OS QUATRO PAPÉIS DA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS (UM MODELO)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "OS QUATRO PAPÉIS DA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS (UM MODELO)"

Transcrição

1 CRANBERRY TOOLBOX: OS QUATRO PAPÉIS DA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS (UM MODELO) EM POUCAS PALAVRAS A função gestão de pessoas tem hoje de demonstrar a sua contribuição para a criação de valor e para suportar a estratégia da organização. No entanto, as suas responsabilidades operacionais bem como de guardiã da cultura organizacional e da humanização do trabalho não podem ser descuradas. O modelo apresentado define quatro grandes papéis que devem ser assegurados pela gestão de pessoas, cuja eficácia resulta da forma como os equilibra em função das necessidades da organização. O PROBLEMA E O SEU CONTEXTO Uma das ideias mais transformadoras que têm sido avançadas e debatidas no domínio da gestão dos Recursos Humanos (ou da Gestão das Pessoas, como preferimos chamar-lhe na Cranberry ABC) é a que contrapõe a necessidade de esta função de gestão adotar um posicionamento mais estratégico em detrimento das preocupações essencialmente operacionais que têm caraterizado a sua atuação no passado. Ou, por outras palavras, preocupar-se mais com o valor que entrega, e não só com a forma como o faz. Para isso, os proponentes desta idéia defendem que os profissionais e os gestores desta função organizacional têm de aprender a falar a linguagem do negócio, a fim de compreenderem de que forma podem contribuir melhor para a missão da organização e assegurar a sua credibilidade junto dos seus colegas de direção. Numa palavra, ganhar um lugar e uma voz à mesa da estratégia. Seja como for, dizem outros, será sempre necessário assegurar, no domínio da gestão das pessoas, as operações necessárias à execução dessa estratégia: o recrutamento, o processamento das remunerações, o enquadramento das carreiras, a formação, etc. E neste domínio dever-se-á debater também qual o grau de envolvimento relativo dos especialistas de RH e do line management na execução destas operações. Outros ainda recordam o papel indispensável que a função GRH tem tido no domínio da atenção individualizada aos trabalhadores, humanizando os ambientes de trabalho e colmatando as lacunas deixadas por chefias excessivamente orientadas para a tarefa em detrimento das pessoas. A síntese emergente deste debate considera que todas estas questões são preocupações legítimas da gestão de pessoas e devem ser plasmadas em papéis ou responsabilidades específicos. Nesta interpretação, o problema não consiste em optar por um ou outro papel, mas em calibrar cuidadosamente a intensidade de cada um deles de modo a atingir o equilíbrio adequado às necessidades da organização. Rua de Santa Marta 43 E/F 4º D LISBOA Telef.:

2 UM MODELO OPERATIVO A Cranberry ABC recorre a um modelo proposto pelo Corporate Leadership Council para definir e caraterizar os quatro grandes papéis ou domínios de atividade que devem ser assegurados pela função GRH. Centrado na organização Este modelo define uma matriz com quatro quadrantes correspondentes às combinações entre duas variáveis: orientação para o indivíduo vs orientação para a organização reatividade vs proatividade. Gestor de Operações Parceiro Estratégico A cada quadrante corresponde um papel específico (Figura 1): Reativo Proativo QUADRANTE PAPEL DOMÍNIO RESULTADOS Centrado no indivíduo Reativo SOCORRISTA Resolução de problemas Tranquilidade restaurada Socorrista Mediador Relacional Centrado na organização Reativo Centrado no indivíduo Proativo GESTOR DE OPERAÇÕES MEDIADOR RELACIONAL Processos de gestão de pessoas Desenvolvimento e satisfação dos trabalhadores Eficácia e eficiência operacional Força de trabalho empenhada Centrado no indivíduo Figura 1 Centrado na organização Proativo PARCEIRO ESTRATÉGICO Execução da estratégia Alinhamento negócio RH O conteúdo de cada um destes papéis é detalhado nos quadros da página seguinte. 1 Este modelo tem analogias com o inicialmente apresentado por Dave Ulrich no seu livro Human Resource Champions (1997), embora recorra a variáveis diferentes para definir a matriz de papéis. A Cranberry ABC prefere o modelo do CLC devido à sua maior operacionalização. Rua de Santa Marta 43 E/F 4º D LISBOA Telef.:

3 GESTOR DE OPERAÇÕES PARCEIRO ESTRATÉGICO Processar salários Manter o registo dos trabalhadores e os seus processos individuais Assegurar o recrutamento e o onboarding de novos trabalhadores Acompanhar estagiários e assegurar o bom andamento dos estágios Recolher e consolidar as necessidades e organizar programas de formação Intermediar e negociar a mobilidade interna Executar promoções e aumentos (podendo fornecer benchmarks às chefias) Comunicar as políticas de RH e velar pela sua boa execução Assegurar a compliance entre as decisões tomadas e as políticas de RH e a legislação Assegurar o registo e conservação de todas as informações pertinentes Acompanhar o negócio Demonstrar empiricamente (por meio de indicadores apropriados) o contributo da função RH para a criação de valor Participar na previsão das necessidades de RH do negócio: número de trabalhadores, competências necessárias, etc. (strategic workforce planning) Ajudar a identificar os melhores talentos (deteção de futuros líderes, gestão das sucessões) Participar na elaboração de planos de desenvolvimento pessoal (desenvolvimento de futuros líderes, gestão das sucessões) Participar na elaboração de planos de recuperação pessoal para os trabalhadores cujo desempenho se situe sistematicamente abaixo do exigido Opinar sobre a gestão das carreiras dos trabalhadores Prever e levantar antecipadamente as necessidades de formação SOCORRISTA MEDIADOR RELACIONAL Resolver problemas específicos ao nível das unidades orgâncias e dos trabalhadores individuais Mediar conflitos e conduzir ações disciplinares Analisar situações de carreira e de remuneração a pedido da hierarquia Apoiar a resolução de problemas individuais (saúde, família, habitação, endividamento ) Intervir casuisticamente na retenção de trabalhadores (em modo reativo) Conhecer pessoalmente os trabalhadores das pools de talento críticas Acompanhar pessoalmente os trabalhadores com planos de desenvolvimento / planos de recuperação pessoais Consultar e aconselhar as chefias relativamente a casos individuais Ouvir com empatia e atenção os diferentes stakeholders (trabalhadores, hierarquias, colegas, pares, subordinados) Rua de Santa Marta 43 E/F 4º D LISBOA Telef.:

4 APLICAÇÕES PRÁTICAS Gestor de Operações Parceiro Estratégico Este modelo pode ser usado como referencial para analisar o desempenho da função GRH e determinar o peso relativo de cada quadrante nas suas práticas (Figura 2). Esta análise pode ser feita por meio de questionários apropriados ou de métodos baseados na contabilização do tempo e dos recursos investidos nas atividades imputáveis a cada quadrante. Uma vez realizado este diagnóstico, os seus resultados podem ser usados como ponto de partida para um projeto visando alterar o peso relativo dos diferentes papéis, ou num exercício de benchmarking entre diferentes organizações. ALGUMAS CONSIDERAÇÕES Socorrista Figura 2 Mediador Relacional Peso relativo dos quadrantes Vulnerabilidade à externalização Embora seja consensual que as boas práticas implicam um peso significativo do quadrante Parceiro estratégico, não é possível considerar uma determinada distribuição de papéis como boa ou má a priori, uma vez que isso depende das circunstâncias da organização. Uma grande organização, com uma idade que lhe tenha permitido criar, rever e sedimentar muitos dos processos e operações de gestão de pessoas tenderá a exibir um peso acentuado do quadrante Gestor de operações. Pelo contrário, numa start up predominarão muito provavelmente os dois quadrantes da direita, pelo simples efeito da maior proximidade da gestão de topo aos restantes trabalhadores. Sempre em função das circunstâncias da organização, pode ser aconselhável concentrar os recursos em determinadas atividades consideradas estratégicas e nucleares, e externalizar as restantes. Neste caso, as atividades candidatas à externalização são as que correspondem ao quadrante Gestão de Operações. (De resto, como veremos na secção seguinte, estas atividades já estão muitas vezes delegadas isto é externalizadas internamente - em centros de excelência ou núcleos de serviços especializados). Função vs estrutura Importa ter presente que os quadrantes descritos se referem a atribuições da função RH (ou seja, aos processos de gestão das pessoas), que não devem ser confundidos com a estrutura formal (direção, departamento ou outros órgãos especializados) afeta àquela função. Com efeito, os processos de gestão das pessoas requerem a intervenção de muitos agentes para além dos profissionais daquela estrutura, designadamente as chefias (que intervêm na gestão do desempenho e das carreiras, na formação, etc.), pares e outros superiores fora da linha hierárquica (como mentores, coaches, etc.), e os próprios subordinados (por exemplo em processos de avaliação a 360º). Assim, idealmente, a análise do peso relativo de cada quadrante deve ter em conta a atuação de todos estes agentes, e não apenas dos especialistas. Rua de Santa Marta 43 E/F 4º D LISBOA Telef.:

5 INDIVÍDUOS Sistema de informação RH Contact centre ou portal ORGANIZAÇÃO Correção de desequilíbrios ao nível do esforço global Porém, se os trabalhadores dos órgãos especializados e dos restantes intervenientes continuam, em conjunto, a dedicar um tempo excessivo a um determinado quadrante em detrimento de outro, permance a necessidade de corrigir esse desequilíbrio. (Por outras palavras: suponhamos que os especialistas não dedicam praticamente tempo nenhum às atividades de Mediador relacional, nas quais são substituídos pela hierarquia direta de cada colaborador e um corpo de coaches e mentores nomeados de entre os quadros mais seniores; isto tem como consequência, no entanto, que as hierarquias diretas dediquem um tempo demasiado escasso à discussão das questões correspondentes ao quadrante Parceiro estratégico ; em conclusão, numa ótica global, este quadrante está a merecer pouca atenção, e este desequilíbrio deve ser corrigido reorientando para ele parte da atividade das chefias.) IMPACTO SOBRE A ARQUITETURA ORGANIZACIONAL Este referencial dos papéis e atribuições da função RH surge frequentemente associado a uma arquitetura específica órgão especializado correspondente, que consiste na articulação entre um centro de serviços especializados atuando como fábrica de produtos de gestão de pessoas e um corpo de HR Business Partners responsáveis pela ligação com o line management e as necessidades do negócio (Figura 3). Nesta solução estrutural, as atribuições dos HR Business Partners correspondem essencialmente aos quadrantes Parceiro Estratégico e Mediador Relacional, enquanto o centro de serviços concentra em si a Gestão de Operações, de maneira a aproveitar os benefícios de escala e de gama que as suas especializaçes lhe permitem. CENTRO DE SERVIÇOS Gestão de carreiras Formação Gestão do desempenho Prémios e recompensas Remuneração e regalias Recrutamento Relações laborais Payroll HR BUSINESS PARTNER HR BUSINESS PARTNERSHIP Visão integrada do negócio (domínio do business model) Estratégia de capital humano Diagnóstco de necessidades Strategic workforce planning Gestão da mudança Business analytics PROCESSOS ESTRATÉGIA Socorrista : reduzir passando a proativo GESTÃO ESTRATÉGICA DO TALENTO Intervenção direta Apoio à hierarquia Figura 3 Rua de Santa Marta 43 E/F 4º D LISBOA Telef.:

