Exame de Certificação CompTIA A+ Essentials Objetivos:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Exame de Certificação CompTIA A+ Essentials Objetivos: 220-701"

Transcrição

1 Exame de Certificação CompTIA A+ Essentials Objetivos: Introdução Para receber a certificação CompTIA A+, o candidato deve passar em dois exames. O primeiro exame é o CompTIA A+ Essentials, número de exame O exame CompTIA A+ Essentials avalia competências necessárias para um profissional de TI iniciante com conhecimento equivalente a pelo menos 500 horas de experiência prática no laboratório ou em campo. Os candidatos bem-sucedidos terão o conhecimento necessário para compreender os fundamentos da tecnologia da computação, redes e segurança, e terão as habilidades necessárias para identificar componentes de hardware, periféricos, redes e segurança. Os candidatos bem-sucedidos compreenderão a funcionalidade básica do sistema operacional e a metodologia básica da solução de problemas, praticarão procedimentos de segurança adequados e irão interagir efetivamente com clientes e colegas. O CompTIA A+ tem certificação ISO Accredited (Personnel Certification Accreditation) e, como tal, passa por revisões regulares e atualiza os objetivos do exame. Os objetivos do CompTIA A+ Essentials a seguir refletem as áreas de assunto da Edição de 2009 do exame e o resultado de workshops de especialistas no assunto e de resultados de uma pesquisa em todo setor em relação a habilidades e conhecimentos necessários a um profissional de TI iniciante. As porcentagens deste documento representam a importância relativa das áreas de assunto (domínios) no corpo associado de conhecimento e, juntas, estabelecem a fundação de um profissional de TI iniciante. Este esquema do exame inclui o peso dos domínios, os objetivos do teste e conteúdo de exemplo. Tópicos e conceitos de exemplo foram incluídos para esclarecimento dos objetivos do teste e não devem ser considerados como uma listagem abrangente de todo o conteúdo deste exame. Os candidatos devem usar este documento como um guia para seus estudos. O conteúdo do esquema do exame ajuda a priorizar tópicos e a oferecer um guia sobre o que esperar do exame CompTIA A+ Essentials. A tabela a seguir lista os domínios medidos por este exame e a extensão em que eles são representados. O exame CompTIA A+ Essentials baseia-se nestes objetivos. Domínio Porcentagem do Exame 1.0 Hardware 27% 2.0 Solução de Problemas, Reparo e Manutenção 20% 3.0 Sistema Operacional e Software 20% 4.0 Redes 15% 5.0 Segurança 8% 6.0 Procedimento Operacional 10% Total 100% **Observação: As listas de exemplos com marcadores a seguir enumeram cada objetivo, mas não são listas completas. Apesar de não estarem listados ou incluídos neste documento de objetivos, outros exemplos de tecnologias, processos ou tarefas pertencentes a cada objetivo também podem constar na prova. A CompTIA faz a revisão constante do conteúdo de nossos exames e atualiza questões do teste para garantir que os nossos exames permaneçam atualizados e que a segurança das perguntas seja mantida. Quando necessário, publicaremos exames atualizados com base em objetivos de exame existentes. Observe que todos os materiais de preparação para o exame relacionado permanecerão válidos. Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

2 1.0 Hardware 1.1 Categorizar dispositivos de armazenamento e mídia de backup FDD HDD o Estado sólido versus magnético Unidades óticas o CD/DVD/RW/Blu-Ray Armazenamento removível o Unidade de fita o Estado sólido (por exemplo, pen drive, flash, placas SD, USB) o CD-RW externo e unidade e disco rígido o Dispositivos com e sem hot swap 1.2 Explicar os componentes, tipos e recursos da placa-mãe Fator de Forma o ATX / BTX, o micro ATX o NLX Interfaces de E/S o Som o Vídeo o USB 1.1 e 2.0 o Serial o IEEE 1394/Firewire o Paralela o Placa de rede o Modem o PS/2 Slots de memória o RIMM o DIMM o SODIMM o SIMM Soquetes do processador Arquitetura do barramento Slots do barramento o PCI o AGP o PCIe o AMR o CNR o PCMCIA PATA o IDE o EIDE SATA, esata Comparar RAID (níveis 0, 1, 5) Chipsets Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

3 BIOS/CMOS/Firmware o POST o Bateria CMOS Placa riser/placa-filha 1.3 Classificar os tipos e as características de fontes de alimentação Adaptador de CA ATX proprietário Tensão, potência e capacidade Interruptor do seletor de tensão Pinos (20, 24) 1.4 Explicar a finalidade e as características de CPUs e de seus recursos Identificar tipos de CPU o AMD o Intel Hyper threading Multi core o Dual core o Triple core o Quad core Cache no chip o L1 o L2 Velocidade (real versus efetiva) 32 bits versus 64 bits 1.5 Explicar os métodos e os dispositivos de resfriamento Dissipadores de calor CPU e ventiladores do gabinete Sistemas de resfriamento líquido Composto térmico 1.6 Fazer uma comparação e um contraste entre os tipos de memória, suas características e finalidades Tipos o DRAM o SRAM o SDRAM o DDR/DDR2/DDR3 o RAMBUS Paridade versus Sem paridade ECC versus não ECC Lado único versus dois lados Canal único versus dois canais Velocidade o PC100 o PC133 o PC2700 o PC3200 o DDR o DDR Fazer a distinção entre os diferentes dispositivos de vídeo e suas características Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

4 Projetores, CRT e LCD Tecnologias de LCD o Resolução (por exemplo, XGA, SXGA+, UXGA, WUXGA) o Taxa de constraste o Resolução nativa Tipos de conector o VGA o HDMi o S-Video o Componente/RGB o Compatibilidade com pino DVI Configurações o Taxa de atualização o Resolução o Vários monitores o Desmagnetização 1.8 Instalar e configurar periféricos e dispositivos de entrada Mouse Teclado Leitor de código de barra Multimídia (por exemplo, câmeras da web e digitais, MIDI, microfones) Dispositivos biométricos Touch screen Switch KVM 1.9 Resumir a função e os tipos de placas adaptadoras Vídeo o PCI o PCIe o AGP Multimídia o Placa de som o Placas sintonizadoras de TV o Placas de captura E/S o SCSI o Serial o USB o Paralela Comunicações o Placa de rede o Modem 1.10 Instalar, configurar e otimizar componentes e recursos de laptops Dispositivos de expansão o Placas PCMCIA o Placas PCI Express o Docking station Conexões de comunicação o Bluetooth o Infravermelho o WAN de celular o Ethernet Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

5 o Modem Dispositivos de entrada elétricos e de alimentação o Comutação automática o Suprimentos de alimentação de entrada fixos o Baterias Dispositivos de entrada o Caneta/digitalizador o Teclas de função o Dispositivos de apontamento (por exemplo, touch pad, dispositivo apontador/track point) 1.11 Instalar e configurar impressoras Diferenciar entre tipos de impressora o Laser o Jato de tinta o Térmica o Impacto Impressoras locais versus de rede Drivers de impressora (compatibilidade) Consumível 2.0 Solução de Problemas, Reparo e Manutenção 2.1 Em uma determinada situação, explicar a teoria de solução de problemas. Identificar o problema o Fazer perguntas ao usuário e identificar alterações feitas por ele no computador e executar backups antes de fazer alterações Estabelecer uma teoria da causa provável (perguntar o óbvio) Testar a teoria para determinar a causa o Uma vez que a teoria seja confirmada, determinar as próximas etapas para resolver o problema o Se a teoria não for confirmada, restabelecer uma nova teoria ou aumentar o nível do problema Estabelecer um plano de ação para resolver o problema e implementar a solução Verificar a funcionalidade completa do sistema e, se aplicável, implementar medidas preventivas Documentar descobertas, ações e resultados 2.2 Em uma determinada situação, explicar e interpretar sintomas comuns de hardware/sistema operacional e suas causas Sintomas relacionados ao sistema operacional o Tela azul o Travamento do sistema o Dispositivo de entrada/saída o Instalação de aplicativos o Iniciar ou carregar o Problemas de impressão específicos do Windows Spooler de impressão travado Driver incorreto/incompatível Sintomas relacionados ao hardware o Calor excessivo o Ruído o Odores o Indicadores luminosos de status Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

