I M P U L S O P R O F I S S I O N A L

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "I M P U L S O P R O F I S S I O N A L"

Transcrição

1 ISSN A N O 5 N Ú M E RO 10 AG O S TO I M P U L S O P R O F I S S I O N A L Entrevista Ex-secretário adjunto do MEC fala sobre a educação no Brasil e os primeiros resultados do ProUNI Pág. 17 Pós-graduação Confira os mais de 40 cursos de pós-graduação com módulos ministrados por professores internacionais Pág. 05 Graduação Vestibular 2007 acontece em novembro. Inscrições iniciam-se em agosto. Pág. 02 Ensino à Distância Saúde Coletiva Odontologia do Trabalho MBA em Gestão de Negócios na área da saúde Terapêutica Medicamentosa Preparatório para Concursos Públicos na Odontologia

2 É preciso acompanhar o progresso O impacto gerado pelas mudanças econômicas, sociais e culturais sobre as instituições nas últimas décadas parecem não restringir a relevância do papel destas entidades na transformação da sociedade. O advento de tecnologias, melhoria, mesmo que irrelevante, da renda e, principalmente da qualidade de vida do povo brasileiro têm sido aspectos motivadores de mudanças no ensino e nas formas de aprendizagem. Uma notícia publicada em uma revista dias atrás me chamou bastante a atenção. O título era Cresce o número de quarentões que voltam a estudar. Achei bastante interessante. A matéria se referia a uma pesquisa realizada pelo IBGE que mostrava que a proporção de alunos com idade acima de 40 anos nas universidades brasileiras dobrou de 1991 a E o que é mais surpreendente: quando somado somente aqueles estudantes acima de 50 anos, a porcentagem triplicou. Os dados mostram que estamos lidando cada vez mais com públicos diferentes dentro das instituições de ensino superior e o que é mais revelador: IES e mercado devem se adaptar a estes. Aliás, assim como o mercado, as IES devem estar atentas a todos os tipos de demandas. Um outro exemplo dessa nova procura é o público ávido por realizar um curso à distância que, apesar de esta forma de aprendizado ser implantada de uma forma bastante clara e aceita em todo o mundo, no Brasil, ainda é uma novidade. Segundo o Anuário Brasileiro Estatístico de Educação Aberta à Distância (ABREAD), no ano passado, o número de alunos que freqüentam cursos de ensino à distância no Brasil, cresceu 62%, atingindo 1,2 milhão de estudantes. Certamente, esse número vai aumentar ainda mais nos próximos anos. A São Leopoldo Mandic, atenta às inovações e buscando a democratização do ensino, torna-se pioneira na criação de cursos na área da Odontologia nesta modalidade. Atualmente, fazem parte deste tipo do ensino não-presencial os cursos de Saúde Coletiva, Odontologia do Trabalho, Terapêutica Medicamentosa e MBA em Gestão de Negócios na Área da Saúde. Os cursos contam com o respaldo do MEC e CFO e com certificação reconhecida em todo o território nacional e internacional. Contamos com alunos oriundos das mais diferentes regiões do Brasil e até de outros países, que encontraram no EAD uma forma de se aperfeiçoarem, profissionalizarem-se e adquirirem um ensino de qualidade. Tais indicadores são imprescindíveis para mostrar que a fronteira do conhecimento deve ser rompida o mais rápido possível para que tenhamos um progresso na educação e possamos acompanhar o restante do mundo. A São Leopoldo Mandic oferece educação para o trabalho! GRADUAÇÃO CURSO DE GRADUAÇÃO DA SÃO LEOPOLDO MANDIC ESTÁ ENTRE OS MELHORES DO BRASIL Avaliadores do MEC aplicaram nota máxima em todos os quesitos avaliados A Faculdade de Odontologia São Leopoldo Mandic passou por avaliação do Ministério da Educação (MEC) no último mês de julho e foi reconhecida com nota máxima (Muito Bom) em todos os quesitos avaliados (organização didático-pedagógica, corpo docente e instalações). Esse julgamento confirma que o curso de graduação é um dos melhores do país na área de Odontologia. Tradicionalmente conhecida como a Faculdade para o filho do dentista, o curso de graduação da São Leopoldo Mandic impressiona, principalmente os profissionais da área, pela sua grade curricular e estrutura oferecida. Destacam-se o número de alunos, somente 32 em uma sala de aula, com um computador disponível para cada; o fato de os estudantes terem como disciplinas intracurriculares a Língua Inglesa, o Português Redacional e Informática; o incentivo dado à pesquisa, por meio da iniciação científica; a tutoria de docentes em período integral e à distância e a formação social, que é reforçada durante as aulas e as atividades extramuros (veja os diferencias no quadro ao lado). Incentivo à pesquisa A estreita relação que a instituição mantém com o ensino e a pesquisa são fatores essenciais para garantir a qualidade da formação oferecida pela São Leopoldo Mandic. Isso significa dizer que os professores doutores que atuam nos modernos laboratórios da faculdade e ministram aulas nos cursos de Mestrado e Doutorado também ministram aulas no curso de graduação. Portanto, é natural que o conhecimento acumulado com as pesquisas e com o ensino nos cursos de pós-graduação seja repassado aos alunos da graduação. Essa característica tem sido um grande incentivo aos estudantes que começam a ter contato com a Odontologia e levado diversos destes a se envolverem em trabalhos de iniciação científica e confecção de painéis enviados a congressos nacionais e internacionais, apoiados e financiados por agências de fomento, como FAPESP, CNPq e pela própria São Leopoldo Mandic. Expediente: Impulso Profissional é uma publicação da São Leopoldo Mandic dirigida à classe odontológica. Diretor Responsável: Prof. Dr. José Luiz Cintra Junqueira Jornalista Reponsável: Tatiana Sabadini (MTB 33176/SP ) Projeto Gráfico: GR MARKA Publicidade Editado pela GR MARKA Publicidade Campinas SP Tel.: (19) Tiragem: Exemplares ISSN

3 Trabalhos nacionais e internacionais Cabe ressaltar que os alunos do curso de graduação da São Leopoldo Mandic são muitas vezes maioria entre os estudantes de graduação no maior evento de pesquisas odontológicas organizado pela SBPqO (Sociedade Brasileira de Pesquisas Odontológicas). Neste ano, 15 painéis elaborados por cerca de 25 alunos foram aprovados para serem apresentados. O próximo passo desses estudantes é a confecção de artigos e pesquisas que possam ser enviados a eventos internacionais. E se o objetivo da instituição é fazer com que esses estudos sejam divulgados no exterior, nada mais óbvio do que esses estudantes tenham uma fluência na língua inglesa. Para isso, a Faculdade de Odontologia São Leopoldo Mandic oferece o aprendizado deste idioma como disciplina intracurricular. Durante quatro anos, os alunos estudam e têm contato com artigos e periódicos escritos na língua inglesa, que possibilita que estes estejam prontos para se apresentarem em qualquer lugar do mundo. Este sólido currículo do curso de graduação também harmoniza disciplinas de caráter técnico com outras que contribuem para a formação integral da cidadania do aluno, o que já é considerado entre o meio acadêmico de todo o país, a receita de sucesso da Faculdade de Odontologia São Leopoldo Mandic. Tudo isso, sem deixar de mencionar a sua completa infra-estrutura de ensino e pesquisa da instituição, constituída de laboratórios de última geração, salas de aula equipadas com um computador para cada aluno, um centro de radiologia moderno e digitalizado e uma clínica exclusiva para as atividades práticas, que têm início logo no primeiro ano do curso. Clínica desde o 1 ano de curso Vestibular acontece em novembro Quem deseja fazer parte deste privilegiado curso de graduação em Odontologia deve ficar atento. As inscrições para o Vestibular iniciam-se no dia 07 de agosto. Estas podem ser feitas on line (www.slmandic.edu.br) ou na própria faculdade. A prova acontece no dia 05 de novembro, no campus da instituição, em Campinas SP. Os alunos que não residem na cidade, podem solicitar o manual do candidato gratuitamente pelo e- mail DIFERENCIAIS DO CURSO DE GRADUAÇÃO DA SÃO LEOPOLDO MANDIC Aprendizado na prática TURMA COM SOMENTE 32 ALUNOS Anualmente a São Leopoldo Mandic seleciona somente 32 alunos para fazer parte de seu curso de graduação. Esse número restrito de estudantes permite que todos tenham um ensino de excelência e qualidade. 01COMPUTADOR (LAPTOP) PARA CADA ALUNO Ao utilizar os computadores durante as aulas, os alunos conseguem visualizar fotos e vídeos durante a explicação dos professores, realizar pesquisas na internet e armazenar todo esse conteúdo em seus arquivos para estudarem posteriormente. Cada aluno dispõe de um computador portátil para usar durante o curso. AULAS DE INGLÊS, PORTUGUÊS REDACIONAL E INFORMÁTICA Na São Leopoldo Mandic os alunos têm as Línguas Inglesa e Portuguesa como disciplinas obrigatórias em sua grade curricular durante os quatro anos do curso, e informática durante o primeiro semestre. Iniciação científica PROFESSORES DOUTORES Os alunos da Faculdade de Odontologia São Leopoldo Mandic têm aulas com professores doutores que também ministram aulas nos cursos de pós-graduação da mesma instituição. AULAS EXTRAS COM TUTORES ( PRESENCIAL E À DISTÂNCIA) A Faculdade de Odontologia São Leopoldo Mandic disponibiliza tutores que, em períodos extras, tiram suas dúvidas, colaborando para o nivelamento do aprendizado dos alunos. 03 Ciência e consciência para o trabalho

4 PRÊMIOS Pesquisas são aprovadas em Congresso Internacional A qualidade das pesquisas realizadas pela São Leopoldo Mandic e o conseqüente interesse internacional que estas proporcionam foram comprovados mais uma vez: algumas teses realizadas no curso de Mestrado em Periodontia foram aceitas em evento da American Academy of Periodontology AAP, que acontece no mês de setembro, em San Diego, Califórnia, Estados Unidos. O coordenador responsável pelos trabalhos foi o Prof. Dr. Eduardo Saba-Chujfi. Os temas, que fazem parte da linha de pesquisa Medicina Periodontal do programa de Mestrado são: "Prevalence of Periodontitis in Brazilian Patients with Ischemic Coronary Diseases", de autoria da aluna Maria Bernadete de Poli; "Chronic Periodontitis as a Risk Factor to Ischemic Cardiac Diseases", do aluno Luiz Fernando Martins de Araújo; "Chronic Periodontitis in Brazilian Patients with Ischemic Cerebrovascular Disease", do aluno José Carlos Moreno Sapata e "Prevalence of Chronic Periodontitis in Brazilian Cardiac Patients", da aluna Solange Rodrigues Bio. Trabalho de Mestrado em Radiologia recebe prêmio A aluna do curso de Mestrado em Radiologia e Imaginologia & Diagnóstico Estomatológico da São Leopoldo Mandic, Edilamar L. Linhares Toniazzo, teve o seu trabalho científico premiado em primeiro lugar no Congresso Brasileiro de Radiologia Odontológica (VI CONABRO), em Cuiabá MT. O título do estudo apresentado foi Avaliações das Distorções nas Telerradiografias Laterais realizadas em diferentes equipamentos, sob orientação do Prof. Dr. Orivaldo Tavano, docente dos cursos de Radiologia da Instituição. Congresso premia painel científico de Implantodontia Maurício Makoto Koga, aluno do curso de Mestrado em Implantodontia da São Leopoldo Mandic, foi classificado em primeiro lugar na categoria Painel Clínico no 5 Congresso Internacional de Osseointegração da APCD, que aconteceu de 01 a 03 de junho, em São Paulo. O trabalho, denominado Ancoragem esquelética ortodôntica com o uso de mini-implantes, teve como co-autores e orientadores os professores Alexander D Ávila Salvoni, Fabiano Capato de Brito e Fernando Morelli. Os professores Alexander D Ávila Salvoni, Thomaz Wassall, Fabiano Capato de Brito e o aluno, Maurício Makoto Koga, junto ao painel premiado. Uma referência brasileira quando o assunto é Periodontia O professor do curso de Periodontia da São Leopoldo Mandic, Paulo Sérgio Gomes Henriques, juntamente com seu assistente, André Pelegrine, e colegas, foram especialmente convidados para escreverem um capítulo do livro Reabilitação Oral Contemporânea, de autoria do espanhol Elio Mezzomo. Os profissionais contribuíram com suas experiências e conhecimentos no capítulo denominado "A Inter-relação entre a Prótese e a Periodontia. Henriques, considerado como um dos profissionais mais conhecidos na área da Periodontia em todo o Brasil, também tem obras de sua autoria, como o recente livro "Estética em Periodontia e Cirurgia Plástica Periodontal", publicado pela Editora Santos. PROFESSORES DA SÃO LEOPOLDO MANDIC RECEBEM PRÊMIO O professor do curso de Saúde Coletiva da São Leopoldo Mandic, Dr. Carlos Alberto Loureiro, juntamente com duas professoras de sua equipe, Dra. Vânia Eloísa Araújo e Dra. Chistiane Alves Ferreira, implantaram um programa de saúde bucal em Ouro Preto-MG, que se classificou como o melhor programa de saúde bucal do Estado de Minas Gerais durante o ano de 2005 no Prêmio Brasil Sorridente 2006, outorgado pelo Conselho Federal de Odontologia O projeto também foi considerado como um dos 12 melhores programas do Brasil. A premiação, ocorrida no dia 20 de abril, no Rio de Janeiro, objetivou homenagear os programas de saúde bucal que mais se destacaram no último ano. Para ser eleito como o melhor de Minas, Ouro Preto concorreu com outras 36 cidades inscritas. A festa de premiação foi prestigiada por mais de 500 participantes, entre eles, autoridades da odontologia, do setor da saúde e deputados federais. As outras 10 prefeituras concorrentes ao prêmio Brasil Sorridente, cada qual indicada por um CRO, também receberam menção honrosa. Foram elas: Cambé (PR), Duque de Caxias (RJ), Mato Leitão (RS), Nossa Senhora do Socorro (SE), Pacaraima (RR), Pacoti (CE), Presidente Nereu (SC), Taquarussu (MS), Uruaçu (GO) e Vitória da Conquista (BA). 04

