Normas de Utilização do Correio Electrónico Instituto das Tecnologias de Informação na Justiça, I.P.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Normas de Utilização do Correio Electrónico Instituto das Tecnologias de Informação na Justiça, I.P."

Transcrição

1 I Normas de Utilização do Correio Electrónico Este documento pertence Instituto de Tecnologias de Informação na Justiça, I.P., e toda a informação incluída é estritamente confidencial. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser produzida, armazenada num sistema de arquivo, ou ser transmitida sob qualquer forma ou por quaisquer meios electrónicos, fotocópia ou qualquer outro, sem a expressa autorização do ITIJ.

2 Índice 1 INTRODUÇÃO RESPONSABILIDADE NORMAS DE UTILIZAÇÃO DO CORREIO ELECTRÓNICO UTILIZAÇÃO FILTROS Notificações de filtragem Desbloqueio de mensagens bloqueadas CAPACIDADE DISPONÍVEL PARA MENSAGENS CÓPIAS DE SEGURANÇA SUBSCRIÇÃO DE LISTAS DE DISTRIBUIÇÃO ALTERAÇÃO DE PASSWORDS FORMATOS DO CORREIO ELECTRÓNICO NOMENCLATURA DE NOMES FORMATO DO TEXTO FORMATO DA ASSINATURA EM TEXTO SIMPLES PARA ENVIO FORMATO DA ASSINATURA EM TEXTO SIMPLES PARA REENVIO FORMATO DA ASSINATURA EM HTML PARA ENVIO FORMATO DA ASSINATURA EM HTML PARA REENVIO FONTES EM HTML PARA ENVIO...ERRO! MARCADOR NÃO DEFINIDO. 4.8 FORMATO DO RODAPÉ...10 ITIJ, I.P. Página 2 de 11

3 1 Introdução Um sistema de correio electrónico actualizado e eficaz depende de que o seu uso respeite determinadas regras que contribuam para a segurança, e celeridade das transacções prevenindose sobrecargas geradas pela difusão replicada de mensagens desenquadradas da actividade. Neste documento definem-se assim as normas de utilização dos serviços de correio electrónico disponibilizado pelo Instituto das Tecnologias de Informação na Justiça (ITIJ), como gestor da Rede de Comunicações da Justiça (RCJ) aos órgãos, serviços e organismos que integram a RCJ. Esta política deve ser divulgada a todos os trabalhadores e colaboradores dos órgãos serviços e organismos que integram a RCJ, com acesso ao serviços de correio electrónico fornecido pelo ITIJ e disponibilizada para consulta por meios electrónicos ou outros. ITIJ, I.P. Página 3 de 11

4 2 Responsabilidade É da responsabilidade do Departamento de Infra-Estruturas e Administração de Sistemas (DIEAS) do ITIJ a definição destas normas. É da responsabilidade do Conselho Directivo do ITIJ a sua aprovação. É da responsabilidade de todos os trabalhadores e colaboradores do ITIJ, e de todos os órgãos, serviços e organismos que integram a RCJ e que acedem aos serviços de correio electrónico disponibilizado pelo ITIJ o seu cumprimento. ITIJ, I.P. Página 4 de 11

5 3 Normas de Utilização do Correio Electrónico 3.1 Utilização O sistema de correio electrónico é um instrumento precioso de comunicação e um veiculo por excelência para a circulação e troca de documentos entre os diversos serviços do instituto e com entidades externas, e é disponibilizado aos colaboradores dos diversos órgãos, serviços e organismos que integram a RCJ como ferramenta de trabalho, pelo que este recurso deve ser utilizado para fins inerentes ao desempenho das funções atribuídas aos diversos utilizadores no âmbito da sua actividade profissional. Por essa razão, toda a informação processada por este sistema é assumida como informação exclusivamente relacionada com as funções exercidas, pelo que deve ser evitado o seu uso para fins pessoais. A utilização deste recurso fora do âmbito das funções profissionais atribuídas aos trabalhadores dos órgãos serviços ou organismos que integram a RCJ, ficará sujeito às normas de utilização implementadas como sejam politicas de filtragem e de retenção de mensagens, podendo a qualquer momento ser impedida a sua utilização, desde que se constate que a mesma viola as politicas de segurança em uso, consome excessivos recursos ou degrada significativamente o tempo de resposta de sistemas. É proibido o uso do correio electrónico: para a criação ou distribuição de informação ofensiva ou imprópria, incluindo mensagens com conteúdo ofensivo sobre origem racial ou étnica, género, idade, orientação sexual, pornografia, convicções filosóficas ou políticas, fé religiosa, filiação partidária ou sindical, nacionalidade ou deficiências; para a criação ou divulgação de mensagens alarmistas sem confirmação do seu conteúdo; para a criação ou divulgação de mensagens em cadeia ( chain letters ); para fins ilegais; para a divulgação de informação confidencial a terceiros; para o exercício de actividades profissionais privadas; se de alguma forma puder pôr em causa a integridade, a confidencialidade, a disponibilidade ou a legalidade dos sistemas do Ministério da Justiça ou externos (por exemplo através de malware, cracking, hacking, etc.); que de uma forma desnecessária e frívola sobrecarregue os sistemas informáticos, nomeadamente com a sua utilização com conteúdos não relacionados com a sua função profissional. Qualquer colaborador que receba alguma informação contrária a estes princípios, deve comunicar de imediato ao seu superior hierárquico, e não participar na sua divulgação. 3.2 Filtros Todas as mensagens que tiverem origem ou destino numa conta de correio da RCJ serão sujeitas a filtros que evitem a sobrecarga dos sistemas e riscos de segurança, designadamente: ITIJ, I.P. Página 5 de 11

6 Mensagens recebidas ou enviadas que contenham vírus ou suspeita de vírus, e/ou Mensagens recebidas ou enviadas contendo ameaças conhecidas na própria mensagem ou nos seus anexos, e/ou Mensagens recebidas ou enviadas que contenha anexos protegidos por palavra-passe impedindo a análise contra potenciais ameaças, e/ou Mensagens recebidas ou enviadas com spoofing (camuflagem do remetente), e/ou Mensagens recebidas ou enviadas com programas executáveis ou potencialmente perigosos nos seus anexos, e/ou Mensagens recebidas remetidas por endereços ou domínios constantes em listas negras de produtos de segurança, e/ou Mensagens recebidas de spam ou potencialmente de spam, e/ou Mensagens recebidas com conteúdo de hoax (embustes com falsos alarmes), e/ou Mensagens recebidas com conteúdo de phishing (camuflagem para obter informação confidencial), e/ou Mensagens recebidas com conteúdo considerado pornográfico, e/ou Mensagens recebidas que contenham imagens de dimensão superior a 1 MB, e/ou Mensagens recebidas que contenham ficheiros de áudio ou de vídeo, e/ou Mensagens recebidas que tenham uma dimensão total superior a 10MB Poderá ainda ser limitado o número máximo de destinatários por mensagem, caso se verifique que tal situação esteja a ter impacto na eficiência do sistema de correio electrónico Notificações de filtragem Todas as acções de filtragem executadas ficarão registadas. No entanto, os remetentes e destinatários não serão informados de tal acção automática, com as excepções abaixo indicadas: As mensagens filtradas devido a endereços inválidos, de origens que constem em listas negras, fragmentada, ou conterem ficheiros considerados perigosos ou executáveis, darão origem a uma resposta ao remetente a indicar que a mensagem foi recusada. As mensagens filtradas devido a conterem vídeo, áudio ou imagens de grande dimensão, darão origem a uma mensagem automática que será enviada ao remetente e ao destinatário a indicar que a mensagem foi recusada. As mensagens filtradas devido a conterem ficheiros protegidos por palavra passe darão origem a uma mensagem automática que será enviada ao remetente (no caso de ter sido enviado a partir do MJ) ou ao destinatário (caso tenha tido origem no exterior com destino ao MJ) a indicar que a mensagem foi recusada Desbloqueio de mensagens bloqueadas Sempre que uma mensagem seja bloqueada mas a mesma seja necessária para a sua função no Ministério da Justiça, deverá registar um pedido no Service Desk do ITIJ, e o DIEAS do ITIJ poderá ITIJ, I.P. Página 6 de 11

