- Dr. Amy C. Edmondson, Professora Novartis de Liderança e Gestão e Presidente do Programa de Doutoramento, Harvard Business School

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "- Dr. Amy C. Edmondson, Professora Novartis de Liderança e Gestão e Presidente do Programa de Doutoramento, Harvard Business School"

Transcrição

1 1

2 2

3 3 Este livro excepcional é, simultaneamente, inteligente e sábio. Está cheio de insights que levam a uma adequada reflexão e análise interior. Alguém que se preocupe seriamente em se tornar mais eficaz no trabalho (ou em qualquer outro tipo de interacção com outras pessoas) irá beneficiar ao ler este livro e ao aceitar de coração os seus insights. Marcum e Smith fazem um maravilhoso trabalho ao descrever os pontos fortes e as armadilhas do ego e, gentilmente, conduzem-nos, com cuidado e empatia, a práticas que levam o ego a trabalhar a nosso favor e não contra nós. Para o fazerem, eles integram a pesquisa da ciência social estabelecida com as suas próprias experiências e o resultado é uma jornada de leitura consistente e interessante, que tanto os especialistas como os novatos apreciarão. - Dr. Amy C. Edmondson, Professora Novartis de Liderança e Gestão e Presidente do Programa de Doutoramento, Harvard Business School Gostei muito deste livro. Desde Freud à neurociência moderna, tem-nos sido dito que é o nosso ego que controla o bom ou mau julgamento e as decisões que fazemos e que determina o nosso destino e futuro. Este livro revela, em profundidade e de forma original, como dispor desta força básica para o auto-desenvolvimento e bem comum. Um livro que todo o líder deve ler. - Dr. Warren Bennis, distinguido Professor de Negócios, University of Southern California, autor do livro On Becoming a Leader e co-autor do livro Geeks and Geezers: How Era, Values, and Defining Moments Shape Leaders egonomics é uma grande solução para aqueles de nós que têm a responsabilidade de orientar trabalhadores bem-informados pessoas que sabem mais acerca do que estão a fazer do que nós! Marcum e Smith mostram-lhe como ter sucesso, sem que este lhe suba à cabeça. O livro está cheio de grandes ensinamentos e, ao mesmo tempo, de muita diversão. Este livro aborda o maior desafio enfrentado pelas pessoas bem sucedidas. Um livro maravilhoso. - Dr. Marshall Goldsmith, autor do bestseller do New York Times, What Got You Here Won t Get You There: How Successful People Become Even More Successful!

4 4 Que livro brilhante e de importância vital! Tão verdadeiro e tão pragmaticamente necessário. O ego é o oposto da consciência. Nunca dorme. Exerce micro-gestão e retira força. O ego interpreta tudo na vida segundo a sua própria agenda. O ego só poderá ser usado para o bem quando a consciência e a humildade o domarem e canalizarem a sua força. Então, a confiança e a ambição humildes, dirigidas apenas a assuntos realmente importantes, criam uma cultura de aperfeiçoamento constante e fomentam relacionamentos sinergéticos. A integridade torna-se então um valor mais alto do que a lealdade, de facto, torna-se na essência da verdadeira lealdade. - Stephen R. Covey, autor dos livros The 7 Habits of Highly effective People e The 8th Habit: From Effectiveness to Greatness Este livro está muito bem conseguido. egonomics aborda um aspecto incrivelmente importante da vida laboral (e da vida em geral) e que, no mundo dos negócios, recebe muito pouca atenção sistemática e implementação sustentável. A abordagem prática de Marcum e Smith poderá salvá-lo da cegueira do seu eu insensato e ajudá-lo a identificar aqueles elementos do coração e da mente, a inteligência natural e a nossa capacidade para agir sabiamente, que podem fazer uma enorme diferença na eficácia de uma organização e na qualidade da sua cultura corporativa. Relembra-nos onde, como líderes, devemos encontrar o nosso verdadeiro eu e os nossos interesses. Tal personificação deixará felizes, pelos melhores motivos, todos os stake-holders interessados na área dos negócios. - Jon Kabat-Zinn, Professor Emeritus de Medicina, University of Massachusetts Medical School, autor do livro Coming to Our Senses: Healing Ourselves and the World Through Mindfulness e líder dos retiros para líderes e inovadores The Power of Mindfulness, da University of Massachusetts Medical School Depois da extraordinária arrogância da história recente dos negócios o escândalo da Enron, os programas de TV de Donald Trump é muito refrescante ler o livro egonomics, que apresenta um convincente exemplo da importância prática da humildade e veracidade na área dos negócios.

5 5 - Alan Deutschman, escritor sénior, Fast Company; autor do livro Change or Die: The Three Keys to Change at Work and in Life O livro egonomics alerta-o para a necessidade de aperfeiçoamento pessoal e fá-lo através dos princípios que ensina humildade, curiosidade e veracidade. É uma análise fascinante do desafio diário dos líderes para alcançarem um equilíbrio real e compreensível do ego, numa jornada caracterizada permanentemente por águas turbulentas. egonomics é o ingrediente crucial para a qualidade e sustentabilidade do sistema de valores e lucros económicos de qualquer organização. - James C. Thyen, Presidente e CEO, Kimball International, Inc Este livro trata de um assunto que, há demasiado tempo, tem recebido pouca atenção. É verdade, lida com um importante aspecto da liderança que é difícil de discutir confortavelmente e de pesquisar de uma maneira consistente. Marcum e Smith realizaram um trabalho conjunto de interesse académico. Eles não só reconhecem e explicam claramente os problemas significativos e as oportunidades que o EGO traz à grande liderança, mas também nos motivam a fazer alguma coisa a esse respeito e explicam como pode ser feito. É uma boa leitura para todo o executivo e pode resultar em grandes recompensas. - Dr. Jack R. Wentworth, Professor Catedrático Emeritus de Administração de Negócios Kelley School of Business, Indiana University Este livro é magnífico! egonomics fornece abordagens fundamentadas e práticas para aqueles que estão a tentar libertar as suas organizações do forte domínio de egos descontrolados. A perspectiva de Marcum e Smith em relação à veracidade devia ser de leitura obrigatória em todos os programas de MBA. - Christine M. Pearson, Ph. D.,Thunderbird School of Global Management A bem escrita, cativante e útil obra de Marcum e Smith identifica os sinais iniciais do ego e os princípios para evitar o ego excessivo (humildade, curiosidade

6 6 e veracidade). Eles escrevem que quando os líderes agem puramente pelo ego, tomam decisões imprudentes e de elevado custo. Os líderes podem manter a auto-confiança sem as influências negativas do ego, estando atentos aos sinais iniciais de alarme que Marcum e Smith identificam e aos princípios que eles defendem. O livro está bem documentado, é fácil de seguir e está cheio de ideias específicas que podem servir de ajuda para líderes em todos os níveis da empresa. - Dave Ulrich, Ph.D., Professor na Ross School of Business, University of Michigan, sócio do RBL Group e co-autor do livro The Leadership Brand O livro egonomics traz um novo e significante recurso para a liderança fazendo com que deixemos de considerar a experiência com o ego como uma limitação, para o passarmos a apreciar como parte do poder da humildade pessoal, egonomics engrandece a linguagem do líder do futuro. - Frances Hesselbein, Presidente do Leader to Leader Institute O sucesso individual depende da competência, direcção e criatividade. Frequentemente, estas mesmas qualidades produzem egos fortes, que minam a habilidade de uma organização para potenciar as diversas capacidades, ideias e perspectivas dos seus funcionários. Misturando ideias, fruto de uma pesquisa vanguardista com a sabedoria que só pode ser adquirida estando em jogo, egonomics mostra aos líderes como reconhecer o preço que o ego acarreta, controlar os seus próprios egos e gerir o dos outros. Deve ser lido por qualquer gestor ou líder de negócios. Quanto mais esperto pensa ser, mais necessidade tem de ler este livro. - Scott E. Page, Ph. D., Professor de Sistemas Complexos, Ciência Política e Economia, University of Michigan, Ann Arbor; Professor Externo, Santa Fé Institute, e autor do livro The Difference Com exemplos espantosos, egonomics de Marcum e Smith mostra como as necessidades do ego dos executivos, gestores e outras pessoas-chave podem sabotar