5 I N Í C I O E M SETEMBRO PROGRAMAÇÃO DE CURSOS 2º SEMESTRE 2006 TODOS OS CURSOS COM INSERÇÃO INTERNACIONAL MESTRADO RECONHECIDO PELA CAPES/MEC VALIDADE ACADÊMICA E PROFISSIONAL 01 DENTÍSTICA E ESTÉTICA Profa. Dra. Roberta Tarkany Basting Pós-doutora em Dentística Profa. Dra. Denise Sá Maia Caselli Doutora em Dentística Microscopia Clínica; Cariologia; Tratamentos não-invasivos para lesões iniciais de cárie; Princípios de preparos de cavidade; Proteção do complexo dentina-polpa; Procedimentos estéticos cirúrgico-periodontais aplicados à Dentística; Fundamentos de oclusão aplicados à Dentística; Uso clínico e propriedades de materiais restauradores diretos e indiretos; Estética em Dentística; Estética facial; Restaurações estéticas; Restaurações extensas com amálgama de prata; Restaurações diretas de dentes desvitalizados; Clareamento dental. Docente: Prof. Harold Heymann University of North Carolina USA 02 DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR E DOR- OROFACIAL Prof. Dr. Antônio Sérgio Guimarães Doutor em Ciências Odontológicas Anatomia e Fisiologia da ATM e dos músculos da mastigação; Neuroanatomia; Etiologia das DTMs; Princípios da formação das imagens por tomografia computadorizada e ressonância magnética; Diagnóstico das DTM; Sons Articulares; Estomatologia e Patologia Oromaxilofacial x Dor Orofacial; Classificação das Cefaléias; Dores Odontogênicas; Reumatologia da DTM e dor orofacial; Avaliação psicológica da dor; Neurofisiologia e mecanismos da dor; Tratamento das DTMs; O emprego de exercícios terapêuticos no tratamento das DTMs; Placas interoclusais; Oclusão. Docente: Prof. Gunnar Carlson Universidade de Gotemburgo - Suécia ENDODONTIA Prof. Dr. Carlos E. S. Bueno Doutor em Endodontia Prof. Dr. Alexandre Sigrist de Martin Doutor em Endodontia Anatomia dental interna; Histofisiologia do Esmalte da Polpa e Dentina; Microbiologia; Patologia pulpar; Processo de defesa e reparo em Endodontia; Patologia periapical; Cirurgia de acesso; Instrumentos e instrumental endodôntico; Irrigação 3D do sistema de canais radiculares; Técnicas de preparo do canal; Odontometria e radiologia aplicada à Endodontia; Medicação Intracanal; Obturação do Sistema de Canais Radiculares: técnicas de obturação empregando guta-percha a frio, termoplastificada e Resilon; Atendimento de urgências endodônticas; Reparação pós-tratamento endodôntico; Biossegurança em Endodontia; Traumatismo Dental; Complicações em Endodontia - Reabsorções dentais, canais calcificados e dentes com rizogênese incompleta; Fraturas dentais; Acidentes técnicos de perfurações e fraturas de instrumentos no interior dos canais radiculares; Retratamento Endodôntico; Cirurgia Paraendodôntica; Clareamento dental interno; Relação Endodontia-Ortodontia; Relação Endodontia-Periodontia; Laser em Endodontia; Endodontia na Pediatria; Emergências médicas em Odontologia; Seminários, workshops, laboratórios e atividades clínicas. Docente: Prof. Pierre Matchou - Université de Paris França IMPLANTODONTIA Prof. Thomaz Wassall Doutor em Ciências Corpo docente: Prof. Saturnino A. Ramalho - Doutor em Ciências Prof. Alexander Salvoni - Doutor em Patologia Bucal Uso de Microscopia Clínica e Instrumentação Rotatória Bases da Implantodontia; Enxertos autógenos; Enxertos específicos para seio maxilar; Carga imediata; Otimização de resultados estéticos; Implantes como sistema de ancoragem; Tópicos de Periodontia; RGT e enxertos de tecido mole; Tópicos da oclusão, montagem e articulador; Prótese sobre Implantes; Enxertos com Hands-on; Hands-on cirúrgico e protético; Manipulação de tecidos moles; Overdentures; Próteses unitárias sobre Implantes; Áreas doadoras: coleta craniana e ilíaco. Docente: Prof. Karl Kahnberg Universidade de Gotemburgo - Suécia 05

6 05 ORTODONTIA Prof. Dr. Paulo Roberto Aranha Nouer Doutorado em Odontologia e Pós-Doutorado em Ortodontia Docentes convidados: Prof. Dr. Darcy Flávio Nouer Doutor e Livre-Docente em Ortodontia Profa. Dra. Maria Beatriz B. Araújo Magnani Doutora em Ortodontia Introdução à Ortodontia; Técnicas ortodônticas abordadas em fase teórico-laboratorial e clínica: Edgewise (Tweed-Merrifield) e Straight-wire (Bidimensional); Introdução à Técnica Segmentada EdgeVolution, desenvolvida pelo projeto de apoio inter-institucional São Leopoldo Mandic e FOP-UNICAMP; Emprego clínico de ancoragem intra-bucal com mini-implantes; Tratamentos ortodônticos combinados com cirurgia ortognática realizados durante o curso de mestrado; Desenvolvimento de pesquisas clínicas e ensaios laboratoriais para a dissertação de conclusão de curso acompanhado por renomados pesquisadores e professores doutores participantes do programa de mestrado. Docente: Prof. Hans Peterbantleon Universidade de Viena 06 ODONTOLOGIA SOCIAL Profª. Dra. Flávia Martão Flório Doutora em Cariologia Docentes convidados: Prof. Dr. Antônio Carlos Pereira Pós-Doutor em Saúde Pública Profª Dra. Luciane Zanin de Souza Doutora em Cariologia Epidemiologia geral e aplicada à Odontologia; Levantamentos Epidemiológicos; Bioestatística aplicada à Odontologia Social; Metodologia de Pesquisa Aplicada; Ciências Sociais e Saúde; Saúde e Trabalho; Promoção de Saúde em Odontologia (Estomatologia, Cariologia, Periodontia, Odontopediatria, Ortodontia e Odontogeriatria); Educação para Saúde; Gestão em Saúde (Planejamento e programação em serviços de saúde e políticas de saúde); Atividades Didáticas. Docente: Prof. Carlos Gonzáles-Cabezas Indiana University School of Dentistry - USA 07 ODONTOPEDIATRIA Prof. Dr. José Carlos Pettorossi Imparato Doutor em Odontopediatria Técnica Straight-Wire Bidimensional Docentes Convidados: Prof. Dr. Antônio C. Guedes-Pinto Pós-Doutor e Livre-Docente em Odontopediatria Prof. Dr. Marcelo Bonëcker Pós-doutor e Livre-Docente em Odontopediatria Odontologia para o bebê; Estudo das dentições; Psicologia e manejo; Diagnóstico e Patologia bucal; Prevenção e educação do paciente; Reabilitação bucal e manejo cirúrgico; Ortodontia Preventiva; Pacientes Especiais; Responsabilidade profissional; Traumatismo e cirurgia; Odontohebiatria; Cariologia; Procedimentos restauradores (Dentística - Prótese); Terapia endodôntica em Odontopediatria; Alterações de desenvolvimento; Traumatismo dentário. 08 PATOLOGIA BUCAL Profª. Dra. Vera Cavalcanti de Araújo Doutora e Livre-Docente em Patologia Bucal. Profª. Dra. Cristiane Furuse Doutora em Patologia Bucal Profª. Dra. Patrícia Ramos Cury Doutora e Pós-Doutora em Patologia Bucal Distúrbios de desenvolvimento, processos regressivos, inflamatórios e neoplásicos; Pulpopatias, periapicopatias e periodontopatias; Doenças infecciosas; Cistos e tumores odontogênicos; Estomatodermatopatologias; Neoplasias benignas e malignas; Lesões pré-malignas; Patologia das glândulas salivares e Patologia óssea. 09 Docente: Prof. Bent Nyvad Universidade de Arrhus Docente: Prof. Brad W. Neville University of North Carolina USA PERIODONTIA Prof. Dr. Júlio César Joly Doutor em Periodontia Profª. Dra. Patrícia Ramos Cury Doutora em Periodontia e Pós-doutora em Patologia Bucal Epidemiologia das doenças periodontais; Microbiologia e imunologia periodontal; Medicina periodontal; Exame clínico e radiográfico periodontal; Diagnóstico avançado em Periodontia; Plano de tratamento periodontal; Prevenção em Periodontia; Tratamento Periodontal Cirúrgico; Regeneração Periodontal; Estética na Periodontia e cirurgia plástica periodontal; Terapia de manutenção. Docente: Prof. Javier Garcia Fernandez Universidade Central de Barcelona - Espanha 06

7

8 13 DISFUNÇÃO TÊMPOROMANDIBULAR E DOR- OROFACIAL Portaria CFO-SERESP n 361 Prof. Dr. Marcelo Lucchesi Teixeira Doutor em Prótese Dentária Prof. Eduardo Navarro Mestre em Prótese Dentária Programa Básico de Especialização; Oclusão Dentária; Classificação das DTMs; Técnicas de diagnóstico das DTM's; Imageologia aplicada às DTM's; Controle da dor orofacial; Tipos, indicações, confecção e ajuste de placas oclusais; Bruxismo; Síndrome da Apnéia Obstrutiva do Sono (SAOS); Modalidades de tratamento para SAOS e ronco; Fisioterapia Aplicada às DTMs; Interação Multidisciplinar; Farmacologia; Anatomia e Fisiologia do Sistema Estomatognático; Tratamento e Controle das DTMs; Dores Odontogênicas e não odontogênicas. Duração: 18 Meses Matrícula: R$ 435,00 Mensalidade: R$ 770,00 14 Docente: Prof. Gunnar Carlson Universidade de Gotemburgo - Suécia ENDODONTIA Portaria CFO-SERESP n 359 Coordenação Prof. Dr. Rielson Jose Alves Cardoso Doutor em Endodontia Microscopia Clínica; Odontometria: Radiológica e Eletrônica; Radiologia em Endodontia; Técnicas de Preparo do Canal: manuais e mecanizadas; Obturação dos Canais Radiculares Materiais e técnicas de condensação, compactação e termoplastificação; Traumatismo Dental; Reabsorções Dentais; Fraturas Dentais; Tratamento de lesões refratárias; Iatrogênias e complicações; Retratamento Endodôntico; Remoção de prótese intra-radicular; Restauração do dente tratado endodonticamente; Relações patológicas e terapêuticas da Endodontia com a Periodontia; Planejamento Integrado de Tratamentos; Novas tecnologias. Duração: 24 Meses Matrícula: R$ 475,00 Mensalidade: R$ 900,00 Docente: Prof. Pierre Matchou Université de Paris França 15 IMPLANTODONTIA Portaria CFO-SERESP n 358 Coordenador: Prof. Dr. Thomaz Wassall Doutor em Ciências Biologia e estudo do fenômeno osseointegração; Interface implante-tecidos biológicos; Técnicas cirúrgicas de instalação de implantes; Enxertos em blocos particulados, autógenos e biativos; Banco de ossos; Enxertos de área doadora intra-bucal e extra-bucal; Regeneração tecidual guiada; Estudo dos biomateriais; Aplicabilidade dos implantes extra-orais e suas próteses; Diagnóstico e planejamento em implantodontia; Biomecânica aplicada nas próteses implanto-suportadas; Estudo da oclusão nas próteses sobre implantes; Tipos de articuladores e suas aplicações; Técnicas de confecção de próteses fixas totais, parciais, unitárias e overdenture; Protocolos para os diversos tipos de carga imediata; Interação da implantodontia com outras especialidades; Implantes ortodônticos. Duração: 24 Meses Matrícula: R$ 750,00 Mensalidade: R$ 1.400,00 Este curso conta com um módulo internacional Docente: Prof. Karl Kahnberg Universidade de Gotemburgo - Suécia 16 ODONTOPEDIATRIA Portaria CFO-SERESP N 674 Coordenador: Prof. Dr. José Carlos Pettorossi Imparato Doutor em Odontopediatria Odontologia para o bebê; Estudo das dentições; Psicologia e manejo; Diagnóstico e Patologia bucal; Prevenção e educação do paciente; Reabilitação bucal e manejo cirúrgico; Ortodontia Preventiva; Pacientes Especiais; Responsabilidade profissional; Traumatismo e cirurgia; Odontohebiatria. Duração: 20 Meses Matrícula: R$ 435,00 Mensalidade: R$ 770,00 Docente: Prof. Bent Nyvad Universidade de Arrhus USA 08