6 BIBLIOGRAFIA A Cranberry ABC tem experiência em projetos de diagnóstico e reorganização da função RH e da arquitetura organizacional correspondente. Consulte-nos! Corporate Leadership Council. HRBP Competency Model series. Washington, DC: Corporate Executive Board Hunter, Ian et Al (2006). HR Business Partners. Farnham: Gower Publishing Ltd. Ulrich, Dave (1997). Human Resource Champions: The Next Agenda for Adding Value and Delivering Results. Boston, MA: Harvard Business School Press. Para esclarecimentos adicionais, contactar por favor João Paulo Feijoo Rua de Santa Marta, 43 E/F 4º andar D Lisboa (w) (w) (m) Rua de Santa Marta 43 E/F 4º D LISBOA Telef.:

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Projeto Saber Contábil O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Alessandra Mercante Programa Apresentar a relação da Gestão de pessoas com as estratégias organizacionais,

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 HUMAN RESOURCES Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores perfis qualificados,

Leia mais

(In)certezas e desafios na Gestão de Pessoas

(In)certezas e desafios na Gestão de Pessoas (In)certezas e desafios na Gestão de Pessoas As novas formas de organização do trabalho desafiam a gestão de recursos humanos (GRH) a reinventar os seus modelos e a integrar no seu portefólio ferramentas

Leia mais

31 descobertas sobre liderança

31 descobertas sobre liderança ALTA GERÊNCIA 31 descobertas sobre liderança Estudo Leadership Forecast 2005-2006, realizado pela firma de consultoria Development Dimensions International (DDI), buscou analisar como são percebidas em

Leia mais

Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade

Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade As empresas têm passado por grandes transformações, com isso, o RH também precisa inovar para suportar os negócios

Leia mais

Desenvolvimento conceptual. 1.1. História e desenvolvimento conceptual 25

Desenvolvimento conceptual. 1.1. História e desenvolvimento conceptual 25 Índice ÍNDICE DE FIGURAS E TABELAS 13 PREFÁCIO 17 INTRODUÇÃO 19 Parte 1 Desenvolvimento conceptual CAPÍTULO 1 Gestão por competências 1.1. História e desenvolvimento conceptual 25 1.1.1. Operacionalização

Leia mais

HR Strategic Delivery Model HR as a strategic partner

HR Strategic Delivery Model HR as a strategic partner www.pwc.pt/academy HR Strategic Delivery Model HR as a strategic partner Lisboa, 21 e 22 de março de 2013 Academia da PwC Um curso onde irá conhecer os desafios da função de RH e como se posicionar como

Leia mais

Política Corporativa Setembro 2012. Política de Recursos Humanos da Nestlé

Política Corporativa Setembro 2012. Política de Recursos Humanos da Nestlé Política Corporativa Setembro 2012 Política de Recursos Humanos da Nestlé Autoria/Departamento Emissor Recursos Humanos Público-Alvo Todos os Colaboradores Aprovação Concelho Executivo, Nestlé S.A. Repositório

Leia mais

5. Tendências na Gestão de Pessoas *

5. Tendências na Gestão de Pessoas * 5. Tendências na Gestão de Pessoas * Trabalho há mais de dez anos como coach e consultora de desenvolvimento humano e organizacional. Minha formação acadêmica é em Engenharia Eletrônica, e antes da grande

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Pessoas e Liderança

Especialização em Gestão Estratégica de Pessoas e Liderança Especialização em Gestão Estratégica de Pessoas e Liderança Apresentação CAMPUS IGUATEMI Inscrições em Breve Turma 02 --> *Alunos matriculados após o início das aulas poderão cursar as disciplinas já realizadas,

Leia mais

Indicadores e metricas na gestao de RH

Indicadores e metricas na gestao de RH www.pwc.com Indicadores e metricas na gestao de RH Novembro de 2015 Sejam bem-vindos! 2 Sobre a 3 People & Organization Consulting Soluções inovadoras para negócios em constante transformação http://www.pwc.com.br/

Leia mais

business case financial services seguros

business case financial services seguros business case financial services seguros Empresa Instituição Seguradora Enquadramento O setor segurador em Portugal enfrenta, atualmente, importantes desafios. Estes, colocam estas empresas numa posição

Leia mais

Como calcular o número necessário de servidores? E QUANDO O PROCESSO DE TRABALHO NÃO É QUANTIFICÁVEL COM FACILIDADE? ALTERNATIVA 2 Uma possibilidade para transpor essa restrição seria a utilização de um

Leia mais

Política de Recursos Humanos do Grupo Schindler

Política de Recursos Humanos do Grupo Schindler Política de Recursos Humanos do Grupo Schindler 2 Introdução A política corporativa de RH da Schindler define as estratégias relacionadas às ações para com seus colaboradores; baseia-se na Missão e nos

Leia mais

www.pwc.com Os Avanços da Gestão Pública no Brasil Os Desafios para a Gestão de Pessoas Novembro de 2011

www.pwc.com Os Avanços da Gestão Pública no Brasil Os Desafios para a Gestão de Pessoas Novembro de 2011 www.pwc.com Os Avanços da Gestão Pública no Brasil Os Desafios para a Gestão de Pessoas Novembro de 2011 Agenda 1. Demanda por profissionais e a estratégia de gestão de pessoas 2. Gestão de pessoas tendências

Leia mais

Gestão de Recursos Humanos e Contratualização. Nelson Marconi

Gestão de Recursos Humanos e Contratualização. Nelson Marconi Gestão de Recursos Humanos e Contratualização Nelson Marconi Estágios das Políticas de Recursos Humanos 1º estágio: controles e ajuste das despesas 2º estágio: definição de políticas consistentes porém

Leia mais

Alimentamos Resultados

Alimentamos Resultados Alimentamos Resultados www..pt Somos uma equipa que defende que cada empresa é única, tem as suas características e necessidades e por isso cada projeto é elaborado especificamente para cada cliente. Feed

