Jornal do Município. Prefeitura Municipal de Itajaí ATOS DA ADMINISTRAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Jornal do Município. Prefeitura Municipal de Itajaí ATOS DA ADMINISTRAÇÃO"

Transcrição

1 Jornal do Município Prefeitura Municipal de Itajaí Órgão Oficial do Município de Itajaí - Ano XIII - Edição Nº de Janeiro/2013 ATOS DA ADMINISTRAÇÃO Extrato do Aditivo: 3º TERMO ADITIVO AO CONTRATO 162/2010 Nome: PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJAÍ Empresa: Escrimate CNPJ: / Fundamento Legal: Nos termos da Lei 8666, de 21 de junho de 1993 Modalidade: Pregão Presencial PREG-059/2010 Número do Processo: /2012 Objeto: Outsourcing de Impressão e cópias. Motivo: Constitui objeto deste aditivo, a renovação do contrato supracitado pelo período de 05/11/2012 a 31/12/2012, tendo em vista a necessidade de continuação da prestação dos serviços, conforme solicitado no processo administrativo supracitado. Data Assinatura: 05/11/2012 Vigência: 31/12/2012 Valor: R$ 50200,00 (valor total para o período cinquenta mil e duzentos reais) AVISO DE JULGAMENTO DA HABILITAÇÃO DA LICITAÇÃO NA MODA- LIDADE CHAMADA PÚBLICA 001/ Processo Administrativo nr /2012. A Comissão de Licitação da Prefeitura de Itajaí SC informa que o julgamento da Habilitação do processo licitatório Chamada Pública n. 001/2012 para CHAMADA PÚBLICA PARA CREDENCIAMENTO DE GRUPOS FORMAIS DA AGRICULTURA FAMILIAR E DE EMPREENDEDORES FAMILIARES RURAIS CONSTITUIDOS EM COOPERATIVAS E ASSOSSIAÇÕES VISAN- DO A AQUISIÇÃO DE GENEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FA- MILIAR PARA ATENDER AOS ALUNOS MATRICULADOS NA REDE MU- NICIPAL DE ENSINO, EM CONFORMIDADE COM O PNAE- PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR, resultou no seguinte: Empresas Habilitadas/ Credenciadas: Cooperativa Rural e Artesanal de Itajaí. Itajaí, SC, 28 de dezembro de Jorge Alberto de Mello Presidente da Comissão AVISO DE JULGAMENTO DA HABILITAÇÃO DA LICITAÇÃO NA MODA- LIDADE TOMADA DE PREÇOS Nº 033/ Processo Administrativo n /2012. A Comissão de Licitação da Prefeitura de Itajaí SC informa que o julgamento da Habilitação da Tomada de Preços nº 033/2012, cujo objeto consiste na contratação de empresa para execução de serviços de substituição de luminárias em diversas ruas, resultou no seguinte: Empresas Habilitadas: Mercolux Comercial Elétrica Ltda. Instaladora Elétrica Guaramirim Ltda. EPP Sadenco Sul-Americana de Eng. e Comércio Ltda Caso não haja interposição de recurso a Comissão agenda o dia 21/01/2013, as 15:00 horas, para abertura dos envelopes de proposta de preços. Itajaí, SC, 11 de janeiro de Jorge Alberto de Mello Presidente da Comissão preços abaixo relacionados, decorrentes do Pregão Presencial n 002/2011FMS - Ata do Sistema de Registro de Preços 020/2012 AQUISIÇÃO DE MATERI- AL ODONTOLÓGICO para atender a demanda das Secretarias, Fundos e Fundações e demais integrantes do Município de Itajaí, pelo período de 12 (doze) meses. Secretaria de Administração, a saber: Descrição Quant.: 4UN Vlr. Unit. R$ 34,11 Item: 1 AFASTADOR DE MOLT PARA ADULTOS MARCA:GOLGRAN CÓDIGO:10477 Descrição Quant.: 30CX Vlr. Unit. R$ 59,00 Item: 3 BROCAS GATES GLIDEN # 1, 28MM CAIXA COM 06 UNIDADES MARCA:MAILEFER CÓDIGO:19675 Descrição Quant.: 30CX Vlr. Unit. R$ 59,00 Item: 4 BROCAS GATES GLIDEN # 1, 32MM CAIXA COM 06 UNIDADES MARCA:MAILEFER CÓDIGO:19676 Descrição Quant.: 30CX Vlr. Unit. R$ 59,00 Item: 5 BROCAS GATES GLIDEN # 2, 28MM CAIXA COM 06 UNIDADES MARCA:MAILEFER CÓDIGO:19677 Descrição Quant.: 30CX Vlr. Unit. R$ 59,00 Item: 6 BROCAS GATES GLIDEN # 2, 32MM CAIXA COM 06 UNIDADES MARCA:MAILEFER CÓDIGO:19678 Descrição Quant.: 30CX Vlr. Unit. R$ 58,90 Item: 7 BROCAS GATES GLIDEN # 3, 28MM b CAIXA COM 06 UNIDADES MARCA:MAILEFER CÓDIGO:19679 Descrição Quant.: 30CX Vlr. Unit. R$ 58,90 Item: 8 BROCAS GATES GLIDEN # 3, 32MM CAIXA COM 06 UNIDADES MARCA:MAILEFER CÓDIGO:19680 Descrição Quant.: 30CX Vlr. Unit. R$ 58,90 Item: 9 BROCAS GATES GLIDEN # 4, 28MM CAIXA COM 06 UNIDADES MARCA:MAILEFER CÓDIGO:19681 Descrição Quant.: 30CX Vlr. Unit. R$ 58,90 Item: 10 BROCAS GATES GLIDEN # 4, 32MM CAIXA COM 06 UNIDADES MARCA:MAILEFER CÓDIGO:19682 Descrição Quant.: 8000 Vlr. Unit. R$ 2,15 Item: 11 CREME DENTAL FLUORETADO INFANTIL C/ 50 GR (1100 PPM FLUOR) MARCA:CONDOR CÓDIGO: VIGÊNCIA: 20/01/2013 4ª Publicação. Página 1 - Ano XIII - Edição Nº de Janeiro de 2013

2 preços abaixo relacionados, decorrentes do Pregão Presencial n 004/ Ata do Sistema de Registro de Preços 016/2012 AQUISIÇÃO DE GALERIAS BSCC para atender a demanda das Secretarias, Fundos e Fundações e demais integrantes do Município de Itajaí, pelo período de 12 (doze) meses. Secretaria de Administração, a saber: Descrição Quant.: 60UN Vlr. Unit. R$ 2.470,00 Item: 1 GALERIA BSCC BUEIRO SIMPLES BIPARTIDO, COM 3,00M DE ALTURA X 2,50M DE LARGURA X 1,00M DE COMPRIMENTO; COM NO MÍNIMO 3,30M DE ALTURA EXTERNA X 2,80M DE LARGURA EXTER- NA; CLASSE TREM TIPO TB 45; RESISTÊNCIA MÍNIMA DO CONCRETO: 30 MPA; RESISTÊNCIA A RUPTURA 18,28 tf; ALTURA MÁXIMA PERMI- TIDA DE ATERRO: 5,00M CÓDIGO:18205 VIGÊNCIA: 27/01/2013 4ª Publicação preços abaixo relacionados, decorrentes do Pregão Presencial n 037/2011FMS - Ata do Sistema de Registro de Preços 014/2012 AQUISIÇÃO DE OXIGÊ- NIO MEDICINAL para atender a demanda das Secretarias, Fundos e Fundações e demais integrantes do Município de Itajaí, pelo período de 12 (doze) meses. Secretaria de Administração, a saber: Item: 1 OXIGÊNIO MEDICINAL - CILINDRO DE 1,0M3 ( PPU ). CÓDI- GO:12589 Quantidade : 270M³ Vlr. Unit: R$ 45,00 Item: 2 OXIGÊNIO MEDICINAL - CILINDRO DE 3,0 A 10,0M3. GO:12590 Quantidade : M³ Vlr. Unit: R$ 10,00 VIGÊNCIA: 04/01/2013 4ª Publicação. CÓDI- preços abaixo relacionados, decorrentes do Pregão Presencial n 164/ Ata do Sistema de Registro de Preços 015/2012 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE DESINSETIZAÇÃO E DESRATIZAÇÃO para atender a demanda das Secretarias, Fundos e Fundações e demais integrantes do Município de Itajaí, pelo período de 12 (doze) meses. Secretaria de Administração, a saber: Item: 1 SERVIÇO TÉCNICO ESPECIALIZADO CÓDIGO:9055 Quantidade : 194SV Vlr. Unit: R$ 209,7938 VIGÊNCIA: 26/01/2013 4ª Publicação. preços abaixo relacionados, decorrentes do Pregão Presencial n 165/ Ata do Sistema de Registro de Preços 013/2012 AQUISIÇÃO DE SWITCHS E SERVIDORES para atender a demanda das Secretarias, Fundos e Fundações e demais integrantes do Município de Itajaí, pelo período de 12 (doze) meses. Secretaria de Administração, a saber: Descrição Quant.: 20UN Vlr. Unit. R$ 7.000,00 Item: 1 Switch gerenciável 24 portas A solução deve ser composta de um único equipamento, montável em rack 19 devendo este vir acompanhado dos devidos acessórios para tal. Possuir fonte de alimentação interna que trabalhe em 100V-240V, 50/60 Hz, com detecção automática de tensão e frequência, devendo acompanhar todos os acessórios necessários para o funcionamento. Suportar fonte de alimentação redundante externa, montável em rack, com altura máxima de 1U, com potência igual ou superior a fonte interna do equipamento. Consumo máximo de 40W Possuir, no mínimo, 48 Gbps de Switch Fabric. Possuir capacidade de encaminhamentos de pacotes, de no mínimo 36 Mpps utilizando pacotes de 64 bytes. Detecção automática MDI/MDIX em todas as portas UTP RJ-45. Possuir porta de console com conector RJ-45 ou DB9 macho. Possuir LEDs indicativos de funcionamento da fonte de alimentação, ventiladores, link e atividade das portas. Possuir 24 portas 10/100BASE-T ativas simultaneamente, com conector RJ- 45 Possuir 2 (duas) interfaces Gigabit Ethernet baseadas em mini-gbic (SFP), devendo um mesmo mini-gbic-slot suportar interfaces 1000Base-SX, 1000Base- LX, 1000BASE-ZX, 1000BASE-LX100, 1000BASE-BX e 100BASE-FX, não sendo permitida a utilização de conversores externos. Possuir 2 (duas) interfaces Gigabit Ethernet UTP 1000Base-T com conector RJ-45 Implementar, no mínimo, 2 (duas) das interfaces Gigabit funcionando simultaneamente com todas as portas 10/100BASE-T presentes no equipamento. Possuir, além das portas acima citadas, uma porta adicional 10/100 com conector RJ-45 para gerência out-of-band do equipamento. Permitir empilhamento de até oito equipamentos e gerência atráves de um único endereço IP. Possuir portas específicas para empilhamento com velocidade de pelo menos 20Gbps cada (ou 10Gbps Full Duplex), totalizando 40 Gbps (ou 20 Gbps fullduplex). Deve ser fornecido um cabo de empilhamento de no mínimo, 50 cm, por equipamento. O empilhamento deve possuir arquitetura de anel para prover resiliência. O empilhamento deve ter capacidade de path fast recover, ou seja, com a falha de um dos elementos da pilha os fluxos devem ser reestabelecidos no tempo máximo de 1s. Possuir indicação visual no painel frontal do equipamento que permita identificar a posição lógica do equipamento da pilha O empilhamento deve permitir a criação de grupos de links agregados entre diferentes membros da pilha, segundo o padrão 802.3ad O empilhamento deve suportar espelhamento de tráfego entre diferentes unidades da pilha Deve ser possível mesclar em uma mesma pilha equipamentos com suporte a portas 10 Gigabit Ethernet e equipamentos que implementem PoE. A Memória Flash instalada deve ser suficiente para comportar no mínimo duas Jornal do Município Prefeitura Municipal de Itajaí Instituído na forma dos parágrafos 1 e 3 do artigo 54, da Lei Orgânica, na redação introduzida pela Emenda nº 07/97, está regulamentado pelo Decreto nº 5838, de 09 de março de 1999, com a alteração do Decreto nº 7460, de 22 de abril de PREFEITURA DE ITAJAÍ Rua Alberto Werner, nº Itajaí-SC Jandir Bellini Prefeito Municipal Dalva Maria Rhenius Vice-prefeita Municipal Secretaria Municipal de Comunicação Social Cláudia Cristina Batschauer Jornalista responsável JP SC Página 2 - Ano XIII - Edição Nº de Janeiro de 2013

3 imagens do Sistema Operacional simultaneamente, permitindo que seja feito um upgrade de Software e a imagem anterior seja mantida. Todas as interfaces ofertadas devem ser non-blocking. Possuir altura máxima de 1U (1,75") Deve armazenar, no mínimo, (oito mil) endereços MAC. Implementar interfaces Ethernet (IEEE 802.3, 10BASE-T), Fast Ethernet (IEEE 802.3u, 100BASE-TX), Gigabit Ethernet (IEEE 802.3z, 1000BASE-X e IEEE 802.3ab, 1000BASE-T). Implementar agregação de links conforme padrão IEEE 802.3ad com, no mínimo, 128 grupos, sendo 8 links agregados por grupo Implementar 1000 regras de ACL Possuir homologação da ANATEL, de acordo com a Resolução número 242 Possuir as certificações MEF-9 e MEF-14, devidamente comprovadas pelo Metro Ethernet Forum através do sítio: Implementar agregação de links conforme padrão IEEE 802.3ad com suporte a LACP. Implementar agregação de links entre múltiplos switches (MLAG), possibilitando combinar a largura de banda de portas físicas pertencentes a switches distintos. Implementar jumbo frames em todas as portas ofertadas, com suporte a pacotes de até 9216 Bytes. Implementar Proxy-ARP (RFC 1027) Implementar IGMP v1, v2 e v3 Snooping. Implementar IGMPv1 (RFC 1112), IGMP v2 (RFC 2236), IGMPv3 (RFC 3376). Implementar MVR (Multicast VLAN Registration) Implementar DHCP/Bootp relay configurável por VLAN Implementar DHCP Option 82, de acordo com a RFC 3046, com identificação de porta e VLAN Implementar servidor DHCP interno que permita a configuração de um intervalo de endereços IP a serem atribuídos os clientes DHCP e possibilite ainda a atribuição de, no mínimo, default-gateway, servidor DNS e servidor WINS. Implementar Spanning-Tree (IEEE 802.1d), Rapid Spanning Tree (IEEE 802.1w), Multiple Instance STP (802.1s) e PVST+. Implementar a configuração de Multiple Spanning Tree Protocol, com suporte a, pelo menos, 64 domínios. Implementar funcionalidade vinculada ao Spanning-tree onde é possível designar portas de acesso (por exemplo onde estações estão conectadas) que não sofram o processo de Listening-Learning, passando direto para o estado de Forwarding. No entanto, as portas configuradas com esta funcionalidade devem detectar loops na rede normalmente. Implementar funcionalidade vinculada ao Spanning-tree que evite a eleição de outros switches da rede como Root. Implementar funcionalidade vinculada ao Spanning-tree que permita desabilitar uma porta de acesso assim que a mesma receba uma BPDU. Implementar 4094 VLANs por porta, ativas simultaneamentes, através do protocolo 802.1Q. Implementar VLANs por porta, protocolo e MAC. Possibilitar a coleta de estatísticas de tráfego baseada em VLANs IEEE 802.1Q e double-tagged VLANs IEEE 802.1ad Implementar IEEE 802.1v: VLAN classification by Protocol and Port. Implementar VLAN Translation Implementar Private VLANs Implementar IEEE 802.1ad. Implementar IEEE 802.1ag L2 ping e traceroute, CFM (Connectivity Fault Management) Implementar funcionalidade baseada na recomendação do ITU Y.1731 (ou similar) que permita medir o atraso (two-way delay) e a variância (jitter) entre dois pontos quaisquer da rede. Implementar EAPS (RFC 3619) ou protocolo similar de resiliência em camada 2, específico para topologias em anel, que permita tempo de convergência inferior a 200 ms. Esta funcionalidade deve ser suportada em, no mínimo, duas portas, com suporte a 4 domínios. Implementar IEEE 802.1ab Link Layer Discovery Protocol (LLDP). Implementar LLDP-MED (Media Endpoint Discovery), segundo ANSI/TIA- 1057, Draft 08 Implementar roteamento estático com suporte a, no mínimo, 1000 rotas Implementar, no mínimo, 512 interfaces IP (v4 ou v6). Implementar os protocolos de roteamento IP: RFC 1058 RIP v1 e RFC 2453 RIP v2 Suportar o protocolo de roteamento OSPF v2 (RFC 2328), incluindo autenticação MD5, com suporte a pelo menos quatro interfaces não-passivas. Não há necessidade do equipamento ser eleito DR (Designated Router) ou BDR (Backup Designated Router) A implementação de OSPF e rotas estáticas deve incluir ECMP (Equal Cost Multi Path). Suportar protocolo de multicast PIM-SM (RFC 2362), com suporte a pelo menos duas interfaces ativas. Não há necessidade do equipamento ser configurado como Bootstrap Router (BSR) ou Rendevouz Point (RP). Suportar VRRP (RFC 3768) Deve implementar Dual Stack, ou seja IPV6 e IPv4, com suporte as seguintes funcionalidades/rfcs : a. RFC 1981, Path MTU Discovery for IPv6, August Host Requirements b. RFC 2460, Internet Protocol, Version 6 (IPv6) Specification c. RFC 2461, Neighbor Discovery for IP Version 6, (IPv6) RFC 2462, IPv6 Stateless Address Auto configuration - Host Requirements RFC 2463, Internet Control Message Protocol (ICMPv6) for the Ipv6 Specification RFC 2464, Transmission of IPv6 Packets over Ethernet Networks RFC 2465, IPv6 MIB, General Group and Textual Conventions RFC 2466, MIB for ICMPv6 RFC 3513, Internet Protocol Version 6 (IPv6) Addressing Architecture RFC 3587, Global Unicast Address Format Ping over IPv6 transport Traceroute over IPv6 transport Telnet over IPv6 transport SSH-2 over IPv6 transport Deve implementar IPv6 de acordo com as seguintes RFCs: a. Static Unicast routes for IPv6 b. RFC 1981, Path MTU Discovery for IPv6, August Router Requirements RFC 2462, IPv6 Stateless Address Auto configuration - Router Requirements RFC 2080, RIPng RFC 2893, Configured Tunnels RFC 2462, IPv6 Stateless Addrss Auto configuration - Router Requirements RFC 2710, IPv6 Multicast Listener Discovery v1 (MLDv1) Protocol RFC 3056, 6-to-4 RFC 3810, IPv6 Multicast Listener Discovery v2 (MLDv2) Protocol ECMP para rotas estáticas Implementar IPv6 em hardware nos módulos de interface. Implementar Policy Based Routing, inclusive para fluxos internos a uma determinada VLAN. Implementar upload e download de configuração em formato ASCII ou XML, permitindo a edição do arquivo de configuração e, posteriormente, o download do arquivo editado para o equipamento. Implementar TACACS+ segundo a RFC Implementar autenticação RADIUS com suporte a: a. RFC 2138 RADIUS Authentication b. RFC 2139 RADIUS Accounting RFC 3579 RADIUS EAP support for 802.1X A implementação de RADIUS e TACACS+ deve estar disponível para autenticação de usuários via Telnet e Console serial. Implementar RADIUS e TACACS+ per-command authentication. Possuir DNS Client para IPv4 segundo a RFC 1591 e DNS Client para IPv6. Posuir Telnet client and server segundo a RFC 854. Implementar os seguintes grupos de RMON através da RFC1757: History, Statistics, Alarms e Events. Deve implementar RMON2-probe configuration segundo a RFC 2021, podendo ser implementada internamente no switch ou externamente, por meio de probe em hardware utilizando uma porta 1000BaseTX. Implementar sflow V5 ou Netflow V5, em hardware. Implementar a atualização de imagens de software e configuração através de um servidor TFTP. Suportar múltiplos servidores Syslog. Implementar ajuste de clock do equipamento utilizando NTP e/ou SNTP para IPv4 e IPv6. Implementar Port Mirroring, permitindo espelhar até 128 portas físicas ou 16 VLANs para até 16 portas de destino (portas de análise). Implementar RSPAN (Remote Mirroring), permitindo espelhar o tráfego de uma porta ou VLAN de um switch remoto para uma porta de um switch local (porta de análise) Implementar gerenciamento através de SNMPv1 (RFC 1157), v2c (RFCs 1901 a 1908), v3 (RFCs 3410 a 3415) e SNMP para IPv6. Página 3 - Ano XIII - Edição Nº de Janeiro de 2013

