Conceitos Básicos B -Sistemas. Operativos- Professor Rafael Vieira

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Conceitos Básicos B -Sistemas. Operativos- Professor Rafael Vieira"

Transcrição

1 Conceitos Básicos B -Sistemas Operativos-

2 O que é um Sistema Operativo? Principal software do computador Cria uma ligação entre o hardware do computador e o utilizador Permite o funcionamento de outro software interagindo com o hardware instalado Parte do sistema operativo que faz a ligação com o hardware do pc chama-se Kernel. Os Sistemas Operativos são elaborados para trabalhar em um tipo específico de processador. Ex: : Windows 98, trabalha com microprocessadores Intel ou compatíveis, como é o caso da AMD e da Cyrix.

3 Os sistemas Operativos gerem as seguintes funções básicas: b Gestão de programas Controlo de recursos de hardware Gestão de microprocessadores Gestão da memória Gestão dos periféricos ricos de entrada e saída Meio de interacção (interface) do computador com o utilizador Segurança

4 Gestão dos Programas: Função mais importante de um sistema operativo, e que afecta directamente a sua fiabilidade. Monotarefa Multitarefa permite um utilizador trabalhar com dois ou mais programas em simultâneo. Na prática o microprocessador não executa os diversos programas de uma sós vez, mas reserva uma fracção de tempo para cada um dos programas. Existem diferentes técnicas t de gestão de multitarefa. Multitarefa cooperativa o utilizador pode executar vários programas em simultâneo, mas o programa que se encontra em primeiro plano ganha o controlo sobre o microprocessador e mantém m o controlo até que a tarefa termine.

5 Multitarefa preenpetiva é melhor que a anterior e permite que o sistema operativo recupere o controlo caso um aplicativo interrompa a sua execução. Utilizado nos sistemas operativos actuais.(xp,, 2000,NT,etc...) Multitarefa multithreading permite que o computador execute mais do que uma tarefa de um único programa. Os sistemas operativos mais eficazes combinam a multitarefa preempetiva e o multithreading.

6

7 Gestão da Memória: O sistema operativo atribui a cada programa em execução uma fatia de memória. Sistemas Operativos mais evoluídos implementam a memória virtual, que é um método m de utilizar o disco rígido do computador como uma extensão da memória RAM. Na memória virtual, as instruções e os dados do programa são divididos em unidades de tamanho fixo, designadas por páginas. p Se a memória RAM tiver cheia, o sistema operativo armazena as páginas p num ficheiro do disco rígido, r denominado por ficheiro de troca (swap( file). Quando háh necessidade de utilizar as páginas p armazenadas no disco, elas são copiadas para a memória RAM.

8 Vantagens e Desvantagens da Memória Virtual: Permite trabalhar com mais memória do que a memória RAM instalada na placa-mãe do PC As operações de paginação, conhecidas por troca (swap), prejudicam o desempenho do PC, dado que o tempo de escrita e leitura de uma página p num disco é muito superior relativamente ao tempo de escrita e leitura numa memória RAM.

9 Memória Virtual:

10 Gestão dos periféricos ricos de entrada e saída: Parte do sistema operativo que faz a interface com o utilizador é designada por shell Existem 3 tipos de interfaces do S.O. Com o utilizador: Interface de linha de comandos; Interface baseada em menus; Interface gráfica.

11 Interface de linha de comandos: Exige que o utilizador saiba os comandos e as respectivas regras de sintaxe.

12 Interface baseada em menus: Evitam que o utilizador tenha necessidade de memorizar os comandos e a sintaxe de escrita. Os menus baseados em texto no ecrãn,, mostram todas as opções existentes num determinado ponto.

13 Interface Gráfica: Interface mais intuitiva e mais fácil f de ser utilizada

14 Segurança a nos Sistemas Operativos: É um ponto fundamental para o bom funcionamento de um sistema informático 2 aspectos que devem ser considerados em relação a segurança: a: Segurança a dos computadores e dos dados neles armazenados Segurança a da rede de comunicações e dos dados durante a transmissão

15 Segurança a dos computadores e dos dados neles armazenados: - Eliminação ou alteração por falha técnica, t acção humana ou desatres naturais de um ou mais ficheiros fundamentais ao sistema operativo podem ser suficientes para o computador bloquear. - Alteração ou Intercepção do conteúdo de ficheiros de trabalho contendo conteúdo crítico da organização. Segurança a da rede de comunicações e dos dados durante a transmissão: - Entrada no sistema da organização por pessoas exteriores, podendo apagar, alterar ou consultar dados, mensagens ou programas críticos para a organização. - Entrada de programas via rede que poderão provocar funcionamento deficiente no sistema, como é o caso dos vírus.

16 Introdução aos Sistemas Operativos Concluindo, um sistema operativo permite: 1. Gerir de forma eficaz todos os recursos do computador, nomeadamente da sua memória interna, especialmente em aplicações que requerem grande capacidade de memória como, por exemplo, a multimédia; 2. Tornar possível o acesso de vários v utilizadores em simultâneo aos recursos do computador; 3. Protecção de dados, controlo de acessos, etc.; 4. Fornecer informação aos utilizadores que seja relevante para o correcto funcionamento da máquina, m nomeadamente mensagens de erro, apoio sobre o comando solicitado, etc.; 5. Coordenar e comandar de forma adequada todo o hardware solicitado a desempenhar uma determinada acção a partir dos programas de aplicação; 6. Oferecer as funções indispensáveis para a gestão do acesso aos diferentes periféricos, ricos, tais como teclado, rato, monitor, etc..

17 Sistemas Operativos mais conhecidos: UNIX XEROX PARC e o primeiro GUI funicional MS-DOS MAC OS OS/2 WINDOWS 3.11 WINDOWS 95,98 e ME WINDOWS NT,2000 E XP WINDOWS CE WINDOWS VISTA GNU/LINUX

18 Sistema operativo MS-DOS O MS-DOS ( microsoft disk operating system) foi o primeiro sistema operativo da Microsoft e cabia numa disquete. Trata-se de um sistema operativo single-user e single-task baseado exclusivamente em linha de comandos.

19 Sistema operativo UNIX O UNIX é um sistema operativo multi-user user e multi- task baseado em linha de comandos; Possuí desde a sua origem controlo de permissões de utilizadores; Existe uma implementação de janelas sobre UNIX denominada X-Windows que, no entanto, não integra o sistema operativo; Historicamente o UNIX utilizava-se apenas em computadores com uma arquitectura diferente dos PC ( Personal Computers) Existe uma versão de UNIX para PC, denominada LINUX que, por ser gratuita e muito robusta, tem vindo a ganhar muitos adeptos

20 Sistema operativo MacOS O MacOS é um sistema operativo desenvolvido pela Apple para os computadores Macintosh; Caracteriza-se por ser o primeiro sistema operativo comercial a dispor de um ambiente de janelas; Possui a desvantagem de sós ter sido implementado para os computadores Apple Machintosh que, ao contrário rio dos PC, não possuem uma arquitectura aberta; Assim, sós pode utilizar este sistema operativo quem estiver disposto a comprar um computador Apple, facto que evitou que este sistema operativo tivesse tido maior sucesso.

21 Windows 3.X O Windows 3.X,, cuja última versão foi o Windows 3.11, surgiu como resposta da Microsoft ao ambiente de janelas MacOS da concorrente Apple; Não era na sua essência um verdadeiro sistema operativo, uma vez que recorria ao MS-DOS para muitas das suas funções básicas; b No entanto, por ter sido disponibilizado para uma arquitectura aberta como os PC, rapidamente atingiu grande sucesso; Foi o percursor de uma longa família de sistemas operativos que têm permitido à Microsoft a liderança mundial do mercado de software.