7 7 o sucesso corporativo e pessoal. Marcum e Smith descrevem as diferenças entre egos fortes e egos necessitados e apontam os sinais iniciais das deficiências e defesas formais do ego dos líderes. Aplaudo o seu conhecimento psicológico do comportamento autodestrutivo, as suas aplicações Rogerianas e a sua capacidade para demonstrar como a humildade, curiosidade e veracidade podem restaurar o eu, a confiança dos outros e os resultados corporativos. - Dr. Carol Hoare, Professor de Desenvolvimento Humano e Desenvolvimento de Recursos Humanos, George Washington University Finalmente, um livro que derruba o mais difícil problema no mundo dos negócios hoje em dia: os egos inchados dos intervenientes, especialmente dos gestores de topo. Marcum e Smith distribuem uma abundância de conselhos úteis acerca de como lidar com o seu próprio ego, assim como com o ego daqueles que trabalham consigo. Um livro brilhante e muito necessário. - Al Ries, co-autor do livro The Origin of Brands Marcum e Smith identificaram uma importante e, ainda assim, inexplorada faceta do poder das diferenças individuais no local de trabalho. Eles providenciam evidência convincente de que a utilização do poder do ego potenciará o aperfeiçoamento da eficácia organizacional. Este livro fornece sabedoria prática que irá ser essencial para compreender e motivar o elevado potencial da mão-de-obra do futuro. - Terri A. Scandura, Ph. D., Professor de Gestão e Psicologia, University of Miami Temos pensado no ego como a maior fonte de problemas na vida e nas organizações. Marcum e Smith mostram, numa linguagem clara e com detalhes práticos, como transformar o ego numa força para a mudança positiva para o sucesso pessoal e organizacional. Este livro provará ser um válido recurso para gestores, executivos e qualquer pessoa que quer encontrar formas mais produtivas para suprir aquilo que os psicólogos chamam as necessidades do ego.

8 8 - Marshall Sashkin, Ph.D., Professor de Desenvolvimento de Recursos Humanos, Graduate School of Education and Human Development, George Washington University O livro egonomics é uma abordagem muito interessante e única para ajudar as pessoas a aprenderem a conduzir o seu comportamento no local de trabalho, de um modo mais produtivo. Deve ser amplamente utilizado, especialmente agora que tantas empresas compreendem que a sua primeira vantagem competitiva são as pessoas e a cultura. - Rosabeth Moss Kanter, Ph.D., Professora na Harvard Business School e autora do best-seller Confidence: How Winning Streaks and Losing Streaks Begin and End O livro egonomics é uma obra de ruptura muito necessária, numa altura em que somos bombardeados com soluções rápidas pouco relevantes. É um trabalho abrangente e cuidadosamente pensado, que fornece excelente orientação para todos os gestores e que serve de mapa aos investigadores interessados em compreender plenamente o comportamento organizacional. O leitor é levado pela corrente com tão pouco esforço, que não vai querer pousar este livro. Os conceitos são concisos e claramente explicados, de modo que a lógica seja fácil de seguir e as conclusões sejam de igual modo facilmente aceites. Eu recomendo fortemente este livro a gestores, investigadores e estudantes. Cada um deles apreciará as implicações e a importância desta obra. - Dr. David D. Van Fleet, Professor de Gestão, School of Global Management and Leadership, Arizona State University O novo livro de David Marcum e Steven Smith, egonomics, aborda frontalmente a delicada e subjectiva natureza do ego. Este livro de fácil leitura desenvolve-se de um modo fundamentado e fornece profunda orientação a respeito de como confrontar e controlar o ego largamente negligenciado como elemento para um desempenho bem sucedido para conduzir o desempenho individual e empresarial. - Herbert S. Wander, Katten Muchin Rosenman LLP, Chicago, Illinois

9 9 egonomics o que torna o ego o nosso maior activo (ou o nosso mais elevado passivo) david marcum & steven smith

10 10 Titulo original Egonomics: What Makes Ego Our Greatest Asset (or Most Expensive Liability) ISBN-13 (original) by david marcum & steaven smith Edição original por Fireside books a division of Simon & Schuster, Inc. Todos os direitos reservados Edição Portuguesa SmartBook Rua Humberto de Sousa, Montijo Tel: Fax: Site: Tradução: Paula Alexandra Revisão: Carla Cavaco Execução Gráfica e Paginação: ZPOT Media Capa: ZPOT Media Impressão e Acabamentos: Rolo e Filhos II, SA david marcum & steaven smith Egonomics: o que torna o ego o nosso maior activo (ou o nosso mais elevado passivo) ISBN: CDU 005; Depósito Legal nº /08 1ª Edição: Outubro 2008

11 Dedicado aos dez por cento finais 11

12 12

13 13 conteúdo 1 o ego e o saldo final da empresa 1 porque é que a gestão do poder do ego é a primeira prioridade do mundo dos negócios 2 o ego e o balanço da empresa 21 os quatro sinais iniciais de que o ego está a prejudicar a sua empresa e os três princípios de egonomics para reverter a situação 3 sinal inicial de alarme 1- ser comparativo 38 como o facto de sermos excessivamente competitivos nos pode tornar menos competitivos 4 sinal inicial de alarme 2- ser defensivo 55 a diferença entre defender ideias e ser defensivo 5 sinal inicial de alarme 3 exibir brilhantismo 74 como a inteligência e o talento podem impedir que as melhores ideias vençam

14 14 conteúdo 6 sinal inicial de alarme 4- buscar aceitação 89 como o desejo por respeito e reconhecimento pode obstruir o nosso caminho 7 humildade 100 abrir as mentes e criar oportunidades para a mudança 8 humildade parte II: intensidade e intenção 137 usar a humildade como uma ponte para transformar o silêncio ou a discussão num vigoroso debate 9 curiosidade 168 como diferentes tipos de curiosidade desbloqueiam as nossas mentes e conversas 10 veracidade 199 como tornar os assuntos indiscutíveis discutíveis e acabar com a diferença entre o que pensamos estar a passar-se e o que realmente se passa apêndice 229 notas 235 agradecimentos 249 índice 251

15 15 1 o ego e o saldo final da empresa Todo o bom pensamento que temos e toda a boa acção que realizamos nos abre uma porta para o orgulho e, desta maneira, nos expõe aos mais vários ataques de vaidade e auto-satisfação. WILLIAM LAW O ego é o item invisível em todas as declarações de lucro ou perdas de uma empresa. E porque, nos lucros e perdas, o ego está subtilmente fora da vista, essa é precisamente a razão pela qual durante décadas, e até mesmo séculos, não melhorámos e possivelmente não piorámos na gestão da mais permeável e poderosa força que existe em cada pessoa, em todas as empresas. O mais provável é que ao ler as linhas de abertura deste capítulo, a ideia do ego ser algo lucrativo não fosse exactamente a primeira ideia a vir-lhe à mente. Mas apesar da reputação negativa do ego, ele não é somente perdas. Do lado do lucro, o ego é o catalisador que conduz à invenção e à realização, o nervo que leva a inovar e a tenacidade para ultrapassar obstáculos que virão inevitavelmente. Por mais surpreendente que possa parecer, muitas pessoas não têm ego suficiente e isso leva à insegurança, ao contributo sem significado e à apatia que paralisa culturas e líderes. Intervindo em todas as reuniões de equipa, discussões do conselho de administração, conversas com clientes, negociações contratuais ou entrevistas de emprego, o ego tem potencial para trabalhar a nosso favor ou contra nós.

