O A SOLUÇÃO COMPLETA PARA ADMINISTRAÇÃO DE SUA EMPRESA Indústria Comércio Serviço

S T E M A I N T E G R A D O A SOLUÇÃO COMPLETA PARA ADMINISTRAÇÃO DE SUA EMPRESA Indústria Comércio Serviço S A SOLUÇÃO COMPLETA PARA ADMNSTRAÇÃO DE SUA EMPRESA ndústria Comércio Serviço S O GestãoPro foi desenvolvido para atender as empresas que atuam nos setores da indústria, comércio e serviço. O grande diferencial

Leia mais

EDITAL CHAMADA PÚBLICA PSR MAPA/SPA Nº 02/2016 PARCERIA DE PESQUISA SOBRE GESTÃO DE RISCOS AGROPECUÁRIOS

EDITAL CHAMADA PÚBLICA PSR MAPA/SPA Nº 02/2016 PARCERIA DE PESQUISA SOBRE GESTÃO DE RISCOS AGROPECUÁRIOS EDITAL CHAMADA PÚBLICA PSR MAPA/SPA Nº 02/2016 PARCERIA DE PESQUISA SOBRE GESTÃO DE RISCOS AGROPECUÁRIOS A SPA, no exercício da competência que lhe conferem as alíneas c do inciso IV do artigo 29 e o inciso

Leia mais

Formular a Gestão da Estratégia da Previdência Social para o novo ciclo Disseminar da Gestão da Estratégia na Previdência Social

Formular a Gestão da Estratégia da Previdência Social para o novo ciclo Disseminar da Gestão da Estratégia na Previdência Social Estrutura Analítica do Projeto - EAP Formular a Gestão da Estratégia da Previdência Social para o novo ciclo 2016-2019 Gerenciar o projeto Planejar a gestão da estratégia Desdobrar a estratégia Programar

Leia mais

Organização dos Estados Ibero-americanos. Para a Educação, a Ciência e a Cultura

Organização dos Estados Ibero-americanos. Para a Educação, a Ciência e a Cultura Organização dos Estados Ibero-americanos Para a Educação, a Ciência e a Cultura TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO 1. Projeto: Aprimoramento da sistemática de gestão

Leia mais

Estruturação e Organização de Empresas. Valuation. Consultoria para empresas em recuperação judicial. Consultoria em Planejamento Estratégico

Estruturação e Organização de Empresas. Valuation. Consultoria para empresas em recuperação judicial. Consultoria em Planejamento Estratégico Estruturação e Organização de Empresas Consultoria em Planejamento Estratégico Valuation Consultoria para empresas em recuperação judicial ASCENSÃO E QUEDA DO NEGÓCIO MATURIDADE CRESCIMENTO CRESCIMENTO

Leia mais

ELABORAÇÃO DE PLANO MUNICIPAL DE MOBILIDADE URBANA

ELABORAÇÃO DE PLANO MUNICIPAL DE MOBILIDADE URBANA PROGRAMA MUNICIPAL DE MOBILIDADE URBANA ELABORAÇÃO DE PLANO MUNICIPAL DE MOBILIDADE URBANA PREFEITURA DE CAÇAPAVA DO SUL-RS JULHO DE 2013 Pág. 1 : 5 SRCRETARIA DE MUNICÍPIO DO PLANEJAMENTO E MEIO AMBIENTE

Leia mais

2.3 Eficiência do Estado

2.3 Eficiência do Estado Por que Eficiência do Estado? A ineficiência do Estado gera dois efeitos principais sobre a competitividade: extrai recursos das empresas superiores ao necessário, reduzindo a sua eficiência, e provê,

Leia mais

Diagnóstico e Gestão de TI; Modernização da Gestão de Pessoas; Desenvolvimento, Integração e Gerenciamento de Projetos de TI;

Diagnóstico e Gestão de TI; Modernização da Gestão de Pessoas; Desenvolvimento, Integração e Gerenciamento de Projetos de TI; Fundada em fevereiro de 2001, a ProBid é uma empresa formada por colaboradores com vasta experiência de mercado, especializada em Tecnologia da Informação, com foco estratégico no Setor Público e que utiliza

