AS NOVAS REGRAS DAS TARIFAS BANCÁRIAS: CORREÇÕES OU DISTORÇÕES?

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AS NOVAS REGRAS DAS TARIFAS BANCÁRIAS: CORREÇÕES OU DISTORÇÕES?"

Transcrição

1 AS NOVAS REGRAS DAS TARIFAS BANCÁRIAS: CORREÇÕES OU DISTORÇÕES?

2

3 > ÍNDICE Presidente: Abram Szajman Diretor Executivo: Antonio Carlos Borges Jornalista Responsável: Ana Paula Vieira Rogers mtb: Edição: Fernando Santis > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > 1. APRESENTAÇÃO 6 2. OS EFEITOS DA ESTABILIDADE INFLACIONÁRIA SOBRE O COMPORTAMENTO DAS > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > TARIFAS BANCÁRIAS 8 > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > 3. MUDANÇAS COMPARAÇÕES: TARIFAS PRÉ E PÓS MEDIDAS (PESSOA FÍSICA) > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > 15 > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > 5. PESSOA JURÍDICA COMPARANDO CRITÉRIOS: PESSOA FÍSICA X PESSOA > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > JURÍDICA ORIENTAÇÕES PARA O GERENCIAMENTO DO > > > > > > > > > > > > > > > CUSTO DAS TARIFAS BANCÁRIAS PROPOSTAS FECOMERCIO > > > > > > > > > > > > > > > > > > > 37

4 > página 6 as novas regras das tarifas bancárias < > página 7 as novas regras das tarifas bancárias < > 1. APRESENTAÇÃO > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > A cobrança abusiva das tarifas bancárias efetuadas pelos diversos bancos tem atingido sensivelmente os consumidores e as pequenas empresas, causando elevação dos seus custos, que quase sempre são assumidos pelo comércio varejista de maneira geral. Com base na Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) do IBGE, estima-se que no ano passado os gastos mensais das famílias atingiram em torno de R$ 100 bilhões por mês, tendo em vista que no ano passado o sistema bancário faturou em torno de R$ 50 bilhões com tarifas, estas representam cerca de 5% dos gastos familiares. Apenas dois itens individuais de despesas da POF superam esse percentual: gastos com aluguel e impostos. Para se ter uma idéia todos os gastos com o grupo educação atingem um pouco mais de 3% do orçamento das famílias. Já no caso das pequenas e médias empresas, esses gastos chegam a representar até 2% do faturamento destas empresas. os valores referentes a tais tarifas são cobrados sem qualquer critério, principalmente do pequeno correntista, que na maioria das vezes não representa um cliente muito interessante, tendo em vista o volume de depósitos. Nesse sentido, dando continuidade a esta discussão em relação ao comportamento dos bancos, a Fecomercio traz nesta cartilha as novas normas estipuladas pelo Banco Central que passam a vigorar em sua totalidade, em 30 de abril de 2008, e orienta o cliente como tentar minimizar o ônus das altas cobranças. O que torna mais surpreendente essa constatação é o fato de que apesar de toda esta representatividade,

5 > página 8 as novas regras das tarifas bancárias < > página as novas regras das tarifas bancárias < representativos, relativamente aos novos índices de > inflação. 2. OS EFEITOS DA ESTABILIDADE INFLACIONÁRIA SOBRE O COMPORTAMENTO DAS TARIFAS BANCÁRIAS > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > Há algum tempo atrás, quando os índices de inflação eram mais elevados, a cobrança de tarifas bancárias por parte das instituições não era tão significativa. Os bancos não focavam suas receitas nesse tipo de cobrança e as tarifas não eram cobradas com o preciosismo de hoje. Os ganhos com o mercado financeiro eram suas principais fontes de receita. Também para o cliente, os custos dessas cobranças se diluíam por causa das altas taxas de inflação. Com a estabilidade econômica e a queda das receitas decorrentes da inflação, a cobrança das tarifas bancárias por parte dos bancos tornou-se mais representativa. Os bancos passaram a cobrar altas tarifas pelo uso dos seus serviços. Tais cobranças tornaram-se mais transparentes e os custos para os clientes tornaram-se muito mais O peso dos serviços bancários de alguns bancos já cobre totalmente suas despesas de pessoal, conforme divulgado em seus balanços em dezembro de 2007, como segue: Receita das Tarifas x Despesas Pessoal Banco Receitas das Tarifas (R$mil) Despesas Pessoal (R$mil) D/R% Itaú % Santander % Unibanco % Citibank % HSBC % Bradesco % Real % Banco do Brasil % Caixa Econômica % Nossa Caixa % Fonte: SISBACEN Para uma economia como a nossa, na qual uma boa parte dos custos não pode ser repassada ao preço final dos produtos, pois ainda persiste uma demanda retraída, poucas alternativas restam ao empresário que precisa equacionar a situação financeira de sua empresa. A esse custo somam-se tantos outros que acabam, muitas vezes, pressionando demasiadamente a sua margem, de modo a comprometer as condições à manutenção do seu negócio.

6 > página 10 as novas regras das tarifas bancárias < > página 11 as novas regras das tarifas bancárias < Além disto, soma-se a esse ônus a dificuldade que o consumidor em geral tem em comparar as tarifas que são cobradas pelos bancos, uma vez que cada um possui uma tabela própria. Não bastassem as tarifas exorbitantes que são cobradas pelos serviços, há de ser notar que existe uma grande disparidade nos valores cobrados de uma instituição para outra. Diante deste cenário e de constantes queixas no Procon, o Banco Central, em dezembro de 2007, estabeleceu uma nova regulamentação para a cobrança dos serviços bancários pessoa física, visando facilitar a vida dos clientes e regulamentar a concorrência entre as instituições financeiras. > 3. MUDANÇAS > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > Por meio da Resolução CMN nº 3518, de 6 de dezembro de 2007, e da Circular nº 3371, de 6 de dezembro de 2007, o Banco Central classificou os serviços bancários (pessoa física) em quatro categorias: > 1 Essenciais (referente a conta corrente e poupança): os serviços enquadrados nesta categoria não poderão ser cobrados. Desta forma de acordo com a norma não serão mais cobrados os seguintes serviços: > Fornecimento de cartão de débito > Fornecimento de dez folhas de cheques por mês, > Fornecimento de segunda via do cartão de débito, realização de até quatro saques por mês em guichê de caixa ou em terminal de auto-atendimento > Realização de duas transferências de recursos entre contas na própria instituição por mês em guichê de caixa, em terminal de auto-atendimento e/ou pela internet > Compensação de cheques > Consultas pela internet > Fornecimento de até dois extratos contendo a movimentação do mês Poupança: > Fornecimento de cartão para movimentação > Fornecimento de segunda via do cartão movimentação > Realização de até dois saques, por mês, em guichê de caixa ou em terminal de auto-atendimento

7 > página 12 as novas regras das tarifas bancárias < > página 13 as novas regras das tarifas bancárias < > Realização de até duas transferências para conta de depósitos de mesma titularidade > Consultas pela internet > Fornecimento de até dois extratos contendo a movimentação do mês. > 2 Prioritários Seriam os básicos, os quais representam a maioria dos serviços relacionados a conta corrente e poupança cobrados de pessoas físicas que passam de 55 para 20 (ver tabela anexa) e que terão uma única nomenclatura em todos os bancos. Dentro desta categoria o Banco Central definiu um pacote básico padrão que deve ser fornecidos por todos os bancos, conforme tabela a seguir: PACOTE PADRONIZADO PESSOA FÍSICA Confecção de cadastro para início de relacionamento Renovação de cadastro Saque Extrato mensal Extrato do mês imediatamente anterior Transferência entre contas na própria instituição Fonte: Banco Central do Brasil * Incluídos os serviços gratuitos QUANTIDADE INCLUÍDA - 2 x por ano 8 por mês 4 por mês 2 por mês 4 por mês > 3 Especiais Não sofreram alterações. Exemplos: crédito rural, crédito imobiliário e microfinanças. > 4 Diferenciados Seriam os serviços personalizados (atendimento preferencial), que também não sofreram alterações na sua forma de cobrança. Com a nova regulamentação fica estabelecido que a partir de 30 de abril de 2008 os bancos só poderão reajustar os valores de suas tarifas a cada 6 meses, a contar da data do primeiro reajuste de tarifa feito. Convém ressaltar que reduções de tarifas ficam fora desta normatização, podem ser feitas a qualquer momento. A nova norma prevê ainda que os bancos não poderão realizar débitos de tarifa em contas que não apresentarem saldo suficiente para tal pagamento. Evitando assim que a conta corrente fique negativa em razão de cobrança de tarifas bancárias. Além disto, a partir de 2009, anualmente, os bancos terão que fornecer a cada cliente um extrato com o detalhamento mês a mês de todas as tarifas cobradas ao longo do ano encerrado.

8 > página 14 as novas regras das tarifas bancárias < > página 15 as novas regras das tarifas bancárias < > 5 Crédito Na pauta crédito, o Banco Central proibiu a cobrança da Tarifa por Liquidação Antecipada (TLA) - nas operações de crédito e leasing para pessoa física ou micro e pequenas empresas e da Taxa de Abertura de Crédito (TAC), valendo apenas para os contratos assinados a partir da edição da medida. Além disto, as instituições financeiras deverão divulgar também o custo efetivo total (CET) de uma operação de crédito, que deverá ser expresso em taxa percentual ao ano, ou seja, a CET deverá considerar o fluxo das liberações de recursos e de pagamentos, juros, tributos de todas as tarifas incluíndo a de abertura do crédito, de seguros e de outras taxas cobradas do cliente. > 4. COMPARAÇÕES: TARIFAS PRÉ E PÓS MEDIDAS (PESSOA FÍSICA) > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > Essas medidas, embora importantes para trazer maior transparência e propiciar ao maiores comparações e noções, não resolvem uma questão crucial: a cobrança abusiva por parte dos bancos. Além disto, a fixação em 30 de abril para começar a vigorar o período de congelamento das tarifas deu margem para que os bancos se antecipassem e anunciassem novos valores. As novas tabelas adequadas às novas regras do Banco Central foram divulgados no início do mês de abril e o que se observou foi um quadro de inúmeras alterações. Com base nos novos valores disponibilizados pela Febraban, apresenta-se a seguir uma análise comparativa dos preços - das 15 tarifas mais utilizadas enquadradas na categoria de serviços prioritários - observados logo após o anúncio do Resolução CMN nº 3518, de 6 de dezembro de 2007, e os valores que passam a vigorar em 30 de abril de 2008 nos dez maiores bancos que,

9 > página 16 as novas regras das tarifas bancárias < > página 17 as novas regras das tarifas bancárias < juntos, totalizam cerca de 83% do total de ativos do setor. As tarifas demonstradas no quadro a seguir estão sujeitas a política de cada banco, podendo sofrer alterações em razão de possíveis negociações. Pode-se observar que os reajustes chegam a 966,7%, percentual observado na Cobrança por Renovação de Cadastro de Conta Corrente no Banco Real passando de R$ 4,50 em janeiro para R$ 48,00 em 30 de abril deste ano. Destaca-se ainda que para o serviço de Confecção de Cadastro para Início de Relacionamento todos os bancos não cobravam pelo serviço e passaram a cobrá-lo. Em resumo, o que observou foi um comportamento semelhante, muitos bancos que não cobravam pelo serviço passaram a cobrar, quem cobrava acima do que se observava, reduziu seus valores, e quem estava muito abaixo, aumentou o valor de suas cobranças, ou seja as tarifas aumentaram de forma significativa. Veja a seguir: Outra variação de preço significativa foi no caso do fornecimento de folha avulsa de cheque. No Unibanco o valor cobrado vai passar de R$ 0,36 para R$ 1,40, representando uma variação de 288,9%. Analisando a tarifa do fornecimento de 2ª via de cartão de débito para conta corrente e para conta poupança os maiores reajustes foram observados nos bancos Real (no primeiro caso) e Caixa Econômica Federal (no segundo) com variações respectivas de 40% e 80%.