6 o Alertas o Dano visível (por exemplo, cabo, plástico) Usar documentação e recursos o Manuais do usuário/de instalação o Internet/baseado na web o Materiais de treinamento 2.3 Em uma determinada situação, determinar o método e as ferramentas de solução de problemas para impressoras Gerenciar trabalhos de impressão Spooler de impressão Propriedades e configurações da impressora Imprimir uma página de teste 2.4 Em uma determinada situação, explicar e interpretar problemas comuns de laptops e determinar o método de solução de problemas apropriado Problemas o Condições de alimentação o Vídeo o Teclado o Apontador o Caneta o Problemas de placa sem fio Métodos o Verificar a alimentação (por exemplo, LEDs, trocar adaptador de CA) o Remover periféricos desnecessários o Conectar um monitor externo o Alternar teclas Fn ou interruptores e hardware o Verificar interruptor de desligamento de LCD o Verificar a funcionalidade de luz de fundo e pixilation o Verificar interruptor para antenas WIFI internas ou antenas externas 2.5 Em uma determinada situação, integrar técnicas de manutenção preventivas comuns Inspeção física Atualizações o Driver o Firmware o Sistema operacional o Segurança Agendando manutenção preventiva o Defrag o Scandisk o Verificação de disco o Programas da inicialização Uso de ferramentas de reparo adequadas e de materiais de limpeza o Ar comprimido o Pano sem algodão o Aspirador e compressores para computador Dispositivos de alimentação o Fonte apropriada, com filtro de linha, estabilizador ou no-break Garantindo um ambiente adequado Procedimentos de backup Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

7 3.0 Sistemas e software operacionais - a menos que seja observado o contrário, os sistemas operacionais mencionados aqui incluem o Microsoft Windows 2000, Windows XP Professional, XP Home, XP MediaCenter, Windows Vista Home, Home Premium, Business e Ultimate. 3.1 Fazer uma comparação e um contraste entre os sistemas operacionais Windows diferentes e seus recursos Windows 2000, Windows XP de 32 bits versus 64 bits, Windows Vista de 32 bits versus 64 bits o Barra lateral, Aero, UAC, requisitos mínimos do sistema, limites do sistema o Windows 2000 e superior caminhos e requisitos de atualização o Terminologia (32 bits versus 64 bits x86 versus x64) o Compatibilidade de aplicativo, locais de programa instalado (32 bits versus 64 bits), modo de compatibilidade do Windows o Interface do usuário, layout da barra de início 3.2 Em uma determinada situação, demonstrar o uso apropriado de interfaces do usuário Windows Explorer Meu Computador Painel de Controle Utilitários do prompt de comando o telnet o ping o ipconfig Utilitários da linha de execução o msconfig o msinfo32 o Dxdiag o Cmd o REGEDIT Meus Locais de Rede Barra de tarefas/bandeja do sistema Ferramentas administrativas o Monitor de desempenho, Visualizador de Eventos, Serviços, Gerenciamento do Computador MMC Gerenciador de Tarefas Menu Iniciar 3.3 Explicar o processo e as etapas de instalação e de configuração do sistema operacional Windows Sistemas de arquivo o FAT32 versus NTFS Estruturas de diretório o Criar pastas o Navegar por estruturas de diretório Arquivos o Criação o Extensões o Atributos o Permissões Verificação de compatibilidade de hardware e requisitos mínimos Métodos de instalação o Mídia de inicialização como CD, disquete ou USB Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

8 o Instalação de rede o Instalar a partir de imagem o Cd de recuperação o Partição de recuperação de fábrica Opções de instalação do sistema operacional o Tipo de sistemas de arquivo o Configuração de rede o Reparar a instalação Ordem de preparação do disco o Formatar unidade o Partição o Iniciar a instalação Gerenciador de Dispositivos o Verificar o Instalar e atualizar drivers de dispositivos o Assinatura de driver Migração de dados do usuário User State Migration Tool (USMT) Memória virtual Configurar o gerenciamento de energia o Suspender o Wake on LAN o Contadores de suspensão o Hibernar o Em espera Demonstrar a remoção segura de periféricos 3.4 Explicar os conceitos básicos sobre sequências, métodos e utilitários de inicialização Ordem de inicialização de discos/prioridade de dispositivos o Tipos de dispositivos de inicialização (disco, rede, USB, outro) Opções de inicialização o Modo de segurança o Inicializar para o ponto de restauração o Opções de recuperação Recuperação Automática do Sistema (ASR) Disco de Reparação de Emergência (ERD) Console de recuperação 4.0 Redes 4.1 Resumir os conceitos básicos de rede, incluindo tecnologias, dispositivos e protocolos Noções básicas sobre a configuração de endereçamento IP e propriedades do TCP/IP (DHCP, DNS) Largura de banda e latência Indicadores status Protocolos (TCP/IP, NETBIOS) Full-duplex, half-duplex Noções básicas sobre grupos de trabalho e domínios Portas comuns: HTTP, FTP, POP, SMTP, TELNET, HTTPS LAN/WAN Hub, switch e roteador Identificar Redes Virtuais Privadas (VPN) Noções básicas sobre a identificação de classes Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

9 4.2 Categorizar cabos e conectores de rede e suas implementações Cabos o Plenum/PVC o UTP (por exemplo, CAT3, CAT5/5e, CAT6) o STP o Fibra o Cabo coaxial Conectores o RJ45 o RJ Fazer uma comparação e um contraste entre os diferentes tipos de rede Banda larga o DSL o Cabo o Satélite o Fibra Conexão discada Sem fio o Todos os tipos de o WEP o WPA o SSID o Filtragem de MAC o Configurações de DHCP Bluetooth Celular 5.0 Segurança 5.1 Explicar os princípios básicos de conceitos e tecnologias de segurança Tecnologias de criptografia Limpeza de dados/destruição de unidade de disco rígido/reciclagem de unidade de disco rígido Firewall por software o Segurança de portas o Exceções Tecnologias de autenticação o Nome do usuário o Senha o Biometria o Cartões inteligentes Noções básicas sobre confidencialidade de dados e segurança de dados o Conformidade o Classificações o Engenharia social 5.2 Resumir os recursos de segurança a seguir Criptografia sem fio o WEPx e WPAx o Configuração de cliente (SSID) Proteção contra software mal-intencionado Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

10 o Vírus o Cavalos de Troia o Worms o Spam o Spyware o Adware o Grayware Segurança da BIOS o Bloqueio de unidade o Senhas o Detecção de intrusão o TPM Gerenciamento de senhas/complexidade de senha Bloqueio de estação de trabalho o Hardware o Sistema operacional Biometria o Scanner de impressão digital 6.0 Procedimento Operacional 6.1 Descrever a finalidade de procedimentos ambientais e de segurança apropriados e aplicá-los em uma determinada situação ESD EMI o Interface de rede o Ímãs RFI o Interferência de telefones sem fio o Micro-ondas Segurança elétrica o CRT o Fonte de alimentação o Inversor o o Impressoras a laser Fazendo a correspondência de requisitos de alimentação do equipamento com a distribuição de alimentação e no-breaks Folhas de Dados de Segurança de Material (MSDS) Gerenciamento de cabos o Evitando perigos de tropeções Segurança física o Dispositivos pesados o Componentes quentes Meio ambiente considerar os procedimentos de descarte apropriado 6.2 Em uma determinada situação, demonstrar o uso apropriado de habilidades de comunicação e de profissionalismo no local de trabalho Usar a linguagem adequada evitar jargões, acrônimos, gíria Manter uma atitude positiva Ouvir e não interromper um cliente Ser culturalmente sensível Ser pontual o Se estiver atrasado, entrar em contato com o cliente Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

