PTT.br. Atualizações e Planejamento São Paulo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PTT.br. Atualizações e Planejamento São Paulo"

Transcrição

1 PTT.br Atualizações e Planejamento São Paulo PTT Fórum 7 São Paulo 2 Dez 2013 Eduardo Ascenço Reis Equipe de Engenharia PTT.br 1

2 Referência - Nomenclatura IXP - Internet exchange Point PTT Ponto de Troca de Tráfego 2

3 PTTMetro/PTT.br São Paulo Topology 3

4 PTTMetro/PTT.br São Paulo Topology Novos 2013: SAMM/CCR, Terremark e Telebrás 4

5 PTTMetro/PTT.br Atualizações São Paulo / SP Central R1 R1 LAG/LACP LAG/LACP Switch C1 Switch C2 LAG/LACP R2 DE Central Router C1 Router C3 LAG/LACP R2 PARA 5

6 PTTMetro/PTT.br Atualizações São Paulo / SP R1 R1 LAG/LACP Central Router C1 Router C3 Central Router C1 Router C3 LAG/LACP LAG/LACP R2 DE R2 PARA 6

7 PTTMetro/PTT.br Atualizações São Paulo / SP Central 1 - C1 DE PARA 7

8 PTTMetro/PTT.br Atualizações São Paulo / SP Central 1 - C1 2x Switches (L2) em Série 1x Roteador (L3) Capacidade Total Útil e Instalada: 112 portas 10GE Capacidade Total: 288 portas 10GE Capacidade Instalada: 144 portas 10GE DE PARA 8

9 PTTMetro/PTT.br Atualizações São Paulo / SP Central 1 - C1 Sistema Central de Tradução Física de VLANs (tag) DE L2VPN Untag bridge-domain PARA 9

10 PTTMetro/PTT.br Regional Metro Ethernet Non-Blocking Switch/Peering Fabric AS A Router IXP A AS D Router D Central B Router AS B C Router : Interconnection Point AS C 10

11 PTTMetro/PTT.br Topologia Estrela Ponto Crítico é o Central IXP A D Central B C 11

12 PTTMetro/PTT.br Topologia Estrela Ponto Crítico é o Central IXP A D Central B C 12

13 PTTMetro/PTT.br Estrutura de Rede com Alta Disponibilidade Central C1 Central C2 Remote : Interconnection Point Dark Fiber Pair 13

14 PTTMetro/PTT.br Estrutura de Rede com Alta Disponibilidade A B C1 C2 C N 14

15 PTTMetro/PTT.br São Paulo Atual Topologia Física Central C1 Central NÃO Redundante Remote 15

16 PTTMetro/PTT.br São Paulo Solução Temporária Topologia Física Central C3 Temporário Central C1 Cross Connect Solução Temporária até que C2 (NIC-JD) estiver Ok Remote 16

17 PTT.br São Paulo Localização dos C1 C2 17

18 PTT.br São Paulo Infraestrutura Fibras Central C3 C1 NIC-NU Ed. Bolsa de Imóveis Rota A 72 fibras enterradas Rota B 6 fibras C3 NIC-LD Ed. Landmark 18

19 PTT.br São Paulo Resumo Plano Os trabalhos para implantação da nova estrutura de rede do PTT-SP esta em andamento. - Implementação do Central 3 (Ed. Landmark) - VPLS Network - Utilizando Cisco ASR9K - IP/DWDM - 100Gbit/s Ethernet 19

20 PTT.br São Paulo 100 Gigabit Ethernet Cisco Systems equipments and CFP-100G-LR4 (100GBASE-LR4) transceivers Padrão de porta já disponível no portal Meu PTT Dois participantes em processo de ativação de conexões redundantes (devem ser concluídos no primeiro bimestre 2014) 20

21 PTT.br São Paulo DWDM Sistemas de Multiplexação Óptica Ativa de 40 Canais Dense wavelength division multiplexing (DWDM) Fase 1. Ativação em 2010 (expansões em 2011 e 2012) Equipamentos Padtec com Transponders atendidos: Alog-BRE, Alog-SP, Tivit, GBLX/L3 e Oi/Brt Fase 2. Ativação em 2013 Equipamentos Padtec com transceivers coloridos atendidos: Terremark Fase 3. Ativação em 2013 Equipamentos Cisco com transceivers coloridos Pix atendidos: Embratel (ok) e USP (em andamento) Fase 4. Ativação em 2014 (pendência de 2013) Equipamentos Cisco com transceivers coloridos Pix atendidos: GBLX/Level3 e Terremark Fase 5. Ativação em 2014 Em avaliação Pix em análise: Eletronet, Highwinds e demais 21

22 PTT.br São Paulo ATM / MPLA Acordo de Troca de Tráfego Multilateral (ATM) Multi-Lateral Peering Agreement (MLPA) Nova Estrutura de Servidores de Rotas com dois equipamentos redundantes Implantação de Mecanismos de Proteções dos Prefixos Anunciados pelos Participantes Ampliação do Espaço de Endereçamento IPv4 de /22 para /21 22

23 PTT.br São Paulo Rede Plano para Primeiro Semestre 2014 Implantação de Rede VPLS Fase 1. com DWDM em 2013 Roteadores Cisco ASR9K Fase 2. Demais com Redundância de Rotas de Fibras Ópticas Switches Extreme (em validação) 23

24 PTT.br São Paulo Tráfego e Serviços de Video O PTT.br de São Paulo observou, em especial no ano de 2013, uma Significativa mudança no perfil do tráfego agregado: Picos mudaram para o final dia ao invés de horário comercial (tarde) Forte aumento de tráfego nos finais de semana (semelhante ou maior do que dias comerciais) Alguns Resultados Grande aumento de demanda de portas de 10Gbps Início de demanda de portas de 100Gbps Necessidade de mudança das janelas de manutenção (menor tempo e em dias de semana) Peering and Video Content Delivery Brazil Impact Analyses PTT.br 23rd Euro-IX Forum Helsinki, Finland October 28,

25 PTT.br Day Sample Traffic per Location 23rd Euro-IX Forum October 28,

26 PTT.br Three Years Traffic Curve Comparison Week Day Comparison PTT.br Sao Paulo Gbps Time rd Euro-IX Forum October 28,

27 PTT.br Three Years Traffic Curve Comparison Week Day Comparison PTT.br Sao Paulo Gbps Time rd Euro-IX Forum October 28, 2013 Comercial Hours Reference (8am to 6pm) 27