10 COMPARAÇÃO ENTRE OS VALORES DAS TARIFAS (JAN/08 E 30/ABR/08) Confecção de cadastro para início de relacionamento BRADESCO JAN /ABRIL VARIAÇÃO Não cobra Não cobra - BB JAN /ABRIL VARIAÇÃO Não cobra Não cobra - UNIBANCO JAN /ABRIL VARIAÇÃO Não cobra R$ 120,00 Passou a cobrar ITAÚ JAN /ABRIL VARIAÇÃO Não cobra R$ 150,00 Passou a cobrar BANCO REAL JAN /ABRIL VARIAÇÃO Não cobra R$ 60,00 Passou a cobrar Renovavação de cadastro (c/c) Fornecimento de 2ª via de cartão com função de débito Fornecimento de 2ª via de cartão com função movimentação de conta de poupança Exclusão do cadastro de emitentes de cheques sem fundos (CCF) Contra-ordem (ou renovação) e oposição (ou sustação) ao pagamento de cheque Fornecimento de folhas de cheque Saque Presencial ou pessoal Saque - Correspondente bancário Extrato mensal - presencial ou pessoal Extrato - correspondente bancário Doc/Ted presencial ou pessoal Internet Transferência entre contas na própria instituição (presencial ou pessoal) Concessão de adiamento a depositante Não cobra R$ 25,00 Passou a cobrar R$ 7,00 R$ 8,00 14,3% R$ 7,00 R$ 8,00 14,3% R$ 24,00 R$ 27,00 12,5% R$ 11,40 R$ 11,50 0,9% R$ 0,83 R$ 1,60 92,8% R$ 1,50 R$ 1,60 6,7% R$ 1,30 R$ 1,60 23,1% R$ 3,00 R$ 1,45-51,7% NS R$ 1,45 - R$ 13,30 R$ 13,50 1,5% R$ 8,00 R$ 8,00 0,0% Não cobra R$ 1,30 Passou a cobrar R$ 23,80 R$ 24,00 0,8% Não cobra R$ 23,00 Passou a cobrar R$ 8,00 R$ 8,00 0,0% R$ 5,00 R$ 8,00 60,0% R$ 22,18 R$ 26,18 18,0% R$ 10,50 R$ 11,40 8,6% R$ 0,95 R$ 1,50 57,9% R$ 1,60 R$ 2,00 25,0% R$ 1,00 Não cobra Isentou R$ 3,00 R$ 1,45-51,7% NS Não cobra - R$ 13,50 R$ 13,50 0,0% R$ 8,00 R$ 8,00 0,0% Não cobra R$ 1,50 Passou a cobrar R$ 22,50 R$ 24,00 6,7% R$ 19,50 R$ 45,00 130,8% R$ 8,50 R$ 7,90-7,1% R$ 8,50 R$ 7,90-7,1% R$ 24,50 R$ 28,48 16,2% R$ 11,50 R$ 12,00 4,3% R$ 0,36 R$ 1,40 288,9% - R$ 2, Não cobra - R$ 4,50 R$ 4,40-2,2% R$ 2,40 Não cobra Isentou R$ 13,50 R$ 14,10 4,4% R$ 7,95 R$ 8,00 0,6% Não cobra R$ 1,60 Passou a cobrar R$ 35,00 R$ 36,00 2,9% Não cobra R$ 39,00 Passou a cobrar R$ 8,00 R$ 8,00 0,0% R$ 6,50 R$ 6,50 0,0% R$ 24,50 R$ 24,50 0,0% R$ 11,50 R$ 11,50 0,0% Não cobra R$ 1,30 Passou a cobrar R$ 1,30 R$ 1,30 0,0% NS NS - R$ 3,00 R$ 1,30-56,7% NS NS - R$ 13,50 R$ 13,50 0,0% R$ 7,80 R$ 7,80 0,0% R$ 1,30 R$ 1,30 0,0% R$ 24,00 R$ 30,00 25,0% R$ 4,50 R$ 48,00 966,7% R$ 5,00 R$ 7,00 40,0% R$ 5,00 R$ 7,00 40,0% R$ 25,00 R$ 30,00 20,0% R$ 12,00 R$ 14,00 16,7% R$ 1,40 R$ 1,70 21,4% R$ 1,40 R$ 2,50 78,6% NS Não cobra - R$ 4,50 R$ 4,50 0,0% NS Não cobra - R$ 14,50 R$ 14,50 0,0% R$ 8,00 R$ 8,00 0,0% Não cobra R$ 4,50 Passou a cobrar R$ 34,00 R$ 34,00 0,0% HSBC CITI CAIXA ECONÔMICA NOSSA CAIXA SANTANDER Confecção de cadastro para início de relacionamento JAN /ABRIL VARIAÇÃO Não cobra R$ 54,00 Passou a cobrar JAN /ABRIL VARIAÇÃO Não cobra R$ 50,00 Passou a cobrar JAN /ABRIL VARIAÇÃO R$ 15,00 R$ 30,00 100,0% JAN /ABRIL VARIAÇÃO Não cobra R$ 20,00 Passou a cobrar JAN /ABRIL VARIAÇÃO Não cobra R$ 50,00 Passou a cobrar Renovavação de cadastro (c/c) Fornecimento de 2ª via de cartão com função de débito Fornecimento de 2ª via de cartão com função movimentação de conta de poupança Exclusão do cadastro de emitentes de cheques sem fundos (CCF) Contra-ordem (ou renovação) e oposição (ou sustação) ao pagamento de cheque Fornecimento de folhas de cheque Saque Presencial ou pessoal Saque - Correspondente bancário Extrato mensal - presencial ou pessoal Extrato - correspondente bancário Doc/Ted presencial ou pessoal Internet Transferência entre contas na própria instituição (presencial ou pessoal) Concessão de adiamento a depositante R$ 19,50 R$ 27,00 38,5% R$ 8,00 R$ 9,00 12,5% Não cobra R$ 9,00 Passou a cobrar R$ 29,90 R$ 39,00 30,4% R$ 11,75 R$ 11,75 0,0% R$ 1,10 R$ 1,60 45,5% Não cobra R$ 2,40 Passou a cobrar R$ 2,30 R$ 2,40 4,3% R$ 2,70 R$ 4,30 59,3% NS R$ 3,00 - R$ 14,25 R$ 16,00 12,3% R$ 8,00 R$ 9,00 12,5% Não cobra R$ 1,80 Passou a cobrar R$ 34,00 R$ 36,00 5,9% R$ 18,00 R$ 30,00 66,7% R$ 6,00 R$ 6,00 0,0% NS R$ 6,00 - Não cobra R$ 52,00 Passou a cobrar R$ 11,40 R$ 12,50 9,6% Não cobra R$ 1,15 Passou a cobrar Não cobra R$ 1,00 Passou a cobrar NS R$ 1,60 - R$ 5,20 R$ 5,20 0,0% NS R$ 2,30 - R$ 14,00 R$ 14,50 3,6% R$ 7,80 R$ 9,30 19,2% Não cobra R$ 1,50 Passou a cobrar R$ 30,00 R$ 35,00 16,7% R$ 15,00 R$ 22,50 50,0% R$ 9,00 R$ 9,00 0,0% R$ 5,00 R$ 9,00 80,0% R$ 24,00 R$ 37,00 54,2% R$ 11,00 R$ 11,00 0,0% - R$ 1,20 - Não cobra R$ 4,00 Passou a cobrar NS R$ 1, R$ 5,00 - Não cobra R$ 1,50 Passou a cobrar R$ 14,00 R$ 18,00 28,6% R$ 8,00 R$ 8,00 0,0% R$ 1,00 R$ 1,00 0,0% R$ 22,00 R$ 22,00 0,0% Não cobra R$ 20,00 Passou a cobrar R$ 7,00 R$ 7,00 0,0% R$ 4,00 R$ 7,00 75,0% R$ 30,00 R$ 33,00 10,0% R$ 12,50 R$ 13,00 4,0% R$ 0,25 R$ 0,35 40,0% R$ 1,55 R$ 3,60 132,3% Não cobra R$ 1,30 Passou a cobrar NS R$ 2,00 - NS Não cobra - R$ 14,00 R$ 16,00 14,3% R$ 8,00 R$ 8,00 0,0% R$ 4,00 R$ 4,00 0,0% R$ 26,80 R$ 35,00 30,6% Não cobra R$ 48,00 Passou a cobrar R$ 8,00 R$ 5,50-31,3% Não cobra R$ 5,50 Passou a cobrar R$ 29,90 R$ 37,00 23,7% R$ 11,90 R$ 12,90 8,4% R$ 1,35 R$ 2,40 18,5% R$ 1,55 R$ 4,00 54,8% NS Não cobra - NS R$ 4,00 - NS Não cobra - R$ 14,00 R$ 14,40 2,9% R$ 7,95 R$ 8,00 0,6% Não cobra R$ 1,10 Passou a cobrar R$ 34,00 R$ 34,90 2,6% Fonte: Febraban Obs: Vale resaltar, que as comparações foram feitas entre os dez maiores bancos e as variações calculadas tiveram como base somente os bancos que prestavam o serviço.