11 Evitar distrações o Ligações pessoais o Conversando com colegas enquanto interage com clientes o Interrupções pessoais Lidando com um cliente ou com uma situação difícil o Evitar discutir com clientes e/ou ficar na defensiva o Não minimizar os problemas do cliente o Evitar ser crítico o Esclarecer as declarações do cliente Fazer perguntas direcionadas para estreitar o escopo do problema Declarar novamente o problema ou a questão para verificar o entendimento Definir e atender a expectativas/linha de tempo e comunicar o status ao cliente o Oferecer opções diferentes de reparo/substituição, se aplicável o Oferecer documentação adequada nos serviços fornecidos o Fazer acompanhamento do cliente/usuário em uma data posterior para verificar o nível de satisfação Lidar de forma adequada com materiais confidenciais de clientes o Localizado no computador, desktop, impressora etc. Acrônimos do CompTIA A+ Introdução A seguir, veja uma lista de acrônimos que aparecem nos exames CompTIA A+. Os candidatos devem rever a lista completa e adquirir conhecimento prático de todos os acrônimos listados como parte do programa de preparação do exame completo. ACRÔNIM O AC ACL ACPI ACT ADSL AGP AMD APIPA APM DEFINIÇÃO corrente alternada lista de controle de acesso configuração avançada e interface de energia atividade linha de assinatura digital assimétrica porta gráfica acelerada dispositivos micro avançados (empresa de tecnologia) endereçamento de protocolo da internet privado automático gerenciamento de energia avançado Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

12 ARP ASR AT ATA ATAPI ATM ATX BIOS BNC BTX CD CD-ROM CD-RW CDFS CFS CMOS COMx CPU CRT DAC DB-25 DB-9 CC DDOS protocolo de resolução de endereço recuperação automática do sistema tecnologia avançada anexo de tecnologia avançada interface de pacote de anexo de tecnologia avançada modo de transferência assíncrona tecnologia avançada estendida sistema básico de entrada/saída Bayonet-Neill-Concelman ou Conector Naval Britânico tecnologia balanceada estendida compact disc disco compacto-memória somente leitura disco compacto-regravável sistema de arquivos de compact disc Sistema de Arquivos Central, Sistema de Arquivos Comum, Sistema de Arquivos de Comando semicondutor de óxido de metal complementar porta de comunicação (x=número da porta) unidade de processamento central tubo de raios catódicos controle de acesso arbitrário Conector de shell D de comunicação serial, 25 pinos Conector de shell D de 9 pinos corrente contínua negação de serviço distribuída Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

13 DDR DDR RAM DDR SDRAM DFS DHCP DIMM DIN DIP DLT DLP DMA DMZ DNS DOS DPMS DRAM DSL DVD dupla taxa de transferência memória de acesso aleatório de dupla taxa de transferência memória de acesso aleatório dinâmica síncrona de dupla taxa de transferência sistema de arquivos distribuído protocolo de configuração de host dinâmico módulo de memória em linha dupla Deutsche Industrie Norm (Instituto Alemão de Normalização) pacote em linha dual fita digital linear processamento digital de luz acesso direto à memória zona desmilitarizada serviço de nome de domínio ou servidor de nome de domínio negação de serviço sinalização de gerenciamento de alimentação de monitor memória de acesso aleatório dinâmica linha de assinante digital digital video disc ou disco versátil digital DVD-RAM digital video disc-memória de acesso aleatório DVD-ROM digital video disc-memória somente leitura DVD-R DVD-RW DVI ECC digital video disc-gravável digital video disc-regravável interface visual digital código de correção de erro Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

14 ECP EEPROM EFS EIDE EMI EMP EPROM EPP ERD ESD EVGA EVDO FAT FAT12 FAT16 FAT32 FDD Fn FPM FRU FSB FTP FQDN Gb GB porta de recursos estendidos memória somente leitura programável apagável eletricamente sistema de arquivos de criptografia eletrônica de unidade integrada avançada interferência eletromagnética pulso eletromagnético memória somente leitura programável apagável porta paralela avançada disco de reparação de emergência descarga eletrostática matriz/adaptador de gráficos de vídeo estendida dados de evolução otimizados ou dados de evolução somente tabela de alocação de arquivos tabela de alocação de arquivos de 12 bits tabela de alocação de arquivos de 16 bits tabela de alocação de arquivos de 32 bits unidade de disco flexível Função (em referência à tecla de função de um laptop) modo de página rápida unidade substituível em campo Barramento Frontal protocolo de transferência de arquivo nome de domínio totalmente qualificado gigabit gigabyte Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

15 GDI GHz GUI GPS GSM HAL HCL HDD HDMi HPFS HTML HTTP HTTPS E/S ICMP ICR IDE IDS IEEE IIS IMAP IP IPCONFIG IPP IPSEC IPX interface gráfica de dispositivo gigahertz interface gráfica do usuário sistema de posicionamento global sistema global para comunicações móveis camada de abstração de hardware lista de compatibilidade de hardware unidade de disco rígido interface multimídia de alta definição sistema de arquivos de alto desempenho linguagem de marcação de hipertexto protocolo de transferência de hipertexto protocolo de transferência de hipertexto sobre camada de soquetes segura entrada/saída protocolo de mensagem de controle de internet reconhecimento de caractere inteligente eletrônica de dispositivos integrados Sistema Detecção de Intrusão Instituto de Engenheiros Elétricos e Eletrônicos Serviços de Informações da Internet protocolo de mensagem de de internet protocolo de internet configuração de protocolo de internet protocolo de impressão de internet segurança de protocolo de internet troca de pacotes entre redes Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

16 IPX/SPX IR IrDA IRQ ISA ISDN ISO ISP JBOD Kb KB LAN LBA LC LCD LDAP LED Li-on LPD/LPR LPT troca de pacotes entre redes/troca de pacotes sequenciada infravermelho Associação de Dados de Infravermelho solicitação de interrupção arquitetura padrão industrial rede digital de serviços integrados Industry Standards Organization provedor de serviço de internet somente um monte de discos kilobit Kilobyte ou base de conhecimentos rede de área local endereçamento de bloco lógico conector Lucent monitor de cristal líquido protocolo leve de acesso a diretório diodo emissor de luz lítio-íon daemon de impressora de linha/impressora de linha remota terminal de impressora de linha LPT1 terminal de impressora de linha 1 LVD MAC MAPI tensão baixa diferencial controle de acesso a mídia/controle de acesso obrigatório interface de programação de aplicativo de mensagens Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

17 MAU Mb MB MBR MBSA MFD MFP MHz unidade de acesso a mídia, unidade de anexação de mídia megabit megabyte registro mestre de inicialização Microsoft Baseline Security Analyzer dispositivos de várias funções produto de múltipla função megahertz MicroDIMM micro módulo de memória em linha dupla MIDI MIME MLI MMC MMX MP3 interface digital para instrumento musical extensões multifunção para mensagens de internet interface de vários links Console de gerenciamento da Microsoft extensões de multimídia Moving Picture Experts Group Camada 3 Áudio MP4 Moving Picture Experts Group Camada 4 MPEG Moving Picture Experts Group MSCONFIG Configuração da Microsoft MSDS MUI NAC NAS NAT NetBIOS NetBEUI NFS folha de dados de segurança de material interface de usuário multilíngue controle de acesso à rede armazenamento anexado à rede tradução de endereço de rede sistema básico de entrada/saída de rede interface de usuário estendida de sistema básico de entrada/saída de rede sistema de arquivos de rede Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

18 NIC NiCd NiMH NLX NNTP NTFS NTLDR NTP OCR OEM SO PAN PATA PC PCI PCIe PCIX PCL PCMCIA PDA PGA placa de interface de rede níquel cádmio níquel metal hidreto novo perfil de baixo nível estendido protocolo de transferência de notícias de rede sistema de arquivos de nova tecnologia carregador de nova tecnologia Protocolo de Tempo de Rede reconhecimento ótico de caracteres fabricante original de equipamento sistema operacional rede de área pessoal ligação de tecnologia avançada paralela computador pessoal interconexão de componentes periféricos interconexão de componentes periféricos expressa interconexão de componentes periféricos estendida linguagem de controle de impressora Personal Computer Memory Card International Association assistente pessoal digital matriz de grade de pinos PGA2 matriz de grade de pinos 2 PIN PKI PnP número de identificação pessoal infraestrutura de chave pública plug and play POP3 post office protocol 3 Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

