Nº Descrição Nível. 05 Conhecer os estilos de gestão e direção e o impacto na cultura organizacional N

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Nº Descrição Nível. 05 Conhecer os estilos de gestão e direção e o impacto na cultura organizacional N"

Transcrição

1 1.7 Conteúdos Curriculares Planos de ensino das unidades curriculares Módulo 1 : Gestão egócios Disciplina: undamentos de Gestão Módulo: Carga Horária: Gestão egócios 80 horas. Ementa da Unidade Curricular Por meio desta disciplina, o aluno entenderá a evolução da administração, suas escolas, abordagens e, principalmente, tendências da gestão. Assim, enquanto gestor poderá diagnosticar atual situação de uma organização, sua cultura, processos e estratégia organizacional. Portanto, ao final o aluno terá condições de criar e propor medidas preventivas e corretivas através do emprego de mecanismos, técnicas e ferramentas de gestão, visando a otimização de recursos na busca da eficiência e eficácia organizacional. s da Unidade Curricular º Descrição ível Compreender atual cenário competitivo no qual as empresas estão inseridas, bem como, o impacto deste nas decisões das organizações. Compreender a evolução da administração enquanto ciência, motivações e mudanças provocadas nas organizações. Compreender as tendências na gestão das empresas, motivações e impactos nas organizações. Conhecer as responsabilidades, bem como, as habilidades de um gestor, visando o alcance dos objetivos organizacionais. 05 Conhecer os estilos de gestão e direção e o impacto na cultura organizacional 06 Saber gerenciar as mudanças organizacionais, bem como, saber diagnosticar causas e conseqüências 07 Compreender a importância da gestão estratégica e decorrente planejamento Reconhecer a importância da missão e visão organizacional para o alcance dos objetivos, bem como, saber avaliar processos para o seu alcance Saber aplicar modelos de controle, visando o alcance dos objetivos organizacional. Entender os novos modelos de negócios e seus impactos na gestão organizacional. Conteúdo Programático 1: Gestão empresarial: natureza e desafios atuais. Tipos de organizações CST Gestão da Produção ndustrial Página 1 de 78

2 2: Visão histórica e evolução da administração: - Abordagem Clássica da Administração; - Abordagem Humanística da Administração; - Abordagem eoclássica da Administração; - Abordagem Estruturalista da Administração; - Abordagem Comportamental da Administração; - Abordagem Sistêmica da Administração; - Abordagem Contingencial da Administração; 3: As novas abordagens da administração: - Sustentabilidade; - Ética e Responsabilidade Social; - A era da informação; - Terceirização; - Empresas em Rede (interorganizacionais e intraorganizacionais). 4: O papel e habilidades do gestor; íveis organizacionais de tomada de decisão; O processo de gestão: planejamento, organização, direção e controle; 5: Estilos de gestão e direção; - Geração Baby Boomer; - Geração X ; - Geração Y ; - Geração Z 6: Gestão da mudança e comportamento organizacional; Cultura organizacional; Diversidade cultural: gerenciamento da pluraridade; Gestão do conflito organizacional; Assédio moral nas organizações: causas e conseqüências. 7: undamentos do planejamento; Planejamento como função administrativa; O processo de planejamento; Tipos de planejamento: estratégico, tático e operacional. 8: ormulação de objetivos; Missão e visão; Administração por objetivos (APO); Administração por projetos. 9: undamentos de controle; Avaliação de desempenho; Tipos de controle. 10: egócios na era digital. E-bussines; E-commerce CST Gestão da Produção ndustrial Página 2 de 78

3 Pré-requisitos ão se aplica Bibliografia Básica CLEMETE, Ademir.. Projetos empresariais e públicos. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2008 GERECAMETO da informação: um recurso estratégico no processo de gestão empresarial. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009 MAXMAO, Antônio César Amaru. Teoria geral da Administração: da escola científica à competitividade na economia globalizada. 2. ed. São Paulo: Atlas, Bibliografia Complementar CHAVEATTO, dalberto. ntrodução à teoria geral da administração. 7. ed. rev. e atual. Rio de Janeiro: Editora Campus, CHAVEATTO, dalberto Adminstração: teoria, processo e prática. 3. ed. São Paulo: Makron Books, OGUERA, José rancisco Gestão estratégica de serviços: teoria e prática. São Paulo: Atlas, WRGHT, Peter; KROLL, Mark J.; PARELL, John.. Administração estratégica: conceitos São Paulo: Atlas, 2000 LACOMBE, rancisco José Masset; HELBOR, Gilberto Luiz José. Administração: princípios e tendências. 2 ed. São Paulo: Saraiva, PO 6 PO 4 PO CST Gestão da Produção ndustrial Página 3 de 78

4 Disciplina: Organização Empresarial Módulo: Carga Horária: Gestão de egócios 80 horas. Ementa da Unidade Curricular esta disciplina o aluno deverá obter conhecimentos teóricos, técnicos e práticos relacionados ao ambiente empresarial e à sua estrutura organizacional. Visa conduzir o aluno ao conhecimento sobre as organizações, seus negócios e sobre seu planejamento estratégico. O aluno terá a oportunidade de conhecer os principais tipos de estruturas empresariais e ferramentas específicas, possibilitando assim o redesenho da arquitetura organizacional e a definição dos níveis de autoridade dentro de uma organização. Por meio de estudos de casos reais, o aluno irá desenvolver sua capacidade de análise e compreensão, tornando o capaz de entender, mapear, criar e propor melhorias nos processos buscando maximizar os recursos disponíveis. Com a idealização de projetos o aluno terá condições de determinar ações para o desenvolvimento das organizações e possibilitará também a condução de um processo de automação empresarial, visando alterações e otimização do fluxo informacional. s da Unidade Curricular º Descrição ível 01 Entender os conceitos fundamentais, bem como, reconhecer vantagens e desvantagens da sua tipologia. 02 Entender os subsistemas organizacionais e seus níveis de tomada de decisão Recomendar uma estrutura organizacional que permita o desenvolvimento e crescimento de uma organização empresarial. Entender os conceitos, bem como, saber mapear e representar graficamente os elementos. Avaliar o impacto das ações de uma área funcional sobre as demais, bem como, entender a importância da integração do subsistemas organizacionais em termos de estrutura, cultura e comportamento. Saber diferenciar cultura de clima organizacional, bem como, entender como estes elementos podem ser empregados para a competitividade organizacional. Entender a importância do comportamento ético para uma organização, bem como, avaliar comportamentos não éticos. Tomar decisão, com base na cultura e valores organizacionais. Compreender a importância do trabalho em equipe, bem como, saber gerenciar conflitos, tendo como base, os processos de negociação e modelos de gestão por processos e projetos. Entender a importância da comunicação, bem como, atuar para uma maior efetividade da comunicação organizacional. Entender a importância da simultaneidade de efeitos das ações de um subsistema organizacional sobre os demais, bem como, saber como realizar mudanças na estrutura organizacional para alcance de eficiência e eficácia Conteúdo Programático CST Gestão da Produção ndustrial Página 4 de 78