11 > página 20 as novas regras das tarifas bancárias < > página 21 as novas regras das tarifas bancárias < Além disto, as distorções são enormes. Os preços cobrados pelos bancos apresentam valores bem distintos quando comparados. Nos dez maiores bancos pesquisados, a diferença já começa na abertura da conta corrente. Enquanto o Bradesco e o Banco do Brasil não vão cobram pela confecção de cadastro para início de relacionamento, o Unibanco divulgou em sua tabela que o custo será de R$ 120,00 a partir de 30 de abril. Para a renovação do cadastro, as tarifas variam 140%. O serviço custará R$ 20,00 na Nossa Caixa e R$ 48,00 no Banco Real e Santander. variação expressiva - de 350%: sendo cobrado R$ 1,00 na Caixa Econômica Federal e R$ 4,50 no Banco Real. As demais comparações podem ser observadas no quadro demonstrativo a seguir: Nesses bancos, dos quinze serviços mais utilizados por pessoas físicas entre os 20 serviços prioritários listados pelo Banco Central e ligados à conta corrente e conta de poupança, a variação de preço chegou a 386%. Essa diferença foi encontrada na tarifa para fornecimento de folhas de cheque. Na Nossa Caixa, a tarifa é de R$ 0,35 e no Banco Real é de R$ 1,70. No extrato mensal de conta de depósito à vista e de poupança, quando o cliente faz a solicitação pessoalmente, a variação é de 300%: a tarifa será de R$ 1,30 no Itaú e de R$ 5,20 no Citibank. O preço cobrado pela transferência entre contas na própria instituição (presencial ou pessoal) também mostrou

12 > página 22 as novas regras das tarifas bancárias < > página 23 as novas regras das tarifas bancárias < Tarifas Bradesco Citi BB Itaú Nossa Caixa Real Santander CEF HSBC Unibanco Variações Confecção de cadastro para início de relacionamento Não cobra R$ 50,00 Não cobra R$ 50,00 R$ 20,00 R$ 60,00 R$ 50,00 R$ 30,00 R$ 54,00 R$ 120,00 500% Renovavação de cadastro R$ 25,00 R$ 30,00 R$ 23,00 R$ 39,00 R$ 20,00 R$ 48,00 R$ 48,00 R$ 22,50 R$ 27,00 R$ 45,00 140% Fornecimento de 2ª via de cartão R$ 8,00 R$ 6,00 R$ 8,00 R$ 8,00 R$ 7,00 R$ 7,00 R$ 5,50 R$ 9,00 R$ 9,00 R$ 7,90 64% com função de débito Fornecimento de 2ª via de cartão com função R$ 8,00 R$ 6,00 R$ 8,00 R$ 6,50 R$ 7,00 R$ 7,00 R$ 5,50 R$ 9,00 R$ 9,00 R$ 7,90 64% movimentação de conta de poupança Exclusão do cadastro de emitentes de R$ 27,00 R$ 52,00 R$ 26,18 R$ 24,50 R$ 33,00 R$ 30,00 R$ 37,00 R$ 37,00 R$ 39,00 R$ 28,48 112% cheques sem fundos (CCF) Contra-ordem (ou renovação) e oposição R$ 11,50 R$ 12,50 R$ 11,40 R$ 11,50 R$ 13,00 R$ 14,00 R$ 12,90 R$ 11,00 R$ 11,75 R$12,00 27% (ou sustação) ao pagamento de cheque Fornecimento de folhas de cheque R$ 1,60 R$ 1,15 R$1,50 R$ 1,30 R$ 0,35 R$ 1,70 R$ 1,60 R$ 1,20 R$ 1,60 R$ 1,40 386% Saque Presencial ou pessoal R$ 1,60 R$ 1,60 R$ 2,00 R$ 1,30 R$ 3,60 R$ 2,50 R$ 2,40 R$ 4,00 R$ 2,40 R$ 2,45 208% Saque - Correspondente bancário R$ 1,60 R$ 1,00 Não cobra NS R$ 1,30 Não cobra Não cobra R$ 1,50 R$ 2,40 Não cobra 140% Extrato mensal - presencial ou pessoal R$ 1,45 R$ 5,20 R$ 1,45 R$ 1,30 R$ 2,00 R$ 4,50 R$ 4,00 R$ 5,00 R$ 4,30 R$ 4,40 300% Extrato - correspondente bancário R$ 1,45 R$ 2,30 Não cobra NS Não cobra Não cobra Não cobra R$ 1,50 R$ 3,00 Não cobra 107% Doc/Ted presencial - presencial ou pessoal R$ 13,50 R$ 14,50 R$ 13,50 R$ 13,50 R$ 16,00 R$ 14,50 R$ 14,50 R$ 18,00 R$ 16,00 R$ 14,10 33% Doc/Ted presencial - Internet R$ 8,00 R$ 9,30 R$ 8,00 R$ 7,80 R$ 8,00 R$ 8,00 R$ 8,00 R$ 8,00 R$ 9,00 R$ 8,00 19% Transferência entre contas na própria R$ 1,30 R$ 1,50 R$ 1,50 R$ 1,30 R$ 4,00 R$ 4,50 R$ 1,10 R$ 1,00 R$ 1,80 R$ 1,60 350% instituição (presencial ou pessoal) Concessão de adiamento a depositante R$ 24,00 R$ 35,00 R$ 24,00 R$ 30,00 R$ 35,00 R$ 34,00 R$ 34,90 R$ 22,00 R$ 36,00 R$ 36,00 64% Fonte: Febraban (valores de 30 de abril de 2008) Maiores valores Menores valores

13 > página 24 as novas regras das tarifas bancárias < > página 25 as novas regras das tarifas bancárias < Com relação ao pacote básico padrão, os valores também destoam bastante. A diferença entre o menor e o maior valor cobrado chega a 193,3%, confira os valores: Pacote Básico Valor Cobrado (30/04/2008) Citibank R$ 44,00 Banco Real R$ 27,00 Santander R$ 26,50 Unibanco R$ 26,50 Bradesco R$ 26,50 HSBC R$ 21,00 Banco do Brasil R$ 17,00 Nossa Caixa R$ 16,00 Caixa Econômica R$ 15,00 Itaú R$ 15,00 Fonte Febraban Além disto, se considerarmos os itens ofertados no pacote padrão e calcularmos a soma de suas tarifas (preços de janeiro deste ano), podemos observar que nos casos do Banco do Brasil, Bradesco e Banco Real, o valor final de seus pacotes seria bem menor que o atual valor proposto, R$ 12,40 (cerca de 37% menor do que o valor do seu atual pacote; R$ 19,70 (12% menor) e R$ 26,40 (cerca de 3% menor), respectivamente. Ficam claros os aumentos substancias promovidos pelos bancos antes da vigoração da norma. Diante disto, analisando as novas medidas, observase que: > Pontos Positivos 1 > A redução do número e a padronização das nomenclaturas trará maior informação aos clientes, possibilitando ao cliente fazer comparações e optar pelo que melhor se adequa a suas necessidades com o menor custo. 2 > As medidas voltadas para o crédito foram as mais significativas em termos de resultados práticos, embora não comtemplem a questão do crédito habitacional. 3 > A eliminação da TAC (Taxa de Abertura do Crédito) e da TLA (Tarifa por Liquidação Antecipada), vai facilitar de alguma forma a portabilidade do crédito. 4 > A CET permite a comparação entre as linhas de crédito de forma segura, proporcionando maior visibilidade ao cliente.

14 > página 26 as novas regras das tarifas bancárias < > página 27 as novas regras das tarifas bancárias < > Limitações 1 > Falta de Uniformização de Linguagem: Houve padronização de apenas alguns itens. Para todos os demais serviços cobrados, cada banco usa uma especificação diferente, impossibilitando a análise comparativa. A grande maioria dos serviços que entraram na categoria isenta já não eram cobrados pelos bancos, trazendo assim poucas novidades aos clientes. Pacotes de Serviços - O pacote básico padrão estabelecido fica aquém da maior parte das necessidades dos consumidores, restando a opção pelos pacotes já existente, (diferentes em nomenclatura, itens, etc) o que mantém a dificuldade de análise. Elevado Número de Itens - Os bancos continuam com inúmeras tarifas, sendo impraticável a tarefa de se comparar valores. 2 > Grande Diversidade de Valores Cobrados - As tarifas cobradas variam muito. Um mesmo serviço prestado por determinado banco pode apresentar valores bem distintos quando comparados com o mesmo serviço prestado por outros bancos. 3 > Imprecisão das Informações da Tabela - Algumas tarifas devem considerar taxas cobradas pelo Banco Central e a tabela não esclarece se tais informações estão sendo ou não contempladas. 4 > Prática Diferente da Tabela (Isenções Pontuais) A cobrança especificada na tabela nem sempre é efetuada na prática. O banco, porém, publica na tabela tal tarifa para poder cobrar caso desejar. Alguns clientes são isentos de certas cobranças. O critério de isenção é estabelecido, na maioria das vezes, pelo perfil e reciprocidade do cliente. > 5. PESSOA JURÍDICA > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > A recente regulamentação do Banco Central não altera o cenário das empresas, uma vez que as novas medidas não contemplam o cliente pessoa jurídica, o argumento utilizado pelo governo é o que que as pessoas jurídicas já têm relacionamento próprio com as instituições

15 > página 28 qualidade do atendimento no turismo < financeiras ; o que é verdade no caso das grandes corporações, que por possuírem elevados volumes movimentados e acabam tendo poder de barganha na hora das negociações (muita vezes o que se configura em inúmeras isenções). Já no caso das pequenas e médias empresas, a questão é outra. Além de se depararem com a elevada carga tributária e com os altos juros, elas enfrentam outro obstáculo no cotidiano de suas atividades: o peso das tarifas bancárias. Cobradas sobre operações que vão desde um simples extrato até abertura de crédito, as tarifas têm sido reajustadas, muita vezes, bem acima da inflação. Atualmente, os bancos cobram uma média de 60 tarifas para pessoas jurídicas, dificultando as comparações e, consequentemente, limitando a análise. Sem tem outra alternativa, as pequenas empresas se vêem cada vez mais oneradas, chegando a gastar entre 0,5% e 2% do seu faturamento com pagamento dos serviços bancários. As tarifas mais elevadas cobradas a pessoa jurídica são relacionadas ao crédito, no caso do item Abertura de crédito a taxa média é de R$ 650,00, seguidos por Concessão de cheque especial/conta garantia, R$ 116 e renegociação da Dívida, R$ 116. Se, de por um lado, a forte expansão dos serviços prestados pelos bancos, trouxe para os clientes mais opções, por outro, criou grandes distorções. Conforme dados da tabela a seguir, em muitos casos a distorção entre os valores máximos e mínimos cobrados chega a casos extremos com uma diferença superior a 7 mil vezes (Envio para protesto: Caixa Econômica R$ 0,10 e Citibank R$ 8,00). Outras distorções mais evidentes ficam por conta dos itens de serviço: Concessão de cheque especial e Renegociação da dívida, que apresentaram os maiores desvios da amostra considerada (1.532,7% e 1.328,6%, respectivamente). Serviços mais utilizados no cotidiano como DOC e Extrato em Terminal apresentaram variações respectivas de 7,4% e 733%. A seguir apresentamos algumas comparações entre um mesmo serviço que é isento em um banco e abusivamente cobrado em outro, veja: > Concessão de Cheque especial/conta garantia Menor preço: Isento - Banco Real e Citibank Maior preço: R$ Banco do Brasil

