M A T E M Á T I C A. a) 1 minuto b) 30 segundos c) 10 segundos d) 12 segundos e) 45 segundos. 04) O valor da expressão :

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "M A T E M Á T I C A. a) 1 minuto b) 30 segundos c) 10 segundos d) 12 segundos e) 45 segundos. 04) O valor da expressão :"

Transcrição

1 MEC/UFV UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CAMPUS FLORESTAL EXAME DE SELEÇÃO 2007 Curso Técnico em Informática M A T E M Á T I C A 01) Um comerciante efetuou dois aumentos sucessivos de 10% sobre determinada mercadoria. Como as vendas se reduziram pela metade, ele resolveu dar um desconto de 20% sobre o preço à vista dessa mesma mercadoria. Se um cliente comprou uma mercadoria dessas, à vista, é correto afirmar que: a) A mercadoria voltou ao mesmo preço antes dos dois reajustes dados. b) A mercadoria ficou 3,2%mais barata em relação ao preço inicial. c) A mercadoria ficou 3,2%mais cara em relação ao preço inicial. d) A mercadoria ficou 2% mais cara em relação ao preço inicial. e) A mercadoria ficou 2% mais barata em relação ao preço original. 02) Em uma empresa há x terminais de computadores. Feito uma pesquisa verificou-se que 15 deles apresentavam defeito no cooler ( ventoinha ), 12 deles apresentavam defeito na unidade de disquete e 3, os dois defeitos. Sabendo que 100 computadores não tinham defeito algum, é incorreto afirmar que: a) O valor de x é 124. b) 12 computadores têm defeito apenas no cooler. c) 9 computadores têm defeito apenas na unidade de disquete. d) O valor de x é 130 e) Com os dados do problema não é possível determinar o número de terminais de computadores da empresa. 03) Ao entrar em seu , João abriu uma mensagem com um vírus. A cada segundo, o número de arquivos contaminados dobrava. Após quanto tempo o computador de João terá 4096 arquivos contaminados? a) 1 minuto b) 30 segundos c) 10 segundos d) 12 segundos e) 45 segundos 2 2 2a 4ab + 2b a 04) O valor da expressão : a b ab + a para a = e b = é: a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) 5

2 05) Uma empresa de turismo fez campanha publicitária para vender pacotes turísticos. Suponha que após x dias do término da campanha, as vendas diárias tivessem sido calculadas 2 segundo a função y = x + 10x + 75, em que y é o valor das vendas diárias e x o número de dias. Após quantos dias teremos o máximo de vendas? a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) 5 06) Seis amigos Emília, João, Carlos, Antônio, Maristela e Carolina hospedaram-se em diferentes chalés cuja numeração são números consecutivos. Seguindo as pistas, indique o número do chalé onde se encontram Carlos, Emília e Carolina, nessa ordem. 1ª pista: O terceiro chalé tem número 71. 2ª pista: O número do chalé onde se hospeda Emília é sucessor do número do chalé onde se hospeda João. 3ª pista: O número do chalé onde se hospeda Carolina é o antecessor do número do chalé onde se hospeda Antônio. 4ª pista: O número do chalé onde se hospeda Carlos é o antecessor do número do chalé onde se hospeda João. 5ª pista: Os números dos chalés onde se hospedam Emília, Maristela e Carolina são números consecutivos, nesta ordem. a) 69, 71 e73 b) 70, 71 e 73 c) 69, 72 e 74. d) 70, 72 e 75. e) 71, 72 e 74 07) Considere as seguintes afirmativas: I - Toda matriz quadrada é de ordem 2 II - Uma matriz A é simétrica se A = A t (A t é a matriz transposta de A) III - Todos os números da matriz identidade são iguais a 1. IV - Uma matriz A é do tipo 2X3 (A 2X3 ) e uma matriz B é do tipo 3X5 (B 3X5 ) e AXB é do tipo 2X5 (AXB 2X5 ) a) Todas são verdadeiras b) Existe somente uma afirmativa verdadeira c) Todas são falsas d) Duas são verdadeiras e) Existe somente uma falsa

3 08) Uma fábrica de embalagens produz 2000 latas cilíndricas por dia. Cada lata possui: Tampa com diâmetro igual a 10 cm Altura 12 cm Assim sendo pode-se dizer que: a) Esta fábrica precisa de m 2 de lataria por dia para produzir suas embalagens. b) O volume diário de produto que pode ser colocado em cada embalagem é de aproximadamente 200 cm 3. c) Pode-se colocar dentro de cada embalagem produzida uma quantidade igual ou superior a 1 litro de óleo de soja. d) Por ser muito pequena, cada embalagem produzida não comporta 300 ml de óleo de soja. e) Pode-se colocar dentro de cada embalagem produzida uma quantidade um pouco maior que 900 ml de óleo de soja. 09) O valor de k para que o sistema a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) 5 x y + z = 0 3x ky + 2z = 0 2x + y z = 0 tenha infinitas soluções é: 10) Para acessar um certo arquivo de um microcomputador, o usuário deve realizar duas operações: digitar uma senha composta por quatro algarismos distintos e, se a senha digitada for aceita, digitar uma segunda senha, composta por três letras distintas, escolhidas num alfabeto de 26 letras. Quem não conhece as senhas pode fazer tentativas. O número máximo de tentativas necessárias para se ter acesso ao arquivo é: 10! 26! a) + 6! 4! 23! 3! 4! 23! b) + 10! 26! 10! 26! c) + 6! 23! 10! 26! d) 6! 4! 23! 3! 4! 23! e) 10! 26!

4 11) Num certo caixa eletrônico, só estavam disponíveis notas de R$ 5,00 e de R$ 20,00. Se uma pessoa retirou 22 notas totalizando R$ 290,00, então pode-se dizer que a pessoa recebeu: a) quatro notas de R$ 5,00 e treze notas de R$ 20,00 b) seis notas de R$ 5,00 e treze notas de R$ 20,00 c) sete notas de R$ 5,00 e doze notas de R$ 20,00 d) oito notas de R$ 5,00 e doze notas de R$ 20,00 e) Dez notas de R$ 5,00 e doze notas de R$ 20,00 12) No gráfico abaixo, a reta r representa uma estrada e o ponto P representa uma casa. B ( r ) y = x+3 C A P(2,3) Levando-se em conta que a unidade de medida é Km, marque a alternativa correta: a) A distância da casa até a estrada é a medida do segmento PC que vale 2 km b) A distância da casa até a estrada é a medida do segmento PA que vale 10 km 2 c) A distância da casa até a estrada é a medida do segmento PB que vale 2 km d) A distância da casa até a estrada é a medida do segmento PA que vale 10 km e) A distância da casa até a estrada é a medida do segmento PC que vale 10 km 13) O triângulo equilátero desenhado abaixo tem lados medindo 2, em alguma unidade de comprimento. 1 2

5 Associe a esse triângulo uma matriz 3X3, sendo a ij, igual a distância entre os pontos i e j. Com relação ao determinante da matriz A, assim formada pode-se afirmar que: a) det A = 3 2 b) det A = 4 2 c) det A = 5 2 d) det A = 6 2 e) det A = ) Para fazer uma moldura no Photoshop (programa de tratamento de imagem fotográfica), um aluno de informática fez o seguinte desenho: 15 cm Sabendo-se que o círculo tem diâmetro 6 cm, a área da moldura (parte sombreada) é igual a: a) 2(20-5π) cm 2 b) 5(1-2π) cm 2 c) 3(50-3π) cm 2 d) 7(40 - π) cm 2 e) (1 - π) cm 2 10 cm