22 Windows 95, 98 e ME O Windows 95 foi o primeiro verdadeiro sistema operativo com ambiente de janelas a ser desenvolvido pela Microsoft, uma vez que, ao contrário rio do Windows 3.11, deixou de se basear no MS-DOS; É um sistema operativo single-user e multi-task task; Foi substituído pelo Windows 98 e, mais recentemente, pelo Window ME( Millenium Edition) ) e pelo Windows XP Home; Ao longo da evolução foram sendo introduzidas alguns melhoramentos de que são exemplo a partilha de recursos em rede, a norma Plug and Play, o recycle bin,, o botão Início, etc...

23 Windows NT O Windows NT( NewTechnology) ) foi desenvolvido em paralelo com o Windows 95 para ambientes empresariais; É um sistema operativo multi-user user e multi-task task baseado em rede que, tal como o UNIX, possuí controlo sobre as permissões dos utilizadores; Baseia-se em duas versões que cooperam na rede: Windows NT Workstation (para os postos de trabalho) Windows NT Server (para os servidores) Foi recentemente substituído pelo sistema operativo Windows 2000, que introduziu importantes

24 O Windows 2000 é um sistema operativo da Microsoft para ambientes empresariais Está disponível em quatro versões que podem coexistir na mesma rede: Windows 2000 Professional Windows 2000 Server Windows 2000 Advanced Server Windows 2000 DatacenterServer

25 O Windows XP é a versão actual do sistema operativo da Microsoft; É considerado como o sucessor do Windows 2000 Professional; Possui um interface modernizado e introduz alguns melhoramentos em relação aos sistemas operativos anteriores; Está disponível em duas versões: Windows XP Home Windows XP Professional

26 A versão.net do sistema operativo Windows 2000 Originalmente conhecido como.net Server 2003.Introduzido na primavera de 2003 Oferece as mesmas funcionalidades que o Windows Como tal, está presente em várias v versões: Windows Server 2003 Standard Edition Windows Server 2003 Enterprise Edition Windows Server 2003 DataCenter Edition

27 Próximo sistema operativo da Microsoft. É esperado no segundo semestre de 2006; Sucessor do Windows XP; Estão anunciadas melhorias ao nível n do grafismo, da estabilidade e segurança a dentro do sistema operativo, bem como a melhoria da capacidade de encontrar e partilhar documentos e ficheiros.

28 Requisitos mínimos m de hardware para um sistema operativo: O sistema operativo está ligado directamente ao hardware do pc.. Deste modo é necessario saber qual o hardware adequado para um determinado sistema operativo. requisitos mínimos m < diferente > requisitos necessários

29 MS-DOS 6.22 MS-DOS + WINDOWS 3.11

30 Windows 95 Windows 98 e 98SE

31

32

33

34

35

36 Trabalho de Grupo Realizar uma apresentação sobre um sistema operativo atrás s mencionado.

37 - MS-DOS Microsoft Disk Operation System

38 Introdução aos Sistemas Operativos MS-DOS (Microsoft - Disk Operating System) Sistema operativo cada vez mais raro, devido, a existência de ambientes gráficos mais apelativos, baseados no Windows, Linux e outros. Para trabalharmos em MS-Dos Dos,, temos que utilizar o ecrã preto com apenas uma linha de comando. Um técnico t de informática deve conhece-lo, pois em muitos casos significa a resolução de muitos problemas de ultima hora.

39 MS-DOS (Microsoft - Disk Operating System) Desenvolvido pela Microsoft para equipar os computadores pessoais desenvolvidos pela IBM no início da década d de 80. Esta máquinas m possuíam: - barramento de 16 bits; - os processadores Intel 8088 (a 4.75 MHz) e mais tarde o 8086 (a 8 MHz).

40 A versão 2.0 do MS-DOS veio permitir a organização da informação em forma de árvore. versão 3.0 equipou os modelos de processadores da Intel (a 12 MHz). Com os processadores de 32 bits, os e surgiram as versões 4.0 e 5.0 do MS-DOS.

41 Sendo um sistema operativo um conjunto de programas, importa salientar os que são fundamentais: - COMMAND.COM - IO.SYS - MS-DOS.SYS Estes programas são lidos a partir de suportes de armazenamento secundário (normalmente o disco) para a memória principal quando se liga o computador

42 COMMAND.COM Interpretador de comandos (interpreta e traduz o comando introduzido pelo utilizador desencadeando os mecanismos necessários à sua execução) IO.SYS Controla o fluxo de dados de input/output MS-DOS.SYS Permitem a interligação e controlo entre os diversos dispositivos

43 No sistema operativo MS-DOS podemos considerar dois tipos de comandos: - Comandos internos - Comandos externos

44 Comandos internos Situam-se na memória principal e fazem parte do interpretador de comandos. Estes estão embutidos no ficheiro COMMAND.COM. Sempre que solicitados estes são executados imediatamente sem necessidade de aceder aos suportes de armazenamento secundário. Comandos externos Conjunto de programas do sistema armazenados em suportes de armazenamento secundário que apenas são carregados para a memória principal aquando da sua execução. Não estão embutidos no ficheiro COMMAND.COM.

45 Comandos externos Sempre que pretendemos obter ajuda sobre algum comando digitamos o nome do comando seguido de /?. Regra: Comando/?- Apresenta informações sobre o comando Exemplo: Dir/? Ou copy/?

46 Estrutura organizacional da informação num computador Os sistemas operativos permitem,através s dos comandos solicitados pelo utilizador, organizar de forma adequada a informação armazenada nos suportes de armazenamento. - Directório rio - Ficheiro

47 Num directório rio podem existir ficheiros e outros directórios rios (subdirect( subdirectórios) directório subdirectório subdirectório ficheiro ficheiro ficheiro ficheiro ficheiro subdirectório

48

49 Drives ou unidades funcionais O sistema operativo atribui aos suportes de armazenamento secundário uma identificação constituída por uma letra,, seguida do caractere dois pontos. C: é a identificação da unidade de disco A: é a identificação da unidade de disquete

50 Alternar entre Drives Digitar na linha de comandos a letra correspondente à drive para onde se pretende movimentar, seguida de dois pontos. Premir a tecla Enter.

51 A prompt Sinal situado no lado esquerdo do ecrã que indica que o computador está preparado para receber comandos. Indica onde o utilizador se encontra na estrutura de directórios, rios, subdirectórios rios. - No caso do disco teríamos C:\> - No caso da disquete teríamos A:\> - No caso do leitor de CDs teríamos D:\>

52 A prompt:

53 A prompt:

54 A prompt Sinal situado no lado esquerdo do ecrã que indica que o computador está preparado para receber comandos. Indica onde o utilizador se encontra na estrutura de directórios, rios, subdirectórios rios. - No caso do disco teríamos C:\> - No caso da disquete teríamos A:\> - No caso do leitor de CDs teríamos D:\>

55 Cursor Indica a posição actual no ecrã. Boot E o processo de inicialização do computador. Acontece quando ligamos o computador pela primeira vez. Reboot É a reinicialização posição do computador. Acontece quando accionamos o botão de Reset,, quando pressionamos simultaneamente as teclas CTRL, ALT e DEL ou quando seleccionamos a opção reiniciar no Windows.