16 16 david marcum & steven smith Se gerirmos o ego sabiamente, nós usufruiremos do seu lado benéfico e receberemos um retorno favorável. Porém, quando essa intensa e persistente força que existe em nós nos controla, as empresas sofrem perdas económicas reais. Mais de metade de todas as pessoas do mundo dos negócios estimam que o ego custe às suas empresas entre 6 a 15 por cento das receitas anuais; muitas acreditam que essa estimativa é excessivamente cautelosa. Mas mesmo que o ego custasse apenas 6 por cento das receitas, o custo anual do ego como estimado pelas pessoas que trabalham para produzir esse rendimento seria quase 1,1 biliões de dólares para a média das empresas representadas na lista das 500 empresas da revista Fortune. Esses 1,1 biliões de dólares quase igualam o lucro médio anual dessas mesmas empresas. Mas quer o ego nos custe 6 ou 60 por cento das receitas, quando as pessoas estimam esses custos, em que é que estão a pensar? Normalmente na última vez em que chocaram com o ego de alguém ou nas últimas exibições de ego a que assistiram. Entre 1981 e 1999, sob a liderança de David Maxwell e depois de James Johnson, a Fannie Mae apresentou um desempenho inigualável, batendo por 3,8 a 1 o mercado bolsista geral. No estudo de 1435 empresas que Jim Collins apresentou no seu livro De Bom a Excelente, a Fannie Mae foi classificada como uma das únicas onze empresas que criaram e sustentaram um desempenho sem paralelo, com líderes à altura. Contudo, a 1 de Janeiro de 1999, Franklin Raines substituiu Johnson como CEO. Cinco anos mais tarde, depois de práticas contabilísticas questionáveis e debaixo da pressão da administração da Fannie Mae, Raines demitiu-se. Raines declarou: Através da minha reforma antecipada, eu assumi as minhas responsabilidades. Ironicamente, quatro anos antes, em 2002, foi pedido que Raines testemunhasse perante o Congresso sobre o colapso da Enron. É totalmente irresponsável que os líderes corporativos digam desconhecer ou sugiram que não é seu dever conhecer as operações e actividades das suas empresas, disse Raines aos legisladores, particularmente quando envolvem riscos que ameaçam a viabilidade fundamental da empresa. Raines abandonou a Fannie Mae

17 egonomics 17 com um acordo de reforma no valor potencial de 25 milhões de dólares e uma compensação total de quase 90 milhões, obtida durante a sua permanência no cargo. Foi substituído por Daniel Mudd, a 22 de Dezembro de Quando estávamos a escrever este capítulo, um colega enviou-nos um com algumas notícias. O título anunciava: Fannie alcança um acordo de 400 milhões de dólares. Na primeira linha da notícia lia-se: A cultura arrogante e pouco ética da Fannie Mae conduziu a um escândalo contabilístico de 11 biliões de dólares no gigante das hipotecas, disseram os reguladores federais ao anunciarem na terça-feira o acordo de 400 milhões de dólares com a empresa. [ênfase acrescentada] A liderança de Daniel Mudd também foi questionada. A Fannie Mae considerou-se tão diferente, tão especial e tão poderosa, escreveu Bethany Mclean da Fortune, que julgou que nunca teria de responder perante ninguém. E ao fazê-lo, veio a provar estar muito errada. A Fannie Mae demorou quase vinte anos para passar de boa a excelente e menos de cinco anos para ir de excelente a boa a só o tempo o dirá. O risco das demonstrações de ego descontroladas ou o impacto brutal de uma longa edificação sobre uma cultura egoísta é o facto de podermos dizer a nós mesmos: Nunca faremos isso. Não estamos assim tão mal. Isso é verdade. Noventa e nove por cento de nós nunca serão Dennis Kozlowski (Tyco), Ken Lay e Jeffrey Skilling (Enron), Bernie Ebbers (WorldCom) ou Martha Stewart ou ganhará uma alcunha como Chainsaw Al (Al Serra Eléctrica), dada a Al Dunlap, CEO demitido da Sunbeam. Nós não iremos para a prisão ou ficaremos sozinhos por causa do colapso das nossas empresas e essa é a armadilha. Por serem histórias tão extremas, raramente nos fazem perguntar: Alguma parte delas acontece nas nossas empresas?, E na minha equipa? ou E comigo? É aí que desafinamos e não reconhecemos comportamentos que nunca se tornam muito graves, mas que subtilmente e certamente diminuem as nossas capacidades. Como autores, podemos dizer, a partir da nossa experiência e pesquisa, que comportamentos conduzidos pelo ego raramente parecem extremos num momento específico. Começámos de uma maneira

18 18 david marcum & steven smith excelente, disse-nos um dos 50 gestores da Fortune. Ao longo do tempo essa excelência conduziu ao ego, o que por sua vez nos levou de volta ao bom e agora encontramo-nos num ponto em que temos de começar de novo. Estávamos cegos em relação à escalada do nosso ego ao longo do caminho. Raramente as organizações têm falta de pessoas com talento, orientação, QI, imaginação, visão, educação, experiência ou vontade. Como consultores, nas nossas conversas com líderes e gestores que viram projectos falhar ou obter resultados medianos, ouvimos muitas vezes: Ele é muito inovador, mas ou Ela tem uma visão incrível, se ao menos pudesse ou Estávamos no caminho certo e então, de repente, As excepções ao louvor estão consistentemente ligadas ao crescimento de uma coisa o ego. E assim, se os custos são tão elevados, por que é que as pessoas se agarram tanto ao ego e, em alguns casos, até lutam por ele? Essa é uma pergunta à qual, anteriormente, não conseguíamos responder. passivo ou activo? Iniciámos a nossa pesquisa com a premissa de que ego era algo negativo e que precisava de ser eliminado a sangue-frio pelo menos na perspectiva dos negócios, porque era um custo escondido com retorno zero. De facto, durante muito tempo o título provisório deste livro foi Sem Ego. Durante os quase dois anos deste projecto, esse ponto de vista parecia justificado, tanto pelas micro como pelas macroeconomias. A nível da microeconomia, Roy Baumeister, da State University, Florida, e Liqing Zhang, da Carnagie Mellon University, conduziram uma série de experiências elaboradas para revelar que tipo de decisões financeiras as pessoas tomavam quando o seu ego se encontrava sob ameaça. Numa experiência definida para examinar como o ego afectaria as decisões dos participantes, os investigadores escolheram pessoas para fazerem parte de dois grupos: o grupo do ego sob ameaça e o grupo de controlo do ego sem ameaça. Em cada uma das experiências, os participantes ganharam dinheiro, perderam dinheiro ou equilibraram as despesas e as receitas a vários níveis.

19 egonomics 19 Ambos os grupos receberam as mesmas instruções: estão prestes a participar numa guerra de lances semelhante a um leilão, mas apenas com uma outra pessoa, que obviamente vai tentar vencer. O que vai ser leiloado é um dólar. O vosso objectivo é conseguir esse dólar por menos de um dólar, mas vão poder gastar até 5 dólares para o conseguir. No entanto, em privado, e antes de começarem, foi dito a cada pessoa do grupo em que o ego estava sob ameaça: Se é o tipo de pessoa que normalmente sufoca sob pressão, ou se pensa não ter o que é necessário para ganhar o dinheiro, então poderá jogar pelo seguro. Mas isso depende de si. Quando se iniciou a licitação, os que tinham o ego sob ameaça subiram, quase sempre, mais os lances do que aqueles que não estavam a tentar proteger o ego. Depois de uma prolongada guerra de lances, aqueles cujos egos tinham algo a provar gastaram até 3,71 dólares tentando comprar 1 dólar. De facto, quanto mais elevada a sua auto-estima, mais dinheiro perderam. A experiência mostrou como o ego envolve as pessoas em riscos de elevados custos e perdas. Quando, posteriormente, os participantes foram entrevistados, aqueles que tinham gasto mais dinheiro para vencer a experiência, não só não se sentiam bem em relação ao dinheiro que tinham gasto para vencer, como se sentiam ainda pior em relação à sua própria auto-estima. Por outras palavras, perderam dinheiro e auto-confiança. Por causa do ego, as pessoas tendem a cair em armadilhas e a desperdiçar um bom dinheiro depois de tomarem más decisões, afirmaram Baumeister e Zhang. Ficam presos a intransigentes escolhas de carreira, os supervisores tornam-se excessivamente comprometidos para com aqueles empregados em relação a quem expressaram uma opinião favorável na decisão de contratação, nos bancos, executivos sénior agravam os compromissos das suas instituições no que diz respeito a empréstimos problemáticos (porque para começar eles aprovaram esses empréstimos) e os empresários e os capitalistas aventureiros caem nas armadilhas de negócios pouco rentáveis. A conclusão da sua longa investigação foi que, quando as pessoas sentem que o seu ego está sob ameaça, tomam decisões menos favoráveis do ponto de vista dos resultados financeiros.

