CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE CONTROLE DIFUSO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE CONTROLE DIFUSO"

Transcrição

1 CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE CONTROLE DIFUSO I) CONCEITO: Também chamado de controle pela via de exceção ou de defesa ou controle aberto, o controle difuso pode ser realizado por qualquer juiz ou tribunal. Ocorre em caso concreto e a declaração se dá de forma incidental (incidenter tantum) prejudicialmente ao exame de mérito. II) NOS TRIBUNAIS ESTADUAIS Cláusula de reserva de plenário. A declaração de inconstitucionalidade de uma lei face a constituição federal deve ocorrer por meio de voto da maioria absoluta dos membros do tribunal de justiça ou do órgão especial, conforme disciplina o art. 97 da CF. É condição de eficácia jurídica da própria declaração de inconstitucionalidade dos atos do poder público, conforme estabelece a súmula vinculante nº 10 do STF. No entanto, será dispensada a cláusula de reserva de plenário quando a matéria já foi decidida anteriormente pelo próprio tribunal de justiça ou pelo STF, a teor do art. 557, 1º-A, do CPC. III) EFEITOS DA DECISÃO O efeito da decisão que declara incidentalmente a inconstitucionalidade de lei é inter partes e ex nunc. 1

2 Entretanto, o STF, de forma excepcional, já se manifestou no sentido da possibilidade de efeitos pro futuro, como ocorreu no caso do município de Mira Estrela/SP (redução de 11 para 9 vereadores). Com relação a terceiros, necessário se faz a observância do art. 52, X, da CF. Declarada a inconstitucionalidade pelo STF, no controle difuso, sendo a decisão tomada pela maioria absoluta do pleno, o art. 178 do Regimento Interno do STF estabelece que será feita a comunicação ao órgão interessado e, depois do trânsito em julgado, ao Senado Federal, para os efeitos do art. 52, X, da CF. É competência privativa do Senado a expedição de Resolução para suspender a execução, no todo ou em parte, a lei declarada inconstitucional por decisão definitiva do STF. Quando se fala na suspensão no todo ou em parte, deve o Senado respeitar os limites delimitados pelo STF. Assim, se o Supremo declarou inconstitucional dois ou três artigos de determinada lei, deve o Senado suspender apenas e tão somente estes dois ou três artigos de lei, não podendo outros artigos da mesma lei. De acordo com o art. 386 do Regimento Interno do Senado Federal, a Resolução para suspender a lei terá o seguinte procedimento: A) Comunicação do Presidente do Tribunal; B) Representação do Procurador Geral da República; C) Projeto de Resolução de iniciativa da CCJ. A suspensão poderá ser em relação a lei federal, estadual ou municipal. 2

3 A partir da publicação da Resolução é que valerá para todos (erga omnes). É obrigado o Senado Federal suspender o ato? O STF e a doutrina majoritária entendem que não, ante ao princípio da separação dos poderes. É uma decisão discricionária do Senado. IV) ABSTRATIVIZAÇÃO DO CONTROLE DIFUSO ratio decidendi. Teoria da transcendência dos motivos da sentença Argumentos: A) Força normativa da CF; B) Princípio da supremacia da CF e sua aplicação uniforme a todos os destinatários; C) O STF como guardião da CF e seu intérprete máximo; D) Dimensão política das decisões do STF. Casos: Município de Mira Estrela/SP (redução de 11 para 9 vereadores) e progressão de regime em crimes hediondos. Se as instâncias inferiores não respeitarem a decisão do STF proferida com base na abstrativização do controle difuso, é possível a propositura de Reclamação Constitucional. V) CONTROLE DIFUSO EM SEDE DE AÇÃO CIVIL PÚBLICA A ação civil pública não poder ser usada como sucedâneo de Ação Direta de Inconstitucionalidade, pois em caso de procedência, seus efeitos (na ação civil pública) que são erga omnes, estaria provocando um verdadeiro controle concentrado. 3

4 Desta forma a decisão proferida em sede de ação civil pública tem seus efeitos apenas na área de competência do órgão julgador (TJ dentro do Estado; TRF dentro da respectiva região). A ação civil pública não pode ter como causa de pedir a declaração de inconstitucionalidade de lei, mas pode ser declarada de forma incidental. I) QUADRO COMPARATIVO CONTROLE CONCENTRADO Concentrado Difuso Juízo competente STF ou TJ Qualquer juiz ou tribunal Efeitos Regra: erga omnes, ex tunc e vinculante Regra: inter partes, ex nunc e não vinculante Processo Objetivo: não há partes e contra lei em tese Subjetivo: há partes e em casos concretos II) CARACTERÍSTICAS DO CONTROLE CONCENTRADO A) Não há partes; B) Não há recursos, salvo Embargos Declaratórios (sanar obscuridade, omissão ou contradição no julgado); C) Não pode haver desistência; D) Possibilidade de modulação (regular, estabelecer datas) dos efeitos; E) Legitimidade mais restrita III) AÇÕES ADI genérica 4

5 ADI interventiva ADI por omissão ADPF ADC AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE GENÉRICA (ADI) I) CONCEITO: Busca o controle de ato normativo em tese, por meio de ação própria, cujas características são: generalidade, impessoalidade e abstração. II) OBJETO Lei em sentido amplo (art. 59 da CF) ou qualquer outro ato normativo, como por exemplo, regimento interno dos tribunais. O STF já admitiu como ato normativo passível de controle concentrado, parecer da AGU. OBS.: súmula vinculante não pode. O que ocorre é processo de revisão pelos mesmos legitimados da ADI. Não cabe ADI contra poder constituinte originário, ante ao princípio da unidade constitucional e rigidez constitucional. Entretanto, cabe ADI contra emenda constitucional. Políticas públicas, como saúde, segurança, etc.= Reserva do possível. 5

6 Inconstitucionalidade por arrastamento ou atração= Pode ser declarado inconstitucional não só o ato impugnado, mas também os demais artigos ou normas posteriores não questionados diretamente da ADI. Lei ainda constitucional ou inconstitucionalidade progressiva. Ex.: Defensoria Pública, Ministério Público e ação ex delicto (art. 68 do CPP). III) COMPETÊNCIA: federal; STF quando a ofensa (parâmetro) for a constituição TJ quando o parâmetro for a constitucional estadual Lei municipal que fere a constituição federal: inexistência de previsão legal: silêncio eloquente da constituição. Lei municipal que contrarie a lei orgânica do município: Não há controle de constitucionalidade, mas sim controle de legalidade. Lei do Distrito Federal: A) lei de caráter estadual e contrariar a CF: competente será o STF; B) lei de caráter municipal e contrariar a CF: inexistência de previsão legal. É o silêncio eloquente. IV) LEGITIMIDADE A) Universais ou neutros: Art. 103, I, II, III, VI, VII e VIII, da CF. B) Interessados ou especiais: Art. 103, IV, V e IX, da CF. 6