6 15) Com relação às propriedades dos quadriláteros, é FALSO afirmar: a) todo quadrado é retângulo b) todo retângulo é um paralelogramo c) todo triângulo eqüilátero é isósceles d) todo paralelogramo é um retângulo e) todo quadrado é um losango P O R T U G U Ê S Texto DESOBEDIÊNCIA CIVIL Plínio de Arruda Sampaio Atos de desobediência civil têm se tornado freqüentes. São trabalhadoras da roça que incendeiam hortos da Aracruz; caminhoneiros, metalúrgicos, produtores agrícolas que bloqueiam estradas; trabalhadores rurais sem terra que ocupam prédios públicos. A recente tentativa de ocupação da Câmara dos Deputados por integrantes do MLST inclui-se nesse gênero de protestos sociais. Para o establishment brasileiro são atos criminosos, vandálicos, antidemocráticos, que precisam ser punidos com todo o rigor. Foge-se assim da pergunta proibida: o que leva pessoas honestas, trabalhadores e trabalhadoras, a esses gestos extremos? Há quanto tempo, em quantas portas, quantas petições, quantas manifestações pacíficas fizeram os integrantes do MLST, antes de se decidirem pelo gesto extremo? Que veículo de comunicação social registrou esses gestos pacíficos? Na Democracia, quem transgride as regras perde a razão. Seria assim, se a democracia funcionasse. Mas, quando o sistema político se transforma em um círculo de ferro a eternizar a situação dos pobres, os atos de desobediência civil tornam-se eticamente necessários e justificáveis. No caso em tela, aliás, a rigor, nem disso se tratava. A decantada ocupação não passava de uma operação de propaganda, destinada unicamente a cercar a audiência com o presidente da Câmara de algum ingrediente que chamasse a atenção da mídia, a fim de que o povo brasileiro ficasse sabendo da luta. Se o presidente da Câmara tivesse aberto um lugarzinho na sua agenda para recebêlos, nada teria acontecido. O deputado Aldo Rebelo está longe de ser um Tancredo Neves, que resolvia esse tipo de situação com distribuição de sanduíches e limonadas aos fatigados manifestantes, mas não precisava exagerar da demonstração de fidelidade ao establishment e criar o impasse que detonou o confronto. Quem decide cometer um ato de desobediência civil não pode reclamar se vier a sofrer um processo-crime. Afinal, é o escândalo provocado pelo fato de pessoas sabidamente corretas sofrerem um processo criminal por defenderem uma causa justa o elemento que permite desvelar a ilegitimidade da lei perante a opinião pública. Bruno Maranhão não pode reclamar se vier a sofrer um processo. Mas tem todo o direito de reclamar da forma como foi preso e exposto à execração pública, porque não se davam os pressupostos legais exigidos para a decretação do flagrante e não havia a menor necessidade de algemá-lo. Isso foi parte do espetáculo montado pela mídia com o objetivo de criar na opinião pública a falsa imagem de uma selvageria planejada. Inclui-se no plano geral de indispor os movimentos populares com a opinião pública, a fim de mais facilmente criminalizá-los. Dos partidos da ordem não se esperava obviamente atitude distinta da que foi tomada, mas do PT, recém-ingressado nesse bloco, podia-se esperar menos açodamento no defenestramento de um antigo militante, apenas para demonstrar ao establishment a sinceridade da sua conversão à ordem estabelecida.

7 A desobediência civil é um recurso legítimo, porém extremo. Seus organizadores precisam tomar todos os cuidados para que o ato não escape do controle. Contudo, isso não depende apenas deles. Quando as autoridades públicas não estão preparadas para entender o conflito democrático e decidem abortar as manifestações da massa com medidas burocráticas autoritárias, torna-se quase impossível evitar o tumulto. Não é segredo também que, muitas vezes, a própria autoridade provoca o tumulto, a fim de usá-lo com propósitos políticos. Ninguém pode se regozijar com um incidente que deixou uma pessoa gravemente ferida. Apesar dessa nota lamentável, o episódio pode ter um aspecto positivo se servir para que cada pessoa perceba a gravidade do conflito social brasileiro e a necessidade de definir claramente de que lado se posiciona nesse conflito. Na conjuntura brasileira atual, quem não definir claramente o seu lado ficará sem meios de analisar objetivamente os acontecimentos sociais e será certamente vítima fácil do noticiário distorcido. A hora exige ainda que cada qual tenha coragem de assumir o seu lado abertamente. Sem negaças, nem tergiversações. Plínio de Arruda Sampaio é presidente da Abra Associação de Reforma Agrária. Observação: stablishement é um termo da língua inglesa que significa um conjunto de idéias e situações econômicas, políticas e sociais impostas pelos grupos dominantes de uma sociedade. Q U E S T Ô E S 16) Numere a coluna conforme a correspondência dos significados. ( 1 ) abortar ( ) desobedece ( 2 ) transgride ( ) evidente ( 3 ) decantada ( ) impedir ( 4 ) flagrante ( ) contentar-se ( 5 ) regozijar ( ) exaltada a) 2, 4, 5, 3, 1 b) 2, 4, 1, 5, 3 c) 4, 3, 5, 1, 2 d) 5, 4, 3, 1, 2 e) 3, 2, 4, 1, 5 17) Levando-se em conta o sentido em que foram empregadas no texto, as palavras destacadas podem ser substituídas por aquelas que estão nos parênteses, em todas as alternativas, EXCETO a)... são atos criminosos, vandálicos, antidemocráticos que precisam ser punidos com todo o rigor. (destrutivos) b)... o elemento que permite desvelar a ilegitimidade da lei perante a opinião pública. (revelar) c) Mas tem todo o direito de reclamar da forma como foi preso e exposto à execração pública... (execução) d)... porque não se davam os pressupostos legais exigidos para a decretação do flagrante... (circunstâncias) e)... podia-se esperar menos açodamento no defenestramento de um amigo militante... (precipitação)

8 18) Assinale a alternativa em que NÃO há correspondência entre a palavra destacada e a expressão que se encontra entre parênteses. a) Se o presidente da Câmara tivesse aberto um lugarzinho na sua agenda para recebêlos... (integrantes do MLST) 6º parágrafo b)... apenas para demonstrar ao establishment a sinceridade da sua conversão à ordem estabelecida. (do PT) 8º parágrafo c)... a fim de mais facilmente criminalizá-los. (integrantes do MLST) 7º parágrafo d) Contudo, isso não depende apenas deles. (todos os cuidados) 9º parágrafo e)... a própria autoridade provoca o tumulto a fim de usá-lo com propósitos políticos. (o tumulto) 9º parágrafo 19) Em todas as alternativas há correspondência entre a expressão sublinhada e a sugerida entre parênteses, EXCETO em a) A recente ocupação (...) inclui-se nesse gênero de protestos sociais. (atos de desobediência civil) 1º parágrafo b)... o que leva pessoas honestas, trabalhadores e trabalhadoras, a esses gestos extremos? (atos criminosos, vandálicos, antidemocráticos) 2º parágrafo c) No caso em tela, aliás, a rigor, nem disso se tratava. (operação de propaganda) 5º parágrafo d)... Tancredo Neves, que resolvia esse tipo de situação com distribuição de sanduíches e limonadas... (ocupação da Câmara) 6º parágrafo e)... mas do PT, recém-integrado nesse bloco, podia-se esperar menos açodamento... (partidos da ordem) 8º parágrafo 20) Pode-se dizer que esse é um texto expositivo opinativo porque a) expõe um tema e suas conseqüências. b) apresenta um assunto atual. c) expõe um assunto e emite opiniões sobre ele. d) trata de um tema político. e) destina-se exclusivamente a expressar os conceitos do autor. 21) O fato evidenciado em desobediência civil é a) a ocupação da Câmara dos Deputados por integrantes do MLST. b) a diferença existente entre Aldo Rabelo e Tancredo Neves. c) a execração pública de Bruno Maranhão algemado e preso. d) o ingresso e conversão do PT à ordem estabelecida. e) a demonstração da fidelidade do PT ao stablishment 22) São argumentos apresentados pelo autor para defender seu ponto de vista a respeito da desobediência civil, discutida no texto, EXCETO a) O questionamento dos motivos que levam a esses protestos. b) A atitude tomada pelo PT para demonstrar sua conversão à ordem estabelecida. c) A citação de iniciativas feitas pelos manifestantes antes de chegarem a extremos. d) A justificativa de que a democracia não funciona. e) A falta de abertura para o diálogo por parte do presidente da Câmara.