5 1: Organização: conceitos, tipologia formal e informal (vantagens e desvantagens); 2 - íveis de tomada de decisão; - Poder e autoridade no ambiente de trabalho. - Departamentalização e descentralização; - Delegação. 3: - Estruturas organizacionais: tipologia, vantagens e desvantagens; 4: - Organograma; - luxograma 5: - Teoria Geral de Sistemas e Teoria dos Sistemas - Papel das funções gerenciais na integração dos subsistemas organizacionais (e.g., Sistemas de Recursos Humanos, Produção, inanças e Marketing). Conceitos de sistema aberto e fechado na análise dos subsistemas organizacionais (e.g., Sistemas de Recursos Humanos, Produção, inanças e Marketing). 6: - Cultura organizacional - Clima organizacional - Desenvolvimento organizacional; - Coesão cultural para alcance dos objetivos organizacionais. - Coesão comportamental para alcance dos objetivos organizacionais 7: - Ética, moral, valores: conceitos, diferenças, aplicações no dia a dia. - Ética empresarial: conceito, importância e contextualização 8: - Trabalho em equipe: diferença entre grupo e equipe, vantagens e desvantagens do trabalho em equipe; - Tipos de equipe e sua finalidade; - egociação; - Administração de conflitos. - Gestão por processos; - Gestão por projetos. 9: - Comunicação organizacional; - eedback: importância, técnicas para dar e receber retorno. 10: - Mudanças estruturais, culturais e comportamentais para adaptação dos subsistemas organizacionais a mudanças ambientais - Organização como sistema orgânico: visão sistêmica das interdependências entre áreas funcionais. Pré-requisitos ão se aplica Bibliografia Básica CST Gestão da Produção ndustrial Página 5 de 78

6 CLELAD, David.. Gerenciamento de projetos. Rio de Janeiro: LTC Editora, KLUYVER, Cornelis A. de.. Estratégia: uma visão executiva. 3. ed. São Paulo: Pearson, 2010 VASCOCELLOS, Eduardo. Estrutura das organizações: estruturas tradicionais, estruturas para inovação, estrutura matricial. 4 ed. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, PO Bibliografia Complementar WAGER, John A.; HOLLEBECK, John R.. Comportamento organizacional: criando vantagem competitiva. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2009 LUZ, Ricardo.. Gestão do clima organizacional. Rio de Janeiro: Qualitymark, HARVEY, Eric; LUCA, Alexander D. aça o que diz e consiga os resultados que você quer. São Paulo: Cultrix, WOLER, Samsão; MATHAS, Washington ranco.. Projetos: planejamento, elaboração e análise. 2. ed. São Paulo: Atlas, ROBBS, Stephen Paul. Administração: Paulo: Saraiva, mudanças e perspectivas. São 10 PO 10 PO 3 PO 6 PO 3 PO CST Gestão da Produção ndustrial Página 6 de 78

7 Disciplina: Direção e Liderança Módulo: Carga Horária: Gestão de egócios 80 horas. Ementa da Unidade Curricular esta disciplina, o aluno irá se familiarizar com aspectos de relacionamento interpessoal e gerenciamento de equipes a fim de torná-lo capaz de identificar aspectos comportamentais, reconhecendo as diferenças individuais para poder agir de forma assertiva como líder. Por meio da apresentação e discussão integrada dos conceitos e fundamentos sobre autoconhecimento, percepção, relacionamento interpessoal, estilos e técnicas de liderança, motivação e comunicação, bem como por intermédio de dinâmicas de grupo e resoluções de casos práticos empresariais em sala de aula. O aluno saberá diferenciar o comportamento gerencial do organizacional, conseguindo compreender as especificidades de estilos e diferenças situacionais na prática de gerenciar pessoas nas organizações; identificando características de relacionamento que são importantes para o administrador moderno. s da Unidade Curricular º Descrição ível Estabelecer práticas gerenciais e de liderança, a partir do entendimento das características das pessoas e das equipes e que sejam coerentes com os objetivos e cultura da empresa. dentificar atitudes e comportamentos que permitam construir relacionamentos profissionais conquistando a confiança do outro, por meio do autoconhecimento e empatia, visando aperfeiçoar o gerenciamento de pessoas nas organizações empresariais. Comunicar-se de forma eficaz e eficiente no ambiente organizacional, a fim de aprimorar o relacionamento e o gerenciamento de pessoas nas empresas. dentificar o processo de mudança organizacional, de modo que possa adaptar-se às mudanças e também contribuir para as mudanças necessárias a atender os objetivos das áreas e da empresa. Tomar decisões, considerando a importância da informação e os ambientes de decisão, para solucionar problemas organizacionais. Desenvolver um plano individual que agregue valor na Organização em posições de liderança 07 Ser capaz de liderar pessoas com foco na formação de equipes Possibilitar aos gestores de linha (clientes internos) o desenvolvimento necessário de sua equipe com foco no equilíbrio entre valor humano e disciplina. Demonstrar aos lideres da empresa que liderança não se aprende e sim se desenvolve com base no equilíbrio de gestão, na ética, no valor dos bons resultados visando lucratividade com sustentabilidade da organização. Abordar processos de trabalho em equipe com sincronia, sinergia, motivação foco nos resultados do trabalho de equipe. Conteúdo Programático CST Gestão da Produção ndustrial Página 7 de 78

8 1: Percepção; Relacionamento interpessoal; Estilos de liderança; Liderança nas organizações; Comportamento organizacional; magem corporal e profissional (o líder como exemplo); O comprometimento de colaboradores. 2: Auto-Conhecimento; Educação Continuada e Treinamento e Desenvolvimento (T&D); Planejamento e Desenvolvimento de Carreira. 3: Comunicação nterpessoal; Conceitos de eurolingüística (Pastas de Arquivo, Rapport, Técnicas de Espelhamento); s nterpessoais (empatia, feedback, respeito às diferenças e controle emocional); Análise transacional; Técnicas básicas de oratória. 4: Mudança Organizacional por meio das pessoas; Cultura Organizacional e mudanças; Clima Organizacional e mudanças; Desenvolvimento Organizacional. 5: Decisões Organizacionais; A mportância das nformações (Sistema de nformação); Ambientes de Decisão (ambiente certeza, risco e incerteza); Decisões Programadas e ão-programadas; Solução de Problemas. 6: Planejamento do líder no trabalho diário; Aplicabilidade do planejamento junto a sua equipe de trabalho; oco em agendamento e prazos como ferramenta de gestão; Desenvolvimento individual como líder de pessoas. 7: ecessidade de agregar pessoas como forma de gerir com sucesso; Demonstrar que o todo (visão holística) é maior que a soma das partes; Aprimorar a competência efeito de catalização. 8: Conceituar a competência disciplina dentro da medida necessária e correta; Conceituar o fator valor humano como forma de motivação de pessoas; Reforçar a necessidade do equilíbrio entre valorização X disciplina. 9: Ética profissional e pessoal como fator preponderante do sucesso do líder; oco nos resultados com o desenvolvimento correto e sensato da liderança. 10: Senso de tempo de execução de atividades como ganho de tempo e melhoria dos processos; Demonstrar ao líder a importância da energia direcionada da equipe como fonte de bons resultados; Motivação como fonte de resultados e melhoria continua. CST Gestão da Produção ndustrial Página 8 de 78

