Preçário BANCO BIC PORTUGUÊS, SA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Preçário BANCO BIC PORTUGUÊS, SA"

Transcrição

1 Preçário BANCO BIC PORTUGUÊS, SA Bancos Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO O Preçário completo do Banco BIC Português, S.A., contém o Folheto de e Despesas (que incorpora os valores máximos de todas as comissões bem como o valor indicativo das principais despesas) e o Folheto de Taxas de Juro (que contém informação relativa às taxas de juro representativas). O Preçário pode ser consultado nas agências e locais de atendimento ao público do Banco BIC Português, S.A., e em O Folheto de e Despesas pode ainda ser consultado no Portal do Cliente Bancário, em Preçário elaborado em cumprimento do disposto no Aviso n.º 8/2009. A informação sobre as condições de realização das operações de crédito é prestada ao abrigo do Decreto-Lei n.º 220/94, de 23 de agosto.

2 Preçário BANCO BIC PORTUGUÊS, SA Bancos Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de entrada em vigor: 08 de julho de 2015 O Preçário completo do Banco BIC Português, S.A., contém o Folheto de e Despesas (que incorpora os valores máximos de todas as comissões bem como o valor indicativo das principais despesas) e o Folheto de Taxas de Juro (que contém informação relativa às taxas de juro representativas). O Preçário pode ser consultado nas agências e locais de atendimento ao público do Banco BIC Português, S.A., e em O Folheto de e Despesas pode ainda ser consultado no Portal do Cliente Bancário, em Preçário elaborado em cumprimento do disposto no Aviso n.º 8/2009. A informação sobre as condições de realização das operações de crédito é prestada ao abrigo do Decreto-Lei n.º 220/94, de 23 de agosto. Banco BIC Português, SA

3 Entrada em vigor: 08-jul-2015 FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS INFORMAÇÃO GERAL INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR Clientes Particulares Reclamações Fundo de Garantia de Depósitos Datas - Valor Outros clientes 1 CONTAS DE DEPÓSITO Depósitos à ordem 2 OPERAÇÕES DE CRÉDITO Crédito à habitação e contratos conexos 2.2. Crédito pessoal 2.3. Crédito automóvel 2.4. Linhas de Crédito e Contas Correntes 2.5. Descobertos bancários 2.6. Outros créditos a particulares CONTAS DE DEPÓSITO 9.1. Depósitos à ordem OPERAÇÕES DE CRÉDITO Linhas de crédito e contas correntes Descobertos bancários Outros créditos 3 CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO 11 CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO 3.1. Cartões de crédito Cartões de crédito 3.2. Cartões de débito Cartões de débito 3.4. Operações com cartões Operações com cartões 3.5. Outros serviços com cartões Outros serviços com cartões 4 CHEQUES 12 CHEQUES 4.1. Requisição e entrega de módulos de cheque Requisição e entrega de módulos de cheque 4.2. Outros serviços com cheques Outros serviços com cheques 5 TRANSFERÊNCIAS 13 TRANSFERÊNCIAS 5.1. Ordens de transferência em euros Ordens de transferência em euros 5.2. Outros serviços com transferências Outros serviços com transferências 6 COBRANÇAS 14 COBRANÇAS 6.1. Cobrança de efeitos comerciais Cobrança de efeitos comerciais 6.2. Emissão de instruções de cobrança (credor) Emissão de instruções de cobrança (credor) Outros serviços com cobranças 7 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 15 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 7.1. Compra e venda de notas estrangeiras Compra e venda de notas estrangeiras 7.2. Garantias prestadas Garantias prestadas 7.3. Outros serviços Outros serviços 8 OPERAÇÕES COM O ESTRANGEIRO 16 OPERAÇÕES COM O ESTRANGEIRO 8.1. Garantias prestadas sobre o estrangeiro Remessas documentárias Créditos documentários Garantias prestadas sobre o estrangeiro Outras operações sobre o estrangeiro Consulte a PARTE II. FOLHETO DE TAXAS DE JURO Banco BIC Português, SA

4 Entrada em vigor: 01-jul-2013 INFORMAÇÃO GERAL Reclamações Para a receção e resolução de reclamações, contacte: Reclamações Telefone: Qualquer reclamação pode ainda ser dirigida ao Departamento de Supervisão Bancária do Banco de Banco de Portugal Banco de Portugal Apartado Fundo de Garantia de Depósitos Os depósitos constituídos no Banco BIC Português, S.A. beneficiam da garantia de reembolso prestada pelo Fundo de Garantia de Depósitos sempre que ocorra a indisponibilidade dos depósitos por razões diretamente relacionadas com a sua situação financeira. O Fundo de Garantia de Depósitos garante o reembolso até ao valor máximo de ,00 por cada depositante, sejam os depositantes residentes ou não em Portugal e os depósitos expressos em moeda nacional ou estrangeira. No cálculo do valor dos depósitos de cada depositante, considera-se o valor do conjunto das contas de depósito na data em que se verificou a indisponibilidade de pagamento por parte da instituição, incluindo os juros; o saldo dos depósitos em moeda estrangeira é para o efeito convertido em euros, ao câmbio da referida data, fixing do Banco de Portugal. O reembolso de uma parcela até ,00 efetuado no prazo máximo de 7 dias, e o remanescente reembolso no prazo máximo de 20 dias úteis a contar da data dessa indisponibilidade. Em circunstâncias absolutamente excecionais e relativamente a casos individuais, pode o Fundo solicitar ao Banco de Portugal uma prorrogação daquele prazo, por período não superior a 10 dias úteis. Para informações complementares consulte os endereços e Banco BIC Português, SA

5 Entrada em vigor: 01-jul-2013 INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR Datas - Valor Operações Bancárias Data-valor Data de Disponibilização Depósitos Numerário Agências D Imediata ATM c/ conferência automática - em dia útil D Imediata - em dia não util D + 1 Dia útil seguinte Cheques e Agências outros valores - sobre a própria instituição D Imediata - sobre outra instituição (Visados) D Imediata - sobre outra instituição D + 1 2º dia útil ATM c/ conferência automática Entregas para depósito Numerário Agências D + 1 Dia útil seguinte ATM s/ conferência automática D* + 1 Dia útil seguinte Cheques e Agências outros valores - sobre a própria instituição - sobre outra instituição (Visados) - sobre outra instituição ATM s/ conferência automática D* + 1 2º dia útil Operações de pagamento (incluindo transferências, débitos diretos, instrumentos de pagamento) Internas (entre contas da mesma instituição) D Imediata Interbancárias nacionais - urgentes D Imediata - normais D + 1 Dia útil seguinte Transfronteiras - Euro D+1 Dia útil seguinte - Em moeda diferente de Euros D+2 Até 4º dia útil Movimentação de contas de depósito Depósitos a Constituição / Reforço D Imediata Prazo Simples Mobilização antecipada D Imediata Reembolso no vencimento D Imediata Pagamento de juros remuneratórios D Imediata Operações de desconto Desconto Comercial (Letras) D** D** Operações de Desconto por financiamento (Livrança) D** D** Observações Legenda: D: Dia de realização da operação / ATM: Terminais automáticos / D*: Data da conferência pela instituição de crédito depositária ou seu representante / D**: Corresponde à data indicada na proposta de Desconto. Não são considerados depósitos bancários as entregas de valores ao balcão, em terminais automáticos que não disponham de possibilidade de conferência imediata, ou em cofres noturnos ou diurnos, com renúncia, por parte de quem entrega esses valores, à conferência imediata pelo depositário, e ainda a recolha de valores junto dos Clientes e outras entregas em que não se verifique a sua conferência imediata pelo depositário. Nestes casos, as entregas ou recolha de valores passam a ser consideradas depósitos após conferência e certificação pela IC, devendo esta conferir e certificar as entregas ou a recolha de valores no mais curto lapso de tempo, não superior a vinte e quatro horas, salvo em situações excecionais. A data de disponibilização refere-se ao dia útil seguinte ao dia da conferência pela Instituição de Crédito. A data de disponibilização refere-se ao 2º dia útil ao dia da conferência pela Instituição de Crédito. Solicitadas até às 12h00m. Dever de Informação Ao abrigo do Decreto -Lei n.º 18/2007, do Decreto -Lei n.º 317/2009 e do Aviso 3/2007 do Banco de Portugal, informa-se: Data valor: a data a partir da qual a transferência ou depósito se tornam efetivos, passíveis de serem movimentados pelo beneficiário e se inicia a eventual contagem de juros decorrente dos saldos credores ou devedores das contas de depósito. Data de disponibilização: o momento a partir do qual o titular pode livremente proceder à movimentação dos fundos depositados na sua conta de depósitos, sem estar sujeito ao pagamento de juros pela mobilização desses fundos. Dia útil: o período do dia em que a instituição se encontra aberta ao público em horário normal de funcionamento (entre as 8h30 e as 15h) Banco BIC Português, SA

6 Entrada em vigor: 02-jun CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) 1.1. Depósitos à ordem Euros (Mín/Máx) Valor Anual Contas de Depósitos à Ordem Conta à Ordem Conta à Ordem Emigrantes Conta Cool (exclusiva para clientes com idade 18 anos e 25 anos) Notas 3, 17 Conta Privilégio 55 (exclusiva para clientes com idade a 55 anos) Conta à Ordem com Futuro Conta Ordenado XL Notas 5, 19 Conta Ordenado Privilégio 55 (exclusiva para clientes com idade a 55 anos) Notas 5, 19 Conta BIC Mais com ou sem crédito de vencimento Conta BIC Sénior com ou sem crédito de vencimento (exclusiva para clientes com idade a 55 anos) 1 Conta à Ordem Massa Insolvente 0 Conta à Ordem Sucursal Financeira Exterior Madeira (SFE Madeira) - Fora de subscrição Notas 4, 7, 9 Conta de Serviços Mínimos Bancários (Conta de SMB) 4 Conta Base Conta BIC Salário Internacional Notas 4, Comissão de Manutenção de Conta Conta à Ordem Conta à Ordem Emigrantes Conta Cool (Clientes com idade 26 anos e 34 anos, para contratações anteriores a 13 de novembro 2014) Conta Privilégio 55 Conta à Ordem Sucursal Financeira Exterior Madeira (SFE Madeira) - Fora de subscrição 1.1. Saldo Médio Trimestral (SMT) > 500,00 ou Isento Património Financeiro > 2.500,00 Nota Saldo Médio Trimestral (SMT) entre 50,01 e 500, Saldo Médio Trimestral (SMT) 50,00 Conta de Serviços Mínimos Bancários (SMB) Conta Base Outras contas 2. Comissão de Gestão 2.1. Conta BIC Mais sem crédito de vencimento 5,00 mensal 60, com crédito de vencimento 3,00 mensal 36, Conta BIC Sénior sem crédito de vencimento e Recursos com crédito de vencimento ou Recursos > Conta BIC Salário Internacional 3. Pedidos de 2ª via 3.1. Extrato 3.2. Documentos 4. Levantamento de numerário ao balcão 5. Pedido de saldo ao balcão 6. Descoberto bancário 7. Depósito de moeda metálica (igual ou superior a 100 moedas) 5,00 trimestral 12,00 trimestral 1,21 trimestral 2,00 mensal 4,00 mensal 5,00 mensal 8,50 8,50 2,50 0,50 3,50 20,00 48,00 4, , ,00 60,00 Isento Notas 12 e 13 Isento Notas 12 e 13 Pedido efetuado na agência. 6 Consulte o Folheto de Comissão e Despesas - Subsecção 2.5. Descobertos bancários. Isento no caso de depósitos à consignação. Notas 16, 21 Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Comissão aplicada trimestralmente, em função do saldo médio trimestral (SMT) anterior. Estão isentas da comissão de manutenção as contas abertas há menos de 6 meses, contas que tenham associados Crédito Pessoal, Crédito à Habitação ou Cartão de Crédito e Conta Cool (Clientes com idade 18 anos e 25 anos). A cobrança da comissão de manutenção de conta é efetuada em jan (ref. a out, nov, dez), abr (ref. a jan, fev e mar), jul (ref. a abr, mai e jun) e out (ref. a jul, ago e set). Banco BIC Português, SA Contas de Depósito / Particulares - Pág. 1 /2

7 Comissão aplicada trimestralmente, em função do saldo médio trimestral (SMT) anterior. Estão Entrada isentas da em comissão vigor: de 02-jun-2015 manutenção as contas abertas há menos de 6 meses, contas que tenham associados Crédito Pessoal, Crédito à Habitação ou Cartão de Crédito e Conta Cool (Clientes com idade 18 anos e 25 anos). A cobrança da comissão de manutenção de conta é efetuada em jan (ref. a out, nov, dez), abr (ref. a jan, fev e mar), jul (ref. a abr, mai e jun) e out (ref. a jul, ago e set). 1. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) 1.1. Depósitos à ordem (cont.) Nota 8 Nota preçário de Comunicações (Consulte o Folheto de e Despesas - subsecção Outros Serviços) no caso de envio pelo correio. Montante mínimo de abertura de 25,00. Montante mínimo de abertura de 250,00. Montante mínimo de abertura de 350,00. Conta Serviço que oferece: - Isenção das anuidades de cartões de débito e crédito Classic para 2 titulares; Isenção da comissão nas transferências interbancárias nacionais normais (pontuais, permanentes e múltiplas) efetuadas via BancoBIC Net; Isenção da comissão de requisição de 1 módulo de 10 cheques cruzados/semestre; Redução de 50% na comissão de custódia de títulos (valores mobiliários nacionais); Redução de 50% na comissão de abertura de crédito pessoal; Redução de 50% na comissão de processo de crédito à habitação. Conta de acesso exclusivo a Clientes Não Residentes com prova válida. O conceito de Património Financeiro resulta da soma de recursos, inclui por exemplo fundos de investimento, e crédito em utilização (inclui Leasing e Factoring). A partir do 1º trimestre de 2013, para efeitos de Património Financeiro, consideram-se apenas os produtos do Banco, sendo excluídos os produtos de outras Instituições. Em comercialização até 07/12/2012. Conta à ordem sem montante mínimo de abertura e exclusiva para patrimónios de massa insolvente. Conta Serviço de acesso exclusivo a Clientes com idade igual ou superior a 55 anos (aplicável ao 1º titular) e que oferece o seguinte conjunto de produtos e serviços, mediante o pagamento de uma comissão de gestão mensal: - Isenção da comissão de manutenção; Isenção das anuidades dos cartões de débito para 1º e 2º titulares; Isenção da comissão nas transferências interbancárias nacionais normais pontuais efetuadas via BancoBIC Net; Isenção da comissão de requisição de 1 módulo de 10 cheques cruzados/ano; Redução de 50% na comissão de processo de crédito à habitação; Redução de 50% na comissão de abertura de crédito pessoal. Montante mínimo de abertura de 750,00. O valor dos recursos corresponde ao somatório do saldo médio mensal em DO, com a posição de fim de mês em DP e Títulos. Conta de Serviços Mínimos Bancários (Conta de SMB) regulada pelo DL nº 27-C/2000, de 10 de março, alterado pela Lei nº 19/2011 e pelo DL nº 225/2012, de 17 de outubro. Condições de acesso: Pessoa singular que não seja titular de conta de depósito à ordem ou cartão de débito/crédito em qualquer instituição de crédito, ou que seja titular de uma única conta de depósito à ordem a converter em Conta de SMB. Montante mínimo de abertura: Sem mínimo de abertura. Meios de movimentação: Cartão de débito BIC Electron, BancoBIC Net, Agências Banco BIC e Caixas Automáticos. Operações bancárias: Transferências intrabancárias nacionais, débitos diretos, pagamento de bens e serviços, levantamentos e depósitos. O Banco BIC pode resolver o contrato de depósito se: - Durante a respetiva vigência, verificar que o titular da Conta de SMB possui uma outra conta de depósito à ordem em instituição de crédito, podendo o Banco BIC exigir do Cliente, se a ele houver lugar, o pagamento das comissões e despesas habitualmente associadas à prestação dos serviços entretanto disponibilizados. - Decorrido pelo menos 1 ano após a abertura/conversão da Conta de SMB, se, nos 6 meses anteriores, a conta apresentar um saldo médio inferior a 5% do salário mínimo nacional e não tiverem sido realizadas quaisquer operações bancárias nesse mesmo período. A comissão de manutenção da Conta de SMB corresponde a 1% do salário mínimo nacional mais elevado, com cobrança trimestral e arredondamento por defeito a duas casas decimais. Em caso de utilização pelo Cliente de serviços não incluídos nos SMB, serão devidas as comissões previstas neste preçário. Caso o titular venha a solicitar a substituição do cartão de débito antes de decorridos 18 meses sobre a data da respetiva emissão, serão cobradas as comissões previstas na emissão do cartão, exceto se a causa da susbtituição for imputável ao Banco BIC. Conta de Serviços Mínimos Bancários: Isenção da comissão de levantamento de numerário ao balcão. Conta Base: Isenção da comissão de 3 levantamentos de numerário ao balcão por mês. Quando o Cliente atingir 26 anos de idade, a Conta Cool será automaticamente convertida em Conta à Ordem. Engloba o seguinte conjunto de produtos e serviços, mediante o pagamento da comissão de manutenção da Conta Base: - Constituição, manutenção, gestão e titularidade da Conta Base; Titularidade de um cartão de débito; Movimentação da conta através de caixas automáticos, BancoBIC Net e Agências Banco BIC; Operações incluídas: Transferências intrabancárias nacionais, débitos diretos, pagamento de bens e serviços, 3 levantamentos de numerário ao balcão por mês e depósitos. Isenção da comissão nas transferências interbancárias nacionais normais pontuais efetuadas via BancoBIC Net. Conta exclusiva para Clientes Particulares, maiores de idade, não residentes cambiais em Angola, com salário domiciliado no Banco BIC S.A. (Angola). A adesão à Conta BIC Salário Internacional implica a contratação de um cartão de débito BIC Electron (Consulte o Folheto de e Despesas - secção 3 - cartões de crédito e de débito) e de descoberto bancário (Consulte o Folheto de e Despesas - subsecção descobertos bancários) em função das transferências ordenadas e em lista de espera para a Conta BIC Salário Internacional. Serviço disponível para Clientes e não Clientes. Banco BIC Português, SA Contas de Depósito / Particulares - Pág. 2 /2

8 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.1. Crédito à habitação e contratos conexos Crédito à Habitação Habitação Própria Habitação Própria (oferta sénior) Troca de Casa Troca de Banco Habitação para Arrendamento Multifinalidades Posterior/Isolado Multifinalidades Saúde Crédito Hipotecário Investimentos Diversos Crédito Intercalar Terrenos Crédito Intercalar Sinal Euros (Mín/Máx) Valor Anual 4 iniciais 1. Comissão de processo 1.1. Habitação própria Habitação Própria (oferta sénior) Troca de Casa 200,00 Notas 1, 2, 10, 11, 12 Troca de Banco Habitação para Arrendamento 1.2. Multifinalidades Posterior/Isolado Multifinalidades Saúde 250,00 Notas 1, 2 Crédito Hip. Investimentos Diversos 1.3. Crédito Intercalar Terrenos Crédito Intercalar Sinal 50,00 Notas 1, 2 2. Comissão de avaliação Notas 6, 15, Moradias e frações autónomas habitacionais 160, Terrenos para construção, com área bruta de construção: < 500 m 2 200, m 2 e < m 2 300, m 2 e < m 2 500, m Terrenos rústicos, com área total de terreno: 800,00 < 500 m 2 150, m 2 e < m 2 200, m 2 e < m 2 300, m 2 500, Imóveis especiais (por exemplo, herdades), com área bruta de construção: < 500 m 2 500, m 2 e < m 2 800, m 2 e < m , m ,00 3. Comissão de vistoria Por vistoria. Notas 17, Moradias e frações autónomas habitacionais 80, Terrenos para construção, com área bruta de construção: < 500 m 2 50, m 2 e < m 2 75, m 2 e < m 2 125, m 2 200, Imóveis especiais (por exemplo, herdades), com área bruta de construção: < 500 m 2 125, m 2 e < m 2 200, m 2 e < m 2 250, m 2 300,00 4. Comissão de dispensa de registos provisórios 50,00 Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 1 /28

9 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.1. Crédito à habitação e contratos conexos (cont.) Crédito à Habitação (cont.) 5. Comissão de conversão/efetivação de registos 6. Comissão de preparação/formalização de escritura/minutas de escritura 7. Comissão de reembolso antecipado parcial Taxa fixa Taxa variável 8. Comissão de processamento de prestação 9. Comissão de recuperação de valores em dívida 10. relativas a atos administrativos Declarações/documentos com reconhecimento notarial de assinaturas Declaração de dívida simples (dívida ou valor da prestação) Declaração de dívida detalhada Declaração de dívida - efeitos judiciais, imposto sucessório ou reembolso de IVA Valor Anual 2,00% Notas 3, 5, 16 0,50% Notas 3, 5 Euros (Mín/Máx) 1,00 mensal Declaração para troca de seguradora Extinção de procurações irrevogáveis 25,00 Com emissão declaração particular Revogação em notário público 80,00 Revogação em notário privado 90,00 12,00 3 no termo do contrato 11. Comissão de reembolso antecipado total Taxa fixa 2,00% Notas 4, 5, 7, 16 Taxa variável 0,50% Notas 4, 5, Declaração de dívida/distrate 100,00 Nota 9 do selo pela utilização de crédito, sobre o respetivo valor, em função do prazo: Crédito de prazo < 1 ano: 0,04%; Crédito de prazo 1 ano e < 5 anos: 0,50%; Crédito de prazo 5 anos: 0,60%, por mês ou fração. 10,00 50,00 50,00 65,00 durante a vigência do contrato 4,00% 12,00 / 150,00 7,50 Notas 8, 19 Emolumentos 17,50. Nota 9 Estão sujeitas a do Selo, em termos gerais, as garantias das obrigações qualquer que seja a sua natureza, nomeadamente a hipoteca, salvo quando sejam materialmente acessórias de contratos sobre os quais incida do Selo. Sobre o respetivo valor em função do prazo: Garantia de prazo < 1 ano: 0,04%; Garantia de prazo 1 ano e < 5 anos: 0,50%; Garantia de prazo 5 anos: 0,60%, por mês ou fração. Estão sujeitas a do Selo, em termos gerais, a aquisição onerosa ou por doação do direito de propriedade ou de figuras parcelares desse direito sobre bens imóveis (sobre o valor - 0,8%). Estão isentos de do Selo, os juros cobrados por empréstimos para aquisição, construção, reconstrução ou melhoramento de habitação própria, exceto para arrendamento. Outras despesas associadas 1. Despesas cobradas no âmbito do serviço Casa Pronta 1.1. Pedido de certidão on-line 15, Indeferimento ou desistência 50,00 2. Despesas com a celebração do contrato de crédito 61,50 A cobrar no momento da formali- -zação do contrato. 0 Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 2 /28

10 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.1. Crédito à habitação e contratos conexos (cont.) Nota Geral Nota 8 Nota O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Comissão cobrada se a proposta de crédito for aprovada, sendo debitada na conta D.O. do Cliente logo após a carta de aprovação final, não podendo ser anulada, ainda que o crédito não seja contratado, bem como se o Cliente desistir da operação. No caso de processo com empréstimo para habitação/espaços comerciais e empréstimos Multifinalidades em simultâneo, apenas é devida uma comissão. Os mutuários têm o direito de efetuar o reembolso antecipado parcial em qualquer momento do contrato, independentemente do capital a reembolsar, desde que efetuado em data coincidente com os vencimentos das prestações e mediante pré-aviso de 7 (sete) dias úteis à instituição de crédito mutuante. O reembolso antecipado total pode ser efetuado em qualquer momento da vigência do contrato mediante pré-aviso de 10 (dez) dias úteis à instituição de crédito mutuante (DL 51/2007). A comissão por amortização antecipada, parcial ou total, é cobrada sobre o valor a amortizar. Comissão cobrada independentemente da concessão do crédito e debitada no momento da adjudicação. Aplicável a reembolso antecipado total sem constituição de novo empréstimo hipotecário no Banco BIC. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. Não aplicável em amortizações antecipadas. Redução de 50% na comissão de processo para Clientes com idade entre os 18 e os 34 anos, Conta BIC Mais, Conta BIC Sénior e Clientes com Protocolo Standard. Redução de 75% da comissão de processo, quando associado a Protocolo Premium. Isenção de comissão de processo para os Clientes Emigrantes. Aplicável em função da periodicidade da cobrança da prestação. Se, por exemplo, a prestação for trimestral, serão cobrados 3,00. Crédito Habitação para aquisição, construção e realização de obras em habitação própria permanente, secundária ou para arrendamento, nos termos do DL nº 349/98, e contratos de crédito cuja garantia hipotecária incida, total ou parcialmente, sobre um imóvel que, simultaneamente, garanta um contrato de crédito no Banco BIC para os fins acima indicados, de acordo com DL nº 192/2009. Também se incluem, os créditos para sinal, troca de habitação e para aquisição de terrenos para construção de habitação própria. Inicial ou outras avaliações que sejam solicitadas. A avaliação tem a validade de 1 (um) ano. Fora de subscrição. Isenta sempre que a renegociação da operação de crédito tenha sido motivada por situações de risco de incumprimento ou por mora de obrigações decorrentes de contratos de crédito, no âmbito da aplicação do DL n.º 227/2012, de 25 de outubro. No caso de frações habitacionais, por cada fração adicional do mesmo artigo matricial, acresce 20% sobre o preço indicado. DL 58/2013, de 8 de maio, art. 9º, nº 5: "Quando a prestação vencida e não paga exceder ,00 (cinquenta mil euros), para além dos juros moratórios, a comissão a cobrar pela recuperação de valores em dívida não pode exceder 0,5% do valor da referida prestação, considerando-se, na parte em que a exceda, reduzida a esse limite máximo, não sendo aplicáveis os limites previstos nos números anteriores." Valor referente a uma compra e venda e mútuo com hipoteca na modalidade Documento Particular Autenticado (DPA), com inclusão do depósito de documentos. Os valores indicados poderão ser alterados caso a contratação seja realizada em sistema Casa Pronta ou Cartório Notarial, ou ainda em atos de complexidade acrescida. Comissão aplicada aos créditos para construção ou obras ou empréstimos que pressupõem a libertação do capital por tranches. Esta comissão é cumulativa com a comissão inicial de avaliação e é cobrada após a contratação do empréstimo, sendo aplicada por cada vistoria efetuada para validação da realização da construção/obra. O número de vistorias a realizar depende da duração e complexidade da construção/obra, sendo em média realizadas 3. Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 3 /28

11 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.1. Crédito à habitação e contratos conexos (cont.) Leasing Imobiliário (taxa variável) - habitação 1. Comissão de avaliação 1.1. Moradias e frações autónomas habitacionais 80, Terrenos para construção, com área bruta de construção: < 500 m 2 50, m 2 e < m 2 75, m 2 e < m 2 125, m 2 200, Imóveis especiais (por exemplo, herdades), com área bruta de construção: < 500 m m 2 e < m m 2 e < m 2 125,00 200,00 250,00 300,00 Euros (Mín/Máx) iniciais 160, Terrenos para construção, com área bruta de construção: < 500 m 2 200, m 2 e < m 2 300, m 2 e < m 2 500, m 2 800, Terrenos rústicos, com área total de terreno: < 500 m 2 150, m 2 e < m 2 200, m 2 e < m m 2 300,00 500, Imóveis especiais (por exemplo, herdades), com área bruta de construção: < 500 m 2 500, m 2 e < m 2 800, m 2 e < m , m ,00 2. Comissão de vistoria 2.1. Moradias e frações autónomas habitacionais m 2 3. contratuais Valor pedido/financiamento ,00 Valor Anual 3 Valor pedido/financiamento > e 600, Valor pedido/financiamento > Relocações 0,15% 800,00 durante a vigência do contrato 4. Comissão de deslocação de representante do Banco BIC 5. Comissão de processamento de prestação 100,00 1,00 mensal 12, Comissão relativa a alterações contratuais Cessão da posição contratual 800,00 Por vistoria. 5 Notas 1, 12 Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 4 /28

12 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.1. Crédito à habitação e contratos conexos (cont.) Leasing Imobiliário (taxa variável) - habitação (cont.) 7. Comissão de reembolso antecipado 0,50% parcial 8. Comissão de recuperação de valores em dívida 9. Comissão de recuperação do ativo 10. Comissão por contratos de sublocação 11. Comissão por emissão de declarações diversas 12. Comissão de reembolso antecipado total Outras despesas associadas 4,00% Euros (Mín/Máx) 12,00 / 150,00 200,00 100,00 Valor Anual 50,00 1 no termo do contrato 0,50% Notas 8, 9 0 Emolumentos por Reconhecimento Notarial de Assinatura: 18 + IVA (por cada reconhecimento que contenha a menção de qualquer circunstância especial (na qualidade de procurador sócio-gerente e com poderes para o ato). Comunicações: consulte o Folheto de e Despesas - subsecção Outros Serviços (telecomunicações, declarações e outros serviços). Nota Geral Nota 8 Nota O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Comissão cobrada de acordo com o número de deslocações realizadas (ida e volta) independentemente do número de contratos realizados pelo Cliente. Os reembolsos antecipados parciais de capital são permitidos em qualquer momento do contrato nos termos pré-estabelecidos e desde que efetuados em data coincidente com os vencimentos das prestações e mediante pré-aviso de 30 (trinta) dias. A percentagem é calculada sobre o capital amortizado ou preço da compra antecipada. Serão cobradas ao cessionário as comissões referidas no ponto comissões contratuais deste preçário. o reembolso das comissões de recuperação em que o Banco BIC venha a incorrer. O crédito poderá ser liquidado antecipadamente, na sua totalidade, em qualquer momento do contrato, mediante pré-aviso de 60 (sessenta) dias. Comissão cobrada no caso de bens recuperados e relocados a outro locatário. Comissão cobrada ao novo locatário. No caso de frações habitacionais, por cada fração adicional do mesmo artigo matricial, acresce 20% sobre o preço indicado. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. DL 58/2013, de 8 de maio, art. 9º, nº 5: "Quando a prestação vencida e não paga exceder ,00 (cinquenta mil euros), para além dos juros moratórios, a comissão a cobrar pela recuperação de valores em dívida não pode exceder 0,5% do valor da referida prestação, considerando-se, na parte em que a exceda, reduzida a esse limite máximo, não sendo aplicáveis os limites previstos nos números anteriores." Aplicável em situações de sublocação do equipamento/imóvel financiado a uma 3ª (terceira) entidade. Aplicável no caso de emissão de declarações a pedido do Cliente, nomeadamente: desinteresse no seguro, alteração de seguradora, declaração de alteração de licença de utilização do imóvel, declaração de condomínio, declaração de reavaliação de imóveis. Não aplicável na realização de operações de reembolso antecipado. Comissão cobrada independentemente da concessão do crédito e debitada no momento da adjudicação. Aplicável em função da periodicidade da cobrança da prestação. Se, por exemplo, a prestação for trimestral, serão cobrados 3,00. Comissão aplicada aos créditos para construção ou obras ou empréstimos que pressupõem a libertação do capital por tranches. Esta comissão é cumulativa com a comissão inicial de avaliação e é cobrada após a contratação do empréstimo, sendo aplicada por cada vistoria efetuada para validação da realização da construção/obra. O número de vistorias a realizar depende da duração e complexidade da construção/obra, sendo em média realizadas 3. Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 5 /28

13 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.1. Crédito à habitação e contratos conexos (cont.) Euros Valor (Mín/Máx) Anual Leasing Imobiliário Habitação Habitação própria permanente, secundária, ou para arrendamento. Fora de comercialização Aplicável a créditos migrados da BPN Crédito. iniciais 1. Comissão de financiamento (não Incluída nas mensalidades) Comissão de dossier 416,67 2. Avaliação do imóvel 0 até ,67 de eté a partir de ,20% 458,34 / 5.000,00 3. Comissão de vistoria Por vistoria. Notas 11, Moradias e frações autónomas habitacionais 80, Terrenos para construção, com área bruta de construção: < 500 m 2 50, m 2 e < m 2 75, m 2 e < m 2 125, m 2 200, Imóveis especiais (por exemplo, herdades), com área bruta de construção: < 500 m 2 125, m 2 e < m 2 200, m 2 e < m 2 250, m 2 4. Deslocação de técnicos (escrituras) 300,00 / 500,00 durante a vigência do contrato 5. Comissão de reembolso antecipado parcial Taxa fixa 2,00% Taxa variável 0,50% 6. Comissão de processamento de 1,00 mensal 12,00 prestação 7. Comissão relativa a alterações contratuais Conta bancária 8. Cedência de posição contratual 9. Cancelamento de hipotecas 8,34 833,34 75, Pedidos de 2ª via Extratos 8,34 Contratos 100, Declarações Regularização de dívida Informações a terceiros Específica 16,67 50,00 25,00 / 500, Devoluções Cheques 17,50 Transferências 4,17 no termo do contrato 13. Comissão de reembolso antecipado total 14. Declarações Taxa fixa 2,00% Taxa variável 0,50% Notas 7, 9 Regularização de dívida 16,67 Liquidado/Finalizado 8,34 Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 6 /28

14 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.1. Crédito à habitação e contratos conexos (cont.) Euros Valor (Mín/Máx) Anual Mútuo a obras e construções Este produto apenas pode ser subscrito como complemento ao leasing imobiliário. Fora de comercialização Aplicável a créditos migrados da BPN Crédito. iniciais 1. Comissão de financiamento (não Incluída nas mensalidades) Comissão de dossier 50,00 2. Comissão de vistoria Por vistoria. Notas 11, Moradias e frações autónomas habitacionais 80, Terrenos para construção, com área bruta de construção: < 500 m 2 50, m 2 e < m 2 75, m 2 e < m 2 125, m 2 200, Imóveis especiais (por exemplo, herdades), com área bruta de construção: < 500 m m 2 e < m m 2 e < m m 2 3. Deslocação de técnicos (escrituras) 125,00 200,00 250,00 300,00 / 500,00 durante a vigência do contrato 4. Comissão de reembolso antecipado parcial 5. Comissão relativa a alterações contratuais Taxa fixa 2,00% Taxa variável 0,50% Conta bancária 6. Pedidos de 2ª via 8,34 Extratos Contratos 7. Declaração de regularização de dívida 8,34 20,84 16,67 8. Devoluções Cheques 17,50 Transferências 4,17 no termo do contrato 9. Comissão de reembolso antecipado total 10. Declaração Taxa fixa 2,00% Taxa variável 0,50% Nota 8 Regularização de dívida Informações a terceiros Específica 16,67 50,00 25,00 / 500,00 Nota Geral Nota 8 Nota O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. Aplicável ao novo mutuário/locatário. Aplicável apenas em solicitações adicionais. Esta alteração não implica alterações contratuais. Aplicável em hipotecas adicionais ao contrato que não impliquem alterações contratuais. Desde que efetuado em data coincidente com os vencimentos das prestações e mediante pré-aviso de 7 (sete) dias úteis à instituição de crédito mutuante. Mediante pré-aviso de 10 (dez) dias úteis à instituição de crédito mutuante. Mediante pré-aviso de 15 (quinze) dias de calendário à instituição de crédito mutuante. Aplica-se o IVA à taxa em vigor aos contratos com renúncia à isenção. Comissão cobrada independentemente da concessão do crédito e debitada no momento da adjudicação. Isenta sempre que a renegociação da operação de crédito tenha sido motivada por situações de risco de incumprimento ou por mora de obrigações decorrentes de contratos de crédito, no âmbito da aplicação do DL n.º 227/2012, de 25 de outubro. No caso de frações habitacionais, por cada fração adicional do mesmo artigo matricial, acresce 20% sobre o preço indicado. Comissão aplicada aos créditos para construção ou obras ou empréstimos que pressupõem a libertação do capital por tranches. Esta comissão é cumulativa com a comissão inicial de avaliação e é cobrada após a contratação do empréstimo, sendo aplicada por cada vistoria efetuada para validação da realização da construção/obra. O número de vistorias a realizar depende da duração e complexidade da construção/obra, sendo em média realizadas 3. Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 7 /28

15 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.2. Crédito pessoal Crédito Pessoal Crédito Pessoal (standard) Super Crédito Pessoal Crédito Pessoal XL Crédito Eficiência Energética 0,25% 0,50% Valor Anual iniciais 1. Comissão de abertura sobre o montante financiado Notas 4, Crédito Pessoal (standard) Notas 2, 10 Crédito Pessoal XL Crédito Eficiência Energética 1,00% / 750, Super Crédito Pessoal 1,00% / 250,00 Notas 2, 6 durante a vigência do contrato 2. Comissão de reembolso antecipado parcial 2.1. Contratos celebrados após 01/07/2009 (DL133/09) Taxa fixa Prazo até termo do contrato 1 ano Prazo até termo do contrato > 1 ano Taxa variável 2.2. Contratos celebrados até 30/06/2009 (DL359/91) 3. Comissão relativa a alterações contratuais 50,00 4. Comissão de recuperação de valores em dívida 5. Emissão de declaração de dívida Taxa fixa Euros (Mín/Máx) Prazo até termo do contrato 1 ano 0,25% Prazo até termo do contrato > 1 ano 0,50% Taxa variável 6.2. Contratos celebrados até 30/06/2009 (DL359/91) / 49,88 Isento 7. Emissão de declaração de dívida 50,00 do selo pela utilização de crédito, sobre o respetivo valor, em função do prazo: Crédito de prazo < 1 ano: 0,07%; Crédito de prazo 1 ano e < 5 anos: 0,90%; Crédito de prazo 5 anos: 1,00%, por mês ou fração. /49,88 4,00% 12,00 / 150,00 10,00 no termo do contrato 6. Comissão de reembolso antecipado total 6.1. Contratos celebrados após 01/07/2009 (DL133/09) Isento Notas 8, 9 Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Comissão percentual aplicada sobre o capital reembolsado antecipadamente. O Cliente pode solicitar a qualquer momento, mediante um pré-aviso não inferior a 30 (trinta) dias, cumprir antecipadamente, total ou parcialmente, o contrato de crédito. Nos novos contratos, a comissão não pode exceder o montante dos juros que o consumidor teria de pagar durante o período decorrido entre o reembolso antecipado e a data estipulada para o termo do período de taxa fixa. Comissão cobrada apenas se a proposta de crédito for aprovada e incide sobre o montante financiado. Comissão é limitada ao montante máximo permitido por lei, definido no artigo 9º do Decreto de Lei 359/91 de 21 de Setembro, nomeadamente nos pontos 1 e 4 abaixo transcritos, sendo que o Cliente pode solicitar a qualquer momento, mediante um préaviso não inferior a 15 (quinze) dias, cumprir antecipadamente, total ou parcialmente, o contrato de crédito: "1- O consumidor tem direito de cumprir antecipadamente, parcial ou totalmente, o contrato de crédito, sendo-lhe calculado o valor do pagamento antecipado do montante em dívida com base numa taxa de atualização, que corresponderá a uma percentagem mínima de 90% da taxa de juro em vigor no momento da antecipação para o contrato em causa." "4- O credor pode, todavia, exigir os juros e outros encargos correspondentes a um período convencionado que não exceda a primeira quarta parte do prazo inicialmente previsto, quando o consumidor cumprir as suas obrigações antes do decurso daquele período." Redução de 50% na comissão de abertura de crédito, quando associado a Protocolo Standard. Isenção da comissão de abertura de crédito, quando associado a Protocolo Premium. Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 8 /28

16 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.2. Crédito pessoal (cont.) Nota 8 Nota 9 0 Redução de 50% na comissão de abertura de crédito, quando associado às Contas Cool e Contas BIC Mais. Isenta sempre que a renegociação da operação de crédito tenha sido motivada por situações de risco de incumprimento ou por mora de obrigações decorrentes de contratos de crédito, no âmbito da aplicação do DL n.º 227/2012, de 25 de outubro. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. DL 58/2013, de 8 de maio, art. 9º, nº 5: "Quando a prestação vencida e não paga exceder ,00 (cinquenta mil euros), para além dos juros moratórios, a comissão a cobrar pela recuperação de valores em dívida não pode exceder 0,5% do valor da referida prestação, considerando-se, na parte em que a exceda, reduzida a esse limite máximo, não sendo aplicáveis os limites previstos nos números anteriores." Redução de 50% na comissão de abertura de crédito, quando associado à Conta BIC Sénior. Leasing Equipamentos (taxa variável) 1. Comissão de contratação 2. Comissão de processamento de prestação Valor Anual iniciais 200,00 3. Comissão de reembolso antecipado parcial 4. Cessão de posição contratual 5. Comissão relativa a alterações contratuais 6. Comissão de recuperação do ativo 7. Comissão com tratamento de prémios de seguro em incumprimento 150,00 150,00 200,00 25,00 8. Comissão de emissão de 2ªs. vias 50,00 9. Informações (GNR, PSP, Brisa, Etc.) e 10,00 multas 10. Comissão de recuperação de valores em dívida 4,00% 12,00 / 150,00 Notas 4, Comissão por contratos de sublocação 12. Comissão por emissão de declarações diversas no termo do contrato 13. Comissão de reembolso antecipado total Outras despesas associadas durante a vigência do contrato despesas com a formalização do contrato a suportar pelo Cliente. Euros (Mín/Máx) 1,00 mensal 50,00 despesa efetiva do serviço Comunicações: consulte o Folheto de e Despesas - subsecção Outros Serviços (telecomunicações, declarações e outros serviços). 100,00 12,00 Cobrada em simultâneo com a renda. valor do seguro em incumprimento Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. A cobrar aquando da assinatura do contrato de cessão de posição contratual. o reembolso das comissões de recuperação em que o Banco BIC venha a incorrer. O crédito poderá ser liquidado antecipadamente, na sua totalidade, em qualquer momento do contrato, mediante pré-aviso de 30 (trinta) dias. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. DL 58/2013, de 8 de maio, art. 9º, nº 5: "Quando a prestação vencida e não paga exceder ,00 (cinquenta mil euros), para além dos juros moratórios, a comissão a cobrar pela recuperação de valores em dívida não pode exceder 0,5% do valor da referida prestação, considerando-se, na parte em que a exceda, reduzida a esse limite máximo, não sendo aplicáveis os limites previstos nos números anteriores." Aplicável em situações de sublocação do equipamento/imóvel financiado a uma 3ª (terceira) entidade. Aplicável no caso de emissão de declarações a pedido do Cliente, nomeadamente: desinteresse no seguro, alteração de seguradora, declaração de utilização de equipamentos no estrangeiro. Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 9 /28