Leia mais

DA INDUSTRIA, no uso de suas atribuições legais, regulamentares e regimentais,

DA INDUSTRIA, no uso de suas atribuições legais, regulamentares e regimentais, RESOLU ÇÃO N 0212005 NOVA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DO DEPARTAMENTO NACIONAL 1)0 SESI - APROVA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS - O PRESIDENTE DO DO SERVIÇO SOCIAL DA INDUSTRIA, no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

Business Partner em Recursos Humanos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Business Partner em Recursos Humanos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Quadro de Avaliação e Responsabilização

Quadro de Avaliação e Responsabilização ANO: Ministério da Educação e Ciência Fundação para a Ciência e Tecnologia, I.P. MISSÃO: A FCT tem por missão apoiar, financiar e avaliar o Sistema Nacional de Investigação e Inovação, desenvolver a cooperação

Leia mais

PROC. 04 ANÁLISE CRÍTICA

PROC. 04 ANÁLISE CRÍTICA 1 de 7 ANÁLISE CRÍTICA MACROPROCESSO GESTÃO DE PROCESSOS PROCESSO ANÁLISE CRÍTICA ANÁLISE CRÍTICA 1. OBJETIVO... 2 2. ABRANGÊNCIA... 2 3. DOCUMENTOS RELACIONADOS... 2 4. PROCEDIMENTOS... 2 4.1 DEFINIÇÕES...

Leia mais

Plataforma dos Consumidores

Plataforma dos Consumidores Plataforma dos Consumidores REDUÇÃO DOS IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS MELHORIA NAS AGÊNCIAS REGULADORAS MUDANÇAS NOS PADRÕES DE PRODUÇÃO CDC NAS ESCOLAS O candidato à Presidência da República escolhido nas

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA Organização dos Estados Ibero-americanos Para a Educação, a Ciência e a Cultura OEI/TOR/MEC/DTI TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA 1. Projeto: OEI/BRA/09/004 - Aprimoramento da sistemática

Leia mais

Seja bem-vindo ao nosso Portfólio Digital. A Blueway Nossos diferenciais Clientes O que fazemos Contato

Seja bem-vindo ao nosso Portfólio Digital. A Blueway Nossos diferenciais Clientes O que fazemos Contato Seja bem-vindo ao nosso Portfólio Digital 1 2 3 4 A Blueway Nossos diferenciais Clientes O que fazemos Contato 1 Blueway Nossa organização Somos a Blueway, uma consultoria que atua na transformação organizacional

Leia mais

SoftExpert HDM Suite

SoftExpert HDM Suite HDM Suite Desenvolvendo talentos para a excelência. Desafios Solução Benefícios www.softexpert.com.br Como sua empresa transforma a gestão de desempenho individual em um processo real e eficiente? www.softexpert.com.br

Leia mais

Sistema de Monitoramento Físico e Financeiro do Plano Plurianual de Ação Governamental - PPAG

Sistema de Monitoramento Físico e Financeiro do Plano Plurianual de Ação Governamental - PPAG Sistema de Monitoramento Físico e Financeiro do Plano Plurianual de Ação Governamental - PPAG Gerência do PPAG Secretaria Municipal Adjunta de Orçamento PPAG Plano Plurianual de Ação Governamental Planejamento

Leia mais

SUMÁRIO. Língua Portuguesa. Compreensão e interpretação de textos Tipologia textual Ortografia oficial Acentuação gráfica...

SUMÁRIO. Língua Portuguesa. Compreensão e interpretação de textos Tipologia textual Ortografia oficial Acentuação gráfica... Língua Portuguesa Compreensão e interpretação de textos... 3 Tipologia textual... 6 Ortografia oficial... 21 Acentuação gráfica... 30 Emprego das classes de palavras... 33 Emprego/correlação de tempos

Leia mais

Processo Organizacional

Processo Organizacional Processo Organizacional Controle Controlar significa garantir que aquilo que foi planejado seja bem executado e que os objetivos estabelecidos sejam alcançados adequadamente. Monitoramento está presente

Leia mais

O Modelo de Gestão da Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) 1. Breve histórico

O Modelo de Gestão da Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) 1. Breve histórico O Modelo de Gestão da Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) 1. Breve histórico Toda organização busca definir e implementar um modelo de gestão que traga melhores resultados e o cumprimento de