9 Pré-requisitos ão se aplica Bibliografia Básica BAREY, Jay B. Administração estratégia e vantagem competitiva: casos brasileiros. 1. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, SA, Carlos Alenxadre.. Contabilidade para não contadores: princípios básicos de contabilidade para profissionais em mercados competitivos. 6. ed. Rio de Janeiro: Senac-Rio, ADMSTRAÇÃO de recursos humanos: fundamentos básicos. 7. ed. Barueri: Manole, PO 37 PO 35 PO Bibliografia Complementar ALBRECHT, Karl. Agregando valor a negociação. São Paulo: Makron Books, HUG, Tom. Qualidade começa em mim: manual neurolinguístico de liderança e comunicação. Osasco: ovo Século, HALL, Calvin S; LDZEY, Gardner; CAMPBELL, John B. Teorias da personalidade. 4. ed. Porto Alegre: Artmed, BERGAM, Cecília Whytaker. Motivação nas Organizações. 4 ed. São Paulo: Atlas, COVEY, Stephen R. Liderança Baseada em Princípios. 10 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, PO 5 PO 20 PO 8 PO 7 PO CST Gestão da Produção ndustrial Página 9 de 78

10 Disciplina: Controles e Métricas Módulo: Carga Horária: Gestão de egócios 80 horas. Ementa da Unidade Curricular esta disciplina, o aluno dominará técnicas básicas de cálculo matemático e estatístico que o capacitarão a resolver problemas simples de natureza econômica e financeira em gestão de negócios. Por meio de aulas expositivas, orientação de pesquisa, resolução de exercícios aplicados e avaliações, envolvendo situações práticas de foco administrativo e empresarial, o aluno será capaz de interpretar, relacionar, representar, analisar dados numéricos dessas situações. O aluno conseguirá estabelecer relações entre essas variáveis por meio de funções algébricas e gráficas, bem como analisar e extrair informações relevantes dessas relações a fim de auxiliar a tomada de decisão. s da Unidade Curricular º Descrição ível 01 Desenvolver cálculos relacionais numéricos envolvendo Álgebra Básica dentro do ambiente da Gestão. 02 Transcrever de forma gráfica informações tabuladas Analisar cálculos matemáticos, transcrevendo-os em gráficos de forma a facilitar a tomada de decisão. Desenvolver cálculos para tomada de decisão em situações do cotidiano administrativo utilizando funções. Transcrever resultados de operações matemáticas de forma a consolidar dados numéricos adequando-os a linguagem administrativa. Analisar gráficos extraindo informações chave dentro do conceito de funções que auxiliem na rotina administrativa financeira Analisar informações de natureza matemática, financeira e estatística a fim de embasar a tomada de decisão nos processos de gestão Desenvolver cálculos matemáticos financeiros de regime de capitalização simples de forma a facilitar a tomada de decisão. Desenvolver cálculos matemáticos financeiros de regime de capitalização composta de forma a facilitar a tomada de decisão. 10 Analisar resultados comparativamente entre os sistemas de amortização. Conteúdo Programático 1. Álgebra Básica 2. Conceitos Básicos de unções (Lineares) 3. Demanda de Mercado 4. Oferta de Mercado 5. Preço de Equilíbrio 6.Quantidade de Equilíbrio 7. Receita Total CST Gestão da Produção ndustrial Página 10 de 78

11 8. Custo Total (Custo ixo e Custo Variável) 9. Ponto de ivelamento 10.Lucro Total 11. Conceito de Mercados 12. Conceito de Moeda 13. luxo de Caixa 14. Regimes de Capitalização (Simples e Composto) 15. Juros, lucros, taxas e spreads 16. Capitalização Simples: Montante, Capital, Taxas de Juros Simples, Períodos Taxas de Juros Proporcionais 17. Capitalização Composta: Valor uturo (V), Valor Presente (PV), Taxas de Juros (i), Períodos (n) Taxas de Juros Equivalente, nominal e efetiva. Séries Uniformes de Pagamento (PMT) - Antecipada, Postecipada e Diferida 18. Sistemas de Amortização de inanciamentos: PRCE SAC Pré-requisitos ão se aplica Bibliografia Básica ALECAR LHO, Edgar, niciação à lógica matemática. Ed. obel, São Paulo, SOUZA, Alceu; CLEMETE, Ademir.. Decisões financeiras e análise de investimentos: fundamentos, técnicas e aplicações. 6. ed. São Paulo: Atlas, BRGHAM, Eugene.; HOUSTO, Joel. undamentos da moderna administração financeira. São Paulo: Editora Campus, RACSCO, Walter de, Matemática financeira. 7. ed. São Paulo: Atlas, PO 34 PO 24 PO 25 PO Bibliografia Complementar GROPPELL, A. A.; KBAKHT, Ehsan. Administração financeira. 1. ed. 3. tiragem São Paulo: Saraiva, PADOVEZE, Clóvis Luís. Curso básico gerencial de custos: para cursos de Administração de Empresas, Economia e Engenharia. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, MARTELL, Dante P.; ALMEDA, Ana Paula de. egociação: como transformar confronto em cooperação. 1. ed. São Paulo: Atlas, PO 4 PO 6 PO UDÍCBUS, Sérgio de. Contabilidade gerencial. 6. ed. São Paulo: Atlas, PO CST Gestão da Produção ndustrial Página 11 de 78

12 Unidade Curricular: Leitura e nterpretação de Texto Módulo: Carga Horária: OPET & Mercado 40 horas. Ementa da Unidade Curricular A presente disciplina tem como objetivo o desenvolvimento e ou ampliação das competências relativas à leitura, compreensão e produção de textos orais e escritos a partir da análise dos gêneros textuais e da análise lingüística: sintaxe de concordância e regência, vícios de linguagem, semântica (conectores, operadores argumentativos, conotação e denotação, figuras de linguagem), marcas lingüísticas: coesão, coerência, conectores, pontuação, recursos gráficos (aspas, travessão,negrito, itálico, acentuação). s da Unidade Curricular º Descrição ível Decodificar e ler compreensivamente, globalmente, criticamente e analiticamente texto verbais e não-verbais de diferentes gêneros. Elaborar textos atendendo às situações de produção propostas quanto ao interlocutor, gênero, suporte, finalidade. Analisar, contrapor, discutir os argumentos apresentados por autoresinterlocutores e expor os seus de forma clara. Utilizar com adequação recursos lingüísticos tais como pontuação, acentuação, classes gramaticais e elementos normativos. Reconhecer, analisar e/ou utilizar os recursos da oralidade - pausas, entonação, turnos de fala, linguagem corporal, tipos de discurso. Localizar no texto informações implícitas e explícitas; tema; intenções e argumentos do autor. Utilizar com adequação elementos discursivos, textuais, estruturais e normativos na elaboração de textos orais e escritos. 08 Elaborar resumos e paráfrases. 09 Elaborar textos de opinião de acordo com o gênero proposto. 10 Reconhecer e utilizar palavras e expressões que estabelecem a coesão, a coerência e a progressão textual. Conteúdo Programático Língua e sociedade Variedade Linguística Língua Padrão Preconceito Linguístico Leitura Gêneros Textuais (Texto de opinião, paráfrase, resumo e resenha) Argumentação nformações mplícitas e Explícitas Produção de textos Situação de produção Estrutura Textual Acentuação Pontuação CST Gestão da Produção ndustrial Página 12 de 78