56 Will Cards/Metacaracteres Metacaracteres/Caracteres de ambiguidade * - substitui qualquer número n de caracteres.? - substitui apenas um carácter. cter.

57 Configuração de dispositivos de I/O Para um sistema operativo comunicar com dispositivos de I/O é necessário que sejam reconhecidos os seus drives. Essas drives são incluídas no ficheiro Config.sys. O ficheiro autoexec.bat, como é um ficheiro lido no arranque do computador contém, em alguns casos, chamadas a programas que activam os dispositivos.

58 Configuração de dispositivos de I/O Ficheiro Autoexec.bat SET MOUSE=C:\MOUSE - Local do driver C:\ MOUSE\MOUSE.COM MOUSE.COM - Chama o programa que activa KEYB PO,,C:\WINDOWS WINDOWS\COMMAND\KEYBOARD.SYS MODE LPT1 = COM1

59 Ficheiro autoexec.bat É sempre executado quando o sistema informático carrega o sistema operativo. Nele são incluídas instruções de configuração da prompt e de alguns dispositivos que fazem parte integrante do sistema (teclado CD-ROM, etc.).

60 Ficheiro config.sys É um ficheiro criado pelo utilizador e basicamente contém m rotinas (device( drivers) ) e instruções auxiliares para a gestão da memória e dos periféricos. ricos.

61 Regras de sintaxe ficheiro.txt Nome Separador Extensão

62 Regras de sintaxe para nomear directórios rios e ficheiros no sistema operativo MS-DOS DOS: O nome (ficheiro( ficheiro) ) não pode ter mais de oito caracteres; A extensão (txt( txt) ) não pode ter mais de três caracteres sendo opcional o seu uso; O nome do ficheiro é separado por um ponto da extensão (quando esta existe.)

63 Caracteres não permitidos nome para um directório rio ou ficheiro: quando se cria um / \ < >., [ ] + = : *? ;

64 Extensão bat exe sys com doc xls pub tbk Ficheiro do tipo batch file executável sistema executável MS-Word MS-Excel MS-Publisher ToolBook

65 Atributos de um ficheiro: 1. R (Read( Read-only) : Quando activo os ficheiros que possuem este atributo são somente de leitura. 2. A (Archive( Archive) : A sua função é informar se o ficheiro sofreu copia de segurança (Activado) ou não (Desactivado). 3. S (System( System) : Indica que o ficheiro tem informações especiais sobre o sistema. 4. H (Hidden( Hidden) : Quando activo os ficheiros que possuem este atributo fica oculto.

66 Comandos Limpar o ecrã Comando: CLS (interno) Descrição - Limpa o ecrã.

67 Outros comandos Formatação de disquetes Comando: FORMAT unidade: [parâmetro] (externo) Descrição - A formatação de um suporte de armazenamento consiste em preparar a superfície do mesmo para poder ser gravada a informação. - No caso de uma disquete ou disco trata-se de a dividir em pistas e sectores. Parâmetros /s - copia para disquete os ficheiros io.sys, ms-dos.sys e command.com que são os ficheiros fundamentais do sistema operativo MS-DOS. /q - formatação rápida (apaga a tabela de localização dos ficheiros)

68 Comandos sobre directórios rios Criar directórios Comando: MD <nome do directório> (interno) Comando: MKDIR <nome do directório> (interno) Descrição - Deve ser indicado o nome do directório a criar e o respectivo caminho se for caso disso.

69 Comandos sobre directórios rios

70 Comandos sobre directórios rios Apagar directórios Comando: RD <nome do directório> (interno) Descrição - Deve ser indicado o nome do directório a criar e o respectivo caminho se for caso disso. - Para que o comando RD seja aceite é necessário que o directório a apagar não contenha nenhum directório ou ficheiro, isto é, esteja vazio.

71 Comandos sobre directórios rios

72 Comandos sobre directórios rios Listar directórios Comando: DIR [parâmetro] (interno) Descrição - Permite visualizar no ecrã a lista de ficheiros e directórios existentes no directório corrente. - Permite alguma informação adicional sobre ficheiros: tamanho, a hora e a data da sua criação. Parâmetros /p - permite visualizar o conteúdo página a página. /w - permite visualizar o conteúdo por colunas. /s - permite visualizar o conteúdo do directório e de subdirectórios existentes dentro do directório actual ou específico.

73 Comandos sobre directórios rios Mudar entre directórios Comando: CD [parâmetro] (interno) Descrição - Para a deslocação entre directórios, deve ser indicado ao computador o caminho que este deve percorrer. Parâmetros \ - vai para a raiz da unidade actual... - vai para o directório anterior. <caminho> - vai para o directório indicado pelo caminho. C:\> > CD JOGOS C:\JOGOS>

74 Comandos sobre directórios rios

75 Outros comandos Iniciar editor de texto Comando: Edit <nome do ficheiro> (interno) Descrição -Cria e altera ficheiros de texto.

76 Outros comandos Versão do sistema operativo Comando: Ver (interno) Descrição Exibe a versão do sistema operativo.

77 Outros comandos Nome de volume Comando: Vol <Drive> (interno) Descrição Mostra o nome de volume e o nº de série do disco, se existirem.

78 Outros comandos Nome de volume Comando: Label <Drive> <Nome> (interno) Descrição Mostra ou altera o nome de volume de um disco/disquete.

79 Comandos sobre directórios rios Apagar estruturas de directórios Comando: DELTREE <nome do directório> (externo) Descrição - Apaga toda a estrutura de directórios, subdirectórios e ficheiros que se encontram dentro do directório a apagar. - Deve ser utilizado com precaução.

80 Comandos sobre directórios rios

81 Comandos sobre ficheiros Visualizar o conteúdo de um ficheiro Comando: TYPE <nome do ficheiro> (interno) Descrição - É necessário indicar o nome do ficheiro a visualizar e o respectivo caminho se for caso disso.

82 Comandos sobre ficheiros Procurar cadeia de caracteres Comando: Find <cadeia de caracteres> (interno) Descrição -Indicar a cadeia de caracteres a procurar.

83 Comandos sobre ficheiros Comparar o conteúdo de dois ficheiros Comando: comp <nome do ficheiro> <nome do ficheiro> Comando: FC <nome do ficheiro> <nome do ficheiro> Descrição - É necessário indicar o nome do ficheiro a visualizar e o respectivo caminho se for caso disso.

84 Comandos sobre ficheiros Comparar o conteúdo de duas disquetes Comando: Diskcomp <Unidade 1> <Unidade 2> Descrição - É necessário indicar as unidades

85 Comandos sobre ficheiros Alterar o nome de um ficheiro/directório Comando: REN <nome antigo> < novo nome > (interno) Comando: RENAME <nome antigo> < novo nome > (interno) Descrição - Deve ser indicado o nome do ficheiro ou directório ao qual se pretende alterar o nome, assim como o novo nome a atribuir.

86 Comandos sobre ficheiros Copiar um ficheiro Comando: COPY <origem> [destino] (interno) Descrição - Deve ser indicado o nome do ficheiro a copiar e o nome do ficheiro que resulta da cópia, assim como, eventualmente, os caminhos de partida e de chegada dos respectivos ficheiros. - Na cópia de um ficheiro se não for indicado o directório de destino, o sistema operativo entende que se pretende copiar o ficheiro para o mesmo directório de origem. - Não podem existir dois ficheiros com o mesmo nome no mesmo directório pois será enviada uma mensagem de erro ao utilizador.