Leia mais

As Novas Competências de RH: Parceria de Negócios de Fora para Dentro

As Novas Competências de RH: Parceria de Negócios de Fora para Dentro As Novas Competências de RH: Parceria de Negócios de Fora para Dentro DAVE ULRICH, JON YOUNGER, WAYNE BROCKBANK E MIKE ULRICH Qualquer bom profissional de RH quer ser melhor. Isto começa com um desejo

Leia mais

Porque Educação Executiva Insper

Porque Educação Executiva Insper 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

O DESAFIO DOS EXECUTIVOS

O DESAFIO DOS EXECUTIVOS COACHING EXECUTIVO O DESAFIO DOS EXECUTIVOS Os executivos das empresas estão sujeitos a pressões crescentes para entregarem mais e melhores resultados, liderando as suas organizações através de mudanças

Leia mais

GLOSSÁRIO. Atividade: ação, em geral repetitiva, que permite gerar um determinado produto (bens e serviços), estendendo-se por tempo indeterminado.

GLOSSÁRIO. Atividade: ação, em geral repetitiva, que permite gerar um determinado produto (bens e serviços), estendendo-se por tempo indeterminado. GLOSSÁRIO Accountability: obrigação de prestar contas. Responsabilização. Envolve não apenas a transparência dos processos como também a definição de responsabilidades e identificação dos responsáveis.

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 SECRETARIAL & MANAGEMENT SUPPORT Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores

Leia mais

RECURSOS HUMANOS. Gestão Estratégica de. RH Management Series. www.iirangola.com LUANDA. Planificação Estratégica de Recursos Humanos

RECURSOS HUMANOS. Gestão Estratégica de. RH Management Series. www.iirangola.com LUANDA. Planificação Estratégica de Recursos Humanos RH Management Series Advanced Training for Strategic Advantage CICLO DE FORMAÇÃO EM Gestão Estratégica de RECURSOS HUMANOS Planificação Estratégica de Recursos s SEMINÁRIO Recrutamento, Selecção & Entrevista

Leia mais

GeADAP. Avaliação de Desempenho dos Serviços e Servidores Públicos

GeADAP. Avaliação de Desempenho dos Serviços e Servidores Públicos Avaliação de Desempenho dos Serviços e Servidores Públicos Praia, 1 e 2 de Dezembro de 2011 Desempenho Os Serviços Públicos, como qualquer outra atividade humana, procuram sempre melhorar o seu desempenho

Leia mais

+1000 CLIENTES ESPECIALIZADAS

+1000 CLIENTES ESPECIALIZADAS +7.000 PROJETOS +4.000 CONTRATAÇÕES EQUIPES +1000 CLIENTES ESPECIALIZADAS O Brasil de hoje Impactos no mercado de trabalho nacional e local 12 ESCRITÓRIOS BENS DE CONSUMO MERCADO FINANCEIRO INDÚSTRIA INFRAESTRUTURA

Leia mais

OFERTA FORMATIVA 2014/2015. Especial Administração Pública. 1ª Empresa Acreditada em Formação Profissional em Cabo Verde

OFERTA FORMATIVA 2014/2015. Especial Administração Pública. 1ª Empresa Acreditada em Formação Profissional em Cabo Verde OFERTA FORMATIVA 2014/2015 Especial Administração Pública 1ª Empresa Acreditada em Formação Profissional em Cabo Verde www. leaderconsulting.info Maputo, Moçambique. Cidade da Praia, Cabo Verde OFERTA

Leia mais

Advisory Human Capital & Tax Services Family Business. Pensar a Família, Pensar o Negócio

Advisory Human Capital & Tax Services Family Business. Pensar a Família, Pensar o Negócio Advisory Human Capital & Tax Services Family Business Pensar a Família, Pensar o Negócio Realidade das Empresas Familiares Na PricewaterhouseCoopers há muito que reconhecemos nas empresas familiares um

Leia mais

Profissionais que pretendam adquirir conhecimentos, técnicas e metodologias, ao nível da comunicação online, através de um website.

Profissionais que pretendam adquirir conhecimentos, técnicas e metodologias, ao nível da comunicação online, através de um website. marketing e comunicação SITE E IMAGEM INSTITUCIONAL Profissionais que pretendam adquirir conhecimentos, técnicas e metodologias, ao nível da comunicação online, através de um website. Entender o enquadramento

Leia mais

ACEF/1213/23052 Relatório preliminar da CAE

ACEF/1213/23052 Relatório preliminar da CAE ACEF/1213/23052 Relatório preliminar da CAE Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de Ensino Superior / Entidade Instituidora: ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec de São José do Rio Pardo Código: 150 Município: São José do Rio Pardo Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: técnica de Nível

Leia mais

Descubra o que fazemos

Descubra o que fazemos Descubra o que fazemos Coaching Coaching Considerada uma das ferramentas mais eficazes no treino e desenvolvimento de competências, o Coaching ajuda as Empresas e Pessoas a alcançar os seus objetivos,

Leia mais

Descubra o que fazemos

Descubra o que fazemos Descubra o que fazemos Coaching Coaching - Programa de Treino de Líderes - Considerada uma das ferramentas mais eficazes no treino e desenvolvimento de competências, o Coaching ajuda as Empresas e Pessoas

Leia mais

Horton International Brasil Al. dos Maracatins, 992-A 11º andar, conj. 111 e 112 04089-001 São Paulo SP Tel: (+55 11) 5533-0322 www.horton.com.