9 17 ORTODONTIA Portaria CFO-SERESP N 364 Coordenador: Prof. Roberto Rosendo Barros Reis Mestre em Ortodontia Ortodontia Básica; Análises Cefalométricas; Análise Facial; Análise da idade pelas vértebras cervicais; Filosofia e princípios da Alexander Discipline; Arcos da mais alta tecnologia; Colagem direta e indireta de braquetes; Uso de microimplantes para ancoragem; Aparelhos auxiliares; Tratamento orto-cirúrgico; Uso de elásticos; Tratamento em duas etapas; Tratamento de adultos; Biomecânica da movimentação dentária; Contenção e estabilidade; Mecânica de protração maxilar. Duração: 30 Meses Matrícula: R$ 900,00 Mensalidade: 30 x R$ 1.800,00 ou 36 x 1.550,00 18 Docente: Prof. Wick Alexander New York University ORTODONTIA Portaria CFO-SERESP N 362 Coordenador: Prof. Maurício Von Zuben Mestre em Ortodontia Análises cefalométricas Ricketts e USP; Reconhecimento e tratamento das alterações verticais, sagitais e antero-posteriores; VTO Visualização dos objetivos do tratamento; Comparação de técnicas (Arco Contínuo e Arcos Secionados); Proporção Áurea de Ricketts; Controle do torque e ancoragem nas diferentes técnicas; Diagnóstico associado a outras disciplinas (fonoaudiologia, otorrinolaringologia, ortognática e implantes); Inovações tecnológicas, materiais ortodônticos de ponta; Distalização de molares; Ortopedia por intermédio de aparatologia fixa; Anatomia das ATMs DTM; Mecânica ortodôntica nas diferentes técnicas (aulas laboratoriais TYPODONT Classes I e II com e sem extrações); Finalização ortodôntica. Duração: 30 Meses Matrícula: R$ 900,00 Mensalidade: 30 x R$ 1.800,00 ou 36 x 1.550,00 Técnica Alexander Técnica de Ricketts Docente: Prof. Hans Peterbantleon Universidade de Viena 19 ORTODONTIA E ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES Portaria CFO-SERESP n 418 Portaria CFO-SERESP n 678 Prof. Laura Moura Martins Mestre em Ortodontia e Ortopedia Funcional dos Maxilares Tópicos evolutivos da antropologia física; Crescimento e desenvolvimento crânio-facial; Fisiologia do sistema estomatognático; Respostas dos tecidos às forças em ortodontia/ortopedia; Oclusão e fisiologia do sistema mastigatório; Biogênese da oclusão, etiologia e classificação da maloclusões; Radiologia e Imaginologia; Documentação, diagnóstico e planificação do tratamento ortodôntico; Cefalometria radiográfica; Princípios biofísicos e biomecânicos da movimentação dentária; Ortopedia funcional dos maxilares; Aparelhos miotônicos e miodinâmicos; Ortodontia corretiva; Mecânica classe I sem e com extração; Mecânica classe II 1 sem e com extração; Mecânica classe II 2; Mecânica classe III; Atendimento a pacientes na clínica ortodôntica; Tratamento das mordidas abertas e sobremordida; Implantes como ancoragem em Ortodontia; Contenção e estabilidade em ortodontia; Seminários. Duração: 30 Meses Matrícula: R$ 900,00 Mensalidade: 30 x R$ 1.800,00 ou 36 x 1.550,00 Docente: Prof. Hans Peterbantleon Universidade de Viena 20 PACIENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS Portaria CFO-SERESP N 675 Coordenação Profª. Dra. Tatiane Marega Doutora em Educação Especial Técnica Straight-Wire DUPLA CERTIFICAÇÃO Conceito de deficiência; Aspectos psicológicos; Planejamento e Promoção de Saúde; Genética e Sindromologia; Deficiência Neuromotora, Auditiva e Visual; Autismo, Oncologia Pediátrica, Distúrbios Metabólicos e Distúrbios Imunodeprimidos; Atendimento Hospitalar ao Paciente Especial; Tratamento de maloclusões e disfunções utilizando a Ortopedia Funcional dos maxilares; Aspectos periodontais e Tratamento Endodôntico do portador de necessidade especial; Aspectos radiológicos; Atendimento ao bebê especial e a paciente gestante; Cardiopatias; Fissura lábio palatais. Duração: 18 Meses Matrícula: R$ 375,00 Mensalidade: 18 x R$ 650,00 ou 24 x R$ 510,00 Docente: Prof. Carlos Gonzáles-Cabezas Indiana University School of Dentistry - USA 09

10 21 PATOLOGIA BUCAL Portaria CFO-SERESP n 435 Profa. Dra. Vera Cavalcanti de Araújo Doutora e Livre Docente em Patologia Bucal Histórico da Patologia; Laboratório de anatomia patológica: macroscopia, processamento histológico, coloração hematoxilina-eosina (HE), ácido periódico de Schiff (PAS); Conceitos básicos em patologia; Histologia básica; Exame clínico; Imaginologia; Biópsia, citologia esfoliativa, punção aspirativa, punção biópsia; Distúrbios de Desenvolvimento; Cárie; Sangue; Inflamação aguda e crônica; Reparação; Imunidade; Distúrbios do sistema imune; Patologias da Polpa e do Periápice; Periodontopatias inflamatórias; Imunoistoquímica; Patologias causadas por agentes físicos e químicos; Patologias causadas por agentes biológicos: Bactérias, Fungos e vírus; Cistos da cavidade bucal; Neoplasias: conceitos e classificação; Tumores odontogênicos; Neoplasias benignas da cavidade bucal; Carcinogênese; Câncer bucal; Outras neoplasias malignas da cavidade bucal; Neoplasias benignas e malignas de glândulas salivares; Patologias não-neoplásicas das glândulas salivares; Biologia e Patologia óssea; Doenças Dermatológicas Adquiridas e Congênitas. Natureza: Teórico - Prático Laboratorial Duração: Matrícula: R$ 240,00 Mensalidade: R$ 480,00 Docente: Prof. Brad W. Neville University of North Carolina USA 22 PERIODONTIA E ESTÉTICA GENGIVAL Portaria CFO-SERESP N 363 Coordenação Paulo S. Gomes Henriques Mestre em Periodontia e Doutor em Ciências Biomédicas Ciclo Periodontal Básico; Promoção de Saúde Bucal; Medicina Periodontal; Descontaminação Radicular Mecânica e Química; Cirurgias Periodontais Conservadoras, Ressectivas e Reconstrutivas; Cirurgia Plástica Periodontal; Manipulação de Tecidos Moles em Áreas Periimplantares; O uso do Microscópio em Periodontia; Terapia Periodontal de Suporte (Manutenção). Duração: 20 Meses Matrícula: R$ 485,00 Mensalidade: R$ 870,00 Docente: Prof. Javier Garcia Fernandez Universidade Central de Barcelona - Espanha 23 PRÓTESE DENTÁRIA Portaria CFO-SERESP N 360 Coordenação Prof. Dr. Artêmio Luiz Zanetti Doutor em Prótese Dentária Prof. Dr. Pedro Paulo Feltrin Doutor em Ciências da Saúde Planejamento em Prótese; Tratamento das DTMs; Próteses Convencionais e Implanto-Retidas; Prótese Total; Materiais Macios; Princípios Fundamentais dos Preparos Dentários; Técnicas de Moldagem; Tipos de Encaixe em Prótese Parcial Removível; Inovações Tecnológicas. Duração: 24 Meses Matrícula: R$ 550,00 Mensalidade: R$ 1.000,00 Docente: Francesco Martelli Universidade de Firenze - Itália 24 RADIOLOGIA ODONTOLÓGICA E IMAGINOLOGIA & ESTOMATOLOGIA Portaria CFO-SERESP N 676 Portaria CFO-SERESP N 347 Coordenação Prof. Dr. José Luiz C. Junqueira Doutor em Radiologia Prof. Fabiana Pastana Silvia Dias Doutorado em Radiologia Prof. Dr. Orivaldo Tavano Doutor e Livre-Docente Profª. Dra. Cristiane Furuse Doutora em Patologia Bucal Prof. Paulo Camargo de Moraes Mestre em Estomatologia Dupla Certificação Radiologia: Natureza, produção e propriedades dos Rx; Anatomia e Técnicas radiográficas Intra e Extra-bucal; Métodos de Revelação /Câmara Escura e Soluções Processadoras; Controle de Infecção Cruzada; Princípios de interpretação radiográfica; Aspecto Radiográfico das lesões do elemento dental e crânio-maxilo-mandibulares, cistos e tumores; Adenóide; Seios Paranasais; Radiologia das Glândulas Salivares; Radiografias com contraste; Ultrassonografia; Planejamento Radiográfico para Implante; Tomografia Convencional e Computadorizada; Ressonância Magnética Nuclear; Densitometria Óssea; Radioterapia; Pontos e Análises Cefalométricas; Documentação Ortodôntica; Fotografia; Marketing em Radiologia. Estomatologia: Exame clínico e complementares; Lesões ulcerativas e vésico-bolhosas; Diagnóstico e tratamento das lesões brancas, pigmentadas e vasculares; Diagnóstico e tratamento dos Processos Proliferativos e das infecções fúngicas, bacterianas e virais; Diagnóstico das Neoplasia Benignas; Semiotécnica das Lesões ósseas; Diagnóstico e tratamento das doenças das glândulas salivares; Câncer bucal; Tratamento do Câncer bucal e seqüelas. 10

11 Duração: 18 Meses Matrícula: R$ 480,00 Mensalidade: R$ 860,00 Este curso conta com um módulo internacional Docente: Prof. Neil Frederiksen Texas A&M University System Health Science Center USA ESPECIALIZAÇÃO RECONHECIDA PELO MEC VALIDADE ACADÊMICA 25 ACUPUNTURA SISTÊMICA Coordenação Profª. Fátima Teresani Stein Mestre em Ortodontia Conceitos e histórico da acupuntura; Os fundamentos: O Tao, Yin/Yang e os cinco elementos; Relógio biológico e as funções; Os pontos de acupuntura: características e métodos de localização; Os meridianos; Material e instrumental utilizado no tratamento; Meridianos secundários; Fisiologia energética (Zang/Fu); Receitas de acupuntura para as diversas especialidades; Microssistemas: da orelha, da língua, da mão, do pé, da face, dos dentes, do nariz e do olho. Duração: 18 Meses Início:Setembro/2006 Matrícula: R$ 220,00 Mensalidade: R$ 340,00 26 CIRURGIA PLÁSTICA PERIODONTAL E PERIIMPLANTAR Coordenação Prof. Dr. Eduardo Saba-Chujfi Doutor em Periodontia Ministério da Educação Docente: Prof. Giovanni Maciocia Autor do livro: Diagnosis in Chinese Medicine Atual paradigma etiológico e terapêutico em periodontia e em problemas periimplantares; Biofilmes Dentários, Implantares e Bucais; Influência cirúrgica do atual paradigma de Medicina Periodontal ; Imaginologia e Prototipagem em Plástica; Desintoxicação cementária e implantar; Recontorno Gengival de Saba-Chujfi; Cunhas (Bomb Bay, Pie Edge, Flag); Contribuição Técnica de Stahl; Deslocamento de Dupla Papila de Cohen e Ross; Técnicas de Allen; Enxerto Gengival Livre ou Queratinizado; Enxerto de Tecido Conjuntivo Subepitelial; Reconstrução de papila de Saba-Chujfi; Tratamento dos defeitos ósseos; Tratamento das recessões gengivais e dos tecidos moles em implantes; Novas tendências e novos materiais. Duração: 15 Meses Matrícula: R$ 375,00 Mensalidade: R$ 500,00 Docente: Prof. Karl Kahnberg Universidade de Gotemburgo - Suécia 27 ODONTOLOGIA ESTÉTICA Coordenação Prof. Dr. Dirceu Vieira Doutor em Dentística Clareamento dental; Cariologia; Análise do Sorriso; Restaurações estéticas; Facetas estéticas; Inlay, onlay e overlay; Moldagem / Cimentação; Prótese fixa adesiva, metal-free e sobre implantes; Estética em Periodontia; Ortodontia: Pequenos movimentos; Coroa metalocerâmica x Metal Free. Duração: 12 Meses Matrícula: R$ 375,00 Mensalidade: R$ 650,00 Docente: Prof. Harold Heymann University of North Carolina USA APERFEIÇOAMENTO 28 DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR E DOR OROFACIAL Prof. Dr. Antônio Sérgio Guimarães Doutor em Ciências Odontológicas Certificação Internacional Ministradores Internacionais: Anna Wenneberg Profa. Dra. em DTM e Dor Orofacial Universidade de Gotemburgo Tomas Magnusson Prof. Dr. em DTM e Dor Orofacial Centro de Pesquisas e Pós Graduação de Jonkoping - Suécia Martii Helkimo Prof. Dr. em DTM e Dor Orofacial Centro de Pesquisas e Pós Graduação de Jonkoping - Suécia Introdução Etiologia das DTMs; Anatomia e fisiologia dos músculos da mastigação e da DTM; DTM muscular/dtm articular Diagnóstico diferencial; Exame clínico dos pacientes com DTM; Dor de trajeto atípico; Aspectos emocionais dos pacientes com DTM; Diagnóstico por imagem; Doenças reumatóides processos degenerativos articulares; Tratamento das DTMs; Casos complexos tratamento em um centro multidisciplinar. 11

12

13 33 COMO ESTAR PREPARADO PARA O MERCADO DE TRABALHO NA ODONTOLOGIA HOJE E AMANHÃ Prof. Dr. Fábio Bibancos Mestre em Saúde Coletiva A economia brasileira e o reflexo das profissões; Panorama da área da Saúde; Leis trabalhistas; O mercado de trabalho nos setores privado, público e educacional; Visão básica sobre o Terceiro Setor; O uso do ISO 9000 em consultórios odontológicos; Requisitos para se alcançar o sucesso; Oportunidades de carreira. Natureza: Teórico Duração: Módulo único de 6 dias Início: Outubro/2006 Matrícula: R$ 50,00 Mensalidade: R$ 180,00 34 TOMOGRAFIA, RESSONÂNCIA MAGNÉTICA E PROTOTIPAGEM PARA DENTISTAS Prof. Dr. Cláudio Costa Doutor e Livre-docente em Radiologia Prof. Dra. Fabiana Pastana Silva Dias Doutorado em Radiologia Tomografias convencionais lineares, hipocicloidais e espirais; Anatomia em tomografia convencional e planejamento para implantes; Tomografia computadorizada médica (GE, Picker e Siemens - fan beam), programas Dentascan e 3D; Anatomia em tomografia médica e planejamento para implantes; Tomografia computadorizada odontológica (Newtom - cone beam), programas para implante em 3D; Anatomia em tomografia odontológica e planejamento para implantes; Ressonância magnética no estudo da Articulação Temporomandibular; Apresentação de casos clínicos; Prototipagem rápida e planejamento em Implantodontia. Apresentação de casos cedidos pelos Professores Neil Frederiksen (Universidade do Texas), Stuart White (Universidade da Califórnia) e José Luiz Cintra Junqueira (São Leopoldo Mandic e IRO). Natureza: Teórico-Prático Duração: Módulo Único de 04 dias Início: Outubro/2006 Matrícula: R$ 50,00 Mensalidade: R$ 300,00 Docente: Prof. Carlos Gonzáles-Cabezas Indiana University School of Dentistry - USA Este curso conta com um módulo internacional Docente: Prof. Neil Frederiksen - Texas A&M University System Health Science Center USA CAPACITAÇÃO VOLTADO PARA PROFISSIONAIS COM EXPERIÊNCIA NA ÁREA 35 AVANÇADO EM ENDODONTIA MICROSCOPIA, INSTRUMENTAÇÃO ROTATÓRIA E OBTURAÇÃO TERMOPLASTIFICADA Coordenação Prof. Carlos Eduardo da Silveira Bueno Doutor em Endodontia Microscopia operatória; uso de localizadores; Instrumentação - técnica manual e rotatória; Princípio coroa-ápice; Sistemas rotatórios k3, race, pro taper; Rotação alternada; Motores elétricos; Técnicas híbridas - manutenção espacial do sistema de canais até o forame; Ultrasom e pontas especiais; Técnicas de obturação termoplastificadas- tagger, thermafil; Onda contínua de condensação; Cones não estardadizados; Cimentos-oze, resinosos; Introdução destes recursos na clínica; Discussão de casos e seminários; Laboratório; workshops e clínica endodôntica. Duração: 05 Meses Matrícula: R$ 50,00 Mensalidade: R$ 300,00 36 CIRURGIA PLÁSTICA PERIODONTAL E MANIPULAÇÃO DE TECIDOS MOLES EM ÁREAS PERIIMPLANTARES Prof. Dr. Paulo Sérgio Gomes Henriques Mestre em Periodontia e Doutor em Ciências Biomédicas Autor do livro "Estética em Periodontia e Cirurgia Plástica Periodontal" Equipamentos oferecidos: microscópios, localizadores e motores elétricos Docente: Prof. Pierre Matchou Université de Paris França A Estética do Sorriso; Emergências e Hemostasia em Cirurgias Avançadas; Macro e Micro Instrumentos; Planejamento Cirúrgico; Cirurgias para aumentar a faixa de gengiva ceratinizada ao redor de dentes e de implantes; Como diminuir o impacto do Sorriso Gengival; Diferentes Técnicas e Previsibilidade em Cobertura Radicular; Aumentos de Rebordo em Tecido Mole e a Otimização com Prótese; Possibilidades em Reconstrução de papilas; Conceitos de Cirurgia Plástica Periodontal Aplicados à Implantodontia. Duração: 04 Meses Início:Setembro/2006 Matrícula: R$ 50,00 Mensalidade: R$ 800,00 Docente: Prof. Javier Garcia Fernandez Universidade Central de Barcelona - Espanha 13