9 23) Marque a alternativa em que o autor NÃO critica a atitude do stablishment brasileiro perante a ocupação da Câmara. a) Isso foi parte do espetáculo montado pela mídia com o objetivo de criar na opinião pública a falsa imagem de selvageria planejada. b) A decantada ocupação não passava de uma operação (...) que chamasse a atenção da mídia a fim de que o povo brasileiro ficasse sabendo da luta. c) Inclui-se no plano geral de indispor os movimentos populares com a opinião pública a fim de, mais facilmente, criminalizá-los. d)... as autoridades públicas não estão preparadas para entender o conflito democrático e decidem abortar as manifestações de massa com medidas burocráticas autoritárias. e) Não é segredo também que, muitas vezes, a própria autoridade provoca tumulto, a fim de usá-lo com propósitos políticos. 24) Tendo em vista a opinião do autor, a leitura do texto só NÃO permite afirmar que a) Tancredo Neves tinha habilidade para resolver conflitos. b) Bruno Maranhão recebeu a punição adequada pela ousadia de sua atitude. c) O tumulto é decorrência de medidas autoritárias tomadas por autoridades públicas. d) A atitude tomada pelo PT para demonstrar sua conversão à ordem estabelecida foi exagerada. e) O episódio descrito pode ajudar na percepção da gravidade do conflito social brasileiro. 25) Marque a alternativa que melhor expressa a conclusão do autor a cerca do assunto discutido a) A hora exige que cada um tenha coragem de assumir o seu lado. b) O episódio serviu para demonstrar ao stablishment a sinceridade da conversão do PT à ordem estabelecida. c) Apesar de lamentável, o episódio pode servir para que cada pessoa perceba a gravidade do conflito social brasileiro e se posicione para não virar vítima fácil do noticiário. d) O stablishment brasileiro aniquila os autores de episódios marcados pela desobediência civil. e) A desobediência civil é um recurso legítimo que deve ser usado com cautela para que não escape do controle. 26) A palavra que não contém um prefixo com idéia de negação é a) desobediência b) ilegitimidade c) impossível d) desvelar e) incidente 27) Marque a alternativa em que a classificação da partícula SE esteja incorreta a) A recente tentativa de ocupação da Câmara dos Deputados por integrantes do MLST inclui-se nesse gênero de protestos sociais. (pronome apassivador) b) Foge-se assim da pergunta proibida: (índice de indeterminação do sujeito) c)... antes de se decidirem pelo gesto extremo... (pronome oblíquo átono de 3ª pessoa) d) Seria assim, se a democracia funcionasse. (conjunção subordinativa condicional) e) No caso em tela, aliás a rigor, nem disso se tratava. (pronome oblíquo reflexivo)

10 28) Tendo em vista o aspecto semântico, as palavras e a expressão destacadas só NÃO podem ser substituídas pelas apresentadas entre parênteses em a) Seria assim, se a democracia funcionasse. (caso) b)... a fim de que o povo brasileiro ficasse sabendo da luta. (para que) c) contudo, isso não depende apenas deles. (mas) d) Quando as autoridades públicas não estão preparadas... torna-se quase impossível evitar o conflito. (mal) e)... porque não se davam os pressupostos legais exigidos para a decretação do flagrante... (pois) 29) A palavra que só não é pronome relativo em a) Não é segredo também que, muitas vezes, a própria autoridade provoca o tumulto... b) Ninguém pode se regozijar com um incidente que deixar uma pessoa gravemente ferida. c)... e criar o impasse que detonou o confronto. d) O deputado Aldo Rebelo está longe de ser um Tancredo Neves, que resolvia esse tipo de situação... e)... por defenderem uma causa justa o elemento que permite desvelar a ilegitimidade da lei perante a opinião pública. 30) Em todas as alternativas, a vírgula está separando termos coordenados, EXCETO: a)... caminhoneiros, metalúrgicos, produtores agrícolas que bloqueiam estradas... b) Para o stablishment brasileiro são atos criminosos, vandálicos, antidemocráticos que precisam ser punidos com todo o rigor. c) Na democracia, quem transgride as regras, perde a razão. d) Há quanto tempo, em quantas portas, quantas petições, quantas manifestações pacíficas fizeram os integrantes do MLST... e) Sem negaças, nem tergiversações. I N G L Ê S TELEVISION Television now plays such an important part in so many people s lives that it is essential for us to try to decide whether it is a blessing or a curse¹. Obviously television has both² advantages and disadvantages. But do the former³ outweigh 4 the latter 5? In the first place, television is not only a convenient source of entertainment, but also a comparatively cheap one. For a family of four, for example, it is more convenient as well as cheaper to sit comfortably at home, with practically unlimited entertainment available 6, than to go out in search of amusement 7 elsewhere. There is no transport to arrange. They do not have to find a baby-sitter. They do not have to pay for expensive seats at the theatre, the cinema, the opera, or the ballet, only to discover, perhaps, that the show is a rotten 8 one. All they have to do is turn a knob 9, and they can see plays, films, operas, and shows of every kind, not to mention political discussions and the latest exciting football match. Some people, however, maintain that this is precisely where the danger lies. The television viewer need do nothing. He does not even use his legs. He takes no initiative. He makes no choice and exercises no judgment. He is completely passive and has everything presented to him without any effort on his part. Television, it is often said, keeps one informed about current events, allows one to follow the latest developments in science and politics, and offers an endless series of

11 programmes which are both instructive and stimulating. The most distant countries and the strangest customs are brought right into one s sitting-room. It could be argued that the radio performs this service just as well; but on television everything is much more living, much more real. Yet here again there is a danger. The television screen itself has a terrible, almost physical fascination for us. We get so used 10 to looking at its movements, so dependent on its flickering 11 pictures, that it begins to dominate our lives. A friend of mine told me the other day that his television set had broken down and that he and his family had suddenly found that they had far more time to do things, and that they had actually begun to talk to each other again. It makes one think, doesn t it! There are many other arguments for and against 12 television. The poor quality of its programmes is often criticized. But it is undoubtedly a great comfort to many lonely elderly people. And does it corrupt or instruct our children? I think we must realize that television in itself is neither good nor bad. It is the uses to which it is put that determine its value to society. From: Cook, J.L.; Gethin, A. and Mitchell, K. A NEW WAYTO PROFICIENCY IN ENGLISH (Oxford: Basil Blackwell, 1973) pp Vocabulary: 01. Curse - maldição 07. Amusement - diversão 02. Both - ambos 08. Rotten - ruim 03. Former - primeiro 09. Knob - botão 04. Outweigh - sobressair 10. Used - habituado 05. Latter - último 11. Flickering - reluzentes 06. Available - disponível, útil 12. Against - contra 31) Numere as expressões conforme o significado de cada uma ( 1 ) In the first place. ( ) ele nem mesmo ( 2 ) as well as ( ) isso é freqüentemente dito ( 3 ) He doesn t even... ( ) tanto quanto ( 4 ) it is often said ( ) pessoas mais velhas e solitárias ( 5 ) lonely elderly people ( ) em primeiro lugar a) 3, 4, 1, 2, 5 b) 4, 5, 3, 2, 1 c) 3, 2, 1, 5, 4 d) 5, 4, 3, 2, 1 e) 3, 4, 2, 5, 1 32) Encontre os opostos. ( 1 ) cheap ( ) few ( 2 ) many ( ) good ( 3 ) advantages ( ) less ( 4 ) more ( ) expensive ( 5 ) bad ( ) disadvantages a) 3, 4, 5, 1, 2 b) 3, 1, 4, 2, 5 c) 2, 5, 4, 1, 3 d) 4, 1, 5, 2, 3 e) 2, 3, 5, 1, 4