87 Comandos sobre ficheiros Apagar ficheiros Comando: DEL <nome do(s) ficheiro(s)> [parâmetro] (interno) Comando: DEL <nome do(s) ficheiro(s)> [parâmetro] (interno) Descrição - Apaga um ou vários ficheiros. - Deve ser indicado o(s) ficheiro(s) a apagar, assim como o caminho se for caso disso. Parâmetros /p - pede confirmação para eliminar cada ficheiro.

88 Comandos sobre ficheiros Atributos de ficheiro Comando: ATTRIB [parâmetro] (interno) Descrição - Todos os ficheiros possuem um conjunto de atributos ou propriedades. - Permite visualizar e alterar os atributos dos ficheiros. -Para atribuir um atributo a um ficheiro: invocar o comando com o respectivo parâmetro antecedido do sinal +. -Para retirar um atributo a um ficheiro: invocar o comando com o respectivo parâmetro antecedido do sinal -.

89 Comandos sobre ficheiros Parâmetros a - atributo de arquivo. r - atributo só de leitura (read only) - só pode ser lido e não escrito. h - atributo de oculto (hide) - numa listagem os ficheiros com este atributo não são visualizados. s - atributo de sistema - ficheiros que fazem parte do próprio sistema de arranque.

90 Comandos sobre ficheiros Mover ficheiros Comando: MOVE <origem> <destino> (interno) Descrição - Move ficheiros dentro da estrutura de directórios (o ficheiro deixa de constar na sua origem, passando apenas a estar no local de destino). - Devem ser indicados os nomes dos ficheiros a mover assim como o respectivo caminho de destino.

91 Comandos sobre ficheiros Copiar ficheiros Comando: XCOPY <origem> [destino] [parâmetro] (externo) Descrição - É idêntico ao comando COPY. - Permite copiar ficheiros e o conteúdo de subdirectórios que se encontram dentro do directório. Parâmetros /s - copia directórios.

92 Comandos sobre ficheiros Copiar disquetes Comando: DISKCOPY <unidade origem> <unidade destino> (interno) Descrição - Copia o conteúdo de uma disquete para outra. - Esta operação formata a disquete de destino antes de efectuar a cópia. - No final da cópia temos duas disquetes com conteúdos rigorosamente iguais. - Este comando só pode ser utilizado para duas disquetes com a mesma capacidade.

93 Outros comandos Indicação horária Comando: TIME [hora] (interno) Descrição - Permite ver e modificar a hora do sistema.

94 Sistem a O perativo M S-DOSS DOS Outros comandos Indicação da data Comando: DATE [data] (interno) Descrição - Permite ver e modificar a data do sistema.

95 Outros comandos Linha de comando prompt Comando: PROMPT [parâmetro] (interno) Descrição -A prompt indica que o sistema está pronto para receber um novo comando. - Modifica o aspecto do prompt do DOS. Parâmetros $t - indica a hora. $g - acrescenta o sinal >. $p - indica o caminho. $José - acrescenta o nome José.

96 Outros comandos Linha de comando prompt Comando: Sys Unidade:(interno) Descrição - Copia os ficheiros necessários para criar uma disquete de arranque Ex: sys a:

SOFTWARE. A parte lógica do Computador. Escola Superior de Tecnologia e Gestão Instituto Politécnico de Bragança Novembro de 2006

SOFTWARE. A parte lógica do Computador. Escola Superior de Tecnologia e Gestão Instituto Politécnico de Bragança Novembro de 2006 Introdução à Informática SOFTWARE A parte lógica do Computador Escola Superior de Tecnologia e Gestão Instituto Politécnico de Bragança Novembro de 2006 Conceito de Software Parte lógica do sistema de

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE UM SISTEMA OPERATIVO

CONCEITOS BÁSICOS DE UM SISTEMA OPERATIVO 4 CONCEITOS BÁSICOS DE UM SISTEMA OPERATIVO CONCEITOS BÁSICOS MS-DOS MICROSOFT DISK OPERATION SYSTEM INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DE UM SISTEMA OPERATIVO LIGAÇÕES À INTERNET O que é um sistema operativo?

Leia mais

3. MS-DOS» Introdução » Conceitos Básicos » Gestão de Ficheiros » Comandos

3. MS-DOS» Introdução » Conceitos Básicos » Gestão de Ficheiros » Comandos 3. MS-DOS» Introdução - Software de sistema - Software de suporte» Conceitos Básicos - Estrutura do DOS - Arranque do Sistema - Estrutura da Linha de comando - Formatação de disquetes» Gestão de Ficheiros

Leia mais

1.5. Computador Digital --Software. INFormática. 1.5.1. Tipos de Software. Software. Hardware. Software do Sistema. Software de Aplicação.

1.5. Computador Digital --Software. INFormática. 1.5.1. Tipos de Software. Software. Hardware. Software do Sistema. Software de Aplicação. 1.5. Computador Digital --Software 1.5.1. Tipos de Software Utilizador Aplicações Linguagens Programação Software Sistema Operativo Hardware Software de Aplicação Processadores de Texto Folhas de Cálculo

Leia mais

Curso Técnico de Informática de Sistemas

Curso Técnico de Informática de Sistemas Curso Técnico de Informática de Sistemas Módulo: 772 Sistemas Operativos Formador: Henrique Fidalgo Objectivos da UFCD: Instalar e configurar sistemas operativos. Instalar e configurar utilitários sobre

Leia mais

Unidade 2. ROM BIOS (Basic Input/Output System) Sistema Operativo. Interacção entre as diferentes partes num computador: software e hardware

Unidade 2. ROM BIOS (Basic Input/Output System) Sistema Operativo. Interacção entre as diferentes partes num computador: software e hardware Interacção entre as diferentes partes num computador: software e hardware Unidade 2 Utilização do ambiente operativo Windows Aplicações Sistema Operativo ROM BIOS Processador+memória+... Software aplicacional

Leia mais

Capítulo 4. Sistemas operativos. WINDOWS, MS-DOS e UNIX

Capítulo 4. Sistemas operativos. WINDOWS, MS-DOS e UNIX Sistemas Operativos 1 Capítulo 4. Sistemas operativos. WINDOWS, MS-DOS e UNIX 1. Sistema Operativo Primeiro programa a ser executado. Servirá de intermediário entre os outros programas e a máquina. Será

Leia mais

Referencial do Módulo B

Referencial do Módulo B 1 Referencial do Módulo B Liga, desliga e reinicia correctamente o computador e periféricos, designadamente um scanner; Usa o rato: aponta, clica, duplo-clique, selecciona e arrasta; Reconhece os ícones

Leia mais

Comandos básicos do MS-DOS

Comandos básicos do MS-DOS Comandos básicos do MS-DOS O MS-DOS (Microsoft Disk Operation System) foi o primeiro sistema operacional comercializado pela Microsoft. Surgiu em 1981 junto com o primeiro IBM PC. A Microsoft vendia licenas

Leia mais

Comandos básicos do MS-DOS

Comandos básicos do MS-DOS :: Tutoriais Comandos básicos do MS-DOS Introdução DOS (Disk Operating System) é um sistema operacional bastante antigo, lançado na década de 1980. Apesar da "idade", muitas de suas funcionalidades têm

Leia mais

O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS

O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. Um computador que tenha o Windows instalado, quando arranca, entra directamente