17 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.2. Crédito pessoal (cont.) Euros Valor (Mín/Máx) Anual Leasing Equipamentos Aplicável a créditos migrados da BPN Crédito. Fora de comercialização iniciais 1. Comissão de financiamento (Não Incluídas nas mensalidades) Comissão de dossier 166,67 2. Comissão de transferências para pagamento a fornecedores estrangeiros 3. Comissão de reembolso antecipado parcial 359/1991 (Diploma legal aplicável) 133/2009 (Diploma legal aplicável) Taxa fixa 0,25% / 0,50% Taxa variável 4. Comissão de processamento de prestação 1,00 mensal 5. relativas a alterações contratuais Cedência de posição contratual 125,00 Conta bancária 8,34 Financeiras 125,00 6. Pedidos de 2ª via Extratos 8,34 Contratos 20,84 Faturas/Recibos 8,34 Outros documentos 41,67 7. Declaração de regularização de dívida 16,67 8. Devoluções Cheques Transferências 17,50 4,17 no termo do contrato 9. Comissão de reembolso antecipado total 359/1991 (Diploma legal aplicável) durante a vigência do contrato 90% a 100% da taxa estabelecida 133/2009 (Diploma legal aplicável) Taxa fixa 0,25% / 0,50% Taxa variável 10. Declarações Regularização de dívida 16,67 Liquidado / Finalizado 8,34 90% a 100% da taxa estabelecida 52,85 12,00 Notas 3, 7 Notas 3, 7 Notas 1, 2, 8 Notas 1, 2, 8 Nota Geral Nota 8 O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Apenas aplicável a contratos efetuados após Se o período decorrido entre o reembolso antecipado e a data estipulada para o termo do contrato de crédito for inferior ou igual a um ano será cobrado 0,25%, nos restantes casos será cobrado 0,50%. É permitida a amortização total, sendo o valor a antecipar calculado com base numa taxa de atualização a definir pelo Banco, não inferior a 90% da taxa estabelecida no contrato. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. Aplicável ao novo mutuário/locatário. Aplicável apenas em solicitações adicionais. Mediante pré-aviso de 15 (quinze) dias de calendário à instituição de crédito mutuante. Mediante pré-aviso de 30 (trinta) dias de calendário à instituição de crédito mutuante. Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 10 /28

18 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.2. Crédito pessoal (cont.) Aos créditos com garantia hipotecária acrescem comissões: Consulte o Folheto de e Despesas - Subsecção 2.6. Outros créditos a particulares - Créditos com garantia hipotecária Crédito automóvel Euros (Mín/Máx) Leasing Mobiliário (taxa variável) iniciais 1. Comissão de contratação 200,00 2. Comissão por legalização de viaturas usadas 100,00 3. Comissão de processamento de prestação Valor Anual 4. Comissão por reembolso antecipado parcial 5. Cessão de posição contratual 6. Comissão relativa a alterações contratuais 7. Comissão de recuperação do ativo 150,00 150,00 200,00 8. com tratamento de prémios de seguro em incumprimento 10. Informações (GNR, PSP, Brisa, Etc.) e multas 11. Comissão de recuperação de valores em dívida 12. Comissão por contratos de sublocação 13. Comissão por emissão de declarações diversas 14. Comissão por legalização de viaturas 15. Comissão por reembolso antecipado total 4,00% 12,00 / 150,00 100,00 durante a vigência do contrato 25,00 9. de emissão de 2ªs. vias 50,00 Outras despesas associadas 1,00 mensal no termo do contrato 100,00 Despesas de legalização Legalização de viatura em caso de: Fusão Alteração contratual de bem financiado Cedência de posição contratual 130,00 162,50 195,00 Custo de extinção de reserva 32,50 Alteração de dados 35,00 Multa de registo inicial (DAV) Multa de declaração de compra Multa de declaração de venda Multa de reconhecimento de contratos 55,00 97,50 65,00 65,00 Comunicações: consulte o Folheto de e Despesas - subsecção Outros Serviços (telecomunicações, declarações e outros serviços). 50,00 12,00 10,00 Nota 8 Notas 6, 7 Notas 8, 11 Cobrada em simultâneo com a renda. Nota 9 0 Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. A cobrar aquando da assinatura do contrato de cessão de posição contratual. o reembolso das comissões de recuperação em que o Banco BIC venha a incorrer. O crédito poderá ser liquidado antecipadamente, na sua totalidade, em qualquer momento do contrato, mediante pré-aviso de 30 (trinta) dias. Aplicável nos casos de alienação do bem financiado a terceiro, e quando a viatura é financiada com reserva de propriedade registada a favor de terceiros. Aplicável nos casos de contratos de locação de viaturas, em que o reconhecimento excede os 60 (sessenta) dias. Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 11 /28

19 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.3. Crédito automóvel (cont.) Nota 8 Nota Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. DL 58/2013, de 8 de maio, art. 9º, nº 5: "Quando a prestação vencida e não paga exceder ,00 (cinquenta mil euros), para além dos juros moratórios, a comissão a cobrar pela recuperação de valores em dívida não pode exceder 0,5% do valor da referida prestação, considerando-se, na parte em que a exceda, reduzida a esse limite máximo, não sendo aplicáveis os limites previstos nos números anteriores." a despesa efetiva de legalização. Aplicável em situações de sublocação do equipamento/imóvel financiado a uma 3ª (terceira) entidade. Aplicável no caso de emissão de declarações a pedido do Cliente, nomeadamente: desinteresse no seguro, alteração de seguradora, emissão de 2ª via de chaves, alteração de dados da viatura, declaração de utilização de viaturas no estrangeiro. Aplicável apenas no termo natural do contrato. Crédito Automóvel 1. Comissão de abertura Euros (Mín/Máx) Valor Anual iniciais 1,00% / 750,00 Notas 2, 3, 4 durante a vigência do contrato 2. Comissão de reembolso antecipado parcial 2.1. Taxa fixa Prazo até termo do contrato 1 ano 0,25% Prazo até termo do contrato > 1 ano 0,50% 2.2. Taxa variável 3. Comissão relativa a alterações contratuais 4. Comissão de recuperação de valores em dívida 5. Emissão de declaração de dívida 4,00% 50,00 12,00 / 150,00 10,00 Isento Notas 6, 7 no termo do contrato 6. Comissão de reembolso antecipado total 6.1. Taxa fixa Prazo até termo do contrato 1 ano 0,25% Prazo até termo do contrato > 1 ano 0,50% 6.2. Taxa variável 7. Emissão de declaração de dívida 50,00 Isento do selo pela utilização de crédito, sobre o respetivo valor, em função do prazo: Crédito de prazo < 1 ano: 0,07%; Crédito de prazo 1 ano e < 5 anos: 0,90%; Crédito de prazo 5 anos: 1,00%, por mês ou fração. Outras despesas associadas m as despesas com registo de hipoteca e transferência de propriedade. Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Comissão percentual aplicada sobre o capital reembolsado antecipadamente. O Cliente pode solicitar a qualquer momento, mediante um pré-aviso não inferior a 30 (trinta) dias, cumprir antecipadamente, total ou parcialmente, o contrato de crédito. Nos novos contratos, a comissão não pode exceder o montante dos juros que o consumidor teria de pagar durante o período decorrido entre o reembolso antecipado e a data estipulada para o termo do período de taxa fixa. Comissão cobrada apenas se a proposta de crédito for aprovada e incide sobre o montante financiado. Redução de 50% na comissão de abertura de crédito, quando associado a Protocolo Standard e Contas BIC Sénior. Isenção da comissão de abertura de crédito, quando associado a Protocolo Premium. Isenta sempre que a renegociação da operação de crédito tenha sido motivada por situações de risco de incumprimento ou por mora de obrigações decorrentes de contratos de crédito, no âmbito da aplicação do DL n.º 227/2012, de 25 de outubro. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 12 /28

20 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.3. Crédito automóvel (cont.) DL 58/2013, de 8 de maio, art. 9º, nº 5: "Quando a prestação vencida e não paga exceder ,00 (cinquenta mil euros), para além dos juros moratórios, a comissão a cobrar pela recuperação de valores em dívida não pode exceder 0,5% do valor da referida prestação, considerando-se, na parte em que a exceda, reduzida a esse limite máximo, não sendo aplicáveis os limites previstos nos números anteriores." Euros Valor (Mín/Máx) Anual Crédito Automóvel Aplicável a créditos migrados da BPN Crédito. Fora de comercialização iniciais 1. Comissão de financiamento Não Incluídas nas mensalidades Comissão de dossier (viaturas novas) 168,27 Viaturas nacionais e importadas 312,50 0 Incluídas nas mensalidades Comissão de dossier (viaturas novas) 168,27 Viaturas nacionais e importadas 336, Serviços administrativos Ativação de matrícula 41,67 durante a vigência do contrato 3. Comissão de reembolso antecipado parcial 359/1991 (diploma legal aplicável) 133/2009 (diploma legal aplicável) Taxa fixa 0,25% / 0,50% Taxa variável 4. Comissão de processamento de prestação 5. relativas a alterações contratuais Bem financiado Conta bancária 125,00 8,34 4 Financeiras 125,00 Cedência de posição contratual 125,00 Notas 8, 14 Data de vencimento da mensalidade Suspensão do pagamento da mensalidade 6. relativas a atos administrativos 20,83 20,83 Extinção de reserva (2ª via) Declaração de venda (2ª via) Documento único (2ª via) Modelo 9 (2ª via) 41,67 41,67 41,67 41,67 Extratos (2ª via) 8,34 Faturas/Recibos (2ª via) 8,34 Contratos (2ª via) Outros documentos 20,84 41,67 7. Declaração de regularização de dívida 90% a 100% da taxa estabelecida 8. Devoluções Cheques 17,50 Transferências 4, ,67 2,03 mensal 24,36 Notas 1, 2, 13 Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 13 /28

21 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.3. Crédito automóvel (cont.) Euros Valor (Mín/Máx) Anual Crédito Automóvel (cont.) Aplicável a créditos migrados da BPN Crédito. Fora de comercialização no termo do contrato 9. Comissão de reembolso antecipado total 90% a 100% da 359/1991 (diploma legal aplicável) taxa Notas 3, 12 estabelecida 133/2009 (diploma legal aplicável) 10. Declarações Taxa fixa 0,25% / 0,50% Taxa variável Notas 1, 2, 13 Regularização de dívida 16,67 Liquidado/Finalizado 8,34 Nota 9 do selo pela utilização de crédito, sobre o respetivo valor, em função do prazo: Crédito de prazo < 1 ano: 0,07%; Crédito de prazo 1 ano e < 5 anos: 0,90%; Crédito de prazo 5 anos: 1,00%, por mês ou fração. Outras despesas associadas Despesas de legalização Legalização de viatura em caso de: Fusão Alteração contratual de bem financiado Cedência de posição contratual Custo de extinção de reserva Alteração de dados Multa de registo inicial (DAV) Multa de declaração de compra Multa de declaração de venda 130,00 162,50 195,00 32,50 35,00 55,00 97,50 65,00 Euros Valor (Mín/Máx) Anual Locação Financeira ou ALD com opção ou obrigação de compra e leasing de viaturas pesadas, semi-reboques e tratores agricolas Aplicável a créditos migrados da BPN Crédito. iniciais 1. Comissão de financiamento (Não Incluídas nas mensalidades) Comissão de dossier (viaturas novas) 166,67 Viaturas nacionais 300,00 Viaturas importadas 345,84 Viaturas adicionais ao contrato 30,00 durante a vigência do contrato 2. Comissão de reembolso antecipado parcial 359/1991 (diploma legal aplicável) 133/2009 (diploma legal aplicável) Taxa fixa 0,25% / 0,50% Taxa variável 3. Comissão de processamento de prestação 90% a 100% da taxa estabelecida 4. relativas a alterações contratuais Conta bancária Cedência de posição contratual Financeiras 8,34 125,00 125,00 Notas 8, 14 2,03 mensal 24,36 Fora de comercialização 0 Notas 3, 12 Notas 1, 2, 13 Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 14 /28

22 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.3. Crédito automóvel (cont.) Euros Valor (Mín/Máx) Anual Locação Financeira ou ALD com opção ou obrigação de compra e leasing de viaturas pesadas, semi-reboques e tratores agricolas (cont.) Aplicável a créditos migrados da BPN Crédito. 5. relativas a atos administrativos Declaração de venda (2ª via) Documento único (2ª via) Modelo 9 (2ª via) Extratos (2ª via) 41,67 41,67 41,67 8,34 Contratos (2ª via) 20,84 Outros documentos 41,67 Faturas/Recibos (2ª via) Informações a terceiros Identificação dos locatários 6. Declaração de regularização de dívida 8,34 50,00 8,34 16,67 7. Devoluções Cheques 17,50 Transferências 4,17 no termo do contrato 8. Comissão de reembolso antecipado total 359/1991 (diploma legal aplicável) 133/2009 (diploma legal aplicável) 9. Declarações Taxa fixa 0,25% / 0,50% Taxa variável Notas 1, 2, 13 Ato Registo On-Line (averbamento) 50,00 Notas 10, 11 Regularização de dívida 16,67 Liquidado/Finalizado 8,34 Nota 9 Outras despesas associadas Despesas de legalização Legalização de viatura em caso de: Fusão 130,00 Custo de extinção de reserva 32,50 Alteração de dados 35,00 Multa de registo inicial (DAV) Multa de declaração de compra Multa de declaração de venda 55,00 97,50 65,00 Multa de reconhecimento de contratos 65,00 Nota Geral Nota 8 Nota % a 100% da taxa estabelecida Notas 3, 12 Fora de comercialização O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Apenas aplicável a contratos efetuados após 01/07/2009. Se o período decorrido entre o reembolso antecipado e a data estipulada para o termo do contrato de crédito for inferior ou É permitida a amortização total, sendo o valor a antecipar calculado com base numa taxa de atualização a definir pelo Banco, não inferior a 90% da taxa estabelecida no contrato. Aplicável nos casos de alienação do bem financiado a terceiro, e quando a viatura é financiada com reserva de propriedade registada a favor de terceiros. Aplicável nos casos de contratos de locação de viaturas, em que o reconhecimento excede os 60 (sessenta) dias. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. Aplicável nos casos em que o contrato diz respeito a mais do que uma viatura. Este valor é cobrado por cada viatura adicional. Aplicável ao novo mutuário/locatário. Aplicável apenas em solicitações adicionais. O valor da despesa de legalização da viatura é suportado pela instituição. Não aplicável no reembolso antecipado e em contratos efetuados após 01/07/2009. Mediante pré-aviso de 15 (quinze) dias de calendário à instituição de crédito mutuante. Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 15 /28

23 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.3. Crédito automóvel (cont.) 3 4 Mediante pré-aviso de 30 (trinta) dias de calendário à instituição de crédito mutuante. despesas de legalização da viatura Linhas de crédito e contas correntes Contas Correntes Caucionadas (CCC) 1. Comissão de abertura 2. Comissão de renovação 3. Comissão de alteração 4. Comissão de imobilização 5. Comissão de encerramento Euros (Mín/Máx) Valor Anual iniciais 1,00% 100,00/2.500,00 durante a vigência do contrato 0,50% 1,00% 50,00 / 250,00 125,00 no termo do contrato 50,00 do selo pela utilização de crédito, sobre o respetivo valor, sobre a média mensal obtida através da soma dos saldos em dívida apurados diariamente, durante o mês, divididos por 30: 0,04%. Comissão percentual incide sobre o montante financiado (contratado). Comissão percentual incide sobre a parte não utilizada do montante contratado sendo cobrada nas datas de pagamento de juros. Isenta sempre que a renegociação da operação de crédito tenha sido motivada por situações de risco de incumprimento ou por mora de obrigações decorrentes de contratos de crédito, no âmbito da aplicação do DL n.º 227/2012, de 25 de outubro Descobertos bancários Euros Valor (Mín/Máx) Anual Descoberto bancário associado a contas de depósito à ordem 1. Facilidade de descoberto - Comissão de abertura/alteração/renovação/encerramento 1.1. Conta Ordenado XL Conta Ordenado Privilégio 55 Conta BIC Mais com crédito de vencimento Isento Conta BIC Sénior com crédito de vencimento Conta BIC Salário Internacional 1.2. Outras Contas 2. Ultrapassagem de crédito 0,50% / 500,00 Notas 1, 3 Isento do selo pela utilização de crédito, sobre o respetivo valor, sobre a média mensal obtida através da soma dos saldos em dívida apurados diariamente, durante o mês, divididos por 30: 0,07%. Comissão percentual aplicada sobre o montante financiado. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. Isenta sempre que a renegociação da operação de crédito tenha sido motivada por situações de risco de incumprimento ou por mora de obrigações decorrentes de contratos de crédito, no âmbito da aplicação do DL n.º 227/2012, de 25 de outubro. Cartões de crédito Consulte o Folheto de e Despesas - Secção 3. Cartões de Crédito e de Débito (Particulares). Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 16 /28

24 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.6. Outros créditos a particulares Euros Valor (Mín/Máx) Anual Desconto de Efeitos (Letras) iniciais 1. Comissão de cobrança 1.1. Letras iniciais domiciliadas 0,75% 5,00 / 150,00 Sobre o BIC e OIC; 1.2. Letras iniciais não domiciliadas 2,00% 7,50 / 200,00 2. Despesas de expediente 2.1. Letras iniciais domiciliadas Sobre o BIC e OIC 2, Letras iniciais não domiciliadas durante a vigência do contrato 3. Comissão de cobrança 3.1. Reforma de letras domiciliadas 0,60% 5,00 / 150,00 Sobre o BIC e OIC; 3.2. Reforma de letras não domiciliadas 1,25% 7,50 / 200,00 4. Despesas de expediente 4.1. Reforma de letras domiciliadas Sobre o BIC e OIC 2, Reforma de letras não domiciliadas 5. Portes 5.1. Reforma de letras domiciliadas Sobre o BIC e OIC 2, Reforma de letras não domiciliadas 6. Regularizações 6.1. Portes 7. Devoluções 2, Comissão s/ devolução de efeitos 0,60% 4,50 / 60, Despesas de expediente 2, Portes 2,00 8. Emissão de instrumento de protesto 8.1. Despesas de expediente por efeito 37,50 9. Outras comissões 9.1. Alteração de domicílio 10, ª via avisos de efeitos 2,50 no termo do contrato 10. Pedido de desmaterialização Desconto de Livranças 10,00 iniciais 1. Desconto de livranças 1.1. Comissão de intervenção 1.2. Despesas de expediente 0,30% 25,00 / 250,00 2,50 durante a vigência do contrato 2. Reforma de livranças 2.1. Comissão de intervenção 2.2. Despesas de expediente 2.2. Portes 0,30% 25,00 / 250,00 2,50 3. Emissão de instrumento de protesto 3.1. Despesas de expediente por efeito 37,50 no termo do contrato 4. n.a. Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 17 /28

25 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.6. Outros créditos a particulares (cont.) Créditos com Garantia Hipotecária Crédito hipotecário multifinalidades Valor Anual iniciais 1. Comissão de abertura 0,50% 100,00/ 2. Comissão de avaliação Notas 4, 7, Moradias e frações autónomas habitacionais ou não habitacionais 160, Armazéns, edifícios e terrenos para construção, com área bruta de construção: < 500 m 2 200, m 2 e < m 2 300, m 2 e < m 2 500, m Terrenos rústicos, com área total de terreno: 800,00 < 500 m 2 150, m 2 e < m 2 200, m 2 e < m 2 300, m 2 500, Imóveis especiais (por exemplo, hóteis), com área bruta de construção: < 500 m 2 500, m 2 e < m 2 800, m 2 e < m , m ,00 3. Comissão de vistoria Por vistoria. Notas 9, Moradias e frações autónomas habitacionais ou não habitacionais 80, Armazéns, edifícios e terrenos para construção, com área bruta de construção: < 500 m 2 50, m 2 e < m 2 75, m 2 e < m 2 125, m 2 200, Imóveis especiais (por exemplo, hóteis), com área bruta de construção: < 500 m 2 125, m 2 e < m 2 200, m 2 e < m 2 250, m 2 4. Comissão de dispensa de registos provisórios 5. Comissão de conversão/efetivação de registos 300,00 100,00 80,00 durante a vigência do contrato 6. Comissão de reembolso antecipado parcial 7. Comissão de processamento de prestação 8. Comissão de recuperação de valores em dívida 9. relativas a atos administrativos 0,50% 4,00% 3,00 mensal 12,00 / 150,00 36,00 3 Notas 1, Declaração de dívida para efeitos 50,00 judiciais, outros ou encargos de dívida Declaração para troca de seguradora 9.3. Extinção de procurações irrevogáveis 25,00 Com emissão declaração particular 80,00 Revogação em notário público Revogação em notário privado 90, Comissão de deslocação de representante do Banco BIC 11. Comissão de reembolso antecipado total Euros (Mín/Máx) no termo do contrato 100,00 Notas 12, 16 0,50% 3 Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 18 /28

26 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.6. Outros créditos a particulares (cont.) Créditos com Garantia Hipotecária (Cont.) Crédito hipotecário multifinalidades 12. Comissão de emissão de distrate de hipoteca Mútuos 1. Comissão de abertura 2. Celebração de contrato por documento particular 0,50% 0,40% Euros (Mín/Máx) Valor Anual durante a vigência do contrato 3. Comissão relativa a alterações contratuais 4. Comissão de recuperação de valores em dívida 4,00% 250,00 12,00 / 150,00 Nota 9 Notas 1, relativas a atos administrativos 5.1. Declarações/documentos com 7,50 Emolumentos 17,50 reconhecimento notarial de assinaturas 5.2. Declaração de dívida para efeitos 50,00 judiciais, outros ou encargos de dívida 6. Comissão de reembolso antecipado 2,00% 50,00 / Notas 3, 8 parcial 7. Comissão de processamento de 3,00 mensal 36,00 prestação 8. Emissão de 2ª via do contrato 25,00 no termo do contrato 9. Comissão de deslocação de representante do Banco BIC 100,00 Notas 12, Comissão de reembolso antecipado total 2,00% 50,00 / Notas 3, Comissão de emissão de declaração de dívida 50,00 0 do selo pela utilização de crédito, sobre o respetivo valor, em função do prazo: Crédito de prazo < 1 ano: 0,04%; Crédito de prazo 1 ano e < 5 anos: 0,50%; Crédito de prazo 5 anos: 0,60%, por mês ou fração. 100,00 iniciais 100,00 / 35,00 / 0 Outras despesas associadas 1. Despesas com a celebração do contrato de crédito As despesas notariais ficam a cargo do Cliente. 61,50 A cobrar apenas nos Créditos com Garantia Hipotecária e no momento da formalização do contrato. 7 Garantias e Avales Consulte o Folheto de e Despesas - Secção 7.2. Garantias Prestadas Nota Geral Nota 8 Nota 9 0 O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. Comissão percentual aplicada sobre o montante financiado. Comissão percentual aplicada sobre o montante a liquidar. Comissão cobrada independentemente da concessão do crédito e debitada no momento da adjudicação. Aplicável em função da periodicidade da cobrança da prestação. Por exemplo, no caso de prestação trimestral, serão cobrados 9,00. O de Selo sobre o valor do Desconto é de 0,50% com o mínimo de 1,00. Inicial ou outras avaliações que sejam solicitadas. A avaliação tem a validade de 1 (um) ano. As amortizações devem ser solicitadas com uma antecedência mínima de 10 (dez) dias úteis. Isenta sempre que a renegociação da operação de crédito tenha sido motivada por situações de risco de incumprimento ou por mora de obrigações decorrentes de contratos de crédito, no âmbito da aplicação do DL n.º 227/2012, de 25 de outubro. Não aplicável em caso de reembolso antecipado total (de acordo com o DL nº 226/2012). Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 19 /28

27 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.6. Outros créditos a particulares (cont.) No caso de frações habitacionais ou não habitacionais, por cada fração adicional do mesmo artigo matricial, acresce 20% sobre o preço indicado. Comissão cobrada de acordo com o número de deslocações realizadas (ida e volta) independentemente do número de contratos realizados pelo Cliente. Os mutuários têm o direito de efetuar o reembolso antecipado parcial em qualquer momento do contrato, independentemente do capital a reembolsar, desde que efetuado em data coincidente com os vencimentos das prestações e mediante pré-aviso de 7 (sete) dias úteis à instituição de crédito mutuante. O reembolso antecipado total pode ser efetuado em qualquer momento da vigência do contrato mediante pré-aviso de 10 dias úteis à instituição de crédito mutuante. DL 58/2013, de 8 de maio, art. 9º, nº 5: "Quando a prestação vencida e não paga exceder ,00 (cinquenta mil euros), para além dos juros moratórios, a comissão a cobrar pela recuperação de valores em dívida não pode exceder 0,5% do valor da referida prestação, considerando-se, na parte em que a exceda, reduzida a esse limite máximo, não sendo aplicáveis os limites previstos nos números anteriores." Isenta sempre que associada ao reembolso antecipado parcial ou total do contrato de crédito, conforme definido no artigo 8.º do DL nº 51/2007, de 7 de março. Não aplicável na realização de operações de reembolso antecipado parcial ou total do contrato de crédito ou de transferência do crédito para outra instituição. Valor referente a uma compra e venda e mútuo com hipoteca na modalidade Documento Particular Autenticado (DPA), com inclusão do depósito de documentos. Os valores indicados poderão ser alterados caso a contratação seja realizada em sistema Casa Pronta ou Cartório Notarial, ou ainda em atos de complexidade acrescida. Comissão aplicada aos créditos para construção ou obras ou empréstimos que pressupõem a libertação do capital por tranches. Esta comissão é cumulativa com a comissão inicial de avaliação e é cobrada após a contratação do empréstimo, sendo aplicada por cada vistoria efetuada para validação da realização da construção/obra. O número de vistorias a realizar depende da duração e complexidade da construção/obra, sendo em média realizadas 3. Crédito Pessoal (Fora do DL 133/2009) 1. Comissão de abertura de dossier 2. Renovação ou renegociação 3. Comissão de processamento de prestação 4. Declaração de dívida 5. Comissão de recuperação de valores em dívida 6. Comissão de reembolso antecipado parcial Taxa variável 7. Comissão de reembolso antecipado total Taxa variável 8. Declaração de dívida 1,00% Euros (Mín/Máx) / 750,00 Valor Anual durante a vigência do contrato 50,00 4,00% iniciais 1,00 mensal 10,00 12,00 / 150,00 49,88 49,88 50,00 12,00 no termo do contrato do selo sobre utilização de capital, cobrado no ínicio do contrato: Fora de comercialização Comissão cobrada sobre o valor do empréstimo, se o crédito for contratado. Notas 3, 4 Crédito de prazo < 1 ano: 0,04%; Crédito de prazo 1 ano e < 5 anos: 0,50%; Crédito de prazo 5 anos: 0,60%, por mês ou fração. No caso de reembolso antecipado, o cliente deve avisar o Banco com a antecedência mínima de 30 (trinta) dias, através de comunicação em papel ou noutro suporte duradouro. Isenta sempre que a renegociação da operação de crédito tenha sido motivada por situações de risco de incumprimento ou por mora de obrigações decorrentes de contratos de crédito, no âmbito da aplicação do DL n.º 227/2012, de 25 de outubro. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. DL 58/2013, de 8 de maio, art. 9º, nº 5: "Quando a prestação vencida e não paga exceder ,00 (cinquenta mil euros), para além dos juros moratórios, a comissão a cobrar pela recuperação de valores em dívida não pode exceder 0,5% do valor da referida prestação, considerando-se, na parte em que a exceda, reduzida a esse limite máximo, não sendo aplicáveis os limites previstos nos números anteriores." Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 20 /28

28 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.6. Outros créditos a particulares (cont.) Euros (Mín/Máx) Leasing Mobiliário iniciais 1. Comissão de contratação 200,00 2. Comissão por legalização de viaturas usadas 100,00 3. Comissão de processamento de prestação 4. Comissão de reembolso antecipado parcial 4,00% 150,00 / 5. Cessão de posição contratual 150,00 6. Comissão relativa a alterações contratuais 150,00 7. Comissão de recuperação do ativo 200,00 8. com tratamento de prémios de seguro em incumprimento 25,00 9. de emissão de 2ªs. vias 10. Informações (GNR, PSP, Brisa, etc.) e multas 11. Comissão de recuperação de valores em dívida 12. Comissão por contratos de sublocação 13. Comissão por emissão de declarações diversas 4,00% 50,00 Valor Anual durante a vigência do contrato 12,00 no termo do contrato 14. Comissão por legalização de viaturas 15. Comissão por amortização antecipada total 4,00% 100,00 150,00 / 1,00 mensal 50,00 10,00 12,00 / 150,00 100,00 Nota 8 Cobrada em simultâneo com a renda valor do seguro em incumprimento despesa efetiva do serviço Notas 6, 7 Nota 9 0 Notas 8, 11 Outras despesas associadas Despesas de legalização Legalização de viatura em caso de: Fusão 130,00 Cedência de posição contratual 195,00 Custo de extinção de reserva 32,50 Alteração de dados 35,00 Multa de registo inicial (DAV) 55,00 Multa de declaração de compra 97,50 Multa de declaração de venda 65,00 Multa de reconhecimento de contratos 65,00 Comunicações: consulte o Folheto de e Despesas - subsecção Outros Serviços (telecomunicações, declarações e outros serviços). Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. A cobrar aquando da assinatura do contrato de cessão de posição contratual. o reembolso das comissões de recuperação em que o Banco BIC venha a incorrer. A amortização antecipada só pode ser efetuada mediante pré-aviso à instituição de crédito mutuante de acordo com o prazo estipulado no contrato. Comissão aplicada exclusivamente aos contratos não abrangidos pelo DL 133/2009. Aplicável nos casos de alienação do bem financiado a terceiro, e quando a viatura é financiada com reserva de propriedade registada a favor de terceiros. Aplicável nos casos de contratos de locação de viaturas, em que o reconhecimento excede os 60 (sessenta) dias. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. DL 58/2013, de 8 de maio, art. 9º, nº 5: "Quando a prestação vencida e não paga exceder ,00 (cinquenta mil euros), para além dos juros moratórios, a comissão a cobrar pela recuperação de valores em dívida não pode exceder 0,5% do valor da referida prestação, considerando-se, na parte em que a exceda, reduzida a esse limite máximo, não sendo aplicáveis os limites previstos nos números anteriores." Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 21 /28

29 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.6. Outros créditos a particulares (cont.) Nota 8 Nota a despesa efetiva de legalização. Aplicável em situações de sublocação do equipamento/imóvel financiado a uma 3ª (terceira) entidade. Aplicável no caso de emissão de declarações a pedido do Cliente, nomeadamente: desinteresse no seguro, alteração de seguradora, emissão de 2ª via de chaves, alteração de dados da viatura, declaração de utilização de viaturas no estrangeiro. Aplicável apenas no termo natural do contrato. Leasing Imobiliário - exceto habitação 1. Comissão de avaliação 1.1. Frações autónomas não habitacionais 1.2. Armazéns, edifícios e terrenos para construção, com área bruta de construção: < 500 m 2 200, m 2 e < m 2 300, m 2 e < m 2 500, m 2 800, Terrenos rústicos, com área total de terreno: < 500 m 2 150, m 2 e < m 2 200, m 2 e < m 2 300, m 2 500, Imóveis especiais (por exemplo, hóteis), com área bruta de construção: < 500 m m 2 e < m m 2 e < m m 2 2. Comissão de vistoria 2.1. Frações autónomas não habitacionais Valor Anual m 2 300,00 3. contratuais Valor pedido/financiamento ,00 Valor pedido/financiamento > e 600, Valor pedido/financiamento > Relocações 0,15% 800,00 4. Comissão de deslocação de representante do Banco BIC Euros (Mín/Máx) iniciais 160,00 500,00 800, , ,00 80, Armazéns, edifícios e terrenos para construção, com área bruta de construção: < 500 m 2 50, m 2 e < m 2 75, m 2 e < m 2 125, m 2 200, Imóveis especiais (por exemplo, hóteis), com área bruta de construção: < 500 m 2 125, m 2 e < m 2 200, m 2 e < m 2 250,00 5. Comissão de processamento de prestação durante a vigência do contrato 100,00 1,00 mensal 12,00 4 Por vistoria. 5 Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 22 /28

30 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.6. Outros créditos a particulares (cont.) Euros Valor (Mín/Máx) Anual Leasing Imobiliário - exceto habitação (cont.) 6. relativas a alterações contratuais Cessão da posição contratual 800,00 Alterações financeiras Aumentos de financiamento 7. Comissão de reembolso antecipado parcial 8. Comissão de recuperação de valores em dívida 9. Comissão de recuperação do ativo 10. Comissão por contratos de sublocação 11. Comissão por emissão de declarações diversas 4,00% 4,00% 150,00 800,00 12,00 / 150,00 200,00 100,00 50,00 Notas 8, no termo do contrato 12. Comissão de reembolso antecipado total 4,00% 0 Outras despesas associadas Emolumentos por Reconhecimento Notarial de Assinatura: 18 + IVA (Por cada reconhecimento que contenha a menção de qualquer circunstância especial (na qualidade de procurador sócio-gerente e com poderes para o ato) Comunicações: consulte o Folheto de e Despesas - subsecção Outros Serviços (telecomunicações, declarações e outros serviços). Nota Geral Nota 8 Nota O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Comissão cobrada de acordo com o número de deslocações realizadas (ida e volta) independentemente do número de contratos realizados pelo Cliente. Os reembolsos antecipados parciais de capital são permitidos em qualquer momento do contrato nos termos pré-estabelecidos e desde que efetuados em data coincidente com os vencimentos das prestações e mediante pré-aviso de 30 (trinta) dias. A percentagem é calculada sobre o capital amortizado ou preço da compra antecipada. Serão cobradas ao cessionário as comissões referidas no ponto comissões contratuais deste preçário. o reembolso das comissões de recuperação em que o Banco BIC venha a incorrer. Nos casos em que se aplique, acrescem as comissões de deslocação, conforme definido neste preçário. Comissão cobrada no caso de bens recuperados e relocados a outro locatário. Comissão cobrada ao novo locatário. No caso de frações não habitacionais, por cada fração adicional do mesmo artigo matricial, acresce 20% sobre o preço indicado. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. DL 58/2013, de 8 de maio, art. 9º, nº 5: "Quando a prestação vencida e não paga exceder ,00 (cinquenta mil euros), para além dos juros moratórios, a comissão a cobrar pela recuperação de valores em dívida não pode exceder 0,5% do valor da referida prestação, considerando-se, na parte em que a exceda, reduzida a esse limite máximo, não sendo aplicáveis os limites previstos nos números anteriores." O crédito poderá ser liquidado antecipadamente, na sua totalidade, em qualquer momento do contrato, mediante pré-aviso de 60 (sessenta) dias. Aplicável em situações de sublocação do equipamento/imóvel financiado a uma 3ª (terceira) entidade. Aplicável no caso de emissão de declarações a pedido do Cliente, nomeadamente: desinteresse no seguro, alteração de seguradora, declaração de alteração de licença de utilização do imóvel, declaração de condomínio, declaração de reavaliação de imóveis. Comissão cobrada independentemente da concessão do crédito e debitada no momento da adjudicação. Aplicável em função da periodicidade da cobrança da prestação. Se, por exemplo, a prestação for trimestral, serão cobrados 3,00. Comissão aplicada aos créditos para construção ou obras ou empréstimos que pressupõem a libertação do capital por tranches. Esta comissão é cumulativa com a comissão inicial de avaliação e é cobrada após a contratação do empréstimo, sendo aplicada por cada vistoria efetuada para validação da realização da construção/obra. O número de vistorias a realizar depende da duração e complexidade da construção/obra, sendo em média realizadas 3. Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 23 /28

31 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.6. Outros créditos a particulares (cont.) Euros Valor (Mín/Máx) Anual Leasing Imobiliário Nota 8 Aplicável a créditos migrados da BPN Crédito. Fora de comercialização iniciais 1. Comissão de financiamento (não Incluída nas mensalidades) Comissão de dossier 416,67 2. Avaliação do imóvel 2 até ,67 acima de ,34 acima de ,20% /5.000,00 3. Comissão de vistoria Por vistoria. Notas 13, Moradias e frações autónomas habitacionais ou não habitacionais 80, Armazéns, edifícios e terrenos para construção, com área bruta de construção: < 500 m 2 50, m 2 e < m 2 75, m 2 e < m 2 125, m 2 200, Imóveis especiais (por exemplo, hóteis), com área bruta de construção: < 500 m 2 125, m 2 e < m 2 200, m 2 e < m 2 250, m 2 300,00 4. Deslocação de técnicos (escrituras) /500,00 durante a vigência do contrato 5. Comissão de reembolso antecipado parcial Comissão de liquidação antecipada 2,00% Encargos administrativos 833,34 6. Comissão de processamento de 1,00 mensal 12,00 prestação 7. relativas a alterações contratuais Conta bancária 8,34 Financeiras 833,34/ 1.500,00 8. Cedência de posição contratual 833,34 9. Cancelamento de hipotecas 75, Pedidos de 2ª via Extratos 8,34 Contratos 100, Declaração Regularização de dívida 16,67 Informações a terceiros Específica 50,00 25,00 / 500, Devoluções Cheques 17,50 Transferências 4,17 no termo do contrato 13. Comissão de reembolso antecipado total Comissão de liquidação antecipada 2,00% Notas 4, 5 Encargos administrativos 833, Declarações Regularização de dívida 16,67 Liquidado/Finalizado 8,34 Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 24 /28

32 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.6. Outros créditos a particulares (cont.) Leasing Equipamentos Aplicável a créditos migrados da BPN Crédito. 1. Comissão de financiamento Comissão de dossier 2. Comissão de transferências para pagamento a fornecedores estrangeiros 3. Comissão de reembolso antecipado parcial Comissão de liquidação antecipada Encargos administrativos 4. Comissão de processamento de prestação 5. relativas a alterações contratuais Cedência de posição contratual Conta bancária Financeiras 6. Pedidos de 2ª via Extratos Contratos Faturas/Recibos Outros documentos 7. Declaração de regularização de dívida 8. Devoluções Cheques Transferências 9. Comissão de reembolso antecipado total Comissão de liquidação antecipada Encargos administrativos 10. Declarações Regularização de dívida Liquidado/Finalizado 166,67 90% a 100% da taxa estabelecida 125,00 8,34 125,00 Valor Anual 8,34 20,84 8,34 41,67 16,67 17,50 4,17 no termo do contrato 90% a 100% da taxa estabelecida Euros (Mín/Máx) iniciais 52,85 durante a vigência do contrato 125,00 1,00 mensal 125,00 16,67 8,34 12,00 Nota 8 Fora de comercialização Notas 1, 7 Notas 1, 7 Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 25 /28

33 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.6. Outros créditos a particulares (cont.) Euros Valor (Mín/Máx) Anual Crédito Automóvel Aplicável a créditos migrados da BPN Crédito. iniciais 1. Comissão de financiamento (Não incluídas nas mensalidades) Não Incluídas nas mensalidades Comissão de dossier (viaturas novas) 168,27 Viaturas nacionais e importadas 312,50 Incluídas nas mensalidades Comissão de dossier (viaturas novas) 168,27 Viaturas nacionais e importadas 336,54 2. Serviços administrativos Ativação de matrícula 41,67 durante a vigência do contrato 3. Comissão de reembolso antecipado parcial Comissão de liquidação antecipada 4. Comissão de processamento de prestação 5. relativas a alterações contratuais Bem financiado 125,00 Conta bancária 8,34 Financeiras 125,00 Cedência de posição contratual 125,00 Data de vencimento da mensalidade 20,83 Suspensão do pagamento da mensalidade 20,83 6. relativas a atos administrativos Extinção de reserva (2ª via) 41,67 Declaração de venda (2ª via) 41,67 Documento único (2ª via) 41,67 Modelo 9 (2ª via) 41,67 Extratos (2ª via) 8,34 Faturas/Recibos (2ª via) 8,34 Contratos (2ª via) 20,84 41,67 Outros documentos 7. Declaração de regularização de dívida 16,67 8. Devoluções Cheques Transferências 17,50 4,17 no termo do contrato 9. Comissão de reembolso antecipado total Comissão de liquidação antecipada Encargos administrativos 10. Declarações Regularização de dívida Liquidado/Finalizado 90% a 100% da taxa estabelecida Encargos administrativos 125,00 90% a 100% da taxa estabelecida 2,03 mensal 24,36 125,00 16,67 8,34 Nota 8 Fora de comercialização Notas 1, 7 Nota 9 Notas 9, 10 Notas 1, 7 Notas 1, 7 do selo sobre utilização de crédito (sobre capital financiado): Crédito de prazo < 1 ano: 0,07%; Crédito de prazo 1 ano e < 5 anos: 0,90%; Crédito de prazo 5 anos:1,00%, por mês ou fração. Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 26 /28