20 20 david marcum & steven smith A nível da macroeconomia, o desempenho económico sofre quando o ego tem um impacto negativo na forma como nós produzimos. O Dr. Paul Nutt, da Ohio State University, conduziu mais de duas décadas de pesquisa, em centenas de organizações, sobre as razões porque se tomam decisões erradas nos negócios. Ao examinar porque é que 50 por cento das decisões falham, ele descobriu 3 razões-chave: Mais de um terço de todas as decisões erradas nos negócios são motivadas pelo ego. Quase dois terços dos executivos, uma vez tomada a decisão, nunca exploram alternativas. Oitenta e um por cento dos gestores impõem as suas decisões por persuasão ou ordem e não pelo mérito das suas ideias. Ao longo dos últimos dois anos e meio, pesquisámos 2190 artigos na imprensa (a maior parte relacionados com a área dos negócios) que usaram de alguma forma a palavra ego. Oitenta e oito por cento das vezes, a palavra ego foi usada negativamente, seguida normalmente de sugestões de como e porquê as pessoas deviam ver-se livres do mesmo e o que aconteceria se não o fizessem. Os artigos arrasavam os adeptos do ego com títulos como: Não Deixe o Ego Matar o Novo Projecto, na revista Business Week, ou O Ego Mata T.O. (Terrell Owens, jogador da Liga de Futebol Americano), no jornal USA Today. Ao longo dos últimos cincos anos, entrevistámos milhares de pessoas que assistiram às nossas sessões de liderança e pedimos-lhes que escrevessem as primeiras palavras que lhes viessem à mente ao lerem algumas palavras aleatoriamente escolhidas. Se a palavra ego lhe aparecesse à frente, o que escreveria? Noventa e dois por cento das primeiras respostas foram negativas. Arrogante foi a palavra escolhida por 1 em cada 5 pessoas, seguida de auto-centrado, inseguro, mente fechada, defensivo, convencido e condescendente, se quisermos usar palavras decentes. Ouça como as pessoas

21 egonomics 21 falam acerca do ego em especial do egode outra pessoa e é fácil entender a mensagem que o ego é o inimigo. Por exemplo, se está numa reunião de uma hora e ao minuto 43 dessa reunião alguém deixa que o seu ego tome o controlo, qual o minuto que será relembrado? Qual o efeito que esse minuto terá sobre os 42 minutos anteriores? Na pior das hipóteses, são apagados. O que acontece aos dezassete minutos seguintes? Na melhor das hipóteses, estão contaminados. E depois de a reunião ter terminado, quanto tempo será gasto a falar do que aconteceu? Poderemos não nos lembrar daquele minuto exacto, mas viveremos com o impacto. Se o ego não destruir a reunião, certamente deixará a sua marca. Continuando a nossa busca por respostas, entrevistámos, avaliámos e observámos pessoas em diversas indústrias e áreas para descobrir porque fazem o que fazem. Enquanto explorávamos centenas de artigos sobre negócios, revistas e uma grande quantidade de publicações sobre psicologia, também nos voltámos a empenhar num estudo da literatura de liderança e gestão, que remontava a 1944, altura em que Peter Druckner começou a consciencializar para a necessidade actual de um diferente tipo de gestão. Apesar de muitos dos livros apresentarem algumas ideias interessantes, pelo nosso critério, apenas alguns deles foram considerados livros de referência livros cujas ideias eram tão poderosas, que fizeram com que as pessoas mudassem a sua maneira de pensar em relação aos negócios. Esses livros, fruto de boa investigação, tais como: The Effective Executive; In Search of Excellence; The Change Masters; Built to Last; First, Break All the Rules marcaram o que separa uma categoria de líder ou empresas do que é comum. Ao examinarmos esses temas peça a peça, a maior parte esboçavam técnicas, estratégias e tácticas para a mudança, mas, quando em jogo estava o ego, as teorias e as práticas não explicavam satisfatoriamente as diferenças entre o que líamos e víamos em acção. Em quase todos os textos, o ego parecia ter o seu lugar na lista dos mais desejados do mundo dos negócios. Mas há um outro lado da história.

Ampliando o valor do Coaching

Ampliando o valor do Coaching Ampliando o valor do Coaching Por Marshall Goldsmith 1 Este estudo de um caso real mostra como um executivo pode expandir o alcance de um projeto de coaching simples (pessoal) para beneficiar a sua equipe

Leia mais

SOBRE GESTÃO * A Definição de Gestão

SOBRE GESTÃO * A Definição de Gestão SOBRE GESTÃO * A Definição de Gestão Chegar a acordo sobre definições de qualquer tipo pode ser uma tarefa de pôr os cabelos em pé, e um desperdício de tempo. Normalmente requer compromissos por parte

Leia mais

Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM

Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM É COM GRANDE PRAZER QUE GOSTARÍAMOS DE OFICIALIZAR A PARTICIPAÇÃO DE PAUL HARMON NO 3º SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE BPM!! No ano passado discutimos Gestão

Leia mais

T&E Tendências & Estratégia

T&E Tendências & Estratégia FUTURE TRENDS T&E Tendências & Estratégia Newsletter número 1 Março 2003 TEMA deste número: Desenvolvimento e Gestão de Competências EDITORIAL A newsletter Tendências & Estratégia pretende ser um veículo

Leia mais

COMPETÊNCIAS CHAVE PARA O EMPREENDEDORISMO

COMPETÊNCIAS CHAVE PARA O EMPREENDEDORISMO COMPETÊNCIAS CHAVE PARA O EMPREENDEDORISMO DEFINIÇÕES OPERACIONAIS E INDICADORES COMPORTAMENTAIS Pag. 1 Elaborada por Central Business Abril 2006 para o ABRIL/2006 2 COMPETÊNCIAS CHAVE PARA O EMPREENDEDORISMO

Leia mais

As cinco disciplinas

As cinco disciplinas As cinco disciplinas por Peter Senge HSM Management julho - agosto 1998 O especialista Peter Senge diz em entrevista exclusiva que os programas de aprendizado podem ser a única fonte sustentável de vantagem

Leia mais

O QUE É PRECISO PARA SER UM GRANDE LÍDER

O QUE É PRECISO PARA SER UM GRANDE LÍDER LIDERANÇA O QUE É PRECISO PARA SER UM GRANDE LÍDER Roselinde Torres foco na pessoa 6 Por Roselinde Torres O que é preciso para ser um grande líder hoje? Muitos de nós temos a imagem de um líder como um

Leia mais

Perfil de Competências de Gestão. Nome: Exemplo

Perfil de Competências de Gestão. Nome: Exemplo Perfil de Competências de Gestão Nome: Exemplo Data: 8 maio 2008 Perfil de Competências de Gestão Introdução Este perfil resume como é provável que o estilo preferencial ou os modos típicos de comportamento

Leia mais

26-27 NEGÓCIOS PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIA DE. Viva a Experiência Notre Dame no Brasil. Strategic Thinking and Business Planning SEMINÁRIO INTERNACIONAL

26-27 NEGÓCIOS PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIA DE. Viva a Experiência Notre Dame no Brasil. Strategic Thinking and Business Planning SEMINÁRIO INTERNACIONAL SEMINÁRIO INTERNACIONAL PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIA DE NEGÓCIOS Strategic Thinking and Business Planning Tradução simultânea de inglês para português Apresentação única em São Paulo 26-27 Agosto, 2013 Analize

Leia mais

A GESTÃO DAS VENDAS COMO UMA FONTE DE VANTAGEM COMPETITIVA

A GESTÃO DAS VENDAS COMO UMA FONTE DE VANTAGEM COMPETITIVA A GESTÃO DAS VENDAS COMO UMA FONTE DE VANTAGEM COMPETITIVA DE QUE FORMA OS GESTORES DE VENDAS ADICIONAM VALOR À SUA ORGANIZAÇÃO? Desenvolver Gestores de Vendas eficazes tem sido uma das grandes preocupações

Leia mais

Desenvolvendo Capacidades de PDSA

Desenvolvendo Capacidades de PDSA Desenvolvendo Capacidades de PDSA Karen Martin Como com qualquer habilidade, desenvolver as capacidades do PDSA (planejar fazer estudar agir) tem tudo a ver com a prática. Para conquistar a disciplina

Leia mais

Influenciando Tomadores de Decisão Efetivamente: Como Garantir que seu Conhecimento Faça Diferença

Influenciando Tomadores de Decisão Efetivamente: Como Garantir que seu Conhecimento Faça Diferença Influenciando Tomadores de Decisão Efetivamente: Como Garantir que seu Conhecimento Faça Diferença 'A maioria das pessoas tende a focar para baixo. Elas estão ocupadas com os esforços, e não com os resultados.