4 Implementar SMON de acordo com a RFC 2613 Implementar cliente e servidor SSHv2 Implementar cliente e servidor SCP e servidor SFTP. Implementar gerenciamento via web com suporte a HTTP e HTTPS/SSL, permitindo visualização gráfica da utilização (em percentual, bytes e pacotes) das portas. O equipamento ofertado deve possuir um sistema operacional modular. O sistema operacional deve possuir comandos para visualização e monitoração de cada processo, sendo possível verificar por processo qual o consumo de cpu, process-id e qual o consumo de memória por processo. O sistema operacional deve possuir comandos para que processos sejam terminados ou reiniciados sem que seja necessário a reinicialização do equipamento. Esta funcionalidade deve estar disponível pelo menos para Telnet, TFTP, HTTP e LLDP na versão atual. O sistema operacional deve possibilitar a instalação de novas funcionalidades ou protocolos, sem a necessidade de reinicialização do equipamento. Implementar linguagem de scripting, permitindo a automatização de tarefas. A linguagem deve implementar estruturas de controle como loops e execução condicional e permitir a definição de variáveis. Implementar protocolo de monitoramento de status de comunicação entre dois switches, que possibilite que uma porta seja desabilitada caso seja detectada uma falha de comunicação entre os dois peers. Implementar Rate limiting de entrada em todas as portas. A granularidade deve ser configurável em intervalos de 64kbps para portas de até 1Gbps. Caso o equipamento ofertado possua suporte a portas 10Gbps, a granularidade para este tipo de interface deve ser configurável em intervalos de 1Mbps. A implementação de Rate Limiting deve permitir a classificação do tráfego utilizando-se ACLs e parâmetros, MAC origem e destino (simultaneamente) IP origem e destino (simultaneamente), portas TCP, portas UDP e campo 802.1p. Implementar Rate Shaping de saída em todas as portas. A granularidade deve ser configurável em intervalos de 64kbps para portas de até 1Gbps. Caso o equipamento ofertado possua suporte a portas 10Gbps, a granularidade para este tipo de interface deve ser configurável em intervalos de 1Mbps. A funcionalidade de Rate Shaping deve permitir a configuração de CIR (Commited Rate), banda máxima, banda mínima e peak rate. Implementar a leitura, classificação e remarcação de QoS (802.1p e DSCP). Implementar remarcação de prioridade de pacotes Layer 3, remarcando o campo DiffServ para grupos de tráfego classificados segundo portas TCP e UDP, endereço/subrede IP, VLAN e MAC origem e destino. Implementar 8 filas de prioridade em hardware por porta. Implementar os algoritmos de gerenciamento de filas WRR (Weighted Round Robin) e SP (Strict Priority), inclusive de forma simultânea em uma mesma porta. Implementar as seguintes RFCs: a. RFC 2474 DiffServ Precedence RFC 2598 DiffServ Expedited Forwarding (EF) RFC 2597 DiffServ Assured Forwarding (AF) RFC 2475 DiffServ Core and Edge Router Functions Implementar classificação de tráfego para QoS em Layer1-4 (Policy-Based Mapping) baseado em MAC origem e destino, IP origem e destino, TCP/UDP port, Diffserv, 802.1p Implementar funcionalidade que permita que somente endereços designados por um servidor DHCP tenham acesso à rede. Implementar funcionalidade que permita que somente servidores DHCP autorizados atribuam configuração IP aos clientes DHCP (Trusted DHCP Server) Implementar Gratuitous ARP Protection Implementar detecção e proteção contra ataques Denial of Service (DoS) direcionados a CPU do equipamento por meio da criação dinâmica e automática de regras para o bloqueio do tráfego suspeito. Implementar proteção e robustez contra os seguintes ataques conhecidos e catalogados pela CERT: 1. CA : SQL Slammer 2. CA : SSHredder 3. CA : SNMP vulnerabilities 4. CA-98-13: tcp-denial-of-service 5. CA-98.01: smurf CA-97.28:Teardrop_Land -Teardrop and LAND attack CA-96.26: ping CA-96.21: tcp_syn_flooding CA-95.01: IP_Spoofing_Attacks_and_Hijacked_Terminal_Connections Implementar limitação de número de endereços MAC aprendidos por uma porta, para uma determinada VLAN. Implementar travamento de endereços MAC, permitindo a adição estática de endereços para uma determinada porta ou utilizando os endereços existentes na tabela MAC. O acesso de qualquer outro endereço que não esteja previamente autorizado deve ser negado. Implementar login de rede baseado no protocolo IEEE 802.1x, permitindo que a porta do Switch seja associada a VLAN definida para o usuário no Servidor RADIUS. A implementação do IEEE 802.1x deve incluir suporte a Guest VLAN, encaminhando o usuário para esta VLAN caso este não possua suplicante 802.1x ativo, em caso de falha de autenticação e no caso de indisponibilidade do servidor AAA. Implementar múltiplos suplicantes por porta, onde cada dispositivo deve ser autenticado de forma independente, podendo ser encaminhados à VLANs distintas. As múltiplas autenticações devem ser realizadas através de IEEE 802.1x. Implementar autenticação baseada em web, com suporte a SSL, através de RADIUS ou através da base local do switch Implementar autenticação baseada em endereço MAC, através de RADIUS ou através da base local do switch Implementar ACLs de entrada (ingress ACLs) em hardware, baseadas em critérios das camadas 2 (MAC origem e destino) e campo 802.1p, 3 (IP origem e destino) e 4 (portas TCP e UDP), em todas as interfaces e VLANs, com suporte a endereços IPv6. Deverá ser possível aplicar ACLs para tráfego interno de uma determinada VLAN. As ACLs devem ser configuradas para permitir, negar, aplicar QoS, espelhar o tráfego para uma porta de análise, criar entrada de log e incrementar contador. Implementar funcionalidade que permita a execução de ACLs em um determinado horário do dia (time-based ACLs) Implementar políticas por usuário, permitindo que as configurações de ACL, QoS sejam aplicadas na porta utilizada para a conexão à rede, após a autenticação Implementar a configuração de telefones IP de forma automática, permitindo a detecção do aparelho através do protocolo LLDP e a configuração de VLAN e QoS para a porta. Implementar mecanismo que possibilite o envio de alertas e o disparo de ações baseados em limiares pré-definidos. Estes limiares poderão ser definidos por contadores internos e o tráfego a ser medido poderá ser determinado por meio de ACLs. Os contadores deverão suportar pelo menos as expressões: Delta (variação de um contador dentro de um intervalo de tempo configurável) e Delta-Ratio (variação da proporção entre dois contadores dentro de um intervalo de tempo configurável). Dentre as ações passíveis de serem disparadas depois que determinado limiar for atingido, estão: espelhar tráfego para porta de análise, permitir ou negar tráfego baseado em ACL, associar dinamicamente um profile de QoS, enviar trap SNMP ou mensagem Syslog ou ainda executar qualquer comando disponível no CLI (Command Line Interface). Implementar Policy Based Switching, ou seja, possibilitar que o tráfego classificado por uma ACL seja redirecionado para uma porta física específica. Implementar funcionalidade que permita o mapeamento de usuários identificados via Kerberos (com a credencial de usuário no domínio), IEEE 802.1x e LLDP, provendo informações como endereço MAC, VLAN e porta física. Estas informações devem estar disponíveis na linha de comando (CLI) do equipamento. Implementar funcionalidade que permita sua auto-configuração através dos protocolos DHCP e TFTP, permitindo o provisionamento em massa com o mínimo de intervenção humana. Se necessário, deve acompanhar as licenças de uso perpétuo para todas as funcionalidades antes relacionadas. O período de garantia de 36 meses, contando a partir da data da entrega dos equipamentos Durante o período de garantia, os serviços de manutenção e reposição de peças deverão ser com atendimento on-site, com tempo de solução de 6 horas para abertura do chamado, o qual deve ser possível ser aberto em central telefônica no Brasil, com telefone 0800 (ligação gratuita) e atendimento em Português, durante as 24 horas do dia, 7 dias por semana. Devem ser fornecidas juntamente com a proposta técnica, informações básicas sobre o funcionamento deste serviço (telefone de contato, procedimentos necessários, e outros...); Obs.: O serviço de manutenção e reposição de peças deverá ser efetuado pelo mesmo fabricante do servidor proposto ou pela assistência técnica autorizada pelo fabricante, desde que a mesma forneça documentação comprobatória do fabricante. Não serão aceitos documentos com assinatura digitalizada e cópias não autenticada. MARCA: EXTREME NETWORKS CÓDIGO:19447 Descrição Quant.: 3UN Vlr. Unit. R$ ,00 Página 4 - Ano XIII - Edição Nº de Janeiro de 2013

5 Item: 2 Switch core A solução deve ser composta de um único equipamento, montável em rack 19, devendo este vir acompanhado dos devidos acessórios para tal. Possuir fonte de alimentação interna AC e hot-swappable. Possuir fonte de alimentação redundante interna e hot-swappable Possibilitar que o equipamento funcione com uma fonte AC e uma fonte DC instaladas simultaneamente, devendo este vir acompanhado dos devidos acessórios para tal. Possuir bandeja de ventiladores substituível em campo (field replaceable e hot swappable) Possuir capacidade agregada de switching de, no mínimo 176 Gbps Possuir capacidade de encaminhamentos de pacotes, de no mínimo 130 Mpps utilizando pacotes de 64 bytes. Possuir porta de console com conector RJ-45 ou DB9 macho Possuir LEDs indicativos de funcionamento da fonte de alimentação, ventiladores e status das portas. Possuir 24 portas 10/100/1000BASE-T com conector RJ-45. Possuir 8 interfaces Gigabit Ethernet baseadas mini-gbic, devendo um mesmo mini-gbic-slot suportar interfaces 1000Base-SX, 1000Base-LX e 1000BASE- ZX não sendo permitida a utilização de conversores externos. Devem ser entregue com 8 interfaces padrão 1000Base-SX. Os mini-gbics deverão ser do mesmo fabricante do switch. O equipamento deve possibilitar o funcionamento simultâneo de 28 portas Gigabit ethernet Possuir 2 portas 10GBASE-X ativas simultaneamente, baseadas em XENPAK ou XFP ou X2 ou SFP+, devendo um mesmo slot suportar interfaces 10 Gigabit Ethernet 10GBASE-SR, 10GBASE-LR, 10GBASE-ER. Não é permitida a utilização de conversores externos; Deve ser entregue com 2 interfaces padrão 10GBASE-SR. Os transceivers deverão ser do mesmo fabricante dos switches. O equipamento deve possuir além das portas acima citadas uma porta adicional 10/100 com conector RJ-45 para gerência out-of-band do equipamento. Implementar empilhamento de no mínimo oito equipamentos e gerência atráves de um único endereço IP. O equipamento deve possuir duas portas específicas para empilhamento com velocidade de pelo menos 20Gbps cada (ou 10Gbps Full Duplex), totalizando 40 Gbps (ou 20 Gbps full-duplex), devendo este vir acompanhado dos acessórios para tal. O equipamento deve suportar empilhamento através das portas 10Gbps Ethernet. O equipamento deve permitir a instalação simultânea de 2 portas de empilhamento e 2 portas de uplink 10Gbps Ethernet. O equipamento deve suportar o agrupamento lógico (gerência por um único IP) de unidades remotamente instaladas (até a distância de 40km). O empilhamento deverá suportar arquitetura de anel para prover resiliência. O empilhamento deve ter capacidade de path fast recover, ou seja, com a falha de um dos elementos da pilha os fluxos devem ser reestabelecidos no tempo máximo de 50ms. O empilhamento deve permitir a criação de grupos de links agregados entre diferentes membros da pilha, segundo 802.3ad O empilhamento deve suportar espelhamento de tráfego entre diferentes unidades da pilha Deve ser possível mesclar em uma mesma pilha equipamentos que possuam portas de acesso 10/100, equipamentos que implementem PoE e equipamentos que adicionem no mínimo 24 portas 10G. A Memória Flash instalada deve ser suficiente para comportar no mínimo duas imagens do Sistema Operacional simultaneamente, permitindo que seja feito um upgrade de Software e a imagem anterior seja mantida. Possuir altura máxima de 1U (1,75") Deve suportar o armazenamento de até (trinta e dois mil) endereços MAC. Deve suportar o armazenamento de até (doze mil) rotas IPv4. Deve suportar o armazenamento de até (seis mil) rotas IPv6. Implementar interfaces Gigabit Ethernet (IEEE 802.3z, 1000BASE-X) e 10 Gigabit Ethernet (IEEE 802.3ae 10GBASE-X) Implementar agregação de links conforme padrão IEEE 802.3ad com, no mínimo, 128 grupos, sendo 8 links agregados por grupo Implementar até regras de ACL de entrada (ingress ACLs) Implementar até 512 regras de ACL de saída (egress ACLs) Possuir latência não superior a 4 micro segundos considerando pacotes de 64bytes O equipamento deve implementar Virtual Routing, permitindo a sua virtualização em no mínimo 60 entidades lógicas com tabelas de roteamento independentes. Possuir no mínimo 1GB de memória RAM e 1GB de Flash Possuir as certificações MEF-9 e MEF-14, devidamente comprovadas pelo Metro Ethernet Forum através do sítio: O equipamento deve suportar Sync-E de acordo com as seguintes resoluções do ITU-T: G.8261/Y.1361, G.8262/Y1362 e G.8264/Y1364 em pelo menos 8 portas 1000BASE-X. O equipamento deve suportar funcionalidade compatível ao IEEE 802 VEPA. O equipamento deverá suportar VPLS e H-VPLS de acordo com os seguintes padrões: a. RFC 2961 RSVP Refresh Overhead Reduction Extensions 6. RFC 3031 Multiprotocol Label Switching Architecture RFC 3032 MPLS Label Stack Encoding RFC 3036 Label Distribution Protocol (LDP) RFC 3209 RSVP-TE: Extensions to RSVP for LSP Tunnels RFC 3630 Traffic Engineering Extensions to OSPFv2 RFC 3811 Definitions of Textual Conventions (TCs) for Multiprotocol Label Switching (MPLS) Management RFC 3812 Multiprotocol Label Switching (MPLS) Traffic Engineering (TE) Management Information Base (MIB) RFC 3813 Multiprotocol Label Switching (MPLS) Label Switching Router (LSR) Management Information Base (MIB) RFC 3815 Definitions of Managed Objects for the Multiprotocol Label Switching (MPLS), Label Distribution Protocol (LDP) RFC 4090 Fast Re-route Extensions to RSVP-TE for LSP (Detour Paths) RFC 4379 Detecting Multi-Protocol Label Switched (MPLS) Data Plane Failures (LSP Ping) draft-ietf-bfd-base-09.txt Bidirectional Forwarding Detection RFC 4447 Pseudowire Setup and Maintenance using the Label Distribution Protocol (LDP) RFC 4448 Encapsulation Methods for Transport of Ethernet over MPLS Networks RFC 4762 Virtual Private LAN Services (VPLS) using Label Distribution Protocol (LDP) Signaling RFC 5085 Pseudowire Virtual Circuit Connectivity Verification (VCCV) RFC 5542 Definitions of Textual Conventions for Pseudowire (PW) Management RFC 5601 Pseudowire (PW) Management Information Base (MIB) RFC 5602 Pseudowire (PW) over MPLS PSN (MIB) RFC 5603 Ethernet Pseudowire (PW) MIB draft-ietf-l2vpn-vpls-mib-02.txt Virtual Private LAN Services (VPLS) MIB Implementar o protocolo IPFIX (RFC 3917). O equipamento deverá estar pelo menos parcialmente compatível com o padrão NEBS Level 3, Implementar agregação de links conforme padrão IEEE 802.3ad com suporte a LACP. Implementar agregação de links entre múltiplos switches (MLAG), possibilitando combinar a largura de banda de portas físicas pertencentes a switches distintos. Implementar jumbo frames em todas as portas ofertadas, com suporte a pacotes de até 9216 Bytes. Implementar Proxy-ARP (RFC 1027) Implementar IGMP v1, v2 e v3 Snooping. Implementar IGMPv1 (RFC 1112), IGMP v2 (RFC 2236), IGMPv3 (RFC 3376). Implementar MVR (Multicast VLAN Registration) Implementar DHCP/Bootp relay configurável por VLAN Implementar DHCP Option 82, de acordo com a RFC 3046, com identificação de porta e VLAN Implementar servidor DHCP interno que permita a configuração de um intervalo de endereços IP a serem atribuídos os clientes DHCP e possibilite ainda a atribuição de, no mínimo, default-gateway, servidor DNS e servidor WINS. Implementar Spanning-Tree (IEEE 802.1d), Rapid Spanning Tree (IEEE 802.1w), Multiple Instance STP (802.1s) e PVST+. Implementar a configuração de Multiple Spanning Tree Protocol, com suporte a, pelo menos, 64 domínios. Implementar funcionalidade vinculada ao Spanning-tree onde é possível designar portas de acesso (por exemplo onde estações estão conectadas) que não sofram o processo de Listening-Learning, passando direto para o estado de Forwarding. No entanto, as portas configuradas com esta funcionalidade devem detectar loops na rede normalmente. Implementar funcionalidade vinculada ao Spanning-tree que evite a eleição de outros switches da rede como Root. Implementar funcionalidade vinculada ao Spanning-tree que permita desabilitar uma porta de acesso assim que a mesma receba uma BPDU. Implementar 4094 VLANs por porta, ativas simultaneamente, através do protocolo 802.1Q. Página 5 - Ano XIII - Edição Nº de Janeiro de 2013

6 Implementar VLANs por porta, protocolo e MAC. Possibilitar a coleta de estatísticas de tráfego baseada em VLANs IEEE 802.1Q e double-tagged VLANs IEEE 802.1ad Implementar IEEE 802.1v: VLAN classification by Protocol and Port. Implementar VLAN Translation Implementar Private VLANs Implementar IEEE 802.1ad. Implementar IEEE 802.1ag L2 ping e traceroute, CFM (Connectivity Fault Management) Implementar funcionalidade baseada na recomendação do ITU Y.1731 (ou similar) que permita medir o atraso (two-way delay) e a variância (jitter) entre dois pontos quaisquer da rede. Implementar EAPS (RFC 3619) ou protocolo similar de resiliência em camada 2, específico para topologias em anel, que permita tempo de convergência inferior a 200 ms. Esta funcionalidade deve ser suportada em, no mínimo, duas portas, com suporte a 4 domínios. Suportar EAPS (RFC 3619) full ou protocolo similar de resiliência em camada 2, específico para topologias em anel, que permita tempo de convergência inferior a 200 ms. Implementar IEEE 802.1ab Link Layer Discovery Protocol (LLDP). Implementar LLDP-MED (Media Endpoint Discovery), segundo ANSI/TIA- 1057, Draft 08 Implementar roteamento estático com suporte a, no mínimo, 1000 rotas Implementar, no mínimo, 512 interfaces IP (v4 ou v6). Implementar os protocolos de roteamento IP: RFC 1058 RIP v1 e RFC 2453 RIP v2 Implementar o protocolo de roteamento OSPF v2 (RFC 2328), incluindo autenticação MD5, com suporte a pelo menos quatro interfaces não-passivas. Não há necessidade do equipamento ser eleito DR (Designated Router) ou BDR (Backup Designated Router) Suportar OSPF full, incluindo autenticação MD-5. A implementação de OSPF e rotas estáticas deve incluir ECMP (Equal Cost Multi Path). Implementar protocolo de multicast PIM-SM (RFC 2362), com suporte a pelo menos duas interfaces ativas. Não há necessidade do equipamento ser configurado como bootstrap router ou Rendevouz Point (RP). Suportar PIM-SM full (RFC 2362). Suportar PIM-DM (Dense Mode V2-dm-03) Suportar PIM-SSM segundo RFC 3569, draft-ietf-ssm-arch-06.txt Suportar MSDP (Multicast Source Discovery Protocol), de acordo com a RFC 3618 Implementar VRRP (RFC 3768) Deve suportar BGP v4 de acordo com as seguintes RFCs: a. RFC 1771 Border Gateway Protocol 4 RFC 1965 Autonomous System Confederations for BGP RFC 2796 BGP Route Reflection (supersedes RFC 1966) RFC 1997 BGP Communities Attribute RFC 1745 BGP4/IDRP for IP OSPF Interaction RFC 2385 TCP MD5 Authentication for BGPv4 RFC 2439 BGP Route Flap Damping RFC 3392 Capabilities Advertisement with BGP-4 RFC 2918 Route Refresh Capability for BGP-4 RFC 4360 BGP Extended Communities Attribute RFC 4760 Multiprotocol Extensions for BGP4 draft-ietf-idr-restart-10.txt - Graceful Restart Mechanism for BGP RFC 4893 BGP Support for four-octet AS number space A implementação de BGP deve incluir ECMP (Equal Cost Multi Path). A implementação de BGP deve permitir, no mínimo, 128 peers e rotas. Deve implementar Dual Stack, ou seja IPV6 e IPv4, com suporte as seguintes funcionalidades/rfcs : a. RFC 1981, Path MTU Discovery for IPv6, August Host Requirements RFC 2460, Internet Protocol, Version 6 (IPv6) Specification RFC 2461, Neighbor Discovery for IP Version 6, (IPv6) RFC 2462, IPv6 Stateless Address Auto configuration - Host Requirements RFC 2463, Internet Control Message Protocol (ICMPv6) for the Ipv6 Specification RFC 2464, Transmission of IPv6 Packets over Ethernet Networks RFC 2465, IPv6 MIB, General Group and Textual Conventions RFC 2466, MIB for ICMPv6 RFC 3513, Internet Protocol Version 6 (IPv6) Addressing Architecture RFC 3587, Global Unicast Address Format Ping over IPv6 transport Traceroute over IPv6 transport Telnet over IPv6 transport SSH-2 over IPv6 transport Deve implementar IPv6 de acordo com as seguintes RFCs: a. Static Unicast routes for IPv6 RFC 1981, Path MTU Discovery for IPv6, August Router Requirements RFC 2462, IPv6 Stateless Address Auto configuration - Router Requirements RFC 2080, RIPng RFC 2893, Configured Tunnels RFC 2462, IPv6 Stateless Address Auto configuration - Router Requirements RFC 2710, IPv6 Multicast Listener Discovery v1 (MLDv1) Protocol RFC 3056, 6-to-4 RFC 3810, IPv6 Multicast Listener Discovery v2 (MLDv2) Protocol ECMP para rotas estáticas Suportar OSPF para IPv6 (OSPFv3) RFC 2740 Suportar IS-IS, de acordo com as seguintes RFCs: a. RFC 1195 Use of OSI IS-IS for Routing in TCP/IP and Dual Environments (TCP/IP transport only) RFC 2763 Dynamic Hostname Exchange Mechanism for IS-IS RFC 2966 Domain-wide Prefix Distribution with Two-Level IS-IS RFC 2973 IS-IS Mesh Groups Draft-ietf-isis-restart-02 Restart Signaling for IS-IS Draft-ietf-isis-ipv6-06 Routing IPv6 with IS-IS Draft-ietf-isis-wg-multi-topology-11 Multi Topology (MT) Routing in IS-IS Implementar IPv6 em hardware nos módulos de interface. Implementar Policy Based Routing, inclusive para fluxos internos a uma determinada VLAN. Implementar upload e download de configuração em formato ASCII ou XML, permitindo a edição do arquivo de configuração e, posteriormente, o download do arquivo editado para o equipamento. Implementar TACACS+ segundo a RFC Implementar autenticação RADIUS com suporte a: a. RFC 2138 RADIUS Authentication RFC 2139 RADIUS Accounting RFC 3579 RADIUS EAP support for 802.1X A implementação de RADIUS e TACACS+ deve estar disponível para autenticação de usuários via Telnet e Console serial. Implementar RADIUS e TACACS+ per-command authentication. Possuir DNS Client para IPv4 segundo a RFC 1591 e DNS Client para IPv6. Posuir Telnet client and server segundo a RFC 854. Implementar os seguintes grupos de RMON através da RFC1757: History, Statistics, Alarms e Events. Deve implementar RMON2-probe configuration segundo a RFC 2021, podendo ser implementada internamente no switch ou externamente, por meio de probe em hardware utilizando uma porta 1000BaseTX. Implementar sflow V5 ou Netflow V5, em hardware. Implementar a atualização de imagens de software e configuração através de um servidor TFTP. Suportar múltiplos servidores Syslog. Implementar ajuste de clock do equipamento utilizando NTP e/ou SNTP para IPv4 e IPv6. Implementar Port Mirroring, permitindo espelhar até 128 portas físicas ou 16 VLANs para até 16 portas de destino (portas de análise). Implementar RSPAN (Remote Mirroring), permitindo espelhar o tráfego de uma porta ou VLAN de um switch remoto para uma porta de um switch local (porta de análise) Implementar gerenciamento através de SNMPv1 (RFC 1157), v2c (RFCs 1901 a 1908), v3 (RFCs 3410 a 3415) e SNMP para IPv6. Implementar SMON de acordo com a RFC 2613 Implementar cliente e servidor SSHv2 Implementar cliente e servidor SCP e servidor SFTP. Implementar gerenciamento via web com suporte a HTTP e HTTPS/SSL, permitindo visualização gráfica da utilização (em percentual, bytes e pacotes) das portas. O equipamento ofertado deve possuir um sistema operacional modular. O sistema operacional deve possuir comandos para visualização e monitoração de cada processo, sendo possível verificar por processo qual o consumo de cpu, process-id e qual o consumo de memória por processo. O sistema operacional deve possuir comandos para que processos sejam terminados ou reiniciados sem que seja necessário a reinicialização do equipamento. Esta funcionalidade deve estar disponível pelo menos para Telnet, TFTP, HTTP e LLDP na versão atual. O sistema operacional deve possibilitar a instalação de novas funcionalidades ou Página 6 - Ano XIII - Edição Nº de Janeiro de 2013

