2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ BRASIL TELECOM S.A. 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ BRASIL TELECOM S.A. 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX"

Transcrição

1 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2004 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO CVM DENOMINAÇÃO COMERCIAL BRASIL TELECOM 7 - SITE FAX DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ BRASIL TELECOM S.A DENOMINAÇÃO SOCIAL ANTERIOR TELECOMUNICAÇÕES DO PARANÁ S.A. 6 - NIRE SEDE 1 - ENDEREÇO COMPLETO SIA SUL ASP LOTE D 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF BRASÍLIA DF 6 - DDD DDD TELEFONE TELEFONE FAX TELEFONE FAX BAIRRO OU DISTRITO SIA SUL 10 - TELEX DEPARTAMENTO DE ACIONISTAS ATENDIMENTO NA EMPRESA 1 - NOME MARCOS TOURINHO 2 - CARGO DIRETOR ADJ DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES 3 - ENDEREÇO COMPLETO SIA/SUL - ASP - LOTE D - BLOCO B - 1º Andar 5 - CEP DDD DDD TELEFONE MUNICÍPIO BRASÍLIA 14 - FAX TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX FAX FAX BAIRRO OU DISTRITO SIA SUL 7 - UF DF AGENTE EMISSOR / INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DEPOSITÁRIA 18 - NOME BANCO BRADESCO S.A CONTATO DEPARTAMENTO DE AÇÕES E CUSTÓDIA 20 - ENDEREÇO COMPLETO 21 - BAIRRO OU DISTRITO CIDADE DE DEUS - PRÉDIO AMARELO - 2º Andar OSASCO 22 - CEP 23 - MUNICÍPIO 24 - UF SÃO PAULO SP 25 - DDD 26 - TELEFONE 27 - TELEFONE 28 - TELEFONE 29 - TELEX DDD 31 - FAX 32 - FAX 33 - FAX /06/ :18:09 Pág: 1

2 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/ IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ DIRETOR DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES (Endereço para Correspondência com a Companhia) 1 - NOME CARLA CICO 2 - ENDEREÇO COMPLETO SIA SUL ASP LOTE D BLOCO A 2º ANDAR 4 - CEP 5 - MUNICÍPIO BRASÍLIA 7 - DDD 8 - TELEFONE 9 - TELEFONE 10 - TELEFONE 11 - TELEX DDD FAX FAX 15 - FAX DIRETOR BRASILEIRO 18 - CPF 18 - PASSAPORTE NÃO BAIRRO OU DISTRITO SIA SUL 6 - UF DF REFERÊNCIA / AUDITOR 1 - DATA DE INÍCIO DO ÚLTIMO EXERCÍCIO SOCIAL 01/01/ DATA DE TÉRMINO DO ÚLTIMO EXERCÍCIO SOCIAL 31/12/ DATA DE INÍCIO DO EXERCÍCIO SOCIAL EM CURSO 01/01/ NOME/RAZÃO SOCIAL DO AUDITOR KPMG AUDITORES INDEPENDENTES 4 - DATA DE TÉRMINO DO EXERCÍCIO SOCIAL EM CURSO 31/12/ CÓDIGO CVM NOME DO RESPONSÁVEL TÉCNICO 8 - CPF DO RESP. TÉCNICO Manuel Fernandes Rodrigues de Sousa CARACTERÍSTICAS DA EMPRESA 1 - BOLSA DE VALORES ONDE POSSUI REGISTRO BVBAAL X BVMESB BVPR BVRJ BVST BVES BVPP BVRG BOVESPA 2 - MERCADO DE NEGOCIAÇÃO Bolsa 3 - TIPO DE SITUAÇÃO Operacional 4 - CÓDIGO DE ATIVIDADE Telecomunicações 5 - ATIVIDADE PRINCIPAL PRESTADOR DE SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES 02/06/ :18:23 Pág: 2

3 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/ IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ CONTROLE ACIONÁRIO / VALORES MOBILIÁRIOS 1 - NATUREZA DO CONTROLE ACIONÁRIO Nacional Holding 2 - VALORES MOBILIÁRIOS EMITIDOS PELA CIA. X Ações Debêntures Conversíveis em Ações Ações Resgatáveis Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI) Notas Promissórias (NP) BDR Partes Beneficiárias X Outros X Debêntures Simples Bônus de Subscrição DESCRIÇÃO ADR Nível II, Bonds Certificado de Investimento Coletivo (CIC) PUBLICAÇÕES DE DOCUMENTOS 1 - AVISO AOS ACIONISTAS SOBRE DISPONIBILIDADE DAS DFs. 29/03/ ATA DA AGO QUE APROVOU AS DFs. 29/04/ CONVOCAÇÃO DA AGO PARA APROVAÇÃO DAS DFs. 4 - PUBLICAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 29/03/ /03/ JORNAIS ONDE A CIA. DIVULGA INFORMAÇÕES 1 - ITEM 2 - TÍTULO DO JORNAL 3 - UF 01 Diário Oficial da União DF 02 Valor Econômico (Ed.Nacional) SP 03 Jornal de Brasília DF DIRETOR DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES 1 - DATA 25/05/ ASSINATURA 02/06/ :18:31 Pág: 3

4 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/ IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ COMPOSIÇÃO ATUAL DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO E DIRETORIA 1 - ITEM 2 - NOME DO ADMINISTRADOR 3 - CPF 4 - DATA 5 - PRAZO DO MANDATO DA ELEIÇÃO 6 - CÓDIGO TIPO DO 7 - ELEITO P/ 8 - CARGO 7 - FUNÇÃO ADMINISTRADOR * CONTROLADOR /FUNÇÃO 01 Eduardo Seabra Fagundes /04/2005 até AGO de SIM 20 Presidente do Conselho de Administração 02 Humberto José Rocha Braz /04/2005 até AGO de SIM 22 Conselho de Administração (Efetivo) 03 Luiz Octavio Carvalho da Motta Veiga /04/2005 até AGO de SIM 22 Conselho de Administração (Efetivo) 04 Eduardo Cintra Santos /04/2005 até AGO de SIM 22 Conselho de Administração (Efetivo) 06 André Urani /04/2005 até AGO de SIM 22 Conselho de Administração (Efetivo) 07 Antonio Cardoso dos Santos /04/2005 até AGO de NÃO 22 Conselho de Administração (Efetivo) 08 Carla Cico /08/ /08/ Presidente e Dir de Rel com Investidores 09 Paulo Pedrão Rio Branco /08/ /08/ Diretor Financeiro 10 Carlos Geraldo Campos Magalhães /08/ /08/ Diretor de Recursos Humanos 11 Francisco Aurélio Sampaio Santiago /08/ /08/ Diretor de Rede 12 José Leitão Viana /04/2005 até AGO de SIM 23 Conselho de Administração (Suplente) 13 Guido Vinci /04/2005 até AGO de SIM 23 Conselho de Administração (Suplente) 14 Robson Goulart Barreto /04/2005 até AGO de SIM 23 Conselho de Administração (Suplente) 15 Carlos Alberto Siqueira Castro /04/2005 até AGO de SIM 22 Conselho de Administração (Efetivo) 16 Waldir Luiz Correa /04/2005 até AGO de NÃO 23 Conselho de Administração (Suplente) * CÓDIGO: 1 - PERTENCE APENAS À DIRETORIA; 2 - PERTENCE APENAS AO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO; 3 - PERTENCE À DIRETORIA E AO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO. 02/06/ :18:38 Pág: 4

5 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/ IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ COMPOSIÇÃO ATUAL DO CONSELHO FISCAL 1 - CONSELHO FISCAL INSTALADO 2 - PERMANENTE SIM SIM 3 - ITEM 4 - NOME DO CONSELHEIRO 5 - CPF 6 - DATA 7 - PRAZO DO MANDATO DA ELEIÇÃO 8 - CARGO /FUNÇÃO 9 - FUNÇÃO 01 Luiz Otavio Nunes West /04/2005 até AGO de C.F.(EFETIVO)ELEITO P/CONTROLADOR 02 Gilberto Braga /04/2005 até AGO de C.F.(EFETIVO)ELEITO P/CONTROLADOR 03 Luiz Fernando Cavalcanti Trocolli /04/2005 até AGO de C.F.(EFETIVO)ELEITO P/CONTROLADOR 04 Marcos Duarte Santos /04/2005 até AGO de C.F.(EFETIVO)ELEITO P/PREFERENCIALISTAS 05 Augusto Cesar Calazans Lopes /04/2005 até AGO de C.F.(SUPLENT)ELEITO P/CONTROLADOR 06 Raimundo José do Prado Vieira /04/2005 até AGO de C.F.(SUPLENT)ELEITO P/CONTROLADOR 07 Genivaldo Almeida Bonfim /04/2005 até AGO de C.F.(SUPLENT)ELEITO P/CONTROLADOR 08 Carlos Eduardo Parente de Oliveira Alves /04/2005 até AGO de C.F.(SUPLENT)ELEITO P/PREFERENCIALISTAS 02/06/ :18:46 Pág: 5