19 POST POTS PPP PPTP PRI PROM PS/2 PSTN PSU PVC PXE QoS RAID RAM RAS auto-teste na inicialização serviço telefônico tradicional protocolo ponto a ponto protocolo de tunelamento ponto a ponto interface de taxa primária memória somente leitura programável conector de sistema pessoal/2 rede telefônica pública comutada unidade de fonte de alimentação circuito virtual permanente ambiente de pré-execução qualidade de serviço matriz redundante de discos independentes (ou baratos) memória de acesso aleatório serviço de acesso remoto RDRAM memória de acesso aleatório dinâmica RAMBUS RDP RF RFI RGB Protocolo de Desktop Remoto radiofrequência interferência de radiofrequência vermelho verde azul RIMM módulo de memória em linha RAMBUS RIP RIS RISC RJ protocolo de informação de roteamento serviço de instalação remota computador com um conjunto de instruções reduzidas conector registrado RJ-11 função de conector registrado 11 Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

20 RJ-45 função de conector registrado 45 RMA ROM autorização de devolução de materiais memória somente leitura RS-232 ou RS-232C padrão recomendado 232 RTC SAN SATA SC SCP SCSI ID SCSI Cartão SD SDRAM SEC SFC SGRAM SIMM SLI S.M.A.R.T. SMB SMTP SNMP relógio em tempo real área de armazenamento em rede ligação de tecnologia avançada serial canal de assinatura protocolo de cópia segura interface para sistemas de computadores de pequeno porte identificador de interface para sistemas de computadores de pequeno porte cartão digital seguro memória de acesso aleatório dinâmica síncrona contato de borda simples sistema de proteção de arquivos memória gráfica síncrona de acesso aleatório-{}- módulo de memória em linha única interface de ligação escalonável ou integração de nível de sistema ou modo de interlace de linha de verificação tecnologia de monitoramento automático, análise e relatório bloco de mensagem de servidor ou empresa de pequeno a médio porte protocolo simples de transporte de protocolo simples de gerenciamento de rede Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

21 SoDIMM SOHO SP módulo de memória em linha dupla de pequena dimensão empresa pequena/escritório doméstico service pack SP1 service pack 1 SP2 service pack 2 SP3 service pack 3 SP4 service pack 4 SPDIF SPGA SPX SRAM SSH SSID SSL ST STP SVGA SXGA TB TCP TCP/IP TDR TFTP TPM UAC UART formato de interface digital Sony-Philips matriz de grade de pinos balanceada troca de pacotes sequenciados memória estática de acesso aleatório shell seguro identificador de conjunto de serviço camada de soquetes segura straight tip (ponta reta) par trançado blindado super matriz gráfica de vídeo matriz gráfica super estendida terabyte protocolo de controle de transmissão protocolo de controle de transmissão/protocolo de internet reflectômetro de domínio de tempo protocolo de transferência de arquivo trivial módulo de plataforma confiável controle de conta de usuário transmissor receptor assíncrono universal Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

22 UDF UDMA UDP UNC UPS URL USB USMT UTP UXGA VESA VFAT VGA VoIP VPN VRAM WAN WAP WEP WIFI WINS WLAN WPA WUXGA XGA ZIF funções definidas pelo usuário ou formato de disco universal ou formato de dados universal acesso ultradireto à memória protocolo de datagrama de usuário convenção universal de nomenclatura fonte de alimentação ininterrupta localizador de recursos uniforme barramento serial universal ferramenta de migração de estado de usuário par trançado não-blindado matriz gráfica ultra-estendida Video Electronics Standards Association tabela de alocação de arquivos virtual matriz gráfica de vídeo protocolo de voz sobre internet rede virtual privada memória de acesso aleatório de vídeo rede de longa distância protocolo de aplicação sem fio privacidade equivalente a de redes cabeadas fidelidade sem fio serviço de nome de internet do Windows rede de área local sem fio acesso protegido sem fio matriz gráfica ampla ultra-estendida matriz gráfica estendida força de inserção zero Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

23 ZIP pacote embutido zigue-zague Objetivos do Exame de Certificação CompTIA A de 23

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Hardware de Computadores Questionário II 1. A principal diferença entre dois processadores, um deles equipado com memória cache o

Leia mais

MODULO II - HARDWARE

MODULO II - HARDWARE MODULO II - HARDWARE AULA 01 O Bit e o Byte Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. Aplicações: Byte 1 0 1 0 0

Leia mais

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B 1 2 MODULO II - HARDWARE AULA 01 OBiteoByte Byte 3 Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. 4 Aplicações: Byte 1

Leia mais

Aquisição de equipamentos de informática

Aquisição de equipamentos de informática CONVITE 010/2008 ANEXO I Aquisição de equipamentos de informática ITEM 1 Nome: Estação de trabalho Quantidade: 1 unidades Processador: (mínimo) Intel core 2 duo E7200 2.53Ghz FSB 1333Mhz 4Mb Cache, 65

Leia mais

HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO. Wagner de Oliveira

HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO. Wagner de Oliveira HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO Wagner de Oliveira SUMÁRIO Hardware Definição de Computador Computador Digital Componentes Básicos CPU Processador Memória Barramento Unidades de Entrada e

Leia mais

Curso básico em técnicas de Manutenção para activistas comunitários

Curso básico em técnicas de Manutenção para activistas comunitários Curso básico em técnicas de Manutenção para activistas comunitários Perguntas relacionadas com a Aula 2 do Módulo I Aula 2 1. Qual das alíneas encontram-se mencionados todos os tipos de computador por

Leia mais

Curso básico em técnicas de manutenção para activistas comunitários

Curso básico em técnicas de manutenção para activistas comunitários Curso básico em técnicas de manutenção para activistas comunitários Modulo I INTRODUÇÃO AO EQUIPAMENTO INFORMÁTICO Respostas as perguntas do modulo I Aula 1 1. Qual dos seguintes itens faz parte do kit

Leia mais

LIGANDO MICROS EM REDE

LIGANDO MICROS EM REDE LAÉRCIO VASCONCELOS MARCELO VASCONCELOS LIGANDO MICROS EM REDE Rio de Janeiro 2007 ÍNDICE Capítulo 1: Iniciando em redes Redes domésticas...3 Redes corporativas...5 Servidor...5 Cliente...6 Estação de

Leia mais

Informática para concursos

Informática para concursos Informática para concursos Prof.: Fabrício M. Melo www.professorfabricio.com msn:fabcompuway@terra.com.br Hardware Software peopleware Parte física (Tangível). Parte lógica (Intangível). Usuários. Processamento

Leia mais

Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro - JBRJ. Centro Nacional de Conservação da Flora - CNCFlora. Planejamento de Despesas 2011

Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro - JBRJ. Centro Nacional de Conservação da Flora - CNCFlora. Planejamento de Despesas 2011 Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro - JBRJ Centro Nacional de Conservação da Flora - CNCFlora Planejamento de Despesas 2011 Equipamentos Item 1: Desktop de trabalho - Quantidade 03

Leia mais

Montagem e Manutenção (Hardware) Aula 01

Montagem e Manutenção (Hardware) Aula 01 Aula 01 1 Explique porque é importante saber Montagem e Manutenção de Computadores hoje? 2 Defina Hardware. 3 Explique Transistor. 4 Faça uma breve explicação da Evolução dos Hardwares usados nos computadores.