Horton International Brasil Al. dos Maracatins, 992-A 11º andar, conj. 111 e 112 04089-001 São Paulo SP Tel: (+55 11) 5533-0322 www.horton.com. HORTON INTERNATIONAL EXECUTIVE SEARCH MANAGEMENT CONSULTANTS Horton International Brasil Al. dos Maracatins, 992-A 11º andar, conj. 111 e 112 04089-001 São Paulo SP Tel: (+55 11) 5533-0322 www.horton.com.br

Leia mais

SOLMIX Consultoria Empresarial - Fone: 011 99487 7751

SOLMIX Consultoria Empresarial - Fone: 011 99487 7751 Objetivos Nosso Objetivo é Colocar a disposição das empresas, toda nossa Experiência Profissional e metodologia moderna, dinâmica e participativa, para detectar as causas sintomáticas e seus efeitos. Realizar

Leia mais

O PROBLEMA E O SEU CONTEXTO

O PROBLEMA E O SEU CONTEXTO CRANBERRY TOOLBOX: LIDERANÇA SITUACIONAL (HERSEY E BLANCHARD) EM POUCAS PALAVRAS A teoria da Liderança Situacional baseia-se no princípio de que não há comportamentos por parte do líder que sejam intrinsecamente

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Profª Sandra Regina da Rocha-Pinto /Profª. Lea Mara BeenattiAssaid

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Profª Sandra Regina da Rocha-Pinto /Profª. Lea Mara BeenattiAssaid 1 Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Profª Sandra Regina da Rocha-Pinto /Profª. Lea Mara BeenattiAssaid Currículos Resumidos: Autor Hannah Cláudia Neves de Andrade Graduada em Administração

Leia mais

O futuro da área de finanças Uma visão a ser compartilhada. CFO Program

O futuro da área de finanças Uma visão a ser compartilhada. CFO Program O futuro da área de finanças Uma visão a ser compartilhada CFO Program O futuro da área de finanças Temos o orgulho de compartilhar com vocês nossa visão de como será a área de finanças no futuro. Esta

Leia mais

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br Prezado(a) Sr.(a.) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso de

Leia mais

INDICADORES, MÉTRICAS E RESULTADOS DE RH, NA PRÁTICA. Cleidimar Alvarenga. Agenda

INDICADORES, MÉTRICAS E RESULTADOS DE RH, NA PRÁTICA. Cleidimar Alvarenga. Agenda INDICADORES, MÉTRICAS E RESULTADOS DE RH, NA PRÁTICA Cleidimar Alvarenga Agenda Como desdobrar o planejamento estratégico em ações concretas de RH e em Indicadores Indicadores e Métricas para RH que contribuem

Leia mais

Gestão de Recursos Humanos

Gestão de Recursos Humanos Mestrado em Gestão de Empresas Gestão de Recursos Humanos Alexandra Costa Helena Martins Conteúdos da Unidade Curricular Ciclo da GRH Planeamento RH e Gestão Carreiras Definição e Análise de Funções Recrutamento

Leia mais

business case construção

business case construção business case construção Empresa Multinacional na Área da Construção Enquadramento O setor da Construção em Portugal enfrenta, atualmente, importantes desafios. Estes colocam as empresas deste setor numa

Leia mais

Prémio Desenvolvimento Sustentável

Prémio Desenvolvimento Sustentável Prémio Desenvolvimento Sustentável 1 Prémio Desenvolvimento Sustentável A noção de que o desenvolvimento sustentável é um investimento a longo prazo, com vista à criação de valor para os stakeholders através

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Área de conhecimento: Gestão e Negócios Componente Curricular: Gestão de Pessoas III Série:III

Leia mais

um RH estratégico para hoje e para o futuro Construindo

um RH estratégico para hoje e para o futuro Construindo Construindo um RH estratégico para hoje e para o futuro ado o crescente foco executivo no capital humano, o RH tem uma oportunidade sem precedentes de se posicionar como um verdadeiro parceiro estratégico

Leia mais

PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS DOCENTES

PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS DOCENTES PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS DOCENTES DEZEMBRO/2009 FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONSENHOR MESSIAS Presidente : Adélio Araujo de Faria Vice- presidente : Dirceu José Rocha 1ª Secretário : Euza Mércia Araujo Drummond

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno

MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno Apresentação CAMPUS STIEP Inscrições Abertas Turma 12 (Noturno) -->Últimas Vagas até o dia 27/05/2013 CAMPUS IGUATEMI Turma 13

Leia mais

POLÍTICA DE GESTÃO DE CARGOS E SALÁRIOS

POLÍTICA DE GESTÃO DE CARGOS E SALÁRIOS POLÍTICA DE GESTÃO DE CARGOS E SALÁRIOS I. Introdução Este Manual de Gestão de Cargos e Salários contempla todas as Áreas e Equipamentos da POIESIS e visa a orientar todos os níveis de gestão, quanto às

Leia mais

1 Apresentação GESTÃO POR COMPETÊNCIAS. Tudo a ver com as minhas Competências. Opção. Powerpoint. Emanuel Sousa 20 de Outubro de 2015

1 Apresentação GESTÃO POR COMPETÊNCIAS. Tudo a ver com as minhas Competências. Opção. Powerpoint. Emanuel Sousa 20 de Outubro de 2015 1 Apresentação GESTÃO POR COMPETÊNCIAS Emanuel Sousa 20 de Outubro de 2015 Opção Tudo a ver com as minhas Competências. Apresentação Imp. 24/0 leaderconsulting.info 2 Apresentação O que é a Gestão por

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

Consultoria em Gestão de Recursos Humanos

Consultoria em Gestão de Recursos Humanos Consultoria em Gestão de Recursos Humanos The conventional definition of management is getting work done through people, but real management is developing people through work. Agha Hasan Abedi Lisboa,

Leia mais

1 Introdução 1.1. Problema de Pesquisa

1 Introdução 1.1. Problema de Pesquisa 1 Introdução 1.1. Problema de Pesquisa A motivação, satisfação e insatisfação no trabalho têm sido alvo de estudos e pesquisas de teóricos das mais variadas correntes ao longo do século XX. Saber o que

Leia mais

Gestão de Pessoas em 2015 : Desafios e Tendências Luis Saverio

Gestão de Pessoas em 2015 : Desafios e Tendências Luis Saverio Gestão de Pessoas em 2015 : Desafios e Tendências Luis Saverio CEO - Business Partners Consulting luis.saveiro@businesspartners.com.br Agenda 1. Os Principais Desafios do RH a) Gerenciar Talentos b) Aprendizado

Leia mais

Referencial técnico-pedagógico da intervenção

Referencial técnico-pedagógico da intervenção Referencial técnico-pedagógico da intervenção De seguida explicitamos os referenciais técnico-pedagógicos das fases do MOVE-PME que carecem de uma sistematização constituindo factores de diferenciação

Leia mais

Quais são os objetivos dessa Política?