7 Estes precisam demonstrar a pertinência temática, ou seja, devem demonstrar o motivo e interesse na declaração de inconstitucionalidade da lei ou ato impugnado. Amicus curiae: irrecorrível. A decisão que admite ou inadmite o amicus curiae é V) EFEITOS Por se tratar de ato nulo, a decisão que declara inconstitucional uma lei tem efeitos erga omnes, ex tunc e vinculante aos órgãos do Poder Judiciário, Executivo e Legislativo, Administração Pública direta e indireta. No entanto, os seus efeitos podem ser modulados mediante voto de 2/3 dos Ministros, conforme dicção do art. 27 da Lei nº 9868/99 por motivo de segurança jurídica e interesse público. difuso. OBS.: O art. 52, X, da CF só se aplica ao controle A declaração de inconstitucionalidade pode ser COM ou SEM redução de texto. COM redução de texto: ocorre quando o STF declara que determinado artigo, parágrafo, inciso, alínea ou até mesmo uma palavra é inconstitucional, devendo o mesmo ser extirpado do ordenado jurídico. Isto é possível ante ao princípio da parcelaridade. SEM redução de texto: o dispositivo legal questionado ou impugnado permanece no ordenamento jurídico, entretanto, por ser o mesmo ambíguo, permanecerá no ordenamento se interpretado de tal forma (interpretação conforme). 7

8 Sentença inconstitucional. Imagine a seguinte situação. Um juiz de primeira instância, em sede de controle difuso, declara determinada lei válida e constitucional e, após o trânsito em julgado da sentença, o STF, em sede de controle concentrado declara a mesma lei como inconstitucional. Verifica-se no exemplo acima citado, um choque entre princípios constitucionais. De um lado, os questionamentos acerca da segurança jurídica e a coisa julgada e, de outro lado, os princípios da força normativa, máxima efetividade da constituição e isonomia. VI) CAUTELAR Dispositivos legais acerca da matéria: - Súmula 343 do STF; - Art. 485, V, do CPC; - Art. 475, L, 1º, do CPC; - Art. 741, parágrafo único do CPC. Art. 10 da Lei nº 9868/99. A medida cautelar será concedida por decisão da maioria absoluta (6 Ministros), observando o quórum de 8 Ministros para abertura da sessão de julgamento, após audiência dos órgãos ou autoridades que emanou a lei ou ato, as quais deverão pronunciarem em 5 dias, sendo tais pronunciamentos dispensáveis em caso de excepcional urgência. VII) PROCEDIMENTO A) Propositura da ação (petição inicial); Se for considerada inepta, caberá recurso de agravo. 8

9 B) Havendo pedido de liminar (cautelar), pronunciamento das autoridades que emanaram o ato. C) Julgamento do pedido liminar (cautelar). D) Após a análise da liminar, prestação de informações às autoridades que emanaram o ato, as quais deverão ser prestadas no prazo de 30 dias. Possibilidade de admissão ou não do amicus curiae. prazo de 15 dias. prazo de 15 dias. demais Ministros. E) Manifestação do Advogado Geral da União no F) Parecer da Procuradoria Geral da República, no G) Lançamento de relatório com cópia para todos os H) Julgamento em sessão plenária do mérito da ação. AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE POR OMISSÃO (ADI POR OMISSÃO) I) CONCEITO: Tem como objetivo combater uma omissão constitucional com o fim de dar efetividade à norma de eficácia limitada. A omissão pode ser total ou absoluta ou parcial. Há omissão total ou absoluta quando não há lei para regulamentar um direito. 9

10 Exemplo de omissão total ou parcial: direito de greve dos servidores públicos. OBS.: O direito de greve dos servidores públicos foi objeto de discussão por meio de mandado de injunção. Qual a diferença entre mandado de injunção e ação direta de inconstitucionalidade por omissão? Um é controle difuso (mandado de injunção) e a outra é controle concentrado (ADI por omissão). A omissão será parcial quando a lei existe, mas regula de forma deficitária ou ineficiente. Exemplo de omissão parcial é a previsão do salário mínimo (art. 7º, IV, da CF). II) OBJETO O objeto da ADI por omissão é mais abrangente do que a ADI genérica, admitindo não só a lei ou ato normativo, como também atos normativos secundários, como por exemplo, regulamentos ou instruções. III) COMPETÊNCIA STF IV) LEGITIMIDADE V) PROCEDIMENTO Os mesmos da ADI genérica O mesmo da ADI genérica. No entanto, há algumas observações a serem feitas. 10

11 O Advogado Geral da União não será citado na ADI por omissão, pois não há texto legal impugnado propriamente dito. por omissão. Também não é possível a concessão de liminar na ADI VI) EFEITOS Em se tratando do órgão administrativo, este deverá realizar a lei no prazo de 30 dias, sob pena de responsabilidade. AÇÃO DECLARATÓRIA DE CONSTITUCIONALIDADE (ADC) Embora toda lei já nasce em nosso ordenamento jurídico com a presunção de constitucionalidade, uma vez que a mesma já passou, pelos menos, em duas oportunidades de controle difuso, quais sejam, por meio da comissão de constituição e justiça (CCJ) e sanção ou veto do Presidente da República, a realidade é que tal presunção é meramente relativa (juris tantum). O objetivo da ADC é transformar esta presunção relativa em absoluta (jure et de jure). O que significa dizer que a ADC é uma ADI genérica com sinal trocado ou ambivalente? Significa que uma ADC julgada procedente, é a mesma coisa de uma ADI genérica, da mesma matéria, ser julgada improcedente. I) OBJETO Lei ou ato normativo federal. OBS.: Não cabe ADC no âmbito estadual. 11

12 II) LEGITIMIDADE III) COMPETÊNCIA Os mesmos da ADI genérica. STF. IV) PROCEDIMENTO Praticamente o mesmo da ADI genérica, porém, não há necessidade de citar o Advogado Geral da União, uma vez que a lei não está sendo impugnada, pelo contrário, afirma-se a sua constitucionalidade. OBS.: O Procurador Geral da República terá prazo de 30 dias para emissão de parecer e não 15 dias como ocorre da ADI genérica. O art. 14, da Lei nº 9868/99 estabelece, entre outros requisitos da petição inicial, a necessidade de demonstrar a controvérsia judicial que põe em risco a presunção de constitucionalidade do ato ou lei. Em caso de deferimento da liminar, o STF determinará aos tribunais e juízes a suspensão dos processos que envolvam a aplicação da lei até julgamento definitiva da ADC. A suspensão da liminar durará por 180 dias. Findo este prazo e não julgada a ADC, a liminar é cassada e os demais processos voltam a tramitar. V) EFEITOS Erga omnes, ex tunc e vinculante. 12

13 AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE INTERVENTIVA A ADI interventiva é um pressuposto processual para a intervenção federal (da União sobre os Estados membros) ou intervenção estadual (dos Estados sobre os Municípios) I) OBJETO Ato normativo ou lei que ofenda os princípios sensíveis (art. 34, VII, da CF) II) COMPETÊNCIA III) LEGITIMIDADE STF (em caso de intervenção federal) TJ (em caso de intervenção estadual) Procurador Geral da República (em caso de intervenção federal) Procurador Geral de Justiça (em caso de intervenção estadual). IV) PROCEDIMENTO Julgada procedente a ação (por maioria absoluta), o STF determinará que o Presidente da República (PR) decrete a intervenção. impugnado. O PR, por meio de decreto, suspenderá o ato Caso a suspensão não seja suficiente, será decretada a intervenção federal para o restabelecimento da normalidade com nomeação de interventor a afastamento das autoridades responsáveis. Restabelecida a normalidade, as autoridades voltaram aos seus cargos, salvo impedimento legal. 13