12 33) São vantagens da televisão, EXCETO: a) It is a cheap source of entertainment. b) It offers an endless series of programmes. c) It bring us the most distant countries. d) It allows us to see political discussions. e) It never stimulates one s thought. 34) De acordo com o texto, o telespectador NÃO precisa a) turn a knob b) move his legs c) take initiative d) make judgment e) do any effort 35) De acordo com o texto, indique a alternativa correta. a) A televisão não é uma conveniente fonte de diversão. b) Para uma família de quatro pessoas é mais conveniente ir ao cinema. c) A televisão não possui número suficiente de programas. d) Ela possibilita o acesso aos mais estranhos costumes. e) A televisão estimula o diálogo entre familiares. 36) Os autores chegaram à seguinte conclusão: a) TV é um benefício ou uma maldição. b) Através da televisão tudo parece mais vivo e real. c) Televisão é boa e má. d) O uso da TV é que determina seu valor. e) Há argumentos favoráveis e desfavoráveis. 37) Em todas as alternativas, o pronome sublinhado está corretamente classificado, EXCETO a)... without any effort (relative) b) He does not even use his legs. (possessive) c) He takes no initiative (subject) d) television in itself is neither good nor bad. (reflexive) e) it is essencial for us (objective) 38) Em They can see plays, 2º parágrafo, a palavra they refere-se a a) people b) family of four c) baby-sitter d) plays e) seats

13 39) Relacione os marcadores de discurso de acordo com as idéias representadas por eles. ( 1 ) also ( ) contraste ( 2 ) whether ( ) ausência ( 3 ) however ( ) negação ( 4 ) without ( ) condição ( 5 ) neither ( ) acréscimo a) 2, 4, 5, 3, 1 b) 3, 4, 1, 5, 2 c) 3, 4, 5, 2, 1 d) 5, 1, 3, 2, 4 e) 4, 2, 3, 1, 5 40) Em todas as alternativas há exemplos de advérbios, EXCETO a) obviously b) comfortably c) completely d) suddenly e) quality /cmsm

Guião A. Descrição das actividades

Guião A. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Ponto de Encontro Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO

Leia mais

GUIÃO A. Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades

GUIÃO A. Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho GUIÃO A 1º Momento Intervenientes e Tempos Descrição das actividades Good morning / afternoon / evening, A and B. For about three minutes, I would like

Leia mais

Guião M. Descrição das actividades

Guião M. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Inovação Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do trabalho Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO Guião M Intervenientes

Leia mais

3 o ANO ENSINO MÉDIO. Prof. a Christiane Mourão Prof. a Cláudia Borges

3 o ANO ENSINO MÉDIO. Prof. a Christiane Mourão Prof. a Cláudia Borges 3 o ANO ENSINO MÉDIO Prof. a Christiane Mourão Prof. a Cláudia Borges Unidade II Science Health and nature 2 Aula 5.1 Conteúdos Phrasal Verbs in texts 3 Habilidade Identificar os phrasal verbs em textos

Leia mais

GUIÃO A. What about school? What s it like to be there/here? Have you got any foreign friends? How did you get to know them?

GUIÃO A. What about school? What s it like to be there/here? Have you got any foreign friends? How did you get to know them? GUIÃO A Prova construída pelos formandos e validada pelo GAVE, 1/7 Grupo: Chocolate Disciplina: Inglês, Nível de Continuação 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas 1º Momento Intervenientes

Leia mais

Título Present Continuous e Pronomes Objeto.

Título Present Continuous e Pronomes Objeto. Inglês Aula 02 Título Present Continuous e Pronomes Objeto. O present continuous é basicamente um tempo verbal que descreve uma ação que está se processando no momento. Alex is talking to his sister and

Leia mais

ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS. Prova-modelo. Instruções. Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM.

ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS. Prova-modelo. Instruções. Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM. ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS Prova-modelo Instruções Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM. A prova é avaliada em 20 valores (200 pontos). A prova é composta

Leia mais

GRAU DE ADJETIVOS E ADVÉRBIOS

GRAU DE ADJETIVOS E ADVÉRBIOS Aula9 GRAU DE ADJETIVOS E ADVÉRBIOS META Os alunos terão a compreensão e entendimento da classificação dos adjetivos e advérbios nos graus de comparativo e superlativo na leitura em língua inglesa OBJETIVOS

Leia mais

:: COMO ESCOLHER UMA ESCOLA IDIOMAS PDF ::

:: COMO ESCOLHER UMA ESCOLA IDIOMAS PDF :: :: COMO ESCOLHER UMA ESCOLA IDIOMAS PDF :: [Download] COMO ESCOLHER UMA ESCOLA IDIOMAS PDF COMO ESCOLHER UMA ESCOLA IDIOMAS PDF - Are you looking for Como Escolher Uma Escola Idiomas Books? Now, you will

Leia mais

Present Simple Exercises

Present Simple Exercises Present Simple Exercises Antes de fazer as atividades, você pode querer ler as dicas dos links abaixo. Nelas você encontra explicações sobre os usos e as conjugações dos verbos no Present Simple. Ø www.bit.ly/psimple1

Leia mais

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio Teste Intermédio de Inglês Parte IV Interação oral em pares Teste Intermédio Inglês Guião Duração do Teste: 10 a 15 minutos De 25.02.2013 a 10.04.2013 9.º Ano de Escolaridade D TI de Inglês Página 1/ 7

Leia mais

Conteúdo Programático Anual

Conteúdo Programático Anual INGLÊS 1º BIMESTRE 5ª série (6º ano) Capítulo 01 (Unit 1) What s your name? What; Is; My, you; This; Saudações e despedidas. Capítulo 2 (Unit 2) Who s that? Who; This, that; My, your, his, her; Is (afirmativo,

Leia mais

SUMÁRIO VOLUME 1 LÍNGUA INGLESA

SUMÁRIO VOLUME 1 LÍNGUA INGLESA SUMÁRIO VOLUME 1 "No mar tanta tormenta e dano, Tantas vezes a morte apercebida, Na terra, tanta guerra, tanto engano, Tanta necessidade aborrecida." Os Lusíadas, p. 106, Luís Vaz de Camões Lesson 1 -

Leia mais

:: FERRAMENTAS MRP APLICADAS PDF ::

:: FERRAMENTAS MRP APLICADAS PDF :: :: FERRAMENTAS MRP APLICADAS PDF :: [Download] FERRAMENTAS MRP APLICADAS PDF FERRAMENTAS MRP APLICADAS PDF - Looking for Ferramentas Mrp Aplicadas Books? Now, you will be thankful that at this time Ferramentas

Leia mais

GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO

GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO PROJECTO PROVAS EXPERIMENTAIS DE EXPRESSÃO ORAL DE LÍNGUA ESTRANGEIRA - 2005-2006 Ensino Secundário - Inglês, 12º ano - Nível de Continuação 1 1º Momento GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO

Leia mais

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Portuguese Lesson A Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Story Time is a program designed for students who have already taken high school or college courses or students who have completed other

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês Exame Final Nacional do Ensino Secundário Prova Escrita de Inglês 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal Decreto-Lei n.º 139/2012, de de julho Prova 0/2.ª Fase Critérios de Classificação 8 Páginas

Leia mais

Equivalência da estrutura de uma frase em inglês e português

Equivalência da estrutura de uma frase em inglês e português 1 Equivalência da estrutura de uma frase em inglês e português A partir do momento que você souber de cor a função de cada peça do nosso jogo de dominó, você não terá mais problemas para formular frases,

Leia mais

Phrasal Verbs, What for?