Quais são os objetivos dessa Política? A Conab possui uma Política de Gestão de Desempenho que define procedimentos e regulamenta a prática de avaliação de desempenho dos seus empregados, baseada num Sistema de Gestão de Competências. Esse

Leia mais

Conceito O2. O futuro tem muitos nomes. Para a Conceito O2 é Coaching. Sinta uma lufada de ar fresco. :!:!: em foco

Conceito O2. O futuro tem muitos nomes. Para a Conceito O2 é Coaching. Sinta uma lufada de ar fresco. :!:!: em foco :!:!: em foco Conceito O2 Sinta uma lufada de ar fresco Executive Coaching Através do processo de Executive Coaching a Conceito O2 realiza um acompanhamento personalizado dos seus Clientes com objectivo

Leia mais

Position Paper. As Melhores Práticas Globais no Desenvolvimento de Trainees e Jovens Talentos. Edição Nº1. www.ipledu.com +55 11 2364 9355

Position Paper. As Melhores Práticas Globais no Desenvolvimento de Trainees e Jovens Talentos. Edição Nº1. www.ipledu.com +55 11 2364 9355 Position Paper Edição Nº As Melhores Práticas Globais no Desenvolvimento de Trainees e Jovens Talentos www.ipledu.com +55 64 955 O ipl Institute of Performance and Leadership é uma empresa especializada

Leia mais

A importância do RH na empresa

A importância do RH na empresa A importância do RH na empresa O modo pelo qual seus funcionários se sentem é o modo pelo qual os seus clientes irão se sentir." Karl Albrecht Infelizmente, muitas empresas ainda simplificam o RH à função

Leia mais

Evento técnico mensal

Evento técnico mensal Evento técnico mensal GERENCIAMENTO DE CARREIRA PARA O SUCESSO DO GESTOR DE PROJETOS Fernanda Schröder Gonçalves Organização Apoio 1 de xx APRESENTAÇÃO Fernanda Schröder Gonçalves Coordenadora do Ibmec

Leia mais

Business & Executive Coaching - BEC

Business & Executive Coaching - BEC IAC International Association of Coaching Empresas são Resultados de Pessoas José Roberto Marques - JRM O Atual Cenário no Mundo dos Negócios O mundo dos negócios está cada vez mais competitivo, nesse

Leia mais

ISO 26000: Diretrizes sobre Responsabilidade Social

ISO 26000: Diretrizes sobre Responsabilidade Social ISO 26000: Diretrizes sobre Responsabilidade Social Características essenciais de Responsabilidade Social Incorporação por parte da organização de considerações sociais e ambientais nas suas decisões tornando-se

Leia mais

Disciplinas Liderança Organizacional Inteligência de Execução Produtividade em Gestão

Disciplinas Liderança Organizacional Inteligência de Execução Produtividade em Gestão Disciplinas Liderança Organizacional O processo de formação e desenvolvimento de líderes. Experiências com aprendizagem ativa focalizando os conceitos e fundamentos da liderança. Liderança compartilhada.

Leia mais

MBA Executivo em Gestão de Pessoas

MBA Executivo em Gestão de Pessoas ISCTE BUSINESS SCHOOL INDEG_GRADUATE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA Executivo em Gestão de Pessoas www.strong.com.br/alphaville - www.strong.com.br/osasco - PABX: (11) 3711-1000 MBA

Leia mais

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Comunicação empresarial eficiente: Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Sumário 01 Introdução 02 02 03 A comunicação dentro das empresas nos dias de hoje Como garantir uma comunicação

Leia mais

Jargões Corporativos: Mas que Língua é Essa?

Jargões Corporativos: Mas que Língua é Essa? Jargões Corporativos: Mas que Língua é Essa? Maria Amélia Vargas De repente, seu chefe passa a falar coisas incompreensíveis, termos que você nunca ouviu antes. A moda nas empresas é falar de um jeito

Leia mais

Por que ouvir a sua voz é tão importante?

Por que ouvir a sua voz é tão importante? RESULTADOS Por que ouvir a sua voz é tão importante? Visão Tokio Marine Ser escolhida pelos Corretores e Assessorias como a melhor Seguradora pela transparência, simplicidade e excelência em oferecer soluções,

Leia mais

Relatório de atividades do Conselho Geral

Relatório de atividades do Conselho Geral ESCOLA SECUNDÁRIA DA RAMADA Relatório de atividades do Conselho Geral ESCOLA SECUNDÁRIA DA RAMADA Uma Educação de Qualidade para Construir o Futuro 2009/2011 RELATÓRIO DE ATIVIDADES DO CONSELHO GERAL (2009-2011)

Leia mais

Gestão de Equipas. Lisboa, 11 e 18 de abril de 2013. www.pwc.pt/academy. Academia da PwC

Gestão de Equipas. Lisboa, 11 e 18 de abril de 2013. www.pwc.pt/academy. Academia da PwC www.pwc.pt/academy Gestão de Equipas Lisboa, 11 e 18 de abril de 2013 Academia da PwC O sucesso das organizações depende cada vez mais de equipas de alto desempenho. Venha conhecer connosco as melhores