13 Coesão e coerência Oralidade turnos de fala, entonação, pausa, linguagem corporal Pré-requisitos ão se aplica. Bibliografia Básica MARTS LHO, Eduardo Lopes. Manual de redação e estilo de O Estado de São Paulo. 3. ed. São Paulo: Editora Moderna, ORLAD, Eni Pulcinelli. Discurso e leitura. 8 ed. São Paulo: Cortez, BECHARA, Evanildo. Moderna gramática portuguesa. 37 ed., rev. e ampl. 16 reimp. Rio de Janeiro: Editora Lucerna, PO 23-PO 26-PO Bibliografia Complementar GARCA, Othon M.. Comunicação em prosa moderna: aprenda a escrever, aprendendo a pensar. 27. ed. Rio de Janeiro: GV Editora, VAA, Antonio Mangueira.. Roteiro de redação: lendo e argumentando. 1. ed. São Paulo: Editora Scipione, MEDOÇA, Julieta.. Manual do texto dissertativo: modo de escrita da redação científica. oz do guaçu: Editares, SÃO PAULO, olha de.. Manual da redação: olha de São Paulo. 1. ed. São Paulo: Publifolha, MEDEROS, João Bosco. Português instrumental. 6. ed São Paulo: Atlas, PO 2- PO 3-PO 2-PO 20-PO Unidade Curricular: Raciocínio Lógico Módulo: Carga Horária: OPET & Mercado 40 horas. Ementa da Unidade Curricular esta disciplina o aluno irá desenvolver sua capacidade de raciocinar de forma lógica por meio do estudo dos conceitos de lógica, raciocínio e inferência, argumentos, sentenças, proposições e enunciados, lógica de argumentação, validade de argumentos, reconhecimento de argumentos em texto, análise lógica de um texto, construção de argumentos e falácia, diferenciar e ordenar conjuntos numéricos. s da Unidade Curricular º Descrição ível 01 Analisar problemas complexos reduzindo a sua complexidade e trabalhando apenas sobre um subconjunto de informações disponíveis. 02 Proporcionar ao aluno alcançar conclusões e detectar incoerência em CST Gestão da Produção ndustrial Página 13 de 78

14 textos e problemas do cotidiano empresarial e pessoal. 03 Desenvolver a visão de Conjuntos uméricos, bem como suas operações 04 Compreender os conceitos centrais da Lógica Matemática desenvolvendo o raciocínio lógico e habilidades na análise de proposições simples e compostas com o uso de conectivos lógicos. 05 Compreender e utilizar conceitos centrais da Lógica de Argumentação Utilizar conceitos e aplicações voltadas ao raciocínio lógico de forma desenvolver a capacidade do aluno para estabelecer relações e conexões nos diferentes conteúdos organizacionais. nterpretar e diferenciar situações envolvendo distinção de grupos e subgrupos numéricos Compreender os conceitos centrais da Lógica Clássica e da formulação do Raciocínio Lógico Utilizar os conceitos de sentença, proposição e enunciado na formulação de conclusões válidas. Desenvolver a capacidade de interpretação de situações que envolvem conjuntos numéricos. Conteúdo Programático Proposições Tabela verdade Conectivos lógicos Tautologia Contradição Contingência Teoria dos Conjuntos Operações com Conjuntos Pré-requisitos ão se aplica. Bibliografia Básica ALECAR LHO, Edgar, niciação à lógica matemática. Ed. obel, São Paulo, SERATES, Jonofon.. Raciocinio lógico: lógico matemático, lógico quantitativo, lógico numérico, lógico analítico, lógico crítico. 11. ed. Brasilia: Editora Jonofon, BEZECRY, Vera Syme Jacob; RAGEL, Kléber Albanêz. Como desenvolver o raciocínio lógico: soluções criativas na teoria dos conjuntos. Rio de Janeiro: Estácio de Sá, PO 20 PO 20 PO Bibliografia Complementar GOVA, José Ruy; CASTRUCC, Benedito.. São Paulo: TD, 2007.V.6 A conquista da matemática. CST Gestão da Produção ndustrial Página 14 de 78

15 GOVA, José Ruy; CASTRUCC, Benedito.. São Paulo: TD, 2007.V.7 A conquista da matemática. GOVA, José Ruy; CASTRUCC, Benedito.. São Paulo: TD, 2007.V.8 A conquista da matemática. GOVA, José Ruy; CASTRUCC, Benedito.. São Paulo: TD, 2007.V.9 A conquista da matemática. GOVA, José Ruy; CASTRUCC, Benedito.. São Paulo: TD, A conquista da matemática. Módulo 2 : Gestão ndustrial Disciplina: Pesquisa Operacional Módulo: Carga Horária: Gestão ndustrial 80 horas. Ementa da Unidade Curricular A disciplina de Pesquisa Operacional desenvolve a capacidade do aluno em utilizar a modelagem matemática e através de softwares para otimizar recursos de produção. Assim, o aluno será capaz de utilizar forma mais eficaz e eficiente os recursos físicos e humanos da organização. s da Unidade Curricular º Descrição ível 1 Compreender e identificar problemas sobre alocação de recursos que podem ser resolvidos por Programação Linear. 2 Compreender e utilizar os métodos Simplex e computacional para resolução de problemas de Programação Linear. 3 Compreender o processo de resolução dos problemas de Programação Linear e efetuar a análise dos resultados obtidos. 4 Compreender e realizar Análise de Sensibilidade para testar a robustez e a viabilidade da solução encontrada. 5 Compreender e desenvolver programação de projetos através de rede PERT-CPM. 6 Compreender e identificar as atividades que formam o caminho crítico e calcular as folgas das demais atividades do projeto. 7 Compreender e utilizar o conceito da Teoria das ilas para resolver problemas de congestionamento. CST Gestão da Produção ndustrial Página 15 de 78

16 8 Compreender a importância do estudo e a aplicação da Pesquisa Operacional. 9 Compreender os conceitos básicos de simulação para criação de cenários alternativos para tomada de decisão. 10 Compreender o Método de Simulação Monte Carlo e sua utilização no processo de tomada de decisão das empresas. Conteúdo Programático - COMPETÊCA 1: Programação Linear ormulação de modelos Modelagem de problemas de alocação de recursos - COMPETÊCA 2: Procedimentos do Método Simplex em problemas de Maximização Utilização do Solver do MS Excel para resolver problemas de alocação de recursos Utilização do software LDO (Linear nteractive and Discrete Optmizer) para resolução dos problemas de Programação Linear. - COMPETÊCA 3: Análise dos Relatórios do Excel (Respostas e Limites) Análise dos relatórios gerados pelo LDO - COMPETÊCA 4: Análise de Sensibilidade pela alteração de um dos coeficientes da unção Objetivo Análise de Sensibilidade pela alteração do valor da constante da Restrição COMPETÊCA 5: Conceitos básicos: projeto, atividades, eventos, tempos e recursos Estruturação de projetos (top-down) Representação gráfica de projetos (redes) - COMPETÊCA 6: Determinação de datas, folgas e caminhos críticos PERT Program Evaluation and Review Technique CPM Critical Path Method (Planilha Excel) Utilização do software MS PROJECT - COMPETÊCA 7: Características básicas de uma fila Tipos de fila e suas variáveis Regras de filas Medidas de efetividade de um sistema -COMPETÊCA 8: Enfoque gerencial da Pesquisa Operacional ases de um estudo de Pesquisa Operacional -COMPETÊCA 9: Definição de simulação Geração de eventos Aleatórios Uso da simulação para tomada de decisão Vantagens e desvantagens da simulação. CST Gestão da Produção ndustrial Página 16 de 78