7 protocolos, sem a necessidade de reinicialização do equipamento. Implementar linguagem de scripting, permitindo a automatização de tarefas. A linguagem deve implementar estruturas de controle como loops e execução condicional e permitir a definição de variáveis. Implementar protocolo de monitoramento de status de comunicação entre dois switches, que possibilite que uma porta seja desabilitada caso seja detectada uma falha de comunicação entre os dois peers. Implementar Rate limiting de entrada em todas as portas. A granularidade deve ser configurável em intervalos de 64kbps para portas de até 1Gbps. Caso o equipamento ofertado possua suporte a portas 10Gbps, a granularidade para este tipo de interface deve ser configurável em intervalos de 1Mbps. A implementação de Rate Limiting deve permitir a classificação do tráfego utilizando-se ACLs e parâmetros, MAC origem e destino (simultaneamente) IP origem e destino (simultaneamente), portas TCP, portas UDP e campo 802.1p. Implementar Rate Shaping de saída em todas as portas. A granularidade deve ser configurável em intervalos de 64kbps para portas de até 1Gbps. Caso o equipamento ofertado possua suporte a portas 10Gbps, a granularidade para este tipo de interface deve ser configurável em intervalos de 1Mbps. A funcionalidade de Rate Shaping deve permitir a configuração de CIR (Commited Rate), banda máxima, banda mínima e peak rate. Implementar a leitura, classificação e remarcação de QoS (802.1p e DSCP). Implementar remarcação de prioridade de pacotes Layer 3, remarcando o campo DiffServ para grupos de tráfego classificados segundo portas TCP e UDP, endereço/subrede IP, VLAN e MAC origem e destino. Implementar 8 filas de prioridade em hardware por porta. Implementar os algoritmos de gerenciamento de filas WRR (Weighted Round Robin) e SP (Strict Priority), inclusive de forma simultânea em uma mesma porta. Implementar as seguintes RFCs: a. RFC 2474 DiffServ Precedence RFC 2598 DiffServ Expedited Forwarding (EF) RFC 2597 DiffServ Assured Forwarding (AF) RFC 2475 DiffServ Core and Edge Router Functions Implementar classificação de tráfego para QoS em Layer1-4 (Policy-Based Mapping) baseado em MAC origem e destino, IP origem e destino, TCP/UDP port, Diffserv, 802.1p Implementar funcionalidade que permita que somente endereços designados por um servidor DHCP tenham acesso à rede. Implementar funcionalidade que permita que somente servidores DHCP autorizados atribuam configuração IP aos clientes DHCP (Trusted DHCP Server) Implementar Gratuitous ARP Protection Implementar detecção e proteção contra ataques Denial of Service (DoS) direcionados a CPU do equipamento por meio da criação dinâmica e automática de regras para o bloqueio do tráfego suspeito. Implementar proteção e robustez contra os seguintes ataques conhecidos e catalogados pela CERT: a. CA : SQL Slammer b. CA : SSHredder c. CA : SNMP vulnerabilities CA-98-13: tcp-denial-of-service CA-98.01: smurf CA-97.28:Teardrop_Land -Teardrop and LAND attack CA-96.26: ping CA-96.21: tcp_syn_flooding CA-95.01: IP_Spoofing_Attacks_and_Hijacked_Terminal_Connections Implementar limitação de número de endereços MAC aprendidos por uma porta, para uma determinada VLAN. Implementar travamento de endereços MAC, permitindo a adição estática de endereços para uma determinada porta ou utilizando os endereços existentes na tabela MAC. O acesso de qualquer outro endereço que não esteja previamente autorizado deve ser negado. Implementar login de rede baseado no protocolo IEEE 802.1x, permitindo que a porta do Switch seja associada a VLAN definida para o usuário no Servidor RADIUS. A implementação do IEEE 802.1x deve incluir suporte a Guest VLAN, encaminhando o usuário para esta VLAN caso este não possua suplicante 802.1x ativo, em caso de falha de autenticação e no caso de indisponibilidade do servidor AAA. Implementar múltiplos suplicantes por porta, onde cada dispositivo deve ser autenticado de forma independente, podendo ser encaminhados à VLANs distintas. As múltiplas autenticações devem ser realizadas através de IEEE 802.1x. Implementar autenticação baseada em web, com suporte a SSL, através de RADIUS ou através da base local do switch Implementar autenticação baseada em endereço MAC, através de RADIUS ou através da base local do switch Implementar ACLs de entrada (ingress ACLs) em hardware, baseadas em critérios das camadas 2 (MAC origem e destino) e campo 802.1p, 3 (IP origem e destino) e 4 (portas TCP e UDP), em todas as interfaces e VLANs, com suporte a endereços IPv6. Deverá ser possível aplicar ACLs para tráfego interno de uma determinada VLAN. As ACLs devem ser configuradas para permitir, negar, aplicar QoS, espelhar o tráfego para uma porta de análise, criar entrada de log e incrementar contador. Implementar funcionalidade que permita a execução de ACLs em um determinado horário do dia (time-based ACLs) Implementar políticas por usuário, permitindo que as configurações de ACL, QoS sejam aplicadas na porta utilizada para a conexão à rede, após a autenticação Implementar a configuração de telefones IP de forma automática, permitindo a detecção do aparelho através do protocolo LLDP e a configuração de VLAN e QoS para a porta. Implementar Policy Based Switching, ou seja, possibilitar que o tráfego classificado por uma ACL seja redirecionado para uma porta física específica. Implementar funcionalidade que permita o mapeamento de usuários identificados via Kerberos (com a credencial de usuário no domínio), IEEE 802.1x e LLDP, provendo informações como endereço MAC, VLAN e porta física. Estas informações devem estar disponíveis na linha de comando (CLI) do equipamento. Implementar funcionalidade que permita sua auto-configuração através dos protocolos DHCP e TFTP, permitindo o provisionamento em massa com o mínimo de intervenção humana. Se necessário, deve acompanhar as licenças de uso perpétuo para todas as funcionalidades antes relacionadas. O período de garantia de 36 meses, contando a partir da data da entrega dos equipamentos Durante o período de garantia, os serviços de manutenção e reposição de peças deverão ser com atendimento on-site, com tempo de solução de 6 horas para abertura do chamado, o qual deve ser possível ser aberto em central telefônica no Brasil, com telefone 0800 (ligação gratuita) e atendimento em Português, durante as 24 horas do dia, 7 dias por semana. Devem ser fornecidas juntamente com a proposta técnica, informações básicas sobre o funcionamento deste serviço (telefone de contato, procedimentos necessários, e outros...); Obs.: O serviço de manutenção e reposição de peças deverá ser efetuado pelo mesmo fabricante do servidor proposto ou pela assistência técnica autorizada pelo fabricante, desde que a mesma forneça documentação comprobatória do fabricante. Não serão aceitos documentos com assinatura digitalizada e cópias não autenticada. MARCA: EXTREME NETWORKS CÓDIGO:19448 Descrição Quant.: 16UN Vlr. Unit. R$ ,00 Item: 3 SERVIDOR DE REDE CORPORATIVO TIPO LÂMINA Servidor Comercial de Tecnologia CISC (Set de instruções de 64-bits com extensão de código e memória de 64 bits), com processadores suportando a arquitetura de multiprocessamento simétrico (SMP) para 02 processadores, com 06 núcleos (cores) e originalmente concebidos para servidores corporativos de rede do tipo lâmina (blade) a ser conectado em gabinete HP Blade c7000 já existente; Dois processadores com no mínimo 6 núcleos cada, com clock de, no mínimo, 2.80 GHz por núcleo e suporte à tecnologia de virtualização; Memória cache L3 de 12 MB, no mínimo; Memória RAM, tipo ECC registrado, padrão RDIMM, com frequência compatível com os processadores fornecidos, com 48 GB, expansível a, pelo menos, 192GB; Deverão ser fornecidos no mínimo 06 módulos de memória com no mínimo 8Gb de memória cada, que devem operar a no mínimo 1333Mhz. O gabinete do servidor deverá ser HOT PLUG ou HOT SWAP; Controladora RAID, padrão SAS, com capacidade de implementar RAID 0 e 1 por hardware nas unidades instaladas. Possuir taxa de transferência de no mínimo 3Gb/s; Suporte a, no mínimo, 2 unidades de disco internas; Duas unidades de disco rígido de, no mínimo, 140 Gbytes cada, padrão SAS, com taxa de transferência de dados de 6 Gbytes/s e com rotação mínima de rpm, com tecnologia HOT PLUG ou HOT SWAP; Deverá possuir interface padrão Fiber Channel com, no mínimo, 2 conexões independentes e redundantes, podendo ser no mesmo módulo, ou em módulos separados, totalmente compatível com a SAN dos demais equipamentos desta solução. As portas Fibre Channel deverão ser Full Duplex de 8 GBits/s, sem agregação de portas, com suporte a balanceamento de carga de I/O e implementação de Página 7 - Ano XIII - Edição Nº de Janeiro de 2013

8 tolerância a falhas (Failover) de forma automática. O servidor deverá suportar boot remoto via SAN; Controladora de Rede 10 Gibabit com, expansível até oito interfaces, podendo ser no mesmo módulo, ou em módulos separados. Deverão suportar TOE (tcp offline), Full Duplex e Flow Control, possibilitando a configuração de balanceamento de carga e tolerância a falhas (IEEE 802.3ad). Controladora de vídeo com no mínimo, 8 Mbytes de memória não compartilhada e que suporte a resolução 1024X768, mesmo em console de gerenciamento remoto, compatível com Windows Server 2003 e 2008; Fornecer um conjunto de software e/ou hardware de gerência remota e diagnóstico de falhas do equipamento, do mesmo fabricante do hardware, que ofereça as seguintes funções para a solução ofertada: d. Permitir detecção e recuperação automática do servidor quando houver falhas; e. Ligar/desligar o servidor remotamente; Emitir alertas sempre que os principais componentes (processador(es), memória, disco) atinjam valores preestabelecidos; Possibilidade de emissão de inventário de hardware de CPU, memória e informações dos discos rígidos; Compatibilidade, integração, e detecção automática, para os softwares de gerenciamento padronizados para os protocolos SNMP e DMI Todos os recursos acima descritos e respectivas licenças de software devem estar incluídos nos equipamentos ofertados, inclusive as licenças necessárias para permitir a utilização do software de auxílio à instalação de sistema operacional Windows Server; Os recursos de gerenciamento aqui descritos podem ser atendidos pelos recursos de gerenciamento do chassi, desde que atendam a todos os Servidores Blade instalados na capacidade máxima do chassi; O servidor deve oferecer a funcionalidade de acesso remoto ao sistema operacional, via browser, com pelo menos as seguintes funcionalidades: a. Boot e reboot remoto; b. Acesso a console com segurança; c. Acesso a console gráfica do servidor, mesmo em falha de sistema operacional, com suporte a resolução de 1024 X 768 pixels Fornecer controle pleno do servidor, observando as mesmas funcionalidades de uma console local; Definição de senhas e criptografia para clientes remotos; Visualização de POST e BIOS, permitindo a configuração dos mesmos durante o processo de boot; Acesso aos drives de CD/DVD e disquete da console, caso existam; Acesso através de interface ou porta dedicada, não fazendo uso das interfaces de acesso a LAN; Devem ser fornecidos softwares de instalação remota (deployment), cuja funcionalidade é dar auxílio à instalação dos servidores, contendo os seguintes requisitos: a. Oferecer um método rápido, fácil e seguro para instalação de software e sistemas operacionais em servidores, através de uma console remota; A instalação do sistema operacional deverá contemplar a instalação de drivers e agentes de gerenciamento próprios para o equipamento; Estabelecer virtualização e controle na atividade de instalação dos softwares e sistemas operacionais em servidores, sem a necessidade de presença física; A ferramenta deverá garantir que em caso de substituição de um equipamento, a nova lâmina assumirá o perfil do equipamento anterior de forma transparente e automática; As lâminas (blades) devem ser totalmente compatíveis com o chassi fornecido, cujas características técnicas estão fornecidas neste edital. Deverá ser apresentado certificado do fabricante do hardware garantindo total compatibilidade com os sistemas Windows 2008, Citrix XenServer e RHEL; O servidor deverá ser entregue com todos os manuais originais e com todos os componentes e mídias necessários para sua completa instalação e operacionalização. O período de garantia de 36 meses, contando a partir da data da entrega dos equipamentos. Durante o período de garantia, os serviços de manutenção e reposição de peças deverão ser com atendimento on-site, com tempo de solução de 6 horas para abertura do chamado, o qual deve ser possível ser aberto em central telefônica no Brasil, com telefone 0800 (ligação gratuita) e atendimento em Português, durante as 24 horas do dia, 7 dias por semana. Devem ser fornecidas juntamente com a proposta técnica, informações básicas sobre o funcionamento deste serviço (telefone de contato, procedimentos necessários, e outros...); Obs.: O serviço de manutenção e reposição de peças deverá ser efetuado pelo mesmo fabricante do servidor proposto, sendo comprovado através de declaração do mesmo que é responsável pelo atendimento nos prazos estabelecidos no edital. Não serão aceitos documentos com assinatura digitalizada e cópias não autenticadas. O documento deverá ser apresentado dentro do envelope da proposta. MARCA:HP MODELO BL460C G7 CTO BLADE CÓDIGO:19449 VIGÊNCIA: 19/01/2013 4ª Publicação preços abaixo relacionados, decorrentes do Pregão Presencial n 169/ Ata do Sistema de Registro de Preços 018/2012 LAVAÇÃO E MANUTEN- ÇÃO DE PLACAS para atender a demanda das Secretarias, Fundos e Fundações e demais integrantes do Município de Itajaí, pelo período de 12 (doze) meses. Secretaria de Administração, a saber: Descrição Quant.: 1.000HO Vlr. Unit. R$ 140,00 Item: 1 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - POR HORA CÓDIGO: VIGÊNCIA: 31/01/2013 4ª Publicação preços abaixo relacionados, decorrentes do Pregão Eletrônico n 014/2011FMAS - Ata do Sistema de Registro de Preços 017/2012 AQUISIÇÃO DE EQUIPA- MENTOS DE INFORMÁTICA, ELETRODOMÉSTICOS, MÓVEIS E ELE- TRÔNICOS para atender a demanda das Secretarias, Fundos e Fundações e demais integrantes do Município de Itajaí, pelo período de 12 (doze) meses. Secretaria de Administração, a saber: Descrição Quant.: 3UN Vlr. Unit. R$ 85,45 Item: 1 BATEDEIRA Potência (W) 200, Acessório - 1 par de batedores - Folheto de instruções - Certificado de garantia, Características Gerais - Pode ser usada como portátil - Tigela giratória por sistema de disco - Botão ejetor dos batedores - Plataforma basculante, Modelo Fixa, Nº de velocidades 4, Batedeira - 220V MARCA:BRITANIA CÓDIGO:18713 Descrição Quant.: 10UN Vlr. Unit. R$ 220,00 Item: 2 Bebedouro Elétrico Capacidade de refrigeração 2,8 L/h, Capacidade do reservatório 550 ml, Tensão/Voltagem 220V, Características Gerais - Gabinete em plástico injetado - Pingadeiras em plástico injetado para alto impacto- Conexões hidráulicas internas em material atóxico- Torneiras em plástico ABS: água natural e água gelada- Bandeja coletora removível- Sistema eletrônico de refrigeração: economia no consumo de energia, Água gelada Sim, Bebedouro Polar Eletrônico Natural/Gelada - Prata - 220V Altura:39,00 Centímetros, Largura:28,00 Centímetros, Profundidade:29,00 Centímetros Peso:2,60 Quilos MARCA:POLAR/SV3000 CÓDIGO:18714 Descrição Quant.: 1UN Vlr. Unit. R$ 79,00 Item: 3 Espremedor de Frutas - Capacidade da jarra 1,25 L, Potência (W) 30, Características Gerais - Design e cor arrojadas - Cone para extração de suco de limão - Porta-fio - Acionamento automático MARCA:BRITANIA CÓDI- GO:18753 Descrição Quant.: 3UN Vlr. Unit. R$ 245,15 Item: 5 FORNO ELÉTRICO Capacidade 30 litros, Potência (W) 1.500, Tensão/Voltagem 220V, Conteúdo da Embalagem - Forno elétrico - Bandeja de resíduos - Grelha deslizante - Assadeira - Manual de instruções - Certificado de garantia Características Gerais - Aquece, assa, tosta, gratina, grelha e descongela - Controle de temperatura com 7opções de ajuste - Com 2 resistências - Timer de 120 minutos - Assadeira em aço - Grelha deslizante com regulagem de altura - Porta em vidro temperado - Bandeja de resíduos - Luz indicadora de funciona- Página 8 - Ano XIII - Edição Nº de Janeiro de 2013

9 mento, Termostato regulável Sim, Bandeja para resíduos Sim MARCA: BRITANIA CÓDIGO:19145 Descrição Quant.: 1UN Vlr. Unit. R$ 571,50 Item: 6 Lavadora de alta pressão Pressão 1600 libras de pressão (110 bar), Potência (W) 1650 W, Vazão 360 l/h, Tensão/Voltagem 220V, Conteúdo da Embalagem- Lavadora - Aplicador de detergentes Características Gerais - Engate rápido - Corrente Elétrica: 7A / 13A - Frequência: 50/60 Hz - Rotação do Motor: 3400 rpm - Temperatura de Alimentação: 40 C (máx.) - Vazão de Alimentação: 480 l/h (min.) - MARCA:WAP CÓDI- GO:18717 Descrição Quant.: 3UN Vlr. Unit. R$ 255,85 Item: 7 Liquidificador Capacidade total do copo (litros) 2,00, Capacidade útil do copo (litros) 1,25, Potência (W) 600, Tensão/Voltagem 220V, Características Gerais- Fácil de limpar- Painel com superfície macia e de fácil limpeza Lâminas serrilhadas- Filtro e espátula, Nº de velocidades 3, Copo cristal, Filtro Sim, Função pulsar Sim, Função autolimpeza Sim, Lâminas em aço inox Sim, Portafio Sim MARCA: WALITA CÓDIGO:18718 Descrição Quant.: 1UN Vlr. Unit. R$ 297,80 Item: 8 MICROONDAS Capacidade (litros) 18, Potência (W) 700, Níveis de potência 11, Consumo (kwh) 1200 W, Tensão/Voltagem 220V MARCA:COBSUL CÓDIGO:19146 Descrição Quant.: 1UN Vlr. Unit. R$ 170,00 Item: 10 Carrinho Mão Com chassi metálico e caçamba metálica funda. O carrinho de mão é produzido a partir de matérias-primas de alta qualidade. Possui propriedades especiais de estampagem, tornando as caçambas mais resistentes e duráveis. Acabamento com pintura eletrostática a pó, que tem uma melhor apresentação visual e maior proteção contra oxidação. Conjunto carrinho-de-mão com braço metálico e caçamba metálica funda de 0,45 mm (chapa 26) Capacidade: 90 litros Peso : kg MARCA:TRAMONTINA CÓDI- GO:18726 Descrição Quant.: 8UN Vlr. Unit. R$ 200,00 Item: 11 Varal fixo Aluminio com pintura eletrostática cor branca, 5 cordas fixas, podendo ser instalado com até 5 metros de comprimento. MARCA: PLUMA CÓDIGO:18735 Descrição Quant.: 2UN Vlr. Unit. R$ 304,95 Item: 12 Tanque de Lavar roupa Modelo: Sim Turbo, Tipo de tanquinho: semi automático, Material: polipropileno, Programas de lavagem: 04 - enxágue, leve, molho e pesado, Entrada de água: manual, Saída da água: manual, Molho: automático, Enxágue: manual, Dispenser: de sabão, Tipo de agitador: horizontal, Auto-limpeza do agitador, Filtro papa-fiapos, Desligamento automático, Esfregador, Timer: de 13 segundos com molho, Pausa, Grade de proteção, Silencioso, Baixo consumo de energia, CONTEÚDO DA EMBALAGEM:01 Tanquinho;- Manual de instruções;- Relação de assistência técnica. DADOS TÉCNICOSAlimentação: 220 Volts.Consumo aprox. de energia: 0,05 kwh/ ciclo.consumo aprox. de água: com enxágue 80,3 litros por ciclo.capacidade de roupa: 03 kg.capacidade de água: 75 litros.rotação: 1750 RPM.Peso aprox. do produto: 11,5 kg.peso aprox. com embalagem: 13 kg, Dimensões aprox. do produto (L x A x P): 54 x 91 x 67 cm. ou similar MARCA: FIORETO CÓDI- GO:18749 Descrição Quant.: 1UN Vlr. Unit. R$ 359,98 Item: 13 BATEDEIRA POFISSIONAL ELETRÔNICA cor preta, sistema de batimento orbital, sistema de abertura automático, 3 batedores em metal resistente, tigela extragrande com coletor de ingredientes; antirespingo; potência (watts) 500W,; consumo (watts) 0,5 Kw/h. MARCA: MONDIAL CÓDI- GO:19149 VIGÊNCIA: 30/12/2012 4ª Publicação preços abaixo relacionados, decorrentes do Pregão Presencial n 175/ Ata do Sistema de Registro de Preços 019/2012 AQUISIÇÃO DE PLACAS DE INAUGURAÇÃO E IDENTIFICAÇÃO para atender a demanda das Secretarias, Fundos e Fundações e demais integrantes do Município de Itajaí, pelo período de 12 (doze) meses. Secretaria de Administração, a saber: Descrição Quant.: 26UN Vlr. Unit. R$ 587,12 Item: 1 PLACA PARA INAUGURAÇÃO : EM AÇO INOX ESCOVADO 0,8 MM, BAIXO RELEVO COM PRETO, BRASÃO DO MUNICIPIO BAIXO RELEVO COLORIDO, QUATRO FUROS. ACOMPANHA : PARAFUSOS, BUCHAS, CALOTAS PARA ACABAMENTO, PANO PARA DESCERRAMENTO AZUL E MOLDURA EM GRANITO VERDE UBATUBA. TAMANHO PLACA AÇO: 40 X 60 CM. TAMANHO MOLDURA GRANITO: 50 X 70 CM. OBS: ATÉ DUAS ALTERAÇÕES NO LAYOUT. CÓDIGO:11940 Descrição Quant.: 28UN Vlr. Unit. R$ 387,52 Item: 2 PLACA DE IDENTIFICAÇÃO : PLACA EM LONA COM TUBO GALVANIZADO, IMPRESSÃO DIGITAL, ACABAMENTO DE ALUMÍNIO, FIXADA NA PAREDE MEDINDO: 1,80 X 1,00 M. CÓDIGO:11942 VIGÊNCIA: 17/01/2013 4ª Publicação preços abaixo relacionados, decorrentes do Pregão Presencial n 039/2011FMS - Ata do Sistema de Registro de Preços 024/2012 AQUISIÇÃO DE KITS PARA LABORATÓRIO COM FORNECIMENTO EM COMODATO DO APA- RELHO PARA ANÁLISE para atender a demanda das Secretarias, Fundos e Fundações e demais integrantes do Município de Itajaí, pelo período de 12 (doze) meses. Secretaria de Administração, a saber: Grupo: 1 Item: 1 ANTI-HAVA-IGM MARCA:RADIM CÓDIGO:18921 Quantidade : 700TESTE Vlr. Unit: R$ 6,13 Item: 2 ANTI HBc IgG (TOTAL) REAGENTE - KIT COM 100 TESTES MARCA:RADIM CÓDIGO:13806 Quantidade : 3.000KIT Vlr. Unit: R$ 3,82 Item: 3 ANTI HBc IgM REAGENTE - KIT COM 100 TESTES MARCA:RADIM CÓDIGO:13805 Quantidade : 1.500KIT Vlr. Unit: R$ 3,82 Item: 4 ANTI HBE MARCA:RADIM CÓDIGO:18936 Quantidade : 100TESTE Vlr. Unit: R$ 3,83 Item: 5 ANTI HBS REAGENTE - KIT COM 100 TESTES MARCA:RADIM CÓDIGO:13807 Quantidade : 5.000KIT Vlr. Unit: R$ 4,58 Item: 6 ANTI HCV REAGENTE - KIT COM 100 TESTES MARCA:RADIM CÓDIGO:13808 Quantidade : KIT Vlr. Unit: R$ 3,05 Item: 7 ANTI HIV I/II (Ag/Ab 4 geração) MARCA:BIORAD CÓDI- GO:18941 Quantidade : TES Vlr. Unit: R$ 2,55 Item: 10 CITOMEGALOVIRUS IGG REAGENTE C/100 TESTES MARCA:RADIM CÓDIGO:8430 Quantidade : 1.300KIT Vlr. Unit: R$ 3,36 Página 9 - Ano XIII - Edição Nº de Janeiro de 2013

