REVOLUÇÃO SILENCIOSA FILIPA CALDEIRA BRIDGES QUAL O IMPACTO DO DIGITAL NA ECONOMIA MUNDIAL? a revista da caixa

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REVOLUÇÃO SILENCIOSA FILIPA CALDEIRA BRIDGES QUAL O IMPACTO DO DIGITAL NA ECONOMIA MUNDIAL? a revista da caixa"

Transcrição

1 REVOLUÇÃO SILENCIOSA QUAL O IMPACTO DO DIGITAL NA ECONOMIA MUNDIAL? FILIPA CALDEIRA O DIGITAL E OS NEGÓCIOS NO SÉC. XXI CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS a revista da caixa BRIDGES CONSTRUINDO PONTES PARA UM FUTURO MAIS SUSTENTÁVEL DESCUBRA POR QUE A CAIXA ESTÁ A AJUDAR ADARA VOLTA N. o 17 dezembro de 2014 Ano V 1,50 CONTINENTE E ILHAS PERIODICIDADE TRIMESTRAL

2 Oferta Global OFERTA JOVEM OFERTA UNIVERSITÁRIOS - CAIXA IU BENEFÍCIOS DA DOMICILIAÇÃO DE ORDENADO DO TRICICLO À MOTA DE SONHO. Consigo em todas as fases da sua vida. A vida dá muitas voltas - e todas levam-no à Caixa. Seja na sua primeira conta, na primeira viagem de finalistas ou na gestão do seu ordenado, a Caixa está consigo em todas as fases da vida. É por isso que, para milhões de portugueses, a Caixa é mais que um Banco: é um Banco para a vida. A CAIXA. COM CERTEZA h todos os dias do ano Informe-se na Caixa.

3 Bem-vindo a um mundo novo editorial e a revista da caixa Diretor Francisco Viana Editores Luís Inácio e Pedro Guilherme Lopes Arte e projeto Rui Garcia e Rui Guerra Colaboradores Ana Cátia Ferreira, Helena Estevens, José Miguel Dentinho, Leonor Sousa Bastos, Miguel Judas, Palmira Simões (texto); Anabela Trindade; Filipe Pombo, João Cupertino, Renato Cruz Santos, com agências Corbis, Getty Images e istockphoto (fotos); Marta Monteiro (ilustração); Dulce Paiva (revisão) Gestor de Produto Luís Miguel Correia Produtor Gráfico João Paulo Batlle y Font REDAÇÃO TELEFONE: FAX: R. Calvet de Magalhães, Paço de Arcos PUBLICIDADE TELEFONE: FAX: R. Calvet de Magalhães, Paço de Arcos Diretor Comercial Pedro Fernandes Diretor Comercial Adjunto Miguel Simões Diretora Coordenadora Luísa Diniz Responsável pela publicidade na Pedro Costa Santos Coordenador de Materiais José António Lopes Editora Medipress - Sociedade Jornalística e Editorial, Lda. NPC Capital Social: ,90; CRC Lisboa Composição do capital da entidade proprietária Impresa Publishing, S. A % R. Calvet de Magalhães, Paço de Arcos Impressão Lisgráfica - Impressão e Artes Gráficas, S. A. Distribuição Gratuita (a revista tem preço de capa, mantendo-se, no entanto, o seu caráter de oferta) Propriedade Caixa Geral de Depósitos Av. João XXI, 63, Lisboa Periodicidade Trimestral (Edição n.º 17, setembro/dezembro 2014) Depósito Legal /10 Registo ERC Tiragem exemplares Correio do leitor O MUNDO DIGITAL É, hoje, incontornável. As pessoas não o dispensam e há toda uma nova realidade, mais complexa e integrada, que nos deixa permanentemente ligados. O acesso à informação tornou-se instantâneo e os desejos das pessoas também. Para as empresas, esta realidade consumou-se não só como uma oportunidade, mas também como uma exigência. Houve que adaptar processos, inovar soluções e capacitar recursos humanos de modo a acompanhar esta nova economia, chamada digital. Mais do que vendas on-line, há todo um manancial de ferramentas à disposição das empresas, quer ao nível da comunicação com os clientes e demais stakeholders, quer na otimização de processos internos e externos. Este novo paradigma aplica-se não só às empresas ditas tecnológicas, abrindo a porta a um novo pelotão de pequenas empresas de desenvolvimento e fornecimento de serviços, mas também às empresas e atividades mais tradicionais. Das grandes às microempresas. Por tudo isto, nesta edição da falamos-lhe de economia digital. Explicamos-lhe como e porquê empresas e cidadãos estão hoje mais próximos do que nunca, damos- -lhe a conhecer novos e incríveis produtos e serviços e ouvimos algumas das ideias mais legitimadas sobre o tema. Uma dessas opiniões é a de Filipa Caldeira, uma dos sócios- -fundadores da Fullsix, uma agência portuguesa de marketing interativo já diversas vezes premiada. Paralelamente, e tal como é hábito, a apresenta-lhe muitos projetos e iniciativas de relevância nacional, assim como pessoas de méritos reconhecidos nas mais variadas áreas. Carlos Gonçalves, Susana Gateira, Rita Maldonado Branco e Nélio Gonçalves são alguns desses exemplos, oriundos de áreas tão distintas como a indústria alimentar ao fashion fitness, passando pela investigação científica e design. E lançamos-lhe um desafio Por um Futuro Mais Sustentável, saído das recentes Conferências Bridges, uma iniciativa da CGD em torno das várias problemáticas associadas ao tema da sustentabilidade. Visite em e saiba como aderir. É esta a nossa proposta nesta 17.ª edição da sua. Seja, pois, bem-vindo. FRANCISCO VIANA ESTE NOVO PARADIGMA APLICA-SE NÃO SÓ ÀS EMPRESAS DITAS TECNOLÓGICAS, ABRINDO A PORTA A UM NOVO PELOTÃO DE PEQUENAS EMPRESAS DE DESENVOLVIMENTO E FORNECIMENTO DE SERVIÇOS, MAS TAMBÉM ÀS EMPRESAS E ATIVIDADES MAIS TRADICIONAIS. CONHEÇA A APP Ilustração de capa: derrrek A é uma publicação da Divisão Novas Soluções de Media da Impresa Publishing, sob licença da Caixa Geral de Depósitos As emissões de gases com efeito de estufa associadas à produção desta publicação foram compensadas no âmbito da estratégia da CGD para as alterações climáticas. Esta revista está escrita nos termos do novo acordo ortográfico As características dos produtos e serviços apresentados nesta edição remetem para o mês constante na capa. Confirme a atualidade das mesmas em ou numa Agência da Caixa. a revista da caixa 3

4 i interior 06 Pormenor Notícias breves PESSOAS 10 Histórias de sucesso Carlos Gonçalves, da Mendes Gonçalves e da Paladin 12 Talento Susana Gateira e Nélio Gonçalves ESTILO 16 Design & arquitetura A Casa de Chá da Boa Nova e o design responsável de Rita Maldonado Branco 19 Automóveis O Twingo como nunca o viu 20 Culto + Soluções Produtos e vantagens para clientes da Caixa 22 Gourmet + Prazeres O pecado da gula alimenta-se nestas páginas 39 Observatório Alexandra Miranda, diretora na Direção Comercial de Canais Eletrónicos da CGD DESTINOS 48 Fugas Regressar às origens na aldeia de Oliveiras VIVER 54 Finanças Dicas para comprar um carro em segunda mão 60 Sustentabilidade Iniciativas para os que querem ver crescer os seus negócios 64 Saúde As vantagens das ervas aromáticas 65 Educação Está à procura de emprego? CULTURA 68 Na Vira Retro, os históricos azulejos voltam a ganhar vida 70 Livros & discos 72 Agenda 73 Vintage Contador indo-português 74 Fecho Notícias CGD DESTAQUES 32 Um admirável mundo (sempre) novo A revolução digital está em curso, silenciosa e irrevogavelmente. O seu impacto na economia é enorme, pois a ela se associa competitividade, inovação e emprego. Massificar o acesso à tecnologia e à informação e o desenvolvimento de competências são alguns dos principais desafios. 26 Entrevista Filipa Caldeira, especialista em marketing interativo, explica o porquê de empresas, marcas e consumidores serem peças-chave no admirável e desafiante mundo da economia digital. 40Viagem De Melgaço a Braga, entre os rios e o mar, há todo um Minho de contrastes para descobrir. 52 Institucional Desde o nascimento até à sua reforma, passando por todos os outros momentos da vida, há um Banco que está sempre ao seu lado. Esse Banco é a Caixa. 56 Sustentabilidade A sustentabilidade foi a estrela das Conferências Bridges, um evento onde temas como o empreendedorismo e o empreendedorismo social, o voluntariado ou o ambiente e as alterações climáticas estiveram na ordem do dia. 66 Cultura Aliar a dramaturgia contemporânea ao teatro escolar, de adolescentes mais especificamente, é o desafio lançado pelo Festival Panos. 4 a revista da caixa

5 Domiciliação de Ordenado RECEBA O SEU ORDENADO PELA CAIXA E FAÇA-O RENDER MAIS. Ao receber o seu ordenado pela Caixa recebe também: - Isenção de comissão de manutenção da conta à ordem 1 ; - Acesso ao serviço Caixa Família Mais 2 com melhor remuneração, extensiva a todos os familiares aderentes; - Descontos 3 na eletricidade e gás natural em novos contratos celebrados com a Galp Energia. 1) Para ordenados de valor até 500 ou com cartão ativo associado à conta à ordem. 2) Para ter acesso ao serviço Caixa Família, basta que seja titular de uma conta de poupança e que pelo menos um dos titulares de cada conta possua rendimento (ordenado, pensão ou outro crédito regular igual ou maior que 500 ) domiciliado na Caixa ou CaixaOrdenado / Mesada Certa. Exceção: clientes com menos de 18 anos e clientes residentes no estrangeiro. 3) Eletricidade: válido para as tarifas simples e bi-horária e potências contratadas entre 3,45 e 20,7 KVA em Portugal Continental. Gás natural: o desconto é válido para o escalão 1 a 4 (consumos até m 3 /ano), exceto 4º escalão da área geográfica servida pelo operador de rede EDP-Gás. TEVE UM IMPREVISTO OU UM MÊS MAIS COMPLICADO? Pode optar por antecipar até 100% do ordenado, sem juros para uma utilização até 250 durante 4 dias. 4 4) Caixaordenado - TAEG de 18,0% para uma utilização de crédito de pelo prazo de 3 meses à TAN de 16,0%, contratado separadamente. A CAIXA. COM CERTEZA h todos os dias do ano Informe-se na Caixa.

6 p pormenor TUDO PELO MUESLI Aproveitando as mais-valias do crowdfunding, Diogo Oliveira e Erika Göbel estão a tentar tornar o seu sonho realidade: abrir o primeiro espaço dedicado ao muesli, no Porto. O casal de designers acredita no sucesso do seu muito desejado Muesli Café e já faz planos de oferecerem pequenos- -almoços com cereais prensados por eles mesmos e com fruta fresca. Resta esperar para saber se Diogo e Erika conseguem reunir 12 mil euros até final da campanha (5 de janeiro de 2015). INOVAÇÃO COM CORTIÇA PORTUGUESA Um skate de cortiça, desenvolvido pelo produtor australiano Lavander/ Archer Cork Skateboards, foi distinguido com o prémio JEC Innovation Award, na categoria de Sustentabilidade. A nota de maior relevo vai para o facto do skate ter a cortiça como principal material e, mais ainda, por estarmos a falar de cortiça portuguesa, fornecida pela Corticeira Amorim. A empresa portuguesa recorreu à solução corecork (cortiça no seu estado natural) e o resultado é um skate amigo do ambiente, com uma diminuição clara da vibração e com maior resistência ao impacto. Também por cá há quem cruze os desportos urbanos com a ecologia. Veja-se o caso de Ricardo Marques e das suas Bio Boards, totalmente construídas em cortiça, sem tratamentos adicionais e tendo como único elemento tóxico a cola. E diz quem experimentou que em nada devem às pranchas comuns. MEIA.DÚZIA Lisboa e Gaia têm mais sabor! Dois novos espaços, feitos de compotas em bisnaga depois de Lisboa, em novembro, no Atrium Saldanha, foi a vez de Gaia receber um novo espaço da meia.dúzia, situado no Gaia Shopping. As ocasiões foram pretexto para ofertas a clientes, como gelados e vales de desconto, e para o lançamento de novos produtos e sabores. Estes marcos surgem depois do sucesso obtido no concurso Cinco Anos de Vida, um Negócio de Sucesso, promovido pelo Mar Shopping em conjunto com a Fundação da Juventude e que permitiu a abertura da primeira loja oficial da marca em novembro de A isto, junta-se a presença dos seus produtos em mais 20 países e o primeiro prémio no Salão Internacional Salón Gourmets, em Madrid. Combinando mais de trinta sabores completamente inesperados e juntando, aos doces de fruta, ervas, especiarias ou vinhos regionais, a meia.dúzia conseguiu colocar nas bisnagas a receita que anda na boca dos portugueses. Agora, nestes espaços, a meia.dúzia promete um conceito único, permitindo aos clientes selecionar e criar o seu pack de experiências de seis sabores UKAdemics vence Big App Fund a plataforma e app on-line portuguesa UKAdemics foi considerada o melhor projeto de empreendedorismo da Europa na área das aplicações, conquistado o primeiro prémio da Big App Fund, competição europeia promovida pela Worth Capital. A UKAdemics reúne quase 400 universidades do Reino Unido, funcionando como uma espécie de portal de reservas para estudantes. Esta é uma forma simples dos alunos se candidatarem e inscreverem em universidades, bem como de ter algumas informações importantes sobre os países em causa. Brevemente, a UKAdemics deverá alargar a sua rede a universidades da China e dos Estados Unidos. 6 a revista da caixa

7 No alugar está o ganho / DISTINÇÕES / Prémios Gazeta 2013 decorreu a 27 de novembro, no Salão Nobre da CGD, a cerimónia de entrega dos Prémios Gazeta 2013, uma iniciativa do Clube de Jornalistas apoiada pela Caixa, desde A entrega dos galardões ficou a cargo de José de Matos e Mário Zambujal, respetivamente, presidentes da Comissão Executiva da CGD e do Clube de Jornalistas. Entre os premiados contam-se Ana Leal (televisão), Paulo Pena (imprensa), Maria Augusta Casaca (rádio), José Carlos Carvalho (fotorreportagem) e Catarina Gomes, Ricardo Rezende, Manuel Roberto, Dinis Correia e Andreia Espadinha (multimédia). Destaque, ainda, para o prémio Gazeta de Mérito, atribuído a Helena Marques, e para o prémio Gazeta Revelação, concedido a Catarina Fernandes Martins. Ao Jornal da Bairrada coube o prémio Gazeta da Imprensa Regional. já ouviu falar no spinlister? Não? Nós explicamos. Trata-se de uma App, disponível em versão Android, ios e na Internet, que foi criada a pensar em todos os que gostam de andar de bicicleta, de fazer snowboard ou de surfar, mas que não querem ou não podem viajar com o material. Assim, a ideia passa por desafiar o habitantes dos países que recebem esses turistas a alugar as suas bicicletas ou as suas pranchas, muitas vezes sem uso há bastante tempo. Tanto a definição do preço como o aluguer são feitos através desta aplicação que, finalmente, chegou a Portugal. Combustível alternativo Chama-se Bio Bus, vai circular entre a cidade de Bath e o Aeroporto Internacional de Bristol (Inglaterra) e está a centrar todas as atenções. O motivo está relacionado com a forma como o autocarro obtém a energia que permite o seu funcionamento: o veículo alimenta-se do gás obtido através do processamento de fezes humanas e de lixo orgânico. O resultado é uma diminuição das emissões de CO 2 em relação aos automóveis convencionais, estando anunciado que o Bio Bus, com capacidade para transportar 40 pessoas, consegue viajar durante 300 quilómetros com apenas um tanque. Design, vinho e crochet susana Esteban e Sandra Tavares são duas enólogas que convidaram Rita Rivotti a idealizar a imagem e embalagem do seu vinho, denominado Crochet. O resultado foi tão bom que a garrafa do Crochet arrecadou a medalha de ouro na categoria de Luxo Vinhos e Champanhe dos Pentawards, a maior competição de mundial de design de packaging. ROUPAS ESPECIAIS PARA CRIANÇAS ESPECIAIS finalista da edição 2014 do Prémio Nacional das Indústrias Criativas, a Sensorial Fit é uma marca de roupa desenhada a pensar em crianças com necessidades especiais. A sua mentora é a designer de moda Ângela Pires, que aponta como principal objetivo aumentar o conforto e a autonomia das crianças e, simultaneamente, estimular o seu desenvolvimento sensório-motor. Para lá de serem mais simples de vestir ou de despir, as peças da Sensorial Fit podem receber acessórios lúdicos, interativos e didáticos, capazes de estimular ainda mais estas crianças. a revista da caixa 7

8 p CARTÃO DE CRÉDITO Campanha de Inverno de Pagamentos Fracionados Para gerir com maior conveniência o orçamento mensal, as despesas deste inverno poderão ser pagas só na primavera gerir o dia a dia pode ser um desafio. Por isso, os cartões de crédito de particulares da Caixa oferecem o acesso automático a uma linha de crédito suplementar, correspondente a cem por cento do limite de crédito dos cartões da Caixa, para pagamentos em prestações fixas e a uma taxa de juro vantajosa (1). De 1 de dezembro de 2014 a 28 de fevereiro 2015, todas as compras, cash- -advance, pagamentos de serviços e os pagamentos ao Estado, com valor mínimo de 50 euros, transferidos para esta modalidade, começam a ser pagos apenas a partir do extrato de abril de 2015, sem encargos adicionais. E os mil clientes com maior volume de faturação (superior a 500 euros), durante o período da campanha, transferido para pagamentos fracionados recebem um vale oferta, no valor de 100 euros, para utilização em viagens e estadias. Esta campanha é válida para todas as transferências para a Linha de Pagamentos Fracionados, assim como para as compras com recurso aos Fracionamentos Automáticos, ativados diretamente nos Terminais de Pagamento Automático (TPA) nos comerciantes aderentes. Atualmente, esta solução está disponível em diversos comerciantes, nomeadamente, a Giovanni Galli, Lanidor, Loja das Meias, Sacoor, Stefanel, Stone by Stone e Wall Street English, entre outros. Para conhecer as condições desta campanha e a rede de comerciantes aderentes aos Fracionamentos Automáticos, visite em ou em (1) TAEG de 18,8% na linha de crédito suplementar de pagamentos fracionados, para um montante de 1500 euros, com reembolso a 12 meses, à TAN de 15,0%. CAIXA É UM BANCO PARA A VIDA «Do primeiro passo ao salto na carreira, do triciclo à mota de sonho e da primeira mesada à reforma. Consigo em todas as fases da sua vida» foi o headline escolhido para a recente campanha da Caixa, que, durante três semanas, passou pela rádio, imprensa, televisão, digital, ATS e ponto de venda. Nela ficou demonstrado que a Caixa tem uma oferta global e que se assume como um Banco para a vida, na medida em que a sua oferta tem a capacidade de responder às necessidades de todos os seus clientes a qualquer momento e ao longo de todas as fases da vida. «A vida dá muitas voltas e todas levam-no à Caixa. Seja na sua primeira conta, na primeira viagem de finalistas ou na gestão do seu ordenado, a Caixa está consigo em todas as fases da vida. É por isso que, para milhões de portugueses, a Caixa é mais que um Banco: é um Banco para a vida», referia um dos anúncios de imprensa. Esta foi a solução criativa encontrada pela Fuel, agência agora responsável pela criatividade das campanhas da Caixa, juntamente com a Fullsix, numa campanha que contou ainda com a participação da Havas e ComOn. Saiba mais sobre esta proposta nas páginas 52 e 53 desta edição da. ARREDONDE COM O SEU CARTÃO ao efetuar compras com os cartões de débito ou de crédito da Caixa (exceto Made By), pode beneficiar do mecanismo de arredondamento da Caixa, revertendo um determinado montante, automaticamente, para uma conta de poupança, PPR ou fundo de pensões, conforme o cartão utilizado. É muito simples, basta pedir em qualquer Agência da Caixa ou no serviço Caixadirecta Telefone para associar um dos três programas de arredondamento à escolha a um cartão da Caixa elegível. Saiba mais em 8 a revista da caixa

9 AMBIENTE Pioneira, uma vez mais A APCER certificou a gestão ambiental das atividades que ocorrem no Edifício-Sede da Caixa Foi com orgulho e de forma simbólica que a Caixa assinalou, na Culturgest, a obtenção dos certificados ambientais referentes à atividade bancária da CGD, aos serviços sociais da CGD Posto Médico de Lisboa e à própria Culturgest, vendo, assim, reconhecido um trabalho de anos. Um trabalho, aliás, que fez da CGD o primeiro Banco português com um sistema de gestão ambiental certificado. «Somos um grupo financeiro de atuação global e, como tal, apostamos num crescimento sustentável. Um objetivo que se torna ainda mais forte com esta certificação, pois um sistema de gestão ambiental permite uma melhor gestão do Banco, ao monitorizar riscos e orientar a redução de custos devido a uma maior exigência neste campo.» As palavras são de José de Matos, presidente da Comissão Executiva da CGD, para quem este passo significa também «um compromisso ético, com o futuro, que valoriza a imagem da Instituição». A certificação concedida pela APCER, nos termos da norma ISO 14001, contribui para garantir a sustentabilidade e a competitividade da CGD, ao mesmo tempo que responde às expectativas dos stakeholders e eventuais tendências emergentes do mercado e da sociedade em geral. Para Fernando Caldeira dos Santos, presente em representação da APCER, «esta certificação é uma ferramenta essencial, que melhora os desempenhos das instituições e comprova a todos as suas boas práticas». Em suma, visa implementar, manter e melhorar um sistema de gestão ambiental, para agir de acordo com a política ambiental de cada empresa e, ao mesmo tempo, demonstrar tal conformidade a terceiros. No caso da CGD, esta traduz-se na definição de objetivos e metas quantitativas para a redução do impacto ambiental, com o foco na redução de custos e na otimização da eficiência operacional ao nível da energia, consumo de água, mobilidade, resíduos e reutilização de recursos. Para a diretora de Qualidade da CGD, Teresa Assunção, este sistema de gestão ambiental permite «uma maior eficiência e simplificação de processos». No entanto, considera, é apenas «mais um meio e não um fim, para atingir um objetivo maior, que é conseguir sempre uma maior satisfação por parte dos clientes». De acordo com Paula Viegas, diretora de Sustentabilidade da Caixa, já «nos anos 80, a CGD foi um dos primeiros bancos a publicitar as vantagens das energias renováveis», pelo que este processo de certificação apenas «assegura a continuidade dessa tradição da sustentabilidade como prioridade da Empresa». Até porque, como lembrou, «uma boa gestão faz um melhor ambiente». Dia Mundial da Floresta Autóctone A CGD associa-se à data, com 200 mil motivos para comemorar O Dia Mundial da Floresta Autóctone tem lugar a 23 de novembro, uma data que a Caixa Geral de Depósitos faz questão de celebrar todos os anos. Este não foi diferente, até porque são já 200 mil motivos para comemorar. São 200 mil árvores plantadas no âmbito seu programa Floresta Caixa, com o qual já recuperou 220 hectares de solo português. O carvalho, a azinheira, o pinheiro bravo, o sobreiro e o amieiro são algumas das espécies autóctones que a Caixa protege diariamente, em vários concelhos do País, juntamente com os seus parceiros neste projeto, dedicando cada árvore a cada uma das crianças suas clientes. E é por elas que a Caixa investe e contribui para a preservação da floresta portuguesa, pelas nossas crianças, pelos seus filhos. Porque a Caixa assegura uma gestão responsável dos recursos naturais e, por isso, a sua Política Ambiental valoriza um dos principais recursos renováveis e a mais importante componente natural do território europeu: a floresta. Através dela promove-se a biodiversidade, equilibram-se os regimes hídricos, a qualidade do ar e da água. Por tudo isto, a Caixa convida os seus clientes e sociedade em geral a juntarem-se a este causa. E descubra, juntamente com os seus filhos e netos, o livro Árvores da Terra, em a revista da caixa 9

10 h histórias de sucesso CARLOS GONÇALVES Sucesso apurado O administrador da Mendes Gonçalves, empresa responsável pelo sucesso da Paladin, assume o orgulho pela aposta na «portugalidade» e no produto nacional. E aponta a inovação, a capacidade de arriscar e a internacionalização como fatores-chave para continuar a crescer Texto Pedro Guilherme Lopes Fotografia Filipe Pombo DEDICADO SÃO POUCAS AS EMPRESAS QUE PODEM ORGULHAR-SE de ver as suas vendas dispararem para o dobro no decorrer deste ano. A Mendes Gonçalves conseguiu-o, muito por culpa de uma estratégia que transformou a Paladin na sua principal marca. Novos tempos, numa empresa que começou a inovar há mais de 30 anos, apostando num vinagre de figo que mais ninguém fazia, e que já tem completamente definidos os produtos que vai lançar em 2015, bem como a forma como irá comunicá-los. INOVADOR : A marca Paladin é, atualmente, uma das que tem mais visibilidade no nosso País. O que é que levou a que a Mendes Gonçalves, ao fim de mais de três décadas dedicadas ao vinagre, apostasse de forma tão forte numa nova gama de temperos? Carlos Gonçalves: É verdade que tínhamos uma marca de vinagre, a Peninsular, que durante muito anos foi o nosso rosto. Apesar de termos vinagres diferenciadores e embalagens diferentes, chegou uma altura em que sentimos a necessidade de alargar o nosso leque de produtos. Apontámos, assim, ao universo dos molhos, dos mais variados tipos, o que acabou por nos conduzir à compra de uma marca que nós já fabricávamos, a Paladin, e que, nessa época, era também ela uma marca centrada unicamente num produto, a mostarda. Decidimos que a Paladin passaria a ser a nossa principal marca e estendemo-la a todos os produtos. : O que é que envolveu esse processo? CG: Pode dizer-se que a única coisa que se manteve foi o nome. O resto mudou tudo. Hoje, a Paladin tem um novo logótipo, uma nova comunicação, uma nova imagem e suporta tudo aquilo que produzimos, tanto no universo dos molhos como do vinagre. É esta marca, igualmente, que temos como alvo da nossa investigação, desenvolvimento e inovação. No fundo, a Paladin é a bandeira da Mendes Gonçalves. : Essa é uma decisão que influencia todo o posicionamento da empresa. O que é que a motivou? CG: Nós necessitávamos de ter uma marca que conseguisse centralizar todo o nosso trabalho. Desde o início que a Mendes Gonçalves aposta forte na inovação e cria produtos diferenciadores, mas acabavam por ser introduzidos e apresentados ao mercado de forma solta. A Paladin surge como marca agregadora desta investigação, deste desenvolvimento e da «portugalidade» que colocamos nos nossos produtos. Por outro lado, enquanto empresa, também necessitávamos de uma marca que permitisse projetar-nos para o futuro, primeiro a nível interno, depois a nível internacional. : O Carlos costuma, inclusivamente, sublinhar o termo internacionalização, ao invés de falar em exportação... CG: A diferença é que nós não exportamos produtos; nós trabalhamos a marca nos mercados onde decidimos estar, sempre de acordo com esses mesmos mercados. Queremos que, nesses países, a nossa marca seja tão importante e relevante como é em Portugal e, para isso, estabelecemos parcerias com distribuidores locais. E, antes de avançarmos, estudamos profundamente o mercado de cada um desses países, incluindo os gostos alimentares das populações. Daí que, em alguns destes mercados, como Marrocos ou Argélia, tenhamos produtos exclusivamente produzidos para os consumidores desses países. E não me refiro unicamente ao sabor, refiro-me à comunicação e à imagem, que foram exclusivamente pensadas para se adaptarem a estes consumidores. : Essa capacidade de entender os mercados será um dos segredos do sucesso da Paladin. Quais são os outros? CG: A inovação e a critividade são, claramente, dois deles. Tal como a vontade de assumir riscos. Não temos medo de fazer coisas diferentes, não temos medo de afrontar as multinacionais, não temos medo de ir para mercados competitivos. E, acima de tudo, esta enorme vontade de fazer a diferença com ingredientes portugueses, incluindo as pessoas que aqui trabalham há muitos anos. : Esse manter das raízes na Golegã, apostando em mão de obra portuguesa e 10 a revista da caixa

11 INCONFORMADO ESTRATEGA SERENO Print FIEL AO ORIGINAL Onde se fala de sabores e de histórias curiosas. Na Mendes Golçalves, o sucesso é alcançado em equipa. Não admira, por isso, que alguns dos sabores resultem do desenvolvimento de sugestões de colaboradores. E, claro, há clientes que sugerem que seja criado um molho por si imaginado. Entre tantos sabores, Carlos mantém-se fiel ao original: continua a ser fã de vinagres. Quem mudou, radicalmente, de opinião foi um consumidor que se orgulhava de não consumir molhos processados. Certo dia, seguiu a sugestão de um amigo e provou o Piri-Piri Sacana. A surpresa foi tão grande que fez questão de telefonar a dar os parabéns por terem conseguido fazê-lo mudar de ideias. E prometeu experimentar outros sabores. criando um espírito familiar, será outro dos aspetos que ajudam a explicar o sucesso? CG: Sem dúvida. Esse será, aliás, o maior segredo e aquele que nunca deixamos de revelar: conseguir que as pessoas se dediquem e empenhem no que fazem diariamente. Temos uma equipa extremamente jovem, cujo trabalho tem permitido, inclusivamente, trazer para a Golegã outros quadros muito novos. : A notoriedade da Paladin levou-vos a aumentar o número de funcionários? CG: A dimensão da equipa tem acompanhado a nossa faturação e o crescimento das nossas vendas, de forma a conseguirmos dar resposta ao aumento de exigência e de solicitações. : E qual o papel da CGD nesta evolução? CG: Avalio de uma forma muito positiva. Valorizamos muito o Gabinete de Santarém, que foi fundamental no passado e estamos certos que o será no futuro. Mais do que condições que consideramos equilibradas face ao mercado, dá-nos respostas atempadas e um acompanhamento permanente e profissional. Como somos uma empresa familiar e muito relacional, sentimos esse relacionamento próximo, atento e extremamente cordial. Todos falam a uma mesma voz e têm o foco na satisfação do cliente. : Quando, há pouco, falava na capacidade de arriscar, estava a referir-se, também, à linguagem utilizada? CG: Sim. Nós optámos por pegar em algo extremamente português, que é o falar por pregões, por quadras, por versos, presentes nas diversas embalagens da Paladin. É a tal aposta na «portugalidade». : E essa «portugalidade» tem conquistado novos públicos, nomeadamente em termos de faixas etárias? CG: Temos conquistado novos clientes, e, para isso, também contribui o facto de termos 54 produtos disponíveis na área dos condimentos. O feedback que temos, por exemplo, no nosso Facebook dá conta disso mesmo. E o facto de a Paladin ter crescido para o dobro, em termos de vendas, não deixa margem para dúvidas sobre essa conquista de novos públicos. : Vale a pena continuar a arriscar... CG: Completamente! Em Portugal, temos toda uma nova geração, mais do que vontade, com capacidade para fazer diferente. Devemos valorizar, de uma vez por todas, o que de bom se faz no nosso País e, na área alimentar e da gastronomia, para ser mais específico, não devemos nada a nenhum país do mundo. Isso explica a nossa aposta e enche-nos de satisfação ver o reconhecimento do público. a revista da caixa 11

12 t talento SUSANA GATEIRA Na linha da frente Sonhava ser médica, mas trocou o bisturi pelo lápis com que desenha roupa para o bem-estar de mulheres e homens e que fez dela um nome incontornável no universo da moda e do fitness Por Ana Cátia Ferreira Fotografia Anabela Trindade SUSANA GATEIRA É UM NOME, mas, também, uma marca e uma empresa que surgiram em 1997, tendo como público-alvo os adeptos do workout, que passam vários dias da semana a treinar o corpo e a cuidar da imagem. A sua primeira coleção era composta por 60 peças, para homem, mulher e criança, que demoraram um mês e meio a produzir. Desafiou-se e o resultado fê-la acreditar que tinha aberta a porta para o sucesso. O feeling estava correto e, atualmente, a mulher Susana Gateira continua a correr atrás de mais desafios. Mas quem é, afinal, esta mulher, de 46 anos, que revolucionou a imagem de quem frequenta os ginásios um pouco por todo o País? Trata-se de uma portuguesa, natural de Ílhavo, que, atraída pelas linhas e tesouras da Confecção Bernardete dos seus pais, conseguiu, depois de deixar de lado o sonho de ser médica, criar uma marca própria e definir os seus objetivos na área dos têxteis. E que objetivos são esses? Oferecer às mulheres portuguesas o sorriso e a autoestima na sala de treinos. Isto é possível com coleções que inspiram feminilidade e audácia nos seus looks. «Se gostamos de estar bem vestidos na rua, por que não no ginásio? Já não se usa a máxima de levar para o ginásio a roupa mais velha que se tem no armário», sublinha a estilista, que, aos fins de semana e no ginásio, onde vai duas vezes por semana, veste a sua marca. «Faz-me sentir bonita, confortável e até estou mais à vontade para brincar com o meu filho de seis anos.» Susana Gateira é, sem dúvida, uma mulher que faz de cada desafio um salto para a frente. Se partiu de uma linha fashion fitness, inclui agora nas suas coleções uma linha mais casual e de acessórios. Esta última coleção, Challenge Yourself, soma 130 peças, as quais ficaram prontas ao fim de seis meses. «Sempre que vou iniciar numa nova coleção, sou assaltada por uma dúvida: como vou conseguir não desiludir os meus clientes? Para mim, é um desafio constante fazer roupa arrojada.» Em 2000 abriu a primeira loja em Lisboa e, atualmente, conta com mais sete no País e representações em França, Reino Unido, Espanha, Itália, Israel, Japão e Austrália. Próximos desafios? «Andamos, há algum tempo, para produzir uns ténis mais casual. Como é um artigo mais específico, terá de ser muito bem estudado», adianta a estilista. «O próximo passo já está em andamento e passa pela internacionalização da marca com abertura de loja. Temos em vista um projeto para França, porque é o nosso segundo maior mercado», acrescenta. Energética, corajosa, arrojada, assim se pode definir Susana Gateira. Reservada? Só no início da conversa São, aliás, estes adjetivos que coloca nas suas coleções e no seu trabalho «PARA MIM, É UM DESAFIO CONSTANTE FAZER ROUPA ARROJADA» diário, o qual é dividido com o seu sócio e irmão. «O meu trabalho vai desde o design até à chegada da roupa ao armazém e o do meu irmão dá-lhe sequência. Ele trata das lojas, da parte comercial e do marketing.» Os pais já estão reformados, mas, de vez em quando, lá dão uma ajuda aos filhos, numa ida ao fornecedor e ou a fazer um molde. «Os nossos pais nunca nos incentivaram a ficar com a confeção deles. Ensinaram-nos que é preciso trabalhar muito para se conseguir o que se Print INSPIRAÇÕES Susana Gateira é uma tendência, moda e muito trabalho. Há dois pilares que definem o trabalho da estilista: nunca dizer não a um cliente e, apesar de dividir tarefas com o irmão, estar a par de todos os processos. A produção dos catálogos é um bom exemplo. Participa na escolha do local, dos modelos e na temática e quer assegurar-se de que a evolução se nota nos catálogos. A evolução das linhas das roupas surge a partir da sua inspiração. «Consulto cadernos de tendências de pronto- -a-vestir e de alta-costura. Como Susana Gateira é moda, procuro, todos os anos, dar uma conotação muito atual à parte fitness, que é o que nos diferencia das outras marcas desportivas.» quer na vida. Se nós seguimos este caminho, foi porque quisemos. Sempre gostei da área da saúde, mas cheguei a uma altura em que tive de decidir. Se gostava de desenhar roupa e se tinha ferramentas para isso, então deveria seguir por aí.» Susana Gateira iniciou, então, o seu percurso profissional ao lado dos pais, a desenhar roupa de desporto com a marca deles, a Sportos. Uma pequena loja, em São João da Madeira, mais uma em Aveiro e nascia a vontade de criar uma marca própria. A um sarau de ginástica juntou-se mais outro, mais uma escola de dança, mais uma convenção de fitness e a marca ia crescendo. Até à convenção de fitness de Espinho, em 1996, os passos de Susana Gateira foram dados timidamente. A partir dessa data, o desafio tornou-se mais descarado. «Todas as peças são parte de mim.» Isto porque Susana Gateira, como percursora nacional do fashion fitness, gosta de estar sempre na linha da frente. 12 a revista da caixa

13 A SUSANA GATEIRA COMPROMETE-SE A OFERECER AOS TITULARES DE ALGUNS DOS CARTÕES DA CGD 15% DE DESCONTO EM TODOS OS ARTIGOS, VÁLIDO MEDIANTE PAGAMENTO COM O RESPETIVO CARTÃO. OFERTA NÃO ACUMULÁVEL COM OUTRAS CAMPANHAS OU BENEFÍCIOS PROPORCIONADOS PELA MARCA. SAIBA QUAIS OS CARTÕES EM a revista da caixa13

14 t talento NÉLIO GONÇALVES Ciência, uma constante da vida Move-o a curiosidade e o desejo de deslindar as mais variadas doenças. Acima de tudo, no entanto, é pela felicidade que norteia a vida Texto Helena Estevens Fotografia Anabela Trindade NÃO FOI uma paixão à primeira vista, como poderia pensar-se, o que ligou Nélio Gonçalves, doutorado em Ciências Farmacêuticas e envolvido em vários projetos de investigação financiados por Portugal e pelos EUA, às neurociências. O interesse «crescente» despertaria durante a licenciatura em Ciências Farmacêuticas, instigando-o a aprofundar os seus conhecimentos sobre doenças neurodegenerativas, psiquiátricas e cancerígenas. O reconhecimento nacional e, sobretudo, interancional não se fez esperar, sendo vários os prémios que acumula já no currículo, aos quais se juntaram recentemente os Prémios Novos. A curiosidade e a necessidade de resposta às questões que se colocam na área das neurociências encaminharam-no para a investigação e para o trabalho em laboratório, nos quais investe grande parte do seu tempo. O «bichinho» não tardaria a dar frutos. Após uma breve e bem-sucedida experiência de investigação, enquanto aluno de Erasmus, em Bruxelas, no estudo do microambiente tumoral do hepatocarcinoma (um cancro altamente maligno, com uma esperança média de vida reduzida após diagnóstico), optou por regressar a Portugal. Foi aqui que decidiu dedicar-se às doenças neurodegenerativas, particularmente à doença de Machado-Joseph (DMJ). Trata-se de uma neuropatologia de origem genética, pautada pela perda do controlo muscular, perturbações da visão e dificuldades na fala e em engolir, por exemplo, que serviu de base para a sua tese de doutoramento, segundo a qual a cafeína atrasa desenvolvimento desta doença. No currículo, soma já vários artigos em revistas de referência internacionais, «corolário de muito esforço e dedicação, acompanhados de grande rigor e tenacidade». Algo que o deixa bastante satisfeito e que suporta a vontade de querer continuar, «apesar da grande precariedade da condição de investigador», subsidiada por bolsas de curta duração e vítimas «do insistente desinvestimento na ciência em Portugal, nestes últimos anos». Apesar de convencido de que o subfinanciamento das instituições que produzem conhecimento científico pode comprometer a qualidade dos trabalhos de investigação desenvolvidos e, consequentemente, a ciência, em Portugal, Nélio Gonçalves afasta, no entanto, a hipótese de se mudar para o estrangeiro, COM AS PUBLICAÇÕES, O PAÍS RENOVA O SEU RECONHECIMENTO INTERNACIONAL para trabalhar em projetos que impliquem ausências prolongadas. Pelo menos para já. Mesmo não tendo muitas publicações, por ser ainda «muito jovem na investigação», defende a sua importância. É graças a estes trabalhos que «o País renova o seu reconhecimento internacional pela qualidade dos seus centros de investigação em produzir muito boa ciência e por, dessa forma, contribuírem determinantemente para o desenvolvimento de novas e inovadoras terapêuticas». Foi, precisamente, por este seu contributo Print TALENTO E MÉRITO Nélio foi um dos vencedores dos Prémios Novos 14, uma iniciativa com apoio da CGD. Foi na Culturgest que Nélio viu o seu trabalho reconhecido por ocasião da segunda edição dos Prémios Novos, uma cerimónia anual que visa distinguir talentos nacionais com menos de 35 anos, nas mais diversas áreas da sociedade portuguesa. Num evento de entrada livre, com atuações de Gisela João, Salvador Martinha, Joana Gama e Isaque Ferreira e apresentado por Fernando Alvim e Inês Castel-Branco, Nélio Gonçalves seria distinguido na categoria Ciência, onde disputou o prémio com Miguel Melo e Inês Gonçalves. Em abril de 2015 haverá mais Prémios Novos. Até lá, pode saber novidades em PremiosNovos. para o avanço na ciência e por fortalecer a posição de Portugal na rota do conhecimento que Nélio Gonçalves foi nomeado e vencedor na categoria Ciência, dos Prémios Novos. Uma iniciativa com o apoio da CGD, que visa premiar os novos valores, até aos 35 anos, que se destaquem nas áreas da ciência, cultura, tecnologia e sociedade.«à semelhança de outros prémios que me foram também atribuídos, os Prémios Novos foram mais um reconhecimento da qualidade do trabalho de investigação que tenho tido oportunidade de desenvolver», refere. A nível pessoal, mais do que um sonho, «ser feliz» é um projeto de vida. Por isso, ter «mais filhos» ou «boa saúde» estão entre os objetivos. A estes junta-se outro prazer: «sou músico, seria excelente poder, em simultâneo à atividade científica, manter esta chama acesa e divulgar o que de bom tem esta vivência para o nosso dia a dia». 14 a revista da caixa

15 a revista da caixa15

16 d design & arquitetura CASA DE CHÁ DA BOA NOVA Regressar em grande Um dos mais emblemáticos projetos de Siza Vieira foi totalmente recuperado e, recebendo o mar de braços abertos, volta a ganhar o brilho de outros tempos Texto Pedro Guilherme Lopes Fotografia D. R. PROJETADA POR ÁLVARO SIZA VIEIRA na década de 50, a Casa de Chá da Boa Nova depressa se transformou num dos mais emblemáticos símbolos da arquitetura nacional. Alvo de obras de conservação no ano de 1991, este fantástico edifício viria a entrar nos mais negros anos da sua história com o fim da última concessão. Votada ao abandono e alvo de vandalismo, a Casa de Chá virou uma ruína. A verdade é que, dada a sua importância e legado histórico, sempre existiram vozes que não deixaram cair no esquecimento a necessidade de recuperar este edifício, algo que viria a ter lugar pela mão da Câmara Municipal de Matosinhos. «Desde o primeiro momento que tivemos uma colaboração excecional do Siza Vieira e do seu gabinete, que se disponibilizaram para avançar com o projeto mesmo sem saber de que forma é que a Câmara lhes iria pagar, numa relação de total cumplicidade», recorda Guilherme Pinto, presidente da Câmara. Não admira, por isso, que o restauro integral da Casa de Chá da Boa Nova tenha seguido um projeto do próprio Siza Veira. Todo o edifício foi objeto de uma intervenção profunda, a qual permitiu atualizar equipamentos, impermeabilizar o imóvel e recuperar a cobertura, as madeiras interiores e exteriores, as caixilharias e o betão aparente. As novas caleiras foram criadas de acordo com o desenho original, a rede de tubagem e cablagem, bem como os quadros elétricos, foram substituídos, as unidades de climatização renovadas e foram colocados novos equipamentos de exaustão de fumos. Nota de relevo para o facto de o mobiliário original, também criado por Álvaro Siza Vieira, ter sido reproduzido de acordo com os desenhos da época e usando os materiais inicialmente previstos. A completar este regresso em grande está o facto de a Casa de Chá da Boa Nova ser, atualmente, um restaurante a funcionar sob a direção do chef Rui Paula, entretanto desafiado a trazer uma estrela Michelin para este fantástico espaço. Para lá da sua vertente ligada à restauração, a Casa de Chá da Boa Nova poderá ser visitada como monumento nacional, sendo que, neste caso, a verba angariada com as entradas reverterá a favor da Associação Casa da Arquitetura. Motivos mais do que suficientes para rumar a Leça da Palmeira e deixar-se viajar até à linha do horizonte. 16 a revista da caixa

17 a revista da caixa 17

18 d design & arquitetura RITA MALDONADO BRANCO Compreender a Alzheimer De que forma pode o design ajudar os doentes de Alzheimer a comunicar melhor? A pergunta serviu de ponto de partida para um doutoramento e para transformar ideias em ferramentas práticas Texto Miguel Judas Fotografia Renato Cruz Santos/Público FOI POR AMOR aos avós que Rita Maldonado Branco, 27 anos, dedicou os últimos anos da sua vida a procurar um modo de colocar o design ao serviço dos doentes com Alzheimer. Há pouco mais de uma década, a designer gráfica viu esta palavra entrar-lhe de rompante para o léxico familiar quando a doença foi diagnosticada ao seu avô paterno e, mais tarde, à sua avó materna. Impressionada com o modo como a doença se apoderava das memórias de ambos, começou, ainda adolescente, a informar-se sobre a forma como tal afetava as pessoas não só os doentes, mas também as famílias. E foi com a naturalidade de quem cumpre uma missão que, inspirada pelos avós, a ela dedicou a sua tese de mestrado, em Londres, apresentada sob a forma de pergunta: «Pode o design de comunicação ajudar doentes com Alzheimer a comunicar melhor»? A resposta afirmativa deu de imediato lugar a outra: «De que forma pode o design ajudar os doentes de Alzheimer a comunicar melhor?» Que serviu, também, como ponto de partida para o doutoramento, agora na Universidade do Porto. Algumas das suas ideias já foram, entretanto, concretizadas em ferramentas práticas, testadas, com sucesso, nos seus avós. Para a avó, que a dada altura já tinha algumas dificuldades em reconhecer a família, foi criado um jogo de cartas. Cada uma tem na frente a fotografia do familiar e, no verso, um pequeno texto com o nome, uma descrição e um pormenor da pessoa em causa, que termina com uma pergunta a remeter para outra carta, como se de um simples jogo de mesa se tratasse. Mas a memória é apenas uma das funções cognitivas que se perdem de forma progressiva e irreversível com a progressão da doença, tal como a atenção, a concentração, a linguagem ou o pensamento. Foi a pensar nisso que, também para a avó («cozinheira e dona de casa perfeita»), a designer criou uma toalha de mesa com o desenho dos talheres e dos pratos. Depois de estendida sobre a mesa, era pedido à avó que distribuísse os utensílios, relacionando o objeto com o desenho, função que passou a desempenhar de forma quase independente. Já para o avô, um verdadeiro «homem dos sete ofícios» (era farmacêutico, mas também ceramista, pintor, realizador e escritor) e fonte de inspiração para todos à sua volta, Rita fez um livro de família, no qual cada membro escreveu uma carta, com uma pequena apresentação e alguns pormenores que provocassem memórias. O livro foi pensado ao detalhe, com textos pequenos e muitas imagens, para não se tornar difícil a um doente lê-lo. No caso do seu avô, foi até escrito com o mesmo tipo de letra que ele usava na máquina de escrever. Rita sustenta que os objetos por si criados (as cartas, a toalha ou o livro) podem ser adaptados à realidade de cada caso, transformando-se em ferramentas personalizadas para lidar com a doença, com as quais os enfermos se identificam. Na sua opinião, não existe ninguém melhor do que as famílias para o fazer; pois, afinal, partilham toda uma vida de memórias com os doentes. É esse conteúdo que o projeto de Rita Maldonado Branco pretende potenciar, de forma a facilitar a comunicação entre todos. O avô Branco, entretanto já falecido, não tinha dúvidas, dizia que o livro escrito pela neta era «a história da vida dele» 18 a revista da caixa

19 automóveis a TWINGO ENERGY TCE 90 Cheio de energia Finalmente, um Twingo à altura do revolucionário modelo dos anos 90: inovador, original e muito versátil A PRIMEIRA GERAÇÃO do Twingo foi revelada em setembro de 1992, durante o Salão de Frankfurt. A estética completamente inovadora e o conceito do banco traseiro deslizante (que permitia modular o habitáculo para responder às necessidades de utilização) fizeram furor e carimbaram o modelo como um dos mais icónicos da marca francesa. Ao longo dos anos, vários restylings não conseguiram continuar essa história de sucesso ou, pelo menos, nunca devolveram ao modelo a graça que o primeiro tinha. Com o novo Twingo, parece que, finalmente, a história está prestes a mudar. Nova geração Mais vale tarde do que nunca, e a Renault parece ter conseguido, com esta nova proposta (apetece perguntar por que razão não o conseguiu fazer antes), emendar a mão, revelando um pequeno citadino pronto a competir com modelos que, entretanto, surgiram no mercado. Vibrante é, sem dúvida, a palavra ideal para definir a estética do novo Twingo. Foi impressionante o número de cabeças que se viraram, durante o nosso ensaio, para o ver passar e, mesmo descontando o fator novidade, nota-se que há mais qualquer coisa neste Renault que faz a diferença. O design jovem e desportivo prolonga-se para o interior com um ambiente colorido e um nível de acabamento que se saúda, sobretudo se tivermos em conta o segmento em que este Twingo se insere. Não sendo particularmente um modelo espaçoso (mas, sendo um citadino, também não tem necessariamente de ser uma referência nesse capítulo), o novo Twingo consegue sentar quatro adultos e com um espaço bastante razoável na traseira. Na mala, a capacidade de 219 litros pode ser ampliada até 980 litros graças ao rebatimento do banco traseiro. A possibilidade de inclinação Por Luís Inácio Fotografia Anthony Bernier das costas do mesmo banco, assim como do banco do pendura, garante maior flexibilidade, permitindo transportar objetos com um comprimento superior a dois metros. Medindo apenas 3,60 metros, o Twingo é um daqueles automóveis que, só pela dimensão, já se consegue estacionar nos pequenos lugares que, tradicionalmente, encontramos nas cidades. Mas há mais a ajudar nas manobras: a colocação do motor na traseira permite que as rodas dianteiras virem 45 graus, possibilitando um fantástico raio de viragem de... 4,3 metros. Algo que na indústria automóvel só o Smart Forfour pode reclamar, pois, graças a um acordo entre as duas marcas, é montado sobre a mesma plataforma, saindo precisamente da mesma fábrica. Equipado com um motor a gasolina com 90 cv, este Twingo tem muita genica para dar e é a peça que faltava à Renault para conseguir ombrear com a concorrência no segmento, afirmando-se, a muitos níveis e finalmente, como o digno sucessor do modelo de E até o competitivo preço de euros promete dar um empurrãozinho às vendas. GOCARMAT O portal Vantagens Caixa dispõe de muitos parceiros para os titulares dos cartões da Caixa. Entre eles está a GoCarmat, uma rede de oficinas, parques de estacionamento e centros de lavagens profissionais de viaturas, atualmente a operar na região de Lisboa e no Porto. Com uma equipa com elevada experiência na assistência e reparação de viaturas, as suas oficinas estão equipadas com ferramentas da mais moderna tecnologia automóvel disponível no mercado. A sua missão é contribuir para a segurança rodoviária e o aumento da vida útil dos veículos através do desenvolvimento de serviços de excelência na manutenção automóvel. Além disso, a GoCarmat compromete-se a oferecer 10 por cento de desconto em todos os produtos aos titulares de alguns dos cartões da CGD, numa oferta não acumulável com outras promoções ou campanhas em vigor. Saiba quais os cartões em desportivo O interior do novo Twingo está cheio de referências ao design exterior e o espaço é suficiente para quatro adultos

20 c culto OLYMPIA Como se escreve estilo A Versace revelou a sua nova coleção de instrumentos de escrita, onde surge a rollerball Olympia. Apresentada em seis versões, de ouro amarelo ou aço cromado, possui o desenho da chave grega no clipe, o logótipo Versace na faixa central e, em relevo, na tampa, a cabeça da Medusa. A coleção compreende, ainda, mais dois estilos: Cosmos e Astrea. CELLINI DATE Horas clássicas À primeira vista, pode não parecer um Rolex, e isso tem uma explicação. A coleção Cellini compreende 12 modelos na foto, o Cellini Date, com indicação da data e é o expoente máximo de um estilo clássico numa nova interpretação da icónica marca suíça. Inspirados na relojoaria tradicional, os relógios estão disponíveis em ouro de 18 quilates, com pulseiras em couro, e são um hino à elegância. BOSSA NOVA O Rio de Janeiro continua lindo Criada na Alemanha, em 1898, a Rimowa é uma marca incontornável quando se fala em malas de viagem. A Bossa Nova mantém o sistema multiwheel e a tradicional resistência associada à Rimowa, mas é produzida em policarbonato, inspirando-se, como a própria designação deixa adivinhar, no Brasil. KNOT Como se escreve estilo É uma das grandes fragrâncias deste Natal. A marca Bottega Venetta foi fundada em Vicenza, em 1966, e é garantia de qualidade em tudo o que apresenta. O perfume, Knot, é a sua mais recente proposta no mundo da perfumaria. O frasco inspirou-se na cristalaria veneziana e nas carafe italianas e guarda uma fragrância floral com notas intensas de lavanda. Imprescindível. NUXELLENCE DETOX Arma noturna A Nuxe é uma marca reconhecida pelos seus produtos anti-idade e, nessa categoria, uma das mais vendidas em farmácia. O Nuxellence Detox é a sua última novidade, uma adição à linha Nuxellence, a com 10 patentes exclusivas. O novo creme tem uma função de desintoxicação celular, que atua durante a noite, para uma melhor regeneração da pele. Usufrua das vantagens que o cartão de crédito Caixa Gold (1) proporciona. Além de poder aderir à função de arredondamento e poupar sempre que o utiliza em compras, este cartão tem associado benefícios em vários parceiros e um completo pacote de seguros. Saiba mais em (1) TAEG de 20,5%, para um montante de 2500 euros, com reembolso a 12 meses, à TAN de 16,25%. 20 a revista da caixa

A App Millennium é a estrela do Natal, com smartphones e tablets para si!

A App Millennium é a estrela do Natal, com smartphones e tablets para si! nº 82 - dezembro 2014 Ainda vai a tempo de se habilitar a um tablet Samsung GALAXY Tab S 10.5 ou a um smartphone Samsung GALAXY Alpha. Para além da carta, terá de realizar pequenas tarefas na App Millennium

Leia mais

Automóvel Club de Portugal Uma grande causa, muitos benefícios.

Automóvel Club de Portugal Uma grande causa, muitos benefícios. Automóvel Club de Portugal Uma grande causa, muitos benefícios. Bem vindo ao maior clube de Portugal Existimos para melhorar a sua experiência de mobilidade e de vida. Juntos, podemos fazer de Portugal

Leia mais

o Mund Faça a sua viagem, escolha o seu Mundo AVON e torne os seus sonhos realidade.

o Mund Faça a sua viagem, escolha o seu Mundo AVON e torne os seus sonhos realidade. o Mund Faça a sua viagem, escolha o seu Mundo AVON e torne os seus sonhos realidade. Seja BEM-VINDO a um NOVO MUNDO AVON! A AVON dá mais um passo em direção a uma nova era, onde cada Revendedor tem um

Leia mais

Use bem o seu dinheiro

Use bem o seu dinheiro 1016323-6 - abr/2012 Quer saber mais sobre como usar melhor o seu dinheiro? No site www.itau.com.br/usoconsciente, você encontra vídeos, testes e informações para uma gestão financeira eficiente. Acesse

Leia mais

MEU FATOR DE SUCESSO A essência do seu trabalho PLANO DE CARREIRA E VANTAGENS

MEU FATOR DE SUCESSO A essência do seu trabalho PLANO DE CARREIRA E VANTAGENS MEU FATOR DE SUCESSO A essência do seu trabalho PLANO DE CARREIRA E VANTAGENS Seja Bem Vinda! Em 1995 quando ao lado da minha família idealizei a Fator 5, tinha a meu favor a minha força de vontade, minha

Leia mais

Capítulo 9 Emprego. 9.1 Introdução

Capítulo 9 Emprego. 9.1 Introdução Capítulo 9 Emprego 9.1 Introdução Hoje em dia, as redes sociais são as grandes responsáveis pelas contratações de emprego. Muitos dos responsáveis por recrutamento e recursos humanos das empresas avaliam

Leia mais

REGULAMENTO GERAL COMISSÃO ORGANIZADORA PATROCINADOR DE OURO CO-FINANCIAMENTO PATROCINADOR DE PRATA

REGULAMENTO GERAL COMISSÃO ORGANIZADORA PATROCINADOR DE OURO CO-FINANCIAMENTO PATROCINADOR DE PRATA REGULAMENTO GERAL COMISSÃO ORGANIZADORA PATROCINADOR DE OURO CO-FINANCIAMENTO PATROCINADOR DE PRATA PNAM REGULAMENTO GERAL VALORES E NORMAS REGULAMENTARES GERAIS DO 1. ORIGEM, OBJETIVOS E PERIODICIDADE

Leia mais

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING CONSULTOR CARLOS MARTINS CRIA - AÇAO EM MARKETING SUA EMPRESA Copyright Consultor Carlos Martins - Todos os direitos reservados wwwcarlosmartinscombr - consultor@carlosmartinscombr Como conquistar Clientes

Leia mais

Caderno de Apresentação Franquia

Caderno de Apresentação Franquia Caderno de Apresentação Franquia A Empresa A Genial Books iniciou suas actividades em dez/95 depois de um dos sócios conhecer o "Livro Personalizado", numa viagem de férias aos Estados Unidos. Vislumbrando

Leia mais

COMO TER SEU PRÓPRIO NEGÓCIO JUV Venha fazer história com a gente!

COMO TER SEU PRÓPRIO NEGÓCIO JUV Venha fazer história com a gente! COMO TER SEU PRÓPRIO NEGÓCIO JUV Venha fazer história com a gente! A MARCA A JUV é uma marca brasileira de Acessórios fundada em janeiro de 2012 A marca buscou inspiração na Venda Direta para trazer uma

Leia mais

O lançamento aconteceu em 8 de março de 2004, Dia Internacional da Mulher.

O lançamento aconteceu em 8 de março de 2004, Dia Internacional da Mulher. Sinopse As últimas décadas marcaram o avanço do papel da mulher na economia. Cada vez mais mulheres são responsáveis pela administração de seus lares e é crescente sua participação no mercado de trabalho,

Leia mais

Melhoria do desempenho ambiental - implementação do Sistema de Gestão Ambiental

Melhoria do desempenho ambiental - implementação do Sistema de Gestão Ambiental Melhoria do desempenho ambiental - implementação do Sistema de Gestão Ambiental 1 Melhoria do desempenho ambiental implementação do Sistema de Gestão Ambiental A Caixa Geral de Depósitos (CGD) tem implementado

Leia mais

Investimento para Mulheres

Investimento para Mulheres Investimento para Mulheres Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado. Cem

Leia mais

ESTIMADO(A) ASSOCIADO(A) E CLIENTE,

ESTIMADO(A) ASSOCIADO(A) E CLIENTE, edição 33 JUN 13 O MEU MONTEPIO e-newsletter ESTIMADO(A) ASSOCIADO(A) E CLIENTE, O verão convida a férias, a passeios e a atividades ao ar livre. Por isso, é momento de dar nota das últimas novidades relacionadas

Leia mais

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça?

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Caro amigo (a) Se sua empresa está sofrendo com a falta de clientes dispostos a comprar os

Leia mais

REGULAMENTO DO SISTEMA PARA A VALORIZAÇÃO DE PRODUTOS E SERVIÇOS TURÍSTICOS DA ROTA DO ROMÂNICO

REGULAMENTO DO SISTEMA PARA A VALORIZAÇÃO DE PRODUTOS E SERVIÇOS TURÍSTICOS DA ROTA DO ROMÂNICO REGULAMENTO DO SISTEMA PARA A VALORIZAÇÃO DE PRODUTOS E SERVIÇOS TURÍSTICOS DA ROTA DO ROMÂNICO Objetivo Artigo 1.º 1. Este regulamento tem como objetivo estabelecer condições e normas para a obtenção

Leia mais

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 5: Serviços Bancários

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 5: Serviços Bancários Educação Financeira Crédito Consignado Módulo 5: Serviços Bancários Objetivo Conscientizar nossos clientes sobre os serviços bancários e as funções de cada funcionário O conteúdo deste material é baseado

Leia mais

Mensagem do Administrador

Mensagem do Administrador Educação Financeira Índice 1. Mensagem do administrador... 01 2. O Cartão de crédito... 02 3. Conhecendo sua fatura... 03 4. Até quanto gastar com seu cartão... 07 5. Educação financeira... 08 6. Dicas

Leia mais

Máxima Nova Classe Média autoestima 33%

Máxima Nova Classe Média autoestima 33% Máxima é a primeira revista mensal totalmente voltada para os desejos e as necessidades da mulher da Nova Classe Média. Sua missão é ajudá-la a resolver as questões do seu dia a dia e ser fonte de inspiração

Leia mais

Dos documentos que se seguem quais os necessários para abrir uma conta num banco?

Dos documentos que se seguem quais os necessários para abrir uma conta num banco? Quais as principais funções de um banco? A Captar depósitos e gerir a poupança dos seus clientes. B Conceder empréstimos a empresas, particulares e ao Estado. C Disponibilizar meios e formas de pagamento

Leia mais

PARCEIROS Modelo de Negócio

PARCEIROS Modelo de Negócio PARCEIROS Modelo de Negócio YouBIZ Telecom O YouBIZ Telecom é um negócio da empresa YouBIZ, parceira da. Somos uma empresa líder no canal de Marketing de Rede, com uma quota de mercado superior a 85%.

Leia mais

O que é o concurso EUemPT?

O que é o concurso EUemPT? O que é o concurso EUemPT? O concurso EUemPT, uma atividade educativa sobre a UE, é uma iniciativa da Comissão Europeia, promovida pelo Centro de Informação Europeia Jacques Delors, concebida e implementada

Leia mais

Programa. Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012

Programa. Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012 Programa Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012 Programa Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012 3 Hemisfério esquerdo responsável pelo pensamento lógico e pela competência

Leia mais

Estratégia ambiental dos CTT promove aumento de vendas

Estratégia ambiental dos CTT promove aumento de vendas Estratégia ambiental dos CTT promove aumento de vendas 1 Estratégia ambiental dos CTT promove aumento de vendas O lançamento do portefólio Eco veio abrandar a tendência de redução de receitas e pelo terceiro

Leia mais

COMO ESCOLHER O NEGÓCIO DE MARKETING MULTINÍVEL QUE MAIS COMBINA COM SEU PERFIL

COMO ESCOLHER O NEGÓCIO DE MARKETING MULTINÍVEL QUE MAIS COMBINA COM SEU PERFIL 1 COMO ESCOLHER O NEGÓCIO DE MARKETING MULTINÍVEL QUE MAIS COMBINA COM SEU PERFIL Celso Silva 2 Sobre o autor Celso Silva é nascido no Rio de Janeiro, em 24 de fevereiro de 1950. Aos 17 anos ingressou

Leia mais

Planejamento Financeiro

Planejamento Financeiro Planejamento Financeiro I Curso Planejamento e Educação Financeira Uma parceria Órama e Dinheirama. Planejamento Financeiro Por Sandra Blanco Consultora de Investimentos da Órama, mais de anos de mercado,

Leia mais

:dossier. 14 notícias recheio

:dossier. 14 notícias recheio 14 notícias recheio low cost e outras soluções criativas para rentabilizar O início do ano é, por definição, tempo de contenção. É por isso natural que também a restauração sofra de alguma forma com esta

Leia mais

# Confiança Planeamento e Gestão de Investimentos. segurança do seu património. Para isso contamos com o nosso trabalho, no

# Confiança Planeamento e Gestão de Investimentos. segurança do seu património. Para isso contamos com o nosso trabalho, no Caritas Dioces ana de Coim bra Condições válidas para Caritas Diocesana de Coimbra Oferta de Cooperação Barclays at Work Saiba mais em www.barclays.pt/compromissopremier # Confiança Planeamento e Gestão

Leia mais

«Concurso Jovem Agricultor Português»

«Concurso Jovem Agricultor Português» «Concurso Jovem Agricultor Português» Como já é tradição, desde há muito, que a Caixa não descura a intenção de apoiar e estimular a economia nacional, assim como outras áreas de interesse, mostrando com

Leia mais

NOS@EUROPE. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Nome da Equipa GMR2012

NOS@EUROPE. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Nome da Equipa GMR2012 NOS@EUROPE O Desafio da Recuperação Económica e Financeira Prova de Texto Nome da Equipa GMR2012 Alexandre Sousa Diogo Vicente José Silva Diana Almeida Dezembro de 2011 1 A crise vista pelos nossos avós

Leia mais

BENEFÍCIOS DOS ADVOGADOS

BENEFÍCIOS DOS ADVOGADOS Produtos e serviços CGD para profissionais liberais e jovens advogados: CONTAS À ORDEM Conta Extracto A informação onde preferir. Com esta conta recebe um extracto com toda a informação da sua conta, na

Leia mais

A caixa de medicamentos inteligente ganhou 80 mil euros, para avisar que é hora do c...

A caixa de medicamentos inteligente ganhou 80 mil euros, para avisar que é hora do c... Page 1 of 6 LISBON INVESTMENT SUMMIT A caixa de medicamentos inteligente ganhou 80 mil euros, para avisar que é hora do comprimido 11/7/2014, 7:08 129 PARTILHAS A Pharmassistant venceu a competição do

Leia mais

IMIGRANTES E SERVIÇOS FINANCEIROS QUESTIONÁRIO. N questionário. Cidade em que habita:. Sexo: M F Idade:

IMIGRANTES E SERVIÇOS FINANCEIROS QUESTIONÁRIO. N questionário. Cidade em que habita:. Sexo: M F Idade: IMIGRANTES E SERVIÇOS FINANCEIROS QUESTIONÁRIO N questionário Cidade em que habita:. Sexo: M F Idade: Grau de Ensino: 1. Nenhum 2. Escola primária ou ciclo preparatório 3. Escola Secundária/qualificações

Leia mais

Argumentos de Vendas. Versão 20150206.01. Nossa melhor ligação é com você

Argumentos de Vendas. Versão 20150206.01. Nossa melhor ligação é com você Argumentos de Vendas Versão 20150206.01 Nossa melhor ligação é com você Algumas perguntas que podem ser feitas Você está satisfeito com sua operadora atual? Você é bem atendido quando liga na central de

Leia mais

EDITAL PARA A ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE GESTÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA (BGCT) ATRIBUIÇÃO DE 6 (SEIS) BOLSAS DE GESTÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

EDITAL PARA A ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE GESTÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA (BGCT) ATRIBUIÇÃO DE 6 (SEIS) BOLSAS DE GESTÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL PARA A ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE GESTÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA (BGCT) ATRIBUIÇÃO DE 6 (SEIS) BOLSAS DE GESTÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA No âmbito de protocolo celebrado com a Fundação de Ciência e

Leia mais

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil.

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil. A ABEMD, Associação Brasileira de Marketing Direto, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1976 e constituída por pessoas jurídicas e físicas interessadas na aplicação de estratégias e técnicas

Leia mais

IPAM reforça no Porto. Pdg. 76. Por M." João Vieira Pinto

IPAM reforça no Porto. Pdg. 76. Por M. João Vieira Pinto IPAM reforça no Porto Pdg. 76 Por M." João Vieira Pinto IPAM reforça no Porto Afirma-se como lhe Marketing School e ambiciona ser a referência do ensino nesta área. Por isso, ejá a partir do próximo ano,

Leia mais

Perguntas e respostas frequentes. Extinção das Tarifas Reguladas Eletricidade e Gás Natural

Perguntas e respostas frequentes. Extinção das Tarifas Reguladas Eletricidade e Gás Natural Perguntas e respostas frequentes Extinção das Tarifas Reguladas Eletricidade e Gás Natural 1. O que significa a extinção das tarifas reguladas? A extinção de tarifas reguladas significa que os preços de

Leia mais

O legado de AGOSTINHO DA SILVA 15 anos após a sua morte i

O legado de AGOSTINHO DA SILVA 15 anos após a sua morte i O legado de AGOSTINHO DA SILVA 15 anos após a sua morte i LUÍS CARLOS SANTOS luis.santos@ese.ips.pt Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal 1- Agostinho da Silva, um adepto da Educação

Leia mais

Programação JANEIRO 2014 Aeroportos de Lisboa e Porto VER, OUVIR E DEGUSTAR NO AEROPORTO

Programação JANEIRO 2014 Aeroportos de Lisboa e Porto VER, OUVIR E DEGUSTAR NO AEROPORTO Programação JANEIRO 2014 Aeroportos de Lisboa e Porto VER, OUVIR E DEGUSTAR NO AEROPORTO Ano Novo, viagens novas e novidades na programação do Ver, Ouvir e Degustar. Neste primeiro mês do ano e para bons

Leia mais

Neste artigo iremos dedicar especial atenção às novas regras do. IRS, introduzidas pela Reforma levada a cabo pelo Governo no final

Neste artigo iremos dedicar especial atenção às novas regras do. IRS, introduzidas pela Reforma levada a cabo pelo Governo no final TENDÊNCIAS NOS NEGÓCIOS PARA 2015 Neste artigo iremos dedicar especial atenção às novas regras do IRS, introduzidas pela Reforma levada a cabo pelo Governo no final de 2014. Não deixe de estar por dentro

Leia mais

BES AS APOIO FINANCEIRO BES AS FINANCEIR ÕES ÀS EMPRESAS FINANCEIR ÕES UÇ SOL

BES AS APOIO FINANCEIRO BES AS FINANCEIR ÕES ÀS EMPRESAS FINANCEIR ÕES UÇ SOL 38 PME Líder SOLUÇÕES FINANCEIRAS BES Helen King/CORBIS APOIO FINANCEIRO ÀS EMPRESAS O BES disponibiliza uma vasta oferta de produtos financeiros e serviços, posicionando-se como o verdadeiro parceiro

Leia mais

a todo o lado Levamos a sua marca nunca foi tão fácil Personalizar o seu merchandising

a todo o lado Levamos a sua marca nunca foi tão fácil Personalizar o seu merchandising Personalizar o seu merchandising nunca foi tão fácil Porquê personalizar os seus produtos promocionais na Lyreco? Porque fideliza os seus clientes habituais e dá-se a conhecer perante potenciais clientes.

Leia mais

Uma trufa e... 1000 lojas depois!

Uma trufa e... 1000 lojas depois! Uma trufa e... 1000 lojas depois! Autor: Alexandre Tadeu da Costa. Aluna: Lays Roberta Caçandro. Turma: 1º Ciências Contábeis. Venda Nova do Imigrante, Maio de 2012. Qual o principal assunto do livro.

Leia mais

REMESSAS E CRÉDITOS DOCUMENTÁRIOS

REMESSAS E CRÉDITOS DOCUMENTÁRIOS MARÇO 2013 - nº 87 CONSULTA Operações Vivas, Pendentes, Encerradas e em Análise; Créditos Documentários de Importação e Exportação; Remessas Documentárias de Importação e Exportação. TEMPLATES DE OPERAÇÕES

Leia mais

BRIEFING BRASIL. Parceiro:

BRIEFING BRASIL. Parceiro: BRIEFING BRASIL Parceiro: 1 ÍNDICE 1 Índice... 1 2 Introdução... 2 3 Apresentação... 3 3.1 Tema 1 Consumo consciente... 3 3.2 Tema 2 - Qualidade e Satisfação no Atendimento ao Cliente... 4 4 Desenvolvimento

Leia mais

Índice Apresentação Vantagens Cartão Galp Frota Cartão Galp Frota Cartão Galp Frota Profissional Funcionalidades Cartão Galp Frota Galp Frota Online

Índice Apresentação Vantagens Cartão Galp Frota Cartão Galp Frota Cartão Galp Frota Profissional Funcionalidades Cartão Galp Frota Galp Frota Online Índice Índice Apresentação Vantagens Cartão Galp Frota Cartão Galp Frota Cartão Galp Frota Profissional Funcionalidades Cartão Galp Frota Galp Frota Online Informação de Gestão Elementos de Personalização

Leia mais

Geografia A. * Análise de Notícias. Escola ES/3 de Carvalhos Março 2007

Geografia A. * Análise de Notícias. Escola ES/3 de Carvalhos Março 2007 Escola ES/3 de Carvalhos Março 2007 Geografia A * Análise de Notícias Natureza das notícias: socio-económica Localização temporal: actualidade Localização espacial: Europa Jornal: Expresso Data de edição:

Leia mais

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM buscando contribuir

Leia mais

A REPUTAÇÃO ONLINE DOS HOTÉIS

A REPUTAÇÃO ONLINE DOS HOTÉIS A REPUTAÇÃO ONLINE DOS HOTÉIS Descubra a importância da reputação online do seu hotel na rentabilidade. Perceba qual a melhor maneira de tirar partido das ferramentas digitais. O PORQUÊ DE LER ESTE EBOOK!

Leia mais

PLANO DE MARKETING. Trabalho realizado por: Vera Valadeiro, nº20. TAG 4/2010 17 Valores

PLANO DE MARKETING. Trabalho realizado por: Vera Valadeiro, nº20. TAG 4/2010 17 Valores 0366 PLANO DE MARKETING Trabalho realizado por: Vera Valadeiro, nº20 TAG 4/2010 17 Valores Índice Introdução Diagnóstico Análise do Mercado Análise da Concorrência Análise da Empresa Análise SWOT Objectivos

Leia mais

Centro de Cultura e Desporto dos Trabalhadores do Município de Ponte de Lima PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO

Centro de Cultura e Desporto dos Trabalhadores do Município de Ponte de Lima PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO 2014 MISSÃO 2014 Renovar a imagem da associação Melhorar a qualidade dos serviços prestados Restabelecer as ações de carácter cultural, desportivo e recreativo Promover

Leia mais

Reabilitação Sustentável

Reabilitação Sustentável Reabilitação Sustentável APRESENTAÇÃO 4 A empresa QUEM SOMOS 5 A nossa visão, missão e valores SOLUÇÕES 6 À sua medida REABILITAÇÃO SUSTENTÁVEL 7 O próximo desafio ARQUITETURA 8 Deixe que as suas ideias

Leia mais

Um curso multimídia de empreendedorismo para 7 milhões de mulheres da nova classe média

Um curso multimídia de empreendedorismo para 7 milhões de mulheres da nova classe média Um curso multimídia de empreendedorismo para 7 milhões de mulheres da O empreendedorismo no milhões de empresas individuais ou microempresas serão criadas até 2015 (hoje são 6 milhões) 17,5% é a taxa

Leia mais

Portugal está quase lá ENTREVISTA

Portugal está quase lá ENTREVISTA Pág: 12 Área: 19,00 x 26,00 cm² Corte: 1 de 6 ENTREVISTA DeF Portugal está quase lá Não somos os melhores na produtividade, na riqueza, na organização empresarial, na capacidade de confiarmos uns nos outros,

Leia mais

Índice. Farmácia de Manipulação Conhecendo uma farmácia de manipulação, suas vantagens e procedimentos... 2

Índice. Farmácia de Manipulação Conhecendo uma farmácia de manipulação, suas vantagens e procedimentos... 2 1 Índice Farmácia de Manipulação Conhecendo uma farmácia de manipulação, suas vantagens e procedimentos... 2 A Empresa Informações sobre a empresa, farmacêuticas responsáveis, instalações, diferenciais

Leia mais

Uma conversa entre empresas e professores - os desafios da empregabilidade

Uma conversa entre empresas e professores - os desafios da empregabilidade Uma conversa entre empresas e professores - os desafios da empregabilidade No passado dia 15 de Novembro, a Share Associação para a Partilha de Conhecimento e a Faculdade de Ciências da Universidade de

Leia mais

MAIS HUMANAS! Quanto eu devo pagar - Para utilizar nossa estrutura, o instrutor além de não pagar, ainda recebe 60% pelos cursos vendidos

MAIS HUMANAS! Quanto eu devo pagar - Para utilizar nossa estrutura, o instrutor além de não pagar, ainda recebe 60% pelos cursos vendidos Cursos humanizados - A Educar e Transformar se dedica ao sonho de gerar cursos para lideranças profissionais de recursos humanos, com mentalidade de humanização na administração, cursos para líderes, motivação,

Leia mais

Breve Apresentação do Negócio

Breve Apresentação do Negócio CELEIRO-DIETA Breve Apresentação do Negócio DADOS DE CARACTERIZAÇÃO Designação Comercial Celeiro Dieta N.º Colaboradores N.º de Estabelecimentos 25 Dispersão Geográfica Nacional Facturação em 2010 Facturação

Leia mais

1 Criação de uma bolsa anual de árvores para oferta

1 Criação de uma bolsa anual de árvores para oferta Floresta Comum, Qual o objectivo principal do Floresta Comum? O objectivo? O Floresta Comum, é um programa de incentivo à reflorestação com a floresta autóctone portuguesa. Para a concretização deste objectivo,

Leia mais

FUNDAÇÃO CONVENTO DA ORADA - ESCOLA SUPERIOR GALLAECIA. Regulamento de Bolsas de Investigação Científica. Capítulo I Disposições gerais

FUNDAÇÃO CONVENTO DA ORADA - ESCOLA SUPERIOR GALLAECIA. Regulamento de Bolsas de Investigação Científica. Capítulo I Disposições gerais FUNDAÇÃO CONVENTO DA ORADA - ESCOLA SUPERIOR GALLAECIA Regulamento de Bolsas de Investigação Científica Capítulo I Disposições gerais Artigo 1º Âmbito O presente Regulamento, segue o modelo aprovado pela

Leia mais

Apoiar Business Angels é apoiar o empreendedorismo Segunda, 17 Março 2014 12:03

Apoiar Business Angels é apoiar o empreendedorismo Segunda, 17 Março 2014 12:03 Os Business Angels são, geralmente, os primeiros investidores que o empreendedor conhece e, por isso, o seu papel é crucial nas primeiras etapas da empresa. Este é um negócio de alto risco, já que muitas

Leia mais

CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL

CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL ITICCRD_20150701 Caixa ITIC CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação da instituição de crédito 1.1. Denominação CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS,

Leia mais

EDUCAÇÃO EXECUTIVA PARA O MERCADO FINANCEIRO MAIO / 2005 108-TC-B4

EDUCAÇÃO EXECUTIVA PARA O MERCADO FINANCEIRO MAIO / 2005 108-TC-B4 1 EDUCAÇÃO EXECUTIVA PARA O MERCADO FINANCEIRO MAIO / 2005 108-TC-B4 NADINE WASSMER TREINA E-LEARNING treina@treina.com.br ROSANA GOMES CONTEÚDOS E HABILIDADES EDUCAÇÃO CORPORATIVA DESCRIÇÃO DE PROJETO

Leia mais

2. Posso aderir aos serviços da Nacacomunik se residir nos Açores ou na Madeira? Sim.

2. Posso aderir aos serviços da Nacacomunik se residir nos Açores ou na Madeira? Sim. Nacacomunik e pré-seleção de operador 1. Porque é que a ACN se chama Nacacomunik Serviços de Telecomunicações, Lda. em Portugal? Como em Portugal já existiam duas empresas com o nome ACN, registámos a

Leia mais

Nesta Edição. Abril de 2013 Ano 4 N o 9

Nesta Edição. Abril de 2013 Ano 4 N o 9 Ano 4 N o 9 Nesta Edição Guia do gerador de orçamento Detalhar os serviços e os preços para seu cliente ficou mais fácil. Saiba como gerar o seu orçamento através do site. Pintor digital O evento que leva

Leia mais

203.000 146.000 1.420.000 2ª. BOA FORMA é lider disparada do segmento e é Corpo a Corpo, principal concorrente

203.000 146.000 1.420.000 2ª. BOA FORMA é lider disparada do segmento e é Corpo a Corpo, principal concorrente BOA FORMA é lider disparada do segmento e é Corpo a Corpo, principal concorrente 5x maior que BOA FORMA vende mais de circulação garantida de BOA FORMA fala com mais de Entre as revistas femininas, é a

Leia mais

Resultados de 2014. »» As vendas consolidadas do Grupo VAA cresceram 20,3% face ao ano anterior atingindo os 65,2 milhões de euros;

Resultados de 2014. »» As vendas consolidadas do Grupo VAA cresceram 20,3% face ao ano anterior atingindo os 65,2 milhões de euros; COMUNICADO Ílhavo, 13 de Março de 2015 Destaques Resultados de 2014»» As vendas consolidadas do Grupo VAA cresceram 20,3% face ao ano anterior atingindo os 65,2 milhões de euros;»» EBITDA de 2,3 milhões

Leia mais

Brincar de ler e escrever

Brincar de ler e escrever I Edital FNA 2015 Brincar de ler e escrever A Fundação Negro Amor - FNA foi criada em 2008 e, desde então, desenvolve ações na área socioeducativa e cultural, com foco na promoção da educação infantil

Leia mais

Aprenda a Gerar Renda Utilizando Seus Conhecimentos em Promob e Projetos 3D.ACDEMY.COM.BR COMO GERAR RENDA COM PROJETO VERSÃO 1.0

Aprenda a Gerar Renda Utilizando Seus Conhecimentos em Promob e Projetos 3D.ACDEMY.COM.BR COMO GERAR RENDA COM PROJETO VERSÃO 1.0 Aprenda a Gerar Renda Utilizando Seus Conhecimentos em Promob e Projetos CAIO HENRIQUE TEODORO DOS SANTOS Página 1 Versão 1.0 2013 Esforcei-me ao máximo para transmitir em poucas páginas algumas dicas

Leia mais

REGULAMENTO DO CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA E CIENTÍFICA DO INFARMED, I.P.

REGULAMENTO DO CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA E CIENTÍFICA DO INFARMED, I.P. REGULAMENTO DO CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA E CIENTÍFICA DO INFARMED, I.P. 1. ÂMBITO E MISSÃO... 2 2. LOCALIZAÇÃO... 2 3. HORÁRIO... 2 4. ACESSO... 2 5. LEITORES... 3 6. SERVIÇOS DISPONIBILIZADOS PELO

Leia mais

Scania Serviços. Serviços Scania.

Scania Serviços. Serviços Scania. Serviços Scania Scania Serviços. Serviços Scania. Tudo o que o você precisa para cuidar Tudo bem do o que seu o Scania, você precisa em um para só lugar. cuidar bem do seu Scania, em um só lugar. SERVIÇOS

Leia mais

Promover maior integração

Promover maior integração Novos horizontes Reestruturação do Modelo de Gestão do SESI leva em conta metas traçadas pelo Mapa Estratégico Promover maior integração entre os departamentos regionais, as unidades de atuação e os produtos

Leia mais

O MERCADO DA ENERGIA ESTÁ A MUDAR

O MERCADO DA ENERGIA ESTÁ A MUDAR O MERCADO DA ENERGIA ESTÁ A MUDAR INFORME-SE BEM PARA DECIDIR BEM Uma iniciativa: LIGUE 808 100 808 VISITE WWW.ESCOLHAASUAENERGIA.PT FALE COM A SUA EMPRESA DE ELETRICIDADE E DE GÁS NATURAL Parceiros: MINISTÉRIO

Leia mais

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04 Práticas de Gestão Editorial Geovanne. 02 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) Como faço isso? Acesse online: 03 e 04 www. No inicio da década de 90 os

Leia mais

Assunto Investimentos femininos

Assunto Investimentos femininos Assunto Investimentos femininos SOPHIA MIND A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado.

Leia mais

Introdução à Responsabilidade Social das Pequenas e Médias Empresas

Introdução à Responsabilidade Social das Pequenas e Médias Empresas Introdução à Responsabilidade Social das Pequenas e Médias Empresas Este guia foi produzido como parte da Campanha de Consciencialização Pan-Europeia sobre RSE, uma iniciativa da Comissão Europeia, Directoria

Leia mais

Regulamento do Green Project Awards

Regulamento do Green Project Awards Regulamento do Green Project Awards A GCI em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente e a Quercus Associação Nacional de Conservação da Natureza, institui um Prémio de reconhecimento de boas práticas

Leia mais

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work Veículo: Site Revista Making Of Data: 20/08/2009 Seção: Marketing Pág.: www.revistamakingof.com.br Assunto:

Leia mais

CONDIÇÕES PARA OS MEMBROS E COLABORADORES TRABALHADORES POR CONTA DE OUTREM. Conta Ordenado Triplus

CONDIÇÕES PARA OS MEMBROS E COLABORADORES TRABALHADORES POR CONTA DE OUTREM. Conta Ordenado Triplus PROTOCOLO CONSELHO DISTRITAL DE LISBOA CONDIÇÕES PARA OS MEMBROS E COLABORADORES TRABALHADORES POR CONTA DE OUTREM Para aderir a este Protocolo e beneficiar das respectivas condições, abra a sua Conta

Leia mais

Inovação TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES

Inovação TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES Inovação EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES DOSSIER 13 JORGE LIZARDO NEVES O futuro é sem dúvida eléctrico Vem aí a Era de motores menos poluentes e mais eficientes. Quem o diz é o Jorge Lizardo Neves,

Leia mais

Aumente o potencial da força de vendas da empresa ao fornecer-lhe o acesso em local remoto à informação comercial necessária á à sua actividade.

Aumente o potencial da força de vendas da empresa ao fornecer-lhe o acesso em local remoto à informação comercial necessária á à sua actividade. Descritivo completo PHC dcrm Aumente o potencial da força de vendas da empresa ao fornecer-lhe o acesso em local remoto à informação comercial necessária á à sua actividade. Benefícios Acesso aos contactos

Leia mais

O que é promoção de vendas e para que serve?

O que é promoção de vendas e para que serve? 4 Para aumentar as vendas, ela precisa basicamente fazer com que os clientes atuais comprem mais ou trazer novos clientes para a loja. Nos dois casos, fica evidente que ela terá que oferecer mais benefícios

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL

RESPONSABILIDADE SOCIAL RESPONSABILIDADE SOCIAL Instituto Português de Corporate Governance Auditório Victoria 27 de novembro 2013 Ana de Sá Leal economista Abordagem 1. Responsabilidade Social 2. Dimensão 3. Criar Valor 4. Outro

Leia mais

Passo 1 - Faça um diagnóstico da comunicação

Passo 1 - Faça um diagnóstico da comunicação Manual Como elaborar uma estratégia de comunicação Índice Introdução Passo 1 - Faça um diagnóstico da comunicação. Passo 2 - Defina os alvos da comunicação Passo 3 - Estabeleça os objetivos da comunicação

Leia mais

PROGRAMA: A FAMÍLIA (1º ano do 1º ciclo)

PROGRAMA: A FAMÍLIA (1º ano do 1º ciclo) PROGRAMA: A FAMÍLIA (1º ano do 1º ciclo) Duração: 5 Sessões (45 minutos) Público-Alvo: 6 a 7 anos (1º Ano) Descrição: O programa A Família é constituído por uma série de cinco actividades. Identifica o

Leia mais

CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL

CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL LACARDD_20151001 LA Card Visa CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação da instituição de crédito 1.1. Denominação CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS,

Leia mais

Estimado(a) O MEU MONTEPIO. set 13

Estimado(a) O MEU MONTEPIO. set 13 edição 36 set 13 O MEU MONTEPIO e-newsletter Estimado(a) Associado(a) e Cliente, Em vésperas de celebrarmos o 173.º aniversário do Montepio Associação Mutualista, a maior organização portuguesa nascida

Leia mais

http://crayonstock.com/19707 Zoonar 12 SEGREDOS PARA CONQUISTAR CLIENTES COM IMAGENS

http://crayonstock.com/19707 Zoonar 12 SEGREDOS PARA CONQUISTAR CLIENTES COM IMAGENS http://crayonstock.com/19707 Zoonar 12 SEGREDOS PARA CONQUISTAR CLIENTES COM IMAGENS Constantemente, somos bombardeados por incontáveis conteúdos visuais. Imagens ilustram websites, redes sociais, folders,

Leia mais

Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva

Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva Apresentação dos seguintes projectos: 1) Câmara de Lobos.

Leia mais

REALIZAÇÃO: PARCERIA:

REALIZAÇÃO: PARCERIA: REALIZAÇÃO: PARCERIA: A partir de agora você descobrirá a importância do planejamento financeiro pessoal e familiar, aprenderá a lidar melhor com o seu dinheiro, controlar suas despesas e tomar decisões

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT Desde já, agradecemos a sua participação nesta nova etapa do Projecto de Tutoria a Estudantes ERASMUS versão OUT. Com este inquérito, pretendemos

Leia mais

Com a domiciliação de um ordenado superior a 350 /mês passa a ter a possibilidade de aceder a:

Com a domiciliação de um ordenado superior a 350 /mês passa a ter a possibilidade de aceder a: O seu contacto no Millennium bcp: Sucursal: EVORA MURALHA Nome: Luís Rosado Telefone: 266009530 Para si que tem o seu Ordenado no Millennium bcp! S.Ser.Trab.Camara Municipal Evora e o Millennium bcp prepararam

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO PROGRAMA DE FERIAS DESPORTIVAS E CULTURAIS

PROJETO PEDAGÓGICO DO PROGRAMA DE FERIAS DESPORTIVAS E CULTURAIS 1. APRESENTAÇÃO PRINCÍPIOS E VALORES Acreditamos pela força dos factos que o desenvolvimento desportivo de um Concelho ou de uma Freguesia, entendido na sua vertente quantitativa e qualitativa, exige uma

Leia mais

Minhas Senhoras e meus senhores

Minhas Senhoras e meus senhores Cerimónia de entrega de Certificados de Qualidade ISO 9001 Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga 30 de junho de 2015 Senhor Presidente da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira Dr. Emídio Sousa

Leia mais

CTT. Consigo por um futuro sustentável.

CTT. Consigo por um futuro sustentável. CTT. Consigo por um futuro sustentável. Boas práticas no fornecimento de serviços/produtos CTT. Consigo por um futuro sustentável. CTT. Consigo por um futuro sustentável. Porquê e para quê? CTT. Consigo

Leia mais

Quem ainda não tem um, provavelmente já pensou ou está pensando em ter, seja para fins pessoais ou profissionais.

Quem ainda não tem um, provavelmente já pensou ou está pensando em ter, seja para fins pessoais ou profissionais. Você sabia que o Whatsapp está presente em quase 50% dos smartphones no Brasil? O aplicativo virou febre rapidamente, seguindo a tendência de crescimento anual das vendas de smartphones no país. Quem ainda

Leia mais

Programa de Apoio à Restauração e Hotelaria para a Aquisição de Produtos Regionais

Programa de Apoio à Restauração e Hotelaria para a Aquisição de Produtos Regionais Programa de Apoio à Restauração e Hotelaria para a Aquisição de Produtos Regionais Perguntas Frequentes 1 Qual a legislação que regulamenta o Programa de Apoio à Restauração e Hotelaria para a Aquisição

Leia mais

AGENDA 21 escolar. Pensar Global, agir Local. Centro de Educação Ambiental. Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89" N 9º15'50.

AGENDA 21 escolar. Pensar Global, agir Local. Centro de Educação Ambiental. Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89 N 9º15'50. AGENDA 21 escolar Pensar Global, agir Local Centro de Educação Ambiental Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89" N 9º15'50.84" O 918 773 342 cea@cm-tvedras.pt Enquadramento A Agenda

Leia mais

Formulário de Inscrição para o Passatempo de Desenho Carro de Sonho

Formulário de Inscrição para o Passatempo de Desenho Carro de Sonho Formulário de Inscrição para o Passatempo de Desenho Carro de Sonho A sua inscrição só será aceite se o formulário estiver completamente preenchido e se a informação fornecida estiver correta. 1 Faixa

Leia mais