6 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO (ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E DIRETOR 01) EDUARDO SEABRA FAGUNDES - Presidente do Conselho de Administração Formação Acadêmica Experiência Profissional Direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro Curso de Estudos e Pesquisa do Ensino do Direito pela Fundação Getúlio Vargas Advogado militante Procurador do Estado do Rio de Janeiro Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (Federal) Presidente do Instituto dos Advogados Brasileiros Procurador-Geral do Estado do Rio de Janeiro Secretário de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Presidente do Conselho de Administração do Banco Credibanco S.A. 02) HUMBERTO JOSÉ ROCHA BRAZ - Membro do Conselho de Administração Formação Acadêmica Experiência Profissional Graduação em Comunicação Social pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Belo Horizonte MBA em Gestão de Negócios pela Fundação Instituto de Administração, FIA/USP Diretor Presidente da Brasil Telecom Participações S.A. Diretor de Relações Institucionais da Brasil Telecom Participações S.A. Diretor Comercial da Construtora Andrade Gutierrez Superintendente de Contratos da Construtora Andrade Gutierrez Gerente Comercial da Construtora Andrade Gutierrez Assistente de Diretoria da Construtora Andrade Gutierrez Relacionamento Institucional da Construtora Andrade Gutierrez 03) LUIS OCTAVIO CARVALHO DA MOTTA VEIGA - Membro do Conselho de Administração Formação Acadêmica Experiência Profissional Direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro Pós-graduação em Direito Tributário pela Fundação Getúlio Vargas RJ Management Publique pelo Institut International d Administration Publique - Paris Presidente da Petrobrás Petróleo Brasileiro S.A. Diretor-Presidente das empresas: Anglo American Corporation do Brasil Ltda. Rayner Coffe Internacional (Londres), Jornal do Brasil S.A. Diretor do Banco da Bahia de Investimentos e de outras empresas do Grupo BBM Presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) 02/06/ :19:01 Pág: 6

7 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO (ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E DIRETOR Membro do Conselho Monetário Nacional Sócio do escritório Carvalhosa, Eizirik e Motta Veiga Advogados 04) EDUARDO CINTRA SANTOS - Membro do Conselho de Administração Formação Acadêmica Experiência Profissional Engenharia Civil pela Universidade Federal da Bahia - UFBA Sócio Gerente, Diretor e Responsável Técnico da PERBRÁS - Empresa Brasileira de Perfurações Ltda. Sócio Gerente e Responsável Técnico da E.C.S. Construções e Montagens Ltda. 05) ANDRÉ URANI - Membro do Conselho de Administração Formação Acadêmica Experiência Profissional Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro PUC-RJ Mestrado em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro PUC-RJ Diplome d Etudes Approfondies em Economia pelo Département et Laboratoire d'economie Théorique et Appliquée Paris Doutorado em Economia pelo Département et Laboratoire d'economie Théorique et Appliquée Paris Diretor Executivo do Instituto de Estudos de Trabalho e Sociedade (IETS) Comentarista do Jornal da TV Futura Secretário Municipal do Trabalho da Cidade do Rio de Janeiro Professor Adjunto do Instituto de Economia da UFRJ 06) ANTONIO CARDOSO DOS SANTOS - Membro do Conselho de Administração Formação Acadêmica Administração de Empresas pela Escola Superior de Administração e Negócios São Paulo Pós-graduação em Gerência Empresarial pela Associação de Ensino Unificado do Distrito Federal AEUDF Técnico em Contabilidade pelo Colégio Comercial Excelsior São Paulo Experiência Profissional Administrador na Diretoria de Regulamentação da Tele Norte Leste Participações S.A. TELEMAR Gerente da Divisão de Qualificação de Fornecedores da Telecomunicações Brasileiras S.A. TELEBRÁS 02/06/ :19:01 Pág: 7

8 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO (ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E DIRETOR Administrador na Divisão de Promoção Mercadológica da Telecomunicações Brasileiras S.A. TELEBRÁS Assistente do Diretor de Aplicações da Fundação TELEBRÁS de Seguridade Social SISTEL Administrador na Divisão Financeira da Telecomunicações Brasileiras S.A. TELEBRÁS Gerente da Divisão de Apoio Contábil e Orçamentária da Telecomunicações Brasileiras S.A. TELEBRÁS Gerente da Divisão de Análise e Consolidação de Balanço da Telecomunicações Brasileiras S.A. TELEBRÁS Assessor do Departamento de Controle da Telecomunicações Brasileiras S.A. TELEBRÁS Supervisor de auditoria independente pela Arthur Young Auditores Associados 07) JOSÉ LEITÃO VIANA Membro Suplente do Conselho de Administração Formação Acadêmica Experiência Profissional Ciências Econômicas pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro UERJ Pós-graduação em Engenharia Econômica e Administração Industrial pela Universidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ Estratégia das Empresas Públicas CESA - Paris Diretor de Investimentos e Finanças, Administração e Controle da Fundação Sistel de Seguridade Social SISTEL Diretor Econômico-Financeiro de Telecomunicações de Pernambuco S.A. TELPE Diretor Econômico-Financeiro de Telecomunicações Brasileiras S.A. TELEBRÁS Vice-Presidente da Telecomunicações de Minas Gerais S.A. - Telemig Diretor Econômico-Financeiro da Telecomunicações de Minas Gerais S.A. Telemig Chefe do Departamento Financeiro da Companhia de Telefones do Rio de Janeiro - CETEL Membro do Conselho das empresas Membro do Conselho Fiscal da Telebrasília S.A. Membro do Conselho da Telerj S.A. Membro do Conselho da Telemig S.A. Membro do Conselho da Telpe S.A. Membro do Conselho da Telemar S.A. Membro do Conselho da Telemig Participações S.A. Membro do Conselho da Tele Norte Celular Participações S.A. 08) GUIDO VINCI Membro Suplente do Conselho de Administração Formação Acadêmica 02/06/ :19:01 Pág: 8

9 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO (ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E DIRETOR Direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ Treinamento em Tributação Internacional Tax Centre da KPMG Holanda Experiência Profissional Sócio do Escritório Veirano e Advogados Associados 09) ROBSON GOULART BARRETO Membro Suplente do Conselho de Administração Formação Acadêmica Experiência Profissional Direito pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro UFRJ Curso de Especialização em Direito Societário pela Fundação Getúlio Vargas FGV Sócio do Escritório Veirano e Advogados Associados Presidente do Comitê Legislativo Vice-presidente e Presidente da Subcomissão de Legislação Brasileira da American Bar Association (Ordem dos Advogados dos Estados Unidos da América) 10) CARLOS ALBERTO SIQUEIRA CASTRO Membro do Conselho de Administração O conselheiro foi eleito na AGO/E realizada no dia 29 de abril de 2005, mas ainda não tomou posse. 11) WALDIR LUIZ CORREA Membro do Conselho de Administração O conselheiro foi eleito na AGO/E realizada no dia 29 de abril de 2005, mas ainda não tomou posse. 02/06/ :19:01 Pág: 9

10 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO (ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E DIRETOR 12) LUIZ OTAVIO NUNES WEST Membro do Conselho Fiscal Formação Acadêmica Experiência Profissional Graduação em Ciências Contábeis 25 anos de experiência nas áreas financeira, controladoria e planejamento de grandes empresas nacionais, com atuação nos segmentos de siderugia, telecomunicações, energia, petroquimica, transportes, contrução civil, saneamento, etc. Experiência em outros Órgãos Colegiados Nos últimos 5 anos participou ativamente de vários conselhos fiscais e de administração de empresas pertencentes a grandes grupos empresariais, com atividades em diversos segmentos do mercado brasileiro. 13) GILBERTO BRAGA Membro do Conselho Fiscal Formação Acadêmica Experiência Profissional Mestrado em Administração, com área de concentração em Finanças e Mercado de Capitais pelo IBMEC-RJ Pós-Graduado em Administração Financeira pelo IAG-PUC/Rio Ciências Contábeis pela UGF Economia pela Universidade Cândido Mendes Professor titular do Departamento de Controladoria e Contabilidade da Universidade Cândido Mendes Professor permanente dos cursos de pós-graduação do IBMEC-RJ Professor de cursos de extensão e pós-graduação da UGF Universidade Gama Filho, ABDF - Associação Brasileira de Direito Financeiro, Instituto de Magistratura do Estado do Rio de Janeiro, IEE - Instituto de Estudos Empresariais, Cândido Mendes e PUC-RJ, entre outras Controller do Grupo Opportunity Gerente Financeiro e de Planejamento Fiscal da Brahma Auditor e Assessor Financeiro das Empresas do Grupo Caemi Auditor da holding das empresas de Arthur João Donato Auditor externo da KPMG (na época Roberto Dreyfuss) Membro do Conselho das empresas Membro do Conselho Fiscal da Telemig Celular Part. S.A. Membro do Conselho Fiscal da Amazônia Celular Part. S.A. Membro do Conselho Fiscal da Santos Brasil S.A. (Terminal de Conteiner do Porto de Santos) Membro do Conselho Fiscal da Invitel S.A. Membro do Conselho Fiscal da Newtel Part. S.A. 02/06/ :19:01 Pág: 10