34 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.6. Outros créditos a particulares (cont.) Outras despesas associadas Despesas de legalização Legalização de viatura em caso de: Fusão Alteração contratual de bem financiado Cedência de posição contratual Custo de extinção de reserva Alteração de dados Multa de registo inicial (DAV) Multa de declaração de compra Multa de declaração de venda 130,00 162,50 195,00 32,50 35,00 55,00 97,50 65,00 Euros Valor (Mín/Máx) Anual Locação financeira ou ALD com opção ou obrigação de compra e leasing de viaturas Nota 8 pesadas, semi-reboques e tratores agricolas Fora de comercialização Aplicável a créditos migrados da BPN Crédito. iniciais 1. Comissão de financiamento (Não incluídas nas mensalidades) Comissão de dossier (viaturas novas) 166,67 Viaturas nacionais 300,00 Viaturas importadas 345,84 Viaturas adicionais ao contrato 30,00 1 durante a vigência do contrato 2. Comissão de reembolso antecipado parcial Comissão de liquidação antecipada Encargos administrativos 125,00 3. Comissão de processamento de prestação 2,03 mensal 4. relativas a alterações contratuais Conta bancária 8,34 Cedência de posição contratual 125,00 Financeiras 125,00 5. relativas a atos administrativos Declaração de venda (2ª via) 41,67 Documento único (2ª via) 41,67 Modelo 9 (2ª via) 41,67 Extratos (2ª via) 8,34 Contratos (2ª via) 20,84 Outros documentos 41,67 Faturas/Recibos (2ª via) 8,34 Informações a terceiros 50,00 Identificação dos locatários 8,34 6. Declaração de regularização de dívida 16,67 7. Devoluções Cheques Transferências 17,50 4,17 no termo do contrato 8. Comissão de reembolso antecipado total Comissão de liquidação antecipada 90% a 100% da taxa estabelecida 90% a 100% da taxa estabelecida Encargos administrativos 150,00 24,36 Notas 1, 7 Notas 9, 10 Notas 1, 7 Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 27 /28

35 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.6. Outros créditos a particulares (cont.) Euros Valor (Mín/Máx) Anual Locação financeira ou ALD com opção ou obrigação de compra e leasing de viaturas pesadas, semi-reboques e tratores agricolas (cont.) Aplicável a créditos migrados da BPN Crédito. no termo do contrato 9. Declarações Regularização de dívida Ato Registo On-Line (averbamento) Liquidado/Finalizado 16,67 50,00 8,34 Nota 8 Fora de comercialização Outras despesas associadas Despesas de legalização Legalização de viatura em caso de: Fusão Cedência de posição contratual 130,00 195,00 Custo de extinção de reserva 32,50 Alteração de dados 35,00 Multa de registo inicial (DAV) Multa de declaração de compra Multa de declaração de venda Multa de reconhecimento de contratos 55,00 97,50 65,00 30,00 Nota Geral Nota 8 Nota O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Mediante pré-aviso de 30 (trinta) dias de calendário à instituição de crédito mutuante. Aplicável nos casos de alienação do bem financiado a terceiro, e quando a viatura é financiada com reserva de propriedade registada a favor de terceiros. Aplicável nos casos de contratos de locação de viaturas, em que o reconhecimento excede os 60 (sessenta) dias. Taxa a deduzir à TAN do contrato para atualização do valor das rendas vincendas e do valor residual. Aplica-se o IVA à taxa em vigor aos contratos com renúncia à isenção. Aplicável apenas em solicitações adicionais. É permitida a amortização total, sendo o valor a antecipar calculado com base numa taxa de atualização a definir pelo Banco, não inferior a 90% da taxa estabelecida no contrato. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. despesas de legalização da viatura. Aplicável ao novo mutuário/locatário. Aplicável nos casos em que o contrato diz respeito a mais do que uma viatura. Este valor é cobrado por cada viatura adicional. Comissão cobrada independentemente da concessão do crédito e debitada no momento da adjudicação. Isenta sempre que a renegociação da operação de crédito tenha sido motivada por situações de risco de incumprimento ou por mora de obrigações decorrentes de contratos de crédito, no âmbito da aplicação do DL n.º 227/2012, de 25 de outubro. No caso de frações habitacionais, por cada fração adicional do mesmo artigo matricial, acresce 20% sobre o preço indicado. Comissão aplicada aos créditos para construção ou obras ou empréstimos que pressupõem a libertação do capital por tranches. Esta comissão é cumulativa com a comissão inicial de avaliação e é cobrada após a contratação do empréstimo, sendo aplicada por cada vistoria efetuada para validação da realização da construção/obra. O número de vistorias a realizar depende da duração e complexidade da construção/obra, sendo em média realizadas 3. Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Particulares - Pág. 28 /28

36 Entrada em vigor: 21-abr CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) 3.1. Cartões de crédito Designação do cartão Redes onde o cartão é aceite 1. BIC Classic Redes Visa e Multibanco 2. Cartão ANPME () Redes Visa e Multibanco 3. BIC Gold Redes Visa e Multibanco 1.º ano 1.º Titular 1. Anuidades Anos seguintes 15,00 15,00 50,00 Outros Titulares 1.º ano Anos seguintes 12,50 4% 15,00 (urg. 15,00 12,00 / 15,00 Notas 1, 2 25,00) 150,00 15,00 50,00 (Euros) 2. Emissão de cartão 3. Substituição de cartão () 12,50 (urg. 25,00) 17,50 (urg. 25,00) 4. Inibição do cartão 15,00 4% 12,00 / 150,00 4% 12,00 / 150,00 15,00 15,00 Condições de isenção do selo pela utilização de crédito, sobre o respetivo valor, sobre a média mensal obtida através da soma dos saldos em dívida apurados diariamente, durante o mês, divididos por 30: 0,07%. do Selo sobre comissões e juros cobrados: 4,00%. 5. Pagamento devolvido 15,00 6. Comissão de recuperação de valores em dívida () 7. Por utilização acima do limite de crédito Nota Geral Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. Isenção das anuidades para 2 titulares, quando associado à Conta BIC Mais. Isenção da 1ª anuidade e isenção das anuidades seguintes se o volume de faturação do ano anterior à data da cobrança da anuidade for igual ou superior a 1.500,00 (em compras e/ou cash advance ) na conta cartão. Isenção da 1ª anuidade e isenção das anuidades seguintes se o volume de faturação do ano anterior à data da cobrança da anuidade for igual ou superior a 3.500,00 (em compras e/ou cash advance ) na conta cartão. Não aplicável nos casos em que a substituição do cartão se fique a dever a razões não inputáveis ao cliente, designadamente a substituição do cartão por falhas do sistema, extravio nos correios, captura em ATM por avaria e a motivada pelo desbloqueio do cartão, por terem cessado as razões que o determinaram, nomeadamente, segurança do mesmo, suspeita da sua utilização não autorizada ou fraudulenta. DL 58/2013, de 8 de maio, art. 9º, nº 5: "Quando a prestação vencida e não paga exceder ,00 (cinquenta mil euros), para além dos juros moratórios, a comissão a cobrar pela recuperação de valores em dívida não pode exceder 0,5% do valor da referida prestação, considerando-se, na parte em que a exceda, reduzida a esse limite máximo, não sendo aplicáveis os limites previstos nos números anteriores." Exclusivo para colaboradores das empresas associadas da ANPME (Associação Nacional das Pequenas e Médias Empresas) Cartões de débito (Euros) Designação do cartão Redes onde o cartão é aceite 1.º ano 1.º Titular 1. Anuidades Anos seguintes Outros Titulares 1.º ano Anos seguintes 2. Emissão de cartão 3. Substituição de cartão () 4. Inibição do cartão Condições de isenção 1. BIC Electron Redes Visa e Multibanco 12,50 12,50 12,50 12,50 5,00 (urg. 25,00) do Selo sobre comissões cobradas: 4,00%. Notas 1, 2, 3, 5 e 6 Isenção da anuidade quando associado à Conta Cool. Isenção das anuidades para 2 titulares, quando associado à Conta BIC Mais e Conta BIC Sénior. Isenção da 1ª anuidade para cartões contratados até 31 de março de 2014 (inclusivé). Banco BIC Português, SA Cartões de Débito e Crédito / Particulares - Pág. 1 /3

37 Entrada em vigor: 21-abr CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) 3.2. Cartões de débito (cont.) Não aplicável nos casos em que a substituição do cartão se fique a dever a razões não inputáveis ao cliente, designadamente a substituição do cartão por falhas do sistema, extravio nos correios, captura em ATM por avaria e a motivada pelo desbloqueio do cartão, por terem cessado as razões que o determinaram, nomeadamente, segurança do mesmo, suspeita da sua utilização não autorizada ou fraudulenta. Isenção da anuidade quando associado à Conta de Serviços Mínimos Bancários. Caso o titular venha a solicitar a substituição do cartão de débito antes de decorridos 18 (dezoito) meses sobre a data da emissão, será cobrada a respetiva comissão, exceto se a causa da susbtituição for imputável ao Banco BIC. Isenção das anuidades de um cartão de débito quando associado à Conta Base Operações com cartões Tipo de cartão Designação do cartão 1. Levantamentos a débito Levantamentos na EEE em euros, coroa sueca e leus romenos (Notas 1, 2, 3) Levantamentos no resto do mundo (Notas 2, 3) 2. Levantamentos a crédito - "Cash advance" Levantamentos na EEE em euros, coroa sueca e leus romenos (Notas 1, 2, 3) Levantamentos no resto do mundo (Notas 2, 3) 3. Compras Pagamentos em postos de abastecimento de combustíveis na EEE em euros, coroa sueca e leus romenos (Notas 1, 2, 3, 4) Pagamentos na EEE em euros, coroa sueca e leus romenos (Notas 1, 2, 3) Pagamentos no resto do mundo (Notas 2, 3) Balcão ATM Balcão ATM Balcão ATM Balcão ATM POS POS POS Débito BIC Electron do Selo sobre comissões cobradas: 4,00%. BIC Classic Crédito Cartão ANPME 3,00 + 0,33% sobre montante 2,50 + 3,33% sobre montante 1,50 + 3,33% sobre montante 3,50 + 3,33% sobre montante 2,50 + 3,33% sobre montante 0,50 Isento BIC Gold Legenda: ATM - Caixa Automático (Automated Teller Machine ). POS - Terminal de Pagamento Automático (Point of Sale ). EEE - Espaço Económico Europeu Abrange as operações realizadas nas moedas referidas e nos seguintes países: - 19 da zona Euro (Alemanha, Áustria, Bélgica, Chipre, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Portugal); 9 da União Europeia (Bulgária, Croácia, Dinamarca, Hungria, Polónia, Reino Unido, República Checa, Roménia e Suécia) e 3 do EEE - espaço económico europeu (Islândia, Liechtenstein, Noruega). As transações efetuadas noutra moeda que não o euro, são convertidas em dólares norte americanos, quando a moeda utilizada não for essa, e posteriormente em euro. A taxa média de câmbio aplicada será a praticada nas três principais praças cambiais mundiais e calculada pela VISA Internacional. Sobre cada transação efetuada fora do espaço económico europeu (EEE) em qualquer moeda ou dentro do EEE se a moeda utilizada for diferente do euro, coroa sueca ou leu romeno, como compensação dos custos de intermediação, processamento, comunicações e risco associado, incidirá, ainda, uma taxa de processamento - IPF (International Processing Fee) no montante máximo de 1,7% do valor da operação e a taxa de conversão/isaf - International service assessement fee de 1% às quais acresce o do Selo de 4%. Aplicável em transações efetuadas com cartão de crédito em postos de abastecimento de combustíveis. Banco BIC Português, SA Cartões de Débito e Crédito / Particulares - Pág. 2 /3

38 Entrada em vigor: 21-abr CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) 3.5. Outros serviços com cartões Cartão de Crédito BIC Classic Cartão de Crédito ANPME Cartão de Crédito BIC Gold Euros (Min/Máx) Cartão de Débito BIC Electron 1. Pedido de listagens de movimentos SIBS 1.1. Por pedido 15, Por dia adicional 0,60 2. Fotocópias de faturas nacionais ou internacionais 8,00 3. Pedido de envio de 2ª via de extrato - Cartões de Crédito 8,50 4. Produção urgente 25,00 5. Desvio de PIN ou Cartão 5,00 6. Emissão 2ª via de PIN 3,50 7. Encargos de cobrança contenciosa - Cartões de Crédito 100,00 Outras condições Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Inclui um dia de movimentos. Quando o Cliente entra em Contencioso (60 dias após o 1º incumprimento). Banco BIC Português, SA Cartões de Débito e Crédito / Particulares - Pág. 3 /3

39 Entrada em vigor: 02-jun CHEQUES (PARTICULARES) 4.1. Requisição e entrega de módulos de cheque REQUISIÇÃO ENTREGA Balcão Balcão Correio Máquina de Cheques Balcão Correio Balcão Internet Correio Balcão ATM Correio 1. Cheque Cruzado 1.1. À ordem - Com data de validade Nº de cheques: 10 6,00 4,00 4, Nº de cheques: 22 com duplicado 13,00 9, Não à ordem - Com data de validade Nº de cheques: 10 5,50 3,30 Nota Nº de cheques: 22 com duplicado 11,00 2. Cheque não Cruzado 2.1. À ordem - Com data de validade 6,60 do Selo de 4,00% sobre comissões cobradas, acrescido de 0,05 por cada cheque emitido Nº de cheques: 10 10,00 6, Nº de cheques: 22 com duplicado 20,00 13, Não à ordem - Com data de validade Nº de cheques: 10 8,50 5, Nº de cheques: 22 com duplicado 3. Outros tipos de cheques 3.1. Cheque bancário 3.2. Cheque visado 15,00 9,00 do Selo de 4,00% sobre comissões cobradas, acrescido de 0,05 por cada cheque emitido. 30,00 30,00 IVA à taxa legal de 23% no Continente, 18% nos Açores e 22% na Madeira. Oferta de módulo(s) de cheques: Novos Clientes - 1º módulo de 10 cheques; Conta BIC Mais - 1 módulo de 10 cheques cruzados por semestre; Conta BIC Sénior - 1 módulo de 10 cheques cruzados por ano civil. As ofertas não são acumuláveis e não dispensam o pagamento do do Selo de 0,05 por cada cheque emitido. Banco BIC Português, SA Cheques / Particulares - Pág. 1 /3

40 Entrada em vigor: 02-jun CHEQUES (PARTICULARES) 4.2. Outros serviços com cheques 1. Utilizadores de risco 1.1. Devolução de cheques sobre BIC - a cobrar ao depositante 1.2. Devolução de cheques sobre BIC - a cobrar ao sacador 1.3. Notificação para regularização de cheque 1.4. Regularização de cheque 1.5. Notificação de rescisão da convenção de cheque 1.6. Pedido de Remoção/Anulação da Lista de Utilizadores de Risco 4. Negociação de Cheques sacados sobre o estrangeiro Notas 15, Por crédito em conta - salvo boa cobrança Notas 9, 10, Cheques em Euros 0,15% 10,00 / 90, Cheques em moeda estrangeira 0,15% 10,00 / 90, Por caixa (por operação) 1,00% 25,00 / 4.3. Regime de cobrança (por cheque) ,00 12, > 2.500,00 25, Devoluções (por cheque) Crédito em conta 20, Por caixa 20, Regime de cobrança 20, Traveller's Cheques da American Express 2,00% 7 5. Compra de Cheques emitidos no estrangeiro e sacados em Portugal 5.1. Sobre o Banco BIC - em M.E. 20, Sobre OIC - em M.E. 0,15% 10,00 / 90, Comissão de Processamento 20,00 6. Venda de Cheques emitidos sobre o estrangeiro 6.1. Cheques Bancários Emissão (por cheque) Por débito em conta 0,25% 15,00 / 250, Por caixa 15, Anulação (por cheque) 15, Stop Payment (por cheque) 35, Averiguações 20,00 Outras despesas associadas Euros (Min/Máx) 12,00 28,00 12,50 50,00 15,00 As despesas dos Correspondentes, de selagem e as despesas com telecomunicações ficam a cargo do Cliente. Comunicações: consulte subsecção Outros Serviços (telecomunicações, declarações e outros serviços). 100, Pedido de Celebração de uma nova convenção de cheque 100,00 2. Outras operações sobre cheques 2.1. Devolução de cheques sobre OIC 25, Cheque pago por imperativo legal 25, Bloqueio / Cancelamento de cheque (por cheque) 20, Reapresentação de cheque 15, Fotocópia de cheque 10,00 Nota Envio por carta registada 7,00 3. Gestão de Cheques Pré-Datados 3.1. Gestão/Entrega de cheques (por cheque) 2, Alteração da data de apresentação (por cheque) 10, Pedido de retirada de cheques (por cheque) 10, Cheques devolvidos - a cobrar ao depositante 12, Cheques devolvidos - a cobrar ao sacador 28,00 Outras condições Banco BIC Português, SA Cheques / Particulares - Pág. 2 /3

41 Entrada em vigor: 02-jun CHEQUES (PARTICULARES) 4.2. Outros serviços com cheques (cont.) Nota Geral Nota 8 Nota O IVA é de 23% no Continente, 18% nos Açores e 22% na Madeira. Devolução de cheques por falta ou insuficiência de provisão. Por cada cheque regularizado no pedido de remoção da "Lista de Utilizadores de Risco". Por entidade notificada. Preçário a aplicar quer o pedido tenha sido feito junto do Banco BIC ou junto do Banco de Portugal. Valor cobrado por cheque pago a descoberto cumulativamente com os juros devidos pelo descoberto gerado, quando o mesmo resulte do cumprimento da obrigação legal de pagamento pelo sacado de cheques de valor inferior a 150. Devolução de cheque pelos seguintes motivos: não compensável, falta de requisito principal, saque irregular, endosso irregular, cheque revogado - por justa causa, cheque revogado - apresentação fora do prazo, cheque apresentado fora do prazo, conta bloqueada, conta suspensa, conta encerrada, falta ou insuficiência de provisão, número de conta inexistente, número de cheque inexistente, cheque viciado. Revogação de cheque por apresentação fora do prazo ou revogação por justa causa: furto, roubo, extravio, coação moral, incapacidade acidental, falta ou vício na formação da vontade. Preçário a aplicar independentemente da entidade sacada. Por cheque, ou conjunto de cheques sacados sobre o mesmo emissor e emitidos na mesma moeda. As situações para as quais não existem acordos de "Cash-Letter" só podem ser tomadas em regime de cobrança. Os cheques emitidos em moeda diferente da do País sacado só podem ser tomados em regime de cobrança. A data-valor aplicada na compra de cheques sobre a Alemanha, França, Espanha, Itália, Bélgica e Croácia é de 8 dias úteis, na compra de cheques sobre os restantes países da União Europeia a data-valor aplicada é de 10 dias úteis. Apenas é possível comprar cheques sobre os EUA, Canadá, Reino Unido, Suíça e Dinamarca. A data-valor aplicada é de 8 dias úteis. A data-valor aplicada é de D+2 dias úteis, em que "D" corresponde ao dia da receção do aviso de crédito do Banco estrangeiro. A partir de 17/09/2013, o serviço compra/negociação de cheques em USD sacados sobre os EUA deixa de ser assegurado. Caso o Cliente o pretenda, os cheques poderão serão aceites e enviados diretamente ao Banco sacado através de remessa direta, não sendo assegurado um prazo limite para o seu pagamento. Será aplicado o preçário de cheques em regime de crédito após boa cobrança e as despesas no exterior ficam a cargo do Cliente. Serviço indisponível para cheques do Tesouro Americano. Serviço disponível para Clientes e não Clientes. Banco BIC Português, SA Cheques / Particulares - Pág. 3 /3

42 Entrada em vigor: 02-jun TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) 5.1. Ordens de transferência Escalões Canal de receção da ordem de transferência Telefone Balcão C/ operador S/ Operador Internet ATM 1. Transferências Internas / Nacionais 1.1. Para conta domiciliada na própria Instituição de Crédito Com o mesmo ordenante e beneficiário Pontuais Permanentes Múltiplas - Inserção manual 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0, Com ordenante e beneficiário distintos Notas 10, 11 Pontuais 1,20 1,00 0,00 0,00 Permanentes 0,60 0,50 0,00 0,00 Por registo Múltiplas - Inserção manual 1,00 0,00 Por registo 1.2. Para conta domiciliada noutra Instituição de Crédito Normais Com indicação de NIB ou IBAN e BIC Notas 1, 4, 5, 6 < ,00 3,50 1,00 0,00 Notas 9, 12 Pontuais ,00 Nota 9 < ,50 3,00 1,00 0,00 Por registo. 2 Permanentes ,00 Por registo < ,25 0,60 Por registo. 2 Múltiplas ,00 Por registo Urgentes Com indicação de NIB ou IBAN e BIC Notas 4, 5, 6 < ,00 Entrega até às 11h ,00 Via Target 2 (em real time) Qualquer montante 35,00 2. Transferências Transfronteiras / Internacionais - para conta domiciliada no estrangeiro (ordens emitidas) 2.1. Países SEPA e/ou Moedas abrangidas pelo regulamento europeu CE n.º 924/2009 (Euros, Coroa Sueca e Leu Romeno) Aplicam-se as comissões referidas no ponto Para conta domiciliada noutra instituição de crédito 2.2. Países não SEPA ou Moedas não abrangidas pelo regulamento europeu CE n.º 924/ Normais Com indicação de BIC e IBAN Por débito em conta 0,25% 0,25% 0,25% Mín.: 20 ; Máx.: 120. Sem indicação de BIC e IBAN Por débito em conta 0,25% 0,25% 0,25% Mín.: 20 ; Máx.: 120. Para Banco BIC Angola 7,50 0,25% 0,25% 3. Transferências Transfronteiras / Internacionais - de conta domiciliada no estrangeiro (ordens recebidas) 3.1. Países SEPA e/ou Moedas abrangidas pelo regulamento europeu CE n.º 924/2009 (Euros, Coroa Sueca e Leu Romeno) Normais Com indicação de BIC e IBAN 3.2. Países não SEPA ou Moedas não abrangidas pelo regulamento europeu CE n.º 924/ Normais Com indicação de BIC e IBAN Por débito em conta 7,50 Sem indicação de BIC e IBAN Por débito em conta 12,50 Para OIC 0,50% Mín.: 15 ; Máx.: 150. Notas 7, 8 Do Banco BIC Angola 7,50 do Selo à taxa de 4,00% Outras despesas associadas Comunicações: consulte subsecção Outros Serviços (telecomunicações, declarações e outros serviços). Banco BIC Português, SA Transferências / Particulares - Pág. 1 /2

43 Entrada em vigor: 02-jun TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) 5.1. Ordens de transferência (cont.) Legenda Nota 8 Nota SEPA - Área Única de Pagamentos em Euros (Single Euro Payments Area). Abrange os 28 países da União Europeia (Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Polónia, Portugal, Reino Unido, República Checa, Roménia e Suécia) e respetivos territórios ultramarinos (Gibraltar, Guadalupe, Guiana Francesa, Martinica, Mayotte, Reunião, São Bartolomeu, São Martinho, São Pedro e Miquelon), 3 países do Espaço Económico Europeu (Islândia, Liechtenstein, Noruega) e ainda a Suíça e o Mónaco. NIB - Número de Identificação Bancária / BIC - Código de Identificação Bancária da SWIFT / IBAN - Número de Identificação Bancária Internacional que é composto pelo Código do país + NIB. Regulamento CE 924/ Países aderentes: Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Gibraltar, Grécia, Guadalupe, Guiana Francesa, Holanda, Hungria, Irlanda, Islândia, Itália, Letónia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Martinica, Noruega, Polónia, Portugal, Reino Unido, Rep. Checa, Reunião, Roménia, Suécia. O Regulamento CE 924/2009 obriga a que as transferências tenham os requisitos abaixo: - Por débito em conta bancária; - Indicação do IBAN da conta beneficiária e do BIC SWIFT do banco do beneficiário; - Em, Coroa Sueca e Leu Romeno; - Em regime exclusivo de despesas partilhadas (SHA) entre o ordenador e o beneficiário. As transferências efetuadas através dos canais internet e telefone têm limite máximo diário de , através do canal ATM têm o limite máximo diário de Transferência com data-valor do próprio dia, desde que solicitada até às 11h30. Transferência com data-valor do próprio dia, desde que solicitada até às 13:00h. Países aderentes à plataforma TARGET2: Alemanha, Áustria, Bélgica, Chipre, Dinamarca, Eslovénia, Espanha, Estónia, França, Finlândia, Grécia, Holanda, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Polónia, Portugal e Reino Unido. Na ausência ou indicação de BIC/SWIFT ou IBAN inválidos acresce a comissão BIC/SWIFT ou IBAN inválidos de acordo com o preçário em vigor. Consulte o Folheto de Comissão e Despesas - Subsecção 5.2. Outros serviços com transferências. O IBAN incorreto poderá originar um débito por parte do Banco de destino da transferência. Regime exclusivo de despesas partilhadas (SHA) - despesas do banco emitente por conta do ordenador e do banco pagador por conta beneficiário. Comissão percentual sobre o montante da transferência. Instrução do ordenador ou a pedido do Banco. Conta Ordenado XL, Conta Ordenado Privilégio 55 e Conta BIC Sénior estão isentas da comissão nas transferências interbancárias nacionais normais pontuais efetuadas via BancoBIC Net (Internet e Telefone). Conta do ordenante e do beneficiário com todos os intervenientes distintos. Isento para a Conta de Serviços Mínimos Bancários e a Conta Base. A Conta BIC Mais está isenta da comissão nas transferências interbancárias nacionais normais (pontuais, permanentes e múltiplas) efetuadas via BancoBIC Net Outros serviços com transferências Euros (Min/Máx) 1. Outros Serviços com Transferências 1.1. Urgentes com data valor do próprio dia (Target 2) - Recebida 1.2. Urgentes com data valor do próprio dia (Target 2) - Devolvida 45, Despesas Domésticas Domiciliadas 1.4. Ordens de Pagamento Emitidas/Recebidas 20, Anulação de Ordens de Pagamento Emitidas/Recebidas 20, Devolução de transferências (emitidas) 10, BIC/SWIFT ou IBAN inválidos 15, Despesas de telecomunicações por mensagem SWIFT enviada 15, Cópia de mensagem SWIFT a pedido do cliente 5,00 Outras despesas associadas As despesas do correspondente, se as houver, serão a cargo do cliente. Comunicações: consulte subsecção Outros Serviços (telecomunicações, declarações e outros serviços). Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Pedidos de alteração, esclarecimento, devolução por parte do Cliente. Por iniciativa do Banco Beneficiário. As transferências internacionais (espaço SEPA) estão isentas. As transferências abrangidas pelo regulamento (CE) n.º924/2009, não são efetuadas por SWIFT. Outras condições Banco BIC Português, SA Transferências / Particulares - Pág. 2 /2

44 Entrada em vigor: 01-Jan COBRANÇAS (PARTICULARES) 6.1. Cobrança de efeitos comerciais 1. Letras 1.1. Entrada em carteira (domiciliado/não domiciliado) 1.2. Comissão de cobrança por efeito Domiciliados Sem protesto 0,50% Não domiciliados 1.3. Devoluções - Comissão por efeito Domiciliado Não domiciliado 1.4. Emissão de instrumento de protesto Despesas de expediente por efeito 1.5. Desmaterialização no pagamento de efeitos Por aviso de quitação Por remessa de efeito Outras despesas associadas Sem protesto 1,00% 0,50% 1,00% (euros) Sem Com Despesas Despesas 2,50 5,00 / 100,00 5,00 / 100,00 7,50 / 102,50 50,00 Outras condições m sempre as despesas notariais e os portes originados pelas notificações a todos os intervenientes dos efeitos apresentados a protesto. Comunicações: consulte subsecção Outros Serviços (telecomunicações, declarações e outros serviços). 10,00 Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Comissão aplicada aquando da liquidação do efeito. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de três por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. Descontos de efeitos Consulte o Folheto de e Despesas - Subsecção 2.6. Outros créditos a particulares Emissão de instruções de cobrança (credor) (Euros) Escalões Listagem Suporte Magnético Ficheiro Banca Electronica Outras condições 1. Cobranças Internas (PS2) 1.1. Cliente devedor da mesma instituição 1,00 0,30 0,30 0,30 2. Cobrança de Débitos Diretos 2.1. Cliente devedor da mesma instituição 2.2. Cliente devedor de outra instituição 2,00 0,60 0,60 0, Rejeição de débitos diretos 0,10 Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, 18% nos Açores e de 22% na Madeira. As ordens de pagamento através de listagem apenas serão efetuadas em situações de exceção, quando por qualquer motivo pontual, não seja possível ao Cliente emitir um ficheiro. Banco BIC Português, SA Cobranças / Particulares - Pág. 1 /1

45 Entrada em vigor: 21-abr PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS (PARTICULARES) 7.1. Compra e venda de notas estrangeiras Euros (Min/Máx) 1. Compra e venda de notas estrangeiras (exceto Kwanzas) 1.1. Negociação por caixa / Movimento em conta 2,00% 5,00 / 8, Para depósito em conta da ME da Nota (por operação) 0,50% 5,00 / 1.3. Para levantamento em conta da ME da,00% 8,00 / 60,00 2. Compra de Kwanzas 2.1. Movimento em conta 1,00% 5,00 / 3. Venda de Kwanzas 3.1. Movimento em conta 0,50% 7,50 / 50,00 4. Troca de divisa estrangeira por outra divisa ou por euros, não associada a qualquer das restantes operações previstas em preçário 4.1. Movimento inter-contas 0,50% 5,00 / Outras condições Notas 1, 2, 3, 4 Notas 1, 2, 4 Nota Geral O serviço de compra e venda de notas estrangeiras apenas se encontra disponível para Clientes. O valor a cobrar é convertido à taxa de câmbio do dia. Serviço disponível nas Agências do Banco BIC da Av. António Augusto de Aguiar (Lisboa), Av. Fontes Pereira de Melo (Lisboa), Av. da Liberdade (Lisboa), Av. da República (Lisboa), R. do Ouro (Lisboa), Cacém, Setúbal, Albufeira, Torres Vedras, Moagem (Leiria), Av. Fernão Magalhães (Coimbra), São José (Viseu), Braga, Aveiro, Passeio da Boavista (Porto), Rotunda da Boavista (Porto), Guimarães e aplicável apenas a novas notas de Kwanza, emitidas a partir de outubro de A compra de Kwanzas é exclusiva para Clientes que reúnam as seguintes condições, cumulativamente: - detenção obrigatória de Cartão BIC Electron; - domiciliação obrigatória de 2 pagamentos mensais - são consideradas domiciliações de pagamentos, as autorizações de débito direto na conta do Banco BIC decorrentes de pagamentos de bens ou serviços que resultem de contratos realizados com terceiros de caráter duradouro e periódico (mensal), como por exemplo: água, luz, gás, seguros, renda da casa, etc.. Excluem-se os donativos por se tratarem de prestações de caráter gratuito e voluntário, que não têm contrapartidas associadas; - subscrição de 2 dos seguintes produtos/serviços: BancoBIC Net, Documentos Digitais, Fundos de Investimento, PPR, Seguro de Acidentes Pessoais, Seguro de Acidentes de Trabalho - Empregada Doméstica, Seguro de Vida (não vinculado) e Seguro de Saúde. O Banco BIC reserva-se o direito de não efetuar transações de compra/venda de Kwanzas Garantias prestadas 1. Garantias, Fianças e Avales 1.1. Prémio de garantia prestada Garantias 1st demand e s/ validade Outras garantias e fianças Avales 1.2. Emissão (despesas de expediente) 1.3. Alterações às instruções iniciais de garantias (despesas de alteração, inclui cancelamento/encerramento antecipado) Euros (Min/Máx) / 9,25% 30,00 / / 9,75% 30,00 / 50,00 2. Declaração de capacidade financeira 2.1. Emissão de Declaração/"Letter of Undertaking" 100,00 Estão sujeitas a do Selo, em termos gerais, as garantias das obrigações qualquer que seja a sua natureza, nomeadamente a hipoteca, salvo quando sejam materialmente acessórias de contratos sobre os quais incida do Selo. Sobre o respetivo valor em função do prazo: Outras despesas associadas Comunicações: consulte o Folheto de e Despesas - subsecção Outros Serviços (telecomunicações, declarações e outros serviços). 62,50 IS 3,00% Garantia de prazo < 1 ano:0,04%; Garantia de prazo 1 ano e < 5 anos: 0,50%; Garantia sem prazo ou de prazo 5 anos: 0,60% por mês ou fração. Outras condições Trimestral / Fração Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Banco BIC Português, SA Outros serviços / Particulares - Pág. 1 /3

46 Entrada em vigor: 21-abr PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS (PARTICULARES) 7.3. Outros serviços Outras Euros condições (Min/Máx) 1. Aluguer de cofres 1.1. Anuidades Tipo A - Volume: 14,1/13,8/14,4/15 dm 3 30,00 Tipo B - Volume: 20,7/22,4/23,9/28,8 dm 3 35,00 Tipo C - Volume: 27,6/30,8/32,8 dm 3 40,00 Tipo D - Volume: 41,4/47,5/50,6 dm 3 50,00 Notas 3, 4 Tipo E - Volume: 10,4 dm 3 25,00 Tipo F - Volume: 5,4/21,6 dm 3 30,00 Tipo G - Volume: 43,2 dm 3 45, Caução 60,00 IS 0,5% Nota 8 2. Telecomunicações 2.1. Comunicações Telefonemas 2,50 Envio de fax 2,00 Fax nacional (em operações de estrangeiro) 5,00 Fax internacional (em operações de estrangeiro) 12,00 SWIFT (por SWIFT) 15,00 Cópia da mensagem Swift a pedido do Cliente 5, Portes de Correio Correio Nacional Normal Azul 1,50 Registado 2,50 Azul registado 3,00 DHL e outros 20, Correio Estrangeiro Normal Europa/ UE 2,00 Normal resto do mundo 3,00 Azul normal 3,50 Azul registado 6,00 DHL - Europa e USA 25,00 DHL - Resto do mundo 40, Chaves telegráficas Processamento por cada chave pedida por Bancos Nacionais (por confirmação). Processamento por utilização do Banco para emissão de chave com outro correspondente a pedido de um Banco (por emissão). 3. Declarações 3.1. Reembolsos de IVA 75, Capacidade financeira 100, Regularização de responsabilidades em mora 50, Intervenção em garantias de Bancos estrangeiros prestadas a favor de Clientes do Banco BIC Comissão de processamento 20,00 Notas 9, Prestação de informações 4.1. Sobre Clientes a seu pedido 15, Aos auditores - na Agência 75, Sobre responsabilidades (Finanças) 35,00 Por processo 4.4. Sobre processos de espólio 35,00 1,00 10,00 Banco BIC Português, SA Outros serviços / Particulares - Pág. 2 /3

47 Entrada em vigor: 21-abr PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS (PARTICULARES) 7.3. Outros serviços (cont.) 5. Outros Serviços 5.4. Operações com seguro de crédito à exportação 5.6. Recolha/Entrega de numerário a Clientes de retalho (Mensalidades) 1 vez por semana em dias úteis 72,53 2 vezes por semana em dias úteis Todos os dias úteis Euros (Min/Máx) 5.1. Abonação de assinaturas 2, ª via de extratos e documentos (pedido na agência) 8, Fotocópia de documentos 5,00 Todos os dias do ano 510,86 145,06 3 vezes por semana em dias úteis 217,59 362,64 75, Emissão de cartas para assembleias gerais 10,00 Outras condições Notas 5, 6 Notas 5, 6, 7 Nota Geral Nota 8 Nota 9 0 O IVA é de 23% no Continente, 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Eventuais comissões cobradas pelo Banco de Portugal serão a cargo do Cliente. A estes valores deverão ser acrescidos portes / telecomunicações (Nacionais e Estrangeiras), quando a eles houver lugar. Os cofres de aluguer encontram-se instalados nas Agências do Banco BIC na Av. da República (Lisboa), Cascais, Valença do Minho, Vilamoura e Cernache do Bonjardim. As anuidades são liquidadas no ato de aluguer. O Cliente pode optar pela liquidação em duas prestações, vencendo-se a segunda prestação 6 meses após o ato de aluguer. Montante máximo por transporte: Até em notas e até 2 sacos de moedas de no máximo 15 Kg cada. Por cada conjunto de 2 sacos de moedas adicionais em cada serviço será cobrado o valor de 3,5. Recolhas aos fins-de-semana somente para Clientes em Zonas Urbanas de Lisboa, Porto, Coimbra, Faro e Funchal. Caução cobrada no momento da formalização do contrato. m as comissões de Swift e o respetivo do Selo, se aplicável. Pedidos de pagamento, alteração, prorrogação e cancelamento de garantia. Banco BIC Português, SA Outros serviços / Particulares - Pág. 3 /3

48 Entrada em vigor: 01-Abr OPERAÇÕES COM O ESTRANGEIRO (PARTICULARES) 8.1. Garantias prestadas sobre o estrangeiro Euros (Min/Máx) Garantias e Avales 1. Garantias Emitidas 1.1. Garantia Prestada º trimestre ou fração / 9,25% 170,00 / Meses ou frações seguintes / 9,25% 120,00 / Despesas de processamento 70, Aumento do valor Despesas de processamento 82, Prorrogação Despesas de processamento 70, Alteração sem aumento de valor e/ou sem prorrogação 82, Cancelamento 82, Execução 1,00% 75,00 / 200, Garantias de terceiros 100, Aviso 50,00 2. Garantias Recebidas 2.1. Notificação 50, Alteração (inclui todo o tipo) 50, Telecomunicações 15,00 3. Avales 3.1. Processamento de avales Cobrança por tranche trimestral ou fração / 9,75% 170,00 / Cobrança por tranche mensal ou fração / 9,75% 120,00 / Despesas de processamento 70, Execução 1,00% 75,00 / 200,00 Outras condições IS 3,00% Notas 1, 2 Por mensagem IS 3,00% Notas 1, 2 Outras despesas associadas As despesas dos correspondentes, de selagem e as despesas com telecomunicações ficam a cargo do Cliente. Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Valor anual cobrado por tranches ou fração. Telecomunicações, Declarações e Outros Serviços: Consulte o Folheto de e Despesas - Subsecção 7.3 Outros serviços. Valor cobrado no momento da emissão da garantia e aquando do pagamento dos prémios. Consulte o Folheto de e Despesas - Subsecção 4.2. Outros serviços com cheques. Consulte o Folheto de e Despesas - Subsecção 5.2. Outros serviços com transferências. Banco BIC Português, SA Operações com o estrangeiro / Particulares - Pág. 1 /1

49 Entrada em vigor: 02-jun CONTAS DE DEPÓSITO (OUTROS CLIENTES) 9.1. Depósitos à ordem Euros (Mín/Máx) Valor Anual Contas de Depósitos à Ordem Conta à Ordem Empresas Conta Negócios (exclusiva para Empresas e ENI's) Conta Negócios Restauração (exclusiva para Empresas e ENI's) Conta Ordenado XL (exclusiva para ENI's) Notas 5, 16 Conta Privilégio 55 (exclusiva para ENI's com idade a 55 anos) Conta Ordenado Privilégio 55 (exclusiva para ENI's com idade a 55 anos) Notas 5, 16 Conta BIC Mais com ou sem crédito de vencimento (exclusiva para ENI's) Conta BIC Sénior com ou sem crédito de vencimento (exclusiva para ENIs com idade a 55 anos) 3 Conta Netpay Nota 9 Conta à Ordem Massa Insolvente 2 Conta à Ordem Empresas - Sucursal Financeira Exterior Madeira - Fora de subscrição Notas 3, 10, Comissão de Manutenção de Conta Conta à Ordem Empresas Conta Privilégio 55 (exclusiva para ENI's com idade a 55 anos) Conta à Ordem Empresas - Sucursal Financeira Exterior Madeira (SFE Madeira) - Fora de subscrição 1.1. Saldo Médio Trimestral (SMT) > 500,00 ou Património Financeiro > 2.500, Saldo Médio Trimestral (SMT) entre 50,01 e 500, Saldo Médio Trimestral (SMT) 50, Conta Negócios sem crédito de vencimento 2.4. Conta BIC Sénior sem crédito de vencimento e recursos com crédito de vencimento ou recursos > Notas 14, Outras Contas Isento 3. Pedido de 2ª via 3.1. Extrato 8,50 Pedido efetuado na agência Documentos 8,50 4. Levantamento de numerário ao balcão 2,50 5. Pedido de saldo ao balcão 0,50 6. Descoberto bancário Consulte o Folheto de e Despesas - Subsecção Descobertos bancários. 7. Depósito de moeda metálica (igual ou superior a 100 moedas) 5,00 trimestral 50,00 semestral 5,00 mensal 3,00 mensal 4,00 mensal 3,50 20,00 48, Outras contas 2. Comissão de Gestão 2.2. Conta Negócios Restauração 2.3. Conta BIC Mais com crédito de vencimento 12,00 trimestral 50,00 semestral 100,00 100,00 60,00 36,00 48,00 Isento Nota 8 Isento Isento Notas 14, 15 Isento no caso de depósitos à consignação. 7 Banco BIC Português, SA Contas de Depósito / Outros Clientes - Pág. 1 /2