14 37 DIAGNÓSTICO CEFALOMÉTRICO Prof. Dr. Renato Castro de Almeida Doutor em Ortodontia e Especialista em Radiologia Histórico da Cefalometria; Noções de técnicas radiográficas; Anatomia radiográfica; Confecção de cefalogramas; Análise de Tweed; Análise de Ricketts; Análise de Jarabak; Análise de Mc Namara; Análise de Wits; Análise Padrão USP; Análise Padrão Unicamp; Análise Frontal de Ricketts; Índice Carpal. Natureza: Teórico-Prático Duração: 08 Meses Matrícula: R$ 50,00 Mensalidade: R$ 150,00 ENSINO À DISTÂNCIA RECONHECIDO PELO MEC E CFO 38 MBA: GESTÃO DE NEGÓCIOS NA ÁREA DA SAÚDE Prof. Benedito Décio da Silveira Camargo Junior Mestre em Administração Profª. Dra. Lara C. Bezzon Doutora em Ciências Sociais O Ambiente de Negócios na área da Saúde no Brasil; Gestão das Organizações de Negócios em Saúde; Noções de Direito Público e Privado; Planejamento Estratégico na Área da Saúde; Marketing e Atendimento ao Cliente na Área da Saúde; Princípios de Contabilidade e Custos; Desenvolvimento Gerencial e Liderança para o Profissional da Saúde; Responsabilidade Social e Ética Empresarial; Metodologia do Estudo de Caso como Trabalho Científico. Duração: 14 Meses Matrícula: R$ 298,00 Mensalidade: R$ 298,00 39 CURSO PREPARATÓRIO PARA CONCURSOS PÚBLICOS NA ODONTOLOGIA Prof. Werther Cruz de Carvalho Mestre em Periodonntia Ministério da Educação Como se preparar, estudar e resolver questões de concursos públicos; Tipos: questões abertas e testes. Todas as especialidades odontológicas conforme os editais dos concursos públicos dos últimos anos. Duração: 14 Meses Matrícula: R$ 200,00 Mensalidade: R$ 200,00 40 ODONTOLOGIA DO TRABALHO Portaria CFO-SERESP n 416 Prof. Dr. Urubatan Vieira de Medeiros Doutor e Livre-Docente em Odontologia Coletiva Patologia do trabalho de acordo com a natureza do processo saúde/doença; Redução e/ou eliminação na nocividade do trabalho; Legislação trabalhista atualizada; Políticas públicas em saúde e segurança do trabalho; Exames admissionais periódicos e demissionais; Saúde ocupacional; Epidemiologia e planejamento de ações de saúde do trabalhador; Auditoria e perícias odontológicas. Duração: 14 Meses Matrícula: R$ 298,00 Mensalidade: R$ 298,00 41 Estratégias para a Promoção de Saúde Bucal; Educação em Saúde; Políticas Públicas de Saúde; Planejamento e Gestão de Sistemas; Ética e Legislação Odontológica; Emergências Médicas; Ciências da Conduta; Epidemiologia; Bioestatística; Odontologia do Trabalho; Bioética; Metodologia da Pesquisa. 42 SAÚDE COLETIVA Portaria CFO-SERESP n 415 Profª. Dra. Flávia M. Flório Doutora em Cariologia e Especialista em Saúde Coletiva Duração: 14 Meses Início:Setembro/2006 Matrícula: R$ 298,00 Mensalidade: R$ 298,00 TERAPÊUTICA MEDICAMENTOSA Prof. Dra. Fernanda Lopes da Cunha Doutora em Farmacologia Fundamentos de Anatomia Topográfica, Fisiologia e Biofísica; Conceitos básicos de Farmacologia e Legislação; Antiinflamatórios, Anestesiologia, Antimicrobianos, Ansiolíticos e Sedação com Óxido Nitroso; Analgésicos; Interações Medicamentosas; Biossegurança; O uso de medicamentos em pacientes com necessidades especiais; Ética e Legislação Odontológica; Emergências Médicas; Bioética; Bioestatística; Metodologia da Pesquisa. Duração: 14 Meses Matrícula: R$ 298,00 Mensalidade: R$ 298,00 14

15 INTERNACIONAL SÃO LEOPOLDO MANDIC RECEBE PROFISSIONAIS DE TODO MUNDO A São Leopoldo Mandic tem sido o local de encontro dos mais conceituados profissionais internacionais ligados à Odontologia, que atualmente são referências em todo o mundo em suas especialidades. O convite partiu muitas vezes dos professores-coordenadores dos cursos de especialização e mestrado, os quais acreditam que o contato com esses profissionais pode enriquecer o aprendizado dos estudantes. Confira quem passou pelos cursos da São Leopoldo Mandic: Prof. Dr. Wick Alexander (USA) - autor da técnica Alexander, considerada uma das mais modernas técnicas da Ortodontia. Veio a convite do professor do curso de Mestrado em Ortodontia, Roberto Rosendo. Prof. Dr. Brad W. Neville (USA) - atual Diplomata da American Board of Oral and Maxillofacial Pathology, presidente da American Academy of Oral and Maxillofacial Pathology e autor principal dos livros Patologia Oral e Maxilofacial e Atlas Colorido de Patologia Clínica Oral. O convite partiu da Pró-Reitora de Ensino e Pesquisa, Profª. Dra. Vera Cavalcanti de Araújo. Dr. Anthony Portigliatti (EUA) - Reitor da Florida Christian University (Orlando). Veio à São Leopoldo Mandic a convite do Prof. Dr. Carlos F. Franco Jr, coordenador do curso de MBA em Gestão e Marketing na Área da Saúde, e ministrou a aula A administração de Empresas de Saúde na Era dos Negócios Globais. Prof. John Gerard Meechan - escocês e um dos expoentes mundiais da Anestesiologia. Participou dos cursos da São Leopoldo Mandic à convite da Profª. Dra. Juliana Cama Ramacciato, coordenadora do curso de Sedação Consciente. Gunnar E. Carlsson - Professor Emeritus da Faculdade de Odontologia da Universidade de Göteborg e Tomas Magnusson, Professor associado, Chefe e Consultor Sênior do Departamento de Fisiologia Estomatognática do Instituto de Pós-Graduação Odontológica de Jönköping. Os dois suecos ministraram cursos na área de DTM e tiveram uma manhã de autógrafos do livro Controle das Disfunções Temporomandibulares na Clínica Odontológica, editora Quintessence Internacional, de suas autorias. Os cursos tiveram a coordenação do Prof. Dr. Antônio Sérgio Guimarães, professor do curso de Mestrado em Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial da São Leopoldo Mandic, que também é co-autor do livro. Prof. Dr. Javier Garcia Fernandez (Espanha) - Professor do curso de Mestrado em Periodontia e Implantodontia da Universidade Central de Barcelona e Professor do Programa de Educação Continuada do Conselho de Odontologia da Espanha. Presente no campus da São Leopoldo Mandic no curso de Periodontia (Graduação, Aperfeiçoamento e Especialização) que possuem a coordenação do Prof. Dr. Paulo Sérgio Gomes Henriques. MÃO NA MASSA - Prof. Alexander participa de casos clínicos com alunos de Ortodontiada São Leopoldo Mandic 15

16 PROJETOS SÃO LEOPOLDO MANDIC INVESTE CADA VEZ MAIS EM PESQUISAS O ano de 2006 nem terminou e a São Leopoldo Mandic já está com um número bastante relevante de projetos de pesquisas que contam com o fomento de agências governamentais, como o CNPq e FAPESP. Os trabalhos variam nos temas, áreas e provém até de alunos do curso de graduação, que já descobriram a importância de se realizar uma iniciação científica.a supervisão institucional é da Dra. Vera Cavalcanti de Araújo, Pró-Reitora de Ensino e Pesquisa da São Leopoldo Mandic. Confira abaixo cada um desses projetos: Um dos projetos fomentados pelo CNPq Título: Expressão da proteína Stat em Neoplasias de Glândula Salivar Alguns dos projetos fomentados pela FAPESP Título: Associação entre polimorfismo no gene do receptor de vitamina D (VDR) e alterações salivares Título: Estudo das alterações ocorridas no adenoma durante o processo de malignação em carcinoma ex-adenoma-pleomórfico Título: Efeito de agentes clareadores caseiros contendo peróxido de carbanida a 10% e peróxido de hidrogênio a 7,5% na microdureza e micromorfologia superficiais do esmalte humano hígido Título: Efeitos de bactérias da microbiota periodontal na diferenciação e função das células dendríticas humanas in vitro Algumas das bolsas de iniciação científica fomentadas pela FAPESP ALUNOS DO CURSO DE GRADUAÇÃO Título:: Efeito de agentes clareadores caseiros contendo peróxido de carbamida a 10% e peróxido de hidrogênio a 7,5% na microdureza do esmalte dental hígido/submetido ao clareamento de manutenção (reclareamento) Aluno: Robson Tetsuo Sasaki Orientadora: Profª. Dra. Roberta Tarkany Basting Höfling Título: Alterações genotípicas das células dendríticas estimuladas por periodontopatogenos Aluna: Ângela de Oliveira Augusto Orientadora: Profª. Dra. Patrícia Ramos Cury Título: Avaliação dos efeitos do jateamento superficial da dentina com óxido de alumínio na microinfiltração de sistemas adesivos autocondicionantes Aluna: Rosângela Zanetti Orientadora: Profª. Dra. Fabiana Mantovani Gomes França Algumas das produções internacionais Título: Maspin expression in carcinoma ex-pleomorphic adenoma Autora: Profª. Dra. Vera Cavalcanti de Araújo Título: Analysis of the MMP-9 (C-1562T) and TIMP-2 (G-418C) Gene Autor: Prof. Dr. Rui Barbosa de Brito Júnior Título: Comparative study of the effects of two bleaching agents on oral microbiota Autora: Profª. Dra. Roberta Tarkany Basting Höfling Título: Posterior mandibular alveolar distraction osteogenesis utilizing an extra-osseous destractor: a prospective study Título: Root resorption and ankylosis associate with guided tissue regeneration: report of case Autora: Profª. Dra. Cristiane Furuse Alguns dos projetos em andamento ALUNOS DO CURSO DE GRADUAÇÃO Título: Avaliação da contaminação e resistência antimicrobiana de microrganismos colhidos em alicates ortodônticos Aluna: Rebeca Bernardi de Carvalho Franco Orientador: Prof. Dr. Rogério Heládio Lopes Motta Título: Determinação da concentração salivar de metronidazol em pacientes saudáveis e em fumantes Aluna: Victor Ângelo Montalli Orientadora: Profª. Dra Juliana Cama Ramacciato Título: Determinação da concentração de fluoreto solúvel em produtos odontológicos contendo clorexidina Alunas: Bruna Krouwel Peres; Cristina Saragioto Caldas Orientadoras: Profª. Dra. Ynara B. O. Lima-Arsati e Prof. Dra. Flávia Martão Flório Título: Uso de drogas entre graduandos e pós-graduandos em Odontologia. Alunos: Ana Michele Zimbaldi; Vinicius Motta Palermo Orientadoras: Profª. Dra. Flávia Martão Flório e Profª. Dra. Juliana Cama Ramacciato Título: Comparação entre técnicas de determinação da concentração de íons cálcio e fósforo em saliva de humanos. Alunos: Adriano Toso Petta; João Paulo Ávila de Oliveira Orientador: Prof. Dr. Rui Barbosa de Brito Júnior Título: Efeito de fármacos anti-hipertensivos no fluxo salivar basal e estimulado por pilocarpina em ratos Alunos: Luciana Jardini Cunha; André Gustavo Sartori Orientador: Prof. Dr. Rodrigo Cecanho Título: Avaliação da força de tração na remoção de cimentos resinosos para fixação de retentores intra-radiculares em raízes preparadas com substâncias químicas Gel de clorexidina 2%, água destilada e Hipoclorito de sódio associado ao endo PTC.. Aluna: Fernanda Rezende Gonçalves Orientador: Prof. Ms. Gabriel Rocha Campos 16