28 PTT.br Three Years Traffic Curve Comparison Week Day Comparison PTT.br Sao Paulo Gbps Time rd Euro-IX Forum October 28, 2013 Comercial Hours Reference (8am to 6pm) 28

29 PTT.br Three Years Traffic Curve Comparison Sunday Comparison PTT.br Sao Paulo Gbps Time rd Euro-IX Forum October 28,

30 PTT.br Three Years Traffic Curve Comparison Sunday Comparison PTT.br Sao Paulo Gbps Time rd Euro-IX Forum October 28,

31 PTT.br Three Years Traffic Curve Comparison Week Day Relative Comparison PTT.br Sao Paulo 7,00% 6,00% 5,00% Bytes 4,00% 3,00% 2,00% 1,00% 0,00% Time rd Euro-IX Forum October 28, 2013 Relative Analyses: per hour proportional to full day traffic exchanged 31

32 PTT.br Three Years Traffic Curve Comparison Week Day Relative Comparison PTT.br Sao Paulo 7,00% 6,00% 5,00% Bytes 4,00% 3,00% 2,00% 1,00% 0,00% Time rd Euro-IX Forum October 28, 2013 Relative Analyses: per hour proportional to full day traffic exchanged 32

33 PTT.br Three Years Traffic Curve Comparison Sunday Relative Comparison PTT.br Sao Paulo 8,00% 7,00% 6,00% Bytes 5,00% 4,00% 3,00% 2,00% 1,00% 0,00% Time rd Euro-IX Forum October 28, 2013 Relative Analyses: per hour proportional to full day traffic exchanged 33

34 PTT.br Three Years Traffic Curve Comparison Sunday Relative Comparison PTT.br Sao Paulo 8,00% 7,00% 6,00% Bytes 5,00% 4,00% 3,00% 2,00% 1,00% 0,00% Time rd Euro-IX Forum October 28, 2013 Relative Analyses: per hour proportional to full day traffic exchanged 34

35 PTTMetro/PTT.br Contato 35

PTTMetro/PTT.br. 27 Junho 2013. Milton Kaoru Kashiwakura Equipe PTT.br

PTTMetro/PTT.br. 27 Junho 2013. Milton Kaoru Kashiwakura <mkaoruka@nic.br> Equipe PTT.br <eng@ptt.br> PTTMetro/PTT.br 27 Junho 2013 Milton Kaoru Kashiwakura Equipe PTT.br 1 Referência IXP - Internet exchange Point PTT Ponto de Troca de Tráfego 2 PTT Historico e Datas Marcantes

Leia mais

São Paulo, Brasil 29 Maio de 2015

São Paulo, Brasil 29 Maio de 2015 São Paulo, Brasil 29 Maio de 2015 PTT.br Desafios de infraestrutura e Soluções para o crescimento GTER 39 Ângelo Fukase Equipe de Engenharia PTT.br Objetivo Apresentar os desafios

Leia mais

PTT.br Infraestrutura Crítica São Paulo

PTT.br Infraestrutura Crítica São Paulo Infraestrutura Crítica São Paulo 5 o PTT Fórum 29 Nov 2011 Eduardo Ascenço Reis Salvador Rodrigues da Silva Neto Engineering Team 5o PTT Forum 29 Nov 2011

Leia mais

PTTMetro/PTT.br. Evolução, Atualizações e Planejamento http://ptt.br/ GTER 35. 23 Maio 2013

PTTMetro/PTT.br. Evolução, Atualizações e Planejamento http://ptt.br/ GTER 35. 23 Maio 2013 PTTMetro/PTT.br Evolução, Atualizações e Planejamento http://ptt.br/ GTER 35 23 Maio 2013 Antonio Galvao de Rezende Filho Eduardo Ascenço Reis Equipe PTT.br

Leia mais

PTTMetro. Interconexão de Sistemas Autônomos (AS) 15 Agosto 2010. Equipe de Engenharia PTTMetro

PTTMetro. Interconexão de Sistemas Autônomos (AS) 15 Agosto 2010. Equipe de Engenharia PTTMetro <eng@ptt.br> PTTMetro Interconexão de Sistemas Autônomos (AS) 15 Agosto 2010 Equipe de Engenharia PTTMetro 1 Sobre o CGI.br Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) Criado em maio de 1995 Pela Portaria

Leia mais

PTTMetro/PTT.br. Evolução, Atualizações e Planejamento http://ptt.br/ Encontro PTT-BA. 25 Setembro 2013

PTTMetro/PTT.br. Evolução, Atualizações e Planejamento http://ptt.br/ Encontro PTT-BA. 25 Setembro 2013 PTTMetro/PTT.br Evolução, Atualizações e Planejamento http://ptt.br/ Encontro PTT-BA 25 Setembro 2013 Julimar Lunguinho Mendes Equipe PTT.br 1 CGI.br NIC.br - PTT.br CGI.br

Leia mais

PTTMetro Informações e Destaques

PTTMetro Informações e Destaques PTTMetro Informações e Destaques 3 o PTT Forum 3 Dez 2009 Antonio Galvao de Rezende Filho Eduardo Ascenço Reis Milton Kaoru Kashiwakura 3o PTT Forum

Leia mais

PTTMetro. 11 Jan 2010

PTTMetro. 11 Jan 2010 PTTMetro 11 Jan 2010 Antonio Galvao de Rezende Filho Eduardo Ascenço Reis Milton Kaoru Kashiwakura PTTMetro http://ptt.br/ Apresentação 1 Sobre o CGI.br

Leia mais

PTTMetro BRAZIL - IXP - Update

PTTMetro BRAZIL - IXP - Update PTTMetro BRAZIL - IXP - Update LACNIC XIII NAPLA 2010 Antonio Galvão de Rezende Eduardo Ascenço May / 2010 PTTMetro IXP Brazil The PTTMetro (PTT- Internet Exchange Point)

Leia mais

Rio de Janeiro, Brasil 29 de Maio de 2015. CIX Uma categoria Intermediária GTER 39 29 e 30 de Maio de 2015 Rio de Janeiro - BR - PTT.