17 -COMPETÊCA 10: Conceito fundamental Conceitos básicos: incerteza, risco e probabilidade Variáveis aleatórias e funções de distribuição de probabilidade Utilização do MS Excel para execução da simulação de Monte Carlo Pré-requisitos ão se aplica Bibliografia Básica ADRADE, Eduardo L. ntrodução a Pesquisa Operacional, São Paulo, LTC, LACHTERMACHER, Gerson. Pesquisa Operacional na Tomada de Decisão, Rio de Janeiro, Campus, LOESCH, Cláudio; HE, elson.. Pesquisa operacional: fundamentos e modelos. 1. ed. São Paulo: Saraiva, PO Bibliografia Complementar DA SLVA, Ermes Medeiro e outros. Pesquisa operacional: para os cursos de administração e engenharia. 4. ed. São Paulo: Atlas, PRADO, Darci. Teoria das ilas e da Simulação. Série Pesquisa Operacional, Minas Gerais, DG, ERRERA, Paulo César Pêgas. Técnicas de armazenagem. Rio de Janeiro: Qualitymark, 1998 ARKADER, Rebecca et al.. Compras e gerência de fornecimento no Brasil: estudos e casos. Rio de Janeiro: Mauad, PO CST Gestão da Produção ndustrial Página 17 de 78

18 Disciplina: ntrodução a Gestão da Produção Módulo: Carga Horária: Gestão ndustrial 80 horas. Ementa da Unidade Curricular A disciplina de introdução à gestão da produção capacita os alunos a entender evolução histórica do processo produtivo ao longo do tempo. Entender o sistema de produção, suas grandes áreas e suas inter-relações ao estudar e projetar uma estrutura organizacional que permita o desenvolvimento e crescimento do setor. Entender conceitos de planejamento e gestão estratégica produtiva, bem como administração de recursos humanos, com o objetivo de obter o máximo desempenho do setor produtivo industrial. Entender a rede de operações produtivas, arranjo físico e fluxo. s da Unidade Curricular º Descrição ível Estudar e analisar os diversos estilos gerenciais, competências, concepção e teorias, aprimorando e desenvolvendo o processo de tomada de decisão e estruturação decisória racional e intuitiva, bem como do processo de resolução de problemas. Estudar os conceitos e aplicações para elaboração do arranjo produtivo para diferentes organizações produtivas dentro do conceito de acessibilidade e ergonomia. dentificar e analisar o comportamento organizacional do setor de produção através de suas diversas abordagens, necessidades individuais e fatores motivacionais. Determinar as ações táticas e operacionais necessárias para a realização do planejamento organizacional do setor de produção, permitindo o seu desenvolvimento através da utilização de técnicas de previsibilidade de mercado e planos estruturados. Estudar e projetar uma estrutura organizacional que permita o desenvolvimento e crescimento de uma rede de operações produtivas através do seu arranjo físico. Elaborar projetos e organização do trabalho produtivo através de conhecimentos práticos e conceituais. Estudar e aplicar os conceitos de localização de empresas industriais utilizando-se de modelos matemáticos para sua determinação. Entender a evolução histórica da gestão da produção. ormar e desenvolver o pensamento crítico sobre tópicos especiais de aperfeiçoamento em gestão da produção. Entender os conceitos do arranjo produtivo, normas de acessibilidade, ergonomia e como esses conceitos quando aplicados na gestão da produção podem aumentar a produtividade. Entender os conceitos de gestão estratégica da produção, como esses conceitos podem auxiliá-los no desenvolvimento e na competitividade de uma organização produtiva. Conteúdo programático das competências Conteúdo 1 CST Gestão da Produção ndustrial Página 18 de 78

19 Origem histórica e evolução do sistema de produção; Sistema artesanal; Primeira revolução industrial; Segunda revolução industrial; Terceira revolução industrial. Conteúdos 2 Sistema de produção; Diversas formas de demanda; Estratégias de produção; Análise SWOT / Matriz BCG análise de portfólio / Matriz GE análise de portfólio Conteúdos 3 Sistemas de produção; unções produção; Organização da Produção; Arranjos físicos; luxos produtivos; ormas de Acessibilidade Conteúdos 4 atores que influenciam a localização Localização de uma empresa industrial Métodos do centro de gravidade Métodos do momento Método do ponto de equilíbrio. Conteúdos 5 Estudo de tempos e movimentos; Tempos cronometrados; Ergonomia. Pré-requisitos ão se aplica Bibliografia Básica SLACK, igel.. Administração da produção: edição compacta. São Paulo: Atlas, 2009 CORRÊA, Henrique Luiz; GAES, rineu G... Just in time, MRP e OPT: um enfoque estratégico. 2. ed. São Paulo: Atlas, TURBO, Dalvio errari Manual de planejamento e controle da produção. 2. ed. São Paulo: Atlas, CORRÊA, Henrique Luiz; CORRÊA, Carlos Alberto.. Administração de produção e operações: manufatura e serviços: uma abordagem estratégica. São Paulo: Atlas, PO 30-PO 26 PO 20 PO Bibliografia Complementar CST Gestão da Produção ndustrial Página 19 de 78

20 CORRÊA, Henrique L. e CORRÊA, Carlos A. Administração de produção e de operações. São Paulo: Atlas, BARES, Ralph M. Estudo de movimentos e de tempos: projeto e medida do trabalho. São Paulo: Blucher, OHO, Taiichi. O Sistema toyota de produção: além da produção em larga escala. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997 MORERA, Daniel Augusto.. Administração da produção e operações. 2. ed. São Paulo: Cengage Learning, PO 3 PO 8 PO MARTS, Petronio Garcia; LAUGE, ernando Piero.. da produção. 2. ed. São Paulo: Saraiva, Administração 6 PO Disciplina: Meio Ambiente e Segurança do Trabalho Módulo: Carga Horária: Gestão ndustrial 80 horas. Ementa da Unidade Curricular Sistema de gestão de processos (SO); Pontuação e avaliação no PQ; Plano de estudo do impacto ambiental em ambientes industriais; SO ; Segurança do trabalho s da Unidade Curricular º Descrição ível 1 Conhecer as normas, o conceito e aplicabilidade da gestão ambiental 2 Conhecer o potencial de poluição da gestão da produção 3 Conhecer os conceitos e as normas de segurança do trabalho 4 Elaborar plano de estudo do impacto ambiental em ambientes industriais 5 Elaborar um plano de melhoria voltado à segurança do trabalho que contemple um aumento na eficiência dos recursos humanos 6 Conhecer os métodos para lidar com estocagem e movimentação de materiais perigosos 7 Saber montar uma brigada de incêndio na indústria 8 Conhecer a responsabilidade ambiental no descartes de insumos na industrias CST Gestão da Produção ndustrial Página 20 de 78

GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL EMENTAS

GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL EMENTAS GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL EMENTAS CULTURA RELIGIOSA O fenômeno religioso, sua importância e implicações na formação do ser humano, da cultura e da sociedade. As principais religiões universais: história

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

DISCIPLINA: EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO

DISCIPLINA: EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA - EDITAL Nº08/2013.2 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PARA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINA: EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO Conteúdo Programático: UNIDADE I: O Universo Organizacional

Leia mais

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica Ementários Disciplina: Gestão Estratégica Ementa: Os níveis e tipos de estratégias e sua formulação. O planejamento estratégico e a competitividade empresarial. Métodos de análise estratégica do ambiente

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 18/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2010.2 A BRUSQUE (SC) 2014 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INFORMÁTICA APLICADA À... 4 02 MATEMÁTICA APLICADA À I... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA... 4 04 PSICOLOGIA... 5 05

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO REVOGADA PELA RESOLUÇÃO Nº 128/2014- COU/UNICENTRO. DISPOSITIVOS DO PROJETO PEDAGÓGICO APROVADO POR ESTA RESOLUÇÃO, ESTÃO ALTERADOS PELA RESOLUÇÃO Nº 26/2009-COU/UNICENTRO.