7 desbloquear após análise da situação, só podendo recusar o pedido de desbloqueio caso considere que a segurança da RCJ poderá ser afectada. 3.3 Capacidade disponível para mensagens Cada conta terá um espaço disponível de 200 MB cuja gestão cabe ao respectivo utilizador. Quando se atingir o limite de 500 MB as mensagens passarão a ser recusadas. 3.4 Cópias de Segurança Os dados de tráfego (registo de endereço electrónico do remetente, assunto da mensagem, endereço electrónico dos destinatários, data e hora de recepção ou envio da mensagem, e classificação) de todas as mensagens enviadas das contas de correio da RCJ ou recebidas nas mesmas são conservados pelo período de 1 ano. Diariamente será feita uma salvaguarda de todas as mensagens recebidas nas contas oficiais, a qual será conservada durante um período de 5 anos. Cabe aos utilizadores das restantes contas de correio a responsabilidade de, periodicamente, copiarem para pastas locais as mensagens de correio electrónico que contenham informação que deva ser mantida, e assegurar a sua salvaguarda. Caso haja alguma outra conta que necessite de uma salvaguarda automática diária, deverá o mesmo ser solicitado ao ITIJ pelo responsável do órgão, serviço ou organismo a que respeita a conta. 3.5 Subscrição de listas de distribuição A distribuição automática de mensagens baseia-se em listas de distribuição, as quais podem ser consultadas nos endereços indicados para cada organismo no Manual de Nomenclatura de Utilizadores. Caso desejem receber as mensagens que sejam enviadas para uma lista de distribuição, poderão utilizar o endereço atrás indicado e solicitar a subscrição. A mesma página pode ser utilizada para cancelar uma subscrição. Cada uma destas listas tem um moderador que aprova os pedidos de subscrição, e faz a sua gestão. No caso de pretenderem criar uma nova lista de distribuição, tal terá de ser solicitado através do Service Desk do ITIJ e executado pelo DIEAS do ITIJ. 3.6 Alteração de passwords A nova caixa de correio tem definida uma palavra-passe que deverá ser modificada antes da primeira utilização. Este processo deverá ser utilizado também sempre que se pretenda alterar a mesma. Através do endereço https://betamail.mj.pt/palavrapasse, introduza o seu endereço de correio electrónico e confirme. Será pedida a nova palavra-passe e a sua repetição antes de poder confirmar com o botão Set password. Uma mensagem confirmará a alteração de palavra-passe. ITIJ, I.P. Página 7 de 11

8 4 Formatos do Correio Electrónico 4.1 Nomenclatura de nomes As contas individuais deverão utilizar uma nomenclatura normalizada, a qual se encontra num documento separado. 4.2 Formato do texto Deve-se dar preferência à utilização de um formato em texto simples no corpo da mensagem, embora se possa também utilizar o formato HTML. Aconselha-se a evitar o abuso de formas de realce (negrito e sublinhado) para evitar a poluição visual da mensagem. 4.3 Formato da assinatura A assinatura acrescenta informação sobre o remetente, nomeadamente a sua função. Assim, para todas as mensagens formais enviadas recomenda-se os seguintes formatos de assinatura: Formato da assinatura em Texto Simples para envio Para todas as mensagens enviadas em texto simples recomenda-se o seguinte formato de assinatura: Nome Função na organização Organismo 2ªlinha de Organismo (quando aplicável) Endereço Código-Postal Localidade Tel.: Telefone Fax: Fax Exemplo 1: Manuel Silva Juiz Tribunal Judicial de Aveiro Praça Marquês de Pombal Aveiro Tel.: Fax: Exemplo 2: João Silva Técnico Superior Instituto das Tecnologias de Informação na Justiça Ministério da Justiça Av. Casal Ribeiro, Lisboa Tel.: Fax: ITIJ, I.P. Página 8 de 11

9 4.3.2 Formato da assinatura em Texto Simples para reenvio Nome Para todas as mensagens reenviadas em texto simples recomenda-se o seguinte formato de assinatura: Organismo 2ªlinha de Organismo (quando aplicável) Exemplo 1: Manuel Silva Tribunal Judicial de Aveiro Exemplo 2: João Silva Instituto das Tecnologias de Informação na Justiça Ministério da Justiça Formato da assinatura em HTML para envio Para todas as mensagens enviadas em HTML recomenda-se o seguinte formato de assinatura: Nome Função na organização Organismo 2ª linha de Organismo (quando aplicável) Endereço Código-Postal Localidade Tel.: Telefone Fax: Fax Exemplo 1: Manuel Silva Juiz Tribunal Judicial de Aveiro Praça Marquês de Pombal Aveiro Tel.: Fax: Exemplo 2: João Silva Técnico Superior Instituto das Tecnologias de Informação na Justiça Ministério da Justiça Av. Casal Ribeiro, Lisboa Tel.: Fax: Formato da assinatura em HTML para reenvio Para todas as mensagens reenviadas em HTML recomenda-se o seguinte formato de assinatura: ITIJ, I.P. Página 9 de 11