10 Item: 11 CITOMEGALOVIRUS IGM MARCA:RADIM CÓDIGO:18939 Quantidade : 1.300TEST Vlr. Unit: R$ 3,36 Item: 12 HBE AG MARCA:RADIM CÓDIGO:18937 Quantidade : 100TESTE Vlr. Unit: R$ 3,83 Item: 13 HBs Ag REAGENTE - KIT COM 100 TESTES MARCA:RADIM CÓDIGO:13804 Quantidade : KIT Vlr. Unit: R$ 2,55 Item: 15 KIT LABORATORIAL ANTI-HAV-IGG MARCA:RADIM CÓDI- GO:18920 Quantidade : 700TESTE Vlr. Unit: R$ 5,85 Item: 16 RUBÉOLA IGG REAGENTE COM 100 TESTES MARCA:RADIM CÓDIGO:8435 Quantidade : 6.000UN Vlr. Unit: R$ 3,36 Item: 17 RUBÉOLA IGM REAGENTE COM 100 TESTES MARCA:RADIM CÓDIGO:8436 Quantidade : 6.000KIT Vlr. Unit: R$ 3,36 Item: 18 TOXOPLASMOSE IGG REAGENTE C/ 100 TESTE MARCA:RADIM CÓDIGO:8438 Quantidade : 7.000UN Vlr. Unit: R$ 3,36 Item: 19 TOXOPLASMOSE IgM REAGENTE - KIT COM 100 TESTES MARCA:RADIM CÓDIGO:13811 Quantidade : 7.000KIT Vlr. Unit: R$ 3,36 VIGÊNCIA: 09/02/2013 4ª Publicação preços abaixo relacionados, decorrentes do Pregão Presencial n 010/ Ata do Sistema de Registro de Preços 028/2012 AQUISIÇÃO DE FRIOS E PRODUTOS CARNEOS para atender a demanda das Secretarias, Fundos e Fundações e demais integrantes do Município de Itajaí, pelo período de 12 (doze) meses. Secretaria de Administração, a saber: Descrição Quant.: 1.665KG Vlr. Unit. R$ 14,60 Item: 1 CARNE BOVINA PATINHO MOIDO RESFRIADO NO MÁXIMO 10 % DE SEBO E GODURA COM ASPECTO, COR, CHEIRO E SABOR PROPRIO. EMBALADO EM SACO PLÁSTICO TRANSPARENTE E ATÓXICO. PRA- ZO DE VALIDADE: DE ACORDO COM AS NORMAS SANITÁRIAS VIGEN- TES MARCA:PEDRÃO CÓDIGO:100 Descrição Quant.: 2.640KG Vlr. Unit. R$ 12,60 Item: 2 CARNE BOVINA SEM OSSO RESFRIADA (MÚSCULO) ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS: MÚSCULO TRASEIRO (PEÇA), SEM OSSO, SEM APONEVROSES, SEM TENDÕES, SEM NERVOS E HOMOGENEIZADO. PERCENTUAL DE TECIDO ADIPOSO MÁXIMO DE 10%. COR VERME- LHO-CEREJA, ODOR E SABOR PRÓPRIO. OS PADRÕES MICROBIOLÓGICOS, FÍSICO-QUÍMICOS, MICROSCÓPICOS E SENSORI- AIS DEVEM ATENDER AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES. EMBALA- GEM PRIMÁRIA: SACO PLÁSTICO ATÓXICO ESPECIAL PARA VÁCUO, PACOTES DE 1 KG, DEVIDAMENTE IDENTIFICADOS COM RÓTULO DE ACORDO COM A LEGISLAÇÃO VIGENTE. EMBALAGEM SECUNDÁRIA: DE ACORDO COM AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES. PRAZO DE VA- LIDADE: DE ACORDO COM AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES. MARCA:PEDRÃO CÓDIGO:101 Descrição Quant.: 3.030KG Vlr. Unit. R$ 10,60 Item: 3 CARNE BOVINA TIPO LOMBO SEM OSSO PEÇA INTEIRA RESFRI- ADO, NO MÁXIMO 10 % DE SEBO E GORDURA, COM ASPECTO, COR, CHEIRO E SABOR PRÓPRIO, EMBALADO EM SACO PLÁSTICO TRANS- PARENTE ATOXICO. PRAZO DE VALIDADE: DE ACORDO COM AS NOR- MAS SANITÁRIAS VIGENTES MARCA:PEDRÃO CÓDIGO:102 Descrição Quant.: 4.612KG Vlr. Unit. R$ 12,70 Item: 4 CARNE MOÍDA (MÚSCULO) ESPECIFICAÇÃO TÉCNICAS: MÚS- CULO TRASEIRO, SEM OSSO, SEM APONEVROSES, SEM TENDÕES, SEM NERVOS E HOMOGENEIZADO. PERCENTUAL DE GORDURA MÁXIMO DE 10%. COR VERMELHO-CEREJA, ODOR E SABOR PRÓPRIO. OS PA- DRÕES MICROBIOLÓGICOS, FÍSICO-QUÍMICOS, MICROSCÓPICOS E SEN- SORIAIS DEVEM ATENDER AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES. EM- BALAGEM PRIMÁRIA: SACO PLÁSTICO ATÓXICO ESPECIAL PARA VÁCUO, PACOTES DE 1 KG, DEVIDAMENTE IDENTIFICADOS COM RÓTULO DE ACORDO COM A LEGISLAÇÃO VIGENTE, PRAZO DE VALI- DADE: DE ACORDO COM AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES MARCA:PEDRÃO CÓDIGO:103 Descrição Quant.: 5.512KG Vlr. Unit. R$ 5,90 Item: 5 COXA E SOBRE COXA DE FRANGO C/ OSSO, O PRODUTO DEVE- RA APRESENTAR CONSISTENCIA FIRME, COR AMARELO PALIDO, LI- GEIRAMENTE ROSADA E CHEIRO PROPRIO. O PERCENTUAL DE AGUA (GELO) NAO PODE SER SUPERIOR A 15% DO PESO.O FRIGORIFICO DEVE SER LICENCIADO PELO SIF OU SIE OU SIM E ORGAO COMPE- TENTE. O PRODUTO DEVERA SER TRANSPORTADO EM VEICULO DE TRANPORTE C/ ISOLAMENTO TERMICO E EQUIPAMENTO DE PRODUCAO DE FRIO RESPEITANDO AS NORMAS EXIGIDAS PELA ANVISA. ROTULAGEM DE ACORDO C/ A LEGISLACAO EM VIGOR. O PRODUTO DEVE VIR CONGELADO EM PACOTES DE ATE 02KG. EMBA- LAGEM SECUNDÁRIA: DE ACORDO COM AS NORMAS SANITÁRIAS VI- GENTES. PRAZO DE VALIDADE: DE ACORDO COM AS NORMAS SANI- TÁRIAS VIGENTES MARCA:PEDRÃO CÓDIGO:107 Descrição Quant.: 2.670KG Vlr. Unit. R$ 10,60 Item: 6 CARNE ACEM BOVINA POSTAS CONGELADA, SEM OSSO, SEM APARAS E APONEVROSES, COM NO MAXIMO 15% DE GORDURA. O PRODUTO DEVE ESTAR DE ACORDO COM AS CARACTERISTICAS ORGANOLEPTICAS PROPRIAS, O FRIGORIFICO DEVE SER LICENCIA- DO PELO SIF OU SIE OU SIM E ORGAO COMPETENTE. O PRODUTO DEVERA SER TRANSPORTADO EM VEICULO DE TRANSPORTE COM ISOLAMENTO TERMICO E EQUIPAMENTO DE PRODUCAO DE FRIO, RESPEITANDO AS NORMAS EXIGIDAS PELA ANVISA. ROTULAGEM DE ACORDO COM A LEGISLACAO EM VIGOR. PRAZO DE VALIDADE: DE ACORDO COM AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES MARCA:PEDRÃO CÓDIGO:97 Descrição Quant.: 1.820KG Vlr. Unit. R$ 17,60 Item: 7 CARNE BOVINA COXAO MOLE BIFE APROXIMADAMANTE 180 GRAMAS, RESFRIADO, NO MÁXIMO 10 % DE SEBO E GODURA COM ASPECTO, COR, CHEIRO E SABOR PROPRIO. EMBALADO EM SACO PLÁSTICO TRANSPARENTE E ATÓXICO. PRAZO DE VALIDADE: DE ACORDO COM AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES MARCA:PEDRÃO CÓDIGO:98 Descrição Quant.: 370KG Vlr. Unit. R$ 14,40 Item: 8 TATU PEÇA INTEIRA RESFRIADO NO MÁXIMO 10 % DE SEBO E GODURA COM ASPECTO, COR, CHEIRO E SABOR PROPRIO. EMBALA- DO EM SACO PLÁSTICO TRANSPARENTE E ATÓXICO. PRAZO DE VA- LIDADE: DE ACORDO COM AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES MARCA:PEDRÃO CÓDIGO:119 Descrição Quant.: 1.437KG Vlr. Unit. R$ 5,20 Item: 9 FRANGO CONGELADO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS: FRANGO INTEIRO, COM MIÚDOS (CORAÇAO, FIGADO, MOELA, PÉS E PESCO- ÇO), PESANDO DE 2,0 A 2,3 KG. CADA UNIDADE. OS PADRÕES MICROBIOLÓGICOS, FÍSICO-QUÍMICOS, MICROSCÓPICOS E SENSORI- AIS DEVEM ATENDER AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES. EMBALA- GEM PRIMÁRIA: EMBALAGEM UNITÁRIA LACRADA E ROTULADA DE ACORDO COM A LEGISLAÇÃO VIGENTE. EMBALAGEM SECUNDÁRIA: Página 10 - Ano XIII - Edição Nº de Janeiro de 2013

11 DE ACORDO COM AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES. PRAZO DE VA- LIDADE: DE ACORDO COM AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES MARCA:PEDRÃO CÓDIGO:108 Descrição Quant.: 1.410KG Vlr. Unit. R$ 7,50 Item: 10 PEITO DE FRANGO - CONGELADO EMBALAGEM TRADICIO- NAL,2 PEITOS POR EMBALAGEM,ARMAZENAGEM EM TEMPERATU- RA DE 12 GRAUS, PRAZO DE VALIDADE: DE ACORDO COM AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES MARCA:PEDRÃO CÓDIGO:112 Descrição Quant.: 1.310KG Vlr. Unit. R$ 6,00 Item: 11 SALSICHA RESFRIADA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS: OS PA- DRÕES MICROBIOLÓGICOS, FÍSICO-QUÍMICOS, MICROSCÓPICOS E SEN- SORIAIS DEVEM ATENDER AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES. EM- BALAGEM PRIMÁRIA: SACO PLÁSTICO ATÓXICO ESPECIAL, PACO- TES DE 500 GRAMAS A 1 QUILO, DEVIDAMENTE IDENTIFICADOS COM RÓTULO DE ACORDO COM A LEGISLAÇÃO VIGENTE. PRAZO DE VALI- DADE: DE ACORDO COM AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES MARCA:PEDRÃO CÓDIGO:118 Descrição Quant.: 261KG Vlr. Unit. R$ 10,80 Item: 12 BACON EM PEÇA DEFUMADO PRAZO DE VALIDADE: DE ACOR- DO COM AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES MARCA:PEDRÃO CÓDI- GO:94 Descrição Quant.: 820KG Vlr. Unit. R$ 17,40 Item: 13 CARNE BOVINA COXÃO MOLE EM CUBOS RESFRIADA NO MÁXIMO 10 % DE SEBO E GODURA COM ASPECTO, COR, CHEIRO E SABOR PROPRIO. EMBALADO EM SACO PLÁSTICO TRANSPARENTE E ATÓXICO. PRAZO DE VALIDADE: DE ACORDO COM AS NORMAS SANI- TÁRIAS VIGENTES MARCA:PEDRÃO CÓDIGO:99 Descrição Quant.: 245KG Vlr. Unit. R$ 17,50 Item: 14 CHARQUE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS: MÁXIMO 10% DE GORDURA. COR, ODOR E SABOR CARACTERÍSTICO. EMBALAGEM PRIMÁRIA: SACO PLÁSTICO ATÓXICO ESPECIAL, PACOTES DE 01 KG, DEVIDAMENTE IDENTIFICADOS COM RÓTULO DE ACORDO COM A LEGISLAÇÃO VIGENTE. EMBALAGEM SECUNDÁRIA: DE ACORDO COM AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES. PRAZO DE VALIDADE: DE ACOR- DO COM AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES. MARCA:PEDRÃO CÓDI- GO:106 Descrição Quant.: 600KG Vlr. Unit. R$ 9,50 Item: 15 LINGÜIÇA CALABRESA PRAZO DE VALIDADE: DE ACORDO COM AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES MARCA:PAMPLONA CÓDI- GO:109 Descrição Quant.: 200KG Vlr. Unit. R$ 13,50 Item: 16 LINGÜIÇA DEFUMADA MISTA PRAZO DE VALIDADE: DE ACOR- DO COM AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES MARCA:MAROCA CÓDI- GO:110 Descrição Quant.: 250KG Vlr. Unit. R$ 8,00 Item: 17 MORTADELA FATIADA SEM GORDURA RESFRIADA. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS: OS PADRÕES MICROBIOLÓGICOS, FÍSI- CO-QUÍMICOS, MICROSCÓPICOS E SENSORIAIS DEVEM ATENDER AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES. EMBALAGEM PRIMÁRIA: SACO PLÁS- TICO ATÓXICO ESPECIAL, DEVIDAMENTE IDENTIFICADOS COM RÓ- TULO DE ACORDO COM A LEGISLAÇÃO VIGENTE. EMBALAGEM SE- CUNDÁRIA: DE ACORDO COM AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES. PRAZO DE VALIDADE: DE ACORDO COM AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES. MARCA:FAJOFAMA CÓDIGO:111 Descrição Quant.: 250KG Vlr. Unit. R$ 14,70 Item: 18 PRESUNTO SEM CAPA DE GORDURA INGREDIENTES: PERNIL SUÍNO, SALMORA, PROTEÍNAS ISOLADA DE SOJA, AÇUCAR E ESTABILIZANTE, PRAZO DE VALIDADE: DE ACORDO COM AS NOR- MAS SANITÁRIAS VIGENTES MARCA:FAJOFAMA CÓDIGO:114 Descrição Quant.: 450KG Vlr. Unit. R$ 16,80 Item: 19 QUEIJO MUSSARELA LEITE PASTEURIZADO, SAL, FERMEN- TO LACTO E COALHO, TER SELO DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PRAZO DE VALIDADE: DE ACORDO COM AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES MARCA:FAJORAMA CÓDIGO:115 Descrição Quant.: 100KG Vlr. Unit. R$ 28,00 Item: 20 SALAME INTEIRO CARNE SUíNA, BOVINA, TOUCINHO, LEITE EM PÓ E AÇUCAR, PRAZO DE VALIDADE: DE ACORDO COM AS NOR- MAS SANITÁRIAS VIGENTES MARCA:PERDIGÃO CÓDIGO:117 Descrição Quant.: 300KG Vlr. Unit. R$ 12,60 Item: 21 COSTELA BOVINA CARNE BOVINA COM OSSO (COSTELA) ESPECIFICAÇÃO TECNICA: COSTELA BOVINA COM OSSO TRASEIRA, COR VERMELHA ODOR E SABOR PROPRIO, COM NO MÁXIMO 10% DE GORDURAS E NERVOS. RÓTULO DEVE ATENDER AS NORMAS SANITÁ- RIAS VIGENTES. EMBALAGENS EM SACO PLÁSTICO COM ROTULAGEM COM ESPECIFICAÇÕES DO SIF OU SIE. MARCA:PEDRÃO CÓDIGO:19748 Descrição Quant.: 400KG Vlr. Unit. R$ 9,20 Item: 22 PERNIL SUÍNO CARNE SUÍNA COM OSSO(PERNIL) ESPECIFICAÇÕES TECNICAS: CARNE CONGELADA DE SUÍNO COM OSSO, TER O MAXIMO DE 5% DE GORDURAS TOTAIS. CARNE BRANCA APRE- SENTANDO TODO O FRESCOR DA MATERIA PRIMA CONVENIENTES, ISENTO DE QUALQUER EVIDENCIA DE DECOMPOSIÇÃO E MANCHAS POR HEMATOMAS. APÓS O COZIMENTO DEVERÁ MANTER A CARACTERISTICA ORGANOLÉPTICA PROPRIA DA ESPÉCIE, SEM SA- BOR OU ODOR DESAGRADÁVEL. O PRODUTO DEVERÁ ESTAR ISENTO DE MICROORGANISMOS PATOGÊNICOS, PARASITAS QUE PODEM RE- PRESENTAR PERIGO PARA A SAÚDE DO CONSUMIDOR. A EMBALA- GEM DEVEM SER ATOXICA E TRANSPARENTE E TERMOSSOLDADAS. CONTENDO TABELA ROTULO COM INFORMAÇÃO NUTRICIONAL. MARCA:PEDRÃO CÓDIGO:19749 Descrição Quant.: 600KG Vlr. Unit. R$ 9,50 Item: 23 BISTECA DE PORCO CARNE SUÍNA COM OSSO (BISTECA). ESPECIFICAÇÕES TECNICAS: CARNE CONGELADA DE SUÍNO COM OSSO, TER O MAXIMO DE 5% DE GORDURAS TOTAIS. CARNE BRANCA APRE- SENTANDO TODO O FRESCOR DA MATERIA PRIMA CONVENIENTES, ISENTO DE QUALQUER EVIDENCIA DE DECOMPOSIÇÃO E MANCHAS POR HEMATOMAS. APÓS O COZIMENTO DEVERÁ MANTER A CARACTERISTICA ORGANOLÉPTICA PROPRIA DA ESPÉCIE, SEM SA- BOR OU ODOR DESAGRADÁVEL. O PRODUTO DEVERÁ ESTAR ISENTO DE MICROORGANISMOS PATOGÊNICOS, PARASITAS QUE PODEM RE- PRESENTAR PERIGO PARA A SAÚDE DO CONSUMIDOR. A EMBALA- GEM DEVEM SER ATOXICA E TRANSPARENTE E TERMOSSOLDADAS. CONTENDO TABELA ROTULO COM NFORMAÇÃO NUTRICIONAL. MARCA:PEDRÃO CÓDIGO:19750 Descrição Quant.: 300KG Vlr. Unit. R$ 9,00 Item: 24 MIÚDO DE BOI - LÍNGUA LIMPA NO MÁXIMO 10 % DE SEBO E GODURA COM ASPECTO, COR, CHEIRO E SABOR PROPRIO. EMBALA- DO EM SACO PLÁSTICO TRANSPARENTE E ATÓXICO. PRAZO DE VA- LIDADE: DE ACORDO COM AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES MARCA:PEDRÃO CÓDIGO:19744 Descrição Quant.: 300KG Vlr. Unit. R$ 13,00 Item: 25 FILÉ DE PESCADA COM ASPECTO, COR, CHEIRO E SABOR PRÓPRIO, EMBALADO EM CAIXA COM SACO PLÁSTICO TRANSPA- RENTE E ATÓXICO, PRAZO DE VALIDADE: DE ACORDO COM AS NOR- MAS SANITÁRIAS VIGENTES. MARCA:LEARDINE CÓDIGO:19745 Página 11 - Ano XIII - Edição Nº de Janeiro de 2013

12 Descrição Quant.: 300KG Vlr. Unit. R$ 9,10 Item: 26 MIÚDO DE BOI - DOBRADINHA LIMPA COM ASPECTO, COR, CHEIRO E SABOR PRÓPRIO, EMBALADO EM CAIXA COM SACO PLÁS- TICO TRANSPARENTE E ATÓXICO, PRAZO DE VALIDADE: DE ACOR- DO COM AS NORMAS SANITÁRIAS VIGENTES. MARCA:PEDRÃO CÓDI- GO:19746 VIGÊNCIA: 16/02/2013 4ª Publicação preços abaixo relacionados, decorrentes do Pregão Presencial n 006/ Ata do Sistema de Registro de Preços 027/2012 AQUISIÇÃO DE MATERI- AIS DE SOLDA E DISCOS DE CORTE para atender a demanda das Secretarias, Fundos e Fundações e demais integrantes do Município de Itajaí, pelo período de 12 (doze) meses. Secretaria de Administração, a saber: Descrição Quant.: 8KG Vlr. Unit. R$ 4,99 Item: 2 ARAME PARA SOLDA MIG COBREADO (AÇO CARBONO) 1,2MM MARCA:KIFERRO CÓDIGO:11821 Descrição Quant.: 500UN Vlr. Unit. R$ 6,30 Item: 3 DISCO DE CORTE 7 x 1/16 x 7/8 MARCA:BLUE DIAMOND CÓDI- GO:19400 Descrição Quant.: 50UN Vlr. Unit. R$ 3,70 Item: 4 DISCO DE CORTE B.N.A. 12 MEDINDO 11,5 X 1,0 MARCA:TYROLIT CÓDIGO:11326 Descrição Quant.: 150UN Vlr. Unit. R$ 3,90 Item: 5 DISCO DE CORTE PARA FERRO PEQUENO ESPESSURA DE 1,5MM MARCA:BLUE DIAMOND CÓDIGO:290 Descrição Quant.: 65UN Vlr. Unit. R$ 3,00 Item: 6 DISCO DE DESBASTE PARA ESMERILHADEIRA 115 X 5 MM MARCA:DISMA CÓDIGO:291 Descrição Quant.: 10UN Vlr. Unit. R$ 7,05 Item: 7 DISCO DE DESBASTE PARA ESMERILHADEIRA 115 X 5 MM TIPO FLAP 40 MARCA:DISMA CÓDIGO:11685 Descrição Quant.: 10UN Vlr. Unit. R$ 4,06 Item: 8 DISCO DE DESBASTE PARA ESMERILHADEIRA 115 X 5 MM TIPO FLAP 60 MARCA:DISMA CÓDIGO:11687 Descrição Quant.: 8UN Vlr. Unit. R$ 694,00 Item: 9 DISCO DIAMANTADO PARA CORTE DE CONCRETO E ASFALTO MM MARCA: BLUE DIAMOND CÓDIGO:11497 Descrição Quant.: 23UN Vlr. Unit. R$ 300,00 Item: 10 DISCO DIAMANTADO PARA CORTE, PARA USO EM MAQUINA CORTADORA DE ASFALTO, 350 MM - ALTURA DA LIGA 10 MM CON- CENTRAÇÃO DE DIAMANTE 6.0 FURO CENTRAL 1" MARCA:BR TOOLS CÓDIGO:292 Descrição Quant.: 350KG Vlr. Unit. R$ 10,50 Item: 11 ELETRODO ,5MM MARCA:ELBRAS CÓDIGO:2684 Descrição Quant.: 30KG Vlr. Unit. R$ 11,80 Item: 12 ELETRODO ,5MM MARCA: ELBRAS CÓDIGO:2687 Descrição Quant.: 100KG Vlr. Unit. R$ 12,40 Item: 13 ELETRODO ,25MM MARCA: ELBRAS CÓDIGO:2686 Descrição Quant.: 30KG Vlr. Unit. R$ 11,00 Item: 14 ELETRODO COM 2,5MM EMBALADO EM KG MARCA: ELBRAS CÓDIGO:366 VIGÊNCIA: 09/02/2013 4ª Publicação. preços abaixo relacionados, decorrentes do Pregão Presencial n 006/2012FMS - Ata do Sistema de Registro de Preços 026/2012 AQUISIÇÃO DE FILMES, FIXADOR E REVELADOR para atender a demanda das Secretarias, Fundos e Fundações e demais integrantes do Município de Itajaí, pelo período de 12 (doze) meses. Secretaria de Administração, a saber: Grupo: 2 Item: 7 FIXADOR RADIOLÓGICO GALÃO 38 LITROS. MARCA:CENIT CÓDIGO11722 Quantidade : 50 GALÃO Vlr. Unit: R$ 79,00 Item: 8 REVELADOR RADIOLÓGICO GALÃO 38 LITROS. MARCA:CENIT CÓDIGO11723 Quantidade : 50 GALÃO Vlr. Unit: R$ 116,80 VIGÊNCIA: 09/02/2013 4ª Publicação. preços abaixo relacionados, decorrentes do Pregão Presencial n 005/2012FMS - Ata do Sistema de Registro de Preços 021/2012 AQUISIÇÃO DE CAIXAS DE PAPELÃO para atender a demanda das Secretarias, Fundos e Fundações e demais integrantes do Município de Itajaí, pelo período de 12 (doze) meses. Secretaria de Administração, a saber: Item: 1 CAIXA DE PAPELÃO ONDULADO PARDO TESTE LINER, ONDA SIMPLES E SEM IMPRESSÃO. MEDIDAS (CxLxA) : 180x120x50 (MM). CÓDIGO19446 Quantidade : UN Vlr. Unit: R$ 0,38 VIGÊNCIA: 26/01/2013 4ª Publicação preços abaixo relacionados, decorrentes do Pregão Presencial n 002/2012 FUNREBOM - Ata do Sistema de Registro de Preços 025/2012 AQUISIÇÃO DE NOTEBOOK para atender a demanda das Secretarias, Fundos e Fundações e demais integrantes do Município de Itajaí, pelo período de 12 (doze) meses. Secretaria de Administração, a saber: Item: 1 NOTEBOOK O equipamento deverá, obrigatoriamente, conter: PROCESSADOR: Processador com 2 núcleos, com 4 segmentos, 2.4 Ghz de Página 12 - Ano XIII - Edição Nº de Janeiro de 2013