50 Entrada em vigor: 02-jun CONTAS DE DEPÓSITO (OUTROS CLIENTES) 9.1. Depósitos à ordem (cont.) Nota Geral Nota 8 Nota O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Montante mínimo de abertura de 500,00. Conta Serviço que oferece: Acesso opcional à abertura de crédito sob a forma de conta corrente caucionada, acesso ao Crédito Restauração, isenção de comissão nas transferências interbancárias nacionais normais pontuais efetuadas via BancoBIC Net. preçário de Comunicações (Consulte o Folheto de e Despesas - subsecção Outros Serviços) no caso de envio pelo correio. Montante mínimo de abertura de 250,00. Montante mínimo de abertura de 500,00. Conta Serviço que oferece: - Acesso opcional à abertura de crédito sob a forma de conta corrente caucionada; Isenção de comissão nas transferências interbancárias nacionais normais pontuais efetuadas via BancoBIC Net. Montante mínimo de abertura de 350,00. Conta Serviço que oferece: - Isenção das anuidades de cartões de débito e crédito Classic para 2 titulares; Isenção da comissão nas transferências interbancárias nacionais normais (pontuais, permanentes e múltiplas) efetuadas via BancoBIC Net; Isenção da comissão de requisição de 1 módulo de 10 cheques cruzados/semestre; Redução de 50% na comissão de custódia de títulos (valores mobiliários nacionais); Redução de 50% na comissão de abertura de crédito pessoal; Redução de 50% na comissão de processo de crédito à habitação. Comissão aplicada trimestralmente, em função do saldo médio trimestral (SMT) anterior. Não aplicável a contas abertas há menos de 6 meses. A cobrança da comissão de manutenção de conta é efetuada em jan (ref. a out, nov, dez), abr (ref. a jan, fev e mar), jul (ref. a abr, mai e jun) e out (ref. a jul, ago e set). O conceito de Património Financeiro resulta da soma de recursos, inclui por exemplo fundos de investimento, e crédito em utilização (inclui Leasing e Factoring). A partir do 1º trimestre de 2013, para efeitos de Património Financeiro, consideram-se apenas os produtos do Banco, sendo excluídos os produtos de outras Instituições. Conta exclusiva para Clientes com TPA Netpay em regime de aluguer. Montante mínimo de abertura de 250,00 e possibilidade de atribuição de uma bonificação na mensalidade dos TPA Netpay, em função do saldo médio da Conta Netpay. Consulte Folheto de Comissão e Despesas - Subsecção Outros serviços. Conta de acesso exclusivo a Clientes Não Residentes com prova válida. Em comercialização até 07/12/2012. Conta à ordem sem montante mínimo de abertura e exclusiva para patrimónios de massa insolvente. Conta Serviço de acesso exclusivo a ENI's com idade igual ou superior a 55 anos (aplicável ao 1º titular) e que oferece o seguinte conjunto de produtos e serviços, mediante o pagamento de uma comissão de gestão mensal: - Isenção da comissão de manutenção; Isenção das anuidades dos cartões de débito para 1º e 2º titulares; Isenção da comissão nas transferências interbancárias nacionais normais pontuais efetuadas via BancoBIC Net; Isenção da comissão de requisição de 1 módulo de 10 cheques cruzados/ano; Redução de 50% na comissão de processo de crédito à habitação; Redução de 50% na comissão de abertura de crédito pessoal. Montante mínimo de abertura de 750,00. O valor dos recursos corresponde ao somatório do saldo médio mensal em DO, com a posição de fim de mês em DP e Títulos. Isenção da comissão nas transferências interbancárias nacionais normais pontuais efetuadas via BancoBIC Net. Serviço disponível para Clientes e não Clientes. Banco BIC Português, SA Contas de Depósito / Outros Clientes - Pág. 2 /2

51 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) Linhas de crédito e contas correntes Euros Valor (Mín/Máx) Anual Contas Correntes Caucionadas (CCC) iniciais 1. Comissão de abertura 1.1. Conta Corrente Caucionada 1,00% 100,00 / 2.500, CCC c/ Cheques Pré-datados 0,50% 50,00 / 1.000, Conta Caucionada Negócios 1.4. Conta Caucionada Negócios Restauração 1.5. Conta Vencimentos 0,50% 50,00 / 1.000,00 2. Comissão de renovação 2.1. Conta Corrente Caucionada 2.2. CCC c/ Cheques Pré-datados 2.3. Conta Caucionada Negócios 2.4. Conta Caucionada Negócios Restauração 2.5. Conta Vencimentos durante a vigência do contrato 3. Comissão de alteração 3.1. Conta Corrente Caucionada 3.2. CCC c/ Cheques Pré-datados 3.3. Conta Caucionada Negócios 3.4. Conta Caucionada Negócios Restauração 3.5. Conta Vencimentos 4. Comissão de imobilização 0,75% 0,50% 0,50% 150,00 / 500,00 100,00 / 250,00 125,00 125,00 100,00 / 250, Conta Corrente Caucionada 4.2. CCC c/ Cheques Pré-datados 1,00% 4.3. Conta Caucionada Negócios 4.4. Conta Caucionada Negócios Restauração 4.5. Conta Vencimentos 5. Falta de elementos contabilísticos 6. Emissão de 2ª via contrato 1,00% 200,00 25,00 200,00 7. Comissão de encerramento 7.1. Conta Corrente Caucionada 7.2. CCC c/ Cheques Pré-datados 7.3. Conta Caucionada Negócios 7.4. Conta Caucionada Negócios Restauração 7.5. Conta Vencimentos 0,75% 0,50% 0,50% 100,00 / 1.000,00 50,00 / 500,00 50,00 / 500,00 no termo do contrato 50,00 Isento. Isento. Isento Isento Isento Isento do selo pela utilização de crédito, sobre o respetivo valor, sobre a média mensal obtida através da soma dos saldos em dívida apurados diariamente, durante o mês, divididos por 30: 0,04%. Outras despesas associadas As despesas dos nossos correspondentes, notariais, de registos e outros encargos ficam a cargo do Cliente. Comunicações: consulte o Folheto de e Despesas - subsecção Outros Serviços (telecomunicações, declarações e outros serviços). Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. A amortização antecipada pode ser efetuada em qualquer momento, mediante comunicação escrita ao Banco. Comissão percentual incide sobre o montante financiado (contratado). Comissão percentual incide sobre a parte não utilizada do montante contratado sendo cobrada nas datas de pagamentos de juros. Cobrança efetuada em outubro, sempre que até ao último dia útil de julho, o Cliente não tenha entregue os elementos contabilísticos referentes ao ano anterior. Disponível quando associada a Conta Negócios. Mínimo de abertura Disponível quando associada a Conta Negócios Restauração. Mínimo de abertura Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Outros Clientes - Pág. 1 /19

52 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) Linhas de crédito e contas correntes (cont.) Euros Valor (Mín/Máx) Anual Linhas de crédito Aplicável a créditos migrados da BPN Crédito. iniciais 1. Comissão de abertura de contrato 1.1. Factoring 1.2. Gestão de pagamentos a fornecedores / 250,00 2. Comissão de abertura de contrato (fornecedor) 2.1. Gestão de pagamentos a fornecedores 50,00 durante a vigência do contrato 3. de factoring 3.1. Factoring 3.2. Gestão de pagamentos a fornecedores 4,00% 1,50 / 4. de gestão 4.1. Gestão de pagamentos a fornecedores 8,00% 5,00 / 5. de comunicação de divergências/alteração dos parâmetros iniciais de faturas 5.1. Factoring 5.2. Gestão de pagamentos a fornecedores 15,00 6. Alterações 6.1. Conta bancária 10, Financeiras 150,00 7. Pedidos de 2ª via 7.1. Extratos 10, Contratos 25,00 8. Informações a terceiros 9. Comissão de liquidação 50, Contas BIC 0, Contas OIC's Montantes < ,00 / Montantes ,00 / 10. Comissão de pagamento Gestão de pagamentos a fornecedores 11. Devoluções 4,00% 1,50 / Cheques 15, Comissão de renovação de contrato Factoring Gestão de pagamentos a fornecedores 150,00 / (devedor) no termo do contrato 13. Comissão de encerramento/alienação de carteira 500, Declarações Regularização de dívida Liquidado/Finalizado 20,00 Fora de comercialização Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Aplicável apenas em solicitações adicionais. Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Outros Clientes - Pág. 2 /19

53 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) Descobertos bancários Euros Valor (Mín/Máx) Anual Descoberto bancário associado a contas de depósito à ordem 1. Facilidade de descoberto - Comissão de abertura/alteração/renovação/encerramento 1.1. Conta à Ordem Conta Negócios Conta Negócios Restauração Conta Privilégio 55 Conta BIC Mais sem crédito de vencimento Conta BIC Sénior sem crédito de vencimento 1.2. Conta Ordenado XL Conta Ordenado Privilégio 55 Conta BIC Mais com crédito de vencimento Conta BIC Sénior com crédito de vencimento 1.3. Conta Netpay 2. Ultrapassagem de crédito 3. Falta de elementos contabilísticos 1,00% 50,00 / 500,00 1,00% 50,00/ 200,00 200,00 Isento do selo pela utilização de crédito, sobre o respetivo valor, sobre a média mensal obtida através da soma dos saldos em dívida apurados diariamente, durante o mês, divididos por 30: 0,04%. Isento Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Comissão percentual aplicada sobre o montante financiado. Cobrança efetuada em outubro, sempre que até ao último dia útil de julho, o Cliente não tenha entregue os elementos contabilísticos referentes ao ano anterior. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. Cartões de crédito: consulte o Folheto de e Despesas - Secção 11. Cartões de Crédito e Débito (Outros Clientes). Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Outros Clientes - Pág. 3 /19

54 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) Outros créditos Desconto de Efeitos (Letras) 1. Comissão de cobrança Valor Anual 1.1. Letras iniciais domiciliadas 0,75% 5,00 / 150, Letras iniciais não domiciliadas 2. Despesas de expediente 2.1. Letras iniciais domiciliadas 2.2. Letras iniciais não domiciliadas 3. Comissão de cobrança 3.1. Reforma de letras domiciliadas 2,50 Sobre o BIC e OIC Reforma de letras não domiciliadas 4. Despesas de expediente 1,25% 7,50 / 200, Reforma de letras domiciliadas Sobre o BIC e OIC 2, Reforma de letras não domiciliadas 5. Portes 5.1. Reforma de letras domiciliadas Sobre o BIC e OIC 2, Reforma de letras não domiciliadas 6. Regularizações 6.1. Portes 7. Devoluções 2, Comissão s/ devolução de efeitos 7.2. Despesas de expediente 7.3. Portes 8. Falta de elementos contabilísticos 0,60% 4,50 / 60,00 2,50 2,00 200,00 200,00 9. Emissão de instrumento de protesto 9.1. Despesas de expediente por efeito 37, Outras comissões Alteração de domicílio 10, ª via avisos de efeitos 2, Pedido de desmaterialização Desconto de Livranças 1. Desconto de livranças 1.1. Comissão de intervenção 1.2. Despesas de expediente 1.3. do Selo s/ valor do desconto no termo do contrato 10,00 iniciais 0,50% 25,00 / 375,00 2,50 1,00 / durante a vigência do contrato 2. Reforma de livranças 2.1. Comissão de intervenção 2.2. Despesas de expediente 2.3. Portes 3. Falta de elementos contabilísticos 4. Emissão de instrumento de protesto 0,30% 25,00 / 250,00 2,50 2,00 200,00 200, Despesas de expediente por efeito 37,50 durante a vigência do contrato 0,60% Euros (Mín/Máx) iniciais 2,00% 7,50 / 200,00 5,00 / 150,00 IS 0,5% Sobre o BIC e OIC. Sobre o BIC e OIC Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Outros Clientes - Pág. 4 /19

55 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) Outros créditos (cont.) Euros Valor (Mín/Máx) Anual Mútuos - Geral e rendas iniciais 1. Comissão de abertura 1.1. Mútuo 1,00% 100,00 / 1.2. Crédito Franchising 0,25% 50,00 / 1.3. Crédito Restauração 2. Comissão de serviços de assessoria 1,50% 2 durante a vigência do contrato 3. relativas a alterações contratuais 3.1. Mútuo 3.2. Crédito Franchising 250, Crédito Restauração 4. Comissão de recuperação de valores em dívida 5. relativas a atos administrativos 4,00% 12,00 / 150,00 Notas 7, Declarações/documentos com reconhecimento 7,50 Emolumentos 17,50 notarial de assinaturas 5.2. Declaração de dívida para efeitos judiciais, outros 50,00 ou encargos de dívida 6. Comissão de processamento de prestação 3,00 mensal 36,00 Nota 8 7. Falta de elementos contabilísticos 200,00 200,00 8. Emissão de 2ª via do contrato 25,00 9. Comissão de reembolso antecipado parcial 9.1. Mútuo 9.2. Crédito Franchising 2,00% 50,00 / Notas 9, Crédito Restauração no termo do contrato 10. Comissão de deslocação de representante do Banco BIC 11. Comissão de reembolso antecipado total 100, Mútuo Crédito Franchising 2,00% 50,00 / Notas 9, Crédito Restauração 12. Declaração de dívida/distrate 100,00 imposto do selo pela utilização de crédito, sobre o respetivo valor, em função do Crédito de prazo < 1 ano: 0,04%; Crédito de prazo 1 ano e < 5 anos: 0,50%; Crédito de prazo 5 anos: 0,60%, por mês ou fração. Outras despesas associadas As despesas notariais ficam a cargo do Cliente. Nota Geral Nota 8 Nota O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Comissão cobrada no início do ato do protesto. Comissão cobrada no início do ato da reforma. Comissão percentual aplicada sobre o valor do efeito. Cobrança efetuada em outubro, sempre que até ao último dia útil de julho, o Cliente não tenha entregue os elementos contabilísticos referentes ao ano anterior. Comissão cobrada de acordo com o número de deslocações realizadas (ida e volta) independentemente do número de contratos realizados pelo Cliente. Comissão percentual aplicada sobre o montante financiado. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. Aplicável em função da periodicidade da cobrança da prestação. Por exemplo, no caso dos Mútuos, se a prestação for trimestral, serão cobrados 9,00. Comissão percentual aplicada sobre o montante reembolsado antecipadamente. As amortizações devem ser solicitadas com uma antecedência mínima de 10 (dez) dias úteis. DL 58/2013, de 8 de maio, art. 9º, nº 5: "Quando a prestação vencida e não paga exceder ,00 (cinquenta mil euros), para além dos juros moratórios, a comissão a cobrar pela recuperação de valores em dívida não pode exceder 0,5% do valor da referida prestação, considerando-se, na parte em que a exceda, reduzida a esse limite máximo, não sendo aplicáveis os limites previstos nos números anteriores." Comissão de organização e montagem de projetos de financiamento, a aplicar sobre o montante da operação. Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Outros Clientes - Pág. 5 /19

56 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) Outros créditos (cont.) Crédito Hipotecário Espaços Comerciais Financiamento à Construção 1. Comissão de processo 1.1. Espaços comerciais 1.2. Financiamento à construção 7. Comissão de reembolso antecipado parcial 7.1. Espaços comerciais 7.2. Financiamento à construção 8. Comissão de processamento de prestação 8.1. Espaços comerciais 8.2. Financiamento à construção Valor Anual 150,00 Nota 8 0,50% 100,00 / Notas 3, 8 Notas 9, 10 Euros (Mín/Máx) iniciais 1,00 mensal 3,00 mensal 12,00 36,00 2. Comissão de avaliação 2.1. Moradias e frações autónomas habitacionais ou não habitacionais 160, Armazéns, edifícios e terrenos para construção, com área bruta de construção: < 500 m 2 200, m 2 e < m 2 300, m 2 e < m 2 500, m Terrenos rústicos, com área total de terreno: 800,00 < 500 m 2 150, m 2 e < m 2 200, m 2 e < m 2 300, m 2 500, Imóveis especiais (Hóteis, herdades, lares, postos de combustível e outros imóveis em regime de exploração), com área bruta de construção: < 500 m 2 500, m 2 e < m 2 800, m 2 e < m , m ,00 3. Comissão de vistoria Por vistoria Moradias e frações autónomas habitacionais ou não habitacionais 80, Armazéns, edifícios e terrenos para construção, com área bruta de construção: < 500 m 2 50, m 2 e < m 2 75, m 2 e < m 2 125, m 2 200, Imóveis especiais (Hóteis, herdades, lares, postos de combustível e outros imóveis em regime de exploração), com área bruta de construção: < 500 m 2 125, m 2 e < m 2 200, m 2 e < m 2 250, m 2 300,00 4. Comissão de dispensa de registos provisórios 4.1. Espaços comerciais 50, Financiamento à construção 100,00 5. Comissão de conversão/efetivação de registos 5.1. Espaços comerciais 50, Financiamento à construção 80,00 6. Comissão de preparação/formalização de escritura/minutas de escritura 65,00 3 durante a vigência do contrato 3,00% Taxa variável ou fixa. Notas 6, 12 Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Outros Clientes - Pág. 6 /19

57 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) Outros créditos (cont.) Euros Valor (Mín/Máx) Anual Crédito Hipotecário (cont.) Espaços Comerciais Financiamento à Construção 9. Comissão de recuperação de valores em dívida 10. relativas a atos administrativos 4,00% 12,00 / 150,00 Notas 4, Declarações/documentos com reconhecimento notarial de assinaturas 7,50 Emolumentos 17, Declaração de dívida simples (dívida ou valor da prestação) 50, Declaração de dívida detalhada Declaração de dívida - efeitos judiciais, imposto sucessório ou reembolso de IVA 50, Declaração para troca de seguradora Extinção de procurações irrevogáveis 25,00 Com emissão declaração particular 80,00 Revogação em notário público Revogação em notário privado 11. Comissão relativas a alterações contratuais 90, Financiamento à construção 12. Falta de elementos contabilísticos 50,00 200,00 200, Comissão de deslocação de representante do Banco BIC 14. Comissão de reembolso antecipado total Espaços comerciais Financiamento à construção 15. Comissão por encerramento Financiamento à construção Créditos com Garantia Hipotecária Crédito hipotecário multifinalidades no termo do contrato 3,00% 100,00 iniciais 1. Comissão de abertura 0,50% 100,00/ 2. Comissão de formalização 0,50% 7 3. Comissão de avaliação Notas 9, Moradias e frações autónomas habitacionais ou não habitacionais 160, Armazéns, edifícios e terrenos para construção, com área bruta de construção: < 500 m 2 200, m 2 e < m 2 300, m 2 e < m 2 500, m Terrenos rústicos, com área total de terreno: 800,00 < 500 m 2 150, m 2 e < m 2 200, m 2 e < m 2 300, m 2 500, Imóveis especiais (Hóteis, herdades, lares, postos de combustível e outros imóveis em regime de exploração), com área bruta de construção: < 500 m 2 500, m 2 e < m 2 800, m 2 e < m , m ,00 4. Comissão de vistoria Por vistoria Moradias e frações autónomas habitacionais ou não habitacionais 80, ,00 Taxa variável ou fixa. Notas 6, 7 Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Outros Clientes - Pág. 7 /19

58 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) Outros créditos (cont.) Euros Valor (Mín/Máx) Anual Créditos com Garantia Hipotecária (cont.) Crédito hipotecário multifinalidades 4.2. Armazéns, edifícios e terrenos para construção, com área bruta de construção: < 500 m 2 50, m 2 e < m 2 75, m 2 e < m 2 125, m 2 200, Imóveis especiais (Hóteis, herdades, lares, postos de combustível e outros imóveis em regime de exploração), com área bruta de construção: < 500 m 2 125, m 2 e < m 2 200, m 2 e < m 2 250, m 2 5. Comissão de dispensa de registos provisórios 6. Comissão de conversão/efetivação de registos 300,00 100,00 80,00 durante a vigência do contrato 7. Falta de elementos contabilísticos 8. Declaração de dívida para efeitos judiciais, outros ou encargos de dívida 200,00 50,00 200,00 9. Declaração para troca de seguradora 10. Extinção de Procurações Irrevogáveis 25, Com emissão declaração particular Revogação em notário público 80, Revogação em notário privado 11. Comissão de processamento de prestação 12. Comissão de recuperação de valores em dívida 13. Comissão de reembolso antecipado parcial 4,00% 2,00% 90,00 3,00 mensal 12,00 / 150,00 50,00/ 36,00 Notas 4, 14 no termo do contrato 14. Comissão de deslocação de representante do Banco BIC 100, Comissão de reembolso antecipado total 16. Comissão de emissão de distrate de hipoteca 2,00% 50,00/ 100,00 Outras despesas associadas 1. Despesas com a celebração do contrato de crédito As despesas notariais ficam a cargo do Cliente. 61,50 A cobrar no momento da formalização do contrato. 5 Nota Geral Nota 8 Nota 9 0 O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Cobrança efetuada em outubro, sempre que até ao último dia útil de julho, o Cliente não tenha entregue os elementos contabilísticos referentes ao ano anterior. Comissão cobrada de acordo com o número de deslocações realizadas (ida e volta) independentemente do número de contratos realizados pelo Cliente. Comissão percentual aplicada sobre o montante financiado. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. Aplicável em função da periodicidade da cobrança da prestação. Por exemplo, no caso dos Mútuos, se a prestação for trimestral, serão cobrados 9,00. Comissão percentual aplicada sobre o montante reembolsado antecipadamente. As amortizações devem ser solicitadas com uma antecedência mínima de 10 (dez) dias úteis. Comissão devida pelo Cliente à data de aprovação do empréstimo, podendo ser cobrada na data do contrato. Não aplicável em caso de recusa de operação. No caso de processo com empréstimo para habitação/espaços comerciais e empréstimos Multifinalidades em simultâneo, apenas é devida uma comissão. Comissão cobrada independentemente da concessão do crédito e debitada no momento da adjudicação. Inicial ou outras avaliações que sejam solicitadas. A avaliação tem a validade de 1 (um) ano. Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Outros Clientes - Pág. 8 /19

59 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) Outros créditos (cont.) No caso de frações habitacionais ou não habitacionais, por cada fração adicional do mesmo artigo matricial, acresce 20% sobre o preço indicado. As amortizações devem ser solicitadas com uma antecedência mínima de 7 (sete) dias úteis. Aplicável a Crédito Hipotecário - Espaços Comerciais. DL 58/2013, de 8 de maio, art. 9º, nº 5: "Quando a prestação vencida e não paga exceder ,00 (cinquenta mil euros), para além dos juros moratórios, a comissão a cobrar pela recuperação de valores em dívida não pode exceder 0,5% do valor da referida prestação, considerando-se, na parte em que a exceda, reduzida a esse limite máximo, não sendo aplicáveis os limites previstos nos números anteriores." Valor referente a uma compra e venda e mútuo com hipoteca na modalidade Documento Particular Autenticado (DPA), com inclusão do depósito de documentos. Os valores indicados poderão ser alterados caso a contratação seja realizada em Cartório Notarial, ou ainda em atos de complexidade acrescida. Comissão aplicada aos créditos para construção ou obras ou empréstimos que pressupõem a libertação do capital por tranches. Esta comissão é cumulativa com a comissão inicial de avaliação e é cobrada após a contratação do empréstimo, sendo aplicada por cada vistoria efetuada para validação da realização da construção/obra. O número de vistorias a realizar depende da duração e complexidade da construção/obra, sendo em média realizadas 5. Comissão aplicável a operações de elevada complexidade. É cobrada sobre o montante contratado no início do contrato. Euros Valor (Mín/Máx) Anual Leasing Mobiliário e Leasing de Equipamentos iniciais 1. Comissão de contratação 2. Comissão por legalização de viaturas usadas 200,00 100,00 durante a vigência do contrato 3. Comissão de processamento de prestação 4. Comissão de reembolso antecipado parcial 4,00% 150,00 / 5. Cessão de posição contratual 150,00 6. Comissão relativa a alterações contratuais 150,00 7. Comissão de recuperação do ativo 200,00 8. Comissão com tratamento de prémios de seguro em incumprimento 25,00 9. Comissão de emissão de 2ªs. vias 50, Informações (GNR, PSP, Brisa, etc.) e multas 10, Comissão de recuperação de valores em dívida 4,00% 12,00 / 150, Comissão por contratos de sublocação 100, Comissão por emissão de declarações diversas 50,00 no termo do contrato 14. Comissão por legalização de viaturas 100,00 Nota Comissão de reembolso antecipado total 4,00% 150,00 / Outras despesas associadas Despesas de legalização Legalização de viatura em caso de: Fusão Alteração contratual de bem financiado Cedência de posição contratual 130,00 162,50 195,00 Custo de extinção de reserva 32,50 Alteração de dados 35,00 Multa de registo inicial (DAV) Multa de declaração de compra Multa de declaração de venda Multa de reconhecimento de contratos 55,00 97,50 65,00 65,00 Comunicações: consulte o Folheto de e Despesas - subsecção Outros Serviços (telecomunicações, declarações e outros serviços). Nota Geral 1,00 mensal 12,00 O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. O prazo da operação não pode exceder o prazo de vida útil do bem. Nota 8 Cobrada em simultâneo com a renda. valor do seguro em incumprimento Notas 6, 7 Nota 9 0 despesa efetiva do serviço Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Outros Clientes - Pág. 9 /19

60 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) Outros créditos (cont.) Nota 8 Nota 9 0 A cobrar aquando da assinatura do contrato de cessão de posição contratual. o reembolso das comissões de recuperação em que o Banco BIC venha a incorrer. O Cliente deve avisar o Banco com a antecedência mínima de 30 (trinta) dias, através de comunicação em papel ou noutro suporte duradouro. Aplicável nos casos de alienação do bem financiado a terceiro, e quando a viatura é financiada com reserva de propriedade registada a favor de terceiros. Aplicável nos casos de contratos de locação de viaturas, em que o reconhecimento excede os 60 (sessenta) dias. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. DL 58/2013, de 8 de maio, art. 9º, nº 5: "Quando a prestação vencida e não paga exceder ,00 (cinquenta mil euros), para além dos juros moratórios, a comissão a cobrar pela recuperação de valores em dívida não pode exceder 0,5% do valor da referida prestação, considerando-se, na parte em que a exceda, reduzida a esse limite máximo, não sendo aplicáveis os limites previstos nos números anteriores." a despesa efetiva de legalização. Aplicável em situações de sublocação do equipamento/imóvel financiado a uma 3ª (terceira) entidade. Aplicável no caso de emissão de declarações a pedido do Cliente, nomeadamente: desinteresse no seguro, alteração de seguradora, emissão de 2ª via de chaves, alteração de dados da viatura, declaração de utilização de equipamento/viatura no estrangeiro. Euros (Mín/Máx) Leasing Equipamentos Aplicável a créditos migrados da BPN Crédito. iniciais 1. Comissão de financiamento (Não incluídas nas mensalidades) Comissão de dossier 166,67 2. Comissão de transferências para pagamento a fornecedores estrangeiros Valor Anual 52,85 Conta bancária 8,34 Financeiras 125,00 6. Pedidos de 2ª via Extratos Contratos Faturas/Recibos Outros documentos 7. Declaração de regularização de dívida 8. Informações a terceiros 9. Devoluções 8,34 20,84 8,34 41,67 16,67 50,00 Cheques Transferências 17,50 4,17 no termo do contrato 10. Comissão de reembolso antecipado total Comissão de liquidação antecipada 50% da taxa estabelecida Encargos administrativos 11. Declarações 125,00 Regularização de dívida Liquidado/Finalizado 16,67 8,34 durante a vigência do contrato 3. Comissão de reembolso antecipado parcial Comissão de liquidação antecipada 50% da taxa estabelecida Encargos administrativos 125,00 4. Comissão de processamento de prestação 1,00 5. relativas a alterações contratuais Cedência de posição contratual 125,00 Fora de comercialização Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Outros Clientes - Pág. 10 /19

61 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) Outros créditos (cont.) Outras despesas associadas Despesas de legalização Legalização de viatura em caso de: Fusão Alteração contratual de bem financiado Cedência de posição contratual 130,00 162,50 195,00 Custo de extinção de reserva 32,50 Alteração de dados 35,00 Multa de registo inicial (DAV) Multa de declaração de compra Multa de declaração de venda Multa de reconhecimento de contratos 55,00 97,50 65,00 65,00 Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. É permitida a amortização total, sendo o valor a antecipar calculado com base numa taxa de atualização a definir pelo Banco, não inferior a 90% da taxa estabelecida no contrato. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. Aplicável ao novo mutuário/locatário. Aplicável apenas em solicitações adicionais. Aplicável nos casos de alineação do bem financiado a terceiro, e quando a viatura é financiada com reserva de propriedade registada a favor de terceiros. Aplicável nos casos de contratos de locação de viaturas, em que o reconhecimento excede os 60 (sessenta) dias. Euros Valor (Mín/Máx) Anual Leasing Imobiliário iniciais 1. Comissão de avaliação 1.1. Moradias e frações autónomas habitacionais ou não habitacionais 160, Armazéns, edifícios e terrenos para construção, com área bruta de construção: < 500 m 2 200, m 2 e < m 2 300, m 2 e < m 2 500, m Terrenos rústicos, com área total de terreno: < 500 m 2 800,00 150, m 2 e < m 2 200, m 2 e < m 2 300, m 2 500, Imóveis especiais (Hóteis, herdades, lares, postos de combustível e outros imóveis em regime de exploração), com área bruta de construção: < 500 m 2 500, m 2 e < m 2 800, m 2 e < m , m ,00 2. Comissão de vistoria Por vistoria Moradias e frações autónomas habitacionais ou não habitacionais 80, Armazéns, edifícios e terrenos para construção, com área bruta de construção: < 500 m 2 50, m 2 e < m 2 75, m 2 e < m 2 125, m 2 200,00 Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Outros Clientes - Pág. 11 /19

62 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) Outros créditos (cont.) Euros Valor (Mín/Máx) Anual Leasing Imobiliário (cont.) 2.3. Imóveis especiais (Hóteis, herdades, lares, postos de combustível e outros imóveis em regime de exploração), com área bruta de construção: < 500 m 2 125, m 2 e < m 2 200, m 2 e < m 2 250, m 2 3. contratuais 300,00 Valor pedido/financiamento ,00 Valor pedido/financiamento > e 600, Valor pedido/financiamento > Relocações 0,15% 800,00 durante a vigência do contrato 4. Comissão de deslocação de representante do Banco BIC 100,00 5. Comissão de processamento de 1,00 prestação mensal 12, relativas a alterações contratuais Cessão da posição contratual Alterações financeiras Aumentos de financiamento 7. Comissão de reembolso antecipado parcial 8. Comissão de recuperação de valores em dívida 9. Comissão de recuperação do ativo 10. Comissão por contratos de sublocação 11. Comissão por emissão de declarações diversas 12. Comissão de reembolso antecipado total Outras despesas associadas 4,00% 4,00% 800,00 150,00 800,00 12,00 / 150,00 200,00 100,00 50,00 0 no termo do contrato 4,00% Notas 7, 8 Emolumentos por Reconhecimento Notarial de Assinatura: 18 + IVA (Por cada reconhecimento que contenha a menção de qualquer circunstância especial na qualidade de procurador sócio-gerente e com poderes para o ato). Comunicações: consulte o Folheto de e Despesas - subsecção Outros Serviços (telecomunicações, declarações e outros serviços). Nota 9 Nota Geral Nota 8 Nota 9 O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. O prazo da operação não pode exceder o prazo de vida útil do bem. Comissão cobrada independentemente da concessão do crédito e debitada no momento da adjudicação. Comissão cobrada de acordo com o número de deslocações realizadas (ida e volta) independentemente do número de contratos realizados pelo Cliente. Os reembolsos antecipados parciais de capital são permitidos em qualquer momento do contrato nos termos préestabelecidos e desde que efetuados em data coincidente com os vencimentos das prestações e mediante pré-aviso de 30 (trinta) dias. A percentagem é calculada sobre o capital amortizado ou preço da compra antecipada. Serão cobradas ao cessionário as comissões referidas no ponto comissões contratuais deste preçário. o reembolso das comissões de recuperação em que o Banco BIC venha a incorrer. Comissão cobrada no caso de bens recuperados e relocados a outro locatário. Comissão cobrada ao novo locatário. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. DL 58/2013, de 8 de maio, art. 9º, nº 5: "Quando a prestação vencida e não paga exceder ,00 (cinquenta mil euros), para além dos juros moratórios, a comissão a cobrar pela recuperação de valores em dívida não pode exceder 0,5% do valor da referida prestação, considerando-se, na parte em que a exceda, reduzida a esse limite máximo, não sendo aplicáveis os limites previstos nos números anteriores." Aplicável em situações de sublocação do equipamento/imóvel financiado a uma 3ª (terceira) entidade. Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Outros Clientes - Pág. 12 /19

63 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) Outros créditos (cont.) Aplicável no caso de emissão de declarações a pedido do Cliente, nomeadamente: desinteresse no seguro, alteração de seguradora, declaração de alteração de licença de utilização do imóvel, declaração de condomínio, declaração de reavaliação de imóveis. No caso de frações habitacionais ou não habitacionais, por cada fração adicional do mesmo artigo matricial, acresce 20% sobre o preço indicado. Aplicável em função da periodicidade da cobrança da prestação. Se, por exemplo, a prestação for trimestral, serão cobrados 3,00. Comissão aplicada aos créditos para construção ou obras ou empréstimos que pressupõem a libertação do capital por tranches. Esta comissão é cumulativa com a comissão inicial de avaliação e é cobrada após a contratação do empréstimo, sendo aplicada por cada vistoria efetuada para validação da realização da construção/obra. O número de vistorias a realizar depende da duração e complexidade da construção/obra, sendo em média realizadas 5. Euros Valor (Mín/Máx) Anual Crédito Automóvel iniciais 1. Comissão de abertura 1,00% 100,00 / durante a vigência do contrato 2. relativas a alterações contratuais 3. Comissão de recuperação de valores em dívida 4. relativas a atos administrativos 4,00% 250,00 12,00 / 150,00 Notas 3, Declarações/documentos com reconhecimento 7,50 Emolumentos 17,50 notarial de assinaturas 4.2. Declaração de dívida para efeitos judiciais, outros 50,00 ou encargos de dívida 5. Comissão de processamento de prestação 3,00 mensal 36,00 6. Falta de elementos contabilísticos 200,00 200,00 7. Emissão de 2ª via do contrato 25,00 8. Comissão de reembolso antecipado parcial 2,00% 50,00 / Notas 5, 6 no termo do contrato 9. Comissão de reembolso antecipado total 10. Declaração de dívida/distrate 2,00% 50,00 / 100,00 Notas 5, 6 imposto do selo pela utilização de crédito, sobre o respetivo valor, em função do Crédito de prazo < 1 ano: 0,04%; Crédito de prazo 1 ano e < 5 anos: 0,50%; Crédito de prazo 5 anos: 0,60%, por mês ou fração. Outras despesas associadas m as despesas com registo de hipoteca e transferência de propriedade. Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Cobrança efetuada em outubro, sempre que até ao último dia útil de julho, o Cliente não tenha entregue os elementos contabilísticos referentes ao ano anterior. Comissão cobrada apenas se a proposta de crédito for aprovada e incide sobre o montante financiado. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. Aplicável em função da periodicidade da cobrança da prestação. Por exemplo, no caso dos Mútuos, se a prestação for trimestral, serão cobrados 9,00. Comissão percentual aplicada sobre o montante reembolsado antecipadamente. As amortizações devem ser solicitadas com uma antecedência mínima de 10 (dez) dias úteis. DL 58/2013, de 8 de maio, art. 9º, nº 5: "Quando a prestação vencida e não paga exceder ,00 (cinquenta mil euros), para além dos juros moratórios, a comissão a cobrar pela recuperação de valores em dívida não pode exceder 0,5% do valor da referida prestação, considerando-se, na parte em que a exceda, reduzida a esse limite máximo, não sendo aplicáveis os limites previstos nos números anteriores." Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Outros Clientes - Pág. 13 /19

64 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) Crédito Automóvel Aplicável a créditos migrados da BPN Crédito. 1. Comissão de financiamento Não Incluidas nas mensalidades Valor Anual Comissão de dossier (viaturas novas) 168,27 Viaturas nacionais e importadas 312,50 Incluidas nas mensalidades Comissão de dossier (viaturas novas) 168,27 Viaturas nacionais e importadas 336,54 2. Serviços administrativos Ativação de matrícula 41,67 durante a vigência do contrato 3. Comissão de reembolso antecipado parcial Comissão de liquidação antecipada Encargos administrativos 4. Comissão de processamento de prestação 5. relativas a alterações contratuais Comissão de liquidação antecipada Encargos administrativos 90% a 100% da taxa estabelecida Euros (Mín/Máx) 125,00 90% a 100% da taxa estabelecida 11. Declarações Regularização de dívida 16,67 Liquidado/Finalizado 8,34 Bem financiado Conta bancária Financeiras Cedência de posição contratual Data de vencimento da mensalidade Suspensão do pagamento da mensalidade 6. relativas a atos administrativos 125,00 8,34 125,00 125,00 20,83 20,83 Extinção de reserva (2ª via) Declaração de venda (2ª via) Documento único (2ª via) Modelo 9 (2ª via) Extratos (2ª via) Faturas/Recibos (2ª via) Contratos (2ª via) Outros documentos 7. Declaração de regularização de dívida 8. Informações a terceiros 9. Devoluções 41,67 41,67 41,67 41,67 8,34 8,34 20,84 41,67 16,67 50,00 Cheques Transferências 17,50 4,17 no termo do contrato 10. Comissão de reembolso antecipado total iniciais 2,03 mensal 24,36 125,00 Fora de comercialização Notas 5, 6 Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Outros Clientes - Pág. 14 /19

65 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) Outros créditos (cont.) Outras despesas associadas Despesas de legalização Legalização de viatura em caso de: Fusão Alteração contratual de bem financiado Cedência de posição contratual Custo de extinção de reserva Alteração de dados Multa de registo inicial (DAV) Multa de declaração de compra Multa de declaração de venda Multa de reconhecimento de contratos 130,00 162,50 195,00 32,50 35,00 55,00 97,50 65,00 65,00 Nota 8 Nota Geral Nota 8 O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. O valor da Despesa de Legalização da Viatura é suportado pela instituição. É permitida a amortização total, sendo o valor a antecipar calculado com base numa taxa de atualização a definir pelo Banco, não inferior a 90% da taxa estabelecida no contrato. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. despesas de legalização da viatura. Aplicável ao novo mutuário/locatário. Aplicável apenas em solicitações adicionais. Aplicável nos casos de alineação do bem financiado a terceiro, e quando a viatura é financiada com reserva de propriedade registada a favor de terceiros. Aplicável nos casos de contratos de locação de viaturas, em que o reconhecimento excede os 60 (sessenta) dias. Euros Valor (Mín/Máx) Anual Locação financeira ou ALD com opção ou obrigação de compra e leasing de viaturas pesadas, semi-reboques e tratores agrícolas Fora de comercialização Aplicável a créditos migrados da BPN Crédito. iniciais 1. Comissão de financiamento (Não Incluidas nas mensalidades) Comissão de dossier (viaturas novas) 166,67 Viaturas nacionais 300,00 Viaturas importadas 345,84 Viaturas adicionais ao contrato 30,00 durante a vigência do contrato 2. Comissão de reembolso antecipado parcial Comissão de liquidação antecipada 50% da taxa estabelecida Encargos administrativos 3. Comissão de processamento de prestação 125,00 2,03 mensal 24,36 4. relativas a alterações contratuais Conta bancária Cedência de posição contratual Financeiras 5. relativas a atos administrativos 8,34 125,00 125,00 Notas 5, 6 Declaração de venda (2ª via) Documento único (2ª via) Modelo 9 (2ª via) Extratos (2ª via) Contratos (2ª via) 41,67 41,67 41,67 8,34 20,84 Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Outros Clientes - Pág. 15 /19

66 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) Outros créditos (cont.) Euros Valor (Mín/Máx) Anual Locação financeira ou ALD com opção ou obrigação de compra e leasing de viaturas pesadas, semi-reboques e tratores agrícolas (cont.) Aplicável a créditos migrados da BPN Crédito. durante a vigência do contrato Outros documentos Faturas/Recibos (2ª via) Informações a terceiros Identificação dos locatários 6. Declaração de regularização de dívida 7. Informações a terceiros 41,67 8,34 50,00 8,34 16,67 50,00 8. Devoluções Cheques 17,50 Transferências 4,17 9. Comissão de reembolso antecipado total Comissão de liquidação antecipada Encargos administrativos 10. Declarações Regularização de dívida Ato Registo On-Line (averbamento) Liquidado/Finalizado 90% a 100% da taxa estabelecida 125,00 16,67 50,00 8,34 Fora de comercialização Outras despesas associadas Despesas de legalização Legalização de viatura em caso de: Fusão Alteração contratual de bem financiado Cedência de posição contratual Custo de extinção de reserva Alteração de dados Multa de registo inicial (DAV) Multa de declaração de compra Multa de declaração de venda 130,00 162,50 195,00 32,50 35,00 55,00 97,50 65,00 Multa de reconhecimento de contratos 65,00 Nota 8 Nota 9 Nota Geral Nota 8 Nota 9 O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. O valor da Despesa de Legalização da Viatura é suportado pela instituição. Aplicável nos casos em que o contrato diz respeito a mais do que uma viatura. Este valor é cobrado por cada viatura adicional. É permitida a amortização total, sendo o valor a antecipar calculado com base numa taxa de atualização a definir pelo Banco, não inferior a 90% da taxa estabelecida no contrato. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. Aplicável ao novo mutuário/locatário. despesas de legalização da viatura. Aplicável apenas em solicitações adicionais. Aplicável nos casos de alineação do bem financiado a terceiro, e quando a viatura é financiada com reserva de propriedade registada a favor de terceiros. Aplicável nos casos de contratos de locação de viaturas, em que o reconhecimento excede os 60 (sessenta) dias. Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Outros Clientes - Pág. 16 /19