14 ARGUIÇÃO DE DESCUMPRIMENTO DE PRECEITO FUNDAMENTAL (ADPF) I) CONCEITO A CF não prevê, de forma clara e expressa o conceito de preceito fundamental. O próprio STF não tem um conceito definitivo do que seja preceito fundamental. Segundo a doutrina do Profº Uadi Lammêgo Bulos, qualificam-se de preceitos fundamentais os grandes preceitos que informam o sistema constitucional, que estabelecem comandos basilares e imprescindíveis à defesa dos pilares da manifestação constituinte originária." Exemplos: direitos fundamentais, a forma federativa do Brasil, as cláusulas pétreas, a separação dos poderes, etc... II) LEGITIMIDADE III) COMPETÊNCIA IV) EFEITOS Os mesmos da ADI genérica STF Erga omnes, vinculante e IMEDIATO. Quando se fala em imediato, quer dizer, que a decisão será cumprida e, posteriormente, lavra-se o acórdão. V) PROCEDIMENTO 14

15 peculiaridades. Praticamente o mesmo da ADI genérica, como algumas Segundo o art. 4º, 1º da Lei nº 9882/99, não será admitida a ADPF se houver qualquer outro meio processual a sanar a lesividade. subsidiária. Isto que dizer que a ADPF será admitida de forma Em caso de pedido de liminar, as autoridades prestarão informações no prazo de 10 dias. 15

Prof. Cristiano Lopes

Prof. Cristiano Lopes Prof. Cristiano Lopes CONCEITO: É o procedimento de verificar se uma lei ou ato normativo (norma infraconstitucional) está formalmente e materialmente de acordo com a Constituição. Controlar significa

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CAMPOS DE ANDRADE - UNIANDRADE CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE CURSO DE EXTENSÃO Professor: José Henrique Cesário Pereira.

CENTRO UNIVERSITÁRIO CAMPOS DE ANDRADE - UNIANDRADE CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE CURSO DE EXTENSÃO Professor: José Henrique Cesário Pereira. Professor: José Henrique Cesário Pereira PARTE IV CONTROLE DA CONSTITUCIONALIDADE DAS LEIS. AÇÃO DECLARATÓRIA DE CONSTITUCIONALIDADE (ADECON ou ADC) - Lei n. 9.868, de 10.11.99 CONCEITO A Ação Declaratória

Leia mais

Controlar a constitucionalidade de lei ou ato normativo significa:

Controlar a constitucionalidade de lei ou ato normativo significa: Conceito Controlar a constitucionalidade de lei ou ato normativo significa: a) impedir a subsistência da eficácia de norma contrária à Constituição (incompatibilidade vertical) b) conferir eficácia plena

Leia mais

Controle de Constitucionalidade. Desenvolvido por :

Controle de Constitucionalidade. Desenvolvido por : Controle de Constitucionalidade Desenvolvido por : Prof. Raul de Mello Franco Júnior e-mail: raul@mp.sp.gov.br Página: www.raul.pro.br Versão para Impressão www.tonirogerio.com.br Conceito Controlar a

Leia mais

AULA 10 CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE NO BRASIL

AULA 10 CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE NO BRASIL Faculdade do Vale do Ipojuca - FAVIP Bacharelado em Direito Autorizado pela Portaria nº 4.018 de 23.12.2003 publicada no D.O.U. no dia 24.12.2003 Curso reconhecido pela Portaria Normativa do MEC nº 40,

Leia mais

ARTIGO: Efeitos (subjetivos e objetivos) do controle de

ARTIGO: Efeitos (subjetivos e objetivos) do controle de ARTIGO: Efeitos (subjetivos e objetivos) do controle de constitucionalidade Luís Fernando de Souza Pastana 1 RESUMO: há diversas modalidades de controle de constitucionalidade previstas no direito brasileiro.

Leia mais

Faculdade de Direito de Sorocaba. Direito Constitucional II

Faculdade de Direito de Sorocaba. Direito Constitucional II Faculdade de Direito de Sorocaba Direito Constitucional II Controle da constitucionalidade O controle da constitucionalidade na Constituição Federal Art.. 102, I, a ADI e ADC Art.. 103,? 2º - ADI-omissão

Leia mais

Vícios de Constitucionalidade

Vícios de Constitucionalidade Vícios de Constitucionalidade Vício Formal Nomodinâmico O Vício Formal ocorre durante o processo legislativo, dando a idéia de dinamismo, movimento. Vício quanto ao processo legislativo Vicio Formal é

Leia mais

CONTROLE CONCENTRADO

CONTROLE CONCENTRADO Turma e Ano: Direito Público I (2013) Matéria / Aula: Direito Constitucional / Aula 11 Professor: Marcelo L. Tavares Monitora: Carolina Meireles CONTROLE CONCENTRADO Ação Direta de Inconstitucionalidade

Leia mais

ARGUIÇÃO DE DESCUMPRIMENTO DE PRECEITO FUNDAMENTAL

ARGUIÇÃO DE DESCUMPRIMENTO DE PRECEITO FUNDAMENTAL Turma e Ano: Direito Público I (2013) Matéria / Aula: Direito Constitucional / Aula 13 Professor: Marcelo L. Tavares Monitora: Carolina Meireles ARGUIÇÃO DE DESCUMPRIMENTO DE PRECEITO FUNDAMENTAL Lei 9.882/99

Leia mais

Modelo esquemático de ação direta de inconstitucionalidade genérica EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR MINISTRO PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL

Modelo esquemático de ação direta de inconstitucionalidade genérica EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR MINISTRO PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL Modelo esquemático de ação direta de inconstitucionalidade genérica EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR MINISTRO PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL Legitimidade ativa (Pessoas relacionadas no art. 103 da

Leia mais

INTENSIVO OAB REGULAR MÓDULO I - MANHÃ Disciplina: Direito Constitucional Prof. Nathalia Masson Aula: 03/04 MATERIAL DE APOIO MONITORIA

INTENSIVO OAB REGULAR MÓDULO I - MANHÃ Disciplina: Direito Constitucional Prof. Nathalia Masson Aula: 03/04 MATERIAL DE APOIO MONITORIA INTENSIVO OAB REGULAR MÓDULO I - MANHÃ Disciplina: Direito Constitucional Prof. Nathalia Masson Aula: 03/04 MATERIAL DE APOIO MONITORIA I. Anotações de aula II. Simulado III. Lousas I. ANOTAÇÕES DE AULA

Leia mais

Direito Constitucional Dra. Vânia Hack de Ameida

Direito Constitucional Dra. Vânia Hack de Ameida 1 Controle da Constitucionalidade 1. Sobre o sistema brasileiro de controle de constitucionalidade, é correto afirmar que: a) compete a qualquer juiz ou tribunal, no primeiro caso desde que inexista pronunciamento

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU AVM FACULDADE INTEGRADA

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU AVM FACULDADE INTEGRADA UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU AVM FACULDADE INTEGRADA CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE Por: Alexandre Solano Bastos Orientador Prof. Anselmo de Souza Rio de Janeiro 2012 2 UNIVERSIDADE

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL X EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL X EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL O Tribunal de Justiça do Estado J julgou improcedente ação direta de inconstitucionalidade proposta pelo Prefeito do município W, tendo o acórdão declarado constitucional

Leia mais

CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE

CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE Parte 02 (Controle Concentrado, Abstrato e tipos de decisão) CONTROLE CONCENTRADO A ADI genérica pode ser em Âmbito federal (STF) ou em âmbito estadual Competência (TJs);