Leia mais

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Ultrapassando barreiras e superando adversidades. Ser um gestor de pessoas não é tarefa fácil. Existem vários perfis de gestores espalhados pelas organizações,

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

Cinco principais qualidades dos melhores professores de Escolas de Negócios

Cinco principais qualidades dos melhores professores de Escolas de Negócios Cinco principais qualidades dos melhores professores de Escolas de Negócios Autor: Dominique Turpin Presidente do IMD - International Institute for Management Development www.imd.org Lausanne, Suíça Tradução:

Leia mais

FORMAÇÃO DE EQUIPE SEM PERDA DE TEMPO. Marshall Goldsmith e Howard Morgan. Etapas do processo

FORMAÇÃO DE EQUIPE SEM PERDA DE TEMPO. Marshall Goldsmith e Howard Morgan. Etapas do processo FORMAÇÃO DE EQUIPE SEM PERDA DE TEMPO Marshall Goldsmith e Howard Morgan A medida que as organizações precisam aprender a lidar com mudanças cada vez mais rápidas, as equipes vão se tornando cada vez mais

Leia mais

LÍDER COACH Obtenha excelência em sua vida pessoal e profissional

LÍDER COACH Obtenha excelência em sua vida pessoal e profissional LÍDER COACH Obtenha excelência em sua vida pessoal e profissional Ao investir em pessoas o seu resultado é garantido! Tenha ganhos significativos em sua gestão pessoal e profissional com o treinamento

Leia mais

Influenciando Tomadores de Decisão Efetivamente: Como Garantir que o seu Conhecimento Faça Diferença

Influenciando Tomadores de Decisão Efetivamente: Como Garantir que o seu Conhecimento Faça Diferença Influenciando Tomadores de Decisão Efetivamente: Como Garantir que o seu Conhecimento Faça Diferença Marshall Goldsmith A maioria das pessoas tende a focar para baixo. Elas se preocupam com os esforços

Leia mais

O DESAFIO DOS EXECUTIVOS

O DESAFIO DOS EXECUTIVOS COACHING EXECUTIVO O DESAFIO DOS EXECUTIVOS Os executivos das empresas estão sujeitos a pressões crescentes para entregarem mais e melhores resultados, liderando as suas organizações através de mudanças

Leia mais

Que Liderança hoje? A Transformação acontece aqui e agora o que permanecerá? Mentoring, Tutoring, Coaching A Inteligência Emocional

Que Liderança hoje? A Transformação acontece aqui e agora o que permanecerá? Mentoring, Tutoring, Coaching A Inteligência Emocional Que Liderança hoje? A Transformação acontece aqui e agora o que permanecerá? Mentoring, Tutoring, Coaching A Inteligência Emocional Estamos numa encruzilhada Não é a falta de saídas que é problemática,

Leia mais

remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial

remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial remuneração para ADVOGADOS Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados advocobrasil Não ter uma política de remuneração é péssimo, ter uma "mais ou menos" é pior ainda. Uma das

Leia mais

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve.

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve. Balanced Scorecard BSC 1 2 A metodologia (Mapas Estratégicos e Balanced Scorecard BSC) foi criada por professores de Harvard no início da década de 90, e é amplamente difundida e aplicada com sucesso em

Leia mais

Integrar para Mudar. T 2 People 2013 www.t2people.com. por Daniel Druwe Araujo

Integrar para Mudar. T 2 People 2013 www.t2people.com. por Daniel Druwe Araujo Integrar para Mudar por Daniel Druwe Araujo As melhores organizações têm funções competentes para cuidar de aspectos importantes da gestão de pessoas, como a comunicação, o aprendizado e o sistema de consequências.

Leia mais

Liderança Estratégica

Liderança Estratégica Liderança Estratégica A título de preparação individual e antecipada para a palestra sobre o tema de Liderança Estratégica, sugere-se a leitura dos textos indicados a seguir. O PAPEL DE COACHING NA AUTO-RENOVAÇÃO

Leia mais

APRESENTAÇÃO. www.get-pt.com 1

APRESENTAÇÃO. www.get-pt.com 1 APRESENTAÇÃO www.get-pt.com 1 -2- CULTURA GET -1- A nossa Visão Acreditamos que o elemento crítico para a obtenção de resultados superiores são as Pessoas. A nossa Missão A nossa missão é ajudar a melhorar

Leia mais

Como transformar a sua empresa numa organização que aprende

Como transformar a sua empresa numa organização que aprende Como transformar a sua empresa numa organização que aprende É muito interessante quando se fala hoje com profissionais de Recursos Humanos sobre organizações que aprendem. Todos querem trabalhar em organizações

Leia mais

Tomada de Decisão uma arte a ser estudada Por: Arthur Diniz

Tomada de Decisão uma arte a ser estudada Por: Arthur Diniz Tomada de Decisão uma arte a ser estudada Por: Arthur Diniz Tomar decisões é uma atividade que praticamos diariamente, de uma forma ou de outra. Podemos até mesmo tomar a decisão de não tomar nenhuma decisão.

Leia mais

PAP (Perfil de Avanço Profissional)

PAP (Perfil de Avanço Profissional) PAP (Perfil de Avanço Profissional) Relatório para: Suzanne Example Data concluida: 14 de junho de 2012 14:03:23 2012 PsychTests AIM Inc. Índice analítico Índice analítico 1/10 Índice analítico Índice

Leia mais

Position Paper. As Melhores Práticas Globais no Desenvolvimento de Trainees e Jovens Talentos. Edição Nº1. www.ipledu.com +55 11 2364 9355

Position Paper. As Melhores Práticas Globais no Desenvolvimento de Trainees e Jovens Talentos. Edição Nº1. www.ipledu.com +55 11 2364 9355 Position Paper Edição Nº As Melhores Práticas Globais no Desenvolvimento de Trainees e Jovens Talentos www.ipledu.com +55 64 955 O ipl Institute of Performance and Leadership é uma empresa especializada

Leia mais

3. Os erros têm sido cometidos exatamente onde há maior dificuldade...

3. Os erros têm sido cometidos exatamente onde há maior dificuldade... Entrevista com PEDRO MANDELLI Consultor na área de mudança organizacional, Pedro Mandelli é um dos maiores especialistas em desenho e condução de processos de mudança em organizações. É professor da Fundação

Leia mais

ATENDIMENTO 3D O diferencial para o sucesso em vendas

ATENDIMENTO 3D O diferencial para o sucesso em vendas Perfil... Atuando há 20 anos em vendas Jean Oliveira já viveu na pele cada experiência que essa profissão promove, é especialista com MBA em Estratégias de Negócios e graduado em Tecnologia de Processamento

Leia mais

Transcrição de Entrevista nº 5

Transcrição de Entrevista nº 5 Transcrição de Entrevista nº 5 E Entrevistador E5 Entrevistado 5 Sexo Feminino Idade 31 anos Área de Formação Engenharia Electrotécnica e Telecomunicações E - Acredita que a educação de uma criança é diferente

Leia mais

Gerenciamento Estratégico e EHS Uma parceria que dá certo

Gerenciamento Estratégico e EHS Uma parceria que dá certo Gerenciamento Estratégico e EHS Uma parceria que dá certo INTRODUÇÃO O Balanced Scorecard (BSC) é uma metodologia desenvolvida para traduzir, em termos operacionais, a Visão e a Estratégia das organizações

Leia mais

1. Motivação para o sucesso (Ânsia de trabalhar bem ou de se avaliar por uma norma de excelência)

1. Motivação para o sucesso (Ânsia de trabalhar bem ou de se avaliar por uma norma de excelência) SEREI UM EMPREENDEDOR? Este questionário pretende estimular a sua reflexão sobre a sua chama empreendedora. A seguir encontrará algumas questões que poderão servir de parâmetro para a sua auto avaliação

Leia mais

www.dalecarnegie.com.br Como Impulsionar o Engajamento de Colaboradores em PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Dale Carnegie Training White Paper

www.dalecarnegie.com.br Como Impulsionar o Engajamento de Colaboradores em PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Dale Carnegie Training White Paper Como Impulsionar o Engajamento de Colaboradores em PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Dale Carnegie Training White Paper www.dalecarnegie.com.br Copyright 2014 Dale Carnegie & Associates, Inc. All rights reserved.