16 > página 30 as novas regras das tarifas bancárias < > página 31 as novas regras das tarifas bancárias < > Talão de 20 folhas (segundo talão do mês) Menor preço: Isento - Bradesco, Banco do Brasil, Itaú, Santander, Real e Unibanco Maior preço R$ 12,00 - Nossa Caixa > Renegociação da dívida Menor preço: Isento - Bradesco, Unibanco e Citibank Maior preço R$ Santander > 6. COMPARANDO CRITÉRIOS: PESSOA FÍSICA X PESSOA JURÍDICA > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > Pagamento de Funcionários via relação Menor preço: Isento - Citibank Maior preço R$ 7,00 - Real É visível a necessidade da criação de uma regulamentação específica também para a pessoa jurídica, sem a qual o pequeno empreendimento arca com o ônus desse atual sistema. Independente do tipo de consumidor (pessoa física ou jurídica), o fato é que os bancos estão cobrando cada vez mais caro pelos serviços prestado sem qualquer restrição e com grandes distorções de valores e o consumidor acaba refém disto, uma vez que a utilização de bancos é praticamente indispensável. Contas, salários e impostos são exemplos de transações intermediadas pelos bancos, deixando poucas alternativas ao consumidor. Veja o quadro comparativo:

17 > página 32 as novas regras das tarifas bancárias < > página 33 as novas regras das tarifas bancárias < TARIFAS PF E PJ Pessoa Física 1º Banco do Brasil 20 tarifas 2º Banco Real 20 tarifas 3º Bradesco 20 tarifas 4º Caixa Econômica 20 tarifas 5º Citibank 20 tarifas 6º HSBC 20 tarifas 7º Itaú 20 tarifas 8º Nossa Caixa 20 tarifas 9º Santander 20 tarifas 10º Unibanco 20 tarifas Fornecimento de folhas de cheque: 386% > Banco Real R$ 1,70 > Nossa Caixa R$ 0,35 Transferência entre contas (mesma inst.): 350% > Banco Real R$ 4,50 > Caixa Econômica R$ 1,00 Extrato mensal (presencial): 300% > Citibank R$ 5,20 > Itaú R$ 1,30 Saque (presencial): 208% > Caixa Econômica R$ 4,00 > Itaú R$ 1,30 Pessoa Jurídica 1º Banco Real 62 tarifas 2º Caixa Econômica 62 tarifas 3º Santander 61 tarifas 4º Nossa Caixa 55 tarifas 5º Banco do Brasil 53 tarifas 6º Citibank 53 tarifas 7º Unibanco 52 tarifas 8º HSBC 51 tarifas 9º Bradesco 50 tarifas 10º Itaú 50 tarifas Maiores distorções entre o maior e o menor valor observado: Fonte: Banco Central e Febraban (valores de 30/04/2008) Envio para Protesto: 7900% > Citibank R$ 8,00 > Caixa Econômica R$ 0,10 Cheque Especial (concessão): 1533% > BB R$ 400,00 > Caixa Econômica R$ 24,50 Renegociação de Dívoda: 1329% > Santander R$ 350,00 > Caixa Econômica R$ 24,50 Pagamento de funcionário (magnético): 1100% > Itaú R$ 6,00 > Citibank R$ 0,50 > 7. ORIENTAÇÕES PARA O GERENCIAMENTO DO CUSTO DAS TARIFAS BANCÁRIAS > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > A Fecomercio no intuito de orientar os consumidores quanto a forma de gerir tais custos, vem recomendar a observação de alguns pontos importantes que podem contribuir para minimizar tais despesas e garantir melhores resultados: Valores cobrados - Tabela 1 > Verificar se os valores cobrados estão de acordo com os valores estipulados na tabela. A partir dessa informação, observar quais bancos oferecem os mesmos serviços a tarifas menores. Atentar para tudo o que for cobrado na conta. 2 > Observar se a tabela encontra-se afixada em local visível, de fácil acesso e com a periodicidade correta. O Banco Central determina que a tabela seja afixada com trinta dias de antecedência da cobrança.

18 > página 34 as novas regras das tarifas bancárias < > página 35 as novas regras das tarifas bancárias < 3 > Observar se a tabela publicada pelo banco segue as novas normas do Banco Central Qualidade de Serviços - Benefícios 1 > Avaliar a qualidade dos serviços prestados pelo banco, atentando para os benefícios que podem ser obtidos a partir de sua utilização e verificando se o custo compensa o resultado. Bancos - Negociação 1 > Verificar com quantos bancos está trabalhando e avaliar se não é mais vantajoso reduzir o número de bancos. Uma reavaliação nesse sentido pode resultar em redução de custos em tarifas. E fique atento: Quem quiser encerrar uma conta, pode procurar qualquer agência bancária (sem a necessidade de ir até a agência na qual a conta está vinculada) da rede e solicitar por escrito o encerramento. O correntista receberá um documento para comprovar o procedimento e o banco terá como prazo limite 30 dias para cancelar a conta corrente e não poderá cobrar qualquer tarifa de manutenção da conta após efetuado o pedido. 2 > Além disso, procurar negociar com o banco tudo o que lhe é debitado em conta corrente. A reciprocidade é um poderoso argumento que pode realmente resultar em importantes isenções. Mostrar ao banco que a fidelidade do cliente depende do tratamento que lhe for dado. Gerente - Relacionamento 1 > Procurar ter um bom relacionamento com o gerente, mantendo um contato freqüente a respeito das transações que efetua em sua conta. Tendo maior afinidade com o gerente, poderá negociar em melhores condições, destacando inclusive a questão da reciprocidade bancária. Pesquisa - Pacote de Serviços 1 > Se informar a respeito dos pacotes de serviços oferecidos pelos bancos. Verificar a necessidade e freqüência da utilização dos serviços, para optar pela forma de pagamento mais vantajosa (tarifas avulsas x pacotes), procurando sempre esclarecimentos quanto a nomenclatura utilizada pelos bancos para seus produtos e serviços, quando se tratar de tarifas que não se enquadrem nos serviços prioritários.

19 > página 36 as novas regras das tarifas bancárias < > página 37 as novas regras das tarifas bancárias < Conclusão Embora as medidas anunciadas pelo governo tenham sua importância, uma vez que trazem maior transparência ao cliente pessoa física, terão pouco efeito prático no que se refere a redução dos valores cobrados pelas tarifas. O Banco Central falhou ao não incluir na nova regulamentação para o cliente pessoa jurídica, que é onerado tanto quanto o consumidor em geral. Além disto, uma medida que busca acabar com prática da cobrança abusiva das tarifas por meio do aumento da concorrência entre as instituições bancárias, deveria ter incluído também na regulamentação medidas eficazes que facilitassem a livre mobilidade e reduzisse os custos de transferência dos clientes entre os bancos, caso contrário, essas medidas anunciadas de nada alteram a competição entre os bancos, mantendo as tarifas em seu elevado patamar. Diante deste cenário a Fecomercio orienta que não existe um banco que apresente todas as tarifas a preços reduzidos, comparativamente. Na verdade, o que é caro em um banco é barato em outro. Portanto, observa-se que existe uma variação de preços cobrados, de forma que, em linhas gerais, nenhum deles pode ser considerado o melhor banco para se trabalhar em termos de tarifas. Então, o que se deve fazer é observar quais serviços são mais utilizados e comparar o custo desses serviços em cada banco. Talvez o banco mais utilizado esteja cobrando tarifas mais altas. Nesse caso, vale a pena conhecer o valor cobrado por outros bancos e usar do seu poder de negociação. > 8. PROPOSTAS FECOMERCIO > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > Tendo em vista o reduzido efeito prático das novas regras a Fecomercio sugere as seguintes medidas: > A criação de uma norma específica para regulamentar os preços, exigindo que os bancos justifiquem o valor das tarifas através do detalhamento do seus custos assim como é feito nos demais setores da economia. Tendo em vista que este é o argumento central utilizados pelos bancos para justificar as constantes elevações de preços. > A criação do extrato mensal: obrigando os bancos a explicitar de forma clara e transparente, a cada final

20 > página 38 as novas regras das tarifas bancárias < > página 39 as novas regras das tarifas bancárias < de mês, o valor pago pelos correntistas com as tarifas e não como prevê a medida com o extrato anual, gerando pouco impacto na gestão e controle dos gastos financeiros. O extrato mensal sim, daria consciência aos consumidores do custo atuais, possibilitando-os exigir padrões de preços mais condizentes com o seu orçamento; > No caso das micro e pequenas empresas onde os gastos com tarifas são ainda mais nocivos - chegando a representar até 2% do faturamento, a Fecomercio sugere ao Governo que as MPE s sejam enquadradas na mesma regulamentação da pessoa física, isto porque com o seu pequeno volume movimentado, muitas vezes os serviços bancários solicitados pelas MPE s se assemelham àqueles praticados pelo cliente pessoa física. As novas regras propiciariam maior clareza e competitividade às pequenas empresas. Orientação Para que seja possível um perfeito acompanhamento das cobranças de tarifas bancárias é necessário estar bem informado. Um importante meio de informar-se a respeito das tarifas bancárias está na utilização de um serviço prestado pelo Banco Central pelo seu site Nesse site são apresentados informações sobre as tarifas cobradas por cada banco separadamente. O Banco Central determina que os dados devem ser atualizados diariamente caso haja alteração. E corretamente, sob pena de os bancos serem multados com severidade. O objetivo desse serviço é dar maior publicidade às tarifas e juros cobrados e, assim, aumentar a concorrência entre eles. Banco Central do Brasil > Roteiro para acessar o site 1 > Digitar o site do Banco Central: 2 > Clicar em Sistema Financeiro Nacional 3 > Clicar em Informações sobre Operações Bancárias 4 > Clicar em Tarifas Bancárias Surgirão as seguintes opções: Valores mínimos, máximos e médios por tarifa bancária Nesse item poderão ser encontradas informações referentes aos valores máximo, médio e mínimo cobrados por serviço. Os dados se apresentam separados por pessoa física e pessoa jurídica, por bancos públicos, privados nacionais, estrangeiros e sociedades de crédito, financiamento e investimentos. Todos os dados estão consolidados, ou seja, refletem a média dos bancos.

1. EMENTA 2. INTRODUÇÃO

1. EMENTA 2. INTRODUÇÃO TARIFAS BANCÁRIAS 1. EMENTA O presente estudo tem por objetivo analisar a padronização das Tarifas Bancárias no Brasil através das Resoluções nº 3.518/07, nº 3.693/09 e demais alterações implementadas

Leia mais

CIRCULAR Nº 3.466. Documento normativo revogado pela Circular 3.512, de 25/11/2010.

CIRCULAR Nº 3.466. Documento normativo revogado pela Circular 3.512, de 25/11/2010. CIRCULAR Nº 3.466 Documento normativo revogado pela Circular 3.512, de 25/11/2010. Veda a cobrança da tarifa de "Renovação de cadastro" de que tratam as Tabelas I e II anexas à Circular nº 3.371, de 2007,

Leia mais

TARIFAS BANCÁRIAS VOCÊ VALORIZA CADA CENTAVO DO SEU DINHEIRO. E A CAIXA TAMBÉM.