11 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO (ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E DIRETOR Membro do Conselho Fiscal da Telpart Part. S.A. Membro do Conselho Fiscal da ANBID Associação Nacional dos Bancos de Investimento Experiência em outros Órgãos Colegiados Conselheiro da Telecomunicações de Santa Catarina S.A. - TELESC, das 5 operadoras de telefoina celuar que formam a Amazônia Celular Maranhão Coordenador do Comitê Tributário da ANBID. Nomeado pela CVM Comissão de Valores Mobiliários para membro se de sua Comissão Consultiva sobre a elaboração de Informações Contábeis dos Fundos de Investimento Membro do IBGC Instituto Brasileiro de Governança Corporativa 14) LUIZ FERNANDO CAVALCANTI TRÓCOLI Membro do Conselho Fiscal Formação Acadêmica Engenharia Civil pela Universidade Federal da Bahia Experiência Profissional Diretor Administrativo/Financeiro do Esporte Clube Bahia S.A. Gerente Financeiro da Coesa Engenharia Ltda. Gerente Comercial do Icatu Empreendimentos e Participações Ltda. Gerente Comercial da Atlantica S.A. DTVM Assistente Técnico de Investimentos do Bradesco Seguros S.A. Engenheiro B NV 48 da Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A. Embasa Engenheiro Civil da Poly Construções Ltda Engenheiro Civil da Imbassahy Construções e Instalações S.A. 15) MARCOS DUARTE SANTOS Membro do Conselho Fiscal Formação Acadêmica Experiência Profissional Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ Pólo Gestão de Fundos Vice-Presidente - Operador (Renda Fixa) do CSFB Garantia Vice-Presidente - Operador (Renda Fixa) da Bankers Trust Company Vice-Presidente - Operador (Ações) da Bankers Trust Company Departamento Macroeconômico do Banco Icatu Planejamento Estratégico da Royal Dutch Shell 16) AUGUSTO CESAR CALAZANS LOPES Membro Suplente do Conselho Fiscal Formação Acadêmica Pós-graduação em Finanças Corporativas Formado em Ciências Contábeis 02/06/ :19:01 Pág: 11

12 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO (ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E DIRETOR Experiência Profissional Nos últimos anos atuou em vários conselhos fiscais com atividades em diversos segmentos do mercado brasileiro. 17) RAIMUNDO JOSÉ DO PRADO VIEIRA Membro Suplente do Conselho Fiscal Formação Acadêmica Experiência Profissional Ciências Contábeis pela Fundação Visconde de Cairú Sócio da RV - Consultores Associados S/S Gerente de Controladoria da OAS Participações Ltda. Gerente Administrativo/Financeiro da MEC Engenharia Ltda. Gerente de Controladoria da Televisão Bahia Ltda. Auditor Price Waterhouse Auditores Independentes Encarregado Auditoria Interna da CPC Companhia Petroquímica Camaçari Gerente de Controladoria da Refrigerantes da Bahia S.A. (Grupo Shorto) Gerente Contábil da Barreto de Araújo Produtos de Cacau Supervisor de Auditoria Interna da Caraíba Metais S.A. Ind. e Comércio Contador da Compat Costrução Pavimentação e Terraplanagem Analista Contábil da Melamina Ultra S.A. Auditor Assistente da Walter Heuer Contadores Auditores Experiência em outros Órgãos Colegiados Membro do Conselho Fiscal de empresas de telecomunicações 18) GENIVALDO ALMEIDA BONFIM Membro Suplente do Conselho Fiscal Formação Acadêmica Experiência Profissional Ciências Contábeis pela Faculdade da Fundação Visconde de Cairú de Salvador Pós-Graduação em Administração Financeira Empresarial pela Universidade Católica de Salvador Sócio e responsável técnico da Objetiva Consultoria e Assessoria Empresarial Ltda. Consultor Fiscal da Associação Bahiana de Supermercados 02/06/ :19:01 Pág: 12

13 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO (ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E DIRETOR Experiência em Órgãos Colegiados Presidente do Conselho Fiscal da Telecomunicações do Espírito Santo S.A. TELEST Presidente do Conselho Fiscal da Companhia Riograndense de Telecomunicações CRT Membro do Conselho Fiscal da Telecomunicações do Paraná TELEPAR Membro do Conselho Fiscal da Telecomunicações do Mato Grosso TELEMAT Membro do Conselho Fiscal da Telecomunicações do Acre TELEACRE 19) CARLOS EDUARDO PARENTE DE OLIVEIRA ALVES Membro Suplente do Conselho Fiscal Formação Acadêmica Experiência Profissional Engenharia de Produção pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro PUC-RJ DYO Program pela University of California Analista de renda variável da Pólo Gestão de Fundos Analista de ações para o setor elétrico e de saneamento do Banco UBS Warburg Rio de Janeiro e Nova Iorque Departamento de Análise de Empresas do Banco UBS Warburg Departamento de Planejamento Financeiro da Shell Brasil 02/06/ :19:01 Pág: 13

14 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO (ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E DIRETOR 20) - CARLA CICO Presidente e Diretora de Relações com Investidores Formação Acadêmica Experiência Profissional MBA pela LBS, Sloan Program MSE em negócios pela University of London Stet International S.p.A., Itália (Jan/95 - Fev/99) Diretora Internacional de Operações de Negócios em países da Ásia, América do Sul, Leste Europeu e África. Responsável pelas estratégias nos países e percepção de oportunidades de investimento. Responsável pela execução dos projetos em telefonia fixa e celular, inclusive avaliação e execução do financiamento desses projetos. IRI S.p.A., China (set/93 até dez/94) Chefe Representativa do Escritório de Beijing: Participação na finalização projetos de financiamento e joint ventures nos setores de telecomunicações, aço, aeroespacial, energia e setores secundários. Responsável pelo relacionamento com Órgãos do Governo Chinês, entre os quais a Comissão de Planejamento Estatal, Ministério de Comércio Estrangeiro, Agências de Importação/Exportação, Banco da China, além de instituições financeiras internacionais como o Banco Mundial e o Banco de Desenvolvimento Asiático. Gerente Residente: Responsável pela joint venture de produção de equipamentos de comunicação; supervisão logística geral; gerenciamento dos empregados chineses e italianos; transferência de know-how de tecnologia da fábrica italiana para as operações chinesas e organização de um sistema de gerenciamento de inventários. Italtel S.p.A., China (Jan/87 - Set/92) Chefe Representativa do Escritório de Beijing: Responsável pela definição e implementação da estratégia da Italtel na China: análise de competição; marketing de produtos; negociação com fornecedores; gerenciamento geral de projetos; treinamento de técnicos e acesso a novos mercados como Indonésia, Vietnã, Tailândia e Filipinas. 21) PAULO PEDRÃO RIO BRANCO Diretor Financeiro Formação Acadêmica Experiência Profissional Administração de Empresas pela Universidade Católica de Salvador Bacharel em Economia pela Universidade Católica de Salvador Pós-graduação em Finanças Empresariais pela Fundação Getúlio Vargas Curso de Extensão em Gestão da Qualidade pela Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia Seminaire Gestion Administrative de La Distribution - EDF Internacional (França) Seminaire Calcul Economique et Planification des Investissements - EDF Internacional (França) Diretor de Desenvolvimento da Iberdrola Energia do Brasil Ltda. 02/06/ :19:01 Pág: 14

15 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO (ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E DIRETOR Gerente do Departamento de Novos Negócios da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia - COELBA Assistente da Diretoria Financeira - COELBA Diretor Econômico-Financeiro da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco CHESF Secretário das Minas e Energia do Estado da Bahia Secretário de Administração do Estado da Bahia Secretário Extraordinário para Assuntos de Articulação Municipal do Estado da Bahia Coordenador Especial de Acompanhamento da Secretaria de Governo do Estado da Bahia Adjunto da Presidência da CHESF Coordenador de Energia da Secretaria das Minas e Energia do Estado da Bahia Coordenador Geral da Presidência da COELBA 22) CARLOS GERALDO CAMPOS MAGALHÃES Diretor de Recursos Humanos Formação Acadêmica Experiência Profissional Administração de Empresas pela Escola de Administração de Empresas da Bahia e Engenheiro Eletricista, com ênfase em Eletrônica e Eletrotécnica pela Escola Politécnica da Universidade Federal da Bahia Diretor de Administração e do grupo OAS Finanças Diretor Financeiro da Construtora OAS e COESA Engenharia Subsecretário da Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia Superintendente Geral de Orçamento da LIGHT Serviços de Eletricidade S.A. Diretor-Presidenteda COELBA Diretor Econômico-Financeiro da COELBA Coordenador Geral da Presidência da COELBA Engenheiro do Departamento de Planejamento do Sistema de Transmissão da COELBA 23) FRANCISCO AURÉLIO SAMPAIO SANTIAGO Diretor de Rede Formação Acadêmica Engenharia Elétrica pela UnB Especialização em Novas Tecnologias de Telecomunicações pela Escola Nacional Superior de Telecomunicações (ENST) e pela Escola Nacional Superior de Eletricidade (ESE) Paris, França Estágio na DGT (atual France Telecom) Paris, França Especialização em Teleinformática pela UNB Direção Estratégica e Planejamento pela FGV de São Paulo Planejamento Estratégico e Gerência Estratégica na IBM Gávea RJ 02/06/ :19:01 Pág: 15