Leia mais

de empresas ou de organizações de todos os tipos? O que fazem os líderes eficazes que os distingue dos demais?

de empresas ou de organizações de todos os tipos? O que fazem os líderes eficazes que os distingue dos demais? TEMA - liderança 5 LEADERSHIP AGENDA O Que fazem os LÍDERES eficazes Porque é que certas pessoas têm um sucesso continuado e recorrente na liderança de empresas ou de organizações de todos os tipos? O

Leia mais

A importância da Psicologia no Desporto

A importância da Psicologia no Desporto ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE ESCOLAS DE FUTEBOL APEF A importância da Psicologia no Desporto Pedro Teques Departamento de Psicologia e Comunicação da APEF Direcção de Contacto: Pedro Teques, Departamento de

Leia mais

PROGRAMA: A FAMÍLIA (1º ano do 1º ciclo)

PROGRAMA: A FAMÍLIA (1º ano do 1º ciclo) PROGRAMA: A FAMÍLIA (1º ano do 1º ciclo) Duração: 5 Sessões (45 minutos) Público-Alvo: 6 a 7 anos (1º Ano) Descrição: O programa A Família é constituído por uma série de cinco actividades. Identifica o

Leia mais

Guião de apoio para divulgação junto da Comunicação Social

Guião de apoio para divulgação junto da Comunicação Social Semana da Liberdade de Escolha da Escola / School Choice Week & I Conferência da Liberdade de Escolha da Escola / 1st School Choice Conference Guião de apoio para divulgação junto da Comunicação Social

Leia mais

Avaliando o Cenário Político para Advocacia

Avaliando o Cenário Político para Advocacia Avaliando o Cenário Político para Advocacia Tomando em consideração os limites de tempo e recursos dos implementadores, as ferramentas da série Straight to the Point (Directo ao Ponto), da Pathfinder International,

Leia mais

Engajamento: desafio central da gestão e da liderança. ABRH-BA/ 03 de junho de 2013 Isabel Armani

Engajamento: desafio central da gestão e da liderança. ABRH-BA/ 03 de junho de 2013 Isabel Armani Engajamento: desafio central da gestão e da liderança ABRH-BA/ 03 de junho de 2013 Isabel Armani Build everithing VIMEO LEGO Benodigheden 2 3 Aon Hewitt SATISFAÇÃO Contentamento, prazer que resulta da

Leia mais

Como transformar Grupos em Equipes

Como transformar Grupos em Equipes Como transformar Grupos em Equipes Caminhos para somar esforços e dividir benefícios Introdução Gestores de diversos segmentos, em algum momento de suas carreiras, deparam-se com desafios que, à primeira

Leia mais

ANALISANDO UM ESTUDO DE CASO

ANALISANDO UM ESTUDO DE CASO ANALISANDO UM ESTUDO DE CASO (Extraído e traduzido do livro de HILL, Charles; JONES, Gareth. Strategic Management: an integrated approach, Apêndice A3. Boston: Houghton Mifflin Company, 1998.) O propósito

Leia mais

The Warren Buffett Way

The Warren Buffett Way The Warren Buffett Way Investment Strategies of the World s Greatest Quando Buffett investe, ele vê uma empresa. A maioria dos investidores vê apenas um preço de ação. Eles gastam horas e esforço olhando,

Leia mais

Programa de Desenvolvimento Humano Customizado COACHING RELACIONAL. Elisabeth Heinzelmann

Programa de Desenvolvimento Humano Customizado COACHING RELACIONAL. Elisabeth Heinzelmann Programa de Desenvolvimento Humano Customizado COACHING RELACIONAL Elisabeth Heinzelmann OBJETIVO DO PROGRAMA Dar o suporte necessário às pessoas para atingirem suas metas da forma que desejam, utilizando

Leia mais

ATIVISTA CONFIÁVEL. do novo RH. Como desenvolvê la? Pl Palestrante: Alba Maria Torres

ATIVISTA CONFIÁVEL. do novo RH. Como desenvolvê la? Pl Palestrante: Alba Maria Torres ATIVISTA CONFIÁVEL Uma competência essencial il do novo RH. Como desenvolvê la? Pl Palestrante: Alba Maria Torres www.entrelacos.com.br entrelacos@entrelacos.com.br 41 3079.4686 e 9973.9304 Observando

Leia mais

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça?

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Caro amigo (a) Se sua empresa está sofrendo com a falta de clientes dispostos a comprar os

Leia mais

ESCOLA DE DESENVOLVIMENTO E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL

ESCOLA DE DESENVOLVIMENTO E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL ESCOLA DE DESENVOLVIMENTO E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL MBA EXECUTIVO EM LIDERANÇA E GESTÃO ORGANIZACIONAL ESCOLA SUPERIOR DE PROPAGANDA E MARKETING POS GRADUAÇÃO EM: GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS CIÊNCIAS

Leia mais

DESENVOLVER E GERIR COMPETÊNCIAS EM CONTEXTO DE MUDANÇA (Publicado na Revista Hotéis de Portugal Julho/Agosto 2004)

DESENVOLVER E GERIR COMPETÊNCIAS EM CONTEXTO DE MUDANÇA (Publicado na Revista Hotéis de Portugal Julho/Agosto 2004) DESENVOLVER E GERIR COMPETÊNCIAS EM CONTEXTO DE MUDANÇA (Publicado na Revista Hotéis de Portugal Julho/Agosto 2004) por Mónica Montenegro, Coordenadora da área de Recursos Humanos do MBA em Hotelaria e

Leia mais

O papel da gerência em um ambiente de manufatura lean. Gary Convis, Presidente, Toyota Motor Manufacturing de Kentucky

O papel da gerência em um ambiente de manufatura lean. Gary Convis, Presidente, Toyota Motor Manufacturing de Kentucky O papel da gerência em um ambiente de manufatura lean Gary Convis, Presidente, Toyota Motor Manufacturing de Kentucky Tradução: Diogo Kosaka Gostaria de compartilhar minha experiência pessoal como engenheiro

Leia mais

Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação

Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação Neste curso serão abordadas as melhores práticas que permitem gerir estrategicamente a informação, tendo em vista a criação de valor para

Leia mais

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores Sumário Liderança para potenciais e novos gestores conceito Conceito de Liderança Competências do Líder Estilos de Liderança Habilidades Básicas Equipe de alta performance Habilidade com Pessoas Autoestima

Leia mais

Gerência de projetos: arte ou disciplina? By André Barcaui, MsC, PMP is a consultant and management coach, Brazil. bbbrothers@bbbrothers.com.

Gerência de projetos: arte ou disciplina? By André Barcaui, MsC, PMP is a consultant and management coach, Brazil. bbbrothers@bbbrothers.com. Gerência de projetos: arte ou disciplina? By André Barcaui, MsC, PMP is a consultant and management coach, Brazil bbbrothers@bbbrothers.com.br O equilíbrio necessário para se tornar um excelente gerente

Leia mais

Por Prof. Pedro Mandelli Filho*

Por Prof. Pedro Mandelli Filho* Por Prof. Pedro Mandelli Filho* Reunião às 8h00? Nem pensar. Ele só chega às 9h. Não fale com ele antes que ele tome um café, porque ele ainda está meio dormindo. Não, é melhor não marcar até às 11h00,

Leia mais

2º CICLO DE PALESTRAS SODEPAC GESTÃO DE PEQUENOS NEGÓCIOS

2º CICLO DE PALESTRAS SODEPAC GESTÃO DE PEQUENOS NEGÓCIOS 2º CICLO DE PALESTRAS SODEPAC GESTÃO DE PEQUENOS NEGÓCIOS Msc. Economista Carlos Kibuba INAPEM-MALANJE carloskibuba@hotmail.com GESTÃO DE PEQUENOS NEGÓCIOS CARLOS QUIBUBA REPRESENTANTE PROVINCIAL DO INAPEM-MALANJE.