Phrasal Verbs, What for? Phrasal Verbs, What for? Um dos maiores problemas que o estudante da língua inglesa enfrenta para entender conversas cotidianas, filmes ou músicas em inglês é o uso dos chamados Phrasal Verbs, que tornam

Leia mais

Searching for Employees Precisa-se de Empregados

Searching for Employees Precisa-se de Empregados ALIENS BAR 1 Searching for Employees Precisa-se de Empregados We need someone who can prepare drinks and cocktails for Aliens travelling from all the places in our Gallaxy. Necessitamos de alguém que possa

Leia mais

Conjunções. Conjunções coordenativas São palavras que estabelecem relações entre dois termos ou duas orações independentes entre si, Definição

Conjunções. Conjunções coordenativas São palavras que estabelecem relações entre dois termos ou duas orações independentes entre si, Definição LÍNGUA INGLESA CONJUNÇÕES Professora Leila Eto Definição Conjunções É uma palavra que liga orações ou palavras da mesma oração. Conjunções coordenativas São palavras que estabelecem relações entre dois

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO Questão: 26 30 41 A questão 26 do código 02, que corresponde à questão 30 do código 04 e à questão 41 do código 06 Nº de Inscrição: 2033285 2041257 2030195 2033529 2032517 2080361 2120179 2120586 2037160

Leia mais

Relatório completo de proficiência da língua inglesa

Relatório completo de proficiência da língua inglesa Relatório completo de proficiência da língua inglesa 1 2 Entenda a avaliação Nesta avaliação de proficiência de inglês como língua estrangeira, quantificamos e identificamos o nível e perfil atual do candidato,

Leia mais

PORTUGUES PARA INGLES PDF

PORTUGUES PARA INGLES PDF PORTUGUES PARA INGLES PDF ==> Download: PORTUGUES PARA INGLES PDF PORTUGUES PARA INGLES PDF - Are you searching for Portugues Para Ingles Books? Now, you will be happy that at this time Portugues Para

Leia mais

Descrição das actividades

Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Em Acção Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho Duração da prova: 15 a 20 minutos Guião D 1.º MOMENTO Intervenientes

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA. Carga Horária: 60 h Teórica: Prática: Semestre: 2013.2 Professor: LEONARDO ELIZEU ALVES

PROGRAMA DA DISCIPLINA. Carga Horária: 60 h Teórica: Prática: Semestre: 2013.2 Professor: LEONARDO ELIZEU ALVES UPE Campus Petrolina PROGRAMA DA DISCIPLINA Curso: LÍNGUA INGLESA E SUAS LITERATURAS Disciplina: LINGUA INGLESA VI Carga Horária: 60 h Teórica: Prática: Semestre: 2013.2 Professor: LEONARDO ELIZEU ALVES

Leia mais

1. Usa-se o Simple Present para falar de hábitos, rotina, acontecimentos ou ações que acorrem regularmente, com frequência. Ex: I always use the

1. Usa-se o Simple Present para falar de hábitos, rotina, acontecimentos ou ações que acorrem regularmente, com frequência. Ex: I always use the 1. Usa-se o Simple Present para falar de hábitos, rotina, acontecimentos ou ações que acorrem regularmente, com frequência. Ex: I always use the computer at night. My brother goes to work every day. 2.

Leia mais

Andrew is an engineer and he works in a big company. Sujeito Predicado (e) Suj. Predicado

Andrew is an engineer and he works in a big company. Sujeito Predicado (e) Suj. Predicado Inglês Aula 01 Título - Frases básicas em Inglês As orações em Inglês também se dividem em Sujeito e Predicado. Ao montarmos uma oração com um sujeito e um predicado, montamos um período simples. Estas

Leia mais

Colégio de Aplicação UFRGS. Name: Group:

Colégio de Aplicação UFRGS. Name: Group: Present Perfect: FOOD for THOUGHT Colégio de Aplicação UFRGS Name: Group: Present Perfect Simple Os Perfect Tenses são formados com o presente simples do verbo to have (have / has), que, neste caso, funciona

Leia mais

VIAGEM A SALVADOR DA BAHIA PDF

VIAGEM A SALVADOR DA BAHIA PDF VIAGEM A SALVADOR DA BAHIA PDF ==> Download: VIAGEM A SALVADOR DA BAHIA PDF VIAGEM A SALVADOR DA BAHIA PDF - Are you searching for Viagem A Salvador Da Bahia Books? Now, you will be happy that at this

Leia mais

Viagem a Serra da Estrella PDF

Viagem a Serra da Estrella PDF Viagem a Serra da Estrella PDF ==>Download: Viagem a Serra da Estrella PDF ebook Viagem a Serra da Estrella PDF - Are you searching for Viagem a Serra da Estrella Books? Now, you will be happy that at

Leia mais

Lição 40: deve, não deve, não deveria

Lição 40: deve, não deve, não deveria Lesson 40: must, must not, should not Lição 40: deve, não deve, não deveria Reading (Leituras) You must answer all the questions. ( Você deve responder a todas as We must obey the law. ( Nós devemos obedecer

Leia mais

Trabalho de Compensação de Ausência - 1º Bimestre

Trabalho de Compensação de Ausência - 1º Bimestre Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio Regular. Rua Cantagalo 313, 325, 337 e 339 Tatuapé Fones: 2293-9393 e 2293-9166 Diretoria de Ensino Região LESTE 5 Trabalho de Compensação de Ausência

Leia mais

1. How will you tell the rent-a-car worker that you d like to rent a car? 2. How will you ask the rent-a-car worker the kind of cars they have?

1. How will you tell the rent-a-car worker that you d like to rent a car? 2. How will you ask the rent-a-car worker the kind of cars they have? I d like to rent a car. What kind of car do you have? Gostaria de alugar um carro. Que tipo de carro você tem? I d like to rent a car. return the car to the Airport. Gostaria de alugar um carro. devolver

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE INGLÊS 7º ANO INTERMEDIÁRIO 1º BIM - 2016

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE INGLÊS 7º ANO INTERMEDIÁRIO 1º BIM - 2016 ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE INGLÊS 7º ANO INTERMEDIÁRIO 1º BIM - 2016 Nome: Nº 7ª Série Data: / / Professor(a): Nota: (Valor 1,0) INSTRUÇÕES PARA A PARTICIPAÇÃO NA RECUPERAÇÃO Neste bimestre, sua media foi

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 74/2013

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 74/2013 PASSO A PASSO DO DYNO Ao final desse passo a passo você terá o texto quase todo traduzido. Passo 1 Marque no texto as palavras abaixo. (decore essas palavras, pois elas aparecem com muita frequência nos

Leia mais

LÍNGUA INGLESA CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA AULA. Conteúdo: Reading - Typographic Marks

LÍNGUA INGLESA CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA AULA. Conteúdo: Reading - Typographic Marks Conteúdo: Reading - Typographic Marks Habilidades: Utilizar as Marcas Tipográficas para facilitar a compreensão e também chamar a atenção do leitor. Typographic Marks O que são marcas tipográficas? As

Leia mais

What is Bullying? Bullying is the intimidation or mistreating of weaker people. This definition includes three important components:1.

What is Bullying? Bullying is the intimidation or mistreating of weaker people. This definition includes three important components:1. weaker people. This definition includes three important components:1. Bullying is aggressive behavior that involves unwanted, negative actions. 2. Bullying involves a pattern of behavior repeated over

Leia mais

Ano: 2012 Turma: 7.1 e 7.2

Ano: 2012 Turma: 7.1 e 7.2 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 3ª Etapa 2012 Disciplina: Inglês Professora: Viviane Ano: 2012 Turma: 7.1 e 7.2 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Roteiro de Recuperação Língua Inglesa 6º ano

Roteiro de Recuperação Língua Inglesa 6º ano Roteiro de Recuperação Língua Inglesa 6º a Professor (es) da Disciplina: Christiane Bernardini Lourenço Data: / /15 3º TRIMESTRE Alu(a): Nº: A: 6º a Fundamental II Período: Matuti EM CASA: Revise o conteúdo

Leia mais

Teoria Económica Clássica e Neoclássica

Teoria Económica Clássica e Neoclássica Teoria Económica Clássica e Neoclássica Nuno Martins Universidade dos Açores Jornadas de Estatística Regional 29 de Novembro, Angra do Heroísmo, Portugal Definição de ciência económica Teoria clássica:

Leia mais

PROVA COMENTADA E RESOLVIDA PELOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO

PROVA COMENTADA E RESOLVIDA PELOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO COMENTÁRIO GERAL DOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO Uma prova, para avaliar tantos candidatos deve ser sempre bem dosada como foi a deste ano. Houve tanto questões de interpretação (6) como de gramática

Leia mais

PAI RICO PAI POBRE PDF

PAI RICO PAI POBRE PDF PAI RICO PAI POBRE PDF ==> Download: PAI RICO PAI POBRE PDF PAI RICO PAI POBRE PDF - Are you searching for Pai Rico Pai Pobre Books? Now, you will be happy that at this time Pai Rico Pai Pobre PDF is available

Leia mais

Guião N. Descrição das actividades

Guião N. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: 006 Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO Guião N Intervenientes

Leia mais

Visitor, is this is very important contact with you. WATH DO WE HERE?

