A indústria da construção e o desenvolvimento sustentável. The Construction Sector and Sustainable Development

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A indústria da construção e o desenvolvimento sustentável. The Construction Sector and Sustainable Development"

Transcrição

1 A indústria da construção e o desenvolvimento sustentável The Construction Sector and Sustainable Development

2 Apresentação A Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, Rio + 20, constitui-se em oportunidade única para o setor da construção apresentar, com responsabilidade e ousadia, soluções inovadoras para um futuro diferente e melhor. Introduction The United Nations Conference on Sustainable Development, Rio + 20, will provide the construction sector with a singular opportunity to forge a responsible and bold path forward, laying out innovative solutions toward a new and brighter future. Afinal, o setor da construção e sua imensa cadeia produtiva, estão na base do desenvolvimento e influenciam fortemente a evolução dos espaços urbanos, das edificações e da infraestrutura em todos os países. The construction sector and its extensive supply chain, after all, are a foundational component of the development process, with a major impact on urban spaces, buildings, and infrastructure worldwide. No cenário atual, é evidente o impacto significativo do setor da construção sobre o meio ambiente, com grandes reflexos para as cidades, principalmente durante a fase de utilização da infraestrutura, dos edifícios e dos espaços urbanos. In the current setting, the global construction industry has an unquestionable influence on the environment, with significant effects for urban areas, primarily in the utilization phase of infrastructure, buildings, and urban spaces. As cidades, que hoje concentram cerca da metade da população mundial, respondem por quase 2/3 do consumo de energia global aproximadamente Mtoe em Os habitantes dos centros urbanos consomem hoje, em relação à média mundial, mais carvão, gás e eletricidade, porém um volume menor de petróleo. Com o aumento da urbanização até 2030, prevê-se que o consumo de energia nas cidades passe para Mtoe. Com efeito, até 2030, as cidades responderão por 73% do consumo de energia global. Além disso, 81% do aumento no consumo de energia nos centros urbanos entre 2006 e 2030 ocorrerá em países fora da zona da OCDE. (Fonte: página 179) De acordo com a Global Initiative for Resource Efficient Cities, apesar das cidades ocuparem apenas 3% da superfície terrestre mundial, elas são responsáveis por 50% dos resíduos globais, 60-80% das emissões de GEE, 75% dos recursos naturais consumidos no planeta e 80% do PIB mundial. O Setor da Construção está diante de uma oportunidade única para impulsionar o desenvolvimento das cidades de forma a proporcionar maior eficiência; qualidade de vida, mediante o planejamento dos espaços urbanos; edificações dotadas de tecnologias para melhorar o conforto das famílias; a redução do consumo de energia; e a adoção e implementação With about half of the world s population, cities account for nearly two-thirds of global energy consumption an estimated Mtoe in Urban dwellers consume more coal, gas, and electricity than the global average, but less oil. Increases in urbanization through 2030 are projected to drive up urban energy use to almost Mtoe. In fact, by 2030 cities will account for a full 73% of the world s energy use. Moreover, of the projected increase in urban energy use between 2006 and 2030 some 81% will derive from non-oecd countries. (Source:http://www.iea.org/textbase/nppdf/ free/2008/weo2008.pdf, page 179) According to the Global Initiative for Resource Efficient Cities, while cities occupy a mere 3% of the world s land surface area they generate 50% of global waste, produce 60%-80% of the planet s GHG emissions, consume 75% of all natural resources, and account for 80% of global GDP. The Construction Sector has an opportunity to stimulate the development of cities with the capacity to deliver greater efficiency; higher quality of life, specifically through the planning of urban spaces; buildings equipped with appropriate technologies to enhance the comfort of families; reduced natural resource consumption, while providing for the adoption and implementation of modern technologies, especially in respect of mobility infrastructure and buildings.

3 de tecnologias modernas, principalmente na área da infraestrutura da mobilidade e nas edificações. Todas estas ações exigem a participação ativa do setor da construção. Se considerarmos apenas o consumo de energia; melhorias no transporte público e programas de eficiência energética para as edificações poderiam gerar uma redução de 30 a 50% no consumo de energia nos centros urbanos, com efeitos diretos para a redução de gases de efeito estufa. Assim, estes avanços permitiriam o aumento da eficiência e da produtividade das cidades, mediante a melhoria da qualidade dos espaços urbanos e da infraestrutura, com benefícios diretos e indiretos para toda a sociedade, inclusive a geração de empregos e maior renda. Para tanto, é necessário integrar as ações entre os governos, os edifícios, o planejamento e a mobilidade urbana, de tal forma que a solução encontrada seja harmônica e possa efetivamente melhorar o desempenho das cidades como um todo. Governança A boa governança é importante como regra para que uma cidade se torne eficiente, produzindo mais com menos, reduzindo custos e estimulando a competitividade. A governança também induz ao trabalho com uso eficiente dos recursos urbanos, proporcionando aos cidadãos um lugar melhor para viver e trabalhar, com boa qualidade de vida. All of these measures will require the active engagement of the construction sector. For example, in regard to current energy consumption improvements to mass transportation and building energy efficiency programs could cut energy use in cities by 30% to 50%, directly impacting efforts to lower greenhouse gases. These advances, in turn, could serve to increase the efficiency and, by extension, productivity of cities through improved quality of urban spaces and infrastructure, with direct and indirect benefits to society as a whole, leading to job creation and higher incomes. To this end, government action, building parameters and criteria, urban planning, and urban mobility should be integrated, with a view to ensuring the solutions adopted are effectively aligned and capable of enhancing the performance of cities as a whole. Governance Better governance is a key element to ensure cities are endowed with greater efficiency, making it possible to produce more with less, lower costs, and boost competitiveness. Similarly, proper governance stimulates approaches for efficient urban resource use, providing citizens with better living and working conditions and a higher quality of life. Entretanto, não basta qualquer modelo de governança. Pelo contrário, será necessário um modelo independente, capaz de interagir com todos os atores envolvidos, com vistas a garantir o alinhamento de interesses e ações e meios eficazes para o monitoramento de metas e resultados. Oportunidade para o setor da construção É de fundamental importância que o setor da construção busque superar a visão obsoleta de que a construção sustentável resultará na elevação dos custos e na redução da capacidade de Yet, not just any kind of governance will suffice. Rather, a model of independent governance is needed, one capable of interacting with the various stakeholders, in order to ensure interests and actions are aligned and effective means to monitor goals and outcomes implemented. Opportunities for the construction sector It is important that the construction sector move beyond the outdated notion that sustainable construction will inevitably lead to higher costs and lower building capacity. A closer look