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Lote 1 item 3. MICROCOMPUTADOR:

TERMO DE REFERÊNCIA Lote 1 item 3. MICROCOMPUTADOR: TERMO DE REFERÊNCIA Lote 1 item 3. MICROCOMPUTADOR: 1.0 PROCESSADOR 1.1 Um processador Intel com arquitetura 64 Bits compatível com o equipamento ofertado e tecnologia de 65nm e núcleo duplo E4500; 1.2

Leia mais

Configuração de Microcomputadores 2 Documento de Padronização

Configuração de Microcomputadores 2 Documento de Padronização Configuração de Microcomputadores 2 Documento de Padronização COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 07/2011 Sumário 3 1 Configuração padrão Marca e modelo do equipamento deverão constar da HCL - Lista

Leia mais

REDE DE COMPUTADORES. Desenvolvimento Duração: 35 aulas (2 horas cada aula) Redes de computadores. 1 Apresentação

REDE DE COMPUTADORES. Desenvolvimento Duração: 35 aulas (2 horas cada aula) Redes de computadores. 1 Apresentação REDE DE COMPUTADORES Desenvolvimento Duração: 35 aulas (2 horas cada aula) 1 Apresentação Conhecendo os alunos Conceitos básicos de redes O que é uma rede local Porque usar uma rede local 2 Como surgiram

Leia mais

Professor: Gládston Duarte

Professor: Gládston Duarte Professor: Gládston Duarte INFRAESTRUTURA FÍSICA DE REDES DE COMPUTADORES Computador Instalação e configuração de Sistemas Operacionais Windows e Linux Arquiteturas físicas e lógicas de redes de computadores

Leia mais

Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral

Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral Windows 2003 Server Introdução Nessa Aula: É apresentada uma visão rápida e geral do Windows Server 2003. O Foco a partir da próxima aula, será no serviço de Diretórios

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS. 01) Considere as seguintes assertivas sobre conceitos de sistemas operacionais:

SISTEMAS OPERACIONAIS. 01) Considere as seguintes assertivas sobre conceitos de sistemas operacionais: SISTEMAS OPERACIONAIS 01) Considere as seguintes assertivas sobre conceitos de sistemas operacionais: I. De forma geral, os sistemas operacionais fornecem certos conceitos e abstrações básicos, como processos,

Leia mais

LIGANDO MICROS EM REDE

LIGANDO MICROS EM REDE LAÉRCIO VASCONCELOS MARCELO VASCONCELOS LIGANDO MICROS EM REDE Rio de Janeiro 2007 LIGANDO MICROS EM REDE Copyright 2007, Laércio Vasconcelos Computação LTDA DIREITOS AUTORAIS Este livro possui registro

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DO PRODUTO

ESPECIFICAÇÃO DO PRODUTO A P Ê N D I C E V I N T E A ESPECIFICAÇÃO DO PRODUTO A-1 Processador Lógica Central Tipo de Memória Predefinido Memória de Expansão Processador e Lógica Central Mobile Intel Pentium M (Banias), 1.5GHz-1.6GHz,

Leia mais

Microcomputadores. Documento de Padronizac a o GRUPO TE CNICO DE INFORMA TICA

Microcomputadores. Documento de Padronizac a o GRUPO TE CNICO DE INFORMA TICA Configurac a o de Microcomputadores Documento de Padronizac a o GRUPO TE CNICO DE INFORMA TICA Atualizado em 08/2010 Sumário 1 Configuração padrão p. 3 1.1 Processador............................. p. 3

Leia mais

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS - 2015. Prof. Marco Antônio

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS - 2015. Prof. Marco Antônio INFORMÁTICA PARA CONCURSOS - 2015 Prof. Marco Antônio Gestão da Informação e Conhecimento Dados Elemento bruto que não expressa informação Ex.: A, ], % *, & Gestão da Informação e Conhecimento Informação

Leia mais

Apresentação. Conceitos Iniciais. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação & Introdução.

Apresentação. Conceitos Iniciais. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação & Introdução. Apresentação www.profricardobeck.com.br contato@profricardobeck.com.br Apresentação & Introdução Condicionamento Material Didático Site / E-mail Testes? Edital Conceitos Iniciais 1 Mensurando Dados Sistemas

Leia mais

Apresentação. Conceitos Iniciais. Apresentação & Introdução. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br.

Apresentação. Conceitos Iniciais. Apresentação & Introdução. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação Apresentação & Introdução Condicionamento www.profricardobeck.com.br contato@profricardobeck.com.br Material Didático Site / E-mail Testes? Edital Mensurando Dados Sistemas de numeração Conceitos

Leia mais

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS INFORMÁTICA PARA CONCURSOS Prof. BRUNO GUILHEN Vídeo Aula VESTCON MÓDULO I - INTERNET Aula 01 O processo de Navegação na Internet. A CONEXÃO USUÁRIO PROVEDOR EMPRESA DE TELECOM On-Line A conexão pode ser

Leia mais

CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes. Capítulo1 - Introdução à Redes. Associação dos Instrutores NetAcademy - Agosto de 2007 - Página

CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes. Capítulo1 - Introdução à Redes. Associação dos Instrutores NetAcademy - Agosto de 2007 - Página CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes Capítulo1 - Introdução à Redes 1 Requisitos para Conexão à Internet Para disponibilizar o acesso de um computador à rede, devem ser levados em consideração 03 parâmetros:

Leia mais

Capítulo 1: Introdução às redes de computadores

Capítulo 1: Introdução às redes de computadores ÍNDICE Capítulo 1: Introdução às redes de computadores Redes domésticas... 3 Redes corporativas... 5 Servidor... 5 Cliente... 7 Estação de trabalho... 8 As pequenas redes... 10 Redes ponto-a-ponto x redes

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUMÁRIO CONTEÚDO PG. 1. OBJIVO 02 2. ÂMBITO 02 3. CONCEITOS 02 4. NORMAS E LEGISLAÇÃO APLICÁVEIS 02 5. INSTRUÇÕES GERAIS 02 5.1. Processador 02 5.2. Memória 03 5.3. Periféricos Inclusos 03 5.4. Unidades

Leia mais

ANEXO II LOTE 02 - MICROCOMPUTADORES. I. DESCRIÇÃO DO MICROCOMPUTADOR - configuração mínima

ANEXO II LOTE 02 - MICROCOMPUTADORES. I. DESCRIÇÃO DO MICROCOMPUTADOR - configuração mínima ANEXO II LOTE 02 - MICROCOMPUTADORES I. DESCRIÇÃO DO MICROCOMPUTADOR - configuração mínima 1. Processador: Para processadores INTEL Core 2 Duo: Deverá possuir tecnologia Dual Core Com velocidade de 2.130

Leia mais

Técnicas de Manutenção de Computadores

Técnicas de Manutenção de Computadores Técnicas de Manutenção de Computadores Professor: Luiz Claudio Ferreira de Souza Placa Mãe Dispositivos (Onboard) São aqueles encontrados na própria Placa Mãe. Ex: Rede, Som, Vídeo e etc... Prof. Luiz

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 10/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO PRESENCIAL Nº 10/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO PRESENCIAL Nº 10/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. JUSTIFICATIVA DA AQUISIÇÃO: para atender as necessidades da Câmara Municipal de Canoas/RS. 2. OBJETO: O objeto da presente licitação, na modalidade

Leia mais

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer INFORMÁTICA BÁSICA

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer INFORMÁTICA BÁSICA APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN O processo de Navegação na Internet INFORMÁTICA BÁSICA A NAVEGAÇÃO Programas de Navegação ou Browser : Internet Explorer; O Internet Explorer Netscape Navigator;

Leia mais

COMUNICADO PREGÃO Nº 048/2007

COMUNICADO PREGÃO Nº 048/2007 COMUNICADO PREGÃO Nº 048/2007 OBJETO: Fornecimento, configuração, testes e assistência técnica, durante período de garantia, de 28 (vinte e oito) microcomputadores portáteis (notebooks) de alta mobilidade,

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN www.brunoguilhen.com.br. Prof. BRUNO GUILHEN

APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN www.brunoguilhen.com.br. Prof. BRUNO GUILHEN APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN www.brunoguilhen.com.br Prof. BRUNO GUILHEN MÓDULO I - INTERNET Aula 01 O processo de Navegação na Internet. O processo de Navegação na Internet A CONEXÃO USUÁRIO

Leia mais

www.leitejunior.com.br 10/04/2012 19:30 Leite Júnior QUESTÕES CESGRANRIO 10/04/2012 AO VIVO

www.leitejunior.com.br 10/04/2012 19:30 Leite Júnior QUESTÕES CESGRANRIO 10/04/2012 AO VIVO QUESTÕES CESGRANRIO 10/04/2012 AO VIVO DE PETRÓLEO E DERIVADOS... QUESTÃO 21 - Um determinado usuário trabalha em uma rede que possui o servidor anpout.gov.br para envio de e-mails e o servidor anpin.gov.br