Visitor, is this is very important contact with you. WATH DO WE HERE? Visitor, is this is very important contact with you. I m Gilberto Martins Loureiro, Piraí s Senior Age Council President, Rio de Janeiro State, Brazil. Our city have 26.600 habitants we have 3.458 senior

Leia mais

Exercícios extras. Na aula de hoje, você deverá arregaçar as

Exercícios extras. Na aula de hoje, você deverá arregaçar as Exercícios extras Assunto do dia Na aula de hoje, você deverá arregaçar as mangas e entrar de cabeça nos exercícios extras, que têm como tema tudo que vimos nas aulas do Segundo Grau. Atenção: 3, 2, 1...

Leia mais

Inglês 17 Past Perfect

Inglês 17 Past Perfect Inglês 17 Past Perfect O Past Perfect é um tempo verbal utilizado quando temos duas ações que ocorreram no passado, porém uma delas ocorreu antes da outra. When you called, she had just received the bad

Leia mais

01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS

01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS 01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS OBS1: Adaptação didática (TRADUÇÃO PARA PORTUGUÊS) realizada pelo Prof. Dr. Alexandre Rosa dos Santos. OBS2: Textos extraídos do site: http://www.englishclub.com

Leia mais

Como dizer quanto tempo leva para em inglês?

Como dizer quanto tempo leva para em inglês? Como dizer quanto tempo leva para em inglês? Você já se pegou tentando dizer quanto tempo leva para em inglês? Caso ainda não tenha entendido do que estou falando, as sentenças abaixo ajudarão você a entender

Leia mais

Verbs. Modal Verbs. Conditional Tenses (if clauses) Zero Conditional First Conditional Second Conditional Third Conditional

Verbs. Modal Verbs. Conditional Tenses (if clauses) Zero Conditional First Conditional Second Conditional Third Conditional Inglês Prof. Davi Verbs Modal Verbs Conditional Tenses (if clauses) Zero Conditional First Conditional Second Conditional Third Conditional Modal Verbs Regras especiais Não existem no infinitivo (to can,

Leia mais

Você sabe fazer perguntas em Inglês? Em primeiro lugar observe as frases abaixo: Afirmativo: Ele é estudante Interrogativo: Ele é estudante?

Você sabe fazer perguntas em Inglês? Em primeiro lugar observe as frases abaixo: Afirmativo: Ele é estudante Interrogativo: Ele é estudante? Do you know how to ask questions in English? Você sabe fazer perguntas em Inglês? Em primeiro lugar observe as frases abaixo: Afirmativo: Ele é estudante Interrogativo: Ele é estudante? Note que tanto

Leia mais

Câmbio MONEY CHANGER. I d like to exchange some money. Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Where can I find a money changer?

Câmbio MONEY CHANGER. I d like to exchange some money. Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Where can I find a money changer? MONEY CHANGER Câmbio I d like to exchange some money. Where can I find a money changer? Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Onde posso encontrar um câmbio? I d like to exchange (I would) Where can

Leia mais

São eles: SOME (Algum, alguma, alguns,algumas). É utilizado em frases afirmativas,antes de um substantivo. Ex.:

São eles: SOME (Algum, alguma, alguns,algumas). É utilizado em frases afirmativas,antes de um substantivo. Ex.: Pronomes Indefinidos Indefinite Pronouns Esses pronomes são utilizados para falar de pessoas, objetos ou lugares indefinidos Referem a pessoas ou coisas, de modo vago ou impreciso São eles: SOME (Algum,

Leia mais

Lesson 6 Notes. Eu tenho um irmão e uma irmã Talking about your job. Language Notes

Lesson 6 Notes. Eu tenho um irmão e uma irmã Talking about your job. Language Notes Lesson 6 Notes Eu tenho um irmão e uma irmã Talking about your job Welcome to Fun With Brazilian Portuguese Podcast, the podcast that will take you from beginner to intermediate in short, easy steps. These

Leia mais

www.souvestibulando.com.br MÓDULO DE INGLES

www.souvestibulando.com.br MÓDULO DE INGLES 1 MÓDULO DE INGLES ASSUNTO: AULA 01 THE SIMPLE PRESENT TENSE Esta aula é composta pelo texto da apostila abaixo e por um link de acesso à AULA VIRTUAL gravada. Estude com atenção o texto antes de acessar

Leia mais

Introduçao Ao Microsoft Dynamics Ax

Introduçao Ao Microsoft Dynamics Ax Introduçao Ao Microsoft Dynamics Ax Download: Introduçao Ao Microsoft Dynamics Ax PDF ebook Introduçao Ao Microsoft Dynamics Ax PDF - Are you searching for Introduçao Ao Microsoft Dynamics Ax Books? Now,

Leia mais

Análise de Falhas em Equipamentos de Processo. Mecanismos de Danos e Casos Práticos [Portuguê

Análise de Falhas em Equipamentos de Processo. Mecanismos de Danos e Casos Práticos [Portuguê Análise de Falhas em Equipamentos de Processo. Mecanismos de Danos e Casos Práticos [Português] [Capa comum] Download: Análise de Falhas em Equipamentos de Processo. Mecanismos de Danos e Casos Práticos

Leia mais

Dependent Clauses ( Orações Subordinadas)

Dependent Clauses ( Orações Subordinadas) www.blogpensandoemingles.com www.facebook.com/pensandoeminglesblog Dependent Clauses ( Orações Subordinadas) Para entendermos melhor este assunto será necessário observarmos como ele funciona em português.

Leia mais

Prova Oral de Inglês Duração da Prova: 20 a 25 minutos 2013/2014. 1.º Momento. 4 (A), are you a health-conscious person?

Prova Oral de Inglês Duração da Prova: 20 a 25 minutos 2013/2014. 1.º Momento. 4 (A), are you a health-conscious person? Prova Oral de Inglês Duração da Prova: 20 a 25 minutos 2013/2014 GUIÃO A Disciplina: Inglês, Nível de Continuação 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho 1.º Momento Intervenientes e Tempos

Leia mais

Eu também passei por esse problema

Eu também passei por esse problema Eu também passei por esse problema Eu também passei por esse problema Eu também passei por esse problema Eu também passei por esse problema Eu também passei por esse problema 1- ACHO QUE NÃO Bem, como

Leia mais

In this lesson we will review essential material that was presented in Story Time Basic

In this lesson we will review essential material that was presented in Story Time Basic Portuguese Lesson 1 Welcome to Lesson 1 of Story Time for Portuguese Story Time is a program designed for students who have already taken high school or college courses or students who have completed other

Leia mais

Curso EFA - Inglês. A. Ouça a Tzu-Lee e o Jack falar sobre as suas actividades depois da escola. Complete a tabela.