Rio de Janeiro, Brasil 29 de Maio de 2015. CIX Uma categoria Intermediária GTER 39 29 e 30 de Maio de 2015 Rio de Janeiro - BR - PTT. Rio de Janeiro, Brasil 29 de Maio de 2015 CIX Uma categoria Intermediária GTER 39 29 e 30 de Maio de 2015 Rio de Janeiro - BR - PTT.br PTT.br CIX Uma nova categoria GTER 39 Antonio Galvão de Rezende Filho

Leia mais

São Paulo, Brasil 24 de Novembro de 2014

São Paulo, Brasil 24 de Novembro de 2014 São Paulo, Brasil 24 de Novembro de 2014 PTT.br Definição de Conexão PTT Fórum 8 Galvão Rezende Equipe de Engenharia PTT.br PTT.br Referência IXP - Internet exchange Point

Leia mais

PTT.br. Preparativos Copa do Mundo 2014

PTT.br. Preparativos Copa do Mundo 2014 PTT.br Preparativos Copa do Mundo 0 PTT Fórum 7 São Paulo Dez 0 Eduardo Ascenço Reis Equipe de Engenharia PTT.br PTT Fórum 7 PTT.br Preparativos Copa do Mundo 0 Equipe de

Leia mais

Projeto PTT.br Atualização 2008 CGI.br - Comitê Gestor da Internet no Brasil NIC.br Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR Maio de 2008 Agenda Sobre o CGI.br e NIC.br Projeto PTTMetro Alguns dados

Leia mais

IX (PTT) FÓRUM 9 07 e 08 de Dezembro de 2015

IX (PTT) FÓRUM 9 07 e 08 de Dezembro de 2015 IX (PTT) FÓRUM 9 07 e 08 de Dezembro de 2015 Milton Kaoru Kashiwakura mkaoruka@nic.br 1. Inimputabilidade da Rede 2. O combate a ilícitos na rede deve atingir os responsáveis finais e não os meios de

Leia mais

10 anos de operação do PTT no Paraná

10 anos de operação do PTT no Paraná 10 anos de operação do PTT no Paraná PTT-Curitiba 10 anos PTT-Londrina 5 anos Pedro R. Torres Jr. pedro.torres@ufpr.br UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ 6º PTT-Forum São Paulo - SP Histórico da Troca de Tráfego

Leia mais

PTTForum8 eng@ptt.br. São Paulo, Brasil 25 de Novembro de 2014

PTTForum8 eng@ptt.br. São Paulo, Brasil 25 de Novembro de 2014 PTTForum8 eng@ptt.br São Paulo, Brasil 25 de Novembro de 2014 Acordo de Troca de Tráfego Multilateral PTT.br - São Paulo Pablo Martins F Costa pablo@nic.br Resumo Atualizações no ATM ( Acordo de Troca

Leia mais

Formação para Sistemas Autônomos. Boas Práticas PTT. Formação para Sistemas Autônomos

Formação para Sistemas Autônomos. Boas Práticas PTT. Formação para Sistemas Autônomos Boas Práticas PTT Licença de uso do material Esta apresentação está disponível sob a licença Creative Commons Atribuição Não a Obras Derivadas (by-nd) http://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/legalcode

Leia mais

Ponto de Troca de Tráfego na Internet Projeto PTTmetro. Oripide Cilento Filho. NIC.br

Ponto de Troca de Tráfego na Internet Projeto PTTmetro. Oripide Cilento Filho. NIC.br Ponto de Troca de Tráfego na Internet Projeto PTTmetro Oripide Cilento Filho NIC.br Agenda Governança da Internet O CGI.Br e o NIC.Br Internet Arquitetura e Operação Sistemas Autônomos Princípios do protocolo

Leia mais

ECOSSISTEMA DE PEERING. GTER - Grupo de Trabalho de Engenharia e Operação de Redes 32ª Reunião

ECOSSISTEMA DE PEERING. GTER - Grupo de Trabalho de Engenharia e Operação de Redes 32ª Reunião ECOSSISTEMA DE PEERING GTER - Grupo de Trabalho de Engenharia e Operação de Redes 32ª Reunião ECOSSISTEMA DO PEERING O que é ecossistema de peering? É uma comunidade de ISPs que espontaneamente se interagem

Leia mais

São Paulo, Brasil 24 de Novembro de 2014

São Paulo, Brasil 24 de Novembro de 2014 São Paulo, Brasil 24 de Novembro de 2014 PTT.br MACs x Transporte PTT Fórum 8 Galvão Rezende Equipe de Engenharia PTT.br PTT.br São Paulo MAC x Transporte Em Abril/14 tivemos

Leia mais

Por ser uma funcionalidade comum a diversos switches de mercado, sugerimos adicionar os seguintes requisitos:

Por ser uma funcionalidade comum a diversos switches de mercado, sugerimos adicionar os seguintes requisitos: ((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 10/2014 (PERGUNTAS E RESPOSTAS) A ATA REGISTRO PREÇOS FUTURA E EVENTUAL AQUISIÇÃO SWITCH ÓPTICA E SWITCH BORDA A ADMINISTRAÇÃO DIRETA E INDIRETA DO MUNICÍPIO SÃO PAULO

Leia mais

Uma Solução para Gerenciamento de BGP em. Internet. João Ceron, Leandro Berholdo, Leonardo L. Fagundes, Lisandro Granville, Liane Tarouco

Uma Solução para Gerenciamento de BGP em. Internet. João Ceron, Leandro Berholdo, Leonardo L. Fagundes, Lisandro Granville, Liane Tarouco Uma Solução para Gerenciamento de BGP em Pontos de Troca de Tráfego da Internet João Ceron, Leandro Berholdo, Leonardo L. Fagundes, Lisandro Granville, Liane Tarouco Sumário Introdução Pontos de Troca

Leia mais

A Tecnologia GPON na Banda Larga Perspectivas e ideias para redes FTTx

A Tecnologia GPON na Banda Larga Perspectivas e ideias para redes FTTx A Tecnologia GPON na Banda Larga Perspectivas e ideias para redes FTTx Glauco Pereira Gerente de Produto - GPON glauco@padtec.com.br Tel.: + 55 19 2104.9727 Cel.: + 55 19 8118.0776 padtec.com Soluções

Leia mais

A Tecnologia GPON na Banda Larga Perspectivas e ideias para redes FTTx

A Tecnologia GPON na Banda Larga Perspectivas e ideias para redes FTTx A Tecnologia GPON na Banda Larga Perspectivas e ideias para redes FTTx Glauco Pereira Gerente de Produto - GPON glauco@padtec.com.br Tel.: + 55 19 2104.9727 Cel.: + 55 19 8118.0776 padtec.com Soluções