Leia mais

TECNOLOGIA WEB INTERNET PROTOCOLOS

TECNOLOGIA WEB INTERNET PROTOCOLOS INTERNET PROTOCOLOS 1 INTERNET Rede mundial de computadores. Também conhecida por Nuvem ou Teia. Uma rede que permite a comunicação de redes distintas entre os computadores conectados. Rede WAN Sistema

Leia mais

Retificação PREGAO POR REGISTRO DE PRECOS N 004 2008 CEL 02 SETUL AQUISICAO COMPUTADORES SOFTWARE

Retificação PREGAO POR REGISTRO DE PRECOS N 004 2008 CEL 02 SETUL AQUISICAO COMPUTADORES SOFTWARE Retificação PREGAO POR REGISTRO DE PRECOS N 004 2008 CEL 02 SETUL AQUISICAO COMPUTADORES SOFTWARE A COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO CEL 02 comunica aos interessados que o Pregão Por Registro de Preços acima

Leia mais

Como è feito computador

Como è feito computador Como è feito computador O computador contém uma parte elétrica e uma parte eletrónica. Parte elétrica é usada para transformar e dinstribuir a eletricidade que vem para os vários componentes. Parte eletrónica

Leia mais

Guia de Instalação SIAM. Procedimento de Instalação do Servidor SIAM

Guia de Instalação SIAM. Procedimento de Instalação do Servidor SIAM Guia de Instalação SIAM Procedimento de Instalação do Servidor SIAM Documento Gerado por: Amir Bavar Criado em: 18/10/2006 Última modificação: 27/09/2008 Guia de Instalação SIAM Procedimento de Instalação

Leia mais

CPE Soft Manual. 125/400mW 2.4GHz. CPE Soft

CPE Soft Manual. 125/400mW 2.4GHz. CPE Soft CPE Soft Manual 125/400mW 2.4GHz CPE Soft Campinas - SP 2010 Indice 1.1 Acessando as configurações. 2 1.2 Opções de configuração... 3 1.3 Wireless... 4 1.4 TCP/IP 5 1.5 Firewall 6 7 1.6 Sistema 8 1.7 Assistente...

Leia mais

Servidor de OpenLAB Data Store A.02.01 Lista de Preparação do Local. Objetivo do Procedimento. Responsabilidades do cliente

Servidor de OpenLAB Data Store A.02.01 Lista de Preparação do Local. Objetivo do Procedimento. Responsabilidades do cliente Servidor Lista de Preparação de OpenLAB do Data Local Store A.02.01 Objetivo do Procedimento Assegurar que a instalação do Servidor de OpenLAB Data Store pode ser concluída com sucesso por meio de preparação

Leia mais

Montagem de Micros Para Autodidatas, Estudantes e Técnicos. Parte I O Que Comprar... 1

Montagem de Micros Para Autodidatas, Estudantes e Técnicos. Parte I O Que Comprar... 1 VI Sumário Parte I O Que Comprar... 1 Capítulo 1 Processador... 3 Introdução... 3 Mitos... 4 O Que Comprar... 5 Características Técnicas... 8 Soquetes...9 Onde Economizar... 10 OEM vs. Box...11 Controlador

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DO PRODUTO

ESPECIFICAÇÃO DO PRODUTO A P Ê N D I C E A ESPECIFICAÇÃO DO PRODUTO A - 1 Processador Lógica Central Processador e a Lógica Central Intel P4 (Prescott) 2.8 ~ 3.6 GHz, Tipo FC-mPGA4, 1 MB L2, com Tecnologia Hyper Threading Mobile

Leia mais

Sumário. Parte I O Que Comprar...1 Capítulo 1 Processador... 3 Introdução... 3 Mitos... 4. Soquetes...8. Onde Economizar... 19

Sumário. Parte I O Que Comprar...1 Capítulo 1 Processador... 3 Introdução... 3 Mitos... 4. Soquetes...8. Onde Economizar... 19 VI Sumário Parte I O Que Comprar...1 Capítulo 1 Processador... 3 Introdução... 3 Mitos... 4 O Que Comprar... 5 Características Técnicas...6 Soquetes...8 Onde Economizar... 8 OEM vs. Box...8 Núcleos de

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Pregão Eletrônico RP nº 001/2009 1 - MICROCOMPUTADOR PARA ESPECIALISTA MC1 PLACA PRINCIPAL Placa principal com arquitetura ATX, com barramento PCI. Possuir, no mínimo,

Leia mais

02/03/2014. Conteúdo deste módulo. Curso de Preparatório para Concursos Públicos. Tecnologia da Informação REDES. Conceitos Iniciais

02/03/2014. Conteúdo deste módulo. Curso de Preparatório para Concursos Públicos. Tecnologia da Informação REDES. Conceitos Iniciais Curso de Preparatório para Concursos Públicos Tecnologia da Informação REDES Conceitos Iniciais; Classificações das Redes; Conteúdo deste módulo Equipamentos usados nas Redes; Modelos de Camadas; Protocolos

Leia mais

Comunicação Sem Fio (Somente em Determinados Modelos)

Comunicação Sem Fio (Somente em Determinados Modelos) Comunicação Sem Fio (Somente em Determinados Modelos) Guia do Usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Microsoft é uma marca registrada da Microsoft Corporation nos Estados Unidos.

Leia mais

Motherboard. Colégio Serrano Guardia Módulo III Suporte Técnico e Redes William Andrey de Godoy

Motherboard. Colégio Serrano Guardia Módulo III Suporte Técnico e Redes William Andrey de Godoy Motherboard 1 Colégio Serrano Guardia Módulo III Suporte Técnico e Redes Motherboard É a placa principal do micro, onde todos os itens são conectados. Nomes comuns: Motherboard, Placa-Mãe, SystemBoard

Leia mais

1 Introdução... 4. Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5. 2 Conhecendo o dispositivo... 6

1 Introdução... 4. Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5. 2 Conhecendo o dispositivo... 6 Índice 1 Introdução... 4 Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5 2 Conhecendo o dispositivo... 6 Verificação dos itens recebidos... 6 Painel Frontal... 7 Painel Traseiro... 8 3 Conectando o

Leia mais

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer. www.brunoguilhen.com.br 1 INFORMÁTICA BÁSICA

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer. www.brunoguilhen.com.br 1 INFORMÁTICA BÁSICA APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN O processo de Navegação na Internet INFORMÁTICA BÁSICA A NAVEGAÇÃO Programas de Navegação ou Browser : Internet Explorer; O Internet Explorer Netscape Navigator;

Leia mais

ATA - Exercícios Informática Carlos Viana. 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

ATA - Exercícios Informática Carlos Viana. 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA - Exercícios Informática Carlos Viana 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA EXERCÍCIOS CARLOS VIANA 22 - ( ESAF - 2004 - MPU - Técnico Administrativo ) O

Leia mais

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com Informática Componentes de um SC Hardware X Software Memória do Computador Hardware X Software Toda interação dos usuários de computadores modernos é realizada

Leia mais

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux 1. De que forma é possível alterar a ordem dos dispositivos nos quais o computador procura, ao ser ligado, pelo sistema operacional para ser carregado? a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento,

Leia mais

Curso de Manutenção de Notebook

Curso de Manutenção de Notebook Curso de Manutenção de Notebook Instrutor: João Ivan A de Macedo Apoio: ARQUITETURA DO NOTEBOOK NOTEBOOK 1. Tampa Superior É através dela que a tela (LCD) é sustentada e protegida. 2. Fecho da tampa Sua

Leia mais

Introdução. Em se tratando de computador, entendemos que memória são dispositivos que armazenam dados com os quais o processador trabalha.