16 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO (ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E DIRETOR Marketing Analysis and Planning Course pela Warthon School, Universidade de Pennsylvania realizado na IBM Gávea Estratégia Empresarial e Ambiente de Negócios pela FGV de São Paulo Experiência Profissional Engenheiro da Telebrasília Gerente da seção Gerência de Redes da Telebrasília Gerente da Divisão de Sistemas de Telecomunicações da Telebrasília Gerente do Departamento de Operação e Manutenção de Equipamentos da Telebrasília Gerente do Departamento de Planejamento e Controle Operacional da Telebrasília Coordenador Executivo (equivalente a vice-diretor) da Diretoria de Operações da Telebrasília Coordenador Executivo da Diretoria de Engenharia da Telebrasília Gerente da Unidade de Negócios de Telecomunicações Avançadas da Diretoria de Serviços de Telecomunicações da Telebrasília Gerente do Departamento de Comunicações Móveis Celulares da Telebrasília Diretor de Recursos Humanos da Telebrasília Diretor Econômico Financeiro da Telebrasília Diretor de Engenharia da Telebrasília Diretor de Rede da Tele Centro Sul (atual Brasil Telecom Participações S.A.) Diretor de Rede da Telegoiás (atual Brasil Telecom S.A.) Diretor de Rede da Telepar (atual Brasil Telecom S.A.) Diretor Adjunto de Rede da Brasil Telecom S.A. Diretor Adjunto de Metas da Brasil Telecom S.A. Responsável pela Diretoria de Operações da Brasil Telecom S.A. Responsável pela Diretoria de Rede da Brasil Telecom S.A. Responsável pela Vice-Presidência de Gestão Comercial e de Rede da Brasil Telecom S.A. 02/06/ :19:01 Pág: 16

17 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/ IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ EVENTOS RELATIVOS À DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL 1 - EVENTO BASE 2 - DATA DO EVENTO 3 - PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS 4 - INVESTIDORES INSTITUCIONAIS 5 - ACORDO DE ACIONISTAS 6 - AÇÕES PREFER. COM DIREITO A VOTO RCA 29/03/ SIM RESTRITO 7 - AÇÕES PREFERENCIAIS COM DIREITO A VOTO BRTO 8 - DATA DO ÚLTIMO ACORDO DE ACIONISTAS 28/04/2005 AÇÕES EM CIRCULAÇÃO NO MERCADO ORDINÁRIAS 9 - QUANTIDADE (Unidade) 10 - Percentual ,93 PREFERENCIAIS TOTAL 11 - QUANTIDADE (Unidade) 12 - Percentual 13 - QUANTIDADE (Unidade) 14 - Percentual , , POSIÇÃO ACIONÁRIA DOS ACIONISTAS COM MAIS DE 5% DE AÇÕES COM DIREITO A VOTO 1 - ITEM 2 - NOME/RAZÃO SOCIAL 3 - CPF/CNPJ 4 - NACIONALIDADE 5 - UF 6 - AÇÕES ORDINÁRIAS 7 - % 8 - AÇÕES PREFERENCIAIS 9 - % 10 - TOTAL DE AÇÕES (Mil) (Mil) (Mil) 11 - % 12 - COMP.CAP.SOC PART. NO ACORDO DE ACIONISTAS 14 - CONTROLADOR 01 BRASIL TELECOM PARTICIPAÇÕES S.A /70 Brasileira DF , , ,55 29/04/2005 NÃO SIM 97 AÇÕES EM TESOURARIA 0 0, , ,46 98 OUTROS , , ,99 99 TOTAL , , ,00 02/06/ :19:13 Pág: 17

18 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/ IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL SOCIAL DOS CONTROLADORES ATÉ O NÍVEL DE PESSOA FÍSICA 1 - ITEM 2 - CONTROLADORA / INVESTIDORA 3 - DATA DE COMP. CAP. SOCIAL 01 BRASIL TELECOM PARTICIPAÇÕES S.A. 29/4/ ITEM 2 - NOME/RAZÃO SOCIAL 3 - CPF/CNPJ 4 - NACIONALIDADE 5 - UF 6 - AÇÕES ORDINÁRIAS/ 7 - % 8 - AÇÕES PREFERENCIAIS 9 - % 10 - AÇÕES/COTAS TOTAL 11 - % COTAS (Unidades) (Unidades) (Unidades) 12 - COMP.CAP.SOC SOLPART PARTICIPAÇÕES S.A , , ,85 29/04/ /58 Brasileira RJ 0102 PREVI - Caixa Prev. Func. Banco Brasil , , , /24 Brasileira DF 0103 OUTROS , , ,69 19/04/ AÇÕES EM TESOURARIA ,10 0 0, , TOTAL , , ,00 02/06/ :19:23 Pág: 18

19 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/ IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL SOCIAL DOS CONTROLADORES ATÉ O NÍVEL DE PESSOA FÍSICA 1 - ITEM 2 - CONTROLADORA / INVESTIDORA 3 - DATA DE COMP. CAP. SOCIAL 0101 SOLPART PARTICIPAÇÕES S.A. 29/4/ ITEM 2 - NOME/RAZÃO SOCIAL 3 - CPF/CNPJ 4 - NACIONALIDADE 5 - UF 6 - AÇÕES ORDINÁRIAS/ 7 - % 8 - AÇÕES PREFERENCIAIS 9 - % 10 - AÇÕES/COTAS TOTAL 11 - % COTAS (Unidades) (Unidades) (Unidades) 12 - COMP.CAP.SOC TIMEPART PARTICIPAÇÕES LTDA ,02 0 0, ,02 28/04/ /47 Brasileira RJ TECHOLD PARTICIPAÇÕES S.A ,98 0 0, ,98 28/04/ /88 Brasileira RJ TELECOM ITALIA INTERNATIONAL N.V ,00 0 0, ,00 28/04/2005 Italiana OUTROS 20 0,00 0 0, , TOTAL ,00 0 0, ,00 02/06/ :19:23 Pág: 19

20 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/ IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL SOCIAL DOS CONTROLADORES ATÉ O NÍVEL DE PESSOA FÍSICA 1 - ITEM 2 - CONTROLADORA / INVESTIDORA 3 - DATA DE COMP. CAP. SOCIAL TIMEPART PARTICIPAÇÕES LTDA. 28/4/ ITEM 2 - NOME/RAZÃO SOCIAL 3 - CPF/CNPJ 4 - NACIONALIDADE 5 - UF 6 - AÇÕES ORDINÁRIAS/ 7 - % 8 - AÇÕES PREFERENCIAIS 9 - % 10 - AÇÕES/COTAS TOTAL 11 - % COTAS (Unidades) (Unidades) (Unidades) 12 - COMP.CAP.SOC PRIVTEL INVESTIMENTOS S.A ,10 0 0, ,10 17/07/ /10 Brasileira RJ TELEUNION S.A ,80 0 0, ,80 17/07/ /99 Brasileira RJ TELECOM HOLDING S.A ,10 0 0, ,10 17/07/ /00 Brasileira RJ TOTAL ,00 0 0, ,00 02/06/ :19:23 Pág: 20

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ ROSSI RESIDENCIAL S/A 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ ROSSI RESIDENCIAL S/A 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 1 CÓDIGO CVM 016306 4 DENOMINAÇÃO COMERCIAL 2

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 01.01 - IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

Data-Base - 31/12/2001 01768-0 BRASIL TELECOM PARTICIPAÇÕES S.A. 02.570.688/0001-70

Data-Base - 31/12/2001 01768-0 BRASIL TELECOM PARTICIPAÇÕES S.A. 02.570.688/0001-70 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2001 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

Data-Base - 31/12/2001

Data-Base - 31/12/2001 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2001 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 01.01 - IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ BRASIL TELECOM S.A. 14 - FAX. SIA/SUL - ASP - LOTE D - BLOCO B - 1º Andar 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ BRASIL TELECOM S.A. 14 - FAX. SIA/SUL - ASP - LOTE D - BLOCO B - 1º Andar 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2003 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

Data-Base - 31/12/2000

Data-Base - 31/12/2000 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2000 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX CVM COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN INFORMAÇÕES ANUAIS DataBase 31/12/1997 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE

Leia mais

Data-Base - 31/12/2001

Data-Base - 31/12/2001 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2001 Reapresentação Espontânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA,

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ CENTRAIS ELET STA CATARINA SA 9 - TELEFONE 3231-6222 14 - FAX 3231-6530 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ CENTRAIS ELET STA CATARINA SA 9 - TELEFONE 3231-6222 14 - FAX 3231-6530 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 1 - CÓDIGO CVM 002461 4 - DENOMINAÇÃO COMERCIAL