17 ENTREVISTA OS DESAFIOS DA EDUCAÇÃO Após visitar a São Leopoldo Mandic, Jairo Jorge da Silva, ex-secretário-executivo adjunto do Ministério da Educação (MEC), reflete sobre as expectativas da educação no Brasil Jairo Jorge da Silva Impulso - O senhor mencionou uma vez que a educação, principalmente a Educação Superior, é estratégica e que ainda não se construiu um controle social em busca de qualidade. Como corrigir isso? Jairo Jorge - A educação é estratégica porque a Universidade tem que estar no centro de um projeto de nação. Isso porque a grande responsabilidade de juntar as tarefas de investir em ciência e tecnologia e aumentar a escolaridade esta reservada às Instituições de Ensino. Portanto, se queremos ter esse protagonismo, temos que ser os produtores do conhecimento. Temos que investir na educação, criar uma rede de pesquisas e inovação e aumentar a escolaridade. Por isto é que eu menciono que o investimento na educação é estratégico e tem de estar sobre o controle de um projeto nacional. Impulso - O senhor foi um dos criadores do ProUNI. É possível já avaliar se este projeto está constituído como um caminho para o país enfrentar a questão da exclusão social? J. Jorge - O ProUNI é o maior programa de bolsas da história do nosso país e um dos maiores do mundo e enfrenta exatamente essa questão da democratização do acesso. Hoje, temos cerca de 10,6% dos alunos entre 18 e 24 anos dentro das instituições de ensino superior. Na China, esse número chega a 20%. Em 1974, ela tinha apenas 1,6%. Outro exemplo é a Coréia. Em 1981, esse país tinha menos de oito mil estudantes universitários. Hoje tem 3,5 milhões. Precisamos, então, ampliar o número de jovens nas faculdades. O Plano Nacional da Educação prevê até o ano de 2011 que 30% dos nossos jovens estejam na universidade. Temos que alcançar essa meta, o que significa investir na formação profissional. Isso é fundamental para o desenvolvimento nacional. Então, o ProUNI é fruto de uma engenharia jurídica que garantiu uma iniciativa boa para todos. É boa para as instituições educacionais, porque elas estão dando uma contrapartida efetiva de uma isenção que já existia por parte delas. Boa para os estudantes, porque eles vão transferir tranqüilidade e maturidade sem nenhuma diferenciação. E boa também para o Estado, porque tem um baixo, que corresponde a menos de R$ 100 milhões por ano. Impulso - Quantos alunos já foram beneficiados? J. Jorge - Hoje temos 200 mil jovens que chegam às Universidades. Muitas vezes estes são os melhores da turma, são líderes. Dessa forma, não resta dúvida de que isso é uma indicação de que a educação tem que forjar uma elite nacional. Mas não a elite que é cópia do quadro da diferenciação econômica, mas uma elite intelectual, que permeia todas as classes sociais e passa a ser dirigente. Diante desta situação, vamos gerar uma nova elite em nosso país. Uma elite positiva, com direção que vai desde as camadas populares até as camadas que estão nas escolas particulares. E esse é o papel do Prouni: democratizar o acesso. Hoje as nações não se dividem mais entre quem têm ativos, mas quem produz ou não o conhecimento. Impulso - O que podemos chamar de desafios centrais na área da educação no Brasil? J. Jorge - Eu acredito que existam dois desafios centrais na educação brasileira: o desafio de se garantir a qualidade e o desafio da inclusão. Estamos acostumados a ter qualidade para poucos. O grande problema é garantir a qualidade para muitos. Por isso, eu acho que combinar qualidade com inclusão, ou seja, com democratização, maior número de alunos em escolas públicas no Ensino Fundamental, Médio e no Superior é a chave para o Brasil vencer o grande desafio que está colocado para o nosso país no século 21: o desafio do conhecimento. Hoje as nações não se dividem mais entre quem tem ativos, mas quem produz ou não o conhecimento. Portanto, se queremos nos inserir no mundo globalizado e competitivo de uma forma ativa e soberana, contarmos com um protagonismo internacional, vamos precisar, de um lado, investir no capital humano, isto é, no nosso povo, o que significa aumentar a escolaridade. E, de outro, produzir ciência e tecnologia. E isso, em última análise, não resta dúvidas: é investir na educação. Impulso Como está a situação do povo brasileiro? J. Jorge - O brasileiro tem uma média de 6,4 anos de escolaridade. É muito pouco. Precisamos aumentar essa média. Nós produzimos 1,8% do conhecimento mundial. Para se ter uma idéia, a Coréia produz 2,4%. Nós somos o 17 país do mundo no ranking de produção de ciência. A Coréia ocupa a posição de 15ª. O Brasil produziu ciência e teve um aumento de cinco vezes a mais do que o seu potencial nos últimos anos. O grande problema é combinar essa produção com inovação e tecnologia para a produção de patentes. E isso também reflete na educação, no investimento nas Universidades e nas pesquisas que estão sendo desenvolvidas dentro destas. Então, eu repito: se nós queremos vencer o desafio do conhecimento, temos que investir em educação. E o grande caminho para isto passa por combinar qualidade e conhecimento. Impulso Combinar qualidade e conhecimento. Como se garante isso nas Instituições de Ensino Superior? J. Jorge - A Educação não é mercadoria e por isto ela prescinde de um instrumento que garanta ao estudante a capacidade de mensurar a qualidade daquilo que está sendo oferecido. Por isso é que existe a avaliação por parte do Estado. A avaliação tem que ser, portanto, permanente. Depender do Estado, porque é isto que dá o referencial para o estudante optar por uma instituição de ensino ou outra. E a regulação deve partir da avaliação. Com esses instrumentos é possível dizer se o curso está ou não adequado. 17

18 O MEC não dispunha de todos os instrumentos adequados para fazer essa avaliação. Ela estava centrada unicamente no corpo discente. É claro que o aluno é muito importante para ser avaliado, mas não temos que ter apenas o aluno como referencial. Precisávamos criar outros mecanismos e foi o que aconteceu. É preciso deixar claro que, no Brasil, temos que ter um esforço para melhorar a qualidade e não para fechar escolas. Impulso O senhor acredita que o ensino à distância também pode ser mais um instrumento de inclusão social? J. Jorge - Sem dúvida. Eu acho que a modalidade de Ensino à Distância é fundamental para um país continental como o nosso. Temos regiões de difícil acesso e o Ensino à Distância consegue chegar nesses lugares e oferecer um aprendizado que antes não era possível. Eu acho que a modalidade de ensino à Distância é fundamental para um país continental como o nosso. Questiona-se muito sobre a qualidade deste tipo de ensino. Mas é preciso deixar claro que a qualidade não está relacionada à modalidade. Agora, é preciso ter parâmetros mínimos de qualidade, que estão presentes na Tutoria, no número definidos de alunos, na existência de turmas e de um momento presencial. Esses quesitos é que fazem a diferença. Outro ponto positivo desta modalidade é a combinação de tecnologias, que possibilitam desde o uso de materiais tradicionais, como um livro, até a internet, televisão, satélites ou outras formas de comunicação que possibilitam alavancar o aprendizado. Portanto, o Ensino à Distância é uma área que tem uma grande demanda na sociedade. Trata-se de uma grande fronteira que, por enquanto, ainda está um tanto travada no Brasil. O que precisamos é recuperar esse tempo perdido. HOMENAGEM Presidente do Conselho Superior recebe homenagem como Homem do ano O Presidente do Conselho Superior da São Leopoldo Mandic, José Luiz Cintra Junqueira, recebeu no mês de julho o título de Homem do Ano. O prêmio, outorgado por uma entidade ligada à Academia Paulista de Letras, teve como pressuposto a contribuição social gerada pela São Leopoldo Mandic nos aspectos da saúde e educação em todo o Brasil. Entre os convidados, estavam os antigos colegas de faculdade de Junqueira. Já receberam este mesmo título os médicos Paulo Massarolo e Adib Jatene, o professor Paulo Sérgio Pinheiro, o cineasta Fábio Barreto, premiado como Nobel da Paz e ex- Presidente da África do Sul Nelson Mandela, o jurista Miguel Reale, entre outros. Ex-colegas de faculdade vão prestigiar o homenageado ACESSE O SITE DA SÃO LEOPOLDO MANDIC E CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA Informações: (19) (19) NEAD SLMANDIC NEAD SLMANDIC NÚCLEO DE ENSINO A DISTÂNCIA ENTENDA COMO FUNCIONAM OS CURSOS DE ENSINO À DISTÂNCIA: Os cursos estão organizados em um conjunto de módulos/disciplinas, agrupados em torno de eixos de natureza conceitual e distribuído nas áreas de concentração específica e de domínio conexo; O material didático é composto por apostilas impressas e CD-ROM; A duração de qualquer um dos cursos é de 14 meses, com previsão de 15 horas de estudo semanais, divididas entre auto-estudo, interação alunotutor e atividades de elaboração orientada de monografia. 18

19 NÚCLEO DE ENSINO À DISTÂNCIA SÃO LEOPOLDO MANDIC LANÇA MAIS QUATRO CURSOS NÃO-PRESENCIAIS A São Leopoldo Mandic lança neste novo semestre mais quatro cursos de especialização à distância. Agora, além da área de Saúde Coletiva, é possível estudar de forma não-presencial Odontologia do Trabalho, Terapêutica Medicamentosa, MBA em Gestão de Negócios na Área da Saúde e Curso Preparatório para Concursos Público na Odontologia. Todos os cursos possuem amparo legal do MEC (Parecer ministerial n 218/05) e do Conselho Federal (cursos de Saúde Coletiva e Odontologia do Trabalho/Portarias 415 e 416 respectivamente). Uma novidade pode ser conferida no curso de MBA. Após completar os módulos considerados de núcleo comum, que inclui disciplinas como: Planejamento Estratégico, Princípios de Contabilidade e Custos e Marketing e Atendimento, o aluno poderá optar em que área ele quer se licenciar. As alternativas são: Gestão e Marketing na Área da Saúde, Gestão de Finanças na Área da Saúde e Legislação Aplicada a Negócios na Área da Saúde. Há também a opção da realização das três áreas. As inscrições para os cursos já estão abertas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (19) CURIOSIDADE SAIBA QUEM FOI SÃO LEOPOLDO MANDIC Muitos questionam sobre quem afinal foi o santo que deu nome à instituição. Conheça essa história: São Leopoldo Mandic nasceu em Castelnovo de Cátaro (Dalmácia), na antiga Iugoslávia, em 12 de Maio de 1866, numa família croata. Os pais, profundamente religiosos, educaram-o nos mais elevados sentimentos em relação a Deus e aos homens. Quando tinha 16 anos, sentindo-se chamado a trabalhar pelo regresso dos orientais à unidade com a Igreja Católica, deixou a sua casa paterna e decidiu entrar na Ordem dos Capuchinhos, em Bassano del Grappa, em Em 1890, foi ordenado sacerdote em Veneza. Convencido que o Senhor o chamava a um grande ideal, pediu, com insistência, aos seus Superiores que o deixassem partir para o Oriente a fim de poder dedicar a sua vida à reunificação na Igreja Católica dos cristãos ortodoxos. Porém, as suas precárias condições de saúde não lhe permitiram e teve, assim, de se submeter à vontade dos seus Superiores. Passou, então, por diversos conventos, entregando-se ao ministério das confissões até que, em 1909, foi destinado ao Convento de Santa Cruz, em Pádua, com o encargo de atender de forma estável o sacramento da Reconciliação. Ali permaneceu até à morte em Conta-se que toda cidade de Pádua passou diante da sua urna e o seu funeral foi um triunfo. Trinta e quatro anos depois, Paulo VI, no dia dois de maio de 1976 o declarou Beato, e a 16 de outubro de 1983 João Paulo II o Proclamava "santo". Atualmente, São Leopoldo Mandic é perpetuado por ter contado com uma vida de exemplos, possível de ser reconhecida e copiada. A reconciliação e a paz são ícones para levar a humanidade a um futuro melhor. Benção e Paz! Fonte: São Leopoldo Mandic: o santo da reconciliação 19

20

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS DE SOBRAL CURSO DE ODONTOLOGIA PATOLOGIA GERAL E ORAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS DE SOBRAL CURSO DE ODONTOLOGIA PATOLOGIA GERAL E ORAL SUB- PATOLOGIA GERAL E ORAL Estomatologia Métodos de Diagnóstico I e II Processos Patológicos PROGRAMA SUGERIDO (PROVA ESCRITA / DIDÁTICA / PRÁTICA) - TEMAS 1. Cistos dos maxilares. 2. Neoplasias benignas

Leia mais

CRONOGRAMA CURSO IMPLANTE E PERIO

CRONOGRAMA CURSO IMPLANTE E PERIO CRONOGRAMA CURSO IMPLANTE E PERIO Equipe: Coordenador Geral: Prof. Dr. Rafael Pinelli Henriques Doutor pela FOB USP Bauru S.P. Diretor COPH Bauru Coordenadora Específica: Profa. Dra. Gabriela Gennaro Especialista

Leia mais

Curso de Especialização em Endodontia

Curso de Especialização em Endodontia Curso de Especialização em Endodontia Coordenador: Prof. Nilton Vivacqua EndodontiaAvancada.com OBJETIVOS DO CURSO Este curso tem como objetivos colocar à disposição de clínicos gerais, a oportunidade

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEIS SUPERIOR, MÉDIO E TÉCNICO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE PALMARES

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEIS SUPERIOR, MÉDIO E TÉCNICO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE PALMARES CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEIS SUPERIOR, MÉDIO E TÉCNICO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE PALMARES AVISO DE RETIFICAÇÃO DE EDITAL Nº 01 A Comissão de Concurso torna publica

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO OU MESTRADO?

ESPECIALIZAÇÃO OU MESTRADO? EDITORIAL ESPECIALIZAÇÃO OU MESTRADO? Ao optarem por uma pós-graduação, cirurgiões-dentistas ficam em dúvida sobre qual curso escolher. Melhorar a busca de resultados é querer informações científicas e

Leia mais

LATO SENSU - ESPECIALIZAÇÃO

LATO SENSU - ESPECIALIZAÇÃO PUC MINAS FAC. DE ODONTOLOGIA PÓS-GRADUAÇÃO - 2007 LATO SENSU - ESPECIALIZAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM ESTOMATOLOGIA Profª. Franca Arenare Jeunon (Coordenadora) - Mestre Prof. Carlos Roberto Martins - Doutor

Leia mais

UM CONVITE AOS COLEGAS

UM CONVITE AOS COLEGAS EDITORIAL UM CONVITE AOS COLEGAS Os seus projetos para o próximo ano devem incluir o seu desenvolvimento pessoal e profissional. O cirurgião-dentista busca a completa formação e, mais do que isto, traduzir

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ODONTOLOGIA Atividades Complementares Atividades extracurriculares desenvolvidades pelo aluno durante os 10 semestres do curso, nas áreas de ensino, pesquisa

Leia mais

FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA Instituição Adventista Nordeste Brasileira de Educação e Assistência Social CURSO DE ODONTOLOGIA

FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA Instituição Adventista Nordeste Brasileira de Educação e Assistência Social CURSO DE ODONTOLOGIA MATRIZ CURRICULAR - FADBA Período Núcleos Componente curricular Créditos Anatomia geral 1º período Básica Bioquímica Citologia, Histologia e Embriologia Humanas 5 72 18 90 Políticas de Saúde Anatomia e

Leia mais

INFORMÁTICA ANS GUIA TISS CERTIFICADO DIGITAL TABELA TUSS TABELA DE ATOS ESPECIALIDADES

INFORMÁTICA ANS GUIA TISS CERTIFICADO DIGITAL TABELA TUSS TABELA DE ATOS ESPECIALIDADES INFORMÁTICA ANS GUIA TISS CERTIFICADO DIGITAL TABELA TUSS TABELA DE ATOS ESPECIALIDADES 21/06/2014 A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) é a agência reguladora vinculada ao Ministério da Saúde

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE ODONTOLOGIA. Reconhece a Acupuntura, a Homeopatia e a Odontologia do Esporte como especialidades odontológicas.

CONSELHO FEDERAL DE ODONTOLOGIA. Reconhece a Acupuntura, a Homeopatia e a Odontologia do Esporte como especialidades odontológicas. CONSELHO FEDERAL DE ODONTOLOGIA RESOLUÇÃO CFO-160, DE 2 DE OUTUBRO DE 2015 Reconhece a Acupuntura, a Homeopatia e a Odontologia do Esporte como especialidades odontológicas. O presidente do Conselho Federal

Leia mais

Matriz Curricular. Carga Horária. Unidades Acadêmicas. Período

Matriz Curricular. Carga Horária. Unidades Acadêmicas. Período Matriz Curricular Período 1º Unidades Acadêmicas UAI: Introdução ao Estudo da Odontologia Conhecer a estrutura do indivíduo nas suas bases biomoleculares e celulares quanto às propriedades e interrelações

Leia mais

Especialidades Odontológicas

Especialidades Odontológicas Especialidades Odontológicas Urubatan Medeiros Doutor (USP) - Professor Titular do Departamento de Odontologia Preventiva e Comunitária (UERJ/UFRJ) - Consultor do Ministério da Saúde I - Introdução A Odontologia

Leia mais

UNITAU UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ AUTARQUIA MUNICIPAL DE REGIME ESPECIAL RECONHECIDA PELO DEC. FED. Nº 78.924/76 REITORIA RUA 4 DE MARÇO, 432

UNITAU UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ AUTARQUIA MUNICIPAL DE REGIME ESPECIAL RECONHECIDA PELO DEC. FED. Nº 78.924/76 REITORIA RUA 4 DE MARÇO, 432 DELIBERAÇÃO CONSEP N 105/2002 Altera a Deliberação CONSEP N 025/99 que dispõe sobre a criação do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Odontologia, em nível de Doutorado. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 2.891, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2002

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 2.891, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2002 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 2.891, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2002 Define o currículo do Curso de Graduação em Odontologia. O REITOR

Leia mais

VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX TRABALHO

VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX TRABALHO VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX TRABALHO Orientador Empresarial Dentistas-Consolidação das Normas para Procedimentos nos Conselhos de Odontologia-Alteração RESOLUÇÃO

Leia mais

Cré d. Cód Sem Módulo Ementa Créd

Cré d. Cód Sem Módulo Ementa Créd Conselho Universitário - CONSUNI Câmara de Ensino Curso de Graduação em Odontologia da UNIPLAC Quadro de Equivalência para Fins de Aproveitamento de Estudos entre duas Estruturas Curriculares Modulares

Leia mais

Semestre: 2 Quantidade de Módulos:8 Unidade de Ensino:Núcleo de Saúde

Semestre: 2 Quantidade de Módulos:8 Unidade de Ensino:Núcleo de Saúde 212 Semestre: 2 Módulo: 8º Período e Mês Início do Módulo:216/1 Numero da Página: 1 Impresso em:16/12/215 11:48:45 5697 TÉCNICAS DE PESQUISA EM ODONTOLOGIA II DCOP(N/C)APS 2 1 Estudo dos tipos de trabalhos

Leia mais

- Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial, promovido pela PUCRS, Porto Alegre, setembro de 1979.

- Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial, promovido pela PUCRS, Porto Alegre, setembro de 1979. PARTICIPAÇÃO EM CURSOS - Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial, promovido pela PUCRS, Porto Alegre, setembro de 1979. - Prótese Fixa; Prótese Removível, promovido pela ABO/RS, em Porto Alegre, julho,

Leia mais

2. Quando o implante dental é indicado?

2. Quando o implante dental é indicado? Dúvidas sobre implantodontia: 1. O que são implantes? São cilindros metálicos (titânio) com rosca semelhante a um parafuso que são introduzidos no osso da mandíbula (arco inferior) ou da maxila (arco superior),

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM ENDODONTIA

ESPECIALIZAÇÃO EM ENDODONTIA Faculdade Presidente Antônio Carlos - FAPAC Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos ITPAC-PORTO Coordenação de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão - COPPEX Departamento de Odontologia ESPECIALIZAÇÃO

Leia mais

II CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM RADIOLOGIA ODONTOLÓGICA E IMAGINOLOGIA UNIVERSIDADE PAULISTA CAMPUS DE BRASÍLIA CRONOGRAMA DOS MÓDULOS

II CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM RADIOLOGIA ODONTOLÓGICA E IMAGINOLOGIA UNIVERSIDADE PAULISTA CAMPUS DE BRASÍLIA CRONOGRAMA DOS MÓDULOS II CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM RADIOLOGIA ODONTOLÓGICA E IMAGINOLOGIA UNIVERSIDADE PAULISTA CAMPUS DE BRASÍLIA CRONOGRAMA DOS MÓDULOS MÓDULO MÊS DATAS I OUTUBRO/NOVEMBRO/07 29, 30, 31/10, 01/11 II DEZEMBRO/07

Leia mais

IMPLANTODONTIA E REABILITAÇÃO ORAL

IMPLANTODONTIA E REABILITAÇÃO ORAL Duração: 12 meses aperfeiçoamento e 30 meses especialização Periodicidade: 1 módulo/mês PÚBLICO ALVO: Cirurgiões dentistas que queiram iniciar sua formação em implantodontia e reabilitação oral, como também

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM ODONTOLOGIA-FORMAÇÃO ODONTÓLOGO

CURSO DE BACHARELADO EM ODONTOLOGIA-FORMAÇÃO ODONTÓLOGO CURSO DE BACHARELADO EM ODONTOLOGIA-FORMAÇÃO ODONTÓLOGO E-mail: odontologia@immes.com.br Telefone (96)3223-4244 ramal: 228 Objetivos do Curso Formar Odontólogo para atuar em todos os níveis de atenção

Leia mais

Av. Júlio de Castilhos, 2101, sala 51, Centro 95010-005. Caxias do Sul-RS (54) 32239207 (54) 99012424 ncguerra@terra.com.br

Av. Júlio de Castilhos, 2101, sala 51, Centro 95010-005. Caxias do Sul-RS (54) 32239207 (54) 99012424 ncguerra@terra.com.br Currículo Natalia Comerlato Guerra Hecher Cirurgiã Dentista Especialista em Dentística Restauradora Av. Júlio de Castilhos, 2101, sala 51, Centro 95010-005. Caxias do Sul-RS (54) 32239207 (54) 99012424

Leia mais

www.odontologiaconcursos.com.br

www.odontologiaconcursos.com.br CONTEÚDO DO CURSO ONLINE CURSO PREPARATÓRIOS PARA CONCURSOS PÚBLICOS C o n t e ú d o d o c u r s o O N L I N E - 0 3 / 1 0 / 2 0 1 2 Área do aluno Vídeos Total de 270 horas de aulas Brasília - DF Intensivo

Leia mais

XL JORNADA ODONTOLÓGICA FRANCISCANA II CONGRESSO INTERNACIONAL DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO

XL JORNADA ODONTOLÓGICA FRANCISCANA II CONGRESSO INTERNACIONAL DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO XL JORNADA ODONTOLÓGICA FRANCISCANA II CONGRESSO INTERNACIONAL DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO Trabalhos aprovados apresentação, Orientador responsável, Área de concentração e Data de apresentação.

Leia mais

CARAMÊS ADVANCED EDUCATION CENTER

CARAMÊS ADVANCED EDUCATION CENTER NOVO PROGRAMA [Revisto & Atualizado] CARAMÊS ADVANCED EDUCATION CENTER CURSO MODULAR DE FORMAÇÃO DE ASSISTENTES DENTÁRIOS 6.ª edição Início a 21 de novembro de 2015 ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DESCRIÇÃO

Leia mais

IMPULSO TECNOLOGIA E ENSINO DE MÃOS DADAS PROFISSIONAL

IMPULSO TECNOLOGIA E ENSINO DE MÃOS DADAS PROFISSIONAL IMPULSO PROFISSIONAL ANO 9 Nº 16 AGOSTO 2012 TECNOLOGIA E ENSINO DE MÃOS DADAS SLMANDIC/online coloca a São Leopoldo Mandic entre as instituições de ensino preparadas para a educação do futuro. Pág. 04

Leia mais

COBERTURA UNIMED ODONTO

COBERTURA UNIMED ODONTO COBERTURA UNIMED ODONTO ODONTOPEDIATRIA Consulta Odontológica SIM SIM SIM Condicionamento em Odontologia SIM SIM SIM Condicionamento em Odontologia para pacientes com necessidades especiais SIM SIM SIM

Leia mais

CURSO INTERNACIONAL DE REABILITAÇÃO ORAL E ESTÉTICA PERIIMPLANTAR

CURSO INTERNACIONAL DE REABILITAÇÃO ORAL E ESTÉTICA PERIIMPLANTAR CURSO INTERNACIONAL DE REABILITAÇÃO ORAL E ESTÉTICA PERIIMPLANTAR 2012 2013 INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES Rose Cabral Telemóvel 935 014 972 e-mail: rose.cabral@signovinces.com.br Daniele Siqueira Telefones:

Leia mais

Diretoria de Saúde da Marinha Centro Médico Assistencial da Marinha Odontoclínica Central da Marinha

Diretoria de Saúde da Marinha Centro Médico Assistencial da Marinha Odontoclínica Central da Marinha Diretoria de Saúde da Marinha Centro Médico Assistencial da Marinha Odontoclínica Central da Marinha MANUAL DE DIREITOS E RESPONSABILIDADES DOS PACIENTES www.ocm.mar.mil.br MARINHA DA BRASIL ODONTOCLÍNICA

Leia mais

TABELA DE HONORÁRIOS ODONTOLÓGICOS / TUSS - GOLDEN CROSS - REDE MASTER e PREFERENCIAL VALOR DE USO REDE MASTER e PREFERENCIAL : R$ 0,18

TABELA DE HONORÁRIOS ODONTOLÓGICOS / TUSS - GOLDEN CROSS - REDE MASTER e PREFERENCIAL VALOR DE USO REDE MASTER e PREFERENCIAL : R$ 0,18 DIAGNÓSTICO 17 800065 CONSULTA ODONTOLÓGICA INICIAL 0 17 800049 CONSULTA ODONTOLÓGICA DE URGÊNCIA 0 00 80120059 CONSULTA DE ESPECIALISTA EM ENDODONTIA 0 00 80120180 CONSULTA DE ESPECIALISTA EM ESTOMATOLOGIA

Leia mais

Cobertura RN 338 Lei 9656/98:

Cobertura RN 338 Lei 9656/98: Cobertura RN 338 Lei 9656/98: CÓDIGO PROCEDIMENTO Flex 30% GRUPO 87000032 CONDICIONAMENTO EM ODONTOLOGIA PARA PACIENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS R$ 7,62 CONSULTAS 81000030 CONSULTA ODONTOLÓGICA R$ 10,58

Leia mais

I. DOS PRÉ-REQUISITOS.

I. DOS PRÉ-REQUISITOS. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA UFSM FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO INSCRIÇÕES PARA SELEÇÃO DE ALUNOS DO CURSO DE CAPACITAÇÃO EM CLÍNICA ODONTOLÓGICA INTEGRADA

Leia mais

ODONTOLOGIA MATRIZ CURRICULAR

ODONTOLOGIA MATRIZ CURRICULAR ODONTOLOGIA Coordenadores: Paulo César Ribeiro Campus I Elias Daruis Assad Neto Campus V Duração: 8 semestres Carga Horária Total: 4700 Situação Legal: Reconhecido Dec. Federal Nº 963/1992 MATRIZ CURRICULAR

Leia mais

EXAMES LABORATORIAIS DIAGNOSTICO ANATOMOPATOLOGICO EM MATERIAL DE BIOPSIA NA REGIAO BUCO-MAXILO- 81000138 FACIAL

EXAMES LABORATORIAIS DIAGNOSTICO ANATOMOPATOLOGICO EM MATERIAL DE BIOPSIA NA REGIAO BUCO-MAXILO- 81000138 FACIAL UNIODONTO PORTO ALEGRE Modalidade pré-pagamento sem coparticipação, ou seja, o contratante pagará apenas o valor da mensalidade e terá a sua disposição todos os beneficios previstos pela ANS. Atendimento

Leia mais

Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14

Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 C U R S O O D O N T O L O G I A Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: ODONTOLOGIA PRÉ-CLÍNICA II Código: ODO-028 Pré-requisito:

Leia mais

anos CURSOS 2014 CAPACITAÇÃO www.cursosdentalis.com.br Mais de 1000 profissionais formados! CAMPOS DOS GOYTACAZES E ITAPERUNA-RJ

anos CURSOS 2014 CAPACITAÇÃO www.cursosdentalis.com.br Mais de 1000 profissionais formados! CAMPOS DOS GOYTACAZES E ITAPERUNA-RJ 12 anos Comprometidos com o Ensino. Mais de 1000 profissionais formados! CAMPOS DOS GOYTACAZES E ITAPERUNA-RJ CURSOS 2014 ESPECIALIZAÇÃO ATUALIZAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO - ORTODONTIA - ENDODONTIA - ENDODONTIA

Leia mais

EDITAL Abertura de inscrições para a seleção de candidatos ao Programa de Mestrado em Odontologia da UNIP. Ano Letivo de 2013 (segundo semestre)

EDITAL Abertura de inscrições para a seleção de candidatos ao Programa de Mestrado em Odontologia da UNIP. Ano Letivo de 2013 (segundo semestre) EDITAL Abertura de inscrições para a seleção de candidatos ao Programa de Mestrado em Odontologia da UNIP Recomendado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES, de acordo com

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM ODONTOPEDIATRIA COM ÊNFASE EM ORTODONTIA PREVENTIVA E ORTOPEDIA AO PACIENTE INFANTIL

ESPECIALIZAÇÃO EM ODONTOPEDIATRIA COM ÊNFASE EM ORTODONTIA PREVENTIVA E ORTOPEDIA AO PACIENTE INFANTIL ESPECIALIZAÇÃO EM ODONTOPEDIATRIA COM ÊNFASE EM ORTODONTIA PREVENTIVA E ORTOPEDIA AO PACIENTE INFANTIL APRESENTAÇÃO Este curso objetiva formar especialistas em Odontopediatria com capacitação para reconhecer,

Leia mais

Giovana Zanettini Sonda

Giovana Zanettini Sonda Giovana Zanettini Sonda 1 SUMÁRIO 1. Dados de Identificação... 2. Formação Escolar... 3. Atividade Acadêmica... 3.1. Monitoria 4. Especializações... 5. Pós Graduação / Aperfeiçoamento... 6. Pós Graduação

Leia mais

II CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DENTÍSTICA

II CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DENTÍSTICA II CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DENTÍSTICA Coordenadora: Profa.Dra. Fabiana Scarparo Naufel mail: biberes@terra.com.br Celular: (45) 9978.1515 Corpo Docente: Profa.Dra. Fabiana Scarparo Naufel Profa do Curso

Leia mais

EDITAL nº 103/2009 - ANEXO I CONCURSO PÚBLICO PARA O MAGISTÉRIO SUPERIOR DA UEA. Escola Superior de Ciências da Saúde

EDITAL nº 103/2009 - ANEXO I CONCURSO PÚBLICO PARA O MAGISTÉRIO SUPERIOR DA UEA. Escola Superior de Ciências da Saúde EDITAL nº 103/2009 - ANEXO I CONCURSO PÚBLICO PARA O MAGISTÉRIO SUPERIOR DA UEA Escola Superior de Ciências da Saúde Período de Inscrição: 18 de janeiro de 2010 a 19 de fevereiro de 2010. Local de Inscrição:

Leia mais

CRONOGRAMA CURSO IMPLANTE E PERIO INÍCIO: 23 DE JANEIRO DE 2013

CRONOGRAMA CURSO IMPLANTE E PERIO INÍCIO: 23 DE JANEIRO DE 2013 Equipe: Coordenador Geral: Prof. Dr. Rafael Pinelli Henriques Doutor pela FOB USP Bauru S.P. Diretor COPH Bauru CRONOGRAMA CURSO IMPLANTE E PERIO INÍCIO: 23 DE JANEIRO DE 2013 Coordenadora Específica:

Leia mais

CEC - Cursos de Educação Continuada

CEC - Cursos de Educação Continuada CEC - Cursos de Educação Continuada DATA DIA TIPO PROFESSOR TEMA CURRÍCULO LOCAL 3/9/11 SAB CEC Raphael Monte Alto Pinos em Fibra de Vidro: Indicações e Técnicas Prof. Adjunto da Disciplina de Clínica

Leia mais

RESOLUÇÃO. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no início do ano 2000, para os matriculados no 1º semestre.

RESOLUÇÃO. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no início do ano 2000, para os matriculados no 1º semestre. RESOLUÇÃO CONSEPE 51/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ODONTOLOGIA, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso da atribuição

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Faculdade de Odontologia Departamento de Odontopediatria e Ortodontia

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Faculdade de Odontologia Departamento de Odontopediatria e Ortodontia UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Faculdade de Odontologia Departamento de Odontopediatria e Ortodontia DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ODONTOPEDIATRIA 1. ODONTOPEDIATRIA PROFESSOR RESPONSÁVEL:

Leia mais

CURRÍCULO PLENO 1.ª SÉRIE CÓDIGO DISCIPLINA TEOR PRAT CHA 99-7162-02 BIOQUÍMICA 40 40 80 99-8302-02 COMUNICAÇÃO ORAL E ESCRITA* 80 0 80

CURRÍCULO PLENO 1.ª SÉRIE CÓDIGO DISCIPLINA TEOR PRAT CHA 99-7162-02 BIOQUÍMICA 40 40 80 99-8302-02 COMUNICAÇÃO ORAL E ESCRITA* 80 0 80 MATRIZ CURRICULAR Curso: ODONTOLOGIA Graduação: BACHARELADO Habilitação: CIRURGIÃO - DENTISTA Regime: SERIADO ANUAL - INTEGRAL Duração: 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO =

Leia mais

Cobertura dos Planos Odontológicos OdontoPrev

Cobertura dos Planos Odontológicos OdontoPrev Cobertura dos Planos Odontológicos OdontoPrev Plano Integral... TRATAMENTO AMBULATORIAL/DIAGNÓSTICO Consulta EMERGÊNCIA Colagem de fragmentos (consiste na recolocação de partes de dente que sofreu fratura,

Leia mais

Relação das Disciplinas/Curso que serão atribuídas em 2010. Importante!

Relação das Disciplinas/Curso que serão atribuídas em 2010. Importante! Relação das Disciplinas/Curso que serão atribuídas em 2010. Importante! A Direção do IMES Catanduva e a Comissão Organizadora do Processo Seletivo 007/2009 alerta os candidatos inscritos que as disciplinas

Leia mais

DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL

DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL CURSO DE ODONTOLOGIA Turno: INTEGRAL Currículo n 10 Reconhecido pelo Decreto n 40.445, de 30.11.56, D.O.U. nº 275 de 30.11.56. Renovação de Reconhecimento Decreto nº. 868, de 24.03.11. D.O.E. nº 8431 de

Leia mais

CRONOGRAMA CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA. APROVADO: MEC e CFO

CRONOGRAMA CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA. APROVADO: MEC e CFO CRONOGRAMA CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA APROVADO: MEC e CFO 1º. MÓDULO: 1º. DIA: Apresentação da Especialização / Aula teórica de Classificação das Más-oclusões 2º. DIA: Aula teórica de Etiologia

Leia mais

COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS

COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS DESCRIÇÃO DO SERVIÇO 01. DIAGNÓSTICO Exame clínico inicial Consultas com hora marcada Exame clínico final Exame admissional (exame de sanidade dentária) 02. ATENDIMENTO DE

Leia mais

Reconhecido pelo Decreto n 40.445, de 30.11.56, D.O.U. de 30.11.56. Renovação de Reconhecimento Decreto nº. 868, de 24.03.11. D.O.E. de 24.03.

Reconhecido pelo Decreto n 40.445, de 30.11.56, D.O.U. de 30.11.56. Renovação de Reconhecimento Decreto nº. 868, de 24.03.11. D.O.E. de 24.03. CURSO DE ODONTOLOGIA Turno: INTEGRAL Currículo n 10 Reconhecido pelo Decreto n 40.445, de 30.11.56, D.O.U. de 30.11.56. Renovação de Reconhecimento Decreto nº. 868, de 24.03.11. D.O.E. de 24.03.11 Para

Leia mais

Centro Av. Frei Pacífico Wagner,653 11660 903 Caraguatatuba SP T F 55 12 3897 2000

Centro Av. Frei Pacífico Wagner,653 11660 903 Caraguatatuba SP T F 55 12 3897 2000 Nome Curso: IMPLANTE. Implantando idéias, um curso diferente. Curso de extensão Universitária Natureza: Teórico prático Data do inicio do curso: 27 de agosto de 2010 Local: Clinica Universitário Módulo

Leia mais

CREDIBILIDADE EDITORIAL EXPEDIENTE

CREDIBILIDADE EDITORIAL EXPEDIENTE 1 EDITORIAL CREDIBILIDADE Prof. Dr. José Luiz Cintra Junqueira Presidente do Conselho Superior da São Leopoldo Mandic Presidente da Mantenedora do Colégio Progresso Campineiro Nós, da São Leopoldo Mandic

Leia mais

Controle de Hemorragia sem Aplicação de Agente Hemostático em região Buco-maxilo-facial 82000484 130

Controle de Hemorragia sem Aplicação de Agente Hemostático em região Buco-maxilo-facial 82000484 130 ANEXO I TABELA DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS AGEMED Baseado na Lei 9656 e RN 211 - Edição julho/2014 Terminologia Unificada da Saúde Suplementar (TUSS). NOMENCLATURA / PROCEDIMENTO CÓDIGO TUSS RAIO X

Leia mais

8º Curso de Aperfeiçoamento em Implantologia e Prótese sobre Implantes (2014)

8º Curso de Aperfeiçoamento em Implantologia e Prótese sobre Implantes (2014) 8º Curso de Aperfeiçoamento em Implantologia e Prótese sobre Implantes (2014) ESTA PÓS GRADUAÇÃO DESTINA-SE A TODOS OS MÉDICOS DENTISTAS QUE PRETENDAM INICIAR OU APROFUNDAR CONHECIMENTOS NA ÁREA DE REABILITAÇÃO

Leia mais

Incisão e Drenagem extra-oral de abscesso, hematoma e/ou flegmão da região buco-maxilo-facial

Incisão e Drenagem extra-oral de abscesso, hematoma e/ou flegmão da região buco-maxilo-facial CÓDIGO 81000049 81000057 82000468 Diagnóstico, Urgência-Emergência: Noturna, Sábado, Domingo ou Feriado (procedimento abaixo) Consulta odontológica de Urgência (Horário normal das 08:00 horas às 18:00

Leia mais

Tabela de Procedimentos Básicos UNIODONTO TABELA DE PROCEDIMENTOS COPARTICIPAÇÃO-III UNIODONTO-SC

Tabela de Procedimentos Básicos UNIODONTO TABELA DE PROCEDIMENTOS COPARTICIPAÇÃO-III UNIODONTO-SC Tabela de Procedimentos Básicos UNIODONTO TABELA DE PROCEDIMENTOS COPARTICIPAÇÃO-III UNIODONTO-SC Baseado na Lei 9656 e RN 211 - Edição outubro/2011 - Terminologia Unificada da Saúde Suplementar (TUSS).

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Empresa: FACULDADE CATOLICA. Número da Proposta: 02/2015

APRESENTAÇÃO. Empresa: FACULDADE CATOLICA. Número da Proposta: 02/2015 Empresa: FACULDADE CATOLICA Número da Proposta: 02/2015 APRESENTAÇÃO A UNIMEDODONTO oferece produtos que foram desenvolvidos com o intuito de atender o nicho de mercado odontológico, trazendo diferenciais

Leia mais

Código Estruturado. 79 81000138 Diagnóstico anatomopatológico em material de biópsia. 79 81000154 Diagnóstico anatomopatológico em peça cirúrgica na

Código Estruturado. 79 81000138 Diagnóstico anatomopatológico em material de biópsia. 79 81000154 Diagnóstico anatomopatológico em peça cirúrgica na TUSS Odontologia Código Procedimento US Código Estruturado Especialidade US DIAGNÓSTICO DIAGNÓSTICO 01.01 CONSULTA ODONTOLÓGICA INICIAL 65 81000065 Consulta odontológica inicial 65 01.05 CONSULTA ODONTOLÓGICA

Leia mais

I CURSO DE ODONTOLOGIA HOSPITALAR EM BETIM

I CURSO DE ODONTOLOGIA HOSPITALAR EM BETIM 2012 I CURSO DE ODONTOLOGIA HOSPITALAR EM BETIM REALIZAÇÃO: e Secretaria Municipal de Saúde de Betim Local: Auditório do Hospital Público Regional de Betim, Avenida Mattos Lazzarotti, 3800 Ingá Betim MG.