Introdução. Em se tratando de computador, entendemos que memória são dispositivos que armazenam dados com os quais o processador trabalha. Memorias Introdução Em se tratando de computador, entendemos que memória são dispositivos que armazenam dados com os quais o processador trabalha. Necessariamente existe dois tipos de memórias: -Memória

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA COMPUTADOR QUANTO AO TIPO COMPUTADOR SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO o Analógico o Digital o Híbrido o Hardware (parte física)

Leia mais

DESCREVENDO SISTEMAS DE UM COMPUTADOR

DESCREVENDO SISTEMAS DE UM COMPUTADOR DESCREVENDO SISTEMAS DE UM COMPUTADOR Componentes de Hardware, Software e Sistemas Operacionais Curso Superior de Redes de Computadores André Moraes SISTEMAS DE COMPUTADOR Um sistema de computador consiste

Leia mais

Licitação. Relação de Itens da Licitação

Licitação. Relação de Itens da Licitação PREFEITURA MICIPAL DE 0000 001 8,00 ESTABILIZADOR 500 VA 6 TOMADAS 220/110 ESTABILIZADOR DE 500VA padrão NBR 14136 BIVOLT 06 TOMADAS com as seguintes características mínimas: Microprocessado (tecnologia

Leia mais

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA NOTEBOOKS

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA NOTEBOOKS DESCRITIVO TÉCNICO Este descritivo técnico visa aquisição de notebooks, caracterizados de Alta Mobilidade, denominado TIPO-1 (item 01) e de Mobilidade com Baixo Custo, denominado TIPO-2 (item 02). 1. Requisitos

Leia mais

Sumário. Capítulo I Introdução à Informática... 13. Capítulo II Hardware... 23. INFORMATICA 29jun.indd 7 22/07/2014 15:18:01

Sumário. Capítulo I Introdução à Informática... 13. Capítulo II Hardware... 23. INFORMATICA 29jun.indd 7 22/07/2014 15:18:01 Sumário Capítulo I Introdução à Informática... 13 1. Conceitos Básicos... 13 2. Hardware... 15 3. Software... 15 4. Peopleware... 16 5. Os Profissionais de Informática:... 16 6. Linguagem de Computador

Leia mais

LABORATÓRIO DE SISTEMAS OPERACIONAIS. PROFª. M.Sc. JULIANA HOFFMANN QUINONEZ BENACCHIO

LABORATÓRIO DE SISTEMAS OPERACIONAIS. PROFª. M.Sc. JULIANA HOFFMANN QUINONEZ BENACCHIO LABORATÓRIO DE SISTEMAS OPERACIONAIS PROFª. M.Sc. JULIANA HOFFMANN QUINONEZ BENACCHIO O Linux se refere aos itens de hardware como dispositivos (devices), e os referencia como arquivos. Os arquivos de

Leia mais

Tipos de placas-mãe PLACA MÃE. Placa-mãe com slot ISA (destaque)

Tipos de placas-mãe PLACA MÃE. Placa-mãe com slot ISA (destaque) PLACA MÃE Placa mãe, também denominada mainboard ou motherboard, é uma placa de circuito impresso, que serve como base para a instalação dos demais componentes de um computador, como o processador, memória

Leia mais

Informática para Banca IADES. Hardware e Software

Informática para Banca IADES. Hardware e Software Informática para Banca IADES Conceitos Básicos e Modos de Utilização de Tecnologias, Ferramentas, Aplicativos e Procedimentos Associados ao Uso de Informática no Ambiente de Escritório. 1 Computador É

Leia mais

REDES ESAF. leitejuniorbr@yahoo.com.br 1 Redes - ESAF

REDES ESAF. leitejuniorbr@yahoo.com.br 1 Redes - ESAF REDES ESAF 01 - (ESAF - Auditor-Fiscal da Previdência Social - AFPS - 2002) Um protocolo é um conjunto de regras e convenções precisamente definidas que possibilitam a comunicação através de uma rede.

Leia mais

CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO INFORMÁTICA BÁSICA AULA 03. Docente: Éberton da Silva Marinho e-mail: ebertonsm@gmail.com 25/06/2014

CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO INFORMÁTICA BÁSICA AULA 03. Docente: Éberton da Silva Marinho e-mail: ebertonsm@gmail.com 25/06/2014 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE INFORMÁTICA BÁSICA AULA 03 Docente: Éberton da Silva Marinho e-mail: ebertonsm@gmail.com 25/06/2014 Unidades de armazenamento

Leia mais

8.2.11 Quebras de página 8.3 Exercícios para fixação

8.2.11 Quebras de página 8.3 Exercícios para fixação SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA 1.1 Conceitos básicos de informática e alguns termos usuais 1.2 Geração dos computadores 1.3 Evolução da tecnologia dos computadores 1.4 Sistema de informática 1.5 Tipos

Leia mais

Arquitetura de Computadores. Professor: Vilson Heck Junior

Arquitetura de Computadores. Professor: Vilson Heck Junior Arquitetura de Computadores Professor: Vilson Heck Junior Agenda Conceitos Estrutura Funcionamento Arquitetura Tipos Atividades Barramentos Conceitos Como já discutimos, os principais componentes de um

Leia mais

Hardware de Computadores

Hardware de Computadores Placa Mãe Hardware de Computadores Introdução Placa-mãe, também denominada mainboard ou motherboard, é uma placa de circuito impresso eletrônico. É considerado o elemento mais importante de um computador,

Leia mais

MÓDULO I - INTERNET APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. Prof. BRUNO GUILHEN. O processo de Navegação na Internet. Aula 01

MÓDULO I - INTERNET APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. Prof. BRUNO GUILHEN. O processo de Navegação na Internet. Aula 01 APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN Prof. BRUNO GUILHEN MÓDULO I - INTERNET O processo de Navegação na Internet Aula 01 O processo de Navegação na Internet. USUÁRIO A CONEXÃO PROVEDOR On-Line EMPRESA

Leia mais

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Introdução. Introdução. Curso Conexão Noções de Informática. Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware)

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Introdução. Introdução. Curso Conexão Noções de Informática. Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware) Curso Conexão Noções de Informática Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware) Agenda ; Arquitetura do Computador; ; ; Dispositivos de Entrada e Saída; Tipos de Barramentos; Unidades de Medidas. Email:

Leia mais

MONTAGEM E CONFIGURAÇÃO DE MICROS

MONTAGEM E CONFIGURAÇÃO DE MICROS LAÉRCIO VASCONCELOS MONTAGEM E CONFIGURAÇÃO DE MICROS 4 a EDIÇÃO Rio de Janeiro 2014 ÍNDICE Capítulo 1: Introdução ao hardware Computador, micro, PC...1 Processador...1 Memória RAM...1 Disco rígido...2

Leia mais

Característica Especificação Exigência. 1.1 Processador Processador desenhado especificamente para uso em notebooks. Obrigatório

Característica Especificação Exigência. 1.1 Processador Processador desenhado especificamente para uso em notebooks. Obrigatório Característica Subcarter Característica Especificação Exigência 1.1 Processador Processador desenhado especificamente para uso em notebooks. 1- Processador 1.2 Consumo máximo de Energia 47 W (Thermal Design

Leia mais

William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição

William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição Capítulo 7 Entrada/saída Os textos nestas caixas foram adicionados pelo Prof. Joubert slide 1 Problemas de entrada/saída Grande variedade

Leia mais

INSS CESGRANRIO JAN/2005 5. FCC ABRIL 2006 1. Atualizada 18/06/2007 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 1

INSS CESGRANRIO JAN/2005 5. FCC ABRIL 2006 1. Atualizada 18/06/2007 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 1 FCC ABRIL 2006 1. CESGRANRIO JAN/2005 5. 6. 2. 7. 3. 8. 9. 4. Atualizada 18/06/2007 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 1 [[[[ INSS 10. CESGRANRIO JAN 2005

Leia mais

ERRATA DE EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL 005/2015

ERRATA DE EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL 005/2015 ERRATA DE EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL 005/2015 No Anexo I Termo de Referência Item 03 (Três) Da Especificação. Os respectivos itens estão sublinhados. ONDE SE LÊ: 1) DA ESPECIFICAÇÃO 1 Processador

Leia mais

Baseado na portaria n 373 de 25 de fevereiro de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego;

Baseado na portaria n 373 de 25 de fevereiro de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego; Características Baseado na portaria n 373 de 25 de fevereiro de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego; Poderá ser utilizado por empresas autorizadas por convenção ou acordo coletivo a usar sistemas