Leia mais

Data-Base - 31/12/1999 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01768-0 TELE CENTRO SUL PARTICIPAÇÕES S/A 02.570.688/0001-70 9 - TELEFONE

Data-Base - 31/12/1999 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01768-0 TELE CENTRO SUL PARTICIPAÇÕES S/A 02.570.688/0001-70 9 - TELEFONE SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/1999 Divulgação Externa O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS

Leia mais

Brasil Telecom. Gigantes dos Mercados Emergentes UBS Warburg. Dezembro de 2002

Brasil Telecom. Gigantes dos Mercados Emergentes UBS Warburg. Dezembro de 2002 Brasil Telecom Gigantes dos Mercados Emergentes UBS Warburg Dezembro de 2002 1 OSetor de Telecomunicações no Brasil 2 Empresas de Telefonia Fixa Região IV (Somente Longa Distância) Preço Mínimo: US$1.548

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 01.01 - IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01910-0 CAROACI PARTICIPAÇÕES S.A. 04.032.433/0001-80 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01910-0 CAROACI PARTICIPAÇÕES S.A. 04.032.433/0001-80 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/22 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 14 - FAX 20 - ENDEREÇO COMPLETO 21 - BAIRRO OU DISTRITO 25 - DDD 26 - TELEFONE 27 - TELEFONE 28 - TELEFONE 29 - TELEX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 14 - FAX 20 - ENDEREÇO COMPLETO 21 - BAIRRO OU DISTRITO 25 - DDD 26 - TELEFONE 27 - TELEFONE 28 - TELEFONE 29 - TELEX Data-Base - 31/12/21 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 1.1 - IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01901-1 EMPR. CONCESS. DE RODOVIAS DO NORTE S.A. 02.222.736/0001-30 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01901-1 EMPR. CONCESS. DE RODOVIAS DO NORTE S.A. 02.222.736/0001-30 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/25 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01896-1 MEHIR HOLDINGS S.A. 04.310.392/0001-46 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01896-1 MEHIR HOLDINGS S.A. 04.310.392/0001-46 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/25 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Divulgação Externa O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2001 Divulgação Externa Legislação Societária Reapresentação Espontânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA

Leia mais

Vivo Participações S/A (Nova Denominação Social da Telesp Celular Participações S/A)

Vivo Participações S/A (Nova Denominação Social da Telesp Celular Participações S/A) Vivo Participações S/A (Nova Denominação Social da Telesp Celular Participações S/A) 1ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2006 Vivo Participações S/A (Nova Denominação

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01991-7 IGARATINGA PARTICIPAÇÕES S.A. 06.977.739/0001-34 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01991-7 IGARATINGA PARTICIPAÇÕES S.A. 06.977.739/0001-34 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/6/25 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

PONTÍFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS CURSO DE DIREITO

PONTÍFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS CURSO DE DIREITO PONTÍFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS CURSO DE DIREITO Disciplina: Direito Empresarial II JUR 1022 Turma: C02 Prof.: Luiz Fernando Capítulo VI SOCIEDADES ANÔNIMAS 1. Evolução Legal: a) Decreto n. 575/49;

Leia mais

ANEXO 24 Formulário de Referência

ANEXO 24 Formulário de Referência Reapresentação do Formulário de Referência conforme 4, inciso I do artigo 24 da IN CVM nº 480/2009. (...) ANEXO 24 Formulário de Referência 12.6 Diretoria da Valetron S/A a. Maria Amalia Delfim de Melo

Leia mais

VIVO PARTICIPAÇÕES S.A. Companhia Aberta CNPJ MF 02.558.074/0001 73 NIRE 35.3.001.587 92 TELECOMUNICAÇÕES DE SÃO PAULO S.A. TELESP FATO RELEVANTE

VIVO PARTICIPAÇÕES S.A. Companhia Aberta CNPJ MF 02.558.074/0001 73 NIRE 35.3.001.587 92 TELECOMUNICAÇÕES DE SÃO PAULO S.A. TELESP FATO RELEVANTE FATO RELEVANTE As administrações da Vivo Participações S.A. ( Vivo Part. ) e da Telecomunicações de São Paulo S.A. Telesp ("Telesp") (conjuntamente referidas como Companhias ), na forma e para os fins

Leia mais

Invitel, Solpart, Copart 1 e BrT Part, conjuntamente, denominadas simplesmente como Partes ;

Invitel, Solpart, Copart 1 e BrT Part, conjuntamente, denominadas simplesmente como Partes ; PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÕES DA INVITEL S.A. PELA SOLPART PARTICIPAÇÕES S.A., DA SOLPART PARTICIPAÇÕES S.A. PELA COPART 1 PARTICIPAÇÕES S.A., E DA COPART 1 PARTICIPAÇÕES S.A. PELA BRASIL TELECOM

Leia mais

UNICASA INDÚSTRIA DE MÓVEIS S.A.

UNICASA INDÚSTRIA DE MÓVEIS S.A. POLÍTICA DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÃO RELEVANTE DA COMPANHIA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES E MANUTENÇÃO DE SIGILO POR POTENCIAIS OU EFETIVOS DETENTORES DE INFORMAÇÃO RELEVANTE, NOS TERMOS DA INSTRUÇÃO CVM Nº

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TELEMAR NORTE LESTE S/A. 7 - SITE http://www.oi.com.br/ri 9 - TELEFONE 13 - FAX - 14 - FAX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TELEMAR NORTE LESTE S/A. 7 - SITE http://www.oi.com.br/ri 9 - TELEFONE 13 - FAX - 14 - FAX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 01.01 - IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 9 - TELEFONE - 0 14 - FAX - 0 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX 20 - ENDEREÇO COMPLETO 21 - BAIRRO OU DISTRITO

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 9 - TELEFONE - 0 14 - FAX - 0 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX 20 - ENDEREÇO COMPLETO 21 - BAIRRO OU DISTRITO O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 1 - CÓDIGO CVM 016306 4 - DENOMINAÇÃO COMERCIAL

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ BRASIL TELECOM S.A. 9 - TELEFONE 3415-1411 14 - FAX - 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ BRASIL TELECOM S.A. 9 - TELEFONE 3415-1411 14 - FAX - 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/26 Divulgação Externa O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS

Leia mais

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA CONVOCAÇÃO

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA CONVOCAÇÃO COMPANHIA ENERGÉTICA DE MINAS GERAIS-CEMIG COMPANHIA ABERTA CNPJ 17.155.730/0001-64 - NIRE 31300040127 ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA CONVOCAÇÃO Ficam os senhores acionistas convocados para se reunirem

Leia mais

CEMIG GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. 3ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013

CEMIG GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. 3ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 CEMIG GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. 3ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2014. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

(c) promover, realizar ou orientar a captação, em fontes internas e externas, de recursos a serem aplicados pela Companhia ou pela sua controlada;

(c) promover, realizar ou orientar a captação, em fontes internas e externas, de recursos a serem aplicados pela Companhia ou pela sua controlada; RELATORIO DA ADMINISTRAÇÃO SENHORES ACIONISTAS, Atendendo às disposições legais e estatutárias, a Administração da TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. sociedade anônima de capital aberto, submete à apreciação

Leia mais

OGX PETRÓLEO E GÁS PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ: 07.957.093/0001-96 NIRE: 33.3.0027845-1 Companhia Aberta

OGX PETRÓLEO E GÁS PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ: 07.957.093/0001-96 NIRE: 33.3.0027845-1 Companhia Aberta OGX PETRÓLEO E GÁS PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ: 07.957.093/0001-96 NIRE: 33.3.0027845-1 Companhia Aberta Proposta da Administração à Assembleia Geral Extraordinária a ser realizada no dia 12 de setembro de

Leia mais

Conforme instrução CVM nº 480/09 e Ofício Circular CVM nº 001/2010, a atualização do Formulário de Referência itens 12.6 e 12.8.

Conforme instrução CVM nº 480/09 e Ofício Circular CVM nº 001/2010, a atualização do Formulário de Referência itens 12.6 e 12.8. Conforme instrução CVM nº 480/09 e Ofício Circular CVM nº 001/2010, a atualização do Formulário de Referência itens 12.6 e 12.8. 12.6. Administradores e membros do conselho fiscal 12.7. Membros dos comitês

Leia mais

OI S.A. (Atual denominação de Brasil Telecom S.A.) 8ª Emissão Pública de Debêntures

OI S.A. (Atual denominação de Brasil Telecom S.A.) 8ª Emissão Pública de Debêntures OI S.A. (Atual denominação de Brasil Telecom S.A.) 8ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 Oi S.A. (atual denominação de BRASIL TELECOM S.A.) 8ª Emissão

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ. 7 - SITE www.gerdau.com.br 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ. 7 - SITE www.gerdau.com.br 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/28 Reapresentação Espontânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2003 Divulgação Externa Legislação Societária Reapresentação Espontânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA

Leia mais

I. DA AQUISIÇÃO DO CONTROLE DA BRASIL TELECOM

I. DA AQUISIÇÃO DO CONTROLE DA BRASIL TELECOM TELE NORTE LESTE PARTICIPAÇÕES S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF nº 02.558.134/0001-58 NIRE nº 33300262539 TELEMAR NORTE LESTE S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF nº 33.000.118/0001-79 NIRE nº 33300152580 F A T

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 02003-6 BRASILAGRO CIA BRAS PROPRIEDADES AGRICOL 07.628.528/0001-59 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 02003-6 BRASILAGRO CIA BRAS PROPRIEDADES AGRICOL 07.628.528/0001-59 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 31/3/26 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Divulgação Externa Legislação Societária O REGISTRO

Leia mais

PHAROL, SGPS S.A. informa sobre eventos relacionados à execução da nova estrutura da Oi

PHAROL, SGPS S.A. informa sobre eventos relacionados à execução da nova estrutura da Oi Comunicado Lisboa 22 de julho de 2015 PHAROL, SGPS S.A. informa sobre eventos relacionados à execução da nova estrutura da Oi O Conselho de Administração da Pharol, SGPS S.A. ( Pharol ), em complemento

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DE CORRÊA RIBEIRO S/A COMÉRCIO E INDÚSTRIA CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO SOCIAL E PRAZO DE DURAÇÃO:

ESTATUTO SOCIAL DE CORRÊA RIBEIRO S/A COMÉRCIO E INDÚSTRIA CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO SOCIAL E PRAZO DE DURAÇÃO: ESTATUTO SOCIAL DE CORRÊA RIBEIRO S/A COMÉRCIO E INDÚSTRIA CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO SOCIAL E PRAZO DE DURAÇÃO: Denominação Artigo 1º - Corrêa Ribeiro S/A Comércio e Indústria é uma sociedade

Leia mais

ANEXO I ESTATUTO SOCIAL DA EMBRATEL PARTICIPAÇÕES S.A. CAPÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS DA COMPANHIA

ANEXO I ESTATUTO SOCIAL DA EMBRATEL PARTICIPAÇÕES S.A. CAPÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS DA COMPANHIA ANEXO I ESTATUTO SOCIAL DA EMBRATEL PARTICIPAÇÕES S.A. CAPÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS DA COMPANHIA Art. 1º - EMBRATEL PARTICIPAÇÕES S.A. é uma sociedade por ações, controladora da Empresa Brasileira de

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01768-0 BRASIL TELECOM PARTICIPAÇÕES S.A. 02.570.688/0001-70 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01768-0 BRASIL TELECOM PARTICIPAÇÕES S.A. 02.570.688/0001-70 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 31/03/2005 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS

Leia mais

Prospecto Definitivo do 1 Programa de Distribuição Pública de Valores Mobiliários da

Prospecto Definitivo do 1 Programa de Distribuição Pública de Valores Mobiliários da ESTE DOCUMENTO É O PROSPECTO DO PRIMEIRO PROGRAMA DE DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DE VALORES MOBILIÁRIOS DA BRASIL TELECOM S.A. ESTE DOCUMENTO NÃO CONSTITUI UMA OFERTA DE VENDA OU UMA SOLICITAÇÃO PARA OFERTA DE

Leia mais

Acordo de Acionistas. Corporativa da CPFL Energia S.A. Atual Denominação Social da Draft II Participações S.A.

Acordo de Acionistas. Corporativa da CPFL Energia S.A. Atual Denominação Social da Draft II Participações S.A. Acordo de Acionistas Diretrizes da CPFL de Energia Governança S.A. Corporativa da CPFL Energia S.A. Atual Denominação Social da Draft II Participações S.A. 1 Sumário I Introdução 3 II Estrutura Corporativa

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - Encalso Participações em Concessões S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - Encalso Participações em Concessões S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

Anúncio de Início da Distribuição Pública de Cotas da Primeira Emissão do

Anúncio de Início da Distribuição Pública de Cotas da Primeira Emissão do Anúncio de Início da Distribuição Pública de Cotas da Primeira Emissão do COGITU FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES CNPJ/MF n.º 18.653.262/0001-10 Código ISIN das Cotas: BRCGTUCTF009 ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Avaliação de Investimentos em Participações Societárias

Avaliação de Investimentos em Participações Societárias Avaliação de Investimentos em Participações Societárias CONTABILIDADE AVANÇADA I 7º Termo de Ciências Contábeis Profª MSc. Maria Cecilia Palácio Soares Regulamentação do Método da Equivalência Patrimonial

Leia mais

MAESTRO LOCADORA DE VEÍCULOS S.A. NIRE 35.300.414.284 CNPJ/MF nº 08.795.211/0001-70

MAESTRO LOCADORA DE VEÍCULOS S.A. NIRE 35.300.414.284 CNPJ/MF nº 08.795.211/0001-70 MAESTRO LOCADORA DE VEÍCULOS S.A. NIRE 35.300.414.284 CNPJ/MF nº 08.795.211/0001-70 POLÍTICA DE DIVULGAÇÃO DE ATO E FATO RELEVANTE DA MAESTRO LOCADORA DE VEÍCULOS S.A. A presente Política de Divulgação

Leia mais

O QUE É A CVM? II - a negociação e intermediação no mercado de valores mobiliários;

O QUE É A CVM? II - a negociação e intermediação no mercado de valores mobiliários; O QUE É A CVM? A CVM - Comissão de Valores Mobiliários é uma entidade autárquica em regime especial, vinculada ao Ministério da Fazenda, com personalidade jurídica e patrimônio próprios, dotada de autoridade

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01907-0 CALAIS PARTICIPAÇÕES S.A. 04.034.792/0001-76 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01907-0 CALAIS PARTICIPAÇÕES S.A. 04.034.792/0001-76 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 31/3/28 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

ANEXO II À ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA JULIO SIMÕES LOGÍSTICA S.A. REALIZADA EM 30 DE NOVEMBRO DE 2009

ANEXO II À ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA JULIO SIMÕES LOGÍSTICA S.A. REALIZADA EM 30 DE NOVEMBRO DE 2009 ANEXO II À ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA JULIO SIMÕES LOGÍSTICA S.A. REALIZADA EM 30 DE NOVEMBRO DE 2009 POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DA JULIO SIMÕES LOGÍSTICA

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO EMPRESA INCORPORADA: HFF PARTICIPAÇÕES S.A. EMPRESA INCORPORADORA: BRF BRASIL FOODS S.A.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO EMPRESA INCORPORADA: HFF PARTICIPAÇÕES S.A. EMPRESA INCORPORADORA: BRF BRASIL FOODS S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO EMPRESA INCORPORADA: HFF PARTICIPAÇÕES S.A. EMPRESA INCORPORADORA: BRF BRASIL FOODS S.A. 25 DE FEVEREIRO DE 2010 PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA HFF

Leia mais

Diretrizes de Governança Corporativa

Diretrizes de Governança Corporativa Diretrizes de Governança Corporativa DIRETRIZES DE GOVERNANÇA CORPORATIVA DA BM&FBOVESPA Objetivo do documento: Apresentar, em linguagem simples e de forma concisa, o modelo de governança corporativa da

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TELECOMUNICAÇÕES DE SÃO PAULO S/A-TELESP 14 - FAX - Rua Martiniano de Carvalho, 851 12º Andar

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TELECOMUNICAÇÕES DE SÃO PAULO S/A-TELESP 14 - FAX - Rua Martiniano de Carvalho, 851 12º Andar IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/24 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

Apostila Mercado de Capitais Uninove. Parte VIII Os Títulos do Mercado de Capitais Os Títulos de Divida

Apostila Mercado de Capitais Uninove. Parte VIII Os Títulos do Mercado de Capitais Os Títulos de Divida Apostila Mercado de Capitais Uninove Parte VIII Os Títulos do Mercado de Capitais Os Títulos de Divida Titulos de Divida Debentures 2 O que são Debêntures? Debêntures são títulos emitidos por sociedades

Leia mais

TELEFÔNICA BRASIL S.A.