Leia mais

MINI MBA EM GESTÃO. Luanda UMA OPORTUNIDADE QUE RESULTARÁ NUM NOVO IMPULSO PARA A SUA EMPRESA

MINI MBA EM GESTÃO. Luanda UMA OPORTUNIDADE QUE RESULTARÁ NUM NOVO IMPULSO PARA A SUA EMPRESA MINI Luanda 6ª Edição MBA EM UMA OPORTUNIDADE QUE RESULTARÁ NUM NOVO IMPULSO PARA A SUA EMPRESA GESTÃO MINI MBA EM GESTÃO Um programa conciso e único Na linha das anteriores edições, merecedoras de Novas

Leia mais

Uma nova forma de pensar a gestão de capital humano Fevereiro 2014

Uma nova forma de pensar a gestão de capital humano Fevereiro 2014 10Minutos Gestão de pessoas HR Analytics Uma nova forma de pensar a gestão de capital humano Fevereiro 2014 Destaques Menos de 30% dos CEOs recebem relatórios completos e confiáveis sobre sua força de

Leia mais

NOSSO OBJETIVO. GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização

NOSSO OBJETIVO. GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização NOSSO OBJETIVO GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização RHUMO CONSULTORIA EMPRESARIAL Oferecer soluções viáveis em tempo hábil e com qualidade. Essa é a receita que a

Leia mais

BRASIL 2015 PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO EM GESTÃO DO CAPITAL HUMANO

BRASIL 2015 PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO EM GESTÃO DO CAPITAL HUMANO BRASIL 2015 PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO EM GESTÃO DO CAPITAL HUMANO APRENDA, PRATIQUE E DESENVOLVA-SE COM O MERCER COLLEGE VISÃO GERAL OBJETIVOS Os objetivos do Mercer College, Programa de Desenvolvimento

Leia mais

Recomendações. www.bportugal.pt

Recomendações. www.bportugal.pt Comunicado do Banco de Portugal: Recomendações do Grupo de Trabalho sobre os Modelos e as Práticas de Governo, de Controlo e de Auditoria das Instituições Financeiras Na sequência do processo que conduziu

Leia mais

A PEOPLE RIGHT CONSULTING:

A PEOPLE RIGHT CONSULTING: A PEOPLE RIGHT CONSULTING: A People Right Consulting foi criada com o propósito de atuar de forma diferenciada no mercado de recrutamento e seleção de profissionais e executivos de média e alta gerência,

Leia mais

Carreira: definição de papéis e comparação de modelos

Carreira: definição de papéis e comparação de modelos 1 Carreira: definição de papéis e comparação de modelos Renato Beschizza Economista e especialista em estruturas organizacionais e carreiras Consultor da AB Consultores Associados Ltda. renato@abconsultores.com.br

Leia mais

Master in Management for Human Resources Professionals

Master in Management for Human Resources Professionals Master in Management for Human Resources Professionals Em colaboração com: Master in Management for Human Resources Professionals Em colaboração com APG Um dos principais objectivos da Associação Portuguesa

Leia mais

Onda do RH. Como não deixar passar esse momento. 07 de Maio de 2009. Rolando Pelliccia

Onda do RH. Como não deixar passar esse momento. 07 de Maio de 2009. Rolando Pelliccia Onda do RH Como não deixar passar esse momento Rolando Pelliccia 07 de Maio de 2009 Hay Group é uma empresa global de consultoria em gestão, que trabalha com líderes para transformar estratégias em realidade

Leia mais

UWU CONSULTING - DESCUBRA 10 RAZÕES PORQUE O OUTSOURCING TORNA A SUA EMPRESA MAIS COMPETITIVA 2

UWU CONSULTING - DESCUBRA 10 RAZÕES PORQUE O OUTSOURCING TORNA A SUA EMPRESA MAIS COMPETITIVA 2 UWU CONSULTING - DESCUBRA 10 RAZÕES PORQUE O OUTSOURCING TORNA A SUA EMPRESA MAIS COMPETITIVA 2 INDICE 04 O que é o Outsourcing? 09 Como o implementá-lo na sua empresa 11 Vantagens e desvantagens 13 Conclusão

Leia mais

Projeto de Ações de Melhoria

Projeto de Ações de Melhoria DIREÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DE LISBOA E VALE DO TEJO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALVES REDOL, VILA FRANCA DE XIRA- 170 770 SEDE: ESCOLA SECUNDÁRIA DE ALVES REDOL 400 014 Projeto de Ações de Melhoria 2012/2013

Leia mais

1. COORDENAÇÃO ACADÊMICA Profª. ANA LÍGIA NUNES FINAMOR Doutora - Universidade de Leon Espanha Mestre - Universidade do Estado de Santa Catarina

1. COORDENAÇÃO ACADÊMICA Profª. ANA LÍGIA NUNES FINAMOR Doutora - Universidade de Leon Espanha Mestre - Universidade do Estado de Santa Catarina 1. COORDENAÇÃO ACADÊMICA Profª. ANA LÍGIA NUNES FINAMOR Doutora - Universidade de Leon Espanha Mestre - Universidade do Estado de Santa Catarina SIGA: TMBAGEP*14/05 2. FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS É uma instituição

Leia mais

Desenvolvimento Humano

Desenvolvimento Humano ASSESSORIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Desenvolvimento Humano ADVISORY Os desafios transformam-se em fatores motivacionais quando os profissionais se sentem bem preparados para enfrentá-los. E uma equipe

Leia mais

A FUNÇÃO CONTROLE. Orientação do controle

A FUNÇÃO CONTROLE. Orientação do controle A FUNÇÃO CONTROLE O controle é a ultima função da administração a ser analisadas e diz respeito aos esforços exercidos para gerar e usar informações relativas a execução das atividades nas organizações

Leia mais

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais. www.vantagem.com PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais. www.vantagem.com PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL PLANO DE CURSO PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL Formação para Profissionais + 2.000 Cursos Disponíveis A Melhor e Maior Oferta de Formação em Portugal + 1.300 Cursos na

Leia mais

PORTIFÓLIO DE CONSULTORIA E ASSESSORIA

PORTIFÓLIO DE CONSULTORIA E ASSESSORIA PORTIFÓLIO DE CONSULTORIA E ASSESSORIA SUMÁRIO DE PROJETOS WORKFLOW... 03 ALINHAMENTO ESTRATÉGICO... 04 IDENTIDADE CORPORATIVA... 04 GESTÃO DE COMPETÊNCIAS... 05 TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO... 05 REMUNERAÇÃO...