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO

INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO FOLHAS DE DADOS Todas as folhas de dados para os equipamentos mencionados deverão ser devidamente preenchidas conforme determinado a seguir. Deverá ser preenchida uma folha de dados para cada tipo de equipamento

Leia mais

Microinformática Introdução ao hardware. Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP

Microinformática Introdução ao hardware. Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP Microinformática Introdução ao hardware Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP Informática Informática é o termo usado para se descrever o conjunto das ciências da informação, estando incluídas neste grupo:

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE TÉCNICO DE INFORMÁTICA POR PRAZO DETERMINADO

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE TÉCNICO DE INFORMÁTICA POR PRAZO DETERMINADO UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRAL DE INFORMÁTICA PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE TÉCNICO DE INFORMÁTICA POR PRAZO DETERMINADO INFORMAÇÕES A) A prova consta de 20 questões de múltipla escolha,

Leia mais

Barramentos do Sistema

Barramentos do Sistema Barramentos do Sistema AOC: Arquitetura e Organização de Computadores Computador CPU Quais os barramentos? Unidade lógica e aritmética Equipamentos de E/S Memória principal Unidade de controle Linhas de

Leia mais

!" #$%!" #&%!" '(%!! "!

! #$%! #&%! '(%!! ! !" #$%!" #&%!" '(%!! "! Miniaturas Visualização As MX-M354/M314/M264N possuem tecnologia ambiental avançada e uma variedade de funções ecológicas. Tempo de aquecimento rápido é apenas uma das vantagens

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais Administração de Sistemas de Informação Gerenciais UNIDADE V: Telecomunicações, Internet e Tecnologia Sem Fio. Tendências em Redes e Comunicações No passado, haviam dois tipos de redes: telefônicas e redes

Leia mais

DSS H.264 DVR. Guia de instalação rápida V1.0.2

DSS H.264 DVR. Guia de instalação rápida V1.0.2 DSS H.264 DVR Guia de instalação rápida V1.0.2 1. Instalação de Disco Rígido Aviso! Recomendamos para instalar com segurança utilizar HDD SATA. Certifique-se de que a energia não esteja desligada antes

Leia mais

Placa-Mãe. Christian César de Azevedo

Placa-Mãe. Christian César de Azevedo Placa-Mãe Christian César de Azevedo Componentes Básicos Placa-Mãe 2 Componentes da Placa-Mãe 1. Soquete do Processador 2. Chipset 3. Soquetes de memória RAM 4. Conector de alimentação 5. Conector do drive

Leia mais

MICROCOMPUTADOR TIPO I

MICROCOMPUTADOR TIPO I MICROCOMPUTADOR TIPO I Processador...: Processador com memória cache mínima de 1 MB; Tipo...: 1)Intel Pentium IV Prescott com freqüência de 3.0 Ghz ou Superior Memória...: Memória RAM instalada de 512

Leia mais

Guia do Usuário. PCtel E1

Guia do Usuário. PCtel E1 Guia do Usuário PCtel E1 Conteúdo Conhecendo o Produto...05 Instalação Física...08 Módulo Supervidor...10 Política de Garantia...12 Aspectos gerais Conhecendo o produto A Pctel desenvolveu uma plataforma

Leia mais

Centro Federal de Educação Tecnológica CEFET/BA

Centro Federal de Educação Tecnológica CEFET/BA Centro Federal de Educação Tecnológica CEFET/BA Disciplina: Redes de Computadores Prof.: Rafael Freitas Reale Aluno: Data / / Prova Final de Redes Teoria Base 1) Qual o tipo de ligação e a topologia respectivamente

Leia mais

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais opcional);

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais opcional); Características Possui estrutura com design moderno e LEDs que indicam a confirmação de registros; Exclusivo sistema de hibernação quando o equipamento encontra-se sem energia vinda da rede elétrica, o

Leia mais

Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação

Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação INFORMÁTICA -É Ciência que estuda o tratamento automático da informação. COMPUTADOR Equipamento Eletrônico capaz de ordenar, calcular, testar, pesquisar e

Leia mais

Comunicação sem fio (somente para determinados modelos)

Comunicação sem fio (somente para determinados modelos) Comunicação sem fio (somente para determinados modelos) Guia do Usuário Copyright 2006 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Microsoft e Windows são marcas registradas da Microsoft Corporation nos

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE NOVA PRATA

ESTADO DO RIO GRANDE DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE NOVA PRATA EDITAL N.º 096/2015 - LICITAÇÃO N.º063/2015 - PREGÃO PRESENCIAL N.º 018/2015 LICITAÇÃO NA MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL OBJETIVANDO A AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA; EXCLUSIVO PARA ME S E EPP

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA KIT DE COMPONENTES DE MICROINFORMÁTICA P/ MONTAGEM DE TERMINAL DE AUTOATENDIMENTO PARA O SISTEMA GEST Controle de Revisões Elaborador: Adriano José Cunha de Aguiar Validador: Luiz

Leia mais

5 Entrada e Saída de Dados:

5 Entrada e Saída de Dados: 5 Entrada e Saída de Dados: 5.1 - Arquitetura de Entrada e Saída: O sistema de entrada e saída de dados é o responsável pela ligação do sistema computacional com o mundo externo. Através de dispositivos

Leia mais

2 computadores de mesa (desktop):

2 computadores de mesa (desktop): Levantamento dos ativos de infraestrutura de TI utilizados em uma empresa. Especificação técnica e localização dos equipamentos que podem ser patrimoniados. As empresas dependem da infraestrutura de TI

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Referente ao Edital de Tomada de Preços nº. 004/2012 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PÁGINA 1 DE 6 ITEM 01 SERVIDOR DE RACK COM AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS MÍNIMAS: INFORMAR OBRIGATORIAMENTE O FABRICANTE

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DOS COMPUTADORES

CLASSIFICAÇÃO DOS COMPUTADORES 1 CLASSIFICAÇÃO DOS COMPUTADORES Desktop: São os computadores pessoais, os PC s. São chamados de desktop por serem considerados micros de mesa, veja a figura ao lado. Muito cobrado em concurso é ter uma

Leia mais

Introdução à Informática. Aula 04. Sistemas Operacionais Aplicativos e Utilitários Transmissão e meios de transmissão de dados. Prof.

Introdução à Informática. Aula 04. Sistemas Operacionais Aplicativos e Utilitários Transmissão e meios de transmissão de dados. Prof. Aula 04 Sistemas Operacionais Aplicativos e Utilitários Transmissão e meios de transmissão de dados Sistema Operacional Um conjunto de programas que se situa entre os softwares aplicativos e o hardware:

Leia mais

Identificação das partes constituintes de um PC

Identificação das partes constituintes de um PC Identificação das partes constituintes de um PC Durante este exercício deverá identificar e localizar as partes constituintes de um Computador Pessoal (PC), nomeadamente: Placa Principal (Mother Board)

Leia mais

Sumário. 1 Introdução à administração do Windows Vista...27. 2 Gerenciando sistemas Windows Vista...51

Sumário. 1 Introdução à administração do Windows Vista...27. 2 Gerenciando sistemas Windows Vista...51 Sumário 1 Introdução à administração do Windows Vista...27 Começando a usar o Windows Vista... 28 Instalando e executando o Windows Vista... 30 Instalando o Windows Vista...30 Utilizando o Centro de Boas-vindas

Leia mais

Conteúdo do pacote de 03 cursos hands-on

Conteúdo do pacote de 03 cursos hands-on Conteúdo do pacote de 03 cursos hands-on Windows Server 2012 Virtualização Hyper-v Firewall Pfsense C o n t e ú d o d o c u r s o H a n d s - on 2 Sumário 1 Conteúdo Windows 2012... 3 2 Conteúdo Virtualização...

Leia mais

Barramentos e Chipsets

Barramentos e Chipsets Sumário Introdução Barramentos e Chipsets Eduardo Amaral Barramentos Barramento frontal (Front Side Bus) Barramento de memória Barramento de externo ou de I/O Chipset Ponte norte Ponte sul Introdução Organização

Leia mais