Leia mais

Alguns dos Desafios para a Infraestrutura de Internet Projetos do CGI.br e NIC.br

Alguns dos Desafios para a Infraestrutura de Internet Projetos do CGI.br e NIC.br Alguns dos Desafios para a Infraestrutura de Internet no Brasil e os Projetos do CGI.br e NIC.br 24 de Julho de 2008 Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br Agenda O que são o CGI.br e o NIC.br? Desafios da

Leia mais

Nome do Evento São Paulo, SP 12/01/15

Nome do Evento São Paulo, SP 12/01/15 Nome do Evento São Paulo, SP 12/01/15 IX.br Ativação e Sistemas Antonio M. Moreiras Nossa Agenda Estatísticas da nova equipe Como melhorar o atendimento e obter prazos menores? Mudanças no processo de

Leia mais

Roteamento no PTT. PRIX - PTT-Metro de Curitiba/PR. GTER-23 - Belo Horizonte - 29 de Junho 2007

Roteamento no PTT. PRIX - PTT-Metro de Curitiba/PR. GTER-23 - Belo Horizonte - 29 de Junho 2007 PRIX - PTT-Metro de Curitiba/PR GTER-23 - Belo Horizonte - 29 de Junho 2007 Christian Lyra Gomes lyra@pop-pr.rnp.br Pedro R. Torres Jr. torres@pop-pr.rnp.br PoP-PR - Ponto de Presença da RNP no Paraná

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES LAN e WAN: Topologias e Equipamentos

REDES DE COMPUTADORES LAN e WAN: Topologias e Equipamentos Administração de Empresas 2º Período Informática Aplicada REDES DE COMPUTADORES LAN e WAN: Topologias e Equipamentos Prof. Sérgio Rodrigues 1 INTRODUÇÃO Introdução Este trabalho tem como objetivos: definir

Leia mais

Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4

Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4 Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4 Switch Fast Ethernet com as seguintes configurações mínimas: capacidade de operação em camada 2 do modelo OSI; 24 (vinte e quatro) portas

Leia mais

ww w w w. w cgi g.br b Sobre o NIC.br

ww w w w. w cgi g.br b Sobre o NIC.br Sobre o CGI.br Sobre o CGI.br Criado em maio de 1995 Pela Portaria Interministerial Nº 147 de 31/05/1995, alterada pelo Decreto Presidencial Nº 4.829 de 03/09/2003 Responsável pela coordenação e integração

Leia mais

WDM e suas Tecnologias

WDM e suas Tecnologias Universidade Federal do Rio de Janeiro Escola Politécnica Departamento de Eletrônica e Computação EEL 878 Redes de Computadores I Turma EL1-2004/1 Professor: Otto Carlos Muniz Bandeira Duarte Aluna: Mariangela

Leia mais

Implantação de HVPLS (Hierarchical Virtual Private LAN Services) na rede GIGA

Implantação de HVPLS (Hierarchical Virtual Private LAN Services) na rede GIGA Implantação de HVPLS (Hierarchical Virtual Private LAN Services) na rede GIGA Adelmo Avancini Luciano Martins 08 de dezembro de 2006 www.cpqd.com.br Agenda Projeto GIGA Topologia da rede GIGA VPLS no mercado

Leia mais

Tecnologias da Rede Multiserviços da Copel Telecom. Joelson Tadeu Vendramin

Tecnologias da Rede Multiserviços da Copel Telecom. Joelson Tadeu Vendramin Tecnologias da Rede Multiserviços da Copel Telecom Joelson Tadeu Vendramin Agenda Evolução da rede óptica da Copel Backbone: (Synchronous Digital Hierarchy) e DWDM (Dense Wavelength Division Multiplexing)

Leia mais

INFRA-ESTRUTURA COMUM PARA PROVEDORES DE SERVIÇOS E EMPRESAS. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com

INFRA-ESTRUTURA COMUM PARA PROVEDORES DE SERVIÇOS E EMPRESAS. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com INFRA-ESTRUTURA COMUM PARA PROVEDORES DE SERVIÇOS E EMPRESAS Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com No passado, os provedores de serviços de telecomunicações projetavam, implementavam e operavam

Leia mais

3.1 PEERING x TRÂNSITO. autor: Rinaldo Vaz rinaldopvaz@gmail.com 1

3.1 PEERING x TRÂNSITO. autor: Rinaldo Vaz rinaldopvaz@gmail.com 1 3.1 PEERING x TRÂNSITO autor: Rinaldo Vaz rinaldopvaz@gmail.com 1 3.1 Peering x Trânsito Em primeiro lugar devem ser separados os conceitos de peering e trânsito Quando dois AS's tem uma quantidade de

Leia mais

ANEXO 5 AO CONTRATO DE INTERCONEXÃO DE REDES CLASSE V ENTRE SAMM E XXX NºXXX

ANEXO 5 AO CONTRATO DE INTERCONEXÃO DE REDES CLASSE V ENTRE SAMM E XXX NºXXX ANEXO 5 AO CONTRATO DE INTERCONEXÃO DE REDES CLASSE V ENTRE SAMM E XXX NºXXX PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS, PROCEDIMENTOS DE TESTES E PARÂMETROS DE QUALIDADE 1. PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS 1.1 As Partes observarão

Leia mais

Redes de Computadores. Aula: Border Gateway Protocol - BGP Professor: Jefferson Silva

Redes de Computadores. Aula: Border Gateway Protocol - BGP Professor: Jefferson Silva Redes de Computadores Aula: Border Gateway Protocol - BGP Professor: Jefferson Silva Roteiro Características Terminologia utilizada PTT, PIX, ASN Configurações Práticas Referências Característcas É um

Leia mais

OFERTA DE ESTÁGIO E EMPREGO

OFERTA DE ESTÁGIO E EMPREGO 001-2013-COECG Campina Grande, 29 de Janeiro de 2013. Coordenação de Estágios OFERTA DE ESTÁGIO E EMPREGO EMPRESA: Padtec Soluções em sistemas de comunicações ópticas. http://www.padtec.com.br/ PROCEDIMENTOS

Leia mais

IRTF/RRG - Resumo de Trabalhos e o Protocolo LISP

IRTF/RRG - Resumo de Trabalhos e o Protocolo LISP IRTF/RRG - Resumo de Trabalhos e o Protocolo LISP Grupo de Trabalho de Engenharia e Operação de Redes GTER 25a Reunião Eduardo Ascenço Reis 1 Objetivo O objetivo