13 velocidade do clock, frequencia máxima de turbo de 3.0 Ghz, cache de 3 MB, razão barramento/núcleo igual a 24 e consumo máximo de energia 35W. SISTEMA OPERACIONAL: Computador deverá ser compatível com sistema operacional baseado em software livre, conforme estabelece a Lei /04, com Kernel 3.0 ou superior. GARANTIA: no mínimo de 1 ano MEMÓRIA: Memória de 6GB Dual Channel DDR3 1333MHz (1x4Gb+1x2Gb) MONITOR: Tela True Life WLED WXGA (720p) de 15,6 polegadas, Widescreen. PLACA DE VÍDEO: Placa de video integrada HD. DISCO RÍGIDO: Disco rígido SATA de no mínimo 500 GB (5400 RPM) COR: Preto NETWORK CARD: Placa de rede integrada 10/100. UNIDADE ÓPTICA: Gravador de DVD/CD Dual Layer (Unidade DVD +/- RW 8x) PLACA DE SOM: Áudio de Alta Definição 2.0. PLACA WIRELESS: Wireless Card b/g/n, Bluetooth v3.0+hs. WEBCAM: Webcam integrada de no mínimo 1.0 MEga Pixels. TECLADO: Teclado em Português com teclado numérico. BATERIA: Bateria de 6 células. Obs: Deverá vir com cabo de alimentação Bivolt. MARCA:ITAUTEC CÓDIGO:19712 Quantidade : 15UN Vlr. Unit: R$ 1.909,00 VIGÊNCIA: 09/02/2013 4ª Publicação preços abaixo relacionados, decorrentes do Pregão Presencial n 001/ Ata do Sistema de Registro de Preços 023/2012 AQUISIÇÃO DE MATERI- AIS DE PLOTAGEM PARA CONFECÇÃO DE PLACAS DE SINALIZAÇÃO VIÁRIA para atender a demanda das Secretarias, Fundos e Fundações e demais integrantes do Município de Itajaí, pelo período de 12 (doze) meses. Secretaria de Administração, a saber: Item: 1 PELÍCULA REFLETIVA EM GRAU TÉCNICO (ESFERAS INCLU- SAS), ACRÍLICA A BASE DE SOLVENTE, ADESIVO PERMANENTE, MA- TERIAL ANTI-DESTRUTIVO, DURABILIDADE DE 7 (SETE) ANOS E MEDIDAS NÃO INFERIOR A 0,13 MM DE ESPESSURA E 1240 MM DE LARGURA. EM DIVERSAS CORES COMO: VERMELHA, AMARELA, BRAN- CA, VERDE, AZUL, OURO, CINZA, MARROM, LARANJA, VERDE CLA- RO. USO EXTERNO. MARCA:3M CÓDIGO:19706 Quantidade : 5.000M² Vlr. Unit: R$ 36,80 Item: 2 VINIL POLIMÉRICO, FILME DE PVC CALANDRADO POLIMÉRICO, COM TOQUE MACIO NO CORTE, ESPESSURA 0,10. ADE- SIVO ACRÍLICO AQUOSO PERMANENTE, DESENVOLVIDO PARA SE OBTER UM PERÍODO MAIS PROLONGADO DE COLAGEM. PROTE- TOR: PAPEL SILICONADO DE 125 GRAMAS, QUASE ISENTA DE MAN- CHAS RETROLUMINADO, COM 1,22 M DE LARGURA. DURABILIDADE DE 5 (CINCO) ANOS. EM DIVERSAS CORES COMO: VERMELHA, AMARE- LA, BRANCA, PRETA, MARROM, VERDE BANDEIRA, AZUL. USO EX- TERNO. MARCA:3M CÓDIGO:19707 Quantidade : 5.000M² Vlr. Unit: R$ 13,88 Item: 3 MASCARA: FILME DE PVC BRANCA. ADESIVO ACRÍLICO TIPO AUTO TACK, PROTETOR APLISIL 105 GRAMAS/M² (PAPEL SILICONADO). MARCA:3M CÓDIGO:19708 Quantidade : 1.000M² Vlr. Unit: R$ 11,55 VIGÊNCIA: 25/01/2013 4ª Publicação. preços abaixo relacionados, decorrentes do Pregão Presencial n 009/ Ata do Sistema de Registro de Preços 029/2012 AQUISIÇÃO DE BANCOS FRANCESES E PORTA BICICLETAS para atender a demanda das Secretarias, Fundos e Fundações e demais integrantes do Município de Itajaí, pelo período de 12 (doze) meses. Secretaria de Administração, a saber: Descrição Quant.: 200UN Vlr. Unit. R$ 1.101,00 Item: 1 BANCO FRANCÊS: PÉS EM FORMATO DE L CONFECCIONA- DOS EM CONCRETO FCK 18 MPA, VIBRADO, ENVERNIZADO, MEDIN- DO: ALTURA 0,20m, PROFUNDIDADE DE 0,70m, COM RECORTE PARA ENCAIXE DAS PRANCHAS DE MADEIRA MEDINDO 6.0cm x 16cm, FURO CONFORME FORMATO DA PRANCHA, FERRAGEM ARMADA CA 50 DE 8,0mm, ESTRIBO DE ESPAÇAMENTO A CADA 100mm. CONTEM 04 PRAN- CHAS DE MADEIRA (ANGELIN PEDRA) - 2 NO ENCOSTO E 2 NO ASSEN- TO, ENVERNIZADAS, MEDINDO 0.05m x 0.15m x 1.90m DE COMPRI- MENTO, FACES DAS PRANCHAS ABAULADAS, O TRAVAMENTO DAS PRANCHAS NOS PÉS É ATRAVÉS DE UMA GRAPA EM AÇO CARBONO. MARCA: VERSSAT CÓDIGO:19733 Descrição Quant.: 200UN Vlr. Unit. R$ 185,00 Item: 2 PORTA BICICLETA FUGÊ AREIA FINÍSSIMA JACAREÍ, CIMENTO ARI, PEDRA 0,5, VERNIZ MARTERCRYL-ACABAMENTO, VERNIZ MASTERTOP-PRIMER. PESO DE 38 KG, ALTURA DE 300 MM, PARAFU- SO GALVANIZADO OLHAL DE SUSTENTAÇÃO DE 3/4 COM DIÂMETRO DE 38MM. MARCA: DELTA CÓDIGO:19734 VIGÊNCIA: 23/02/2013 4ª Publicação. preços abaixo relacionados, decorrentes do Pregão Presencial n 012/ Ata do Sistema de Registro de Preços 030/2012 AQUISIÇÃO DE INSUMOS PARA CONFECÇÃO DE MASSA ASFÁLTICA para atender a demanda das Secretarias, Fundos e Fundações e demais integrantes do Município de Itajaí, pelo período de 12 (doze) meses. Secretaria de Administração, a saber: Descrição Quant.: 250To Vlr. Unit. R$ 882,00 Item: 1 EMULSÃO ASFÁLTICA RR 2C a) Viscosidade Saybolt Furol. S. a 50ºC b) Sedimentação % em peso Máx. 5 c) Peneiração 0.84 mm peso máx. 0.1 d) Resistência à água % min. de cobertura - agregado seco 80 - agregado úmido 80 f) Carga da partícula positiva g) ph. Máx. - h) Destilação - Solvente destilado % em vol Resíduo mínimo, % em peso 67 i) Desemulsibilidade % em peso min. 50 ENSAIO SOBRE O SOLVENTE DESTILADO a) Destilação 95% evaporados ºC máx. ENSAIO SOBRE O RESÍDUO a) Penetração a 25ºC 100 g. 5 s. 0.1 mm b) Teor de betume % em peso min. 97 c Ductibilidade a 25ºC cm min. 40 OBS: todos os itens seguem em conformidade com as normas da ABNT. MARCA:COMPASA CÓDIGO:3600 Descrição Quant.: 2.400To Vlr. Unit. R$ 1.189,90 Item: 2 CIMENTO ASFÁLTICO DE PETRÓLEO CAP-50/70 - Viscosidade a 60ºC 2000 a Viscosidade Saybolt Furol: a 135ºC 120 min a 177º C 30 a 150 Página 13 - Ano XIII - Edição Nº de Janeiro de 2013

14 Efeito do calor e do ar (ECA) a 163ºC por 5h.: - Variação em massa 1,0 máx. - Relação de Viscosidade 4,0 máx. - Ductibilidade a 25ºC 50 mín. - Índice de susceptibilidade térmica (-1,5) a (+1) - Penetração (100 g 5 s. 25ºC) 90 mín. - Ponto de Fulgor 220 mín. - Solubilidade em tricloroetileno 99,5 mín. OBS: todos os itens seguem em conformidade com as normas da ABNT e ASTM. MARCA:COMPASA CÓDIGO:3601 Descrição Quant.: 100To Vlr. Unit. R$ 1.917,00 Item: 3 ASFALTO DILUIDO CM 30 - Viscosidade cinemática CSTa 60 ºC Viscosidade Saybolt-Furol, segundos a 25ºC ºC - 60ºC - 82,2 ºC - - Ponto de fulgor (V. A. Tag). ºC mínimo 38 - destilação até 360ºC % volume do total destilado a: 22,5ºC, máximo º C º C Resíduo a 360ºC por diferença % volume mínimo 50 - Água % volume, máximo 0,2 NO RESÍDUO DA DESTILAÇÃO - Penetração 0,1 mm Betume % peso mínimo 99,0 - Ductibilidade a 25ºC, cm mínimo 100 OBS: todos os itens seguem em conformidade com as normas da ABNT. MARCA:PETROBRAS CÓDIGO:3602 Descrição Quant.: M³ Vlr. Unit. R$ 39,85 Item: 4 BRITA GRADUADA Conforme especificações do D.N.E.R. Faixa A MARCA:VALE DO ITAJAI CÓDIGO:3951 Descrição Quant.: M³ Vlr. Unit. R$ 39,80 Item: 5 PÓ DE BRITA Material passante na peneira 1/4" MARCA:BRITAGEM GASPAR CÓDIGO:3952 Descrição Quant.: M³ Vlr. Unit. R$ 38,90 Item: 6 BRITA NÚMERO 1 proveniente de material pétreo) Material passante na peneira 3/4" e retido na peneira 3/8" MARCA:BRITAGEM GASPAR CÓ- DIGO:3954 Descrição Quant.: 5.000M³ Vlr. Unit. R$ 34,75 Item: 7 RACHÃO Pedra britada com diâmetro máximo de 5" MARCA:VALE DO ITAJAI CÓDIGO:3953 VIGÊNCIA: 24/02/2013 4ª Publicação. preços abaixo relacionados, decorrentes do Pregão Presencial n 173/ Ata do Sistema de Registro de Preços 022/2012 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE RECAPAGEM DE PNEUS para atender a demanda das Secretarias, Fundos e Fundações e demais integrantes do Município de Itajaí, pelo período de 12 (doze) meses. Secretaria de Administração, a saber: Descrição Quant.: 13UN Vlr. Unit. R$ 328,00 Item: 1 RECAPAGEM DE PNEUS 1000 X 20 - BORRACHUDO CÓDI- GO:13364 Descrição Quant.: 25UN Vlr. Unit. R$ 309,00 Item: 2 RECAPAGEM DE PNEUS 1000 X 20 LISO CÓDIGO:13365 Descrição Quant.: 13UN Vlr. Unit. R$ 320,00 Item: 3 RECAPAGEM DE PNEUS 295/80R X 22.5 LISO CÓDIGO:13366 Descrição Quant.: 6UN Vlr. Unit. R$ 409,00 Item: 4 RECAPAGEM DE PNEUS 295/80R X 22.5 BORRACHUDO CÓDI- GO:13367 Descrição Quant.: 5UN Vlr. Unit. R$ 300,00 Item: 5 RECAPAGEM DE PNEUS 900 X 20 BORRACHUDO CÓDIGO:13370 Descrição Quant.: 9UN Vlr. Unit. R$ 900,00 Item: 6 RECAPAGEM DE PNEUS 17.5 X 25 CÓDIGO:13372 Descrição Quant.: 4UN Vlr. Unit. R$ 328,00 Item: 7 RECAPAGEM DE PNEUS 1000 X 20 - BORRACHUDO CÓDI- GO:13364 Descrição Quant.: 4UN Vlr. Unit. R$ 313,00 Item: 8 RECAPAGEM DE PNEUS 1000 X 20 LISO CÓDIGO:13365 Descrição Quant.: 6UN Vlr. Unit. R$ 220,00 Item: 9 RECAPAGEM DE PNEUS 7.50 X 16 BORRACHUDO CÓDIGO:13368 Descrição Quant.: 6UN Vlr. Unit. R$ 218,00 Item: 10 RECAPAGEM DE PNEUS 7.50 X 16 LISO CÓDIGO:13369 Descrição Quant.: 6UN Vlr. Unit. R$ 300,00 Item: 11 RECAPAGEM DE PNEUS 900 X 20 BORRACHUDO CÓDIGO:13370 Descrição Quant.: 6UN Vlr. Unit. R$ 294,00 Item: 12 RECAPAGEM DE PNEUS 900 X 20 LISO CÓDIGO:13371 Descrição Quant.: 4UN Vlr. Unit. R$ 850,00 Item: 13 RECAPAGEM DE PNEUS 17.5 X 25 CÓDIGO:13372 Descrição Quant.: 4UN Vlr. Unit. R$ 950,00 Item: 14 RECAPAGEM DE PNEUS 1400 R X 24 CÓDIGO:13373 Descrição Quant.: 6UN Vlr. Unit. R$ 225,00 Item: 15 RECAPAGEM DE PNEUS 900 X 16 CÓDIGO:13375 Descrição Quant.: 6UN Vlr. Unit. R$ 700,00 Item: 16 RECAPAGEM DE PNEUS 14.9/43 X 28 CÓDIGO:13377 Descrição Quant.: 6UN Vlr. Unit. R$ 1.050,00 Item: 17 RECAPAGEM DE PNEUS 18.4 X 30 CÓDIGO:16152 Descrição Quant.: 6UN Vlr. Unit. R$ 790,00 Item: 18 RECAPAGEM DE PNEUS 9.5 X 28 CÓDIGO:16165 Página 14 - Ano XIII - Edição Nº de Janeiro de 2013

15 Descrição Quant.: 10UN Vlr. Unit. R$ 1.940,00 Item: 19 RECAPAGEM DE PNEUS 23.1 X 26 CÓDIGO:16166 Descrição Quant.: 10UN Vlr. Unit. R$ 699,50 Item: 20 RECAPAGEM DE PNEUS 14.9 X 24 CÓDIGO:16167 VIGÊNCIA: 25/01/2013 4ª Publicação. MUNICÍPIO DE ITAJAÍ PREGÃO Nº 008/2013 O MUNICÍPIO DE ITAJAÍ, no Estado de Santa Catarina, através da Secretaria de Administração, à Rua Alberto Werner, 100, Vila Operária, torna público que fará realizar licitação, na modalidade PREGÃO, do tipo Menor Preço, para AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTO DE ARMAZENAMENTO DE DADOS STORAGE, mediante as especificações e condições previstas no Edital, sob a regência da Lei /02, 8.666/93 e alterações posteriores. O edital encontra-se à disposição dos interessados para fazer o download, através do site As propostas serão abertas às 16h30 do dia 28 de janeiro de 2013, na Sala de Reuniões do Departamento de Licitações da Prefeitura de Itajaí, no endereço acima mencionado, com participação aberta às proponentes e ao público. Itajaí (SC), 11 de janeiro de Nelson Abrão de Souza Secretário Municipal de Administração Interino MUNICÍPIO DE ITAJAÍ PREGÃO Nº 007/2013 RGP O MUNICÍPIO DE ITAJAÍ, no Estado de Santa Catarina, através da Secretaria de Administração, à Rua Alberto Werner, 100, Vila Operária, torna público que fará realizar licitação, na modalidade PREGÃO, através do Sistema Registro de Preços, para AQUISIÇÃO DE MACADAME MOÍDO/BRITADO, mediante as especificações e condições previstas no Edital, sob a regência da Lei /02, 8.666/93 e alterações posteriores. O edital encontra-se à disposição dos interessados para fazer o download, através do site As propostas serão abertas às 13h30 do dia 28 de janeiro de 2013, na Sala de Reuniões do Departamento de Licitações da Prefeitura de Itajaí, no endereço acima mencionado, com participação aberta às proponentes e ao público. Itajaí (SC), 11 de janeiro de Nelson Abrão de Souza Secretário Municipal de Administração Interino MUNICÍPIO DE ITAJAÍ PREGÃO Nº 003/2013 FMS O MUNICÍPIO DE ITAJAÍ, no Estado de Santa Catarina, através da Secretaria de Administração, à Rua Alberto Werner, 100, Vila Operária, torna público que fará realizar licitação, na modalidade PREGÃO, tipo Menor Preço, para PRES- TAÇÃO DE SERVIÇOS DE EMBALADOR, mediante as especificações e condições previstas no Edital, sob a regência da Lei /02, 8.666/93 e alterações posteriores. O edital encontra-se à disposição dos interessados para fazer o download, através do site As propostas serão abertas às 16h30 do dia 25 de janeiro de 2013, na Sala de Reuniões do Departamento de Licitações da Prefeitura de Itajaí, no endereço acima mencionado, com participação aberta às proponentes e ao público. Itajaí (SC), 11 de janeiro de MUNICÍPIO DE ITAJAÍ PREGÃO Nº 006/2013 RGP O MUNICÍPIO DE ITAJAÍ, no Estado de Santa Catarina, através da Secretaria de Administração, à Rua Alberto Werner, 100, Vila Operária, torna público que fará realizar licitação, na modalidade PREGÃO, através do Sistema Registro de Preços, para AQUISIÇÃO DE ADUBO ORGÂNICO (TIPO CAMA DE AVIÁ- RIO), mediante as especificações e condições previstas no Edital, sob a regência da Lei /02, 8.666/93 e alterações posteriores. O edital encontra-se à disposição dos interessados para fazer o download, através do site As propostas serão abertas às 13h30 do dia 25 de janeiro de 2013, na Sala de Reuniões do Departamento de Licitações da Prefeitura de Itajaí, no endereço acima mencionado, com participação aberta às proponentes e ao público. Itajaí (SC), 11 de janeiro de Nelson Abrão de Souza Secretário Municipal de Administração Interino MUNICÍPIO DE ITAJAÍ PREGÃO Nº 005/2013 RGP O MUNICÍPIO DE ITAJAÍ, no Estado de Santa Catarina, através da Secretaria de Administração, à Rua Alberto Werner, 100, Vila Operária, torna público que fará realizar licitação, na modalidade PREGÃO, através do Sistema Registro de Preços, para AQUISIÇÃO DE MATERIAIS DE SAÚDE ESCOLAR E DEMAIS UTENSÍLIOS, mediante as especificações e condições previstas no Edital, sob a regência da Lei /02, 8.666/93 e alterações posteriores. O edital encontra-se à disposição dos interessados para fazer o download, através do site As propostas serão abertas às 13h30 do dia 24 de janeiro de 2013, na Sala de Reuniões do Departamento de Licitações da Prefeitura de Itajaí, no endereço acima mencionado, com participação aberta às proponentes e ao público. Itajaí (SC), 11 de janeiro de Nelson Abrão de Souza Secretário Municipal de Administração Interino AVISO DE JULGAMENTO DA HABILITAÇÃO PROPOSTA DE PREÇOS DA LICITAÇÃO NA MODALIDADE CARTA CONVITE Nº 032/2012 Processo Administrativo nº /2012. A Comissão de Licitação da Prefeitura de Itajaí SC informa que o julgamento da Habilitação e Proposta de Preços da Carta Convite nº 032/2012, cujo objeto consiste na Prestação de serviços de engenharia e assistência técnica, manutenção corretiva e preventiva em equipamentos de informática, software de base e manutenção de pontos de rede, resultou no seguinte: Empresa Habilitada Neomap TI Com. e Serviços Tecnológicos Ltda Empresa Classificada: Neomap TI Com. e Serviços Tecnológicos Ltda com valor de R$75.000,00 Empresa Vencedora: Neomap TI Com. e Serviços Tecnológicos Ltda com valor de R$75.000,00 Itajaí, SC, 10 de janeiro de Jorge Alberto de Mello Presidente da Comissão Nelson Abrão de Souza Secretário Municipal de Administração Interino Página 15 - Ano XIII - Edição Nº de Janeiro de 2013