Leia mais

INTENSIVÃO DE SÁBADO PARCERIA CURSO A. CARVALHO E REDE DE ENSINO LFG DIREITO CONSTITUCIONAL PROFESSOR MARCELO NOVELINO

INTENSIVÃO DE SÁBADO PARCERIA CURSO A. CARVALHO E REDE DE ENSINO LFG DIREITO CONSTITUCIONAL PROFESSOR MARCELO NOVELINO INTENSIVÃO DE SÁBADO PARCERIA CURSO A. CARVALHO E REDE DE ENSINO LFG DIREITO CONSTITUCIONAL PROFESSOR MARCELO NOVELINO QUESTÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE Questão n. 1 (CESPE/AGU

Leia mais

Professora Chrystiane Mariz

Professora Chrystiane Mariz Professora Chrystiane Mariz -> CF, EC -> LC, LO, MP -> Atos da administração (ex: portarias) 1* Tratados internacionais sem ser de direitos humanos -> LC, LO, MP 2* Tratados internacionais de direitos

Leia mais

PLANO DE AULAS CURSO ONLINE PRINCIPAIS TEMAS PFN (GRUPO 1 + PROCESSO CIVIL)

PLANO DE AULAS CURSO ONLINE PRINCIPAIS TEMAS PFN (GRUPO 1 + PROCESSO CIVIL) PLANO DE AULAS CURSO ONLINE PRINCIPAIS TEMAS PFN (GRUPO 1 + PROCESSO CIVIL) Disciplina: Direito Constitucional Ravi Peixoto, Procurador Municipal. 10 (Dez) horas/aulas. 1 2 3 4 5 6 7 57:00m 54:00m 50:00m

Leia mais

SUMÁRIO PARTE I PRÁTICA CONSTITUCIONAL

SUMÁRIO PARTE I PRÁTICA CONSTITUCIONAL SUMÁRIO PARTE I PRÁTICA CONSTITUCIONAL PETIÇÃO INICIAL 1.1. Breve introdução 1.2. Requisitos da petição inicial 1.3. Emenda da petição inicial 1.4. Indeferimento da petição inicial 1.5. Características

Leia mais

O NOVO CPC E OS PRECEDENTES EM MATÉRIA TRIBUTÁRIA

O NOVO CPC E OS PRECEDENTES EM MATÉRIA TRIBUTÁRIA O NOVO CPC E OS PRECEDENTES EM MATÉRIA TRIBUTÁRIA Fernando Facury Scaff Professor de Direito Financeiro da USP. Doutor e Livre Docente pela mesma Universidade. Sócio de Silveira, Athias, Soriano de Melo,

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL DO CONTROLE DA CONSTITUCIONALIDADE

DIREITO PROCESSUAL DO CONTROLE DA CONSTITUCIONALIDADE DIREITO PROCESSUAL DO CONTROLE DA CONSTITUCIONALIDADE SUMÁRIO APRESENTAÇÃO...7 CAPÍTULO I JUSTIFICATIVA, ASPECTOS HISTÓRICOS E SISTEMAS EXISTENTES DE CONTROLE DA CONSTITUCIONALIDADE...19 1. Justificativa

Leia mais

Faculdade Pitágoras de Ipatinga Campus Bom Retiro Direito Constitucional III

Faculdade Pitágoras de Ipatinga Campus Bom Retiro Direito Constitucional III 1. CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE 1.1. Noções gerais. 1.2. Espécies de inconstitucionalidade. 1.3. Teoria geral do controle de constitucionalidade. 1.4. Modelos de controle de constitucionalidade. 1.5.

Leia mais

Nota sobre o objeto e o objetivo do livro. Nota sobre a forma de utilização do livro

Nota sobre o objeto e o objetivo do livro. Nota sobre a forma de utilização do livro Nota sobre o objeto e o objetivo do livro Nota sobre a forma de utilização do livro 1 Leitura ativa, xxv 2 Ensino participativo, xxvii 3 Utilização da bibliografia, xxviii Introdução - O que é "processo

Leia mais

CAPÍTULO 1 QUESTÕES DE PROVA DE JUIZ DO TRABALHO

CAPÍTULO 1 QUESTÕES DE PROVA DE JUIZ DO TRABALHO CAPÍTULO 1 QUESTÕES DE PROVA DE JUIZ DO TRABALHO 1.1 COMENTÁRIOS INICIAIS DO CAPÍTULO ANÁLISE DA DISCIPLINA NAS PRO- VAS DE JUIZ DO TRABALHO A disciplina Direito Constitucional, como não poderia deixar

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECLAMAÇÃO 15.309 SÃO PAULO RELATORA RECLTE.(S) PROC.(A/S)(ES) RECLDO.(A/S) ADV.(A/S) INTDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. ROSA WEBER :MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO :PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO

Leia mais

Sentidos tradicionais de constituição. Preâmbulo. Constituição Sociológica. Constituição Sociológica. Constituição Jurídica. Constituição Jurídica

Sentidos tradicionais de constituição. Preâmbulo. Constituição Sociológica. Constituição Sociológica. Constituição Jurídica. Constituição Jurídica Preâmbulo Sentidos tradicionais de constituição 1) IRRELEVANCIA JURIDICA Natureza Jurídica do Preâmbulo? 2) PLENA EFICÁCIA CONSTITUIÇÃO SOCIOLÓGICA CONSTITUIÇÃO JURÍDICA CONSTITUIÇÃO POLÍTICA 3) TESE DA

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL VII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL VII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL O Estado KWY editou norma determinando a gratuidade dos estacionamentos privados vinculados a estabelecimentos comerciais, como supermercados, hipermercados, shopping

Leia mais

OAB 2ª Fase Direito Constitucional Modelos: Ações Constitucionais e Recursos Cristiano Lopes

OAB 2ª Fase Direito Constitucional Modelos: Ações Constitucionais e Recursos Cristiano Lopes OAB 2ª Fase Direito Constitucional Modelos: Ações Constitucionais e Recursos Cristiano Lopes 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. MODELOS: AÇÕES CONSTITUCIONAIS

Leia mais

CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE

CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE INTRODUÇÃO: o controle de constitucionalidade só é possível nos sistemas jurídicos em que vige uma Constituição escrita e rígida, pois é tão somente nesses sistemas jurídicos

Leia mais

ADI, ADC, ADO e ADPF. AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE (Med. Liminar) - 1946. Brasília, 27 de maio de 2014-18:23

ADI, ADC, ADO e ADPF. AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE (Med. Liminar) - 1946. Brasília, 27 de maio de 2014-18:23 Brasília, 27 de maio de 2014-18:23 ADI, ADC, ADO e ADPF AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE (Med. Liminar) - 1946 Origem: DISTRITO FEDERAL Entrada no STF: 21/01/1999 Relator: MINISTRO SYDNEY SANCHES Distribuído:

Leia mais

ACÓRDÃO. PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS Gabinete do Desembargador RAFAEL DE ARAÚJO ROMANO TRIBUNAL PLENO

ACÓRDÃO. PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS Gabinete do Desembargador RAFAEL DE ARAÚJO ROMANO TRIBUNAL PLENO TRIBUNAL PLENO Ação Direta de Inconstitucionalidade Autos n. 2008.005668-5 Requerente: Partido Socialista.Brasileiro -PSB Advogada: Flávia Manarte Hanna Relator: Desdor. Rafael de Araújo Romano EMENTA:

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB PADRÃO DE RESPOSTAS PEÇA PROFISSIONAL : Fábio é universitário, domiciliado no Estado K e pretende ingressar no ensino superior através de nota obtida pelo Exame Nacional, organizado pelo Ministério da