Leia mais

Melhorias de infraestrutura, redundância de conectividade e ações futuras. Guilherme Rhoden Rodrigo Pescador

Melhorias de infraestrutura, redundância de conectividade e ações futuras. Guilherme Rhoden Rodrigo Pescador Melhorias de infraestrutura, redundância de conectividade e ações futuras Guilherme Rhoden Rodrigo Pescador PoP-SC em números Backbone Conectividade Enlaces redundantes Agenda Equipe PoP-SC Coordenador

Leia mais

Equipamentos de Rede

Equipamentos de Rede Equipamentos de Rede Professor Carlos Gouvêa SENAIPR - Pinhais 2 Introdução Objetivos Finalidade dos equipamentos Equipamentos e descrição Nomenclatura de desenho técnico para redes Exercício de orientação

Leia mais

www.cgi.br PTTMetro atualização Metrolitano Milton Kaoru Kashiwakura Diretor de Projetos NIC.br NAPLA 2009 26 de Maio 2009

www.cgi.br PTTMetro atualização Metrolitano Milton Kaoru Kashiwakura Diretor de Projetos NIC.br NAPLA 2009 26 de Maio 2009 PTTMetro atualização Ponto de Troca de Tráfego Metrolitano Milton Kaoru Kashiwakura Diretor de Projetos NIC.br NAPLA 2009 26 de Maio 2009 O que é o PTTMetro (também conhecido por PTT.br)? PTTMetro O PTT.br,

Leia mais

PTTMetro atualização. www.cgi.br. Ponto de Troca de Tráfego Metrolitano. NAPLA 2009 26 de Maio 2009

PTTMetro atualização. www.cgi.br. Ponto de Troca de Tráfego Metrolitano. NAPLA 2009 26 de Maio 2009 PTTMetro atualização Ponto de Troca de Tráfego Metrolitano Milton Kaoru Kashiwakura Diretor de Projetos NIC.br NAPLA 2009 26 de Maio 2009 O que é o PTTMetro (também conhecido por PTT.br)? PTTMetro O PTT.br,

Leia mais

O VoIP como enabler do desenvolvimento da Rede de Voz da Novis

O VoIP como enabler do desenvolvimento da Rede de Voz da Novis VoIP Coimbra, 16 de Setembro 2005 O VoIP como enabler do desenvolvimento da Rede de Voz da Novis Índice A rede da Novis Transmissão Rede Multi-Serviços O VoIP como tecnologia de Transporte o enabler do

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito - Metro-Ethernet (Carrier Ethernet) www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito - Ethernet na LAN www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique

Leia mais

A Tecnologia GPON na Banda Larga Perspectivas e ideias para redes FTTx

A Tecnologia GPON na Banda Larga Perspectivas e ideias para redes FTTx A Tecnologia GPON na Banda Larga Perspectivas e ideias para redes FTTx Glauco Pereira Gerente de Produto - GPON glauco@padtec.com.br Tel.: + 55 19 2104.9727 Cel.: + 55 19 8118.0776 padtec.com Soluções

Leia mais

GERÊNCIA INFRAESTRUTURA Divisão Intragov - GIOV INTRAGOV Rede IP Multisserviços

GERÊNCIA INFRAESTRUTURA Divisão Intragov - GIOV INTRAGOV Rede IP Multisserviços GERÊNCIA INFRAESTRUTURA Divisão Intragov - GIOV INTRAGOV Rede IP Multisserviços Julho 2013 Milton T. Yuki Governo Eletrônico (e-gov) Público Alvo Cidadão/Sociedade Órgãos de Governo Serviços e-gov para

Leia mais

((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 03/2009 (PERGUNTAS) AQUISIÇÃO DE SWITCH DE DISTRIBUIÇÃO DE 192 PORTAS

((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 03/2009 (PERGUNTAS) AQUISIÇÃO DE SWITCH DE DISTRIBUIÇÃO DE 192 PORTAS ((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 03/2009 (PERGUNTAS) AQUISIÇÃO DE SWITCH DE DISTRIBUIÇÃO DE 192 PORTAS ((TEXTO)) Aos 15 (quinze) dias do mês de junho de dois mil e nove, às 14:00 hs, na sede da Empresa

Leia mais

Projecto de Fibra Óptica I EVENTO DATA ENDEREÇO DE MAIL I

Projecto de Fibra Óptica I EVENTO DATA ENDEREÇO DE MAIL I Projecto de Fibra Óptica 1 Index Enquadramento Objectivos Procedimentos Longa distância Lacetes de acesso Transmissão Comutação Gestão e Operação Serviços Outras ligações 2 Enquadramento Investimento vs.

Leia mais

Curso: Redes II (Heterogênea e Convergente) Tema da Aula: Roteadores Estaticos

Curso: Redes II (Heterogênea e Convergente) Tema da Aula: Roteadores Estaticos Curso: Redes II (Heterogênea e Convergente) Tema da Aula: Roteadores Estaticos Professor Rene - UNIP 1 Introdução do capitulo Função do roteador Roteamento estático O roteador é um computador com uma finalidade

Leia mais

Fundamentos de Carrier Ethernet. Jerônimo A. Bezerra

Fundamentos de Carrier Ethernet. Jerônimo A. Bezerra <jab@rnp.br> Fundamentos de Carrier Ethernet Jerônimo A. Bezerra 1 Índice Crescimento das redes metropolitanas Ethernet e seus desafios Metro Ethernet Forum - papel, aevidades e envolvimento Introdução

Leia mais

Rede Ipê - Visão técnica

Rede Ipê - Visão técnica Rede Ipê - Visão técnica Nova rede de núcleo Raniery Pontes Outubro 2005 Tópicos sobre conectividade básica em redes Enlaces e Operadoras Lambdas, acessos, equipamentos Rede Ipê Roteadores e switches Premissas

Leia mais

Laboratório - Visualização das tabelas de roteamento do host

Laboratório - Visualização das tabelas de roteamento do host Laboratório - Visualização das tabelas de roteamento do host Topologia Objetivos Parte 1: Acessar a tabela de roteamento de host Parte 2: Examinar as entradas da tabela de roteamento de host IPv4 Parte

Leia mais

Aula Prática Roteador

Aula Prática Roteador Aula Prática Roteador INTRODUÇÃO Os roteadores são os equipamentos empregados na função de interconexão das redes como, por exemplo, redes IP. Diferentes redes IPs enviam suas informações/tráfego por meio