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS

SISTEMAS OPERACIONAIS Universidade do Contestado Campus Concórdia Curso de Engenharia Ambiental Prof.: Maico Petry SISTEMAS OPERACIONAIS DISCIPLINA: Informática Aplicada DEFINIÇÃO É um programa de controle do computador. O

Leia mais

Introdução aos Computadores

Introdução aos Computadores Os Computadores revolucionaram as formas de processamento de Informação pela sua capacidade de tratar grandes quantidades de dados em curto espaço de tempo. Nos anos 60-80 os computadores eram máquinas

Leia mais

DOS SISTEMA OPERACIONAL DO COMPUTADOR

DOS SISTEMA OPERACIONAL DO COMPUTADOR EXERCÍCIOS PROPOSTOS 1. Qual o principal instrumento de trabalho dos profissionais da área de informática? a) Computador. b) End User. c) Analistas de Sistemas. d) Impressora Laser. e) Mouse. 2. Qual o

Leia mais

Software da Impressora

Software da Impressora Software da Impressora Acerca do Software da Impressora O software Epson inclui o controlador de impressão e o EPSON Status Monitor 3. O controlador de impressão é um software que permite controlar a impressora

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS

SISTEMAS OPERACIONAIS Universidade do Contestado Campus Concórdia Curso de Sistemas de Informação Prof.: Maico Petry SISTEMAS OPERACIONAIS DISCIPLINA: Fundamentos de Informática DEFINIÇÃO É um programa de controle do computador.

Leia mais

INTRODUÇÃO AO SISTEMA OPERACIONAL

INTRODUÇÃO AO SISTEMA OPERACIONAL INTRODUÇÃO AO SISTEMA OPERACIONAL EXEMPLOS DE SISTEMA OPERACIONAL MS-DOS A sigla MS-DOS significa Microsoft Disk Operating System que em português significa Sistema Operacional de Disco. O prefixo MS representa

Leia mais

Sistema operativo Aula 1

Sistema operativo Aula 1 Sistema operativo Aula 1 Sumário Sistema operativo em ambiente gráfico: elementos básicos da interface do utilizador. Operações básicas do sistema operativo. 2 1 Conceito de Sistema Operativo Primeira

Leia mais

Seu manual do usuário EPSON LQ-630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/1120693

Seu manual do usuário EPSON LQ-630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/1120693 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual do usuário (informação,

Leia mais

Instalação do Sistema Operativo Windows XP

Instalação do Sistema Operativo Windows XP Curso Profissional - Técnico de Informática de Gestão 10ºB Prof. Pedro Lopes Ficha de Trabalho nº1 S i s t e m a s d e I n f o r m a ç ã o Instalação do Sistema Operativo Windows XP A instalação de um

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Sistemas Operacionais: Software Oculto Introdução a Computação Sistemas Operacionais Serve como um intermediário entre o hardware e os softwares aplicativos. Sistema Operacional Software de sistemas Kernel

Leia mais

Informática I. Aula 19. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/11/06 1

Informática I. Aula 19. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/11/06 1 Informática I Aula 19 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/11/06 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de Hardware e Software Microprocessadores Sistemas Numéricos e Representação

Leia mais

Como se passa para a janela do DOS a partir do Windows 95.

Como se passa para a janela do DOS a partir do Windows 95. O que é um sistema operativo? É a ferramenta que permite ao utilizador dialogar com a máquina. A máquina pensa em 0s e 1s, os seres humanos pensam com palavras. Um sistema operativo é uma espécie de tradutor

Leia mais

O QUE É UM SISTEMA OPERACIONAL?

O QUE É UM SISTEMA OPERACIONAL? 1 SISTEMAS OPERACIONAIS: FUNDAMENTOS E FUNÇÕES WAGNER DE OLIVEIRA 2 O QUE É UM SISTEMA OPERACIONAL? Conjunto de programas que se situa entre os softwares aplicativos e o hardware Software especial que

Leia mais

Professor: Roberto Franciscatto. Curso: Engenharia de Alimentos 01/2010 Aula 3 Sistemas Operacionais

Professor: Roberto Franciscatto. Curso: Engenharia de Alimentos 01/2010 Aula 3 Sistemas Operacionais Professor: Roberto Franciscatto Curso: Engenharia de Alimentos 01/2010 Aula 3 Sistemas Operacionais Um conjunto de programas que se situa entre os softwares aplicativos e o hardware: Gerencia os recursos

Leia mais

Sistemas Operativos. Ano lectivo 2008/2009. Professor Rafael Vieira.

Sistemas Operativos. Ano lectivo 2008/2009. Professor Rafael Vieira. Sistemas Operativos Ano lectivo 2008/2009 Professor Rafael Vieira. Sistemas Operativos Sumário O que é um sistema operativo; A evolução dos sistemas operativos: Gestão dos programas; Controlo dos recursos

Leia mais

Programação de Computadores

Programação de Computadores Programação de Computadores Aula 04: Sistema Operacional Material Didático do Livro: Introdução à Informática Capron,, H. L. e Johnson, J. A Pearson Education Sistemas Operacionais: Software Oculto Serve

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 2ª edição: Março de 2006 ISBN: 989-615-024-9 Depósito legal: 240.

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 2ª edição: Março de 2006 ISBN: 989-615-024-9 Depósito legal: 240. Reservados todos os direitos por Centro Atlântico, Lda. Qualquer reprodução, incluindo fotocópia, só pode ser feita com autorização expressa dos editores da obra. Microsoft Windows XP SP2, 2ª edição Colecção:

Leia mais

01/04/2012. Voltar. Voltar

01/04/2012. Voltar. Voltar Introdução à Informática Capítulo 3 Sistemas Operacionais: Software em Segundo Plano Objetivos Descrever as funções de um sistema operacional. Explicar os fundamentos do sistema operacional de um computador.

Leia mais

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com Informática Componentes de um SC Softwares O que é Software? Conjunto de instruções/funções/tarefas que definem o que o computador deve executar para chegar

Leia mais

Introdução ao Microsoft Windows

Introdução ao Microsoft Windows Introdução ao Microsoft Windows Interface e Sistema de Ficheiros Disciplina de Informática PEUS, 2006 - U.Porto Iniciar uma Sessão A interacção dos utilizadores com o computador é feita através de sessões.

Leia mais

Centro Federal de Ensino Tecnológico do Paraná Unidade de Medianeira Departamento de Informática

Centro Federal de Ensino Tecnológico do Paraná Unidade de Medianeira Departamento de Informática Centro Federal de Ensino Tecnológico do Paraná Unidade de Medianeira Departamento de Informática $SRVWLOD 'LVFLSOLQ G,QIRUPiWLFD 06'2,QWURGXomR 0HGLDQHLUD ,QGtFH 1 INTRODUÇÃO... 1 2 COMO É COMPOSTO O MS-DOS?...