4 construção. Um olhar mais atento para o presente e para o futuro mostra o erro dessa concepção. at present and future conditions reveals this to be a false premise. Em primeiro lugar, é necessário reconhecer que a construção sustentável contribui para a consolidação da formalidade no setor, gerando melhores empregos, reduzindo os riscos para as empresas e fortalecendo o bem-estar da sociedade. It is important to realize that sustainable construction contributes to consolidating formality in the sector, creating better jobs, reducing the risk of exposure of companies, and enhancing the general welfare of society. A aplicação efetiva dos conceitos da sustentabilidade durante a fase de planejamento e construção das edificações e dos espaços urbanos garante a qualidade dos produtos, reduzindo os custos de ciclo de vida e oferecendo ao setor financeiro oportunidades para investir, com transparência e risco mínimo. Proper application of the concepts of sustainability during the planning and construction phase of buildings and urban spaces can ensure high-quality products, lowering the related life cycle costs and offering the financial sector opportunities to invest with transparency and reduced risk. Exemplo disto é o retrofit de prédios antigos, particularmente na Europa. Apenas 1% dos investimentos é destinado a projetos de retrofit a cada ano, enquanto que o potencial real é de em torno de 5%. A Proposta Conforme colocado acima, é essencial a adoção de medidas responsáveis e ousadas. A good example is the retrofitting of older buildings, particularly in Europe. Only 1% of investments are currently channeled to retrofit projects each year, when the actual potential is closer to 5%. The Proposal As stated at the top, it is imperative that we take responsible, yet bold, action. Entre outros fatores, a construção sustentável envolve o uso de fontes de energia renovável e a redução do consumo, a mitigação das emissões de GEE, o uso racional da água e de outros recursos naturais, o bom planejamento, metas definidas e alcançáveis e mudança de comportamento da sociedade. Afinal, até 2030, mais de 70% da população mundial estará concentrada nos centros urbanos. Um aspecto de particular importância neste processo é as chamadas arriving cities, formadas por cidadãos que chegam a uma cidade provenientes de várias partes do mundo. De igual importância é a coordenação do projeto em nível global por uma entidade sólida e eficiente. Desta forma, nossa proposta inicial é que a UNEP seja mantida e fortalecida no seu papel de principal agência da ONU para o projeto Construção Sustentável. Sustainable construction involves, among other factors, the use of renewable energy and reduced consumption, mitigation of GHG emissions, rational use of water and other natural resources, good planning, clear and attainable targets, and changes in the attitudes and behavior of society. By 2030, more than 70% of the earth s population will reside in cities. A particularly notable aspect of this trend is the arriving cities, inhabited by individuals from the four corners of the globe. Equally important is the overriding need for a robust and efficient entity to oversee the project globally. With this in mind, our first proposal is that UNEP s status as the lead UN agency for the Sustainable Construction project be maintained and reinforced. After all, developing a global project of this scale constitutes a highly complex and challenging task.

5 A elaboração de um projeto de abrangência global representa tarefa complexa e desafiadora. Neste contexto, as instituições abaixo assinadas propõem o estabelecimento de um Grupo de Trabalho sobre a construção sustentável, eventualmente coordenado pela UNEP, com representação geográfica equilibrada, com o objetivo de contribuir para o processo de implementação das Metas de Desenvolvimento Sustentável (MDS). O Grupo de Trabalho terá como mandato elaborar conceitos, indicadores e metas para o setor da construção e garantir a coerência com outros indicadores intersetoriais, especificamente aqueles relativos ao uso de recursos naturais, à eficiência energética e à redução das emissões de GEE. O Grupo de Trabalho deverá desenvolver suas atividades sob a orientação da força-tarefa ou entidade da ONU à qual for atribuída responsabilidade pela elaboração das MDS com base nos resultados das deliberações do Rio In this context, the undersigned institutions propose the establishment of a Working Group on sustainable construction, possibly chaired by UNEP, with balanced geographical representation, as a means to contribute toward achievement of the Sustainable Development Goals (SDGs). The Working Group s mandate will be to develop concepts, indicators, and goals for the construction sector and to ensure consistency with other cross-sector indicators, namely those in connection with natural resource use, energy efficiency, and CO2 emission reductions. Further, the Working Group will perform its activities under the guidance of whichever task-force or UN entity is ultimately tasked with overall responsibility for developing the SDGs based on the outcomes of the Rio + 20 deliberations. Of key importance here is the design of a solid integration strategy to ensure optimal results. De fundamental importância neste processo é a formulação de uma estratégia de integração robusta que assegure a otimização dos resultados. Propomos, ainda, o prazo de um ano, a partir da nomeação dos membros do Grupo de Trabalho, para conclusão da primeira fase do projeto e definição do cronograma final para as fases remanescentes. As seguintes entidades representativas assinaram o documento. PAULO SAFADY SIMÃO CBIC - Câmara Brasileira da Indústria da Construção MARCELO TAKAOKA CBCS - Conselho Brasileiro de Construção Sustentável DANIEL TARDY CICA - Confederation of International Contractor s Associations MANUEL VALLARINO FIIC - Federación Interamericana de la Indústria de la Construcción Additionally, we recommend a period of one year following designation of the Working Group members for completion of the project s first phase and, subsequently, drafting of a final schedule for the remaining phases. The following representative entities have signed this document. PAULO SAFADY SIMÃO CBIC - Brazilian Chamber of the Construction Industry MARCELO TAKAOKA CBCS - Brazilian Council for Sustainable Construction DANIEL TARDY CICA - Confederation of International Contractor s Associations MANUEL VALLARINO FIIC - Inter-American Federation of the Construction Industry MARINA GROSSI CEBDS - Brazilian Business Council for Sustainable Development MARINA GROSSI CEBDS - Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável

O Compromisso Crescimento Verde e a Sustentabilidade na Secil

O Compromisso Crescimento Verde e a Sustentabilidade na Secil O Compromisso Crescimento e a Sustentabilidade na Secil GONÇALO SALAZAR LEITE CEO GRACE - Encontro Temático Crescimento 1 Ponto de Partida O cimento é um bem essencial ao conforto, segurança e património

Leia mais

CARTA DE RECOMENDAÇÃO E PRINCÍPIOS DO FORUM EMPRESARIAL RIO+20 PARA A UNCSD-2012

CARTA DE RECOMENDAÇÃO E PRINCÍPIOS DO FORUM EMPRESARIAL RIO+20 PARA A UNCSD-2012 CARTA DE RECOMENDAÇÃO E PRINCÍPIOS DO FORUM EMPRESARIAL RIO+20 PARA A UNCSD-2012 (CHARTER OF RECOMMENDATION AND PRINCIPLES OF FORUM EMPRESARIAL RIO+20 TO UNCSD-2012) Nós, membros participantes do FÓRUM

Leia mais

Problemas ambientais urbanos

Problemas ambientais urbanos MEC, 4º ano, 2º sem, 2008-09 Desafios Ambientais e de Sustentabilidade em Engenharia Problemas ambientais urbanos 3ª aula Maria do Rosário Partidário CITIES ENVIRONMENT Inputs Outputs Energy Food Water

Leia mais

Governancia da Água. Contributo de Portugal e da PPA para o Plano Estratégico de Implementação da Parceria Europeia para a Inovação no Domínio da Água

Governancia da Água. Contributo de Portugal e da PPA para o Plano Estratégico de Implementação da Parceria Europeia para a Inovação no Domínio da Água A Água e o Programa Horizonte 2020 (8ºPQ) Contributo de Portugal e da PPA para o Plano Estratégico de Implementação da Parceria Europeia para a Inovação no Domínio da Água Governancia da Água Francisco

Leia mais

Gerenciamento de projetos SMART GRID

Gerenciamento de projetos SMART GRID Gerenciamento de projetos SMART GRID OBJETIVO Em razão da (o): Grandiosidade e complexidade dos projetos SMART GRID Contexto econômico local e global vs. QUALIDADE dos serviços públicos. p Exigências de

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS UMA VANTAGEM COMPETITIVA COM A TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS AMANDA ZADRES DANIELA LILIANE ELIANE NUNES ELISANGELA MENDES Guarulhos

Leia mais

Mainstreaming Sustainable Tourism

Mainstreaming Sustainable Tourism 8. Se sim, quais os meios mais apropriados para tanto? Não aplicável Em estudo Em implementação Implementado Divulgação de informações sobre as práticas de sustentabilidade realizadas ou apoiadas pelo

Leia mais

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies JUNNIUS MARQUES ARIFA Head of Department of Agriculture and Environmental Audit TCU s mandate and jurisdiction 1. Role of Supreme

Leia mais

MIT Portugal Program Engineering systems in action

MIT Portugal Program Engineering systems in action MIT Portugal Program Engineering systems in action Paulo Ferrão, MPP Director in Portugal Engineering Systems: Achievements and Challenges MIT, June 15-17, 2009 Our knowledge-creation model An Engineering

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL UTILIZAÇÃO DA ENGENHARIA TERRITORIAL PARA A INDUÇÃO DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DAS ÁREAS CIRCUNDANTES AOS

Leia mais

ELEnA European Local ENergy Assistance

ELEnA European Local ENergy Assistance ECO.AP Programa de Eficiência Energética na Administração Pública ELEnA European Local ENergy Assistance Lisboa, 6/03/2015 Desafios 1 Conhecimento: a) Edifícios/equipamentos; b) Capacidade técnica; c)

Leia mais

Local & Regional Development. Expanding the positive impacts of mining projects

Local & Regional Development. Expanding the positive impacts of mining projects Local & Regional Development Expanding the positive impacts of mining projects Defining local and regional development Factors: Economic Social Specific to communities Need for ongoing consultations Link

Leia mais

Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014

Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014 Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014 Agenda Agenda Futuro da produção farmacêutica Future of pharmaceutical production Compressão como principal ponto no processo de

Leia mais

Braskem Maxio. Resinas da linha Braskem Maxio Braskem Maxio Grades. Redução de Consumo Energético Lower Energy Consumption.

Braskem Maxio. Resinas da linha Braskem Maxio Braskem Maxio Grades. Redução de Consumo Energético Lower Energy Consumption. Maio / May 2015 Resinas da linha Grades Redução de Consumo Energético Lower Energy Consumption RP 141 RP 347 RP 340S RP 340R RP 149 H 105 Produtividade Higher Productivity H 202HC CP 191XP VA8010SUV Redução

Leia mais

Melhorando o ambiente de negócios por meio da transparência no Estado de São Paulo Dentro do MoU (Memorando de Entendimento) que o Governo do Estado tem com o Reino Unido estão sendo promovidos vários

Leia mais

Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles

Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles Adcley Souza (adcley.souza@hotmail.com) Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric

Leia mais

Braskem Máxio. Maio / May 2015

Braskem Máxio. Maio / May 2015 Maio / May 2015 Braskem Máxio Braskem Máxio Braskem Maxio é um selo que identifica resinas de PE, PP ou EVA dentro do portfólio da Braskem com menor impacto ambiental em suas aplicações. Esta exclusiva

Leia mais

Integração de Imigrantes

Integração de Imigrantes Integração de Imigrantes ODEMIRA INTEGRA It is a project born from the need to improve and increase support measures, reception and integration of immigrants. 47% of immigrants registered in the district

Leia mais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais BEM VINDO AO MUNDO RANGEL WELCOME TO RANGEL WORLD Atividade Aduaneira Customs Broker Transporte Marítimo Sea Freight ESPANHA SPAIN Transporte Aéreo Air Freight Expresso Internacional FedEx International

Leia mais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais BEM VINDO AO MUNDO RANGEL WELCOME TO RANGEL WORLD Toda uma organização ao seu serviço! Constituídos em 1980 por Eduardo Rangel, rapidamente marcámos

Leia mais

Definição de competitividade

Definição de competitividade TRIBUTAÇÃO E COMPETITIVIDADE VII Jornadas do IPCA 25.11.2006 Claudia Dias Soares Universidade Católica Portuguesa Definição de competitividade EC 2004: a sustained rise in the standards of living of a

Leia mais

TRABALHO DIGNO EMPREGOS VERDES Amílcar Ramos. 16 Junho de 2011

TRABALHO DIGNO EMPREGOS VERDES Amílcar Ramos. 16 Junho de 2011 TRABALHO DIGNO EMPREGOS VERDES Amílcar Ramos 16 Junho de 2011 CGTP-IN 1 Grandes pontos a abordar 1.Conceito e pilares da sustentabilidade 2.Responsabilidades das empresas / Gestores 3.Qualidade do trabalho

Leia mais

Types of Investments: Equity (9 companies) Convertible Notes (10 companies)

Types of Investments: Equity (9 companies) Convertible Notes (10 companies) IMPACT INVESTING WE STARTED... A Venture Capital Fund Focused on Impact Investing Suport: Financial TA Criterias to select a company: Social Impact Profitabilty Scalability Investment Thesis (Ed, HC,

Leia mais

Overview of the GHG Protocol. - Rachel Biderman

Overview of the GHG Protocol. - Rachel Biderman Overview of the GHG Protocol - Rachel Biderman O Greenhouse Gas Protocol O GHG Protocol foi lançado em 1998 por Parceria multi-stakeholder entre empresários, ONGs, governos e outros Objetivos Simplificar

Leia mais

PRESS RELEASE. Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo

PRESS RELEASE. Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo PRESS RELEASE 8 de Dezembro de 2009 Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo FNABA representou Portugal, em Pequim (China), na First Global Conference da World Business

Leia mais

Administração e Sustentabilidade

Administração e Sustentabilidade Administração e Sustentabilidade Prof. André Pereira de Carvalho andre.carvalho@fgv.br POI/ FGV-EAESP www.fgv.br/eaesp Centro de Estudos em Sustentabilidade (Gvces) www.fgv.br/ces Dilema: Falso dilema?

Leia mais

A PERSPECTIVA DA ENERGIA EÓLICA NO CENÁRIO DA ECONOMIA VERDE E DA RIO+20 THE PROSPECT OF WIND POWER IN THE GREEN ECONOMY AND IN THE RIO + 20

A PERSPECTIVA DA ENERGIA EÓLICA NO CENÁRIO DA ECONOMIA VERDE E DA RIO+20 THE PROSPECT OF WIND POWER IN THE GREEN ECONOMY AND IN THE RIO + 20 Eixo Temático: Inovação e Sustentabilidade A PERSPECTIVA DA ENERGIA EÓLICA NO CENÁRIO DA ECONOMIA VERDE E DA RIO+20 THE PROSPECT OF WIND POWER IN THE GREEN ECONOMY AND IN THE RIO + 20 RESUMO Vanderleia

Leia mais

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho Título: Direção e Taxa (Velocidade) de Acumulação de Capacidades Tecnológicas: Evidências de uma Pequena Amostra de Empresas de Software no Rio de Janeiro, 2004 Autor(a): Eduardo Coelho da Paz Miranda

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO NOTICIOSA EM COMUNIDADE ONLINE PARA O SÉNIOR RENATO MIGUEL SILVA COSTA. Departamento de Comunicação e Arte !!!!!!!!!

ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO NOTICIOSA EM COMUNIDADE ONLINE PARA O SÉNIOR RENATO MIGUEL SILVA COSTA. Departamento de Comunicação e Arte !!!!!!!!! Universidade de Aveiro 2012 Departamento de Comunicação e Arte RENATO MIGUEL SILVA COSTA ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO NOTICIOSA EM COMUNIDADE ONLINE PARA O SÉNIOR RENATO MIGUEL SILVA COSTA Universidade de

Leia mais

Project Management Activities

Project Management Activities Id Name Duração Início Término Predecessoras 1 Project Management Activities 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 2 Plan the Project 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 3 Define the work 15 dias Sex 05/10/12

Leia mais

Agência de Vigilância Sanitária - ANVISA ITEM 8

Agência de Vigilância Sanitária - ANVISA ITEM 8 2ª Reunião Extraordinária da Câmara Setorial de Alimentos Agência de Vigilância Sanitária - ANVISA ITEM 8 INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS PARA O MONITORAMENTE E GERENCIAMENTO DA CADEIA DE FRIO Luis Madi / Eloísa

Leia mais

Future Trends: Global Perspective. Christian Kjaer Chief Executive Officer European Wind Energy Association

Future Trends: Global Perspective. Christian Kjaer Chief Executive Officer European Wind Energy Association Future Trends: Global Perspective Christian Kjaer Chief Executive Officer European Wind Energy Association Brazil Wind Power 2010 Rio de Janeiro 1 September 2010 Members include the following leading players:

Leia mais

Color variant: Siemens White

Color variant: Siemens White 2º Forum da Responsabilidade Social das Organizações A Glocal Company Color variant: Siemens White Key Figures - Siemens Global Dados Gerais Americas 25% 22% 33% 101 19.1 96 Europe (excl. Germany) 27%

Leia mais

Inovação e Empreendedorismo

Inovação e Empreendedorismo Inovação e Empreendedorismo Kami Saidi Diretor de Operações & Sustentabilidade HP Brasil 09-maio-13 HP Commitment Many assume, wrongly, that a company exists simply to make money... the real reason HP

Leia mais

6 Não será permitido o uso de dicionário.

6 Não será permitido o uso de dicionário. 1 2 3 4 5 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Se, em qualquer outro local deste Caderno, você assinar, rubricar,

Leia mais

Relatório de Acção Action Report

Relatório de Acção Action Report Relatório de Acção Action Report CasA+ Building Codes 17 Novembro Expo Energia 09 16 de Dezembro de 2009 Data: 17 Novembro Título: Casas dos anos 70 e 90 revelam mais ineficiência energética Meio: Rádio

Leia mais

REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL

REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL JOÃO CRESTANA President of Secovi SP and CBIC National Commission of Construction Industry SIZE OF BRAZIL Population distribution by gender, according to age group BRAZIL 2010

Leia mais

Low Carbon Scenarios for Brazil. Amaro Pereira PPE/COPPE/UFRJ

Low Carbon Scenarios for Brazil. Amaro Pereira PPE/COPPE/UFRJ Low Carbon Scenarios for Brazil Amaro Pereira PPE/COPPE/UFRJ Project Team Co-ordinators Prof. Emilio La Rovere and Carolina Dubeux Technical team Amaro Pereira (Energy) Anamélia Medeiros (Agriculture)

Leia mais

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO)

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO) SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO) 1 Principal(ais) área(s) de estudo da qualificação: Engenharia Civil - Planeamento Urbanístico Engenharia Civil

Leia mais

Asseguração de Relatórios de Sustentabilidade Denise Saboya 23 de setembro de 2009

Asseguração de Relatórios de Sustentabilidade Denise Saboya 23 de setembro de 2009 Asseguração de Relatórios de Sustentabilidade Denise Saboya 23 de setembro de 2009 Relembrando conceitos de sustentabilidade Desenvolvimento Econômico Responsabilidade Social Maximização do retorno do

Leia mais

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment SAFIRA is an IT consulting boutique known for transforming the way organizations do business, or fulfil their missions,

Leia mais

CRONOGRAMA DE APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS CR3+2015 11.11.15

CRONOGRAMA DE APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS CR3+2015 11.11.15 Horários 13h30 às 15h30 11.11.15 13h30 às 15h30 SESSÃO 1: APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS Sala 1 Painel Estratégias e Horários Sala 2 - Painel Políticas Públicas e Práticas Sustentáveis P1 Consumo e Produção

Leia mais

Alfredo Castro Sócio Diretor da MOT Mudanças Organizacionais e Treinamento

Alfredo Castro Sócio Diretor da MOT Mudanças Organizacionais e Treinamento 9h30 às 10h15 Developing Effective Leaders Desenvolvendo Líderes Eficazes Alfredo Castro Sócio Diretor da MOT Mudanças Organizacionais e Treinamento Meus objetivos Abordar aspectos práticos Combinar fatos

Leia mais

THE BRAZILIAN PUBLIC MINISTRY AND THE DEFENSE OF THE AMAZONIAN ENVIRONMENT

THE BRAZILIAN PUBLIC MINISTRY AND THE DEFENSE OF THE AMAZONIAN ENVIRONMENT THE BRAZILIAN PUBLIC MINISTRY AND THE DEFENSE OF THE AMAZONIAN ENVIRONMENT Raimundo Moraes III Congresso da IUCN Bangkok, November 17-25 2004 ENVIRONMENTAL PROTECTION IN BRAZIL The Constitution states

Leia mais

Challenges and lessons learned from the Surui Forest Carbon Project, Brazilian Amazon. Pedro Soares / IDESAM

Challenges and lessons learned from the Surui Forest Carbon Project, Brazilian Amazon. Pedro Soares / IDESAM Challenges and lessons learned from the Surui Forest Carbon Project, Brazilian Amazon Pedro Soares / IDESAM Project Proponent & Partners Proponent: Support and supervise the project activities and will

Leia mais

Climate Change - Coal Overview

Climate Change - Coal Overview CSLF : Capacity Building Climate Change - Coal Overview Fernando Luiz Zancan President - Associação Brasileira do Carvão Mineral - ABCM Salvador - 08 September 2008 BRAZILIAN COAL INDUSTRY Resources: 31,7

Leia mais

7º Programa Quadro Tema ENERGIA Os próximos concursos: tópicos e destaques

7º Programa Quadro Tema ENERGIA Os próximos concursos: tópicos e destaques 7º Programa Quadro Tema ENERGIA Os próximos concursos: tópicos e destaques Helder Gonçalves Delegado Nacional tema Energia TÓPICOS DO TEMA ENERGIA WP 2012 ACTIVITY ENERGY 1; Hydrogen and Fuel Cells ACTIVITY

Leia mais

SEGURANÇA DE INFRAESTRUTURAS CRÍTICAS NA PERSPETIVA DA RESILIÊNCIA E CONTINUIDADE DE NEGÓCIO

SEGURANÇA DE INFRAESTRUTURAS CRÍTICAS NA PERSPETIVA DA RESILIÊNCIA E CONTINUIDADE DE NEGÓCIO SEGURANÇA DE INFRAESTRUTURAS CRÍTICAS NA PERSPETIVA DA RESILIÊNCIA E CONTINUIDADE DE NEGÓCIO Cristina Alberto KPMG Advisory Consultores de Gestão, SA Agenda 1. Riscos Globais do Século XXI 2. Proteção

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 75/2013

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 75/2013 PASSO A PASSO DO DYNO Ao final desse passo a passo você terá o texto quase todo traduzido. Passo 1 Marque no texto as palavras abaixo. (decore essas palavras, pois elas aparecem com muita frequência nos

Leia mais

Cloud para o Brasil Cloud Services

Cloud para o Brasil Cloud Services Cloud para o Brasil Como as ofertas da Capgemini endereçam os principais pontos levantados pela pesquisa exclusiva We orchestrate your Cloud Services Current Market Situation with Cloud 2 Current Market

Leia mais

MERCADO DE CARBONO NO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO

MERCADO DE CARBONO NO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO MERCADO DE CARBONO NO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO III SISCA 21 e 22 de agosto de 2013 Felipe Jané Bottini Green Domus Desenvolvimento Sustentável felipe@greendomus.com.br +55 (11) 5093 4854 http://storymaps.esri.com//globalfootprint/

Leia mais

DIRETRIZES PARA A REDUÇÃO DO CONSUMO DE ÁGUA DURANTE A EXECUÇÃO DE REVESTIMENTOS ARGAMASSADOS DE FACHADAS DE EDIFÍCIOS

DIRETRIZES PARA A REDUÇÃO DO CONSUMO DE ÁGUA DURANTE A EXECUÇÃO DE REVESTIMENTOS ARGAMASSADOS DE FACHADAS DE EDIFÍCIOS DIRETRIZES PARA A REDUÇÃO DO CONSUMO DE ÁGUA DURANTE A EXECUÇÃO DE REVESTIMENTOS ARGAMASSADOS DE FACHADAS DE EDIFÍCIOS Marina da Costa Carmo Terra Barth (1) Lúcia Helena de Oliveira (2) (1) Departamento

Leia mais

Gestão e Controle de Energia Building Technologies

Gestão e Controle de Energia Building Technologies Gestão e Controle de Energia Copyright Siemens Switzerland Ltd. All rights reserved. Índice Empresa e Organização 3 Performance e Sustentabilidade em Edifícios 6 Produtos, Soluções e Serviços 10 Gestão

Leia mais

Energy Efficiency in Agriculture and Agro-Industry. Fátima Baptista fb@uevora.pt

Energy Efficiency in Agriculture and Agro-Industry. Fátima Baptista fb@uevora.pt Energy Efficiency in Agriculture and Agro-Industry Fátima Baptista fb@uevora.pt Summary 1. Introduction 2. AGREE and TESLA projects 3. Energy consumption and measures for EE improvements 1. Wheat 2. Tomato

Leia mais

ELENA e Portugal 2020

ELENA e Portugal 2020 ELENA e Portugal 2020 Convenção Low Carbon de um Oeste Sustentável Dinis Rodrigues Caldas da Rainha, 9 de julho de 2013 AGENDA Tema 1 Portugal 2020 Tema 2 - ELENA 1 Compromissos Nacionais Metas UE-27 20%

Leia mais

Projecto: +INOV-custos / Project: +INOV-costs

Projecto: +INOV-custos / Project: +INOV-costs 1 OBJETIVO / OBJECTIVE 2 FASES / PHASES 3 RESULTADOS SUNVISOR / SUNVISOR RESULTS 4 RESULTADOS CARTER / CARTER RESULTS Grupo industrial especializado en la gestión de procesos de alto valor añadido 1 Objetivo

Leia mais

OFFICE. Office Background

OFFICE. Office Background OFFICE Office Background Since it was founded in 2001, steady growth has been registered by the office in the Brazilian market of corporate law, a field in which our services are exemplary. The consolidation

Leia mais

EIA and SEA differences and relationship

EIA and SEA differences and relationship Mestrado em Urbanismo e Ordenamento do Território/ Master in Urban Studies and Territorial Management Mestrado em Engenharia do Ambiente / Master in Environmental Engineering Avaliação Ambiental Estratégica

Leia mais

The Brazil United States Consumer Product Safety Conference Brazil United States Joint Press Statement June 10, 2011 Rio de Janeiro, Brazil Common Interests Ensuring a high level of consumer product safety

Leia mais

Marina Costa Cruz Peixoto. Responsabilidade Social e Impacto no Comportamento do Consumidor: Um caso da indústria de refrigerantes

Marina Costa Cruz Peixoto. Responsabilidade Social e Impacto no Comportamento do Consumidor: Um caso da indústria de refrigerantes Marina Costa Cruz Peixoto Responsabilidade Social e Impacto no Comportamento do Consumidor: Um caso da indústria de refrigerantes DISSERTAÇÃO DE MESTRADO DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO Programa de Pós-Graduação

Leia mais

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores Tese de Mestrado em Gestão Integrada de Qualidade, Ambiente e Segurança Carlos Fernando Lopes Gomes INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS Fevereiro

Leia mais

AÇÃO AMBIENTAL 2015 - FIRJAN: Painel 1 Visão Geral sobre Mudança do Clima e Perspectivas para a COP21

AÇÃO AMBIENTAL 2015 - FIRJAN: Painel 1 Visão Geral sobre Mudança do Clima e Perspectivas para a COP21 AÇÃO AMBIENTAL 2015 - FIRJAN: Painel 1 Visão Geral sobre Mudança do Clima e Perspectivas para a COP21 Adriano Santhiago de Oliveira Diretor Departamento de Mudanças Climáticas Secretaria de Mudanças Climáticas

Leia mais

Mitigation Options of Greenhouse Gas (GHG) Emissions in Key Sectors in Brazil

Mitigation Options of Greenhouse Gas (GHG) Emissions in Key Sectors in Brazil Mitigation Options of Greenhouse Gas (GHG) Emissions in Key Sectors in Brazil Overview: National Policy Implementing sector-specific Mitigation Plans Updating the National Plan on Climate Change (2008)

Leia mais

O PROJECTO FP7 SFERA: Incentivar o desenvolvimento regional através dos fundos estruturais e da expansão da banda larga. Andreia Moreira Julián Seseña

O PROJECTO FP7 SFERA: Incentivar o desenvolvimento regional através dos fundos estruturais e da expansão da banda larga. Andreia Moreira Julián Seseña As TIC como forma de acelerar a recuperação económica: promover o desenvolvimento regional e optimizar a utilização dos fundos estruturais O PROJECTO FP7 SFERA: Conferência SFERA, Algarve 2009 Incentivar

Leia mais

Riscos na Implantação de Warehouse Management System (WMS) em Centro de Distribuição: Estudo de Caso

Riscos na Implantação de Warehouse Management System (WMS) em Centro de Distribuição: Estudo de Caso Alcione Santos Dolavale Riscos na Implantação de Warehouse Management System (WMS) em Centro de Distribuição: Estudo de Caso Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para

Leia mais

Tese apresentada para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Civil pela Universidade da Beira Interior, sobre a orientação de:

Tese apresentada para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Civil pela Universidade da Beira Interior, sobre a orientação de: Tese apresentada para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Civil pela Universidade da Beira Interior, sobre a orientação de: Prof. Doutor. João Carlos Gonçalves Lanzinha Prof. Auxiliar do Departamento

Leia mais

Em direcção aos Edifícios de Balanço Energetico Zero

Em direcção aos Edifícios de Balanço Energetico Zero Em direcção aos Edifícios de Balanço Energetico Zero Jornadas de Climatização Ordem dos Engenheiros 13 de Outubro de 2011 Helder Gonçalves Tópicos a abordar... Contexto actual NZEB - definição, conceito

Leia mais

Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water

Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water André Rauen Leonardo Ribeiro Rodnei Fagundes Dias Taiana Fortunato Araujo Taynah Lopes de Souza Inmetro / Brasil

Leia mais

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE LETRAS DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios Sandra Sofia Brito da Silva Dissertação

Leia mais

DevOps. Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013. Accelerating Product and Service Innovation

DevOps. Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013. Accelerating Product and Service Innovation DevOps Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013 1 O desenvolvedor O mundo mágico de operações Como o desenvolvedor vê operações Como operações vê uma nova release

Leia mais

Reestruturação dos Negócios para a Sustentabilidade. Rafael Tello nhk Sustentabilidade

Reestruturação dos Negócios para a Sustentabilidade. Rafael Tello nhk Sustentabilidade Reestruturação dos Negócios para a Sustentabilidade Rafael Tello nhk Sustentabilidade Reestruturação dos Negócios para a Sustentabilidade Goiânia 10 de junho de 2015 Sobre a nhk Sustentabilidade Empresa

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 14/2014

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 14/2014 TEXTO Brazil Leads Decline Among World's Biggest Companies THE losses OF São Paulo's stock market AND THE decline OF Brazil's real made Brazilian companies THE biggest losers among THE world's major companies,

Leia mais

BlueBiz. Infraestruturas para a competitividade. Parque Empresarial da Península de Setúbal

BlueBiz. Infraestruturas para a competitividade. Parque Empresarial da Península de Setúbal BlueBiz Parque Empresarial da Península de Setúbal Infraestruturas para a competitividade Paulo Mateus Calado CFO aicep Global Parques pmcalado@globalparques.pt Portugal uma localização estratégica Setúbal:

Leia mais

Hidráulica Urbana. Urban Hydraulics. Semestre do plano de estudos 2

Hidráulica Urbana. Urban Hydraulics. Semestre do plano de estudos 2 Nome UC Hidráulica Urbana CU Name Código UC 725 Curso MEC Semestre do plano de estudos 2 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 164 ECTS 6 Horas de contacto T - 22,5; PL -

Leia mais

AQUECIMENTO GLOBAL: QUAL TIPO DE ENERGIA UTILIZAR?

AQUECIMENTO GLOBAL: QUAL TIPO DE ENERGIA UTILIZAR? AQUECIMENTO GLOBAL: QUAL TIPO DE ENERGIA UTILIZAR? Bruno de Souza Lima Aluno Pesquisador do curso de Física da UEMS. Lourdes Lago Stefanelo - Profª. Pesquisadora da UEMS. RESUMO Este estudo tem como objetivo

Leia mais

FACULDADE PRESBITERIANA AUGUSTO GALVÃO ENGENHARIA AMBIENTAL

FACULDADE PRESBITERIANA AUGUSTO GALVÃO ENGENHARIA AMBIENTAL FACULDADE PRESBITERIANA AUGUSTO GALVÃO ENGENHARIA AMBIENTAL ZONEAMENTO URBANO E GESTÃO PÚBLICA EM CAMPO FORMOSO JAILSON DA SILVA PINTO Campo Formoso BA abril de 2014 JAILSON DA SILVA PINTO ZONEAMENTO URBANO

Leia mais

As instituições financeiras e as mudanças climáticas Maio, 2011

As instituições financeiras e as mudanças climáticas Maio, 2011 As instituições financeiras e as mudanças climáticas Maio, 2011 Agenda 1. Causas e Impactos das Mudanças Climáticas 2. Oportunidades de Adaptação e Mitigação 3. Inovando o business as usual 4. Comentários

Leia mais

Iniciação ao software SIG Open Source WinGRASS 6.4 7-9 Maio 2010 Lisboa Cristina Catita, FCUL

Iniciação ao software SIG Open Source WinGRASS 6.4 7-9 Maio 2010 Lisboa Cristina Catita, FCUL Iniciação ao software SIG Open Source WinGRASS 6.4 7-9 Maio 2010 Lisboa Cristina Catita, FCUL Objectivos O objectivo deste curso é familiarizar os formandos com a utilização do software Geographic Resources

Leia mais

GHG Protocol in EDP. Pedro Sirgado

GHG Protocol in EDP. Pedro Sirgado GHG Protocol in EDP Pedro Sirgado EDP Empresa de referência no mercado Ibérico, com uma presença de destaque no mercado Brasileiro e forte investimento nos E.U.A. Renováveis E.U.A. Capacidade de produção

Leia mais

O grande desafio é aumentar os níveis de atividade física na população em ambientes comunitários ", mas, como fazê-lo?

O grande desafio é aumentar os níveis de atividade física na população em ambientes comunitários , mas, como fazê-lo? O grande desafio é aumentar os níveis de atividade física na população em ambientes comunitários ", mas, como fazê-lo? The challenger is Increase levels of physical activity in the population in community

Leia mais

A Gestão da Energia & O impacto nas mudanças climáticas. Agosto - 2015. Alberto J. Fossa

A Gestão da Energia & O impacto nas mudanças climáticas. Agosto - 2015. Alberto J. Fossa A Gestão da Energia & O impacto nas mudanças climáticas Agosto - 2015 Alberto J. Fossa eficiência energética & mudanças climáticas gestão da energia & eficiência energética movimentos internacionais de

Leia mais

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata:

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: Vaga: Estagiário Área Jurídica Área: Legal Department O Departamento Jurídico é uma área dinâmica que possui

Leia mais

Altos Níveis de Estoque nas Indústrias de Conexões de PVC

Altos Níveis de Estoque nas Indústrias de Conexões de PVC Altos Níveis de Estoque nas Indústrias de Conexões de PVC Junior Saviniec Ferreira; Letícia Stroparo Tozetti Faculdade Educacional de Araucária RESUMO O problema de estoque elevado é cada vez menos frequente

Leia mais

DOCUMENTOS DE PREVENÇÃO DE RISCOS PROFISSIONAIS NA CONSTRUÇÃO NA TRANSPOSIÇÃO DAS DIRETIVAS COMUNITÁRIAS PARA PORTUGAL

DOCUMENTOS DE PREVENÇÃO DE RISCOS PROFISSIONAIS NA CONSTRUÇÃO NA TRANSPOSIÇÃO DAS DIRETIVAS COMUNITÁRIAS PARA PORTUGAL DOCUMENTOS DE PREVENÇÃO DE RISCOS PROFISSIONAIS NA CONSTRUÇÃO NA TRANSPOSIÇÃO DAS DIRETIVAS COMUNITÁRIAS PARA PORTUGAL Susana Sousa 1 José M. Cardoso Teixeira 2 RESUMO A Diretiva Comunitária nº 92/57/CEE

Leia mais

Empreendedorismo Urbano:

Empreendedorismo Urbano: Empreendedorismo Urbano: As cidades (smart) como oportunidade Seminário PLACES Lisboa, 7 de Março de 2013 estrutura Cidades (smart): uma oportunidade Empreendedorismo urbano: soluções para cidades Caso

Leia mais

Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience)

Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience) Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience) 1 Jose de Ribamar, Ger Qualidade e Food Safety Cargill Amidos e Adoçantes América do Sul jose_ribamar@cargill.com

Leia mais

Index Índice. REgional Policies Towards GREEN Buildings. Objectives Objetivos. Key themes Temas -chave. Main Results Principais Resultados

Index Índice. REgional Policies Towards GREEN Buildings. Objectives Objetivos. Key themes Temas -chave. Main Results Principais Resultados Index Índice REgional Policies Towards GREEN Buildings Objectives Objetivos Key themes Temas -chave Main Results Principais Resultados The Partnership A Parceria Strategies to achieve greener growth are

Leia mais

BR-EMS MORTALITY AND SUVIVORSHIP LIFE TABLES BRAZILIAN LIFE INSURANCE AND PENSIONS MARKET

BR-EMS MORTALITY AND SUVIVORSHIP LIFE TABLES BRAZILIAN LIFE INSURANCE AND PENSIONS MARKET BR-EMS MORTALITY AND SUVIVORSHIP LIFE TABLES BRAZILIAN LIFE INSURANCE AND PENSIONS MARKET 2015 1 e-mail:mario@labma.ufrj.br Tables BR-EMS, mortality experience of the Brazilian Insurance Market, were constructed,

Leia mais

PPP Operating the Government of the State of Bahia. Priscila Romano Pinheiro November de 2015 Barcelona

PPP Operating the Government of the State of Bahia. Priscila Romano Pinheiro November de 2015 Barcelona PPP Operating the Government of the State of Bahia Priscila Romano Pinheiro November de 2015 Barcelona PPP Hospital do Subúrbio PPP Suburb Hospital Internationally Awarded 4 times Award of the United Nations

Leia mais

Bárbara Rodrigues da Silva 3ALEN, 2015

Bárbara Rodrigues da Silva 3ALEN, 2015 Pets reality There are about 30 millions abandoned pets only in Brazil. Among these amount, about 10 millions are cats and the other 20 are dogs, according to WHO (World Health Organization). In large

Leia mais

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br Institutional Skills Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS Passo a passo 2 2 British Council e Newton Fund O British Council é a organização internacional do Reino Unido para relações culturais e oportunidades

Leia mais

Projeto Começando Pela Nossa Casa: Consumo Consciente na Administração Pública

Projeto Começando Pela Nossa Casa: Consumo Consciente na Administração Pública Projeto Começando Pela Nossa Casa: Consumo Consciente na Administração Pública CUNHA, Susana; STEUCK, Eliane; ORSI, Raquel; DAY, Sônia; NASCIMENTO, Francisco; TENCA, Mazola. 1- Súmula O projeto Começando

Leia mais

Catálogo casa de banho l WC accessories. gestos que apetecem l tempting gestures

Catálogo casa de banho l WC accessories. gestos que apetecem l tempting gestures Catálogo casa de banho l WC accessories gestos que apetecem l tempting gestures VALENÇA BRAGA A NOSSA MISSÃO......VALORIZAR E ENGRADECER A TUPAI PORTO AVEIRO ÁGUEDA - COIMBRA GPS - N 40.58567º W 8.46558º

Leia mais

ACEF/1112/04062 Decisão de apresentação de pronúncia

ACEF/1112/04062 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/04062 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/04062 Decisão de apresentação de pronúncia Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão de Avaliação Externa 1. Tendo recebido

Leia mais

Comércio Europeu de Emissões:

Comércio Europeu de Emissões: SONAE INDÚSTRIA Comércio Europeu de Emissões: A experiência do sector dos painéis derivados de madeira Carlos Tavares Ferreira 25 Junho 2015 1 SONAE INDÚSTRIA agenda 1. A Sonae Indústria hoje 2. Credenciais

Leia mais

METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DAS STARTUPS DO MIDI TECNOLÓGICO

METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DAS STARTUPS DO MIDI TECNOLÓGICO METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DAS STARTUPS DO MIDI TECNOLÓGICO RESUMO As incubadoras de empresas são ambientes dotados de competência gerencial, técnica e administrativa que impulsionam a promoção do nascimento

Leia mais

O papel do MBA na carreira do executivo

O papel do MBA na carreira do executivo O papel do MBA na carreira do executivo Renata Fabrini 09.03.2010 CONFERÊNCIA ANAMBA E ENCONTRO REGIONAL LATINO AMERICANO DO EMBA COUNCIL 2010 sobre a Fesa maior empresa consultoria especializada com atuação

Leia mais

ESTUDO SOBRE O PLANEJAMENTO DA IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE CONTROLE DE PRODUTOS QUÍMICOS E GERENCIAMENTO DE SUAS OPERAÇÕES EM UMA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA

ESTUDO SOBRE O PLANEJAMENTO DA IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE CONTROLE DE PRODUTOS QUÍMICOS E GERENCIAMENTO DE SUAS OPERAÇÕES EM UMA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA CRISTINA ZAK RIBEIRO ESTUDO SOBRE O PLANEJAMENTO DA IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE CONTROLE DE PRODUTOS QUÍMICOS E GERENCIAMENTO DE SUAS OPERAÇÕES EM UMA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA São Paulo 2007 CRISTINA ZAK RIBEIRO

Leia mais

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS THE CAPITAL STRUCTURE: AN ANALYSE ON INSURANCE COMPANIES FREDERIKE MONIKA BUDINER METTE MARCO ANTÔNIO DOS SANTOS MARTINS PAULA FERNANDA BUTZEN

Leia mais

AVALIAÇÃO E GESTÃO DE IMPACTES AMBIENTAIS E SOCIAIS DE ATIVIDADES, PRODUTOS E SERVIÇOS

AVALIAÇÃO E GESTÃO DE IMPACTES AMBIENTAIS E SOCIAIS DE ATIVIDADES, PRODUTOS E SERVIÇOS AVALIAÇÃO E GESTÃO DE IMPACTES AMBIENTAIS E SOCIAIS DE ATIVIDADES, PRODUTOS E SERVIÇOS POLÍTICA E COMPROMISSOS: Na nossa Política de Responsabilidade Corporativa estabelecemos o compromisso de incluir

Leia mais