Leia mais

Instituto Federal de Brasília PLANO DE CURSO FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA FIC. Campus Ceilândia

Instituto Federal de Brasília PLANO DE CURSO FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA FIC. Campus Ceilândia Instituto Federal de Brasília PLANO DE CURSO FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA FIC Campus Ceilândia GESTÃO E PRÁTICAS EMPREENDEDORAS PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS Ceilândia, Fevereiro de 2014. CURSO DE FORMAÇÃO

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS 1º SEMESTRE

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS 1º SEMESTRE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS 1º SEMESTRE DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO Ementa: Identificar os elementos básicos das organizações: recursos, objetivos e decisões. Desenvolver

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 16/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Fase Cód. I

Leia mais

DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL

DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL EMENTA DAS DISCIPLINAS 1º Período GADM 7712-TGA - TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO (4.0.0) 4 Introdução; Antecedentes Históricos;

Leia mais

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 901491 - EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução da teoria organizacional

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DE UNAÍ - FACTU Associação de Ensino e Pesquisa de Unaí - AEPU Curso de Administração

FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DE UNAÍ - FACTU Associação de Ensino e Pesquisa de Unaí - AEPU Curso de Administração INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO EMENTA: A organização e o Processo Administrativo: Produção, financeira, Marketing, Recursos Humanos. Funções Administrativas: Planejamento, Organização, Direção e Controle.

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral Curso: ENGENHARIA ELÉTRICA SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Elétrica da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar engenheiros com sólidos e atualizados conhecimentos científicos

Leia mais

EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL

EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL EDA 1601 - INGLÊS INSTRUMENTAL I (2.0.0)2 English for Specific Purposes": introdução. Leitura e compreensão de texto: estratégias de leitura. Organização e partes

Leia mais

Pós-Graduação em Gestão Industrial

Pós-Graduação em Gestão Industrial Pós graduação lato sensu da Universidade de São Paulo (USP) O Curso de Especialização em aborda, de maneira conceitual e prática, os processos de suprimento, produção, distribuição e vendas, com uma concepção

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Nome da disciplina Evolução do Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação;

Leia mais

MBA Executivo Gestão Estratégica de Projetos

MBA Executivo Gestão Estratégica de Projetos MBA Executivo Gestão Estratégica de Projetos Proposta do curso: O curso de MBA em Gestão Estratégica de Projetos proporciona aos participantes os conhecimentos necessários para o desenvolvimento e gerenciamento

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Evolução de Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução

Leia mais

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE 1º SEMESTRE 7ECO003 ECONOMIA DE EMPRESAS I Organização econômica e problemas econômicos. Demanda, oferta e elasticidade. Teoria do consumidor. Teoria da produção e da firma, estruturas e regulamento de

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Matemática I 1º PERÍODO Matrizes e sistemas lineares. Funções: lineares, afins quadráticas,

Leia mais

PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO

PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Produção Industrial PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO CURSO: Técnico em Móveis Integrado FORMA/GRAU:( x )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

/ 2012_1 6 ( ) ADM ( ) ADM COMEX ( ) ADM MKT

/ 2012_1 6 ( ) ADM ( ) ADM COMEX ( ) ADM MKT Disciplina: Gerenciamento de Projetos / 2012_1 Carga horária: 68h Curso/Semestre: 6 ( x ) ADM ( x ) ADM COMEX ( x ) ADM MKT Data de atualização: janeiro 2012 Núcleo: Operações e Logística Nucleador: Giovanni

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS E CONTÁBEIS

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS E CONTÁBEIS CÓDIGO: IH 104 CRÉDITOS: 04 ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAL I OBJETIVO DA : Dar conhecimentos gerais do Sistema de Administração de Material, Patrimônio e Conhecimentos Básicos de Compras. EMENTA: Conceitos

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO 1º SEMESTRE Administração Aplicada ao Meio Ambiente Ementa: Gestão ambiental e desenvolvimento sustentável. Compromisso dos indivíduos e das

Leia mais

Resolução 038/2001 CONSEPE

Resolução 038/2001 CONSEPE Resolução 038/2001 CONSEPE Aprova as normas de funcionamento do Curso de Administração do Centro de Ciências da Administração CCA/ESAG. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE

Leia mais

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1 PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Sistema de Informações Professores: Izolema Maria Atolini izolema@hotmail.com Período/ Fase: 5ª. Semestre:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec:Paulino Botelho/ Professor E.E. Arlindo Bittencourt (extensão) Código: 092-2 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO Das Disposições

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Fase Cód. I II Matriz Curricular vigente a partir de 2010-1 Disciplina Prérequisitos Carga

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: AUXILIAR ADMINISTRATIVO

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: AUXILIAR ADMINISTRATIVO Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico Etec PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGÓCIO Habilitação Profissional: TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO Qualificação:

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Matemática I CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO Matrizes e sistemas lineares. Funções: lineares, afins quadráticas, exponenciais

Leia mais

Ementas e bibliografia básica das disciplinas

Ementas e bibliografia básica das disciplinas Ementas e bibliografia básica das disciplinas Gestão do Conhecimento e Inteligência Competitiva (10h) Conceitos gerais de gestão do conhecimento Conceitos gerais de inteligência competitiva Ferramentas

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA CAMPUS SANTA ROSA Rua Uruguai, 1675Bairro Central CEP: 98900.000

Leia mais

CEAG Curso de Especialização em Administração para Graduados EMENTAS DAS DISCIPLINAS E CARGA HORÁRIA

CEAG Curso de Especialização em Administração para Graduados EMENTAS DAS DISCIPLINAS E CARGA HORÁRIA CEAG Curso de Especialização em Administração para Graduados EMENTAS DAS DISCIPLINAS E CARGA HORÁRIA Habilidades Computacionais 32 h/a Oferece ao administrador uma visão sobre as potencialidades da tecnologia

Leia mais

APROVAÇÃO DO CURSO E AUTORIZAÇÃO DA OFERTA PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC PROMOTOR DE VENDAS. Parte 1 (solicitante)

APROVAÇÃO DO CURSO E AUTORIZAÇÃO DA OFERTA PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC PROMOTOR DE VENDAS. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA APROVAÇÃO DO CURSO E AUTORIZAÇÃO DA OFERTA PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO SUPERIOR DE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2014 Atualizado em 6 de junho de 2014 pela Assessoria

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO SUPERIOR DE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2014 Atualizado em 6 de junho de 2014 pela Assessoria de

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO. 1. TURNOS: Matutino HABILITAÇÃO: Bacharelado em Administração Noturno. PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 5 anos