Leia mais

ARTIGO: Gestão de recursos humanos, desenvolvimento profissional e coaching Uma perspetiva integrada

ARTIGO: Gestão de recursos humanos, desenvolvimento profissional e coaching Uma perspetiva integrada ARTIGO: Gestão de recursos humanos, desenvolvimento profissional e coaching Uma perspetiva integrada Os desafios colocados aos gestores de recursos humanos 1. A gestão de recursos humanos e o coaching

Leia mais

Business & Executive Coaching - BEC

Business & Executive Coaching - BEC IAC International Association of Coaching Empresas são Resultados de Pessoas José Roberto Marques - JRM O Novo Cenário no Mundo dos Negócios O mundo dos negócios está cada vez mais competitivo e as empresas

Leia mais

M.Sc Angela Abdo Campos Ferreira

M.Sc Angela Abdo Campos Ferreira Nossa Missão Atrair o Talento certo para a Empresa M.Sc Angela Abdo Campos Ferreira GESTÃO DE PESSOAS Gestão Liderança + Administrativo Para se tornar um excelente gestor Para se tornar um excelente gestor

Leia mais

Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você.

Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você. Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você. A HR Academy e a NextView realizaram uma pesquisa focada em geração y, com executivos de RH das principais

Leia mais

Social Origins of Good Ideas

Social Origins of Good Ideas Social Origins of Good Ideas Ronald S. Burt Sara Duarte Redes Sociais Online ISCTE IUL Maio 2013 Ronald S. Burt Professor de sociologia e estratégia na University of Chicago Graduate School of Business;

Leia mais

LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO

LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO INTRODUÇÃO O setor de RH deve ser extinto. Ram Charan em artigo na Harvard Business Review Você concorda? OBJETIVOS DESTE WORKSHOP

Leia mais

CTSP e Pós-Graduações THE MARKETING SCHOOL. porto. aveiro. lisboa

CTSP e Pós-Graduações THE MARKETING SCHOOL. porto. aveiro. lisboa CTSP e Pós-Graduações THE MARKETING SCHOOL porto. aveiro. lisboa LICENCIATURA & MESTRADO THE MARKETING SCHOOL Somos uma escola vocacionada essencialmente para as empresas e mercados. Queremos qualificar

Leia mais

De Boas Ideias para Uma Gestão Baseada em Processos

De Boas Ideias para Uma Gestão Baseada em Processos De Boas Ideias para Uma Gestão Baseada em Processos O que você vai mudar em sua forma de atuação a partir do que viu hoje? Como Transformar o Conteúdo Aprendido Neste Seminário em Ação! O que debatemos

Leia mais

IBMEC Jr. Consultoria. A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho

IBMEC Jr. Consultoria. A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho IBMEC Jr. Consultoria A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho O mercado de trabalho que nos espera não é o mesmo dos nossos pais... ... ele mudou! As mudanças Certeza Incerteza Real Virtual

Leia mais

Rotinas de DP- Professor: Robson Soares

Rotinas de DP- Professor: Robson Soares Rotinas de DP- Professor: Robson Soares Capítulo 2 Conceitos de Gestão de Pessoas - Conceitos de Gestão de Pessoas e seus objetivos Neste capítulo serão apresentados os conceitos básicos sobre a Gestão

Leia mais

PLANO DE CARGOS & SALÁRIOS UNIMED ANÁPOLIS

PLANO DE CARGOS & SALÁRIOS UNIMED ANÁPOLIS PLANO DE CARGOS & SALÁRIOS UNIMED ANÁPOLIS 1 ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 02 1 OBJETIVO DO MANUAL... 03 2 CONCEITOS UTILIZADOS... 04 3 POLÍTICA DE CARGOS E SALÁRIOS... 06 4 POLÍTICA DE CARREIRA... 07 5 AVALIAÇÃO

Leia mais

ATO NORMATIVO Nº 006 /2007

ATO NORMATIVO Nº 006 /2007 ATO NORMATIVO Nº 006 /2007 Dispõe sobre os cargos em comissão do Ministério Público do Estado da Bahia, e dá outras providências. O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA, no uso das atribuições

Leia mais

FÓRUM EMPRESAS PARA A IGUALDADE. Síntese de Medidas

FÓRUM EMPRESAS PARA A IGUALDADE. Síntese de Medidas FÓRUM EMPRESAS PARA A IGUALDADE Síntese de Medidas Em 2014 foram 138 as medidas propostas pelas 31 empresas. São consideradas as medidas das 10 novas empresas aderentes bem como as medidas propostas para

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 FINANCE Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores perfis qualificados, sendo

Leia mais

Planejamento de Recursos Humanos

Planejamento de Recursos Humanos UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Faculdade de Filosofia e Ciências Câmpus de Marília Departamento de Ciência da Informação Planejamento de Recursos Humanos Profa. Marta Valentim Marília 2014 As organizações

Leia mais

POWER-RH. organizacional e individual - OS NOSSOS SERVIÇOS

POWER-RH. organizacional e individual - OS NOSSOS SERVIÇOS POWER-RH Gestão estratégica a de mudança organizacional e individual - OS NOSSOS SERVIÇOS PARA EMPRESAS - A Power-rh Somos peritos em gestão estratégica de mudança organizacional e desenvolvimento humano.

Leia mais