67 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) Outros créditos (cont.) Valor Anual Leasing Imobiliário Aplicável a créditos migrados da BPN Crédito. Fora de comercialização iniciais 1. Comissão de financiamento (não Incluida na mensalidade) Comissão de dossier 416,67 2. Avaliação do imóvel até de eté a partir de ,20% 416,67 458,34 / 5.000,00 3. Comissão de vistoria Por vistoria. Nota Moradias e frações autónomas habitacionais ou não habitacionais 80,00 Nota 8 < 500 m 2 125, m 2 e < m 2 200, m 2 e < m 2 250, m 2 4. Deslocação técnicos (escrituras) 300,00 / 500,00 durante a vigência do contrato 5. Comissão de reembolso antecipado parcial Comissão de liquidação antecipada 2,00% Encargos administrativos 833,34 7. relativas a alterações contratuais Conta bancária Financeiras Euros (Mín/Máx) 3.2. Armazéns, edifícios e terrenos para construção, com área bruta de construção: < 500 m 2 50, m 2 e < m 2 75, m 2 e < m 2 125, m 2 200,00 6. Comissão de processamento de prestação 8,34 8. Cedência de posição contratual 9. Cancelamento de hipotecas 833,34 75, Pedidos de 2ª via Extratos 8,34 Contratos 100, Declarações Regularização de dívida Informações a terceiros Específica 16,67 50,00 25,00 / 500, Devoluções Cheques 17,50 Transferências 4,17 no termo do contrato 13. Comissão de reembolso antecipado total Comissão de liquidação antecipada 2,00% Notas 4, 5 Encargos administrativos 833, Declarações Regularização de dívida 16,67 Liquidado/Finalizado 8,34 1,00 mensal 12,00 833,34 / 1.500, Imóveis especiais (Hóteis, herdades, lares, postos de combustível e outros imóveis em regime de exploração), com área bruta de construção: Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Outros Clientes - Pág. 17 /19

68 10. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) Entrada em vigor: 08-jul-2015 Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória Outros créditos (cont.) Nota 8 Nota 9 Aplicável ao novo mutuário/locatário. Mediante pré-aviso de 90 (noventa) dias de calendário à instituição de crédito mutuante. Taxa a deduzir à TAN do contrato para atualização do valor das rendas vincendas e do valor residual. Aplica-se o IVA à taxa em vigor aos contratos com renúncia à isenção. Aplicável apenas em solicitações adicionais. Comissão cobrada independentemente da concessão do crédito e debitada no momento da adjudicação. No caso de frações habitacionais ou não habitacionais, por cada fração adicional do mesmo artigo matricial, acresce 20% sobre o preço indicado. Comissão aplicada aos créditos para construção ou obras ou empréstimos que pressupõem a libertação do capital por tranches. Esta comissão é cumulativa com a comissão inicial de avaliação e é cobrada após a contratação do empréstimo, sendo aplicada por cada vistoria efetuada para validação da realização da construção/obra. O número de vistorias a realizar depende da duração e complexidade da construção/obra, sendo em média realizadas 5. Euros Valor (Mín/Máx) Anual Factoring (preçário para clientes com contratos celebrados antes do dia 6 de out. 2014) 0 iniciais 1. Comissão de abertura e renovação 0,25% 100,00 / 250,00 sobre o limite de factoring contratado durante a vigência do contrato 2. Comissão de gestão e cobrança sobre cada fatura/nota de 2,00% 5,00 / 3. Comissão de prorrogação de crédito débito cedida 4. Análise de devedor (sem recurso) 25,00 / 5. Análise de devedor (com recurso) 50,00 / Factoring (preçário para clientes com contratos celebrados a partir de 06 de out inclusive) iniciais 1. Comissão de dossier Montante ,00% Montante > ,50% 400,00 / 5.000, Comissão de montagem da operação 300,00 durante a vigência do contrato 2. Comissão de gestão e cobrança 3. Comissão de renovação 0,10% / 4,00% 10,00 / 300,00 / 500,00 4. Recomissionamento comissão em vigor para o contrato 5. Comissão sobre documentos não cedidos comissão em vigor para o contrato / devedor 6. Notificação do devedor 7. Devolução de documento 50,00 10,00 8. Comissão de comunicação de divergências/ 20,00 /alteração dos parâmetros iniciais da fatura 9. Comissão de processamento manual/documento 5, relativas a alterações contratuais Emissão de aditamento/alterações contratuais 200,00 / 300,00 Rescisão do contrato 750,00 Desnotificação Prorrogação no vencimento do contrato 11. relativas a cheques 0,10% / 4,00% 100,00 Cheque devolvido Reapresentação de cheque devolvido Adiamento de cheques/substituição de cheques 12. Pedidos de 2ª via 40,00 20,00 20,00 Documentos Extratos Contratos 10,00 25,00 50, Comissão de encerramento/venda de carteira 1.000,00 / Comissão de encerramento/venda da carteira 0,50% 5.000,00 Comissão de venda de um devedor da carteira 0,50% 250,00 / 14. Outras comissões Comissão de emissão de documento para empresas de auditoria e ROCs 75,00 Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Outros Clientes - Pág. 18 /19

69 Entrada em vigor: 08-jul OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) Outros créditos (cont.) Euros Valor (Mín/Máx) Anual Gestão de Pagamento a Fornecedores (GPF) (preçário para clientes com contratos celebrados 1 1. Comissão de processamento de remessa 0,25% incide sobre o montante da remessa 2. Remessa s/ ficheiro 2,50 por registo Gestão de Pagamento a Fornecedores (GPF) (preçário para clientes com contratos celebrados a partir de 06 de out. iniciais 1. Comissão de dossier 1.1. Comissão de montagem da operação 0,15% 400,00 / 5.000,00 300,00 durante a vigência do contrato 2. Comissão de gestão (a cargo do grande devedor) 8,00% 3. Comissão de renovação 300,00 4. Rescisão do acordo de colaboração 500,00 5. Inclusão de fornecedor 6. Aditamento contratual/alterações financeiras 100,00 300,00 7. Comissão de processamento OP manual 50,00 8. Comissão de processamento manual/documento 5,00 9. Comissão de confirmação de créditos (solicitação/automático) 0,10% / 4,00% 10. Comissão de comunicação de divergências/ /alteração dos parâmetros iniciais da fatura 11. Comissão de não antecipação de pagamento a fornecedores Comissão de liquidação (a cobrar ao grande devedor/por aviso de pagamento) Montante ,00 Montante > Comissão de não antecipação 0,10% / 4,00% 50,00 15,00 Outras despesas associadas do Selo sobre o Valor do Crédito Utilizado e em função do prazo deste (custo a suportar pelo Cliente após a utilização do Crédito em caso de prorrogação, aplica-se o novo prazo): até 1 ano (por cada mês ou fração): 0,04%; de 1 a 5 anos: 0,5%; igual ou superior a 5 anos: 0,6%. Crédito utilizado sob a forma de Conta Corrente ou qualquer outra forma em que o prazo não seja deteminado ou determinável, sobre a média mensal obtida através da soma dos saldos em dívida apurados diariamente, durante o mês, divididos por 30 (trinta): 0,04%. Nota 8 Nota 9 Nota Geral Nota 8 Nota O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Aplicável no caso de processo aprovado, com contrato emitido, mas não formalizado. Debitada 60 (sessenta) dias após a data de emissão do contrato. Incide sobre a faturação cedida, no caso de ultrapassada a data de vencimento das faturas. Aplicável no caso de cessões de créditos com mais de 15 (quinze) documentos. Aplicável no caso de denúncia antes do termo legal do contrato. Aplicável no caso de contratos pontuais e contratos continuados sem lugar a renovação. Incide sobre o montante total da carteira. Comissão calculada nos termos contratuais, sobre o montante antecipado, ponderada pelo prazo entre a data de antecipação e data de vencimento e ou liquidação, sendo que o valor indicado é o limite máximo cobrado. Incide sobre o montante da ordem de pagamento. A cargo do grande devedor, aquando do processamento do pagamento das faturas, quando o fornecedor não pretende a antecipação das mesmas. A cargo do grande devedor quando, após confirmação da fatura, o fornecedor não pretende a antecipação da mesma. Incide sobre o montante a transferir. Preçário em vigor até 8 de dez A partir do dia 9 de dez. 2014, aplicar-se-á o preçário Factoring (preçário para Clientes com contratos celebrados a partir de 06 de out inclusive). Preçário em vigor até 8 de dez A partir do dia 9 de dez. 2014, aplicar-se-á o preçário Gestão de Pagamento a Fornecedores (preçário para Clientes com contratos celebrados a partir de 06 de out inclusive). Banco BIC Português, SA Operações de Crédito / Outros Clientes - Pág. 19 /19

70 Entrada em vigor: 21-abr CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (OUTROS CLIENTES) Cartões de crédito Designação do cartão Redes onde o cartão é aceite 1. BIC Classic (Débito Diferido) Redes Visa e Multibanco 2. Cartão ANPME (Débito Diferido) () Redes Visa e Multibanco 3. BIC Gold (Débito Diferido) Redes Visa e Multibanco 4. BIC Business Redes Visa e Multibanco 1.º ano 1. Anuidades 1.º Titular Outros Titulares Anos seguintes 1.º ano Anos seguintes 15,00 (Euros) 2. Emissão de cartão 10,00 15,00 15,00 (urg. 25,00) 15,00 50,00 50,00 3. Substituição de cartão () 10,00 (urg. 25,00) 17,50 (urg. 25,00) 17,50 60,00 60,00 60,00 60,00 (urg. 25,00) do Selo sobre comissões cobradas: 4,00%. 4. Inibição do cartão 5. Pagamento devolvido 6. Comissão de recuperação de valores em dívida 4% 12,00 / 150,00 4% 12,00 / 150,00 4% 12,00 / 150,00 4% 12,00 / 150,00 () 7. Por utilização acima do limite de crédito Condições de isenção Notas 1, 2 Nota Geral Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de 3 (três) por cento que acresce à taxa de juro remuneratória. Vertente de débito diferido. O fecho de extrato é efetuado no dia 28 de cada mês, que coincide com a data de emissão do extrato seguinte. Nessa data, o Banco BIC procederá ao débito automático do saldo integral em dívida, na Conta à Ordem associada. Estes cartões pressupõem uma linha de crédito associada. Isenção das anuidades para 2 titulares, quando associado à Conta BIC Mais. Não aplicável nos casos em que a substituição do cartão se fique a dever a razões não inputáveis ao cliente, designadamente a substituição do cartão por falhas do sistema, extravio nos correios, captura em ATM por avaria e a motivada pelo desbloqueio do cartão, por terem cessado as razões que o determinaram, nomeadamente, segurança do mesmo, suspeita da sua utilização não autorizada ou fraudulenta. DL 58/2013, de 8 de maio, art. 9º, nº 5: "Quando a prestação vencida e não paga exceder ,00 (cinquenta mil euros), para além dos juros moratórios, a comissão a cobrar pela recuperação de valores em dívida não pode exceder 0,5% do valor da referida prestação, considerando-se, na parte em que a exceda, reduzida a esse limite máximo, não sendo aplicáveis os limites previstos nos números anteriores." Exclusivo para associados da ANPME (Associação Nacional das Pequenas e Médias Empresas) Cartões de débito Designação do cartão Redes onde o cartão é aceite 1. BIC Electron Redes Visa e Multibanco 1.º ano 1. Anuidades 1.º Titular Outros Titulares Anos seguintes (Euros) 1.º ano Anos seguintes 2. Emissão de cartão 15,00 15,00 15,00 15,00 3. Substituição de cartão () 15,00 (urg. 25,00) do Selo sobre comissões cobradas: 4,00%. 4. Inibição do cartão Notas 1, 2, 3 Condições de isenção Vertente de débito imediato. Todas as transações efetuadas são imediatamente debitadas na Conta à Ordem associada. Isenção das anuidades para 2 titulares, quando associado à Conta BIC Mais e Conta BIC Sénior. Isenção da 1ª anuidade para cartões contratados até 31 de março de 2014 (inclusivé). Banco BIC Português, SA Cartões de Débito e Crédito / Outros Clientes - Pág. 1 /3

71 Entrada em vigor: 21-abr CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (OUTROS CLIENTES) Cartões de débito (cont.) Não aplicável nos casos em que a substituição do cartão se fique a dever a razões não inputáveis ao cliente, designadamente a substituição do cartão por falhas do sistema, extravio nos correios, captura em ATM por avaria e a motivada pelo desbloqueio do cartão, por terem cessado as razões que o determinaram, nomeadamente, segurança do mesmo, suspeita da sua utilização não autorizada ou fraudulenta Operações com cartões Tipo de cartão Débito Imediato Débito Diferido Crédito Designação do cartão BIC Electron 1. Levantamentos a débito Levantamentos na EEE em euros, coroa sueca e leus romenos (Notas 1, 2, 3) Levantamentos no resto do mundo (Notas 2, 3) 2. Levantamentos a crédito - "Cash advance" Levantamentos na EEE em euros, coroa sueca e leus romenos (Notas 1, 2, 3) Levantamentos no resto do mundo (Notas 2, 3) 3. Compras Pagamentos em postos de abastecimento de combustíveis na EEE em euros, coroa sueca e leus romenos (Notas 1, 2, 3, 4) Pagamentos na EEE em euros, coroa sueca e leus romenos (Notas 1, 2, 3) Pagamentos no resto do mundo (Notas 2, 3) Balcão ATM Balcão ATM Balcão ATM Balcão ATM 3,00 + 0,33% sobre montante do Selo sobre comissões cobradas: 4,00%. Legenda: ATM - Caixa Automático (Automated Teller Machine ). POS - Terminal de Pagamento Automático (Point of Sale ). EEE - Espaço Económico Europeu POS 0,50 POS POS Isento BIC Classic / Cartão ANPME / BIC Gold 2,50 + 3,33% sobre montante 1,50 + 3,33% sobre montante 3,50 + 3,33% sobre montante 2,50 + 3,33% sobre montante BIC Business Abrange as operações realizadas nas moedas referidas e nos seguintes países: - 19 da zona Euro (Alemanha, Áustria, Bélgica, Chipre, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Portugal); 9 da União Europeia (Bulgária, Croácia, Dinamarca, Hungria, Polónia, Reino Unido, República Checa, Roménia e Suécia) e 3 do EEE - espaço económico europeu (Islândia, Liechtenstein, Noruega). As transações efetuadas noutra moeda que não o euro, são convertidas em dólares norte americanos, quando a moeda utilizada não for essa, e posteriormente em euro. A taxa média de câmbio aplicada será a praticada nas três principais praças cambiais mundiais e calculada pela VISA Internacional. Sobre cada transação efetuada fora do espaço económico europeu (EEE) em qualquer moeda ou dentro do EEE se a moeda utilizada for diferente do euro, coroa sueca ou leu romeno, como compensação dos custos de intermediação, processamento, comunicações e risco associado, incidirá, ainda, uma taxa de processamento - IPF (international Processing Fee) no montante máximo de 1,7% do valor da operação e a taxa de conversão/isaf - International service assessement fee de 1% às quais acresce o do Selo de 4%. Aplicável em transações efetuadas com cartão de crédito/débito diferido em postos de abastecimento de combustíveis. Banco BIC Português, SA Cartões de Débito e Crédito / Outros Clientes - Pág. 2 /3

72 Entrada em vigor: 21-abr CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (OUTROS CLIENTES) Outros serviços com cartões Cartão de Débito Diferido BIC Classic Cartão de Débito Diferido ANPME Cartão de Débito Diferido BIC Gold Euros (Min/Máx) Cartão de Crédito BIC Business Cartão de Débito BIC Electron 1. Pedido de listagens de movimentos SIBS 1.1. Por pedido 15, Por dia adicional 0,60 2. Fotocópias de faturas nacionais ou internacionais 8,00 3. Pedido de envio de 2ª via de extrato - Cartões Débito Diferido e de Crédito 3.1. Extrato de Conta Cartão 8, Extrato Individual 8,50 4. Produção urgente 25,00 5. Desvio de PIN ou Cartão 5,00 6. Emissão 2ª via de PIN 3,50 7. Encargos de cobrança contenciosa - Cartões Débito Diferido e de Crédito 100,00 Outras condições Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, de 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Inclui um dia de movimentos. Quando o Cliente entra em Contencioso (60 dias após o 1º incumprimento). Banco BIC Português, SA Cartões de Débito e Crédito / Outros Clientes - Pág. 3 /3

73 Entrada em vigor: 02-jun CHEQUES (OUTROS CLIENTES) Requisição e entrega de módulos de cheque Máquina de REQUISIÇÃO Balcão Internet ATM Cheques ENTREGA 1. Cheque Cruzado 1.1. À ordem - Com data de validade Balcão Correio Balcão Correio Balcão Correio Balcão Correio Outras condições Nº de cheques: 10 6,00 4, Nº de cheques: 22 com duplicado Nº de cheques: 49 com duplicado Nº de cheques: 148 com duplicado Nº de cheques: 496 com duplicado em contínuo 13,00 9,00 9,00 30,00 20,00 70,00 210, Não à ordem - Com data de validade Nº de cheques: 10 5,50 3, Nº de cheques: 22 com duplicado Nº de cheques: 49 com duplicado Nº de cheques: 148 com duplicado Nº de cheques: 496 com duplicado em contínuo 11,00 25,00 2. Cheque não Cruzado 2.1. À ordem - Com data de validade 50,00 175,00 18,00 6,60 do Selo de 4,00% sobre comissões cobradas, acrescido de 0,05 por cada cheque emitido Nº de cheques: 10 10,00 6, Nº de cheques: 22 com duplicado Nº de cheques: 49 com duplicado Nº de cheques: 148 com duplicado Nº de cheques: 496 com duplicado em contínuo 20,00 55,00 110,00 300, Não à ordem - Com data de validade 13, Nº de cheques: 10 8,50 5, Nº de cheques: 22 com duplicado 15,00 9, Nº de cheques: 49 com duplicado 40,00 Banco BIC Português, SA Cheques / Outros Clientes - Pág. 1 /4

74 Entrada em vigor: 02-jun CHEQUES (OUTROS CLIENTES) Requisição e entrega de módulos de cheque (cont.) REQUISIÇÃO ENTREGA 2. Cheque não Cruzado (cont.) Nº de cheques: 148 com duplicado Nº de cheques: 496 com duplicado em contínuo 3. Outros tipos de cheques 3.1. Cheque bancário 3.2. Cheque visado 3.3. Cheques personalizados (inclui Carta Cheque) Balcão Balcão Correio Máquina de Cheques Balcão Correio 90,00 200,00 Balcão Internet Correio do Selo de 4,00% sobre comissões cobradas, acrescido de 0,05 por cada cheque emitido. Balcão ATM Correio 30,00 30,00 165,00 Outras condições Nos cheques bancários e cheques visados aplica-se IVA à taxa legal de 23% no Continente, 18% nos Açores e 22% na Madeira. Nos cheques personalizados aplica-se do Selo de 4,00% sobre comissões cobradas, acrescido de 0,05 por cada cheque emitido. Oferta de módulo(s) de cheques: Novos Clientes - 1º módulo de 22 cheques; Conta BIC Mais - 1 módulo de 10 cheques cruzados por semestre; Conta BIC Sénior - 1 módulo de 10 cheques cruzados por ano civil. As ofertas não são acumuláveis e não dispensam o pagamento do do Selo de 0,05 por cada cheque emitido. Por cada múltiplo de 500 cheques. o custo variável de produção ao qual é aplicável IVA à taxa de 23%. Banco BIC Português, SA Cheques / Outros Clientes - Pág. 2 /4

75 Entrada em vigor: 02-jun CHEQUES (OUTROS CLIENTES) Outros serviços com cheques 1. Utilizadores de risco 1.1. Devolução de Cheque - a cobrar ao depositante 1.2. Devolução de Cheque - a cobrar ao sacador 1.3. Notificação para regularização de cheque 1.4. Regularização de cheque 1.5. Notificação de rescisão da convenção de cheque 1.6. Pedido de Remoção/Anulação da lista de utilizadores de risco 1.7. Pedido de Celebração de uma nova convenção de cheque 2. Outras operações sobre cheques 2.1. Devolução de cheques sobre OIC 2.2. Cheque pago por imperativo legal (cheques de valor igual ou inferior a 150,00 ) 2.3. Cheque pago sobre conta sem saldo disponível (cheques de valor superior a 150,00 ) Euros (Min/Máx) 25,00 25, Bloqueio/Cancelamento de cheque (por cheque) 20, Reapresentação de cheque 15, Fotocópia de cheque 10, Envio por carta registada 7,00 3. Gestão de Cheques Pré-Datados 3.1. Gestão/Entrega de cheques (por cheque) 2, Alteração da data de apresentação (por cheque) 10, Pedido de retirada de cheques (por cheque) 10, Cheques devolvidos - a cobrar ao depositante 12, Cheques devolvidos - a cobrar ao sacador 28,00 4. Negociação de Cheques sacados sobre o estrangeiro Notas 15, Por crédito em conta - salvo boa cobrança Notas 9, 10, Cheques em Euros 0,15% 10,00 / 90, Cheques em moeda estrangeira 0,15% 10,00 / 90, Por caixa (por operação) 1,00% 25,00 / 4.3. Regime de cobrança (por cheque) ,00 12, > 2.500,00 25, Devoluções (por cheque) Crédito em conta 20, Por caixa 20, Regime de cobrança 20, Traveller's Cheques da American Express 2,00% 7 5. Compra de Cheques emitidos no estrangeiro e sacados em Portugal 5.1. Sobre o Banco BIC - em M.E. 20, Sobre OIC - em M.E. 0,15% 10,00 / 90, Comissão de Processamento 20,00 6. Venda de Cheques emitidos sobre o estrangeiro 6.1. Cheques Bancários Emissão (por cheque) Por débito em conta 0,25% 15,00/ 250, Por caixa 15, Anulação (por cheque) 15, Stop Payment (por cheque) 35, Averiguações 20,00 12,00 28,00 12,50 50,00 15,00 100,00 100,00 Outras despesas associadas As despesas dos Correspondentes, de selagem e as despesas com telecomunicações ficam a cargo do Cliente. Comunicações: consulte subsecção Outros Serviços (telecomunicações, declarações e outros serviços). 25,00 Outras condições Nota 8 Banco BIC Português, SA Cheques / Outros Clientes - Pág. 3 /4

76 Entrada em vigor: 02-jun CHEQUES (OUTROS CLIENTES) Outros serviços com cheques (cont.) Nota Geral Revogação de cheque por apresentação fora do prazo ou revogação por justa causa: furto, roubo, extravio, coação moral, incapacidade acidental, falta ou vício na formação da vontade. Nota 8 Preçário a aplicar independentemente da entidade sacada. Nota 9 Por cheque, ou conjunto de cheques sacados sobre o mesmo emissor e emitidos na mesma moeda. 0 As situações para as quais não existem acordos de "Cash-Letter" só podem ser tomadas em regime de cobrança. 1 Os cheques emitidos em moeda diferente da do País sacado só podem ser tomados em regime de cobrança. 2 A data-valor aplicada na compra de cheques sobre a Alemanha, França, Espanha, Itália, Bélgica e Croácia é de 8 dias úteis, na compra de cheques sobre os restantes países da União Europeia a data-valor aplicada é de 10 dias úteis. 3 Apenas é possível comprar cheques sobre os EUA, Canadá, Reino Unido, Suíça e Dinamarca. A data-valor aplicada é de 8 dias úteis. A data-valor aplicada é de D+2 dias úteis, em que "D" corresponde ao dia da receção do aviso de crédito do Banco 4 estrangeiro. 5 A partir de 17/09/2013, o serviço compra/negociação de cheques em USD sacados sobre os EUA deixa de ser assegurado. Caso o Cliente o pretenda, os cheques poderão serão aceites e enviados diretamente ao Banco sacado através de remessa de exportação, não sendo assegurado um prazo limite para o seu pagamento. Será aplicado o preçário de cheques em regime de crédito após boa cobrança e as despesas no exterior ficam a cargo do Cliente. 6 7 O IVA é de 23% no Continente, 18% nos Açores e 22% na Madeira. Devolução de cheques por falta ou insuficiência de provisão. Por cada cheque regularizado no pedido de remoção da "Lista de Utilizadores de Risco". Por entidade notificada. Preçário a aplicar quer o pedido tenha sido feito junto do Banco BIC ou junto do Banco de Portugal. Valor cobrado por cheque pago a descoberto, cumulativamente com os juros devidos pelo descoberto gerado. Devolução de cheque pelos seguintes motivos: não compensável, falta de requisito principal, saque irregular, endosso irregular, cheque revogado - por justa causa, cheque revogado - apresentação fora do prazo, cheque apresentado fora do prazo, conta bloqueada, conta suspensa, conta encerrada, falta ou insuficiência de provisão, número de conta inexistente, número de cheque inexistente, cheque viciado. Serviço indisponível para cheques do Tesouro Americano. Serviço disponível para Clientes e não Clientes. Banco BIC Português, SA Cheques / Outros Clientes - Pág. 4 /4

77 Entrada em vigor: 02-jun TRANSFERÊNCIAS (OUTROS CLIENTES) Ordens de transferência Escalões Balcão Canal de receção da ordem de Transferência Telefone () C/ operador S/ Operador Internet ATM 1. Transferências Internas / Nacionais 1.1. Para conta domiciliada na própria Instituição de Crédito Com o mesmo ordenante e beneficiário Pontuais 0,00 0,00 0,00 0,00 Permanentes 0,00 0,00 0,00 0,00 Por registo Múltiplas Com ordenante e beneficiário distintos 0,00 0,00 Por registo Pontuais 1,20 1,00 0,00 0,00 Permanentes 0,60 0,50 0,00 0,00 Por registo Múltiplas 1,00 0,00 Por registo. Nota Para conta domiciliada noutra Instituição de Crédito Normais Com indicação de NIB ou IBAN e BIC Notas 3, 4, 5 Pontuais Permanentes Múltiplas < < < ,00 3,50 1,00 0,00 Notas 6, 12 15,00 12,00 5,00 3,50 3,00 1,00 0,00 Por registo. 2 12,00 9,00 5,00 Por registo 3,25 0,60 Por registo. 2 15,00 10,00 Por registo Urgentes Com indicação de NIB ou IBAN e BIC Notas 3, 4, 5 < ,00 Entrega até às 11h ,00 Via Target 2 (em real time) Qualquer montante 35,00 Nota 8 2. Transferências Transfronteiras / Internacionais - para conta domiciliada no estrangeiro (ordens emitidas) 2.1. Países SEPA e/ou Moedas abrangidas pelo regulamento europeu CE n.º 924/2009 (Euros, Coroa Sueca e Leu Romeno) Aplicam-se as comissões referidas no ponto Para conta domiciliada noutra instituição de crédito 2.2. Países não SEPA ou Moedas não abrangidas pelo regulamento europeu CE n.º 924/ Normais Com indicação de BIC e IBAN Por débito em conta 0,25% 0,25% 0,25% Mín.:20 ; Máx.: Sem indicação de BIC e IBAN Por débito em conta 0,25% 0,25% 0,25% Mín.:20 ; Máx.: Para Banco BIC Angola 7,50 0,25% 0,25% 3. Transferências Transfronteiras / Internacionais - de conta domiciliada no estrangeiro (ordens recebidas) 3.1. Países SEPA e/ou Moedas abrangidas pelo regulamento europeu CE n.º 924/2009 (Euros, Coroa Sueca e Leu Romeno) Normais Com indicação de BIC e IBAN 3.2. Países não SEPA ou Moedas não abrangidas pelo regulamento europeu CE n.º 924/ Normais Com indicação de BIC e IBAN Por débito em conta 7,50 Sem indicação de BIC e IBAN Por débito em conta 12,50 Para OIC 0,50% Mín.:15 ; Máx.:150. Notas 10,11 Do Banco BIC Angola 7,50 do Selo à taxa de 4,00% Banco BIC Português, SA Transferências / Particulares - Pág. 1 /3

78 Entrada em vigor: 02-jun TRANSFERÊNCIAS (OUTROS CLIENTES) Ordens de transferência (cont.) Outras despesas associadas Comunicações: consulte subsecção Outros Serviços (telecomunicações, declarações e outros serviços). Legenda SEPA - Área Única de Pagamentos em Euros (Single Euro Payments Area). Abrange os 28 países da União Europeia (Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Polónia, Portugal, Reino Unido, República Checa, Roménia e Suécia) e respetivos territórios ultramarinos (Gibraltar, Guadalupe, Guiana Francesa, Martinica, Mayotte, Reunião, São Bartolomeu, São Martinho, São Pedro e Miquelon), 3 países do Espaço Económico Europeu (Islândia, Liechtenstein, Noruega) e ainda a Suíça e o Mónaco. NIB - Número de Identificação Bancária / BIC - Código de Identificação Bancária da SWIFT / IBAN - Número de Identificação Bancária Internacional que é composto pelo Código do país + NIB. Regulamento CE 924/ Países aderentes: Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Gibraltar, Grécia, Guadalupe, Guiana Francesa, Holanda, Hungria, Irlanda, Islândia, Itália, Letónia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Martinica, Noruega, Polónia, Portugal, Reino Unido, Rep. Checa, Reunião, Roménia, Suécia. O Regulamento CE 924/2009 obriga a que as transferências tenham os requisitos abaixo: - Por débito em conta bancária; - Indicação do IBAN da conta beneficiária e do BIC SWIFT do banco do beneficiário; - Em, Coroa Sueca e Leu Romeno; - Em regime exclusivo de despesas partilhadas (SHA) entre o ordenador e o beneficiário. Nota 8 Nota O serviço de telefone só se encontra disponível para ENIs. Conta do ordenante e do beneficiário com todos os titulares distintos. Na ausência ou indicação de BIC/SWIFT ou IBAN inválidos acresce a comissão BIC/SWIFT ou IBAN inválidos de acordo com o preçário em vigor. Consulte o Folheto de Comissão e Despesas - Subsecção Outros serviços com transferências. O IBAN incorreto poderá originar um débito por parte do Banco de destino da transferência. Regime exclusivo de despesas partilhadas (SHA) - despesas do banco emitente por conta do ordenador e do banco pagador por conta beneficiário. Conta Ordenado XL, Conta Ordenado Privilégio 55, Conta Negócios, Conta Negócios Restauração e Conta BIC Sénior estão isentas da comissão nas transferências interbancárias nacionais normais pontuais efetuadas via BancoBIC Net (Internet e Telefone). Transferência com data-valor do próprio dia, desde que solicitada até às 11h30. Transferência com data-valor do próprio dia, desde que solicitada até às 13:00h. Países aderentes à plataforma TARGET2: Alemanha, Áustria, Bélgica, Chipre, Dinamarca, Eslovénia, Espanha, Estónia, França, Finlândia, Grécia, Holanda, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Polónia, Portugal e Reino Unido. Os Clientes com Protocolo têm um preçário exclusivo de 1,00 /registo para processamento de listagens efetuado centralmente, quando por qualquer motivo não é possível ao Cliente a emissão de um ficheiro. Comissão percentual sobre o montante da transferência. Instrução do ordenador ou a pedido do Banco. A Conta BIC Mais está isenta da comissão nas transferências interbancárias nacionais normais (pontuais, permanentes e múltiplas) efetuadas via BancoBIC Net. Banco BIC Português, SA Transferências / Particulares - Pág. 2 /3

79 Entrada em vigor: 02-jun TRANSFERÊNCIAS (OUTROS CLIENTES) Outros serviços com transferências 1. Pagamentos de Ordenados e Outros Pagamentos 1.1. Pagamento de ordenados Ficheiro (Conta BBIC) Ficheiro (Conta OIC) < Ficheiro (Conta OIC) Listagem (Conta OIC) < Listagem (Conta OIC) Outros pagamentos Ficheiro (Conta BBIC) Ficheiro (Conta OIC) < Ficheiro (Conta OIC) Listagem (Conta OIC) < Listagem (Conta OIC) Outros Serviços com Transferências Euros (Min/Máx) 0,20 2,50 15,00 Outras condições Por registo Por registo Por registo Por registo. Nota 9 Por registo. Nota 9 Por registo Por registo Por registo Por registo. Nota 9 Por registo. Nota Urgentes com data valor do próprio dia (Target 2) - Recebida 2.2. Urgentes com data valor do próprio dia (Target 2) - Devolvida 45, Despesas Domésticas Domiciliadas 2.4. Ordens de Pagamento Emitidas/Recebidas 20, Anulação de Ordens de Pagamento Emitidas/Recebidas 20, Devolução de transferências (emitidas) 10, BIC/SWIFT ou IBAN inválidos 15, Despesas de telecomunicações por mensagem SWIFT enviada 15, Cópia de mensagem SWIFT a pedido do cliente 5,00 3,25 15,00 0,30 2,50 15,00 3,25 15,00 Outras despesas associadas As despesas do correspondente, se as houver, serão a cargo do cliente. Comunicações: consulte subsecção Outros Serviços (telecomunicações, declarações e outros serviços). Nota Geral Nota 9 O IVA é de 23% no Continente, 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Pedidos de alteração, esclarecimento, devolução por parte do Cliente. Por iniciativa do Banco Beneficiário. As transferências internacionais (espaço SEPA) estão isentas. As transferências abrangidas pelo regulamento (CE) n.º924/2009, não são efetuadas por SWIFT. Os Clientes com Protocolo têm um preçário exclusivo de 1,00 /registo para processamento de listagens efetuado centralmente, quando por qualquer motivo não é possível ao Cliente a emissão de um ficheiro. Banco BIC Português, SA Transferências / Particulares - Pág. 3 /3

80 Entrada em vigor: 02-junho COBRANÇAS (OUTROS CLIENTES) Cobrança de efeitos comerciais 1. Letras 1.1. Entrada em carteira (domiciliado/não domiciliado) 1.2. Comissão de cobrança por efeito Domiciliados Sem protesto 0,50% Não domiciliados Sem protesto 1,00% (euros) Sem Despesas 2,50 5,00 / 100,00 Com Despesas 1.3. Devoluções - Comissão por efeito Domiciliado 0,50% Não domiciliado 1,00% 5,00 / 100,00 7,50 / 102, Emissão de instrumento a protesto Despesas de expediente por efeito 50, Desmaterialização no pagamento de efeitos Por aviso de quitação Por remessa de efeito 10,00 Outras condições Outras despesas associadas m sempre as despesas notariais e os portes originados pelas notificações a todos os intervenientes dos efeitos apresentados a protesto. Comunicações: consulte subsecção Outros Serviços (telecomunicações, declarações e outros serviços). Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Comissão aplicada aquando da liquidação do efeito. Em caso de mora e enquanto a mesma se mantiver, o Banco cobrará juros moratórios mediante a aplicação de uma sobretaxa anual de três por cento que acresce à taxa de juro remuneratória Emissão de instruções de cobrança (credor) (Euros) Escalões Listagem Suporte Magnético Ficheiro Banca Electronica Outras condições 1. Cobranças Internas (PS2) 1.1. Cliente devedor da mesma instituição 1,50 0,35 0,35 0,30 ; Por registo 2. Cobrança de Débitos Diretos - SEPA DD Core (2) e SDD 2.1. Cliente devedor da mesma instituição 2,00 0,35 0,35 ; 2.2. Cliente devedor de outra instituição 2,00 0,35 0,35 Por registo 3. Outros (registos inválidos) 3.1. Rejeição de registos 0,25 0,25 0,25 0,25 Por registo 3.2. Reversão de registos 0,50 0,50 0,50 0,50 Por registo 3.3. Cancelamento de registos 0,50 0,50 0,50 0,50 Por registo 3.4. Devolução / reembolso de registos 0,25 0,25 0,25 0,25 Por registo Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, 18% nos Açores e de 22% na Madeira. As ordens de pagamento através de listagem apenas serão efetuadas em situações de exceção, quando por qualquer motivo pontual, não seja possível ao Cliente emitir um ficheiro. SEPA DD: Core - Para cobranças a Clientes devedores, particulares ou empresas. A comissão sobre registos rejeitados, revertidos e cancelados, é cumulativa com a comissão do ponto 2.1 ou Outros serviços com cobranças Euros (Min/Máx) 1. Pagamento de Serviços e Compras 1.1. Adesão 1.250, Mensalidade 125, Comissão variável por transação 1,00% 0,09 / 1.4. Comissão fixa por transação sem Real-Time 0, Comissão fixa por transação com Real-Time 0,22 Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, 18% nos Açores e de 22% na Madeira. Outras condições Banco BIC Português, SA Cobranças / Outros Clientes - Pág. 1 /1

81 Entrada em vigor: 21-abr PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS (OUTROS CLIENTES) Compra e venda de notas estrangeiras Euros (Min/Máx) 1. Compra e venda de notas estrangeiras (exceto Kwanzas) 1.1. Negociação por caixa / Movimento em conta 2,00% 5,00 / 8, Para depósito em conta da ME da Nota (por operação) 0,50% 5,00 / 1.3. Para levantamento em conta da ME da,00% 8,00 / 60,00 2. Compra de Kwanzas 2.1. Movimento em conta 1,00% 5,00 / 3. Venda de Kwanzas 3.1. Movimento em conta 0,50% 5,00 / 0,50% 7,50 / 50,00 4. Troca de divisa estrangeira por outra divisa ou por euros, não associada a qualquer das restantes operações previstas em preçário 4.1. Movimento inter-contas Outras condições Notas 1, 2, 3, 4 Notas 1, 2, 4 Nota Geral O serviço de compra e venda de notas estrangeiras apenas se encontra disponível para Clientes. O valor a cobrar é convertido à taxa de câmbio do dia. Serviço disponível nas Agências do Banco BIC da Av. António Augusto de Aguiar (Lisboa), Av. Fontes Pereira de Melo (Lisboa), Av. da Liberdade (Lisboa), Av. da República (Lisboa), R. do Ouro (Lisboa), Cacém, Setúbal, Albufeira, Torres Vedras, Moagem (Leiria), Av. Fernão Magalhães (Coimbra), São José (Viseu), Braga, Aveiro, Passeio da Boavista (Porto), Rotunda da Boavista (Porto), Guimarães e aplicável apenas a novas notas de Kwanza, emitidas a partir de outubro de A compra de Kwanzas é exclusiva para Clientes que reúnam as seguintes condições, cumulativamente: - contratação obrigatória dos serviços BancoBIC Net; - documentos digitais; - subscrição de 2 dos seguintes produtos/serviços: Conta Vencimentos, Cobrança de Débitos Diretos, Pagamento de Ordenados, Fundos de Investimento, TPA Netpay, Canal Multibancário e 2 domiciliações de pagamentos (são consideradas domiciliações de pagamentos, as autorizações de débito direto na conta do Banco BIC decorrentes de pagamentos de bens ou serviços que resultem de contratos realizados com terceiros de caráter duradouro e periódico (mensal), como por exemplo: água, luz, gás, seguros, etc.). O Banco BIC reserva-se o direito de não efetuar transações de compra/venda de Kwanzas Garantias prestadas Euros (Min/Máx) 1. Garantias, Fianças e Avales 1.1. Prémio de garantia prestada Garantias 1st demand e s/ validade Outras garantias e fianças / 6,25% 30,00 / Avales / 6,75% 30,00 / 1.2. Emissão (despesas de expediente) 50, Alterações às instruções iniciais de garantias (despesas de alteração, inclui cancelamento/encerramento antecipado) 2. Declaração de capacidade financeira 2.1. Emissão de Declaração/"Letter of Undertaking" 100,00 3. Falta de elementos contabilísticos 200,00 Estão sujeitas a do Selo, em termos gerais, as garantias das obrigações qualquer que seja a sua natureza, nomeadamente a hipoteca, salvo quando sejam materialmente acessórias de contratos sobre os quais incida do Selo. Sobre o respetivo valor em função do prazo: Garantia de prazo < 1 ano:0,04%; Garantia de prazo 1 ano e < 5 anos: 0,50%; Garantia sem prazo ou de prazo 5 anos: 0,60% por mês ou fração. Outras despesas associadas As despesas dos nossos correspondentes são a cargo do Cliente. Comunicações: consulte o Folheto de e Despesas - subsecção Outros Serviços (telecomunicações, declarações e outros serviços). Nota Geral IS 3,00% Outras condições Trimestral / Fração O IVA é de 23% no Continente, 18% nos Açores e 22% na Madeira. Cobrança efetuada em outubro, sempre que até ao último dia útil de julho, o Cliente não tenha entregue os elementos contabilísticos referentes ao ano anterior. Banco BIC Português, SA Outros serviços / Outros Clientes - Pág. 1 /4 62,50