ADMINISTRAÇÃO. 1. TURNOS: Matutino HABILITAÇÃO: Bacharelado em Administração Noturno. PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 5 anos ADMINISTRAÇÃO 1. TURNOS: Matutino HABILITAÇÃO: Bacharelado em Administração Noturno GRAU ACADÊMICO: Bacharel em Administração PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 5 anos Máximo = 8 anos 2. HISTÓRICO DO CURSO

Leia mais

PLANO DE ENSINO-APRENDIZAGEM (PEA)

PLANO DE ENSINO-APRENDIZAGEM (PEA) PLANO DE ENSINO-APRENDIZAGEM (PEA) I. IDENTIFICAÇÃO CURSOS Administração de Empresas PERÍODO 5º SEMESTRE 1 Sem 2012 DISCIPLINA Sistemas de Produção Código: SA063 TURMAS CARGA HORÁRIA 60 horas PROFESSOR(A)

Leia mais

Currículo: 2003/1. Créd. Teóricos Créd. Práticos 1 ADM.0086.00-9 Evolução dos Modelos de Gestão

Currículo: 2003/1. Créd. Teóricos Créd. Práticos 1 ADM.0086.00-9 Evolução dos Modelos de Gestão 19//15 11:5 Centro de Ciências Sociais Aplicadas Curso: 5 Administração (Matutino) Currículo: 3/1 1 ADM.86.-9 Evolução dos Modelos de Gestão Ementa: Conceitos básicos e histórico da Administração. Escolas

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO NÃO OBRIGATÓRIO Das Disposições Gerais O

Leia mais

Ementário do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial

Ementário do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial 01 ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS I EMENTA: Introdução à administração de recursos humanos; orçamento de pessoal; processo de recrutamento e seleção de pessoal; processo de treinamento e desenvolvimento

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Fase Cód. Disciplina I Matriz Curricular vigente a partir de 2012/1 Prérequisito s Carga Horária

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Componente Curricular: EMPREENDEDORISMO Código: ENF - 314 Pré-requisito: ENF 212 Enfermagem em Urgência

Leia mais

Informações sobre o Curso de Administração

Informações sobre o Curso de Administração Objetivo Geral do Curso: Informações sobre o Curso de Administração Prover a sociedade de profissional dotado de senso crítico e comportamento ético-profissional qualificado. Um Administrador criativo,

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão Estratégica de Negócios tem por objetivo desenvolver a

Leia mais

Autorizado pela Portaria nº 276, de 30/05/15 DOU de 31/03/15

Autorizado pela Portaria nº 276, de 30/05/15 DOU de 31/03/15 C U R S O D E E N G E N H A R I A C I V I L Autorizado pela Portaria nº 276, de 30/05/15 DOU de 31/03/15 Componente Curricular: PORTUGUÊS INSTRUMENTAL Código: ENG. 000 Pré-requisito: ----- Período Letivo:

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Identificação do Curso Nome do Curso: Sistemas de Informação Titulação: Bacharelado Modalidade de ensino: Presencial

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Matriz Curricular vigente a partir de 2010/1 Fase Cód. Disciplina Carga Horária Prérequisitos

Leia mais

ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade Geral - 4 72 ADM004 Metodologia Científica - 2 36 ADM005 Métodos Quantitativos - 4 72

ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade Geral - 4 72 ADM004 Metodologia Científica - 2 36 ADM005 Métodos Quantitativos - 4 72 Matriz Curricular do Curso de Administração 2015.1 1ª Fase CÓDIGO DISCIPLINAS PRÉ- REQUISITOS CRED ADM001 Interpretação e Produção de Textos - ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Objetivo Geral da Disciplina: Compreender

Leia mais

CADERNO DE DESCRIÇÕES DE CARGOS FÁBRICA

CADERNO DE DESCRIÇÕES DE CARGOS FÁBRICA CADERNO DE DESCRIÇÕES DE CARGOS FÁBRICA REVISÃO DOS DADOS 04 RELAÇÃO DE CARGOS Auxiliar de Montagem Montador Supervisor de Produção Técnico de Programação da Produção Coordenador de Produção IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

LOGÍSTICA EMENTAS DO CURSO

LOGÍSTICA EMENTAS DO CURSO LOGÍSTICA EMENTAS DO CURSO 1º P TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO ORAL E ESCRITA Técnicas de leitura, interpretação e produção de textos, expressão oral e apresentação de trabalhos acadêmicos, argumentação científica.

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 1-CEPE/UNICENTRO, DE 27 DE JANEIRO DE 2014. Aprova o Curso de Especialização em MBA em Gestão Estratégica de Negócios, modalidade regular, a ser ministrado no Campus de Irati, da UNICENTRO.

Leia mais

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING MÓDULO I 304101 FUNDAMENTOS DE MARKETING Fundamentos do Marketing. Processo de Marketing.

Leia mais

RESOLUÇÃO. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogadas as disposições contrárias. Campinas, 16 de novembro de 2004.

RESOLUÇÃO. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogadas as disposições contrárias. Campinas, 16 de novembro de 2004. RESOLUÇÃO CONSEAcc CPS 3 /2004 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE CAMPINAS, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho Acadêmico por Câmpus CONSEAcc, do câmpus de Campinas,

Leia mais

MBA em Gestão Empresarial com Ênfase na Transformação Organizacional

MBA em Gestão Empresarial com Ênfase na Transformação Organizacional MBA em Gestão Empresarial com Ênfase na Transformação Organizacional Coordenação Acadêmica: Wankes da Silva Ribeiro Coordenação da Ênfase: Wankes Leandro Ribeiro JUSTIFICATIVA O MBA em Gestão Empresarial

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO BACHARELADO EM SECRETARIADO EXECUTIVO

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO BACHARELADO EM SECRETARIADO EXECUTIVO Anexo II da Resolução nº, de de de 2008. EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO BACHARELADO EM SECRETARIADO EXECUTIVO 1. DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS PORTUGUÊS INSTRUMENTAL Comunicação e linguagem; estrutura do

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL 1 CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2013.1 Atualizado em 7 de agosto BRUSQUE de 2013 pela Assessoria (SC) de Desenvolvimento 2013 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 3 01 INTRODUÇÃO

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC PRONATEC de AUXILIAR ADMINISTRATIVO. Parte 1 (solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC PRONATEC de AUXILIAR ADMINISTRATIVO. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec Paulino Botelho Extensão E.E. Arlindo BIttencourtt Código: 091-02 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional:

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO DO CONHECIMENTO E INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL

ÊNFASE EM GESTÃO DO CONHECIMENTO E INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO DO CONHECIMENTO E INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec ETEC PAULINO BOTELHO EXTENSÃO EE ESTERINA PLACCO Código: 091.01 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS

ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente dinâmico e competitivo para

Leia mais

Gestão de Projetos Ferramentas e Softwares para Gerenciamento de Projetos

Gestão de Projetos Ferramentas e Softwares para Gerenciamento de Projetos Gestão de Projetos Ferramentas e Softwares para Gerenciamento de Projetos Aula 1 Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com http://www.bolinhabolinha.com Apresentação Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com