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULOS SWITCHES CISCO 4510 e 3750

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULOS SWITCHES CISCO 4510 e 3750 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULOS SWITCHES CISCO 4510 e 3750 AGOSTO/2013 DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA E TECNOLOGIA GERÊNCIA DE TELECOMUNICAÇÕES OBJETO Ata de registro de Preço para aquisição de módulos de conexão

Leia mais

A rede Multiserviços da AcessoLINE Introdução ao MPLS

A rede Multiserviços da AcessoLINE Introdução ao MPLS 2015 1 A rede Multiserviços da AcessoLINE Introdução ao MPLS Marcelo Balbinot marcelo@alt.net.br Acessoline Telecom Agenda 2 Apresentação. A Empresa. Evolução do backbone. A tecnologia MPLS. Os serviços

Leia mais

Análise de Vulnerabilidades de Redes em Conexões com PTT

Análise de Vulnerabilidades de Redes em Conexões com PTT Análise de Vulnerabilidades de Redes em Conexões com PTT 27ª Reunião GTER Eduardo Ascenço Reis 2009 06 19 GTER27 / Análise de Vulnerabilidades de Redes em Conexões

Leia mais

Migrando para um AS Caso Ciblis

Migrando para um AS Caso Ciblis Migrando para um AS Caso Ciblis Fabrício Nunes Monte Fabricio.monte@comdominio.com.br Pablo F. L. Neves pablo.neves@comdominio.com.br 02/12/05 Versão 1.1 Departamento de Redes Apresentação do caso O evento

Leia mais

PLANEJAMENTO DE CAPACIDADES E RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS

PLANEJAMENTO DE CAPACIDADES E RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS PLANEJAMENTO DE CAPACIDADES E RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS Curso: Tecnologia em Redes de Computadores Prof.:Eduardo Araujo Site- http://professoreduardoaraujo.com Objetivos: Entender e assimilar conceitos, técnicas

Leia mais

10 Gigabit Ethernet em Backbones

10 Gigabit Ethernet em Backbones 10 Gigabit Ethernet em Backbones Giovane C. M. Moura 1, Alex F. dos Santos 1, José Rafael X. dos Santos 1 1 Instituto de Informática Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) Caixa Postal 15.064

Leia mais

Tecnologias de rede O alicerce da Infraestrutura de TI. www.lotic.com.br

Tecnologias de rede O alicerce da Infraestrutura de TI. www.lotic.com.br Tecnologias de rede O alicerce da Infraestrutura de TI Agenda Conceitos básicos sobre protocolos utilizados em redes de dados Entendimento entre topologia física e lógica Estudo de caso em ambientes Enterprise,

Leia mais

Projeto hierárquico de uma rede. Projeto Lógico da Rede. Projeto de Redes de Computadores. Projeto de Redes de Computadores

Projeto hierárquico de uma rede. Projeto Lógico da Rede. Projeto de Redes de Computadores. Projeto de Redes de Computadores Projeto Lógico da Rede Projeto da Topologia da Rede Uma topologia é um mapa de uma rede que indica: segmentos de rede (redes de camada 2) pontos de interconexão comunidades de usuários Queremos projetar

Leia mais

Projeto Lógico da Rede

Projeto Lógico da Rede Projeto Lógico da Rede Projeto da Topologia da Rede Uma topologia é um mapa de uma rede que indica: segmentos de rede (redes de camada 2) pontos de interconexão comunidades de usuários Queremos projetar

Leia mais

Grupo de Trabalho de Engenharia e Operação de Redes (GTER39) Conexão com PTT's utilizando Vyatta/Vyos/EdgeMAX

Grupo de Trabalho de Engenharia e Operação de Redes (GTER39) Conexão com PTT's utilizando Vyatta/Vyos/EdgeMAX Grupo de Trabalho de Engenharia e Operação de Redes (GTER39) Conexão com PTT's utilizando Vyatta/Vyos/EdgeMAX Elizandro Pacheco www.pachecotecnologia.net Elizandro Pacheco

Leia mais

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 1.UNIDADE REQUISITANTE: ETICE 2. DO OBJETO: ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 2.1. Registro de preços para futuras e eventuais aquisições de EQUIPAMENTOS DE REDE CORPORATIVOS ( SWITCHS e ACESSÓRIOS), todos

Leia mais

São Paulo, Brasil 25 de Novembro de 2014

São Paulo, Brasil 25 de Novembro de 2014 São Paulo, Brasil 25 de Novembro de 2014 Suporte PTT Fórum 8 2014 Julimar Lunguinho Mendes Equipe de Engenharia Objetivo Repassar algumas informações de como os participantes

Leia mais

Os Pontos de Troca de Tráfego e seu papel na Internet Brasileira.

Os Pontos de Troca de Tráfego e seu papel na Internet Brasileira. Os Pontos de Troca de Tráfego e seu papel na Internet Brasileira. CGI.br - Comitê Gestor da Internet no Brasil NIC.br Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR Milton Kaoru Kashiwakura mkaoruka@nic.br

Leia mais

VERIZON/TERREMARK - SÃO PAULO BRASIL PRÉDIO: Entrada para o DC, onde está localizado o CTD-Centro de Tecnologia Directcenter

VERIZON/TERREMARK - SÃO PAULO BRASIL PRÉDIO: Entrada para o DC, onde está localizado o CTD-Centro de Tecnologia Directcenter DC = VERIZON/TERREMARK - SÃO PAULO BRASIL PRÉDIO: Entrada para o DC, onde está localizado o CTD-Centro de Tecnologia Directcenter FONTE: VERIZON/TERREMARK BARUERI/ALPHAVILLE/TAMBORÉ SÃO PAULO wwwdirectcentercombr

Leia mais

1 Introdução. 1.1. Motivação

1 Introdução. 1.1. Motivação 15 1 Introdução Esta dissertação dedica-se ao desenvolvimento de um analisador de erro para Redes Ópticas através da utilização de circuitos integrados programáveis de última geração utilizando taxas que

Leia mais

Backbone e Infraestrutura do PoP-RS/RNP. Leandro M. Bertholdo berthold@pop-rs.rnp.br