TARIFAS BANCÁRIAS VOCÊ VALORIZA CADA CENTAVO DO SEU DINHEIRO. E A CAIXA TAMBÉM. TARIFAS BANCÁRIAS VOCÊ VALORIZA CADA CENTAVO DO SEU DINHEIRO. E A CAIXA TAMBÉM. Por norma do Conselho Monetário Nacional (CMN), foram padronizados os Serviços Prioritários e os serviços isentos para Pessoa

Leia mais

CANAL DE ENTREGA SIGLA DO EXTRATO VALOR. Isento Cartão de Débito 2.1.1 Fornecimento de

CANAL DE ENTREGA SIGLA DO EXTRATO VALOR. Isento Cartão de Débito 2.1.1 Fornecimento de RESOLUÇÃO SICOOB CGCRED 039 Institui as taxas e tarifas praticadas para os produtos e serviços. O Conselho de Administração da Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Empresários de Campina Grande

Leia mais

Tarifas Bancárias - Pessoa Física Tabela editada e divulgada em 31 de março de 2008

Tarifas Bancárias - Pessoa Física Tabela editada e divulgada em 31 de março de 2008 Tarifas Bancárias - Pessoa Física Tabela editada e divulgada em 31 de março de 2008 Serviços Essenciais (Gratuitos) I - Conta corrente de depósitos à vista: Fornecimento de cartão com função débito Fornecimento

Leia mais

Conta corrente de depósitos à vista. Conta de depósitos de poupança. Lista de Serviços Tarifa *

Conta corrente de depósitos à vista. Conta de depósitos de poupança. Lista de Serviços Tarifa * Serviços Prestados pela Instituição - s aplicáveis a partir de 01/08/2013 Lista de Serviços * I II Conta corrente de depósitos à vista a) Fornecimento de cartão com função débito b) Fornecimento de dez

Leia mais

poupança meios eletrônicos, bem como internet Correspondente Bancário EXTRATO MÊS (C) ( ND )

poupança meios eletrônicos, bem como internet Correspondente Bancário EXTRATO MÊS (C) ( ND ) Serviços prestados pela instituição - Tarifas aplicáveis a partir de 01/06/2012 Pessoas Físicas - Tabela I LISTA DE SERVIÇOS CANAIS DE ENTREGA SIGLA NO EXTRATO VALOR DA TARIFA 1 CADASTRO 1 1.1 Confecção

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 4.021, DE 29 DE SETEMBRO DE 2011

RESOLUÇÃO Nº 4.021, DE 29 DE SETEMBRO DE 2011 RESOLUÇÃO Nº 4.021, DE 29 DE SETEMBRO DE 2011 Disciplina a cobrança de tarifas pela prestação de serviços vinculados a operações de câmbio manual para compra ou venda de moeda estrangeira relacionada a

Leia mais

COOPERATIVA DE CRÉDITO DOS PRODUTORES RURAIS E EMPRESÁRIOS DO INTERIOR PAULISTA - SICOOBCOCRED

COOPERATIVA DE CRÉDITO DOS PRODUTORES RURAIS E EMPRESÁRIOS DO INTERIOR PAULISTA - SICOOBCOCRED Tarifas por instituição - PESSOA FÍSICA - SERVIÇOS PRIORITÁRIOS - POSIÇÃO EM 01/04/2010 Produtos e serviços mais usuais 11. CADASTRO Unidade máximo Periodicidade 11.1 - Confecção de cadastro para início

Leia mais

SERVIÇOS PRIORITÁRIOS

SERVIÇOS PRIORITÁRIOS 1. Cadastro Confecção de cadastro para início de relacionamento 2. Conta de Depósito Cartão Isento Por evento CADASTRO Realização de pesquisa em serviços de Proteção ao Crédito, Base de Dados e Informações

Leia mais

Tabela de Tarifas e Comissões Bancárias

Tabela de Tarifas e Comissões Bancárias SAC Credicana: (18) 3321-1700 Ouvidoria Credicana: 0800 940 9360 Banco Central: 0800 979 2345 Estes telefones destinam-se ao atendimento de denúncias ou reclamações Valores vigentes a partir de 02/01/2014.

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA SUPERINTENDÊNCIA DE PROTEÇÃO AOS DIREITOS DO CONSUMIDOR

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA SUPERINTENDÊNCIA DE PROTEÇÃO AOS DIREITOS DO CONSUMIDOR RELATÓRIO DA PESQUISA DE PREÇOS DE TARIFAS BANCÁRIAS EM GOIÃNIA Foram pesquisados pelos técnicos do Procon-GO, nos dias 20 a 30 de outubro de 2009, preços de 20 (vinte) tipos de serviços prioritários oferecidos

Leia mais

CIRCULAR Nº 3.371. Institui tabela padronizada de serviços prioritários e pacote básico padronizado, na forma prevista na Resolução nº 3.518, de 2007.

CIRCULAR Nº 3.371. Institui tabela padronizada de serviços prioritários e pacote básico padronizado, na forma prevista na Resolução nº 3.518, de 2007. CIRCULAR Nº 3.371 Institui tabela padronizada de serviços prioritários e pacote básico padronizado, na forma prevista na Resolução nº 3.518, de 2007. A Diretoria Colegiada do BANCO CENTRAL DO BRASIL, em

Leia mais

SERVIÇOS PRIORITÁRIOS

SERVIÇOS PRIORITÁRIOS 1. Cadastro (1) Confecção de cadastro para início de relacionamento 2. Conta de Depósito Cartão Fornecimento de 2ª via de cartão com função de débito 30,00 Por evento CADASTRO 5,30 Por cartão 2ªvia- CARTÃODEBITO

Leia mais

Tarifas Bancárias. Política de cobrança de tarifa praticada pelo BNY Mellon Banco S.A.

Tarifas Bancárias. Política de cobrança de tarifa praticada pelo BNY Mellon Banco S.A. Tarifas Bancárias O Conselho Monetário Nacional e o Banco Central do Brasil, através da Resolução 3.919 de 25/11/10, consolid as normas para cobrança de tarifas pela prestação de serviços por parte das

Leia mais

SERVIÇOS PRIORITÁRIOS

SERVIÇOS PRIORITÁRIOS Serviços Até R$ 1. Cadastro (1) Confecção de cadastro para início de relacionamento 30,00 Por evento CADASTRO Realização de pesquisa em serviços de Proteção ao Crédito, Base de Dados e Informações Cadastrais,

Leia mais

TÍTULO : DISPOSIÇÕES TRANSITÓRIAS 29 Página 1 de 14 CAPÍTULO : Resoluções Não Codificadas 1 SEÇÃO : RESOLUÇÃO Nº 3.919

TÍTULO : DISPOSIÇÕES TRANSITÓRIAS 29 Página 1 de 14 CAPÍTULO : Resoluções Não Codificadas 1 SEÇÃO : RESOLUÇÃO Nº 3.919 TÍTULO : DISPOSIÇÕES TRANSITÓRIAS 29 Página 1 de 14 RESOLUÇÃO Nº 3.919 Altera e consolida as normas sobre cobrança de tarifas pela prestação de serviços por parte das instituições financeiras e demais

Leia mais

SERVIÇOS PRESTADOS E TARIFAS - Pessoas Físicas Vigente a partir de 01/08/2015

SERVIÇOS PRESTADOS E TARIFAS - Pessoas Físicas Vigente a partir de 01/08/2015 SERVIÇOS PRESTADOS E TARIFAS - Pessoas Físicas Vigente a partir de 01/08/2015 Item MODALIDADE/NOMENCLATURA FATO GERADOR DA TARIFA VALOR R$ 1. CONTA DE DEPÓSITOS 1.1 Cadastro 1.2 Cartão 1.1.1. Cadastro

Leia mais

TABELA PADRONIZADA DE SERVIÇOS PRIORITÁRIOS PARA PESSOAS FÍSICAS CADASTRO. 2ª via-cartãodébito. 2ª via-cartãopoupança EXCLUSÃO CCF

TABELA PADRONIZADA DE SERVIÇOS PRIORITÁRIOS PARA PESSOAS FÍSICAS CADASTRO. 2ª via-cartãodébito. 2ª via-cartãopoupança EXCLUSÃO CCF Página 1/6 1 - CADASTRO 1.1 - Confecção de cadastro para início de relacionamento CADASTRO Exclusivamente, realização de pesquisas em serviços de proteção ao crédito, base de dados e informações cadastrais,

Leia mais

TARIFAS DE SERVIÇOS SICOOB-SC/BLUCREDI Divulgada em: 01/04/2010. Valores vigentes a partir de: 01/05/2010.

TARIFAS DE SERVIÇOS SICOOB-SC/BLUCREDI Divulgada em: 01/04/2010. Valores vigentes a partir de: 01/05/2010. TARIFAS DE SERVIÇOS SICOOB-SC/BLUCREDI Divulgada em: 01/04/2010. Valores vigentes a partir de: 01/05/2010. SERVIÇOS ESSENCIAIS Pessoa Física CONTA CORRENTE DE DEPÓSITO À VISTA SERVIÇO FRANQUIA/MÊS CANAL

Leia mais

LEVANTAMENTO DOS PACOTES DE SERVIÇOS BANCÁRIOS PESSOA FÍSICA

LEVANTAMENTO DOS PACOTES DE SERVIÇOS BANCÁRIOS PESSOA FÍSICA LEVANTAMENTO DOS PACOTES DE SERVIÇOS BANCÁRIOS PESSOA FÍSICA Para melhor compreender e identificar as transformações no segmento bancário foi necessário efetuar um levantamento mais detalhado dos pacotes/cestas

Leia mais

Tabela de Tarifas. Pessoa Jurídica. Divulgada em 01/08/2013 Vigência a partir de: 01/09/2013. sicoobes.com.br

Tabela de Tarifas. Pessoa Jurídica. Divulgada em 01/08/2013 Vigência a partir de: 01/09/2013. sicoobes.com.br Tabela de Tarifas Pessoa Jurídica Divulgada em 01/08/2013 Vigência a partir de: 01/09/2013 Relação dos serviços tarifados e respectivos valores vigentes. Os valores máximos foram estabelecidos pela Cooperativa,

Leia mais

TARIFAS DE SERVIÇOS SICOOB BLUCREDI SC

TARIFAS DE SERVIÇOS SICOOB BLUCREDI SC TARIFAS DE SERVIÇOS SICOOB BLUCREDI SC Valores vigentes a partir de: 01/08/2014. Cartão de débito Saque Transferências Extrato Consultas (Saldo e extrato) Compensação de cheques Talão de cheque SERVIÇOS

Leia mais

Tabela de Tarifas Pessoa Natural

Tabela de Tarifas Pessoa Natural Divulgada em: 02/03/205 Vigência a partir de: 20/04/205 PADRONIZAÇÃO DOS S PRIORITÁRIOS 2 LISTA DE S CANAIS DE ENTREGA SIGLA NO EXTRATO VALOR DA TARIFA CADASTRO. CADASTRO R$ 25,00 CONTA DE DEPÓSITOS 2.