Leia mais

ISCAP. Pág. 1. Ana Paula Teixeira

ISCAP. Pág. 1. Ana Paula Teixeira Pág. 1 Noções Introdutórias Um Sistema Operativo (SO) é conjunto de programas que comandam e controlam o funcionamento do CPU (Unidade Central de Processamento) e periféricos além de supervisionar a execução

Leia mais

Manual de Preparação do Computador para Sistema Dual Boot (Windows e Linux)

Manual de Preparação do Computador para Sistema Dual Boot (Windows e Linux) Manual de Preparação do Computador para Sistema Dual Boot (Windows e Linux) Autores: Hugo Manuel Santos (1040711) Maria João Viamonte (MJV) Berta Batista (BPP) Nota introdutória Devem seguir este manual,

Leia mais

Sistemas Operacionais. (Capítulo 3) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto

Sistemas Operacionais. (Capítulo 3) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto Sistemas Operacionais (Capítulo 3) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto Estrutura 1. Definições 2. Classificações 3. CPU 4. Memória 5. Utilitários O que se

Leia mais

Escola Adalgisa de Barros

Escola Adalgisa de Barros Escola Adalgisa de Barros Sistemas Operacionais Ensino Médio Técnico 1º Ano 1 Software Hardware O Sistema Operacional (SO) é um software que gerencia os recursos do computador, controla o fluxo de informações

Leia mais

***TITIO.INFO*** <> HARDWARE É A PARTE FÍSICA DA INFORMÁTICA SOFTWARE É A PARTE LÓGICA

***TITIO.INFO*** <<INTRODUÇÃO AO PROCESSAMENTO DE DADOS>> HARDWARE É A PARTE FÍSICA DA INFORMÁTICA SOFTWARE É A PARTE LÓGICA ***TITIO.INFO*** HARDWARE É A PARTE FÍSICA DA INFORMÁTICA SOFTWARE É A PARTE LÓGICA * O COMPUTADOR É UMA MÁQUINA CAPAZ DE ARMAZENAR, PROCESSAR E RECUPERAR DADOS.

Leia mais

Guia de Estudo. Windows XP

Guia de Estudo. Windows XP Tecnologias da Informação e Comunicação Guia de Estudo Windows XP O Sistema Operativo (SO) em estudo é o Windows XP, SO de interface gráfico para com o utilizador (GUI) e, desenvolvido pela Microsoft(R).

Leia mais

USB para CONVERSOR EM SÉRIE

USB para CONVERSOR EM SÉRIE USB para CONVERSOR EM SÉRIE Manual do Utilizador DA-70156 Rev.5 Manual de Instalação do Windows 7/8/8.1 Passo 1: Introduzir o CD deste produto na entrada CD-ROM. Ligar o dispositivo à porta USB extra do

Leia mais

Arquitetura de Computadores. Introdução aos Sistemas Operacionais

Arquitetura de Computadores. Introdução aos Sistemas Operacionais Arquitetura de Computadores Introdução aos Sistemas Operacionais O que é um Sistema Operacional? Programa que atua como um intermediário entre um usuário do computador ou um programa e o hardware. Os 4

Leia mais

Informática Básica. Licenciatura em Ciência da Informação. Tito Carlos S. Vieira. E-mail: tito@fe.up.pt. Tito Carlos S. Vieira tito@fe.up.

Informática Básica. Licenciatura em Ciência da Informação. Tito Carlos S. Vieira. E-mail: tito@fe.up.pt. Tito Carlos S. Vieira tito@fe.up. Informática Básica Licenciatura em Ciência da Informação Tito Carlos S. Vieira E-mail: tito@fe.up.pt t 1 Parte II Sistemas Operativos (Utilização do Windows) 2 O Sistema Operativo Windows (9x, 2000, XP,

Leia mais

Princípios de TI - Computadores. Sistema Operacional. CECOMP Colegiado de Engenharia da Computação. Prof. Fábio Nelson. Slide 1

Princípios de TI - Computadores. Sistema Operacional. CECOMP Colegiado de Engenharia da Computação. Prof. Fábio Nelson. Slide 1 Sistema Operacional Slide 1 Sistema Operacional Um conjunto de programas que se situa entre os softwares aplicativos e o hardware: Gerencia os recursos do computador (CPU, dispositivos periféricos). Estabelece

Leia mais

Prof. Arthur Salgado

Prof. Arthur Salgado Prof. Arthur Salgado O que é um sistema operacional? Conjunto de programas de sistemas situados entre os softwares aplicativos e o hardware Estabelece uma interface com o usuário Executa e oferece recursos

Leia mais

Guia de Rede MediCap USB300

Guia de Rede MediCap USB300 Guia de Rede MediCap USB300 Aplica-se às versões de firmware 110701 e mais recentes 1 Introdução... 2 Instruções Preliminares... 2 Como Configurar o Acesso Através da Rede ao Disco Rígido do USB300...

Leia mais

Impressão do Manual do Utilizador

Impressão do Manual do Utilizador bibliopac Interface WWW Versão 2003 Guia de instalação rápida Junho 2003 ATENÇÃO! Impressão do Manual do Utilizador No CD de instalação está disponível o ficheiro Interface WWW Manual.PDF. Este manual,

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Noções Básicas de Informática Componentes de hardware Monitor : permite visualizar informação na forma de imagem ou vídeo; todo o trabalho desenvolvido com o computador pode ser

Leia mais

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Conteúdo 3 Introdução 3 Elementos necessários 4 Descrição geral da instalação 4 Passo 1: Verificar se existem actualizações 4 Passo 2: Preparar o computador

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Novembro de 2003

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Novembro de 2003 MANTENHA-SE INFORMADO Envie um e-mail* para software@centroatlantico.pt para ser informado sempre que existirem actualizações a esta colecção ou outras notícias importantes sobre o Microsoft Windows XP.

Leia mais

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios Ambiente de trabalho Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior. Actualmente, o Windows é

Leia mais

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Contéudo 3 Introdução 4 Elementos necessários 5 Descrição geral da instalação 5 Passo 1: Verificar se existem actualizações 5 Passo 2: Preparar o computador

Leia mais

Mac OS X 10.6 Snow Leopard Manual de Instalação e Configuração

Mac OS X 10.6 Snow Leopard Manual de Instalação e Configuração Mac OS X 10.6 Snow Leopard Manual de Instalação e Configuração Leia este documento antes de instalar o Mac OS X. Ele inclui informações importantes acerca da instalação do Mac OS X. Requisitos de sistema

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio

Curso Técnico de Nível Médio Curso Técnico de Nível Médio Disciplina: Informática Básica 3. Software Prof. Ronaldo Software Formado por um conjunto de instruções (algoritmos) e suas representações para o

Leia mais

Curso Tecnológico de Informática Matriz de Exame de Equivalência de Tecnologias Informáticas Prova Prática - Código 259

Curso Tecnológico de Informática Matriz de Exame de Equivalência de Tecnologias Informáticas Prova Prática - Código 259 Curso Tecnológico de Informática Matriz de Exame de Equivalência de Tecnologias Informáticas Prova Prática - Código 259 Escola Secundária c/ 3.º Ciclo D. Dinis Ano Lectivo 2008/2009 Grupos Conteúdos Objectivos/Competências

Leia mais

Conceitos básicos sobre TIC

Conceitos básicos sobre TIC Conceitos básicos sobre TIC Origem da palavra Informática Informação + Automática Informática Significado: Tratamento ou processamento da informação utilizando meios automáticos, nomeadamente o computador.