82 Entrada em vigor: 21-abr PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS (OUTROS CLIENTES) Outros serviços Outras Euros condições (Min/Máx) 1. Aluguer de cofres 1.1. Anuidades Tipo A - Volume: 14,1/13,8/14,4/15 dm 3 30,00 Tipo B - Volume: 20,7/22,4/23,9/28,8 dm 3 35,00 Tipo C - Volume: 27,6/30,8/32,8 dm 3 40,00 Tipo D - Volume: 41,4/47,5/50,6 dm 3 50,00 Notas 1, 2 Tipo E - Volume: 10,4 dm 3 25,00 Tipo F - Volume: 5,4/21,6 dm 3 30,00 Tipo G - Volume: 43,2 dm 3 45, Caução 60,00 IS 0,5% 2. Telecomunicações 2.1. Comunicações Telefonemas 2,50 Envio de fax 2,00 Fax nacional (em operações de estrangeiro) 5,00 Fax internacional (em operações de estrangeiro) 12,00 SWIFT (por SWIFT) 15,00 Cópia da mensagem Swift a pedido do Cliente 5, Portes de Correio Correio Nacional Normal 1,00 Azul 1,50 Registado 2,50 Azul registado 3,00 DHL e outros 20, Correio Estrangeiro Normal Europa/ UE 2,00 Normal resto do mundo 3,00 Azul normal 3,50 Azul registado 6,00 DHL - Europa e USA 25,00 DHL - Resto do mundo 40, Chaves telegráficas Processamento por cada chave pedida por Bancos Nacionais (por confirmação). Processamento por utilização do Banco para emissão de chave com outro correspondente a pedido de um Banco (por emissão). 10,00 3. Declarações 3.1. Reembolsos de IVA 75, Capacidade financeira 100, Regularização de responsabilidades em mora 50, Intervenção em garantias de Bancos estrangeiros prestadas a favor de Clientes do Banco BIC Comissão de processamento 20,00 Notas 6, 7 4. Prestação de informações 4.1. Sobre Clientes a seu pedido 15, Aos auditores - na Agência 75, Sobre responsabilidades (Finanças) 35,00 Por processo 4.4. Sobre processos de espólio 35,00 Banco BIC Português, SA Outros serviços / Outros Clientes - Pág. 2 /4

83 Entrada em vigor: 21-abr PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS (OUTROS CLIENTES) Outros serviços (cont.) Outras Euros condições (Min/Máx) 5. Terminais de Pagamento Automático (TPA/POS) 5.1. Aluguer Mensalidade TPA móvel GPRS 30,00 2 TPA fixo 12, Resolução de contrato de Aluguer 150, Aluguer Temporário - TPA móvel GPRS ( sem fio ) Até 30 dias 75,00 De 31 a 90 dias 150, Serviço de Acquiring Mensalidade 15, Resolução de contrato 120, Leasing Renda mensal TPA fixo ( com fio ) 23,00 Notas 13, 16 TPA móvel GPRS ( sem fio ) 29,95 Notas 12, Resolução por contrato de leasing 300, Comunicações TPA fixo - reverse charge 0, Taxa de Serviço ao Comerciante - TSC (Comissão por Transação) Acordo Multibanco 1,50% 0,05 / Acordo Visa/Mastercard a Débito 2,35% 0,15 / Acordo Visa/Mastercard a Crédito 2,95% 0,15 / Acordo VPAY 2, Emissão de cartão de supervisor (adicional/substituição) 5, Pedido de 2ª via de extrato Netpay 5,00 6. Canal Multibancário 6.1. Adesão 50, Mensalidade 15, Outros Serviços 7.1. Abonação de assinaturas 2, ª via de extratos e documentos 8, Fotocópia de documentos 5, Operações com seguro de crédito à exportação 75, Emissão de cartas para Assembleias Gerais 10, Recolha/Entrega de numerário a Clientes de retalho (Mensalidades) 1 vez por semana em dias úteis 72,53 2 vezes por semana em dias úteis 145,06 3 vezes por semana em dias úteis 217,59 Notas 8, 9 Todos os dias úteis 362,64 Todos os dias do ano 510,86 Notas 8, 9, Falta de elementos contabilísticos 200,00 8 Outras despesas associadas 1. Pedido de listagem de movimentos (custo cobrado pela SIBS, por pedido e em função do nº de dias de processamento) Por listagem de movimentos via Serviço de Regularização: 15,00 Por listagem de movimentos via Portal de Serviços SIBS: 7,50 Por dia de processamento: 0,06 2. Penalização por não devolução de equipamento ou devolução de equipamento deteriorado: 30 meses x valor da renda mensal. Banco BIC Português, SA Outros serviços / Outros Clientes - Pág. 3 /4

84 Entrada em vigor: 21-abr PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS (OUTROS CLIENTES) Nota Geral Nota 8 Nota O IVA é de 23% no Continente, 18% nos Açores e 22% na Madeira. Os cofres de aluguer encontram-se instalados nas Agências do Banco BIC na Av. da República (Lisboa), Cascais, Valença do Minho, Vilamoura e Cernache do Bonjardim. As anuidades são liquidadas no ato de aluguer. O Cliente pode optar pela liquidação em duas prestações, vencendo-se a segunda prestação 6 (seis) meses após o ato de aluguer. Caução cobrada no momento da formalização do contrato. Eventuais comissões cobradas pelo Banco de Portugal serão a cargo do Cliente. A estes valores deverão ser acrescidos portes / telecomunicações (Nacionais e Estrangeiras), quando a eles houver lugar. m as comissões de SWIFT e o respetivo do Selo, se aplicável. Pedidos de pagamento, alteração, prorrogação e cancelamento de garantia. Montante máximo por transporte: Até em notas e até 2 sacos de moedas de no máximo 15 Kg cada. Por cada conjunto de 2 sacos de moedas adicionais em cada serviço será cobrado o valor de 3,5. Recolhas aos fins-de-semana somente para Clientes em Zonas Urbanas de Lisboa, Porto, Coimbra, Faro e Funchal. O Cliente titular da Conta Netpay poderá beneficiar da bonificação na mensalidade dos TPA Netpay em regime de aluguer e com mensalidades a 15,00, em função do saldo médio mensal da Conta Netpay relativo ao mês anterior. Por cada ,00 de saldo médio mensal, o Cliente recebe uma bonificação de 50% na mensalidade de um terminal, ou seja: - saldo médio mensal < ,00 => bonificação de 0%; - saldo médio mensal ,00 e < ,00 => bonificação de 50% num TPA; - saldo médio mensal ,00 e < ,00 => bonificação de 100% num TPA; - saldo médio mensal ,00 e < ,00 => bonificação de 100% num TPA e 50% em mais 1 TPA; etc. As bonificações serão aplicadas no mês em análise (em função do saldo médio mensal do mês anterior) e por data de cobrança, não transitando para o período seguinte. Consulte Folheto de Comissão e Despesas - Subsecção 9.1. Depósitos à Ordem. Inclui manutenção total, consumíveis, comunicações e garantia de substituição do equipamento em caso de upgrade tecnológico. Inclui manutenção total, consumíveis e garantia de substituição do equipamento em caso de upgrade tecnológico. Inclui manutenção total, consumíveis e comunicações. Prestação única. Inclui manutenção total, consumíveis e comunicações. Não inclui aluguer de equipamento. Prazo de 5 anos com valor residual de 20,00 + IVA. No leasing, os valores apresentados correspondem à primeira renda a pagar. O valor da renda mensal será atualizado em função das alterações que vierem a ocorrer na Euribor a 3 meses, desde que o valor da variação, por uma vez ou acumulado, seja superior a 0,125% (1/8 ponto percentual). As atualizações referidas terão lugar no final de cada trimestre civil e produzirão efeito na renda imediatamente seguinte. Fora de subscrição. Disponível exclusivamente para contratos celebrados até 14/08/2009. Para novos contratos, aplica-se o regime de aluguer. Cliente pode optar pelo método direct charge e, nesse caso, o valor das comunicações é contratado com o operador de telecomunicações. Cobrança efetuada em outubro, sempre que até ao último dia útil de julho, o Cliente não tenha entregue os elementos contabilísticos referentes ao ano anterior. O custo mensal do serviço é cobrado por contrato. Banco BIC Português, SA Outros serviços / Outros Clientes - Pág. 4 /4

85 Entrada em vigor: 21-abr OPERAÇÕES COM O ESTRANGEIRO (OUTROS CLIENTES) Remessas documentárias Euros (Min/Máx) 1. Remessas de Importação 1.1. Despesas de expediente 15, Contra pagamento Contra aceite e devolução Contra aceite e pagamento 0,25% 50,00 / 250, Franco pagamento 1.2. Prorrogação, Alteração 17, Falta de aceite ou pagamento/manutenção - por mês ou fração 15, Protesto 100, Cheques em ME ou MN s/ contas abertas nos n/ livros ,00 12, > 2.500,00 25, Aviso de situação - Tracer 15,00 2. Remessas de Exportação 2.1. Despesas de expediente 25, Cobrança 2.3. Falta de aceite ou pagamento/manutenção - por mês ou fração 0,25% 50,00 / 250,00 12, Prorrogação, Devolução, Anulação, Franco Pagamento 2.4. Aviso de situação - Tracer 25,00 15,00 Outras condições Notas 1, 2 Notas 2, 3 Notas 2, 4 Notas 2, 5 Notas 2, 6 Notas 2, 7, 8 Notas 2, 3 Notas 2, 6 do selo pela utilização de crédito, sobre o respetivo valor, em função do prazo: - Crédito de prazo inferior a um ano: 0,04% por cada mês ou fração; - Crédito de prazo igual ou superior a um ano: 0,50%; - Crédito de prazo igual ou superior a cinco anos: 0,60%. Crédito de prazo indeterminado, sobre o respetivo valor, sobre a média mensal obtida através da soma dos saldos em dívida apurados diariamente, durante o mês, divididos por 30: 0,07%. Outras despesas associadas As despesas dos nossos correspondentes são a cargo do Cliente. Comunicações: consulte subsecção Outros Serviços (telecomunicações, declarações e outros serviços). Nota Geral Nota 8 O IVA é de 23% no Continente, 18% no Açores e de 22% na Madeira. Refere-se a Financiamentos (remessas à cobrança simples). As despesas dos correspondentes, de selagem e as despesas de telecomunicações poderão ser a cargo do Cliente. 30 dias após 1ª apresentação ou vencimento. Além das despesas de processamento, o custo efetivo do protesto fica a cargo do Cliente. Por cheque. Por tracer. Refere-se a Remessas ao abrigo de Desconto ou Abono. A comissão da cobrança é devida nas remessas em regime de cobrança ou adiantamento com ou sem envio de documentos para o estrangeiro. Banco BIC Português, SA Operações com o estrangeiro / Outros Clientes - Pág. 1 /5

86 Entrada em vigor: 21-abr OPERAÇÕES COM O ESTRANGEIRO (OUTROS CLIENTES) Créditos documentários Outras Euros condições (Min/Máx) 1. Créditos documentários de importação iniciais 1.1. Pré-Aviso Despesas de expediente 50, Comissão de abertura () º Trimestre 1,00% 100,00 / Notas 1, Meses seguintes (mês/fração) 0,30% 37,50 / Notas 1, Despesas de expediente 25,00 durante vigência do contrato 1.3. Prorrogação Comissão (mês/fração) 0,35% 37,50 / Notas 2, Despesas de expediente 25, Aumento de valor º Trimestre 1,00% 100,00 / Notas 2, Meses seguintes (mês/fração) 0,30% 25,00 / Despesas de expediente 25, Alterações Despesas de expediente 40, Aceite ou diferimento do prazo Comissão (mês/fração) 0,25% 75,00 / Notas 7, Despesas de expediente 25, Documentos com divergência 75,00 no termo do contrato 1.8. Pagamento Comissão 0,10% 75,00 / 250, Despesas de expediente 25, Anulações / Caducidade Despesas de expediente 40,00 2. Créditos documentários de exportação iniciais 2.1. Pré-Aviso 2.2. Notificação e/ou entrega 2.3. Confirmação 37,50 Notas 7, Por trimestre ou fração 0,25% 75,00 / Notas 1, 7, Despesas de expediente 25,00 Notas 7, Domiciliação (créditos não confirmados) Por trimestre ou fração 0,25% 75,00 / Notas 1, 7, Despesas de expediente 25,00 Notas 7, 9 durante vigência do contrato 2.5. Alteração (sem aumento do valor) Notas 4, 7, 9 37, Aumento de valor em créditos notificados Notas 7, Aumento de valor em créditos confirmados e domiciliados Por trimestre ou fração 0,25% 75,00 / Notas 3, 7, Despesas de expediente 25,00 Notas 7, Prorrogação Por trimestre ou fração - créditos confirmados/domiciliados 0,25% 75,00 / Notas 2, 7, 9 Banco BIC Português, SA Operações com o estrangeiro / Outros Clientes - Pág. 2 /5

87 Entrada em vigor: 21-abr OPERAÇÕES COM O ESTRANGEIRO (OUTROS CLIENTES) Créditos documentários (cont.) 2. Créditos documentários de exportação (cont.) Despesas de expediente - créditos 25,00 confirmados/domiciliados Notas 7, Despesas de expediente - créditos notificados 37, Transferência 0,25% 150,00 / Notas 1, 7, Despesas de expediente 20,00 Notas 7, Negociação Com recurso, à vista ou a prazo 0,25% 50,00 / 250, Despesas de expediente 15, Documentos com divergência 75,00 Notas 7, Cedência de direitos 125, Créditos negociados com OIC - manuseamento 45,00 no termo do contrato Pagamento Negociação sem recurso 0,25% 75,00 / Despesas de expediente 25,00 Notas 7, Aceite ou pagamento diferido (crédito a prazo confirmado ou domiciliado) Por mês ou fração 0,25% 75,00 / Notas 7, Despesas de expediente 25,00 Notas 7, Cancelamento ou caducidade 37,50 Notas 6, 7, 9 Outras despesas associadas Euros (Min/Máx) As despesas dos nossos correspondentes ficam a cargo do Cliente, se estipulado nas condições do crédito, ou se recusadas pelo beneficiário, de acordo com as regras e usos uniformes relativas aos créditos documentários. Comunicações: consulte subsecção Outros Serviços (telecomunicações, declarações e outros serviços). Outras condições Nota Geral Nota 8 Nota 9 O IVA é de 23% no Continente, 18% no Açores e de 22% na Madeira. A comissão será calculada sobre o montante máximo utilizável ao abrigo do crédito documentário, i.e., o seu montante acrescido de eventual percentagem prevista no crédito. A comissão incidirá sobre a parte não utilizada, i.e., o saldo em aberto, acrescido de eventual percentagem prevista no crédito. Se a prorrogação não ultrapassar o período sobre o qual já foi cobrada comissão, será considerada como simples alteração. A comissão será calculada sobre o montante do aumento acrescido de eventual percentagem prevista no crédito. Não envolvendo aumento de valor e/ou prorrogação. Esta comissão é apenas devida nos créditos a prazo, desde a data limite da última comissão cobrada até ao vencimento do mesmo. Aplicável quando a anulação/cancelamento seja pedida pelo Cliente. As despesas dos correspondentes são a cargo do Cliente, se estipulado nas condições do crédito, ou se recusadas pelo beneficiário, de acordo com as Regras e Usos Uniformes relativas aos Créditos Documentários. A taxa de juro a praticar é acordada com o Cliente, sendo aplicada ao período de financiamento, desde a data de pagamento aos correspondentes até à data-valor da liquidação pelo Cliente. Desde a data limite da última comissão até ao vencimento. A comissão poderá ser aumentada em função do risco do país e do Banco emissor da Carta de Crédito. Banco BIC Português, SA Operações com o estrangeiro / Outros Clientes - Pág. 3 /5

88 Entrada em vigor: 21-abr OPERAÇÕES COM O ESTRANGEIRO (OUTROS CLIENTES) Garantias prestadas sobre o estrangeiro Outras Euros condições (Min/Máx) 1. Garantias Emitidas iniciais 1.1. Garantia Prestada º trimestre ou fração / 9,25% 170,00 / Meses ou frações seguintes / 9,25% 120,00 / IS 3,00% Despesas de processamento 70,00 durante vigência do contrato 1.2. Aumento do valor Despesas de processamento 82, Prorrogação com validade estipulada Despesas de processamento 70, Alteração sem aumento de valor e/ou sem prorrogação 82, Cancelamento 82, Execução 1,00% 75,00 / 200, Garantias de terceiros 100, Aviso 50,00 2. Garantias Recebidas 2.1. Notificação 50, Alteração (inclui todo o tipo) 50, Telecomunicações (por mensagem) 15,00 3. Avales 3.1. Processamento de avales Cobrança por tranche trimestral ou fração / 9,75% 170,00 / Cobrança por tranche mensal ou fração / 9,75% 120,00 / IS 3,00% Despesas de processamento 70, Execução 1,00% 75,00 / 200,00 Outras despesas associadas As despesas dos correspondentes, de selagem e as despesas com telecomunicações ficam a cargo do Cliente. Comunicações: consulte subsecção Outros Serviços (telecomunicações, declarações e outros serviços). Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, 18% no Açores e de 22% na Madeira. Valor anual cobrado por tranches ou fração. Valor cobrado no momento da emissão da garantia e aquando do pagamento dos prémios. Banco BIC Português, SA Operações com o estrangeiro / Outros Clientes - Pág. 4 /5

89 Entrada em vigor: 21-abr OPERAÇÕES COM O ESTRANGEIRO (OUTROS CLIENTES) Outras operações sobre o estrangeiro Euros (Min/Máx) Outras condições Financiamentos à importação e exportação (FILIM/FEARE) iniciais 1. Abertura 1.1. Intervenção "Flat" / 3,875% 250,00 / 1.2. Garantia ou Risco Até 180 dias 2,00% 100,00 / De 181 a 360 dias 3,00% 100,00 / Superior a 360 dias 3,00% 250,00 / 1.3. Despesas de expediente 125,00 durante vigência do contrato 2. Prorrogação 2.1. Intervenção "Flat" / 3,875% 250,00 / 2.2. Garantia ou Risco Até 180 dias 2,00% 100,00 / De 181 a 360 dias 3,00% 100,00 / Notas 1, Superior a 360 dias 3,00% 250,00 / 2.3. Despesas de expediente 100,00 no termo do contrato 3. Liquidação 3.1. Despesas de expediente 50,00 do selo pela utilização de crédito, sobre o respetivo valor, em função do prazo: - Crédito de prazo inferior a um ano: 0,04% por cada mês ou fração; - Crédito de prazo igual ou superior a um ano e inferior a cinco: 0,50%; - Crédito de prazo igual ou superior a cinco anos: 0,60%. Nota Geral O IVA é de 23% no Continente, 18% no Açores e de 22% na Madeira. Comissão aplicável ao montante total do financiamento, a cobrar no início do mesmo. Comissão aplicável aos montantes do capital e juros em dívida, em cada período, a cobrar no início dos mesmos. Banco BIC Português, SA Operações com o estrangeiro / Outros Clientes - Pág. 5 /5

90 Preçário BANCO BIC PORTUGUÊS, SA Bancos Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de entrada em vigor: 4 de setembro de 2015 O Preçário completo do Banco BIC Português, S.A., contém o Folheto de e Despesas (que incorpora os valores máximos de todas as comissões bem como o valor indicativo das principais despesas) e o Folheto de Taxas de Juro (que contém informação relativa às taxas de juro representativas). O Preçário pode ser consultado nas agências e locais de atendimento ao público do Banco BIC Português, S.A., e em O Folheto de e Despesas pode ainda ser consultado no Portal do Cliente Bancário, em Preçário elaborado em cumprimento do disposto no Aviso n.º 8/2009. A informação sobre as condições de realização das operações de crédito é prestada ao abrigo do Decreto-Lei n.º 220/94, de 23 de agosto. Banco BIC Português, SA

91 Entrada em vigor: 04-set-2015 FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros Clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO Depósitos à ordem Depósitos à ordem Depósitos a prazo Depósitos a prazo 18 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 20 OPERAÇÕES DE CRÉDITO Crédito à habitação e contratos conexos Linhas de crédito e contas correntes Crédito pessoal Descobertos bancários Crédito automóvel Cartões de crédito Linhas de crédito e contas correntes Outros créditos Descobertos bancários Cartões de crédito Outros créditos a particulares Consulte a PARTE I. FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Banco BIC Português, SA

92 Entrada em vigor: 04-set CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) Depósitos à ordem Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) Regime Fiscal Contas à Ordem Conta à Ordem Conta à Ordem Emigrantes Conta Privilégio 55 Conta Cool Conta à Ordem com Futuro Conta Ordenado XL Conta BIC Mais com ou sem crédito de vencimento Conta BIC Sénior com ou sem crédito de vencimento Conta Ordenado Privilégio 55 Conta BIC Salário Internacional Conta à Ordem Massa Insolvente Conta à Ordem - Sucursal Financeira Exterior Madeira (SFE Madeira) - Fora de subscrição Conta de Serviços Mínimos Bancários (Conta de SMB) 1. Conta à Ordem Conta à Ordem Emigrantes Conta Privilégio 55 Conta à Ordem (SFE Madeira) Conta Cool Nota Geral Nota 8 Nota Conta à Ordem Massa Insolvente Conta BIC Sénior Conta BIC Salário Internacional Conta à Ordem com Futuro (Remuneração por tranches) Até 249,99 A partir de 250,00 Conta Ordenado XL (Remuneração por tranches) Até 2.499, ,00 Conta Ordenado Privilégio 55 (Remuneração por tranches) Até 2.499, ,00 0,10% 0,15% Conta BIC Mais com ou sem crédito de vencimento (Remuneração por tranches) Até 2.499, ,00 Arredondamento da taxa de juro: Não aplicável. Cálculo de juros: Base anual para cálculo de juros atual/360 dias. 0,10% IRS 28% IRS 28% Na Região Autónoma dos Açores, os juros passíveis de IRS são tributados à taxa de 22,4%. Notas 1, 2, 3, 7 Notas 1, 7 Notas 1, 2, 14 Notas 1, 2, 3, 15 Notas 1, 2, 7 Notas 1, 2, 8, 11, 12 Notas 1, 2, 11, 12, 13 Taxas de descoberto bancário: Consulte o Folheto de Taxas de Juro - Subsecção Descobertos bancários. Conta à ordem com subscrição exclusiva para clientes com idade igual ou superior a 55 anos. Clientes com idade entre os 0 e os 17 anos. Clientes com idade entre os 18 e os 25 anos. Montante mínimo de abertura de 25,00. Montante mínimo de abertura de 250,00. Montante mínimo de abertura de 350,00. Montante mínimo mensal correspondente ao vencimento mensal líquido (remuneração ou pensão de reforma), com um mínimo de 350,00. Períodicidade de juros: Trimestral. Cálculo de juros: diário e por tranches. Períodicidade de Juros: Mensal. Montante mínimo para crédito de juros líquidos: 1,50 (o crédito mensal de juros corresponde à soma dos juros apurados dia-a-dia e será creditado sempre que a soma prefaça um valor maior ou igual a 1,50 ). Notas 1, 2, 7 Conta à ordem sem montante mínimo de abertura e exclusiva para patrimónios de massa insolvente. Montante mínimo de abertura de 750,00. 0,15% Notas 1, 2, 5, 6 Montante mínimo de abertura: 250,00 sem crédito de vencimento e 350,00 com crédito de vencimento. Montante mínimo mensal: correspondente ao vencimento mensal líquido (remuneração ou pensão de reforma), com um mínimo de 350,00, no caso da Conta BIC Mais com crédito de vencimento. IRS 28% IRS 28% Notas 2, 4, 6, 9, 10 Notas 1, 2, 3, 8, 11, 12 Banco BIC Português, SA Taxas de Operações de Depósito / Particulares - Pág. 1 /8

93 Entrada em vigor: 04-set CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) Depósitos a prazo 1. Depósitos a taxa fixa - Depósitos a Prazo Simples 1.1. Depósitos a Prazo Tradicionais em EUR 7 a 30 dias 31 a 60 dias 61 a 91 dias 92 a 182 dias 183 a 273 dias 274 a 365 dias > 365 dias 274 a 365 dias de a ,99 de 500 a 4.999,99 de a ,99 de 500 a 4.999,99 de a ,99 a partir de de 500 a 4.999,99 de a ,99 de a ,99 a partir de de USD a USD de USD a USD Negociada 0,400% 0,700% de 500 a 4.999,99 0,600% de a ,99 de a ,99 a partir de Depósitos a Prazo Tradicionais em USD 31 a 60 dias 61 a 91 dias 92 a 182 dias 183 a 273 dias > 365 dias de 500 a 4.999,99 de a ,99 de a ,99 a partir de a partir de a partir de 500 de USD a USD a partir de USD de USD a USD de USD a USD de USD a USD de USD a USD a partir de USD a partir de USD de USD a USD de USD a USD Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) Negociada de 500 a 4.999,99 0,200% de a ,99 de a ,99 a partir de ,300% 0,400% Negociada 0,300% 0,500% de a ,99 0,600% de USD a USD a partir de USD a partir de USD a partir de USD 0,050% 0,100% 0,150% 0,400% 0,500% Negociada 0,500% 0,600% Negociada 0,700% 0,950% Negociada Negociada 0,200% 0,250% 0,300% 0,200% 0,250% 0,300% 0,550% 0,600% 0,650% 0,700% 0,750% 1,000% 0,800% 0,850% 1,100% Negociada Regime Fiscal IRS 28% IRS 28% Notas 1a, 1c, 3, 4, 5, 31, 32 Notas 1a, 1c, 3, 4, 5, 31, 32 Banco BIC Português, SA Taxas de Operações de Depósito / Particulares - Pág. 2 /8

94 Entrada em vigor: 04-set CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) Depósitos a prazo (cont.) Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) Regime Fiscal 1. Depósitos a taxa fixa - Depósitos a Prazo Simples (cont.) 1.3. DP BIC Net 15 dias 31 dias de 500,00 a 9.999,99 de 500,00 a 9.999,99 0,100% 0,300% de ,00 a ,00 de ,00 a ,00 0,150% 0,500% 92 dias de 500,00 a 9.999,99 0,600% de ,00 a ,00 0,900% IRS 28% Notas 1d, 3, 4, 6, 7, dias de 500,00 a 9.999,99 0,900% de ,00 a ,00 1,100% 365 dias de 500,00 a 9.999,99 1,100% de ,00 a ,00 1,400% 1.4. DP Performance dias de 2.500,00 a ,00 1,850% IRS 28% Notas 1a, 1f, 2, 3, 4, Nano-Micro DP 92 dias de 100,00 a ,00 0,500% 183 dias de 100,00 a ,00 0,750% IRS 28% Notas 1a, 1g, 4, 6, 9, 18, dias de 100,00 a ,00 1,000% 1.6. Conta Poupança Futuro 183 dias a partir de 250,00 1,000% 365 dias a partir de 250,00 1,250% IRS 28% Notas 1a, 1i, 4, 19, 26, Poupança Cool Constituições nas Agências 92 dias a partir de 250,00 0,500% IRS 28% Notas 1a, 1j, 4, 20, 26, 28, 31, 32 Constituições no BancoBIC Net 92 dias a partir de 250,00 0,750% IRS 28% Notas 1a, 1j, 4, 20, 26, 28, 31, DP Crescente 6 Meses 183 dias de 2.500,00 a ,00 TANB Média: 1,100% IRS 28% Notas 1a, 1k, 2, 3, 4, 10, DP Crescente 12 Meses 365 dias de 2.500,00 a ,00 TANB Média: 1,300% IRS 28% Notas 1a, 1b, 2, 3, 4, 11, DP Crescente 24 Meses 730 dias de 2.500,00 a ,00 TANB Média: 1,500% IRS 28% Notas 1a, 1b, 2, 3, 4, 12, Depósito Plus 183 dias de 5.000,00 a ,00 1,500% IRS 28% Notas 2, 3, 4, 6, 9, 35, 36, DP Mais Poupança de 500,00 a 2.499,99 0,500% 92 dias de 2.500,00 a ,99 0,750% de ,00 a ,99 0,800% IRS 28% Notas 1a, 1j, 4, 26, 30, 31, 32 a partir de ,00 0,900% Depósito BIC Mais 183 a 365 dias de 2.500,00 a ,00 1,150% IRS 28% Notas 1n, 3, 4, 26, 31, Depósito BIC Sénior de 2.500,00 a ,99 1,100% 365 dias de ,00 a ,99 1,250% IRS 28% Notas 1a, 1j, 26, 27, 31 a partir de ,00 1,400% Banco BIC Português, SA Taxas de Operações de Depósito / Particulares - Pág. 3 /8

95 Entrada em vigor: 04-set CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) Depósitos a prazo (cont.) Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) Regime Fiscal 1. Depósitos a taxa fixa - Depósitos a Prazo Simples (cont.) Conta Poupança Reformado de 183 a 273 dias de 274 a 365 dias a partir de 500,00 a partir de 500,00 1,000% 1,250% Juros isentos de IRS até ao valor fixado pela Lei OE (10.500,00 ). Juros do saldo remanescente passíveis de IRS 28% Notas 1a, 1c, 4, 15, 26, 29, 31, Conta Poupança Deficiente 183 a 273 dias 274 a 365 dias Conta Poupança Habitação c/ Futuro 7 a 30 dias > 365 dias a partir de 500, Conta Poupança Habitação 365 dias 365 dias 61 a 91 dias a partir de 500,00 a partir de 250,00 de a ,99 a partir de a partir de Conta Poupança Emigrante 1,000% 1,250% 0,900% 0,200% Negociada Negociada 0,700% Negociada 31 a 90 dias a partir de 500 0,600% Depósitos 91 a 180 dias a partir de 500 0,850% constituidos: até 181 a 270 dias a partir de 500 1,100% 31/12/2007, IRS Notas 1a, 1o, 4, 22, 23, 26, 29, 31, 271 a 364 dias a partir de 500 1,100% 11,5%; desde a 730 dias a partir de 500 1,100% 01/01/2008, IRS 28% > 730 dias a partir de 500 Negociada 0,100% IRS 28% 2. Depósitos a taxa fixa - Depósitos a Prazo Simples - Sucursal Financeira Exterior Madeira (Fora de Subscrição) 2.1. Depósitos a Prazo Tradicionais 31 a 60 dias 92 a 182 dias 183 a 273 dias a partir de 500,00 de a ,99 a partir de de a ,99 de a ,99 a partir de de a ,99 de a ,99 de a ,99 de a ,99 a partir de de a ,99 de a ,99 a partir de de a , a 365 dias de a ,99 a partir de ,900% 0,100% Negociada 0,300% 0,400% Negociada 0,400% 0,500% Negociada 0,500% 0,600% 0,600% 0,700% 0,950% Negociada 3. Depósitos a taxa fixa - Depósitos a Prazo Simples (Fora de Subscrição) 3.2. Conta Aforro 30 dias de 250,00 a 2.500,00 de 2.500,01 a ,00 de ,01 a ,00 0,050% 0,150% IRS 28% IRS 28% IRS 28% Notas 1a, 1c, 4, 16, 26, 29, 31, 32 Notas 1a, 1l, 4, 17, 26, 29, 31, 32 Notas 1a, 1l, 4, 17, 21, 26, 31, 32 Notas 1a, 1c, 3, 4, 5, 31, 32 IRS 28% Notas 1a, 1m, 4, 6, 9, 22, 24, 26 Banco BIC Português, SA Taxas de Operações de Depósito / Particulares - Pág. 4 /8

96 Entrada em vigor: 04-set CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) Depósitos a prazo (cont.) Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) Regime Fiscal 3. Depósitos a taxa fixa - Depósitos a Prazo Simples (Fora de Subscrição) (cont.) 3.3. DP Crescente Especial 24 Meses 730 dias a partir de 2.500,00 TANB Média: 3,500% IRS 28% 3.4. Conta 4 Estações de 500,00 a 2.499,99 0,250% de 2.500,00 a 4.999,99 0,500% 91 dias de 5.000,00 a ,99 0,600% IRS 28% de ,00 a ,99 0,700% a partir de ,00 0,750% 3.5. DP Rende dias a partir de 500,00 TANB Média: 3,300% IRS 28% 3.6. DP Promocional de 91 a 365 dias de a ,750% IRS 28% 3.7. DP Família 181 dias de 1.000,00 a ,00 0,850% IRS 28% 3.8. Depósito Volta a Portugal (2015) 365 dias de 5.000,00 a ,00 1,350% IRS 28% Notas 1a, 1b, 2, 4, 9, 14, 34 Notas 1a, 1p, 4, 22, 26, 28, 31, 32 Notas 1a, 1k, 2, 4, 9, 14, 25 Notas 1h, 3, 4, 26, 31, 32 Notas 1a, 1e, 4, 8, 9, 26 Notas 2, 3, 4, 6, 9, 33, 36, 37 Nota Geral a b c d Os juros do Depósito a Prazo são considerados rendimentos de capitais e são tributados por retenção na fonte, para as pessoas singulares residentes em território português, à taxa em vigor na data de vencimento do depósito, nesta data de 28% (22,4% no caso de rendimentos de depósitos auferidos por entidades fiscalmente residentes na Região Autónoma dos Açores), com caráter liberatório em sede de IRS. No caso de sujeitos passivos de IRC residentes ou estabelecidos em Portugal, os rendimentos de depósitos são sujeitos a retenção na fonte à taxa de 25% (17,5% no caso de rendimentos de depósitos auferidos por entidades fiscalmente residentes na Região Autónoma dos Açores). Os rendimentos de depósitos obtidos por não residentes sem estabelecimento estável em território português aos quais tais rendimentos sejam imputáveis estão sujeitos a IRS (pessoas singulares) por retenção na fonte à taxa de 28% ou IRC (pessoas coletivas) por retenção na fonte à taxa de 25%. A taxa de retenção na fonte corresponderá a 35% em todos os casos se os rendimentos forem pagos ou colocados à disposição em contas abertas em nome de um ou mais titulares mas por conta de terceiros não identificados, exceto quando seja identificado o beneficiário efetivo, caso em que se aplicam as regras gerais. A mesma retenção na fonte liberatória de 35% é aplicável quando os rendimentos em causa sejam pagos ou colocados à disposição de pessoas singulares ou coletivas não residentes sem estabelecimento estável em território português aos quais esses rendimentos sejam imputáveis e que estejam domiciliadas em país, território ou região sujeitas a um regime fiscal claramente mais favorável, constante da Portaria n.º 292/2011 de 08 de novembro. Mobilizações antecipadas parciais que reduzam o montante do depósito a prazo abaixo do mínimo de constituição implicam a sua liquidação e transferência para a Conta à Ordem. Se a mobilização antecipada parcial ou total do capital depositado ocorrer numa data de pagamento de juros, não haverá lugar a penalização de juros. Caso contrário, se a mobilização ocorrer: - Até ao 119.º dia do semestre, não serão pagos juros; - Até ao dia anterior ao vencimento do pagamento dos juros, será aplicada 25% da taxa desse semestre. Permite a mobilização antecipada parcial ou total do capital depositado, com penalização dos juros. Para prazos até 182 dias, se a mobilização ocorrer: - Até ao 119.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 120.º e o 181.º dia, será aplicada 25% da taxa do depósito; Para prazos superiores a 182 dias, se a mobilização ocorrer: - Até ao 119.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 120.º e o 272.º dia, será aplicada 25% da taxa do depósito; - Entre o 273.º e o 539.º dia, será aplicada 50% da taxa do depósito; - Entre o 540.º dia e a data da mobilização, será aplicada 75% da taxa do depósito. Não são aceites mobilizações parciais, pelo que a mobilização antecipada do depósito implica a sua liquidação e transferência para a Conta à Ordem, com penalização dos juros. Para os prazos de 15, 31 e 92 dias, se ocorrer mobilização, não serão pagos juros. Para o prazo de 183 dias, se a mobilização ocorrer: - Até ao 119.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 120.º e o 182.º dia, será aplicada 25% da taxa do depósito. Banco BIC Português, SA Taxas de Operações de Depósito / Particulares - Pág. 5 /8

97 Entrada em vigor: 04-set CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) Depósitos a prazo (cont.) d (cont.) e f g h i j k l m n Para o prazo de 365 dias, se a mobilização ocorrer: - Até ao 119.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 120.º e o 272.º dia, será aplicada 25% da taxa do depósito; - Entre o 273.º e o 364.º dia, será aplicada 50% da taxa do depósito. Permite a mobilização antecipada parcial ou total do capital depositado, com penalização dos juros. Se a mobilização ocorrer: - Até ao 89.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 90.º e o 149.º dia, será aplicada 50% da taxa do depósito; - Entre o 150.º e o 180.º dia, será aplicada 75% da taxa do depósito. Permite a mobilização antecipada parcial ou total do capital depositado, com penalização dos juros. Se a mobilização ocorrer: - Até ao 119.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 120.º e o 272.º dia, será aplicada 25% da taxa do depósito; - Entre o 273.º e o 539.º dia, será aplicada 50% da taxa do depósito; - Entre o 540.º dia e a data da mobilização, será aplicada 75% da taxa do depósito. Permite a mobilização antecipada parcial ou total do capital depositado, com penalização dos juros. Para prazos de 92 dias, em caso de mobilização antecipada, a penalização dos juros é total. Para prazos de 183 dias, se a mobilização ocorrer: - Até ao 119.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 120.º e o 182.º dia, será aplicada 25% da taxa do depósito; Para prazos de 366 dias, se a mobilização ocorrer: - Até ao 119.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 120.º e o 272.º dia, será aplicada 25% da taxa do depósito; - Entre o 273.º e o 365.º dia, será aplicada 50% da taxa do depósito. Em comercialização até 22/10/2012. Não são aceites mobilizações parciais, pelo que a mobilização antecipada do depósito implica a sua liquidação e transferência para a Conta à Ordem, com penalização dos juros. Para prazos entre 91 e 180 dias, se a mobilização ocorrer: - Até ao 29.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 30.º e o 59.º dia, será aplicada 25% da taxa do depósito; - Entre o 60.º e o 119.º dia, será aplicada 50% da taxa do depósito; - Entre o 120.º e o 179.º dia, será aplicada 75% da taxa do depósito. Para prazos entre 181 e 365 dias, se a mobilização ocorrer: - Até ao 89.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 90.º e o 149.º dia, será aplicada 50% da taxa do depósito; - Entre o 150.º e o 364.º dia, será aplicada 75% da taxa do depósito. Permite a mobilização antecipada parcial ou total do capital depositado, com penalização dos juros. Para prazos entre 183 e 365 dias, se a mobilização ocorrer: - Até ao 119.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 120.º e o 272.º dia, será aplicada 25% da taxa do depósito; - Entre o 273.º e o 364.º dia, será aplicada 50% da taxa do depósito. Permite a mobilização parcial ou total do capital depositado, com penalização total dos juros. Se a mobilização antecipada parcial ou total do capital depositado ocorrer numa data de pagamento de juros, não haverá lugar a penalização de juros; se ocorrer fora de uma dessas datas, a penalização de juros será total. Permite a mobilização antecipada parcial ou total do capital depositado: Nas condições e para qualquer um dos fins previstos na lei, sem penalização dos juros. Fora das condições e para fins não previstos na lei, com penalização dos juros. Se a mobilização ocorrer: - Até ao 119.º dia não serão pagos juros; - Entre o 120.º e o 272.º dia será aplicada 25% da taxa do depósito; - Entre o 273.º e o 364.º dia será aplicada 50% da taxa do depósito. Permite a mobilização parcial ou total do capital depositado, com penalização de 50% da taxa do depósito. Não são aceites mobilizações parciais, pelo que a mobilização antecipada do depósito implica a sua liquidação e transferência para a Conta à Ordem, com penalização dos juros. Se a mobilização ocorrer: - Até ao 119.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 120.º e o 272.º dia, será aplicada 25% da taxa do depósito; - Entre o 273.º e o 364.º dia, será aplicada 50% da taxa do depósito. Banco BIC Português, SA Taxas de Operações de Depósito / Particulares - Pág. 6 /8