16 ATOS DA CVI PORTARIA Nº 75/2013 NOMEIA SERVIDOR FACE À APROVAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO EM CON- CURSO PÚBLICO. O Presidente da Câmara de Vereadores de Itajaí, no uso de suas atribuições que lhe confere o Art. 18, inciso III, da Lei Orgânica Municipal, combinado com o Art. 11, inciso II, da Lei Municipal nº 2960/95, e Art. 38, inciso XXX, do Regimento Interno da Câmara, resolve: NOMEAR PAULO DA SILVA, para exercer o cargo de provimento efetivo de MOTO- RISTA, nível B-4, 08 (oito) horas, face à aprovação e classificação obtida no Concurso Público de que trata o Edital n.º 01/2011. PUBLIQUE-SE, DEVENDO O NOMEADO TOMAR POSSE, E TER EXERCÍCIO NOS PRAZOS LEGAIS. CUMPRA-SE. Itajaí, 09 de janeiro de Ver. OSVALDO GERN Presidente. PORTARIA Nº 74/2013 DELEGA A ASSINATURA DE ATOS DE NATUREZA ADMINISTRATIVA. O Presidente da Câmara de Vereadores de Itajaí, no uso de suas atribuições e com fundamento no Art. 38 2º do Regimento Interno, com a redação que lhe foi dada pela Resolução nº 467/2009 de 04/05/2009, resolve: Art. 1º - DELEGAR ao Secretário (a) de Administração e Finanças, Procurador (a) Geral da Câmara de Vereadores de Itajaí, Chefe de Gabinete do Presidente, Secretário (a) Geral, Secretário (a) de Comunicação e Promoção Social e ao Diretor (a) de Finanças, Orçamento, Recursos Humanos, Compras, Contratos e Licitações, a assinatura de atos de natureza administrativa da Câmara, com exceção dos atos de nomeação, exoneração, promoção, reclassificação e aposentadoria dos servidores e bem assim da abertura e homologação dos processos licitatórios nas modalidades de Tomada de Preços e Concorrência Pública. Art. 2º - A assinatura de cheques, empenhos, ordens de pagamento e demais atos administrativos de natureza financeira devem ter duas assinatura, uma necessariamente do Diretor (a) de Finanças, Orçamento, Recursos Humanos, Compras, Contratos e Licitações e/ou do Secretário (a) de Administração e Finanças e outra de qualquer das demais mencionadas no artigo anterior, se os dois ora mencionados, não tiverem firmado em conjunto. Art. 3º - Os demais atos administrativos que envolvam servidores, como licenças, concessão de férias, apuração de responsabilidades, aplicação de penalidades, julgamento de recursos e quaisquer outros atos atinentes a essa área de gestão, excetuados os mencionados no art. 1º, deverão ser firmados pelo Secretário de Administração e Finanças e/ou o Procurador Geral da Câmara de Vereadores de Itajaí, e qualquer dos demais mencionados no Art. 1º, se estes, ora mencionados, não tiverem firmado em conjunto. Art. 4º - Outros atos administrativos, não especificados nos artigos 2º e 3º devem ser firmados em conjunto por dois dos mencionados no Art. 1º da presente Portaria. Art. 5º - Fica revogada a Portaria 53/2011, de 27 de junho de DÊ-SE CIÊNCIA, PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE. Itajaí, 08 de janeiro de Ver. OSVALDO GERN Presidente. ESTADO DE SANTA CATARINA Câmara de Vereadores de Itajaí Av. Vereador Abrahão João Francisco (Contorno Sul), 3825 Bairro Ressacada CEP Fone/Fax: (47) Itajaí Santa Catarina PORTARIA Nº 70 /2013 CONCEDE FÉRIAS A SERVIDORES QUE ESPECIFICA O Presidente da Câmara de Vereadores de Itajaí, no uso de suas atribuições que lhe confere o Art. 38, inciso XXX, do Regimento Interno da Câmara RESOLVE: Conceder férias aos servidores abaixo, a serem gozadas nos períodos especificados, no ano de 2013, sendo um terço (1/3) convertido em abono pecuniário (Lei n 3.898, de 28 de abril de 2003), conforme requerimentos dos servidores. Nome ABELARDO LUIZ DA SILVA AILSON MODESTO CHAVES ALLAN RODRIGO COELHO ANDRÉIA MARIA NICOLAU FAGANELLO Cargo/Matrícula Período Aquisitivo (P.A.) Técnico de Áudio e Vídeo MAT. 35 P.A a Arquivista Mat. 08 P.A a Atendente Mat. 12 P.A a Auxiliar de Limpeza e Conservação Mat. 36 P.A a Férias/Abono 07 a a a a CARMEN BEATRIZ CHAVES Auxiliar de Serviços Gerais 12 a Mat. 47 P.A a CLÓVIS JOSÉ MORAES Técnico em Gravação 07 a Mat. 37 P.A a CRISTIANO GONÇALVES Oficial Administrativo 12 a Mat. 30 P.A a ELIANE BORGES DOS SANTOS Auxiliar de Limpeza e Conservação a Mat. 48 ESTADO DE SANTA CATARINA Câmara de Vereadores de Itajaí ELIS BRANDINA DE LIMA SOARES FRANCISCO FAGANELLO JEAN CARLOS JACINTO JOSÉ FERNANDO DOS SANTOS P.A a Jornalista Mat. 39 P.A a Motorista Mat. 24 P.A a Telefonista Mat. 25 P.A a Operador Técnico em Gravação Mat. 40 P.A a LILIAN TERESINHA ROSA REIS Recepcionista Mat. 26 P.A a LINDACIR APARECIDA DE BARROS LUIZ RENATO SEARA DA SILVA MARIA ALEXANDRE CLEMENTINA MARIA DE FÁTIMA FORMOSO DA SILVA MARIA THEREZA PEREIRA SANTOS RICHARD MAUS ROSANA RODRIGUES LIMA SAMUEL MOREIRA SANDRO MURILO DA COSTA Auxiliar de Limpeza e Conservação Mat. 41 P.A a Assessor de Administração de Pessoal Mat. 09 P.A a Auxiliar de Limpeza e Conservação Mat. 42 P.A a Atendente Mat. 43 P.A a Assessor Legislativo Mat. 71 P.A a Av. Vereador Abrahão João Francisco (Contorno Sul), 3825 Bairro Ressacada CEP Fone/Fax: (47) Itajaí Santa Catarina 07 a a a a a SEM ABONO a a a a a Sonoplastia Mat a P.A a Auxiliar de Limpeza e Conservação a Mat. 49 P.A a Editor de Áudio e Vídeo Mat a P.A a Assistente de Compras Mat a P.A a Página 16 - Ano XIII - Edição Nº de Janeiro de 2013

17 ESTADO DE SANTA CATARINA Câmara de Vereadores de Itajaí THIAGO DE SOUZA ZEVERINO Atendente Mat. 66 P.A a THOMAZ PICKERING JÚNIOR Secretário Legislativo Mat. 03 P.A a VILIBALDO GOMES DA SILVA Operador de Som Mat. 21 P.A a WAGNER BARICHELLO Assessor Legislativo Mat. 67 BUSATO P.A a DÊ-SE CIÊNCIA, PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE. 02 a SEM ABONO 03 a a a SEM ABONO que lhe confere o Art. 38, inciso XXX, do Regimento Interno da Câmara, resolve: NOMEAR Janaina Borges de Oliveira para o cargo de provimento em comissão de Assessor Parlamentar, nível AS1-B, a contar da presente data. DÊ-SE CIÊNCIA, PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE. Itajaí, 09 de janeiro de Ver. OSVALDO GERN Presidente. Itajaí, 02 de janeiro de PORTARIA Nº 77/2013 EDITAL 01/2012 CONCURSO PÚBLICO OSVALDO GERN Presidente NOMEIA SERVIDOR QUE ESPECIFICA. O Presidente da Câmara de Vereadores de Itajaí, no uso de suas atribuições que lhe confere o Art. 38, inciso XXX, do Regimento Interno da Câmara, resolve: CONVOCAÇÃO De acordo com o item 24.2 do Edital suso mencionado, fica CONVOCADO o classificado abaixo nominado, no respectivo cargo, para comparecer no Departamento de Recursos Humanos da Câmara, no prazo de 30 (trinta) dias a contar da publicação da presente convocação no jornal oficial Jornal do Município/Prefeitura Municipal de Itajaí, de 2ª a 6ª feira, das 8h às 11h, ou das 14h às 17h, munido dos documentos mencionados no item 24.7 do mesmo Edital, necessários para a nomeação no cargo respectivo: NOME DO CONVOCADO: ARTHUR BENDINI SEDREZ NOMEAR ANDRÉA REGINA LAUREANO para o cargo de provimento em comissão de Assessor Parlamentar, nível AS1-B, a contar da presente data. DÊ-SE CIÊNCIA, PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE. Itajaí, 09 de janeiro de Ver. OSVALDO GERN Presidente. CARGO: ASSESSOR DAS COMISSÕES CLASSIFICAÇÃO: 2º LUGAR O não comparecimento até a data aprazada, com a apresentação de todos os documentos exigidos, permitirá automaticamente sua exclusão do concurso público de que trata o mencionado Edital. Itajaí, 11 de janeiro de Ver. OSVALDO GERN PRESIDENTE. PORTARIA Nº 76/2013 NOMEIA SERVIDOR QUE ESPECIFICA. PORTARIA Nº 79/2013 NOMEIA SERVIDOR QUE ESPECIFICA. O Presidente da Câmara de Vereadores de Itajaí, no uso de suas atribuições que lhe confere o Art. 38, inciso XXX, do Regimento Interno da Câmara, resolve: NOMEAR FERNANDA GIORDANI para o cargo de provimento em comissão de Assessor Parlamentar, nível AS1-B, a contar da presente data. DÊ-SE CIÊNCIA, PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE. Itajaí, 10 de janeiro de Ver. OSVALDO GERN Presidente. O Presidente da Câmara de Vereadores de Itajaí, no uso de suas atribuições Página 17 - Ano XIII - Edição Nº de Janeiro de 2013

18 ATOS DO IPI ATA 42ª DA QUARTA REUNIÃO ORDINÁRIA DO SEXTO CONSE- LHO FISCAL DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DE ITAJAÍ IPI NO EXERCÍCIO DE 2012, REALIZADA EM 03 DE DEZEMBRO DE Aos três dias do mês de Dezembro do ano de dois mil e doze (03/12/2012), na sala de reunião da Secretaria de Planejamento e Orçamento da Prefeitura Municipal de Itajaí, em cumprimento ao Art. 1º do Regimento Interno do Conselho Fiscal, reuniram-se em assembleia os seguintes Conselheiros Titulares e Suplentes: Jairo Santos e Everaldo Izaú Desidério, Jane de Fátima Gomes Furtado e Jean Valter Sestrem e Júlia Beatriz Bett de Sá e Edlia Farias Klever, sob a presidência do primeiro. Verificada a existência de quorum, procedeu-se a leitura e a aprovação da ATA 41ª quadragésima primeira, referente à terceira reunião ordinária deste Sexto Conselho Fiscal do Instituto de Previdência de Itajaí IPI realizada no dia vinte e seis de novembro do ano de dois mil e doze (26/11/2012). Na pauta do dia: Leitura ofício nº 660/2012/ IPI datado de 03/10/2012 referente às informações sobre despesa de manutenção de outras entidades de direito privado, em resposta ao ofício nº 014/ 2012 CFIPI, também a leitura e análise do ofício nº 733/2012/IPI datado de 05/11/2012 sobre sistema previdenciário de concessões a aposentados e pensionistas de Janeiro a Agosto de 2012, em atendimento ao ofício nº 012/ 2012/CFIPI. Análise dos Balancetes Contábeis de Julho, Agosto e Setembro de 2012, todos devidamente apresentados pela Diretoria Executiva através do Departamento de Contabilidade do Instituto de Previdência de Itajaí - IPI, seguindo para a análise do terceiro trimestre do ano corrente. 1. Deliberações: Analisar o relatório gerencial da rentabilidade dos títulos públicos e fundos de renda fixa e a posição financeira do terceiro trimestre (Julho/Agosto/ Setembro/2012). Observaram-se as aplicações em Títulos de Emissão do Tesouro e em Fundos de Investimento de Renda Fixa que obtiveram rentabilidade em índices inferiores na relação ao mês atual e mês anterior no trimestre em análise. 2. Posição Financeira total acumulada em Setembro 2012: R$ ,58; Rendimento líquido: R$ ,03; 3. Resumo Demonstrativo de Gastos: manteve-se dentro da média do trimestre. 4. Em Votação: recomendação pela aprovação por unanimidade das Contas do Terceiro Trimestre do ano de 2012 do Instituto de Previdência de Itajaí - IPI. Nada mais havendo a tratar, foi lavrada por mim, Jean Valter Sestrem, a presente ata, assinada por todos os conselheiros presentes acima nominados e referenciados. Jairo Santos Julia Beatriz Bett de Sá Jane de Fátima G. Furtado Presidente do CFIPI 1.º Secretário 2.º Secretário Everaldo Izaú Desidério Edlia Farias Klever Jean Valter Sestrem Suplente Suplente Suplente ATOS DO PORTO PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJAÍ SUPERINTENDÊNCIA DO PORTO DE ITAJAÍ AVISO DE SUSPENSÃO DE ABERTURA DE LICITAÇÃO Fica SUSPENSO o PREGÃO PRESENCIAL N 001/13 cujo objeto é a contratação de solução integrada de controle de acesso de pedestres, contemplando leitores biométricos do formato da geometria da mão, placas controladoras, softwares e licenças de uso, conforme especificações do Anexo I Termo de Referência deste Edital, para a Superintendência do Porto de Itajaí por período indeterminado até que soluções técnicas sejam reanalisadas. ANTONIO AYRES DOS SANTOS JUNIOR SUPERINTENDENTE PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJAÍ SUPERINTENDÊNCIA DO PORTO DE ITAJAÍ AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL 063/12 - OBJETO: Aquisição de combustível, álcool hidratado e gasolina comum, para os veículos da Superintendência do Porto de Itajaí, conforme especificações do Anexo I Termo de Referência. EDITAL: Os interessados poderão ler e obter o Edital completo no site do Porto de Itajaí, endereço: SESSÃO DE ABERTURA: 24/01/ 2013 às 14h30min, na Superintendência do Porto de Itajaí. ANTONIO AYRES DOS SANTOS JUNIOR SUPERINTENDENTE PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJAÍ SUPERINTENDÊNCIA DO PORTO DE ITAJAÍ EXTRATO DE ADITIVO ADITIVO 055/12 AO CONVENIO 038/10: CREDENCIADA: Instituto Anjos do Mar Brasil - IAMB; OBJETO: Prorrogação do convênio 038/10, cujo objeto é uso de área pelo período de 12 (doze) meses, iniciando-se em 16/12/2012 e encerrando-se em 15/12/2013. PRAZO: 12 (doze) meses; DATA DA ASSINA- TURA: 30/11/2012. ANTÔNIO AYRES DOS SANTOS JUNIOR SUPERINTENDENTE PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJAÍ SUPERINTENDÊNCIA DO PORTO DE ITAJAÍ EXTRATO DE CREDENCIAMENTO CREDENCIAMENTO nº 002/12; CREDENCIADA: CORSANI E PROENÇA LTDA ME; OBJETO: Contratação de Restaurantes e Serviços de Catering no Município de Itajaí para recepção de autoridades pela Superintendência do Porto de Itajaí, na categoria: RESTAURANTE. PRAZO: 12 (doze) meses, com renovação automática por iguais e sucessivos períodos, até o limite de 60 (sessenta) meses; DATA DE ASSINATURA: 19/12/2012. ANTÔNIO AYRES DOS SANTOS JUNIOR SUPERINTENDENTE PORTARIA Nº 010, DE 07 DE JANEIRO DE 2013 EXONERAR DA FUNÇÃO PÚBLICA DE PROVIMENTO EM COMISSÃO. O Superintendente do Porto de Itajaí, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas pelos artigos 1º e 3º da Lei Municipal nº 3.513/00; RESOLVE: Art. 1º Exonerar AIRTON ALVARO DOS SANTOS, da função pública de provimento em comissão de GERENTE DE SUPRIMENTOS E PATRIMONIO, desta Superintendência, a contar desta data. DÊ-SE CIÊNCIA, CUMPRA-SE E PUBLIQUE SE. Itajaí SC, 07 de janeiro de 2013 Eng Antonio Ayres dos Santos Junior Superintendente do Porto de Itajaí PORTARIA Nº 011, DE 07 DE JANEIRO DE 2013 EXONERAR DA FUNÇÃO PÚBLICA DE PROVIMENTO EM COMISSÃO. O Superintendente do Porto de Itajaí, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas pelos artigos 1º e 3º da Lei Municipal nº 3.513/00; RESOLVE: Art. 1º Exonerar MARCIO TASSIOR MARQUES, da função pública de provimento em comissão de GERENTE DE SERVIÇOS GERAIS, desta Superintendência, a contar desta data. DÊ-SE CIÊNCIA, CUMPRA-SE E PUBLIQUE SE. Página 18 - Ano XIII - Edição Nº de Janeiro de 2013

19 Itajaí SC, 07 de janeiro de 2013 Eng Antonio Ayres dos Santos Junior Superintendente do Porto de Itajaí PORTARIA Nº 012, DE 07 DE JANEIRO DE 2013 EXONERAR DA FUNÇÃO PÚBLICA DE PROVIMENTO EM COMISSÃO. O Superintendente do Porto de Itajaí, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas pelos artigos 1º e 3º da Lei Municipal nº 3.513/00; RESOLVE: Art. 1º Exonerar, empregado público efetivo FLAVIO MARTINS VIANA, da função pública de provimento em comissão de ASSESSOR DE PLANEJAMEN- TO E QUALIDADE, desta Superintendência, a contar desta data. DÊ-SE CIÊNCIA, CUMPRA-SE E PUBLIQUE SE. Itajaí SC, 07 de janeiro de 2013 Eng Antonio Ayres dos Santos Junior Superintendente do Porto de Itajaí PORTARIA Nº 013, DE 07 DE JANEIRO DE 2013 EXONERAR DA FUNÇÃO PÚBLICA DE PROVIMENTO EM COMISSÃO. O Superintendente do Porto de Itajaí, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas pelos artigos 1º e 3º da Lei Municipal nº 3.513/00; RESOLVE: Art. 1º Exonerar, empregado público efetivo LUIZ GONZAGA GONÇALVES, da função pública de provimento em comissão de GERENTE DE PROGRAMA- ÇÃO, desta Superintendência, a contar desta data. DÊ-SE CIÊNCIA, CUMPRA-SE E PUBLIQUE SE. Itajaí SC, 07 de janeiro de 2013 Eng Antonio Ayres dos Santos Junior Superintendente do Porto de Itajaí PORTARIA Nº 014, DE 07 DE JANEIRO DE 2013 EXONERAR DA FUNÇÃO PÚBLICA DE PROVIMENTO EM COMISSÃO. O Superintendente do Porto de Itajaí, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas pelos artigos 1º e 3º da Lei Municipal nº 3.513/00; RESOLVE: Art. 1º Exonerar MARCELO GRAF, da função pública de provimento em comissão de CHEFE DOS SERVIÇOS DE PROJETOS, desta Superintendência, a contar desta data. DÊ-SE CIÊNCIA, CUMPRA-SE E PUBLIQUE SE. Itajaí SC, 07 de janeiro de 2013 Eng Antonio Ayres dos Santos Junior Superintendente do Porto de Itajaí PORTARIA Nº 015, DE 07 DE JANEIRO DE 2013 EXONERAR DA FUNÇÃO PÚBLICA DE PROVIMENTO EM COMISSÃO. O Superintendente do Porto de Itajaí, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas pelos artigos 1º e 3º da Lei Municipal nº 3.513/00; RESOLVE: Art. 1º Exonerar RODRIGO MURILO ERN, da função pública de provimento em comissão de CHEFE DOS SERVIÇOS DE PESSOAL, desta Superintendência, a contar desta data. DÊ-SE CIÊNCIA, CUMPRA-SE E PUBLIQUE SE. Itajaí SC, 07 de janeiro de 2013 Eng Antonio Ayres dos Santos Junior Superintendente do Porto de Itajaí PORTARIA Nº 016, DE 07 DE JANEIRO DE 2013 EXONERAR DA FUNÇÃO PÚBLICA DE PROVIMENTO EM COMISSÃO. O Superintendente do Porto de Itajaí, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas pelos artigos 1º e 3º da Lei Municipal nº 3.513/00; RESOLVE: Art. 1º Exonerar, empregado público efetivo LEONIDAS GOMES FERREIRA, da função pública de provimento em comissão de GERENTE DE NEGOCIOS, desta Superintendência, a contar desta data. DÊ-SE CIÊNCIA, CUMPRA-SE E PUBLIQUE SE. Itajaí SC, 07 de janeiro de 2013 Eng Antonio Ayres dos Santos Junior Superintendente do Porto de Itajaí PORTARIA Nº 017, DE 07 DE JANEIRO DE 2013 EXONERAR DA FUNÇÃO PÚBLICA DE PROVIMENTO EM COMISSÃO. O Superintendente do Porto de Itajaí, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas pelos artigos 1º e 3º da Lei Municipal nº 3.513/00; RESOLVE: Art. 1º Exonerar MARCELLO DECICCO KUHN, da função pública de provimento em comissão de GERENTE DE MEIO AMBIENTE, desta Superintendência, a contar desta data. DÊ-SE CIÊNCIA, CUMPRA-SE E PUBLIQUE SE. Itajaí SC, 07 de janeiro de 2013 Eng Antonio Ayres dos Santos Junior Superintendente do Porto de Itajaí PORTARIA Nº 019, DE 07 DE JANEIRO DE 2013 EXONERAR DA FUNÇÃO PÚBLICA DE PROVIMENTO EM COMISSÃO. O Superintendente do Porto de Itajaí, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas pelos artigos 1º e 3º da Lei Municipal nº 3.513/00; RESOLVE: Art. 1º Exonerar, empregado público efetivo AGUINALDO HIGINO DE CAMARGO ASSIS, da função pública de provimento em comissão de GEREN- TE DE MANUTENCAO, desta Superintendência, a contar desta data. DÊ-SE CIÊNCIA, CUMPRA-SE E PUBLIQUE SE. Itajaí SC, 07 de janeiro de 2013 Eng Antonio Ayres dos Santos Junior Superintendente do Porto de Itajaí PORTARIA Nº 20, de 10 de janeiro de 2013 O Superintendente do Porto de Itajaí, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 3º da Lei nº 3.513/2000, considerando a necessidade de controle nos gastos de telefonia celular da Superintendência do Porto de Itajaí, RESOLVE: Artigo 1º - LIMITAR o valor a ser pago pela Superintendência do Porto de Itajaí às contas de telefone celular dos aparelhos disponibilizados a seus Diretores, Assessores, Gerentes e demais servidores que, devido a sua função, necessitem utilizar telefones móveis. Parágrafo 1º - O limite a ser pago pela Superintendência do Porto de Itajaí é de R$ 300,00 (trezentos reais), aos telefones disponibilizados aos Diretores e Assessores e de R$ 100,00 (cem reais) para Gerentes e demais servidores, ficando a cargo do servidor que utilize a linha telefônica disponibilizada, o valor que ultrapassar o limite aqui fixado. Parágrafo 2º - Se o valor das ligações relacionadas ao trabalho do servidor ultrapassar o limite fixado no parágrafo anterior, deve ser encaminhado requerimento ao Diretor Administrativo e Financeiro desta Autarquia Municipal, devidamente justificado, que, após análise e concordância, fará constar expressa autorização de pagamento pela Superintendência do Porto de Itajaí. Caso referido limite seja ultrapassado pelo próprio Diretor Administrativo e Financeiro, por iguais motivos, deve este encaminhar o mesmo requerimento ao Superintendente do Porto de Itajaí. Artigo 2º - Quando em gozo de férias, licenças e outros, todos os gastos realizados no período de afastamento serão pagos pelo servidor responsável pela linha telefônica disponibilizada. Artigo 3º - DETERMINAR à Gerência de Serviços Gerais que mantenha constante controle sobre os valores gastos, prestando mensalmente essas informações a cada servidor usuário do telefone móvel disponibilizado pela Superintendência do Porto de Itajaí. Artigo 4º - Esta portaria revoga a portaria 098, de 11 de abril de 2005 e entra em vigor na data de sua publicação. DÊ-SE CIÊNCIA, CUMPRA-SE E PUBLIQUE SE. Itajaí, 10 de janeiro de Engº Antônio Ayres dos Santos Júnior Superintendente do Porto de Itajaí PORTARIA Nº 021, DE 10 DE JANEIRO DE 2013 EXONERAR DA FUNÇÃO PÚBLICA DE PROVIMENTO EM COMISSÃO. O Superintendente do Porto de Itajaí, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas pelos artigos 1º e 3º da Lei Municipal nº 3.513/00; RESOLVE: Art. 1º Exonerar DIEGO ALVES PEDRONI, da função pública de provimento em comissão de CHEFE DOS SERVIÇOS DE CONTROLE ORÇAMENTÁRIO, desta Superintendência, a contar desta data. DÊ-SE CIÊNCIA, CUMPRA-SE E PUBLIQUE SE. Itajaí SC, 07 de janeiro de 2013 Eng Antonio Ayres dos Santos Junior Superintendente do Porto de Itajaí Página 19 - Ano XIII - Edição Nº de Janeiro de 2013

20 ATOS DA PROCURADORIA Regimento Interno do Conselho de Procuradores do Município O Conselho de Procuradores do Município de Itajaí, no uso de sua atribuição legal prevista no inciso VII do artigo 12 da Lei Complementar nº 131, de 02 de abril de 2008, em sessão ordinária realizada no dia 28 de setembro de 2012, deliberou aprovar, por unanimidade, o seguinte Regimento Interno: CAPÍTULO I DO CONSELHO DE PROCURADORES DO MUNICÍPIO SEÇÃO I DO CONSELHO E SUAS COMPETÊNCIAS Art. 1º O Conselho de Procuradores do Município de Itajaí, órgão consultivo e de assessoramento, reger-se-á pelas disposições da Lei Complementar nº 131, de 02 de abril de 2008 e pelas normas específicas deste Regimento Interno. Art. 2º Compete ao Conselho de Procuradores do Município de Itajaí: I - propor ao Procurador-Geral a adoção de providências reclamadas pelo interesse público e concernentes ao aperfeiçoamento das atividades da Procuradoria-Geral do Município; II - pronunciar-se sobre matéria de caráter institucional que lhe seja encaminhada, mediante proposição do Procurador-Geral; III - sugerir e opinar sobre alterações da Lei Complementar nº 131, de 02 de abril de 2008; IV - aprovar e expedir resoluções no âmbito da Procuradoria-Geral do Município; V - dar ciência aos seus membros de trabalhos desenvolvidos no exercício das atribuições da Procuradoria-Geral, que se reputarem relevantes; VI - discutir sobre assuntos gerais e específicos de interesse da Procuradoria- Geral; VII elaborar, alterar e aprovar o regimento interno da Procuradoria-Geral e do próprio conselho, na forma de resolução; VIII - estabelecer, sob a forma de resolução, normas sobre o concurso público para ingresso na carreira de Procurador do Município; IX - sugerir ao Presidente do Conselho a adoção de instruções normativas extensivas à administração pública municipal em geral; X tomar prévio conhecimento de propostas de alterações na legislação tributária municipal; XI verificar os requisitos para promoção dos membros da carreira; XII indicar membros para a Comissão Especial destinada à análise das avaliações de desempenho dos integrantes da carreira, na forma do art. 43, 2º, da Lei Complementar nº 131, de 02 de abril de 2008; XIII dispor sobre a destinação de parte das verbas de sucumbência para a participação de procuradores em cursos, seminários, aulas, palestras, simpósios, congressos e outros encontros científicos de cunho jurídico (art. 49, V, da Lei Complementar nº 131, de 02 de abril de 2008); XIV definir o modelo de identificação funcional aplicável aos titulares dos órgãos de direção, aos Procuradores do Município e demais servidores da Procuradoria-Geral do Município; XV deliberar sobre quaisquer assuntos da competência da Procuradoria- Geral do Município que lhe sejam submetidos pelo titular do órgão; XVI solicitar das autoridades competentes autos, informações, certidões, pareceres, documentos e diligências necessárias ou úteis à instrução de matérias submetidas à consideração do Conselho; XVII editar resoluções, recomendações e demais atos para dar cumprimento as suas decisões; e, XVIII exercer as demais competências que lhe forem atribuídas por lei. SEÇÃO II DA COMPOSIÇÃO Art. 5º O Conselho de Procuradores do Município de Itajaí é composto pelo Procurador-Geral, que o presidirá e mais 06 (seis) membros, sendo 03 (três) a ser indicado pelo Procurador-Geral, dentre os Procuradores Chefes, das Procuradorias Especializadas e o Procurador Geral Adjunto, na qualidade de membros natos, e por 03 (três) Procuradores do Município eleitos pelos integrantes da carreira para mandato de 02 (dois) anos, permitida a recondução. Art. 6º Os membros eleitos do Conselho de Procuradores do Município de Itajaí serão indicados pela respectiva Associação de Procuradores, após eleição por ela promovida, podendo candidatar-se qualquer Procurador do Município que esteja em efetivo exercício no cargo. 1º Serão nomeados como membros do Conselho os três candidatos que obtiverem o maior número de votos, sendo os três posicionados nas colocações seguintes indicados como respectivos suplentes, servindo o tempo na carreira como critério de desempate; persistindo o empate, aquele que tiver a maior idade. 2º Em caso de vacância de assento no Conselho de Procuradores, será chamado a ocupá-lo o Procurador do Município suplente. 3º O Conselheiro suplente que for nomeado para vaga decorrente de mandato que não terminou apenas o completará. 4º Somente serão admitidos a concorrer aos mandatos eletivos do Conselho de Procuradores aqueles que registrarem sua candidatura nos termos e prazos fixados em ato emanado do próprio conselho que venha a regular o processo eleitoral. 5º O ato referido no 4º disciplinará o processo eleitoral, cabendo à respectiva Associação de Procuradores promovê-lo. Art. 7º - Os membros eleitos do Conselho de Procuradores serão nomeados por ato do Procurador-Geral. 1º Perderá o mandato o Conselheiro que, devidamente convocado, não comparecer, ou comparecendo, ausentar-se, injustificadamente, por 3 (três) sessões ordinárias do Conselho, podendo a justificativa, no curso do procedimento administrativo da perda do mandato ser aceita pelo Conselho. 2º A perda de mandato, a que se refere o parágrafo anterior, será objeto de deliberação, consumando-se pela decisão mediante votação de, no mínimo, 2/ 3 (dois terços) dos membros do Conselho de Procuradores, assegurada a ouvida e a ampla defesa do Conselheiro. Art. 8º - Para o exercício de suas funções, o Conselho de Procuradores contará com os seguintes órgãos internos: I - A Presidência; Página 20 - Ano XIII - Edição Nº de Janeiro de 2013

Especificaça o Te cnica

Especificaça o Te cnica Especificaça o Te cnica Esta especificação técnica tem como objetivo possibilitar a implantação da infraestrutura de rede lógica (nível de acesso) na nova sede da DME Distribuição. A solução deverá ser

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SWITCHES

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SWITCHES ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SWITCHES 1 SWITCH Todos os switches objeto deste fornecimento deverão ser do mesmo fabricante e serem entregues com todas as licenças de software necessárias à implementação de todos

Leia mais

DIRETORIA DE GESTÃO - DG DEPARTAMENTO DE SUPRIMENTOS - DGS

DIRETORIA DE GESTÃO - DG DEPARTAMENTO DE SUPRIMENTOS - DGS PREGÃO ELETRÔNICO N.º 070/2010 ADENDO MODIFICADOR N.º 001 DATA DE EXPEDIÇÃO: 06/01/2011 Às empresas interessadas no pregão eletrônico N.º 070/2010 AQUISIÇÃO DE INFRAESTRUTURA DE TI, COMPOSTA DE HARDWARE,

Leia mais

SWITCH CORE 1.1. - Chassi/Slots. 1.2. - Controle

SWITCH CORE 1.1. - Chassi/Slots. 1.2. - Controle SWITCH CORE 1.1. - Chassi/Slots 1.1.1. Deve possuir no mínimo 06 slots para inserção de módulos de I/O, ou seja, 06 além dos slots para supervisoras; 1.1.2. Deve vir acompanhado de kit de suporte específico

Leia mais

Construção do Fórum Da Comarca de RIO LARGO - AL

Construção do Fórum Da Comarca de RIO LARGO - AL REFERENTE: CONTRUÇÃO DO FÓRUM DE RIO LARGO -AL Construção do Fórum Da Comarca de RIO LARGO - AL ESPECIFICAÇÕES PARA AQUISIÇÃO DOS EQUIPAMENTOS DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Especificação SWITCH DE 24 PORTAS

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SWITCH SWITCH CORE SUBITEM CARACTERÍSTICAS GERAIS REDE E DESEMPENHO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Quantidade: 02 unidades DESCRIÇÃO A solução deverá ser composta de um único chassis modular, com 1.0 no mínimo

Leia mais

Switch de Borda - 48 portas de 1 Gbps

Switch de Borda - 48 portas de 1 Gbps CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA Switch de Borda - 48 portas de 1 Gbps Especificações Técnicas Característica/Configurações/Requisitos mínimos: Descrição do Material Switch

Leia mais

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 1.UNIDADE REQUISITANTE: ETICE 2. DO OBJETO: ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 2.1. Registro de preços para futuras e eventuais aquisições de EQUIPAMENTOS DE REDE CORPORATIVOS ( SWITCHS e ACESSÓRIOS), todos

Leia mais

SWITCH DE BORDA CAMADA 2 24 PORTAS GIGABIT RJ-45 SEM POE E 2 PORTAS 10 GIGABITS PARA FIBRA. Subitem Característica Especificação Exigência

SWITCH DE BORDA CAMADA 2 24 PORTAS GIGABIT RJ-45 SEM POE E 2 PORTAS 10 GIGABITS PARA FIBRA. Subitem Característica Especificação Exigência SWITCH DE BORDA CAMADA 2 24 PORTAS GIGABIT RJ-45 SEM POE E 2 PORTAS 10 GIGABITS PARA FIBRA Subitem Característica Especificação Exigência CONEXÕES DESEMPENHO 1.1 Portas RJ-45 1.2 Portas GBIC 1.3 Autoconfiguraçã

Leia mais

Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4

Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4 Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4 Switch Fast Ethernet com as seguintes configurações mínimas: capacidade de operação em camada 2 do modelo OSI; 24 (vinte e quatro) portas

Leia mais

Especificação Técnica

Especificação Técnica Especificação de Referência Switch de Borda Alguns itens apresentam opções de configuração, refletindo nos aspectos originais de preço e características da máquina Código do Material Descrição do Material

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Item I Switch Tipo 1 10/100 Mbps Layer 2 24 Portas

TERMO DE REFERÊNCIA. Item I Switch Tipo 1 10/100 Mbps Layer 2 24 Portas TERMO DE REFERÊNCIA Item I Switch Tipo 1 10/100 Mbps Layer 2 24 Portas Deve ser montável em rack padrão EIA 19 (dezenove polegadas) e possuir kits completos para instalação; Deve possuir, no mínimo, 24

Leia mais

Switch Central de Grande Porte

Switch Central de Grande Porte Switch Central de Grande Porte GERAL 1. Estrutura de chassi modular, para instalação em gabinete padrão EIA 19, e kit completo de instalação. Os equipamentos ofertados deverão vir acompanhados de kits

Leia mais

Especificação de Referência Switch de Acesso I

Especificação de Referência Switch de Acesso I 1 Especificação de Referência Switch de Acesso I Código do Objeto Descrição do Objeto Aplicação do Objeto Data da Especificação de Referência Validade da Especificação de Referência AC0000045 Switch de

Leia mais

Por ser uma funcionalidade comum a diversos switches de mercado, sugerimos adicionar os seguintes requisitos:

Por ser uma funcionalidade comum a diversos switches de mercado, sugerimos adicionar os seguintes requisitos: ((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 10/2014 (PERGUNTAS E RESPOSTAS) A ATA REGISTRO PREÇOS FUTURA E EVENTUAL AQUISIÇÃO SWITCH ÓPTICA E SWITCH BORDA A ADMINISTRAÇÃO DIRETA E INDIRETA DO MUNICÍPIO SÃO PAULO

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA Nº 004/2013 PROJETO: AQUISIÇÃO DE SWITCHES DE NÚCLEO, DISTRIBUIÇÃO E ACESSO

CONSULTA PÚBLICA Nº 004/2013 PROJETO: AQUISIÇÃO DE SWITCHES DE NÚCLEO, DISTRIBUIÇÃO E ACESSO CONSULTA PÚBLICA Nº 004/2013 PROJETO: AQUISIÇÃO DE SWITCHES DE NÚCLEO, DISTRIBUIÇÃO E ACESSO ESCLARECIMENTOS AOS QUESTIONAMENTOS APRESENTADOS PELAS EMPRESAS INTERESSADAS País: BRASIL Nome do Projeto: PLANO

Leia mais

1. LOTE 1 SWITCH REDE OPTICA

1. LOTE 1 SWITCH REDE OPTICA 1. LOTE 1 SWITCH REDE OPTICA Switch de 10 portas, Quantidade unidades. 1.1.1. Deve ser montável em rack padrão EIA 19 (dezenove polegadas) e possuir kits completos para instalação e deve ocupar uma unidade

Leia mais

Razão Social: CNPJ Nº. Endereço: E-mail: Cidade: Estado: Telefone: Fax: Pessoa para contato:

Razão Social: CNPJ Nº. Endereço: E-mail: Cidade: Estado: Telefone: Fax: Pessoa para contato: 1 RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL TOMADA DE PREÇOS Nº. 65/11 Razão Social: CNPJ Nº. Endereço: E-mail: Cidade: Estado: Telefone: Fax: Pessoa para contato: Recebemos através do acesso à página www.fapex.org.br

Leia mais

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I Folha: 0001 001 111586 Nobreak Senoidal de Dupla Conversão de no mínimo 3.0 KVa 1. Todos os equipamentos deverão ser novos de primeiro uso e estar na linha de produção atual do fabricante; 2. A garantia

Leia mais

Expansão da rede local do CSS Equipamentos para Blocos do Sesc/DN

Expansão da rede local do CSS Equipamentos para Blocos do Sesc/DN Expansão da rede local do CSS Equipamentos para Blocos do Sesc/DN Objeto: Aquisição de infraestrutura de Tecnologia da Informação (TI) para expansão da rede loca do CSS (aumento de pontos de rede) em atendimento

Leia mais

Razão Social: CNPJ Nº. Endereço: E-mail: Cidade: Estado: Telefone: Fax:

Razão Social: CNPJ Nº. Endereço: E-mail: Cidade: Estado: Telefone: Fax: 1 RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 103/2013. Razão Social: CNPJ Nº. Endereço: E-mail: Cidade: Estado: Telefone: Fax: Pessoa para contato: Recebemos através do acesso à página www.fapex.org.br

Leia mais

Sugestão acatada. A redação do item 2.43 será alterada para Implementar

Sugestão acatada. A redação do item 2.43 será alterada para Implementar DEFINIÇÕES E RESPOSTAS AS SUGESTÕES APRESENTADAS PELO REPRESENTANTE GLOBALRED, VIA E-MAIL, DATADO DE 18/03/2011, RELATIVAS À CONSULTA PÚBLICA, REALIZADA NO DIA 16/03/2010, VISANDO DISCUSSÃO DAS ESPECIFICAÇÕES

Leia mais

Aditamento nº 01 Pregão Eletrônico nº 15/01526 Objeto: CELESC DISTRIBUIÇÃO S/A - Aquisição de Ativos de Rede. Data: 04/05/2015

Aditamento nº 01 Pregão Eletrônico nº 15/01526 Objeto: CELESC DISTRIBUIÇÃO S/A - Aquisição de Ativos de Rede. Data: 04/05/2015 Aditamento nº 01 Pregão Eletrônico nº 15/01526 Objeto: CELESC DISTRIBUIÇÃO S/A - Aquisição de Ativos de Rede. Data: 04/05/2015 1. Por meio deste aditamento, inserimos o Anexo I Especificações Técnicas.

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. 3 Módulo e cabo stack para switch de borda 12

TERMO DE REFERÊNCIA. implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. 3 Módulo e cabo stack para switch de borda 12 TERMO DE REFERÊNCIA I DEFINIÇÃO DO OBJETO O presente Projeto Básico tem por objeto a aquisição de equipamentos para implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. ITEM DESCRIÇÃO QUANTIDADE 1 Switch

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE Aquisição de Solução de Criptografia para Backbone da Rede da Dataprev ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE 1.1 Cada appliance deverá ser instalado em rack de 19 (dezenove) polegadas

Leia mais

CARACTERÍSTICAS GERAIS. Com função de elemento agregador no backbone MPLS da Rede IP Multisserviços;

CARACTERÍSTICAS GERAIS. Com função de elemento agregador no backbone MPLS da Rede IP Multisserviços; Roteador Carrier Ethernet CARACTERÍSTICAS GERAIS Com função de elemento agregador no backbone MPLS da Rede IP Multisserviços; Tanto o sistema operacional quanto o hardware (envolve todos os componentes

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE CARAZINHO SA - ELETROCAR RETIFICAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 016/12

CENTRAIS ELÉTRICAS DE CARAZINHO SA - ELETROCAR RETIFICAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 016/12 CENTRAIS ELÉTRICAS DE CARAZINHO SA - ELETROCAR RETIFICAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 016/12 1. Objeto : Aquisição de Equipamentos e Acessórios de Informática 2. Os itens 1.1, 1.2 e 1.3 do Termo de Referência

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 018/2011. 2.1 - SWITCHES TIPO A - Camada Núcleo da Rede Campus e Data Center

TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 018/2011. 2.1 - SWITCHES TIPO A - Camada Núcleo da Rede Campus e Data Center TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 018/2011 Anexo I 1 DO OBJETO 1.1 - Prestação de serviços de infraestrutura tecnológica de conectividade e de segurança lógica, com fornecimento de equipamentos

Leia mais

ÓRGÃO: UASG: ENDEREÇO DE ENTREGA: RESPONSÁVEL TÉCNICO:

ÓRGÃO: UASG: ENDEREÇO DE ENTREGA: RESPONSÁVEL TÉCNICO: ÓRGÃO: UASG: ENDEREÇO DE ENTREGA: RESPONSÁVEL TÉCNICO: GRUPO 1 Item Quant. Descrição item R$ unitário R$ total 01 123 SWITCH TIPO 01: Equipamento tipo Switch Gigabit Ethernet com capacidade de operação

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SEMA I N S TRUME N TO CONVOC ATÓR IO

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SEMA I N S TRUME N TO CONVOC ATÓR IO I. Regência legal: GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA I N S TRUME N TO CONVOC ATÓR IO S EÇÃO A PREÂMBULO Esta licitação obedecerá, integralmente, as disposições da Lei Estadual nº 9.433/05 (alterada pelas Leis

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 067/2013

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 067/2013 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 067/2013 No dia 06 (seis) do mês de novembro de 2013 (dois mil e treze), o MUNICÍPIO DE ANGRA DOS REIS, pessoa jurídica de direito público interno, inscrito no CNPJ sob o nº

Leia mais

Switch de borda L3 com 48 portas, sendo 2 portas de 10Gbps

Switch de borda L3 com 48 portas, sendo 2 portas de 10Gbps Switch de borda L3 com 48 portas, sendo 2 portas de 10Gbps ARQUITETURA 1. Permitir instalação em gabinete de 19" (dezenove polegadas). 2. LEDs de identificação de atividades de status do sistema, de cada

Leia mais

TERMO DE REFERENCIA 1 - OBJETO

TERMO DE REFERENCIA 1 - OBJETO TERMO DE REFERENCIA 1 - OBJETO Contratação de empresa especializada para fornecimento de equipamentos e instalação de Ativos de Rede, destinados à ampliação da infraestrutura física e lógica da Procuradoria

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL SESC/MS N.º 016/2012 - PG

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL SESC/MS N.º 016/2012 - PG EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL SESC/MS N.º 016/2012 - PG O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO Administração Regional no Estado do Mato Grosso do Sul, entidade de direito privado, sem fins lucrativos, comunica

Leia mais

GT-ATER. RP0 Especificação de equipamentos. Mário Augusto da Cruz Micael Oliveira Massula Carvalho de Mello Sand Luz Corrêa Kleber Vieira Cardoso

GT-ATER. RP0 Especificação de equipamentos. Mário Augusto da Cruz Micael Oliveira Massula Carvalho de Mello Sand Luz Corrêa Kleber Vieira Cardoso GT-ATER RP0 Especificação de equipamentos Mário Augusto da Cruz Micael Oliveira Massula Carvalho de Mello Sand Luz Corrêa Kleber Vieira Cardoso 08/11/2012 1. Especificação de equipamentos e softwares Os

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Switch Tipo 1: Switch fast-ethernet 24 portas FE 100BASE-TX, 2 portas 1GbE 1000BASE-T, 2 portas 1GbE SFP;

TERMO DE REFERÊNCIA. Switch Tipo 1: Switch fast-ethernet 24 portas FE 100BASE-TX, 2 portas 1GbE 1000BASE-T, 2 portas 1GbE SFP; TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO Fornecimento de Switches, Módulos transceiver e Cordões Óticos. LOTE 1 Item Descrição 1.1 Switch Tipo 1: Switch fast-ethernet 24 portas FE 100BASE-TX, 2 portas 1GbE 1000BASE-T,

Leia mais

DmSwitch 3000 Series maio de 2015

DmSwitch 3000 Series maio de 2015 DmSwitch 3000 Series maio de 2015 DmSwitch 3000 Metro Ethernet Series A linha de produtos DmSwitch 3000 oferece soluções confiáveis de alto desempenho para ambientes Metro Ethernet LAN e Redes Corporativas.