Leia mais

BT Informática. http://www.btinformatica.com.br/ http://www.btinf.hpg.ig.com.br/

BT Informática. http://www.btinformatica.com.br/ http://www.btinf.hpg.ig.com.br/ BT Informática http://www.btinformatica.com.br/ http://www.btinf.hpg.ig.com.br/ Acesse nosso site para obter mais apostilas, tutoriais, simuladores, dicas, notícias, e muito mais. COMANDOS DO MS-DOS USADOS

Leia mais

Iniciação ao MS Windows XP. Ana Loureiro 2002/03 TIC ESEV Pólo de Lamego

Iniciação ao MS Windows XP. Ana Loureiro 2002/03 TIC ESEV Pólo de Lamego Iniciação ao MS Windows XP Ana Loureiro 2002/03 TIC ESEV Pólo de Lamego Sistema Operativo (SO) É a primeira camada de s/w indispensável para que um sistema informático (SI) possa funcionar. Um SO é concebido

Leia mais

AULA TEÓRICA 2 Tema 2. Conceitos básicos de informática, computadores e tecnologias de informação. Sistemas de numeração (continuação)

AULA TEÓRICA 2 Tema 2. Conceitos básicos de informática, computadores e tecnologias de informação. Sistemas de numeração (continuação) AULA TEÓRICA 2 Tema 2. Conceitos básicos de informática, computadores e tecnologias de informação. Sistemas de numeração (continuação) Digitalização. Arquitectura básica do hardware. Input, processamento,

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE

GUIA DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE GUIA DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE SISTEMA MULTIFUNÇÕES DIGITAL Página INTRODUÇÃO ANTES DA INSTALAÇÃO INSTALAR O DRIVER DA IMPRESSORA LIGAÇÃO A UM COMPUTADOR 9 CONFIGURAR O CONTROLADOR DA IMPRESSORA 0 COMO

Leia mais

Prof. Sandrina Correia

Prof. Sandrina Correia Tecnologias de I informação de C omunicação 9º ANO Prof. Sandrina Correia TIC Prof. Sandrina Correia 1 Conteúdos Gestão de ficheiros Explorador do Windows Modos de visualização Operações com pastas, ficheiros

Leia mais

License Management. Instalação do agente de licença

License Management. Instalação do agente de licença License Management Instalação do agente de licença Apenas para a utilização interna CLA_InstallTOC.fm Índice Índice 0 1 Informações elementares.............................................. 1-1 1.1 Introdução..........................................................

Leia mais

MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA. São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática.

MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA. São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática. Tecnologias da Informação e Comunicação MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática. Informática: Tratamento da informação por meios automáticos.

Leia mais

GESTÃO E ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO

GESTÃO E ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO GESTÃO E ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO Curso: Instalação e Operação de Sistemas Informáticos Janeiro de 2012 Formador: Cosmin Constantinescu Conteúdos Tratamento da informação e processos associados Dados

Leia mais

Campus - Cachoeiro Curso Técnico de Informática. Sistema de Arquivos. Prof. João Paulo de Brito Gonçalves

Campus - Cachoeiro Curso Técnico de Informática. Sistema de Arquivos. Prof. João Paulo de Brito Gonçalves Campus - Cachoeiro Curso Técnico de Informática Sistema de Arquivos Prof. João Paulo de Brito Gonçalves Introdução É com o sistema de arquivos que o usuário mais nota a presença do sistema operacional.

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR DO BACKUP HD SERIES

MANUAL DO UTILIZADOR DO BACKUP HD SERIES MANUAL DO UTILIZADOR DO BACKUP HD SERIES OBRIGADO por ter adquirido a aplicação ClickFree Backup. Estas instruções foram reunidas para o ajudar a utilizar o produto, mas de um modo geral esperamos que

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE MS-WINDOWS. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE MS-WINDOWS. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE MS-WINDOWS Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA SISTEMA OPERACIONAL DA EMPRESA MICROSOFT Interface gráfica WIMP GUI Windows, Icons, Menus, Pointer, Graphical User

Leia mais

Revisão Aula 3. 1. Explique a MBR(Master Boot Record)

Revisão Aula 3. 1. Explique a MBR(Master Boot Record) Revisão Aula 3 1. Explique a MBR(Master Boot Record) Revisão Aula 3 1. Explique a MBR(Master Boot Record). Master Boot Record Primeiro setor de um HD (disco rígido) Dividido em duas áreas: Boot loader

Leia mais

MSXDOS GUIA DE CONSULTA RÁPIDA. Escrito e editorado por: Edison Antonio Pires de Moraes eapmoraes@msxall.com www.msxtop.msxall.com

MSXDOS GUIA DE CONSULTA RÁPIDA. Escrito e editorado por: Edison Antonio Pires de Moraes eapmoraes@msxall.com www.msxtop.msxall.com MSXDOS GUIA DE CONSULTA RÁPIDA Escrito e editorado por: Edison Antonio Pires de Moraes eapmoraes@msxall.com www.msxtop.msxall.com 22/05/2004 14 MSXDOS Um pode ser: CON Console PRN Impressora

Leia mais

Módulo de Pesquisa Local - OPAC

Módulo de Pesquisa Local - OPAC Módulo de Pesquisa Local - OPAC BIBLIObase, versão 2004 Procedimentos de instalação 1. EQUIPAMENTO MÍNIMO NECESSÁRIO Antes de instalar o BIBLIObase - Módulo de Pesquisa Local (OPAC) verifique se a configuração

Leia mais

WINDOWS. O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador.

WINDOWS. O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. WINDOWS O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. Um computador que tenha o Windows instalado, quando arranca, entra directamente

Leia mais

Microsoft Windows Server 2003

Microsoft Windows Server 2003 Microsoft Windows Server 2003 Breve Manual Introdução/Instalação Brevíssima história dos sistemas operativos da Microsoft No início dos computadores pessoais, um punhado de recém licenciados criou um sistema

Leia mais

Fundamentos da Programação 12

Fundamentos da Programação 12 Fundamentos da Programação 12 III. SOFTWARE Um programa de computador pode ser definido como uma série de instruções ou declarações, em forma aceitável pelo computador, preparada de modo a obter certos

Leia mais

6 - Gerência de Dispositivos

6 - Gerência de Dispositivos 1 6 - Gerência de Dispositivos 6.1 Introdução A gerência de dispositivos de entrada/saída é uma das principais e mais complexas funções do sistema operacional. Sua implementação é estruturada através de

Leia mais

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Ambiente Gráfico Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e que comunique com o exterior. Actualmente o Windows é

Leia mais

Microsoft Windows. Aspectos gerais

Microsoft Windows. Aspectos gerais Aspectos gerais É um sistema operativo desenvolvido pela Microsoft Foi desenhado de modo a ser fundamentalmente utilizado em computadores pessoais Veio substituir o sistema operativo MS-DOS e as anteriores

Leia mais

Manual de actualização passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53

Manual de actualização passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53 Manual de passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53 Índice 1. 1. Processo de configuração do Windows 8 2. Requisitos do sistema 3. Preparativos 2. Opções de 3. 4. 5. 6. 1. Personalizar 2. Sem fios 3.

Leia mais

TABELA 3.1 Requisitos do Windows Server 2008 Standard

TABELA 3.1 Requisitos do Windows Server 2008 Standard 3 3INSTALAÇÃO DE UM SERVIDOR 2008 Feita a apresentação das funcionalidades do Windows Server 2008, eis que chega a hora mais desejada: a da implementação do nosso servidor. No entanto não é de todo recomendável

Leia mais

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Ambiente de trabalho Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique

Leia mais

SIMULADO Windows 7 Parte V

SIMULADO Windows 7 Parte V SIMULADO Windows 7 Parte V 1. O espaço reservado para a Lixeira do Windows pode ser aumentado ou diminuído clicando: a) Duplamente no ícone lixeira e selecionando Editar propriedades b) Duplamente no ícone

Leia mais

Escola Secundária de Emídio Navarro

Escola Secundária de Emídio Navarro Escola Secundária de Emídio Navarro Curso Secundário de Carácter Geral (Agrupamento 4) Introdução às Tecnologias de Informação Correcção da ficha de trabalho N.º 1 1. Refere algumas das principais áreas

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Aula 6 http://www.ic.uff.br/~bianca/introinfo/ Aula 6-21/09/2007 1 Ementa Conceitos Básicos de Computação (Hardware, Software e Internet) Softwares Aplicativos Tutorial: Word Tutorial:

Leia mais

Escola Secundária de Emídio Navarro

Escola Secundária de Emídio Navarro Escola Secundária de Emídio Navarro Curso Secundário de Carácter Geral (Agrupamento 4) Introdução às Tecnologias de Informação Ficha de trabalho N.º 1 1. Refere algumas das principais áreas das Tecnologias

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS. Um Sistema Operacional é uma interface entre os softwares aplicativos e o hardware do computador.