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DO LIVRO

ORGANIZAÇÃO DO LIVRO Prefácio A performance dos serviços públicos constitui um tema que interessa a todos os cidadãos em qualquer país. A eficiência, a quantidade e a qualidade dos bens e serviços produzidos pelos organismos

Leia mais

Gung Ho! Numa organização ideal todos têm objectivos individuais, relacionais e organizacionais Will Shutz

Gung Ho! Numa organização ideal todos têm objectivos individuais, relacionais e organizacionais Will Shutz Gung Ho! Imagem de http://jpn.icicom.up.pt/imagens/educacao/estudar.jpg Numa organização ideal todos têm objectivos individuais, relacionais e organizacionais Will Shutz GUNG HO Gung Ho é a expressão chinesa

Leia mais

A Abordagem Lean na Integração da TI com o negócio, parte quatro: O Líder Lean Aprendiz

A Abordagem Lean na Integração da TI com o negócio, parte quatro: O Líder Lean Aprendiz A Abordagem Lean na Integração da TI com o negócio, parte quatro: O Líder Lean Aprendiz Steve Bell Enquanto me preparava para escrever o quarto artigo desta série, cheguei a um importante marco. Semana

Leia mais

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões 8 Passos para o Recrutamento Eficaz Por Tiago Simões Uma das coisas que aprendi na indústria de marketing de rede é que se você não tem um sistema de trabalho que comprovadamente funcione, muito provavelmente

Leia mais

Curso Geral de Gestão. Pós Graduação

Curso Geral de Gestão. Pós Graduação Curso Geral de Gestão Pós Graduação Curso Geral de Gestão Pós Graduação Participamos num processo acelerado de transformações sociais, políticas e tecnológicas que alteram radicalmente o contexto e as

Leia mais

IX CONOPARH Recrutamento e Seleção de Líderes

IX CONOPARH Recrutamento e Seleção de Líderes IX CONOPARH Recrutamento e Seleção de Líderes Fabiana Azevedo - Headhunter Londrina, 23 de Agosto de 2012 De Bernt Entschev Início das atividades em Setembro de 1986 Escritórios em São Paulo (SP), Rio

Leia mais

REVALORIZAR AS COMPETÊNCIAS CONVERSACIONAIS

REVALORIZAR AS COMPETÊNCIAS CONVERSACIONAIS Rafael Echeverría REVALORIZAR AS COMPETÊNCIAS CONVERSACIONAIS São chaves para as pessoas e as organizações, porque são as únicas que apoiam as grandes transformações pelas quais a sociedade e o mundo estão

Leia mais

Aprendizes do Futuro: como incorporar conhecimento e transformar realidades Eduardo Carmello

Aprendizes do Futuro: como incorporar conhecimento e transformar realidades Eduardo Carmello Aprendizes do Futuro: como incorporar conhecimento e transformar realidades Eduardo Carmello Para suportar as intensas mudanças nos próximos 10 anos, Aprendizes do Futuro compreendem que é necessário criar

Leia mais

Estabelecendo Prioridades para Advocacia

Estabelecendo Prioridades para Advocacia Estabelecendo Prioridades para Advocacia Tomando em consideração os limites de tempo e recursos dos implementadores, as ferramentas da série Straight to the Point (Directo ao Ponto), da Pathfinder International,

Leia mais

COMO GERIR A OFICINA EM TEMPOS DE CRISE? e as oficinas têm de se adaptar às novas

COMO GERIR A OFICINA EM TEMPOS DE CRISE? e as oficinas têm de se adaptar às novas COMO GERIR A OFICINA EM TEMPOS DE CRISE? 1 1 Com esta crise, já não há filas à porta das oficinas, nem listas de marcações com vários dias de espera. Era bom, era, mas já foi! Os tempos são de mudança

Leia mais

Transcrição de Entrevista n º 24

Transcrição de Entrevista n º 24 Transcrição de Entrevista n º 24 E Entrevistador E24 Entrevistado 24 Sexo Feminino Idade 47 anos Área de Formação Engenharia Sistemas Decisionais E - Acredita que a educação de uma criança é diferente

Leia mais

THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP

THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP Soluções integradas para a Indústria do turismo empresarial THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP A equipa da XYM Hospitality e os seus parceiros possuem vastos conhecimentos sobre a

Leia mais

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LI ESTAMOS PASSANDO PELA MAIOR TRANSFORMAÇÃO NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE. VALORIZAR PESSOAS

Leia mais

Mapeando uma Estratégia de Advocacia

Mapeando uma Estratégia de Advocacia Mapeando uma Estratégia de Advocacia Tomando em consideração os limites de tempo e recursos dos implementadores, as ferramentas da série Straight to the Point (Directo ao Ponto), da Pathfinder International,

Leia mais

www.poderdocoachingemgrupos.com.br

www.poderdocoachingemgrupos.com.br Pesquisa de Mercado A condução de pesquisas de mercado é uma das atividades mais eficazes e importantes que você pode fazer quando você estiver projetando seu coaching em grupo. Você vai se surpreender

Leia mais

CONGRESSO DOS REVISORES OFICIAIS DE CONTAS ÉTICA E RESPONSABILIDADE

CONGRESSO DOS REVISORES OFICIAIS DE CONTAS ÉTICA E RESPONSABILIDADE CONGRESSO DOS REVISORES OFICIAIS DE CONTAS ÉTICA E RESPONSABILIDADE VISÃO EXTERNA DA PROFISSÃO: CRÍTICAS E CONTRIBUTOS O LÍDER E A ÉTICA JOSÉ MANUEL FERNANDES CRÍTICAS E CONTRIBUTOS O LÍDER E A ÉTICA A

Leia mais

Dicas do que você deve fazer desde cedo para educar seu filho a ser determinado e capaz de conquistar o que ele deseja.

Dicas do que você deve fazer desde cedo para educar seu filho a ser determinado e capaz de conquistar o que ele deseja. Dicas do que você deve fazer desde cedo para educar seu filho a ser determinado e capaz de conquistar o que ele deseja. O primeiro passo para conquistar algo é acreditar que é possível. Se não, a pessoa

Leia mais

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Comunicação empresarial eficiente: Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Sumário 01 Introdução 02 02 03 A comunicação dentro das empresas nos dias de hoje Como garantir uma comunicação

Leia mais

Competências essenciais para o sucesso profissional

Competências essenciais para o sucesso profissional Competências essenciais para o sucesso profissional INTRODUÇÃO Ensaio As 15 regras da competência, por Tom Coelho, publicado no site Canal da Estratégia. Ensaio baseado nos estudos do psicólogo David McClelland

Leia mais

As empresas farmacêuticas não se importam com a DH, certo?

As empresas farmacêuticas não se importam com a DH, certo? Notícias científicas sobre a Doença de Huntington. Em linguagem simples. Escrito por cientistas. Para toda a comunidade Huntington. Entrevista: Graeme Bilbe, chefe global de Neurociências na Novartis O

Leia mais

Curso de Gerência Comercial

Curso de Gerência Comercial Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - CE Notas de Aula Curso Gerência Comercial Aula 01 GERÊNCIA/LIDERANÇA: CONCEITOS; CARACTERÍSTICAS; ATRIBUTOS Professor Felipe Neri Curso de Gerência Comercial

Leia mais

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Maio de 2010 Conteúdo Introdução...4 Principais conclusões...5 Dados adicionais da pesquisa...14 Nossas ofertas de serviços em mídias sociais...21

Leia mais

Lição 2 Por que Necessitamos de Perdão? Lição 1 Nosso Pai é um Deus Perdoador. A Bênção pelo Perdão. A Bênção pelo Perdão

Lição 2 Por que Necessitamos de Perdão? Lição 1 Nosso Pai é um Deus Perdoador. A Bênção pelo Perdão. A Bênção pelo Perdão Lição 1 Nosso Pai é um Deus Perdoador 1. Você já fugiu de casa? Para onde foi? O que aconteceu? 2. Qual foi a maior festa que sua família já celebrou? Explique. 3. Você é do tipo mais caseiro, ou gosta

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA-UFES Departamento de Computação

Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA-UFES Departamento de Computação - Centro de Ciências Agrárias Departamento de Computação Os sistemas de informação empresariais na sua carreira Introdução à Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação COM06850-2015-II Prof.