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL. SIMULADO Prof. Cristiano Lopes

DIREITO CONSTITUCIONAL. SIMULADO Prof. Cristiano Lopes DIREITO CONSTITUCIONAL SIMULADO Prof. Cristiano Lopes SIMULADO DIREITO CONSTITUCIONAL 1. (FCC - 2013 - TRT - 18ª Região (GO) - Técnico Judiciário - Tecnologia da Informação) Analise o Art. 2, da Constituição

Leia mais

Controle de Constitucionalidade de normas pré-constitucionais

Controle de Constitucionalidade de normas pré-constitucionais Controle de Constitucionalidade de normas pré-constitucionais O Supremo Tribunal Federal possui o poder de decidir sobre a constitucionalidade das normas jurídicas que foram aprovadas antes da entrada

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIV EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIV EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL João e José são pessoas com deficiência física, tendo concluído curso de nível superior. Diante da abertura de vagas para preenchimento de cargos vinculados ao Ministério

Leia mais

Aspectos gerais do controle de constitucionalidade. Professor : Siddharta Legale

Aspectos gerais do controle de constitucionalidade. Professor : Siddharta Legale Aspectos gerais do controle de constitucionalidade Professor : Siddharta Legale LEITURA BÁSICA Bibliografia sugerida BARROSO, Luis Roberto. O controle de constitucionalidade no direito brasileiro. ASSSUMPÇÃO,

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR PROCURADOR GERAL DA REPÚBLICA

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR PROCURADOR GERAL DA REPÚBLICA EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR PROCURADOR GERAL DA REPÚBLICA PA nº 1.36.000.000703/2008-95/GAB.01/PRTO Os Procuradores da República signatários, no cumprimento da determinação contida na CF/88, art. 127,

Leia mais

COMPLEXO DE ENSINO SUPERIOR DE SANTA CATARINA CESUSC FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE FLORIANÓPOLIS FCSF NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO

COMPLEXO DE ENSINO SUPERIOR DE SANTA CATARINA CESUSC FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE FLORIANÓPOLIS FCSF NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO COMPLEXO DE ENSINO SUPERIOR DE SANTA CATARINA CESUSC FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE FLORIANÓPOLIS FCSF NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PÚBLICO JULIANA PASINATO Argüição de Descumprimento

Leia mais

AMANDA RESENDE DE SOUZA O AMICUS CURIAE NO CONTROLE DIFUSO DE CONSTITUCIONALIDADE

AMANDA RESENDE DE SOUZA O AMICUS CURIAE NO CONTROLE DIFUSO DE CONSTITUCIONALIDADE Centro Universitário de Brasília - UNICEUB Faculdade de Ciências Jurídicas e de Ciências Sociais FAJS AMANDA RESENDE DE SOUZA O AMICUS CURIAE NO CONTROLE DIFUSO DE CONSTITUCIONALIDADE Brasília 2012 AMANDA

Leia mais

Espelho Constitucional Peça

Espelho Constitucional Peça Espelho Constitucional Peça Em caso de denegação da ordem, o recurso cabível é o ordinário (CRFB, art. 105, II, b) de competência do Superior Tribunal de Justiça, uma vez que a competência originária do

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 972.075 - SC (2007/0178356-6) RELATOR : MINISTRO TEORI ALBINO ZAVASCKI ADVOGADO : DANTE AGUIAR AREND E OUTRO(S) EMENTA PROCESSUAL CIVIL E TRIBUTÁRIO. RECURSO ESPECIAL. VIOLAÇÃO AO ART.

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIX EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIX EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Determinado partido político, que possui dois deputados federais e dois senadores em seus quadros, preocupado com a efetiva regulamentação das normas constitucionais,

Leia mais

RESOLUÇÃO N 427, DE 20 DE ABRIL DE 2010

RESOLUÇÃO N 427, DE 20 DE ABRIL DE 2010 Publicada no DJE/STF, n. 72, p. 1-2 em 26/4/2010 RESOLUÇÃO N 427, DE 20 DE ABRIL DE 2010 Regulamenta o processo eletrônico no âmbito do Supremo Tribunal Federal e dá outras providências. O PRESIDENTE DO

Leia mais

Súmulas em matéria penal e processual penal.

Súmulas em matéria penal e processual penal. Vinculantes (penal e processual penal): Súmula Vinculante 5 A falta de defesa técnica por advogado no processo administrativo disciplinar não ofende a Constituição. Súmula Vinculante 9 O disposto no artigo

Leia mais

Palavras-chave: Controle de constitucionalidade; efeitos; cobrança de tributação previdenciária de inativos.

Palavras-chave: Controle de constitucionalidade; efeitos; cobrança de tributação previdenciária de inativos. EFEITOS DAS DECISÕES JUDICIAIS ASSECURATÓRIAS DE PREVALÊNCIA DAS NORMAS CONSTITUCIONAIS: REPERCUSSÕES EM RELAÇÃO A DECISÃO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL NO TOCANTE A COBRANÇA DE TRIBUTAÇÃO PREVIDENCIÁRIA

Leia mais

A propositura da ação vincula apenas o autor e o juiz, pois somente com a citação é que o réu passa a integrar a relação jurídica processual.

A propositura da ação vincula apenas o autor e o juiz, pois somente com a citação é que o réu passa a integrar a relação jurídica processual. PROCESSO FORMAÇÃO, SUSPENSÃO E EXTINÇÃO DO FORMAÇÃO DO PROCESSO- ocorre com a propositura da ação. Se houver uma só vara, considera-se proposta a ação quando o juiz despacha a petição inicial; se houver

Leia mais

Ambos os recursos de estrito direito têm a sua causa de pedir prevista na Constituição Federal

Ambos os recursos de estrito direito têm a sua causa de pedir prevista na Constituição Federal Interposição: perante o órgão prolator da decisão Recurso Especial Nomenclatura: REsp Competência: Superior Tribunal de Justiça STJ Prazo para interposição 15 dias; Recurso Extraordinário Nomenclatura:

Leia mais

Tassos Lycurgo DIREITO CONSTITUCIONAL. Notas de Aula (Esboço) Docente: Prof. Dr. Tassos Lycurgo Website: www.lycurgo.org E-mail: TL@ufrnet.

Tassos Lycurgo DIREITO CONSTITUCIONAL. Notas de Aula (Esboço) Docente: Prof. Dr. Tassos Lycurgo Website: www.lycurgo.org E-mail: TL@ufrnet. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DEPARTAMENTO DE DIREITO PÚBLICO DIREITO CONSTITUCIONAL Notas de Aula (Esboço) Atualizada em: 18.10.06 Docente: Prof. Dr.

Leia mais

ART. 543-C DO CPC - FIM DOS REPETIDOS RECURSOS ESPECIAIS

ART. 543-C DO CPC - FIM DOS REPETIDOS RECURSOS ESPECIAIS ART. 543-C DO CPC - FIM DOS REPETIDOS RECURSOS ESPECIAIS Rénan Kfuri Lopes- Advogado, Professor, Palestrante, Pós- Graduado em Direito Processual Civil e Direito de Empresa, Membro do Instituto Brasileiro

Leia mais

CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO Rafael Carvalho Rezende Oliveira 2ª para 3ª edição

CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO Rafael Carvalho Rezende Oliveira 2ª para 3ª edição A 3ª edição do livro CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO foi atualizada com o texto do PL de novo CPC enviado pelo Congresso Nacional à sanção presidencial em 24.02.2015. Em razão da renumeração dos artigos

Leia mais

VI pedido de reexame de admissibilidade de recurso especial.