Leia mais

MBA Executivo - Gestão Estratégica de Compras

MBA Executivo - Gestão Estratégica de Compras MBA Executivo - Gestão Estratégica de Compras Proposta do curso: O curso de MBA em Gestão Estratégica de Compras possibilita ao profissional os conhecimentos sobre os processos de compras, bem como os

Leia mais

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Um jeito Diferente, Inovador e Prático de fazer Educação Corporativa Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Objetivo: Auxiliar o desenvolvimento

Leia mais

MBA Executivo Liderança e Desenvolvimento de Pessoas

MBA Executivo Liderança e Desenvolvimento de Pessoas MBA Executivo Liderança e Desenvolvimento de Pessoas Proposta do curso: O curso de MBA Executivo em Liderança e Desenvolvimento de Pessoas proporciona ao participante o conhecimento sobre liderança, motivação

Leia mais

CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL POR PROVA DE ADMINISTRADORES E TECNÓLOGOS EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS ÊNFASE RECURSOS HUMANOS PROGRAMA DA PROVA

CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL POR PROVA DE ADMINISTRADORES E TECNÓLOGOS EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS ÊNFASE RECURSOS HUMANOS PROGRAMA DA PROVA CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL POR PROVA DE ADMINISTRADORES E TECNÓLOGOS EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS ÊNFASE RECURSOS HUMANOS PROGRAMA DA PROVA O exame a ser aplicado na Certificação por Prova, na ênfase Recursos

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Pessoas tem por objetivo o fornecimento de instrumental que possibilite

Leia mais

METODOLOGIA HSM Centrada nos participantes com professores com experiência executiva, materiais especialmente desenvolvidos e infraestrutura tecnológica privilegiada. O conteúdo exclusivo dos especialistas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE INFORMÁTICA CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CÓDIGO MATRIZ CURRICULAR: 109P1NB

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE INFORMÁTICA CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CÓDIGO MATRIZ CURRICULAR: 109P1NB UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE INFORMÁTICA CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CÓDIGO MATRIZ CURRICULAR: 109P1NB PLANO DE DISCIPLINA ANO LETIVO: 2011 2º SEMESTRE DADOS DA DISCIPLINA CÓDIGO DISC

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2014/1 Fase

Leia mais

PERFIL DO PROFISSIONAL EGRESSO

PERFIL DO PROFISSIONAL EGRESSO PERFIL DO CURSO Estuda os produtos e serviços da empresa, caracteriza o tipo de clientes e recolhe informações sobre a concorrência e o mercado em geral. Prepara ações de venda. Promove e efetua a venda

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO EMENTAS DO CURSO

ADMINISTRAÇÃO EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO EMENTAS DO CURSO 1º P COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA PARA CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO Números Reais, Expressões Algébricas, Equação do 1º grau, Equação do 2º grau, Logaritmos, Conjuntos, Funções,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 64/2011 Altera a Resolução nº. 57/2007 do CONSEPE, que aprova o Projeto Político-Pedagógico

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EM GESTÃO DE PESSOAS, LIDERANÇA E COACHING

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EM GESTÃO DE PESSOAS, LIDERANÇA E COACHING ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EM GESTÃO DE PESSOAS, LIDERANÇA E COACHING CENÁRIO E TENDÊNCIAS DOS NEGÓCIOS 8 h As mudanças do mundo econômico e as tendências da sociedade contemporânea.

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS. RECONHECIDO conforme PORTARIA nº 295, de 25 de Junho de 2008.

CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS. RECONHECIDO conforme PORTARIA nº 295, de 25 de Junho de 2008. CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS RECONHECIDO conforme PORTARIA nº 295, de 25 de Junho de 2008. Título: Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Turno: Noturno

Leia mais

Sistemas de Informação Gerencial SUPPLY CHAIN MANAGEMENT

Sistemas de Informação Gerencial SUPPLY CHAIN MANAGEMENT CIÊNCIAS CONTÁBEIS e ADMINISTRAÇÃO Sistemas de Informação Gerencial SUPPLY CHAIN MANAGEMENT maio/2014 APRESENTAÇÃO Em um ambiente onde a mudança é a única certeza e o número de informações geradas é desmedido,

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: ESTRUTURAS ORGANIZACIONAIS Código: ADM - 255 Pré-requisito: ------- Período Letivo: 2013.2 Professor:

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: EMPREENDEDORISMO

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: EMPREENDEDORISMO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: EMPREENDEDORISMO Código: CTB - 251 Pré-requisito: -------- Período Letivo: 2013.1 Professor:

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Empresarial

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Empresarial CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Empresarial Coordenação Acadêmica FGV : Professora Denize Dutra CÓDIGO NO SIGA : VIANNA0/TMBAGE*1225-14 1. ECONOMIA EMPRESARIAL Fundamentos

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO SUPERIOR 1 CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) Atualizado em 15 de janeiro de 2015 pela 2015 Assessoria

Leia mais

C O M U N I C A D O. O término do período para matrículas subsequentes em 6 de julho de 2015;

C O M U N I C A D O. O término do período para matrículas subsequentes em 6 de julho de 2015; COMUNICADO CEM/IT 1/2015 DIVULGA RELAÇÃO DE DISCIPLINAS RECOMENDADAS COMO OPTATIVAS PARA O 2º SEMESTRE LETIVO DE 2015 DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA DO CAMPUS ITATIBA DA UNIVERSIDADE SÃO

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: AMPE - ADM DE MICRO E PEQ EMPRESAS Código: ADM 253 Pré-requisito: ------ Período Letivo: 2013.2

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS, BACHARELADO REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO Das Disposições Gerais O estágio

Leia mais

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Projeto Saber Contábil O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Alessandra Mercante Programa Apresentar a relação da Gestão de pessoas com as estratégias organizacionais,

Leia mais

Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Empreendedora

Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Empreendedora Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Empreendedora - TGE 2005-2 Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Empreendedora 1 DADOS LEGAIS: Reconhecido pela

Leia mais

Ementas. Carga Horária: 48h

Ementas. Carga Horária: 48h Ementas Disciplina: Técnicas de Comunicação Oral e Escrita Ementa: Técnicas para Elaboração de Documentos; Metodologias para apresentação de trabalhos; Técnicas de comunicação e público; Linguagem. Competência:

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI)

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI) Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI) Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Business Intelligence Inteligência Competitiva tem por fornecer conhecimento

Leia mais

5º ANO Disciplina: Automação Industrial Ementa: Medição, atuação e controle. Estabilidade e desempenho de sistemas realimentados. Controle de sistemas a eventos discretos. Hierarquia em sistemas automatizados.

Leia mais

RESOLUÇÃO. São Paulo, 18 de novembro de 2004. Prof. Milton Mayer Presidente

RESOLUÇÃO. São Paulo, 18 de novembro de 2004. Prof. Milton Mayer Presidente RESOLUÇÃO CONSEAcc - SP 006/2004 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE SÃO PAULO, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho Acadêmico por Câmpus CONSEAcc, do câmpus de

Leia mais

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014.

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep),

Leia mais

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2015 ETEC PAULINO BOTELHO / E.E. ESTERINA PLACCO (EXTENSÃO)

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2015 ETEC PAULINO BOTELHO / E.E. ESTERINA PLACCO (EXTENSÃO) Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO / E.E. ESTERINA PLACCO (EXTENSÃO) Código: 091.01 Município: São Carlos Eixo tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA

ÊNFASE EM GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente dinâmico e competitivo

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais