2 PLANEJAMENTO, ORGANIZAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2 PLANEJAMENTO, ORGANIZAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA"

Transcrição

1 2 PLANEJAMENTO, ORGANIZAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA 1. Introdução A educação a distância tem sido usada para treinamento e aperfeiçoamento há muitos anos por instituições privadas e públicas. Está presente nas mais diversas áreas tais como: educação, saúde, tecnologia, agricultura, etc. Em 2002, a Comissão Assessora para Educação Superior a Distância do MEC publicou relatório onde encontramos os Referenciais para Elaboração de um Projeto de Educação Superior a Distância, onde observamos a preocupação de que os conteúdos a serem oferecidos não sejam apenas mera transposição dos ambientes, recursos e metodologias educacionais utilizados no modelo presencial. É fundamental contemplar, no planejamento institucional e no desenho do projeto de cada curso ou programa, aspectos específicos desses novos paradigmas. É preciso considerar os pressupostos filosóficos e pedagógicos que orientam a estrutura do curso e os objetivos, competências e valores que se pretendem alcançar; os aspectos culturais e sócio-econômicos tanto no desenho pedagógico do curso, quanto na definição dos meios de acesso dos alunos; uma dinâmica de evolução do processo de aprendizagem que incorpore a interação entre alunos e professores e dos pares entre si; o desenvolvimento adequado da avaliação de ensino e aprendizagem e do material didático que deverá mediar a interação com o aluno, estando este distante do professor e de seus colegas (MEC, 2002). Com o advento da Internet foram disponibilizados recursos como a interação on line que ampliou muito o potencial da instrução à distância. Hoje podemos contar com recurso como áudio e vídeo em tempo real, chat videoconferência, fóruns de discussão. Tudo isso com um mínimo de delay, ou seja, atraso entre a mensagem emitida e sua chegada ao receptor, a velocidade da informação digital hoje é medida em centésimos de segundo (dependendo dos equipamentos utilizados na transmissão e recepção dos dados). As novas tecnologias de informação e comunicação, mais precisamente a Internet, podem contribuir como ferramentas significativas na escola. O seu uso de forma adequada e democrática pode colaborar para a quebra do paradigma do professor como detentor do conhecimento, possibilitando sua mudança de postura para o de orientador e facilitador, onde os alunos deixam também de lado sua postura de receptores passivos. É com a modificação desse paradigma que a escola estará efetivamente contribuindo na formação de um profissional mais capacitado para assumir seu papel na sociedade (FAQUETI e OHIRA, 2000). Moran (1997), Pretto (1995) dentre outros autores, defendem que o uso da Internet na educação exige que os modelos pedagógicos tradicionais sejam revistos, uma vez que o uso do computador na educação envolve modificações no sistema educacional como um todo. O material instrucional a ser utilizado no ensino a distância deve ser elaborado especificamente para esse fim. Hoje no Brasil encontramos muitos cursos oferecidos de forma não presencial com o uso da internet onde observamos que o material utilizado não foi desenvolvido especificamente com esse propósito, são textos que muitas vezes foram apenas formatados em HTML, mas que mantêm a mesma estrutura dos textos impressos, o

2 aluno pode ler no próprio computador ou imprimir esse material para ler em outro lugar. Esses cursos ainda oferecem, em geral uma vez por semana, salas de batepapo (chat) com tutores ou professores para sanar possíveis dúvidas dos alunos. Nesse tipo de EAD a aprendizagem fica muito dependente do aluno, de suas motivações intrínsecas para que o processo ensino-aprendizagem se estabeleça. A EAD é uma modalidade que exige do aluno um maior envolvimento e compromisso com a produção do conhecimento. Com a popularização da chamada banda Larga ou Internet de alta velocidade, uma nova possibilidade de conteúdos voltados à educação surge, tendo como base o áudio e o vídeo. Desde então, diversas instituições de ensino têm ofertado cursos de graduação e tecnológicos nessa modalidade de ensino, utilizando os mais diversos recursos midiáticos. 1.1 Aspectos de qualidade em Educação à Distância No intuito de garantir a qualidade na oferta de educação a distância o Ministério da Educação e o Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira INEP, através das Portarias MEC 1047, 1050 e 1051 publicadas em 08 de novembro de 2007, institui os instrumentos de avaliação a serem utilizados nos processos de credenciamento de instituições para oferta de EAD, credenciamento de pólos de apoio presencial e autorização de cursos na modalidade a distância e para o re-credenciamento das instituições de ensino superior para a oferta de EAD. Os instrumentos de avaliação do INEP para educação superior a distância fazem parte do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES). O SINAES foi criado pela Lei nº , de 14 de abril de 2004 que instituiu a avaliação das instituições de educação superior, de cursos e do desempenho dos estudantes de forma integrada. Com essa ação fecha o círculo: Referenciais de qualidade Oferta de EAD Avaliação institucional 1.2 Tendências atuais em EAD A digitalização de imagens e sons transformou o mundo e está dando origem a novas relações entre professores, alunos e instituições que os abrigam. A enorme quantidade de informações disponibilizadas na Internet demonstra a facilidade de acesso a dados que no passado eram mantidos trancados em bibliotecas e controlados por poucas pessoas. Em outras palavras, oferecer conteúdos de excelente qualidade já não é suficiente para atrair esses alunos e,

3 cada vez mais, as instituições educacionais estão percebendo a importância de manter canais de comunicação amplos e abertos com seus alunos, principalmente na modalidade a distância. Neste cenário, a conexão entre instituições, professores e alunos em comunidades virtuais tem criado condições para um melhor acompanhamento dos processos de ensino-aprendizagem. Com os recursos de áudio e vídeo na internet podemos disponibilizar aulas, palestras, cursos, debates, etc. Esse sistema liberta o aluno da sala de aula, possibilitando que realize sua aprendizagem na hora e local que lhe for mais conveniente. Outro recurso muito importante para a educação é a Apresentação Multimídia Sincronizada, aqui estão presentes os recursos de áudio, vídeo e apresentação multimídia (PowerPoint). Nesse sistema a apresentação é exibida de maneira que o vídeo transcorre de um lado da tela enquanto os slides gerados em PowerPoint são apresentados do outro lado, produzindo como resultado uma palestra virtual, não obrigatoriamente em tempo real, mas também com esta possibilidade. Esta tecnologia é conhecida por SMIL (Synchronized Multimedia Integration Language). Veja um exemplo do uso desse recurso em: Outro ponto importante é que o material produzido a partir desses recursos de áudio, vídeo e apresentação multimídia, poderão ainda ser gravados em VCDs, DVD s, VHS ou disponibilizados na internet para que o aluno faça o download, podendo assim assisti-los sempre que julgar necessário. 1.3 Proposta para a oferta de disciplinas e cursos à distância No relatório da Comissão Assessora para Educação Superior a Distância do MEC, a comissão oferece como sugestão alguns elementos que deverão estar presentes em um projeto de curso superior à distância para garantir sua qualidade, são eles: (I). Processo de ensino e aprendizagem e organização curricular; (II). Equipe multidisciplinar; (III). Material didático; (IV). Interação de alunos e professores; (V). Avaliação de ensino e da aprendizagem; (VI). Infra-estrutura de apoio; (VII). Gestão; (VIII). Custos. O professor, e a equipe responsável pela educação a distância deverão converter o material didático em curso a distância, para isso algumas etapas deverão ser planejadas e estruturadas pela equipe, componentes principais: - Descrição geral; - Objetivo geral; - Objetivos específicos; - Conteúdo/ módulos; - Público-alvo;

4 - Plano de estudo com as datas das atividades. - Métodos de ensino; - Métodos de avaliação. Uma vez estruturado o curso a distância, dar-se-á início ao processo de desenvolvimento. As etapas desse processo são: - Planejamento; - Design; - Produção; - Aplicação e Gerenciamento; - Avaliação dos alunos e do curso. O projeto de Educação a distância deve estar apoiado em uma filosofia de aprendizagem que proporcione aos estudantes a oportunidade de interagir, de desenvolver projetos compartilhados e de construir o conhecimento em ambientes virtuais. Entende-se por ambientes virtuais de aprendizagem, todos os ambientes computacionais com recursos das telecomunicações, que ofereçam aos aprendentes um espaço de troca de informações, de reflexão, de estabelecimento de relações, de pesquisa e elaboração de projetos. Nesse ambiente o uso de imagens, sons, movimentos e dispositivos de comunicação síncrona e/ou assíncrona estão presentes com o objetivo de favorecer a aprendizagem. BARANAUSKAS, 1999 afirma que o aprendizado deve ser entendido como a construção individual do conhecimento a partir de atividades de exploração, investigação e descoberta. De acordo com essa definição de aprendizagem é necessário que sejam desenvolvidos Ambientes Interativos de Aprendizagem e que estes propiciem aos aprendizes interagir com o objeto do conhecimento. 1.4 Referências BARANAUSKAS, M. C. C., ROCHA, H. V., MARTINS, M. C., D ABREU, J. V. V. Uma taxonomia para ambientes de aprendizado baseados no computador. In: VALENTE, J. A. (org.). O computador na sociedade do conhecimento. Campinas: UNICAMP/ NIED,1999. p FAQUETI, M. F. e OHIRA, M. L. B. Uso da internet na educação: experiências e expectativas no Colégio Agrícola de Camboriu-SC: SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS, 11, Florianópolis, abr Anais [CD-ROM]. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR, COMISSÃO ASSESSORA PARA EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTÂNCIA, (PORTARIA MEC nº. 335, de 6 de fevereiro de2002) RELATÓRIO - Agosto de 2002 disponível em < acessado em 25 de abril de MORAN, José Manuel. Como utilizar a Internet na educação: relatos de experiências. Ciência da Informação, Brasília, v.26, n.2, p , maio/ago PRETTO, Nelson. A educação e as redes planetárias de comunicação. Educação e Sociedade, v.16, n.41, p , ago

5 2. TRABALHANDO EM REDES Por: Profa. Gílian Cristina O trabalho em redes permite além da oportunidade de troca de informações, o controle e avaliação das mesmas, seja por meio de produções individuais ou coletivas. Saber trabalhar não apenas na rede mundial de computadores (Internet) mas, também na rede interna dos laboratórios e/ou secretárias das escolas, facilita e agiliza o trabalho. 2.1 INTERNET: Rede que Contém Redes Internet abreviação para International Network uma rede mundial de computadores interligados, formada por mais de 100 mil redes menores interligadas por linhas telefônicas. Não pertence a nenhum governo ou empresa. O que é uma rede de computadores? É um conjunto de computadores interligados, com o objetivo de tornar disponível à qualquer usuário, os programas, dados e outros recursos como sendo próprios, independentemente de suas localizações físicas. O que são e para que servem as redes de computadores? No início da história do processamento de dados, os computadores eram enormes, caros e dedicados a um único usuário. Surgiram então os computadores de médio porte, os minicomputadores e os microcomputadores ou computadores pessoais. O uso dos mini e dos microcomputadores minimizou, mas não solucionou o problema da comunicação, pois os dados precisavam ser transferidos por meio de dispositivos desajeitados e não muito confiáveis, como discos e fitas magnéticas. Era necessária uma nova tecnologia. Um sistema que possibilitasse compartilhar recursos e facilitasse a comunicação entre pessoas. A solução para o problema foi alcançada através da interconexão de computadores. É a isso que se propõem as redes de computadores. Dependendo do tipo de redes, os dados podem ser transmitidos por cabos ópticos ou coaxiais, microondas, recursos das companhias de telecomunicações (linha telefônica, torres de transmissão, satélites etc.). Com o uso de redes de computadores, facilitamos a comunicação entre as pessoas, como por exemplo: correio eletrônico, videoconferência, fóruns, listas de discussão, fóruns, etc... Logo podemos concluir que, Internet é um conjunto de computadores e de redes de computadores. Ela consiste em computadores, dispositivos de comunicação e caminhos de conexão. Algumas partes da Internet são redes, elas mesmas. Você pode pensar em Internet como rede que contem redes. A Internet está interligada a mais de 200 países, crescendo e evoluindo numa rapidez jamais sonhada pela humanidade. Mas quem cuida de tudo

6 isso? Na verdade ninguém. Ninguém, em particular, é dono da Internet. Há várias instituições que são proprietárias de pequenas partes da Internet: as várias redes locais conectadas à Internet são, obviamente, propriedades de instituições que as criaram e as mantêm. No entanto, nenhuma instituição, ou mesmo grupo de instituições, é proprietário da Rede. A aplicação mais atrativa da Internet é a World Wide Web, conhecida também como WWW ou Web. Pela Web você pode consultar seu extrato bancário, comprar livros, ler jornais com as notícias do momento, acompanhar o resultado do futebol, inteirar-se da programação cultural do seu bairro ou de qualquer outro local do mundo. Além disso, você pode visitar exposições de artistas famosos, consultar obras em universidades, bater papo, participar de discussões, assistir ao seu canal de TV favorito, entrevistar pessoas famosas, reservar passagens aéreas, programar roteiros de viagem, alugar quartos em hotéis, consultar a previsão do tempo, procurar e oferecer emprego, saber o que ocorre com sua conta telefônica, declarar imposto de renda, matricular-se em cursos... enfim, a lista parece infindável. Mas é sempre bom lembrar que a Internet é muito mais do que um visitar de páginas. Veja alguns dos outros serviços disponíveis: Transferências de Arquivos (FTP) - Depois de gastar algumas horas acessando a Internet, qualquer internauta com certeza encontrará para instalar em sua máquina, bons arquivos na forma de documentos, programas, atualizações de produtos ou qualquer outra coisa. Mesmo que não saiba, nesse momento ele estará fazendo um FTP. Muitos programas de navegação, como o Netscape e o Explorer, permitem que se faça FTP diretamente, sem precisar de um outro programa. 2.2 Teias e redes Você já parou para observar alguma vez como age uma aranha ao tecer a sua teia? Pois eu já... Era uma manhã fria de inverno, para ser mais exata, um sábado... Estávamos reunidos todos, como se diz por aí, lagarteando sob o Sol, quando não mais que de repente me vi observando uma aranha, dessas das pernas longas, que não sei a qual espécie pertence, tecendo, tecendo sua teia, entre os galhos de uma árvore. A habilidade que esta tinha para tecer era inigualável, tecia com tanta destreza. Em meio a seu trabalho árduo, como que do nada surge um pequeno graveto que cai sobre sua teia, e ela mais do que depressa retira o pequeno graveto e começa a tecer, tecer... Tece tão bem que não se sabe mais onde é o fim, onde é o começo, onde houve falha...

7 Teia, rede são metáforas usadas para representar em nosso tempo não apenas a rede física e analítica de computadores, mas a rede do conhecimento. E tudo isso fica bem mais claro se analisarmos pela ótica do texto anterior, pois os laços, envolvimentos, entrelaçamentos, ocorrem de tal maneira que não sabemos onde é o fim, onde é o começo, onde houve falhas. Das metáforas que conheço para definir como ocorrem as relações entre as mais diversas áreas, conteúdos e conhecimentos esta é a que retrata mais claramente a realidade e necessidades que temos neste mundo digital, pois posso ir e vir sem ter que seguir sempre os mesmos caminhos, a mesma linha, os mesmos pensamentos. Na rede posso caminhar, caminhar sem me preocupar por onde iniciarei, ou aonde terminarei, se é que terminarei, posso tropeçar e não me ferir, pois se caio existem outros laços que podem me sustentar. Posso desatar e atar nós, sem que se tenha a impressão e a percepção de emendas. Dentro de uma rede posso ser co-participante na construção, posso fazer interconexões com vários pontos, posso deixar um ponto (nó) hoje e retomá-lo daqui alguns segundos ou a daqui alguns zilhões de segundos, em uma rede posso me fazer ator, participante, comunicativo e cidadão. Fonte: - Acesso em: 10/07/2009.

Projeto de Design Instrucional

Projeto de Design Instrucional Projeto de Design Instrucional Curso: Educação Financeira Modalidade: EaD on-line o que é Design Instrucional? A ação institucional e sistemática de ensino, que envolve o planejamento, o desenvolvimento

Leia mais

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO PARA TUTORES - PCAT

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO PARA TUTORES - PCAT 1 RESOLUÇÃO CONSU 2015 04 de 14/04/2015 PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO PARA TUTORES - PCAT Campus Virtual 2 A. JUSTIFICATIVA A vida universitária tem correspondido a um período cada vez mais

Leia mais

FACULDADE ZACARIAS DE GÓES

FACULDADE ZACARIAS DE GÓES FACULDADE ZACARIAS DE GÓES DIEGO DE JESUS BONFIM EDUCAÇÃO ONLINE Valença Bahia Dezembro 2011 DIEGO DE JESUS BONFIM EDUCAÇÃO ONLINE Resenha a ser apresentada como avaliação da disciplina EAD em Ambiente

Leia mais

Curso de Especialização em Saúde da Família

Curso de Especialização em Saúde da Família MÓDULO: FAMILIARIZAÇÃO TECNOLÓGICA COM EAD UNIDADE 03 DOCÊNCIA E TUTORIA NA EAD Prof. Msc Rômulo Martins 2.1 Introdução A Educação a Distância, por meio dos inúmeros recursos didáticos e tecnológicos,

Leia mais

SEMI-PRESENCIALIDADE NO ENSINO SUPERIOR: ALGUNS RESULTADOS DESSA MODALIDADE NA FGF

SEMI-PRESENCIALIDADE NO ENSINO SUPERIOR: ALGUNS RESULTADOS DESSA MODALIDADE NA FGF 1 SEMI-PRESENCIALIDADE NO ENSINO SUPERIOR: ALGUNS RESULTADOS DESSA MODALIDADE NA FGF Fortaleza CE Junho/2009 Karla Angélica Silva do Nascimento - Faculdade Integrada da Grande Fortaleza karla@fgf.edu.br

Leia mais

PVANET: PRINCIPAIS FERRAMENTAS E UTILIZAÇÃO DIDÁTICA

PVANET: PRINCIPAIS FERRAMENTAS E UTILIZAÇÃO DIDÁTICA 11 PVANET: PRINCIPAIS FERRAMENTAS E UTILIZAÇÃO DIDÁTICA O PVANet é o ambiente virtual de aprendizagem (AVA) de uso exclusivo da UFV. Os AVAs apresentam diferenças de layout, forma de acesso, funcionamento,

Leia mais

Técnicas, Legislação e Operação de Sistemas de Educação a Distância (EAD) Módulo/Disciplina Tecnologia Educacional em EAD

Técnicas, Legislação e Operação de Sistemas de Educação a Distância (EAD) Módulo/Disciplina Tecnologia Educacional em EAD 1 Curso Técnicas, Legislação e Operação de Sistemas de Educação a Distância (EAD) Módulo/Disciplina Tecnologia Educacional em EAD Unidade I Material Instrucional - Texto 1. Introdução Qualquer que seja

Leia mais

FAQ Estude Sem Dúvidas

FAQ Estude Sem Dúvidas FAQ Estude Sem Dúvidas Núcleo de Educação a Distância Faculdade Flamingo São Paulo Atualizado em: Outubro/2015 2 Estude sem dúvidas FAQ para os alunos de Pedagogia Presencial Caros alunos e alunas do curso

Leia mais

Modelos educacionais e comunidades de aprendizagem

Modelos educacionais e comunidades de aprendizagem Modelos educacionais e comunidades de aprendizagem Temos literatura abundante sobre comunidades de aprendizagem, sobre a aprendizagem em rede, principalmente na aprendizagem informal. A sociedade conectada

Leia mais

Ensino Telepresencial via Satélite

Ensino Telepresencial via Satélite Ensino Telepresencial via Satélite Dr Renato M.E. Sabbatini Instituto Edumed A educação telepresencial é uma nova modalidade de ensino que utiliza o mesmo paradigma da educação presencial, baseada em ensino

Leia mais

Duvidas administrativas dos cursos da EAD Metodista:

Duvidas administrativas dos cursos da EAD Metodista: Duvidas administrativas dos cursos da EAD Metodista: A metodista é credenciada pelo MEC para o oferecimento de cursos a distância? Sim. A Universidade Metodista de São Paulo recebeu o credenciamento do

Leia mais

MANUAL DO ALUNO 1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVOS 3. ACESSO AO CURSO. Bem-vindo (a) ao curso de Capacitação para cursos em EAD!

MANUAL DO ALUNO 1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVOS 3. ACESSO AO CURSO. Bem-vindo (a) ao curso de Capacitação para cursos em EAD! MANUAL DO ALUNO MANUAL DO ALUNO Bem-vindo (a) ao curso de Capacitação para cursos em EAD! 1. APRESENTAÇÃO Preparado pela equipe da Coordenadoria de Educação Aberta e a Distância (CEAD) da Universidade

Leia mais

Elementos Centrais da Metodologia

Elementos Centrais da Metodologia Elementos Centrais da Metodologia Apostila Virtual A primeira atividade que sugerimos é a leitura da Apostila, que tem como objetivo transmitir o conceito essencial de cada conteúdo e oferecer caminhos

Leia mais

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Desenvolvimento em Ambiente Web Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Internet A Internet é um conjunto de redes de computadores de domínio público interligadas pelo mundo inteiro, que tem

Leia mais

O planejamento de Disciplinas na Modalidade de Ensino Semi-Presencial

O planejamento de Disciplinas na Modalidade de Ensino Semi-Presencial O planejamento de Disciplinas na Modalidade de Ensino Semi-Presencial Curitiba, 05/2010. Elton Ivan Schneider 1 Mestrando EGC UFSC eschneider@facinter.br Henrique Castelo Branco Prof. Msc hcastelo@onda.com.br

Leia mais

Elementos Centrais da Metodologia

Elementos Centrais da Metodologia Elementos Centrais da Metodologia Apostila Virtual A primeira atividade que sugerimos é a leitura da Apostila, que tem como objetivo transmitir o conceito essencial de cada conteúdo e oferecer caminhos

Leia mais

1. AULA 1 - INTRODUÇÃO À REDES DE COMPUTADORES

1. AULA 1 - INTRODUÇÃO À REDES DE COMPUTADORES 1. AULA 1 - INTRODUÇÃO À REDES DE COMPUTADORES Objetivos da Aula Aprender os conceitos básicos para compreensão das próximas aulas. Na maioria dos casos, os conceitos apresentados serão revistos com maior

Leia mais

NanowareCyber: Nosso negócio é sua formação.

NanowareCyber: Nosso negócio é sua formação. NanowareCyber: Nosso negócio é sua formação. PLATAFORMA AcademiaWeb Sistema de gerenciamento de escola virtual com gestão de conteúdo, transmissão de web-aula ao vivo e interação online com os participantes.

Leia mais

PLANO DE ENSINO. 1. Identificação

PLANO DE ENSINO. 1. Identificação 1. Identificação PLANO DE ENSINO Curso: A INTERNET E SUAS FERRAMENTAS Disciplina: A Internet e suas Ferramentas Período Ministrado/Semestre- Bimestre- Mês/Ano: 03 de setembro a 08 de outubro/2º Semestre

Leia mais

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Escritório de Gestão de Projetos em EAD Unisinos http://www.unisinos.br/ead 2 A partir de agora,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação a Distância SEED Departamento de Regulação e Supervisão da Educação a Distância Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep

Leia mais

A atuação do TecSaúde e da Fundação do Desenvolvimento Administrativo para a formação em EAD de trabalhadores do SUS

A atuação do TecSaúde e da Fundação do Desenvolvimento Administrativo para a formação em EAD de trabalhadores do SUS A atuação do TecSaúde e da Fundação do Desenvolvimento Administrativo para a formação em EAD de trabalhadores do SUS São Paulo SP Maio 2012 Setor Educacional Educação Corporativa Classificação das Áreas

Leia mais

SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES CREDENCIAMENTO DE PÓLO DE APOIO PRESENCIAL PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES CREDENCIAMENTO DE PÓLO DE APOIO PRESENCIAL PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação a Distância SEED Departamento de Regulação e Supervisão da Educação a Distância - Dresead Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira

Leia mais

FUNCIONAMENTO DOS CURSOS

FUNCIONAMENTO DOS CURSOS 1 SUMÁRIO Funcionamento dos Cursos... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 07 Ambiente Virtual de Aprendizagem... 09 Edição do Perfil... 12 Acessando as Atividades... 14 Iniciando o Semestre...

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Núcleo de Pós Graduação Pitágoras MBA Gestão em TI Tópicos Especiais Informática Educativa no Brasil Professor: Fernando Zaidan 1 Referências: SANTINELLO, J. Informática educativa no Brasil e ambientes

Leia mais

Curso de Imposto de Renda da Pessoa Jurídica e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido. Manual do Aluno

Curso de Imposto de Renda da Pessoa Jurídica e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido. Manual do Aluno Curso de Imposto de Renda da Pessoa Jurídica e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido Manual do Aluno Março 2009 Mensagem de boas-vindas! Caro cursista! Seja bem-vindo ao curso de Formação de Tutores.

Leia mais

MEC. INEP. INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO. REVISÃO - III

MEC. INEP. INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO. REVISÃO - III SIC 38/10* Belo Horizonte, 3 de dezembro de 2010. MEC. INEP. INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO. REVISÃO - III O MEC publicou a Portaria nº 1326, de 18/11/2010 (ver íntegra do texto abaixo). É preciso ser mágico

Leia mais

Curso de Especialização em Saúde da Família

Curso de Especialização em Saúde da Família MÓDULO: FAMILIARIZAÇÃO TECNOLÓGICA COM EAD UNIDADE 02 PROCESSO DE INTERAÇÃO EM EAD Prof. Msc Rômulo Martins 2.1 Interação em EAD A partir das novas mídias e tecnologias, tais como a televisão, o telefone

Leia mais

Unidade I TECNOLOGIA. Material Instrucional. Profª Christiane Mazur

Unidade I TECNOLOGIA. Material Instrucional. Profª Christiane Mazur Unidade I TECNOLOGIA EDUCACIONAL EM EAD Material Instrucional Profª Christiane Mazur Ensinar Ensinar é, também, a arte de estimular o desejo de saber. EAD - Brasil 1904: Correspondência impressos; 1923:

Leia mais

Pós-Graduação em Educação: Novos Paradigmas GUIA DO ALUNO

Pós-Graduação em Educação: Novos Paradigmas GUIA DO ALUNO GUIA DO ALUNO Prezado(a) Aluno(a), O Guia do Aluno é um instrumento normativo que descreve os padrões de qualidade dos processos acadêmicos e administrativos necessários ao desenvolvimento dos cursos de

Leia mais

MBA Executivo. Coordenação Acadêmica: Prof. Marcos Avila Apoio em EaD: Prof a. Mônica Ferreira da Silva Coordenação Executiva: Silvia Martins Mendonça

MBA Executivo. Coordenação Acadêmica: Prof. Marcos Avila Apoio em EaD: Prof a. Mônica Ferreira da Silva Coordenação Executiva: Silvia Martins Mendonça Coordenação Acadêmica: Prof. Marcos Avila Apoio em EaD: Prof a. Mônica Ferreira da Silva Coordenação Executiva: Silvia Martins Mendonça 1 O Instituto COPPEAD: O Instituto COPPEAD oferece o curso de especialização

Leia mais

Era da Informação exige troca de informações entre pessoas para aperfeiçoar conhecimentos dos mais variados

Era da Informação exige troca de informações entre pessoas para aperfeiçoar conhecimentos dos mais variados O Uso da Internet e seus Recursos Ana Paula Terra Bacelo anapaula@cglobal.pucrs.br Faculdade de Informática /PUCRS Sumário Introdução Internet: conceitos básicos Serviços da Internet Trabalhos Cooperativos

Leia mais

Fundamentos da Educação a Distancia, Legislação e Organização

Fundamentos da Educação a Distancia, Legislação e Organização Fundamentos da Educação a Distancia, Legislação e Organização Autores: Elisabete Péres Queiroz de Paiva e Lays Batista Fitaroni Coordenação: Beatriz Stransky e Sílvia Dotta Introdução Neste texto iremos

Leia mais

AS RELAÇÕES DE ENSINO E APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO

AS RELAÇÕES DE ENSINO E APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO AS RELAÇÕES DE ENSINO E APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E O TRABALHO DO TUTOR COMO MEDIADOR DO CONHECIMENTO SOEK, Ana Maria (asoek@bol.com.br) Universidade Federal do Paraná (UFPR) - Brasil HARACEMIV,

Leia mais

a) As características sob a forma de Ensino à Distância:

a) As características sob a forma de Ensino à Distância: Guia do curso EaD O parecer do Conselho Nacional de Educação, homologado pelo Ministro da Educação por meio de Portaria publicada no Diário Oficial, pode ser encontrado nos termos da Lei 9.394/96 (LDB),

Leia mais

Avaliação Formativa em Educação a Distância via Web

Avaliação Formativa em Educação a Distância via Web Avaliação Formativa em Educação a Distância via Web Maio de 2007 Elmara Pereira de Souza 1 elmarasouza@yahoo.com.br Núcleo de Tecnologia Educacional - NTE16 Vitória da Conquista, BA Brasil Categoria: Pesquisa

Leia mais

Anderson L. S. Moreira

Anderson L. S. Moreira Tecnologia da Informação Aula 9 Telecomunicações e Rede Interconectando a Empresa Anderson L. S. Moreira anderson.moreira@ifpe.edu.br Instituto Federal de Pernambuco Recife PE Esta apresentação está sob

Leia mais

SIC 56/07. Belo Horizonte, 8 de novembro de 2007.

SIC 56/07. Belo Horizonte, 8 de novembro de 2007. SIC 56/07 Belo Horizonte, 8 de novembro de 2007. 1. DIRETRIZES PARA A ELABORAÇÃO, PELO INEP, DOS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO PARA O CREDENCIAMENTO DE INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR E SEUS PÓLOS DE APOIO

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E OS AMBIENTES VIRTUAIS DE APREDIZAGEM

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E OS AMBIENTES VIRTUAIS DE APREDIZAGEM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E OS AMBIENTES VIRTUAIS DE APREDIZAGEM Edivan Claudino Soares da Silva RESUMO O presente trabalho é fruto de uma adaptação do seminário de uma disciplina do Mestrado em Educação Brasileira

Leia mais

Módulo 1. Introdução. 1.1 O que é EAD?

Módulo 1. Introdução. 1.1 O que é EAD? Módulo 1. Introdução Cada vez mais o mundo social e do trabalho necessitam de sujeitos capazes de fazer a diferença através de suas ações e atitudes. A utilização do ambiente virtual, como meio de interação

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - SI

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - SI SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - SI Elaborado e adaptado por: Prof.Mestra Rosimeire Ayres Sistemas Colaborativos Empresariais (ECS) Os sistemas colaborativos nas empresas nos oferecem ferramentas para nos ajudar

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação I

Administração de Sistemas de Informação I Administração de Sistemas de Informação I Prof. Farinha Aula 03 Telecomunicações Sistemas de Telecomunicações 1 Sistemas de Telecomunicações Consiste de Hardware e Software transmitindo informação (texto,

Leia mais

Profa Alessandra Regina Brito Mestre em Ciências Ambientais e Saúde Docente EAD Pós-graduações: Epidemiologia e Saúde Trabalhador Coordenação

Profa Alessandra Regina Brito Mestre em Ciências Ambientais e Saúde Docente EAD Pós-graduações: Epidemiologia e Saúde Trabalhador Coordenação Profa Alessandra Regina Brito Mestre em Ciências Ambientais e Saúde Docente EAD Pós-graduações: Epidemiologia e Saúde Trabalhador Coordenação Pedagógica Pós-graduação Epidemiologia Como surgiu a EAD O

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC - Educação a Distância: princípios e orientações. Parte 1 (solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC - Educação a Distância: princípios e orientações. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ENSINO CENTRO DE REFENCIA EM FORMAÇÃO E APOIO

Leia mais

Telecomunicações. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Telecomunicações. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Telecomunicações Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Internet A Internet é um conjunto de redes de computadores de domínio público interligadas pelo mundo inteiro, que têm em comum um

Leia mais

Educação EAD: Sem fronteiras (?)

Educação EAD: Sem fronteiras (?) Educação EAD: Sem fronteiras (?) Laila Maria Oliveira Silva Luiza Carolina Lucchesi Barbosa Mariana Damasceno Rocha F de Albuquerque Resumo: A modalidade EAD (Educação a Distância) surgiu com a intenção

Leia mais

UNIMINAS União Educacional Minas Gerais Curso de Especialização em Tecnologias Digitais Aplicadas à Educação Módulo I Ética e Cibercultura

UNIMINAS União Educacional Minas Gerais Curso de Especialização em Tecnologias Digitais Aplicadas à Educação Módulo I Ética e Cibercultura UNIMINAS União Educacional Minas Gerais Curso de Especialização em Tecnologias Digitais Aplicadas à Educação Módulo I Ética e Cibercultura Alunas: Ketiuce Ferreira Silva Maria Helena Cicci Romero Objetivo:

Leia mais

Avaliação do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas em EAD Ifes, na Ótica do Polo de Apoio Presencial.

Avaliação do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas em EAD Ifes, na Ótica do Polo de Apoio Presencial. 1 Avaliação do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas em EAD Ifes, na Ótica do Polo de Apoio Presencial Serra, 05/2009 Isaura Alcina Martins Nobre, MSc Ifes isaura@ifes.edu.br

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS. Aula 09

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS. Aula 09 FACULDADE CAMÕES PORTARIA 4.059 PROGRAMA DE ADAPTAÇÃO DE DISCIPLINAS AO AMBIENTE ON-LINE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL DOCENTE: ANTONIO SIEMSEN MUNHOZ, MSC. ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: FEVEREIRO DE 2007. Internet,

Leia mais

INTERNET COMO FERRAMENTA PEDAGÓGICA: uma experiência de capacitação de professores

INTERNET COMO FERRAMENTA PEDAGÓGICA: uma experiência de capacitação de professores INTERNET COMO FERRAMENTA PEDAGÓGICA: uma experiência de capacitação de professores PADILHA, Maria Auxiliadora Soares, Faculdades Integradas da Vitória de Santo Antão Vitória de Santo Antão, PE apadilha@faintvisa.com.br

Leia mais

GLOSSÁRIO. Ação educacional ação de ensino-aprendizagem (ex.: curso, seminário, palestra, treinamento, capacitação).

GLOSSÁRIO. Ação educacional ação de ensino-aprendizagem (ex.: curso, seminário, palestra, treinamento, capacitação). 137 GLOSSÁRIO Abordagem sistêmica método que integra diferentes ciências na investigação, pesquisa ou estudo de determinado tema, assunto, objeto ou fenômeno. Ação educacional ação de ensino-aprendizagem

Leia mais

Educação a Distância no Ensino Superior. Renato M.E. Sabbatini, PhD Presidente, Instituto Edumed Campinas, SP

Educação a Distância no Ensino Superior. Renato M.E. Sabbatini, PhD Presidente, Instituto Edumed Campinas, SP Educação a Distância no Ensino Superior Renato M.E. Sabbatini, PhD Presidente, Instituto Edumed Campinas, SP Crise da Educação Superior Crescimento exponencial do conhecimento, tempo fica cada vez mais

Leia mais

MANUAL DO ALUNO. Ambiente Virtual TelEduc FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA. http://www.fgf.edu.br

MANUAL DO ALUNO. Ambiente Virtual TelEduc FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA. http://www.fgf.edu.br MANUAL DO ALUNO Ambiente Virtual TelEduc FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA http://www.fgf.edu.br Sala Virtual TelEduc O TelEduc é um ambiente virtual desenvolvido Unicamp para apoiar professores

Leia mais

EDUCAÇÃO CONVENCIONAL X EDUCAÇÂO MEDIADA

EDUCAÇÃO CONVENCIONAL X EDUCAÇÂO MEDIADA EDUCAÇÃO CONVENCIONAL X EDUCAÇÂO MEDIADA por Anelise Pereira Sihler é Pedagoga, Especialista em Gestão de Pessoas, Gestão Educacional, Educação a Distância, Educação colaborativa, Relações Humanas, mestre

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação a Distância SEED Departamento de Regulação e Supervisão da Educação a Distância - Dresead Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira

Leia mais

Formação docente em serviço para o ensino presencial e a distância. Estudo de caso da UnisulVirtual

Formação docente em serviço para o ensino presencial e a distância. Estudo de caso da UnisulVirtual Formação docente em serviço para o ensino presencial e a distância. Estudo de caso da UnisulVirtual Linhas de ação Cursos a distância - Graduação, Pós- Graduação e Extensão; Disciplinas a Distância DAD

Leia mais

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA Guia rápido A PLATAFORMA MOODLE Moodle (Modular Object Oriented Distance LEarning) é um Sistema para Gerenciamento de Cursos (SGC). Trata-se de um programa para computador

Leia mais

A EDUCAÇÃO ALIADA AS NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (NTIC)

A EDUCAÇÃO ALIADA AS NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (NTIC) A EDUCAÇÃO ALIADA AS NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (NTIC) José Wellithon Batista Zacarias (1); Programa de Pós Graduação, Faculdade Leão Sampaio - wellithonb@gmail.com RESUMO No mundo informatizado

Leia mais

Aluno(a): / / Cidade Polo: E-mail: CPF: Curso: ATIVIDADE AVALIATIVA PESQUISA E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (PED)

Aluno(a): / / Cidade Polo: E-mail: CPF: Curso: ATIVIDADE AVALIATIVA PESQUISA E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (PED) Aluno(a): / / Cidade Polo: E-mail: CPF: Curso: ATIVIDADE AVALIATIVA PESQUISA E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (PED) Preencha o GABARITO: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Observação: Nesta atividade há 10 (dez) questões de múltipla

Leia mais

Manual do aluno online

Manual do aluno online Manual do aluno online Os 10 mandamentos do aluno de educação online 1 1. Acesso à Internet: ter endereço eletrônico, um provedor e um equipamento adequado é prérequisito para a participação nos cursos

Leia mais

EaD = O futuro é agora!

EaD = O futuro é agora! Objetivos EaD = O futuro é agora! Apresentar e discutir os princípios fundamentais da EaD; Mostrar a evolução desta tecnologia no Brasil; Apresentar a proposta de EaD para os Formadores do Saber. Prof.

Leia mais

Uma análise sobre a produção de conteúdo e a interatividade na TV digital interativa

Uma análise sobre a produção de conteúdo e a interatividade na TV digital interativa Uma análise sobre a produção de conteúdo e a interatividade na TV digital interativa Mariana da Rocha C. Silva Mariana C. A. Vieira Simone C. Marconatto Faculdade de Educação-Unicamp Educação e Mídias

Leia mais

Guia do aluno Informações Básicas

Guia do aluno Informações Básicas Guia do aluno Informações Básicas Pensando no processo de aproximação entre você e as tecnologias digitais que assegurarão um bom desempenho, criamos este guia com dicas para que você saiba como começar

Leia mais

AMBIENTES MEDIADOS POR COMPUTADORES: APRENDIZAGEM COLABORATIVA E COOPERATIVA.

AMBIENTES MEDIADOS POR COMPUTADORES: APRENDIZAGEM COLABORATIVA E COOPERATIVA. AMBIENTES MEDIADOS POR COMPUTADORES: APRENDIZAGEM COLABORATIVA E COOPERATIVA. Ana Elisabete Pozza 1 RESUMO: Este artigo tem como referencial cinco palavras-chave: computador, interatividade, colaboração,

Leia mais

POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - NOR 350

POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - NOR 350 MANUAL DE GESTÃO DE PESSOAS COD. 300 ASSUNTO: POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA APROVAÇÃO: Resolução DIREX nº 462, de 10/09/2012. VIGÊNCIA: 10/09/2012 POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - NOR 350 1/6 ÍNDICE

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Portaria/MEC nº 2.968, publicada no Diário Oficial da União de 30/08/2005

PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Portaria/MEC nº 2.968, publicada no Diário Oficial da União de 30/08/2005 PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Portaria/MEC nº 2.968, publicada no Diário Oficial da União de 30/08/2005 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Sociedade Unificada de Ensino Superior

Leia mais

LISTA ICONOGRÁFICA - (Lista de ícones do Ambiente Virtual)

LISTA ICONOGRÁFICA - (Lista de ícones do Ambiente Virtual) 1 SUMÁRIO Funcionamento dos Cursos... 04 Geração de Login e Senha... 05 Guia de Percurso... 07 Manual Acadêmico... 09 Ambiente Virtual de Aprendizagem... 11 Edição do Perfil... 13 Ambiente Colaborar e

Leia mais

GESTÃO EM EAD VIA INTERNET

GESTÃO EM EAD VIA INTERNET GESTÃO EM EAD VIA INTERNET Nunes, Flávio L. B. Cetro Federal de Educação Tecnológica de Pelotas Palavras-chave: Educação a distância Gestão Internet. Resumo: Este trabalho tem por objetivo lançar algumas

Leia mais

DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO:

DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 6/5/2009, Seção 1, Pág. 11. Portaria n 427, publicada no D.O.U. de 6/5/2009, Seção 1, Pág. 11 - Republicada. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

FÓRUM: MEIO DE INTERAÇÃO NA EAD

FÓRUM: MEIO DE INTERAÇÃO NA EAD 1 FÓRUM: MEIO DE INTERAÇÃO NA EAD Elisangela Lunas Soares UNICESUMAR Centro Universitário Cesumar elisangela.soares@unicesumar.edu.br Alvaro Martins Fernandes Junior UNICESUMAR Centro Universitário Cesumar

Leia mais

Entrevista da Professora Rosa Trombetta à rádio Jovem Pan.

Entrevista da Professora Rosa Trombetta à rádio Jovem Pan. Entrevista da Professora Rosa Trombetta à rádio Jovem Pan. A Professora Rosa Trombetta, Coordenadora de Cursos da FIPECAFI aborda o assunto elearning para os ouvintes da Jovem Pan Online. Você sabe o que

Leia mais

O desenvolvimento da EaD pode ser descrito basicamente em três gerações, conforme os avanços e recursos tecnológicos e de comunicação de cada época.

O desenvolvimento da EaD pode ser descrito basicamente em três gerações, conforme os avanços e recursos tecnológicos e de comunicação de cada época. Educação a distância (EaD, também chamada de teleducação), por vezes designada erradamente por ensino à distância, é a modalidade de ensino que permite que o aprendiz não esteja fisicamente presente em

Leia mais

Introdução. Conheça mais sobre educação a distância através do programa Mundo EAD. Apresentação:

Introdução. Conheça mais sobre educação a distância através do programa Mundo EAD. Apresentação: Introdução Você sabia que a educação a distância cresce em torno de 90% ao ano e já representa mais de 14% dos alunos matriculados no ensino superior brasileiro? Seu objetivo, além de viabilizar ensino

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação UF: DF Superior. ASSUNTO: Instrumentos de avaliação para credenciamento

Leia mais

ÀGORA, Porto Alegre, Ano 3, jan/jun.2012. ISSN 2175-3792 A IMPORTÂNCIA DE APROPRIAR-SE DO AVEA PARA QUE OCORRA O PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM

ÀGORA, Porto Alegre, Ano 3, jan/jun.2012. ISSN 2175-3792 A IMPORTÂNCIA DE APROPRIAR-SE DO AVEA PARA QUE OCORRA O PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM 80 ÀGORA, Porto Alegre, Ano 3, jan/jun.2012. ISSN 2175-3792 A IMPORTÂNCIA DE APROPRIAR-SE DO AVEA PARA QUE OCORRA O PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM Luciane De Oliveira Machado 1 RESUMO O presente trabalho

Leia mais

Ambientação ao Moodle. João Vicente Cegato Bertomeu

Ambientação ao Moodle. João Vicente Cegato Bertomeu Ambientação ao Moodle João Vicente Cegato Bertomeu AMBIENTAÇÃO A O MOODLE E S P E C I A L I Z A Ç Ã O E M SAUDE da FAMILIA Sumário Ambientação ao Moodle 21 1. Introdução 25 2. Histórico da EaD 25 3. Utilizando

Leia mais

Como a representação e a organização do conhecimento podem contribuir para a EaD?

Como a representação e a organização do conhecimento podem contribuir para a EaD? Como a representação e a organização do conhecimento podem contribuir para a EaD? Alcione Santiago Dilene Feitoza Lucineide Fontinele Otacílio Marques Rosemary Almeida Roteiro - Informação; - Organização;

Leia mais

Cursos de Graduação EAD - UNINASSAU Perguntas e Respostas - Comunicação Interna

Cursos de Graduação EAD - UNINASSAU Perguntas e Respostas - Comunicação Interna Cursos de Graduação EAD - UNINASSAU Perguntas e Respostas - Comunicação Interna INFORMAÇÕES GERAIS 1. Sobre os Cursos EAD da UNINASSAU Celebramos mais um momento de conquistas, a UNINASSAU a partir deste

Leia mais

Bem Vindo... 4. A Disciplina de Dependência Interativa... 5. A Organização da Disciplina... 7. O Processo de Ensino e Aprendizagem...

Bem Vindo... 4. A Disciplina de Dependência Interativa... 5. A Organização da Disciplina... 7. O Processo de Ensino e Aprendizagem... 1 2 Sumário Bem Vindo... 4 A Disciplina de Dependência Interativa... 5 A Organização da Disciplina... 7 O Processo de Ensino e Aprendizagem... 10 Sua Semana no Curso... 11 O apoio local ao Ensino Semipresencial...

Leia mais

Mudanças de atitudes e de concepções e o papel das tecnologias da informação e comunicação

Mudanças de atitudes e de concepções e o papel das tecnologias da informação e comunicação Mudanças de atitudes e de concepções e o papel das tecnologias da informação e comunicação Lígia Cristina Bada Rubim [ligiarubim@uol.com.br] Maria Elisabette Brisola Brito Prado [beprado@terra.com.br]

Leia mais

TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF)

TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF) TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF) Maio de 2007 Maria Rachel Barbosa Fundação Trompovsky (Apoio ao NEAD CENTRAN) rachel@centran.eb.br Vanessa Maria

Leia mais

Contribuição das Tecnologias da Informação e Comunicação no Processo Ensino-Aprendizagem

Contribuição das Tecnologias da Informação e Comunicação no Processo Ensino-Aprendizagem Contribuição das Tecnologias da Informação e Comunicação no Processo Ensino-Aprendizagem Prof. Dr. Luis Paulo Leopoldo Mercado Programa de Pós-Graduação em Educação Universidade Federal de Alagoas Conteúdos

Leia mais

TUTORIAL DE ACESSO AO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM AVA

TUTORIAL DE ACESSO AO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM AVA TUTORIAL DE ACESSO AO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM AVA 1 O acesso a plataforma educacional do colégio kadima deverá ser feito através do endereço: http://edunote.com.br/kadima/ 2 Na tela que segue,

Leia mais

Manual do Aluno. O Moodle é um sistema que gerencia ambientes educacionais de aprendizagem que podem ser denominados como:

Manual do Aluno. O Moodle é um sistema que gerencia ambientes educacionais de aprendizagem que podem ser denominados como: Manual do Aluno É com muita satisfação que apresentamos o Reunir Unopar. Ambiente Virtual de Aprendizagem Colaborativa que tem por objetivo principal ser um espaço colaborativo de construção do conhecimento

Leia mais

FORMAÇÃO DOCENTE NA FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA (FGF): HISTÓRIA, PERCURSOS E LIÇÕES DE UMA EXPERIÊNCIA EM EAD

FORMAÇÃO DOCENTE NA FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA (FGF): HISTÓRIA, PERCURSOS E LIÇÕES DE UMA EXPERIÊNCIA EM EAD FORMAÇÃO DOCENTE NA FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA (FGF): HISTÓRIA, PERCURSOS E LIÇÕES DE UMA EXPERIÊNCIA EM EAD Fortaleza-CE - abril 2012 Categoria: C - Métodos e Tecnologias Setor Educacional:

Leia mais

DA EDUCAÇÃO TRADICIONAL ÀS NOVAS TECNOLOGIAS APLICADAS À EDUCAÇÃO

DA EDUCAÇÃO TRADICIONAL ÀS NOVAS TECNOLOGIAS APLICADAS À EDUCAÇÃO 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 DA EDUCAÇÃO TRADICIONAL ÀS NOVAS TECNOLOGIAS APLICADAS À EDUCAÇÃO Natália Aguiar de Menezes 1 RESUMO: Observa-se que com o passar dos anos o ensino superior

Leia mais

TCC2036. fevereiro de 2006. Pricila Kohls dos Santos. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul PUCRS. pricilas.ead@pucrs.

TCC2036. fevereiro de 2006. Pricila Kohls dos Santos. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul PUCRS. pricilas.ead@pucrs. 1 O PEDAGOGO EM MULTIMEIOS E INFORMÁTICA EDUCATIVA E SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A EFICÁCIA DA UTILIZAÇÃO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NA EDUCAÇÃO TCC2036 fevereiro de 2006 Pricila Kohls dos Santos

Leia mais

Manual do. Aluno. Brasília Empreendimentos Educacionais

Manual do. Aluno. Brasília Empreendimentos Educacionais Brasília Empreendimentos Educacionais 3 Apresentação 4 A BEE 5 A Educação a Distância EaD 6 O curso 7 O Ambiente Virtual de Aprendizagem AVA 10 Como estudar na modalidade a distância 2 Apresentação Este

Leia mais

Capacitação de Recursos Humanos para o Uso de Tecnologias no Ensino Fundamental

Capacitação de Recursos Humanos para o Uso de Tecnologias no Ensino Fundamental Programa 0042 ESCOLA DE QUALIDADE PARA TODOS Objetivo Melhorar a qualidade do ensino fundamental, mediante a democratização do acesso a novas tecnologias de suporte à formação educacional. Indicador(es)

Leia mais

OS USOS DAS VIDEOCONFERÊNCIAS EM EAD: DIFICULDADES E POSSIBILIDADES DIDÁTICAS

OS USOS DAS VIDEOCONFERÊNCIAS EM EAD: DIFICULDADES E POSSIBILIDADES DIDÁTICAS OS USOS DAS VIDEOCONFERÊNCIAS EM EAD: DIFICULDADES E POSSIBILIDADES DIDÁTICAS São Luís MA maio de 2012 Categoria: C Setor Educacional: 3 Classificação das áreas de pesquisa em EAD Macro: C / Meso: J /

Leia mais

ANA CATARINA LIMA SILVA Grad. em Ciência da Computação pela UFMG Mestranda em Administração email: catarina@dcc.ufmg.br. 1.

ANA CATARINA LIMA SILVA Grad. em Ciência da Computação pela UFMG Mestranda em Administração email: catarina@dcc.ufmg.br. 1. 1 de 7 13/11/2012 15:55 ANA CATARINA LIMA SILVA Grad. em Ciência da Computação pela UFMG Mestranda em Administração email: catarina@dcc.ufmg.br ANA CATARINA LIMA SILVA 30.10.2000 1. Introdução Os avanços

Leia mais

FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA 1 FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Recife PE - Abril 2010 Ivanda Maria Martins Silva - UFRPE martins.ivanda@gmail.com Categoria (Conteúdos e Habilidades) Setor Educacional (Educação

Leia mais

Educação inovadora na Sociedade da Informação. José Manuel Moran (*)

Educação inovadora na Sociedade da Informação. José Manuel Moran (*) Educação inovadora na Sociedade da Informação José Manuel Moran (*) Abstract: É um desafio aprender a gerenciar o processo de aprendizagem, presencial e a distância, na transição para a Sociedade da Informação.

Leia mais

Christiane dos Santos PEREIRA*, Samuel Pereira DIAS, Gabriel da SILVA Centro Federal de Educação Tecnológica de Bambuí-MG

Christiane dos Santos PEREIRA*, Samuel Pereira DIAS, Gabriel da SILVA Centro Federal de Educação Tecnológica de Bambuí-MG A UTILIZAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM COMO FERRAMENTA DE APOIO AO ENSINO PRESENCIAL: estudos preliminares e proposta de uma metodologia de implantação no CEFET-Bambuí Christiane dos Santos

Leia mais

DISCIPLINAS CURRICULARES (PCN) INFORMÁTICA PRODUÇÃO DE MATERIAL

DISCIPLINAS CURRICULARES (PCN) INFORMÁTICA PRODUÇÃO DE MATERIAL A nossa meta é envolver alunos e professores num processo de capacitação no uso de ferramentas tecnológicas. Para isto, mostraremos ao professor como trabalhar as suas disciplinas (matemática, português,

Leia mais

O USO DA VIDEOCONFERÊNCIA COMO MEIO DE COMUNICAÇÃO NOS PROJETOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

O USO DA VIDEOCONFERÊNCIA COMO MEIO DE COMUNICAÇÃO NOS PROJETOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA O USO DA VIDEOCONFERÊNCIA COMO MEIO DE COMUNICAÇÃO NOS PROJETOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA São Paulo SP Abril 2012 Categoria Métodos e Tecnologias Setor Educacional Educação Continuada em geral Classificação

Leia mais

fundamentos teóricos e práticos necessários ao processo de inclusão do aluno com Deficiência Visual.

fundamentos teóricos e práticos necessários ao processo de inclusão do aluno com Deficiência Visual. A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

GESTÃO E USO DAS MÍDIAS EM PROJETOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

GESTÃO E USO DAS MÍDIAS EM PROJETOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA GESTÃO E USO DAS MÍDIAS EM PROJETOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA 10 de maio de 2005 115-TC-E5 Categoria E - Gerenciamento e Logística Setor Educacional 5 - Educação Continuada em Geral Natureza do Trabalho

Leia mais

4 O Projeto: Estudo de caso LED / IBC

4 O Projeto: Estudo de caso LED / IBC 45 4 O Projeto: Estudo de caso LED / IBC A tecnologia ligada à acessibilidade ajuda a minimizar as dificuldades encontradas entre pessoas com deficiências ao acesso a diversos formatos de informação. Do

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA (CEAD) MANUAL DO ALUNO

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA (CEAD) MANUAL DO ALUNO CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA (CEAD) MANUAL DO ALUNO EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - EAD PONTA GROSSA 2010 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO...

Leia mais