Leia mais

Consulte a Tabela de Tarifas Pessoas Jurídicas Vigência a partir de 7.1.2015

Consulte a Tabela de Tarifas Pessoas Jurídicas Vigência a partir de 7.1.2015 Consulte a Tabela de Tarifas Pessoas Jurídicas Vigência a partir de 7.1.2015 Esta tabela de tarifas, também está disponível no site: www.bancopan.com.br Tabela de Tarifas - Pessoas Jurídicas Tarifas Máximas

Leia mais

1.6.5 Extrato Movimento (E) 1,00. Não disponível Conforme Tabela Bancoob Conforme Tabela Bancoob Conforme Tabela Bancoob Conforme Tabela Bancoob

1.6.5 Extrato Movimento (E) 1,00. Não disponível Conforme Tabela Bancoob Conforme Tabela Bancoob Conforme Tabela Bancoob Conforme Tabela Bancoob Página 2 de 11 RDE nº2013/005 SERVIÇOS PRESTADOS E TARIFAS - Pessoa Física Vigente a partir de 01/11/2013 Item Modalidade/Nomenclatura Fato Gerador R$ 1 CONTA DE DEPÓSITOS 1.1 Cadastro 1.1.1 Cadastro 1.1.2

Leia mais

TABELA DE TARIFAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

TABELA DE TARIFAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TABELA DE TARIFAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Pessoa Física PF RELAÇÃO DOS SERVIÇOS PRESTADOS Confecção de cadastro para início de relacionamento Fornecimento de 2ª via de cartão com função de débito com

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 3.919 R E S O L V E U :

RESOLUÇÃO Nº 3.919 R E S O L V E U : RESOLUÇÃO Nº 3.919 Altera e consolida as normas sobre cobrança de tarifas pela prestação de serviços por parte das instituições financeiras e demais instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central

Leia mais

DIVULGADA EM: 29/09/2014 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 12/11/2014 SERVIÇOS ESSENCIAIS

DIVULGADA EM: 29/09/2014 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 12/11/2014 SERVIÇOS ESSENCIAIS ESSENCIAIS CARTÃO DÉBITO SAQUE TRANSFERÊNCIAS EXTRATO CONSULTAS CHEQUES Fornecimento de cartão com função débito. Fornecimento de segunda via do cartão, exceto nos casos de pedidos de reposição formulados

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 3.919 R E S O L V E U :

RESOLUÇÃO Nº 3.919 R E S O L V E U : RESOLUÇÃO Nº 3.919 Altera e consolida as normas sobre cobrança de tarifas pela prestação de serviços por parte das instituições financeiras e demais instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central

Leia mais

SERVIÇOS PRIORITÁRIOS

SERVIÇOS PRIORITÁRIOS 1. Cadastro (1) Confecção de cadastro para início de relacionamento 2. Conta de Depósito Cartão Fornecimento de 2ª via de cartão com função de débito 30,00 Por evento CADASTRO 5,30 Por cartão 2ªvia- CARTÃODEBITO

Leia mais

DIVULGADA EM: 23/07/2015 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 21/08/2015 SERVIÇOS ESSENCIAIS SERVIÇOS PRIORITÁRIOS

DIVULGADA EM: 23/07/2015 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 21/08/2015 SERVIÇOS ESSENCIAIS SERVIÇOS PRIORITÁRIOS ESSENCIAIS CARTÃO DÉBITO SAQUE TRANSFERÊNCIAS EXTRATO CONSULTAS CHEQUES Fornecimento de cartão com função débito. Fornecimento de segunda via do cartão, exceto nos casos de pedidos de reposição formulados

Leia mais

SERVIÇOS ESSENCIAIS - Pessoa FÍSICA

SERVIÇOS ESSENCIAIS - Pessoa FÍSICA TABELA GERAL DE TARIFAS E TAXAS DE SERVIÇOS FINANCEIROS DO SICOOB COOPERCREDI-SP Valores vigentes a partir de: 03/09/2012 SERVIÇOS ESSENCIAIS - Pessoa FÍSICA Pessoas naturais, detentoras de contas de depósito

Leia mais

Tabela de Tarifas - Pessoa Física

Tabela de Tarifas - Pessoa Física Tabela de Tarifas - Pessoa Física VIGÊNCIA A PARTIR DE 22/05/2014 SERVIÇOS PRIORITÁRIOS SERVIÇOS CANAIS E FORMAS DE ENTREGA TARIFA - R$ 1. CADASTRO 1.1. Confecção de cadastro para início de relacionamento

Leia mais

TABELA DE TARIFAS DE SERVIÇOS TARIFAS DEFINIDAS PELA COOPERATIVA DE CRÉDITO RURAL DOS PLANTADORES DE CANA DA REGIÃO DE CAPIVARI - SICOOB CREDICAP

TABELA DE TARIFAS DE SERVIÇOS TARIFAS DEFINIDAS PELA COOPERATIVA DE CRÉDITO RURAL DOS PLANTADORES DE CANA DA REGIÃO DE CAPIVARI - SICOOB CREDICAP TABELA DE TARIFAS DE SERVIÇOS TARIFAS DEFINIDAS PELA COOPERATIVA DE CRÉDITO RURAL DOS PLANTADORES DE CANA DA REGIÃO DE CAPIVARI - SICOOB CREDICAP SERVIÇOS ESSENCIAIS PESSOA FÍSICA CONTA DE DEPÓSITOS À

Leia mais

DIVULGADA EM: 15/07/2015 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 13/08/2015 SERVIÇOS ESSENCIAIS

DIVULGADA EM: 15/07/2015 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 13/08/2015 SERVIÇOS ESSENCIAIS ESSENCIAIS CARTÃO DÉBITO SAQUE TRANSFERÊNCIAS EXTRATO CONSULTAS CHEQUES Fornecimento de cartão com função débito. Fornecimento de segunda via do cartão, exceto nos casos de pedidos de reposição formulados

Leia mais

DIVULGADA EM: 18/03/2015 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 17/04/2015 SERVIÇOS ESSENCIAIS

DIVULGADA EM: 18/03/2015 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 17/04/2015 SERVIÇOS ESSENCIAIS ESSENCIAIS CARTÃO DÉBITO SAQUE TRANSFERÊNCIAS EXTRATO CONSULTAS CHEQUES Fornecimento de cartão com função débito. Fornecimento de segunda via do cartão, exceto nos casos de pedidos de reposição formulados

Leia mais

DIVULGADA EM: 25/05/2015 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 24/06/2015 SERVIÇOS ESSENCIAIS

DIVULGADA EM: 25/05/2015 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 24/06/2015 SERVIÇOS ESSENCIAIS ESSENCIAIS CARTÃO DÉBITO SAQUE TRANSFERÊNCIAS EXTRATO CONSULTAS CHEQUES Fornecimento de cartão com função débito. Fornecimento de segunda via do cartão, exceto nos casos de pedidos de reposição formulados

Leia mais

DIVULGADA EM: 08/07/2015 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 06/08/2015 SERVIÇOS ESSENCIAIS

DIVULGADA EM: 08/07/2015 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 06/08/2015 SERVIÇOS ESSENCIAIS ESSENCIAIS CARTÃO DÉBITO SAQUE TRANSFERÊNCIAS EXTRATO CONSULTAS CHEQUES Fornecimento de cartão com função débito. Fornecimento de segunda via do cartão, exceto nos casos de pedidos de reposição formulados

Leia mais

DIVULGADA EM: 06/04/2015 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 06/05/2015 SERVIÇOS ESSENCIAIS

DIVULGADA EM: 06/04/2015 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 06/05/2015 SERVIÇOS ESSENCIAIS ESSENCIAIS CARTÃO DÉBITO SAQUE TRANSFERÊNCIAS EXTRATO CONSULTAS CHEQUES Fornecimento de cartão com função débito. Fornecimento de segunda via do cartão, exceto nos casos de pedidos de reposição formulados

Leia mais

DIVULGADA EM: 14/07/2015 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 12/08/2015 SERVIÇOS ESSENCIAIS

DIVULGADA EM: 14/07/2015 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 12/08/2015 SERVIÇOS ESSENCIAIS ESSENCIAIS CARTÃO DÉBITO SAQUE TRANSFERÊNCIAS EXTRATO CONSULTAS CHEQUES Fornecimento de cartão com função débito. Fornecimento de segunda via do cartão, exceto nos casos de pedidos de reposição decorrentes

Leia mais

TABELA DE TARIFAS PESSOA JURÍDICA Divulgada em 04/02/2015 Vigência a partir de 06/03/2015 (*)

TABELA DE TARIFAS PESSOA JURÍDICA Divulgada em 04/02/2015 Vigência a partir de 06/03/2015 (*) TABELA DE TARIFAS PESSOA JURÍDICA Divulgada em 04/02/2015 Vigência a partir de 06/03/2015 (*) PRODUTOS E SERVIÇOS SIGLA NO EXTRATO COBRANÇA POR Conta Salário Cartões e Pagamentos Emissão de Cartão Salário

Leia mais

Considerando a necessidade de atender a Resolução 3.518 de 06 de dezembro de 2007 e a 3.919 de 25 de novembro de 2010.

Considerando a necessidade de atender a Resolução 3.518 de 06 de dezembro de 2007 e a 3.919 de 25 de novembro de 2010. Circular da Sicoob Autocred nº. 006 Regula as Taxas e Tarifas praticadas com os associados Considerando a necessidade de atender a Resolução 3.518 de 06 de dezembro de 2007 e a 3.919 de 25 de novembro

Leia mais

DIVULGADA EM: 04/03/2015 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 03/04/2015 SERVIÇOS ESSENCIAIS

DIVULGADA EM: 04/03/2015 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 03/04/2015 SERVIÇOS ESSENCIAIS ESSENCIAIS CARTÃO DÉBITO SAQUE TRANSFERÊNCIAS EXTRATO CONSULTAS CHEQUES Fornecimento de cartão com função débito. Fornecimento de segunda via do cartão, exceto nos casos de pedidos de reposição formulados

Leia mais

DIVULGADA EM: 06/04/2015 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 06/05/2015 SERVIÇOS ESSENCIAIS

DIVULGADA EM: 06/04/2015 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 06/05/2015 SERVIÇOS ESSENCIAIS ESSENCIAIS CARTÃO DÉBITO SAQUE TRANSFERÊNCIAS EXTRATO CONSULTAS CHEQUES Fornecimento de cartão com função débito. Fornecimento de segunda via do cartão, exceto nos casos de pedidos de reposição formulados

Leia mais

PACOTES DE SERVIÇOS UNIVERSITÁRIOS. Pacotes de Serviços que não estão mais disponíveis para novas contratações pelo público em geral.