SISTEMAS OPERACIONAIS. Um Sistema Operacional é uma interface entre os softwares aplicativos e o hardware do computador. CAPÍTULO 3 SISTEMAS OPERACIONAIS Definição Um Sistema Operacional é uma interface entre os softwares aplicativos e o hardware do computador. Classificação Monousuário e Monotarefa Multiusuário Multitarefa

Leia mais

Instruções de Instalação e Licenciamento. Notas Prévias. Versão 1.5.

Instruções de Instalação e Licenciamento. Notas Prévias. Versão 1.5. Instruções de Instalação e Licenciamento Versão 1.5. Notas Prévias Introdução Instruções de Instalação/Actualização Instruções de Licenciamento Notas Prévias Verificações prévias: Os postos de trabalho

Leia mais

SISTEMAS INFORMÁTICOS

SISTEMAS INFORMÁTICOS SISTEMAS INFORMÁTICOS Nesta apresentação, aprenderá a distinguir Hardware de software, identificar os principais componentes físicos de um computador e as suas funções. Hardware e Software Estrutura de

Leia mais

INTRODUÇÃO AO WINDOWS SERVER 2003

INTRODUÇÃO AO WINDOWS SERVER 2003 INTRODUÇÃO AO WINDOWS SERVER 2003 1 FUNÇÕES DE UM SERVIDOR Um servidor é um computador que tem como função disponibilizar serviços numa rede. Uma das funções do Windows Server 2003 é gerir um domínio da

Leia mais

SOFTWARE DE APLICAÇÃO: Essencialmente o SISTEMA OPERATIVO - conjunto

SOFTWARE DE APLICAÇÃO: Essencialmente o SISTEMA OPERATIVO - conjunto Módulo A Instituto de Emprego e Formação Profissional 1 Software Como já vimos, o software de um sistema informático é um conjunto de instruções ou programas (codificados em binário) capazes de fazerem

Leia mais

- Sistema operativo Windows Server -

- Sistema operativo Windows Server - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOÃO DE BARROS 1.1. Instalação, configuração e gestão de sistemas de rede local - Sistema operativo Windows Server - 1.1. Instalação, configuração e gestão de sistemas de rede local

Leia mais

Manual do utilizador. Aplicação de agente

Manual do utilizador. Aplicação de agente Manual do utilizador Aplicação de agente Versão 8.0 - Otubro 2010 Aviso legal: A Alcatel, a Lucent, a Alcatel-Lucent e o logótipo Alcatel-Lucent são marcas comerciais da Alcatel-Lucent. Todas as outras

Leia mais

Pesquisa e organização de informação

Pesquisa e organização de informação Pesquisa e organização de informação Capítulo 3 A capacidade e a variedade de dispositivos de armazenamento que qualquer computador atual possui, tornam a pesquisa de informação um desafio cada vez maior

Leia mais

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Criação e eliminação de atalhos Para criar atalhos, escolher um dos seguintes procedimentos: 1. Clicar no ambiente de trabalho com o botão secundário (direito) do

Leia mais

MICROSOFT WINDOWS XP Sistema Operativo

MICROSOFT WINDOWS XP Sistema Operativo MICROSOFT WINDOWS XP Sistema Operativo Índice 1. O que é o Windows XP 1 2. Para que serve o Windows XP 1 3. O Ambiente de Trabalho 2 4. Menu Iniciar 3 5. Janelas 4 6. Vistas 5 7. Iniciar 10 8. Encerrar

Leia mais

Sistemas Operacionais 2014 Introdução. Alexandre Augusto Giron alexandre.a.giron@gmail.com

Sistemas Operacionais 2014 Introdução. Alexandre Augusto Giron alexandre.a.giron@gmail.com Sistemas Operacionais 2014 Introdução Alexandre Augusto Giron alexandre.a.giron@gmail.com Roteiro Sistemas Operacionais Histórico Estrutura de SO Principais Funções do SO Interrupções Chamadas de Sistema

Leia mais

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux 1. De que forma é possível alterar a ordem dos dispositivos nos quais o computador procura, ao ser ligado, pelo sistema operacional para ser carregado? a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento,

Leia mais

Prof. Sandrina Correia

Prof. Sandrina Correia Tecnologias de I informação de C omunicação 9º ANO Prof. Sandrina Correia TIC Prof. Sandrina Correia 1 Objectivos Definir os conceitos de Hardware e Software Identificar os elementos que compõem um computador

Leia mais

Introdução aos Sistemas de Computação (ISC) Curso de Administração de Negócios Eletrônicos Professor :

Introdução aos Sistemas de Computação (ISC) Curso de Administração de Negócios Eletrônicos Professor : Introdução aos Sistemas de Computação (ISC) Curso de Administração de Negócios Eletrônicos Professor : Marco Antônio Chaves Câmara Lista de Exercícios 3 Nome do Aluno : 1. Sobre as unidades de disco rígido

Leia mais

2.1.10. Trabalhar com CDs e DVDs

2.1.10. Trabalhar com CDs e DVDs 2.1.10. Trabalhar com CDs e DVDs Os procedimentos utilizados para gravar informação num CD ou num DVD variam conforme a forma como estes forem formatados. A formatação é efectuada em discos vazios e consiste

Leia mais

SAFT para siscom. Manual do Utilizador. Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01. Data criação: 21.12.2007

SAFT para siscom. Manual do Utilizador. Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01. Data criação: 21.12.2007 Manual do Utilizador SAFT para siscom Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01 Data criação: 21.12.2007 Faro R. Dr. José Filipe Alvares, 31 8005-220 FARO Telf. +351 289 899 620 Fax. +351 289 899 629

Leia mais

No mercado atual, podemos encontrar vários tipos de sistemas operacionais que fazem parte das seguintes classes:

No mercado atual, podemos encontrar vários tipos de sistemas operacionais que fazem parte das seguintes classes: Módulo 4 Sistema Operacional Sistemas Operacionais Neste módulo falaremos sobre alguns sistemas operacionais existentes no mercado, suas características, e conheceremos o básico das redes de computadores.

Leia mais

Hardware e Software. Exemplos de software:

Hardware e Software. Exemplos de software: Hardware e Software O hardware é a parte física do computador, ou seja, é o conjunto de componentes eletrônicos, circuitos integrados e placas, que se comunicam através de barramentos. Em complemento ao

Leia mais

Utilizando o Tablet PC da GIGABYTE pela primeira vez

Utilizando o Tablet PC da GIGABYTE pela primeira vez Parabéns pela aquisição deste Slate PC da GIGABYTE! Este Guia de Instalação permite-lhe fazer a instalação de forma correcta e rápida do seu equipamento. Para mais detalhes, por favor navegue em www.gigabyte.com.

Leia mais