VI pedido de reexame de admissibilidade de recurso especial. PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, 2013 - COMPLEMENTAR Estabelece normas gerais sobre o processo administrativo fiscal, no âmbito das administrações tributárias da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos

Leia mais

XV Exame de Ordem 2ª Fase OAB Civil - ProfessorAoVivo Qual a peça Juquinha? Prof. Darlan Barroso

XV Exame de Ordem 2ª Fase OAB Civil - ProfessorAoVivo Qual a peça Juquinha? Prof. Darlan Barroso XV Exame de Ordem 2ª Fase OAB Civil - ProfessorAoVivo Qual a peça Juquinha? Prof. Darlan Barroso 2ª Fase OAB - Civil Juquinha Junior, representado por sua genitora Ana, propôs ação de investigação de paternidade

Leia mais

PARECER CÍVEL N. 2/3.027/15 ARGUIÇÃO DE INCONSTITUCIONALIDADE DE LEI 92247-52.2015.8.09.0000 (201590922476) ÓRGÃO FRACIONÁRIO DE ORIGEM

PARECER CÍVEL N. 2/3.027/15 ARGUIÇÃO DE INCONSTITUCIONALIDADE DE LEI 92247-52.2015.8.09.0000 (201590922476) ÓRGÃO FRACIONÁRIO DE ORIGEM PARECER CÍVEL N. 2/3.027/15 ARGUIÇÃO DE INCONSTITUCIONALIDADE DE LEI 92247-52.2015.8.09.0000 (201590922476) COMARCA DE ORIGEM ITAGUARI/GO ÓRGÃO FRACIONÁRIO DE ORIGEM 2ª TURMA DA 4ª CÂMARA CÍVEL ÓRGÃO JULGADOR

Leia mais

RECURSO ORDINÁRIO: O artigo 895 parece ser taxativo, em suas alíneas a) e b) ao afirmarem que é cabível o recurso de revista quando:

RECURSO ORDINÁRIO: O artigo 895 parece ser taxativo, em suas alíneas a) e b) ao afirmarem que é cabível o recurso de revista quando: RECURSO ORDINÁRIO: Está previsto no artigo 893 da Consolidação das Leis do trabalho e é disciplinado no artigo 895 da mesma lei. Pode ser interposto, no prazo de 8 dias, tanto das sentenças terminativas,

Leia mais

Art. 2º Recebidos os ofícios requisitórios (precatórios) da Autarquia, estes serão remetidos, de imediato, à Procuradoria Jurídica.

Art. 2º Recebidos os ofícios requisitórios (precatórios) da Autarquia, estes serão remetidos, de imediato, à Procuradoria Jurídica. NORMA DE EXECUÇÃO/INCRA/Nº 14, DE 31 DE MAIO DE 2001 (Publicação: Diário Oficial n 110-E, de 7/6/2001, seção 1, pág. 123 e Boletim de Serviço n 24, de 11/6/2001) Estabelece procedimentos técnicos e administrativos

Leia mais

INTERVENÇÃO FEDERAL ARTIGO 34 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL

INTERVENÇÃO FEDERAL ARTIGO 34 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL INTERVENÇÃO FEDERAL ARTIGO 34 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL É o ato de intervir (tomar parte), toda vez que a ação de um Estado- Membro perturbe o sistema constitucional federativo ou provoque grave anormalidade

Leia mais

PRESSUPOSTOS SUBJETIVOS DE ADMISSIBILIDADE RECURSAL: - Possui legitimidade para recorrer quem for parte na relação jurídica processual.

PRESSUPOSTOS SUBJETIVOS DE ADMISSIBILIDADE RECURSAL: - Possui legitimidade para recorrer quem for parte na relação jurídica processual. PRESSUPOSTOS SUBJETIVOS DE ADMISSIBILIDADE RECURSAL: - Legitimidade - art. 499 CPC: - Possui legitimidade para recorrer quem for parte na relação jurídica processual. Preposto é parte? Pode recorrer? NÃO.

Leia mais

PODERES DA ADMINISTRAÇÃO

PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PODERES DA ADMINISTRAÇÃO - CONCEITO: Poderes Administrativos são elementos indispensáveis para persecução do interesse público. Surgem como instrumentos (prerrogativas) através dos quais o poder público

Leia mais

Ensino Fundamental com 9 anos de duração - Idade de Ingresso

Ensino Fundamental com 9 anos de duração - Idade de Ingresso Ensino Fundamental com 9 anos de duração - Idade de Ingresso A respeito da idade de ingresso das crianças, no ensino fundamental de 9 anos de duração, ocorreram acaloradas discussões na esfera educacional

Leia mais

- lei ordinária: regra - lei complementar: empréstimos compulsórios e contribuição para a seguridade social. - bitributação X bis in idem

- lei ordinária: regra - lei complementar: empréstimos compulsórios e contribuição para a seguridade social. - bitributação X bis in idem I. SISTEMA TRIBUTÁRIO NACIONAL 1. COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA - lei ordinária: regra - lei complementar: empréstimos compulsórios e contribuição para a seguridade social vide arts. 146 e 148 da CF vide arts.

Leia mais

WWW.CONTEUDOJURIDICO.COM.BR NOVO CPC: PERSPECTIVAS PARA A JUSTIÇA BRASILEIRA DO SÉCULO XXI

WWW.CONTEUDOJURIDICO.COM.BR NOVO CPC: PERSPECTIVAS PARA A JUSTIÇA BRASILEIRA DO SÉCULO XXI » Pedro Henrique Meira Figueiredo NOVO CPC: PERSPECTIVAS PARA A JUSTIÇA BRASILEIRA DO SÉCULO XXI O ano de 2010 marcou a comunidade jurídica com a divulgação dos tão esperados anteprojetos do novo Código

Leia mais

02/2011/JURÍDICO/CNM. INTERESSADOS:

02/2011/JURÍDICO/CNM. INTERESSADOS: PARECER Nº 02/2011/JURÍDICO/CNM. INTERESSADOS: DIVERSOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS. ASSUNTOS: BASE DE CÁLCULO DO ADICIONAL DE INSALUBRIDADE DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS. DA CONSULTA: Trata-se de consulta

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB EXAME DE ORDEM 2010/2 PROVA DISCURSIVA DIREITO CONSTITUCIONAL

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB EXAME DE ORDEM 2010/2 PROVA DISCURSIVA DIREITO CONSTITUCIONAL Questão 1 O Congresso Nacional aprovou e o Presidente da República sancionou projeto de lei complementar modifi cando arti gos do Código Civil, nos termos do art. 22, I da CRFB. Três meses após a entrada

Leia mais

AULA 07 E O8 CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE

AULA 07 E O8 CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE AULA 07 E O8 CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE VII. CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE a) Controle nas constituições rígidas e escritas b) Sistemas de controle de constitucionalidade c) Tipos de controle d)

Leia mais

Marcos Soares da Mota e Silva

Marcos Soares da Mota e Silva Marcos Soares da Mota e Silva Pós-graduado em Direito Tributário pelo Instituto Brasileiro de Estudos Tributários (IBET) e em Direito Processual Tributário pela Universidade de Brasília (UnB). Graduado

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Decisão sobre Repercussão Geral Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 9 06/12/2012 PLENÁRIO REPERCUSSÃO GERAL NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 701.511 SÃO PAULO RELATOR RECTE.(S) PROC.(A/S)(ES) : MIN.