Curso EFA - Inglês. A. Ouça a Tzu-Lee e o Jack falar sobre as suas actividades depois da escola. Complete a tabela. Curso EFA - Inglês Leisure 4 A. Ouça a Tzu-Lee e o Jack falar sobre as suas actividades depois da escola. Complete a tabela. Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Myers, Cathy et al Step Ahead 7 (wkbk)

Leia mais

Bárbara Rodrigues da Silva 3ALEN, 2015

Bárbara Rodrigues da Silva 3ALEN, 2015 Pets reality There are about 30 millions abandoned pets only in Brazil. Among these amount, about 10 millions are cats and the other 20 are dogs, according to WHO (World Health Organization). In large

Leia mais

SIMPLE PRESENTE AFIRMATIVE / NEGATIVE / INTERROGATIVE FORM. ( ) O acréscimo do ES só acontece nos verbos terminados em: s, ss, sh, ch, z, o, x.

SIMPLE PRESENTE AFIRMATIVE / NEGATIVE / INTERROGATIVE FORM. ( ) O acréscimo do ES só acontece nos verbos terminados em: s, ss, sh, ch, z, o, x. SIMPLE PRESENTE AFIRMATIVE / NEGATIVE / INTERROGATIVE FORM QUESTÃO (1) - De acordo com o estudo do presente simples, julgue os itens abaixo em F (FALSO) e V (VERDADEIRO) e em seguida marque a seqüência

Leia mais

Get Instant Access to ebook Russo Ver Falar PDF at Our Huge Library RUSSO VER FALAR PDF. ==> Download: RUSSO VER FALAR PDF

Get Instant Access to ebook Russo Ver Falar PDF at Our Huge Library RUSSO VER FALAR PDF. ==> Download: RUSSO VER FALAR PDF RUSSO VER FALAR PDF ==> Download: RUSSO VER FALAR PDF RUSSO VER FALAR PDF - Are you searching for Russo Ver Falar Books? Now, you will be happy that at this time Russo Ver Falar PDF is available at our

Leia mais

Serviços: API REST. URL - Recurso

Serviços: API REST. URL - Recurso Serviços: API REST URL - Recurso URLs reflectem recursos Cada entidade principal deve corresponder a um recurso Cada recurso deve ter um único URL Os URLs referem em geral substantivos URLs podem reflectir

Leia mais

WORKING CHILDREN. a) How many children in Britain have part-time jobs?. b) What do many Asian children do to make money in Britain?.

WORKING CHILDREN. a) How many children in Britain have part-time jobs?. b) What do many Asian children do to make money in Britain?. Part A I. TEXT. WORKING CHILDREN Over a million school children in Britain have part-time Jobs. The number is growing, too. More and more teenagers are working before school, after school or on weekends.

Leia mais

Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 5º Ano

Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 5º Ano Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 5º Ano 48 Numerais (1-20) Cores Alfabeto Linguagem da sala de aula Cumprimentos Nome, Idade O Reino Unido Identificação (Nome, Idade, País, Nacionalidade)

Leia mais

Preposições em Inglês: www.napontadalingua.hd1.com.br

Preposições em Inglês: www.napontadalingua.hd1.com.br Preposições na língua inglesa geralmente vem antes de substantivos (algumas vezes também na frente de verbos no gerúndio). Algumas vezes é algo difícil de se entender para os alunos de Inglês pois a tradução

Leia mais

Análise de Falhas em Equipamentos de Processo. Mecanismos de Danos e Casos Práticos [Portuguê

Análise de Falhas em Equipamentos de Processo. Mecanismos de Danos e Casos Práticos [Portuguê Análise de Falhas em Equipamentos de Processo. Mecanismos de Danos e Casos Práticos [Português] [Capa comum] Download: Análise de Falhas em Equipamentos de Processo. Mecanismos de Danos e Casos Práticos

Leia mais

THE SIMPLE FUTURE TENSE

THE SIMPLE FUTURE TENSE C.E. GISNO Subject: ENGLISH Teacher: ANDRÉ MATA Name: Number: Grade: 8 th Date: / / See the examples: 1. I will travel next week. 2. She will travel tomorrow. 3. You will travel in four months. INFINITIVO

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho Prova Escrita de Inglês 6º Ano de Escolaridade Prova 06 / 2.ª Fase 7 Páginas Duração da Prova: 90 minutos. 2014 Prova 06/ 2.ª F.

Leia mais

AT A HOTEL NO HOTEL. I d like to stay near the station. Can you suggest a cheaper hotel? Poderia sugerir um hotel mais barato?

AT A HOTEL NO HOTEL. I d like to stay near the station. Can you suggest a cheaper hotel? Poderia sugerir um hotel mais barato? I d like to stay near the station. Can you suggest a cheaper hotel? Gostaria de ficar por perto da estação. Poderia sugerir um hotel mais barato? I d like to stay near the station. (I would ) in a cheaper

Leia mais

NOME DO ALUNO(A): DISCIPLINA: INGLÊS ANO: 6º ANO TURMA: DATA: / / ESTUDO DIRIGIDO 6º ANO

NOME DO ALUNO(A): DISCIPLINA: INGLÊS ANO: 6º ANO TURMA: DATA: / / ESTUDO DIRIGIDO 6º ANO NOME DO ALUNO(A): Nº: DISCIPLINA: INGLÊS ANO: 6º ANO TURMA: DATA: / / PROFESSOR(A): RITA GUIDONE ESTUDO DIRIGIDO 6º ANO INTRODUÇÃO: Este estudo dirigido é composto por uma seleção de questões trabalhadas

Leia mais

Inglês 05 The Present.

Inglês 05 The Present. Inglês 05 The Present. O Presente Simples expressa uma ação que acontece rotineiramente, em contraste com o Continuous, que expressa, entre outras coisas, uma ação que esta se processando no momento. He

Leia mais

ENSINO MÉDIO 1. MEMBROS DA FAMÍLIA 2. ALIMENTOS 3. DIAS DA SEMANA 4. MESES 5. ESTAÇÕES DO ANO 6. NUMERAIS CARDINAIS E ORDINAIS

ENSINO MÉDIO 1. MEMBROS DA FAMÍLIA 2. ALIMENTOS 3. DIAS DA SEMANA 4. MESES 5. ESTAÇÕES DO ANO 6. NUMERAIS CARDINAIS E ORDINAIS SÍNTESE DA AULA DE INGLÊS ENSINO MÉDIO I VOCABULÁRIO IMPORTANTE: 1. MEMBROS DA FAMÍLIA 2. ALIMENTOS 3. DIAS DA SEMANA 4. MESES 5. ESTAÇÕES DO ANO 6. NUMERAIS CARDINAIS E ORDINAIS II - PERSONAL PRONOUNS

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Escrita de Inglês 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Continuação bienal Prova 0/2.ª Fase Páginas Duração da Prova: 120 minutos.

Leia mais

CAMPEOES PARA SEMPRE PDF

CAMPEOES PARA SEMPRE PDF CAMPEOES PARA SEMPRE PDF ==> Download: CAMPEOES PARA SEMPRE PDF CAMPEOES PARA SEMPRE PDF - Are you searching for Campeoes Para Sempre Books? Now, you will be happy that at this time Campeoes Para Sempre

Leia mais

PRONOMES. Ø Pronomes Pessoais

PRONOMES. Ø Pronomes Pessoais PRONOMES O pronome é uma palavra usada no lugar do nome (substantivo) para evitar a sua repetição e concorda, em gênero e número com o substantivo que representa. Para cada tipo de Pronome há um tipo de

Leia mais

Strings. COM10615-Tópicos Especiais em Programação I edmar.kampke@ufes.br 2014-II

Strings. COM10615-Tópicos Especiais em Programação I edmar.kampke@ufes.br 2014-II Strings COM10615-Tópicos Especiais em Programação I edmar.kampke@ufes.br Introdução Uma estrutura de dados fundamental Crescente Importância Aplicações: Busca do Google Genoma Humano 2 Caracteres Codificação

Leia mais

O LIVRE-ARBÍTRIO AGOSTINIANO E A LIBERDADE HUMANA

O LIVRE-ARBÍTRIO AGOSTINIANO E A LIBERDADE HUMANA O LIVRE-ARBÍTRIO AGOSTINIANO E A LIBERDADE HUMANA Cícero Paulino dos Santos Costa E-mail: ciceropaulino100@hotmail.com Graduando do Curso de Licenciatura em Filosofia pela Faculdade de Filosofia, Ciências