Leia mais

O SUS LEGAL A partir das leis que ainda não foram cumpridas e que determinam a estrutura e funcionamento do SUS: Propostas do ministério da saúde

O SUS LEGAL A partir das leis que ainda não foram cumpridas e que determinam a estrutura e funcionamento do SUS: Propostas do ministério da saúde O SUS LEGAL A partir das leis que ainda não foram cumpridas e que determinam a estrutura e funcionamento do SUS: Propostas do ministério da saúde Brasília, 25/01/2017 Lei 141 Art. 30. Os planos plurianuais,

Leia mais

Convergência as Normas Internacionais de Contabilidade

Convergência as Normas Internacionais de Contabilidade Convergência as Normas Internacionais de Contabilidade Cenário Normativo IFRS IPSAS NBC TSP MCASP Entendimento das Necessidades Pessoas Processos Sistemas Autarquias Fundações Ministério Público Secretarias

Leia mais

BENS DE CONSUMO. Tudo para que a sua empresa tenha uma gestão completa, flexível e integrada, e conquiste resultados ainda melhores.

BENS DE CONSUMO. Tudo para que a sua empresa tenha uma gestão completa, flexível e integrada, e conquiste resultados ainda melhores. Segmento MANUFATURA BENS DE CONSUMO Para o subsegmento de bens de consumo, as soluções de software de gestão da TOTVS produzem resultados em série. Um conjunto de funcionalidades que atuam na essência

Leia mais

ANEXO III. Disciplina Cr Ementa Início Fim

ANEXO III. Disciplina Cr Ementa Início Fim ANEXO III Quadro de Disciplinas Especiais ou Unidades de Especiais Pós-Graduação Lato Sensu - UnisulVirtual e seus Respectivos Valores Semestre 017.1 B UA No. De turma 180 181 Disciplina Cr Ementa Início

Leia mais

CONTROLES INTERNOS COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO DE QUALIDADE DE GASTOS PÚBLICOS

CONTROLES INTERNOS COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO DE QUALIDADE DE GASTOS PÚBLICOS CONTROLES INTERNOS COMO INSTRUMENTO DE DE QUALIDADE DE GASTOS PÚBLICOS ARNALDO GOMES FLORES Fonte: Fonte: Fonte: Questão central Como garantir que os programas governamentais cumpram suas finalidades declaradas?

Leia mais

Governança aplicada à Gestão de Pessoas

Governança aplicada à Gestão de Pessoas Governança de pessoal: aperfeiçoando o desempenho da administração pública Governança aplicada à Gestão de Pessoas Ministro substituto Marcos Bemquerer Brasília DF, 15 de maio de 2013 TCU Diálogo Público

Leia mais

Gerenciamento de Carteira

Gerenciamento de Carteira Gerenciamento de Carteira O que é o Gerenciamento de Carteira Sistema de gerenciamento, que por meio de alertas enviados por e-mail, sua empresa acompanha alterações no comportamento comercial de sua carteira

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE Sistema de Gestão da Qualidade PROCEDIMENTO P.TJAM 67 Planejamento Estratégico Elaborado por: Carla Winalmoller

Leia mais

WS3-O4- MACROESTRATÉGIAS BASE PARA O BSC

WS3-O4- MACROESTRATÉGIAS BASE PARA O BSC WS3-O4- MACROESTRATÉGIAS BASE PARA O BSC 1 2 AGENDA 3º Workshop 4ª Oficina Alinhamento de Conceitos Metodológicos Atividades: Estágio 1 perspectiva Financeira Estágio 2 perspectiva Clientes Estágio 3 perspectiva

Leia mais

PROJETOS ESTRUTURANTES. COOPERAÇÃO TÉCNICA PARA DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL DE ORGANIZAÇÕES PÚBLICAS EM CONCESSÕES E PPPs.

PROJETOS ESTRUTURANTES. COOPERAÇÃO TÉCNICA PARA DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL DE ORGANIZAÇÕES PÚBLICAS EM CONCESSÕES E PPPs. PROJETOS ESTRUTURANTES COOPERAÇÃO TÉCNICA PARA DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL DE ORGANIZAÇÕES PÚBLICAS EM CONCESSÕES E PPPs. AGENDA 1 2 3 4 5 Missão Contexto Benefícios Escopo Cronograma MISSÃO Desenvolver

Leia mais