Leia mais

Consultora Legislativa da Área I Direito Constitucional, Eleitoral, Municipal, Administrativo, Processo Legislativo e Poder Judiciário

Consultora Legislativa da Área I Direito Constitucional, Eleitoral, Municipal, Administrativo, Processo Legislativo e Poder Judiciário CRIAÇÃO DE MUNICÍPIOS. DECISÃO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL QUE SUSPENDEU, EM CARÁTER LIMINAR, A EMANCIPAÇÃO DO MUNICÍPIO DE PINTO BANDEIRA (ADIN N O 2.381-1) REGINA MARIA GROBA BANDEIRA Consultora Legislativa

Leia mais

Parágrafos do art. 102 Art. 103 (e seus parágrafos) Art. 103-A (e seus parágrafos) Art. 125, 2º

Parágrafos do art. 102 Art. 103 (e seus parágrafos) Art. 103-A (e seus parágrafos) Art. 125, 2º 1. Introdução OAB - 2012 A nossa Constituição de 1988 é classificada como uma constituição escrita (Constituições escritas são aquelas cujas normas estão reunidas em um só documento, solenemente promulgado

Leia mais

Responsável (CPF): Nelson Monteiro da Rocha (549.133.147-34)

Responsável (CPF): Nelson Monteiro da Rocha (549.133.147-34) Tribunal de Contas da União Data DOU: 19/07/2004 Colegiado: Segunda Câmara Número da Ata: 25/2004 Texto do Documento: RELAÇÃO Nº 58/2004 - Segunda Câmara - TCU Gabinete do Ministro Benjamin Zymler Relação

Leia mais

Outrossim, ficou assim formatado o dispositivo do voto do Mn. Fux:

Outrossim, ficou assim formatado o dispositivo do voto do Mn. Fux: QUESTÃO DE ORDEM Nos termos do art. 131 e seguintes do Regimento do Congresso Nacional, venho propor a presente QUESTÃO DE ORDEM, consoante fatos e fundamentos a seguir expostos: O Congresso Nacional (CN)

Leia mais

Ações do controle de constitucionalidade

Ações do controle de constitucionalidade Ações do controle de constitucionalidade * Conteúdo da aula: - Introdução: constitucionalismo e necessidade de um controle de constitucionalidade. - Classificações do controle de constitucionalidade -

Leia mais

O SENADO FEDERAL resolve:

O SENADO FEDERAL resolve: PROJETO DE RESOLUÇÃO DO SENADO Nº 27, DE 2015 Altera o inciso II do caput do art. 383 do Regimento Interno do Senado Federal para disciplinar, no âmbito das comissões, a arguição pública dos indicados

Leia mais

Controle difuso. Capítulo II. Análise dos artigos 97, 52 (inciso X) e 102 (incisos referentes ao controle difuso)

Controle difuso. Capítulo II. Análise dos artigos 97, 52 (inciso X) e 102 (incisos referentes ao controle difuso) Capítulo II Controle difuso de constitucionalidade: Análise dos artigos 97, 52 (inciso X) e 102 (incisos referentes ao controle difuso) O controle difuso de constitucionalidade possibilita, no exercício

Leia mais

Subseção I Disposição Geral

Subseção I Disposição Geral Subseção I Disposição Geral Art. 59. O processo legislativo compreende a elaboração de: I - emendas à Constituição; II - leis complementares; III - leis ordinárias; IV - leis delegadas; V - medidas provisórias;

Leia mais

: MIN. ROBERTO BARROSO TRABALHO DA 11ª REGIÃO - AMAZONAS E RORAIMA - SITRAAM

: MIN. ROBERTO BARROSO TRABALHO DA 11ª REGIÃO - AMAZONAS E RORAIMA - SITRAAM MANDADO DE INJUNÇÃO 3.750 DISTRITO FEDERAL RELATOR IMPTE.(S) ADV.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. ROBERTO BARROSO :SINDICATO DOS SERVIDORES DA JUSTIÇA DO TRABALHO DA 11ª REGIÃO - AMAZONAS E RORAIMA - SITRAAM : JANNE

Leia mais

SUMÁRIO AGRADECIMENTOS... 17. INTRODUÇÃO... 21 A importância da Lei na sociedade contemporânea... 21

SUMÁRIO AGRADECIMENTOS... 17. INTRODUÇÃO... 21 A importância da Lei na sociedade contemporânea... 21 STF00094362 SUMÁRIO NOTA DO AUTOR... 15 AGRADECIMENTOS... 17 LISTA DE ABREVIATURAS UTILIZADAS... 19 INTRODUÇÃO... 21 A importância da Lei na sociedade contemporânea... 21 CAPÍTULO 1 FUNDAMENTOS TEÓRICOS

Leia mais

02579887423 MI 4208 MANDADO DE INJUNÇÃO COLETIVO EXCELENTÍSSIMO SENHOR MINISTRO PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL

02579887423 MI 4208 MANDADO DE INJUNÇÃO COLETIVO EXCELENTÍSSIMO SENHOR MINISTRO PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL EXCELENTÍSSIMO SENHOR MINISTRO PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL A UNIÃO DOS ADVOGADOS PÚBLICOS FEDERAIS DO BRASIL UNAFE, pessoa jurídica de direito privado, sem fins econômicos, associação civil

Leia mais

VOTO PROCESSO TC 2257/2013 PROTOCOLO TC 2013/128970

VOTO PROCESSO TC 2257/2013 PROTOCOLO TC 2013/128970 VOTO PROCESSO TC 2257/2013 PROTOCOLO TC 2013/128970 Considerando que a Lei Estadual n 6.417, de 26 de maio de 2008, com vigência retroativa a 1 de maio de 2008, dispõe sobre a revisão geral anual dos servidores

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL IX EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL IX EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL O pedido formulado numa reclamação trabalhista foi julgado procedente em parte. O juiz condenou a autora a 6 meses de detenção por crime contra a organização do trabalho,

Leia mais

TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica

TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica AS FEDERAÇÕES SINDICAIS E A IMPORTÂNCIA DEA SUA PARTICIPAÇÃO COMO AMICUS CURIAE NAS AÇÕES DIRETAS DE NCONSTITUCIONALIDADE Orlando Spinetti Advogado INTRODUÇÃO Considerando-se

Leia mais

OBSERVAÇÕES E EFEITOS DA MODULAÇÃO DAS ADIS 4357 E 4425 NO CÁLCULO DOS ATRASADOS EM AÇÕES CONTRA A FAZENDA PÚBLICA SEM PRECATÓRIO EXPEDIDO.

OBSERVAÇÕES E EFEITOS DA MODULAÇÃO DAS ADIS 4357 E 4425 NO CÁLCULO DOS ATRASADOS EM AÇÕES CONTRA A FAZENDA PÚBLICA SEM PRECATÓRIO EXPEDIDO. OBSERVAÇÕES E EFEITOS DA MODULAÇÃO DAS ADIS 4357 E 4425 NO CÁLCULO DOS ATRASADOS EM AÇÕES CONTRA A FAZENDA PÚBLICA SEM PRECATÓRIO EXPEDIDO. Bernardo Rücker No último dia 25 de maio de 2015, o Plenário

Leia mais

Controle de Constitucionalidade das Leis ou Atos Normativos Municipais no Direito Brasileiro

Controle de Constitucionalidade das Leis ou Atos Normativos Municipais no Direito Brasileiro 10 Controle de Constitucionalidade das Leis ou Atos Normativos Municipais no Direito Brasileiro Adriana Valentim Andrade do Nascimento Juíza de Direito da 1ª Vara de Cachoeiras de Macacu O tema em tela

Leia mais

E O IUS POSTULANDI NA JUSTIÇA DO TRABALHO, AINDA EXISTE???