Leia mais

GABINETE ALTURA PROCESSADORES NÚCLEOS DE PROCESSAMENTO MEMÓRIA RAM CHIPSET ARQUITETURA BIOS

GABINETE ALTURA PROCESSADORES NÚCLEOS DE PROCESSAMENTO MEMÓRIA RAM CHIPSET ARQUITETURA BIOS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS GABINETE ALTURA - Rack Chassis Próprio - Ventiladores Internos Hot Plug Redundantes - Ventilação Adequada para a Refrigeração do Sistema Interno do Equipamento na sua Configuração

Leia mais

Pregão Presencial nº 132/2012. Processo n 0366412

Pregão Presencial nº 132/2012. Processo n 0366412 Pregão Presencial nº 132/2012 Processo n 0366412 A Secretaria do Cidadania e Segurança da Prefeitura Municipal de Sobral, por intermédio do pregoeiro e dos membros da equipe de apoio designados pela Portaria

Leia mais

DESPACHO DE HOMOLOGAÇÃO

DESPACHO DE HOMOLOGAÇÃO DESPACHO DE HOMOLOGAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº: 085/2012 PREGÃO PRESENCIAL Nº: 039/2012 OBJETO: FORNECIMENTO PARCELADO DE ATIVOS DE REDE COMPOSTOS POR SWITCHES, CABOS E INTERFACES PARA MANUTENÇÃO E AMPLIAÇÃO

Leia mais

REGISTRO DE PREÇOS. diovany@worklink.inf.br Diretor Comercial (61) 8538-3245

REGISTRO DE PREÇOS. diovany@worklink.inf.br Diretor Comercial (61) 8538-3245 REGISTRO DE PREÇOS Diovany Moreira Diovany Moreira diovany@worklink.inf.br Diretor Comercial (61) 8538-3245 HISTÓRICO DA EMPRESA Conectividade Armazenamento de dados Segurança Telecomunicações SISTEMA

Leia mais

Switch com mínimo de 24 portas 10/100Mbps (Ethernet/Fast- Ethernet) ou velocidade superior em conectores RJ45 - POE

Switch com mínimo de 24 portas 10/100Mbps (Ethernet/Fast- Ethernet) ou velocidade superior em conectores RJ45 - POE Switch com mínimo de 24 portas 10/100Mbps (Ethernet/Fast- Ethernet) ou velocidade superior em conectores RJ45 - POE Especificações Técnicas Mínimas: 1. O equipamento deve ter gabinete único para montagem

Leia mais

((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 03/2009 (PERGUNTAS) AQUISIÇÃO DE SWITCH DE DISTRIBUIÇÃO DE 192 PORTAS

((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 03/2009 (PERGUNTAS) AQUISIÇÃO DE SWITCH DE DISTRIBUIÇÃO DE 192 PORTAS ((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 03/2009 (PERGUNTAS) AQUISIÇÃO DE SWITCH DE DISTRIBUIÇÃO DE 192 PORTAS ((TEXTO)) Aos 15 (quinze) dias do mês de junho de dois mil e nove, às 14:00 hs, na sede da Empresa

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO

TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO DE SWITCHES NÍVEL 2 MARÇO / 2009 RQ DERE 005/2009 Termo de Referência Aquisição de Switches Nível 2 1 / 22 HISTÓRICO DE REVISÕES DATA VERSÃO DESCRIÇÃO AUTOR 26/01/2009 1 Criação

Leia mais

COMPANHIA DE ENGENHARIA DE TRÁFEGO CET. Termo de Referência para Equipamentos de Redes Ópticas Passivas - GPON. Versão 2.

COMPANHIA DE ENGENHARIA DE TRÁFEGO CET. Termo de Referência para Equipamentos de Redes Ópticas Passivas - GPON. Versão 2. COMPANHIA DE ENGENHARIA DE TRÁFEGO CET Termo de Referência para Equipamentos de Redes Ópticas Passivas - GPON Versão 2.0 Revisão STE 26/01/2016 SUMÁRIO 1. OBJETIVO...3 2. INTRODUÇÃO...3 3. DEFINIÇÕES...3

Leia mais

EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO 008/14

EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO 008/14 EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO 008/14 A COMPANHIA DE PROCESSAMENTO DE DADOS DO MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE PROCEMPA, com sede em Porto Alegre no Estado do Rio Grande do Sul, na Avenida Ipiranga, número 1.200,

Leia mais

ANEXO DO EDITAL ANEXO VI

ANEXO DO EDITAL ANEXO VI ANEXO DO EDITAL ANEXO VI Caderno Técnico de Tecnologia da Informação 1 ÍNDICE 1. Introdução... 7 2. Disposições Gerais... 8 3. Escopo... 9 4. Normas Técnicas e Segurança... 10 4.1. Normas Técnicas Aplicáveis...

Leia mais

MARÇO / 2009 AQUISIÇÃO DE SWITCHES NÍVEL 2. Diretoria de Infraestrutura de TIC DIT. Departamento de Redes de Telecomunicações DERE

MARÇO / 2009 AQUISIÇÃO DE SWITCHES NÍVEL 2. Diretoria de Infraestrutura de TIC DIT. Departamento de Redes de Telecomunicações DERE TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO DE SWITCHES NÍVEL 2 MARÇO / 2009 RQ DERE 005/2009 Termo de Referência Aquisição de Switches Nível 2 1 / 20 HISTÓRICO DE REVISÕES DATA VERSÃO DESCRIÇÃO AUTOR 26/01/2009 1 Criação

Leia mais

PROAPPS Security Data Sheet Professional Appliance / Apresentação

PROAPPS Security Data Sheet Professional Appliance / Apresentação O ProApps Security O ProApps Security é um componente da suíte de Professional Appliance focada na segurança de sua empresa ou rede. A solução pode atuar como gateway e como solução IDS/IPS no ambiente.

Leia mais

ANEXO VIII. Ref. Pregão Presencial nº. 006/2014 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ANEXO VIII. Ref. Pregão Presencial nº. 006/2014 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO VIII Ref. Pregão Presencial nº. 006/2014 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Página 1 de 32 Do Objeto O Presente Pregão tem como objeto a PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS E FORNECIMENTO DE MATERIAIS PARA REMODELAGEM DA

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO. A seguir, respostas aos questionamentos referentes à Licitação Pública Nacional nº 01/13:

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO. A seguir, respostas aos questionamentos referentes à Licitação Pública Nacional nº 01/13: Senhores, A seguir, respostas aos questionamentos referentes à Licitação Pública Nacional nº 01/13: 1) PERGUNTA: 1- Referente ao Anexo III Dados do Contrato, o item 16.4 menciona: Os pagamentos deverão

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Referente ao Edital de Tomada de Preços nº. 004/2012 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PÁGINA 1 DE 6 ITEM 01 SERVIDOR DE RACK COM AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS MÍNIMAS: INFORMAR OBRIGATORIAMENTE O FABRICANTE

Leia mais

APRESENTAÇÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE SWITCHES BRB EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº BRB 2013/010

APRESENTAÇÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE SWITCHES BRB EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº BRB 2013/010 APRESENTAÇÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE SWITCHES BRB EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº BRB 2013/010 Brasília-DF, 21 de fevereiro de 2012 Ref.: Apresentação de Sistema de Registro

Leia mais

Redes de Computadores IEEE 802.3

Redes de Computadores IEEE 802.3 Redes de Computadores Ano 2002 Profª. Vívian Bastos Dias Aula 8 IEEE 802.3 Ethernet Half-Duplex e Full-Duplex Full-duplex é um modo de operação opcional, permitindo a comunicação nos dois sentidos simultaneamente

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 10/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO PRESENCIAL Nº 10/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO PRESENCIAL Nº 10/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. JUSTIFICATIVA DA AQUISIÇÃO: para atender as necessidades da Câmara Municipal de Canoas/RS. 2. OBJETO: O objeto da presente licitação, na modalidade

Leia mais

Termo de Referência Tecnologia da Informação

Termo de Referência Tecnologia da Informação Termo de Referência Tecnologia da Informação TERMO DE REFERÊNCIA PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE TI E LICENÇAS. GERENCIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS JULHO/2015 CDG CAE 01/2015 1. DO OBJETO Aquisição de

Leia mais

ATA DA CONSULTA TÉCNICA N.

ATA DA CONSULTA TÉCNICA N. ((TITULO))ATA DA CONSULTA TÉCNICA N.º 2/2014 (PERGUNTAS E RESPOSTAS) ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PARA FUTURA E EVENTUAL AQUISIÇÃO DE SWITCH DE REDE ÓPTICA E SWITCH DE BORDA PARA OS ÓRGÃOS DA ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 02/2009 (PERGUNTAS) REGISTRO DE PREÇOS PARA FUTURA AQUISIÇÃO DE SWITCH S TIPO 1, 2 e 3

((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 02/2009 (PERGUNTAS) REGISTRO DE PREÇOS PARA FUTURA AQUISIÇÃO DE SWITCH S TIPO 1, 2 e 3 ((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 02/2009 (PERGUNTAS) REGISTRO DE PREÇOS PARA FUTURA AQUISIÇÃO DE SWITCH S TIPO 1, 2 e 3 ((TEXTO))Aos 09 (nove) dias do mês de junho de dois mil e nove, às 14:00 hs,

Leia mais

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 1. UNIDADE REQUISITANTE: ETICE 2. DO OBJETO: 2.1. Registro de preços para futuras e eventuais aquisições de EQUIPAMENTOS DE COMUNICAÇÂO DE DADOS (SWITCHS e ACESSÓRIOS), de

Leia mais

ANEXO I RELAÇÃO DOS ITENS DA LICITAÇÃO

ANEXO I RELAÇÃO DOS ITENS DA LICITAÇÃO Folha: 1/6 1 2,000 UN MÓDULO BATERIAS PARA NOBREAK 3000VA --- 5.590,0000 11.180,0000 ------------------------------------ Descrição --------- Módulo fechado de baterias estacionárias, que comporte no mínimo

Leia mais

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0001

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0001 TERMO DE ADJUDICAÇÃO Às 15:39 horas do dia 13 de março de 2012, o Pregoeiro Oficial da Prefeitura Municipal de Palmas, designado pela portaria 095/2011-GAB/SEFIN após analise da documentação do Pregão

Leia mais

Especificação Técnica

Especificação Técnica Especificação de Referência Switches Wireless LAN (Controlador de Rede sem Fio) Alguns itens apresentam opções de configuração, refletindo nos aspectos originais de preço e características da máquina Código

Leia mais

Introdução ao MPLS. Tiago Carrijo Setti Algar Telecom

Introdução ao MPLS. Tiago Carrijo Setti Algar Telecom Introdução ao MPLS Tiago Carrijo Setti Algar Telecom Algar Telecom 60 anos de atuação Mais de 1,5 mil associados Mais de 1 milhão de clientes Companhia de capital aberto* Backbone 13 mil km de rede óptica

Leia mais

SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE)

SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) Possuir capacidade instalada, livre para uso, de pelo menos 5.2 (cinco ponto dois) TB líquidos em discos SAS/FC de no máximo 600GB 15.000RPM utilizando RAID 5 (com no

Leia mais

Web Smart Switch DGS-1210-28. Destaques

Web Smart Switch DGS-1210-28. Destaques Destaques Economize energia, economize dinheiro Seja amigável com o planeta e com o seu orçamento; obtenha economias de energia significativas para manter seus custos baixos Gerenciamento Funções avançadas,

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO DISTRITO FEDERAL

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO DISTRITO FEDERAL SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO DISTRITO FEDERAL PREGÃO PRESENCIAL PARA SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS N.º 15/2015 O do Distrito Federal, Senac-DF, por intermédio

Leia mais

158499.142013.61893.4249.2666355912.198

158499.142013.61893.4249.2666355912.198 158499.142013.61893.4249.2666355912.198 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano

Leia mais

4 DAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. As especificações técnicas dos equipamentos encontram-se detalhadas no ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS.

4 DAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. As especificações técnicas dos equipamentos encontram-se detalhadas no ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. 4 DAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS As especificações técnicas dos equipamentos encontram-se detalhadas no ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS.. Switch (comutador) de acesso 24 portas 10/100/1000 UTP padrão RJ-45

Leia mais

Estimativa. Unioeste 31217/2010 Cod. Fornecedor ClassificaçãoVlr.Un. Total. Setor Processo Item edital

Estimativa. Unioeste 31217/2010 Cod. Fornecedor ClassificaçãoVlr.Un. Total. Setor Processo Item edital Filtrado por ( : = '' ) E ( em haver: >= 1 ) E (Imprimir quantidades por setor de consumo = Sim) 06/05/2014:21:31 Página 1 de 1 Fornecedor ClassificaçãoVlr.Un. 5 7063 Computador - Processador de Núcleo

Leia mais

1.14 Permitir empilhamento de até oito equipamentos e gerência através de um único endereço IP;

1.14 Permitir empilhamento de até oito equipamentos e gerência através de um único endereço IP; Processo: PREGÃO ELETRÔNICO N.º 070/2010 Objeto: Assunto: REGISTRO DE PREÇOS PARA AQUISIÇÃO DE INFRAESTRUTURA DE TI, COMPOSTA DE HARDWARE, SOFTWARE E SERVIÇOS PARA MODERNIZAÇÃO DE ARMAZENAMENTO DE DADOS

Leia mais

Análise e questionamentos sobre a proposta da Ziva para o PE 34/2013

Análise e questionamentos sobre a proposta da Ziva para o PE 34/2013 Análise e questionamentos sobre a proposta da Ziva para o PE 34/2013 Sobre os critérios de aceitabilidade pág 2/3 (1) Os subitens 1.1 e 1.5 da proposta excedem os preços máximos admissíveis estabelecidos

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ATA Nº 103/2010

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ATA Nº 103/2010 PROCESSO Nº 000386/2010-61 PREGÃO ELETRÔNICO SRP Nº 060/2010 Fornecedor: Maurício Ruthes - ME C N P J: 09.465.579/0001-32 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ATA Nº 103/2010 Endereço: Av. Senador Salgado Filho,

Leia mais

Termo de Referência ANEXO B ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

Termo de Referência ANEXO B ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO B DO TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 1 Item 1 Switch Core 1. Chassis Cisco Nexus 7010 (N7K-C7010), com 8 (oito) slots para inserção de módulos com portas Ethernet, 2 (dois) slots

Leia mais

SERVIÇOS DE LICITAÇÕES EDITAL PREGÃO PRESENCIAL N.º 001/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 9/2012 ERRATA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ITEM I ITEM 1 COMPUTADORES SERVIDORES PARA RACK COM 2 PROCESSADORES Quantidade:

Leia mais

Minuta do Termo de Referência

Minuta do Termo de Referência Minuta do Termo de Referência 1. OBJETO Fornecimento de equipamentos com serviço de manutenção e suporte durante o período de 5 anos; LOTE 1 Item Descrição Quantidade 1.1 Switch Tipo 1: Switch fast-ethernet

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS E QUALIDADE DE VIDA.

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS E QUALIDADE DE VIDA. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS E QUALIDADE DE VIDA DIRETORIA DE SEGURANÇA INSTITUCIONAL Projeto Executivo Projeto de Vigilância Eletrônica

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE NOVA PRATA

ESTADO DO RIO GRANDE DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE NOVA PRATA EDITAL N.º 096/2015 - LICITAÇÃO N.º063/2015 - PREGÃO PRESENCIAL N.º 018/2015 LICITAÇÃO NA MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL OBJETIVANDO A AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA; EXCLUSIVO PARA ME S E EPP

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310 Especificação Técnica 1. A Solução de Fitoteca ofertada deverá ser composta por produtos de Hardware e Software obrigatoriamente em linha de produção do fabricante, não sendo aceito nenhum item fora de

Leia mais

Fundada em 2010 a partir de uma fusão entre duas

Fundada em 2010 a partir de uma fusão entre duas Confiabilidade, Segurança e Agilidade Desde 1994. LINHA DE PRODUTOS SMC EDGE-CORE Fundada em 2010 a partir de uma fusão entre duas grandes marcas, a SMC Edge-Core atende tanto ao mercado SOHO (Small Office

Leia mais

Projeto Infra-Estrutura de rede Coordenadores: DIEGO MIRANDA. Projeto Integrador

Projeto Infra-Estrutura de rede Coordenadores: DIEGO MIRANDA. Projeto Integrador Projeto Infra-Estrutura de rede Coordenadores: DIEGO MIRANDA Projeto Integrador 1. Estrutura de Rede 2. Visão do Rack 3. Planta Baixa TI 4. Planta Baixa Geral 5. Tabela de Endereço 6. Tabela Router 7.

Leia mais

Switch Switch de Datacenter

Switch Switch de Datacenter Switch Switch de Datacenter Série QSW-6500 1. DESCRIÇÃO GERAL Os switches de Datacenter QSW-6500 de nova geração contam com 40G e tem software e firmware com design modificado, blocos de alimentação modulados

Leia mais

GWM 1420 N. INFORMÁTICA - networks. Roteador ADSL 2+ Wireless N 150 Mbps BANDA LARGA. Características

GWM 1420 N. INFORMÁTICA - networks. Roteador ADSL 2+ Wireless N 150 Mbps BANDA LARGA. Características INFORMÁTICA - networks BANDA LARGA GWM 1420 N A solução mais inteligente em banda larga. O Roteador GWM 1420 N Intelbras é um 3 em 1 que integra a função de modem ADSL 2+ de alta velocidade, roteador Wireless

Leia mais

EDITAL CARTA CONVITE N.º 005/2012 MENOR PREÇO GLOBAL DATA DE ABERTURA: 03 ABRIL DE 2012 HORÁRIO: SALA DE REUNIÃO DA COMODORIA PLENÁRIO ENDEREÇO:

EDITAL CARTA CONVITE N.º 005/2012 MENOR PREÇO GLOBAL DATA DE ABERTURA: 03 ABRIL DE 2012 HORÁRIO: SALA DE REUNIÃO DA COMODORIA PLENÁRIO ENDEREÇO: EDITAL CARTA CONVITE N.º 005/2012 TIPO: MENOR PREÇO GLOBAL DATA DE ABERTURA: 03 ABRIL DE 2012 HORÁRIO: 15H LOCAL: SALA DE REUNIÃO DA COMODORIA PLENÁRIO ENDEREÇO: SCEN TRECHO 02 CONJ. 04 ASA NORTE BRASÍLIA-DF

Leia mais

TERMO DE RETIFICAÇÃO Nº 01 DO EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 0041/2013

TERMO DE RETIFICAÇÃO Nº 01 DO EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 0041/2013 TERMO DE RETIFICAÇÃO Nº 01 DO EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 0041/2013 A Secretaria de Estado da Administração, por intermédio da Diretoria de Gestão de Materiais e Serviços DGMS, na qualidade de promotora

Leia mais

ERRATA DE EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL 005/2015

ERRATA DE EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL 005/2015 ERRATA DE EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL 005/2015 No Anexo I Termo de Referência Item 03 (Três) Da Especificação. Os respectivos itens estão sublinhados. ONDE SE LÊ: 1) DA ESPECIFICAÇÃO 1 Processador

Leia mais

1.1 Motivação e âmbito... 1 1.2 Objetivos e abordagem... 3 1.3 Organização do presente texto... 4

1.1 Motivação e âmbito... 1 1.2 Objetivos e abordagem... 3 1.3 Organização do presente texto... 4 Índice de figuras XVII Índice de tabelas XXII Agradecimentos XXIII Nota prévia XXIV 1- Introdução 1 1.1 Motivação e âmbito... 1 1.2 Objetivos e abordagem... 3 1.3 Organização do presente texto... 4 2 -

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Teoria e Prática Douglas Rocha Mendes Novatec Copyright 2007, 2016 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida a reprodução

Leia mais

Acesso Ethernet com Hubs

Acesso Ethernet com Hubs Acesso Ethernet com Hubs O dado é enviado de um por vez Cada nó trafega a 10 Mbps Acesso Ethernet com Bridges Bridges são mais inteligentes que os hubs Bridges reuni os quadros entre dois segmentos de

Leia mais

Sumário 1 Introdução... 19 2 O Modelo OSI... 33

Sumário 1 Introdução... 19 2 O Modelo OSI... 33 Sumário 1 Introdução... 19 1.1 Um Resumo da História da Cisco Systems... 19 1.2 Sobre a Certificação Cisco Certified Network Associate CCNA Routing and Switching (R&S)... 20 1.2.1 Por que Tornar-se um

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA LOTE 01. Memória RAM mínimo 1GB. Cabo de alimentação. Servidor de impressão integrado. Porta RJ-45 (10/100/1000Base-TX)

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA LOTE 01. Memória RAM mínimo 1GB. Cabo de alimentação. Servidor de impressão integrado. Porta RJ-45 (10/100/1000Base-TX) ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA LOTE 01 Impressora 1. Especificação Tecnologia de impressão: Laser, em Preto & Branco Velocidade da impressão (ISO/IEC 24734): 50 ppm (papel A4) Primeira página impressa (pronto):

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. DIE GIE Documento1 1/12

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. DIE GIE Documento1 1/12 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA DIE GIE Documento1 1/12 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA OBJETO / ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS / QUANTIDADE 1. OBJETO: 1.1 Aquisição de Firewalls Appliance (hardware dedicado) com throughput

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE ORÇAMENTO - 29/09/2009 URGENTE. Necessita este Conselho de proposta estimativa de preço nos moldes das descrições abaixo:

SOLICITAÇÃO DE ORÇAMENTO - 29/09/2009 URGENTE. Necessita este Conselho de proposta estimativa de preço nos moldes das descrições abaixo: SOLICITAÇÃO DE ORÇAMENTO - 29/09/2009 URGENTE Prezados Senhores, Necessita este Conselho de proposta estimativa de preço nos moldes das descrições abaixo: ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1. OBJETO Contratação

Leia mais

Switch Gerenciável Gigabit Smart de 10/16/24/48 portas

Switch Gerenciável Gigabit Smart de 10/16/24/48 portas Tecnologia Green Economia de energia pelo status do link Economia de energia pelo tamanho do cabo Oferece uma operação contínua, confiável e ecológica PoE baseado na hora (somente DGS-1210-10P) Switch

Leia mais

Especificação de Referência Ponto de Acesso (Access Point)

Especificação de Referência Ponto de Acesso (Access Point) 1 Especificação de Referência Ponto de Acesso (Access Point) Código do Objeto Descrição do Objeto Aplicação do Objeto Data da Especificação de Referência Validade da Especificação de Referência AC0000048

Leia mais

PROTOCOLO DE RETIRADA DE EDITAL VIA INTERNET

PROTOCOLO DE RETIRADA DE EDITAL VIA INTERNET PROTOCOLO DE RETIRADA DE EDITAL VIA INTERNET OBS.: o preenchimento e envio do protocolo abaixo é OBRIGATÓRIO para que os interessados possam receber o Edital Completo e também serem informados de qualquer

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Página 1 de 21 1. OBJETO

TERMO DE REFERÊNCIA. Página 1 de 21 1. OBJETO 1. OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA 1.1. A presente licitação tem por objeto a aquisição de ativos de redes com software de gerenciamento. 1.2. As características técnicas dos itens a serem adquiridos serão

Leia mais

SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO. 1.2 Para efeito de cálculo do volume total em TB deverá ser considerado que 1KB = 1024 bytes.

SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO. 1.2 Para efeito de cálculo do volume total em TB deverá ser considerado que 1KB = 1024 bytes. SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO Características Técnicas: 1.1 Deverá ser ofertada Solução de Storage com capacidade mínima de 100 TB (cem Terabyte) líquido, sendo 80TB (oitenta Terabytes)

Leia mais

Statck Ethernet L2+ Série DES-3528/DES-3552

Statck Ethernet L2+ Série DES-3528/DES-3552 Integração xstack Stacking Virtual de até 32 unidades SIM D-Link incorporado para a integração de todos os switches xstack Stacking Físico de até 8 unidades VLAN Suporte a 4.000 VLANs Q-in-Q seletivo e

Leia mais

Especificação de Referência Roteador Sem Fio (Wireless)

Especificação de Referência Roteador Sem Fio (Wireless) 1 Especificação de Referência Roteador Sem Fio (Wireless) Código do Objeto Descrição do Objeto Aplicação do Objeto Data da Especificação de Referência Validade da Especificação de Referência AC0000049

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Lote 1 item 3. MICROCOMPUTADOR:

TERMO DE REFERÊNCIA Lote 1 item 3. MICROCOMPUTADOR: TERMO DE REFERÊNCIA Lote 1 item 3. MICROCOMPUTADOR: 1.0 PROCESSADOR 1.1 Um processador Intel com arquitetura 64 Bits compatível com o equipamento ofertado e tecnologia de 65nm e núcleo duplo E4500; 1.2

Leia mais