10 Nome Organismo 2ª linha de Organismo (quando aplicável) Exemplo 1: Manuel Silva Tribunal Judicial de Aveiro João Silva Exemplo 2: Instituto das Tecnologias de Informação na Justiça Ministério da Justiça Fontes em HTML para envio Para todas as mensagens em HTML recomenda-se a utilização das seguintes fontes: Corpo do texto Nome Tipo de texto: Arial; Efeito de letra: Normal; Tamanho: 10; Cor da fonte: Preto; Espaçamento: Simples Tipo de texto: Arial; Efeito de letra: Negrito; Tamanho: 11; Cor da fonte: Preto; Espaçamento: Simples Função na organização Organismo Endereço Código-Postal Localidade Tel.: Telefone Fax: Fax Tipo de texto: Arial; Efeito de letra: Itálico; Tamanho: 8; Cor da fonte: Preto; Espaçamento: Simples Tipo de texto: Arial; Efeito de letra: Negrito; Tamanho: 8; Cor da fonte: Preto; Espaçamento: Simples Tipo de texto: Arial; Efeito de letra: Normal; Tamanho: 8; Cor da fonte: Preto; Espaçamento: Simples 4.4 Formato do Rodapé Todas as mensagens enviadas para o exterior da RCJ têm um rodapé que lhes é aposto automaticamente e que terá o seguinte texto: Esta mensagem e os seus anexos pode conter informação privilegiada e/ou confidencial, destinada exclusivamente ao(s) destinatário(s). Se não for o destinatário, ou a pessoa responsável pela sua entrega ao destinatário, não pode copiar, entregar este documento a terceiros ou revelar o seu conteúdo, e deve eliminar de imediato esta mensagem do seu sistema. Esta mensagem e ficheiros anexos foram sujeitas a verificação automática da presença de vírus, no entanto a Rede de Comunicações da Justiça não será responsável por qualquer prejuízo resultante de vírus que tenham eventualmente passado o sistema anti-vírus. ITIJ, I.P. Página 10 de 11

11 Privileged / Confidential information may be contained in this and is intended only for the use of the intended recipient(s). If you are not the recipient, or the person responsible for delivering it to the recipient, you may not copy or disclose this to anyone else and must immediately eliminate this message from your system. Although this and its attachments have been scanned for the presence of computer viruses, the Portuguese Justice Network will not be liable for any losses as a result of any viruses eventually being passed on ITIJ, I.P. Página 11 de 11

ORIENTAÇÕES SOBRE O USO DA INTERNET E

ORIENTAÇÕES SOBRE O USO DA INTERNET E ORIENTAÇÕES SOBRE O USO DA INTERNET E DO CORREIO ELECTRÓNICO NA SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO CÓDIGO DE CONDUTA (VERSÃO 1.0 2005-12-09) Índice 1 INTRODUÇÃO...2 2 CÓDIGO DE CONDUTA...2 2.1 CONDIÇÕES GERAIS

Leia mais

Manual de Normas de Utilização da Informática na Universidade do Algarve

Manual de Normas de Utilização da Informática na Universidade do Algarve Manual de Normas de Utilização da Informática na Universidade do Algarve Controlo de Versões Versão Data Autor Status Alterações 1.0 1-06-2007 Equipa Informática Projectos Final 1ºa Versão 2 Índice 1.

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DA UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS ONLINE

CONDIÇÕES GERAIS DA UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS ONLINE CONDIÇÕES GERAIS DA UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS ONLINE Os serviços online que o Município de Aveiro disponibiliza através da Internet aos utilizadores estabelecem relações com a Câmara Municipal de Aveiro,

Leia mais

Iª REUNIÃO DO CONSELHO TÉCNICO DO CENTRO NACIONAL DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO

Iª REUNIÃO DO CONSELHO TÉCNICO DO CENTRO NACIONAL DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DAS TELECOMUNICAÇÕES E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO CENTRO NACIONAL DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO Iª REUNIÃO DO CONSELHO TÉCNICO DO CENTRO NACIONAL DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO

CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO AVISO AO UTILIZADOR Leia cuidadosamente este contrato. O acesso e uso desta plataforma implica, da sua parte uma aceitação expressa e sem reservas de todos os termos

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ACESSO À "INTERNET" Minuta

CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET Minuta I CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ACESSO À "INTERNET" Minuta O PRESENTE CONTRATO FOI APROVADO PELO INSTITUTO DAS COMUNICAÇÕES DE PORTUGAL, NOS TERMOS E PARA OS EFEITOS DO ARTIGO 9/2 DO DECRETO

Leia mais

Centro de Gestão da Rede Informática do Governo Data de emissão Entrada em vigor Classificação Elaborado por Aprovação Ver. Página

Centro de Gestão da Rede Informática do Governo Data de emissão Entrada em vigor Classificação Elaborado por Aprovação Ver. Página 2002-02-27 Imediata AT CEGER/FCCN GA 2 1 de 11 Tipo: NORMA Revoga: Versão 1 Distribuição: Sítio do CEGER na Internet. Entidades referidas em IV. Palavras-chave: gov.pt. Registo de sub-domínios de gov.pt.

Leia mais

SOPHUS TECNOLOGIA POLÍTICA DE ENVIO DE E-MAILS

SOPHUS TECNOLOGIA POLÍTICA DE ENVIO DE E-MAILS SOPHUS TECNOLOGIA POLÍTICA DE ENVIO DE E-MAILS Com o objetivo de manter um alto nível no serviço de e-mails, a SOPHUS TECNOLOGIA disponibiliza soluções voltadas para cada necessidade de seus clientes.

Leia mais

WEBMAIL Política de Uso Aceitável

WEBMAIL Política de Uso Aceitável WEBMAIL Política de Uso Aceitável Bem-vindo ao Correio Eletrônico da UFJF. O Correio Eletrônico da UFJF (Correio-UFJF) foi criado para ajudá-lo em suas comunicações internas e/ou externas à Universidade.

Leia mais

Informação Legal Nota Lega A nossa responsabilidade Direitos de propriedade intelectual Cedência de Direitos

Informação Legal Nota Lega A nossa responsabilidade Direitos de propriedade intelectual Cedência de Direitos Informação Legal Nota Legal O texto seguinte explica as condições de utilização deste website. Salvo indicação contrária, as referências feitas, neste site, a Aptababy e/ou Livro do Bebé devem ser entendidas

Leia mais

PLATAFORMA CLICK TO PRAY

PLATAFORMA CLICK TO PRAY PLATAFORMA CLICK TO PRAY 1 OBJECTO: Informação sobre os TERMOS E CONDIÇÕES que regulam o acesso e utilização do sítio web alojado sob a denominação www.clicktopray.org e de todos os conteúdos que dele

Leia mais

Economia Digital e Direito. Privacy, Dados Pessoais e Correio Electrónico nas Empresas. Carolina Leão Oliveira. 19 Novembro 2013

Economia Digital e Direito. Privacy, Dados Pessoais e Correio Electrónico nas Empresas. Carolina Leão Oliveira. 19 Novembro 2013 Economia Digital e Direito Privacy, Dados Pessoais e Correio Electrónico nas Empresas Partilhamos a Experiência. Inovamos nas Soluções. Carolina Leão Oliveira 19 Novembro 2013 Matéria em causa: Uso do

Leia mais

A utilização pelo utilizador dos serviços contidos na web da TRAVELPLAN S.A. implica a aceitação das seguintes condições gerais:

A utilização pelo utilizador dos serviços contidos na web da TRAVELPLAN S.A. implica a aceitação das seguintes condições gerais: TRAVELPLAN S.A. POLITICA DE PRIVACIDADE E CONDIÇÕES DE USO DA PAGINA WEB O presente documento estabelece as Condições Gerais de Uso dos serviços prestados por meio do web site da TRAVELPLAN S.A. (www.travelplan.pt),

