PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS Setor de Licitação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS Setor de Licitação"

Transcrição

1 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 130/2012 ABERTURA: DIA 28/12/2012 ÀS 08H00MIN. PROCESSO Nº /2012. JULGAMENTO: MENOR PREÇO POR LOTE N DA OFERTA DE COMPRA: PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS O Município de Anápolis, por intermédio de sua Pregoeira, designada pelo Decreto nº /2011 torna público, para conhecimento dos interessados, que estará realizando o PREGÃO ELETRÔNICO Nº 130/2012, do tipo MENOR PREÇO, através do site cujo objeto foi dividido em 02 lotes: LOTE 01: AQUISIÇÃO DE CHASSI PARA SERVIDORES TIPO LÂMINA, SERVIDORES EM LÂMINA, RACK PARA CHASSI E SERVIDORES, SISTEMA DE ARMAZENAMENTO EM DISCO, BIBLIOTECA DE FITA PARA BACKUP, SOFTWARE DE VIRTUALIZAÇÃO, SOFTWARE DE GERENCIAMENTO DE AMBIENTE VIRTUALIZADO, SOFTWARE DE GERENCIA PARA BANCO DE DADOS MICROSOFT, SOFTWARE DE SISTEMA OPERACIONAL MICROSOFT, IMPLANTAÇÃO E HANDS-ON, E LOTE 02: UPGRADE DE LICENÇA DE USO DE BANCO DE DADOS DB2 IBM, conforme requisição da Diretoria de Gestão Tecnológica e Comunicação Secretaria Municipal de Planejamento, constantes do processo administrativo nº /2012. O presente certame licitatório reger-se-á pelo Decreto Municipal nº /2011, pela Lei Federal n /2002, pela Lei Complementar nº. 123/2006, subsidiariamente pela Lei Federal nº /1993 com suas respectivas alterações e pelas disposições fixadas neste Edital e seus Anexos. Observado o prazo legal, o fornecedor poderá formular consultas pelo ou pelo telefone/fax (62) Todas as referências de tempo no Edital, no Aviso e durante a Sessão Pública observarão obrigatoriamente o horário de Brasília DF, e dessa forma, serão registradas no sistema eletrônico e na documentação relativa ao certame. Referência: repetição do PE 106/ DO LOCAL, DATA E HORA O Pregão Eletrônico será realizado em sessão pública, por meio da INTERNET através do site no dia 28/12/2012, às 08h00min, mediante condições de segurança criptografia e autenticação em todas as suas fases Somente poderão participar da sessão pública de lances, as empresas que cadastrarem suas propostas através do site no período do dia 28 de dezembro de 2012 das 08h00min às 09h15min Para cadastrarem suas propostas, as empresas deverão observar exclusivamente as especificações constantes do Termo de Referência anexo ao Edital A fase competitiva tem início previsto para o dia 28/12/2012 às 09h30min, quando será aberta a sessão pública do presente Pregão Eletrônico, com a divulgação pelo Pregoeiro através do sistema, das Propostas de Preços recebidas e início da etapa de lances com as propostas classificadas Na hipótese de não haver expediente na data acima referida, fica este PREGÃO, automaticamente, transferido para o dia útil subseqüente àquele, na mesma hora e local. 2. DO OBJETO, DA FONTE DOS RECURSOS E DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA 2.1. OBJETO - LOTE 01: AQUISIÇÃO DE CHASSI PARA SERVIDORES TIPO LÂMINA, SERVIDORES EM LÂMINA, RACK PARA CHASSI E SERVIDORES, SISTEMA DE ARMAZENAMENTO EM DISCO, BIBLIOTECA DE FITA PARA BACKUP, SOFTWARE DE VIRTUALIZAÇÃO, SOFTWARE DE GERENCIAMENTO DE AMBIENTE VIRTUALIZADO, SOFTWARE DE GERENCIA PARA BANCO DE DADOS MICROSOFT, SOFTWARE DE SISTEMA OPERACIONAL MICROSOFT, IMPLANTAÇÃO E HANDS-ON, E LOTE 02: UPGRADE DE LICENÇA DE USO DE BANCO DE DADOS DB2 IBM, conforme requisição da Diretoria de Gestão Tecnológica e Comunicação Seretaria Municipal de Planejamento, constantes do processo administrativo nº / FONTE DOS RECURSOS: TESOURO MUNICIPAL DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: DO CREDENCIAMENTO, CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO E CADASTRO DAS PROPOSTAS 3.1. Poderão participar do presente pregão eletrônico as empresas que atenderem a todas as exigências, inclusive quanto à documentação constantes deste Edital e seus Anexos e, estiverem devidamente cadastradas junto ao Órgão Provedor do Sistema a Secretaria da Fazenda do Estado de Goiás (SEFAZ), através do sítio Não será admitida a participação de empresa: Página 1 de 40

2 Que se encontre em recuperação judicial ou em processo de falência, sob concurso de credores, dissolução ou liquidação Que esteja com o direito de licitar e contratar com a Administração Pública suspensa ou que por esta tenham sido declaradas inidôneas Poderá participar do presente pregão eletrônico a empresa que atender a todas as exigências, inclusive quanto à documentação constante deste Edital e seus Anexos, e estiver devidamente cadastrada junto ao Órgão Provedor do Sistema (SEFAZ), através do site O interessado ao se cadastrar no Portal terá seu credenciamento efetivado pela atribuição de chave de identificação e de senha pessoal e intransferível, para acesso ao sistema eletrônico, viabilizado pelo Órgão Provedor do Sistema (SEFAZ) O credenciamento do interessado, junto ao provedor do sistema implica a responsabilidade legal do Licitante O uso de senha de acesso ao sistema eletrônico é de inteira responsabilidade do Licitante, não cabendo ao provedor do sistema ou à promotora da licitação, responsabilidade por eventuais danos decorrentes de uso indevido da senha, ainda que por terceiros A participação no pregão dar-se-á por meio da digitação da senha privativa, do cadastramento do licitante no Cadastro de Participantes para o edital e subseqüente cadastramento da Proposta de Preços Eletrônica, contendo valor total do lote e demais informações necessárias, conforme o objeto do Edital, exclusivamente por meio do sistema eletrônico A licitante será responsável por todas as transações que forem efetuadas em seu nome no sistema eletrônico, assumindo como firmes e verdadeiras suas propostas, assim como os lances inseridos durante a sessão pública Na Proposta devem estar previsto todos os custos diretos e indiretos pertinentes à formação dos preços do objeto, incluindo despesas com impostos, fretes, seguros, taxas e demais encargos, não sendo lícita à cobrança posterior de qualquer ônus, ficando a licitante obrigada a fornecer o objeto pelo valor resultante de sua Proposta/Lance A apresentação da(s) proposta(s) implicará plena aceitação, por parte da licitante, das condições estabelecidas neste Edital e seus Anexos Serão desclassificadas às propostas de preços que não atenderem às exigências do presente edital e seus anexos, sejam por omissão ou por apresentarem irregularidades insanáveis Caso ocorra erro de cotação pela empresa, o Pregoeiro aceitará somente os pedidos de desclassificação que sejam devidamente motivados e registrados no campo de mensagens do referido site, antes e/ou durante a sessão. Caso a licitante não o faça dessa forma, poderá incorrer nas penas impostas no edital. 4. DA FORMULAÇÃO DOS LANCES 4.1. Aberta à etapa competitiva (Sessão Pública), todos os licitantes poderão encaminhar lances exclusivamente por meio do sistema eletrônico, sendo imediatamente informados do seu recebimento e respectivo horário de registro e valor Os licitantes poderão oferecer lances sucessivos, pelo valor total do lote observando o horário fixado e as regras de aceitação dos mesmos O licitante somente poderá oferecer lance inferior ao último por ele ofertado e registrado pelo sistema O sistema eletrônico rejeitará automaticamente os lances em valores superiores aos anteriormente apresentados pelo mesmo licitante Não serão registrados, para o mesmo lote, 2 (dois) ou mais lances de mesmo valor, prevalecendo aquele que for recebido e registrado primeiro Durante o transcurso da sessão pública, os licitantes serão informados, em tempo real, do valor do menor lance registrado que tenha sido apresentado pelos demais licitantes, vedada a identificação do detentor do lance A etapa de lances da sessão pública, prevista neste edital, será encerrada pelo Fechamento com Prorrogação Automática 1+1, transcorrido o tempo mínimo de 15 (quinze) minutos do início da etapa competitiva de lances, sendo que o sistema emitirá aviso de fechamento iminente dos lances informando que, no prazo de 5 (cinco) minutos, será iniciada a metodologia de encerramento com prorrogação automática 1+1, ou seja, transcorrerá 1 (um) minuto, prorrogado por mais 1 (um) minuto sempre que houver novo lance, findo o qual será encerrada a etapa competitiva. Página 2 de 40

3 4.8. Encerrada a etapa competitiva, o Pregoeiro poderá encaminhar, pelo sistema eletrônico, contraproposta diretamente ao licitante que tenha apresentado o lance de menor valor, bem assim decidir sua aceitação, não se admitindo negociar condições diferentes daquelas previstas no edital. 5. DO JULGAMENTO E DA CLASSIFICAÇÃO DAS PROPOSTAS 5.1. O Pregoeiro anunciará, imediatamente após o encerramento da etapa de lances da sessão pública ou, quando for o caso, após a negociação e decisão acerca da aceitação do lance de menor valor, a proposta que, em consonância com as especificações contidas no edital, tenha apresentado o MENOR PREÇO (POR LOTE) Se a proposta ou o lance de menor valor não for aceitável, ou se o licitante desatender às exigências habilitatórias, o Pregoeiro examinará a proposta ou o lance subseqüente, verificando a sua aceitabilidade e procedendo à sua habilitação, na ordem de classificação, e assim sucessivamente, até a apuração de uma proposta ou lance que atenda ao edital Na situação prevista no subitem anterior, o Pregoeiro poderá negociar diretamente com o proponente para que seja obtido preço melhor Não se admitirá proposta que apresente preços globais ou unitários simbólicos, irrisórios ou de valor zero, incompatíveis com os preços dos insumos e salários de mercado, acrescidos dos respectivos encargos, ainda que o ato convocatório da licitação não tenha estabelecido limites mínimos, exceto quando se referirem aos materiais e instalações de propriedade do próprio licitante, a cuja remuneração ele renuncie total ou parcialmente EXEQUIBILIDADE: Serão desclassificadas as propostas com valor unitário e valor global manifestamente inexeqüíveis e que não atendam às exigências deste edital, conforme art. 48, inc. I, da Lei 8.666/ Serão consideradas propostas manifestamente inexeqüíveis aquelas cujos valores apresentem viabilidade incompatível com os praticados no mercado INEXEQUIBILIDADE: O critério de inexeqüibilidade será aquele previsto no art. 48 da Lei 8.666/ ACEITABILIDADE: O preço máximo de aceitabilidade dos valores unitários e totais para cada lote serão aqueles previstos na Planilha Estimativa de Preços, anexo ao processo. Em razão da divulgação do valor estimado ser facultativo à Administração, os mesmos não serão divulgados no edital A Pregoeira e sua equipe de apoio fará a conferência da planilha de preços, que contém os preços unitários e total e as quantidades determinadas pela Administração. Constatado erro aritmético ou de anotação, serão efetuadas as devidas correções. Para fim de rejeição, comparação e classificação das propostas de preços prevalecerá o valor total corrigido, quer seja para mais ou para menos. 5.7 Os produtos ofertados devem atender a todos os requisitos obrigatórios mínimos desta especificação técnica, sendo que o não atendimento implicará na desclassificação. É aceitável que a solução possua características superiores às descritas nas especificações, desde que essas características ofereçam vantagens técnicas à Prefeitura de Anápolis e deverão ser objeto de avaliação da equipe técnica responsável pelo projeto que, caso não aprove a característica, por ser inferior ao requisitado, a proposta será desclassificada Todas as especificações dos produtos devem ser comprovadas por documento de domínio público, páginas webs devidamente identificadas, catálogos, prospectos ou manuais, os quais deverão ser apresentados junto com a proposta comercial. 6. DO ENVIO DA PROPOSTA REAJUSTADA E DOCUMENTAÇÃO 6.1. Encerrada a etapa de lances da sessão pública, o licitante detentor da melhor oferta de cada lote deverá comprovar, de forma imediata, até 02 horas contadas do final da sessão de lances ou convocação na sala de disputa, a situação de regularidade na forma dos artigos 28 a 31 da Lei Federal nº /1993 e também a proposta readequada ao valor do lance vencedor, podendo esta comprovação dar-se mediante encaminhamento da documentação via fax (62) , com posterior encaminhamento do original ou cópia autenticada, observados os prazos definidos em edital Após atendimento do item 6.1 da licitante MELHOR CLASSIFICADA DE CADA LOTE será exigida a apresentação da PROPOSTA com os respectivos valores readequados ao valor representado pelo lance vencedor e os DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO exigidos neste edital, no prazo máximo de 02 (dois) dias úteis do encerramento da etapa de lances do pregão, sendo, inclusive, condição indispensável para a contratação, no endereço: Setor de Licitação da Prefeitura Municipal de Anápolis Avenida Brasil, nº 200, Centro, Anápolis Goiás, CEP: CENTRO ADMINISTRATIVO No caso de envio postal deverá ser informado obrigatoriamente o número de protocolo via e/ou via fac-símile (62) , ao Pregoeiro da disputa, no prazo estipulado para apresentação dos documentos, pois no caso de recebimento postal após o prazo determinado, somente serão aceitos aqueles postados dentro do referido prazo. Página 3 de 40

4 6.2. A PROPOSTA REAJUSTADA, prevista no edital, cujos valores informados deverão ser idênticos ao pactuado na sessão de lances, considerando obrigatório constar o seguinte: Preço unitário e total para cada lote, em moeda corrente nacional, em algarismo com no máximo duas casas decimais; Marca (quando for o caso), garantia (quando for o caso) e as especificações detalhadas do objeto ofertado, consoante exigências do edital; Prazo de validade da proposta de no mínimo 60 (sessenta) dias, a contar da data da sessão pública deste pregão eletrônico; A proposta deverá ser devidamente assinada pelo sócio-proprietário da empresa, ou seu representante legal, desde que seja anexada a procuração Junto à proposta deverá constar ainda o atendimento de todos os itens do Termo de Referência, catálogo ou similar dos equipamentos, e Declaração de possuir o produto garantia conforme termo de referência Todas as especificações dos produtos devem ser comprovadas por documento de domínio público, páginas webs devidamente identificadas, catálogos, prospectos ou manuais. 7. DA HABILITAÇÃO O licitante melhor classificado de cada lote deverá enviar para o endereço e nas conformidades exigidas neste edital a seguinte documentação: 7.1. DA REGULARIDADE JURÍDICA (Compatível com o objeto deste edital) Registro Comercial, no caso de empresa individual; Ato Constitutivo, estatuto ou contrato social e seus aditivos em vigor, devidamente registrados, em se tratando de sociedades comerciais, e no caso de sociedade de ações, acompanhadas de documentos de eleição de seus administradores; Inscrição do ato constitutivo, no caso de sociedades civis, acompanhada de prova de diretoria em exercício; Decreto de autorização, em se tratando de empresa ou sociedade estrangeira em funcionamento no País, e ato de registro ou autorização para funcionamento expedido pelo Órgão competente, quando a atividade assim o exigir DA REGULARIDADE FISCAL Prova de Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas CNPJ; Prova de Inscrição no Cadastro de Contribuintes Estadual ou Municipal, se houver, relativo ao domicílio ou sede do licitante, pertinente ao seu ramo de atividade e compatível com o objeto contratual; Certificado de Regularidade para com o FGTS, expedido pela Caixa Econômica Federal; Certidão Negativa de Débito para com o INSS, ou prova equivalente que comprove regularidade de situação para com a Seguridade Social, ou ainda prova de garantia em juízo de valor suficiente para pagamento do débito, quando em litígio; Prova de regularidade para com as Fazendas Públicas Federal, Estadual e Municipal do domicílio ou sede do licitante, ou outra equivalente, na forma da lei; Prova de inexistência de débitos inadimplidos perante a Justiça do Trabalho, mediante a apresentação de Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas (CNDT) (conforme Lei Federal nº , de 07 de julho de 2011); 7.3. DA QUALIFICAÇÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA Certidão Negativa de Falência ou Recuperação Judicial, expedida pelo cartório distribuidor da comarca da sede da pessoa jurídica ou de execução de pessoa física Balanço patrimonial e demonstrações contábeis do último exercício social, já exigíveis e apresentados na forma da Lei, com termos de abertura e encerramento autenticados pela respectiva Junta Comercial, que comprovem a boa situação financeira da empresa, conforme subitem , vedada a sua substituição por balancetes ou balanços provisórios, podendo ser atualizados por índices oficiais, quando encerrados a mais de 03 (três) meses da data de apresentação da proposta. Página 4 de 40

5 Comprovação assinada pelo contador da empresa, demonstrando a boa situação financeira da empresa, dos seguintes índices financeiros: A) Índice de liquidez geral (ILG), igual ou superior a 1,0 (um vírgula zero) e, B) Índice de endividamento (IE), igual ou inferior a 0,8 (zero vírgula oitenta). Os índices serão obtidos mediante a aplicação das seguintes fórmulas: - ILG = (AC + RLP) / (PC + ELP) e, - IE = (PC + ELP) / AT. Onde: - AC = Ativo Circulante; - AT = Ativo Total; - PC = Passivo Circulante; - ELP = Exigível a longo prazo; - RLP = Realizável a longo prazo DA QUALIFICAÇÃO TÉCNICA Atestado de capacidade técnica para comprovação de aptidão para fornecimento do objeto desta licitação, através de atestado(s) fornecido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado, para a qual a interessada já tenha fornecido objeto compativel a esta licitação Para o lote 01 - Declaração da licitante se comprometendo a comprovar, quando da assinatura do contrato, que possui em seu quadro técnico, no mínimo 01 (um) especialista técnico profissional devidamente certificado pelo fabricante na solução ofertada, através de apresentação de certificado ou equivalente emitido pelo fabricante Para o lote 01 - Declaração da licitante se comprometendo a comprovar, quando da assinatura do contrato, que possui possui em seu quadro técnico, no mínimo 01 (um) especialista técnico profissional certificado como PMP - Project Management Professional. Tal capacidade será provada através de certificado/documento emitido pela instituição competente. Sua atividade principal é realizar a coordenação dos serviços e gestão administrativa do Contrato, servindo de ponto focal para encaminhamento de toda e qualquer requisição referente ao projeto, além de ser também o responsável por prover todos os recursos da proponente necessários para a execução dos serviços A comprovação de possuir em seu quadro de funcionários poderá ser através: a) do vínculo empregatício através de cópia da carteira de trabalho ou Registro de Empregado, entre a proponente e o profissional, e/ou ainda o comprovante protocolado da Gefip, b) contrato regido pelo Direito Civil, contendo os dados dos funcionários relativos ao INSS e FGTS. Para comprovação em caso prestação de serviço deverá ser apresentado contrato ou outro documento hábil à comprovação, c) caso seja sócio da empresa, deverá ser apresentado o contrato social comprovando a participação societária DEMAIS DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO Declaração, sob as penas da Lei, a superveniência de fatos impeditivos da sua habilitação para participar do presente processo licitatório, elaborada em papel timbrado e subscrita pelo representante legal da proponente, conforme modelo anexo ao Edital Declaração, sob as penas da Lei, de que a proponente não possui em seu quadro de pessoal, empregados menores de 18 (dezoito) anos em trabalho noturno, perigoso ou insalubre e 16 (dezesseis) anos em qualquer trabalho, salvo na condição de aprendiz a partir de 14 (quatorze) anos, nos termos do Inciso XXXIII do art. 7º da Constituição Federal de 1988, elaborada em papel timbrado e subscrita pelo representante legal da proponente, conforme modelo anexo ao Edital As empresas que se enquadrarem na qualidade de ME/EPP deverão apresentar a CERTIDÃO SIMPLIFICADA DA JUNTA COMERCIAL (serão aceitos aqueles expedidos até 90 dias anteriores à sessão) e DECLARAÇÃO de que se enquadra na condição de preferência, conforme modelo anexo ao Edital; 7.6. Não serão aceitos protocolos de entrega ou solicitação de documento em substituição aos documentos requeridos no presente Edital e seus Anexos; 7.7. Os documentos acima referenciados deverão conter o mesmo número de CNPJ, os quais deverão corresponder ao CNPJ constante da proposta da licitante, salvo nos caso em que as documentações sejam emitidas apenas por empresa Matriz daquela vencedora do melhor lance Quaisquer certidões que não contiverem data de validade explícita serão considerados válidos por um período de 90 (noventa) dias, a contar da data de suas emissões Serão inabilitadas a(s) empresa(s) que não atender (em) a qualquer item deste Edital. Página 5 de 40

6 7.10. No caso das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, estas deverão apresentar toda a documentação exigida para efeito de comprovação de regularidade fiscal, mesmo que apresente alguma restrição (art. 43 da LC 123/06) Havendo alguma restrição na comprovação de regularidade fiscal das ME/EPP, será assegurado às mesmas o prazo de 02 (dois) dias úteis, cujo termo inicial corresponderá ao momento em que o proponente for declarado o vencedor do certame, prorrogáveis por igual período, a critério da Administração, nos termos do art. 43, 1º, da LC 123/ A não regularização da documentação, no prazo previsto acima, implicará na decadência do direito á contratação, sem prejuízo das sanções previstas no art. 81, da Lei 8666/93, sendo facultado à Administração convocar os licitantes remanescentes na ordem de classificação, para assinatura do contrato, ou revogar a licitação Os proponentes deverão apresentar os documentos em original, processo de cópia autenticada em Cartório, autenticação eletrônica (nos casos que couber), publicação em órgão de imprensa oficial, ou ainda por autenticação direta no setor de Licitação da Prefeitura de Anápolis, quando apresentados simultaneamente a cópia e o original. 8. DA IMPUGNAÇÃO AO EDITAL 8.1 Qualquer impugnação aos termos do presente Pregão deverá ser protocolizada, no prazo previsto nos parágrafos 1º e 2º do artigo 41 da Lei Federal nº /93, com as alterações introduzidas pela Lei Federal nº /94: Qualquer cidadão é parte legítima para impugnar edital de licitação por irregularidade na aplicação desta Lei, devendo protocolar o pedido até 5 (cinco) dias úteis antes da data fixada para a abertura dos envelopes de habilitação, devendo a Administração julgar e responder à impugnação em até 3 (três) dias úteis, sem prejuízo da faculdade prevista no 1 o do art Decairá do direito de impugnar os termos do edital de licitação perante a administração o licitante que não o fizer até o segundo dia útil que anteceder a abertura dos envelopes de habilitação em concorrência, a abertura dos envelopes com as propostas em convite, tomada de preços ou concurso, ou a realização de leilão, as falhas ou irregularidades que viciariam esse edital, hipótese em que tal comunicação não terá efeito de recurso. 8.2 Eventuais impugnações ao edital deverão ser dirigidos ao protocolo do Rápido, por intermédio da(o) Pregoeira(o) do Setor de Licitação, e protocolizados nos dias úteis das 08:00 às 18:00 horas, na Av. Minas Gerais, nº. 39, Jundiaí-RÁPIDO, Anápolis/GO No ato de autuação é obrigatória anexar CPF ou RG para pessoas físicas e CNPJ para pessoas jurídicas (documento original ou cópia autenticada). 9. DOS RECURSOS ADMINISTRATIVOS 9.1. Declarado o vencedor, ao final da sessão, qualquer licitante poderá manifestar, motivadamente, no prazo de até 10 (dez) minutos, a intenção de recorrer da decisão do Pregoeiro, com o registro da síntese de suas razões, sendo que a falta de manifestação imediata e motivada importará na decadência do direito de recurso e, conseqüentemente, na adjudicação do objeto da licitação ao licitante vencedor A intenção motivada de recorrer é aquela que identifica, objetivamente, os fatos e o direito que o licitante pretende que sejam revistos pelo Pregoeiro O licitante que manifestar a intenção de interpor recurso disporá do prazo de 03 (três) dias úteis para apresentação das razões do recurso, por meio de formulário específico do sistema que será disponibilizado a todos os participantes, ficando os demais desde logo intimados para apresentar as contra-razões, se quiserem em igual número de dias, se assim o quiserem, também via sistema eletrônico O exame, a instrução e o encaminhamento dos recursos à autoridade competente para apreciá-los serão realizados pelo Pregoeiro no prazo de até 3 (três) dias úteis. A autoridade competente terá o prazo de 3 (três) dias úteis para decidir o recurso Os recursos terão efeito suspensivo, podendo a autoridade competente, motivadamente e presentes razões de interesse público, atribuir eficácia suspensiva aos demais recursos O acolhimento do recurso importará a invalidação apenas dos atos insuscetíveis de aproveitamento A falta de manifestação imediata e motivada do licitante importará na decadência do direito de recurso e adjudicação do objeto pelo Pregoeiro ao vencedor. Página 6 de 40

7 9.6. Não serão conhecidos os recursos interpostos após os respectivos prazos legais, bem como os encaminhados por fax, correios, , registrando-se, por oportuno, que o procedimento é exclusivamente por meio eletrônico no sistema do comprasnet.go (www.comprasnet.go.gov.br). 10. DO FORNECIMENTO E DA GARANTIA Os produtos serão entregues das 08:00hs às 18:00hs na sede da Prefeitura de Anápolis, no seguinte endereço: Avenida Brasil, 200, Setor Central Anápolis, CEP: Correrão por conta da contratada as despesas com o frete, transporte, seguro e demais custos advindos da entrega dos produtos Prazo de entrega: 30 dias contados do inicio da vigência contratual DA GARANTIA: A garantia deve ser no mínimo de 36 (trinta e seis) meses A Garantia e Níveis de Serviços para todos os itens será aquele definido para cada item do objeto, constante das especificações dos mesmos (termo de referência), contado a partir do recebimento definitivo dos produtos Na entrega a empresa deverá entregar junto ao produto o Termo de Garantia Contratual, conforme modelo anexo, dos itens que se fizer necessário O objeto deste edital será recebido conforme art. 40, II c/c art.73 da Lei 8.666/93: a) provisoriamente, 2 (dois) dias úteis, contados da entrega, para efeito de posterior verificação da conformidade do material com a especificação; b) definitivamente, mediante recibo, no prazo de 05 (cinco) dias úteis após o recebimento provisório. 11. DO PRAZO E DAS CONDIÇÕES PARA ASSINATURA DO CONTRATO 11.1 A contratação decorrente desta licitação, será formalizada mediante termo de contrato, cuja respectiva minuta constitui anexo do presente Edital Vigência: 30 (trinta) dias, considerando o prazo de entrega do produto A vigência contratual deverá respeitar a vigência dos créditos orçamentários Inicia-se a vigência contratual a partir da publicação do extrato no Diário Oficial do Município O licitante vencedor será convocado pela Administração Pública Municipal, para proceder à assinatura do Contrato no prazo de 02 (dois) dias úteis, contados da data do recebimento da convocação. 12. FORMA DE PAGAMENTO E DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA O pagamento ao licitante vencedor será efetuado em até 30 (trinta) dias, após o cumprimento de todas as obrigações assumidas pela empresa vencedora, com verbas oriundas do TESOURO MUNICIPAL, mediante a apresentação de documentos hábeis para cobrança e após liberação da despesa pela Controladoria do Município; Não será efetuado qualquer pagamento a contratada enquanto houver pendência de liquidação da obrigação financeira em virtude de penalidade ou inadimplência contratual. No caso de incorreção nos documentos apresentados, inclusive na Nota Fiscal, serão os mesmos restituídos à adjudicatária para as correções necessárias, sendo automaticamente alteradas as datas de vencimento, não respondendo o proponente do edital por quaisquer encargos resultantes de atrasos na liquidação dos pagamentos correspondentes A(s) empresa(s) vencedora(s) desta licitação deverá (ão) discriminar no texto da Nota Fiscal todos os itens contidos na entrega dos produtos, constando às despesas com valores propostos pela empresa Se o término do prazo para pagamento ocorrer em dia sem expediente no órgão licitante, o pagamento deverá ser efetuado no primeiro dia útil subseqüente. 13. DO REAJUSTE E ATUALIZAÇÃO FINANCEIRA Página 7 de 40

8 13.1. Na hipótese de atraso no pagamento da Nota Fiscal, o valor devido pela Administração será atualizado financeiramente, de acordo com a variação do IGP-M/FGV, desde a data final do período de inadimplemento até a data do efetivo pagamento, nos termos do inciso XIV do art. 40 da Lei 8.666/ O presente critério aplica-se aos casos de compensações financeiras por eventuais atrasos de pagamentos e aos casos de descontos por eventuais antecipações de pagamentos Quanto ao reajuste, se dará nos termos do inciso XI do art. 40 da Lei 8.666/93, de acordo também com a variação do IGP- M/FGV, devido após 12 meses de contratação. 14. DAS PENALIDADES Pelo descumprimento do ajuste a Adjudicatária sujeitar-se-á às seguintes penalidades, que só deixarão de ser aplicadas nos casos previstos: a) comprovação pela Adjudicatária, anexada aos autos, da ocorrência de força maior impeditiva do cumprimento da entrega; b) manifestação da unidade requisitante informando que a infração foi decorrente de fatos imputáveis à Administração: Multa de 1% (um por cento) por dia de atraso na realização programada da entrega do objeto licitado, o qual incidirá sobre o valor do serviço que deveria ser efetivado; Multa de 5% (cinco por cento) por inexecução parcial do ajuste a qual incidirá sobre o valor da parcela inexecutada; Multa de 10% (dez por cento) por inexecução total do ajuste a qual incidirá sobre o valor do contrato; Multa de 1% (um por cento) por descumprimento de quaisquer das obrigações decorrentes do ajuste, que não estejam previstas nos subitens acima, a qual incidirá sobre o valor do contrato; As multas são independentes. A aplicação de uma multa não exclui a das outras Todas as demais sanções previstas na legislação em vigor Se o licitante deixar de entregar a documentação ou apresentá-la falsamente, ensejar o retardamento da execução de seu objeto, não mantiver a proposta, falhar ou fraudar na execução do contrato, comportar-se de modo inidôneo ou cometer fraude fiscal, ficará pelo prazo de até 05 (cinco) anos impedido de contratar com a Administração Pública, sem prejuízo de multa de até 1% (um por cento) sobre o valor pactuado Configurada a infração, a empresa será notificada para, no prazo de 05(cinco) dias úteis, apresentar defesa, que deverá ser protocolizada nos dias úteis das 08:00 às 18:00 horas, na Av. Minas Gerais, nº. 39, Jundiaí-RÁPIDO, Anápolis/GO Recebida à defesa, a Pregoeira da disputa encaminhará a defesa à autoridade competente, que deverá manifestar-se, motivadamente, sobre o acolhimento ou rejeição das razões apresentadas, para concluir pela imposição ou não da respectiva penalidade As penalidades serão, obrigatoriamente, publicadas no Diário Oficial do Município As sanções deverão ser aplicadas de forma gradativa, observados os princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, e após o regular processo administrativo, com garantia da defesa prévia A aplicação de penalidade administrativa não exclui a responsabilidade civil e criminal do fornecedor ou prestador do serviço. 15. DA ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO A adjudicação do objeto do presente certame será viabilizada pela (o) pregoeira (o) sempre que não houver recurso, ou que tenha resolvido estes A homologação da licitação é de responsabilidade da autoridade competente e só poderá ser realizada depois da adjudicação do objeto à proponente vencedora pela (o) pregoeira (o), ou, quando houver recurso, pela própria autoridade competente. 16. RESPONSABILIDADES DA CONTRATADA Página 8 de 40

9 16.1. Elaborar e apresentar ao Órgão Contratante, relatório de progressão das atividades executadas, contendo claramente os serviços prestados Manter, durante a execução do contrato, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas no edital, necessárias para que todas as tarefas e projetos acordados sejam concluídos com utilização eficiente dos recursos disponíveis. Acatar e obedecer às normas de utilização e segurança das instalações Cumprir integralmente as cláusulas contratuais Responsabilizar-se pelos vícios e danos decorrentes do produto, de acordo com os artigos 12, 13, 18 e 26, do Código de Defesa do Consumidor (Lei nº 8.078, de 1990); Manter os seus técnicos informados quanto às normas disciplinares do Órgão Contratante, exigindo sua fiel observância, especialmente quanto à utilização e segurança das instalações; Manter os seus técnicos identificados por crachás, quando em trabalho, devendo substituir imediatamente aquele que seja considerado inconveniente à boa ordem ou que venha a transgredir as normas disciplinares do Órgão Contratante Comunicar por escrito qualquer anormalidade, prestando ao Órgão Contratante os esclarecimentos julgados necessários Alocar os técnicos conforme especificados neste projeto nas instalações do Órgão Contratante Cumprir o cronograma físico de execução, informando prazos e atividades desenvolvidas; Socializar todas as informações aos envolvidos no projeto, deixando a equipe de TI, designada para acompanhar o projeto, ciente, capacitada e com total domínio da metodologia de desenvolvimento aplicada, bem como das ferramentas utilizadas; Comprometer a manter em sigilo, ou seja, não revelar ou divulgar as informações confidenciais ou de caráter não público recebidas durante e após a prestação dos serviços no Órgão Contratante, tais como: informações técnicas, operacionais, administrativas, econômicas, financeiras e quaisquer outras informações, escritas ou verbais, fornecidas ou que venham a ser de nosso conhecimento, sobre os serviços licitados, ou que a ele se referem; Informar sobre todo e qualquer requisito necessário para a execução dos serviços e instalações dos produtos que são objeto deste termo. 17. RESPONSABILIDADES DO CONTRATANTE 17.1 Proporcionar a proponente os espaços físicos, instalações e os meios de comunicação necessários ao desempenho das atividades exigidas no contrato, quando executados no ambiente físico do Órgão Contratante Fornecer à proponente, em tempo hábil, as informações necessárias e relevantes à execução do projeto Estabelecer normas e procedimentos de acesso às instalações Aprovar e receber os serviços executados pela proponente, quando de acordo com o contrato Anotar em registro próprio todas as ocorrências relacionadas com a execução dos serviços mencionados, determinando o que for necessário à regularização das faltas ou defeitos observados; Permitir acesso dos técnicos da Licitante aos equipamentos e sistemas do Órgão Contratante para execução dos serviços de implantação do projeto e suporte do ambiente computacional, desde que devidamente identificados; Acompanhar todas as fases de implantação do projeto; Zelar para que o ambiente esteja sempre adequado ao desenvolvimento e em funcionamento; Disponibilizar recursos necessários de infraestrutura para a instalação dos equipamentos que são objeto deste termo, tais como pontos de energia, local físico, refrigeração, pontos de conectividade lógica e o que mais for demandado pela contratada para perfeita instalação dos produtos Designar funcionário habilitado para a fiscalização e acompanhamento da execução dos serviços, conforme descrito na forma do art. 67 da Lei nº 8.666/93, de acordo com as obrigações estabelecidas. 18. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS E FINAIS São partes integrantes deste edital, os seguintes anexos: Página 9 de 40

10 Anexo I Termo de Referência; PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS Anexo II Modelo de Declaração de que não emprega menores de 18 anos e da Inexistência de Fatos Impeditivos; Anexo III - Modelo de Declaração de Enquadramento como Micro Empresa ou Empresa de Pequeno Porte; Anexo IV Modelo de Proposta de Preços; Anexo V Minuta de Contrato Entrega; Anexo VI Termo de garantia contratual Quaisquer esclarecimentos adicionais poderão, mediante termo escrito, ser obtidos na Rua 10, nº. 310, Vila Industrial Jundiaí, no horário das 08h00min as 17h00min, ou pelo fax (62) Se o esclarecimento não modificar o objeto licitatório, sendo elucidativo ou complementativo, manter-se-á inalterada a data de abertura do certame Somente serão respondidos os questionamentos realizados até 02 (dois) dias úteis antecedentes ao certame Os casos omissos ou pendentes no presente certame serão solucionados pelo Pregoeiro, com fundamento na legislação em vigor. Anápolis-GO, 13 de dezembro de Walkyria Vargas dos Santos Pregoeira Página 10 de 40

11 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA INTRODUÇÃO: A Prefeitura de Anápolis necessita se modernizar nas ações de Tecnologia da Informação, buscar sempre o que há de melhor na área tecnológica, sendo necessárias neste contexto à organização e a definição do modelo de infraestrutura de tecnologia da informação e comunicação (TIC) para suportar todos os processos e ações inerentes aos serviços sob sua responsabilidade, que passaram a ser uma questão estratégica na medida em que os recursos hoje disponíveis estão comprometendo a capacidade de atuação e de respostas às demandas existentes. JUSTIFICATIVA A demanda de processamento de dados da Prefeitura de Anápolis tem aumentado nos últimos anos e, assim como acontece no mercado, novos serviços são criados para atender às necessidades do negócio. Para suportar este crescimento a área de Tecnologia de Informação (TI) também precisou evoluir, aumentando a quantidade de equipamentos e aplicações na Prefeitura. Com isso aumentaram também os custos de manutenção e a complexidade do ambiente. Uma das soluções tecnológicas para contornar esta situação é a consolidação de servidores. A consolidação de servidores consiste em centralizar e/ou diminuir o número de equipamentos e de aplicações instaladas em cada um dos servidores da organização, com o objetivo de aumentar a produtividade da infraestrutura, melhorar o gerenciamento do ambiente, aumentar a segurança, diminuir a manutenção e economizar em recursos humanos, físicos e financeiros. A consolidação de servidores se propõe a trazer a um ambiente corporativo maior produtividade a um custo menor, ou seja, um órgão público que implanta a consolidação em seu ambiente obtém maior produtividade devido à inovação tecnológica e, conseqüentemente, ganha agilidade na entrega de serviços à população. De forma genérica e resumida, a consolidação oferece os seguintes benefícios: Redução do custo total de propriedade, devido à menor quantidade de equipamentos; Redução da complexidade e melhor gerenciamento, pois a consolidação permite que se tenha um ponto único e efetivo de gerenciamento; Redução no número de servidores, pois com a consolidação tende-se a ter servidores centralizados e mais robustos, eliminando a quantidade excessiva de servidores de pequeno porte; Redução dos custos de hardware e software. Depois de instalados, hardware e software geram custos de manutenção que podem ser reduzidos; Redução de imóveis e instalações (menor espaço físico), diminuindo a quantidade de equipamentos, e conseqüentemente, o espaço físico necessário para alocá-los; Redução no consumo de energia, em função da redução da quantidade de equipamentos, e da substituição dos equipamentos antigos por novos; Aumento de segurança devido à centralização, pois a administração do ambiente torna-se mais segura e eficiente; Melhoria no serviço ao cliente por permitir o estabelecimento de níveis de serviço a serem cumpridos, devido à eficiência da administração centralizada; Melhoria no gerenciamento do ambiente devido à centralização, por torna possível fazer com que as tarefas de gerenciamento do ambiente tornem-se mais eficiente e pró-ativas; Aumento na utilização da capacidade dos servidores. Substituindo diversos servidores de pequeno porte, por servidores de grande porte, é possível administrá-los para que todo o recurso disponível seja utilizado a maior parte do tempo, evitando a ociosidade dos equipamentos. Atualmente existem várias propostas para a consolidação de servidores. Esta quantidade de propostas ocorre pelo fato de existirem várias empresas que estão atuando neste segmento de mercado. Para este projeto, estão sendo utilizadas 03 (três) dessas propostas para a consolidação: Consolidação física, com a utilização de servidores do tipo Blade; Consolidação virtual, com a utilização de solução de virtualização; Consolidação por integração de dados, com a utilização de solução de Storage e backup automatizado e centralizado; Devido consolidação dos servidores utilizando a tecnologia de virtualização (consolidação virtual), às demandas de novas funcionalidades dos atuais sistemas, faz-se necessário uma solução de armazenamento centralizada e com garantia da continuidade de serviços (consolidação por integração de dados). A solução aqui apresentada, deverá garantir resolução de problemas com a continuidade dos serviços e recursos de contingência, como também o crescimento do uso de área de armazenamento para os atuais sistemas, novas implementações tanto de servidores como de sistemas sendo assim imprescindível, para que seja garantida a: Atualização da capacidade dos hardwares de unidade de backup e área de armazenamento; Disponibilidade dos sistemas; Desempenho adequado às exigências da sociedade e dos usuários. A consolidação por integração de dados consiste na centralização da gestão e controle dos dados com o objetivo de proporcionar maior facilidade de gerenciamento e economia de escala. Permite que o sistema de armazenamento seja gerenciado como um recurso único para toda a Secretaria. Seus principais benefícios são: Redução do custo total de propriedade devido à movimentação de dados para um ponto único de armazenamento; Página 11 de 40

12 Maior disponibilidade e segurança dos dados. As soluções atuais de armazenamento de dados, conhecidas como storages, possuem recursos extremamente avançados para executarem tarefas pró-ativas, evitando a indisponibilidade das informações; Menor tempo de resposta das aplicações. Devido à centralização dos dados, pode-se investir num único hardware robusto, que tenha um bom desempenho, minimizando o tempo de resposta das aplicações; Menor tempo requerido para restaurar dados no caso de alguma contingência, pois devido à centralização em um ponto único, quando da necessidade de restauração, será necessária a execução de um procedimento padrão. Com a centralização dos dados, torna-se imperativa a utilização de solução de backup centralizado que além de simplificar o processo de cópia de segurança, permite a padronização do processo através do uso de robôs e assim proporcionar uma diminuição no tempo de execução desta cópia, bem como no tempo de restauração na ocorrência de alguma falha, tornando o ambiente mais seguro. OBJETO O objeto deste Termo de Referência é apresentar as especificações técnicas, necessárias e suficientes, para a aquisição de uma estrutura de tecnologia que permita a Prefeitura de Anápolis atender de forma satisfatória as necessidades de processamento de dados atual e futura, a fim de se permitir a portabilidade das aplicações em todas as camadas de serviços, no intuito de garantir o crescimento ordenado da infra-estrutura de comunicação e para suportar a demanda de novos serviços para atender ao cidadão. MODALIDADE DE AQUISIÇÃO Licitação na modalidade de Pregão Eletrônico, do tipo Menor Preço, por lote. COMPOSIÇÃO DO OBJETO A SER CONTRATADO Não obstante é incontestável que a natureza do objeto se caracteriza por um ambiente de alta complexidade, com processamento de dados em tempo real e um elevado nível de resistência, o que nos remete a obrigatoriedade de que todos os componentes da solução devam trabalhar de forma harmônica para garantir o perfeito funcionamento da solução pretendida, face aos valores a serem aplicados. Sendo assim, a Administração Pública, na figura da Prefeitura de Anápolis, após análise do mercado, optou pela composição de DOIS LOTES por figurar como a modalidade mais coerente que assegura o melhor aproveitamento dos recursos e garante sobremaneira sua economia em escala. CARACTERÍSTICA DA SOLUÇÃO E COMPOSIÇÃO DE PREÇOS A solução integrada a ser fornecida para o atendimento das necessidades deste Órgão, com a descrição, quantidade e preço estimado com base em pesquisa mercadológica em empresas do ramo do objeto tendo por base o menor preço dos orçamentos, constitui os seguintes itens: LOTE 01 ITEM 1 Chassi para servidores tipo Lâmina Quantidade: 01 ITEM 2 Servidor em Lâmina TIPO I Quantidade: 02 ITEM 3 Servidor em Lâmina TIPO II Quantidade: 01 ITEM 4 Rack para Servidores Quantidade: 01 ITEM 5 Sistema de Armazenamento em disco Quantidade: 01 ITEM 6 Biblioteca de fita para backup Quantidade: 01 ITEM 7 Software de Virtualização x86 Marca/Modelo: Quantidade: 04 ITEM 8 Software de Gerenciamento de ambiente virtualizado Quantidade: 01 Página 12 de 40

13 ITEM 9 Software de Gerencia para Banco de Dados Quantidade: 01 ITEM 10 Sistema Operacional Microsoft Quantidade: 03 ITEM 11 Implantação e transferência de conhecimento Quantidade: 01 LOTE 02 ITEM 1 - Upgrade de licença de uso de banco de dados DB2 IBM Marca/Modelo: Quantidade: 01 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA serviços. Vide item especificações técnicas, onde estão definidos os requisitos mínimos para a aceitação dos produtos e GARANTIA E NÍVEIS DE SERVIÇOS (SLA) A Garantia e Níveis de Serviços (SLA) para todos os itens será aquele definido para cada item do objeto, constante das especificações dos mesmos, contado a partir do recebimento definitivo dos produtos. LOCAL DE RECEBIMENTO Os produtos serão entregues da 8:00hs às 18:00hs na sede da Prefeitura de Anápolis no seguinte endereço: Avenida Brasil, S Central - Anápolis - GO, Correrão por conta da Contratada as despesas com o frete, transporte, seguro e demais custos advindos da entrega dos produtos. PRAZO DE ENTREGA A solução de hardware, software deverão ser entregues em até 30 (trinta) consecutivos, contados do inicio da vigencia contratual. FORMA DE PAGAMENTO O pagamento será efetuado em até 30 (trinta) dias após protocolização e aceitação pelo Órgão Contratante da Nota Fiscal/Fatura correspondente, devidamente atestada pelo setor competente. OBRIGAÇÕES DA CONTRATANTE Proporcionar a proponente os espaços físicos, instalações e os meios de comunicação necessários ao desempenho das atividades exigidas no contrato, quando executados no ambiente físico do Órgão Contratante. Fornecer à proponente, em tempo hábil, as informações necessárias e relevantes à execução do projeto. Estabelecer normas e procedimentos de acesso às instalações. Aprovar e receber os serviços executados pela proponente, quando de acordo com o contrato. Anotar em registro próprio todas as ocorrências relacionadas com a execução dos serviços mencionados, determinando o que for necessário à regularização das faltas ou defeitos observados; Permitir acesso dos técnicos da Licitante aos equipamentos e sistemas do Órgão Contratante para execução dos serviços de implantação do projeto e suporte do ambiente computacional, desde que devidamente identificados; Acompanhar todas as fases de implantação do projeto; Zelar para que o ambiente esteja sempre adequado ao desenvolvimento e em funcionamento; Disponibilizar recursos necessários de infraestrutura para a instalação dos equipamentos que são objeto deste termo, tais como pontos de energia, local físico, refrigeração, pontos de conectividade lógica e o que mais for demandado pela contratada para perfeita instalação dos produtos. Designar funcionário habilitado para a fiscalização e acompanhamento da execução dos serviços, conforme descrito na forma do art. 67 da Lei nº 8.666/93, de acordo com as obrigações estabelecidas. OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA Página 13 de 40

14 Elaborar e apresentar ao Órgão Contratante, relatório de progressão das atividades executadas, contendo claramente os serviços prestados. Manter, durante a execução do contrato, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas no edital, necessárias para que todas as tarefas e projetos acordados sejam concluídos com utilização eficiente dos recursos disponíveis. Acatar e obedecer às normas de utilização e segurança das instalações. Cumprir integralmente as cláusulas contratuais. Responsabilizar-se pelos vícios e danos decorrentes do produto, de acordo com os artigos 12, 13, 18 e 26, do Código de Defesa do Consumidor (Lei nº 8.078, de 1990); Manter os seus técnicos informados quanto às normas disciplinares do Órgão Contratante, exigindo sua fiel observância, especialmente quanto à utilização e segurança das instalações; Manter os seus técnicos identificados por crachás, quando em trabalho, devendo substituir imediatamente aquele que seja considerado inconveniente à boa ordem ou que venha a transgredir as normas disciplinares do Órgão Contratante. Comunicar por escrito qualquer anormalidade, prestando ao Órgão Contratante os esclarecimentos julgados necessários. Alocar os técnicos conforme especificados neste projeto nas instalações do Órgão Contratante. Cumprir o cronograma físico de execução, informando prazos e atividades desenvolvidas; Socializar todas as informações aos envolvidos no projeto, deixando a equipe de TI, designada para acompanhar o projeto, ciente, capacitada e com total domínio da metodologia de desenvolvimento aplicada, bem como das ferramentas utilizadas; Informar sobre todo e qualquer requisito necessário para a execução dos serviços e instalações dos produtos que são objeto deste termo. CONDIÇÕES GERAIS Os produtos ofertados devem atender a todos os requisitos obrigatórios mínimos desta especificação técnica, sendo que o não atendimento implicará na desclassificação. É aceitável que a solução possua algumas características superiores às descritas nas especificações, desde que essas características ofereçam vantagens técnicas à Prefeitura de Anápolis e deverão ser objeto de avaliação da equipe técnica responsável pelo projeto que, caso não aprove a característica, a proposta será desclassificada. Todas as especificações dos produtos devem ser comprovadas por documento de domínio público, páginas webs devidamente identificadas, catálogos, prospectos ou manuais, os quais deverão ser apresentados junto com a proposta comercial. A Contratante poderá fazer diligências/consultas no sentido de sanar dúvidas quanto ao atendimento das especificações relativas aos equipamentos ofertados, desde que não represente inclusão posterior de documento ou informação que deveria constar originalmente na proposta. ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA LOTE 1 ITEM 1 - CHASSI PARA SERVIDORES TIPO LÂMINA Quantidade Quantidade suficiente para suportar as lâminas do projeto. Fabricação Deve estar em linha de fabricação na data de abertura da licitação. Tempo de Utilização Todos os componentes devem ser novos, sem utilização anterior. Acessórios Manuais Deverá possuir manuais em português e/ou inglês; Componentes O sistema deverá conter todos os materiais e softwares necessários ao seu funcionamento e desempenho das funcionalidades necessárias para a ligação dos servidores Deverá possuir tampas de cobertura original do fabricante para as baias (ou slots) de Tampas servidores tipo laminas (blades) que porventura não sejam ocupadas, de modo a garantir uma melhor ventilação do gabinete; Montagem em Rack 01 kit para montagem em rack 19 ; 04 (quatro) switches de rede gigabit, com suporte a camada 2 e 3 do modelo TCP/IP de comunicação de dados; Capacidade de interligar internamente as lâminas e capacidade de failover (redundância) aos sistemas operacionais suportados. Deverá suportar o chassi em sua configuração máxima; Possuir no mínimo 6 portas externas do tipo gigabit ethernet com conector RJ-45 de cobre; Deverá suportar VLAN e VLAN Tagging, link aggregation, Switch de Rede suportar acesso via SSH, possuir interface de gerenciamento baseado em interface web; Deverá possuir porta de gerenciamento dedicada; Deverá possuir suporte a gerenciamento via SNMP; Deverá possuir capacidade de roteamento baseado em Router Information Protocol (RIP) v1, RIP v2, OSPF v1, v2, e v3, BGP-4; Devem ser específicos para montagem interna no próprio chassi; Os switches devem ser instalados internamente no gabinete; Características Gerais Capacidade de Lâminas Possuir capacidade para instalação de no mínimo 10 Lâminas; Página 14 de 40

15 Gabinete Otimizado para instalação em rack 19, com altura máxima de 10 Us;. Possuir fontes de alimentação hot pluggable operando em redundância e com potência para suportar o chassi, em sua capacidade máxima; Alimentação As fontes deverão funcionar com tensão elétrica nominal de 220 V AC, a 60 Hz. As fontes que compõem a solução devem permitir a sua adição e substituição, sem interromper o funcionamento do sistema. Possuir ventiladores hot pluggable operando em redundância; Deverá possuir sistema de ventilação redundante em regime N+N com suporte de substituição a quente (hot-swap), permitindo que qualquer ventilador seja substituído sem a necessidade de desligamento do chassi ou dos equipamentos nele instalados; Refrigeração O sistema de ventilação deverá permitir que, no caso de falha de qualquer um dos ventiladores, os restantes consigam manter a temperatura adequada para sustentar o funcionamento normal de todas as lâminas de servidores instaladas. O chassi Deverá ser equipado com sua capacidade máxima de ventiladores, a fim de suportar a capacidade total de crescimento do chassi; Suportar, no mínimo, 08 (oito) módulos I/O hot pluggable; Capacidade de Módulos Deve suportar tecnologia FC, Ethernet e Infiniband Possuir duas conexões físicas aos conectores dos servidores blade, onde as conexões de I/O (Entrada e Saída de dados) e de energia serão redundantes, em caso de falha a uma Redundância conexão a outra deverá assumir de maneira transparente e automática a operação de comunicação entre o chassi e os servidores blade, garantindo assim a disponibilidade do equipamento; Interfaces e Dispositivos Interface USB 01 (um) USB padrão 2.0; 01 (um) dispositivo óptico com capacidade para leitura de mídias CD ROM, CD-R, CD+R, Drive de CD/DVD CD-RW, CD+RW, DVD-ROM, DVD-R, DVD+R, DVD-RW e DVD+RW ou virtual compartilhado a todas as Lâminas instaladas; Módulo de Gerenciamento Porta Ethernet 01 (uma) Porta de conexão Ethernet para comunicação com o módulo de gerenciamento. Permitir o acesso ao servidor mesmo que esteja desligado ou em caso de queda ou Gerenciamento out-of-band travamento do sistema operacional, utilizando alimentação chamada stand-by (desde que o servidor esteja conectado a alimentação elétrica). Permitir o redirecionamento da console para acesso remoto a cada servidor em lâmina, Acesso remoto independentemente do status do mesmo, quando da inicialização (post) do equipamento, podendo haver interação de teclado e mouse em qualquer momento. Possuir interface web para acesso a todas as funcionalidades disponibilizadas pela placa. Acessibilidade O acesso deverá ser feito através de conexão HTTPS a partir de um software padrão de indústria, possuindo usuário e senha para log-in, com criptografia dos dados trafegados. Protocolos Suporte a uso de SSH e TELNET. Atualização Capacidade de atualização de Firmware a partir de estação remota. Capacidade para registrar eventos e emitir alertas, em caso de falha de ventiladores ou Alertas e Logs fontes, temperaturas e tensões fora de limites e erros de memória. Redundância Deverá ser redundante e hot-swap. Requisito de Compatibilidade O chassi ofertado deverá ser do mesmo fabricante dos servidores ofertados conforme este Compatibilidade termo de referência para questões de compatibilidade. O chassi deverá ter compatibilidade para acomodar servidores tipo lâmina de arquitetura Lâminas X86, Risc ou Itanium Garantia e Níveis de Serviço (SLA) Período A garantia deve ser de no mínimo 36 meses. O atendimento deve ser on-site, regime 7x24, atendimento em no máximo 4 (quatro) Atendimento horas, solução em até 20 (vinte) horas após a abertura do chamado, a ser realizado diretamente pelo fabricante do equipamento ou assistência técnica autorizada. Esta garantia deve cobrir todos os componentes do chassi e todos os seus subitens, deste termo de referência, tais como: Fontes de Alimentação Elétrica, Switches, Cabos e qualquer Cobertura outra parte mecânica, elétrica/eletrônica do equipamento. O serviço será prestado na cidade de Anápolis/GO. A abertura de chamados deve ocorrer através de chamada telefônica para número 0800, disponível 24 horas, todos os dias da semana. Opcionalmente os chamados poderão ser Chamado abertos também através de site na Internet. O fabricante deverá disponibilizar para a Prefeitura de Anápolis um site de acompanhamento de chamados abertos via telefone ou internet Outras exigências Fabricante Todos os itens e subitens solicitados para chassi deverão ser do mesmo fabricante Tudo o que se fizer necessário para o correto funcionamento do equipamento aqui Acessórios solicitado deverá ser disponibilizado, por exemplo: manuais, drivers, cabos de alimentação, parafusos etc. Instalação Todos os equipamentos deverão ser entregues instalados fisicamente e logicamente no Página 15 de 40

16 local indicado pela Prefeitura de Anápolis. A instalação deve abranger a atualização para a última versão de firmware recomendada pelo fabricante dos equipamentos. ITEM 2 - SERVIDOR EM LÂMINA TIPO I Quantidade 02 Fabricação Deve estar em linha de fabricação na data de abertura da licitação. Tempo de Utilização Todos os componentes devem ser novos, sem utilização anterior. Acessórios Manuais Deverá possuir manuais em português e/ou inglês; O sistema deverá conter todos os materiais e softwares necessários ao seu funcionamento e Componentes desempenho das funcionalidades necessárias para a ligação dos servidores de dados; Compatibilidade com Sistemas Operacionais Microsoft Windows 2003 Server Standard; Microsoft Windows 2003 Server Enterprise; Comprovado por documento Microsoft Windows 2008 Server Standard R2; do fabricante do Hardware Microsoft Windows 2008 Server Enterprise R2; e/ou Software onde conste o VMware ESXi 5; modelo do equipamento e o SUSE LINUX Enterprise Server 11 for AMD64/EM64T; nome do software Red Hat Enterprise Linux 5 Server Edition; Red Hat Enterprise Linux 5 Server x64 Edition; Controladora de vídeo Tipo On-Board Memória RAM Dedicada de no mínimo 8MB DDR2 Controladora de Discos Padrão Padrão SAS (Serial Attached SCSI); Taxa de Transferência Taxa de transferência mínima de 300 MB/s; Suportar a conexão de todos os discos rígidos instalados internamente ao servidor, Capacidade inclusive quando esse estiver em sua configuração máxima; RAID Deverá implementar via hardware RAID nos níveis 0 e 1; Disco Rígido Quantidade 02 Padrão Padrão SAS (Serial Attached SCSI) Hot Swap Tamanho Deverá ser de 2,5 polegadas; Capacidade Deverá ser de 300GB Troughput 6 Gbps (Gigabits por segundo) Rotações por Minuto mil Gabinete e expansões Montagem Lâmina blade otimizada para utilização e montagem em chassi próprio; Tamanho Deverá ocupar no máximo dois Slots/Baias do Chassi deste Termo de Referencia; Placa Fiber Channel Deverá suportar as velocidades de 8Gbps, 4Gbps e 2 Gbps detectado de forma automática Velocidade (autosensing); Portas Deverá possuir 02 (duas) portas; Deverá suportar Boot-from-san; Funcionalidades Deverá suportar Classes de serviço 2 e 3; Deverá suportar FCP-SCSI e FCP-IP; Memória Capacidade Possuir no mínimo 96 GB de memória principal instalada; Tecnologia DDR3 RDIMM Freqüência No mínimo MHz; Possuir tecnologia capaz de corrigir no mínimo 8 bits de erro; Possuir tecnologia de proteção a falhas que permite realizar a transição automática das Proteção de Falhas operações de um banco em condição de falha para outro instalado em modo stand by (espera ativa). Placa de Rede Velocidade Deverá ser 10/100/1000 Base-T autosensing; Portas Deverá possuir 04 (quatro) portas; Suporte a iscsi; Suporte a WOL (Wake on LAN); Funcionalidades Suporte a PXE 2.0 (Preboot Execution Environment) Suporte TOE (TCP/IP Offload Engine); Suporte a SOL (Serial over LAN); Placa mãe Soquetes para Processador Possuir no mínimo 02 (dois) soquetes para processadores; Possuir no mínimo 12 (doze) slots para memória DDR3, com capacidade de expansão até Slots de Memória 96GB por processador; Controladora de vídeo Possuir controladora de vídeo com 8 MB DDR de memória própria; Página 16 de 40

17 Possuir dois conectores físicos ao midplane do chassi, onde as conexões de I/O (Entrada e Saída de dados) serão redundantes, ou seja, em caso de falha a uma conexão a outra Conexões ao Midplane deverá assumir a operação de comunicação entre o chassi e o servidor em questão, melhorando assim a disponibilidade do equipamento. Processador Quantidade instalada O servidor deve possuir 2 processadores instalados idênticos; Núcleos (Cores) Cada processador deve possuir, no mínimo, 6 núcleos (cores); Cache Deverá possuir 12MB L3; Os processadores deverão implementar o conjunto de instruções X86 / X86 64-bits, Características instruções de virtualização, Hypertread, criptografia, overclocking dinâmico; A freqüência mínima de operação do processador deve ser de 2.66 Ghz e seu QPI de no mínimo 6.4 GT/s; Freqüência Deve ser capaz de fazer overclok dinâmico no processador de forma on-demand para até 3.06Ghz; Sistema de Gerenciamento Atualização Atualização de drivers via Internet; Envio de mensagem de alerta ao administrador de redes em caso de falha ou pré-falha do Alertas disco rígido, memória, processador, ventiladores internos e eventos do sistema; Gerenciamento Permitir gerenciamento e configuração remota do equipamento via DMI; Possibilidade de inventário do equipamento, incluindo verificação dos números de série Inventário do sistema, monitor de vídeo e disco rígido, softwares instalados e componentes de hardware; Suporte Deverá ser desenvolvido pelo mesmo fabricante do servidor; Requisito de Compatibilidade O servidor ofertado deverá ser do mesmo fabricante dos chassis ofertados conforme este Compatibilidade termo de referência para questões de compatibilidade. Garantia e Níveis de Serviço (SLA) Período A garantia deve ser de no mínimo 36 meses. O atendimento deve ser on-site, regime 7x24, atendimento em no máximo 4 (quatro) horas, Atendimento solução em até 20 (vinte) horas após a abertura do chamado, a ser realizado diretamente pelo fabricante do equipamento ou assistência técnica autorizada. Esta garantia deve cobrir todos os componentes do servidor e todos os seus subitens, deste Cobertura termo de referência. O serviço será prestado na cidade de Anápolis/GO. A abertura de chamados deve ocorrer através de chamada telefônica para número 0800, disponível 24 horas, todos os dias da semana. Opcionalmente os chamados poderão ser Chamado abertos também através de site na Internet. O fabricante deverá disponibilizar para a Prefeitura de Anápolis um site de acompanhamento de chamados abertos via telefone ou internet Outras exigências Fabricante Todos os itens e subitens solicitados para o servidor deverão ser do mesmo fabricante Tudo o que se fizer necessário para o correto funcionamento do equipamento aqui Acessórios solicitado deverá ser disponibilizado, por exemplo: manuais, drivers, conectores, etc. Todos os equipamentos deverão ser entregues instalados fisicamente e logicamente no local indicado pela Prefeitura de Anápolis. Instalação A instalação deve abranger a atualização para a última versão de firmware recomendada pelo fabricante dos equipamentos. ITEM 3 - SERVIDOR EM LÂMINA TIPO II Quantidade 01 Fabricação Deve estar em linha de fabricação na data de abertura da licitação. Tempo de Utilização Todos os componentes devem ser novos, sem utilização anterior. Acessórios Manuais Deverá possuir manuais em português e/ou inglês; O sistema deverá conter todos os materiais e softwares necessários ao seu funcionamento e Componentes desempenho das funcionalidades necessárias para a ligação dos servidores de dados; Compatibilidade com Sistemas Operacionais Microsoft Windows 2003 Server Standard; Microsoft Windows 2003 Server Enterprise; Comprovado por documento Microsoft Windows 2008 Server Standard R2; do fabricante do Hardware Microsoft Windows 2008 Server Enterprise R2; e/ou Software onde conste o VMware ESXi 5; modelo do equipamento e o SUSE LINUX Enterprise Server 11 for AMD64/EM64T; nome do software Red Hat Enterprise Linux 5 Server Edition; Red Hat Enterprise Linux 5 Server x64 Edition; Controladora de vídeo Tipo On-Board Memória RAM Dedicada de no mínimo 8MB DDR2 Controladora de Discos Página 17 de 40

18 Padrão Taxa de Transferência Capacidade Padrão SAS (Serial Attached SCSI); Taxa de transferência mínima de 300 MB/s; Suportar a conexão de todos os discos rígidos instalados internamente ao servidor, inclusive quando esse estiver em sua configuração máxima; RAID Deverá implementar via hardware RAID nos níveis 0 e 1; Disco Rígido Quantidade 02 Padrão Padrão SAS (Serial Attached SCSI) Hot Swap Tamanho Deverá ser de 2,5 polegadas; Capacidade Deverá ser de 300GB Troughput 6 Gbps (Gigabits por segundo) Rotações por Minuto mil Gabinete e expansões Montagem Lâmina blade otimizada para utilização e montagem em chassi próprio; Tamanho Deverá ocupar no máximo dois Slots/Baias do Chassi deste Termo de Referencia; Placa Fiber Channel Deverá suportar as velocidades de 8Gbps, 4Gbps e 2 Gbps detectado de forma automática Velocidade (autosensing); Portas Deverá possuir 02 (duas) portas; Deverá suportar Boot-from-san; Funcionalidades Deverá suportar Classes de serviço 2 e 3; Deverá suportar FCP-SCSI e FCP-IP; Memória Capacidade Possuir no mínimo 96 GB de memória principal instalada; Tecnologia DDR3 RDIMM Freqüência No mínimo MHz; Possuir tecnologia capaz de corrigir no mínimo 8 bits de erro; Possuir tecnologia de proteção a falhas que permite realizar a transição automática das Proteção de Falhas operações de um banco em condição de falha para outro instalado em modo stand by (espera ativa). Placa de Rede Velocidade Deverá ser 10/100/1000 Base-T autosensing; Portas Deverá possuir 04 (quatro) portas; Suporte a iscsi; Suporte a WOL (Wake on LAN); Funcionalidades Suporte a PXE 2.0 (Preboot Execution Environment) Suporte TOE (TCP/IP Offload Engine); Suporte a SOL (Serial over LAN); Placa mãe Soquetes para Processador Possuir no mínimo 02 (dois) soquetes para processadores; Possuir no mínimo 12 (doze) slots para memória DDR3, com capacidade de expansão até Slots de Memória 96GB por processador; Controladora de vídeo Possuir controladora de vídeo com 8 MB DDR de memória própria; Possuir dois conectores físicos ao midplane do chassi, onde as conexões de I/O (Entrada e Saída de dados) serão redundantes, ou seja, em caso de falha a uma conexão a outra Conexões ao Midplane deverá assumir a operação de comunicação entre o chassi e o servidor em questão, melhorando assim a disponibilidade do equipamento. Processador Quantidade instalada O servidor deve possuir 1 processador instalado; Núcleos (Cores) Deve possuir, no mínimo, 6 núcleos (cores); Cache Deverá possuir 12MB L3; Os processadores deverão implementar o conjunto de instruções X86 / X86 64-bits, Características instruções de virtualização, Hypertread, criptografia, overclocking dinâmico; A freqüência mínima de operação do processador deve ser de 2.66 Ghz e seu QPI de no mínimo 6.4 GT/s; Freqüência Deve ser capaz de fazer overclok dinâmico no processador de forma on-demand para até 3.06Ghz; Sistema de Gerenciamento Atualização Atualização de drivers via Internet; Envio de mensagem de alerta ao administrador de redes em caso de falha ou pré-falha do Alertas disco rígido, memória, processador, ventiladores internos e eventos do sistema; Gerenciamento Permitir gerenciamento e configuração remota do equipamento via DMI; Possibilidade de inventário do equipamento, incluindo verificação dos números de série Inventário do sistema, monitor de vídeo e disco rígido, softwares instalados e componentes de hardware; Suporte Deverá ser desenvolvido pelo mesmo fabricante do servidor; Requisito de Compatibilidade Compatibilidade O servidor ofertado deverá ser do mesmo fabricante dos chassis ofertados conforme este Página 18 de 40

19 termo de referência para questões de compatibilidade. Garantia e Níveis de Serviço (SLA) Período A garantia deve ser de no mínimo 36 meses. O atendimento deve ser on-site, regime 7x24, atendimento em no máximo 4 (quatro) horas, Atendimento solução em até 20 (vinte) horas após a abertura do chamado, a ser realizado diretamente pelo fabricante do equipamento ou assistência técnica autorizada. Esta garantia deve cobrir todos os componentes do servidor e todos os seus subitens, deste Cobertura termo de referência. O serviço será prestado na cidade de Anápolis/GO. A abertura de chamados deve ocorrer através de chamada telefônica para número 0800, disponível 24 horas, todos os dias da semana. Opcionalmente os chamados poderão ser Chamado abertos também através de site na Internet. O fabricante deverá disponibilizar para a Prefeitura de Anápolis um site de acompanhamento de chamados abertos via telefone ou internet Outras exigências Fabricante Todos os itens e subitens solicitados para o servidor deverão ser do mesmo fabricante Tudo o que se fizer necessário para o correto funcionamento do equipamento aqui Acessórios solicitado deverá ser disponibilizado, por exemplo: manuais, drivers, conectores, etc. Todos os equipamentos deverão ser entregues instalados fisicamente e logicamente no local indicado pela Prefeitura de Anápolis. Instalação A instalação deve abranger a atualização para a última versão de firmware recomendada pelo fabricante dos equipamentos. ITEM 4 - RACK Quantidade 01 Deve estar em linha de fabricação na data de abertura da licitação e ser do mesmo Fabricação fabricante dos equipamentos ofertados neste processo. Tempo de Utilização Todos os componentes deverão ser novos, sem qualquer utilização anterior. Características Físicas do Rack Padrão Padrão EIA 310-D 19 polegadas. Estrutura deverá ser em alumínio ou aço com acabamento de pintura aplicada por Estrutura processo eletrostático. O rack deve possuir altura mínima de 42 (quarenta e dois) Us, levando em consideração Altura que 1U = 1.75 polegada = mm. Profundidade Deve possuir profundidade suficiente para acomodar todos os servidores ofertados. Possuir sistema de travamento da porta com fechadura chaveada que permita travamento Travamento das portas dianteira e traseira. As dobradiças da porta dianteira deverão possuir um sistema manual que facilite mudar o Abertura sentido da abertura da porta Porta dianteira toda perfurada para uma melhor circulação de ar dentro para fora e viceversa. Deve possuir sistema de ventilação capaz de suprir às necessidades de temperatura Sistema de Ventilação para permitir operação normal considerando o rack com a capacidade máxima instalada, além de tampas cegas para preencher os espaços não ocupados na parte frontal. As tampas laterais e da traseira deverão possuir fechos especiais, que permitam a fácil Tampas laterais abertura das mesmas, sem a utilização de um auxílio de uma ferramenta, como por exemplo, uma chave de fenda e serem removíveis O RACK será interligado à rede elétrica através de tomadas NBR 6147, NEMA L5-15P, Ligação a Rede Elétrica NEMA L6-30P ou IEC309(P+N+G) O RACK deverá ter, no mínimo, 6 (seis) PDU (Power Distribution Unit). Deverão haver quatro PDU s com no mínimo 6 outlets com padrão C19 cada. Unidades de distribuição de Deverão haver duas PDU s com no mínimo 6 outlets com padrão C13 cada. energia As PDU s deverão conter os cabos necessários para ligação à rede elétrica. Deverão suportar os equipamentos da solução em sua carga máxima; Cabos de força Deverão haver no mínimo 8 cabos de força de no mínimo 2 mts com conexão C13/C20 Estabilidade Deve possuir pés (base) que permitam a perfeita estabilidade do equipamento. Deve vir acompanhado de tampas para fechamento dos espaços não utilizados no rack Tampas frontais após a montagem de todos os componentes da solução, podendo ter alturas de 1/3/5U; Garantia e Níveis de Serviço (SLA) Período A garantia da unidade deve ser de no mínimo 36 meses. Esta garantia deve cobrir todos os componentes exigidos no item e todos os seus subitens, Cobertura deste termo de referência. O serviço será prestado na região metropolitana de Anápolis/GO. A abertura de chamados deve ocorrer através de chamada telefônica para número 0800, disponível 24 horas, todos os dias da semana. Opcionalmente os chamados poderão ser Chamado abertos também através de site na Internet. O fabricante deverá disponibilizar para a Prefeitura de Anápolis um site de acompanhamento de chamados abertos via telefone ou internet Outras exigências Fabricante Todos os itens e subitens solicitados para o rack deverão ser do mesmo fabricante Página 19 de 40

20 Acessórios Instalação Tudo o que se fizer necessário para o correto funcionamento do equipamento aqui solicitado deverá ser disponibilizado, por exemplo: manuais, cabos de alimentação, parafusos etc. Todos os equipamentos deverão ser entregues instalados fisicamente e logicamente no local indicado pela Prefeitura de Anápolis. O serviço será prestado na cidade de Anápolis. ITEM 5 - UNIDADE DE ARMAZENAMENTO Quantidade 01 Fabricação Deve estar em linha de fabricação na data de abertura da licitação. Tempo de Utilização Todos os componentes devem ser novos, sem utilização anterior. Topologia Conexão em Fibre Channel, ao menos 8 Gbps (oito gigabit por segundo), com topologia switched fabric. Controladoras Deve ser fornecido com, no mínimo, 2 (duas) controladoras Fibre Channel redundantes e hot swap (que suportam troca durante o uso sem interrupção de funcionamento). Funcionamento das Todas as controladoras ofertadas no Storage devem estar ativas durante seu Controladoras funcionamento. Cache A capacidade mínima da memória cache por controladora deve ser de 8GB (oito gigabyte), totalizando 16GB (dezesseis gigabyte) por Sistema. Deve possuir possibilidade de expansão para, no mínimo, 32GB (trinta e dois gigabytes) por Sistema. LEDs frontais Deve possuir Leds frontais que indiquem o Status do equipamento, sendo estes, ao menos: Ligado, Falha do Sistema e Falha de discos. Funcionalidades RAID O equipamento deve suportar, ao menos, os seguintes níveis de RAID (Redundant Array of Independent Disks): 0, 1, 3, 5, 6 e 10. O Storage deve ser capaz de operar discos SSD, SAS e SAS-NL/SATA, em uma mesma Discos SAS e SAS-NL/SATA gaveta/unidade de expansão. Qualquer licença necessária para o funcionamento de tal característica deve ser entregue ativada quando da implantação do equipamento, sem custos adicionais para a Prefeitura de Anápolis. Suporte a espelhamento de cache entre as controladoras de forma que, na ocorrência de Espelhamento de cache falha em uma delas, a outra possa dar continuidade às tarefas que estavam sendo executadas sem interrupção do sistema ou perda de dados. Deve possuir a funcionalidade ativa de disco Hot-Spare. Entende-se que um disco Hotspare Hot-Spare será ativado de forma automática no caso de interrupção do funcionamento de qualquer um dos discos ativos do sistema de armazenamento. O disco Hot-Spare pode estar localizado em qualquer uma das gavetas de expansão. Funcionamento de disco hotspare A falta de um disco defeituoso e a ativação do disco hot-spare não deve interferir no funcionamento normal do sistema. O equipamento deverá ser fornecido com licença para o suporte total de partições lógicas Particionamento do Storage. Entende-se que uma partição lógica isola um conjunto de volumes lógicos para acesso exclusivo e protegido de apenas determinado grupo de servidores, isolando os que possuem sistemas operacionais distintos através de tecnologia LUN Masking. Deve prover mecanismos de redirecionamento automático (failover) de tráfego de dados Failover entre caminhos alternados, no evento de falha de um destes caminhos, para todos os servidores conectados à SAN que dispuserem de mais de uma HBA (Host Bus Adapter). Retenção de dados Baterias Cada controladora deve possuir bateria para proteção dos dados em cache, em caso de falha do sistema elétrico. Interface Fiber Channel SFPs de Hosts Possuir no mínimo 4 interfaces de fibra óptica SFP (Small Form-Factor Pluggable) por controladora para conexão com HBAs ou Switches. Os conectores do tipo SFP devem possuir capacidade de operar no padrão de 8Gbps (oito Padrão gigabit por segundo), totalmente compatíveis com os Switches SAN fornecidos neste edital. Conector Os conectores SFP devem ser do tipo LC. Interface Fiber iscsi iscsi Possuir no mínimo 2 interfaces iscsi por controladora para conexão com HBAs ou Switches. Padrão Devem possuir capacidade de operar no padrão de 1Gbps (um gigabit por segundo). Deve suportar o uso de tecnologia iscsi 10Gbps Conector Os conectores devem ser do tipo RJ-45. Gerenciamento Deve disponibilizar software de gerenciamento com interface gráfica do tipo Microsoft Windows ou Web browsing. Caso o equipamento não possua tal funcionalidade, deve ser fornecido o software de Interface gerenciamento do equipamento de tal forma a possibilitar a plena configuração, manuseio e uso do Storage com todas as funcionalidades disponíveis no equipamento sem ônus para a contratante. O hardware para executar tal software deve ser fornecido pela contratada sem custo adicional. Página 20 de 40

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL 1. DA ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO 1.1. Os interessados em se inscrever e/ou renovar o Registro Cadastral junto ao GRB deverão encaminhar a documentação a seguir estabelecida,

Leia mais

Considerando a necessidade de se buscar a redução de custos, em função do aumento da competitividade; e

Considerando a necessidade de se buscar a redução de custos, em função do aumento da competitividade; e Página 1 de 5 PORTARIA Nº 306, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2001 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO GABINETE DO MINISTRO O MINISTRO DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, no uso das atribuições

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI Nº 13.179, DE 10 DE JUNHO DE 2009. (publicada no DOE nº 109, de 12 de junho de 2009) Dispõe sobre a Cotação Eletrônica

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços

PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços EDITAL A Justiça Federal de Primeiro Grau em Minas Gerais, por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria 10-124-DIREF de 29/06/2006, realizará

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado,

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado, DECRETO N 42.434, DE 09 DE SETEMBRO DE 2003, DOERS. Regulamenta, no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul, a modalidade de licitação denominada pregão, por meio eletrônico, para a aquisição de bens e serviços

Leia mais

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br EDITAL Nº 62/2012 PREGÃO ELETRÔNICO 34/2012 PROCESSO DE DESPESA: 2318/2012 (SEC. DE EDUCAÇÃO) PROCESSO DE LICITAÇÃO 2318/2012 PROCESSO DE COMPRA 45-12 ABERTURA: 29/03/2012 HORÁRIO: 15 horas O Prefeito

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAZONAS, no exercício da competência que lhe confere o art. 54, inciso IV, da Constituição Estadual, e

O GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAZONAS, no exercício da competência que lhe confere o art. 54, inciso IV, da Constituição Estadual, e DECRETO No. 24.818 de 27 JANEIRO DE 2.005 Regulamenta a realização de pregão por meio da utilização de recursos de tecnologia da informação, denominado pregão eletrônico, para a aquisição de bens e serviços

Leia mais

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014 O Município de Mariano Moro, RS, torna público, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, que no dia 30 de setembro as 14

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

PREGÃO Processo nº 000217-04.91/15-0

PREGÃO Processo nº 000217-04.91/15-0 PREGÃO PE - 31/2015 - SULGÁS A Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul - SULGÁS torna público, através de seu Pregoeiro designado, que realizará licitação por meio da utilização de recursos de

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS

PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS 1 PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS O CONSORCIO INTERMUNICIPAL DE SAUDE DO MEDIO PARAIBA, mediante o Pregoeiro Flávio Macharet Barbosa, designado pela Portaria nº 004/2011, de junho

Leia mais

AVISO DE LICITAÇÃO DATASUL

AVISO DE LICITAÇÃO DATASUL AVISO DE LICITAÇÃO DATASUL Pregão Eletrônico nº 16111/2008 Processo n 6111/2008 OBJETO: 76J-00323 - Office Enterprise 2007 Sngl OLP INÍCIO DE RECEBIMENTO DE PROPOSTAS: 02/05/2008 às 11 horas. LIMITE PARA

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 O CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 7ª REGIÃO CREF7/DF, Autarquia Federal, criada pela Lei nº 9.696/98, torna público

Leia mais

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO EDITAL CONVOCATÓRIO CONVITE Nº 2013.02.18.2 1.0 EDITAL 1.1 Órgão: SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL 1.2 Modalidade: CONVITE 1.3 Tipo de Licitação: Menor preço Global 1.4 Torna público para conhecimento

Leia mais

PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013

PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013 A UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Curitiba,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2014 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 22/08/2014 HORÁRIO: 10h00min LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro Edifício

Leia mais

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009.

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009. EDITAL A SÃO PAULO TRANSPORTE S.A. SPTrans, inscrita no CNPJ-MF sob o n.º 60.498.417/0001-58, comunica que se encontra aberta a licitação, EXCLUSIVAMENTE para participação de microempresas e empresas de

Leia mais

PREFEITURA DE CACHOEIRA DO SUL - RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Rua Moron, 1.013 Fone/Fax (51) 3724-6052

PREFEITURA DE CACHOEIRA DO SUL - RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Rua Moron, 1.013 Fone/Fax (51) 3724-6052 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 114/2013 OBJETO: AQUISIÇÃO DE AUTOCLAVE DIGITAL, A PEDIDO DA SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE. IMPORTANTE INÍCIO DE ACOLHIMENTO DE PROPOSTAS: 14/10/2013 15h00min. LIMITE PARA

Leia mais

ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2010/010

ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2010/010 1 O, por intermédio do TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS, doravante denominado TCM/PA, CNPJ nº 04.789.665/0001-87, com sede na Travessa Magno de Araújo nº 474, bairro do Telégrafo na cidade de Belém, Estado

Leia mais

ESCLARECIMENTOS. Em virtude do exposto, segue o Anexo A, com os itens mencionados, que para todos os efeitos ficam incorporados ao edital publicado.

ESCLARECIMENTOS. Em virtude do exposto, segue o Anexo A, com os itens mencionados, que para todos os efeitos ficam incorporados ao edital publicado. ESCLARECIMENTOS Em curso nesta Autarquia a licitação nº 0453/13, Processo nº 0363/13, que almeja a contratação de pessoa jurídica para prestação de serviços de medicina e segurança do trabalho. Foi recebido

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DO EDITAL 20114150

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DO EDITAL 20114150 TERMO DE PARTICIPAÇÃO DO EDITAL 20114150 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto Estadual

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Secretaria de Infraestrutura MINUTA EDITAL DE PRÉ-QUALIFICAÇÃO INTERNACIONAL N. 01/2013 PROCESSO N.

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Secretaria de Infraestrutura MINUTA EDITAL DE PRÉ-QUALIFICAÇÃO INTERNACIONAL N. 01/2013 PROCESSO N. MINUTA INTERNACIONAL N. 01/2013 PROCESSO N.º 0900130000453 A SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA DO ESTADO DA BAHIA - SEINFRA, com sede na Avenida Luiz Viana Filho, 4ª Avenida, nº 440, Centro Administrativo da

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos de interesse público,

Leia mais

REPUBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTERIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES PREGÃO ELETRÔNICO EDITAL Nº 398/2006

REPUBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTERIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES PREGÃO ELETRÔNICO EDITAL Nº 398/2006 REPUBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTERIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES PREGÃO ELETRÔNICO EDITAL Nº 398/2006 PROCESSO : 50600.000884/2006-13 Tipo de Licitação:

Leia mais

PREFEITURA DE CACHOEIRA DO SUL - RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Rua Moron, 1.013 Fone/Fax (51) 3724-6052

PREFEITURA DE CACHOEIRA DO SUL - RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Rua Moron, 1.013 Fone/Fax (51) 3724-6052 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 136/2015 OBJETO: AQUISIÇÃO ALMOFADA PARA CARIMBO, TINTA PARA CARIMBO, FITA ADESIVA LARGA E COLA EM BASTÃO, A PEDIDO DA SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE. IMPORTANTE INÍCIO DE

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 008/2009 EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 02/2009 1.1 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL 1.1.1.1 TIPO DE LICITAÇÃO: MAIOR DESCONTO OFERTADO

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos

Leia mais

EDITAL PROCESSO 4674/2009

EDITAL PROCESSO 4674/2009 EDITAL PROCESSO 4674/2009 A Justiça Federal de Primeiro Grau em Minas Gerais, por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria 10/58-DIREF de 24/06/2009 realizará o pregão presencial em epígrafe, regido

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ PREENCHER O RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL, CONSTANTE DO ANEXO I E DEVOLVER COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010 A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia - FATEC, por meio de sua pregoeira, Claudia Pippi Lorenzoni torna público

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N. 048/2012 (Repetição do Pregão Eletrônico nº. 038/2012)

PREGÃO ELETRÔNICO N. 048/2012 (Repetição do Pregão Eletrônico nº. 038/2012) PREGÃO ELETRÔNICO N. 048/2012 (Repetição do Pregão Eletrônico nº. 038/2012) ABERTURA: ÀS 08H30MIN DO DIA 09 DE AGOSTO DE 2012. PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº. 000013820/2012. OBJETO: RENOVAÇÃO DA ASSINATURA

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS DIVISÃO DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 28/2012 Processo SUSEP Nº 15414.

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS DIVISÃO DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 28/2012 Processo SUSEP Nº 15414. MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS DIVISÃO DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 28/2012 Processo SUSEP Nº 15414.004640/2012-46 A Superintendência de Seguros Privados - SUSEP realizará

Leia mais

Tomada de Preços n.º 015/2010

Tomada de Preços n.º 015/2010 Tomada de Preços n.º 015/2010 Procedimento Administrativo n.º 0848/2010 Modalidade: Tomada de Preços Tipo: Menor Preço Julgamento: global Regime de execução: empreitada por preço unitário Objeto: Contratação

Leia mais

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MINAS GERAIS PROCESSO LICITATÓRIO N.º 030/2005 PREGÃO ELETRÔNICO N.º 022/2005

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MINAS GERAIS PROCESSO LICITATÓRIO N.º 030/2005 PREGÃO ELETRÔNICO N.º 022/2005 1 ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MINAS GERAIS PROCESSO LICITATÓRIO N.º 030/2005 PREGÃO ELETRÔNICO N.º 022/2005 A Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais (ALEMG), conforme autorização expedida

Leia mais

PREFEITURA DE CACHOEIRA DO SUL - RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Rua Moron, 1.013 Fone/Fax (51) 3724-6052

PREFEITURA DE CACHOEIRA DO SUL - RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Rua Moron, 1.013 Fone/Fax (51) 3724-6052 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 57/2015 OBJETO: AQUISIÇÃO DE CAMISETAS E SACOLAS, A PEDIDO DA SECRETARIA MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE. IMPORTANTE INÍCIO DE ACOLHIMENTO DE PROPOSTAS: 27/05/2015 8h30min. LIMITE

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

ANEXO ÚNICO DO DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO

ANEXO ÚNICO DO DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO ANEXO ÚNICO DO DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 2014-003 PREÂMBULO 1.Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROCESSO SUSEP 15414.003162/2008-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2009

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROCESSO SUSEP 15414.003162/2008-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2009 A Superintendência de Seguros Privados - SUSEP realizará, às 15 horas do dia 16 de julho de 2009, licitação na modalidade PREGÃO ELETRÔNICO, tipo MENOR PREÇO, conforme autorização da Senhora Chefe do DEAFI,

Leia mais

Câmara Municipal de Itatiba

Câmara Municipal de Itatiba DOCUMENTOS PARA EFETUAR CADASTRO PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC" INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES Razão Social: Endereço: Bairro: Cidade: CEP: CNPJ: Inscrição Estadual:

Leia mais

CONVITE Nº 008/2013 CPL/FMS/SMS/PMVR

CONVITE Nº 008/2013 CPL/FMS/SMS/PMVR CONVITE Nº 008/2013 CPL/FMS/SMS/PMVR O MUNICÍPIO DE VOLTA REDONDA/RJ, por intermédio da COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO do FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE da SECRETARIA MUNCIPAL DE SAÚDE/PMVR, atendendo requisitos

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 SERVIÇO DE GESTÃO DE DOCUMENTOS

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 SERVIÇO DE GESTÃO DE DOCUMENTOS INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 SERVIÇO DE GESTÃO DE DOCUMENTOS O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos de interesse público,

Leia mais

PREFEITURA DE CACHOEIRA DO SUL - RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Rua Moron, 1.013 Fone/Fax (51) 3724-6052

PREFEITURA DE CACHOEIRA DO SUL - RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Rua Moron, 1.013 Fone/Fax (51) 3724-6052 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 16/2014 OBJETO: AQUISIÇÃO DE APARELHOS DE AR CONDICIONADO SPLIT E FREEZER, A PEDIDO DAS SECRETARIAS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO, FAZENDA, OBRAS, GABINETE DO PREFEITO, GABINETE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO Modalidade...: Tomada de Preços Número...: 008/2014 Número da Modalidade: 003/2014 Data de Abertura da Licitação...: 20/02/2014 Data de Abertura das Propostas..: 14/03/2014 Horário...:

Leia mais

COMPANHIA DE GAS DO CEARA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 20150378 DECRETO Nº 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006

COMPANHIA DE GAS DO CEARA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 20150378 DECRETO Nº 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 COMPANHIA DE GAS DO CEARA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 20150378 DECRETO Nº 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE

EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE CONVITE Nº 006 / 2007 - DFEPAF ENCERRAMENTO E ABERTURA DAS PROPOSTAS: Dia 27 de novembro de 2007 às 10:00 horas. TIPO: Menor preço global 1. OBJETO DO CONVITE Constitui objeto

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO PREGÃO N 125/2008

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO PREGÃO N 125/2008 PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO PREGÃO N 125/2008 DATA DE ABERTURA: 04 de dezembro de 2008 HORÁRIO: 13:00 horas LOCAL DA SESSÃO PÚBLICA: Auditório da CPL/PGR, localizada no

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF Ref: Aviso de Edital ADG nº 003/2014 publicado em 28/10/2014. 1 1. OBJETO A

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 007/2008

CARTA CONVITE Nº 007/2008 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO E COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 - JD. PAULISTA -

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20150007

TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20150007 TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20150007 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto Estadual nº 28.397,

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE

EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE PROCESSO nº 001/2014 CARTA CONVITE nº 001/2014 TIPO MENOR PREÇO POR ITEM A Presidenta da ASSOCIAÇÃO CASA DA MULHER CATARINA - CMC, mantenedora do Projeto: JORNALISTAS

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS Setor de Licitação

PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS Setor de Licitação PREGÃO ELETRÔNICO Nº 095/2012 ABERTURA: DIA 24/10/2012 ÀS 14H00MIN. PROCESSO Nº 000013049/2012. N DA OFERTA DE COMPRA: 28146 PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS O Município de Anápolis, por intermédio de

Leia mais

Processo 00003/2014 Chamada Pública 0001/2014

Processo 00003/2014 Chamada Pública 0001/2014 Página 1 de 7 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Boa Vista Energia S/A, leva ao conhecimento dos interessados - com base no Decreto nº 7246/2010 e Portarias MME nº 396 de 05/11/2013 e nº 06 de 06/01/2014, que esta

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO DIE02

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO DIE02 EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO DIE02 (CONVÊNIO MTE/SPPE/CODEFAT No. 003/2007 DIEESE) O DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS - DIEESE, CNPJ n.º 60.964.996/0001-87,

Leia mais

PREFEITURA DE CACHOEIRA DO SUL - RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Rua Moron, 1.013 Fone/Fax (51) 3724-6052

PREFEITURA DE CACHOEIRA DO SUL - RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Rua Moron, 1.013 Fone/Fax (51) 3724-6052 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 280/2014 OBJETO: AQUISIÇÃO DE APARELHOS DE AR CONDICIONADO INSTALADOS, A PEDIDO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E GABINETE DO PREFEITO - FUMREBOM. IMPORTANTE INÍCIO DE

Leia mais

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE LICITAÇÃO PARA AQUISIÇÃO DE PNEUS DESTINADOS AOS VEÍCULOS DA SECRETARIA MUNICIPAL SAÚDE PARA O EXERCÍCIO DE DE 2014 2014 O FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE/MUNICIPIO DE DOMINGOS MARTINS, com sede na Rua Bernardino

Leia mais

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 DATA DA ABERTURA: 13/11/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

DATA E HORA DA ABERTURA DA SESSÃO PÚBLICA: 16/07/2009 às 09:00hs

DATA E HORA DA ABERTURA DA SESSÃO PÚBLICA: 16/07/2009 às 09:00hs EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO n 99/2009 PROCESSO n 001.0250.000.292/2009 OFERTA DE COMPRA Nº 090121000012009OC00510 ENDEREÇO ELETRÔNICO: www.bec.sp.gov.br ou www.bec.fazenda.sp.gov.br DATA DO INÍCIO DO PRAZO

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO 1 CARTA CONVITE n.º 001/2011 São Paulo, 20 de outubro de 2011. O CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA - 1ª REGIÃO, nos termos da autorização constante no Processo Administrativo em epígrafe, vem, por intermédio

Leia mais

MUNICÍPIO DE SENGÉS CNPJ/MF 76.911.676/0001-07 TRAVESSA SENADOR SOUZA NAVES N. 95 SENGÉS PARANÁ

MUNICÍPIO DE SENGÉS CNPJ/MF 76.911.676/0001-07 TRAVESSA SENADOR SOUZA NAVES N. 95 SENGÉS PARANÁ DECRETO Nº 600/2014 Súmula:- Regulamenta a aquisição de Bens Permanentes, de Consumo e Serviços destinados a Administração Direta, Indireta e Fundacional do Município de Sengés, através de Pregão, tendo

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 95971-02/2010

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 95971-02/2010 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 95971-02/2010 A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia -, por meio de sua pregoeira, Claudia Pippi Lorenzoni designado pela Ordem

Leia mais

INSPEÇÃO VEICULAR PARA KIT GNV PREÂMBULO

INSPEÇÃO VEICULAR PARA KIT GNV PREÂMBULO INSPEÇÃO VEICULAR PARA KIT GNV PREÂMBULO Termo de Participação via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto Estadual nº 28.397

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2013 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 19/03/2013 HORÁRIO: 10:00 Horas LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro

Leia mais

Contrato de Apoio Técnico - Operacional

Contrato de Apoio Técnico - Operacional Este Contrato estabelece os termos e condições para disponibilização do sistema informatizado PREGÃO.NET, pela Oriens Tecnologia Ltda., com sede na Av. do Contorno nº 3505, sala 802, na cidade de Belo

Leia mais

Razão Social: CNPJ N : Endereço: Cidade: Estado: Telefone: Fax: E-mail:

Razão Social: CNPJ N : Endereço: Cidade: Estado: Telefone: Fax: E-mail: PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 067/2011 RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL Razão Social: CNPJ N : Endereço: Cidade: Estado: Telefone: Fax: E-mail: Recebemos cópia do Instrumento Convocatório da Licitação acima identificada.

Leia mais

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010 INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES DO MUNICÍPIO DE SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO, Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião do Paraíso, autarquia municipal,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ TERMO DE PARTICIPAÇÃO ANEXO ÚNICO DO DECRETO Nº. 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006. PREÂMBULO Termo de Participação via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ Convite N. 004/2015 Natureza da Despesa/ OBJETIVO: Fonte do Recurso Contratação de Serviço de INSTALAÇÃO DE SERVIÇO DE LINK DE INTERNET - 5MB Dotação Orçamentária Data da Emissão 22/06/2015 Data da Licitação

Leia mais

BOBINA DE PAPEL TERMICO PREÂMBULO

BOBINA DE PAPEL TERMICO PREÂMBULO BOBINA DE PAPEL TERMICO PREÂMBULO Termo de Participação via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto Estadual nº 28.397 / 21 de

Leia mais

2.01.1 Atenderem as condições e exigências estabelecidas neste CONVITE;

2.01.1 Atenderem as condições e exigências estabelecidas neste CONVITE; CONVITE Nº 009/2007 LICITAÇÃO PARA AQUISIÇÃO DE 63 (SESSENTA E TRÊS) LICENÇAS DO SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS XP PROFESSIONAL-FULL VERSÃO EM PORTUGUÊS PARA ESTAÇÕES DE TRABALHO E 01(UMA) LICENÇA DE WINDOWS

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N.º 5030005-01/2011

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N.º 5030005-01/2011 1 CONVITE N.º 5030005-01/2011 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA -, CNPJ n.º 89.252.431/0001-59, realizará licitação por CONVITE, do tipo menor preço global, para a AQUISIÇÃO DE CERCA/MANGUEIRA

Leia mais

Licitação com reserva de cota para ME e EPP conforme art. 9º da Lei Estadual nº 17.928, de 27/12/2012

Licitação com reserva de cota para ME e EPP conforme art. 9º da Lei Estadual nº 17.928, de 27/12/2012 Licitação com reserva de cota para ME e EPP conforme art. 9º da Lei Estadual nº 17.928, de 27/12/2012 EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 012/2014 TIPO: MENOR PREÇO (POR LOTE) OBJETO: CONTRATAÇÃO

Leia mais

AcroPDF - A Quality PDF Writer and PDF Converter to create PDF files. To remove the line, buy a license.

AcroPDF - A Quality PDF Writer and PDF Converter to create PDF files. To remove the line, buy a license. DECRETO Nº 5.450, DE 31 DE MAIO DE 2005 Regulamenta o pregão, na forma eletrônica, para aquisição de bens e serviços comuns, e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que

Leia mais

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 2926- CNPJ: 13.959.466/1-6 Tel: 2732683178 Fax: 273268376 Site: Pregão Presencial Nº 6/214 LICITAÇÃO PARA AQUISIÇÃO DE MEDICAMENTOS PARA ATENDER A SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE POR UM PERÍODO DE DE (6)

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência 1 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 2015/6010003-02 A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia - FATEC, por meio de sua Comissão de Licitações, torna público para conhecimento

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRAS Vinculada ao Ministério das Comunicações

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRAS Vinculada ao Ministério das Comunicações PREGÃO ELETRÔNICO Nº 006/2012 (EXCLUSIVO PARA MICROEMPRESAS E EMPRESA DE PEQUENO PORTE Dec. 6.204/2007) Processo nº 039/2012 COMPROVANTE DE RECEBIMENTO DO EDITAL Objeto: Contratação de empresa para prestação

Leia mais

2.1 É objeto deste edital a aquisição de aparelhos de ar condicionado, com as quantidades e características a seguir descritas:

2.1 É objeto deste edital a aquisição de aparelhos de ar condicionado, com as quantidades e características a seguir descritas: Município de Sério/RS Edital de Pregão Eletrônico nº 001/2015 Tipo de julgamento: menor preço por item Abertura: 06 de fevereiro às 14:00 horas Município de Sério- RS. Este documento esteve afixado no

Leia mais

COLETA DE PREÇOS Nº 001/2012 TERMO DE PARCERIA Nº752962/2010

COLETA DE PREÇOS Nº 001/2012 TERMO DE PARCERIA Nº752962/2010 COLETA DE PREÇOS Nº 001/2012 TERMO DE PARCERIA Nº752962/2010 Edital para contratação de empresa especializada e/ou Agência de Turismo ou viagens para execução de serviços de reserva, emissão, marcação,

Leia mais

1 DO OBJETO Aquisição de licença de software de informática para atender as necessidades desta Autarquia, conforme discriminação abaixo:

1 DO OBJETO Aquisição de licença de software de informática para atender as necessidades desta Autarquia, conforme discriminação abaixo: A Superintendência de Seguros Privados SUSEP, no Estado do Rio de Janeiro, mediante Pregoeiro designado pela Portaria SUSEP n 2.527, de 11 de outubro de 2006, torna público que realizará às 14 (catorze)

Leia mais

Dispõe sobre a Cotação Eletrônica de Preços no Estado do Rio Grande do Sul.

Dispõe sobre a Cotação Eletrônica de Preços no Estado do Rio Grande do Sul. LEI Nº 13.179, DE 10 DE JUNHO DE 2009 Business Online Comunicação de Dados Dispõe sobre a Cotação Eletrônica de Preços no Estado do Rio Grande do Sul. A GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Faço

Leia mais

Estado de Rondônia Prefeitura do Município de Alto Paraíso/RO Comissão Permanente de Licitação - CPL

Estado de Rondônia Prefeitura do Município de Alto Paraíso/RO Comissão Permanente de Licitação - CPL EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N.º 039/CPL/2015 PROCESSO N.º 1-191/2015 1. PREÂMBULO (Art. 40º da Lei nº 8.666/93) - (Art. 3º, IV e 4º; VI Lei nº 10.520/02). 1.1 O Município de Alto Paraíso Estado de Rondônia,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARAÇU ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARAÇU ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA PROCESSO LICITATÓRIO Nº014/2014 MODALIDADE: CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº001/2014 TIPO: MAIOR OFERTA GABINETE DO PREFEITO DATA, HORÁRIO, E LOCAL DE RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS: 11 de

Leia mais

EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 05/2012 PROCESSO Nº. 0116/2012

EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 05/2012 PROCESSO Nº. 0116/2012 EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 05/2012 PROCESSO Nº. 0116/2012 1. INTRODUÇÃO: 1.1 O CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da Pregoeira Angela Ferraz Jaeger, torna público,

Leia mais

* O ÔNIBUS DEVERÁ TER SUSPENSÃO AR CONDICIONADO, BANHEIRO, GELADEIRA ELÉTRICA, POLTRONA SUPER PULLMAN, TV, SOM, VÍDEO, DVD.

* O ÔNIBUS DEVERÁ TER SUSPENSÃO AR CONDICIONADO, BANHEIRO, GELADEIRA ELÉTRICA, POLTRONA SUPER PULLMAN, TV, SOM, VÍDEO, DVD. ANEXO ÚNICO DO DECRETO Nº 28.088 DE 10 DE JANEIRO DE 2006 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do

Leia mais

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014.

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. Emissão: 09/12/2014. Abertura: 29/12/2014. Horário: 10:00 H. O Fundo de Previdência dos Servidores Municipais

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO TERMO DE RETIRADA DO PREGÃO ELETRÔNICO N. º 08/2005.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO TERMO DE RETIRADA DO PREGÃO ELETRÔNICO N. º 08/2005. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO TERMO DE RETIRADA DO PREGÃO ELETRÔNICO N. º 08/2005. PESSOA JURÍDICA: ENDEREÇO: CNPJ DA PESSOA JURÍDICA:

Leia mais

PREFEITURA DE CACHOEIRA DO SUL - RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Rua Moron, 1.013 Fone/Fax (51) 3724-6052

PREFEITURA DE CACHOEIRA DO SUL - RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Rua Moron, 1.013 Fone/Fax (51) 3724-6052 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 54/2014 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA MANUTENÇÃO DE ELEVADOR DE PASSAGEIRO INSTALADO NO PRÉDIO DO POLO DA UAB, A PEDIDO DA SECRETARIA MUNICIPAL DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO.

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº 07/2013. A Prefeitura Municipal de General Salgado, sito à Av: Antonino José de Carvalho, 940, centro, fará realizar

Leia mais

5 Elementos Instituto de Educação e Pesquisa Ambiental. CONVITE Nº. 0006/2009 Contrato 045/2009. Prezados Senhores:

5 Elementos Instituto de Educação e Pesquisa Ambiental. CONVITE Nº. 0006/2009 Contrato 045/2009. Prezados Senhores: CONVITE Nº. 0006/2009 Contrato 045/2009 Prezados Senhores: A ONG 5 Elementos Instituto de Educação e Pesquisa Ambiental, em conformidade com a redação em vigor da Lei Federal nº 8.666/93, Lei Estadual

Leia mais