PACOTES DE SERVIÇOS UNIVERSITÁRIOS. Pacotes de Serviços que não estão mais disponíveis para novas contratações pelo público em geral. PACOTES DE SERVIÇOS Pacotes de Serviços que não estão mais disponíveis para novas contratações pelo público em geral. ÍNDICE PÁG. 3 PÁG. PÁG. 5 501-PACOTE DE SERVIÇOS EM CONTA 5309-CONTA COMBINADA UNIVERSITÁRIA

Leia mais

TABELA DE TARIFAS PESSOA FÍSICA SERVIÇOS PRIORITÁRIOS PRODUTOS E SERVIÇOS CANAIS DE ENTREGA SIGLA NO EXTRATO VALOR FATOR GERADOR DA COBRANÇA

TABELA DE TARIFAS PESSOA FÍSICA SERVIÇOS PRIORITÁRIOS PRODUTOS E SERVIÇOS CANAIS DE ENTREGA SIGLA NO EXTRATO VALOR FATOR GERADOR DA COBRANÇA TABELA DE TARIFAS PESSOA FÍSICA SERVIÇOS PRIORITÁRIOS PRODUTOS E SERVIÇOS CANAIS DE ENTREGA SIGLA NO EXTRATO VALOR FATOR GERADOR DA COBRANÇA CADASTRO Confecção de cadastro para início de relacionamento

Leia mais

Tabela de Tarifas e Comissões Bancárias. Tarifas Avulsas. CONTA CORRENTE Tipo FORMA DE DÉBITO

Tabela de Tarifas e Comissões Bancárias. Tarifas Avulsas. CONTA CORRENTE Tipo FORMA DE DÉBITO Tabela de Tarifas e Comissões Bancárias Tarifas Avulsas CONTA CORRENTE Tipo FORMA Confecção de Ficha Cadastral P. Abertura da Conta Sistema R$ 50,00 Confecção de Ficha Cadastral P. Física Abertura da Conta

Leia mais

ÍNDICE PACOTE DE SERVIÇOS 5094-SERVICOS SANTANDER VAN GOGH 5282-SERV SANTANDER VAN GOGH CONVENIO

ÍNDICE PACOTE DE SERVIÇOS 5094-SERVICOS SANTANDER VAN GOGH 5282-SERV SANTANDER VAN GOGH CONVENIO ÍNDICE PÁG. 3 PÁG. 4 PÁG. 5 PÁG. 6 PÁG. 7 PÁG. 8 PÁG. 9 PÁG. 10 PÁG. 11 PÁG. 12 PÁG. 13 PÁG. 14 PÁG. 15 PÁG. 16 PÁG. 17 PÁG. 18 PÁG. 19 5094-SERVICOS SANTANDER VAN GOGH 5282-SERV SANTANDER VAN GOGH CONVENIO

Leia mais

DIVULGADA EM: 08/07/2015 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 06/08/2015 SERVIÇOS ESSENCIAIS

DIVULGADA EM: 08/07/2015 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 06/08/2015 SERVIÇOS ESSENCIAIS ESSENCIAIS CARTÃO DÉBITO SAQUE TRANSFERÊNCIAS EXTRATO CONSULTAS CHEQUES Fornecimento de cartão com função débito. Fornecimento de segunda via do cartão, exceto nos casos de pedidos de reposição formulados

Leia mais

SERVIÇOS PRIORITÁRIOS

SERVIÇOS PRIORITÁRIOS 1. Cadastro (1) Confecção de cadastro para início de relacionamento 30,00 Por evento CADASTRO Exclusivamente, realização de pesquisa em serviços de Proteção ao Crédito, Base de Dados e Informações Cadastrais,

Leia mais

DIVULGADA EM: 29/09/2014 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 12/11/2014 SERVIÇOS ESSENCIAIS

DIVULGADA EM: 29/09/2014 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 12/11/2014 SERVIÇOS ESSENCIAIS ESSENCIAIS CARTÃO DÉBITO SAQUE TRANSFERÊNCIAS EXTRATO CONSULTAS CHEQUES Fornecimento de cartão com função débito. Fornecimento de segunda via do cartão, exceto nos casos de pedidos de reposição formulados

Leia mais

TARIFAS BANCÁRIAS. Para abrir uma conta, os bancos exigem um depósito inicial, que varia conforme a instituição.

TARIFAS BANCÁRIAS. Para abrir uma conta, os bancos exigem um depósito inicial, que varia conforme a instituição. TARIFAS BANCÁRIAS A utilização de bancos é praticamente indispensável aos cidadãos. Contas e impostos, salários e seguros-desemprego são exemplos de transferência de dinheiro normalmente intermediada por

Leia mais

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS Resultados dos estudos sobre a redução de taxas de juros praticadas por bancos públicos e privados. Orientações aos consumidores. Face aos diversos anúncios de redução de juros veiculados na mídia a partir

Leia mais

ÍNDICE PACOTE DE SERVIÇOS 5001-PACOTE DE SERVICOS ESPECIAL 5002-PACOTE DE SERVICOS ESPECIAL 5003-PACOTE DE SERVICOS COMPLETO

ÍNDICE PACOTE DE SERVIÇOS 5001-PACOTE DE SERVICOS ESPECIAL 5002-PACOTE DE SERVICOS ESPECIAL 5003-PACOTE DE SERVICOS COMPLETO ÍNDICE PÁG. PÁG. 5 PÁG. 6 5001-PACOTE DE SERVICOS ESPECIAL 5002-PACOTE DE SERVICOS ESPECIAL 5003-PACOTE DE 500-PACOTE DE 5005-PACOTE DE SERVICOS ESPECIAL 5006-PACOTE DE 5007-PACOTE DE PÁG. 21 PÁG. 22 PÁG.

Leia mais

Consulte a Tabela de Tarifas. Pessoas Físicas

Consulte a Tabela de Tarifas. Pessoas Físicas Consulte a Tabela de Tarifas. Pessoas Físicas Vigência a partir de 15.1.2014 Esta tabela de tarifas, também está disponível no site: www.bancopan.com.br Tabela de Tarifas Pessoas Físicas Tarifas Máximas

Leia mais

Consulte a Tabela de Tarifas. Pessoas Físicas

Consulte a Tabela de Tarifas. Pessoas Físicas Consulte a Tabela de Tarifas. Pessoas Físicas Vigência a partir de 31.3.2015 Esta tabela de tarifas, também está disponível no site: www.bancopan.com.br Tabela de Tarifas Pessoas Físicas Tarifas Máximas

Leia mais

Consulte a Tabela de Tarifas. Pessoas Físicas

Consulte a Tabela de Tarifas. Pessoas Físicas Consulte a Tabela de Tarifas. Pessoas Físicas Vigência a partir de 14.9.2015 Esta tabela de tarifas, também está disponível no site: www.bancopan.com.br Tabela de Tarifas Pessoas Físicas Tarifas Máximas

Leia mais

Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você e sua empresa.

Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você e sua empresa. Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você e sua empresa. Conheça os benefícios do novo banco da sua empresa. Banco do Brasil. É de São Paulo. É do Brasil. É Todo Seu. Índice 2

Leia mais

BANCOS: SAIBA QUAIS SÃO OS SEUS DIREITOS

BANCOS: SAIBA QUAIS SÃO OS SEUS DIREITOS BANCOS: SAIBA QUAIS SÃO OS SEUS DIREITOS Entre os primeiros no ranking de reclamações As instituições financeiras sempre estiveram entre os setores com maior número de queixas por parte do consumidor.

Leia mais

Tabela de Tarifas Pessoa Física

Tabela de Tarifas Pessoa Física Tabela de Tarifas Pessoa Física Valores estabelecidos pela própria instituição, conforme instruções das Resoluções BACEN 3.919, de 25 de Novembro de 2010, e 4.021, de 29 de setembro de 2011. Tabela de

Leia mais

Consulte a Tabela de Tarifas Pessoas Físicas Vigência a partir de 2.9.2013

Consulte a Tabela de Tarifas Pessoas Físicas Vigência a partir de 2.9.2013 Consulte a Tabela de Tarifas Pessoas Físicas Vigência a partir de 2.9.2013 Esta tabela de tarifas, também está disponível no site: www.bancopan.com.br Tabela de Tarifas - Pessoas Físicas Vigência a partir

Leia mais

PLANO FÁCIL. Valor da Mensalidade (R$) 22,20 24,00

PLANO FÁCIL. Valor da Mensalidade (R$) 22,20 24,00 (1) PLANO FÁCIL Serviços Quantidade Mensal de Transações Fácil 1 Fácil 2 (2) (3) (4) Cheques Cópia de Imagem 5 5 Cheque Depositado 300 300 Cheque Emitido (exceto Transferência Bancária TB/TBG) Disponível

Leia mais

SERVIÇOS PRIORITÁRIOS

SERVIÇOS PRIORITÁRIOS (1) 1. Cadastro 2. Conta de Depósito Cartão Fornecimento de 2ª via de cartão com função de débito 7,90 Por cartão 2ªvia- CARTÃODEBITO Confecção e emissão de novo Cartão com função débito, restrito a casos

Leia mais

PLANO FÁCIL. R$ 6.000,00 a R$ 12.000,00 16,65 18,75 R$ 12.000,01 a R$ 18.000,00 11,10 12,50 Acima de R$ 18.000,00 Isento Isento. Transações Excedentes

PLANO FÁCIL. R$ 6.000,00 a R$ 12.000,00 16,65 18,75 R$ 12.000,01 a R$ 18.000,00 11,10 12,50 Acima de R$ 18.000,00 Isento Isento. Transações Excedentes (1) PLANO FÁCIL Serviços Quantidade Mensal de Transações Fácil 1 Fácil 2 (2) (3) (4) Cheques Cheque Depositado 300 300 Cheque Emitido (exceto Transferência Bancária TB/TBG) Disponível 20 Extrato de Últimos

Leia mais

Fique tranqüilo e. pague menos. Dicas para você saber como usar sua conta corrente e economizar no dia-a-dia.

Fique tranqüilo e. pague menos. Dicas para você saber como usar sua conta corrente e economizar no dia-a-dia. Fique tranqüilo e pague menos Dicas para você saber como usar sua conta corrente e economizar no dia-a-dia. Controle seu orçamento Evite gastar mais do que você possui na conta corrente, incluindo seu

Leia mais

SIGLA EXTRATO. 1 COBRANÇA 1.1 Cobrança Simples PJ PF. Tar. Emissão Bloqueto Pré Impresso. Tarifa Cobrança. título

SIGLA EXTRATO. 1 COBRANÇA 1.1 Cobrança Simples PJ PF. Tar. Emissão Bloqueto Pré Impresso. Tarifa Cobrança. título TABELA DE TARIFAS E TAXAS DE - PESSOA JURÍDICA E PESSOA FÍSICA Sicoob Lagoacred Gerais - Agência Lagoa da Prata e Santo Antonio do Monte Início de vigência: 01/08/2014 Aprovado pela Diretoria em: 31/07/2014

Leia mais

Regulamento da MultiConta Prestige

Regulamento da MultiConta Prestige Regulamento da MultiConta Prestige Mais serviços e mais benefícios feitos para quem recebe seu crédito de salário ou aposentadoria no Itaú Personnalité. A MultiConta Prestige oferece um maior número de

Leia mais

PACOTE PADRONIZADO DE SERVIÇOS PRIORITÁRIOS - PESSOA NATURAL

PACOTE PADRONIZADO DE SERVIÇOS PRIORITÁRIOS - PESSOA NATURAL PACOTE PADRONIZADO DE SERVIÇOS PRIORITÁRIOS - PESSOA NATURAL Vigência a partir de 18/07/2014 As tarifas listadas podem ser reduzidas parcial ou totalmente, a critério exclusivo do Banco BNP Paribas Brasil,

Leia mais

Pacote de Serviços - Universitários

Pacote de Serviços - Universitários Pacote de Serviços - Universitários Confira abaixo a composição do Pacote de Serviços Universitários: Pacotes de Serviços 1, 2 e 3 Saques 4 10 12,60 Fornecimento de Folhas de 10 1,50-2 11,40 22,80 ou pessoal,

Leia mais

TABELA DE TARIFAS (*) Vigência a partir de 02 de maio de 2007 SERVIÇOS R$

TABELA DE TARIFAS (*) Vigência a partir de 02 de maio de 2007 SERVIÇOS R$ Adesão à Tarifa Inteligente - Pacotes de Tarifas - cobrança mensal (a) CONTAS TABELA DE TARIFAS (*) Vigência a partir de 02 de maio de 2007 SERVIÇOS R$ Pacote Verde 7,00 Pacote Vermelho 9,50 Pacote Azul

Leia mais

Isento 1.2 Cheque 1.2.1 Fornecimento de folhas de cheques Isento até 10ª folha no mês 1.2.2 Compensação de cheque Isento 1.3 Saque

Isento 1.2 Cheque 1.2.1 Fornecimento de folhas de cheques Isento até 10ª folha no mês 1.2.2 Compensação de cheque Isento 1.3 Saque SERVIÇOS ESSENCIAIS Valores máximos estabelecidos pelo Banestes S.A., conforme Resolução 3.919, de 25/11/2010 e Resolução 4.021 de 29/09/2011. Publicada em 08/04/2015 QUANTIDADE DE TRANSAÇÕES 1 CONTA CORRENTE

Leia mais

Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você.

Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você. Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você. Conheça os benefícios e novidades do seu novo banco. Banco do Brasil. É de São Paulo. É do Brasil. É Todo Seu. Índice Introdução...3

Leia mais

Mais economia e transparência na cobrança de tarifas.

Mais economia e transparência na cobrança de tarifas. Mais economia e transparência na cobrança de tarifas. Conheça as mudanças em sua conta-corrente. Economia e Transparência A partir de 30/04/08, você utiliza muito mais serviços em sua conta-corrente pagando

Leia mais

O Impacto das Novas Regras de Tarifas Bancárias para o Consumidor

O Impacto das Novas Regras de Tarifas Bancárias para o Consumidor O Impacto das Novas Regras de Tarifas Bancárias para o Consumidor Laura Schertel Mendes Coordenadora Geral de Supervisão e Controle Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor Brasília Agosto 2009

Leia mais

Cooperativas de crédito Opções de associação para micro e pequenas empresas Vantagens e desvantagens com relação ao sistema bancário

Cooperativas de crédito Opções de associação para micro e pequenas empresas Vantagens e desvantagens com relação ao sistema bancário Cooperativas de crédito Opções de associação para micro e pequenas empresas Vantagens e desvantagens com relação ao sistema bancário 1- Opções de associação de empresas a cooperativas de crédito As pessoas

Leia mais

Programa Itaú Todos pelo Cliente. Caderno de boas práticas

Programa Itaú Todos pelo Cliente. Caderno de boas práticas Programa Itaú Todos pelo Cliente Caderno de boas práticas O cidadão está ficando mais consumidor, o consumidor está ficando mais cidadão Há 22 anos, o Código de Defesa do Consumidor inaugurava uma nova

Leia mais

Padronizado I. Quantidade Incluída no pacote. Valor Individual (R$) ** Confecção de cadastro para início de relacionamento R$ 30,00 Isento - - Isento

Padronizado I. Quantidade Incluída no pacote. Valor Individual (R$) ** Confecção de cadastro para início de relacionamento R$ 30,00 Isento - - Isento de Pessoa Física Produtos e Padronizado I Individual () ** Quantidade Incluída no pacote Total () gratuitos por mês*** Quantidade total por mês Confecção de cadastro para início de relacionamento 30,00

Leia mais

RESOLUÇÃO N 3518. Parágrafo único. Para efeito desta resolução:

RESOLUÇÃO N 3518. Parágrafo único. Para efeito desta resolução: RESOLUÇÃO N 3518 Disciplina a cobrança de tarifas pela prestação de serviços por parte das instituições financeiras e demais instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil. O BANCO CENTRAL

Leia mais

RESOLUÇÃO N 3.518. Documento normativo revogado pela Resolução 3.919, de 25/11/2010.

RESOLUÇÃO N 3.518. Documento normativo revogado pela Resolução 3.919, de 25/11/2010. RESOLUÇÃO N 3.518 Documento normativo revogado pela Resolução 3.919, de 25/11/2010. Disciplina a cobrança de tarifas pela prestação de serviços por parte das instituições financeiras e demais instituições

Leia mais

Quantidade mensal incluida no pacote. Quantidade de serviços gratuitos por mês

Quantidade mensal incluida no pacote. Quantidade de serviços gratuitos por mês Pacote de Serviços - Universitários Confira abaixo a composição do Pacote de Serviços Universitários: gratuitos Valor Total Saque de conta de depósitos à vista - Presencial ou pessoal 6 4 10 2,20 12,60

Leia mais

PACOTES DE SERVIÇOS VAN GOGH. Pacotes de Serviços que não estão mais disponíveis para contratações.

PACOTES DE SERVIÇOS VAN GOGH. Pacotes de Serviços que não estão mais disponíveis para contratações. VAN GOGH Pacotes de Serviços que não estão mais disponíveis para contratações. ÍNDICE PÁG. 3 PÁG. 4 PÁG. 5 PÁG. 6 PÁG. 7 PÁG. PÁG. 9 PÁG. 10 PÁG. 11 PÁG. 12 PÁG. 13 PÁG. 14 PÁG. 15 PÁG. 16 PÁG. 17 PÁG.

Leia mais

Tarifas de Serviços Prioritários Pessoa Física

Tarifas de Serviços Prioritários Pessoa Física LISTA DE SERVIÇOS Tarifas de Serviços Prioritários Pessoa Física CANAIS DE ENTREGA 1 CADASTRO 1.1 Confecção de cadastro para início de CADASTRO relacionamento SIGLA NO EXTRATO VALOR DA TARIFA (R$) 30,00

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO

CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO Estas são as condições gerais do Empréstimo, solicitado e contratado por você. Leia atentamente estas condições gerais, que serão aplicáveis durante todo o período

Leia mais

Tarifas de Serviços Prioritários Pessoa Física

Tarifas de Serviços Prioritários Pessoa Física 1 Tarifas de Serviços Prioritários Pessoa Física LISTA DE SERVIÇOS CANAIS DE ENTREGA CADASTRO 1.1 Confecção de cadastro para início de CADASTRO relacionamento SIGLA NO EXTRATO VALOR DA TARIFA (R$) 30,00

Leia mais

PLANO FÁCIL (1) Consultas Incluído Incluído Últimos Lançamentos Conta-Corrente 8 8 Extrato Conta-Corrente de 5 dias/ via Fax- Fácil/ do mês corrente

PLANO FÁCIL (1) Consultas Incluído Incluído Últimos Lançamentos Conta-Corrente 8 8 Extrato Conta-Corrente de 5 dias/ via Fax- Fácil/ do mês corrente Soluções de Recebimentos Serviços Depósito em Cheque - Por Cheque (/) Produtos de Crédito (Contratação e Renovação) PLANO FÁCIL (1) Quantidade Mensal de Transações Fácil 1 Fácil 2 300 250 Ficha Cadastral

Leia mais

Condições Gerais do Limite de Crédito para Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento ou benefício do INSS

Condições Gerais do Limite de Crédito para Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento ou benefício do INSS Condições Gerais do Limite de Crédito para Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento ou benefício do INSS Estas são as condições gerais do Limite de Crédito para Empréstimo Mediante Consignação

Leia mais

Conhecendo os Processos de Cobrança

Conhecendo os Processos de Cobrança Conhecendo os Processos de Cobrança 03 Processos de Cobrança Entenda a Fatura Ferramentas de Suporte Consulta de Extratos 05 09 11 16 Consumo Consciente 02 Processos de Cobrança conheça os processos de

Leia mais

Plano de Vantagens Itaú Uniclass

Plano de Vantagens Itaú Uniclass Plano de Vantagens Itaú Uniclass Conheça o Plano de Vantagens Itaú Uniclass para correntistas. O Plano de Vantagens Itaú Uniclass oferece benefícios de acordo com o seu relacionamento com o banco e conforme

Leia mais

Regulamento do Plano de Vantagens Itaú Uniclass Mais benefícios para quem mantém relacionamento com o Itaú Uniclass.

Regulamento do Plano de Vantagens Itaú Uniclass Mais benefícios para quem mantém relacionamento com o Itaú Uniclass. Regulamento do Plano de Vantagens Itaú Uniclass Mais benefícios para quem mantém relacionamento com o Itaú Uniclass. O Plano de Vantagens Itaú Uniclass oferece benefícios de acordo com o seu relacionamento

Leia mais

TABELA DE CAPTAÇÃO DAS TAXAS DE JUROS PARA PESSOA FÍSICA PRATICADAS PELAS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS EM 02/05/12

TABELA DE CAPTAÇÃO DAS TAXAS DE JUROS PARA PESSOA FÍSICA PRATICADAS PELAS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS EM 02/05/12 TABELA DE CAPTAÇÃO DAS S DE JUROS PARA PESSOA FÍSICA EM 02/05/12 BANCO DO BRASIL BRADESCO CAIXA ECONÔMICA FEDERAL HSBC MODALIDADES DE CRÉDITO CARTÃO DE CRÉDITO 2,94* 13,56* 2,10* 14,99* 1,90* 2,85** 6,03*

Leia mais

Internet Banking - Serviços Bancários - Tabela de Tarifas Vigência 01.11.2015 SERVIÇOS ESPECIAIS. Unidade e/ou Forma de Cobrança.

Internet Banking - Serviços Bancários - Tabela de Tarifas Vigência 01.11.2015 SERVIÇOS ESPECIAIS. Unidade e/ou Forma de Cobrança. Serviços de Simples/ Vinculada/ Desconto Comercial/Vendor/ sem Registro/ Indexada 10,00 Por título registrado/pago Escritural 6,00 Por título Escritural Interna com Registro 5,70 (a) 6,17 (b) Por título

Leia mais

PESQUISA DE JUROS. As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em dezembro/2013 sendo esta a sétima elevação do ano.

PESQUISA DE JUROS. As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em dezembro/2013 sendo esta a sétima elevação do ano. PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em dezembro/2013 sendo esta a sétima elevação do ano. Esta elevação é reflexo da elevação da Taxa Básica de Juros (Selic)

Leia mais

Qual é a diferença entre conta-salário e conta corrente?

Qual é a diferença entre conta-salário e conta corrente? Qual é a diferença entre conta-salário e conta corrente? A primeira diferença está na titularidade. A conta-salário é aberta pela empresa, a conta corrente é aberta pelo trabalhador. A contasalário permite

Leia mais