Leia mais

Personal and Professional Coaching

Personal and Professional Coaching Personal and Professional Coaching Seu salto para a excelência pessoal e profissional 1 O novo caminho para o sucesso e a realização pessoal! Todos sabem que para ser médico, advogado, dentista ou engenheiro

Leia mais

Quem Contratar como Coach?

Quem Contratar como Coach? Quem Contratar como Coach? por Rodrigo Aranha, PCC & CMC Por diversas razões, você tomou a decisão de buscar auxílio, através de um Coach profissional, para tratar uma ou mais questões, sejam elas de caráter

Leia mais

Advisory Human Capital & Tax Services Family Business. Pensar a Família, Pensar o Negócio

Advisory Human Capital & Tax Services Family Business. Pensar a Família, Pensar o Negócio Advisory Human Capital & Tax Services Family Business Pensar a Família, Pensar o Negócio Realidade das Empresas Familiares Na PricewaterhouseCoopers há muito que reconhecemos nas empresas familiares um

Leia mais

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 2 Liderança e Comunidade

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 2 Liderança e Comunidade Organizando Voluntariado na Escola Aula 2 Liderança e Comunidade Objetivos 1 Entender o que é liderança. 2 Conhecer quais as características de um líder. 3 Compreender os conceitos de comunidade. 4 Aprender

Leia mais

CBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS

CBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS CBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS CBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS O CBA em Gestão de Negócios é um curso que proporciona aos participantes sólidos fundamentos em gestão e liderança. O programa tem o objetivo de formar

Leia mais

Fundação COGE, Rio de Janeiro / RJ Sven Dinklage Líder da Prática de Confiança

Fundação COGE, Rio de Janeiro / RJ Sven Dinklage Líder da Prática de Confiança Fundação COGE, Rio de Janeiro / RJ Sven Dinklage Líder da Prática de Confiança 29 de abril de 2014 Fundamentos 1 O Best-Seller Internacional: Fundamentos 1 Nossa Missão: Promover a Grandeza das Pessoas

Leia mais

O futuro do planeamento financeiro e análise na Europa

O futuro do planeamento financeiro e análise na Europa EUROPA: RESULTADOS DA INVESTIGAÇÃO Elaborado por Research em colaboração com a SAP Patrocinado por O futuro do planeamento financeiro e análise na Europa LÍDERES FINANCEIROS PRONUNCIAM-SE SOBRE A SUA MISSÃO

Leia mais

C A R R E I R A H O G A N D E S E N V O L V E R DICAS DE DESENVOLVIMENTO PARA GESTÃO DE CARREIRA. Relatório para: Tal Fulano ID: HC748264

C A R R E I R A H O G A N D E S E N V O L V E R DICAS DE DESENVOLVIMENTO PARA GESTÃO DE CARREIRA. Relatório para: Tal Fulano ID: HC748264 S E L E C I O N A R D E S E N V O L V E R L I D E R A R H O G A N D E S E N V O L V E R C A R R E I R A DICAS DE DESENVOLVIMENTO PARA GESTÃO DE CARREIRA Relatório para: Tal Fulano ID: HC748264 Data: 12,

Leia mais

ACTION LEARNING. O que é Action Learning? FUN D A MEN T OS D O

ACTION LEARNING. O que é Action Learning? FUN D A MEN T OS D O C L E O W O L F F O que é Action Learning? Um processo que envolve um pequeno grupo/equipe refletindo e trabalhando em problemas reais, agindo e aprendendo enquanto atuam. FUN D A MEN T OS D O ACTION LEARNING

Leia mais

Discurso de Sua Excelência o Governador do Banco de Cabo Verde, no acto de abertura do XIII Encontro de Recursos Humanos dos Bancos Centrais dos

Discurso de Sua Excelência o Governador do Banco de Cabo Verde, no acto de abertura do XIII Encontro de Recursos Humanos dos Bancos Centrais dos Discurso de Sua Excelência o Governador do Banco de Cabo Verde, no acto de abertura do XIII Encontro de Recursos Humanos dos Bancos Centrais dos Países de Língua Portuguesa 24 e 25 de Março de 2011 1 Senhor

Leia mais

Você dispõe da base necessária para desenvolver a confiança dos funcionários? Terceirização de RH e o líder empresarial SUMÁRIO EXECUTIVO

Você dispõe da base necessária para desenvolver a confiança dos funcionários? Terceirização de RH e o líder empresarial SUMÁRIO EXECUTIVO Terceirização de RH e o líder empresarial SUMÁRIO EXECUTIVO Você dispõe da base necessária para desenvolver a confiança dos funcionários? EM ASSOCIAÇÃO COM Empresas com funcionários envolvidos superam

Leia mais

Venda com Tráfego Gratuito

Venda com Tráfego Gratuito Venda com Tráfego Gratuito Depois de vários anos no marketing digital, acabei por aprender como fazer divulgação online de forma gratuita. Estou falando de algo totalmente novo, diferente de tudo o que

Leia mais

George Vittorio Szenészi

George Vittorio Szenészi A Semana > Entrevista N Edição: 2173 01.Jul.11-21:00 Atualizado em 07.Jul.11-15:47 George Vittorio Szenészi "Inteligência sem emoção não funciona" O psicoterapeuta diz como a capacidade de lidar bem com

Leia mais

GESTOR DE SEGURANÇA. CBO 2526-05 - Gestor em segurança

GESTOR DE SEGURANÇA. CBO 2526-05 - Gestor em segurança GESTOR DE SEGURANÇA CBO 2526-05 - Gestor em segurança mirianbazote@portseg.com.br Mirian Bazote Graduada em Administração de Empresas Graduada em Direito Pós Graduada em Direito do Trabalho e Previdência

Leia mais

RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS

RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS BRASÍLIA ECHARDT VIEIRA (CENTRO DE ATIVIDADES COMUNITÁRIAS DE SÃO JOÃO DE MERITI - CAC). Resumo Na Baixada Fluminense, uma professora que não está atuando no magistério,

Leia mais

ÍNDICE. Capítulo 1 : O valor da Inovação

ÍNDICE. Capítulo 1 : O valor da Inovação ÍNDICE Capítulo 1 : O valor da Inovação Estamos na era da Inovação A responsabilidade da educação A mudança da cultura Mas o que é inovação? Inovar vale a pena Estudo de caso: TUDO e Itaú: uma parceria

Leia mais

RESOLUÇÃO DE LITÍGIOS

RESOLUÇÃO DE LITÍGIOS EXCELÊNCIA NA RESOLUÇÃO DE LITÍGIOS PARA EMPRESAS DE TI INCUMPRIMENTO CONTRATUAL EM TI Com mais de 15 anos de experiência e uma equipa especializada de gestores de sinistros de empresas de Tecnologias

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO

GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO PMI PULSO DA PROFISSÃO RELATÓRIO DETALHADO GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO Destaques do Estudo As organizações mais bem-sucedidas serão aquelas que encontrarão formas de se diferenciar. As organizações estão

Leia mais

Marketing & Comunicação

Marketing & Comunicação Marketing & Comunicação Fernando Ribeiro Dos Santos, M.Sc. O Palestrante Quem sou? FERNANDO RIBEIRO DOS SANTOS, M.Sc Formação: Graduado em Administração; Pós graduado em Andragogia; Pós graduado em EAD;

Leia mais

1 Dicas para o profissional que vira chefe dos colegas

1 Dicas para o profissional que vira chefe dos colegas 1 Dicas para o profissional que vira chefe dos colegas http://oglobo.globo.com/economia/emprego/dicas-para-profissional-que-vira-chefe-dos-colegas-13653201 Tudo depende da postura pessoal, mas clareza

Leia mais

CADEIA DE DECISÃO NA GESTÃO DE NEGÓCIOS

CADEIA DE DECISÃO NA GESTÃO DE NEGÓCIOS Unidade IV CADEIA DE DECISÃO NA GESTÃO DE NEGÓCIOS Prof. Bernardo Solé Ambiente Recursos Materiais Patrimoniais Financeiros Humanos Tecnológicos Mudanças Desempenho Organizacional Eficiênciaiê i Eficácia

Leia mais