Leia mais

Especificações de oferta Serviços de Gestão de Correio Electrónico Segurança do Correio Electrónico

Especificações de oferta Serviços de Gestão de Correio Electrónico Segurança do Correio Electrónico Especificações de oferta Serviços de Gestão de Correio Electrónico Segurança do Correio Electrónico Apresentação dos serviços A Segurança do Correio Electrónico dos Serviços de Gestão de Correio Electrónico

Leia mais

Índice. Índice de figuras

Índice. Índice de figuras PASSO-A-PASSO Índice 1 Entrar no Portal das Escolas 3 2 Registo 3 2.1 Preencher o registo 3 2.2 Campos de registo a preencher 4 2.3 Autorização para tratamento de dados do Portal das Escolas 6 2.4 Mensagem

Leia mais

Termos e Condições da One.com v.09 Os seguintes termos são aplicáveis na One.com a partir de 1 de Setembro de 2015. 1. Subscrição:

Termos e Condições da One.com v.09 Os seguintes termos são aplicáveis na One.com a partir de 1 de Setembro de 2015. 1. Subscrição: Termos e Condições da One.com v.09 Os seguintes termos são aplicáveis na One.com a partir de 1 de Setembro de 2015. 1. Subscrição: Uma subscrição de um espaço web da One.com oferece acesso aos servidores

Leia mais

e-mail Guia Prático do correio-electrónico com Gmail, Microsoft Outlook e Windows Mail LIBÓRIO MANUEL SILVA

e-mail Guia Prático do correio-electrónico com Gmail, Microsoft Outlook e Windows Mail LIBÓRIO MANUEL SILVA e-mail Guia Prático do correio-electrónico com Gmail, Microsoft Outlook e Windows Mail LIBÓRIO MANUEL SILVA e-mail Guia Prático do correio-electrónico com Gmail, Microsoft Outlook e Windows Mail Autor:

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA DOS COLABORADORES DA FUNDAÇÃO CASA DA MÚSICA

CÓDIGO DE CONDUTA DOS COLABORADORES DA FUNDAÇÃO CASA DA MÚSICA CÓDIGO DE CONDUTA DOS COLABORADORES DA FUNDAÇÃO CASA DA MÚSICA Na defesa dos valores de integridade, da transparência, da auto-regulação e da prestação de contas, entre outros, a Fundação Casa da Música,

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DE SEGURANÇA DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

REGULAMENTO INTERNO DE SEGURANÇA DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO REGULAMENTO INTERNO DE SEGURANÇA DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CÂMARA MUNICIPAL DE CABECEIRAS DE BASTO INTRODUÇÃO O presente Regulamento tem como objetivo estabelecer diretrizes e regular a utilização dos

Leia mais

POLÍTICA DE PRIVACIDADE

POLÍTICA DE PRIVACIDADE POLÍTICA DE PRIVACIDADE A COFINA MEDIA, S.A. (doravante apenas designada de COFINA ), com sede na Rua Luciana Stegagno Picchio, 3, 1549-023, Lisboa, pessoa colectiva n.º 502801034, matriculada na Conservatória

Leia mais

REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DO LUSÍDEIAS

REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DO LUSÍDEIAS REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DO LUSÍDEIAS 1. CONCORDÂNCIA COM OS TERMOS 1.1. - A utilização deste site (www.lusideias.pt) implica a aceitação integral e sem reservas dos respectivos termos e condições de

Leia mais

2º Curso COMUNICAÇÃO E LITERACIA EM SAÚDE Potenciar o empowerment do cidadão, contribuir para melhor educação para a saúde

2º Curso COMUNICAÇÃO E LITERACIA EM SAÚDE Potenciar o empowerment do cidadão, contribuir para melhor educação para a saúde Inscrições abertas* ISPA LANÇA 2º «CURSO DE COMUNICAÇÃO E LITERACIA EM SAÚDE». 2 e 9 junho 12 horas INSCRIÇÕES ABERTAS (ficha inscrição em anexo) http://www.psicologia.pt/profissional/formacao/ver_formacao.php?id=3019&grupo=1

Leia mais

III. Norma Geral de Segurança da Informação para Uso da Internet

III. Norma Geral de Segurança da Informação para Uso da Internet O B J E CT I V O Estabelecer critérios para acesso à Internet utilizando recursos do Projecto Portal do Governo de Angola. Orientar os Utilizadores sobre as competências, o uso e responsabilidades associadas

Leia mais

CÂMARA DE VEREADORES DE ITAQUI - RS PALÁCIO RINCÃO DA CRUZ

CÂMARA DE VEREADORES DE ITAQUI - RS PALÁCIO RINCÃO DA CRUZ ORDEM DE SERVIÇO Nº 01-2012 O Presidente,Vereador LAURO LUIZ HENDGES, no uso das atribuições que lhe confere o Art. 35, inciso V do Regimento Interno, Considerando a necessidade de regulamentar a utilização

Leia mais

1 - TERMO DE UTILIZAÇÃO

1 - TERMO DE UTILIZAÇÃO 1 - TERMO DE UTILIZAÇÃO Este Termo de Utilização (doravante denominado "Termo de Utilização") regulamenta a utilização dos SERVIÇOS de envio de mensagens electrónicas - "e-mail" (doravante denominado "SERVIÇO")

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA Julho de 2013

CÓDIGO DE CONDUTA Julho de 2013 CÓDIGO DE CONDUTA Julho de 2013 1 ÍNDICE INTRODUÇÃO...3 I. Âmbito de Aplicação e Princípios Gerais...4 Artigo 1.º Âmbito Pessoal...4 Artigo 2.º Âmbito Territorial...4 Artigo 3.º Princípios Gerais...4 Artigo

Leia mais

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático. Índice:

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático. Índice: Nota Introdutória: Este documento irá guiá-lo(a) através dos procedimentos necessários para obtenção correcta do seu Certificado Digital. Por favor consulte o índice de modo a encontrar, de uma forma mais

Leia mais

UIFCUL. Unidade de Informática. Faculdade de Ciências. Universidade de Lisboa

UIFCUL. Unidade de Informática. Faculdade de Ciências. Universidade de Lisboa UIFCUL Unidade de Informática Universidade de Lisboa Regulamento de utilização do Sistema de Correio Eletrónico e de listas de distribuição da FCUL Versão 1.0 2 Janeiro de 2014 Versão Data Alterações /

Leia mais

Termos e Condições 1. DISPOSIÇÕES INTRODUTÓRIAS

Termos e Condições 1. DISPOSIÇÕES INTRODUTÓRIAS Termos e Condições 1. DISPOSIÇÕES INTRODUTÓRIAS O Zelando é um serviço multiplataforma desenvolvido para substituir a agenda tradicional nas Instituições de Educação Infantil, como creches, escolas e colégios

Leia mais

TIC 8º Ano Redes Sociais

TIC 8º Ano Redes Sociais Redes Sociais O que são? São redes de pessoas que procuram conhecer outras, para estar em contato com amigos, criar conteúdos e trocar ideias. O cibernauta apresenta-se aos restantes, mostrandose ao mundo

Leia mais

CONSELHO SUPERIOR DA MAGISTRATURA

CONSELHO SUPERIOR DA MAGISTRATURA BREVE MANUAL REQUERIMENTO DE FORMAÇÃO v. 1.3 Data da última actualização: 09-10-2015 1 / 8 Observação Prévia Conforme consta do Aviso referente à Inscrição e Frequência das Acções de Formação Contínua

Leia mais

Instrução da CMVM n.º 12/2002 Deveres de Informação dos Emitentes à CMVM

Instrução da CMVM n.º 12/2002 Deveres de Informação dos Emitentes à CMVM Instrução da CMVM n.º 12/2002 Deveres de Informação dos Emitentes à CMVM Os emitentes de valores mobiliários admitidos à negociação em bolsa estão sujeitos ao cumprimento de um conjunto de deveres de informação

Leia mais

ATO CONJUNTO PGJ-CGMP N. 01, DE 02 DE SETEMBRO DE 2013

ATO CONJUNTO PGJ-CGMP N. 01, DE 02 DE SETEMBRO DE 2013 ATO CONJUNTO PGJ-CGMP N. 01, DE 02 DE SETEMBRO DE 2013 Disciplina o uso do correio eletrônico (e-mail) do Ministério Público do Estado de Goiás e dá outras providências. O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA,

Leia mais

O MARKETING DIRECTO POR EMAIL

O MARKETING DIRECTO POR EMAIL O MARKETING DIRECTO POR EMAIL 1 AS IMPLICAÇÕES LEGAIS DO EMAIL MARKETING Enquadramento da questão Equilíbrio entre o poder e a eficácia do marketing directo por e-mail no contacto com os consumidores e

Leia mais

1) O que é o E-goi? 2) O que é o programa de parceria E-goi? 3) Quais são os tarifários do E-goi?

1) O que é o E-goi? 2) O que é o programa de parceria E-goi? 3) Quais são os tarifários do E-goi? 1) O que é o E-goi? O E-goi é uma solução completa de comunicação e marketing digital, que permite enviar correio electrónico, SMS, MMS, fax e mensagens de voz através de uma só plataforma sempre disponível

Leia mais

Normas para o Administrador do serviço de e-mail

Normas para o Administrador do serviço de e-mail Normas para o Administrador do serviço de e-mail Os serviços de e-mails oferecidos pela USP - Universidade de São Paulo - impõem responsabilidades e obrigações a seus Administradores, com o objetivo de

Leia mais

POLÍTICA DE USO DE CORREIO ELETRÔNICO da SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DO CEARÁ

POLÍTICA DE USO DE CORREIO ELETRÔNICO da SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DO CEARÁ POLÍTICA DE USO DE CORREIO ELETRÔNICO da SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DO CEARÁ 1. OBJETIVO Definir os requisitos e as regras de segurança para o uso do correio eletrônico (e-mail) no âmbito da SESA (Secretaria

Leia mais

TP.100. Política de Segurança da Informação

TP.100. Política de Segurança da Informação Manual do utilizador TP.100 Política de Segurança da Informação Órgão: Versão: 1.0 Data inicial: 2006/05/25 Última alteração: 2006/05/25 (referência) 2/8 Índice de conteúdos 1.- INTRODUÇÃO... 3 2.- INFORMAÇÃO...

Leia mais

M U N I C I P A L CÂMARA MUNICIPAL DA AMADORA. Edição Especial 22 de Junho de 2011

M U N I C I P A L CÂMARA MUNICIPAL DA AMADORA. Edição Especial 22 de Junho de 2011 Edição Especial 22 de Junho de 2011 REGULAMENTO INTERNO - PARTE I NORMAS DE ACESSO E UTILIZAÇÃO DOS SISTEMAS INFORMÁTICOS E DE COMUNICAÇÕES (Deliberação da CMA de 01.06.2011) DISTRIBUIÇÃO GRATUITA CÂMARA

Leia mais

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIRECÇÃO NACIONAL Plataforma eletrónica Versão 1.0 Departamento de Segurança Privada Abril de 2012 Manual do Utilizador dos Serviços Online do SIGESP Versão 1.0 (30 de abril

Leia mais

Política Aceitável de Utilização (PAU)

Política Aceitável de Utilização (PAU) Política Aceitável de Utilização (PAU) A Multitel, na qualidade de prestadora de serviços de acesso à Internet, alojamento de páginas web e outros serviços da sociedade da informação relacionados, oferece

Leia mais

Regulamento. Passatempo denominado TU E A TUA ROCKSTAR

Regulamento. Passatempo denominado TU E A TUA ROCKSTAR Regulamento Passatempo denominado TU E A TUA ROCKSTAR 1. Passatempo O passatempo Tu e a tua Rockstar é uma acção promocional promovida pela Matudis, Comércio de Produtos Alimentares, Lda. com sede em Lagoas

Leia mais

MAIL DINÂMICO O QUE É? . É UM MÓDULO DO SIGARRA QUE PRETENDE FACILITAR A COMUNICAÇÃO

MAIL DINÂMICO O QUE É? . É UM MÓDULO DO SIGARRA QUE PRETENDE FACILITAR A COMUNICAÇÃO MAIL DINÂMICO O QUE É?. É UM MÓDULO DO SIGARRA QUE PRETENDE FACILITAR A COMUNICAÇÃO. PERMITE O ENVIO DE MENSAGENS DE CORREIO ELECTRÓNICO PARA UM OU PARA VÁRIOS DESTINATÁRIOS EM SIMULTÂNEO. FUNCIONA DE

Leia mais

Semana da Internet Segura Correio Eletrónico

Semana da Internet Segura Correio Eletrónico Enviar correio eletrónico não solicitado em massa (SPAM) a outros utilizadores. Há inúmeras participações de spammers utilizando sistemas comprometidos para enviar e-mails em massa. Estes sistemas comprometidos

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA

POLÍTICA DE SEGURANÇA POLÍTICA DE SEGURANÇA GADE SOLUTION Tatiana Lúcia Santana GADE SOLUTION 1. Conceituação: A informação é um dos principais patrimônios do mundo dos negócios. Um fluxo de informação de qualidade é capaz

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE UTILIZAÇÃO. 1. CONDIÇÕES GERAIS DE UTILIZAÇÃO DO SITE www.viaverde.pt.

CONDIÇÕES GERAIS DE UTILIZAÇÃO. 1. CONDIÇÕES GERAIS DE UTILIZAÇÃO DO SITE www.viaverde.pt. CONDIÇÕES GERAIS DE UTILIZAÇÃO 1. CONDIÇÕES GERAIS DE UTILIZAÇÃO DO SITE www.viaverde.pt. 1.1. As presentes Condições Gerais de Utilização (doravante Condições Gerais ), regulam a utilização da página

Leia mais

1. Titularidade do domínio www.estrelacoop.pt

1. Titularidade do domínio www.estrelacoop.pt 1. Titularidade do domínio www.estrelacoop.pt O site www. www.estrelacoop.pt encontra-se registado ao abrigo do Regulamento do registo de domínios/subdomínios de. PT", e é propriedade Estrelacoop Cooperativa

Leia mais

Ética A GUARDIAN disponibiliza o presente Código de Conduta a todos os colaboradores, Clientes, Fornecedores e Parceiros.

Ética A GUARDIAN disponibiliza o presente Código de Conduta a todos os colaboradores, Clientes, Fornecedores e Parceiros. Âmbito de aplicação O presente Código de Conduta aplica-se a toda a estrutura GUARDIAN Sociedade de Mediação de Seguros, Lda., seguidamente designada por GUARDIAN, sem prejuízo das disposições legais ou

Leia mais

Termos e Condições do Vodafone E mail Empresarial

Termos e Condições do Vodafone E mail Empresarial Termos e Condições do Vodafone E mail Empresarial Analise por favor atentamente os seguintes Termos e Condições ( T&C ) antes de utilizar o Vodafone E mail Empresarial (Serviço). Ao utilizar o Serviço

Leia mais

30 de Junho de 2010. Carmo Sousa Machado carmo.s.machado@abreuadvogados.com. LOCAL : Porto DATA : 01-07-2010

30 de Junho de 2010. Carmo Sousa Machado carmo.s.machado@abreuadvogados.com. LOCAL : Porto DATA : 01-07-2010 30 de Junho de 2010 Carmo Sousa Machado carmo.s.machado@abreuadvogados.com 1 LOCAL : Porto DATA : 01-07-2010 1. A videovigilância no local de trabalho 2. Confidencialidade e acesso à informação 3. Monitorização

Leia mais

Política de Privacidade de Dados Pessoais Cabovisão - Televisão por Cabo S.A.

Política de Privacidade de Dados Pessoais Cabovisão - Televisão por Cabo S.A. Política de Privacidade de Dados Pessoais Cabovisão - Televisão por Cabo S.A. Princípios Gerais A garantia que os clientes e utilizadores da Cabovisão-Televisão por Cabo S.A. ( Cabovisão ) sabem e conhecem,

Leia mais

SPAM: COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS NÃO SOLICITADAS

SPAM: COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS NÃO SOLICITADAS SPAM: COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS NÃO SOLICITADAS 1. INTRODUÇÃO Com o desenvolvimento da Internet, surgiu a possibilidade de se enviarem mensagens por correio electrónico, de forma quase instantânea e a

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES Nutri Ventures Corporation, S.A.

TERMOS E CONDIÇÕES Nutri Ventures Corporation, S.A. TERMOS E CONDIÇÕES Nutri Ventures Corporation, S.A. O presente documento regula a utilização do sítio de Internet http://www.nutri-ventures.com/ e respectivas subpáginas (doravante, o Sítio de Internet

Leia mais

3 CLICKS E GANHE UM SCIROCCO

3 CLICKS E GANHE UM SCIROCCO REGULAMENTO DO CONCURSO PUBLICITÁRIO N. 15/2009 AUTORIZADO PELO GOVERNO CIVIL DE LISBOA 3 CLICKS E GANHE UM SCIROCCO 1. ÂMBITO DO CONCURSO 1.1. O Concurso 3 Clicks e ganhe um Scirocco (doravante Concurso

Leia mais

TERMOS DE UTILIZAÇÃO. Site http://www.areastore.com/

TERMOS DE UTILIZAÇÃO. Site http://www.areastore.com/ a TERMOS DE UTILIZAÇÃO Site http://www.areastore.com/ O presente site foi criado, pertence e é operado pela AREA Infinitas Design de Interiores, S.A., com sede no Sintra Business Park, Edifício 7, Zona

Leia mais

POLÍTICA DE UTILIZAÇÃO DE E-MAIL PARA ESCOLAS E ADMINISTRAÇÃO NACIONAL

POLÍTICA DE UTILIZAÇÃO DE E-MAIL PARA ESCOLAS E ADMINISTRAÇÃO NACIONAL POLÍTICA DE UTILIZAÇÃO DE E-MAIL PARA ESCOLAS E ADMINISTRAÇÃO NACIONAL DEFINIÇÕES: ESCOLA: toda unidade franqueada CNA. FRANQUEADO/OPERADOR: todo aquele que ingressa na rede CNA, através da formalização

Leia mais

1) Termos e Condições

1) Termos e Condições 1) Termos e Condições Termos e Condições Plataforma Compras Públicas A informação contida nesta área regula o uso da presente página de Internet www.compraspublicas.com e de todo o seu conteúdo. Recomenda-se

Leia mais

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores CGA Directa Manual do Utilizador Acesso, Adesão e Lista de Subscritores Versão 1.00 de 10 de Março de 2008 Índice Pág. Introdução 3 Capítulo 1 Capítulo 2 Capítulo 3 Acesso Acesso 4 Adesão Adesão 5 2.1

Leia mais

TERMOS DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA WEDUC

TERMOS DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA WEDUC TERMOS DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA WEDUC 1. A WEDUC A WEDUC é uma marca registada da Lusoeduc Informação e Serviços S.A. (doravante "Weduc"), com sede na Rua Cunha Júnior, 41B-2.1 4250-186 Porto, Portugal.

Leia mais

Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet

Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet Tecnologias da Informação e Comunicação UNIDADE 3 Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet Aula nº 2º Período Escola EB 2,3 de Taíde Ano lectivo 2009/2010 SUMÁRIO Serviços básicos da internet

Leia mais

CONDIÇÕES PARTICULARES DE LOCAÇÃO DE UM SERVIDOR DEDICADO SO YOU START. Última versão em data de 05/12/2013

CONDIÇÕES PARTICULARES DE LOCAÇÃO DE UM SERVIDOR DEDICADO SO YOU START. Última versão em data de 05/12/2013 CONDIÇÕES PARTICULARES DE LOCAÇÃO DE UM SERVIDOR DEDICADO SO YOU START Última versão em data de 05/12/2013 ARTIGO 1 : OBJETO As presentes condições particulares complementam as condições gerais de serviço

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO BASEADO NA NORMA ABNT 21:204.01-010 A Política de segurança da informação, na empresa Agiliza Promotora de Vendas, aplica-se a todos os funcionários, prestadores de

Leia mais

Condições de utilização para a MediaPedia. 1 Generalidades/definições. 2 Objecto. 3 Registo, palavra-passe

Condições de utilização para a MediaPedia. 1 Generalidades/definições. 2 Objecto. 3 Registo, palavra-passe Condições de utilização para a MediaPedia 1 Generalidades/definições 1. A MediaPedia é um serviço que permite a publicação gratuita na plataforma de informação MediaPedia, bem como o acesso a contribuições

Leia mais

Regulamento. Passatempo Lay s Fecho Fácil

Regulamento. Passatempo Lay s Fecho Fácil Regulamento Passatempo Lay s Fecho Fácil 1. Passatempo Lay s Fecho Fácil O passatempo Lay s Fecho Fácil é uma acção promocional promovida pela Matudis, Comércio de Produtos Alimentares, Lda. com sede em

Leia mais

REGULAMENTO GERAL SERVIÇO DE PUBLICAÇÃO DE MENSAGENS

REGULAMENTO GERAL SERVIÇO DE PUBLICAÇÃO DE MENSAGENS REGULAMENTO GERAL SERVIÇO DE PUBLICAÇÃO DE MENSAGENS 1.OBJECTIVO. O Serviço de Publicação de Mensagens de Teletexto da TVI consiste na publicação sequencial, numa página específica do serviço de teletexto

Leia mais

Regulamento. Passatempo Lay s dá + sabor á tua bebida no Super Bock Super Rock

Regulamento. Passatempo Lay s dá + sabor á tua bebida no Super Bock Super Rock Regulamento Passatempo Lay s dá + sabor á tua bebida no Super Bock Super Rock 1. Passatempo Lay s dá + sabor á tua bebida no Super Bock Super Rock O passatempo Lay s dá + sabor á tua bebida no Super Bock

Leia mais

Microcat Authorisation Server (MAS ) Guia do utilizador

Microcat Authorisation Server (MAS ) Guia do utilizador Microcat Authorisation Server (MAS ) Guia do utilizador Índice Introdução... 2 Instalar o Microcat Authorisation Server (MAS)... 3 Configurar o MAS... 4 Opções de licença... 4 Opções de Internet... 5 Gestor

Leia mais

F-Secure Anti-Virus for Mac 2015

F-Secure Anti-Virus for Mac 2015 F-Secure Anti-Virus for Mac 2015 2 Conteúdos F-Secure Anti-Virus for Mac 2015 Conteúdos Capítulo 1: Introdução...3 1.1 Gerir subscrição...4 1.2 Como ter a certeza de que o meu computador está protegido...4

Leia mais

Segurança no Computador

Segurança no Computador Segurança no Computador Segurança na Internet: Módulo 1 (CC Entre Mar E Serra), 2008 Segurança na Internet, CC Entre Mar E Serra 1 Segurança no Computador Um computador (ou sistema computacional) é dito

Leia mais

Termos e condições de utilização da Plataforma e Política de Protecção de Dados Pessoais

Termos e condições de utilização da Plataforma e Política de Protecção de Dados Pessoais Termos e condições de utilização da Plataforma e Política de Protecção de Dados Pessoais Os presentes Termos e Condições e Política de Protecção de Dados Pessoais (adiante abreviadamente designados Termos

Leia mais

Uso do Correio Eletrônico. Norma Técnica. I Controle da Norma. 02/07/2001 Versão da Norma: João Carlos Duarte dos Santos Situação atual: EM VIGOR

Uso do Correio Eletrônico. Norma Técnica. I Controle da Norma. 02/07/2001 Versão da Norma: João Carlos Duarte dos Santos Situação atual: EM VIGOR Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco Núcleo de Informática Norma Técnica Uso do Correio Eletrônico I Controle da Norma Data da Elaboração da Norma: 02/07/2001 Versão da Norma: NT03.01 Gerente do

Leia mais

Condições gerais de utilização do Site V1.2

Condições gerais de utilização do Site V1.2 Condições gerais de utilização do Site V1.2 11 julho 2011 Preâmbulo Bem-vindo aos sites de Internet editados pela sociedade A9 (a seguir definida) e nomeadamente aos sites gymglish.com e richmorning.com

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM. Artigo 1.º. (Âmbito e Definições)

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM. Artigo 1.º. (Âmbito e Definições) CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM Artigo 1.º (Âmbito e Definições) 1 As presentes condições gerais regulam a venda, incluindo o registo e a encomenda, de produtos através da página/sítio

Leia mais

Procedimento Corporativo GESTÃO E CONTROLO DE DOCUMENTOS CONFIDENCIAIS

Procedimento Corporativo GESTÃO E CONTROLO DE DOCUMENTOS CONFIDENCIAIS GESTÃO E CONTROLO DE DOCUMENTOS CONFIDENCIAIS 1. Índice 1. Índice... 1 2. Objectivo... 1 3. Âmbito... 1 4. Definições... 1 5. Siglas / Abreviaturas... 1 6. Referências... 1 7. Introdução... 2 8. Medidas

Leia mais

Regulamento do Espaço Internet de RESENDE

Regulamento do Espaço Internet de RESENDE Regulamento do Espaço Internet de RESENDE Nota Justificativa A aposta da Câmara Municipal de Resende nas novas tecnologias de informação, tem sido uma constante ao longo dos últimos anos. Ciente da importância

Leia mais

NOTIFICAÇÃO DE NEGÓCIO

NOTIFICAÇÃO DE NEGÓCIO NOTIFICAÇÃO DE NEGÓCIO O Microsoft Business Solutions for Supply Chain Management Navision Business Notification ajudao a gerir a sua empresa mais facilmente e eficazmente. Pode identificar qualquer problema

Leia mais

Utilização do Webmail da UFS

Utilização do Webmail da UFS Universidade Federal de Sergipe Centro de Processamento de Dados Coordenação de Redes de Computadores Utilização do Webmail da UFS Procedimento Com o intuito de facilitar a execução dos passos, este tutorial

Leia mais

Contrato de Prestação de Serviços de Alojamento de Web Site e Registo de Domínio

Contrato de Prestação de Serviços de Alojamento de Web Site e Registo de Domínio Contrato de Prestação de Serviços de Alojamento de Web Site e Registo de Domínio Entre Olivertek, LDA, pessoa colectiva n.º 507827040, matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Gondomar, sob

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

Relatório SHST - 2003

Relatório SHST - 2003 Relatório da Actividade dos Serviços de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Relatório SHST - 2003 Programa de Validação e Encriptação Manual de Operação Versão 1.1 DEEP Departamento de Estudos, Estatística

Leia mais

Instruções para aceder ao correio electrónico via web

Instruções para aceder ao correio electrónico via web Caro utilizador(a) Tendo por objectivo a melhoria constante das soluções disponibilizadas a toda a comunidade do Instituto Politécnico de Santarém, tanto ao nível de serviços de rede como sistema de informação.

Leia mais

03 de Dezembro 2013 Direito do Trabalho

03 de Dezembro 2013 Direito do Trabalho DADOS DOS TRABALHADORES A agilização do direito à privacidade dos trabalhadores com a crescente e hegemónica utilização das denominadas tecnologias de informação, levaram a Comissão Nacional de Protecção

Leia mais

Manual de Normas e Procedimentos de Segurança da Informação

Manual de Normas e Procedimentos de Segurança da Informação Manual de Normas e Procedimentos de Segurança da Informação Objetivo: Definir responsabilidades e orientar a conduta dos profissionais e usuários de informática da FECAP na utilização dos recursos computacionais,

Leia mais

ESCOLA SECU DÁRIA DA CIDADELA. Regulamento e Normas de utilização/funcionamento das salas com Equipamento Informático

ESCOLA SECU DÁRIA DA CIDADELA. Regulamento e Normas de utilização/funcionamento das salas com Equipamento Informático ESCOLA SECU DÁRIA DA CIDADELA Regulamento e Normas de utilização/funcionamento das salas com Equipamento Informático Ano lectivo 2009/2010 Áreas de trabalho individualizadas A utilização dos computadores

Leia mais

CONTRATO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE HOSPEDAGEM DE SITES

CONTRATO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE HOSPEDAGEM DE SITES CONTRATO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE HOSPEDAGEM DE SITES CLÁUSULA PRIMEIRA DAS PARTES 1.1 De um lado, JKL SERVIÇOS E TECNOLOGIA ME, Pessoa Jurídica com sede na Rua CAROLINA ROQUE nº 416, CEP 02472-030, cidade

Leia mais

3.2 SSI: formulário de Solicitação de Serviço à Informática - SSI, disponível na Intranet (Portal Corporativo Record).

3.2 SSI: formulário de Solicitação de Serviço à Informática - SSI, disponível na Intranet (Portal Corporativo Record). 1. OBJETIVOS Regulamentar o processo a ser seguido pelos usuários para liberação de ferramentas e recursos de Tecnologia da Informação, visando otimizar e agilizar as solicitações de forma que não gere

Leia mais

PONTO DE CONTATO ELETRÓNICO COM OS TRIBUNAIS ARBITRAIS

PONTO DE CONTATO ELETRÓNICO COM OS TRIBUNAIS ARBITRAIS PONTO DE CONTATO ELETRÓNICO COM OS TRIBUNAIS ARBITRAIS MANUAL DE UTILIZADOR INFARMED - Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, I.P. Parque de Saúde de Lisboa - Avenida do Brasil, 53 1749-004

Leia mais

(2) TCG - Termos e Condições Gerais da Ellan Sp. z o.o., com escritório registado em Warszawa (Polónia).

(2) TCG - Termos e Condições Gerais da Ellan Sp. z o.o., com escritório registado em Warszawa (Polónia). Termos e Condições Gerais (em diante TCG) da Ellan Sp. z o.o. (em funcionamento como empresa privada), sediada em Warszawa (Polónia), relativos à publicação, em diante chamada também de modo intercambiável

Leia mais

REGULAMENTO DO ESPAÇOS INTERNET DA PRAÇA DE SANTIAGO E DO CENTRO CULTURAL VILA FLOR EM GUIMARÃES. Nota Justificativa

REGULAMENTO DO ESPAÇOS INTERNET DA PRAÇA DE SANTIAGO E DO CENTRO CULTURAL VILA FLOR EM GUIMARÃES. Nota Justificativa REGULAMENTO DO ESPAÇOS INTERNET DA PRAÇA DE SANTIAGO E DO CENTRO CULTURAL VILA FLOR EM GUIMARÃES Nota Justificativa A aposta do Município de Guimarães nas novas tecnologias de informação, tem sido uma

Leia mais

PROCEDIMENTO. Ref. Pcd. 3-sGRHF. Bolsas de Investigação Científica da UA, financiadas pela UA ou por outras verbas desde que não provenientes da FCT

PROCEDIMENTO. Ref. Pcd. 3-sGRHF. Bolsas de Investigação Científica da UA, financiadas pela UA ou por outras verbas desde que não provenientes da FCT PROCEDIMENTO Ref. Pcd. 3-sGRHF Bolsas de Investigação Científica da UA, financiadas pela UA ou por outras verbas desde que não provenientes da FCT Data: 14 /07/2011 Elaboração Nome: Fátima Serafim e Helena

Leia mais

Descrição do serviço Serviço de Rastreio e Recuperação de Computadores Portáteis e Serviço de Eliminação Remota de Dados

Descrição do serviço Serviço de Rastreio e Recuperação de Computadores Portáteis e Serviço de Eliminação Remota de Dados Descrição do serviço Serviço de Rastreio e Recuperação de Computadores Portáteis e Serviço de Eliminação Remota de Dados Apresentação do serviço A Dell tem o prazer de fornecer o Serviço de rastreio e

Leia mais

CONDIÇÕES PARTICULARES DE ALOJAMENTO PARTILHADO

CONDIÇÕES PARTICULARES DE ALOJAMENTO PARTILHADO CONDIÇÕES PARTICULARES DE ALOJAMENTO PARTILHADO ARTIGO 1 : OBJECTO (Última versão datada de 16 de Fevereiro de 2011) As presentes condições particulares têm por objecto definir as condições técnicas e

Leia mais

Condições Gerais do Website. 1. Objeto

Condições Gerais do Website. 1. Objeto Condições Gerais do Website 1. Objeto 1.1 As presentes Condições Gerais destinam-se a regular os termos e condições de acesso e utilização do site www.phone-ix.pt (adiante designado por Site ), bem como

Leia mais

Código de Conduta e Ética

Código de Conduta e Ética Página 1 de 5 Código de Conduta e Ética 2012 Resumo A SAVEWAY acredita que seu sucesso está pautado na prática diária de elevados valores éticos e morais, bem como respeito às pessoas, em toda sua cadeia

Leia mais

ERMOS & CONDIÇÕES Ao aceder a este site

ERMOS & CONDIÇÕES Ao aceder a este site TERMOS & CONDIÇÕES Ao aceder a este site, ou a qualquer conteúdo do mesmo, o utilizador toma conhecimento e estabelece um acordo com a SDEA Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores, EPER

Leia mais

CORREIO ELETRÓNICO E-MAIL. Informática para pais correio eletrónico

CORREIO ELETRÓNICO E-MAIL. Informática para pais correio eletrónico CORREIO ELETRÓNICO E-MAIL Informática para pais correio eletrónico O correio eletrónico, ou e-mail (abreviatura de electronic mail ), permite o envio de uma mensagem para uma ou várias pessoas em qualquer

Leia mais

Condições de Utilização do site da 1001jogos.pt

Condições de Utilização do site da 1001jogos.pt Condições de Utilização do site da 1001jogos.pt Introdução No site www.1001jogos.pt (a seguir Site ), o utilizador pode jogar os jogos, inscrever-se na newsletter e criar um perfil próprio onde poderá

Leia mais

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Manual do Utilizador

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Manual do Utilizador BlackBerry Internet Service Versão: 4.5.1 Manual do Utilizador Publicado: 2014-01-09 SWD-20140109134740230 Conteúdos 1 Como começar... 7 Acerca dos planos de serviço de mensagens para o BlackBerry Internet

Leia mais

Condições Gerais de Utilização do site HomeAway.pt para Viajantes

Condições Gerais de Utilização do site HomeAway.pt para Viajantes Condições Gerais de Utilização do site HomeAway.pt para Viajantes 1. Conteúdo 1. Estas Condições Gerais de Utilização regem a relação entre a HomeAway Spain, S.L. (Fornecedor) e o utilizador do site (Viajante),

Leia mais

Política de Privacidade

Política de Privacidade Política de Privacidade Introdução A Chevron, e as demais subsidiárias do grupo, comprometem-se em proteger a sua privacidade. Esta política explica em detalhe as medidas tomadas para proteger os seus

Leia mais