98 Entrada em vigor: 04-set CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) Depósitos a prazo (cont.) o p Nota 8 Permite a mobilização antecipada parcial ou total do capital depositado, com penalização dos juros. Para prazos até 90 dias, se a mobilização ocorrer: - Até ao 29.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 30.º e o 59.º dia, será aplicada 50% da taxa do depósito; - Entre o 60.º e o 89.º dia, será aplicada 75% da taxa do depósito. Para prazos entre 91 e 180 dias, se a mobilização ocorrer: - Até ao 29.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 30.º e o 59.º dia, será aplicada 25% da taxa do depósito; - Entre o 60.º e o 119.º dia, será aplicada 50% da taxa do depósito; - Entre o 120.º e o 179.º dia, será aplicada 75% da taxa do depósito. Para prazos entre 181 e 365 dias, se a mobilização ocorrer: - Até ao 89.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 90.º e o 149.º dia, será aplicada 50% da taxa do depósito; - Entre o 150.º e o 364.º dia, será aplicada 75% da taxa do depósito. Para prazos superiores a 365 dias, se a mobilização ocorrer: - Até ao 119.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 270.º e o 539.º dia, será aplicada 50% da taxa do depósito; Permite a mobilização antecipada parcial ou total do capital depositado, com penalização dos juros. Se a mobilização ocorrer: - Até ao 29.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 30.º e o 59.º dia, será aplicada 25% da taxa do depósito; - Entre o 60.º e o 90.º dia, será aplicada 50% da taxa do depósito. Não renovável. Não são permitidos reforços. Arredondamento da taxa de juro: Não aplicável. Cálculo de juros: Base anual para cálculo de juros atual/360 dias. Não renovável, para prazos inferiores ou iguais a 60 dias e automaticamente renovável, nas condições de preçário em vigor à data do vencimento, para prazos superiores a 60 dias, salvo indicação expressa do Cliente, no momento da contratação ou até ao último dia útil anterior à data do vencimento. Periodicidade de pagamento de juros: No vencimento do depósito, por crédito na Conta à Ordem. Não renovável para os prazos de 15 e 31 dias e automaticamente renovável, nas condições de preçário em vigor à data do vencimento do depósito, para os prazos de 92, 183 e 365 dias. Montante máximo permitido, por Cliente, de ,00, numa única aplicação ou resultante do somatório de vários DP BIC Net. Reforços: Pontuais ou planos mensais a partir de 100,00, assumindo a taxa da contratação ou da renovação, após ocorrida a primeira renovação automática. Periodicidade de pagamento de juros: No vencimento do depósito, por crédito de uma Conta à Ordem aberta no Banco, designada pelo Cliente e diferente da Conta à Ordem de débito do capital depositado. Nota 9 Regime de capitalização: Juros não capitalizáveis. 0 TANB: 1º Bimestre: 0,700%; 2º Bimestre: 1,000%; 3º Bimestre: 1,600%. 1 TANB: 1º Semestre: 0,950%; 2º Semestre: 1,650%. 2 TANB: 1º Semestre: 0,900%; 2º Semestre: 1,600%; 3º Semestre: 1,650%; 4º Semestre: 1,850%. 3 Periodicidade de pagamento de juros: Bimestral, por crédito na Conta à Ordem. 4 Periodicidade de pagamento de juros: Semestral, por crédito na Conta à Ordem. 5 Exclusivo para Clientes em situação de reforma e com uma pensão mensal que não exceda, no momento da constituição da Conta Poupança Reformado, um montante igual a três vezes o salário mínimo nacional mais elevado Entre o 120.º e o 269.º dia, será aplicada 25% da taxa do depósito; - Entre o 540.º dia e a data da mobilização, será aplicada 75% da taxa do depósito. Exclusivo para Clientes que apresentem um grau de invalidez permanente, devidamente comprovado por entidade competente, igual ou superior a 60%. Com a entrada em vigor da Lei do Orçamento de Estado de 2007, a Conta Poupança Deficiente perdeu os benefícios fiscais de que gozava até então. Com a entrada em vigor da Lei do Orçamento de Estado de 2005, a Conta Poupança-Habitação perdeu os benefícios fiscais por dedução à coleta do IRS. Reforços: Pontuais ou planos mensais a partir de 25,00, assumindo a taxa da contratação ou a taxa da renovação, após ocorrida a primeira renovação automática. Exclusivo para Clientes Menores, titulares de uma Conta à Ordem com Futuro. Regime de capitalização: Juros com capitalização automática, no vencimento/renovação do depósito. Periodicidade de pagamento de juros: No vencimento do depósito, por incorporação no capital depositado. Banco BIC Português, SA Taxas de Operações de Depósito / Particulares - Pág. 7 /8

99 Entrada em vigor: 04-set CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) Depósitos a prazo (cont.) Exclusivo para Clientes com idade entre 18 e 25 anos, titulares de uma Conta à Ordem Cool. Exclusivo para Clientes Menores, titulares de uma Conta à Ordem com Futuro. Reforços: Pontuais ou planos com periodicidade definida casuisticamente a partir de 20,00, assumindo a taxa da contratação ou a taxa da renovação, após ocorrida a primeira renovação automática. Constituições e reforços até 17/11/2009. Exclusivo para Clientes Emigrantes Portugueses. Com a entrada em vigor da Lei do Orçamento de Estado de 2008, foram revogados os benefícios fiscais associados às Contas Poupança Emigrante previstos no artigo 20.º do Estatuto dos Benefícios Fiscais, mantendo-se, contudo, a redução da taxa liberatória de IRS sobre os juros dos depósitos efetuados até 31/12/2007 (11,5%, i.e., 57,5% da taxa normal). Reforços: Pontuais ou programados a partir de 100,00, assumindo a taxa da contratação ou da renovação, após ocorrida a primeira renovação automática. Em comercialização até 31/03/ TANB: 1º Ano: 1,250%; 2º Ano: 2,500%; 3º Ano: 4,000%; 4º Ano: 4,250%; 5º Ano: 4,500%. Renovação automática, nas condições de preçário em vigor à data do vencimento do depósito. Exclusivo para Clientes com Conta BIC Sénior. Reforços: Pontuais ou planos com periodicidade definida casuisticamente a partir de 500,00, assumindo a taxa da contratação ou da renovação, após ocorrida a primeira renovação automática, de acordo com o preçário em vigor. Reforços: Pontuais ou planos mensais a partir de 20,00, assumindo a taxa da contratação ou da renovação, após ocorrida a primeira renovação automática. Reforços: Pontuais ou planos com periodicidade definida casuisticamente a partir de 40,00, assumindo a taxa da contratação ou a taxa da renovação, após ocorrida a primeira renovação automática. Reforços: Pontuais ou planos mensais a partir de 50,00, assumindo a taxa da contratação ou da renovação, após ocorrida a primeira renovação automática. Periodicidade de pagamento de juros: No vencimento do depósito, por crédito na Conta à Ordem, ou incorporação no capital (se o Cliente tiver optado pela capitalização dos juros). Os juros têm capitalização automática, no vencimento/renovação do depósito, se o Cliente optar por esta possibilidade aquando da respetiva contratação. Exclusivo para novos Clientes ou Clientes atuais, desde que se verifiquem cumulativamente as seguintes condições: i) reforço do envolvimento com o Banco que se traduza num incremento dos recursos face à posição existente a 5 de julho de 2015 no montante de constituição do depósito; ii) detenção, por parte do 1º titular, de um cartão de débito BIC Electron ativo; iii) subscrição/contratação na data de constituição do Depósito e respetiva ativação, quando aplicável, de mais dois dos seguintes produtos/serviços, para além dos que o Cliente já detém: BancoBIC Net 1 ; Documentos Digitais 1 ; Cartão de Crédito BIC Classic/BIC Gold com utilizações anuais iguais ou superiores a ; 2 domiciliações de pagamentos domésticos via débito direto (água, eletricidade, gás e comunicações) 1, 2 ; Domiciliação de vencimento/pensão (código 08 ou 11) 1 ; Um Fundo de Investimento. 1 Não são aceites casos de Clientes que tenham cancelado o serviço nos últimos 3 meses. No caso de cancelamento de algum dos produtos subscritos antes da data de vencimento do depósito ou em caso de mobilização antecipada, para além da penalização total dos juros, o Banco BIC reserva-se o direito de debitar automaticamente a conta do Cliente, pelo montante de 20 (inclui IVA), correspondente ao valor da toalha de praia Banco BIC atribuída ao Cliente. Limitado ao stock existente e à atribuição de uma toalha por Cliente. Em constituição a 17/06/2013 e exclusivo para os Clientes subscritores das Obrigações BPN Rendimento Mais, 1.ª e 2.ª séries, com capital investido, acrescido dos juros do último semestre, igual ou superior a TANB: 1º Semestre: 2,500%; 2º Semestre: 2,750%; 3º Semestre: 3,500%; 4º Semestre: 5,250%. Exclusivo para novos Clientes ou Clientes atuais, que efetuem um reforço do seu envolvimento com o Banco, que se traduza num incremento dos recursos, face à posição existente a 08/09/2014. No caso de Depósitos Plus constituídos a partir de 14 de julho de 2015, será considerada a posição existente a 05/07/2015. Os Clientes (1º titular) deverão deter cumulativamente, um Cartão de Débito ativo, o serviço BancoBIC Net ativo, o serviço de Documentos Digitais e duas domiciliações de pagamento. Não são aceites mobilizações parciais, pelo que a mobilização antecipada do depósito implica a sua liquidação e transferência para a Conta à Ordem, com penalização total dos juros. É permitida a constituição de vários Depósitos pelo mesmo Cliente até ao montante máximo de ,00. Banco BIC Português, SA Taxas de Operações de Depósito / Particulares - Pág. 8 /8

100 Entrada em vigor: 03-set OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) Crédito à habitação e contratos conexos 1. Empréstimos a taxa variável Habitação Própria Habitação Própria (Oferta Sénior) Troca de Casa Troca de Banco Habitação para Arrendamento Multifinalidades Posterior/Isolado Multifinalidades Saúde Crédito Hipotecário Investimentos Diversos Crédito Intercalar Terrenos Crédito Intercalar Sinal Leasing Imobiliário 1.1. Regime geral de crédito Taxa Anual Nominal (TAN) Taxa Anual Efetiva (TAE) () Habitação Própria 3,184% Notas 2, 8, 9, 10, Habitação Própria (Oferta Sénior) 3,089% Notas 3, 8, 9, Troca de Casa Troca de Banco Habitação para Arrendamento Crédito Intercalar Terrenos Leasing Imobiliário Euribor a 3 ou 6 Meses + Spread 2,40% a 4,70% Euribor 6 meses + Spread 4,50% a 9,00% 3,173% 3,184% 3,407% 1.2 Regime de concessão de crédito bonificado à habitação a pessoa com deficiência (Lei n.º 64/2014) 6,3% Período de carência de capital até 3 anos. Notas 8, 9, 10, 13, 14 Notas 2, 8, 9, 10, 13 Prazo Máximo 3 anos Notas 4, 8, 9, 10 Prazo Máximo 15 anos Nota 9, Habitação Própria 0,033% 0,484% Notas 8, 13, Regime de crédito comercial Multifinalidades Posterior/Isolado Multifinalidades Saúde Crédito Hipotecário - Investimentos Diversos Crédito Intercalar Sinal Euribor a 3 ou 6 Meses + Spread 2,40% a 4,70% Euribor a 3 ou 6 Meses + Spread 3,40% a 5,70% Euribor a 3 ou 6 Meses + Spread 6,20% a 7,20% Euribor a 3 ou 6 Meses + Spread 2,40% a 4,70% 4,139% 4,425% 7,120% 3,164% Notas 5, 8, 9, 10, 13 Prazo Máximo 20 anos Notas 6, 8, 9, 11 Prazo Máximo 20 anos Notas 7, 9 Prazo Máximo 3 anos Notas 4, 8, 9, 10 As taxas apresentadas são representativas. TAE calculada com base numa TAN de 2,744% (Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 2,70%), para um empréstimo padrão de a 30 anos, para 1 titular com 30 anos de idade, rácio financiamento/garantia de 80% e taxa de esforço de 25%. TAE calculada com base numa TAN de 2,544% (Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 2,50%), para um empréstimo padrão de a 30 anos, para 1 fiador com 30 anos, 1 proponente com 55 anos, rácio financiamento/garantia de 50% e taxa de esforço de 25%. Prazo máximo: a idade do fiador mais velho adicionada ao prazo do empréstimo não poderá ultrapassar os 70 anos. TAE calculada com base numa TAN de 2,744% (Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 2,70%), para um empréstimo padrão de a 2 anos, para 1 titular com 30 anos de idade, rácio financiamento/garantia de 20% e taxa de esforço de 25%. TAE calculada com base numa TAN de 2,644% (Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 2,60%), para um empréstimo padrão de a 30 anos, para 1 titular com 30 anos de idade, rácio financiamento/garantia de 13% e taxa de esforço de 25%. Banco BIC Português, SA Taxas de Operações de Crédito/ Particulares - Pág. 1 /7

101 Entrada em vigor: 03-set OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) Crédito à habitação e contratos conexos (cont.) Nota 8 Nota TAE calculada com base numa TAN de 3,644% (Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 3,60%), para um empréstimo padrão de a 20 anos, para 1 titular com 30 anos de idade, rácio financiamento/garantia de 33% e taxa de esforço de 25%. TAE calculada com base numa TAN de 6,244% (Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 6,20%), para um empréstimo padrão de a 20 anos, para 1 titular com 30 anos de idade e rácio financiamento/garantia de 33%. O spread indicado pressupõe a aplicação da bonificação máxima definida na 0. O Indexante é apurado pela média aritmética simples das cotações diárias da Euribor a 3 ou 6 meses, na base de 360 dias, do período compreendido entre o primeiro e o último dia do mês anterior ao período de contagem de juros, arredondada à milésima. Se a quarta casa decimal for igual ou superior a 5, o arredondamento é efetuado por excesso e se for inferior, o arredondamento é efetuado por defeito. A taxa anual nominal mínima aplicável ao financiamento não poderá ser inferior ao spread em cada momento definido. Arredondamento da taxa de juro: Taxa variável indexada formada pela Euribor a 3 ou 6 meses acrescida do spread aplicado pelo Banco, atribuído em função de vários fatores, como por exemplo, o montante do empréstimo, o valor de avaliação do imóvel e o relacionamento do Cliente com o Banco. Cálculo de juros: é adotada a convenção 30/360 dias, correspondendo a um mês de 30 dias e a um ano de 360 dias. Regime fiscal aplicável: isenção de do Selo sobre os juros aplicável a todos os empréstimos que se destinem a Habitação Própria Permanente e Secundária independentemente da finalidade e do Regime de Crédito, com exceção da habitação para arrendamento. do Selo sobre a utilização do crédito aplicável apenas nas transferências de Crédito à Habitação. Bonificações atribuídas por subscrição de outros produtos (spread mínimo de 2,40% após bonificações). O acesso à grelha de bonificações é restrito a operações de crédito à habitação, intercalar e multifinalidades. Considera-se de subscrição obrigatória, para ter acesso à grelha de bonificações, a domiciliação de vencimento e o cartão de débito para todos os titulares. Para efeitos das bonificações, são considerados produtos os seguintes: Recursos PPR e/ou Plano de Poupança Crédito Cartão de crédito com utilização anual domiciliações de pagamentos Outros Documentos Digitais e BancoBIC Net Particulares BIC Vida Habitação Seguros BIC Multirriscos Habitação BIC Saúde Bonificação 0,15% 0,15% 0,15% 0,15% 0,15% 0,15% 0,15% A bonificação máxima não pode exceder 0,5%. Aplica-se a grelha de spreads do Crédito à Habitação acrescida de 1%, e a grelha de bonificações definida na 0. TAE calculada com base numa TAN de 6,044%, com Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 6,00%, para um crédito de a 15 anos, para 1 titular com 30 anos de idade e rácio financiamento/garantia de 33%. Valor residual de 2%. Regime fiscal aplicável nos contratos de leasing imobiliário: isenção de IVA sobre o valor das rendas e comissões salvo se solicitada a renúncia à isenção do imposto. O prazo máximo é determinado em função da idade do proponente, sendo o limite de idade, para amortização total do empréstimo, de 70 anos. TAE calculada com base numa TAN de 2,744% (Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 2,70%), para um empréstimo padrão de a 30 anos, para 1 titular com 30 anos de idade, perído de carência de capital de 3 anos, rácio financiamento/garantia de 80% e taxa de esforço de 25%. TAE calculada com base numa TAN de 0,033% (taxa base corresponde a 65% da taxa de refinanciamento do Eurosistema publicada pelo Banco Central Europeu), para um empréstimo padrão de a 30 anos, para 1 titular com 30 anos de idade, rácio financiamento/garantia de 80% e taxa de esforço de 25%. Aplicável quando, após a data de celebração de um contrato de Crédito à Habitação concedido pelo Banco BIC ao abrigo de Regime não Bonificado, o mutuário tenha adquirido um grau de incapacidade comprovado nos termos previstos na Lei n.º 64/2014. Os empréstimos concedidos a pessoas com deficiência beneficiam de uma bonificação que corresponde à diferença entre a TRCB ou da taxa contratual quando esta for inferior, e 65% da taxa mínima de proposta aplicável às operações principais de refinanciamento do Banco Central Europeu (Lei n.º 64/2014). Banco BIC Português, SA Taxas de Operações de Crédito/ Particulares - Pág. 2 /7

102 Entrada em vigor: 03-set OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) Crédito pessoal 1. Taxa variável 1.1. Super Crédito Pessoal 1.2. Crédito Pessoal XL 1.3. Crédito Eficiência Energética 1.4. Crédito Pessoal (standard) 1.5. Leasing Equipamentos 2. Taxa fixa 2.2. Crédito Pessoal (standard) Taxa Anual Nominal (TAN) Libor/Euribor 3 ou 6 meses + Spread 10% a 15% Libor/Euribor 3 ou 6 meses + Spread 10% a 14% Libor/Euribor 3 ou 6 meses + Spread 12% a 14% Libor/Euribor 3 ou 6 meses + Spread 10% a 15% Libor/Euribor 6M + Spread 3,75% a 8,75% 2.1. Super Crédito Pessoal 12,600% 12,600% Taxa Anual Efetiva Global (TAEG) () 15,3% 15,4% 15,2% 15,4% 4,8% 15,4% 15,4% Prazo Máximo: 84 meses Notas 2, 8, 11 Prazo Máximo: 72 meses Notas 3, 8, 11 Prazo Máximo: 48 meses Notas 4, 8, 11 Prazo Máximo: 72 meses Notas 5, 8, 11 Prazo Máximo: 60 meses Notas 8, 9, 10, 11 Prazo Máximo: 84 meses Notas 6, 11 Prazo Máximo: 72 meses Notas 7, 11 Nota 8 Nota As taxas apresentadas são representativas. As TAEG são calculadas com todos os encargos incluídos, nomeadamente seguros obrigatórios (de acordo com o Decreto-Lei nº 133/2009 e Instrução nº 13/2013 do Banco de Portugal). TAEG calculada com base numa TAN de 12,544%, com Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 12,5%, para um crédito de ,00 a 84 meses, com todos os encargos incluídos. TAEG calculada com base numa TAN de 12,544%, com Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 12,5%, para um crédito de ,00 a 72 meses, com todos os encargos incluídos. TAEG calculada com base numa TAN de 12,294%, com Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 12,25%, para um crédito de 2.500,00 a 48 meses, com todos os encargos incluídos. TAEG calculada com base numa TAN de 12,544%, com Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 12,5%, para um crédito de ,00 a 72 meses, com todos os encargos incluídos. TAEG calculada com base numa TAN de 12,600%, para um crédito de ,00 a 84 meses, com todos os encargos incluídos. TAEG calculada com base numa TAN de 12,600%, para um crédito de ,00 a 72 meses, com todos os encargos incluídos. O indexante é apurado pela média aritmética simples das cotações diárias da Euribor 3m ou 6m, na base de 360 dias, do período compreendido entre o primeiro e o último dia do mês anterior ao período de contagem de juros, reportada com uma casa decimal, arredondada por excesso se a segunda casa decimal for igual ou superior a cinco e por defeito caso contrário. A taxa anual nominal mínima aplicável ao financiamento não poderá ser inferior ao spread em cada momento definido. Arredondamento da taxa de juro: taxa variável indexada formada pela Euribor 3m ou 6m acrescida do spread aplicado pelo Banco, atribuído em função de vários fatores, como por exemplo, o montante do empréstimo, prazo do empréstimo e o relacionamento do Cliente com o Banco. TAEG calculada com base numa TAN de 4,044%, com Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 4,00%, para um crédito de ,00 a 5 anos, com todos os encargos incluídos, periodicidade de juros mensal e regime antecipado. Valor residual de 2%. Regime fiscal aplicável nos contratos de leasing equipamentos: incide IVA à taxa legal em vigor sobre o valor das rendas e comissões. Cálculo de juros: Base anual 30/360 dias. Regime fiscal aplicável: do Selo 4% sobre os juros. Banco BIC Português, SA Taxas de Operações de Crédito/ Particulares - Pág. 3 /7

103 Entrada em vigor: 03-set OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) Crédito automóvel 1. Taxa variável 1.1. Crédito Automóvel Viaturas Novas Viaturas Usadas 2. Taxa fixa 1.1. Crédito Automóvel Viaturas Novas Taxa Anual Nominal (TAN) 8,250% Taxa Anual Efetiva Global (TAEG) () Viaturas Novas Libor/Euribor 6M + Spread 8,00% 10,2% a 12,00% Viaturas Usadas 13,1% 1.2. Leasing Mobiliário Libor/Euribor 6M + Spread 3,75% a 8,75% 5,8% 6,9% 10,4% Viaturas Usadas 10,750% 13,3% Prazo Máximo: 72 meses Notas 1a, 2, 3 Prazo Máximo: 72 meses Notas 1b, 2, 3 Prazo Máximo: 60 meses Notas 1c, 2, 3 Prazo Máximo: 60 meses Notas 1d, 2, 3 Prazo Máximo: 72 meses Notas 1e, 3 Prazo Máximo: 72 meses Notas 1f, 3 a b c d e f As taxas apresentadas são representativas. As TAEG são calculadas com todos os encargos incluídos, nomeadamente seguros obrigatórios (de acordo com o Decreto-Lei nº 133/2009 e Instrução nº 13/2013 do Banco de Portugal). TAEG calculada com base numa TAN de 8,044%, com Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 8,00%, para um crédito de ,00 a 5 anos, com todos os encargos incluídos. TAEG calculada com base numa TAN de 10,544%, com Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 10,50%, para um crédito de ,00 a 5 anos, com todos os encargos incluídos. TAEG calculada com base numa TAN de 5,044%, com Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 5,00%, para um crédito de ,00 a 5 anos, com todos os encargos incluídos. TAEG calculada com base numa TAN de 6,044%, com Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 6,00%, para um crédito de ,00 a 5 anos, com todos os encargos incluídos. TAEG calculada com base numa TAN de 8,250%, para um crédito de ,00 a 60 meses, com todos os encargos incluídos. TAEG calculada com base numa TAN de 10,750%, para um crédito de ,00 a 84 meses, com todos os encargos incluídos. Arredondamento da taxa de juro: taxa variável indexada formada pela Euribor a 6 meses acrescida do spread aplicado pelo Banco, atribuído em função de vários fatores, como por exemplo, o montante do empréstimo, prazo do empréstimo e o relacionamento do Cliente com o Banco. O indexante é apurado pela média aritmética simples das cotações diárias da Euribor a 6 meses, na base de 360 dias, do período compreendido entre o primeiro e o último dia do mês anterior ao período de contagem de juros, reportada com uma casa decimal, arredondada por excesso se a segunda casa decimal for igual ou superior a cinco e por defeito caso contrário. A taxa anual nominal mínima aplicável ao financiamento não poderá ser inferior ao spread em cada momento definido. Cálculo de juros: Base anual 30/360 dias. Regime fiscal aplicável: IVA à taxa legal em vigor sobre o valor das rendas e comissões Linhas de Crédito e Contas Correntes 1. Empréstimos a taxa variável () Conta Corrente Caucionada Taxa Anual Nominal (TAN) Libor/Euribor a 3 ou 6 meses + Spread 18% Taxa Anual Efetiva Global (TAEG) 20,146% Notas 2, 3 As taxas apresentadas são representativas. TAEG calculada com base numa TAN de 18,044% com Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 18,00%, para um crédito de a 1 ano, com utilização total no momento da contratação e reembolso total no final do prazo. Arredondamento da taxa de juro: não aplicável. Cálculo de juros: 30/360 dias. Regime fiscal aplicável: do Selo 4% sobre juros. A taxa anual nominal mínima aplicável ao financiamento não poderá ser inferior ao spread em cada momento definido. Banco BIC Português, SA Taxas de Operações de Crédito/ Particulares - Pág. 4 /7

104 Entrada em vigor: 03-set OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) Descobertos bancários 1. Facilidade de descoberto Conta Ordenado XL 1.1. Conta Ordenado Privilégio Conta BIC Sénior com crédito de vencimento Conta à Ordem Conta Emigrante 1.6. Conta Privilégio 55 Conta Cool 2. Ultrapassagem de crédito Conta à Ordem Conta Base Conta Emigrante Conta Cool Conta com Futuro Conta Privilégio Conta BIC Mais com crédito de vencimento Conta BIC Mais sem crédito de vencimento Conta BIC Sénior sem crédito de vencimento Conta BIC Salário Internacional Conta BIC Mais sem crédito de vencimento Conta BIC Sénior sem crédito de vencimento Conta BIC Mais com crédito de vencimento Conta BIC Sénior com crédito de vencimento Conta BIC Salário Internacional Conta Ordenado XL Conta Ordenado Privilégio 55 Taxa Anual Nominal (TAN) 10,000% 12,3% Notas 2, 4, 5, 6, 13 10,000% Euribor 3 ou 6 meses + Spread 6,50% Euribor 3 ou 6 meses + Spread 7,50% Euribor 3 ou 6 meses+ Spread 3,875% Euribor 3 ou 6 meses + Spread 12,50% 19,000% Taxa Anual Efetiva Global (TAEG) () 16,5% 12,3% 19,0% Notas 4, 5, 7, 8, 9, 10 18,7% 6,7% 19,0% N.A. Notas 2, 4, 5, 6, 13 Notas 4, 5, 7, 8, 9, 11 Notas 4, 5, 9, 12 Notas 3, 4, 5, 7, 8, 9 Sujeito a aceitação do Banco Notas 4, 5 As taxas apresentadas são representativas. As TAEG são calculadas com todos os encargos incluídos, nomeadamente seguros obrigatórios (de acordo com o Decreto-Lei nº 133/2009 e Instrução nº 13/2013 do Banco de Portugal). Considerando a utilização integral de um montante de 1.500, por um prazo de 3 meses. Sujeito a análise casuística e aprovação por parte do Banco. TAEG calculada com base numa TAN de 12,544% (Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 12,50%), considerando a utilização integral de um montante de 1.500,00, por um prazo de 3 meses. Sujeito a análise casuística e aprovação por parte do Banco. por descoberto bancário: Consulte o Folheto de e Despesas - Subsecção 2.5. Descobertos bancários. Arredondamento da taxa de juro: não aplicável. Cálculo de juros: Atual/360 dias. Regime fiscal aplicável: do Selo 4% sobre juros. Os juros são calculados diariamente sobre o saldo em dívida, sendo debitados no final de cada mês. Juros mínimos a debitar: 1,50 + do Selo 4% sobre juros. Apesar de não estar inicialmente previsto o acesso a esta modalidade para estas contas, poderá ser negociado entre o Cliente e o Banco. Banco BIC Português, SA Taxas de Operações de Crédito/ Particulares - Pág. 5 /7

105 Entrada em vigor: 03-set OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) Nota 8 Nota Juros mínimos a debitar: 7,50 + do Selo 4% sobre juros. Indexante: Apurado pela média aritmética simples das cotações diárias da Euribor a 6 meses, na base de 360 dias, do período compreendido entre o primeiro e o último dia do mês anterior ao período de contagem de juros. A taxa anual nominal mínima aplicável ao financiamento não poderá ser inferior ao spread em cada momento definido. TAEG calculada com base numa TAN de 6,544% (Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 6,50%), considerando a utilização integral de um montante de 1.500,00, por um prazo de 3 meses. Sujeito a análise casuística e aprovação por parte do Banco. por descoberto bancário: Consulte o Folheto de e Despesas - Subsecção 2.5. Descobertos bancários. TAEG calculada com base numa TAN de 7,544% (Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 7,50%), considerando a utilização integral de um montante de 1.500,00, por um prazo de 3 meses. Sujeito a análise casuística e aprovação por parte do Banco. TAEG calculada com base numa TAN de 3,847% (Euribor a 3 meses de ago/15 e spread de 3,875%), considerando a utilização integral de um montante de 9.000,00, por um prazo de 6 meses, a subscrição do cartão de débito BIC Electron (12,50, acrescido de imposto do selo (4%) e a comissão de gestão mensal (5, acrescido de imposto do selo (4%)). Sujeito a análise casuística e aprovação por parte do Banco. A partir de julho de 2015, os juros serão debitados ao dia 8 de cada mês Cartões de crédito Cartões para Clientes Particulares 1. Classic 2. Gold Taxa Anual Nominal (TAN) 17,000% 16,000% Taxa Anual Efetiva Global (TAEG) 18,900% 19,000% Notas 1, 2, 4 Notas 1, 3, 4 As taxas apresentadas são representativas. Arredondamento da taxa de juro: não aplicável. TAEG calculada com base na TAN apresentada, para uma utilização de crédito de 1.600,00 a 12 meses. Isenção da 1ª anuidade e isenção das anuidades seguintes se o volume de faturação do ano anterior for igual ou superior a 1.500,00 (em compras e/ou levantamentos a crédito) na conta cartão. TAEG calculada com base na TAN apresentada, para uma utilização de crédito de 3.600,00 a 12 meses. Isenção da 1ª anuidade e isenção das anuidades seguintes se o volume de faturação do ano anterior for igual ou superior a 3.500,00 (em compras e/ou levantamentos a crédito na conta cartão. As TAEG são calculadas com todos os encargos incluídos (de acordo com o Decreto-Lei nº 133/2009 e Instrução nº 13/2013 do Banco de Portugal). Regime fiscal aplicável: do selo 4% sobre os juros e do selo sobre a utilização de crédito de 0,07%. Taxa Anual Nominal (TAN) 1. Empréstimos a taxa variável Desconto de Letras Desconto de Livranças Crédito Hipotecário Multifinalidades Mútuos Leasing Equipamentos Leasing Mobiliário Leasing Imobiliário 1.1. Desconto de Letras Cálculo de juros: mensal, com base de cálculo 30/360 dias Outros créditos a particulares 1.2. Desconto de Livranças 1.3. Crédito Hipotecário Multifinalidades Libor/Euribor 3 ou 6 meses + Spread 14,00% Libor/Euribor 3 ou 6 meses + Spread 16,00% Libor/Euribor 3 ou 6 meses + Spread 10,00% Taxa Anual Efetiva (TAE) 20,9% 20,2% 11,0% Prazo máximo 1 ano, renovável Notas 1b, 2 Prazo máximo 1 ano, renovável Notas 1c, 2 Notas 1h, 2 Banco BIC Português, SA Taxas de Operações de Crédito/ Particulares - Pág. 6 /7

106 Entrada em vigor: 03-set OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) Outros créditos a particulares (cont.) Libor/Euribor 3 ou 6 meses Mútuos 21,3% Spread 18,00% 1.5. Leasing Equipamentos 1.6. Leasing Mobiliário 1.7. Leasing Imobiliário 2. Empréstimos a taxa fixa Desconto de Letras Desconto de Livranças 2.1. Desconto de Letras 2.2. Desconto de Livranças Taxa Anual Nominal (TAN) Libor/Euribor 6 meses + Spread 3,75% a 8,75% Libor/Euribor 6 meses + Spread 3,75% a 8,75% Libor/Euribor 6 meses + Spread 4,50% a 9,00% 10,500% 11,500% Taxa Anual Efetiva (TAE) 4,8% 4,8% 6,3% 16,1% 14,5% Prazo Máximo: 72 meses Notas 1a, 2 Prazo Máximo: 60 meses Notas 1g, 4 Prazo Máximo: 60 meses Notas 1g, 4 Prazo Máximo 15 anos Notas 1f, 3 Prazo máximo 1 ano, renovável Notas 1d, 2 Prazo máximo 1 ano, renovável Notas 1e, 2 a b c d e f g h As taxas apresentadas são representativas. Empréstimo padrão: empréstimo reembolsado, desde o início, em prestações constantes de capital e juros. As TAE são calculadas com todos os encargos incluídos, nomeadamente seguros obrigatórios (de acordo com o Decreto- Lei nº 220/94). TAE calculada com base numa TAN de 18,044%, com Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 18,00%, para um crédito de ,00 a 72 meses. TAE calculada com base numa TAN de 14,044%, com Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 14,00%, para um crédito de ,00 a 3 meses. TAE calculada com base numa TAN de 16,044%, com Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 16,00%, para um crédito de ,00 a 3 meses. TAE calculada com base numa TAN de 10,500%, para um crédito de ,00 a 3 meses. TAE calculada com base numa TAN de 11,500%, para um crédito de ,00 a 3 meses. TAE calculada com base numa TAN de 6,044%, com Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 6,000%, para um crédito de a 15 anos. A TAE é calculada com todos os encargos incluídos. Arredondamento da taxa de juro: à milésima mais próxima da 4ª. casa decimal (por excesso se => 5, por defeito se < 5). Cálculo de juros na base 30/360 dias. Aplicável a operações não enquadradas no Decreto-Lei nº 51/2007. TAE calculada com base numa TAN de 4,044%, com Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 4,00%, para um crédito de a 5 anos. Valor residual de 2%, periodicidade de juros mensal e regime antecipado. As TAE são calculadas com todos os encargos incluídos. Base de cálculo de juros: 30 / 360 dias. TAE calculada com base numa TAN de 10,044%, com Euribor a 6 meses de ago/15 e spread de 10,00%, para um crédito de ,00 a 30 anos, para 1 titular com 30 anos de idade, rácio financiamento/garantia de 50% e taxa de esforço de 30%. Arredondamento da taxa de juro: não aplicável. Cálculo de juros: 30/360. Regime fiscal aplicável: do Selo 4% sobre os juros. Regime fiscal aplicável nos contratos de leasing imobiliário: isenção de IVA sobre o valor das rendas e comissões salvo se solicitada a renúncia à isenção do imposto. Cálculo de juros: 30/360 dias. Regime fiscal aplicável nos contratos de leasing equipamentos e mobiliário: incide IVA à taxa legal em vigor sobre o valor das rendas e comissões. A taxa anual nominal mínima aplicável ao financiamento não poderá ser inferior ao spread em cada momento definido. Banco BIC Português, SA Taxas de Operações de Crédito/ Particulares - Pág. 7 /7

107 Entrada em vigor: 04-set CONTAS DE DEPÓSITO (OUTROS CLIENTES) Depósitos à ordem Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) Regime Fiscal Contas à Ordem Conta à Ordem Empresas (exclusivo Clientes Empresa e ENI) Conta à Ordem Empresas - Sucursal Financeira Exterior Madeira (SFE Madeira) (exclusivo Clientes Empresa e ENI - Fora de subscrição) Conta Negócios (exclusivo Clientes Empresa e ENI) Conta Negócios Restauração (exclusivo Clientes Empresa e ENI) Conta Ordenado XL (exclusivo Clientes Empresa e ENI) Conta Privilégio 55 (exclusivo Clientes Empresa e ENI) Conta Ordenado Privilégio 55 (exclusivo Clientes Empresa e ENI) Conta BIC Mais com ou sem crédito de vencimento (exclusivo Clientes Empresa e ENI) Conta BIC Sénior com ou sem crédito de vencimento (exclusivo Clientes Empresa e ENI) Conta Netpay Conta à Ordem Massa Insolvente 1. Conta à Ordem Empresas Conta à Ordem Empresas (SFE Madeira) Conta Privilégio 55 Conta BIC Sénior Conta Netpay Conta à Ordem Massa Insolvente 2. Conta Negócios e Conta Negócios Restauração (Remuneração por tranches) Até 4.999, ,00 a ,99 0,10% A partir de ,00 0,20% 3. Conta Ordenado XL (Remuneração por tranches) Até 2.499, ,00 Conta BIC Mais com ou sem crédito de vencimento (Remuneração por tranches) Até 2.499, ,00 Conta Ordenado Privilégio 55 (Remuneração por tranches) Até 2.499, ,00 0,15% 0,10% 0,15% Notas 1, 2, 3, 4, 4 Notas 1, 2, 4, 7 Notas 1, 2, 7, 13 Notas 1, 2, 3, 4, 14 Notas 1, 2, 12 IRS 28% / IRC 25%, 2, 3, 5, 6 IRS 28% IRS 28% IRS 28% Notas 1, 2, 8, 9, 10 Notas 1, 2, 9, 10, 11 Notas 1, 2, 7, 8, 9, 10 Nota Geral Nota 8 Nota Na Região Autónoma dos Açores, os juros passíveis de IRS e IRC são tributados à taxa de 22,4% e 17,5% respetivamente. Arredondamento da taxa de juro: Não aplicável. Cálculo de juros: Base anual para cálculo de juros atual/360 dias. Taxas de descoberto bancário: Consulte o Folheto de Taxas de Juro - Subsecção Descobertos bancários. Disponível para PME, Microempresas e ENI. Montante mínimo de abertura de 250,00. Montante mínimo de abertura de 500,00. Juros líquidos mínimos a creditar 0,50. Conta à ordem com subscrição exclusiva para ENI's com idade igual ou superior a 55 anos. Montante mínimo de abertura de 350,00. Montante mínimo mensal: entrega mensal de, no mínimo, 350,00. Períodicidade de Juros: Mensal. Montante mínimo para crédito de juros liquídos: 1,50 (o crédito mensal de juros corresponde à soma dos juros apurados dia-a-dia e será creditado sempre que a soma prefaça um valor maior ou igual a 1,50 ). Montante mínimo de abertura: 250,00 sem crédito de vencimento e 350,00 com crédito de vencimento. Montante mínimo mensal: correspondente ao vencimento mensal líquido ou entrega mensal, com um mínimo 350,00, no caso da Conta BIC Mais com crédito de vencimento. Conta à ordem sem montante mínimo de abertura e exclusiva para patrimónios de massa insolvente. Montante mínimo de abertura de 750,00. Conta exclusiva para Clientes com TPA Netpay em regime de aluguer. Possibilidade de atribuição de uma bonificação na mensalidade dos TPA Netpay, em função do saldo médio da Conta Netpay. Consulte Folheto de Comissão e Despesas - Subsecção Outros serviços. Banco BIC Português, SA Taxas de Operações de Depósito/ Outros Clientes - Pág. 1 /6

108 Entrada em vigor: 04-set CONTAS DE DEPÓSITO (OUTROS CLIENTES) Depósitos a prazo Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) Regime Fiscal 1. Depósitos a taxa fixa - Depósitos a Prazo Simples 1.1. Depósitos a Prazo Tradicionais em EUR de 500 a 4.999,99 0,050% 7 a 30 dias 31 a 60 dias 61 a 91 dias 92 a 182 dias 183 a 273 dias 274 a 365 dias > 365 dias de a ,99 0,100% de a ,99 0,150% a partir de Negociada de 500 a 4.999,99 0,200% de a ,99 0,300% de a ,99 0,400% a partir de de 500 a 4.999,99 de a ,99 de a ,99 a partir de de 500 a 4.999,99 de a ,99 de a ,99 a partir de de 500 a 4.999,99 de a ,99 de a ,99 a partir de de 500 a 4.999,99 de a ,99 de a ,99 a partir de a partir de Depósitos a Prazo Tradicionais em USD de USD a USD 31 a 60 dias de USD a USD a partir de USD de USD a USD 61 a 91 dias de USD a USD a partir de USD de USD a USD 92 a 182 dias de USD a USD a partir de USD de USD a USD 183 a 273 dias de USD a USD a partir de USD de USD a USD 274 a 365 dias de USD a USD a partir de USD > 365 dias a partir de USD Negociada 0,300% 0,400% 0,500% Negociada 0,400% 0,500% 0,600% Negociada 0,500% 0,600% 0,700% Negociada 0,600% 0,700% 0,950% Negociada Negociada 0,200% 0,250% 0,300% 0,200% 0,250% 0,300% 0,550% 0,600% 0,650% 0,700% 0,750% 1,000% 0,800% 0,850% 1,100% Negociada IRS 28% / IRC 25% Notas 1a, 1c, 3, 4, 13, 14, 23 IRS 28% / IRC 25% Notas 1a, 1c, 3, 4, 13, 14, 23 Banco BIC Português, SA Taxas de Operações de Depósito/ Outros Clientes - Pág. 2 /6

109 Entrada em vigor: 04-set CONTAS DE DEPÓSITO (OUTROS CLIENTES) Depósitos a prazo (cont.) Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) Regime Fiscal 1. Depósitos a taxa fixa - Depósitos a Prazo Simples (cont.) 1.3. DP Performance dias de 2.500,00 a , DP BIC Net Empresas 15 dias de 2.500,00 a ,99 de ,00 a ,00 31 dias de 2.500,00 a ,99 de ,00 a ,00 61 dias de 2.500,00 a ,99 de ,00 a ,00 92 dias de 2.500,00 a ,99 de ,00 a , dias de 2.500,00 a ,99 de ,00 a , Nano-Micro DP 92 dias de 100,00 a , dias de 100,00 a , dias de 100,00 a , DP Crescente 6 Meses 183 dias de 2.500,00 a , DP Crescente 12 Meses 365 dias de 2.500,00 a , DP Crescente 24 Meses 730 dias de 2.500,00 a ,00 1,850% 0,100% 0,150% 0,300% 0,500% 0,500% 0,650% 0,600% 0,900% 0,900% 1,100% 0,500% 0,750% 1,000% TANB Média: 1,100% TANB Média: 1,300% TANB Média: 1,500% IRS 28% / IRC 25% Notas 1a, 1d, 2, 3, 5, 13, 14, 24 IRS 28% / IRC 25% Notas 1g, 2, 3, 5, 13, 14, 24 IRS 28% / IRC 25% Notas 1a, 1e, 3, 5, 11, 13, 14, 22, 24 IRS 28% / IRC 25% Notas 1a, 1f, 2, 3, 6, 9, 13, 14, 24 IRS 28% / IRC 25% Notas 1a, 1b, 2, 3, 7, 10, 13, 14, 24 IRS 28% / IRC 25% Notas 1a, 1b, 2, 3, 8, 10, 13, 14, Depósito Plus 183 dias de 5.000,00 a ,00 1,500% IRS 28% / IRC 25% Notas 2, 3, 5, 18, 19, 24, DP Mais Poupança de 500,00 a 2.499,99 0,500% 92 dias de 2.500,00 a ,99 0,750% de ,00 a ,99 0,800% IRS 28% / IRC 25% Notas 1a, 1i, 3, 14, 20, 22, 23 a partir de ,00 0,900% Depósito BIC Sénior de 2.500,00 a ,99 1,100% 365 dias de ,00 a ,99 1,250% IRS 28% Notas 1a, 1i, 21, 22, 23 a partir de ,00 1,400% Conta Poupança Condomínio 365 dias a partir de 500,00 0,900% IRS 28% / IRC 25% Notas 1a, 1h, 3, 12, 13, 14, 22, 23 Banco BIC Português, SA Taxas de Operações de Depósito/ Outros Clientes - Pág. 3 /6