Backbone e Infraestrutura do PoP-RS/RNP. Leandro M. Bertholdo berthold@pop-rs.rnp.br Backbone e Infraestrutura do PoP-RS/RNP Leandro M. Bertholdo berthold@pop-rs.rnp.br Resumo do PoP-RS Sediado no CPD-Ufrgs O POP-RS/RNP está instalado no CPD/Ufrgs desde 1994/1995 Campus Médico da UFRGS

Leia mais

PASSIVE OPTICAL NETWORK - PON

PASSIVE OPTICAL NETWORK - PON PASSIVE OPTICAL NETWORK - PON É uma solução para a rede de acesso, busca eliminar o gargalo das atuais conexões entre as redes dos usuários e as redes MAN e WAN. A solução PON não inclui equipamentos ativos

Leia mais

Faculdade Integrada do Ceará FIC Graduação em Redes de Computadores

Faculdade Integrada do Ceará FIC Graduação em Redes de Computadores Faculdade Integrada do Ceará FIC Graduação em Redes de Computadores Disciplina Redes de Banda Larga Prof. Andrey Halysson Lima Barbosa Aula 7 Metro Ethernet Sumário IEEE 802.3ae 10 Gbit/s Ethernet - Metro

Leia mais

Graduação Tecnológica em Redes de Computadores. Infraestrutura de Redes de Computadores

Graduação Tecnológica em Redes de Computadores. Infraestrutura de Redes de Computadores Graduação Tecnológica em Redes de Computadores Infraestrutura de Redes de Computadores Euber Chaia Cotta e Silva euberchaia@yahoo.com.br Graduação Tecnológica em Redes de Computadores Conceitos Euber Chaia

Leia mais

IPv6 em rede de Campus Case UFSC & PoP-SC

IPv6 em rede de Campus Case UFSC & PoP-SC I WORKSHOP DE TECNOLOGIA DE REDES Ponto de Presença da RNP em Santa Catarina Rede Metropolitana de Educação e Pesquisa da Região de Florianópolis 04 e 05 Outubro/2012 IPv6 em rede de Campus Case UFSC &

Leia mais

Application Notes: VRRP. Aplicabilidade do Virtual Router Redundancy Protocol no DmSwitch

Application Notes: VRRP. Aplicabilidade do Virtual Router Redundancy Protocol no DmSwitch Application Notes: VRRP Aplicabilidade do Virtual Router Redundancy Protocol no DmSwitch Parecer Introdução Desenvolvimento inicial Setup básico Setup com roteamento dinâmico Explorando possibilidades

Leia mais

IPv6 no café da manhã Universidade Federal de Santa Catarina Ponto de Presença da RNP em Santa Catarina. 28 de maio de 2013

IPv6 no café da manhã Universidade Federal de Santa Catarina Ponto de Presença da RNP em Santa Catarina. 28 de maio de 2013 IPv6 no café da manhã Universidade Federal de Santa Catarina Ponto de Presença da RNP em Santa Catarina 28 de maio de 2013 Experiências com IPv6 em rede de Campus UFSC & PoP-SC Universidade Federal de

Leia mais

Informática Aplicada I. Sistemas Operacionais Projeto e Implementação Andrew S. Tanenbaum Albert S. woodhull

Informática Aplicada I. Sistemas Operacionais Projeto e Implementação Andrew S. Tanenbaum Albert S. woodhull Informática Aplicada I Sistemas Operacionais Projeto e Implementação Andrew S. Tanenbaum Albert S. woodhull 1 Conceito de Sistema Operacional Interface: Programas Sistema Operacional Hardware; Definida

Leia mais

Padtec S/A. Início de operação em Agosto de 2001. Maior fabricante de sistemas de transmissão óptica no Brasil. Faturamento 2014: R$ 406M.

Padtec S/A. Início de operação em Agosto de 2001. Maior fabricante de sistemas de transmissão óptica no Brasil. Faturamento 2014: R$ 406M. Padtec S/A Início de operação em Agosto de 2001. Maior fabricante de sistemas de transmissão óptica no Brasil. Faturamento 2014: R$ 406M. Fornecedor global: equipamentos e soluções vendidas em mais de

Leia mais

Plataforma LightPad i6400g

Plataforma LightPad i6400g Plataforma LightPad i6400g Transporte óptico convergente de alta capacidade Product Brochure Plataforma LightPad i6400g Através da Plataforma LightPad i6400g, a Padtec disponibiliza ao mercado uma solução

Leia mais

SWITCH DE BORDA CAMADA 2 24 PORTAS GIGABIT RJ-45 SEM POE E 2 PORTAS 10 GIGABITS PARA FIBRA. Subitem Característica Especificação Exigência

SWITCH DE BORDA CAMADA 2 24 PORTAS GIGABIT RJ-45 SEM POE E 2 PORTAS 10 GIGABITS PARA FIBRA. Subitem Característica Especificação Exigência SWITCH DE BORDA CAMADA 2 24 PORTAS GIGABIT RJ-45 SEM POE E 2 PORTAS 10 GIGABITS PARA FIBRA Subitem Característica Especificação Exigência CONEXÕES DESEMPENHO 1.1 Portas RJ-45 1.2 Portas GBIC 1.3 Autoconfiguraçã

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S.A. TELEBRÁS Vinculada ao Ministério das Comunicações

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S.A. TELEBRÁS Vinculada ao Ministério das Comunicações ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PREGÃO Nº XX/2011 PROVIMENTO DE ENLACE E TRANSITO INTERNET 1 Objeto Contratação de empresas ou consórcio de empresas, para instalação de enlace de conexão bidirecional entre

Leia mais

PTTrix. membro a membro no PTT. PRIX - PTT-Metro de Curitiba/PR. GTER-23 - Belo Horizonte - 29 de Junho 2007

PTTrix. membro a membro no PTT. PRIX - PTT-Metro de Curitiba/PR. GTER-23 - Belo Horizonte - 29 de Junho 2007 PRIX - PTT-Metro de Curitiba/PR GTER-23 - Belo Horizonte - 29 de Junho 2007 Christian Lyra Gomes lyra@pop-pr.rnp.br Pedro R. Torres Jr. torres@pop-pr.rnp.br PoP-PR - Ponto de Presença da RNP no Paraná

Leia mais

PIM TECNOLOGIA EM GERENCIAMENTO DE REDES (GR3P30)

PIM TECNOLOGIA EM GERENCIAMENTO DE REDES (GR3P30) UNIP Brasília - Coordenação CG/CW/GR/AD Senhores Alunos, PIM TECNOLOGIA EM GERENCIAMENTO DE REDES (GR3P30) Seguem informações importantes sobre o PIM: 1. O QUE É? - Os PIM (Projeto Integrado Multidisciplinar)