TELEFÔNICA BRASIL S.A. PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO DE AÇÕES E INSTRUMENTO DE JUSTIFICAÇÃO DE GVT PARTICIPAÇÕES S.A. POR TELEFÔNICA BRASIL S.A. DATADO DE 12 DE MAIO DE 2015 TEXT_SP/9643470v13/2523/923 PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO

Leia mais

VIVO PARTICIPAÇÕES S.A. Companhia Aberta CNPJ MF 02.558.074/0001 73 NIRE 35.3.001.587 92 TELECOMUNICAÇÕES DE SÃO PAULO S.A. TELESP FATO RELEVANTE

VIVO PARTICIPAÇÕES S.A. Companhia Aberta CNPJ MF 02.558.074/0001 73 NIRE 35.3.001.587 92 TELECOMUNICAÇÕES DE SÃO PAULO S.A. TELESP FATO RELEVANTE FATO RELEVANTE As administrações da Vivo Participações S.A. ( Vivo Part. ) e da Telecomunicações de São Paulo S.A. Telesp ("Telesp") (conjuntamente referidas como Companhias ), vêm a público, na forma

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01176-2 VULCABRAS SA 50.926.955/0001-42 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01176-2 VULCABRAS SA 50.926.955/0001-42 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/1999 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ BRASIL TELECOM S.A. 7 - SITE http://www.brasiltelecom.com.br/ri 9 - TELEFONE 13 - FAX - 14 - FAX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ BRASIL TELECOM S.A. 7 - SITE http://www.brasiltelecom.com.br/ri 9 - TELEFONE 13 - FAX - 14 - FAX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2008 Reapresentação Espontânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE

Leia mais

Fato Relevante. conferir ao Grupo Cosan a capacidade de aproveitar as oportunidades de crescimento em diferentes mercados e regiões;

Fato Relevante. conferir ao Grupo Cosan a capacidade de aproveitar as oportunidades de crescimento em diferentes mercados e regiões; Fato Relevante São Paulo, 25 de junho de 2007 - Nos termos da Instrução da Comissão de Valores Mobiliários ( CVM ) n.º 358, de 30 de janeiro de 2002, e alterações posteriores e com a finalidade de informar

Leia mais

TELEFÔNICA BRASIL S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF 02.558.157/0001 62 NIRE 35.3.001.5881 4 PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO

TELEFÔNICA BRASIL S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF 02.558.157/0001 62 NIRE 35.3.001.5881 4 PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO Para a Assembleia Geral Extraordinária a ser realizada em 16 de julho de 2015 às 11:00 horas. EXPOSIÇÃO AOS ACIONISTAS Aos Senhores Acionistas da Telefônica Brasil S.A. ( Companhia,

Leia mais

Radar Stocche Forbes Março 2015

Radar Stocche Forbes Março 2015 Março 2015 RADAR STOCCHE FORBES - SOCIETÁRIO Ofício-Circular CVM-SEP 2015 Principais Novidades No dia 26 de fevereiro de 2015, a Comissão de Valores Mobiliários ( CVM ) emitiu o Ofício-Circular nº 02/2015

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico. Referência: Ofício SDE/GAB nº 088, de 05 de janeiro de 2007.

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico. Referência: Ofício SDE/GAB nº 088, de 05 de janeiro de 2007. MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico Parecer Técnico n.º 06024/2007/RJ COGCE/SEAE/MF Rio de Janeiro, 16 de janeiro de 2007. Referência: Ofício SDE/GAB nº 088, de 05 de janeiro de

Leia mais

Seminário "Governança Corporativa: Experiências em Empresas Estatais"

Seminário Governança Corporativa: Experiências em Empresas Estatais Seminário "Governança Corporativa: Experiências em Empresas Estatais" Marco Geovanne Tobias da Silva 17 de maio de 2005 O que é Governança Corporativa? Conjunto de normas de conduta a serem adotadas por

Leia mais

Formulário de Referência - 2010 - RIOEST ESTACIONAMENTOS SA Versão : 1. 2.1/2.2 - Identificação e remuneração dos Auditores 2

Formulário de Referência - 2010 - RIOEST ESTACIONAMENTOS SA Versão : 1. 2.1/2.2 - Identificação e remuneração dos Auditores 2 Índice 1. Responsáveis pelo formulário 1.1 - Declaração e Identificação dos responsáveis 1 2. Auditores independentes 2.1/2.2 - Identificação e remuneração dos Auditores 2 3. Informações financ. selecionadas

Leia mais

Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, os administradores das companhias abaixo qualificadas,

Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, os administradores das companhias abaixo qualificadas, INSTRUMENTO PARTICULAR DE PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DO BANCO ABN AMRO REAL S.A. PELO BANCO SANTANDER (BRASIL) S.A. (NOVA DENOMINAÇÃO SOCIAL DO BANCO SANTANDER S.A., EM FASE DE HOMOLOGAÇÃO

Leia mais

ANDRADE GUTIERREZ CONCESSÕES S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014

ANDRADE GUTIERREZ CONCESSÕES S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014 ANDRADE GUTIERREZ CONCESSÕES S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2015. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

IC CLUBE DE INVESTIMENTO CNPJ n. 07.847.689/0001-33 ESTATUTO SOCIAL

IC CLUBE DE INVESTIMENTO CNPJ n. 07.847.689/0001-33 ESTATUTO SOCIAL IC CLUBE DE INVESTIMENTO CNPJ n. 07.847.689/0001-33 ESTATUTO SOCIAL I - DENOMINAÇÃO E OBJETIVO Artigo 1 - O IC Clube de Investimento é constituído por número limitado de membros que têm por objetivo a

Leia mais

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DA FORNO DE MINAS ALIMENTOS S.A.

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DA FORNO DE MINAS ALIMENTOS S.A. POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DA FORNO DE MINAS ALIMENTOS S.A. 1 PROPÓSITO A presente Política de Negociação de Valores Mobiliários tem como propósito estabelecer regras para

Leia mais

DIBENS LEASING S.A. ARRENDAMENTO MERCANTIL PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO

DIBENS LEASING S.A. ARRENDAMENTO MERCANTIL PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO DIBENS LEASING S.A. ARRENDAMENTO MERCANTIL NIRE 35300130707 CNPJ/MF nº 65.654.303/0001-73 COMPANHIA ABERTA PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO ASSEMBLEIAS GERAIS ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA 30.4.2015 Horário: 14

Leia mais

Proposta da Administração Light S.A. LIGHT S.A. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE 18 DE MAIO DE 2015

Proposta da Administração Light S.A. LIGHT S.A. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE 18 DE MAIO DE 2015 LIGHT S.A. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE 18 DE MAIO DE 2015 Prezados Senhores, A Administração da Light S.A. ( Companhia ) vem submeter à apreciação dos seus acionistas a

Leia mais

Formulário de Referência - 2011 - DURATEX S.A. Versão : 6. 3.3 - Eventos subsequentes às últimas demonstrações financeiras 1

Formulário de Referência - 2011 - DURATEX S.A. Versão : 6. 3.3 - Eventos subsequentes às últimas demonstrações financeiras 1 Índice 3. Informações financ. selecionadas 3.3 - Eventos subsequentes às últimas demonstrações financeiras 1 18. Valores mobiliários 18.5 - Descrição dos outros valores mobiliários emitidos 2 19. Planos

Leia mais

Relatório sobre as demonstrações financeiras Período de 13 de abril de 2012 (Data de constituição da Companhia) a 31 de dezembro de 2012

Relatório sobre as demonstrações financeiras Período de 13 de abril de 2012 (Data de constituição da Companhia) a 31 de dezembro de 2012 Relatório sobre as demonstrações financeiras Período de 13 de abril de 2012 (Data de constituição da Companhia) a 31 de dezembro de 2012 Demonstrações Financeiras Período de 13 de abril de 2012 (Data de

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01768-0 TELE CENTRO SUL PARTICIPAÇÕES S.A. 2.570.688/0001-70 8 - DDD 9 - TELEFONE 14 - FAX - 0

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01768-0 TELE CENTRO SUL PARTICIPAÇÕES S.A. 2.570.688/0001-70 8 - DDD 9 - TELEFONE 14 - FAX - 0 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/1998 Divulgação Externa O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ BRASIL TELECOM S.A. 7 - SITE http://www.brasiltelecom.com.br/ri 9 - TELEFONE 13 - FAX - 14 - FAX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ BRASIL TELECOM S.A. 7 - SITE http://www.brasiltelecom.com.br/ri 9 - TELEFONE 13 - FAX - 14 - FAX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 01.01 - IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

MOORE STEPHENS AUDITORES E CONSULTORES

MOORE STEPHENS AUDITORES E CONSULTORES DURATEX COMERCIAL EXPORTADORA S.A. AVALIAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO CONTÁBIL APURADO POR MEIO DOS LIVROS CONTÁBEIS EM 31 DE AGOSTO DE 2015 Escritório Central: Rua Laplace, 96-10 andar - Brooklin - CEP 04622-000

Leia mais

MBK Securitizadora S.A. Relatório sobre as demonstrações financeiras Período de 13 de abril de 2012 (Data de constituição da Companhia) a 31 de

MBK Securitizadora S.A. Relatório sobre as demonstrações financeiras Período de 13 de abril de 2012 (Data de constituição da Companhia) a 31 de MBK Securitizadora S.A. Relatório sobre as demonstrações financeiras Período de 13 de abril de 2012 (Data de constituição da Companhia) a 31 de dezembro de 2012 MBK Securitizadora S.A. Demonstrações Financeiras

Leia mais

Política de Exercício de Direito de Voto. (Versão 4.0 - Março/2015)

Política de Exercício de Direito de Voto. (Versão 4.0 - Março/2015) Política de Exercício de Direito de Voto (Versão 4.0 - Março/2015) 1. Objeto e Aplicação 1.1. Esta Política de Exercício de Direito de Voto ( Política de Voto ), em conformidade com as disposições do Código

Leia mais

BFB LEASING S/A ARRENDAMENTO MERCANTIL

BFB LEASING S/A ARRENDAMENTO MERCANTIL BFB LEASING S/A ARRENDAMENTO MERCANTIL Simples INSTRUMENTO PARTICULAR DE ESCRITURA DA QUARTA EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA BFB LEASING S/A ARRENDAMENTO MERCANTIL Relatório do Agente Fiduciário PETRA

Leia mais

EMPRESA DE SERVIÇOS DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA S.A.

EMPRESA DE SERVIÇOS DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA S.A. EMPRESA DE SERVIÇOS DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA S.A. O presente Estatuto é uma consolidação do aprovado pela Escritura Pública de Constituição, em 25-07-2002 - arquivada na JUCEMG em 01-08-2002,

Leia mais

FRAGILIDADE FISCAL DE PARTE DAS EMPRESAS LISTADAS NA BOVESPA

FRAGILIDADE FISCAL DE PARTE DAS EMPRESAS LISTADAS NA BOVESPA OBSERVATÓRIO DE GOVERNANÇA TRIBUTÁRIA: FRAGILIDADE FISCAL DE PARTE DAS EMPRESAS LISTADAS NA BOVESPA Gilberto Luiz do Amaral João Eloi Olenike Letícia Mary Fernandes do Amaral Fernando Steinbruch 15 de

Leia mais

PARTICIPAÇÃO EM ASSEMBLÉIAS DE ACIONISTAS 3º TRIMESTRE 2010 Setor de Governança em Participações

PARTICIPAÇÃO EM ASSEMBLÉIAS DE ACIONISTAS 3º TRIMESTRE 2010 Setor de Governança em Participações EMPRESA: PETRÓLEO BRASILEIROS.A. - PETROBRAS DATA DA REALIZAÇÃO: 12/08/2010 TIPO DE ASSEMBLÉIA: AGE REPRESENTANTE: RENATO DE MELLO CARGO: GERENTE DE CONSULTORIA VOTANTE: 1,00 PREFERENCIALISTA: 1,53 TOTAL:

Leia mais

Reestruturação Societária Grupo Telesp. Criando Valor

Reestruturação Societária Grupo Telesp. Criando Valor Reestruturação Societária Grupo Criando Valor Novembro, 1999 Índice 8 Visão Geral da Reestruturação 2 8 Passos da Reestruturação 3 8 Benefícios da Reestruturação 4 8 Bases da Reestruturação 5 8 As Relações

Leia mais

SOARES & ASSOCIADOS AUDITORES INDEPENDENTES

SOARES & ASSOCIADOS AUDITORES INDEPENDENTES SOARES & ASSOCIADOS AUDITORES INDEPENDENTES Ilmos. Srs. Diretores e Acionistas de BVA Seguros S/A Rio de Janeiro - RJ RELATÓRIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES Examinamos as demonstrações financeiras individuais

Leia mais

1. Os termos e expressões relacionados abaixo, quando utilizados nesta Política, terão o seguinte significado:

1. Os termos e expressões relacionados abaixo, quando utilizados nesta Política, terão o seguinte significado: POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS 1. Os termos e expressões relacionados abaixo, quando utilizados nesta Política, terão o seguinte significado: 1.1. Companhia : Braskem S.A. 1.2. Controladora

Leia mais

Proposta da Administração Light Energia S.A. Matérias constantes da ordem do dia da Assembleia Geral Extraordinária

Proposta da Administração Light Energia S.A. Matérias constantes da ordem do dia da Assembleia Geral Extraordinária LIGHT ENERGIA S.A. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE 18 DE MAIO DE 2015 Prezados Senhores, A administração da Light Energia S.A. ( Companhia ou Light Energia ) vem submeter à

Leia mais

Sanesalto Saneamento S.A. Companhia Aberta CNPJ nº 02.724.983/0001-34

Sanesalto Saneamento S.A. Companhia Aberta CNPJ nº 02.724.983/0001-34 ATA DA TERCEIRA ASSEMBLÉIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES DE SANESALTO SANEAMENTO S.A., REALIZADA NO DIA 28 DE MAIO DE 2008 2ª Sessão. DATA, HORA E LOCAL: Realizada aos vinte e oito

Leia mais

ANÚNCIO DE INÍCIO DE DISTRIBUIÇÃO DO Fundo de Investimento Imobiliário Votorantim Securities CNPJ/MF: 10.347.505/0001-80

ANÚNCIO DE INÍCIO DE DISTRIBUIÇÃO DO Fundo de Investimento Imobiliário Votorantim Securities CNPJ/MF: 10.347.505/0001-80 ANÚNCIO DE INÍCIO DE DISTRIBUIÇÃO DO Fundo de Investimento Imobiliário Votorantim Securities CNPJ/MF: 10.347.505/0001-80 VOTORANTIM ASSET MANAGEMENT DTVM LTDA. ( Administrador ), comunica o início da distribuição

Leia mais

Invest Tur Brasil Desenvolvimento Imobiliário Turístico S.A. CNPJ nº 08.723.106/0001-25 NIRE 35.300.340.540

Invest Tur Brasil Desenvolvimento Imobiliário Turístico S.A. CNPJ nº 08.723.106/0001-25 NIRE 35.300.340.540 Invest Tur Brasil Desenvolvimento Imobiliário Turístico S.A. CNPJ nº 08.723.106/0001-25 NIRE 35.300.340.540 Ata da Reunião do Conselho de Administração realizada em 7 de janeiro de 2009 Data, hora e local

Leia mais

Governança Corporativa. Interesses alinhados

Governança Corporativa. Interesses alinhados Governança Corporativa Interesses alinhados O COMPROMISSO COM A TRANSPARÊNCIA E A AMPLA DIVULGAÇÃO DAS INFORMAÇÕES AOS INVESTIDORES INTEGRAM AS BOAS PRÁTICAS DA ITAUTEC, QUE DESDE 2001 NEGOCIA APENAS AÇÕES

Leia mais

Cenário. Ibovespa 60.000 50.000 40.000 30.000 20.000 10.000. set-02. set-06. set-04. set-05. set-03. jan-02. jan-04. jan-03. jan-05. jan-06.

Cenário. Ibovespa 60.000 50.000 40.000 30.000 20.000 10.000. set-02. set-06. set-04. set-05. set-03. jan-02. jan-04. jan-03. jan-05. jan-06. Data Base: jun/07 Cenário O Brasil está começando a firmar-se como economia estável e previsível. A queda dos juros vem diminuindo o atrativo dos investimentos em títulos do Governo. Quanto mais credibilidade

Leia mais

Manual da Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária

Manual da Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária Manual da Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária 09 de abril de 2013 ÍNDICE 1 - Mensagem da Administração 03 2 - Orientações para Participação nas Assembleias Gerais 2.1 Detentores de Ações 2.1.1.

Leia mais

ETERNIT S.A. C.N.P.J. nº 61.092.037/0001-81 NIRE 35.300.013.344 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 17 DE SETEMBRO DE 2.

ETERNIT S.A. C.N.P.J. nº 61.092.037/0001-81 NIRE 35.300.013.344 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 17 DE SETEMBRO DE 2. ETERNIT S.A. C.N.P.J. nº 61.092.037/0001-81 NIRE 35.300.013.344 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 17 DE SETEMBRO DE 2.008 Aos 17 dias do mês de setembro do ano de dois mil e oito,

Leia mais

PROPOSTA DA DIRETORIA PARA AUMENTO DO CAPITAL SOCIAL DA FERROVIA CENTRO-ATLÂNTICA S.A.

PROPOSTA DA DIRETORIA PARA AUMENTO DO CAPITAL SOCIAL DA FERROVIA CENTRO-ATLÂNTICA S.A. PROPOSTA DA DIRETORIA PARA AUMENTO DO CAPITAL SOCIAL DA FERROVIA CENTRO-ATLÂNTICA S.A. Senhores Conselheiros, Esta Diretoria, visando a restabelecer a estrutura de capital da Ferrovia Centro-Atlântica

Leia mais

TRIÂNGULO DO SOL AUTO-ESTRADA S.A. 2ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014

TRIÂNGULO DO SOL AUTO-ESTRADA S.A. 2ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014 TRIÂNGULO DO SOL AUTO-ESTRADA S.A. 2ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2015. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ BRASIL TELECOM PARTICIPAÇÕES S.A. 7 - SITE www.brasiltelecom.com.br/ri 9 - TELEFONE 13 - FAX - 14 - FAX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ BRASIL TELECOM PARTICIPAÇÕES S.A. 7 - SITE www.brasiltelecom.com.br/ri 9 - TELEFONE 13 - FAX - 14 - FAX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 01.01 - IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

PARTICIPAÇÃO % NO CAPITAL TOTAL: 6,09

PARTICIPAÇÃO % NO CAPITAL TOTAL: 6,09 PARTICIPAÇÃO EM ASSEMBLÉIAS DE ACIONISTAS 4º TRIMESTRE 2011 Setor de Governança em Participações EMPRESA: INEPAR ENERGIA DATA DA REALIZAÇÃO: 03/11/2011 TIPO DE ASSEMBLÉIA: AGE REPRESENTANTE: CRISTIANO

Leia mais

Administração Financeira

Administração Financeira Administração Financeira MÓDULO 11: DECISÕES DE FINANCIAMENTO A LONGO PRAZO As empresas dispõem de fontes internas e fontes externas de recursos financeiros para o financiamento de suas atividades. Com

Leia mais