110 Entrada em vigor: 04-set CONTAS DE DEPÓSITO (OUTROS CLIENTES) Depósitos a prazo (cont.) Taxa Anual Nominal Regime Fiscal Bruta (TANB) 2. Depósitos a taxa fixa - Depósitos a Prazo Simples - Sucursal Financeira Exterior Madeira (Fora de Subscrição) 2.1. Depósitos a Prazo Tradicionais 7 a 30 dias 31 a 60 dias 61 a 90 dias 91 a 180 dias 181 a 270 dias 271 a 365 dias > 365 dias 3.2. DP Crescente Especial 24 Meses 730 dias 1826 dias Nota Geral de a ,99 de a ,99 a partir de de a ,99 a partir de de a ,99 de a ,99 a partir de a partir de de 1.000,00 a ,00 de ,01 a , Depósito Volta a Portugal (2015) 0,100% 0,200% Negociada 0,400% 0,500% Negociada 0,500% 0,600% Negociada 0,600% 0,700% 0,700% 3. Depósitos a taxa fixa - Depósitos a Prazo Simples (Fora de Subscrição) 3.1. Conta Rendimento 30 dias 3.3. DP Rende dias a de a ,99 de a ,99 de a ,99 a partir de de a ,99 de a ,99 de a ,99 de a ,99 a partir de a partir de de ,01 a ,00 a partir de 2.500,00 a partir de 500,00 de 5.000,00 a ,00 Negociada 0,300% 0,400% Negociada 0,950% Negociada Negociada 0,100% 0,150% 0,200% TANB Média: 3,500% 1,350% IRS 28% e IRC 25% IRS 28% / IRC 25% Notas 1a, 1c, 3, 4, 13, 14, 23 Notas 1a, 1i, 3, 5, 13, 14, 15, 18, 22 IRS 28% / IRC 25% Notas 1a, 1b, 2, 3, 10, 13, 14, 17, 24 TANB Média: 3,300% IRS 28% / IRC 25% Notas 1a, 1f, 2, 3, 10, 13, 14, 16, 24 IRS 28% / IRC 25% Notas 2, 3, 5, 19, 24, 25, 26 Os juros do Depósito a Prazo são considerados rendimentos de capitais e são tributados por retenção na fonte, para as pessoas singulares residentes em território português, à taxa em vigor na data de vencimento do depósito, nesta data de 28% (22,4% no caso de rendimentos de depósitos auferidos por entidades fiscalmente residentes na Região Autónoma dos Açores), com caráter liberatório em sede de IRS. No caso de sujeitos passivos de IRC residentes ou estabelecidos em Portugal, os rendimentos de depósitos são sujeitos a retenção na fonte à taxa de 25% (17,5% no caso de rendimentos de depósitos auferidos por entidades fiscalmente residentes na Região Autónoma dos Açores). Os rendimentos de depósitos obtidos por não residentes sem estabelecimento estável em território português aos quais tais rendimentos sejam imputáveis estão sujeitos a IRS (pessoas singulares) por retenção na fonte à taxa de 28% ou IRC (pessoas coletivas) por retenção na fonte à taxa de 25%. A taxa de retenção na fonte corresponderá a 35% em todos os casos se os rendimentos forem pagos ou colocados à disposição em contas abertas em nome de um ou mais titulares mas por conta de terceiros não identificados, exceto quando seja identificado o beneficiário efetivo, caso em que se aplicam as regras gerais. A mesma retenção na fonte liberatória de 35% é aplicável quando os rendimentos em causa sejam pagos ou colocados à disposição de pessoas singulares ou coletivas não residentes sem estabelecimento estável em território português aos quais esses rendimentos sejam imputáveis e que estejam domiciliadas em país, território ou região sujeitas a um regime fiscal claramente mais favorável, constante da Portaria n.º 292/2011 de 08 de novembro. Mobilizações antecipadas parciais que reduzam o montante do depósito a prazo abaixo do mínimo de constituição implicam a sua liquidação e transferência para a Conta à Ordem. Banco BIC Português, SA Taxas de Operações de Depósito/ Outros Clientes - Pág. 4 /6

111 Entrada em vigor: 04-set CONTAS DE DEPÓSITO (OUTROS CLIENTES) Depósitos a prazo (cont.) b c d e f g h i Nota 8 Nota Se a mobilização antecipada parcial ou total do capital depositado ocorrer numa data de pagamento de juros, não haverá lugar a penalização de juros. Caso contrário, se a mobilização ocorrer: - Até ao 119.º dia do semestre, não serão pagos juros; - Até ao dia anterior ao vencimento do pagamento dos juros, será aplicada 25% da taxa desse semestre. Permite a mobilização antecipada parcial ou total do capital depositado, com penalização dos juros. Para prazos até 182 dias, se a mobilização ocorrer: - Até ao 119.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 120.º e o 181.º dia, será aplicada 25% da taxa do depósito; Para superiores a 182 dias, se a mobilização ocorrer: - Até ao 119.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 120.º e o 272.º dia, será aplicada 25% da taxa do depósito; - Entre o 273.º e o 539.º dia, será aplicada 50% da taxa do depósito; - Entre o 540.º dia e a data da mobilização, será aplicada 75% da taxa do depósito. Permite a mobilização antecipada parcial ou total do capital depositado, com penalização dos juros. Se a mobilização ocorrer: - Até ao 119.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 120.º e o 272.º dia, será aplicada 25% da taxa do depósito; - Entre o 273.º e o 539.º dia, será aplicada 50% da taxa do depósito; - Entre o 540.º dia e a data da mobilização, será aplicada 75% da taxa do depósito. Permite a mobilização antecipada parcial ou total do capital depositado, com penalização dos juros. Para prazos de 92 dias, em caso de mobilização antecipada, a penalização dos juros é total. Para prazos de 183 dias, se a mobilização ocorrer: - Até ao 119.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 120.º e o 182.º dia, será aplicada 25% da taxa do depósito; Para prazos de 366 dias, se a mobilização ocorrer: - Até ao 119.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 120.º e o 272.º dia, será aplicada 25% da taxa do depósito; - Entre o 273.º e o 365.º dia, será aplicada 50% da taxa do depósito. Se a mobilização antecipada parcial ou total do capital depositado ocorrer numa data de pagamento de juros, não haverá lugar a penalização de juros; se ocorrer fora de uma dessas datas, a penalização de juros será total. Não são aceites mobilizações parciais, pelo que a mobilização antecipada do depósito implica a sua liquidação e transferência para a Conta à Ordem, com penalização total dos juros. Permite a mobilização antecipada parcial ou total do capital depositado, com penalização dos juros. Se a mobilização ocorrer: - Até ao 119.º dia, não serão pagos juros; - Entre o 120.º e o 272.º dia, será aplicada 25% da taxa do depósito; - Entre o 273.º e o 364.º dia, será aplicada 50% da taxa do depósito. Permite a mobilização parcial ou total do capital depositado, com penalização total dos juros. Renovação: Não renovável; Reforços: Não são permitidos reforços. Arredondamento da taxa de juro: Não aplicável. Cálculo de juros: Base anual para cálculo de juros atual/360 dias. Renovação: Não renovável para prazos inferiores ou iguais a 60 dias e automaticamente renovável, nas condições de preçário em vigor, à data do vencimento para prazos superiores a 60 dias, salvo indicação expressa do Cliente no momento da contratação ou até ao último dia útil anterior à data do vencimento. Reforços: Não são permitidos reforços. Periodicidade de pagamento de juros: No vencimento do depósito, por crédito na Conta à Ordem. TANB: 1º Bimestre: 0,700%; 2º Bimestre: 1,000%; 3º Bimestre: 1,600%. TANB: 1º Semestre: 0,950%; 2º Semestre: 1,650% TANB: 1º Semestre: 0,900%; 2º Semestre: 1,600%; 3º Semestre: 1,650%; 4º Semestre: 1,850%. Periodicidade de pagamento de juros: Bimestral, por crédito na Conta à Ordem. Periodicidade de pagamento de juros: Semestral, por crédito na Conta à Ordem. Reforços: Pontuais ou programados a partir de 25,00, assumindo a taxa da contratação ou da renovação, após ocorrida a primeira renovação automática. Exclusivo para Condomínios de prédios em regime de propriedade horizontal. Reforços: Pontuais ou planos com periodicidade definida casuisticamente a partir de 20,00, assumindo a taxa da contratação ou a taxa da renovação, após ocorrida a primeira renovação automática. Com a entrada em vigor da Lei da Reforma Fiscal de 2000, a Conta Poupança Condomínio perdeu os benefícios fiscais de que gozava até então. Disponível para Empresas. Disponível para ENIs. Banco BIC Português, SA Taxas de Operações de Depósito/ Outros Clientes - Pág. 5 /6

112 Entrada em vigor: 04-set CONTAS DE DEPÓSITO (OUTROS CLIENTES) Depósitos a prazo (cont.) Constituições e reforços até 17/11/2009. Reforços: Pontuais ou programados a partir de 500,00, assumindo a taxa da contratação ou da renovação, após ocorrida a primeira renovação automática. Em comercialização até 31/03/ TANB: 1º Ano: 1,250%; 2º Ano: 2,500%; 3º Ano: 4,000%; 4º Ano: 4,250%; 5º Ano: 4,500%. Em constituição a 17/06/2013 e exclusivo para os Clientes subscritores das Obrigações BPN Rendimento Mais, 1.ª e 2.ª séries, com capital investido, acrescido dos juros do último semestre, igual ou superior a TANB: 1º Semestre: 2,500%; 2º Semestre: 2,750%; 3º Semestre: 3,500%; 4º Semestre: 5,250%. Exclusivo para novos Clientes ou Clientes atuais, que efetuem um reforço do seu envolvimento com o Banco, que se traduza num incremento dos recursos, face à posição existente a 07/09/2014. No caso de Depósitos Plus constituídos a partir de 14 de julho de 2015, será considerada a posição existente a 05/07/2015. Os Clientes (1º titular) deverão deter cumulativamente, um Cartão de Débito ativo, o serviço BancoBIC Net ativo, o serviço de Documentos Digitais e duas domiciliações de pagamento. Não são aceites mobilizações parciais, pelo que a mobilização antecipada do depósito implica a sua liquidação e transferência para a Conta à Ordem, com penalização total dos juros. Reforços: Pontuais ou planos mensais a partir de 50,00, assumindo a taxa da contratação ou da renovação, após ocorrida a primeira renovação automática. Exclusivo para Clientes com Conta BIC Sénior. Reforços: Pontuais ou planos com periodicidade definida casuisticamente a partir de 500,00, assumindo a taxa da contratação ou da renovação, após ocorrida a primeira renovação automática, de acordo com o preçário em vigor. Renovação: Automática, nas condições de preçário em vigor à data do vencimento do depósito. Periodicidade de pagamento de juros: No vencimento do depósito, por crédito na Conta à Ordem, ou incorporação no capital (se o Cliente tiver optado pela capitalização dos juros). Regime de capitalização: Os juros têm capitalização automática, no vencimento/renovação do depósito, se o Cliente optar por esta possibilidade aquando da respetiva contratação. Regime de capitalização: Juros não capitalizáveis. É permitida a constituição de vários Depósitos pelo mesmo Cliente até ao montante máximo de ,00. Exclusivo para novos Clientes ou Clientes atuais, desde que se verifiquem cumulativamente as seguintes condições: i) reforço do envolvimento com o Banco que se traduza num incremento dos recursos face à posição existente a 5 de julho de 2015 no montante de constituição do depósito; ii) detenção, por parte do 1º titular, de um cartão de débito BIC Electron ativo; iii) subscrição/contratação na data de constituição do Depósito e respetiva ativação, quando aplicável, de mais dois dos seguintes produtos/serviços, para além dos que o Cliente já detém: BancoBIC Net 1 ; Documentos Digitais 1 ; Cartão de Crédito BIC Classic/BIC Gold com utilizações anuais iguais ou superiores a ; 2 domiciliações de pagamentos domésticos via débito direto (água, eletricidade, gás e comunicações) 1, 2 ; Domiciliação de vencimento/pensão (código 08 ou 11) 1 ; Um Fundo de Investimento. 1 Não são aceites casos de Clientes que tenham cancelado o serviço nos últimos 3 meses. 2 Caso o Cliente já possua domiciliações de pagamentos domésticos, poderá ser considerado, desde que domicilie mais dois. No caso de cancelamento de algum dos produtos subscritos antes da data de vencimento do depósito ou em caso de mobilização antecipada, para além da penalização total dos juros, o Banco BIC reserva-se o direito de debitar automaticamente a conta do Cliente, pelo montante de 20 (inclui IVA), correspondente ao valor da toalha de praia Banco BIC atribuída ao Cliente. Limitado ao stock existente e à atribuição de uma toalha por Cliente. Banco BIC Português, SA Taxas de Operações de Depósito/ Outros Clientes - Pág. 6 /6

Preçário BANCO BIC PORTUGUÊS, SA

Preçário BANCO BIC PORTUGUÊS, SA Preçário BANCO BIC PORTUGUÊS, SA Bancos Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de entrada em vigor: Entrada em vigor: 06 de outubro 2014 O Preçário completo

Leia mais

Preçário BANCO BIC PORTUGUÊS, SA

Preçário BANCO BIC PORTUGUÊS, SA Preçário BANCO BIC PORTUGUÊS, SA Bancos Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de entrada em vigor: 20 de outubro de 2015 O Preçário completo do Banco BIC Português, S.A., contém o Folheto de

Leia mais

Preçário BANCO BIC PORTUGUÊS, SA

Preçário BANCO BIC PORTUGUÊS, SA Preçário BANCO BIC PORTUGUÊS, SA Bancos Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de entrada em vigor: Entrada em vigor: 05 de Fevereiro de 2013 O Preçário completo

Leia mais

Preçário CAIXA ECONOMICA DO PORTO

Preçário CAIXA ECONOMICA DO PORTO Preçário CAIXA ECONOMICA DO PORTO CAIXAS ECONÓMICAS Consulte o COMISSÕES E SPESAS Consulte o TAXAS JURO Data de O Preçário completo contém o Folheto de Comissões e Despesas (que incorpora os valores máximos

Leia mais

Preçário. Banco Cofidis, S.A.

Preçário. Banco Cofidis, S.A. Preçário Banco Cofidis, S.A. BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto e Despesas: 05-out-2015 Data de Entrada em vigor do

Leia mais

Preçário BANIF - BANCO DE INVESTIMENTO, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANIF - BANCO DE INVESTIMENTO, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANIF BANCO DE INVESTIMENTO, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do Banif Banco de Investimento, SA contém o Folheto

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto de e Despesas: 01-set-2015 Data de Entrada em vigor do

Leia mais

Preçário CAIXA ECONÓMICA SOCIAL CAIXAS ECONÓMICAS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 01-DEZ-2015

Preçário CAIXA ECONÓMICA SOCIAL CAIXAS ECONÓMICAS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 01-DEZ-2015 Preçário CAIXA ECONÓMICA SOCIAL CAIXAS ECONÓMICAS Consulte o FOLHETO E COMISSÕES E ESPESAS ata de Entrada em vigor: 01-EZ-2015 Consulte o FOLHETO E TAXAS E JURO ata de Entrada em vigor: 16-OUT-2015 O Preçário

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto de e Despesas: 01-set-2015 Data de Entrada em vigor do

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto de e Despesas: 20-abr-2015 Data de Entrada em vigor do

Leia mais

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 14-agosto-2015

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 14-agosto-2015 Preçário BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 14-agosto-2015 O Preçário completo do NOVO BANCO DOS AÇORES, contém o Folheto de e Despesas

Leia mais

2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 2.1. Crédito à habitação e contratos conexos Crédito Habitação Para Aquisição, Construção, Obras e Aquisição de Terreno para Habitação Própria, Secundária ou Arrendamento, Crédito Sinal, Transferências;

Leia mais

Preçário BNP PARIBAS WEALTH MANAGEMENT SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BNP PARIBAS WEALTH MANAGEMENT SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BNP PARIBAS WEALTH MANAGEMENT SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do BNP PARIBAS WEALTH MANAGEMENT

Leia mais

Acresce Imposto Preçário Atual Novo Preçário DEPÓSITOS À ORDEM Encargos de manutenção (1) Contas com SMDO Trimestral entre 50,01 e 500,00

Acresce Imposto Preçário Atual Novo Preçário DEPÓSITOS À ORDEM Encargos de manutenção (1) Contas com SMDO Trimestral entre 50,01 e 500,00 Lisboa, 15 de janeiro de 2013 Estimado(a) Cliente, Informamos que o Preçário será atualizado nos termos a seguir indicados, com entrada em vigor a partir do dia 23 de abril de 2013, com exceção das comissões

Leia mais

Preçário BANCO SANTANDER TOTTA, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 01-jul-2014 02-Ago-2012

Preçário BANCO SANTANDER TOTTA, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 01-jul-2014 02-Ago-2012 Preçário BANCO SANTANDER TOTTA, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 01-jul-2014 02-Ago-2012 O Preçário completo do Banco Santander Totta contém o Folheto de e

Leia mais

Comissões IVA. Acresce Imposto. Valor Com Imposto IS Cont. Mad. Aç. Cont. Mad. Aç. Comissões Iniciais -- -- 23% 22% 18% 24,60 24,40 23,60

Comissões IVA. Acresce Imposto. Valor Com Imposto IS Cont. Mad. Aç. Cont. Mad. Aç. Comissões Iniciais -- -- 23% 22% 18% 24,60 24,40 23,60 2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (CLIENTES PARTICULARES) - FOLHETO DE COMSÕES E DESPESAS Entrada em vigor: 17-agosto-2015 2.1. Crédito à Habitação e Contratos Conexos - Crédito Habitação para Residentes [2.1.20150922.18]

Leia mais

Preçário. Caixa Central de Crédito Agrícola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo

Preçário. Caixa Central de Crédito Agrícola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo Preçário CAIXA CENTRAL - CAIXA CENTRAL DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO, CRL E CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO DO SISTEMA INTEGRADO DO CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO Caixa Central de Crédito Agrícola Mútuo e Caixas

Leia mais

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Instituição de Crédito com sede em território nacional, de acordo com o previsto no Regime Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras Consulte o

Leia mais

Preçário GE CONSUMER FINANCE, I.F.I.C., INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, SA. Instituição Financeira de Crédito

Preçário GE CONSUMER FINANCE, I.F.I.C., INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, SA. Instituição Financeira de Crédito Preçário GE CONSUMER FINANCE, I.F.I.C., INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, SA Instituição Financeira de Crédito Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de O Preçário completo da GE Consumer Finance,

Leia mais

Reclamações. Qualquer reclamação pode ainda ser dirigida ao Departamento de Supervisão Bancária do Banco de Portugal: Banco de Portugal

Reclamações. Qualquer reclamação pode ainda ser dirigida ao Departamento de Supervisão Bancária do Banco de Portugal: Banco de Portugal INFORMAÇÃO GERAL (ÍNICE) Reclamações Para a recepção e resolução de reclamações, contacte: (Serviço de reclamação e apoio ao cliente) epartamento de Organização e Qualidade Av. da Liberdade, nº 195, 11º,

Leia mais

Lisboa, 15 de janeiro de 2013. Estimado(a) Cliente,

Lisboa, 15 de janeiro de 2013. Estimado(a) Cliente, Lisboa, 15 de janeiro de 2013 Estimado(a) Cliente, Informamos que o Preçário será atualizado nos termos a seguir indicados, com entrada em vigor a partir do dia 23 de abril de 2013, com exceção das comissões

Leia mais

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 05-outubro-2015

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 05-outubro-2015 Preçário BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 05-outubro-2015 O Preçário completo do NOVO BANCO, S.A., contém o Folheto de e Despesas

Leia mais

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Instituição de Crédito com sede em território nacional, de acordo com o previsto no Regime Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras Consulte o

Leia mais

Preçário BBVA LEASIMO - SOCIEDADE DE LOCACAO FINANCEIRA, SA SOCIEDADES DE LOCAÇÃO FINANCEIRA

Preçário BBVA LEASIMO - SOCIEDADE DE LOCACAO FINANCEIRA, SA SOCIEDADES DE LOCAÇÃO FINANCEIRA Preçário BBVA LEASIMO - SOCIEDADE DE LOCACAO FINANCEIRA, SA SOCIEDADES DE LOCAÇÃO FINANCEIRA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do BANCO PRIMUS, SA, contém o Folheto de e Despesas (que incorpora

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do BANCO PRIMUS, SA, contém o Folheto de e Despesas (que incorpora

Leia mais

Preçário. Caixa Central de Crédito Agrícola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS

Preçário. Caixa Central de Crédito Agrícola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Preçário CAIXA CENTRAL - CAIXA CENTRAL DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO, CRL E CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO DO SISTEMA INTEGRADO DO CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO Caixa Central de Crédito Agrícola Mútuo e Caixas

Leia mais

Preçário. BANIF - Banco Internacional do Funchal BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário. BANIF - Banco Internacional do Funchal BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANIF - Banco Internacional do Funchal BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01-Fevereiro-2016 O Preçário completo do

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do BANCO PRIMUS, SA, contém o Folheto de Comissões e Despesas

Leia mais

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 14-agosto-2015

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 14-agosto-2015 Preçário BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 14-agosto-2015 O Preçário completo do NOVO BANCO, S.A., contém o Folheto de e Despesas (que

Leia mais

Preçário SOFINLOC - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS

Preçário SOFINLOC - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Preçário SOFINLOC - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 1-out-2015

Leia mais

Preçário. Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo

Preçário. Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo Preçário CAIXA CENTRAL - CAIXA CENTRAL DE CRÉDITO AGRICOLA MÚTUO, CRL E CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO DO SISTEMA INTEGRADO DO CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas

Leia mais

Preçário. BANIF - Banco Internacional do Funchal BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário. BANIF - Banco Internacional do Funchal BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANIF - Banco Internacional do Funchal BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 04-Outubro-2015 O Preçário completo do BANIF

Leia mais

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 11-janeiro-2016

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 11-janeiro-2016 Preçário BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 11-janeiro-2016 O Preçário completo do NOVO BANCO DOS AÇORES, contém o Folheto de e Despesas

Leia mais

Preçário. Caixa Central de Crédito Agrícola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo

Preçário. Caixa Central de Crédito Agrícola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo Preçário CAIXA CENTRAL - CAIXA CENTRAL DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO, CRL E CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO DO SISTEMA INTEGRADO DO CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO Caixa Central de Crédito Agrícola Mútuo e Caixas

Leia mais

Preçário INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 11-09-2014

Preçário INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 11-09-2014 Preçário INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 11-09-2014 Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 03-08-2015 O Preçário

Leia mais

Preçário BANCO BNP PARIBAS PERSONAL FINANCE, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO BNP PARIBAS PERSONAL FINANCE, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO BNP PARIBAS PERSONAL FINANCE, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 08jun2015 O Preçário completo do Banco BNP

Leia mais

Preçário FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 23-10-2013 FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-07-2014

Preçário FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 23-10-2013 FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-07-2014 Preçário FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 23-10-2013 FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01-07-2014 O Preçário completo da Orey Financial, Instituição Financeira

Leia mais

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 27-11-2015. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 27-11-2015. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 27-11-2015 Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 23-11-2015 O Preçário completo do Banco BPI,

Leia mais

Preçário SOFINLOC - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS

Preçário SOFINLOC - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Preçário SOFINLOC - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO O Preçário completo da Sofinloc

Leia mais

10. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) - FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS 10.1. Linhas de Crédito e Contas Correntes

10. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) - FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS 10.1. Linhas de Crédito e Contas Correntes 10. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) - FOLHETO DE COMSÕES E DESPESAS 10.1. Linhas de Crédito e Contas Correntes Crédito de Curto Prazo em Conta Corrente Iniciais Euros (min/máx) Valor Anual Acresce

Leia mais

Preçário. CrediAgora, Instituição Financeira de Crédito, S.A. Instituição Financeira de Crédito

Preçário. CrediAgora, Instituição Financeira de Crédito, S.A. Instituição Financeira de Crédito Preçário CrediAgora, Instituição Financeira de Crédito, S.A Instituição Financeira de Crédito Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo

Leia mais

Preçário. Banco Cofidis, S.A.

Preçário. Banco Cofidis, S.A. Preçário Banco Cofidis, S.A. BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto e Despesas: 0-out-01 Data de Entrada em vigor do Folheto

Leia mais

Preçário BANCO CAIXA GERAL TOTTA DE ANGOLA, SA. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO CAIXA GERAL TOTTA DE ANGOLA, SA. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO CAIXA GERAL TOTTA DE ANGOLA, SA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO O Preçário completo do Banco Caixa Geral Totta de Angola contém o Folheto de

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo 19.2. Depósitos a prazo

Leia mais

Preçário. CrediAgora, Instituição Financeira de Crédito, S.A. Instituição Financeira de Crédito

Preçário. CrediAgora, Instituição Financeira de Crédito, S.A. Instituição Financeira de Crédito Preçário CrediAgora, Instituição Financeira de Crédito, S.A Instituição Financeira de Crédito Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo

Leia mais

Preçário DEUTSCHE LEASING IBÉRICA, E.F.C., SAU. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL

Preçário DEUTSCHE LEASING IBÉRICA, E.F.C., SAU. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL Preçário DEUTSCHE LEASING IBÉRICA, E.F.C., SAU. SUCURSAL EM SUCURSAL Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01Fev2015 O Preçário completo

Leia mais

Preçário FINIBANCO ANGOLA SA

Preçário FINIBANCO ANGOLA SA Preçário FINIBANCO ANGOLA SA Instituição Financeira Bancaria com sede em território nacional, de acordo com o previsto na Lei das Instituições Financeiras Anexo I Tabela de comissões e despesas Data de

Leia mais

Preçário BMW BANK GMBH, SUCURSAL PORTUGUESA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BMW BANK GMBH, SUCURSAL PORTUGUESA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BMW BANK GMBH, SUCURSAL PORTUGUESA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto de Comissões e Despesas: 08-Abr-2014

Leia mais

Preçário. BANCO SANTANDER TOTTA, SA (Aplicável a Clientes Originários da Rede BANIF) BANCOS

Preçário. BANCO SANTANDER TOTTA, SA (Aplicável a Clientes Originários da Rede BANIF) BANCOS Preçário BANCO SANTANDER TOTTA, SA (Aplicável a Clientes Originários da Rede BANIF) BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO O Preçário completo do Banco Santander

Leia mais

Preçário BANCO CAIXA GERAL TOTTA DE ANGOLA, SA. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO CAIXA GERAL TOTTA DE ANGOLA, SA. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO CAIXA GERAL TOTTA DE ANGOLA, SA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO O Preçário completo do Banco Caixa Geral Totta de Angola contém o Folheto de

Leia mais

BANCO SANTANDER TOTTA, SA 2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) Entrada em vigor: 10-Mai-2016 (ÍNDICE) 2.1. Crédito à habitação e contratos conexos

BANCO SANTANDER TOTTA, SA 2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) Entrada em vigor: 10-Mai-2016 (ÍNDICE) 2.1. Crédito à habitação e contratos conexos 2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.1. Crédito à habitação e contratos conexos (ÍNDICE) Crédito Habitação: contratos de crédito para aquisição, construção e realização de obras para habitação própria

Leia mais

Preçário FORTIS LEASE PORTUGAL, INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO

Preçário FORTIS LEASE PORTUGAL, INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Preçário FORTIS LEASE PORTUGAL, INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada

Leia mais

Preçário DE LAGE LANDEN INTERNATIONAL, B.V. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL

Preçário DE LAGE LANDEN INTERNATIONAL, B.V. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL Preçário DE LAGE LANDEN INTERNATIONAL, B.V. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 19-Jan-2015 O Preçário

Leia mais

Preçário BMW BANK GMBH, SUCURSAL PORTUGUESA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BMW BANK GMBH, SUCURSAL PORTUGUESA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BMW BANK GMBH, SUCURSAL PORTUGUESA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO O Preçário completo da BMW Bank GMBH, Sucursal Portuguesa, contém o Folheto

Leia mais

Preçário BMW BANK GMBH, SUCURSAL PORTUGUESA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BMW BANK GMBH, SUCURSAL PORTUGUESA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BMW BANK GMBH, SUCURSAL PORTUGUESA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto de Comissões e Despesas: 09-Nov-2015

Leia mais

Preçário UNION DE CREDITOS INMOBILIARIOS, S.A., EFC - SUCURSAL EM PORTUGAL

Preçário UNION DE CREDITOS INMOBILIARIOS, S.A., EFC - SUCURSAL EM PORTUGAL Preçário UNION DE CREDITOS INMOBILIARIOS, S.A., EFC - SUCURSAL EM INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO COM SEDE EM ESTADO-MEMBRO DA UNIÃO EUROPEIA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO

Leia mais

Preçário BANCO CREDIBOM, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO CREDIBOM, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO CREDIBOM, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do Banco Credibom, S.A., contém o Folheto de e Despesas (que

Leia mais

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO INSTITUIÇÃO FINANCEIRA BANCÁRIA TABELA DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 22 Dezembro 2014

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO INSTITUIÇÃO FINANCEIRA BANCÁRIA TABELA DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 22 Dezembro 2014 Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO INSTITUIÇÃO FINANCEIRA BANCÁRIA TABELA DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 22 Dezembro 2014 O Preçário pode ser consultado nos balcões e locais de atendimento

Leia mais

Comissões Euros (Mín/Máx) Em %

Comissões Euros (Mín/Máx) Em % 2.1. Crédito à habitação e contratos conexos Crédito Habitação /Conexo Produtos de Taxa indexada / Produtos de Taxa Fixa / Crédito Não residentes / Crédito Deficientes / Crédito Terreno iniciais 1. Iniciais

Leia mais

Preçário MERCEDES-BENZ FINANCIAL SERVICES PORTUGAL - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO

Preçário MERCEDES-BENZ FINANCIAL SERVICES PORTUGAL - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Preçário MERCEDESBENZ FINANCIAL SERVICES PORTUGAL INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Leia mais

Preçário CAIXA GERAL DE DEPOSITOS, SA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário CAIXA GERAL DE DEPOSITOS, SA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário CAIXA GERAL DE DEPOSITOS, SA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO O Preçário completo da Caixa Geral de Depósitos, contém o Folheto

Leia mais

Preçário BANCO BIC PORTUGUÊS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO BIC PORTUGUÊS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO BIC PORTUGUÊS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 10-Dez-2012 O Preçário completo do Banco BIC Português,

Leia mais

INSTRUÇÃO N.º 44/2012 - (BO N.º 12, 17.12.2012) SUPERVISÃO Supervisão Comportamental

INSTRUÇÃO N.º 44/2012 - (BO N.º 12, 17.12.2012) SUPERVISÃO Supervisão Comportamental INSTRUÇÃO N.º 44/2012 - (BO N.º 12, 17.12.2012) Temas SUPERVISÃO Supervisão Comportamental ASSUNTO: Comunicação de informação relativa a contratos de crédito abrangidos pelos procedimentos previstos no

Leia mais

Preçário BANCO FINANTIA, SA. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS

Preçário BANCO FINANTIA, SA. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Preçário BANCO FINANTIA, SA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 1-set-2015 O Preçário completo do Banco Finantia, S.A., contém

Leia mais

Preçário BANQUE PSA FINANCE (SUCURSAL EM PORTUGAL) SUCURSAL. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANQUE PSA FINANCE (SUCURSAL EM PORTUGAL) SUCURSAL. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANQUE PSA FINANCE (SUCURSAL EM PORTUGAL) SUCURSAL Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01-Jan-2014 O Preçário completo do Banque

Leia mais

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO INSTITUIÇÃO FINANCEIRA BANCÁRIA TABELA DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 30 de Setembro 2015

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO INSTITUIÇÃO FINANCEIRA BANCÁRIA TABELA DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 30 de Setembro 2015 Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO INSTITUIÇÃO FINANCEIRA BANCÁRIA TABELA DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 30 de Setembro 2015 O Preçário pode ser consultado nos balcões e locais de atendimento

Leia mais

Preçário BANCO CAIXA GERAL TOTTA DE ANGOLA, SA. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO CAIXA GERAL TOTTA DE ANGOLA, SA. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO CAIXA GERAL TOTTA DE ANGOLA, SA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO O Preçário completo do Banco Caixa Geral Totta de Angola contém o Folheto de

Leia mais

Preçário BANCO CREDIBOM, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO CREDIBOM, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO CREDIBOM, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do Banco Credibom, S.A., contém o Folheto de e Despesas (que

Leia mais

Referência : 400010_EUR_20131116_001

Referência : 400010_EUR_20131116_001 CAIXACADERNETA Referência : 400010_EUR_20131116_001 Designação Condições de Acesso Modalidade Meios de Movimentação Moeda CaixaCaderneta pessoas singulares Empresários em nome individual (ENI) que abram

Leia mais

Preçário BANQUE PSA FINANCE (SUCURSAL EM PORTUGAL) SUCURSAL. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANQUE PSA FINANCE (SUCURSAL EM PORTUGAL) SUCURSAL. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANQUE PSA FINANCE (SUCURSAL EM PORTUGAL) SUCURSAL Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 02-fev-2015 O Preçário completo do Banque

Leia mais

Preçário DEUTSCHE BANK AG, SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário DEUTSCHE BANK AG, SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário DEUTSCHE BANK AG, SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do Deutsche Bank AG, Sucursal em Portugal,

Leia mais

Taxa Anual Nominal (TAN) Euribor 6 meses + Spread 1,750% a 4,250% Euribor 6 meses + Spread 3,750% a 6,250% 0,032% 0,596% Euribor 6 meses +

Taxa Anual Nominal (TAN) Euribor 6 meses + Spread 1,750% a 4,250% Euribor 6 meses + Spread 3,750% a 6,250% 0,032% 0,596% Euribor 6 meses + 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos Empréstimos a taxa variável Taxa Anual Efectiva (TAE) Prestação Indexada; Prestação Mínima; Crédito Não Residentes; Spread 1,750% a 4,250% 4,939% Prazo máximo

Leia mais

Preçário CAIXA GERAL DE DEPOSITOS, SA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário CAIXA GERAL DE DEPOSITOS, SA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário CAIXA GERAL DE DEPOSITOS, SA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO O Preçário completo da Caixa Geral de Depósitos, contém o Folheto

Leia mais

2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES)

2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.1. Crédito à habitação e contratos conexos Crédito Habitação Para aquisição, construção e obras para habitação própria, secundária ou arrendamento, crédito sinal, transferências; multisoluções com a

Leia mais

Nota de Informação Preçários das instituições de crédito passam a ter novas regras

Nota de Informação Preçários das instituições de crédito passam a ter novas regras Nota de Informação Preçários das instituições de crédito passam a ter novas regras O Banco de Portugal acaba de publicar novas regras para os Preçários, que vêm reforçar e harmonizar a informação sobre

Leia mais

PREÇÁRIO BCA. Banco Comercial Do Atlântico

PREÇÁRIO BCA. Banco Comercial Do Atlântico PREÇÁRIO BCA Este documento contém os seguintes folhetos do Preçário do BCA: 1. FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS PARTICULARES; (pág. 07 a 19) 2. FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS OUTROS CLIENTES; (pág. 21

Leia mais

Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 01-out-2015

Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 01-out-2015 Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS Consulte o FOLHETO E COMISSÕES E ESPESAS ata de Consulte o FOLHETO E TAXAS E JURO ata de O Preçário completo do Banco Comercial Português, S.A., contém o

Leia mais

STANDARD BANK ANGOLA

STANDARD BANK ANGOLA PREÇÁRIO STANDARD BANK ANGOLA Banco ANEXO I Tabela de e Despesas DATA DE ENTRADA EM VIGOR: 03 de Março de 2015 O Preçário pode ser consultado nos balcões e locais de atendimento ao público do Sandard Bank

Leia mais

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à Ordem

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à Ordem Designação Condições de Acesso Modalidade Meios de Movimentação Conta Completa Clientes Particulares, maiores de 18 anos, que sejam trabalhadores por conta de outrem e que aceitem domiciliar ou transferir,

Leia mais

PREÇÁRIO BCA. Banco Comercial Do Atlântico

PREÇÁRIO BCA. Banco Comercial Do Atlântico PREÇÁRIO BCA Banco Comercial Do Atlântico O Banco Comercial do Atlântico (BCA), sociedade anónima de capitais exclusivamente públicos, foi criado pelo Decreto-lei nº 43/93, de 16 de Julho. No âmbito do

Leia mais

Preçário CAIXA GERAL DE DEPOSITOS, SA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário CAIXA GERAL DE DEPOSITOS, SA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário CAIXA GERAL DE DEPOSITOS, SA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO O Preçário completo da Caixa Geral de Depósitos, contém o Folheto

Leia mais

PREÇÁRIO. ANEXO I Tabela de Comissões e Despesas

PREÇÁRIO. ANEXO I Tabela de Comissões e Despesas PREÇÁRIO ANEXO I Tabela de e Despesas DATA DE ENTRADA EM VIGOR: 13 AGOSTO 2014 Preçário pode ser consultado nos balcões e locais de atendimento ao público do Banco Sol S.A. e em www.bancosol.ao. O Precário

Leia mais

Preçário CAIXA GERAL DE DEPOSITOS, SA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário CAIXA GERAL DE DEPOSITOS, SA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário CAIXA GERAL DE DEPOSITOS, SA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO O Preçário completo da Caixa Geral de Depósitos, contém o Folheto

Leia mais

Preçário. Anexo I. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Anexo II. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Anexo III

Preçário. Anexo I. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Anexo II. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Anexo III Preçário Anexo I Consulte o FOLHETO E COMISSÕES E ESPESAS Anexo II Consulte o FOLHETO E TAXAS E JURO Anexo III Consulte a INFORMAÇÃO SUPLEMENTAR Entrada em vigor: 1 Julho 2015 O Preçário completo do Banco

Leia mais

4,567% 35, Arrendamento: 20 anos). Ver Nota (1) Crédito Habitação Regime Deficientes Civis - 0,739% 5,641%

4,567% 35, Arrendamento: 20 anos). Ver Nota (1) Crédito Habitação Regime Deficientes Civis - 0,739% 5,641% 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (CLIENTES PARTICULARES) FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 7setembro2015 18.1. Crédito à Habitação e Contratos Conexos [18.1.20150923.08] Empréstimos em Taxa Variável Crédito

Leia mais

PREÇÁRIO. Entrada em Vigor: 2 de janeiro de 2015

PREÇÁRIO. Entrada em Vigor: 2 de janeiro de 2015 PREÇÁRIO Entrada em Vigor: 2 de janeiro de 2015 Caixa Geral de Depósitos, SA Sede Social: Av. João XXI, 63 1000-300 Lisboa Portugal Capital Social: 5.900.000.000 CRCL e NIP C 500960046 www.bnu.tl Sucursal

Leia mais

Comissões Euros (Mín/Máx) Em %

Comissões Euros (Mín/Máx) Em % 10.1. Linhas de crédito e contas correntes Contas Correntes, IVA on TIME, Linha Millennium Garantia, Contas Dinâmicas/Superdinâmicas e Descobertos Contratados (as contas correntes incluem as Contas Correntes

Leia mais

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto das Comissões

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo 19.2. Depósitos a prazo

Leia mais

Não aplicável (conta não remunerada)

Não aplicável (conta não remunerada) Designação Conta 18-23 Condições de Acesso Clientes Particulares com idades compreendidas entre os 18 e os 23 anos Modalidade Depósito à Ordem Meios de Movimentação Cartão de débito, cheque, ordem de transferência,

Leia mais

Preçário FINANFARMA - SOCIEDADE DE FACTORING, S A SOCIEDADES DE FACTORING

Preçário FINANFARMA - SOCIEDADE DE FACTORING, S A SOCIEDADES DE FACTORING Preçário FINANFARMA - SOCIEDADE DE FACTORING, S A SOCIEDADES DE FACTORING Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo da Finanfarma, S.A.,

Leia mais

Preçário BANCO BILBAO VIZCAYA ARGENTARIA (PORTUGAL), SA BANCOS

Preçário BANCO BILBAO VIZCAYA ARGENTARIA (PORTUGAL), SA BANCOS Preçário BANCO BILBAO VIZCAYA ARGENTARIA (PORTUGAL), SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Consulte o FOLHETO DE FUNDOS E TÍTULOS Data de O Preçário completo

Leia mais