Leia mais

REGRAS PARA SEGMENTAÇÃO

REGRAS PARA SEGMENTAÇÃO REGRAS PARA SEGMENTAÇÃO Professor Victor Sotero 1 Domínio de Colisão A conexão de vários computadores a um único meio de acesso compartilhado que não possui nenhum outro dispositivo de rede conectado cria

Leia mais

Switch de Borda - 48 portas de 1 Gbps

Switch de Borda - 48 portas de 1 Gbps CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA Switch de Borda - 48 portas de 1 Gbps Especificações Técnicas Característica/Configurações/Requisitos mínimos: Descrição do Material Switch

Leia mais

Redes 10 Gigabit Ethernet

Redes 10 Gigabit Ethernet Redes 10 Gigabit Ethernet Ederson Luis Posselt 1, Joel Henri Walter 2 1 Instituto de Informática Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC) Bairro Universitário na Av. Independência 2293 Santa Cruz do Sul

Leia mais

Planejamento e Projeto de Redes

Planejamento e Projeto de Redes Planejamento e Projeto de Redes Carlos Sampaio Identificação das Necessidades e Objetivos do Cliente Análise dos objetivos e restrições de negócio Análise dos objetivos e restrições técnicos Caracterização

Leia mais

Redes de Alta Velocidade

Redes de Alta Velocidade Redes de Alta Velocidade IEEE 802.3z e IEEE 802.3ab Gigabit Ethernet Redes de Alta Velocidade IEEE 802.3z e IEEE 802.3ab Gigabit Ethernet Parte I IEEE 802.3 Ethernet Parte II IEEE 802.3u Fast Ethernet

Leia mais

Exercícios de Redes de Computadores Assuntos abordados: Conceitos gerais Topologias Modelo de referência OSI Modelo TCP/IP Cabeamento 1.

Exercícios de Redes de Computadores Assuntos abordados: Conceitos gerais Topologias Modelo de referência OSI Modelo TCP/IP Cabeamento 1. Exercícios de Redes de Computadores Assuntos abordados: Conceitos gerais Topologias Modelo de referência OSI Modelo TCP/IP Cabeamento 1. (CODATA 2013) Em relação à classificação da forma de utilização

Leia mais

Connecting the unconnected in a digital converged world / Internet Exchange Points and international connectivity challenges in the Americas region

Connecting the unconnected in a digital converged world / Internet Exchange Points and international connectivity challenges in the Americas region Connecting the unconnected in a digital converged world / Internet Exchange Points and international connectivity challenges in the Americas region Milton Kaoru Kashiwakura CDN Content Delivery Network

Leia mais

Experiência da AmLight com SDN: Desafios, Resultados e Futuro

Experiência da AmLight com SDN: Desafios, Resultados e Futuro Experiência da AmLight com SDN: Desafios, Resultados e Futuro GTER 39 29 de Maio de 2015 Rio de Janeiro, RJ Jeronimo Bezerra e Humberto Galiza {jab,galiza}@amlight.net Quem somos? AMPATH: Ponto de Troca

Leia mais

09/06/2011. Profª: Luciana Balieiro Cosme

09/06/2011. Profª: Luciana Balieiro Cosme Profª: Luciana Balieiro Cosme Revisão dos conceitos gerais Classificação de redes de computadores Visão geral sobre topologias Topologias Barramento Anel Estrela Hibridas Árvore Introdução aos protocolos

Leia mais

Roberto Adão radao@multirede.co.ao

Roberto Adão radao@multirede.co.ao Roberto Adão radao@multirede.co.ao A Empresa Multirede 16 anos de experiência em consultoria e educação em tecnologia da informação Casos de sucesso em projetos pioneiros nas maiores redes de comunicação

Leia mais

Roteamento e Comutação

Roteamento e Comutação Roteamento e Comutação Design de Rede Local Design Hierárquico Este design envolve a divisão da rede em camadas discretas. Cada camada fornece funções específicas que definem sua função dentro da rede

Leia mais

ISP Redundancy e IPS Utilizando Check Point Security Gateway. Resumo

ISP Redundancy e IPS Utilizando Check Point Security Gateway. Resumo ISP Redundancy e IPS Utilizando Check Point Security Gateway Radamés Bett Curso de Especialização em Redes e Segurança de Sistemas Pontifícia Universidade Católica do Paraná Curitiba, outubro de 2010 Resumo

Leia mais

UFSC - Infraestrutura e Serviços de TIC Visão Geral

UFSC - Infraestrutura e Serviços de TIC Visão Geral Ponto de Presença da RNP em Santa Catarina Rede Metropolitana de Educação e Pesquisa da Região de Florianópolis 04 e 05 Outubro/2012 UFSC - Infraestrutura e Serviços de TIC Visão Geral Edison Tadeu Lopes

Leia mais

LAN Design. LAN Switching and Wireless Capítulo 1. Version 4.0. 2006 Cisco Systems, Inc. All rights reserved. Cisco Public 1

LAN Design. LAN Switching and Wireless Capítulo 1. Version 4.0. 2006 Cisco Systems, Inc. All rights reserved. Cisco Public 1 LAN Design LAN Switching and Wireless Capítulo 1 Version 4.0 2006 Cisco Systems, Inc. All rights reserved. Cisco Public 1 Objetivos do Módulo Compreender os benefícios e do uso de uma organização hierárquica

Leia mais

Diretoria de Projetos do NIC.br NIC.br Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR Abril de 2010 Sobre o CGI.br Sobre o CGI.br Criado em maio de 1995 Pela Portaria Interministerial Nº 147 de 31/05/1995,

Leia mais

Este tutorial apresenta as características e as aplicações das Redes WDM.

Este tutorial apresenta as características e as aplicações das Redes WDM. Redes WDM Este tutorial apresenta as características e as aplicações das Redes WDM. Carlos Eduardo Almeida Freitas Engenheiro de Teleco (FEI/01), tendo atuado especificamente na área de Redes Ópticas,

Leia mais

Top-Down Network Design

Top-Down Network Design Top-Down Network Design Chapter Ten Selecting Technologies and Devices for Campus Networks Copyright 2010 Cisco Press & Priscilla Oppenheimer Selecionando Tecnologias e Dispositivos Neste ponto do projeto

Leia mais