Leia mais

3 o ANO ENSINO MÉDIO. Prof. a Christiane Mourão Prof. a Cláudia Borges

3 o ANO ENSINO MÉDIO. Prof. a Christiane Mourão Prof. a Cláudia Borges 3 o ANO ENSINO MÉDIO Prof. a Christiane Mourão Prof. a Cláudia Borges Avaliação da unidade III Pontuação: 7,5 pontos 2 LEIA O TEXTO A SEGUIR E RESPONDA AS QUESTÕES 1 E 2. Does the color red really make

Leia mais

BRIGHAM AND EHRHARDT PDF

BRIGHAM AND EHRHARDT PDF BRIGHAM AND EHRHARDT PDF ==> Download: BRIGHAM AND EHRHARDT PDF BRIGHAM AND EHRHARDT PDF - Are you searching for Brigham And Ehrhardt Books? Now, you will be happy that at this time Brigham And Ehrhardt

Leia mais

(Eu) sempre escrito em letra maiúscula, em qualquer posição na frase. (Tu, você)

(Eu) sempre escrito em letra maiúscula, em qualquer posição na frase. (Tu, você) Nome: nº. 6º.ano do Ensino fundamental Professoras: Francismeiry e Juliana TER 1º BIMESTRE PERSONAL PRONOUNS (Pronomes pessoais) O que é pronome pessoal? O pronome pessoal substitui um nome, isto é um

Leia mais

Letra da música Gypsy da Lady Gaga em Português

Letra da música Gypsy da Lady Gaga em Português Letra da música Gypsy da Lady Gaga em Português Letra da música Gypsy da Lady Gaga em Português Cigana Às vezes uma história não tem fim Às vezes acho que nós poderíamos ser apenas amigos Porque eu sou

Leia mais

Santa Casa PDF ebooks Download

Santa Casa PDF ebooks Download Santa Casa PDF ==>Download: Santa Casa PDF ebook Santa Casa PDF - Are you searching for Santa Casa Books? Now, you will be happy that at this time Santa Casa PDF is available at our online library. With

Leia mais

SECRETARIA DO ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS Superintendência Regional de Ensino de Curvelo Acesse: pipcbccurvelo.blogspot.com

SECRETARIA DO ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS Superintendência Regional de Ensino de Curvelo Acesse: pipcbccurvelo.blogspot.com SECRETARIA DO ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS Superintendência Regional de Ensino de Curvelo Acesse: pipcbccurvelo.blogspot.com Avaliação de Língua Inglesa 6º ano Nome: Data: / / Questão Gabarito Habilidades

Leia mais

Lição 27: Preposições de direção. Como usar preposições de direção.

Lição 27: Preposições de direção. Como usar preposições de direção. Lesson 27: Prepositions of Direction (from, to, into, onto, away from) Lição 27: Preposições de direção Como usar preposições de direção.. Reading (Leituras) I come from Austria. ( Eu venho da Áustria.)

Leia mais

3 o ANO ENSINO MÉDIO. Prof. a Christiane Mourão Prof. a Cláudia Borges

3 o ANO ENSINO MÉDIO. Prof. a Christiane Mourão Prof. a Cláudia Borges 3 o ANO ENSINO MÉDIO Prof. a Christiane Mourão Prof. a Cláudia Borges Unidade IV Jobs The perfect job for you 2 Aula 10.1 Conteúdos Vocabulary: Jobs; Reading Comprehension 3 Habilidade Dizer o nome das

Leia mais

Bullying: causas e consequências na perspetiva dos agentes educativos

Bullying: causas e consequências na perspetiva dos agentes educativos UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Ciências Sociais e Humanas Bullying: causas e consequências na perspetiva dos agentes educativos Um estudo de caso Paulo Alexandre Freitas Agostinho Dissertação para obtenção

Leia mais

ANO LETIVO 2013-2014 CONTEÚDOS CURRICULARES

ANO LETIVO 2013-2014 CONTEÚDOS CURRICULARES Ano de escolaridade: 5º LÉXICO O Reino Unido Saudações Identidade Nomes ingleses O alfabeto A sala de aula Objectos escolares As cores Os dias da semana Países Nacionalidades Numerais cardinais (de 1 a

Leia mais

Planificação Curricular Anual Ano letivo 2014/2015

Planificação Curricular Anual Ano letivo 2014/2015 Compreensão 1. Compreender discursos muito simples articulados de forma clara e Unidade 0 Oral/Listening L6 pausada 1. Identificar palavras e expressões em canções e textos áudio/audiovisuais. - Cultura

Leia mais

QUAL CIÊNCIA DEVERIA SER ENSINADA EM PRIMEIRO LUGAR NO CURRÍCULO ESCOLAR DO ENSINO MÉDIO?

QUAL CIÊNCIA DEVERIA SER ENSINADA EM PRIMEIRO LUGAR NO CURRÍCULO ESCOLAR DO ENSINO MÉDIO? QUAL CIÊNCIA DEVERIA SER ENSINADA EM PRIMEIRO LUGAR NO CURRÍCULO ESCOLAR DO ENSINO MÉDIO? DISCUSSÃO SOBRE A INFLUÊNCIA POSITIVISTA NO SISTEMA EDUCACIONAL BRASILEIRO MACEIÓ, 2 DE JUNHO DE 2011 Programa

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE INGLÊS 7º ANO BÁSICO Name: Nº Class

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE INGLÊS 7º ANO BÁSICO Name: Nº Class ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE INGLÊS 7º ANO BÁSICO Name: Nº Class Date: / / Teacher: Mark: ( ) Neste bimestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou os conteúdos mínimos necessários. Agora, você

Leia mais

Súmario. Apresentação da Coleção Sinopses para Carreiras Fiscais...13

Súmario. Apresentação da Coleção Sinopses para Carreiras Fiscais...13 Súmario Apresentação da Coleção Sinopses para Carreiras Fiscais...13 CAPÍTULO 1 ARTIGOS...15 1.1 Artigo definido the...15 1.2 Artigos indefinidos a/an...18 CAPÍTULO 2 PRONOMES...31 2.1 Pronomes pessoais...31

Leia mais

Bem-vindo ao Inspector Stone uma produção da BBC Learning. Vamos começar o espetáculo.

Bem-vindo ao Inspector Stone uma produção da BBC Learning. Vamos começar o espetáculo. The case of the missing ring Script: part three A transcrição abaixo não é uma cópia fiel do áudio. Apresentadora: Bem-vindo ao Inspector Stone uma produção da BBC Learning English. Série 1 o caso da aliança

Leia mais

Get Instant Access to ebook Alemao Ver Falar PDF at Our Huge Library

Get Instant Access to ebook Alemao Ver Falar PDF at Our Huge Library ALEMAO VER FALAR PDF ==> Download: ALEMAO VER FALAR PDF ALEMAO VER FALAR PDF - Are you searching for Alemao Ver Falar Books? Now, you will be happy that at this time Alemao Ver Falar PDF is available at

Leia mais

Estratégia de Leitura Elementos de Referência. Reference devices ou elementos de referência

Estratégia de Leitura Elementos de Referência. Reference devices ou elementos de referência Estratégia de Leitura Elementos de Referência Reference devices ou elementos de referência Ao ler textos sobre qualquer assunto, em qualquer área de conhecimento, todo leitor percebe uma relação de REFERÊNCIA

Leia mais

REDUZIR, REUTILAR E RECICLAR PAPEL

REDUZIR, REUTILAR E RECICLAR PAPEL 1 FACULDADE ASSIS GURGACZ - FAG FÁBIO PROVIN - 200711664 REDUZIR, REUTILAR E RECICLAR PAPEL CASCAVEL - FAG 2009 FACULDADE ASSIS GURGACZ - FAG FÁBIO PROVIN - 200711664 2 REDUZIR, REUTILAR E RECICLAR PAPEL

Leia mais