Leia mais

TABELA INTEGRAL DE PROCEDIMENTOS Plano Master

TABELA INTEGRAL DE PROCEDIMENTOS Plano Master TABELA INTEGRAL DE PROCEDIMENTOS Plano Master (ANEXO A - ROL DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS EXIGIDOS PELA ANS)- Tabela Cliente CH = Coeficiente de Honorário Odontológico Valor do CH = R$ USO = Unidade

Leia mais

UNIODONTO BELÉM - COOPERATIVA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLOGICA TABELA DE ATOS NÃO COBERTOS - NOMENCLATURA DOS ATOS - PREVENÇÃO R$ 81000073

UNIODONTO BELÉM - COOPERATIVA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLOGICA TABELA DE ATOS NÃO COBERTOS - NOMENCLATURA DOS ATOS - PREVENÇÃO R$ 81000073 UNIODONTO BELÉM COOPERATIVA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLOGICA TABELA DE ATOS NÃO COBERTOS NOMENCLATURA DOS ATOS PREVENÇÃO R$ 81000073 CONSULTA ODONTOLÓGICA PARA AVALIAÇÃO TÉCNICA DE AUDITORIA 130,00

Leia mais

CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM IMPLANTE e PRÓTESE SOBRE IMPLANTE CENTRO DE ESTUDOS

CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM IMPLANTE e PRÓTESE SOBRE IMPLANTE CENTRO DE ESTUDOS CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM IMPLANTE e PRÓTESE SOBRE IMPLANTE CENTRO DE ESTUDOS MANUAL DO ALUNO 2014 Docentes e Professores Convidados Prof. Dr. Jean Kleber Brito CRO 9795-GO Implantodontista / Prótese- Diretor

Leia mais

Dentição Convênios Odontológicos Tabela de Procedimentos Odontológicos Dentalprev - descrição e códigos TUSS

Dentição Convênios Odontológicos Tabela de Procedimentos Odontológicos Dentalprev - descrição e códigos TUSS Dentição Convênios Odontológicos Tabela de Procedimentos Odontológicos Dentalprev - descrição e códigos TUSS Nome Código Observações Cir.Traum.Buco-Max-Fac Aprofundamento/aumento de vestíbulo 82000190

Leia mais

Dr. Felipe Groch CRO 101.353 Especialização em Implantes Dentários

Dr. Felipe Groch CRO 101.353 Especialização em Implantes Dentários Nosso consultório odontológico está equipado para oferecer ao produtor rural todos os tratamentos odontológicos disponíveis na atualidade. Segue abaixo uma discriminação detalhada de cada tratamento oferecido

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR 2012.2 NOVO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) OBRIGATÓRIAS: 264 CREDITOS OPTATIVAS: 14 CRÉDITOS TOTAL: 278 CRÉDITOS

MATRIZ CURRICULAR 2012.2 NOVO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) OBRIGATÓRIAS: 264 CREDITOS OPTATIVAS: 14 CRÉDITOS TOTAL: 278 CRÉDITOS MATRIZ CURRICULAR 2012.2 NOVO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) TOTAL DE CRÉDITOS: 278 TOTAL DE HORAS: 4448 HORAS OBRIGATÓRIAS: 2 CREDITOS OPTATIVAS: 14 CRÉDITOS TOTAL: 278 CRÉDITOS SEMESTRE 01 Módulo

Leia mais

POST GRADO EN ORTODONCIA (Programa)

POST GRADO EN ORTODONCIA (Programa) POST GRADO EN ORTODONCIA (Programa) Coordinador del Curso: Prof. Dr. Gastão Moura Neto 1. Entidad: SPO (SOCIEDAD PAULISTA DE ORTODONCIA) / Unidade Botucatu debidamente autorizada por CFO-Consejo Federal

Leia mais

I CONGRESSO LONDRINENSE DE ODONTOLOGIA IV CONGRESSO ODONTOLÓGICO DA UEL

I CONGRESSO LONDRINENSE DE ODONTOLOGIA IV CONGRESSO ODONTOLÓGICO DA UEL I CONGRESSO LONDRINENSE DE ODONTOLOGIA IV CONGRESSO ODONTOLÓGICO DA UEL ENCONTRO DA PÓS-GRADUAÇÃO NORMAS GERAIS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS As apresentações poderão ser realizadas na forma de PÔSTER

Leia mais

Alberto Fedeli Júnior

Alberto Fedeli Júnior Rita de Cássia Gabrielli Souza Lima Graduação em Odontologia (UMC) Especialização em Saúde Coletiva em Odontologia (UFMG) Especialização em Saúde da Família (UFSC) Mestrado em Saúde Pública (UFSC) Doutorado

Leia mais

NORMATIZAÇÃO DO FUNCIONAMENTO DO SERVIÇO DE ODONTOLOGIA HOSPITALAR

NORMATIZAÇÃO DO FUNCIONAMENTO DO SERVIÇO DE ODONTOLOGIA HOSPITALAR NORMATIZAÇÃO DO FUNCIONAMENTO DO SERVIÇO DE ODONTOLOGIA HOSPITALAR Atuação e conceitos da Odontologia Hospitalar e Medicina Oral A Odontologia exercida pela grande maioria dos dentistas brasileiros enfoca

Leia mais

Perfil do egresso Profissional generalista, e com possibilidades de aprofundamento em áreas específicas, consciente de suas responsabilidades no

Perfil do egresso Profissional generalista, e com possibilidades de aprofundamento em áreas específicas, consciente de suas responsabilidades no Perfil do egresso Profissional generalista, e com possibilidades de aprofundamento em áreas específicas, consciente de suas responsabilidades no processo saúde/doença, com sólida formação técnico-científica,

Leia mais

PREFEITURA DE GOIANIA - IMAS ATUALIZADO EM : 02/08/2010 RELATORIO DE PROCEDIMENTOS ODONTOLOGICOS POR ESPECIALIDADE VALOR DO CH ODONTOLOGICO : R$ 0,22

PREFEITURA DE GOIANIA - IMAS ATUALIZADO EM : 02/08/2010 RELATORIO DE PROCEDIMENTOS ODONTOLOGICOS POR ESPECIALIDADE VALOR DO CH ODONTOLOGICO : R$ 0,22 PREFEITURA DE GOIANIA - IMAS ATUALIZADO EM : 02/08/2010 RELATORIO DE PROCEDIMENTOS ODONTOLOGICOS POR ESPECIALIDADE VALOR DO CH ODONTOLOGICO : R$ 0,22 ESPECIALIDADE : 001 - PRONTO SOCORRO CODIGO DESCRICAO

Leia mais

ANEXO RN 211 ROL DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS

ANEXO RN 211 ROL DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS ROL DE ONTOLÓGICOS PROCEDIMENTO SUBGRUPO GRUPO CAPÍTULO AMB HCO HSO PAC D.UT ADEQUAÇÃO DO MEIO BUCAL (COM DIRETRIZ DE AJUSTE OCLUSAL ALVEOLOPLASTIA AMPUTAÇÃO RADICULAR COM OU SEM OBTURAÇÃO RETRÓGRADA APICETOMIA

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS, TECNOLOGIA E SAÚDE CURSO DE ODONTOLOGIA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS, TECNOLOGIA E SAÚDE CURSO DE ODONTOLOGIA UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS, TECNOLOGIA E SAÚDE CURSO DE ODONTOLOGIA PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR POR PRAZO DETERMINADO EDITAL N 0/06 O Diretor do Centro de Ciências,

Leia mais

COMPARATIVO DAS COBERTURAS POR DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS ODONTOLOGICOS PLANO BÁSICO X PLANO PLENO CÓDIGO

COMPARATIVO DAS COBERTURAS POR DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS ODONTOLOGICOS PLANO BÁSICO X PLANO PLENO CÓDIGO Consulta odontológica de urgência 81000049 Consulta odontológica de urgência Consulta de Estomatologia 70011049 Consulta de Estomatologia Consulta de Dor e Disfunção Temporomandibular 70011050 Consulta

Leia mais

Conselho Federal de Odontologia. Dados e Informações Sobre as Especialidades Odontológicas no Brasil

Conselho Federal de Odontologia. Dados e Informações Sobre as Especialidades Odontológicas no Brasil Dados e Informações Sobre as Especialidades Odontológicas no Brasil Luciano M Sampaio Barreto ( Gerente de Tecnologia e Informação ) Conselho Federal de Odontologia - CFO Dezembro/2013 Histórico das Especialidades

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CCS ODT - CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA P L A N O D E E N S I N O

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CCS ODT - CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA P L A N O D E E N S I N O UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CCS ODT - CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA P L A N O D E E N S I N O DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Semestre: 2011/2 Nome da disciplina Departamentos: ODT

Leia mais

C U R S O O D O N T O L O G I A

C U R S O O D O N T O L O G I A C U R S O O D O N T O L O G I A Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: CLÍNICA INTEGRADA III Código: Pré-requisito: ODONTOLOGIA

Leia mais

Essa conquista só foi possível graças aos professores

Essa conquista só foi possível graças aos professores 1 EDITORIAL No Caminho Certo Prof. Dr. José Luiz Cintra Junqueira Presidente do Conselho Superior da São Leopoldo Mandic Mais uma vez, nossa São Leopoldo Mandic recebeu nota máxima no Índice Geral de Cursos

Leia mais

Dados e Informações Sobre as Especialidades Odontológicas no Brasil

Dados e Informações Sobre as Especialidades Odontológicas no Brasil Dados e Informações Sobre as Especialidades Odontológicas no Brasil José Mário Morais Mateus Conselheiro Federal - MG Julho/2014 Histórico das Especialidades Odontológicas Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Faciais

Leia mais

Planilha1. Controle de hemorragia com aplicação de agente hemostático em região buco-maxilo-facial

Planilha1. Controle de hemorragia com aplicação de agente hemostático em região buco-maxilo-facial 81000421 Radiografia periapical CIRURGIA Planilha1 DIAGNÓSTICO 81000065 Consulta odontológica inicial 81000111 Diagnóstico anatomopatológico em citologia esfoliativa na região buco-maxilo-facial 81000138

Leia mais

Tabela de Preços Convencionados para Medicina Dentária e Estomatologia

Tabela de Preços Convencionados para Medicina Dentária e Estomatologia Tabela de Preços Convencionados para Medicina Dentária e Estomatologia Em consequência de condições específicas convencionadas com os prestadores, o valor assumido pela Pessoa Segura poderá, em algumas

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DIA 06/09/2012

PROGRAMAÇÃO DIA 06/09/2012 PROGRAMAÇÃO DIA 06/09/2012 HORÁRIO TIPO LOCAL TEMA CENTRAL TÍTULO PALESTRANTE 08:00 CREDENCIAMENTO 09:00 COLOCAÇÃO DOS PAINÉIS: ÁREAS BÁSICAS E AFINS, IMAGINOLOGIA, ODONTOGERIATRIA, ODONTOPEDIATRIA, ODONTOLOGIA

Leia mais

27 DE OUTUBRO DE 2015

27 DE OUTUBRO DE 2015 27 DE OUTUBRO DE 2015 27/10/2015 Mesa Redonda 27/10/2015 Procedimentos Cirúrgicos Periodontais para a Estética do Sorriso Dr. Luiz Fernando Ruiz Naldi (FO-UFG, ABO-GO e Liga Acadêmica de Periodontia LAPE).

Leia mais

UEPB EMENTAS DO CURSO DE ODONTOLOGIA Campus I ANATOMIA E HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA BUCAL CARGA HORÁRIA 120

UEPB EMENTAS DO CURSO DE ODONTOLOGIA Campus I ANATOMIA E HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA BUCAL CARGA HORÁRIA 120 UEPB EMENTAS DO CURSO DE ODONTOLOGIA Campus I ANATOMIA E HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA BUCAL Desenvolvimento da face e da cavidade oral- Odontogênese - Desenvolvimento do Dente - Estrutura do Esmalte e Amelogênese

Leia mais

V PÓS-GRADUAÇÃO CLÍNICA EM ODONTOPEDIATRIA

V PÓS-GRADUAÇÃO CLÍNICA EM ODONTOPEDIATRIA 2015/16 V PÓS-GRADUAÇÃO CLÍNICA EM ODONTOPEDIATRIA ESTRUTURA CURRICULAR Contents Características do Curso... 2 Coordenação Pedagógica... 8 Coordenação Científica... 8 Coordenação Clínica... 8 Prática Clínica...

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º AN001- ANATOMIA 1 OBRIG 30 60 90 4.0 Fórmula: HE011 E HE017 E HE019 E IN739 HE011 - HISTOLOGIA HE017 - CITOLOGIA HE019 - EMBRIOLOGIA ESTUDO DA MORFOLOGIA DOS DIVERSOS ÓRGÃOS QUE CONSTITUEM

Leia mais

Tabela 5.88 - Distribuição numérica dos estudantes matriculados nos cursos de especialização da UFJF no 2º semestre, 1999-2008

Tabela 5.88 - Distribuição numérica dos estudantes matriculados nos cursos de especialização da UFJF no 2º semestre, 1999-2008 Nível / Curso 1999 Ações Institucionais e Saúde Pública Coletiva 27 Administração Hoteleira 33 Alfabetização e Linguagem 22 Área da Infância e da Juventude 40 Arte em Educação Infantil 86 Ativ. Motoras

Leia mais

RADIOLOGIA EM ORTODONTIA

RADIOLOGIA EM ORTODONTIA RADIOLOGIA EM ORTODONTIA Sem dúvida alguma, o descobrimento do RX em 1.895, veio revolucionar o diagnóstico de diversas anomalias no campo da Medicina. A Odontologia, sendo área da saúde, como não poderia

Leia mais

AMPUTAÇÃO RADICULAR COM OU SEM OBTURAÇÃO RETRÓGRADA 82000050 Amputação radicular sem obturação retrógrada

AMPUTAÇÃO RADICULAR COM OU SEM OBTURAÇÃO RETRÓGRADA 82000050 Amputação radicular sem obturação retrógrada 85400017 Ajuste Oclusal por acréscimo AJUSTE OCLUSAL 85400025 Ajuste Oclusal por desgaste seletivo AJUSTE OCLUSAL 82000034 Alveoloplastia ALVEOLOPLASTIA Amputação radicular com obturação retrógrada AMPUTAÇÃO

Leia mais

Componentes curriculares do Curso de Graduação em Odontologia BACHARELADO

Componentes curriculares do Curso de Graduação em Odontologia BACHARELADO Componentes curriculares do Curso de Graduação em Odontologia BACHARELADO Disciplinas C.H.R C.H.S T P T P Anatomia Humana II 060 040 03 02 Biologia II 080 020 04 01 Bioquímica I 060 020 03 01 Histologia

Leia mais

Tabela Simplificare Denti II

Tabela Simplificare Denti II Tabela Simplificare Denti II Em consequência de condições especifícas convencionadas com os prestadores, o valor assumido pela Pessoa Segura poderá, em algumas circunstâncias, ser inferior ao valor máximo

Leia mais

A EMPRESA. Visão. Missão

A EMPRESA. Visão. Missão MANUAL DE RH 2015 A EMPRESA Com mais de 18 anos e com profundo conhecimento sobre saúde bucal, a DENTALPAR destaca-se no mercado odontológico pela qualidade nos serviços prestados e por promover e manter

Leia mais

CURSO INTENSIVO CLINICO E LABORATORIAL PARA CIRURGÕES DENTISTAS

CURSO INTENSIVO CLINICO E LABORATORIAL PARA CIRURGÕES DENTISTAS CURSO INTENSIVO CLINICO E LABORATORIAL PARA CIRURGÕES Dr. Dario Adolfi Dr. Gustavo Javier Vernazza Dr. Oswaldo Scopin de Andrade Data: 20 a 24 de setembro de 2010 PROGRAMA DO CURSO PRIMERO DIA Dr. Gustavo

Leia mais