E O IUS POSTULANDI NA JUSTIÇA DO TRABALHO, AINDA EXISTE??? E O IUS POSTULANDI NA JUSTIÇA DO TRABALHO, AINDA EXISTE??? Esta é uma antiga discussão que, até a presente data, perdura em hostes trabalhistas. Existe o ius postulandi na Justiça do Trabalho? A Carta

Leia mais

DECISÃO. 1. O Gabinete prestou as seguintes informações:

DECISÃO. 1. O Gabinete prestou as seguintes informações: AÇÃO DECLARATÓRIA DE CONSTITUCIONALIDADE 27 DISTRITO FEDERAL RELATOR : MIN. MARCO AURÉLIO REQTE.(S) :ASSOCIACAO NACIONAL DAS FRANQUIAS ADV.(A/S) INTDO.(A/S) ADV.(A/S) INTDO.(A/S) POSTAIS DO BRASIL :MARCELO

Leia mais

: MIN. DIAS TOFFOLI :NATAN DONADON :GILSON CESAR STEFANES :MESA DIRETORA DA CÂMARA DOS DEPUTADOS :ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO

: MIN. DIAS TOFFOLI :NATAN DONADON :GILSON CESAR STEFANES :MESA DIRETORA DA CÂMARA DOS DEPUTADOS :ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO MEDIDA CAUTELAR EM MANDADO DE SEGURANÇA 32.299 DISTRITO FEDERAL RELATOR IMPTE.(S) ADV.(A/S) IMPDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. DIAS TOFFOLI :NATAN DONADON :GILSON CESAR STEFANES :MESA DIRETORA DA CÂMARA DOS

Leia mais

Lucas Giovani Santi A CONSTRUÇÃO DA AÇÃO DECLARATÓRIA DE CONSTITUCIONALIDADE PELA JURISPRUDÊNCIA DO STF

Lucas Giovani Santi A CONSTRUÇÃO DA AÇÃO DECLARATÓRIA DE CONSTITUCIONALIDADE PELA JURISPRUDÊNCIA DO STF Lucas Giovani Santi A CONSTRUÇÃO DA AÇÃO DECLARATÓRIA DE CONSTITUCIONALIDADE PELA JURISPRUDÊNCIA DO STF Monografia apresentada à Escola de Formação da Sociedade Brasileira de Direito Público SBDP, sob

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal )1( oãdróca atneme86242 DE-SM Diário da Justiça de 09/06/2006 03/05/2006 TRIBUNAL PLENO RELATOR : MIN. GILMAR MENDES EMBARGANTE(S) : UNIÃO ADVOGADO(A/S) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO EMBARGADO(A/S) : FERNANDA

Leia mais

A OBJETIVAÇÃO DO RECURSO EXTRAORDINÁRIO Cristiane Druve Tavares Fagundes*

A OBJETIVAÇÃO DO RECURSO EXTRAORDINÁRIO Cristiane Druve Tavares Fagundes* A OBJETIVAÇÃO DO RECURSO EXTRAORDINÁRIO Cristiane Druve Tavares Fagundes* *Doutoranda, Mestra e Pós-graduada em Direito Processual Civil pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo; pós-graduada

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso.

AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso. AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso. Por que se diz instrumento: a razão pela qual o recurso se chama agravo de

Leia mais

(Da Sra. Luiza Erundina e outros)

(Da Sra. Luiza Erundina e outros) ** PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO N o, DE 2013 (Da Sra. Luiza Erundina e outros) Cria a Corte Constitucional; altera a composição, a competência e a forma de nomeação dos Ministros do Superior Tribunal

Leia mais

Novas Atitudes. Novos. Estado Gestor

Novas Atitudes. Novos. Estado Gestor Novas Atitudes Paradigmas 1 Procedimentos Estado G t Gestor Instrumentos 2 Sociedade Estado Necessidades Expectativas P i id d Prioridades Recebe a Recebe a pauta Deve se Deve se empenhar para atender

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ Curso: DIREITO CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ Data: /0/0 Unid. V Estudo de Casos Rubrica do Professor: Disciplina: PRÁTICA JURÍDICA CONSTITUCIONAL E ADMINISTRATIVA Valor: pontos Pontos obtidos: Professora:

Leia mais

Título: A Importância da Hermenêutica no Sistema de Controle de Constitucionalidade

Título: A Importância da Hermenêutica no Sistema de Controle de Constitucionalidade Título: A Importância da Hermenêutica no Sistema de Controle de Constitucionalidade Área Temática: Sistemas Jurídicos (K) Autora: Maricy Franchini Cavalcanti Advogada pela Faculdade de Direito de Franca

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO CEARÁ PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA ASSESSORIA DE CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE

MINISTÉRIO PÚBLICO DO CEARÁ PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA ASSESSORIA DE CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE MINISTÉRIO PÚBLICO DO CEARÁ PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA ASSESSORIA DE CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ: AÇÃO DIRETA DE

Leia mais

OAB 2ª Fase Direito Constitucional Orientações Iniciais Cristiano Lopes

OAB 2ª Fase Direito Constitucional Orientações Iniciais Cristiano Lopes OAB 2ª Fase Direito Constitucional Orientações Iniciais Cristiano Lopes 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. CRONOGRAMA SEGUNDA FASE DE DIREITO CONSTITUCIONAL DATA

Leia mais

DFMS1401 CRITÉRIOS E GRADE DE CORREÇÃO QUESTÃO 1 DFMS1401 CRITÉRIOS E GRADE DE CORREÇÃO QUESTÃO 2

DFMS1401 CRITÉRIOS E GRADE DE CORREÇÃO QUESTÃO 1 DFMS1401 CRITÉRIOS E GRADE DE CORREÇÃO QUESTÃO 2 DFMS1401 CRITÉRIOS E GRADE DE CORREÇÃO QUESTÃO 1 O candidato deverá discorrer sobre os conceitos dos elementos do tipo penal (objetivos, normativos e subjetivos), dando os exemplos constantes no Código

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.374.048 - RS (2013/0073161-8) RELATOR RECORRENTE ADVOGADO RECORRIDO ADVOGADO : MINISTRO HUMBERTO MARTINS : FAZENDA NACIONAL : PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL : EMERSON DA SILVA

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Com fundamento na recente Lei n. 1.234, do Estado Y, que exclui as entidades de direito privado da Administração Pública do dever de licitar, o banco X (empresa pública

Leia mais

OAB EXAME IX 2012.3 FEVEREIRO/2013 2.ª ETAPA COMENTÁRIOS

OAB EXAME IX 2012.3 FEVEREIRO/2013 2.ª ETAPA COMENTÁRIOS PEÇA PROCESSUAL: OAB EXAME IX 2012.3 FEVEREIRO/2013 2.ª ETAPA COMENTÁRIOS OAB 2ª ETAPA PRÁTICA TRABALHISTA Caros amigos e alunos do Pro Labore, Primeiramente, gostaria de externar a minha satisfação quanto

Leia mais